Page 1

Brasil Presbiteriano O Jornal Brasil Presbiteriano é órgão oficial da Igreja Presbiteriana do Brasil Ano 54 nº 698 – Janeiro de 2013

MISSÃO CAIUÁ

Mais um projeto social

Todos os anos a Missão Caiuá recebe a visita de caravanas que dispõem de tempo e muita dedicação no trabalho voluntário que realizam por meio de doações, reformas, atendimentos e pregação da Palavra. O Sínodo Sudoeste Paulista e seminaristas do Seminário Presbiterianao do Sul realizaram, mais uma vez, a viagem missionária no final do ano passado Páginas 10 e 11

A partir dessa edição teremos um calendário especial contando sobre os fatos importantes na história da IPB Páginas 12 e 13

Consultório Bíblico Os falsos profetas podem falar bem do trino Deus e pregar a Palavra? Saiba a resposta lendo o Consultório Bíblico dessa edição Página 19


Brasil Presbiteriano

2

Janeiro de 2013

EDITORIAL

Brasil Presbiteriano

O tempo não para

Q

uem viu o filme A Invenção de Hugo Cabret, de Martin Scorcese, lembra-se certamente do momento em que o garoto revela seu costume de ir à torre do relógio da estação e ficar contemplando sozinho a cidade de Paris. Ele relata então que, numa dessas vezes, lembrou-se de um filme que vira com seu pai, em que tudo fica congelado na cidade, até os relógios, sem impedir, porém, que um avião pousasse com alguns passageiros. Mesmo que todos os relógios parem, filosofou o garoto, o tempo não para. Para Hugo Cabret, esse raciocínio era extrema-

mente provocador, pois ele estava convencido de que cada pessoa tem um propósito na vida e deve cumpri-lo, pois, como ele diz, na grande máquina da existência humana não há peças sobressalentes. Cada pessoa deve desempenhar o seu papel. No filme, porém, como acontece nas mentes sem temor de Deus, o propósito da vida de uma pessoa é sempre algo limitado a esta existência. Não há espaço para o transcendental. Permanece a morte como um fim inevitável que encerra toda a busca de propósito e significado. Para o cristão esse desespero não faz senti-

Ano 54, nº 698 Janeiro de 2013

do. Mesmo após muitos janeiros, podemos olhar os anos à frente e, lembrando que o tempo não para, pedir que o Senhor nos ajude a contar os nossos dias, que nos dê corações sábios, e que nos prepare para encontrá-lo ao final de nossa jornada. Há um desafio diante da IPB, o tempo não para, cumpre-nos trabalhar para atingir o propósito de glorificar a Deus, algo que começa aqui e salta para a eternidade. E será muito bom lembrar das palavras de John Piper nesse contexto: “Nós mais glorificamos a Deus quando mais nos alegramos nele”

“Nós mais glorificamos a Deus quando mais nos alegramos nele”

E-mail: bp@ipb.org.br assinatura@cep.org.br

www.ipb.org.br

Uma publicação do Conselho de Educação Cristã e Publicações

Conselho de Educação Cristã e Publicações:

Não jogue sua vida fora John Piper

Assinatura Anual – Envio mensal

Faça sua assinatura e/ou presenteie seus familiares e amigos.

• Individual (até 9 assinaturas): R$ 24,00 cada assinatura.

Somente com depósito antecipado ou cartão VISA.

RG

Telefone: (11) 3207-7099

Órgão Oficial da

JORNAL BRASIL PRESBITERIANO Nome CPF Igreja de que é membro Endereço Bairro Cidade Email Mês inicial da assinatura

Rua Miguel Teles Junior, 394 Cambuci, São Paulo – SP CEP: 01540-040

• Coletiva (10 ou mais assinaturas): R$ 19,20 cada assinatura.

Clodoaldo Waldemar Furlan (Presidente) Domingos Dias (Vice-presidente) Gecy Soares de Macedo (Secretário) Alexandre Henrique Moraes de Almeida André Luiz Ramos Anízio Alves Borges Marcos Antônio Serjo da Costa Mauro Fernando Meister Conselho Editorial da CEP: Ageu Cirilo de Magalhães Jr. Cláudio Marra (Presidente) Fabiano de Almeida Oliveira Francisco Solano Portela Neto Heber Carlos de Campos Jr. Mauro Fernando Meister Tarcízio José de Freitas Carvalho Valdeci da Silva Santos Conselho Editorial do BP:

CEP UF Telefone Quantidade de assinaturas

Formas de pagamento:

Grátis! Depósito bancário (anexar ao cupom o comprovante de depósito) Uma assinatura para Banco do Brasil Banco Bradesco Banco Itaú pacotes de 10 ou mais C/C 2093-1 C/C 80850-4 C/C 51880-3 assinaturas. Ag. 0635-1 Ag. 0119-8 Ag. 0174

Alexandre Henrique Moraes de Almeida Anízio Alves Borges Clodoaldo Waldemar Furlan Hermistem Maia Pereira da Costa Leandro Antônio de Lima Edição e textos: Camila Crepaldi SP 51.929 E-mail: bp@ipb.org.br Diagramação:

Cartão VISA Nº do cartão Nome do titular

Validade Código de segurança

Após efetuar o depósito, informá-lo pelo telefone (11) 3207-7099 ou email assinatura@cep.org.br

Aristides Neto Impressão Folhagráfica


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

3

UPH

XX Congresso da Federação Sul da Bahia A

Federação dos Homens Presbiterianos do Sul da Bahia é composta por 14 igrejas federadas, distribuídas por várias cidades no interior da Bahia, com a missão de pregar o evangelho de Jesus Cristo, auxiliar e prestar serviço às comunidades onde estão inseridas. Aconteceu nos dias 23, 24 e 25/11/2012 no Centro Cristão de Recreação - CECRE, em Acuípe, Ilhéus-Ba, o XX Congresso Unificado do Presbitério de Itabuna sob a Presidência do Pb. Vicente Gouveia. Na oportunidade, além dos diversos relatórios do ano 2012 analisados e do planejamento para o ano de 2013, aconteceu a eleição da Nova Diretoria para o próximo exercício. Em decorrência disso, queremos prestar nossos agradecimentos e homenagem a alguns de nossos membros da diretoria que nos deixaram ou mudaram de cargo, entre eles o Ex-Presidente, o Dc. Regimar Macêdo, que muito contribuiu para o bom momento em que vive a nossa Federação, estando à frente dela por 03 anos consecutivos. Também ao nosso Ex-Vice-Presidente o Pb. Itamar Ferreira que deixou a diretoria, mas sua marca de responsabilidade e compromisso ficou como legado. De igual modo o Dc. Wellinghton Brito, Ex-Segundo Secretário,

que muito contribuiu neste ano com a nossa Federação. O XX Congresso Unificado do PITB transcorreu na mais perfeita paz, e mesmo faltando energia na noite do dia 24 não impediu que as Sociedades continuassem seus trabalhos com todas elas concluindo os mesmos praticamente neste dia. Tivemos um bom número de delegados ficando somente sem representação as UPH’s de Jequié e Itajuipe. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar as UPH’s

da Congregação Monte Sinai, pertencente a IPB de Ilhéus, é a mais nova Sociedade organizada em nossa Federação e a UPH de Itajuípe por sua reativação. Agradecemos a Deus por tantas bênçãos derramadas e por ter nos dados um processo eleitoral pacífico e com sócios dispostos a concorrer com a finalidade simplesmente de ajudar no crescimento da obra do Senhor no meio dos Homens Presbiterianos. A Diretoria para o próximo exercício ficou da seguinte forma:

Delegados de grande parte das igrejas estiveram presentes, estando ausentes apenas representantes das UPHs de Juquié e Itajuípe

Presidente: Pb. Genilson das Virgens - IPB Jardim das Oliveiras (Itabuna-Ba) Vice-Pres: Erlan da Silva Congregação Presbiterial Nova Aliança (Itabuna-Ba) Sec. Executivo: Dc. Eldo Gouveia - IPB de Ilhéus

1º Secretário: Luis Armando - IPB de Pau Brasil 2º Secretário: Marcos Luciano - IPB Vale de Bençãos (Itabua-Ba) Tesoureiro: Dc. Regimar Macedo - IPB Jd das Oliveiras (Itabuna-Ba)


Brasil Presbiteriano

4

Janeiro de 2013

ARTIGO

A queda: a mãe das tragédias Leandro Antônio de Lima

A

doutrina bíblica do pecado não é muito atraente para a sociedade moderna. Nos dias atuais, quando se prega a plena liberalidade, e quando as pessoas já não acreditam mais que algo seja totalmente certo ou errado, não devemos esperar admiração por ensinar que todos são pecadores. A recusa do ser humano em admitir sua condição decaída impede que ele se conheça realmente, e trate do verdadeiro problema de sua alma. Todas as explicações dadas pela filosofia, pela psicologia, ou mesmo pela genética, para os problemas da humanidade, sem levar em conta a queda no pecado falham em diagnosticar o verdadeiro mal do homem. E sem um diagnóstico preciso o tratamento está comprometido. A Bíblia diz que Deus, após criar o homem à sua imagem e semelhança, o colocou no jardim do Éden e lhe deu a tarefa de cultivar e guardar esse jardim. Em seguida lhe acrescentou uma ordem: “De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerá; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gn 1.16-17). Poucas vezes pensamos em todos os privilégios que o homem tinha no jardim. Afinal, ele pode-

ria comer livremente de todas as árvores do jardim, com exceção de uma. Ou seja, nada lhe faltaria e ele poderia desfrutar abundantemente de todas as bênçãos de Deus sempre que quisesse. Essa descrição é útil para perceber o quanto a queda foi injustificada. O maligno foi hábil em desviar a atenção dos nossos primeiros pais. Primeiro ele tentou corromper a afirmação divina torcendo suas palavras: “É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?” (Gn 3.1). Realmente não foi aquilo que Deus havia dito, mas a mulher mordeu a isca: “Respondeu a mulher: do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais” (Gn 3.2-3). O grande plano de Satanás foi transformar Deus em um ditador. Se o homem entendesse que Deus estava sendo injustamente exigente, então, seria bem mais fácil induzi-lo ao pecado, e foi exatamente isso o que aconteceu. Induzida pela astúcia de Satanás, a mulher começou igualmente a torcer a Palavra de Deus. Deus não havia proibido olhar para a árvore, e nem mesmo tocar nela, simplesmente, eles não deveriam “comer” da árvore. Essa, porém, não foi a única distorção, pois

Deus havia dito: “No dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gn 2.17). A morte não era apenas uma possibilidade, era uma certeza absoluta, porém, na resposta da mulher, apenas a possibilidade aparece: “Para que não morrais”. Quando Satanás viu que havia conseguido enredar o ser humano em sua argumentação, opôs-se diretamente à Palavra de Deus: “Então a serpente disse à mulher: é certo que não morrereis” (Gn 3.4). Em outras palavras, ele disse à Eva: “Deus fala, mas não cumpre”. Estava dado o golpe final, a mulher e o homem eram como passarinhos hipnotizados pela serpente. O próximo passo, uma vez que a dúvida já estava arraigada no coração, foi sucumbir à tentação e comer da árvore (Gn 3.6). A mulher, atraída pela beleza do fruto e pelas promessas mentirosas do diabo, comeu do fruto e deu ao marido que também comeu. O texto diz que então “abriram-se os olhos de ambos; e, percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira, e fizeram cintas para si” (Gn 3.7). A partir daí começou o filme mais repetido da história da humanidade: A Fuga. O pecado cortou de uma forma precoce e dolorida o relacionamento pessoal do homem com Deus. Conscientes do erro, envergonhados de sua nudez e

temerosos de se encontrar com Deus, só podiam tentar fugir da presença dele, se escondendo por entre as árvores do jardim (Gn 3.8). Esta é a cena mais trágica que poderia ser descrita. Ela representa quão profundo é o poço em que o homem caiu. Quem antes se encontrava alegremente com o Senhor para conversar sobre a criação e para desfrutar da presença santa, agora, só pode fugir desesperadamente. A última coisa que ele desejava era encontrar-se novamente com o criador. O pecado destruiu o mais importante dos nossos relacionamentos, o relacionamento com Deus. Logo estariam afetados os aspectos sociais (familiares) e culturais (trabalho). A narrativa do Gênesis não se preocupa em dizer quem é o autor do pecado, ela simplesmente narra o fato de que o pecado entrou no mundo. Se quisermos entender a sua origem precisamos considerar várias coisas. Primeiramente precisamos lembrar que já houve uma queda, a queda de Satanás, e, portanto, o mal já existia. Em seguida precisamos considerar a atuação de Satanás junto ao ser humano, despertando no ser humano a cobiça. De alguma forma, o pecado nasceu dentro do ser humano. Deus precisa ser excluído disso, pois, como Gênesis demonstra, tudo

aconteceu no relacionamento entre Satanás e o ser humano. Embora o decreto permissivo de Deus assegurasse a entrada do pecado no mundo, o mal se originou em Satanás e no ser humano. O espírito de nossa época é o de quebra de tabus. Dizem que a única coisa que deve ser proibida é proibir. As pessoas devem ter liberdade para fazer o que quiserem com sua vida. Mas, será que essas pessoas que foram liberadas para fazer o que quiserem são realmente livres? As pessoas são livres para fazer sexo tanto quanto para contrair o vírus da Aids. Afinal de contas, do que é essa liberação? Que liberdade tem um viciado em cocaína no fato de poder usar da droga onde bem quiser? “Seus olhos serão abertos” prometeu Satanás (Gn 3.5), mas como diz disse Jesus, “ele é o pai da mentira” (Jo 8.44). Todas as áreas da vida humana foram afetadas com a queda, e nada do que foi criado por Deus foi deixado intacto. A queda no pecado nos deixou corruptos física, emocional, psicológica, mental, moral e espiritualmente. Quando nosso relacionamento com Deus se quebrou, não perdemos apenas nossa religião ou devoção, mas nossa saúde, nossa felicidade, e todas as coisas pertencentes à vida social e cultural.


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

5

NOTÍCIA

Deus disse: “Maldita é a terra por tua causa” (Gn 3.17). Toda a criação se tornou corrupta por causa do pecado do homem. Por isso Paulo diz que a natureza “geme e suporta angústias até agora” (Rm 8.22). Todas as tragédias do mundo, toda a violência e corrupção do homem e da natureza são consequências do pecado. Essa doutrina nos ensina que não há pessoa boa do ponto de vista de Deus. Deus não olha para o que nós tentamos fazer, mas para o que nós somos. Por isso, precisamos abandonar nossas folhas de figueira e deixar que Deus mesmo nos vista com a justiça de Cristo. Finalmente, esta doutrina glorifica a graça de Deus. Conhecendo bem o diagnóstico de nossa doença podemos nos maravilhar diante da cura. Deus não oferece no evangelho apenas uma anestesia para a dor, mas uma cura definitiva, que pode até mesmo causar algum desconforto a princípio, mas que extirpa completamente a doença. Ignorar o pecado, como o mundo moderno tem feito, só piora as coisas. É como negar a existência de uma doença gravíssima. A negação não fará com que ela desapareça.

O Rev. Leandro Antônio de Lima, Doutor em Letras pela Universidade Mackenzie, é pastor da IP Santo Amaro, SP.

Últimas informações sobre os missionários detidos no Senegal A

APMT -- Agência Presbiteriana de Missões Transculturais da IPB, manifesta a sua gratidão a Deus por todos aqueles que têm apoiado e se solidarizado, nesse momento difícil que os nossos irmãos, missionários Rev. José Dílson (esposo da irmã Marli) da APMT, e a irmã Zeneide Moreira, da Missão Servos, estão passando no Senegal. A APMT/IPB (como denominação) continua tomando todas as providências cabíveis para dar o apoio necessário, com apoio precioso da Embaixada Brasileira no Senegal, de várias Igrejas, Orga-

nizações e Instituições Nacionais e Internacionais. O Presidente da APMT e o Executivo acabam de retornar de uma viagem ao Senegal, onde estiveram por uma semana. Envolvemos o mais alto escalão do governo brasileiro e também as autoridades maiores no Senegal, apresentando as motivações para estarmos no país e o desejo que essa situação seja resolvida com a maior brevidade. O processo está correndo dentro das “normalidades da lei” senegalesa. Não existe, até o momento, nenhuma acusação formal por parte do ministério

público. O que há é apenas uma denúncia. Neste período de investigação, que é feita pelo juiz de instrução, não cabe nenhum pedido de liberdade provisória. Os advogados fizeram um documento para o juiz, em que solicitam averiguação do processo num menor prazo possível, no sentido de que se proceda a oitiva dos menores abrigados no Projeto Obadias, de modo a poder convocar a audiência dos acusados e caminhar para uma solução passiva de liberdade definitiva. Pela lei do país, essa ação pode ocorrer em até 6 meses.

Estamos otimistas e confiando em Deus que quando houver a visita das autoridades senegalesas ao local do projeto, haverá constatação dos benefícios que têm sido oferecidos à comunidade. Conclamamos a todos que continuem orando pela saúde emocional, física e espiritual de nossos amados, e de suas respectivas famílias, como também que o efeito da justiça promova a paz no coração de todos. Rev. Marcos Agripino C. de Mesquita Executivo da APMT Fone: (11) 3207-2139 www.apmt.org.br

Programa Verdade e Vida em novo canal, dia e horário O Programa será exibido na Band, em cadeia nacional, aos domingos, às 11h45

U

m programa de televisão em rede nacional sempre foi um grande sonho da IPB, que sempre prezou por anunciar o evangelho de forma simples e autêntica, sendo fiel às Sagradas Escrituras e anunciando o único capaz de transformar vidas, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. No dia 1º de abril de 2006, um sábado pela manhã, o sonho foi realizado indo ao ar pela Rede TV em rede nacional, com o nome Pro-

grama Palavra e Vida, apresentado pelo Presbítero Daniel Tadeu Alves do Sacramento e tendo como o pregador o Reverendo Hernandes Dias Lopes. Pouco tempo depois o nome foi mudado para Verdade e Vida, remetendo à fala de Jesus: “Eu sou o Caminho, e a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai senão por mim”. Aos poucos o Programa foi ganhando espaço na agenda dos brasileiros e hoje atinge mais de 2

milhões de telespectadores. A partir desse ano, 2013, o Programa passará a ser veiculado pela Rede Bandeirantes de Televisão e irá ao ar todos os domingos, às 11h45, finalizando às 12h. No dia 29 de dezembro, às 8h15, aconteceu a última transmissão pela Rede TV. O Rev. Hernandes Dias Lopes pede as orações de todos e o apoio na divulgação da mudança que vigorará a partir do dia 6 de janeiro de 2013.


Brasil Presbiteriano

6

Janeiro de 2013

EVANGELHO E ARTE

Espaço Presbiteriano Flamboyant I Mostra de Artes do Centro Cultural aconteceu no Espaço reunindo mais de mil visitantes Edison Aguiar

A

IP Jardim Flamboyant, na cidade de Cabo Frio, estabeleceu um projeto de celebração dos 500 anos da Reforma Protestante. Dentro desse projeto, realizou uma Mostra de Artes. Dia 31 de outubro, com ampla divulgação da mídia e com matéria vinculada nos principais jornais das filiais da Rede Globo e Tv Bandeirantes da região, realizamos o Vernissage da I Mostra de Artes do Espaço Presbiteriano Flamboyant (como chamamos o local para atrair pessoas que não são crentes). No vernissage contamos com a presença de autoridades e destacamos as autoridades eclesiásticas como o Pb. José Alfredo, Tesoureiro da IPB e Presidente do Sínodo Costa do Sol, além dos Reverendos Luiz Carlos Corrêa e Osiel Rodrigues, presidente e Tesoureiro do Presbitério de Cabo Frio (respectivamente). Tivemos a apresentação do Coral Flamboyant, apresentando o programa a radialista Iva Maria (uma das expositoras), a poetisa Sione Rocha (com poesia sobre a Reforma) e parênese sobre a importância da arte na pers-

pectiva bíblica, pelo pastor da Igreja, Rev. Edison Aguiar. Contamos na ocasião com a presença de 130 pessoas. Reunimos 4 dos mais conhecidos artistas plásticos da região (Cleusa Araújo, Iva Maria, Ivan Amorim, Oliveira Celso, Paulo Luis e Reinaldo Caó -- este o pintor dos vitrais da igreja), que têm peças expostas em galerias de Nova York, Paris, Inglaterra, Portugal, Vaticano, Itália, além de diversas galerias do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, e mais dois artistas que trabalham com artesanato em conchas e material reciclável. De 31 de outubro (Dia da Reforma Protestante) a 13 de novembro (aniversário da cidade de Cabo Frio), recebemos o total de 1.032 visitantes (que assinaram o livro de presença). No decorrer da Mostra, recebemos a

No vernissage, várias autoridades de Cabo Frio se fizeram presentes

visita de 5 escolas da região e em todos os dias, tivemos apresentações musicais para encerrar o dia, desde corais até banda de Jazz. Esse foi o maior público presente em exposição de artes na história da cidade de Cabo Frio. Realizamos ainda dentro do período da Mostra de Artes, o I Encontro de Corais do Espaço Presbiteriano Flamboyant, contado com a participação de 4 corais da região (Metodista, Batista e Presbiterianos). Na ocasião

Obras dos quatro artistas plásticos mais conhecidos da região foram expostas

reunimos mais de 120 pessoas. Podemos afirmar que aproximadamente 70% das pessoas que nos visitaram não eram evangélicas. E isso porque foram consultadas. E a pergunta de quase todas era: “Isso aqui é mesmo uma igreja evangélica?Vocês fazem culto aqui?”. E nossa resposta foi sempre a mesma: Somos sim! Cremos na Palavra de Deus, como única regra de fé e prática. O homem precisa de salvação e só há por meio de Jesus Cristo. Agora, o Espaço Presbiteriano Flamboyant, é conhecido como nova opção de centro cultural na cidade, e o objetivo de proclamar o evangelho foi alcançado. Em 2013, trabalharemos os novos talentos da região. Em 2014, focaremos a arte

do grafite. 2015, celebraremos os 400 anos de Cabo Frio. E em 2017, celebraremos os 500 anos da Reforma Protestante, com o tema: Reforma Protestante -- Como a Vejo, quando os expositores, trabalharão suas peças (pintura, escultura, reciclagem, colagens, grafites, etc) dentro de sua compreensão da Reforma Protestante. Importante registrar que o evento contou com apoio de empresas da região e a igreja financiou a maior parte dos gastos. A igreja liberou os artistas da comissão de realizador (mas alguns ofertaram depois para a igreja). E com informações colhidas junto a eles, venderam o que não esperavam. A entrada foi franca em todos os dias da Mostra. Rev. Edison Aguiar é o pastor da IP Jardim Flamboyant


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

7

TRADUÇÃO

Antigo Testamento chega ao povo Kaingang Originário do Sul do Brasil, esse povo terá agora acesso à Bíblia completa, na língua que fala ao seu coração. Luciana Garbelini

M

ovida pela missão de levar a Palavra de Deus a todas as pessoas, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) comemora a entrega do Antigo Testamento na língua Kaingang. Trinta e cinco anos depois de receber a “Palavra de Deus escrita”, como é conhecido o Novo Testamento, a etnia acaba de ser agraciada com mil

exemplares experimentais do “Primeiro falar de Deus conosco”, nome dado ao Antigo Testamento. O tradutor, Martin Ka’egso Hery, filho de missionários alemães, assumiu a missão de traduzir o Antigo Testamento juntamente com 35 tradutores, que se revezaram ao longo de 17 anos. Ele ressalta a importância da tradução das Escrituras na língua nativa dos indígenas. “O

português é a segunda língua de grande parte deles, por isso, a Palavra nesse idioma não chega ao coração deles”, disse. Essa impressão experimental do Antigo Testamento na língua kaingang foi feita para que o texto bíblico tenha uma revisão completa feita pelos falantes nativos. O intuito é assegurar que a obra final receba um texto completo e compreensível. A publicação dessa primeira versão foi financiada com recursos da SBB. Para que continue a auxiliar pro-

A etnia acaba recebeu mil exemplares experimentais do “Primeiro falar de Deus conosco”, nome dado ao Antigo Testamento

jetos de tradução, a organização precisa do apoio dos cristãos. No Brasil, há 181 línguas indígenas, das quais para apenas 58 delas

alguma parte das Escrituras Sagradas já foi traduzida. Até este momento, há projetos de tradução em andamento para 54 idiomas.

DESTAQUE

SBB expõe trabalho social no ONG Brasil 2012

A

SBB ainda participou do evento ONG Brasil 2012, feira e congresso internacional das organizações sociais, direcionado ao desenvolvimento e capacitação de Organizações Não Governamentais (ONGs) com atuação no país. Realizado de 6 a 8 de dezembro, no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, em São Paulo, a quarta edição da ONG Brasil reuniu profissionais do Terceiro Setor e representantes das áreas de Responsabilidade Social, Gestão Ambiental e Marketing do Primeiro e Segundo Setores. Em seu estande, a SBB apresentou o Luz na Amazônia, que neste ano completa 50 décadas de atividades. Criado pela

Sociedade Bíblica do Brasil em 1962, o programa Luz na Amazônia destaca-se por levar assistência médica, social e espiritual a comunidades que vivem em situação de extrema carência, contando, para isto, com o barco-ambulatório Luz na Amazônia III e o Barco da Bíblia Luz na Amazônia II, ambos especialmente projetados para navegar na Bacia Amazônica. Somente nos últimos 10 anos, as ações do Luz na Amazônia beneficiaram cerca de 118 mil pessoas localizadas às margens do Rio Amazonas. No ano em que a SBB comemorou 10 anos da Bíblia em Braile na língua portuguesa, os visitantes da ONG Brasil 2012 também conheceram o programa A Bíblia

para Pessoas com Deficiência que tem como objetivos promover, por meio da Bíblia, a inclusão social, facilitar o desenvolvimento cultural, oferecer apoio espiritual, estimular a alfabetização e possibilitar a integração da pessoa com deficiência à vida comunitária. Ainda no estande da SBB foi possível conhecer mais do Movimento Joga Limpo Brasil que pretende criar uma gigantesca mobilização de atletas, igrejas e organizações cristãs para difundir a mensagem bíblica e seus princípios durante a Copa do Mundo de 2014 e também nos Jogos Olímpicos de 2016. Trata-se de um grande desafio e de uma oportunidade singular de semear a Palavra de Deus.


Brasil Presbiteriano

8

Janeiro de 2013

REFLEXÃO

Três lembretes p  Milton Jr.

“Adeus ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize no ano que vai nascer. Muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender.” / “Hoje é um novo dia, de um novo tempo que começou. Nesses novos dias as alegrias serão de todos, é só querer. Todos os nossos sonhos serão verdade, o futuro já começou.” Começamos a contagem de mais 365 dias de um novo ano e os trechos das músicas acima revelam o que muitas pessoas em nossa pátria desejam para 2013. Sem uma consciência correta sobre Deus, a maioria coloca nesses desejos a perspectiva de um ano bom. Como cristãos, também fazemos planos, temos desejos e esperamos várias coisas boas neste ano que se inicia, contudo, não podemos deixar de observar o que ensina a Palavra de Deus. Tenha, então, em mente esses três “lembretes” contidos nos primeiros versículos de Provérbios 16:

1

2

Planeje, mas sem esquecer que o Senhor é quem dirige sua vida

Esteja atento às suas motivações

“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor” (16.1).

“Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espírito” (16.2).

Deus é quem de fato dirige a nossa vida. O texto fala sobre o coração do homem. A Bíblia ensina que somos controlados pelo nosso coração (Mt 6.21). É dele que procedem as fontes da vida (Pv 4.23). Todos os nossos planos e projetos, conforme o texto, partem, então, dos desejos do nosso coração. O texto não desestimula o planejamento e ele deve mesmo acontecer. A grande questão é que devemos planejar sabendo que do Senhor vem a resposta certa. Geralmente, quando a segunda parte desse texto é citada, é da seguinte forma: “a resposta certa vem dos lábios do Senhor”, mas o sentido do texto é outro. Com “a resposta certa dos lábios vem do Senhor” o escritor quer afirmar que é o Senhor é quem capacita o homem para realizar alguma coisa. Isso quer dizer que só conseguiremos cumprir aquilo que estiver de acordo com os propósitos do Senhor em nossa vida. Alguns poderiam questionar esta afirmação e dizer: “Mas, se fosse assim, só nos ocorreriam coisas boas. O Senhor não nos capacitaria para fazer o que é errado.” Engana-se quem pensa dessa maneira. Deus nos capacita a realizar até aquilo que é contrário à sua vontade revelada a fim de que, com o coração exposto pelas circunstâncias, sejamos tratados por ele e nos tornemos semelhantes a seu Filho. O Senhor é Soberano e dirige nossa vida a cada momento.

Nesse versículo somos advertidos de que, para o Senhor, a “motivação” é importante. O texto é claro: para o homem, tudo o que ele planeja está correto. Todos os caminhos a que ele se propõe a seguir são puros. Porém, a segunda parte do verso começa com um eloquente “mas...”. É como se o escritor estivesse dizendo: “a despeito do que pense o homem acerca daquilo que ele propõe”, o Senhor pesa o espírito. Temos aqui duas palavras importantes: “Pesar”, que significa considerar ou examinar, e “espírito”, que diz respeito à disposição do coração (motivação). Isso quer dizer que o Senhor sempre considerará o que nos leva a agir de determinada forma, ou planejar qualquer coisa que seja e não simplesmente” o planejamento em si. Sabendo que o Senhor exami-


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

9 ARTIGO

 ara o Ano Novo 3 Confie no cuidado do Senhor na as intenções daquilo que fazemos, devemos estar também atentos ao que nos leva a planejar. Já vimos que os desejos procedem do nosso coração e sabemos pela Bíblia que o nosso coração, muitas vezes, nos engana, mas, por meio da Palavra de Deus temos condições de avaliar aquilo que intentamos fazer no ano que se inicia (Hb 4.12). Pelo menos duas perguntas são importantes aqui e devemos considerá-las: 1) Por que quero fazer (motivo)? 2) Qual o meu alvo com isso (objetivo)? Se respondermos a essas perguntas tendo em mente o que Paulo ensinou aos Coríntios: “Quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1Co 10.31), podemos aferir as nossas motivações e, a partir daí, nos esforçar para realizar tudo aquilo a que estamos nos propondo ou abandonar o plano caso isso não glorifique ao Senhor.

“Confia ao Senhor as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos” (16.3).

Carnaval: desafios e oportunidades Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam. (Gl 5.19-21) André Luís

O verso 3 nos traz o último lembrete. Ao iniciar um novo ano, devemos reafirmar nossa convicção de que confiamos no cuidado do Senhor. Creio firmemente que a ideia de confiar ao Senhor as obras para ter os desígnios estabelecidos, ensinada aqui por Salomão, é a mesma ensinada por Jesus: “...vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda” (Jo 15.16), e que é repetida por João: “E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve” (1Jo 5.14). Aqueles que conhecem o Senhor e procuram viver de acordo com a sua Palavra são moldados pelo próprio Senhor e aprendem a pedir em conformidade com sua vontade. Sendo assim, quando confiamos ao Senhor nossas obras e estas estão em conformidade com as Escrituras, ele as estabelece. Ao planejar o ano de 2013, lembre-se de confiar no cuidado daquele que tem dirigido nossa vida. A nossa confiança deve ser a tal ponto que, mesmo que as coisas pareçam ir mal, consigamos descansar no Senhor. Que o Senhor o abençoe neste novo ano e que ele mesmo estabeleça aquilo que você tem planejado, caso sua motivação seja a correta: a glória e a honra daquele que nos salvou.

O Rev. Milton Jr. é pastor da IP Praia do Canto em Vitória, ES.

C

hegamos a mais um período carnavalesco e temos diante de nós, como igreja do Senhor, o desafio da vigilância e a oportunidade da evangelização. É preciso estarmos atentos, pois a cada dia nossa sociedade quer que aceitemos a “festa da carne” como uma simples expressão da cultura de nosso povo. Não são poucos os pais cristãos que lutam nesse período para orientarem seus filhos quanto à realidade pecaminosa dessa festa. Em muitas escolas vemos nossos filhos pressionados com essa alegada expressão de cultura popular. O carnaval, além de sua origem pagã, na qual o culto a falsos deuses era o centro de suas comemorações, se fundamenta em uma escancarada expressão das obras da carne condenadas pela Palavra do nosso Deus. Nesse período vemos

as obras da carne serem “legitimadas” em nome da festa e da folia. Estejamos atentos e vigilantes, pois as Escrituras não só condenam os que tais coisas praticam, mas também quem as apóia (Rm 1.32) Mas, não podemos ignorar também a grande oportunidade que temos diante de nós. Ou seja, somos conclamados por Deus a levar a mensagem do arrependimento aos homens. Não perca a oportunidade de evangelizar os amigos no trabalho mostrando que os que incorrem em tais práticas não herdarão o reino de Deus. Não perca a oportunidade de mostrar aos professores do colégio de seu filho, que tal festa, longe de ser apenas uma expressão cultural, é uma expressão pecaminosa, que viola os princípios da santa Palavra do nosso Deus. (2Tm 4.2) O Rev. André Luís é pastor da IP em Horizonte, Ceará.


Brasil Presbiteriano

10

Janeiro de 2013

MISSÃO CAIUÁ

Mais um projeto social N

os dias 11 a 14 de outubro e 01 a 04 de novembro, o Sínodo Sudoeste Paulista realizou a VIII Viagem Missionária para a Missão Caiuá. Foram dias de bênçãos para todos os participantes. No total foram 07 ônibus, sendo 05 na data de outubro de 02 na data de novembro, totalizando 350 voluntários aproximadamente, provenientes de mais de 30 cidades paulistas e 12 cidades paranaenses. A viagem teve por objetivo realizar em tribos o Dia do Mackenzie Voluntário. Para tanto o Sínodo Sudoeste Paulista realizou o Projeto Missão Caiuá 2012. Esse Projeto tem a participação do Sínodo através de seus 05 Presbitérios (Botucatu, Itapeva, Itapetininga, Médio Paranapanema e Tatuí) e o Presbitério Norte Novo Paraná. Conta também com o apoio da Gerência de Responsabilidade Social da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da IP Central de Dourados. O Projeto realizou ações de cidadania e de amor aos indíge-

nas assistidos pela Missão Caiuá. Foram mais de 3 mil indígenas beneficiados. Foram feitos cortes de cabelo, aferições da pressão arterial, pinturas rosto das crianças, histórias bíblicas, aulas de artesanato, orientações dentárias, informações de saúde, gincanas, brincadeiras, jogos de futebol, jogos de vôlei, e muito mais. Também foram servidas mais de 3 mil refeições. Neste ano as tribos assistidas pelo Projeto foram: Amabai, Bororó, Jaguapiru, Limão Verde e Panambi. Os tempos passados nessas tribos foram de grandes bênçãos para todos os participantes. Havia alegria nos olhos de todos os voluntários do Projeto, na certeza que essas ações se repetirão no próximo ano. Também foi doado mais de 70 mil itens, como: roupas, calçados, fraudas, utensílios de cozinha, roupa de cama, mesa e banho, brinquedos, remédios, livros, bíblias, entre outros. Foram necessários 04 caminhões baú de 13 toneladas para transportas todas as doações. A arrecadação dos donativos

VIII Viagem Missionária aconteceu nos dias 11 a 14 de outubro e 01 a 04 de novembro

esteve sob a competente direção e responsabilidade da Confederação Sinodal e Federações da Sociedade Auxiliadora Feminina. O Projeto Missão Caiuá 2012 também desenvolveu outras ações, como de construção e reformas. Ofertas foram levantadas entre as igrejas e irmãos, e com a graça de Deus foi arrecadado o suficiente para construir 01 templo e 01 casa pastoral. Também foram reformados 02 templos e 01 casa na sede da Missão Caiuá. Também nos alegrou a doação de um caminhão carregado de materiais de construção, doados por um presbítero da IP Central de Itapeva, SP. Empresários de Barueri-SP e Sorocaba-SP também realizaram doações para a realização do Projeto. Depois de uma campanha digital realizada, foi possível equipar o Instituto da Missão (responsável pela formação de pastores indígenas), de um laboratório de informática, com máquinas novas e modernas. No próximo ano, o Rev. Nivaldo

Furlan (que tem participado ativamente do Projeto) atual Pastor da IP Central de Arapongas e Presidente do Presbitério Norte Novo Paraná, estará servindo a Missão Caiuá como missionário. O Rev. Nivaldo está concluído o processo de integração à APMT e, no mês de janeiro, estará mudando para a Missão Caiuá com a sua família. Nossa gratidão da UPM, a IPC de Dourados, ao SPS, a SAF, as Igrejas e Presbitérios, ao CAS que tem dado todo apoio, aos missionários, gigantes da fé, Rev. Beijamim e D. Margarida, missionários da APMT, que com muito amor e carinho tem nos ensinado e abençoado imensamente. Louvamos ao nosso Deus – doador da vida – por todas as suas bênçãos na realização deste Projeto! Nossos corações estão agradecidos a Deus por todas as bênçãos derramadas, podendo declarar “... até aqui nos ajudou o Senhor”. Se Deus quiser, estaremos trabalhando, rumo ao Projeto Missão Caiuá 2013.


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

11

Seminário Presbiteriano do Sul (SPS) participou ativamente do Projeto Paulo César Tomaz

S

aímos na quinta feira, dia 11 de outubro, às 16 horas, da cidade de Campinas rumo à Missão Caiuá. Um ônibus com 15 seminaristas, com o capelão do Seminário Presbiteriano do Sul (SPS), Rev. Paulo Cesar Tomaz, somados a duas esposas de seminaristas e demais irmãos de igreja locais. Tivemos duas paradas na estrada, e em certo lugar nosso ônibus se uniu a uma caravana com mais quatro ônibus rumo ao mesmo destino. Na sexta-feira pela manhã chegamos à cidade de Dourados, e nos reunimos na sede da Missão Caiuá para a abertura dos trabalhos e para a obtenção de informações sobre as atividades que se seguiriam. A reunião foi aberta pelo presbítero Clodoaldo Furlan, presidente do Sínodo Sudoeste Paulista e secretário da Juret–Sul. Após as palavras de boas vindas tivemos uma mensagem inspiradora proferida pelo Rev. Benjamin, diretor da Missão Caiuá. Na tarde daquele mesmo dia, sexta-feira, a caravana, com seus cinco ônibus, ainda pôde desfrutar de um passeio na cidade de Pedro Juan Cabalero, na fronteira Brasil–Paraguai, antes de iniciar suas atividades na Missão Caiuá. O sábado chegou, um dia muito especial, quando todos os irmãos, totalizando mais de duzentas pessoas, puderam vestir suas camisas do Mackenzie Voluntário para se dedicarem exclusivamente à ação social e à pregação do evangelho aos indígenas da região. Os voluntários

foram divididos em várias equipes de trabalho a fim de poderem realizar as diversas atividades programadas: evangelização, distribuição de roupas e doações diversas (três caminhões de doações foram descarregados naquele mesmo dia), atividades de lazer com as crianças, cortes de cabelo, confecção de artesanato, aferição de pressão, informações sobre higiene bucal, consultas médicas, programações esportivas, distribuição de presen-

entardecer todos estavam cansados. A alegria e a satisfação de servir a causa de Cristo estava estampada no rosto de cada um, um misto de paz e contentamento pairava sobre todos. No domingo, logo pela manhã, tivemos um culto de ações de graças com todos os participantes no templo, na sede da Missão. O louvor e a gratidão a Deus por aquele evento foi expresso por cada pessoa ali presente. Cantamos e oramos

os cinco ônibus retornavam para seus respectivos destinos. Todos os irmãos que participaram do evento, oriundos das várias igrejas do Sínodo Sudoeste Paulista, tinham a sensação de que tudo havia passado tão rapidamente. Tinham também alegria em seus corações por terem sido instrumentos de Deus na proclamação do evangelho por meio de palavras e ações aos indígenas da Missão. Chegamos a Campinas na segunda-feira, dia 15, às seis horas

15 seminaristas, o capelão do Seminário Presbiteriano do Sul (SPS), Rev. Paulo Cesar Tomaz, duas esposas de seminaristas e demais irmãos de igreja locais participaram da viagem

tes para as crianças, e tantas outras atividades. As diversas equipes foram divididas em três grandes grupos: um grupo ficou na sede da Missão Caiuá, um outro grupo realizou atividades na aldeia Panambi e um outro na aldeia Bororó. Os quinze seminaristas do SPS foram também divididos nessas diversas equipes de trabalho podendo realizar variadas atividades. A maioria dos seminaristas ficou por conta de pintar, por dentro e por fora, uma capela da Missão na aldeia Panambi. O sábado foi um dia inspirado e rico em atividades. Ao

na língua nativa. A mensagem da Palavra de Deus trazida pelo Rev. Weslei Eller nos motivou ainda mais a mantermos nossas vidas à disposição do Reino. As palavras de agradecimento feitas nos permitiram ter conhecimento de todos os colaboradores envolvidos na organização do evento. Na mesma ocasião foi lançado o desafio para a próxima viagem missionária à Missão Caiuá, em 2013. O almoço daquele domingo oferecido pela IP Central de Dourados coroou o encerramento de nossas atividades na Missão. Após, às 13 horas,

da manhã, prontos para mais uma semana de atividades no Seminário Presbiteriano do Sul. Ficam na mente as lembranças da experiência missionária e o desejo ardente de lá retornarmos em 2013. Nossos parabéns aos organizadores e a todos os participantes do evento. Agradecimentos especiais aos seminaristas que ali atuaram. Que Deus continue a iluminá-los sempre. Ao nosso Deus seja toda honra, glória e louvor, amém. O Rev. Paulo Cesar Tomaz é Capelão do SPS


Brasil Presbiteriano

12

Janeiro de 2013

MÊS DE JANEIRO N 1

Rev. João Ribeiro de Carvalho Braga

3

Nascimento do Rev. João Ribeiro de Carvalho Braga, pai do Rev. Erasmo Braga (1852); Vital Brasil Mineiro da Campanha, futuro cientista criador do soro antiofídico, recebido por profissão de fé e batismo na IP de São Paulo (1882); organização da IP de Niterói (1899); ordenação do Rev. André Jensen, grande evangelista em São Paulo e no Rio de Janeiro (1902); lançamento da pedra fundamental do templo da IP Unida de São Paulo (1914)

4

Criação da Missão Oeste do Brasil e da Missão Leste do Brasil (1906); Missão Sul do Brasil adquire a Fazenda Buriti, na Chapada dos Guimarães (1922)

Organização da IP de Caxambu-MG (1910); organização da IP Italiana de São Paulo (1903); ordenação dos Revs. Miguel Rizzo Júnior e Teodomiro Emerique (1913); falecimento do presbítero Joaquim Ribeiro dos Santos, grande benemérito da igreja (1954)

Capela da Fundação Buriti

11 Inauguração do internato masculino da Escola Americana de São Paulo (1886); fundação oficial do Colégio Americano de Natal (1897)

12 Organização da IP do Rio de Janeiro (1862); nascimento do Rev. Natanael Cortez, pastor no Ceará e presidente do Supremo Concílio (1889); ordenação do Rev. Teodoro Henrique Maurer Júnior (1930), pastor e professor.

6 Nascimento do Rev. Alexander L. Blackford (1829); culto inaugural do templo da IP de São Paulo (1884); batismo dos primeiros crentes em Garanhuns-PE (1895); organização da IP de Florianópolis (1901); ordenação do Rev. Vicente Themudo Lessa, historiador do presbiterianismo (1901); ordenação do Rev. Jorge Thompson Goulart, pastor em Lavras e professor do Seminário do Sul (1916)

13

15

Nascimento da professora Elmira Kuhl em Copper Hill, Nova Jersey (1842); organização do antigo “Presbitério de São Paulo”, dos missionários da Igreja do Sul (1872); ordenação do Rev. Francisco Palmiro Ruggeri, pastor no Triângulo Mineiro, Paraná e Santa Catarina (1908); falecimento do Rev. John Benjamin Kolb em Ponta Grossa-PR (1921); instalação do Presbitério Sul de Pernambuco (1927)

Chega a Pernambuco o Rev. John Rockwell Smith, pioneiro da região (1873); falecimento do Rev. Aníbal Nora, grande plantador de igrejas no leste de Minas (1971)

22

23

24

25

26

Nascimento do Rev. Vicente Themudo Lessa, em Pernambuco (1874); organização da IP de Garanhuns-PE (1900)

Início das atividades do Seminário Presbiteriano em Nova Friburgo (1892); ordenação dos Revs. Antônio Teixeira Gueiros e Cícero Siqueira (1917); falecimento do Rev. John Beatty Howell, destacado educador na capital e no interior de São Paulo (1924)

Ordenação do Rev. Matatias Gomes dos Santos (1902), pastor da IP Unida de São Paulo e da IP do Rio de Janeiro

Nascimento do Rev. Juventino Marinho da Silva (1860); início das aulas da Escola Americana de Curitiba (1892); inauguração do Hospital Samaritano, em São Paulo (1894); inauguração do Seminário Presbiteriano em São Paulo (1895)

Falecimento do Dr. Benjamin H. Hunnicutt, presidente do Mackenzie (1962), e do Rev. Galdino Moreira, pastor da IP do Riachuelo (1982)

Rev. Vicente do Rego Themudo Lessa

Rev. Galdino Moreira


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

13

A HISTÓRIA DA IPB 7

George Nash Morton

Inauguração do Colégio Morton, em São Paulo, do Rev. George N. Morton (1880); ordenação do Rev. Franklin de Oliveira (1897), um dos fundadores do jornal O Puritano; organização da IP de Cruz das Almas, em Tietê-SP (1906); instalação do Presbitério Bahia-Sergipe (1907); instalação da Assembleia Geral da IPB, no Rio de Janeiro (1910); falecimento de Helen Murdoch Simonton, filha do Rev. Simonton (1952)

8

9

10

Criação da Sociedade Feminina da IP de Rio Claro, a segunda do Brasil (1885); ordenação do Rev. Alberto Zanon, pastor no Triângulo Mineiro e interior de São Paulo (1909)

Falecimento do Rev. Tancredo Millevoye da Costa, pastor em vários estados, filho do Rev. Lino da Costa (1975)

Organização da IP de Penha (Itapira) pelo Rev. Edward Lane (1874); profissão de fé e batismo do futuro pastor Zacarias de Miranda (1876)

IP de Itapira

17

18

19

20

21

Nascimento do Rev. Antônio de Carvalho Silva Gueiros, pastor em Garanhuns, irmão de Jerônimo Gueiros (1871)

Ordenação do Rev. Herculano de Gouvêa Júnior, professor do Seminário do Sul (1914) e dos Revs. José Martins de Almeida Leitão, Natanael Cortez e Otávio de Valois Costa (1915), pastores do Nordeste.

Ordenação do ex-padre Rev. Antônio André Lino da Costa (1893) e do Rev. Uriel Antunes de Moura, do sul de São Paulo (1920); instalação do Presbitério do Norte/CearáAmazônia (1920); Congresso Nacional equipara a Escola de Engenharia do Mackenzie às escolas federais (1923)

Nascimento do Rev. Ashbel Green Simonton, em West Hanover (1833); instalação do Presbitério Espírito Santo e Minas (1919); falecimento do Rev. DeLacey Wardlaw, missionário pioneiro no Ceará (1934)

Organização da IP do Riachuelo, no Rio de Janeiro (1894); organização da IP de Canhotinho-PE (1900); ordenação dos Revs. João Francisco da Cunha Júnior, João Paulo de Camargo e Guilherme Kerr (1917); organização da IP de Campo Formoso-BA (1924)

27

28

29

31

Nascimento do Rev. Robert Lenington, missionário pioneiro em vários estados (1833)

Ordenação do Rev. José de Azevedo Granja (1897); falecimento do Rev. Manoel Antônio de Menezes (1941) – antigos pastores presbiterianos

Ordenação do Rev. Galdino Moreira (1915); D. Cecília Rodrigues de Siqueira recebe o título de Cidadã Honorária de Minas Gerais (1966)

Lançamento da Revista das Missões Nacionais, em Campanha (MG), pelo Rev. Eduardo Carlos Pereira (1887); organização da IP de São João da Boa Vista-SP (1889); ordenação do Rev. Júlio Camargo Nogueira, pastor em vários estados (1915); falecimento do Rev. William Calvin Porter, missionário no Nordeste (1939)

Rev. Robert Lenington

Eventos de janeiro sem data fixa – lançamento dos jornais O Púlpito Evangélico, em São Paulo, pelo Rev. Emanuel Vanorden (1874); O Púlpito Evangélico, em Campinas, pelo Rev. Edward Lane (1888); O Evangelista, em Bagagem, pelo Rev. John Boyle (1889); Expositor, em Garanhuns, pelo Rev. William M. Thompson (1914)

Rev. Alderi Souza de Matos, historiador da IPB


Brasil Presbiteriano

14

Janeiro de 2013

INVESTIMENTO

Novos projetos da IP de Castanheira Vivaldo Melo

M

ais um mês. Esse é o tempo que a equipe de construção da residência de Ana Maria de Jesus Cardini estabelece para o término da obra. Com isso a IP em Castanheira poderá entregar a Ana e seus filhos, na Rua Limiro Rosa Pereira, no Bairro Guadalupe, um bom presente de Natal, dentro do projeto “Resgatando a Cidadania”. A iniciativa de incluir a construção de casas no projeto deve-se a uma experiência anterior bem sucedida no ministério do pastor quando ainda na IP Central de Porto Velho. A família beneficiada com a iniciativa, na época, do casal Gonçal e Mirian, está firme na igreja

e bem estruturada economicamente. Gonçal é diácono da Igreja na Congregação do Eldorado. Vivaldo lembra que a IP de Castanheira, município de nove mil habitantes, situado no noroeste de Mato Grosso, tem sido abençoada na dimensão material. Daí a importância de obedecer a Deus e retribuir com amor ao próximo. Além da residência, a família de Ana Maria será beneficiada com vários outros serviços. Um deles será o atendimento odontológico a todos, por profissionais da própria igreja. “Foi gratificante ver a resposta dos membros da IPC, que logo no primeiro apelo já contribuíram com mais de 70% dos materiais para

Casa em construção, o edifício do futuro colégio presbiteriano e a congregação dos Assentamentos

a construção da residência, que terá 54 metros quadrados”, destaca o pastor. COLÉGIO, EXPANSÃO E MÍDIA Reunido recentemente, o Conselho da IPC aprovou o funcionamento da Escola Presbiteriana no edifício de educação recentemente concluído. Toda a parte burocrática exigida pela legislação de ensino está concluída e o processo de

aparelhamento já está em curso. “É mais um projeto relevante da IPC para abençoar a comunidade castanheirense”, diz Genes Rios, oficial da igreja. Ele destaca que em 2012 a igreja inaugurou um salão de cultos na região dos assentamentos – que agrega em torno de 700 famílias – e começou a investir em mídia, com uma série diária de programas na FM Transamérica, com a estruturação de um

Blog-Site, com o domínio wwwipbcast.com.br e a edição de um moderno boletim informativo. “A IPC é uma igreja pequena – tendo algo em torno de 80 membros – mas tem investido em vários projetos do Reino, como uma contribuição mensal para o programa Verdade e Vida e para várias organizações missionárias”, registra Genes. O Rev. Vivaldo S. Melo é o pastor da IP Castanheira

Levando a Palavra por meio de balões Membros da IP de Curitiba soltaram balões com mensagens bíblicas em comemoração ao Dia da Bíblia

A

IP Central de Curitiba (IPC) comemorou o Dia da Bíblia soltando 600 balões com mensagens

bíblicas. O vento os soprou para a região norte da capital paranaense com o objetivo de alcançar pessoas que necessitem de uma mensagem de esperança. O ato aconteceu no dia 9 de dezembro por volta das 12h30, depois que o culto terminou os membros foram até a porta da igreja e soltaram os balões ao som de Aleluia, de Handel. Um dos balões caiu na casa de um morador de Bocaiúva do Sul que no início da noite entrou em contato com a igreja pedindo oração por sua família e pela violência que tem assolado sua cidade.

São casos como o deste senhor que estimulam a IPC a continuar a fazendo esse trabalho com os balões. “Já é tradição em nossa igreja essa disseminação da Palavra de Deus por meio de balões”, disse o Rev. Juarez Marcondes Filho, pastor efetivo da IP de Curitiba. “No ano passado, lembro que o vento levou os balões para a direção Sul. Neste ano, as mensagens foram levadas para a região Norte. Sabemos que essa é a direção que Deus quer dar à sua Palavra. Nossa missão é proclamar”, completou. O Dia da Bíblia é comemorado todos os anos no segundo domingo

do mês, uma data celebrada em nosso país desde 1850, mas que entrou para o calendário oficial apenas em 2001 com a assinatura da Lei Federal 10.335. Ao inflar os balões com gás hélio, os líderes e membros da IPC amarram frases como “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16); “Disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim” (Jo 14.6) e “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e o mais ele fará” (Sl 37.5).


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

15

FAMÍLIA GOUVEA

Culto de gratidão pelos 147 anos de conversão N

o dia 13 de novembro de 1865, foi organizada a 3ª IP na cidade de Brotas, interior do Estado de São Paulo, em um culto realizado na casa de Antônio Francisco de Gouvea. Pregou o ex-padre José Manuel da Conceição para cerca de 30 pessoas e o Rev. Alexander L. Blackford realizou o batismo e profissão de fé de várias pessoas, todos membros da mesma família Gouvea. Naquele mesmo dia foi celebrada pela primeira vez, no local, a Ceia do Senhor. “O que ouvimos e aprendemos, o que nos contaram nossos pais, não o encobri-

remos a seus filhos; contaremos à vindoura geração os louvores do Senhor, e o seu poder, e as maravilhas que fez... a fim de que a nova geração os conhecesse, filhos que ainda hão de nascer se levantassem e por sua vez os referissem aos seus descendentes” (Sl 78.3,4,6). A família Gouvea, considerada a primeira família da IPB, realizou um culto de gratidão a Deus pelos 147 anos de conversão ao evangelho. O culto foi realizado na 3ª IP de Rio Claro -- SP com solos musicais e um grupo masculino da família. Teve como pregador o Rev. Helvécio

Pregador da noite, Rev. Helvécio Gouvea Neto

Parte da família no culto de aniversário

Gouvea Neto, bisneto do Rev. Herculano Ernesto de Gouvea. Ao final, o diácono Jarbas de Oliveira Camargo, membro da família, faz um breve relato da história e já convida a todos os

membros da mesma para que agendem para o dia 9 de novembro, deste ano, o culto a ser realizado na 2ª IP de Rio Claro. Contamos com a participação de todos os membros da família, pois estamos

UPA

IP de Torre de Pedra, SP, em festa

A

União Presbiteriana de Adolescentes da IP de Torre de Pedra comemorou seu segundo aniversário de organização com um culto de louvor e adoração a Deus no dia 9 de dezembro de 2012, ocasião em que trouxe a mensagem o presbítero Cleri da Mota e houve a participação musical do Conjunto Quislom, ambos da IP Vila Hortência de Sorocaba - SP. Também participaram do culto os conjuntos Coral e Nova Aliança. Organizada no dia 6 de novembro de 2010, essa UPA tem participado das programações providas pela Federação de UPAs do Presbitério de

Tatuí e pela Confederação de UPAs do Sínodo Sudoeste Paulista. Neste ano de 2012, marcaram presença no Dia Nacional do Adolescente Presbiteriano (DNA-SP) ocorrido na Universidade Mackenzie. A UPA que conta com 12 sócios e 6 adolescentes colaboradores realizou nesses dois anos estudos bíblicos, gincanas, visitas nas casas dos sócios, homenagens às mães, pais e ao pastor, culto nos lares, participou do Retiro de Carnaval junto com a UPA da IP Bela Vista de Tatuí, entre outras atividades. Louvado seja Deus por tudo o que ele tem feito no meio do seu povo. Primeira diretoria formada na sociedade

querendo organizar um culto pelos 150 anos que deverá acontecer na cidade de Brotas onde tudo começou e, se possível, finalizarmos o histórico da família para editarmos uma Bíblia histórica comemorativa.


Brasil Presbiteriano

16

Janeiro de 2013

EMERÊNCIA

Presbítero Hélio Correa: 30 anos servindo ao Senhor Ângelo Vieira da Silva

A

sabedoria divina já ensina: “Coroa de honra são as cãs, quando se acham no caminho da justiça” (Pv 16.31). Inspirados pela Palavra de Deus em 2012 os membros da Primeira IP de Resplendor tiveram a oportunidade de honrar um de seus muitos cooperadores na Seara do Senhor, não apenas neste campo, mas na cidade e toda região que corresponde ao Presbitério de Resplendor/MG. Nos termos da Constituição da IPB, o Conselho da Igreja resolveu convocar uma Assembleia Extraordinária para conferir a dignidade de Presbítero

Emérito ao irmão Hélio Correa da Silva pelos seus 30 anos de serviços prestados na obra de Deus. Por unanimidade, em fevereiro deste ano, o título foi concedido e homenageamos nosso irmão com uma placa com os seguintes dizeres: “Presbítero Hélio Correa da Silva, a Primeira Igreja Presbiteriana de Resplendor, enriquecida pelo pastoreio, amizade e serviço prestados ao longo de trinta anos, concede ao amado irmão o título de Presbítero Emérito. Conselho da 1ª IP de Resplendor. 05/02/2012”. O Presb. Hélio Correa da Silva nasceu em 05/08/1936. Foi batizado e professou a fé em

Homenageado ao lado da esposa Recebendo a placa ao lado dos presbíteros da igreja

02/02/1952 na IP de Itueta, momento oficiado pelo Rev. Jeconias Ferreira da Cunha. Em 1961 foi eleito diácono da referida igreja e presbítero em 1963. Tornando-se membro da Primeira IP de Resplendor foi eleito diácono em 1968

e presbítero entre os anos de 1969 a 1977. Quando nossa igreja organizou a 2ª IP de Resplendor o irmão Hélio foi eleito seu presbítero entre 1977 a 1987. De volta a Primeira Igreja, foi eleito presbítero mais uma vez onde ininterruptamen-

te exerceu o presbiterato por 22 anos até 2010. Aos 75 anos de vida, o irmão Hélio é casado com a irmã Hilda Vieira Correa, é pai de três filhos, tem 6 netos e 1 bisneto. O Rev. Ângelo Vieira da Silva é Pastor da IP de Resplendor

CAPACITAÇÃO

I Congresso de Liderança Cristã – PRAA Paulo Froes

O

primeiro CONGRESSO DE LIDERANÇA CRISTÃ – PRAA, aconteceu nos dias 26 e 27 de outubro de 2012, na IP Vida em Mineiros, Goiás. Organizado pelas três igrejas presbiterianas da cidade, teve a participação de mais de 100 participantes, entre pastores, presbíteros, diáconos e demais lideranças da IPB, IPI e Igreja Batista da cidade, mais as igrejas e suas congregações do Presbitério Alto do Araguaia - PRAA e

Sínodo Sudoeste de GoiásSSG. O preletor foi o Rev. Gustavo Henrique Quintela Franca, pastor auxiliar na Primeira IP de Belo Horizonte – MG. Esse Congresso foi um tempo especial de comunhão, reflexão e encorajamento a servirmos ao Senhor Jesus Cristo e à sua Igreja com amor e diligência como verdadeiros líderes segundo o coração de Deus. O Rev. Paulo Froes é pastor da IP Vida e Presidente do Presbitério Alto do Araguaia – PRAA

Organizado pelas três Igrejas Presbiterianas da cidade, teve a participação de mais de 100 pessoas


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

17

CONSAGRAÇÃO

Semana Mundial de Oração

Novo Templo da IP Recanto Verde

N

N

a primeira semana do mês de janeiro, igrejas evangélicas, entre elas a IPB, realizam reuniões de oração, por ocasião da Semana Mundial de Oração. Esse é um importante evento no calendário cristão evangélico e está no calendário de atividades da IPB. No dia 7 de janeiro, a IPB comemora o Dia da Liberdade de Culto, um dos motivos de agradecimento nessa Semana de Oração. Igrejas presbiterianas em todo o Brasil abraçam essa Semana como boa oportunidade para unir o corpo de Cristo em oração. Na maioria das igrejas, cada sociedade interna, como SAF, UPH, UMP, UPA e UCP, fica responsável por um dos dias, dirigindo a reunião de oração, que possui temas variados de oração, pela nação, pela igreja, por missionários, enfermos, etc. São momentos de intercessão por nossas famílias, pela igreja, por nossos amigos e pela sociedade dedicando com alegria o novo ano a Deus, rogando suas bênçãos nesse novo tempo.

Maurílio de Souza Dimas

os dias 16, 17 e 18 de novembro todos ficamos “como quem sonha” e alegres pois grandes coisas fez o Senhor por nós! Na ocasião aconteceu a inauguração do novo templo da IP Recanto Verde. O antigo templo nos serviu muito, mas comportava apenas 150 pessoas. Em apenas 1 ano e 1 mês Deus

nos deu um novo templo com a capacidade de recebermos mais de 500 pessoas. Muito trabalho somado à generosidade de muitos cooperadores trouxe à realização um sonho. O Reino de Deus avança e o presbiterianismo cresce em simpatia de todo o povo da cidade de Timóteo. O Rev. Maurílio de Souza Dimas é pastor da IP Recanto Verde e Presidente do PRVA (Presbitério Vale do Aço)

CNHP, atenção para o XIII Congresso Nacional A Confederação Nacional de Homens Presbiterianos informa sobre o Congresso que acontecerá no próximo ano. Data: 17 a 21 de abril de 2014 Local: Sesc de Aracruz ( Praia Formosa), ES Taxa de inscrição: a) Individual: R$ 580,00 b) Casal: R$ 1.100,00 c) Crianças de 5 a 11 anos: R$ 380,00 d) Criança menor de 5 anos: Isento Preletores: Rev. Roberto Brasileiro (Presidente do Supremo Concílio) Rev. Elizeu Eduardo (Região Sul) Rev. Alessandro Santarelli (Região Norte) Rev. Fabiano de Almeida Oliveira (Região Sudeste) Site para inscrição: www.ipb.org.br/uph/portal Informações: Ruy Carlos de Mattos Griffo - Tesoureiro do Congresso Telefone: 27-8118-8381 ou 3349-0767 / Email: ruygriffo@yahoo.com.br Oswaldo Dalmédico Junior - Tesoureiro da CNHP E-mail: dalmedico_uph@yahoo.com.br Faça seu pagamento em até 10 vezes, podendo ser a última parcela para até 30 dias antes do Congresso. Não deixe de participar!

O novo templo tem capacidade para receber mais de 500 pessoas


Brasil Presbiteriano

18

Janeiro de 2013

EVENTO

No BRASIL E NO MUNDO Sarah Ribeiro

Evangélica é indicada ao Prêmio Faz Diferença A professora evangélica Elida Hederick Vieira é uma das indicadas a receber o “Prêmio Faz Diferença”, promovido pelo jornal O Globo. A indicação foi após Elida ter abrigado em sua casa a nigeriana Hadijatou Anadou, funcionária do Ministério da Educação da República do Níger que teve seus documentos roubados durante viagem que fez para participar do Rio +20. Ao encontrar Hadijatou chorando no aeroporto, Elida resolveu abrigá-la e ajudá-la a tirar novamente a documentação necessária para poder retornar ao seu país. O trabalho da brasileira ganhou destaque e a nigeriana saiu do Brasil grata por ter encontrado uma pessoa tão boa. O objetivo do prêmio é prestar uma homenagem a brasileiros que contribuíram de alguma forma para mudar o país. Internautas podem votar até 02 de janeiro nos indicados de 17 categorias. Em março cada um dos vencedores participará de uma cerimônia onde receberão um troféu. Para votar, acesse o link: http://migre. me/crZBA Fonte: Verdadegospel.com.

Líderes religiosos estão entre os 100 brasileiros mais influentes do ano A revista Época publicou no dia 17 de dezembro uma lista com os 100 brasileiros mais influentes do ano. A exemplo do ano passado, o pastor pentecostal Silas Malafaia integra a lista que também traz dois líderes católicos, o padre e cantor Marcelo Rossi e o arcebispo de São Paulo Don Odilo Scherer. Esse tipo de lista é comum em várias publicações do mundo, sendo que a mais reconhecida é a feita pela revista Times, que já listou vários pastores em outros anos. Este ano, a revista Época separou novamente as pessoas em diferentes categorias: artistas, construtores, heróis e líderes. Os três líderes religiosos aparecem na categoria “Líderes”, ao lado de personalidades como os ex-presidentes Fernando Henrique e Lula, além do ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa.

Livro Cristianismo Reformado é lançado na livraria Cultura

N

o dia 14 de dezembro o livro Cristianismo Reformado: Uma história contada por meio da filatelia, de autoria de Maurício Melo Meneses, teve seu lançamento fora do Instituto Presbiteriano Mackenzie. O evento aconteceu na livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, na capital paulista, local em que diversos convidados puderam apreciar a obra e cumprimentar o autor. O reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie,

Benedito Guimarães Aguiar Neto destacou a importância do livro no tributo aos 495 anos do protestantismo, contado por meio da filatelia. “Pelo que pudemos apurar, essa é a primeira obra no mundo a fazer isso”, frisou o reitor. Durante o lançamento, Maurício destacou que entre os dois temas do livro, a reforma protestante e a filatelia, “o ganho maior é com a filatelia, afinal poucas pessoas no nosso país colecionam

selos”. Ele ainda destaca que a filatelia não é um hobby caro e que “existem diversos lugares de fácil acesso para encontrar os selos a preços acessíveis”. O autor ainda conta que, “aliar a história da reforma protestante com a filatelia facilita a leitura e a memorização”. Mauricio Melo Meneses possui, entre sua coleção de selos, outros temas interessantes como o do Marechal Cândido Mariano Rondon, o qual também se tornará um livro futuramente.

PARTICIPE!

1° Concurso Fotográfico UPA’s Flash

S

abemos que fotografia está na veia de qualquer adolescente. Isso fica ainda mais notável nas publicações que envolvem as redes sociais. A diretoria da Federação de Adolescentes do Presbitério Alta Floresta Mato Grosso – UAPRAFlançou o 1° Concurso Fotográfico UPA’s Flash, onde os adolescentes inscritos deverão tirar fotos que retratem um versículo bíblico. Este concurso terá seus processos de avaliação, seleção, indicação

e premiação da melhor foto inédita de sua autoria encaixando com o versícu-

lo que deverá ser enviado juntamente com as fotos para analise.


Brasil Presbiteriano

Janeiro de 2013

19

Consultório Bíblico “Os falsos profetas podem falar bem do trino Deus e pregar a Palavra?” Odayr Olivetti

P

odem, e o têm feito em todas as eras! Uma verdade que pode ser chocante para muitos é que, tanto na antiga dispensação como na nova (Antigo e Novo Testamentos), e também na história da igreja, os falsos profetas, falsos pastores, falsos mestres, falsos pregadores sempre foram e são mais numerosos do que aqueles que, humildemente buscando o socorro da graça divina empenham-se em exercer fidelidade a Deus e à sua Palavra. Um dos grandes perigos para os incautos é que os falsos profetas, falso mestres, falsos pastores, falsos pregadores, falam verdades imiscuídas em suas mentiras e falsidades. Eles seguem o engenho e arte de Satanás. Este, quando seduziu Eva, não falou só mentira; também disse verdade. Em Gênesis 3.1 ele citou Deus: “É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?” Realmente foi o que Deus disse (2.17). Mas o Diabo omitiu o que Deus disse em seguida, no versículo 18 do capítulo 2: “mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comereis...”. Dessa artimanha (arte e manha) os falsos cristãos fazem uso constantemente. Há exemplos de falsificações na Bíblia. Cito apenas alguns, suficientemente claros e convincentes, embora não convincentes para os obtusos e para os cegos que não querem ver. Um exemplo negativo extraordinário é o dos fariseus. Aliás, em Mateus 15.6 Jesus declara que eles invalidaram a Palavra de Deus colocando no lugar dela a tradição deles. Em Mateus 15.14 Jesus chama os fariseus de

“cegos, guias de cegos”. E, notavelmente, no capítulo 23 do mesmo evangelho, nos versículos 16, 17, 19, 24 e 26, Jesus emprega estas fortíssimas expressões para qualificar os fariseus: “Ai de vós, guias cegos...!”; “Insensatos e cegos!”; “Cegos!”; “Guias cegos...!; e “Fariseu cego...!”. Quanto à igreja atual, o mais grave é que sempre houve fariseus cegos nas comunidades cristãs. Um hino se refere aos “modernos fariseus”. Note-se esta gravíssima declaração: Para o mestre ou pregador cristão falso, é fácil fazer a Escritura Sagrada dizer o que não diz! Em Atos 16.16-18 consta o caso de um “espírito adivinhador” que fazia uma jovem “possessa” dele dizer uma importante verdade: “Estes homens são servos do Deus Altíssimo e vos anunciam o caminho da salvação”. Aí está: Um demônio falando a verdade. Mas o apóstolo não se deixou levar: expulsou-o! – “Provai os espíritos, se procedem de Deus”, ordena o apóstolo João (1Jo 4.1). Em 2Pedro 2.1,2 o apóstolo Pedro declara que os falsos profetas apresentam as suas heresias “dissimuladamente” (ARA) ou “encobertamente” (ARC). Significa que apresentam suas heresias misturando verdade com mentira. E verdade com mentira é igual a mentira. Por isso costumo dizer que, rigorosamente, não existe “meia verdade”. A aparente meia verdade é mentira, porque vem junto com mentira – “dissimuladamente”, “encobertamente”.

Seria necessária uma numerosa equipe de cristãos muito bem preparados para responder à enxurrada de erros, equívocos, heresias e interpretações errôneas ou tendenciosas lançadas de púlpitos, pelo rádio, pela televisão, e por livros e revistas! Temos que dar graças e louvores a Deus por aqueles seus servos e aquelas suas servas que, reconhecendo suas limitações, procuram manter-se fiéis a Deus e à sua Palavra por ele inspirada. Para estes vale extraordinariamente a exortação com promessa feita por Jesus ressurreto ao pastor da igreja de Esmirna (Ap 2.10 b): “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida”.

O reverendo Odayr Olivetti é pastor presbiteriano, ex-professor de Teologia Sistemática do Seminário Presbiteriano de Campinas, escritor e tradutor. - odayrolivetti@uol.com.br


Brasil Presbiteriano

20

Boa Leitura Personagens da Bíblia – Robert Backhouse

Um “Quem é quem” totalmente ilustrado com mais de 230 personagens importantes e pitorescos do Antigo e Novo Testamento. Quem é a pessoa mais velha na Bíblia? De que modo Jesus era aparentado ao rei Davi? O que significa o nome Salomé? Quem substituiu Judas como apóstolo? Essas e outras perguntas são respondidas neste livro fascinante, que oferece ilustrações criadas com absoluto rigor e perfeição de mais de 230 personagens mais conhecidos da Bíblia. O livro contém 32 páginas e custa R$13,00.

e à obra do Senhor, e serem generosos para com os que têm necessidades. No entanto,

todos foram chamados para, primeiramente, buscar “o reino de Deus e a sua justiça”, certos de que “todas” as “coisas” de real necessidade “serão acrescentadas” (Mt 6.33). O livro contém 128 páginas e custa R$23,00.

A revelação bíblica e as teorias científicas se colocam diante do leitor nas alternativas que oferecem. Prepare-se... para uma dose, digamos assustadora de mistério. O autor sabe

Entretenimento e reflexão Filmes para curtir e pensar

As Crônicas de Nárnia – O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

A Obra do Espírito Santo – Abraham Kuyper

Uma visão cosmológica na perspectiva da revelação bíblica – Oadi Salum

Quem cuida de quem cuida? – Wadislau Martins Gomes Este livro é dirigido a presbíteros, pastores que instruem (docentes) e pastores que governam (regentes). Na verdade, a diferença que geralmente é feita tornou-se artificial em função dos sistemas de governo das igrejas. Certamente, alguns são chamados para dedicar mais tempo às coisas de Deus e, outros, para se dedicar a obras temporais a fim de manterem a si mesmos

que não podemos escapar desse encontro quando nos debruçamos sobre esses problemas, mas insiste também em que o mysterium não tem produzido o efeito de fazer o ser humano retroceder em sua busca de entendimento do que está à sua volta ou infinitamente além. Como se pode constatar... tampouco pretendeu o Rev. Oadi retroceder e você, amado leitor, é igualmente convidado a prosseguir, lendo atentamente este livro que tenho a honra de apresentar. (Rev. Roberto Brasileiro Presidente do SC da IPB) O livro contém 160 páginas e custa R$28,00.

Janeiro de 2013

“Deixando de lado, quase inteiramente, as polêmicas, eu fiz uma tentativa de apresentar a obra do Espírito Santo em suas relações orgânicas. Ao proceder à avaliação, quem pode deixar de se surpreender com as dimensões sempre crescentes da obra do Espírito em todas as coisas em que ela diz respeito a Deus e ao homem?” O autor, do Prefácio O livro contém 656 páginas e custa R$69,00.

Sobre esses e outros títulos acesse www.editoraculturacrista.com.br ou www.facebook.com/editoraculturacrista ou ligue 0800-0141963

Lúcia, Susana, Edmundo e Pedro são quatro irmãos que vivem na Inglaterra, em plena 2ª Guerra Mundial. Eles vivem na propriedade rural de um professor misterioso, onde costumam brincar de esconde-esconde. Em uma de suas brincadeiras eles descobrem um guarda-roupa mágico, que leva quem o atravessa ao mundo mágico de Nárnia. Este novo mundo é habitado por seres estranhos, que já foi pacífico, mas hoje vive sob a maldição da Feiticeira Branca, Jadis. Sob a orientação do leão Aslam, que governa Nárnia, as crianças decidem ajudar na luta para libertar este mundo do domínio de Jadis.

A superprodução retrata a vida de Martinho Lutero, que desafiou todas as autoridades políticas e religiosas de seu tempo, pois acreditava que algumas atividades praticadas pela Igreja Católica eram imorais. Após quase ser atingido por um raio, Martinho Lutero acredita ter recebido um chamado. Pressionado para que se redima publicamente, Lutero se recusa a negar suas teses e desafia a Igreja Católica a provar que elas estejam erradas e contradigam o que prega a Bíblia. Excomungado, Lutero foge e inicia sua batalha para mostrar que seus ideais estão corretos e que eles permitem o acesso de todas as pessoas a Deus. Moisés – O príncipe do Egito

Lutero No Egito antigo, quando os hebreus lá viviam como escravos e o faraó Seti, temendo o constante nascimento de crianças hebreias, pois no futuro poderiam se tornar uma força que ameaçasse seu poder, ordena que todos os bebês hebreus do sexo masculino sejam afogados. Uma hebreia se desespera ao ver que seu filho poderá ser morto e, para salvá-lo, o coloca em uma cesta no rio. Quando cresce, Moisés acaba descobrindo sua origem, decide abandonar o palácio e libertar os hebreus, para levá-los para a Terra Prometida.

janeiro de 2013  

janeiro de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you