Issuu on Google+

CHIC autom贸veis & sociedade

by Marcondes Viana Porsche

O charme e o design da garagem para a cozinha

Abiauto

Sustentabilidade foi tema do II F贸rum Abiauto

Sharapova

fala de vida fora das quadras em entrevista exclusiva

ano VI - n煤mero 24 - julho/agosto/setembro 2012 - R$ 12,90


editorial

Duas participações internacionais na CHIC Um recente estudo da PricewaterhouseCoopers prevê que, em 2017, as marcas de automóveis de luxo no Brasil – Audi, BMW, MercedesBenz, Volvo e Land Rover – irão comercializar 150 mil unidades. A CHIC, Automóveis & Sociedade, como é uma publicação direcionada ao mercado Premium, entende que, assim como o mercado de automóveis de luxo vai disparar em 2017, os demais itens do sofisticado mercado, também irão ter excelentes resultados. Por esse motivo, nesta edição, a jornalista Wilgen Arone, assina matéria sobre a cozinha Porsche, que custa em torno de R$ 500 mil no Brasil. Esperamos que a leitura agrade a todos, notadamente uma entrevista exclusiva, com a tenista russa Maria Sharapova, que fala sobre sua vida fora das quadras, concedida a Nicole Pozza. Com as jornalistas Wilgen Arone (Alemanha) e Nicole Pozza, que passam a colaborar com a CHIC, a publicação faz sua estreia internacional. Os leitores já podem colocar na agenda no nosso próximo encontro, com a edição #25, em novembro e lembramos que que a CHIC, já pode ser lida “online” no site revistachic.com.br

CHIC

Capa

Marcondes Viana Editor & Publisher

automóveis & sociedade

by Marcondes Viana

Fotografo: José Correia Assistido por João Portela Modelo: Rita Pedro Produção e Styling: Equipe do IMCI Instituto de Moda Consultoria de Imagem, Juliana Brito - Lécio Nunes - Sandrina Francisco - Geraldine Ribeiro

Porsche

O charme e o design da garagem para a cozinha

Abiauto

Sustentabilidade foi tema do II Fórum Abiauto

Sharapova

fala de vida fora das quadras em entrevista exclusiva

ano VI - número 24 - julho/agosto/setembro 2012 - R$ 12,90

Hair Style: Adelaide Nunes Make up: Sandrina Francisco e Tânia Santos

“Ao vencer as tribulações, as dificuldades, as adversidades, a inveja e o desamor, lembre-se de que foi Ele quem lhe ajudou. Deus é fiel!” 4


CHIC

Equipe CHIC

automóveis & sociedade

Editor & Publisher Marcondes Viana MTB CE00393JP

Fotografia

Emanuele Teixeira Iratuã Freitas Máximo Moura Cival Jr.

Tratamento imagem e ilustrações Paulo Fernando

Comercial

(85)8543.0092 revistachic.fortaleza@gmail.com

Editor Adjunto

Patrícia Holanda

Correspondente da Alemanha

Correspondente Acontece Nicolle Pozza

Helena Demes

Alta Roda/

Auto/Panorama

Boa Mesa

Clics CHIC

Col. de Direção

Esporte CHIC

Max Krichanã

MTB CE00991JP

Dir. Contéudo Juliana Amaral

Diagramação

Wilgen Arone

Coord. Administrativa Sophia Salles de Viana

Assessoria Jurídica

Welton Demétrio Advogados Associados

Tiragem

8 mil exemplares

Correspondência:

Rua Vicente Leite, 1011/101 60170-150 - Meireles Fortaleza/CE Tel.: (85) - 8543.0092

Correspondente SP Fernando Calmon

Marcondes Viana

CHIC na web:

www.revistachic.com.br CHIC Automóveis & Sociedade é marca registrada no INPI Instituto Nacional de Propriedade Industrial (RPI 1912, de 28.08.2007) CHIC não se responsabiliza por opiniões expressas nos artigos assinados.

Marcos Batista

Iratuã Freitas

Correspondente BH Fábio Doyler

Manuella Viana

É proibida a reprodução total ou parcial de seu conteúdo, sem autorização por escrito.

Observatório da Reflexão Cultura Domingos Alves Eduardo Galdino

Société CHIC Heloisa Helena

Turismo

Mara Adeodato

5


SUMÁ 82

18 automóvel

EcoSport Spin

76

18

coluna

34

A1 Sport

Société CHIC 50

46

Acontece 88

C3 58 Punto

100 Panorama 104 Alta roda

72

II Fórum Abiauto 82 Linha Fiat 2013 90 Ranger

6

96

Clic CHIC 30 Observatório da Cultura

38

Gol e Voyage

26

entrevista

Maria Sharapova

26

42


MÁRIO ano VI - número 24 - julho / agosto / setembro 2012

38

60 fashion gastronomia

Elegância em Lisboa

música

60

Marcel - Qualidade e Cortesia 22 Boa Mesa

luxo

86

52

Cozinha Porsche

Lucinha Menezes

54 81

54

perfil Marcela Turbay 86 saúde

Endometriose

70

social

Feijoada CHIC

08

turismo

Patagônia 76

7


feijoada CHIC

Feijoada CHIC

8


IIª FEIJOADA CHIC reuniu cerca de 200 convidados, verdadeiros formadores de opinião, entre os quais jornalistas, socialites, empresários, profissionais liberais e muita gente bonita. Os convidados se deliciaram com uma feijoada cinco estrelas (elogiada por todos), tomaram doses do bom THE FAMOUS GROUSE, curtiram taças do prosecco italiano ANELLA ANDREANI, e ainda teve cerveja gelada, caipirinha, sucos e refrigerantes.

Leonardo Silva, Andréa Santos e Frederico Guilherme

A IIª FEIJOADA CHIC aconteceu no restaurante do hotel Dom Pedro Laguna e foi animada pelo Grupo de Samba Negrito (excelente), especializado em samba de mesa. A ambientação foi da consagrada Érika Martins e teve na coordenação Lilia Quinderé. No evento foi lançada mais uma edição da revista CHIC, AUTOMÓVEIS & SOCIEDADE, a de número 23 (impressa na Gráfica Santa Marta), e escolhida a GAROTA CHIC 2012, primeiro evento com esta denominação, que substituiu o concurso de escolha da Top Girl. As concorrentes desfilaram ao som do DJ MARCUS MACEDO. GAROTA CHIC 2012 O desfile das quatro concorrentes ao título de Garota CHIC 2012 aconteceu em meio a uma bela paisagem, diante do público e da comissão julgadora, formada por nove membros. Desfilaram em busca do título Marcela Albuquerque, Larissa Dias, Julielen Mourão e Hévila Cartaxo. O título ficou com Larissa Dias.

Antônio Marques e Cristiane Cavalcante

Helielda e Maurílio Menezes

Byron e Rita Frota

APOIO A IIª Feijoada CHIC recebeu o apoio da Volkswagen, General Motors, Interfood (prosecco italiano Anella Andreani), Brown Forman (The Famous Grouse), Ceará Autos e Dolores Aragão.

Sérgio Campos (General Motors) e Marcondes Viana

9


10

Camila e Gony Arruda

Arcelino Mentor e Carol Melo

Excelsa e Arthur Costa Lima

Heloísa Macedo, Marta Bonfim e Vera Costa

Jorge Fiúza, Renato Bonfim e Antônio Costa

Marizete e Américo Picanço

José Cláudio e Neuma Carneiro

Irapuan e Wilma Nobre

Carlos e Flávia Castelo

Túlio Guerra, Marcello Ballabram e Cláudia Guerra

Tereza Távora Ximenes e Ivaldo Maia

Maria Eduharda e Luiz Carlos Castelo


Marta Peixe e José Valdo Silva

Maninho e Mônica Brígido

Sérgio e Luciana Campos e filhos

Marta e Arcelio Mentor

Rossana e Alegra Bertane

Chef Manoel Marinho

Fred Gomes e Manuella Viana

Leví Barros e Maria Tereza Barros

Ronaldo Porto e Anna Rizzato

Jeissler e Flávio Mello

Arthur Costa Lima Filho e Juliana Hissa

11


Luiz e Adriana Dantas

12

Emerson Negreiro e Nívea Martins

Nátalia Fernandes e Claúdio Ari

Leandro Torres, Otávio Jordan, Cristiano Stefani e Emanuel Freitas

Neila Araújo, Nyelle Freitas e Netinha Gomes

Fred Guimarães e Dayze Rizzato

Juliana Amaral e Iara Macêdo (Experience Gift)

Lúcia Benevides, Soraya De Palhano

Mana Luna e Fátima Pita

Edilson e Carol Magalhães

Josy e Brena Magalhães


Ali Saiour, Tânea Cordeiro e Tony Moussa

Juan e Antônio Canhoto

Fabiana Campos e Eduardo Araripe

Leonardo Silva e Frederico Guilherme

Paulo Rosa, Emanuel Freitas, MV, Júnior Morais e Cival Jr.

Luiz Carlos Martins e Dioneide Bernardino

Vanessa e Larissa Dias

Julielen Mourão e Aurivan Filho

Salete Araújo e Erivan Aguiar

Silvânia Sanford, Roberto Costa e Silvia Campos

Jorge Vieira e Eduardo Galdino

13


Murilo Góes e Marcela Albuquerque

Helielda Menezes e o filho Rafael

Modelos da Ceará Autos

14

Juliana Amaral e Andréia Santos

Lorena Matos e Antero Freitas

Valéria Costa Lima, Ivaldo e Edília Maia e Sálvia Masullo

Venício Guimarães e Helena Demes

Leonardo Natravnk e Delane Sampaio

Everardo e Heloísa Helena Rodrigues

Mônica Brigido e Ana Oliveira

Jane Keytila, Netinha Gomes e Juan


Rosa Alvarez, Maria Ernestina e Joana Oliveira

Rebeca e Raul Martins

Lilia Quinderé e Jorge Fiúza

Ione Araújo e Eduardo Silveira

MV e Maurício Vieira

Majela Frota

Silvânia Sanford e Lúcia Leiva

Kalil Lobo e Patrícia Holanda

Emanuel Freitas e Larissa Dias

Verônica Lima, Américo e Marizete Picanço

Neyse Freire e Lilian Quindere

Sildácio e Andréa Amaral

15


1

2

1- Larissa Dias 2- Julielen Mourão

3

4

3 - Marcela Albuquerque 4 - Hévila Cartaxo

Apoio:

16


automóvel

EcoSport U

ma das grandes novidades da Ford neste semestre é segunda geração do EcoSport que surgiu totalmente novo, com mudanças na plataforma, suspensão, design externo e interno, direção com assistência elétrica, maior conforto, segurança e tecnologia e o motor 1.6 Sigma Flex que estreia no modelo. A nova versão do utilitários esportivos, que é líder na categoria, surge para o público com motores flex de alumínio, direção elétrica, sistema de segurança com freios ABS de série e seis airbags, faróis com LEDs, interior elegante com acabamento de qualidade e conectividade com central multimídia SYNC de série, com comandos de voz em português.

18

Além disso traz equipamentos inteligentes, como ar-condicionado digital, sistema de abertura das portas e partida sem chave, sensor de chuva, sensor de estacionamento, faróis com acendimento automático e espelho eletrocrômico. As mudanças externas transformaram o EcoSport em um carro bastante diferente do antecessor. As linhas mais orgânicas e a espaçosa grade frontal deixaram o carro com ar invocado e mais robusto. O painel também sofreu grandes melhorias em relação ao modelo anterior e se assemelha ao do New Fiesta. “O Novo EcoSport está entre os melhores veículos do mundo”, afirma Steven Armstrong, presi-


dente da Ford Brasil. “Ele combina várias funções de uma maneira nova e inteligente. Tem incomparáveis elementos de design e interior de impressionante comodidade”. O novo utilitário chega à rede de distribuidores em setembro. A linha conta com as versões S, SE, FreeStyle e Titanium e duas opções de motores, o Sigma 1.6 Flex e o Duratec 2.0 Flex, ambos com bloco de alumínio. O seu preço inicial é de R$ 53.490,00.

O Novo EcoSport é equipado com direção elétrica, que além de boa dirigibilidade, contribui para a redução do consumo em 3%

Outra novidade do Novo Eco Sport é a estreia do motor Sigma 1.6 Flex,já usado no New Fiesta e NO Focus. Os brasileiros poderão escolher também uma outra opção de motor, o Duratec 2.0 Flex, que já é utilizado no Focus. Disponível como opcional na versão FreeStyle e de série na Titanium, esse motor, também de alumínio, é um dos mais avançados na sua categoria. A transmissão disponível do Novo EcoSport é a IB5 Plus manual. Ela é aplicada com os dois motores, com escalonamento de marchas calibrado para cada uma das versões. A Ford produz no interior de São Paulo mais de 500 mil transmissões IB5 por ano, que integram veículos no Brasil e exterior. O Novo EcoSport também é o único da categoria equipado com direção elétrica, que além de dar ao veículo uma dirigibilidade diferenciada contribui para reduzir em 3% o consumo de combustível. Os pneus com resistência reduzida ao rolamento dissipam menos energia e trazem uma economia adicional de 2% no consumo. Essa direção elétrica, única na categoria, regula o esforço de acordo com a velocidade e conta com outras duas funções: a compensação de deriva (PDC) que detecta irregularidades no piso e compensa pequenas variações e o sistema de cancelamento de vibrações (ANC), com sensor na coluna, que também filtra as oscilações. O utilitário traz ainda o sistema AdvanceTrac, que inclui freios ABS, controle eletrônico de estabilidade e controle de tração. Este mecanismo monitora a velocidade do veículo, a posição do acelerador e o ângulo do volante para controlar a derrapagem das rodas e ajudar a manter a direção desejada. Além disso, dispõe ainda de um assistente de partida (mantém o veículo parado por até 3 segundos depois que se tira o pé do freio) em rampa e assistência e luz de alerta em frenagem de emergência (sensores que detectam esse tipo de situação e aplicam uma pressão adicional nos freios).

Entre as novidades tecnológicas, o motorista poderá utilizar um sistema de mídia e conectividade SYNC que vem como equipamento de série em todas as versões. Ele tem um sistema de reconhecimento de voz em português, espanhol e inglês, conexão Bluetooth para celular, incluindo “streaming” de áudio, e entradas USB, para iPod e auxiliar. Todas as informações são mostradas numa tela de 3,5 polegadas no centro do painel. As principais funções do rádio e do celular também podem ser comandadas no volante.

19


O computador de bordo traz dados como velocidade média, consumo e autonomia, além de um gráfico de consumo instantâneo para orientar na direção econômica. Na versão topo de linha, o Novo EcoSport conta ainda com sistema “Key Less”, que permite abrir as portas e dar partida no veículo sem tirar a chave do bolso. Sensor de estacionamento traseiro, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, ar-condicionado digital e espelho eletrocrômico são outras novidades.

Preços A versão S que tem direção elétrica, faróis com LEDs, ar-condicionado, vidros dianteiros, travas e espelhos elétricos, freios ABS, airbag duplo e sistema multimídia SYNC, custa R$ 53.490. A versão SE acrescenta vidros elétricos traseiros, faróis de neblina, rack de teto e rodas estilizadas, por R$56.490. A versão FreeStyle que inclui rodas de liga leve de 16 polegadas e um pacote de tecnologia composto por: computador de bordo, sensor de estacionamento, vidros elétricos com acionamento a um toque e sensor antiesmagamento, fechamento global, assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade e controle de tração, vem com preço de R$59.990. Com a opção de airbags laterais e de cortina e bancos de couro, fica em R$ 63.690. Para incluir o motor 2.0 nessa versão, a diferença é de R$ 2.500. O Novo EcoSport FreeStyle 2.0 sai por R$66.190. O topo de linha Titanium, disponível somente com motor 2.0, vem com os seguintes itens adicionais: grade cromada, rodas exclusivas de liga leve de 16 polegadas, bancos de couro, airbags laterais e de cortina, ar-condicionado digital, sistema de acesso inteligente e partida sem chave, sensor de chuva, faróis com acendimento automático e retrovisor eletrocrômico, por R$ 70.190. Uma vantagem econômica está no valor das revisões do Novo EcoSport que estão 7,5% mais em conta que as da geração anterior. A Ford afirma que sua cesta básica de peças também apresenta custo mais baixo que a dos competidores.

20


gastronomia Foto: Iratuã Freitas

Qualidade e cortesia O restaurante Marcel vai além de simplesmente oferecer uma comida francesa de alta qualidade e sabor. Ações com promoções e brindes são realizadas constantemente

22


Q

uem já esteve no restaurante Marcel sabe que logo na entrada o cliente é surpreendido. Primeiro com o sorriso aberto do maitre Ferreira dando as boas e vindas, e depois com dois vidros gigantes recheados de rolhas. Registro de parte dos bons rótulos que foram consumidos no restaurante nos últimos 15 meses. A quantidade impressiona e desperta grande curiosidade. As apostas sobre a quantidade de rolhas sempre geraram brincadeiras entre clientes e funcionários do local.

Foi quando surgiu a ideia de tornar a brincadeira uma promoção real. Durante dois meses todos os clientes que estiveram no Marcel receberam um cartão ao final da refeição com a proposta para adivinhar a quantidade de rolhas dentro dos vidros. Mais de 350 tentativas foram registradas. E foi durante as férias de julho que Aurélio Rotolo, um engenheiro de Florianópolis, passou pelo Marcel com a namorada. “Em nossas viagens procuramos sempre indicações de bons restaurantes, e, dentre eles, os de cozinha francesa estão entre os nossos prediletos”, conta. Claro que ele aproveitou a habilidade com cálculos para concorrer. “Fiquei uns cinco minutos ao lado do garrafão, analisando quantas rolhas em média existiam em cada lateral e depois quantas camadas na altura. Considerei então a eventual existência de espaços vazios e dei um desconto. Coisa de engenheiro mesmo”, lembra. E o empenho deu resultado. Aurélio apostou que eram 6.480 rolhas, apenas sete rolhas a menos do que tinha na verdade. Como o resultado era por aproximação, ele faturou o bônus de R$400 para usar no restaurante.

Ações De acordo com Fabrício Bisol, gerente do Marcel, a promoção das rolhas foi apenas uma das ações programadas para este ano no restaurante. Para os últimos meses do ano está sendo preparado um CD especial com as músicas mais pedidas pelos clientes que frequentam o Marcel. “Nosso pianista Celso Oliveira Jr reuniu esses pedidos e escolhemos as mais solicitadas”, conta Bisol. O CD conta com canções de Frank Sinatra, Elton John e outros artistas consagrados. O presente será oferecido aos clientes como lembrança de final de ano. Mas as surpresas não param por aí. Fabrício Bisol conta que além do restaurante Marcel continuar primando pela máxima qualidade de cada produto utilizado para preparação dos pratos, não é só isso que encanta os clientes. “Teremos outras surpresas”, adianta.

Novidades Além do Festival de Lagosta que continua fazendo sucesso no Marcel, a nova pedida é o prato Merlu Juane Tapenade que é feito com lombo de pescada amarela grelhado ao molho tapenade de azeitonas pretas, aspargos frescos, batata grisette, endívia e radicchio.

SERVIÇO Restaurante Marcel Av. Historiador Raimundo Girão, 800 Praia de Iracema Fortaleza Ceará Brasil +55 85 3219.7246 | 3219.6767 Site: www.marcelfortaleza.com.br

23


entrevista Nicole Pozza

Publicitária, Diretora do NOVO LUXO e especialista em Gerenciamento de Artigos de Luxo pela Università Cattolica del Sacro Cuore di Milano, Itália

O outro lado de Sharapova

A tenista russa mostra a sua vida fora das quadras

T

alento, garra e beleza sempre estão em jogo quando a tenista russa Maria Sharapova pisa em quadra para competir. Seus fãs e adoradores do tênis podem conhecer quem é ela por trás do esporte: seus sonhos, segredos, experiências, estilo de vida e a parceria com a marca de relógios TAG Heuer. E o que não poderia faltar: de uma maneira elegante, a russa compartilha com os leitores o seu conceito para a palavra luxo. Em entrevista exclusiva, a tenista de 25 anos não escondeu o seu orgulho por recuperar a primeira posição no ranking da WTA (Women’s Tennis Association) após vencer um Grand Slam com o joelho operado. Atualmente ocupa a terceira posição no ranking, após o desempenho não esperado durante o torneio de Wimbledon 2012. Uma das seis mulheres a ganhar os quatro Grand Slams na carreira – o último foi Roland Garros 2012, em Paris -, Sharapova não desiste nunca dentro e fora das quadras. “É assim que eu sou. Sou a mesma Maria Sharapova nos jogos e na vida

26

pessoal, mas nas competições eu sou mais capaz de me concentrar e realmente focar no jogo. Não importa o que aconteça, isso nunca me abala”, define. Muitos a veem diferente dentro e fora das competições. “O que posso dizer é que sempre dou duro, sou sincera e fashionista”. Consciente de sua inteligência, a tenista conta que a concentração é fundamental no momento de competir. Um dos seus maiores segredos, revelou Sharapova, é pensar que tudo só depende dela mesma. “É importante manter a determinação e o foco na competição. Mostrar-se forte e concentrada para o público também ajuda”. Sharapova não tem problema algum com relação à mídia. Elogiada, mostra humildade e agradecimento. “Muito obrigada pelo seu elogio! Penso que é mais a combinação dos meus looks e do meu jogo de tênis que me possibilitam ser bem vista pela mídia”.


Mas é visível que Maria se preocupa e gosta de cuidar da aparência. O seu programa favorito para relaxar é passar o dia em um SPA com direito a longas sessões de massagem e tratamentos de beleza, incluindo manicure e pedicure. E quem não gosta de momentos de glamour com um dia de princesa? E a beleza da tenista rende mais do que elogios. Com a parceira TAG Heuer construiu um relacionamento e uma imagem que favorece ambas as partes. “É uma honra para mim estar associada a essa marca que carrega tanto prestígio”, aponta. A história começou faz tempo. A marca suíça entrou em contato com a tenista após a conquista do primeiro título de Grand Slam (Wimbledon 2004), pois a vitória chamou atenção de todos. Para ela, são boas lembranças. “Eu era uma grande fã da TAG Heuer e foi uma oferta tentadora fazer parte de um grupo de embaixadores como os daquela época: Uma Thurman e Brad Pitt. Eles me permitiram entrar no universo da moda através de uma grande porta e, desde então, tem sido um conto de fadas. Nós construímos um relacionamento mútuo e, nesses últimos nove anos, a marca esteve ao meu lado, inclusive durante minha pausa por motivos de saúde. Agora estou muito contente em poder recompensá-los com mais vitórias”, declara. Sharapova adianta que vem experimentando novidades e está trabalhando com a TAG Heuer em alguns desenhos para óculos e relógios.

Sharapova e Lewis Hamilton

27


A tenista não teve dúvidas quando questionada sobre a experiência mais luxuosa que já teve. “Foi o primeiro ensaio fotográfico com Patrick Demarchelier para a TAG Heuer em 2004. Eu tive profissionais que cuidaram dos meus cabelos e da minha maquiagem por dias. Foi um sonho que se tornou realidade. Naquele dia eu me tornei uma fashionista. Posso dizer que sou uma garota muito sortuda”, brinca. Sortuda e realizadora de sonhos. O outro que alcançou foi ter se tornado uma campeã do tênis – sempre trabalhou duro em busca disso e a família fez muitos sacrifícios para dar o suporte necessário. Emocionada, comenta o sucesso. “Agora o meu sonho é continuar jogando até onde eu possa curtir os campeonatos. Neste ano, eu atingi um dos meus objetivos, vencendo Roland Garros. Isso significou muito para mim. O único Grand Slam que faltava na minha carreira. Também estava muito motivada para as Olimpíadas!”. Mas nem só de sacrifícios é feito o tênis. O esporte envolve muito luxo, que, para Maria, é quando se alcança um certo nível como tenista profissional. Ou seja, o luxo no esporte dela começou quando ganhou o título de Wimbledon em 2004, com apenas 17 anos. Tempo é o conceito que ela dá à palavra luxo, sabendo administrá-lo muito bem. Quando não está competindo, opta por desenhar ou ler um bom livro. Também adora se conectar ao Facebook para conversar com seus fãs de todos os cantos do mundo. Maria Sharapova também surpreende fora das quadras com uma postura sincera e com seu amor pela competição. Depois da conversa a tenista recebeu um pedido especial: como ela acredita que os fãs são o maior tesouro que alguém pode preservar, nada melhor do que uma mensagens aos torcedores brasileiros. “Muito obrigada por torcerem para mim nos meus bons momentos e, mais ainda, nos períodos difíceis. Agradeço por estarem ao meu lado até mesmo depois da cirurgia do joelho. Obrigada por serem tão fiéis”, concluiu.

Maria SUGARPOVA Foi apresentada oficialmente no dia 20 de agosto, a SUGARPOVA, linha premium de doces inspirada na tenista russa. O novo produto segue características de seu perfil como tenista: comunicativa, divertida, fashion e doce. A partir dos doces que receberam sua assinatura na embalagem, a ideia da musa é tornar o seu luxo acessível a uma parcela maior de público. “É uma mistura impressionante de estilo e qualidade”, destaca Maria.

28


clics CHIC Iratuã Freitas

ENLACE -

Lucas Pontes e Natália Ventura, filhos de Luiz e Karisia Pontes e Francisco e Ailza Ventura, uniram-se pela lei de Deus em cerimônia realizada na Igreja Cristo Rei e mega festa realizada no La Maison Coliseum. Confiram alguns clic’s dos vip’s que foram prestigiar os noivos.

Nilda Andrade, Gustavo e Karisia Pontes, noivos, Luiz, Beatriz e Ozires Pontes

Lucas Pontes e Natália Ventura

30

Alzira Ximenes, Rodrigo e Ailza Ventura,noivos, Francisco, Ítala e Edson Ventura

Roberto Cláudio e Carol com Maria Célia e Cid Gomes

Amarílio, Ravi e Patrícia Macêdo

Patrícia e Tom Cavalcante com Sérgio Machado e Tasso Jereissati

Denise e José Carlos Pontes

Edson Queiroz Neto e Ticiana

Luis e Ione Fiúza com Luciana e Binho Bezerra


NOITE DE GALA E GLAMOUR - O governador Cid

Gomes comandou com muito sucesso a noite que inaugurou o Centro de Eventos do Ceará. O famoso tenor espanhol Plácido Domingo juntamente com as sopranos Micaela Oeste e Angel Blue e regência de Eugene Kohn, se apresentou no pavilhão principal do CEC que, em relação à arrecadação tributária, vai gerar R$ 186,1 milhões para o Estado. O humorista cearense Tom Cavalcante mostrou ao público presente seu novo show, encerrando a noite que, com certeza entrará para a história do nosso Estado.

Plácido Domingo e Micaela Oeste

Patrícia e Tom Cavalcante, Cid Gomes e Maria Célia Fernanda e Arialdo Pinho

Ivens e Consuelo Dias Branco

Este colunista com a senadora Marta Suplicy

Wanda Palhano e Paulo Henrique Lustosa

No almoço junino do SKAL que aconteceu no Arre Égua presidente da entidade Enid Câmara recebeu Régis Medeiros, Bismarck Maia, Circe Jane e Colombo Cialdini.

Flávia e Carlos Castelo com Vera Simões, na festa de aniversário dele, organizada por Vera, em seu belo ap do edifício Costa Marina, na enseada do Mucuripe.

Artista plástico Cláudio César emoldurado por Renata e Ariane Guimarães, na abertura da exposição Cláudio César 20 anos, que esteve em cartaz no Espaço Cultural dos Correios no centro da cidade.

Em mais uma edição do Benjunino – festival de música junina, realizado pelo Shopping Benfica cantor e compositor Messias Holanda com o empreendedor do shopping, empresário João Soares Neto

31


DIA DA INDÚSTRIA 2012 - A Federação das Indústrias do Ceará realizou no La Maison Dunas

a comemoração ao Dia da Indústria 2012, ocasião em que quatro personalidades foram homenageadas pela FIEC e pela CNI – Confederação Nacional das Indústrias. A Confederação Nacional das Indústrias CNI, concedeu ao Engenheiro Fernando de Mendonça, a Medalha da Ordem do Mérito Industrial. Ele que integrou o grupo que fundou o INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Já a FIEC concedeu a Medalha do Mérito Industrial para o industrial Vlamir Ferreira, da Aço Cearense, para Maria Suzete Dias de Vasconcelos, do Laboratório Madrevita, e para o industrial Herbert Fisk Johnson Jr – In Memorian, que foi representado por Connor Leipold.

Vilmar Ferreira, Fernando de Mendonça, Albano Franco, Roberto Macedo, Eduardo Diogo, Suzete Dias e Connor Leipold

Roberto e Tânia Macedo

Rita e Byron Frota

Antônio Marques e Cristiane

Tereza Borges, Beatriz Philomeno Gomes e Ignez Fiúza

Salmito Filho, Carlos Fujita e Roberto Sérgio Ferreira

CASAMENTO -

A Igreja Face de Cristo foi o local escolhido por Marcela Mindêllo e Alon Takeuchi para seu casamento religioso. Os noivos receberam os cumprimentos no Imperium Buffet.

32

Alon e Marcela

Família da noiva

Paulo e Marlene Mindêllo

Miguel, Lourdinha e Roberto Mindêllo

Efraim Cavalcante e Regina Jereissati


III FÓRUM DE DEFICIÊNCIA E ACESSIBILIDADE -

Aconteceu na sede da FIEC a terceira edição do Fórum de Deficiência e Acessibilidade, organizado pela Arte Pensamento, de Gláucia Andrade. O Fórum, cuja a temática dessa edição foi “Inclusão é o privilégio de conviver com as diferenças” promove debates e idéias de onde saem resoluções, ações e leis capazes de vencer a barreira da indiferença e da falta de informação.

Scott Rains, Gláucia Andrade, Xyco Teophilo, Maísa de Castro Barbosa e Henrique Gurgel

Venúsia Ribeiro e Valéria Andrade

Nilda e Neomaro Andrade

Nayara Fortaleza, Vanessa Vidal e Italo Oliveira

Marcelo Carvalho e Deliana Duarte

Em mais um café da manhã realizado pela Associação Comercial do Ceará, empresários locais palestram sobre suas trajetórias. Estiveram presentes João Porto Guimarães, Cel. Aviador Ricardo Soares, Beto Studart - palestrante do dia que também foi homenageado - e Humberto Fontenelle.

Luciano Vidal abriu as portas do seu endereço para festejar mais um ano de vida da sua querida mãe Raimundinha Vidal.

Em jantar realizado no Misaki pela ACEAQ – Associação Cearense dos Aquicultores, responsável pela criação de tilápias, cap do Mysaki, Deda Gomes, e Presidente da Associação, Camilo Diógenes.

33


automĂłvel

SPIN A Chevrolet apresenta a minivan que veio substituir o Meriva e o Safira. O carro, que comporta cinco ou sete passageiros, deve agradar as famĂ­lias e encarar a concorrĂŞncia com propriedade

34


C

om proporções únicas e visual imponente o Chevrolet Spin é um multi-purpose-vehicle, ou MPV, feito para agradar a todos os tipos de clientes, com ou sem família. E se tiver família, pode ser uma família das grandes. Ideal para os mais aventureiros, para quem quer viajar, passear com companhias ou simplesmente fazer uso cotidiano do veículo. A minivan chega para substituir o Meriva e o Safira que saem de linha. O modelo traz a grade frontal semelhante à de outros lançamentos recentes da Chevrolet, principalmente o Cobalt, seu irmão de plataforma. “Além de linhas imponentes e muito atraentes, o Spin impressiona pela versatilidade e pelo excelente espaço interno. Ele tem um interior que comporta cinco ou sete passageiros e oferece uma capacidade de porta-malas que pode chegar a até 1.668 litros. Certamente vai agradar os que têm família e aqueles que têm amigos e que gostam de aproveitar a vida”, afirma Grace Lieblein, presidente da General Motors do Brasil. O interior do novo Chevrolet Spin realmente chama a atenção. O veículo foi montado sobre um entre-eixos de 2.620 metros e oferece espaço para até sete ocupantes na versão LTZ e para cinco na versão LT. “Nossa diretriz ao desenhar o interior foi o uso eficiente do espaço. Tudo fica à mão no Chevrolet Spin. Desde os comandos do painel até os 32 porta-trecos que compõem o interior do modelo”, conta Carlos Barba, diretor executivo do departamento de Design da GM do Brasil. Os bancos estão alinhadas de forma diferenciada no interior do veículo. No Spin LTZ, as três fileiras de banco estão dispostas em formato de teatro. Ou seja, a terceira fileira de bancos é mais alta que a central que, por sua vez é ligeiramente mais alta que a primeira, privilegiando o espaço e a visibilidade para todos os ocupantes. Ponto negativo para a falta de saídas traseiras de ar condicionado. O porta-malas do Spin tem grande capacidade carga permitindo, por exemplo, transportar uma bicicleta, sem desmontar. Com sete ocupantes, sua capacidade de carga é de 162 litros. Com cinco, ela salta para 710 litros, podendo chegar até 1.668 litros, com os bancos da fileira central rebatidos. Totalmente desenvolvido no Brasil, inclusive para ser comercializado em outros países, o novo Chevrolet passou por um extenso programa de testes por quatro diferentes continentes em expedições lideradas por engenheiros da GM do Brasil. “O Spin é mais um carro global que o Centro de Desenvolvimento da Chevrolet no Brasil produz para o mundo”, afirma Pedro Manuchakian, vice-

-presidente de engenharia da GM América do Sul. “Ele já foi desenvolvido pensando em todas as variações necessárias para isso. Terá, em alguns países, direção do lado direito e mais três opções de motor para outros mercados, como Indonésia e Argentina, que já confirmaram a comercialização do modelo”, completa. Dirigibilidade também é uma aposta da Chevrolet no Spin. Mesmo com um centro de gravidade mais elevado que o do Cobalt, ele oferece esta

35


bilidade e conforto bem semelhantes ao do sedã, graças ao acerto de suspensão. A montadora também garante segurança ao volante com uma direção hidráulica que oferece firmeza em velocidades mais elevadas.

rpm. O torque é de 17,1 kgf.m com etanol e 16,4 kgf.m com gasolina, sempre nas 3.200 rpm. Vale ressaltar que 90% do torque está disponível entre 2.500 e 4.700 rpm, garantindo força e elasticidade e conferindo excelente dirigibilidade.

Em relação a economia, o destaque vai para o motor 1.8 Econo.Flex desenvolvido pela engenharia de powertrain da Chevrolet. Ele possui coletor de admissão em plástico, com um novo ressonador, que garante menor ruído de aspiração e melhor distribuição do torque, além de conferir melhor dirigibilidade, acelerações mais uniformes e menor consumo de combustível – que, combinado com o tanque de combustível de 53 litros, se traduz em autonomia.

O motorista poderá optar entre a transmissão manual de cinco (F17 Geração 1.5) ou automático de seis velocidades (MPV) já conhecida por equipar o Cruze e o Sonic. A transmissão manual recebeu melhorias como os novos seletoresde engate, que conferem menor esforço e maior precisão nas trocas demarcha. Já a transmissão GF6 – automática de seis marchas e que oferece trocas no modo sequencial - conta com o sistema adaptativo de trocas de marcha.

O novo motor traz também uma melhoria do sistema drive-by-wire, que possibilita respostas mais rápidas ao acelerador e que trabalha integrado ao System Zero, uma tecnologia desenvolvida pela GM, que gerencia o motor baseado em torque. Para completar, o 1.8 Econo.Flex conta com o coletor de escapamento estampado em aço inox, mais eficiente no atendimento as novas leis de emissões. O resultado de tudo isso são 108 cavalos com etanol e 106 cavalos com gasolina, ambos a 6.200

36

O Spin pode ser personalizado com itens como a ponteira cromada do escapamento até os frisos laterais pintados na cor da carroceria, farol de neblina (para a LT apenas), tapetes em carpetepara passageiros, protetores de plástico para os para-choques dianteiro e traseiro e telas de 7’de DVD para os encostos de cabeças traseiros. O Chevrolet Spin será comercializado em oito diferentes cores: Branco Summit, Preto Global, Bege Desert, Azul Macaw, Prata Polaris, Cinza Mond, Cinza Rusk e Verde Lotus.


automóvel

Audi A1 Sport

O hatchback “envenenado”

A

Audi lançou a versão Sport do A1 com motor de 185 cavalos de potência, motor 1.4 TFSI e câmbio S Tronic de sete velocidades e dupla embreagem. Com esse conjunto o hatchback vai de 0 a 100km/h em apenas 6,9 segundos e alcança velocidade máxima de 227 km/h. O propulsor que a fábrica alemã usou no carro é um sistema inédito de sobrealimentação duplo e em A sequência: um compressor Roots (acionado por correia) seguido de uma turbina acionada pelos gases do escapamento. Segundo a Audi, o sistema deixa o carro mais “esperto” em uma acelerada forte, como no caso de uma ultrapassagem na estrada, já que um dos efeitos do compressor é elimi-

38

nar o retardo da turbina em situação como estas. O sistema já equipava alguns modelos da marca na Europa e agora chega ao Brasil. Mesmo com a potência e as novidades na motorização o carro vem mais econômico. O consumo médio combinado é de 16,9 km/l de combustível (13,3 km/l na cidade e 19,6 km/l na estrada). A taxa de emissão de CO2 combinada (cidade/ estrada) é de 139 g/km. Além disso, o motor do Audi A1 usa tecnologia inteligente que recupera a energia durante a frenagem, que é armazenada temporariamente na bateria. Quando o carro acelera novamente, a energia retorna ao sistema elétrico, aliviando a carga do gerador.


Bem equipado Um dos atributos do modelo esportivo é o resultado da dupla embreagem na sensibilidade das marchas. As trocas são feitas em centésimos de segundo, sem qualquer interrupção perceptível de potência, justamente porque as marchas ficam pré-engatadas para a troca. O controle pode ser feito pela alavanca de câmbio com acabamento em couro ou ainda por meio de shift paddles no volante multifuncional em couro, como nos carros de corrida. O sistema de freio também tem mudanças. O modelo vem com sistema eletrônico de estabilização ESP, que inclui um bloqueio eletrônico do diferencial (EDS). Design O Audi A1 Sport ganhou um aspecto ainda mais esportivo que, de acordo com a fábrica, expressa a maior potência do motor. De série, as rodas são de 17 polegadas (com pneus 215/40), o arco da pintura na cor do veículo, os retrovisores externos eletricamente ajustáveis e com capa na cor do veículo, faróis bi-xenônio (com luzes diurnas em LED) e lanternas traseiras também com LEDs, além de luz de neblina traseira. De série o hatchback vem com pacote de luzes com LEDs, coluna de direção ajustável, computador de bordo com marcador de temperatura, ar-condicionado e Easy entry – que permite que o banco dianteiro seja deslocado o máximo para fren-

te para facilitar o acesso dos ocupantes do banco de trás. A segurança também veio contemplada no pacote de série com air bag dianteiro frontal, lateral e de cabeça dianteiro e traseiro; cinto de segurança com sensor de afivelamento; sensor de luz e de chuva; e espelho retrovisor interno com função anti-ofuscamento automático. Como opcional, o Pacote Conforto oferece ar-condicionado automático, sensor de estacionamento traseiro e controle de cruzeiro. O teto solar panorâmico Open Sky também é um dos opcionais do carro, além do arco do teto com pintura contrastante ( com quatro opções de cores: Preto Brilhante, Cinza Daytona, Prata Gelo e Branco Amalfi). Para a pintura externa, são seis opções de cores. São elas: Prata Gelo, Branco Amalfi, Azul Scuba, Vermelho Misano, Azul Esfera e Preto Fantasma. Para completar os atrativos do Audi A1 Sport a fábrica equipou o carro com interface Bluetooth e Audi Music Interface, com opções de conexão e reprodução de celulares e aparelhos portáteis de música (iPod), além de alto-falantes e Rádio Concert. No pacote opcional Conforto Plus, além dos itens do pacote Conforto, o modelo vem com Keyless-Go (tecla de partida automática sem chave), Rádio MMI (Multi Midia Interface), sistema de navegação, com tela de 6,5 polegadas, e sistema de som Bose.

39


A Audi está lançando no Brasil a linha esportiva do A5, o novo Audi S5 - nas versões Sportback, Coupé e Cabriolet. Nos novos modelos, a sigla “S” significa esportividade e também eficiência elevada características presentes no DNA da marca Audi.

Audi S5 Sportback O cupê de cinco portas é alimentado por um eficiente motor V6 e chega ao Brasil por R$ 355.900. Para garantir os 333 cavalos de potência o motor é o 3.0 TFSI V6. O torque máximo é de 440 Nm, disponível dentro da faixa de rotação entre 2.900 e 5.300 rpm. O propulsor garante ainda mais potência e desempenho à versão esportiva do A5 Sportback, originalmente equipada com um 2.0 TFSI de 211 cv e 350 Nm de torque (no modelo Ambition). Um inovador sistema de supercompressão, acionado mecanicamente com intercooler, é utilizado para transformar o motor de seis cilindros em uma usina de força compacta e com consumo moderado.

Audi S5 Cabriolet O modelo conversível tem a esportividade evidente e dez opções de cores: Preto Brilhante, Branco Ibis, Cinza Monsão, Azul Luar, Prata Gelo, Branco Geleira, Cinza Lava, Preto Fantasma, Vermelho Vulkano, Vermelho Misano. O modelo chega ao Brasil com preço de R$ 387.900 e o mesmo motor do resto da família. A versão acelera de 0 a 100 km/hora em 5,4 segundos, com máxima de 250 km/hora, limitada eletronicamente. O consumo combinado (cidade-estrada) é de 11,7 km/l, e os valores combinados de emissões são de 199g/km.

Audi S5 Coupé O novo Audi S5 Coupé chega também com o motor 3.0 TFSI V6 de 333 cv de potência e 440 Nm de torque. O preço para o mercado brasileiro é R$ 360.900. Apesar de ter a mesma motorização da família o S5 Coupé acelera mais rápido: faz de 0 a 100 km/hora em apenas 4,9 segundos. A velocidade máxima, de 250 km/ hora, é limitada eletronicamente. Igual ao Sportback, o consumo combinado de combustível é de 12,35 km/litro e o valor combinados das emissões de CO2, de 190g/km.

40


The Famous Grouse tem o reconhecimento de quem realmente entende de whisky. É o nº 1 da Escócia e o whisky mais vendido no Reino Unido há mais de 30 anos.

PREMIADO MUNDIALMENTE

Melhor Marca Escocesa dos últimos 50 Anos – Sociedade de Marketing da Escócia (2009)* Gold/Melhor na Categoria – International Wine & Spirit (2009) Gold – International Spirits Challenge (2008) Silver – Hong Kong International Spirits Challenge (2011) * Fonte: Marketing Society Scotland Awards

S

N

A DESTILARIA MAIS ANTIGA DA ESCÓCIA The Famous Grouse possui toda a tradição e a expertise de um whisky fabricado na Glenturret Distillery, a destilaria mais antiga da Escócia.

OS MELHORES MALTS

A combinação de dois dos melhores single malt whiskies do mundo – The Macallan e Highland Park – garante a The Famous Grouse um blend superior e incomparável no mercado escocês.

A GARANTIA DO GROUSE

Ícone da Escócia e única ave que mantém a cor das suas penas durante as quatro estações, o grouse vermelho representa toda a regularidade de um whisky capaz de manter sua qualidade ao longo do tempo.

APRECIE COM MODERAÇÃO.

O MAIS VENDIDO DA ESCÓCIA


observatório da cultura Eduardo Galdino

Música 1

John Pizzarelli, um dos astros do jazz, retorna à capital cearense, para mais um show, no Teatro Via Sul. No decorrer deste ano, o guitarrista teve momentos brilhantes, que foram registrados em sua biografia: um novo CD, “Double Exposure”, lançado em maio, após a participação no CD de Paul McCartney, “Kisses On The Bottom” e, algumas apresentações em shows com o ExBeatle, que reafirmaram o talento e a criatividade de John Pizzarelli. “Double Exposure” reúne músicas de grandes compositores da “Pop Music” de sua geração, que se enquadram dentro dos arranjos de jazz tradicionais. A seleção foi pinçada de coleções de discos de sua irmã e do seu pai, o renomado guitarrista Bucky Pizzarelli. Para John Pizzarelli, seu herói e inspirador é Nat “King” Cole, e a comparação com o ídolo é o maior dos elogios. “Considero que somos uma extensão, uma versão século 21 do que era esse grupo”. Pizzarelli dedicou dois álbuns a este ícone da música americana. Os discos são conhecidos como: “Dear Mr. Cole” e “PS Sr. Cole”. Ficha Técnica John Pizzarelli Quartet - Larry Fuller (Pianista) - Tony Tedesco (Baterista) Participação especial do irmão: Martin Pizzarelli (Baixo Acústico) O Show Dia: 28 de Setembro de 2012 (Sexta-Feira) - Horário: 21h30min Local: Teatro Via Sul (Av. Washington Soares, 4335 – Sapiranga) Informações: 3052.8027 Serviço Ingressos: R$ 160,00 (Inteira) // R$ 80,00 (Meia) Pontos de Vendas: Teatro Via Sul // www.ingresso.com

Artes Visuais

Artes Plásticas 2

2.1 - O carioca Cláudio César, que reside no Ceará, e hoje é um dos mais proativos artistas plástico em atuação no Estado, comemora 20 anos de arte, com uma exposição que pode ser visitada até 22 deste mês, no Espaço Cultural dos Correios, em Fortaleza. Ele selecionou 27 trabalhos em pintura, escultura e desenho para resgatar o conjunto de sua obra, com peças de 1989 até 2012. Um artista que sente o prazer em contar histórias através de seus quadros, Cláudio César diz que, atualmente, aquele que opta pelo figurativo como seu meio de expressão e inspiração, em geral, é um “descricionista”.

2.2 - Está sendo exibida em Fortaleza, a terceira exposição individual do fotógrafo e artista visual Rodrigo Frota. “Pulsações” é o nome do trabalho feito a partir da interferência em fotografias com diferentes técnicas artísticas. A visitação gratuita acontece até 7 de outubro, de terça à sexta, das 8 às 18 horas e, aos sábados e domingos, das 10 às 18 horas, no Espaço Cultural Unifor.

42

Com direção de Henrique Matias e Cristiano Gomes, acaba de ser lançado no Ceará, o filme “A Maldição da Sogra Coral e Outros Mugangos”. Bené Barbosa e Tarcísio Matos assinam o roteiro que reúne grandes nomes do humor cearense: Papudim, Rossicléa, Augusto Bonequeiro, dentre outros. O filme faz parte do projeto “Terça de Graça” que mostra suas ações para Sobral em setembro e depois seguirá para Juazeiro do Norte. O “Terça de Graça” que conta com apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo do Estado, busca fortalecer o humor, contribuir na formação de platéia para as produções humorísticas do Ceará e oferecer capacitação profissional gratuita para as pessoas envolvidas com a cultura.

3


4 Literatura 4.1 - Acaba de ser lançado pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas SESCAP, o livro “A Construção de Uma Fortaleza”, que mostra personagens ilustres e anônimos, bem como, detalhes que não contêm na história oficial. A obra foi doada à capital cearense e ao seu povo, como forma de marcar os 25 anos do SESCAP, no Ceará. 4.2 - Publicado nos anos 80, o livro “Royal Briar – A Fortaleza dos Anos 40” escrito por Marciano Lopes voltou a ser relançado pelo Armazém da Cultura. Detentor do prêmio Otacílio de Azevedo, o livro leva o leitor ao passado, quando a cidade preservava, e muito, de sua belíssima e indiscutível arquitetura. Sem dúvida, “Royal Briar – A Fortaleza dos Anos 40” é um dos mais preciosos livros de memórias que a Terra da Luz tem como fonte de pesquisa, para os que não acompanharam as mudanças impostas pelo tempo e aceitas pela capital, que tem fidelidade ao seu passado. 4.3 - ”Ao povo brasileiro e ao povo nordestino em particular”. É assim que Jonas Vieira e Simon Khoury afirmam numa das páginas de “Gonzagão e Gonzaguinha – Encontros e Desencontros”, O livro faz um resgate das vidas de dois grandes ícones da Música Popular

Brasileira: Gonzaga, o Rei do Baião, que era conhecido por cantar em suas inúmeras apresentações, as dores do sertão; e Gonzaguinha, filho legítimo de Gonzagão, que procurava interpretar em suas músicas, as dores da cidade grande. 4.4 - A arte será sempre um porto de onde partem as visões do mundo, e chegam às emoções de cada um. O pensamento é do jornalista, professor universitário, coordenador de comunicação e marketing da Caixa Econômica Federal e apresentador da TV Diário, Wellington Nunes, que lançou recentemente, “Solidão de cada um”. A obra teve uma parte do valor arrecadado, doada ao Lar Amigos de Jesus, que atende crianças com câncer. 4.5 - Um exemplo de obra literária perpassada por imagens que remetem à música, é o que Carlinhos Perdigão mostra no seu livro “Fragmentos – Poemas e Ensaios”, ilustrado pela artista plástica Renata Holanda. Além das poesias existentes, há dois ensaios: um versando sobre as perspectivas relacionais entre o livro e o filme “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos e de Nelson Pereira dos Santos; outro sobre o romance “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis. Além de professor, Carlinhos Perdigão é poeta, baterista, revisor textual, produtor e pesquisador cultural.

Artes Cênicas 5

5.1 - Ary Sherlock e Antonieta Noronha, dois ícones do Teatro Cearense, estão no elenco do espetáculo “Na Corda Bamba”, que tem censura livre e fica aberto ao público até o fim de setembro, no Teatro Dragão do Mar. “Na Corda Bamba” nos faz questionar quem somos diante do outro e o que somos diante dos sonhos. É mais um trabalho do Grupo Teatro Novo que tem Aldo Marcozzi assinando o texto, Allan Duvale dirigindo e Sidney Malveira supervisionando e atuando. A peça tem ainda em seu elenco, o ator João Antônio. Na iIuminação, Walter Façanha; no cenário e figurino, Yuri Yamamoto; e, na produção, Dryca Lima e Fernanda Zeballos.

5.2 - A Estação da Luz, no Eusébio (CE), realizou a 10ª Edição da Mostra Brasileira de Teatro Transcendental, que contou com os espetáculos “Por Pouco”, “Flúvio e o Mar”, “Francisco”, “Vivos de Morrer”, “Entre Nós”, “Memórias de Um Suicida” e “Muito Além da Janela”. Além das encenações no Theatro José de Alencar e, no Teatro Via Sul, o evento contou com uma intervenção cultural do Teatro Zé Pretim Mamulengo e do espetáculo “Gandhi, Herói Sem Armas”, nos terminais de ônibus de Fortaleza. Na programação constou também apresentações no Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2, além de ações paralelas, como os workshops “Humor e Espiritualidade – A Comédia Como Instrumento de Elevação” e “A Universalidade do Palhaço”. 10 Anos de Amor e Arte foi o tema do Transcendental 2012, que chegou ainda, em 10 municípios do Ceará: Horizonte, Baturité, Jaguaretama, Pentecoste, Limoeiro do Norte, Cascavel, Pacatuba, Crateús, Guaiúba e Pacoti. Na organização: Usina 2 Produções e, na Assessoria de Imprensa, Degagé.

43


A fruta de ancestral selvagem que se transformou em livro de crônicas

U

m dos frutos de árvores mais cultivados, a maçã, como diz o Wikipédia, a enciclopédia livre, foi objeto do livro que a jornalista cearense Celma Prata lançou em julho deste ano, no Mercado dos Pinhões, em Fortaleza (CE). “Descascando a Grande Maçã” é o título da obra lançada dentro do projeto “Quinta Cultural”, realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor). Cultivada há milhares de anos na Ásia e Europa, a maçã que foi levada para a América do Norte pelos colonizadores europeus, acabou se transformando em crônicas, depois da experiência da escritora como residente em Nova York, com o marido e seus dois filhos. Morar em Nova Iorque, portanto, é uma grande aventura, ou, um desafio, como afirma Celma Prata, que, atualmente, ocupa o cargo de Diretora-Editora do Jornal AgroValor. Não é por menos que existem mais de 7.500 plantações conhecidas de maçãs. Isso, acabou resultando numa gama de características desejadas, inclusive no livro “Descascando a Grande Maçã” que Celma Prata presenteia ao meio literário de seu Estado, com prefácio da escritora Maria Luiza de Queiroz, irmã da imortal Rachel de Queiroz. Presente na mitologia e religiões de muitas culturas, a maçã serviu como ponto de partida para a jornalista que acaba de fazer sua estréia na literatura. “Descascando a Grande Maçã” que teve 10% de suas vendas doados à Pastoral da Criança,

44

reúne 24 crônicas informativas, mas, com um detalhe: muita leveza e humor, a partir de um olhar aguçado de Celma Prata a respeito da cidade que é tida, como a “Capital Cultural do Mundo”. Incluída também nas tradições nórdica, grega e cristã, a maçã está bem representada neste, que, segundo a autora, não se trata de mais um guia de compras, ou, de turismo sobre Nova York. O livro, que discorre a maçã de forma interessante, contém 236 páginas e 24 capítulos ilustrados por Totonho Laprovítera, um dos maiores expoentes das artes plásticas no Ceará. Publicada pela Editora Sete, a obra valoriza bastante a maçã, que desde o início do mundo simboliza o Bem e o Mal. A fruta, originária da Ásia Ocidental, cresce em pequenas árvores, de folha caduca que floresce na Primavera e produz fruto no Outono. De ancestral selvagem, a maçã é hoje, uma fruta que não pode faltar na geladeira de uma casa. Inclusive, na literatura, que o diga Celma Prata.


automóvel

GOL e VOYAGE

46

A

Volkswagen apresentou a linha 2013 do Gol e do Voyage com muitas inovações e a expectativa de avançar em seus respectivos segmentos de mercado. De acordo com a fábrica, os carros passam a contar com a nova linguagem mundial de design da Volkswagen, com elementos visuais expressivos como os faróis mais inclinados, que dão aspecto mais sóbrio. Elementos cromados e brilhantes estão no design do Novo Gol e do Novo Voyage e na parte inferior da lateral das versões topo de linha, todo o contorno passa a ser preto, transmitindo a sensação de que o carro está mais baixo. E se a frente está diferente, a traseira também tem novidade. As lanternas são maiores e tem novo formato, o que torna a aerodinâmica mais eficiente. Retrorrefletores também foram incluídos na parte inferior do para-choque traseiro, item inédito no Gol e no Voyage. Falando especificamente do Novo Voyage, o sedã passa a ser equipado com lanterna dupla, parte fixada na tampa traseira, parte localizada na lateral da carroceria. O aumento dos itens de série é uma das tendências observadas nos novos modelos para 2013. No Novo Gol e o no Novo Voyage não é diferente. Os carros têm, desde a versão de entrada, com


os motores 1.0l e 1.6l, até às configurações topo de linha (Gol Power e Voyage Comfortline) itens como vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central e abertura interna da tampa do porta-malas. O Novo Gol traz ainda limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro com temporizador.

Interior Além de mudanças em itens mecânicos, outras renovações valorizam os carros da linha 2013. No painel podemos observar a saída de ar. Elas chegam com regulagem milimétrica e novo visual. Além disso, as quatro saídas de ar contam com aro cromado central que é característico de veículos de alto padrão. O instrumento combinado ganhou iluminação de LEDs em branco. Toda a iluminação do console passa a ser em vermelho, inclusive o visor (display) central. A Volks também colocou a disposição, pela primeira vez, o pacote de equipamentos BlueMotion Technology, que promete uma economia de até 8% de combustível, em relação aos seus respectivos modelos antecessores. E ainda pensando em economia, a nova motorização 1.0l TEC, tem na configuração pneus “verdes” nas medidas

175/70 R14, com menor resistência à rolagem, e indicador digital de consumo instantâneo de combustível. O pacote contempla ainda indicador digital de marcha ideal a ser utilizada.

Novidades Entre as principais novidades está a estreia da nova geração de motores 1.0l, da família EA111. O novo propulsor traz a nova denominação TEC (Tecnologia para Economia de Combustível), que, segundo a fábrica, apresenta melhorias de torque em baixas rotações, proporcionando maior conforto ao dirigir, economia de combustível e redução de emissões de CO2, garantindo excelente performance. Já o motor 1.6l EA111 VHT está disponível para as versões topo de linha do Novo Gol e do Novo Voyage e vem com ações de redução de atrito, o que deve diminuir o consumo. Os novos veículos receberam ainda uma arquitetura eletrônica completamente nova. Esse novo “esqueleto” eletrônico possibilitou a instalação equipamentos como o “Comfort Blinker”, item que possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Outro benefício da nova ar-

47


A Volkswagen aposta em design global e novo motor A nova linha vem com mais tecnologia e muitos itens de série quitetura é a inclusão do sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência), herdado dos veículos alemães mais sofisticados do mercado e que funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Outro item inovador é o ECO Comfort, um dispositivo presente em todas as versões (com I-System) e que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel (instrumento combinado), que podem ser selecionadas para aparecer tanto com o veículo parado como em movimento.

O projeto do Gol, iniciado em 1976, foi desenvolvido levando em conta as condições de uso no País. O primeiro Gol chegou ao mercado em 1980. A segunda geração veio em 1995. Em 1999, foi lançada a terceira a geração, seguida pela quarta geração (2005) e pela quinta geração (2008). Ao longo desses 32 anos, o Gol já acumula mais de 6 milhões de unidades comercializadas, consagrando-se como o modelo de maior sucesso na história da indústria automobilística brasileira. Ele também é o veículo feito no Brasil mais vendido no exterior, com mais de 1 milhão de unidades exportadas para mais de 60 países. Já o Voyage acumula mais de um milhão de unidades vendidas ao longo de sua história. O sedã é o derivado do Gol de maior sucesso. Lançado em 1981, o Voyage já teve mais de 300 mil unidades exportadas para 58 países. Passando por várias atualizações em design e conteúdo, o sedã teve em 1996 sua produção encerrada, após 465.176 unidades fabricadas, dando lugar na época ao Polo Classic. Em 2008, após 12 anos de ausência do mercado, o Voyage ressurge desenvolvido juntamente com o Gol.

48


49


société chic Heloisa Helena

“Luxo e sofisticação” são características que identificam as linhas de óculos Chopard, produzidas e distribuídas por Wilvale De Rigo no Brasil. Em coleção que extrai a inspiração dos detalhes únicos de uma linha extremamente refinada, moderna e atemporal, destaca modelo fabricado em Titanium banhado a ouro 23k e lentes polarizadas. A edição -of course- é limitada: 999 peças distribuídas por todo mundo. O valor? R$ 6.500.

BRILHO Apaixonada por jóias, Aparecida Alencar foi especialmente convidada pela designer Sandra Pinheiro para sessão fotográfica destacando nova e super atraente linha de jóias em destaque em sua joalheria, que comemorou em grande estilo 10 anos de sucesso.

Enlace Especial Os noivos Raquel e Expedito se uniram em emocionante cerimonia celebrada na Igreja da Gloria onde os padrinhos dos noivos foram recebido ao som de violinos. Já a recepção teve como cenário o Sergio Carvalho Buffet que exibia linda decoração grifada pelo cap do espaço, e papai da noiva, Sergio Carvalho. A festa contou ainda os com profissionais Roger Melo, respondendo pela animação musical; Maria Bombom assinando os deliciosos chocolates; e Iluminarte com a iluminação do bem cuidado evento.

50


Notas >>O pianista Felipe Adjafre foi destaque no evento 1001 Noivas que aconteceu no Centro de Convenções em apresentação com piano em acrílico cristal. Uma verdadeira obra de arte que atraiu todas as atenções por sua beleza e sofisticação.

Gony praticando surf Uma das práticas esportivas favoritas do secretário do Esporte, deputado Gony Arruda, é a o surf, para o qual ele sempre acha um tempo, em sua movimentada agenda.

>>Com 25 anos de funcionamento, o Ilmar Buffet se destaca com espaço para debutantes com bem equipada boite e escada especial para a apresentação da aniversariante.

>>Mariá Frota, além da gerência de Marketing e Vendas do Nobile Suites Brasil Tropical, assume Consultoria de Marketing do restaurante Raízes.

Moda, Estilo e Tecnologia na Casa Cor Ceará 2012 A Casa Cor Ceará 2012 programada para o periodo de 11 de outubro a 20 de novembro vai retratar o universo fashion cada vez mais presente nos projetos de decoração com o tema “MODA. ESTILO. TECNOLOGIA”. A edição terá como cenário um dos pontos mais bonitos, históricos e marcantes da cidade: a Praça Portugal, em um imóvel residencial com 3.200 m² de terreno, pertencente ao Grupo Fujita.

A diretora executiva do evento, Neuma Figueirêdo, comandou encontros marcando a apresentação da 14ª edição da Casa Cor Ceará para a imprensa, empresários, profissionais do setor, parceiros do evento, arquitetos, decoradores, paisagistas e designers, com informações sobre o imóvel, os ambientes, as ações, os participantes e cada detalhe da mostra.

André Monte

Dito Machado O decorador Dito Machado confirma participação na Casa Cor Ceará 2012 e assina o ambiente Sala de Jantar

O arquiteto André Monte assina o Studio do Criador de Moda, espaço em homenagem ao estilista Lino Villaventura

51


boa mesa

Chef Marcos Barbosa

O MUNDO EM NOSSA MESA

A

queles que aparecem sempre nas listas de convidados para grandes festas, os amantes da gastronomia e até os mais leigos quando o assunto é culinária, ainda têm em sua memória gustativa o sabor de um estrogonofe com batata palha, de um arroz à grega e do salpicão de frango, vedetes de jantares oferecidos em festas de quinze anos e em casamentos, os quais eram sempre coroados por uma bela “torta da felicidade”. Embora alguns saudosistas ainda o preparem, e mesmo que muitos apreciem, este cardápio brevemente só aparecerá como referência em livros de “gastronomia histórica”. Será que este termo já existe?

52

Tudo mudou de repente. A globalização colocou diante dos nossos olhos o que antes era desconhecido e inacessível. E, como num passe de mágica, produtos e equipamentos que até então só víamos em livros, revistas ou pela televisão estão diante de nós com a ajuda de um computador e um cartão de crédito. A culinária brasileira se sofisticou e as influências externas foram surgindo transformando um inofensivo brigadeiro em uma experiência gastronômica inesquecível. Quem não se rende a um brigadeiro trufado com licor de Amarula recoberto com “splits” do mais puro chocolate belga? Split é o nome dado àqueles granulados quadradinhos utilizados para finalização e decoração de doces e tortas.


Um vidro pequeno contendo cristais de sal extraídos de salinas na costa da Bretanha francesa se tornava uma pequena preciosidade depois que cruzava o Atlântico. Era a flor de sal. O acesso era muito difícil e o preço proibitivo. Colhida em salinas diariamente na superfície da água durante a produção do sal marinho vulgar, é um ingrediente moderno da alta gastronomia mundial conferindo sabor especial e riqueza nutricional aos produtos onde ele é utilizado. O que antes vinha apenas da França, agora vem de Mossoró-RN, e pode ser encontrado nas prateleiras de um bom supermercado nas proximidades da sua casa. Com histórico parecido e a ajuda da redução nas taxas de importação, as mesmas prateleiras foram invadidas por produtos do mundo inteiro. Azeites espanhóis, gregos, italianos e portugueses obtidos pelos mais sofisticados métodos de colheita das oliveiras e da extração do produto final são vistos com frequência nas cozinhas e nas mesas de qualquer restaurante. No mesmo processo migratório chegaram os chás ingleses, as geleias francesas, os biscoitos dinamarqueses, as massas italianas e o cuscuz marroquino (que também é francês), que se juntaram ao bacalhau norueguês que há muito tempo havia recebido seu visto de permanência em nosso território. O prato principal recebeu novas variações. O pato, o marreco, a avestruz, as codornas e a perdiz passaram a ser comercializados com mais frequência. Deixaram de ser uma raridade e hoje são acomodados nas mesmas geladeiras onde repousam as vieiras e os escargots. O banquete está se formando. Nas panelas, a comida vai criando sabor embalada por ervas e temperos como zimbro, tomilho, alecrim, estragão, cardamomo e açafrão. Uns bastante comuns ao nosso paladar. Outros nem tanto. E chegaram as bebidas. Ah! Quanta alegria! Este é um capítulo à parte. Fomos invadidos por um mar etílico e a maior das adegas se tornou pequena para acomodar tantos sabores e aromas que inundam o ar nos primeiros segundos de cada ano novo no espocar das garrafas com as mais diver-

sas origens, apenas para citar alguns. As “sekts” alemãs, as “cavas” espanholas, os “sparkling wines” americanos, os “champagnes” franceses e os espumantes brasileiros ou de qualquer outra nacionalidade. O importante é comemorar e não onde nasceram as bolhas que estouram deliciosamente em nossas bocas. Não podemos esquecer dos vinhos - brancos, tintos e rosés - que chegaram não apenas de nossos vizinhos argentinos e chilenos, mas também de terras distantes como a Austrália e a África do Sul. Enquanto a fome e a exigência aumentavam, a gastronomia nacional foi revelando nomes como Flávia Quaresma, Roberta Sudbrack, Carla Pernambuco e no meio delas surgiu o mago das panelas, Alex Atala, que colocou o nome do Brasil bem perto do topo do mundo. Em recente evento de gastronomia na cidade, Atala defendeu mais uma vez a utilização de produtos do terroir brasileiro e em meio a uma plateia lotada e atenta a sua fala, disparou: “Sou uma pessoa normal”. Será? Com um trabalho primoroso não apenas na cozinha, mas também nos bastidores, Atala tem feito por merecer o lugar onde chegou defendendo, acima de tudo, o uso do produto nacional. E os cursos de gastronomia seguem se proliferando país afora em universidades públicas ou particulares para aqueles que querem ir mais além nos seus conhecimentos e mergulhar no mundo acadêmico. Sim, a gastronomia entrou para a academia. Para os que querem entrar logo no mercado de trabalho e sonham com o ambiente de uma grande cozinha, existem muitos cursos técnicos de média duração que preparam bons profissionais. Já para os que se aventuram em suas próprias cozinhas nos finais de semana, existem uma infinidade de livros e “sites” na internet que ensinam todo o passo-a-passo de uma receita, em vídeo e em fotos, onde comprar livros, produtos e equipamentos. E se você, com tudo isso, ainda não estiver satisfeito, pode contratar o seu chef pessoal que vai até a sua casa e te introduz nesse mundo delicioso e apaixonante da gastronomia.

53


luxo

por Wilgen Arone, da Alemanha

Um Porsche na cozinha

Cozinha com design da Porsche, a P’7340, é uma das mais caras do mundo. Ela pode custar até 250 mil dólares

A forma clean é ressaltada pela ausência de puxadores e pelo acabamento em carbono

V

ocê já imaginou gastar entre 150 a 250 mil dólares para montar a sua cozinha? Se estiver disposto, já existem no mercado modelos que são um sonho. É o caso da a P’7340, conhecida como a cozinha mais cara do mundo. Ela é fabricada pela firma Poggenpohl, na Alemanha, em parceria com a marca de design de luxo Porsche. A fábrica trouxe sua linha para a cozinha. Com uma forma clara e linear, combinando alta tecnologia com artesanto, cada objeto é reduzido a sua função essencial. A cozinha ganhou mais espaço e se tornou o lugar central da casa. Aberta e integrada, a sala de jantar e estar é o lugar perfeito para o encontro com os amigos e família. ”A cozinha é o local mais importante de uma casa por ser o centro de encontro de uma família”, diz Jürgen Gessler, CEO do Grupo Porsche Designer. ”Com o nosso modelo P’7340 oferecemos luxo para aqueles que acham divertido cozinhar sem abrir mão de alta tecnologia”, diz Gessler. Cozinha perfeita tem que aliar sofisticação e alta tecnologia. A estrutura combina vidro acetinado ou

54

Luzes destacam o acabamento em carbono

brilhante, carbono, pinheiro e carvalho escovado nas superfícies e molduras em alumínio. Estes elementos destacam o design purista e funcionals da cozinha. Por dentro, as divisórias são todas feitas em carvalho maciço. Lâmpadas fluorescentes acopladas às bordas de alumínio ajudam a iluminar o interior dos armários. As portas e gavetas dispensam puxadores, basta um toque leve para que elas se abram e fechem. Já os aparelhos domésticos são personalizados e dispensam botões. Eles são projetados com sensores para facilitar seu uso.


Superfície em madeira em harmonia com o vidro

Divisórias das gavetas são em carvalho maciço

Iluminação nas bordas realça o design de linhas retas

Em contraste com o vidro da superfície a madeira mantém sua estrutura natural

Eletrodomésticos de última geração O fogão de indução com placa de cerâmica abriga painel frontal com controle de funções touch screen. Nele, é possível programar o aquecimento automático; acionar o indicador de calor residual; definir o tempo de cozimento e o desligamento automático ou bloquear o uso.

Fogão de indução tem painel frontal e controle de funções touch screen

O forno é operado por sensores e possui um display de diálogo para facilitar o manuseio das funções. A opção compacta, com microondas integrado, tem as funções de um forno normal – ar quente, assar automático, grelhar, grelhar com ventilador e micronondas – e pode ser programada individual ou automaticamente.

Cafeteira com 10 tipos diferentes de programação faz de expresso a cappuccino

55


O módulo multimídia de LCD oferece conexão analógia e digital

Sistema permite abrir e fechar o ralo sem sujar as mãos

Graças ao sistema de pressão as portas se abrem e fecham com um leve toque

A geladeira conta com cinco zonas climáticas, variando de -18ºC a 14ºC, o que permite o correto acondicionamento de frutas, queijos e carnes. Uma adega também pode ser integrada ao sistema. A torneira feita em rutênio, metal precioso, tem um chuveirinho removível para alcançar todas as áreas da pia e permite ajustar a temperatura e o fluxo de água. Graças a um sistema eletrônico, o ralo pode ser aberto

Lâmpadas fluorescentes nas bordas de alumínio iluminam o interior do armário

e fechado sem sujar as mãos. Já a cafeteira com sensor requer uma pré-programação para fazer 10 tipos diferentes de cafés, além de cappuccino, café com leite ou expresso. O módulo multimídia de LCD, projetado em uma superfície de vidro, oferece conexão analógia e digital. A tela também pode ser projetada na cozinha já que o vidro proteje os componentes eletrônicos da poeira e água.

À venda em Dubai, Flórida, Hamburgo, Hong Kong, Lisboa, Moscou, Paris e Zurique, a P’7340 já foi instalada na suíte Imperial do Hotel Ritz, de Paris, e em loft do residencial Jumeirah Beach, na Torre Murjan 5, em Dubai. No Brasil, a Porsche Design está localizada no Fashion Mall (RJ) e na Villa Daslu (SP). Já a Poggenpohl é representada na América do Sul pelo Estúdio Poggenpohl/Collectania, sediado em Caracas, na Venezuela.

56

Suite Imperial do Hotel Ritz, em Paris, está equipada com uma P’7340


automóvel

C3

É muito mais C3

O

Novo Citroën C3 chega às concessionárias prometendo manter-se moderno e sedutor, mas ao mesmo tempo dinâmico e robusto. Desenvolvido e produzido no Brasil, o modelo traz um novo conjunto mecânico com novidades nos motores, caixas de câmbio, direção, suspensão, rodas e pneus. A nova versão do hatch teve como base o C3 europeu, com adaptações para o mercado latino-americano, e se inspirou no C3 Picasso e o SUV Compacto AIRCROSS. Entre as novidades do modelo estão as lanternas dianteiras de LED’s diurnos, um painel de bordo mais esportivo e o para-brisa panorâmico Zenith que estende-se de 99 para 135 centímetros. Bonito para quem vê de fora mas também um aumento significativo no campo de visão para quem está dentro. O motorista pode escolher entre duas opções de câmbio: a caixa manual de 5 marchas e a automática sequencial com troca de marchas na coluna de direção por meio de “Paddles Shifts”. O software auto-active permite que o câmbio automático se-

58

quencial escolha a programação mais apropriada. O câmbio possui dispositivos programados para adaptar o funcionamento da caixa ao programa escolhido (esporte ou econômico), às condições externas (relevo da estrada, aderência, carga do veículo, aceleração ou desaceleração) e internas (temperatura e pressão de óleo da caixa, motor frio). O novo motor 1.5i Flex tem quatro cilindros, bloco e cabeçote de alumínio, oito válvulas e 1,5 litro e também foi desenvolvido e produzido no Brasil. A concepção do projeto levou em conta o ganho de eficiência, representada pelo melhor desempenho, menor consumo de combustível e emissões reduzidas. Assim, o motor promete soluções em vários componentes, como os pistões, o coletor de admissão e o corpo da borboleta. Como melhoria da eficácia de funcionamento, foram integrados recursos como uma válvula termostática pilotada, que aumenta a eficiência térmica, e velas com tecnologia “V” Groove, que melhoram a combustão. Além disso, os pistões e anéis são “low friction”.


O acabamento dos cilindros também usa essa tecnologia que reduz atritos. Já as bielas foram desenvolvidas para apresentar alto nível de resistência com baixo peso. Uma rota otimizada das correias (layout), que também contam com tensionador dinâmico, minimiza vibrações e ruídos. O projeto foi desenvolvido com foco na otimização de seu funcionamento com os combustíveis locais; por isso, a taxa de compressão é de 12,5:1. Na média, a nova motorização (que recebeu classificação “A” no programa “Etiqueta Nacional de Conservação de Energia”, do Inmetro) oferece índices de consumo de combustível 5% inferior ao do antigo modelo, mesmo com o aumento do nível de equipamentos de série nas várias versões. Além do motor, elementos como os pneus verdes, a boa aerodinâmica da carroceria (Cx de 0,31 e SCx de 0,69) e o torque residual dos freios reduzido também contribuem para a melhoria dos índices de consumo. “O Novo C3 é muito mais que a nova geração de nosso campeão de vendas. Ele representa a nossa ambição em oferecer produtos cada vez mais inovadores e surpreendentes, alinhados à filosofia Créative Technologie da Citroën”, afirma Francesco Abbruzzesi, diretor geral da Citroën. A montadora atual no mercado nacional com base num polígono formado pelo Estilo, Conforto, Desempenho, Equipamentos e Preço. Os novos modelos custam R$ 39.990 (Origine), R$ 43.990 (Tendence 1.5), R$ 49.990 (Exclusive 1.6) e R$ 53.990 (Exclusive 1.6 com transmissão automática). Desde seu lançamento em 2003, o C3 já vendeu mais de 240 mil unidades e pretende duplicar a produção no país. A Citroën está oferecendo 3 anos de garantia total (2 a mais que o modelo anterior) e um plano de revisões com preços fixos. A nova versão do C3 tem sete opções de cores: Blanc Banquise (Branco), Blanc Nacré (Branco Perolizado), Bleu Bourrasque (Azul), Gris Aluminium (Prata), Gris Grafito (Grafite), Noir Perla-Nera (Preto) e Rouge Rubi (Vermelho). A versão Tendance dispõe de tecido Copacabana, inspirado nos calçadões do litoral carioca.

59


Elegância em Lisboa

Seja no inverno europeu ou no calor nacional, a moda promete muito requinte, glamour e feminilidade nas peças. Trouxemos a história do babado que revolucionou as passarelas e foi adotado pelos famosos em tapetes vermelhos de eventos como o último Oscar. O “peplum” nada mais é do que um babado estrategicamente posicionado um pouco acima dos quadris. Para a paleta de cores optamos pelas clássicas: preto, branco e vermelho em peças modernas, mas com cortes intemporais. Clássica ou moderna, no Brasil ou pelo mundo, preserve o seu estilo.


62


Fotografo: José Correia - Assistido por João Portela Modelo: Rita Pedro Produção e Styling: Equipe do IMCI - Instituto de Moda Consultoria de Imagem, Juliana Brito - Lécio Nunes - Sandrina Francisco - Geraldine Ribeiro Hair Style: Adelaide Nunes Make up: Sandrina Francisco e Tânia Santos


67


saúde ENDOMETRIOSE

Pacientes vivem outra realidade com novo tratamento Um novo remédio foi lançado no mercado e a doença, principal causa de infertilidade feminina, já não é mais sinônimo de dor para as mulheres brasileiras


N

ão é difícil encontrar mulheres que foram diagnosticadas com endometriose. Grupos de apoio na internet reúnem um grande número de pacientes que procuram suporte e novidades em relação à doença. Mais do que uma condição de saúde física, a endometriose tem um agravante que mexe com as mulheres: o fato de que a que a doença é uma das principais causas da infertilidade feminina. A endometriose é caracterizada pela presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga. Todos os meses, o endométrio fica mais espesso à espera de um bebê e quando a mulher não engravida, ele descama e desce a menstruação. Acontece que, em alguns casos, um pouco desse sangue migra no sentido oposto e cai nos ovários ou na cavidade abdominal. As causas da doença ainda não são conhecidas, mas sabe-se que há um risco aumentado de desenvolver endometriose se a mãe ou irmã sofrem com a doença. É importante destacar que a doença acomete mulheres a partir da primeira menstruação e pode se estender até a última. Geralmente, o diagnóstico acontece quando a paciente tem em torno dos 30 anos e a doença, que acomete cerca de seis milhões de brasileiras, pode deixar até 50% delas com problemas para engravidar.

Sintomas e tratamento Entre os sintomas mais desconfortáveis está uma forte dor que acomete algumas mulheres. “Uma vez diagnosticadas, as pacientes com endometriose devem utilizar um tratamento para lidar com a dor causada pela doença”, explica o Dr. Maurício Simões Abrão, professor associado do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e presidente da Sociedade Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE). Uma das novidades no tratamento é o remédio chamado Allurene, que se mostrou uma opção importante para essas pacientes, já que os estudos clínicos demonstram que é capaz de aliviar a dor crônica causada pela endometriose, incluindo dor menstrual e dor durante a relação sexual. “Este é o primeiro tratamento inovador em mais de 20 anos para ajudar essas mulheres, o que é encorajador”, complementa o especialista.

Saiba reconhecer a endometriose. Entre os sintomas mais comuns estão: > Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação > Dor pré-menstrual > Dor durante as relações sexuais > Dor difusa ou crônica na região pélvica > Fadiga crônica e exaustão > Sangramento menstrual intenso ou irregular > Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação > Dificuldade para engravidar e infertilidade

Números > De acordo com a ONU (Organizações das Nações Unidas), a endometriose afeta 176 milhões de mulheres no mundo todo. > Doença que atinge cerca de 10% das mulheres brasileiras, a endometriose ainda é desconhecida para 55% delas

SERVIÇO Saiba mais sobre a endometriose na Sociedade Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE) http://www.sbendometriose.com.br/

71


automóvel

Novo PUNTO

O elegante esportivo da Fiat surge em uma nova versão que chega para confirmar o sucesso do seu antecessor e tornar-se uma referência ainda maior em termos de esportividade, tecnologia e segurança. A montadora focou no redesign do modelo com linhas mais agressivas e um interior que chama atenção. Lançado em 2007, além do desenho moderno, o Punto trouxe inovações tecnologicas para o mercado nacional. O sistema Blue&Me(tm) e o conceito HSD - High Safety Drive (air bag duplo + freios ABS) se somam à novidades estéticas, melhor acabamento interno e novas tecnologias. O Novo Fiat Punto 2013 traz linhas mais agressivas destacando a esportividade e robustez do carro. As principais mudanças privilegiam suas extremidades, que receberam novo desenho em ambos os para-choques (variando de acordo com cada versão), novos blocos óticos e lanternas com LED. Além disso seu interior sofreu grande remodelagem.

72


Os avanços tecnológicos da versão 2013 consistem no sistema de segurança ESS (sinalizador de frenagem de emergência), iluminação de luzes de posição na lanterna por LEDs, Blue&Me com eco:Drive, novo câmbio Dualogic(R) Plus -- com a possibilidade de mudanças de marchas por borboletas posicionadas no volante -- e o HSD (High Safety Drive), de série em todas as versões. Na versão T-Jet, o Novo Punto traz o Seletor DNA -Dinâmico, Normal e Autonomia --, que permite ao motorista escolher o modo de condução. Também traz sob o seu capô os motores 1.6 16V E.torQ, 1.8 16V E.torQ e 1.4 16V Turbo, que já fazem parte da linha atual, e soma-se a eles o motor Fire EVO 1.4. O carro recebeu novos para-choques dianteiros e traseiros, novos faróis, lanternas traseiras de LED,

sistema de abertura do porta-malas Logo-Push, nova sigla Punto e novas rodas e calotas. Os novos para-choques trazem uma moldura central que remete a um visual mais robusto e agressivo. O para-choque dianteiro incorpora luzes indicadoras de direção, e em sua parte inferior, acomoda os faróis auxiliares de neblina. Ele também ganhou um friso cromado na parte frontal que remete ao Family Feeling Fiat, reforçando a esportividade do Novo Punto -- a versão T-Jet vem com o friso na cor Cinza Fosco. Aliás, as opções de cores determinam também a identidade de cada uma das versões do modelo. Na Attractive 1.4 a nova grade dianteira e as molduras dos para-choques são pintadas na cor Preto Fosco, enquanto nas versões Essence 1.6 e Sporting 1.8 são na cor Metal Dark. Já a versão T-Jet vem com grade dianteira e detalhe do para-choque traseiro na cor Preto Fosco.

73


Versão T-jet Os faróis do Novo Punto contam com luz de posição nas suas extremidades, o que permite uma maior identificação do veículo. Nas versões Attractive e Essence eles receberam personalização nas cores Preto Brilhante e Metalizados; na Sporting os detalhes são em Preto Brilhante e Cinza; e na T-Jet em Preto Fosco e Cinza. Assim como os faróis, as lanternas traseiras são novas e trazem uma outra tecnologia: as guias de luz. Já os LEDs garantem maior segurança e visibilidade. Pensando em facilitar ainda mais a vida do motorista foi adotado o sistema de abertura do porta-malas Logo-Push que permite que a ação por intermédio da pressão sobre o logotipo “Fiat” na tampa traseira. O novo logotipo Punto, que tem a característica de identificar o carro, agora também distingue as versões. Para a Attractive e a Essence, o ponto na letra “T” vem em preto, enquanto na Sporting e na T-Jet, em vermelho. As versões Attractive e Essence receberam calotas com novo desenho para as rodas de aro de 15 polegadas. Opcionalmente, a Attractive pode vir com rodas de liga leve de 15”, enquanto a Essence de 16”. A versão Sporting 1.8 e a T-Jet vêm com rodas de liga leve de série, com aros de

74

16” e 17”, respectivamente. A versão esportiva T-Jet traz ainda faixas laterais, falsa entrada/saída de ar nos para-choques, ponteira dupla de escapamento cromada e pinças de freios vermelhas, entre outros adereços esportivos. O interior do Novo Fiat Punto foi completamente remodelado recebendo revestimento, texturas, tecidos e cores que caracterizam cada versão: Attractive 1.4 (Azul Folkstone), Essence 1.6 (Cinza Stell), Essence 1.6 com Kit Emotion (Bege Silver Birch), Sporting 1.8 (Nero Carbon) e T-Jet (que varia conforme a cor externa). Completando a reformulação interna, agora o Novo Punto conta com uma nova iluminação branca para os comandos internos. Ou seja, para quadro de instrumentos, comandos elétricos de acionamento dos vidros, rádio, etc. Ele também traz uma guia de luz no painel e nas maçanetas das portas, que oferece maior sensação de conforto e sofisticação: a iluminação com efeito Night Design (exceto para versão Attractive). Também a nova alavanca para o câmbio Dualogic Plus; rede porta-objeto no console central e o novo rádio CD/ MP3 com porta USB confirmam a qualidade e a riqueza do interior do novo carro.


E completando o design mais esportivo do Novo Punto, é possívelequipá-lo com o bem-sucedido teto solar panorâmico Skydome. Formado por duas lâminas de vidro temperado escurecido, com espessura de 4 milímetros, ele ocupa cerca de 70% da área do teto. Feito com vidro temperado escurecido. Destaque também para o a sinalização de frenagem de emergência - o ESS, o novo câmbio Dualogic Plus com opção do comando dele no volante, e o sensor de estacionamento com gráfico visual. Outra novidade é o sistema eco:Drive, já existente nos modelos Fiat 500 equipados com o Blue&Me(tm). Osistema analisa as rotas percorridas pelo motorista coletando inúmeras informações do veículo durante o trajeto. Os dados sobre

emissões e eficiência do motor são transmitidos para um pen-drive ou celular com tecnologia Android que deverá estar acoplado à entrada USB no painel do carro. Após trafegar por um determinado número de percurso, o motorista precisa apenas retirar seu pen-drive e conectá-lo ao computador pessoal. As informações obtidas serão transformadas em infográficos detalhados sobre o desempenho do carro e o nível de emissões ocorrido durante sua utilização. Ele calcula a economia de consumo de combustível em litros e em reais e a redução obtida de CO². O objetivo do sistema é fornecer dados ao motorista de forma que sua condução seja a mais eficiente possível, especialmente em termos de economia e emissões de gases poluentes.

75


turismo

Mara Adeodato

Patag么nia

Extremo Sul da Am茅rica do Sul!

76


A

Patagônia é apta para todo o tipo de turista, desde o simples contemplativo até o mais expert em atividades outdoor. Não pense que esse é um lugar somente para aventureiros e grandes esportistas, é comum vermos caminhando por estradinhas ou simplesmente apreciando a paisagem de algum mirante, casais que vieram de países distantes. Em alguns lugares, é até mesmo mais comum escutar inglês, alemão e italiano do que espanhol. A maior quantidade de turistas vêm da Europa e dos Estados Unidos, e olha que nós estamos aqui do lado! Com uma natureza mística e atraente, a região tem de sobra diversidade e beleza que impressionam até mesmo aos mais experimentados. Ao leste, a costa atlântica atinge sua máxima glória na Península Valdez , espécie de mega zoológico natural ao

que os elefantes marinhos, os pinguins, os lobos do mar e, sobretudo, as baleias francas austrais, chegam a cada ano para acasalar ou ter suas crias. No extremo sul, no fim do mundo e separada do continente, sobressai a Ilha Grande da Terra do Fogo, com seus parques e centro de esqui, também ponto de partida para cruzeiros a Antártida. É possível praticar atividades diversas em toda a Patagônia: pesca, esqui, montanhismo, cavalgadas, trekking, caça, golf, excursões em 4X4, navegação, observação de flora e fauna, mergulho, safaris fotográficos, visita a grutas rupestres, parques nacionais, glaciares, fósseis de dinossauros, bosques de árvores únicas no mundo, inclusive petrificadas, museus, estâncias de campo, etc... E sem falar na gastronomia.

Turismo Equestre Na Patagônia Chilena

1

O grupo chileno Explora, conhecido por incentivar o turismo de aventura, oferece aos seus hóspedes o serviço de cavalgadas para explorar as deslumbrantes paisagens da Patagônia. Os hotéis, que contam com criação de cavalos e adestramento próprios, são os únicos das regiões a colocar à disposição de seus viajantes esse serviço. Os passeios são sempre realizados na companhia de guias, capacitados tanto a ajudar na montaria e contar as histórias locais, quanto a prestar os primeiros socorros. Os cavalos são criados no haras da família Ibáñez, fundadora dos hotéis explora, localizado no Vale Central do Chile. Os estábulos contam cada um com 15 celas chilenas, elaboradas a mão por um artesão especialista, e outras 15 trazidas da Inglaterra.

No Explora Patagônia, o estábulo de 593 m² fica a 9 km do hotel e nele estão abrigados 26 cavalos de distintas raças e mesclas. Ao todo, são oferecidos aos hóspedes 14 opções de explorações a cavalo diferentes. Dessa forma, o hóspede pode viver a experiência de explorar a região a cavalo e descobrir as maravilhas da montaria. O hotel está localizado no centro do Parque Nacional Torres del Paine, um dos lugares mais belos do mundo, situado no coração da Patagônia, e declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO, graças à diversidade de suas paisagens deslumbrantes e intocadas. Inaugurado em 1993, este hotel está às margens da exuberante queda d’ água Salto Chico, que proporciona uma vista privilegiada para o Macizo del Paine e duas das três importantes torres de mesmo nome.

Explora: www.explora.com

77


The Singular Patagônia The Singular Patagonia oferece safári fotográfico com o renomado fotógrafo Araquém Alcântara. O programa alia hospedagem de luxo, passeios e fotografia de natureza na Patagônia Chilena, no feriado de 12 de outubro. Rodeado por uma paisagem exuberante, muito próximo do famoso parque Torres Del Paine, o The Singular Patagonia, hotel-butique localizado em Puerto Natales, extremo sul do Chile, é o cenário perfeito para os apreciadores de fotografia e natureza.

O Hotel conta com 57 apartamentos, spa, bar, restaurante, museu privado com máquinas do começo do século passado e menu de 20 expedições exclusivas para os hóspedes, que combinam atividades em diferentes pontos da região, como trekking no Parque Nacional Torres del Paine e navegações aos fiordes e glaciares patagônicos. Viva esta experiência.

2

 

www.thesingular. com/puertobories

Patagônia Argentina Ushuaia Ushuaia também conhecida como o “Fim do Mundo” – tem pouco mais de cem anos e já possui uma história riquíssima. Lá encontramos um entorno paisagístico espetacular, contornado por bosques, montanhas, rios e lagos. 

3

Vinhos Com costumes e estilos de cada região, as bodegas do fim do mundo, são uma excelente experiência no mundo dos vinhedos. Na época do degelo, a água pura que desce dos picos andinos cobertos de neve é utilizada para regar os vinhedos. Estes solos de excelente qualidade, a amplitude térmica maior a 20º e poucas chuvas, permitem um bom desenvolvimento dos vinhedos. Há 4 bodegas e mais uma em construção. Três delas se encontram em San Patricio del Chañar e a outra em Añelo. As 4 Bodegas são: Del Fin del Mundo (San Patício del Chañar), Família Schroeder (San Patricio del Chañar), NQN (San Patrício del Chañar) e Del Añelo (Añelo).

78

Ushuaia é o ponto de partida para percorrer e descobrir lugares únicos na Argentina: navegar no Canal de Beagle, alcançar o Farol do Fim do Mundo, percorrer o Parque Nacional mais austral do mundo.   Ushuaia possui uma rede hoteleira de nível internacional, uma excelente gastronomia, da qual se podem saborear delícias como a centolla, a merluza negra e o cordeiro patagônico.   Sem falar nas estações de ski, com pistas para todos os tipos de esquiadores, e muita neve power, a estação está em constante desenvolvimento. O cenário é surpreendente com montanhas, rios e lagos. Sem falar que é uma zona tax free e você pode se esbaldar nas compras!

4 2


5

Entre os meses de junho e dezembro, a chegada da baleia franca austral na Península Valdés, deslumbra todos os turistas com a simplicidade de um espetáculo natural único. Declarada Monumento Natural para sua preservação, este mamífero mostra graciosamente sua gigantesca cauda sobre a água do Golfo Novo. Um show!

Bariloche 6

Uma fênix. Assim pode ser definida a cidade San Carlos de Bariloche que, depois de passar por adversidades naturais, renovou-se por inteiro para o início da temporada de inverno 2012. Mais de US$55 milhões foram investidos em infraestrutura e em melhorias no turismo, tais como novos empreendimentos imobiliários, limpeza e jardinagem, adequação, reforma e renovação dos equipamentos de esqui em Cerro Catedral e o mais importante: a reestruturação do Aeroporto Internacional Teniente Luis Candelaria, que recebeu cerca de US$20 milhões em equipamentos de ultimas geração, que o tornaram o mais moderno e bem equipado da América Latina. Com suas belezas naturais e super paisagens, Bariloche é uma cidade emocionante, hospitaleira e romântica. Por lá, nunca falta o que fazer! Além das montanhas onde se podem praticar esqui e snowboard (Cerros Catedral e Tronador) destacam-se o Parque Nacional Nahuel Huapi, a travessia dos lagos andinos até o Chile, Isla Victoria (no lago), e os percursos turísticos chamados Circuito Chico e Circuito

Grande. Há aulas de esqui para pessoas de todas as idades e o Circuito Chico normalmente é o primeiro para quem desembarca na região. Do centro da cidade (de carro) se percorre 65 quilômetros até a Villa Llao Llao. No caminho há uma parada no Cerro Campanário, onde está uma das sete melhores vistas do mundo, de acordo com a revista americana National Geographic. Alí há oito belíssimos mirantes. Se existir alguém para explicar onde fica o Oeste, talvez aviste o Chile, uma cadeia de montanhas nevadas por trás de outra cadeia de montanhas com lagos entre elas. Outra forma de chegar ao Cerro Tronador e conhecer Bariloche é navegando pelos muitos lagos da região, sempre partindo do pequeno porto próximo ao Hotel Llao Llao. O roteiro clássico vai até a Isla Victoria e ao Bosque Arrayanes, com duração de meio dia ou um dia inteiro. No caminho, a atração são as gaivotas, que comem biscoitos nas mãos dos turistas e acompanham o barco durante toda a viagem.

79


7 IceBariloche Algo inusitado e diferente, um bar inteiro feito de gelo. São 90 m2 de superfície gelada e muitas atrações surpresas para os visitantes durante o passeio no interior do bar.

Gastronomia Bariloche seduz também pela gastronomia. A influência dos imigrantes é notável e saborosa. Há fondue dos suíços, o delicioso strudel dos alemães (super indico no restaurante Família Weiss), as massas caseiras dos italianos e, claro, a carne argentina e o cordeiro patagônico. Para os night lovers, a boa notícia é que existem lanchonetes e restaurantes que ficam abertos até de madrugada, como o Frawen’s, que serve desde pratos tradicionais, como truta, até sanduíches.

Onde ficar: Bariloche tem muitas opções de hospedagem. Desde de hotéis boutique/ design até opções super econômicas para os mochileiros. A hospedagem é um capítulo à parte. Para quem procura algo mais simples, a cidade também reserva boas novidades. Se quiser ir a restaurantes, lojas e baladas a pé, escolha um hotel entre as calles Mitre e Moreno (que se transforma na Avenida San Martin depois do Centro Cívico) e a Avenida 12 de Outubro. Se preferir algo mais reservado, escolha os resorts da Avenida Bustillo e da Villa Llao Llao. A temporada de esqui inicía no mês de junho e vai até outubro.

80

9

A temperatura média dentro do bar é entre 5º e 8º abaixo de zero. Toda a infraestrutura do bar é congelada: paredes, sofás, pilastras e esculturas. Os turistas vestem uma capa térmica especial para suportar a baixa temperatura e, com permanência de 25 minutos, desfrutam de uma sensação única acompanhada por imagens e efeitos de luzes, além de serem presenteados com um original copo de gelo.

8


música

Eduardo Galdino

Lucinha Menezes E

Uma cearense de sotaque original e genuinamente brasileira

la canta e encanta os seus fãs pelo timbre de voz que é, sem dúvida, marcante. Lúcia Menezes é o nome da cantora e compositora cearense de Itapipoca que lança mais um CD. A diversidade cultural do Brasil é uma das marcas do disco que reúne vários estilos, tanto em músicas inéditas, quanto em pérolas da Música Popular Brasileira. Um elo musical entre o Nordeste e o Sudeste é a proposta de mais um dos CD´S da artista que recebeu o título de “Lucinha”. As 14 faixas do álbum, e, outras de discos anteriores, ou já interpretadas por Lúcia Menezes, têm à frente a produção de José Milton, bem como, arranjos de Cristóvão Bastos e João Lyra. Lucinha desfila no seu novo trabalho as duas canções que gravou, de autoria da brasiliense Ângela Brandão: “Bola Sete”, faixa número 1 do disco, que é inédita e em parceria com Marcelo Lima e, “Requebrado”. Ambas estão em destaque no álbum, assim como “O Amor é Velho e Menina” de Tom Zé.

O repertório do novo CD de Lúcia Menezes conta ainda com a conhecida canção “Sanfoneiro, Toque” de João Lyra e Joana Lyra e “O Torrado” de Luiz Gonzaga e Zé Dantas. Também integram o Play List do show “Pisei Num Despacho” de Geraldo Pereira e “Injuriado” do consagrado Chico Buarque, que se apresentou recentemente no Siará Hall. O disco conta com a participação do filho da cantora, Artur Menezes, um conceituado guitarrista que abriu, no Brasil, nada mais, nada menos, do que os shows do também guitarrista e cantor norte-americano de blues e rock, Buddy Gay. No CD, Artur acompanha Lucinha em duas canções: “Moer a Cana” de Chico César e em “Que Loucura” de Sérgio Sampaio. Sambas, choros, forrós, toadas e até um maracatu se alternam com naturalidade no disco de Lúcia Menezes, que se apresentou em julho deste ano no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Lucinha, cearense arretada, dividiu o palco com músicos de peso, a exemplo de João Lyra (Violão), Camila Dias (Piano), Jamil Joanes (Baixo), Dirceu Leite (Sopros), Firmino (Percussão), Zé Leal (Percussão) e Adelson Viana (Sanfona). A versatilidade é uma das características que tem marcado a discografia de Lúcia Menezes, isso, desde o início de sua carreira artística. Intérprete original pelo jeito brejeiro de cantar, Lucinha sente-se à vontade nas músicas nordestinas. Não é a toa que a artista foi indicada ao Prêmio da Música Brasileira de 2009, como “Melhor Cantora Regional” ao lado da dançarina, compositora e cantora de ciranda Lia de Itamaracá.

Escutar esta cearense que hoje é radicada no Rio de Janeiro é fazer um passeio por vários estilos musicais, que a tornam uma intérprete de sotaque original e genuinamente brasileira pela maneira especial de cantar.

81


automóvel

Um sucesso o II Fórum ABIAUTO

Fotos: Pedro Danthas

A

Associação Brasileira de Imprensa Automotiva resolveu não só realizar o Prêmio Abiauto, mas sim promover fóruns, simpósios, conferências, cursos sobre mecânica e outros afins. E aproveitando que este ano está sendo marcado por vários eventos de sustentabilidade, como o Rio +20, no Rio de Janeiro e que movimentou as principais nações do mundo preocupadas com o meio ambiente, a entidade que congrega jornalistas especializados em automobilismo, promoveu no Espaço Rosa Rosarum, em São Paulo, o II FÓRUM ABIAUTO. O Fórum contou com sete painéis de palestras e discussões sobre Sustentabilidade na Indústria Automobilística, que devem ajudar a gerar novas propostas e soluções para um mundo mais sustentável e contou com a presença de altos executivos das fabricantes de automóveis, caminhões e motocicletas, profissionais do segmento e um grupo de 100 jornalistas especializados de todo o País.

82

Célia Murgel, presidente da ABIAUTO

Ademar Cantero, diretor de Comunicação da ANFAVEA

Toshizaemom Noce , supervisor de Inovação da FIAT Automóveis

Marcos Munhoz, vice-presidente da GENERAL MOTORS

Lothar Werninghaus, consultor da AUDI


Alfredo Guedes Júnior, sup. de Rel. Públicas e Institucionais da HONDA

Michael Lehman, Conceição Mirandola (diretora da Fundação), Antônio Carnielli Júnior, da VOLKSWAGEN

Temas relevantes envolvendo sustentabilidade foram apresentados e discutidos no Fórum Abiauto Ricardo Bastos, presidente da Fundação TOYOTA do Brasil

“A Associação Brasileira da Imprensa Automotiva, que conta com os mais expressivos jornalistas do segmento, apoiada pelos fabricantes que representam hoje cerca de 80% dos veículos vendidos no mercado brasileiro, não poderia ficar de fora dessa tão importante e apaixonante discussão sobre o tema Sustentabilidade. E acredito que nosso Fórum atingiu o seu objetivo, promovendo a troca de experiência entre os participantes e atualizando os nossos associados e demais assistentes”, comentou Célia Murgel, presidente da Abiauto. Durante o Fórum, executivos das principais montadoras compartilharam com o público presente algumas ideias e experiências novas com o uso de materiais recicláveis, fontes de energia renovável, portfólio renovado de produtos, novas tecnologias e projetos sociais. A ANFAVEA, Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, abriu os trabalhos destacando a importância do setor automotivo no Brasil, como fonte geradora de empregos e de riqueza para o País. “A indústria automobilística faz muito pela sustentabilidade, mas ainda fala pouco. Precisa ‘cacarejar’ mais sobre o assunto”, apontou Ademar Cantero, diretor de Comunicação da entidade.

A General Motors do Brasil, por meio do vice-presidente Marcos Munhoz, foi a primeira fábrica a falar sobre suas ações de sustentabilidade com os programas de incentivo à reciclagem e melhor reparabilidade, tanto nos seus veículos como em suas plantas industriais. Em seguida o presidente da Audi, Leandro Radomile e o consultor Lothar Werninghaus falaram sobre o desenvolvimento de novos produtos que começa nas pistas de competição, onde a montadora alemã testa novidades para os seus carros. Novas soluções e materiais melhoram a aerodinâmica, ajudam a reduzir o peso do veículo e economizar combustível, ações que, consequentemente, beneficiam a sustentabilidade. O supervisor de Inovação da Fiat Automóveis, Toshizaemom Noce, falou sobre a política de tratamento de resíduos e economia de energia em sua fábrica, o que contribui para um processo produtivo mais limpo e eficiente. A fábrica de automóveis também levou ao FÓRUM ABIAUTO seu carro conceito Uno Ecology que incorpora o uso de materiais produzidos a partir de fontes renováveis, motor movido a etanol e tecnologias que reduzem o atrito, melhora o consumo e tornam o funcionamento do carro mais eficiente.

83


Em seguida foi a vez da Honda, que dissecou sobre a sustentabilidade da produção ao produto. “Tecnologia, performance e sustentabilidade podem andar lado a lado”, disse Alfredo Guedes Júnior, supervisor de Relações Públicas e Institucionais, que falou também sobre o case de sucesso da primeira motocicleta com motor flex do mundo e sua contribuição para a sustentabilidade. A Toyota compartilhou com o público sua experiência de aplicação do conceito de sustentabilidade em três dimensões: produto, produção e responsabilidade social. Na opinião de Ricardo Bastos, presidente da Fundação Toyota do Brasil, o conceito de carro ideal para o mercado brasileiro é o que combina a tecnologia híbrida-flex. No espaço Rosa Rosarum a montadora expôs o seu híbrido Prius, que será comercializado no Brasil a partir de outubro e que deverá custar entre R$ 130 e 150 mil. Por fim a Volkswagen, com as palestras de Michael Lehman e Antônio Carnielli Júnior, detalhou suas ações sustentáveis como o programa de redução de emissões, consumo de energia, uso de fontes renováveis e um portfólio de produtos naturais que ofereça ao consumidor alternativas viáveis para uma mudança cultural. A Diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola destacou projetos sociais como o “Costurando o Futuro”, que reaproveita uniformes usados para a confecção de bolsas, acessórios e objetos por meio de uma cooperativa de mulheres. O Fórum ABIAUTO acontecerá anualmente e tem a pretensão de se tornar referência no mercado automotivo e jornalístico da América Latina, já que a representatividade da entidade é embasada em cerca de 100 expressivos jornalistas de quase todos os Estados brasileiros, especializados no segmento automotivo. O próximo deverá acontecer em junho de 2013. Um destaque para a perfeição que foi o cerimonial do Fórum, organizado pela HPerini Marketing e Eventos. Hélio e Heloisa se desdobraram para o sucesso alcançado em mais um evento, realizado pela ABIAUTO.

84


O II F贸rum ABIAUTO contou com os seguintes patrocinadores: (OURO): ACDelco, Fiat, General Motors, Honda, Renault, Toyota e Volkswagen; (PRATA): Audi, Citro毛n e Matel; (BRONZE): Mercedes-Benz e Churrascaria Vento Haragano APOIO: Anfavea, Coca-Cola e ISO Brasil


perfil

Funcionalidade e conforto sustentável, aliados à estética A arquiteta Marcela Turbay fala sobre a cidade, a moda e a relação da arquitetura com o dia a dia das pessoas Um momento importante para a arquitetura. De acordo com Marcela Turbay existe hoje uma conscientização das pessoas sobre a necessidade de um profissional qualificado no projeto, na execução e no acompanhamento das obras. “O mercado imobiliário está em grande alta, o que naturalmente leva a um aumento na demanda pelos arquitetos. Fora isso, o aumento do poder aquisitivo, assim como dos financiamentos, tem viabilizado à pessoas de diferentes classes sociais a contratação de um profissional qualificado para realizar seu sonho”, acredita. Para a profissional a cidade vive atualmente duas realidades contraditórias: a falta de valorização do patrimônio histórico e os investimentos arrojados nos novos projetos. “Grande parte da memória de Fortaleza está esquecida pelos próprios moradores. A falta de manutenção e a falta de interesse dos responsáveis fazem a nossa história perder valor”, aponta. Mas ela observa que os novos empreendimentos por aqui têm gerado visibilidade no Brasil e fora dele.

PERFIL Marcela Turbay se formou na Universidade de Fortaleza (Unifor) em Arquitetura e Urbanismo há sete anos e em seguida fez um curso de extensão em Belas Artes na Espanha. No mercado profissional já atua há 12 anos e atualmente conta com um portfólio de 15 projetos comerciais, quase 30 residenciais e dois retrofits, fora reformas menores

86

E a tendência passa por esse equilíbrio. Marcela aposta que a ponderação é o melhor conselho na hora de desenvolver um projeto, mas acredita que é importante ousar. “Eu particularmente adoro mesclar estilos. Tenho sempre o contemporâneo como foco principal, mixando com o clássico, com o moderno e, até mesmo, com o rústico, assim o projeto ganha uma personalidade única, bem pessoal, e fica interessantíssimo! A dica é saber a medida certa de cada um pra não ficar over”, recomenda. Para a arquiteta, o objetivo do trabalho é encontrar funcionalidade e conforto sustentável, aliados à estética.


Novas tecnologias “Antigamente, em uma recepção de um escritório bastava um gaveteiro e uma mesa para secretária, porém, com a globalização, os avanços das tecnologias e dos conceitos interpessoais, as pessoas passaram a investir e serem mais cobradas no ambiente de trabalho”, observa Marcela. A profissional lembra que um dos fatos que contribuiu para que as pessoas investissem mais em ambientes bem decorados e confortáveis foi o aumento da violência. “Nos novos empreendimentos imobiliários é comum grandes áreas de lazer com academia e playground. Além das áreas externas, os interiores devem ser bem equipados a fim de proporcionar um espaço de boa convivência e pleno, não deixando nada a desejar mesmo. É nessa hora que o design de interiores faz toda a diferença proporcionando bem estar, conforto e funcionalidade ao dia-a-dia do cliente”, comenta.

Sucesso Há 12 anos atuando no mercado, Marcela tem alguns projetos para se orgulhar. Um deles foi um retrofit (modernização) em conjunto com a imobiliária SJ. “Era a reforma de um imóvel antigo e nós usamos uma nova forma de construir aproveitando toda a estrutura antiga da casa, o que reduziu os custos. No final conseguimos multiplicar em mais de cinco vezes o valor do imóvel e a imobiliária conseguiu alugar antes mesmo do fim da reforma”, comemora.

Casa Cor Evento de repercussão nacional, a Casa Cor Ceará reúne as maiores novidade trazidas pelos profissionais cearenses no mercado contemporâneo. Marcela Turbay vê o evento como um espaço para que as pessoas possam buscar referências com as quais se identifiquem. “Nela os clientes buscam se inspirar, buscam novas ideias para seus sonhos e podem mostrar aos seus arquitetos quais estilos mais gostam para suas casas. É importante também, pois em muitos casos desperta o desejo de mudanças nas pessoas, que acabam assim reformando seus lares e buscando novidades”, diz.

Futuro “Em 2013 vou inaugurar uma nova sede para meu escritório, contratar mais funcionários e expandir relacionamentos, tudo isso devido a grande demanda que temos hoje em dia”, planeja Marcela. A expectativa é que, com a expansão, o escritório dobre a capacidade de atendimento.

SERVIÇO Marcela Turbay Cabral - Arquitetura - Tel: 85 9981.1240 | E-mail: projetos@marcelaturbay.com. Site: http://www.marcelaturbay.com

87


acontece

Helena Demes

Zig-zag <> Alódia e Samira Guimarães assinaram o cerimonial do casamento de Marina Carapeba e Bruno Bezerra Moreira, dia 27 de julho, na Igreja de Cristo Rei, seguido de recepção no La Maison. Os noivos são filhos de Alberto e Tomásia Carapeba e de Luis Régis e Teresa Maria Moreira. Jacaúna Aguiar caprichou na decoração, impecável! Gustavo Serpa e DJ Pedro Garcia conduziram a festa, com muita animação, até às 6 da manhã. O delicioso bolo foi do Bom Bocado e chocolates da Isabela Fiúza <> A querida Renata Demes reuniu a família e amigos mais chegados para comemorar seu aniversário, 7 de agosto, no Coco Bambu Sul. Entre os presentes: o marido Renato e a filha Rafaella, Jéssica Martins, Helena Demes e Venício Guimarães, Camila e Letícia Martins<> Recentemente, tive a oportunidade de participar da solenidade de posse da ministra do STJ, Assusete Magalhães, e fiquei impressionada com a rapidez do evento: cravados 15 minutos! Bem que esta prática poderia ser adotada aqui no Ceará, onde as solenidades muitas vezes são tão longas que chegam a ser enfadonhas!

Flashes por aí Em sua passagem por Fortaleza, para show no Centro de Eventos do Ceará, o tenor espanhol Plácido Domingo se hospedou no Hotel Dom Pedro Laguna, localizado no empreendimento Aquiraz Riviera. As sopranos norte-americanas Angel Blue e Micaëla Oeste, que reforçaram a apresentação de tenor, também descansaram no resort aproveitando todo o conforto e serviços ofertados.

As novas peças criadas pelo designer de joias Cláudio Quinderé se referem ao ato da criação enquanto um processo dinâmico e em múltiplas abordagens, inspirando peças sob o tema sacro - que remetem à concepção religiosa da criação do mundo, e, em exaltação à natureza - rica fonte de recursos, celeiro das transformações e do ciclo da vida. Destaque para os tradicionais terços e escapulários, que são enriquecidos com pedras brasileiras, pérolas, ônix, crucifixo em turquesa e cristais da Bohemia, além de brincos, colar e chaveiro. Os lançamentos estão à venda na loja on-line (www.claudioquindere.com.br).

88

O grande especialista em negociação da Harvard University, William Ury, estará pela primeira vez em Fortaleza no dia 28 de setembro. O seminário “Negociando para Vencer”, promovido pela HSM do Brasil, em parceria com o Instituto Empresariar, será realizado às 14h, no La Maison Coliseu. As inscrições podem ser feitas pelo número 0800 771 6606 e, a partir de São Paulo, pelo (11) 4689-6666. WilliamUry focará em estratégias vencedoras para obter o melhor acordo; aperfeiçoamento de habilidades de negociação; e como posicionar-se diante de um “não”.


Danado de bom Cardápio renovado com opções ainda mais saudáveis A Pizza Vignoli tem um cardápio variado de saladas, com hortaliças, frutas e verduras higienizadas seguindo as normas de segurança alimentar. Além disso, seus produtos são manipulados por pessoas treinadas periodicamente em boas práticas de alimentação. Entre as opções de saladas da casa estão a de frango defumado, a de camarão e novidade da casa: carpaccio de salmão defumado. A casa também conta com uma nova opção de disco de pizza: a versão integral, na qual a base de sua formulação é a farinha de trigo integral, obtida através da moagem dos grãos de trigo, contendo alto teor de fibra, o que torna a receita mais nutritiva e saudável.

Primando por uma alimentação saudável e de boa qualidade, a Pizza Vignoli busca inovações como essa e ratifica que uma alimentação saudável precisa conter todos os grupos de nutrientes: carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e minerais. Ao escolher os carboidratos, prefira as versões integrais, que são nutritivas e promovem ótimos benefícios à saúde. Sempre com novos sabores como a pizza camarão especial (foto), feita com molho de tomate, mussarela de búfala, camarão, aliche, alcaparras, ervas, pimenta calabresa refogadas ao alho e orégano. www.pizzavignoli.com.br

Em tempo: Música para todos O calendário musical mensal do Theatro José de Alencar já conta com sete edições fixas ao mês de concertos e recitais. A Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho/Orcec faz ensaios abertos nas segundas quartas-feiras do mês e apresenta concerto nas últimas quintas de cada mês. A Camerata Eleazar de Carvalho também se apresenta todos os dias 17 de cada mês, logo após o tenor Franklin Dantas (também todo dia 17). A Orquestra Sinfônica da Uece tem exibições da série Concertos de Câmara em todos primeiros domingos do mês e nas últimas terças de cada mês com a Série Concertos Sinfônicos. Em agosto, deu-se início à temporada gratuita do Sax inCena, que se apresenta nas segundas quintas-feiras de

cada mês às 19h, no TJA. Os concertos e apresentações trazem temas, repertório e convidados diferentes a cada sessão.

Jeri Sport Music Festival Em seu quinto ano de apresentações, o Jeri Sport Music Festival levará ao novo palco na orla principal de Jericoacoara sua marca de ineditismos em atrações musicais, integradas ao esporte e apelos turísticos do paraíso praiano cearense e da comunidade local no festival. O evento, que acontece de 27 a 29 de setembro de 2012, terá entre suas atrações a cantora franco-cearense Paula Tesser e a envolvente voz da compositora carioca Barbara Eugenia.

89


Fiat

Nova linha 2013 Palio Weekend, Strada e Siena EL

90


A Fiat abriu o segundo semestre com algumas novidades nos novos Palio Weekend, Strada e Siena EL. O sedã, a picape e o station wagon ganharam novo design tanto nas formas externas quanto no interior. De cara já dá pra ver que a Fiat resolveu adotar para toda sua linha o desenho frontal do logotipo em meio ao friso cromado usado no Cinquecento. A nova picape Strada ganha motorização E-torQ 1.6 16V, que se soma às Fire 1.4 e E-torQ 1.8 16V, e passa a oferecer a Cabine Dupla em todas as versões. O novo Palio Weekend está disponível em quatro versões, com três opções de motorizações: Fire 1.4, E-torQ 1.6 16V e E-torQ 1.8 16V. Já o sedã Siena EL vem com opções de motores Fire 1.0 e 1.4. Outra importante novidade é a oferta de ABS e airbag frontal de série para Palio Weekend, Strada Trekking e Strada Adventure.

O Siena EL 1.0 parte de R$ 28.150. O Palio Weekend 1.4 custa a partir de R$ 41.490 e o Strada Working 1.4 tem preço de partida de R$ 31.490.

91


Siena El ceberam uma estrutura que facilita sua regulagem na movimentação longitudinal. Para maior conforto do motorista o EL vem com apoio para o pé.

O Novo Siena chega nas versões EL 1.0 e EL 1.4. As novidades são o novo para-choque dianteiro em ambas as versões, novas rodas de liga leve e calotas com design mais atuais. Internamente, destaque para os bancos com revestimento em novo tecido, novo volante de três raios, porta-objetos, bolsas porta-revistas no encosto dos bancos dianteiros, porta-óculos e porta-objetos móvel tipo “copinho”. O painel também foi redesenhado, assim como o quadro de instrumentos com fundo preto que dispõe de velocímetro, conta-giros, marcador de temperatura da água e display com relógio, trip computer, My Car Fiat e indicador de nível de combustível. O sistema de som também apresenta novidades e pode ser composto por novos rádios CD/MP3 e CD/MP3/Connect com porta USB e conexão para iPod e Bluetooth. Ganhou também nova arquitetura elétrica e os bancos re-

92

Por fora, o Novo Sienal se destaca pela grade frontal com acabamento cromado, para-choques e minissaias laterais na cor do veiculo, mais maçanetas e retrovisores externos na cor preta. Bem equipado, também estão em sua lista de série: alertas de limite de velocidade e manutenção programada, comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque do combustível, Follow me home, desembaçador do vidro traseiro temporizado, revestimento porta-malas completo e tomada 12V. A motorização pode ser Fire 1.0 Flex com potência de 73 cv (gasolina) e 75 cv (etanol) e torque de 9,5 kgfm (gasolina) e 9,9 kgfm (etanol); ou o propulsor Fire 1.4 HP Flex, com potência de 85 cv (gasolina) e 86 cv (etanol) e torque de 12,4 kgfm (gasolina) e 12,5 kgfm (etanol). Como opcionais o motorista dispõe dos seguintes itens: HSD (High Safety Drive - air bag duplo mais freios ABS com EBD), ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, vidros elétricos dianteiros e traseiros com one touch, travas e retrovisores externos elétricos, rádio Connect CD MP3/WMA integrado ao painel com RDS, viva-voz, Bluetooth(R), entrada USB, rodas de liga leve e faróis de neblina.


Palio Weekend Líder entre as peruas médias, o Palio Weekend traz na versão Adventure a opção de câmbio Dualogic e o bloqueio de diferencial Locker na tração dianteira. O conceito HSD (High Safety Drive), composto por air bag duplo e freio ABS com EBD, está presente na lista de equipamentos de série dos novos modelos 2013. O mesmo vale para a versão Adventure do Strada. Os modelos Adventure também receberam um novo para-choque que dá a sensação de um carro mais alto com o peito de aço se integrando ao desenho de cada veículo e versão. Um conjunto de novas rodas e calotas foi criado, tendo como destaques a nova roda de 16 polegadas para a versão Adventure, com pneus de uso urbano. No interior do novo modelo algumas novidades: a parte central do painel com novas saídas de ar, arquitetura elétrica redefinida, bolsas porta-objetos nas portas agora com porta-garrafas, porta-óculos e revistas, novo volante, novo apoio para o pé do motorista e nova chave Telecomando para as versões Trekking e Adventure. Os novos volantes de três raios podem trazer comandos para o rádio e borboletas para a troca de marchas, se o câmbio for Dualogic. O novo modelo ainda pode vir equipado com sistema de som Rádio CD/ MP3 ou Rádio CD/MP3-Connect com porta USB e conexão Bluetooth(R) para o celular. Além disso todas as versões do Palio Weekend trazem de série o conceito HSD -- High Safety Drive -- composto por air bags dianteiros e freios ABS com EBD.


Strada As novas picapes Strada vêm em nove versões formadas por modelos Cabines Simples, Estendida e Dupla, três níveis de acabamento (Working, Trekking e Adventure) e três diferentes motorizações: Fire 1.4 HP, E-torQ 1.6 16V e E-torQ 1.8 16V. As mudanças internas ficaram por conta do painel com novas saídas de ar, redesenho no quadro de instrumentos, bancos com nova estrutura, tecidos e forração, novos painéis das portas e apoio de pé para o motorista. A versão Working, a mais básica do Strada, sai de fábrica com itens como Trip computer, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, cintos de segurança retráteis de três pontos com regulagem de altura, Follow me home, retrovisores externos com comando interno, apoio para o pé (do motorista), grade protetora do vidro traseiro, porta-escadas, tampa da caçamba -- removível -- com chave, ganchos para amarração de carga na cabine e na caçamba e porta-objetos nas portas. Os opcionais disponíveis são o sistema HSD, direção hidráulica, ar condicionado, volante com regulagem de altura, janela traseira corrediça, faróis de neblina, capota marítima, rádio Connect CD MP3, viva voz Bluetooth(R) e entrada USB. A versão Trekking fica ainda mais robusta com a presença do novo propulsor E-torQ 1.6 16V, que desenvolve potência de 115 cv (gasolina) e 117 cv (etanol). Com uma nova versão de cabine dupla a picape Strada conta agora com os três tipos de cabines. A versão Trekking também passa a contar na lista de série com o conceito HSD -- High Safety Drive -- composto por air bags dianteiros e freios ABS com EBD, além de vidros e travas elétricos. Esta versão, que já era equipada com itens como direção hidráulica e faróis de neblina, tem agora como opcionais itens como ar-condicionado, capota marítima, volante de couro com comandos do rádio (6 botões), rodas de liga leve 14”, rádio Connect CD MP3/WMA e teto solar.

94


nova Ranger

96


A

Ford investiu US$ 1,1 bilhão no projeto da Nova Ranger e apresenta ao mercado uma picape com opção de cabine dupla e simples, motor diesel e flex, transmissão automática e manual e uma série de atributos que chamam atenção para o robusto modelo que tem preços a partir de R$61.900. Esta versão conta com motor 3.2 Diesel de cinco cilindros, com 200 cv, e 2.5 Flex, de 168 cv com gasolina e 173 cv com etanol, ambos da nova geração Ford, os mais modernos do mercado. A linha tem ainda um motor 2.2 destinado para venda a frotistas. Um dos destaques da Nova Ranger é a transmissão automática de seis velocidades, além das versões manuais de cinco ou seis velocidades. Os motores e transmissões são fabricados pela Ford nas novas unidades da empresa. “A Nova Ranger foi posicionada para oferecer a melhor compra do segmento, com os preços e conteúdo de equipamentos mais atraentes nas versões que realmente contam do mercado”, diz Oswaldo Ramos, gerente ncional de Marketing da Ford. O consumidor vai poder escolher entre modelos com cabine simples ou dupla, motores Diesel 3.2 ou 2.2 (somente para frotistas) ou 2.5 Flex, tração 4x4 ou 4x2 e versões de acabamento XL, XLS, XLT ou Limited. Além disso, a picape tem um conjunto mecânico totalmente novo, incluindo o chassi, o que permitiu o desenvolvimento de carrocerias dupla e simples. A distância entre-eixos é a maior da categoria, o que garante boa capacidade de transporte e aproveitamento de carga. Na cabine dupla a Nova Ranger oferece a melhor relação de espaço traseiro entre as picapes. O conjunto mecânico foi aprimorado, mas o interior também não deixa a desejar. Os bancos anatômicos, com opção de couro, a direção com design exclusivo e o painel com comandos ergonômicos e intuitivos também são destaque. A cabine conta com 23 diferentes porta-objetos, incluindo console no teto com porta-óculos, porta-luvas com capacidade para acomodar um laptop e um compartimento oculto sob o banco traseiro. Outro ponto positivo é o compartimento refrigerado no console, ligado ao sistema de ar-condicionado, com capacidade para seis latas de refrigerante. Dependendo da versão o motorista também dis-

A Nova Ranger aparece em 13 catálogos: cinco com motor 3.2 Diesel, quatro com motor 2.5 Flex e quatro com o motor 2.2

põe de ar-condicionado automático digital de dupla zona, GPS integrado com mapas do Brasil e tela de LCD de 5 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, computador de bordo, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, bancos elétricos com ajuste em 8 posições, piloto automático e controle de áudio no volante. E não fica por aí. A Nova Ranger também traz sistema de som com entrada para iPod, USB e conexão Bluetooth para celular, faróis com ajuste de altura, retrovisores com rebatimento elétrico. O trio elétrico com abertura e fechamento global e abertura elétrica do tanque de combustível são outros itens disponíveis. No que diz respeito à variedade de modelos, a Nova Ranger também não fica atrás e aparece em 13 catálogos: cinco com motor 3.2 Diesel, quatro com motor 2.5 Flex e quatro com o motor 2.2 Diesel, este último exclusivo para frotistas. A Nova Ranger 3.2 Diesel cabine dupla 4x4 XLT é equipada com trio elétrico, ar-condicionado digital de dupla zona, airbag duplo, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade (ESP) com oito funções, diferencial traseiro blocante, piloto automático, áudio com Bluetooth, santantônio e estribos cromados, faróis de neblina e rodas de liga leve de 17 polegadas. A versão 3.2 Diesel cabine dupla 4x4 Limited, topo de linha, vem também com airbags laterais e de cortina, GPS, câmera de ré, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, bancos com ajuste elétrico em 8 direções, retrovisores com rebatimento elétrico, console refrigerado, santantônio estilizado e bagageiro no teto.

97


Na versão 2.5 Flex cabine dupla XLT a Ranger vem com trio elétrico, ar-condicionado digital de dupla zona, airbag duplo, freios ABS com EBD, piloto automático, áudio com Bluetooth, santantônio e estribos cromados, faróis de neblina e rodas de liga leve de 17 polegadas. A linha conta com nove opções de cores. Cinco perolizadas: preto Gales, azul Mônaco, azul Aurora, cinza Ubatuba e cinza Novara; duas metálicas: prata Geada e prata Atenas; e duas sólidas: branco Ártico e vermelho Bari. Toda a linha conta com 3 anos de garantia sem limite de quilometragem.

Os preços seguem a tabela abaixo: XLS 2.5 flex Cabine Simples: R$ 61.900 XLS 2.5 flex Cabine Dupla: R$ 67.600 XLT 2.5 flex Cabine Dupla: R$ 75.500 Limited 2.5 flex Cabine Dupla: R$ 87.500 XLS 3.2 diesel Cabine Simples: R$ 97.900 XLS 3.2 diesel Cabine Dupla: R$ 106.900 XLT 3.2 diesel Cabine Dupla: R$ 114.900 XLT 3.2 diesel Cabine Dupla aut.: R$ 120.400 Limited 3.2 diesel Cabine Dupla aut.: R$ 130.900

Segurança 5 estrelas Um dos pontos altos da Nova Ranger é a segurança: são seis airbags (dianteiros, laterais e de cortina), carroceria ultrarreforçada com zonas de deformação programada, sensores inteligentes de severidade de impacto, freios ABS, câmera traseira, sensor de ré, além de controle de estabilidade com 8 funções. O controle eletrônico de estabilidade é capaz de desempenhar as seguintes funções: controle de tração, controle automático de velocidade em descidas, assistente de partida em rampa, controle de oscilação de reboque, controle adaptativo de carga, controle anticapotamento, luz de frenagem de emergência e assistência em frenagem de emergência. Tudo isso rendeu à picape classificação (inédita na categoria) de 5 estrelas do Euro NCAP, o principal órgão independente de avaliação de segurança veicular da Europa.

98


Uma aventura off road em Salta, Argentina A Ford preparou um circuito com muitas aventuras para que a imprensa especializada pudesse experimentar o carro em terrenos diferentes. A Nova Ranger teve que enfrentar estradas de terra, lama, buracos e trechos alagados formados por riachos. O teste de resistência e desempenho foi encarado com bravura pela picape, que provou sua robustez e segurança. O circuito, estrategicamente localizado aos pés da Cordilheira dos Andes, foi todo acompanhando por um helicótero que, além de captar as imagens do teste, ainda trouxe mais adrenalina ao momento com voos rasantes entre os carros.

99


alta roda

Fernando Calmon

C

ada vez mais pessoas estão gastando mais tempo no interior dos automóveis. Simultaneamente, crescem as despesas com seguros de saúde, cuidados físicos em academias, treinadores particulares e atividades de promoção do bem-estar, fundamentais na vida moderna. Os fabricantes despertaram para o fato de que o ambiente interno dos carros, e até de caminhões, faz parte desse sentimento positivo que leva os motoristas não só a guiar com mais segurança, mas também de se sentir relaxados e menos cansados ao fim de sua jornada diária ao volante. Esse conjunto de recursos, quando bem estudados e aplicados, forma o que se chama de segurança preventiva, uma iniciativa que passou a ser bastante desenvolvida nos últimos anos. Inclui programas de exercícios estudados para quem passa horas ao volante e precisa manter a boa forma para atender as demandas diárias em base sustentável. Criou-se o termo “conforto ativo” que marcas, como a Mercedes-Benz, vêm cuidando com crescente interesse. Parceiro externo nessa missão, o professor doutor Dietrich Grönemeyer destaca: “Alguém que se sinta relaxado ao volante e disponha de tecnologias inovativas, tem grande chance de tomar decisões corretas em situações de risco. Estresse do motorista também responde por dores nas costas, um mal nacional em vários países, que atinge da mesma forma até os jovens.” Bem-estar nos veículos é alcançado por meios passivos e ativos. Medidas de movimentação na espinha dorsal, por exemplo, indicam a tensão nas costas do motorista. Nesse caso, especial atenção deve ser dada aos ajustes do banco e até a sua forração. Um bom banco pode permitir, em pausa para descanso, aquela soneca reparadora de 20 minutos. Especialistas

100

Conforto Energizante

em sono confirmam a melhora substancial na concentração, no tempo de reação e no desempenho geral ao dirigir. O conforto energizante, digamos, deriva de uma combinação de fatores. O habitáculo, por exemplo, deve prover espaço para pessoas de diferentes estaturas. Volante e banco precisam se adaptar a necessidades individuais. Boa suspensão e isolamento acústico do motor colocam ruídos e vibrações de fora. Ar-condicionado deixa o motorista de “cabeça fresca”, no bom sentido. Em carros mais caros há outras soluções: controle por voz de interruptores e comandos; assistência para visão noturna; sistema de iluminação inteligente acompanha o volante em curvas, além de manter profundidade e intensidade variáveis do facho dos faróis; velocidade de cruzeiro adaptativa de forma automática; sensores de chuva, iluminação e estacionamento. Numerosas tarefas rotineiras, que antes só cabiam ao motorista lembrar ou comandar, agora são automáticas, como o sensor de saída de faixa de rolagem sem acionamento de sinalização que inclusive reconduz o carro à trajetória correta ao atuar no volante. Sistemas de detecção de sonolência e advertência (vibratória, auditiva e visual) começam a cair de preço e já são de série até em carros menores. Olfato não foi esquecido, desde materiais de acabamento e forração, à fragrância do perfume de ambiente oferecida por marcas como a Citroën. Sem contar a incrível qualidade dos sistemas de áudio modernos.


panorama Marcondes Viana

Garota CHIC 2012 A jovem Larissa Dias, eleita a Garota CHIC 2012 na IIª Feijoada CHIC, recebeu seu prêmio - um sofisticado vestido na cor preta - por ocasião de um happy hour, movimentado por Tânea Cordeiro, em sua loja Shallaka, quando foi servido o prosecco italiano Anella.

104

Larissa Dias

Geuda, Alice, Tânea e Joelsa

Tânea Cordeiro e Larissa Dias

Ângela Banhos e Tânea Cordeiro

Tânea Cordeiro e Verônica Caetano

Amarildo e Roberta Moreira

Ana Valéria e Tânea Cordeiro

Azelma Cidrão

Vanda Cordeiro e Tânea Cordeiro



CHIC 24