Issuu on Google+

O Celeiro

1

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Ibicuí

R$ 2,00

Ano XXII - EDIÇÃO 1329 - CAMPOS NOVOS, SC, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

pede socorro

Páginas 13 a 15

Saúde

Grãos

Leilão

Caps tem 600 pacientes cadastrados e Grupo Fidelidade completa 40 anos em Campos Novos Págs. 6 e 7

IBGE confirma a safra de 2013/2014 como a melhor de Campos Novos

Feira do Terneiro(a) movimentou mais de R$ 450 mil no fim de semana

Pág. 25

“O Celeiro da Cultura”

Págs. 26 e 27

Clic: João Paulo Pereira conta sobre as mudanças que acontecem pela fotografia

“O Celeiro na Comunidade”

Moradores do bairro Boa Vista listam problemas

Págs. 4 e 5

W


2

O Celeiro

Editorial Por dias melhores O jornal O Celeiro é um veículo de comunicação livre, mas também é comumente chamado por algumas pessoas de um veículo de comunicação de oposição. Mas o que é ser oposição? Alguns diriam que é ser do contra, se posicionar sempre do lado que é oposto às opiniões da maioria. Geralmente, o jornal é colocado assim por algumas pessoas porque sempre aponta as falhas da administração municipal, também não podemos esquecer as falhas da administração estadual ou federal. Se oposição é fazer isso então, sim, o jornal é oposição. E se ser situação é mostrar o que acontece de bom pela região na qual o semanário circula, nesse caso também somos situação. Analisando as últimas edições, a equipe constatou que ser oposição trouxe benefícios aos leitores, principalmente àqueles moradores das ruas sobre as quais o jornal tem mostrado o descaso e abandono das autoridades. Alguns desses espaços tiveram suas melhorias feitas entre a presença da equipe de reportagem e a publicação do fato. Tal atitude só comprova a força deste veículo de comunicação que em junho completará 22 anos de atuação em favor dos camponovenses e dos moradores da região. O saldo positivo mostra que o jornal segue o caminho certo e cumpre seu papel como veículo de comunicação. Até porque, vamos refletir: se todo mundo fosse a favor o que configuria? Uma ditadura em tempos de democracia? Nesse sentido, O Celeiro quer crescer junto com a região e seus moradores. Para quem acompanha o jornal, semanalmente, sabe que o veículo trabalha com base no compromisso com a verdade. Para alguns a verdade dói, para outros a verdade é vista a “olho nu”. Os leitores habituais constatam nas editorias Empresarial e Agronegócio, e no caderno O Celeiro da Cultura os bons exemplos de empresas e ações que a equipe do jornal registra pelo município. Há 22 anos, o jornal O Celeiro tornou-se a voz dos munícipes da região para que, assim, cada um que deseja fazer uma reclamação possa ser ouvido e receba atenção das autoridades locais. O reconhecimento faz do O Celeiro o jornal mais lido da região recebendo continuadamente na redação ou num encontro pelas ruas de Campos Novos denúncias ou reivindicações para as ruas ou para a comunidade. Em busca de um jornalismo livre e responsável, antes de qualquer publicação, a equipe busca mais informações, chega os dados e, às vezes, preserva a fonte. O Celeiro, está agora de casa nova, na Rua São João Batista, 131, 1° andar, continua de portas abertas para receber a todos, situação ou oposição, que queiram contribuir para uma Campos Novos e região ainda mais forte.

A Redação

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Agenda uBingo Cor de Rosa

uLivro Ivone Zanella Cordeiro lança o livro “Literarte. Nas linhas e entrelinhas da imaginação” neste sábado, dia 24, das 17 às 20 horas, no Restaurante Hikari, em Campos Novos.

Neste sábado, dia 24, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Campos Novos promove o 1º Bingo Cor de Rosa. O evento será no Salão Paroquial, a partir das 20 horas.

uMissa

uSessão de Negócios A Acircan Jovem realiza, em parceria com o Sebrae/SC, na próxima quinta-feira, dia 29, a Sessão de Negócios. O objetivo do evento é proporcionar a prospecção de negócios entre as empresas. O investimento é de R$ 40,00. Convites na Acircan até amanhã, dia 23. Informações pelo telefone (49) 3544-0812.

Acontece neste domingo, dia 25, às 9h, a missa “Missionária” no Santuário Nossa Senhora Aparecida, bairro Aparecida. O tema será “A Missão”.

uFestival de Sushi

uSapecada do Pinhão

A edição de maio do Festival de Sushi no Restaurante Hikari acontecerá na sexta-feira, dia 30. Reservas pelo telefone (49) 3544-3448.

A Escola de Educação Básica Coronel Gasparino Zorzi realizará no dia 30 de maio a 8ª Sapecada do Pinhão, a partir das 9 horas. Neste ano, o tema do evento é “Educação em Campos Novos”.

uDivulgue seu evento em nossa “Agenda” - celeiro@brturbo.com.br

Artigo

Canonizados? Santos? Por quê? Estamos em tempos de futebol, menos de um mês para a Copa do Mundo. Talvez, estejamos mais ainda em grande época de santidade. O mês de abril de 2014 vai permanecer na história do Brasil, como mês marcante. Depois de vários séculos, o Padre Anchieta, apóstolo do Brasil, foi proclamado santo com celebração simples pelo Papa Francisco, no dia 3 de abril. O Santo Anchieta era já bastante devotado pelo povo brasileiro e ele está no início da civilização brasileira, como também no início da cidade de São Paulo. Finalmente, o Papa São Pio X, canonizado em 1954, já não é mais o último Papa santo, como costumava dizer minha mãe Teresa, enquanto no dia 27 de abril 2014 foram também canonizados os Papas São João XXIII e São João Paulo II. Então, podemos perceber como a santidade está perto de nós, eles são Papas conhecidos, que fizeram e marcaram positivamente a nossa época. O Papa João XXIII, o chamado Papa Bom, renovou e aprofundou a caminhada da igreja e de toda a sociedade pela convocação do famoso Concílio Vaticano II, o qual nos anos de 1962 e 1965 reuniu em Roma todos os bispos do mundo e vários representantes religiosos, para muitas temáticas humanas e sociais. Deste

encontro resultou os Documentos do Vaticano II, os quais ainda hoje orientam os caminhos eclesiais e humanos. Estes documentos são referências para toda a humanidade. Até eu pude ver o Papa João Paulo II, agora santo. Ele visitou o Brasil três vezes. Em famosa viagem de 1980, depois voltou em 1991, quando eu era já missionário em Foz de Iguaçu, na antiga Paróquia de São José Operário, e esteve em São Paulo para o Congresso Mundial das Famílias, em 1997. Numa ocasião, o Papa João Paulo II gritou “O Brasil precisa de santos! O Brasil precisa de santos!”. De fato de uns vinte anos para cá o povo brasileiros pode rezar e seguir o exemplo da Madre Paulina, santa catarinense, e de um santo franciscano como o Frei Galvão. Isso é muito bom! Não para exaltar humanos. Mas para enaltecer a obra de Deus nas pessoas. Nós somos batizados. Somos cristãos comprometidos. Somos chamados a imitar a bondade de Deus, como dizia Santa Júlia. Lembramos também a todos os camponovenses de rezar pela canonização do bem-aventurado Bispo Fundador, João Batista Scalabrini. No dia 24 de junho próximo e dois dias antes, como já noticiou o Pároco Padre Alcides Angonese, a

comunidade irá festejar o Padroeiro São João Batista. Muitas e bonitas iniciativas estão sendo encaminhadas. Sem dúvida, esta festa já está bem presente no coração de cada um de nos, porque marca a história do município a qual é feita por pioneiros. São João Batista foi pioneiro e precursor da vinda do Senhor Jesus, nosso Salvador. É o último dos profetas que anunciou a vinda do Salvador. O Batista batizava no Rio Jordão para um chamamento de conversão a todos em vista da urgência e chegada próxima do Reino de Deus agora presente no Filho Jesus. Ele indica os últimos tempos quando o ser humano assume sua vocação eterna. Somos feitos para Deus e não para coisas terrenas passageiras. Vamos refletir sobre: Qual é o meu Deus? O dinheiro. O carro novo. O Batista aconselhava a conversão. Que todo camponovense aproveite este tempo de graça e santidade.

por Padre Luigi Mansi Missionário Scalabriniano

Como participar: Envie artigos com 2600 caracteres (com espaços) para celeiro@brturbo.com.br (com nome completo, profissão, foto e telefone para contato).

O Celeiro EXPEDIENTE

Diretor: Alexandre Alvadi Di Domenico Jornalista responsável: Claudia Mota (DRT/SC 816 JP) Colaboração: Wilson Pereira Junior Assinaturas: Patrícia Aparecida Morais Diagramação/Arte: Wilhiam Rodolfo Peretti Fechamento da edição: às terças-feiras à tarde

FALE CONOSCO

Impressão: Gráfica Araucária/Lages-SC Tiragem 1.500/semana

Redação: celeiro@brturbo.com.br Comercial: oceleirocomercial@gmail.com Financeiro: oceleirofinanceiro@gmail.com

CIRCULAÇÃO Abdon Batista, Brunópolis, Campos Novos, Celso Ramos, Ibiam, Monte Carlo, Vargem e Zortéa.

Fundado em 25 de Junho de 1992 - CNPJ: 12.188.377/0001-03

Associado à Associação Catarinense de Jornais Periodicidade Verificada pela Abrajori Brasília (ACJ) Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense(Acircan) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Fone: (49) 3541-0597

As colunas e artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião do jornal.


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

O Celeiro

O Celeiro 3 Saúde


4

O Celeiro

O Celeiro

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

na Comunidade

Moradores listam problemas no bairro Boa Vista O Celeiro na Comunidade visitou, nos dias 24 e 26 de abril, o bairro Boa Vista (Cohab), e conversou com os moradores sobre os problemas enfrentados na comunidade. Os moradores listaram uma série de reclamações e mostraram à reportagem os lugares mais problemáticos do bairro.

Praça Neste espaço a reclamação feita pelos moradores é o desleixo da administração, que segundo eles, já dura alguns meses. Os brinquedos que ainda restam estão todos quebrados ou faltando peças. Os bancos da praça estão quebrados, além das calçadas ao redor da rua, praticamente todas quebradas. Os moradores reivindicam a restauração total da praça. Segundo Maria Ilse de Souza, a pracinha precisa ser revitalizada. “Seria interessante colocar aparelhos de ginástica. As outras praças têm porque a nossa não pode ter”. De acordo com a moradora, se isso acontecer, será necessário cercar o espaço destinado aos aparelhos e estabelecer horário de funcionamento para evitar depredação por vândalos e

Foto: Wilson Pereira Júnior/O Celeiro


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

usuários de drogas. Como há muitas crianças no bairro, a comunidade solicita à administração do município uma solução o mais breve possível. Etelvina Carvalho estava com seus dois netos na praça ou onde era para ser uma praça. Segundo a moradora, a praça era bem estruturada e bem cuidada, mas foi destruída pelo vandalismo. “A praça precisa ser restaurada, também deveria ser feito um cercado ao redor, seria bom colocar um guarda. Vândalos de todos os bairros vem ao Boa Vista para depredar a praça”. Edison Lauri Menezes tem a mesma opinião. “Não adianta colocar tudo ali na praça se não tiver ninguém que cuide. O certo era fazer uma votação e escolher alguém do bairro que fosse respeitado para cuidar dessa praça”. A moradora Maria Cordeiro também reforçou o posicionamento dos demais moradores. “Se não colocar segurança não adianta nem arrumar o parquinho”. Recentemente, a diretoria da Associação de Moradores do Bairro se reuniu com três vereadores do município: o presidente da Câmara dos Vereadores, Rui Jorge Tomazoni (PMDB), Adavilson Telles (PP) e Dirceu José Kaiper (PMDB). Os moradores cobraram dos vereadores uma postura mais agressiva e com resultados satisfatórios. Os três representantes do legislativo se comprometeram de cobrar em plenário o atendimento das reivindicações da comunidade, disse o vice-presidente da associação, João Machado (Grandão). Os moradores pedem que sejam viabilizadas as melhorias e se instale novos brinquedos no parque e na pracinha, mas reforçam a necessidade de medidas de segurança e proteção para prevenir que a praça seja destruída novamente.

Rua Blumenau Uma das ruas do bairro coleciona problemas. Segundo um dos moradores, a rua já era alta, com a colocação do macadame ficou acima do nível das casas. Quando chove, a água invade a maioria das casas e o Salão da Igreja causando transtornos aos moradores. João Machado afirmou que para o problema ser resolvido é preciso baixar uns 30 cm o nível da rua. Outro problema, é uma araucária com mais de 10 metros de altura que está ameaçando cair. Segundo João, já foi feita solicitação para que a árvore seja derrubada e recolhida. “Os bombeiros vieram aqui, o Ibama, mas nada de cortar a árvore, isso é um grande perigo

para os moradores”. A situação de perigo com a araucária se agravou com uma vala feita para colocar a tubulação de esgoto. As máquinas que trabalharam na abertura para instalar a tubulação retiraram parte da raiz da araucária, o que fez com que a árvore pendesse. Em parte desta mesma vala, o esgoto corre a céu aberto. São 50 metros de vala com mais de dois metros de profundidade que coloca em risco carros, motos e crianças que passam pelo local. Segundo um morador, que prefere não se identificar, os representantes da prefeitura alegam que não tem tubos, por isso a vala está aberta há mais de três meses. O problema com esgoto a céu aberto é verificado, também, nas proximidades do Posto de Saúde. Crianças brincam nas proximidades e correm o risco de contaminação. Na

O Celeiro

Saúde O Celeiro

5

Fotos: Wilson Pereira Júnior/O Celeiro

opinião de Laudelino Santos, o bairro está largado. “Porque eles não cuidam da gente igual cuidam do bairro Nossa Senhora Aparecida”.

Rua João Pinto de Andrade Neste espaço, a primeira impressão é que o lugar é maravilhoso. A rua tem asfalto e casas com muros, mas assim que chove a situação se transforma. Dois proprietários de lotes do começo da rua não aceitaram pagar o asfalto e quando chove forte, a força da água desce pelo muro no final da rua e trás todo o barro e lama para dentro das casas. Maria Ilse de Souza, que integra a diretoria do bairro, alegou que essa situação é

um descaso da prefeitura. “Todos os moradores da rua pagaram pelo asfalto. Por causa de dois moradores que não tinham condições deixaram 15 metros da rua sem asfalto, sem falar que para regularizar os esgotos a prefeitura terá que destruir o asfalto. Muitas pessoas da rua, que não têm condições, têm que pagar um caminhão para desentupir as fossas isso é algo que eles deveriam ver”. Os moradores reivindicam que técnicos da prefeitura levantem as causas do alagamento e resolvam o problema na rua.

Boca de lobo destruída e solicitação de lombada Fotos: Wilson Pereira Júnior/O Celeiro

Na Rua Santa Cecília, os moradores reclamam da velocidade dos veículos no local. Segundo uma moradora, que preferiu não se identificar, a rua tem muitas crianças e como não tem uma pracinha para recreação, acabam brincando na rua mesmo. “Seria interessante colocar uma lombada”, comentou uma das moradoras. Outra situação alarmante são as bocas de lobo. A maioria está com a tampa quebrada, além da sujeira provocada por entulhos. “Como as crianças brincam na rua, o risco de cair dentro de uma boca de lobo é imenso”, comentou o vice-presidente da Associação de Moradores. As bocas de lobo têm quase dois metros de altura e as tampas que não estão abertas estão quebradas. Isso deixa vulneráveis todos que circulam na rua.

Saúde

Mas, nem só de problemas vive o bairro Boa Vista. A maioria dos moradores, que conversaram com a equipe do jornal O Celeiro, elogiou o Posto de Saúde e o médico que atende na unidade. Eles ressaltaram a necessidade de um profissional da área da pediatria. Alguns solicitaram uma farmácia básica no bairro. “Se tivesse uma farmácia básica aqui não precisaríamos nos deslocar até o bairro Aparecida”, comentou uma moradora. Os re-

médios mais procurados são para hipertensão, pois de acordo com moradores, há muitos idosos no bairro.

Bichos Outro problema são as pessoas que vão até o bairro para abandonar animais de estimação, como cachorros e gatos. Para Sandra de Lima deveria haver uma fiscalização para evitar essa prática.


6

Saúde

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

600 pacientes estão cadastrados no Caps de Campos Novos Atendimento é feito pela recomendação de um profissional médico O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Campos Novos, o Caps Vida e Saúde, completa em setembro deste ano 12 anos de funcionamento no município. Com 600 pacientes cadastrados, o centro atende prioritariamente casos de transtornos mentais severos ou persistentes, como psicoses, esquizofrenias, neuroses graves, depressões graves, entre outros diagnósticos e casos de dependência química. Atende, portanto, pessoas que apresentam intenso sofrimento psíquico, que lhes impossibilita de viver e realizar seus projetos de vida. A coordenadora do Caps Vida e Saúde, Luana Lorenzini, explicou que o encaminhamento destes pacientes é feito pela indicação dos profissionais médicos das Estratégias de Saúde da Família (ESF) ou médicos clínicos gerais. “Como chegar até o Caps? É necessário que a pessoa venha encaminhada por um médico de um postinho ou médico clínico geral que vai perceber esse sofrimento na pessoa. A pessoa vem encaminhada, a gente faz a avaliação e, aí sim, ela passa a participar do programa Caps”, contou. Luana Lorenzini explicou que o encaminhamento é necessário porque são vários os níveis de sofrimento psíquico e muitos casos não configuram como um transtorno ou sofrimento mental grave. Depois de iniciado o tratamento no Caps, pela consulta com a médi-

Luana Lorenzini

ca psiquiatra, é que se determina que tipo de atendimento o paciente vai receber. “A médica ou a equipe do Caps vai direcionar o que é necessário para este paciente. Se ele vai consultar de vez em quando ou com frequência, se é necessário o atendimento psicológico, se esse atendimento será individual ou em grupo”. Aos usuários do Caps são oferecidos serviços de acolhimento, triagem e atendimento individual nas áreas de Psiquiatria, Psicologia, Enfermagem e Terapia Ocupacional e são vários os grupos terapêuticos oferecidos no local. Luana esclareceu que funcionam dois programas no centro, o Programa Caps e o Programa de Saúde Mental, que atende os casos mais leves de transtornos mentais. O Caps tem hoje cerca de 600 pacientes cadastrados. Quando há necessidade, se encaminham pacientes com transtornos mentais ou dependentes químicos para internamento, observou a coordenadora, segundo a qual os internamentos acontecem em clínicas para dependentes químicos, como a de Ibicaré, e hospitais psiquiátricos, como o de Curitibanos. Durante a entrevista, destacou-se a importância de se desmistificar o funcionamento do Caps. “A gente está conseguindo cada vez mais falar sobre o Caps, informar o que é o Caps. O Caps é um programa relativamente novo que surgiu em 2000. De início tinha muito preconceito, tinha aquele estigma de quem procurava o Caps era louco. Então, a gente precisa mostrar, sim, para a sociedade que o Caps é um programa que está aberto a ajudar aquela pessoa que apresenta um sofrimento emocional de um nível grave. É um trabalho gratificante porque estamos ajudando várias pessoas a resgatar a motivação pela vida”. Bom também para o município, que tem no Caps uma alternativa de ajudar a população que carece deste atendimento. A maioria dos atendimentos no Caps Vida e Saúde está concentrada entre os adultos, numa faixa etária entre 18 e 40 anos. Adolescentes também são atendidos, em sua maioria dependentes químicos. Luana enfatizou, ainda, que os Caps vieram para permitir que pessoas com algum

Fotos: Wilhiam Peretti/O Celeiro

desequilíbrio mental sejam tratadas dentro do seu convívio social. “Em vez do doente mental ser internado, isolado, ser retirado do seu convício social, o Caps veio para garantir que essa pessoa possa ter o seu tratamento no seio da sociedade, se tratar, recuperar o seu equilíbrio mesmo estando em casa ou no seu convívio social. Existem alguns casos em que é necessário encaminhar para internação”. A equipe do Centro de Atenção Psicossocial é composta por 12 profissionais: serviços gerais, cozinheira, psicóloga, enfer-

meiro, médico clínico geral, médica psiquiatra, terapeuta ocupacional, assistente social, duas técnicas de enfermagem, secretária e técnico administrativo. Todos os grupos terapêuticos funcionam no mesmo espaço. Quando são realizadas festividades comemorativas são utilizados sedes de instituições parcerias. O Caps Vida e Saúde é mantido com recursos do Governo Federal, Governo do Estado e do município.

W

W


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

O Celeiro

Grupo Fidelidade comemora 40 anos

O trabalho dos Alcoólicos Anônimos (AA) em Campos Novos surgiu, em 1974, para ajudar às pessoas a deixar os vícios. Para isso, o Grupo Fidelidade foi fundado no dia 10 de maio. Para comemorar os 40 anos de atividade, o grupo realizou uma confraternização, no domingo (18), para lembrar os bons resultados e das pessoas que tiveram suas vidas transformadas após o ingresso no Fidelidade. A comemoração aconteceu na Capela São Sebastião e reuniu pessoas de municípios vizinhos e do Rio Grande do Sul. Pela manhã, os participantes acom-

7

Saúde

Fotos: Wilson Pereira Júnior/O Celeiro

panharam as palestras de Ageu Couto, do AA de Lages, e do médico Darcy Corrêa. “Faz mais ou menos 30 anos que acompanho o grupo, o comportamento, a atuação e a forma espetacular de como ele se comporta no contexto social do município. Os membros trabalham, de forma multidisciplinar, para auxiliar no combate ao uso de álcool e drogas”, declarou o médico. A medicina tem varias formas para auxiliar os dependentes, a principal delas é ouvir os pacientes e buscar uma alternativa para o seu problema. Segundo Corrêa, conscientizar o paciente sobre a sua dependência

e mostrar que ele precisa tomar uma atitude é o primeiro passo para uma recuperação. “O alcoolismo acaba tendo um comprometimento multissetorial, no aspecto físico, orgânico, social, psicológico e familiar e, tudo isso, acaba influenciando na doença. Então, cada um que consiga contribuir na tentativa de recuperação de um alcoólatra só está fazendo o bem”, afirmou o médico. A diretora do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Comad), Rita Zoldan, deixou uma mensagem aos presentes na confraternização. “A vida é feita de momentos

Estou há 16 anos. Encontrei numa sala do AA a ajuda que precisava. Esse grupo é maravilhoso e tem salvado muitas vidas, inclusive a minha.

Esse grupo é uma benção. Quem inventou isso deveria ser santo. Depois que entrei para o grupo a minha vida melhorou muito e da minha família também.

Estou em constante recuperação, estou há 39 anos sóbrio. Quando cheguei ao AA me deparei com uma mesa comprida com uma flor no meio, pensei eles vão me detonar, mas a primeira frase que ouvi foi: ‘Senhor Mariano, você é a principal pessoa presente nesta sala, estamos aqui para lhe ajudar’. Você entra no AA e passa de um bêbado a um ser humano respeitado.

Diomar Canuto

Orides Alves dos Santos, de Monte Carlo

Mariano de Oliveira, um dos primeiros membros do grupo em Campos Novos

bons e ruins, aproveitem intensamente os bons e estejam realmente unidos, juntos para enfrentar os ruins, assim se constroem uma amizade, uma família e uma sociedade, mas ainda, uma irmandade como é um exemplo para nós, a Irmandade do nosso AA de Campos Novos. Somos todos anjos com uma asa só e podemos voar quando abraçamos uns aos outros”. O AA de Campos Novos funciona toda segunda-feira com reuniões na Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Júlia Billiart, localizada na Avenida Coração de Maria, 438, no bairro Nossa Senhora Aparecida, das 20 às 22 horas.

Depoimentos


8

Segurança O Celeiro Falta de atenção no trânsito está entre as principais causas de acidente no município CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Aproximadamente 400 acidentes de trânsito foram registrados até último domingo (18) Foto: Divulgação/ Blog Oséias Inácio

O que mais preocupa é que a grande maioria dos condutores envolvidos em acidente é do município. A distração é a principal causa. “Estatisticamente falando, 95% dos autores dos acidentes de trânsito não prestam atenção na sinalização”, ressaltou o comandante da PM.

Ainda durante as operações de trânsito, a PM consegue identificar motoristas sem habilitação ou embriagados que também possam se envolver em um acidente. Os horários com mais incidências de acidentes de trânsito no município estão entre às 13h30 e às 18h30.

Veículos rebaixados De acordo com o comandante, após a resolução da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), que autoriza o rebaixamento de veículos, muitos condutores se precipitaram e efetuaram o rebaixamento da

suspensão sem a devida regularidade no documento junto aos órgãos de trânsito. Atitude que, segundo Pedroso, põe em risco a segurança do motorista e dos pedestres.

Rapaz é preso após desacatar e agredir PMs A falta de atenção no trânsito é a principal causa de acidentes em Campos Novos. De acordo com o comando da Polícia Militar, mais de 400 ocorrências já foram registradas este ano no município. Para tentar diminuir esse índice, a PM intensifica as operações de trânsito no perímetro urbano. O comandante da 3ª Companhia do 26° Batalhão de Polícia Militar de Campos No-

vos, Rodrigo Pedroso, afirmou que os números são alarmantes. Aproximadamente 400 acidentes de trânsito foram registrados até último domingo (18), uma média de três acidentes por dia. “A guarnição da PM leva em média 45 minutos para confeccionar um boletim de acidente de trânsito, o que segundo Pedroso, prejudica o auxilio a uma ocorrência mais grave”, explicou.

Um rapaz foi preso na tarde de domingo (18), em Campos Novos, após desacatar policiais militares e resistir à prisão. O fato ocorreu no Conjunto Habitacional Integração. Segundo o sargento da Polícia Militar (PM), Djalma Pacheco, a PM realizava rondas no local, quando avistou um motociclista em atitude suspeita. Ao ser abordado o condutor fugiu e abandonou o veículo. Enquanto a guarnição da PM realizava os procedimentos em relação à motocicleta, um grupo de jovens que estava em um

bar começou a desacatar os PMs. Na tentativa de conter os insultos, um deles foi identificado como Ismael Damasceno de Lima, que resistiu à prisão, agredindo os policiais. Ele ainda danificou uma viatura. Contido, Ismael foi levando à Delegacia para esclarecimentos. Uma adolescente também foi ouvida por desacato e liberada pela Polícia Civil. Três policiais ficaram feridos, um deles sofreu ferimentos no braço esquerdo e foi encaminhado ao hospital.

W


O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Empresarial

9

Quero-Quero se consolida no mercado camponovense Expansão no município garante o destaque na região Há três anos em Campos Novos, as Lojas Quero-Quero registra crescimento expressivo no mercado resultado de uma atenção e serviços especializados ao cliente. De acordo com Ederson Castro, gerente da unidade em Campos Novos, a rede de Lojas se consolidou no município e no estado. O crescimento se expande cada vez mais. “Rede Quero-Quero é natural do Rio Grande do Sul e vem se expandindo no estado de Santa Catarina. Está há 47 anos no mercado e no início ela era uma agropecuária que cresceu e englobou outros setores. Hoje somos uma loja completa de móveis, eletro e material de construção, sendo este a maior ferramenta de vendas”. Em 1997, a empresa entrou no ramo de cartões de crédito e lançou o próprio cartão que pode ser usado em todo o comércio. Era uma empresa familiar até 2008, sendo vendida ao Grupo Adventure, que a administra atualmente. A Rede possui 240 lojas, sendo cerca de 30 em Santa Catarina. Quando se instalou em Campos Novos, em 2011, o objetivo era difundir o nome da empresa, mas os administradores foram surpreendidos com a expansão em resultados e performance de vendas. Na região, são 14 lojas e a de Campos Novos é que apresenta os melhores resultados. “Estamos trabalhando com uma boa postura, fazemos parte de uma rede de 14 lojas, sendo a regional em Lages, a loja de Campos Novos é a que mais apresenta resultado, desempenho de vendas e atendimento diferenciado. Já tivemos oportunidade de promover funcionários daqui e hoje trabalhamos com a valorização junto com a comunidade”, afirmou o gerente. Fotos: Wilhiam Peretti/O Celeiro

Ele citou exemplos da contratação por meio das modalidades do “Jovem Menor Aprendiz” e de Pessoas com Necessidades Especiais (PCD’s). Além destes dois funcionários, a loja Quero -Quero mantém outros 12 colaboradores. A estrutura física compreende em 750m² de loja e 1500m² de estoque, que se renova a cada 30 dias, sendo uma das normativas da rede. Depois que se instalou em Campo Novos, o crescimento foi rápido e os resultados eficazes, propiciando a aberturas de outras lojas da rede nos municípios de Videira, Joaçaba, Caçador, Otacílio Costa e Lages, em 2013. A proposta é que o cliente encontre nas Lojas Quero-Quero tudo que precisa. “Hoje o que queremos é vender a ideia que o cliente encontra tudo o que precisa nas Lojas QueroQuero”, ressaltou. “Hoje, o cliente constrói, mobília, compra eletrodomésticos, faz empréstimos, utiliza o cartão para fazer as compras do mês, seja na Farmácia, Postos de Combustível, Lojas de roupas e Calçados e Oficinas, isso facilita para que ele possa ter tudo, uma solução completa”. Além do cartão Quero-Quero, as lojas trabalham com a opção do crediário com pagamento em carnê. O cliente Quero-Quero também pode pagar com débito em conta. O contato com o cliente é outro diferencial da rede, que investe no relacionamento com a comunidade. “Fazemos parte da comunidade com apoio a eventos e mercado de trabalho. Temos um foco no produtor rural e municípios próximos onde trabalhamos com uma atenção igual ao cliente da loja. No setor de material de construção trabalhamos com projetos que estão à disposição no site, e esses indicamos ao engenheiro, o que chamamos de ‘Minha Casa Fácil’ no qual

Hoje o que queremos é vender a ideia que o cliente encontra tudo o que precisa nas Lojas Quero-Quero. Ederson Castro Gerente das Lojas Quero-Quero Ederson Castro

W

o cliente escolhe o projeto, o engenheiro assina e nós fornecemos o material de construção. Além disso, temos profissionais parceiros em reparos como encanadores, eletricistas, instaladores de pisos, forros, pintores e a mão de obra é feita com pesquisa de mercado para que gere economia”, explicou Ederson Castro. Em material de construção, a loja trabalha com a Gerdau e Votoran, em tintas com as marcas Renner e Coral, eletrodomésticos da Brastemp, Eletroluz e Cônsul e todas as marcas de televisores, celulares, tablets e nootbooks. Ederson Castro citou, ainda, os “Serviços Financeiros” da rede, que contemplam consórcios para motos, carros, eletrodomésticos, material de construção e imóveis. O cliente vai à loja, avalia o crédito, se cadastra e sai com o consócio. O gerente citou as vantagens.

“Vantajoso por não ter taxas de juros e, sim, uma taxa de administração que gira em 0,14% ao mês que é bem mais barato que o juro”. O parcelamento no crediário pode ser feito até 36 vezes. Sobre a aceitação da comunidade camponovense dos serviços e da proposta das Lojas Quero-Quero, Ederson Castro acredita que esta foi a principal razão da expansão em Campos Novos. “Estamos felizes por que os camponovenses e os clientes em geral se acostumaram muito fácil com a maneira de trabalhar da loja, tanto no crediário quanto no cartão, e a vantagem é não precisar ter uma conta em banco para trabalhar com o cartão. Em Campos Novos temos 80 estabelecimentos que aceitam nosso cartão e no estado e outras áreas, isso chega a 115 mil pontos de aceitação”, concluiu o gerente.


10 Política

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

CPI da Habitação tem cinco membros

Na sexta-feira (16), a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Campos Novos anunciaram os nomes dos membros que vão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito n° 01/2014. Foram nomeados os vereadores Dirceu José Kaiper, Irineu Armando Osório Júnior, José Tadeu Guzatti, Nelson Carafa e Ricardo Damásio, conforme indicações das lideranças partidárias. A CPI vai apurar supostas práticas de crimes de corrupção praticado por servidor público na Secretaria de

Foto: Arquivo/O Celeiro

Assistência Social e Habitação, bem como irregularidades na compra de materiais de construção e na aplicação em projeto social de reforma de residências. Em reunião, ontem (21), o grupo escolheu o vereador Nelson Carafa como presidente da CPI e o vereador José Tadeu Guzatti como relator. A próxima reunião será amanhã (23). O grupo terá 120 dias para conclusão das investigações, que pode ser prorrogado por mais 120 dias. Ao final, um relatório deve ser entregue ao Ministério Público.

Titon se licencia do mandato de deputado

Assine O Celeiro _ (49) 3541-0597

O Celeiro

Em nota à imprensa, o deputado estadual Romildo Titon comunica o seu licenciamento do mandato de deputado por um período de 60 dias. Na nota, ele afirma que, neste período, irá se dedicar as pessoas de sua região e a reeleição. Sobre as denúncias de seu envolvimento em atos ilícitos contra a administração pública em licitações de poços artesianos, Titon diz estar no aguardo de que elas sejam recebidas pelo Tribunal de Justiça para que seja provada sua inocência. A seguir a nota na íntegra: “Comunico que estou me licenciando do mandato de deputado por um período de 60 dias. O deputado Joa-

Classificados

Vende-se: Casa na Rua Tancredo Neves, 101 - Centro de Campos Novos. 179m² (suíte, 2 quartos, banheiro social, 2 salas, cozinha, garagem para 3 carros com churrasqueira e área de serviço. Terreno om 360m². Valor: R$ 250.000,00 - Contato: (49) 8811-2922 com Feliciano.

Anuncie aqui por menos de R$ 15,00 POR PUBLICAÇÃO (49) 3541-0597.

1⁰ Bingo Cor de Rosa Local: Salão Paroquial Campos Novos Dia: 24/05/2014 às 20h Prêmio: R$ 1.500,00

res Ponticelli (PP) terá total liberdade na condução dos trabalhos da Casa, o que já vem fazendo. Durante este período vou continuar fazendo aquilo que sempre fiz, que é dar atenção ao povo de minha região, me dedicando as pessoas mais humildes e necessitadas, razão que sempre me moveu durante meus 35 anos de vida pública. E, de cabeça erguida, tranquilo, vou dedicar-me a minha reeleição de deputado estadual. Reafirmo a minha inocência. Fico no aguardo e quero que seja recebida a denúncia pelo Tribunal de Justiça, pois será a única forma de provar que não pratiquei nenhum ato ilícito. Romildo Titon, deputado estadual”

Convite A Administração Municipal convida todos os munícipes para a Audiência Pública, onde será feita a Explanação do Cumprimento das Metas do Primeiro Quadrimestre – 2014. DIA: 29/05/2014 (quinta-feira) HORA: 19 horas LOCAL: Plenário da Câmara Municipal Rua Cel. Lucidoro, 1.301 – Centro – Campos Novos.

Jairo Luft Prefeito Municipal em Exercício

W


Geral 11 Gasparino Zorzi comemora 50 anos e lança a 8ª Sapecada do Pinhão CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

A comunidade escolar comemora, em 2014, os 50 anos de fundação da Escola de Educação Básica Coronel Gasparino Zorzi. Para marcar a data, foi realizada, na noite de quarta-feira (14), uma solenidade com a participação de autoridades locais, ex-diretoras da escola, além dos profissionais da instituição de ensino. Desejando boas-vindas aos convidados, as princesas Odaísa Pereira e Poliana Paza e a rainha da 8ª Sapecada do Pinhão, Letícia Grassmann. Na mesma noite, foi lançada a 8ª Sapecada do Pinhão que, este ano, terá como tema “Educação em Campos Novos” e será realizada no dia 30 de maio. Para preservar a cultura e manter viva a tradição do município de Campos Novos, a escola criou a Sapecada do Pinhão. A festa tem como objetivo preservar a cultura e não deixar no esquecimento fatos importantes para o município. Para diretora da escola, Marilza Dall‘Ogllio é importante que a história seja resgatada. “Essa terra onde estamos hoje eram repletas de araucárias, isso muita gente não sabe, é para isso que existe essa festa para não deixar morrer a história e as tradições”. Ela defende que a população conheça suas origens e a história do lugar em que vive. A Sapecada do Pinhão é realizada pela Comunidade Escolar da Escola Gasparino Zorzi desde 2007, com muitas atividades artísticas, culturais e gastronômicas.

O Celeiro

Fotos: Wilson Júnior/O Celeiro

Diretoras que fizeram parte da escola

Rainhas e princesas da Sapecada


12

Geral

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Plantão de sobreaviso é questionado por moradores A gestão de hospitais e da saúde em pleno século XXI tenta difundir a ideia que as pessoas devem se adequar ao sistema. Ideia ultrapassada, que não se enquadra na atual conjuntura. A ineficiência dos plantões de sobreaviso de uma maneira grosseira e até ofensiva aos direitos do cidadão mostra a lei do mais forte, aproveitando da legalidade para fazer com que os médicos faturem do poder público, sem cumprir o que está no contrato. Toda essa situação veio à tona quando a gestante Ketelen Alves Vieira, grávida de oito meses foi até o Hospital Dr. José Athanázio em busca de atendimento, em meados de abril. Ketelen não sentia seu bebê mexer e mesmo com esse grave sintoma, a médica plantonista não compareceu para lhe atender, deixando a paciente esperando. A profissional de saúde trabalha no sistema de plantão de sobreaviso. Mesmo que o bebê pudesse estar sem vida, não foi qualificado como emergência pela médica de sobreaviso, que na oportunidade prestava atendimento em sua clinica particular, relatou a autora da denúncia. Os plantões de sobreaviso são adotados nos diversos serviços de assistência médica, públicos ou privados, em todo o país. Caracterizam-se pela disponibilidade de especialistas, fora da instituição, alcançáveis quando chamados para atender pacientes que lhes são destinados. Existem normas para esse procedimento. A Resolução do Conselho Federal de Medicina 1.834/2008 em seu art. 1° define como disponibilidade médica em sobreaviso: “a atividade do médico que permanece à disposição da instituição de saúde, de forma não presencial, cumprindo jornada de trabalho preestabelecida, para ser requisitado, quando necessário, por qualquer meio ágil de comuniFoto: Wilhiam Peretti/O Celeiro

cação, devendo ter condições de atendimento presencial quando solicitado em tempo hábil". Tempo hábil, não poderia ser duas horas como esperou a paciente. No entanto o médico "de sobreaviso" está obrigado a se deslocar até o hospital, quando acionado, para atender casos de emergência, realizar cirurgias, procedimentos diagnósticos e internações clínicas, sendo devidamente remunerado, seja pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por convênios em geral ou mesmo por clientes particulares. O que, segundo a paciente, não ocorreu. Ketelen relatou que a profissional de saúde estava atendendo em sua clínica não podendo ir até o hospital, numa emergência, mesmo com um bebê correndo o risco de estar morto, o que a teria a deixado mais preocupada e nervosa. Lembrando que nas unidades de Pronto-Socorro, o atendimento às emergências deve ser previsto e assegurado nas 24 horas do dia, conforme estabelecido na resolução CFM nº 1.451/95. Neste caso, o médico plantonista deveria tê-la atendido.

Fotos: Arquivo/O Celeiro

O que diz a direção do Hospital De acordo com a enfermeira Marliese Da Cass Mecabô, diretora-financeira do hospital, o médico plantonista só atende gestante de até 5 meses. Com mais tempo de gestação e próximo do bebê nascer, as emergências são direcionadas aos especialistas. Conforme a direção do hospital, a gestante chegou e as enfermeiras lhe atenderam, fizeram todo o procedimento padrão, checando os batimentos cardíacos, aferindo a pressão arterial e verificado as condições de saúde do bebê. Após esses procedimentos, a paciente foi levada para uma sala de ob-

As pessoas têm que entender que é assim que funciona, tem que esperar, é o procedimento. Marliese Da Cass Mecabô

servação, juntamente com outra gestante. “Ela não aguardou, foi embora, assim que ela saiu, a doutora chegou”, contou Marliese. Segundo a diretora, a médica que atende as gestantes só vem ao hospital de sobreaviso, é o sistema. “As pessoas têm que entender que é assim que funciona, tem que esperar, é o procedimento. Em caso de emergência, após ser selecionado pela triagem feita por enfermeiras o mais grave passa para o primeiro da fila. Assim que as enfermeiras fazem a triagem é ligado para os médicos virem até o hospital”.

Com a palavra o secretário de Saúde De acordo com secretário de Saúde de Campos Novos, Nelson de Paula, o hospital estava lotado neste dia, mas ele explicou que as enfermeiras verificaram e informaram o quadro clínico da gestante para a médica responsável, que entendeu que não precisaria se deslocar até a instituição naquele momento. O secretario afirmou que o bairro Nossa Senhora Aparecida estava sem médico aumentando o fluxo na emergência do Hospital Dr. José Athanázio. “Se ela fi-

Ketelen Alves Vieira

casse na fila ia esperar mais ainda para ser atendida por isso as enfermeiras atenderam”. O secretário disse que a instituição de saúde conta com quatro obstetras, todos no sistema de sobreaviso. O médico de sobreaviso deverá ser acionado pelo médico plantonista ou por membro da equipe médica da instituição, que informará a gravidade do caso, bem como a urgência e ou emergência do atendimento, e anotará a data e hora desse comunicado no prontuário do paciente.

Foto: Arquivo/O Celeiro

Nelson de Paula

3541-0816 3541-0308

W


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

O Celeiro

Especial 13

Distrito do Ibicuí pede socorro Creche Cebolinha ainda em casa adaptada e Escola José Faria Netto aguarda reforma

Foto: Arquivo/O Celeiro

O Distrito de Ibicuí, localizado a 30 km de Campos Novos, está em estado de abandono. Uma triste realidade se verifica na Escola Estadual Professor José Faria Netto. Quando se chega ao pátio da unidade de ensino, a situação de abandono já é percebida, sem qualquer tipo de proteção ou cerca, a escola está desprotegida. O mato toma conta dos arredores da instituição. As paredes descascadas e vidros sujos são alguns dos problemas vistos a olho nu. Para Cleonice Dias de Souza que tem filhos na escola, “a situação está feia”. Segundo a moradora, a situação da escola é pior que da creche. “Agora a escola, nossa, está muito feia. Aquilo lá está feio, Deus do céu e não tem guarda, antes tinha agora não tem mais. As paredes estão descascando. Meus dois filhos estudam lá e não tem segurança alguma. Eles deveriam dar uma olhadinha por aquela escola”. De acordo com o engenheiro da 8ª Secretaria Desenvolvimento Regional, Renato Dalmolin Dal Bosco, a escola José Faria Netto

Agora a escola, nossa, está muito feia. Aquilo lá está feio, Deus do céu e não tem guarda, antes tinha agora não tem mais. As paredes estão descascando. Meus dois filhos estudam lá e não tem segurança alguma. Eles deveriam dar uma olhadinha por aquela escola. Cleonice Dias de Souza

passará por uma reforma num valor estimado de mais de R$ 500 mil. As melhorais incluem pintura, substituição dos vidros, das cerâmicas, reparos da parte elétrica, estrutura e cobertura. Ainda segundo o engenheiro, será construída uma cerca na escola que é reivindicação dos moradores. A reforma já está em processo de licitação e assim que sair o resultado será assinada a ordem de serviço para execução das melhorias. Mas em função da burocracia e tramites legais, a reforma geral poderá levar meses. Já o secretário da 8ª SDR, Vilibaldo Erich Schmid, anunciou que os recursos para a manutenção da Escola estão garantidos no valor de R$ 87 mil. A verba faz parte de uma primeira etapa de obras licitadas para melhorias nas 16 escolas estaduais de abrangência da oitava Regional, que compreende a autorização de R$ 385 mil, que além da Escola Faria Netto, prevê obras de manutenção nas escolas Augusto Carlos Stefanes, em Brunópolis, na Escola Marino Pisani, em Monte Carlo, e na

Foto: Claudia Mota/O Celeiro

Major Cipriano Rodrigues de Almeida, no município de Zortéa. Com relação à segurança do prédio, o secretario comentou que o estado vem encontrando dificuldade em substituir esses

profissionais que trabalham na zeladoria das escolas. Enquanto as autoridades não resolvem os problemas, quem fica no prejuízo são os moradores.


14 Especial

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Centro de Educação Infantil Cebolinha no aguardo de nova estrutura Outra situação lamentável é a Creche do Ibicuí, o Centro Educação Infantil Cebolinha. O jornal O Celeiro já fez algumas matérias sobre a Creche, a mais recente foi publicada na edição número 2173, de 11 de abril de 2013, que também ressaltava as precárias instalações da unidade que deveria ser provisória. O espaço é pequeno, apertado, impróprio para uma creche e se encontra em condições precárias. As crianças não tem espaço para brincar. De acordo com dona Teresinha Inês Schiirle, de 54 anos, a situação da creche é dramática. “A creche está nessa situação há três anos, mas fazer o que, é o que tem, dizem que vão fazer uma creche para 150 a 180 crianças”. Segundo ela, a prefeitura ganhou um terreno para construir a creche. A moradora salientou que o único problema da creche é a estrutura, porque na sua opinião, as professoras são maravilhosas. “O ensino da creche é muito bom. Graças a Deus as professoras são excelentes. Não tem como reclamar, elas fazem de tudo para nós. Vai melhorar muito quando a creche for no terreno novo”. De acordo com a moradora, prometeram que a creche será construída até o fim do ano. “Não adianta a gente pular por cima deles, porque que eles são maiores que nos”. Segundo Alfredo Antunes, conhecido como Coador, suplente de vereador, o projeto da nova creche está sendo encaminhado. “Essa creche está um tempão para fazer, eu sei, mas

Fotos: Divulgação/O Celeiro

está sendo muito bom para nós que temos nossos filhos aqui. O que seu Nelson (Cruz) diz que ele faz, ele faz, eu acredito”, disse o suplente de vereador que assumiu esta semana uma vaga da Câmara de Vereadores de Campos Novos. Ele fica por 30 dias no mandato. A diretora esclareceu, ainda, que

a obrigatoriedade para o ensino infantil é a partir dos quatro anos. Embora o berçário não seja obrigatório, o município atende a necessidade à medida que há estrutura. Mas a procura é sempre maior que a capacidade suportada pelas escolas do município. A diretora disse ainda que é forneci-

do o material didático necessário e alimentação de qualidade. “Há muito tempo está nessa situação, mas antes não tinha tantos alunos. Não sei quanto pagam de aluguel, a gente sabe quanto vai de alimento, eu sei o que vai de material didático. Não sei nem uma média do que vai de aluguel”. W

W

Os organizadores e a comunidade da Capela Nossa Senhora de Fátima – Vila Fátima – Marondim – Vargem convidam a todos para grandiosa Festa no dia 18 de Maio, com a seguinte programação: 10 horas – Santa Missa com Padre Marcos; 12 horas – Suculento churrasco de gado, leitão, galinha assada, saladas, bolos, cucas e bebidas em geral; 14 horas – Jogos, diversões e logo após grandioso matine animado por Dino & Dinei. Grandioso matibaile no Clube 6 de Março de Vargem dia 18 de Maio. Com início às 20 horas, animado pelo Grupo Candiero. A Comunidade da Capela Santa Rita – Ibicui convida a todos para grande festa dia 18 de Maio. Programação: 10 horas – Santa Missa; 12 horas – Churrasco com bebidas em geral; 15 horas – matine animado pelo Musical Bom Astral. Os festeiros, a diretoria da comunidade e Padre Vigário convidam a todos para grandiosa festa em Honra a Santa Margarida, na Comunidade de Pinhal Preto dia 18 de Maio, com a seguinte programação: 10h 30min – Santa Missa; 12 horas – Suculento churrasco com saladas e bebidas em geral; 14 horas – Início matinezão animado por Super Som Show de Barracão – RS (com entrada franca).

W


O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

da Cultura

O Celeiro

15

ANO 1, EDIÇÃO 09, CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Além do clic “ A fotografia conta histórias de vida e traduz mudanças

É bem amplo o conceito de fotografia. Mas a vejo como uma ferramenta social, ideológica, e filosófica, acho que ela é uma das principais instauradoras de mudança do nosso tempo.

As palavras são do fotógrafo João Paulo Pereira, de 24 anos, entrevistado pelo jornal O Celeiro para falar sobre a relação da fotografia com o mundo, a partir de um movimento cultural. João teve seu primeiro contato com a fotografia aos 18 anos, no curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, ao participar das primeiras aulas de fotografia com o professor Arnaldo Telles Ferreira, em 2008. No mesmo ano, o jovem ingressou em um coletivo, que oferecia fotografias externas como um diferencial na cidade de Capinzal. O

trabalho cresceu em qualidade e reconhecimento e ele integrou a fundação de uma empresa na época, o que o levou a ser fotógrafo no seu dia a dia. Com a fotografia fazendo parte do seu cotidiano, João Paulo entendeu que para desenvolver a atividade teria que aprender a se posicionar em outras áreas e em relação às pessoas. “Eu sempre digo que eu sou um fotógrafo empírico porque com as experiências do dia a dia eu aprendi a lidar com determinadas situações. Desde a parte do atendimento, de você saber se posicionar durante a venda. A fotografia exige certa sensibilidade da pessoa que está a executando. Não é apenas o clic, você precisa interagir com as pessoas”. A fotografia proporcionou ao João Paulo uma maneira de se posicionar diante da sociedade. “A forma como eu vejo a sociedade eu consigo transmitir para os outros por meio das minhas imagens. Aquilo que eu penso nem sempre eu digo com palavras, as minhas imagens dizem muito por mim. Sobre aquilo que eu acredito ou aquilo que eu condeno, por exemplo”. Para o fotógrafo, a arte da imagem por meio da fotografia conta histórias de vida e pode desenvolver a percepção das pessoas sobre vários assuntos. Pode ser considerada ainda uma ferramenta cultural, disse o profissional. “É uma ferramenta de mudanças, pode fazer denúncias, você pode se expressar. A cultura é a forma mais ideal de provocar essas mudanças sociais. E a fotografia é uma forma fácil de você se comunicar com as pessoas”. Com a ascensão das redes sociais e a evolução provocada pela internet, a leitura visual vem ganhando cada vez mais espaço entre os internautas. Há seis anos no mercado da fotografia, João Paulo Pereira voltou a cursar Publicidade e Propaganda e trabalha com fotografia publicitária e fotografia social de eventos e pessoas. Também estudou os registros de casamento, iluminação de estúdio, nu artístico e sensual, moda e diagramação de álbuns. Ele citou as referências culturais como primordiais na construção de um conceito ao trabalho executado. “As referências culturais são muito importantes, videoclipes, livros, músicas. e filmes. Tudo isso acaba contribuindo para você se posicionar, para você agregar um conceito ao trabalho. Então, essas referências culturais são importantes exatamente por isso, para que você saiba que aquilo que você quer dizer realmente está sendo dito, da forma que você deseja”.

Fotos: Divulgação/O Fotógrafo


16 2 SOCIAL

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014 CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Eletrônica Dalmolin premia clientes Para comemorar a nova sede, inaugurada em abril deste ano, a Eletrônica Dalmolin promoveu o sorteio de brindes. Para participar bastava ir até a loja e preencher o cupom. O sorteio aconteceu está semana, os premiados foram Ivanir Cruz da Fonseca (TV 32 polegadas), Waldermar Odorizzi (Parabólica) e Maria Eliza Alves de Deus (Rádio de mesa). Para Luiz Antonio Dalmolin, proprietário da eletônica, a ação foi uma forma de valorização dos clientes e amigos que prestigiam o empreendimento. Durante os três meses da promoção foram preenchidos mais de mil cupons.

Aniversariantes Aniversariantes da semana de 22/5 a 28/5: 22/5 – Manoel Pereira e Marizane Biolchi. 23/5 – Márcio Luiz Biolo, Jacqueline Bortoli e Ediberto Luiz Devilla. 24/5 –Jamile Mansur Elias, Bárbara Tais Pessole, Amelia Walter França, Neiva Martendal e Matheus Henrique Marterelo. 25/5 – Luana Laiz Oneda e Darlan H. Schreiber. 26/5 – Aliane Perin, Cleusa Fátima Cordeiro, Nelci Salete Bobello e José de Oliviera Filho. 27/5 – Angela Andonini. 28/5 – Rita de Cassia Devilla e Silvana Satis.

Publicações Legais? Faça um orçamento conosco: (49) 3541-0597

W

EXPEDIENTE

O Celeiro

da

Cultura

Edição: Claudia Mota - Diagramação: Wilhiam Rodolfo Peretti Rua: Marechal Deodoro, 335, Centro – Campos Novos – SC, Fone: (49) 3541-0597

Envie sugestões de pautas pelo e-mail: celeiro@brturbo.com.br


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014 CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Fotografia autoral Foto: Divulgação/O Fotógrafo

17 3

O Celeiro João descreveu seu gosto pela fotografia autoral. É aquela que não foi encomendada por ninguém, não tem valor comercial, mas que representa a ideologia do autor. Para

ele, trabalhar com esta modalidade complementa o que vê na fotografia, não só pelo valor comercial, mas pelo poder de propiciar uma reflexão da condição humana.

Fotografia e ação social Dentro desta percepção cultural proporcionada pela fotografia, o fotógrafo João Paulo também desenvolve, em Campos Novos, uma oficina de fotografia com os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Júlia Billiart, no bairro Nossa Senhora Aparecida. Trata-se de uma oficina de fotografia viabilizada pelo Programa Mais Educação, do Governo Federal. As aulas são oferecidas todas as segundas-feiras, das 8h às 16h. A ação abrange 100 alunos, de 7 a 14 anos, que estão sendo apresentados ao mundo da fotografia. A proposta é despertar o censo crítico destas crianças e adolescentes por meio da fotografia. “Exatamente por conta desta ferramenta sócio-cultural que ela é. Meu trabalho é criar na escola um perfil de aluno crítico, pensador. Não é criar apenas um perfil de fotógrafo que vê uma bela imagem e registra. Essa imagem tem que ser pensada, tem que ter um fundamento por trás”, enfatizou. Para João, o trabalho é desafiador em função da diferença

da faixa etária, mas compensador à medida que ele também aprende com o que é registrado pelos alunos. A oficina teve início no ano passado, mas foi suspensa, sendo retomada no último mês de março com o fotógrafo João Paulo Pereira. Além de levar conhecimento aos estudantes sobre a evolução histórica da fotografia e da câmera fotográfica, a oficina também oferece noções dos gêneros fotográficos, da capacidade de observação, narrativa estética visual da imagem e a linguagem que será abordada. Dentro das atividades, estão previstas a criação da câmera escura para a percepção do princípio da reflexão da luz, os processos de revelação e outras orientações. Para o segundo semestre, a proposta do profissional é dividir os alunos em duas turmas para facilitar o aprendizado. No fim do ano, uma mostra será montada com as fotografias dos alunos.

Foto: Wilhiam Peretti/O Celeiro

“O Fotógrafo” e uma das turmas da oficina na escola Santa Julia Billiart

Horóscopo Áries 20/03 a 20/04 Se está só, você deve movimentar sua vida social. Na vida a dois, terá o apoio que sempre quis. No trabalho, um estado de espírito mais sociável tomará conta de você. Divida os seus afazeres e irá melhorar a qualidade do seu trabalho.

Leão 21/07 a 22/08 Se quer uma paixão duradoura, ouça os segredos que o seu coração revelar. Tem um par? O período não poderia ser mais estimulante. No trabalho, tente se adaptar as situações sem criar caso. Se estiver atenta, perceberá quem são seus aliados.

Sagitário 22/11 a 21/12 Estará mais segura, favorecendo a sintonia com quem ama. Mas divergências não estão descartadas. Lembre-se: não convém insistir numa relação desgastada. Concentre-se no seu trabalho e esqueça as fofocas. Vai se dar melhor trabalhando sozinha.

João Bidu

Touro 21/04 a 20/05 Concessões podem ser exigidas de ambos na vida amorosa. A intimidade será gratificante, mas não deixe assuntos externos interferirem na harmonia conjugal. No trabalho, não delegue aos outros o que é da sua responsabilidade.

Virgem 23/07 a 22/09 Não descarte aborrecimentos com assuntos rotineiros da relação. Talvez tenha que se dedicar um pouco mais ao romance. A vida íntima recebe boas vibrações. No trabalho, tente manter a rotina e cumprir com as suas obrigações na medida do possível.

Capricórnio 22/12 a 20/01 O ciúme será o maior inimigo da sua felicidade. Tenha cautela com cobranças. Há enormes chances de fazerem as pazes. Aproveite! No serviço, tente terminar o que já começou. Sua habilidade para lidar com dinheiro estará em evidência.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Passeio, viagem, excursão ou coisas que fizer fora da sua rotina serão como chamarizes para o flerte e também pode servir de estímulo ao romance. No trabalho, em vez de ficar sonhando com coisas que estão fora de alcance, dê mais valor à sua volta.

Libra 23/09 a 22/10 Os ventos sopram a seu favor nos assuntos do coração. Aproveite a fase para se divertir a dois ou para paquerar, se estiver só. Favorecidas as atividades com as quais se identifica. Agarre a chance de ganhar dinheiro com um hobby.

Aquário 21/01 a 18/02 Na conquista, uma pessoa mais velha pode mexer com seu coração. Na vida a dois, uma viagem pode servir de estímulo ao romance. No serviço, é hora de dar duro para conseguir o que quer. Questão ligada à casa ou à família poderá ser resolvida.

Câncer 21/06 a 21/07 Evite se distanciar de sua cara-metade e não alimente incertezas. Mais do que nunca, as bases para uma relação feliz serão a confiança e a sinceridade. Forte erotismo. Mudanças irão concorrer a seu favor no trabalho.

Escorpião 23/10 a 21/11 Pode haver brigas no romance, no entanto, a reconciliação será deliciosa. Aproveite esse momento para defender sua privacidade e ficar bem juntinho de quem ama. No trabalho, o desejo de levar adiante seus propósitos contará pontos a seu favor.

Peixes 19/02 a 19/03 É bom manter aquilo que acontece entre você e seu par em segredo. Ouça sua intuição. Entre quatro paredes, o clima será dos mais excitantes. Evite forçar o seu ritmo de trabalho. As atividades que exijam concentração são as mais favorecidas.


18 4

Variedades O Celeiro

Fotografia Foto da Semana

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014 CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Cinema

12 Anos de Escravidão Foto: Wilhiam Peretti

1841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), que, cada um à sua maneira, explora seus serviços.

Sessões

uGodzilla - 2D - Legendado Quarta : 16:00 uO Espetacular Homem-Aranha 2 3D - Dublado Todos os Dias : 18:00 - 21:00 uO Espetacular Homem-Aranha 2 3D - Dublado Todos os Dias : 20:20

VIDEIRA - Videira Shoping uRio 2 - 3D - Dublado Sábado, Domingo : 15:40 uGodzilla - 3D - Dublado Qui. Sex.Seg,Ter : 16:00 - 18:40 - 21:15 Sábado, Domingo: 16:00 - 18:40 - 21:15

Os canteiros feitos na rua Coronel Farrapo, trecho próximo ao bairro Nossa Senhora Aparecida, chamam atenção de quem passa, causam dificuldades para o estacionamento de veículos e atrapalham os motoristas que transitam na via, fazendo com que alguns até mudem a direção para desviar do canteiro.

Nossa História em fotos

Foto: Benito Zandoná

Fone: 3541-0034 LAGES - Arcoíris Serra uO Espetacular Homem-Aranha 2 - A Ameaça de Electro Quartas às 13h30, 16h10, 18h50 e 21h30. uDivergente Quartas às e 21h00. uS.O.S Mulheres ao Mar Quartas às 15h00, 17h00 e 19h00.

Livro Seja ao candidatar-se a um novo emprego, buscar apoio para fobias ou compulsões, receber orientação sobre como melhorar o desempenho dos filhos na escola, a aplicação dos estudos da psicologia acompanham decisões e comportamentos a todo momento. Apesar disto, esta ciência ainda é uma área do conhecimento misteriosa para muitas pessoas. Muito além dos estudos de Freud e Jung, “O livro da psicologia” (Editora Globo, 2012, 352 páginas) traz um panorama completo e detalhado sobre essa ciência da mente e do comportamento. Nele, a psicologia é abordada a partir de suas raízes filosóficas (desde as reflexões feitas por Descartes, ponto de partida da noção fundamental de subjetividade) e fisiológicas (com destaque para o neurologista francês Jean-Martin Charcot e seu diagnóstico dos mecanismos causadores da histeria). O entrelaçar dessas duas áreas permitiu que, em 1879, fosse dado o primeiro passo para a constituição da psicologia como ciência por meio da criação por Wilhelm Wundt do primeiro laboratório de psicologia experimental na Universidade de Leipzig, na Alemanha. (Livrarias Curitiba).

Armandinho Década de 70, Padre Quintílio com suas secretarias Estela Zoldan e Elide Jacomel, em frente o antigo Colégio São João Batista, atual Prefeitura de Campos Novos.

Receita da semana Pizza de Liquidificador Tempo de preparo: 1h Rendimento: 15 porções

Ingredientes • 2 ovos • 1 colher (chá) de sal • 1/2 xícara(chá) de queijo ralado • 5 colheres (sopa) de óleo de soja • 100 ml de leite • 1/2 xícara de amido de milho • 1 xícara de farinha de trigo • 1 colher (chá) de fermento e pó químico Cobertura: • 2 tomates (médios) cortados em fatias • Sal e orégano a gosto • 200 g de queijo mussarela em fatias • 200 g de presunto em fatias

Modo de Preparo Massa: Em um recipiente adicione todos os ingredientes na ordem descrita e mexa bem. Espalhe a massa em uma assadeira redonda e untada. Leve ao forno (temperatura média) por aproximadamente 15 minutos. Cobertura: Coloque as fatias dos tomates sobre a massa e tempere com sal e orégano. Cubra com fatias de queijo e presunto. Leve ao forno (temperatura média) por aproximadamente 10 minutos. Servir. Fonte:Tudo Gostoso


O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

19 Especial 15

Com a palavra a Secretária de Educação e a Diretora de Ensino no Interior A reportagem do jornal O Celeiro questionou a secretária municipal de educação, Rosangela Luft, sobre a situação da creche do Ibicuí e também ouviu a diretora das Escolas de Educação Infantil da Área Rural, a professora Miguela Souza, pedagoga, especialista em gestão educacional e em educação infantil e séries iniciais. A professora responde pelas três unidades de educação infantil do interior, o Centro de Educação Infantil Cebolinha no Ibicuí, o Centro de Educação Infantil Menino Jesus no Bela Vista e Centro de Educação Infantil Pato Donald, em Dal Pai. Na oportunidade, Rosangela confirmou a doação de terreno feita pela empresa Iguaçu para a construção da nova creche no Ibicuí. O projeto, porém, passa por nova análise de orçamento, sem data prevista para licitação. A nova creche prevê a abertura de 120 vagas.

Miguela afirmou que a Creche Cebolinha, antes de ser transferida para a sede do Distrito do Ibicuí, em meados de 2001, funcionava na localidade da Corredeira. O CEI Cebolinha atende 54 crianças e conta com seis professores, três auxiliares de serviços gerais e uma funcionaria efetiva que está fazendo readaptação, em função de problemas de saúde. Os seis professores trabalham com berçários 1 e 2, maternal 1 e 2 e pré-escola 1 e 2. Questionada sobre os problemas na estrutura da creche constatados pelo jornal O Celeiro, como por exemplo o número de vagas no berçário, com cinco vagas e apenas três berços, a diretora esclareceu que não há espaço porque a estrutura da casa não comporta cinco berços. “O que acontece é que é posto colchonete e tem o carrinho. O bebê dorme no carrinho, pois a estrutura da casa não comporta cinco berços, um dorme no carinho e o maior dorme

Fotos: Divulgação/O Celeiro

no colchonete”. O Centro de Educação Infantil funciona em período integral. Também por conta da falta de estrutura, a pré-escola foi dividida

em duas turmas, com 12 alunos no período matutino e 12 alunos no período vespertino. Outras 15 crianças estão na espera por vagas na creche.

ram feitas algumas adaptações de primeiras necessidades, foram construídos banheiros adaptamos, fizemos divisórias, cercas, portão e parquinhos. Dentro das principais necessidades foram feitos investimentos. O valor pago

de aluguel não sei precisar agora”. Segundo Rosangela, a intenção é que a construção da nova creche inicie esse ano, pelo menos esse é o pedido, para que em 2015 o ano letivo já aconteça na nova sede. Embora a estrutura física não seja a adequada, a secretária garante que o trabalho pedagógico não deixa a desejar. “O trabalho feito dentro da escola nós não deixamos nada a desejar, nós fazemos um trabalho fantástico. O trabalho que as educadoras desenvolvem é maravilhoso. Claro que com uma estrutura maior se tem a possibilidade de fazer coisas diferentes. A nossa educação é muito boa, todos os professores estão formados”. A secretária disse ainda que a administração não tem nada a esconder. “Essa é a realidade do Cebolinha hoje, mas nós estamos trabalhando para mudar essa realidade. Essa nova sede vai propiciar essa mudança”.

O novo projeto O projeto do novo CEI para o Distrito do Ibicuí prevê uma área um pouco mais de 600 metros quadrados. De acordo com Miguela, o projeto é um sonho que será concretizado. “O projeto é maravilhoso, esse projeto é um sonho, 5 salas de aula, um Berçário 1 e 2, Maternal 1 e 2, Pré 1 e Pré 2. Sala de recriação, refeitório, sala dos professores, sala de vídeo, lactário, fraldário e solário . Tem o local onde eles fazem o soninho, cozinha, almoxarifado, banheiros adaptados, depósito próximo à cozinha, lavanderia e parquinho”, contou a diretora enquanto mostrava a planta da futura creche. Antes de assumir a Secretaria de Educação do município, Rosangela Luft respondeu pelo ensino infantil em 2009. Rosangela afirmou que na época a creche ainda funcionava numa sala da Escola José Faria Netto, quando foi solicitada uma casa para o funcionamento do Centro Infantil, em função

do aumento da demanda. A ideia era que o centro funcionasse por tempo determinado nesta sede alugada, mas houve demora quanto à regularização do terreno. “Era para ficar pouco tempo. Fo-

W

W

W


20 Geral O Celeiro 16 Adoção: Palestras em Campos Novos promovem a conscientização

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Foto: Claudia Mota/O Celeiro

No próximo domingo, dia 25 de maio, comemora-se o Dia Nacional da Adoção. Instituída em 1996, a data tem por objetivo conscientizar a população e desmistificar o tema. Em Campos Novos, o Grupo de Estudos e Apoio à Adoção Semeando o Amor promoveu duas palestras nesta semana. Na segunda-feira (19), a palestra ocorreu na Escola de Educação Básica Paulo Blasi, direcionada a alunos do do magistério. Na terça-feira (20), a palestra foi realizada, no auditório da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), aos acadêmicos de pedagocia e aberta ao público em geral. A ação marcou a passagem do Dia Nacional da Adoção. A presidente do Grupo Semeando o Amor, a psicóloga Mirian Cestari Niebuhr, entende que a escola está muito pró-

Como é que eu estabeleço com uma criança um vínculo de afeto respeitando as diferenças dessa criança, fazendo com que se sinta pertencente a essa família. E essa é uma situação que precisa ser pensada e construída ao longo do tempo, ela não vem pronta. Mirian Cestari

xima da família e pode auxiliar neste processo de conscientização evitando alguns equívocos. “Uma coisa importante que a gente vê nas escolas, é que nós temos hoje um novo modelo familiar. É o que chamamos de novo casamento, eu entro no meu casamento com os meus, tu entra com os teus e construímos os nossos. Então, quando a gente vai conversar com as mães e elas dizem: o meu filho vai bem, mas o filho do meu marido... Então, ele não é o filho do meu marido, é o nosso filho. Essa é uma situação que a gente precisa entender. Na escola é o lugar onde as crianças estão e a gente percebe que novas famílias não dão conta de fazer esse processo de adoção com as crianças”. Mirian reforçou que o processo da adoção é um ato legal mas, principalmente, um laço afetivo que se estabelece para toda a vida, uma relação que se constrói todos os dias. “As relações elas se estabelecem, ninguém nasce

gostando. Quando a gente adota um bebê nós temos uma relação de afeto a ser construída. Quando adotamos uma criança mais tarde, o grupo também discute isso, adoção tardia. Ela é fundamental, nós precisamos pensar nisso, crianças maiores que estão precisando de uma família. Como é que eu estabeleço com uma criança um vínculo de afeto respeitando as diferenças dessa criança, fazendo com que se sinta pertencente a essa família. E essa é uma situação que precisa ser pensada e construída ao longo do tempo, ela não vem pronta”. Outra questão importante é que praticamente toda a adoção tem uma situação anterior de abandono, que pode refletir na vida da criança ou adolescente. A psicóloga chama atenção para os cuidados no trato com datas comemorativas na escola, em especial em relação ao Dia das Mães e Dia dos Pais. “O Dia das Mães chegou aí e ainda tem escolas pedindo que

as crianças levem pra escola a foto da mamãe grávida. Nem todas as crianças estiveram naquela família grávida. A favor ou contra, essa não é discussão, mas temos um novo modelo de casamento, que são as relações homoafetivas. A adoção já está sendo pensada para as relações homoafetivas. Pode-se configurar o nome que quiser, mas vão ser dois homens ou duas mulheres tomando conta de uma criança”. Mirian Niebuhr diz ainda que os desafios da família não são apenas em relação à adoção. Ela enfatizou que a sociedade passa por uma crise familiar universal, independentemente de como foi constituída. O Grupo de Estudos e Apoio à Adoção Semeando o Amor funciona desde 2002 em Campos Novos e nasceu da necessidade da troca de informações entre pais adotivos e auxiliar adotantes em processos de adoção. As reuniões acontecem uma vez por mês.

Convidamos para tradicional Festa na Capela Cristo Rei –Gerasul dia 25 -0514, com tradicional almoço, a tarde jogos e diversões com matine com entrada franca, animado pela BANDA ATRAÇÃO. A Comunidade da Pastagem Lebon Régis, tem a honra de convidar o povo em geral para uma grandiosa Festa em louvor ao Divino Espírito Santo e N.Senhora de Fátima dia 08/06/2014 , com procissão-missa, almoço, matiné com coroação da vovó rainha. Participe da tradicional festa em honra S. José, bairro S. José Operário, dia 07 de setembro de 2014, com Santa Missa, almoço tradicional, com jogos e diversões.

Rua: Germano Foppa, 470 - Sala 01 Fone: (49) 3541-0655 - Campos Novos/SC


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

O Celeiro

Geral

17 21

4° Girassol reúne 57 crianças na Paróquia São João Batista Formação cristã é direcionada a crianças entre 7 e 10 anos

A Paróquia São João Batista de Campos Novos (SC) realizou, no último fim de semana, a quarta edição do Girassol, evento anual de formação cristã. Nesta edição se inscreveram 57 crianças, entre 7 e 10 anos, para a formação pelo Movimento Girassol. De acordo com Juliana Savaris, do Grupo de Jovens Água Viva, uma das coordenadoras do curso, a evangelização acontece de uma forma diferente no Girassol, com teatro, palestras e recreação. “Uma vez por ano acontece o curso, é de formação religiosa cristã para as crianças, só que de uma forma diferente. A gente evangeliza com teatro, com brincadeiras e palestrinhas. Eles fazem esse curso num fim de semana”. O 4° Girassol co-

meçou no sábado (17) pela manhã e encerrou no domingo (18), com missa na Igreja Matriz São João Batista, na presença dos familiares dos cursistas. Depois do curso de formação, as crianças permanecem no Movimento Girassol com a perseverança mensal. Um encontro é realizado todo primeiro domingo de cada mês e as crianças do Girassol são responsáveis pela liturgia dessa missa. Cerca de 250 crianças já receberam a formação cristã desde a primeira edição do Girassol. A maior parte permanece no movimento. “Depois que eles fazem o Girassol, no outro ano eles já são trabalhadores. Eles ajudam como jardineiros, que é para cuidar dos nossos girassóis, ajudam como cigarras que são os

Foto: Divulgação/Grupo de Jovens Água Viva

que tocam e cantam, ajudam na recreação e na animação”, ressaltou. Para Juliana, a evangelização das crianças deve começar cedo, época em que possuem coração puro. “As crianças têm um coração mais puro. A importância de apresentar Jesus de uma forma diferente do que eles aprendem em casa, tem que ser agora. Para que eles possam já crescer conhecendo o amor de Deus. Eles vêm de coração aberto, eles não têm maldade, não tem desconfianças”. O Girassol em Campos Novos é desenvolvido pelo Grupo de Jovens Água Viva, com a participação de alguns casais ligados aos participantes do movimento. No segundo sábado de julho, o Grupo de Jovens promove a

tradicional Sopa de Agnoline e nesta oportunidade haverá a apresentação de teatro e outras atrações com as crianças que participam do Girassol. Juliana ressaltou que uma das maiores recompensas do trabalho com o Movimento de Formação Cristã, é trazer e manter a família na igreja.

O Movimento Girassol O girassol movimenta-se direcionado pela luz solar. Da mesma maneira, Jesus é apresentado às crianças como forma de orientação na vida de cada uma delas. “Para podermos ter luz e ter vida nós precisamos de Jesus”, disse a coordenadora. Desta teoria surgiu o nome do Movimento Girassol.


22 Esporte 18

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Campeonato reúne pais e filhos Fotos: Wilson Pereira Júnior/O Celeiro

1ª Rodada – Dia 10/05 – Sábado Hora

Cat.

NP

Equipe A

Equipe B

14:05

S-13

M

ABDON BATISTA

01

X

06

C.M.E CELSO RAMOS

14:40

S-13

M

AUTO POSTO TROPEIRO

03

X

02

ABDONENSE

15:15

S-15

M

ABDONENSE

02

X

06

C.M.E CELSO RAMOS

15:50

S-11

M

MONTE CARLO

03

X

05

ABDON BATISTA

16:25

S-15

M

MONTE CARLO

08

X

01

NOVA MACHADINHO

17:00

S-13

M

MONTE CARLO

00

X

03

PINHEIRO S.E.L

Hora

Cat.

NP

Equipe A

18:00

LIVRE

M

AFI IGUAÇU

02

X

08

Equipe B HEUROS F.C

19:00

VET

M

ADEPAN / SÓ GÁS

05

X

03

E.C. NOVA MACHADINHO

20:00

LIVRE

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

05

X

05

M. OLIVEIRA

21:00

LIVRE

M

RECH TINTAS/CHAP. ROBERTÃO

06

X

02

CANARINHO

22:00

LIVRE

M

C.M.E ERVAL VELHO

02

X

00

J. CELEIRO/SÓ LUZ

2ª Rodada – Dia 14/05 – Quarta-feira Tradicional no calendário esportivo de Campos Novos, o Campeonato de Futsal Taça Rádio Cultura se destaca por envolver toda a comunidade camponovense. Nos dias dos jogos, as quartas e aos sábados, no Ginásio Municipal Humberto Calgaro, o público tem comparecido para torcer pelos times. A competição reúne toda a família e desperta o espírito esportivo nas crianças e adolescentes. Pais e filhos torcem uns pelos outros. Aos pais, o campeonato possibilita ainda o acompanhamento do desenvolvimento dos pequenos e a incentivá-los a cada lance. A cada rodada, os torcedores torcem e estimulam seus times e dão uma mostra do que se espera para os próximos jogos. Muitos ficam apreensivos, outros torcem contra, mas todos só querem ver os gols. O futsal é um jogo muito rápido, em uma partida, segundos podem mudar o placar. Nesta competição já ocorreram mudanças de placar a poucos instantes do fim da partida. Quem ganha com isso é o torcedor que tem diante dos seus olhos um belo espetáculo. Para o jogador do Pinheiros Futebol

Clube, Guiomar da Luz (Alemão), este será um campeonato muito bom, tem equipes muito fortes. Ele também comentou sobre a importância do campeonato para a garotada e para os pais. “O Pinheiros tem uma escolinha, com mais de 280 alunos, nós trabalhamos com as categorias de base, de 4 a 15 anos, e com os atletas de 17 anos”. Na competição, o Pinheiros participa de quase todas as categorias: sub-11, com 2 equipes sub-13 com 2 equipes, na sub-15, no veterano e na livre, categoria em que joga Guiomar da Luz. A Taça Rádio Cultura contempla seis categorias: sub-11, sub-13, sub-15, veterano, livre feminino e livre masculino, sendo a única competição de futsal na região que contempla as categorias de base. No próximo sábado (24), as equipes disputam a quinta rodada a partir das 14h. Ao todo são 16 rodadas na primeira fase. As oitavas de finais acontecerão nos dias 5 e 9 de julho. No dia 12 de julho, as equipes disputam as quartas de finais e no dia 16, as semifinais. A disputa pelo primeiro e terceiro lugares está marcada para o sábado, dia 19 de julho.

Hora

Cat.

NP Equipe A

19:00

LIVRE

M

Equipe B

MEC. E AUTO PEÇAS

04

X

04

COACCER/ TOIGO E FERRARI

GOMES 20:00

VET

M

AUTO ELÉTRICA DEVILA

04

X

03

PNEUCAR

21:00

LIVRE

M

ABDONENSE

01

X

04

CHAPEAÇÃO ASA/ M. ADRIANA

22:00

LIVRE

M

ADEPAN/CN EMBALAGENS

01

X

02

F. OURO VERDE

22:00

LIVRE

M

C.M.E ERVAL VELHO

02

X

00

J. CELEIRO/SÓ LUZ

3ª Rodada – Dia 17/05 – Sábado Hora

Cat.

NP

Equipe A

14:30

S-11

M

PINHEIRO S.E.L

00 X

06

Equipe B

15:05

S-13

M

MONTE CARLO

00 X

01 C.M.E CELSO RAMOS

15:40

S-13

M

ABDON BATISTA

01 X

04

16:15

S-15

M

MONTE CARLO

03 X

03 C.M.E CELSO RAMOS

17:00

S-15

M

NOVA MACHADINHO

00 X

07 MEC. TOIGO DO COWBOY

Hora

Cat.

NP

Equipe A

18:00

Livre

M

AFI IGUAÇU

03

X

04

FOTO ART DIGITAL

19:00

VET

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

02

X

07

PNEUCAR

20:00

LIVRE

M

C.M.E ABDON BATISTA

05

X

06

PINHEIROS F.C.

21:00

Livre

M

MERCADO OLIVEIRA

03

X

01

COACCER/ TOIGO E FERRARI

S.E.L PINHEIRO AUTO POSTO TROPEIRO

Equipe B

4ª Rodada – Dia 21/05 – Quarta-feira Hora Cat.

NP Equipe A

19:00 Livre

M

MEC. E AUTO PEÇAS GOMES

X

Equipe B CHAPEAÇÃO ASA/ M. ADRIANA

20:00 VET

M

E.C. NOVA MACHADINHO

X

PINHEIRO F.C

21:00 LIVRE M

PLANET GAMES/ M. SCHEFFER

X

HEUROS F.C.

22:00 Livre

BADALOS/W.D. COM

X

JORNAL CELEIRO/ SÓ LUZ

M

5ª Rodada – Dia 24/05 – Sábado Hora

Cat.

NP

Equipe A

Equipe B

14:00

S-11

M

ABDON BATISTA

X

S.E.L PINHEIRO

14:35

S-13

M

S.E.L PINHEIRO

X

C.M.E CELSO RAMOS

15:10

S-13

M

ABDONENSE

X

PINHEIRO S.E.L

15:55

S-13

M

ABDON BATISTA

X

MONTE CARLO

16:30

S-15

M

MONTE CARLO

X

ABDONENSE

17:00

S-15

M

NOVA MACHADINHO

X

C.M.E CELSO RAMOS

Hora Cat.

NP Equipe A

18:00

LIVRE

M

PNEUCAR

X

Equipe B CANARINHO

19:00

VET

M

PINHEIRO F.C

X

PNEUCAR

20:00

LIVRE

F

SUP. ATUAL C. VISUAL

X

MENINAS CASTANHEL

21:00

LIVRE

M

COACCER/ TOIGO E FERRARI

X

ABDONENSE

22:00

LIVRE

M

ADEPAN/CN EMBALAGENS

X

RECH TINTAS/CHAP. ROBERTÃO

17:00

S-15

M

NOVA MACHADINHO

X

C.M.E CELSO RAMOS


O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

23 Esporte 19

Tabela do Campeonato de Futsal Taça Rádio Cultura – 2014 Hora

Cat.

NP

Equipe A

19:00

Livre

M

HEUROS F.C.

X

Equipe B

Hora

Cat.

NP

Equipe A

FOTO ART DIGITAL

18:00

Livre

M

ADEPAN/CN EMBALAGENS

X

PNEUCAR

LIVRE

M

AFI IGUAÇU

X

PLANET GAMES/ M. SCHEFFER

Equipe B

20:00

VET

M

ABDON BATISTA

X

PINHEIRO F.C

19:00

21:00

LIVRE

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

ABDONENSE

20:00

LIVRE

F

SUP. ATUAL C. VISUAL

X

PINHEIRO F.C

22:00

Livre

M

MEC. E AUTO PEÇAS GOMES

X

MERCADO OLIVEIRA

21:00

LIVRE

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

COACCER/ TOIGO E FERRARI

22:00

Livre

M

PINHEIRO F.C.

X

JORNAL CELEIRO/ SÓ LUZ

7ª Rodada – Dia 31/05 – Sábado

12ª Rodada – Dia 18/06 – Quarta-feira

Hora

Cat.

NP

Equipe A

13:30

S-11

M

MONTE CARLO

X

PINHEIRO S.E.L

Hora

Cat.

NP Equipe A

14:05

S-13

M

PINHEIRO S.E.L

X

S.E.L PINHEIRO

19:00

VET

M

AUTO ELÉTRICA DEVILA

X

E.C. NOVA MACHADINHO

14:40

S-13

M

ABDON BATISTA

X

ABDONENSE

20:00

VET

M

ADEPAN / SÓ GÁS

X

PINHEIRO F.C

15:15

S-13

M

MONTE CARLO

X

AUTO POSTO TROPEIRO

21:00

LIVRE F

MENINAS CASTANHEL

X

SUP. ATUAL C. VISUAL

15:50

S-15

M

MONTE CARLO

X

S.E.L PINHEIRO

22:00

LIVRE M

BADALOS/W.D. COM

X

PINHEIRO F.C.

16:25

S-15

M

NOVA MACHADINHO

X

ABDONENSE

17:00

S-15

M

C.M.E CELSO RAMOS

X

MEC. TOIGO DO COWBOY

NP

Equipe A

Hora

Cat.

Equipe B

Equipe B

18:00 LIVRE M

C.M.E ABDON BATISTA

X

C.M.E ERVAL VELHO

19:00 LIVRE M

AFI IGUAÇU

X

SER. INTERNACIONAL

20:00 LIVRE M

PLANET GAMES/ M. SCHEFFER

X

FOTO ART DIGITAL

21:00 VET

AUTO ELÉTRICA DEVILA

X

PÉRTILLE TRANSPORTES

MERCADO OLIVEIRA

X

ABDONENSE

M

22:00 LIVRE M

8ª Rodada – Dia 04/06 – Quarta-feira Hora

Cat.

NP

Equipe A

Equipe B

19:00

VET

M

AUTO ELÉTRICA DEVILA

X

ADEPAN / SÓ GÁS

20:00

VET

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

PINHEIRO F.C

21:00

LIVRE

M

BADALOS/W.D. COM

X

C.M.E ERVAL VELHO

22:00

Livre

M

PNEUCAR

X

F. OURO VERDE

9ª Rodada – Dia 07/06 – Sábado Hora

Cat.

NP

Equipe A

Equipe B

14:00

S-11 M

MONTE CARLO

X

S.E.L PINHEIRO

14:35

S-13 M

ABDON BATISTA

X

PINHEIRO S.E.L

15:10

S-13 M

AUTO POSTO TROPEIRO

X

C.M.E CELSO RAMOS

15:55

S-13 M

ABDONENSE

X

S.E.L PINHEIRO

16:30

S-15 M

MONTE CARLO

X

MEC. TOIGO DO COWBOY

17:00

S-15 M

S.E.L PINHEIRO

X

C.M.E CELSO RAMOS Equipe B

Equipe B

13ª Rodada – Dia 21/06 – Sábado Hora

Cat.

NP Equipe A

Equipe B

16:00 S-13 M

ABDON BATISTA

X

S.E.L PINHEIRO

16:40 S-13 M

ABDONENSE

X

C.M.E CELSO RAMOS

17:15 S-15 M

ABDONENSE

X

S.E.L PINHEIRO

Hora

Cat.

NP Equipe A

18:00

Livre

M

PNEUCAR

X

Equipe B RECH TINTAS/CHAP. ROBERTÃO

19:00

LIVRE

M

MEC. E AUTO PEÇAS GOMES

X

ABDONENSE

20:00

VET

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

C.M.E ABDON BATISTA

21:00

VET

M

E.C. NOVA MACHADINHO

X

PNEUCAR

22:00

Livre

M

MERCADO OLIVEIRA

X

CHAPEAÇÃO ASA/ M. ADRIANA

14ª Rodada – Dia 25/06 – Quarta-feira Hora

Cat.

NP

Equipe A

Equipe B

19:00

Livre

M

F. OURO VERDE

X

RECH TINTAS/CHAP. ROBERTÃO

20:00

VET

M

ADEPAN / SÓ GÁS

X

C.M.E ABDON BATISTA

21:00

VET

M

AUTO ELÉTRICA DEVILA

X

PINHEIRO F.C

22:00

LIVRE

M

PLANET GAMES/ M. SCHEFFER

X

SER. INTERNACIONAL

15ª Rodada – Dia 28/06 – Sábado Hora

Cat.

16:00

S-13 M

MONTE CARLO

X

S.E.L PINHEIRO

16:35

S-13 M

PINHEIRO S.E.L

X

AUTO POSTO TROPEIRO

17:15

S-15 M

S.E.L. PINHEIRO

X

MEC. TOIGO DO COWBOY

Hora

Cat.

Hora

Cat.

NP

Equipe A

18:00

Livre

M

COACCER/ TOIGO E FERRARI

X

CHAPEAÇÃO ASA/ M. ADRIANA

19:00

LIVRE

M

F. OURO VERDE

X

CANARINHO

18:00 Livre

20:00

LIVRE

F

MENINAS CASTANHEL

X

PINHEIRO F.C

NP

Equipe A

Equipe B

NP

Equipe A

M

ADEPAN/CN EMBALAGENS

X

CANARINHO

19:00 LIVRE M

C.M.E ABDON BATISTA

X

JORNAL CELEIRO/ SÓ LUZ

E.C. NOVA MACHADINHO

X

C.M.E ABDON BATISTA

21:00

VET

M

AUTO ELÉTRICA DEVILA

X

ABDON BATISTA

20:00 VET

22:00

Livre

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

CHAPEAÇÃO ASA/ M. ADRIANA

21:00 LIVRE F

PINHEIRO F.C

X

SUP. ATUAL C. VISUAL

22:00 Livre

SER. INTERNACIONAL

X

FOTO ART DIGITAL

PINHEIRO F.C.

X

C.M.E ERVAL VELHO

10ª Rodada – Dia 11/06 – Quarta-feira Hora

Cat.

M

Equipe B

M

22:30 LIVRE M

NP

Equipe A

Equipe B

19:00 VET

M

ADEPAN / SÓ GÁS

X

PNEUCAR

20:00 VET

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

E.C. NOVA MACHADINHO

Hora

Cat.

NP

Equipe A

VET

M

PÉRTILLE TRANSPORTES

X

ADEPAN / SÓ GÁS

16ª Rodada – Dia 02/07 – Quarta-feira Equipe B

21:00 LIVRE

M

C.M.E ABDON BATISTA

X

BADALOS/W.D COM.

19:00

22:00 LIVRE

M

HEUROS F.C.

X

SER. INTERNACIONAL

20:00

VET

M

C.M.E ABDON BATISTA

X

PNEUCAR

21:00

LIVRE

F

MENINAS CASTANHEL

X

PINHEIRO F.C

22:00

LIVRE

M

MEC. E AUTO PEÇAS GOMES

X

PÉRTILLE TRANSPORTES

11ª Rodada – 14/06 – Sábado Hora

Cat. NP

Equipe A

14:00

S-11 M

ABDON BATISTA

X

Equipe B PINHEIRO S.E.L

14:35

S-13 M

S.E.L PINHEIRO

X

AUTO POSTO TROPEIRO

15:10

S-13 M

PINHEIRO S.E.L

X

C.M.E CELSO RAMOS

15:55

S-13 M

MONTE CARLO

X

ABDONENSE

16:30

S-15 M

NOVA MACHADINHO

X

S.E.L PINHEIRO

17:00

S-15 M

ABDONENSE

X

MEC. TOIGO DO COWBOY

Oitavas de finais – dias 5 e 9 de julho. Quartas de finais – dia 12 de julho. Semifinais – 16 de julho. Final – dia 19 de julho.


24 Região 20

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Políticos liberam recursos para Celso Ramos

Na semana passada, a Prefeitura de Celso Ramos recebeu um ônibus escolar no valor de R$ 227.780,00 da emenda viabilizada pelo Senador Paulo Bauer, por meio do Plano de Ações Articuladas e um trator agrícola e implementos da emenda parlamentar do de-

putado federal Onofre Agostini, no valor de R$ 146.250,00. O município adquiriu ainda implementos agrícolas pela emenda da deputada Carmem Zanotto no valor de R$ 90.600,00 e contrapartida da prefeitura de R$ 39.6000,00, totalizando R$ 130.200,00.

O município já licitou um caminhão caçamba que será pago com recursos da emenda parlamentar do deputado Celso Maldaner, no valor de R$ 243.750,00 com contrapartida da prefeitura de R$ 14.250,00, totalizando R$ 258.000,00.

Fotos: Divulgação/PMCR

Com recursos próprios, a prefeitura adquiriu um novo carro oficial e conta agora com boa parte da frota renovada. A administração municipal agradece os deputados que estão liberando verbas que serão investidas na educação e a agricultura de Celso Ramos. Fotos: Divulgação/PMCR

uCapacitação

uEsporte

Produtores de Celso Ramos e Abdon Batista receberam orientações sobre padronização, embalagem e processamento de citros, na sexta-feira (16). A capacitação foi realizada numa parceria entre a Secretaria de Agricultura de Celso Ramos, a Cidasc de Celso Ramos e Campos Novos, a Cooperativa dos Citricultores de Celso Ramos (Cocicer) e a Epagri.

A equipe de voleibol feminino de Celso Ramos conquistou na segunda-feira (19), em Monte Carlo, o 1º lugar na etapa microrregional do 30º Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc). A conquista garantiu uma vaga no regional que acontece de 6 a 11 de junho, em Lages.

Celso Ramos está entre os 30 classificados do Prêmio Prefeito Empreendedor O município de Celso Ramos participou da 8ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor, desenvolvido pelo Sebrae/SC, na categoria Pequenos Negócios no Campo. A categoria incentiva aos grupos de agricultores das comunidades, com o fornecimento de má-

quinas agrícolas e equipamentos cedidos em comodato com a prefeitura. O projeto de Celso Ramos foi elogiado pela Comissão de Avaliação do Sebrae. A iniciativa serviu para colocar Celso Ramos na vitrine estadual. Dos 275 municípios, foram es-

colhidos 45 e classificaram-se apenas 30, entre eles, Celso Ramos. Angelir Búrigo, agente de desenvolvimento do Sebrae no município, representa Celso Ramos no evento. O prefeito em exercício, Ildo Pelozato, estava em Brasília, na Marcha dos Prefeitos. Na oportunidade, Peloza-

to apresentou projetos e pedidos. No Ministério do Turismo, o pedido foi do Centro de Cultura. No Ministério de Esporte, a solicitação foi para que seja viabilizada a quadra de grama sintética, futebol, vôlei, pista e quiosque para um Centro Esportivo e o Ginásio de Esporte.

(colaboração da Diana M Pelozato Spagnoli, assessora de imprensa da Prefeitura de Celso Ramos)

uZortéa

Policial fala sobre educação no trânsito em Zortéa “Educação no Trânsito e na Vida”. Este foi o tema da palestra com o policial Darlei Pelizzara aos alunos e professores do ensino fundamental do sexto ao oitavo ano, do Grupo Escolar Municipal Horizonte Núcleo II, do município de Zortéa. A palestra aconteceu no auditório da escola no dia 7 de maio. A palestra foi solicitada pela direção da escola depois de observar o perigo que os estudantes correm, principalmente nos horários de saída das aulas. Quando

não utilizam as calçadas e caminham pelo meio da rua. Além de trazer um conteúdo rico em informações sobre o trânsito, o palestrante deu um depoimento pessoal sobre a importância da educação para a vida, os direitos e deveres dos jovens. Para o policial que vive o dia a dia do trânsito, é importante desenvolver hábitos preventivos quanto aos cuidados na circulação em vias públicas e o uso correto das calçadas pelos pedestres. “Educação no trânsito é im-

portante, pois temos o equivocado pensamento que acidentes sempre acontecem com os outros, até o dia em que acontece com alguém da nossa família”, alertou o policial. Na palestra também foi abordado a autoestima e educação disciplinar no ambiente escolar e familiar. “Alguns alunos estão perdendo valores fundamentais ao bom convívio social, e precisamos resgatar as boas maneiras que deveríamos aprender em casa; porque precisamos estar ciente que o mundo que dei-

xamos para nossos filhos depende muito dos filhos que deixaremos para esse mundo”, ressaltou Darlei Pelizzara. A palestra frisou a questão da discriminação e inclusão no meio, destacando que não somos mais e nem menos, apenas somos diferentes. Também é preciso ter consciência que o maior ensinamento vem do exemplo. O policial fez um questionamento aos pais: Que educação você está passando ao seu filho?

(colaboração de Mário Salguerosa, assessor de imprensa da Prefeitura de Zortéa)

W


O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Direto da Câmara André Panisson, secretário de obras de Brunópolis, participou da sessão da Câmara de Vereadores do município, e na tribuna rebateu as críticas feitas pelos vereadores em sessões anteriores, quanto ao andamento das obras no município. Disse

Quem disse o que na tribuna Ademar Carlos Patel (PMDB) Quanto a visita do pessoal da Secretaria de Obras, disse que é importante eles acompanharem o trabalho dos vereadores, pois muitas vezes chegam até eles fatos distorcidos, de que o vereador denuncia ou não deixa fazer, mas na verdade o vereador é o que mais recebe pedidos da população e o que menos tem o poder de fazer. Ele é pago para fiscalizar e fazer pedidos. Disse que já fez vários pedidos, solicitando ao prefeito a Reforma Administrativa, começando pelo salário de todos os servidores da prefeitura, inclusive o pessoal que mais trabalha no pesado, que são da Secretaria de Obras. Relatou que mês passado todos tiveram a reposição salarial que foi de 5,75%, que foi a perca inflacionária obrigatória por Lei. Então, disse que os vereadores encaminharam um ofício ao prefeito pedindo um aumento real aos servidores e também a Reforma Administrativa. Falou que a Secretaria de Obras é uma das piores secretarias para se trabalhar, pois hoje é feito o serviço, amanhã chove e estraga tudo o que foi feito. Disse que o secretário deve aproveitar as críticas para melhorar e entender que se no passado alguém perseguiu pessoas, é o momento de quem está no poder hoje, tentar reverter e mostrar que faz diferente. Não fazer igual e nem pior, tentar melhorar. Disse que pode melhorar e pediu que o secretário venha várias vezes na Câmara. Que alguma coisa está errada, pois a maioria dos pedidos dos vereadores não é atendida. Que os vereadores continuarão cobrando, pois se os serviços acontecem, quem fica contente é o agricultor que paga seus impostos. Disse que a estrada que foi feita ficou um trabalho muito bom, mas a questão foi que a estrada foi feita num período de colheita, onde vários agricultores solicitavam reparos em suas entradas de lavouras e não conseguiram o serviço por este motivo. Que ninguém está questionando o trabalho, mas o momento que ele foi feito. No auge das colheitas, que seja atendido no geral e depois que acabar aí sim continua fazendo por localidade. Disse que essa ideia já foi cogitada por ele e que é boa, mas no momento certo. Disse que quando for atendido com certeza vai agradecer a secretaria pelo serviço prestado.

Vilmar May (PMDB)

Disse que os vereadores estão na

Região

21 25

Brunópolis

que os trabalhos são realizados conforme a disponibilidade das máquinas e que os serviços nunca estiveram parados. O secretário explicou que todas as indicações, primeiramente chegam ao prefeito e que

este repassa a ele os pedidos. Disse que estão trabalhando por comunidade e fazendo o que é pedido naquela região. Ele argumentou que o maquinário é bom, mas que não consegue fazer ao mesmo tempo nos quatro cantos do município. A prioridade,

segundo o secretário, tem sido as estradas gerais, que passam o transporte escolar e ambulância. Ele pediu aos vereadores que acompanhem os trabalhos da Secretaria de Obras e pediu paciência aos vereadores para que as coisas sejam bem feitas.

Câmara para aprovar os Projetos e Leis, fiscalizar o Executivo e fazer os pedidos do povo, mas as obras são o secretário e o prefeito que fazem. E se eles não fazem os serviços, os vereadores não podem fazer.

que trabalhando eles estão, pois vê o secretário e o pessoal na estrada, mas que poderia haver um planejamento mais amplo na pasta, onde os pedidos poderiam ser agendados e tentar atender as indicações dos vereadores, que são muito cobrados. Um exemplo, é o pedido das caçambas de terra para o Marciano na Rua 29, que a cada ligação que ele me faz, eu ligo para o secretário e repasso o pedido. Disse que o secretário de obras é cobrado e os vereadores também são. Que ambos têm o nome público, assim como o prefeito e o vice. E que sabe que muitas pessoas criticam ambos muitas vezes sem dever, mas que devem tentar trabalhar de maneira mais agendada. Disse que sabe que existem muitos pedidos a Secretaria de Obras, mas que atendendo aos vereadores, estará atendendo a população. Disse que cada vereador é líder de uma bancada e cada um representa uma grande quantidade de pessoas. Então, se o vereador pede é para defender o povo. Falou que fez muitos pedidos, mas que não sabe o motivo de pouco ser atendido e que fica sentido com isso. Pediu que seja feita uma subsecretaria ou uma diretoria para trabalhar em ambos lugares ao mesmo tempo, pois enquanto um trabalha ficado numa região o outro pode ficar atendendo as emergências que surgem. Disse que sabe que o secretário de obras é o mais cobrado, pois de seis indicações apresentadas hoje, todas foram para esta secretaria. Então pede que não leve a mal os vereadores pela cobrança. Quanto ao salário de vereador, comentado pelo secretário, disse que esse aumento não foi pedido para o vereador, que ganha R$ 1.500,00, para o secretário que ganha R$ 2.800,00, para o vice-prefeito que ganha R$ 5.000,00 ou para o prefeito que ganha R$ 10.000,00.

essa diferença. Relatou que cobra bastante, mas quando algum serviço é atendido, também sabe elogiar e agradecer na tribuna. Pediu que o secretário olhe com carinho a indicação que fez sobre o reparo nas ruas da cidade, patrolar e passar rolo, pois tem muitas ruas com bastante buracos, como por exemplo a rua da lavação. E quem tem a rua calçada, está bem, mas o restante das ruas está muito ruim.

Valter da Silva (PMDB) Disse que é importante a presença do secretário nas sessões, pois assim, ele pode acompanhar os pedidos dos vereadores, que apenas repassam o que o povo pede. Disse que é muito bom o secretário vir, mas para falar do que fez e não se defender dos vereadores que pedem os serviços e ele não atende. Que o secretário veio hoje apenas para se defender e não para apresentar uma obra que fez. Disse que não fazer sua estrada é uma perseguição política. Falou que quando for atendido, vai elogiar e parabenizar, mas por enquanto vai continuar cobrando. Que os funcionários das obras são pessoas trabalhadoras e que onde o secretário manda, eles vão fazer o serviço, mas onde não manda, jamais eles desobedecer. Que os funcionários das obras devem vir um dia na Câmara para solicitar um aumento de salário, pois tem pessoas que ganham R$ 2.000,00 ou R$ 3.000,00 e não fazem a terça parte que esses trabalhadores. Pediu novamente ao secretário de obras que faça os reparos em sua estrada, pois caso contrário, vai levar seu pai com 91 anos e sua mãe cadeirante em Campos Novos e vai denunciar ao Ministério Público.

Adnilson Miguel Weber (PMDB) Disse inicialmente ao secretário de obras, que se não for para estar na tribuna cobrando o que o povo pede, apenas vem assinar a lista de presença, votar os projetos e volta para casa. Disse que está aqui para cobrar o que o povo cobrou em campanha e o que ainda continuam pedindo. Disse que a maioria dos pedidos é com relação às estradas. E que o secretário de obras é o mais cobrado dos secretários. Que entende que não é fácil atender a todos rapidamente, mas que vai continuar fazendo suas indicações. Afirmou que quando for atendido será o primeiro a elogiar e agradecer, mas que de todas as indicações que fez até agora, poucas foram atendidas. Pediu que o secretário que esteja mais vezes na Câmara, pois se afastou e tem olhado os vereadores como adversários.

Éder Rodrigo Scolari (PSD)

Quanto a Secretaria de Obras, disse W

Ivo Kern (PSD) Iniciou dizendo que cobra do secretário porque também é cobrado. E que gostaria que ele estivesse uma dia em sua casa para ver quantos pedidos são feito num único dia. Que alguns entendem a demora, mas muitos não entendem. Disse que quando o tempo está chuvoso, concorda que não é possível realizar os serviços, mas quando o tempo está bom, dá para fazer. Pediu que atenta pelo menos a metade e as cobranças da Câmara irão diminuir. Disse que na campanha foi corrido atrás para fazer a diferença e conseguiram, pois a diferença foi grande, então devem mostrar W

Olívio Tormen (PSD) Também aproveitando a presença do secretário de obras e pediu que assim que passar com a patrola por sua estrada, que dê uma patrolada, pois são 200 metros de estrada e não está em boas condições.

Ademir May (PDT) Pediu ao secretário que venha mais vezes na Câmara para ver o que cada vereador pede, pois também são muito cobrados pelo povo. Lembrou que na gestão passada seus pedidos foram todos engavetados. Disse que o secretário está trabalhando quando o tempo colabora e não está chovendo e os funcionários estão trabalhando. Agradeceu ao secretário pelos serviços que tem atendido e que continue fazendo.

Vilson Nicolau Becker (PP) Iniciou dizendo que talvez a culpa não seja do secretário e sim do prefeito, que não repassa os pedidos. Disse que se elegeu para ajudar o povo, pois não sobrevive de política. Disse que fez um pedido várias vezes para instalação de água para o Ernani, abrir um valo e levar água até sua casa. Já faz seis meses e até hoje não foi feito. Disse que não está na Câmara para criticar nenhum secretário, mas depois que a Secretaria de Agricultura se juntou a de Obras, para trabalharem juntas, o senhor Willi não fez mais nada. Lembrou que no ano passado pedia a ele um serviço e em três dias ele atendia, mas depois da junção de secretarias, não deu mais certo. O prefeito Ademil, em um ano e meio, atendeu uma indicação das 35 que fez. O secretário de obras disse que as secretarias não estão juntas, apenas estão trabalhando unidas e quando um precisar do outro, se ajudam. Falou também que o Secretário de Agricultura não está fazendo as coisas porque sua retroescavadeira faz 90 dias que está na oficina. E que foi emprestado uma retro da Secretaria de Obras por 60 dias para que ele adiante os serviços.


26 22

Região

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Lei municipal garante apoio da prefeitura aos acadêmicos de Vargem Recursos são repassados à Associação Vargense de Acadêmicos Sem fins lucrativos, a Associação Vargense de Acadêmicos (AVA) foi fundada em 3 de janeiro de 2009. A AVA visa de forma prática organizar os acadêmicos e tornar possível seu deslocamento entre o município de Vargem e os municípios onde se encontram as instituições de ensino superior. De acordo com Fernando Girardi, presidente da AVA, a associação conta com 59 membros que frequentam vários cursos superiores da região, como a Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), a Universidade do Contestado (UnC), o Centro Universitário Leonardo da Vinci (Uniasselvi), a Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) e a Universidade Norte do Paraná (Unopar). Os campi, que se localizam em cidades próximas, incluem os presentes em Campos Novos, Lages e Curitibanos, nos quais os acadêmicos estão matriculados em cursos como Administração, Agronomia, Pedagogia, Recursos Humanos, Gestão Ambiental, Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico em Enfermagem. O papel da associação é bem importante e com resultados bem positivos no município. Já há, por exemplo, acadêmicos formados

Foto: Divulgação/PMV

que estão atuando em Vargem. “A maioria dos associados, mesmo que não formados, já possuem vínculo empregatício e atuam na área de estudo que escolheram. Citamos como exemplo as pedagogas Isaura Dalcanalle, Cássia Carlesso, Tânia Carlesso, Luciane Saurin e o aca-

dêmico do curso de Agronomia Marciano Rode, que atua no núcleo da Epagri do município”. Como incentivo a esses acadêmicos, a administração municipal de Vargem firmou convênio com a AVA por meio da Lei Municipal nº 667/1014, de março de 2014. A lei estabelece

o repasse de subvenção social no valor de R$ 55 mil anuais (11 parcelas de R$ 5 mil/mês), explicou o presidente da associação. Os recursos são destinados à ajuda de custo com despesas provenientes do transporte dos acadêmicos do município de Vargem que se propõe a cursar ensino superior e/ou técnico em polos de educação de municípios vizinhos. “Essa subvenção social concedida pela Prefeitura de Vargem é de suma importância para que muitos cidadãos vargenses consigam melhorar a condição de vida da sua família, usando como instrumento o investimento em educação de qualidade. A AVA foi criada com o objetivo nobre de possibilitar ao cidadão vargense adquirir conhecimento e ampliar sua visão do mundo, de se aperfeiçoar como profissional e ser humano”, ressaltou Fernando Girardi, para quem a associação “é norteada pela certeza de que a educação é a base solida para o desenvolvimento humano do individuo e parte vital na formação de uma sociedade justa”. Por fim, o presidente da associação declarou que o comprometimento do poder público deve ser visto como vital ao desenvolvimento de um município forte e bem estruturado.

Curso de formação de agentes comunitários de Saúde Foto: Divulgação/PMV

Agentes do município de Vargem participam de curso de formação inicial de agente comunitária de saúde. A capacitação acontece por meio da Gerência Regional de Saúde da 8ª Secretaria do Desenvolvimento Regional de Campos Novos, com o suporte da Escola de Formação em Saúde (EFOS). A capacitação teve início no dia 10 de março e encerrará no dia 20 de junho, com formatura prevista para 28 de junho. Além de Vargem, profissionais de outros municípios da Regional também recebem a capacitação. A formação prevê encontros concentrados toda segunda-feira na Gerência Regional de Saúde em Campos Novos, sob a coordenação da gerente regional do setor, Milena Andersen Lopes Becher, sendo trabalhado temas específicos e direcionados a saúde da população, e no restante da semana desenvolvem trabalhos a campo em território de atuação de W

O Celeiro

Classificados Procura-se terreno para arrendar, pronto para plantio, acima de 30 hectares. Pagamento adiantado. Preço a combinar. Tratar pelo telefone (49) 8803-9582.

cada agente com os dados coletados e as entrevistas realizadas. O curso visa à formação inicial de Agentes Comunitários de Saúde para que possam atuar em conjunto com as equipes de profissionais que desenvolvem ações de prevenção de doenças e promoção em saúde. Rosa Maria Machado explicou que a avaliação do curso é mediante os trabalhos realizados e entregues, e o planejamento mensal dos tópicos abordados e encaminhados a Escola de Formação em Saúde. A educação profissional e permanente dos Agentes Comunitários de Saúde ganha relevância na medida em que possibilita a reflexão crítica sobre as práticas e o reconhecimento dos sujeitos como agentes de ação. No final da formação será confeccionado um folder explicativo direcionado à população, com as orientações relacionadas às principais dúvidas levantadas na comunidade.

Errata Na matéria de título “Funasa divulga resultado das análises da água realizadas em Abdon Batista” publicada na página 25, da edição 1328, de 15 de abril de 2014, a frase em destaque, logo abaixo da foto, saiu com um equívoco. Onde se lê: “Estivamos reunidos há alguns dias com representantes da Rio Canoas, que nos garantiram a construção de um novo poço. Com a abertura desta nova fonte, Um retrato da Ditadura Livro “Meu querido Pau-”. Leia-se: “Estivamos reunidos há alguns dias com representantes da Rio Canoas, que nos garantiram a construção de um novo poço. Com a abertura desta nova fonte, esperamos acabar com o problema e distribuir água de qualidade para a população”. A frase foi citada pelo prefeito em exercício Elmar Marino Mecabô. “Aluga-se salas comerciais no centro de Campos Novos. Segundo andar medindo 183,40 m2 e terceiro andar medindo 272,06 m2. Contato com Izilda. Fone: (49) 9900-4511


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Proinfância com bons resultados em Vargem “Um compromisso de todos pela educação”. Assim foi definido o Programa Proinfância pela diretora do Centro de Educação Infantil (CEI) Chapeuzinho Vermelho, de Vargem, Isaura Ramos Dalcanalle. O programa federal é aplicado desde 2013 no município e a intenção é que seja reeditado neste ano de 2014, devido à sua eficiência. O último encontro de capacitação ocorreu em Curitibanos, com o tema principal “Currículo na Educação Infantil”. O evento também abordou a importância das diretrizes de organização do ambiente escolar, no intuito de nortear a educação infantil no processo pedagógico. Participaram do encontro, acompanhadas da secretária de Educação de Vargem, Flávia Antunes, as professoras Jussara Correia e Janice Bortolini, que trabalham com o maternal na escola. De acordo com a diretora do CEI, o programa é articulado com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Esse plano é em benefício das atividades pedagógicas, como é que você vai trabalhar no dia a dia com as crianças. O foco principal é o aluno”. Isaura enfatizou que o Proinfância além de orientar para as atividades pedagógicas, também financia melhorias na escola e

Foto: Wilhiam Peretti/O Celeiro

Jussara Correia (Professora), Isaura Ramos Dalcanalle (Diretora do CEI Chapauzinho Vermelho) e Janice Bortolini (Professora)

De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o governo federal criou o Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância) por considerar que a construção de creches e pré-escolas, bem como a aquisição de equipamentos para a rede física escolar desse nível educacional, é indispensável à melhoria da qualidade da educação.

O programa foi instituído pela Resolução nº 6, de 24 de abril de 2007, e é parte das ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do Ministério da Educação. Seu principal objetivo é prestar assistência financeira aos municípios visando garantir o acesso de crianças a creches e escolas de educação infantil da rede pública. Entre 2007 e 2011, o Proinfância investiu na construção de 2543 escolas, por meio de convênios com os entes federados. A partir

cação Infantil: CEI Chapeuzinho Vermelho, CEI Criança Feliz e Escola Laranjeira. No Ensino Fundamental: Grupo Escolar Padre Alberto

Foto: Divulgação/PMV

Leopoldo Bosing e na Escola Isolada Marodin e no Ensino Médio: na Escola de Ensino Básico Augusto Bresola. As ações foram planejadas e

Alunos do Padre Alberto homenageiam as mães em Vargem O Grupo Escolar Padre Alberto Leopoldo Bosing realizou, na noite de 9 de maio, nas dependências da escola, uma homenagem as mães pelo seu dia para valorizá-las pelo brilhante papel que elas desempenham em acompanhar a educação de seus filhos tanto em casa quanto na escola. Na oportunidade, os alunos fizeram apresentações com a coordenação dos professores. Além das homenagens, houve sorteio de brindes e entrega de boletins. Os brindes sorteados foram arrecadados no comércio em Campos Novos e no próprio município com apoio do prefeito e vice-prefeito de Vargem. Também houve a colaboração dos vereadores, funcionários municipais, professores e outras pessoas

23 27

a construção de novas unidades, destinadas à educação infantil. Para a professora Janice Bortolini, a capacitação sempre é importante no sentido de agregação aos projetos já desenvolvidos na escola. Para a professora Jussara Correia as orientações repassadas nesta capacitação podem ser adaptadas à realidade local de Vargem, em especial as sugestões quanto ao currículo. O CEI Chapeuzinho Vermelho conta com 15 professores e dez turmas com pouco mais de 100 crianças compreendendo no Berçário, Maternal 1, Maternal Integral e Pré-escola 1.

O programa

Escolas de Vargem participam da Semana Saúde na Escola As práticas corporais, atividade física e lazer na perspectiva da cultura de paz e de direitos humanos foram os temas abordados na Semana Saúde na Escola realizada no município de Vargem. A intenção é que a partir das ações desenvolvidas, segundo as coordenadoras do programa Suzana Stefanes e Cristiane Gilioli, a promoção e prevenção de agravos à saúde aproximem as equipes de atenção básica e as equipes das escolas, extrapole o momento da mobilização e faça parte do cotidiano escolar ao longo do ano letivo. As atividades referentes à Semana Saúde na Escola foram desenvolvidas na Edu-

Região

O Celeiro

Foto: Divulgação/PMV

que se dispuseram a ajudar. O evento teve uma participação expressiva das mães. Também estiveram presentes, os alunos, a direção, a secretária de educação do município, professores e funcionários

da escola. Ao final do encontro foi servido um delicioso lanche para comemorar a tão importante data. A direção da escola agradeceu a todos que participaram e colaboraram para o

de 2011, com a inclusão do Programa no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC2), outras 3135 creches e pré-escolas foram apoiadas com recursos federais, totalizando 5678 novas unidades de educação infantil em todo o país. Em 2013 e 2014, o Proinfância teve o desafio de apoiar a construção de mais 3 mil creches e pré-escolas. (Fonte: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) – www.fnde.gov.br)

supervisionadas pela equipe de Saúde e Educação e contou também com o auxílio dos profissionais das instituições de ensino, Viviane Mecabô Giglioli, Lucelene Fagundes Chiochetta, Jorge Fabrício Ribeiro, Tania Flavia Alves dos Reis, Ana Paula Maziero e da Pricila Stefanes. Estas ações de práticas corporais, atividades físicas e lazer são importantes aliadas na promoção à saúde, pois por meio delas é possível proporcionar uma maior afetividade e integração entre as pessoas. Além disso, é possível estabelecer uma relação de melhora nos determinantes biológicos de saúde e no desenvolvimento cognitivo das pessoas.


24 28

Região O Celeiro Asfalto da Barra do Leão já tem quase metade das obras executadas pelo Estado Nesta segunda-feira, 19, o Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Campos Novos, repassou mais um pagamento referente às obras do asfaltamento do trecho que liga a Barra do Leão, em Campos Novos, ao município de Capinzal. As obras já se encon-

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

tram com 48% do total do projeto executado até o momento. Foram pagos, neste início de semana, R$ 429,6 mil. “Entre os dois repasses que o Governo do Estado, pela Secretaria Regional, fez à empresa contratada, a obra já contou com um investimento de mais de R$ 3,1 milhões”, explicou o secretário de desenvolvimento regio-

nal de Campos Novos, Vilibaldo Erich Schmid. O asfaltamento da estrada do Distrito da Barra do Leão é um investimento de mais de R$ 9,4 milhões por parte do Governo do Estado e atende um pedido antigo da comunidade. Este trecho é o principal acesso à comunidade que se destaca como um dos principais pontos

turísticos do município por abrigar o Balneário Termas Leonense e ainda tem importante contribuição para a atividade agropecuária do município. “O ritmo das obras segue normalmente. A expectativa da população da região é muito grande pelos enormes benefícios que esta obra alcançará”, ressaltou o secretário.

Monte Carlo é sede da etapa microrregional dos Jogos Escolares de SC Aconteceu na manhã de segundafeira (19) a abertura da etapa microrregional da 32ª edição dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), com alunos de 12 a 14 anos, na cidade de Monte Carlo. O Ginásio de Esportes Municipal Altair Luiz Gonçalves ficou lotado com a presença das delegações de 16 unidades escolares de sete dos oito municípios que compõem a SDR Campos Novos. Fazem parte das competições unidades escolares estaduais, municipais e privadas da 8ª Regional. Até amanhã (23), Monte Carlo se transforma na sede esportiva da SDR Cam-

pos Novos, já que serão disputadas as modalidades de futsal, voleibol, handebol, badminton, xadrez e tênis de mesa. Em todas as modalidades, os classificados em 1ª lugar garantem uma vaga para a etapa regional do evento que acontece em Lages, de 6 a 10 de junho. A modalidade de atletismo será realizada em Campos Novos, no dia 26 de maio, segunda-feira, no sentido de utilizar a estrutura da pista municipal para as competições. De acordo com o secretário de desenvolvimento regional de Campos Novos, Vilibaldo Erich Schmid, os eventos escolares são de grande valia no sentido que promovem, além da prática das modalidades esportivas, ainda

a integração entre os alunos atletas das diversas cidades da região. “Os eventos escolares são importantes, pois, além de incutir nos adolescentes o belo hábito da prática do esporte, ainda estabelece conceitos como o da importância da participação e espírito de competição e construção de novas amizades”, ressaltou. O prefeito do município de Monte Carlo, Marcos Nei Correa Siqueira, também agradeceu a SDR Campos Novos pela possibilidade de sediar eventos deste porte, no sentido de dar vez aos alunos e as escolas da região. “As vezes os alunos se preparam o ano inteiro para momentos como esse, onde os talentos são mostrados ao grande grupo. Quando este

momento chega é prazeroso e satisfatório a eles, e nós, enquanto poder público, ficamos honrados em promover esses momentos e incentivá-los”, ressaltou. Os Jogos Escolares de Santa Catarina é um evento promovido pelo Governo do Estado de Santa Catarina, em parceira com a Fesporte, por meio das Secretarias Regionais e da parceria que se estabelece com os municípios sede. “Agradecemos sempre os municípios que aceitam sediar as competições e com isso nos ajudam a promover esses eventos de grande importância ao Estado e também a comunidade escolar”, finalizou o secretário regional.

Lançado edital para roçadas e limpezas de sarjetas das SCs que compõem a SDR Campos Novos A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Campos Novos lançou, este mês, edital para contratação de empresa que vai realizar os serviços de roçadas e limpezas de sarjetas das rodovias e estradas pavimentadas que compõem a SDR Campos Novos. Ao todo serão mais de 100 quilôme-

tros atendidos neste serviço de conservação das estradas, com investimento estimado de R$ 269 mil por parte do Governo do Estado. A concorrência acontece por tomada de preço e terá a entrega de propostas e orçamentos no dia 30 de maio no setor de protocolo da SDR Campos Novos, até as 14h, seguido da

abertura dos mesmos a partir das 14h30 do mesmo dia. O edital encontra-se na integra no site da Secretaria Regional www.cnv.sdr. sc.gov.br, no link licitações. Informações pelo e-mail licitações@cnv.sdr.sc.gov.br. De acordo com o secretário de desenvolvimento regional da SDR Campos Novos, Vi-

libaldo Erich Schmid todos os municípios que compõem a 8ª Regional e que possuem SCs para seus acessos serão atendidos com essa benfeitoria. “Tão logo se conheça o vencedor da concorrência e o contrato seja assinado com a regional os serviços se iniciam. A verba já encontra-se disponível e descentralizada”, explicou.

GEM Jardim Bela Vista inaugura projeto Leitura na Comunidade Nesta terça-feira (20), o Grupo Escolar Municipal Escolar Jardim Bela Vista, de Campos Novos, inaugurou, na terça-feira (20), com a presença de professores, funcionários e pais de seus alunos, o projeto “Leitura na comunidade: Se me levar, eu vou e volto feliz”, que recebe apoio da Campos Novos Energia (Enercen) por meio do Fundo Para a Infância e Adolescência (FIA). Durante o evento, a diretora do GEM Jardim Bela Vista, Jucimara Manica Fopa, apresentou o projeto que funcionará como uma biblioteca aos pais dos alunos, professores e funcionários da escola, devendo a pessoa realizar uma ficha cadastral e assinar um termo de compromissa de entre-

ga do livro emprestado. Para a viabilização do projeto a Enercan possibilitou a aquisição de 116 exemplares de diversas literaturas que atendem do público juvenil para cima. De acordo com Jucimara, o projeto é muito bom porque visa incentivar a leitura em diversos ambientes de convívio dos alunos e, principalmente o familiar, fortalecendo esse vínculo e criando o hábito de ler não apenas nas crianças, mas na comunidade que a escola atende. O GEM Jardim Bela Vista possui aproximadamente 300 alunos de 7 a 12 anos, podendo o projeto atender o dobro desse número. Este ano, a Enercan por meio da

Foto: Divulgação/Enercan

Projeto com apoio da ENERCAN incentiva a leitura no GEM Jardim Bela Vista

CPFL Energia, também entregou na escola livros, brinquedos e materiais pedagógicos na segunda parte do projeto da Brinquedoteca,

além de apoiar o projeto de Patinação Artística, incentivando o desenvolvimento físico, emocional e social dos alunos.

(colaboração do Felipe Montoya, assessor de imprensa da Enercan)

W

W


25 29 IBGE comprova: Campos Novos colhe a melhor safra dos últimos anos O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprovam o bom momento do agronegócio em Campos Novos. De acordo com o levantamento da agência regional do IBGE em Joaçaba, o fechamento da safra 2013/2014 aponta a melhor safra de Campos Novos em rendimento médio por hectare e área plantada. Os números foram divulgados, na segunda-feira (19), pelo chefe da agência regional do IBGE em Joaçaba, Sady Silvestrim. Segundo o pesquisador, foi a melhor safra dos últimos anos. “Foi ótima safra, produtividade, foi um ano que correu normal, primeiro as condições climáticas e a tecnologia aplicada pelos produtores, a mais moderna que tem”, declarou em visita à redação do jornal O Celeiro. O destaque foi a produção de soja. De acordo com os dados levantados pelo instituto, foram plantados 51 mil hectares, com rendimento médio de 3.900 quilos por hectare e uma produção de 198.900 toneladas no município. O milho apesar de registrar um rendimento maior por hectare, com 10.200 quilos, fechou com uma produção de 107.100 toneladas. Entre as principais culturas cultivadas em Campos Novos, a exceção foi o feijão. O rendimento foi de 1.500 quilos por hectare e uma produção de 15.750 toneladas, tendo em vista que a área plantada foi de 10.500 hectares. “Demanda, qualidade ruim e o rendimento médio muito ruim devido a altas temperaturas, umidade, estiagem e praga de difícil controle”, explicou Silvestrim sobre a baixa produção do feijão. A avalição de safra do IBGE é bimestral. “Fazemos uma estimativa do que foi plantado, depois a gente acompanha, se foi plantado ou não. Depois verificamos se deu o que era esperado”, explicou o chefe da agência regional do instituto.

Foi ótima safra, produtividade, foi um ano que correu normal, primeiro as condições climáticas e a tecnologia aplicada pelos produtores, a mais moderna que tem. Sady Silvestrim

Agronegócio

Foto: Claudia Mota/O Celeiro

Sady Silvestrim

Outras culturas acompanhadas pelo IBGE em Campos Novos: Alho: rendimento médio de 8 mil quilos por hectare e produção de 480 toneladas; Cebola: rendimento médio de 40 mil quilos por hectare e produção de 6 mil toneladas; Cevada em grão: rendimento médio de 3.900 quilos por hectare e produção de 3.120 toneladas;

Fumo: rendimento médio de 1.833 quilos por hectare e produção de 110 toneladas; Milho forrageira: rendimento médio de 50 mil quilos por hectare e produção de 50 toneladas; Trigo: rendimento médio de 4.200 quilos por hectare e produção de 42 toneladas; Canola: rendimento médio de 1.320 quilos por hectare e produção de 924 toneladas; e Uva: rendimento médio de 10 mil quilos por hectare e produção de 3.900 toneladas.

Pecuária

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística apresenta ainda dados sobre a pecuária em Campos Novos. O levantamento foi feito até dezembro de 2013. Os dados apontam para um rebanho bovino de 52.600 cabeças; Suínos: 158.000; Matrizes de suínos: 37.100; Galináceos: 2.396.100; Galinhas: 414.600; Equinos: 1.964; Bubalinos: 202; Caprinos: 1.260; Ovinos: 8.900 e Produção leiteira: 19.756.000 litros.

W


30 26

Agronegócio

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

Feira do Terneiro(a) movimenta mais de R$ 450 mil em Campos Novos Cem por cento dos animais foram comercializados no evento pecuário realizado no Parque de Exposição Leônidas Rupp

Fotos: Cludia Mota/O Celeiro

O Sindicato dos Produtores Rurais de Campos Novos promoveu, no sábado (17), a Feira do Terneiro(a), no Parque de Exposições Leônidas Rupp, às margens da BR-282. Ao todo foram 512 animais inscritos, mas 377 foram apresentados para o leilão. Foram a leilão terneiros e terneiras, com diversos cruzamentos, entre eles das raças Charolesa, Simental e Red Angus. Um verdadeiro show de genética na pista de remates, disse o presidente do Sindicato, Fernando Rosar. “É show de animais, eu até estava brincando que os produtores iriam transformar nossa pista de remates em um palco. Com certeza, o show está aí”. Além dos terneiros e terneiras, também, foram a leilão 50 novilhas. A Feira movimentou R$ 451.140,00 com a comercialização de todos os animais colocados à venda, num aproveitamento de 100%. Os preços do remate, realizado pela Tarumã Remates, ficaram acima da média da região. O destaque foram as novilhas comercializadas, em media, a R$ 5,95 o quilo. Segundo o leiloeiro Flávio Rosar, o resultado superou as expectativas em função do intervalo de tempo que não foram realizadas feiras de gado em Campos Novos. “Consegui-

mos preços importantes e até acima da média da região. A qualidade do gado realmente era acima da média”, ressaltou. O terneiro desmamado foi comercializado a R$ 5,60 o quilo, em média, e a terneira saiu a R$ 5,20 o quilo. 60% dos animais vendidos foram fêmeas e 40% machos. Os vendedores vieram dos municípios de Erval Velho, Frei Rogério e Vargem e os compradores são produtores de Campos Novos, Major Vieira, Mafra, Caçador, Videira, Tangará e Santa Cecília. Fernando Rosar disse que a feira não era realizada há quatro anos. Ele explicou que havia dificuldades em relação às instalações do Parque Leônidas Rupp, hoje com 60% das obras de melhorias concluídas. A partir deste ano, a intenção é promover a Feira do Terneiro(a) todos os anos. Outros dois eventos estão programa-

Conseguimos preços importantes e até acima da média da região. A qualidade do gado realmente era acima da média. Fernando Rosar Presidente do SPRCN

Informe

Produto Saca de 60 Kg

Quarta-Feira 14/04

Atual R$ 26,50 R$ 62,50 Quarta-Feira 21/05

=

Variação -3,6% 0%

Produto Saca de 60 Kg

TRIGO FEIJÃO

Último R$ 40,00 R$ 120,00 Quarta-Feira 14/04

Atual R$ 38,00 R$ 120,00 Quarta-Feira 21/05

u

MILHO SOJA

Último R$ 27,50 R$ 62,50

u

AGROsafra Cotações

=

Variação 5% 0% Fonte: Agrolink

W


CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

dos pelo Sindicato e confirmados no calendário oficial da Companhia Integrada Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc), anunciou o presidente. Em agosto, haverá exposição de gado reunindo o melhor da genética de Campos Novos e região, animais de alta linhagem comprovando que o produtor investe no que há de melhor no mercado pecuário. No dia 15 de setembro acontece a Tradicional Feira da Primavera. Também está confirmado mais um evento pecuário para dezembro. Quanto à utilização do Parque Leônidas Rupp, o presidente do Sindicato voltou a frisar que está de portas abertas à administração pública e outras entidades que tenham interesse em promover eventos no local. As melhorias na estrutura acontecem “aos poucos, dentro das condições do Sindicato Rural”, concluiu Rosar.

Produtores premiados Durante a Feira foram premiados, pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Campos Novos, os melhores lotes de terneiros, de terneiras e de novilhas. Com o melhor lote de terneiros foi premiado o criador Jean Carlos Dogenski do município de Vargem. Com o segundo melhor lote de terneiros foram premiados os criadores Daniel Dalagnol e Emanuelle Dalagnol, que também receberam premiação do melhor lote de novilhas. Com o melhor lote de terneiras, foi premiado o criador José Zeferino Pedrozo, que trouxe animais de Erval Velho.

Evento pecuário reuniu autoridades locais e regionais O cerimonial de abertura da Feira do Terneiro (a) reuniu autoridades locais e regionais, entre elas o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Rui Tomazoni (PMDB), o presidente da Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc), José Zeferino Pedrozo e o deputado estadual Reno Caramori (PP). O deputado Caramori declarou que o agronegócio está em seu coração, enfatizando o investimento em genética em Santa Catarina, estado que se destaca neste setor. “O poder público não pode abandonar o poder produti-

vo”, disse o deputado do PP, defendendo que o poder público prestigie os eventos ligados ao agronegócio. O presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo, disse, em seu pronunciamento, esperar que num futuro próximo o Parque de Exposições de Campos Novos volte a registrar o mesmo movimento de anos anteriores no setor do agronegócio. Ele reforçou que o agronegócio tem se mantido como investimento que garante retorno ao produtor catarinense e vive um de seus melhores momentos. A integração lavoura-pecuária também foi um dos enfoques do discurso de Pedrozo, uma experiência que, segundo ele, traz segurança e agregação de renda ao agricultor. Segundo especialistas, nesse sistema, as lavouras são utilizadas a fim de que a produção de grãos pague, pelo menos em parte, os custos da recuperação ou da reforma das pastagens. Na área da pastagem degradada, cultiva-se grãos por um, dois ou mais anos e, depois, volta-se com a pastagem, que vai aproveitar os nutrientes residuais das lavouras na produção de forragem. O presidente da Federação fez referência, ainda, ao seu descontentamento ao veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto de lei que isenta as máquinas agrícolas de licenciamento e emplacamento. De acordo com os ministérios da Justiça, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e das Cidades,

O Celeiro

Agronegócio

27 31 Fotos: Cludia Mota/O Celeiro

“o conceito trazido pelo Projeto, que trata de 'veículos automotores destinados a executar

trabalhos agrícolas' é muito amplo, o que impossibilita que se determine com clareza quais os veículos que seriam objetos da dispensa proposta”, justificou a presidente no despacho. Desta forma o veto da presidente foi integral. O presidente da Faesc garantiu todo o esforço necessário para reverter a decisão da presidente da república.

O agronegócio tem se mantido como investimento que garante retorno ao produtor catarinense e vive um de seus melhores momentos. José Zeferino Pedrozo Presidente da Faesc


32 28 O Celeiro

O Celeiro

CAMPOS NOVOS, QUINTA-FEIRA, 22 DE MAIO DE 2014

WW W


1329