Issuu on Google+

Vem aí: Beleza Negra Machado de Assis - Masculino & Feminino. Participe!

S Ê M ES Ã M DAS

UM JORNAL QUE QUESTIONA

ANO VII - Nº 89 - Maio de 2013 - DISTRIBUIÇÃO DIRECIONADA - 5000 EXEMPLARES - R$1,00

Felixlândia Urgente

Betão na Dra. Marinês Ascendino fala “ao mira do vivo”, no Projeto Ministério 2013 é o ano da graça de Deus, dizem pastores Público Veja mais na página 13

Robson e Sônia Souza

Leia nas páginas 03 e 07

Página 09

Deputado Gabriel Guimarães anuncia entrega de caminhão tanque para Aterro Sanitário de Curvelo

Autódromo: implantação representa uma nova realidade para Minas


“E agora?” - Página 02 - Maio de 2013 - Edição 89

Jesus e as Mães Todas as mulheres são mães José de Paiva Netto é jornalista, radialista e escritor. - paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

O Dia das Mães vem chegando. A elas, dedico a prece “Jesus e as Mães”, que fiz em homenagem às que habitam o Céu e a Terra. Jesus!/ Tu que és o Refúgio Seguro dos aflitos,/ Escuta a voz das Mães/ Que ao Teu Carinho elevam/ O clamor de suas súplicas./ Aplaca, Senhor, as suas dores,/ Pois cada uma delas,/ Divino Amigo,/ Reconhece em Teu Coração/ O seu bom destino;/ Na Tua Santa Vontade, a força/ Que não lhes permite sucumbir;/ E na Tua Sabedoria contemplam,/ As Mães da Terra e do Céu,/ A educação que anseiam para os filhos./ Em Ti, Jesus, elas, quando sofrem,/ Têm a certeza do alento,/ Que, em geral, o mundo não lhes pode

oferecer,/ Porque ainda pouco tem para lhes dar./ Ouve, Filho Celeste de Maria Santíssima,/ O apelo dos corações maternos,/ Porque Tu, Jesus, és a esperança que nunca morre./ Melhor que isso: a Convicção que não as deixa esmorecer./ E que assim, em Ti,/ Eternamente seja,/ Ó Divino Provedor!/ Amém. AMOR FAZ RIMA PERFEITA COM MÃE Dizem que Mãe não tem rima. Será?! Então secou-se-lhes a musa, ou saiu em férias... Mas não semelhantemente à famosa experiência de Guerra Junqueiro (1850-1923). Amor faz rima perfeita com Mãe. Mãe é eterna também. A MUSA EM FÉRIAS Por falar no velho Guerra, contam que o episódio assim se deu: o respeitado poeta português foi ao médico. Não sabia o que lhe cansava os ossos. O clínico, depois de examiná-lo com paciência, prescreveu ao cliente: “— Professor, o senhor não tem nada físico que um bom descanso não corrija. Viaje. Não faça nada, nem escreva, e tudo terminará bem. Pode confiar”. O vate prometeu que o faria. Contudo, o que acabou ocorrendo foi o seguinte: quando voltou do “descanso”, trazia um dos seus mais belos feitos para um novo livro: A musa em férias.

Na Legião da Boa Vontade, LBV, a visão que temos da maternidade é ampla. É o que comentei em 22 de maio de 1988, na Folha de S.Paulo: Deus, Mãe e Pai dos seres humanos, é universal abrangência. Assim sendo, Mães não são apenas as que geram filhos carnais. Também são aquelas que se consagram à sobrevivência dos filhos dos outros: as crianças órfãs, até mesmo de pais vivos; as das Mães que precisam trabalhar e não têm pessoa de confiança com quem deixá-las; as das que são irremediavelmente enfermas. Tal como se lê no Poema do Grande Milênio, de Alziro Zarur (1914-1979): “(...) Os filhos são filhos de todas as mães, e as mães são as mães de todos os filhos”. Mães são ainda as que se devotam à Arte, à Literatura, à Ciência, à Filosofia, à Religião, à Política, à Economia, afinal a todos os setores do pensamento ou ação criadora, a gerar “filhos” de sua dedicada competência pelo desenvolvimento da Humanidade. A LBV não ergue bastilhas, pelo contrário, as derriba com renovada Boa Vontade. (...)

RETRATO DE MÃE Abro a revista Boa Vontade e encontro esta joia do saudoso bispo chileno Dom Ramón Ángel Jara (1852-1917): Existe uma simples mulher que possui um pouco de Deus pela imensidade de seu Amor, e muito de anjo pela constância de sua dedicação. Mulher que, sendo jovem, pensa como anciã; e na velhice, trabalha como se tivesse o vigor

da juventude; se é ignorante, decifra os problemas da vida com mais acerto do que um sábio; sendo culta, amolda-se à simplicidade das crianças; quando pobre, considera-se bastante rica com a felicidade daqueles que ama; e sendo rica, daria com prazer sua riqueza para não sofrer a injúria da ingratidão. Forte ou intrépida, entretanto estremece ante o choro de uma criancinha; franzina, se reveste, às vezes, da bravura de um leão. Mulher que, enquanto viva, não sabemos dar-lhe o devido valor, porque a seu lado todas as nossas dores se apagam... Mas, depois de morta, daríamos tudo o que somos e tudo o que temos para vê-la de novo um só instante e dela receber a carícia de seus abraços, uma palavra de seus lábios... Não exijais de mim que diga o nome dessa mulher se não quiserdes que eu inunde de lágrimas este álbum, porque já a vi passar em meu caminho. Porém, quando os vossos filhos crescerem, lede-lhes esta página. E eles, cobrindo-vos de beijos, dirão que um pobre viandante, em retribuição da magnífica hospedagem recebida, deixou gravado neste álbum, para todos, o retrato de sua própria Mãe. Dizem que Mãe não tem rima. Será?! Então secou-se-lhes a musa, ou saiu em férias... Mas não semelhantemente à famosa experiência de Guerra Junqueiro (1850-1923). Amor faz rima perfeita com Mãe. Mãe é eterna também.

O DESERTO FÉRTIL Afonso Guerra-Baião

Quem foi mesmo que disse: “As idéias demasiadamente repetidas não são mais idéias, nada penso quando as falo”? Ainda nem chegou um torpedo com a resposta e já uma outra frase à procura do autor se apresenta: “O homem é aquele que diz”. A palavra dizer, com suas raízes profundas, alcança o sentido de fazer aparecer. Quem repete nada diz, pois nada faz surgir: apenas reproduz o já visto, o já estabelecido. A aldeia global, na era da comunicação, é uma verdadeira babel de palavras. Porém grande parte do que é falado e do que é escrito não passa de mera repetição. Livros, jornais e revistas são viveiros do estereótipo; televisão, rádio e internet são latifúndios do lugar-comum; as canções e o cinema são searas do clichê; os discursos são monoculturas do chavão. No complexo ambiente da comunicação, ao excesso de palavras corresponde a escassez do sentido. No seu habitat característico (a linguagem) o homem luta contra a progressiva aridez da afasia, pois “O homem apenas sabe falar na medida em que é aquele que diz”. Mas (quem disse?) “o deserto é fértil”: há minas d´água no agreste, há oásis no areal. Em meio à repetição brota o dizer, entre o já visto nasce o novo, nas brechas do lugar-comum surge a criatividade. O melhor exemplo da

criatividade que se constrói sobre o estereótipo é o do bricoleur. O bricoleur, como sabem todos, mesmo quem não leu Lévi-Strauss, é aquele que produz um objeto novo a partir de pedaços e fragmentos de outros objetos. Trabalhando com o ready-made, o ferro-velho, a sucata, o bricoleur dirige um encantamento especial a cada coisa encontrada e, ao entrelaçar suas formas, extrai delas combinações inusitadas, numa experiência estética surpreendente. Em Curvelo temos entre nós, por felicidade, uma cooperativa de bricoleurs, a Dedo de Gente. Eis o que diz o seu site: A Cooperativa Dedo de Gente segue os “pontos luminosos” que levam ao desenvolvimento humano. Investe no potencial de aprendizagem das pessoas, na sua competência para viver de forma solidária, valoriza a capacidade do acolhimento no seio da família e da comunidade. E mais: acredita que todos precisam de oportunidades para se desenvolver. Os jovens que trabalham na fabriqueta Arte em sucata de ferro ganham um novo olhar, uma nova visão de mundo. Aprendem que uma coisa pode se transformar em outra. Isso gera um ciclo harmonioso que envolve aprendizagens e descobertas da sua própria capacidade de criar. Como o bricoleur, que “fala por meio das coisas”, os jovens artistas da Cooperativa Dedo de Gente dizem sua palavra, fazendo aparecer, nas formas que reinventam, um novo horizonte de sentidos.

Adquira já o seu!

Coisas da Cultura

Maria Ernestina M. Barbosa

Membro fundador da Academia Cordisburguense de Letras Guimarães Rosa - Patrono: Castro Alves - Cadeira: 06

O que conto não invento Era uma vez uma menina que vivia na banda de lá do Eu, uma cidadezinha onde todas as palavras eram pronunciadas diferentemente. Por exemplo: equipe era “euquipe” e cemitério era “cemintério”; ignorante era inguinorante; “possibilidade” era passabilidade; “suar” era soar; “cumprimento” era comprimento; “cineasta” era cineastra e assim por diante. Mas todos viviam felizes, tomavam a cachacinha e saíram a cantarolar com suas sanfonas ou violas ou mesmo os pandeiros fabricados com tampinhas de garrafas. E o mais engraçado é que ninguém reclamava de nada. A luz era fornecida por uma companhia municipal, aproveitando as cachoeiras localizadas na zona rural. E tudo era, assim, baratinho. Havia neste lugar uma estaçãozinha ferroviária e a maria-fumaça puxava os carros que transportavam passageiros e mercadorias diversas. O curral de ferro existia, mas, em nome de um dito progresso, foi retirado. O local a que me refiro, hoje é o Jardim Sagarana. Bonito e imponente, ele ocupa uma área bem grande numa rua que recebeu o nome de Padre João. João, nesta cidade é nome de guerra e houve até um escritor, o Francisco Timóteo, que escreveu um livro homenageando os Joães desta cidade. Não pense que João é nome antigo e feio, João é nome consagrado. Nesta cidade há uma praça lindíssima, a praça Sagrado Coração de Jesus.

Um certo prefeito, muito sensível, mandou plantar roseiras nesta praça. Rosas na terra do Rosa. Sertão de Deus. Com Rosa e Rosas. Havia, nesta cidade, um boi chamado Pontal que batia recordes de bilheteria nas touradas. E todos já devem ter ouvido falar num senhor Caciano que morava no Cuba e dava aulas; professor Caciano ensinava à sua maneira e a meninada sabia ler e fazer contas muito bem. O prefeito que mandou plantar roseiras para o Coração de Jesus chamava-se Dimas e ele amava muito esta cidade, pequena, aconchegante e bem traçada. O policial mais respeitado da época era o sr. Balbino, que levava os bêbados para casa, pois diziam que eles precisavam descansar para trabalharem no outro dia. Povo devoto os daquela cidade, cidade do coração. Lembro-me bem da primeira televisão – a do sr. Carlos, casado com a Elza Bento. Eles moravam na casa que fora habitada pelos Rocha, família Geraldino Rocha, comerciante respeitado. Seus descendentes mudaram para Belo Horizonte, pois precisavam estudar e se formarem em doutores. Gosto de relembrar e contar estas histórias, memoráveis histórias. E como um conto puxa um ponto, recordo-me bem do sr. João Alves, pulando carnaval na maior animação. Coisa boa é relembrar. Nos meus 68 anos creio que realizei muitos empreendimentos. Ajudei muita gente

a subir na vida. Graças a Deus. Quando me formei para professora em Curvelo já lecionava para operários numa escolinha fundada por Irmã Raymunda. Tenho tudo armazenado na mente. E os fatos que relato são verdadeiros. A cidade do Eu continua existindo e parece um presépio, toda bonitinha, enfeitadinha e pronta para se desenvolver. Resolveram plantar eucalipto na região e secaram muita lagoas para este empreendimento. Muitos turistas visitam esta cidade e se encantam com os Miguilins, que narram histórias de Guimarães Rosa. A igreja mais bonita de lá é a de São José que fica na rua do mesmo nome e que começa lá na rodovia. Um artista escultor resolveu morar num elefante e construiu sua casa em forma de elefante. Ideia bem, audaciosa - verdadeira arquitetura dos tempos modernos. E se a ideia pega quero construir uma casa em forma de onça com as tetas bem grande para dar de mamar a todos os necessitados. Onça, uma casa em forma de onça. É como eu digo: um conto sempre aumenta um ponto. E no ponto sempre param ônibus, que vem carregando gente e mercadorias variadas. Na cidade do Eu existe também uma preguiça gigante esculpida pelo mesmo artista do elefante. Na cidade do Eu havia uma gruta que era muito visitada. Fora descoberta por um dinamarquês, Peter Lunde nos seus primórdios era iluminada por luz de carboreto, depois os olhos grandes do governo achou interessante explorá-la e muitas pessoas foram contratadas para trabalharem. Lá, na boca da caverna fizeram mil e uma maneiras para se ganhar dinheiro e até construíram

bonito e arrojado prédio, que serviu de restaurante. E muita gente passou por ali para matar sua fome. Particulares também construíram lá sua fonte de renda com boa comida e bom atendimento. A caverna até então receberá o nome de Maquiné em virtude de ter o terreno pertencido à família Maquiné. E aí vem uma longa história que, se for relembrada vai mexer nos ânimos de muita gente. As pessoas não gostam de serem incomodadas. Mas, quem procurar por D. Haydée vai ser bem recebido e saborear deliciosa comida. Na cidade do Eu, as pessoas são devotas e apelam para todos os santos e gostam de fazer caridade. Lá nesta cidade já existira indústrias como siderúrgica, cerâmica, fábrica de tecidos, fábrica de manteiga, mas, tudo acabara. Pena! Há os que estão por cima da carne seca e mantêm as aparências e esperam o progresso... Sei que um dia mais cedo ou mais tarde a cidade do Eu resplandecerá. É bom lembrar da Lilia Maquiné e sua escolinha, é bom lembrar do Frei Paciano! As festas, ah! As boas festas – a da abóbora principalmente, deixou saudade. Lembranças, puras lembranças! Saudades, muitas saudades! Bons tempos!

“A praça é do povo como o céu é do condor”. Minha casa, minha dívida?


“E agora?” - Página 03 - Maio de 2013 - Edição 89

10ª Subseção da OAB: sintonia concreta com as liberdades fundamentais e o Estado Democrático de Direito Dra. Marinês Ascendino fala “ao vivo”, no Personalidades de Expressão Em suas considerações primeiras, Dra. Marinês Marques Ascendino (foto) agradeceu a oportunidade de participar do projeto “Personalidades de Expressão” e ao público presente, classificando o momento como sublime, colocando-se à disposição do entrevistador Geraldo Magela e de todos os convidados para responder às perguntas e questionamentos. Curvelana da gema, Dra. Marinês Marques Ascendino é filha de Sebastião Ascendino (in memorian) e Francisca Marques Ascendino. Profissional do Direito há exatos 26 anos, está registrada na OAB/MG sob o número 50.229 e já atuou, com sucesso, além de Curvelo, nos municípios de Pompéu, Sete Lagoas, Montes Claros e Belo Horizonte. Formação escolar e acadêmica e participação em seminários e cursos de especialização jurídica: Curso Técnico em Administração de Empresas, Superior de Direito; pós-graduação "Latu Sensu”, com Especialização em Direito e em Direito de Família; participou do seminário sobre Direito Eleitoral e cursou Estudos Jurídicos (Processo de Conhecimento/Execuções Cíveis e Fiscais/Direito do Consumidor). Atuação junto a OAB Subseção: Conselheira Subseccional triênio 2001/2003, triênio 2004/2006 e triênio 2010/2012. Presidente eleita da 10ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil/Curvelo - triênio 2013/2015. Atuação profissional: Direito de Família, Direito Eleitoral, Direito do Consumidor, Direito do Trabalho, Direito Empresarial, Sucessão, Inquilinato, Possessória. Na área empresarial já prestou serviços jurídicos para o Hospital Santo Antônio, Construtora Gomes Lourenço, Posto Denise, Veragro, Capel, empresas de telefonia, dentre outras. Atua profissionalmente desde o ano de 1987. Veja na reportagem de Geraldo Magela.

Um pouco de história... A OAB nacional, segundo explicou, teve sua criação prevista para acontecer no ano de 1843; mas somente em 1930 foi instituída de forma definitiva, através do Decreto 19.408/30, no governo do então presidente Getúlio Vargas e a seccional mineira foi criada em 29/12/1932), em solenidade realizada na sede da UFMG, em Belo Horizonte, secretariada pelo Professor Alberto Deodato. A 10ª Subseção da OAB de Curvelo foi criada em 01/12/1936 com a eleição do primeiro presidente, Dr. Aroldo de Oliveira. 10ª Subseção da OAB de Curvelo completou 76 anos de existência e é a primeira vez na história em que uma mulher conduz os destinos da entidade. Marinês Ascendino é a 15ª a ocupar o cargo de presidente. Dra. Marinês Ascendino ressaltou entre outras coisas que o papel do advogado é defender a Constituição Federal, o estado democrático de direito, a justiça social, a administração célere da aplicação das leis e o aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas. Lembrou, com saudosismo, as grandes causas sociais acampadas pela entidade ao longo dos últimos anos como por exemplo: a luta contra o regime militar, as “Diretas Já!” e o impeachment do ex-presidente Fernando Collor de Melo. Afiançou que o povo brasileiro confia nos trabalhos desenvolvidos pela OAB, principalmente no tocante a garantia das liberdades de expressão, de imprensa e individual do cidadão pela justiça, igualdade social e garantia dos direitos humanos. Reconheceu as dificuldades do exercício da profissão, salientando que o profissional só atua na área se for um vocacionado nato e apaixonado pelo que faz.

Entidade x sociedade curvelana Anunciou que a interação da OAB com a sociedade civil organizada está sendo implementada de forma gradativa. “As portas da OAB estão e sempre estarão abertas para atender os anseios e apelos da comunidade curvelana. Tanto é que estamos buscando uma parceria com a imprensa, entidades beneficentes e vamos tentar, também, uma aproximação para desenvolver projetos sócias com o Rotary, Lions e Maçonaria e outras; além dos projetos de cursos, seminários e palestras de interesse público, desenvolvidos em nossa sede, através de campanhas. A OAB precisa da ajuda de todos, com ideias para que os objetivos propostos por nós durante a campanha possam ser cumpridos integralmente”, salientou. Garantiu que nenhum cidadão ficará desprovido de assistência jurídica na Comarca de Curvelo, uma vez que, a Defensoria Pública está em pleno funcionamento para atender a demanda, além das nomeações de advogados dativos.

Planos da nova gestão Entre os planos e projetos foram destacados pela presidenta, a parceria firmada com a Faculdade Arquidiocesana de Curvelo – FAC para sediar na Semana Jurídica algumas palestras e cursos destinados aos advogados, estagiários e estudantes de Direito,

no período de 06 a 09 de maio; o 1º curso de pós-graduação em Direito Processual Civil e Direito Civil, a interação com os serventuários da Justiça (magistrados, Ministério Público e oficiais), a fim de obter uma harmonia ainda maior entre eles e os advogados; a criação da Seccional Regional da OAB e de uma nova Vara com o objetivo de diminuir o número dos processos que aguardam por uma solução.

Casos de grande repercussão Avaliando os últimos casos de repercussão nacional como o Mensalão, observou que, “o julgamento do Mensalão foi um triunfo histórico da Justiça brasileira e servirá como exemplo para punir e reprimir esse tipo de ilegalidade na política entre corruptos e corruptores. O Poder Judiciário acabou com essa quadrilha e foi feita justiça independentemente de cor, colarinho ou camisa”, enfatizou. Negou a interferência da opinião pública para a punição dos culpados. “O clamor público só serviu para acelerar o processo de julgamento. Na realidade não houve nenhuma interferência no voto e na decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal - STF. Cada decisão foi pautada exclusivamente na contundente prova existente, na Ação Penal 470, ou seja, do Mensalão”, explicou. De acordo com Dra. Marinês Ascendino, os condenados serão punidos no tempo oportuno, assim que esgotarem as possibilidades de recurso, previsto em Lei.

Reforma das leis Defendeu a reforma do Código Penal para atender aos anseios da sociedade moderna, uma vez que o código é oriundo da década de 1940. Reconheceu o crescimento significativo da violência envolvendo crianças e adolescentes delinquentes, nos últimos três anos, em Curvelo, superando cidades populacionalmente maiores como Sete Lagoas e Montes Claros. No tocante ao Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, o classificou como falho e merecedor de revisão e implementação por parte das autoridades constituídas, a fim de inibir o avanço da delinquência e criminalidade. Quanto a Lei da Ficha Limpa, classificou-a como igualmente falha, pois seu objetivo é tornar o político inelegível por 08 anos. Lembrou que a Ordem Nacional propôs e vem propondo várias mudanças na legislação para coibir a prática eleitoral criminosa, criando mecanismos para combater a corrupção e desigualdade eleitoral. “A OAB sempre esteve e vai estar do lado do clamor público e das causas sociais”, comemorou.

Concursos públicos já Enfatizou a necessidade da realização de mais concursos públicos para os cargos de juízes, promotores, defensores públicos, delegados e serventuários da Justiça para atender à crescente demanda que os atuais profissionais não conseguem suprir, apesar dos esforços diuturnos que são envidados. Segundo Dra. Marinês Ascendino, os advogados em sua grande maioria são competentes, honestos, ilibados e voltados para as causas de interesse comum. Enalteceu a qualidade de seus pares, reconhecendo os esforços envidados até o presente momento para tornar realidade as propostas feitas no período de campanha. “Conto com uma diretoria atuante e dinâmica composta em sua maioria por jovens e mulheres”, observou.

Cadeia Pública Perguntada a respeito do Sistema Prisional, admitiu a precariedade e abandono do sistema carcerário brasileiro por parte das autoridades governamentais em seus diferentes níveis, o que impede a reinserção dos apenados na sociedade, sobretudo, no mercado de trabalho. Comemorou os avanços obtidos pelo presídio de Curvelo a partir de março de 2012, quando veio à baila fatos administrativos de extrema gravidade que chamou a atenção das autoridades estaduais. Houve então a mudança da direção e a queda significativa da população carcerária de 300 para 160 presos, nos dias atuais, fruto da ação eficiente do Poder Judiciário, OAB e Defensoria Pública. Informou que várias atividades estão sendo desenvolvidas com os presos, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC, qualificando-os para o competitivo mercado de trabalho. Ainda segundo a entrevistada, 80% dos presos frequentam a escola de ensino fundamental instalada no próprio presídio. Congratulou as ações desenvolvidas pelas igrejas católica e evangélica.

como é o caso de Doriléia, aqui presente e que muito bem representa as mulheres curvelanas, já em seu segundo mandato. As mulheres vieram para ficar”, finalizou.

Expediente A 10ª Subseção funciona de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 18:00, com intervalo das 12:00 às 14:00, na Av. Dom Pedro II, 729, centro, em Curvelo e conta com 04 funcionários concursados e 02 estagiários. Em seus quadros estão 186 advogados regularmente inscritos. Além da sede, 02 salas de atendimento funcionam no Fórum e na Justiça do Trabalho com o objetivo de dar suporte aos profissionais. As subseções são autônomas em detrimento da seccional e da OAB nacional. O vínculo existente entre a subseção e a seccional é apenas financeiro, uma vez que a seccional mantém os funcionários e envia anualmente parte dos recursos para fomentar as demais despesas existentes. A 10ª Subseção conta com outras fontes de renda como, por exemplo, o serviço de xerox, prestação de serviços a advogados de outras regiões e alguns setores da sociedade. O telefone (38) 3721-3106 está a disposição de quem interessar possa.

Presenças Estiveram presentes, dentre outros, os vereadores Maria Doriléia da Silva e Guerino Cardoso, ST Valério Macena, chefe de instrução do TG 04/029; Valéria Carneiro, gerente regional da AVON; Simone Cardoso, ex-diretora da Câmara Municipal de Curvelo, Cristiane Leite, presidente da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC; Dr. Ronaldo Ricardo da Silveira, pres. da Associação do Bairro Vila de Lourdes; Emerson de Souza, presidente do Sindicato dos Mensageiros, Motociclistas e Ciclistas, Moto frete, Motoboys e Moto-Taxistas de Curvelo e Região – SINDIMOTOS; e os seguintes veículos de comunicação: Jornais “Central Notícias” e “Centro de Minas” e Rádio Comunitária FM. Nas conclusões finais, Dra. Marinês agradeceu a receptividade do jornal “E agora?” e dos veículos ligados ao Clube da Imprensa e colocou-se à disposição, convidando a todos para o coquetel.

Conheça a diretoria atual da 10ª Subseção Presidente, Dra. Marinês Marques Ascendino; vice-presidente, Dra. Cláudia de Figueiredo Barata; secretária-geral, Dra. Marcelly Araújo de Oliveira; secretária-adjunta, Dra. Emiliane Cristina César Ireno e tesoureiro, Dr. Geraldo Antônio Dias Pinto. Conselheiros Subseccionais os Drs. Rafael de Figueiredo Barata, Alexandre Miranda De Souza, Fabiano Silva Souza, Marcus Vinícius G. de Freitas e Fábio Ernesto Martins. E as Comissões formadas pelos Drs. Jose Fideles Conrado (Delegado), Bruno Campos Freitas e Leonardo de Castro Pinto(Caixa de Assistência); Marina Maria de Campos, Anastátia Cíntia Amaral Nascimento e Rosana Rodigues( OAB-Mulher); Luciana de Oliveira Assis, Ana Lúcia Soares Rosa e Leandro Pereira Ribeiro(Escola Superior de Advocacia); Cynara Costa Oliveira, Taísa Mara Trindade Reis, Elizete Alves Matoso e Lívia Reis Barroso (Comissão de Direitos e Prerrogativas); Margarete Vieira Gomes e Souza, Euzer França, Ione Diniz Miguens e Ana Cristina Vargas Gonzaga Oliveira (Comissão de Eventos e Relações Públicas); Fábio Martins Veiga, Natália Almeida Lucena, Douglas Veríssimo Gonçalves, Felipe Boaventura Mendes e Júlio César dos Santos Ribeiro (OAB-Jovem).

Tomada do público presente

Papel das mulheres na sociedade moderna Questionada a respeito do papel das mulheres na sociedade moderna, avaliou que as mulheres estão numa crescente ocupação de cargos e responsabilidades no mundo atual em que conquistaram importantes postos de trabalhos e áreas do conhecimento humano. A união de objetivos comuns entre homens e mulheres é, segundo ela, o melhor caminho para o crescimento e desenvolvimento do país. Esquivou-se do adjetivo de feminista, alegando que gosta de movimentos que exaltem o ser humano, sem distinções e preconceitos. “Acredito na capacidade e na potencialidade das mulheres, uma vez que temos uma mulher na presidência da República, ministras na mais alta Corte, vereadoras

Foto oficial do Projeto


“E agora?” - Página 04 - Maio de 2013 - Edição 89

Despedida emocionada no bairro Ponte Nova Sofrimento duplo em Felixlândia tros profissionais da área. “A comunidade espera que as autoridades constituídas interve-

A comunidade do bairro Ponte Nova participou na manhã de hoje de reunião especial em que fora feita prestação de contas sucinta dos trabalhos realizados pela enfermeira Guiomar Maria Rabelo (foto) à frente da Estratégia de Saúde da Família – ESF. A profissional esteve à frente dos trabalhos de saúde daquele bairro durante os últimos 15 anos, assistiu e participou ativamente do desenvolvimento da comunidade e do advento das políticas públicas de saúde, através das inúmeras campanhas de aleitamento materno, campanha de Natal Solidário, grupos de gestantes, crianças, adolescentes, jovens, fumantes, idosos, e outros. onde granjeou muitos amigos e premiações importantes. De acordo com a enfermeira, o afastamento se dá por razões particulares e alheias à sua vontade. De acordo com vários depoimentos de moradores e convidados especiais, trata-se de uma profissional exemplar e diretamente envolvida com as causas sociais e humanas. Como é sabido de todos, a comunidade do bairro Ponte Nova é muito carente e depende de ações e intervenções de “pessoas de boa vontade”, como é o caso da enfermeira em questão. Estiveram presentes e fizeram uso da palavra enaltecendo o trabalho desenvolvido por Guiomar, os vereadores à Câmara Municipal de Curvelo, Geraldo Veterinário e Duartinho; o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Curvelo, Rubens Silvério da Silva; os delegados Dr. Josias e Dr. Pedro, além de agentes comunitários de saúde e ou-

Pacientes renais reclamam do transporte oferecido pela prefeitura Adelmo Teixeira da Silva, paciente renal crônico terminal e deficiente físico, entrou com requerimento no Ministério Público do Estado de Minas Gerais -MPEMG/Comarca de Curvelo, no último dia 23, quinta-feira, solicitando a intervenção do órgão junto à Prefeitura Municipal de Felixlândia, no tocante ao transporte de 09 pacientes, sendo 05 idosos, que passam por tratamento de hemodiálise no Hospital Santo Antônio, em Curvelo, três vezes por semana, no horário das 7:00 às 11:00. De acordo com Adelmo, já houve dias em que os pacientes foram obrigados a dialisar por menos horas para que outros pacientes, oriundos de outras localidades, prejudicados pelos constantes atrasos da condução. A Prefeitura de Felixlândia é diretamente responsável pelo transporte que estaria sendo feito através de veículo em péssimo estado de conservação, com superlotação, conforme descrito no Boletim de Ocorrência – BO do DER-MG e da PMMG, datado de 16 /05/13; onde as autoridades policiais detectaram a falta

nham no sentido de manter a enfermeira no local a fim de que possa continuar auxiliando a todos os moradores com seus conhecimentos e solidariedade humana”, disse um dos moradores ouvidos por “E agora?”. Estamos na torcida... Por Geraldo Magela

Coloque Deus em seu coração O homem que não conhece os propósitos de Deus vagueia, é infeliz, não tem projeto, não sonha e não se levanta de manhã com alegria de viver. Ele está desconectado com a unção do universo, mas, quando ele vem para Jesus ele descobre seu propósito e mesmo com dificuldades descobre o poder da felicidade alicerçada em Deus. Quando deixamos que Deus entre em nossos corações o medo, ou até a mesmo a preguiça fica de lado. Temos força e vontade para seguirmos nosso caminho e sermos felizes. Aprendemos com o nosso Senhor que tudo tem o seu tempo e que a vitória é certa, basta lutar por ela. Coloque Deus no seu coração, acredite na fé que Ele te dá e, a partir daí, você vai ver que a felicidade existe e não é difícil de encontrála. O primeiro passo é querer, o segundo é acreditar, o terceiro é lutar. Com isso, as coisas vão acontecer da forma que você desejou. Deus quer a nossa felicidade, pense nisso!

A palavra de Deus é uma semente. Quando a palavra de Deus foi plantada em nós, Deus colocou potencialmente dentro do nosso coração tudo aquilo que Ele trará através de sinais e milagres em nossa vida. No momento que recebemos a Palavra de Deus ganharemos também bênçãos e ânimo para continuar em nosso caminho, em nosso sonho. Deus sabe que enfrentaremos algum tipo de problema por isso, através da Sua palavra, Ele nos ajuda a superar nossas adversidades. Afinal a palavra d’Ele está dentro de nós e ela vai agir para nos ajudar e nos regenerar. Quando acreditamos no poder de Deus sobre nós e na palavra d’Ele recebemos uma semente em nosso coração através da fé. Essa semente nos faz superar os problemas e adversidades que a vida, muitas vezes, nos dá. Então, pense nisso! Deixe que Deus coloque uma semente no seu coração, assim tudo ficará mais fácil de resolver, porque junto com a semente ganhamos à esperança!

Nossos Cultos Culto da Família: domingo as 19:00h Culto da Vitória: quarta-feira as 19:30h Quebra de Maldições: quinta-feira as 19:30h Arena Jovem: sábado as 19:30h Novo endereço!

Rua João Pizani, nº 13, Bairro Centro, Curvelo – MG Contatos: sntcurvelo@gmail.com ou www.facebook.com/snt.curvelo Dúvidas? Pergunte ao Pastor! www.curveloonline.com.br/pergunteaopastor

Música de qualidade na região de Curvelo tem nome: Banda Forró Pé Quente A Banda Forró Pé Quente nasceu na Bahia e, de lá para cá, já são seis anos de sucesso, contando com boa aceitação e receptividade do público, principalmente dos fã clubes espalhados pelo Brasil, de forma especial os de Minas Gerais e da região Sudeste. Os cantores Kléber Camargo, Tarcísio e Cynthia Camargo foram seus primeiros vocalistas. Atualmente, Vavá Cowboy e Nany Villar (foto) se revezam nas apresentações musicais interpretando sucessos próprios e de outros artistas consagrados. A união dos integrantes da banda é notória, formando uma grande família que assim se compõe: Júnior Play, tecladista; Binho, guitarrista; Renilson, baixista; Sabrina Costa, Luana Aye, Murilo Andrade, ballet; e Tony Santana, produtor musical. O estilo musical adotado pela Banda Forró Pé Quente é genuinamente composto pelo forrolejo, arroxa e vaneirão. A banda já lançou no mercado 04 CD’s e 01 DVD de sucesso, e tem o projeto de gravar o segundo DVD em julho deste ano. Em solo curvelano, a banda se apresentou a pela terceira vez repetindo o sucesso das apresentações anteriores. Na ExpoCuirvelo deixou a noite de domingo, 19/05, mais animada. Em entrevista exclusiva a “E agora?”, o produtor Tony Santana, ressaltou que os preços e condições da banda são acessíveis a todos os gostos e bolsos. Nesse sentido, as apresentações são feitas em festas particulares, religiosas e tradicionais nos

Éder Chaves e Geraldo Magela ladeados pelos vocalistas Vavá e Nany

UM JORNAL QUE QUESTIONA

EXPEDIENTE G.M.A. PRODUÇÕES E EVENTOS LTDA. CNPJ: 04.930.180/0001-61 Endereço Avenida Dom Pedro II, 742, 2º andar, Centro - Curvelo-MG – CEP: 35790-000 Fone: (38) 3721-5055 / 9861-5218 E-mails: jornal_e_agora@yahoo.com.br radialistageraldomagela@hotmail.com

de vistoria por parte órgão e autorização para fazer tal viagem. Os pacientes percorrem aproximadamente 60 km a mais a fim de buscar pacientes nas comunidades circunvizinhas como São Geraldo do Salto. A Kombi atualmente utilizada teria sido emprestada pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Felixlândia – APAE, apesar de ser de uso exclusivo da área da Educação, conforme registro fotográfico. Segundo Adelmo Aranha, a prefeitura de Felixlândia já conta com o valor de R$ 59.300,00 (Cinquenta e nove mil e trezentos reais) em conta, há mais de 07 meses, e o necessário complemento dos recursos para a compra de um veículo maior e adequado para o tratamento da hemodiálise poderia ser feita através daqueles destinados à área da saúde. Ainda segundo o requerimento, o tratamento da hemodiálise é sofrido e doloroso, necessitando de uma atenção especial das autoridades competentes.

Diretores: Geraldo Magela de Abreu Roberto de Abreu

Reportagens: Geraldo Magela de Abreu Diagramação: Jornal “E agora?” Tiragem: 5.000 exemplares Os artigos assinados não expressam necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores

diferentes municípios brasileiros. Para a região, agendados os seguintes shows: 24/05, Clube Ferroviário, em Corinto; 25/05, Casa de Show JK, em Buenópolis; 31/05, Festa da Lavoura, em Morro da Garça; 01/06, Danceteria F16, em Várzea da Palma; e em Três Marias, em data ainda a ser marcada. Ainda de acordo com o produtor, as expectativas são positivas em relação a novas contratações em Curvelo e na região central do estado. Ele destacou a afetividade dos curvelanos e dos mineiros de maneira geral. “Agradecemos o carinho do público e ressaltamos o trabalho desenvolvido pela imprensa na divulgação das nossas mídias lançadas ao longo dos últimos anos, de forma especial ao empresário Éder Soares Chaves e sobretudo a Deus por tudo que nos tem proporcionado em nossa caminhada musical”. A música de trabalho “Como é que faz” já conquistou o gosto popular e promete ser um grande sucesso de vendas. Os interessados em conhecer melhor a atividade da banda Forró Pé Quente podem acessar o site: www.forropequente.com.br, msn: contatosforropequente@hotmail.com, facebook e pelos telefones (38) 9118-3570/9977-6921/88035011, com Éder; (11) 8239-9039 / (11) 60626789 com João Pedro.

Geraldo Magela, ladeado pelos artistas durante visita, na redação do jornal “E agora?”, na tarde do último dia 20/05


Conselho Municipal de Saúde de Curvelo BOLETIM INFORMATIVO – MAIO DE 2013 ANO I – EDIÇÃO 02

Homenageados do 2° Mérito da Saúde As indicações foram feitas pelos conselheiros tendo em vista o bom trabalho e ações desenvolvidas pelos homenageados em prol da área da saúde em Curvelo e da região, de forma especial em favor dos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, após rigorosa analise de uma comissão especialmente criada para este fim. Criado com a finalidade de laurear os profissionais da área da saúde, conselheiros, agentes políticos e outras personalidades que prestaram relevantes trabalhos em defesa da saúde pública. Na lista de homenageados estão médicos, enfermeiros, agentes de saúde, dentistas, conselheiros, políticos e prestadores de serviço.

Controle Social • Todos nós somos responsáveis pela nossa saúde, tanto individual quanto socialmente. Precisamos cuidar do nosso corpo, ter hábitos saudáveis, praticar atividades físicas. • Para termos bons serviços prestados nos postos de saúde, para ter atendimento hospitalar de qualidade e para receber ações de prevenção a doenças, temos que participar do controle social na área de saúde. Controle social significa o entendimento, a participação e a fiscalização da sociedade sobre as ações do Estado. • O controle social propicia a vivência da democracia direta, conduzida pelo povo. Ao praticar o controle social, os cidadãos podem interferir no planejamento, na realização. Na fiscalização e na avaliação das atividades do

governo. • Sistema Único de Saúde (SUS). sistema que coordena as ações voltadas para o cuidado com a saúde da população brasileira. A função do SUS é garantir acesso integral, universal e igualitário à população brasileira, do simples atendimento ambulatorial aos transplantes de órgãos. Acesso integral: tratamento adequado para o problema de cada indivíduo, considerando a saúde como um estado completo de bem-estar físico, mental e social dos indivíduos. Acesso universal: todos os cidadãos têm direito de serem atendidos. Acesso igualitário: todos têm direito a tratamento igual, sem preferências ou discriminações.

Participação Popular Sabemos que a participação popular é difícil, mas a construção de uma sociedade melhor, mais justa e democrática se faz com a participação de todos. É por isso que o controle social deve ser incentivado e vivido no dia a dia, como exemplo de cidadania para a comunidade. A passividade é uma atitude política. Assim, não apenas se enfraquece a democracia, que depende da participação, como se permite que outros tomem decisões sobre questões que dizem respeito à nossa vida. O primeiro passo é desconstruir a apatia e a indiferença que imobilizam e combater a postura passiva que assiste a injustiça e cruza os braço. Segundo passo - devemos evitar o fatalismo

de quem coloca alguns fatores condicionantes como determinantes, diante dos quais nada se pode fazer, e passar a acreditar na possibilidade de transformar, ter a certeza de que mudar é difícil, mas é possível (e necessário). O terceiro passo é transformar a ação individual isolada, dispersa e desorganizada em ação coletiva, articulada e organizada. Todos saem ganhando. Para auxiliar a sociedade no exercício do controle social na área da saúde, a Lei criou as conferências de saúde e os conselhos de saúde. As conferências de saúde são espaços democráticos de construção da política de saúde. São os locais onde o povo manifesta, orienta e decide os rumos da saúde em cada esfera.

O Hospital Santo Antônio, através de seus diretores e funcionários, congratula os homenageados do 2° Mérito da Saúde. Praça Dr. Márcio Carvalho Lopes Filho, 501 (38) 3721-2111

Página 01

Papel do Conselho de Saúde no Controle Social É uma forma de aumentar a participação popular no gerenciamento da saúde no país. Embora não seja a única forma de garantir a participação da comunidade na saúde, o conselho de saúde desempenha um papel importantíssimo no controle social na área da saúde. Por meio dos conselhos de saúde, a comunidade ali representada: a) fiscaliza a aplicação do dinheiro público na saúde; b) verifica se a assistência à saúde prestada no município está atendendo às necessidades da população; c) verifica se as políticas de saúde orientam o governo a agir de acordo com o que a população precisa.

Através dos conselhos de saúde, os cidadãos podem influenciar as decisões do governo relacionadas à saúde e, também, o planejamento e a execução de políticas de saúde. A Saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, entre outros: Alimentação, Moradia, Saneamento Básico, Meio Ambiente, Trabalho e Renda, Educação, Transporte, Lazer e o acesso aos Bens e Serviços Essenciais; A Participação Faz a Diferença - Os cidadãos em geral podem e devem demandar ações dos conselhos. Para tanto, devem participar das reuniões dos conselhos, com direito a voz, ou entrar em contato pessoalmente, por telefone ou correspondência escrita, podendo reclamar, propor, reivindicar, denunciar e ou elogiar.

Resolução nº 009 de 10 de abril de 2013 – Prevenção e tratamento do Câncer

mortes, considerando e avaliando entre outros aspectos os seguintes: 1- Fator Social e Humano: a) profissão; b) escolaridade; c) local de trabalho nos últimos 20 anos; d) local e condições de moradia nos últimos 20 anos; e) sexo; f) renda familiar; g) hábitos alimentares; h) fatores hereditários;i) hábitos sociais (tabagismo,alcoolismo,drogas,promiscuidade, obesidade,sedentarismo,etc) 2-Fator ambiental: a) análise da composição da água e sua influência em agravo da saúde,realizada por órgão independente; b) análise da influência da monocultura e de agrotóxicos na saúde. Fixar o prazo de 180 (cento e oitenta) dias para que a Secretaria Municipal de Saúde realize o estudo. Curvelo, 10 de abril 2013

O Plenário do Conselho Municipal de Saúde de Curvelo (MG) em reuniões ordinárias nos dias 19/12/12, 30/01/13 e 17/4/13, e em palestra com Dra Sandra Lopes, debateram a respeito dos inúmeros casos de câncer em Curvelo, bem como a prevenção,tratamento e óbitos. Sendo que no relatório de gestão 2011, consta como segunda causa de morte em Curvelo e terceira em Minas Gerais, e no uso de suas competências regimentares e atribuições conferidas pela lei 8.020 de 19 de setembro de 1990, lei 8.142 de 28 de dezembro de 1990, Lei Municipal 1542 de 17/6/1991 e recomendação 03/2012 do Conselho Nacional de Saúde, considerando: a) o relatório de gestão 2011; b) as reclamações referente as condições de prevenção e tratamento do câncer realizado em Curvelo; c) a falta de uma política em defesa da saúde do homem. Resolve recomendar a realização de estudo, visando prevenir e encontrar as causas do elevado índice de incidência de neoplasias e de

Rubens Silvério da Silva Presidente do Conselho Municipal de Saúde - Homologo a Resolução 09/13 do Conselho Municipal de Saúde Rejane Valgas de Oliveira Galvão Secretária Municipal de Saúde de Curvelo Gestora SUS

Os diretores, funcionários e colaboradores do Hospital Imaculada Conceição, parabenizam os laureados e orgaizadores do 2° Mérito da Saúde. Avenida Timbiras, 590 (38) 3721-1211

BOLETIM INFORMATIVO – MAIO DE 2013 - ANO I – EDIÇÃO 02


Melhores da Saúde O presidente do Conselho Municipal de Saúde de Curvelo, Rubens Silvério da Silva; declarou aberto o 2º Mérito da Saúde, cuja finalidade é agraciar os profissionais, conselheiros e personalidades que se destacaram neste segmento através de suas ações em prol da melhoria do serviço de saúde em Curvelo e na região. Agradeceu a todos pela presença e passou a palavra ao conselheiro Geraldo Magela de Abreu, autor do projeto; para conduzir os trabalhos. A mesa de autoridades foi composta por Rejane Valgas de Oliveira Galvão, secretária municipal de Saúde; Dr. Idson Fernandes Brito, prefeito de Lassance, Wadson Ribeiro, vice-presidente do PCdoB/MG; Juscelino Discurso de Geraldo Magela durante o 2° Mérito da Saúde Sr. Presidente, Senhora Secretária Municipal de Saúde, Conselheiros, homenageados, convidados, imprensa falada e escrita, Senhoras e Senhores, O 2º Mérito da Saúde realizado nesta data aqui, na Central dos Conselhos, é fruto do compromisso assumido e firmado pelos conselheiros municipais de saúde de Curvelo com a sociedade civil organizada, de forma muito particular com os profissionais da área da saúde: médicos, enfermeiros, dentistas, agentes comunitários, prestadores de serviço e representantes políticos como vereadores, prefeitos e deputados. A saúde, conforme preconizada na Constituição Federal, é direito de todos e dever do estado. Neste sentido, devemos unir usuários, profissionais da área e autoridades constituídas na busca de melhores condições de vida para a população, sobretudo a mais sofrida e esquecida das políticas públicas, protegendo a vida desde sua concepção até seus últimos dias, proporcionando ao indivíduo/cidadão qualidade de vida, bem estar físico e mental. Criado com o objetivo de laurear os profissionais da área da saúde, conselheiros, agentes políticos e outras personalidades que prestaram relevantes trabalhos em defesa da saúde pública nos último 04 anos, teve sua primeira edição em 2009 e, por decisão do colegiado, realizamos hoje mais uma edição a fim de reconhecer os esforços envidados pelos Senhores e Senhoras que aqui se assentam. Homens e mulheres de boa vontade, honrados, com biografia e folha de serviço prestada à comunidade curvelana e regional. Verdadeiros benfeitores que contribuíram e contribuem de forma significativa com o crescimento e desenvolvimento do município com ações voltadas para a área da saúde. Estamos felizes com o comparecimento dos Senhores, o que torna a noite de hoje ainda mais especial. PAPEL DO CONSELHO NA SOCIEDADE Conforme já é sabido dos Senhores e Senhoras, o Conselho de Saúde é um órgão colegiado, deliberativo e permanente do Sistema Único de Saúde – o SUS, integrante da estrutura básica do Ministério da Saúde, da Secretaria de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, com organização e competências fixadas na Lei 8.142/90. O Conselho de Saúde visa a discutir, tomar decisões e solucionar os problemas relacionados à saúde da população curvelana, permitindo assim, que as pessoas possam intervir e participar da execução de políticas de saúde, assim como, fiscalizar aspectos econômicos e financeiros dos recursos destinados à saúde. A participação da sociedade, garantida na legislação, torna os Conselhos de Saúde uma forma democrática da população discutir e acompanhar todos os processos relacionados à saúde do país, do estado e do município. O objetivo do Conselho é fortalecer e acelerar o processo de Controle Social do SUS, para atender as necessidades e aperfeiçoamento da saúde dos brasileiros. São esses, órgãos de extrema importância na participação popular da Gestão Pública do País. A ele cabe planejar e controlar os recursos destinados à saúde no município. O conselho se divide em 04 importantes setores e tem a participação do governo (25%), prestadores de serviços, profissionais da saúde (25%) e usuários do Sistema Único de Saúde (50%). se reúne na última quarta-feira de cada mês, às 18:00; com o intuito de discutir e oferecer novas propostas para o funcionamento do SUS. Nessas reuniões são apresentadas situações e necessidades gerais de saúde da população, e então são estabelecidas e definidas soluções para que os serviços prestados sejam mais eficientes. MÉDICOS A medicina, aqui representada pelos profis-

sionais Eduardo de Paula Godoy, Elder Bicalho, Gabriel Rodrigues Junior, Igor Gabriel Álvares Rodrigues Assis, Isaura Pinto Ferreira, Lupércio da Silva Couto Filho, Marcos Agnelo Abreu Matoso, Ricardo Alexandre Bayão Santos e Sandra Maria Diniz Lopes, é uma das muitas áreas do conhecimento ligada à manutenção e à restauração da saúde. Ela trabalha, num sentido amplo, com a prevenção e cura das doenças humanas e animais num contexto médico. Ações de saúde pública e ambiental, incluindo a saúde animal, promoção, prevenção, controle, erradicação e tratamento das doenças, traumatismos ou qualquer outro agravo à integridade e bem-estar animais, além do controle de sanidade dos produtos e subprodutos de origem animal para o consumo humano e animal, compreendem a área da medicina da responsabilidade do profissional de saúde médico veterinário. O papel desenvolvido pelos senhores à frente de suas especialidades é de fundamental importância para o restabelecimento da saúde de seus pacientes, quer seja nos hospitais Imaculada Conceição e Santo Antônio, no Pronto Atendimento Municipal, nas Estratégia de Saúde da Família, nos consultórios e nas clínicas particulares. O objetivo é um só: salvar vidas e prolongar os nossos dias. A homenagem conferida aos senhores por esse egrégio conselho é mais do que justa: é necessária! ENFERMEIROS A Enfermagem, aqui representada pelas profissionais Carla Coura, Denise Maria Vilela Cardoso, Guiomar Maria Rabelo, Luiza Rodrigues Mol, Maria Doriléia da Silva, Raquel Moreira Lages, Simone Sayonara S. dos Santos, Sione Dias de Oliveira e Vanda Lúcia Nogueira Reis; oriunda do desenvolvimento e evolução das práticas de saúde no decorrer dos períodos históricos e as práticas de saúde instintivas foram as primeiras formas de prestação de assistência. Num primeiro estágio da civilização, estas ações garantiam ao homem a manutenção da sua sobrevivência, estando na sua origem associadas ao trabalho feminino, caracterizado pela prática do cuidar nos grupos nômades primitivos, tendo como pano-de-fundo as concepções evolucionistas e teológicas. A área da enfermagem vem numa crescente, nos últimos anos, com o advento dos cursos técnicos e superior no município de Curvelo e nesta região mineira, proporcionando qualificação técnica aos jovens e adultos que almejam militar nesta importante área do conhecimento humano e, com isso, contribuir com o progresso e desenvolvimento desta prática. AGENTE DE SAÚDE DA FAMÍLIA O papel desenvolvido pelos agentes comunitários de saúde é hoje considerado de vital importância para o bom funcionamento do Programa Saúde da Família-PSF, hoje, Estratégia de Saúde da Família-ESF, lançado nacionalmente pelo Ministério da Saúde desde o ano de 1994. Os agentes comunitários de saúde, aqui muito bem representados por Elizangela Alves Valú (Ipiranga), Liliane Gonçalves Macedo e Raimunda Suely de Almeida (Vila de Lourdes), são acompanhados e orientados por um enfermeiro lotado em uma unidade básica de saúde que possui as principais especialidades médicas, como pediatria, clínica médica e ginecologiaobstetrícia e além de encaminhar para unidades de serviço especializado. As senhoras são responsáveis diretas por estimular continuamente a organização comunitária; apresentando discussões das questões relativas à melhoria de vida da população; fortalecendo os elos de ligação entre a comunidade e os serviços de saúde; coletando dados sobre os aspectos sociais, econômicos, sanitários e culturais das comunidades atendidas. Registrar nascimentos, doenças de notificação compulsória e de vigilância epidemiológica e óbitos ocorridos; cadastrar todas as

Silva e Cléidineia de Oliveira Gonçalves, vice-presidente e secretária do CMS. Houve a execução do Hino Nacional e o registro de presença de autoridades e convidados especiais. Fizeram uso da palavra: Rubens Silvério, Rejane Valgas, Dr. Idson, e Wadson Ribeiro. A entrega dos certificados foi feita pelo presidente e secretária. Em suas considerações finais o presidente agradeceu aos parceiros do Conselho, homenageados, imprensa, UMAC/Ponto de Cultura e COPASA. O evento aconteceu na Central dos Conselhos, no dia 20/04, sábado, às 19:00 e foi seguido de coquetel. As fotos ficaram a cargo de Geraldo Heleno e a filmagem sob os cuidados de Silvinho Sanffer. famílias da sua área de abrangência; identificar e registrar todas as gestantes e crianças de 0 a 6 anos, através de visitas domiciliares, acompanhamento de gestantes e nutrizes, incentivo ao aleitamento materno, garantia do cumprimento do calendário da vacinação e de outras vacinas que se fizerem necessárias, são algumas das muitas funções desenvolvidas com sucesso pelas senhoras e por seus pares, atendendo cerca de 150 famílias ou 750 pessoas por agente. CONSELHEIROS O Conselho Municipal de Saúde de Curvelo, foi criado pela lei municipal 1542, de 17/06/91 e no período de 1991 a 2012 foram presidentes: Dr. Marcos Agnelo Abreu Matoso e Maurício Barata (1991-1993), Dr. Rubens Meira (1995-1996), Dr. Ailton Antônio Assis (2000-2001/2005-2007), Além Roberto Coutinho (2001-2003), Geraldo Moreira da Costa Filho, (2004), Dr. Ronaldo Ricardo da Silveira (2007-2011) e Rubens Silvério da Silva (1996-2000/2003-2005/2011-2013). De lá para cá, vem se destacando além fronteiras, dados os muitos projetos implementados com sucesso. Vale lembrar a participação efetiva nas políticas públicas e decisões administrativas voltadas para melhoria da saúde regional, em comum acordo com a Prefeitura Municipal de Curvelo/Secretaria Municipal de Saúde. Os conselheiros de Curvelo participam ativamente de seminários, cursos e conferência realizadas em Minas Gerais e no Brasil, buscando aprimorar conhecimentos e conhecer novas formas e maneiras de contribuir com o setor, levando conhecimentos e sugestões para melhoria da saúde pública nacional. Apesar de importante, o trabalho desenvolvido pelos conselheiros é feito de forma voluntária, portanto não recebem nenhuma ajuda pecuniária do município ou de quem quer que seja. A responsabilidade dos meus pares fala mais alto e o compromisso é assumido de unhas e dentes para proporcionar saúde de qualidade a todas e a todas que dela dependem... As visitas aos ESF’s, postos de saúde, hospitais, casas de recuperação de dependentes e reuniões itinerantes nas comunidades urbanas e rurais vêm, ao longo dos últimos anos, encurtando distâncias e levando o Conselho aonde o povo está, levando com conhecimento sobre o Sistema Único de Saúde-SUS, palestras preventivas, informações, colhendo sugestões, reivindicações e ouvindo as muitas reclamações e demandas da comunidade que sofre e depende de tomadas de decisões dos gestores e atores envolvidos. A criação do Mérito da Saúde, o debate com os prefeitáveis e o lançamento do Boletim Informativo do Conselho são algumas ações que aproximam o povo do Conselho. Gradativamente a comunidade vem reconhecendo os esforços implementados por esta e pelas gestões anteriores e ao que tudo parece o controle social vem se fortalecendo como imprescindível para o exercício completo da democracia. É, portanto, justa a homenagem conferida aos conselheiros João Sabino, Jonas Gomes da Rocha, Lindaura Alves da Rocha, Maria da Glória Gonçalves, Ronaldo Ricardo da Silveira, Rossana Fargnolli e Solange M. Rodrigues Ferreira. PRESTADORES DE SERVIÇO Os prestadores de serviço também desempenham papel de fundamental importância para o sistema SUS, realizando procedimentos e exames que o próprio sistema não consegue fazer sozinho. A união faz a força e a experiência vivenciada em Curvelo com os Laboratórios Sabin (Ailton Assis), Heriberto Bicalho Martins e Hemocentro (Leonardo e Marco Aurélio), com o Hospital Imaculada Conceição (Irmã Terezinha Madureira) e o Cartão de Todos (Wilson de Freitas Pereira Júnior) tem sido satisfatória e as expectativas futuras são animadoras. São, portanto, empresas e instituições que tem fé pú-

BOLETIM INFORMATIVO – MAIO DE 2013 - ANO I – EDIÇÃO 02

blica e que, apesar das dificuldades, se desdobram em contribuir com a melhoria do sistema e, neste sentido, oportuniza avanços... ENTIDADES A comunicação, desde os tempos imemoriais, é reconhecida pela sua importância na formação da opinião pública e no desenvolvimento da comunidade. A Rádio Comunitária FM (Tadeu Amorim) é exemplo da comunicação ideal e tem primado pelo interesse comum durante sua programação, divulgando as muitas ações de saúde em Curvelo e na região, indo de encontro às demandas apresentadas. O Exército Brasileiro, aqui representado pelo comandante Valério Macena de Sousa Lima, também se distingue pela parceria celebrada com a comunidade curvelana, colocando sua experiência e ação humanitária em favor da vida, nas muitas campanhas de doação de sangue e vacinação de animais, encabeçadas pela Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária, além de atuar em calamidades públicas por esses brasis afora. A gloriosa Policia Militar, leiase Enicodemos Lopes do Nascimento, também merece deferência pelo bom trabalho que desenvolve com as crianças, jovens e adolescentes, através do PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas, premiado e reconhecido no Brasil e no exterior e responsável por evitar ingresso dos jovens no submundo das drogas. Trabalho semelhante desenvolve a agora enfermeira Flávia Guimarães na entidade cujo trabalho está voltado para a reinserção de jovens moças ao convívio social. GESTORES E AGENTES PÚBLICOS Por fim, e não menos importante, devo discorrer acerca do papel desenvolvido nos últimos anos pelos nossos representantes políticos nos cenários municipal, estadual e federal. Aqui recebemos com alegria os vereadores Guerino Cardoso, Maria Doriléia da Silva, Gustavo das Neves e Duarte Severino, o prefeito Maurílio Soares Guimarães, os deputados estadual Sávio Souza Cruz e o federal Gabriel Guimarães. A responsabilidade dos senhores é grande, não só com a sociedade mas com Deus, sobretudo na criação de leis e projetos que venham de encontro às reais necessidades da população brasileira, a fim de equacionar os problemas existentes e que tornariam a vida das pessoas mais fácil, agradável e feliz. É preciso praticar a política de forma filosófica, como sendo “a arte do bem comum” e não de alguns poucos e privilegiados. Temos que deixar de lado as divergências menores e encarar os desafios, unidos num objetivo comum de garantir uma saúde de qualidade e para todos. Aos governos, nas mais diferentes esferas, cabe cumprir integralmente os compromissos legais apontados pela Carta Magna com os repasses de recursos, sem maquiagem e sem faz de conta. Muito já fora feito, muito ainda se há de fazer. Ao lidar com a saúde estamos lidando com vidas e a nossa responsabilidade é ainda maior. CONSIDERAÇÕES FINAIS Congratulo os homenageados, Adriano Rocha de Oliveira, Albany de Souza, Eduardo Rocha, Elisabete Fernandes Marreira, Gildete Ribeiro de Oliveira, João Alves da Fonseca Filho, Nuely Ferreira Ribeiro e Ricardo Pinto Diniz, e os demais, homens e mulheres, indicados e aprovados neste Conselho, após rigorosa análise, num universo de outros tantos qualificados e merecedores, para receber o 2º Mérito da Saúde tendo em vista o comprometimento com o bem comum e com a saúde dos munícipes. Estou alegre e renovo as minhas esperanças num Brasil mais verde e amarelo e por isso mesmo mais saudável. O trabalho dos senhores e senhora me e nos estimula a caminhar sem medo de ser feliz... São essas as minhas poucas palavras diante da grandeza dos senhores...

Página 02


“E agora?” - Página 07 - Maio de 2013 - Edição 89

Igreja Sara Nossa Terra: 21 anos de transformação de vidas

2013 é o ano da graça de Deus, dizem pastores Robson e Sônia Souza, em entrevista “Dentro da Sara Nossa Terra ser pastor não é profissão, mas sim paixão”. As origens da Igreja Sara Nossa Terra no Brasil e no Mundo, missão, visão, crenças, bases teológicas e filosóficas x sociedade contemporânea, foram alguns dos assuntos tratados com os pastores Robson Henrique de Souza (foto), natural de Patos de Minas/MG, tecnólogo em Ciências da Computação, terapeuta familiar e teólogo; e Sônia Lidiane do Nascimento Batista Souza, natural de Pedro Leopoldo/MG, tecnóloga em Meio Ambiente, terapeuta familiar e teóloga; durante entrevista “ao vivo”, no projeto “Personalidades de Expressão”, no último dia 26/04, sexta-feira, na redação do jornal “E agora?”. Em suas considerações iniciais, o casal cumprimentou o entrevistador, os convidados e a imprensa, desejando-lhes boas-vindas. Casados há 13 anos, tem o filho Pedro, de 10 anos. O evento contou com a participação do vereador da Câmara Municipal de Curvelo, Gustavo das Neves.

Origens da Igreja no Brasil e no Mundo, visão e missão De acordo com os pastores Robson e Sônia, a Igreja Sara Nossa Terra nasceu em Brasília-DF, em 1992, movida por uma palavra profética de Deus e pela visão de SARAR A NOSSA TERRA. “Os bispos fundadores, Robson e Lúcia Rodovalho, acreditam que a missão da igreja é fazer de cada pessoa um cristão, de cada cristão um discípulo, formar líderes, multiplicando a pregação do Evangelho através da abertura de novas igrejas. O nome da igreja veio de uma revelação recebida pelo bispo, baseada na passagem de 2º Crônicas 7:14: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar (…), então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”. Ainda de acordo com casal de pastores, os bispos Lúcia e Robson fizeram prosperar a estrutura da Sara para além das fronteiras do Brasil. E hoje cresce sob a palavra de Deus e por meio de células estratégicas, contando com 1300 igrejas, sendo 50 em Minas Gerais e já está presente em países como os Estados Unidos, Portugal, Espanha, Inglaterra, Holanda, Suíça, Itália e Alemanha. Exaltaram dentre outras coisas, a metodologia de trabalho da igreja, sobretudo, do acolhimento das pessoas, através do amor, da compreensão e da aceitação das diferenças culturais e regionais. Viver em comunidade foi apontado pelo casal como sendo a base do desenvolvimento e da boa aceitação da igreja no Brasil e no exterior. “Nosso objetivo é que todas as pessoas que estão lá sejam saradas em todos os aspectos de suas vidas. Deus não une pessoas, une propósitos. A Sara Nossa Terra investe no que ela tem de melhor: as pessoas...”, ressaltaram.

Estrutura administrativa Moderna, a igreja Sara Nossa Terra dispõe de uma ampla estrutura de comunicação para levar a palavra de Deus aos seus milhares de seguidores: a TV Gênesis, que é a maior rede gospel do Brasil; a Rádio Sara Brasil FM, presente em nove capitais do país, além da Sara Online TV, um canal na web em que os cultos, clipes e programas de TV da igreja estão acessíveis ao mundo inteiro. A editora Sara Brasil Edições e a gravadora Sara Music, ambas com milhões de exemplares vendidos em suas categorias comerciais, também fazem parte da estrutura administrativa. Informaram que os pastores e bispos com atuação na igreja desenvolvem atividades profissionais como qualquer outra pessoa no mercado de trabalho, portanto, não se dedicam exclusivamente aos trabalhos religiosos.

Igreja Jovem Questionados a respeito da jovialidade da igreja, informaram que apesar da boa aceitação dos jovens, a igreja se destina a todas as faixas etárias e que não há acepção de pessoas, de credo religioso e de classes sociais. Segundo

eles, Deus não escolhe as pessoas pelo modo de ser e de vestir. “Deus não procura roupa, nem cabelo. Ele procura corações que o adorem independentemente de como a pessoa seja ou esteja. A Sara Nossa Terra é o seu lugar. A pessoa muda não por imposição de doutrina, mas sim pela imposição da palavra do Rei Todo Poderoso”, explicaram.

Quem são os bispos fundadores? Robson Rodovalho Fundador e presidente do Ministério Sara Nossa Terra. Físico, atuou como professor durante quinze anos em Brasília, especializou-se em nutrição, naturologia e ciência em saúde natural, além de bacharel em Teologia. Membro da Academia Internacional de Cultura, honoris causa em Filosofia, recebeu a comenda social religiosa em 2000, entre outros títulos. É autor de milhares de livros e também leva a Palavra de Deus através da música. Já lançou cinco CDs e 2 DVDs, recorde de vendas da gravadora Sara Music. Lúcia Rodovalho Formada em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília (UCB), em Teologia e doutora em Filosofia, é especialista em terapia familiar. Em 2003, fundou um dos ministérios jovens mais expressivos do país, o Arena Jovem, levando milhares deles a transformarem suas vidas por meio de Cristo Jesus. Nascida em Goiânia, mãe de três filhos e avó de cinco netos. Seu ministério é marcado nas áreas das emoções, fé e aconselhamento, no qual trabalha há mais de 20 anos, dando ênfase na formação e reconciliação da família. Conferencista, viaja o mundo ministrando em palestras não só em igrejas, mas em grandes convenções. Já publicou vários livros, dentre eles: Seja Feliz e Reconstruindo sua vida emocional.

Bases teológicas e filosóficas da igreja “Cremos que a Bíblia é a palavra de Deus, inspirada e infalível, que Deus se revelou como Pai, Filho e Espírito Santo; na divindade de Jesus, em seu nascimento virginal, em sua morte expiatória, em sua ressurreição corporal e em sua ascensão à destra do Pai; que o homem foi criado bom e justo, mas perdeu essa natureza por cair voluntariamente no pecado; que a única esperança para a salvação do homem é através do sangue redentor de Cristo; que todos que se arrependam de seus pecados e crêem em Jesus como seu Salvador e Senhor, são salvos pela graça por meio da fé; que a santificação e a vida vitoriosa são requisitos para a esposa de Cristo”,

contou Robson Souza.

O começo em Curvelo... O início dos trabalhos de evangelização em Curvelo e nesta região mineira começou através de reuniões regulares realizadas na casa de Nilton, então gerente local da EMATER; por pastores de BH e, mais tarde, através do casal Robson e Sônia. De lá para cá, a aceitação do trabalho vem numa crescente. Segundo o pastor Robson, o trabalho iniciado pelo casal atende a uma determinação de Deus quando disse em sonho/visão: “O coração de Minas ainda não se converteu”. Externaram o amor sentido pelos membros da igreja local. “Amamos os membros da igreja e tudo por feito por amor a eles”. A sede local inicialmente funcionou a Rua José Bonifácio, posteriormente a Rua Goiás, onde segundo a pastora Sônia, viveram os momento mais felizes e marcantes da caminhada pastoral. Atualmente a igreja está localizada a Rua João Pizzani, 13, centro, em Curvelo, ao lado da Só Motos Yamaha. Residentes em Barbacena/MG, última cidade da região central do estado, prestam assistência constante a dois casais de diáconos curvelanos, Washington & Lúcia e Daniel & Poliana, que se tornarão pastores, no futuro próximo, e conduzirão os destinos igreja na região. Informaram que Curvelo será sede regional da igreja futuramente. Defenderam o ecumenismo e o diálogo permanente com as outras religiões uma vez que, segundo eles, indiferentemente de religião, a causa é a mesma: ir pelo mundo e levar o Evangelho a todas as criaturas.

Dias e horários de cultos (programação diária) Culto da Família: domingo às 19:00, Culto da Vitória: quarta-feira às 19:30, Quebra de Maldições: quinta-feira as 19:30; Arena Jovem: sábado as 19:30. Contatos: sntcurvelo@gmail.com ou www.facebook.com/snt.curvelo. Dúvidas? Pergunte ao Pastor! www.curveloonline.com.br/pergunteaopastor

Principais atividades de assistência social desenvolvida pela igreja Tendo em vista a tragédia que se abateu sobre o Estado do Rio de Janeiro, no ano passado, a igreja Sara Nossa Terra de Curvelo realizou campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis como miojo, roupas, calçados e água mineral, durante 03 dias, o que resultou em um caminhão baú de doações, sendo objeto de rasgados elogios pelos organizadores da central de doações em BH/MG. A igreja ministra gratuitamente aulas de música a quem interessar possa.

vendo padres, pastores e religiosos de forma geral, dentro do limite da Lei, estão cumprindo seu dever de ofício. “Quem é sério e caminha com retidão colhe bons frutos até daquilo que não é bom”, pontuaram. Reconheceram, todavia, a existência do preconceito com relação ao exercício pastoral desenvolvido por eles e por demais religiosos no Brasil e no mundo. Afiançaram que a Sara Nossa Terra nunca se envolveu em escândalos ao longo dos 21 anos de existência e vem prestando à sociedade brasileira e mundial relevantes trabalhos. “A instituição é santa e irrepreensível”, observaram.

Bispado Admitiram a possibilidade de se sagrarem bispos, no futuro próximo, apesar de não ser o objetivo primeiro do casal. De acordo com informações oficiais, para se tornar bispos na igreja, os pastores devem ter 12 filhos espirituais, ou seja, 12 pastores sob a coordenação deles. Acreditam na força da comunicação e das novas mídias como Twitter, Facebook e outras para o trabalho de evangelização na igreja. Reconheceram que a sociedade moderna está sedenta de algo e principalmente de Deus e, muitas vezes, busca refúgio nas drogas, bebidas, amores, trabalho e até mesmo no suicídio.

Conclusões finais Sargento Raimundo de Oliveira, representante do jornal “Centro de Minas”, agradeceu aos pastores pelo bom trabalho desenvolvido em terras curvelanas e desejou-lhes êxito ainda maior com a inauguração da nova sede. Geraldo Magela agradeceu o pronto atendimento dos pastores ao convite feito, colocando o jornal “E agora?” à disposição deles, bem como da Igreja Sara Nossa Terra. Em suas considerações finais, Robson e Sônia Souza agradeceram, penhoradamente, pela oportunidade de serem ouvidos no projeto e concluíram analisando os últimos dados divulgados pelo IBGE em que aponta o crescimento dos evangélicos no Brasil e o declínio do catolicismo, justificando que a Sara vem crescendo dada a forma moderna e contemporânea com que apresenta a palavra de Deus e, gradativamente, conquista novos corações, suprimindo regras e imposições e apresentando única e exclusivamente a Palavra de Deus, aceitando as pessoas como elas são, “amando a Deus sobre todas as coisas e o próximo com a nós mesmos”. A entrevista foi finalizada com uma oração especial em favor dos participantes e organizadores do evento.

Papel da Comunicação Social no trabalho de evangelização da igreja Defenderam a atividade jornalística desenvolvida pelos profissionais da imprensa como sendo salutar para o fortalecimento da democracia e bom conhecimento das pessoas. De acordo com Robson e Sônia Souza, os veículos de comunicação ao publicarem denúncias envol-

ANUNCIE CONOSCO E FAÇA BONS NEGÓCIOS (38) 3721-5055 / 9861-5218


“E agora?” - Página 08 - Maio de 2013 - Edição 89


“E agora?” - Página 09 - Maio de 2013 - Edição 89

Deputado Gabriel Guimarães anuncia entrega de caminhão tanque para Aterro Sanitário de Curvelo

Deputado Gabriel Guimarães com o presidente da CODEVASF, Elmo Vaz Bastos de Matos

Uma das mais importantes ações dos mandatos do exdeputado federal Virgílio Guimarães e do deputado federal Gabriel Guimarães em Curvelo está prestes a ser concluída: o pleno funcionamento do Aterro Sanitário municipal. Nos próximos dias, a Companhia de Desenvolvimento do Vale São Francisco (CODEVASF) entregará ao município o caminhão tanque, o último dos quatro equipamentos doados pelo Governo Federal para a manutenção do Aterro Sanitário de Curvelo. A entrega do caminhão tanque para o município encerra o processo de construção e operação do Aterro Sanitário de Curvelo, que vinha funcionando regularmente desde 2011. De acordo com o deputado federal Gabriel Guimarães o processo para deferimento da doação do equipamento está sendo analisado pela CODEVASF em Brasília e deverá ser finalizado nos próximos dias. “Conseguimos concluir integralmente o projeto através da CODEVASF, responsável pela destinação do recurso e a execução da obra de construção do aterro. Sabemos o quanto essa ação é importante para o meio ambiente, a qualidade de vida das pessoas e de toda a cidade”, afirmou.

Com o caminhão tanque o município poderá fazer todo o recolhimento do chorume com equipamento próprio, transportando devidamente o líquido para a estação de tratamento. O manejo do chorume é considerado um dos problemas mais importantes no projeto e operação dos aterros sanitários por ser um líquido altamente contaminante gerado pelo próprio lixo e também pela água das chuvas.

A ação Preocupados com o grave problema do lixo na cidade, Gabriel e Virgílio Guimarães conseguiram junto ao Governo Federal a liberação em 2010 de quase R$ 3 milhões para as obras de construção de toda a estrutura e a compra dos equipamentos do aterro sanitário, incluindo, retroescavadeira, caminhão tanque, caminhão basculante e trator de esteira. Localizado na Rodovia LMG-754 sentido Cordisburgo, o Aterro recebe por dia cerca de 80 toneladas de resíduos sólidos e tem vida útil de 30 anos. O deputado Gabriel Guimarães ressalta a importância do aterro sanitário ao comentar que antes da sua construção o lixo de toda a cidade era levado para um aterro controlado, que já estava com sua capacidade esgotada.

Autódromo: implantação representa uma nova realidade para Minas Atendendo compromisso firmado, deputado promove interlocução entre idealizadores do autódromo e Ministério dos Esportes Em mais uma audiência no Ministério dos Esportes, o deputado Gabriel Guimarães se reuniu com o ministro Aldo Rebelo e com o idealizador do Projeto do Autódromo Internacional, Flávio Bergmann, para pedir o apoio institucional do Governo Federal na implantação do empreendimento em Curvelo. A audiência, realizada em Brasília, no dia 04 de abril, teve também como objetivo solicitar a aprovação do projeto e do evento de MOTO GP na Lei de Incentivo ao Esporte. Para o deputado Gabriel Guimarães a construção deste empreendimento em Minas representa o desenvolvimento de Curvelo, Região Central e todo o estado, que será sede do maior autódromo internacional do país.

Um dos principais apoiadores e idealizadores do projeto, Viriato Mascarenhas, tem acompanhado o processo de implantação do autódromo e, segundo ele, com a conclusão da obra, Curvelo sediará os mais importantes campeonatos internacionais, além de receber investimentos nacionais e internacionais jamais vistos na cidade. Também participaram da audiência, o deputado estadual Paulo Guedes; os prefeitos de Timóteo, Keisson Drumond; de Manga, Anastácio Guedes; de Itacarambi, Ramon Campos; e César Emílio, de Capitão Enéas; o vereador Cássio Remis, de Patrocínio; onde trataram de demandas pontuais dos seus municípios. Fotos: Divulgação


“E agora?” - Página 10 - Maio de 2013 - Edição 89

Campeonato Mineiro de Juniores 2013

Por Aílton Trindade (Risonho) curvelofutebolamador@yahoo.com.br

Final da 15ª Copa Curvelo de Futsal Infantil é coroada de sucesso O evento já faz parte do calendário esportivo curvelano há 15 anos e se realiza muito pela força de vontade e ao amor ao esporte dos próprios desportistas, que não medem esforços para participar e fazer a 15ª Copa acontecer. Vila de Lourdes e Ipiranga fizeram a final da 15ª Copa Curvelo de Futsal Infantil (Projeto Astros da Bola) na quadra poliesportiva do bairro Vila de Lourdes, em jogo marcado por grandes emoções, onde a rivalidade se deu apenas dentro da quadra. O time do Vila de Lourdes sagrou-se campeão após importante vitória sobre o Ipiranga pelo placar de 6 a 4. A coordenação esportiva capitaneada com muita responsabilidade pelo técnico de futsal Dalton Araújo que se esmerou na organização do evento. A participação na Copa é gratuita para as crianças participantes e não se cobra qualquer taxa pelas atividades e inscrições. A finalidade é de dar oportunidade e despertar nos jovens o interesse pelo futsal. Os méritos não para, os 1800 atletas que já passaram pelo Projeto a maioria é de adolescentes e boa parte de crianças carentes, mas muito talentosas. APOIO: Departamento de Esportes da Prefeitura de Curvelo, através do desportista Celsinho que vem se destacando pela sua competência e Jornal “E agora?”.

Fotos: Rubem Serrão A confiança é muito grande por parte de todo elenco do time do Curvelo Esporte Clube, em busca de uma possível classificação para a 2ª fase do campeonato que é muito competitivo e conta com a participação dos grandes clubes da capital mineira. A motivação da torcida curvelana é muito grande, que tem comparecido aos jogos, levando seu apoio e muito incentivo ao time. A continuidade deste projeto será de grande importância para o engrandecimento do esporte, porque a prioridade é de dar oportunidades aos atletas da base e acreditar em revelar novos talentos. A participação neste importante evento só foi possível graças ao empenho de toda diretoria do Clube. Time do Curvelo Esporte Clube: Lucas, Diogo, Erastotenes, Lucas Leal, Vinícius, Pablo, Vítor Hugo, Luiz Henrique, Romildo, Vitor Vieira e Jonatan Suplentes: Luiz Felipe, Fabiano Rafael e Vitinho Cruzeiro Esporte Clube que empatou em 0 a 0 com o Curvelo no jogo realizado na Toca da Raposa, em BH

Veja o box com os campeões da Copa

Resultado dos jogos do 1° turno

ANUNCIE CONOSCO E PRESTIGIE O ESPORTE

(38) 9914-8409

Vila de Lourdes campeão – Lucas Emanuel, Luiz Gustavo, Jhony, Pedro de Lucas, Fabiano, Samuel, Gustavo, Davi e Leon

Ipiranga vice campeão – Tales, Leonardo, Lucas, John Max, Valdir, Felipe, Vitor Lopes, Luiz César e Lucas Antônio Dalton Araújo coordenador da Copa, Pedro de Lucas, recebendo os troféus de campeão e revelação; John Max recebendo o troféu de vice-campeão e Aílton Trindade, promotor de eventos esportivo e presidente do Projeto Astros da Bola (Copa Curvelo de Futsal Infantil)


Fotos: Geraldo Heleno

Página 03

BOLETIM INFORMATIVO – MAIO DE 2013 - ANO I – EDIÇÃO 02


Fotos: Divulgação

Com Deus no coração, alma transparente e saúde você chega onde quer. Dani Leão Plenárias Setoriais Saúde e Cidadania – 2013

REALIZAÇÃO: Conselho Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde. OBJETIVOS: a) proporcionar a comunidade curvelana a oportunidade de falar a respeito de sua saúde, de suas necessidades, e das suas reivindicações por uma saúde de qualidade, b) apresentar para as comunidades as ações das unidades de saúde, c) divulgar informações referente ao SUS. d) orientações a respeito do conselho de saúde e da importância da participação popular e do controle social no SUS. Silveira, Ronaldo Ricardo da Silveira, Idilson Rodrigues de Paiva, Geraldo Magela de Abreu, Rubens Silvério da Silva, Blair Reginaldo dos Reis, Solange Ma Rodrigues Ferreira, Agnes de Fátima Oliveira Araújo, Maria da Glória Gonçalves, Dalva Neide Gonzaga, Maria dos Reis Pinto Trindade, Mírian D. Machado Gonzaga da Silva, Claudia Ferreira Lopes e Joaquim Alves de Souza. RepresenAv: Gentil de Matos, n°415, Tibira, Curvelo (MG) - Cep: tantes dos Prestadores de Serviço: Maria Angélica Santos Souza, Dionísio Martins, Rossana Tônia 35790-000 - Mandato: 2011/2013 - Telefone (38) 3721 7911 Gomes Souto Fargnoli, Ailton Antônio de Assis, Dilma Menezes Paixão e Paula Medeiros de AnE-mail: conselhocurvelo@yahoo.com.br drade. Representantes do Governo: Janine Miranda Silva, Sione Dias Oliveira Cardoso Silva, Deusa da Conceição dos Anjos, Denise Maria Vilella Cardoso, Ana Maria Pereira Mendes e Dinélia da Silva Paixão. Representantes dos trabalhadores: Maria Luiza Pinto Oliveira, Lilian Salomão Elias, Marina Mesa diretora: Rubens Silvério da Silva, presidente; Juscelino da Silva, vice-presidente; Deusa dos Santos Oliveira, Danilo Moura, Juscelino da Silva, Denise Pereira de Sá Campos, Luciene Oliveira, da Conceição dos Anjos, 1ª secretária e Cleidinéia de Oliveira Gonçalves, 2ª secretária. Represen- Itamar Félix, Maria Janaina Gonçalves S., Círia Maria Diniz Lima, Fernanda Ferreira Cardoso e Hetantes dos Usuários: Jonas Gomes da Rocha, Oscar Neves Teixeira, José Gonçalves Neto, Lindaura lenilse Caetano Resende. Alves da Rocha, José Vanderlei Vaz da Silva, João Sabino de Araújo Filho, Maria das Graças Silva de Reportagens: G.M.A. Produções e Eventos LTDA. (38) 3721-5055 Abreu, Maria Virgínia do Nascimento, Cleidinéia de Oliveira Gonçalves, Ana Paula Moreira Coelho Arte final e fotos: Geraldo Heleno

EXPEDIENTE

BOLETIM INFORMATIVO – MAIO DE 2013 - ANO I – EDIÇÃO 02

Página 04


“E agora?” - Página 13 - Maio de 2013 - Edição 89

Notícias ruins, muito ruins, na saúde

É

triste, muito triste,

o anúncio de que o governo federal, atendendo a uma solicitação da Frente Nacional dos Prefeitos (segundo veiculado pela impressa), pretende trazer para o Brasil cerca de 6 mil médicos de Cuba, sem a devida revalidação de seus respectivos diplomas, ou seja, sem que haja realização de uma prova, chamada Revalida. A intenção seria suprir a falta de médicos em muitas cidades do interior do Brasil, entretanto, apesar da intenção boa, há um grave problema: não teremos garantias de que os profissionais importados serão médicos realmente preparados, com um mínimo de boa formação profissional, uma vez que esses médicos, a princípio, não serão submetidos à revalidação de seus diplomas através do Revalida. Portanto, esses médicos não serão avaliados em nenhum momento quanto à sua competência e capacidade profissionais. Ou seja, se não temos a garantia de que bons médicos serão “importados”, então nossa população corre um grande risco de ser mal assistida. Há um risco muito grande de aumento desenfreado dos erros médicos, cometidos por esses “importados”, tendo sempre a população como maior vítima. Essa proposta do governo federal é claramente equivocada, é um erro grave, mas temos a esperança de que, no final das contas, o bom senso irá prevalecer no governo, no sentido de que alguma alteração seja feita na proposta o mais rápido possível, no mínimo submetendo todos os candidatos ao mesmo sistema de revalidação válido para todos os outros médicos estrangeiros: o Revalida. Se por um lado é uma decisão equivocada do governo federal, percebe-se que, no fundo, é uma decisão muito equivocada tomada, teoricamente, por todos os partidos, uma vez que essa idéia partiu da Frente Nacional de Prefeitos, que é pluripartidária. Seria, portanto, muita hipocrisia da parte de algum parlamentar da oposição (seja deputado federal, seja senador) que cobre ou critique apenas o governo, sem que este critique e cobre também de prefeitos de oposição ao governo federal, prefeitos que eventualmente também tenham se manifestado a favor dessa importação indiscriminada de médicos, uma vez que a Frente Nacional de Prefeitos é pluripartidária. Seria de fato muita ingenuidade pensar que apenas prefeitos de partidos da base do governo federal fizeram essa proposta maléfica. Ou seja, é um erro não apenas do governo federal, mas também de todos os partidos, sejam da base de sustentação do governo, sejam de oposição. De fato, a Frente Nacional de Prefeitos prestou um enorme desserviço à nação ao propor essa idéia ao governo federal. Outro fato muito triste, e até mesmo revoltante, foi a recente decisão do Conselho Federal de Medicina (CFM) em apoiar, formalmente, a legalização do aborto até a décima segunda semana de gestação, ou seja, até o terceiro mês de gestação (legalização que ainda não aconteceu, uma vez que ainda não é sequer um projeto de lei, mas será analisado em breve no Congresso Nacional) Essa decisão do CFM, além de irresponsável (uma vez que atenta contra a vida de seres humanos inocentes e indefesos) é antidemocrática e extremamente autoritária, uma vez que uma decisão dessa importância jamais poderia ter sido tomada pelo voto da maioria apenas dos conselheiros federais e regionais. Quando se tem um mínimo de noção de democracia, sabe-se que uma decisão dessa importância só poderia ter sido tomada através de uma con-

sulta nacional, ou seja, uma espécie de plebicito ou votação nacional, na qual todos os médicos e médicas do Brasil deveriam ter sido no mínimo consultados. Penso que é absolutamente inaceitável permitir o aborto até a décima segunda semana de gestação sem que haja estupro ou gestação com grande risco de morte para a mãe (como já prevê o atual Código Penal). E o que essa proposta prevê, proposta agora também apoiada pelo CFM, é o aborto legal até o terceiro mês de gestação, independente se há estupro ou não, independente se há grande risco de morte para a mãe ou não. Isso é um absurdo gigantesco! As justificativas colocadas pelo Conselho Federal de Medicina para apoiar tal medida são, a meu ver, injustificáveis. Por exemplo, há a justificativa de que há muitas mortes de mulheres por aborto ilegal e, portanto, é uma questão de “saúde pública”. Então quer dizer que os fins justificam os meios? Será mesmo que a solução para esse problema é simplesmente permitir a morte de milhões de fetos? Raciocinando da mesma forma, então a solução para o tráfico de crack será a legalização do crack? Outra justificativa que não se sustenta é a falácia de que há vida apenas com a formação do “tubo neural”, ou seja, apenas após a décima segunda semana de gestação, afirmação que não se sustenta pela ciência. Por exemplo, quando se estuda Embriologia, sabe-se, de maneira muito clara, que uma nova vida humana se inicia com a união de espermatozoide e óvulo, quando há a formação do zigoto, que é a primeira célula do nosso organismo. Ou seja, uma nova vida humana não se inicia após a décima segunda semana de gestação, mas sim a partir do primeiro momento, primeiro segundo, primeiro instante no qual se dá a formação da primeira célula de nosso corpo. Essa é uma afirmação muito clara da Embriologia, ramo da ciência que estuda os embriões (podemos encontrar essa definição de início da vida no livro “Embriologia Clínica” de Keith Moore). Além dessa proposta inaceitável, o CFM também apoia o aborto quando o feto mostra anomalias ou doenças incompatíveis com a vida, o que representa o que podemos chamar de aborto eugênico, ou eugenia. Ou seja, aqueles seres humanos muito doentes desde o ventre da mãe não podem ter direito à vida? Isso é um absurdo! O que nos revolta é saber que um Conselho Federal de Medicina, que deveria zelar pela defesa da vida, sobretudo a vida de seres humanos inocentes e indefesos, está justamente fazendo o contrário, atentando contra a vida. Não apenas eu, mas milhares de outros médicos e médicas de Minas Gerais e do Brasil estão estarrecidos e indignados com essa decisão. Na mais recente edição do jornal do CRM-MG (Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais) vários médicos mineiros expressaram, através de correspondência publicada no jornal, sua revolta contra o Conselho Federal de Medicina. Não vi nenhum médico ou médica mineira se manifestando a favor da decisão do CFM. Se por um lado o Conselho Federal de Medicina nos causa vergonha, por outro lado o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais nos enche de orgulho, uma vez que os conselheiros do CRM-MG se manifestaram, quase que se forma unânime, a favor da vida e contra a decisão do CFM. Esperamos que o CFM reveja essa decisão o mais rápido o possível, corrigindo esse erro histórico e muito lamentável, porque, no momento, não me sinto representado pelo Conselho Federal de Medicina. Igor Gabriel Álvares Rodrigues Assis

Betão na mira do Ministério Público Denúncias de irregularidades podem levar a cassação de seu mandato Diz o ditado popular que a Justiça tarda, mas não falta... O prefeito de Felixl â n d i a , Humberto Alves Campos, do PSDB, o “Betão”, está sendo processado e poderá ser punido pela Justiça, nos próximos dias, caso sejam confirmadas as inúmeras denúncias de irregularidades que pesam contra ele e sua administração. A ação foi inicialmente proposta pelos vereadores da legislatura passada (2005-2008), Wagner Alves Vieira (foto 1), o “Grampo”, atual vice-prefeito; Alex Quadros de Moura (foto 2), o “Alex Pivete”, hoje, aliado do prefeito; Gilton Mendes Costa (foto 3), Adelmo Teixeira da Silva, o “Aranha” (foto 4) e Alfredo Frutuoso de Almeida (foto 5), já falecido. A ação foi proposta quando era presidente da edilidade o atual vereador e presidente Genemi Pinto Barbosa, que esquivou-se de assinar as denúncias protocoladas no MP. Pesam em desfavor do prefeito Betão, denúncias de uso da máquina pública em seu benefício próprio, através de maquinários (pá carregadeira e outros), cessão de funcionários, pagamento de combustível e caminhões terceirizados, que teriam sido usados em sua fazenda particular, na construção de uma barragem de ligação entre suas terras, sobre o córrego do Buriti, no Distrito de São José do Buriti, em Felixlândia. De acordo com informações extraoficiais, a obra teria durado mais de 40 dias e o custo pago pelo erário. As denúncias publicadas à época pela imprensa foram mais tarde acolhidas pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais e o prefeito está sendo processado. A audiência de instrução e julgamento está agendada para o dia 25 junho, às 15:30, no Fórum da Comarca de Curvelo. Além do processo de nº 002072312.2010.8.13.0209/0209.10.002072-3, Betão aparece na condição de réu em 29 outros, respondendo pelos crimes de improbidade administrativa, administrativo e outras matérias de público, enriquecimento ilícito, violação ao princípio administrativo e dano ao erário. De acordo com pesquisa realizada junto ao site do Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG, em 15/05, às 14:34, o prefeito Humberto Alves Campos aparece nos seguintes processos cujo autor é o Ministério Público do Estado de Minas Gerais: Processos criminais: 020908080337-9 (0803379-53.2008.8.13.0209), 0209090943363 (0943363-18.2009.8.13.0209), 020909095528-4 (0955284-71.2009.8.13.0209), 020909100179-9 (1001799-67.2009.8.13.0209), 0022703-91.2010.8.13.0209, 004202415.2010.8.13.0209, 00422719 3 . 2 0 1 0 . 8 . 1 3 . 0 2 0 9 , 0055935-94.2010.8.13.0209, 009382907.2010.8.13.0209, 01023642 2 . 2 0 1 0 . 8 . 1 3 . 0 2 0 9 , 0043749-05.2011.8.13.0209. Processos cíveis: 020905049096-7 (0490967-71.2005.8.13.0209), 002072312.2010.8.13.0209, 00416041 0 . 2 0 1 0 . 8 . 1 3 . 0 2 0 9 , 0041992-10.2010.8.13.0209, 004200861.2010.8.13.0209,00422631 9 . 2 0 1 0 . 8 . 1 3 . 0 2 0 9 , 0049409-14.2010.8.13.0209, 004942565.2010.8.13.0209, 00497487 0 . 2 0 1 0 . 8 . 1 3 . 0 2 0 9 , 0055919-43.2010.8.13.0209, 006295624.2010.8.13.0209, 0093811-

83.2010.8.13.0209, 009825732.2010.8.13.0209, 00437569 4 . 2 0 1 1 . 8 . 1 3 . 0 2 0 9 , 0073520-91.2012.8.13.0209, 000540581.2013.8.13.0209, dentre outros. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, o vice-prefeito Wagner Alves Vieira, o Grampo, seria o maior beneficiário, caso o prefeito seja afastado de suas atribuições legais. Será possível? Depoimentos dos delatores publicado na edição 32, página 03, deste tabloide: "O prefeito saiu propa3 gando boatos, devemos propagar fatos consumados como nós estamos propagando no próprio jornal a denúncia da promotora. O grupo de apoio do prefeito é a minoria aqui na Câmara. Se depender de mim, eu quero que a Justiça tome as providências cabíveis em relação à denúncia, porque se está em desacordo com a legislação as providências têm que ser tomadas e, posteriormente, nós, vereadores, devemos nos posicionar em relação ao que a Justiça nos solicitar". Vereador Gilton "Nas circunstâncias 5 em que este aterro foi construído, poderá simplesmente beneficiar a sua propriedade, servir a algum amigo ou à comunidade que queira vir a fazer uso dele e poderá vir a acarretar acidentes, e poderá vir a se tornar inconveniente, não tem nenhuma conotação de servidão. Nós, vereadores, somos porta-vozes da sociedade, ouvindo todas as observações da sociedade. O que a sociedade nos cobrar nós não podemos negar, adiantar sobre um processo de cassação sem falar com os nobres colegas vereadores, seria muita pretensão, um desejo sem muita democracia. Essa possibilidade existe em todo o município, em todo o país, havendo certos atos do Executivo que prejudiquem a população”. Vereador Alfredo "O suporte a se buscar é 1 o Ministério Público, via denúncia, feita com fundamentos, ou seja, com provas contundentes, na esperança de obtermos um julgamento justo, e se necessário punir como manda a lei. Se o município fica desguarnecido dessa frota por quase um mês, nosso município se encontra hoje sujo, em estado de calamidade devido à ausência deste maquinário. Quando se trata de dinheiro público, de patrimônio público, ou seja de coisas do povo tudo tem que ser conduzido de maneira correta, com transparência, clareza e honestidade. Portanto, diante das decisões do Ministério Público tomaremos as medidas cabíveis, sejam elas de que proporção forem, desde que sejam favoráveis ao nosso município. As punições ao Executivo serão executadas por parte do Legislativo. Diante do parecer do Ministério Público que deveria nos entregar uma penalidade formal, a maioria simples está disposta a levar as coisas ao extremo." Vereador Wagner

2

4

Fotos: Arquivo


“E agora?” - Página 14 - Maio de 2013 - Edição 89

Umas e outras...Umas e outras... Umas e outras... Encontro de Lideranças - No registro fotográfico, o vereador Guerino Cardoso, o prefeito de Lassance, Dr. Idson Fernandes Brito e o vice-presidente do PCdoB de Minas Gerais e suplente de deputado federal, Wadson Nathaniel Ribeiro, durante encontro partidário, no sábado último, no bairro Ipiranga. Dentre os muitos assuntos tratados, merecem destaque: a cobertura da quadra poliesportiva e apoio irrestrito ao esporte. Como é sabido de todos, o Partido Comunista do Brasil tem larga experiência na área esportiva, comandando secretarias municipais, estaduais e o próprio Ministério do Esporte. Show de bola...

Cultura Jovem - A União Municipal das Associações Comunitárias de Curvelo - UMAC, mantenedora do Ponto de Cultura e Rádio Comunitária FM, em parceria com a Funarte, Cultura Microprojetos, Ministério da Cultura e Governo Federal, realizou dia 07, na Câmara Municipal de Curvelo, às 19:30, lançamento e distribuição do CD e do livreto, referentes ao 1º Concurso de Poesias, de autoria da entidade. Além disso, houve exposição dos trabalhos dos alunos do ensino médio, premiação dos autores e exibição de vídeos premiados. Parabéns aos idealizadores e alunos participantes... Café com a Imprensa - A convite da diretoria da Associação Mineira dos Criadores de Zebu – AMCZ- os veículos de comunicação ligados ao Clube da Imprensa de Curvelo e Região e o jornal "E agora?", representado por mim e por Geraldo Heleno, participamos do tradicional "CAFÉ COM A IMPRENSA", no Parque Antônio Ernesto de Salvo. Na ocasião, foi anunciada pelo presidente Gustavo Salvo (foto) e demais diretores, a programação oficial da 72ª Exposição Agropecuária de Curvelo. Desejamos que o evento repita o sucesso dos anos anteriores...

O vereador Guerino Cardoso (PCdoB) recebeu em sua residência, no bairro Ipiranga, companheiros partidários e amigos particulares. Dentre eles, merecem destaque: o premiado Dr. Idson Fernandes Brito, prefeito de Lassance e sua simpática senhora Carmelita Arrieiro; Dázio Ramos e Hudson Abreu, respectivamente presidente e tesoureiro do PCdoB municipal, além de outras lideranças comunitárias, conforme mostra a sequência fotográfica...

Reconhecimento Militar - O ex-presidente da Câmara Municipal de Curvelo, Saulo Clementino Martins Filho, foi homenageado com o título de "Colaborador Emérito do Exército", dentro das comemorações do Dia do Exército Brasileiro, no último dia 19 de abril, sexta-feira. O TG 04/029, sob o comando do competente subtenente Macena, recebeu dezenas de autoridades, imprensa, familiares dos atiradores e convidados especiais. Minhas congratulações ao homenageado, Saulinho; ao anfitrião Valerio Lima; e ao diretor do TG, prefeito Maurílio Guimarães.

Histórias da PMMG

De sargento a presidente da Câmara: uma história de vida... Sargento Raimundo de Oliveira O objetivo desta matéria é para tirar do ostracismo e procurar situar na luz da história aquele que, no meu pouco entender, executou uma tarefa digna de um semideus. Seu nome é Ailton Natalino Rocha, popularmente conhecido por sargento Cacá. Nestes 180 anos de emancipação política de Curvelo, nunca cidadão Militar ocupara um cargo político, no entanto o sargento Cacá, no ano de 1996, quebrou este tabu conseguindo ser eleito vereador e até presidente da Câmara, no período de 2001 a 2002. Entre seus grandes feitos temos: conseguiu CTI para o Hospital Santo Antônio, doação de viaturas para a Polícia Militar e Polícia Civil, com a parceria primordial do prefeito atual, Maurílio Soares Guimarães, conseguiu a vinda do Corpo de Bombeiros Militar para esta cidade e ainda ajudou a transformar a Companhia Independente, criando a sede do 42º BPM, aqui sediada. Contribuiu na área da saúde. Socorreu muitos policiais militares que vieram a necessitar de ajuda, inclusive eu, bem como, todos os demais segmentos sociais. Como homem voltado para a segurança pública, muito por ela fez. Quando por ocasião da inauguração de sua fotografia na Galeria dos Ex-presidentes, não pode colocar seu retrato fardado. Eu me pergunto: por quê? Para isto digo: o título daqueles coronéis, majores e tenente não tinha nada a ver com a corporação herdeira do grande alferes Tiradentes. Eles eram guardas nacionais. Instituição criada em 18 de agosto de 1831. Totalmente civil e extinta em 29 de maio de 1918. Estas patentes eram compradas para adquirir título de poder. Quantos aos padres com suas batinas, na Galeria, é uma atividade louvável, pois a batina é um verdadeiro

manto sagrado, representando nossa divindade. A farda é um símbolo representativo da Lei. Não podendo ser comparada a mero um uniforme que se usa em firmas de trabalho. A farda foi conquistada com suor lágrimas e sacrifício. Sargento Cacá, vamos deixar a política com seus políticos para recordar um pouco de nossa vida profissional. Você se lembra daquela mulher, quase em estado de decomposição, que carregara nos braços, sem os equipamentos próprios para transportar na rádio patrulha, conduzindo-a ao hospital, local em que a mesma veio a óbito, em seguidos instantes? E a assombração do necrotério da Santa Casa? E a rádio patrulha assombrada, onde havia muitos gemidos e lamúrias do inesquecível Batalhão de Guarda, hoje, 1º Batalhão, com sede em BH. E aquele cidadão que levei até sua residência, em certa e fria madrugada, vítima de atropelamento e por determinação médica, você a conduzira à Sete Lagoas, que após falecer no caminho, chutara as suas costas. Quem seria essa vítima que até hoje não sabemos? E o marginal na porta do cemitério às 3 horas da madrugada que resistia à prisão e você com seu ato de bravura partiu para cima, a fim de cumprir o seu sagrado dever, por mim acompanhado, e os eficiente profissionais da segurança pública, os cabos José Alberto Fernandes Filho e Valdeci de Oliveira Pinto. Pobre meliante, após alguns dias suicidou-se no presídio. E o tiro disparado na madrugada, que acertou o muro do cemitério? Quem foi? Não sei! É triste saber que tudo que você fez de bom está sendo diluído pelo tempo. Seu exemplo admirável não foi reproduzido. Hoje tudo é silencio e, em contra partida, raciocinando com o coração e não com a razão, como um saudosista que sou, sei que aquilo que passou não volta mais.

Fotos: Arquivo

Ailton Natalino Rocha, Cacá; quandopresidente da Câmara Municipal de Curvelo e sargento da PMMG

Torneio de Truco no Ipiranga - Foi realizado com sucesso, no dia 05, o 2º Troneio de Truco do Bar do Fernando, no bairro Ipiranga, em Curvelo. O evento teve o apoio cultural do vereador Guerino Cardoso do Táxi (PCdoB) e Prefeitura Municipal de Lassance e contou com a participação de 15 duplas devidamente inscritas e dezenas de torcedores. Sagraram-se campeãs as seguintes duplas: Os Rivais, 1º colocada; Ney e Alisson, 2ª colocada; e Tricolor, 3ª colocada. Durante a entrega dos troféus, fizeram uso da palavra o senhor Jésus Olímpio Ribeiro, representante do prefeito de Lassance, Dr. Idson Fernandes Brito (PCdoB), e o vereador Guerino Cardoso. De acordo com Guerino, “os organizadores e participantes do torneio estão de parabéns pela realização de mais uma edição. O evento propicia entretenimento e a aproximação das pessoas com a comunidade”, ressaltou. Por Geraldo Magela / Fotos: Geraldo Heleno

E agora doutora? “Bolsa Crack” Um tema, que gerou repercussão nas últimas semanas, é o programa do governo de Minas Gerais intitulado Aliança pela Vida, esse programa tem o objetivo de formar uma parceria com a sociedade civil para o combate a dependência química. O ponto que gera discussão é referente ao “Cartão Aliança pela vida” chamado pela imprensa e redes sociais de “Bolsa Crack”, que é a concessão de benefícios para as famílias e instituições de recuperação de dependentes de álcool e drogas. Na verdade essa lei já foi regulamentada em Minas Gerais em 2011, mas como o Estado de São Paulo aderiu a idéia recentemente o assunto começou a povoar os meios de comunicação em geral. O cartão Aliança pela Vida é um auxílio financeiro, em caráter temporário, para custear as despesas de tratamento de usuário de drogas e álcool, regulamentado pelo decreto 45.739/2011 do Estado de Minas Gerais. O recurso será disponibilizado para famílias que possuam usuários de álcool ou drogas com renda familiar mensal não superior a dois salários mínimos. Valor do benefício é de R$30,00 (trinta reais) por dia de internação do usuário de drogas e será mantido por nove meses consecutivos, sendo concedido novo benefício somente após o transcurso de dois anos. Ao contrario do que pensa o senso comum o benefício será dado para as instituições a qual o dependente químico esteja fazendo tratamento e

a família poderá disponibilizar diretamente apenas 10 % desse valor, para pagar despesas de atenção e visitação ao usuário interno, ou seja será disponibilizado em média R$900,00 (novecentos reais), sendo que R$810,00 (oitocentos e dez reais) serão para a recuperação do usuário e R$90,00 (noventa reais) para que a família possa pagar despesas com visitas e atenção ao dependente. O beneficio deverá ser pleiteado junto à unidade municipal de atendimento da cidade do dependente (Art. 7º do decreto 45.739/2011). As instituições que interessarem em participar de programa “Aliança pela vida” poderão requerer o credenciamento junto à subsecretaria de Políticas sobre drogas. A medida divide opiniões, alguns alegam que o Estado está transferindo a responsabilidade de recuperar os usuários de drogas e álcool para a sociedade civil. Enquanto outros favoráveis alegam que a possibilidade do Estado de tratar o dependente em instituições governamentais é muito dispendioso e essa seria pelo menos uma forma de prestar assistência aos dependentes e suas famílias. Independente de você ser a favor ou contra. O importante é conhecer o decreto que regulamenta o “Cartão Aliança pela vida”, decreto 45.739/2011 do Estado de Minas Gerais, para se posicionar.

LILA'S MODA Há 04 anos de experiência no mercado da moda, em uma história de sucesso marcada pela estratégia de solidez e estilo inconfundível. A LILA'S MODA de propriedade de Lilian de Souza Ferreira e sua filha Luana Souza Altíssimo, iniciou-se suas atividades em meados do ano de 2009, atualmente instalada na Rua Desembargador Fleury, 25, em frente a Vigilância Sanitária, seu objetivo é oferecer aos clientes sempre as últimas tendências da moda, Com produtos de qualidade, sofisticados e versáteis a LILA'S MODA proporciona ao público feminino e

masculino peças elegantes e cheias de atitude que se adéquam a todas as situações de sua rotina, com exclusividade de várias marcas de prestígio, inclusive roupas ecológicas, indianas e com preço accessível, sempre procurando aprimorar seu relacionamento com parceiros, fornecedores.Na LILA'S MODA você pode contar com parcelamentos em até 6 vezes sem juros e um ótimo atendimento.Apaixonados pelo que fazemos, sempre inovando para atender os nossos clientes com a máxima eficácia e eficiência. Venha nos visitar teremos o prazer em atendêlos.

Marina Maria de Campos OAB/MG 127.961


“E agora?” - Página 15 - Maio de 2013 - Edição 89

radialistageraldomagela@hotmail.com

Prazo do Alistamento Militar Os três mosqueteiros - A PMMG está bem representada através do Capitão Magno, sargento Raimundo de Oliveira e tenente Jairo, grandes nomes da segurança local.

Niver - Aniversário do sargento Raimundo de Oliveira, realizado no dia 23/04, no bairro Santa Rita, na companhia de amigos e admiradores. Parabéns e votos de vida longa!

Melhores momentos da confraternização dos Concursos Garota Beleza & Charme de Curvelo e Miss Comunitária, realizado na residência do vereador Vinícius da Silva, no bairro Serra Verde, no dia 11/05, sob a minha coordenação e de Simone. Obrigado a todos que participaram deste jantar festivo, de forma especial aos ilustres vereadores Vinícius e Guerino Cardoso.

“As palavras que forem escolhidas para representarem você, ainda nada serão perto do que todo o seu amor de mãe é capaz de oferecer”. “A luz que surge no princípio de uma vida humana, nasce do calor materno que recebemos durante nove meses de muito amor e carinho. Feliz dia mães!”. www.fernandolapolli.com.br

“Muitos dizem, te amo, somente quando as emoções já estão à flor da pele”.

Os jovens que nasceram em 1995 devem se alistar até dia 28/06/13

O Alistamento Militar deve ser feito até dia 28 de Junho de 2013. Os jovens que nasceram em 1995 já devem comparecer na Junta de Serviço Militar mais próxima de sua residência até final de junho deste ano para alistar-se. A cidade de Curvelo, conta com o órgão que auxilia o jovem no alistamento. Para o alistamento é necessário levar os seguintes documentos: Certidão de Nascimento (original e cópia) ou Certidão de Casamento (original e cópia ); CPF e Carteira de Identidade (original e cópia ), Comprovante de residência (original e cópia) e 01 foto 3x4 (recente). Quem perder o prazo e for nascido em anos anteriores ainda podem se alistar. Os jovens devem procurar a Junta de Serviço Militar (JSM) e realizar o alistamento com multa (que

Salão (38) 9944-4779 da Letícia Av. Dep. Renato Azeredo, 827A - Vila de Lourdes - Curvelo

Poesias selecionadas Curvelo, uma cidade diferente Ah! Curvelo! Que cidade diferente! Diferente em tradições, culturas! Diferente em miscigenações, eventos diversos! Diferentes pessoas mineiras! Pessoas de Curvelo! Uma cidade de alvoroço tenaz! Festividades diversas, De católicos de evangélicos... De forró a sertanejo Um paraíso que é Curvelo! Cheio de gente com espírito de mineiro!

Almoço: R$ 10,00

começa a ser cobrada em julho de todo ano). Se o jovem não se alistar, não poderá prestar concurso público, tirar passaporte, se matricular em curso de Ensino Superior e não poderá assinar Carteira de Trabalho, entre outros impedimentos. O jovem que for morar no exterior deve se alistar em um Consulado ou Embaixada Brasileira e também deve se apresentar anualmente até o seu retorno ao Brasil. Serviço: 073ª Junta de Serviço Militar, de Curvelo Endereço: Predio do Cine Virginia – Praça Benedito Valadares, 1l8 – Sala 11 – Centro – Curvelo/MG Telefone: (38) 3721-1950 - Email: de16073jsm@hotmail.com

Curvelo! Saúde, esporte, educação Nela tudo se encontra Um pouco de tudo se torna samba! Marchas cívicas de montão, Nossa pátria amada, minha Curvelo respeita então! Esta é Curvelo!

Cheia de alegria, como outra qualquer! Gente triste, ela não tem, Pois auto-estima é o que mais tem! Com um forró bem elegante, E com uma basílica bem exuberante, Turistas vêm a todo instante! Cidade leiteira até ao pé da vaca, Com uma agricultura e pecuária diferenciadas, Se torna uma cidade bem popularizada! Esta é Curvelo! Minha cidade que fica no meio do queijo Gostoso até de lamber os beiços! Curvelo, antes vila, hoje município! Curvelo de muitas alegorias! Esta é a minha Curvelo! Aluno: Gabriel Lopes Rodrigues Professora: Marirlei Rocha Escola Estadual Ministro Adauto Lúcio Cardoso


“E agora?” - Página 16 - Maio de 2013 - Edição 89


Edição 89