Page 1


editorial ao leitor

Muito além do chocolate

N

p4 Entrevista

Médica Raquel Oliveira fala sobre os fatores de riscos e as formas de prevenção de ataques cardíacos.

este domingo, 13, tem início a Semana Santa, evento do calendário católico que se inicia com o Domingo de Ramos e se encerra no Domingo de Páscoa. Nesta época do ano, as lojas ficam repletas de ovos coloridos de chocolate, de todos os tamanhos e sabores, pensados nos mínimos detalhes para atrair os amantes de chocolates, do mais moço ao mais velho. No entanto, a comemoração da Páscoa tem um significado religioso, que em nada tem a ver com as figuras do coelho e dos ovos de chocolate tão difundidas pelo comércio. A Páscoa é um evento religioso, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa do Cristianismo. Na Páscoa, os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação. Já a tradição de trocar ovos de chocolate durante esse período do ano, é uma alusão a antigos rituais pagãos, onde a primavera, lebres e ovos cozidos pintados com desenhos e formas abstratas, eram símbolos da fertilidade e renovação associados a uma deusa nórdica. Para entender um pouco mais do significado da Páscoa para a Igreja Católica, DOMINGO conversou com o padre Flávio Augusto de Melo, vigário-geral da Diocese de Santa Luzia, sobre a preparação dos fiéis para a Semana Santa, as recomendações da igreja, o significado de cada dia dessa semana, sobre a relação entre os rituais católicos e a tradição pagã de trocar ovos de chocolate. Nesta edição, você também encontra um material sobre a situação crítica do estoque de bolsas do Hemocentro, principalmente dos tipos sanguíneos O+ e O-. A assistente social da instituição convoca toda a população a contribuir com a causa, ajudando a salvar vidas. Sua internet móvel funciona? DOMINGO falou com usuários de diferentes operadoras e a maioria afirmou estar insatisfeito com a qualidade do serviço oferecido pelas empresas, e dizem que já testaram a internet 3G de outras operadoras. Na última semana, o Brasil perdeu um de seus grandes atores, o cearense José Wilker, dono de um currículo brilhante. Aos 66 anos, ele foi vítima de um ataque cardíaco fulminante, enquanto dormia. Para entender melhor as causas do problema e as formas de prevenção, DOMINGO entrevistou a médica da Hapclínica, Raquel Oliveira. Essas e outras informações sobre a saúde do coração você encontra na sessão Entrevista.

p 13 p14

Boa Leitura, Nara Andrade.

p6

Muito além do chocolate Pe. Flávio fala sobre o significado real para a Igreja Católica da Semana Santa.

Precisa-se de Sangue!

Hemocentro de Mossoró vive momento crítico com estoque de bolsas praticamente zerado.

p9

Sua carreira

Rafael Demetrius: Ser empregado ou patrão: eis a questão

Adoro comer

Colunista Davi Moura: Ovo de Páscoa Trufado

• Edição – C&S Assessoria de Comunicação • Editor-geral – Wil­liam Rob­son • Editora – Nara Andrade • Dia­gra­ma­ção – Rick Waekmann • Projeto Gráfico – Augusto Paiva • Im­pres­são – Grá­fi­ca De Fa­to • Re­vi­são – Gilcileno Amorim e Stella Sâmia • Fotos – Carlos Costa, Marcos Garcia, Cezar Alves e Gildo Bento • In­fo­grá­fi­cos – Neto Silva Re­da­ção, pu­bli­ci­da­de e cor­res­pon­dên­cia Av. Rio Bran­co, 2203 – Mos­so­ró (RN) Fo­nes: (0xx84) 3323-8900/8909 Si­te: www.de­fa­to.com/do­min­go E-mail: re­da­cao@de­fa­to.com Do­min­go é uma pu­bli­ca­ção se­ma­nal do Jor­nal de Fa­to. Não po­de ser ven­di­da se­pa­ra­da­men­te.

2

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014


conto

josÉ NIcoDemos*

(

Miss pernas

N

Envie sugestões e críticas para o e-mail: aristida603@hotmail.com

)

oite fria, uma mulher suspeita na esquina de um hotel sem classificação. Fazia o sinal do convite profissional, com um riso duro de estátua. A indiferença dos homens passando. De repente uma chuvinha fina. Ela protegendo-se com a sombrinha de cores vistosas. A chuva foi engrossando, aos muitos. Ela correu para o bar, vazio, da esquina oposta. Sentou-se à mesa para a porta da rua. Uma dose de uísque (barato), por favor. Relanceou os olhos sobre o vazio do bar. O aparelho de som tocava um bolero antigo. Lembraramlhe os seus dezoito anos, tempo do auge dos cabarés. Alta, loura, bonita, elegante, homens o enchiam toda noite, à procura do seu corpo. Outra dose, mais outra. Outra mais. Abriu a bolsa, o espelho. Uns retoques no cabelo. Entristeceu com as rugas garatujando-lhe o canto dos olhos, irônicas. Amargurou-se. Uma perna cruzada sobre a outra, a barra do vestido palmo acima da curva do joelho, bateu com os olhos na malvadez da celulite. E ela, umas pernas tão bonitas, nem toda miss.

A chuva foi engrossando, aos muitos. Ela correu para o bar, vazio, da esquina oposta. Sentou-se à mesa para a porta da rua. Uma dose de uísque (barato), por favor. Relanceou os olhos sobre o vazio do bar.

Não pôde conter as lágrimas reveladoras que lhe desceram dos olhos distantes, indiscretas. .Disfarçando, limpou-as com a costa da mão. Olhando em redor, depois. O bar ainda vazio. Ensaiando um sorriso por cima da dor, mais uma dose. Recordava o esplendor de sua beleza. Não sabia o que era a necessidade do sinal de convite profissional, os homens vinham-lhe à procura, disputando-a. Era o chamariz dos cabarés, nos tempos áureos – lembrava, os olhos quase apagados. . . A chuva passou, o bar foi se enchendo dos pastores da noite, como diria o romancista Jorge Amado. Não era digna

de um olhar, casual sequer. Talvez uma presença desagradável, rugas e celulite. Os olhos lhe marejaram. Baixou a cabeça, mas evitando a visão perversa da celulite xingando-lhe as coxas. Até fora eleita miss pernas dos cabarés. Os homens. Pagou as doses, retirou-se. Era ali uma presença incômoda, mesmo. Mal passou a porta da calçada da rua, de novo uma chuvinha fina. Abriu a sombrinha, seguiu, não mais para a esquina do hotel, rua afora. Aparentemente sem destino, qual sua própria vida. Passos displicentes do que lhe restava da elegância outrora. Talvez chorasse...

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

3


Insatisfação tiça para reclamar contra a má qualidade dos serviços prestados pela operadora. O site oficial da associação prevê indenizações de até R$ 13,5 mil. A Proteste orienta que consumidores que tentaram de forma fracassada uma solução com a operadora entrem em contato pelo telefone 0800-725-0304 para receber um modelo de petição para ingressar no Juizado Especial Cível. Segundo a organização, vários artigos do Código de Defesa do Consumidor respaldam a manifestação. A associação de consumidores frisa que sinal e velocidade inferiores aos contratados, com prejuízos à utilização do serviço caracterizam propaganda enganosa. Neste caso, cabe ressarcimento por danos morais e manutenção do contrato com descontos relacionados ao período em que houve falhas na prestação do serviço. Também é possível solicitar o cancelamento do serviço com abatimento na multa de rescisão, caso o contrato preveja este tipo de pagamento. Somente na primeira fase da campanha, 43 mil brasileiros relataram problemas com a internet, principalmente falta de cobertura e velocidade abaixo do prometido. Usuários de Mossoró DOMINGO conversou com usuários mossoroenses da Internet 3G de diferentes operadoras sobre problemas comuns enfrentados por eles. A maioria já testou mais de uma e não ficou satisfeito com o serviço de nenhuma. Eles também relataram que só usam a internet 3G quando estão em ambientes que não possuem redes Wi-Fi (Internet sem fio). O estudante Eriki Silva, de 17 anos, diz que usa a internet 3G às vezes. Ele utiliza o serviço de duas diferentes operadoras, a TIM e a Oi, e diz que é notável a diferença das duas, principalmente pelo fato do seu chip da TIM ser o Beta, que oferece um serviço diferenciado. “Com o TIM Beta, consigo baixar vídeos e fotos, o serviço é bom. Mas, também uso o da Oi e dá pra notar a diferença. A da Oi é mais lenta”, afirma. Já o estudante Willame Lima, de 18 anos, se diz satisfeito com o serviço da Vivo, mas diz que já usou outras e a TIM é a pior. “A Vivo é a que tem a melhor conexão, eu consigo abrir até sites”, frisa. O estudante de Direito, Silas Leandro, de 24 anos, estagiário de um escritório de advocacia, diz que geralmente não usa a internet móvel, preferindo utilizar a conexão Wi-Fi, pela questão da economia e também pela falta de paciência com a péssima qua12

lidade de sua internet. “Uso a da Oi, mas é ruim demais, não tenho paciência. Eu já usei a da TIM também, que é até boazinha, quando tem sinal (risos)”, comenta. Silas diz que só usa a internet do celular quando está fora do alcance de uma internet Wi-Fi. “Na internet móvel eu só consigo acessar o whatsapp, às vezes o facebook, mas não consigo carregar vídeos ou as fotos. É uma raridade”, relata. Coincidentemente, na busca por entrevistados, DOMINGO encontrou o cientista da computação Argemiro Neto, de 32 anos. Ele também disse ser bastante insatisfeito com o serviço de internet móvel oferecido pela TIM. “Uso TIM. Consigo fazer de tudo, mensagens, Facebook, email, chamada de vídeo. Mas, tudo ruim. E na hora que passa da cota de 10MB fica inútil”, lembra. Argemiro Neto, inclusive faz parte de uma lista de discussão só sobre dispositivos móveis, que funciona por e-mail, e conta com pessoas de todo o Brasil. O grupo de discussão "mundo sem fio", que conta com mais de 2.887 membros, pode ser encontrado no Yahoo Groups. Argemiro Neto explica que resolveu participar do grupo porque desenvolve aplicativos pra celular e gosto muito também do assunto. “A lista é de uma jornalista de Curitiba muito famosa. Entra no www.garotasemfio.com.br e dá uma sacada, lá tem o link pra lista”, sugere. “Mundo sem fio” Ao acessar a página indicada por Argemiro Neto, DOMINGO entrou no link da lista de discussão “Mundo sem fio”. Na página do grupo logo de cara é possível ler o anúncio: “Para os entusiastas em tecnologia móvel”. A lista de discussão é descrita como um grupo sobre tecnologia móvel, criado por Bia Kunze em 2002, onde são discutidos assuntos voltados à tecnologia sem fio e convergência. Entre os temas discutidos estão: celulares, smartphones (PalmOS, Windows Mobile, Symbian, Android, iPhone/touch, webOS), PDAs, redes sem fio, bluetooth, GPS, wifi, internet móvel, 3G, telecoms e serviços em tecnologia móvel como um todo. O Mundo Sem Fio também é um canal de comunicação entre usuários e empresas de telecom e fabricantes de hardware. Podem associar-se usuários, profissionais da área de TI, futuros usuários ou simplesmente curiosos e entusiastas de tecnologias móveis.

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

)) Eriki

Si lva, 17 anos , estudante

)) Willame L 18 anos, est ima , udante

24 tá ersi iver univ an os,, un anos

o, 24 dro, andr Lean lass Le )) Sila ))Si sitáririoo

)) Argemiro cienti sta da Neto, 32 anos, computaçã o

iadora do grupo “Mundo se

)) Bia Kunze, cr iamdofio” se


entrevista cansaço, sudorese e dor no peito (tipo pressão ou aperto), exatamente como em qualquer outro infarto, podendo em alguns casos a dor parecer com um tipo de indigestão, queimação no estômago ou azia. Se a área cardíaca afetada for muito grande, o coração entra em colapso (esgotamento), e o paciente evolui rapidamente para um quadro de hipotensão arterial e intensa falta de ar. QUAIS suas causas? A PRINCIPAL causa está relacionada à Doença Arterial Coronariana (DAC), na qual há deposição de placas de gordura nas paredes das artérias coronárias (aterosclerose), quando essas placas obstruem o fluxo sanguíneo para o coração, o músculo cardíaco começa a morrer pela falta de sangue/oxigênio. As causas da aterosclerose podem ser de origem genética, mas o principal motivo para o acúmulo é comportamental. Obesidade, sedentarismo, tabagismo, hipertensão, colesterol alto e consumo excessivo de álcool são as principais razões para a ocorrência de entupimentos das artérias. QUAL a diferença entre o infarto fulminante e o outro tipo de infartos? INFARTO fulminante, como já foi citado anteriormente, ocorre quando o indivíduo não consegue um atendimento rápido, emergencial, e morre antes de chegar ao hospital. É um termo criado para designar o Infarto Agudo do Miocárdio. Em outro tipo de Infarto do Miocárdio, a obstrução existe, mas pode não ser tão grave quanto à do fulminante. A obstrução das coronárias pode acontecer de modo lento e progressivo, o paciente começa a sentir os sintomas de uma diminuição do aporte de sangue ao coração. É a chamada angina, uma dor no peito que surge ao esforço ou em períodos de estresse, e desaparece em repouso. Os pacientes com esse tipo de dor no peito (angina) normalmente procuram atendimento médico antes que haja obstrução completa das coronárias, assim, fica mais fácil prevenir o infarto. Se acontecer o fechamento da artéria repentinamente, ocorre o infarto e deve-¬se correr imediatamente para o hospital. QUAL o grupo de risco para sofrer o infarto fulminante? Existe esse grupo? O GRUPO de risco para Infarto do Miocardio é formado por pessoas que possuem os fatores de risco. Os que fazem parte desse grupo devem redobrar a atenção, pois essas condições contribuem para a formação e rotura de placas de gordura dentro dos vasos do coração, ocasionando o infarto.

Apesar do Infarto ser um mal que atinge, em sua maioria, pessoas acima dos 40 anos, o risco de infarto seguido de morte é maior entre os jovens. Nessa faixa etária, o coração ainda não possibilita grande variedade de alternativas contra uma artéria obstruída. No momento em que há um bloqueio, a circulação colateral do coração mantém um fluxo de sangue opcional. Nos jovens, a circulação é bem menor. QUAIS são esses fatores de risco? OS PRINCIPAIS fatores de risco são os mesmos para qualquer infarto: Tabagismo, obesidade, diabetes, hipertensão, níveis altos de colesterol, estresse, vida sedentária e/ou histórico pessoal ou familiar de doenças cardíacas (parentes de primeiro grau). Pacientes com fatores de risco devem ser avaliados por um cardiologista. O QUE é preciso fazer para se prevenir dos problemas cardíacos? PARA diminuir o risco de sofrer um infarto, recomenda¬-se hábitos de vida saudáveis, como alimentar-se corretamente dando preferência ao consumo de legumes, verduras, grãos, cereais, frutas, hortaliças e carnes magras, como peito de frango, por exemplo. Além disso, é recomendado praticar algum tipo de atividade física regularmente. Outra dica importante é evitar o estresse, reservando um tempo para descansar. -EXISTEM estatísticas sobre o número de brasileiros ou população mundial que sofre com os problemas cardíacos? EXISTEM dados estatísticos apresentados de forma separada, onde são realizados levantamentos sobre o número de pessoas com problemas cardíacos internadas em hospitais públicos e as que fazem consultas em ambulatórios cadastrados pelo SUS. Mas não tem o controle das pessoas que fazem o tratamento particular, nem das que ficam em casa e sem tratamento, portanto, fica difícil ter essa estatística. Os dados que se tem é sobre a mortalidade das doenças cardiovasculares, como infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVC), que são consideradas a primeira causa de mortes no mundo, com 17 milhões de mortos em 2011, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). COLESTEROL alto tem alguma relação com problema cardíaco? COM certeza. Apesar de o colesterol apresentar funções orgânicas essenciais para o organismo, como a síntese de hormônios, construção e

manutenção das membranas celulares, participação na fabricação da bile e apresentar grande importância para o metabolismo das vitaminas lipossolúveis, ele representa o principal fator de risco no desenvolvimento de patologias cardiovasculares, quando em excesso no organismo. ALGUMAS pessoas levam uma vida sedentária, mas esporadicamente praticam alguma atividade física, como uma partida de futebol no fim de semana. Existe algum risco nessa prática? ESSAS pessoas devem fazer uma avaliação com cardiologista, pois podem ser portadores assintomáticos de doenças cardíacas e/ou fazer parte do grupo de risco já mencionado acima. QUAL a real importância de se fazer uma avaliação física antes de iniciar a prática de uma atividade física como musculação, corrida, ou outra qualquer? ALGUMAS pessoas estão mais susceptíveis a problemas cardiovasculares, como os indivíduos acima dos 40 anos, fumantes, diabéticos, com hipertensão arterial e dislipidemias ou com histórico familiar de doença coronariana. Com certeza, esse grupo de indivíduos já pode ter um grau de obstrução coronária e não sabe. Se realizar um esforço intenso, corre o risco de ter um infarto do miocárdio. Por essas razões, o médico orienta todos os iniciantes a visitarem o cardiologista com o objetivo de avaliar as condições clínicas e planejar um esforço físico que o sistema cardiovascular tolere. ¬QUAIS são os principais vilões para o coração? TEM muitos. Podendo ser citados: Gorduras saturadas e trans (gordura animal, margarina e óleos vegetais, por exemplo) pois podem causar aterosclerose, consumo excessivo de sal, pode predispor a hipertensão artéria, sedentarismo, uso de drogas, pois potencializa os danos cardíacos e o estresse. E QUAIS os amigos da saúde cardíaca? FAZENDO um resumo do que foi dito, podemos mencionar algumas medidas importantes para o bom funcionamento cardíaco, a prática de atividade física, alimentação saudável, controlar o peso, evitar e/ou aprender a lidar com o estresse, controlar a pressão arterial e evitar fumo. E, lembrando que, sempre é importante fazer uma avaliação com um cardiologista, como medida preventiva para doenças cardiovasculares.

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

5


Páscoa

Muito além do

chocolate

Padre Flávio fala sobre o real significado da Semana Santa e da Páscoa para a Igreja Católica, que nada tem a ver com a tradição pagã centrada nas figuras do coelho branco e dos ovos de chocolate

M

uito diferente da tradição da troca de ovos de chocolate, encontrados aos montes em lojas e supermercados da cidade em espaços estratégicos para chamar a atenção dos consumidores, principalmente dos pequenos, que estão cada vez mais exigentes, a Páscoa para os cristãos é o momento de lembrar da crucificação, morte e ressurreição de Jesus Cristo, um momento de reflexão, que tem início na Quarta-feira de Cinzas, e culmina com a celebração da Semana Santa, comemo6

rada pela Igreja Católica, que vai desde o domingo de Ramos, que neste ano transcorre, neste dia 13, e segue até o domingo de Páscoa. DOMINGO conversou com o padre Flávio Augusto de Melo, que explicou todo a representatividade da semana que se inicia hoje para a Igreja Católica. Padre Flávio falou sobre a preparação dos fieis para a Semana Santa, as recomendações da igreja, o significado de cada dia dessa semana. Primeiro o representante da Igreja

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

Católica afirmou que Semana Santa é a Semana em que a Igreja faz memória dos principais momentos da vida de Jesus. “Iniciando com o Domingo de Ramos, memória da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, onde o povo o aclama rei, passando pela Instituição da eucaristia ao fazer memória da Última Ceia de Jesus com os Apóstolos; no sábado vivemos a maior vigília e no Domingo, já de madrugada, proclamamos a Ressurreição do senhor”, explica. Segundo o padre, a igreja orienta os


Páscoa fieis a adotarem um comportamento especial durante toda essa semana. “A maior orientação é para que todos possamos viver como um tempo maior de oração e de reflexão. A sexta-feira deve ser um dia de abstinência e de jejum, pois lembramos diretamente a morte na cruz de Jesus”, frisa. Cada dia dessa semana tem um significado especial. Padre Flávio lembra o que cada dia da semana representa. O Domingo de Ramos representa a Entrada triunfal de Jesus em Jerusalém; já a Quinta-feira Santa é a memória da última Ceia e Instituição da Eucaristia; na Sexta-feira é lembrada a agonia e morte de Jesus; no Sábado, durante o dia, é contemplado o túmulo e à noite os fieis fazem a grande vigília, que culmina com a proclamação da Ressurreição; e por último, no Domingo, acontece a celebração da Páscoa do Senhor. Apesar de haver uma liturgia única a ser celebrada nesse período, o padre lembra que ela deve ser vivida em todas as capelas e comunidades e não centralizada, por exemplo na igreja matriz ou Catedral da cidade. Nesse período, muitas pessoas dei-

)) Nesse período do ano, comércio explora bem a tradição dos ovos de chocolate

)) Tradição dos ovos vem de um ritual pagão de pintar ovos cozidos, costume que ainda existe em alguns países

xam de comemorar e lembrar o real sentido da Páscoa, lembrando apenas dos ovos coloridos de chocolate, da imagem do coelho, e do feriado prolongado. Sobre essa questão, o representante da Diocese de Santa Luzia afirma que para resgatar o verdadeiro significado da Páscoa a Igreja tem procurado intensificar a formação litúrgica nas comunidades e para os agentes fazendo com que haja uma melhor consciência do momento que se vive e ao mesmo tempo favorecer uma maior participação. “Acredito que os aspectos externos (ovos, coelhos de páscoa etc) ajudam para que todos possam entrar no clima, mas haverá sempre os desvios. O mais importante é fazer com que um maior número de pessoas possa viver com inten-

sidade o grande mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus”, ressalta. Campanha da Fraternidade O Domingo de Ramos é marcado pelo encerramento do tempo forte da Campanha da Fraternidade 2014. No Brasil, a Campanha da Fraternidade, desde 1964, é o modo próprio da Igreja Católica viver intensamente o tempo quaresmal. Considerado, como já foi dito, tempo de oração, de penitência, de jejum e conversão. A cada ano, a partir de um tema específico, os fiéis são levados a refletir sobre a vida, sobre si mesmos, sua relação com Deus, com os irmãos, com a natureza. Neste ano, a campanha tem como tema “Fraternidade e Tráfico Humano”.

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

7


Páscoa A CF, a cada ano, tem proposto um gesto concreto de partilha e de solidariedade: a coleta realizada nas missas do Domingo de Ramos e da Paixão. Este gesto nasce dentro do espírito da Quaresma como sinal da solidariedade fraterna. Assim, todos nas comunidades eclesiais são convidados a participar deste gesto de solidariedade que será revertido em favor das ações concretas em defesa da vida e da criação. O gesto fraterno da oferta é revestido do caráter de conversão quaresmal. Neste ano, os recursos do Fundo de Solidariedade Diocesana serão destinados a Cáritas Diocesana, que já começa a atuar e ganhar força junto a projetos como a Casa Papa Francisco – que ajuda jovens do sexo masculino a se livrar da dependência química; programa Reviver – que foi inaugurado no dia 25 e ajuda mulheres que vivem o drama da dependência química; e ao Projeto Esperança Pe. Guido Toneloto e a Fazenda Esperança. A Diocese de Mossoró convoca a toda comunidade a vivenciar o espírito de fraternidade, generosidade e partilha, participando com alegria e aderindo de coração ao gesto concreto desta Campanha da Fraternidade. Páscoa e rituais pagãos A tradição da troca de ovos de chocolate surgiu a partir de uma prática comum até hoje em alguns países, de pintar ovos cozidos, decorando-os com desenhos e formas abstratas. Enquanto em outros países os ovos tenham sido substituídos por ovos de chocolate. No entanto, esse costume não é citado na Bíblia e, portanto, é uma alusão a antigos rituais pagãos, onde a primavera, lebres e ovos pintados com runas eram os símbolos da fertilidade e renovação associados à deusa nórdica Gefjun. A lebre, e não o coelho, era o símbolo de Gefjun. Suas sacerdotisas eram ditas capazes de prever o futuro observando as entranhas de uma lebre sacrificada. A versão “coelhinho da páscoa, que trazes pra mim?” é comercialmente mais interessante do que “Lebre de Eostre, o que suas entranhas trazem de sorte para mim?”, que é a versão original desta rima. A lebre de Eostre pode ser vista na Lua cheia e, portanto, era naturalmente associada à Lua e às deusas lunares da fertilidade. Seus cultos pagãos foram absorvidos e misturados pelas comemorações judaico-cristãs, dando início à Páscoa comemorada na maior parte do mundo contemporâneo. 8

)) Para cristianismo, Páscoa representa a crucificação, morte e ressurreição de Jesus Cristo

Cântico infantil sobre a Páscoa Cristã É claro que eu gosto de chiclete e chocolate bombom, pé-de-moleque, pirulito e tudo mais, só que eu aprendi, que o doce mais doce não se faz. Pois como o doce é doce ao nosso paladar, o doce mais doce não se pode fabricar, o doce mais doce só Jesus nos pode dar O gosto amargo da tristeza e do fel, Jesus provou na cruz para me levar pro céu, e tornou assim, a minha páscoa doce como mel Ele é minha alegria, morreu para me dar a salvação, ressuscitou a ao terceiro dia, Cristo é a minha redenção, minha páscoa, minha salvação minha páscoa, minha salvação

)) Padre Flávio, explica real sentido do período

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014


Hemocentro

)) Estoques de

bolsas do tipo sanguíneo O+ e Oestão quase zerados

Precisa-se de Sangue! Com estoque quase zerado, instituição responsável pelo atendimento da demanda por bolsas de sangue, de Mossoró e municípios circunvizinhos, precisa de ajuda

M

ais uma vez o hemocentro está precisando da colaboração de toda a sociedade. Com os constantes casos de violência registrados em nossa cidade e nos municípios circunvizinhos, além dos acidentes de trânsito, a demanda por bolsas de sangue tem aumentado cada vez mais, enquanto o número de doadores não tem mudado e em alguns períodos chega a cair. Com isso, o estoque da unidade que

já trabalha no limite está quase zerado. Apesar de todos os tipos de sangue estarem com estoque baixo, a situação mais preocupante no momento fica por conta dos tipos O + e O-, restando apenas poucas bolsas nas geladeiras do Hemocentro Mossoró. A assistente Social Eliane Aires explica que com a proximidade do feriado prolongado de Semana Santa, seguido com o Dia de Tiradentes, aí é que a situ-

ação fica mais complicada, já que segundo ela nesses períodos além de haver uma redução no número de doações, ocorrem mais acidentes e mais casos de violência. A representante do Hemocentro convoca toda a população para colaborar com a campanha de doação de sangue, já que, além de atender as urgências e emergências comuns principalmente nos finais de semana, a unidade ainda atende a demanda de pacientes da oncologia e de cirurgias de alta complexidade. Entre as ações da campanha realizada com o intuito de aumentar o estoque, a equipe do Hemocentro está visitando os hospitais, na tentativa de conscientização dos familiares dos pacientes sobre a necessidade e a importância de doar sangue. O Hemocentro também está fazendo ações junto com entidades da cidade como igrejas e empresas, levando sua unidade móvel para incentivar a comunidade a realizar a doação. No último sábado, dia 12, a Unidade Móvel do Hemocentro esteve durante parte do dia na Igreja Batista próximo da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Uma ati-

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

9


Hemocentro vidade semelhante será desenvolvida no próximo dia 26, pela Igreja Adventista. Além dessas ações, o Hemocentro também disponibiliza a Unidade Móvel todas as quintas-feiras para doações no Centro da cidade, em frente ao prédio do Ministério Público, na Rua Coronel Gurgel, ao lado da Riachuelo. Nesta semana, excepcionalmente, a Unidade Móvel ficará no local dois dias, na quarta-feira, 16, e na quinta-feira, 17, para facilitar o acesso de possíveis doadores, já que a sede do Hemocentro de Mossoró fica distante do Centro e pode dificultar o acesso para quem não possui transporte, dependendo do sistema de transporte público da cidade. De acordo com a assistente social Eliane Aires, para atender a demanda mensal com tranquilidade, o Hemocentro necessita de cerca de mil bolsas de sangue, no entanto, tem recebido em média, 700 unidades. Em dias normais de doação, considerados dias bons, a unidade registra a entrada de 40 bolsas, mas, atualmente, o número de doações geralmente não tem passado de vinte, por dia. No dia que a reportagem da DOMINGO foi até o Hemocentro para falar com a equipe sobre a Campanha de Doação, só havia sido registrada a entrada de 16 bolsas, e a unidade estava perto de encerrar o expediente daquele dia. Para controlar o déficit, a unidade pede para a família de pacientes que farão cirurgias cardíacas e oncológicas, por exemplo, que consigam um determinado número de doadores para repor o estoque. A equipe do Hemocentro Mossoró também está tentando recrutar doadores já cadastrados que já estão em tempo de fazer uma nova doação, para isso estão ligando para uma lista de doadores com tipo sanguíneo O+ e O-, que são os mais necessários, e explicando a situação vivenciada pela instituição e pedindo a colaboração.

!

Honestidade também salva vidas. Ao doar sangue, seja sincero na entrevista!

10

)) Eliane Aires, assistente social fala da situação crítica do Hemocentro

# Requisitos básicos para doação de sangue »Estar em boas condições de saúde; »Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização); »Pesar no mínimo 50kg; »Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas); »Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação); »Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social);

# Quem não pode doar: Impedimentos temporários

Impedimentos definitivos

Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas;

Hepatite após os 11 anos de idade; *

Gravidez; 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana; Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses); Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação; Tatuagem nos últimos 12 meses; Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses; Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são estados onde há alta prevalência de malária. Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses;

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas; Uso de drogas ilícitas injetáveis; Malária;

*Hepatite após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após ou antes dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem;


Insatisfação

)) Brasileiro passa cerca de 6h por dia conectado na internet móvel

Sua

internet

móvel

funciona?

DOMINGO conversou com usuários da Internet 3G de diferentes operadoras sobre problemas comuns enfrentados por eles. A maioria já testou mais de uma e não ficou satisfeito com o serviço de nenhuma

S

e você está insatisfeito com o serviço de internet 3G oferecido por sua operadora de telefonia, se quando você mais precisa da internet ela não funciona, e se já testou mais de uma ou mesmo todas as operadoras e ainda assim não ficou satisfeito você não está sozinho. Apesar do Brasil ser o 3º país que mais utiliza internet móvel no mundo, uma pesquisa realizada em 2013, em diversos países pela Netbiscuits, mostra que o brasileiro é o maior insatisfeito com a internet em celulares, smartphones e tablets. Em toda pesquisa, 76% dos usuários

deixam o site, se encontram dificuldade de uso e pelo menos 32% não retornam. Segundo a pesquisa, 41% das pessoas consideram a velocidade o quesito mais importante na experiência com a internet móvel em qualquer dispositivo, seja ele smartphone ou tablet. De acordo com material sobre a pesquisa publicado pelo site “MaisCelular”, a internet 3G no Brasil fornece serviço questionável por diversos usuários e a rede 4G implantada no país somente em algumas capitais ainda engatinha e também não passa confiança aos usuários. A pesquisa mostra ainda que 35% dos

usuários brasileiros passam mais de 6 horas por dia conectados na internet móvel, atrás apenas da China (1º) e Emirados Árabes (2º). No Brasil, a internet móvel tem preços elevados em comparação com os serviços prestados e também em comparação com outros países. Na tentativa de conseguir um serviço melhor a associação de consumidores Proteste realizou a campanha “Em busca do 3G perdido”. O projeto tinha como objetivo identificar problemas na internet móvel e orientar seus usuários e incentivar que as pessoas entrem na jus-

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

11


entrevista

MÉDICA MÉDICA RAQUEL RAQUEL OLIVEIRA OLIVEIRA

‘Doenças cardiovasculares são consideradas a primeira causa de mortes no mundo’ Por Nara Andrade naraandrade@gmail.com

N

o sábado 5 de abril, o Brasil perdeu um de seus maiores atores, o cearense José Wilker, dono de uma brilhante carreira somando trabalhos memoráveis na teledramaturgia, no teatro e no cinema. O ator, que tinha apenas 66 anos, foi vítima de um ataque cardíaco fulminante enquanto dormia. A morte repentina do ator chamou atenção para quais as causas de ataques cardíacos, como DOMINGO – O que é o infarto fulminante? GIORGIANA RAQUEL – Vamos começar pelo básico. Qualquer célula do nosso corpo precisa de sangue para viver? Quando uma artéria sofre uma súbita obstrução do fluxo sanguíneo, os tecidos nutridos pela mesma sofrem isquemia e necrose (morte). A esta morte de um tecido damos o nome de infarto. Um infarto pode ocorrer no cérebro, 4

prevenir o problema e outras dúvidas que foram esclarecidas pela médica Giorgiana Raquel de Oliveira, de 27 anos, que conversou com DOMINGO sobre a saúde cardíaca e os principais vilões do coração. Natural de Mossoró¬RN, Raquel Oliveira é formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba (FCM¬PB) e, atualmente, exerce Clínica Médica na Hapclínica Mossoró.

rim, pulmão ou qualquer outro órgão do corpo. Aqui, iremos enfatizar o infarto agudo de miocárdio, conhecido também como infarto do coração ou ataque cardíaco, que é a morte de parte do músculo cardíaco (miocárdio), devido à obstrução do fluxo sanguíneo das artérias coronárias para o coração, portanto, é a morte de uma parte do músculo cardíaco causada pela ausência da irrigação sanguínea que

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

leva nutrientes e oxigênio ao coração. É chamado de infarto fulminante aquele que causa o óbito do paciente antes que haja tempo de um atendimento médico, ou seja, o paciente morre antes de chegar ao hospital. Cerca de 15% dos infartos se manifestam com morte súbita, não dando chance ao paciente. Felizmente, os outros 85% conseguem chegar a tempo ao hospital. Os pacientes apresentam-¬se com um quadro de


sua carreira

Rafael DemeTRIUs

Ser empregado ou patrão: eis a questão

Q x

uanta gente já não pensou como seria maravilhoso ser dono do próprio nariz, não ter que dar satisfação a ninguém, acordar e dormir na hora em que quiser? Tudo isso parece um sonho, mas não é. “Essa deve ser a primeira decisão que uma pessoa toma na vida profissional: resolver se nasceu para ser dono ou empregado. Ser empregado ou ser dono não é uma questão de escolha. “É uma questão de vocação. Ser empregado é bom. Ser dono, também é. O importante é achar o caminho certo. Uma coisa é certa: pendurar o crachá da empresa parece tentador, mas nem todos estão preparados para encarar esse desafio. O que parece um sonho pode se tornar um pesadelo se a pessoa não tiver o perfil de empreendedor. Se você quer saber como responder o título da nossa coluna de hoje, verifique as dicas e tome sua decisão.

Horários de trabalho

Quem nasceu para ser empregado, gosta de horários, gosta de planejar o que vai fazer nas férias ou no fim de semana. Quem nasceu para ser dono, acha que toda hora é hora de trabalhar, incluindo domingos e feriados. E também acha que tirar férias é perda de tempo. Ser empresário tem certo glamour, mas nem todos estão dispostos a pagar um preço alto por isso. É preciso deixar bem claro: quem deixa de ser funcionário para virar patrão acaba trabalhando algumas horas a mais por dia. Tomada de decisões

Quem nasceu para ser empregado, gosta de trabalhar em equipe e aceita sugestões. Quem nasceu para ser dono, gosta de tomar as próprias decisões e detesta ouvir palpites. O verdadeiro empreendedor já nasce com essa marca e é facilmente reconhecido; está impresso no DNA. A pessoa que não tem essa vocação pode até abrir um negócio e ganhar dinheiro, mas isso não a deixará, necessariamente, mais feliz. Trabalho em equipe

Quem abre um negócio tem que saber lidar com gente. Apenas ter um bom produto não é suficiente. Em muitos os casos, funcionários não sabem trabalhar em grupo, e vivem com conflitos dentro da equipe.

Empreendedores

São pessoas obstinadas por resultados, que gostam de desafios, têm iniciativa e buscam sempre o sucesso. Geralmente elas usam o fracasso como aprendizado, uma espécie de mola propulsora para se aperfeiçoar. Não existe empreendedor pessimista. Onde os outros veem barreiras, eles veem oportunidades. O empreendedor não tem dúvidas; tem certezas, e trabalha o quanto for preciso para que tudo dê certo. Empreendedores por necessidade

No Brasil, há muitos empreendedores “por necessidade. São profissionais que ficaram sem emprego e resolveram abrir negócio próprio. De cada dez empresas que abrem, cinco são por necessidade, quando o empreendimento bom deveria ser aquele por oportunidade. Existe ainda a questão cultural da aversão ao risco como um dos principais fatores que desencorajam iniciativas empreendedoras. Nossa sociedade não tolera incertezas. Prova disso é que é cada vez maior a procura pelo emprego público no País.

Felicidade no trabalho

O grau de satisfação com a vida aumenta significativamente quando há coerência entre o perfil da pessoa e a atividade que ela desenvolve profissionalmente. Para muitos, a felicidade não vem do dinheiro e do poder, que são supervalorizados em nossa sociedade, mas sim da qualidade de vida. São profissionais que querem ter tempo para a família e não gostam de levar trabalho para casa, como muitas vezes fazem as pessoas que têm um negócio próprio. Decisão

Por isso, é muito importante que a pessoa pese os prós e os contras das duas opções antes de fazer uma escolha que pode afetar significativamente sua vida. É preciso, antes de qualquer coisa, refletir sobre os próprios valores e sobre o que cada um quer para a sua vida. Ainda em dúvida?

Estabilidade

Outro indício sobre a vocação está relacionado à segurança no trabalho ou emprego: quem nasceu para empregado aprecia a estabilidade e o salário garantido no fim do mês. Traz a vantagem da previsibilidade da remuneração, com direito a férias, 13.º salário e outros benefícios. Isso conta muito para pessoas que não suportam a ideia de enfrentar a variação dos ganhos de um negócio. Já quem nasceu para dono gosta de correr riscos e ter uma remuneração bem maior em muitos casos.

Você ainda está em dúvida? Então, é bem possível que você tenha nascido para ser empregado. Quem nasceu para dono não tem dúvidas; só tem certezas.

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

13


adoro comer

DaVI moURa

Dia do Café Comemorado no dia 14.04, o Dia do Café deste ano terá um prêmio especial! O Canacafé, do Hotel VillaOeste, e o Adoro Comer sorteiam um café da tarde no valor de R$ 150,00. Para participar, basta seguir @blogadorocomer e @canacafemossoro no Instagram, curtir a foto da promoção e indicar mais quatro amigos. A promoção está em vigor desde o dia 10.04 e o sorteio será no dia 14.04. O prêmio é para um vencedor que usará a quantia da maneira que desejar, com exceção de bebidas alcoólicas. Ainda há um bônus: os curtidores da foto ganharão um café expresso. Após o fim da promoção, será enviada uma lista ao Canacafé. Quem estiver na lista ganhará o expresso. Vamos participar!

1

O filé à parmegiana e a pizza brotinho do U7 Lanches Fico feliz em ver que o U7 já se estabeleceu em Mossoró novamente como uma ótima opção de lanches e refeições. A novidade de hoje é um upgrade no cardápio – que, por sinal, eles estão refazendo e vai ficar a coisa mais linda do mundo (eu já vi como está ficando!). Dois pratinhos entraram no rol das delícias, especialmente por serem favoritos do público de lá. O primeiro deles é o filé à parmegiana. Servido com espaguete e gratinado no queijo prato, ficará disponível a qualquer hora para pedido – visto que combina super bem tanto com o almoço quanto o jantar. O segundo é a pizza brotinho, para somar ainda mais com a já famosa seleção de sanduíches maravilhosos. E aí? Vai provar quando? Anote: (84) 3061 5777 ou 3317 5567 - E a Fan Page é essa aqui: https://www.facebook.com/LancheU7.

Restaurantes que não existem mais em Mossoró Apesar de Mossoró estar crescendo bastante e novos locais estejam chegando por aqui, há vários anos atrás – na época que o cardápio mossoroense se resumia a sanduíches e espetinhos – haviam alguns pontos que realmente faziam a diferença. Fiz um flashback mental e tentei lembrar dos restaurantes que mais me marcaram na infância, já que sempre adorei comer. Tentei procurar imagens, mas não achei de nenhum deles (só do Travessia). Se alguém tiver, adorarei postar! - La Gôndola - Lá era o único local que servia comida italiana de verdade. Além da pizza, típica, comíamos sempre espaguete, canelone e rondelle, era de praxe. Era nosso passeio de domingo. O restaurante era simples, sem muitos frufrus, mas seu cardápio era incrível de verdade.

Quinta verde na Panificadora 2001 A Panificadora 2001 já tem como evento fixo na sua semana a Quinta Verde. Em todas as quintas do mês, há a venda especial de produtos naturais, com foco em sanduíches. Na última quinta, 10.04, às 16h, a 2001 fez um dia diferente. O evento “Vem pra Quinta Verde” foi pensado para que o público tenha o prazer de customizar a sua própria comida. Dentre vários ingredientes, os clientes montaram o seu sanduíche e, a cada sanduíche comprado, foi possível levar pra casa um azeite pequeno, para continuar com a alimentação saudável. Vamos esperar a próxima! Anote: Rua Doutor Mário Negócio, 250, Centro. O telefone é (84) 3321-2001.

2

3

- Flávio’s - A estrutura do Flávio’s ainda existe tal qual era na época. Não lembro minha idade, mas sei que uma das minhas comidas favoritas era o filé à parmegiana, que era o jantar dos sábados, acompanhado com purê de batata e espaguete.

4

- O Barandão - Uma das maiores churrascarias da época. Maiores MESMO! Era imensa! O almoço de domingo era sempre lá: carne de sol, linguiça, farofinha, arroz da terra e feijão verde. - Travessia - Esse é mais recente. Antes do Tenda existir, era o restaurante que ficava naquela parte de baixo. Até uns 4 ou 5 anos atrás ainda existia e tinha o melhor gargamel que tive oportunidade de provar na vida. - Sorveteria Juarez - A Juarez ficava naquele quiosque na esquina entre a Catedral e o Banco do Brasil. Lembro bem que meu pai trazia a embalagem de isopor com 8 bolas de variados sorvetes. Era, sem dúvida, o melhor sorvete do mundo. Tão bom recordar!

Aproveite e acesse o http://blogadorocomer.blogspot.com para conferir esta e outras delícias! 14

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014


adoro adoro comer comer

Ovo de Páscoa Trufado By TudoGostoso.com.br

INGReDIeNTes Recheio de trufa • 1 kg de chocolate ao leite • 1 xícara de chá de cacau em pó • 200 ml de creme de leite caixa de uht • 1 colher de sobremesa de manteiga trufada ou manteiga sem sal • 2 colheres de sopa xarope de milho (glucose) • 1 colher de sobremesa essência de amêndoa para chocolate • 1 xícara de conhaque para perfurmar Ovo • 1 kg de chocolate meio amargo

MODO DE faZeR Recheio da trufa: • Derreta o chocolate ao leite; • Aqueça separadamente o creme de leite, a manteiga trufada, a essência e o conhaque; • A glucose não precisa ser aquecida; • Misture tudo manualmente; • Leve para geladeira por 3 horas; • Retire e recheio o ovo ou enrole para fazer trufas; Ovo: • Derreta o chocolate, cuidando para não queimar; • Pegue a metade do chocolate derretido e jogue na bancada, espalhe o chocolate com uma espátula, espere esfriar até atingir a temperatura de 27º graus; • Dica Coloque um pouco de chocolate na ponta da faca e veja se está endurecendo por igual e a aparência está brilhante; • Misture bem com a outra metade que ficou na vasilha; - Em uma forma própria para ovo de páscoa, coloque uma camada de chocolate e leve a geladeira por 2 minutos, o restante que ficou na vasilha mexa sempre para não cristalizar; - Retire a forma com a primeira camada da geladeira e passe a segunda camada de chocolate e repita a operação; - Passe o recheio trufado e cubra com o chocolate, leve a geladeira por 2 minutos e depois desenforme.

Jornal de Fato | DOMINGO, 13 de abril de 2014

15


Revista de Domingo nº 651  

Revista semanal do Jornal de Fato

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you