Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Ano 43 - Nº 377

Falta fiscalização para combater comércio ilegal

R$ 3,00

Em texto, Onyx prevê punição a promotores e juízes Deputado relatou PL com 18 medidas contra corrupção. | 9

Dívida do Estado com a Saúde vem desde 2014 Somente para o Município, o passivo é de R$ 3 milhões. | 4

Pesquisa identifica diabéticos silenciosos Ambulantes irregulares tomam as ruas e lojistas pedem mais respaldo das autoridades públicas |

5

Cerca de 30% das pessoas não sabiam que têm a doença. | 4

PMs da Polícia Comunitária não estão recebendo Entrave burocrático na Procuradoria Geral do Estado força os PMs a "poupar" valores referentes a mais de um ano de trabalho. | 11

Noite das Mulheres acontece hoje Promoção da revista Stampa e BPW-Ijuí será a partir das 20h, na Estação da Mata. | 13

BRASIL ATROPELA A ARGENTINA Philippe Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus foram decisivos na Seleção Brasileira | 12

cmyk


RADAR NOVEMBRO AZUL - O Novembro Azul tem como principais objetivos alertar e orientar a população masculina sobre o câncer de próstata, e também acabar com o preconceito dos homens em relação ao exame. As ações desenvolvidas serão realizadas especificamente para este público nos dias 17 e 22 de novembro, onde todas as Unidades Básicas e Estratégias Saúde da Família estarão atuando com horário estendido, além do horário normal. Dentre as principais atividades que serão realizadas, estão consultas médicas, odontológicas, nutricionais e também testes rápidos para HIV, hepatite B e sífilis. Os horários de atendimento diferenciado serão das 17h até as 21h. DIA DO CARINHO - O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) de Ijuí promove o 5º Dia do Carinho, realizado no Lar da Criança Henrique Liebich, no dia 19. O início da programação está marcado para as 14h. Entre as atrações, o espaço terá tendas de alimentação, brinquedos infláveis, apresentações artísticas e musicais, pintura facial, personagens temáticos, exposições e mateada. A organização sugere que sejam levadas cadeiras para o local, cuia e bomba de chimarrão e garrafa térmica. Para participar do evento o ingresso será de 1 kg de alimento não perecível ou item de limpeza ou higiene. Em caso de chuva, o evento será transferido para o dia 3 de dezembro. IPTU - A quinta parcela do IPTU 2016 vence na próxima quarta-feira. O pagamento pode ser feito no Banco do Brasil, Banrisul, Caixa Econômica Federal, Agência Central dos Correios ou qualquer rede lotérica conveniada. Considerando o feriado da próxima terça-feira, alusivo à Proclamação da República, e ponto facultativo adotado pela prefeitura na segunda-feira, o contribuinte que ainda não estiver de posse do seu boleto deve retirá-lo junto ao balcão de atendimento do IPTU até hoje. Em regime de turno único, o atendimento funciona das 7h30 às 13h30, oferecendo um horário diferenciado para a comunidade, também, ao meio dia. O boleto pode ser retirado, ainda, diretamente no site do Município, pelo endereço www.ijui.rs.gov.br PONTO FACULTATIVO - As repartições públicas municipais e demais autarquias integrantes da Administração direta e indireta do Poder Executivo adotam regime de ponto facultativo na próxima segunda-feira, referente ao feriado nacional alusivo à Proclamação da República, comemorado na terça-feira. O atendimento volta a funcionar na quartafeira, em regime de turno único, das 7h30 às 13h30. No período, não serão suspensos os serviços considerados essenciais à população. De acordo com o decreto, serão mantidos em funcionamento o Samu, pelo 192; o Conselho Tutelar, pelo telefone 8451-1029; e a Coordenadoria de Trânsito, pelo número 3332-9537. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Smed), as escolas da rede municipal e Educação Infantil também entram em regime de ponto facultativo na segunda-feira. VAGAS NO SINE - Por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) divulgou nesta semana, as vagas disponíveis na unidade do Sine de Ijuí. Conforme a pasta, estão abertas as oportunidades de emprego em mais de 30 áreas. Interessados devem comparecer ao Sine de Ijuí, na rua Ernesto Alves, 229, Centro, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e currículo em mãos.

cmyk

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 10.11.2016 .....................0,6886 % Ouro 9.11.2016....................... R$ 130,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,3603 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,3609 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,5000 Euro (compra) .............................. R$ 3,6627 Euro (venda) ................................. R$ 3,6633 IPC/FIPE Out/2016 ................................0,27% IGPM Set/2016 .....................................0,20% IPCA Set/2016 ......................................0,08% IGP-M out/16 ........................................0,16% IGP-DI out/2016 ....................................0,13% ICV-Dieese out/16.................................0,37%

Na Rua Carlos Guilherme Erig com a Rua dos Minuanos, a placa de identificação tombou. A ação do tempo e das intempéries climáticas corroeram com o suporte.

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 1.079 2º - 0.205

ENTRE ASPAS "Defendo a renovação do PT. O comando partidário está envelhecido, e eu tenho 71 anos. Posso dormir e morrer. Não quero ser presidente do PT" disse o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Somente vou dizer uma palavra, uma, sobre a eleição de Donal Trump, e com isso resumo tudo: Socorro!", disse o ex-presidente do Uruguai, José Mujica. “A"Tipifiquei como crime a prática de caixa dois eleitoral no meu parecer para a comissão que analisa o projeto de lei (PL 4850/16) de medidas de combate à corrupção. Crime de caixa dois eleitoral e partidário vai estar escrito: quem recebeu, quem doou, dirigente partidário, tesoureiro de coligação, vai estar todo mundo lá.", disse o deputado federal, Onyx Lorenzon (DEM). "Sou contra a proposta do relator Onyx Lorenzoni, pois é uma maneira de anistiar quem fez caixa dois antes. É ridículo, é vergonhoso. Já é crime o caixa dois", disse o deputado federal, Miro Teixeira (Rede-RJ). "Você pode botar um Mister M lá que não vai resolver. Dinheiro não vai cair do céu. Estados e municípios não têm o poder que a União tem hoje de decretar déficit e aprovar no Congresso e emitir dinheiro e medida provisória. Nós estamos propondo fazer um ajuste forte", disse o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB).

Getúlio

3º - 7.028 4º - 4.355 5º - 9.087

QUINA

CONCURSO nº

4230

07 10 20 24 75 MEGA SENA CONCURSO nº

1875

01 45 47 52 53 55 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

TEC-E-INOVA

Encerramento aborda estratégias digitais Marcas, mundo digital, consumidor. Algumas das expressões que foram destaques na palestra de encerramento da 8ª edição da Tec-e-Inova, na noite desta quinta-feira, na Unijuí, realizada por Paulo Kendzerski, da WBI Brasil On Life, que falou sobre “Abordagens e Instrumentos ao Comércio Eletrônico”. Paulo Kendzerski é diretor presidente da WBI Brasil, agência de marketing e comunicação digital; consultor em e-business especializado em projetos de comércio eletrônico, professor de e-commerce, especialista em web marketing, palestrante e autor do primeiro livro sobre “Web marketing e comunicação digital” no Brasil. Em sua fala, destacou a importância de as empresas pensarem, planejarem e agirem de forma digital, “um caminho sem volta”, na forma de vender, comprar e se relacionar em sociedade, salientando que as empresas precisam estar onde o consumidor está. Dessa forma, ele afirma que, em breve, as estratégias de atuação digitais e empresariais de uma organização serão uma só. “Ainda pensamos de forma analógica: abrimos a empresa de manhã, fechamos no fim da

Caixa financia contratos em nova faixa habitacional O Ministério das Cidades e a Caixa Econômica Federal assinaram quarta-feira o primeiro contrato de empreendimento habitacional da faixa 1,5 do Programa Minha Casa, Minha Vida, destinada a famílias com renda bruta mensal de até R$ 2.350. O primeiro empreendimento da faixa 1,5 – relançada pelo governo em setembro – será construído em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. O ministro das Cidades, Bruno

Araújo, disse que, até o fim do ano, a expectativa é contratar 40 mil unidades do Minha Casa, Minha Vida nessa faixa de renda. Na faixa 1,5, as famílias beneficiadas pelo programa recebem subsídios de até R$ 45 mil, dependendo da renda mensal e da localização do imóvel. A modalidade também tem juros reduzidos, de 5% ao ano, para financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Cartão Reforma deve ser liberado em abril de 2017 Paulo Kendzerski falou sobre perspectivas do consumidor no evento de ontem

tarde, enquanto o consumidor continua conectado. É ele quem escolhe o canal para relacionar, se comunicar com a marca”, observa. O comportamento do consumidor mudou com o mundo digital. “O consumidor está mais informado, conectado e exigente. Ele é o especialista e, muitas vezes, toma a decisão de compra muito antes de visitar uma loja”. Kendzerski também mostrou alguns dados relativos ao mercado de consumo digital. De acordo com ele, 90% das pesquisas na internet dizem respeito ao local,

ou seja, a empresas, marcas e serviços da cidade de origem de quem faz a busca. “Isso prova que as empresas e marcas precisam estar no digital, se relacionar com o consumidor”, complementa. O evento de ontem fechou a programação deste ano da feira, que chegou à oitava edição. Englobando também a Semana do Empreendedorismo, a Tec-eInova se estendeu por quatro dias com programação diversificadas envolvendo palestras, oficinas, e debates, evocando três eixos principais: inovação, tecnologia e estratégias para o varejo.

Criatec incentiva ambientes de inovação Movimentando o último dia da 8ª Tec-E-Inova, foi realizado ontem o Café Tecnológico que ocorreu na Incubadora Criatec da Unijuí. No evento houve a apresentação dos impactos do Projeto Extensão Produtiva e Inovação(Pepi) no RS, juntamente com um Case do empresa Mc Bom Sorvetes. Além disso, foi graduada a Empresa Locomotiva de Ideias, que está saindo da Incubadora. A coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini, explicou que a Criatec foi parceira da Semana do Empreendedorismo e o Café integrou a programação para confirmar a parceria com o governo do Estado com a realização do Pepi. "O projeto incentiva a inovação nas indústrias e a Unijuí está executando esse trabalho desde julho. O recurso vem do governo do Estado e a agência de Inovação e Tecnologia da Unijuí é responsável por coordenar o trabalho de execução", explica sobre o projeto que deve ser desenvolvido até julho de 2018.

3

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, disse que o primeiro Cartão Reforma, programa lançado pelo governo nesta quinta-feira, deve ser entregue em abril de 2017. O benefício será concedido a famílias com renda bruta mensal de até R$ 1,8 mil que queiram reformar suas residências. Elas vão receber R$ 5 mil do governo federal para comprar equipamentos de construção e vão ser responsáveis pela mão de obra. O programa deve atender entre 85 mil e 100 mil casas no ano que vem, nas estimativas do ministro. A intenção do governo é utilizar um volume de recursos mínimo em 2017, para que os entes possam se adaptar à execução do Cartão Reforma, que será digital e buscará operar sem burocracias. De acordo com Bruno Araújo, os estados e municípios serão responsáveis por mediar os projetos de reforma com as famílias e fiscalizar se o dinheiro foi corretamente aplicado.

De janeiro até a segunda quinzena de abril, serão abertos prazos para que o software seja testado, os municípios se cadastrem no programa e a assistência técnica seja contratada. “Não há vedação aos beneficiários do Bolsa Família. A única coisa que não permitiremos é que a família não seja atendida duas vezes”, afirmou Bruno Araújo. Segundo ele, a medida provisória que cria o programa proíbe ainda que os recursos sejam utilizados em áreas de risco como regiões suscetíveis a desabamentos. O ministro explicou também que os 15% dos recursos que serão destinados aos municípios não serão tirados dos R$ 5 mil previstos para cada família. “Suponhamos que no município X vá haver um atendimento de R$ 10 milhões. Será 15% do valor do atendimento, e aí o município vai trabalhar com aquele saldo líquido, R$ 8,5 milhões, para saber o que ele pode atender. Quantas unidades [podem ser beneficiadas]”, afirmou.

Lei dos Domésticos eleva saldo da Previdência

Empresários conheceram parceria da Unijuí com o Estado no incentivo à inovação

A coordenadora ressalta que o projeto tem vários impactos positivos. "O objetivo é melhorar o processo produtivo das indústrias para que elas possam inovar, queremos criar o ambiente da inovação". Odete destacou que hoje a Criatec trabalha com 14 empresas incubadas e que o edital de seleção

para novas empresas está aberto. As inscrições estão abertas até 25 de novembro e podem ser feitas pelo site ou diretamente na incubadora. "É uma oportunidade para novos projetos. Aqui a empresa tem a ideia, planeja, cresce, se desenvolve com todo o apoio e depois sai da incubadora", explicou sobre os procedimentos.

Com um ano em vigor da Lei Complementar 150/15, a chamada Lei dos Domésticos, que regulamentou direitos trabalhistas para os empregos domésticos, o número de contribuições para a Previdência Social cresceu 40%. Dados apresentados pelo diretor de Regime Geral de Previdência Social da Secretaria de Políticas de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Emanuel de Araújo Dantas, mostram que a proteção social alcança hoje mais de 1,7 milhões de empregados da categoria. Dantas disse que, ao lado de autônomos, os trabalhadores domésticos representam a categoria que tinha menor proteção. O diretor mostrou números da Pesquisa Nacional por Amostra de

Domicílios (Pnad), que apontam que, em 2014, pelo menos 45,7% dos domésticos contribuíam para a Previdência Social. “Apesar de hoje 72% da população ocupada estar protegida socialmente, ainda temos o desafio de quase 30%”, afirmou, ao mencionar o total alcançado pela Previdência em relação a todos os trabalhadores. Dantas destacou que com a lei, o governo criou o eSocial, onde o empregador faz todas as contribuições de forma simplificada. “O eSocial doméstico, apesar de ter tido problemas de adaptação, é considerado um grande avanço no recolhimento de tributos e contribuiçõees. Isso facilitou a vida do empregador, a formalização do empregado".

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

CRISE NA SAÚDE

Estado deve para Ijuí desde maio de 2014 Os prefeitos estão preocupados com o atraso, ou inexistência de repasses de recursos referentes a financiamentos e serviços prestados na área da saúde por parte do Estado. Atualmente, R$ 277 milhões estão em atraso desde maio de 2014, e os prejuízos no funcionamento da área estão sendo sentidos pelos municípios, que precisam restringir atendimentos ou adotar outras medidas paliativas. Esses recursos em atraso são referentes a programas de pactuação tripartite, ou seja, as responsabilidades de financiamento no Sistema Único de Saúde (SUS) são divididas entre Estado, União e Município. “São programas tripartite que hoje as prefeituras estão pagando o custeio sozinhas. Nas Estratégias Saúde da Família (ESF), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), por exemplo, são todos programas que estão sendo custeados praticamente pelas prefeituras. É muito complicado ter o orçamento reduzido e também não se pode deixar a população desassistida”, explica o técnico em Saúde da Federação dos Municípios do RS (FamursRS), Paulo Azeredo Filho. A dívida do Estado com Ijuí na Saúde é de R$ 3 milhões, tanto

cmyk

Biblioteca Municipal terá exposição especial As atividades realizadas nos grupos terapêuticos do Caps Colmeia 2 de Ijuí estarão expostas na Biblioteca Pública Municipal a partir da próxima semana. O objetivo das atividades é proporcionar aos usuários do serviço um momento de integração e ocupação, frequentando espaços diferentes além do incentivo à participação e independência, estimulando o bem-estar e a autonomia por meio da produção artística. “Para os pacientes é muito importante a participação em atividades porque não é só a consulta médica, via enfermagem, então a participação em um

grupo faz muito bem”, comenta a terapeuta ocupacional do Caps Colmeia, Márcia Dalcin. Segundo ela, os grupos têm duração de uma hora e uma adesão significativa por parte dos usuários. “Para eles, é legal para que outras pessoas possam ver o que eles estão realizando no âmbito do Caps”, explica. A exposição, que inicia-se no dia 17 e segue até o dia 23, terá pinturas em tela, pinturas de mandala, algumas aplicações que foram realizadas, artesanatos produzidos nas oficinas e um mural de fotos apresentando o grupo.

Serviços de urgência e emergência também têm recursos em atraso

para medicamentos quanto para consultas e exames especializados, incluindo a rede de atenção básica, a área de saúde mental, os ESFs, saúde dos trabalhadores, e as redes de urgência e emergência. “Para ter uma ideia, somente na saúde mental, o Estado deve cerca de R$ 350 mil para Ijuí”, exemplifica Azeredo. Procurada pela reportagem, a coordenadora da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Silvia Ceccato, disse não ter condições de falar sobre

Brasil tem mais de 14 milhões de diabéticos Uma pesquisa encomendada pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), em parceria com um laboratório farmacêutico, mostrou que - entre diabéticos e cuidadores - 92% acreditam que atividade física e alimentação saudável são fundamentais para o controle da doença, mas 64% não praticam exercícios regularmente. O estudo indicou que no Brasil existem mais de 14,3 milhões de pessoas vivendo com diabetes, o que corresponde a 9,4% da população. O levantamento foi feito para chamar a atenção para o Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro) e para alertar sobre a doença. Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 147 municípios. O levantamento mostra, ainda, que 29% dos diabéticos não suspeitavam que tinham a doença e a descobriram em exame de rotina e que 66% acreditam que consultas médicas são a melhor

4

forma de controlar a doença. Dos entrevistados, 39% citaram a alimentação saudável. Mesmo assim, 18% não sabem os problemas que a doença pode causar. De acordo com dados da SBD, no Brasil existem mais de 14,3 milhões de pessoas com diabetes. Entre 5% e 10% da população pertencem ao tipo 1 e 90% ao tipo 2, dos quais 70% poderiam ser prevenidos por adoção de estilo de vida mais saudável. Segundo os dados, a cada 11 adultos em 2015, um tinha diabetes, número que será de um para cada dez em 2040. A cada seis segundos morre uma pessoa de diabetes, totalizando 5 milhões de mortes em 2015. Entre os fatores de risco para o desenvolvimento do diabetes estão obesidade, idade avançada, hereditariedade, consumo de álcool, tabagismo, ter tido parto com criança de quatro quilos ou mais, diabetes na gravidez, pressão ou colesterol altos.

o volume da dívida ou os encaminhamentos que o governo do Estado está dando no sentido de saldar este passivo com a prefeitura. “Não compete a nós, enquanto Coordenadoria, falar sobre esse assunto. Não tenho como dizer porque não tenho relatórios, é tudo direto com a SES [Secretaria Estadual de Saúde] e com o secretário [João Gabbardo], não tem o que eu te dizer”, afirma a representante do Estado na área da Saúde, no Município e na região.

Obras estarão expostas na Biblioteca Pública Municipal a partir da próxima semana

Gestantes receberão repelentes O Ministério da Saúde deve realizar no próximo dia 1º de dezembro pregão para a compra de repelentes que serão distribuídos a gestantes beneficiárias do Programa Bolsa Família. A expectativa da pasta é que, no prazo de 15 dias a contar da homologação da compra, o produto comece a ser entregue pela rede de atenção básica a cerca de 484 mil mulheres. A aposta do governo é reduzir os casos de infecção de vírus Zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e associado ao aumento de casos de microcefalia em bebês. "Se não houver problema no pregão, [a distribuição] está para 15 dias após a homologação. Em dezembro ainda teremos a primeira entrega", disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Segundo ele, o plano do governo é seguir com a distribuição de repelentes apenas para quem recebe o benefício e, posteriormente, avaliar a ampliação da estratégia. Questionado sobre os subsequentes atrasos na entrega dos repelentes, anunciada em fevereiro deste ano e ainda não concretizada,

Gestantes do Bolsa Família devem passar a receber repelentes em dezembro

Barros garantiu que não há possibilidade de novos adiamentos para o pregão. O único atraso possível é se houver recursos ao processo de compra, que atrasem a homologação. "Homologada a compra, em 15 dias eles fazem a entrega. Estamos comprando repelente para o ano inteiro. Serão 12 entregas mensais", disse.

O ministro lembrou que, no edital de compra dos repelentes, a pasta definiu que o produto teria embalagem especial do próprio ministério com os dizeres Proibida a venda. Entretanto, a embalagem precisa de aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), processo que pode levar até 60 dias para ser concluído.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

5

ECONOMIA

Ambulantes prejudicam comércio local A venda de produtos ilegais no município tem gerado várias denúncias de empresários, tanto para o Sindilojas, entidade que representa a classe como na própria prefeitura. O cenário foi confirmado pelo presidente do Sindilojas Elio Quatrin. Ele disse que essa é uma situação visível e que tem apenas um remédio. "Esse remédio é fiscalização. Ontem mesmo até discutindo essa questão e ouvindo prefeito de outra cidade, a gente comentava que lá não existem vendedores que chegam de outras cidades e vendem de uma forma ilegal. Aqui tem acontecido e nós já conversamos em outra oportunidade com a prefeitura e vamos voltar a contatar com o prefeito no sentido de intensificar essa situação. A fiscalização é o único remédio para que se possa coibir essa entrada de ambulantes que vêm de outras regiões e atrapalham, sem dúvida alguma, o comércio local", diz Quatrin. Para o presidente, a falta de fiscalização incentiva a atividade ilegal. "Há os ambulantes locais que podem vender, que têm sua condição legalizada através de alvarás junto a prefeitura, cumprem suas regras, mas há aqueles ambulantes que vêm de outros locais e não se legalizam. Essa é uma situação bem complexa e que precisa de uma fiscalização bem atuante, bem forte, para que nós possamos coibir e não atrapalhar o comércio local". As denúncias têm aumentado. "Temos sempre empresários em contato conosco colocando essa situação. É só sair na rua que isso é visível", afirma Quatrin sobre

os vários tipos de produtos que estão sendo vendidos de forma ilegal. "Então precisa dar uma reforçada na fiscalização. Temos que conversar com a prefeitura e pedir que se intensifique esse trabalho com ações concretas para coibir ações ilegais". O coordenador do setor de Tributos da prefeitura Airton de Moura explica que existem duas legislações: a tributária, que é referente a cobrança da taxa de autorização para o comércio ambulante e também a legislação do Código de Posturas, que é a questão da fiscalização do comércio em passeios públicos. "O fiscal de postura é quem faz a fiscalização se o vendedor está atuando em local público, passeio público ou uma praça pública e o fiscal tributário cobra a taxa, inclusive efetuando multa e apreensão de mercadoria, caso ele não tenha autorização". O coordenador explica que cabe aos próprios vendedores regularizar o alvará junto à prefeitura e pagar as taxas, que ficam em torno de R$ 65 por dia. "Ele paga a taxa por quantos dias quiser atuar, mas precisa estar circulando, não pode ficar em um ponto fixo", fala sobre como funciona essa fiscalização aqui em Ijuí. Além dos servidores municipais, Airton destaca a parceria com a Brigada Militar. "A BM não tem a competência legal, mas pode coibir e tem nos auxiliado muito em operações conjuntas. Eles não têm competência para prender mercadorias nem para multar, eles podem solicitar que a prefeitura faça a fiscalização de for o caso de apreen-

Vendedores ambulantes, mesmo com alvará, não podem ficar em ponto fixo no passeio público

são ou multa", afirma destacando que tem vendedores que procuram a prefeitura e solicitam sua autorização, mas muitos não são regularizados. "Não é uma fiscalização seguida, todo o dia, mas no momento em que a gente recebe uma denúncia de alguém que está vendendo na calçada pública, o fiscal tem ido lá para fazer a verificação", aponta Airton destacando que há no município apenas um fiscal de posturas para esse trabalho. A empresária Eliana Burtet alerta que é muito preocupante a situação, não apenas pela venda ilegal que é desleal com os comerciantes que pagam seus tributos em

Seminário de contabilidade começa hoje O Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS) promove hoje o 8º Seminário de Assuntos Contábeis no auditório da Unijuí. O evento que é gratuito conta com palestras técnicas e motivacionais, tendo como público alvo os profissionais da contabilidade que estão em situação regular como também os estudantes da área contábil. O delegado do CRC André Hoffmann destaca a importância do evento para os profissionais. “Iniciativas como esta, somadas à realização de cursos presenciais e outras atividades de formação, fortalecem a Educação Continuada, necessária para a demanda de profissionais constantemente atualizados, em uma aproximação entre o profissional e o Conselho”, destaca. De acordo com a programação, o evento começa às 8h30 com o credenciamento e logo em seguida ocorre a solenidade de abertura. O vice-presidente Técnico do CRC-RS, Márcio Schuch e o auditor-fiscal da Receita Federal, Rafael Henrique Visentini ministram a primeira palestra com o tema Cruzamento de Informações Fiscais, Econômicas e Financeiras: Responsabilidade

O delegado do CRC André Hoffmann (à direita) destaca a importância do evento

profissional da Contabilidade,. Já a delegada do CRC em Santa Maria, Simone Terezinha Zanon, irá abordar com os presentes o tema Suas atitudes constroem a sua história. No período da tarde, às 13h30, está previsto a palestra do vice-presidente de Relações Institucionais do Conselho, Pedro Gabril Kenne da Silva, com o tema O contador como agente de transformação social.

Consta na programação ainda que a última temática irá abordar O profissional da contabilidade na era Pós-Sped, e será conduzida pelo vice-presidente de Registro, Ricardo Kherkoff. As inscrições devem ser realizadas diretamente no site do Conselho, www.crcrs.org.br. Os participantes devem levar um quilo de alimento não perecível, como contribuição no mês da Solidariedade Contábil.

dia, mas pelo próprio risco que causam. "Tivemos informações das próprias clientes que compraram e são produtos sem procedência e de má qualidade que podem inclusive causar danos à saúde", enfatiza a empresária que atua com a marca de perfumaria O Boticário, que tem sido alvo de produtos falsificados. Eliana destaca ainda que é preciso que o consumidor tome consciência que quando compra um produto desses apóia uma ação ilegal. " As autoridades deveriam se posicionar, a gente paga imposto. Se você faz tudo dentro da lei, tem que ser respeitado", fala reivindicando apoio contra essas ações ilegais.

Safra deverá crescer 13,9% em 2017, diz IBGE A safra brasileira deve fechar 2017 com uma produção de 209,4 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas, 13,9% acima da safra prevista para este ano. Segundo o primeiro prognóstico para a safra de 2017, divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o maior aumento deverá ocorrer no Nordeste (51%). As demais regiões deverão ter as seguintes taxas de crescimento de 2016 para 2017: Norte (7%), Sudeste (10,3%), Sul (5,5%) e Centro-Oeste (18,7%). O IBGE também divulgou mais uma estimativa para a safra deste ano. Segundo o Levanta-

mento Sistemático da Produção Agrícola de outubro, 2016 deve fechar com uma produção de 183,8 milhões de toneladas, uma queda de 12,3% em relação a 2015. As três principais lavouras brasileiras deverão ter queda neste ano, em relação ao ano passado: soja (-1,5%), arroz (-15,5%) e milho (-25,5%). A área colhida neste ano também deve ser 0,7% inferior à do ano passado. Entre as três principais lavouras, apenas a soja fechará o ano com um aumento na área colhida (2,8%). O milho terá queda de 1,3% na área colhida e o arroz, de 10,2%.

Para este ano, produção deve fechar com queda de 12,3% em relação a 2015

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

CADÊ A FISCALIZAÇÃO?

B

asta circular pelas principais ruas de Ijuí para perceber que o comércio informal aumentou. São vendedores ambulantes que enxergam na cidade a oportunidade de comercializarem seus produtos. A diversidade é grande. Vai do vestuário e acessórios à alimentação. No entanto, segundo o coordenador de Cadastro e Tributos, Airton de Moura, muitos deles não têm licença A população da prefeitura, nem deve estar alerta e para ocupar o esprocurar adquirir paço público, nem produtos apenas de para vender. vendedores devidaA opinião dos emmente identificados. presários é unâniDenúncias podem me e todos querem ser feitas de forma o fim do comércio anônima para que ambulante e para a fiscalização possa isso já recorreram coibir o trabalho ao Executivo em irregular. busca de uma solução definitiva. Entre os argumentos dos empresários para o fim do comércio informal na cidade estão principalmente o pagamento de impostos, emissão de nota fiscal e o fato de que o comércio legalizado acaba perdendo clientes para o comércio ambulante, que em épocas de grande movimento, instalam-se nas ruas, não pagam impostos, não geram renda e nem emprego. Já os ambulantes tentam comover a opinião

pública, apelando para o fato de que tiram o sustento da família dessas vendas. Além de despertar preocupação e descontentamento entre os lojistas, o trabalho de vendedores ambulantes em Ijuí também é visto com ressalva pela população. Mesmo proibida pelo Código Tributário Municipal e alvo de fiscalização, a prática é comum nas ruas do Centro e repercute de forma negativa para a maioria dos ijuienses em função principalmente da procedência duvidosa dos produtos e da concorrência desleal com aqueles que pagam impostos para manter os negócios. A população deve estar alerta e procurar adquirir produtos apenas de vendedores devidamente identificados. Denúncias podem ser feitas de forma anônima para que a fiscalização possa coibir o trabalho irregular. A discussão sobre a atividade de vendedores ambulantes não chega a ser nova em Ijuí, mas segue em pleno desenvolvimento e longe de um consenso. Mas as medidas precisam ser efetivas, já que para um município do porte de Ijuí contar apenas com um fiscal de posturas para fiscalização dessas denúncias - entre tantas outras que ferem o Código de Postura do Município - é algo que na prática não funciona. Seja como for, há que se encontrar uma saída. Como está hoje, a situação ultrapassa o bom-senso. Do jeito que está não pode continuar, e os lojistas merecem, sim, mais respaldo das autoridades, afinal, são eles que sustentam, com sua geração de impostos, grande parte da máquina pública.

PONTO DE VISTA

Arno Feigel Presidente do Conselho dos Consumidores de Energia de Ijuí, fala sobre os detalhes de um curso realizado para consumidores de energia elétrica em Ijuí.

O que foi debatido neste curso? A resolução 40040 que é da Aneel, onde determina o direito e as obrigações de consumidores das concessionárias, que é o nosso caso. É interessante também as palestras nas escolas que nosso colega está fazendo. Tudo isso é importantíssimo para mostrar aos consumidores de energia o seu direito perante a concessionária, principalmente quando se coloca a questão das obrigações, quando se trata do pagamento de multas, indenização de perdas, queima de aparelhos e assim por diante. Passado o curso de formação, quando podemos

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

observar na prática essa situação? Conforme a determinação da Aneel, ela exige a participação da sociedade dos consumidores com relação às tarifas, o direito do usuário e assim por diante. Teremos uma outra continuidade agora dia 24 e 25, que é o encontro nacional de conselheiros de todo o Brasil, em Campo Grande, onde será discutido exatamente o futuro da energia elétrica, a questão em função dos benefícios, concessões, multas e direito dos usuários. Todo o consumidor deveria saber do seu direito, quando existe problemas de falta de energia ou qualidade de energia baixa. Em relação aos subsídios pagos da energia, eles prejudicam os consumidores aqui do Sul do Brasil? O governo não dá nada para ninguém, se alguém tem subsidio é porque alguém está pagando isso, então tira de um lado para botar para o outro. Nós temos uma série de problemas, por exemplo, Norte e Nordeste 40% não pagam energia. Alguém vai pagar isso. As famosas usinas que foram construídas no Pará até hoje não ligam nada em lugar nenhum, as usinas eólicas que foram construídas também não, e a concessionária está ganhando, já paga porque ela investiu nisso e até hoje isso não está sendo interligado no Brasil todo. Entra para 2019 a questão da tarifa branca que é importantíssima para nós, porque daí cada um vai ser organizar, se eu gastar energia das 18h às 21 ela custa 5 vezes mais caro do que durante o dia.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

6

ARTIGO

Nove minutos valem uma vida

Marco Antônio Barbosa Especialista em segurança e diretor da CAME do Brasil. Os dados do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados neste mês pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, traduzem a triste realidade em que o país se afunda quando falamos de violência. A cada nove minutos uma pessoa foi morta de forma violenta em 2015, o que inclui vítimas de homicídios dolosos, de latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais. Um total de 54.492. Poderíamos comemorar a redução de 2% em relação a 2014, quando este número foi de 59.703. Se alegrar com as 1.238 vidas salvas no ano passado seria uma visão míope dos fatos, já que nos últimos quatro anos o Brasil matou 23.468 a mais que a Síria, que está em Guerra Civil durante todo este mesmo período. É um abismo entre o discurso de país em desenvolvimento e a prática. O pior é que mais uma vez vemos a falta de políticas públicas de longo prazo, como investimento em estrutura para as polícias, leis mais duras e efetivas, reestruturação do sistema carcerário e a principal delas: investimento em educação. O mesmo estudo aponta um investimento 76,3 bilhões em Segurança Pública, com um aumento de 62% de 2002 até 2015. Se o dinheiro foi investido, o problema está na forma em que isso se decorreu. Não adianta ter a verba e não saber usá-la da forma adequada. Sempre é falado em aumento de efetivo, mas não em treiná-lo, em prepará-lo. Em 2015, 3.345 pessoas foram vítimas de ações das polícias, uma taxa de letalidade maior do que Honduras. A culpa é mesmo do policial, se na contramão, 393 policiais morreram, sendo 103 em serviço e 290 fora? Não, sem treinamento, sem remuneração, sem acompanhamento psicológico, entre matar ou morrer, o extinto de sobrevivência sempre falará mais alto. A justiça continua lenta e morosa. No ano passado, 584.361 pessoas foram encarceradas, 36% em situação provisória, ou seja, 212.178 não foram julgados. Aguardam e lotam cada vez mais as penitenciárias, que também não oferecem nenhuma possibilidade de ressocialização, salvo algumas iniciativas esporádicas. Também não se leva em conta outro aspecto, como 50% dos alunos frequentando o 9º ano do ensino fundamental estão em escolas localizadas em áreas de risco de violência e que 14,5% dos estudantes brasileiros já afirmaram ter perdido aula por medo da violência. Não damos educação de nível e nem segurança para frequentar as escolas. Como imaginamos acabar com a criminalidade, quando a única oportunidade de uma parcela significativa da população é a própria? Os números mostram uma melhora, mas não apontam para um planejamento embasado e sustentável. Ações pontuais e desorganizadas não resolvem. Uma redução de mortes na casa de 2% pode ser apenas uma sorte do destino. Um assalto que não acabou em morte, ou uma briga de trânsito onde um dos envolvidos pensou um pouco mais antes de puxar o gatilho. Somente uma gama de ações nos pontos listados acima (polícia, inteligência, legislação, justiça, estrutura e educação) podem realmente começar a derrubar de forma substancial estes números alarmantes e que reflitam na confiança do cidadão no Estado. O governo tem dinheiro e investe em segurança, mesmo com toda a crise em que vivemos, mas não demonstra, como em muitos outros setores, ter a capacidade de administrar e gerir da forma adequada e que seja realmente efetiva, sem ser apenas para remediar a situação. Mas não podemos deixar de lado a responsabilidade que da cada um de nós cidadãos temos em relação a este cenário. Votar da forma correta, cobrar para que os que forem eleitos cumpram o prometido e participar ativamente de melhorias nas cidades ou comunidades em que vivemos são papeis importantes e que devem ser empenhados por todos. Criticar, sem ajudar nas soluções não servirá de nada. Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

EMPREENDEDORISMO

Alunos mostram projetos inovadores Integrando a programação da 8ª Tec-E-Inova e da Semana do Empreendedorismo, alunos das escolas estaduais de Ensino Médio 25 de Julho, Tiradentes e Guilherme Clemente Koehler realizaram uma exposição de pesquisas em projetos de inovação no Hall do Salão de Atos do Câmpus da Unijuí. Segundo o professor Tiago Rafael Grenzel, que é professor da escola Técnica 25 de Julho, os trabalhos do técnico em mecânica da escola foram convidados a participar da exposição para mostrar a experiência dos alunos no desenvolvimento de projetos. "Eles têm a ideia inicial que passam para o papel e depois passam para o projeto tridimensional onde o curso desenvolve todas as etapas para uma posterior construção. Foi realizada a construção de um guincho e gabine para colheitadeira", fala sobre os trabalhos que foram executados tanto em maquete miniatura como em tamanho real. "Até mesmo um gerador eólico foi desenvolvido durante o semestre, onde o diferencial foi o mecanismo desenvolvido que consegue captar

Alunos do Ensino Médio mostraram maquetes e projetos em tamanho real

energia dos ventos em todas as direções", destacou sobre um dos três projetos inovadores que foram expostos. "Foi um desafio proposto pelos professores aos alunos para desenvolver a criação e a construção, que é o foco da mecânica. Incentivar o aluno à capacidade teórica e construtiva de qualquer mecanismo". O professor lembrou ainda que todas as inscrições para os cursos técnicos da escola estão abertas até novembro e podem ser feitas pelo site da escola. O professor da escola Poliva-

Escola Eugênio Storch visita o Grupo JM Na manhã de ontem, as turmas do 4º ano da Escola Municipal de Educação de Tempo Integral Eugênio Ernesto Storch estiveram nas dependências do Grupo Jornal da Manhã, acompanhadas das professoras Jusselane Gomes, Cibele da Rosa, Cristiane Bertoldo e Ruth Hein. A visita integrou um projeto multidisciplinar desenvolvido na escola com as disciplinas de

Língua Portuguesa, Matemática e Musicalização. Segundo a professora Ruth, as oficinas de música são desenvolvidas do 1º ao 5º ano, como parte do currículo escolar. Os estudantes demonstraram seu aprendizado através de uma apresentação musical de flauta para os integrantes da equipe JM, e realizaram ainda, uma participação ao vivo no programa Linha Direta.

lente Luis Cesar Souza destacou que os trabalhos da escola iniciaram desde março. "Tivemos a oportunidade de mostrar esses trabalhos na Mostra de Trabalhos para Cursos Técnicos Profissionalizantes onde obtivemos 1º lugar com o projeto eixo de rodas e o 3º lugar com o projeto do tijolo ecológico. Já em setembro participamos da Feicetec em Porto Alegre onde tivemos o 2º lugar com o trabalho canteiro de obras", falou sobre os trabalhos voltados para a sustentabilidade e que estiveram em exposição.

7

Nota do Enem será baseada no sistema TRI O gabarito do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado na última quarta-feira e dá aos candidatos apenas uma ideia da performance na prova. Além de não trazer o resultado da redação, ele vai dar o número absoluto de acertos. A cada um desses acertos vai ser atribuído um peso e uma nota, conforme um modelo chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI). Esta metodologia que orienta as correções do Enem é o que garante, por exemplo, a equivalência dos testes aplicados no sábado e domingo e aquele que será feito nos dias 3 e 4 de dezembro. A TRI é baseada em questões previamente classificadas como fáceis, moderadas e difíceis e no total de acertos que o aluno tem dentro de cada grupo. Segundo o professor do Insper, Tadeu da Ponte, essa metodologia é, atualmente, a mais eficiente forma de avaliar o conhecimento acadêmico de estudantes, em prova. "A TRI confere ao Enem uma precisão que outros vestibulares só conseguem por meio de mais provas, como a segunda fase da Fuvest, por exemplo" "É uma metodologia que cria uma escala de dificuldade, pontuando mais de acordo com o obstáculo que cada questão coloca ao candidato", adiciona o professor.' Na prova baseada na TRI, as

perguntas divididas previamente em diferentes dificuldades permitem um cálculo estatístico e de outras teorias matemáticas aplicadas para que os avaliadores analisem de maneira mais profunda as respostas dos alunos, ainda que em testes de múltipla escolha. Se eles notam que o aluno errou muitas perguntas consideradas fáceis e acertou muitas difíceis, a metodologia indica que houve chute, fazendo sua média cair. Logo, a nota final passa a depender não só do número de acertos, mas também da dificuldade de cada questão acertada ou errada. O professor explica ainda que antes de uma porta de entrada em universidades públicas e privadas, o Enem é uma ferramenta de avaliação da qualidade da educação no Ensino Médio, em todo o país. Logo, como afirma Tadeu: "a TRI cria uma medida do conhecimento de cada aluno de acordo com cada matéria. Ao criar essa medida, a capacidade de análise do conhecimento desse estudante aumenta, o que evidencia áreas carentes de melhoras e áreas nas quais o ensino tem sido suficientemente bom", disse destacando ainda que a nota não retrata o desempenho individual do candidato, mas a posição que ele ocupou na escala de proficiência onde todos os milhões de outros candidatos também são incluídos.

Ceap conta a história em maquetes Como forma de sistematizar os estudos desenvolvidos ao longo do ano letivo no componente curricular de História, a professora Fátima Kommers desafiou os alunos a montarem uma exposição de trabalhos a partir do resumo feito. A ideia foi a produção, em grupos de alunos, de uma maquete para representar uma parte da história da humanidade estudada. Os trabalhos estão expostos no saguão e mostram o grande fascínio da maior parte dos alunos

pelas grandes navegações, um dos temas estudados este ano até agora. Segundo a professora, no 7º ano as turmas têm contato com a Idade Média e Idade Moderna, além da colonização da América Portuguesa e do período do Brasil Colônia. Também há trabalhos sobre as muralhas da China, castelos medievais e seus sistemas de feudos e grandes obras dos Incas, Maias e Astecas. As produções trazem legendas explicativas sobre cada conteúdo.

Maquetes recontaram a história

Educação física é tema de formação

Cerca de 40 alunos visitaram o JM para conhecer trabalho de jornalistas

O projeto de formação continuada de Educação Física: Os múltiplos olhares da Educação Física no contexto escolar, teve continuidade durante a última terça-feira, no auditório da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, com a realização do nono encontro. Com a mediação do professor da Unijuí, Robson Machado Borges, os professores definiram prioridades no planejamento baseado no diagnóstico, os

métodos de aprendizagem do esporte na escola e as dimensões na comunicação do professor com o aluno, visando a elaboração de uma unidade didática com as ferramentas trabalhadas nos encontros anteriores. A partir da necessidade e dificuldades de cada turma, identificadas através de vídeo diagnóstico, os participantes definiram o que seria necessário trabalhar ao longo de uma unidade didática. Logo, foi realizado o

planejamento de uma aula de basquetebol, com o objetivo de os alunos primeiramente observarem as situações de jogo antes da atuação. No próximo encontro, agendado para o dia 29 de novembro na Escola de Ensino Médio Ruy Barbosa, os professores colocarão em prática este planejamento, fazendo uma análise das possibilidades e necessidades do planejamento do Ensino dos Esportes na Educação Física escolar.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

LAVAGEM DE R$ 50 BI

36ª fase da Lava Jato mira em operadores A Polícia Federal deflagrou ontem a 36ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Dragão, que investiga a ação dos operadores Adir Assad e Rodrigo Tacla Duran na lavagem de mais de R$ 50 milhões. Foram cumpridas 18 ordens judiciais nos Estados do Ceará, São Paulo e Paraná, sendo 16 mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva contra Assad e Tacla. Assad já está preso na carceragem de Curitiba e Duran, que é advogado, integra a lista de foragidos da Interpol, segundo a PF. Ele não foi detido porque está no exterior desde abril. Na coletiva de imprensa realizada na manhã de ontem, os procuradores Roberson Pozzobon e Julio Noronha afirmaram que empreiteiras envolvidas na Lava Jato, como a UTC e Mendes Júnior, repassaram, respectivamente, R$ 9 milhões e R$ 25 milhões a Duran entre 2011 e 2013. No mesmo período, outras empresas com contratos públicos, como a construtora Triunfo e a concessionária Econorte, ambas no Paraná, fizeram depósitos em contas do operador. Elas também foram alvos de buscas nesta quinta. Segundo os investigadores, Duran se utilizava de suas empresas, entre elas o escritório Tacla Duran Sociedade de Advogados, para gerar dinheiro e realizar pagamentos de propinas. Os executivos da UTC revelaram em depoimentos de acordos de delação premiada

Empresário Adir Assad foi preso, suspeito de operar esquema de corrupção

que Duran foi indicado a eles com o propósito de lavar dinheiro. Só a empreiteira celebrou contratos na ordem de R$ 56 milhões com o escritório de advocacia que, segundo Pozzobon, foram "sobrevalorizados ou inexistentes". A Mendes Júnior firmou contratos com as mesmas características junto ao escritório na ordem de R$ 25 milhões. O procurador afirmou que Duran se beneficiou de R$ 61 milhões oriundos do esquema. "A empresa transferia para o escritório, o principal sócio, no caso Tacla Duran, sacava e devolvia parte dos recursos para a empreiteira, que os utilizava em pagamento de propina", descreveu Pozzobon.

Os investigadores relataram que Duran tinha contato constante com outros operadores, como Assad, que repassou R$ 24,3 milhões ao advogado por meio de transferências de suas empresas. Para o procurador, "eles [os operadores] tinham uma verdadeira confraria criminosa, um trabalhava com o outro". Duran também desponta como um dos responsáveis por lavar dinheiro do setor de operações estruturadas da Odebrecht, apontado pelos investigadores como o departamento de propina da empreiteira. Segundo Pozzobon, o advogado coordenou 12 contas de offshores no exterior usadas para lavar recursos do grupo baiano.

Oposição acionará Justiça contra PEC Nem bem passou pelo crivo do Senado, a proposta do governo que limita a expansão do gasto público pelos próximos 20 anos corre o risco de terminar na Justiça. Na discussão de quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, parlamentares da oposição prometeram questionar a legalidade da norma no Supremo Tribunal Federal. "A oposição apresentará proposta de referendo se for derrotada no voto em relação à PEC [do teto do gasto]", disse Randolfe Rodrigues (Rede-AP). "E iremos, se necessário for, até o Supremo Tribunal Federal para pedir a inconstitucionalidade dessa proposta de emenda constitucional". A proposta - que limita o crescimento dos gastos federais à inflação do ano anterior – passou na comissão com maioria dos votos, mas a oposição argumenta

cmyk

que o teto fere pelo menos três princípios da Constituição. Os parlamentares se basearam em análise do advogado Ronaldo Jorge Araújo Vieira Júnior, da consultoria legislativa do Senado. Segundo Araújo, a proposta não garante que as áreas de saúde e educação, cuja proteção orçamentária está prevista na Constituição, não perderão recursos. O especialista levantou o argumento jurídico da "vedação de retrocesso" para criticar a medida. Ele disse que, na disputa por recursos e na impossibilidade de se cortar gastos previdenciários, essas áreas poderão ser prejudicadas. "Se preservar os gastos com saúde e educação, como prevê a Constituição, e levar em consideração outras despesas que são incomprimíveis, como a Previdência Social, a conta não vai fechar", disse. "Por óbvio a necessidade de limitar os gastos de uma forma

8

Renan anuncia medidas que confrontam Justiça O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou medidas nesta quintafeira para retomar o debate sobre o projeto de abuso de autoridade, fortemente criticado pela classe de magistrados, e instalou uma comissão para analisar salários que ultrapassam o teto constitucional, fazendo referência direta aos juízes. Renan ensaia a retomada do projeto que altera a lei de abuso de autoridade desde meados de julho, quando tentou desengavetar a proposta, que é de 2009. O texto foi muito criticado por entidades do Judiciário e pelo Ministério Público, que alegam que o projeto é uma ameaça à Operação Lava Jato. O presidente do Senado acabou não encontrando apoio político entre os demais parlamentares e a proposta ficou esquecida em uma comissão especial. Agora, ele quer trazer o projeto de volta à tona, com direito à audiência de debates com a participação de figuras centrais da Operação Lava Jato, como o procurador Deltan

Dallagnol e o juiz Sérgio Moro, pessoas que já se posicionaram contrariamente à proposta. Segundo Renan, é ideal que o projeto seja votado até o fim desse ano. Ele considerou, inclusive, que a votação aconteça no mesmo dia do debate com convidados. "Vou chamar representantes da Polícia Federal, Ministério Público, Judiciário, Associação de Juízes Federais. Não acredito que o juiz Sérgio Moro ou Dallagnol defendam o abuso de autoridade. É importante que eles venham para fazermos o debate", afirmou. Conforme o senador, um novo relator será designado para o projeto em reunião de líderes na próxima quarta-feira, dia 16. Na última quarta, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) deixou a relatoria alegando que a posição não é adequada com o novo posto de líder do governo. Renan ironizou a dificuldade de encontrar um interessado em assumir o projeto. "Ainda não decidimos um nome porque alguns gastaram a cota de coragem e a gente precisa 'reestimulá-la'."

Presidente do Senado vai chamar Sérgio Moro para discutir abuso de poder

Comissão vai analisar salários acima do teto

Ronaldo Vieira Júnior

global do governo inclui a necessidade de se reduzir também os gastos com saúde e educação."

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), instalou ontem a comissão que vai fazer um levantamento sobre os salários acima do teto constitucional pagos nos três poderes da República. A comissão de salários terá um prazo de 20 dias para fazer o levantamento e deve propor medidas para evitar a prática. O teto constitucional atual é de R$ 33.763,00, valor do subsídio dos ministros do Supremo Tribunal Federal. A relatora da comissão, senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), disse que, além do levantamento dos salários extra-teto, a comissão irá analisar dois pontos cruciais. Um deles é o aumento automático de salários da administração

pública de acordo com o reajuste concedido ao Supremo Tribunal Federal, que tem efeito também nos Estados e, segundo ela, traz transtornos aos governos. O segundo ponto é o que ela chamou de "contrabando de benefícios" que são acumulados com os salários. "Estamos apenas regulamentando e tentando fazer valer a Constituição Federal, que impõe um teto de salário para o país", disse Kátia Abreu. A senadora informou que pretende pedir audiências com o presidente Michel Temer, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármem Lúcia, e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para tratar do trabalho da comissão.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

18 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO

Onyx propõe punição a juízes e promotores As dez medidas contra a corrupção apresentadas pelo Ministério Público Federal (MPF) viraram 18 nas mãos do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), relator das propostas que tramitam como projeto de lei na Câmara. O parlamentar manteve alguns pontos, como a tipificação do crime de caixa dois e o aumento da pena de corrupção. Restringiu outros, como a possibilidade de aplicação do chamado teste de integridade, para atestar a honestidade dos servidores públicos. E acrescentou mais alguns, como a possibilidade de juízes e integrantes do Ministério Público responderem por crime de responsabilidade. Em entrevista ao Grupo JM, na manhã de ontem, Onyx falou sobre seu texto. Sobre o ponto que prevê a responsabilização de membros do poder Judiciário, o deputado admitiu que a novidade poderá encontrar resistências. Uma lei de 1950 estabelece esse tipo de crime para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e para o procurador-geral da República. Lorenzoni propõe alterar o texto para que sejam alcançados todos os magistrados e integrantes do Ministério Público. Segundo o relatório, comete crime de responsabilidade, por exemplo, o juiz que exercer atividade político¬partidária, for preguiçoso no trabalho, julgar quando deveria estar impedido

Relator da proposta também estipulou pena de até dez anos para o caixa dois

ou suspeito para decidir, ou proceder de modo incompatível com a honra, dignidade e decoro de suas funções. O texto também pega o juiz que "manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento". "Aqui não tem mordaça, nenhum tipo de restrição. Aqui tem apenas equidade. Se todos nós temos que responder por nossos atos, não era correto que duas funções importantíssimas do Estado brasileiro estivessem retiradas da lei", afirmou Lorenzoni. Ainda conforme o texto, não só os candidatos, mas também os partidos poderão ser res-

ponsabilizados pelo caixa dois, que terá penas que variam de dois a dez anos. Ainda poderão ser aplicadas multa de 5% a 30% do valor dos repasses do fundo partidário no ano no qual ocorreu o crime (pela proposta do MPF seriam entre 10% e 40%). O relatório foi apresentado na quarta-feira na comissão especial criada na Câmara para discutir o assunto. A intenção é votar o texto na próxima semana. Caso passe na comissão, o projeto é liberado para o plenário da Câmara. Se aprovado, ainda precisa passar pelo Senado e pela sanção presidencial.

Deputado tem senhas bloqueadas O deputado Mario Jardel (PSD) está impossibilitado de acessar qualquer sistema eletrônico da Assembleia gaúcha. As senhas dele e de todos os assessores de seu gabinete foram suspensas na última terça-feira. Os trabalhadores que cumprem tarefas diretamente no Legislativo já foram recadastrados. Porém, o parlamentar terá que solicitar o desbloqueio pessoalmente. A Mesa Diretora da Casa decidiu por retirar a autorização do sistema depois que a senha de Jardel foi utilizada para nomear uma pessoa em um cargo de confiança em seu gabinete. Como ele está ausente da Assembleia há mais de 10 sessões plenárias, a ação foi realizada por um assessor que conhecia as informações de acesso do deputado, mas que não poderia tê-las usado. As faltas em 10 sessões plenárias consecutivas farão com que Jardel responda a um novo processo disciplinar no Legisla-

tivo. O caso está sendo analisado pelo corregedor da Casa, deputado Marlon Santos (PDT), que vai apresentar suas conclusões à Comissão de Ética da Assembleia na próxima quarta-feira. A tendência é que ele se manifeste pela criação de uma nova subcomissão processante. No entanto, o caso não leva à cassação. O parlamentar pode receber uma censura ou ter o mandato suspenso. “Ainda vou analisar a situação, mas parece que o deputado está tratando com má-fé e desleixo o Legislativo. Ele tenta a obstaculização do processo”, disse nesta semana Marlon Santos. Na próxima quarta-feira, Mário Jardel prestará depoimento à subcomissão processante que analisa um caso de improbidade administrativa. Ele ainda não confirmou presença. De acordo com o advogado Rogerio Bassotto, o deputado está em Fortaleza, no Ceará, fazendo companhia à avó de 87 anos que está com pro-

Mário Jardel

blemas de saúde. O defensor irá solicitar a extinção do processo. Essa investigação prevê a cassação do mandato.

9

Audiência da AL debate pesquisa agropecuária A Frente Parlamentar em Defesa da Pesquisa Agropecuária Gaúcha realizou, nesta semana, sua oitava audiência pública para debater a atual situação da pesquisa agropecuária no Rio Grande do Sul e aproximar as instituições que trabalham na área. A Frente é coordenada pela deputada Zilá Breitenbach (PSDB), que escolheu a sede do Instituto Riograndense do Arroz (Irga), em Porto Alegre, para sediar o encontro. Compondo a mesa de debates, o secretário estadual de Agricultura, Ernani Polo, falou sobre os avanços promovidos a partir do investimento feito na área da pesquisa. "A agropecuária talvez tenha sido o setor que mais avançou nos últimos anos e isso se deve à pesquisa, que é um fator preponderante neste resultado", disse o secretário, destacando ainda que o trabalho silencioso dos profissionais de pesquisa é o fator que justifica esse avanço e futuras melhoras para o agronegócio.

A mesa foi quase unânime em destacar que a falta de recursos e de pessoal na área da pesquisa no RS é um fator preocupante e que hoje a situação do Estado não permite que isso se resolva de imediato. Em entrevista ao Grupo JM, ontem, a deputada Zilá revelou que um encaminhamento preliminar foi tirado a partir da audiência. "Nós concluímos nesta oitava audiência, e queremos levar nosso relatório ao governador até dezembro, que, se não houver investimentos na área da pesquisa, nós perderemos competitividade nas cadeias produtivas de atividades menores. Porque as atividades maiores, como a produção de grãos, se valem de pesquisas vindas da iniciativa privada, e as cadeias menores não têm essa possibilidade. Então, acima de tudo, é preciso investir", disse a deputada, reiterando o papel fundamental das universidades e escolas técnicas na promoção de pesquisas agropecuárias.

Deputada promoveu oitava audiência sobre a defesa agropecuária gaúcha

Senado limita partidos e põe fim a coligações O Senado aprovou, em primeiro turno, a proposta que cria uma cláusula de barreira para atuação de partidos políticos e acaba com a coligação nas eleições proporcionais, em que disputam vereadores e deputados. Foram 58 votos a favor e 13 contrários à matéria, cujo objetivo central é diminuir o número de partidos no país. A matéria será votada em segundo turno no próximo dia 23 de novembro em plenário, segundo acordo de líderes.A proposta extingue, a partir das eleições de 2020, as chamadas coligações partidárias para candidaturas de vereador e deputado. Segundo a legislação em vigor, partidos podem promover tais tipos de agrupamento eleitoral, em que os votos recebidos pelas respectivas legendas coligadas são somados e, em seguida, redistribuídos em uma lista pré-determinada para

o preenchimento das vagas no Legislativo, segundo critérios da própria coligação. Também conhecida como cláusula de desempenho, a cláusula de barreira seguirá o critério do “funcionamento parlamentar”, em que partidos com certa condição de representação no Parlamento serão contemplados com recursos do fundo partidário, além de tempo de rádio e televisão e estrutura funcional individual no Congresso, a depender do número de eleitos. A proposta determina que, a partir das eleições de 2018, os efeitos da cláusula de barreira reacairão sobre legendas que não alcançarem, na disputa para a Câmara, no mínimo 2% de todos os votos válidos e distribuídos em ao menos 14 unidades da Federação, mais uma vez com mínimo de 2% dos votos válidos em cada uma delas.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

CRISE NAS FINANÇAS

Governo recém pagou 40% dos salários dos servidores O governo do Estado creditou ontem mais R$ 700 dos salários do Poder Executivo, totalizando o pagamento de R$ 1.660,00 para cada servidor referente a outubro. Com isso, a integralização da folha será de 39,85%. Para pagar essa faixa, serão necessários R$ 176,3 milhões. Para hoje está confirmado o depósito de R$ 1.500,00, somando R$ 3.160,00 a cada servidor. Serão desembolsados mais R$ 220,8 milhões. A integralização da folha chegará a 68,81%. Conforme a Secretaria da Fazenda, os valores para o pagamento são oriundos da arrecadação do ICMS e do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Neste mês haverá, ainda, o ingresso de R$ 72,3 milhões extraordinários, fruto da repatriação de recursos. A previsão de término do pagamento da folha é no dia 16.

Quase metade do mês e o governo ainda não passou da metade dos valores

10

Coopervalores trabalha planejamento para 2017 Na última segunda-feira o professor Everaldo Marini, coordenador da Cooperativa Escolar “Coebompa” do Colégio Bom Pastor localizado no interior da cidade de Nova Petrópolis – Serra Gaúcha e grande incentivador da implantação de cooperativas escolares da região, visitou a cooperativa escolar “Semeando Valores” (Coopervalores) em Ajuricaba. No turno da manhã, Everaldo trabalhou junto aos professores da cooperativa escolar, à equipe da Secretaria Municipal de Educação do município e à Escola Municipal de Ensino Fundamental Nelci Tobias Oedmann. O objetivo deste momento foi a revisão do estatuto social da Coopervalores, ampliando a percepção dos envolvidos quanto à prática e objetivos da cooperativa escolar, bem como elencando os desafios para o avanço da cooperativa em 2017. O professor Everaldo foi recebido na sede da Coopervalores à tarde para compartilhar

experiências e fomentar reflexões visando o aprofundamento dos objetivos da cooperativa Escolar, junto aos alunos que compõem o conselho. Na oportunidade, o presidente da cooperativa escolar, Alonso Gilmar Ricardo, compartilhou com os colegas as suas vivências durante a viagem ao Berço do Cooperativismo em Nova Petrópolis. Relatou sua participação no Fórum das Cooperativas Escolares, e sua emoção ao poder representar a Coopervalores e o município de Ajuricaba. Roseila Pretto, secretária de educação de Ajuricaba, destaca que o trabalho do professor junto à cooperativa é fundamental para aprimorar o funcionamento da Coopervalores. “Foi uma tarde de muito aprendizado e motivação para os cooperados que têm muitas expectativas para 2017. A consultoria do professor Everaldo Marini possibilita que os trabalhos da cooperativa continuem alinhados aos objetivos propostos”, concluiu.

Daer garante pavimentação de ERSs O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) está investindo em uma série de programas voltados às obras rodoviárias da malha estadual. Entre as iniciativas, uma das que mais têm colaborado para melhorar a infraestrutura das rodovias são os convênios municipais. Atualmente, a autarquia destinou R$ 54 milhões – sendo R$ 37 milhões oriundos do BNDES – a 14 convênios que devem resultar na pavimentação de 82,7 quilômetros de rodovias e travessias urbanas até o primeiro semestre de 2017. “Essas parcerias trazem uma série de benefícios para as comunidades, possibilitando a integração, a mobilidade e o escoamento da produção dessas regiões”, afirma o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti. Por meio dos convênios, o departamento viabiliza formas de realizar melhorias pontuais ou em todo o segmento das estradas. Além da execução de pavimentação asfáltica, estão incluídos os

Rodovias da região também estão na expectativa pela restauração

serviços de drenagem, obras de arte (pontes e bueiros) e sinalização. “O Daer é responsável por repassar a maior parte dos recursos necessários e a realização da obra é feita pelo município, com o acompanhamento e fiscalização do departamento”, explica o engenheiro Richard Polo, que gerencia o programa juntamente com o chefe de gabinete da Diretoria Geral, Rogério Reis, e a assessora

de Relações Institucionais Maiara Scalco. Atualmente, o Daer mantém contratos com 14 municípios, sendo que nove foram concluídos desde 2015 e os demais têm previsão de entrega no primeiro trimestre de 2017. “Concluímos 55 quilômetros e, em breve, vamos finalizar mais 27 de estradas pavimentadas e devidamente sinalizadas”, salienta Reis.

RS recruta salva-vidas temporários O processo seletivo de contratação de salva-vidas civis temporários para a Operação Golfinho deste verão já contava, até as 17h50 desta terça-feira com adesão de 602 pessoas. Desse total, 465 se inscreveram para atuar em águas de mar e 137 para águas internas. As inscrições encerraram ontem.

cmyk

O comandante do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Luís Marcelo Gonçalves Maya, afirmou que o número de inscritos é recorde. "O processo está melhor que no ano passado, quando chegamos a 300 inscritos. Pretendemos sempre ter um número maior de interessados do que o de vagas.

Os candidatos passam depois por seleção e capacitação de 20 dias, para saber quem é apto e tem condições de exercer a função", disse. Segundo ele, a grande procura teve relação com o momento econômico do País e a atividade temporária é uma opção de renda para quem busca trabalho.

Programa de responsabilidade social do Sicredi possibilitou consultoria do professor

Emissão de carteiras em Catuípe está normalizada A comunidade de Catuípe vinha enfrentando transtornos em virtude de um problema no sistema de emissão de Carteiras de Trabalho. Desde ontem, no entanto, a situação foi normalizada e todos os interessados podem se deslocar até a prefeitura municipal para realizar o procedimento. A reportagem do Grupo JM esteve em contato com o agente administrativo de Catuípe, José Odoriz, que garantiu que desde ontem a situação está normalizada. Até então, os munícipes tinham a necessidade de entrar em contato com a capital Porto Alegre, causando atraso, transtorno e muito incômodo. "O

sistema novo entrou em normalidade ontem e, dessa forma, todas as pessoas que necessitarem já podem fazer o pedido da emissão das carteiras aqui no nosso município. Havia uma expectativa pela emissão das carteiras passando do modo offline para online e essa adequação aconteceu ontem. Houve a parte da informatização que se concretizou. Esperamos, inclusive, que continue assim", explicou o servidor do município. Para os interessados, são necessários a Certidão de Nascimento, o RG, CPF e comprovante de endereço para a solicitação e conclusão do procedimento.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

POLÍCIA COMUNITÁRIA

PMs estão há um ano sem receber auxílio-aluguel

Os policiais do Policiamento Comunitário de Ijuí não estão recebendo a ajuda de custo determinada em convênio. Um entrave burocrático junto à Procuradoria Geral do Estado (PGE) força os servidores a fazer uma poupança, já que os valores estão retidos em uma conta. Além do recorrente problema envolvendo o parcelamento dos salários, os PMs estão nessa situação há exato um ano, e ainda sem previsão de normalização. A reportagem do Grupo JM recebeu uma denúncia nessa semana, dando conta do nãorecebimento dos valores referentes à política pública implantada em Ijuí, em julho de 2015. O comandante do 29º Batalhão da Polícia Militar (29BPM) de Ijuí, major Edilson Góes, falou com o Grupo JM sobre a situação que define como "inadmissível". "Não se trata de má vontade do comando nem do Executivo. Os nossos PMs entendem isso, inclusive. Os valores estão garantidos e isso é o principal. O problerma é que os tempos atuais, envolvendo salários parcelados é difícil. Com certeza se fosse em

PLANTÃO RECAPTURADO - A BM de Ijuí recapturou na tarde de ontem, Charles Douglas Cardoso, 23 anos. Conhecido como Garoto, ele fugiu do Instituto Penal no final de outubro, após serrar as grades e pular o muro. Na ocasião, Julio Cesar de Oliveira, 35 anos, também fugiu, no entanto, foi recapturado no dia. Garoto foi preso no bairro Tancredo Neves por uma guarnição do policiamento ostensivo. Após exames, foi levado até a Modulada. QUARTA RECAPTURA - Foi recapturado mais um dos foragidos do Presídio de Sarandi. A fuga aconteceu na manhã da última quarta-feira, depois que seis apenados abriram um buraco no teto e fugiram. Três deles foram recapturados já no turno da tarde. Um outro elemento, Ronison de Lima Soares acabou baleado na BR-386, depois de entrar em confronto com a polícia. No início da tarde de ontem foi a vez de Edson Winck ser flagrado em uma boate no município de Ronda Alta. O último a ser buscado trata-se de Osiel Ribeiro Marques e até o fechamento da edição, não havia sido recuperado.

11

Carreta com mais de 60m volta a contornar a BR-285 Os usuários da BR-285 tiveram que exercitar a paciência ao longo da data de ontem. O deslocamento de um transformador de energia elétrica de Santa Catarina com destino a Entre-Ijuís resultou na ocupação total da pista de rolamento, e dessa forma, precisou da intervenção da Polícia Rodoviária Federal para organização do fluxo. Há sete meses, o mesmo veículo, portando o mesmo transformador chamou a atenção da comunidade local ao contornar a BR-285 no sentido decrescente. Na época, o transformador aloca-

do em Entre-Ijuís teve problemas e precisou ser removido até Santa Catarina, onde passou por conserto. Exatamente sete meses depois, faz o sentido contrário com destino ao seu local de origem. Com 65 metros de comprimento, outros seis de largura, o veículo, a uma velocidade média de 15 km/h, ocupa toda pista de rolamento e, dessa forma, requer escolta das autoridades e, acima de tudo, paciência e atenção dos usuários. Embora todo o transtorno, o transcorrer do trecho aconteceu sem maiores problemas.

Policiamento Comunitário foi inaugurado sob muita festa em julho de 2015

uma situação normal, estaríamos estimulando muito mais nossos PMs. É uma situação vergonhosa. É inadmissível". Ainda de acordo com o major Góes, os valores referentes a bolsa-aluguel (previstos no convênio) estão parados desde novembro na PGE. O município esteve em contato com a Casa Civil para que a situação seja resolvida de uma vez. "Um ano parado aguardando apenas um parecer. Ao nosso ver,

isso é muito ruim", acrescentou. Embora o problema envolvendo os PMs temporários, o comandante garantiu que o serviço está acontecendo normalmente e que, a princípio, não deverá ser prejudicado. Instalado em Ijuí desde julho do ano passado, o Policiamento Comunitário visa expandir o trabalho policial para os bairros, e dessa forma, aproximar e dar segurança às comunidades descentralizadas.

Polícia Civil desarticula "piratas do asfalto"

Quadrilha é investigada por assaltos em diversos ônibus

Uma operação no final da noite de quarta-feira, em Passo Fundo, prendeu sete suspeitos de integrar uma quadrilha que assalta ônibus em rodovias do Norte gaúcho. Diversos roubos semelhantes foram registrados neste ano em municípios da região, inclusive impulsionando a criação de uma Força Tarefa da Polícia Civil para combater o crime. Segundo o delegado Ercílio Carletti, é comum durante os ataques a quadrilha de assaltantes render os passageiros e os colocarem no bagageiro do coletivo. “É uma forma de ataque copiada de quadrilhas do restante do Brasil. Eles atiram no ônibus,

forçando motoristas a parar. Em seguida, com armas, amedrontam as pessoas, tiram as roupas delas para procurar dinheiro nas partes íntimas, e os colocam nus no bagageiro“, afirma o delegado. A investigação constatou que o bando atua também no roubo de cargas e assalto a sítios. Dos sete membros, três eram foragidos do Presídio de Carazinho. Outros oito membros da quadrilha já foram presos em uma ação da Brigada Militar em setembro, no interior de Pontão. A polícia acredita que outros assaltantes ainda estejam foragidos. Foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e veículos.

Veículo anda em uma velocidade média de 15 km/h

PF deflagra operação e prende 14 traficantes A Polícia Federal deflagrou na manhã de ontem uma operação para desarticular organização criminosa que atuava no tráfico de drogas na fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Ao todo, 14 traficantes foram presos. Cerca de 100 agentes cumpriram 12 mandados de prisão, três de condução coercitiva e 17 de busca e apreensão nas cidades de Quaraí e Santana do Livramento, na fronteira com o Uruguai, em Uruguaiana, na fronteira com a Argentina, e em Guaíba, na Região Metropolitana. A investigação teve início

em junho deste ano e identificou que o grupo adquiria cocaína, crack e maconha de traficantes estabelecidos em Guaíba e Uruguaiana para distribuição em Quaraí e Santana do Livramento. A droga era transportada em veículos alugados. A chamada Operação Redoma já tem 34 pessoas indiciadas por tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, tentativa de homicídio, furto e roubo. Na ação de hoje, foram apreendidas armas e munição, que resultaram em mais quatro prisões em flagrante.

Trabalho foi deflagrado em diversas regiões do Estado

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Brasil dá show e goleia Argentina A Seleção Brasileira deu show ontem à noite no Mineirão na goleada de 3 a 0 na Argentina. O clássico sul-americano marcou o retorno da equipe canarinho ao palco de seu maior vexame a goleada de 7 a 1 para a Alemanha no Mundial de 2014, no entanto, pouco mais de dois anos e quatro meses depois, o momento é outro. E nada como uma contundente vitória em cima de seu arquirrival para espantar todos os fantasmas e ratificar a volta por cima. Sob o comando de Tite, o Brasil não deu chances a Messi e companhia e ficou ainda mais próximo de garantir vaga na Copa do Mundo de 2018 depois de um 3 a 0 ao som de “olé” em Belo Horizonte. Philippe Coutinho

brilhou com um golaço ao seu estilo aos 24 minutos do primeiro tempo, Neymar marcou pela primeira vez na carreira contra os Hermanos aos 45 minutos da etapa inicial após assistência de Gabriel Jesus e Paulinho aos 13 minutos do segundo tempo, um dos sete remanescentes da Copa de 2014, exorcizou seu trauma ao fechar o placar. Na etapa final o time brasileiro desperdiçou várias chances para aumentar a vantagem. O Brasil sob o comando do técnico Tite tem cinco vitórias seguidas e lidera as Eliminatórias Sul-Americanas ao Mundial de 2018 na Rússia, com 24 pontos. A equipe brasileira volta a campo quarta-feira às 0h15 diante do Peru, em Lima.

Primeiros reforços Os dois primeiros reforços do São Luiz para a Divisão de Acesso 2017 serão anunciados na manhã de hoje pelo clube. O diretor de futebol Delmar Blatt disse que os contratados serão jogadores conhecidos no futebol gaúcho. Nos próximos dias integrantes do departamento de futebol do São Luiz vão a Porto Alegre para se reunir com os departamentos de futebol amador de Grêmio e Internacional. A dupla Gre-Nal deve emprestar ao rubro atletas que não são aproveitados nas categorias de base. As escolinhas do São Luiz disputam a partir de hoje em Tuparendi a Taça Cidade de Futebol. O Rubro jogará as categorias Sub-12, Sub-14 e

Sub-15. A equipe ijuiense tem conquistado bons resultados na competição. TAÇA CIDADE DE TUPARENDI Fase de Grupos Sub-15: Hoje,11.11, São Luiz x Botafogo Amanhã,12.11,São Luiz x Cesa/ Campo Novo Domingo,13.11, São Luiz x Aemo (Argentina) Sub-14: Hoje, 11.11, São Luiz x Bola na Rede Amanhã,12.11, São Luiz x Lajeadense (A) Domingo,13.11, São Luiz x Academia Bello Centro (A) Sub-12: Hoje, 11.11, São Luiz x Grêmio FPA Amanhã, 12.11, São Luiz x BVB/ Nova Candelária Domingo, 13.11, São Luiz x Asser Farroupilha

Messi foi bem marcado por Fernandinho e não teve boa atuação no Mineirão ELIMINATÓRIAS 11ª rodada Ontem,10.11 Colômbia 0 x 0 Chile Uruguai 2 x 1 Equador Paraguai 1 x 4 Peru Venezuela 5 x 0 Bolívia Brasil 3 x 0 Argentina 12ª rodada Terça-Feira, 15.11 Bolívia x Paraguai-18h Equador x Venezuela-19h Chile x Uruguai-21h30

Argentina x Colômbia-21h30 Quarta-Feira,16.11 Peru x Brasil-0h15 Classificação 1º) Brasil-24 pontos 2º) Uruguai-23 pontos 3º) Colômbia-18 pontos 4º) Equador e Chile-17 pontos 6º) Argentina-16 pontos 7º) Paraguai -15 pontos 8º) Peru-14 pontos 9º) Venezuela-5 pontos 10º) Boívia- 4 pontos

O Consulado do Internacional em Ijuí promove excursão a Porto Alegre para o jogo da próxima quinta-feira às 21h no Estádio Beira-Rio diante da Ponte Preta. A saída será da Rua Barão do Rio Branco, 95, esquina com a Rua Paraná, no centro de Ijuí. O embarque acontece às 13h da quinta-feira. O retorno será após o jogo. Carros poderão ser deixados no local do embarque.Valores da viagem com preferência para os sócios, passagem custa R$130,00, ida e volta em ônibus leito turismo. Ingressos: arquibancada inferior: R$ 20,00. Vagas limitadas. Reservas: paulocostainter@yahoo.com.br ou 9964.4450.

cmyk

capacidade para ganhar como melhor atleta da competição. No final das contas fará muita diferença e vai ser mais uma das grandes armas para nos levar à vitória", disse Eduardo Mundstock. Uilian joga no Ijuí Drones desde o começo em 2012. Iniciou atuando de Running Back (RB), responsável por carregar a bola através da defesa. Agora na função de Quarteback (RB) é encarregado de distribuir passes e muitas vezes de chamar as jogadas. "Quero jogar até os 35 anos.Gosto muito de estar em campo ajudando meus colegas. O futebol americano é um esporte apaixonante diz Uilian", que espera um jogo difícil contra o Curitiba Saints. O atleta afirmou que o time paranaense é forte no jogo aéreo e por isso o Ijuí Drones precisa estar atento para evitar ser surpreendido. O jogador, que é acadêmico de engenharia civil da Unijuí destacou que a equipe ijuiense está bem adaptada ao gramado do Estádio 19 de Outubro.

DE PRIMEIRA FUTSAL MUNICIPAL O Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí conheceu na quartafeira à noite no Ginásio Wilson Mânica os finalistas da categoria sênior. Nas semifinais, a Afumisa/ BB Som Comunicação venceu por 3 a 2 o time Amigos do Sete e conquistou vaga na final. O Mercado Darci e Scherer goleou por 9 a 2 o Mercado Copetti e vai decidir a competição. Nas semifinais dos veteranos, o Racing venceu o time Boleiros Futsal por 3 a 1 e avançou para a final. Flamengo da Linha 11 Norte e Arsenal Baterias Goi empataram em 2 a 2 no tempo normal. Nos pênaltis, o Flamengo ganhou por 5 a 3 e se garantiu na decisão. A Coordenadoria de Esportes anunciará na manhã de hoje a data das finais do sênior e veteranos. A tendência é de que seja na sexta-feira da semana que vem. A Divisão Única segue paralisada em função dos graves incidentes registrados na última segunda-feira no jogo entre as equipes do Santa Cruz e do Pré-Moldados Dreffs.

Excursão

Ijuí Drones encara o Curitiba Saints amanhã Vivendo seu melhor momento desde a fundação, o Ijuí Drones tem um jogo decisivo amanhã às 15h no Estádio 19 de Outubro, contra o Curitiba Guardian Saints, pelo playoff da 4ª Copa Sul de Futebol Americano. Quem vencer avança para as semifinais da competição. Os ingressos antecipados para esta partida estão sendo vendidos ao preço de R$ 5,00 nestes locais: Barbearia Mr. Huth, San Germano, Vida Farmácias (diagonal com a Fidene), Posto Nossa Casa e Shawarma Baruk. Crianças até 12 anos não pagam. Na hora o preço será R$ 10,00. O Quarterback (QB) Uilian Guterres (Uil),23 anos, mostrou muita evolução nas últimas temporadas. O atleta recebeu elogios do técnico (head coach) Eduardo Mundstock. "A gente vem preparando ele há três anos. Teve duas temporadas de preparação, jogando e agora chegou o ano dele. Está decidindo, mostrando todo o seu potencial. Tem

12

Afumisa (azul) venceu Os Amigos do Sete e avançou na categoria sênior

REGRA MUNDIAL O segundo jogo decisivo do Campeonato Municipal de Bocha de Ijuí, Regra Mundial será disputado hoje a partir das 19h30 na cancha da AABB entre as equipes da AABB/ Zanetti Engenharia e Construção e CTG Laureano Medeiro/Gimenez. No primeiro jogo, o CTG Laureano Medeiros venceu por 3 a 0, bastando uma vitória nas três partidas ou maior número de bochas feitas para sagrarse campeão do ano de 2016.

BOCHA DO INTERIOR

Quarteback Uilian tem mostrado a sua importância para o grupo do Ijuí Drones

As equipes Amigos da Bocha do Parador e Rincão dos Goi são as duas finalistas do Campeonato Municipal de Bocha do Interior e farão o primeiro jogo decisivo na cancha do Parador hoje à noite.Os jogos de volta das semifinais da competição tiveram estes resultados na última sexta-feira: Amigos da Bocha do Parador 3 x 0 Avante de Arroio da Antas; e Ijuí da Linha 8 1 x 2 Rincão dos Goi.A Secretaria Municipal de Cultura,Esporte e Turismo lembra que as fichas de inscrições para o Campeonato de Bocha Veteranos, idade 50 anos acima, estarão sendo distribuídas a partir da próxima segunda-feira.


Acontece

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Hoje a noite é para elas

Farroupilha O CTG Clube Farroupilha promove amanhã, jantar baile de entrega de faixas e crachás. Cardápio: porco no tacho, galeto, batata doce, arroz, e saladas. Convites no valor de R$ 25,00. O baile será animado pela conjunto Everson e Airton.

C

Oase Centro

A Oase Centro está promovendo venda de cucas de diversos sabores, em benefício da Sabeve, ao preço de R$ 8,00, em horário comercial, hoje. Informações pelo telefone 3332-9032.

Temporada A abertura da temporada de verão da AABB será no dia 20 de novembro, com um almoço. As fichas já podem ser adquiridas na secretaria do clube.

Chá do Advento

Para encerrar as atividades de 2016, a Associação de Senhoras Católicas da Paróquia Nossa Senhora da Natividade de Ijuí promove no próximo dia 16, o Chá do Advento, às 15h30, no Salão São Luiz. As fichas custam R$ 12,00.

Casa de Dança Hoje, às 23h, na Casa de Dança, a animação será por conta da banda Cia da Dança, com repertório direcionado aos apreciadores da dança a dois, passando pelo bolero, samba, forró, sertanejo, gauchescos. O traje exigido é o alto esporte, não sendo indicado tênis, camiseta e minissaia, seguindo as normas da dança de salão. Informações pelo 3332 - 4378.

13

Jairo Mello: figurinos e repertório fiel ao rei do rock, várias vezes premiado

omemorar a primeira década da Noite das Mulheres é a motivação extra da festa de hoje, na Estação da Mata. O local, que já sediou outras três destas festas, volta a receber o público feminino, a partir das 20h, com rodízio de pizzas de todos os sabores, incluindo as doces de sobremesa, e sob o comando musical da DJ Vanessa Nagel, de Porto Alegre. Da capital também vem a grande atração da noite, o performático Jairo Mello com o show Meu Amigo Elvis, várias vezes premiado no país como melhor intérprete do rei do rock. Com figurinos produzidos nos Estados Unidos, de acordo com as exigências que a marca Elvis impõe, Jairo Mello interpreta os grandes sucessos do cantor. A Noite das Mulheres, como todos os anos, abre com o desfile das clientes convidadas das lojas patrocinadoras Kika Moda Íntima, Óptica Wolff e Unnipés, que vão exibir os lançamentos da estação. Entre todas as presenças da festa, serão sorteados ótimos prêmios - Fritadeira Air Fry e escova rotativa, entre eles. Participar com fantasias ou figurinos criativos é a dica para aproveitar e se divertir. Grupos destaques serão escolhidos por júri de convidadas das lojas patrocinadoras e premiados por elas. A revista Stampa, que promove a festa junto com a BPW Ijuí, escolhe e presenteia o destaque individual, a quem confere o título de Dama da Noite. Os convites ainda disponíveis podem ser adquiridos nas lojas patrocinadoras.

Alunos lançam livro de poesia O Projeto de Literatura do 3º ano, do CSCJ, com o título Fazendo Versos, Criando Rimas, Toda a Criança Quer, Deve e Precisa de Poemas e Poesias para Alegrar e Encantar sua Vida, teve sua finalização na 27º Feira do Livro de Ijuí. Os alunos, durante dois dias, tiveram a oportunidade de expor, autografar e presentear os visitantes da feira, com uma cópia de seus livros. Na tarde de sextafeira aconteceu o lançamento oficial, no estande da patronesse, com o prestígio de seus familiares, professores, coordenação e direção da escola. De acordo com as professoras, Andressa dos Anjos, Claci Brendler e Silvana Gonzaga, o projeto atingiu seus objetivos, dentre eles destacam-se: o despertar do sentido do belo, das emoções, das sensações de escrita que revelam o sentimento, da prática da produção textual e da leitura de gêneros textuais variados.

Alunos autografaram os livros durante a Feira do Livro que encerrou-se domingo

Cláudio Trindade e Vera Silva em noite festiva no Clube Ijuí

Flávio e Leila Karlinski no lançamento da Festa da Uva da Paróquia São Geraldo

José Ricardo Nerling e Regina Carvalho no lançamento do CD do Pesqueiro da Canção

Camila e Ronaldo curtindo o Biras

cmyk


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

NOVELAS

A Lei do Amor-

Globo Aline beija Tiago e declara sua paixão Tiago revela a Magnólia que está apaixonado. Vitória confessa a Padre Paulo que Ciro atentou contra sua vida. Zuza defende Magnólia, ao ouvir Marcão e Sansão a acusarem de corrupção. Ana Luiza diz a Tiago que ele não deveria ter aberto mão da tecelagem. Aline beija Tiago e declara sua paixão. Leila conta a Magnólia que Tião passou a noite dançando forró com ela. Aline conta a Magnólia que Tiago está apaixonado por uma garçonete.

cmyk

Os torcedores fanáticos (pop.)

Intervalo entre os pagamentos do IPVA

Programa de rádio no ar há mais de 70 anos

Entomologia (abrev.) Encerra orações

Cilindradas de carros populares

Norman Mailer, biógrafo de Marilyn Monroe Formações geológicas comuns na Noruega Preta (?), cantora de "Stereo"

(?) sem saída: aperto Christian (?), ator

Tecla que cancela ações no micro (?)-Guaçu, cidade da Grande São Paulo

Os vasos sanguíneos, por seu interior

Europa (?): fez parte da Cortina de Ferro (?) Sam: os EUA Lutar por algo (pop.)

Tonelada (símbolo) Rato, em inglês Escritor de "O Homem que Sabia Javanês"

Aspecto facial marcante em Dumbledore

(?) Hutcherson, ator de "Jogos Vorazes"

(?) Vegas, cidade Centro de estética

Frio, em inglês Afluente do Reno "Água corrente", em "reófilo" Vitamina antigripal Pebolim (bras.)

O Dakar estreou em 1979 (autom.)

Profissão de Frejat Braço, em inglês É deslocada na avalanche

Defeito que causa a parada do motor Porção de água salgada que teria sido dividida por Moisés, na fuga do Egito (Bíb.)

BANCO

Belas-(?): a Pintura, Desiga Escultura, o Desenação nho e a Arquitetura popular do Titânio (símbolo) infarto agudo do miocárdio (Med.)

Estudava (o texto) Logradouro

(?) Sagan, cientista À (?): ao acaso Na hora (?): no momento preciso

20

Solução

BO

Júlia se apresenta como Lorena Gui tenta se explicar para Diana. Júlia se apresenta como Lorena. Nelson conforta Júlia/Lorena. Diana intimida Zacarias, que a enfrenta. Gui defende o filho diante da família e o surpreende. Nelson conta para Júlia/Lorena sobre Zacarias. Diana marca um encontro secreto. Lázaro finge ser solidário a Gui. Nelson oferece sua casa para hospedar Júlia/Lorena. Diana fica sozinha no motel e vai embora furiosa. Vanessa desconfia de Júlia/Lorena. Júlia/Lorena decide contar a verdade para Gui, que afirma que irá ajudá-la. Léo provoca seu rival mostrando o registro da música. Diana recebe flores de um homem. Lázaro embriaga Gui para saber detalhes sobre seu filho.

© Revistas COQUETEL

Ferramenta mais famosa do Facebook

G

Rock Story - Globo

(?) mitológicos: centauros e sereias O Brasil, em relação à Copa do Mundo de 2014 Diz-se do indivíduo inútil Média (?), cálculo de boletins escolares Dois gêneros musicais brasileiros

J

Globo Hirô se oferece para ajudar César Cesar despista Mario. Peppino tenta conversar com Milena. Mieko pensa em comprar roupas novas e Yumi implica com a mãe por causa de Damasceno. Mario mente para Carolina e diz que terminou com Alice. Geppina e Gaetano decidem ir a São Paulo para ver Dom Manfredo. Carolina procura Cesar. Hirô se oferece para ajudar Cesar a reconquistar Alice. Ralf conversa com Vittorio. Alice exige que Cesar cancele o contrato com a empresa que trouxe problemas para a Arraial Pescados. Lenita pede para falar com Alice. João Amaro conta para Sinhá sobre o desentendimento entre Cesar e Massao. Carolina vê Alice perto de Mario e inicia um escândalo.

L

Sol Nascente -

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

B D A S O M O R T O I T M E T I C A Ã E T TN E E S AM B A S E Q E M B U E S A E C O L D A R E O A L I C R R E T O CA N T O R A T O A ÇÃ R U A M E L H O

No quesito emoções, apesar dos recursos internos, temos também limitações. Concordo com Ferreira que precisamos fazer o que ela chama de "uma boa gestão dos nossos recursos emocionais". Segundo ela, resultará que nossas fontes de energia - as expectativas, a automotivação ou a alegria - serão renováveis e outras, como a ira, a inveja e o medo, serão recicláveis. "Uma gestão incorreta, pode levar a que a ira derive em ressentimento e em ódio e que a energia que esses sentimentos produzem se perca ou

A O VA N O C O U Z O R D TI O BA R B T R A B A L A S I H L A NE R VE R

COISAS DA VIDA

S P E A R I E S S A N M F I I L T R A I M Ã O S P M A

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

escolher a atitude que adota ante qualquer conjunto de circunstâncias e de escolher o seu próprio caminho". Sim,podemos escolher...podemos agir com serenidade, sabedoria...ou podemos reagir com ressentimento, raiva, desespero, desolação...tudo vai depender da interpretação que dou para os fatos e circunstâncias e de como decido reagir. Gikovate, em seu livro "Nós, os Humanos", pontua com muita propriedade que deixarse governar por crenças, pensamentos que incorporamos sem reflexão crítica, é sinal de imaturidade emocional. Gosto de lembrar que nós temos capacidade para lidar com todo tipo de sofrimento e adversidade. Para isso, como refere Dr. Gikovate, é preciso "nos posicionar a favor da vida, ainda que isso signifique enfrentar dores e suportar os desconfortos inevitáveis e inerentes à nossa condição". Caio Fernando de Abreu dá uma dica belíssima, caso você queira seguir... "Que a gente tenha: astral bonito. Prece nos lábios. Saudade mansinha. Fé no futuro. Delicadeza nos gestos . Conversa que cura. Cotidiano enfeitado. Firmeza nos passos. Sonhos que salvam."

3/arm — rat. 4/carl — cold — embu — josh. 7/fiordes. 9/peso morto. 11/botão curtir.

Sônia Arriens Cassel

seja utilizada para destruir. Os nossos afetos são materiais delicados que não podem ser utilizados de qualquer maneira" (Teresa). Por essa razão, todo cuidado é pouco e necessário para a manutenção de nosso equilíbrio e saúde emocional. Ferreira refere a existência de uma sigla emocional - "SARD"- cujo significado é: Serenidade, Silêncio, Sabedoria, Sabor, Sexo, Sonho, Sorriso. Estes promovem secreções de serotonina e geram atitudes A - Ânimo, Amor, Apreço, Amizade, Aproximação. Os comportamentos R - Ressentimento, Raiva, Rancor, Recriminação, Resistência, Repressão - fomentam a secreção de cortisol, um hormônio corrosivo para as células que acelera e gera atitudes D - Depressão, Desânimo, Desespero, Desolação. Não há duvidas de que devemos gerir nossas emoções com sabedoria, se quisermos colher bons frutos. Apesar da complexidade de nossa humanidade e de nossas contradições internas, que muitas vezes produzem desconforto, ainda temos o poder da escolha. Como defende Victor Frankl: "O homem pode ser desapossado de tudo, exceto de uma coisa: a última das liberdades humanas, a liberdade de

14

Horóscopo Áries Os impulsos estão facilitados na direção de profundas transformações. No entanto, ao agir com desmedida, podem ocorrer algumas complicações. É tempo de reconhecer os seus limites. Touro Ao pensar em formas confortáveis de viver, é preciso desprendimento. Para que metas se concretizem, mudanças são necessárias. É tempo de se abrir para um novo modo de ser e de viver. Gêmeos Ao propor novas formas de fazer as mesmas coisas, você é capaz de transformar o mundo que o cerca. O importante é estar aberto a essas alterações. É tempo de poder levar suas ideias adiante. Câncer Investir na criatividade da rotina é garantir a alegria necessária para incorporar o novo. Paixões também podem ajudar. É tempo de se sentir confortável sem deixar de ter novas experiências. Leão O medo pode ser um aliado quando o coloca em alerta para o perigo. O problema é quando ele o impede de manifestar os seus talentos. É tempo de colocar cada emoção no lugar certo. Virgem Ao pensar a vida como escola, você tende a ser um aprendiz para sempre. Não existe o perfeito, e sim o eterno aperfeiçoar. É tempo de fazer o impossível se tornar simples pelo aprendizado. Libra É possível que falte vontade de realizar algumas coisas que antes eram rotineiras para você. É tempo de perceber a vida diária e seus ciclos, com suas oscilações, e poder se respeitar ao máximo. Escorpião Grande parte das coisas insatisfatórias tende a cair por terra para abrir espaço para algo novo emergir. É tempo de considerar os novos caminhos como impulso para levar a vida mais além. Sagitário Ao ter clareza sobre valores e princípios, você tende a se empenhar para viver por eles. Os desafios devem ser enfrentados. É tempo de buscar motivação para seguir no caminho que acredita. Capricórnio Na efervescência dos acontecimentos, você pode sentir que algo está prestes a explodir. Manter a tranquilidade é desafiador. É tempo de reservar um momento para recarregar as energias. Aquário As atitudes que valorizam o cumprimento de suas responsabilidades podem ajudá-lo a obter o reconhecimento de suas capacidades. É tempo de expressar suas habilidades através do trabalho. Peixes Quando a sensibilidade está aguçada, você vê além do que pode ser compreendido pelos demais. No entanto, tende a ser mais afetado por isso. É tempo de aprender a filtrar as informações.


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 11 de novembro de 2016

GESTÃO, NEGÓCIOS & CIA

Marcelo Blume marcelo.blume@referenda.com.br

Preparado para o melhor momento do ano? Vem aí o melhor momento do ano para o comércio e consequentemente para toda a cadeia de negócios, trabalho e renda envolvida neste movimento. As festas de fim de ano, como a preparação para o Natal, os encontros de comemoração de fim de ano das empresas, associações, entidades, as decorações de casas, empresas e entidades, as ceias e as festas para receber as famílias no Natal e Ano Novo, os presentes para familiares e amigos, seguidos das férias de verão, e mais adiante fechando com a aquisição de materiais escolares, fazem dos próximos 3 meses, dezembro, janeiro e fevereiro a melhor oportunidade para faturamento do comércio e renda para os trabalhadores. As primeiras estimativas são de que o décimo terceiro salário injetará R$ 197 bilhões na economia brasileira, o que é equivalente a 3% do Produto Interno Bruto (PIB), conforme dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgados na semana passada. Serão 84 milhões de brasileiros beneficiados com um rendimento adicional, que na média nacional fica em R$ 2.192,00. Das pessoas que receberão o décimo terceiro, aproximadamente 40% do total, são aposentados ou pensionistas da Previdência Social. O estudo mostra ainda que os empregados formais (com carteira assinada) representam 49,5 milhões de pessoas (quase 60% dos que vão receber esse salário extra). Já os empregados domésticos com carteira de trabalho assinada somam 2 milhões. Comparando com 2015, quando foram pagos R$ 182 bilhões, haverá um crescimento de 8,2%, o que significa um ganho real importante, pois o IPCA de 2016 não deverá ser maior do que 7% neste ano. Além do 13º salário, há o incremento dos valores sobre as férias, no período em que a maioria dos trabalhadores recebe este benefício, porém, é mais difícil fazer estimativas sobre os valores daquele 1/3 a mais de salário que o trabalhador recebe sobre o salário do mês em férias, sendo que podem ser estimados mais R$ 45 bilhões de renda extra. A antecipação dos valores de férias também aumenta a expectativa por fortes movimentos no comércio neste período. Sem o compromisso sobre a precisão dos valores financeiros circulando a mais na volta de cada um de nós, é fato de que nos próximos 90 dias haverá uma grande ampliação no volume de dinheiro circulando ao seu redor. Minha provocação de hoje repete parte do que fiz há 5 semanas atrás no texto estimulando para que que cada um avaliasse como está se preparando para aproveitar melhor este momento. Como está a organização do espaço de trabalho? Como é que as pessoas ao seu redor estão sendo sensibilizadas para saber dos produtos, serviços, atividades oferecidas? Como estão os estoques, o treinamento do pessoal, o número de pessoas para prestarem um atendimento melhor do que os demais, os produtos oferecidos? Quais as novidades para fazer mais gente decidir pelas compras e investimentos contigo? Um abraço e até a próxima!

15

BAIRRO 15 DE NOVEMBRO

Cães abandonados esperam por lar A reportagem do Grupo JM esteve, na manhã de ontem, em uma área recentemente invadida pela comunidade no bairro 15 de Novembro. No entanto, os ocupantes de uma das moradias provisórias construídas, abandonaram o local e deixaram para trás os cães que pertenciam à família. A população que permanece na área está preocupada com o trato destes animais. “De duas semanas para cá estamos tratando eles, dando água e alimentos todos os dias, mas não tem muito o que fazer, porque eu tenho seis cachorros e não tenho como levar mais estes para casa”, conta a moradora Malu Oliveira, que trata os cães, pelo menos, três vezes por dia. “É uma judiaria o que está acontecendo aqui.” Outra preocupação dos moradores é com as fêmeas. “São oito fêmeas, e um machinho, daqui a seis meses poderão estar dando cria, quantos somarão daqui a um ano aqui no bairro?”, acentua Malu. Segundo ela, um dos

Cães foram abandonados por antigos donos em área ocupada no bairro 15 de Novembro e aguardam por um lar adotivo

vizinhos entrou em contato com os antigos donos dos cães. “Eles até se propuseram a vir vacinar e tratar, mas não têm para onde levar”, acrescenta. Além disso, neste fim de semana está programada a destruição da moradia onde a família residia e os cães ficarão

Uabi lamenta falta de auxílio do Executivo A União das Associações de Bairros de Ijuí (Uabi) realiza assembleia ordinária mensal hoje, tendo o Natal nos Bairros como pauta principal do encontro, que terá a presença da secretária municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Neiva Agnoletto. Todos os líderes comunitários são convocados a participar. Na mesma ocasião, o então presidente da entidade, João Monteiro estará passando em definitivo o cargo a João Fontoura. “Queremos conversar com ela [Neiva] se acontecerá nos mesmos moldes do ano passado ou se terá alguma novidade, para menos ou para mais”, comenta o presidente da Uabi, João Fontoura. Outro tema que está recebendo atenção massiva dos presidentes de bairros do Município é o concurso da Mais Bela Comunitária, que tem duas concorrentes, ambas do mesmo bairro. “Este ano a Uabi não escolherá a Mais Bela tendo em vista o pouco espaço de tempo para realizarmos. Mas, como o Thomé de Souza já tinha escolhido suas representantes, os presidentes, por unanimidade, optaram por levar essas mulheres. A Ticiane Zelinski e a Nati Alves”, expli-

ca o coordenador de Marketing da Uabi, César Amaral. No próximo dia 19, as duas representantes da Uabi no concurso estadual da Mais Bela Comunitária serão apresentadas à comunidade, na sede social do bairro Thomé de Souza, a partir das 22h, com a colocação de faixa nas vencedoras. A competição estadual acontece no dia 4 de dezembro, em Guaíba. “Precisamos fazer esse evento porque necessitamos de recursos para levar essas garotas até lá, e as despesas não são poucas. Temos algumas empresas nos ajudando, mas ficamos um pouco chateados porque mais uma vez não receberemos ajuda do Município, porque elas estarão representando Ijuí. É um concurso que tem repercussão no Estado”, lamenta Amaral. Ele conta que foi repassado pelo poder Executivo que não há dinheiro durante reunião com o prefeito Fioravante Ballin. “A gente até entende, mas lamenta.” A Uabi está organizando um ônibus que acompanhará as candidatas juntamente com a torcida de cada uma. A expectativa da entidade é de receber algum auxílio financeiro por parte da Câmara de Vereadores.

também sem um abrigo. “Eles vão ficar onde?”, questiona. Os custos com a ração estão pagos pela própria comunidade. Quem tiver interesse em adotar um dos cães ou colaborar com medicação, cuidados e até castração, podem entrar em contato com Malu por meio do telefone

99105 4711. “Estou sempre em casa, pode me ligar que eu venho, porque a gente precisa da adoção dos cães agora. O que faremos com eles agora? Não temos como deixá-los aqui abandonados”, lamenta a moradora. “Os cães são muito amadinhos, eu estou muito triste.”

Duas escolas participam de campanha de Natal Os Correios já estão trabalhando na tradicional Campanha de Natal que é realizada há 27 anos. No Rio Grande do Sul, as cartas poderão ser adotadas a partir do dia 23 de novembro. Os principais objetivos da campanha são promover a educação e o incentivo à escrita, além de atender aos pedidos de crianças em situação de vulnerabilidade social. No Estado, a partir de 2015, somente foram selecionadas cartas de crianças matriculadas na rede pública de ensino (Educação Infantil, Creche, Pré-Escola e Ensino Fundamental - 1º ao 5º ano, sem restrição de idade) ou em instituições como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos localizados ou que atendessem a crianças em situação de vulnerabilidade social. Um dos motivos para essa

mudança foi fazer com que os objetivos principais da campanha ligados ao incentivo à educação fossem cumpridos. Somente no ano passado, mais de 40 mil cartas enviadas por crianças matriculadas na rede pública de ensino ou em instituições foram adotadas pelos gaúchos. Este ano, outra mudança será implementada. Os Correios receberão as cartas das escolas e instituições selecionadas pela Secretaria Estadual de Educação do Estado, pelas Secretarias Municipais de Educação de 87 municípios gaúchos e pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (FASC) da Prefeitura de Porto Alegre. Em Ijuí, participam da campanha a Escola de Ensino Fundamental João Goulart, do bairro Pindorama, e a Escola Estadual Luiz Fogliatto, do bairro de mesmo nome.

MUNICÍPIO DE AJURICABA O Município de Ajuricaba/RS no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital nº 118/2016 – Pregão Presencial nº 12/2016, tendo por objeto a aquisição de bancos para a Praça Notélio Mariotti, abertura no dia 28 de novembro de 2016 ás 9h30, início do credenciamento ás 9h do mesmo dia. Maiores informações pelo fone (55) 3387-0607; e-mail compras@ajuricaba. rs.gov.br; site ajuricaba.rs.gov.br; ou diretamente no Setor de Compras junto a sede da Prefeitura durante o horário de expediente. Ajuricaba/RS, Airton Luis Cossetin, Prefeito.

cmyk


www.jmijui.com.br

RETRATO DO ABANDONO

GIGANTE dA EsTrAdA

Carreta com mais de 60 metros de comprimento volta a contornar a BR-285. Usuários precisaram de paciência | 11

Família se muda e abandona cães no bairro 15 de Novembro. Contando com ajuda da comunidade, animais aguardam por lar adotivo | 15

Gestantes receberão repelentes em dezembro Medida atende somente mulheres inscritas no Bolsa Família e visa prevenir picadas do Aedes aegypti. | 4

Safra deverá crescer 13,9% em 2017 De acordo com IBGE para este ano, produção deve fechar com queda de 12,3% em relação a 2015.

Inovação e criatividade na Mostra de Projetos Da teoria à prática, projetos de alunos do Ensino Médio de Ijuí que foram destaque estiveram expostos na Semana do Empreendedorismo . | 7

EDITORIAL | 6 A prática é alvo de críticas por parte dos comerciantes, que questionam a atuação ambulante fora da lei. Estado /

cmyk

Sitepaginas 11  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you