Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

Ano 43 - Nº 387

R$ 3,00

Herança petista esvaziou cofres públicos do Estado

Análise mostra que gestão fiscal temerária inviabilizou máquina pública no RS. | 12 e 13

13º dos servidores tem impacto de R$ 7,5 milhões e aquece economia local

JUDICIÁRIO

Secretário Irani Basso confirmou que gastos com pessoal deve chagar a R$ 30 milhões nos próximos dias. | 3

Depois de um ano e meio, Ijuí volta a ter um guincho Centro de Remoção e Depósito voltou a funcionar na última quinta e trouxe "alívio" à comunidade. | 5

Apreendida mais de 1,6 tonelada de carne Servidores paralisam serviços em protesto ao Pacote do governador Sartori | 10

Outra etapa da Operação Consumo Seguro retirou alimentos impróprios em Ijuí e Catuípe | 20

Comércio oferece promoções da Black Friday hoje

Cotrijui admite dificuldade para quitar salários

Lojistas optaram por ampliar a campanha mais um dia no Município. | 8

Cooperativa não tem honrado pagamento até o quinto dia útil. | 11

cmyk


RADAR CARTILHA - O Ministério da Justiça e Cidadania lançou a cartilha Racismo é Crime e duas portarias para a elaboração das políticas nacionais para os povos de comunidades tradicionais de matriz africana e povos de terreiros e para os povos ciganos. As ações fazem parte das celebrações do Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, comemorado no dia 15 de novembro. A publicação explica a diferença entre racismo e injúria racial, ensina a identificar práticas racistas, traz exemplos de comentários racistas velados e explica como reagir e quais providências tomar caso seja uma vítima. POPULAÇÃO - A mortalidade de crianças menores de um ano de idade, importante indicador de desenvolvimento social de um país, vem em escala decrescente no Brasil e atingiu seu menor nível em 2015. Em 2005, a morte de bebês menores de um ano de idade representou 4% de todos os óbitos do Brasil. Em 2015, o percentual foi de 2,5%, representando uma queda de 37,5% em dez anos. Em 1974, ano do primeiro registro do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a morte de bebês com essas características chegava a 28% do total. . NATAL NA PRAÇA - As Secretarias Municipais de Cultura, Esporte e Turismo (Smcet) e Educação (Smed) desenvolvem, anualmente, uma série de ações e eventos junto à Praça da República e bairros do município. As atividades ocorrem durante todo o mês de dezembro. As entidades interessadas em participar da programação alusiva ao Natal 2016 já podem entrar em contato com o setor. Em regime de turno único, a pasta atende no quarto andar do prédio do Banco do Brasil, na Rua 15 de Novembro, bairro Centro, das 7h30 às 13h30. Mais informações podem ser obtidas, também, pelo telefone (55) 3331.8200. DENGUE - O secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, confirmou na noite de quarta-feira o primeiro caso autóctone deste o início da temporada de calor. É uma mulher de 51 anos de Santa Rosa, no Noroeste do Estado. A chegada do calor já deixou em alerta 855 municípios brasileiros, segundo o Ministério da Saúde. Essas cidades estão em situação de alerta ou de risco de novos surtos e de epidemias de dengue, zika vírus e febre chikungunya. O levantamento foi feito com base nos índices de infestação do mosquito transmissor dessas três doenças, o Aedes aegypti. BANRISAQUE:DIGITAL- O Banrisul lançou um novo serviço, o BanriSaque:Digital, que permite aos correntistas do Banco fazer saques e autorizar não correntistas a sacar nos caixas eletrônicos do Banrisul (ATMs Banrisul), sem o uso do cartão de conta corrente. O saque é autorizado por meio do novo aplicativo do Banrisul para dispositivos móveis, gerando um código de autorização que deve ser digitado no ATM para ser feito o saque. Para utilizar o novo serviço, o cliente deve baixar e instalar o aplicativo móvel Banrisul .A solicitação do BanriSaque é feita pelo aplicativo, podendo autorizar até R$ 300 por dia, com os códigos de autorização válidos até as 21h45 do mesmo dia. Em breve, o aplicativo também estará disponível para IOS.

cmyk

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 25.11.2016 .....................0,6886 % Ouro 25.11.2016..................... R$ 130,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,4105 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,4111 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,3600 Dolar turismo (venda) .................. R$ 3,5600 Euro (compra) .............................. R$ 3,6151 Euro (venda) ................................. R$ 3,6158 IPC/FIPE Out/2016 ................................0,27% IGPM Out/2016 .....................................0,16% IPCA Out/2016 ......................................0,26% IGP-M out/16 ........................................0,16% IGP-DI out/2016 ....................................0,13% ICV-Dieese out/16.................................0,37%

LOTERIAS Na semana especial dedicada à Paz nas escolas, estudantes participam de diversas atividades. Uma delas é a confecção de um mural com frases que incentivem a cultura da paz entre as pessoas. Na Escola Davi Canabarro, os estudantes não pouparam esforços e o resultado do trabalho é gratificante para pais e professores.

ENTRE ASPAS "Os deputados têm independência para aprovar ou rejeitar qualquer texto. Ninguém pode se sentir ofendido por uma decisão onde o plenário da Câmara é soberano", disse o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ). "Toda anistia é questionável, pois estimula o desprezo à lei e gera desconfiança. A possibilidade de anistiar os crimes de doações eleitorais não registradas deveria ser amplamente discutida com a população e intensa deliberação parlamentar", disse o juiz federal da Lava Jato, Sérgio Moro. "Eu não tenho nenhuma preocupação de prestar contas à Justiça brasileira. O que eu tenho preocupação é quando eu vejo um pacto quase diabólico entre a mídia, a Polícia Federal, o Ministério Público e o juiz que está apurando todo esse processo", disse o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Mais de dois milhões de brasileiros assinaram a petição em prol das Medidas contra a Corrupção. Isso não pode ser ignorado. Mas, é assunto que gera 'lambança' e atinge muita gente.", disse o deputado federal, relator do PL 4850/16, de combate à corrupção, Onyx Lorenzoni (DEM). "Anteciparemos a quitação do IPTU/2017 para 23 de dezembro, com 15% de desconto, a fim de amealhar recursos para o pagamento do funcionalismo", disse o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT).

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

1.640 5.157 5.106 5.284 8.098

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1440

02 03 08 10 12 13 14 16 17 18 20 21 22 24 25 QUINA

CONCURSO nº

4242

13 15 24 36 44 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

FINANÇAS

13º de servidores promete reforçar economia local Já em reta final para o fechamento das contas públicas do ano e da atual gestão, o secretário da Fazenda e Planejamento Irani Basso confirmou ontem que a previsão é de que os pagamentos do salário de dezembro e 13º salário já estão previstos. "Para algumas coisas ainda estamos aguardando o ingresso de receitas", comenta informando que a folha de novembro deve ficar em R$ 9,5 milhões e que tem previsão de estar liberada até o dia 30 aos servidores. "Agora aguardamos a evolução das receitas para que até 20 de dezembro a gente consiga pagar o valor líquido da folha do 13º que deve ficar em torno de R$ 7,5 milhões", afirma destacando que com relação aos encargos, o recolhimento acontece no início de janeiro. Irani confirma ainda que, mesmo com indícios de queda de receita, a expectativa é de que a folha de pagamento de dezembro também seja paga em dia, até o dia 30. "Esta também deve ser uma folha que deve ficar em torno de R$ 9 milhões, acrescida de cerca de R$ 600 mil com relação ao terço de férias previstas para alguns servidores". Irani confirma que entre as três folhas a serem pagas no período, o valor deve ficar em torno de R$ 30 milhões. "O município precisa arrecadar isso nos próximos dias para a gente fechar o ano",

considera destacando que os fornecedores de produtos e serviços estão sendo pagos dentro do fluxo normal de caixa e estão em dia. O impacto dos valores pagos aos servidores municipais deve ser um dos pontos de retomada da economia local. "Na medida em que os servidores recebem os seus vencimentos, com algumas exceções, a maioria investe na economia local. Em geral, o grosso do que o município paga aos servidores volta em forma de pagamento de serviços, gastos e despesas que os servidores têm nas suas atividades, então na medida em que o volume maior de recursos públicos é canalizado para o pessoal, se sabe que a maior parte movimenta a economia e tem repercussão nos meses futuros na própria arrecadação". Segundo o secretário, o Executivo está fazendo um esforço bastante significativo na busca de arrecadação. "Seja na cobrança de dívida ativa, na cobrança de IPTU de pessoas que ainda não pagaram, aproveitando a oportunidade para que aqueles contribuintes que têm dívida façam sua negociação, não só porque a prefeitura precisa desse dinheiro, mas para não haver problemas como encargos e multas para o cidadão". Além das cobranças normais, a Fazenda aguarda a vinda de recursos da União que foram arrecadados no processo de repa-

Irani Basso

triação de depósitos do exterior. "Estamos pleiteando esses recursos referentes ao valor das multas. Até agora já recebemos R$1,3 milhão dentro dos R$2,1 milhões previstos. Então aguardamos essa diferença que nos ajuda também no pagamento das folhas", prospectou o secretário confirmando que ainda há a previsão do pagamento de um valor retroativo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 1% que deve ficar em torno de R$ 1 milhão que deve reforçar o orçamento municipal. "São valores que chegam para que o município faça frente diante da crise econômica", conclui.

Promoções da Black Friday continuam Uma das campanhas promocionais mais aguardadas do ano, a Black Friday foi realizada ontem em todo o Brasil com adesão do comércio on line e das lojas físicas. Em Ijuí mais de 200 lojas participaram da campanha que foi organizada pela Associação Comercial e Industrial (ACI) de Ijuí. Com um resultado positivo, conforme o que aconteceu no ano anterior, muitos lojistas optaram além de fazer um horário diferenciado na sexta além de estender os descontos até hoje. "O comércio esteve realmente movimentado, o próprio horário estendido possibilitou um resultado bem acima do que nos dias normais de venda", comentou o presidente do SCPC de Ijuí Ruben Harter. As lojas que participam da campanha estão identificadas com o lay out criado especialmente para essa data, sendo que cada loja também identificou os produtos que tiveram preços diferenciados. Segundo Harter, a decisão de

Comércio esteve movimentado ontem com a realização da Black Friday

estender a campanha até hoje é para que as pessoas que trabalham em horário comercial e não puderam aproveitar as ofertas ontem, tenham a mesma oportunidade. "Sem dúvida, o consumidor que ainda não aproveitou para fazer suas compras pode ir até o centro que vai encontrar preços que valem a pena", disse avaliando a campanha. Harter confirma que hoje, a maioria das empresas, além do horário normal até o meio dia es-

tenderá o turno à tarde. "A maioria das empresas quer aproveitar o momento em que o consumidor está indo às compras e aumentar o volume de vendas". O presidente reforçou que é a oportunidade de aproveitar as ofertas para as compras de Natal. "Talvez essa seja a última oferta antes do Natal", fala ressaltando que apesar de o foco da campanha ser o comércio, este "é o momento do consumidor, porque é ele quem ganha com os descontos".

3

PEC 55 gera manifestação de aposentados Os membros da Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas de Ijuí manifestaram-se na última segunda, 21, com faixas e cartazes, na sessão ordinária na Câmara dos Vereadores. Segundo o presidente da associação, Leoveral de Oliveira, o objetivo é manifestar a posição do grupo em relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, uma vez que o grupo se manifesta contra a aprovação da PEC. E também pedir o apoio dos vereadores. A principal discordância da Associação é em relação ao período com que serão congeladas as verbas, algo que, na opinião do seu presidente, Leoveral Oliveira, é muito tempo. “A saúde e a educação não podem ter verbas limitadas. O prazo é muito longo, poderiam fazer por cinco anos. Faz cinco, se não resolver, aumentam-se mais três ou quatro anos. Agora, deixar a população brasileira na miséria por vinte anos é inadmissível”, afirmou. Leoveral também relatou que o governo não cortou gastos na área pública, mesmo com a crise. Ele fala que essa conta acaba vindo mais tarde para o trabalhador. “Em Brasília não existe inflação, lá se esbanja dinheiro, o trabalhador e o empresário têm que pagar essa conta”. Sobre as mudanças relacionadas à aposentadoria, Leoveral afirma que “o governo está sangrando a Previdência”, e ele também afirma que deveria

Leoveral Oliveira

existir uma revisão das denúncias das desonerações, uma vez que a seguridade social é superavitária. Leoveral também afirma que os membros da Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas de Ijuí seguirão pedindo apoio aos legisladores municipais da região, para que venham em defesa dos trabalhadores. Ele afirma também, que a Associação não representa nenhum partido político. “Nossa bandeira é a Associação de Ijuí, a Confederação e a Federação. Nossa bandeira de luta é o aposentado e o trabalhador, que será aposentado amanhã”, declara Leoveral.

Limite de financiamento com FGTS é ampliado Os mutuários que comprarem imóveis novos e usados financiados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ganharam um incentivo. O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou o valor máximo dos empreendimentos que podem ser financiados pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que cobra juros menores que os demais financiamentos de mercado. Com a mudança, o teto de financiamento subiu de R$ 650 mil para R$ 800 mil na maior parte do país. No Distrito Federal, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo, o limite passou de R$ 750 mil para R$ 950 mil. A última vez em que esses limites tinham sido alterados foi em setembro de 2013. Os novos limites valem desde ontem. Concedidos com recursos do FGTS, os financiamentos do SFH cobram juros de até 12% ao ano. Acima desses valores, valem as normas do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), com taxas mais altas e definidas livremente pelo

mercado. Além de ampliar os limites de financiamento, o Conselho Monetário determinou que todos os novos contratos do SFH tenham algum grau de amortização em todas as parcelas. A mudança assegura que o saldo devedor caia o tempo todo e proíbe financiamentos com amortizações negativas, quando, no início dos financiamentos, o mutuário vê o saldo devedor subir e só começa a amortizar a dívida mais tarde. “A medida vinha sendo estudada há algum tempo pelo Banco Central e tem um caráter de prudência para os dois lados, porque diminui o risco dos financiamentos para os bancos e para o cliente”, disse a chefe do Departamento de Regulação do Banco Central, Sílvia Marques. A regra para a amortização valerá a partir de 2017. As operações aprovadas até 31 de janeiro do próximo ano poderão ser finalizadas até 31 de março do ano que vem ainda sem a obrigatoriedade de amortização nas parcelas.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

4

CRI-AÇÃO GEPETO

Projeto acontece no turno inverso ao escolar O Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ijuí (Cededicai), fundado em 29 de julho de 1999, teve sua origem na necessidade de uma organização não governamental que implementasse as medidas socioeducativas em meio aberto, atendendo adolescentes em conflito com a lei até junho de 2005, quando esta competência passou a ser do Município. A partir desta data, o Cededicai iniciou uma nova fase, direcionado para o atendimento de crianças e adolescentes de 10 a 18 anos incompletos, no turno inverso ao da escola, através de oficinas educativas de artesanato em madeira, artesanato com materiais recicláveis aliadas a atividades de desenvolvimento humano. Atualmente, com apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), o Cededicai desenvolve o projeto Cri-Ação Gepeto, atendendo a 20 crianças e adolescentes de 10 a 18 anos incompletos no turno inverso à escola, duas vezes por semana.

cmyk

Esse atendimento acontece por meio de oficinas educativas de artesanato em madeira, artesanato com materiais recicláveis aliadas ao desenvolvimento humano, leituras, filmes, roda de opiniões e apoio psicossocial. Neste ano, o encerramento das atividades acontece no dia 14 de dezembro, com exposição dos trabalhos confeccionados nas oficinas e confraternização da equipe do projeto juntamente com beneficiários e seus responsáveis. O Cededicai pretende dar continuidade ao projeto Cri-Ação Gepeto em 2017, e, para isso, busca colaboração da comunidade. Para contribuir, é simples e fácil, destinando parte do Imposto de Renda ao Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fundocad), com a possibilidade de dedução pessoa física 6% e jurídica 1% até dia 31 de dezembro. Outra forma de contribuição pode ser feita via o programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG). Para participar, primeiro é preciso realizar o cadastro no programa Nota Fiscal Gaúcha para

Cededicai realiza oficinas com crianças e adolescentes de 10 a 18 anos incompletos, no turno inverso ao escolar

concorrer aos prêmios e ainda gerar descontos no IPVA, no site www.notafiscalgaucha.rs.gov.br. Cumprida esta etapa, é preciso realizar um cadastro e incluir o Cededicai Ijuí como entidade beneficiada. Por fim, no ato das compras é preciso incluir o CPF

no documento fiscal. Todas as atividades do Cededicai visam promover a inclusão social beneficiando crianças e adolescentes de escolas públicas de Ijuí, sendo também incluídas indiretamente as famílias dos beneficiários por meio do

atendimento social, que reflete positivamente nas escolas e na comunidade em geral. As informações são da assistente social Anita Lacorte de Lara, e da psicóloga Marinês Pollo, responsáveis pelo projeto Cri-Ação Gepeto.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

5

REIVINDICAÇÃO ANTIGA

Depois de um ano, Ijuí volta a ter guincho Depois de mais de anos, o município de Ijuí volta a contar com um serviço de autoguincho. Desde a última quinta-feira o novo Centro de Remoção e Depósito (CRD), está situado na Rua José Gabriel, no Distrito Industrial do município. Além do expediente em horário comercial, a empresa deverá funcionar em regime de plantão. Há mais de cinco anos a comunidade de Ijuí passa por transtornos quando o assunto é o serviço de guincho, credenciado junto ao Detran. O antigo detentor dos serviços foi denunciado centenas de vezes, tanto pelos usuários, quanto pelos órgãos de trânsito que, porventura, necessitavam da remoção dos veículos. A situação, no entanto, está mudada. Ao menos, na teoria. Desde a quinta-feira já funciona a nova empresa. Na parte da tarde, inclusive, a motocicleta em que Jefferson Alexandre dos Santos, o "Daí Sim Né", que foi preso, foi recolhida. A Brigada Militar flagrou o em posse de

significativa quantia de cocaína na tarde de ontem, na Praça dos Imigrantes. Para a sócia-proprietária do guincho que falou à reportagem do Grupo JM ontem, já há a expectativa para realizar um bom trabalho. "Nós começamos ontem (quinta), onde recolhemos uma moto. Esperamos ter um bom serviço aqui", resumiu Michele Braga de Oliveira. Michele ainda explicou o a fez buscar a mudança e passar a ofertar o serviço em Ijuí. "Viemos de Santo Ângelo e conseguimos abrir o guincho aqui. Ficamos sabendo que o pessoal tinha que esperar guincho de Cruz Alta e Santo Ângelo". A proprietária ainda pôde falar sobre o investimento feito junto ao município, que segundo ela, ultrapassa os R$100 mil. "Acho que vai valer a pena, sim. (...) Estamos falando com o proprietário do terreno (que é alugado). Aqui é um lugar bom, é fácil acesso para nós e para as pessoas que precisarem retirar

Estrutura, localizada no Distrito Industrial, está sendo recém implantada no município

seus veículos", prospectou. O guincho fica localizado no Distrito Industrial, 2240.

Os telefones para contato: (55) 3332.2314 das 9h às 17h. Após esse período, o atendimento

funciona em regime de plantão interno, nos números (55) 99183.2508 e 99559.6495.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

O RISCO DA CRISE

ENTREVISTA

U

m dos papéis centrais do jornalismo é responder as grandes dúvidas e esclarecer as grandes questões que permeiam a sociedade. Uma tarefa tão prepotente quanto necessária, tendo em vista a função social de informar assumida pela imprensa. No momento atual, a palavra crise está para o vocabulário popular como a palavra déficit está para o dicionário de nossos governantes. Seja nos municípios, Estados e até na União Federal, as crises são explicadas em decorrência dos déficits e vice-versa, em uma retórica que muitas vezes passa ao largo do real entendimento coletivo sobre a dimensão e significado real destes termos. A pergunta mais importante neste momento talvez seja como resolver a crise e os déficits. Esse é um questionamento que pode ter várias respostas, visto que a governança pública oferece os mais variados caminhos a ser seguidos para O fosso atual em a resolução dos conque estamos metidos, flitos inerentes aos em sua grande parte, governos - mesmo nos foi oportunizado aqueles que parecem por gestões financei- mais esdrúxulos e ras irresponsáveis e sem sentido, inclusos aí os que não fazem demagógicas sentido algum. Por outro lado, parte importante da resolução de dificuldades é a identificação dos itens que levaram às situações calamitosas anunciadas aos quatro ventos nos últimos tempos, pois é preciso partir do pressuposto que mudar requer preferencialmente que não voltemos a cometer os mesmos erros que nos colocaram em situação problemática. A edição deste fim de semana do JM traz um apanhado geral sobre os motivos que levaram o Rio Grande do Sul a uma crise sem precedentes, onde funcionários recebem salários parcelados, presos não têm cadeia para serem presos e a população assiste a tudo isso sem saber se realmente chegamos ao fundo do poço ou ainda há alguns metros a percorrer. Partindo da visão global sobre as finanças públicas, que de fato gerem as políticas estaduais em setores estratégicos, é possível afirmar que a falta de recursos faz do Estado um órgão quase que inoperante, e que a saúde financeira é o ponto central da recuperação do setor público uma instituição muitas vezes difusa, mas da qual todos dependemos em maior ou menor medida. Pois o fosso atual em que estamos metidos, em sua grande parte, nos foi oportunizado por gestões financeiras irresponsáveis e demagógicas, que se utilizaram de nobres expedientes como a valorização do funcionalismo para praticar seu populismo ineficiente. Os ranços ideológicos presentes na dívida da sociedade gaúcha rejeitam a iniciativa privada como principal indutor do crescimento econômico e fecham os olhos para os experimentos econômicos mais exitosos do mundo. Desta forma, o Estado foi recorrentemente deturpado por políticas toscas e que têm seu resultado mais vívido observado neste momento. A resolução da crise é urgente e necessária. Mas que nunca mais tenhamos que nos submeter às irresponsabilidades do dirigismo que só quebra o caixa e não apresenta resultados.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Quais mercados a Lactalis atua? O grupo francês Lactalis nasceu em 1933, há 82 anos, é líder mundial na produção de alimentos lácteos e uma das maiores companhias do segmento no mundo. Presente em 43 países e com alcance comercial em 180, a Lactalis conta com mais de 75 mil colaboradores ao redor do mundo. No Brasil, como está a atuação da empresa? No país desde 2011, a companhia conta com cerca de 6,5 mil colaboradores e 15 unidades industriais e 17 postos de resfriamento ativos em 10 estados brasileiros. Atualmente, seu portfólio reúne 12 marcas de produtos lácteos, sendo três internacionais – Président, Parmalat e Galbani – e nove nacionais – Balkis, Batavo, BoaNata, Cotochés, DaMatta, DoBon, Elegê, Poços de Caldas e Santa Rosa. Qual a previsão de investimentos para o Brasil e para o Rio Grande do Sul? No atual momento, o que temos de concreto é o protocolo de intenções assinado junto ao governo do Estado do Rio Grande do Sul, oficializado na sede do Grupo Lactalis, na França, que prevê investimentos de R$ 100 milhões nas unidades industriais de Ijuí, Santa Rosa, Três de Maio e Teutônia. Deste total, cerca de R$ 40 milhões serão destinados para o município de Ijuí.

Diretor de Relações Institucionais do Grupo Lactalis no Brasil

Com quantas unidades industriais o grupo conta atualmente no Estado? De um total de 16 unidades industriais no País, cinco estão localizadas no Rio Grande do Sul – Teutônia, Santa Rosa, Ijuí e Três de Maio (duas unidades) –, além de um centro de distribuição e cinco postos de resfriamento para captação e recebimento de leite.

diferenciados, com alto padrão, trazendo queijos de alto consumo no Brasil e que estarão acessíveis a diversas faixas de consumo da população.

Por que o RS foi definido para receber esses investimentos? O Rio Grande do Sul é um Estado com competitividade para se formar como um importante polo da Lactalis, pois está entre os três maiores Estados de produção de leite do Brasil, com muito potencial produtivo e de qualidade. São mais de 100 mil produtores de leite no Estado, dos quais cerca de oito mil já entregam leite regularmente para o Grupo Lactalis. Qual a expectativa de produção para o RS? O Rio Grande do Sul já é o responsável por 60% da captação de leite da Lactalis do Brasil, o que está em torno de 900 milhões a 1 bilhão de litros de leite por ano. Qual o objetivo da Lactalis em trazer para o mercado brasileiro a marca Président? Com mais de 50 anos de história e presente em 145 países, a marca francesa Président anuncia o lançamento de uma linha desenvolvida exclusivamente para o mercado brasileiro. O Grupo Lactalis tem a ambição de se posicionar como líder no mercado de lácteos no Brasil, especialmente no mercado de queijos, onde já é líder internacionalmente. O objetivo é oferecer produtos

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Guilherme Portella

O que motivou esta escolha de investir em produtos de primeira linha? Ampliar o alcance da Président no país com produtos criados localmente é uma grande satisfação para a marca, que tem agora a oportunidade de compartilhar sua experiência na produção de queijos de uma forma acessível para todos os consumidores Temos a crença de que o mercado brasileiro está apto a desenvolver outro padrão de consumo, o que motivou a empresa a se preparar para colocar à disposição do consumidor brasileiro um queijo com padrão de qualidade internacional. Para promover esta aproximação, optamos por lançar produtos que os brasileiros já apreciam e consomem no dia a dia, como os queijos muçarela, prato, reino, parmesão e minas frescal, além de requeijão cremoso e creme de leite fresco. Quais as marcas e os principais produtos produzidos no RS? As fábricas produzem queijo, requeijão, leite em pó e UHT, creme de leite, leite condensado, bebidas lácteas e whey protein de marcas como Elegê, Batavo, Parmalat, Santa Rosa e DoBon e, a partir de agora, Président com a sua linha de produtos nacionais.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0321 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

VESTIBULAR

Inscrições para Unijuí encerram-se domingo A coordenadora da Comissão de Vestibular da Unijuí Vera Fischer confirmou que a procura pelo Vestibular está dentro da expectativa. "Seguindo os padrões de outros anos, temos uma procura interessante nesse Vestibular de Verão, que é o nosso maior processo seletivo e já estamos em fase de preparação para a aplicação da prova em 4 de dezembro". As inscrições seguem até este domingo dia 27 e podem ser feitas diretamente pelo site no portal da universidade www.unijui. edu.br/vestibular e o pagamento da taxa pode ser feito até a segunda-feira, dia 28 em agências bancárias, lotéricas ou na própria universidade. "Estamos ofertando no Vestibular Verão 27 cursos em Ijuí, nove em Santa Rosa, dois em Panambi e dois em Três Passos", falou sobre o regime de aulas presenciais. Já sobre os cursos EAD, Vera explica que estão sendo ofertados mais cinco cursos. "Temos cursos praticamente em todas as áreas, as sociais aplicadas, as engenharias, as humanas, entre outras áreas".

Cursos ofertados Campus Ijuí Administração – Bacharelado Agronomia – Bacharelado Arquitetura e Urbanismo – Bacharelado Ciência da Computação – Bacharelado Ciências Biológicas – Bacharelado Ciências Biológicas – Licenciatura Ciências Contábeis – Bacharelado Ciências Econômicas – Bacharelado Comunicação Social – Publicidade e Propaganda – Bacharelado Design – Bacharelado Direito – Bacharelado Educação Física – Bacharelado Educação Física – Licenciatura Enfermagem – Bacharelado Engenharia Civil – Bacharelado Engenharia Elétrica – Bacharelado Engenharia Química – Bacharelado Estética e Cosmética – Tecnologia Farmácia – Bacharelado Fisioterapia – Bacharelado Jornalismo – Bacharelado Letras: Português e Inglês – Licenciatura Matemática – Licenciatura Medicina Veterinária – Bacharelado

Com relação à prova que será aplicada no domingo, dia 4, Vera destaca que para os cursos EAD será uma prova de redação das 8h30 às 11h30 e para os inscritos para cursos presenciais a prova será uma redação e mais 40 questões objetivas das 8h30

família é reunida para um saboroso banquete, com peru, batata doce, milho, purê de batatas com molho e deliciosas tortas de abóbora. Mas por que esta festa da colheita tem um significado tão importante para os americanos? Por que depois do jantar há um momento em que cada pessoa da família diz pelo que é grato Os alunos dos 6ºs anos, na disciplina de língua Inglesa, estudaram os acontecimentos históricos que originaram o primeiro Thanksgiving em solo americano e contam essa história em uma exposição que esta semana ficará no saguão de entrada do Ceap.

Osvaldo Aranha interage com alunos do Uruguai

Nutrição – Bacharelado Pedagogia – Licenciatura Psicologia – Bacharelado Campus Santa Rosa Administração Ciência da Computação Direito Educação Física (licenciatura e bacharelado) Engenharia Civil Engenharia Elétrica Pedagogia Psicologia. Campus Panambi Administração – Bacharelado Engenharia Mecânica – Bacharelado Campus Três Passos Administração – Bacharelado Direito – Bacharelado MODALIDADE A DISTÂNCIA Polo Ijuí Administração – Bacharelado Educação Física – Licenciatura História – Licenciatura Gestão Comercial – Tecnologia Processos Gerenciais – Tecnologia

às 12h30. "O aluno poderá optar em qual campus quer realizar a prova, podendo escolher entre o campus de Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos, mesmo que não seja o campus de oferta do curso", explica a coordenadora do processo seletivo.

Ceap faz mostra sobre cultura inglesa Estudar inglês não se limita apenas à gramática e ao vocabulário, mas também amplia os horizontes ao estudar a cultura e as tradições de outros lugares do mundo, principalmente os de língua inglesa. Desta forma, os 6ºs anos estudaram um dos mais importantes feriados americanos: a celebração do Dia de Ação de Graças, o Thanksgiving Day. O Dia de Ação de graças é festejado em muitos países, sempre no outono, após a colheita realizada. Nos Estados Unidos tornou-se um dos principais feriados nacionais e é comemorado na 4ª quinta-feira do mês de novembro. Nesse dia toda

7

Exposição de miniaturas é o resultado da pesquisa na cultura inglesa

Alunos do 5º ao 9º ano participaram de palestra com o atleta Francelino Sanha

Alunos da turma do 6º ano da Escola Osvaldo Aranha participaram mais uma vez de uma videoconferência com a Turma do 5º ano da Escola Número 94 do Uruguai. Este projeto acontece na Escola desde 2011, e neste ano está sendo coordenado pela professora Rosemari Filipin Dezordi Ambas as escolas socializaram perguntas referente ao meio ambiente: poluição, tratamento de água, reciclagem e coleta de lixo. Na ocasião a escola do Uruguai apresentou os trabalhos confeccionados pelos alunos com materiais reciclados, como: cofrinho, brinquedos, porta lápis, suporte para plantas. Segundo a diretora que coordenou os trabalhos, Loni Kaczan, os alunos poderão conhe-

cer esses materiais. "Alguns desses materiais serão enviados a nossa escola via correio, bem como, acontecerá o envio dos fanzines produzidos pelos alunos da Escola Osvaldo Aranha sobre o meio ambiente para a escola do Uruguai", explica. Loni destaca que todos os trabalhos desenvolvidos até o momento estão postados no blog http://unindofronteiras.blogspot. com.br/: socialização das músicas Somos Unos, Eu te amo meu Brasil, apresentação e localização da escola, pesquisa e confecção de cartazes sobre o consumo de energia elétrica e fanzines sobre o meio ambiente. "Para o próximo encontro está prevista a produção de poemas on line, através do Docs do Google", fala a diretora.

Colégio Modelo realiza mostra de projetos Na última semana, o Colégio Estadual Modelo realizou Mostra Pedagógica de trabalhos referente aos projetos interdisciplinares desenvolvidos ao longo deste ano pelos alunos da Educação Infantil, Anos Iniciais, Anos Finais, EJA e Ensino Médio. Os temas dos Projetos foram Meliponário; Olimpíadas; Halloween; Educação e Amor não têm cor; Trabalhos da disciplina de Seminário Integrado. "Organizamos todos os trabalhos e apresentações que os alunos realizaram

durante o ano para a comunidade escolar prestigiar e poder conhecer mais o trabalho desenvolvido pela escola", ressalta a coordenadora pedagógica dos Anos Finais, Sonilda Martins Brutti. A programação teve ainda apresentações de dança, esquete e a releitura da Obra de Bernado Guimarães, A escrava Isaura pelos alunos dos Anos Finais. "O objetivo foi de vivenciar a cultura negra e suas consequências no contexto histórico de nosso país", completa Sonilda.

Imeab realiza seleção para Técnico O Instituto Municipal de Ensino Assis Brasil (Imeab) está recebendo as inscrições para alunos concluintes do 9º ano do Ensino Fundamental e que têm interesse em ingressar no Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Médio. O curso tem duração de três anos e meio. Durante os três primeiros anos, os educandos

têm aula teórica na escola sede e a parte prática é desenvolvida na Escola Fazenda. Ainda nesse período os alunos têm o miniestágio, desenvolvido em propriedades rurais. O último semestre do curso, os alunos concluintes desenvolvem a prática de estágio em empresa da área agrícola e ou pecuária, ou ainda numa propriedade

rural. As inscrições ficam abertas até o dia 1º de dezembro e a prova acontece no dia 3 de dezembro, às 8h no educandário. Para as inscrições é necessário: cópia da carteira de Identidade ou certidão de nascimento, comprovante de residência e o pagamento de uma taxa no valor de R$ 10,00.

A programação especial da Escola teve a releitura da obra A Escrava Isaura

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

COMBATE AO CÂNCER

Data alerta importância do diagnóstico precoce Passado o Outubro Rosa, dedicado ao câncer de mama, e nas últimas semanas do Novembro Azul, que enfoca o câncer de próstata, amanhã, as entidades médicas do País estarão voltadas ao Dia Nacional do Combate ao Câncer. O alarde para doença deve-se ao fato de o câncer ser de uma das principais epidemias mundiais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, no ano 2030, haverá 27 milhões de casos novos de câncer, 17 milhões de mortes pela doença e 75 milhões de pessoas vivendo com câncer no mundo. Enquanto no Brasil, o câncer já é a segunda causa de morte por doenças, atrás apenas das do aparelho circulatório, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). "O brasileiro precisa saber a importância do diagnóstico precoce, que hoje é cada vez mais fácil pelos atuais métodos de exames na área de saúde. Devemos desmistificar o tratamento que, atualmente, é menos tóxico e mais tolerável, aumentando assim a expectativa e a qualidade de vida dos pacientes", explica o oncologista da Aliança - Instituto de Oncologia, Márcio Almeida.

Mulheres devem realizar exames regulares de mama a partir dos 40 anos de idade

O Dia Nacional de Combate ao Câncer, instituído pelo Ministério da Saúde em 1988, visa informar a população sobre a doença e ressaltar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce neste quadro. O oncologista explica que visitas periódicas ao médico podem facilitar o diagnóstico precoce, e assim aumentar as chances de melhores resultados no tratamento. "A periodicidade deve ser adequada ao histórico de cada paciente. Mas a partir dos 50 anos de idade os homens devem

fazer visitas ao urologista, para avaliação da próstata. Mulheres, principalmente a partir dos 40 anos, não devem deixar de ir ao ginecologista e realizar exames de mamografia", ressalta Márcio Almeida. O câncer pode ser prevenido por meio de hábitos como atividade física e dieta balanceada, que evitam a obesidade, um dos principais fatores de risco. O alcoolismo, tabagismo e a ausência de cuidado com as relações sexuais também aumentam a probabilidade de ocorrência da doença.

Homens procuram postos para exames Ao longo deste mês, foram realizados três dias de atividades em todas as Unidades Básicas e Estratégias de Saúde da Família (ESF), específicas para o público masculino. Os procedimentos mais procurados foram os testes rápidos para sífilis e HIV e hepatites e também consultas para realização do exame do TFA, que é uma das formas de identificar se existe algum problema de próstata. Segundo a coordenadora municipal de Saúde, Betina Prass, quando identificadas alterações nos exames, os médicos clínicos gerais que atendem nas unidades básicas de saúde, em alguns casos, fizeram os encaminhamentos para os médicos urologista, que darão seguimento ao diagnóstico e, se necessário, aos tratamentos adequados. Em relação aos testes rápidos, quando constatados resultados positivos, foram encaminhados ao Serviço de Atendimento Especializado (SAE) para realização do tratamento. Já os casos positivos de sífilis, o tratamento inicia-se nas próprias unidades de saúde. “Houve procura pelo atendimento em todas as unidades de saúde. Aqui no posto central a procura foi bem grande, inclusive até al-

Betina Prass

guns testes rápidos de pacientes precisaram ser agendados para outros dias, mas conseguimos atender a demanda que chegou”, destaca a coordenadora. Embora esses três dias fossem específicos para esse atendimento, na medida em que os homens necessitem, podem procurar suas unidades de saúde durante os horários de atendimento, das 7h30 às 11h30 e da 13h às 17h. “A procura foi bem grande, maior do que a gente imaginava”, finaliza Betina.

OMS convoca população para doação de sangue Uma pessoa, um gesto, três vidas salvas. Essa equação simples representa o ato de doar sangue, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. O percentual fica um pouco abaixo do ideal estimado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), de 2% da população, como necessário para suprir as necessidades de sangue e outros componentes sanguíneos de um país. Em média, os países da América Latina e do Caribe coletam sangue equivalente a 1,5% de sua população. A OMS recomenda que, pelo menos, 1% da população seja doadora de sangue. De acordo com o Ministério da Saúde, no ano passado cerca de 1 milhão de pessoas doaram sangue pela primeira vez, o que representa 38% do total das doações. Mais 1,6 milhão de pessoas, ou 62% do total, retornaram para doar. Em 2015, foram feitas 3,7 milhões de coletas de bolsa de sangue no

cmyk

8

país, resultando em 3,3 milhões de transfusões. Apesar desses números, os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Hemorrede Pública Nacional encontram-se com os estoques no limite e com dificuldade na manutenção dos estoques estratégicos. Por isso, é importante a conscientização sobre a importância da doação. De acordo com o Ministério da Saúde, 32 hemocentros coordenam os 530 serviços de coleta distribuídos por todo o País. Em Ijuí, o Banco de Sangue do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) está com horário novo desde julho e o agendamento está facilitando o processo de doação. "Estamos com o estoque regular no momento, conseguindo manter e atender a nossa demanda", conta a responsável pelo setor, Paula Kunzel. "A gente tem as plaquetas que vencem em 5 dias, então temos que ter esse rodízio de pessoas para não deixar faltar ou diminuir o estoque também."


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

9

TEMPORADA DE VERÃO

Uso de piscinas requer atenção redobrada Com a chegada do Verão e a abertura de temporadas nos clubes aquáticos, as piscinas de uso coletivo são o foco do trabalho da Vigilância Sanitária do Município neste fim de ano. “Chamamos a atenção dos responsáveis pelos clubes que ainda não encaminharam o alvará sanitário para que façam esse encaminhamento junto à Vigilância Sanitária, porque nesta temporada, todos os anos por esse tempo, é o período da renovação dos alvarás”, alerta a coordenadora Maria Alice Nogara. Além da renovação, é realizada vistoria geral nos clubes, dos aspectos sanitários, situação dos vestiários, quais os produtos utilizados nas piscinas, como cloro e PH da água, e a limpeza. “Sem o alvará sanitário não poderão abrir a temporada”, salienta. No entanto, ela ressalta que no Município, os responsáveis pelos clubes têm consciência da importância destes alvarás e vistorias. Além disso, a população precisa estar atenta em relação às doenças que podem ser transmitidas pela água. Para evitar isso, é realizada análise físico-química, mensalmente, e o resultado afixado em local de fácil visualização e acesso ao usuário, assim como a análise bacteriológica. As piscinas não deverão ser frequenta-

das por pessoas que estejam com olhos inflamados, corrimentos ou afecções de pele, bem como por pessoas que estejam com ferimentos abertos, engessadas ou com curativos de qualquer natureza. Pessoas que estejam alcoolizadas ou sob efeito de drogas também não devem usar as piscinas. Devem ser afixados em locais visíveis, o regulamento do estabelecimento e orientações a respeito do uso adequado das piscinas e demais instalações. No regulamento dos clubes deve estar especificado a obrigatoriedade de banho prévio; do uso de lava-pés; a não utilização de óleos, cremes e protetores solares; e a proibição de levar bebidas, alimentos, cigarros, recipientes de vidro, papéis ou quaisquer outras substâncias estranhas ao tanque ou à área que o circunda. As crianças ainda não são capazes de estabelecer um juízo crítico sobre o resultado de suas ações e acabam por se expor ao perigo. Logo, o risco de acidentes torna-se iminente e qualquer descuido pode ser fatal. Os acidentes no período de férias escolares são a principal causa de mortes de crianças e adolescentes de 1 a 14 anos. Assim, outra orientação é para nunca deixar crianças pequenas sem vigilância próximas a pias, banheiras, pis-

Com a abertura da temporada de verão nos clubes, adultos devem estar atentos às crianças

cinas e rios. Para garantir a segurança na piscina de casa, o cuidado deve ser com as grades e portão com cadeado, somente uma cerca viva em volta do local não é suficiente. Um adulto deve supervisionar de forma ativa e constante as crianças e adolescentes, onde houver água, mesmo que saibam nadar ou que os lugares sejam considera-

dos rasos. Boias e outros equipamentos infláveis passam uma falsa segurança. Eles podem estourar, virar a qualquer momento e ser levados pela correnteza. O ideal é que a criança use sempre um colete salva-vidas quando estiver em embarcações, próxima a rios, represas, mares, lagos e piscinas, e quando estiver praticando esportes aquáticos.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

10

PACOTE DO SARTORI

Servidores do TJ-RS paralisam contra o desmonte do Estado Os servidores do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS) realizaram um manifesto, ontem, na maioria das Comarcas. A mobilização tem como principal objetivo o governo Sartori e o pacote proposto que é considerado "desmonte do Estado", e que "trará grandes prejuízos aos servidores públicos e todo o povo gaúcho". Em Ijuí os servidores paralisaram os serviços entre 14h e 15h. "Foi deliberado pelo nosso sindicato de fazer uma paralisação no dia de hoje (ontem), ao longo de todo dia. Mas a Comarca de Ijuí optou por uma paralisação de uma hora", explicou Carmelo Gomes, representante do Sindicato dos Servidores da Justiça do Rio Grande do Sul (Sindijus) junto a Comarca de Ijuí. O sindicato fala em "reforçar a importância" da categoria em uma greve geral que tem caráter nacional, já que manifesta a insatisfação do Estado e do País. A mobilização nacional unificada tem como objetivo demonstrar a contrariedade dos movimentos sociais e entidades aos projetos da União que alteram direitos sociais e trabalhistas. No Rio Grande do Sul, os protestos terão como alvo também o pacote do governo de desmonte do Estado. Ainda conforme nota emitida pelo Sindijus, novas ações serão realizadas com o objetivo de barrar a aprovação dos projetos na

Servidores da Comarca de Ijuí paralisaram os serviços durante uma hora, ontem

Assembleia Legislativa. "Os servidores estiveram, todos de preto, e nem é bem certo falar em protesto, e sim, uma maneira da sociedade avaliar e esclarecer o quanto esse pacote vai refletir na população de maneira geral. Não de eventuais vantagens para

os servidores, e sim, o quanto isso vai prejudicar a sociedade em geral", acrescentou o representante sindical. Conforme a nota encaminhada pelo Sindijus ainda reitera o funcionamento dos trabalhos que obedecem "30% no exercício das atividades".

Segurança propõe parceria com municípios O secretário Cezar Schirmer participou, ontem, de reunião com a Federação dos Consepros (Feconsepro) e com integrantes de Conselhos Comunitários Pró-Segurança Pública e a Secretaria da Segurança Pública (Consepro) municipais. Buscando a integração e aproximação entre os Consepros e a SSP, foram discutidas ações em conjunto e apresentadas as demandas da região. Schirmer destacou a importância de estabelecer proximidade e somar os esforços para enfrentar a criminalidade e trabalhar com a prevenção da violência. A secretaria vai propor parceria para orientar municípios na criação de Consepros. "A nossa chance de vitória vem da soma das individualidades e das comunidades. Precisamos estabelecer as prioridades e colocar os recursos onde mais são necessários. Trabalhar de forma organizada e com parcerias são meios de resolver a questão da violência. Todos aqueles que quiserem, receberão o auxílio", ressaltou. O presidente da Federação dos Consepros (Feconsepro), Adilson Fra, salientou o papel da entidade como órgão incentivador de um bom relacionamento entre autoridades locais. "Ouvimos as nossas comunidades e buscamos melhorar a segurança nos nossos municípios. O apoio de todos é necessário e ficamos muito felizes

cmyk

com a aproximação dos órgãos". Entre as demandas apresentadas, as entidades abordaram questões como convênios entre Estado e municípios, efetivos de servidores da Brigada Militar e da Polícia Civil e a construção de um presídio regional. Os Conselhos Comunitários PróSegurança Pública são Organizações não Governamentais (ONG) que vão colaborar

com os órgãos públicos de segurança, como a Policia Civil, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Instituto Geral de Perícias, Conselho Tutelar, Delegacia da Mulher e Delegacia de Trânsito. Os Consepros são constituídos por colaboradores voluntários, representantes de entidades comunitárias e empresariais da localidade que o instituiu e elegeu seus membros.

Schirmer destacou a importância de estabelecer proximidade para enfrentar a criminalidade e prevenir

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

De onde vem a vitela Vitela é o nome de uma carne caríssima, só consumida por gente que esbanja dinheiro. Mas cuidado que normalmente aquela carne que o garçom oferece como vitela na verdade é só uma carne macia que de vitela não tem nada. É só ver o preço: se você pagou acima de quinhentos reais pelo almoço, então pode ser vitela verdadeira. Ficou com água na boca para experimentar a iguaria? Então espera eu dizer como essa carne é produzida. Ao contrário do que se diz por aí, a vitela legítima não é a carne do feto da vaca, tampouco de bezerro recém nascido; é de bezerro já com quatro ou cinco meses. O processo de produção é o seguinte: assim que nascem, os bezerros são arrancados da mãe e confinados em um compartimento tão pequeno, que não podem dar um só passo para frente ou para trás, não podem virar-se para os lados, ficando também privados de lamber o corpo, abanar o rabo ou coçar-se. Crueldade pura, pois lamber o corpo e coçar-se é fundamental para o bem-estar dos bovinos. O local onde ficam é bem escuro, para evitar que tentem se mexer na direção de alguma réstia de luz. Não podem ter mamado nenhuma gota de leite, pois leite contém ferro, que escurece a carne. Seu alimento consiste apenas em mingaus quase só à base de gorduras, com o mínimo de ferro, a fim de que permaneçam sempre anêmicos e assim a carne fique pálida (quanto mais clara a carne, mais vale nesse mercado macabro). Os bezerros nunca recebem água, exatamente para que, sentindo sede, bebam mais e mais do líquido cheio de nutrientes artificiais que aceleram sua engorda. Para aumentar ainda mais a sede, o ambiente já sem janelas e sem luz solar é superaquecido para que o animalzinho beba desesperadamente o coquetel de gorduras e químicos artificiais. Segundo o escritor inglês Peter Singer, em seu livro LIBERTAÇÃO ANIMAL (1ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010), “mais tarde o bezerro desenvolve a necessidade de ruminar – isto é, de ingerir forragem e mastigar o bolo alimentar. Mas a forragem é proibida, porque contém ferro e escurecerá a carne. Portanto, o bezerro deve recorrer a vãs tentativas de mascar as laterais da baia. Problemas digestivos, entre eles úlceras estomacais, são comuns. Também a diarreia é comum (p. 195). Na visão de Singer, que há tempo luta pelo fim da crueldade contra animais, “de todas as formas de criação intensiva praticadas, a indústria de vitela é a mais repugnante, moralmente falando” (p. 190). Todavia, a partir dessa descrição, parece que a produção e consumo da vitela não é repugnante apenas “moralmente falando”, já que, apesar da excessiva e contínua aplicação de medicamentos pesados para controlar várias doenças mortais contraídas pelo bezerro em razão das condições aviltantes em que é posto para engorda, está-se consumindo carne anêmica, doente. Para quem acredita em Deus, não há dúvida de que produzir, comprar, vender e comer vitela é um grande pecado, assim como matar pessoas, roubar ou estuprar, pois, para Deus, o que importa é a nossa retidão de caráter, nossa conduta ética que nos faz semelhantes a Ele. E ninguém poderá ter tais qualidades torturando seres vivos indefesos ou consentindo com essa prática tão repulsiva. Mas a situação relatada retrata aquilo que constitui a regra em relação à criação industrial de animais para consumo humano: a extrema crueldade. Mesmo não comendo vitela, todos os consumidores de carne de boi confinado, porco, frangos e ovos contribuem para tortura semelhante à praticada contra bezerros para vitela. É só dar uma olhada ao redor. Visitar um galpão de “criação” desses pobres animais. Cenário de terror.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

11

PASSIVO GIGANTESCO

Dívidas da Cotrijui se mantêm estáveis

Tendo iniciado sua gestão à frente da Cotrijui em 2013, o presidente Vanderlei Fragoso não demorou a anunciar uma grave crise financeira na cooperativa. Com um passivo bilionário e um histórico de gestões deficitárias na entidade, Fragoso não hesitou em solicitar uma extensa auditoria interna, que resultou em um pedido de moratória que o transformou em presidente liquidante - a cooperativa teria um prazo de dois anos para tentar equilibrar suas contas e negociar seu passivo sem a cobrança judicial de dívidas. Passados três anos, a situação financeira da Cotrijui segue praticamente estável, porém com inúmeras negociações em curso para honrar compromissos com credores. "A gente vem conseguindo ajustar nossas questões dia-adia, pagando algumas dívidas. Sabemos que é necessária uma

composição enorme para nosso passivo, e temos tentado isso junto aos bancos. Hoje, a Cotrijui tem dívidas com o Banrisul, Banco do Brasil, Caixa Econômico, BNDES, enfim, não há banco onde não tenha uma dívida da Cotrijui. Em alguns locais conseguimos fazer composições, com alguns deságios e prazos médios, e isso é bastante importante", relata Fragoso. Em resumo, segundo presidente, a cooperativa obteve êxito ao quitar passivos deixados pela antiga gestão, sem fazer novas dívidas. É o caso dos valores do ICMS pendentes de ajuste da gestão passada. Conforme Fragoso, a cooperativa despendeu, em média, R$ 1 milhão por mês durante 10 meses, conseguindo quitar os débitos em atraso. Nesta conta não entram, por exemplo, os débitos referentes ao ICMS que incide mensalmente sobre as operações realizadas.

Queda no preço do leite é menor em novembro O preço de referência projetado para o leite no mercado gaúcho em novembro deve ficar em R$ 0,9362, redução de 1,49% em relação a outubro, quando o valor consolidado ficou em R$ 0,9504. Os dados foram divulgados pelo Conseleite em reunião nesta semana, durante o Avisulat, em Porto Alegre. Apesar do avanço da safra em outros Estados do Brasil, a queda foi mais sutil neste mês em relação aos anteriores. “A alta registrada no meio deste ano decorrente de uma entressafra severa não se mostrou sustentável, foi uma bolha, um bônus que o mercado deu ao setor. Agora, veio a queda do preço ao consumidor que foi repassada ao produtor e coloca o leite novamente na sua normalidade”, salientou o professor da UPF Eduardo Belisário Finamore. Apesar da queda, a maioria dos preços dos produtos lácteos está acima dos valores praticados em novembro de 2015, com exceção do leite UHT. O presidente do Sindilat e do Conseleite, Alexandre Guerra, alertou que o setor vive um momento difícil, onde as indústrias operam sem margem, algumas até no negativo. “No mercado, os preços já pararam de cair, o que sinaliza uma retomada importante para atender à expectativa da indústria e dos produtores nos próximos meses”, avaliou. Considerando este um ano atípico, Guerra afirma que a im-

Com valores sendo retirados do fluxo de caixa para o pagamento de dívidas fora do orçamento, a Cotrijui apresenta dificuldades, atualmente, em manter seus compromissos mais urgentes, incluindo nessa conta os salários dos funcionários. "É claro que estamos com dificuldades. Assumimos em 2013 com cinco meses de salários atrasados e colocamos em dia. Evidentemente que nós viemos pagando os salários dentro do mês, não se consegue cumprir a lei, que diz que temos de pagar até o 5º dia útil. Estamos adotando mais ou menos a mesma medida do governo do Estado, pagando nossos servidores por faixas salariais, por etapas. Mas a gente vem conseguindo cumprir isso, é só uma etapa pela qual estamos passando", argumenta Vanderlei Fragoso. Apesar de admitir as dificuldades em quitar a folha de pagamentos, ele

Presidente da Cotrijui admite que salários não têm sido pagos em dia

faz um discurso de valorização dos trabalhadores. "A gente sabe da compreensão do nosso funcionário, eles sabem do momento difícil pelo qual passamos, e é por isso que a gente faz todo o esforço para valorizar aquele pouco que a gente deve dar para o nosso trabalhador".

Entre todos os setores, a Cotrijui mantém atualmente cerca de 1,7 mil funcionários, que, apesar de não estarem recebendo em dia, têm mantido todas as operações da cooperativa. O presidente não fez uma previsão sobre quando o pagamento de salários será normalizado.

Safra de Trigo recebe ajuda federal

Concluída neste mês, a colheita do trigo revelou excelentes produtividades e alto padrão de qualidade no Estado

Alexandre Guerra

portação de leite do Mercosul também ajudou a deformar as dimensões normais do mercado. "A entrada de leite em pó do Uruguai ajudou a achatar o mercado, porque esse produto ingressou com um preço mais baixo que o nosso. Isso acabou também por derrubar os preços pagos ao produtor, tudo depois da intensa alta de preços do primeiro semestre, motivada pela entressafra que gerou a escassez do leite", avalia. Em outubro, o governo anunciou a restrição das importações, que abasteceram principalmente os mercados do Nordeste. Apesar disso, os impactos da medida ainda não foram sentidos no mercado do leite.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) negociou a aplicação de até R$ 150 milhões para atender as operações de leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) e Prêmio para Escoamento do Produto (Pep) para apoiar a comercialização de trigo da safra 2016/2017. O preço praticado no mercado está abaixo do preço mínimo. Portaria interministerial autorizando a realização dos leilões foi assinada pelos ministros da Agricultura, Blairo Maggi, da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo de Oliveira. De acordo com a Secretaria de Política Agrícola do Mapa, o objetivo dos leilões é garantir o preço mínimo ao produtor, neste momento em que o mercado está com cotações abaixo do preço

mínimo, de R$ 644,17/t ou R$ 38,65/saca para o trigo pão tipo 1. Os leilões de Pepro e Pep, no total de 215 mil toneladas do cereal, serão realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no próximo dia 2 de dezembro (sexta-feira). Os Estados do Rio Grande do Sul e do Paraná ofertarão 100 mil toneladas cada um e Santa Catarina entrará com 15 mil toneladas do grão. Do Pepro, poderão participar produtores rurais e cooperativas. Eles deverão comprovar a venda do produto para receber a subvenção do governo federal. Podem participar do Pep agentes econômicos – moinhos, comerciantes, indústrias de beneficiamento e indústrias de ração – que se dispõem a adquirir o produto pelo preço mínimo.

O valor do prêmio será divulgado até dois dias antes dos leilões. A medida foi comemorada especialmente pelos produtores de trigo do Rio Grande do Sul. A cultura no Estado tem desvantagens históricas e pouca competitividade frente ao cereal produzido no Paraná, por exemplo, que é comercializado mais cedo. Além disso, o ritmo intenso de exportações de trigo da Argentina e Uruguai reduziu ainda mais o valor do produto gaúcho. Em alguns locais, a cotação do trigo chegou a R$ 32, mesmo com a qualidade alta do produto ofertado. Embora represente um alento aos produtores, as 100 mil toneladas que serão adquiridas pela Conab devem somente cobrir os custos de produção estimados para o trigo.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de outubro de 2016

12

CALAMIDADE NAS FINANÇAS DO RS

Falta de gestão esvaziou cofres do Estado A crise nas finanças públicas do Rio Grande do Sul chegou à beira do abismo. O decreto de calamidade pública feito pelo governador José Ivo Sartori, precedido do anúncio de um pacote de medidas que ajustarão a estrutura do Estado, é mais um passo em um declive que começou a despontar há quatro décadas e que agora ameaça engolir o Estado. Ano após ano, com raras exceções, o Tesouro registrou gastos superiores à capacidade de arrecadação. O saldo negativo se acumulou, e o endividamento também. Desde então, pesam na contabilidade combalida do Estado passivos como os R$ 8 bilhões devidos em uma pilha de precatórios (dívidas do Estado reconhecidas judicialmente) que se arrasta e R$ 7 bilhões em déficit anual na Previdência. A situação se complicou, na avaliação do economista Liderau dos Santos Marques, da Fundação de Economia e Estatística (FEE),

nos últimos quatro anos. "O quadro não seria tão dramático se o governo Tarso Genro tivesse adotado uma política fiscal séria. Ele não se preocupou com o superávit primário (espécie de poupança para pagar os juros da dívida), e as finanças ficaram completamente comprometidas", afirma Marques. Defensores da gestão petista, como o ex-secretário da Fazenda Odir Tonollier, sustentam que Tarso agiu corretamente ao aumentar as aplicações em saúde, por exemplo. Só que, para isso, fez saques nos depósitos judiciais até o limite permitido por lei, deixando Sartori sem essa alternativa. Os saques dos depósitos judiciais são uma questão a parte que explica com clareza a inconsistência da política adotada pelo governador petista. Por força da lei, os juros dos depósitos superam R$ 1 bilhão ao ano. Com a dificuldade de manter até os gastos urgentes da máquina pública, é

Classes empresariais apostam nas medidas A Fiergs considera o pacote de medidas, anunciado pelo governador José Ivo Sartori, um “esforço de enxugamento da máquina estatal que se faz necessário”. Segundo o presidente da Fiergs, Heitor José Müller, se a Assembleia Legislativa aprovou um marco de políticas públicas com a Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual e posteriormente a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) prevendo aumento de gastos limitado a 3%, será coerente aprovar as medidas de enxugamento. "Uma pena, que os líderes do funcionalismo público não tenham defendido a categoria com realismo, mas se preocuparam em manter os privilégios, cujo resultado só poderia

cmyk

ser essa situação de falência que se reproduz em outros Estados do País." A presidente da Federaul Simone Leite disse que o RS vive um momento especial em função da ousadia e da coragem do governador José Ivo Sartori em apresentar um conjunto completo de medidas que devolve a austeridade das contas públicas e, em decorrência, deverá promover o desenvolvimento sustentável. “Esperamos a sensibilidade dos deputados que devem colocar os interesses do Estado acima das ideologias partidárias”, pediu a presidente ao ressaltar que todos terão que fazer sacrifícios para a realidade não piorar.

impensável que em médio prazo o Estado conseguirá devolver os saques feitos, o que deverá gerar passivos enormes resultantes dos altos juros cobrados. Além disso, o Rio Grande do Sul é o Estado que mais gasta em previdência no País. Um déficit que sozinho é superior aos gastos de saúde, educação e segurança somados. Ao todo, 29% da receita líquida do Estado (aquela que fica realmente com o Estado e não é transferida aos municípios) é destinada ao pagamento de aposentadorias. Há hoje 1,1 aposentado ou pensionista para cada funcionário na ativa. Desta forma, a cada R$ 100 que entram nos cofres do Estado, R$ 43 bancam questões do passado – o restante banca os funcionários, investimentos e custeio. Neste cenário de extremo desequilíbrio, o governo Tarso, após perder a eleição em outubro, enviou em novembro pacotes concedendo aumentos salariais

Muitas das medidas adotadas por Sartori têm origem em atos de Tarso

até 2018, mesmo sem deixar recursos em caixa para pagá-los. São aumentos previstos para diversas categorias, sendo que os principais reajustes foram feitos aos funcionários da segurança pública, que representarão mais de

R$ 4 bilhões ao Estado até 2019, sem que haja valor em caixa para a concessão dos benefícios. Hoje, com salários parcelados, não é raro encontrar quem diga que “ao menos Tarso pagava os salários em dia”.

Professores já cogitam greve geral Diante das medidas nada populares adotadas pelo governador Sartori, as classes sindicais têm se mobilizado contra as ações mais polêmicas, principalmente com relação ao último pacote anunciado e aos parcelamentos de salários. Em Ijuí o 31º Núcleo do Cpers tem promovido debates, entre eles uma plenária, realizada ontem, marcou o Dia Nacional de Mobilização. A presidente do Cpers Terezinha Melo confirmou que a plenária teve boa participação para discutir as questões que atingem diretamente a classe. "Uma das principais questões é com relação ao pacote do governador que atinge em cheio nossas questões salariais e estruturais das escolas", considerou Terezinha ressaltando que

Plenária do Cpers marcou Dia Nacional de Mobilização

é importante a mobilização das classes. No próximo dia 8, haverá uma assembleia para a definição

da proposta de greve da categoria e não entrega das notas finais para fechamento do ano letivo.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

13

CALAMIDADE NAS FINANÇAS DO RS

Desequilíbrio persiste nas contas na Saúde

Atrasos na área da Saúde desde 2014 colocam os hospitais, e municípios, que prestam serviços via Sistema Único de Saúde (SUS), em uma verdadeira saia justa para o fechamento das contas. Com a herança da crise na Saúde do governo do PT, o atual governador do Estado, José Ivo Sartori não conseguiu equilibrar as contas desde que assumiu. Nem mesmo os acordos feitos com os gestores estão sendo cumpridos conforme o cronograma. “Diante da dificuldade estamos visualizando isso, viraremos o ano com enorme volume de recursos por receber e que não tem perspectiva em curto prazo para ser liquidado. Esse é o cenário da nossa região e no Estado todo, dos hospitais que prestam serviço para o Estado. Então, há uma dificuldade muito acima daquilo que tínhamos no ano passado, e as instituições já fizeram as adequações que tinham para fazer, de funcionários e redução de serviços, e não foi o suficiente porque temos instituições com sérias dificuldades e somam-se a isso, também, para

o final desse exercício as dificuldades dos municípios, que também tiveram queda significativa na arrecadação e no repasse do FPM", conta o presidente do Sindicato dos Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Noroeste do RS (Hospinoroeste), Amauri Lampert. "Estamos vislumbrando um início de 2017 muito pior do que o início de 2016." Isso porque o atraso no repasse de verbas de custeio do SUS provoca desequilíbrio das contas de hospitais e das despesas com saúde administradas pelas prefeituras gaúcha. Salários de profissionais estão atrasados e, com isso, atendimentos são restritos ou até mesmo suspensos. Entender o tamanho do rombo na área da saúde é ter consciência que o total da dívida é visto de forma diferente por órgãos envolvidos nas negociações de pagamento. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, o montante em atraso é de R$ 160 milhões. A Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul tem um cálculo diferente, de que o atraso com as prefeituras é

de cerca de R$ 277 milhões, em atraso desde 2014 até junho de 2016. Segundo o assessor técnico em Saúde da Federação, Paulo Azeredo, cada município deve analisar as informações. "Orientamos os prefeitos que façam uma conferência nos dados", afirmou. Dentre os 11 fundos municipais de Saúde que integram a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), o maior volume de dívida do Estado é com Ijuí, pouco mais de R$ 3 milhões. “Esse débito ficou de 2014 até novembro de 2015, quando o poder Executivo de Ijuí entrou com uma ação e conseguiu uma liminar que a partir de novembro de 2015 não houvesse mais atraso nos repasses. Porém, esses R$ 3 milhões foi o que ficou de 2014 e início de 2015 que não foram repassados aos cofres do Município de Ijuí”, explica a secretária municipal de Saúde (SMS), Márcia Boniatti. Essa falta de repasse fez com que a prefeitura adotasse medidas emergenciais de contenção de gastos, deixando de prestar alguns serviços, de competência

Dos salários atrasados aos serviços do Samu: como a crise afeta as áreas da Saúde

do Estado, e que estavam sendo supridos pela SMS, como a oferta de consultas e exames especializados. Por outro lado, o Posto Central 24h adotou a Central de Regulação, que tem a função de identificar a classificação de risco de cada paciente, em função da escassez de recursos. O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e o Hospital Bom Pastor também aguardam o repasse de

recursos por serviços prestados, em atraso, por parte do Estado. O atraso de pagamentos do governo do RS também chegou à Central de Regulação do Samu. Em razão da falta de repasses de recursos, os funcionários decidiram realizar operação-padrão, ou seja, apenas metade dos atendentes realiza os atendimentos de ligações de emergência que chegam pelo número 192.

Ao passo em que a segurança convulsiona, o futuro é de incerteza

Crise nas finanças: onde vai parar a segurança pública?

"Corro risco de vida integral. Recebo meu salário todo pingado", esse foi o relato de um policial militar que pediu para não se identificar. Na verdade é apenas o relato de um servidor, que é tendência em todo o Rio Grande do Sul desde o primeiro dia de janeiro de 2015. Dentre os reflexos da crise, a segurança, talvez, seja a que mais brilhe. E o pior: o quadro não apresenta prosperidade. Inegavelmente a (in)segurança convulsiona na região Metropolitana. Depois do número de latrocínios disparar, e crimes em locais como aeroporto e rodoviária fazerem parte do

dia-a-dia do gaúcho, o caos foi instaurado de vez. As taxas de homicídio estão em alta e não há mais vagas no sistema prisional. Presos são mantidos algemados em ônibus da Polícia Militar porque as carceragens das cadeias estão lotadas. O plano emergencial é usar contêineres como prisão. Recentemente uma pesquisa realizada junto a Susepe, mostrou que o Presídio Estadual de Carazinho é o recordista em fugas em 2016. O Grupo JM esteve em contato com a direção na Casa, que justificou a partir de problemas estruturais e humanos, e que, talvez, simbolizem

tamanho rombo. Além de problemas normais para um prédio com mais de 50 anos, o presídio de Carazinho, no dia da maior fuga em massa da história do sistema prisional gaúcho, contava com dois agentes prisionais para monitorar mais de 200 homens. Somado a isso, o diretor ainda revelou que a fuga foi facilitada pela ausência da guarda externa, uma vez que a falta de efetivo na Brigada Militar inviabiliza uma cobertura completa da casa. "Sem efetivo e com a estrutura mais que superada, não temos muito mais o que fazer", resumiu o diretor da Casa, Éberson Tápia.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

DISCURSO NEGATIVO

PROCESSO

Roso defende alternativas à crise das finanças do RS Os projetos enviados pelo governo Sartori à Assembleia Legislativa para combater a crise nas contas públicas do Estado não passam de uma justificativa política e ideológica apresentada à sociedade. A definição é do deputado Juliano Roso (PCdoB), um dos mais combativos deputados da oposição ao governo no Legislativo. Ainda segundo Roso as medidas propostas não resolvem a crise pela qual passa o Rio Grande do Sul. "O governo tem esse discurso do corte, que é preciso cortar, fechar algumas autarquias e que isso resolverá o problema. Nós acreditamos que a questão central se dá na sonegação de impostos. Só de ICMS, são mais de R$ 7 bilhões pendentes por ano. Esse é o debate que a sociedade precisa fazer", apontou o deputado. O pacote enviado ao Parlamento prevê a demissão de 1,2 mil servidores concursados, com uma economia projetada de R$ 137 milhões por ano. Este valor, por exemplo, não paga a parcela mensal da dívida do Estado com a União, cujo repasse

chega a R$ 200 milhões a cada 30 dias. "O que entendemos que deveria ser feito é justamente o contrário, investir nos servidores, principalmente em setores estratégicos, como a inteligência. Isso poderia reduzir significativamente, por exemplo, a pirataria e o contrabando. Só com cigarros contrabandeados o Estado deixa de arrecadar R$ 500 milhões por ano. É quase quatro vezes a economia projetada com a extinção das autarquias", protesta Roso. Outro apontamento feito pelo parlamentar foi sobre as contas da Sulgas, empresa pública que corre risco de ser privatizada. A estatal, além de operar um serviço estratégico para a economia estadual, repassa ao governo anualmente um lucro de R$ 50 milhões. "É o caso também da Corag, a gráfica do Estado, que dá um lucro anual de R$ 10 milhões. Essas duas empresas derrubam, sozinhas, o discurso de que é necessário se desfazer de estrutura pública para resolver a crise", disse o deputado, citando também o exemplo da CEEE, empresa na qual a participação

Equipe da AL antecipa relatório de gestão A assessoria parlamentar da deputada Silvana Covatti (PP) iniciou neste mês uma série de visitas a veículos de comunicação de alcance regional no Estado. Com o intuito de antecipar os resultados que vão compor o relatório da gestão da deputada à frente da Assembleia Legislativa neste ano, o assessor de Marketing Erli Teixeira e a assessora de Comunicação Bruna Longaray visitaram a redação do Jornal da Manhã ontem. Entre as principais ações apresentadas, e que estarão na

edição final do relatório, estão os mais de R$ 38,5 milhões economizados pela gestão atual no Parlamento. Segundo o estudo, a presidente Silvana conseguiu alcançar este saldo a partir de políticas de conscientização e de uso racional do orçamento. Com isso, houve redução de 25,5% em diárias dos deputados e servidores da Assembleia, além de R$ 1,5 milhão poupado com contratação de serviços e insumos, através da realização de pregões eletrônicos.

Erli Teixeira e Bruna Longaray, assessores da presidência da Assembleia

cmyk

14

Juliano Roso

do governo deve acabar totalmente. "A CEEE já teve uma parte de sua estrutura vendida em outro governo do PMDB e o problema não foi resolvido, a prestação de serviços de energia não melhorou. Então essa é uma fórmula comprovadamente ineficiente, que funciona mais como desculpa política para os problemas".

O Ministério Público Eleitoral de Ijuí ainda não protocolou processo contra os vereadores suspeitos de compra de votos em Ijuí. As acusações surgiram após a deflagração das duas fases da Operação Caixa de Pandora, que incluiu o cumprimento de mandados de busca em gabinetes da Câmara de Vereadores. A promotora eleitoral Rosélia Brusamarelo, que responde pelo caso, afirmou, através de sua assessoria, que o processo será protocolado "o quanto antes". Em entrevista após os trabalhos da operação, a promotora confirmou que a intenção é obter uma decisão do poder Judiciário sobre o caso antes da diplomação dos vereadores, marcada para o dia 15 de dezembro. Para isso, o MP deve pedir a antecipação de tutela, que não prática antecipa a decisão primária, caso a materialidade das provas sustente que houve, de fato, crime eleitoral. A justificativa para a demora no protocolo do processo, conforme o Ministério Público, é o grande montante de documentos e demais provas recolhidas durante a operação. Além disso, o número de envolvidos nos casos investigados também é muito grande, o que dificulta uma maior rapidez na conclusão dos trabalhos do MP. Dessa forma, o Judiciário ainda aguarda o processo para se manifestar a respeito do caso.

Câmara analisa metas do PPA para 2017

Vereadores se reuniram na manhã de ontem para a reunião das comissões

Os vereadores de Ijuí se reuniram na manhã de ontem para a reunião das comissões, que definiu a pauta de votações da sessão plenária da próxima segunda-feira. Apenas dois projetos foram deliberados, entre eles a consolidação do Plano Plurianual vigente, mediante o acréscimo de ações orçamentárias e de seus respectivos atributos. O PPA fixa metas, diretrizes e objetivos orçamentários para a administração pública no próximo ano,

e é construído de acordo com o orçamento próprio e de recursos vinculados. O destaque são as obras previstas dentro do programa Pró-Transporte, que preveem R$ 1,2 milhão para pavimentação de ruas e construção de passeios com acessibilidade. Outra proposta que será analisada é o repasse de R$ 50 mil da prefeitura à ACI. O recurso se refere à contrapartida para o Projeto Fenadi – Mosaico Cultural na Expo-Ijuí – 2016 durante a Feira deste ano.

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

RETRATO DO BRASIL Dois ex-governadores do Rio de Janeiro juntos na penitenciária de Bangu não é mera coincidência. É um desfecho esperado depois de quase 20 anos de influência dos dois na política fluminense do arruinado Estado do Rio. O que fizeram é bem um retrato do Brasil. Garotinho é mentor do mais escarrado descumprimento da Constituição, que estabelece que o serviço público precisa obedecer a impessoalidade e a moralidade. Depois dele veio a mulher, Rosinha e ainda elegeu a filha Clarissa deputada. Quando Rosinha se elegeu prefeita de Campos, o nomeou secretário de governo, onde estava ao ser preso. Mostrando hipertensão, foi internado em hospital público, mas quis sair para um hospital privado, já que a família Garotinho não cuidara bem do público. O juiz não topou. E o mandou para Bangu. Ele resistiu ao entrar na ambulância, demonstrando um preparo físico inusitado para um hipertenso já que exerceu um literal jus sperniandi. Sérgio Cabral, segundo o Ministério Público, começou a cobrar propina no primeiro dia de governo e continuou mesmo depois de deixar o governo para seu vice, Pezão. Fez fortuna com as empreiteiras que faziam obras no estado, inclusive a reforma do Maracanã. Sua mansão em Mangaratiba, é de cair o queixo. Só em obras de arte na parede deve ter uma fortuna bem emoldurada nos 220 milhões de reais de ilegalidades que os promotores somaram. Um anel da mulher dele custou 800 mil reais. Ela fazia uma advocacia acumplicada com o marido. O casal tem uma lancha de 5 milhões, em nome de laranja. As mesadas de empreiteiras rendiam 350 mil e 500 mil. O presidente do PMDB disse que o partido não está envolvido nisso. Como se Cabral não fosse uma das grandes lideranças do PMDB. O governo Temer lava as mãos como Pilatos. Dilma chegou a expedir uma nota lembrando que Cabral apoiou Aécio. Confiam, ambos, na falta de memória do brasileiro. Quando Lula indicou Dilma para sucedê-lo, o PMDB quase pôs Cabral como seu companheiro de chapa, sob o argumento de que seria mais popular que Temer. Ainda ouço o presidente Lula afirmar que o povo precisa de gente como Sérgio Cabral. E será que ninguém mais lembra de todas as fotos reunindo Cabral, Lula e Dilma, besuntados de petróleo em comemorações políticas do pré-sal? Agora se percebe o simbolismo daquelas imagens com a negra lama do petróleo. Como pode ter durado tanto tempo esse deboche aos eleitores, aos contribuintes, aos cidadãos? Antes de Roberto Jefferson denunciar o mensalão e Youssef ser preso num lava-jato, campeava a impunidade, o arquivamento de processos, a pressão política para manter os corruptos fora da cadeia. Vigorava o escárnio. Cabral chegou a festejar no ultraluxuoso Hotel Ritz Paris a convivência com os empreiteiros, naquela dança do guardanapo, a que todos assistimos. A foto do Ritz contrasta com a de Cabral com uniforme da prisão. Agora dá vontade de inverter a fala final da fábula de Esopo/La Fontaine: “Dançavas? Pois canta agora!”.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

DENÚNCIA DE CORRUPÇÃO

Com saída de Geddel, Planalto contém crise O pedido de demissão do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, foi a saída encontrada pelo Palácio do Planalto para tentar salvar o governo da crise política, que se avoluma a cada dia. A operação para entregar a cabeça de Geddel foi articulada ainda na quinta-feira, após a divulgação do depoimento do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero à Polícia Federal, no qual ele dizia ter sido "enquadrado" pelo presidente Michel Temer para atender aos interesses do chefe da Secretaria de Governo. A pressão seria para liberar a construção de um prédio nos arredores de uma área tombada, em Salvador. Articulador político do Planalto com o Congresso, Geddel sai do governo às vésperas da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos, marcada para a próxima terça-feira, no plenário do Senado. Temer ainda não escolheu o substituto de Geddel, seu amigo há quase 30 anos, e disse a aliados que ele próprio fará a coordenação política para a votação da PEC do Teto, considerada fundamental pelo governo para o ajuste fiscal e a recuperação da economia. Em reunião de emergência convocada por Temer com auxiliares, na noite de quinta-feira, a situação de Geddel — que já havia viajado para a Bahia — foi considerada insustentável. Houve, a partir daí, intensa troca de

Maia não vê subsídios em impeachment de Temer O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEMRJ), afirmou ontem em entrevista à Rádio CBN, que não vê motivo para aceitar pedido de impeachment do presidente Michel Temer (PMDB), após partidos de oposição ao peemedebista afirmarem que irão protocolar tal pleito com base nas acusações feitas pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero. Calero diz ter sofrido pressão do ministro Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo, que hoje pediu demissão, e do próprio Temer para liberação de um empreendimento imobiliário em Salvador embargado pelo patrimônio histórico. "Não posso falar sobre algo que não conheço, mas, pelo que analisei até o momento, não há nenhum motivo para aceitar nenhum pedido de impedimento contra o presidente

Michel Temer." Maia diz que "conhece bem" o presidente Michel Temer e tem com ele uma relação muito antiga que remonta ao tempo em que ele foi deputado federal. "Eu tenho certeza de que se houver a gravação você pode ter certeza que não haverá nenhum tipo de pressão, até porque esse não é o perfil de diálogo do presidente Temer a ninguém, nem aos ministros nem aos seus aliados." Sobre a demissão de Geddel da Secretaria de Governo, oficializada nesta sexta-feira, Maia disse que fica triste porque Geddel foi "vital" para o governo. "Infelizmente foi a decisão tomada e a correta, mas é uma perda muito grande". Maia acredita que a saída do ministro encerra a crise política no núcleo do governo e isso não vai impactar as votações do governo na Casa.

Ministro entregou carta de renúncia ontem, após escândalo

telefonemas com o ministro. "É tudo pior do que parece", disse um dos auxiliares do presidente. Calero gravou conversas com Temer, com Geddel e com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. No depoimento à Polícia Federal, Calero disse que o presidente tentou fazer com que ele "interferisse indevidamente" para que a decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), barrando a construção do prédio em Salvador, fosse substituída por um parecer da Advocacia Geral da União (AGU). Geddel comprou na planta um apartamento no edifício "La Vue", que teve a obra embargada pelo Iphan. As afirmações de Calero jo-

garam mais combustível na crise por atingirem diretamente o presidente. Antes desse depoimento — prestado no último dia 19, mas que só veio a público nesta quinta-feira —, o ex-ministro da Cultura havia citado apenas a pressão exercida por Geddel para a liberação do empreendimento. À Polícia Federal, porém, Calero mencionou uma suposta interferência de Temer — que estaria demonstrando "insistência" —, de Padilha e de outros auxiliares do núcleo do governo para que o caso fosse resolvido. Calero disse ter se sentido "decepcionado" por não ter mais a quem recorrer e pediu demissão, desobedecendo à ordem de enviar o polêmico processo para a AGU.

Após falar com Temer, FHC prega união Após se encontrar com o presidente Michel Temer, o expresidente Fernando Henrique Cardozo afirmou que o PSDB "se sente responsável" pelo Brasil ao ser perguntado se o partido vai continuar ao lado do governo após a saída de Geddel Vieira Lima da Secretaria do Governo. FHC e outros membros da cúpula da legenda almoçaram com Temer, ontem, no Palácio da Alvorada. "O PSDB se sente responsável pelo país, que está num momento que precisa de união", afirmou FHC. De acordo com Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, Michel Temer "sinalizou" que vai enviar a proposta da reforma da previdência ao Congresso Nacional já na primeira semana de dezembro. Mais cedo, Aécio

15

também havia defendido o presidente no caso Geddel com o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero. De acordo com ele, a intenção do governo é encaminhar o texto após a votação em primeiro turno, no próximo dia 29, da proposta de emenda à Constituição que estabelece um teto para os gastos públicos para os próximos 20 anos, a chamada PEC do Teto de Gastos. Prefeito eleito de São Paulo, o também tucano João Dória foi questionado se o presidente Temer manifestou preocupação com o impacto da demissão de Geddel na articulação política com os parlamentares. "Preocupação não. Determinação de que ele quer fazer as reformas e tem apoio do PSDB para isso", disse.

Fernando Henrique Cardoso

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia é contra tramitação do impeachment

Ministro nega liberdade a Eduardo Cunha O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer negou ontem pedido de liberdade ao ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cunha está preso desde o mês passado em Curitiba (PR), por determinação do juiz federal Sérgio Moro, em função das investigações da Operação Lava Jato. A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. O processo foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas após a cassação do ex-deputado, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque Cunha perdeu o foro privilegiado. Entre os argumentos usa-

dos para justificar o pedido de prisão de Cunha, a força-tarefa de procuradores da Lava Jato afirmou que a liberdade do exdeputado representava risco às investigações. Segundo a acusação, "há evidências" de que existem contas pertencentes a Cunha no exterior que ainda não foram identificadas, fato que coloca em risco as investigações. Além disso, os procuradores ressaltaram que Cunha tem dupla nacionalidade (brasileira e italiana) e pode fugir do País. Cunha foi preso no dia 19 de outubro, por decisão do juiz Sérgio Moro no processo em que Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. No despacho que determinou a prisão, Moro diz que o poder de Cunha para obstruir a Lava Jato "não se esvaziou".

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

Pittol quer valorização do interior O presidente do Esporte Clube São Luiz Pedro Pittol disse que será ruim para os clubes se a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) não disponibilizar a verba de R$ 100 mil como fez no Campeonato deste ano. "Até agora não formos informados pela Federação. Se isso acontecer será terrível. Muitas agremiações atravessam dificuldades financeiras", lembrou Pittol. Ao falar sobre os boatos de que o Elite de Santo Ângelo poderia receber convite para jogar a Segundona em caso de desistência de alguma agremiação, afirmou que seria importante para o futebol da região, principalmente depois que o Santo Ângelo fechou suas portas "A rivalidade sadia entre as duas cidades sempre foi positiva", comentou Pedro Pittol. Ele disse que a FGF precisa definir qual o critério para incluir um outro time na competição. O dirigente confirmou que o São Luiz levará ao congresso técnico da Divisão de Acesso no dia 12 de dezembro uma proposta de extinção dos pentagonais da segunda fase. O clube

defenderá que sejam duas chaves com quatro equipes cada, diminuindo o número de datas. Pittol é favorável à regionalização na primeira fase. Ele criticou a constante repetição de jogos. O Caxias, por exemplo, enfrentou várias vezes o União Frederiquense. Na competição dos últimos anos, a fórmula foi assim: na primeira fase as equipes foram divididas em dois grupos de oito. Ao final da disputa em turno e returno, os cinco times melhores colocados se classificaram para a segunda fase. O último de cada grupo caiu para a Segunda Divisão e os penúltimos disputaram um "confronto da morte” para definir o terceiro rebaixado. Na segunda fase, as cinco equipes classificadas numa chave voltaram a se enfrentar em turno e returno, repetindo os confrontos. Os dois primeiros colocados se classificaram para o quadrangular final. Os dois classificados de cada grupo na segunda fase formaram o quadrangular final. Depois dos jogos em turno e returno, o cam-

peão garantiu vaga na primeira divisão do ano subsequente. Na Divisão de Acesso 2017 subirão duas equipes para a 1ª Divisão. A competição terá estes clubes: São Luiz, Glória, Aimoré, Lajeadense,Esportivo, Tupi, União Frederiquense, Panambi, Pelotas, Guarani-VA,Brasil-Fa, São Gabriel, Avenida, Inter-SM, Santa Cruz e Guarany de Bagé. O presidente do São Luiz disse que os clubes precisam se impor. "Muita gente quer fazer um Campeonato valorizando equipes próximas a Porto Alegre. O interior do Rio Grande do Sul também precisa ser valorizado", disse Pedro Pittol. O presidente do São Luiz salientou que o rebaixamento do Internacional no Brasileirão seria ruim para o futebol gaúcho. Criticou o pensamento de Grêmio e Internacional que muitas vezes esquecem os clubes do interior. Mesmo assim ele entende que a dupla Gre-Nal deve disputar o Campeonato Gaúcho desde o seu início. Sem os dois principais clubes do Estado, o Gauchão perderia o interesse. Pedro

pes: CFE Ijuí, CESA de Santo Augusto, Craque do Futuro de Três Passos e CER Miraguaí de Tenente Portela.

Os jogos serão realizados no CT do Sandro Becker, e a Escolinha CFE Ijuí, joga a partir das 10h, contra o CESA de Santo

PLACAR GERAL

PERTO DO TÍTULO

Presidente do São Luiz, Pedro Pittol

Pittol afirmou que a composição do elenco do São Luiz está acontecendo dentro da normalidade. "Muitos atletas no mercado estão aguardando propostas e negociando com clubes da Série A para o Estadual que abre dia 29 de janeiro. A Divisão de Acesso começa em 5 de março. Tem um bom tempo para a formação do nosso grupo", finalizou Pittol.

Escolinha CFE Ijuí disputa jogos finais em Três Passos Acontecem amanhã pela manhã em Três Passos os jogos finais da 1ª Copa Futebol com Vida, que reuniu as equi-

16

Augusto, na categoria Sub- 11 e as 11h, na categoria Sub- 13, contra o CER Miraguaí de Tenente Portela.

A possibilidade de a Chapecoense levar um time reserva para o Palestra Itália não anima o elenco do Palmeiras. O Verdão pode ser campeão brasileiro amanhã se conquistar um empate diante dos catarinenses. Mas, segundo o capitão Dudu, encarar os suplentes do time adversário não facilitará a missão que o Verdão terá pela frente. A Chapecoense se classificou na quarta-feira para a final da Copa Sul-Americana, após ter empatado sem gols com o San Lorenzo-ARG, na Arena Condá. Esta será a primeira decisão internacional da história do clube catarinense. O jogo de ida contra o Atlético Nacional-COL está marcado já para a próxima quartafeira, dia 30. A partida de volta será no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. A Arena Condá não tem a capacidade mínima exigida pela Confederação Sul-Americana de Futebol.

VIAGEM COLORADA

O Consulado do Inter em Ijuí promove excursão a Porto Alegre amanhã para o jogo do Colorado diante do Cruzeiro pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. A partida no Beira-Rio começa às 17h. O local de saída será a Rua Barão do Rio Branco,95, esquina com a Rua Paraná, Centro. O embarque acontece às 7h da manhã e o retorno após a partida. Carros poderão ser deixados no local ao preço de R$ 10,00. Valores (sócios terão preferência)- passagem, custa R$ 130,00, ida e volta em ônibus leito turismo. Ingressosarquibancada inferior, R$ 20,00. Vagas limitadas. Pagamento garante a vaga. Reservas neste endereço: paulocostainter@ yahoo.com.br ou 9964.4450.

JOGOS DA PRIMAVERA

CFE Ijuí disputa jogos da Copa Futebol com Vida em Três Passos na categoria Sub-11

Time Sub-13 do CFE Ijuí enfrenta amanhã o CER Miraguaí, de Tenente Portela

Rincão dos Goi sedia rodada do Distrital O Juventude do Rincão dos Goi sedia amanhã rodada pela segunda fase do Campeonato Distrital de Futebol de Ijuí. Na primeira partida às 14h45 se enfrentam as equipes do Juventude dos Goi e do Flamengo de Santo Antônio e na segunda partida às 16h30, jogam os times do Flamengo da Linha 11 Norte e do São José de Alto da União. Em-

cmyk

pate no tempo normal nas duas partidas levará a decisão para os pênaltis. Quem ganhar se garante nas semifinais. As equipes do Floresta e do Chorão já são semifinalistas após terminarem na primeira colocação nas chaves A e B na primeira fase. O Juventude promove festa esportiva amanhã pela manhã em seu Estádio, quando sediará

a rodada do Distrital. A programação começa às 9h30 com um quadrangular entre as equipes do Ouro Verde do Rincão do Progresso, do Riograndense de Bozano, Medianeira do Rincão do Tigre e Palmeiras de Ijuí. Ao meio-dia tem almoço. As fichas custam R$ 15,00. No cardápio, pernil de suíno, galeto, arroz branco, maionese, pão e saladas.

A Olimpíada Escolar tem atividades de canoagem hoje das 8h às 12h na sede da Associação de Remo e Esportes de Aventura de Ijuí, AREA, localizada na Linha 5 Leste, distrito de Floresta, junto ao Alagado do Rio Ijuí. Em caso de chuva a programação será suspensa.

CIRCUITO DE TÊNIS

Léo Goi, dirigente do Juventude

A terceira etapa do Circuito Municipal de Tênis teve andamento ontem na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Ijuí. Foram realizados jogos da 1ª e 2ª classes duplas que prosseguem hoje. As finais acontecem amanhã.


17

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

DOIS TOQUES

Jogo pode definir futuro do Inter Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com

NECESSIDADE- O Inter, na 17ª colocação com 39 pontos, três a menos que o Vitória, primeiro time fora do Z-4 do Campeonato Brasileiro, tem jogo decisivo amanhã contra o Cruzeiro, no Beira-Rio. A equipe mineira que não corre mais risco de rebaixamento promete dificultar para o Colorado. Estou entre aqueles que não acreditam que o Inter vai se salvar da queda para a Série B. Claro que existem neste Brasileirão, clubes com elencos menos qualificados que o Internacional. Sob a liderança do presidente Vitorio Piffero, o Colorado cometeu vários erros que levaram a esta situação. O ex-presidente Fernando Carvalho, atual vice de futebol não escapa neste contexto. Figueirense, América-MG e Santa Cruz já foram rebaixados. FINAL- O técnico Renato Portaluppi venceu o duelo tático travado com Marcelo Oliveira, na decisão de quartafeira no Mineirão. A impressão é de que a equipe mineira não conhecia o Grêmio. Entrou em campo com um time faceiro e se assustou quando o Grêmio repetindo o que fizera na semifinal contra o Cruzeiro, utilizou a marcação alta tirando os espaços do Galo. O Tricolor marcou muito bem Robinho e Lucas Pratto. Não foi por acaso que o Grêmio atacou sistematicamente no lado esquerdo da defesa atleticana se aproveitando da má fase de Erazo e Fábio Santos. Renato não é só motivador, ele lê um jogo muito bem AMADORISMO- O presidente Daniel Nepomuceno, ao demitir o técnico Marcelo Oliveira, mostra que age com a emoção e não com a razão. Tirar do cargo um técnico nesta situação às vésperas do segundo jogo com o Grêmio na final da Copa do Brasil é uma tremenda bobagem. Marcelo fazia um bom Brasileirão no Atlético-MG. SÉRIE B-A 38ª e última rodada da Segundona Brasileira hoje será decisiva. O Vasco se vencer o Ceará às 17h30, no Maracanã se garante na Série A. Bahia e Náutico também estão no páreo. São duas vagas para três times. Atlético-GO e Avaí já conquistaram o acesso. O Brasil-Pel cumpre tabela hoje contra o Avaí, às 17h30 em Florianópolis.

O Internacional tem um jogo decisivo contra o Cruzeiro amanhã às 17h no Estádio Beira-Rio pela 37ª e penúltima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Colorado precisa desesperadamente da vitória. No caso de derrota do Inter e um triunfo do Vitória na segunda-feira diante do Coritiba, o time gaúcho será rebaixado para a Série B pela primeira vez em sua história. Focado na partida, o técnico Lisca espera contar com o atacante Vitinho para a decisão. O jogador interessa ao Flamengo, que sonda o CSKA, da Rússia, para conseguir um acordo e ter o atleta em 2017. O atacante se recupera de lesão muscular e foi ausência em treinos recentes do Inter, mas

Lisca garantiu sua presença contra a Raposa. “Obviamente conto com Vitinho, ele é importante para a gente. Nesses últimos jogos, ele tem sentido um desconforto muscular. Está se esforçando o máximo possível para jogar, dificilmente os 90 minutos. Mas conto bastante com este atleta”, disse. Rodrigo Dourado, com um desconforto muscular, ainda não tem presença confirmada. No treinamento de ontem em Viamão, Lisca optou por fechar novamente as atividades para a imprensa. A escalação para o jogo segue sendo um mistério. O provável time colorado tem Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Fa-

binho (Rodrigo Dourado), Seijas, Anderson (Vitinho) e Alex; Nico López. No Cruzeiro, o técnico Mano Menezes tem duas opções para a vaga do meia uruguaio Arrascaeta que foi expulso contra o Santos. Alisson e Marcos Vinicius são as alternativas. O volante Henrique cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. A equipe deve jogar com Rafael; Ezequiel, Leo, Manoel e Bryan; Ariel Cabral e Lucas Romero; Robinho, Sobis e Alisson (Marcos Vinícius); Willian. Livre do rebaixamento, o Cruzeiro encara com muita seriedade o jogo em Porto Alegre. Mano Menezes orientou treino com portões fechados ontem em Belo Horizonte.

Atacante uuguaio Nico López está escalado para enfrentar o Cruzeiro amanhã

Renato escala apenas um titular em Recife O Grêmio está com todas as atenções voltadas para o jogo de amanhã às 19h30, contra o já rebaixado Santa Cruz, no Estádio do Arruda em Recife, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, o técnico Renato Portaluppi preferiu escalar uma equipe com apenas um titular: Pedro Rocha. O atacante, autor de dois gols na vitória de 3 a 1 diante do Atlético-MG na última quarta-feira, pela final da Copa do Brasil será escalado em Recife. Contra os mineiros ele cumpre suspensão. Marcelo Grohe, Edílson, Kannemann, Pedro Geromel, Mar-

celo Oliveira, Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Luan, todos titulares no meio de semana, não foram sequer relacionados para a penúltima rodada do Brasileirão. Ao lado do auxiliar Alexandre Mendes, Renato comandou um treino ontem. O trabalho tático foi responsável por definir a escalação. O time será orientado pelo auxiliar James Freitas. A equipe deve jogar com: Léo; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Wallace Reis e Iago; Guilherme Amorim, Kaio, Negueba, Miller Bolãnos e Pedro Rocha; Henri-

que Almeida. O equatoriano Bolaños que ainda busca melhor espaço no Grêmio teve uma boa atuação pela Seleção de seu país recentemente e merece atenção especial da comissão técnica que aposta muito no jogador. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou ontem, que o confronto entre São Paulo e Santa Cruz, no dia 4 de dezembro, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro, será disputado no Pacaembu. No mesmo dia, haverá um show no estádio do Morumbi.

Técnico Renato Portaluppi

Árbitros da delegacia de Ijuí confraternizam

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO 2016 1 Palmeiras 2 Santos 3 Flamengo 4 Atlético-MG 5 Atlético-PR 6 Botafogo 7 Corinthians 8 Grêmio 9 Chapecoense 10 Ponte Preta 11 Fluminense 12 Cruzeiro 13 São Paulo 14 Coritiba 15 Sport 16 Vitória 17 Internacional 18 Figueirense 19 Santa Cruz 20 América-MG

74 68 67 62 55 55 54 53 52 49 49 48 46 46 43 42 39 34 28 27

36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36

22 21 19 17 17 16 15 14 13 14 13 13 12 11 12 11 10 7 7 7

8 5 10 11 4 7 9 11 13 7 10 9 10 13 7 9 9 13 7 6

6 10 7 8 15 13 12 11 10 15 13 14 14 12 17 16 17 16 22 23

59 58 50 60 38 41 46 40 49 45 44 45 37 41 45 49 33 29 40 21

31 33 35 48 32 38 39 38 52 51 43 46 35 39 53 51 40 48 63 55

28 25 15 12 6 3 7 2 -3 -6 1 -1 2 2 -8 -2 -7 -19 -23 -34

Árbitros participaram de uma confraternização no último sábado em Três Passos

Aconteceu em Três Passos no último sábado a confraternização anual dos árbitros da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) Delegacia de Ijuí e seus familiares. Na ocasião, reuniram-se para uma partida de futebol, seguida de um jantar. Atualmente a delegacia de Ijuí conta com 14 árbitros ,oriun-

dos de Ijuí, Santo Ângelo, Três Passos,Sarandi, São Paulo das Missões, Sananduva, Palmeira das Missões e Novo Tiradentes. Estes atuam nos campeonatos realizados pela Federação Gaúcha de Futebol. O delegado sindical é o arbitro Márcio Schiavo e o delegado da Federação, Clóvis Pizzolotto.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

18

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA

Aprovadas penas duras a embriagados O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) poderá sofrer nova mudança para endurecer a punição para quem comete crimes ao dirigir, especialmente sob efeito de álcool ou outra substância entorpecente. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, nessa semana, Projeto de Lei da Câmara (PLC 144/2015) que cria o tipo penal qualificado de “lesão corporal culposa na direção de veículo automotor”. O texto segue para o Plenário do Senado, com pedido de votação em regime de urgência. O projeto inova ao tipificar o envolvimento de um motorista com capacidade psicomotora alterada pelo consumo de álcool ou drogas em acidente de trânsito que resulte em lesão corporal grave ou gravíssima. A pena estipulada é de dois a cinco anos de reclusão. Uma das emendas de Antonio Anastasia (PSDB-MG) foca justamente na pena para o motorista que praticar homicídio culposo ao dirigir e estiver alcoolizado ou sob efeito de drogas. O PLC 144/2015 propõe pena de reclusão de quatro a oito

anos. Anastasia sugeriu aumentar a pena mínima para cinco anos de reclusão, já que o patamar inicial de quatro anos poderia levar ao cumprimento de parte da pena em regime aberto. Com a outra emenda,Anastasia pretende criminalizar a conduta de quem dirigir embriagado ou com consciência alterada por uso de drogas independentemente da quantidade ingerida. Assim, qualquer concentração dessas substâncias no sangue do motorista vai sujeitá-lo à seguinte pena: detenção de um a três anos, multa e suspensão ou proibição do direito de dirigir. O relator, Aloysio Nunes (PSDB-SP), ressaltou ainda a possibilidade prevista no projeto de substituição da pena privativa de liberdade pela pena restritiva de direitos nos seguintes crimes qualificados: lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e lesão corporal de natureza grave decorrente de participação em competição automobilística não autorizada pelas autoridades (rachas). Essa mudança na pena só será possível, entre outras condições, quando a privação de liberdade aplicada

CTB deve endurecer as penas para quem cometer crimes pelo uso do álcool e direção

pelo juiz for inferior a quatro anos. A proposta estabelece outra medida relevante, segundo o relator: permite ao juiz fixar a pena para esses crimes de trânsito levando em conta a culpabilidade do agente e as circunstâncias e consequências do crime. Se o Plenário do Senado mantiver as mudanças no texto do PLC 144/2015 feitas pela CCJ, o projeto volta a ser examinado pela Câmara dos Deputados. Durante a discussão do PLC

Fim de contrato vai suspender pardais O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) tem 26 dias para achar uma solução para o fim do contrato dos controladores de velocidade instalados nas rodovias federais do Brasil. Se não conseguir encontrar uma alternativa, todos os equipamentos serão desligados antes mesmo do Natal. No fim do ano passado, o mesmo problema já havia preocupado os responsáveis pela autarquia. O motivo é o fim do contrato firmado com a empresa Kopp Tecnologia, em 2010. Na ocasião, o Dnit prorrogou por mais um ano a locação dos controladores. A ideia era que, neste período, seria possível concluir uma nova licitação, que foi lançada em maio. Porém, em junho, a concorrência pública foi suspensa. De acordo com o Dnit, a decisão foi tomada porque houve muitos pedidos de impugnações às vésperas da abertura das propostas e não havia tempo hábil de analisá-las. Além disso, o Tribunal de Contas da União (TCU) solicitou estudo de todos os pontos com radares fixos. Como não há mais viabilidade para se prorrogar o atual contrato, a alternativa encontrada será criar um novo vínculo com a Kopp, em caráter emergencial, por um

cmyk

CTB deve endurecer as penas para quem cometer crimes pelo uso do álcool e direção

período de mais seis meses. Com esse tempo extra, a autarquia espera poder concluir o processo licitatório em andamento. O custo da despesa para todas as rodovias federais do Brasil está estimado em R$ 2,98 bilhões (R$ 2.985.292.415,20) por um período de cinco anos. Para o Rio

Grande do Sul, a previsão é ter 532 faixas de trânsito monitoradas ao custo de R$ 228 milhões (R$ 228.079.905,80). Os controladores começaram a ser instalados no Estado gaúcho em abril de 2011. As primeiras infrações só foram registradas pouco mais de um ano depois.

144/2015, os senadores Ronaldo Caiado (DEM-GO), Magno Malta (PR-ES) e Ana Amélia (PP-RS) se manifestaram a favor da aprovação dessas mudanças no Código de Trânsito Brasileiro. Caiado e Malta criticaram, inclusive, posição do Supremo Tribunal Federal (STF) contrária à obrigatoriedade de os motoristas se submeterem ao teste do bafômetro ou a coleta de sangue quando envolvidos em acidente de trânsito.

Mesmo com crise do RS, Daer promete recuperar ERSs O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) está atuando fortemente na região da Superintendência de Santa Rosa. Por meio do Programa Restauro, o órgão já recuperou 113 km de rodovias pavimentadas, com um investimento aproximado de R$ 70 milhões. No Noroeste gaúcho, a autarquia também executa os acessos municipais das cidades de Porto Vera Cruz, Ubiretama, Rolador - São Luiz Gonzaga e Eugênio de Castro. “O governo quer diminuir o custo logístico dos transportes no Rio Grande do Sul, um Estado altamente produtivo que tem o seu PIB baseado no setor primário. Por isso, estamos investindo pesado em programas de recuperação e restauro de asfaltos”, afirmou o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen. Segundo ele, 800 km de estradas serão recuperadas neste ano. Na região, o Programa Restauro abrange a ERS-168, ERS-344, RSC-472, RSC-392 e ERS-561. Na primeira estrada, os serviços iniciam em Bossoroca, passando por São Luiz Gonzaga e Roque Gonzales, até São Paulo das Missões.

Emater / Ascar

ARMAZENAGEM DAS ÁGUAS DA CHUVA EM CISTERNAS A prática de captação de água da chuva (pluvial) para consumo humano, agricultura e/ou outras atividades correlacionadas é tão antiga quanto à própria civilização humana. No entanto, com a centralização dos sistemas de abastecimento de água essa atividade acabou aos poucos deixando de ser usual, levando a ocorrência de sérios problemas de desperdícios e carências de água potável. O aproveitamento da água da chuva traz várias vantagens: - Redução do consumo de água potável na propriedade e do custo de seu fornecimento em épocas de estiagem; - Evita a utilização de água potável onde esta não é necessária, como por exemplo, na lavagem de piso na suinocultura, avicultura, descarga de vasos sanitários, irrigação de hortas e jardins; - Contribui com o meio ambiente no sentido ecológico, não desperdiçando um recurso natural e disponível em abundância no meio rural; - Ajuda a conter as enchentes e a erosão, represando parte da água que teria de ser drenada para os rios; - Contribui com a conservação de água, a auto-suficiência e com a postura correta perante os problemas ambientais existentes. O princípio básico do uso das águas pluviais para o consumo é que esse produto, derivado da evaporação de mananciais de águas (poluídos ou não), precipitado em ambientes preferencialmente isentos de poluição do ar, captado e transportado por telhados e calhas e armazenado em reservatórios apropriados (cisternas). Esta água deve conservar suas características primordiais quanto a sua qualidade e potabilidade. Sendo assim esta água pode ser tratada com produtos a base de cloro, para evitar a proliferação de mosquitos. O sistema de coleta, transporte e armazenagem da água são dimensionados a partir da disponibilidade de área de telhado que se tem na propriedade. Quanto mais limpo e isento de matéria orgânica (ou química) estiver o telhado, melhor é a qualidade da água armazenada. O volume é calculado pela chuva média mensal e anual, considerando o uso diário nas propriedades. Para cada milímetro de chuva precipitado por metro quadrado de telhado temos um litro de água. Os tipos de cisternas orientados pela Emater-RS são: a de ferro-cimento com volumes armazenados de 10 a 50 mil litros, cilíndricas e construídas na superfície do solo, e a de lona plástica (geomembrana de PVC ou PEAD) com volumes de 30 a 800 mil litros, escavadas no solo, necessitando de estrutura de cobertura. Para maiores informações, contate com os técnicos da Emater.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

REFORÇO

Polícia Civil receberá aporte de novas viaturas

O chefe da Polícia Civil, Emerson Wendt, afirmou em entrevista que a instituição receberá novos armamentos e viaturas no próximo ano para reforçar o combate à criminalidade. “São carabinas e submetralhadoras que serão distribuídas, principalmente, nos órgãos de execução especializada. Este ano, tivemos uma liberação de quase R$ 4 milhões para a compra de veículos, o que corresponde a aproximadamente 50 novas viaturas em circulação”, destacou. Atualmente, a Polícia Civil conta com efetivo de 5 mil contratados, sendo que, somente neste ano, mais de 2 mil policiais já foram capacitados em cursos de aperfeiçoamento da Academia de Polícia (Acdepol). “Nossos agentes e delegados procuram trabalhar melhorando os índices de elucidação de delitos, e principalmente, crimes mais graves como homicídios e latrocínios. É fundamental manter a capa-

PLANTÃO BR-468 - Foi sepultado na manhã de ontem, Eliseu Paulo Elspiker, 49 anos, que foi vítima do trânsito. O acidente aconteceu, por volta das 21h50, no km 107, trecho da rodovia entre Três Passos e Tiradentes do Sul (BR-468). Eliseu conduzia uma bicicleta no sentido Três Passos/Tiradentes do Sul quando, logo adiante do trevo de acesso a Padre Gonzales, foi atropelado por um Peugeot 206, placas de Horizontina, que seguia no mesmo sentido. A vítima fatal foi jogada sobre o para-brisa do carro, vindo a cair sobre a pista.

SANTO AUGUSTO - Foi decretada pela Comarca de Santo Augusto ontem a prisão preventiva de Leonardo Antônio dos Santos Bidinha, 20 anos, que segundo investigações da Polícia Civil foi o autor dos roubos ocorridos, ambos na cidade de Santo Augusto. Leonardo também possui antecedentes criminais por outros roubos e tentativa de homicídio. O elemento encontra-se foragido e qualquer informação pode ser repassada às autoridades de Segurança Pública, através dos fones 190 e 197.

19

Força Nacional investiga homicídios no Estado

Equipe da Força Nacional chegou ao Estado na última quarta-feira

Atualmente, a Polícia Civil tem efetivo de cinco mil contratados

citação constante”, explicou o delegado. O chefe da Polícia Civil também ressaltou a chegada do reforço da Força Nacional de Segurança Pública. “São um delegado e 25 agentes da Força

Nacional, além de 10 peritos que auxiliarão no combate aos delitos e homicídios da capital. Com esta medida, pretendemos ter mais agilidade na investigação, propiciando maior elucidação de delitos”, esclareceu.

Dupla é presa suspeita de usar prostitutas em tráfico A Polícia Civil desarticulou na madrugada de ontem uma quadrilha apontada como responsável pelo fornecimento de drogas e agenciamento de garotas de programa de luxo para festas universitárias do Vale do Sinos, Rio Grande do Sul. Um casal foi preso, sendo que uma mulher era a líder do grupo, conforme a investigação. O esquema, conforme o delegado Rodrigo Zucco, responsável pela ação, era liderado por uma universitária de 28 anos. “Ela cooptava universitárias, que já atuavam como prostitutas de luxo, para a distribuição de drogas nas festas”, afirma o delegado.

Anotações em cadernos encontrados pela polícia mostram que a quadrilha chegava a fornecer quase 100 kg de maconha de alta qualidade (skunk) para as festas, mensalmente. A mulher apontada como líder da quadrilha vivia em uma casa de alto padrão e nunca tinha sido presa. Eles foram presos em Novo Hamburgo, com 10 quilos de maconha, por agentes da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de São Leopoldo. Os dois foram presos e encaminhados para o sistema prisional gaúcho. Conforme o delegado, eles devem ser indiciados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Esquema tem mais gente envolvida, segundo a investigação

O efetivo da Força Nacional de Segurança começou a atuar no apoio da investigação de homicídios em Porto Alegre. Os 10 servidores que vão trabalhar junto ao Instituto-Geral de Perícias (IGP) já começaram a trabalhar na manhã de ontem, segundo o diretor do órgão, Cleber Muller. Os quatro peritos criminais e seis papiloscopistas iniciaram a adaptação ao sistema de protocolo do IGP e à geração de laudos. Eles vão atuar nas perícias de locais de mortes violentas na Capital e também no exame de balística e

comparação de digitais. Na Polícia Civil, os 26 agentes da Força Nacional, entre eles um delegado, também estão em fase de adaptação. De acordo com o chefe do Departamento de Homicídios, delegado Paulo Grillo, amanhã eles já estarão atuando nas delegacias. Vão trabalhar em áreas conflagradas de Porto Alegre, como os bairros Rubem Berta, Lomba do Pinheiro, Vila Cruzeiro e Restinga. O apoio da Força Nacional de Segurança chegou nessa quartafeira, à Capital.

Polícia recolhe 500 pés de maconha e dois são presos

Havia no local duas plantações e um viveiro, com mudas e plantas de até um metro

Um pé de maconha foi localizado na manhã de ontem em Cambará do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul. Cerca de 500 pés da planta foram apreendidos, além de armas de pressão, balas de calibre .22 e outros objetos. Dois homens foram presos por associação ao tráfico e porte ilegal de munição, segundo informou a Brigada Militar. Havia no local duas plantações e um viveiro, com mudas e plantas de até um metro de altura. A região vinha sendo monitorada há cerca de dois meses pela Brigada Militar e pela Polícia Civil, após

denúncias de que a droga era cultivada no local. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências dos dois presos. Um deles é suspeito de ser dono da plantação, e com ele foram encontrados rádios comunicadores, armas de pressão, material para recarga de munição, além de outros objetos. Na casa do homem apontado como responsável pelo cultivo, foram recolhidas mais espingardas de pressão – uma delas estava adaptada para uso de calibre .22 e tinha 13 cartuchos de balas.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

20

OPERAÇÃO CONSUMO SEGURO

Apreendidas mais de 1,6t de alimentos

A Polícia Civil e a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, realizaram mais uma edição da Operação Consumo Seguro. Pelo menos 11 estabelecimentos comerciais em Ijuí e Catuípe foram vistoriados e resultaram em uma apreensão de 1,6 toneladas de alimentos impróprios para consumo, especialmente carnes, embutidos e gêneros alimentícios. Um homem foi preso em flagrante. Agentes da Polícia Civil, juntamente com fiscais sanitários, realizaram o trabalho ontem em estabelecimentos da região. Embora tenha ocorrido ontem, a ação foi desencadeada há mais de dois meses, quando a primeira etapa foi deflagrada e outra tonelada e meia foi apreendida em estabelecimentos comerciais de Ijuí. Em contato com o delegado Ricardo Miron, no entanto, o Grupo JM obteve a informação de que, a princípio, não existem casos reincidentes. "Foi justamente por isso que fi-

zemos esse segundo trabalho. Em um primeiro momento fizemos em alguns estabelecimentos, e agora, fizemos em outros estabelecimentos. A princípio os órgãos de vigilância não constataram os casos de reincidência. Estamos atentos a isso e, se por acaso, alguma denúncia chegar junto a vigilância sanitária, nós vamos fazer outras operações", garantiu. O proprietário de um supermercado foi preso em flagrante por ter, em depósito, centenas de quilos de carne que apresentaram "intenso grau de contaminação" e com resquícios de fezes e pelos de animais. Em um semestre, já são mais de três toneladas de alimentos impróprios para consumo apreendidos somente em Ijuí e região. Questionado sobre a possibilidade dos moradores estarem consumindo alimento com qualidade duvidosa, o delegado Ricardo Miron, responsável pela 26ª Delegacia Regional de Polícia, afirmou que sim. "Acredito que

sim. Alguns alimentos, obviamente, não estão propriamente estragados, mas são alimentos que não foram alvo de um controle de qualidade mais apurado, e dessa forma, podem gerar danos à saúde de quem consome esse tipo de produto", salientou. O delegado ainda revelou uma preocupação no que diz respeito aos crimes de abigeato. "Há uma preocupação e uma intenção de justamente tentar coibir esses delitos que acontecem na região. Esse tipo de delito acaba desembocando nessa produção de embutidos e alimentos que estão, por não ter esse controle de qualidade, próprios para consumo", acrescentou. As providências administrativas foram adotadas pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação. Já os proprietários responderão pela prática de crime contra as relações de consumo que, conforme o Código Penal prevê uma pena de dois a cinco anos de reclusão.

Em intervalo de seis meses, órgãos retiraram 1,6 tonelada de carne de circulação

POE de Ijuí realiza trabalho de aperfeiçoamento A Brigada Militar de Ijuí, através do Pelotão de Operações Especiais (POE) vem realizando um trabalho de aperfeiçoamento e aprimoramento no que diz respeito aos trabalhos ostensivos. Semanalmente o grupo passa por uma espécie de treinamento. As práticas são desenvolvidas em nome de conhecimento a ser aplicado, se necessário, contra a criminalidade na região. Ainda ontem o comandante do POE, tenente Celso Clineu,

revelou o treinamento desenvolvido em busca do aperfeiçoamento profissional. Os trabalhos são coordenados pelo comandante do POE e acontecem em lugares diversos. "A importância desse treinamento é adquirir conhecimento, vigor, saúde, dentre outros atributos. As ações exigem muito dos policiais, inclusive, no aspecto físico", explicou. A última etapa foi realizada na última terça-feira, na estrutura da antiga balança da BR-285.

Etapa do treinamento foi realizada nas dependências da balança

cmyk

PLANTÃO

LAVA-JATO - Um empresário deteve um elemento que estava com mandado de prisão temporária expedido pela Comarca local. Na manhã de ontem, Leonardo Quaresma, conhecido como Leozinho do Lambari, foi flagrado e detido depois de furtar um lavajato de uma empresa localizada na BR-285. O proprietário flagrou, deteve o elemento e chamou a Brigada Militar. Em levantamento, constataram que havia um mandado contra o jovem. Ele passou por exemes e está recolhido na Penitenciária Modulada de Ijuí PREDATORE - Os réus da Operação Predatore, o empresário Gunter Figur dos Santos e a mulher que vendia filha e sobrinha, tiveram recursos negados pela Justiça na última quinta-feira. Gunter foi condenado a pena de 32 anos e três meses de prisão, e a mulher 43 anos e 7 meses pelo crime de estupro de vulnerável.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

COMUNIDADE

Escolinha do HCI inaugura o Cantinho da Leitura A Escola de Educação Infantil do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), acreditando na importância da leitura das turmas do Maternal 1 e 2, por meio das professoras Bruna Nogueira e Vânia Werner e com apoio das famílias, transformaram um antigo sonho em realidade. Conseguiram criar um espaço exclusivo para leitura na escola. A inauguração ocorreu na última quinta-feira, e envolveu todas as crianças, familiares e convidados. Com denominação Cantinho da Leitura sendo um espaço especial, no saguão de entrada, está todo decorado onde incentiva a estimulação das crianças a embarcarem no universo dos livros. "Com objetivo maior de incentivar o gosto pela leitura, possibilitando assim o aprendizado da leitura visual, através das imagens, desenvolvendo o saber ler sem saber ler, sendo que neste ano o nosso tema gerador é Entre encantos

Atividades trabalham a prematuridade A orientação para os pais e familiares sobre o universo de vida dos prematuros, oferecendo subsídios para o desenvolvimento seguro dos bebês, motivou ação desenvolvida pelo Hospital Unimed Noroeste/RS entre os dias 14 e 18 de novembro. A Semana da Prematuridade foi marcada por encontros com profissionais das

áreas da Enfermagem, Psicologia e Fisioterapia, além de exposição e depoimento de familiar que já passou pela UTI Neonatal. Para a coordenadora de Enfermagem, Danieli Ciotti, a ação buscou “garantir mais segurança nos cuidados com os filhos quando chegar o momento de leválos para casa”.

Ação envolveu pais e familiares de bebês prematuros

EM MEMÓRIA AO 1º ANO DE FALECIMENTO Escola de Educação Infantil do HCI inaugura cantinho da leitura

e magia aprendemos todo dia", acrescenta a professora Bruna Nogueira. O espaço é composto de tatame, almofadas, baú, nichos e livros ao alcance das crianças. "A comunida-

de escolar do HCI está de parabéns pelo envolvimento, pois afinal, essa Escola Infantil é fruto do esforço de uma diretoria visionária e da dedicação dos pais e professores. Estamos felizes por

mais essa conquista”, disse a coordenadora pedagógica Jocelaine Bellé. Prestigiou a inauguração, a gerente de Recursos Humanos do HCI Elisabete Brandenburg dos Santos.

Fórum Perinatal uniu saúde e educação Durante toda a última quinta-feira, no auditório do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), foi realizada a 18ª edição do Fórum Perinatal do Rio Grande do Sul, com o tema Resgate da Primeira Infância na sociedade Contemporânea. O evento foi realizado em parceria entre a 36ª Coordenadoria Regional

21

de Educação (CRE) e 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com o objetivo de reunir a comunidade, profissionais da saúde e da educação para discutir a importância dos cuidados no período perinatal e suas contribuições no desenvolvimento integral na infância e as possibilidades de implantação do programa

AGRADECIMENTO E CONVITE PARA MISSA DE 7º DIA Familiares de

TEREZINHA DE JESUS GRIMM

Primeira Infância Melhor (PIM). Durante a manhã, diversos assuntos foram abordados, entre eles a rede de cuidados a gestante em Ijuí, Casa da Gestante, Ambulatório de Alto Risco, Banco de leite, o PIM com o relato do município de Pejuçara e

Rede-Cegonha. Na parte da tarde, a enfermeira doutora da UFRGS - Virginia Leimann Moretto abordou as boas práticas na gestação, e o coordenador da saúde do homem do Estado, nutricionista Carlos Antônio da Silva, realizou a palestra Quem pariu que embale?

EM MEMÓRIA AO 3º ANO DE FALECIMENTO ELIAS ALVES DE OLIVEIRA

*15/12/1983 +27/11/2013

Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia e que daqui para frente esta ausência seja capaz de fortalecer ainda mais os laços da nossa família.

Este é um dia triste em que as lembranças de uma dolorosa perda invadem nossos corações. Completa o 3º ano de seu falecimento e apesar de todo tempo que já passou ainda sentimos muito a sua falta. Não há nada pior que vermos partir alguém importante e perceber que as saudades aumentam a cada dia que passa. Ficam as lembranças para consolar nossos corações e as memórias de que valeu a pena cada momento que vivemos juntos. Saudades eternas dos familiares.

Ijuí, 26 de novembro de 2016.

Ijuí, 27 de novembro de 2016.

*04/04/1944 +20/11/2016 Agradecem a todos pelo apoio, solidariedade e conforto neste momento. Convidam para missa a ser celebrada amanhã dia 27 às 19h na Matriz São Geraldo.

ZICTA CAMPESTRINI

*11/10/1933 +23/11/2015 Como o tempo passou depressa! Já faz um ano que Deus a chamou para fazer parte de seu mundo. No entanto, teu exemplo de humildade, amor e carinho com todos nós, ficaram como boas lembranças e ensinamentos. “Para tudo há uma ocasião certa, há um tempo certo para cada proposito debaixo do céu.” Eclesiastes 3.1 Homenagem das filhas, genro, nora, netos e bisnetos. Ijuí, 26 de novembro de 2016.

HOMENAGEM PELO 4º ANO DE FALECIMENTO WALTER EGÍDIO LINS

*01/10/33 +23/11/12 “A saudade eterniza a presença de quem se foi. Com o tempo essa dor se aquieta, se transforma em silêncio que espera pelos braços da vida um dia REENCONTRAR...” (P. Fábio de Melo) Quatro anos se passaram e não há um só dia que eu não lembre de ti, pai. Lembro com saudades e um sorriso no rosto, pois só tenho boas recordações. Te amo pra sempre! Homenagem da esposa Ina, filhos Marlon, Mara, Marcos e Fernanda, noras, genro, netos e bisnetos. Ijuí, 26 de novembro de 2016.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

REDE DE ATENÇÃO

Raps encerra programa de Oficinas Terapêuticas

22

Davi Canabarro faz caminhada pela paz Na tarde da última quinta-feira, os alunos da Escola Municipal Fundamental Davi Canabarro realizaram uma caminhada. A atividade faz parte da programação da Semana da Paz, proposta pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), e tem por objetivo refletir sobre o sentimento, o valor e a atitude que é a paz. A programação da Semana envolveu os alunos do maternal 1

até o 5º ano. A vice-diretora da Escola, Lidiane Dall’Osto, afirmou que a programação semanal foi diferenciada, envolvendo mais diálogo com o objetivo de fazer as crianças refletirem. Ela também avaliou o retorno do projeto sobre os alunos. “Foi bem significativo, tínhamos essa intenção de levar para fora da nossa escola as aprendizagens realizadas em sala de aula”.

Encerramento das Oficinas Terapêuticas ocorreu na manhã de ontem

Na manhã de ontem, em uma cerimônia realizada no Sindicato dos Servidores Municipais de Ijuí, a Rede de Atenção Psicossocial (Raps) encerrou as atividades da oficina de Qualificação em Oficinas Terapêuticas. As oficinas eram parte integrante permanente do programa Percursos Formativos na Raps. O evento teve exposição dos trabalhos realizados nos encontros. As Oficinas Terapêuticas, que foram ministradas por dois anos, serviram para a formação de trabalhadores de diversas unidades de saúde de Ijuí. O projeto teve como público-al-

vo os agentes comunitários de saúde, funcionários de higienização, dentistas, enfermeiros, psicólogos e técnicos em enfermagem. As informações são da coordenadora do projeto, Solange Piovesan. O objetivo principal do projeto é de trabalhar o artesanato com material reciclável, pensando na lógica da sustentabilidade. A partir desta qualificação, cada profissional coordenará um grupo de atividades, em Oficinas Terapêuticas com integrantes de sua comunidade. A Raps encerrará outro projeto na próxima semana, chamado

Percursos Formativos na Raps: Intercâmbios entre Experiências. A cerimônia de encerramento acontece na quarta-feira, a partir das 13h30, no Sesc de Ijuí. A programação inclui mostra fotográfica e exposição de trabalhos produzidos nas oficinas terapêuticas; a palestra O impacto da instituição Raps na vida dos sujeitos, ministrada pela analista de políticas sociais da Coordenação Geral da Saúde Mental, Álcool e outras drogas, Fernanda Rodrigues da Guia; além do compartilhamento de experiências/desdobramentos do projeto.

Moradores solicitam tapa-buracos Problemas com iluminação pública e buracos nas ruas já são rotina em alguns bairros de Ijuí. Um deles é o Pindorama. Os moradores solicitam melhorias, como uma operação tapaburacos, a reforma no ginásio do bairro e reparos na iluminação pública. Embora a Rua 14 de Julho esteja passando por reparos, o presidente do bairro, Manoel Braz, diz que a situação mais complicada no Pindorama está na Rua dos Aimorés, que se encontra muito esburacada. Ele relata que a via nunca recebeu reparos. “Faz mais de 10 anos que foi feito o asfalto. A rua está muito danificada. Precisa de um tapa-buracos urgente”, completa o presidente. As vias não são o único motivo de queixas, a iluminação pública também é alvo de críticas dos moradores. O presidente do bairro já solicitou a substituição das lâmpadas queimadas, porém, apenas algumas foram substituídas. O presidente tam-

cmyk

Caminhada faz parte da programação da Semana da Paz

Serviço do Creas tem aumento na demanda O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) teve início em 2006, porém, só foi ter seu espaço próprio esse ano. Segundo a assistente social e também coordenadora do Creas, Maria da Graça Nunes, o novo espaço físico melhora a qualidade no atendimento da demanda e é uma das principais conquistas do Centro desde o ano de sua fundação. “Ter uma sede própria, um espaço próprio para aplicação da política pública e garantia de

direitos, é, de fato, um saldo positivo”, afirma. Embora a entidade atenda ao público de várias idades, a demanda permanece a mesma, mesmo com uma redução no número de abusos, segundo a coordenadora Maria da Graça, há uma busca maior, há mais denúncias, mais divulgação na mídia. “Hoje, até mesmo a própria família já busca [ajuda], porém, o que se percebe é que há muita negligência nesses casos”, relata Maria.

SERVIÇOS

Rua dos Aimorés é apontada como uma das necessitadas de reparos

bém relata que são vários os moradores lhe pedindo para asfaltar e reparar as ruas, assim como a reforma no ginásio do bairro, que, segundo ele, não foi concluída. Enquanto aguarda a festa de Natal para as crianças, a diretoria já conversa com os mo-

radores para definir o que irão requisitar junto ao Executivo. A ideia do presidente é entregar os pedidos ao próximo gestor em fevereiro. “Estamos esperando o novo prefeito entrar. Até fevereiro entregarei os documentos e ver o que ele pode fazer por nós”.

SOLIDARIEDADE - Comida, hidratante, caixa de bombom, panetone, casaco, blusa, calça, champanhe sem álcool. Esses são alguns dos presentes de Natal solicitados pelos idosos do Lar de Idosos de Ijuí. O LEO Clube arrecadando esses itens para tornar o Natal deles mais iluminado. A entrega dos presentes acontece no dia 10 de dezembro. As doações podem ser entregues no Leo Clube Ijuí, localizado na Rua Pedro Thorstemberg, 460, no Centro, das 13h30 às 17h30. DOAÇÕES - O Studio de

Dança by Mari promove um aulão com diversas modalidades entre elas dança, boxe e treinamento funcional, com o intuito de ajudar a instituição Lar da Menina . A atividade terá inicio as 19h30 com sorteio de prêmios. A entrada será um produto de limpeza e higiene, como desodorante e absorvente. NATAL - Desde quarta-feira, os padrinhos gaúchos podem adotar cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios. Em Ijuí, as cartinhas estão disponíveis na agência dos Correios.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 26 e 27 de novembro de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA Armindo Pydd

BUMERANGUE **O governo Sartori acaba de anunciar 37 medidas que farão com que se inicie “UM NOVO ESTADO, UM NOVO GOVERNO”. E anuncia que novas medidas virão logo a seguir para enfatizar ainda mais a necessidade destas medidas que decretou “Estado de Calamidade Financeira”. **O tamanho do Estado não cabe no orçamento. Esgotaram-se todas as alternativas. Muitos agora afirmam que “finalmente começou o governo Sartori”. Ele mesmo usa a famosa frase de Margareth Thatcher, primeira ministra do Reino Unido que num passado recente reergueu seu país. “Não existe dinheiro público. Tudo vem dos tributos pagos pela população”

Notícias de novembro de 1981

Bolão dos Clubes pode trazer de volta o futebol profissional O Esporte Clube São Luiz poderá retornar às atividades profissionais em breve. Esta é uma afirmação do médico Armindo Pydd, presidente do clube, para quem o retorno está condicionado a receptividade que terá o plano de sorteio lançado pela Federação Gaúcha de Futebol, lançado em um almoço no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O Bolão dos Clubes prevê a distribuição de Cr$ 800 milhões em prêmios, através de sorteio pela Loteria Federal,

além de brindes sem sorteios, aos adquirentes dos carnês. Os prêmios serão constituídos de caminhões, trailers, tratores, automóveis, motos, ranchos e eletrodomésticos. Os clubes serão beneficiados com essa promoção da Federação Gaúcha de Futebol de acordo com o número de carnês vendidos com a indicação do nome do clube. Participam das promoção 367 clubes de 154 municípios gaúchos, entre os quais o Esporte Clube São Luiz e o Grêmio Esportivo Gaúcho, de Ijuí.

**Deseja o governo pagar primeiro os que menos recebem o que atualmente não é possível pela existência de inúmeras decisões judiciais e pela atual sistemática de distribuição de recursos entre os 3 Poderes onde Legislativo e Judiciário têm tratamento diferente do Executivo que fica com as sobras do arrecadado. **Ao anunciar as medidas, Sartori lamenta que a esquerda da qual ele é originário não esteja compreendendo a necessidade destas medidas. Aqui se apresenta um cruel efeito bumerangue. Usado há milhares de anos pelos aborígenes australianos, trata-se de uma arma de arremesso que foi criada para voltar para as mãos do arremessador após atingir seu alvo. **Sabe-se que foi durante os governos de esquerda do RS (Olívio Dutra e o campeão de gastos Tarso Genro) se acentuou o tamanho do Estado mas todos os grandes partidos já governaram o Estado e contribuíram para esta situação, com exceção de Yeda Crusius que não se reelegeu. **Percevejo de gabinete é o apelido que o governador de Minas Itamar Franco falou ao se referir ao atual ministro Geddel Vieira Lima. E um personagem presente em todos os níveis de governo e pode trazer grandes estragos como nos dias de hoje está acontecendo. No governo federal. **Antes e depois das cotas, o número de mulheres eleitas não mudou muito. A obrigatoriedade traz inclusive situações curiosas;128 candidatas a vereadores no RS nas ultimas eleições não tiveram nenhum voto. Nem o próprio. **Apareceu na manga da camisa do Grêmio propaganda de Havan, uma grande rede de lojas no PR e SC e ausente no RS. Agora a explicação. O RS é o pior Estado do Brasil para abrir lojas e outros empreendimentos. Estamos esperando há 8 anos licença ambiental para construir diversas PCHs, (pequenas centrais hidroelétricas) informa um dos diretores da empresa. **402 agências serão fechadas e 18mil funcionários demitidos no BB. É a situação da economia, mas muito mais a modernização e a internet que modificam o perfil dos serviços. **Sinais da crise: aumenta o número de pessoas que comem “por kilo” rotineiramente. Está muito caro manter empregada doméstica e fazer comida em casa.

Cerca de 800 pessoas participaram do lançamento

Empossada nova diretoria do Cpers Em assembleia geral, na Câmara de Vereadores, foi empossada a primeira diretoria eleita do 31º Núcleo do Centro de Professores do Estado, que tem sede em Ijuí. O professor Antônio Alberi Maffi apresentou o relatório das atividades da diretoria provisória, em seus três meses de atuação, destacando que a eleição de uma diretoria efetiva era um dos pontos principais de sua gestão. A seguir deu posse à professora Thaís Weigert Bressan, dizendo que sua emoção em "assumir responsabilidade nesta hora tão díficil".

Alberi Maffi deu posse a Thaís Bressan

CONCURSOS

Superior Completo podem se inscrever para os cargos. Todos os interessados devem realizar as inscrições até as 17h do dia 8 de dezembro de 2016, através do endereço eletrônico www.ckmservicos. com.br. O valor da taxa recolhida varia de R$ 98,55 a R$ 175,20, e deve ser paga via boleto bancário.

EPTC de Porto Alegre Empresa Pública de Transporte e Circulação - EPTC de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul recebe inscrições para Concurso Público visando formação de Cadastro Reserva. Profissionais que tenham Ensino Fundamental, Médio e

Prefeitura de Gentil A Prefeitura Municipal de Gentil, recebe inscrições do Concurso Público para provimento de cargos efetivos no quadro de pessoal no Município. As vagas são para as funções de Agente Administrativo (3), Agente de Controle Interno (1),

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

Apoio a Unijuí - O prefeito Wilson Maximino Mânica, Egone Franke, presidente da Câmara de Vereadores, Bruno Hass, presidente da ACI e Adelar Baggio, presidente da Fidene firmaram documento de apoio à Campanha Pró-Construção do Câmpus da Unijuí, conclamando a comunidade em geral e em especial aos empresários para contribuírem a fazer doações para a Unijuí. Publicação oficial - Concorrer para a melhoria do desempenho de recursos humanos que atuam no ensino de 1º Grau é o objetivo do Departamento de Educação Fundamental da Secretaria da Educação ao distribuir às escolas de 1º Grau, instituições de Ensino Superior e setores ligados à educação, 10 mil exemplares do caderno "Organização do Serviço de Secretaria. Legislativo - A bancada do PDS estabeleceu com consenso geral a composição da nova Mesa que vai dirigir a Câmara de Vereadores no período de 1981 a 1982. O vereador Egídio Alfredo Wissmann foi indicado pra concorrer à Assembleia Legislativa. O deputado Emídio Perondi deseja uma mudança de comportamento na atuação do PDS, pretendendo que o partido se mobilize para atingir o eleitorado. Perondi vai propor ao diretório que o PDS precisa iniciar uma mobilização.

Assistente Social (1), Farmacêutico (1), Fonoaudiólogo (1), Motorista (4) e Nutricionista (1). Com jornadas de 20h a 40h semanais, é que os profissionais vão desempenhar atividades e receber salários de R$ 1.084,63 a R$ 2.639,22. Os interessados podem realizar as inscrições até o dia 30 de novembro de 2016, pelo site www.vencerconsultoria.com, e efetuar o pagamento da taxa por boleto no valor de R$ 70,00; R$ 100,00 ou R$ 130,00, de acordo com a escolaridade. As Provas Objetivas estão previstas para serem aplicadas no dia 11 de dezembro de 2016, haverá também Avaliação Prática para o cargo de Motorista.

cmyk


www.jmijui.com.br

OFICINAS TERAPÊUTICAS

CRI-AÇÃO GEPETO

Encerramento das atividades do Raps foi marcado por cerimônia e teve exposição de trabalhos realizados durante a qualificação, na manhã de ontem | 22

Cededicai realiza oficinas de artesanato com crianças de 10 a 18 anos incompletos, no turno inverso ao escolar | 4

Dupla joga pela 37ª rodada do Brasileirão Internacional tem jogo decisivo amanhã contra o Cruzeiro, no Beira-Rio. Time reserva do Grêmio encara o Santa Cruz fora | 17

CANTINHO DA LEITURA

TREINAMENTO

Crianças da Escolinha do HCI têm espaço especial para leitura | 21

PMs do POE passam por aperfeiçoamento das ações em Ijuí | 20

EDITORIAL | 6 O fosso atual em que estamos metidos, em sua grande parte, nos foi oportunizado por gestões financeiras irresponsáveis

cmyk

Sitepaginas 26  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you