Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Ano 43 - Nº 340

Estrutura precária afeta saúde no interior

Situação foi um dos temas debatidos durante edição do debate "O que está pegando?", da Unijuí. | 3

R$ 3,00

Bira quer modernizar gestão na prefeitura Candidato participou ontem do Palanque JM. | 9

SEMANA FARROUPILHA

Sob aplausos, emoção e sentimento de orgulho tradicionalista, a centelha da Chama Crioula chega à Praça na abertura das festividades | 5

Apenado é PIB do RS Guia será preso com acumula mais exigida para droga no IPI uma queda desfile Direção da casa ficou "surpresa" com atitude do detento. | 11

capa certa hoje.indd 2

Retração, no entanto, foi menor em todos setores. | 3

Cavalarianos precisam retirar documento para equinos. | 5

Deputados do RS são unânimes em cassação 30 parlamentares que compareceram em plenário votaram para cassar Cunha. JM ouviu três deles. | 9

13/09/2016 20:10:56

cmyk


RADAR

BOLSA FAMÍLIA - Pelo menos 5.245 Municípios enviaram a prestação de contas dos gastos com a execução do Bolsa Família, segundo levantamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). A compilação dos dados, até dia 31 de agosto, indica que 94% do total de Prefeituras de 24 Estados enviaram os dados da gestão do programa em 2015. Os gestores de Municípios e Estados que não efetuaram o cadastro terão o benefício de setembro bloqueado até que a situação seja regularizada. ELEIÇÕES - A Receita Federal e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançaram a cartilha "As eleições, os candidatos, os trabalhadores e a Receita Federal". A publicação orienta os partidos e candidatos a cargos eletivos nas eleições municipais deste ano sobre os procedimentos básicos de atendimento às normas estabelecidas pela legislação fiscal. A cartilha apresenta, de forma clara e didática, exemplos práticos abrangendo as principais determinações legais sobre o tema no sentido de facilitar o cumprimento das obrigações tributárias, previdenciárias e acessórias. FORMAÇÃO CONTINUADA - A Secretaria Municipal de Educação de Ijuí (Smed), realizou no Auditório da ACI, durante o mês de setembro, a Formação Continuada para professores dos Anos Iniciais da Rede Municipal. No dia 5 de setembro ocorreu o encontro com os professores do 1° ao 3° anos e Coordenações Pedagógicas com o objetivo de debater questões relativas ao currículo e a aprendizagem no processo de alfabetização. Conforme Coordenação Pedagógica da Smed, a formação continuada consiste na reflexão das práticas pedagógicas de sala de aula. Nesse sentido, entende-se que é necessário conceber a aprendizagem como direito para perceber um currículo comprometido com o fazer das crianças, considerando seus saberes, suas vivências e seu tempo de brincar, imaginar, criar hipóteses e testá-las. CONCUSO - O Instituto Federal Farroupilha está com inscrições abertas para dois concursos públicos, um para docentes e outro para técnico-administrativos. São 56 vagas, sendo 28 para cada modalidade. As vagas têm como exigência desde Ensino Fundamental completo até Superior com registro no conselho regional da categoria. As oportunidades são para Santa Maria, Jaguari, Júlio de Castilhos, São Vicente do Sul, Alegrete, Frederico Westphalen, Panambi, Santa Rosa, Santo Ângelo, São Borja e Uruguaiana. As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de outubro. A taxa, para professores, é de R$ 100. Para técnicos, varia conforme o cargo pretendido, entre R$ 50 e R$ 80.

cmyk

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 13.9.2016 .......................0,6291 % Ouro 12.9.2016....................... R$ 137,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,3150 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,3156 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2500 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4600 Euro (compra) .............................. R$ 3,7177 Euro (venda) ................................. R$ 3,7184 IPC/FIPE Ago/2016 ...............................0,11% IGPM Ago/2016 ................................... 0,15% INPC Ago/2016 .....................................0,31% IPCA Ago/2016 .....................................0,44% IGP-DI-FGV Ago/2016 ...........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

Item essencial durante os jogos oficiais da Fifa, os equipamentos de comunicação foram utilizados pela equipe de arbitragem durante o jogo do último domingo valendo pelo Campeonato Municipal Amador.

-

9.366 4.547 5.993 4.562 7.356

ENTRE ASPAS "A cassação do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) leva, agora, medo ao partido, por conta de uma delação premiada dele. Aí, toda cúpula do PMDB estaria encurralada com tantas acusações", disse o deputado federal, Henrique Fontana (PT).

QUINA

CONCURSO nº

“Eu cometi muitos erros. Eu sou ser humano e já admiti, quando escrevi para os parlamentares, que cometi muitos erros. Eu errei, errei muitas vezes, mas não foram os meus erros que me levaram à cassação. O que está levando à minha cassação é a política. Então, eu fui vítima de uma vingança política perpetrada no meio do processo eleitoral”, disse ex-deputado federal, Eduardo Cunha. “São duas coisas que se reforçam mutuamente. Na medida em que a recessão aumenta o desemprego, o aumento do desemprego diminui o consumo e aumenta a recessão. Portanto, o que nós temos que fazer é tomar as medidas necessárias para que o país volte a crescer”, disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles "Há uma inflação de limites e metas para pouco instrumento", afirmou o exministro da Fazenda e do Planejamento na gestão da ex- presidente Dilma Rousseff, Nelson Barbosa.

Getúlio

4182

03 07 38 41 46

"Sobre a votação da cassação de Eduardo Cunha, perguntem ao Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara Federal", disse o presidente da República, Michel Temer, antes da decisão de cassação. Resultado de Segunda

COLÉGIO TIRADENTES- O Colégio Tiradentes da Brigada Militar está com processo de inscrição de novos alunos aberto. As inscrições devem ser feitas por um responsável diretamente da Escola, localizada na Rua Henrique Kopf, 328Centro e atende no horário das 7h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira, inclusive no intervalo do meio-dia. Para efetivar a inscrição, é necessário apresentar um documento com foto, expedido a partir de janeiro de 2012, duas fotos 3X4 e comprovante de inscrição. O processo seletivo encerra-se no dia 14 de outubro.

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1410

02 03 04 05 06 07 09 10 14 15 16 17 20 21 23

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

03 07 38 41 46


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

LADEIRA A BAIXO

PIB do Estado acumula queda de 3,7% em 2016 O PIB do Rio Grande do Sul acumula queda de 3,7% no primeiro semestre de 2016. O dado foi divulgado ontem pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). É um recuo mais intenso do que o registrado no mesmo período do ano passado. Naquele período, foi de 0,8%. Mas, se comparar o segundo semestre do ano passado, o recuo foi menor. A queda tinha sido de 6,2%. AFEElembraqueoefeitopositivo da agropecuária concentra-se no primeiro semestre. Até por isso, o PIB brasileiro caiu 4,6% no período em que a economia gaúcha encolheu 3,7%. A FEE sempre prefere esta comparação (2º trimestre 2015 x 2º trimestre 2016), argumentando que o ajuste sazonal não tira bem o efeito da agropecuária sobre o PIB. Nesta relação, a economia gaúcha teve recuo de 3,1%. Foi o segundo trimestre com uma retração menor do que o anterior. Todas as atividades econômicas tiveram retração menor. O desempenho da agropecuária foi negativo: -0,8%, mas menor do que o período anterior. A safra de soja se concentrou no período. Mas arroz e milho foram influências ruins. A indústria caiu 2,5%. Destaque positivo para a construção, que

Economia caiu, embora com retração menor em relação a outros trimestres

teve crescimento de 1%. É tímido, mas o primeiro avanço após oito trimestres de redução. "É um setor com peso significativo tanto na geração de emprego quanto na estrutura econômica do Estado", explica Roberto Rocha, coordenador do Núcleo de Contas Regionais da FEE, em entrevista coletiva concedida ontem em meio ao anúncio da fundação. No setor de serviços, o comércio reduziu a queda para -6,8%. O setor de transporte até cresceu, 1,4%. Recentemente a presidente do

Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Sul, Simone Magalhães, esteve em Ijuí e participou da Semana Acadêmica do curso de Economia da Unijuí. Em entrevista concedida ao Grupo JM, ela já alertara para os números negativos a curto prazo. A aposta da economista é que em 2018 a evolução comece, de fato. "A gente precisa que a equipe econômica faça as medidas certas para que a economia volte a crescer em 2017, embora não haja essa perspectiva imediata", prospectou.

3

Infraestrutura e sucessão foram centro de debates Na manhã de ontem, a 9ª edição do projeto O que está pegando? debateu os desafios, conquistas e perspectivas do movimento de organização e luta dos trabalhadores rurais durante os anos. No debate, a preocupação com a sucessão familiar, formas de gerar renda, associações e infraestrutura, como saúde e educação, no meio rural foram pautadas. “A situação não é muito tranquila”, diz o presidente do Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlinski. Para ele, os produtores vivem um modelo, na questão de concentração, com dificuldades em acompanhar a escala de produção. Porém, “no aspecto de políticas públicas, tivemos conquistas importantes”, comemora. No que se refere a sucessão rural, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlinski, destaca a participação da Casa Familiar Rural, que se tornou um meio para orientar e fomentar a permanência dos jovens nas propriedades rurais. “Acredito que em um ciclo de debates, vamos construindo ideias e fomento no sentido de incentivar os jovens. Sou esperançoso e acredito que temos as condições de reverter, dos

jovens da Casa Familiar, a agregar renda às famílias”, destaca ele. Para o chefe do Departamento de Estudos Agrários, Roberto Carboneira, a organização dos agricultores propiciou para a manutenção e desenvolvimento da região, que, de uma forma cooperativa investiu em infraestrutura, hospitais e portos, “fazendo um papel que o governo não fazia”, diz ele. De acordo com o professor do curso de Ciências Econômicas e do Mestrado em Desenvolvimento da Unijuí, Davi Basso, a manutenção do segmento de agricultura familiar “é possível e necessário”, afirma ele. Segundo ele, a agricultura familiar só se sustenta se conseguir manter uma identidade, "ao meu ver, isso está ligado em propor um outro padrão de agricultura, como algo mais ligado diretamente com os consumidores (alimentação orgânica)", destaca ele. A proposta dos alunos do curso de graduação de Ciências Econômicas tem como finalidade colocar em debate temas relacionados à realidade local e regional, destacando ações como a organização da sociedade, funcionamento da sua estrutura econômica e desafios colocados aos diferentes segmentos. A ideia é estimular a reflexão e socializar resultados dos estudos.

Temer anuncia plano de concessões O governo federal anunciou, ontem, um conjunto de 25 projetos que compõem o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). No plano, estão incluídas quatro rodovias no Rio Grande do Sul: BR-101 (de Osório a Torres), BR-116 (entre Porto Alegre e Camaquã), BR-290 (Freeway, de Porto Alegre a Osório) e BR-386 (de Canoas a Carazinho). A expectativa é de arrecadar R$ 10 bilhões com a concessão das estradas. O Aeroporto Internacional Salgado Filho também está no pacote, com uma concessão por 25 anos e expectativa de arrecadar R$ 1,6 bilhão. Os projetos anunciados para o Estado já estavam no plano de concessões da ex-presidente Dilma Rousseff. Os trechos de estradas gaúchas que serão oferecidos à iniciativa privada ainda não foram divulgados. O cronograma prevê o lançamento do edital no primeiro semestre de 2017 e o leilão na segunda metade do mesmo ano. Já o edital do Salgado Filho deve sair no último trimestre deste ano,

com leilão programado para o primeiro trimestre de 2017. Ao anunciar o programa no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer disse que o principal objetivo é gerar desenvolvimento e empregos no país. "Visa, em primeiro lugar, o crescimento econômico do país, mas também empregos. A ideia básica é exatamente esta”, declarou. O peemedebista defendeu ainda que é necessário ampliar as parcerias com a iniciativa priva-

da: “Vamos, cada vez mais, ressaltar que o poder público não pode fazer tudo. Tem que ter a presença da iniciativa privada, sempre como agente indutor do desenvolvimento e produtor de empregos no país”. Após uma breve apresentação, Temer se reuniu com ministros e representantes dos bancos controlados pelo governo federal (Caixa, BNDES e Banco do Brasil) para discutir detalhes do PPI.

Temer anunciou pacote de concessões no início da tarde de ontem

Na 9ª edição do projeto, foi debatido o tema da agricultura familiar

Exportações do Estado registram alta em agosto Com um maior número de dias úteis em agosto deste ano (23) na comparação com 2015 (21), as exportações totais no Rio Grande do Sul alcançaram US$ 1,75 bilhão no último mês, alta de 9,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O desempenho da balança gaúcha, divulgado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), ontem, também foi puxado pelas commodities, que somaram US$ 582 milhões, um crescimento de 16,4%; e pela indústria de transformação, com US$ 1,16 bilhão (+8%). A maioria das categorias do setor secundário no Rio Grande do Sul registrou aumento em

suas operações de exportação no mês: 12 cresceram, seis caíram e cinco permaneceram estáveis. As principais influências positivas vieram de Veículos Automotores, Reboques e Carrocerias (50,8%), Tabaco (48,5%) e Alimentos (11,7%). Por sua vez, Celulose e Papel (-31,5%) e Produtos Químicos (-27,7%) exerceram as maiores contribuições negativas. No acumulado do ano entre janeiro e agosto, as mais fortes perdas na indústria ficaram por conta de Produtos Químicos (-12,1%), Alimentos (-9,2%) e Máquinas e Equipamentos (-8,6%). O destaque positivo segue com Celulose e Papel (173%).

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

MULTIVACINAÇÃO

Campanha quer imunizar crianças e adolescentes Os principais alvos da Campanha Nacional de Multivacinação, que inicia na próxima segundafeira, serão as crianças de 15 meses até os 4 anos que estão com o esquema de imunização incompleto (cartão de vacina). Mas crianças de idade superior do grupo alvo, adolescentes e adultos que não foram vacinados ou que estão com o esquema de imunização incompleto poderão procurar um dos postos de saúde em Ijuí, levando a caderneta de vacina para tomar a dosagem. A campanha, que havia sido adiada, termina dia 30 de setembro. A Campanha Nacional de Multivacinação sempre ocorreu nos meses de junho. Em entrevista ao Grupo JM, a coordenadora do programa de imunização da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, Cledis Ottonelli, disse que o objetivo é resgatar o público que não recebeu vacinas e completar os esquemas que envolve o públicoalvo. Segundo ela no dia 24 de setembro, haverá o Dia D. A vacinação ocorrerá nos postos de

Ontem os profissionais da região participaram de uma reunião na 17ª CRS

saúde durante o sábado. Ontem, os profissionais dos municípios que compõem a 17ª CRS estiveram reunidos recebendo as orientações de como deve ocorrer a campanha de multivacinação. . “Não temos metas para esse período de campanha de multivacinação, mas queremos resgatar essas crianças que precisam completar a carteira de vacinação”, destaca Cledis.

As vacinas aplicadas que envolvem o Cartão do Adolescente são o HPV para meninas, Febre Amarela, Antitetânica, Tríplice Viral (sarampo, rubéola e caxumba) e contra a Hepatite B. Já para crianças menores de cinco anos, serão disponibilizadas a BCG, Hepatite B, Pentavalente, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Tríplice Viral, Varicela, DTP infantil, Poliomielite e Hepatite A, entre outras.

4

HCI promove ações no Dia de Doação de Órgãos A Comissão Intra-Hospitalar de Doação e Captação de Órgãos e Tecidos para TransplanteCIHDOTT do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) prepara para o próximo dia 24 uma mateada na Praça da República, a partir das 9h em comemoração ao Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos. A ideia é proporcionar um momento de reflexão sobre esta temática de grande relevância para a comunidade local e regional. Segundo a coordenadora da CIHDOTT do HCI, Enfermeira Francesca Lemanski, na mateada da praça, será realizada uma roda de conversa, onde será desenvolvido a temática junto à população ijuiense com o intuito de sensibilizar, informar e acima de tudo mostrar a importância de gestos que enobrecem o ser humano como ser doador de órgãos. “Este evento tem como

foco a sensibilização da comunidade, enfatizar em diversos aspectos que para quem doa, este gesto é nobre, aquece a alma, amplia as fronteiras da própria vida, para quem recebe o órgão e seus familiares é a possibilidade de seguir vivendo, para quem espera nutre-se a esperança de ver a hora do seu transplante chegar”, disse a coordenadora. Conforme a organização, a mateada vai contar com roda de conversa, distribuição de material informativo, verificação de pressão arterial com apoio da Escola Otávio Brochado da Rocha, pintura no rosto das crianças pela equipe da Escola de Educação Infantil do HCI e às 10h30 apresentação de violino, com encerramento previsto para as 11h30. Após o evento, a equipe irá realizar relatório das atividades desenvolvidas e enviar para a ABTO – Associação Brasileira de transplantes de Órgãos.

Programa Mais Médicos é prorrogado O presidente Michel Temer assinou a lei que prorroga por mais três anos o programa Mais Médicos. O texto tinha sido enviado para o Congresso como medida provisória ainda no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. A prorrogação do programa era uma reivindicação de prefeitos, que temiam a descontinuidade do serviço e o

Pág04.indd 9

cmyk

eventual impacto negativo pouco tempo antes das eleições municipais de outubro. O programa, criado em 2013 para aumentar o número de médicos no interior do país, previa que o prazo de atuação dos médicos estrangeiros fosse renovado somente depois que eles tivessem passado por um exame para revalidar o diploma.

Relator na comissão que analisou a medida, o senador Humberto Costa (PT-PE) defendeu em seu relatório a aprovação da prorrogação do prazo de visto temporário com o objetivo de "garantir estabilidade e promover a consolidação do projeto nos municípios onde está em atividade" para evitar descontinuidade na prestação dos serviços.

As ações serão realizadas pela equipe do HCI na Praça da República

13/09/2016 20:05:11


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2015

SEMANA FARROUPILHA

Centelha chega à Praça e abre festividades Depois de uma manhã com chuva, à tarde o sol apareceu. Assim, tradicionalistas, comunidade e autoridades locais participaram, no fim da tarde de ontem, da abertura da Semana Farroupilha. A atividade marcou ainda a chegada e distribuição da Chama Crioula. Este ano, a centelha foi conduzida pelo CTG Velho Vargas e o acendimento do candeeiro ficou a cargo do tradicionalista Estevo Szambelan. Na cerimônia, o prefeito Fioravante Ballin comemorou a participação da população em eventos que cultuam as tradições. "Todo esse momento que representa a bravura do povo gaúcho de defender essa terra, luta pela sua propriedade e se firmar, como um dos povos, como um dos que lutam pela defesa da sua Pátria", disse. Ballin destacou ainda a cultura à tradição gaúcha, "do que representa o ato para o povo", comemora. Após a abertura, a centelha

Pág05.indd 9

Centelha foi acesa pelo tradicionalista Estevo Szambelan

da chama foi distribuída para as entidades gaúchas. A guarda da chama, durante a programação da Semana Farroupilha, ficará a cargo dos Centros Tradicionalistas e entidades do Município. Na próxima terça-feira, 20 de

Setembro, com o tema República das Carretas, será realizado o desfile tradicionalista. Cada entidade terá um subtema a ser apresentado. A concentração na Rua Benjamin Constant inicia-se às 8h45.

5

Guia é necessária para desfile de cavalos em Ijuí Como ocorre tradicionalmente, o desfile de 20 Setembro, alusivo ao aniversário da Revolução Farroupilha, movimenta os tradicionalistas em Ijuí. O cavalo, animal que possui uma história singular para a formação econômica, social e cultural dos gaúchos, não pode faltar ao desfile. Desde 2015, porém, o risco iminente de contaminação dos equinos pela doença do mormo faz com que as autoridades estabeleçam critérios mais rígidos para quem quiser participar do Desfile Farroupilha com animais. A fiscalização feita pela Inspetoria Veterinária local começou ontem, com a movimentação de equinos para o evento de abertura oficial da Semana Farroupilha em Ijuí. "Já estivemos ontem analisando a Guia de Trânsito, os exames negativos de mormo e anemia infecciosa, e o atestado de influenza. No ano passado já foi feito esse trabalho e tivemos uma boa receptividade por parte dos organizadores do evento, e certamente será assim neste ano", afirma o chefe da Inspetoria Veterinária de Ijuí, Emílio Stumm. Com a mudança de regras para a retirada da GTA, o proprietário de equino que fez a documenta-

ção necessária para participar das festividades envolvendo a chama crioula, que ocorreram desde a semana passada até ontem, terá o documento válido até o dia 20, sem precisar ir até a Inspetoria retirar uma nova Guia. A GTA é necessária mesmo não havendo deslocamento dos animais entre cidades, como explica Emílio Stumm. "Surgiu essa dúvida entre alguns cavaleiros, pois muitos acreditavam que a Guia não era necessária pelo fato de o animal ir andando, sem transporte em veículo. Só que o documento é necessário para que nós não percamos a rastreabilidade desse animal. Caso surja alguma enfermidade em um animal que participou do desfile, o nosso controle é muito mais fácil de ser feito, porque podemos saber quais os animais que podem estar infectados. Sabemos que muitos proprietários reclamam de ter que vir na Inspetoria tirar a Guia, mas é algo extremamente necessário. No momento que ele sai a cavalo, ou coloca o animal em um caminhão ou carretilha, é importante que esteja com a documentação exigida, com todos os exames necessários em dia", explica.

13/09/2016 20:13:01

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A SAÍDA ESTÁ NAS CONCESSÕES

O

s empresários têm escutado como música que a saída para a crise econômica passa pela exploração máxima das concessões e das parcerias público-privadas. Uma das críticas ao governo Dilma Rousseff eram as amarras em regras das concessões, com o que o peemedebista pelo jeito vai acabar. Ontem o governo federal anunciou um conjunto de 25 projetos que compõem o Programa de Parcerias de Para crescer ao Investimentos (PPI). sonhado ritmo Aeroporto e rodovias mais acelerado, o no Rio Grande do Sul Brasil terá de suforam confirmados perar suas deficino novo programa de ências de infraesconcessões do governo trutura, especialfederal chamado de mente as relacioCrescer. O edital para nadas aos sistemas passar à iniciativa de transporte. privada o Aeroporto Internacional Salgado Filho deve ser lançado no quarto trimestre do ano, com leilão projetado para o primeiro trimestre de 2017. Entre as estradas, a concessão das BRs 101, 116, 290 e 386 será lançada em 2017. Os projetos anunciados para o Estado já estavam no plano de concessões da ex-presidente Dilma Rousseff. Os trechos de estradas gaúchas que serão oferecidos à iniciativa privada ainda não foram divulgados. Ao anunciar o programa no Palácio

do Planalto, o presidente Michel Temer disse que o principal objetivo é gerar desenvolvimento e empregos no país. "Visa, em primeiro lugar, o crescimento econômico do país, mas também empregos. A ideia básica é exatamente esta”, declarou. O peemedebista defendeu ainda que é necessário ampliar as parcerias com a iniciativa privada: “Vamos, cada vez mais, ressaltar que o poder público não pode fazer tudo. Tem que ter a presença da iniciativa privada, sempre como agente indutor do desenvolvimento e produtor de empregos no país”. Para crescer ao sonhado ritmo mais acelerado, o Brasil terá de superar suas deficiências de infraestrutura, especialmente as relacionadas aos sistemas de transporte. Vários estudos mostram que o custo de logística do país é bem mais alto do que o de nações diretamente concorrentes no comércio exterior. A maneira mais rápida para se superar essas deficiências é a concessão dos serviços públicos para gestores privados. Parcerias públicoprivadas podem também dar bons resultados, em determinados casos. Assim como o governo federal, os Estados passam por uma grave crise e precisam aumentar suas receitas. O pacote de concessões é mais uma medida para tentar tirar a economia da maior recessão de sua história e retomar os investimentos. Esperamos que dê certo e que os resultados apareçam a médio e não a longo prazo.

PONTO DE VISTA

Maurício de Campos Professor de Engenharia Elétrica da Unijuí fala sobre convênio firmado entre CEEE e Unijuí

Qual é o objetivo dessa parceria com a CEEE? Temos uma parceria de mais de uma década, são trezes anos que trabalhamos em conjunto, desenvolvendo projetos, e nos últimos anos tivemos dois projetos bastante exitosos que acabaram reforçando essa parceria e culminando em duas patentes. Um desses é esse de automação de subestações subterrâneas. O que vem a ser esse projeto de automação?

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

A distribuição de energia elétrica no centro de Porto Alegre é muito diferente da nossa. Tradicionalmente a distribuição de energia é por ramais aéreos, com aquele posto e fios que estamos acostumados. O que acontece é que se tem próximo às residências um transformador que alimenta um conjunto de residências, quando acontece um dano ou defeito, aquele conjunto fica sem energia. No caso de Porto Alegre, toda essa distribuição é feita de forma subterrânea e são 160 unidades muito maiores que alimentam todas as cargas dos principais locais da capital. Quando uma tem um defeito, o sistema não se desliga e as outras assumem na condição de sobrecarga aquelas residências. Antes desse projeto, a CEEE passava dias sem descobrir que uma de suas subestações estava trabalhando, a ideia do projeto foi resolver esse problema com um novo sistema. Existe uma grande diferença entre o método utilizado em Porto Alegre e o utilizado aqui no interior? O subterrâneo é um método mais robusto, ele tem várias qualidades em relação ao sistema que é adotado aqui no interior. O problema dele é que ainda é muito caro, então o custo de instalação e manutenção é alto, estamos tentando desenvolver ferramentas que barateiam a manutenção dessas unidades.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

6

ARTIGO

(Rio) Grande demais? Vilmar Zanchin

Deputado estadual (PMDB) Nós, gaúchos, somos famosos no restante do país por nosso bairrismo. Defendemo-nos com a resposta de que é justificado, de que o Rio Grande do Sul é, de fato, especial. Destaque em educação, cultura, uma indústria pujante e índices altíssimos em qualidade de vida. Investimentos externos, agricultura, exportações e ampliação de serviços de maneira geral. Sempre fomos grandes. Mas será que não estamos grandes demais? Como relator da subcomissão para debater a estrutura administrativa do Estado, deparei com indicadores alarmantes. De acordo com informações de fevereiro deste ano, o RS tem 147 mil servidores inativos contra 139 mil funcionários que estão na ativa, sendo que somente o magistério representa 50% da folha e a maioria também é de aposentados. Isso mostra que a despesa com pessoal, fundações e autarquias já está fora de controle. Ao todo, são 40 empresas vinculadas. Para se ter uma ideia, durante o governo passado, a despesa com pessoal e encargos da administração direta passou de R$ 13 bilhões para R$ 19,7 bilhões. Isso significa que, entre 2010 e 2014, esse gasto aumentou em mais de 50% e, inevitavelmente, não para de crescer. A intenção por trás da criação dessa subcomissão na Assembleia Legislativa é justamente compreender o tamanho do Estado e a dimensão do problema com que estamos lidando. Por isso, estamos produzindo um relatório que apresente um inventário dessa estrutura aos gaúchos e que sirva de base para adoção de medidas contra a crise financeira. Há décadas, enfrentamos o problema de a receita do RS ser menor do que a arrecadação, e a solução é simples e complexa ao mesmo tempo. Simples porque basta gastar menos do que se arrecada. Complexa porque não há consenso sobre como fazer isso. Não tenho a pretensão de fornecer a fórmula mágica e também não estou dizendo que o Estado precisa encolher, necessariamente. Mas afirmo que precisamos, sim, fazer essa pergunta antes de passarmos diretamente à disputa ideológica e da retórica maniqueísta e desonesta da “direita contra o povo”, da “esquerda contra o empreendedor”, do bem contra o mal, do certo contra o errado. O nosso Rio Grande não está grande demais?

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h) ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

PROFISSIONAL DO FUTURO

Evento incentiva busca por escolha profissional

Nos três dias de Feira, são mais de 4 mil alunos que devem passar pelo câmpus da Unijuí e conhecer a universidade

Com mais de 1,5 mil visitas de alunos diários, de cerca de 30 cidades da região, iniciou ontem mais uma edição do Profissional do Futuro. Evento que tem como finalidade de auxiliar os estudantes de Ensino Médio na escolha de um futuro profissional. Como explica o relações públicas da Universidade, Fábio Fernandes, serão três dias de atividades intensas com os estudantes em diversas oficinas oferecidas pelo cursos de graduação da Unijuí. Segundo ele, nos três dias de evento, os alunos podem participar da mostra de cursos de graduação, expostos em forma-

to de feira. "Ali eles têm todas as noções de como funciona um curso, as disciplinas, formas de ingresso e permanência na universidade". Além da mostra de cursos, Fernandes destaca que os estudantes participam de oficina, específicas para cada área do conhecimento, "onde aquilo que conheceram na mostra, poderão praticar nas oficinas". Ainda, inserida na programação, estão as atividades culturais e de entretenimento. A programação também terá Aulão de Redação, palestra sobre bolsas e benefícios e atividades de interação.

Na noite de ontem, os alunos participaram de uma palestra sobre carreira e ainda puderam conferir a mostra de cursos. Outra atividade que faz parte do Profissional do Futuro é a visita ao escritório Modelo, de Advocacia e ao complexo de engenharias, localizados na sede acadêmica. "Nestes locais eles participam de uma minimostra sobre o que ocorre dentro das engenharias, ciências da computação e matemática", acrescenta Fernandes. No dia 4 de outubro, o evento será realizado no câmpus de Três Passos e no dia 6 de outubro, em Santa Rosa.

Universidades federais temem cortes Enquanto o Ministério da Educação (MEC) anuncia investimentos em educação, as universidades e institutos federais demonstram preocupação com a previsão de corte de até 45% dos recursos previstos para investimentos em 2017, em comparação a este ano. Já o montante estimado para custeio deve ter queda de cerca de 18%. Segundo cálculos de gestores, serão cerca de R$ 350 milhões a menos em investimentos para as 63 federais – na comparação com os R$ 900 milhões previstos para o setor neste ano. As instituições já vivem grave crise financeira, com redução de programas, contratos e até dificuldades para pagar contas. Em Santa Rosa, o corte de verbas foi de 45% no Instituto

Federal Farroupilha. Ao todo são R$ 600 a menos no orçamento. Para economizar, a direção apagou até a luz dos corredores. Em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, a situação se repete. O curso de Medicina, por exemplo, deveria receber este ano R$ 5 milhões de investimento. Entretanto, até agora apenas R$ 1 milhão foram repassados. O diretor da Unipampa de Uruguaiana, João Cléber de Andrade, observa que todas as obras que estavam em andamento foram paradas pela falta de recursos. A previsão de recursos para 2017 foi publicada nesta semana no Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle, portal do Ministério que trata do orçamento.

As federais vivem cortes de verbas desde o fim de 2014 e sofrem com a inflação elevada 8,7% nos últimos 12 meses, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em Santa Maria, mais de 30 prédios em construção aguardam recursos na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O orçamento previsto era de R$ 160 milhões, mas os cortes já alcançam R$ 56 milhões. A gestão Michel Temer disse que resgatou R$ 1,2 bilhão desse montante cortado para as universidades neste ano. Para 2017, o MEC disse que os valores previstos “serão cumpridos na totalidade”. A pasta ainda reafirmou “seu compromisso com o ensino superior do País”.

7

"Escola Sem Partido é impossível" Ainda em agosto o Jornal da Manhã abordou o debate em torno de dois projetos de Lei que tramitam na Assembleia Legislativa e, em âmbito nacional, na Câmara dos Deputados, com texto de autoria do deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF), quanto no Senado, com proposta do senador Magno Malta (PR-ES). Nesta semana, um dos principais críticos ao projeto, o professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) Fernando de Araújo Penna, disse que o projeto "Escola Sem Partido é impossível de ser aplicado". O profissional esteve no Estado, onde participou de um encontro com o Cpers Sindicato, em Porto Alegre. Na oportunidade, ele destacou que o movimento que afirma que o professor não pode discutir a realidade do aluno, não pode discutir valores. "Se ele for implantado, a escola, enquanto espaço para construção da cidadania e de debate, está duramente ameaçada". No Rio Grande do Sul, a proposta que tramita é de autoria do deputado estadual Marcel Van Hattem (PP), que defende a não doutrinação po-

lítica e ideológica bem como a veiculação de conteúdos ou a realização de atividades de cunho religioso ou moral que possam estar em conflito com as convicções dos pais ou responsáveis pelos estudantes. Penna explica que, conforme a proposta, os atos dos professores seriam fiscalizados por meio de um recurso como um canal de denúncia anônima entre alunos e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc). "A Seduc levaria as denúncias ao Ministério Público, que ficaria encarregado das ações legais. Imagine um professor dando aula temeroso do que está falando e até de como será interpretado, porque o aluno não vai dialogar com ele com relação ao que está achando estranho, mas vai fazer uma denúncia anônima? Se você tem algum problema com o que está sendo dito, fale com o professor". Para ele, o projeto fala sobre a ética profissional do professor, "mas em nenhum momento incluiu o professor na sua elaboração e mesmo na sua tramitação. Isso já tira a legitimidade da iniciativa", lamenta o professor.

Aula estimula busca por atividades diferenciadas Durante as aulas de Educação Física dos alunos do 8º ano do Ensino Fundamental do Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA), uma nova modalidade de estudo de campo para identificar as práticas corporais que são orfetadas na comunidade foi inserida na disciplina. A ideia foi de entender o motivo que move as pessoas a optarem por uma ou mais modalidades. Sob orientação da professora Eduarda Virginia Burckardt, os alunos visitaram e conheceram algumas instituições como

academias e clubes, além de pesquisarem quais são as práticas corporais mais procuradas pela população. Para contribuir com a pesquisa, a turma realizou uma visita a um estúdio de ginastica da cidade para falar com as proprietárias e conhecer as modalidades oferecidas. Segundo a professora,o estudo busca despertar no jovem o interesse pelas práticas corporais, analisando o que está sendo oferecido pelas instituições, mostrando as diferentes opções e o que a população de Ijuí está praticando.

Alunos participaram de atividades corporais durante as aulas

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

DENÚNCIAS DE CORRUPÇÃO

Renan se distancia de Cunha após acusações Um dia após a cassação de Eduardo Cunha (PMDB), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), buscou se distanciar da imagem do expresidente da Câmara. "Afasta de mim esse cálice", brincou o senador, ao rebater o comentário de Cunha de que as denúncias envolvendo parlamentares teriam um tratamento diferenciado no Supremo Tribunal Federal (STF). "Tem uma denúncia contra o presidente do Senado Federal há três anos e seis meses e não acontece nada", disse Cunha, ao afirmar que a denúncia contra ele foi aceita de maneira mais célere do que o normal pelo STF. Cunha é réu em dois processos no Supremo e é alvo de investigação em outras sete frentes. Já Renan não é réu, mas é investigado em 12 inquéritos na Suprema Corte. Apesar de serem correligionários, eles fazem parte de alas diferentes dentro do PMDB. "Eu não quero de forma nenhuma falar sobre isso (cassação de Cunha), mas quem planta vento, colhe tempestade, isso é uma lei da natureza", comentou o presidente do Senado. "Não sou especialista em Cunha, não gostaria nem de falar sobre isso. Afasta esse cálice de mim", reforçou. Renan considera que a agenda do Congresso vai melhorar com o afastamento de Cunha e a gestão do presidente da Câmara, Ro-

Presidente do Senado não quis polemizar ao falar sobre queda de deputado

drigo Maia (DEM-RJ). "Do ponto de vista da agenda, as coisas vão melhorar", avaliou. Ele está otimista em relação às mudanças aprovadas nesta terça-feira, 13, pela Comissão e Constituição e Justiça do Senado (CCJ), a respeito da cláusula de desempenho e fim das coligações. "Com o Rodrigo Maia vamos ter condições de que essa reforma possa ser aprovada (também) na Câmara." Para ele, a política é "a primeira das reformas" e deve ter prioridade na pauta de votação. Os senadores discutirão a matéria no plenário da Casa ainda nesta quarta-feira, 14, e a expectativa de Renan é aprovar o texto

em poucos dias. Já em relação a reforma da Previdência, o presidente do Senado não tem pressa. O governo tem sido pressionado pelo PSDB para que a reforma seja apreciada antes das eleições municipais, em outubro. "Não acredito que a discussão (da reforma da Previdência) seja sobre a data, se será antes ou depois da eleição, acho que o governo está precisando definir um modelo de reforma consistente. É importante fazer a reforma, vamos nos dedicar, mas é errático defender a reforma como saída para todos os problemas econômicos. Tem que ter regra de transição e respeitar os direitos adquiridos", alegou.

"Temos que pagar por nossos erros" O deputado Marquinho Mendes (PMDB-RJ), que assumiu a vaga do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse na tarde de ontem que votou favoravelmente ao afastamento do peemedebista "sem nenhum constrangimento". "Participei ontem dessa votação histórica em que a vontade popular prevaleceu e o deputado Eduardo Cunha foi afastado do cargo. Com a vacância, eu assumi, a partir de agora, a titularidade do cargo de deputado federal. Agora, estou aqui de forma diferente, em vez de suplente como titular", afirmou Mendes. Segundo ele, não houve recomendação ou pressão da bancada para votar contra ou a favor da cassação de Cunha. O mandato do ex-presidente da Câmara foi cassado no fim da noite de ontem (12) por 450 votos a favor, dez contra e nove abstenções. Com o resultado, Cunha fica inelegível

Pág08.indd 9

cmyk

por oito anos. "O Eduardo é do nosso partido, mas a minha votação ontem não foi pelo fato de eu ter a possibilidade de assumir a titularidade, mas, sim, pela minha consciência. Eu acho que cometeu erro tem que se pagar pelo erro cometido. Mesmo sendo do partido, eu votei favoravelmente à sua saída. Temos que pagar pelos nossos erros e foi isso que aconteceu ontem: a vontade popular, através de deputados, prevaleceu. Desejo toda a sorte para o deputado Eduardo Cunha, agora fora da política. E que, no futuro, se ele quiser voltar à vida pública, que possa voltar de uma maneira diferente do que foi atualmente", acrescentou. Os deputados aprovaram o parecer do Conselho de Ética da Casa que pediu a cassação do mandato de Cunha por ele ter mentido durante depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras sobre

Marquinho Mendes

ter contas secretas na Suíça que teriam recebido dinheiro do esquema de pagamento de propina envolvendo a Petrobras e investigado na Operação Lava Jato.

8

Câmara aprova recriação do Ministério da Cultura O plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem a Medida Provisória (MP) 728/16, que recria o Ministério da Cultura e cria as Secretarias Especiais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e dos Direitos da Pessoa Idosa. O texto agora irá para a análise do Senado. O texto foi aprovado na forma de projeto de lei de conversão (PLC 18/16) da relatora, deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), que altera a MP original. O novo texto exclui a criação da Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, após entendimento dos deputados de que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) já cumpre esse papel. A extinção do Ministério da Cultura em maio, pelo então presidente interino Michel Temer, foi cercada de polêmica. Por causa da repercussão nega-

tiva, Temer recriou a pasta, que é ocupada por Marcelo Calero. O plenário da Câmara também aprovou destaque do PSDB à MP 728/16 para criar a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres dentro da estrutura do Ministério da Justiça. A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) afirmou que o movimento de mulheres desejava a recriação da secretaria com status de ministério, como existia no governo de Dilma Rousseff. No entanto, como não houve acordo em relação a esse ponto, Jandira orientou pela aprovação do destaque do PSDB. Mais cedo, por falta de acordo, foi retirado da pauta da sessão da Câmara o Projeto de Lei 4567/16, do Senado, que permite à Petrobras optar por participar, ou não, como operadora em blocos de exploração do petróleo do pré-sal no regime de partilha.

Plenário aprovou Medida Provisória que recria a pasta extinta por Michel Temer

STF quer mediar guerra fiscal entre Estados Um dia após ser empossada como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Cármen Lúcia convocou na tarde de ontem uma reunião com todos os governadores para afirmar que deseja realizar uma conciliação na guerra fiscal entre os Estados. Na presença de governadores de 24 Estados e do Distrito Federal - não compareceram os governadores de Rondônia, Confúcio Moura, e do Espírito Santo, Paulo Hartung -, Cármen Lúcia disse que deseja "promover uma justiça restaurativa, para reduzir conflitos". Hoje, tramitam no STF mais de 200 ações de cobrança fiscal entre Estados, sobretudo de dívidas relacionadas ao Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A presidente do STF também afirmou que deseja promover

uma força-tarefa junto aos judiciários e ministérios públicos estaduais para executar o imenso número de decisões relacionadas às dívidas ativas - impostos devidos por contribuintes cujo pagamento já foi determinado pela Justiça, e que "somam R$ 2 trilhões", segundo o governador de Goiás, Marconi Perillo. "Sobre esses litígios todos, ela vai nos informar sobre os prazos que ela vai dar, ela vai se reunir com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ela disse que não quer ficar com conversa mole, com conversa fiada, mas resolver as coisas no tempo e na hora certa", disse Perillo ao sair da reunião. Cada um dos governadores teve oportunidade de falar, e o pedido comum entre todos, segundo os presentes, foi o de que o STF tenha papel ativo na discussão sobre mudanças no Pacto Federativo.

13/09/2016 20:14:30


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Bira quer implantar gestão modernizada

CRONOGRAMA DE ENTREVISTAS: TEMA 1: Agricultura e Infraestrutura Rural 16 AGOSTO: Bira Teixeira 19 AGOSTO: Valdir Heck TEMA 2: Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda 23 AGOSTO: Valdir Heck 25 AGOSTO: Bira Teixeira TEMA 3: Educação e Meio Ambiente 30 AGOSTO: Bira Teixeira 2 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 4: Infraestrutura Urbana e Trânsito 6 SETEMBRO: Valdir Heck 9 SETEMBRO: Bira Teixeira TEMA 5: Tecnologia, segurança e desporto e lazer 13 SETEMBRO: Bira Teixeira 16 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 6: Saúde e Desenvolvimento Social 21 SETEMBRO: Valdir Heck 23 SETEMBRO: Bira Teixeira ENTREVISTA VICE PREFEITO: 26 SETEMBRO: Jean Arais 27 SETEMBRO: Valdir Zardin ***Envie suas perguntas para os candidatos para o whatsapp do Jornal da Manhã 8115 2129

9

Bira Teixeira

A menos de 20 dias para as eleições, o candidato Bira Teixeira, da coligação Construindo o Novo, participou ontem do Palanque JM. As temáticas abordadas nesta semana foram tecnologia, segurança, desporto e lazer, sobre as quais o candidato petista discorreu por 30 minutos. Inicialmente, Bira reiterou que suas proposições se baseiam em "novas ideias", com o intuito de mudar "o jeito de fazer as coisas que impera há 30 anos em Ijuí, e que não dá mais certo", em uma clara referência à sequência de gestões do PDT nas últimas décadas em Ijuí. "Existe um jeito velho e ultrapassado de fazer as coisas que não dá mais certo. Isso vale

para estradas do interior, vale para as filas gigantescas para consultas e exames, e vale para outras coisas mais simples, mas que somadas se tornam um problema grande para todos. Falta um planejamento, uma ação mais integrada. Essa visão ultrapassada de gestão não funciona mais, e precisamos tratar urgentemente da modernização da nossa cidade", aponta o candidato Adentrando aos temas propostos, o postulante à prefeitura iniciou falando sobre tecnologia aplicada à saúde pública. "No âmbito local, a tecnologia é uma ferramenta muito importante para a modernização e a eficiência do serviço público. Se nosso sistema de saúde, por exemplo, fosse integrado, hoje o cidadão poderia sair de uma consulta com exames e reconsultas agendadas, sem precisar entrar em quatro ou cinco filas. No momento de maior dificuldade, que é o momento da doença, o cidadão tem que ficar correndo atrás de um direito que ele tem. Como prefeito, quero trabalhar muito em cima dessas ferramentas tecnológicas para tornar o sistema de saúde mais eficiente, inclusive conveniando com os laboratórios para que o cidadão não precise ir buscar o exame, esse exame pode ir direto para o médico no posto de saúde. É algo que pode facilitar a vida de todos", avalia Bira Teixeira. Para falar sobre segurança, o candidato voltou ao tema da iluminação pública, que ele havia classificado como "uma tragédia" em entrevista na semana passado. "Hoje nós temos uma cidade escura, que é uma penumbra à noite, onde o pai e a

mãe de família ficam aguardando preocupados o filho que vem do colégio ou da faculdade à noite, por causa da escuridão. É por isso que nós queremos mudar o sistema de gestão da iluminação pública, trocar nossas lâmpadas antigas por equipamentos de LED, fazer um sistema inteligente que facilite a troca de lâmpadas queimadas. Isso é usar a tecnologia, isso é modernizar nossa cidade", pontua o candidato petista. Outra ideia apresentada é integrar as câmeras de segurança externas dos bancos com o sistema de videomonitoramento público. "Qualquer estabelecimento comercial também poderá ter suas câmeras externas integradas. Hoje, temos oito câmeras nas ruas de Ijuí, mas quando fizermos essa integração teremos algo entre 50 e 60 câmeras funcionando no sistema, potencializando a estrutura", afirma. Por fim, Bira Teixeira explanou sobre suas propostas para desporto e lazer. Ele citou especialmente as obras do Parque Popular da Pedreira, cujos recursos foram viabilizados através da atuação de Bira como vice-prefeito. "Será uma grande área de lazer, com várias quadras esportivas de várias modalidades, pista de skate, pistas de caminhada, ou seja, o parque será um grande espaço público de lazer. É um projeto que pode e deve ser repetido, todos bairros da cidade precisam ter áreas de lazer, inclusive no centro da cidade, onde são poucos os espaços onde jovens podem frequentar, onde as famílias podem sair para caminhar e ter momentos de lazer, o que representa mais saúde e mais qualidade de vida para nossa população".

Trinta deputados gaúchos votam por cassação de Cunha Todos os 30 deputados do Rio Grande do Sul presentes na sessão desta segunda-feira votaram pela cassação do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Mesmo os correligionários do PMDB optaram pelo "sim" contra o ex-parlamentar. O deputado Sérgio Moraes (PTB), foi o único a não comparecer na sessão. Cunha teve os direitos políticos suspensos por oito anos. Ontem, o Grupo JM ouviu três deputados gaúchos de diferentes partidos, que expuseram seus pontos de vista sobre o que a cassação de Cunha representa para o Congresso e para a política brasileira. Colega de partido de Eduardo Cunha, o deputado Darcísio Perondi (PMDB) elogiou o ex-presidente da Câmara, e comparou sua queda com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. "Viramos mais uma página, depois do impeachment da Dilma tivemos a saída do Cunha. O Eduardo é um homem muito inteligente, mas era do bem e do mal. Nós nunca trabalhamos tanto quanto na gestão

Pág09.indd 9

dele, mas ele se atrapalhou, disse que não tinha contas lá fora e mentiu. Eu votei pela cassação, a votação foi esmagadora e agora ele está fora. Cunha teve uma atuação importante, foi o homem que autorizou o processo de impeachment que permitiu mudanças muito importantes, mas isso não o perdoa dos pecados que ele está sendo acusado", disse Perondi. O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) também ligou a saída de Cunha ao fim do governo Dilma, afirmando que o País viverá "um novo tempo". "Nós tínhamos que cumprir esse papel na Câmara e cumprimos. A saída do Eduardo Cunha complementa essa mudança de ambiente para o País, quando também foi dado um passo importante com o fim do desastroso governo do PT. Sobre o Cunha, não se sabe muito bem qual será a reação dele a partir de agora, se fará delação premiada ou se escreverá contando histórias de bastidores. O fato é que Cunha e Dilma são dois grandes responsáveis por

Deputados ouvidos pelo Grupo JM ligaram cassação de Cunha ao impeachment de Dilma

essa grande crise que enfrentamos. Isso porque o rompimento de relações entre Cunha e Dilma levou a uma grande queda de braço que paralisou o País. Com a saída de ambos, o ambiente vai melhorar", avaliou o progressista. Membro do Conselho de Ética da Câmara, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) acompanhou os 11 meses de desdobramentos do processo que pedia a cassação de Cunha. Em março deste ano ele concedeu entre-

vista ao Grupo JM no qual via Cunha como um "zumbi político". Tendo apoiado a cassação, comemorou a queda do ex-presidente da Casa. "Encerrou-se um ciclo, (a cassação) foi um acontecimento importante. Mas muitos outros virão na esteira de um processo que começou em 2003 com o Mensalão e se prolongou até o esquema da Petrobras. Então tenho certeza que mais deputados, a exemplo de Cunha, irão a julgamento ético na Câmara por conta das conde-

nações no âmbito do Supremo. É um processo que está se iniciando, e que será de extrema importância para fazermos uma faxina ética, algo que é tão importante para devolvermos a credibilidade ao Congresso e aos gabinetes políticos". Ainda na avaliação de Lorenzoni, o próximo político com acusações de corrupção será o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que, segundo Onyx, não conseguirá escapar do julgamento do Supremo Tribunal Federal.

13/09/2016 20:17:58

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

ALTERNATIVA

Federação negocia venda de folha de prefeituras Para garantir novos recursos para auxiliar os prefeitos a fechar as contas, o presidente da Famurs, Luciano Pinto, reuniu-se com representantes do Banrisul para tratar da venda da folha de pagamento das prefeituras. O encontro aconteceu ainda em agosto, na sede da instituição financeira. O objetivo da Federação é fazer acerto semelhante ao de 2007, quando a entidade negociou a venda da folha de 315 municípios ao Banrisul por R$ 164 milhões. Conforme o presidente da Famurs, a proposta tem como finalidade auxiliar os gestores no ano de encerramento de mandato, onde muitas prefeituras sofrem com a falta de repasses de valores do governo federal e estadual. "É um ano de encerramento de mandato, e os gestores estão com muitas dificuldades", justifica Luciano. De acordo com estudo da Federação, 44% dos municípios gaúchos terão problemas para terminar o ano com as contas em dia. O presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga, afirmou que o banco tem interesse em participar do negócio. "Estamos abertos

Na semana passada, a Famurs negociou a venda da folha com o Banrisul

para fazer uma operação", garantiu. Da mesma forma como ocorreu com o Banrisul, o representante do banco Bradesco também esteve reunido com o líder da Federação para tratar sobre a venda da folha de pagamento de prefeituras. Conforme o diretor regional do Bradesco, Altair Naumann, deve ser feito um estudo para analisar a viabilidade de ampliar o número de

agências no interior. Naumann comentou que o Bradesco possui a folha de pagamento de mais de 1,5 mil prefeituras no Brasil, sendo 20 gaúchas. Outra negociação ocorreu com a Caixa Econômica Federal, quando o superintendente executivo da CEF, Pedro Lacerda, disse que a portabilidade não afetou o interesse dos bancos em comprar a folha de pagamento das prefeituras.

Estado quita folha e chama concursados Ontem, o governo do Estado quitou o restante dos salários de 45% dos servidores que ainda não haviam recebido a totalidade nas primeiras três parcelas liberadas pelo governo. Ao todo, R$ 400 milhões foram depositados. Os recursos utilizados são provenientes do ICMS do comércio, combustíveis, energia elétrica e telefonia. Os valores que restaram no caixa da Fazenda serão canalizados para o pagamento de fornecedores e repasses para a área da saúde. Ainda ontem, na edição do Diário Oficial do Estado, o governo anunciou a chamada de 1,2 mil candidatos aprovados no

concurso público para soldado da Brigada Militar. Os futuros policiais militares estão sendo chamados para realização de exames médicos a fim de iniciarem o treinamento na Academia de Polícia Militar. A lista inclui os nomes de 1.040 candidatos às vagas existentes e outros 232 candidatos para suplentes (caso haja alguma desistência ou reprovação nos quesitos exigidos no edital), totalizando 1.272 nomes. Ainda ontem, foram chamados os aprovados no concurso para o Corpo de Bombeiros, num total de 260 nomes, para avaliação médica e início no curso de Formação

de Bombeiro Militar. Também estão sendo chamados mais 74 suplentes. O chamamento dos novos policiais foi antecipado pelo governador José Ivo Sartori no último dia 2 deste mês. Na oportunidade, Sartori anunciou Cezar Schirmer para o comando da Secretaria da Segurança Pública. O incremento de novos policiais integra o pacote de medidas da segunda fase do Plano Estadual de Segurança Pública, lançado no final de junho pelo governo do Estado. As ações representam R$ 166,9 milhões em novos investimentos na Segurança Pública até o início de 2018.

10

Área rural terá atenção especial, diz candidato Dando continuidade às entrevistas com os candidatos a prefeito da região, hoje, o Grupo JM conversou com o candidato Ernesto Nicolletti (PP), de Bozano. Vereador por dois mandatos, onde exerceu a função de presidente da Câmara por um e vice- prefeito por dois mandatos, Ernesto está há 16 anos na política e diz que “está preparado para dar continuidade ao trabalho”. De acordo com ele, a proposta de ser candidato surgiu por meio de um pedido do partido e pelo histórico na política. “Já temos um plano de governo praticamente estabelecido, temos propostas que darão continuidade às nossas ações nas secretarias, seja em saúde, educação, assistência social e obras”. Ernesto destaca como principais metas o incentivo à agricultura, bacia leiteira, às estradas e na patrulha agrícola. “Na educação, manteremos a merenda de qualidade, material escolar, frota de ônibus e atenção especial ao quadro de funcio-

Ernesto Nicolletti (PP)

nários”, diz ele. Na assistência social, ele aponta que dará continuidade a projetos que já existem. “Temos mais de 30 casas para serem construídas, que já estão protocoladas”, acrescenta. Finalizando, Nicolletti afirma que está preparado para atender e dar continuidade no trabalho na administração municipal.

Obras de mobilidade serão prioridade à administração Seguindo com a conversa com os candidatos à prefeitura de Bozano, o Grupo JM ouviu o candidato Roque Costa Beber (PMDB). Com experiência na política, Roque diz que a comunidade de Bozano “pede mudança”. Segundo ele, existem situações que devem passar por melhorias. “Há muitos caminhos que não é de uma prefeitura enxuta, como tínhamos há oito anos. Foi inchando, inchando e a folha está em 50% da arrecadação do Município”, afirma. Roque contesta a forma de gestão que se adotou com o passar dos anos. “As estradas são um perigo andar com barro, não se coloca mais cascalho. Isso é algo que não poderia ocorrer. Estão comprando ônibus novos, se não tem estrada para andar”, lamenta ele. “Estou colocando meu nome à disposição, porque o povo que mora no interior vai dar a resposta nas urnas”, acredita. Conforme Roque, na educa-

Roque Costa Beber (PMDB)

ção, a proposta é implementar o tempo integral e ampliar a oferta de merenda de qualidade. Nas estradas, ele diz que a ideia é dar uma maior atenção aos agricultores. "Não vamos deixar obras inacabadas, vamos concluí-las", afirma.

Estado segue com alerta de vendaval após chuva de terça-feira Após o alerta da passagem do ciclone extratropical no Estado, na noite de segunda-feira e madrugada de ontem, em várias regiões, houve registro de vento forte. Segundo os Bombeiros de Bagé, houve poucos chamados de casos de residências destelhadas. Em Pelotas, o vento forte derrubou três postes, mas não houve registro de feridos. Em Rio Grande, algumas

cmyk

residências foram alagadas, mas ninguém precisou sair de casa até o momento. A Defesa Civil de Porto Alegre informou que não houve chamados ao longo da madrugada. A Defesa Civil estadual segue em alerta para eventuais danos que possam ser provocados pelo mau tempo no Rio Grande do Sul. A principal preocupação é com o vento forte.

No Rio Grande do Sul, as rajadas de vento podem atingir os 100 km/h, com reflexos especialmente no extremo sul gaúcho, próximo de Rio Grande, na parte leste da Campanha e Região Metropolitana. Durante a noite passada e a madrugada, pelo menos oito municípios registraram a queda de granizo. Segundo a Defesa Civil

estadual, somente duas cidades relataram até o momento o destelhamento de casas: Aceguá, na Campanha, e Sapiranga, no Vale do Sinos. O total de residências atingidas não chega a 10. Em Santa Maria, a Defesa Civil municipal contabiliza danos em cerca de 50 casas, além de postes caídos. Em Canoas, alguns piquetes do acampamento

farroupilha, no Parque Eduardo Gomes, tiveram danos e já foram consertados O ciclone deve se deslocar para alto-mar no final da quartafeira, quando perde força, não avançando até o litoral brasileiro. Até lá, a ventania deve se espalhar pelo Rio Grande do Sul, com mais intensidade no Sul e em menor escala no Norte.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

INSTITUTO PENAL DE IJUÍ

Apenado surpreende ao tentar ingressar com droga "Com muita surpresa" a direção do Instituto Penal de Ijuí registrou o caso de um apenado tentando entrar na casa com entorpecente. Alan Diógenes, 40 anos, passou por revista no final da tarde de ontem, onde os agentes encontraram cerca de 40g de maconha em meio aos seus pertences. O delegado plantonista entendeu pela lavratura do flagrante do apenado por tráfico de drogas. Segundo repassado pelo chefe da Segurança do Albergue, Claudiomiro Diniz causou surpresa a tentativa do albergado em adentrar à casa portando droga pela porta da frente. "Comum não podemos dizer que é. Para nós foi uma surpresa essa tentativa do apenado de entrar com material pela porta da frente. Essa foi uma novidade para nós, porque dificilmente eles tentam algo pela porta da frente, até pela pouca estrutura e a fragilidade que é da casa prisional. Foi uma tentativa

PLANTÃO BR-386 - Um motorista morreu no final da manhã ontem após um acidente de trânsito em Triunfo, na região Carbonífera. O caso aconteceu por volta das 11h no km 416 da BR-386. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro da vítima colidiu contra a lateral de um caminhão que atravessava a rodovia. O caso foi entregue à investigação da Polícia Civil. IPI - A Brigada Militar de Ijuí agiu ao longo da segunda-feira e em menos de 12 horas retirou foragido das ruas. Paulo Henrique de Oliveira Rodrigues, 25 anos, fugiu do Instituto Penal de Ijuí no turno da tarde. Na noite, no entanto, em trabalho de patrulhamento, os PMs encontraram Paulo nas imediações da Estação Rodoviária, em situação de viagem.

Paulo Henrique de Oliveira Rodrigues, recolhido a PMI

Pág11.indd 9

Segundo a Susepe, o trabalho de monitoramento tem sido feito frequentemente

diferente de ingresso", pontuou Claudiomiro. Embora o apenado Diógenes vinha apresentando um comportamento condizente com o regime, a informação é que ele já possui condenação pelo delito de tráfico de drogas. Diógenes foi levado até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), e pelo entendimento do delegado plan-

tonista, foi recolhido ao regime fechado onde deverá responder mais um inquérito. O chefe da Segurança, ao fim da entrevista, ainda garantiu que a equipe da Susepe que ocupa a casa está "intensificando revistas em celas, em grades, na parte estrutural, sobretudo, na parte que a gente sabe que a estrutura é bem difícil", acrescentou.

11

Secretário Schirmer cobra "pente-fino" da Susepe O secretário da Segurança, Cezar Schirmer, cobrou um relatório completo da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) para saber quais são os presídios que apresentam problemas estruturais e o que é necessário ser feito de maneira urgente. Schirmer se reuniu com a superintendente da Susepe e com diretores do órgão. Pelo menos três dos principais presídios do Estado estão há meses proibidos de receber presos por superlotação ou por problemas estruturais. A Penitenciária Estadual do Jacuí está interditada desde o começo de junho. Na metade de julho, a Justiça também proibiu a entrada de novos presos na Penitenciária Estadual de Charqueadas por superlotação. Outro presídio que está sem ingresso de novos presos é o de Montenegro. A interdição ocorreu em março, após a Justiça identificar a falta de tratamento de esgoto e outros problemas estruturais. De acordo com a Secretaria de Segurança, Schirmer quer ter um ponto de partida para resolver os problemas. O foco é resolver as questões estruturais e depois

Cezar Schirmer

liberar mais vagas. Conforme a secretaria, a Susepe possui os dados atualizados, mas o secretário quer algo mais organizado e fez questionamentos específicos para resolver a situação logo. Os relatórios devem ser entregues nos próximos dias. Com os dados em mãos, o secretário pretende corrigir os problemas, liberar os presídios interditados e negociar com o Judiciário a abertura de mais vagas. O foco principal agora, segundo Schirmer, é solucionar o problema das celas de delegacias que estão com presos há dias.

Após operação da PF, TRE PF desarticula quadrilha garante urnas seguras que queria fraudar urnas Após uma operação da Polícia Federal (PF) desarticular uma quadrilha que prometia fraudar as urnas eletrônicas nas eleições de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul garantiu que não existe possibilidade de manipulação de votos. De acordo com o secretário de Tecnologia de Informação do TRE, Daniel Wobeto, as urnas são projetadas para serem invioláveis. "Nós temos um equipamento e um processo com uma série de requisitos de segurança que faz com que a urna eletrônica seja efetivamente segura".

Além disso, desde 2010, o TRE realiza testes públicos de segurança, convidando especialistas para testar e procurar erros nos algorítimos. A quadrilha desarticulada hoje prometia aumentar em 10% o número de votos dos candidatos. No entanto, não passava de um estelionato, porque foi constatado que os envolvidos não tinham capacidade de manipular as urnas. Eles cobravam R$ 5 milhões de prefeitos e R$ 600 mil para vereadores. A denúncia foi realizada por um prefeito da Grande Porto Alegre, que não é candidato à reeleição.

Confronto entre grupos deixa 4 feridos na região Um confronto deixou quatro pessoas feridas na cidade de Bom Progresso, Região Noroeste do Rio Grande do Sul, na noite de segunda-feira. Dois grupos, de acordo com a Polícia Civil, entraram em confronto. Uma das hipóteses é de que a confusão tenha motivação política. Conforme a Brigada Militar, homens que estavam em dois carros bloquearam a passagem de outro veículo, quando houve uma discussão. Duas das quatro pessoas atingidas disseram que

foram feridas por tiros. “Um no dedo e outro no peito, de raspão, ferimentos superficiais, mas ainda não é possível dizer que foram provocados por arma de fogo”, diz o delegado responsável pelo caso, Marion Volino, que revelou que os dois grupos apresentaram versões dizendo que foram atacados. O delegado ainda disse que os veículos envolvidos na confusão foram recolhidos para perícia, e que já começou a ouvir testemunhas para determinar o que aconteceu.

A Polícia Federal deflagrou ontem a Operação Clístenes, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que prometia fraudar urnas eletrônicas nas eleições municipais de 2016. Foram cumpridos 3 mandados de prisão preventiva, sendo 2 em Brasília/DF e 1 em Xangri-lá/RS; 3 mandados de condução coercitiva em Xangri-lá/RS, Canoas/ RS e Piripiri/PI; e 5 mandados de busca e apreensão em Canoas/RS, Xangri-lá/RS, Goiânia/GO e 2 em Brasília/DF. A denúncia partiu de um prefeito de município da região metropolitana de Porto Alegre. Os criminosos diziam ter contato com uma empresa que atualiza o software das urnas eletrônicas

e cobrariam R$ 5 milhões para, supostamente, fraudar a eleição para prefeito e R$ 600 mil para, supostamente, fraudar a eleição para vereador. Ao longo dos trabalhos, no entanto, foram constatados casos de estelionato, pois não haviam indícios de que os criminosos realmente poderiam obter êxito em fraudar as urnas eletrônicas e nem mesmo teriam contato com a empresa de atualização de software. Os presos responderão crimes de estelionato e organização criminosa. O nome da operação faz referência a Clístenes, político grego antigo que levou adiante a obra de Sólon e, como este último, é considerado um dos pais da democracia.

Operação ocorreu em várias regiões do País

13/09/2016 20:22:50

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Roger ainda tem uma dúvida

,

Como se não bastassem os quatro jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro, que o tiraram do G4 e o afastaram dos primeiros colocados, o Grêmio ainda perdeu o treinamento de ontem por causa da forte chuva que caiu em Porto Alegre durante a madrugada, que alagou os campos do CT Luiz Carvalho. Sem a possibilidade de treinar em campo, Roger Machado comandou uma atividade na academia. Com isso, o técnico gremista não conseguiu testar o substituto de Douglas, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Palmeiras, no último domingo, e terá de cumprir suspensão automática na partida contra a Ponte Preta, hoje às 21h, em Campinas. As possibilidades são Negueba, e Lincoln. Os garotos Guilherme e Batista têm chances. Neste caso seria modificada a função de Bolaños. Os únicos jogadores do elenco

Somente os goleiros trabalharam no campo ontem. Grohe enfrenta a Ponte Preta

tricolor a treinarem no campo foram os goleiros. Orientados pelo preparador Rogério Godoy, Marcelo Grohe, Bruno Grassi e Leo trabalharam os reflexos em uma parte do gramado que não es-

tava tão prejudicada pela chuva. A Ponte Preta não terá o meia Thiago Galhardo. Ele tem uma lesão no tornozelo e segue desfalcando o time orientado por Eduardo Baptista.

P. PRETA

GRÊMIO

Aranha; Nino Paraíba Douglas Grolli Fábio Ferreira Reinaldo; João Vitor Abuda Maycon; Clayson Rhayner William Pottker Técnico: Eduardo Baptista

Marcelo Grohe; Edílson Geromel Kannemann Marcelo Oliveira; Wallace Jailson Negueba (Lincoln); Bolaños Pedro Rocha; Luan Técnico: Roger Machado

Árbitro: Jailson Macedo Freitas com os assistentes José Carlos Oliveira dos Santos e Paulo de Tarso Bregalda Gussen (trio baiano). Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Data: 14.9. Início: 21h

Goleiro Jacson pode voltar a jogar pelo Inter O Internacional pode ter um reforço para a continuação do Campeonato Brasileiro. No dia 31 de agosto, o goleiro Jacsson acabou testando positivo em exame antidoping após duelo contra o Palmeiras. Ontem, no entanto, um segundo exame da contraprova não confirmou o doping e o goleiro está livre para voltar a atuar pelo clube. O primeiro exame, realizado na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos (UCLA), detectou a substância corticoide. No entanto, em contraprova realizada no dia seguinte, não foi encontrado a substância. “Pedi para que eles refizessem o testo no sábado, mesmo se o laboratório não funcionasse

naquele dia 3 de setembro, já que tínhamos pressa. O exame foi refeito e a nova contraprova deu níveis abaixo de 30 nanogramas, logo, abaixo da linha de corte que é considerado doping”, avaliou Fernando Solera, presidente da Comissão Nacional de Controle de Doping da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em entrevista. Com o novo resultado, Jacsson não terá que cumprir os 30 dias preventivos sem atuar e poderá voltar a ser relacionado pelo técnico Celso Roth. O zagueiro Paulão pode reforçar o Inter no jogo de amanhã às 21h no Beira-Rio diante do Vitória, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador

que sofreu concussão cerebral e extraiu um dente após choque forte com Ernando no jogo diante do Santos voltou aos treinamentos e está sendo observado pelo

departamento médico. Ontem ele iniciou um trabalho de recondicionamento físico com o coordenador de preparação física Élio Carravetta.

12

DE PRIMEIRA JOGOS DO SESI I A segunda fase do futebol sete livre dos Jogos do Sesi abre no próximo sábado no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Serviço Social da Indústria de Ijuí. Serão partidas eliminatórias e persistindo o empate a decisão dos classificados será em cobrança de penalidades.Na última segundafeira aconteceu reunião com os representantes das equipes classificadas para a segunda fase. A rodada terá estes jogos no campo 2: 13h45, Hoff Pneus/Star Gesso B x Manutec/Pré Moldados Dreffs/ EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí A; 15h, Hoff Pneus/Star Gesso A x Funicalha/Prosis Informática/ Madecor/Agrimetal/Di Moville; 16h, Soberana x 3 Tentos B; e Construtora Realize x Cisbra A.

JOGOS DO SESI II A quinta rodada do futebol sete livre e master do Campeonato do Sesi foi disputada no último sábado no Centro Esportivo com estes resultados:campo 1, master, Funicalha/Prosis Informática/ Madecor/Agrimetal/Di Moville 6 x 2 Cisbra; chave D, livre, Soberana 3 x 1 3 Tentos B; chave B, livre, Manutec/Pré Moldados Dreffs/ EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí 2 x 2 Construtora Realize; e chave C, livre, Cisbra A 1 x 0 Mineradora Ijuí; campo 2, chave B, livre, Gimenez 1 x 2 3 Tentos A; chave D, livre, Cisbra B 1 x 0 Manutec/ Pré Moldados Dreffs/EO da Silva/ Ombu/Metal Ijuí B;chave C, livre, Dubai Alimentos 0 x 1 Hoff Pneus/ Star Gesso B; e master, 3 Tentos 5 x 2 Soberana.

Municipal de Futsal abre com sete partidas A bola rolou segunda-feira nos Ginásios Wilson Mânica e Walter Müller do bairro Modelo na abertura do Campeonato Municipal de Futsal 2016. Foram disputados sete jogos.Um dos destaques da primeira rodada foi a goleada aplicada pelo E.C. Ijuí

no Sport Clube São José por 11 a 1, no feminino. Na outra partida disputada no Ginásio Wilson Mânica, as equipes Ellas e ASPF empataram em 2 a 2. A competição terá partidas sempre às 19h nos dias da semana e às 17h nos sábados e domingos.

Esporte Clube Ijuí (verde) goleou o Sport Club São José na primeira rodada do futsal

Pág12 Esporte.indd 9

cmyk

A Divisão Única movimenta 42 times. Nos Veteranos são seis equipes, na categoria Sênior,

cinco times e no feminino, seis equipes.Hoje o Campeonato tem a disputa de sete jogos

JOGOS

Chave J Penapolense x Paladino F.C. Chave J Holimpia x City Hotel Resultados Segunda-Feira,12.9 Chave A Titãs 4 x 2 Os Parentes Chave A Posto do Ganso 1 x 2 Progresso Chave B IBIS F.C. 2 x 3 Progresso/Portuguesa Chave B Itaí Futsal 1 x 3 E.C.União Feminino E.C.Ijuí 11 x 1 Sport Club São José Feminino Ellas 2 x 2 ASPF Chave I E.C.Bahia 2 x 2 Independência Futsal

Hoje,14.9- a partir das 19h Ginásio Walter Müller do bairro Modelo Chave E União do Getúlio Vargas x São José Chave E Revecar/Perfect Car x Sport Club São José Chave F Palmeiras x Boleiros Futsal Chave F União Gade Posto GS2 x Atlético Modelo Ginásio Wilson Mânica Chave I Golden Ball Supergasbras Quarta Certa x Avante

Jogos do Sesi tiveram as disputas da quinta rodada sábado no Centro Esportivo

NOVOS TÉCNICOS O Lajeadense apresenta na próxima sexta-feira às 15h o novo técnico. Rodrigo Bandeira vai comandar o time na Divisão de Acesso 2017. Outros quatro clubes da Segundona já contrataram seus treinadores para a próxima temporada: São Luiz,Paulo Henrique Marques; Avenida, Fabiano Daitx; Esportivo, Badico; e São Gabriel, Marcelo Caranhato.

13/09/2016 20:19:26


Acontece

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Show nativista

13

Farroupilha O CTG Farroupilha promove hoje, às 20h, Jantar em homenagem a imprensa e Aparte Canto de luz, com música ao vivo. No cardápio churrasco de ovelha, gado e galeto, arroz, batata doce e saladas. A ficha custa R$ 30,00.

Na noite de sexta-feira a Cantina Sapore D'Itália recebeu mais uma expressão nativista, o cantor Cristiano Fantinel. Natural de Alegrete, Fantinel é o vencedor da última edição do ijuiense Canto de Luz e de vários festivais pelo Estado. Ele cantou sucessos nativistas, acompanhado do professor de cordas Halber Lopes e do acordeonista Jarbas Nadal.

Clube Ijuí O Clube Ijuí promove o Baile da Primavera no dia 24 de setembro com animação da banda Requinte. Os convites estão disponíveis na secretaria do clube e custam R$ 50,00 para o casal. Halber Lopes, Cristiano Fantinel e Jarbas Nadal entoaram sucessos nativistas na Cantina

Angélica, Rosane e Juarês Piccoli

Angélica Girardi Ribas, Nair Albuquerque e Sabrina Albuquerque Girardi

Claudivan e Marcia Rohenkohl

Sonia e Rogério Knorst

A

Modelos Até o dia 23, seguem abertas as inscrições para o concurso Modelo da Capa. Podem participar rapazes e garotas a partir de 16 anos que devem entregar a ficha de inscrição, junto com uma foto em close, na recepção do Jornal da Manhã, na Rua Albino Brendler, 122, Centro. A escolha será dia 28, no Clube Ijuí. Os eleitos ganham R$ 500, e todos os inscritos concorrem ao sorteio de ótimos prêmios. As fichas estão disponíveis no Jornal da Manhã e nas lojas patrocinadoras: Gamboa, Óptica Wolff e Nadine Dubal, e em Panambi, na Pratic Line.

Comemorando a primavera

Comunidade Luterana Emanuel promoveu na tarde de quarta-feira, feriado de 7 de Setembro, o Café das Flores, no Lar da Comunidade Luterana Emanuel. Hoje, acontecem mais três momentos para celebrar a chegada da primavera. Na Cripta São Geraldo haverá o tradicional Chá Primavera, Sonho e Tradição, às 15h30, tendo como atração principal desfile de modas. As fichas custam R$ 12,00 e podem ser adquiridas na secretaria da Paróquia São Geraldo.

A Oase Centro, da Comunidade Evangélica Ijuí, promove, às 15h, o Café da Primavera, no Centro Evangélico. O valor da ficha é de R$ 13,00. A Associação de Senhoras da Matriz Cristo Rei, do bairro Assis Brasil, promove o Chá da Primavera, às 15h, em dependências do seu salão de festas. As fichas custam R$ 12,00. Na próxima quarta-feira, dia 21, a Associação de Senhoras da Natividade promove o Chá da Primavera, às 15h30, no Salão São Luis. As fichas custam R$ 12,00.

Vocal Querência foi uma das atrações da noite tradicionalista no Câmpus

O

Tertúlia

Salão de Atos foi palco, no domingo, da Tertúlia Universitária – Valorizando a Nossa Tradição. O evento reuniu talentos como o Grupo Peabiru, Denis Luiz Silva, Vinícios Franco Hoch, Vocal Querência, Leonardo Brizzolla de Mello (bicampeão Estadual de Chula), e o tradicionalista Pedro Darci Oliveira. As atrações encantaram o público presente.

Pág13 Social.indd 12

Maiquel, Lidiane e Hanna Heidrich e Odete Krause no Café da Primavera da Emanuel

13/09/2016 20:20:18

cmyk


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

CIÊNCIA

Sonda inicia viagem de sete anos para estudos

Efeito colateral do antialérgico Brado

Juiz de Israel (Bíb.) Propulsor espacial

Diz-se da bolsa de grife estrangeira

Antigo local de cura de tuberculosos Arte, em latim Time cearense

Transtorno que leva a atos repetitivos

Eduardo Noriega, ator espanhol Primeira letra grega (?) Cantona, jogador

Caracteriza o professor exigente "(?) It Be", sucesso de Paul McCartney Transporte dos profissionais que protestam contra o serviço do aplicativo Uber Conjunto de aulas ministradas pela TV

BANCO

Região como o Saara, na África Rumar Extensão de sites nacionais

Semelhante Grito do carateca Animal como o Caprichoso ou o Garantido

16

Solução

L E B R E

cmyk

Destino de Homero na "Ilíada" (Lit.)

O

Encarnação termina de tecer a sua mortalha Encarnação termina de tecer sua mortalha. Carlos persegue Martim por uma estrada sinuosa perto do Rio São Francisco. Carlos atira contra Martim e Encarnação tem um mau pressentimento com o neto. Carlos resgata o dossiê nos pertences de Martim. Afrânio, Iolanda e Doninha tentam entrar no quarto de Encarnação. Cícero estranha o comportamento de Carlos ao voltar para casa. Encarnação reza na capela da fazenda. Afrânio teme o sucesso do projeto de Santo. Iolanda pede ajuda a Padre Benício e Tereza se preocupa com a avó. Queiroz avisa a Carlos que conseguiu se desfazer da moto de Martim.

Dó de (?): nota difícil de entoar

S A N A

Velho Chico - Globo

(?) ao próximo, sentimento cristão

T

Bruna discute com Giovanni Bruna discute com Giovanni. Aparício pede a Dinalda que não revele sua identidade a Rebeca. Camila vai à loja de explosivos em busca do vendedor João Romantini. Fedora anuncia que, se ganhar a presidência, demitirá Aparício e Agilson. Carmela e Leonora combinam de sabotar as modelos que participarão do teste. Marcia avisa Carol que Afonso precisa resolver a situação da bolsa de estudos dela e dos irmãos.

Pecado capital da pessoa vingativa

R I O

Haja Coração - Globo

Aécio Neves, presidenciável pelo PSDB em 2014 (?) dance, atração de clubes de stripper Forma do sifão

"A (?) e a Tartaruga", fábula de Esopo

"(?) o Fim", sucesso de Chico Buarque

F A T I A D O R D E F R I O S

Alice se alegra ao rever Chica e Mario se emociona. César resolve ter uma conversa com Tanaka. Chica fica preocupada com Alice. Mario força Milena (Giovanna Lancellotti) a passear com suas amigas. Lenita encarna em Ralf após ele levar um fora de Hirô. Patrick não gosta da notícia de que Carolina (Maria Joana) pode morar na pousada. Milena foge de Lenita ao ficar insegura na praia. César sonda Alice a respeito de seus sentimentos por Mario. Geppina (Aracy Balabanian), Gaetano e Peppino (João Cortês) olham fotos antigas. Milena é consolada por Mario. Carolina mal chega a Pousada e já sai apressada. Mario questiona Alice sobre conversa que ela teve com Chica. César e Carolina se identificam.

© Revistas COQUETEL

Flor ornamental de fá- Inflamação Máquina usada na secil cultivo, é comum que atinge ção de queijos e preem margem de riachos as cordas suntos no mercado vocais Sim; O.K. (red.) Inativo; desocupado

Condição do homem, da abelha, da formiga ou do gorila, por seu modo de vida Tática da polícia militar em favelas "Eu (?)", brincadeira etílica para revelar segredos Classificação de 1, 3 ou 5

E T A A M P O R I T A I CA C A L S E A B U R

Globo César resolve ter uma conversa com Tanaka

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

à O L N C A I R R O I S O N P G E L I I S T T E O R D E T R A X I L E C

Sol Nascente -

Cientistas esperam que a sonda Osiris-Rex, que decolou da base de Cabo, colete material

A A Ç N U I C N U M E A N L A S S O F C O R I G A U L E T T E

NOVELAS

Se bem-sucedida, a missão terá duração de sete anos e a Osíris-Rex cairá de paraquedas no deserto do Estado de Utah em 24 de setembro de 2023. Esta não é a primeira missão do tipo - em 2010, uma sonda japonesa trouxe de volta à Terra amostras de poeira do asteroide Itokawa. Mas a Nasa espera trazer uma quantidade consideravelmente maior de material - algumas centenas de gramas. Para isso, a agência desenvolveu um sistema de coleta que, a bordo de um braço eletrônico, dará uma espécie de "high five" na superfície de Bennu. Esse contato fará com que o mecanismo emita um "sopro" de gás para levantar fragmentos e armazená-los em uma câmara de contenção.

3/ars — lap — let — toc. 4/alfa — eric. 5/icasa — ítaca.

A Agência Espacial Americana (Nasa) enviou ao espaço, uma missão que tentará obter amostras de um asteroide de 500m de comprimento, chamado Bennu. O corpo celeste faz parte de uma lista de 1730 asteroides que astrônomos acreditam ter a possibilidade de um dia se chocarem com a Terra. Cientistas esperam que a sonda Osiris-Rex, que decolou da base de Cabo Canaveral, na Flórida, colete material suficiente para melhorar nosso conhecimento sobre objetos espaciais potencialmente perigosos no Sistema Solar. De acordo com cáculos da Nasa, há uma chance em 2,5 mil que Bennu se choque com a Terra no século 22, por volta do ano 2135.

14

Horóscopo Áries Ao enfrentar uma situação de conflito, é importante que conheça seus limites, para saber a hora de parar. É tempo de entender que saber o momento de parar é sinal de maturidade. Touro Pode ser impossível não se transformar quando se tem urgência de emoções e se sente inquieto. É tempo de quebrar barreiras que o impedem de sondar os mistérios do amor e da sensualidade. Gêmeos É possível que você emita opiniões sem ter noção do tamanho do estrago que pode causar. É tempo de ser cuidadoso e atentar para não falar o que não deve e acabar despertando ressentimentos. Câncer Ao se envolver emocionalmente com algo, o interesse cresce e você tende a produzir mais facilmente. É tempo de atender o desejo de conhecer coisas novas que o motivem cada vez mais. Leão Ao perceber que suas ideias não são bem-vidas, o mais provável é que venha a perder o controle nas discussões. É tempo de usar as qualidades de liderança a serviço do entendimento com os outros. Virgem A maturidade tende a te beneficiar com o dom de ficar atento para não repetir os mesmos erros. É tempo de assumir a responsabilidade que te cabe nos conflitos de relacionamento. Libra A verdade é que nem sempre o que imagina se baseia na realidade. É tempo de ser mais objetivo nos seus relacionamentos, procurando gerar uma atmosfera de confiança e conforto emocional. Escorpião Quando os limites entre realidade e fantasia não são claros, você pode se perder num universo repleto de medos. É tempo de refletir sobre o que sente, buscando satisfação em coisas possíveis. Sagitário O seu espírito não sobrevive sem o conhecimento, da mesma maneira que o corpo morre se não for alimentado. É tempo de deixar-se invadir pela curiosidade, tornando a vida mais interessante. Capricórnio A maioria dos conflitos é gerada pela dificuldade de comunicar o que você está sentindo ou pensando. É tempo de dar espaço para ouvir o outro e poder falar o que passa no seu coração. Aquário Você pode sentir dificuldade em olhar para a realidade do jeito que ela se apresenta. É tempo de entender que é preciso ter maturidade para entender o mundo em que se vive e se sentir parte dele. Peixes Poder conviver com alguém que tenha certa afinidade espiritual com você é uma bênção que não é mensurável. É tempo de tornar-se merecedor de um amor que tenha a base sólida na parceria.


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016

DIRETO DA FONTE Usina de Ideias - DACEC usina@unijui.edu.br

Startups: o papel das Incubadoras de Empresas de Inovação Tecnológica Na última semana, demos início a uma série de matérias sobre as Startups. O debate sobre a importância desses novos modelos de negócio é importante, assim como o debate sobre o qual é o papel das Incubadoras de Inovação Tecnológica, como a Criatec, citada na última semana. Segundo a coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini “o perfil da Criatec como incubadora de base tecnológica também abriga as Startups”. Ela afirma que para uma empresa não basta ter apenas base tecnológica, é necessário ser escalável em curto espaço de tempo sem aumentar os custos. O principal papel da Criatec como incubadora é identificar empreendedores diferenciados com ideias novas dentro da universidade e estimular a criação de empresas de base tecnológica e economia criativa, oferecendo infraestrutura física, tecnológica e apoio técnico para desenvolvimento. Maria Odete relata alguns exemplos que trabalham com ideias parecidas com as de Startup, dentre elas: a 2ª edição da Olimpíada Empreendedora; Startup Weekeend durante a EXPOIJUÍ; e o Conexão Noroeste, que buscou conectar empreendedores e investidores. “Outro case de sucesso na região foi a empresa 13 BITS, que durante o período de incubação acessou recursos do edital Inova do Sebrae e criou um produto chamado Lumion”, e atualmente foi selecionada no programa de investimentos da WOL investidora. Segundo ela, estamos no caminho certo para a abertura de novas empresas nesse modelo de startups, no entanto “ainda há muito que se fazer por aqui, isso significa mexer na cultura de investimentos locais ou atrair atenção de investidores de outros Estados”.

SAÚDE DA MULHER

Ações do Outubro Rosa têm início Em prol de conscientizar e alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, é que surgiu o Outubro Rosa, que tem como símbolo o laço cor de rosa. Em Ijuí, as programações alusivas à data sempre contam com uma ampla gama de atrações e eventos com o foco principal na mulher. Conforme a responsável pelo gabinete da primeira-dama, local que organiza as ações em Ijuí, Clara Beck Peloso, o maior objetivo da campanha é envolver servidores, secretarias e a comunidade em geral na programação. "Dentro da programação do Outubro Rosa de Ijuí, algumas das ações que serão promovidas são os mutirões e os horários ampliados

nas secretarias, de saúde para a realização dos preventivos e mamografias", comenta. Sobre o início das atividades, Clara ressalta as encomendas das camisetas referentes a campanha. "O gabinete já está aceitando encomendas das camisetas da campanha. Durante o mês de setembro, o gabinete estará recebendo pedidos para confecção de camisetas alusivas ao tema, no valor de R$ 15, disponíveis em todos os tamanhos, conforme o modelo dos anos anteriores, nas versões rosa e branca. O pedido deverá ser encaminhado até o dia 20 de setembro", ressalta. O movimento do Outubro Rosa começou a surgir em 1990 na primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, e desde então, promovida anu-

Bairro Hammarstron solicita espaço de lazer Dentre as demandas do bairro Hammarstron, a maior delas é um espaço de lazer para o bairro, que até o momento conta somente com terrenos baldios, onde não existe uso da comunidade. Conforme a presidente do bairro Oristela Dumke da Cruz, o bairro está sem praça, e as crianças estão tendo que brincar nas ruas ou no pátio de suas residências. "Estamos reivindicando há bastante tempo um espaço de lazer, principalmente para as crianças. Percebemos a grande falta que um local como esse faz na comunidade, pois no Natal,

onde organizamos atividades para as crianças, ou eu disponibilizo a minha residência ou algum morador oferece a sua para a realização da programação", salienta a presidente. Sobre os terrenos sem uso, Oristela acrescenta que tem um terreno em especial, na Rua Manaus, que era da comunidade e foi retirado. "Nós tínhamos esse terreno e ele foi retirado de nós há bastante tempo, mas agora estamos lutando para fazer com que ele volte para a comunidade e que possamos com ele realizar um espaço de lazer para os moradores", finaliza.

Invernadas dão início a Semana Farroupilha Dando início às comemorações tradicionalistas, a invernada pré-mirim do CTG Laureano de Medeiros apresentou as danças Pezinho, Maçanico e Chimarrita Balão, na tarde de ontem, para os alunos da Escola Fazendo Arte. Sob a coordenação de Raquel Moura, e coreografias dos professores Junior Karlinski, Leonardo Veiga e Luana Brum, o grupo se apresenta hoje na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e AABB, no período da manhã. E, nas escolas infantis Trilha do Saber e Dalva Weinmann, no período da tarde. E, à noite, o encerreamento das visitas e apresentações acontece no CTG Laureano de Medeiros, com entreveiro das invernadas. O Laureano deu início às comemorações ainda no sábado

15

almente na cidade. Entretanto, somente em 1997 é que entidades das cidades de Yuba e Lodi, também nos Estados Unidos, começaram a promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção da doença, escolhendo o mês de outubro como epicentro das ações. Hoje o Outubro Rosa é realizado em vários lugares do mundo. Para finalizar, a responsável pelo gabinete explica que com o movimento deste ano pretende-se aumentar o volume de atendimentos. "Queremos que o volume de atendimentos ultrapasse os valores do ano passado, para termos uma estimativa se realmente as mulheres estão se adaptando e realizando os atendimentos para uma maior prevenção da saúde feminina", finaliza.

Clara Beck Peloso

Desfile de Cães é atração na Praça da República A praça da República esteve movimentada no último fim de semana, com atrações e programação para toda a comunidade ijuiense e da região. Com início na sexta-feira a Feira, da Primavera promovida pela Associação Brique da Praça (Abriq) e Feira de Economia Solidária (Feconsol), com apoio da Prefeitura de Ijuí por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo levou as pessoas interessadas por artesanato até a praça, conferir o grande acervo de materiais disponibilizados para venda através das associações. Dentre as atividades realizadas, uma delas foi o Desfile de Cães, onde donos puderam levar os seus animais para desfilar e demonstrá-los à comunidade. Segundo uma das organizadoras do desfile, Laura da Silva, além de mostrar os cães para a comunidade, o evento teve como objetivo ajudar a Asso-

ciação Protetores da Vida. "Nós somente cobramos como taxa de inscrição um quilo de ração, onde vamos fazer a doação para auxiliar os cães da APV. Então o desfile também foi um momento de colaboração para os animais", comenta. Segundo Laura, aproximadamente 25 cães de diversas raças e tamanhos desfilaram. "Nós tínhamos três categorias, Fashion, menor cão e maior cão, e podese dizer que a disputa foi bem difícil, pois todos estavam muito lindos. Ficamos felizes também por demonstrar durante o desfile a beleza que cada cão tem, apesar de seu porte ou raça", finaliza. Sobre próximos desfiles, a organizadora acrescenta que ainda não existem outros marcados. "Não temos nenhum desfile marcado pela frente, mas se nos convidarem para realizar outro no próximo ano, estaremos lá", finaliza.

Pré-mirim do CTG Laureano de Medeiros apresentou-se na tarde de ontem

passado, com a entrega de faixa e crachàs às prendas e peões, refe-

rente a concurso interno realizado no dia 27 de agosto.

Os vencedores na categoria Fashion foram os cães vestidos com trajes gaúchos

cmyk


www.jmijui.com.br

profissional do futuro

Grêmio enfrenta a Ponte Preta Tricolor atua hoje em Campinas, pela 25ª rodada do Brasileirão. Equipe tem uma dúvida. | 12

Candidatos focam no meio rural Candidatos à prefeitura de Bozano destacam a mobilidade do interior como prioridade. | 10

Campanha de Vacinação inicia dia 19 Entre oficinas, palestras e mostra de cursos, os alunos de cerca de 30 cidades da região podem participar, até a manhã, do evento que orienta jovens sobre profissões | 7

Profissionais que compõem a 17ª CRS definiram ontem as ações da Multivacinação. | 4

MuniCipal dE futsal

tradição nas EsColas

Competição iniciou com duas partidas de equipes femininas | 12

Ontem o Pré-Mirim do Laureano encantou os alunos da Fazendo Arte | 15

EDITORIAL | 6 Para crescer ao sonhado ritmo mais acelerado, o Brasil terá de superar suas deficiências de infraestrutura.

Ultima.indd 2

cmyk

13/09/2016 20:21:28

Sitepagina  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you