Page 1

Título: E tudo vira pizza: A máfia da lasanha. Episódio 4: Na Faixa.

Por: Jonas Alves e Jaqueline Hirakawa.

Copyright:

Informações para contato:

Jonas Alves e Jaqueline Hirakawa.

joshalves1@live.com jackhirakawa@gmail.com


EXT. ESQUINA COM FAIXA DE PEDESTRE. DIA Ravioli surge dobrando a esquina e para ao lado de Brusqueta esperando a travessia da rua. Ravioli com face de desprezo ignora a velha. Ninja Pizzaiolo surge e rouba o andador de Brusqueta.

RAVIOLI (em pensamento) Tá de brincadeira... agora vou ter que ajudar essa velha. CORTA PARA

EXT. FAIXA DE PEDESTRE. DIA Ravioli suspira e toca o ombro de Brusqueta. RAVIOLI Vou te ajudar, ande logo, me dê as sacolas. BRUSQUETA (sorri para Ravioli) Oh, obrigada ragazzi. Não é nada bom uma senhora como eu ficar carregando tanto peso... RAVIOLI Tá...tá...anda logo. BRUSQUETA (sorri e vira o rosto para Ravioli) Obrigada. RAVIOLI (em pensamento) Ah, para...essa velha é a Porpettoni... Só pode ser brincadeira...E agora, o que eu faço?


Ravioli e Brusqueta começam a travessia. C ORTA PARA

EXT. FAIXA DE PEDESTRE. DIA Surge Dom Canelone à esquerda de Ravioli. DOM CANELONE Ragazzo, pare de pensar. Já deu o tempo dessa velha no mundo, nada melhor que dar uma "bela passagem" pra ela. Surge Capelleti à direita de Ravioli. CAPELLETI (alisando os cabelos)Ah, já chega né querido... o garoto só tá ajudando a velha...e outra coisa, já pensou essa criança na cadeia? Lugar escuro, sujo com aqueles caras feios...uuurgh...nojinho!!! Ravioli enquanto caminha começa a imaginar. CORTA PARA EXT. FAIXA DE PEDESTRE - INSERT. DIA Close-up no rosto de Ravioli. (Insert) Ônibus surge em alta velocidade em direção a Ravioli e Brusqueta. Ravioli dá dois passos para trás e estica a perna para que a velha tropece. BRUSQUETA Socorro!!!


O ônibus passa sobre brusqueta. Ravioli sorri. CORTA PARA EXT. FAIXA DE PEDESTRE. DIA Dom Canelone ri. Capelleti aparece boquiaberto de fundo. DOM CANELONE Engraçado ragazzo, mas nada melhor do que a boa e velha arte de fazer com suas próprias mãos... não com os pés. Poderia não dar certo. CAPELLETI Creeeedo! Isso não é nada chique garoto! E a sujeira na rua? Nojinho!!! RAVIOLI (em pensamento)Calem a boca vocês dois... isso já não tá fácil. CORTA PARA EXT. FAIXA DE PEDESTRE - INSERT. DIA Close-up no rosto de Ravioli. (Insert) Ravioli avista uma galeria de esgoto aberta e com um pequeno jogo de corpo joga Brusqueta buraco adentro. BRUSQUETA Socorro!!! O semblante de Brusqueta vai aos poucos sumindo no buraco. Ravioli sorri.


CORTA PARA EXT. FAIXA DE PEDESTRE. DIA Capelleti aparece enojado. Dom Canelone com feição de desapontamento. CAPELLETI Quê isso jovem? Nojinho! Só em pensar no cheiro...aaaaargh... DOM CANELONE RAGAZZO! Já disse que em nossa família, os Porpeta, não existe nada melhor do que ouvir o estalo de um gatilho sendo puxado! Oras, onde foi parar sua educação?! RAVIOLI (em pensamento) CHEGA! JÁ CHEGA!Vocês dois estão me irritando! O que esperam de mim? CORTA PARA EXT. FAIXA DE PEDESTRE - INSERT. DIA Close-up no rosto de Ravioli. (Insert) Ravioli avista um piano sendo puxado com auxilio de uma corda, essa quase arrebentando, até o sexto andar de um prédio. Ravioli guia a velha até onde o piano é puxado. A corda se arrebenta e o piano começa a cair. BRUSQUETA Socorro!!!


Brusqueta é esmagada pelo piano. Ravioli ri. CORTA PARA. EXT. FAIXA DE PEDESTRE. DIA DOM CANELONE PATÉTICO RAGAZZO! PATÉTICO! Desisto de você. Sua educação não se encaixa na família. DESONRA, DESONRA! Dom Canelone some. Capelleti gesticula freneticamente. CAPELLETI AI AI AI.. PELO AMOR DE NOSSA SENHORA DA MUSSARELA! Minha beleza não aguenta esse bambino! Ai.. fui! Capelleti some. Ravioli e Brusqueta chegam ao fim da faixa. CORTA PARA EXT. CALÇADA DO OUTRO LADO DA RUA. DIA Ravioli demonstra raiva e falsidade ao sorrir. RAVIOLI Aqui estão suas sacolas. Brusqueta com um sorriso de desdém. BRUSQUETA Não fez mais do que sua obrigação, ragazzo. Deixe-me ir.


RAVIOLI Velha insolente, não basta roubar a família, ainda se acha superior à Porpeta? Tudo termina aqui, e agora, vecchia! BRUSQUETA Nada termina aqui, bambino. Ha modi! Olha como fala com seu pai! RAVIOLI Pai? Per favore vecchia! Não desonre a família falando tanta asneira, seu tempo acabou e já chega de tanta bobagem! BRUSQUETA Já disse pra ter cuidado bambino! Sua mãe não te deu modos enquanto não estive? E sim, eu sou seu pai!

Brusqueta olha para Ravioli com um olhar sinistro e imponente. Ravioli olha para as sacolas e percebe as lasanhas ali presentes. RAVIOLI (em pensamento) Lasanhas? Essas lasanhas? Meu pai roubou nossa família, desonrou a Porpeta, traiu o clã! É ele mesmo! O que faz aqui? CORTA PARA


EXT. CALÇADA DO OUTRO LADO DA RUA. DIA Ravioli saca sua arma, aponta para Brusqueta. RAVIOLI Chega de tudo isso! Você morre agora Porpettoni!!! Brusqueta observa com olhar de desdém seu filho. O telefone de Ravioli toca. CORTA PARA EXT. CALÇADA DO OUTRO LADO DA RUA. DIA Ravioli atende o telefone. É sua mãe.

MÃE DE RAVIOLI Filho venha pra casa, esse negócio de lasanha não dá mais! Ravioli se espanta. RAVIOLI Do quê está falando, madre? Estou quase resolvendo todos nossos problemas. MÃE DE RAVIOLI Filho, lasanha nesse país não dá nada. A coisa aqui é pizza, tudo, TUDO, acaba em pizza meu filho! Vai comprar o molho e não discute. RAVIOLI ...ma.. mas mãe...


MÃE DE RAVIOLI Não discuta! RAVIOLI Tá mãe... A mãe desliga o telefone. CORTA PARA EXT. CALÇADA DO OUTRO LADO DA RUA. DIA Ravioli volta seu olhar para a velha. Brusqueta já se encontra alguns passos à frente. Brusqueta olha para trás e sorri com desdém para Ravioli. CORTA PARA EXT. CALÇADA DO OUTRO LADO DA RUA. DIA Brusqueta continua andando, devagar, carregando suas sacolas, com um sorriso simpático e aparência de uma boa velhinha.

ROTEIRO - Na faixa  

Roteiro criado durante oficina sobre o assunto. O roteiro aborda um episódio de uma série de curtas.