Page 1

CULINÁRIA EM ALERTA! PRODUZIR VOZES: (JO) Jornalista feminina, voz firme e decidida. (RP) Repórter feminina, entrevista os participantes. (CK) Cookie, voz caricata de timbre agudo, estilizada por um homem. (JO2) Jornalista masculino, voz firme e imponente. TÉCNICA Vinheta de Jornal. BG de fundo.

LOCUÇÃO (JO2) Mulher mata família inteira porque queria comer filho.

Desce BG jornal.

(JO) Ingredientes foram categoricamente separados, misturados e assados. –-------------------------------------------------

Sem BG

(JO) Boa noite! (JO2) Boa noite! (JO) Começa agora a edição especial do Culinária em Alerta, seu jornal informativo da cozinha! (JO2) Hoje, pela manhã, aconteceu em Taubaté, cidade do interior do estado de São Paulo, famosa por ser a capital nacional da literatura infantil, mais um cruel caso de violência à família. (JO) A chef de cozinha, Magda Bocalaris manteve refém toda uma família, até o momento em que cometeu seus atos de brutalidade, tirando a vida de todos. O resultado de seus atos têm sido denominado pelos moradores de seu bairro como “Receita de Cookie”. (JO2) Direto do local, a repórter Elisa Tudocóme, gravou uma entrevista com o recém-nascido e único sobrevivente do atentado. Seguimos então com essa gravação.


Vinheta do jornal. BG.

(RP) Boa noite! Entrevisto agora o único sobrevivente e resultado final desse crime descrito pelos moradores como “Receita de Cookie”, Senhor Cookie. Boa noite. (CK) Boa noite Elisa. (RP) O senhor estava presente na hora e local do acontecido? (CK) Não Elisa, eu nasci depois que tudo aconteceu, mas descobri tudo pelos meus vizinhos. (RP) Mas se o senhor diz que nasceu após o ocorrido como já está tão “pronto” assim, como cresceu tão rápido? (CK) Isso é coisa de família. Nós Cookies crescemos rápido quando expostos a muito calor por um certo período de tempo. (RP) O senhor poderia me explicar tudo com detalhes então? (CK) Claro. Vamos lá.

Sai BG, entra BG de suspense.

(CK) Tudo começou quando Magda entrou em casa e separou todos os meus familiares e os colocou na cozinha. (RP) Quem eram esses familiares? (CK) Minha mãe, senhora Manteiga sem sal das cento e vinte e cinco gramas e temperatura ambiente, meu pai, senhor Açúcar três quartos de xícara, meu avô senhor Açúcar mascavo meia xícara, meu tio senhor Um Ovo e sua esposa senhora Xícara um e três quartos de farinha de trigo, minha outra tia, senhora Colher de chá de fermento em pó e seu marido Chocolate trezentos gramas, bem... esse era meio amargo. Por último ela pegou também minha prima que chegou, a Colher de chá de essência de baunilha. (RP) Mas sua família tem nomes bem grandes


hein?! (CK) Somos da família real, Elisa, descendentes de Dom Pedro. (RP) Ah sim, mas então, e depois, o que ela fez? (CK) Ela saiu pegando quem ela queria e misturando tudo. Começou com Manteiga, Açúcar mascavo, Açúcar, Essência de baunilha. Aí depois, ela começou a bater o meu tio Ovo e foi jogando ele aos poucos junto aos outros e cara, ela forçava ele a se misturar e ele era antissocial! Deve ter doído muito nele... Mas no fim, à força, ele se misturou bem. (RP) Mas quanta brutalidade... tem mais alguma coisa senhor Cookie? (CK) Tem sim Elisa. (RP) Ok então... pode prosseguir. (CK) Eles já estavam todos misturados, quando ela pegou a Farinha e começou a misturar ela aos poucos também... era uma confusão só. E ela ameaçou fazer tudo na batedeira, mas decidiu que fosse a mão mesmo, de tão bruta que aquela mulher era. No fim ela pegou a Fermento e misturou também sabe, de pouquinho e fazendo pouco caso, dizendo que era só pra incorporar a massa. (RP) Mas pelo que ouvi falar dos vizinhos, isso não foi tudo né? (CK) Não... ela fez picadinho do tio Chocolate! PICADINHO! Só porque ele era meio amargo! E depois ela jogou os pedacinhos dele no resto da família, que ela chamava de “MASSA”, porque disse que a massa já tava bem misturada, só faltava ele. Aí ela ligou o forno, a 250 graus, pegou uma fôrma, fez uma caminha de papel manteiga, só pra ironizar dizendo que era pra eles ficarem confortáveis e jogou essas bolinhas na forma, cada uma longe da outra. E lá ela deixou.


(RP) Mas foi por muito tempo? (CK) O tempo exato eu não sei Elisa, mas pelos relatos parece ter sido algo em torno de quinze à vinte minutos. (RP) Mas isso indica que o senhor não era o único que iria nascer disso, o quê aconteceu? (CK) Eu não sei! JURO que não sei... Ela deve ter esquecido da gente... não sei, ou a polícia a pegou. Só sei que ela não olhou o tempo certo e todos os meus irmãozinhos morreram com os fundilhos queimados! Fui o único sobrevivente porque a dona Silvia, alma muito caridosa, me salvou no último minuto. (RP) Meu deus, que história! Senhor Cookie, meus sentimentos e os de toda a equipe pelas suas perdas, mas que bom que o senhor se salvou. Muito obrigada por nos contar, em primeira mão o ocorrido. (CK) Não têm de quê Elisa. Pra mim é muito difícil falar disso ainda, mas eu só quero justiça. Quero que alguém pegue essa mulher. MAGDA, eu quero você presa! (RP) Com esse recado do senhor Cookie, fechamos a entrevista e voltamos aos apresentadores. Vinheta do jornal. Sem BG.

(JO2) Bem... teremos mais notícias sobre esse caso com o decorrer do programa. (JO) Isso mesmo, e se você conhece Magda, sabe sobre seu paradeiro ou a avistar em algum local, entre em contato com nossa redação. O número é zero oitocentos setenta setenta, setenta. Caso não consiga ser atendido, setenta novamente. (JO2) Atendendo ao pedido do Senhor Cookie, tocaremos a música preferida de sua família, em homenagem à sua memória. (JO) Agora, com vocês, bishâpi com a música COOKIES.


Música COOKIES - Beeshop

No fim da música, vinheta de plantão. Som bg, plantão.

(JO) Acabamos de ter a confirmação de que a autora dos crimes contra a família Cookie, senhora Magda Bocalaris foi presa em uma vistoria da Patrulha da Cozinha em parceria com a Vigilância Sanitária, por seus crimes e pelo uso de aparelhos não higienizados. Com essa notícia encerramos nossa edição especial. Boa noite. (JO2) Boa noite, e nos vemos no próximo Culinária em Alerta.

Desce BG, sobe vinheta de plantão. Vinheta “Erros de Gravação” e BG junto ao áudio dos erros de gravação.

ROTEIRO - Culinária em alerta  

Projeto de curta sonoro para faculdade.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you