Issuu on Google+

Os seus porquês | por Jéssie Panegassi

Por que crescem bigodes em algumas mulheres? Pelos que crescem acima do lábio superior são chamados buço, e é normal que comecem a aparecer, assim como outras mudanças, na adolescência. Os sinais podem ser mais evidentes se a mulher for de origem árabe ou portuguesa. No geral , o incômodo é estético, pois se trata apenas do aumento ou do engrossar dos pelos. É importante consultar um dermatologista ou ginecologista caso o fato se associe a alterações no ciclo menstrual, obesidade, uso de alguma medicação, pelos na região da “barba”, acne ou oleosidade. Quem responde: Gisele Barbosa, dermatologista estética da Universidade de São Paulo (USP).

O barulho acontece pois o nariz funciona como um órgão de ressonância. Isso significa que quando um fluxo aéreo em alta velocidade passa por um espaço pequeno, nesse caso, as narinas, provoca o turbilhonamento do ar e a vibração dos tecidos moles nasais. Uma reação semelhante pode ser observada enquanto se assopra o gargalo de uma garrafa vazia, ou mesmo um apito. Quanto menor a área em que o ar tem para passar, maior será o barulho. Por isso, quando o nariz está entupido — e, portanto, o espaço para a passagem do ar é menor — o som ao assoá-lo é maior e, às vezes, ele pode ser ouvido mesmo enquanto a pessoa apenas respira normalmente. Quem responde: Alfredo Lara, otorrinolaringologista do Hospital CEMA (SP ).

Por que os gagos conseguem cantar?

Por que quebrar algum osso dói?

A gagueira é um problema de fala espontânea: o ritmo da fala é gerado de forma automática pelo cérebro. Formas não espontâneas (cantar, falar em outro tom ou imitar um sotaque) tendem a ser mais preservadas, porque ocorrem de modo consciente. As rotas cerebrais para o controle dos dois tipos de fala também são diferentes; enquanto a espontânea é controlada pelo sistema pré-motor medial, a não espontânea acontece no pré-motor lateral. A gagueira pode ser contornada com um trabalho fonoaudiológico, que consiste na aprendizagem de outro ritmo de fala, mais devagar ou com mais pausas, sem perder a naturalidade. Melhorar com o canto é uma possibilidade. Mas nem todos os gagos terão sucesso. Quem responde: Ignês Maia Ribeiro, fonoaudióloga membro da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.

Diferente do que muitas pessoas imaginam, os ossos também possuem nervos que são lesionados durante a fratura e geram dor. Além disso, também há uma reação inflamatória que causa alterações circulatórias aumentando a sensação de dor e causando o inchaço. Quando um osso é muito grande, como o fêmur ou a tíbia, é necessária mais energia para quebrá-lo. Consequentemente, o trauma é maior, fazendo que a sensação de dor seja ampliada. E ainda podem aparecer hematomas. Isso acontece porque os ossos também recebem suprimento sanguíneo, que é rompido durante a fratura. Se a pessoa não sente dor nessas condições, ela pode ser portadora de algum distúrbio neurológico e deve investigar. Quem responde: Marco Antonio Ambrósio, ortopedista e médico do esporte do Hospital Samaritano (SP). ILUSTRAÇÃO: MELISSA LAGÔA

Por que fazemos barulho quando assoamos o nariz?

E você, tem alguma dúvida que não foi solucionada? É hora de resolvê-la: mande os seus porquês para vivasaude@escala.com.br. Eles podem ser respondidos na próxima edição.

14 | VIVA SAÚDE

L_Os seus porques.indd 14

WWW.REVISTAVIVASAUDE.COM.BR

17/10/2012 11:16:43


L_Os seus porques-1