Issuu on Google+

PUB

EDIÇÃO Nº 440 ❚ Ano 09 ❚ De 27 de maio a 02 de junho de 2012 ❚ Edição Nacional e Ilhas ❚ Jornal de distribuição gratuita ❚ 56.000 exemplares

Siga-nos no facebook!

bem-estar... PÁG. 14

NA CAMA COM O

INIMIGO

Diretor: João Filipe

Os ácaros do pó da casa surgem como um dos maiores causadores das alergias respiratórias, sobretudo, da rinite e asma alérgicacomo o de

f o l h a d e p o r t u g a l . p t TEMA CAPA... PÁGS. 06/07

economia... PÁG. 11

Livre-se das suas

amarras

■ Quantas não são as pessoas que não se conseguem livrar de situações, medos, erros, sentimentos, relações... e ficam presas ao passado, perdendo, constantemente, novas oportunidades de serem felizes

UM FUTURO

nacional... PÁG. 7I

A fonte da realização sentimental

■ A “Terapia

do Amor” é um tratamento para o coração, para aquelas pessoas que desejam alcançar a felicidade a dois. SÁBADO, ÀS 19 HORAS

Amor: o convidado especial

EMPREENDED0R

■ O Governo português estabeleceu como objetivo colocar o país na linha da frente no que diz respeito à inovação, até 2020, já que esta poderá ser uma das “portas” a utilizar para superar a crise

DIOGO ALMEIDA

PUB

portugal... PÁG. 09

Mais famílias com abono e RSI, no início deste ano ■ O número de crianças a receber abono aumentou e perto de 323 mil pessoas receberam o RSI em fevereiro, mais 5 mil do que em janeiro

É O QUE VOCÊ PRECISA! ASSISTA ❑ PARTICIPE DESFRUTE ❑ DIVULGUE

A iurdtv.eu é a sua universidade virtual!

reportagem... PÁG. 12

A cada hora nasce um bebé dependente ■ Em 2009, nasceram 13,5 mil bebés viciados em opiáceos nos EUA. Conheça a história de Aillen Danneley e da sua filha Savannah


02

em foco ///

YOUTUBE JÁ PUBLICOU 72 HORAS DE VÍDEO A CADA MINUTO

cartoon...

E

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

por Emanuel da Silva Ferreira

editorial João Filipe Diretor

Empreendedorismo

P

Tenha uma boa leitura!

Preso de livre vontade “As comparações deixam-me cansado. E a ele [Messi] também. Não podem comparar um Porsche com um Ferrari, porque é um motor diferente”

“Estamos a fazer planos para ir ao Europeu e possivelmente acompanhar todos os jogos. Estaremos na primeira fase, na primeira fila dos estádios” KÁTIA AVEIRO, DIÁRIO DE NOTÍCIAS

ALBERTO ESTEVEZ/EPA

CRISTIANO RONALDO, CNN

“Não estou arrependido de nenhuma decisão [que tomei enquanto exerci funções governativas], de nenhuma delas”

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

JORGE COELHO, HORA H

“Quando teremos um outro filho? Para breve, quem sabe”

“[Os utilizadores da rede social Facebook] não compreendem o que estão a fazer. Estão a pôr dados na rede e não percebem que não os podem tirar” LARRY PAGE, IONLINE

RICARDO PEREIRA, DIÁRIO DE NOTÍCIAS

TIAGO PETINGA/EPA

PETER FOLEY/EPA

ortugal está a viver uma grande crise económica e financeira, mas a maior crise esta mesmo na mentalidade da maioria do povo português, pois, criou-se uma onda de “depressão”, devido aos grandes problemas que o nosso país está a enfrentar. As pessoas que são entrevistadas na rua e que, posteriormente, passam nos telejornais dos vários canais de televisão parece que estão numa depressão coletiva. Contudo, depois em conversa com outras pessoas, chegamos à conclusão de que existem muitas pessoas também que estão dispostas a “arregaçar as mangas” para superar as adversidades. Diante de uma dificuldade, cada um de nós tem dois caminhos: um é ficar parado a lamentar e reclamar que o Governo tirou os apoios e por aí adiante; já o outro é começar a batalhar para sair o mais depressa possível da situação complicada. Ora a escolha somos nós que a fazemos, logo o resultado também é da nossa responsabilidade. As dificuldades que se nos apresentam são de facto muito grandes, mas é nestes momentos que se podem revelar os verdadeiros empreendedores. Assim como esta é uma boa altura para a pessoa criar o seu próprio negócio, pois como este foi criado num momento em que a crise está no auge, assim que este tempo difícil passar, este poderá estar mais imune a futuras oscilações económicas e financeiras. Todavia, coloca-se a seguinte questão: como é que se pode ser empreendedor num país sem apoios ou financiamento das entidades bancárias? Existe sempre uma saída, pois não existe mal que dure para sempre. Contudo, essa saída só poderá surgir se nós a procurarmos, caso contrário encontraremos sempre um ombro que dirá: “coitado/a, estás mesmo mal!”. Mas de que é que adiantará esse tipo de consolo?!? Para se ser empreendedor são necessárias algumas caraterísticas, quer no âmbito académico, quer no aspeto da autoconfiança e autoestima. Ora, no aspeto académico, a pessoa deverá munir-se dos recursos técnicos que puderem diminuir os riscos. Mas é também necessário a pessoa ser corajosa e confiante, sabendo que pode enfrentar várias dificuldades e que só os corajosos podem vencer. Portanto, está na hora de “arregaçar as mangas” e seguir em frente.

“Dentro do campo não há favoritos, dentro de campo há os mesmos jogadores para cada lado” RAÚL MEIRELES, LUSA PUB

FOLHA DE PORTUGAL ALAMEDA D. AFONSO HENRIQUES, Nº 35 (ANTIGO CINEMA IMPÉRIO) 1000-123 LISBOA TEL: 210 300 971 FAX: 210 300 999

Diretor: João Filipe jf.d@folhadeportugal.pt Secretariado: Cláudia Pereira Editor: IURD Redação: Carla Vaz, Isabel Barbosa e Sara Damásio Copydesk: Carla Vaz Paginação: Carlos Paredes e Eliane Rosa Tratamento de imagem: Bárbara Domingos Correio do Leitor / Publicidade geral@folhadeportugal.pt

FOLHA DE PORTUGAL Título registado no ERC com o nº 125046 Propriedade: IURD Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, nº 3 - Póvoa de Santo Adrião - Lisboa NIPC: 592001679 Periodicidade: Semanal Impressão: Rafik Comunicação e Imagem Unipessoal, Lda. - Sítio da Bemposta, nº 1, 1A e1B, Longo da Vila - Mafra Tiragem: 56.000 exemplares Depósito Legal: 322699/11 Distribuição: Gratuita Circulação: Portugal Continental e Ilhas A FOLHA DE PORTUGAL NÃO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES, POIS ELAS NÃO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS


s

ete dias /// A VENDA DE TABACO EM PORTUGAL DIMINUIU 8,7%, DESDE 2011

03 DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

Quanto poupo se deixar de fumar?

dia mundial do não fumador

5% de

■ Sabe que gasta muito dinheiro com tabaco, mas já parou para fazer as contas? Para além dos inegáveis benefícios para a saúde, saiba quanto pouparia ao fim de 1 mês, 6 meses, 1 ano e 10 anos:

FUMADORES desde 2007

Quatro anos após a entrada em vigor da lei do tabaco em Portugal, o Governo quer tornar a lei mais restrita

Exemplo: Quantidade de cigarros que fuma por dia: 20 Preço do maço: 3 euros Resultados: Poupança ao final de 1 mês: 90 euros Com esse montante pode comprar ou fazer: ➜aprender a tocar um instrumento musical, durante um mês ➜assinatura anual das nossas 3 revistas ➜calças de ganga de marca ➜jantar para dois num bom restaurante ➜jogo para PS2/Xbox ➜leitor de MP3 ➜ténis de marca ➜telemóvel ➜antivírus ➜skate ➜perfume Poupança ao final de 6 meses: 540 euros Com esse montante pode comprar ou fazer: ➜bicicleta de montanha ➜trompete ➜máquina fotográfica reflex ➜sistema de GPS para o carro ➜1 ano num ginásio ➜ curso intensivo de inglês ➜gravador de DVD com disco rígido

➜vestido de noiva

Poupança ao final de 1 ano: 1.095 euros Com esse montante pode comprar ou fazer: ➜aluguer de 1 veleiro, por semana, nos Açores ➜gravar a maquete de um CD, num estúdio ➜máquina de lavar e secar ➜frigorífico side by side ➜equipamento de home cinema, com gravador de DVD e colunas sem fio ➜viagem de 7 dias a Nova Iorque ➜clarinete ➜trombone ➜computador portátil ➜cruzeiro nas Caraíbas ➜viagem de 7 dias ao Brasil Poupança ao final de 10 anos: 10.950 euros Com esse montante pode comprar ou fazer: ➜copo de água para 100 pessoas, numa quinta ➜carro utilitário ➜moto de água para 2 pessoas Fonte: Deco Proteste

Menos 45 milhões para o Estado

■ São menos cerca de 500 mil euros por dia, uma quebra de 18,7 por SARA DAMÁSIO ■ sd.r@folhadeportugal.pt

A

proibição total do fumo em locais públicos, como restaurantes, bares e salas de jogo, é uma das medidas que o secretário de Estado adjunto do ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa, anunciou em declarações ao Diário de Notícias. Adiantando ainda que a legislação vai ser toda revista já este ano para “reduzir substancialmente a exposição passiva em ambientes públicos”, tal como acontece em “países mais avançados”. Sublinhou que “há uma vontade de diminuir a exposição de trabalhadores em risco, eliminar

o risco de exposição de crianças e adolescentes, reduzir substancialmente a exposição passiva em ambientes públicos e desincentivar o consumo”. Conforme o relatório Infotabaco de 2011, entregue na Assembleia da República pelo grupo técnico consultivo sobre este tema, a “tendência, a nível europeu, tem sido no sentido da diminuição das exceções à proibição de fumar em locais públicos fechados e locais de trabalho”.

Quatro anos depois... Desde a entrada em vigor da lei do tabaco, em 2007, houve uma redução

de fumadores em 5 por cento, no entanto, um em cada quatro portugueses ainda morre prematuramente, alguns por causa do tabaco. A Sociedade Portuguesa de Pneumologia lançou um estudo que revelou que 22,3 por cento dos portugueses diminuiu o consumo. Em quatro anos, 38,3 por cento dos fumadores mudou os hábitos de consumo: 64 disse ter deixado de fumar ao pé de crianças ou grávidas; 27,2 deixou de fumar dentro de casa; e 19,9 não voltou a acender um cigarro no carro.

ALGUMAS MEDIDAS PARA DEIXAR DE FUMAR ❚ Escolha bem o momento: uma viagem de férias, um período de trabalho menos intenso...É mais fácil livrar-se do tabaco quando está mesmo calmo/a; ❚ Anuncie a sua decisão a quem o/a rodeia (colegas, amigos, etc.). Procure o apoio de pessoas da sua confiança; ❚ Reduza o consumo de café, chá, álcool e alimentos calóricos, como substitutos;

❚ Inicie uma atividade física, para aliviar o stress e

LUSA

controlar um eventual aumento de peso.

cento em impostos do tabaco para o Estado. Esta descida deve-se à redução do consumo, uma das consequências da crise que o país atravessa. Já há algum tempo que os portugueses têm alterado os seus hábitos de consumo, tendo uma grande parte optado pelo tabaco de enrolar, que é mais barato. Desde o IVA ao imposto sobre o tabaco e aos direitos aduaneiros, a carga fiscal é responsável por 80 por cento do valor do tabaco para o consumidor final. Para além da redução do consumo e da escolha de produtos mais baratos também começa a crescer a entrada de tabaco ilegal no país.

Jovens portugueses fumam menos ■ Um estudo internacional, divulgado este mês e que reuniu dados de 200 mil jovens de 40 países da Europa, Israel, EUA e Canadá, revelou que os adolescentes portugueses estão entre os europeus que mais tomam o pequeno-almoço, mais fruta consomem e menos fumam. Esta investigação envolveu indicadores como a saúde, violência, relação com a família, amigos e bem-estar. Segundo a coordenadora do projeto em Portugal, Margarida Gaspar de Matos, “na maior parte dos indicadores de saúde, estamos numa posição média, alguns indicadores destacam-se pela positiva, outros pela negativa”. Para além disso, Portugal está abaixo da média europeia no consumo de tabaco e tem vindo a diminuir a sua incidência, “de uma forma muito consistente entre os jovens de 11 a 16 anos desde 2002”, apontou também a professora da faculdade de Motricidade Humana da universidade Técnica de Lisboa.


04

sete dias ///

79 DETIDOS POR SUSPEITAS DE FOGO POSTO EM FLORESTAS

aconteceu A negligência, a exposição a modelos de comportamento desviante, o abandono escolar e os maus-tratos foram as principais situações de perigo acompanhadas pelas Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, em 2011

Quase 68 mil crianças e jovens

em risco

O Banco Central Europeu estará a injetar 100 mil milhões de euros na Banca grega, noticiou o Financial Times. Será esta a solução para evitar que Atenas saia do euro?!?

2%

Os depósitos bancários em Portugal aumentaram, sensivelmente, 2 por cento entre junho de 2011 e março deste ano, ao contrário do que se passou nos restantes países europeus, que têm estado sob a mira dos mercados devido à crise da dívida soberana, revelou o Barclays.

do

temp

27/05/1999

O Tribunal Internacional de Crimes de Guerra, em Haia, acusa formalmente Slobodan Milosevic por crimes de guerra cometidos no Kosovo.

Em Portugal, um golpe de Estado leva à queda da 1ª República e abre caminho à implantação do Estado Novo.

29/05/2005

A França rejeita, através de referendo, a Constituição Europeia.

30/05/1778

Morre Voltaire, filósofo e poeta francês.

31/05/1961

É criada a República da África do Sul.

ANTÓNIO COTRIM/ LUSA

01/06/1926

números

100 mil milhões

marcas

28/05/1926

■ Segundo o relatório anual, a que a agência Lusa teve acesso, as 305 comissões de proteção acompanharam em 2011 um total de 67.941 crianças ou jovens em risco, com especial incidência para as idades entre os 11 e os 14 anos e os 0 e os 5. Do total de crianças e jovens acompanhados, 25.134 foram processos novos, instaurados no ano passado. À semelhança de anos anteriores, os

Setúbal. A negligência foi encontrada em 22.696 (33,1 por cento) dos casos acompanhados, seguida da exposição a modelos de comportamentos desviantes (12.974), situações de perigo em que esteja em causa o direito à educação (9.737), maus-tratos psicológicos (6.413) e maus-tratos físicos (4.824). O relatório indicou ainda casos de prática de facto qualificado pela lei penal como crime para crianças Negligência, abandono com idade inferior a 12 anos (1.645), abuso escolar e maus-tratos sexual (1.491), criança são as principais abandonada ou entregue situações de perigo a si própria (1.364), distritos mais representativos em termos mendicidade (255) e exploração do de sinalizações foram Lisboa, Porto e trabalho infantil (74).

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

1.594

Necessidade de dinheiro por parte de familiares é uma das explicações para aumento do número de processos de interdição nos tribunais. Entre 2000 e 2010, o número de casos passou de 636 para 1.594, de acordo com números do ministério da Justiça.

Nasce Marilyn Monroe, atriz norte-americana.

02/06/1953

Isabel II de Inglaterra é coroada rainha do Reino Unido.

As crianças ou jovens em risco têm idades entre os 0 e os 5 anos e os 11 e os 14

5.638 consultas

GRATUITAS

■A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) realizou, em dois anos, mais de 5.600 consultas gratuitas de acompanhamento psicoemocional para doentes oncológicos e seus familiares, disse, à Lusa, fonte da LPCC. As oito unidades fixas de psicooncologia foram criadas em 2009, mas só nos últimos dois anos foram realizadas 5.638 consultas, apoiados 794 doentes e acompanhados 97 casos de luto. O perfil do doente é maioritariamente feminino, com idades compreendidas entre os 30 e os 45 anos e pertencentes à classe média.

2,1 mil milhões

A EDP vai investir cerca de 2,1 mil milhões de euros por ano na expansão da capacidade instalada entre 2012 e 2015, com destaque para os parques eólicos e barragens, anunciou o grupo.

pelo mundo

As unidades de apoio psicooncológico foram criadas pela LPCC em parceria com a American Amgen Foundation

FRANÇA

CHINA

6 milhões de suicídios

Investigação independente

33 anos de prisão

❚ O Governo francês deverá aprovar, “dentro de três semanas”, o decreto que reduz a idade da reforma dos 62 para os 60 anos para os trabalhadores com 41 anos de descontos, anunciou o primeiro-ministro.

❚ Quase seis milhões de chineses suicidaram-se nas duas últimas décadas, num “grande problema de saúde pública” que atinge, sobretudo, as mulheres das zonas rurais, indicam estatísticas citadas pelo jornal China Daily.

❚ A Amnistia Internacional instou o Governo da Jamaica a apontar um painel independente para investigar as violações dos direitos humanos alegadamente cometidas, durante o estado de emergência estabelecido, para apanhar o líder de um gangue, Christopher “Dudus” Coke.

❚ Um médico paquistanês que ajudou a CIA a encontrar Osama Bin Laden foi condenado a 33 anos de prisão por traição, informaram fontes judiciais. Shakeel Afridi, despedido dos serviços de saúde públicos há dois meses, foi julgado segundo o sistema tribal de justiça no distrito de Khyber, na zona semiautónoma tribal paquista*COM LUSA nesa, de onde é natural.

Reforma aos 60 anos

JAMAICA

PAQUISTÃO


05

sete dias

A post-it

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

PRIMEIRO AEROGERADOR

Instituições de solidariedade

❚ O primeiro aerogerador a funcionar numa cidade portuguesa, instalado em Viana do Castelo, começou a fornecer eletricidade à rede, assegurando as necessidades de 10 por cento dos habitantes daquela zona urbana.

❚ O presidente da câmara de Matosinhos já visitou quatro das dez obras em curso de requalificação e construção de lares e instituições de solidariedade, que a autarquia financiou em cerca de 5 milhões de euros.

a sua carreira

COMECE A ASSUMIR os seus erros ■ Seja qual for a sua área de atividade, experiência profissional ou nível hierárquico, não está livre de errar e, embora não seja fácil assumi-lo, há

que aprender a encará-lo como uma oportunidade e não como uma fraqueza. Por isso, deixamos-lhe algumas dicas para o/a ajudar a adotar uma nova

postura, começando a ver em cada erro um espaço para aprender e evoluir: 
 ➜se cometeu um erro, assuma-o o mais cedo possível, pois assim terá mais

67M¤

100% colocados ❚ A totalidade dos formados pelo Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática da universidade de Aveiro encontrou colocação no mercado de trabalho, segundo revelou fonte daquele *com Lusa departamento.

A cooperação entre autoridades italianas, a Eurojust e o Ministério Público no Funchal permitiu recuperar 67 milhões de euros no âmbito de uma investigação sobre “crimes de insolvência dolosa e branqueamento de capitais”.

tendo já uma solução em mente para o solucionar; ➜reveja passo a passo o que fez, de modo a conseguir compreender onde falhou e o que poderia ter feito para evitar o sucedido; 
 ➜apesar de se sentir angustiado/a, mantenha a perspetiva e tente perceber a real importância do erro cometido; ➜se o erro for menor há que controlar os danos e encontrar soluções imediatas; já se for mais grave, é importante esboçar um plano de “emergência” para minorar as consequências a curto/médio prazo;
 ➜não invente desculpas, nem faça de conta que não sabe o que se passou; ➜ não atribua a culpa aos outros; Ver em cada ➜assuma que errou e, mal a falha um espaço para situação esteja resolvida, não aprender e evoluir volte a mencionar o assunto; hipóteses de conseguir dar a volta à situação;
 ➜ empenhe-se em fazer o que for necessário para ajudar a ➜ assim que perceber que errou, reconheça-o perante o seu superior, ultrapassar a situação criada.

-

75 milhões de desempregados jovens ❙

Taxa mundial de desemprego jovem não desce até 2016

■ Segundo um relatório divulgado pela Organização Internacional do Trabalho, a taxa mundial de desemprego entre os jovens continuará no nível mais elevado da crise este ano e não

Portugueses pouco felizes ■ Nos indicadores do Better Life Index (BLI, “índice para uma vida melhor”) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Portugal surge ainda como o país onde existe uma maior disparidade na satisfação com a vida entre quem tem estudos superiores ou não. Instados a avaliar a sua satisfação geral com a vida numa escala de 0 a 10, a resposta média dos portugueses inquiridos foi de 5,2, valor que fica muito abaixo da média da OCDE (6,7). No entanto, 72 por cento dos portugueses respondeu sentir “mais experiências positivas do que negativas” num dia normal, valor semelhante ao da média da OCDE. A OCDE assinalou que há uma correlação entre os níveis de rendimento e os graus de satisfação. Existindo também uma correlação com os níveis de ensino, pois, quanto mais baixo o nível de ensino, menor a satisfação com a vida, “sobretudo nos países de menores rendimentos”. Ora, Portugal é o país onde esta diferença é mais pronunciada: os níveis de satisfação expressos por quem tem estudos superiores são superiores aos de quem só tem estudos secundários e muito maiores do que os de quem só tem estudos primários. *Com Lusa

deverá descer antes de 2016. À escala mundial, em 2012 haverá quase 75 milhões de desempregados, com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos, um aumento de cerca de quatro

a descoberta

RISO é a

milhões desde 2007, segundo o relatório “Tendências mundiais do emprego dos jovens”. As previsões mostram que 12,7 por cento da mão de obra jovem no Mundo

estará no desemprego este ano, uma taxa idêntica ao pico da crise em 2009 e ligeiramente superior à do ano passado, quando o desemprego afetava 12,6 por cento dos jovens. *com Lusa

VOCÊ FAZ A NOTÍCIA

leitor @ folhadeportugal.pt

linguagem universal ■ O riso é uma linguagem comum a todos os seres humanos, foi esta a conclusão a que chegou um grupo de investigadores da University College London, em Inglaterra, após ter realizado uma investigação com 20 mil pessoas, no seu próprio país e na Namíbia, usando os sons associados ao riso para estudar esta questão. Na Namíbia, as pessoas que participaram no estudo viviam maioritariamente em aldeias isoladas, sem acesso a eletricidade, água potável ou educação escolar. E a experiência consistiu em fazer ouvir aos participantes, de ambos os países, pequenas histórias contendo emoções básicas, tais como tristeza ou alegria. Depois de ouvirem os sons de riso ou choro, era-lhes pedido que identificassem o que correspondia à emoção presente na história. Na Namíbia, os sons passados eram de gargalhadas de ingleses e vice-versa, tendo as vocalizações certas sido compreendidas por todos.

Entardecer na Praça do Comércio... AlexandraSantos- Alverca Mande-nos a sua opinião sobre algo que leu no nosso jornal ou qualquer outro tema. Ou mande as suas fotos comentadas por si. Envie a sua foto ou comentário para: leitor@folhadeportugal.pt OS SEUS COMENTÁRIOS

O comboio do futuro dos japoneses ❚ "É realmente uma tecnologia muito avançada, com uma velocidade que acho demasiada, 500km/hora, e com 16 carruagens. Velocidades acima dos 350 km/ hora são velocidades em que não pode existir uma falha e o infalível ainda não nasceu. Num acidente a 500km/h é morte certa, com a deslocação dos passageiros dos lugares a uma tal velocidade. São 16 carruagens todas num enorme monte. A Mauricio Arrais in folhadeportugal.pt vida de um passageiro não tem preço!"


06

TEMA CAPA ///

MUITOS NÃO TÊM CORAGEM DE ARRISCAR COM MEDO

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

CORTE AS SUAS AMARRAS E SEJA LIVRE Receios. Quantas não são as pessoas que não se conseguem livrar de situações, medos, erros, sentimentos, relações... e ficam presas ao passado, perdendo constantemente novas oportunidades de serem felizes SARA DAMÁSIO ■ sd.r@folhadeportugal.pt

U

que se conhecem profundamente, conseguiram encontrar a paz e têm a certeza de que o ato de deixarem algo ou alguém para trás não condiciona ou altera o seu interior. Para o psicólogo Filipe de Souza, doutorado em psicologia da religião da universidade Federal de Juiz de Fora, de Minas Gerais, no Brasil, as pessoas dependentes de algo ou alguém “podem apresentar sintomas como fobia, ansiedade, depressão, ou seja, têm medo de perder ou perderam e não souberam lidar bem com a perda”. Os especialistas concluem que alguém que se desprende do negativo, ganha qualidade de vida e até poderá estar a preservar a sua saúde.

m trabalho que exige mais de uma pessoa, não a satisfaz minimamente, mas que se aguenta só por causa do dinheiro; a falta de coragem de arriscar com medo de errar; ou até mesmo a quantidade de objetos ou roupa que mantém em casa, desnecessariamente, sem coragem de se desfazer deles. Estes são só alguns exemplos de situações que atrasam a vida de muitas pessoas e relações, até porque poucas se conseguem desligar facilmente de algo, alguém ou algum momento que foi importante nas suas vidas. No entanto, muitos especialistas defendem a importância de se desligar de Dependência emocional tudo isso quando se precisa de avançar na Este tipo de dependência faz com que vida. Livrar-se uma pessoa do peso dos se tor ne É importante que se submissa, sentimentos é o conheça a si, sozinho/a, demasiado primeiro passo aprendendo a gostar prestativa e para surgir de si mesmo até sufocante, espaço para novos caminhos e experiências na vida porque não quer deixar o/a seu/sua parceiro/a sozinho/a. O medo de de qualquer um. Para a psicoterapeuta brasileira, ficar sozinho/a é constante e é um Cristiane Cappa, em declarações à Arca pouco consequência de quem não está Universal, a ligação em excesso mantém resolvido/a consigo mesmo/a. E um as pessoas prisioneiras “daquela pessoa, dos primeiros passos a tomar para se sentimento, atitude ou história que, um tornar independente emocionalmente dia, foi muito importante para o nosso é ter noção da sua importância acima crescimento, mas que hoje nos coloca de qualquer outra pessoa. O medo distante dele”. Para a especialista, só existe do desconhecido também é uma das uma solução para uma pessoa poder principais razões que não permite às avançar que é cortar de vez com tudo o que a prende ao passado, devendo “abrir mão de tudo o que não acrescenta, nos ocupa, possui e consome”.

Uma pessoa livre... A tranquilidade é uma das principais caraterísticas de quem se consegue desprender do passado. São pessoas

O autoconhecimento e a confiança geram segurança e coragem para enfrentar o medo e o desconhecido

pessoas enfrentarem uma nova vida, decisão e mudança. Portanto, é importante conseguir desprender-se de uma relação que só sobrevive por causa de uma dependência negativa de um dos lados, devendo aceitar o fim, enfrentar as suas carências e resolver os seus assuntos pendentes. É importante que se conheça a si, sozinho/a, aprendendo a gostar de si mesmo. O autoconhecimento e a confiança geram segurança e coragem para enfrentar o medo e o desconhecido.


07

tema capa

Seja independente emocionalmente Comece por... ➜fazer uma lista das situações, tarefas e responsabilidades em que depende de outros na sua vida ➜ não procurar ajuda na definição de tarefas e decisões diárias ➜voltar atrás e pensar nas relações passadas, pode ser que assim encontre um padrão de dependência ➜tentar afastar-se de todas as pessoas que sejam críticas, superprotetoras ou controladoras ➜ir apontando os progressos e as vantagens emocionais ➜reservar alguns momentos, todos os dias, só para si ➜fazer coisas que o/a deixem feliz, sejam elas quais forem ➜acordar sempre com um objetivo definido ➜convencer-se que decidiu ser feliz ➜cumprimentar-se pelos seus sucessos

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

Caraterísticas de quem é dependente do amor

Livre-se do que o/a prende

➜Vive em função da relação,

➜Se algo, um objeto, crença, convicção,

não sobrando energias para outros compromissos ➜Começa a viver erradamente a ideia de que os dois devem ser apenas um ➜Após o amor acabar, sente-se incapaz de terminar a relação ➜Tem medo de arriscar e resiste constantemente à mudança ➜É uma pessoa limitada na evolução ou desenvolvimento individual ➜Existe pouca espontaneidade na troca de afetos, dando apenas se receber em troca ➜Foca-se muito naquilo que os outros precisam de mudar ➜Depende também dos outros para se sentir completo, seguro e equilibrado ➜Surgem sentimentos de abandono, solidão e extrema insegurança na relação e, consequentemente, segredos e isolamento ➜Espera que o/a parceiro/a adivinhe e seja o/a responsável pelo seu bem-estar

lembrança, trabalho ou até pessoa, é um peso para si, não o/a deixa avançar e faz com que se sinta mal, livre-se disso ➜Se algo está ali apenas a ocupar espaço e não acrescenta nada de novo na sua vida, mande fora. Caminhe para a frente, deixando tudo o que é negativo para trás e pensando apenas no positivo ➜Não deixe que a decisão de se livrar de algo se torne demasiado difícil. Não perca tempo a pensar nos prós e contras, pois isso só o/a deixará pior ➜Lembre-se de que esta é a única vida que tem e não pode perder tempo, energia e espaço com lixo material ou psicológico Como seguir em frente ➜Todos têm que fracassar para alcançar o sucesso ➜Não existe perfeição ➜Não carregue os seus erros para o lado pessoal. Se algo não correu bem, corrija e faça de outra forma no futuro ➜Não gaste a sua energia a pensar no que deu errado, no que devia ou não ter feito, pois, se o fizer não terá energia suficiente para construir novos caminhos para a realização *com Arca Universal e livro “Jogue Fora 50 Coisas”

ELES DEIXARAM TUDO POR AMOR

■ “Abrir mão de certas ‘coisas’, sejam materiais ou sentimentais, que nos ocupam, mas já não nos satisfazem, apesar de difícil e dolorido, pode-nos proporcionar imensa satisfação já que nos libertamos e nos abrimos para o novo, para vivenciar novas sensações”, disse, à Arca Universal, a psicóloga brasileira Cíntia Soares. Duas figuras públicas, uma no Brasil e outra em Portugal, revelaram como é possível libertar-se de tudo, de todas as amarras financeiras e profissionais, em

detrimento do amor e do bem-estar. Ana Paula Arósio, atriz brasileira, largou a carreira de sucesso, há mais de um ano, para viver uma vida resguardada e tranquila ao lado do marido, no interior de São Paulo. Recusou todos os convites até agora de trabalho, incluindo um recente para a peça de teatro “Macbeth”. Também por amor, o ator e apresentador José Pedro Vasconcelos decidiu sair de Lisboa, em 2008, em direção a Guadalupe, a 13km de Évora. Nessa altura,

Quando um final de amor cria dependência ❚ Sabia que as zonas do cérebro que são acionadas quando alguém tem sentimentos de fim de relação são as que estão associadas à dependência, depressão e ansiedade? Esta foi a conclusão de um estudo levado a cabo por investigadores da Rutgers University, em Nova Jérsia, nos EUA. Helen E. Fisher, uma das coordenadoras do estudo, antropóloga e investigadora na área dos relacionamentos, admitiu, no âmbito do projeto, que a rejeição cria uma espécie de dependência, causando uma dor, supostamente, suportável. Conseguir acabar com a tristeza de um final de relação e os consequentes pensamentos negativos é considerado um processo de aprendizagem.

com a atual mulher, Mariana Roxo, produtora de TV, andavam a ver casas, até que se apaixonaram pela quinta onde estão hoje. Durante todo esse tempo, até abril passado, José Vasconcelos manteve-se resguardado e abdicou de toda a vida pública e de artista que tinha até então, em Lisboa. Agora, depois de quase quatro anos, desde 10 de abril, dia em que voltou ao pequeno ecrã, é uma das mais recentes caras do programa da RTP1, “5 Para a Meia Noite”.

Seja financeiramente livre e independente! ❚ Para uma grande parte das pessoas a segurança financeira é uma das principais prioridades das suas vidas, acabando por se tornarem reféns do dinheiro. Muitos começam a trabalhar e a viver em função das economias, quando deveria ser ao contrário. Por isso, conheça alguns passos para que não se

torne um/uma escravo/a da sua vida económica: ➜Poupar para o futuro: se o seu objetivo é chegar a um ponto em que não precisa mais contar tostões, então, é necessário começar a colocar algum de parte. O ideal é que seja sempre 10 ou 20 por cento do seu ordenado; ➜Estabelecer um plano financeiro: pode demorar

algum tempo a chegar à sua independência, mas não se deve desviar do seu objetivo e plano financeiro, começando por comparar o seu rendimento e despesas; ➜Pagar primeiro a si: muitas vezes, as pessoas assim que recebem o ordenado a primeira coisa que fazem é pagar as despesas e o que sobrar é o que vai ser usado até ao final do mês. Experimente fazer ao contrário, sempre que receber coloque logo uma parte de lado para si e para as suas poupanças e só depois organize as despesas, imaginando que se trata de um imposto.


08

portugal ///

80 NOVOS CASOS SÃO DIAGNOSTICADOS POR ANO

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

O ministro da Saúde anunciou que o Estado vai investir 30 milhões de euros num medicamento para ajudar a tratar a paramiloidose (doença dos pezinhos), nos próximos dois anos

MÁRIO CRUZ/LUSA

saúde

30 milhões para tratamento da “doença dos pezinhos” ISABEL BARBOSA ■ ib.r@folhadeportugal.pt

O

através do SNS, o ministro da Saúde acrescentou que, se os 30 milhões de euros forem ultrapassados, “a empresa farmacêutica devolverá a parte excedente ao SNS”.

contrato celebrado entre a Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) e a empresa farmacêutica Pfizer resultou de um 450 doentes abrangidos processo negocial em que as partes Segundo Paulo Macedo, o acordo tiveram várias intervenções e no qual foi conseguido depois de “muitas ficou definido um valor a suportar pelo Serviço Nacional Os custos para tratar a de Saúde (SNS), para dois paramiloidose com os anos, superior a 30 milhões de transplantes hepáticos euros”, anunciou o ministro da rondam os 400 mil Saúde, Paulo Macedo. Durante euros por doente a cerimónia de assinatura do protocolo de utilização do Tafamidis, negociações em que, obviamente, medicamento para a paramiloidose, houve uma redução do preço proposto

inicialmente”. Nesta primeira fase deverão ser abrangidos 450 pacientes que sofrem de paramiloidose, uma doença que tem uma forte prevalência em Portugal, especificamente nas regiões Norte e Centro e, por isso, estima que serão de extrema importância os ganhos de saúde esperados pela utilização do Tafamidis.

Poupança de 280 mil O ministro da Saúde confirmou que os custos para tratar a paramiloidose com os transplantes hepáticos rondam os 400 mil euros por doente e que o Tafamidis tem um custo de 120 mil euros por pessoa. Paulo Macedo sublinhou, no entanto, que, clinicamente, a medicação MANUEL MOURA/LUSA

acordo com ministério da saúde

Despesa pública nos hospitais reduzida ❙ A indústria farmacêutica aceitou reduzir a despesa pública do mercado hospitalar em 170 milhões e 130 milhões de euros no ambulatório, tendo o Governo garantido que pagará 60 por cento das dívidas este ano ■ O acordo entre os ministérios da Saúde, Economia e Emprego e Finanças e a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma) fixa, para este ano, “um objetivo de despesa pública inscrita no Orçamento de Estado para 2012 com medicamentos no Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 1,25 por cento do Produto Interno Bruto”. Esse valor é de 170 mil milhões de euros.

As empresas que assinaram o acordo aceitaram “colaborar numa redução da despesa no valor de 300 milhões de euros, face aos valores verificados no ano de 2011, sendo os valores de diminuição da despesa pública do mercado hospitalar de 170 milhões e do mercado ambulatório de 130 milhões de euros”, noticiou a Lusa. O protocolo contemplou ainda a criação de um fundo financeiro pela

não evita o transplante hepático a prazo e que, portanto, o SNS vai continuar a “dinamizar os transplantes”. “Temos que tratar estes doentes com esta medicação e tratar de continuar com o esforço, que tem vindo a ser feito, de aumentar os transplantes e o sucesso nos transplantes que têm vindo a ser feitos”, declarou aos jornalistas à margem da cerimónia a que presidiu.

Distribuição gratuita Depois de a Infarmed e a Pfizer terem chegado a acordo para disponibilizar o Tafamidis no SNS, foi a vez do ministro da saúde, Paulo Macedo, anunciar que o medicamento vai ser distribuído gratuitamente a partir de julho. Paulo Macedo admitiu que a doença tem “uma grande prevalência” em Portugal e afirmou que a distribuição gratuita do

medicamento, durante dois anos, vai custar ao SNS 30 milhões de euros. O protocolo, segundo o ministro da tutela, “demonstra que é possível gerir objetivos comuns” e que “o Serviço Nacional de Saúde está, obviamente, disponível para ir ao encontro das necessidades dos cidadãos”. Os primeiros 100 doentes vão começar a ser chamados para testar o medicamento, mas só a partir de julho o Tafamidis vai estar de forma massiva no SNS. A zona das Caxinas é a mais afetada por esta doença e, segundo especialistas, em média são seguidos, anualmente, no Hospital de Santo António, no Porto, 700 doentes e 300 portadores da mutação e são estabelecidos 80 novos diagnósticos de início da doença. *Com Lusa PUB

Medicamento sem aprovação é 40 vezes mais barato

indústria farmacêutica para a despesa hospitalar.

Dívidas hospitalares Em relação às dívidas hospitalares, o acordo determinou que o ministério da Saúde deverá ainda “envidar esforços no sentido do cumprimento dos prazos de pagamento pelas instituições do SNS” e criar as condições necessárias para o integral cumprimento e fiscalização do pagamento das dívidas hospitalares e do cumprimento dos prazos de pagamento”. I.B.


Folha

Centro de Ajuda Págs. 4i/5i

Pág. 7i

O DIA DA DIREÇÃO

TERAPIA DO AMOR

Investir numa nova vida

A fonte da realização sentimental

dentro Pela madrugada iur d.pt

Suplemento jornal FOLHA DE PORTUGAL ■ Nº 440 ■ Domingo, 27 de maio a 02 de junho de 2012

Centenas de jovens estiveram presentes na primeira vigília do mês de maio, que se realizou na Sede Internacional do Centro de Ajuda em Lisboa e no Porto

Lisboa

Porto

Centenas de jovens da região de Lisboa e Vale do Tejo assistiram a uma madrugada inesquecível CEDIDAS

C

entenas de jovens estiveram presentes na primeira vigília do mês de maio, que se realizou na Sede Internacional do Centro de Ajuda em Chelas e reuniu as regiões da Grande Lisboa e Vale do Tejo. O coordenador da Força Jovem Europa falou a respeito de várias situações que os jovens têm vivido, principalmente na área sentimental. “Nunca se viu tantas emoções, fantasias, ilusões, promessas de vida fácil e divertida, que suga e absorve tudo o que os jovens têm de melhor e os expõe ao extremo do ridículo. Os média ensinam aos jovens

Momentos da vigília em Lisboa

ISABEL BARBOSA ■ ib.r@folhadeportugal.pt

O coordenador da Força Jovem Europa transmitiu uma palavra prática e objetiva aos jovens. Durante o evento, houve ainda relatos de casos verídicos e animação

trata de ser moralista, mas é a consciência de uma realidade grave que tem O jovem deve ter a provocado danos seríssimos a um único ser, você que não leva a sério atitude de dizer não a esta mensagem. Muitos que estão tudo aquilo que destrói casados hoje esconderam a sua a sua vida e o seu futuro personalidade, caráter e atitudes o amor liberado, o sexo antes ou fora do no período do namoro, porém, depois do casamento e fabricar um filho hoje, para casamento começaram a mostrar o que muitos, é algo simples. Ensinam ainda a realmente eram. Por essa razão, somos trair, mentir, explorar e desvalorizar tudo incisivos na orientação da vida sentimental que é bom e correto, como o amar e ser e queremos que você faça a coisa certa, amado, o respeito pela vida, a alegria, a para que encontre a pessoa certa. Afinal, saúde e a realização sentimental. Não se ninguém pode querer a pessoa certa

"Big Night" no Porto

CEDIDAS

fazendo o que é errado ou deixando de fazer o que é certo”, afirmou o pastor Gelson Luís.

“Big Night” no Porto De igual modo, os jovens da Força Jovem do Norte também se reuniram numa madrugada inesquecível. Aproveitando a mensagem da semana “Diga Não”, o coordenador da região Norte, pastor Aldo Cunha, evidenciou, principalmente, que o jovem deve ter a atitude de dizer não para tudo aquilo que destrói a sua vida e o seu futuro.

Durante o encontro, a Força Jovem de Paredes apresentou uma peça de teatro, intitulada “A bagagem”. E vários grupos de dança – “Next Level”, “Breakdancing” e “Lectron” – foram convidados para uma competição com vários estilos, De forma voluntária, os entre eles: Hip Hop, jovens da Força Jovem do Norte Break Dance e decidiram Contemporâneo. O abandonar o seu passado grupo vencedor foi o “Next Level”, convidado pelos jovens de Rio Tinto. Já os dançarinos individuais competiampelo“MelhorCoverdeMickael Jackson”, que foi vencida pelo jovem Fábio Moreira, do Porto. O evento terminou com o reconhecimento dos jovens que, de forma voluntária, decidiram abandonar o passado.

-

-

Dança, música, teatro e momentos de reflexão com Deus. A vigília no Porto foi repleta de surpresas

Entrega através do batismo nas águas


2i

folha centro de ajuda

/ história de superação

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

visite-nos em iurd.pt

A vitória AMOR

Quantos não são os casamentos que, hoje em dia, chegam ao limite, não conseguindo ultrapassar as adversidades do dia a dia e sendo a rutura sempre uma opção. No entanto, este casal revela como conseguiu encontrar uma saída, onde menos esperava, e hoje é feliz e realizado emocionalmente SARA DAMÁSIO ■ sd.r@folhadeportugal.pt

A

ntes de conhecer o Centro de Ajuda, era uma pessoa extremamente nervosa, sofria de fribromialgia, síndrome de fadiga crónica e, por causa disso, era uma pessoa muito depressiva, nunca querendo sair de casa e vivendo na solidão. Para além disso, o meu casamento também estava totalmente destruído, principalmente quando descobri que o meu marido tinha uma amante. Passávamos a vida a discutir, refugiávamo-nos muito na noite, no álcool e no tabaco, fumando dois maços e meio de cigarros por dia. Com o tempo, cada um de nós começou uma vida independente. Saíamos cada um com os seus amigos e isso levou a uma rutura. Tínhamos uma filha, na altura com três anos, que sofria muito com as nossas discussões.

Quem conheceu primeiro o Centro de Ajuda foi o meu marido, na altura em que ficou doente por causa das bruxarias que a outra mulher lhe fez. Andou algum tempo sozinho, porque eu não me sentia preparada. Até que, um dia, decidi ir sozinha e foi o melhor que me podia ter acontecido! Nessa altura, sentia-me a pior pessoa do Mundo, porque independentemente de existirem muitas discussões entre mim e o meu marido, nunca pensei que pudesse haver uma traição. No fundo, sabia que nos amávamos, mas senti o meu mundo a desabar e humilhada. Quando cheguei estava a começar a Fogueira Santa e decidi pedir pela transformação da minha vida sentimental. Sacrifiquei e dei tudo o que tinha e hoje, o meu casamento está restaurado! Hoje temos paz, alegria, recuperei a minha autoestima, comecei

o! g i m o c u e acontec CEDIDAS

a gostar de mim e a amar mais o meu marido. Vivemos em plena lua de mel”. ELIZABETE

Até ao limite “Tudo começou mesmo antes de nos casarmos. Durante o namoro, já tínhamos muitas discussões por causa de ciúmes e as agressões foram continuando até ao casamento. Em

muito na noite, álcool e tabaco. Vivíamos vidas completamente separadas, até que tivemos uma filha e, nessa altura, as coisas pioraram e ela assistia a tudo. O limite foi quando aconteceu a traição e a minha esposa pediu-me para sair de casa. Quando saí, pensei que fosse o fim! Conheci o Centro de Ajuda através da minha irmã, que era obreira e me dizia que eu deveria entrar

“O limite foi quando aconteceu a traição e a minha esposa pediu-me para sair de casa. Quando saí, pensei que fosse o fim!”R UI

plena lua de mel, cheguei a agredir a minha esposa por causa de ciúmes. As coisas começaram a agudizar-se cada vez mais, a nossa relação foi sendo sempre mais conflituosa e refugiávamo-nos

para conseguir resolver todos os meu s problemas. A partir do momento em que entrei, tanto eu como a minha

esposa começámos a mudar e a ver tudo de outra forma. Adquiri uma força que nunca tinha tido para ultrapassar os problemas, principalmente os ciúmes. Fui o primeiro a chegar e, nessa altura, participei logo na Fogueira Santa, pedindo que a minha esposa se convertesse para que pudéssemos ter paz na nossa relação. A partir desse dia, a minha vida mudou completamente e, atualmente, temos uma relação completa mente transformada, com paz e amor. Os problemas ainda existem, mas agora sabemos ultrapassá-los, com equilíbrio e calma. Hoje, sou muito feliz no meu casamento, com a minha filha e esposa”. RUI GOUVEIA


folha centro de ajuda

3i

/ reflexão

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

visite-nos em iurd.pt

mensagem

❚ realizar casamentos ❚ realizar batizados (adultos) ❚ dar aconselhamento

matrimonial

❚ aconselhar e acompanhar

indivíduos toxicodependentes ❚ aconselhamento pastoral ❚ participar na Santa Ceia ❚ a realização da unção com óleo ❚ visitas ao domicílio ❚ visitas a doentes no hospital ❚ visitas a presidiários ❚ distribuição de cestas básicas às famílias carenciadas ❚ distribuição de bens (roupas, mobílias, eletrodomésticos, etc.) a pessoas carenciadas ❚ acolher o Instituto Português do Sangue nas suas instalações para a doação de sangue ❚ ajudar a manter o Lar de Idosos Universal ❚ a apresentação de crianças (não batiza crianças, somente adultos) ❚ participar no grupo de jovens "Força Jovem" ❚ a realização de orações ❚ a entrada nas igrejas e participação nos cultos ❚ a participação em concentrações, em locais como: Coliseu dos Recreios, Pavilhão Rosa Mota, estádios, Pavilhão Atlântico, etc. ❚ ajudar a manter a Sociedade “Pestallozi” (presta assistência aos portadores da síndrome de Down) ❚ manter a Fazenda Nova Canaã

A fonte de água viva

❚ a realização de cursos

informáticos

❚ aconselhar e apoiar na

escolha de uma carreira profissional ❚ atendimento telefónico 24 horas ❚ apoio a mulheres vítimas de abusos ❚ apoio e aconselhamento a indivíduos dependentes alcoólicos ❚ visitas a lares de terceira idade ❚ dar alimento aos sem-abrigo ❚ apoio em catástrofes ❚ a realização de atividades lúdicas e desportivas com os jovens ❚ aconselhamento e campanhas na prevenção do HIV ❚ transporte de pessoas com dificuldades de locomoção ❚ estacionamento no parque da Igreja ❚ estudos Bíblicos realizados ❚ entrada e participação no maior Congresso Financeiro do País ❚ realização de funerais ❚ distribuição do Óleo Santo de Israel ❚ cursos de Teologia (IBURD) ❚ milagres que acontecem em todos os Centros de Ajuda espalhados pelo Mundo. Só ensina às pessoas a VERDADE. O dízimo, como também as ofertas, são mandamentos bíblicos.

Sacrificando diariamente pelo seu ideal!

E

stava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta (...) Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva” (João 4.6-10). As coisas de Deus não são para todas as pessoas, porque nem todos creem. Na realidade, a maioria não crê. Mas, para a minoria que crê, é revelada a água viva, que faz da pessoa que a recebe uma fonte. O poço simboliza Jesus e a água o Espírito Santo. Mas para você alcançar a água, tem de ir até ao poço, isto é, até Jesus. Então, precisa servir ao Senhor Jesus, dar-Lhe a sua vida e o seu coração.

Acessos oficiais do

bispo Macedo PELA RÁDIO DIARIAMENTE: 95.0 FM 23H ¢

bispomacedo.com.br/blog

vendo mortos e feridos caídos no meio de um rio de sangue, lembrou-se do anel, tirou-o e leu a inscrição: “isto também passará”. E continuou a lutar com o seu valente exército. Perdeu batalhas, venceu outras tantas, mas, no final, saiu vitorioso. Ao retornar para o seu reino,

twitter.com/BispoMacedo

youtube.com/obispomacedo

facebook.com/BispoMacedo

Record FM 107.7 23h30 ¢ Liz FM 101.3 23H ¢ Gaia FM 95.5 23H ¢ IURDTV, diariamente, pelas 13h30 (hora de Lisboa)

iurd na web

O velho sábio rei pressentindo a chegada da morte, chamou o seu único filho, tirou do dedo um anel e deu-lho, dizendo: “quando fores rei, leva sempre contigo este anel. Nele está uma inscrição. Quando passares por momentos difíceis ou de glórias, retira o anel e lê o que nele está escrito”. O velho sábio rei morreu e o seu filho passou a reinar no seu lugar, usando sempre o anel que o seu pai lhe dera. Passado algum tempo, surgiram conflitos com o reino vizinho que culminaram numa grande guerra. E, num momento de grande angústia no aceso das batalhas,

Não estamos aqui a falar de religião ou igreja, mas de vida. As pessoas fazem uma tremenda confusão no que diz respeito à fé. Quando falamos de fé, normalmente, as pessoas dizem que já têm uma religião. Não é nada disso! Você pode ter a religião que quiser, mas só vai ter vida quando entregar todo o seu ser a Jesus. Ele é a fonte de água viva que faz jorrar o Espírito, que vai conduzi-lo/a à pessoa certa, trazendo aquela que vai encaixar perfeitamente consigo. Somente Ele lhe pode dar o Espírito que vai o/a conduzir à prosperidade e a uma vida de sucesso. Claro que, para que todas as promessas de Deus se cumpram, antes vêm as lutas, mas você vai ser feliz, porque a sua paz não vai estar no seu exterior, mas dentro de si quando beber dessa água chamada Espírito Santo, que só Jesus lhe pode dar. Que Deus abençoe a todos abundantemente.

Você vai ser feliz, porque a sua paz não vai estar no seu exterior, mas dentro de si

história de sabedoria

■ Um dia, um rei bondoso e sábio,

Edir Macedo

http://www.arcauniversal. com/iurd/mundo/noticias/ bispo-macedo-emsoweto-12303.html

entrou coberto dos lauréis da conquista e coroado de glórias, sendo aclamado por todos como o maior dos heróis. Nesse momento, ele lembrou-se do seu velho e querido pai. Tirou o anel e leu novamente: “isto também passará”.

É importante administrar com sabedoria tanto os momentos de dor como os de glória. E no furor dos embates da vida é primordial ter a certeza de que a nossa tribulação é leve e momentânea, isto é, não dura para sempre

CEDIDAS

O CENTRO DE AJUDA NÃO COBRA PARA D

BISPO

¢

Em viagem missionária à África do Sul, o bispo Edir Macedo realizou a concentração de fé e milagres, no passado domingo (20), no Cenáculo do Espírito Santo em Soweto, local que ficou lotado por todos aqueles que aí compareceram em busca da paz que vem de Deus...


4i

folha centro de ajuda

/ sede internacional da europa

INVESTIR

caso verídico

Tudo em favor dos outros “Antes de participar na Fogueira Santa de Israel e de ter sacrificado para Deus, sofria muito na minha vida sentimental. Primeiro, não dava certo com ninguém e, quando conheci o meu marido, sofri muito no casamento. Inclusive, venho de uma família que tinha uma maldição hereditária, onde ninguém era feliz na vida sentimental e conjugal. Vim de um lar de pais separados! No início do nosso namoro tudo parecia bem, pois, éramos um casal feliz, mas, depois, veio à tona aquilo que ele era. Traía-me muito e tinha várias amantes, para além dos vícios”, contou Eliane. “Eu era realmente infiel, viciado no álcool, drogas, tabaco e jogos. Era uma pessoa completamente desequilibrada e nervosa. Não dava valor à minha esposa, nem ao meu filho. Chegámo-nos a separar cinco vezes. Reconhecia que o erro estava em mim, inclusive sempre lhe disse a verdade, mas não tinha forças para deixar a promiscuidade, o vício do jogo, as drogas e as noitadas. No fundo, queria desfrutar de uma vida conjugal e de uma família, mas como

solteiro. Era influenciado pelos amigos!”, afirmou Ednilson. E Eliane acrescentou: “antes do sacrifício para Deus, sacrificava para ele e para o relacionamento, mas não funcionava. Durante seis anos, sacrifiquei o meu interior e os meus sentimentos, era tolerante e lutava para que ele mudasse, mas o retorno foram traições, maus-tratos, frustração, desilusão, brigas, ciúmes... Quando ele voltava para casa, perdoava-o, mas dentro de mim estava a mágoa, pois, não tinha mais confiança nele e assim sendo acaba o casamento. Quando entrei na Igreja Universal, houve uma melhora, mas não uma transformação! Durante três Fogueiras Santas não participei e fiquei indiferente ao sacrifício. Achava que as minhas orações e os meus votos seriam suficientes. Mas quando o meu marido se desviou da presença de Deus lancei-me, pois, era tudo ou tudo, porque o nada já existia. O meu sacrifício foi espiritual – jejum, orações de madrugada... – e financeiro, peguei no meu salário e coloquei-o no Altar. Para além disso, ia fazendo uns trabalhos de cabeleireira em casa e fui gerando o meu sacrifício. Não me limitei!”. Ednilson, contou: “eu vinha à Igreja para agradar à minha esposa e só por ela. Nunca me firmei, estava ali ao lado, mas não participava na reunião. Quando a minha esposa estava no propósito da Fogueira Santa, fiquei doente. E por três vezes lhe pedi para ir para outra igreja, porque para a Universal não ia voltar mais. Eu via como muitos veem a Igreja Universal, ou seja, que os pastores só queriam encher os bolsos. Na altura, não sabia que ela estava no sacrifício da Fogueira Santa, imagine se soubesse”. E Eliane terminou, dizendo: “quando subi ao Altar, desci com a certeza de que tudo já tinha mudado. No mesmo mês, ele foi para a Igreja comigo! E, a partir daí, deixou tudo aquilo que desagradava a Deus, os vícios, noitadas e amantes. Hoje, ele é um esposo! Dá-me carinho, atenção, amor e fidelidade. Tenho a certeza de que me ama e confio nele. Hoje, amo-o de verdade! E, financeiramente, também estávamos a prosperar. O meu marido tinha responsabilidades dentro da empresa em que trabalhava e eu tinha aberto um salão de cabeleireiro, que já tinha uma grande clientela. Mas deixámos tudo para trás, para servir a Deus no Altar. Esse foi o nosso mais recente sacrifício, mas não será o último!”. ELIANE E EDNILSON

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

visite-nos em iurd.pt

DIOGO ALMEIDA

NOVA

O bispo Júlio Freitas falou sobre como conquistar uma vida de qualidade, dependendo apenas de Deus ISABEL BARBOSA ■ ib.r@folhadeportugal.pt

C

entenas de pessoas procuram o Centro de Ajuda em busca da restauração do seu casamento, namoro, noivado e sonhando com uma família transformada e feliz. Muitos chegam com as suas vidas destruídas, sem perspetiva ou esperança, separados do seu cônjuge ou cansados de discussões entre os familiares, dos vícios, das dívidas

e das más companhias. O Centro de Ajuda tem-se preocupado com a união conjugal da população, realizando orações e orientações em favor dos casais,

às 9h30, realiza-se a palestra designada “Dia da Direção”.

Conselho parara os casais Nas orações pelos casais e pelas famílias, o poder da fé O diabo mata, rouba e leva famílias a viver de acordo destrói – foram estas as com a Bíblia e a alcançarem palavras de Jesus – mas só a transformação de vida tão depois de abrirmos a porta almejada, como comprovam os para que haja reconciliação e união. milhares de casos verídicos relatados no Com esse intuito, todos os domingos, Altar dos Centros de Ajuda, espalhados


5i

sede internacional da europa

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

TIR numa

A VIDA

se algo está mal... ...mantenha-se bem! BISPO Júlio Freitas

O que me falta para desfrutar da VIDA? M

uitos, diariamente, têm tentado desfrutar dessa Vida, tentando encontrá-la e vivê-la, mas, infelizmente, a “dose que têm tomado” não tem sido suficiente forte para os ajudar. Hoje, vamos de uma vez por todas conhecer, buscar e receber a “Dose + Forte”. “Eu sou o pão da vida” (João 6.48). Jesus comparou-se ao pão, pois, o mesmo independentemente das culturas, sempre está presente na alimentação do nosso dia a dia. Mas o que Ele quis dizer é o seguinte: Eu sou fundamental para todos os que querem vida! Afinal, o pão representa o alimento que nos fortalece, para subsistirmos, vivermos e nos energizarmos. “Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram” (Jo 6.49). Muitos têm procurado este pão

Quem quer ter vida, primeiro tem que ter dentro de si a ‘O Corpo e o Sangue’, que é Cristo

-

O bispo Júlio orou pela saúde e salvação dos familiares de todos os presentes. E consagrou o baú onde se encontra a "Dose + Forte"

por Portugal, como é o caso de Eliane e Ednilson. “Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem” (Mateus 19.6). Mas o que é que tem separado os casais? “O homem, quer dizer, a natureza egoísta, desobediente, pecaminosa. O homem a que Jesus se referia é ao orgulho, egoísmo, ciúmes excessivos e possessivos, desprezo, injustiça, traição...”, disse o bispo Júlio, perante as centenas de pessoas que assistiam à reunião. Tudo isso pertence e provém do homem, mas só depois que ele alimenta essas coisas é que o diabo

entra em ação. O diabo mata, rouba e destrói – foram estas as palavras de Jesus – mas só depois de abrirmos a porta. “E essa porta é o que eu acabei de falar – os ciúmes, o caráter possessivo, a mentira, a violência... – que se você permitir estar entre si e a/o sua/seu esposa/o, isso amanhã irá mandar a conta e uma bem altíssima! É o divórcio e a separação, então, não permita que o que Deus uniu, o homem separe. Peça ajuda a Deus, Ele é a pessoa mais interessada em que você seja um/a bom/a esposo/a”, concluiu o bispo Júlio.

reunião /// O DIA DA DIREÇÃO domingo 9h30

(realização) e até têm encontrado pães (prazeres), mas mesmo assim acabam por morrer no deserto da sua vida, sem alegria, paz ou satisfação. E, o mais triste, sem a certeza da salvação! “Este é o pão que desce do céu, para que todo o que dele comer não pereça” (Jo 6.50). Todo aquele que não aceita perecer ou sofrer à custa dos problemas e infelicidades desta vida, nem a condenação eterna tem que comer deste pão, o Pão da Vida, que é Cristo. Mas como? “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém dele comer,

viverá eternamente; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne” (Jo 6.51). Ele sendo Deus, desceu e deixou a Sua posição, para assumir a posição de Salvador, e todo o que O aceitar viverá eternamente. O Pão Vivo que desceu do céu é uma vida viva não apenas na eternidade, mas aqui desfrutando de tudo, com gozo e realização completas. “Disputavam, pois, os judeus entre si, dizendo: Como pode este dar-nos a comer a sua própria carne?” (Jo 6.52). Muitos perguntam e até pensam: “será que posso ter uma vida realizada? Será que Ele pode dar-me dessa vida?”. Pensam assim porque não creem que é possível tudo ser realizado nesta vida e porque não há esperança, mediante as deceções e frustrações vivenciadas. “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tendes vida em vós mesmos” (Jo 6.53). E Cristo responde a esta pergunta, dizendo: se não participares “do Meu Sacrifício”, não terás vida! “Comer do pão” significa absorver a Sua Palavra e praticá-La, porque não só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da Boca de Deus. E “beber do sangue” refere-se ao sacrifício diário de negar-se a si mesmo e segui-Lo com lealdade, alegria, amor, fidelidade e perseverança. Quem quer ter Vida, primeiro tem que ter dentro de si a “O Corpo e o Sangue”, que é Cristo. Resumindo: quem recebe o Corpo de Cristo tem o direito de usufruir de saúde, prosperidade, realização sentimental e familiar. Quem recebe o Sangue de Cristo tem o direito de usufruir da paz proveniente do perdão, alegria, domínio próprio e, sobretudo, da certeza da salvação.

Por seu servo em Cristo, bispo Júlio Freitas / bispojulio.com

o poder de DEUS

As dores desapareceram “A minha experiência recente com Deus foi que Ele curou as minhas dores. Há duas semanas, tive um problema nos pés, que incharam e me provocaram muitas dores. Era muito difícil andar e trabalhar. Sou saudável e não tenho nada que me impeça de viver o dia a dia, por isso, para mim essa dor não era normal. Orei a Deus de madrugada para me dar uma luz e, na sexta-feira passada, uma obreira orou por mim e a dor despareceu”. SANDRA TEIXEIRA

Curada de cancro

“Fui curada de um cancro que todas as pessoas diziam que era impossível. Esse cancro maligno já me tinha assombrado há uns anos, quando era mais nova, e, nessa altura, foi-me retirado um ovário. E, agora, recentemente, ressurgiu. Foi nessa altura que comecei a frequentar o Centro de Ajuda, onde recebi a unção com Óleo e a imposição de mãos. Pastores, obreiros, todos me diziam que se eu acreditasse em Deus ia ser curada. Estou no Centro de Ajuda há três meses e fui curada. Desapareceu tudo!”. VERA RODEIA


6i

folha centro de ajuda

/ nacional

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

visite-nos em iurd.pt

reuniões especiais

Centenas de pessoas foram resgatadas O Centro de Ajuda da cidade universitária encheu-se, recentemente, de centenas de pessoas que quiseram ouvir a mensagem especial do bispo Robson, o qual esteve aí presente para uma reunião diferente SARA DAMÁSIO ■ sd.r@folhadeportugal.pt

O

bispo Robson Gomes falou no fim da tarde de um dia que se revelou especial para todos os que quiseram estar presentes no Centro de Ajuda em Coimbra, para participar numa reunião que se mostrou importante para diversas pessoas que estavam afastadas da Igreja. Na ocasião, o orador explicou

depoimentos da reunião

CEDIDAS

■ “Foi uma visita muito especial! Houve um grande avivamento na minha vida e creio que na de todos os presentes. Via-se na cara das pessoas a satisfação e alegria. Muitos dos que vieram no ‘Domingo do Resgate’, pela primeira vez e que estavam afastados, permaneceram”. CACILDA PAIS

como podem existir vários tipos de situações que definem aqueles que estão afastados, tais como: Afastados de nascença: “pessoas que, durante a sua infância, estavam salvas por conta da sua pureza, mas, ao entrarem na idade da razão, ingressaram, naturalmente, no universo dos afastados”; Afastados da Igreja: “os que, um dia, conheceram a fé no Senhor

Jesus, chegaram a provar dos seus benefícios, mas não nasceram. Por isso, impulsionados pelas circunstâncias, foram levados pelos sentimentos para longe do Senhor Jesus e da Igreja, mergulhando no

mundo novamente”; Os internos afastados: “são os perdidos dentro de casa. Aqueles que não saíram da Igreja fisicamente, mas que estão longe em termos espirituais”.

Houve a ministração da libertação aos presentes, já que muitos eram pessoas que, por diferentes motivos, se afastaram da presença de Deus

■ “Foi de grande importância a visita do bispo Robson a Coimbra, pois, todos os participantes, com certeza, foram edificados com as fortes mensagens de fé, salvação e motivação. Foi uma experiência única! Os membros, evangelistas, jovens e obreiros de Coimbra agradecem! Aguardamos a próxima visita...”. ELISABETE PEREIRA

baixa da banheira

Em nome da saúde ■ Também a população do Centro

depoimentos da reunião

■ “Já estava afastado da presença de Deus há muito tempo e não tinha forças para voltar. E foi com um imenso vazio dentro de mim que aceitei o convite para participar na reunião com o bispo Robson. Houve um grande avivamento na minha vida e hoje reconheço que nunca me deveria ter afastado de Deus”. GILSON

CEDIDAS

de Ajuda da região da Baixa da Banheira recebeu, recentemente, a visita do bispo Robson Gomes. Logo no início da reunião foram chamados perto do Altar todos aqueles que se sentiam aflitos com alguma dor ou desesperados por causa de algum problema familiar, para receberem uma oração. Durante o evento, também ■ “Tinha uma infeção urinária há dois anos, fiz vários tratamentos e o médico deu-me a entender que não havia cura. Depois de participar na reunião com o bispo, usei a minha fé e revolta e determinei a cura. Hoje, depois de novos exames, estou curada!”. MARIETE HERCULANO MOREIRA

houve um momento especial com o Ramo, tendo o bispo ministrado a cura a todos os presentes, dando-lhes a oportunidade de encontrarem a cura, a libertação e a união familiar. Com base no livro de Marcos, capítulo 15, versículo 21, da Bíblia: “E obrigaram a Simão Cireneu, que passava, vindo do campo, pai de Alexandre e de Rufo, a carregar-lhe a cruz”, o bp. Robson explicou que quando o “o Senhor Jesus disse que cada um de nós deveria carregar a sua cruz, Ele não se estava a referir a carregar problemas, doenças, etc...”.

Segundo o orador, Jesus pede que se cada um se “negue a si mesmo, levando a sua cruz e seguindo-O, sacrificando diariamente os sentimentos, vontades, desejos, manias...”. Ainda antes de terminar a reunião, o orador convidou os jovens para a frente do Altar e deu-lhes a direção necessária para seguirem uma vida de sucesso na presença de Deus. S.D.

■ “Dias antes de chegar ao Centro de Ajuda surgiu-me uma coceira nos pés e criaram-se bolhas e inchaços, ao ponto de ter que andar com ajuda de canadianas. Recorri a médicos que não tinham explicação para o problema, mas ao participar na reunião com o bispo Robson saí curada!”. LORENA SILVA

■ “Há muitos anos que sofria com dores horríveis na coluna, que me impossibilitavam de trabalhar e levar uma vida normal. Mas, depois de ter participado nesta reunião, fui curada!”. FILOMENA GÓIS


folha centro de ajuda

7i

/ nacional

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

visite-nos em iurd.pt

terapia do amor

A FONTE

realização ealização sentimental ia do A “Terap um Amor” é to para tratameno, para o coraçãpessoas aquelas jam que desea felicidade alcançar a dois

ISABEL BARBOSA ■ ib.r@folhadeportugal.pt

A

Solteiros ou casados esclareceram todas as suas dúvidas, no que respeita à sua vida amorosa. Afinal, esta não é o quebra-cabeças que você sempre acreditou que fosse!

DIOGO ALMEIDA

“Terapia do Amor” é um tratamento para o coração, para aquelas pessoas que desejam alcançar a felicidade a dois. A solidão tem atingido muitas pessoas que não acreditam mais que o amor existe, mas a “Terapia do Amor” tem provado que o amor verdadeiro existe e que é possível, nos dias de hoje, alguém ser feliz ao lado de outra pessoa. Nas reuniões da “Terapia do Amor”, no Centro de Ajuda, as pessoas aprendem a valorizar-se, a superar as dores e os traumas causados pela separação ou por circunstâncias adversas ao relacionamento. E mesmo para aqueles a quem a vida já deu uma oportunidade ainda há uma esperança de serem novamente felizes. Enfim, é um tratamento completo para os solteiros, viúvos, divorciados, namorados, noivos e casados.

Dúvidas esclarecidas “Como saber se é a pessoa certa?” ou “o que fazer para o casamento ficar cada vez melhor e para a chama do amor ficar cada vez mais intensa?”... estas

Todos os presentes, juntamente com o bispo Júlio, beberam da Água do Poço de Jacó

Terapia do Amor

Solteiros ou casados esclareceram todas as suas dúvidas, no que respeita à sua vida amorosa. Afinal, esta não é o quebra-cabeças que você sempre acreditou que fosse! Na “Terapia do Amor”, os participantes receberam o aconselhamento necessário para cultivar a felicidade no campo amoroso e neste sábado específico tomaram uma atitude prática ao beberem da Água do Poço de Jacó, que os encaminhará para a realização sentimental. Afinal, este poço assistiu a algumas das mais memoráveis e exemplares histórias de amor.

em busca do amor

TODOS OS SÁBADOS, ÀS 19H Em Lisboa, agora exclusivamente no Centro de Ajuda localizado no antigo cinema Império, na Alameda

Para aquelas pessoas que desejam alcançar a realização sentimental!

são algumas das questões que mais ensombram a população mundial, que se divide entre os que já estão e os que ainda virão a estar numa relação. Ainda no âmbito da Fogueira Santa do Amor no Poço de Jacó, no dia 19, realizou-se uma reunião inédita na “Terapia do Amor”, no antigo cinema Império. Para além de todos os pastores e respetivas esposas de Lisboa estarem reunidos para participar neste encontro, a partir das 18 horas, o bispo Júlio Freitas e a sua esposa Viviane estiveram presentes para realizar um atendimento personalizado a quem assim o desejasse.

CEDIDA

“Antes de entrar no Centro de Ajuda, era mulherengo, sem direção e viciado no tabaco e no álcool. Financeiramente também não estava bem, pois, trabalhava muito, mas não via o dinheiro! Por tudo isso, procurava nas noites a felicidade, mas não me conseguia preencher, nem ter paz. Mas, através do sacrifício na Fogueira Santa de Israel, na ‘Terapia do Amor’, consegui realizar o meu grande sonho de encontrar a pessoa amada. Hoje, tenho um casamento feliz, um bom emprego e paz. A minha vida transformou-se!”. LESSANDRO ARAÚJO – CARREGADO


8i

folha centro de ajuda florença Há cerca de um ano que esta cidade italiana e a sua população conhece o trabalho sério da Igreja Universal, a qual reabriu agora com novas instalações, com o objetivo de receber cada vez mais pessoas, com todo o conforto e harmonia

/ europa

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

visite-nos em iurd.pt

Itália já com dez templos

SARA DAMÁSIO ■ sd.r@folhadeportugal.pt

A

Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) chegou a Itália há quase 20 anos e já conta com mais de dez templos espalhados pelo país. Roma, Milão, Torino e Nápoles

O novo espaço encheu-se de pessoas ansiosas por conhecer e dar graças pelas novas instalações

CEDIDAS

A nova Igreja esta localizada na Via il Prato, nº 73, no antigo teatro dell’Amicizia

são só algumas das cidades italianas onde a IURD tem investido. E um dos mais recentes Centros de Ajuda reabriu as portas em Florença, o berço do Renascimento italiano e uma das cidades mais visitadas do país e da Europa.

Novo espaço na cidade Há pouco tempo foi reinaugurado o Centro de Ajuda em Florença, cujo evento foi ministrado pelo bispo Wagner Simões, responsável pelo

trabalho evangelístico em Itália. A Igreja encheu-se de centenas de pessoas que não quiseram perder a oportunidade de conhecer o novo espaço de culto na sua cidade. Foram realizadas diversas orações, durante o encontro, em favor de todos os presentes e destacou-se a importância de cada um viver uma revolta contra todo o tipo de sofrimento.

-

O bp. Wagner Simões orou e fez a consagração do Altar do novo Centro de Ajuda de Florença

CENTROS deAJUDA em Portugal Continental e Ilhas GRANDE LISBOA

Póvoa Stº. Adrião

Rua General Alves Roçadas, nº 4

Benfica

Av. Gomes Pereira, nº 39A

Sede Internacional da Europa Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 - Chelas (próximo da estação de metro)

Pontinha

Estrada Militar, s/n (perto do supermercado Europa)

Amadora

Rua Heróis da Aviação, nº 2C (perto do Parque Central)

Centro de Ajuda no Império

Alameda D. Afonso Henriques, nº 35

Cacém

Praceta da Fraternidade Universal, nº 28 A

Centro de Ajuda no Porto Rua Egas Moniz, nº 485

Mercês

Rua Dr. João de Barros, nº 14

Cruz de Pau

(perto do supermercado LIDL)

Aveiro

Rua da Cordoaria, Qt. das Cordas, nº 42, Vale dos Gatos

Vila Nova de Gaia Rua da Rasa, nº 230

Av. D. Lourenço Peixinho, 181 (antigo cinema 2002)

Rua Sacadura Cabral, nº 102C (c. c. Galiza)

Baixa da Banheira

S. J. da Madeira

Viseu

Rio de Mouro

Montijo

Paredes

Portimão

Torres Vedras

Setúbal

S. João do Estoril

Calçada da Rinchoa, lt. B1 (a 100m da estação de comboios) Edifício Choupal, bloco D, r/c

Santarém

Largo Comendador, nº 01 (no antigo LIDL)

Alhandra

Rua dos Combatentes, nº 10B

Caldas da Rainha

Rua Raul Proença, nº 25/27

Almada

Av. 23 de Julho, nº 14/ 16/18, Cova da Piedade

Estrada Nacional 11, nº 243 Rua da Indústria Corticeira, lt. 16E Avenida do Alentejo, nº 30, Quatro Caminhos

Évora

Rua Fernanda Seno, nº 20, Bairro Horta das Figueiras (próximo da Cruz Vermelha) NORTE

Matosinhos

Av. Villagarcia de Arosa, 1038

Braga

Rua General Norton de Matos, nº 201 (ao lado da EDP) Av. Comendador Abílio Seabra, entrada 7 (centro comercial Vale do Sousa)

Rio Tinto

Rua Fernão Magalhães, nº 306 (nas traseiras) CENTRO

Coimbra

Rua do Sota, nº 20

Leiria

Rua Capitão Mouzinho de Albuquerque, nº 105

Av. Imaculada Conceição, 567

Info: Aqui estão apenas apresentadas as nossas sedes regionais, mas existem mais de 110 Centros de Ajuda espalhados um pouco por todo o país. Para saber qual é o mais próximo de si vá a iurd.pt ou, então, ligue para a nossa linha amigo 24H.

Rua Vila Lusitana, nº 15 SUL

Largo Gil Eanes, lt. A (próximo da estação de comboios)

Faro

Largo de São Sebastião, nº 10 (ao lado da GNR) ILHAS

Madeira / Funchal

Rua Dr. Brito Câmara, nº 33 (em frente à rotunda dos bombeiros municipais)

Açores / Ponta Delgada Rua da Boa Nova, nº 5


portugal ///

09

EM MARÇO DESTE ANO EXISTIAM 1.170.387 ABONOS

subsídios dos portugueses

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

Mais famílias com abono em março Em novembro de 2010 foram efetuadas alterações às regras de atribuição do abono de família e, logo depois, o número de pessoas a receber aumentou. E, nos primeiros três meses deste ano, o número de crianças a receber aumentou de novo SARA DAMÁSIO ■ sd.r@folhadeportugal.pt

F

oi há cerca de dois anos (2010) que o Governo português decidiu alterar as regras de atribuição do abono de família, o que levou, logo na altura, a que milhares de famílias perdessem ou vissem o valor do subsídio bastante reduzido. O reflexo desta ação revelou-se logo, no primeiro trimestre de 2011, com uma grande quebra na atribuição dos abonos. Mas, em abril desse mesmo ano, assistiu-se a um novo aumento do número de famílias a receber este apoio. Já em janeiro de 2012, as estatísticas apontaram para uma nova quebra,

MIGUEL A. LOPES/LUSA

-

Uma criança segura num cartaz alusivo à retirada do abono de família, durante a manifestação geral da Administração Pública, em novembro de 2011

em portugal

Cerca 323 mil receberam RSI

ficando pela atribuição de 1.162.622 abonos. No entanto, no segundo mês do ano voltaram a ser atribuídos mais 3.335 abonos e o mesmo em março. O resultado foi de 1.170.387 processamentos, menos 9.660 do que no período homólogo do ano passado,

segundo o Instituto da Segurança Social. O valor do montante do abono de família muda de acordo com a idade da criança ou jovem e também tem a ver com o nível de rendimentos de referência do agregado familiar a que pertence. O valor final está inserido em escalões de O valor do montante do rendimentos estabelecidos abono de família muda com base no Indexante dos de acordo com a idade Apoios Sociais. *com Lusa da criança ou jovem

E números

Famílias portuguesas Maior número de abonos atribuídos

Famílias estrangeiras Maior número de pedidos de abono

Porto – 231.214 Lisboa – 221.066 Braga – 118.767 Aveiro – 83.167 Setúbal – 79.571

Janeiro de 2012 – 74.949 Fevereiro – 75.411 Março – 75.899

Maior número de pedidos do abono

Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) – 16.198 Brasil – 16.198 Europa do Leste – 7.636 União Europeia – 7.240 África – 610 América do Sul (exceto Brasil) – 464

Lisboa – 34.636 Setúbal – 10.649 Faro – 9.197 Porto – 4.425 Santarém – 2.435 Aveiro – 2.371

Famílias estrangeiras são oriundas...

Fonte: Instituto da Segurança Social/Lusa

MÁRIO CRUZ/LUSA

PUB

■ Segundo dados do Instituto da

Segurança Social, em fevereiro deste ano perto de 323 mil pessoas receberam o Rendimento Social de Inserção (RSI), um aumento de cerca de cinco mil beneficiários em relação a janeiro. Do total destes beneficiários, 98.106 residiam no centro distrital do Porto. Logo de seguida, encontra-se o distrito de Lisboa, com perto de 65 mil pessoas a receber este subsídio. Setúbal surge em terceiro lugar, com 24.519 a receberem o RSI, segundo a Segurança Social.

O valor registado em fevereiro de pessoas a beneficiar desta prestação era superior ao período homólogo de 2011, com 317.238 beneficiários. Já em relação ao mês de janeiro a realidade era inversa, com 324.765 beneficiários, mais 6.758 do que os registados em janeiro deste ano (318.007). Estes dados surgiram

Do total destes beneficiários, 98.106 residiam no centro distrital do Porto

no dia em que o Governo revelou a alteração nas regras de atribuição do RSI aprovadas em Conselho de Ministros, reduzindo os futuros beneficiários a um limite máximo de depósitos bancários para os 25 mil euros, contra os 100 mil até aqui. Estes próximos beneficiários estarão sujeitos a cumprir com deveres, tais como procurar e aceitar trabalho socialmente útil e a escolaridade dos filhos, entre outros. S.D. *com Lusa


10

portugal ///

MAIS DE 340 MIL PESSOAS OBTIVERAM CERTIFICAÇÃO

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

novas oportunidades A Associação Nacional de Profissionais

de Educação e Formação de Adultos (ANPEFA) disse que cerca de 250 técnicos de formação deverão ser despedidos, devido ao encerramento dos centros de Novas Oportunidades a funcionar em escolas públicas

O

porta-voz da ANPEFA, Sérgio Rodrigues, explicou, à Lusa, que a situação afeta os profissionais dos centros de Novas Oportunidades (CNO) instalados em escolas públicas, os quais não receberam do Governo aprovação financeira para se manterem em funcionamento. Sem receitas próprias que lhes permitam continuar a atividade até agosto, estes centros tiveram de apresentar ao Executivo um pedido de extinção. “Não existe nenhuma informação oficial sobre quantos centros vão encerrar – essa informação só a tutela é que a terá; mas nós estimamos que serão cerca de 50 estabelecimentos de ensino e isto afeta diretamente – tendo em conta que cada centro tem cinco técnicos de reconhecimento ou diagnóstico afetos ao programa – cerca de 250 trabalhadores”, disse, à Lusa, Sérgio Rodrigues.

Como despedir? As escolas onde funcionam os CNO a extinguir receberam da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), tutelada pelo ministério da Educação e Ciência, orientações para proceder ao despedimento dos técnicos afetos a esses centros, com duas minutas de modelo para a dispensa dos funcionários: uma

-

diz respeito ao despedimento por extinção do posto de trabalho; a outra, ao despedimento coletivo, levantando esta última “dúvidas de legalidade” junto dos profissionais abrangidos. Para Sérgio Rodrigues, o tipo de contrato estabelecido por estes técnicos não é

O argumento de despedimento coletivo levantou “dúvidas de legalidade" junto dos profissionais abrangidos

250 técnicos podem ser despedidos minuta referente ao despedimento coletivo, os prof issionais ponderam avançar para tribunal para contestar o

O argumento de despedimento coletivo levantou “dúvidas de legalidade” junto dos profissionais passível de ser cessado nos termos do despedimento coletivo, daí que a ANPEFA tenha pedido à Fenprof apoio jurídico na análise da situação. Caso as cartas de despedimento, que ainda não chegaram aos afetados, sejam enviadas de acordo com a

-

O ministério de Nuno Crato ainda não divulgou nenhuma informação oficial sobre quantos centros vão encerrar

PAULO CORDEIRO/LUSA

despedimento, mas, explicou Sérgio Rodrigues, terão sempre de o fazer em nome individual e contra a escola que procedeu ao despedimento e nunca

contra a tutela. O porta-voz da ANFEPA criticou ainda a gestão financeira que o Executivo está a fazer do caso, afirmando que saiu mais caro ao Estado despedir – com todas as indemnizações e pagamentos de prestações sociais devidas – do que reafetar os profissionais envolvidos a outras atividades nas escolas públicas, “que têm falta de recursos humanos”.

750 postos de trabalho em perigo Sem resposta até ao momento está também o futuro dos cerca de 150 CNO que vão permanecer em atividade nas

ESTELA SILVA/LUSA

ISABEL BARBOSA ■ ib.r@folhadeportugal.pt

escolas públicas até agosto, podendo haver mais 750 postos de trabalho em perigo, se não for decidida em breve a sua continuidade. “A tutela [já] deveria estar a anunciar procedimentos de candidatura. Até agora não temos qualquer indicação e a ANQEP tem remetido sempre para setembro o anúncio de novidades quanto ao futuro da educação de adultos. Todos os centros que estão a trabalhar estão num impasse sobre o que vão fazer a partir de 31 de agosto”, disse Sérgio Rodrigues. Segundo dados adiantados pela ANPEFA existem ainda, a nível nacional, cerca de 250 CNO a funcionar, dos quais 150, em escolas públicas.

Encerrados 97 centros de ensino A agência governamental que gere os centros Novas Oportunidades, destinados à formação de adultos, revelou que encerraram 97 daquelas unidades desde novembro, mantendo-se a funcionar 302, pelo menos, até agosto ■ Num comunicado emitido depois de críticas de partidos políticos e estruturas sindicais, a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP) confirmou o

encerramento, mas recusou que tenha decidido encerrar qualquer Centro Novas Oportunidades (CNO). Os 97 centros, 49 dos quais promovidos por escolas públicas, “não reuniram

MÁRIO CALDEIRA/LUSA

educação

-

Mais de 2 milhões de portugueses frequentam as Novas Oportunidades

as condições necessárias para a obtenção de financiamento”, pelo que tiveram, eles próprios, que optar pelo encerramento, de acordo com a nota do organismo tutelado pelo ministério da Educação e Ciência, divulgada pela agência Lusa. Em dezembro passado, a ANQEP decidiu apoiar 70 por cento dos centros então existentes, deixando aos restantes a possibilidade de conseguirem receitas

O projeto, criado em dezembro de 2005, tem por objetivo dar formação até ao 12º ano a pessoas que abandonaram anteriormente a escola

ocorrer mais encerramentos e mais despedimentos. A página na Internet da ANQEP informa que a iniciativa Novas Oportunidades chegou a funcionar com 425 centros, cujas equipas técnicopedagógicas empregavam um total A iniciativa Novas de 7.572 pessoas. Dados da ANQEP, Oportunidades chegou a citados pelo Conselho Nacional da funcionar com 425 centros, Educação em dezembro passado, que empregavam 7.572 indicaram que mais de 340 mil pessoas obtiveram certificação de ocorrer depois dessa altura, segundo competências através dos CNO, desde os sindicatos, que temem que possam 2007. I.B. próprias para continuarem a funcionar ou, caso contrário, encerrarem, pedindo a sua extinção à Agência. As três centenas de centros que continuam a funcionar têm apoio garantido até agosto, desconhecendo-se o que vai


economia ///

EMPREENDER SIGNIFICA CRIAR VALOR ACRESCENTADO

11 DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

EMPREENDEDORISMO

é o FUTURO para PORTUGAL O Governo tem como objetivo que o país esteja até 2020 na linha da frente no que diz respeito à inovação, pois, esta é uma das “portas” que Portugal poderá utilizar para superar a crise JOÃO FILIPE ■ jf.d@folhadeportugal.pt

P

DINHEIRO PARA DESENVOLVER O

ALENTEJO

O Alentejo é visto como uma das regiões portuguesas mais pobres, mas a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) recebeu mais candidaturas do que era expetável

que no “reino” não se produzia riqueza. Após a monarquia veio a República como regime salvador, mas, na realidade, acabaram por continuar a existir problemas nas finanças públicas, os quais deram origem ao aparecimento de um regime de ditadura, como aliás aconteceu em vários países na Europa. E quando, no nosso país, caiu a ditadura de Salazar e se chegou a democracia, foi feita a candidatura à então CEE. Nessa altura, muitos fundos chegaram a Portugal para

ortugal parece ser um país sem esperança, isto a fazer fé nas notícias que estão nas estampas dos jornais e nos noticiários das rádios e televisões. Enfim, a situação não está fácil e isso é um facto, mas se entrarmos numa de histeria coletiva e embarcarmos numa onda de lamentação e choro coletivo, com certeza que não iremos sair da situação que estamos a viver. O nosso país desde sempre teve um défice muito elevado na criação O empreendedorismo exige de riqueza e isto é um de cada pessoa uma atitude de dado histórico. Afinal, a coragem e confiança nas suas coragem dos portugueses capacidades nos Descobrimentos nada mais foi do que procurar uma saída para a grave crise das finanças do ajudar a superar as diferenças relativamente reino. A época dos Descobrimentos foi muito aos restantes membros europeus. Mas, mais próspera, mas sempre com a riqueza vinda dos uma vez, os fundos foram mal aplicados e países que tinham sido colonizados, enquanto numa boa parte dos casos não foram sequer

utilizados para modernizar as empresas, quer comerciais, quer transformadoras, o que permitiu que o parque industrial em Portugal ficasse completamente obsoleto.

Empreendedorismo A ideia de um trabalho para a vida está cada vez mais fora da conjuntura atual, o que requer cada vez mais que as pessoas sejam empreendedoras na sua profissão. Entretanto, o Governo português apresentou um programa que tem como objetivo promover as empresas que contribuem para o aumento das exportações. Contudo, não se pretende que seja apenas exportação no seu sentido mais lato, mas sim que as empresas possam fazê-lo de forma a exportar produtos ou serviços de valor acrescentado. Pois, desta forma, poderia ser de facto equilibrada a balança comercial de Portugal com a Europa e o resto do Mundo. Só que para tal é necessário mudar, acima de tudo, a mentalidade portuguesa, para que desta forma se possa superar este momento difícil.

■Foram apresentados 53 projetos que exigiriam que o investimento fosse de 155 milhões de euros, mas a dotação disponível é de apenas 12,9 por cento do investimento desejado, ou seja, serão apenas 20 milhões de euros. Estes fundos servirão para revitalizar a economia de uma região do país que, de facto, tem sido muito abandonada e desprezada pelo poder central português. E com este programa de incentivo financeiro aos empreendedores alentejanos prevê-se que se venha a contribuir para o desenvolvimento desta região. Ora aqui está uma das medidas que pode fomentar o crescimento económico do país que dele precisa como de “pão para a boca”. Mas será ainda importante que estas iniciativas sejam alargadas a mais regiões portuguesas, para que o flagelo social do desemprego comece a ser combatido convenientemente. J.F. PUB


12

reportagem ///

EM 2009, NASCERAM 13,5 MIL BEBÉS VICIADOS

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

eua

A cada hora nasce um bebé dependente de opiáceos Estudo mostrou que, em 10 anos, triplicou o número de nascidos com síndrome de abstinência, filhos de mães dependentes

sequência, por exemplo, de um acidente de viação. Na opinião de Stephen Patrick, um dos autores do estudo, “os opiáceos são já um grande problema nos EUA”. O editorial da revista diz que “os opiáceos têm sido prescritos de forma exagerada nos EUA, assim como desviados

Triplicou o número de recém-nascidos com síndrome de abstinência neonatal

ISABEL BARBOSA ■ ib.r@folhadeportugal.pt

Consumo de opiáceos  é problema grave Marie Hayer, da universidade do Maine, diz que em 85 por cento dos casos de recém-nascidos com sintomas da síndrome de abstinência, as mães eram viciadas em medicamentos vendidos na farmácia, mediante receita médica. Nos restantes casos, as progenitoras eram dependentes de heroína ou estavam a fazer tratamentos com analgésicos, na

de farmácias e hospitais para serem vendidos ilegalmente, o que abriu um novo caminho para o vício, gerando

Um exemplo O caso de Aillen Danneley e da sua filha Savannah, citado pela Associated Press, é paradigmático. Logo após o nascimento, a criança chorava muito, tinha diarreia e dificuldades para se alimentar, sintomas típicos de abstinência, de que são também comuns os problemas respiratórios, baixo peso e convulsões. Por este motivo, teve de ficar internada num hospital em Illinois e ligada a máquinas que monitorizavam a sua respiração. Aillen, de 25 anos, parou de tomar analgésicos no início da gravidez, substituindo os medicamentos por metadona, sob supervisão médica. Mãe

Aileen Dannelley e a filha Savannah lutam contra a dependência de analgésicos

e filha estão agora a fazer um tratamento de desintoxicação. “É muito duro, todos

-

Os efeitos a longo prazo para os bebés com síndrome de abstinência são ainda desconhecidos

ROLEX DELLA PENA/EPA

A

cada hora nasce, nos Estados Unidos, um bebé com sintomas de dependência de drogas derivadas do ópio, segundo um estudo científico publicado na revista American Medical Association. A pesquisa, baseada em dados de mais de 4 mil hospitais norte-americanos, revelou que somente em 2009 nasceram 13,5 mil bebés com síndrome de abstinência neonatal nos EUA. Grande parte do problema é devido ao vício dos remédios para a dor, entre eles oxicodona e codeína. Entre 1999 e 2009, o número de recém-nascidos com este tipo de problema triplicou.

um problema de saúde pública materno-infantil”.

os dias, emocional e fisicamente”, disse Aileen Dannelley.

Altos custos Nãosesabeaocertoquaissãoosimpactos a longo prazo para a saúde de bebés que nascem com sintomas de dependência, mas reagem bem durante as primeiras semanas de vida. Algumas pesquisas científicas, mas não todas, apontam um risco mais alto de problemas de desenvolvimento. O que ficou claro, segundo o novo estudo, é que os custos médicos são muito mais altos com bebés que nascem com este problema. “Bebés com síndrome de abstinência neonatal precisam de hospitalizações iniciais mais longas, frequentemente mais complexas e mais dispendiosas”, concluiu o estudo. Em média, um recém-nascido com sintomas de dependência passa 16 dias no hospital, comparado com apenas três para os demais bebés. *Com agências e revista American Medical Association PUB


d

esporto /// 73 ANOS DEPOIS A CONQUISTA DA 2ª TAÇA DE PORTUGAL

13 DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

A Taça de Portugal é vista por todos os adeptos como a grande festa do futebol português, com exceção dos clássicos e derbies, existindo um saudável convívio entre todos nas matas do Jamor

N

o passado dia 20 de maio teve lugar no estádio do Jamor a 72ª edição da Taça de Portugal, tendo como intervenientes a Académica de Coimbra e o Sporting Clube de Portugal, existindo muito colorido nas bancadas. A Académica de Coimbra já disputou

com a lição bem estudada, uma vez que conseguiu neutralizar por completo os principais jogadores da equipa do Sporting. Já o Sporting foi uma sobra do que se tinha visto nos últimos jogos, tanto do campeonato como das meias-finais da Liga Europa, tendo sido uma equipa sem chama, nem garra, justificando-se assim plenamente a derrota. Uma nota muito positiva para as

TIAGO PETINGA/LUSA

JOÃO FILIPE ■ jf.d@folhadeportugal.pt

“COIMBRA é uma lição” cinco finais, com duas vitórias: uma na primeira edição, na época 1938/39, vencendo o Benfica por 4 a 3; já a outra vitória foi nesta época, 2011/12, sobre o Sporting, por 1 bola a 0. Mas a Briosa foi a finalista vencida em mais três oportunidades: nas épocas de 1950/51 e 1968/69, pelo Benfica; e na época de 66/67, pelo Vitória Futebol Clube (Vitória de Setúbal).

-

Os jogadores da "Briosa" fizeram a festa da conquista da Taça de Portugal. Uma vez mais Davi derrubou Golias, tendo a vitória da Académica sido merecida

MANUEL DE ALMEIDA/EPA

claques dos dois clubes, que fizeram mais uma vez a festa no topo do estádio, e os estudantes voltaram a usar a final da

As incidências Foi um jogo muito insípido, mas a vitória incontestável. A Briosa apresentou-se

Taça de Portugal para fazer mais uma crítica ao estado do país. Fica apenas o comportamento menos digno de alguns adeptos do Sporting, que descarregaram a sua frustração da derrota no árbitro do encontro, Paulo Batista, quando este subia à tribuna para receber a medalha de participação na festa do futebol, tendo sido alvo dos insultos, e não só, dos adeptos que estavam mais próximos do acesso.

MNUEL DE ALMEIDA/LUSA

PUB


bem-estar ///

14

ÁCAROS CAUSAM ALERGIAS RESPIRATÓRIAS

Dormindo com o inimigo As alergias podem ser motivadas por inúmeros fatores, surgindo os ácaros do pó da casa como um dos maiores causadores das alergias respiratórias, sobretudo, da rinite e asma alérgica

ao calor, humidade e nutrientes, nas nossas camas as condições propícias à sua sobrevivência e reprodução. Para além dos colchões, estes pequenos inimigos também se encontram presentes nas alcatifas e noutros revestimentos têxteis, tais como bonecos

DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

Os colchões são os melhores viveiros para os ácaros

vezes se fixam de novo depois de assentarem, é que se pode explicar a

geralmente costumam reagir. Podendo, então, ocorrer uma manifestação alérgica, caso O alérgico convive o alérgico lhes seja sensível todas as noites com os seus principais inimigos e contacte ou inale uma quantidade suficiente desses de peluche, cobertores, almofadas, alérgenos. Devido aos movimentos que uma pessoa tende a fazer, esses alérgenos tapetes e sofás. são projetados a todo o momento, espalhando-se pelo ar e pousando O ataque dos ácaros Contrariamente ao que se possa no chão. pensar, os ácaros não mordem, sendo alguns dos seus constituintes, presentes Têxteis e pó da casa especialmente nas suas fezes, que Devido à dificuldade que se tem em possuem a proteína a que os alérgicos limpar têxteis, onde os ácaros muitas

relação direta existente entre estes e as reações que muitos alérgicos sentem quando entram em contacto com este

tipo de materiais. Sendo igualmente por esse motivo que os ácaros são um constituinte do pó da casa. Afinal, o pó é um “cocktail de alérgenos”, que contém desde alérgenos alimentares a ácaros, fungos e pólenes.

Diagnosticar, tratar e prevenir A doença alérgica deve ser diagnosticada o mais cedo possível e, logo que isso aconteça, aprimeiramedidadetratamento deverá ser a de evitar o contacto com a substância à qual se é sensível. No caso dos ácaros, a única maneira que existe para os eliminar é criando condições para que estes não se desenvolvam e/ou reduzir o contacto com as nossas mucosas.

CARLA VAZ ■ cv.r@folhadeportugal.pt

O

s ácaros são organismos microscópicos, com menos de meio milímetro de comprimento, que fazem parte do grupo dos aracnídeos e são invisíveis a olho nu. Estes alimentam-se de escamas da pele humana, encontrando, devido

Medidas preventivas

➜Usar capas antiácaros nos colchões, almofadas e edredões ➜Arejar diariamente os quartos ➜Lavar regularmente as roupas a temperaturas elevadas (60ºC) ➜Aspirar regularmente toda a casa, sobretudo os quartos

F

CULINÁRIA

PUB

EMPADÃO DE FRANGO E VEGETAIS

Ingredientes: 1 saqueta de puré de batata 4 coxas de frango 1 cebola Azeite q.b. 1 alho francês 1 cenoura Água q.b. 50g de chouriço 1 gema de ovo Sal e pimenta preta de moinho q.b.

Preparação: Pele a cenoura e o chouriço e corte-os em cubos. Corte em rodelas a cebola e o alho francês. Prepare o puré de batata de acordo com as instruções da embalagem. Num tacho, refogue a cebola em azeite, adicionando o alho francês e o chouriço. Deixe alourar. Acrescente a cenoura, as coxas de frango e cubra com água, deixando cozinhar durante cerca de 45 minutos. Retire as coxas de frango e escorra o caldo que sobrou, reservando os legumes e triturando com um pouco do caldo da cozedura. Depois de desfiar as coxas, envolva com o preparado dos legumes e retifique os temperos, com sal e pimenta. Num pirex, coloque uma parte de puré de batata, outra da mistura do frango desfiado e acabe com o puré. Pincele com gema de ovo e leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante cerca de 15 minutos.


o

lhar feminino /// NÃO PRESSIONE, NEM REPITA OS ERROS DO PASSADO

É possível recuperar um grande amor?!? Claro que sim, contudo, isso depende das duas pessoas e do sentimento que ainda as une. No entanto, há algumas coisas a fazer ainda antes de dar o derradeiro passo da reconciliação CARLA VAZ ■ cv.r@folhadeportugal.pt

C

reaproximação. Mas se há disposição de ambas as partes, há sim grandes chances. Uma relação não acontece com apenas uma pessoa querendo vivê-la”. Todavia, para que esta reconquista possa acontecer é necessário, em primeiro lugar, voltar a atenção para si mesma: “tentar

amor não pode estar acima de qualquer custo, nem passando por cima de tudo e de todos para o conseguir. “Cada um tem o seu limite, que deve ser estabelecido para si. Uma atitude, um determinado

➜ Mostre-lhe que está feliz, a fazer coisas divertidas e a seguir com a sua vida sem ele ➜ Não feche as portas à reconciliação, mas também não o deixe seguro acerca disso

Uma relação não acontece com apenas uma pessoa querendo vivê-la identificar o que deu errado, reconhecer os próprios erros, o que cada um contribuiu para que o rompimento acontecesse e estar disposto a mudanças”. Ressaltando a mesma a extrema importância da verdade: “deve acontecer o momento de sentar e conversar com sinceridade. Ambos têm que conseguir conversar, abrir-se, falar dos medos, do que sentiram, do que querem para si e do que esperam de uma relação”.

a pessoa. E também repetir os mesmos erros do passado, batendo na mesma tecla. Falar dos mesmos assuntos que incomodavam pode, por exemplo, atrapalhar a reaproximação”.

15 DOMINGO ■ 27 de maio de 2012

folhadeportugal.pt

➜ Procure-o, de vez em quando, para se manter na cabeça dele ➜ Quando o procurar, faça-o pessoalmente ➜ Não se exponha em demasia, deixando sempre o mistério no ar

O dia a dia Depois de conseguir reconquistar o seu grande amor, agora é preciso saber mantê-lo. “Depois daquela conversa sincera, onde as expetativas foram expostas, é necessário colocar em prática o que foi reajustado entre ambos. Mas o fundamental numa relação é manter um diálogo verdadeiro, para que os problemas sejam sanados e o relacionamento melhorado a cada dia”, concluiu a psicóloga. *COM ARCA UNIVERSAL

assunto, podem não ser humilhantes para uma pessoa, mas para a outra sim. Tudo é uma questão de respeito para consigo, o seu amor próprio e saber até onde vai para reconquistar o seu amor”, enfatizou a psicóloga.

onflitos, desequilíbrio emocional, discussões e, por fim, a rutura. Muitos são os motivos para uma separação acontecer, os quais, por vezes, podem até parecer insignificantes, mas representam traumas profundos para quem os vive. Contudo, estes podem Estabelecer limites ser ultrapassados e a relação recuperada, O desejo de reconquistar um grande mesmo após o afastamento. Pois, de acordo com a psicóloga DICAS Regiane Machado, existe sempre uma forma de reconquistar um ➜ Cuide de si, maquiando-se e usando roupas grande amor, mesmo depois que lhe assentem bem e de que ele goste de terem sido cometidos erros ➜ Não chore quando estiver perto dele e não graves: “é claro que isso depende o sufoque de como foi o sofrimento desta ➜ Faça-o perceber que ainda está interessada perda, de como tudo aconteceu nele, mas sem nunca lhe dar a certeza e de como acontecerá essa

Nunca pressionar Na fase da reconquista há algo que nunca deve fazer, ou seja, “pressionar. Isso acaba por afastar

visite: vivifreitas.me CRÓNICA

Vivi Freitas

“Arrancar” com violência! “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o...” (Mt 5.29)

Deus não pode fazer nada em relação ao que sentimos se não passarmos a odiar a condição que nos torna escravas

N

ão existe forma de controlar qualquer sentimento, se o tolerarmos. Temos que ser radicais e arrancá-lo com violência! Se o caminho é confessar, enfrentando a vergonha; perder momentaneamente uma “posição”; ou destruir para sempre algo que agrada à nossa carne, é o que deve ser feito! Não podemos esperar que tudo seja contaminado, pois, apenas um sentimento ou uma pontinha de emoção, já é suficiente para nos destruir por inteiro. Quantos casamentos já foram destruídos por um “simples” momento de prazer? Quantas vidas já foram ceifadas, por um momento de ira, levado ao extremo? Jesus diz que, se um olho nos faz pe-

car, devemos arrancá-lo... E porque não os dois?!? Porque, se uma coisa mínima nos fizer tropeçar e cair, ainda que não tenhamos consumado inteiramente o ato, já é o suficiente para nos arruinar. O perigo está em encarar os sentimentos ou erros pessoais como algo “normal”. Aprendemos a conviver com os mesmos, sem nos darmos conta dos danos que estes causam ou poderão vir a provocar. Afinal, todos nós somos pecadores. Quem é que não sente?!? Esta é uma afirmação por demais frequente para justificar a raiz do pecado. Assim se continuam a alimentar erros e sentimentos, que oferecem uma sensação momentânea de

prazer. O pecado tem um “doce” sabor, enquanto é novidade, uma aventura ou boa sensação. Por isso é que ninguém quer abrir mão do mesmo, insistindo em praticá-lo de forma oculta. Não se pretende abdicar dos seus desejos mais íntimos, mas, ao mesmo tempo, teme-se “manchar” a reputação perante os demais. O mundo está um caos e este tipo de pensamentos apenas dificulta o reconhecimento e o ódio ao erro. Cada um não vive com o que tem e também não se preocupa em trazer à existência aquilo que não existe. Trata-se o sentimento com “piedade” e não com violência. Esta é a palavra: VIOLÊNCIA!

Quando algo coloca em risco a minha comunhão com Deus, a minha vida e integridade, sou eu que devo arrancá-lo e deixar de alimentá-lo. Enquanto aquilo que desejo ocupar a minha mente e canalizar as minhas forças, estarei condenada a ser eternamente vencida por isso. “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o...” (Mateus 5.29). O que é isto, senão VIOLÊNCIA?!? Faço-o, contrariando, assim, a minha natureza carnal. E sem demora! Não há como tratar um problema que tem por base um sentimento ou emoção, com tolerância! Mesmo que, apesar da consciência em relação à fé inteligente, sintamos nervosismo, inquietação ou insegurança, estes, ou outros sentimentos, não devem tornar-se incontroláveis... Erros, todos estamos sujeitos a cometer; o problema é permitirmos que estes nos dominem! Alimentar-me de uma determinada situação negativa é viver em função da mesma.


odestaque folhadeportugal.pt

SEMANA DE 27 DE MAIO A 03 DE JUNHO

Agenda

Siga-nos no facebook

Semanal

Edição Nº 440 ■ Domingo, 27 de maio a 02 de junho de 2012

Estamos abertos 7 dias por semana, em 110 localidades espalhadas por todo o país e ilhas

(moradas na pág. 8i)

7 dias para mudar a sua vida!

D

Reescreva

7H30 / 9H30

Sessão do Desbloqueio - 15H Mulheres e Homens Sábios - 18H

2ª Conquistas Financeiras

a história da

Sucesso e desenvolvimento da sua empresa, casos na Justiça, pagamento de dívidas, desemprego, imigração...

3ª Saúde Restaurada

SUA VIDA O

O DIA DA DIREÇÃO

Doenças, dores, problemas de saúde persistentes...

4ª Cura Interior

Desenvolva a sua vida espiritual e força interior, através da leitura da Palavra de Deus...

arrependimento é um sentimento de pesar ou uma insatisfação causada por uma falta. Sob o ponto de vista cristão, este inclui alguns aspetos importantes para o nosso conhecimento geral: ➜ o pecador precisa reconhecer o seu pecado, sendo este o primeiro passo importante para um

arrependimento sincero e honesto, pois, ninguém se pode arrepender de algo que não reconhece; ➜ o pecador precisa odiar o pecado, pois, se não sentir repulsa por este a ponto de o odiar, certamente cometê-lo-á outra vez e tornar-se-á viciado no mesmo; ➜ o pecador precisa abandonar o seu pecado,

pois, se não virarmos as costas imediatamente para aquilo que é pecado, jamais conseguiremos abandoná-lo. Não adianta pensar que venceremos o pecado, ficando lado a lado com ele. Por exemplo, algumas vezes, somos convidados a fazer companhia a pessoas que não participam da nossa fé. Estas, normalmente, tentam nos induzir ao erro e, por mais

que resistamos, ainda assim acabamos por cair; ➜ o pecador precisa esquecer o pecado definitivamente, pois, para que se complete o arrependimento, é necessário que se esqueça do pecado praticado, como se este nunca tivesse sido cometido. Fonte: Livro “O batismo nas águas”, do bispo Edir Macedo

e 5ª Família Casamento

Orientação para a resolução de conflitos familiares...

6ª Limpeza Espiritual

Má sorte, maldições, energia negativa, insónia, pesadelos, inveja, bruxaria...

S Terapia do Amor

Não perca em todos os Centros de Ajuda de Portugal Continental e Ilhas

19H

Problemas sentimentais, falta de diálogo no relacionamento, discussões...

Casos perdidos - 8H

Problemas que aos olhos humanos já não têm solução...

Força Jovem - 15H

Um encontro direcionado para os mais jovens...

PUB

REUNIÕES DE SEGUNDA A SEXTA 7H, 10H, 12H, 15H E 20H

(em todas temos disponível aconselhamento espiritual) SEDE INTERNACIONAL DA EUROPA - LISBOA Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 - Chelas (próximo da estação de metro) CENTRO DE AJUDA - PORTO Rua Egas Moniz, nº 485 - Porto Ou no centro de ajuda mais perto de si:

S ERVIÇO 24 HORAS


Edição nº 440