Issuu on Google+

Diretor: João Filipe Jornal de distribuição gratuita

Seja nosso amigo no Facebook!

SEMPRE AO SEU LADO

+

Nº 414

de

De 27 de novembro a 03 de dezembro de 2011

EDIÇÃO NACIONAL

56.000 E X E M P L A R E S

f o l h a d e p o r t u g a l . p t

“CADA VEZ GOSTO MAIS DE SER EU MESMA”

Um dos mais conhecidos rostos da “SIC Mulher” fala sobre o seu percurso profissional e de como os seus planos e sonhos mudaram ao longo dos anos ENTREVISTA...PÁG. 03

Qual é o tamanho da nossa

pegada ecológica? Dados apontam Portugal como um dos países da União Europeia que mais progressos fez no respeitante à proteção do ambiente ou à melhoria da qualidade do ar e da água, no entanto, os desafios ainda são muitos...

TEMA CAPA...PÁGS. 06/07

900 MILHÕES DE EUROS ANUAIS

NATAL 2011

QUASE TODO O PAÍS MENOS

O custo da diabetes corresponde a cerca de 5% das despesas de saúde e a 0,5% do PIB, segundo um estudo recente

SOCIEDADE...PÁG. 09

FRAUDES NO REEMBOLSO DO IRS

ILUMINADO ASSUNTO POLÉMICO...PÁG. 08

PORTUGAL EM XEQUE...PÁG. 10 PUB

FOTO: LUSA/ANDRÉ KOSTERS

Vários municípios portugueses estão a cortar ou a canalizar o dinheiro das habituais iluminações natalícias para outros fins, como consequência dos “cortes” do OE. Sendo a Ilha da Madeira uma das poucas exceções, com gastos na ordem dos 5 milhões de euros

Foram mais de 200 esquemas fraudulentos, no valor de 1,2 milhões de euros, detetados pelo fisco, em 2010


2|

opinião

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

imagens da semana

EDITORIAL JOÃO FILIPE Diretor

COSTA RICA Centenas de motociclistas bloquearam a rua principal de San Jose, na Costa Rica, durante um dia de protesto nacional contra as políticas governamentais, sobretudo a do aumento de 43% da licença para posse de veículo.

PORTUGAL

Cerca de 200 alunos dos ensinos básico e secundário da área de Lisboa manifestaram-se em frente ao ministério da Educação, contra as medidas de austeridade, sobretudo o corte na comparticipação do passe escolar.

MÉXICO Um grupo de jovens mexicanos vestidos de anjos pretenderam assim alertar sobre o problema dos assassinos contratados e das autoridades corruptas, numa cidade onde se registaram mais de 9.800 assassinatos nos últimos três anos.

Tenha uma boa leitura!

Leia a opinião do Bispo EDIR MACEDO na página 3i, do caderno Folha Centro de Ajuda Acordo Ortográfico: Informamos os nossos leitores de que já estamos a usar o Novo Acordo Ortográfico.

FOLHA DE PORTUGAL: ALAMEDA D. AFONSO HENRIQUES, Nº 35 (ANTIGO CINEMA IMPÉRIO) 1000-123 LISBOA TEL: 210 300 971 FAX: 210 300 999

Diretor: João Filipe jf.d@folhadeportugal.pt Secretariado: Cláudia Pereira Editor: IURD Redação: Carla Vaz, Isabel Barbosa e Sara Damásio Copydesk: Carla Vaz Paginação: Carlos Paredes e Eliane Rosa Tratamento de imagem: Bárbara Domingos Correio do Leitor / Publicidade geral@folhadeportugal.pt

FOTO: EPA/MOHAMED OMAR

EGIPTO As manifestantes juntaram-se na praça Tahrir, no Cairo, para protestar contra os dirigentes militares e exigindo uma rápida transição para um Governo civil.

FOTO: EPA/JEFFREY ARGUEDAS

SÍRIA Uma manifestação foi realizada junto à universidade de Lattakia, a fim de contestar as decisões injustas tomadas contra este país pela Liga Árabe e para apoiar a estabilização e união nacionais e o processo de reforma e modernização.

FOTO: EPA/ALEJANDRO BRINGAS

s notícias de que temos vindo a tomar conhecimento não são muito animadoras, pois, são-nos apresentados apenas os cortes e os aumentos, parecendo que não existe nenhum aspeto positivo, quando, na verdade, é em momentos como este que cada pessoa poderá pensar em aproveitar para se poder destacar. Normalmente, existe a ideia de que nestas fases só as empresas grandes conseguem subsistir, mas, na realidade, pode não ser bem assim, uma vez que estas têm estruturas muito extensas o que não lhes permite muita flexibilidade na gestão das margens de lucro. Contudo, também não deixa de ser verdade que se estas tiverem uma boa estrutura financeira poderão superar melhor estes momentos difíceis. Já no caso de uma empresa mais pequena, esta terá muitas dificuldades, visto ter uma situação muito mais exposta aos fatores externos. Todavia, por ter uma estrutura mais pequena poderá fazer uma melhor gestão das margens, querendo isto dizer que pode ser reduzida ao máximo. Afinal, mais vale ganhar menos, mas permanecer a ganhar e continuando a ter oportunidades de se inserir em novos mercados. Só que na grande maioria das entrevistas que passam nos noticiários só conseguimos observar os comerciantes e o público em geral a reclamarem da situação. Mas deixem-me abrir aqui um parênteses, desde sempre que se ouvem nas entrevistas de rua os comerciantes a lamentarem-se que, a cada ano que passa, as vendas têm vindo a diminuir; já do lado dos compradores existe sempre a ideia de que os gastos vão ser menores; mas, a realidade, é que depois Este é o não se verifica nada disto. Afinal, o mais importante é que cada momento pessoa tenha a noção de que, neste de mudar momento de dificuldade, temos tode atitude dos de arregaçar as mangas e de lutar para não deixarmos a nossa vida cair. Pois, se cada um de nós conseguir levar a sua vida adiante, esta já será uma boa ajuda para fazer o nosso país sair da situação em que se encontra. Só que se, em vez disso, optarmos por reclamar, manifestar e nada fazer também é certo que nada irá mudar! Não quero com isto dizer que não devam existir manifestações, pois, estas são não só um dever, mas também um direito, só que mais do que isso deve existir uma consciência de que este é o momento de mudar de atitude e de lutarmos para ser um país grande.

FOTO: LUSA/MIGUEL A. LOPES

A

FOTO: EPA/SANA HANDOUT

Como está o país...

FOLHA DE PORTUGAL Título registado no ERC com o nº 125046 Propriedade: IURD Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, nº 3 - Póvoa de Santo Adrião - Lisboa NIPC: 592001679 Periodicidade: Semanal Impressão: Rafik Comunicação e Imagem Unipessoal, Lda. - Sítio da Bemposta, nº 1, 1A e1B, Longo da Vila - Mafra Tiragem: 56.000 exemplares Depósito Legal: 322699/11 Distribuição: Gratuita Circulação: Portugal Continental e Ilhas A FOLHA DE PORTUGAL NÃO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES, POIS ELAS NÃO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS

PUB


entrevista

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

|3

10 PERGUNTAS a ADELAIDE DE SOUSA

“Cada vez gosto mais de ser eu mesma”

UM DOS MAIS CONHECIDOS ROSTOS DA “SIC MULHER” FALA-NOS SOBRE O SEU INÍCIO DE CARREIRA E DE COMO PASSOU DA “PAIXÃO” PELA REPRESENTAÇÃO PARA A ATUAL PROFISSÃO DE APRESENTADORA que o formato não era algo com que me sentisse confortável. Mas julgo que tenho conseguido ultrapassar as minhas limitações.

SARA DAMÁSIO

V

Folha de Portugal

eio de Moçambique para Portugal com apenas 7 anos e confessa que demorou algum tempo a adaptar-se à nova realidade. Foi modelo aos 17 anos e hospedeira de bordo mais tarde, profissão que não voltaria a ter. Mas, um dia, decidiu ir em busca de uma carreira “de excelência” na área da representação. Viveu em Nova Iorque, durante quatro anos, até perceber que a vida de atriz não a faria sacrificar a sua vida pessoal. De volta a Portugal chegou a fazer parte de alguns projetos de ficção nacional, tais como novelas da TVI, isto até chegar à sua atual profissão de apresentadora. Hoje, confessa sentir-se bem e confortável com o que faz, não se vendo, para já, a seguir outro caminho.

2. O seu primeiro trabalho foi como modelo aos 17 anos. Como é que chegou a esse meio e como foi a experiência? Através do meu primeiro namorado, que era modelo. O namoro acabou, mas, para mim, foi o iniciar de uma nova fase na minha vida – descobrir as responsabilidades que acarreta estarmos num local de trabalho com pessoas a dependerem de nós, com muito dinheiro em jogo e reputações também... foi uma ótima escola para a vida! 3. Mais tarde, foi para Nova Iorque estudar teatro. É essa a sua paixão? E como é que surgiu a oportunidade? Tinha a ideia fixa de querer estudar o Método do Lee Strasberg e foi esse sonho que persegui. A

“Representar mais do que a nós mesmos é algo que deve ser temido mais do que desejado”

FOTO: CEDIDA

1. Nasceu em Moçambique e veio para Portugal em criança, ainda se lembra? E que ligação mantém com essas raízes? Tinha quase 7 anos e foi difícil! Lembro-me de não perceber se aquilo era temporário e de não gostar de quase nada. Depois, habituei-me, mas nunca senti este país como meu. Se calhar porque, para mim, Moçambique é o meu país, o meu passado e, quem sabe, o meu futuro.

7. Já entrevistou muitas personalidades, houve alguém ou algum programa que a tivesse marcado mais? Adorei falar com a Ingrid Bettancourt, pela experiência por que passou na selva colombiana; com o obstetra Michel Odent, percursor das piscinas de parto como recurso analgésico; e, ainda, com Nuno Lobo Antunes, neuropediatra e escritor admirável.

ambição que tinha, na altura, era tornar-me numa atriz de excelência... entretanto, mudei e tudo mudou como consequência, mas ainda lá fiquei quatro anos. Hoje, digo que não é a minha paixão, mas um gosto que tenho, que me traz muito prazer, mas, pelo qual, já não me disponho a sacrificar a vida pessoal. 4. Porque é que decidiu voltar para Portugal, tendo em conta as oportunidades profissionais? Já se arrependeu alguma vez da sua escolha? Cá há muito mais oportunidades, acreditem ou não... para fazer o que faço aqui, lá teria de cuidadosamente urdir uma teia de conhecimentos e apadrinhamentos e trabalho que não queremos fazer, durante uns bons anos. Fui para lá sozinha, sem nenhum apoio, nem contactos. O resultado não poderia ter sido diferente do que foi. Mas como alcancei o meu objectivo – tornar-me uma atriz do Método – posso dizer que tive sucesso. 5. Fez parte do elenco de alguns projetos de ficção nacional, inclusive

da novela “Jóia de África”, da TVI, que a levou de volta à sua terra natal, Moçambique. Conte-nos um pouco sobre esse momento e o trabalho em si. Foram cinco meses muito intensos, em que muitas coisas boas e más aconteceram. Profissionalmente, foi uma novela que me deu imenso gozo fazer. Estivemos alojados na praia do Tôfo, em Inhambane, onde conhecemos pessoas incríveis. Vimos o melhor e o pior de Moçambique, sem dúvida! Aprendi que dar é bom, mas que devemos conhecer melhor a realidade das pessoas a quem damos, para que a nossa oferta não se torne num motivo de mais desgraça. 6. Atualmente, é apresentadora na “SIC Mulher”, do programa “Entre nós”, como é que surgiu esta oportunidade? E era algo que desejava? A “SIC Mulher” tinha vontade de fazer um programa de entrevistas e resolveram desafiar-me. Como estavam a acontecer várias mudanças na programação, aceitei com alguma hesitação, já

8. Também já apresentou o programa “O Mundo das Mulheres”, sente que mudou ou cresceu de alguma forma como mulher depois disso? Sinto que fiquei mais rica em conhecimento, sem dúvida! Um dos produtores costumava brincar comigo, depois de cada programa, dizendo: “mais um doutoramento honoris causa, cara colega!”. Como mulher, cresci ao ser mãe. Aliás, foi graças a um programa que tinha como tema “Porque não Quero Ser Mãe” que percebi que queria mesmo ser mãe... 9. O que significa para si ser o rosto de um programa de televisão? Vê-se neste formato de comunicação e informação no futuro? Significa uma tremenda responsabilidade, algo a que me chego sempre com algum tremor. Representar mais do que a nós mesmos é algo que deve ser temido mais do que desejado. Já o futuro é muito nebuloso para mim, pois, tudo pode acontecer. 10. Se pudesse escolher apenas uma das atividades profissionais, das que já teve, qual escolheria? E qual a preenche mais? Posso dizer que não voltaria a ser assistente de bordo, pois, é tremendamente desgastante e com poucas recompensas emocionais para mim. Entre a representação e a apresentação, acho que preferia a última, já que cada vez gosto mais de ser eu mesma.


4|

SETE TE DIAS

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

Menos contágios,

aconteceu

menos mortes

Parece que a Sida está a estabilizar no Mundo, segundo um relatório recente da ONUSida que mostra que se vive cada vez mais anos com esta doença O documento divulgado, o número mais recentemente, pela organização baixo de novas mostra que existe uma infeções pelo vírus diminuição das novas infeções de imunodeficiência e do número de mortes e um humana (VIH) aumento do número de pessoas desde 1997, uma a viver com o A região do Mundo vírus. Tendo sido em 2010 mais afetada ainda é que se registou o sul de África

redução de 21% em relação ao valor mais alto desse ano. Perto de 34 milhões de pessoas viviam, no fim do ano passado, com o vírus, o número mais elevado de sempre, mas que, segundo especialistas, se deve ao aumento da sobrevivência. Nesse ano, morreram 1,8 milhões de pessoas, contra 1,9 em 2009.

números

marcas

do

tempo

58 milhões de euros

Momentos marcantes da História do Mundo, na semana de...

27 de nov. a 03 de dez.

É o valor que a Noruega, em parceria com a Islândia e o Lichtenstein, irá atribuir a Portugal até 2014, sobretudo para os setores do mar e da saúde, após a assinatura de um memorando com o Governo português, prevista para janeiro.

27

de novembro de 1942 Nasce Jimi Hendrix, guitarrista, cantor e compositor norte-americano. de novembro de 1907 Fundação do Leixões Sport Club. de novembro de 1988 Um furacão no Bangladesh mata 700 pessoas e deixa milhares de desaparecidos. de novembro de 1964 A URSS lança a nave espacial Sonda II. de dezembro de 2009 Entra em vigor o Tratado de Lisboa. de dezembro de 1960 John F. Kennedy vence Richard Nixon nas eleições presidenciais norte-americanas. de novembro de 1965 Os Beatles lançam o seu sexto álbum, Rubber Soul.

28

29

30 01 02 03

É a nova loja online de música que irá permitir que os utilizadores, com o sistema operativo Android, comprem, armazenem e ouçam em streaming ficheiros musicais. Sendo este um projeto da Google, lançado na semana passada, em Los Angeles. Segundo a BBC, editoras, como a EMI, a Sony Music

Segundo o diretor executivo da ONUSida, numa conferência de imprensa em Berlim, tem existido um aumento no acesso ao tratamento do VIH. Sendo ainda a região do Mundo mais afetada o sul de África, com cerca de dois terços (68% ou 22,9 milhões) dos casos de pessoas infetadas com o vírus.

VISITAS GUIADAS e gratuitas

Trinta dos 50 faróis nacionais vão estar abertos ao público, todas as quartas-feiras O objetivo desta iniciativa da Marinha portuguesa é dar a conhecer a missão e as funções dos faroleiros, segundo fonte do gabinete de imprensa do Estado-Maior da Armada, em declarações à agência Lusa. E a abertura será feita às quartas-feiras,

entre as 14H e as 17H, durante um período experimental de um ano. Irão estar abertos ao público, para começar, 30 dos 50 faróis do continente e das ilhas, com visitas guiadas pelos faroleiros residentes. E não será necessária marcação prévia.

38,2 mil milhões de euros É quanto Portugal irá receber em pouco mais de 6 meses, ou seja, quase metade do empréstimo total da Troika ao país, na sequência do pedido de assistência ao Fundo Monetário Internacional e à União Europeia, indicou, na semana passada, o ministro das Finanças.

35 mil toneladas O Alentejo, a região portuguesa que mais azeite produz, deverá registar um ligeiro aumento na produção da campanha olivícola de 2011/2012, a qual poderá chegar a este valor *com Lusa

Google Music nova loja online Entertainment, a Universal e 23 outras editoras musicais independentes, irão facultar conteúdos, que permitirão

aos utilizadores criarem uma biblioteca virtual de 13 milhões de canções. Os músicos irão poder criar

a sua própria página na nova plataforma, por uma taxa de 25 dólares (18,5 euros) e a Google arrecadará 30% de cada venda.

Para já este serviço só estádisponível nos EUA e ainda não foi anunciado quando é que será estendido ao resto do Mundo.


sete dias

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

pelo mundo

|5 PUB

COLÔMBIA

MALÁSIA

LAVAGEM DE DINHEIRO

EMPREGOS E RECEITA

˜ O Governo deste país revelou que os narcotraficantes “lavaram” 1.183,86 milhões de dólares (877,85 milhões de euros), em 2011, menos 672,77 milhões (498,87 milhões de euros) do que em 2000. Dados estes divulgados pelo vice-ministro da Política Criminal e Justiça, Jorge Fernando Perdomo, num seminário internacional dedicado à lavagem de dinheiro.

˜ A indústria de biomassa criará 70.000 empregos e gerará um total de 9.300 milhões de dólares (6.900 milhões de euros) em 2020, na Malásia, segundo o primeiro-ministro do país, Najib Razak. “Nos próximos cinco anos, vamos melhorar o nosso potencial na produção e processamento de produtos a partir de biomassa”, especificou o chefe do Governo, no decorrer da inauguração da conferência “BioMalaysia 2011”.

CHINA

MAIOR COMUNIDADE DE INTERNAUTAS ˜ O país tem já 300 milhões de utilizadores do serviço de microblogues, isto num total de 480 milhões de cibernautas, representando, assim, o maior mercado mundial. Com este número, a China “não só conta com a maior comunidade de utilizadores de Internet do Mundo, como também com a maior infraestrutura mundial de Internet”, referiu Zhang Xinsheng, alto responsável do Ministério da Indústria e Tecnologia e da Informação, citado pelo jornal oficial China Daily. *COM LUSA

a sua carreira

Quando mudar pode ser a melhor opção

É normal que o emprego que tem não corresponda completamente às suas expetativas, porém, nada justifica que passe o resto da vida a fazer o que não gosta. Por isso, deixamos-lhe algumas dicas para que possa encarar a hipótese de mudar: ¾ Primeiro, pondere se o problema reside no trabalho ou em si mesmo/a; ¾ Descubra se não está a ser influenciado/a por terceiros e o que poderá tornar o seu trabalho mais atrativo; ¾ Não deixe as emoções decidirem por si; ¾ Se gostar da empresa, mas

não do que faz, então, tente mudar de funções ou de departamento; ¾ Somente com objetivos e planos de ação precisos poderá pensar na mudança; ¾ Se quer uma nova oportunidade, então, trate de procurá-la; ¾ Não escolha uma área só porque conhece alguém que tenha tido sucesso nela ou porque está na moda; ¾ Lembre-se de que este recomeço poderá acarretar um salário menor e menos benefícios e regalias. CARREIRA: A mudança nunca é uma decisão fácil, sendo sempre necessária uma boa dose de coragem e ponderação

PORTUGAL no seu melhor

FICÇÃO NACIONAL ARRECADA EMMY

˜ “Laços de Sangue”, uma produção

ALEGRIA: Luís Marques (SIC) e Guilherme Bokel (Globo) posaram juntamente com parte do elenco de “Laços de Sangue”

FOTO: EPA/ANDREW GAMBERT

conjunta da SIC e da TV Globo, conquistou, na passada semana, em Nova Iorque, um prémio Emmy na categoria de “telenovela”, para a qual estavam ainda designadas uma produção brasileira, outra venezuelana e uma filipina. Já na edição do ano passado, também a novela portuguesa “Meu Amor”, emitida pela TVI e produzida pela Plural Entertainment, recebeu semelhante galardão.


6|

TEMA TE TEM A CAPA

Pegada DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

ecológica portuguesa

Dados apontam Portugal como um dos países da União Europeia que mais progressos fez no respeitante à proteção do ambiente ou à melhoria da qualidade do ar e da água, no entanto, os desafios ainda são muitos ¡ SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

U

ma das conclusões do Relatório do Estado do Ambiente 2011 (REA 2011 Portugal), realizado pela Agência Portuguesa do Ambiente e com o apoio do ministério da Agricultura do Ambiente e do Ordenamento do Território, lançado em outubro deste ano, mostra que Portugal tem feito vários progressos no que diz respeito à proteção do

pressão sobre a biodiversidade e sobre os habitats naturais”. RECOMENDAÇÕES

A OCDE deixou, também, no relatório, algumas recomendações para o país ultrapassar eficazmente os desafios ambientais: a importância da reconsideração das derrogações e reduções fiscais, “nomeadamente as que sejam prejudiciais para o ambiente”; o reforço nos incentivos para a utilização “eficiente do Devem ser reconsideradas transporte individual”; ou a “adoção de novas as reduções fiscais que prejudiquem o ambiente medidas para enfrentar o aumento do uso da ambiente. Tendo sido realçado energia no setor dos serviços, em a evolução positiva também na particular, nas atividades ligadas ao melhoria da qualidade do ar e da turismo e à habitação, são algumas água, no tratamento de resíduos e das 28 recomendações da OCDE na proteção do território, no âmbito a Portugal. da Rede Natura 2000, rede ecológica para o espaço Comunitário da PORTUGAL DESTACA-SE União Europeia, com a finalidade Os últimos dois anos têm sido de de assegurar a conservação a longo avaliação do estado e da evolução prazo das espécies e dos habitats das políticas ambientais em mais ameaçados da Europa. Portugal, tendo o relatório destacado Contudo, o país e os portugueses ainda tem muitos desafios e metas ambientais a ultrapassar e a cumprir, lembrando a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) alguns, ao longo do relatório, tais como: “o impacte que os afluentes domésticos têm na qualidade da água e o contínuo aumento dos resíduos industriais e urbanos” e também o “rápido crescimento do turismo, serviços, comércio, transportes e as necessidades associadas à energia que exercem forte FOTO: LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

os fundos criados e reforçados que vieram reforçar o apoio à proteção do ambiente. Tendo a conservação da Natureza

FOTO: LUSA/JOSÉ COELHO

LINHA DA FRENTE: Portugal está na vanguarda da energia eólica e da mobilidade elétrica, tendo sido o primeiro país da Europa a criar uma rede de abastecimento elétrica

Houve uma evolução positiva na melhoria da qualidade do ar e da água e a biodiversidade, os recursos hídricos, as alterações climáticas e a inovação e a tecnologia na área das energias renováveis sido as áreas mais tidas em conta. Portugal é, por exemplo, apontado como um dos países mais na vanguarda da mobilidade elétrica, tendo sido o primeiro da Europa a criar uma rede de abastecimento elétrica.

PORTUGUESES FAZEM MAIS RECICLAGEM ˜ A reciclagem em Portugal é feita através da deposição voluntária dos resíduos de embalagens (RE) nos ecopontos ou através da recolha porta a porta. Sendo a gestão posterior feita pela Sociedade Ponto Verde, em colaboração com os sistemas multimunicipais e intermunicipais de gestão de resíduos urbanos, os quais fazem toda a triagem e encaminhamento. Só no ano passado foram produzidas, conforme o REA 2011, perto de 1.722 mil toneladas de RE. Taxa essa de reciclagem de RE que atingiu este ano 62%, mais 2% do que no ano antecedente. Tendo o papel e o cartão tido a maior taxa de reciclagem, em 2010, com 85%. E também a meta (50%) da reciclagem de metal foi ultrapassada, atingindo, em 2010, 67%.


|7 tema te tem maa capa São precisas menos DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

ALGUMAS DICAS DE RECICLAGEM

D Agricultura

Produção e transformação de energia 26.7%

Agricultu ra 10.6%

iais ustr ind sos .6% s e c 5 Pro

Uso de solventes 0.4%

Indústria 11.5%

Energia 73%

Transportes 25.7%

Fonte: APA, 2011

Outros 0.1%

Instalações pequena dimensão 7.2%

FOTO: LUSA/JOÃO RELVAS

Emissões fugitivas 1.8%

Transportes

C

Alterações climáticas

Este fenómeno exige uma mudança no estilo de vida Combater este fenómeno exige uma mudança e uma adaptação do estilo de vida e, segundo o REA 2011, os custos relacionados com esta ação são menores comparados com os das consequências negativas a longo prazo, caso as sociedades e respetivos Governos não ajam. A Organização Meteorológica Mundia l (OMM), conforme mostra o REA 2011, revelou que foi a partir de 1998 que se registaram os anos mais quentes de sempre e os valores registados em 2010 confirmaram essa tendência. Para minimizar as consequências a longo prazo, a OMM lança dois desafios às sociedades: diminuir as emissões com efeito de estufa e preparar as sociedades para lidar com os impactes das alterações climáticas. Ao longo do século XX, Portugal sofreu diversas variações relevantes do clima e em 2010 foram atingidos “valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar superiores ao valor médio (1971-2000) e valores da quantidade de precipitação

FOTO: LUSA/HOMEM DE GOUVEIA

˜

FOTO: LUSA/ARMÉNIO BELO

¾ Colocar as máquinas de lavar a trabalhar só à noite; ¾ Compre um LCD em vez de um plasma; ¾ Desligue os televisores e todos os eletrodomésticos da ficha; ¾ Opte por um frigorífico categoria A+; ¾ Opte por aquecimento com um sistema de gás natural; ¾ Use lâmpadas de baixo consumo e pilhas recarregáveis; ¾ Partilhe o carro com o vizinho para ir para o trabalho ou, então, opte pelos transportes públicos; ¾ Utilize painéis solares para aquecer a água; ¾ Tenha energia elétrica, através de painéis fotovoltaicos ou eólicos.

Conforme refere o REA Portugal, sendo os que mais 2011 Portugal, as emissões de contribuem para este peso. Já Gases com Efeito de Estufa o setor da agricultura registou (GEE) tiveram um acentuado uma diminuição acentuada decréscimo entre 2008 e 2009. das emissões de GEE, através Tendo a diminuição do consumo da redução do consumo de de combustíveis fósseis, como fertilizantes, da extensificação da consequência da desaceleração produção bovina e da redução do crescimento da atividade dos efetivos suínos. 27% do económica, e o maior uso de total da energia consumida energias renováveis sido alguns no país, em 2009, foi feita pelo dos fatores que impulsionaram setor da indústria. No entanto, o esse fenómeno. “Pela primeira relatório revelou que houve uma vez, desde 1998, as emissões de diminuição recente deste consumo GEE ficaram abaixo da Os setores da energia meta média anual do Protocolo de Quioto” e dos transportes foram, – tratado internacional em 2009, responsáveis com compromissos mais por 50% do total rígidos para a redução da de GEE emitidos emissão dos gases com efeito de estufa. Mantendo-se e também das emissões de GEE, Portugal assim acima da média estas últimas de forma mais da União Europeia (UE) a nível acentuada. Portugal, ao abrigo do Protocolo de Quioto e do Acordo da intensidade energética. Os setores da energia e dos de Partilha de Responsabilidades, transportes foram, em 2009, deverá, até 2012, limitar a 27% responsáveis por 50% do o crescimento das emissões total de GEE emitidos em de GEE. ˜

EMISSÕES DE GEE EM 2009

IDEIAS PARA POUPAR O AMBIENTE

emissões de gases s uo síd Re 10.5%

¾ Não deve colocar no ecoponto azul: papel vegetal, papel prata, autocolantes, papel sujo ou com plástico; ¾ Pode colocar aerossóis (sprays) no ecoponto amarelo, se estes estiveram vazios. Ficando a esferovite também no mesmo ecoponto; ¾ Não coloque no ecoponto verde: cerâmicas, lâmpadas, cristais, loiças, espelhos, pirex ou ampolas de medicamentos; ¾ Saiba que não é necessário lavar as embalagens antes de estas irem para o ecoponto, bastando escorrê-las; ¾ CDs, DVDs, cassetes de VHS ou disquetes devem ir para o lixo normal; ¾ O óleo alimentar usado deve ser colocado nos oleões, que já existem nas vias públicas; ¾ Deve colocar as lâmpadas (à exceção das incandescentes, que podem ir para o lixo comum) no Ponto Electrão (vermelho) existente nos estacionamentos dos centros comerciais e nas áreas de serviço.

O ano de 2010 foi o mais chuvoso da última década (2001-2010) superiores ao valor normal, tendo este sido mesmo o ano mais chuvoso da última década (2001-2010)”, apontou o documento. O investimento nas energias renováveis, para além da produção de energia, traz

2010: Foi o ano em que foram atingidas algumas das maiores variações climáticas

consequências positivas no ambiente, criação de riqueza, emprego e equilíbrio na balança comercial. Portugal apesar de ainda ser, conforme dados de 2009, muito dependente externamente ao nível das energias, em cerca de 81,2%, e da importação de energia primária, em 96%, tem-se tornado numa referência a nível mundial nesta área. E tivemos, segundo o Eurostat, a terceira subida mais elevada da Europa, neste setor, entre 1999 e 2009. Contribuindo para esta classificação, o “acréscimo de cerca de 23% na produção hídrica e 31% na produção eólica”.


8|

geral

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

assunto AUSTERIDADE

Lisboa fará, este ano, cortes de quase 700 mil euros nas iluminações de Natal

Natal de 2011

Vários municípios por todo o país estão a cortar ou a canalizar o dinheiro das habituais iluminações de Natal para outros fins, como consequência dos cortes do Orçamento de Estado

menos iluminado 6 de janeiro. Contas feitas, o valor poderá atingir os cinco milhões de euros, adiantou o Público. Quando foi anunciada esta decisão do Governo Regional da Madeira, os maiores partidos com assento na Assembleia Legislativa da Ilha dividiram-se em opiniões pró e contra. Muitos admitem que o turismo é a principal fonte de rendimento da ilha nesta altura e

 SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

E

ste ano as ruas da maioria das cidades do país irão estar menos natalícias, isto se se considerar as iluminações de Natal como a principal decoração desta época festiva. No entanto, muitos municípios que optaram por não “soltar os cordões à bolsa” nesse sentido, decidiram direcionar o investimento para outros projetos. Penacova, por exemplo, este ano, terá uma iluminação que não ultrapassará os três mil euros, traduzindo-se num corte de 50% em relação a 2010. Nesse valor já estará incluído um prémio de 100, 75 e 50 euros aos comerciantes que participem no concurso de melhor iluminação. Em Portalegre, as iluminações poderão surgir apenas em situações excecionais e, segundo a Lusa, o resto do montante será encaminhado para ações de cariz social. Ao que parece o espírito de contenção afetou quase todo o país e as extravagâncias feitas em anos anteriores não serão repetidas, pelo menos este ano. A contrariar esta tendência, surge “a Ilha de Alberto João Jardim”, a qual, depois de anunciar o investimento nas festividades de Natal e passagem de ano para este ano, despoletou a discórdia.

As extravagâncias feitas em anos anteriores não serão repetidas, pelo menos este ano FOTO LUSA/ HOMEM DE GOUVEIA

MADEIRA: 3 mil milhões de euros é o valor que vai ser gasto em iluminações de Natal e no fogo de artifício da ilha

Cidades mudam de prioridades

Serão mais de três milhões de euros, o valor empregue, este ano, para as iluminações de Natal e para o fogo de artifício do fim de ano na Madeira. Segundo avançou o jornal Público, “dadas as presentes dificuldades de tesouraria”, o Governo Regional ainda “remeteu para o orçamento de 2012 o pagamento de 2,29 milhões”. A este montante, que está perto do que foi gasto em 2010, ainda falta anexar os custos do programa de animação que decorrerá de 9 de dezembro a

FOTO: LUSA/ ANDRÉ KOSTERS

UMA NECESSIDADE POLÉMICA

Portimão – irá gastar 20 mil euros em iluminações de Natal, menos 180 mil do que em 2010; Açores – corta na iluminação este ano e aposta em soluções criativas; Torres Vedras – não irá ter iluminações de Natal, apostando em animações luminosas com tecnologia “laser”, pretendendo passar dos 70 para 25 mil euros; Santiago do Cacém – com menos perto de 1,7 milhões de euros do que em 2010, o município optou por não ter iluminações de Natal este ano; Lisboa – irá gastar este ano perto de 150 mil euros, em locais mais simbólicos, isto quando, em 2010, gastou perto de 846 mil euros;

Entroncamento – não irá ter iluminações de Natal, indo reverter a verba para o aumento de 250 para 300 dos cabazes de Natal distribuídos pelas famílias mais carenciadas; Porto – as ilumina��ões de Natal irão sofrer um corte de 40 a 50%, estando presentes apenas nas ruas principais da cidade.

FOTO:LUSA/ JOÃO RELVAS

*com Lusa

que o investimento nos programas destas festividades são importantes. No entanto, alguns admitem ser necessário um esforço acrescido para diminuir os gastos. Afinal, é nesta época que se espera uma maior procura de turismo na região e muitas empresas dependem disso para conseguirem superar estes tempos de crise. FOTO:LUSA/ JOÃO RELVAS

FOTO: LUSA/ ANDRÉ KOSTERS


Folha CENTRO DE AJUDA

LEIA MAIS: 4i/5i – DOMINGO DOS SINAIS DE DEUS: Um compromisso que vale, realmente, a pena! 6i – CONQUISTAS FINANCEIRAS

Seja ousado e honrado

Nº 414 • DOMINGO • 27 • NOVEMBRO • 2011

ITÁLIA

SOLIDÁRIA

Vários membros do CdAE em Roma, com a colaboração de outras instituições, decidiram, durante alguns dias, estender as mãos aos que mais precisam e o resultado esteve à vista

AJUDAR nunca é demais ¡ SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

DOAÇÃO DE SANGUE

Também no CdAE em Roma, desta vez em colaboração com a Cruz Vermelha italiana, foi organizada, recentemente, uma

Mais de 40 pessoas passaram, naquele dia, no local e fizeram a sua doação de sangue

ALIMENTAÇÃO: Comida foi o que não faltou durante todo o dia e várias pessoas puderam desfrutar de uma refeição completa

campanha de doação de sangue. Tendo os membros do Centro de Ajuda mostrado mais uma vez a sua disponibilidade e satisfação por poderem fazer parte de mais uma ação de solidariedade social. A recolha de sangue foi feita nas instalações do CdAE com a ajuda dos membros da Igreja e dos voluntários da Cruz Vermelha. E mais de 40 pessoas passaram, naquele dia, no local e fizeram a sua doação de sangue.

Doação de sangue

Bem-estar e higiene...

NOVA IMAGEM: Muitos foram os que levaram daquele encontro um novo visual e uma nova autoestima

VOLUNTÁRIOS: Mais de 40 pessoas quiseram participar neste evento de cariz social de recolha de sangue. Tendo a disponibilidade e o sentido de partilha sido uma constante durante todo o dia

FOTOS: CEDIDAS

A

instituição de solidariedade social, “Coração de Ouro”, braço direito da Igreja Universal do Reino de Deus, organizou, recentemente, com o CdAE de Roma, em Itália, um movimento cujo objetivo foi o de ajudar os mais necessitados. Dezenas de pessoas foram recebidas e acolhidas, tendo, durante um dia, recebido o carinho, a atenção e o apoio de que são privados diariamente. Vários membros do “Coração de Ouro” e do Centro de Ajuda recriaram espaços com diversas atividades, onde os “convidados” puderam fazer desde: cortes de cabelo e manicure, passando também pela medição da tensão, seguido de um almoço e de uma distribuição de kits de higiene.


2i |

superação

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

O poder do

SACRIFÍCIO TODAS AS SEMANAS, IRÁ ACOMPANHAR, AQUI, HISTÓRIAS EMOCIONANTES E DRAMÁTICAS DE QUEM ENFRENTOU E VENCEU DESAFIOS

“Sem Ele

não podemos

NADA”

Tal como acontece com muitas outras famílias cansadas de viver na miséria, em Portugal, o marido de Cristina foi obrigado a ir trabalhar para fora, mas, infelizmente, nada correu como planeado e viveram anos de sofrimento e desespero que Deus poderia mudar a minha vida e eu disse logo que sim. stou no CdAE há quatro Quando voltei, levei o meu anos e, quando cheguei marido comigo, mas, apenas, eu a Portugal, vinha com comecei a participar fielmente o sonho que todo o emigrante O DIA DA MUDANÇA nas reuniões e nas correntes. Um traz: trabalhar e juntar dinheiro. “Durante vários dias, acordei e dia, ao chegar a casa, disse ao meu No início, até que correu tudo pensei que tinha nascido apenas marido que a nossa vida ia mudar bem! O meu marido chegou a para sofrer, não conseguindo ver e que, caso isso não acontecesse, iria ser encarregado de uma empresa saída alguma. Mas, foi, nessa altura, embora. Estava cansada de viver a de construção civil e tudo parecia que ouvi, pela primeira vez, falar no mendigar e de limpar escadas de estar encaminhado. Mas a ambição trabalho da Igreja. Decidi ir com os prédios para poder pagar a renda. falou mais alto, quando ele recebeu meus dois filhos e, quando cheguei, Nessa altura, começou a um convite para trabalhar em falei com o pastor e contei-lhe toda a Fogueira Santa e fiz o meu Espanha, ganhando muito mais do minha história. Nesse momento, o pedido e sacrifício. Dois meses que cá. A partir daquele momento, pastor perguntou-me se acreditava depois, recebemos uma resposta, as coisas pioraram, tínhamos conseguido porque, quando chegou um empréstimo sem “Fico emocionada quando olho a Espanha, a proposta para trás, vejo pelo que passámos fiador. A partir desse não era nada do que lhe dia, mesmo com muitas e o momento em que vimos a tinham prometido. pessoas a dizer que não misericórdia de Deus Acabei por ficar iríamos conseguir, mudei na nossa vida” em Setúbal com duas e a minha família viu crianças, passando a vida uma mudança. Apesar nervosa e a chorar. E, mal do meu marido ainda estar desempregado, o meu marido chegava de viagem, começava a discutir comecei a ver a situação com ele e a cobrar-lhe o facto de outra forma e, em vez de me ter deixado. de o criticar, comecei a Depois de ter sido enganado incentivá-lo. na primeira empresa, ele Ele voltou para passava a vida de porta Setúbal, arranjou um em porta, de trabalho em trabalho e decidiu tirar um curso de trabalho e quase sempre sem soldador. Fez o curso receber. E eu estava tão mal

E

que sentia que estava a ficar louca, não conseguindo dormir à noite, só vivendo para o trabalho e para pagar despesas”.

FOTOS: JOÃO FILIPE

¡ SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

u Acontoescsea

na n

vida!

com muito custo, mas mesmo assim as coisas não mudavam. E foi, nesse momento, que lhe sugeri que começasse a dar o dízimo. Ele aceitou e comprometeu-se a fazer essa prova com Deus. Daquele dia em diante, as portas abriram-se de uma maneira extraordinária e, hoje, já está numa empresa a trabalhar. Deus tem-nos dado bênçãos tão grandes e maravilhosas! Com pouco mais de quatro anos na Igreja, já comprámos casa, fomos ao Brasil de viagem, duas vezes,

Se acredita em Deus, então, acredita em milagres!

e comprámos lá três terrenos. Fico emocionada quando olho para trás, vejo pelo que passámos e o momento em que vimos a misericórdia de Deus na nossa vida! Deus chamou-nos para transformar a nossa vida, mas, em primeiro lugar, tive que mudar eu primeiro. E foi no CdAE que aprendi tudo isso, pois, participando na Fogueira Santa, Deus honrou! Afinal, sem Ele não podemos nada!”. CRISTINA CASTILHO – SETÚBAL


reflexão O Centro de Ajuda Espiritual (IURD) NÃO COBRA: 1 Para realizar casamentos  2  Para realizar batizados (adultos) 3 Para dar aconselhamento  matrimonial 4 Para aconselhar e 

acompanhar indivíduos toxicodependentes 5 Para aconselhamento pastoral 6 Para participar na Santa Ceia 7 Para a realização da unção com óleo 8 Para visitas ao domicílio 9 Para visitas a doentes no hospital 10 Para visitas a presidiários 11 Para distribuição de cestas básicas às famílias carenciadas 12 Para distribuição de bens (roupas, mobílias, eletrodomésticos, etc.) a pessoas carenciadas 13 Para acolher o Instituto Português do Sangue nas suas instalações para a doação de sangue 14 Para ajudar a manter o Lar de Idosos Universal 15 Para a apresentação de crianças (não batiza crianças, somente adultos) 16 Para participar no Grupo de Jovens "Força Jovem" 17 Para a realização de orações 18 Para a entrada nas igrejas e participação nos cultos 19 Para a participação em Concentrações, em locais como: Coliseu dos Recreios, Pavilhão Rosa Mota, Estádios, Pavilhão Atlântico, etc. 20 Para ajudar a manter a Sociedade “Pestallozi” (presta assistência aos portadores da síndrome de Down)

              

  

        

| 3i

mensagem BISPO EDIR MACEDO

21 Para manter a Fazenda  Nova Canaã 22 Para a realização de  cursos informáticos 23 Para aconselhar e apoiar 

na escolha de uma carreira profissional 24 Para atendimento telefónico 24 horas 25 Para apoio a mulheres vítimas de abusos 26 Para apoio e aconselhamento a indivíduos dependentes alcoólicos 27 Para visitas a lares de terceira idade 28 Para dar alimento aos sem-abrigo 29 Para apoio em catástrofes 30 Para a realização de atividades lúdicas e desportivas com os jovens 31 Para aconselhamento e campanhas na prevenção do HIV 32 Pelo transporte de pessoas com dificuldades de locomoção 33 Pelo estacionamento no parque da Igreja 34 Pelos Estudos Bíblicos realizados 35 Pela entrada e participação no maior Congresso Financeiro do país 36 Pela realização de funerais 37 Pela distribuição do Óleo Santo de Israel 38 Pelos cursos de Teologia (IBURD) 39 Pelos milagres que acontecem em todos os Centros de Ajuda espalhados pelo Mundo.

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

A oferta e o altar

D

irigindo-Se aos hipócritas, duas vezes o que ali era depositado. Não estavam nem aí o Senhor Jesus perguntou:“...Pois para os ensinamentos e as ideias passadas pelo qual é maior: o ouro ou o santuário Senhor. Os seus olhos esbugalhados e vidrados que santifica o ouro? (...) Pois qual no dinheiro cegavam os olhos espirituais. é maior: a oferta ou o altar que Não conseguiam discernir os valores eternos. santifica a oferta?” (Mateus 23.17 e 19). O mesmo espírito ambicioso tem cegado a presente Por conta da sua natureza adâmica e carnal, o geração. Para além de não enxergarem, tentam cegar hipócrita é capaz de enfrentar o entendimento de que assim até Deus contra o sacrifício. E como a oferta representa o ofertante para Deus, o os mesmos espíritos imundos “Os hipócritas do altar representa Deus para dos escribas e dos fariseus, da passado estão vivos e época de Jesus, atuam hoje. o ofertante. Atravessaram gerações e Insensatos e cegos! atuantes hoje em dia” chegaram à geração atual. Qual é maior: a oferta ou Portanto, os hipócritas do o altar? Qual é maior: o ofertante ou quem o recebe? passado estão vivos e atuantes hoje em dia. Os corpos Qual é maior: o sacrifício ou o altar do sacrifício? e as vestes são diferentes, mas o espírito e a ambição são as mesmas. Não se importavam com o altar, mas com Que Deus abençoe a todos abundantemente.

   

Só ensina às pessoas a VERDADE. O dízimo, como também as ofertas, são mandamentos bíblicos.

Acessos oficiais do

bispo Macedo:

bispomacedo.com.br/blog youtube.com/obispomacedo

twitter.com/BispoMacedo facebook.com/BispoMacedo

PROGRAMAS DE RÁDIO DIARIAMENTE  95.0 Fm 23H  Record Fm 107.7 23h30  Liz Fm 101.3 23H  Gaia Fm 95.5 23H  E, agora, também, na IURDTV, assista à mensagem e às orientações do bispo Macedo EM DIRETO, diariamente, pelas 13h30 (hora de Lisboa)

curiosidades uriosidades bíblicas 

 Gólgota ou Calvário: literalmente significa “caveira”, sendo o nome do lugar onde Jesus foi crucificado. Tinha este nome porque ali ficavam os ossos de algumas das pessoas que eram crucificadas (João 19.17).

 A Babilónia, famosa pela sua crueldade e poder nos tempos do Velho Testamento, fica situada num deserto, dentro dos limites do Iraque.

Iurd na WEB

 Corinto era uma importante cidade grega dos tempos do Novo Testamento, com cerca de 600 mil habitantes e várias religiões. Ali havia adoração a todos os deuses, principalmente a Afrodite, a deusa do amor erótico, daí a origem da palavra afrodisíaco. Mas, quando Paulo ali chegou, muitas pessoas, que estavam cansadas do pecado, entregaram as suas vidas ao Senhor Jesus e, a partir daí, uma grande Igreja começou a nascer naquela imensa cidade.

http://iurd.pt/nao-seja-uma-dracma-perdida/

Numa mensagem transmitida pela IURD TV, o bispo Edir Macedo explica como estreitar a comunhão com Deus...

http://iurd.pt/a-palavra-de-deus-nao-falha/

Uma mensagem sobre a importância do cumprimento de algo que se promete, tanto da parte de Deus, como também da parte dos homens...


4i |

cenáculo Santo do Espírito

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

mensagem

BISPOJULIO.COM

Quando é que esperar é certo? “Tu, SENHOR, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti. Confiai no SENHOR perpetuamente, porque o SENHOR Deus é uma rocha eterna” (Isaías 26.3-4)

Q

realização pessoal. A conquista dos sonhos é sempre uando você espera sendo: um filme com um protagonista apenas: você! E isto 1.Fiel: existe algo de “reconfortante” só acontece quando existe um comprometimento na fidelidade, especialmente naquela que verdadeiro. Desta feita: você é fiel, corajoso/a, se revela e se mantém para com Deus. Pois, ser fiel revoltado/a, temente, obediente, etc., tudo sempre na não é uma proposta a curto prazo, sendo avaliada 1ª pessoa. E quando chega o momento de assumir e confirmada apenas a longo prazo. Na verdade, a responsabilidade, tanto pelo fracasso como pelo trata-se de uma garantia, algo que lhe assegura de sucesso, nunca o remeta para terceiros! Na verdade, que tudo não só correrá bem, como os objetivos esta é a grande prova da sua coragem, pois não existe pretendidos serão plenamente alcançados. Quando maior coragem do que a de assumir os próprios existe fidelidade não há margem para erros, falhas erros ou culpas. ou fracassos. 8.Não duvido: imagine cada percurso de um 2.Corajoso: quando se espera algo, a coragem indivíduo como uma estrada, um caminho que age, simultaneamente, como um “escudo protetor” o levará a determinado destino. À medida que e um catalisador, pois, não lhe permite esmorecer, faz esse trajeto, esse percurso que vai traçando, pelo contrário, impulsiona-o/a, já que é o oposto do na verdade, corresponde à “espera” que tem de esmorecimento. E sim, mais do que uma qualidade, efetuar até alcançar a realização do seu objetivo, a coragem é um estado, passível de ser desenvolvido que corresponde à chegada ao seu destino. Agora, a todo o instante, desde que o indivíduo se proponha imagine o próprio indivíduo a colocar minas a isso. pessoais ao longo desse mesmo percurso... assim é 3.Revoltado/a: parece quase a antítese da a dúvida, o maior ato de autossabotagem que existe qualidade de quem espera, mas quando se fala em e que faz a espera parecer uma idiotice. Por isso, se “revoltado/a”, estamo-nos a referir ao aspeto positivo quer que a sua espera seja a certa, afaste a dúvida do da palavra. Sim, pois a revolta positiva não deixa seu coração! esmorecer ou morrer o objetivo pelo qual se espera, 9.Não desanimo: manter a constância na pelo contrário, mantém-no aceso e fervilhante, obtenção de um determinado objetivo é uma das sabendo que o mesmo se realizará a qualquer coisas mais difíceis para o ser momento. “Lembre-se de que a humano, especialmente se isto 4.Temente: é o facto de se apresentar esta Promessa de Deus sempre implicar um grande tempo de espera. Pede aquilo que quer, qualidade quando esteve lá, mas apropriamas raramente está disposto/a espera algo que não lhe -se dela quem aprende a o preço. E porque permitirá rebelar-se ou esperar, sem desanimar” asepagar vive numa “sociedade do insurgir-se de forma imediato”, o que acontece é que desrespeitosa contra a a grande maioria começa algo sempre com grande Pessoa de Deus, que, no caso, é de quem se aguarda entusiasmo, que, a curto ou médio prazo, dá lugar a realização do que mais se deseja. Ao apresentar a um certo esmorecimento misturado com uma temor, mostra-lhe que sabe quem você é, quem é revolta negativa. Manter o ânimo, ou seja, o estado Deus e o que significa aquilo por que espera: a sua do seu espírito em alta, é uma tarefa diária, pois realização e a Sua glorificação. dela depende a realização do seu sonho. Lembre-se 5.Obediente: ser obediente não significa ser de que a Promessa de Deus sempre esteve lá, mas amorfo ou passivo, pelo contrário, a obediência apropria-se dela quem aprende a esperar, sem implica uma atitude, um comprometimento em desanimar. seguir um plano definido e ser cumpridor das 10.Não sou negativo/a: esta premissa é essencial ordens pré-estabelecidas, no caso, as de Deus. Na quando se espera por determinado objetivo, já que verdade, obedecer é um ato que está intimamente ser negativo/a tem o mesmo efeito sobre a fé que interligado às capacidades já ressaltadas, como a água sobre o fogo. Cada vez que é negativo/a, é a fidelidade, a coragem, o temor e até mesmo a como se voltasse atrás e tivesse que recomeçar tudo revolta, já que para obedecer a Deus tem que ter a novamente. Na verdade, esperar da forma correta é capacidade de se revoltar contra o erro e a vontade como construir um edifício, ou seja, orçamenta-se do seu próprio ego. a obra; lançam-se os alicerces; cimentam-se as 6.Não murmuro: ao contrário do que se pensa, fundações; erguem-se paredes, divisões, tetos, até o murmúrio, na maior parte das vezes, é inaudível. que resulta na obra final. Quando é negativo/a falha Este é o murmúrio que nasce e se propaga no partes importantes na construção que, a médio ou seu próprio coração e que acaba por ser o mais longo prazo, farão com que o seu edifício venha a prejudicial, pois, vai minando o seu interior, devido ruir, sem possibilidade de recuperação. Ou seja, ser à sua alta corrosividade. Quando, finalmente, sai negativo/a é uma perda total do tempo de espera! da sua boca é porque o seu coração já está cheio do seu veneno. Por isso, cuide do seu coração, porque a morte dos sonhos começa pelo interior. 7.Não culpo os outros: não queira chamar a participação de terceiros quando se trata da sua POR SEU SERVO EM CRISTO, BP. JÚLIO FREITAS

Um com vale, real Ao longo da sua existência, o ser humano vai criando, mantendo e descartando inúmeras relações, de diversos tipos, no entanto, há apenas uma que é eterna e infalível ¡ CARLA VAZ cv.r@folhadeportugal.pt

A

passada reunião de domingo, intitulada dos “Sinais de Deus”, realizada no Cenáculo do Espírito Santo em Chelas contou com a presença especial do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, o qual salientou a importância do sacrifício na relação de qualquer ser humano com Deus, isto no dia em que milhares de pessoas deram o derradeiro passo na sua caminhada

“Quando você Lhe entrega a sua vida, este é o maior sacrifício que pode fazer, porque está a renunciar à sua vontade para fazer a d’Ele” BP. EDIR MACEDO

da Fogueira Santa no Monte Sinai. “O sacrifício é para levar as pessoas à consciência de uma fé que funciona e que produz efeito, operando uma verdadeira mudança de vida. Pois, a pessoa pode ter todas as qualidades,


cenáculo Santo do Espírito

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

| 5i

ompromisso que ealmente, a pena! mas se não sacrificar, será apenas mais uma no meio da multidão”, adiantou o orador. Tendo ainda sido recordado a todos os presentes o facto de que uma vida de qualidade só é possível com o Senhor Jesus, porque Ele é o criador da vida. Contudo, para a conseguirem alcançar, terão de entregar a sua vida para Ele. E lembre-se de que “Ele não quer resolver apenas o seu problema financeiro, sentimental, espiritual,

de saúde... mas sim transformar a sua vida por completo! Para que assim você seja uma nova criatura. Mas isso depende apenas de si!”, recordou o bispo. O MAIOR BEM

“Quem acha a sua vida perdê-la-á...” (Mateus 10.39), ou seja, mesmo quem conquista os seus sonhos pessoais e o sucesso irá acabar por perdê-los, porque tudo o que se conquista neste mundo

um dia irá perder-se e desaparecer. “Nada do que aqui conquistamos é para sempre, somente a vida eterna”, alertou o orador. “...quem, todavia, perde a vida por minha causa achá-la-á” (Mt 10.39), portanto, você terá de abdicar da sua vida pela causa de Deus, contudo, isso não significa assumir e manter um compromisso com uma igreja ou religião, mas sim o de ter e manter um relacionamento com Deus.

Ele não quer resolver apenas o seu problema financeiro, sentimental, espiritual, de saúde... mas sim transformar a sua vida por completo! Para que assim você seja uma nova criatura. Mas isso depende apenas de si!,

Domingo 9h30

SINAIS DE DEUS PUB

FOTOS: DIOGO ALMEIDA

Uma rádio online, que vai avivar os seus dias.


6i |

cenáculo Santo do Espírito

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

Especial

congressofinanceiro.com

Provar a Deus

O que é? Este é o maior evento voltado para os trabalhadores, que tem lugar todas as segundas-feiras, em vários horários, de Norte a Sul do país. Milhares de pessoas têm-se deslocado a esta reunião, com o objetivo de aprenderem a alcançar a mudança nas suas vidas

Seja ousado e honrado SONHO REALIZADO

SEGUNDA-FEIRA

20H

FOTOS: DIOGO ALMEIDA

 “Tenho participado em todas as reuniões da segunda-feira e sempre tive o sonho de ter um salão de cabeleireiro, mas, no entanto, trabalhava há mais de 18 anos por conta de outrem. Decidi, então, entregar o meu sacríficio nesta Fogueira Santa e, três dias depois, ligaram-me a dizer que havia um salão pronto para mim. Finalmente, vou abrir o meu negócio e já no próximo dia 1 de dezembro”. Carla

Aprenda a ver as dificuldades e as barreiras como desafios para alcançar grandes conquistas, pois, se virar as costas às portas fechadas nunca saberá o que poderá estar do outro lado à sua espera  SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

S

e voltares, ó Israel, diz o Senhor, volta para mim; se removeres as tuas abominações de diante de mim, não mais andarás vagueando” (Jeremias 4.1). Foi este versículo bíblico que o pastor Carlos Champi, responsável pela reunião das “Conquistas Financeiras”, usou para chamar a atenção de todos aqueles que vagueiam pela vida sem conseguirem conquistar os seus objetivos. Sendo a única solução para essas pessoas, segundo o orador, “voltarem-se de frente para Deus”,

colocando a preguiça e o desânimo de parte. O mesmo interpelou também a todos os presentes para que não desistissem nunca de lutar, pois, aconteça o que acontecer, nunca devem deixar os seus sonhos a meio. Sendo para isso que servem

o trabalho se me abriu...” (1 Coríntios 16.9), versículo este da Bíblia que mostra que “para aqueles que creem em Deus e em si mesmos” irão sempre existir muitas dificuldades, mas que o mais importante é que consigam ver em cada

PENSÃO EM ATRASO  “Depois de sacrificar na segunda-feira passada e de ouvir que a solução iria aparecer para aqueles que tivessem dívidas, dinheiro para receber ou outros problemas a nível financeiro, tive um sinal. Após a reunião, senti que o Espírito Santo me dizia para ir ver uma conta, onde deveria receber uma pensão do Brasil, que estava pendente há mais de um ano. Logo, nesse dia, disseram-me do Banco que já tinha recebido, finalmente, três meses da pensão”. Gilda

sonho que seria inicialmente comum. Estas são situações que destroem a confiança e tornam o alcance das conquistas ainda mais difíceis. Por esse motivo, o orador explicou que a única pessoa que deve ser seu sócio, ou parceiro, em qualquer que seja a área da sua vida, é Deus. E porquê? “Porque Ele não pára a meio do caminho e não desiste diante de

“Ele não pára a meio do caminho e não desiste diante dos obstáculos” as reuniões de segunda-feira, ou seja, para dar forças e para abrir caminhos, já que para se prosperar não se pode fazer menos, nem igual aos outros, devendo ir sempre mais além do que o esperado. A PORTA OPORTUNA

“Porque uma porta grande e oportuna para ORAÇÃO: As dezenas de pessoas presentes clamaram por uma vida profissional de sucesso

barreira uma oportunidade para se superarem. Tendo o pr. Champi usado o percurso escolar como exemplo, pois, tal como acontece em cada novo ano escolar, surgem sempre novas dificuldades e desafios maiores, mas estes vão, ou devem ir, sendo superados, sempre com mais sabedoria e conhecimento. Afinal, todos os que não conseguem ver oportunidades nas dificuldades nunca serão suficientemente fortes para superar e crescer na vida.

OPORTUNIDADE Os presentes foram convidados a passar pela porta grande, como símbolo de superação das dificuldades que enfrentam

SEJA PARCEIRO D’ELE

Muitas são as pessoas que já tiveram parceiros e sócios em projetos que acabaram por não correr bem. Outros, mesmo com parceiros, tiveram que lutar sozinhos por um

obstáculos”, esclareceu o pastor. Se não se sente seguro sozinho, o único que deverá acompanhá-lo “é Deus e mais ninguém, pois, com Ele tudo dará certo” e terá a certeza de que o que desejar virá sempre a dobrar.


PUB


—

—

—

Moradas

  Centros de Ajuda Espiritual em Portugal Continental e Ilhas Leiria

Grande Lisboa Mafra (Núcleo)

Rua Capitão Mouzinho de Albuquerque, nº 105

Rua José Silvestre, nº 8 a 12A (junto ao stand de automóveis antigos – Av. do Convento)

Rua General Alves Roçadas, nº 4

Casal de Cambra

Av. do Brasil, nº 26 (próximo da Telepizza)

Odivelas

Rua João Villaret, lt. 11, lj. 7 (junto ao centro comercial Ramada)

Loures

Rua Dr. Manuel Arriaga, nº 16, r/c

Pontinha Estrada Militar, s/n (próximo do supermercado Europa)

S. João da Talha

Rua D. Afonso Henriques, nº 80, 1º

Cenáculo do Espírito Santo em Lisboa Rua Dr. José Espírito Santo, 36 - Chelas (próximo da estação de metro)

Mem Martins

S. João do Estoril

Entroncamento

Rua 5 de Outubro, nº 85 (em frente à Câmara Municipal)

Cascais

Carregado

Sacavém

Carnaxide

Benfica

Quinta do Alto Casais da Margana

Alhandra

Rua Acácio de Paiva, nº 25B, r/c

Rua Heróis da Aviação, nº 2C (perto do Parque Central)

Azambuja Lar Idosos

Rua Sacadura Cabral, nº 102C (c. comercial Galiza) Av. 25 de Abril, nº 25 (antigo cinema Oxford)

Amadora

Nova abertura!

Rua de Cima de Fanares, nº 39 (a 30m da estação da CP)

Alvalade

Rua Salvador Allende, lt. 16, 2º/3º

Fábio Lucci)

São Carlos

Rua Projetada à Rua Dr. Sousa Martins, lote C

Praceta Fernando Pessoa, nº 4B, armazém 3

Trajouce

Largo do Rossio Pequeno, 2 S. Domingos de Rana

Rua dos Combatentes, nº 10B Praceta Tristão Vaz Teixeira, edifício Comercial Palmeiras

Samora Correia

Rua Professora Clara Passos Esteves, nº 38

Alverca

Rua César Augusto Gonçalves Ferreira, nº 5/7 (em frente à feira)

(perto das Finanças)

Montijo Rua da Indústria Corticeira, lt. 16E

Alcochete (Núcleo)

Rua Doutor José Grilo Evangelista, nº 46, Urb. dos Barris (próximo dos bombeiros)

Pinhal Novo

Largo José Maria Santos, nº 21, lj. B

Setúbal Avenida do Alentejo, nº 30 Quatro Caminhos

Setúbal II

Av. 23 de Julho, nº 14/16/18 Cova da Piedade

Mira Sintra

Costa da Caparica

Vendas Novas (Núcleo)

São Marcos

Miratejo

ALAMEDA D. AFONSO HENRIQUES, Nº 35

Av. Bombeiros Voluntários, nº 66 - Agualva Cacém

Rua Projetada à Rua do Cotão Velho, Armazém B

Av. 25 de Abril, nº 33 (centro comercial Miratejo)

Torres Vedras

Cruz de Pau

Edifício Choupal, bloco D, r/c

Rua da Cordoaria, Qt. das Cordas, nº 42 - Vale dos Gatos

Caldas da Rainha

Rua Raúl Proença, nº 25/27

Malveira

Avenida José Antunes Batista, 6B (junto à praça de táxis)

Peniche

Mercês

Rua Arquitecto Paulino Montes, nº 93 (ao lado da pastelaria Berglo)

Rua Dr. João de Barros, nº 14

Bombarral (Núcleo)

Cacém

Praceta da Fraternidade Universal, nº 28A

Massamá

Rua Passos Manuel, nº 45

Av. Afonso de Albuquerque, nº 201

Largo dos Aviadores, nº 16D (próximo da rodoviária)

Casal do Marco

Rua António Macedo, nº 22/22A (zona industrial)

Quinta do Conde

Av. Cova dos Vidros, nº 49 (próximo da junta de freguesia)

Baixa da Banheira Estrada Nacional 11, nº 243

Barreiro

Santarém

Rua Almirante Reis, nº 74

Largo Comendador, nº 01 (no antigo LIDL, por cima da

Av. Teófilo Braga, nº 40A

Moita

Rua Vicente Campinas, lt. 2, lj. A

Rua de Leiria, nº 46 Lugar do Lameiro

Av. Imaculada Conceição, 567 (perto do supermercado LIDL)

Alcobaça

Viana do Castelo Rua Altamira, nº 57, r/c

Rua Padre António Vieira, nº 141 (ao lado do centro comercial Charlot)

Benedita

Famalicão

Olhão

Tomar (Núcleo)

Barcelos (Núcleo)

Rua Dr. Afonso Lopes Vieira, nº 28 Rua 20 de Dezembro, nº 2, 1º (antigo cinema Estúdio) Av. D. Nuno Álvares Pereira, nº 53

Aveiro Av. D. Lourenço Peixinho, 181 (antigo cinema 2002)

Águeda

Rua Actriz Amélia Rey Colaço, nº 3000

Tavira

Guimarães

Rua Comandante José Luís de Pina, nº 169 (em frente à escola Egas Moniz)

Vila Nova de Gaia

Albergaria-a-Velha

Rua da Rasa, nº 230 Rua 8, nº 729 (cineteatro S. Pedro)

Rua Vila Lusitana, nº 15

Esmoriz

Estrada Nacional 18, edifício Fundabeiras, lj. 3 (sítio em Vale de Canas)

Portimão Largo Gil Eanes, lt. A (próximo da estação de comboios)

Espinho

Viseu Fundão

Urbanização Horta del Rei, lt. 11, lj. H (em frente ao tribunal, no pátio interior do centro comercial Del Rey )

Rua Dr. Manuel Pais, nº 69

Estrada Nacional, nº 1 Rua 1º Dezembro, nº 17A, r/c

Rua General Caula, nº 9

Sesimbra (Núcleo)

Rua Cândido dos Reis, 65, r/c dt.

Rua Frei Espírito Santo, nº 3, r/c

Av. 5 de Outubro, nº 14

Guarda (Núcleo)

Rua António Sérgio, lote 5, r/c (em frente à Protecção Civil)

Grande Porto

Lagos

Rua Salgueiro Maia, lj. 15B (perto das Finanças)

Rua de André Brum (ao lado dos bombeiros)

Albufeira

Av. dos Descobrimentos, centro comercial Bela Vista, lj. 42B

S. J. da Madeira

Paredes Av. Comendador Abílio Seabra, entrada 7 (centro comercial Vale do Sousa)

Rua Dr. João Abel de Freitas, edifício Estacada, nº 35

Rua Gomes Freire, nº 48, r/c

Machico

Ribeira Brava

Edifício D. Pedro, letra A – sítio da Murteira (atrás do centro de saúde)

Rua Fernanda Seno, nº 20, Bairro Horta das Figueiras (próximo da Cruz Vermelha)

Câmara de Lobos

Estrada João Gonçalves Zarco, nº 108 (ao lado das bombas da Repsol)

Beja

Portalegre

Av. das Descobertas, nº 23, cave (próximo da Seg. Social)

Coimbra Coimbra Rua do Sota, nº 20

Figueira da foz

Rua Vasco da Gama, nº 47, r/c

Lousã

Rua Dr. José Maria Cardoso, nº 15 (a 100m dos bombeiros)

Cantanhede

Rua Padre Cruz, nº 22

Madeira --Funchal Madeira F Sede: Rua Dr. Brito Câmara, nº 33 (em frente à rotunda dos bombeiros municipais) Rua D. Carlos I, nº 11 (atrás da Casa da Luz)

Évora

Rua Pedro Victor, 36

Loulé

Av. Conserveira Sul, nº 12F

Ovar

Largo S. João de Deus, nº 7 (próximo do Castelo Vasco da Gama)

Cenáculo do Espírito Santo no Império

Braga

Oliveira do Hospital

Almada

Rua do Militar, 57 Reboleira Sul

Marinha Grande

Vila Real de Stº. António (Núcleo)

Sines

Calçada da Rinchoa, lt. B1 (ao lado do Polisuper; a 100m da estação de comboios)

Reboleira (Núcleo)

Rua Ângelo Andrade, lj. 18 (centro comercial Carvalhais)

Rua General Norton de Matos, nº 201 (ao lado da EDP)

Rio de Mouro

Rua Elias Garcia, lt. 44

Rua Diogo Cão, nº 21

Castelo Branco

Ajuda

Queluz

Quarteira (Núcleo)

Santo Tirso

Av. 22 de Dezembro, nº 96/98 (antigo cinema)

Av. Gomes Pereira, nº 39A Calçada da Boa Hora, nº 180

Rua Herdança, nº 143

Pombal

Rua Almirante Reis nº 76 (em frente à Farmácia Barros)

Póvoa Stº. Adrião

(ao lado da GNR)

Póvoa de Varzim

Cenáculo do Espírito Santo no Porto Rua Egas Moniz, nº 485

Rio Tinto

Açores - Ponta Delgada Rua da Boa Nova, nº 5

Penafiel

Rua Fernão de Magalhães, nº 272

Rua da Saudade, nº 126

Areosa

Bragança

Rua Dr. Francisco Felgueiras, nº 12/14 (ao lado do hotel Túlipa)

Av. Álvaro Martins Homem, nº 12 (em frente à Mitsubishi), Angra do Heroísmo

Vila Real

Faial (Núcleo)

Rua 3 de Maio, nº 285, Pedrouços

Trofa

Rua Infante D. Henrique, nº 461 (ao lado da Trofa eléctrica)

Ilha Terceira

Rua do Mercado, 35B, Horta

Av. 1º de Maio, nº 261 (próximo do sinaleiro)

Matosinhos

Faro Faro

Av. Villagarcia de Arosa, 1038

Largo de São Sebastião, nº 10

Info: Veja também estas moradas em iurd.pt, onde poderá ver mapas detalhados da localização das mesmas para maior facilidade em encontrar o Centro de Ajuda mais próximo de si.

PUB

24 HORAS DISPONÍVEIS EXCLUSIVAMENTE PARA SI!

Nós podemos ajudá-lo/a!


sociedade

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

|9

em foco DIABETES A diabetes representa um custo anual para o sistema de saúde acima dos 900 milhões de euros, correspondendo a cerca de 5% das despesas de saúde e a 0,5% do PIB, de acordo com um estudo recentemente divulgado

 CARLA VAZ cv.r@folhadeportugal.pt

O

estudo “Os custos e carga da Diabetes Mellitus tipo 2 em Portugal” foi efetuado, conjuntamente, pelo Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência, da Faculdade de Medicina de Lisboa, e pelo Centro de Estudos Aplicados da Catolica Lisbon School of Business and Economics, da Universidade Católica Portuguesa. Tendo tido como base os dados estatísticos demográficos e de saúde disponíveis, para Portugal, em 2008, e tentado averiguar quais são os custos e a carga da diabetes mellitus tipo 2 no nosso país. Para o sistema de saúde, esta doença representou, em 2008, 952 milhões de euros, cerca de 5,5% do total das despesas de saúde e 0,55% do Produto Interno Bruto (PIB). CUSTOS E CARGA Relativamente aos custos diretos,

900 milhões de euros por ano DIABETES MELLITUS É dividida em 4 grupos: tipo 1, cerca de 10% de todos os doentes afetados e com base imunitária maioritariamente; tipo 2, forma predominante com uma prevalência de cerca de 90%; outros tipos, como defeitos genéticos; e diabetes gestacional, durante a gravidez. Mundo: existem 347 milhões de diabéticos no Mundo face aos 153 milhões que existiam em 1980, sendo que 138 milhões vivem na China e na Índia e outros 36 milhões nos EUA e na Rússia, de acordo com um estudo publicado na revista Lancet. Portugal: em 2009 foram detetados 571 novos casos desta doença por cada 100 mil habitantes, afetando a diabetes já 12,3% da população entre os 20 e os 79 anos, segundo o Observatório Nacional da Diabetes.

A diabetes mellitus tipo 2 é a forma predominante a nível mundial, com 90%

de prevalência

o estudo apontou para um total de 616 milhões de euros, dos quais

108,2 milhões foram gastos com internamentos e 508 milhões com tratamentos em ambulatório, sendo que 239 milhões foram só para medicamentos. Já a nível dos custos indiretos, ou seja, a incapacidade de trabalhar resultante da diabetes, estes foram calculados em 336 milhões de euros. Por seu lado, a carga da doença é medida através do tempo de vida perdido por mortalidade prematura ou pelo tempo vivido com incapacidade, bem como pelo grau de gravidade dessa incapacidade. Assim sendo, com base em indicadores da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Banco Mundial, concluiu-se que houve um total de 8.845 mortes imputáveis à diabetes em 2008. Tendo o mesmo estudo avaliado ainda o número de anos de vida perdidos por causa da diabetes, tanto por incapacidade, como por morte prematura. Chegando-se

Portugueses temem ERROS MÉDICOS Segundo um estudo da Deco, um quinto dos portugueses já foi vítima de erro médico e, entre estes, 58% apresentou queixa em tribunal O inquérito efetuado pela Associação Portuguesa para Defesa do Consumidor (Deco), sobre a perceção de erros na área da saúde, envolveu 1.575 portugueses. Sendo que 35% considerou que os hospitais públicos são os locais mais suscetíveis a erro ou negligência. Mas nem os hospitais privados escapam, sendo suscetíveis a falhas médicas para 19% dos inquiridos.

Para além disso, a Deco pretendeu ainda descobrir se os inquiridos consideravam já ter sido vítimas de um procedimento incorreto e, em caso afirmativo, que medidas tomaram para corrigir a situação. Mais de

60% dos inquiridos revelou uma séria preocupação face à hipótese de serem vítimas de má prática, sobretudo em hospitais públicos. E cerca de um quinto considerou que o próprio ou um familiar foi vítima de um erro relevante, no mínimo, uma vez nos últimos dez anos. Contudo destes, INQUÉRITO: Os portugueses continuam a só 58% apresentou ter receio dos erros médicos, sobretudo nos queixa. c.v. hospitais públicos

à conclusão de que os anos de vida perdidos por morte ficaram perto dos 100 mil e por incapacidade dos 30,4 mil. COMPLICAÇÕES E ESPERANÇA MÉDIA DE VIDA Esta mesma investigação assinalou também que as estimativas da OMS indicam uma subida do predomínio global de diabetes mellitus dos atuais 285 milhões, em 2010, para os 438 milhões, em 2030, fazendo com que esta patologia seja já considerada um dos problemas mais importantes de saúde pública global. Havendo ainda que salientar que as complicações derivadas da diabetes, microvasculares (rim, retina e nervo) e macrovasculares (doença coronária, cerebrovascular e arterial periférica), são responsáveis por uma redução da esperança de vida de 7 a 10 anos entre os diabéticos. *Com Lusa

PUB


10 |

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

PORTUGAL EM XEQUE

FRAUDES no REEMBOLSO DO IRS

¡ SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

P “

ráticas organizadas com o intuito de contornar os sistemas implementados” é como o ministério das Finanças carateriza estes esquemas fraudulentos, em declarações à agência Lusa. Estando os mais de 200 esquemas de reembolso fraudulentos, detetados em 2010, já sob investigação pelos órgãos de polícia criminal e pela Polícia Judiciária. Tendo também, como consequência, sido decretados pelos tribunais prisões preventivas e a constituição de vários arguidos.

PUB

que queiram determinar a administração tributária ou a administração da segurança social a efetuar atribuições patrimoniais, das quais resulte enriquecimento do agente ou de terceiros. As penas podem chegar aos oito anos, considerando os valores em causa. Tendo sido criado um Plano Estratégico de Combate à Fraude e Evasão Fiscais e Aduaneiras, o

aos funcionários, sem que, contudo, seja entregue qualquer valor ao Estado. No ano seguinte, estes trabalhadores entregam as declarações de IRS (modelo 3), indicando uma retenção de impostos igual à que foi declarada pela empresa, tendo assim direito a

receber um determinado reembolso de IRS. CONSEQUÊNCIAS

Segundo o Regime Geral das Infrações Tributárias, esta prática pode levar a uma pena de prisão

de até três anos (convertível ou não em multa de até 360 dias). Sendo o crime de burla tributária praticado pelo uso de falsas declarações, falsificação ou viciação de documentos fiscalmente relevantes ou de outros meios fraudulentos,

Esta prática pode levar a uma pena de prisão de até três anos (convertível ou não em multa de até 360 dias) qual visa reforçar o cruzamento de informação no processo de liquidação do IRS.

50 VEZES

mais do previsto Menos de 200 mil euros era quanto o Instituto Tecnológico e Nuclear (ITN) estava permitido a usar para despesas com locação e aquisição de bens e serviços, no entanto, depois de uma auditoria financeira do Tribunal de Contas (TC), o valor, em 2009, ultrapassou os 10 milhões.

FOTO: LUSA/ ANDRÉ KOSTERS

Este tipo de crime tem a participação de diversas empresas e dos seus funcionários e é praticado aquando da comunicação às finanças por parte destas empresas (modelo 10) de um valor de retenções na fonte feitas sobre os rendimentos supostamente pagos

Foram mais de 200 esquemas fraudulentos, no valor de 1,2 milhões de euros, detetados pelo fisco, em 2010, crimes esses que tiveram como consequência prisões preventivas e a constituição de arguidos

O presidente do CD pode ser o responsável por pagamentos de um valor 53 vezes superior ao permitido

No relatório do TC, o ITN revela ter sido autorizado pelo presidente do Conselho Diretivo (CD) a gastar esse valor, sendo responsável por pagamentos de um valor 53 vezes superior ao permitido. Tendo os auditores revelado que o instituto não tem ainda elaborado um Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infracções Conexas, para além de ter um Sistema de Controlo Interno “deficiente”, a nível contabilístico e administrativo. “Com exceção do ano de 2009, não foram elaborados os planos e os relatório de atividades anuais, bem como o plano plurianual de atividades”, apontou o documento. s.d.


PUB

Tire o seu Ferrari da garagem Muitas pessoas, quando se trata de um sonho de consumo, dizem, sem sombra de dúvida, que gostariam de ser proprietárias de um Ferrari, nem que fosse só para o ter na garagem. Mas, por quê? Pelo seu valor? Pela sua potência? A verdade é que, mesmo que o tivessem, a grande maioria nem sequer teria condições para manter o seu nível de consumo, porém, é inegável o valor atribuído a um Ferrari, e é exatamente por isso que ele é tão desejado. Mas... sabia que você já tem um Ferrari em seu poder? Não? Mas saiba que ele não só está em seu poder, como está bem guardado, na sua garagem! A partir do dia 28 de novembro, todas as suas dúvidas serão dissipadas! Não falte, pois o seu futuro depende disso!

As próximas 6 segundas-feiras serão cruciais para a sua vida!

LIÇÕES PRÁTICAS SOBRE A ATITUDE 28 de novembro 20h em 6 cidades de Portugal mais informações: 707 301 221

• Mudar • Projetar • Executar • Desenvolver • Estabelecer Neste congresso você aprenderá o que os ricos não querem que você aprenda e o que as universidades não ensinam: aprenderá a tomar atitudes para mudar completamente o rumo da sua vida!

Lisboa Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 | Porto Rua de Egas Moniz, nº 485 Coimbra Rua do Sota, nº 20 | Portimão Largo Gil Eanes, Lote A Ponta Delgada Rua Boa Nova, nº 5 | Funchal Rua Dr. João Brito Câmara 32

O primeiro na Europa Miriam, de 28 anos, há 4 anos que vive na Europa. “Muito dura, difícil e cheia de dificuldades financeiras, pois o que ganhava, uma miséria, nem sequer dava para comer. Para além disso, morava num quarto com 6 pessoas” - é assim que Miriam descreve a sua vida antes de conhecer o CdAE, local onde tomou a atitude de mudar de vida. “Lancei-me por completo, porque tinha a visão de conquistar uma vida de qualidade. Acreditei, perseverei e assim surgiu a ideia de abrir o meu próprio negócio. Em 20 dias apenas consegui abrir o meu estabelecimento de produtos naturais da Amazónia, que é o primeiro na Europa. Hoje sou uma empresária de sucesso, mas, acima de tudo, de atitude!” Miriam Rodrigues

iurd.pt


12 |

reportagem ortagem especial

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

ELEIÇÕES EM ESPANHA

FOTOS: EPA/CHEMA MOYA

PP: Na sede do partido, no centro da capital espanhola, milhares celebraram a vitória histórica dos conservadores espanhóis

“Seremos o mais cumpridor e o mais vigilante. Deixaremos de ser o problema para voltar a fazer parte da solução” MARIANO RAJOY

“O presidente de todos”

Foi esta promessa do líder do PP, Mariano Rajoy, no momento em que assumiu a vitória nas eleições legislativas espanholas, pedindo este ainda um trabalho conjunto e a confiança de todos para conseguir fazer face às difíceis tarefas que se avizinham ¡ CARLA VAZ cv.r@folhadeportugal.pt

G “

overnarei ao serviço de Espanha e dos espanhóis procurando que, em nenhuma circunstância, ninguém se sinta excluído da tarefa comum. Os únicos inimigos serão o desemprego, o défice, a dívida excessiva, o estancamento económico e tudo aquilo que mantém o nosso país nestas críticas circunstâncias”, sublinhou Mariano Rajoy, perante as milhares de pessoas que festejavam a vitória histórica dos conservadores. No decorrer do seu discurso, marcado sobretudo pelas referências à situação económica que se vive em Espanha, Rajoy clarificou as prioridades da sua tarefa: “a legítima satisfação pela vitória não nos impede de deixar de pensar na imensa tarefa que temos que enfrentar e na necessidade de abordar quanto antes a obrigação que contraímos principalmente com os que se encontram em circunstâncias difíceis”, ou seja, com “os que perderam trabalho ou não encontram o primeiro emprego, os que se viram obrigados a fechar o seu negócio, os que vivem de uma pequena pensão

que mal cobre as suas necessidades elementares”. Foi a estas pessoas que Rajoy quis deixar uma mensagem de “proximidade e confiança”, prometendo fazer “tudo o que é humanamente possível para melhorar a sua situação” e pensar nelas quando forem tomadas decisões. RECADOS

O próximo presidente do Governo veio enfatizar que esta é uma “hora decisiva para Espanha”, já que esta se encontra num “cruzamento que

OS PROBLEMAS DA ECONOMIA ESPANHOLA ¾ Uma elevada taxa de desemprego, a qual já atingiu os 21,5%, com cerca de cinco milhões de desempregados; ¾ Desde o início da crise que o crescimento económico do país tem vindo a registar uma contração anual de 1%, tendo mesmo, no 3º trimestre deste ano, o PIB estagnado; ¾ A crise conduziu a uma quebra das receitas fiscais e a um acréscimo das despesas, o que levou o país a ter de se endividar muito, tendo o défice atingido os 9% do PIB, no ano passado; ¾ Recentemente, os Bancos espanhóis foram obrigados a anunciar que precisam de 26,1 mil milhões de euros em capital adicional; ¾ Com a chegada da crise, os preços das habitações caíram 17% e a confiança dos consumidores sofreu gravemente. Fonte: Instituto Nacional de Estatística espanhol

PROMESSAS: O próximo presidente do Governo espanhol afirmou que irá “colocar sempre o interesse geral sobre qualquer interesse particular”

AS RECEITAS DE RAJOY E DO PARTIDO POPULAR

■ Reformulação do imposto sobre o rendimento, admitindo assim que as famílias mais numerosas, os aforradores, quem adquirir uma habitação ou tiver um plano de reforma venha a pagar menos. ■ Criação de uma nova dedução

fiscal, através do aumento do aforro, que abranja a aquisição de habitação própria. ■ Estímulo dos programas de arrendamento bonificado, com opção de compra, a partir do momento em que os abrangidos deixem de cumprir os requisitos para as rendas financiadas. ■ Aplicação de uma taxa de apenas 20% às empresas de menor dimensão. ■ Racionalização das estruturas administrativas públicas, diminuição do número de cargos dirigentes, do pessoal a prazo e dos gastos correntes e uso mais eficiente dos carros oficiais.

determinará o futuro deste grande país nas próximas décadas”, reconhecendo, no entanto, a dificuldade e a imensidão da tarefa que terá em mãos: “sei muito bem o que nos toca! Para ninguém é segredo que vamos governar na mais delicada conjuntura em que se encontrou Espanha nos últimos 30 anos. A partir desta hora, quero dizer a todos os espanhóis que é meu compromisso dar tudo com todos”. Enfatizando ainda que “só avançaremos se avançarmos todos juntos e para isso tudo temos que contribuir com o melhor de nos próprios”. Já para a Europa, Mariano Rajoy deixou o recado de que Espanha quer voltar a ser uma “grande nação”, onde “a diversidade é fonte de grandeza”, procurando assim que a voz espanhola volte a ser forte em Bruxelas. *COM LUSA

■ Simplificação dos contratos de trabalho e reforma da negociação coletiva. ■ Atribuição de um prémio de 3 mil euros na contratação do primeiro funcionário. ■ Imigração legal, ordenada e vinculada ao emprego. ■ Institucionalização do Cartão de Saúde, do historial clínico eletrónico e da receita única eletrónica. ■ Alteração do regime do IVA, para que os empresários em nome individual e as PME não tenham que pagar imposto antes de cobrarem as faturas.


desporto

Witsel 6,5 milhões

As mais caras F

E no futebol não há austeridade? Danilo 13 milhões

Passivo = 379 milhões

N

¡ JOÃO FILIPE jf.d@folhadeportugal.pt

um momento em que o país está a enfrentar uma das suas piores crises económica ou financeira de sempre, os clubes nacionais parecem estar longe desta situação ou, então, são apenas o retrato fiel de Portugal, isto é, estão a viver acima das suas possibilidades. Ora o Sporting investiu mais de 20 milhões de euros, o Benfica mais de 25 milhões e o Porto mais de 28 milhões. Gastos estes que são, de facto, muito altos, contudo, as direções dos clubes são “obrigadas” a dar passos, muitas vezes, maiores do que as pernas, ou seja, os sócios e os adeptos exigem resultados e sem investimento

| 13

os mesmos não aparecem. O Sporting pautou a sua postura nas últimas seis épocas por um investimento à base de jogadores formados na sua academia, mas os resultados não foram os mais agradáveis para os adeptos e sócios do clube verde e branco. Por isso, esta época mudou por completo o modo de investimento. Já o Benfica tem realizado, pelo menos nas últimas

Passivo = 202 milhões formação encarnada sido notória. Por seu lado, o Porto, após a passagem de José Mourinho, tem conseguido realizar boas vendas, o que lhe permite também a existência de um grande investimento. OS PASSIVOS

Os três grandes são, de facto, os maiores em todos os aspetos, até mesmo no valor do passivo das suas

Num momento em que o país está a enfrentar uma das suas piores crises, os clubes parecem estar longe desta situação quatro épocas, fortes investimentos na aquisição de jogadores, porém, apenas venceu um campeonato nacional. Não tendo a aposta na

Elias 8,85 milhões

Os três clubes de maior expressão em Portugal, cujo objetivo é sempre o de vencer as competições em que estão envolvidos, pelo menos naquelas que são disputadas em Portugal, continuam a viver acima das suas possibilidades

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

SAD’s, uma vez que apresentam valores muito elevados. E, para se poder ter uma pequena ideia, os três clubes devem 781 milhões de euros,

Passivo = 199,5 milhões

resultado este que ficou 8,2% acima do último registo dos passivos. Continuando a SAD do Benfica a ser líder do top 3, com mais 379 milhões de euros, ou seja, mais 2,4% do que na época anterior; já o Porto apresenta-se na segunda posição, com um passivo de 202 milhões de euros, mais 26,2% do que na época anterior; e o Sporting ocupa o terceiro lugar do “pódio” do despesismo, com um passivo de 199,5 milhões de euros, tendo registado um aumento de 4,5% em relação à época anterior. Todavia, apesar dos passivos elevados, não se pense que as SAD’s dos três grandes estão numa situação de insustentabilidade, uma vez que cada uma delas apresenta situações diferentes: os ativos do Benfica

eram de 382 milhões de euros ultrapassando assim em 3 milhões o valor do passivo; já a SAD azul e branca apresenta um resultado ainda melhor, uma vez que o total do seu ativo era de 225,3 milhões de euros, cobrindo o passivo e sobrando ainda 23,3 milhões; finalmente, a SAD verde e branca é a que apresenta o pior desempenho, uma vez que o seu ativo era de 169 milhões de euros, faltando 30,5 milhões para cobrir o seu passivo. Quer isto dizer que se os clubes, no final da época 2010/2011, vendessem todos os seus ativos, apenas o Benfica e o Porto conseguiriam pagar todo o seu passivo, já o Sporting, na mesma situação, não conseguiria saldar todos os seus compromissos a nível do passivo. PUB


14 |

o seu corpo

DOMINGO

27 • NOVEMBRO • 2011

Existem alguns cuidados e diversos nutrientes que o/a ajudarão a cuidar melhor da sua estrutura óssea e muscular, tornando-a mais forte e saudável

É PRECISO PREVENIR ¾ evite ter excesso de peso; ¾ em pé : cabeça e tronco direitos, peito para fora, caminhando de forma a distribuir o peso pelas duas pernas; ¾ sentado/a: apoiar bem as costas na cadeira, ter os pés bem assentes no chão, com os joelhos fletidos; ¾ conserve uma postura correta deitado/a, dormindo num colchão firme; ¾ ao levantar um peso: segurá-lo junto ao corpo, dobrar só os joelhos e deixar as pernas levantá-lo; ¾ praticar exercício físico regular e moderadamente, adaptado às suas capacidades físicas. Sendo as melhores modalidades, o andar a pé ou de bicicleta e nadar.

A “famosa” s a t s o c s a n dor

V

PU

ulgarmente conhecida como “dor nos rins”, a lombalgia é uma dor muscular aguda que se manifesta na parte inferior das costas e que pode provocar imobilidade. Por vezes, surge acompanhada de ciática, por causa da pressão de um disco sobre os nervos da coluna. Existindo diversos fatores que a podem desencadear, desde posturas incorretas, movimentos violentos, excesso de peso e tensões, a problemas ósseos ou musculares.

CAUSAS

¾ excesso de peso; ¾ adoção de posturas inadequadas, sentado/a ou em pé, durante muito tempo; ¾ levantamento de demasiado peso e/ou por um período de tempo prolongado; ¾ infeções virais; ¾ menstruação ou síndrome pré-menstrual; ¾ hérnias discais na região lombar; ¾ doenças articulares degenerativas e/ou inflamatórias; ¾ traumatismos da região lombar; ¾ fratura dos ossos da coluna

B

O excesso de peso, a má postura ou o levantamento de cargas pesadas poderá desencadear uma crise

DIAGNÓSTICO

É suficiente referir a presença de dor lombar para se poder dizer que existe uma lombalgia. Sintoma que obrigará o médico a investigar a sua causa, exigindo a realização de um historial clínico e de um exame físico completo.

A lombalgia é por si só um sintoma, consistindo

Na maioria dos casos, o tratamento é simples, podendo ser feito em casa. Nas primeiras 24 a 48 horas após o aparecimento da dor, o doente deverá ficar em repouso. Podendo o médico prescrever medicamentos analgésicos e relaxantes musculares.

LOMBALGIA: É o termo utilizado para indicar o aparecimento de dor na região lombar da coluna vertebral

ESTAMOS NA: Av. Dom João II, lote 1.12.02 - loja L, Edifício Adamastor Parque das Nações - Lisboa CONTACTOS: Tel. 218 051 520 Tlm. 912 057 878

Aumentar o consumo de alimentos ricos: em vitaminas do grupo B, para fortalecer os tecidos nervosos; em cálcio, para melhorar o estado dos ossos e músculos; em vitamina D, pois, ajuda o organismo a absorver cálcio; em vitamina C, para o correto funcionamento dos sistemas ósseo e nervoso. Para além disso, as infusões de verbena e salgueiro branco ajudam a reduzir a inflamação e a aliviar a dor. É preciso evitar: a manteiga e as carnes gordas; o café, o chá e as bebidas tipo cola; e os alimentos muito energéticos, pois, o excesso de peso agrava a lombalgia e dificulta o movimento. Um bom exercício: de manhã, rode o tronco, suavemente, para ambos os lados, com a ajuda do cabo da vassoura sobre os ombros, segurando-o com as duas mãos.

CULINÁRIA

TRATAMENTO

lombar; ¾ cólica renal; ¾ infeção nos rins; ¾ algumas doenças que afetam o útero e os ovários. SINTOMAS

numa dor localizada na região lombar da coluna vertebral. Mas dependendo das estruturas anatómicas lesadas, esta dor poderá irradiar para as nádegas e/ou coxas. Podendo a lombalgia ser mais intensa nos dois ou três primeiros dias, mas diminuir de intensidade nos dias ou semanas seguintes, ou permanecer com a mesma intensidade, durante longo período de tempo.

ALGUMAS DICAS

¡ CARLA VAZ cv.r@folhadeportugal.pt

RATATOUILLE I N G R E D I E N T E S (2 pessoas)

¡ 1 COURGETTE ¡ 1 BERINGELA ¡ 1 PIMENTO VERMELHO ¡ 1 DENTE DE ALHO OU ALHO EM PÓ ¡ SAL Q.B. ¡ PIMENTA PRETA Q.B.

¡ AZEITE Q.B. ¡ 1/2 LATA DE TOMATE PELADO AOS PEDAÇOS ¡ 5 COLHERES DE SOPA DE POLPA DE TOMATE ¡ ORÉGÃOS SECOS ¡ MANJERICÃO

P R E PA R A Ç Ã O

¡ Corte os legumes aos bocados. Numa panela, aqueça um fio de azeite, junte o dente de alho e salteie os legumes, mexendo para não agarrarem, até estarem dourados. Junte o tomate e a polpa de tomate e tempere com sal e pimenta (e alho em pó, se não usou o dente de alho). Tape e deixe refogar, durante 20 a 30m, ou até o molho estar cremoso. Polvilhe com orégãos e manjericão e deixe repousar 5m. Pode servir com arroz branco ou com qualquer outro acompanhamento.


olhar feminino

DOMINGO

Televisão e educação de mãos dadas

27 • NOVEMBRO • 2011

| 15

O uso abusivo da televisão preocupa, atualmente, muitos pais, mas existem várias formas de usar esta ferramenta em prol da educação e durante o crescimento de uma criança  SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt

O

site educação.aaldeia.net sugere vários conselhos úteis para deixar de ver a televisão como um inimigo e sim como uma ferramenta para a educação dos seus filhos. Já que dificilmente conseguirá eliminar esse hábito da vida da sua família, saiba como usá-lo em benefício da mesma.

 Ver ou não ver televisão não deve constituir para as crianças uma questão de prémio ou de castigo;

coisas, a televisão tem de ter “o seu lugar” na vida familiar;  Não use a televisão como uma “ama eletrónica”, dado que esta não cuida verdadeiramente dos seus filhos, especialmente, se os deixar ver tudo;

 Não deve deixar que os seus filhos vejam “televisão-lixo”. Pois, se estes programas forem vistos por eles, farão com que confundam realidade e ficção; desorientar-se-ão e ficarão equivocados na compreensão do valor e do sentido da vida; e irão deformar a sua própria consciência;

 Se for possível, é muito conveniente que veja televisão com os seus filhos, de maneira a poder

Deve ensinar aos seus filhos É muito conveniente que que não se deve “ver televisão”, os pais vejam televisão mas sim programas de com os filhos televisão. Assim poderá ajudá-los revelar a sua capacidade de seleção e discriminação, a qual conhecer diretamente os efeitos que os habilitará a ver aquilo que lhes os programas produzem neles; convém. Portanto, pergunte aos seus filhos: “o que querem ver? ”. E não:  Inevitavelmente, e apesar dos nossos esforços, haverá conteúdos “querem ver televisão?”; televisivos contrários aos valores  As crianças não devem ter um familiares. Por esse motivo, como aparelho de televisão no quarto, já que pais, devemos fazer o necessário para este costume incentiva ao isolamento que os programas sejam analisados e provoca uma dependência da e discutidos em reuniões de família, televisão, que é contrária à vida por exemplo, às refeições. Isto não só em família; enriquece a comunicação familiar, mas também é uma boa maneira  É conveniente ter um horário de dar apoio à educação dos filhos, pré-estabelecido para ver programas evitando que se enraízem neles maus de televisão, pois, tal como todas as conteúdos televisivos; CRÓNICA...

 Pais de família e educadores devem fazer compreender às crianças que a televisão não é imprescindível, nem o único meio para ocuparem o seu tempo livre;  O exemplo é uma terapia eficaz. Por isso, se os pais vêm muita televisão e de má qualidade, com que critério irão evitar que os seus filhos vejam os programas que são negativos para eles?!?

VIVI FREITAS

vivifreitas.me

PRINCÍPIO Se o princípio está mal estruturado não poderemos esperar grandes conquistas, pois, é como construir uma casa ou um edifício. Afinal, as colunas ou os alicerces são fundamentais para edificação. Não importando tanto como será a beleza, mas sim o fundamento

A

ssim também é com o princípio de uma vida com Deus, pois, se a pessoa não

der atenção ao que é a coluna e o alicerce da sua vida, tudo desmoronará. “(...) a água que eu lhe

der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna” (João 4.14). Já pensou na essência desta passagem

bíblica? A fonte é a nascente da água. Pense bem... você será n’Ele uma fonte para a

vida eterna. Já pensou?!? Ser uma fonte para a vida eterna? O seu prazer não será momentâneo. A fonte

sempre. E não ficará apenas em si, pois, ela irá dar origem a muitas outras vidas. Dê importância à leitura

A FONTE SERÁ UM INVESTIMENTO QUE VOCÊ FARÁ NA SUA PRÓPRIA VIDA, PORQUE ELA DURARÁ PARA SEMPRE será um investimento que você fará na sua própria vida, porque ela durará para

da Bíblia, não por causa de uma religião, mas porque é você que precisa.


AGENDASEMANAL Encontrar a

———

FELICIDADE

Semana de 27 de novembro a 04 de dezembro ———

em sete dias

SEGUNDA-FEIRA

O normal é o ser humano viver entre 70 e 80 anos e, se chegar a esta idade com qualidade de vida, já se dá por feliz. No entanto, muitos, quando questionados sobre os seus momentos de felicidade, nem de um único se conseguem lembrar. No CdAE, todos os dias são criadas oportunidades para você ser uma pessoa feliz, por isso, não desperdice nem mais um dia da sua vida!

Conquistas Financeiras

QUINTA-FEIRA Reunião das Mulheres que Influenciam

Sucesso e desenvolvimento da sua empresa, casos na justiça, pagamento de dívidas, desemprego, imigração..

Orientação para a resolução de conflitos familiares

TERÇA-FEIRA

SEXTA-FEIRA

Saúde Restaurada

Limpeza Espiritual Má sorte, maldições, energia negativa, insónia, pesadelos, inveja, bruxaria...

Doenças, dores, problemas de saúde persistentes...

SÁBADO

QUARTA-FEIRA

DE SEGUNDA A SEXTA ÀS

Causas Impossíveis- 8H

Cura Interior Desenvolva a sua vida espiritual e força interior, através da leitura da Palavra de Deus

7H, 10H, 12H, 15H E 20H

Problemas que aos olhos humanos já não têm solução

Grupo Jovem-15H

Um encontro direcionado para os mais jovens

Terapia do Am♥r-19H

Problemas sentimentais, brigas constantes no casamento...

DESTAQUEDASEMANA NO CdAE, MAIS PERTO DE SI! DESTAQUE

7h30/ 9h30

7 VERDADESqueLIBERTAM

Sessão do Desbloqueio-15H

Mulheres e Homens Sábios-18H

EM TODAS AS REUNIÕES, TEMOS DISPONÍVEL ACONSELHAMENTO ESPIRITUAL!

ESTAMOS 24 HORAS DISPONÍVEIS PARA O/A ATENDER!

20 anos em Portugal a compartilhar a Palavra de Deus

1- Dar passos seguros, Sim Sim, Não Não. A pessoa que anda conectada com Deus, anda de cabeça erguida, não tem receio da vergonha ou do opróbrio, pois, dá passos firmes, aliás, não fica parada. As palavras dela são SIM SIM , NÃO NÃO.

TODAS AS SEXTAS-FEIRAS,

A PARTIR DO DIA

3 DE DEZEMBRO

VENHA CONHECER CADA UMA DAS SETE VERDADES!

N ÓS

no Cenáculo do Espírito Santo em Chelas ou no CdAE mais perto de si!

PODEMOS AJUDÁ - LO / A , PORQUE ENTENDEMOS A SUA DOR !

CENÁCULO DO ESPÍRITO SANTO Rua Dr. José Espírito Santo, 36 – Chelas (PRÓXIMO DA ESTAÇÃO DE METRO)

LISBOA

CdAE mais perto de si

CENÁCULO DO ESPÍRITO SANTO Rua Egas Moniz, nº 485 - PORTO PUB


Folha de Portugal - Edicão nº 414