Page 1

Informativo

Informativo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital - ano 2 - número 19 - agosto/2011

Diálogos Nacionais Rumo à Rio+20 Wenderson Araújo

Wenderson Araújo

EU FAÇO PARTE

Célio Ribeiro e o diretor da SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani, assinam parceria

Abertura do seminário Diálogos Nacionais Rio + 20

Tiago Ramalho

Tiago Ramalho

9º CertForum - etapa sudeste

Compondo a mesa de abertura o chefe do Departamento de Inovação Tecnológica da Casa da Moeda, Antônio Ferreira, , o presidente do Proderj, Paulo Coelho, o presidente do ITI, Renato Martini e o subsecretário da Casa Civil do RJ, Marcos Horta

Painel do CertForum sobre a implementação do RIC

Participantes da Etapa Sudeste do RIC Workshops Regionais 2011

Andrea Cintra

Andrea Cintra

RIC – WORKSHOPS REGIONAIS 2011 – ETAPA SUDESTE

Edson Rezende durante a abertura do RIC Workshops Regionais 2011

»» 3M do Brasil »» Akiyama Corporação »» Antheus Tecnologia Ltda »» Arjowiggins Security »» Bayer MaterialScience »» Biológica Sistemas Ltda »» Casa da Moeda do Brasil »» Certisign »» Code Ciphers do Brasil »» CR Consultoria »» Datacard Group »» Dermalog »» Editora Alterosa Ltda »» Fingertech »» Gd Burti »» Gemalto »» Hologram Industries »» Iafis »» Ice »» Imprensa Oficial do Estado de São Paulo »» Indra do Brasil »» Infineon Technologies »» Intelcav »» Laser Card Corporation »» Magic Control »» Mako »» Montreal Informática »» Nec Brasil »» Nxp Semiconductors »» Oberthur Technologies »» Ovd Kinegram »» Sabic Innovative Plastics »» Safran Morpho »» Sicpa »» Serasa »» Smartrac »» Stmicroelectronics »» Task Sistema de Computação »» Thomas Greg »» Trüb Ag »» Valid


Artigo

A certificação digital e a aceleração da desmaterialização de processos O advento e o uso maciço da internet possibilitou a desmaterialização de inúmeros processos e atividades, alguns dos quais tão incorporados que nem nos damos conta. Quanto de nossa correspondência pessoal ou comercial fazemos em papel? É uma atividade trivial, mas que nos provoca a refletir o quanto mudamos hábitos, rotinas e processos, em poucos anos, realizando, pelo meio eletrônico, coisas que se materializavam, sobretudo, em papel. A desmaterialização em processos burocráticos e negócios privados ou públicos resulta em muita agilidade e simplificação, que se traduz em eficiência e economia. Mas a segurança e a validade jurídica são atributos imprescindíveis. Por isso a certificação digital nos processos e negócios no ambiente virtual é a tecnologia que permite usufruir de todos os benefícios da desmaterialização. Tanto é assim que áreas mais conservadoras e rigorosas quanto a critérios de segurança e autenticidade, como as judiciária e a do fisco, na esfera pública, tornaram eletrônicos várias rotinas e processos, com grandes vantagens. Há iniciativas robustas também, em âmbito estadual, nos poderes Executivo e Legislativo para disponibilizar a certificação digital no serviço público, em assinatura de documentos eletrônicos com validade jurídica e para autentica-

Editorial

Igor Rocha, presidente da unidade de Negócios de Identidade Digital da Serasa Experian.

ção e autorização de acesso físico e lógico, autenticação de usuários nos diversos sistemas, workflow ou fluxo de processos administrativos. Cerca de 3 milhões de empresas, até o fim do ano, estarão com um certificado digital em mãos, relacionando-se virtualmente em diversos processos, como os da Conectividade Social da Caixa e do e-CAC da Receita Federal. Também a Justiça vem intensificando muito a aplicação desta tecnologia, dotando de maior eficiência os seus processos, e com novas formas de interação entre o judiciário e a população. Neste contexto, deve-se ressaltar que a certificação digital está cada vez mais perto do cidadão, pois, com o advento do RIC, estima-se a emissão, neste ano, de 2,5 milhões de certificados digitais para pessoas físicas, abrindo as portas da desmaterialização a todos. São números que nos levam a concluir que essa desmaterialização vai expandir e acelerar de maneira vertiginosa. Em relação a isso somos muito otimistas porque vislumbramos ganho de qualidade na prestação do serviço, agilidade, melhoria no controle e transparência, redução de custos, sem prejuízo das indispensáveis segurança, autenticidade e validade jurídica. Quando isso ocorre no serviço público, o maior beneficiário direto é o cidadão.

Indra lidera projeto para criar ambientes de trabalho inteligentes O projeto AZTECA - Ambientes Inteligentes com Tecnologia Acessível para o Trabalho - tem como objetivo pesquisar e desenvolver novas tecnologias para criar um ambiente de trabalho para dar suporte integral às necessidades de pessoas com deficiência visual, auditiva ou motora favorecendo sua integração laboral. Além da Indra, coordenadora do projeto, o consórcio é formado por CSA, Well-

ness Telecom e as duas universidades de Salamanca, na Espanha. O projeto conta com financiamento de 2,8 milhões de euros do Centro para o Desenvolvimento Tecnológico Industrial (CDTI), ligado ao Ministério da Ciência e Inovação da Espanha. O prazo de execução é de dois anos, período em que se espera obter um projeto piloto. Fonte: Indra

O mês de agosto foi marcado por importantes eventos relacionados à ABRID. Foi realizado o seminário Diálogos Nacionais Rumo à Rio + 20, e as etapas sudeste do 9º certforum e do RIC – Workshops Regionais 2011 . Durante os Diálogos Nacionais foram discutidos temas sobre a economia verde e também ocorreu a oficialização da nossa parceria com a ONG SOS Mata Atlântica. Essa iniciativa reforça o comprometimento da ABRID com temas de relevância para o País, como preservação do Meio Ambiente, sustentabilidade e economia verde. Neste momento, queremos buscar o envolvimento de nossas associadas para a criação de procedimentos, que contribuam de forma objetiva com o tema. Seguindo com a agenda das etapas do 9º CertForum, organizamos, com sucesso, em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) a etapa Rio de Janeiro. Também na capital carioca, foi realizada a etapa Sudeste do RIC - Workshops Regionais 2011, onde, de forma bastante produtiva, foram trocadas informações, consolidando cada vez mais a integração entre os estados e o governo federal na busca das melhores soluções para o sistema de identificação do País. Queremos que nossas associadas participem, cada vez mais de nossas publicações e possam usar esse informativo mensal para dar publicidade a temas relacionados a premiações, eventos, políticas internas de valorização de seus colaboradores e outros assuntos relevantes. Aguardamos sua contribuição. Participe!


O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), em parceria com o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do estado do Rio de Janeiro (Proderj), promoveu o 9º CertForum, seminário que discute a certificação digital. A Etapa Sudeste do evento aconteceu no dia 10 de agosto, no Rio de Janeiro. A pauta dos debates foi composta por temas como benefícios e desafios da certificação digital e a implantação do RIC.

O evento, organizado pela ABRID e com o apoio de associadas, contou com a presença do presidente do ITI, Renato Martini, do presidente do Proderj, Paulo Coelho, do secretário executivo do Comitê Gestor do RIC, Paulo Ayran. A etapa de encerramento do 9º CertForum vai ser no dia 21 de setembro, em Brasília.

FIQUE ATENTO 9º CertForum 2011 Dia: 21 de setembro de 2011 Horário: 8h às 18h Local: Centro de Convenções Brasil 21 – SHS quadra 06, lote 01, conjunto A – Brasília-DF

Rio de Janeiro é sede da quarta etapa do RIC Workshops Regionais 2011

A Etapa Sudeste do RIC – Workshops Regionais 2011 foi realizada em 11 de agosto no Rio de Janeiro. O Conselho Nacional de Órgãos de Diretores de Identificação (Conadi) organizou o evento, que teve apoio e patrocínio da ABRID e das associadas Akiyama, Bayer, Casa da Moeda, Gemalto, IntelCav, Montreal, NEC, Oberthur, Safran Morpho, Serasa e Valid. Representantes do governo e de empresas privadas se reuniram para discutir a situação do RIC no Brasil. Estiveram presentes o assessor da presidência do

Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Ruy Ramos, o secretário executivo do Comitê Gestor do RIC, Paulo Ayran, os diretores dos Institutos de Identificação, autoridades do Instituto Nacional de Identificação (INI), Instituto Nacional de Criminalística (INC) e representantes da ABRID e associadas. A última etapa do evento será em Brasília, no dia 22 de setembro.

FIQUE ATENTO RIC - WORKSHOPS REGIONAIS 2011 Dia: 22 de setembro de 2011 Horário: 8h às 18h Local: Naoum Plaza Hotel – SHS quadra 05, bloco H – Brasília-DF

ABRID apoia debate sobre economia verde No dia 3 de agosto foi realizado, em Brasília, o seminário Diálogos Nacionais Rumo à Rio + 20, patrocinado pela ABRID e organizado pela ONG SOS Mata Atlântica. O objetivo foi discutir temas sobre meio ambiente, como desmaterialização de documentos, agricultura e turismo sustentáveis e elaborar propos-

tas para a conferência mundial Rio + 20. O presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Renato Martini, participou do painel de indústria e discorreu sobre a utilização de documentos digitalizados, como o certificado e selo digitais. A parceria entre a ABRID e a SOS

Mata Atlântica foi oficializada pelo presidente da associação, Célio Ribeiro, e pelo diretor da entidade, Mário Mantovani. A ABRID acredita nos benefícios da economia verde. “Eu assumo, em nome da indústria a qual represento, o compromisso para que possamos fazer uma economia mais sustentável”, enfatizou Ribeiro.

Calendário de Eventos 2011 Confira toda a programação de 2011 no site da ABRID - www.abrid.org.br DATA

EVENTO

LOCAL

29 e 30 de agosto

CorSecurity Conference - Segurança Corporativa

São Paulo Center – Av. Lineu de Paula Machado, 1088 / 1100 – Cidade Jardim - SP

21 de setembro

9º CertForum (Brasília)

Centro de Convenções Brasil 21 – SHS Quadra 06, Lote 1, Conjunto “A”, Setor Hoteleiro Sul. Brasília/DF

22 de setembro

RIC - Workshops Regionais (Centro-Oeste - Brasília)

Naoum Plaza Hotel – SHS Quadra 5, Bloco “H”. Brasília/DF

05 a 07 de outubro

ICCYBER - VIII Conferência Internacional CentroSul – Av. Gov. Gustavo Richard, nº 850, Centro. de Perícias em Crimes Cibernéticos Florianópolis/SC

Eventos

9º CertForum 2011 é realizado na capital carioca


Fingertech desenvolve tecnologia digital para automóveis Quanto tempo demorou para o desenvolvimento total do equipamento? Aproximadamente 12 meses. Como ter acesso ao equipamento? Apesar de termos uma política bem definida com revendas, isso não impede de atendermos também os aos usuários finais, nos locais não cobertos por este atendimento de revenda. Os interessados podem entrar em contato diretamente conosco pelo site da Fingertech: www.nitigen.com.br Qualquer pessoa pode instalar o produto em qualquer tipo de automóvel? Qualquer loja de autocenter poderá efetuar a instalação do StartFinger. Além da instalação ser simplificada, o produto vem acompanhado dos manuais detalhados de instalação e utilização. Fonte: Fingertech Imagem cedida pela Fingertech

A empresa brasileira Fingertech criou mecanismo de segurança que permite ligar o carro com a digital e reconhecimento facial do motorista. O diretor comercial, Osmar Braga, explica melhor o funcionamento do sistema antifurto veicular biométrico. Como funciona o sistema antifurto veicular biométrico? O inovador produto antifurto veicular StartFinger usa a tecnologia biométrica por meio de impressões digitais para trazer segurança e total controle do uso do veículo. A partir da instalação, o veículo só vai poder ser ligado após a inserção da digital do motorista no leitor, que deverá estar previamente cadastrada. O equipamento tem capacidade para cadastrar 50 usuários. Além das digitais para uso normal, o usuário registra também a digital para sinistro (pânico), que faz com que o veículo se autodesligue em 10 minutos após o seu funcionamento. Qual foi o maior desafio na criação desta tecnologia? A otimização nos custos dos componentes, por se tratar de um produto com tecnologia biométrica de ponta.

StartFinger – antifurto veicular desenvolvido pelar Fingertech

15 anos de Certisign A Certisign foi inaugurada em julho de 1996, no Rio de Janeiro, e comemorou 15 anos de trabalho no mês de julho. O principal foco da empresa são soluções com certificação digital para o mercado corporativo e de varejo, visando proteger informações de clientes, reduzir fraudes e roubo de identidade. De acordo com o vice-presidente da Certisign, Paulo Kulikovsky, o maior desafio da empresa foi difundir a certificação digital no Brasil. “Na época, essa tecnologia não era conhecida e o uso de canais eletrônicos e a internet ainda estavam no início”, explica. Kulikovsky acredita que hoje o certificado digital é uma realidade presente no dia a dia do brasileiro e fornece serviços pela internet de forma segura.

Expediente

Novas associadas

A empresa, que foi a primeira autoridade certificadora a entrar em operação no Brasil e a terceira no mundo, tem como desafio aumentar o uso do certificado digital e das assinaturas eletrônicas das empresas. Atualmente, a maioria das aplicações disponíveis é baseada em serviços públicos. “No futuro, tanto pessoas como empresas terão um certificado digital porque é o tipo de ferramenta que pode facilitar a vida de todos”, afirma.

A ABRID aumenta o número de empresas associadas para 41. A associação conta, a partir de agora, com a colaboração da Sicpa, Mako, Magic Control e Task Sistemas de Computação. A Sicpa é uma empresa suíça que possui filiais em vários países, incluindo o Brasil, com representação no Rio de Janeiro e em São Paulo. Inaugurada em 1927, a empresa é famosa pelo fornecimento de tintas e soluções de segurança para cédulas bancárias. A brasileira Mako foi inaugurada em 1974, no Paraná. Sua especialidade é a manufatura mecânica e eletrônica de produtos fotográficos, bem como a constante pesquisa e desenvolvimento de novas soluções em fotografia digital dedicada à biometria e cadastramento para passaportes e cédulas de identificação. A Task Sistemas de Computação oferece softwares e equipamentos que controlam o fluxo de pessoas em locais públicos e privados. A empresa trabalha com sistemas de gestão de trabalho e tecnologia da segurança há 27 anos e tem sua sede no Rio de Janeiro.

Fonte: Certsign

Com sede em São Paulo, a Magic Control foi fundada em 1999 e produz e fornece cartões magnéticos, seguindo normas internacionais de qualidade.

Presidente: Célio Ribeiro - Assessoria de imprensa: i9 assessoria - (61) 3366-3654 - ascom@abrid.org.br - Jornalistas: Bianca Klüppel e Marina Rebuá Edição: Luciana Magarão - Revisão ortográfica: Carlos Tavares - Tiragem: 2.000 exemplares - Periodicidade: mensal Contato: (61) 3364-0180 / 3234-6282 - www.abrid.org.br - Projeto gráfico e diagramação: Infólio Comunicação.

info 19 - 2011 AGO  

9º CERTFORUM - ETAPA SUDESTE RIC – WORKSHOPS REGIONAIS 2011 – ETAPA SUDESTE EU FAÇO PARTE Painel do CertForum sobre a imple- mentação do RIC...