Page 1

www.informativodospor tos.com.br

Edição nº 228 - Ano XIX - Coronel Marcos Konder, 805 – 5º andar - sl 509 - Centro Empresarial Marcos Konder - Centro - Itajaí/SC - 88301-303

TRANSPORTE INTERNACIONAL:

OS EFEITOS DA PEAK SEASON International transport: the effects of the peak season Para não ficar com cargas em terra na alta temporada, importadores e exportadores precisam elaborar um planejamento sólido e antecipar as compras To avoid having cargoes stranded on land, importers and exporters need to develop sound planning and anticipate purchases

1


/2018

09:43

AMPLIAMOS

para juntos irmos ainda mais longe.

Área de Pátio

(armazenagem em mil m2)

150 ONTEM

250 455 HOJE

AMANHÃ

A d C 5


Moderno | Sustentável | Eficiente

A mais recente fase de ampliação do Porto Itapoá está concluída. Capacidade de armazenamento de 500 mil para 1,2 milhão de TEUs.

Comprimento do Píer

630 800 1210 ONTEM

HOJE

Capacidade de movimentação anual.

Quantidade de portêineres

(em metros lineares)

AMANHÃ

4

6

13

ONTEM

HOJE

AMANHÃ

(em milhões de TEUs)

0,5

1,2

2

ONTEM

HOJE

AMANHÃ

*TEU: Unidade equivalente a um contêiner de 20 pés.


INFORMATIVO DOS DOS PORTOS PORTOS // INFORMATIVO

4

6


www.informativodospor tos.com.br tos.com.br www.informativodospor

7

5


INFORMATIVO DOS PORTOS /

EXPEDIENTE EXPEDIENTE

PUBLICAÇÃO Perfil Editora PUBLICAÇÃO Perfil Editora DIRETORA Elisabete Coutinho DIRETORA elisabete@informativodosportos.com.br Elisabete Coutinho elisabete@informativodosportos.com.br DIRETORA ADMINISTRATIVA Luciana Coutinho DIRETORA ADMINISTRATIVA Luciana Coutinho luciana@informativodosportos.com.br luciana@informativodosportos.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL JORNALISTA Luciana ZontaRESPONSÁVEL (SC 01317 JP) Luciana Zonta (SC 01317 JP) luzonta@informativodosportos.com.br luzonta@informativodosportos.com.br REPORTAGEM REPORTAGEM AdãoPinheiro, Pinheiro,Alessandro AlessandroPadin, Padin, Adão Érica ÉricaAmores AmoreseeLuciana LucianaZonta Zonta

FOTOS FOTOS Ronaldo RonaldoSilva SilvaJr./Divulgação Jr./Divulgação Flávio FlávioRoberto RobertoBerger/Fotoimagem Berger/Fotoimagem REVISÃO REVISÃO Izabel Mendes Izabel Mendes COMERCIAL Thaísa Michelle Santos COMERCIAL comercial@informativodosportos.com.br Thaísa Michelle Santos comercial@informativodosportos.com.br PROJETO GRÁFICO Elaine Mafra PROJETO GRÁFICO Elaine Mafra |Magic Arte DIAGRAMAÇÃO E CAPA Elaine Mafra (serviço terceirizado) DIAGRAMAÇÃO E CAPA elaine@informativodosportos.com.br Elaine Mafra |Magic Arte - @magicartedigital PERFIL EDITORA elaine@informativodosportos.com.br Fone: (47) 3348.9998 | (47) 3344.5017 www.informativodosportos.com.br PERFIL EDITORA informativodosportos@informativodosportos.com.br Fone: (47) 3348.9998 | (47) 3344.5017 www.informativodosportos.com.br *Os artigos assinados são de inteira responsabilidade deinformativodosportos@informativodosportos.com.br seus autores e não representam a opinião da revista.

A ALTA LOGÍSTICA TEMPORADA DAS DOCOISAS TRANSPORTE A indústria mundial tem passado por transformações ao longo dos últimos séculos. A cada grande mudança pela qual a indústria passa, a história denomina Revolução de Industrial. A Internet das Coisas, que viabiliza, cada aliada à Em umdecontexto economia irregular como a do Brasil, vezalta mais, trocas de informações em tempo real, dos é uma das grandes para garandoasdólar, aumenta a preocupação importadores responsáveis por essa nova revolução. Mas vale a pena destacar aqui a tirem o abastecimento das prateleiras e assegurarem o fornecimenevolução do conceito de “fábrica inteligente”, na qual a integração em tempo real toas dedemandas itens considerados como mostra de capa com e a flexibilidadebásicos, de responder de forma ágil ereportagem eficiente marcam desta edição do Informativo dos Portos. A chamada alta temporada mais esta revolução.

do transporte internacional ― em especial para cargas importadas

Estamos vivendo a era da indústria e a logística tecnológica, como bem para o Brasil. da China ― já começou a “engarrafar” as importações evidência a reportagem de capa desta edição da revista Informativo dos Portos. A complexidade que muitos já não conseguem mais acompanhar, que inclui Historicamente, período em que ocorreainda maior procura por espaços sistemas de otimização,omonitoramento e simulação, está nos navios no ou transporte e Brasil inicia entre limitada aos projetos às fábricas marítimo e armazéns, entre mas, noÁsia cenário da Indústria 4.0, esseselimites cadeia de suprimentos e maio junhoserão e seampliados estendepara atéa setembro ― é a chamada “peak seaacontecerá mais umados revolução: a integração son”. A provavelmente taxa de ocupação navios, que giratotal. em torno de 70% a Definitivamente, a tecnologia faz os negócios caminharem em um ritmo 80% em períodos de baixa temporada, chega a 120% nessa época inédito.

do ano, o que causa o “overbooking” das embarcações.

No Brasil, o mercado de Internet Industrial das Coisas movimentou US$ 1,35 bilhão em 2016, sendo que a indústria automotiva e manufatura foram as maisano de Diante da tímida recuperação da economia do Brasil e em relevantes, de acordo com um estudo da Frost & Sullivan. Com grande eleição, assegurar o fornecimento de matéria-prima se torna ainda potencial de transformação, especialistas estimam que esse mercado mais importante, independentemente dos fatores externos. Mais do movimentará cerca de US$ 15 trilhões nos próximos 15 anos, promovendo que nunca, o país precisa dar um norte para a sua economia e essa ganhos consideráveis de eficiência e produtividade, atuando também na redução de custos, consumo energético e uso de materiais. direção, do ponto de vista naval, passa também pelos investimentos

no setor portuário. Para continuar a crescer, o país necessariamen-

Ainda temos muito a evoluir, mas existe um ambiente favorável ao te terá que olhar de forma diferenciada para seus portos ou contifortalecimento da economia para, quem sabe, finalmente o nuará Brasil seja dando o país do“voos futuro. de galinha” também na economia. Boa leitura! Boa leitura! Edição nº 227 - Ano XVIII - Av. Coronel Marcos Konder, 805 – 5º andar - sl 509 - Centro Empresarial Marcos Konder - Centro - Itajaí/SC - 88301-303

*Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da revista.

NOVOS TEMPOS a indústria e a logística tecnológica A adoção da internet das coisas pela indústria brasileira está mais acelerada. Soluções ajudam o Edição nº 228 - Ano XIX - Coronel Marcos Konder, 805 – 5º andar - sl 509 - Centro Empresarial Marcos Konder - Centro - Itajaí/SC - 88301-303 setor logístico a ser mais eficiente e com menor custo

20 20

18 18

ANUÁRIO BILÍNGUE BILINGUAL YEARBOOK

TRANSPORTE INTERNACIONAL:

OS EFEITOS DA PEAK SEASON v

Empresas catarinenses apostam no aumento das exportações

v

International Movimentação deve chegar atransport: 5the milhões de toneladas Imbituba effects of theem peak season

ANUÁRIO BILÍNGUE BILINGUAL YEARBOOK

INFORMATIVO DOS PORTOS

ANUÁRIO

1

Para não ficar com cargas em terra na alta temporada, importadores e exportadores precisam elaborar um planejamento sólido e antecipar as compras To avoid having cargoes stranded on land, importers and exporters need to develop sound planning and anticipate purchases INFORMATIVO DOS PORTOS

1

aSegurança e monitoramento 24h aLocalização estratégia a 8km da Portonave aArmazenagem de cargas soltas e conteinerizadas www.flarmazenagem.com.br - BR 470 - km 7 - Volta Grande - Navegantes/SC - (47) 3319-6400

6


PARA CARGAS LÍQUIDAS, NÃO ARRISQUE:

ESCOLHA UM ESPECIALISTA! Nossos especialistas recomendam Flexitank porquê:

Divisão de Cargas Líquidas

Descartáveis 100% Recicláveis

$ Menor % de resíduo na descarga

O melhor custo-benefício

Livre de contaminação

Ampla disponibilidade

MATRIZ ITAJAÍ - SC

FILIAL CAMPINAS - SP

FILIAL PORTO ALEGRE - RS

FILIAL SANTOS - SP

Fone: 55 47 3241.1700

Fone: 55 19 3113.1800

Fone: 55 51 3084.4171

Fone: 55 13 3229.1958

www.allog.com.br

7


TRANSPORT PEAK SEASON In contexts of an unstable economy, as in Brazil, coupled with the rise of the US Dollar, there is growing concern among importers to guarantee the supply of goods and ensure the supply of items considered essential, as shown in the cover story of this issue of Informativo dos Portos. The so-called peak season of international transport - especially for cargoes coming from China - has already begun a “log jam” of imports into Brazil. Historically, the period with highest demand for maritime transport between Asia and Brazil starts between May and June and extends up to September - the so-called peak season. During this period, the vessel slot allocation rate, which ranges from 70% to 80% in the low season, increa-

8

ses to 120%, causing overbooking of vessels. Given the slow recovery of the country’s economy, and the uncertainties surrounding the election of a new president, ensuring the supply of raw materials becomes even more important, independently of external factors. More than ever before, the country needs to steer its economy to the right direction, and from the maritime point of view, this must include investments in the port sector. To continue to grow, the country must also look at its ports differently, or the economy will continue to suffer. Happy reading!


www.informativodospor tos.com.br

WE KEEP

O Porto de Antuérpia não é seu parceiro comum para transporte. Com cada desafio ficamos mais motivados a servir melhor. Constantemente nos adaptando às suas necessidades, atingimos um distribuição mais rápida, logística mais inteligente, alfândega mais ágil, atividades realizadas de maneira sustentável e procedimentos mais claros. Soluções melhoradas que inspiram você. No Porto de Antuérpia ficar parado não é opção. Movimentando é.

YOU

Venha nos desafiar no customerservice@portofantwerp.com Nos siga em www.portofantwerp.com/en/supplychainperspective

#portofantwerp

9


16

ÍNDICE ESPECIAL Transporte internacional: os efeitos da peak season SPECIAL

International transport: the effects of the peak season

24

EFICIÊNCIA PORTUÁRIA

Investimentos em portos públicos têm um déficit de R$ 14,3 bilhão PORT EFFICIENCY

Investments in public ports have a deficit of R$ 14.3 billion the peak season

PRODUÇÃO DE ALIMENTOS Produção agropecuária brasileira deve expandir 69% em 10 anos FOOD PRODUCTION

Brazilian agricultural production should expand 69% over 10 years 10

32


www.informativodospor tos.com.br

DIÁRIO DE BORDO / LOGBOOK.......................................................12 Confira as novidades dos principais setores que movimentam o mercado Check the novelties of the main sectors that move the market forward

EFICIÊNCIA PORTUÁRIA / PORT EFFICIENCY.......................................24 Investimentos em portos públicos têm um déficit de R$ 14,3 bilhões Investments in public ports have a deficit of R$ 14.3 billion

NOVAS INSTALAÇÕES / NEW OFFICE................................................28 Van Oord inaugura escritório com vista para a Baia da Guanabara Van Oord opens office overlooking the Guanabara Bay

DEBATE TÉCNICO Seminário da Boskalis apresenta técnicas de dragagem a portos e praias arenosas TECHNICAL DEBATE

Boskalis Seminar introduces dredging techniques for ports and sandy beaches

MOVIMENTAÇÃO DE CARGA MARÍTIMA / MARITIME CARGO HANDLING.....30 Cintas Especiais de Poliéster garantem segurança no transporte de cargas Polyester straps ensure safety in cargo transport

ITACEX / ITACEX..........................................................................38 Desempenho do Comex reflete no crescimento de empresa de logística Foreign trade performance reflects the growth of the logistics company

TECNOLOGIA DE PONTA / STATE OF THE ART TECHNOLOGY...................42 Soluções da AGI ajudam a reduzir riscos de explosão em terminais e áreas confinadas AGI solutions help reduce risk of explosion in terminals and confined areas

ARTIGO / ARTICLE.......................................................................46 O dólar e o comportamento do mercado, por Leandro Marchioretto The US dollar and market behavior

ARTIGO / ARTICLE.......................................................................48 Construindo com a Natureza: Uma abordagem de engenharia alternativa para o desenvolvimento portuário sustentável, por Goot, F,Thiel de Vries, J, Bruggeling, M. Building with Nature - An alternative engineering approach for sustainable port development

ARTIGO / ARTICLE.......................................................................52 Operações com contêiner vazio, por Wagner Coelho Empty container operations

AGENDA DE EVENTOS / EVENT SCHEDULE........................................56 Informações sobre as principais feiras, congressos e palestras Information on the main fairs, congresses and lecture

36 11


DIÁRIO DE BORDO

12

MAIOR CALADO A OPERAR NO BRASIL

MANUAL PARA FINANCIAR EXPORTAÇÕES

O navio Cape Artemisio, do armador Hapag-Lloyd, desatra- cou no Sepetiba Tecon, carregando com ele um recorde: o porta-contêiner com o maior calado a operar no Brasil: 15,20 metros. Construído em 2017, o navio, com bandeira de Malta, possui 330 metros de comprimento, 48,33 metros de largura e deixou o terminal, com destino a Ásia, com mais de 5 mil contêineres a bordo. A operação só foi possí- vel graças ao calado máximo de 15,40 metros que o termi- nal possui para entrada e saída de embarcações, o maior da costa leste da América do Sul

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) reconheceu que a instituição precisa melhorar os processos para apoiar as exportações brasileiras. “Neste momento, discutimos com o Tribunal de Contas da União para elaborarmos um manual de procedimentos para a área de exportação e serviços”, afirmou. Dyogo de Oliveira falou durante painel sobre financiamento e apoio às exportações do Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex 2018), promovido pela Associação Brasileira de Comércio Exterior do Brasil (AEB). Em 2018, registrou- se um crescimento das linhas automáticas de crédito, com mais de 100 operações realizadas até agora, além de um salto no patamar de operações com pequenas e médias empresas, hoje da ordem de 50% do total.


s

www.informativodospor tos.com.br

ATP REUNIDA NO PORTO DO AÇU

MAIS CARNE PARA A CHINA

Mais de 20 membros da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP) se reuniram pela primeira vez no Porto do Açu, no norte fluminense, para discutir assuntos de relevância para o setor. O encontro contou com representantes de impor- tantes portos privados do Brasil. O grupo, representado pela associação, respondeu por 60% do total de cargas movimenta- das nos portos brasileiros em 2017 e gera, atualmente, 47 mil empregos diretos e indiretos. Durante a visita ao Complexo Portuário do Açu, os membros da ATP conheceram o Terminal de Minério de Ferro, o Terminal Multicargas (T-MULT) e a área onde ficam instaladas as empresas clientes da Porto do Açu

No médio prazo, a China prevê importar mais carne, segundo declaração feita pelo cônsul econômico e comercial do Consulado-geral da China em São Paulo, Yu Yong, na Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). Segundo ele, Santa Catarina já exporta, mas pode ampliar. Para isso, recomen- dou estreitar a cooperação com o país asiático para reforçar, com as autoridades sanitárias chinesas, os diferenciais catarinenses na área. Yu disse ainda que em novembro será realizada em Shangai uma feira que reunirá 100 mil potenciais compradores chineses dos mais diversos setores. A China é o segundo principal destino das exportações catari- nenses. No ano passado, os embarques somaram US$ 960 milhões

Port of Açu, a port of opportunities

Unique asset with 90km2 of industrial area + 40km2 of environmental reserve

Port of Açu counts on Port of Antwerp as a shareholder

100% private and operational since 2014

Fast growing and high productivity

Safe operations

Congestion free for vessels and trucks

Contact us: comercial@prumologistica.com.br www.portodoacu.com.br

13


INFORMATIVO DOS PORTOS /

COMÉRCIO INTERNACIONAL

LOGBOOK EMPRESAS CATARINENSES LARGEST DRAFT TO MORE MEAT BOUND APOSTAM NO AUMENTO OPERATE IN BRAZIL FOR CHINA DAS EXPORTAÇÕES

The ship the Cape Artemisio, of the shipowner Hapag-Lloyd, left the In the medium term, China plans to import more meat, according to the economic Sepetiba Tecon Terminal with a new record: the containership with the and business Consul of the Chinese Consulate General in Sao Paulo, Yu Yong, at largest draft to operate in Brazil – 15.20m. Built in 2017, the Maltathe Federation of Industries of the state of Santa Catarina (Fiesc). Yong stated -fAnálise lagged do ship is 330 meters long, 48.33 meters wideque and90% left das the termiComércio Internacional da Fiesc mostra empresas that although Santa Catarina already exports meat to China, there is plenty of nal bound for Asia with more than 5,000 containers on board. The operoom for expansion. He recommended strengthening ties with China, to demonscatarinenses apostam em crescimento das vendas externas em 2018 e 2019trate to the Chinese health authorities the advantages of the state of Santa Cataration was only possible thanks to the port terminal’s maximum draft of 15.40 meters for the entry and exit of vessels, the largest on the east rina in the sector. The representative also said that in November, there will be a coast of South America. trade fair in Shanghai that will be visited by around 100,000 potential Chinese As exportações catarinenses tendem a aumentar entre 2018 e 2019 tinua sendo uma bandeira das empresas. “Santa Catarina continua dando buyers from various sectors. China is the second largest destination for exports para 90% das empresas catarinenses, conforme mostra a Análise do Codemonstração clara de investimento pelas empresas no comércio internafrom Santa Catarina, with shipments totaling $960 million last year. mércio Internacional, elaborada pela Federação das Indústrias de Santa cional e a participação das pequenas e médias vem acompanhando esse Catarina (Fiesc). A pesquisa mostra que, na comparação dos valores excrescimento”, explica. Ela chama a atenção para o esforço que é feito para portados em 2017 com o ano anterior, 61% das companhias ouvidas reintensificar a internacionalização, especialmente das pequenas e médias gistraram crescimento, 49% aumentaram os embarques acima de 10% e empresas. “O foco é na educação empresarial, com a criação de uma cul12% afirmam que tiveram alta de até 10%. Conforme a análise, um fator tura voltada ao comércio internacional, formação de alianças estratégicas e que possivelmente tenha influenciado esse incremento substancial é o identificação de mercados que sejam promissores para distribuir produtos e câmbio favorável às exportações. fazer parte de cadeia de valor agregado internacional”, completa.

USER’S GUIDE TO FINANCE EXPORTS

Para 53,4% das empresas pesquisadas, a expectativa é que o incremento dos embarques ocorra pelo aumento na participação dos mercados em que já atuam, ou seja, pela ampliação do market share. Enquanto isso, para 36,4% das companhias, a ampliação ocorrerá por The president of the National Bank for Economic and Social Developmeio de vendas para novos mercados. Somente 10% não estimam ment (BNDES) acknowledged that the institution needs to improve its incremento das exportações no período. processes to support Brazilian exports. “At the moment, we are discussing with the Brazilian Court of Audit to prepare a manual of proceEm relação ao percentual de participação dos valores das exportações no dures for the area of exports and services,” he said. Dyogo de Oliveira faturamento das empresas em 2017, 34% informaram que os embarques spoke during a panel on financing and export support of the National representaram 5% do faturamento; 20% responderam que as vendas exForeign Trade Meeting (Enaex 2018), promoted by the Brazilian Assoternas geraram entre 11% e 30% do faturamento, e outras 20% disseram ciation of Foreign Trade (AEB). In 2018, there was an increase in the que as exportações estão acima de 50% do total de vendas. number of automatic credit lines, with more than a hundred operations carried out so far, as well as a leap in operations with small and meA presidente da Câmara de Comércio Exterior da Fiesc, Maria Teresa Bustadium-sized companies, which currently represent 50% of the total. mante, ressalta que a pesquisa mostra claramente que a exportação con-

ATP MEETING IN PORT OF AÇU

COMPOSIÇÃO FINANCEIRA

Comparativamente a 2016, a maioria das empresas informou que a participação dos valores das exportações no faturamento de 2017 se manteve More than twenty members of the Association of Private Port Termiestável (44% dos respondentes), 46% tiveram crescimento nessa particinals (ATP) met for the first time at the Port of Açu, in the North of the pação; sendo que 28% obtiveram aumento acima de 10%, o que represenState of Rio de Janeiro, to discuss matters of relevance to the sector. ta um bom desempenho, se levado em consideração o baixo crescimento The meeting was attended by representatives of important private ports econômico do Brasil no período. in Brazil. The port terminals of the group, represented by the ATP, handled 60% of all cargoes passing through the Brazilian ports in 2017 A análise observa que as empresas buscaram na exportação uma alterand currently generates forty-seven thousand direct and indirect jobs. nativa de crescimento de suas vendas. O documento também informa During the visit to the Açu Port Complex, ATP members visited the que 70% das companhias consultadas mantiveram regularidade de suas Iron Ore Terminal, the Multicargo Terminal (T-MULT) and the area exportações nos últimos cinco anos, dado considerado expressivo e que where the client companies of the Port of Açu are located. mostra uma forte cultura exportadora, dada a relevância das operações de vendas ao exterior para as empresas.g

SERVIÇOS:

Assessoria e Consultoria - Assuntos Regulatórios

Suporte técnico importadores, armazéns e transportadores

aAFE ANVISA a MAPA aPOLÍCIA FEDERAL aLICENCIAMENTO

www.carlosdacruzconsultoria.com.br - contato@carlosdacruzconsultoria.com.br - +55 47 3083.7766 - +55 47 99227.5158| 9136.1355

14 32

AMBIENTAL


15


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ESPECIAL - SPECIAL

Transporte internacional: os efeitos da peak season

Para nĂŁo ficar com cargas em terra, importadores e exportadores precisam elaborar um planejamento sĂłlido e antecipar as compras

International transport: the effects of the peak season To prevent cargoes being stranded on land, importers and exporters need to develop sound planning, and anticipate purchases

16


17


www.informativodospor tos.com.br

INFORMATIVO DOS PORTOS / ESPECIAL

- SPECIAL

A alta temporada do transporte internacional ― em especial para cargas importadas da China ― já começou a “engarrafar” as importações para o Brasil. Historicamente, o período em que ocorre maior procura por espaços nos navios no transporte marítimo entre Ásia e Brasil inicia entre maio e junho e se estende até setembro na chamada peak season. A taxa de ocupação dos navios, que gira em torno de 70% a 80% em períodos de baixa temporada, pode chegar a 120%, ocasionando o overbooking no setor marítimo. Dados do anuário estatístico da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) apontam que os cinco principais destinos das exportações brasileiras, em 2017, pela ordem, foram China, Holanda, Malásia, Japão e Estados Unidos. Já na importação, os destaques do ano passado foram Estados Unidos, China, Argentina, Colômbia e Austrália. Para não ficar com cargas em terra, importadores e exportadores precisam elaborar um planejamento sólido e antecipar as compras, evitando perdas e complicações com relação ao recebimento das mercadorias. Quando não conseguem espaço nos navios ou aeronaves, as empresas precisam esperar um novo agendamento para embarque de sua mercadoria. De acordo com Maiara Cordova, coordenadora de produto de importação marítima da Allog, para assegurar a importação, é fundamental ter uma programação de volume (semanal, quinzenal ou mensal) para que o agente de carga possa alinhar com o mercado o volume a ser embarcado e adequar à alocação. “Essa programação não precisa ter 100% de exati-

The peak season for international transport - especially cargos imported from China has already started a “logjam” of imports arriving in Brazil. Historically, the period with highest demand for spaces on ships operating between Asia and Brazil starts in May/ June and runs through to September, marking what is known as the peak season. During this period, the slot allocation rate - which ranges from 70% to 80% during low season - can reach 120%, causing overbooking in the maritime sector. Data from the Statistical Yearbook of the National Water Transport Agency (Antaq) indicate that the top five destinations for Brazilian exports in 2017 were China, followed by the Netherlands, Malaysia, Japan and the United States. For imports, last year’s ranking was led by the United States, China, Argentina, Colombia and Australia. To avoid having their cargoes stranded on land, importers and exporters need to work out a solid plan, and anticipate purchases, avoiding losses and complications in the receipt of goods. When they are

PESSOAS E EXPERIÊNCIA GLOBAL

Esses são fundamentos que fazem do Grupo Jan De Nul um sucesso fenomenal. Graças a funcionários altamente capacitados e a mais moderna frota, o Grupo jan De Nul é o maior especialista em atividades de dragagem e construção naval, bem como em serviços especializados para a indústria offshore de petróleo, gás e energia renovável. A combinação das atividades de engenharia civil e ambientais torna o Grupo completo. Jan De Nul do Brasil Dragagem Ltda Av. das Américas, 3500, Edifício Londres, Bloco 1, Salas 515 e 516 22640-102 Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ I Brazil T +55 21 2025 18 50 I F +55 21 2025 18 70 I E brasil.office@jandenul.com 18

Nossas soluções modernas e inovadoras já conquistaram a confiança de todos nesse negócio. Seja com relação à construção das novas comportas no Canal do Panamá ou um novo complexo portuário no oeste da Austrália, juntos com nossos clientes, contribuímos para o desenvolvimento econômico responsável.

www.jandenul.com 35


Conte com a BTP. Segurança e eficiência que sua carga merece.

www.informativodospor tos.com.br

BTP: efficiency and security for your cargo

Localização privilegiada no acesso rodoviário e ferroviário ao Porto de Santos. Strategically located, close to the highway and rail access to the Port of Santos. Equipamentos de última geração que permitem altos índices de segurança e produtividade das operações. State-of-the-art equipment with maximum reliability and productivity in operations. Capacidade de armazenar até 3.000 contêineres refrigerados. Capacity to store up to 3,000 reefer containers. Ampla área de pré-posicionamento para caminhões. Large pre-parking area for trucks. Ciclo de caminhões com média de 45 minutos entre o pré-gate e gate-out. 45 minutes average truck turnaround time - from pre gate to gate out.

Believe and Innovate

Logística globalizada e alinhada com a mais alta tecnologia. Global logistics aligned with high tech systems. Soluções personalizadas para melhor atender às necessidades dos clientes. Customized solutions tailored to customers’ needs.

www.btp.com.br

/BrasilTerminalPortuario

/brasil-terminal-portuario

/braporto

/brasilterminalportuario

19


INFORMATIVO PORTOS / ESPECIAL SPECIAL INFORMATIVO DOSDOS PORTOS / REFORÇO NA-FROTA unable to obtain slots on ships or aircraft, companies must wait for a new schedule to ship dão, mas ser coerente com a realidade para que se desenhem alternativas Para batizar o “Aliança Levante”, a companhia escolheu Rosilene Carvalho de Sentheir merchandise. com fornecedores e rotas para atender a demanda do cliente”, pontua. na como madrinha. Rosi, como é carinhosamente chamada por todos, ingressou na Aliança em 1986 como programadora. Passou pelos departamentos FinanAccording to Maiara Cordova, maritime import coordinator of Allog, to ensure timely A melhor alternativa é trabalhar com flexibilidade de armadores. Dessa ceiro, Documentação e Controladoria, até chegar à gerência da área de Recursos imports, it is essential to have sufficient schedules (weekly, biweekly or monthly) to enable forma, se a opção escolhida inicialmente for negada, já existe uma aprovaHumanos, na qual atua desde 2012. Para celebrar o momento, ela foi à cerimônia the cargo agent to meet the market demand for the volume to be shipped, and adapt the ção prévia do importador para que faça a operação com outra companhia. acompanhada do marido, Luís, e dos filhos Lucas e Clara. g slot allocation accordingly. “This programming does not have to be 100% accurate, but it Para os armadores, além do crescimento da demanda, o problema no Braneeds to be in line with the reality, so that alternatives suppliers and routes can be found to sil é mais grave do que em outras partes do mundo por conta dos gargalos meet customer demand,” she pointed out. de infraestrutura portuária e das greves sequenciais, que elevam o tempo de espera de navios e provocam cancelamento de escalas. The best alternative is to work with a flexible choice of shipowners. Thus, if the option initially chosen is unavailable, prior approval from the importer to operate with an alAÉREO ternative company is already in place. For shipowners, besides the growing demand, the problem in Brazil is more serious than in other parts of the world, due to port infrastrucNo transporte aéreo, a peak season pode ser medida quando a cature bottlenecks and regular industrial strikes, which increase the waiting time of ships and pacidade operacional de escoamento de cargas fica insuficiente nas lead to cancellation of calls. companhias aéreas ou aeroportos. Neste caso, também há épocas do ano em que já se espera esse aumento repentino, como o Ano Novo AIR TRANSPORT chinês, a proximidade do final do ano, lançamentos mundiais de alguns produtos e eventos esportivos. In air transport, during peak season, the operational capacity of airlines and airports is insufficient to cater for the high flows of cargo. In this sector too, there are times of the year A exemplo do que ocorre no modal marítimo, planejamento é a melhor when a sudden increase is expected, such as the Chinese New Year, towards the end of the maneira de driblar a peak season no transporte aéreo. “Também é reyear, or coinciding with world product launches and international sporting events. comendado optar por serviços estratégicos, onde há menor concentração de passageiros e cargas. Além disto, ainda é importante estudar o As with maritime transport, careful planning is the best way to handle the peak season in histórico das companhias aéreas que mais sofrem com peak season e

O NOME LEVANTE

O “Levante é uma homenagem a um tipo de vento que sopra do leste, próprio das ilhas Baleares, um arquipélago do Mediterrâneo ocidental, e do sudeste da Península Ibérica. Caracteriza-se por ser úmido e suave. Além do “Aliança Levante, outros quatro rebocadores já foram batizados. São eles: “Aliança Minuano”, “Aliança Aracati”, “Aliança Pampeiro” e “Aliança Mistral”.

A MELHOR OPÇÃO EM LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS

40 ANOS

650 EQUIPAMENTOS

DE TRADIÇÃO NA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS

EM QUATRO CATEGORIAS

PORTA-CONTÊINERES

FURGÕES BAÚS PRANCHAS REBAIXADAS

CARRETAS

MATRIZ SANTOS/SP: (13)3023-6161 - (13)99631-4327 FILIAL ITAJAÍ/SC: contato@mesquitaloc.com.br www.mesquitaloc.com.br

20 22


VITORIA BAY.

VITORIA BAY.

19 mil toneladas de 73 metros de porão qualquer tipo de com compartimencarga seca. tação de cargas. 3 guindastes para içar até 120 toneladas.

Único navio de projeto de bandeira brasileira desse porte na cabotagem.

www.informativodospor tos.com.br 19 thousand tons Hold of 73 meters of any with cargo type of dry cargo. segregation possibility. 3 cranes able to lift up to 120 tons. The only Brazilian-flag project vessel of this size in cabotage shipping.

TARUCA. Produtos químicos e biocombustíveis. TARUCA. Chemicals and biofuels.

A confiança inspirada pela NORSUL é absoluta. Viaja a bordo dos nossos navios. Está presente na escolha dos nossos clientes, na segurança dos fornecedores, na capacitação e valor dos nossos colaboradores.

Agilidade e flexibilidade: PIO GRANDE. Agility and flexibility: PIO GRANDE.

Em granéis, neogranéis, produtos químicos e projetos especiais, quando você escolhe a NORSUL desfruta de tranquilidade. Tem sido assim há 55 anos.

55 YEARS LOADING CONFIDENCE AND DELIVERING TRANQUILITY The confidence inspired by NORSUL is total. It travels aboard our ships. It is present in the choice of our customers, in the safety of our suppliers and in the training and the value of our employees. In bulk, break-bulk cargoes, as well as in chemicals and special projects, when you choose NORSUL you enjoy tranquility. It has been like this for 55 years.

21


ENTREVISTA ESPECIAL - SPECIAL

ANA CLÁUDIA DIAMANTINO,

COORDENADORA DE RH DA PANALPINA BRASIL “O colaborador precisa identificar-se com a empresa” Entre as diferentes estratégias para driblar a alta temporada no transporutilizar outras”, destaca Silvano dos Santos, coordenador de transporte aéreo da Allog.

te está a priorização de remessas de frete de pico, transportando primeiro Flexibilidade nas relações de de trabalho, incentivos ao cresciprodutos específicos que precisam mais rapidez do que outras mercamento e proximidade os colaboradores dorias. Éprofissional importante tratar esse períodocom com uma previsão clara defazem como aserá diferença na Panalpina Brasil, dasdados maiores operadoras a temporada de vendas no varejo,uma usando de anos anteriores logísticas país.e avaliar Desdeasotendências final do ano passado, Ana Cláudia para prever do vendas do setor.

Diamantino é a responsável por coordenar o departamento de Recursos Humanos da empresa e trazer novas experiências aos profissionais companhia. Após mais 20 anos atuação air transport. “It isda recommended that companies opt forde strategic services,de where there is no mercado financeiro – com por to instituições como less concentration of passengers and cargo.passagens It is also important study the airlines’ hisBanco Fiat e Banco somadas às diversas especializações tories, to see which ones sufferItaú, most during peak season, and use alternative ones”, said que possui na área pela Fundação Getúlio Vargas, London BusiSilvano dos Santos, Allog’s air transport coordinator. ness School e Fundação Dom Cabral – a executiva fez sua estreia logístico a inovar na survive políticathede Recursos Amongno thesetor different strategiesdisposta that can help companies peak season in Humanos, a experiência dos transporting profissionais da empretransport is toenriquecer prioritize peak freight shipments, priority products sa a relação entre eles. Entre iniciativas implefirst.eItaprimorar is also important to have clear prediction of what as the retail sales season will mentadas está adoção dedata um from programa flexibilook like during thisa period, using previousque yearspermite to predictasales and lização da carga evaluate trends in the horária. industry. Confira a entrevista que ela concedeu com exclusividade à revista Informativo dos Portos:

22 24

Entenda melhor - O principal indicativo de peak season é um aumento nos preços de frete - Nessa época, a taxa de ocupação dos navios pode chegar a 120%, ocasionando o overbooking das cargas - O principal motivo é a demanda, em especial, a proximidade do final de ano - Como a relação entre carga e espaço fica desequilibrada, com mais carga do que espaço, os armadores falam em overbooking médio de 20% - A peak season não é um fator específico de cargas de importação da Ásia. O continente europeu também sofre com períodos de falta de espaço, como o que antecede as férias de verão na Europa

Understand it better - The main indicator of the peak season is an increase in freight prices

Informativo dos Portos: Quais os principais desafios no campo da gestão de pessoas na atualidade? - During this time, the slot allocation rate of ships can Ana Cláudia Diamantino: A forma de trabalhar está mudando e rápido. Um dos reach 120%, causing overbooking of cargoes desafios na gestão de pessoas é saber identificar quais são as novas competências necessárias para funções já existentes e as que aindaparticuestão por vir. - The main reason for this is the high demand, Outra coisa importante é conseguir adaptar os processos e ferramentas de larly towards the end of the year gestão para ciclos mais curtos, que façam mais sentido para quem está sendo avaliado. Temos também o desafioratio de liderar e transformar essa liderança em - As the cargo-to-space becomes unbalanced, inspiração para os profissionais que capacity, precisam deshipowners mais autonomia, with more cargo than slot sayde identificação seu trabalho, que são inquietos thatcom average overbooking is 20% e que querem conhecer coisas novas. E por fim, o desafio de criar um ambiente que proporcione oportunidade - The peak season is de notperto specific to importsécoming de carreira, fator que, seguido pela remuneração, o principal atrativo from Asia.daEurope also hastalentos. its peak periods, when quando falamos busca por jovens

there is a lack of slot capacity, particularly just before

Informativo dosholidays Portos: Qualina Europe principal diferença entre o “empregado do sécusummer lo XX” e o “colaborador do século XXI”? Ana Cláudia: A necessidade de encontrar um significado, um propósito em


www.informativodospor tos.com.br

INFORMATIVO DOS PORTOS

45 23


Há mais de 50 anos protegendo cargas.

INFORMATIVO DOS PORTOS /

A qualquer hora e em qualquer lugar do mundo.

EFICIÊNCIA PORTUÁRIA - PORT EFFICIENCY

INVESTIMENTOS EM PORTOS PÚBLICOS TÊM UM DÉFICIT DE R$ 14,3 BILHÕES

Investments in public ports have a deficit of R$ 14.3 billion

Dados reunidos em levantamento encomendado pela Abtra será entregue aos candidatos à Presidência e a autoridades dos principais estados portuários Data gathered in a survey commissioned by ABTRA will be delivered to the presidential candidates, politicians and authorities of the main port states

Os portos públicos brasileiros deixaram de receber R$ 14,3 bilhões em infraestrutura nas últimas duas décadas. De 1995 a 2017, 18 portos públicos brasileiros administrados por companhias docas aplicaram apenas R$ 8,3 bilhões (36,7%) dos R$ 22,6 bilhões previstos no orçamento da União para o setor. Por conta dessa baixa eficiência na execução orçamentária, apenas o Porto de Santos ― maior porta de entrada e saída do comércio exterior brasileiro ― acabou perdendo cerca de R$ 3,9 bilhões no período. Esses números estão reunidos em levantamento encomendado pela Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (Abtra) à consultoria R. Amaral & Associados, que traça um diagnóstico dos avanços e das limitações operacionais no sistema portuário brasileiro desde a edição, em 1993, da chamada Lei de Modernização dos Portos até os dias de hoje. O documento será entregue, juntamente com uma pauta de reivindicações, aos candidatos à Presidência da República, políticos e autoridades dos principais estados portuários.

Quando seu produto precisar de máxima segurança em transporte, conte com quem tem mais de meio século de estrada e oferece as mais eficazes e inovadoras soluções. No Brasil ou no exterior, confie na Cordstrap, a segurança que a sua carga precisa.

www.cordstrap.com.br/pt-BR/ + 55 51 3074 7007 24

The Brazilian public ports have yet to receive R$ 14.3 billion from the infrastructure budget in the last two decades. From 1995 to 2017, eighteen Brazilian public ports administered by Companhia Docas used only R$ 8.3 billion (36.7%) of the R$ 22.6 billion forecast in the National budget for the sector. Due to this low efficiency in the execution of the budget, the Port of Santos alone - the largest port for the arrival and departure of Brazilian foreign trade – ended up losing about R$ 3.9 billion during the period. These figures are taken from a survey commissioned by the Brazilian Association of Terminals and Customs Enclosures (ABTRA) and carried out by consultancy firm R. Amaral & Associados, which outlined a diagnosis of operational advances and limitations in the Brazilian port system, from the decree, in 1993, of the Modernization of Ports Law up until the present day. The document will be delivered, together with a list of demands, to the presidential candidates, politicians and authorities of the main port states. The idea is to transform the study into a book, with annual details, by Companhia Docas, and give a history of the situation of the ports, as well as the achievements


www.informativodospor tos.com.br

25


INFORMATIVO DOS PORTOS /

A ideia é transformar o estudo em um livro, com detalhamento anual, por companhia docas e com um histórico da situação dos portos, além das conquistas da iniciativa privada e uma pauta de reivindicações do setor. Uma das avaliações do presidente do Conselho de Administração da Abtra, Bayard Freitas Umbuzeiro Filho, é a de que a iniciativa privada fez a sua parte nos últimos anos, possibilitando o aumento da movimentação de carga nos portos, “mas o governo federal não fez com que a situação avançasse”. Segundo o estudo, as companhias docas do país executaram apenas 36,64% do orçamento previsto. Entre as dificuldades enfrentadas pelo setor público, Bayard dá como exemplo a contratação de serviços. “Isso nem sempre é o adequado. A (extinta) Secretaria de Portos tenta fazer uma licitação de readequação do calado de Santos e isso leva quatro anos para se resolver. É um reflexo importante para se repensar a concessão da administração para a iniciativa privada”, defende. O consultor em finanças públicas Rodolfo Amaral, autor do levantamento, explica que, “enquanto a execução orçamentária das outras estatais de outros segmentos realiza, em média, 85% do previsto, a média das companhias docas é de 35%”. “Queremos, dessa forma, contribuir para elaborar uma agenda positiva para a logística do comércio exterior nos próximos anos, com impactos positivos na economia nacional”, explica Bayard. Por outro lado, o aumento de 213,25% na movimentação de cargas e de 708% na de contêineres pelos portos brasileiros, entre 1993 e 2017, em atendimento à demanda crescente dos exportadores e importadores no país, comprova o empenho da iniciativa privada na modernização do setor, por meio de investimentos em tecnologias, equipamentos e na infraestrutura portuária ao longo desses 25 anos. E justifica a preocupação dos terminais prestadores de serviços portuários e das empresas usuárias dos portos em aprimorar o modelo de gestão.

of the private sector, and a list of demands of the sector. One of the opinions of ABTRA’s Chairman of the Board, Bayard Freitas Umbuzeiro Filho, is that the private sector has played its part in recent years, leading to an increase cargo handling in ports. “But the Federal Government has not made any progress”, he said.

According to the study, Brazil’s Companhia Docas has used only 36.64% of the budget. Among the difficulties faced by the public sector, Bayard gives the example of contracting services. “That is not always adequate. The (now defunct) Secretariat of Ports attempted to propose a tender for works to improve the draft of the Port of Santos, and it has taken four years to resolve that. It is an important impact to be reassessed in the sub-concession of the port administration to the private initiative”, he said. The author of the survey, public finance consultant Rodolfo Amaral, explained that “while around 85% of the budget of other state-owned companies in other sectors is used up, that figure for Companhia Docas is 35%.” “We therefore want to contribute to a positive agenda for foreign trade logistics in the coming years, with positive impacts on the national economy”, said Bayard. On the other hand, the 213.25% increase in cargo handling, and 708% in container traffic in the Brazilian ports between 1993 and 2017, in response to the growing demand from exporters and importers in Brazil, confirms the commitment of the private sector to the modernization of the sector, through investments in technology, equipment and port infrastructure over these 25 years. It also justifies the concern of the terminals that provide port services, and the companies that use the ports, over the urgent need to improve the management model. 26


www.informativodospor tos.com.br

Marine ingenuity

Rio de Janeiro

Dragagem e Obras Marítimas na América do Sul Em apenas duas palavras – Marine ingenuity – expressamos nosso entusiasmo por Dragagem e Obras Marítimas, enfrentando os desafios de nossos Clientes com uma atuação inventiva e global. Nosso time – que opera uma frota versátil – é especializado em dragagem de todos os tipos, obras de engenharia costeira e obras offshore (oil & gas e energia eólica).

www.vanoord.com Santos-SP Van Oord Serviços de Operações Marítimas Ltda. Praça XV de Novembro | 20 ° grupo 1301 - Centro | Rio de Janeiro, RJ | Brasil T +55 21 21720100 | F +55 21 21720121 | E marketing.bra@vanoord.com

27


INFORMATIVO DOS PORTOS /

NOVAS INSTALAÇÕES - NEW OFFICE

VAN OORD INAUGURA ESCRITÓRIO COM VISTA PARA A BAIA DA GUANABARA Van Oord opens office overlooking the Guanabara Bay

O escritório está localizado no último pavimento de um moderno edifício, que até pouco tempo abrigou a Bolsa de Valores do Rio The office is located on the top floor of a modern building, which until recently housed the Rio Stock Exchange

A Van Oord acaba de inaugurar sua nova sede administrativa no Brasil, que fica no Rio de Janeiro (RJ). A nova estrutura faz parte das comemorações dos 40 anos de atividades da empresa holandesa de dragagem no país. O ambiente é amplo, claro e com uma vista espetacular da Baia da Guanabara. O escritório está localizado no último pavimento de um moderno edifício, que até pouco tempo abrigou a Bolsa de Valores do Rio, na Praça XV de Novembro. O novo endereço da empresa, que atualmente se encarrega das dragagens do Porto de Santos e dos terminais da VLI e da Fibria fica na Praça XV de Novembro, n° 20 – 13° andar, sala 1301 Centro do Rio de Janeiro.

Van Oord has just inaugurated its new administrative headquarters in Brazil, located in Rio de Janeiro (RJ). The new office is part of the commemorations to mark 40 years of activities of the Dutch dredging company in the country. It is large and spacious, with spectacular views across Guanabara Bay. The office is located on the top floor of a modern building, which until recently housed the Rio Stock Exchange, in Praça XV de Novembro. The new address of the company, which is currently responsible for dredging in the Port of Santos and the VLI and Fibria terminals, is Praça XV de Novembro, n° 20 – 13th floor, room 130, Centro de Rio de Janeiro. 28


www.informativodospor tos.com.br

Soluções integradas para empreendimentos costeiros, portuários e offshore: da concepção à implantação, todos os serviços em uma única empresa.

Engenharia portuária e costeira Dragagens e obras marítimas Modelagem numérica Estudos náuticos Hidrografia, geofísica e geotécnica Oceanografia Instrumentação meteorológica e oceanográfica Meio ambiente

CB&I Brasil agora é SLI Coastal Solutions Informamos que a CB&I Brasil agora é SLI Coastal Solutions, uma empresa de investimentos e participações, voltada ao segmento de serviços marítimos. A mudança foi efetivada em 12/06/2018, assegurando a manutenção regular da equipe e do curso atual de todos os negócios.

www.slicoastal.com 29


INFORMATIVO INFORMATIVO DOS DOS PORTOS PORTOS //

MOVIMENTAÇÃO CARGA MARÍTIMA - MARITIME CARGO HANDLING PROFISSÕES &DECARREIRA

CINTAS ESPECIAIS DE POLIÉSTER GARANTEM SEGURANÇA NO TRANSPORTE DE CARGAS COMÉRCIO EXTERIOR SEM BARREIRAS

Polyester straps ensure safety in cargo transport Superiores ao próprio aço, equipamentos da Cordstrap oferecem segurança na operação de amarração em transporte marítimo de cargas Superior than steel, Cordstrap equipment offers higher safety in cargo lashingoperations in maritime cargo transport

ESPECIALIZADA EM DESPACHO ADUANEIRO E LOGÍSTICA DE COMÉRCIO EXTERIOR

Muitas vezes, o que parece um pequeno detalhe pode gerar uma grande diferença no processo de amarração de cargas marítimas. Transportadores e proprietários das cargas devem redobrar precauções para evitar riscos e prejuízos, que, nestede segmento, a ser ambientais para o licenciamento de obras de inso desenvolvimento estudostendem de impactos maiores, já que os itens transportados costutalações e infraestrutura portuária e de estaleiros. “Entre nossos colaboradores, temos um mam ter alto valor agregado e grande impacto grupo grande de oceanógrafos envolvidos nesses projetos, que são amplos e lidam desde o nas cadeias de produção. O transporte de turmonitoramento ambiental, sob diversos aspectos, até dados específicos como os sistemas binas, motores, máquinas, vagões, transformade oceanografia operacional, que preveem eventos climáticos extremos e contribuem com dores, pás eólicas e bobinas de aço são exemas operações logísticas de portos e terminais”, explica Diehl. plos que merecem esta atenção.

SIMULAÇÕES DE MANOBRA O travamento das cargas dentro do navio

ENDEREÇO PRINCIPAL MAIN ADDRESS

Av. Ministro Victor Konder (Beira Rio), 370 Centro - Itajaí - SC.

ENDEREÇO OPERACIONAL SFS OPERATIONAL ADDRESS SFS

Alameda Ipiranga, 65 - Sl 02 Centro - São Francisco do Sul - SC.

ENDEREÇO COMERCIAL SP COMMERCIAL ADDRESS SP

Av. Francisco Matarazzo, 1752 - Sl 414 e 415 Perdizes - São Paulo - SP.

30 38

Sometimes, what seems like a small detail can make a huge difference in the process of maritime cargo é fundamental, pois a embarcação “sofre” Umas das competências dos do Grupo Acquaplan que atuam nareinárea lashing. Shipowners and cargo owners should consideravelmente na viagem. Asoceanógrafos forças enforce precautions to avoid losses, which, in this sector, portuária se concentra no Centro de Simulações Marítimas Acquasim. Eles elabovolvidas no transporte marítimo são oriundas tendum to bemoderno great, due tosimulador. the high added value ofjunto the ram uma sériedesaceleração de cenários de navegação em Obtido da aceleração, e inclinação items transported and great impact of such losses on à empresa holandesa Force doconceituada barco para todos os lados. O mal tempo e Technology, o equipamento viabiliza detathe production chains. The transport of turbines, lhes qualquer ambiente portuário. ventosdefortes também influenciam, de forma engines, wagons, transformers, wind turbines and que as soluções de contenção de carga desteel coils are some examples of cargoes where this “Os em oceanografia física e navegação permitem disponibilizar, aos vem conhecimentos ser fortes suficientes para suportar todo extra attentionnos is warranted. nível de intempéries. clientes, cenários reais de navegação e atracação, oferecendo eficiência nas operações de Securing cargoda inside the ship is imperative, vesmanobra em qualquer condição climática”, explica o sócio Acquadinâmica e atualaspresisels are tossed about lot during journey. Forces De acordo com Rodrigo Sella, Gerente dente da Associação Brasileira de Oceanografia (Aoceano), JoãoaThadeu dethe Menezes. that affect the cargo during a sea voyage include acComercial Brasil, as Cintas Cordlash, da celeration, deceleration, and listing to all sides of the Cordstrap, são ótimo exemplo de equipaEm 2017, o simulador do Acquasim foi selecionado pela Diretoria de Portos e Costas da Mavessel. Bad weather and strong winds also affect the mentododeBrasil segurança de ponta para sul utilizar rinha como polo na região para a realização de cursos certificados para oficiais cargo. Therefore, the cargo securing solutions must na amaração e contenção de cargas da Marinha Mercante. A seleção seem deunapelo realismo virtualtodiferenciado em relação aos be strong enough withstand the weather. vios. Superiores ao própriono aço, com capacisimuladores já existentes Brasil. dade adequada a cada operação, suportam According to Rodrigo Sella, Commercial Manager de 1,5 a 20 toneladas. “As Cintas oferecem Brazil, Cordlash straps, produced by Cordstrap, OCEANOGRAFIA OPERACIONAL segurança superior na operação de amarare a good example of safety equipment for use in lashing and securing cargo in ships. Considered ração para transporte, além de significativa Outra atribuição dos oceanógrafos do Grupo Acquaplan está nas operações do Simport even better than steel, with adequate capacity for vantagem econômica”, diz. (Sistema de Oceanografia Operacional), capaz de e monitorar eachprever operation, the strapsocorrências can withstandclimáticas between extremas, aprimorando o planejamento das operações portuárias e de navegação em qual1.5 and 20 tons. “The straps offer superior safety in As soluções de contenção de carga da Cordslashing operations são in transport, as well as signifiquer ambiente Sistemas de oceanografia operacional fundamentais para a cotrap são fruto decosteiro. grande inovação tecnológica cant economic advantage,” he said. leta de dados eexpertise a previsão deproduto fenômenos e incomparável em e apli-meteorológicos e oceanográficos. cação, provendo máxima eficácia ao procesCordstrap’s cargo lashing solutions are the result O em de tempo real dasdisso, condições das ondas, marés, correntes e ventos, soconhecimento de transporte global cargas. Além of great technological innovation in product and bem como as ferramentas previsão numéricos) segundo Sella, elas oferecemde válida vanta-(modelos application, providingpermitem efficiency ino planejamenthe process of to e de a execução de manobras de tipo aproximação, e desatracação de navios gem serem utilizadas em qualquer de globalatracação cargo transport. In addition, according to de maneira maisa ágil, segura eespecífica eficiente, reduzindo os riscos e aumentando Sella, they offer the advantage that they canabeseguused modal, conforme necessidade rança o retorno financeiro das operações.with g any type of transport mode. de cadaecliente.


www.informativodospor tos.com.br

INFORMATIVO DOS PORTOS

79 31


INFORMATIVO DOS PORTOS /

PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA BRASILEIRA DEVE EXPANDIR 69% EM 10 ANOS Brazilian agricultural production should expand 69% over 10 years

Futuro da agropecuária nacional foi debatido no Congresso Brasileiro do Agronegócio, realizado em agosto em São Paulo

The future of Brazilian agriculture was discussed during the Brazilian Agribusiness Congress held in São Paulo, in August

A produção da agropecuária brasileira deve expandir 69% em 10 anos, o que coloca o país na liderança da produção mundial de alimentos. Em seguida aparecem Argentina, com expectativa de crescimento de 44%, Rússia com 34%, Índia com 28%, Austrália com 22% e Estados Unidos com 12% de aumento. As estimativas são resultado das projeções do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos sobre a produção de alimentos até 2027.

The Brazilian agricultural production is expected to expand 69% in 10 years, placing the country in the lead of world food production. Next are Argentina, which is expected to grow by 44%; Russia, with 34%; India, with 28%; Australia, with 22% increase and finally, the United States, with a 12% increase. These estimates are from the US Department of Agriculture projections for food production by 2027.

O futuro da agropecuária nacional foi debatido no Congresso Brasileiro do Agronegócio, realizado em São Paulo em agosto. “Todo esse desempenho exuberante exibido pelo agro brasileiro foi conseguido com base em ciência, tecnologia e competência do produtor, que tem um índice de subsídio que varia de 3% a 5%, contra uma média de 10% nos EUA, 15% na China, 20% na União Europeia e 30% na Indonésia”, afirmou o presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Luiz Carlos Corrêa Carvalho.

The future of national agriculture was discussed during the Brazilian Agribusiness Congress, held in São Paulo, in August. “All this exuberant performance shown by Brazilian agriculture was achieved based on science, technology and the competence of farmers, who have a government aid index if between 3% and 5%, compared to an average of 10% in the US, 15% in China, 20% in the European Union, and 30% in Indonesia”, said the president of the Brazilian Agribusiness Association (Abag), Luiz Carlos Corrêa Carvalho.

As projeções combinam com dados consolidados pela Organização Mundial do Comércio (OMC) e baseados numa série histórica da balança comercial de produtos agropecuários dos maiores produtores mundiais. Na análise do pe-

These future projections match data consolidated by the World Trade Organization (WTO), based on a historical series of the balance of trade of

| iCOA - Controle de Acesso de Pessoas/Veículos/Cargas | | iAGE - Agendamento Eletrônico de Caminhões e Cargas integrado ao Portolog | | iOCR – Reconhecimento de Placas/Contêineres/Vagões | | iPUC – Integração com o Portal Único do Comércio Exterior (DUE e DUIMP) | | iCOMPLIANCE – Portal/Conector/Validador ADE RFB e OEA | | iMONITOR – Monitoramento de Caminhões e Cargas | |Fábrica de Software

“Somos uma fábrica de software que atua no desenvolvimento e implementação de soluções de software integradas, e automação voltada para o segmento de terminais, recintos, importadores, exportadores, traders e agentes de cargas” Soluções Homologadas pela RFB

www.iportsolutions.com.br | contato@iportsolutions.com.br | +55 (13) 3385-2482 e 3385-2483 | +55 (13) 99158-0331 32


www.informativodospor tos.com.br

33


INFORMATIVO DOS PORTOS /

PRODUÇÃO DE ALIMENTOS - FOOD PRODUCTION

ríodo de 1990 a 2016, o Brasil ampliou em nove vezes seu superávit, a Argentina em cinco vezes e os EUA tiveram queda de nove vezes. Na Ásia, a China passou de um excedente de US$ 2 bilhões para um déficit de US$ 80 bilhões.

agricultural products from the world’s largest producers. In an analysis of the period from 1990 to 2016, Brazil increased its surplus 9-fold, and Argentina 5-fold, while US production saw a 9-fold decrease. In Asia, China has dropped from a surplus of $2 billion to a deficit of $80 billion.

RECURSOS RESOURCES Recursos para o agronegócio já não constituem o maior problema do setor. “Temos a certeza de que eles estão indo para a produção. O lançamento da Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) transformou o mercado e houve uma série de evoluções em termos de financiamentos”, afirmou Rui Pereira Rosa, superintendente de Agronegócio no Bradesco. Outro ponto fundamental para assegurar recursos financeiros ao setor, de acordo com Tarcísio Hübner, vice-presidente de Agronegócio do Banco do Brasil, é garantir a segurança jurídica. No entender do economista José Roberto Mendonça de Barros, sócio diretor da MB Associados, além da segurança jurídica necessária para atrair investimentos para a infraestrutura, é necessário ter projetos mais aprimorados.

Resources for agribusiness are no longer the biggest problem in the industry. “We are sure that they are being geared to production. The launch of the LCA (Agribusiness Letter of Credit) has transformed the market, and there have been a number of developments in terms of financing”, said Rui Pereira Rosa, Superintendent of Agribusiness at Bradesco. Another key point to ensure financial resources for the sector, according to Tarcísio Hübner, Vice President of Agribusiness of Banco do Brasil, is to ensure legal security. According to the economist José Roberto Mendonça de Barros, Managing Partner of MB Associados, in addition to the legal security necessary to attract investments in infrastructure, it is necessary to have better projects.

GUERRA COMERCIAL COMMERCIAL WAR

34

Já a guerra comercial anunciada entre Estados Unidos e China pode representar um benefício imediato para o agronegócio brasileiro, com o aumento das vendas de grãos para o mercado chinês. Entretanto, no médio e longo prazos, essa disputa pode não ser tão benéfica em função da constatação de que a China vem trabalhando para diminuir sua dependência da compra de soja, por exemplo. Atualmente ela só produz 15% de sua necessidade, mas vem investindo em projetos de dessalinização de água e em energia solar para ampliar sua produção.

The foreseen commercial war between the United States and China may result in an immediate benefit for Brazilian agribusiness, with the increase of grain sales to the Chinese market. But this dispute may not be as beneficial in the medium and long terms, as China has been working to reduce its dependence on the purchase of soybeans, for example. Currently it only produces 15% of its needs, but it has been investing in water desalination projects and solar energy, in an attempt to increase its production.

Outro risco a ser enfrentado pelo Brasil com a disputa entre China e Estados Unidos, segundo o que foi debatido no Congresso Brasileiro do Agronegócio, é faltar derivados de soja no mercado doméstico para abastecer a indústria de proteína animal. “Como a China importa 70% do mercado mundial de soja e tem potencial para sugar toda a produção sul-americana, isso pode criar um problema para a indústria de carne, pois, se vendermos toda nossa soja para a China, talvez tenhamos de importar derivados para atender a demanda interna”, avaliou Paulo Sousa, diretor da Cargill.

Another risk to be faced by Brazil in relation to the dispute between China and the United States, according to a discussion during the Brazilian Congress of Agribusiness, is that there is a lack of soy derivatives in the domestic market to supply the animal protein industry. “Since China imports 70 percent of the world soybean market, and has the potential to use up all South American production, this can create a problem for the meat industry, because if we sell all our soybeans to China, we may have to import derivatives to meet domestic demand”, said Paulo Sousa, director of Cargill.


www.informativodospor tos.com.br www.informativodospor tos.com.br

19 35


INFORMATIVO DOS PORTOS /

DEBATE TÉCNICO - TECHNICAL DEBATE

SEMINÁRIO DA BOSKALIS APRESENTA TÉCNICAS DE DRAGAGEM EM PORTOS E PRAIAS ARENOSAS Boskalis Seminar introduces dredging techniques for ports and sandy beaches

Evento promovido pela empresa mundial de dragagem aconteceu em Itajaí com a participação de palestrantes brasileiros e estrangeiros Event promoted by the leading global dredging company took place in Itajaí and counted a participation of Brazillian and foreign speakers A cidade de Itajaí sediou o seminário “Técnicas de dragagem aplicadas ao de¬senvolvimento portuário e recuperação de faixas litorâneas”, promovido pela Boskalis, uma das maiores empresas de serviços de dragagem, construção e manutenção de infraestruturas marítimas. O evento contou com a parceria do Grupo Acquaplan, cujas empresas, com mais de 10 anos de experiência, são es¬pecializadas em estudos e gestão de processos de licenciamento de grandes empreendimentos em ambientes portuários. O seminário envolveu temas relacionados a processos erosivos, alimenta¬ção de praias, dragagem e derrocagem em ambientes costeiros e portuá¬rios. Exemplos de dragagem na Holanda, onde a circulação das correntes, a ação dos ventos e o transporte natural da areia, com mínimo auxílio de máquinas e equipamentos, viabilizaram a recuperação de uma significativa extensão de praias, foram apresentados. Destaque para as técnicas de derrocagem aplicadas em ambientes portuários, especialmente na decomposição de grandes rochas submersas por meio de perfurações ou explosões, e na reutilização desse material para a construção de diques e molhes. O seminário foi concluído com a diretora de Regularização Ambiental do Instituto de Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina, engenheira civil Ivana Becker. O IMA substituiu recentemente as atribuições da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) e é responsável pelo licenciamento de obras costeiras no estado. Itajaí city hosted the seminar “dredging techniques applied to port development and beach replenishment” promoted by Boskalis do Brasil, one of the largest companies of the dredging services, construction and maintenance of maritime infrastructures. One of the partners of this event was the Acquaplan Group, whose the companies have experience, more than ten years, and its specialized in studies and management of

licensing processes for large enterprises in port environments. The seminar treated the topics related to erosion processes, beach replenishment, dredging and rock blasting in coastal and port environments. Some examples of dredging in the Netherlands were presented, where beaches are subject to the circulation of maritime currents, Some examples of dredging in the Netherlands were presented, where beaches are subject to the circulation of maritime currents, the action of the winds and the natural transport of the sand, with minimal use of machines and equipment, dredging works have enabled the recovery significant part of the beach. Rock Blasting techniques applied in the ports area were highlighted, especially the decomposition of large underwater rocks through perforations or explosions and the reuse of this material for the construction of dikes and piers. The closing lecture of the seminar was given by the director for Environmental Legislation of the Institute for the Environment (IMA) of the state of Santa Catarina, civil engineer Ivana Becker. The IMA recently took over the role of the Santa Catarina Environment Foundation (Fatma), and is responsible for licensing coastal works in the state.

EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO HÁ 15 ANOS LEVANDO SEUS PRODUTOS

AOS 4 CANTOS DO MUNDO!

ENTRE EM CONTATO CONOSCO c o m e rc i a l @ o m e g a b r a s i l . c o m w w w. o m e g a b r a s i l . c o m

36

47 2103-3300

LOGÍSTICA INTEGRADA ASSESSORIA ADUANEIRA RUA OTAVIO MULLER, 63 RESSACADA - ITAJAÍ/SC


www.informativodospor tos.com.br www.informativodospor tos.com.br

21 37


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ITACEX

DESEMPENHO DO COMEX REFLETE NO CRESCIMENTO DE EMPRESA DE LOGÍSTICA Foreign trade performance reflects the growth of the logistics company

Desde janeiro, o setor que mais tem crescido dentro da Itacex é o de operações de matérias-primas

O crescimento da economia e das operações de comércio exterior vem refletindo diretamente no desempenho de uma das empresas de despacho aduaneiro mais tradicionais de Itajaí (SC). Segundo Amanda Boehme Krammel, gerente administrativa da Itacex Comissária e Despachos Aduaneiros Ltda, o otimismo do setor em 2018 vem repercutindo também no desempenho dos prestadores de serviço da cadeia logística, o que gera crescimento em relação ao ano anterior. Desde janeiro, segundo Amanda, o setor que mais tem crescido dentro da empresa é o de operações de matérias-primas. Com 26 anos de expertise no mercado nacional, a empresa atua em diferentes segmentos, como máquinas, produtos têxteis, madeira, metalomecânico, alimentos e produtos médicos. “O grande diferencial é fazermos da Itacex uma extensão da empresa do cliente. Compreendemos que sua necessidade não é somente importar ou exportar. Ele precisa de um prestador que saiba minimizar custos, trabalhar sem riscos e dar soluções eficientes”, diz. 38

Henrique Kotaka

Henrique Kotaka

Since January, the sector that has shown most growth, at Itacex, is raw materials


UMA NOVA AMBIÇÃO PARA A AMÉRICA DO SUL

Henrique Kotaka

Henrique Kotaka

www.informativodospor tos.com.br

A Itacex possui escritórios também em São Francisco do Sul e Itapoá, no litoral norte de Santa Catarina, além de atender remotamente todas as fronteiras com o Mercosul e os portos de Pecém (CE), Paranaguá (PR), Santos (SP) e Rio Grande (RS). A empresa realiza análises específicas para cada processo de importação e exportação com o propósito de orientar no cumprimento das normas aduaneiras, nas possibilidades de redução de custo e agilidade no processo.

The growth of the economy and of foreign trade operations has directly inf luenced the performance of one of the most traditional customs clearance companies in Itajaí (SC). According to Amanda Boehme Krammel, administrative manager of Comissária Itacex e Despachos Aduaneiros Ltda, the optimism of the sector in 2018 is also ref lected in the performance of service providers in the logistics chain, generating growth in relation to the previous year. Since January, according to Krammel, the sector that has grown the most within the company is raw materials. With 26 years of expertise in the domestic market, the company operates in different sectors, including machinery, textiles, wood, metal mechanics, food and medical products. “The great difference is that we make Itacex an extension of the client’s company. We understand that their needs are not only to import or export; they also need a provider who knows how to minimize costs, minimize the risks, and provide efficient solutions”, she said. Itacex has offices in São Franscisco do Sul and Itapoá, on the northern coast of Santa Catarina, and also remotely serves all the borders with Mercosur and the ports of Pecém (CE), Paranaguá (PR), Santos (SP) and Rio Grande (RS). The company performs specific analyses for each import and export process, in order to ensure customs compliance, cost reductions and agility in the process.

CMA CGM do Brasil: Tel: 11 3708-0608 www.cma-cgm.com/local/brazil MERCOSUL LINE: Tel: 11 3708-0694 www.mercosul-line.com.br Endereço: Avenida Paulista, 283, 12º andar, Bela Vista, CEP 01311-000, São Paulo, SP, Brasil 39


Port of Antwerp, shaping the smart hub of the future

For organizations operating in traditional industries, new digital initiatives can feel like a risky proposition. The Port of Antwerp is one organization that has real-world experience with successfully managing a digital transition. Here in Antwerp, creative start-ups, disruptive pilot projects and digital ecosystems are shaping the smart hub of the future. The special thing about it? The entire port community is participating in this project.

A showcase example is the digital transfer of phytosanitary certificates between New Zealand and Port of Antwerp for the export of apples. In addition to securing the exchange of documents thanks to blockchain technology, the digital exchange also tremendously reduces transit times. The development of « smart contracts » allows to automatically execute certain clauses of a contract between stakeholders in a supply chain for a specific cargo, when all conditions have been met.

PORT OF ANTWERP Strategically located in Europe, the Port of Antwerp has experienced tremendous growth in the last quarter-century and is on-track to surpass last year’s growth in 2018. Antwerp is one of the top fifteen destinations in the world for containerized shipping and hosts a world-class petrochemical cluster, second only to Houston in size.

OTHER SMART SOLUTIONS FOR SAFER AND MORE EFFICIENT PROCESSES

SMART HUB The Antwerp “Smart Hub” is part of the “Capital of Things” project, a collaboration between the Antwerp Port Authority and the City of Antwerp and IMEC, a research and innovation centre for nanoelectronics and digital technology. CO-CREATE THE SUPPLY CHAIN OF THE FUTURE A good example of close cooperation in the port is the digital platform NxtPort, which links companies and processes in the port and along the supply chain. The exchange of information between all parties in the supply chain allows to better plan operations for a more efficient supply chain. Blockchain technology enables a safe transfer of information. Whenever needed applications are build based upon the information. 40

And the Port of Antwerp also scores with innovative ideas and solutions in other respects. The Deurganck dock, Antwerp’s largest container transshipment centre with an annual freight volume of almost 9 million TEU, is carrying out a digital pilot project to make berth management and maintenance significantly more efficient with a “smart” quay and an automatic sounding boat. ATTRACTING INNOVATIVE IDEAS In addition, the Antwerp Port Authority is working with the World Port Accelerator PortXL, which accelerates start-ups and innovations in the areas of logistics, shipping and energy. And from October 11 to 13, the first chainPORT hackathon will take place - parallel in the ports of Antwerp and Los Angeles. Participants from all over the world will work here on creative solutions to the global and local challenges of the port of the future, such as improving mobility through efficient and sustainable modal shift. In the Port of Antwerp, all stakeholders have understood that digital change is neither automatic nor self-directed. With transparency, cooperation and creativity they create the necessary innovative power for the port of the future.


www.informativodospor tos.com.br

www.informativodospor tos.com.br

PESSOAS E EXPERIÊNCIA GLOBAL

Esses são fundamentos que fazem do Grupo Jan De Nul um sucesso fenomenal. Graças a funcionários altamente capacitados e a mais moderna frota, o Grupo jan De Nul é o maior especialista em atividades de dragagem e construção naval, bem como em serviços especializados para a indústria offshore de petróleo, gás e energia renovável. A combinação das atividades de engenharia civil e ambientais torna o Grupo completo. Jan De Nul do Brasil Dragagem Ltda Av. das Américas, 3500, Edifício Londres, Bloco 1, Salas 515 e 516 22640-102 Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ I Brazil T +55 21 2025 18 50 I F +55 21 2025 18 70 I E brasil.office@jandenul.com

Nossas soluções modernas e inovadoras já conquistaram a confiança de todos nesse negócio. Seja com relação à construção das novas comportas no Canal do Panamá ou um novo complexo portuário no oeste da Austrália, juntos com nossos clientes, contribuímos para o desenvolvimento econômico responsável.

www.jandenul.com 35

41


INFORMATIVO DOS PORTOS /

TECNOLOGIA DE PONTA - STATE OF THE ART TECHNOLOGY

SOLUÇÕES DA AGI AJUDAM A REDUZIR RISCOS DE EXPLOSÃO EM TERMINAIS E ÁREAS CONFINADAS Divulgação

AGI solutions help reduce risk of explosion in terminals and confined areas

Empresa desenvolveu um catálogo extenso de produtos que inclui marcas comerciais líderes no mercado

The company has developed an extensive catalog of products that includes leading brands in the market

Explosões originadas por poeiras de combustíveis em sistemas portuários são considerados eventos de alto impacto que podem resultar em mortes e ferimentos em pessoas, perdas de instalações e tempo de inatividade operacional significativo. A indústria de manuseio e processamento de grãos tem feito um bom progresso na prevenção de explosões de poeira por meio de intervenções aprimoradas de engenharia, melhores métodos de manuseio e maior conscientização de colaboradores sobre riscos.

Explosions from fuel dust in port systems are considered high impact events that can result in fatalities and injuries to people, loss of facilities, and significant downtime. The grain handling and processing industry has made good progress in preventing dust explosions, through improved engineering interventions, improved handling methods, and increased employee awareness of hazards.

As deflagrações ― como é correto chamar esse tipo de explosão ― ocorrem quando cinco componentes se misturam: oxigênio, espaço confinado, fonte de ignição, dispersão e uma fonte de combustível (pó de grãos). A ignição pode

42

Def lagration – the term used to describe this type of explosion - occurs when five components are mixed: oxygen, confined space, ignition source, dispersion, and a fuel source (grain dust). The ignition may be a spark or an electric discharge, for example, if the dust particles are in a specific


A R M A Z E N A G E M T R A N S P O R T E S P R O J E T O S P E R S O N A L I Z A D O S A R2 Logística e Armazéns tem como proposta atender de forma singular, desenvolvendo projetos customizados para suas demandas. Para isso, conta com uma moderna infraestrutura de armazenagem e transporte, uma equipe com know-how e anos de experiência no mercado. Itajaí – SC Rua Firmino Vieira Cordeiro, 3750 – Espinheiros Navegantes - SC Rua Santos Macarini, 650 – Machados (47) 3319.1222 / 3342.8251 | comercial@armazemr2.com.br

armazemr2.com.br

43


Divulgação

INFORMATIVO DOS PORTOS /

ser uma faísca ou uma descarga elétrica, por exemplo, caso as partículas de poeira estejam em uma concentração específica. De acordo com dados do manual de treinamento da Occupational Safety and Health Administration (Osha), do total das poeiras que causam explosões, 24% são oriundas de grãos. A AGI, um dos principais fabricantes de equipamentos de manuseio, condicionamento e armazenamento de grãos, desenvolveu um catálogo extenso de produtos que inclui marcas líderes como Hi Roller, Tramco, Airlanco e CMC, que promovem soluções completas em terminais graneleiros. Denis Catelan, export manager da AGI, explica que os equipamentos são considerados a melhor combinação de desempenho e custo para fornecer a solução mais segura e econômica. Cada uma das marcas é referência em seu segmento e se concentra em desenvolver inovações que tornam mais eficiente o armazenamento e o transporte de produtos agrícolas.

concentration. According to the Osha training manual data, 24% of the dust that causes such explosions comes from grains.

Divulgação

AGI, a leading manufacturer of grain handling, storage and storage equipment, has developed an extensive product catalog that includes leading brands such as Hi Roller, Tramco, Airlanco and CMC, which promote complete solutions for bulk terminals. Denis Catelan, AGI’s export manager, explained that the equipment is considered the best combination of performance and cost, to provide the safest and most economical solution. Each of the brands is a benchmark in its respective segment, with a focus on developing innovations that will improve efficiency in the storage and transport of agricultural products.

44


www.informativodospor www.informativodosportos.com.br tos.com.br

AUMENTAMOS A NOSSA PRODUTIVIDADE. E A LUCRATIVIDADE DE NOSSOS CLIENTES. Maior terminal de contêineres do Sul do país, e o único com integração ferroviária, o TCP é responsável por um dos maiores programas de investimentos no setor portuário privado do Brasil. Com a ampliação do cais de atracação e dispondo dos mais avançados equipamentos voltados à movimentação de cargas, o TCP ampliou a capacidade do terminal e está preparado para receber os maiores navios porta-contêineres que atuam na América Latina. Na prática, isso significa muito mais agilidade e lucratividade para os negócios de nossos clientes.

tcp.com.br

23

45


INFORMATIVO DOS DOS PORTOS PORTOS // INFORMATIVO

ARTIGO - ARTICLE PROFISSÕES & CARREIRA

O DÓLAR E O OCEANÓGRAFOS COMPORTAMENTO DO MERCADO 10 ANOS CELEBRAM

DE REGULAMENTAÇÃO PROFISSIONAL The US dollar and market behavior

por Leandro Marchioretto

Nas últimas semanas, vimos o dólar sofrer uma escalada, em razão principalmente das pesquisas eleitorais para presidente no Brasil. O mercado ficou agitado e buscou proteção depois de receber a informação de que o ex-presidente Lula, condenado em segunda instância na Lava-Jato, está à frente nas pesquisas eleitorais. A preocupação do mercado financeiro é com a possível transferência desses votos para outro candidato da legenda, Fernando Haddad, caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirme a impossibilidade de participação de Lula pela Lei da Ficha Limpa.

Julho de 2018 marcou uma década da conquista mais importante da categoria, que cada vez mais insere conhecimentos técnicos O candidato Geraldo Alckmin, que possui uma ligação de ideias e projetos com o que em portuários pensaambientes o mercado financeiro, não parece ter forças para chegar ao segundo turno, ou seja, de agora até o dia da eleição, estaremos nessa montanha russa de preocupações e esperança. Com esse aumento das incertezas, muita volatilidade está no horizonte.

A Atlântico Sul Consultoria oferece aos seus clientes soluções criativas e inovadoras para o desenvolvimento de projetos de engenharia e estudos ambientais para os setores portuário, de transporte marítimo e hidroviário, náutico e costeiro. Na área de Engenharia a Atlântico Sul é especializada na elaboração de projetos de dragagem e derrocagem, projetos de engenharia portuária e costeira e na prestação de serviços de fiscalização e gerenciamento de obras. Na área de Meio Ambiente a Atlântico Sul destaca-se na realização de estudos de oceanografia costeira e geologia litorânea, estudos de viabilidade, modelagem numérica computacional e manejo de material contaminado em ambientes aquáticos.

Vamos ver como o Banco Central vai se comportar nas próximas semanas, pois, apesar de ainda não demonstrar, ele tem condição de intervir no mercado para amenizar essa escalada. Até lá, importadores, agentes de cargas e qualquer pessoa física ou jurídica que precise enviar valores ao exterior ou viajar terão que pagar caro pela moeda. Nesse momento, fazer qualquer previsão é chute, pois a qualidade das informações e impactos são rasos. Por outro lado, exportadores e quem está recebendo valores do exterior estão aproveitando o momento. Mesmo assim, muita calma nessa hora! * O autor é diretor comercial da Advanced Corretora e fundador do canal Câmbio na Veia

In recent weeks, we have seen the US dollar exchange rate escalate against the Brazilian Real, mainly due to the uncertainties surrounding the election polls for a new Brazilian president. The market has been nervous, and sought to protect itself, after receiving the information that the former president Lula, sentenced to jail by a second instance court as part of the Lava-Jato process, was ahead in the polls. The financial market is concerned that these votes could transfer to another candidate of the same party, Fernando Haddad, if the TSE confirms the impossibility of ex-president Lula running for presidency as a result of the Ficha Limpa Law – a law that forbids convicted felons to run for presidency. O mês de julho foi de comemoração para os oceanógrafos brasileiros. No dia 31, eles celebraram 10 anos da regulamentação dawhose sua profissão, uma luta quetolevou maiswith de the 30 beliefs anos, Presidential candidate Geraldo Alckmin, ideas and projects appear be in line com a sanção da Lei 11.760, e que envolveu um grande contingente de profissionais, muitos of the financial market, appears to lack the strength to make it to the second round. That means that deles intimamente ligados cada vez maior oand número oceanógrafos from now until election day, ao we setor will beportuário. on a rollerÉ coaster of anxiety hope. de In this scenario of envolvidos em programas ambientais desenvolvidos em portos e terminais. uncertainty, a lot of market volatility is forecast for the near future. Também muito comum a participação profissional em projetos dragagem Let’s see tem how sido the Central Bank will behave in thedesse coming weeks, because although de it has not yet edemonstrated derrocagem,it,simulações de navegação, de sistemas de escalation. oceanografia it has the ability to intervene implantação in the market and mitigate this Untiloperathen, cional, entre outros deand nãoany menos importância nas operações complexidade importers, cargo agents individual or legal entity that needs toportuárias. send money“A abroad, or travel, da formação dedearly um oceanógrafo envolve uma diversificada gama de be conhecimentos will have to pay for the currency. At this point, any prediction would mere guesswork,interbedisciplinares e aspectos importantes para o setor portuário, que lida diariamente as incause we do not yet have enough information on the possible impacts. But one thing is clear,com exporters tempéries oceanográficas meteorológicas, aqui considerar ambientais”, and those who are receiving emoney from abroad sem are making the most ofos theaspectos opportunity. Even so, a comenta o oceanógrafo Fernando calm attitude is needed at this time. Luiz Diehl.

www.atlsul.com.br 46 36

As empresas Acquaplan, do qual é sócio fundador, são bons exemplos de * The authordo is Grupo the commercial director of Diehl Advanced Corretora and founder of the chancomo a oceanografia nel Câmbio na Veia. atua nesses ambientes. Desde 2004, as empresas vêm lidando com


www.informativodospor tos.com.br

DMX MAIS DE UMA DÉCADA DE SUCESSO Seu operador logístico, transportando para o Brasil com segurança e qualidade!

33 47


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ARTIGO - ARTICLE

CONSTRUINDO COM A NATUREZA: UMA ABORDAGEM DE ENGENHARIA ALTERNATIVA PARA O DESENVOLVIMENTO PORTUÁRIO SUSTENTÁVEL Building with Nature - An alternative engineering approach for sustainable port development

Goot, F,Thiel de Vries, J, Bruggeling, M.

TSHD lançando areia para o Banco de Areia do Quebra-mar (Boskalis). TSHD rainbowing sand for the Sandbar Breakwater (Boskalis).

Uma abordagem alternativa ao desenvolvimento portuário é necessária para facilitar o crescimento econômico em um meio ambiente cada vez mais desafiador. Esses desafios estão relacionados ao crescimento da população, mudanças climáticas e aumento da conscientização da pegada ecológica e social dos projetos.

48

An alternative approach to port development is required to facilitate economic growth in an increasingly challenging environment. These challenges are related to population growth, climate change and raised awareness on the environmental and social footprint of projects.

Para superar esses desafios, a abordagem do design e da engenharia do Construindo com a Natureza pode fornecer uma solução. Tal abordagem utiliza um entendimento importante do sistema e administração física, ecológica e societária local como ponto de partida para possibilitar soluções rentáveis e resistentes, com valor agregado para a economia, sociedade e natureza. As soluções do Construindo com a Natureza têm as seguintes características:

To overcome these challenges, the Building with Nature design and engineering approach can provide a solution. This approach uses a fundamental understanding of the local physical, ecological and societal system and governance as a starting point to enable cost-effective and resilient solutions with added value for economy, society and nature. Maritime infrastructure Building with Nature solutions have the following features:

• Os objetivos do design são alcançados utilizando processos naturais o máximo possível • Múltiplas funções estão integradas e o design é resistente às mudanças nas condições ecológicas e sociais • O design se encaixa ao meio ambiente e à escala da paisagem ao redor • Ecossistemas altamente valorizados são protegidos • A solução está alinhada com outras medidas, que resultam de uma visão clara sobre o desenvolvimento portuário seja alcançado.

• Design objectives are achieved by using natural processes as much as possible • Multiple functions are integrated and the design is resilient to changing environmental and social conditions • Design fits the environment and the surrounding landscape’s scale • Highly valued ecosystems are secured • Solution is aligned with other measures, which result from a clear vison on port development


www.informativodospor tos.com.br

4ª Edição - 2016

Lançamento Português • Inglês • Mandarim 2019

Um livro registrando aspectos históricos e atualidade de 85 portos e 52 instituições da Marinha do Brasil. Aprovado pela lei de Incentivo à Cultura (Pronac 164787- Artigo 18).

FOTOIMAGEM Editora

Fotografia

Participe deste projeto via lei de Incentivo à Cultura ou outra forma de apoio.

Rua dos Esportistas, 81 - Bairro Itinga Cep 889233-700 - Joinville – Santa Catarina – Brasil Fone: (47) 3425-2049 fotoimagem@fotoimagem.com – fotoimagem@terra.com.br

Portos e Terminais do Brasil Ports and Terminals of Brazil

Formato 30 cm x 31cm

528 páginas

4ª Edição Português • Inglês • Mandarim

DVD

com fotos e filmagens

32 anos

985 imagens aéreas e terrestres

FOTOIMAGEM Editora

Fotografia

Embalagem exclusiva Informações atualizadas: • Histórico • Equipamentos • Administração • Estrutura de Apoio • Localização • Cargas Predominantes • Área de Influência • Operadores Portuários • Acessos • Terminais Privados • Mapa • Estaleiros • Estrutura • Projetos de Expansão Apoiadores: Wilson, Sons, BTP-Brasil Terminal Portuário, Boskalis, Portonave, Hidrovias do Brasil, StartNav, Brick Logística, Rocha Logística, Transbrasa, Saam Smit Towage e Rugik.

49


INFORMATIVO DOS PORTOS /

Quebra-mar de Dangote. Apenas a ponta externa é protegida por um enrocamento de pedras (Boskalis) Dangote Sandbar Breakwater. Only the outer tip is protected by armour rock (Boskalis)

50

Um exemplo no qual Construindo com a Natureza foi aplicado com sucesso é um projeto de quebra-mar do Porto em Dangote, Nigéria. O design é único em todo o mundo e consiste de um banco de areia ao invés de somente elementos convencionais de rochas ou concreto. O quebra-mar tem uma orientação idêntica ao equilíbrio praial e utiliza as características do ambiente arenoso para se tornar mais robusto, isolando o transporte de sedimentos das zonas costeiras de cerca de 900.000 m3 por ano. Espera-se que após 3 a 4 anos um estado de equilíbrio seja alcançado.

An example where Building with Nature is successfully applied is in a breakwater design for a port in Dangote, Nigeria The design is unique in the world and consists of a sand body instead of only conventional rock or concrete elements. The breakwater has an orientation almost equal to equilibrium coastline and utilizes the features of the sandy environment to become more robust by trapping the longshore sediment transport of around 900.000 m3 per year. It is expected that after approximately 3 to 4 years a state of equilibrium is reached.

Essa solução traz vários benefícios. Primeiro, o quebra-mar é mais barato e mais rápido de construir do que um quebra-mar convencional, porque usa a areia disponível abundantemente perto do porto em vez de apenas rochas que exigem um transporte caro. Além disso, em vez de remover a área da praia, o litoral é estendido, o contorno externo do porto tem uma transição suave para o litoral existente e o habitat arenoso é respeitado, permitindo que os habitats arenosos perdidos sejam restaurados ou que adicionem biodiversidade específica.

This solution provides multiple benefits. First, the breakwater is cheaper and built faster than a conventional breakwater because it uses the abundantly available sand near the port instead of only rock that requires expensive transport. In addition, instead of removing beach area, the coastline is extended, the port outer contour has a smooth transition towards the existing coastline and the original sandy habitat is respected and thus allows lost sandy habitats to restore or to add specific biodiversity.

Esse é apenas um exemplo, mas o Construindo com a Natureza pode realmente oferecer maiores oportunidades para o setor de portos e navegação. Os benefícios serão uma redução dos riscos de negócio e custos operacionais, oferecendo oportunidades significativas para operar com responsabilidade em meio ambientes sensíveis onde as soluções de infraestrutura convencionais podem enfrentar processos de autorização longos, complexos e caros. Além do mais, abordagens inclusivas que sustentam os ecossistemas e seus valores ajudam a criar um valor compartilhado, permitindo que múltiplos usos da terra coexistam. Isso fornece uma “licença para operar” e permite que o setor de portos trabalhe com outros setores na solução dos desafios sociais, tais como mudanças climáticas, perda de biodiversidade e pobreza. Isso contribui para os compromissos corporativos relacionados e ao acordo de Paris.

This is one example, but Building with Nature may actually offer more major opportunities for the ports and navigation sector. Benefits will be a reduction of business risks and operational costs, while offering substantial opportunities for operating responsibly in sensitive environments where conventional infrastructure solutions may face long, complex and costly permitting procedures. Furthermore, inclusive approaches that sustain ecosystems and their values help create shared value, enabling multiple land uses to co-exist. This provides a ‘ license to operate’ and allows the ports and navigation sector to work with others in solving societal challenges like climate change, biodiversity loss and poverty. This contributes to corporate commitments related and the Paris agreement.


www.informativodospor tos.com.br

51


INFORMATIVO DOS DOS PORTOS PORTOS // INFORMATIVO

ARTIGO ARTIGO

OPERAÇÕES COM REVISÃO ADUANEIRA E CONTÊINER VAZIO CLASSIFICAÇÃO FISCAL por Wagner Antônio Coelho por Wagner Antônio Coelho

A importância do contêiner e da destacadas como Um dos institutos específicos doconteinerização Direito Aduaneirosão brasileiro consiste nafacilitarevisão doras em inúmeras cadeias suprimentos, por intermédio otimização de aduaneira, procedimento pelode qual a Aduana brasileira realiza a da apuração da reguoperações reduçãoede tempo edas de custos, bem prestadas como pelapelo viabilização da laridade doscom pagamentos a exatidão informações importador/ colocação de antes impossíveis e inimagináveis. adquirente na produtos declaraçãoem delocais importação, após o desembaraço, no prazo de cinco anos contados da data do registro da declaração de importação.

tários/arrendatários dos dígitos containers. Segundoa desdobramentos a legislação nacional, o enquanto o sétimo e oitavo correspondem específicos contêiner constituí equipamento atribuídos no âmbito do Mercosul. do veículo transportador, em qualquer modalidade de transporte, e, possui livre ingresso, utilização no transporte e saída do território nacional, seguindo o escopo de controle Nodoméstico entanto, verifica-se uma divergência na jurisprudência brasileira quanto à epossibilidade isenção internacional sob equipamento. de reanálise dareferido classificação fiscal na revisão aduaneira. A gran-

Nesse sentido, observou-se na última década uma alteração significativa na

de maioria dos julgados entende pela impossibilidade de utilização desse pro-

cadeia os de temas frios e mais no uso da conteinerização para o transporte aniDentre fiscalizados nas revisões aduaneiras estádea proteína classificação mal com utilização deAcontêiner especialmente nos terminais portuáfiscal das amercadorias. utilizaçãoreefer, da correta classificação fiscal da mercadoria localizados nodeterminar Sul do Brasil, responsáveis pelanas exportação dede aproximadaérios importante para os tributos envolvidos operações importação 65% dee toda carne frango industrializados, e suína exportada pelo Brasil. emente exportação, de saída dede produtos bem como, em especial no comércio exterior, para fins de controle estatístico e determinação do tratamento Tal alteração, juntamente o desenvolvimento da indústria brasileira no Sul administrativo, o que inclui acom necessidade ou não de licença de importação.

No entanto,nos emcasos razãoem dasque especificidades operações com contêineres cedimento a mercadoria das foi parametrizada para os canais vazios, muitas interpretações equivocadas são realizadas, com exigências dea de conferência aduaneira, amarelo, vermelho ou cinza (hipóteses em que questões relacionadas à cobrança fiscal indevida ICMS nafísica circulaautoridadeburocráticas aduaneira analisa a documentação e a de verificação da ção dos mercadoria), equipamentos, e outras, cunho administrativo, difíceis própria pois nessesde casos a autoridade fiscalsão anuiu comde ascuminforprir, tal como cadastramento da operação de transporte e geração do código mações prestadas pelo importador. identificador da operação de transporte (Ciot) da Agência Nacional de Transportes (ANTT),julgados para cada transportado. Ocorre Terrestres que, em recentes do contêiner Superior Tribunal de Justiça, o entendimento

do país, trouxe reflexos no posicionamento estratégico de alguns dos principais

players contêiner industry, com investimentos em físicas terminais porNo casoda dasshipping importações de mercadorias realizadas por pessoas ou jurídituários localizados nessaseguir região, dentro de porto e em terminais cas no Brasil, estas devem à classificação fiscalorganizado de acordo com a Convenção privados forasobre de porto organizado. Internacional o Sistema Harmonizado de Designação e de Codificação de Mercadorias, celebrada em Bruxelas. Diante desse cenário, observam-se alterações não só na relação da interface entre portos e navios, mas no sistema de transporte rodoviário, O Sistema Harmonizado (SH)também é um método internacional de classificação decom merum aumento significativo razão de docódigos imbalance observado nas operações cadorias, baseado em umaem estrutura e respectivas descrições, o qual realizadas nesses terminais portuários, diante da grande quantidade segue às Regras Gerais para Interpretação do Sistema Harmonizado (RGI) de e àsconRetêineres reefers vazios vindos(RGC), do exterior em reposicionamento, os quais precigras Gerais Complementares que também fazem parte da referida ConvensamInternacional. ser transportados depots/terminais vazios. ção Devematé serosobservadas ainda asde Notas Explicativas do Sistema Harmonizado (NESH). Os contêineres vazios utilizados no transporte ingressam no Brasil sob

consistiu na possibilidade de reanálise da classificação fiscal, mesmo nos casos

As operações de aduaneira reposicionamento de contêineres vazios para armadores, gecom conferência documental e/ou física da mercadoria realizada pela ralmente, são realizadas em lotes acom maisaduaneira de cem contêineres, quaisrevisisão Aduana. Segundo fundamentação, revisão permite que os o Fisco desembarcados dos navios epraticados precisam no serprimeiro transportados até os – depots locate todos os atos celeremente procedimento conferência lizados foradurante da área do terminal portuário,aduaneiro num curto tempo.aPara aduaneira o processo de despacho –, espaço e, acasode verificada hipótanto, transportadoras rodoviárias contratadas pelos armadores, se utilizam tese deasreclassificação, efetuará o lançamento de ofício previsto no art. 149, do CTN. de uma série de transportadores autônomos para conseguir suprir a demanda. Importante ressaltar que o posicionamento do STJ se baseia em situações fáti-

No observa-se equívoco na nas sistemática criada e exigida casentanto, anteriores à utilizaçãoum dopossível Siscomex, com base disposições do Decreto nº pela ANTT para o transporte mercadorias em geral e também utilizadaera para 91.030/85 - RA/85, no qual ode prazo para conclusão do despacho aduaneiro de ocinco controle dos contêineres vazios.da Isso porque, no caso dos dias,de emmovimentação total descompasso com as realidades fiscalização moderna do vazios, são diversos transportes atual comércio exterior brasileiro. de percursos curtos realizados num pequeno lapso temporal por cada transportador autônomo vinculado a um transportador, emmodo, cada observa-se lote, inviabilizando cadastro único para cada Desse ausênciaode um posicionamento sólidocontêiner. e pacífico adotado

controle no regime especial de admissão temporária No Brasil, aduaneiro a classificação fiscal deaduaneiro mercadorias está vinculada à Nomenclatura Coautomática, tendo comoadotada beneficiários do regime armadores mum do Mercosul (NCM), no Mercosul desde aossua criação emproprie1995 e pelos Tribunais, que acompanhe a dinâmica do comércio exterior, para um tema aprovada no Brasil em 1997. A estrutura da NCM é composta por um código de oito extremamente importante para os importadores brasileiros.g dígitos, dentre os quais, os seis primeiros são formados pelo Sistema Harmonizado, Wagner Antonio Coelho, advogado inscrito na OAB/SC 19654, especialista em Direito Aduaneiro e Comércio Exterior, sócio do escritório Guero e Coelho Advogados Associados – OAB-SCAntonio 1042-2005, Tradings Companies e empresas ligadas Comércio Exterior, MembroExterior, fundadorsócio da Comissão de Direito Marítimo Assoe Portuário Wagner Coelho,Consultor advogadode inscrito na OAB/SC 19654, especialista emao Direito Aduaneiro e Comércio do escritório Guero Aduaneiro, e Coelho Advogados da OAB/SC Itajaí-SC, Membro fundador Estadual deeDireito Portuário, Marítimo e Aduaneiro OAB/SC, Professor da UNIVALI: CursoAduaneiro, de GestãoMarítimo Portuária,e nas ciados – OAB-SC 1042-2005, Consultorda deComissão Tradings Companies empresas ligadas ao Comércio Exterior,daMembro fundador da Comissão deno Direito Portuário Itajaí-SC, Membro fundador da Comissão Estadual de Direito Portuário, e Aduaneiro da OAB/SC, Professor da UNIVALI: noAduaneiro Curso de Gestão disciplinasda deOAB/SC Legislação Aduaneira e Direito Marítimo; nos Cursos de Especialização - MBA Marítimo em Importação e Internacionalização de Empresas; Direito e Comércio Portuária, nas disciplinas Legislaçãoe,Aduaneira e Direito Marítimo; nos Cursosem de Direito Especialização - MBA em Importação e Internacionalização de Empresas; Direito Aduaneiro Exterior; Direito Marítimode e Portuário; na Faculdade Avantis na Especialização Aduaneiro, Marítimo e Portuário. e Comércio Exterior; Direito Marítimo e Portuário; e, na Faculdade Avantis na Especialização em Direito Aduaneiro, Marítimo e Portuário.

52 42


www.informativodospor tos.com.br

53


INFORMATIVO INFORMATIVO DOS DOS PORTOS PORTOS //

UMA NOVA EXPERIÊNCIA EM ITAJAÍ

EXPORTAÇÃO & IMPORTAÇÃO ARTICLE

EMPRESA DE LOGÍSTICA EMPTY CONTAINER INTERNACIONAL CRESCE OPERATIONS 42% EM EXPORTAÇÃO DE MADEIRA Wagner Antônio Coelho

The importance of containers and containerization is highlighted as a facilitator in numerous supply chains, as they optimize operations, reducing time and costs and enabling products to reach places previously thought impossible and unimaginable.

The last decade has seen a significant change in the cold chain and the use of reefer containers to transport animal protein, especially through the port terminals of the South of Brazil, which handle around 65% of all chicken and pork meat exported by Brazil.

Dados do MDIC indicam que os produtos florestais ganharam espaço na pauta de exportações do These changes, along with with the development of the Brazilian industry in the South of the country, have agronegócio, superando como o industry, de carnes boosted the strategic positioning of some of the main setores players in the shipping container with investments in the port terminals of the region, whether in the “organized” ports i.e., public ports operated by the

• 132 apartamentos • Piscina externa • Estacionamento com manobrista

• Academia • 2 suítes máster • Sauna seca • Business center • Salas de convenções, reuniões e eventos

• Gourmet bar

APort movimentação produtosorflorestais intermediada pela Allog, empresa especializaAuthority underde subconcession, in the private terminals. da em logística internacional, cresceu 42% em volume de contêineres no intervalo de This scenario has brought significant changes, not only in the interface between ships, but also in janeiro a junho deste ano na comparação com o mesmo períodoports de and 2017. América do the road transport, with a marked increase in traffic due to the imbalance of trade flows through at these port Norte, Europa e Ásia lideram a lista de continentes com maior presença de produtos terminals, with large numbers of empty reefer containers arriving back from overseas for repositioning, which florestais brasileiros movimentados pela empresa. Dados do Ministério da Indústria, then need to be transported to empty container depots. Comércio Exterior e Serviços (MDIC) indicam que os produtos florestais, como papel, painéis de madeira e celulose, ganharam espaço pauta detemporary exportações do agroneEmpty containers enter Brazil under the special customs regimena of automatic admission, with the owners/lessees of the the beneficiaries. According to the national a container gócio do Brasil nocontainers primeirobeing semestre de 2018, superando setoreslegislation, como o de carnes.is considered part of the equipment of the transporting vehicle, whatever the mode of transport, and as such, is free entry, in domestic and exit from the national territory withinentre the scope internaAgranted empresa se use destaca notransport, segmento florestal, se posicionando osofmaiores tional control and tax exemption on said equipment.

agentes de cargas na exportação brasileira, conforme dados estatísticos Dataliner. “Nosso recurso é o conhecimento. E desta forma estamos sempreare atentos However, principal due to the specifics involved in operations with empty containers, many misinterpretations made, para orientar e direcionar nossos clientes de acordo com as oportunidades, além de resulting in bureaucratic requirements related to incorrect payment of ICMS (Tax on commerce and services) evitar potenciais riscos”, cita o gerente de desenvolvimento negócios dasuch Allog, on the circulation of equipment, and other administrative requirements that arede difficult to fulfill, as registeringViti. the transport operation and generating the identification code of the transport operation - CIOT Rodrigo (Operation Identification Code) of the ANTT (National Agency for Land Transportation) for each container transported. BRASIL

For shipowners, empty container repositioning operations are usually done in lots of more than a hundred

Entre janeiro e junho, as exportações da indústria base florestal cresceram 34% containers each, which are disembarked from the ships and need tode be promptly transported to depots outside em relação a area. igualRoad período ano anterior, somando US$ 5,5 bilhões. No período the port terminal haulagedo companies are then hired by the shipowners, who use independent transforam apurados avanços de 43,9% no segmento de celulose, 8% em painéis de maporters to meet the demand. deira e 5,7% no papel. A representatividade do setor também cresceu no período, However, there4,8% is a possible misunderstanding in the system createdeand required the ANTT for the transtotalizando da balança comercial brasileira 11% da by balança comercial do portation of general goods, which is also used to control the movement of empty containers. In the case of empty agronegócio. No acumulado de janeiro a junho, a balança comercial do setor ficou em containers, each lot involves several short distance transport operations, carried out within a short space of time, US$ 4,9 bilhões, um crescimento de 37,5%. by each independent transporter hired by the shipowner. Therefore, it is unfeasible to register each container individually.

De acordo com dados da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), entidade que representa a cadeia produtiva baseada nas florestas plantadas, a maior demanda, especialmente da China, foi determinante para o resultado, ajudado também pela melhora nos preços Wagner Antonio Coelho, lawyer specialized in Customs Law, Logistics and Transport, member of internacionais e a valorização do dólar em relação ao real, que favorece o exportador.

54

RUA LAURO MULLER, 170 - CENTRO - ITAJAÍ/SC 40

the Guero and Coelho Law firm - OAB-SC 1042-2005, Founder member of the Commission of Customs, Maritime and Port Law of OAB/SC Itajaí-SC, Founder member of the State Commission of A China segue como principal mercado externo para celulose brasileira, com increPort, Maritime and Customs Law of the OAB/SC, Professor in the Courses of Graduation in Foreign mento de 40,2% em valor exportado no semestre, seguida pela Europa (+53,9%) e Trade and Port Management, in the disciplines of Special Customs Regimes and Maritime Law; in América do Norte (37,2%). Issoinresulta aumento de 43,9% nos valores acumuthe Specialization Courses - MBA Import em and um Internationalization of Companies; Customs Law lados de negociação do produto o mercado comparação da somatóand Brazilian Foreign Trade; Maritimecom and Port Law; andexterno, at Avantisna College in the Specialization in ria deste Maritime primeiroand semestre Customs, Port Law.frente ao mesmo período de 2017. g


www.informativodospor tos.com.br

55


INFORMATIVO DOS PORTOS / INFORMATIVO DOS PORTOS /

GUIA DE SERVIÇOS

AGENDA DE EVENTOS HDO ARMAZÉNS GERAIS Rua: Alfredo Eick Júnior, 900 - Imaruí - Itajaí/SC Fone: (47) 3348.4518 - 3348.1436 www.hdogerais.com.br hdogerencia@hdoagerais.com.br

Evento: Agille Challenges - O Futuro da Logística Data: 13 e 14 Setembro Local: Florianópolis/SC Mais informações: www.agileprocess.com.br Evento: XXIII Fórum Internacional Supply Chain & Expo - Logística Data: 18 a 20 de setembro Local: São Paulo/SP Mais informações: www.forum.ilos.com.br

ITACEX COMISSÁRIA DE DESPACHOS ADUANEIROS LTDA. Rua: Gil Stein Ferreira, 100 - Sala 602 - Centro - Itajaí/SC Fone: (47) 2104.2000 - 2104.2001 www.itacex.com.br edson@itacex.com.br

Evento: 107ª Convenção Anual da AAPA Data: 7 a 10 de outubro Local: Valparaiso - Chile Mais informações: www.aapavalparaiso2018.com Evento: Logistique – Feira de Logística e Negócios Multimodal Data: 23 a 25 de outubro Local: Joinville/SC Mais informações: www.logistique.com.br Evento: Cidesport - Congresso Internacional de Desempenho Portuário Data: 30 de outubro a 1 de novembro Local: Florianópolis/SC Mais informações: www.cidesport.com.br

SUL AMÉRICA LTDA. Rua: Lauro Muller, 325 - Centro - Itajaí/SC Fone: (47) 3348.1495

Evento: 5º Encontro ATP Data: 8 de novembro Local: Brasília/DF Mais informações: www.portosprivados.org.br

PARANAGUÁ-PR Matriz – Unidade Comercial Rua João Eugênio, 922 Centro, CEP 83203-630 +55 (41) 3420-2300

CURITIBA-PR Unidade Comercial Av. Comendador Araújo, 143, Centro, CEP 80420-900 – Conj. 144/145 +55 (41) 3221-5600

56

SÃO FRANCISCO DO SUL-SC Porto Seco Rocha – EADI - Terminal de Conteineres Vazios - DEPOT Rodovia Duque de Caxias, s/n – Km 2,5 Iperoba, CEP 89240-000 Tel: 55 (47) 3471-1800

GUARUJÁ-SP Terminal Contêineres Vazios – DEPOT Rodovia Cônego Domenico Rangoni, 5525 – Km 07 Paecara Distrito Vicente Carvalho, CEP 11454-630 Tel: 55 (13) 3347-9400


www.informativodospor tos.com.br

57 45


Comércio exterior, logística, portos, transportes, indústrias, serviços, negócios e economia.

INFORMATIVO DOS PORTOS / 24 A EDIÇÃO

2018

Anuário

2018

Iniciaremos sua veiculação na feira Intermodal South America – maior e mais importante feira de comércio exterior e logística da América Latina – na cidade de São Paulo. Em seguida, iremos para a Transport Logistics – feira internacional líder em logística, mobilidade, TI e supply chain managementm em Munique na Alemanha. O anuário bilíngue do Informativo dos Portos é distribuído ao longo do ano nas principais feiras e eventos do segmento portuário e de logística. Seu editorial traz um panorama dos principais portos brasileiros, investimento de empresas privadas do setor, entrevistas exclusivas, balanços, perspectivas e estatísticas. Com 10 anos de circulação, é um veículo conceituado e indispensável aos leitores e empresas que prezam por informação de qualidade nas áreas de comércio exterior, logística e transporte.

Foco em qualidade Anunciantes

Que estão conosco

Qualidade é um OPÇÕES DE ANÚNCIOS

valor presente em todas as nossas operações. Sua origem está em

Página Página Dupla nossointeira treinamento contínuo e rigoroso. Todos os indicadores-chave de performance são (21,2 cm x 27,5 cm)

(42,4 cm x 27,5 cm)

monitorados de perto, incluindo – pontualidade, velocidade e precisão na expedição de documentação, segurança no ambiente de trabalho e responsabilidade ambiental.

Acesso Alternativo Tiragem VersãoISO digital no completa nosso site: – de modo Possuímos Certificação / ISM 30 mil exemplares www.informativodosportos.com.br

geral atuando acima e além dos Scan QR Code e leia a revista online

parâmetros estabelecidos, com uma coleção de prêmios como testemunhas de nossa

busca pelaseu excelência. Personalize material / Expositores Intermodal Sua marca em destaque com a sobrecapa publicitária + contracapa + matéria de página O investimento inclui 150 exemplares Qualidade nósdupla. temos. Isso significa que você também

terá!

› Sobrecapa publicitária + contracapa + 2 páginas de matéria: O material deve ser enviado fechado em PDF com 300DPI, imagens em alta resolução e marcas de corte

58 46

Cel / www.alianca.com.br WhatsApp

+55 47 99776-1312

E-mail

Levamos informação onde nosso público está, produzindo conteúdo relevante para multiplataformas

www.hamburgsud-line.com Acesse

comercial@informativodosportos.com.br www.informativodosportos.com.br

Revista Informativo dos Portos ed 288  
Revista Informativo dos Portos ed 288  
Advertisement