Page 1

www.iCNEWS .com.br

Indústria&Comércio Curitiba, quarta-FEIRA, 31 de AGOSTO de 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8451 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá CINZAS DO ENTE AMADO SEGUEM PARA O ESPAÇO Um crematório de Curitiba entrou na era espacial: está ofertando um serviço pioneiro no Brasil: o envio de cinzas humas para o espaço, trabalho que realiza em convênio com uma empresa norteamericana. No fundo aparece a criatividade da punblicitária Mylena Coopera, diretorproprietária do crematório que, ano passado, já havia inovado com as cinzas humanas que podem virar diamante. PARANÁ | a3

Fábio Campana Chumbo trocado O bicho vai pegar. No calor da campanha eleitoral do ano que vem as denúncias de corrupção prosperam. Agora, o microempresário Edimar Rodrigues de Almeida Pegoraro tomou conhecimento de ilícitos praticados pelo deputado petista Tadeu Veneri.

Pedro Washington Vontade política A preocupante crise mundial é tratada no Brasil com um ufanismo típico mas, ainda pouco convincente.

Inadimplência das empresas têm menor alta em 4 anos Panorama vem sendo determinado pela política monetária restritiva, diz Serasa A inadimplência das pessoas jurídicas cresceu 4,5% em julho, na comparação com junho último, conforme o Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas, divulgado ontem. Foi a menor evolução mensal verificada pera um mês de julho desde 2007. Já nas variações anual e acumulada, a inadimplência dos negócios apresentou elevação. Na relação de julho de 2011 sobre julho de 2010, a alta foi de 16,1%. Na comparação entre os acumulados de janeiro a julho de 2011 e 2010, por sua vez, o crescimento foi de 13,6%. Para os economistas da Serasa Experian, a inadimplência das empresas vem sendo determinada pela política monetária restritiva, baseada na elevação dos juros para controle da inflação. No caso das empresas, os aspectos mais danosos são o encarecimento do capital de giro e a desaceleração gradual da atividade econômica. economia i b1

Página | b4

Curitiba sedia 1ª feira Quilt e Craft Show negócios i b4

embalagens

Antilhas faz investimento em frota própria negócios i b4

REGISTRO Sindicatos pedem redução da taxa de juros A Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Força Sindical promoveram protestos ontem pedindo a redução da taxa de juros em frente a sede do Banco Central (BC) em São Paulo e em Brasília. O ato reuniu 50 pessoas em São Paulo, segundo a Polícia Militar e 30 em Brasília. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC decidirá hoje de quanto será a taxa básica de juros (Selic). Vendas de imóveis novos na capital paulista tiveram queda de 31,3% As vendas de imóveis novos caíram 31,3% no primeiro semestre, na capital paulista, ante o mesmo período de 2010. Segundo o balanço divulgado ontem pelo Sindicato da Habitação (Secovi), foram vendidas entre janeiro e junho 11.680 unidades, contra 17.005 comercializadas no ano passado. Foram lançadas no semestre 13.992 unidades, o que representa um aumento de 3% (411 imóveis) na comparação com o mesmo período de 2010. Atividade industrial paulista não cresceu quase nada em julho O Índice de Nível Atividade (INA) da indústria paulista cresceu 0,3% em julho (com ajuste sazonal), na comparação com junho, e quase nada em relação a julho do ano passado, apenas 0,1%. No acumulado do ano, a atividade industrial paulista evoluiu 2,5%, enquanto no período de 12 meses encerrado em julho, a elevação foi 3,5%. Bancos geram 11.978 empregos no primeiro semestre, diz Dieese Os bancos criaram 11.978 empregos de janeiro a junho deste ano, resultado de 30.537 admissões e 18.559 desligamentos. Desde 2009, quando o levantamento teve início, foram registrados 82.001 desligamentos nos bancos. Na comparação com o saldo de 1.265.250 postos gerados em todos os setores da economia no primeiro semestre, os bancos contribuíram com 0,95% do total.

CMYK

geral i a5

Safra de cana 2011/2012 deve ser 5,6% inferior à passada

eventos

Setembro é prazo final para parcelar dívidas com a Prefeitura através do Refic

A safra de cana-de-açúcar 2011/2012 deve ser 5,6% menor do que a anterior. Deverão ser moídos 588,9 milhões de toneladas, ante os 623,9 milhões de toneladas na safra passada. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (30/08) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ligada ao Ministério da Agricultura. De acordo com a Conab, a queda na produção está relacionada à seca registrada no ano passado. economia i b1

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas CEEE-D METAL IGUACU TECTOY TECTOY TECTOY

COTAÇÃO 3,49 2,24 0,05 0,05 0,05

B2W VAREJO KLABIN S/A PDG REALT ALL AMER LAT MRV

Maiores QUEDAS

COTAÇÃO

Maiores QUEDAS

J B DUARTE IGUACU CAFE RENOVA TELEBRAS CEDRO

0,03 6,41 2,20 7,36 11,89

BOM DIA!

CÂMBIO

IBOVESPA Maiores altas

COSAN ECODIESEL TIM PART S/A BRASKEM JBS

COTAÇÃO 15,74 5,30 7,55 8,94 12,92

COTAÇÃO 23,25 0,62 9,66 17,90 4,08

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,5300

1,6700

Dólar comercial 1,5873

1,5888

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro

2,2985

2,2966

Ouro (Grama/R$): 228,92

EDITORIAL

ATÉ QUANDO? Os esquerdistas-populistas derrotados praticamente sem um tiro* em 1964 denominam golpe de estado o imenso movimento civil-militar que culminou na fuga de Goulart, vice presidente eleito com bem menos de 40% dos votos válidos. Os vitoriosos em 1964 denominam seu movimento de revolução. Ou de contrarevolução. Sine ira et studio é possível sustentar que ambos os lados estão errados: o movimento de 64 – de largo apoio popular antes, durante e depois - foi bem diferente dos padrões clássicos de golpe de estado, invariavelmente de costas para a população, isolado dos seus anseios, indiferente à sua

opinião. Mas também esteve longe da revolução, se tomarmos a revolução francesa como padrão. Lembramos estas banalidades porque a ministra dos Direitos Humanos reclamou do governo de São Paulo pelo fato da revista eletrônica da PM listar entre suas obras sua ação em 64. A ministra está do lado dos derrotados em 64; a PM de São Paulo está do lado dos vitoriosos em 64. Et pour cause... * Carlos Lacerda afirmou aos hostis repórteres do Le Monde, que estranhavam termos produzido revolução sem sangue, que as nossas revoluções se assemelhavam aos casamentos em França... bodas brancas...

Central de Atendimento: 41 3333.9800

Municípios doParaná FRG realiza “Segunda Conferência da Juventude” Aconteceu na quinta-feira (25), a 2ª Conferência Municipal de Juventude de Fazenda Rio Grande. Aproximadamente 220 jovens fazendenses se reuniram no Ginásio Municipal Marlene Barbosa para discutir políticas públicas de juventude com o tema “Efetivação dos Direitos e Deveres da Juventude”. Vereadores, professores, assistentes sociais, interprete de libras e estudantes também estiveram presente.

ABS Group investe US$ 15 mi em projetos eólicos Para atender a demanda da indústria eólica de vários países, que somam mais 1.400 MW de energia, o ABS Group global e independente de serviços de gerenciamento de riscos e certificações do setor de óleo e gás, anuncia o fechamento de seis contratos.

página a4

e-mail: pauta@induscom.com.br

economia i b1

Editais na página A7.


Geral

“A esperança não é um sonho, mas uma maneira de traduzir os sonhos em realidade.” Cardeal Suenens Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

Mín.: 08° Máx.: 18°

abnoticias@abcom.com.br

Nesta quarta-feira o tempo começa a mudar no Paraná, a medida que a frente fria avança para o sudeste do País. Na faixa leste do Estado, ainda persiste uma presença de nuvens que podem causar chuvas leves/ chuviscos entre a madrugada e manhã, assim como em algumas cidades do norte. A partir da tarde um ar mais frio e seco ingressa na região, favorecendo a estabilidade no tempo e um declínio gradual das temperaturas. Esta tendência de diminuição prossegue até o final do dia, com previsão de frio mais intenso para o amanhecer de quinta-feira.

Política de Inclusão

Um trabalho na Política de Assistência Social está sendo realizado na cidade de Borrazópolis, Norte do Estado. O projeto visa combater as conseqüências geradas pela pobreza, como a exclusão social, através de atividades de dança, xadrez, karatê e também oficinas socioeducativas voltadas à crianças e adolescentes. A medida proporciona noções educativas sobre diversos temas e pretende formar cidadãos capazes de reconhecer seus direitos e deveres perante a sociedade.

INTENSIFICAÇÃO DO PLANTIO

As cooperativas paranaenses que utilizam lenha em seus processos estão ampliando a produção própria de madeira. O consumo anual das cooperativas é de 30 a 35 mil hectares de florestas. A intensificação do plantio significa não deixar que a produção de madeira seja dependente do mercado de lenha. Com isso, o Paraná está adiantado no cultivo de áreas próprias para plantio, ficando bem perto da auto-suficiência.

PARANÁ

Presos produzirão material para escolas Orçamento para o projeto é de R$ 2 mi e envolverá 103 presos O Governo do Paraná e o Ministério do Esporte anunciaram ontem (30) a implantação no Estado do projeto social Pintando a Cidadania, que contará com um orçamento de R$ 2 milhões e envolverá 103 egressos do sistema penitenciário paranaense na fabricação de materiais esportivos. Os produtos confeccionados serão doados para escolas públicas, centros de socioeducação e penitenciárias. A iniciativa tem o objetivo de promover a inclusão social e o ingresso dos presos no mercado de trabalho. Participarão do programa egressos em liberdade condicional, pessoas condenadas a penas de medidas alternativas e presos do regime aberto. Pelo convênio, que será assinado em setembro, serão produzidos 61 mil itens de material para esporte, como camisas e camisetas, agasalhos de moletom e de microfibra, jaquetas, bolsas, bolas de futebol de campo, futsal, futsal com guizo (para cegos) e de vôlei. A unidade de produção serão instalada em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em espaço cedido

O acordo bilateral entre a Argentina e o Brasil já foi aprovado pelos congressos dos dois países, e agora só espera a promulgação da Presidência da República. A proposta vai beneficiar dez cidades fronteiriças do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O objetivo é flexibilizar o acesso dos moradores destes municípios à serviços públicos dos dois países.

SAÚDE DO HOMEM

Dobrou o número de vasectomias realizadas na cidade de Maringá. Em 2010, foram feitas 20 cirurgias por mês e, neste ano, o número mensal passou para 40. O aumento pode ser atribuído ao programa Saúde do Homem, implantado em 2009, que instruiu a população masculina sobre a cirurgia. No momento, o procedimento que elimina a possibilidade de ter filhos, não tem fila no SUS para ser realizado, ao contrário da laqueadura realizada em mulheres

RECURSOS PARA EDUCAÇÃO

A rede educacional do município de Maripá, Região Oeste, recebeu um investimento de 38 mil reais a serem aplicados em equipamentos e materiais permanentes, como DVD’s, armários e computadores. Os recursos vão contribuir para melhorar a qualidade dos serviços prestados à população e estudantes. O Departamento de Cultura e Desportos também recebeu bebedouros, fogão, ar condicionados, freezer e outros equipamentos.

EXPOCOP

Governador em exercício, Flávior Arns, e diversas autoridades participam da solenidade de implantação, por meio de convênio, do projeto social Pintando a Cidadania

pelo Tribunal de Justiça do Paraná. “É um programa que promove a ressocialização e permite que presos e egressos do sistema penitenciário tenham uma profissão e voltem para sua família. O governo estadual trabalha para garantir dignidade e oferecer condições para a inclusão social de todos os paranaenses”, disse o governador em exercício Flávio Arns duran-

te o ato em que foi anunciada a implantação do programa. Além da profissionalização, os detentos que trabalham terão a pena reduzida em um dia para cada três dias trabalhados e receberão salário de acordo com a produção. O programa contará com um orçamento de R$ 1,975 milhão, sendo R$ 1,580 milhão do Ministério do Esporte e R$ 395 mil de contrapartida do Governo do

Estado. Arns destacou que o programa também contribui para estimular a prática esportiva, que é um instrumento para a socialização e para o combate ao uso de drogas. Os materiais serão distribuídos para comunidades carentes, como forma de fomento ao esporte de base em escolas e projetos sociais executados pelo estado e municípios.

PR implanta programa de certificação profissional Foi lançada ontem (30) em Curitiba a Rede Nacional de Certificação Profissional e Formação Inicial e Continuada (Rede Certific), que certificará trabalhadores paranaenses em função dos conhecimentos adquiridos em sua experiência de vida e trabalho, com ou sem participação em cursos de formação profissional. A implantação no Paraná começará pelo setor da construção civil, para a certificação de pedreiros. A Rede Certific é um programa do Ministério da Educação e do Ministério do Trabalho e Emprego. No Paraná, é coordenada através de parceria entre a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, a Secretaria Estadual da Educação e o Instituto Federal do Paraná. Todos os serviços oferecidos pelo programa são gratuitos.

CIDADES DA FRONTEIRA

Durante o lançamento, o secretário estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli, explicou que o setor da construção civil foi escolhido por se destacar na economia paranaense, tanto pelo grande número de empregos quando pela falta de mão de obra capacitada. “O mercado de trabalho exige profissionais preparados para as novas tecnologias que surgem e, agora, isso está ao alcance dos trabalhadores, gratuitamente. Além disso, com estudo os trabalhadores conquistam melhores salários”, destacou o secretário. Romanelli lembrou que todos os trabalhadores de Curitiba e Região Metropolitana, maiores de 18 anos e independente de escolaridade, que atuam como pedreiros e não tiveram

oportunidade de participar de cursos de qualificação devem procurar a Agência do Trabalhador de Curitiba e fazer a inscrição gratuitamente. O cadastro para o programa pode ser feito a partir de amanhã (1), na Rua Pedro Ivo, 744. A certificação profissional será feita através de um processo de reconhecimento de saberes, realizado pelo Instituto Federal do Paraná, inicialmente no Campus Curitiba. “Iremos receber os trabalhadores, reconhecer os ensinamentos repassados pelos seus pais, avôs, amigos, irmãos, colegas de trabalho e, quando necessário, complementar a formação por meio de cursos de formação inicial e continuada de nível fundamental”, disse o reitor do IFPR, Irineu Colombo. O secretário estadual de

Assuntos da Copa do Mundo, Mario Celso Cunha, enfatizou a importância de valorizar a profissão de pedreiro. “As obras para a Copa de 2014 dependem destes trabalhadores e aqueles que buscarem se qualificar certamente vão encontrar uma colocação”, afirmou. APRENDIZADO O pedreiro José Aparecido Dias representou a categoria no lançamento do programa e contou que aprendeu o ofício com o pai, mas não teve oportunidade de completar os estudos. “Sabemos que algumas pessoas não reconhecem ou valorizam nossa profissão. Por isso, aconselho a todos para fazer a inscrição e participar de todas as etapas do programa de certificação. Este aprimoramento será muito importante para as nossas vidas”, salientou.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Qualidade da água é debatida em plenário O vereador Jair Cézar (PSDB) comunicou aos demais parlamentares, durante a sessão plenária de segunda-feira (29), que encaminhou ofício à secretária Municipal de Saúde, Eliane Regina da Veiga Chomatas, questionando sobre a água potável que chega às casas, escolas, unidades de saúde, comércio e indústrias. No documento, ele afirma também acompanhar as ações da pasta com relação aos produtos alimentares disponíveis à população, parabenizando-a. “Porém, percebemos que um elemento essencial às nossas vidas e de grande consumo não tem sido objeto de maior fiscalização, chegando ao público consumidor de diversas formas”, avaliou. Entre as perguntas, Jair Cézar indaga se as estações de captação

e tratamento de água em Curitiba são inspecionadas pela Vigilância Sanitária e como é a limpeza e manutenção dos reservatórios dos equipamentos públicos da capital. Com relação aos bebedouros instalados em vários locais da cidade, o vereador pergunta se são limpos. “A água que por ali passa pode ser consumida com segurança?”. E, para finalizar, questiona o que pode ser feito pela secretaria para melhorar a qualidade da água. “Essas e outras informações serão debatidas em um seminário sobre água potável que iremos realizar no Legislativo, em novembro”, informou. A ideia é reunir parlamentares, técnicos da Vigilância Sanitária e outros especialistas no assunto para debater o assunto, que é de interesse público.

A Sociedade Rural da cidade de Cornélio Procópio, Norte do Estado, promove entre os dias 6 e 11 de setembro a Expocop, feira agropecuária, industrial e comercial. No último ano, o evento recebeu 40 mil pessoas e movimentou sete milhões de reais. Nesta edição, a organização trará mais atrativos com a intenção de movimentar mais a feira. É o caso do show do cantor Daniel, que já foi confirmado.

PARQUE LINEA

A prefeitura de Guarapuava, Centro-Sul do Estado, pretende construir um parque linear, para recuperar área que margeia o arroio do Rio Cascavelzinho e se encontra degradada pela poluição. O rio é responsável por parte dos alagamentos registrados na cidade. Os locais ao redor do novo parque são alagadiças e tem essa necessidade de proteção, além da remoção de casas desses locais, processo que já se iniciou.

EXPOMAM

O município de Mamborê, Centro-Oeste do Estado, vai realizar a 28ª edição da Exposição Feira Agropecuária e Industrial da cidade - Expomam, entre os dias 6 e 11 de setembro. O evento será sediado no Parque Governador José Richa e contará com leilões de gado, rodeio profissional e cavalgadas

MALHA ASFÁLTICA

Um valor de 375 mil reais será investido em obras de pavimentação asfáltica na cidade de Apucarana, Região Norte. Os recursos são próprios do Governo Municipal e serão destinados a recompor a malha asfáltica do Jardim Catuaí. O serviço será executado em cerca de 13 mil metros quadrados, e irá privilegiar, principalmente, o trajeto de transporte coletivo.

AGROINDÚSTRIA

A 51ª edição da Exposição da cidade de Palotina, Região Oeste, será realizada entre os dias 1 e 4 de setembro. O evento espera receber um público de 50 mil pessoas. Para garantir a participação popular, a prefeitura estará providenciando um ônibus que fará a linha até o Parque João Leopoldo Jacomel, onde ocorrerá a feira. O principal foco da ExpoPalotina é o da agroindústria, mas também abrange as áreas do comércio e indústria.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert CINZAS HUMANAS REPOUSARÃO NO ESPAÇO

Ano passado, o crematório dirigido por Mylena Cooper (o Vaticano, de Curitiba), passou a transformar cinzas de restos humanos em diamantes. Foi uma inovação absolutamente surpreendente, concebida por essa jovem, formada em publicidade, inteligência e muita criatividade trabalhando num ramo que faz da família dela um ícone no Paraná, a das pompas fúnebres. Agora, outra revolução: o mesmo crematório oferece serviços para enviar as cinzas ao espaço. A decisão/inovação decorre desta constatação: o destino final das cinzas resultantes da cremação preocupa familiares dos falecidos. Na maioria dos casos, por desejo expresso ainda em vida, a opção é espalhá-las em jardins ou lançá-las ao mar, sempre em locais muito especiais para quem partiu.

DESCANSO ETERNO

Mas se o planeta Terra não vai ser mais o habitat, que tal buscar o ‘descanso eterno’ na órbita espacial? A partir de R$ 3.700,00, o Crematório da família Cooper -- primeira empresa brasileira a oferecer serviços funerários no espaço – anuncia estar pronto para receber interessados em terem seus restos mortais lançados na Via Láctea. A criatividade de Mylena casou com a parceria que sua empresa fez com a companhia americana Celestis Incorporated. Assim, o “funeral espacial” segue os moldes de uma cerimônia tradicional. O corpo é velado, aqui, por amigos e familiares e em seguida é feita a cremação. Até aí, tudo normal. Em seguida, parte das cinzas (30 gramas) é colocada em uma pequena cápsula que é enviada aos Estados Unidos, para a sede da Celestis, no Texas, ficando o restante à disposição da família. A cápsula com as cinzas permanece nos EUA até o lançamento do foguete que vai levá-la ao seu destino final.

COMO É A VIAGEM

A viagem é feita do lado externo da espaçonave que, ao entrar em órbita, abre a urna e esparge os restos mortais para a operação no espaço. A empresa oferece hoje alternativas para isso: as cinzas podem ser lançadas dentro ou fora da órbita terrestre; na órbita lunar ou na superfície da Lua. A família poderá acompanhar todo o translado da cápsula do Brasil até os EUA, desde que pague os custos da viagem;ou assistir ao vivo o lançamento do foguete( gravado em vídeo). No caso do vídeo, pensa-se em exibição em eventual sessão em memória do falecido.

JORNADA NAS ESTELAS

O Vaticano é o representante oficial da Celestis no Brasil, que, por sua vez, tem um convênio com a Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos. Mylena Cooper, diretora do Crematório, diz que até hoje nenhum brasileiro teve suas cinzas enviadas ao espaço, mas esse serviço já é regularmente prestado nos Estados Unidos, no Japão e na Alemanha. “Essa é uma forma única de homenagear o ente querido que tinha paixão por astronomia, astrologia, ficção, voos espaciais ou simplesmente uma forma inusitada de homenagear quem partiu com a simbologia da proximidade do céu” , completa. Esse destino, porém, ainda é um privilégio para poucos. Gene Roddenberry, criador da série “Star Trek”, e o ator, que James Doohan, que interpretava o personagem Montgomery Scotty , na trilha original de “Jornada nas Estrelas” e outra lenda norte-americana, o astronauta Gordon Cooper, um dos primeiros homens a pilotar uma nave tripulada, foram alguns dos que embarcaram nessa viagem final ao espaço sideral.

FRANCISCO GERMINIANI LEVA TESE A ROMA

Da professora e acadêmica Clotilde Germiniani, a coluna recebeu, dia 29, e registra: “Estou lendo a coluna em Roma! Estamos aqui, Hélio, Francisco e eu. Francisco é Neurologista e Intensivista e veio para o 29º Congresso Internacional de Epilepsia. Mandou o trabalho “Tumor: a graphic novel representation of glioblastoma multiforme and multiple seizures types”. Hélio e eu estamos revendo Roma realmente uma das cidades mais lindas do mundo. Para entrar no clima, nosso primeiro jantar foi no Harry’s Bar um dos ambientes mais fascinantes desta cidade. Ontem, passamos o dia revisitando o Castelo Santangelo um monumento que guarda histórias de alguns séculos e o detalhe de ser cenário da “Tosca”. Na próxima semana vamos de carro para Florença. Dia 10 de setembro deveremos estar de volta no Brasil. Abraços dos Germinianis, Clotilde, Hélio e Francisco”

CIENTISTA APAIXONADO POR QUADRINHOS

Ontem, Clotilde mandou nova mensagem com observações que considera importantes: “ mais um comentário - mandei o título do trabalho do meu filho e deve ter lhe parecido meio estranho. Aqui vai a explicação: “TUMOR” é o título de uma graphic novel ( novela em quadrinhos ) de JOSHUA HALE FIALKOV & NOEL TUAZON. Então o trabalho do Francisco se baseia na análise crítica da graphic novel, discutindo a representação leiga de diferentes crises epilépticas e de sintomas de tumor cerebral, comparando a terminologia médica correta om seus equivalentes. Partindo desta idéia original ele montou o trabalho, escreveu um Resumo que foi enviado ao Congresso e selecionado pela Comissão Científica para apresentação e publicação do resumo. Devo acrescentar - sem corujismos - que meu filho é um grande conhecedor de Quadrinhos e tem uma coleção fantástica. Um abraço, Clotilde”

IDENTIDADE DO JURISTA

O professor italiano Paolo Grossi, da Universidade de Florença, recebeu, ontem, o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Paraná. A homenagem foi durante sessão solene do Conselho Universitário, presidida pelo reitor Zaki Akel Sobrinho, no Teatro da Reitoria.

Grossi é um dos juristas mais renomados da Europa. Na ocasião, ele proferiu uma aula magna sobre a “Identidade do Jurista, Hoje”. A homenagem foi proposta pelo presidente do Instituto Brasileiro de História do Direito e diretor da Faculdade de Direito da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, que até sexta-feira organiza em Curitiba o V Congresso Brasileiro Ricardo Marcelo Fonseca: de História do Direito. História do Direito

TODA A ARTE DE GASPARIAN, O TIQUE-TAQUE COTIDIANO

Toda a arte de Gaspar Gasparian (1899-1966) poderá ser conferida no Museu Oscar Niemeyer (MON) a partir do dia 3 de setembro (sábado), ocasião na qual é inaugurada a exposição Gaspar Gasparian – um fotógrafo. O autor se tornou um dos grandes nomes da fotografia brasileira e se notabilizou por clicar em preto e branco. Ele nasceu, cresceu, viveu e morreu em São Paulo e, como poucos, captou com as suas lentes muitas das possibilidades da vida paulistana. “Gaspar Gasparian foi artista que conseguiu escrever com a luz e, entre um e outro segundo, captou, recortou e eternizou cenas que, não fosse pelo seu clicar, passariam despercebidas e se desmanchariam no ar”, afirma a diretora do Museu Oscar Niemeyer, Estela Sandrini. A capacidade de eternizar o tique-taque cotidiano, a exemplo do que diz Estela, poderá ser visto pelo público nas 139 fotografias que estarão na Sala Guido Viaro, no MON. “Gasparian atravessou décadas completamente imbuído do ato de ver aquilo que os outros veem dando forma a um outro mundo que também poderá vir a ser de ilusões, de poesia ou de transformações”, diz Diógenes Moura, curador dessa mostra, realizada em parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo.

CONSELHEIROS VITALÍCIOS E O GRANDE DENÍSO BELOTI

Durante jantar na noite de segunda-feira, na Sociedade Garibaldi, o Coritiba FC entregou o título de Conselheiros Vitalícios a diversos conselheiros do clube, reconhecimento à dedicação deles ao Coxa. Dentre outros os que receberam diplomas – e, neste caso, considerados afilhados do histórico Denísio Belotti -, estão Edmilson Mario Fabbri, Mário Cândido, Dante Millarch, Jamal Bark, W.B.Jorge. A propósito: Denísio Beloti é dessas personagens raras da vida curitibana, com uma

prpress@terra.com.br

Panorama Político Pedro Washington

Vontade política A preocupante crise mundial é tratada no Brasil com um ufanismo típico mas, ainda pouco convincente. Não há nas medidas anunciadas para “se vier uma situação pior”, usando as palavras do ministro Guido Mantega, sinalização de que os governos têm consciência de que o grande problema nosso (em todos os níveis) é o gigantismo da máquina burocrática, estendido a todos os setores. Alguns exemplos são claros. O aumento do superávit primário, por exemplo, (economia para pagar juros) acrescendo US$ 10 bilhões aos anteriormente anunciados cortes de US$ 50 bi, só podem ser interpretados como “promessa”. Em contrapartida já se anuncia a intenção de voltar ao tema “novo tributo para a saúde”. A malsinada CPMF, com outro nome, mas com os mesmos resultados: criada para a saúde e dispersada em outras aplicações, como já aconteceu. Nessa mesma área federal alguns problemas crônicos ainda estão com suas soluções sendo gestadas. Assim como na política já vacila em ir além do que “já varreu” em termos de corrupção, temas como a reforma da Previdência patina em função do poder dos envolvidos: enquanto na poderosa área pública, 1 milhão de aposentados e pensionistas respondem por déficit anual de R$ 52 bilhões, 23,5 milhões de trabalhadores aposentados e pensionistas equivalem a R$ 44 bi desse déficit. Daí cada vez que o “mínimo” entra em discussão a mesma novela. Nos estados e municípios a tragédia do gigantismo se repete. Ainda ontem este jornal noticiava que em alguns municípios a folha de pagamentos e encargos, consome três vezes mais que os investimentos em infraestrutura. Em muitos deles que sobrevivem à custa do FPM, situação ainda mais caótica. O pior é que tais situações não decorrem do Hino Nacional: “gigante pela própria natureza”. São ações da vontade política.

Definições próximas Os primeiros dias de setembro são aguardados como definitivos para a decisão do caminho que Gustavo Fruet irá tomar: ou PDT ou PV. O que se dá como quase certo é que sua candidatura tentará um vice do PMDB, já que o apoio do PT, no primeiro ou num eventual segundo turno, é apontado como certo.

Outras definições Enquanto a definição de Fruet e dos demais partidos é aguardada, o PPS e PSC anunciam candidatura própria. No PMDB, embora o lançamento antecipado de Rafael Greca, tal candidatura tem cada vez menos consistência. Já o PSDB que poderia dar o vice ao prefeito Luciano Ducci, debate-se no seu desgaste interno com os problemas que afligem seu presidente municipal, João Cláudio Derosso, na Câmara Municipal de Curitiba que também preside.

Vergonha nacional

Dante Milarch: homenageado

Começa a evoluir a preocupação com os problemas de corrupção que afligem o país. O número divulgado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) alerta e envergonha o brasileiro: a corrupção no Brasil chega a fantásticos R$ 84,5 bilhões.

Abra os olhos...

Edmilson Mário Fabbri: vitalício

insuperável.

“A ÁRVORE DE ISAIAS”

história pessoal de amplo envolvimento com a cidade e grandes empreendimentos sociais e culturais. Lembram-se do Santa Mônica Clube de Praia, que ele criou? Beloti teve seu nome associado a muitas realizações que foram sendo registradas no dia a dia de instituições paranaenses, como o próprio Coritiba. Idoso, mas ainda ativo, o bom Denisio tem seu nome associado a um sem número de curitibanos, de diversas áreas, aos quais emprestou e garante ainda o que mais o caracteriza – a capacidade de ser amigo e uma criatividade pró-bem

Quem ainda não leu esse recém lançado livro de Fábio Campana (Travessa dos Editores), já está perdendo. É a reunião de crônicas mais contundentes sobre um tempo em que o ‘nihilismo’ e a cultura pop, entronizados na sociedade abrangente, fazem os alvos certeiros das flechadas do jornalista . É um livro, ao mesmo tem- Fábio Campana: lancetas certeiras po, de memórias, estabelecendo contrapontos, por exemplo, da vida dita mundana dos anos 60/70 do século XX com o prevalente obscurantismo mental dos dias de hoje, em Curitiba e mundo afora.. Muito mais do que ser citado pelo primoroso artesanato da palavra, “A Árvore de Isaías” é permeado por lancetas impiedosas. O alvo são todos aqueles encastelados nos seus empertigamentos mentais e tesouros , presas fáceis das traças e de todos “apagadores” de biografias plenamente dispensáveis. Voltarei ao assunto.

A produção de commodities garante ao Brasil uma posição confortável no cenário mundial futuro, especialmente enquanto a China estiver vivendo o modelo atual, de sucateamento industrial dos demais países, graças à sua própria condição de deter um terço da população mundial, grande parte em estado de miserabilidade.

...mundo! Os preços da sua produção hoje, em todas as áreas (insuficiente apenas na agricultura) desestimulam a competição. Quando sua população crescer em rendimento (seu povo apenas agora começa a ter acesso ao consumo), com os demais países sucateados industrialmente, imporá aos demais os seus produtos, ao preço que lhe convier.

Em choque Do governador Beto Richa, em Paris, em contato com Carlos Tavares, presidente da Renault que pretende ampliar suas ações na América Latina: “Nossa intenção é levar oportunidades para o Paraná com o apoio do nosso programa de incentivos fiscais. A Renault te m projetos que podem gerar novos empregos nas áreas de produção e engenharia”.

Mineropar inicia mapeamento de áreas de risco em Antonina A Mineropar iniciou nesta semana o mapeamento das áreas que apresentam risco de deslizamentos de encostas no perímetro urbano de Antonina. Um estudo preliminar elaborado pela Mineropar após as fortes chuvas de março deste ano aponta mais de 60 deslizamentos ocorridos no município. O mapeamento fornecerá dados para a atualização do Plano Diretor de Antonina e para a elaboração do Plano Preventivo da Defesa Civil. Também apontará as áreas com maior probabilidade de sofrer desocupação na eventualidade de desastres naturais como fortes chuvas, enchentes e deslizamentos, de forma a otimizar a logística de atendimento à população atingida. Além disso, o mapeamento definirá os melhores

procedimentos e posturas da Prefeitura quanto ao uso e ocupação do solo no perímetro urbano do município. Paralelo a este trabalho, a Associação de Defesa do Meio Ambiente e do Desenvolvimento de Antonina (Ademadan) iniciou o cadastramento dos moradores das áreas de risco do município para o planejamento e evacuação da população destes locais em caso de ocorrência de desastres naturais. A Mineropar participou da montagem do questionário que será aplicado aos moradores pelos voluntários da Ademadan. São consideradas áreas de risco em Antonina os bairros Graciosa de Cima, Portinho, Caixa D’Água, Laranjeiras, Beco da Viúva e Quilômetro Quatro.


3

a

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | A4

arte&atitude,

moda&cia

Nem te Conto No Apartamento

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Imagens sugestivas de verão As campanhas, de outodoor aos catálogos, das marcas brasileiras para as estações quentes, principalmente de alto verão, já estão surgindo. E elas, na maioria das vezes, propõem uma viagem à natureza, à sofisticação dos balneários franceses e à brasilidade. Os anos 70 estão nas silhuetas e o romantismo está no ar. Confira, de A a Z:

Guisela Rhein na gruta

Raquel é Animale Bronzeada e ainda mais loira, Raquel Zimmermann posa com a coleção de verão da Animale, em que a direção criativa para o talento de Priscilla Darolt, assinada por Luis Fiod, imp rime d o se e xtra de sofisticação, já que a sensualidade chique da Riviera Francesa é o mote principal. As fotos são de Henrique Gendre e as peças já estão no Shopping Crystal. “Amei a campanha! As imagens são muito especiais”, exclama a modelo que, só nesta temporada, é estrela de YSL, Mcqueen, Alex Wang, Juicy Couture, Lanvin e Jimmy Choo.

Vida Bela em Holambra

A Body for Sure, marca de fitness, levou Guisela Rhein (Mega) para viver um clima de aventura numa locação deslumbrante, uma gruta localizada próxima ao Rio Cristalino, em Mato Grosso. Fernando Lousa fez as fotos da premiada e requisitada modelo. Quem assina a beleza é André Glagliardo enquanto Bel Junior produziu a coleção em clima charmosos destacando-a coleção na paisagem paradisíaca.

O artista curitibano e anfitrião do show Alexandre França recebe no palco do Paiol a cantora e compositora baiana Karina Buhr, estreando o show do projeto No Apartamento, que tem o objetivo de promover o encontro entre dois novos compositores de duas regiões diferentes do país. Como nos primórdios da bossa-nova, abastecida em salas de apês cariocas, o show curitibano tem como ponto de partida a idéia desse encontro. No palco, estarão Alonso Figueroa (samplers e acordeão), Vina Lacerda (percussão tonal) e o pianista Davi Sartori, que assina os arranjos do CD Música de Apartamento, de Alexandre França. O repertório reúne música dos dois discos de Alexandre e as canções de Karina, baiana de carreira consolidada em São Paulo. Seu último trabalho Eu Menti pra Você teve boa receptividade de público e crítica. Confira: nesta sexta 2 e sábado, às 21h, no Teatro Paiol. Realização da Verdura Produções. Ingressos a 15 e 7,50 reais. Censura 18 anos.

Caio ‘Zinco” Castro

Manu Gavassi, da internet ao palco

A coleção deliciosa e bem divertida da Vida Bela foi buscar a paisagem da florida Holambra, em São Paulo, para ilustrar as temporada de primavera-verão. Num rancho por cenário, a modelo Priscila Uchoa (Mega) posa para o fotógrafo Otávio Dias. A direção de estilo é de Ana Galante, que montou visuais modernos e suaves. A beleza, assinada por Robson Almeida (First), completa a produção.

A marca paranaense Zinco repete a parceria com o ator Caio Castro, surgindo na campanha de alto verão. A sessão de fotos foi realizada na Marina Porto Frade, em Angra dos Reis, mostrando uma coleção toda baseada no verão de SaintTropez. Zinco colocou uma pitada de boas experiências e bons momentos para quem quer curtir o clima descontraído, do encontro de jovens a fim de curtir a vida.

Heroína, “o nome dele em mim”

Namix está tropical chique Cláudia Leal e Michelle Jamur recepcionam clientes da Namix nesta quarta 31 e quinta-feira, com um brunch, das 11 às 16h, para apresentar as coleções de verão das marcas Juliana Jabour, Filhas de Gaia, Lix, Motel Rocks, Noir, Patricia Bonaldi, Fabulous, Florbella, Gaina, Carolina Zattar, Gomide, Aba, Lolitta, Datskat, Vix, Despi, Dhuo, Cyann, Cecilia Prado, Skin Bikini e Raphael Falci. O cenógrafo carioca Edgar Octavio Peixoto assina ambientação das três lojas com o tema Tropical Chic, tendo por inspiração as calçadas de Copacabana, além do clima tropical.

cmyk

“Dessa vez tenho meu pai como inspiração. Ele é Alexandre Linhares Filho e eu sou Alexandre Linhares Neto. Pensei nessa coleção como um reconhecimento - por hoje entender ele como pessoa, como homem e como pai de família. Hoje o entendo e apresento nessa coleção a descoberta do meu amor por ele”. É assim, amorosa e reconciliadora, que a marca curitibana Heroína se veste para primavera-verão. O lançamento acontece nesta quinta, primeiro dia de setembro, no ateliê da Prudente de Moraes. O estilista Alexandre prossegue: “Vejo que fomos um dia concorrentes no coração da minha mãe. Hoje, eu e ela concorremos pelo amor dele. Reconheço que o amo”. E isto posto, ele vai para a máquina de costura. E alinhava uma coleção em quatro tempos: 1) o homem flamenguista e jogador de snooker é ilustrado por vestidos feitos em moulage, de renda e tule com cores das bolas do jogo. Para os forros, o estilista rende-se à seda – “depois de tanta insistência por parte do próprio tecido”. Os forros são peças independentes e os vestidos podem ser usados por cima de outras peças, “quebrando a formalidade da renda”. 2) o pai de família é representado pela figura do galo. São todos pintados à mão em vestidos e camisetas de malha. 3) surge o pai artesão, representado em desenhos e esculturas de árvores em vestidos e camisetas, que revela a evolução do estilista na modelagem com a malha. Aqui, também uma referência à árvore genealógica. 4) a alfaiataria masculina serve à mulher, em gazes, sedas e linhos, sempre pintados ou tingidos e retorcidos, drapeados, recortados, rasgados. Com fotos de Gio Soifer, a campanha é ambientada no Sinukão, bar da tia Jacqueline. A modelo é a Michelle Pucci, com beleza de Thifany F.

Com a marca de oito milhões de visitas em seus vídeos no Youtube e um CD, a cantora dos adolescentes, Manu Gavassi, de 18 anos, sai pela estrada e faz show em Curitiba, no maior teatro da cidade. Será neste domingo 4, às 18h, no Teatro Positivo. A cantora paulista torna-se popular com o clipe de Garoto Errado, tendo milhares de seguidores no twitter. Além das doze composições próprias, o CD teve participação do baterista Dani Weskler, do NX Zero, e uma música de Lucas Silveira, do Fresno, dada de presente para a cantora, intitulada Canta Comigo. O setor vip inclui encontro com a Manu Gavassi no dia do show, às 16 h, e um kit com CD. Ingressos de 39 a 204 reais, à venda nos shoppings Mueller, Estação e Total, pelo 3315-0808 e no Teatro Positivo. Realização da Seven Entretenimento.

Alyson Noël

No dia 7, feriado, às 16h30 nas Livrarias Curitiba do Shopping Palladium, lançamento do livro Infinito, desfecho da série Os Imortais, da escritora americana Alyson Nöel, autora dos best sellers Para Sempre, Lua Azul, Terra de Sombras, Chama Negra e Estrela da Noite. Senhas limitadas (300 unidades) estão à disposição, grátis, nas Livrarias Curitiba. Quem tiver a senha e os livros da autora poderá receber os autógrafos.

Centro Cívico salvo

Palácio Iguaçu, Grupo Escolar Tiradentes, Praça 19 de Dezembro, Prefeitura Municipal, Casa da Criança, Tribunal do Júri, Palácio da Justiça, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Museu Oscar Niemeyer e toda a extensão da Avenida Cândido de Abreu (sem incluir as construções em seu entorno) passam a ser bens tombados pela Secretaria da Cultura do Paraná. Esse é o primeiro centro administrativo do poder público projetado em linguagem moderna no país, antecedendo a realização de Brasília. O Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico lembra que alguns dos imóveis arrolados, além da Biblioteca Pública do Paraná e do Teatro Guaíra, que já eram tombados, são obras comemorativas do Centenário da Emancipação Política do Paraná, em 1953. Na região, já foram tombados o Colégio Estadual do Paraná, o Passeio Público, o Palacete Leão Júnior e o Bosque do Papa.

Cliente amiga

Jennifer Lara, do Spa Urbano Frank d’ Ferran/ Shopping Novo Batel, promove, até 10 de setembro, a campanha: “cliente amiga”. Vai contemplar uma tintura, uma nutrição capilar, o cabelo lavado e uma super escova, com desconto é de 45% do valor normal . Para quem pretende viajar no feriado é só agendar um horário.


GeralParaná Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Contexto Político

Fábio Campana editor@fabiocampana.com.br

Chumbo trocado

candidato próprio nas cidades que terão segundo turno.

O bicho vai pegar. No calor da campanha eleitoral do ano que vem que já está nas ruas as denúncias de corrupção prosperam. Agora, o microempresário Edimar Rodrigues de Almeida Pegoraro tomou conhecimento de ilícitos praticados pelo deputado petista Tadeu Veneri, com verbas de ressarcimento, denunciados pelo deputado Stephanes Júnior e decidiu tomar uma providência. Entrou com uma ação popular junto a 8ª Vara da Fazenda Pública, Falências e Recuperação Judicial de Curitiba.

Nas ruas

Todo dia 30 de agosto desde 1988, os professores da rede estadual fazem manifestação por melhorias nas condições trabalhistas. Ontem, cerca de sete mil professores e funcionários de escolas do Estado se reuniram na Praça Santos Andrade em Curitiba. A chuva não atrapalhou os manifestantes. Em todo o Paraná, 90 mil servidores da educação pararam.

Na memória

Pura propaganda

O processo menciona a distribuição de brindes, livros e outros instrumentos de autopromoção bancados com o dinheiro público em pleno período eleitoral. Cita o número dos boletins confeccionados (100 mil) “que não deixa dúvida que tais materiais na realidade eram de propaganda eleitoral e não de material passível de ressarcimento”.

Os manifestantes seguiram para o Palácio das Araucárias no Centro Cívico como forma de relembrar o dia 30 de agosto de 1988, quando professores em greve foram recebidos pela polícia (e cavalaria) numa manifestação em frente ao palácio, a época do governo de Alvaro Dias. Com informações da Banda B.

Condenados

Na campanha

O autor concluiu que o deputado Tadeu Veneri utilizou verba pública para sua campanha de reeleição. O juiz Nei Roberto de Barros Guimarães determinou diligências e a citação dos requeridos. É bom lembrar que Tadeu Veneri se lançou candidato a prefeito de Curitiba e estava entre os cotados para assumir a vice do ex-tucano Gustavo Fruet.

PMDB na liça

O PMDB aprovou uma orientação aos Diretórios Municipais para que sejam lançadas candidaturas nas eleições a prefeito de 2012. De acordo com o líder interino da bancada na Assembleia Legislativa, deputado Nereu Moura, o partido vai disputar com

O juiz federal Sergio Fernando Moro assinou a sentença condenatória da ação penal contra dirigentes e associados do Centro Integrado e Apoio Profissional (CIAP). O CIAP prestava serviços de qualificação para a Secretaria do Trabalho do governo peemedebista de Requião e Pessuti. A ação, proposta pelo Ministério Público Federal em março de 2008, condenou 13 dos 17 acusados por peculato, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. A decisão é da 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba.

Lavagem e peculato

No documento, o juiz conclui que o CIAP, por ser uma OSCIP

PLANEJAMENTO

Prefeitura anuncia Plano Diretor contra enchentes

Primeira etapa do estudo coletou dados da drenagem da cidade A criação de um fundo de combate às enchentes e a implantação de um sistema de monitoramento dos rios são algumas das ações previstas no Plano Diretor de Drenagem Urbana, que está sendo elaborado pela Prefeitura de Curitiba. A primeira etapa do estudo, que coletou dados sobre a situação da drenagem da cidade, foi apresentada à equipe técnica municipal pela Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (Cobrape), responsável pelo trabalho. “Esta é a primeira etapa do projeto. Estão sendo definidas as diretrizes que darão oportunidade para que a equipe técnica da Prefeitura possa dar sugestões e aprimorar o plano. Futuramente teremos audiências públicas, onde a população poderá participar desta discussão”, disse o secretário municipal de Obras Públicas, Mário Tookuni. Para o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Rui Hara, o plano elaborado pela capital paranaense abre a oportunidade para a discussão em torno de um projeto para as bacias hi-

Secretário municipal de Obras Públicas, Mário Tookuni, participa da apresentação do projeto do Plano Diretor contra Enchentes, feita pela equipe técnica da Cobrape drográficas da Grande Curitiba. “Os problemas com os rios são comuns entre os municípios vizinhos a Capital, por isto deve acontecer uma ação conjunta entre as cidades, com coordenação da Comec”, disse.

CONTROLE

O estudo está sendo feito nas bacias que cruzam Curitiba: Atuba, Belém, Passaúna, Barigui, Ribeirão dos Padilhas e o rio Iguaçu, dentro do limite

da cidade. Em cada um destes rios, foram levantados pontos onde acontecem com frequência alagamentos. Também foram levantadas informações do impacto da vazão de cada rio vindo de outros municípios em Curitiba. O Plano de Drenagem aponta também a necessidade de Curitiba ter um sistema de monitoramento de seus rios, para que o município possa tomar medidas preventivas em locais

onde podem ocorrer alagamentos na cidade. Pelo estudo da Cobrape, estas estações podem ser fixas ou móveis, que permitirão ações futuras de controle das cheias. Outra sugestão no estudo é a criação de um fundo de combate às enchentes, que pode ser criado com recursos próprios, repasses estaduais e federais. Com este fundo será possível fazer obras para conter cheias nas bacias da cidade.

Setembro é prazo final para parcelar dívidas com a Prefeitura através do Refic

Setembro é o último mês para os contribuintes parcelarem suas dívidas com a Prefeitura pelo Programa de Recuperação Fiscal de Curitiba (Refic 2011). O prazo para inscrição no Refic vai até o dia 30 de setembro, mas a orientação é que os contribuintes procurem o quanto antes o parcelamento para evitarem filas. O programa visa à regularização de débitos de pessoas físicas e jurídicas, inscritas ou não em dívida ativa, com o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISS (Imposto sobre Serviços) e outros tributos com o município devidos até 30 de junho de 2011. Os contribuintes poderão parcelar a dívida em até 120 meses. Desde o dia 1º de julho, quando começaram a ser feitas as inscrições no Refic, 4.540 contribuintes já parcelaram suas dívidas. O total parcelado até agora é de R$ 43,5 milhões.

Prazo para inscrição no Refic vai até o dia 30 de setembro, mas a orientação é que os contribuintes procurem o quanto antes o parcelamento para evitarem filas

Destes, R$ 25,4 milhões são de dívidas de ISS e R$ 18,1 milhões de IPTU. CADASTRO O cadastro para o parcelamento das dívidas pelo Refic pode ser feito pela internet,

pelo sitehttp://www.curitiba. pr.gov.br/servicos/cidadao/ parcelamento-refic-2011/1127, pelos núcleos da Secretaria Municipal de Finanças nas Ruas da Cidadania e no prédio central da Prefeitura. Quanto antes os contribuintes parcelaram os débitos

melhor. Nas últimas semanas de prazo surgem filas e a espera pode ser maior. “O melhor é vir o quanto antes para fazer o procedimento com tranquilidade. Quem deixar para a última hora pode se incomodar. Nas últimas semanas de setembro o movimento aumenta bastante”, explicou o secretário municipal de Finanças, João Luiz Marcon. O programa prevê juros menores para dívidas de curto prazo e também permite pagamento por débito automático do parcelamento. Para quem optar pelo débito automático, em parcelas de 24 vezes ou mais, e fazer todos os pagamentos corretamente, a última parcela será quitada pela Prefeitura. O valor da parcela para quem vai utilizar o Refic deve ser de pelo menos R$ 100 quando for dívida do ISS e de R$ 50 para os demais tributos.

(organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e não poder ter fins lucrativos, apropriou-se e lavou recursos públicos federais recebidos para execução de programas públicos de saúde e de educação no Paraná, Maranhão e Rio de Janeiro. Ao todo, o peculato e a lavagem de dinheiro somam R$ 28.399.657,74, entre janeiro de 2003 e abril de 2010. Com informações da Justiça Federal do Paraná.

Agora é normal

Ora, ora. Pelo visto, o favorecimento dos companheiros é mesmo de praxe. Nada mais natural. Tanto que o secretário de comunicação do PT, deputado federal André Vargas, porta-voz do partido declarou que é “fato normal” a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) ter liberado R$200 mil a ONG de assessor.

Corrupção é crime hediondo?

Em enquete realizada por meio da internet, o DATASENADO pergunta: “Você é a favor ou contra o projeto que inclui os atos de corrupção na Lei dos Crimes Hediondos, que aplica punições mais severas aos condenados?” Iniciada na semana passada, a sondagem já havia recolhido a manifestação de 71.775 pessoas até as 5h55 da madrugada desta terça (30). O resultado parcial é acachapante: 99,01% a favor do projeto. Contra, escassos 0,9%. De autoria do senador e ex-procurador da República Pedro Taques (PDT-MT), a proposta corre na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Sugere a alteração do inciso 8o do artigo 1o da lei que tipifica os crimes hediondos.

Fiep fecha parceria com os inventores do MP3

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), por meio do Centro Internacional de Inovação (C2i), assinou um acordo de transferência de conhecimento e tecnologia com um dos mais importantes centros de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) da Europa, o Instituto Fraunhofer, que conta com um vasto portfólio de patentes depositadas. A mais conhecida é a tecnologia que deu origem ao MP3, o programa de reprodução de áudio mais popular do mundo. Além de promover cursos e trocar experiências com os empresários e pesquisadores, a parceria com a Fiep anda prevê, para os próximos anos, a implantação de um laboratório tecnológico do instituto alemão, no Cietep. A parceria com o Instituto Fraunhofer começou a ser desenhada em 2010 e, segundo o diretor executivo do C2i, Filipe Cassapo, havia grande expectativa por parte da Federação, e também dos empresários paranaenses, para a formalização do acordo. “Essa é uma importante parceria para o setor produtivo do estado. O Instituto Fraunhofer desenvolve pesquisas e testes laboratoriais em diferentes setores da indústria, com alta tecnologia e um time de pesquisadores do mais alto nível. Tudo isso agora está a disposição dos empresários paranaenses.”, destaca. O convênio assinado é para troca de experiências entre os dois países, por meio das duas instituições. Segundo o membro do conselho de administração do Instituto Fraunhofer, Frank Wagner, essa parceria deverá trazer importantes avanços para as pesquisas realizadas pelo instituto em diversas áreas. “Nós vamos trazer todo nosso potencial tecnológico e de pesquisa para dividir com os empresários do Paraná. Mas temos a certeza de que também vamos aprender muito com eles. Aqui há empresas com grande potencial tecnológico, como a Bematech e a Positivo Informática”, ressalta. Uma das linhas de pesqui-

sas mais recentes do Instituto Fraunhofer é a chamada Low Cost Innovation (Inovação de Baixo Custo). Esse foi o tema que o executivo do instituto, Frank Wagner, apresentou em um workshop realizado para empresários. A inovação de baixo custo, segundo Wagner, é um grande desafio na Europa. “A indústria europeia fabrica produtos caros, com alto valor agregado. Reduzir os custos é um grande desafio e, no atual momento econômico global, isso se faz ainda mais necessário”, explica. Durante o workshop, os empresários participantes se dividiram em grupos para pôr em prática a primeira troca de experiência com o instituto alemão. “O objetivo do Low Cost Innovation é a redução de custo e uma das características é a redução do tempo de desenvolvimento. Então propomos aos grupos o desenvolvimento de um plano de negócios para uma bicicleta elétrica. E os resultados foram bastante impressionantes”, comenta Wagner. Ao final do workshop foi possível perceber a importância dessa troca de experiência. Para o diretor geral da Inforline Móveis, Luiz Fernando Tedeschi, a ferramenta apresentada no workshop poderá ser imediatamente aplicada na empresa, que está começando a implantar a gestão da inovação. “Estamos dando os primeiros passos para ter uma cultura de inovação em todos os nossos processos. O apoio do C2i, com consultorias e a promoção de eventos como este fará toda a diferença no processo de desenvolvimento sustentável dos nossos negócios”.O Centro Internacional de Inovação (C2i) da Fiep foi criado em 2009 com o objetivo de promover a inovação no Paraná. Em apenas dois anos de atividade, o C2i já atraiu centros de P&D de diversos países e ajudou empresas de todos os tamanhos na implantação da gestão da inovação. “O objetivo do C2i é levar a inovação de forma rápida e prática para aumentar a competitividade das empresas do Estado.


PublicidadeLegal Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | A7 | Indústria&Comércio COLINA VERDE INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE LÂMPADAS E EQUIPAMENTOS ULTRAVIOLETA LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob n° 81.681.025/0001-08, torna público que recebeu do Instituto Ambiental do Paraná – IAP, renovação de Licença de Operação (LO), válida até a data de 11/08/2.013, para operar indústria e comércio atacadista de tintas, vernizes, esmaltes, lacas e similares na Rua Aleixo Wzorek, n° 991, Parque industrial Palomar, Araucária, Paraná. Não foi determinado estudo de impacto ambiental. Empresa consultora: MOR Gestão Ambiental e Florestal Ltda. (www.morgestaoambiental.com.br). SÚMULA DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO A empresa Transmoreno Transportes Rodoviários Ltda., com CNPJ n.º 49.234.124/0001-97, torna público, que requereu do Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença de instalação para empreendimentos Comercial e Serviços, a ser Implantado a Br 277, Km. 26,5, lote “C”,sítio Dom Rodrigo, Borda do Campo, São José dos Pinhais – Pr., sentido Curitiba-Paranaguá, Mat. n.º 58.999 do registro de Imóveis de São José dos Pinhas – Paraná.

A empresa USIMAX INDÚSTRIA MECÂNICA LTDA EPP, torna público que requereu à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Curitiba, a Licença Prévia, para Indústria mecânica e fabricação de peças e equipamentos mecânicos, implantada na Rua Nivaldo Medvid, 80, Cidade Industrial, Curitiba, Paraná Cep 81460-080.

Becton Dickinson Indústrias Cirúrgicas Ltda, torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a renovação da Licença de Instalação para ampliação de área construída da planta industrial, válida até 31/12/2012, situada á rua Cyro Correia Pereira, 550, CEP.81.170-230, Curitiba – PR. SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PRÉVIA A YERBALATINA LTDA. torna público que requereu ao IAP, Licença Prévia para a atividade de Fabricação de Produtos Farmoquímicos, localizada na ROD DA UVA PR-417, nº 5.306, Bairro Arruda, Município de Colombo, Estado do Paraná. 3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada  Faço saber que pretendem se casar: 01 - PAULO ROBERTO MUZZILLO CARNEIRO E SABRINA REIS VASCONCELLOS; 02 - FÁBIO SIDNEY THON e SHELEY BONACIN. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 30 DE AGOSTO de 2011 EDITAL DE PROCLAMAS Cartório Distrital da Barreirinha JOAQUIM VIEIRA MACIEL - Titular Av. Anita Garibaldi ,1250 – Ahú – Fone (41) 3352-3002/3254-8424/3252-3605

AVISO DE REPUBLICAÇÃO DE LICITAÇÃO MODALIDADE: Pregão Eletrônico nº. 018/2011-APPA PROTOCOLO: 11.031.005-6 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, POR PESSOAS JURÍDICAS ESPECIALIZADAS NA ELABORAÇÃO E ANÁLISE DE CÁLCULOS EM PROCESSOS TRABALHISTAS NOS QUAIS FAÇAM PARTE A ADMINISTRAÇÃO DOS PORTOS DE PARANAGUÁ E ANTONINA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES DO EDITAL E SEUS ANEXOS. DATA DE ABERTURA: 15 de setembro de 2011 - HORÁRIO: 10:00 VALOR MÁXIMO: R$ 203.500,00 (duzentos e três mil e quinhentos reais) O Pregão será realizado através do site do Banco do Brasil: www.licitacoes-e.com.br. Paranaguá, 29 de agosto de 2011. William Roberto Falcone Pregoeiro

QUARTA ALTERAÇAO CONTRATUAL DA SOCIEDADE: BRAZAVILLE PARTICIPAÇOES LTDA CNPJ/MF N° 03.467.569/0001/50 NIRE 412.0470396-8 Os abaixo identificados e qualificados: 1) SARA GELHORN, brasileira naturalizada, viúva, comerciante, inscrita no CPF/MF sob no 470.089.979-49, portadora da carteira de identidade RG nº. 1.178.268-0 SSP/PR, residente e domiciliada na Avenida Republica Argentina, 183, Apto 2002, Água Verde, Curitiba-PR, CEP: 80240-210. 2) KALISTER SOCIEDAD ANONIMA, sociedade comercial legalmente existente e constituída de acordo com as leis da Republica Oriental do Uruguai, com sede na cidade de Montevidéu, inscrita no Registro Único de Contribuintes da Direção Geral Impositiva sob nº 21.390782.0012, neste ato representada por seu bastante procurador Sr. MAURO GELHORN, brasileiro, divorciado , empresário, inscrito no CPF/MF sob nº 470.670.719-68, portador da carteira de identidade RG nº.2.050.784-5/SESP-PR, residente e domiciliado na Av. Capitão Souza Franco , 833, Apto 211, bairro Champagnat, Curitiba-PR, CEP: 80730-420. Únicos sócios componentes da sociedade empresária limitada que gira nesta praça sob o nome de BRAZAVILLE PARTICIPAÇÕES LTDA, com sede na Avenida Republica Argentina 183, Apto 2002, Água Verde, Curitiba-PR, CEP: 80240-210, e inscrita no CNPJ/MF sob no 03.467.569/0001-50, registrada na Junta Comercial do Paraná sob nº 412.0470396-8 em 27/11/2001 e ultima alteração contratual registrada sob nº 20053640454 em 03/10/2005; resolvem alterar o contrato social mediante as condições estabelecidas nas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - DA REDUÇÃO DE CAPITAL: Os sócios resolvem reduzir o capital social por reconhecerem que o valor de R$ 3.579.520,00 (três milhões, quinhentos e setenta e nove mil e quinhentos e vinte reais) subscrito e integralizado, é excessivo ao objeto da sociedade, e com esta redução o capital social passa de R$ 3.579.520,00 (três milhões, quinhentos e setenta e nove mil e quinhentos e vinte reais) para R$ 379.520,00 (trezentos e setenta e nove mil, quinhentos e vinte reais), dividido em 379.520 (trezentos e setenta e nove mil, quinhentos e vinte) quotas de capital no valor nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma. CLAUSULA SEGUNDA - NOVA DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL: Em virtude das modificações havidas, o capital social, inteiramente integralizado em moeda nacional, fica assim dividido entre os sócios: SOCIO (%) QUOTAS VALOR Sara Gelhorn 2,86 10.850 10.850,00 Kalister Sociedad Anonima 97,14 368.670 368.670,00 TOTAL 100.00 379.520 379.520,00 CLÁUSULA TERCEIRA – Permanecem inalteradas as demais clausulas vigentes que não colidirem com as disposições do presente instrumento. E por estarem assim, justos e contratados, lavram e assinam a presente alteração em 3 (três) vias, de igual teor e forma, obrigando-se fielmente por si, seus herdeiros e sucessores legais a cumpri-lo em todos os seus termos. Curitiba-PR, 12 de agosto de 2011 SARA GELHORN KALISTER SOCIEDADE ANONIMA (Representado por seu procurador Mauro Gelhorn)

Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem documentos exigidos pelo artigo 1525, incisos I, III e IV; I, III,IV e V do Código Civil Brasileiro em vigência, os contraentes: 01 – RAPHAEL WILLIAM COSTA E DEBORAH CRISTINA REJES RANGEL; 02 – ALDEVANE INOCENCIO LOPES E SILVIA LETICIA DE MOURA; 03 – CARLOS ALBERTO PEIXOTO BAPTISTA E ROMILDA NABUKO ARRAIS YKEDA PEIXOTO BAPTISTA; 04 – CLEVERTON ELIEL BARBOSA DE OLIVEIRA E ALINE CASTRO VIVI; 05 – JEANCARLO LAZZAROTTO E AMANNDA DIAS DA SILVA; 06 – LUIS FERNANDO DE CARVALHO SANTOS E VANESSA ALVES BALTAZAR; 07 – FERNANDO SECO CARRARI E FABIANE FATIMA RUMOR; 08 – ANDERSON CONINK E ELENICE NUNES DA SILVA. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 30 DE AGOSTO de 2011 SEGUNDA ALTERAÇÃO CONTRATUAL DA SOCIEDADE: MONIQUE EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES SOCIEDADE LTDA CNPJ/MF Nº: 06.923.020/0001-10 NIRE: 4120529390-9 Os abaixo identificados e qualificados: 1) ICEK GELHORN, brasileiro, casado sob o regime de comunhão universal de bens, empresário, inscrito no CPF/MF sob no 591.676.968-72, portador da carteira de identidade RG nº. 4.626.113 SSP-SP, residente e domiciliado na Av. Visconde de Guarapuava, 4495, Apto 1701, Batel, Curitiba-PR, CEP: 80240-010. 2) MAURO GELHORN, brasileiro, divorciado, empresário, inscrito no CPF/MF sob no 470.670.719-68, portador da carteira de identidade RG nº. 2.050.784-5 SSP-PR, residente e domiciliado na Av. Capitão Souza Franco, 833, Apto 211, Batel, Curitiba-PR, CEP: 80730-420. Únicos sócios componentes da sociedade empresária limitada que gira nesta praça sob o nome de MUNIQUE EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES SOCIEDADE LTDA, com sede na Rua Itacolomi, 292, Portão, Curitiba-PR, CEP 81070-150, e inscrita no CNPJ/MF sob no 06.923.020/0001-10, registrada na Junta Comercial do Paraná sob nº 412.0529390-9 em 11/08/2004 e última alteração contratual registrada sob nº. 20053409787 em 06/09/2005; resolvem alterar o contrato social mediante as condições estabelecidas nas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA: - DA REDUÇÃO DE CAPITAL: Os sócios resolvem reduzir o capital social por reconhecerem que o valor de R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais) subscrito e integralizado, é excessivo ao objeto da sociedade, e com esta redução o capital social passa de R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais) para R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), dividido em 1.000.000 (um milhão) de quotas de capital no valor nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma. § 1.º- FORMA E PRAZO: A redução do capital social acima previsto e consolidado no valor de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais), é neste ato inteiramente devolvido aos sócios que o subscreveram e integralizaram, em moeda corrente do país, proporcionalmente a participação no capital da sociedade na época da subscrição e integralização. § 2.º- NOVA DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL: Em virtude das modificações havidas, o capital social, inteiramente integralizado em moeda nacional, fica assim dividido entre os sócios: SOCIO (%) QUOTAS VALOR ICEK GELHORN 50,00 500.000 500.000,00 MAURO GELHORN 50,00 500.000 500.000,00 TOTAL 100.00 1.000.000 1.000.000,00 CLÁUSULA SEGUNDA – Permanecem inalteradas as demais clausulas vigentes que não colidirem com as disposições do presente instrumento. E por estarem assim, justos e contratados, lavram e assinam, a presente, em 3 (três) vias de igual teor e forma, obrigando-se fielmente por si, seus herdeiros e sucessores legais a cumpri-lo em todos os seus termos. Curitiba-PR, 12 de agosto de 2011 ICEK GELHORN MAURO GELHORN

RECONHECIMENTO

Junior Durski é eleito chef do ano pela revista Veja Faturou também 4 dos 5 prêmios que concorreu Melhor Carne, melhor Carta de Vinhos, melhor Restaurante Variado e Chef do Ano. Esses foram os 4 títulos que Junior Durski faturou na última quinta-feira, 25 de agosto, na festa de premiação da Veja Comer & Beber Curitiba. O Madero ganhou pela 4ª vez consecutiva na categoria Carne e mostrou definitivamente ao público curitibano ao que veio: ser referência no segmento. O Restaurante Durski, repaginado recentemente e com novo menu, é tricampeão na categoria Variados – além de ganhar com a Melhor Carta de Vinhos da Cidade, título que também dá ao restaurante o bicampeonato na categoria. O chef Junior Durski recebeu os prêmios dos restaurantes Madero e Durski ao lado de sua esposa e decoradora dos restaurantes, Kethlen Ribas Durski, e de suas filhas Laysa e Maysa Durski.

Banco ABC Brasil abre inscrições para o programa de trainee 2012

O Banco ABC Brasil (BOVESPA: ABCB4) está com as inscrições abertas até o dia 15 de setembro para o Programa de Trainee 2012. Os candidatos devem ser formados ou estar com a formação concluída entre dezembro de 2009 e dezembro de 2011 nos cursos de graduação em Administração de Empresas, Ciências Econômicas ou Engenharia. Também é necessário nível avançado do idioma inglês e conhecimento do pacote Office.O foco do Programa de Trainee 2012 é a preparação de profissionais para as mais diversas áreas do banco: Comercial, Produtos, Trading, entre outras. A busca é por jovens talentos que tenham habilidade de comunicação e relacionamento, criatividade e perfil empreendedor para integrar a equipe.

Hamilton Picolotti é reeleito presidente da Confenar

A Confenar, Confederação Nacional das Revendas Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição, acaba de reeleger Hamilton Picolotti para a presidência da entidade. O empresário, que acaba de assumir seu segundo mandato na presidência da Confederação, ocupará o cargo até 2013. Desde 2009 à frente da entidade, Hamilton acumulou diversas conquistas como a implantação do projeto de internacionalização. Com previsão de término até 2012, a Confenar já participou da reunião de planejamento da National Beer Wholesalers Association (NBWA), uma das principais associações do mercado de bebidas dos Estados Unidos, para debater sobre as principais regulamentações do setor norte-americano.

Construtoras realizam controle tecnológico do concreto no canteiro de obras

Tornar os empreendimentos mais eficientes e resistentes. Para alcançar este objetivo, construtoras e incorporadoras de Curitiba estão redobrando os cuidados com a execução do projeto estrutural das edificações e realizando o controle tecnológico do concreto no próprio canteiro de obras. Este é o caso da Swell Construções e Incorporações, que trabalha em parceria com um laboratório especializado para a realização dos testes.A ação vai ao encontro da Norma Brasileira para a Qualificação de Pessoal de Controle Tecnológico do Concreto (ABNT NBR 15.146-1), em vigor desde o dia 13 de abril deste ano, que melhorou a especificação das atividades e requisitos dos profissionais responsáveis pela avaliação, nas categorias de tecnologista/inspetor, laboratorista e auxiliar.

Eric Lieb lidera Interactive Intelligence do Brasil

A Interactive Intelligence, fornecedora de soluções de comunicações unificadas IP, anuncia a contratação de Eric Lieb como seu country manager. Lieb conta com mais de 17 anos de experiência no mercado. Segundo Raul Rincon, diretor de vendas para a América Latina da empresa, a contratação de Lieb consolida a estratégia da corporação de, em 2011, aumentar sua presença no mercado brasileiro de Call Centers. “Profissional reconhecido em todo o setor, Eric Lieb irá liderar o ecossistema Interactive Intelligence no Brasil, ajudando o cliente a conquistar resultados de negócios por meio da soma da tecnologia InIn aos serviços consultivos oferecidos por nossos parceiros”. A plataforma Interactive Intelligence automatiza todas as funções do Contact Center, do controle das horas trabalhadas pelo atendente às vendas realizadas por hora e por linha de produtos. Esta oferta contempla todas as frentes da interatividade entre o Call Center e o cliente final, de chamadas telefônicas à mídia social.

Galvão Vendas reúne 700 convidados em festa do Dia do Corretor de Imóveis

A Galvão Vendas realiza nesta sexta-feira (26), a partir das 20 horas, no Jockey Club do Paraná, coquetel para celebrar o Dia do Corretor de Imóveis, comemorado oficialmente em 27 de agosto. A festa terá cardápio estilo finger food, ambientes diferenciados, como lounges, e a participação da banda Tático Móvel. O evento vai reunir mais de 700 convidados, ente funcionários e parceiros da imobiliária, e terá o patrocínio das empresas Monarca, Stuhlberger, Brookfield, Rossi, Dellano, Imóvel Magazine e Gazeta do Povo.

Vortex Hydra do Brasil estima crescer em 50% o volume de vendas

Pela segunda vez, o chef e restaurateur ganhou o maior prêmio da noite

Mercatu contrata invente comunicação para criar site A Invente Comunicação desenvolve site para a Mercatu Pizzaria que há 10 anos atendendo com quatro lojas em Curitiba, sendo distribuídas nos bairros Rebouças, Mercês, Juvevê e Água Verde possuindo um ambiente aconchegante para melhor atender seus clientes. No site criado pela Invente Comunicação é possível saber sobre a história da Mercatu, co-

Empresas & Produtos

nhecer os quatro restaurantes, fotos, cardápio de pizzas tanto tradicionais, como especiais e doces. Também incluiu a redes sociais com twitter http:// twitter.com/#!/mercatu e facebook http://pt-br.facebook. com/Mercatu para manter contato, acompanhar as últimas atualizações nas redes sociais e promoções. Sem contar com a loja on-line onde se visualiza exatamente

como sua pizza irá ficar, por sabores, tamanhos e valores, efetuando o início da compra do início ao fim. A Invente Comunicação criou o layout para destacar o produto de uma pizzaria tradicional de Curitiba, com tons quentes em vermelho vinho e tons em preto. Invente Comunicação convida você para conferir seu trabalho com a Mercatu Pizzaria

A Vortex Hydra do Brasil fará um lançamento mundial na Concrete Show, maior evento de tecnologia de concreto da América Latina, que acontece entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro, no Centro de Exposições Imigrantes.O lançamento da Vortex Hydra, líder mundial em máquinas para produção de telhas de concreto coloridas, foi desenvolvido para atender a crescente e rápida demanda do mercado brasileiro. A linha Uno Evoluzione traz uma tecnologia inovadora que permitirá ao produtor aumentar a capacidade produtiva de sua indústria apenas trocando algumas peças da máquina. É possível ampliar a produção de quatro mil telhas em oito horas para oito ou 16mil telhas gastando o mesmo tempo e apenas fazendo um upgrade no equipamento.A Vortex Hydra do Brasil faturou R$ 4 milhões no primeiro ano de atuação no Brasil e estima que os negócios gerados na feira somados aos diferenciais inovadores da Linha Uno Evoluzione contribuam para um crescimento de volume de vendas de 50% em 2012.

20ª edição da Mercopar tem forte presença de empresas paulistas

De 18 a 21 de outubro, o Centro de Feiras e Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul - RS, receberá a 20ª edição da Mercopar - Feira de Subcontratação e Inovação Industrial, evento promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (Sebrae/RS) e pela Hannover Fairs Sulamerica, empresa do Grupo Deutsche Messe AG.“Ao longo desses 20 anos, a Mercopar se consolidou como importante plataforma de negócios no Sul do Brasil para empresas de todo o País. Nesta edição, a feira será, mais uma vez, o ponto de encontro de empresários e executivos do setor de máquinas-ferramenta e equipamentos industriais que buscam consolidar e expandir mercados neste polo representativo do setor metalmecânico nacional”, conta Constantino Bäumle, diretor da Hannover Fairs Sulamerica.


CNJ recomenda fim de prisão de advogados públicos O Conselho Nacional de Justiça recomendou nesta terçafeira (30/8) que juízes parem de decretar a prisão e de ameaçar prender advogados públicos federais e estaduais para forçar que sejam cumpridas ações judiciais dirigidas a prefeitos, secretários, governadores. A recomendação foi feita durante julgamento de Pedido de Providências, na sessão ordinária do CNJ. Quem defendeu o fim da prisão a União dos Advogados Públicos Federais do Brasil (Unafe) apoiada pela Ordem dos Advogados do Brasil. Na sustentação oral, o secretário-geral do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinícius Furtado Coêlho (na foto acima), disse que deve ser cumprida a inviolabilidade profissional do advogado, prevista no artigo 133 da Constituição Federal. A prisão dos advogados públicos é vista como uma forma de coerção do Judiciário em relação ao governo. Em entrevista à ConJur em julho deste ano, o presidente da União dos Advogados Públicos Federais do Brasil (Unafe), Luiz Carlos Palacios, afirmou que a medida é ilegal. Ele lembrou que o não cumprimento de determinação judicial é crime de desobediência, que é de menor potencial ofensivo. “Por crime de menor potencial ofensivo, ninguém vai preso”, declarou. Segundo Palacios, é preciso diferenciar a instituição pública do advogado que a representa.

Cobradora de ônibus deve receber R$ 50 mil por assaltos A Empresa Cascavel de Transportes e Turismo (Eucatur) deve pagar indenização de R$ 50 mil para uma cobradora de ônibus que foi assaltada oito vezes durante o período de trabalho. A decisão é da 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, que negou provimento a Agravo de Instrumento impetrado pela empresa. Foi mantida, por unanimidade, a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região, no Amazonas. Na petição inicial, a cobradora alegou que, por determinação da empresa, cumpria jornada de trabalho das 14h até 1h30. Nesse período, contou, o ônibus em que trabalhava foi assaltado oito vezes, algumas delas com “muita violência”. Ela chegou a pedir a transferência de horário para seus superiores, pois afirmou que não tinha mais condições psicológicas de trabalhar no horário da madrugada. Pediu indenização de R$ 256 mil por danos morais. A 13ª Vara do Trabalho de Manaus fixou a indenização em R$ 50 mil, ao ler em laudo médico que a cobradora, depois dos assaltos, desenvolveu um quadro de estresse pós-traumático. Ela teve sequelas, com alterações de personalidade, retraimento social, hipervigilância e distúrbios de sono.

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | A8

Aprovação com veto

Dilma sanciona lei de correção da tabela do IR Lei reajusta em 4,5% ao ano os valores da tabela do IRPF até 2014 A presidente Dilma Rousseff sancionou com veto o Projeto de Lei de Conversão da Medida Provisória 528, que trata da correção da tabela do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Foi vetado o dispositivo que permitia a dedução, no Imposto de Renda, de valores relativos a planos de saúde privados pagos aos empregados domésticos. Publicada na edição desta segunda-feira (29/08), do Diário Oficial da União, a nova lei reajusta em 4,5% ao ano os valores da tabela do IRPF até 2014. Com isso, a faixa de rendimentos mensais isenta do imposto passou, este ano, de R$ 1.499,15 para R$ 1.566,61. Em 2014, estarão isentas as pessoas com rendimentos mensais de até R$ 1.787,77. A justificativa ao veto do dispositivo que permitia aos empregadores deduzir valores referentes a planos de saúde pagos aos empregados domésticos é que a proposta de dedução distorce o

princípio da capacidade contributiva. A justificativa diz ainda que entidades representativas da categoria profissional questionam o efetivo benefício da proposta aos empregados domésticos. “Ao permitir que sejam deduzi-

dos da base de cálculo do Imposto de Renda da pessoa física o valor das despesas com plano de saúde pago pelo empregador doméstico em favor do empregado, a lei estará criando exceção à regra de que a dedução se aplica ao contribuinte

e aos seus dependentes, visto que este é o núcleo familiar suportado pela renda produzida. Alcançando despesas com terceiros, a dedução passaria a constituir-se em benefício fiscal”, diz o texto com a exposição de motivos para o veto.

Recursos do TRF-4 tramitam quase 80% mais rápido Em 2011, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, uma apelação cível eletrônica tramita 77,2% mais rápido do que uma em papel. O tempo médio caiu de 272 dias para 62 dias. Já nos mandados de segurança, a queda no tempo de tramitação chega a 55,4% (83 dias para o processo físico e 37 para o eletrônico). Nos agravos de instrumento, a redução é de 43,7% (de 96 para 54 dias). A diminuição no consumo de papel também revela a economia de recursos públicos e o potencial

ecológico do processo eletrônico: em 2009, foram gastos seis milhões de folhas de papel. Em 2010, esse número caiu para 4,5 milhões e, até agora em 2011, o consumo foi de dois milhões. Na Justiça Federal da 4ª Região, o processo eletrônico já é uma realidade consolidada. Até julho deste ano, mais de 385 mil processos virtuais já foram protocolados nas varas federais existentes nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná. Além disso, outras

650 mil ações eletrônicas foram distribuídas nos Juizados Especiais Federais da região, entre janeiro de 2010 e julho de 2011. Esses números revelam o ingresso de mais de um milhão de ações virtuais no período. O processo eletrônico judicial nas varas comuns começou a ser implantado em outubro de 2009, com um piloto desenvolvido na Justiça Federal de Rio Grande (RS). Iniciava-se naquele momento uma verdadeira revolução no Judiciário Federal

da Região Sul, que começaria, gradativamente, a abandonar o papel, tradicional suporte das discussões e decisões judiciais. Nos Juizados, o suporte virtual já é utilizado desde 2003. Em fevereiro de 2010, o eProc v2 (desenvolvido a partir do sistema v1, dos Juizados), estava implantado em todas as varas federais comuns da 4ª Região. A partir de então, qualquer ação protocolada já nascia totalmente virtual, desde seu cadastramento e envio da petição inicial.

“Estado deve responder por benefício ilegal de ICMS” Se as empresas que utilizaram benefícios fiscais concedidos pelos estados tiverem de recolher o ICMS não pago em decorrência da última posição do Supremo Tribunal Federal sobre o tema, o poder público é quem terá de arcar com os prejuízos. A tese, baseada no artigo 37 da Constituição Federal, foi defendida em congresso internacional sobre Direito Tributário organizado neste mês em Belo Horizonte. Segundo a tributarista Mary Elbe Queiroz,

presidente do Instituto Pernambucano de Estudos Tributários, os contribuintes apenas seguiram as leis estaduais e não podem ser punidos por isso. A celeuma que provoca o clima de acerto de contas começou quando o STF julgou inconstitucionais, em junho, leis e decretos de 14 estados que concediam vantagens aos contribuintes no recolhimento do ICMS. Com as medidas, cada estado tentou atrair ao seu território empresas que

pudessem aumentar a arrecadação e movimentar a economia local. Porém, para o Supremo, a guerra fiscal viola a Constituição ao não submeter ao Conselho Nacional de Política Fazendária as normas que reduzem alíquotas e bases de cálculo ou concedem subvenções a quem recolhe o imposto no estado. A regra prevista na Lei Complementar 24/1975 e no artigo 155 da Constituição é que qualquer benefício seja aprovado por unanimidade no órgão, que

reúne representantes dos fiscos estaduais de todo o país. O STF julgou inconstitucionais, por unanimidade, 23 normas estaduais. São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Pará tiveram leis derrubadas. Segundo o presidente do tribunal, ministro Cezar Peluso, os membros do STF podem agora decidir liminarmente outros casos que aguardam julgamento sobre o mesmo tema.

Limite penal

Cresce o número de decisões que aplicam bagatela Mesmo sem previsão legal, o princípio da insignificância vem se tornando instrumento importante na consolidação da aplicação do direito penal no Supremo Tribunal Federal. Enquanto em 2004 o único pedido de insignificância pelo réu foi negado pela corte, em 2009 o número de solicitações saltou para 38 e o de concessões ficou em 22. O maior crescimento

do número de pedidos se deu a partir de 2008. O número pulou de 6, em 2007, para 24, no ano seguinte — dos quais 8 foram rejeitados e 16 reconhecidos. Os dados mostram que, à medida que houve aumento na quantidade de casos de insignificância que chegaram ao Supremo, também ocorreu aumento na quantidade de pedidos aceitos pelos ministros. A pesquisa analisou todos os pedidos de insignificância feitos de 1º de janeiro de 2005 e 31 de dezembro de 2009, sempre de acordo com os acórdãos publicados na íntegra no site do STF. O objetivo do trabalho é mostrar como novas interpretações para crimes contra o patrimônio e contra a administração pública

pavimentaram mudanças no entendimento do STF para crimes penais de pouco valor. Os autores apontam a Lei 11.033/04, que alterou o artigo 20 da Lei 10.522/02, a Lei de Execuções Fiscais. Desde dezembro

de 2004, está determinado que o Fisco ignore atos de execução fiscal inferiores a R$ 10 mil. Assim, o STF passou a entender que certas faixas de valor não precisam ser levadas a julgamento, muito menos à prisão ou execução penal.

Habeas Corpus

Bottini também ressalta a importância do Habeas Corpus no princípio da insignificância. Dos 75 casos de insignificância apurados nos cinco anos abarcados pela pesquisa, 65 foram feitos por meio de HC, dos quais 43 foram aceitos. Os outros dez ficaram distribuídos entre Agravo Regimental, Recurso Extraordinário e Recurso em Habeas Corpus. Desses, sete foram aceitos. Para o professor, isso só reforça a importância do HC para levar o princípio da insignificância ao Supremo. “A ideia é mostrar como o Habeas Corpus corrige algumas injustiças não só em relação a quem está preso”, diz o professor, citando críticas a este recurso, que só seria aplicável a pessoas presas.

Política criminal

Outro objetivo do estudo, talvez o principal, seja o de mostrar uma possibilidade de desenvolvimento da política criminal brasileira. “É limitar o direito penal ao que é indispensável; tirar da prisão pessoas que não são socialmente perigosas e reservar [a prisão] para situações inevitáveis. Na verdade, é o direito penal que está descrito na Constituição Federal”, explica Pierpaolo Bottini.

Mesmo sem culpa, bancos indenizam vítimas de fraudes A 2ª Seção do Superior Tribunal de Justiça determinou que instituições financeiras devem responder de forma objetiva — ou seja, independentemente de culpa — no caso de fraudes cometidas por terceiros, indenizando as vítimas prejudicadas por fatos como abertura de contas ou obtenção de empréstimos mediante o uso de identificação falsa. A decisão foi dada em dois processos semelhantes envolvendo o Banco do Brasil e segue a sistemática dos recursos repetitivos, que está prevista no artigo 543-C do Código de Processo Civil e determina que as decisões tomadas nesse regime orientem a solução de processos que abordam a mesma questão jurídica. No primeiro caso, o estelionatário usou a certidão de nascimento de outra pessoa para tirar carteira de identidade em nome dela. Com esse documento, materialmente autêntico, mas ideologicamente falso, o estelionatário abriu conta bancária e emitiu vários cheques sem fundos. O nome da vítima foi negativado em serviços de restrição ao crédito, o que a levou a pedir indenização por danos morais. A Justiça determinou a retirada do seu nome dos serviços de restrição e a declaração de inexistência da dívida, mas a indenização foi negada, pois se entendeu que o alto nível da fraude impossibilitava o banco de impedi-la.

Ação sobre greve de advogados públicos será arquivada O ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, decidiu arquivar a Reclamação proposta pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em defesa da greve de advogados públicos que buscavam reajuste de vencimentos. Essa reclamação chegou ao STF em janeiro de 2008. Ela questionou decisão da 16ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal, que havia julgado ilegal a greve de advogados públicos federais, uma vez que esses profissionais exercem atividades essenciais ao funcionamento do Estado. Para a OAB, a 16ª Vara ofendeu decisão do Supremo que, ao julgar os Mandados de Injunção (MIs) 670, 708 e 712, declarou que a regulamentação do direito de greve aplica-se não só às partes envolvidas nessas ações, mas, por sua natureza, também a todo serviço público. A OAB ressaltou ser indiscutível que “o exercício do direito fundamental à greve no serviço público civil tornou-se viável mediante a aplicação analógica do disposto na Lei 7.783/89. Em fevereiro de 2008, o ministro Lewandowski indeferiu o pedido de liminar. Agora, o ministro decidiu arquivar a ação por entender que não há, neste caso, competência do Supremo a ser preservada. De acordo com decisão de Lewandowski, ao estabelecer a aplicação da Lei 7.783/89 relativamente ao exercício do direito de greve dos servidores públicos civis, o Supremo não cogitou, em nenhum momento, da aplicação integral desse ato normativo e nem afastou a necessidade de continuidade da prestação dos serviços públicos. O ministro destacou ainda, em sua decisão, trecho do voto do relator do MI 712, ministro Eros Grau (aposentado), segundo o qual seriam necessárias algumas alterações para atender às peculiaridades da greve nos serviços públicos. Uma delas era paralisar o trabalho apenas parcialmente, mantendo equipes de servidores em atividade para assegurar a regular continuidade da prestação do serviço público.


Economia Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | B1 | Indústria&Comércio

empresas

Inadimplência têm menor elevação em quatro anos Situação é determinada pela política monetária restritiva, diz Serasa A inadimplência das pessoas jurídicas cresceu 4,5% em julho, na comparação com junho último, conforme revela o Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas, divulgado nesta terça-feira (30/08). Foi a menor evolução mensal verificada pera um mês de julho desde 2007. Já nas variações anual e acumulada, a inadimplência dos negócios apresentou elevação. Na relação de julho de 2011 sobre julho de 2010, a alta foi de 16,1%. Na comparação entre os acumulados de janeiro a julho de 2011 e 2010, por sua vez, o crescimento foi de 13,6%. Para os economistas da Serasa Experian, a inadimplência das empresas vem sendo determinada pela política monetária

restritiva, baseada na elevação dos juros para controle da inflação. No caso das empresas, os aspectos mais danosos são o encarecimento do capital de giro e a desaceleração gradual da atividade econômica. Além disso, o crescimento de 4,5% na inadimplência das empresas em julho, na comparação com junho, também é justificado pela menor base de comparação, pois no sexto mês o indicador registrou uma queda de 4,2%, na base mensal. O fato de que todos os componentes do indicador tenham apresentado crescimento, com exceção das dívidas bancárias, reafirma que as empresas possuem dificuldades pontuais, sobretudo com o custo financeiro. De qualquer forma, a evolução

da inadimplência dos negócios em julho é a menor em quatro anos, o que mostra que está sob controle. De janeiro a julho, o valor médio das dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e água), foi de R$ 736,26, o que representou uma elevação de 0,3%, na comparação com igual período do ano anterior. Quanto às dívidas com bancos, o valor médio verificado de janeiro a julho foi de R$ 5.059,40, com alta de 6,9% ante o mesmo acumulado de 2010. Os títulos protestados, por sua vez, registraram nos sete primeiros meses de 2011 um valor médio de R$ 1.752,53,

ocasionando um crescimento de 7,7%, quando comparado com o período de janeiro a julho do ano anterior. Por fim, os cheques sem fundos tiveram, de janeiro a julho, um valor médio de R$ 2.069,58, representando um aumento de 2,2% sobre igual acumulado de 2010.

METODOLOGIA

O Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas, por analisar eventos ocorridos em todo o Brasil, reflete o comportamento da inadimplência em âmbito nacional. O indicador considera as variações registradas no número de cheques sem fundos, títulos protestados e dívidas vencidas com instituições financeiras.

expectativa Após deflação, índice que reajusta aluguel Safra de cana 2011/2012 deve ser fica em 0,44% inferior à passada, estima Conab em agosto

Valter Campanato/ABr

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou variação de 0,44% em agosto deste ano, ante taxa de -0,12% em julho, de acordo com apuração divulgada nesta terça-feira (30/08) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice é usado para reajustar contratos de aluguéis. Em 12 meses, o IGP-M variou 8% e, no acumulado do ano, 3,48%. O IGP-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência. Um dos componentes do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) teve variação de 0,57% no mês. Em julho, a taxa foi -0,22%. O índice relativo aos bens finais ficou em 1,11% em agosto, ante 0,02%. Neste caso, a principal contribuição partiu do subgrupo alimentos processados, cuja taxa passou de -0,51% para 3,77%. Quando se excluem os subgrupos alimentos in natura e combustíveis, o índice de bens finais registra variação de 1,37% em agosto, contra 0,02% em julho. O grupo bens intermediários teve deflação de 0,62%, enquanto em julho houve alta de 0,16%. O destaque ficou com o subgrupo materiais e componentes para a manufatura, cujo índice caiu de 0,07% para -1,17%. Se for excluído o subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, a taxa do grupo variou -0,70%, ante 0,23%, em julho. O índice de matérias-primas brutas aumentou de -1%, em julho, para 1,51%, em agosto. Os principais responsáveis pelo acréscimo foram os itens soja em grão (de -1,05% para 2,07%), aves (de 2,39% para 9,09%) e suínos (de -3,93% para 19,33%). Já as maiores reduções foram apresentadas pelo milho em grão (de -0,48% para -1,85%), trigo em grão (de 0,81% para -2,47%) e leite in natura (de 1,12% para 0,91%). Outro componente do IGP-M, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,21% em agosto, ante -0,13% em julho. Três das sete classes de despesa registraram acréscimo na taxa, com destaque para alimentação (de -0,99% para 0,31%). CMYK

Deverão ser moídos 588,9 milhões de toneladas, ante os 623,9 milhões de toneladas na safra passada

A safra de cana-de-açúcar 2011/2012 deve ser 5,6% menor do que a anterior. Deverão ser moídos 588,9 milhões de toneladas, ante os 623,9 milhões de toneladas na safra passada. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (30/08) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ligada ao Ministério da Agricultura. De acordo com a Conab, a queda na produção está relacionada à seca registrada no ano passado, à falta de chuva em maio deste ano e à geada registrada nos estados de São Paulo, Mato Grosso e do Paraná, além da falta de renovação dos canaviais. Do total da safra a ser pro-

cessada, 51,05% irão para a fabricação de mais de 23,6 bilhões de litros de etanol, sendo 14,5 bilhões para o tipo hidratado e 9,1 bilhões, de anidro. O restante servirá para a produção de 37,06 milhões de toneladas de açúcar, montante 2,88% inferior ao da safra passada. A área para a plantação de cana-de-açúcar cresceu 4,7% e deve chegar a 8,43 milhões de hectares. O estado de São Paulo tem a maior porção, com 4,43 milhões de hectares, que correspondem a 52,6% da área total. Depois aparecem Minas Gerais, Goiás, o Paraná, Mato Grosso do Sul, Alagoas e Pernambuco. O governo anunciou na segunda-feira (29/08) a redução

de 25% para 20% do percentual de álcool anidro misturado à gasolina. A medida começa a valer em 1º de outubro. De acordo com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, a diminuição visa a evitar desabastecimento no mercado por causa da atual safra da cana e da incerteza sobre os ciclos futuros. “Temos que garantir o abastecimento olhando para este ano e para o próximo. Verificamos que a safra do próximo ano também não será muito melhor do que a atual, então temos que tomar providências desde logo para garantir o presente e o futuro. Essa é uma medida de precaução, uma segurança a mais”, disse o ministro.

Estudo da Cepal prevê aumento do superávit comercial na América Latina e no Caribe Relatório divulgado nesta terça-feira (30/08) pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) estima que o valor das exportações dos produtos dessas regiões aumentará em 27% até o fim do ano. Além disso, o valor das importações pode aumentar 23%, o que corresponde a um superávit comercial de pouco mais de US$ 80 bilhões no período. O estudo, intitulado Panorama da Inserção Internacional da América Latina e do Caribe 2010-2011, aponta que a expansão é proveniente do crescimento de 9% no volume exportado e de 18% nos preços dos produtos exportados pela região. “O in-

tercâmbio Sul-Sul, encabeçado pela China e pelo resto da Ásia emergente, é atualmente o principal motor do crescimento do comércio mundial, já que o volume das exportações dos países em desenvolvimento cresceu 17% em 2010, comparado com 13% (de crescimento no volume das exportações) dos países industrializados”. O levantamento da Cepal alerta, no entanto, para o reflexo que a “desaceleração econômica dos países industrializados” poderá ter no comércio das nações emergentes nos próximos meses. O estudo indica que há a possibilidade de que esse fenômeno (do menor crescimento

dos países desenvolvidos) seja atenuado, para os países latinoamericanos e o Caribe, com o tipo de produto exportado e de mercados compradores. De acordo com a pesquisa, para tentar driblar os efeitos da crise econômica, a região latino-americana e caribenha enfrenta a atual conjuntura desfavorável com importantes ativos e apresenta “crescimento robusto entre 2003 e 2008, forte recuperação em 2010 e um ritmo de crescimento importante em 2011, situação fiscal equilibrada, baixos níveis de inflação e de endividamento, além de reduções na taxa de desemprego e na pobreza”.

Prazo para pessoa física optar pelo Refis da Crise acaba hoje As pessoas físicas que optaram pelo Refis da Crise, programa de renegociação especial de dívidas com a União, têm prazo até esta quarta-feira (31/08) para realizar a consolidação dos débitos, informou nesta terça-feira (30/08) a Receita Federal. É a segunda vez que a Receita e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional abrem o prazo. O primeiro foi entre os dias 2 e 25 de maio, quando 103 mil optantes fizeram a consolidação, totalizando R$ 8,7 bilhões. No prazo que se encerra nesta quarta (de 10 a 31 de agosto), estima-se que 137 mil façam a opção, embora o último balanço indique que apenas 41,1% tenham negociado os valores. No segundo grupo, a dívida

consolidada pode chegar a R$ 4,7 bilhões. Para fazer a negociação, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal ou da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e indicar os débitos para consolidação. Segundo a Receita, todos os integrantes desse grupo de pessoas físicas foram notificados por carta sobre a reabertura do prazo. De acordo com a Receita, o prazo para as pessoas jurídicas terminou no dia 29 de julho O programa ficou conhecido como Refis da Crise porque foi criado pelo governo durante as turbulências provocadas na economia brasileira, em 2008, após séria crise de credibilidade que atingiu o mercado financeiro internacional.

Para ex-ministro, governo acerta com anúncio de contenção Ex-ministro do Planejamento entre 1969 e 1979, o economista e fundador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), João Paulo dos Reis Velloso (na foto ao lado), considerou acertadas as medidas anunciadas na segunda-feira (29/08) pelo governo federal, visando a aumentar em R$ 10 bilhões a economia do governo este ano, por meio da ampliação do superávit primário. “O Estado brasileiro gasta demais com os Três Poderes. Por isso, cobra demais (do contribuinte) e se endivida demais. Portanto, a presidenta Dilma Rousseff acertou porque, com elas (as medidas anunciadas na segunda), vamos conter gastos. Fazendo isso, estamos poupando, o que gerará consequências muito significativas para a sociedade, como a diminuição da táxa básica de juros e a valorização do dólar. Isso ajudará a conter as importações e favorecer nossas exportações”, disse o ex-ministro em palestra comemorativa aos 47 anos do Ipea. A partir desse ponto de vista, Reis Velloso acredita que hoje (31/08), quando a previsão orçamentária do governo federal para 2012 será anunciada, o governo apresentará cortes que beneficiem

Wilson Dias/ABr

a expansão da poupança e a contenção dos gastos de custeio, “que são correntes e aida estão muito elevados”. No entanto, adverte, o governo precisa estimular a inovação. “Vivemos um momento de grandes oportunidades para o país, mas, para aproveitarmos isso, precisamos criar condições para que a capacidade de inovação seja universalizada. Isso só é possível com a participação de universidades, empresas e, também, da sociedade. Metade do PIB (Produto Interno Bruto) dos países desenvolvidos está diretamente relacionada à inovação e à geração e uso do conhecimento”, argumentou. Para ele, o governo acerta ao defender que os recursos do pré-sal sejam usados como ferramenta para o desenvolvimento econômico e social.

“Brasil precisa fortalecer indústria para enfrentar crise” O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, disse nesta terça-feira (30/08), no Senado, que o Brasil tem as melhores condições no mundo para superar a atual crise econômica internacional. O ministro ponderou, no entanto, que o país precisa fortalecer a indústria nacional para enfrentar a disputa “predatória” com os produtos estrangeiros. “Há uma crise internacional, mas não haverá outro país que melhor poderá sair dela do que o nosso. Não faço essa avaliação com otimismo exagerado, mas pela simples analise dos dados que temos”, destacou. Segundo o ministro, essa condição brasileira para superar os efeitos da crise decorre do sucesso da aplicação da política fiscal. “Somos um dos poucos países do G20 com déficit nominal abaixo de 2% (do Produto Interno

Bruto). Há cinco ou seis países do mundo que têm esse emblema para mostrar”, destacou. “Temos responsabilidade fiscal acima da média dos outros países”, completou Pimentel. Para aumentar a competitividade e a produtividade da indústria nacional, Pimentel disse que o governo pretende atuar, dentro das ações do Plano Brasil Maior, em três pontos principais: inovação – aumentando a participação da ciência e tecnologia na produção –; tratamento adequado à produção local e, por último, com uma política de defesa comercial. “Estamos preparados, mas estar preparado não significa que a solução está dada. Vamos ter que buscar solução para os desafios que estão colocados. Toda a solução econômica passa por uma instância política e uma negociação política”, argumentou o ministro.


Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | B3

LIVRO DE PARANAGUÁ Na reunião de secretariado desta segunda-feira (29), o renomado fotógrafo e jornalista Ivan Bueno, que está fazendo um livro fotográfico sobre a cidade de Paranaguá, mostrou algumas das fotos aéreas que foram tiradas para o livro que também irá contar com fotos do Centro Histórico e de diversos outros pontos turísticos e belezas da cidade. Ivan falou que é sempre um prazer tirar fotos de lugares bonitos como Paranaguá e que espera em breve retornar à cidade para o lançamento do livro.

CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES

A secretária de educação Elvira do Rocio Bezerra Geraldo, falou sobre o curso de Gestão Escolar que começa amanhã (30) na Biblioteca Municipal, com objetivo de qualificar cerca de 120 professores. O curso é semi-presencial e tem a duração de 120 horas, sendo 60 presenciais e 60 à distância, graças a uma parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR – Litoral). Cada módulo tem o acompanhamento de um professor da instituição de ensino superior. A secretária lembrou também que este curso é pré-requisito para quem desejar ser diretor escolar.

DIVULGANDO PARANAGUÁ

Nos dias 1, 2 e 3 de setembro a turismóloga da Fundação Municipal de Turismo (Fumtur), Dayanny Pires de Oliveira, irá participar do 4.º Encontro das Cidades Históricas e Turísticas em Juazeiro do Norte, no Ceará. O presidente da Fumtur, Luiz Fernando Gaspari de Oliveira, anunciou que durante o encontro ela irá realizar, a pedido do Ministério do Turismo, a apresentação do Plano de Mobilidade do Centro Histórico de Paranaguá. Luiz Fernando lembrou também que em outubro no Rio de Janeiro, acontece a edição 2011 da ABAV, maior feira para operadores e agentes de turismo da América Latina e que Paranaguá irá participar junto ao estande da Secretaria de Estado de Turismo.

PROGRAMAS HABITACIONAIS

A secretária municipal de Urbanismo e Gestão Fundiária, Aline Dias Costa, destacou a entrega simbólica das chaves dos contemplados do Programa Minha Casa Minha Vida, que aconteceu na última sexta-feira (dia 26). A secretária lembrou também que nesta segunda-feira (dia 29) acontece a entrega das chaves para os moradores do residencial Ilha das Palmas e amanhã (30) para os moradores do Ilha do Farol. O prefeito Baka falou também que foram aprovados os 860 terrenos do loteamento José Baka, no bairro Porto Seguro, que será disponibilizado para construção de mais casas populares em Paranaguá e que podem ser feitas parcerias com a Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná). Participou também da reunião o presidente da Associação de Moradores da Vila Becker, Renato Francisco da Silva, que agradeceu a Prefeitura pela doação do terreno para que as casas possam ser efetivamente construídas.

BLITZ E FISCALIZAÇÃO DE CAMINHÕES

O prefeito Baka atentou sobre as blitze e ações educativas que a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos está realizando, através do Demutran, inclusive nos finais de semana nos bairros aonde é proibida a circulação de caminhões carregados. Segundo o diretor do Demutran, Marcos dos Santos Amaral, já foi realizada uma reunião com o presidente das associações dos trabalhadores de carga pesada em Paranaguá e a cada ocorrência a entidade é avisada e vai até o local para orientar o associado. O prefeito lembrou também que a responsabilidade de fiscalização da avenida Ayton Senna é da Policia Rodoviária Federal, porém a secretaria de Meio Ambiente também trabalha na limpeza do local.

CGU EM PARANAGUÁ

Técnicos da Controladoria Geral da União (CGU) chegaram nesta manhã a Paranaguá para uma fiscalização da aplicação de recursos federais nas secretarias municipais de Educação e Assistência. Eles foram recebidos pelo prefeito José Baka Filho durante a reunião de secretariado, na Biblioteca Pública Leôncio Corrêa, que disse que toda a estrutura necessária seria dada para que fossem fornecidas as informações solicitadas pelo órgão. “Nossa equipe está à disposição para prestar qualquer tipo de esclarecimento”, adiantou. Também participa da comitiva o advogado da União Vitor Pierantoni. A equipe vai passar alguns dias em Paranaguá. Segundo a analista de finanças e controle da CGU, Elaine Carvalho, “essa fiscalização é feita por meio de sorteio público e três municípios no Paraná passarão por fiscalização, Paranaguá, Roncador e Araucária”.

CMYK

FRG realiza “Segunda Conferência da Juventude” Participaram do evento cerca de 220 jovens do município Aconteceu na quinta-feira (25), a 2ª Conferência Municipal de Juventude de Fazenda Rio Grande. Aproximadamente 220 jovens fazendenses se reuniram no Ginásio Municipal Marlene Barbosa para discutir políticas públicas de juventude com o tema “Efetivação dos Direitos e Deveres da Juventude”. Vereadores, professores, assistentes sociais, interprete de libras e estudantes também estiveram presente. Nesta oportunidade, o prefeito Chico Santos destacou a importância daquela conferência, já que àquele era o momento dos jovens exporem suas ideias e de criarem políticas para a área da juventude em âmbito municipal, estadual e nacional. Chico Santos ainda destacou os programas de educação, esporte, cultura e lazer existentes no município, ambos direcionados para os jovens fazendenses. Entre os temas debatidos durante o encontro está o Direito ao Desenvolvimento Integral, Direito ao Território, Direito à Experimentação e Qualidade de Vida, Direito à Diversidade e Vida

Barbosa Jr

Paranaguá em Pauta

DEBATE

Além de adolescentes, professores, assistentes sociais, interprete de libras também estiveram presentes.

Segura e Direito à Participação. Nesta ocasião, os representantes do município foram sele-

cionados, após eleição, realizada durante o evento, para participar da etapa estadual, da Conferência

da Juventude que irá acontecer no município de Maringá, onde apresentarão o texto aprovado.

São José dos Pinhais deve investir 27% do orçamento na Saúde em 2012 A Prefeitura de São José dos Pinhais apresentou à população, através de uma audiência pública, a proposta para a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o período de 2012. Do orçamento do próximo ano, cerca de 27% devem ser destinados a investimentos na área da Saúde, quase o dobro do que é exigido pela Constituição. De acordo com a Emenda Constitucional nº 29/2000 a aplicação mínima que o município deve realizar para a área é de 15%. Segundo o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, José Antonio Guazelli, esta é uma característica da gestão atual da Prefeitura de São José dos Pinhais. “A saúde é vista como prioridade absoluta dentro da estimativa de orçamento”, explica Guazelli. A secretária municipal de Saúde, Izabel Coelho, explica deve ser investido cinco vezes mais em medicamentos do que o exigido pela lei. “Isto acontece porque nossos investimentos vão além dos medicamentos do SUS, são medicamentos especiais e outros solicitados pela população que não são ofereci-

Sérgio Sabino

DESTAQUE

Audiência pública apresentada para a população

dos gratuitamente pela tabela de atenção básica”, explica. Izabel completa lembrando que o foco deste investimento é o atendimento à população. Já para a área de educação em São José dos Pinhais, a LOA prevê investimento de 25% do orçamento no ano que vem, também dentro do que estabelece e Constituição. Mesmo com um investimento maciço nas áreas de saúde e de educação, para o secretário de Planejamento, o orçamento da Prefeitura de São José dos Pinhais é contido. “A visão que esta gestão tem é a de um orçamento

enxuto e aplicado com prioridade, para termos capacidade de captar mais recursos e receber financiamentos, como por exemplo, do BNDES”. Guazelli ressalta ainda a importância do investimento em programas de resgate social, como o Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), que deve receber R$ 8 milhões em 2012. De acordo com Guazelli, a cada início de exercício anual é feita uma previsão do orçamento, e a LOA já está prevista pelo Planejamento para os quatro anos da gestão. “O orçamento

parece ser um assunto um tanto complicado. Em audiências públicas, tentamos apresentá-lo da maneira mais simples”, esclarece o secretário. Segundo o secretário municipal de Finanças, Álvaro Zukowski, cuja pasta é responsável pela estimativa de receita, a previsão total de receita para 2012 (R$ 614,9 milhões) é elaborada com base na série histórica de arrecadação com a perspectiva do crescimento vegetativo nas receitas tributárias. “As despesas por secretaria são fixadas através das necessidades de cada uma, obedecendo ao limite estimado pela receita nas fontes de recursos”, explica Zukowski. A LOA prove os recursos necessários para cada ação constante da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano seguinte. A LDO foi aprovada há dois meses pela Câmara Municipal de São José dos Pinhais. Durante a apresentação da LOA, na sexta-feira (29), os vereadores Lúcia Stoco e Ailton Alves de Oliveira (Fenemê) representaram a Câmara Municipal. A próxima etapa é a aprovação da LOA pelo legislativo municipal.

Campanha Espalhe Calor beneficia famílias da Lapa A Campanha Espalhe Calor, promovida pelo Provopar, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, já entregou 107.850 cobertores e mais de 476 mil peças de roupas e agasalhos em 101 municípios do Paraná. As entregas prosseguem até o dia 15 de setembro. A secretária da Família e Desenvolvimento Social e presidente do Provopar, Fernanda Richa, coordenou nesta quarta-feira (24) a entrega de 2,1 mil cobertores para 1.050 famílias da Lapa. Além dos cobertores, também foram repassados 8.050 peças de roupas para entidades assistenciais do município. Segundo a secretária da Família e presidente do Provopar, Fernanda Richa, “a campanha tem sido uma manifestação de

Secretária Fernanda Richa e Ivana Furiati entregando cobertores a uma das beneficiadas pelo programa.

solidariedade e amor ao próximo sem precedentes no Paraná”. Ela informou que 56.451 famílias receberam os cobertores doados pelos parceiros do Provopar e mais de 119 mil famílias foram beneficiadas com as roupas e

agasalhos arrecadados junto à população. “Este volume de arrecadação só foi possível graças ao apoio de nossos parceiros e à credibilidade que a população paranaense tem depositado no Provopar. Não

fosse isso jamais teríamos alcançado números tão expressivos”, destacou Fernanda Richa. Os 700 postos de coleta de roupas e agasalhos continuam abertos, segundo a secretária: “Ainda é possível participar deste movimento, que tem envolvido milhões de paranaenses e estabeleceu recorde tanto no volume arrecadado quanto em número de cobertores entregues”. “Estamos em meio a um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos em nossa região. A campanha idealizada pela Fernanda Richa é uma resposta rápida para atender os que mais precisam. É pouco discurso e muita ação. Estamos felizes com a escolha de nosso município para sediar uma das etapas da Campanha Espalhe Calor”, afirmou o prefeito Paulo Furiati.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 31 de agosto de 2011 | B4

ENERGIA

ABS Group investe US$ 15 mi em projetos eólicos

Objetivo é atender a demanda de países como EUA, Alemanha e Vietnã

Aline Machado

Com objetivo de atender a demanda da indústria eólica da Alemanha, Holanda, Bélgica, Estados Unidos, Inglaterra, Índia e Vietnã que somam mais 1.400 MW de energia. O ABS Group global e independente de serviços de gerenciamento de riscos e certificações do setor de óleo e gás, anuncia o fechamento de seis contratos de US$ 15 milhões para projetos neste setor. A empresa atuará na inspeção e manutenção de fundação offshore, turbinas e cargas e na gestão de qualidade, saúde e segurança, além da operação. Com uma consolidação internacional , a empresa busca ampliar sua atuação no Brasil no segmento renovável. com o desenvolvimento de serviços para as empresas de energia eólica “Nossa expectativa é consolidar a atuação no mercado eólico em pouco tempo, já que, pelos bons resultados do setor eólico nos últimos leilões de energia, responsável por quase 50% do volume comercializado, haverá uma grande demanda da indústria eólica”, observa Eugenio Singer, Ge-

Antilhas investe em frota própria Felipe Borges

Líder no fornecimento de embalagens para o varejo, a Antilhas acaba de adquirir novos automóveis para sua frota própria. Os novos veículos, visam atender os clientes da Grande São Paulo e também em dar suporte ao Programa Embalagem Viva, um projeto de logística reversa da empresa. O gerente de operações da Antilhas, Gustavo Bragatto, afirma que a empresa identificou a importância da obtenção de novos veículos mediante a necessidade em atender de forma mais ágil a todas as demandas dos clientes. “O serviço de entrega nos mais de 1.500 pontos de venda na Grande São Paulo, antes terceirizado, passa a ser realizado integralmente pela empresa, o que consiste em um melhor acompanhamento e rapidez”, explica. Os novos veículos são rastreados via satélite, estão isentos do rodízio municipal e por meio do celular, os motoristas possuem sistema on-line para dar baixa nas notas fiscais. “Dessa forma, podemos planejar melhor as 120 entregas diárias e acompanhar todo o processo desde a saída do produto da Antilhas até a chegada das embalagens para os lojistas”, completa Bragatto. É possível traçar ainda, em função dessa dinâmico, o melhor roteiro para otimizar o prazo de entrega e garantir maior flexibilidade aos clientes. A empresa investiu ainda na capacitação dos motoristas da nova frota, eles receberam treinamento especifico para as entregas e estão aptos para dar todo suporte necessário aos lojistas. A Antilhas é 100% na-

cional, reconhecida pelo pioneirismo em levar inovações e soluções em embalagens para seus clientes. Há 22 anos, desenvolve soluções para mais de 12 mil pontos de venda em todas as regiões do país.

CMYK

Empresas & Produtos Desfile Cívico-Militar abre comemorações da Independência do BR

Uma grande festa foi realizada dia 28 de agosto para abrir as comemorações da Independência do Brasil. O desfile Cívico-Militar, organizado pela ASCOMARP - Associação do Comércio da Macro-Região do Pinheirinho e a Prefeitura Municipal de Curitiba, contou com o patrocínio do Condor Super Center e teve neste ano a participação recorde de 8 mil integrantes e cerca de 35 mil pessoas prestigiando o evento. Com o tema “Curitiba: sou apaixonado por esta cidade”, o desfile contou com a participação de alunos de escolas públicas e privadas, servidores municipais, escoteiros, integrantes de grupos de terceira idade, militares de diversas corporações, diretores e funcionários de lojas do varejo, ao som de 17 bandas e fanfarras.O ponto de partida do desfile foi na Rua da Cidadania do Pinheirinho, passando por toda a Av. Winston Churchill e seguindo até a Linha Verde. Para o presidente da ASCOMARP, Irineu Christofolli, chegar ao 12º desfile é motivo de muita satisfação e salienta que a participação dos empresários da região, como o Condor, é fundamental para o sucesso.

Feira Municipal 2011 realiza palestra sobre transparência pública

Em maio de 2011, o País atingiu o marco de 1000 MW de energia eólica instalada

rente Geral do ABS Group, que mantém dois centros de competência tecnológica, em Houston, Texas, e Hamburgo, na Alemanha. O cenário para investimentos está propicio no Brasil, em função do crescimento econômico e da organização de leilões regulares de energia

renovável. Em maio de 2011, o País atingiu o marco de 1000 MW de energia eólica instalada, proveniente de 49 usinas, com a garantia de aumentar até 2013 mais 4200 MW no sistema eólico brasileiro, volume comercializado nos leilões de 2009/2010. A expectativa para 2013,

é de que o setor investirá R$ 18 bilhões na construção de novos parques eólicos, e a expectativa é que até 2020 sejam contratados anualmente, por meio dos leilões, 2000 MW de energia eólica, fazendo com que a indústria eólica tenha participação de 15% a 20% na matriz energética brasileira.

Curitiba sedia 1ª feira Quilt e Craft Show A 1ª edição do Quilt & Craft Show em Curitiba vai reunir amantes do Patchwork, Scrapbooking e Folk Art entre os dias 1 e 4 de setembro. O evento é uma promoção e realização da Retalharte com organização da ADN Eventos e apoio institucional da Associação Quilt Curitiba. A feira passa a constar no calendário anual de eventos na América do Sul desse ramo, já que Curitiba é referência nacional por seu profissionalismo e refinamento destas artes manuais. Durante a Quilt, os participantes terão a oportunidade de visualizar trabalhos expostos, conversar com os mestres de cada área, conhecer e aperfeiçoar suas técnicas em cursos e oficinas, além de visitar stands que irão demonstrar e comercializar peças prontas e os diversos insumos para a confecção da arte. São 100 stands confirmados e 34 caravanas de diferentes partes do Brasil. Haverá também a realização do concurso “Retalhos de Curitiba” com a exposição de trabalhos com elementos que identifiquem a cidade da maneira como o artista a vê ou que deseja retratá-la. Outra exposição de destaque é a releitura

Stock Car: Playoff é o foco principal do Zonta em Salvador

Calor e muita adrenalina devem marcar a próxima etapa da Stock Car, que será realizada no dia 04 de setembro, às 11h, no GP de Salvador, na Bahia. Com o objetivo de entrar no playoff, o piloto da Girho’s, Ricardo Zonta, acredita que este desafio é vital para atingir suas pretensões no campeonato deste ano. De acordo com Zonta, o traçado de Salvador é curto e apertado, mas de alta velocidade, com duas chicanes complicadas. “Evitar erros é primordial para concluir a prova em boa posição”, relataO piloto destaca que vai lutar para surpreender no Nordeste e que, além de acelerar fundo, vai contar com a união da equipe para superar os desafios e conquistar seu objetivo. Segundo o diretor da Girho’s, João Revers, agilidade e prudência são qualidades do Zonta, e esta prova vai ter um gostinho a mais para o piloto que deseja entrar no playoff.. Salvador é um dos locais mais prestigiados do Brasil e a Stock Car deve aumentar ainda mais o número de turistas na cidade. “Além da alta temperatura, o calor humano dos apaixonados por alta velocidade vai completar o espetáculo dentro e fora das pistas”, completa Zonta.Ricardo Zonta ocupa a 12ª posição do campeonato com 30 pontos.

Cavo abre vagas de emprego para início imediato

A Cavo, empresa responsável pela coleta de resíduos em Curitiba, tem vagas de emprego para início imediato para as funções de coletor de lixo, servente, ajudante, além de diversas vagas para portadores de deficiência.Os interessados devem comparecer com documentos pessoais e carteira de trabalho na sede da Cavo (Rua João Negrão, 1517).Informações: (41) 2141-6444.

Governo do Estado assina convênio para abertura de crédito à panificação

1ª edição do Quilt & Craft Show em Curitiba vai reunir amantes do Patchwork

das obras do artista Cândido Portinari em patchwork com a curadoria de Ciça Mora. O público esperado é de cerca de 10 mil participantes entre lojistas, profissionais liberais e visitantes em geral. Trata-se de

um evento mais segmentado ao público feminino e ao grupo da melhor idade. Além de participantes de Curitiba, a feira vai contar com grande número de caravanas de diversas partes do Brasil.

Missão à América do Sul atinge US$ 78,7 milhões em negócios A Missão Empresarial do Brasil à América do Sul terminou com uma estimativa de negócios, entre imediatos e para os próximos 12 meses, de US$ 78,7 milhões para as 43 empresas brasileiras participantes. O resultado superou em 77% a expectativa de vendas das missões realizadas à Colômbia, ao Peru e ao Chile em 2010, que totalizou US$ 44,5 milhões. De 22 a 30 de agosto, os exportadores brasileiros estiveram em rodadas de negócios com 530 compradores dos três países, além de fazerem visitas técnicas a fábricas e escritórios de empresas locais. Também tiveram reuniões com outros 23 importadores de Argentina, Bolívia, Costa Rica, Equador e Venezuela durante uma rodada regional, realizada em Lima. No total, foram 1200

A palestra “Transparência e Controle Social - CONSOCIAL” será realizada no dia 1º de setembro, às 10h30, durante a Feira Municipal 2011 – VII Congresso e Feira Nacional de Produtos e Serviços para Municípios, no CIETEP, em Curitiba.Ministrada pelo Secretário de Controle Interno do Estado, Mauro Munhoz e pelo Técnico da Controladoria Geral da União, Dany Secco, a palestra visa promover a transparência pública e estimular a participação da sociedade no acompanhamento da gestão pública.Organizada pela Ferrari Eventos, a Feira Municipal acontece nos dias 1 e 2 de setembro e vai apresentar produtos, serviços e tecnologias aos gestores públicos para serem aplicadas nos municípios.As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local ou pelo site www. ferrarieventos.com.br. Mais informações no fone 41-3233-7643.

reuniões com importadores latino-americanos. A última etapa foi realizada em Santiago, Chile, onde a estimativa de negócios ficou em US$ 21 milhões. No Peru, o balanço da expectativa de negócios foi de US$ 37,2 milhões e, na Colômbia, de US$ 20,5 milhões. A Missão, organizada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), teve participação dos setores de máquinas e equipamentos, casa e construção, moda e saúde. “Alcançamos três objetivos com essa Missão: consolidar a presença de produtos brasilei-

ros que já são comercializados nesses mercados, ampliar a pauta de exportação para os países visitados e superar os resultados obtidos no ano passado em ações realizadas nesses países”, avaliou o coordenador de Imagem e Acesso a Mercados da Apex-Brasil, Ricardo Santana. A etapa do Chile teve a presença do embaixador do Brasil em Santiago, Frederico Araújo, que lembrou que o intercâmbio comercial entre Brasil e Chile vem apresentando notável crescimento – “as exportações do Brasil ao Chile aumentaram em mais de 50% no primeiro semestre deste ano, e esses números nos levam a prever que estamos a caminho de um novo recorde histórico de comércio bilateral”, disse.

O vice-governador do Paraná, Flávio Arns, assinou ontem (23) um convênio com o SIPCEP – Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria no Estado do Paraná – que abre uma linha de crédito aos empresários do setor para a troca de maquinário prevista pela Norma Regulamentadora NR12, que visa diminuir os acidentes de trabalho.O Paraná conta com 4.200 padarias e confeitarias, que deverão gastar juntas aproximadamente R$200 milhões para adequação à norma. A abertura de crédito é por meio da Agência de Fomento do Paraná S.A e vai viabilizar a troca de amassadeiras, batedeiras, modeladoras e cilindros, o que pode praticamente zerar os acidentesOs prazos de adequação à norma variam conforme o número de funcionários de cada estabelecimento. O valor total da linha de crédito é de R$15 milhões, podendo ser ampliado se houver necessidade e o limite por padaria é de R$300 mil, com parcelamento em até 60 vezes, dependendo da capacidade e necessidade de cada estabelecimento.Para o presidente do SIPCEP, Vilson Felipe Borgmann, é importante que as padarias e confeitarias saibam que a adequação à NR-12 é uma forma de todo o setor se modernizar e acabar com os riscos de acidentes no trabalho. “As exigências da norma serão responsáveis por uma melhoria de todo o processo de fabricação de pães. Sem dúvida, a qualidade de vida dos trabalhadores e a qualidade dos produtos só tende a melhorar”, destaca Borgmann.

No dia 1º de setembro, Plura realiza mutirão para contratar pessoas com deficiência em Curitiba

Para realizar seleção de 28 pessoas com deficiência para trabalharem na NET, uma das maiores empresas de TV por assinatura, telefonia e internet do Brasil, a Plura Consultoria e Inclusão Social (www.plura.com.br) realiza mutirão no dia 1º de setembro em Curitiba/PR, na Rua Mamoré, 340 (Bairro Mercês), às 9h. Os interessados devem levar o currículo e laudo médico atestando a deficiência. Para candidatos com o Ensino Médio completo estão disponíveis cinco vagas para gestão de clientes e suporte técnico, oito destinadas a vendedor externo para pessoas físicas e cinco de vendedor externo para pessoas jurídicas. Já para aqueles que possuem curso técnico em telecomunicações, eletrônica, eletroeletrônica, eletromecânica, mecatrônica ou informática, há a vaga de técnico geral. Para todos os cargos a NET oferece os benefícios de vales transporte e refeição, assistências médica e odontológica, seguro de vida, plano de participação nos resultados, auxílio creche, parcerias com diversas instituições de ensino e auxílio funeral. Quem não puder comparecer ao local da seleção, deve ligar no (11) 3206-4455 ou enviar currículo para o e-mail mayra@plura. com.br.

31-08-11 Indústria&Comércio  

jornal, eocnomia, curitiba, parana,

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you