Page 1

GeralCuritiba

NacionalPolítica

Economia

Luciano Ducci anuncia novas alterações no secretariado

Para Marina, novo Código Florestal “institucionaliza” risco de desastres

Déficit do setor químico cresce 160% em 5 anos

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8297 | R$ 1,50 | WWW.ICNEWS.COM.BR

Indústria &Comércio DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Em 2010, País conseguiu gerar 2,5 milhões de empregos

Panorama Político P edr o W ashing edro ashingtt o n Oportunidade a não ser perdida Não adianta o vice-presidente da República e o partido que presidiu até dias atrás fazerem “cara de paisagem”.

GERAL PARANÁ | A3

A BNotícias Solução sustentável Para resolver o problema do lixo no Sudoeste do Estado, está em fase de estudo a instalação de uma usina de biogás.

GERAL CURITIBA | A2

A rroldo oldo Mur á Murá

Serviços foi a área com a maior

Empresário cria albergue para mães de bebês cardíacos Em Campo Largo, um empresário, comerciante, 32 anos, da área de mármore, dá um exemplo raro de solidatriedade. Inicialmente, distribuia, com a mulher, roupas para moradores de rua da cidade. Sem institucionalizar até então seu trabalho, ampliou-o ao criar um albergue, destinado a mães que trazem seus bebês para serem operados de doenças cardíacas num dos hospitais da cidade. Vindas de todo o Brasil, elas dependem do apoio de do albergue, são carentes totais de recursos. O parquímetro poderá ou não dar certo em Curitiba. Há gente de olho no que considera “tradição de predador” de parte dos curitibanos, o que impediria o desenvolvimento do projeto. Mas parquímetros deram certo, há anos, em São Bento do Sul. E em alguns meios eclesiásticos, houve quem reclamasse de notícia da coluna, sobre a construção de edifício de alto luxo em lugar de casinhas, na Visconde de Guarapuava, que abrigavam velhinhas carentes. (Página A3)

geração de vagas no ano passado

D

ezembro de 2010 registrou queda de 407.510 empregos formais, segundo dados do Ministério do Traba lho e Emprego (MTE). Em 2010, foram criados 2.136.947 empregos. Somando os dados declarados fora do prazo, o número de vagas sobe para 2.524.678. A diferença faz parte das mudanças na forma de divulgação dos dados obtidos das declarações entregues fora do prazo.

O setor de serviços foi o que gerou o maior número de empregos no ano passado, com 1.008.595 vagas abertas

Prefeitura de Curitiba investirá R$ 60 mi em iluminação neste ano A Prefeitura de Curitiba vai investir R$ 60 milhões na iluminação pública da cidade em 2011. A previsão é trocar 20 mil luminárias antigas por equipamentos de alto rendimento, além de ampliar 25 quilômetros da rede de iluminação pública da cidade. Esta melhoria equivale a iluminar uma cidade do tamanho de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. “Os investimentos vão deixar as ruas da cidade mais seguras à noite”, afirma o prefeito Luciano Ducci.

EDITORIAL

Cequipel é líder de consórcio de R$ 90 milhões para empresas O grupo paranaense Ce-quipel irá fornecer 600 mil conjuntos escolares e mesas ergonômicas para alunos e professores de escolas das redes públicas de ensino municipais e estaduais de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. PÁGINA A7

Prefeitura de Curitiba planeja criar corredores de iluminação nas ruas de acesso ao estádio oficial da Copa de 2014, a Arena da Baixada

Registro

O PAÍS CIVILIZA-SE

A

pesar da pobreza, apesar da miséria, apesar das dificulda des, apesar das tentações, apesar dos maus exemplos vindos de cima, especialmente da assim chamada classe política, o brasileiro não deixa de ser um bom pagador, um pagador correto, pontual. Notadamente o brasileiro que ocupa as mais modestas faixas de renda e riqueza. Os testemunhos do comérciocrediário são esmagadores neste positivo sentido.

N

a edição de ontem publicamos dado divulgado pelos ban cos: o percentual de cheques devolvidos é irrisório; pouco acima de 1%! O que também confirma as afirmações do parágrafo anterior. udo isto significa o quê, poderá perguntar o leitor? Significa algo bastante importante: a cada dia que passa mais o Brasil se torna uma grande sociedade baseada na confiança! Confiança que tudo simplifica, clarifica, solidifica. Os ganhos produzidos pela economia dos custos das transações é incalculável. Além de ser seguro índice de civilização.

Almoço do governador Beto Richa com diretores e conselheiros da ACP O governador Beto Richa e o secretário-chefe da Casa Civil, Durval Amaral, participam nesta quarta-feira (19/01), às 12 horas, de um almoço na Associação Comercial do Paraná, quando deverão detalhar aspectos do Programa de Governo Estadual. Do evento, participarão os anfitriões Edson Ramon e Marco Antônio Peixoto, respectivamente presidente e coordenador do Conselho Político da ACP, além de diretores e conselheiros da entidade. A Associação Comercial do Paraná fica na Rua XV de Novembro, 621, no 8º andar.

Indicadores CÂMBIO MAIORES ALTAS TECTOY TECTOY ELETROPAULO CEB FII C JARDIM

MAIORES BAIXAS ELETROBRAS DOCAS ELETROBRAS FAB C RENAUX TEX RENAUX

CENTRAL DE ATENDIMENTO: 41 3333.9800 CMYK

EMPRESAS

Luiz Costa/SMCS

GERAL CURITIBA | A2

T

ECONOMIA | B1

COTAÇÃO 0,07 0,07 34,40 25,90 110,00

MAIORES ALTAS

COTAÇÃO

ROSSI RESID BRF FOODS TIM PART S/A CYRELA REALT GAFISA

14,75 29,17 6,08 20,75 11,46

AMBEV CEMIG SABESP SOUZA CRUZ JBS

46,09 29,01 43,93 88,52 6,78

COTAÇÃO 0,60 30,00 1,05 0,51 0,47

E-MAIL: PAUTA@INDUSCOM.COM.BR

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,6100

1,7900

Dólar comercial 1,6760

1,6780

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro 2,2404 Ouro (Grama/R$): 174,63

2,2419


"A água do mar é ruim para os homens e saudável para os peixes."

GeralCuritiba

Heráclito Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

abnoticias@abcom.com.br

Mín.: 12° Máx.: 25°

Um sistema de baixa pressão posicionado no oceano, na divisa dos estados do Paraná com São Paulo, deixa o tempo instável, com pancadas de chuvas acompanhadas de descargas atmosféricas (raios) principalmente no período da tarde. À noite as chuvas se intensificam nos setores leste e nordeste do Estado.

Soluçõ sustentável Para resolver o problema do lixo no Sudoeste do Estado, está em fase de estudo a instalação de uma usina de biogás. O Consórcio Intermunicipal para Desenvolvimento Sustentável da região busca apoio de municípios para a realização do projeto. Pato Branco e outras sete cidades têm interesse em transformar o lixo em biogás, mas os custos para a viabilização ainda estão sendo analisados.

Ordem judicial O município de Umuarama, no Noroeste, conseguiu na Justiça a reintegração de terra de uma área na PR 323, saída para Maringá, que estava com uma empresa de caminhões. No local existe uma nascente, e é preciso autorização dos órgãos ambientais para utilização. A empresa tem prazo de alguns dias para deixar o local.

EQUIPE

Programa social

Prefeito anuncia novas alterações no secretariado Recomposição e novas monenclaturas motivaram mudanças

O

prefeito Luciano Duc ci anunciou ontem alterações em sua equipe. “Houve uma recomposição e a adoção de novas nomenclaturas sem, entretanto, a criação de nenhum novo cargo”, disse Ducci. O novo secretário Chefe do Gabinete do Prefeito é José Antônio Andreguetto, que ocupava o cargo de secretário municipal do Meio Ambiente desde março de 2006. Funcionário público estadual desde 1973, Andreguetto foi presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), de 1995 a 2000, e secretário estadual do Meio Ambiente, de 2000 a 2002. Respondeu também pela Secretaria Municipal de Finanças de Curitiba, de abril a novembro de 2003. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente passa para o comando de Marilza do Carmo Oliveira Dias. Graduada em Química pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), com especialização na área de Controle de Poluição pela Universidade de Osaka, no Japão, Marilza é funcionária de carreira do município desde 1988, sempre atuando na Secretaria do Meio Ambiente. Respondeu pela Superintendência, pela

Férias animadas O município de Santo Antônio da Platina, Norte Pioneiro, está com Recreação de Férias. As atividades envolvem oficinas de teatro, pintura, gincana, torneios e passeio, a fim de ocupar o tempo dos pequenos. O evento acontece até o dia 23 e vai movimentar as férias das crianças.

Indústria no interior O Governo o Estado quer facilitar a industrialização nos municípios do interior. Entre as medidas previstas, estão a uniformização das ações nas cidades e a eliminação dos tramites burocráticos. O objetivo é padronizar os barracões industriais, facilitando o acesso das indústrias a esses locais. Outro ponto que deve ser trabalhado é a criação de condições de segurança para atrair mais empresas.

Novidades no palco Começa nesta sexta-feira, 21, o Festival de Teatro de Maringá. O evento trabalha com a qualidade dos espetáculos e tem como objetivo a formação de público na cidade. O festival segue até o dia 28 com apresentação de grupos locais, além de São Paulo e Presidente Prudente. As peças acontecem na Praça da Catedral, Shopping Maringá Park e Teatro Barracão, e todas tem entrada franca.

Frutas vermelhas

O prefeito Luciano Ducci anunciou alterações em sua equipe. Na imagem, José Antônio Andreguetto chefe de gabinete, Hélio Renato Wirbiski - Secretário de Relações Institucionais, Marilza do Carmo Oliveira Dias - Secretária Municipal do Meio Ambiente e Luiz de Carvalho - Secretaria Especial da Copa.

Diretoria de Pesquisa e Monitoramento e, atualmente, pela Coordenação de Resíduos Sólidos. O jornalista David Campos, funcionário de carreira do município desde 1993, deixa a Chefia do Gabinete do Prefeito para assumir em definitivo a Secretaria Municipal da Comunicação Social, que acumulava interinamente

desde 1 de janeiro. A Assessoria de Projetos Especiais, antes sob responsabilidade de Maurício Eduardo Sá de Ferrante, que assume nova função no Governo do Estado, passa a chamar-se Secretaria Extraordinária de Relações Institucionais. O secretário que responderá pela pasta é Hélio Renato Wirbiski, graduado em

Marketing e Propaganda pela Facinter (Faculdade Internacional de Curitiba) e com especialização em Administração Pública pelo Ibepex (Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão. A Assessoria Especial de Relações Institucionais, sob responsabilidade de Luiz de Carvalho, passa a chamar-se Secretaria Especial da Copa.

Prefeitura investirá R$ 60 milhões em iluminação A Prefeitura de Curitiba vai investir R$ 60 milhões na iluminação pública da cidade em 2011. A previsão é trocar 20 mil luminárias antigas por equipamentos de alto rendimento, além de ampliar 25 quilômetros da rede de iluminação pública da cidade. Esta melhoria equivale a iluminar uma cidade do tamanho de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. “Os investimentos vão deixar as ruas da cidade mais seguras à noite”, afirma o prefeito Luciano Ducci. Dos R$ 60 milhões progra-

O município de Anahy, no Oeste, investe em um programa de reestruturação familiar para evitar problemas como a criminalidade e o consumo de drogas. O “Reconstruindo famílias” atende hoje a 95 famílias com renda de até três salários mínimos. São feitas atividades específicas para as mães, pais e filhos. Entre elas, palestras, filmes e a troca experiências. Além disso, os participantes recebem apoio psicológico.

mados para 2011, a Secretaria Municipal de Obras Públicas vai gastar R$ 36 milhões em melhoria e manutenção do sistema de iluminação da cidade, que tem mais de 130 mil pontos de luz. Os R$ 24 milhões restantes serão usados para pagar a conta de luz para a Copel. “Com este investimento, a meta é trocar até o fim de 2012 todas as luminárias antigas da cidade, que foram instaladas em Curitiba há mais de 20 anos”, diz o secretário municipal de Obras Públicas, Mário Tookuni. O diretor de Iluminação

Pública da Prefeitura, Ivan Martins explica que a Prefeitura fará a substituição de 20 mil luminárias com lâmpadas de 70 watts por equipamentos de alto rendimento, de 100 watts. Mais eficientes, as novas luminárias evitam a dispersão da luz e direcionam todo o facho luminoso para o chão. “Com os novos equipamentos, as pessoas podem andar na rua, vendo com melhor definição pessoas e objetos durante a noite”, disse. Além de trocar as luminárias, a Prefeitura fará a exten-

são de 25 quilômetros da rede de iluminação. Serão atendidas novas ruas de conjuntos habitacionais ou atendidas regiões reurbanizadas pela Prefeitura. Outra melhoria programada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas é a implantação de iluminação especial em importantes ruas que estão sendo revitalizadas. As avenidas Marechal Floriano Peixoto e Cândido de Abreu e as ruas Carlos de carvalho e Fredolin Wolf terão iluminação especial para os pedestres, pistas, calçadas e pontos de ônibus.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba

Vereador sugere pistas preferenciais para ônibus O vereador Denilson Pires (DEM) sugere que Curitiba estabeleça vias preferenciais para veículos da rede de transporte público, como forma de reduzir os congestionamentos e melhorar a qualidade de vida na cidade. “O grande entrave do trânsito de Curitiba é a diminuição da velocidade média dos veículos, que afeta também os ônibus. Aumentou muito o tempo gasto para ir de um lugar ao outro dentro da cidade. Isto faz com que os ônibus andem lotados, além do estresse que provoca nos motoristas”, afirma o parlamentar. A ideia é semelhante ao sistema já adotado pelas cidades de São Paulo, Goiânia e Florianópolis, onde os carros são obrigados a dar passagem para os ônibus nas vias preferenciais. “Com ajustes, o nosso sistema de transporte público pode

durar mais 15 anos. Isto sem gastar fortunas e intervir drasticamente na cidade. Com as vias preferenciais, o tráfego vai fluir melhor, os motoristas terão melhores condições de trabalho e o custo do transporte pode cair”, relata. O Legislativo municipal analisa o projeto de lei do parlamentar, que limita a criação das vias preferenciais às rápidas que contenham no mínimo três pistas de deslocamento. A identificação seria feita com faixas amarelas contínuas, placas de sinalização e pinturas na pista. Na via preferencial seria proibido o tráfego de caminhões com peso superior à 23 toneladas. A multa para quem desrespeitasse a novidade está prevista no Código Brasileiro de Trânsito como infração grave, cuja penalidade são cinco pontos na carteira de motorista e multa de 120 Ufirs.

A framboesa é a nova aposta de produtores rurais em Pato Branco, no Sudoeste. Algumas propriedades chegam a colher duas toneladas, e a colheita ainda segue por algum período. O agricultor Celso Delazari é o pioneiro do cultivo de framboesa na cidade, e já consegue atingir a escala comercial, produzindo para vender em diversos mercados da região. Os consumidores estão se habituando aos poucos, e o mercado de frutas vermelhas está mais variado, não se baseando apenas no morango.

Atenção kartistas O Campeonato Paranaense de Kart começa no próximo dia 27 e a primeira etapa será em Pato Branco, no Sudoeste. A segunda etapa será no dia 5 de junho em Cascavel em Guarapuava no dia 18 de setembro. Além do evento, a Copa Paraná também vai estar presente em diversas outras cidades, com sorteio de motores para as categorias mirim e cadete. O Paraná tem 326 kartistas, o segundo Estado com maior número, atrás apenas de São Paulo.

Para a saúde O município de Araucária, na região de Curitiba, investe na área de saúde, com a realização de uma campanha contra a hanseníase. O objetivo é chamar a atenção e orientar a população sobre a doença, que precisa de tratamento médico. Entre os sintomas, o principal é a diminuição da sensibilidade na pele. O contágio é feito através de secreções nasais e espirros. Para cessar a transmissão, é necessário o tratamento.

GRUPO EDITORIAL INDÚSTRIA & COMÉRCIO - PARANÁ

Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Diretor Responsável Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) REDAÇÃO - Fone: 3333.9800 - E-mail: pauta@induscom.com.br Assinaturas, Publicidade Legal, Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 CEP: 80215-030 PABX Fone: (41) 3333.9800 (41) 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - CEP: 80020-290 PABX Fone: (41) 3322.1012 E-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralParaná Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | A3 | Indústria&Comércio prpress@terra.com.br

Panorama Político

Aroldo Murá G.Haygert

Pedro Washignton

aroldomura@induscom.com.br

INFORMAÇÃO - 4

INFORMAÇÕES DESAGRADAM Padre José Carlos Veloso Jr., ecônomo da Arquidiocese de Curitiba, telefona possuído de “ira santa”, para reclamar de nota da coluna, em que relatei, sob o título de “Paradisíaco”, a venda de um terreno, há três anos, pela Arquidiocese, a uma incorporadora que, na Rua Cel.Dulcídio com Visconde de Guarapuava, construiu um edifício de alto luxo.Na nota, relatei (fato conhecido, inclusive rnoticiado pela na Gazeta do Povo, na época da transação consumada pelo padre Kleina)que as idosas abrigadas nas casas demolidas para dar lugar ao edifício haviam ficado em sem teto.

INFORMAÇÕES - 2 Na informação, há apenas duas correções que devem ser feitas: a) a ONG Arquiconfraria das Damas da Caridade, primeira dona das casinhas e terrenos valorizadíssimos, não está extinta; 2) três das idosas que deixaram as casas foram abrigadas em apartamentos às expensas da Arquidiocese. O padre teólogo, antes um sujeito educado e mostrando equilíbrio, ontem portava-se como iracundo censor, dizendo que o ângulo financeiro da transação não poderia ter sido revelado. Questão de opinião, que, graças à liberdade de informação, mantenho.

INFORMAÇÃO- 3 Não há “conspiração” contra a Arquidiocese, apenas uma boa notícia que, como jornalista, procuro trabalhar sem cometer calúnia ou difamação, tal como o fiz e pretendo continuar a fazer. A propósito, lembro algo parecido: ao assumir, o arcebispo dom Orani João Tempesta teve que promover saneamento em áreas da cúria do Rio. E que escândalos financeiros abalaram, na mesma Arquidiocese, um padre bem reputado, o padre Abílio, que havia assumido o cargo de ecônomo desancando seu antecessor. O fato foi de larga repercussão na mídia nacional, ninguém se abespinhou. A imprensa não mentiu, a Igreja, acredito, até cresceu na forma como tratou o problema.

Só é lamentável que, aqui, Veloso não aceitou pedir retificação da notícia por escrito. Se o fizesse, estaria ajudando a solidificar uma das bandeiras mais amplas da CNBB, a da liberdade de informação pela imprensa, oferecendo o contraditório da notícia. Pois democratas (e até na Igreja eles existem) expõem-se à crítica e oferecem a visão contraditória, quando preciso. Pelo menos desde o Vaticano II.

NOVOS RUMOS O governador Beto Richa almoçará nesta quinta-feira, 20, na Associação Comercial do Paraná (ACP), a convite do presidente Ramon. Amplo debate com os empresários que lá estarão, é o que se espera. E assim Richa reestabelecerá a arte do diálogo com uma parcela importante do empresariado de Curitiba. Essa foi uma prática abolida pelo ex-governador Requião, particularmente com a ACP.

DOMAKOSKI O amigo Marcos Domakoski (foto) foi presidente da Associação Comercial do Paraná, comandou uma entidade de prestígio e o ampliou em seu mandato. Pois ele me manda mensagem sobre a anunciada política de parcerias público-privadas, de que o secretário de Planejamento, Cassio Taniguchi está se empenhando em ver implantadas.

DOMAKOSKI - 2 Marcos Domakoski diz esperar que não vivamos tempos como aqueles em que se tentou privatizar a COPEL. Preocupado com o patrimônio público e com a garantia de apoio infraestrutu-

Oportunidade a não ser perdida ral ao desenvolvimento do Paraná, Domakoski garante que a posição não é nada de pessoal contra Cássio, de quem é amigo. Para ele, o assunto merece com certeza, um “vade retro satanás”.

Não adianta o vice-presidente da República e o partido que presidiu até dias atrás (de cuja presidência encontra-se licenciado) fazerem “cara de paisagem”. O assunto é gravíssimo e mostra porque o PMDB insiste tanto em continuar mandando na área. As auditorias realizadas pela Controladoria Geral da União nos últimos quatro anos comprovam um desvio de R$ 500 milhões (é isso mesmo, 500 milhões de reais) da Fundação Nacional de Saúde. Não admira que a saúde brasileira esteja na UTI! Faltam leitos, médicos, hospitais, equipamentos, medicamentos de uso contínuo, mas dinheiro para desvio, não! Ainda vem o atual vice-presidente com aquele seu ar de quem não tem satisfações a dar, afirmar que “se houver confirmação deve haver sanções”. Muito mais do isso, dr. Michel Temer: tem que haver cadeia! Fica, pela denúncia da CGU, confirmado o que sempre se soube: as verbas do Ministério da Saúde têm feito a felicidade de inúmeros “vampiros”. Não basta que a devolução do dinheiro seja feita como exige a Controladoria. O mal causado à saúde pública é irrecuperável. O curioso é que Temer ainda põe em xeque a investigação da CGU e quando, há dois anos o ministro Temporão denunciou corrupção na Funasa, foi obrigado a se desculpar com o PMDB. O partido, que pena, exigiu respeito; e foi atendido. A situação mereceria da presidente Dilma uma posição firme, não o uso dos “panos quentes” com que assuntos do gênero foram tratados no governo anterior. Fora disso estará entrando pelo mesmo caminho, o das “vistas grossas”, trilhado anteriormente no trato das graves denúncias de corrupção.

PARQUÍMETROS A anunciada possível implantação do sistema de parquímetros em Curitiba, cuja autorização já existe há anos, tem seu opositores. Ontem, falando com ML, uma orientadora da URBS que atuava de manhã na Praça do Japão, ouvi a primeira voz cética sobre o tema:”Não dá certo, os vândalos acabariam em poucas horas com os parquímetros”. Pode-se até creditar parte da opinião como motivada pela possibilidade de desemprego na área das orientadoras, mas a moça tem alguma razão. Quando argumentei que o sistema existe há anos e funciona bem em São Bento do Sul, a jovem saiu-se, de pronto, cm esta explicação: “São Bento é deutsch, outra realidade...”

GENEROSIDADE EM CAMPO LARGO

Dúvida pertinente Há momentos em que não dá para levar a sério a ameaça de que o deputado tucano do bico vermelho, Nelson Garcia, com larga passagem pelo ninho peemedebista ao lado de outros companheiros que preferiram enfrentar os humores de Requião, enquanto Rossoni e Traiano ficavam “a pão e água”, venha realmente a se confrontar com a candidatura posta na AL, com apoio do governador Beto Richa.

Se você entrar no site www.kingstone.com.br vai encontrar a página de uma empresa de mármores e granitos de Campo Largo. Tem poucos anos de existência, e só uma dúzia de empregados. Seu dono é Juarez Santana, 32 anos, um jovem que dá exemplo: ele e a mulher saem à noite a atender moradores de rua, levando-lhes cobertas e comida. Tudo com recursos pessoais, a empresa está bem, boa clientela.

Estratégia A impressão que passa é a de que se trata de uma estratégia para a eleição da AL não ficar barata. Efeitos repetitivos dos últimos 20 anos.

GENEROSIDADE - 2

Duvide-o-dó

Agora o empresário Juarez Santana (esse é seu nome) ampliou o raio de sua ação social: criou albergue, a que deu o nome de São Domingos (homenagem ao nome do avô) e recebe uma dezena de mães de bebês que são submetidos as cirurgias cardíacas num dos hospitais da cidade. As mães, pobres, contam com o hospital que garante as cirurgias pelo SUS, mas não teriam onde ficar, não fosse Juarez. E elas chegam a Campo Largo de todo o Brasil. A boa notícia é que a Prefeitura da cidade está ajudando a institucionalizar a obra e vai apoiá-la.

Com dois votos na eleição da AL, seu filho e seu neto eleitos deputados, ele próprio deputado desde 1976, o conselheiro do TC, Hermas Brandão afirma não estar intervindo na escolha da nova Mesa Diretiva. Afirma que estará assistindo à distância...

Boa ideia... A ideia é boa: para evitar mal entendidos em relação às suas insistentes pregações de moralidade na aplicação do dinheiro público do estado, de vez que a maioria já conhecia suas posições em relação às verbas públicas curitibanas, o governador Beto Richa mandou elaborar uma cartilha. O be-a-bá da ética e da boa administração!

...pouco difundida Pena que tal “opúsculo” não seja repercutido, inclusive nos órgãos públicos de Brasília, onde, talvez até por ignorância das regras que incidem sobre a aplicação do dinheiro público, coisas como essas apontadas na Funasa continuem a acontecer. Difícil vai ser encontrar uma das empresas (e são muitas) beneficiárias das maracutaias oficiais, disposta a patrocinar a publicação para distribuição em órgãos públicos federais, estaduais e municipais.

TRANSPOSTES

Projeto de infraestrutura vai ampliar portos do PR

Nova greve Mais uma greve nos bancos! Desta vez motivada pelos agentes de segurança. Pela lei, sem dois deles na casa, as agências não podem abrir. Reivindicação - a de sempre: aumentos e vantagens. Como a divulgação anual só mostra o que bancos lucraram, a reivindicação de seguranças parece válida. Difícil será convencer a Febraban!

Objetivo é adequá-los a crescente demanda mundial do setor

Em choque Rodrigo Leal

A

Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) está desenvolvendo um grande projeto de modernização e ampliação dos portos que administra. O objetivo é ampliar a competitividade dos portos de Paranaguá e Antonina e prepará-los para a crescente demanda da atividade portuária mundial. De acordo com o superintendente Airton Vidal Maron, o projeto de expansão dos portos de Paranaguá e Antonina está em fase de estudos e projetos. “Com as obras, ganharemos 12 novos berços, o que representa um crescimento de 60% no tamanho do nosso cais acostável”, explicou. Maron afirma que as obras de ampliação permitirão aumentar a capacidade de movimentação de cargas da Appa em até 60%, passando os atuais 38 milhões de toneladas/ano para 60 milhões de toneladas/ano. “Esta é uma obra para ser concluída em até quatro anos. Já estamos em fase de contratação e elaboração dos projetos básicos”, disse. Ao todo, o projeto de ampliação dos portos está subdividido em nove grandes obras que, juntas, somam cerca de R$ 1 bilhão de investimentos.

A coluna previu! A disputa entre Osmar Dias e Orlando Pessuti, pleiteando ambos a presidência de Itaipu, dos poucos cargos em (boas) mãos de um paranaense, deve dar em nada. Para prestigiar o estado valeria que disputassem outros cargos.

Variações climáticas puxam preços na Ceasa

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) está desenvolvendo um grande projeto de modernização e ampliação dos portos que administra.

Boa parte das obras será paga com recursos próprios da Appa – com a receita gerada pelas tarifas portuárias arrecadadas pelos portos. Outra parte será custeada com recursos federais que ainda dependem de negociação.

Berços Dentro do projeto de ampliação está a reestruturação do Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. Hoje, existem três berços destinados ao carregamento de gra-

néis com uma capacidade horária de embarque de nove mil toneladas. Com a ampliação, será construído um sistema de piers para a atracação de quatro navios – maiores dos que os que atualmente embarcam no Porto – formando um “T” perpendicular ao atual cais. Com isso, o corredor de exportação passará a ter uma capacidade de embarque de 16 mil toneladas/hora e o Porto ganhará três berços para a movimentação de outras cargas, já que os seis shiploaders

existentes serão removidos. Na parte oeste do cais comercial será construído mais um sistema de piers para granéis, sendo este em forma de “F” perpendicular ao atual cais, com capacidade para atracação de quatro navios. Com a obra, os atuais três berços do lado oeste – que hoje são dedicados preferencialmente ao carregamento de granéis sólidos – serão destinados à movimentação de cargas diversas, melhorando as taxas de ocupação dos berços.

A análise do comportamento dos 30 principais hortigranjeiros comercializados na Ceasa de Curitiba registraram um aumento significativo dos preços praticados no atacado. Se comparados à semana anterior (10 de janeiro), a média das cotações apresentaram uma alta de 11%, informa a Divisão Técnica e Econômica – Ditec, da Ceasa Paraná. “Essas variações se devem às alterações climáticas no Sudeste. As fortes chuvas em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais prejudicaram sensivelmente as produções desses Estados. Os comerciantes passaram a buscar produtos em outras regiões, como o Paraná e Santa Catarina”, diz Valério Borba, diretor técnico das Centrais de Abastecimento do Paraná.

Ainda segundo o dirigente, alguns produtos como o chuchu e o tomate estão na entressafra e ajudaram a puxar a alta na média de preços no atacado da Ceasa Curitiba. A caixa do chuchu extra 2 A, com 22 quilos, está cotada R$ 35 (40%). Já a caixa com 23 quilos do tomate extra 2 A, foi cotada a R$ 30 (30%). Também com preços acima aos verificados na semana anterior, estão outros 12 hortigranjeiros, tendo como principal “vilão”, a abobrinha verde extra 2. “Temos uma boa oferta de produtos tanto da produção paranaense, como de Santa Catarina. A tendência é que estes preços apresentem reduções nas próximas semanas, assim que o clima também se estabilize”, diz o diretor técnico da Ceasa Paraná.


Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | A4

municipios@induscom.com.br

Turismo Interior Telêmaco Borba

Atração imperdível para quem visita Telêmaco Borba, o bonde aéreo (teleférico) liga o centro da cidade à Vila de Harmonia, onde está localizada a sede administrativa da Klabin. Desde 1959, esse veículo percorre um vão livre de 1318 m sobre o Rio Tibagi. Funciona todos os dias das 5h00 às 22h50min. O intervalo entre uma travessia e outra é 30 em 30 minutos. Vale destacar também que os visitantes da trilha ecológica do parque da Klabin podem contemplar a mata nativa, repleta de exemplares centenários. Com extensão de 3 km, o trajeto pode ser percorrido em 1h20,com auxílio de escadas, pontes e passarelas,harmoniosamente integradas ao meio ambiente

Paranaguá Depois de anunciado pelo secretário estadual de Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, na Escola de Governo, o Aquário Marinho de Paranaguá (foto) já está se tornando realidade. A obra começou a ser executada na Praça 29 de Julho, região do Mercado Municipal, local definido para a construção e que foi também aprovado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico Nacional). O Aquário Marinho de Paranaguá custará R$ 5 milhões, que serão pagos pela empresa Cattalini, como medida compensatório por conta do acidente envolvendo o navio chileno Vicuña, em 2004. Com o empreendimento, a indústria turística no litoral do Paraná será mais consolidada, já que a expectativa é que com o aquário cerca de 600 mil turistas visitem a cidade ao ano. Segundo o prefeito José Baka Filho, “é mais qualidade de vida, emprego e riqueza para os parnanguaras e litorâneos”. Na Escola de Governo, ele afirmou que o berço da civilização paranaense, o município de Paranaguá, está mudando para melhor.

Guaratuba

A inauguração da Arena Mundo RIC aconteceu no último domingo, dia 9 de janeiro, com um café da manhã exclusivo com a presença de diretores do Grupo RicParaná, Prefeita de Guaratuba Evani Justus, Secretários Municipais e convidados(foto) . Após o evento foi oficialmente aberta a temporada de lazer, diversão e entretenimento que conta com os patrocínios da Coca-Cola, Petrobras, Sicredi Seguros e Super Ótica São José. A realização é da RICTV Record e das emissoras de rádio do Grupo RIC (RICRádio Jovem Pan Curitiba, Oeste e Ponta Grossa). A produção é assinada pela Trade Sports.Em todos os domingos de janeiro, às 17h, uma edição especial do programa Boa da Pan será transmitida, ao vivo, direto do estúdio da RICRádio Jovem Pan instalado nas areias de Guaratuba.

Cascavel Na tarde desta quartafeira (19), o prefeito Edgar Bueno (foto) receberá a visita do secretário especial para Assuntos da Copa do Mundo, Mario Celso Cunha, que vem a Cascavel para uma inspeção no Estádio Olímpico Regional. O prefeito mostrará que o local tem condições de atender seleções mundiais que participarão da Copa do Mundo de 2014.Na oportunidade, Edgar Bueno também informará sobre o potencial de Cascavel nas áreas de hotelaria, gastronomia e infraestrutura de transportes, incluindo as ampliações do Aeroporto Municipal.

CMYK

PONTA GROSSA

Festa da Uva: Clima não interfere na qualidade da fruta A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, está trabalhando na preparação da 28ª Festa da Uva – Fesuva com abertura marcada para esta quinta-feira (20) às 17h na Praça do Ar, do Complexo Ambiental, próximo ao Terminal Central e ao Centro de Comércio Popular. A expectativa segundo os produtores é comercializar cerca de 25 toneladas da fruta, a mesma quantidade vendida na da edição passada. De acordo com o produtor Sergio Sozim, nesta safra o clima interferiu

nos parreirais e a quantidade colhida será menor: mesmo que a produção não seja a esperada pelos produtores, a população terá fruta de qualidade como anos anteriores, explica Sozim. A Fesuva segue nos dias 21, 22 e 23 de janeiro com a participação de produtores da região, artesãos e feria da agroindústria caseira. As variedades para venda serão: uva rosada, branca, niágara e a preta. O preço do quilo da fruta para a comercialização na festa ainda está sendo avaliado entres os produtores e ainda não foi divulgado.

Pinhais reestrutura método de ensino A sabedoria é um reflexo do conhecimento acumulado. E o conhecimento, por sua vez, o reflexo das experiências. A partir desse conceito, a Prefeitura de Pinhais, através da Secretaria Municipal de Educação revisou a proposta pedagógica, para a educação infantil e ensino fundamental, para o ano de 2011. O documento, que não era revisto desde 2002, foi amplamente corrigido e readequado às novas diretrizes educacionais do município. Para a revisão do documento, foi designada uma comissão formada por pedagogos, professores, diretores, educadores

Desconto e isenção do IPTU têm lei sancionada Foi sancionada nesta semana em Piên a lei que poderá vir a beneficiar deezenas de moradores ou proprietários de terrenos do quadro urbano. Trata-se da concessão de desconto e isenção do IPTU para determinados casos. O benefício vale para aposentados e pensionistas e atinge também áreas com características diferenciadas. Segundo o secretário municipal de Planejamento, Loir Dreveck, entre os casos de isenção estão imóveis que contenham área de preservação permanente; eles serão isentos do imposto sobre a parcela da área protegida. Terreno que contenha área de mata nativa ou alagadiça terá desconto de 70% sobre a referida parte. Também ficará isento do IPTU a parte do imóvel que comprovadamente seja utilizada para exploração extrativista, vegetal, agrícola, pecuária ou agroindustrial.

Colombo inaugura loja premium no Catuaí Maringá Uma loja com atendimento diferenciado e que comercializa os últimos lançamentos em telefonia, informática, áudio e vídeo. Estas são as propostas da Colombo Premium, que será inaugurada hoje no Catuaí Maringá. Esta é a primeira loja com conceito premium da Colombo instalada em Maringá – há outras 13 lojas similares instaladas no Brasil. “Os produtos de lançamento chegam primeiro nas lojas Colombo Premium. Os clientes estão ficando encantados com as novidades”, conta o gerente, Fernando Luiz Bernardi, que acrescenta que mesmo tendo acesso a produtos e atendimento diferenciado, os clientes não pagam mais caro pelos produtos. A equipe é formada por 14 pessoas, que fizeram treinamento especial para esclarecer dúvidas sobre os produtos.

e técnicos. O lançamento das apostilas com a nova proposta será no próximo dia 3 de fevereiro, quando cada profissional da educação receberá um exemplar que o acompanhará em sala de aula durante todo o ano. Além disso, a partir de março, os educadores, professores e pedagogos participarão, durante todo o ano de 2011, de cursos de formação continuada, utilizando os norteadores da proposta. Cabe ressaltar que, de 2009 para 2010 houve um aumento de 256 vagas nos Cmeis; e de 2010 para 2011 houve um aumento de 561 também na educação infantil.


NacionalPolítica Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Fábio Campana

Contexto Político

editor@fabiocampana.com.br

Mais um dia de espanto

Reunião

Daqui até a eleição da nova mesa da Assembleia Legislativa será assim: muito terror, muito blefe, muita casca de banana no caminho dos candidatos. Aliás, como sói acontecer em todas as eleições em colégios fechados, pequenos, onde um voto que muda de lado dá uma diferença enorme. Todos esperam a volta de Nelson Garcia, deputado que foi pescar e deixou aqui uma dúvida: é ou não é candidato à presidência contra Valdir Rossoni? Outra pergunta que não quer calar: se Nelson Garcia é candidato, quem patrocina sua candidatura: tucanos descontentes, petistas dissimulados ou peemedebistas em pleno jogo do toma lá dá cá?

O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, participa nesta quarta-feira (19) em Brasília da reunião do Conass (Conselho Nacional de Secretários da Saúde), com o ministro Alexandre Padilha. O tema da reunião é a “Política solidária e sustentável no âmbito do SUS frente à situação da Dengue”. A reunião começa às 15 horas, no auditório do edifício sede do Ministério da Saúde.

Seleção Os mais de 447 mil inscritos no PSS, o Processo de Seleção Simplificado, da Secretaria Estadual de Educação, devem ficar atentos aos chamados dos núcleos regionais. A seleção começa hoje, quando as listas dos profissionais de cada cidade chegam aos locais. Segundo o chefe do setor de recursos humanos da SEED, Arnaldo Moreira de Matos, as vagas serão preenchidas de acordo com a demanda.

Governo antecipa Bolsa Família a habitantes do Rio Da Agência Brasil

Os moradores dos três municípios fluminenses mais afetados pelas enchentes poderão receber, sem escalonamento de datas, o benefício do Programa Bolsa Família, informou o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Quem tiver perdido o cartão deverá procurar a prefeitura de sua cidade para receber uma declaração especial e fazer o saque. O Bolsa Família vai pagar até o dia 31 de janeiro R$ 1,2 bilhão a 12,8 milhões de famílias distribuídas em todos os municípios brasileiros. A liberação de pagamentos antecipados para os municípios do estado do Rio de Janeiro vai injetar R$ 1,9 milhão nas cidades da região serrana (Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis). Mais de 84,8 mil pessoas de 21,2 mil famílias têm direito ao benefício. Os demais beneficiários vão ter a liberação do Bolsa Família normalmente, de acordo com o escalonamento de datas, baseado no número final de identificação do cartão. Bahia, São Paulo e Pernambuco são os estados que têm maior número de beneficiários e volume de recursos do programa. As famílias recebem entre R$ 22 a R$ 200 de acordo com o perfil econômico e a quantidade de filhos que têm de até 17 anos de idade. As famílias que têm renda mensal per capita de até R$ 140 podem requerer o benefício.

Julgamento O julgamento do ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho deverá ser realizado no segundo semestre deste ano, segundo o advogado Elias Mattar Assad. Nesta terça-feira (18), foi anunciado que Carli Filho será levado a júri popular. A decisão foi do juiz da 2.ª Vara do Tribunal do Júri, Daniel Surdi de Avelar. Ainda não há uma data definida para o julgamento.

Gaeco O procurador Geral de Justiça, Olympio de Sá Sotto Mayor afirmou ontem, após reunião no Palácio das Araucárias, que o governo Beto Richa decidiu manter os policiais civis e militares que atuam no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado ao

lado de procuradores e promotores do Ministério Público Estadual. “A orientação do governo e da Secretaria de Segurança é a permanência dos policiais no Gaeco, no mesmo número”, disse Olympio. “Não haverá interrupção nenhuma nas atividades”, garantiu, referindo-se aos mais de 250 processos de investigação em andamento atualmente.

Aposentadoria Roberto Requião usou o twitter (atualmente seu único canal de comunicação) para questionar a ação anunciada pela OAB que contesta o pagamento de aposentadorias a ex-governadores. “A pensão do presidente da Republica tem a mesma natureza constitucional da dos governadores. Fala OAB”, disparou Requião, que deixou o governo em março de 2010 e já requisitou o benefício no valor de R$ 24,5 mil.

Catástrofes Segundo informações da Agência Brasil, o governo anunciou nesta segunda-feira (17) a criação do Sistema Nacional de Prevenção e Alerta de Desastres Naturais. A informação da decisão veio depois da reunião da presidente Dilma Rousseff com os ministros da Justiça, Defesa, Ciência e Tecnologia, Integração Nacional e Saúde.

Copa 2014 Os secretários do Paraná e de Curitiba para a Copa, Mario Celso Cunha e Luiz de Carvalho, iniciam nesta quarta-feira (19) a primeira viagem ao interior do Estado, em cumprimento ao Caderno de Encargos da FIFA, com o objetivo de analisar as condições atuais dos campos oficiais, dos centros de treinamentos e a rede hoteleira para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. “Estamos dando a devida atenção às cidades e ao público do interior que estão na expectativa de receber as seleções que integrarão o grupo que será sediado em Curitiba”, disse o secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo, Mario Celso Cunha.

Fiscalizadora O governador Beto Richa pediu nesta terça-feira (18) ao deputado federal Duarte Nogueira (SP), futuro líder do PSDB na Câmara Federal, que a oposição não deixe nunca de cumprir em Brasília a função de ser fiscalizadora do governo. “O país precisa de uma oposição vigilante, antenada com os interesses da população”, disse Richa.

Empregos Foi anunciado nesta terça-feira (18) o volume de vagas criadas no ano passado, que foi o melhor do governo Lula na questão de empregos com carteira de trabalho assinada. Foram criados 2.524.678 postos de trabalho formal no ano de 2010, já consideradas as demissões neste mesmo período.

DEMISSÃO

Presidente do Inep é exonerado depois de problemas no Sisu Ministério prepara medidas para uma reestruturação da educação brasileira Paula Laboissière

O

presidente do Insti tuto Nacional de Es tudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Joaquim Soares Neto, foi exonerado nesta terça-feira (18/01) do cargo, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o ex-presidente do Inep pediu demissão do cargo. A demissão ocorre após o registro de diversos problemas no acesso ao site de inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A gestão de Neto foi marcada ainda por falhas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que chegou a ser reaplicado para estudantes prejudicados.

O MEC informou que a reitora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), Malvina Tuttman, foi convidada para assumir a presidência do Inep. Desde o último domingo (16/01), o MEC enfrenta ainda o registro de diversos problemas no acesso ao site de inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

MUDANÇAS O MEC anunciou, também nesta terça (18/01), a criação de uma nova secretaria destinada a cuidar especificamente da regulação de cursos superiores. O professor da Universidade de São Paulo (USP), Luiz Fernando Massoneto, ocupará o cargo de secretário. O MEC pretende criar ainda uma secretaria com o objetivo

de intensificar as relações com as redes municipais e estaduais de educação que será chefiada pelo deputado Carlos Abicalil (PT-MT). As medidas fazem parte de um plano de reestruturação da educação, segundo comunicado do ministério. De acordo com o MEC, a Secretaria de Educação Especial (Seesp) será incorporada à Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad). A titular será a professora Cláudia Dutra, que já comandava a Seesp. A Secretaria de Educação a Distância (Seed) será extinta e suas atribuições serão repassadas para a Secretaria de Educação Básica (SEB). A professora Maria do Pilar Lacerda permanece como titular. Também foram confirma-

das as permanências do professor Eliezer Pacheco à frente da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do professor Jorge Guimarães à frente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), de Daniel Balaban no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e de José Henrique Paim Fernandes na secretaria executiva. Na nota, o MEC confirma ainda a nomeação de Luiz Cláudio Costa, reitor da Universidade Federal de Viçosa, para a Secretaria de Ensino Superior (Sesu).

VAZAMENTO O Ministério da Educação negou o vazamento de dados de estudantes na página de inscri-

ção do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A pasta admitiu, entretanto, que, durante uma manutenção extraordinária dos equipamentos, realizada entre as 19h30 e as 20h de segunda-feira (17/01), alguns alunos foram redirecionados por alguns minutos para páginas e dados aleatórios, sem possibilidade de navegação. O problema, segundo nota divulgada pelo MEC, voltou a ocorrer nesta terça, às 6h, por quatro minutos, em função da troca de um equipamento que tinha como objetivo melhorar a capacidade do sistema. “O Ministério da Educação informa que, em nenhum momento, foi possível a troca de inscrição ou manipulação dos dados dos estudantes”, diz a nota.

José Cruz/ABr

MEIO AMBIENTE

Para senadora Marina Silva, novo Código amplia risco de desastres como o do Rio Ricardo Koiti Koshimizu / Agência Senado

Para os críticos do projeto de lei que institui o novo Código Florestal, o texto que está para ser votado na Câmara amplia o risco de desastres com inundações e deslizamentos de terra, pois legalizaria a ocupação de áreas – como encostas e morros – que hoje estão protegidas pela legislação. A ocupação irregular desses locais voltou a ser discutida após a recente tragédia no estado do Rio de Janeiro, onde mais de 600 pessoas morreram nos municípios de Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis. (A aprovação do projeto) significa a institucionalização do risco, declarou a senadora Marina Silva (PV-AC). O novo código proposto tem foco no meio rural e nas florestas, mas a senadora argumenta

que, “ao permitir a regularização de áreas de risco, as mudanças previstas vão afetar as cidades, apesar de o relator da matéria (o deputado federal Aldo Rebelo) negar isso”. No caso dos morros, a restrição atual à construção de habitações visa preservar sua vegetação e, dessa forma, evitar deslizamentos de terra. Além disso, Marina alerta para a coincidência, que teria sido apontada por especialistas, entre as áreas em que os desastres vêm ocorrendo e as áreas protegidas pelo Código Florestal vigente. Ela reconhece que muitas dessas áreas já estão ocupadas – ainda que irregularmente –, mas ressalta que “existe hoje um impedimento legal que, se for retirado, obviamente aumentará os riscos de tragédias”. “Nesse contexto, temos de entender que a natureza não vai

se adaptar a nós. Nós é que temos de nos adaptar a ela”, afirmou a senadora. Marina também disse que “é necessário fazer não apenas o levantamento dos danos que podemos provocar à natureza, mas também mensurar os danos que a natureza pode nos causar”.

POLARIZAÇÃO Polêmica, a proposta que institui o novo Código Florestal acirrou as disputas entre ruralistas e ambientalistas. No Senado, a iniciativa é defendida por parlamentares como Kátia Abreu (DEM-TO), que também é presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Já Marina Silva, que foi ministra do Meio Ambiente, está entre os principais críticos do novo código. Esse projeto de lei tramita na Câmara sob a forma do PL

“Temos de entender que a natureza não vai se adaptar a nós. Nós é que temos de nos adaptar a ela”, afirmou a senadora

1.876/99. Após ser votado naquela Casa, será então enviado ao Senado. Apesar de se opor ao texto do novo código da forma como está, Marina não é contra toda e qualquer mudança. Segundo ela, o Código Florestal precisa ser atualizado “para se integrar às conquistas da Constituição de 1988, na qual o artigo 225 trouxe uma série de ganhos”. De acordo com a senadora, a atua-

lização é necessária, por exemplo, porque hoje é possível a exploração sustentável de determinadas áreas, inclusive de florestas, desde que se respeite a legislação sobre o assunto. “Mas o projeto que tramita no Congresso não tem esse objetivo. Ao contrário: pretende negar as conquistas da Constituição para destruir as florestas ou relativizar a sua proteção”, reiterou ela.


PublicidadeLegal Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | A7 | Indústria&Comércio EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL Nº 2009.70.00.016181-5/PR EXEQUENTE : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : VIRIATO XAVIER DE MELO FILHO EXECUTADO : SANTOS NORTE & CIA LTDA : ERCOLIS VIEIRA CAMARGO : ALTAIR PEREIRA DE SOUZA

3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ BEL. MÔNICA MARIA GUIMARÃES DE MACEDO DALLA VECCHIA Registradora Designada F AÇO

SABER QUE PRETENDEM SE CASAR :

01- NELSON HENDRIGO BERNY GUEDES E DIONÉIA APARECIDA DE OLIVEIRA; 02- MARCELO MENDONÇA KLAIN E ZILEI CAROLINA DA SILVEIRA. SE ALGUÉM SOUBER ( QUINZE ) DIAS .

DE ALGUM IMPEDIMENTO, OPONHA-O NA FORMA DA LEI NO PRAZO DE

15

CURITIBA, 18 DE JANEIRO DE 2011 CARTÓRIO DE SANTA FELICIDADE IRIO DAS CHAGAS LIMA – OFICIAL Av. Manoel Ribas, 6031 - Fone (41) 3372-1671 – CEP 82020-000 – CURITIBA – PARANÁ EDITAL DE PROCLAMAS F AÇO

SABER QUE PRETENDEM SE CASAR :

1- JULIANO PEREIRA NETTO COM SILVANA APARECIDA DOS SANTOS 2- SAMUEL GUIMARÃES DA COSTA NETO COM BARBARA D'AGNOLUZZO MOREIRA 3- BRUNO RODRIGUES DE ALMEIDA COM PATRICIA TRINDADE 4- MARCO ANTONIO JONACK COM JULIANA MACIEL DE MELO Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 (quinze) dias. Curitiba, 18 de janeiro de 2011 IRIO DA CHAGAS LIMA Oficial

EDITAL N.º 4900570 A DOUTORA TANI MARIA WURSTER, MMª. Juíza Federal Substituta da 1ª Vara, na forma da lei, FAZ SABER que todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que, perante este Juízo e Secretaria da 1ª Vara Federal, tramitam os autos de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL n.º 2009.70.00.016181-5, movida pela CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF contra ALTAIR PEREIRA DE SOUZA (CPF/MF Nº: 621.953.529-49) E OUTROS, constando dos autos de que esta se encontra em lugar incerto e não sabido, pelo presente edital, com prazo de 20 (vinte) dias, que será publicado na forma da lei e afixado em lugar de costume na sede deste Juízo, o qual está situado no endereço em epígrafe, fica o réu supra mencionado, por meio deste, CITADO para que no prazo de 3 (três) dias, efetue o pagamento da quantia de R$ 13.026,09 (treze mil e vinte e seis reais e nove centavos), atualizada em junho de 2009, mais acréscimos legais, sob pena de Penhora ou Arresto em tantos quantos bastem para garantir a dívida querendo, nos termos do art. 652 do CPC, para pagamento do principal, custas processuais e honorários advocatícios, estes arbitrados em 10% (dez por cento) do valor do débito, no caso de integral pagamento no prazo de três dias a verba honorária será reduzida pela metade. A Executada poderá oferecer embargos do devedor no prazo de 15 (quinze) dias, em conformidade com a decisão de fls. 32, o qual deferiu a citação por edital, a teor do disposto no art. 232 do CPC, e para que não alegue ignorância, mandou a MMª. Juíza Federal Substituta expedir o presente edital, na forma da lei. Nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos seis dias do mês de dezembro do ano de dois mil e dez. Eu, ________________, Waldemar Gomes Ferreira Jr., Diretor de Secretaria e.e, o conferi e subscrevi. Tani Maria Wurster Juíza Federal Substituta

ERGONOMIA

Cequipel é líder de consórcio de R$ 90 milhões em conjuntos escolares O fornecimento gira em torno de 25mil conjuntos por mês

Empresas&Produtos Synchro possui nova gerente A Synchro Solução Fiscal Brasil anunciou a contratação de dois novos gerentes de negócios, um para Nordeste e outro para São Paulo. Lúcia Leal gerenciará os novos negócios da empresa a partir de Recife, que tem se mostrado uma praça estratégica para a ampliação das atividades da Synchro no Brasil. Já em São Paulo o time foi reforçado com a promoção de Leandro Marçal, até então consultor técnico da companhia, que passa à gerência de negócios, atendendo à base crescente de clientes recentemente conquistados.As contratações em nível gerencial e de diretoria de 2010 da Synchro incluem Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. Segundo Antonio Carlos D’Andréa, diretor Comercial da empresa, estes movimentos de ampliação buscam um melhor atendimento para a crescente demanda por soluções fiscais e tributárias do Brasil. “A expansão da equipe do Nordeste reflete o fortalecimento da atuação da Synchro na região, principalmente em Recife e Fortaleza. Além de Lúcia Leal, estamos ampliando o time da consultoria, que terá três novos integrantes”, explica.

Livro de Osmar Barbosa Empresário quer distribuir publicação sobre gestão de custos e produção em todos os países da América Latina em que a Metrics Sistemas de Informação comercializa seus produtos)Depois de conquistar leitores em todo o território nacional, o livro “Vender, Controlar, Melhorar: Uma Visão Geral da Gestão de Custos e Produção na Indústria Gráfica” deverá ser traduzido para o espanhol para lançamento nos países da América Latina ainda em 2011.De acordo com o empresário Osmar Barbosa, autor do livro e diretor da Metrics Sistemas de Informação, o projeto de internacionalização acompanha a estratégia da Metrics de difundir as metodologias e o emprego da gestão integrada nos mercados em que a Metrics atua. Presente em nove países da América Latina, a brasileira Metrics mantém uma filial no México e tem sua tecnologia empregada por uma grande parcela das maiores empresas gráficas da Região.

Lista de casamento A casa nova de quem está iniciando a vida a dois pode contar com peças de decoração exclusivas e originais, garimpadas em países como India, Nepal, China, França, Itália, Inglaterra e outros, sem que para isso o casal precise percorrer o mundo. Em Curitiba, a loja Vanessa Taques Casa oferece o sistema de Lista de Casamento e coloca todos os seus produtos à disposição dos noivos. Dos centenários móveis indianos às delicadas porcelanas chinesas, todas as peças podem ser incluídas na lista de objetos da futura casa, a maioria delas exclusiva.Além de jogos de jantar, faqueiros, taças e mobiliário, “a noiva pode escolher objetos para todos os ambientes e ocasiões”, explica a arquiteta e empresária Vanessa Taques, “e não se restringir apenas aos presentes tradicionais”. Os convidados podem visualizar previamente a lista pelo site www.vanessataques.com, clicando no link Lista de Casamento e digitando o nome de um dos noivos. Os produtos escolhidos para a nova casa aparecem nomeados em ordem crescente de valor e com fotos indicativas em alta resolução, que mostram as peças em riqueza de detalhes.

Os mobiliários incluem cadeira e mesa para estudantes com necessidades especiais

O

grupo paranaense Cequipel irá fornecer 600 mil conjuntos escolares e mesas ergonômicas para alunos e professores de escolas das redes públicas de ensino municipais e estaduais de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. A Cequipel é a líder de um consórcio de empresas (80% de participação) vencedor de três lotes de um registro de preços do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O volume de negócios pode chegar a R$ 90 milhões.

De acordo com o presidente do Grupo Cequipel, Airton Bohrer Oppitz, o fornecimento é de aproximadamente 25 mil conjuntos por mês e a produção está dividida: a fábrica do Paraná, localizada em São José dos Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba) produz o mobiliário para Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia; a de Sergipe, que fica em Nossa Senhora do Socorro (Região Metropolitana de Aracaju) para Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O mobiliário, próprio para educação básica, é composto pelos conjuntos para alunos

Airbus: novo recorde de entrega de aviões A Airbus aumentou sua produção pelo nono ano consecutivo e alcançou o novo recorde de 510 (2009: 498) aeronaves comerciais entregues a 94 clientes (dos quais, 19 foram novos). As entregas incluiram 401 aviões da Família A320, 91 da A330/A340 e 18 A380. Na sua divisão militar, a Airbus entregou 20 aviões de transporte leves e médios (CN235 e C295), excedendo em quatro as aeronaves entregues em 2009. A Airbus registrou 644 encomendas de aviões comerciais (574 firmes) em 2010. O valor das novas encomendas ultrapassou os US$ 84 bilhões brutos (US$ 74 bilhões líquidos) a preço de lista. Isso representa 51% por uni-

dades do mercado mundial bruto de aviões com mais de 100 assentos (52% firme). O fabricante obteve 21 encomendas para seus aviões militares (CN235 e C295). As novas encomendas comerciais incluem 452 aeronaves da Família A320, 160 da Família A330/A340/A350 XWB e 32 do A380. No final de 2010, a carteira de pedidos da Airbus era de 3.552 aviões, avaliados em mais de US$ 480 bilhões a preço de lista, representando seis anos de produção contínua. A carteira de pedidos de aviões militares foi de 247 aeronaves. O programa A400M está dando bons resultados, com quarto aviões de desenvolvimento realizando voos de testes.

(três tamanhos diferentes de carteira e cadeira), conjunto para professor (mesa e cadeira) e mesa acessível para estudante em cadeira de rodas. As especificações do mobiliário escolar decorrem de acordo entre o FNDE e a Fundação de Desenvolvimento da Educação (FDE), de São Paulo, que cedeu o projeto de móveis escolares baseado na regulamentação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Adesão Os seis Estados e respectivos municípios, interessados em re-

novar e padronizar o mobiliário escolar de suas redes de educação básica, podem aderir ao pregão eletrônico para registro de preços realizado pelo FNDE para a compra de mesas e carteiras para professores e estudantes. Basta clicar no portal do FNDE em Compras e editais / Adesão a registro de preços / Mobiliário escolar para conhecer os modelos e preços dos móveis disponíveis e o passo a passo para a adesão. Os municípios e Estados têm a opção de adquirir o mobiliário com recursos próprios ou de outras fontes.

Techpeople obtém certificação pela Softex Com foco na expansão dos negócios do mercado internacional, a TechPeople, empresa fabricante de software do Grupo Nexxera, provedora de serviços de Tecnologia da Informação (TI) especializada em soluções para o setor financeiro e mercantil, acaba de conquistar a certificação MPSBR (Melhoria de Processo de Software Brasileiro) nível F, fornecido pela Softex. O objetivo da Nexxera é a implantação de uma gestão de qualidade eficaz que estimule novos certificados que são demandados no mercado de TI, como CMMI, SPICE, entre outros, aperfeiçoando ainda mais seus processos para o desenvolvimento de produtos e

serviços. “Pretendemos disseminar um modelo de referência para melhoria dos processos de softwares, possibilitando a avaliação contínua e a melhoria da qualidade de nossos serviços e atendimento”, comenta o diretor de TI do Grupo Nexxera, Rodrigo Clemente. Ainda segundo o executivo, esta certificação se torna um diferencial não apenas na região Sul, onde está localizada a matriz do Grupo, mas também como facilitadora de novas conquistas de projetos que demandem este selo. A conquista é motivo de orgulho e satisfação para a TechPeople.

Petrobras garante gás para expansão da Compagas A Petrobras confirmou para a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) o fornecimento de mais 1,14 milhão de m³ por dia de gás natural para a ampliação do mercado de atuação da empresa. A confirmação, feita no final da semana passada, vai permitir para a Compagas dobrar o fornecimento atual de gás natural no estado. “Vamos disponibilizar o combustível para mais clientes e garantir nosso progra-

ma de investimentos”, comenta o diretor técnico comercial, José Roberto Gomes Paes Leme. O contrato atual da Compagas com a Petrobras permite o fornecimento de até 1,05 milhão de m³/dia à distribuidora paranaense. A média de consumo dos cerca de 9,2 mil clientes da Compagas em 2010 foi de 960 mil m³/dia de gás natural. O novo contrato vai permitir à companhia atender a demanda de duas grandes empresas do

segmento de fertilizantes: a Vale Fertilizantes, antiga Fosfértil, referência mundial na sua área, instalada em Araucária, deverá consumir cerca de 540 m³/dia de gás natural, e a fábrica de ureia e fertilizantes que o consórcio Conapar projeta para construir até 2013 em uma das cidades que possuem rede de distribuição. Esta fábrica deverá consumir por volta de 600 mil m³/dia de gás natural. “É importante a parceria da Petrobras ao nos

atender para podermos suprir essas duas importantes demandas”, ressalta Leme. Além destes dois clientes, a Compagas projeta, para o quinquênio 2011-2015, um investimento de R$ 136 milhões na expansão da sua área de atuação. Neste ano deverão ser investidos mais de R$ 33,8 milhões para a execução de ramais, ligações de novos clientes industriais, residenciais, comerciais e de Gás Natural Veicular.

Recanto Das águas O Recanto das Águas Resort e Spa, localizado exclusivamente à beira da Praia dos Amores - distante cerca de 5 minutos da área central de Balneário Camboriú (SC) - será totalmente revitalizado. O empreendimento, já reconhecido como um dos melhores resorts e spas do país, ganhará muito mais requinte e sofisticação. As atividades de reestruturação começarão a partir do dia 20 de maio de 2011 quando passará oficialmente para a direção do grupo EMBRAED, sob o comando do presidente-fundador, o empresário Rogério Rosa. Durante esse processo, as suas atividades continuarão funcionando normalmente. Seguindo o conceito dos empreendimentos da EMBRAED - que são referências internacionais pela qualidade e sofisticação em todos os detalhes - a proposta é transformar o Recanto das Águas em um resort aos moldes dos melhores do mundo no gênero, oferecendo variada gama de opções de lazer para todas as idades; hospedagens amplas, luxuosas e confortáveis, e completos serviços de apoio (eventos, gastronomia, transporte, segurança, saúde, entre outros). Tudo isso, à altura das exigências dos hóspedes e freqüentadores que serão focados nas classes A, AA e AAA, entre nacionais e estrangeiros.

Osram ganha prêmio Especializada em soluções para iluminação, a OSRAM é reconhecida mundialmente pela excelência de seu trabalho junto aos revendedores, além da qualidade dos produtos oferecidos. Prova disso é a conquista do primeiro lugar no ranking geral da categoria Iluminação no Prêmio Abreme Fornecedores 2010, promovido pela Associação Brasileira dos Revendedores e Distribuidores de Materiais Elétricos. A empresa também alcançou o topo da pesquisa nos critérios Apoio Comercial e Qualidade. Para Roger Michaelis, presidente da OSRAM no Brasil, essa conquista é resultado da preocupação em estreitar o relacionamento e entender as necessidades comerciais de seus revendedores. “Buscamos estabelecer uma relação transparente, equilibrada e comercialmente vantajosa para ambos os lados. Para que isso seja possível, investimos no atendimento e apoio aos lojistas, além de oferecer a qualidade e benefícios dos produtos OSRAM, frutos de constantes pesquisas”, declara o CEO.

Administração Hoteleira & Eventos Estão abertas as inscrições para o curso de Administração Hoteleira & Eventos do Centro Europeu, o único do gênero no estado do Paraná. Com um método de ensino baseado nas melhores escolas européias, o curso forma profissionais capacitados para atuar nas áreas administrativas e de alimentos e bebidas em hotéis de todas as categorias e, também, em empresas especializadas na organização de eventos. Supervisionado pelo professor Rogério Gobbi, consultor com vasta experiência no segmento, o curso do Centro Europeu tem duração de um ano (regular) ou um semestre (intensivo) e abrange desde as áreas operacionais até áreas estratégicas e de gestão de empreendimentos hoteleiros e empresas de eventos. Os assuntos discutidos ao longo do curso são divididos em três etapas: Módulo de Hospedagem e Administração; Módulo de Alimentos e Bebidas; e Módulo de Eventos.

Caixa comemora 150 anos Reconhecida, no Brasil e no mundo, como instituição financeira sólida e de forte vocação pública, a Caixa Econômica Federal, ao celebrar um século e meio de serviços prestados à nação brasileira, mescla sua história aos últimos 150 anos da história do país. A partir do dia 12 de janeiro de 2011, data do aniversário, a CAIXA, que conta hoje com mais de 83 mil empregados, inicia as festividades, para celebrar a importância da empresa na sociedade brasileira.Parceira estratégica do Estado brasileiro, a CAIXA é agente de políticas públicas fundamentais para o desenvolvimento do país, como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) que atingiu, no final de 2010, a marca de 1 milhão de moradias contratadas. Além disso, o banco operacionaliza programas de distribuição de renda e proteção social como o Bolsa Família, o PIS e o Seguro Desemprego.


Segurança&Trabalho ape s@cr eapr .org .br F one: (41) 3013-3097 apes@cr s@creapr eapr.org .org.br Fone:

Vem ai a NR 35 – Sem Burocracia As expectativas entre empregadores e trabalhadores somam de um lado; a necessidade de aprofundamento da participação dos trabalhadores no sistema de gestão; e; de outro, o pedido de maior prazo para avaliação do texto que compreende a norma. Essa norma abordará a Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho. A sua abrangência evoca a gestão integrada entre o conjunto de riscos, com a visão do empregador e do trabalhador, o tamanho e complexidade da empresa e do serviço, sem perder o foco da criação de cultura de risco com a menor burocracia possível.

Alterações na NR 6 Uma portaria publicada no Diário Oficial da União, em dezembro ultimo, aponta mudanças importantes na NR 6, no que diz respeito a compra de equipamentos de Proteção Individuais. As alterações pretendem: (A). Dar maior participação da CIPA no processo de aquisição de EPIs. (B). Extinção definitiva do Termo de Responsabilidade para a emissão do CA. (C). Simplificação do anexo I. O novo texto estabelece que caiba ao SESMT recomendar o EPI adequado ao risco existente, ouvindo a CIPA para isso. No caso de empresas que não têm SESMT, o empregador selecionará o equipamento adequado a partir de uma orientação de profissional tecnicamente habilitado. A CIPA também deve ser ouvida ouna sua inexistência, o designado e trabalhadores usuários. A seleção de EPI é uma questão complexa, que demanda analise das peculiaridades de cada atividade, no espaço físico, dos riscos pertinentes, do conforto oferecido aos usuários. Portanto, de suma a participação de todos os envolvidos na avaliação dos equipamentos em todos os aspectos mencionados. Outra alteração diz respeito a necessidade do fornecedor do EPI apresentar as informações referentes aos processos de limpeza e higienização. No Anexo I atualiza a nomenclatura dos EPIs, como aqueles indicados para proteção respiratória, pois sem essa atualização de nomes poderia haver equívocos. Novos equipamentos foram introduzidos, tais como capuz para proteção de crânio e pescoço contra agentes abrasivos e escoriantes, protetor facial para riscos de origem térmica, entre outros.

Nova Presidente Dilma recebe manifestações A Presidente Dilma Rousseff tem recebido manifestações a favor da SST. Um grupo ligado a Saúde do Trabalhador produziu um abaixo assinado, colocado na Internet na pagina WWW.peticaopublica.com.br . O Objetivo foi recolher assinaturas até dezembro ultimo para encaminhá-lo neste mês. A idéia é conseguir um interlocutor próximo a Presidente para levar o documento. Um dos pedidos é que se associe o crescimento econômico a redução das desigualdades nos ambientes de trabalho evitando doenças e mortes. O texto chama a atenção para impacto do processo produtivo sobre a saúde dos trabalhadores e para a ocorrência de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais. Ainda se destaca a questão do ritmo a pressão por resultados, a ausência de pausas, a necessidade de proteções coletivas e de pesquisas que pensem em substituições de substancias nocivas. Outra manifestação ocorreu enquanto a presidente ainda era candidata e será reforçada agora que assumiu o cargo com a entrega de uma carta produzida pelos COMENDADORES DE SEGURANÇA E SAÙDE NO TRABALHO. O material reforça os números da presidência, com cerca de 700 mil acidentes do trabalho por ano e os custos da acidentalidade, que segundo a OIT chegam a 4% do PIB. Também se abordam os trabalhadores isolados dos ministérios na área e o fato de a Política Nacional de SST ainda não ter sido assinada. Os comendadores sugerem a criação de uma política que leve a SST a todos os trabalhadores, incluindo os informais, e segmentos.

Formação em SST O Projeto Educacional Prevencionista, voltado para a formação em SST que será lançado em março de 2011. Essa iniciativa partiu da ABPA – Associação Brasileira para prevenção de Acidentes, junto a Sindseg e Sperian. Pretende-se investir tanto na realização de cursos como na criação de materiais educativos. A Sperian apresentou a NR Pratica que é um guia ilustrado sobre as NRs e EPIs. Essa é uma primeira tentativa de formação e os materiais serão distribuídos aos profissionais da área e usados em treinamentos. Também se pretende foca na divulgação de artigos técnicos na Internet por meio de redes sociais. Os curso serão centrados em temas específicos considerados em evidencia: NR 10, NR 18, NR 32, NR 33 e Proteção Respiratória.

NEPOTISMO CRUZADO

Mulher de desembargador exonerada é recontratada A mulher do presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador José Fernandes de Lemos, foi exonerada cargo de chefe de gabinete de outro desembargador da corte por determinação da Corregedora Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon. Depois disso, Juliana Maria Dias da Costa de Lemos foi nomeada para exercer cargo em comissão no Tribunal de Contas do Estado, como informa o blog do jornalista Frederico Vasconcelos. Relações públicas, Juliana ingressou no TJ-PE como estagiária em 2002 e passou a ocupar a função de oficial de gabinete do desembargador Leopoldo

Raposo no mesmo mês em que casou com o atual presidente do TJ-PE, em outubro de 2007, segundo documentos que estão nos autos do processo. Por sua vez, a mulher de Raposo, Maria Ismênia Pires Leite Padilha, ocupava o cargo de assessora técnica judiciária no gabinete do presidente do tribunal desde agosto de 2009. Maria Ismênia foi exonerada por ato simultâneo ao que afastou Juliana. Para a corregedora nacional, o exercício desses cargos em comissão caracterizaria nepotismo, vedado pela Resolução 7/2005, do Conselho Nacional de Justiça, e pela Súmula Vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal.

Justiça&Direito

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | A8

CORTE CONSTITUCIONAL

Toffoli aprova controle prévio de constitucionalidade Sociedade quer das instituições a responsabilidade de suas decisões políticas

O

controle prévio de constitucionalidade, adotado em Portugal, poderia ser uma boa solução para problemas enfrentados pelos brasileiros. A opinião é do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, que comentou a entrevista do presidente do Tribunal Constitucional de Portugal, Rui Manuel Gens de Moura Ramos. Toffoli chamou atenção para a parte da entrevista em que Moura Ramos diz que o presidente de Portugal, antes de sancionar uma lei aprovada pelo Parlamento, pode questioná-la na Corte Constitucional. O controle de leis antes da sanção presidencial, o chamado controle prévio, é defendido pelo ministro brasileiro em dois casos: normas tributárias e leis sobre remuneração de servidor — neste caso

O controle de leis antes da sanção presidencial, o chamado controle prévio, é defendido pelo ministro brasileiro em dois casos: normas tributárias e leis sobre remuneração de servidor

porque faz com que muitos aposentados ou funcionários de outras carreiras peçam equiparação. “Estas duas espécies de leis, editadas em todos os entes da federação (União, estados, Distrito Federal e municípios), são as mais questionadas quanto à constitucionalidade. Evitaríamos

inúmeras ações se o STF já pudesse definir sua validade”, declarou Dias Toffoli. O ponto da entrevista, contudo, que mais causou polêmica foi a afirmação de Moura Ramos de que sociedade deve ficar do lado de fora do tribunal enquanto os julgadores formam o seu entendimento. “A sociedade

Ex-governador do DF é condenado por promoção pessoal com verba pública Joaquim Roriz, ex-governador do Distrito Federal, e Odilon Aires Cavalcante, exsecretário de Assuntos Fundiários, foram condenados por promoção pessoal com verba pública em um jornal. Eles terão que devolver aos cofres o dinheiro gasto com a edição da publicação. A decisão da 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal confirmou entendimento anterior da 3ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal. Não cabe mais recurso. Segundo a denúncia, a Secretaria de Assuntos Fundiários editou e veiculou, em abril de 2000, o jornal Nossa Terra. As reportagens tiveram como intuito promover os réus. Alguns dos textos do jornal, por exemplo, mostravam grandes feitos das autoridades enquanto estavam no poder. A denúncia apontou ilegalidade, desvio de finalidade e abuso de poder. Contra decisão desfavorável da Vara de Fazenda Pública, os réus entraram

Custas judiciais no STJ ficam mais caras As custas judiciais e de porte de remessa e retorno de autos no Superior Tribunal de Justiça têm novos valores. A Resolução 1/2011, publicada nesta segunda no DJe, revoga as Resoluções 4 e 10, de 2010. A Lei 11.636, de 2007, prevê que os valores das custas judiciais serão reajustados anualmente, com base na variação do IPCA. Os valores das custas das ações originárias variam entre R$ 58,50 para conflitos de competência ou Reclamação, por exemplo, até R$ 233,99 para Ação Rescisória, medida cautelar ou suspensão de liminar e sentença, entre outros.

com recurso. O relator do caso no TJ-DF conheceu apenas o recurso do ex-secretário, por falta de fundamentação do pedido de Roriz. “O Apelante não questiona os fundamentos da sentença, cingindo-se a elaborar três parágrafos (...) de redação quase ininteligível e reportando-se aos termos da contestação”, afirmou o desembargador. Para o relator, o emprego de verba pública para a confecção do jornal ficou com-

provado. “Tais documentos mostram ainda que a Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), então vinculada à referida Secretaria de Assuntos Fundiários, efetivou os pagamentos dos custos com a confecção do jornal, dentre outros serviços”, afirmou. O ex-secretário afirmou que o autor não juntou aos autos o comprovante de votação e, por isso, não poderia ter impetrado a ação popular.

não compreenderia que o juiz se afastasse do seu papel de aplicador da lei para se basear na opinião dela”, disse o presidente da corte portuguesa, que ainda expressou a singularidade da experiência brasileira de transmitir pela telvisão as sessões do Supremo: “A TV Justiça é uma experiência do Brasil que não critico, mas julgo que no universo europeu estamos longe disso ainda”. No Brasil, é difícil encontrar quem compartilhe a opinião de Moura Ramos. Aqui, acredita-se que a abertura dos julgamentos é uma forma de o Judiciário prestar contas com a sociedade e de se tornar mais próximo do cidadão. A publicidade dos julgamentos no país é uma conquista da democracia, dizem operadores do Direito.

Condenada por tráfico cumprirá pena alternativa Em decisão inédita, na cidade de Rosário Oeste (A 100 Km de Cuiabá), o juiz Adilson Polegato de Freitas substituiu a pena de uma condenada à prisão por tráfico de entorpecentes, por prestação de serviços à comunidade. A ré já está em liberdade e pagará o restante da pena com a prestação de serviços à comunidade. O STF já aplicou penas alternativas em casos de tráfico de drogas. O pedido foi feito nas alegações finais pela defensora pública Odila de Fátima dos Santos. “Observo que a reeducanda é primária e sem antecedentes criminais e trabalhava em atividade lícita antes de ser segregada, tendo possibilidade de reestruturar sua vida ao deixar o cárcere”, afirmou.

Banco não pode exigir assinatura de cliente devedor em papel em branco Um banco não pode exigir de seus clientes devedores que eles assinem em contratos em branco. O ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça, entendeu que a prática é abusiva e fere o Código de Defesa do Consumidor. Ele analisou um recurso do Banco ABN AMRO Real S.A. O TJ paulista manteve a sentença de primeiro grau em uma Ação Civil Pública, na qual o Ministério Público de São Paulo apontou a ilegalidade da prática bancária. O caso foi levado ao MP por um cliente. Ele reclamou que “não achava correto assinar documentos em branco”. No caso, a exigência aconteceu em um contrato de parcelamento de débito e nota promissória. A primeira instância entendeu que o banco não pode coagir seus clientes devedores para, “aproveitando a situação de dificuldade finan-

ceira do mutuário, exigir que ele assine documentos em branco”. O TJ-SP não aceitou o apelo do banco. O banco argumentou que a jurisprudência assegura ao credor o preenchimento de título de crédito emitido em branco. Nesse ponto, Salomão concluiu que o TJ-SP tratou da exigência de assinatura do contrato bancário,

propriamente dito, em branco — na contratação ou recontratação de empréstimo bancário —, e não da nota promissória a ele vinculada, como o banco quis fazer crer. Como informou o ministro, a legitimidade do MP existe porque ele atua na defesa dos interesses do consumidor, coibindo práticas lesivas aos clientes do banco.


Economia Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | B1 | Indústria&Comércio

Cheques sem fundos têm menor patamar desde 2004 Em 2010, foram devolvidos 1,76% de cheques em todo o país, conforme revela o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. Foi o menor percentual desde 2004, quando houve 1,58% de devoluções. Na comparação de dezembro de 2010 sobre dezembro de 2009, também houve decréscimo no número de cheques devolvidos. No último mês de 2010, houve 1,72% de devoluções, contra 1,87% em dezembro de 2009. Já na relação com novembro último, o volume de cheques sem fundos apresentou elevação. No penúltimo mês de 2010, foram devolvidos 1,68% de cheques. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a queda registrada na devolução de cheques no acumulado de 2010, em comparação com os anos anteriores, é resultado da preferência do consumidor por formas de financiamento com prazos mais longos que o pré-datado e com a possibilidade de fazer pagamentos mínimos, como no cartão de crédito. Endividado, o consumidor reverteu a queda na devolu-

ção de cheques por falta de fundos, entre maio a outubro de 2010, e usou mais este instrumento nos últimos dois meses do ano, para evitar, sobretudo, atingir o limite do cartão de crédito. Em razão disso, a devolução de cheques cresce em novembro e dezembro. No último mês do ano, normalmente os cheques sem fundos recuam, pelo recebimento do 13º salário, o que não aconteceu em 2010. Nessa perspectiva, no 1º trimestre de 2011, com o pagamento dos impostos (IPTU e IPVA) e das despesas escolares, haverá pressão no orçamento doméstico, podendo gerar novos acréscimos na inadimplência com cheques.

REGIÕES De janeiro a dezembro de 2010, o Amapá foi o estado com o maior percentual de cheques devolvidos (10,79%). São Paulo, por sua vez, foi o estado de menor percentual (1,32%). Entre as regiões, a Norte foi a com maior percentual de devolução de cheques nos doze meses de 2010, com 4,00%. Na outra ponta do ranking está a Sudeste, com 1,43%.

Déficit do setor químico cresce 160% em cinco anos

TRABALHO

País termina 2010 com 2,5 milhões de novos empregos Ministro negou qualquer tipo de “maquiagem” dos números Cesar Brustolin/SMCS

Roberta Lopes

D

ezembro de 2010 re gistrou queda de 407.510 empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). No total, foram criados 2.136.947 empregos. Somando os dados declarados fora do prazo, o número de empregos sobe para 2.524.678. A diferença, de acordo com o MTE, faz parte das mudanças na forma de divulgação dos dados obtidos das declarações entregues fora do prazo. Com isso, o saldo de janeiro a dezembro de 2010 é de pouco mais de 2,5 milhões de empregos, dentro da meta estabelecida pelo governo para o período. Em dezembro, foram admitidos 1.230.563 e demitidos 1.638.073; totalizando 407.510 vagas fechadas. Os setores que apresentaram elevação no nível de emprego em dezembro foram comércio (14.411) e serviços industriais de utilidade pública (557). A indústria de transformação foi o setor que apresentou a maior perda de postos de trabalho (152.987). Os estados em geral apresentaram queda na criação de empregos. As maiores perdas se deram em São Paulo (159.579) e Minas Gerais (50.797). Em 2009 foram gerados 995 mil empregos e os setores que mais contrataram foram serviços (500.177), comércio (297.157) e construção civil (177.185). Os estados com saldo positivo na geração de vagas foram São Paulo (277.573), Minas Gerais (90.608) e Rio de Janeiro (88.875). Para 2011, a meta do

O setor de serviços foi o que gerou o maior número de empregos no ano passado, com 1.008.595 vagas

governo é gerar 3 milhões de empregos.

SERVIÇOS O setor de serviços foi o que gerou o maior número de empregos no ano passado, com 1.008.595 vagas abertas, seguido do comércio (601.846), da indústria de transformação (536.070) e da construção civil (329.195). O único setor que apresentou queda foi a agricultura, com a redução de 2,5 mil postos de trabalho. De acordo com o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, a crise de 2009 explica boa parte do saldo positivo registrado em 2010. “Viemos de um período que a economia teve uma parada e voltou a crescer no meio do ano. A consequência dessa parada fez com que a retomada, em 2010, fos-

se mais forte. Essa comparação favorece 2010”, explicou. A região que apresentou o maior crescimento do número de empregos foi a Sudeste (geração de 1.276.903). Já a Região Norte foi a que apresentou o menor crescimento na comparação com as outras, apenas 136.259 empregos a mais do que em 2009. Apesar disso, o número é esse recorde para a região. São Paulo foi o estado que abriu o maior número de empregos (726.449), seguido por Minas Gerais (296.230) e Rio de Janeiro (217.805). O ministro negou qualquer tipo de “maquiagem” dos números, que consolidaram o cumprimento da meta estabelecida pelo governo federal, que era de gerar 2,5 milhões de empregos em 2010. “Esses números

são oficiais, de mais de 7 milhões de empresas do Brasil e eu não sou leviano pra inventar números. São dois números que o ministério tem, todos verdadeiros, reais e sem maquiagem”, afirmou, referindo-se aos números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregador (Caged) e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Caso os números de empregos declarados fora do prazo não tivessem sido incluídos no resultado de dezembro, o ano fecharia com 2,1 milhões de novos empregos, abaixo da meta estabelecida. Com esses números declarados em atraso, 387.731, o governo conseguiu atingir a meta. Apesar do bom resultado acumulado em 2010, dezembro fechou com um saldo de 408 mil empregos a menos.

EXPECTATIVA

Vendas do comércio varejista no primeiro trimestre devem cair 19%, aponta pesquisa Os produtos químicos, ao lado de máquinas e equipamentos e materiais elétricos e de comunicação, respondem por um dos maiores déficits setoriais do País

O déficit na balança comercial brasileira de produtos químicos foi superior a US$ 20,6 bilhões em 2010, segundo informações divulgadas pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). Este é o segundo maior resultado negativo da história. O valor só foi superado em 2008, ano em que o déficit chegou a US$ 23,2 bilhões. “Nos últimos cinco anos, o déficit em produtos químicos cresceu 160,8%, ou 21,13% ao ano”, destaca o presidenteexecutivo da Abiquim, Eduardo José Bernini. Ele observa que o crescimento econômico do País, as obras do PAC e os preparativos para a Copa do Mundo de Futebol e para as Olimpíadas aumentarão a demanda por produtos químicos, o que poderá elevar significativamente o déficit setorial nos próximos anos. Bernini ressalta que o Pacto Nacional da Indústria Química, estudo entregue ao governo pela Abiquim, estima um potencial de investimentos no setor de US$ 167 bilhões até 2020. “É necessário estimular a realização desses investimentos, o que possibilitaria o atendimento à demanda interna, a recuperação do déficit comercial, o desen-

CMYK

volvimento de uma indústria química de base renovável, a agregação de valor às matérias-primas a serem extraídas do pré-sal e o aumento dos investimentos em inovação, algo fundamental para garantir o crescimento sustentável do País”. As medidas esperadas pela indústria química como estímulo aos investimentos são a garantia do fornecimento de matérias-primas competitivas em preço, disponibilidade de volume e prazos estabelecidos em contratos, a solução de distorções tributárias e a melhoria da infraestrutura logística. Os produtos químicos, ao lado de máquinas e equipamentos e materiais elétricos e de comunicação, respondem por um dos maiores déficits setoriais do País. No ano passado, as importações de produtos químicos, de US$ 33,7 bilhões, representaram 18,58% dos US$ 181,7 bilhões em compras externas realizadas pelo País. As vendas externas somaram US$ 13,1 bilhões, o equivalente a 6,48% do total de US$ 201,9 bilhões exportados pelo Brasil. Em relação a 2009, as importações cresceram 29,1% e as exportações aumentaram 25,3%.

Flávia Albuquerque

O número de consumidores que pretendem ir às compras caiu de 76,2% no quatro trimestre de 2010 para 71,8% no primeiro trimestre de 2011. Com relação ao mesmo período de 2010, a queda é de 5,4 pontos percentuais, já que a intenção de compra, no ano passado, era de 77,2%. Os dados estão na Pesquisa Trimestral de Intenção de Compra no Varejo, feita pelo Programa de Administração do Varejo (Provar) em parceria com a Fundação Instituto de Administra-

ção (FIA) e a Felisoni Consultores Associados. De acordo com a Provar, as vendas no primeiro trimestre devem cair 19% em comparação com o último trimestre de 2010. Segundo pesquisa feita com 500 moradores do município de São Paulo, lideram as intenções de compra eletroeletrônicos (12,4%); materiais de construção (10,2%); telefonia e celulares; e equipamentos de informática, ambas com 9,8% das intenções. Em seguida estão automóveis e motos, com 8%. A intenção de compra de

eletrodomésticos da linha branca, no primeiro trimestre de 2011, ficou igual à do semestre anterior (9,4%). Houve recuos na intenção de compra de móveis (-16,7%), eletroeletrônicos (-6,1%), informática (21%), cine e foto (-32,4%0, telefonia e celulares (-5,8%) e eletroportáteis (-21,4%). Já a intenção de comprar materiais de construção cresceu 54,5%. Embora a intenção de compra tenha caído, a intenção de gastos aumentou. Segundo o presidente do Provar, Claudio Felisoni, por causa do aumento da inflação, que provoca no

consumidor a sensação de que os preços subiram de forma generalizada. Com relação à linha branca, os consumidores esperam gastar 95,6% a mais do que no trimestre anterior, percentual próximo ao aumento de gastos com móveis (93,9%). Por outro lado, o consumidor espera gastar menos este trimestre com eletroeletrônicos (-14,5%), material de construção (-24,7%), informática (-7,6%), cine e foto (-13,1%), telefonia e celulares (27,8%), cama, mesa e banho (61,3%), eletroportáteis (-6,7%) e automóveis (-4,6%).

AÇÃO CIVIL

Centrais sindicais entram na Justiça para corrigir tabela do Imposto de Renda em 6,46% Vinicius Konchinski

Centrais sindicais entraram nesta terça-feira (18/01) na Justiça Federal com uma ação civil pública para pedir a correção de 6,46% na tabela de cobrança do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O processo contém ainda um pedido de liminar para que o ajuste da tabela passe a valer imediatamente. Caso a Justiça considere o pedido das centrais procedente, trabalhadores filiados às entidades que recebem até R$

1.595,99, por exemplo, passarão a ser isentos do IR. Na atual tabela, o limite de isenção é de R$ 1.499,15. As outras faixas de cobrança também seriam corrigidos pelo mesmo índice. Segundo o deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, o reajuste é necessário para garantir que os aumentos salariais conquistados no ano passado não sejam minimizados pela não correção dos impostos. “Sem correção, muitos trabalhadores que receberam aumento vão ter

o ganho anulado pela elevação do imposto retido na fonte”, disse o sindicalista. O índice de 6,46% é referente à inflação acumulada em 2010 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE). Caso este percentual não seja aplicado à tabela do IRPF, o governo federal arrecadará R$ 5,7 bilhões a mais este ano com o Imposto de Renda. Em ato promovido em frente ao Tribunal Regional Federal da

3ª Região, em São Paulo, o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique da Silva, falou que as centrais se manterão mobilizadas pela correção da tabela do imposto. O ato reuniu cerca de 500 pessoas, segundo a Polícia Militar. Os sindicalistas defendem, além da correção da tabela do IRPF, reajuste do salário mínimo para R$ 580 e aumento de 80% do percentual aplicado ao piso nacional para o benefício dos aposentados que ganham mais de um salário mínimo por mês.


PublicidadeLegal Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | B2

Edital de Praça e Leilão: dia 11/02/2011 e 04/03/2011, às 09:30hLocal: Rua Senador Acciolly Filho, 1625-Cic-Curitiba-Pr: Paulo Setsuo Nakakogue, Leiloeiro Oficial, registrado na Jucepar sob nº 625, devidamente autorizado pelos Srs. Drs. Juízes do Trabalho, no exercício da Titularidade das Varas Trabalhistas de Curitiba, venderá, em público Leilão, conforme Art. 888 da CLT, no dia, hora e local supracitados, os bens objetivo de penhora das ações trabalhistas, nas condições indicadas neste Edital, a seguir descritos: Juiz do Trabalho, Dr. Sandro Augusto de Souza, da 01ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 11787-2001-01-09-00-1: Leonilda de Oliveira Braz X Sabóia Hotéis e Turismo Ltda X Climax Hotel Ltda X Celso Valente Sabóia X Luiz Omar Sabóia X Maria Rita Sabóia Pontoni X Vilma de Lourdes Santos Sabóia X Adriana Santos Sabóia;Box ou alojamento de automóvel do Edifício Garagem Automática, localizado na R. Dr. Muricy nº 400, e a respectiva fração do solo de 0,028977 do terreno, matr.14829 - 7ª CRI - Ctba. TOTAL R$ 6.900,00; Ônus na Prefeitura não Levantado, condomínio não levantado até 12/ 01/2011;HBBB(*3);VEF(*4);VCC(*5); Juíza do Trabalho, Dra. Hilda Maria Brzezinski da Cunha Nogueira, da 02ª Vara do Trabalho de Curitiba a saber: Autos nº 05772-2010-002-09-00-1: Robson Carlos Carvalho Mazzoni X Pro Stand Projetos e Montagens Ltda; 01 Caminhão GM-6000 Custom, placa AFP 4855, ano de fabricação\ modelo 1995/ 1995,diesel,capacidade de transporte de 3,80T potência de 120CV cor branca,Renavam 64.352390-1,Chassi 9BG443NBSSC013486,que encontra-se em regular estado de conservação,com pneus meia vida,com alguns pontos de ferrugem na lataria, bem como alguns amassados no baú e no pára-choque, com os estofamentos da cabine bastante desgastados e rasgados em alguns pontos,em funcionamento.TOTAL R$ 41.000,00; Ônus Detran R$ 1.053,00 até 12/01/2011; Autos nº 15517-2004-002-0900-9: Silvio Eluir do Amaral Ferreira X Raphael F.Greca e Filhos Ltda;01 Terreno Rural com área de 49.925,73 metros quadrados, situado no lugar denominado Santa Gema, Município de Colombo, cuja divisas e confrontações constam da matrícula 1985 do CRI da Comarca de Colombo Paraná.TOTAL R$ 1.000.000,00; Ônus ITR não Levantado até 12/01/2011; Penhora anotada na matricula; Autos nº 21935-2000-002-09-00-1: José Eloir Godois de Freitas X Posto de Serviços Zangão Ltda X Posto Espírito Santo Ltda X Auto Posto Roca Grande X Otto Scherner & Cia Ltda X Comércio de Combustíveis MC Ltda X Posto Nova Orleans Ltda X Posto Espanha X Antonio Takatoshi Aoki X Ciro Renato Santana de Araújo X Luiz Carlos Mangio de Souza X Cariston Caobianco X Marcio Augusto Caobianco; Lote de Terreno nº A2-B, da planta João de Lara, de frente para a R. Cecília Meireles, com área de 544,96m2, com os limites e confrontações constantes da matr. 11697, do Cartório de Registro de Imóveis-2ª Circunscrição, Ctba/Pr. TOTAL R$ 120.000,00;Obs: Há uma quadra poliesportiva e parte de uma construção em alvenaria. Ônus na Prefeitura R$ 9.538,92 até 10/ 01/2011 mais custa e honorários judiciais; HBB(*6); VCC(*5); Autos nº 05620-2007-002-09-00-3: Wellington Rogério Menezes de Souza X Telelista (Região 2) Ltda; 01 Televisor LG a cores, 29 pol.Total R$ 300,00; 08 Cadeiras giratórias estofados e revestidos em tecido azul, s/braço, avaliado cada em R$ 70,00.R$ 560,00; 01 Aparelho de fax Panasonic KXFP153.total R$ 190,00; 01 Mesa em fórmica cinza, formato em L, sem gavetas, med aprox. 3mts de compri- mento.total R$ 190,00; 01 Balcão em fórmica cinza com detalhes em azul e amarelo na frente formato em L, com 4 gavetas e 2 portas, medindo aprox. 4mts de comprimento.total R$ 350,00; Total R$ 1.590,00;Autos nº 23345-2007-002-09-00-0: Mario Alberto Bail X Eletro Mecânica Baziewicz Ltda X Banco Bradesco; Direitos decorrentes do contrato de Alienação Fiduciária nº 2846.796 - Capital de giro com alienação de veículos usados O presente contrato está com executado devido parcelas em atraso desde o mês de fevereiro 2010. O contrato teve por valor de R$ 35.000,00(Trinta e Cinco Mil Reais) liquidados (11) parcelas de R$ 2.565,41 e hoje há um saldo devedor R$ 28.642,47; TOTAL R$ 28.219,51;Observação: Será Vendido Só:(11) parcelas de R$ 2.565,41 e hoje há um saldo devedor R$ 28.642,47;Autos nº 18838-2009-002-09-00-0: Sérgio Saueressig X Titon & Silvia Ind. e Comércio de Móveis Ltda; 01 Serra fita de bancada com estrutura em ferro, na cor verde, com 2 volantes de 60cm de diâmetro aproximadamente, motor de 2cv, Kohlbach, mesa de 55cm X 80cm aproximadamente, altura de 1,80m, em estado regular e sem plaqueta indicando marca em funcionamento normal.TOTAL R$ 1.800,00; Autos nº 03893-2003-002-09-00-0: Rosângela Ribeiro Farias X Tresor Metais Nobres Ltda.01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, quartzo fume pedra rolada e esferas de madeira petrificada; 01 Brinco Prata banhada a ouro, quartzo fume disco facetado e esfera de madeira petrificada.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, aventurina verde cascalho, ônix cascalho e pérolas negras; 01 Brinco Prata banhada a ouro, aventurina verde cascalho, ônix cascalho e pérola negra.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, labradorita cascalho e pérolas verdes; 01 Brinco Prata banhada a ouro, labradorita cascalho e pérola verde.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, granada cascalho e esferas de coral vermelho; 01 Brinco Prata banhada a ouro, granada cascalho.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, olho de tigre vermelho e pérola barroca branca; 01 Brinco Prata banhada a ouro, olho de tigre vermelho e pérola barroca branca.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro e quartzo rutilado pedra rolada; 01 Brinco Prata banhada a ouro e quartzo rutilado pedra rolada e pérola branca.Total R$ 420,00; 01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, pérolas brancas; 01 Brinco Prata banhada a ouro, pérolas brancas.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, cítrino pedra rolada e pérola branca; 01 Brinco Prata banhada a ouro, cítrino cascalho e pérolas brancas.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, turquesa cascalho e esferas de ônix; 01 Brinco Prata banhada a ouro, turquesa cascalho e esferas de ônix.Total R$ 420,00;01 Conjunto de colar e brinco: 01 Colar Prata banhada a ouro, lápis-lázuli cascalho e pérola branca; 01 Brinco Prata banhada a ouro, lápis-lázuli cascalho, pérola arroz branca e madrepérola.Total R$ 420,00;Total R$ 4.200,00;Autos nº 007592001-002-09-00-5: Antonio Carlos da Silva X Guarda Urbana Pontagrossense Serv. de Vigilância e Portaria Ltda X José de Lima X José Moreira Lopes X Felipe Wolochn X Halyna Wolochn; 01 Motocicleta YAMAHA/XT 125, placa AHC 6093, cor branca, ano 1997/1997, à gasolina, Renavam 67.729574-0, assento azul, detalhes em adesivo nas cores pink, azul e preto.TOTAL R$ 1500,00; Observação : Alienação fiduciária já foi abaixado.O debito que consta no Detran é relativos IPVA 2008, 2009, 2010, Taxas de licenciamento de seguro obrigatório e multa que o total é R$ 1.433,85 até 12/01/2011; Autos nº 01858-2010-002-09-00-5: União X Construtora Carpizza Ltda;01 Veículo marca/modelo Scania/ T 112 H 4X2, placa AAZ-5949, Renavam 51.961471-2 ano 1986/ 1986, chassi 9BSTH4X2ZG3223997, espécie tipo trator, motor diesel, cor branca, reformado totalmente (original)em uso pela empresa. Pneus novos não recapados.Total R$ 80.000,00; Ônus Detran R$ 221,78 até 12/01/2011;Alien. Fiduc. Bco Safra não Levantdo;Autos nº 12497-2010-002-09-00-2: Luciano Manfrin X Iris Color Express Comércio de mat. Fotográficos Ltda;72 Álbum para 120 fotos - minimax 10 X 15cm novos lacrados avaliados em R$ 9,00 cada.Total R$ 648,00; Juíza do Trabalho, Dra. Lisete Valsecchi Fávaro, da 03ª Vara do Trabalho de Curitiba a saber: Autos nº 08809-2006-003-09-00-3: Valdir Luiz dos Santos X Marcelo José Gregolin Anacleto (ME) X Top - Line Comércio e Exportação de Madeiras Ltda.X Diel Elementos Ltda;01 Serra-Fita de desdobro, marca “B. Raimann, cor vermelha, com 02 volantes de aproximadamente 1,10m de diâmetro cada, com 04 rolos para fixar/segurar a madeira para o corte, completa e em funcionamento normal com motor marca “General Electric”, de 40 Cv, 3 fases. Possui ainda chave com plaqueta indicando: “Mário Capitani & Cia Ltda”440 volts.Total R$ 11.000,00;Autos nº 05425-2004-003-09-007: Joaquim Inácio da Silva X Miceslau Belniaki; 01 Lote nº 10 da quadra K da Planta Parque Ouro Verde, situada em Santa Felicidade, neste município de Curitiba, com a área de 1.147,50 m2, tendo 15,30 metros de frente para a Rua nº 10, medindo 70,00 metros no lado direito onde confronta com o lote nº 9, 74,00 metros no lado esquerdo onde confronta com o lote nº 11, e com o lote nº 12 e tendo 15,00 metros na linha de fundos onde confronta com terreno do Município de Curitiba. Imóvel este matriculado sob nº 5024,na 9ª Circunscrição de Registro de Imóveis de Curitiba. Terreno sem benfeitorias.OBS: Reserve-se 50% do valor a Lais Bastos Belniaki. Total R$ 345.000,00; Ônus na Prefeitura R$ 36.570,26 até 10/01/2011 mais custa e honorários judiciais; Autos nº 15933-1999-003-09-00-5: Laudi Marcos Lasta X C. R. Radiodifusão X Geraldine Cecília Cartário Nadolny X Geraldo Cartário Ribeiro X Geraldine Cecília Cartário Ribeiro; Imóvel rural, matricula 41.676 Cartório de Registro de Imóveis de Fazenda Rio Grande, com Área d 33 alqueires e 08 litros, ou sejam 803.440,00 m2, situado no lugar denominado Palmeira-Barreiro, no Município de Mandirituba, cuja medidas, confrontações e demais dados do imóvel constam da mesma matricula (desde já integrante da presente penhora), que avalio o alqueire de terra pelo preço médio de mercado, ou seja R$ 13.500,00 o alqueire.Total R$ 448.200,00; Ônus ITR não Levantado até 12/01/2011; Penhora Anotado na Matricula;VTSJP(*8); HBB(*6); VCC(*5); Conservação de Floresta 21,06 ha. Autos nº 03104-2004-003-09-00-8: Milton Simão de Figueiredo X Weline Comercio de Moveis Ltda X Noemia Mendes Kohler X Argon Kohler;Parte ideal correspondente a 234,00 m2 do lote de terreno 08 da quadra 06, da planta núcleo habitacional Alto Boqueirão, plano retangular localizado na Rua Érico Andretta nº 120, Xaxim, Curitiba-Pr,com indicação fiscal do setor 82, quadra 287,lote 008.000-0, do Cadastro Municipal de Curitiba e objeto da matricula 4.625, da 7º Circunscrição de Registro de Imóveis de Curitiba, onde constam as confrontações do lote. Benfeitorias: Uma residência de alvenaria, de bom padrão, com uma sala, cozinha, lavanderia,quatro quartos, quatro banheiros, garagem, quintal e jardim.Área total construída de aproximadamente 120 metros quadrados. O lote e cercado por muros e grades metálicas. Em bom estado de conservação.total R$ 130.000,00; Ônus na Prefeitura não consta débito até 09/12/2011;Autos nº 921382004-003-09-00-9: Paulo Estevão Teixeira X J. Pires Construtora de Obras Ltda.Penhora da parte ideal pertencente à executada Maria Antonia de Almeida Pires, incidente sobre o lote de terreno nº 03, da quadra 12, do loteamento Jardim Guabirotuba, perfazendo a área total de 549,00m2, Demais divisas e confrontações, constantes na matr. de nº 42, do Cartório de Registro de Imóveis da 4ªCircunscrição Imobiliária de Ctba. Benfeitoria: residência em alvenaria de 169,10m2 Indicação Fiscal 44.064.003. Valor da avaliação correspondente à parte ideal (50%). Total R$ 100.000,00;Ônus na Prefeitura não consta débito até 09/12/2011; Juíza do Trabalho, Dra. Gabriela Macedo Outeiro, da 13ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 18705-2004-013-09-00-2: Francis Leonardo Mariano Malagoli X Frigorífico Umuarama Ltda X Vitalbrasil Indústria e Comércio de Alimentos Ltda X Centro Sul Comércio de Produtos Alimentícios Ltda X Dexter Administradora de Bens e Participações Ltda. X Velox Transportes Ltda;01 Imóvel denominado lote “C” de frente p/

a R. General Potiguara de nº 1240/1326, com 112,28m na extensão de fundos do lado esquerdo com 149,24m e mais 63,50m e do lado direito 723,86m, encerrando a área com 55.921,65m2, já excluída área atingida nos fundos pelo novo alinhamento das vias públicas, que circundam no importe de 431,40m2, tudo conforme descrito na matr. nº 14.041 do Registro Geral da 5ª Circunscrição.No imóvel contém edificações térreas, sendo a de frente salas, onde está estabelecido a parte administrativa, mais dois barracões, de vestuários e cozinha, a guarita, o frigorífico e o último barracão aberto onde funciona a garagem e a oficina, com metragem total de 3.989m2.Total R$ 12000.000,00; Ônus na Prefeitura R$ 272.345,37 até 10/01/2011 mais custa e honorários judiciais;VTC(*7);Autos nº 32192-2009-013-09-00-7: Valdir Ferreira X Ss Casa da Tripa Ltda X Tania Mara Eugênio Pereira X Sérgio Aparecido Scaliante;01 Reboque B Vista aluminium Jet ano 2006, placa AOE-3409, renavam 89.962701-3, para transportes de barcos e jetski, em bom estado geral.Total R$ 3.000,00; Ônus Detran R$ 61,98 até 12/01/2011;Autos nº 09215-2003-013-09-00-4: Luis Acir Francisco X Indústria e Comércio de Artefatos de Cimentos Mandaguari Ltda X Vera Lucia de Oliveira Volpe X Claudenir Volpe;20 Postes de concretos, com 7,20m para instalação residencial, bifásico, padrão Copel novos, avaliados em R$ 250,00 cada poste. Total R$ 5.000,00; Juíza do Trabalho, Dra. Kerly Cristina Nave dos Santos, da 14ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 01183-2003-014-09-00-5: Douglas Campos X Kampe & Kampe Ltda X Alberto Kampe Neto X Eunice de Oliveira Kampe;01 Mesa tampo mármore Carraro, branco, medindo 2,44 x 1,37, estrutura de alumínio, em excelente estado de uso e conservação, 6 cadeiras em fibra branca, estrutura alumínio (forma de concha).Total R$ 5.000,00; Autos nº 20363-2010-014-09-00-5: Aparecida Silvano Pena X Euclair Brambilla Cardoso;01 Veículo Ford/Ecosport XLS 1.6 Flex, cor preta, Ano 2006, placa IMY8995 Chassi 9BFSE12968625344, bom estado.Total R$ 25.000,00; Ônus Detran não Levantado;Autos nº 19022-2004-014-09-00-9: Antonio Carlos da Silva X Frigorífico Umuarama Ltda X Vital Brasil Indústria e Comércio de Alimentos Ltda X Centro Sul Comércio de Produtos Alimentícios Ltda X Dexter Administradora de Bens e Participações Ltda X Velox Transportes Ltda. (representante legal: Edvaldo Ceranto) 01 Imóvel denominado lote “C” de frente para e Rua General Potiguara de nº 1240/1326, com 112,28m de uma extensão de fundos do lado esquerdo com 149,24m e mais 63,50m do lado direito 723,86m. Área total com 55.921,65m², já excluída área atingida nos fundos pelo novo alinhamento das vias públicas, que circundam no importe de 431,40m², tudo conforme descrito na matrícula nº 14.041 do Regis- tro Geral da 5ª Circunscrição. No imóvel contém edificações térreas. Na parte da frente,salas comerciais, onde está estabelecida a parte administrativa.Dois barracões, de vestuário e cozinha, a guarita, o frigorífico e o último barracão aberto onde funciona a garagem e a oficina, com metragem total de 3.989m².Total R$ 7.000.000,00; Ônus na Prefeitura R$ 272.345,37 até 10/01/2011 mais custa e honorários judiciais;VTC(*7); Juiz do Trabalho, Dr. Rafael Gustavo Palumbo, da 15ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 99525-2005-015-09-00-7: Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da 09ª Região e outros X Ângelo Roberto Santana; Penhora sobre os direitos do Sr. Ângelo Roberto Santana sobre o veículo Moto Sundown/Hinter, placa ANI-3528, renavam 86989608-3, chassi 94J2XECG55M00677I, ano/modelo 2005, cor vermelha, em funcionamento,porém: 01-Acionamento só com pedal;02-Chave de ignição incompleta e solta; 03Estofamento danificado; 04-Lanternas (colados com fita);05-Falta capa de proteção de corrente; Banco Rasgado.Obs: Avaliação dos direitos depende da consulta ao agente financeiro, BV Financeira.Total R$ 2.000,00; Ônus Detran R$ 1.112,73 até 12/01/ 2011; Alien. Fiduc. BV Financeira não Levantada; Autos nº 05633-2010-015-09-00-4: Luiz Carlos Galenski X Gasparin Comércio e Transporte Ltda;01 Reboque Motoprático, em fibra de vidro, fechado, placa-AOM 6291, ano de fabricação 2006, em Bom estado TOTAL R$ 1.500,00; Ônus Detran não levantado até 12/ 01/2011;Autos nº 5330-2004-015-09-00-3: Marcia Luciane de Souza X Apolo Com. Imp. e Exportação X Enoteca Percacco; 01 Fritadeira sem marca aparente Total R$ 437,00; 01 Vitrine em madeira, com prateleiras de vidro medindo 2,0m x 2,26m.Total R$ 3.729,00;01 Garrafeiro “Gôndola” em madeira Total R$ 2.950,00; total R$ 7.116,00; Juíza do Trabalho, Dra. Érica Yumi Okimura da 016ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 28855-2007-016-09-00-6: Luiz Nascimento Ribeiro X Pavileste Construções Ltda.Parte ideal de 15.017,37m2 do imóvel de matr. 11794 da 06ª Circunscrição conforme (R-10-11794), que corresponde ao imóvel de matr. 55919 do Registro de Imóveis da 06ª Circunscrição de Curitiba/Pr., com área 1-B-1, de forma irregular, com 15.017,37m2, situada na Cidade industrial de Curitiba, com as seguintes caracte- rísticas e confrontações: medindo 190,00m de frente para R. Celestino Messing de Siqueira, do lado direito de quem da rua olha, mede 79,02m, confrontando com a área 1-B2; do lado esquerdo de quem da rua olha, mede 79,00m, confrontando com a R. João Bettega e finalmente pelos fundos, mede 190,16m, confrontando com a área 1-B2. Obs: medidas e confrontações descritas conforme consta na própria matr. 55919. Indicação Fiscal: 89-171-015.000 e 89-171-016.000. Conforme AV-1 esta matrícula possuía como registro anterior a matrícula 11794 deste ofício. O referido imóvel possui as seguintes benfeitorias: 01 construção em alvenaria para uso de escritórios em tijolinho à vista com aprox. 360m2 no térreo e 300m2 no pavimento superior, em bom estado; 01 construção em alvenaria, onde funcionava um restaurante, em tijolinho à vista, com aprox. 220m2, em bom estado; 01 barracão com aprox. 1.950m2, em bloco de concreto e tijolinho à vista, em estado precário, com subdivisões internas; 01 área de aprox. 396m2, destinada a lavar caminhões com 02 rampas, em estado precário; 01 construção em alvenaria, onde funcionava um posto de gasolina, em estado precário, com aprox. 240m2; 01 cobertura para posto, em estado regular, ocupando uma área de aprox. 400m2; 01 espaço para lavar carro, com aprox. 36m2, apenas com pequena mureta lateral, próxima a cobertura do posto, em estado precário. Conste-se que a Indicação Fiscal 89-171016.000, conforme dados da guia amarela, possui 4.689,00m2 de terreno e possui testada para R. João Bettega, nº 5420 e para R. Celestino Messing de Siqueira, e a Indicação Fiscal 89-171-015.000, conforme dados da guia amarela, possui 10.3208,00m2 de terreno e possui frente para R. Celestino Messing de Siqueira, nº 143, sendo que conforme informação do Setor de Cadastro Técnico da Secretaria de Urbanismo a delimitação é para efeitos tributários visto que não há subdivisão oficial. Total R$ 3.270.000,00; Ônus na Prefeitura R$ 101.834,38 até 10/01/2011 mais custa e honorários judiciais; VCC(*5);VTC(*7); Juíza do Trabalho, Dra. Patrícia Tostes Poli da 21ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 09316-2010-041-09-00-3: Jaqueline Aparecida Costa Brandão x Elizabeth Amaral Fruet e Outros(2);01 Veículo I/Audi A4, cor verde, a gasolina,ano 1996 modelo 1997 placa ANH-0027 Renavam-66.713430-1 ChassisWAUZZZ8DZTA330910,veículo está com pequenos riscos na pintura, pneus meia vida,pequeno amassado na lateral traseira do lado do acompanhante,lanterna traseira quebrada, bancos de couro,cambio automático. Total R$ 21.000,00; Ônus Detran R$ 3.347,27 até 12/01/2011;Alien. Fiduc. Banco Finasa não levantada; Autos nº 02042-2010-041-09-00-1: Rosana Conceição de Souza X Dal Pai S.A. Indústria e Comércio; 05 Serras Circulares destopadeiras de mesa com pêndulo,sem marca ou numeração, em bom estado geral, sem motor e sem disco.Total R$ 6.000,00; Autos nº 02955-2010-041-09-00-8: Aparecida Alves da Silva da Costa X Dal Pai S.A Industria e Comercio.01 Lote do terreno F-2/1/2/8 , resultante da unificação do lote F-2 (originário da subdivisão do lote F,este oriundo da unificação dos lotes 02,03,04,05,06,07,10 e 11 da Quadra A: 06 e 07 da Quadra B e 05 e 10 da Quadra C, a planta Jardim Urano , e lote E da Planta Armin Mueller e dos lotes 01,02 e 08 da Quandra C da Planta Jardim Urano,situado no Pinheirinho,nesta cidade de Curitiba de forma irregular , medindo 151,50M para a Rua Cid Marcondes de Albuquerque, com frente principal para a Rua Batista da Costa, demais medidas e confrontação constantes da matricula, com Área total de 28.371,33 M2. endereço atual : Rua Batista da Costa, 322, Curitiba-Pr. Matricula:82.862 do 8º CRI de Curitiba. Indicação Fiscal:Setor 81,Quadra 480,Lote 012.000. Benfeitorias; Aproximadamente 11.800M2 de Área construída,formada principalmente por Galpões deposito,Área de escritório e refeitório,guarita na frente do imóvel , construção de aproximadamente 25 anos , em estado razoável de conservação, necessitando de reparos. Total R$ 10.600.000,00 Ônus na Prefeitura R$ 490.815,05 até 10/01/2011 mais custa e honorários judiciais; VTC(*7);VFPFCC(*8);Autos nº 30049-2009041-09-00-0: Mario Aparecido X Dal Pai S.A Industria e Comercio.01 Serra-Fita industrial Marca Raimann, com motor elétrico, em bom estado geral,em funcionamento.Total R$ 8.500,00; Juiz do Trabalho, Dr. Ney Fernando Olivé Malhadas 23ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 32261-2009-088-09-00-5: Manoel Antonio Rodrigues da Costa X Cattalini Transportes Ltda; 01 Semi reboque tanque capacidade 28 litros, placa ADV-5083,03 eixos, faltando 01(um) eixo completo e 06(seis)pneus totalizando apenas 02 pneus no semi reboque que estão em estado ruim de conservação. Total R$ 15.000,00; Detran não levantado até 12/01/2011; Juíza do Trabalho, Dra Ana Gledis Tissot Benatti do Vale 2ª Vara do Trabalho de São José Pinhais a saber: Autos nº018662007-892-09-00-7: Rogerio Burbello x Transportes Tissiani Ltda.01 Veículo marca/modelo M Benz/L 1618, espéci/tipo car/caminhão/ basculante, placa HQF-4165,Ano de fabricação/modelo 1991/1991, Renavam 60.123112-0, Chassi 9BM386 014MB916583, categoria:alugel, cor predo- minante:vermelho sem reserva á diesel, 03 eixos com carroceria basculante com mecânica declarado em funcionamento normal,pneus em estado regular estofamento em bom estado,com lataría e pintura em estado regular, apresentando o basculante, que possui aproximadamente 4,50m de comprimento, alguns pontos de oxidação, contido que seu comprimento é de aprox 4,80m e não 4,50 como acima descrito e pos sui também o basculante 80 cm de altura. R$ 95.000,00; Ônus Detran R$ 3.705,24 até 18/01/2011Autos nº81045-2006-892-09-00-5:Adão Soares da Silva e outros(35) X Leather Textil Brazil Ltda. A) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls108 dos autos: 01 Lote de couro BL 025, cor cinza e marrom, 05 peças, avaliado em: R$ 32,00 o metro quadrado.R$ 389,44; 01 Lote de couro BL 026, cor cinza e amarelo, 19 peças, avaliado em: R$ 32,00 o metro quadrado.R$ 1.546,24; 01 Lote de couro BL 034, cor marrom (bege), 10 peças, avaliado em: R$ 32,00 o metro quadrado.R$ 794,88; 01 Lote de couro BL 025, cor marrom fosco, 05 peças, avaliado em: R$ 32,00 o metro quadrado.R$ 803,20; 01 Lote de couro BL 026, cor marrom e amarelo, 05 peças, avaliado em: R$ 32,00 o metro quadrado.R$ 461,12; 01 Lote de raspa (desenvolvimento),cor gelo, 04 peças, avaliado em: R$ 20,00 o metro quadrado.R$ 257,60; 01 Lote de couro perfurado,02 peças cor vermelha e preta e 02 peças laranja, avaliação aproximada de R$ 90,00 a peça.R$ 360,00; 01 Lote de couro antracite, cor preta,04 peças,avaliado em: R$ 28,00 metro quadrado.R$ 376,32; 01 Lote de couro BL 025,cor marrom fosco,08 peças, avaliação aproximada de R$ 52,00 a peça.R$ 416,00; 01 Lote de couro BL

026,cor marrom e amarelo,03 peças,avaliado aproximada de R$ 52,00 a peça.R$ 156,00; 01 Lote de couro BL 034, cor marrom, 03 peças, avaliação aproximada de R$ 80,00 peça.R$ 240,00; 01 Lote de couro BL 026, cor marrom e amarela, 03 peças, avaliação aproximada R$ 64,00 a peça.R$ 192,00; B) Avaliação dos bens constantes nas duas ultimas linhas Auto de Arresto de fls 108 e do Auto de fls 109: 01 Lote de couro CA 022, cor cinza e preto, 33 peças, avaliado em: R$ 28,00 o metro quadrado.R$ 4.506,04; 01 Lote de couro CA 022, cor cinza e preto, 21 peças,avaliado em: R$ 28,00 o metro quadrado.R$ 2.901,36; 01 Lote de couro CA 022, cor cinza e preto, 06 peças,avaliado em: R$ 28,00 o metro quadrado.R$ 853,44; 01 Lote de couro CA 022, cor cinza e preto, 10 peças,avaliado em: R$ 28,00 o metro quadrado.R$ 1.425,76; 01 Produto de referência BA 300 16 CO, produto de referência BA 30021CO, produto de referência BA 300 19 CO,produto de referência BA 30015 CO.R$ 36.000,00; 01 Caixa com assento dianteiro e traseiro, encosto dianteiro e traseiro lote 9227,códigos:P0047(12 peças),P0048 (12 peças),P0049 (06 peças)e P0050(06 peças).R$ 1.800,00; 04 Caixas, lotes 9210\9220,cada uma contento um kit com 11 peças para o carro Scenic, avaliada em R$ 1.500,00 cada caixa.R$ 6.000,00;47 Peças de coifa em couro,n° 1737600,avaliadas em R$ 5,00 cada.R$ 235,00;22 Peças de coifa em couro,n° 1737599,avaliadas em R$ 5,00 cada.R$ 110,00;06 Peças de coifa em couro,n°1346606, avaliadas em R$5,00 cada.R$ 30,00; 03 Peças de coifa em couro,n° 1737600, avaliadas em R$5,00 cada.R$ 15,00; 277 Peças em coifa preto,cortadas para a fabricação de coifas, com duas costuras, avaliadas em R$ 3,00 cada.R$ 831,00; 222 Peças de coifa em fase de acabamento, faltando a base, avaliada em R$ 3,00 cada.R$ 666,00; 210 Kits para a fabricação da coifa 1737599, cada Kit é composto por 03 peças e uma base, avaliada em R$ 2,00 cada Kit.R$ 420,00; 490 kits para a fabricação da coifa 1737600,cada Kit é composto por 03 peças sem base, avaliados em R$ 2,00 cada kit.R$ 980,00;C) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls111 dos autos:08 Unidades para composição de assento dianteiro e esquerdo para o carro Scenic,n°P7022;08 Unidades para composição de assento dianteiro e esquerdo para o carro Scenic,n° P7023:08 unidades para a composição de encosto dianteiro direito e esquerdo para o carro Scenic,P7026 e P7027;04 unidades de encosto traseiro central para o carro Scenic,n° P7029, 08 unidades para a composição de encosto direito e esquerdo para o carro Scenic,n°P7025 04 unidades para a composição de assento traseiro para o carro Scenic,n°P7028;04 unidades de apóia braço n° 7030.As unidades descritas servem para a composição de bancos para a para 04 carros Scenic,há perda de valor se avaliados separadamente,assim,o conjunto para cada carro é avaliado em R$ 1.800,00.R$ 7.200,00;02 cavaletes, cor vermelha,estrutura metálica com 04 rodas,móvel,com chapa em madeira na parte interna,altura aproximada de 1,40m largura aproximada de 01m e comprimento aproximado de 2,20m avaliado em R$ 1.380,00,R$ 2.760,00;D) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls 113 dos autos: 01 Túnel de secagem BKS, de aproximadamente 13m de comprimento por aproximadamente 4,5m,com 12 aberturas de cada lado, com motor e caixa de redução, cilindros e fios de naylon, painel elétrico, lâmpada fluorescente, cor creme e azul.R$ 88.650,00; 01 Rolo de gravação de textura de aço especial,diâmetro de aproximadamente 20 polegadas, comprimento 3,00m com peças terminais, na cor azul e tubo de resistência interna.R$ 70.000,00; 01 Fulão em madeira, comprimento de aproximadamente 5,00m, diâmetro aproximado de 2,20m,com sete anéis internos, motor weg, caixa de redução, sobre estrutura de madeira.R$ 13.500,00; E) Avaliação dos produtos químicos de fls115 e 117: 12770Kg Greentan-12,RC 050(10 elementos).R$ 38.370,00; 2120Kg Roda Fundo VM 19352, RS011.R$ 6.360,00; 1560Kg Fortan V18, RC 0630, bombonas de 120kg.R$ 4.680,00;480Kg Basyntan MLB liquido RC 042,240Kg.R$ 1.440,00; 125Kg Supralon 80,RC 066, 125Kg.R$ 375,00; 210Kg Borron ANV RC 009, 210Kg.R$ 630,00; 50Kg Bombona AV049-50Kg.R$ 150,00; 50Kg Sellasol NG liquido,228Kg Rc012,R$ 150,00; 228Kg Primol FGB, 50Kg.R$ 684,00; 50Kg Luganil Gelbg,cod. 0039, 25Kg.R$ 150,00; 100Kg Sal RCO13 25 Kg/cada.R$ 75,00; 40Kg Sal souto grosso/mossoro 25 Kg cada.R$ 30,00; 260Kg Tanigran SR-A lanxess20 Kg cada.R$ 195,00; 400Kg Telacor preto R-1, PG027,tambores 200kg, R$ 1.200,00; 1000Kg Nutrarol ANT B,200 Kg cada, 05 tambores.R$ 3.000,00; 220Kg Granofin. H100 BR RC 004, 1 tambor.R$ 660,00; 230Kg Relugan GT 50, 1 tambor, R$ 690,00; 500Kg Silvateam/ blacotam, 25Kg cada, 20 sacos.R$ 375,00; 950Kg Tanac 25 Kg cada, 38 sacos.R$ 712,50; 775Kg Mabratam TA RC054, 25 Kg cada, 31 sacos,R$ 582,00; 400Kg Sal grosso 20 Kg cada, 20 sacos.R$ 300,00; 250kg Basitan D1x RC 013, 25 Kg cada, 10 sacos.R$ 188,00;F) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls119: 01 Veículo VW Pólo Sedan 1.6,motor á gasolina, ano/modelo 2004, cor prata, renavam 82590502-8,chassi 9BWJB09N54P021751,Placa ALB-1337.R$ 30.000,00; Ônus Detran R$ 97.246,71 até 18/01/2011, Alien. Fiduc. Bco Volkswagen S/A não Levantado,01 Veículo VW Gol 16v plus, motor á gasolina, ano/modelo 2004, cor branca renavam 826090605, placas ALB-1339, chassi 9BWCA05X84T119568.R$ 20.000,00; Ônus Detran não Levantado até 12/01/2011, Alien. Fiduc. Bco Volkswagen S/A não Levantado;01 Veículo Peugeot 206 SW 14 presence, ano/mo- delo 2005, placa DRK 3145 chassi 9362EKFW95B025367,renavam 859341690.R$ 31.000,00; Ônus Detran não Levantado até 12/01/2011, Alien. Fiduc. Bco Volkswagen S/A não Levantado; 01 Camionete carroceria aberta, álcool/gasolina,saveiro 1.6 VW, ano 2004, ALB 1338, renavam 82609061-3.R$ 20.000,00; Ônus Detran R$ 5.946,23 até 12/01/ 2011; Alien. Fiduc. Bco Volkswagen S/A não Levantado; G) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls121: 01 Capas de couro para banco de carro, incompletas, sendo:08 unidades n° 5209542, 08 unidades n° 5209542, 03 unidades n° 5209550,04 unidades n° 52095454,06 unidades n° 5209566, 01 unidades n° 5209551, 02 unidades n° 5209556 e 01 unidades n° 5209544.Avaliado em R$ 120,00 cada.R$ 3.960,00; 01 Máquina de costura, com mesa, dois pedais, motor,marca PFAFF 1245, n° 559652.R$ 7.500,00;08 Unidades de capas de couro para banco de carro, cor cinza, incompletas, sem identificação, 02 unidades de capa de couro para banco de carro, cor cinza, incompletas,n°s 5209550 e 5209556,04 capas de couro para encosto de carro,cor cinza,sem identificação, 04 capas de couro cor cinza, para assento de carro, sem identificação; 01 capa de couro cor cinza, para carro, n° 5209551, avaliado em R$ 120,00 cada, total R$ 2.280,00. 35 unidades de peças em couro, cor cinza, tamanho pequeno,vários modelos, avaliadas em R$ 5,00 cada. total 175,00. 04 capas de couro, cor cinza,para banco de carro, n° 5209566, avaliadas em R$ 120,00 cada, total R$ 480,00.R$ 2.935,00;H) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls 122: 08 Capas de couro, cor cinza, para banco de carro,n° 5209554,09 capas de couro, cor cinza, para banco de carro,n° 5209542, 02 capas de couro cor cinza,para banco de carro,n° 5209552,02 capas de couro, cor cinza para banco de carro, n° 5209554, 01 capa de couro, cor cinza, para banco de carro, n° 5209556 e 01 capa de couro, cor cinza,para banco de carro,n° 5209566, avaliadas em R$ 120,00 cada.R$ 2.760,00; 02 Capas de couro, cor cinza, para banco de carro, incompletas e sem identificação, avaliadas em R$ 120,00 cada, total R$ 240,00. 83 unidades de peças em couro, cor cinza, tamanho pequeno, vários modelos, sem identificação avaliadas em R$ 5,00 cada, total R$ 415,00;24 unidades de peças em couro, costuradas com espuma, cor cinza, tamanho pequeno, vários modelos,avaliadas em R$ 6,00 cada, total R$ 144,00; 20 unidades de peças em couro,costuradas com espuma, tamanho pequeno, vários modelos, avaliadas em R$ 6,00 cada, total R$ 120,00 ; 02 assentos em couro cinza, sem identificação (capa para assento),incompletos,avaliados em R$ 120,00 cada total R$ 240,00; 02 capas em couro,cor cinza,para banco de carro n° 5209551,02 capas em couro cinza n° 5209552,01 capa em couro n° 5209556, 01 capa em couro n° 5209544, avaliadas em 120,00 cada, total R$ 720,00.R$ 1.879,00; 70 Unidades de faixa preparadora de assento lateral em corino, cor cinza, 65 unidades de faixas preparadora para assento dianteiro,avaliado em R$ 3,00 cada,total R$ 405,00; 09 unidades de material em processo de fabricação para encosto traseiro de carro, em vinil, cor cinza, avaliadas em R$ 30,00 cada, R$ 270,00 total; 05 unidades de peças para parte de baixo do assento, incompletas em TNT, nº 5209550, avaliadas em R$ 20,00 cada total R$ 100,00; 45 peças de tamanho pequeno,em vinil cinza,em dois modelos de corte (peças cortadas); 55 peças de vinil tamanho pequeno,em três modelos de corte (peças cortadas) avaliadas em R$ 3,00 cada total R$ 300,00.R$ 1.075,00;I) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls 123:164 Peças de vinil,cortadas em 4 modelos diferentes,cor cinza, tamanho pequeno,avaliadas em R$ 3,00 cada total R$ 522,00, 167 tiras de vinil, cor cinza tamanho pequeno, avaliada em R$ 2,00 cada total 334,00; 303 peças em vinil, cor cinza, cortadas no mesmo modelo, tamanho pequeno; 14 peças de vinil, cor cinza, cortadas em forma retangular pequena; 243 peças cortadas em vinil, pequenas,com pequena fenda central,avaliadas em R$ 3,00 cada total R$ 1.680,00; 09 rolos de linha cor cinza,cód.L 028, tex 107, ecume fonce, avaliados em R$ 8,00 cada total R$ 72,00; 145 unidades de couro tamanho pequeno,formato triangular,cor cinza, 99 peças em couro, cor cinza, formato pequeno triangular avaliados em R$ 5,00 cada total R$ 1.220,00.R$ 3.828,00;1401 Unidades de couro, de cor preta,cortadas em tamanhos e formatos distintos, avaliadas em R$ 5,00 cada.R$ 7.005,00; 549 Unidades de couro, cor preta, cortadas em tamanhos e formas distintas,09 unidades de couro cortadas em formato retangular, sem couro na parte central, tamanho pequeno, avaliadas em R$ 5,00 cada;523 unidades de vinil cor preta, cortadas em formato retangular, sem vinil na parte central, avaliadas em R$ 3,00; 07 unidades de couro cor marrom, pequenas, cortadas em formato retangular, avaliadas em R$ 5,00 cada; 31 peças de couro, cor amarelo, cortadas em formato de tiras, tamanho pequeno, avaliadas em R$ 3,00 cada.R$ 4.487,00; 08 Coifas em couro, incompletas, número 1737600, lote 9089;07 coifas em couro, incompletas, número 17377599, lote 9088, 05 coifas em couro,sem número de identificação,incompletas;08 coifas em couro, abertas, incompletas e sem identificação; 01 coifa em couro incompleta e sem identificação, 01 coifa em couro, incompleta, número 1737599 lote 9088; 04 coifas em couro abertas e incompletas, sem identificação,avaliadas em R$ 5,00 cada; 43 unidades de couro cortadas em formato quase oval pequenas;37 unidades de couro cortadas em formato quase oval pequenas; 86 cortes de couro em tamanhos e formatos variados, cor cinza, avaliadas em R$ 5,00 cada; 182 Unidades de peças em couro, identificadas como peças rejeita das, vários modelos e tamanhos, avaliadas em R$ 3,00 cada.R$ 1.546,00; J) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls 129 e 130: 01 Impressora de cheque, SCHALTER. R$ 950,00;01 Impressora matricial FX89.R$ 1.260,00; 01 Aparelho de fax, KXT891.R$ 300,00;01 Aparelho de fax KXT807LA.R$ 500,00; 01 Computador TOSHIBA portege 4010, 933Mhz.R$ 1.800,00; 01 Balança Filizola, MF6.R$ 850,00; 01 Balança modelo 2180, completa.R$ 4.900,00; 01 Prensa hidráulica para farelos, cor azul.R$ 9.750,00;01 Mesa de reunião, grande.R$ 1.940,00; 10 Cadeiras giratórias sem braço, avaliada em R$ 238,00 cada.R$ 2.380,00; 02 Cadeiras giratórias com braço, avaliadas em R$ 300,00 cada.R$ 600,00; 01 Armário alto de 6,6m por 1,6m.R$ 560,00; 04 Prateleiras, cor bege, avaliadas em

R$ 26,00 cada.R$ 104,00; 01 Mesa gota borda preta.R$ 400,00; 01 Mesa de reunião 1200, R$ 300,00; 01 Armário baixo.R$ 250,00; 03 Poltronas médias giratórias avaliadas em R$ 500,00 cada.R$ 1.500,00; 07 Poltronas médias fixas, avaliada em R$ 250,00 cada.R$ 1.750,00; 01 Cortador de grama TRAPP WM 55G, cor verde.R$ 950,00; 01 Impressora zebra STRIPE 600 DT/PT.R$ 2.800,00;01 Impressora ARG RABBIT 214TT 203 DPI.R$ 1.000,00; 01 Central Intelbras 16064.R$ 2.500,00; 02 Balancim hidráulicos, avaliados em R$ 5.500,00 cada. R$ 11.000,00; 01 Câmera fotográfica digital Sony P92.R$ 1.200,00; 01 Copiadora impressora Cannon.R$ 2.000,00; 01 Televisor 29 polegadas CCE.R$ 650,00; 01 Televisor 14 polegadas LG.R$ 350,00; 01 Forno micro ondas 21L.R$ 300,00; 01 DVD vídeo LG.R$ 280,00; L) Avaliação dos bens constante no Auto de Arresto de fls 132: 01 Potenciômetro medidor de PH modelo RQ210.R$ 910,00; 14 Microcomputadores com diversas configurações.R$ 18.000,00; 01 Ingersoll aro filtro regulador.R$ 339,50; 01 Ingersoll rand, aro, bomba diafragma.R$ 4.122,50; 17 Rack para armazenagem de couro (tipo cavalo), cor vermelha avaliada em R$ 1.600,00 cada.R$ 27.200,00;01 Filtro 100 LT/H (laboratório).R$ 1.200,00; 3.195Kg de Diversos fios/ estoque; 2833Kg de fios amostra, 2787Kg de diversos fios em processo, totalizando 8815Kg,ao preço médio de custo de R$ 4,50.R$ 39.667,50;TOTAL R$ 588.411,40;Autos nº 05219-2008892-09-00-5: Celso dos Santos X Marinepar Indústria e Comércio de Madeiras; 50m2 de piso de madeira maciça tipo “Angelim,Pedra” de fabricação da própria ré com as seguintes dimensões: 19,05mm de espessura e 82,55mm de largura as lâminas tem comprimento variado, entre 30 cm e 2,10m e estão armazenadas em caixas e lotes no depósito da empresa.Cada caixa possui aproximadamente 2m2 da mercadoria,Valendo R$ 110,00 m2; Total R$ 5.500,00; Autos nº 01842-2010-892-09-00-3: Edgar José Ouriques x Balglass Distribuidora de Vidros Ltda.01 Veículo Fiat Uno Mille Smart, placa AJX-6523,ano de fabricação/ modelo 2001/2001,gasolina, cor branca,chassi 9BD15808814276000, Renavam 76.005086-4, em regular estado de conservação, com pneus meia-vida,alguns pontos de ferrugem na lataria,com a lataria amassada sobre a roda dianteira esquerda e sem o tampo traseiro interno, com estepe,e com estofamento em boas condições, em funcionamento. R$ 10.300,00 Ônus Detran não Levantado; Autos nº 02538-2006-892-09-00-7: Luiz Demetrio Cortez X Biscayne Comercial Ltda (Massa Falida De) Kamal Fayad X Alberto Antonio Dezanetti;01 Veículo: marca Volkswagen, modelo Gol 16V, ano de fabricação 1998,modelo 1998, placa AHS-7510,de cor prata, a gasolina, Renavam 69553019-4, Chassi n.9BWZZZ377W P532870,de propriedade de Alberto Antonio Dezanetti.R$ 11.000,00; OBS:Avarias na lateral traseira direita;porta esquerda Lanterna esquerda quebrada. Ônus Detran R$ 380,26 até 12/01/2011; Alien. Fiduc. Bco Volkswagen não Levantada; Autos nº 05711-2006-892-09-00-9: Marcio Aparecido Scarsi X American Glass Products do Brasil Ltda.03 Peças de vidro blindado, espessura 17mm, S/Solar Plus,destinado à veículo de passeio (Luxo) diversos. R$ 3.563,97; 01 Peças de vidro blindado, espessura 21mm, S/Solar Plus,destinado à veículo de passeio (Luxo) diversos. R$ 1.713,93; 01 Peças de vidro blindado, espessura 21mm, S/Solar Plus, com borda overlap (ACN) veículo de passeio (Luxo) diversos. R$ 1.973,58; 01 Peças de vidro blindado para veículo Luxo, posterior incolor, 21mm, (Passat/Sedan). R$ 1.624,35; Total R$ 8.875,83;Autos nº 06104-2006-892-09-00-6: Ricardo Laurindo da Paz X Sernosque Correa & Cia Ltda.02 Fornos,marca Tedesco FE- 400, Bifásicos,demais dados conforme constam do auto de penhora,que encontrei desta feita em bom estado, em funcionamento normal e de uso da ré,pelo valor de R$ 2.000,00 cada.TOTAL R$ 4.000,00;01 Geladeira comercial,04 portas,em inox,Frigonox,de uso da ré,aparentando bom estado de conservação. Total R$ 2.500,00; 02 Televisores,40 polegadas,Sansung, LCD,controle remoto,de uso no local, em bom estado,pelo valor de R$ 1.500,00 cada.TOTAL R$ 3.000,00;Total R$ 9.500,00; Juiz do Trabalho, Dr. Lourival Barão Marques Filho, da Vara do Trabalho de Pinhais a saber: Autos nº 01193-2007-245-09-00-9: Laercio Tavares X Milplast Embalagens Ltda;01 Máquina impressora flexográfica marca flexotech, modelo Millennium 06, 6 cores nº série 006, ano de fabricação 2000, largura de impressão 1.200 mm, em perfeitas condições de conservações e funcionamento.Total R$ 325.000,00;Autos nº 01283-2008-245-09-00-0: Sindicato dos Trabalhadores nas Ind. do Vestuário de Curitiba e Região Metropolitana X Lottus Indústria e Com. de Embalagens Mostruários e Acessórios Ltda; 01 Máquina de costura, transporte triplo, brother, marca Caleffi,com motor e mesa,sem numeração aparente,antiga e desgastada pelo uso.total R$ 1.500,00; 01 Máquina de colocar botão de pressão, marca Toniati, sem número de série aparente,antiga e desgastada pelo uso. total R$ 400,00; 01 Máquina de costura overlok, marca Siruba, com motor e mesa, com defeito no pino de fixação da correia, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 1.500,00;01 Máquina de costura transporte triplo, marca Typical, modelo GC6-7-D, com motor e mesa, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 1.000,00;01 Impressora matricial Epson LX 300 +, série CDUM 186965, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 200,00;01 Maquina de costura eletrônica, marca Sum Star km-250 B-75, série motor 06043515, com mesa antiga e desgastada pelo uso.total R$ 1.500,00; 01 Maquina de corte de tecido, com disco, marca Sun Special, modelo RC 100, série nº 551011, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 200,00; 01 Maquina de braço vieseira, marca IVOMAC, com marcas de ferrugem série nº 9210, com motor e mesa, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 1.500,00;01 Maquina de costura transporte duplo, GC6-6, sem marca e numero de série aparente, com motor e mesa, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 600,00;01 Maquina de corte de tecido, marca Sew Strong, série nº 507262,antiga e desgastada pelo uso.R$ 450,00;01 Armário de metal guarda volumes, cinza, com 08 portas, antiga e desgastada pelo uso.total R$ 200,00;total R$ 9.050,00; Autos nº 02199-2008-245-09-00-4: Edson Carlos Oleszuk X Parâmetro Administração Comercial Ltda 01 Balcão em mogno tampo em fórmica verde,estado regular extensão aproximado 2,5m de comprimento.R$ 650,00;01 Sofá em corvim branco, 2 lugares pés cromados. Total R$ 350,00;01 Geladeira duplex frost free branca-Brastemp em uso Total R$ 350,00;01 Escrivaninha em L fórmica cinza Total R$ 400,00;Total R$ 1.680,00;Autos nº 04697-2007-245-09-00-0: Hamilton Cide Heisler X Piraquara Cartório de Registro de Imóveis; 01 Microcomputador HP Pavilion,gabinete mini torre,leitor de DVD, processador Intel core 2 DVD e 4700,4 GB Memória ram, 250 Gb, winchester, monitor Sansung 24 colorido, teclado HP, em perfeitas condições conservação e funcionamento.R$ 1.800,00; 01 Microcomputador HP Pavilion, gabinete mini torre,leitor de DVD, processador Intel core 2 DVD e 4700,4 GB Memória ram, 250 Gb, winchester, monitor Sansung 22 colorido, teclado HP, em perfeitas condições conservação e funcionamento.R$ 1.600,00; Total R$ 3.400,00; PRÉ-REQUISITOS: Ficam cientes as partes litigantes e seus procuradores, bem como terceiros interessados em participar na Hasta Pública designada, de que a Praça e Leilão serão realizados em um único pregão, sendo que, apregoados os Bens e não havendo licitantes pelo valor equivalente a avaliação constante no Edital, os referidos Bens serão imediatamente Vendidos Pelo Maior Lance Ofertado.Os Bens Móveis e Imóveis serão Leiloados no Estado de Conservação em que se encontram; nos Imóveis a venda é “adcorpus”, as imagens no SITE ou FOLDERES são estritamente ilustrativas;uma vez Comprados, serão considerados Vistoriados pelos Arrematantes, Não cabendo Reclamações, Desistência,Cancelamento, Devoluções do Lanço e da Arrematação do Bens.É de total responsabilidade dos Arrematantes: Ônus(1*): TODOS ÔNUS/IMPOSTOS/DÍVIDAS/ MULTAS em especial de IPTU e CONDOMINIAIS, (obrigações denominadas “propter rem”) constantes no Edital e/ou informadas antes da hasta publica, são assumidas de forma Clara e Inequívoca pelo interessados em oferecer o Lanço em Hasta Pública, estando plenamente cientes de que os ônus seguirão o imóvel e serão de total e exclusiva responsabilidade do Arrematante ou Adjudicatário, não se admitindo sub-rogações ou deduções dessas dívidas/multas no preço de Arrematação, conforme artigo 686, inciso V, do CPC;São igualmente de responsabilidade do Arrematante adjudicante TRANSFERÊNCIA/ OUTRAS DESPESAS:incidentes sobre a Arremata- ção, tais como: Funrejus=0,2% sobre valor do ônus existentes ou valor arrematado, limitado ao valor teto, Lei Estadual 11.960/97; ITBI, Laudêmios, taxas, alvarás, emolumentos de cartório, escrituras, registros, averbações, hipotecas, penhoras, dividas, Ônus gravado/declarados, gravames,alienações;quando for o caso:Impostos, carregamento, frete, seguro; Despesas do Leilão:Publicação dos Editais,honorários do Leiloeiro, despesas acessórias pendentes sobre o bem demais despesas e erratas informadas no Edital e/ou na Praça e Leilão; Venda a Prazo:a critério do Juízo da execução, com a anuência do Credor, o interessado poderá consignar proposta a prazo,em Leilão, Não havendo venda a vista, observado o imediato depósito do sinal de,no mínimo de 40% do lanço imediato e saldo em parcelas mensais,iguais, acrescidos Juros, Correções e demais garantias a critério do Juízo, a parcela inicial vencerá 30 dias do Leilão;neste caso, o Arrematante ficará como Fiel Depositário sempre observado Art.215 ao Art217 do provimento Geral da Corregedoria Regional do Trabalho 9º região; Para ofertar propostas a prazo, deverá o licitante anunciar expressamente, tal condição de pagamento ao ofertar o seu lance.Comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo simples ATO PRATICADO (Decreto Federal nº 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente,o ônus desta despesa; não sendo devolvido em nenhuma hipótese; Lançador: Poderá ser registrado na Certidão de Praça e Leilão, o último e o penúltimo Lançador do Leilão; Se o último não cumprir as formalidades legais, o penúltimo poderá ser chamado, a critério do Juízo,desde que, o mesmo cumpra as condições do último lançador; Erratas,Ônus e Despesas informadas/anunciadas antes da realização da Hasta Pública integram o Edital de Leilão, como pré condição Irretratável/ irrevogável aceita e acordada pelos participantes do LEILÃO; Os pagamentos efetuados em cheques, serão considerados pagos, após a compensação dos mesmos;Ficam intimada(os) as(os) executada(os) de que o prazo para apresenntação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação como embargos ou recursos começará a fluir 5 (cinco) dias da realização da Hasta Pública, Independentemente de nova Intimação;Caso os Exeqüentes, Executados,Sócios/ Equiparados e Cônjuges não sejam encontrados ou cientificados, por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, valerá o presente Edital de Intimação de Praça e Leilão; Participação no Leilão: É pré-requisito que os Interessados reconheçam e concordem com Edital e Condições informadas na Praça e Leilão; LEGENDA;HBBB(*3); Hipoteca Banco Bamerindus do Brasil;VEF(*4); Vara de Execuções Fiscais;VCC(*5); Vara Cível de Curitiba;HBB(*6); Hipoteca Banco do Brasil S.A;VTC(*7); Vara do Trabalho de Curitiba;VFPFCC(*8);Vara da Fazenda Publica Falência e Concordata de Curitiba. (*9); Vara do Trabalho de São José dos Pinhais;


Finanças Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | B3 | Indústria&Comércio

COTAÇÕES DE AÇÕES NA BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO Empresa/Ação

MERCADO A VISTA Período de 12 a 18 de janeiro de 2011 LOTE PADRÃO Empresa/Ação ABC BRASIL PN ACO ALTONA ON ACO ALTONA PN ACOS VILL ON AES ELPA ON AES TIETE ON AES TIETE PN AFLUENTE ON AFLUENTE T ON AGRENCO DR3 ALCOA DRN ALFA CONSORC PNE ALFA CONSORC PNF ALFA CONSORC ON ALFA FINANC ON ALFA FINANC PN ALFA HOLDING ON ALFA HOLDING PNA ALFA HOLDING PNB ALFA INVEST ON ALFA INVEST PN ALIANSCE ON ALIPERTI PN ALL AMER LAT ON ALPARGATAS ON ALPARGATAS PN AMAZONIA ON AMBEV ON AMBEV PN AMERICEL ON AMIL ON AMPLA ENERG ON AMPLA INVEST ON ANHANGUERA ON APPLE DRN B2W VAREJO ON BAHEMA ON BANESE ON BANESE PN BANESTES ON BANESTES PN BANK AMERICA DRN BANPARA ON BANRISUL ON BANRISUL PNA BANRISUL PNB BARDELLA ON BARDELLA PN BATTISTELLA ON BATTISTELLA PN BAUMER ON BAUMER PN BEMATECH ON BHG ON BIC MONARK ON BICBANCO ON BICBANCO PN BIOMM ON BIOMM PN BMFBOVESPA ON BOMBRIL PN BR BROKERS ON BR INSURANCE ON BR MALLS PAR ON BR PROPERT ON BRADESCO ON BRADESCO PN BRADESPAR ON BRADESPAR PN BRASIL ON BRASIL TELEC ON BRASIL TELEC PN BRASILAGRO ON BRASKEM ON BRASKEM PNA BRASKEM PNB BRASMOTOR ON BRASMOTOR PN BRB BANCO ON BRB BANCO PN BRF FOODS ON BROOKFIELD ON BUETTNER ON BUETTNER PN CACIQUE ON CACIQUE PN CAF BRASILIA ON CAF BRASILIA PN CAMBUCI PN CC DES IMOB ON CCR RODOVIAS ON CEB ON CEB PNA CEB PNB CEDRO ON CEDRO PN CEEE-D ON CEEE-D PN CEEE-GT ON CEEE-GT PN CEG ON CELESC ON CELESC PNA CELESC PNB CELGPAR ON CELPA PNA CELPA PNB CELPA PNC CELPE PNA CELUL IRANI ON CELUL IRANI PN CEMAR ON CEMAT ON CEMAT PN CEMEPE ON CEMEPE PN CEMIG ON CEMIG PN CESP ON CESP PNA CESP PNB CETIP ON CIA HERING ON CIELO ON CIMOB PART ON CISCO DRN CITIGROUP DRN CLARION PN COBRASMA ON COBRASMA PN COELBA ON COELBA PNA COELCE ON COELCE PNA COELCE PNB COMGAS ON COMGAS PNA CONFAB PN CONST A LIND ON CONST A LIND PN CONTAX ON CONTAX PN COPASA ON COPEL ON COPEL PNA COPEL PNB COR RIBEIRO PN COSAN ON COSAN LTD DR3 COTEMINAS ON COTEMINAS PN CPFL ENERGIA ON CR2 ON CREMER ON CRUZEIRO SUL PN CSU CARDSYST ON CYRE COM-CCP ON CYRELA REALT ON D H B ON D H B PN DASA ON DAYCOVAL PN DIMED ON DIMED PN DIRECIONAL ON DIXIE TOGA PN DOC IMBITUBA ON DOC IMBITUBA PN DOCAS ON DOCAS PN DOHLER PN DROGASIL ON DTCOM-DIRECT ON DUFRY AG DR3 DURATEX ON ECODIESEL ON ECORODOVIAS ON ELEKEIROZ ON ELEKEIROZ PN ELEKTRO ON ELEKTRO PN

Código 12/01 13/01 14/01 17/01 18/01 Totais da Semana Fech. Fech. Fech. Fech. Fech. Oscil.SinalLoteNegócios [R$] ABCB4 14,77 14,92 15,25 15,39 14,91 2,76% + 1 8.092.715 EALT3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 EALT4 30,49 27,68 28,90 29,59 29,80 0,67% 1 7.217.305 AVIL3 1,01 1,02 1,01 0,98 1,00 1,01% + 1 914.160 AELP3 45,50 0,00 45,50 45,10 0,00 0,00% = 1 968.540 GETI3 20,60 20,79 20,85 20,78 21,30 3,00% + 1 15.097.284 GETI4 24,25 24,10 24,40 23,98 24,10 0,82% 1 44.633.927 AFLU3 6,30 0,00 6,30 6,30 0,00 0,00% = 1 5.670 AFLT3 5,17 0,00 0,00 4,90 4,45 7,68% 1 17.661 AGEN11 1,27 1,28 1,28 1,31 1,35 11,57% + 1 75.406.908 AALC11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BRGE11 0,00 6,14 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 6.140 BRGE12 0,00 4,55 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 3.185 BRGE3 0,00 0,00 0,00 6,08 0,00 0,00% = 1 1.824 CRIV3 0,00 4,39 4,44 0,00 0,00 0,00% = 1 2.981 CRIV4 3,80 3,81 0,00 0,00 3,80 1,06% + 1 104.956 RPAD3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 RPAD5 0,00 5,66 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 14.151 RPAD6 4,37 4,37 0,00 4,31 0,00 0,00% = 1 6.102 BRIV3 7,80 0,00 0,00 7,59 0,00 0,00% = 1 19.240 BRIV4 6,62 0,00 0,00 6,45 6,61 0,90% 1 12.770 ALSC3 13,30 13,25 13,25 13,30 13,05 2,17% 1 17.425.364 APTI4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 ALLL3 15,30 14,77 15,25 15,15 15,17 0,85% 1 130.704.916 ALPA3 11,25 12,50 12,30 12,01 12,80 15,94% + 1 324.817 ALPA4 11,45 12,12 12,15 12,15 12,70 14,41% + 1 139.349.245 BAZA3 0,55 0,55 0,55 0,56 0,56 3,70% + 1 6.371.740 AMBV3 40,75 40,40 39,71 40,65 38,99 7,32% 1 23.256.827 AMBV4 48,50 47,71 46,83 47,66 46,09 7,54% 1 516.327.771 AMCE3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 AMIL3 18,20 17,90 17,75 17,80 18,20 0,28% + 1 30.294.071 CBEE3 1,34 0,00 1,34 1,32 1,32 1,49% - 1000 29.853 AMPI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 AEDU3 40,86 39,64 38,24 38,50 38,10 7,07% 1 144.050.440 AAPL11B 0,00 0,00 59,00 0,00 38,10 0,00% = 1 5.900 BTOW3 34,09 33,80 32,85 32,40 32,11 5,97% 1 49.470.733 BAHI3 12,39 12,59 0,00 0,00 12,29 0,16% + 1 42.433 BGIP3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BGIP4 0,00 0,00 0,00 29,48 0,00 0,00% = 1 2.948 BEES3 6,00 5,95 5,97 5,97 5,98 0,17% 1 109.504 BEES4 0,00 0,00 6,06 0,00 0,00 0,00% = 1 29.694 BOAC11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BPAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BRSR3 0,00 0,00 0,00 0,00 16,70 0,00% = 1 5.010 BRSR5 18,10 18,50 18,70 18,65 0,00 0,00% = 1 383.260 BRSR6 18,30 18,07 18,45 18,30 18,22 2,94% + 1 61.703.882 BDLL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BDLL4 0,00 0,00 145,00 0,00 145,00 0,00% = 1 319.101 BTTL3 1,32 1,40 1,30 1,40 1,36 2,86% 1 51.842 BTTL4 1,29 1,27 1,30 1,30 1,27 0,78% 1 944.749 BALM3 29,50 27,61 0,00 27,85 0,00 0,00% = 1 25.629 BALM4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BEMA3 8,74 8,80 8,79 8,79 8,85 0,23% + 1 2.462.179 BHGR3 19,61 19,50 19,40 19,00 19,80 2,01% + 1 1.162.053 BMKS3 710,00 700,00 700,00 700,00 0,00 0,00% = 1 116.270 BICB3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BICB4 13,55 13,44 13,50 13,45 13,41 0,30% 1 5.100.668 BIOM3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BIOM4 0,00 0,00 2,50 0,00 0,00 0,00% = 1 2.500 BVMF3 12,64 12,25 12,40 12,45 12,22 3,02% 1 940.366.148 BOBR4 9,38 9,45 9,50 9,50 9,55 2,14% + 1 14.927.141 BBRK3 9,49 9,43 9,30 9,25 9,35 0,21% 1 14.523.999 BRIN32.010,002.015,002.021,002.000,001.979,990,25% + 1 24.184.620 BRML3 16,44 16,40 16,22 16,56 16,80 2,75% + 1 164.080.611 BRPR3 18,59 18,30 18,65 18,49 18,89 0,91% + 1 23.957.740 BBDC3 25,67 25,20 25,36 25,09 25,27 0,39% 1 63.320.991 BBDC4 33,36 32,95 33,26 32,80 32,83 0,34% + 1 774.994.336 BRAP3 48,20 48,99 47,99 48,00 48,75 3,94% + 1 1.828.395 BRAP4 48,27 47,93 47,85 48,00 48,66 3,07% + 1 204.682.385 BBAS3 31,92 31,60 31,77 31,40 31,55 0,57% + 1 495.307.547 BRTO3 15,84 16,20 16,24 16,15 16,35 3,48% + 1 3.288.039 BRTO4 12,90 13,29 13,19 13,12 12,99 1,80% + 1 60.353.968 AGRO3 10,61 10,80 11,10 11,15 11,40 7,34% + 1 852.358 BRKM3 17,10 17,25 16,56 16,99 16,61 5,89% 1 476.824 BRKM5 19,76 19,34 19,30 20,00 20,28 2,27% + 1 158.539.673 BRKM6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BMTO3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BMTO4 0,99 0,99 0,99 0,97 0,99 1,02% + 1 116.590 BSLI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BSLI4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BRFS3 28,65 28,20 27,90 28,03 29,17 1,21% + 1 309.859.451 BISA3 8,83 8,59 8,57 8,35 8,51 1,62% 1 94.885.355 BUET3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 BUET4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CIQU3 0,00 7,47 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 25.398 CIQU4 0,00 7,14 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 1.428 CAFE3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 CAFE4 0,00 0,00 1,09 0,00 1,03 0,00% = 1000 4.036 CAMB4 3,64 3,61 3,58 3,57 3,57 3,51% 1 1.135.017 CCIM3 8,10 8,15 8,14 8,12 8,15 4,22% + 1 1.742.852 CCRO3 47,50 46,85 47,00 46,35 45,97 3,18% 1 173.181.830 CEBR3 26,99 0,00 0,00 0,00 28,98 0,00% = 1 26.773 CEBR5 0,00 33,00 0,00 34,00 0,00 0,00% = 1 16.750 CEBR6 0,00 0,00 0,00 0,00 25,90 10,21% + 1 67.840 CEDO3 40,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 7.990 CEDO4 37,80 37,70 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 15.110 CEED3 2,52 2,90 2,82 2,70 0,00 0,00% = 1 10.573 CEED4 0,00 0,00 3,20 0,00 0,00 0,00% = 1 1.600 EEEL3 0,00 3,18 3,19 2,96 2,93 0,00% = 1 53.855 EEEL4 0,00 0,00 3,19 3,01 3,00 0,00% = 1 7.705 CEGR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 CLSC3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CLSC5 0,00 0,00 0,00 0,00 37,98 0,00% = 1 7.514 CLSC6 38,50 38,45 38,74 38,85 39,10 1,82% + 1 20.666.050 GPAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CELP5 0,00 0,00 0,00 0,00 9,00 0,00% = 1 12.600 CELP6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CELP7 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CEPE5 43,10 42,51 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 232.622 RANI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 RANI4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 ENMA3B 0,00 8,50 8,62 8,64 0,00 0,00% = 1 16.182 CMGR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CMGR4 0,00 0,00 5,34 0,00 0,00 0,00% = 1 534 MAPT3 0,00 0,00 0,00 0,00 2,40 0,00% = 1 240 MAPT4 1,80 1,57 0,00 0,00 1,55 0,00% = 1 2.894 CMIG3 21,97 22,20 22,40 22,30 22,00 2,61% + 1 7.920.888 CMIG4 28,90 29,35 29,65 29,79 29,01 3,24% + 1 198.774.158 CESP3 23,45 22,99 23,29 22,89 23,00 2,00% + 1 279.195 CESP5 24,49 0,00 0,00 24,60 0,00 0,00% = 1 35.338 CESP6 29,85 29,90 29,84 29,64 29,85 2,26% + 1 192.531.131 CTIP3 25,11 24,40 23,70 23,62 23,40 7,25% 1 82.919.720 HGTX3 27,68 27,48 28,20 27,97 27,70 2,21% + 1 125.657.775 CIEL3 12,96 12,77 12,93 12,83 12,97 0,00% = 1 172.128.760 GAFP3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CSCO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CTGP11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CLAN4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CBMA3 0,16 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 4.800 CBMA4 0,17 0,17 0,18 0,17 0,17 0,00% = 1 208.400 CEEB3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CEEB5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 COCE3 27,65 27,39 27,40 27,78 27,40 0,33% 1 1.244.842 COCE5 28,16 28,15 28,30 28,50 28,36 0,21% + 1 11.237.295 COCE6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CGAS3 38,50 39,00 0,00 38,99 39,49 2,57% + 1 2.029.092 CGAS5 41,60 42,00 42,45 42,50 43,48 4,77% + 1 20.396.504 CNFB4 5,95 5,99 6,16 6,15 6,24 4,70% + 1 32.572.371 CALI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CALI4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CTAX3 30,45 30,41 0,00 31,16 31,25 3,82% + 1 523.516 CTAX4 30,40 30,40 30,41 31,00 30,80 2,33% + 1 7.982.884 CSMG3 29,00 29,13 29,09 29,25 29,62 1,68% + 1 33.083.439 CPLE3 39,55 40,50 41,00 40,80 41,00 6,22% + 1 6.262.323 CPLE5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CPLE6 44,00 45,02 45,10 44,73 45,20 6,25% + 1 165.682.248 CORR4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 CSAN3 28,59 28,20 28,24 27,65 27,53 2,72% 1 150.717.445 CZLT11 23,85 23,99 23,99 23,80 23,73 1,74% 1 3.472.011 CTNM3 5,99 0,00 6,44 0,00 0,00 0,00% = 1 10.774 CTNM4 5,48 5,59 5,57 5,52 5,70 1,06% + 1 1.887.917 CPFE3 42,46 43,02 43,18 43,26 42,71 1,52% + 1 51.032.080 CRDE3 7,99 8,00 8,00 7,85 7,62 2,68% 1 1.184.508 CREM3 17,75 17,88 17,12 17,21 16,76 4,99% 1 2.380.852 CZRS4 14,97 15,00 14,99 14,98 15,20 1,33% + 1 349.433 CARD3 5,92 6,10 6,08 5,96 6,00 1,64% 1 2.329.725 CCPR3 14,02 14,10 14,10 14,19 14,06 2,97% 1 806.810 CYRE3 21,02 20,30 20,38 20,12 20,75 1,57% + 1 264.849.641 DHBI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 DHBI4 0,00 0,00 19,20 0,00 0,00 0,00% = 1 3.840 DASA3 22,16 21,70 21,65 21,39 21,20 2,30% 1 62.186.625 DAYC4 12,58 12,40 12,35 12,29 12,40 3,80% 1 13.654.872 PNVL3 0,00 0,00 89,99 0,00 91,50 1,67% + 1 27.298 PNVL4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 DIRR3 13,19 13,10 13,20 13,39 13,38 3,32% + 1 1.809.542 DXTG4 2,54 2,56 0,00 2,53 2,53 0,39% 1 130.622 IMBI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 IMBI4 1,57 1,50 1,58 1,54 1,52 5,00% 1 374.940 DOCA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 DOCA4 0,00 0,00 0,00 0,00 30,00 0,00% = 1 36.000 DOHL4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 DROG3 13,94 14,00 13,76 13,95 13,90 0,50% 1 20.340.632 DTCY3 1,09 1,18 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 4.017 DAGB11215,00 216,00 215,14 215,50 209,01 1,87% 1 14.530.406 DTEX3 17,59 17,81 17,55 17,28 17,10 0,29% 1 109.232.416 ECOD3 1,03 1,01 1,00 0,99 1,00 0,99% 1 83.407.605 ECOR3 13,58 13,13 13,20 13,10 13,03 2,03% 1 40.333.451 ELEK3 13,10 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 1.310 ELEK4 0,00 0,00 0,00 12,99 0,00 0,00% = 1 1.299 EKTR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 EKTR4 23,50 23,50 0,00 23,40 23,40 0,43% + 1 175.285

Quant.Tit. 535.800 0 256.800 916.000 21.300 727.800 1.841.500 900 3.900 58.556.700 0 1.000 700 300 700 27.700 0 2.500 1.400 2.600 2.000 1.312.900 0 8.651.200 26.700 11.758.700 11.070.000 579.300 10.870.400 0 1.677.800 22.400.000 0 3.667.000 100 1.498.300 3.500 0 100 18.400 4.900 0 0 300 21.100 3.354.400 0 2.200 38.700 738.600 900 0 281.200 60.400 166 0 378.000 0 1.000 75.491.700 1.570.300 1.551.900 12.100 9.937.100 1.299.100 2.499.700 23.475.100 38.100 4.254.600 15.671.500 205.600 4.625.800 77.500 28.000 8.066.400 0 0 119.000 0 0 10.840.200 11.045.700 0 0 3.400 200 0 3.800.000 317.400 215.000 3.698.000 1.000 500 2.700 200 400 4.000 500 17.900 2.500 0 0 200 533.800 0 1.400 0 0 5.400 0 0 1.900 0 100 100 1.800 358.300 6.797.900 12.200 1.500 6.452.700 3.395.500 4.534.200 13.316.400 0 0 0 0 30.000 1.220.000 0 0 45.200 396.500 0 52.700 479.200 5.382.000 0 0 16.900 262.900 1.127.400 157.700 0 3.727.000 0 5.375.500 145.200 1.800 345.200 1.189.200 151.500 137.300 23.400 387.900 57.300 12.915.000 0 200 2.882.000 1.090.400 300 0 137.300 52.100 0 241.000 0 1.200 0 1.459.200 3.600 69.087 6.256.800 82.540.600 3.067.900 100 100 0 7.500

Código 12/01 13/01 14/01 17/01 18/01 Totais da Semana Fech. Fech. Fech. Fech. Fech. Oscil.SinalLoteNegócios [R$] Quant.Tit. ELETROBRAS ON ELET3 22,73 22,99 23,38 23,33 23,12 2,08% + 1 163.177.956 7.062.700 ELETROBRAS PNA ELET5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELETROBRAS PNB ELET6 27,54 27,85 28,53 28,30 27,97 2,64% + 1 92.322.941 3.309.700 ELETROPAR ON LIPR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELETROPAULO ON ELPL3 0,00 0,00 0,00 0,00 34,40 0,00% = 1 20.690 600 ELETROPAULO PN ELPL4 32,05 32,65 32,50 32,75 32,81 3,01% + 1 93.676.192 2.893.700 EMAE PN EMAE4 7,99 7,67 7,75 7,80 8,00 2,56% + 1 91.845 11.700 EMBRAER ON EMBR3 12,55 12,27 13,50 13,35 13,60 11,02% + 1 141.536.752 10.794.500 EMBRATEL PAR ON EBTP3 9,20 9,30 9,22 0,00 9,20 0,00% = 1000 8.333 900.000 EMBRATEL PAR PN EBTP4 9,70 9,70 0,00 9,42 9,35 4,00% - 1000 28.323 3.000.000 ENCORPAR ON ECPR3 16,50 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 1.650 100 ENCORPAR PN ECPR4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ENERGIAS BR ON ENBR3 38,45 38,60 38,80 39,20 38,66 2,01% + 1 90.850.726 2.359.700 ENERGISA UNT ENGI11 9,75 0,00 9,80 9,60 0,00 0,00% = 1 33.960 3.500 ENERGISA ON ENGI3 0,00 0,00 1,91 0,00 0,00 0,00% = 1 191 100 ENERGISA PN ENGI4 1,85 0,00 1,85 1,85 1,88 2,17% + 1 26.220 14.200 EQUATORIAL ON EQTL3 11,55 11,50 11,54 11,49 11,83 3,05% + 1 10.801.791 935.600 ESTACIO PART ON ESTC3 26,10 26,59 26,10 26,20 26,00 0,00% = 1 84.018.329 3.228.300 ESTRELA ON ESTR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ESTRELA PN ESTR4 1,00 0,99 0,99 1,00 1,00 0,00% = 1 442.313 443.700 ETERNIT ON ETER3 11,40 11,30 11,36 11,35 11,50 1,32% + 1 5.801.470 509.200 EUCATEX ON EUCA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 EUCATEX PN EUCA4 7,85 7,94 7,95 7,76 8,05 6,76% + 1 5.465.645 694.900 EVEN ON EVEN3 8,46 8,45 8,50 8,40 8,39 0,12% + 1 42.581.562 5.045.500 EXCELSIOR PN BAUH4 0,00 0,00 0,00 2,72 2,60 0,00% = 1 7.419 2.800 EXXON MOBIL DRN EXXO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 2,60 0,00% = 1 0 0 EZTEC ON EZTC3 14,38 14,30 14,74 14,74 14,99 4,02% + 1 11.892.328 811.600 FAB C RENAUX ON FTRX3 0,00 0,00 0,58 0,00 0,51 0,00% = 1 14.910 26.000 FAB C RENAUX PN FTRX4 0,54 0,50 0,53 0,54 0,54 3,57% 1 3.861.940 6.774.000 FER C ATLANT ON VSPT3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FER HERINGER ON FHER3 9,00 8,79 8,67 8,85 9,10 1,11% + 1 1.538.969 173.000 FERBASA ON FESA3 0,00 0,00 0,00 0,00 13,30 0,00% = 1 1.330 100 FERBASA PN FESA4 13,90 13,57 13,89 13,90 13,99 9,21% + 1 11.773.000 887.700 FIBAM ON FBMC3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FIBAM PN FBMC4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FIBRIA ON FIBR3 27,90 27,95 27,75 27,43 27,41 0,22% + 1 119.937.739 4.319.600 FLEURY ON FLRY3 25,17 25,50 26,05 26,01 26,15 3,73% + 1 23.102.292 900.900 FORJA TAURUS ON FJTA3 5,50 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 2.700 500 FORJA TAURUS PN FJTA4 4,09 4,08 4,11 4,07 4,05 2,41% 1 2.288.014 563.300 FRAS-LE ON FRAS3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FRAS-LE PN FRAS4 4,00 4,00 4,02 4,10 4,12 2,49% + 1 1.069.482 266.000 FREEPORT DRN FCXO11B205,51 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 369.918 1.800 GAFISA ON GFSA3 11,70 11,36 11,29 11,12 11,46 0,26% 1 263.626.145 23.128.800 GAZOLA ON GAZO3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GAZOLA PN GAZO4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GE DRN GEOO11B0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GENERALSHOPP ON GSHP3 12,40 12,36 12,33 12,20 12,45 0,24% + 1 1.156.982 94.100 GER PARANAP ON GEPA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GER PARANAP PN GEPA4 0,00 42,00 42,00 40,00 0,00 0,00% = 1 2.876.800 68.500 GERDAU ON GGBR3 18,55 18,35 18,27 18,15 18,18 1,00% + 1 23.794.290 1.302.700 GERDAU PN GGBR4 24,73 24,32 24,20 23,91 23,94 0,00% = 1 566.920.006 23.380.700 GERDAU MET ON GOAU3 24,95 25,00 25,00 24,92 24,97 1,30% + 1 782.300 31.500 GERDAU MET PN GOAU4 29,39 28,85 28,90 28,40 28,38 0,04% + 1 118.361.812 4.105.000 GLOBEX ON GLOB3 21,50 20,50 20,60 20,70 21,00 2,33% 1 291.964 14.100 GOL PN GOLL4 26,80 26,70 26,50 26,00 26,47 1,22% + 1 130.121.454 4.917.000 GOLDMANSACHS DRN GSGI11B 0,00 0,00 0,00 0,00 26,47 0,00% = 1 0 0 GOOGLE DRN GOOG11B0,00 0,00 0,00 0,00 26,47 0,00% = 1 0 0 GP INVEST DR3 GPIV11 6,95 6,94 6,99 6,94 6,89 0,86% 1 13.701.459 1.974.600 GPC PART ON GPCP3 0,80 0,78 0,78 0,77 0,77 2,53% 1 104.668 134.300 GRAZZIOTIN ON CGRA3 0,00 0,00 0,00 0,00 15,11 0,00% = 1 3.022 200 GRAZZIOTIN PN CGRA4 15,31 15,35 15,28 0,00 15,30 0,65% 1 64.306 4.200 GRENDENE ON GRND3 9,32 9,70 10,00 9,95 10,19 10,76% + 1 12.745.819 1.282.300 GTD PART ON GTDP3B 0,00 0,00 0,28 0,00 0,00 0,00% = 1 1.204 4.300 GTD PART PN GTDP4B 0,00 0,00 0,28 0,00 0,00 0,00% = 1 1.400 5.000 GUARARAPES ON GUAR3 82,49 81,10 82,80 82,00 82,00 0,61% + 1 7.807.805 94.900 GUARARAPES PN GUAR4 79,00 0,00 78,80 78,85 76,00 0,00% = 1 5.049.474 67.000 HABITASUL PNA HBTS5 4,63 0,00 4,70 0,00 4,76 0,00% = 1 6.097 1.300 HELBOR ON HBOR3 20,63 20,40 20,10 20,28 19,95 1,72% 1 9.091.748 450.100 HERCULES ON HETA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 HERCULES PN HETA4 0,46 0,44 0,45 0,46 0,47 6,82% + 1 169.290 369.000 HOTEIS OTHON PN HOOT4 0,97 0,00 1,00 1,00 1,02 4,08% + 1 1.398.800 1.340.000 HRT PETROLEO ON HRTP31.700,001.781,001.785,001.813,001.800,008,76% + 1 261.800.788 149.900 HYPERMARCAS ON HYPE3 22,49 21,84 21,75 22,20 22,35 0,90% + 1 376.699.927 16.922.300 IDEIASNET ON IDNT3 3,84 3,80 3,82 3,84 3,92 4,81% + 1 3.964.170 1.043.800 IENERGIA ON IENG3 0,44 0,44 0,44 0,43 0,43 2,27% 1 46.900 107.000 IENERGIA PNA IENG5 0,31 0,31 0,31 0,31 0,31 0,00% = 1 288.310 931.000 IGB S/A ON IGBR3 6,39 6,41 6,44 6,25 6,35 1,55% 1 730.915 114.000 IGUACU CAFE ON IGUA3 6,35 6,77 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 5.134 800 IGUACU CAFE PNA IGUA5 0,00 0,00 0,00 0,00 4,80 0,00% = 1 480 100 IGUACU CAFE PNB IGUA6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 IGUATEMI ON IGTA3 37,55 36,80 36,28 36,60 37,40 0,53% 1 47.845.762 1.290.100 INDS ROMI ON ROMI3 12,70 12,15 12,59 12,59 12,43 0,24% + 1 2.029.207 163.100 INDUSVAL ON IDVL3 0,00 12,15 12,59 12,59 12,43 0,00% = 1 0 0 INDUSVAL PN IDVL4 8,25 8,20 8,28 8,20 8,18 2,25% + 1 724.855 89.800 INEPAR ON INEP3 5,59 5,55 5,53 5,69 5,42 1,45% 1 574.982 104.300 INEPAR PN INEP4 5,51 5,47 5,46 5,41 5,38 1,47% 1 6.864.463 1.265.700 INEPAR TEL ON INET3 0,33 0,33 0,32 0,32 0,34 0,00% = 1 1.238.120 3.775.500 INPAR S/A ON INPR3 3,42 3,38 3,40 3,42 3,41 0,00% = 1 7.856.731 2.311.000 INTEL DRN ITLC11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 INVEST BEMGE ON FIGE3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 INVEST BEMGE PN FIGE4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 IOCHP-MAXION ON MYPK3 22,45 22,69 22,70 22,44 22,21 0,95% + 1 39.392.642 1.759.400 ISHARES BOVA CI BOVA11 71,00 69,99 70,25 70,04 70,21 0,73% + 1 152.364.678 2.165.580 ISHARES BRAX CI BRAX11 71,00 45,43 0,00 45,22 0,00 0,00% = 1 486.072 10.750 ISHARES CSMO CI CSMO11 33,39 33,11 32,84 32,84 32,74 2,62% 1 508.011 15.430 ISHARES MILA CI MILA11 33,39 49,40 49,11 49,17 49,23100,00% 1 79.451 1.620 ISHARES MOBI CI MOBI11 20,18 20,00 19,96 19,86 20,02 0,10% + 1 1.893.883 93.850 ISHARES SMAL CI SMAL11 71,50 71,00 70,80 71,00 70,65 0,77% 1 1.589.922 22.580 ITAUSA ON ITSA3 13,71 13,67 13,64 13,41 13,70 1,44% 1 629.623 46.200 ITAUSA PN ITSA4 13,46 13,20 13,15 13,00 12,83 2,43% 1 414.854.843 31.605.600 ITAUTEC ON ITEC3 45,99 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 17.955 400 ITAUUNIBANCO ON ITUB3 31,84 31,48 31,68 31,60 31,05 0,61% 1 63.286.833 2.028.600 ITAUUNIBANCO PN ITUB4 40,25 39,37 39,61 39,05 38,55 1,71% 1 1.058.787.575 26.943.900 J B DUARTE ON JBDU3 0,06 0,06 0,00 0,06 0,06 0,00% = 1 48.390 806.000 J B DUARTE PN JBDU4 0,06 0,06 0,07 0,06 0,06 0,00% = 1 328.720 5.418.000 JBS ON JBSS3 7,12 7,00 6,96 6,91 6,78 3,56% 1 100.706.509 14.446.200 JEREISSATI ON MLFT3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 JEREISSATI PN MLFT4 1,66 1,66 1,64 1,65 1,64 3,53% 1 1.453.070 890.000 JHSF PART ON JHSF3 3,51 3,43 3,40 3,42 3,42 2,56% 1 4.548.263 1.322.000 JOAO FORTES ON JFEN3 11,70 11,50 11,68 11,65 11,78 2,08% + 1 764.838 66.500 JOSAPAR ON JOPA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 JOSAPAR PN JOPA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 JSL ON JSLG3 11,60 11,43 11,55 11,47 11,48 0,17% 1 6.310.195 547.900 KARSTEN ON CTKA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 KARSTEN PN CTKA4 6,24 6,25 6,30 6,28 6,25 0,81% + 1 1.418.490 228.500 KEPLER WEBER ON KEPL3 0,37 0,36 0,37 0,36 0,35 2,78% 1 6.208.579 17.145.000 KLABIN S/A ON KLBN3 6,00 6,50 0,00 0,00 6,30 0,00% = 1 69.900 11.000 KLABIN S/A PN KLBN4 5,78 5,79 5,78 5,83 5,92 2,96% + 1 61.237.691 10.579.900 KROTON UNT KROT11 22,08 22,05 22,07 22,20 22,75 4,60% + 1 9.250.215 416.600 LA FONTE TEL ON LFFE3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LA FONTE TEL PN LFFE4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LAEP DR3 MILK11 0,66 0,65 0,70 0,66 0,65 1,56% + 1 83.512.279 123.473.700 LARK MAQS PN LARK4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LE LIS BLANC ON LLIS3 16,75 16,60 16,75 16,78 16,69 0,36% 1 8.649.034 528.000 LIGHT S/A ON LIGT3 26,85 27,55 27,65 27,25 26,90 3,86% + 1 191.260.674 7.038.700 LIX DA CUNHA ON LIXC3 0,00 4,80 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 5.279 1.100 LIX DA CUNHA PN LIXC4 2,67 2,69 2,60 2,60 2,70 0,00% = 1 89.435 34.100 LLX LOG ON LLXL3 4,47 4,35 4,36 4,36 4,41 2,00% 1 46.887.506 10.621.400 LOCALIZA ON RENT3 28,35 28,21 28,25 27,70 28,40 0,18% + 1 78.217.551 2.784.400 LOG-IN ON LOGN3 10,29 10,28 10,25 10,15 10,20 0,99% + 1 1.162.362 114.700 LOJAS AMERIC ON LAME3 13,62 13,52 13,78 13,50 13,36 2,12% 1 10.453.403 773.700 LOJAS AMERIC PN LAME4 15,56 15,40 15,55 15,38 15,31 2,17% 1 134.313.009 8.698.400 LOJAS HERING ON LHER3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LOJAS HERING PN LHER4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LOJAS MARISA ON AMAR3 25,50 25,05 25,49 25,25 25,40 0,40% + 1 21.943.293 868.900 LOJAS RENNER ON LREN3 53,43 53,10 53,20 53,10 53,18 1,55% 1 342.153.624 6.428.300 LONGDIS ON SPRT3B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LOPES BRASIL ON LPSB3 38,85 38,50 38,50 38,55 38,52 0,72% 1 6.908.646 178.700 LUPATECH ON LUPA3 19,70 19,46 19,36 19,31 19,57 2,10% 1 13.368.011 682.800 M G POLIEST ON RHDS3 0,14 0,14 0,14 0,13 0,14 0,00% = 1 282.880 2.035.000 M.DIASBRANCO ON MDIA3 38,00 37,40 37,52 37,95 38,99 2,88% + 1 14.412.293 382.900 MAGNESITA SA ON MAGG3 10,08 9,85 9,92 9,93 10,00 0,50% + 1 39.103.391 3.926.400 MANGELS INDL ON MGEL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MANGELS INDL PN MGEL4 10,30 10,26 10,40 10,49 10,50 1,84% + 1 899.643 87.000 MARAMBAIA ON CTPC3 0,90 0,91 0,90 0,90 0,90 0,00% = 1 48.334 54.000 MARCOPOLO ON POMO3 6,10 6,10 5,90 6,02 5,96 3,40% 1 1.536.999 257.700 MARCOPOLO PN POMO4 7,08 7,10 7,10 7,05 7,05 0,28% 1 21.839.872 3.088.500 MARFRIG ON MRFG3 15,77 15,80 15,80 15,70 15,60 0,65% + 1 89.105.280 5.675.200 MARISOL ON MRSL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MARISOL PN MRSL4 2,91 2,92 0,00 2,88 2,82 4,41% 1 25.635 9.000 MCDONALDS DRN MCDC11B0,00 0,00 0,00 0,00 2,82 0,00% = 1 0 0 MELHOR SP ON MSPA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MELHOR SP PN MSPA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MENDES JR ON MEND3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MENDES JR PNA MEND5 0,00 36,50 35,00 39,50 0,00 0,00% = 1 105.846 2.900 MENDES JR PNB MEND6 0,00 0,00 0,00 38,00 38,00 7,04% + 1 30.340 800 MERC BRASIL ON BMEB3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MERC BRASIL PN BMEB4 12,00 12,00 11,99 11,99 11,99 0,93% + 1 266.139 22.100 MERC FINANC ON MERC3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MERC FINANC PN MERC4 0,00 0,00 0,00 8,11 0,00 0,00% = 1 2.811 300 MERC INVEST ON BMIN3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MERC INVEST PN BMIN4 0,43 0,42 0,42 0,43 0,43 2,27% 1 86.230 200.000 MERCK DRN MRCK11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MET DUQUE PN DUQE4 25,00 25,00 0,00 25,00 0,00 0,00% = 1 85.000 3.400 METAL IGUACU ON MTIG3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 METAL IGUACU PN MTIG4 0,33 0,33 0,32 0,33 0,32 3,03% 1 311.539 958.300 METAL LEVE ON LEVE3 45,50 46,50 0,00 46,30 46,00 0,00% = 1 283.758 6.100 METALFRIO ON FRIO3 13,67 13,46 13,45 13,45 13,40 1,25% 1 2.082.527 154.600 METISA PN MTSA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MICROSOFT DRN MSFT11B 0,00 47,53 48,12 0,00 0,00 0,00% = 1 9.565 200 MILLENNIUM ON TIBR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MILLENNIUM PNA TIBR5 0,00 0,12 0,12 0,00 0,11 8,33% 1 520.000 4.700.000 MILLENNIUM PNB TIBR6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MILLS ON MILS3 20,29 19,60 19,10 19,00 19,78 3,93% 1 40.643.290 2.109.400 MINASMAQUINA PN MMAQ4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MINERVA ON BEEF3 7,00 7,00 7,00 6,89 6,89 1,43% 1 3.715.496 532.600 MINUPAR ON MNPR3 0,34 0,33 0,34 0,34 0,33 0,00% = 1 4.054.837 11.894.100 MMX MINER ON MMXM3 11,54 11,63 11,26 11,20 11,51 5,02% + 1 262.407.919 22.839.600 MONT ARANHA ON MOAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MPX ENERGIA ON MPXE3 28,47 28,58 29,14 29,13 28,56 2,92% + 1 61.769.258 2.155.000 MRS LOGIST ON MRSA3B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MRV ON MRVE3 16,43 16,26 16,00 16,25 16,23 0,18% 1 212.404.359 13.002.700 MULTIPLAN ON MULT3 34,00 33,13 32,80 33,50 33,45 0,92% 1 46.522.386 1.394.500 MULTIPLUS ON MPLU3 34,00 33,50 33,60 32,70 34,55 2,61% + 1 35.756.897 1.061.500 MUNDIAL ON MNDL3 1,49 1,42 1,49 1,48 1,49 3,47% + 1 42.931 29.300 MUNDIAL PN MNDL4 1,82 1,82 1,84 1,89 1,84 2,22% + 1 3.434.609 1.871.000 NADIR FIGUEI ON NAFG3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 NADIR FIGUEI PN NAFG4 12,89 0,00 0,00 14,98 0,00 0,00% = 1 11.324 800

Empresa/Ação NATURA ON NET ON NET PN NORD BRASIL ON NORD BRASIL PN NORDON MET ON NOVA AMERICA ON NOVA AMERICA PN NUTRIPLANT ON ODONTOPREV ON OGX PETROLEO ON OHL BRASIL ON OSX BRASIL ON P.ACUCAR-CBD ON P.ACUCAR-CBD PNA PANAMERICANO PN PANATLANTICA ON PANATLANTICA PN PAR AL BAHIA ON PAR AL BAHIA PN PARANA PN PARANAPANEMA ON PATAGONIA DR3 PDG REALT ON PETROBRAS ON PETROBRAS PN PETROPAR ON PETROPAR PN PETTENATI ON PETTENATI PN PFIZER DRN PG DRN PIBB CI PINE PN PLASCAR PART ON PORTO SEGURO ON PORTOBELLO ON PORTX ON POSITIVO INF ON PRO METALURG PNA PRO METALURG PNB PROFARMA ON PRONOR PNA PRONOR PNB PROVIDENCIA ON QGN PARTIC ON QGN PARTIC PN QUATTOR PETR PN RAIA ON RANDON PART ON RANDON PART PN RASIP AGRO ON RASIP AGRO PN RECRUSUL ON RECRUSUL PN REDE ENERGIA ON REDE ENERGIA PN REDECARD ON REDENTOR ON RENAR ON RENOVA UNT RIMET PN RIOSULENSE PN RODOBENSIMOB ON ROSSI RESID ON SABESP ON SAM INDUSTR ON SAM INDUSTR PN SANEPAR ON SANEPAR PN SANTANDER BR UNT SANTANDER BR ON SANTANDER BR PN SANTANENSE ON SANTANENSE PN SANTOS BRP UNT SAO CARLOS ON SAO MARTINHO ON SARAIVA LIVR ON SARAIVA LIVR PN SCHLOSSER ON SCHLOSSER PN SCHULZ PN SEB UNT SEG AL BAHIA ON SEG AL BAHIA PN SERGEN ON SERGEN PN SID NACIONAL ON SLC AGRICOLA ON SMALL CAP SML SOFISA PN SONDOTECNICA ON SONDOTECNICA PNA SONDOTECNICA PNB SOUZA CRUZ ON SPRINGER ON SPRINGER PNA SPRINGER PNB SPRINGS ON SPTURIS PNA SPTURIS PNB STEEL BRASIL ON SUL AMERICA UNT SULTEPA ON SULTEPA PN SUZANO PAPEL PNA SUZANO PAPEL PNB TAM S/A ON TAM S/A PN TARPON INV ON TEC BLUMENAU PNA TEC BLUMENAU PNC TECNISA ON TECNOSOLO ON TECNOSOLO PN TECTOY ON TECTOY PN TEGMA ON TEKA ON TEKA PN TEKNO PN TELE NORT CL ON TELE NORT CL PN TELEBRAS ON TELEBRAS PN TELEFONICA DR3 TELEMAR ON TELEMAR PN TELEMAR N L ON TELEMAR N L PNA TELEMAR N L PNB TELESP ON TELESP PN TEMPO PART ON TEREOS ON TERNA PART UNT TIM PART S/A ON TIM PART S/A PN TIVIT ON TOTVS ON TRACTEBEL ON TRAN PAULIST ON TRAN PAULIST PN TREVISA ON TREVISA PN TRISUL ON TRIUNFO PART ON TRORION ON TRORION PN TUPY ON TUPY PN ULTRAPAR ON ULTRAPAR PN UNIPAR ON UNIPAR PNA UNIPAR PNB UOL PN USIMINAS ON USIMINAS PNA USIMINAS PNB USIN C PINTO PN VALE ON VALE PNA VALEFERT ON VALEFERT PN VALID ON VICUNHA TEXT ON VICUNHA TEXT PNA VICUNHA TEXT PNB VIVO ON VIVO PN VULCABRAS ON WAL MART DRN WEG ON WELLS FARGO DRN WEMBLEY ON WETZEL S/A ON WETZEL S/A PN WHIRLPOOL ON WHIRLPOOL PN WIEST ON WIEST PN WILSON SONS DR3 WLM IND COM ON WLM IND COM PN YARA BRASIL ON YARA BRASIL PN

Código 12/01 Fech. NATU3 46,00 NETC3 0,00 NETC4 22,79 BNBR3 38,00 BNBR4 47,00 NORD3 5,50 NOVA3B 0,00 NOVA4B 0,00 NUTR3M 3,00 ODPV3 25,65 OGXP3 20,31 OHLB3 59,00 OSXB3 490,00 PCAR3 0,00 PCAR5 69,45 BPNM4 3,91 PATI3 0,00 PATI4 23,75 PEAB3 0,00 PEAB4 0,00 PRBC4 13,90 PMAM3 5,80 BPAT11 0,00 PDGR3 10,51 PETR3 31,47 PETR4 27,90 PTPA3 0,00 PTPA4 0,00 PTNT3 0,00 PTNT4 6,30 PFIZ11B 0,00 PGCO11B0,00 PIBB11 99,00 PINE4 13,71 PLAS3 3,50 PSSA3 28,35 PTBL3 1,95 PRTX3 3,73 POSI3 9,97 PMET5 0,00 PMET6 0,31 PFRM3 14,18 PNOR5 0,00 PNOR6 0,00 PRVI3 7,72 QGNP3B 0,00 QGNP4B 0,00 SZPQ4 6,64 RAIA3 24,30 RAPT3 10,04 RAPT4 12,90 RSIP3 0,41 RSIP4 0,37 RCSL3 0,00 RCSL4 0,88 REDE3 5,20 REDE4 5,95 RDCD3 20,00 RDTR3 7,96 RNAR3 0,64 RNEW11 22,60 REEM4 7,00 RSUL4 0,00 RDNI3 17,30 RSID3 14,64 SBSP3 44,95 FCAP3 0,00 FCAP4 0,00 SAPR3 0,00 SAPR4 3,28 SANB11 22,48 SANB3 0,24 SANB4 0,19 CTSA3 2,62 CTSA4 0,00 STBP11 24,89 SCAR3 22,50 SMTO3 26,25 SLED3 0,00 SLED4 41,41 SCLO3 0,00 SCLO4 6,80 SHUL4 9,45 SEBB11 31,25 CSAB3 0,00 CSAB4 30,00 SGEN3 0,00 SGEN4 1,50 CSNA3 30,15 SLCE3 20,70 SMLL11 20,70 SFSA4 5,08 SOND3 0,00 SOND5 0,00 SOND6 31,50 CRUZ3 86,61 SPRI3 5,89 SPRI5 3,71 SPRI6 0,00 SGPS3 5,60 AHEB5 0,00 AHEB6 0,00 STLB3 0,00 SULA11 20,45 SULT3 0,00 SULT4 4,49 SUZB5 14,89 SUZB6 14,89 TAMM3 39,01 TAMM4 40,95 TRPN3 18,50 TENE5 3,60 TENE7 0,00 TCSA3 11,80 TCNO3 0,87 TCNO4 0,70 TOYB3 0,06 TOYB4 0,06 TGMA3 24,96 TEKA3 1,40 TEKA4 1,40 TKNO4 0,00 TNCP3 0,00 TNCP4 0,00 TELB3 1,62 TELB4 1,25 TEFC11 0,00 TNLP3 34,80 TNLP4 26,01 TMAR3 61,35 TMAR5 49,41 TMAR6 0,00 TLPP3 39,20 TLPP4 42,40 TEMP3 4,41 TERI3 3,41 TRNA11 0,00 TCSL3 7,35 TCSL4 5,99 TVIT3 19,30 TOTS3 175,30 TBLE3 27,65 TRPL3 61,00 TRPL4 56,20 LUXM3 0,00 LUXM4 0,00 TRIS3 6,70 TPIS3 9,60 TROR3 0,00 TROR4 0,00 TUPY3 25,30 TUPY4 0,00 UGPA3 0,00 UGPA4 107,30 UNIP3 0,67 UNIP5 0,00 UNIP6 0,58 UOLL4 14,42 USIM3 23,50 USIM5 20,90 USIM6 19,00 UCOP4 0,00 VALE3 60,12 VALE5 52,42 FFTL3 0,00 FFTL4 19,07 VLID3 21,24 VINE3 0,00 VINE5 0,00 VINE6 0,00 VIVO3 112,70 VIVO4 57,45 VULC3 7,10 WALM11B0,00 WEGE3 21,70 WFCO11B0,00 WMBY3 0,00 MWET3 0,00 MWET4 12,99 WHRL3 3,50 WHRL4 3,90 WISA3 0,00 WISA4 0,00 WSON1132,50 SGAS3 0,00 SGAS4 0,00 ILMD3 0,00 ILMD4 26,50

13/01 Fech. 45,85 19,00 21,81 37,50 46,90 0,00 0,00 0,00 0,00 25,40 20,00 58,90 465,00 0,00 68,06 3,86 0,00 0,00 29,00 0,00 13,89 5,74 0,00 10,45 30,50 27,31 0,00 37,52 8,48 6,64 0,00 0,00 97,30 13,90 3,50 28,05 1,95 3,63 9,90 0,00 0,30 14,18 0,00 0,00 7,74 0,00 0,00 0,00 24,90 10,30 12,89 0,41 0,38 1,40 0,89 5,21 5,96 19,68 7,96 0,66 22,35 0,00 0,00 17,39 14,60 45,20 0,00 0,00 0,00 3,38 22,15 0,24 0,19 2,64 0,00 24,80 22,80 26,29 0,00 41,90 0,00 6,80 9,17 31,20 0,00 0,00 0,00 1,60 29,70 20,31 20,31 5,05 0,00 0,00 0,00 89,11 5,60 3,80 0,00 5,60 0,00 0,00 0,00 20,20 0,00 4,45 14,56 0,00 38,99 40,60 18,50 3,50 0,00 11,67 0,89 0,69 0,06 0,06 24,82 1,54 1,48 82,50 0,00 0,00 1,59 1,22 0,00 35,40 26,32 0,00 50,50 0,00 38,50 42,60 4,50 3,46 30,53 7,25 5,91 0,00 174,90 27,39 60,17 55,50 0,00 0,00 6,67 9,72 0,00 0,00 24,10 0,00 0,00 107,60 0,67 0,00 0,57 14,45 23,00 20,29 0,00 0,00 59,70 52,25 0,00 19,05 21,15 0,00 0,00 0,00 112,51 56,60 6,85 0,00 21,45 0,00 0,00 0,00 12,99 0,00 3,95 0,00 0,00 32,00 0,00 54,99 0,00 0,00

14/01 Fech. 45,80 0,00 21,55 38,00 46,99 0,00 0,00 0,00 0,00 25,50 20,00 59,00 478,69 0,00 67,42 4,00 0,00 0,00 29,10 29,00 13,89 5,73 0,00 10,15 30,77 27,55 0,00 0,00 0,00 1,70 0,00 0,00 97,61 14,12 3,54 28,00 1,95 3,73 9,87 0,00 0,29 14,25 1,64 0,00 7,83 0,00 0,00 0,00 25,35 0,00 13,21 0,42 0,38 0,00 0,88 5,00 5,97 19,88 7,96 0,65 22,45 0,00 0,00 17,45 14,35 45,35 0,00 0,00 0,00 3,39 22,50 0,24 0,19 0,00 0,00 25,50 23,00 26,15 0,00 42,48 0,00 4,00 9,16 31,22 27,01 0,00 0,00 1,60 29,85 20,22 0,00 5,04 0,00 0,00 0,00 89,35 5,65 3,72 0,00 5,53 0,00 0,00 5,50 20,20 0,00 4,49 14,51 0,00 39,38 40,89 18,55 3,51 2,10 11,50 0,89 0,68 0,06 0,06 24,75 0,00 1,40 0,00 0,00 0,00 1,53 1,26 37,00 35,57 27,00 61,50 50,67 0,00 39,00 42,45 4,50 3,53 30,95 7,54 6,14 0,00 172,60 27,35 60,00 56,25 0,00 0,00 6,72 9,70 0,00 0,00 24,00 23,00 0,00 107,25 0,65 0,00 0,57 14,75 23,25 20,35 0,00 0,00 59,96 52,55 0,00 19,41 21,20 0,00 0,00 0,00 113,50 56,20 6,85 0,00 21,40 0,00 0,00 0,00 0,00 3,49 3,90 0,00 0,00 31,23 0,00 0,00 0,00 0,00

17/01 Fech. 46,44 0,00 21,95 37,90 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 26,00 19,78 59,30 477,00 0,00 67,24 3,96 0,00 0,00 29,10 29,00 0,00 5,64 0,00 10,10 30,47 27,45 0,00 38,48 0,00 1,73 0,00 0,00 97,40 13,91 3,52 28,30 1,93 3,65 10,50 0,00 0,29 14,40 1,69 0,00 7,70 0,00 0,00 0,00 25,60 0,00 13,41 0,42 0,38 0,00 0,88 5,00 0,00 19,66 7,95 0,65 22,35 6,21 0,00 17,59 14,13 45,09 0,00 0,00 0,00 3,36 22,19 0,24 0,19 0,00 0,00 25,14 22,98 25,86 0,00 41,77 0,00 4,50 9,18 0,00 0,00 0,00 0,00 1,59 29,53 20,05 20,05 5,10 0,00 0,00 0,00 90,26 5,80 3,65 0,00 5,52 0,00 0,00 0,00 20,24 0,00 4,50 14,62 0,00 39,05 40,40 18,50 3,50 2,24 11,40 0,94 0,70 0,06 0,06 24,40 1,66 1,44 0,00 0,00 0,00 1,57 1,25 0,00 34,98 26,53 0,00 50,60 0,00 39,18 42,18 4,52 3,54 30,95 7,34 5,88 5,88 173,00 27,16 60,00 54,17 0,00 0,00 6,79 9,73 0,00 0,00 24,68 0,00 0,00 107,40 0,66 0,00 0,57 14,90 22,50 20,19 0,00 6,00 60,17 52,86 23,50 19,43 20,74 0,00 0,00 0,00 113,48 55,81 7,02 0,00 21,35 0,00 0,00 0,00 0,00 3,50 3,90 0,00 0,00 31,05 0,00 0,00 0,00 0,00

18/01 Fech. 45,70 0,00 21,99 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 25,68 19,87 59,60 476,00 0,00 68,00 4,07 0,00 0,00 29,00 29,00 13,85 5,65 0,00 10,30 30,95 27,72 0,00 0,00 0,00 1,65 1,65 0,00 97,72 14,27 3,47 27,90 1,94 3,63 10,48 0,00 0,29 14,70 1,65 0,00 7,73 0,00 0,00 0,00 25,70 10,31 13,07 0,41 0,38 1,50 0,86 5,01 0,00 20,00 7,98 0,64 22,35 0,00 0,00 17,80 14,75 43,93 0,00 0,00 0,00 3,30 22,19 0,23 0,19 2,63 0,00 25,50 23,00 25,85 0,00 42,50 0,00 4,53 9,18 31,30 27,00 27,57 0,00 1,53 29,33 20,10 20,10 5,06 0,00 0,00 0,00 88,52 5,69 3,62 3,56 5,55 0,00 0,00 5,19 20,25 4,50 4,45 14,68 0,00 39,10 40,72 19,00 0,00 0,00 11,62 0,92 0,70 0,07 0,07 24,19 1,66 1,44 0,00 0,00 37,01 1,57 1,26 38,10 35,49 26,85 61,50 50,11 0,00 39,29 42,06 4,47 3,56 0,00 7,49 6,08 6,08 179,50 27,05 60,00 54,72 0,00 0,00 6,80 9,73 0,00 0,00 24,20 0,00 0,00 106,69 0,67 0,00 0,57 14,78 22,30 19,93 0,00 6,00 60,92 53,41 0,00 19,35 20,59 0,00 0,00 0,00 113,50 55,48 7,05 7,05 21,21 0,00 0,00 0,00 12,90 3,50 3,90 0,00 0,00 31,60 0,00 0,00 0,00 0,00

Totais da Semana Oscil.SinalLoteNegócios [R$] Quant.Tit. 1,40% 1 173.656.040 3.769.700 0,00% = 1 1.900 100 4,31% 1 4.595.683 206.900 0,00% = 1 64.479 1.700 0,00% = 1 41.846 900 0,00% = 1000 550 100.000 0,00% = 1000 0 0 0,00% = 1000 0 0 0,00% = 1 900 300 0,39% 1 31.907.500 1.242.900 2,26% 1 1.257.108.822 62.839.100 1,19% + 1 35.775.237 603.800 3,84% 1 46.692.531 98.600 0,00% = 1 0 0 1,45% 1 191.985.229 2.818.600 6,54% + 1 25.824.891 6.476.100 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 2.375 100 0,00% = 1 84.160 2.900 0,00% = 1 37.700 1.300 1,54% + 1 672.369 48.700 0,35% 1 28.487.751 4.961.900 0,00% = 1 0 0 1,28% + 1 419.417.367 40.633.000 1,48% + 1 869.377.323 28.062.600 2,10% + 1 3.670.251.622 132.668.100 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 7.600 200 0,00% = 1 18.656 2.200 74,85% 1 698.799 250.400 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,43% + 1 18.217.250 185.750 2,96% + 1 1.909.361 136.800 1,42% 1 4.467.588 1.273.300 0,36% + 1 68.460.532 2.446.800 0,51% 1 139.440 72.000 0,27% 1 20.547.683 5.586.100 5,33% + 1 40.313.654 3.891.900 0,00% = 1000 0 0 7,41% + 1000 169.827 574.100.000 3,38% + 1 4.259.260 299.700 1,20% 1 4.958 3.000 0,00% = 1 0 0 0,51% 1 1.589.423 205.000 0,00% = 1000 0 0 0,00% = 1000 0 0 0,00% = 1 2.656 400 4,26% + 1 39.919.257 1.597.000 0,00% = 1 47.996 4.700 2,19% + 1 65.495.666 4.991.000 0,00% = 1 142.627 355.100 0,00% = 1 61.955 167.800 0,00% = 1 1.930 1.300 4,44% 1 234.761 267.200 7,39% 1 41.520 8.100 0,00% = 1 8.930 1.500 0,00% = 1 163.512.953 8.225.000 0,38% + 1 2.687.640 337.800 0,00% = 1 1.143.189 1.740.400 1,11% 1 286.777 12.700 0,00% = 1000 2.021 300.000 0,00% = 1 0 0 3,49% + 1 3.396.271 195.100 4,98% + 1 183.337.880 12.676.600 1,61% 1 76.131.007 1.697.800 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 1,54% + 1 507.075 151.900 0,63% + 1 126.486.609 5.658.600 0,00% = 1 589.941 2.520.100 0,00% = 1 694.532 3.771.600 2,73% + 1 27.790 10.600 0,00% = 1 0 0 3,45% + 1 6.666.870 265.700 3,14% + 1 142.025 6.200 0,96% 1 10.312.236 395.700 0,00% = 1 0 0 1,62% 1 10.435.745 249.200 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 474.429 101.400 1,44% + 1 4.456.559 487.900 0,00% = 1 243.430 7.800 0,00% = 1 35.101 1.300 0,00% = 1 58.957 2.100 0,00% = 1000 0 0 2,00% + 1000 36.357 23.300.000 0,74% 1 382.596.007 12.864.600 4,10% 1 13.735.862 666.500 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 192.026 38.100 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 3.150 100 1,17% + 1 115.182.923 1.302.800 2,40% 1 172.289 30.000 0,82% 1 17.192 4.600 0,28% + 1 3.560 1.000 0,54% + 1 1.922.120 348.800 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 2,08% 1 8.246 1.600 0,74% 1 21.780.723 1.076.900 0,00% = 1 4.500 1.000 1,14% + 1 120.650 27.000 0,74% 1 68.667.230 4.695.100 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 4.082.779 105.200 4,30% + 1 98.375.733 2.427.100 3,04% + 1 597.260 32.200 0,00% = 1 2.112 600 0,00% = 1 1.300 600 1,93% + 1 10.365.232 889.800 3,37% + 1 787.020 854.400 2,94% + 1 698.696 999.100 16,67% + 1000 1.817.719 30.267.800.000 16,67% + 1000 1.327.188 21.974.000.000 4,01% 1 15.628.234 630.000 16,90% + 1 18.752 12.400 2,86% + 1 4.124.782 2.870.800 0,00% = 1 297.000 3.600 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 3.701 100 0,63% - 1000 1.690.885 1.067.000.000 0,80% + 1000 17.349.397 13.892.300.000 4,41% + 1 477.631 12.500 2,57% + 1 39.580.780 1.128.800 4,31% + 1 196.286.967 7.396.900 0,00% = 1 36.533 600 2,50% + 1 26.006.766 520.600 0,00% = 1 0 0 0,15% 1 3.348.429 86.300 0,33% + 1 24.072.741 567.900 2,61% 1 13.585.198 3.046.200 5,95% + 1 13.761.296 3.958.600 0,00% = 1 534.637 17.300 1,90% + 1 11.973.736 1.619.500 1,33% + 1 179.405.207 29.665.500 0,00% = 1 4.315.155 223.900 3,88% + 1 59.375.818 338.900 1,46% 1 49.818.787 1.817.100 0,00% = 1 143.601 2.400 1,49% 1 43.921.009 789.100 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 1,49% + 1 352.293 52.300 0,83% + 1 6.249.536 645.600 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 3.602.892 147.700 0,00% = 1 2.300 100 0,00% = 1 0 0 0,33% 1 84.037.346 783.000 0,00% = 1 42.062 63.100 0,00% = 1 0 0 3,39% 1 13.845.050 24.080.700 3,79% + 1 6.539.108 447.400 3,88% 1 42.324.162 1.849.900 3,67% 1 553.967.491 27.119.900 0,00% = 1 19.000 1.000 0,00% = 1 300.000 50.000 4,14% + 1 903.317.214 15.015.000 3,79% + 1 4.172.091.757 79.268.500 0,00% = 1 4.700 200 4,37% + 1 45.810.054 2.389.000 1,91% 1 7.634.870 365.300 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,89% + 1 997.565 8.800 5,07% 1 224.729.504 3.943.800 3,98% + 1 166.151 23.500 0,00% = 1 0 0 1,12% 1 35.508.021 1.655.900 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 0,69% 1 27.189 2.100 0,00% = 1 125.996 36.000 0,00% = 1 202.238 51.700 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 0 0 2,74% 1 1.636.581 51.700 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 10.994 200 0,00% = 1 0 0 0,00% = 1 18.551 700


3

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 | B4

a

arte&atitude,

Nem te Conto Premiados só em março

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Bárbara Bela, a “simplexidade”

U

ma notável coleção chegou de Minas para a 17ª edição do Senac Rio Fashion Business: a de Bárbara Bela, que encantou a platéia do hotel Copacabana Palace. Preta, elegante e ricamente construída, o esmero de cada peça denota sofisticação obtida com uma complexa simplicidade. “Em cima de formas simples, trabalhamos recortes em um patchwork de tecidos ultra-sofisticados, como o jacquard metalizado, bouclê, organza e renda. Criamos vestidos com partes assimétricas – de cada lado uma proposta diferente, seja pela forma, pela interferência de um bordado, ou pela mudança de tecido”, descreve Helen de Carvalho, que comanda a equipe de criação com a filha Georgiana e a estilista Juliana Bocchese. Vestidos, longos e curtos, trazem um mix de texturas de rendas, bordados e tules. Difícil destacar um vestido ou outro. Uma saia, por exemplo, reúne várias folhas de tule plissados. A saia é bem farta e irregular. Mais curta na frente, ela tem um “painel” com três camadas de organza também plissadas e em tamanhos diferentes. O top tem as laterais bordadas em micro miçangas imitando

A California Filmes agenda a estréia no Brasil para 4 de março de A Minha Versão do Amor, que valeu a Paul Giamatti o Globo de Ouro de Melhor Ator de Comédia. O filme conta a história de Barney Panofsky (Paul Giamatti), abrangendo 40 anos, dois continentes, três esposas (Rosamund Pike, Minnie Driver e Rachelle Lefevre), um pai ultrajante (Dustin Hoffman) e um melhor amigo encantadoramente libertino (Scott Speedman). O produtor Robert Lantos levou mais de dez anos para levar a narrativa para o cinema, com direção de Richard J. Lewis e roteiro de Michael Konyves. Paul Giamatti destronou Johnny Depp indicado na mesma categoria por dois filmes: O Turista e Alice no País das Maravilhas. Também em março, dia11, a previsão é de que entre em cartaz no Brasil Em Um Mundo Melhor, Globo de Ouro de Melhor Filme de Língua Estrangeira. Dirigido pela dinamarquesa Susanne Bier, o roteiro “trata das limitações que encontramos ao tentar controlar nossa sociedade como controlamos nossas vidas privadas”. Conta a história de um médico que divide sua vida numa cidade da Dinamarca com o trabalho num campo de refugiados africanos. Os filmes mais recentes da diretora são Depois do Casamento (2006) e a produção americana Coisas que perdemos pelo caminho (2007), com Halle Berry e Benicio Del Toro. Em um Mundo Melhor será seu quarto filme lançado no Brasil. Mas estréia nesta semana O Turista, com Angelina Jolie e Johnny Depp, indicado como melhor comédia ao Globo de Ouro 2011 mas que perdeu para Minhas Mães e Meu Pai. O filme de temática homossexual, que já havia sido vitorioso da premiação da Associação de Críticos de Nova York, levou ainda o prêmio de melhor atriz (Annete Benning), categoria para a qual Angelina também estava indicada.

Vaca & Cia nos EUA uma renda. Bárbara Bela, criada em 1974, é poética até no nome, inspirado nos versos do poeta Alvarenga Peixoto, um dos inconfidentes mineiros. Hoje a marca possui 110 pontos de venda no Brasil e mais outros vinte no exterior.

Sacada encanta o Palacete Modesto Leal O cenário, a luxuosa casa datada de 1900 que serviu de morada para o comerciante Modesto Leal (Conde de Santa Fé), emoldurou à altura a coleção da marca Sacada, em sua estréia na passarela do Fashion Business. As estampas, a grande tendência para o próximo inverno, chega inspirada na Floresta Amazônica, florindo vestidos e saias esvoaçantes. A imagem romântica se estende também nas rendas e bordados de paetê, outra presença forte apresentada nas coleções do Rio de Janeiro. A estilista Nicole Abramoff concilia o romantismo com a rusticidade militar, dando prosseguimento ao jogo dos contrastes, que vem imperando há tempos na moda.

Os diretores de design e negócios Felipe Locatelli e Gustavo de Pádua, da marca paranaense Vaca & Cia, que atualmente possui peças em 36 cidades, estão nos Estados Unidos. Foram visitar a New York International Gift Fair, em Nova York, e a California Gift Show, em Los Angeles, para buscar representações mundiais dos seus produtos, trazer referências internacionais para a produção nacional, além de acertar futuras participações nessas importantes feiras.

5 Sentidos Está na rede, através de Elis Teixeira e Juliana Storoz, o site 5sentidosexperiencias.com.br. É uma agência online de venda de experiências. A idéia é proporcionar aos clientes momentos de lazer e emoção, de passeios de balão a aventuras nas corredeiras praticando rafting. São várias opções de atividades. Aqui, o cliente não depende de um número mínimo de interessados na experiência e nem precisa enfrentar filas.

Na TM Fashion

Fashion Business proporciona ótimas vendas Ainda que nos últimos dois dias o Senac Rio Fashion Business tenha coincidido com a tragédia na região serrana do Rio, que atingiu dois pólos expositores (Nova Friburgo e Teresópolis), foram registrados 60 mil visitantes, 20% maior do que na edição passada. E os 310 expositores realizaram cerca de R$ 690 milhões em ne gócios, um aumento da ordem de 25% sobre a edição ou tono/inverno de janeiro de 2010. Além do salão de negócios, o evento realizou o concorrido Fórum de Lojistas e desfiles na Marina da Glória, Copacabana Palace, Palácio Tiradentes (Assembléia Legislativa), no Palacete Modesto Leal e no Cine Odeon. Estreantes, como as cariocas Afghan e Lix, e veteranas, como a cearense Cholet, atraíram centenas de pessoas aos seus desfiles e aos estandes. Todos os exposi tores ati ngiram as metas e desse total, cerca de 30% superaram as vendas da edição anterior, contabilizou Eloysa Simão, diretora-geral do Senac Rio Fashion Business, maior bolsa de negócios de moda da América Latina, com investi-

um espaço em que as pessoas podem comprar ideias, inovação, tecnologia e, o mais importante, o lifestyle que envolve a moda. O lojista saiu motivado e poderá montar o lançamento da exposição com motivação para o seu cliente”. E a próxima edição já está agendada para maio/junho.

Do começo ao fim

Até no derradeiro capítulo as crianças de Passione serviram de garota propaganda para a marca paranaense Paraiso Moda Bebê. A filha de Mauro (Rodrigo Lombardi), Vitória, vestiu um vestido da coleção de verão 2010. Já a “Fragolininha” usou uma manta na maternidade. “Finalizamos nossa participação nesta novela com um balanço positivo, fomos responsáveis por grande parte dos figurinos dos principais bebês da trama”, confirma a responsável pelo departamento de criação, Daiane Rossato.

Cholet mento de 16 milhões de reais ( patrocínio do Sistema Fecomércio-RJ, Senac Rio, o Sesc Rio, Sebrae, Correios, Leader, Governo do Estado do Rio e prefeitura). “Acertamos na data. Logo após o Carnaval, os lojistas já poderão colocar na primeira vitrine as no-

Depois de circular pelas novelas globais, com suas bolsas e carteiras de couro, a curitibana Delatia lança coleção na TM Fashion, que está acontecendo em São Paulo para lojistas do segmento de luxo. A marca apresenta a coleção feminina de inverno 2011, assinada pela “tia” Ruth Rodrigues.

Desfile de jóias Afghan vidades da próxima estação”, observou Eloysa, destacando ainda: “Conseguimos montar

Lix

Nesta quinta-feira 20, a designer Hilda Dias Machado, diretora da joalheria Aristides Class, comanda coquetel à beira da piscina em uma mansão na praia de Guaratuba, com desfile de jóias. O encontro vai reunir clientes e amigas especiais, que terão visão privilegiada das peças exclusivas da Aristides Class, sendo que boa parte delas foi desenhada pela própria Hilda. “Criar jóias é meu hobby. Solto a criatividade com ousadia, mas sempre levando em consideração as tendências internacionais da moda em gemas”, diz ela.

19-01-11  

jornal, jornal

Advertisement