Page 1

\

SOCIEDADE HÍPICA DE CAMPINAS Plano de obras 2017

Departamento de Patrimônio


Plano de obras 2017

SOCIEDADE HÍPICA DE CAMPINAS PLANO DE OBRAS 2017 Coerente com nossas propostas, no ano de 2016 focamos na manutenção e revitalização dos equipamentos e bens do clube. Paralelamente a isto iniciamos o trabalho de planejamento daquilo que pretendemos desenvolver nos próximos dois anos, e que resultou neste Plano de Obras.

Uma leitura atenta ao nosso Estatuto Social nos mostra o caminho.

Art. 1 - A Sociedade Hípica de Campinas é uma agremiação de natureza recreativoesportiva (...) com a finalidade de prestigiar e difundir o esporte hípico, em todas as suas modalidades, e demais esportes amadores.

Art. 2 - Para consecução da finalidade prevista no Artigo 1º, a Sociedade manterá, permanentemente, uma sede para prática do hipismo e de outras modalidades esportivas amadoras, denominada Sede de Campo.

Entendemos que para prestigiar e difundir o esporte devemos prover instalações adequadas dotando-as de infraestrutura, segurança e manutenção adequada.

EMBASAMENTO

Foi criado um Grupo de Trabalho formado pelos Diretores de Patrimônio, Geral, Manutenção, Hipismo e Esportes com a tarefa de coletar informações e elaborar o plano de ações para 2017 e 2018.

Em 2016, foi contratada a consultoria da empresa Catalítica Consultoria de Gestão, que fez uma aprofundada análise de todas as atividades desenvolvidas no clube. Foram ouvidos também os demais Diretores Estatutários, as Comissão de Obras e de Esportes do Conselho Deliberativo, os Diretores Adjuntos de Tênis Recreativo, Tênis Competitivo, Esportes Aquáticos, Beach Tênis e Sauna. Foi feita também uma reunião aberta com os sócios praticantes de esportes aquáticos, onde muitas das informações já coletadas forma confirmadas e enriquecidas. 1


Plano de obras 2017

Já na fase de elaboração do planejamento foram também consultados alguns sócios arquitetos sobre opções que estavam sendo estudadas. Foram também ouvidos a Bióloga Ana Cláudia Ferreira Sebastião de Oliveira, responsável pelo Termo de Ajustamento de Conduta Ambiental, o especialista em infraestrutura e energia fotovoltaica, Engenheiro José Henrique Gabetta, da ONG Consciência Limpa e o responsável pela empresa MyrthaPools, que construiu piscinas em mais de 70 países ao redor do mundo, em todas as condições climáticas e ambientais (http://www.myrthapools.com/pt/).

A partir desta ampla consulta pode-se obter um diagnóstico do que seria necessário empreender para atingir o objetivo inicial; prestigiar e difundir o esporte.

2


Plano de obras 2017 PRINCIPAIS PROBLEMAS

- Filas de Espera para atividades e demanda reprimida por falta de infraestrutura.

Conforme o relatório da Consultoria, a demanda por atividade física tem a seguinte distribuição:

Dados atualizados pelo SAA em 03/03/2017 mostram que temos atualmente 4.088 associados aguardando a abertura de vaga para prática de alguma atividade especifica no clube. Representando 96,5% do total, 3.946 associados aguardam vagas em 04 instalações: Complexo Aquático, Salas de Múltiplo Uso, Centro de Treinamento de Tênis e Complexo de Areia.

3


Plano de obras 2017

Associados em lista de espera Complexo Aquático

2.457

60,1%

920

22,5%

412

10,1%

157

3,8%

79

1,9%

51

1,2%

6

0,1%

Natação 1.691 Hidroginástica 368 Water Bike 172 Deep 114 Hidro Power 112 Salas de Múltiplo Uso Muay Thai Pilates Yoga Ballet Ginástica Natural Dança Street Dance Jazz Sapateado Americano Ginástica Artísitca Sapateado Irlandes Centro Treinamento Tênis Tenis Complexo Areia Beach Tennis Ginásio Pré esportes Tecido Ginástica Rítimica Squash Volei Cultura Italiano Espanhol Memória em Movimento Frances Quadra poliesportiva Basquete Academia Musculação Total Geral

252 233 229 95 39 24 15 11 9 8 5 412 157 38 23 16 1 1 42 6 2 1 6 6 6 4.088

100%

03/03/17

Do mesmo relatório da Consultoria também é possível notar que a SHC oferece mais área a seus associados que outros clubes e sociedades semelhantes, porém com infraestrutura coberta inferior. Enquanto a Sociedade Hípica de Campinas oferece 0,8 m2 4


Plano de obras 2017 de área construída para cada sócio, clubes como o Clube Atlético Paulistano e Esporte Clube Pinheiros oferecem respectivamente 1,8 e 2,4 m2 de área construída para cada sócio.

- Necessidade de agrupamento de atividades e melhor aproveitamento de recursos.

Atualmente, atividades esportivo-recreativas correlatas estão espalhadas em diversos locais. O tênis que oferece aulas, treinamento e torneios nas quadras recreativas e do CTT de forma não agrupada. As atividades de fitness, dança e luta estão distribuídas entre o prédio da sauna, ginásio e entorno da piscina recreativa. Isto gera não só o aumento nos custos como dificuldades logísticas na operação destas atividades.

5


Plano de obras 2017 - Atividades com instalações acanhadas, necessitando de adequações e melhorias.

Centro de Hidroginástica: Tendo em vista o aumento pela procura de atividades físicas individuais nosso Centro de Hidroginástica se tornou um equipamento de grande aceitação e procura, mas que não está conseguindo acompanhar esse crescimento. Além de sua ampliação, o Centro necessita de readequação em suas instalações, tanto do ponto de vista da distribuição do espaço físico como também em sua infraestrutura e segurança, conforme laudo técnico elaborado pela empresa Raso Engenharia, em agosto de 2016. (O relatório encontra-se a disposição na Secretaria Geral).

Sauna: O prédio da Sauna apresenta diversos problemas de infraestrutura e equipamentos, além de contar com sistema de bar improvisado. É clara a necessidade de reforma e atualização de suas instalações. Somado a isto sua localização, afastada do centro sócio recreativo do clube, não é a mais adequada. Do ponto de vista da mobilidade e estacionamento pode-se constatar que o grande fluxo de associados à sauna (quase 1000 acessos por mês) sobrecarrega o estacionamento e a circulação de veículos no entorno da pracinha, expondo inclusive a risco as crianças que brincam naquela região.

Dança, Luta, Yoga, Pilates: Com salas acanhadas e improvisadas, desprovidas da infraestrutura necessária, estas atividades estão espalhadas em diversos locais do clube. A maioria das salas estão acomodadas no prédio da sauna e não contam nem com banheiros, sendo necessário sair do prédio para acesso aos banheiros no pavimento inferior ou no restaurante.

Praça e Estacionamento da Sauna: A pequena praça circundada de vagas para estacionamento existente na frente do Prédio da Sauna se encontra sobrecarregada pelo uso compartilhado do espaço para diversas atividades.

Beach Tênis: Atividade que mais cresce no clube nos últimos anos, o Beach Tennis se encontra instalado em local provisório e inadequado. O que antes era uma atividade recreativa se tornou uma atividade esportiva, conflitando com o local onde foi instalada. Contando com número de quadras desproporcional ao de praticantes necessita ser implantada em local apropriado e em conformidade com o Plano Diretor.

6


Plano de obras 2017 CONCLUSÃO

O fenômeno esportivo está em grande expansão em todos os lugares, inclusive na SHC. O interesse pelo clube e pelas atividades físicas nos nossos espaços cresce visivelmente.

Um elemento de análise com significado importante neste contexto diz respeito às atividades esportivas individuais. É resultado das informações e do conhecimento sobre os benefícios da atividade física para qualidade de vida e a sustentabilidade com equilíbrio no envolvimento do corpo nas atividades.

Essa busca pelas atividades físicas individuais encontrou em nosso Centro de Hidroginástica um equipamento de grande aceitação e importância. Porém, este não consegue acompanhar a crescente demanda.

O mesmo ocorre com atual Prédio da Sauna que também não atende ao nível de qualidade que o associado da SHC deseja e merece tanto para a sauna como também algumas modalidades esportivas que compartilham do mesmo espaço, a exemplo das Lutas, da Ginástica e da Dança.

Respeitando este fenômeno pelo ponto de vista da demanda aos espaços, constatamos várias necessidades e, após levantamento de interesses demonstrados pelos associados, classificamos como prioridade um a implantação de um “Parque Aquático” e prioridade dois a reestruturação e adequação das instalações para práticas em salas de Multiuso, notadamente para dança, fitness e luta.

Além de oferecer espaços adequados às atividades físicas se faz necessário também organizar e melhor distribuir os espaços onde estas atividades se desenvolvem.

CONCEITO

Não irmos apresentar obras pontuais e sim um plano que visa atacar e resolver vários problemas ao mesmo tempo a partir de uma obra central e algumas adequações em instalações existentes.

7


Plano de obras 2017 Por se tratar de um projeto bastante abrangente será apresentado o conceito geral daquilo que se pretende desenvolver ao longo de 02 anos. Ao final separaremos a parte que é objeto de análise para o ano de 2017 e o que se projeta para 2018. Esta forma de apresentação se faz necessária para o completo entendimento das propostas aqui apresentadas, além de oferecer uma maior abrangência para análise do que está sendo proposto.

A ideia central do Plano é atacar e resolver vários problemas ao mesmo tempo a partir de uma obra central e algumas adequações em instalações existentes.

Propomos a ampliação do Centro de Hidroginástica, transformando-o em um Centro de Esportes Aquáticos, dotado também de Sauna, Bar e Praça de Vivência. Além de atender diretamente as atividades aquáticas e usuários da sauna, teremos liberado atual Prédio da Sauna para atividades que necessitam de salas para seu desenvolvimento, tais como dança, lutas, fitness, etc. Como benefício adicional ao deslocamento da sauna teremos também a diminuição do numero de carros que estacionam e circulam por aquela região, e que passarão a estacionar no Raspadão 1 e nas novas vagas que serão criadas ao longo da rua do novo Centro de Esportes Aquáticos. Complementando a ampliação do Centro de Hidroginástica propõe-se fazer uma reforma em suas instalações originais adequando-o às necessidades atuais. O remanejamento de duas quadras de tênis, aliada a criação de uma adicional irá reorganizar esta atividade, dotando-a de mais conforto ao associado.

Também serão contemplados os praticantes de Beach Tênis, os usuários do parquinho e a infraestrutura a do Clube.

Como anteriormente exposto, estas intervenções atendem a demanda de 96,5% das atividades em lista de espera, além prover instalações modernas e adequadas aos usuários da sauna. É inegável porém que outras instalações necessitam também de uma atenção especial, como por exemplo o Ginásio de Esportes e outras tantas instalações que podem ser melhoradas. Entretanto devemos ser prudentes e focar no mais urgente e abrangente primeiro.

8


Plano de obras 2017 INTERVENÇÕES

Novas Quadras de Tenis

Salas Multifuncionais

Centro Aquático e Sauna com Praça de Vivência

Complexo de Beach Tenis

Criação do Centro de Esportes Aquáticos a partir da Ampliação do Centro de Hidroginástica

Área coberta com 1.060 m2 dotada de piscina semiolímpica de 20x25m (10 raias), deck de descanso, vestiários, arquibancada, banheiros familiares, banheiros para portadores de necessidades especiais, sala de professores e depósito.

Com a ampliação do atual Centro de Hidroginástica, o novo Centro de Esportes Aquáticos poderá atender toda a demanda atual de 3.200 vagas de aulas e treinamento e, com folga, uma futura possível demanda. Com a ampliação, potencializa-se o aproveitamento da equipe de professores e de manutenção diária do espaço, evitando-se criar um terceiro equipamento para a mesma função caso este novo centro fosse construído em outro local. O local escolhido, onde hoje estão as quadras 7 e 8 de tênis, tira também proveito da existência de estacionamento próximo, Raspadão 1, que permanece vazio nos horários das aulas, além de fácil acesso pelas duas portarias. 9


Plano de obras 2017 A contratação do mesmo arquiteto que projetou o Centro de Hidroginástica existente, além de respeitar o direito autoral, fará com que a sua ampliação harmonize com as instalações atuais.

O complexo também estará preparado para futuramente possibilitar a geração de energia de forma autônoma, com a previsão em projeto da instalação de células fotovoltaicas em sua cobertura, além do reaproveitamento de água da chuva.

O foco principal do planejamento é o serviço ao associado. Apesar disto a implantação do Centro de Esportes Aquáticos abrirá, do ponto de vista de retorno financeiro, grande potencial para aumento da receita do clube, com rápido retorno do investimento efetuado. Com a estrutura atual o Departamento de Esportes Aquáticos é deficitário. Em 2016 atendeu em média 708 associados por mês apresentando uma receita anual de R$ 480.000 e despesas de R$ 818.000. Isto gerou um déficit anual de R$ 338.000. A partir da criação do novo Centro de Esportes Aquáticos a projeção é de que as receitas anuais superem as despesas, gerando receita adicional ao clube.

Construção de novas Instalações para sauna

Como parte do Centro de Esportes Aquáticos, a nova Sauna contará com área aproximada de 355 m2. Com acesso independente estas instalações contarão, além dos equipamentos tradicionais, com área de relaxamento, spa, bar/lanchonete, deck de descanso com vista privilegiada da Sede.

O deslocamento da Sauna para o centro do clube e junto ao estacionamento do Raspadão 1 irá trazer facilidade de acesso e conforto ao Sócio, desafogando a região do atual Prédio da Sauna e seu entorno. Por fim, o Prédio da Sauna ficará todo liberado para outras atividades.

Reforma do Prédio da Sauna adequando-o para atividades de Dança, Luta e Fitness

Com a saída da sauna do prédio atual, reforma geral irá adequar o local para atividades de Dança, Luta e Fitness, que passarão a contar com prédio exclusivo. 10


Plano de obras 2017

Ocupando atualmente 464,51m2 da edificação, passarão a contar com 764,03m2, aumentando em 65% o espaço atual. Este ganho de espaço poderá abrigar também as atividades de Pilates, que hoje são ministradas no complexo da piscina recreativa, liberando espaço naquele local para a criação de salão de cabeleireiro e barbeiro, antiga reivindicação dos sócios.

As modalidades que serão beneficiadas diretamente com a reforma desse espaço são: - Balé Contemporâneo e Ponta; Street dance; Sapateado; Jazz. - Dança de Salão e da Terceira Idade, - Karatê; Muay tay; Pilates; Alongamento; Alongamento para terceira idade; - Pré-esporte e atividades especiais

Reforma e readequação do atual Centro de Hidroginástica

Ao final das obras de ampliação, reforma no Centro de Hidroginástica atual trará melhorias em suas instalações. Adequação das instalações elétricas; instalação de sistema proteção contra descargas atmosféricas; readequação dos vestiários, salas e depósitos; troca de pisos, acústica, ventilação, etc.

Criação da Praça do Centro de Esportes Aquáticos

Com a ampliação do Centro de Esportes Aquáticos será criada uma praça de convívio aos associados e acompanhantes dos alunos em aula e treinamento. A praça será dotada de área coberta com pergolado sombreado, Café/Lanchonete que atenderá também a futura sauna, onde poderão ser servidos café da manhã, lanches, sucos, bebidas e pequenas refeições. Esse novo local congregará associados de diversas atividades tais como sauna, atividades aquáticas, futebol, raquetinha, tênis, caminhada, etc. em um novo espaço nobre a ser criado no clube.

Alargamento da rua com criação de vagas de estacionamento

Completando o Centro de Esportes Aquáticos e sua Praça, o alargamento da rua acima do Raspadão 1 com a criação de vagas em 45°de esta cionamento tanto no lado esquerdo 11


Plano de obras 2017 em direção ao Raspadão 1 como no lado direito em direção ao alambrado do futebol, criará cerca de 40 vagas adicionais sem a retirada de nenhuma árvore.

Construção de 03 quadras de tênis

Serão construídas na região do CTT três novas quadras de tênis, sendo uma delas no local onde se encontra hoje o paredão e duas localizadas no platô imediatamente acima do CTT. A reorganização do uso das 16 quadras de tênis do clube irá concentrar as atividades de aulas, treinamento, ranking e torneios nas 8 quadras do CTT liberando as outras 8 quadras exclusivamente para o tênis recreativo.

Tirando proveito do estacionamento de funcionários que existe logo abaixo do CTT, e que hoje é pouco utilizado, novos acessos e revitalização da região serão implementados, dando mais conforto para uso dos sócios com novas vagas e acesso direto às quadras.

Implantação do Complexo de Beach Tennis

Emergencialmente devido a grande demanda pela atividade, em 2016 foi reativada quadra existente junto a Senzala dotando a região de duas quadras. Face à necessidade de uma solução definitiva, não só para que a atividade se desenvolva, como também para que o entorno da Senzala se consolide como espaço Cultural, propomos a criação de um Novo Complexo de Areia para uso da atividade de Beach Tennis com 4 quadras e possibilidade de expansão futura, dotada de chuveirões e área de convivência.

Após estudo de vários locais e ampla consulta aos praticantes, o local que se mostrou mais indicado foi a região acima da atual secretaria de esportes, atrás das quadras 5 e 6 de tênis. A região já conta com banheiros e vestiários, além de amplo espaço para convívio dos praticantes e organização de torneios. Eventos que recebam convidados poderão se utilizar do portão 2, com pequeno impacto no dia a dia do clube.

Implantação de Área Coberta no Parquinho Infantil

12


Plano de obras 2017 Complementando a revitalização do parquinho infantil ocorrida em 2016, a construção de uma área coberta com aproximadamente 54m², possibilitará sua utilização para brincadeiras também em dias de chuva. A cobertura, com pilares em concreto, estrutura em madeira e telhas cerâmicas, fará a união entre o Quiosque do Vovô e os banheiros, trazendo mais conforto aos usuários. Área do Quiosque – 20m² (existente) Área dos banheiros – 25m² (existente) Área a construir – 54m²

Execução de Novo Poço Artesiano

A SHC utiliza, além da rede pública (SANASA), de mais duas fontes de abastecimento de água: Poço Artesiano e Extração do Lago. Atualmente temos concessões para extração de 166m³/dia para o Poço Artesiano e 48m³/dia para o lago, insuficientes para nosso consumo atual de 340m³/dia.

A SHC já tem a outorga para a construção de um novo poço, com autorização de extração de 136m³/dia. Essa outorga vencerá esse ano caso não a utilizemos, sendo urgente a necessidade da construção do novo poço artesiano.

13


Plano de obras 2017 INVESTIMENTOS PARA O PLANEJAMENTO TOTAL 2017 – 2018 Valores em Reais Centro de Esportes Aquáticos - Ampliação do Centro de Hidroginástica, Sauna, Praça e Estacionamento(*) 5.052.000 - Reforma e readequação do Centro de Hidroginástica atual 160.000 Total 5.212.000 Construção de 3 quadras de tênis no CTT Reforma do prédio atual da sauna para atividades de dança e fitness Implantação do Complexo de Beach Tennis Implantação de Área Coberta no Parquinho Infantil Execução de Novo Poço Artesiano Total Geral

490.000 140.000 210.000 60.000 150.000 6.262.000

(*) O valor a ser investido na ampliação de Centro de Hidroginástica, transformando-o em Centro de Esportes Aquáticos e Sauna foi orçado pela empresa SB Orçamentos. As demais intervenções foram orçadas pelo Departamento de Patrimônio.

ESCALONAMENTO DAS INTERVENÇÕES

2017 (Objeto de análise neste momento pelo Conselho Deliberativo) Valor orçado R$ 3.510.000,00 – Construção de 03 quadras de tênis – Ampliação do Centro de Hidroginástica e Nova Sauna– Fase 1 (Obra Bruta) – Implantação do Complexo de Beach Tennis – Implantação de Área Coberta no Parquinho Infantil – Execução de Novo Poço Artesiano

2018 (A ser futuramente analisado pelo Conselho Deliberativo) Valor Previsto: R$ 2.752.000,00 – Ampliação do Centro de Hidroginástica – Fase 2 (Acabamento, praça e estacionamento) – Construção de novas Instalações para sauna – Fase 2 (Acabamento) – Reforma do Prédio da Sauna adequando-o para atividades de Dança, Luta e Fitness – Reforma e readequação do atual Centro de Hidroginástica 14


Plano de obras 2017

PLANO DE OBRAS E INVESTIMENTOS 2017 ORÇAMENTO

OBRA

VALOR (R$)

1. Centro de Esportes Aquáticos a. Construção de 03 quadras de tênis no CTT b. Ampliação do Centro de Hidroginástica e Nova Sauna - Fase 1

3.090.000 490.000 2.600.000

2. Implantação do Complexo de Beach Tênis 3. Implantação de Área Coberta no Parquinho Infantil 4. Execução de Novo Poço Artesiano Total

210.000 60.000 150.000 3.510.000

15


Plano de obras 2017 PROJETOS, FOTOS, MEMORIAIS

Adendo 1 – 3 quadras de Tênis no CTT Adendo 2 – Memorial descritivo das quadras de tênis Adendo 3 – Ampliação do Centro de Hidroginástica, instalações de Sauna, praça de vivência e alargamento da rua, com estacionamento; Adendo 4 – Memorial descritivo da ampliação Adendo 5 – Reforma do Centro de Atividades de Fitness, dança e lutas Adendo 6 – Quadras de Beach tênis Adendo 7 – Memorial descritivo das quadras de Beach Tennis Adendo 8 – Área coberta do Parquinho infantil Adendo 9 – Memorial descritivo da área coberta do parquinho infantil

16


Plano de obras 2017

ADENDO 1 Locação das quadras de Tênis no Centro de Treinamento

17


Plano de obras 2017

18


Plano de obras 2017

Vista em 3D das Quadras do CTT

19


Plano de obras 2017

ADENDO 2 Memorial descritivo das quadras de TĂŞnis no Centro de Treinamento

20


Plano de obras 2017

Memorial descritivo Quadras de tênis 1. Terraplanagem – aterro e corte de terreno, compactação com nivelamento a laser; 2. Drenagem – drenos em brita, envolvidos com manta bidim, em formato de espinha de peixe, com caimento mínimo de 3%. Drenagem superficial através de canaletas no fundo da quadra; 3. Perímetro em alvenaria de blocos de concreto, abaixo do nível do solo, formando uma “caixa” para contenção do piso a ser executado; 4. Camada de saibro grosso, com aproximadamente 3,5cm, nivelado e compactado; 5. Camada em saibro fino, com aproximadamente 0,8cm, nivelado e compactado; 6. Camada pó de telha industrializado, com aproximadamente 0,7cm, nivelado e compactado; 7. Linhas demarcatórias em PVC, rede de jogo, cabos de aço e postes de fixação galvanizados; 8. Alambrado com tubos galvanizados, fixados na mureta de blocos, em todo o perímetro, com fundação em brocas manuais de concreto; 9. Tela galvanizada, 2”x2”, fio 14, revestida em PVC, cor verde. Laterais com parapeitos tubulares com altura de 1,00 e trapézios com 6,00mts e altura de 4,00mts nas extremidades. Fundos com altura de 4,00mts. Entre as quadras, seguirá o mesmo esquema das laterais. 10. Iluminação com 2 postes galvanizados em cada lateral, pintados na cor verde, com 4 projetores em cada poste de 400w. Entre as quadras, haverá cruzetas e 8 projetores em cada poste. 11. Dimensões das quadras: quadras duplas, local acima do quiosque: 36mx36m – 1.296m², quadra única, local do paredão: 18mx36m – 648m². 12. Para a construção da quadra única, será necessário a construção de um muro de arrimo de pedra, do mesmo padrão em outros locais da SHC, permitindo o nivelamento do terreno;

21


Plano de obras 2017

ADENDO 3 Projetos da Ampliação do Centro de Hidroginástica Novo Centro de Esportes Aquáticos

22


Plano de obras 2017

23


Plano de obras 2017

24


Plano de obras 2017

25


Plano de obras 2017

ADENDO 4 Memorial Descritivo Ampliação do Centro de Hidroginástica

26


Plano de obras 2017

OM

D a

r

q

u

i

t

e

t

u

r

a

Memorial Descritivo de Ampliação do Centro de Hidroginástica Sociedade Hípica de Campinas .

. Piscina Semi-Olimpica: - Piscina em concreto armado, revestida com azulejos cerâmico 0,12 x 0,22 – Gail. - Borda e entorno com revestimento cerâmico Gail. - Áreas de Professores e Depósitos com revestimento externo em plaqueta de tijolo aparente, rebocados e pintados internamente, revestidos com pisos cerâmicos. - Arquibancada em concreto armado aparente com aplicação de resina acrílica, e peitoris em aço inox. - Escada de acesso em concreto pigmentado. - Cobertura em telhas galvanizadas tipo sanduíche (EPS) com acabamento de forro sobre estrutura metálica c/ pintura eletrostática branca. - Esquadrias em alumínio tipo pele de vidro em todos os fechamentos laterais. - Deck de madeira. . Vestiários : - Alvenaria de fechamento com estrutura convencional, sobre fundações. - Laje de cobertura impermeabilizada, para recebimento de maquinário de aquecimento. - Pisos e revestimentos cerâmicos. - Bancadas de granito, louças e metais cromados Deca. - Esquadrias em alumínio e vidros canelados. - Reboco e pintura (textura) externamente . . Saunas - Alvenaria de fechamento com estrutura convencional, sobre fundações. - Laje de cobertura impermeabilizada, para recebimento de maquinário de aquecimento. - Pisos e revestimentos cerâmicos. - Bancadas de granito, louças e metais cromados Deca. - Esquadrias em alumínio e vidros canelados. - Reboco e pintura (textura) externamente . - Deck de madeira. - Muros em pedra bolão. . Circulação externa: - Piso em pedra portuguesa amarela conforme existente - Pergolado com vigas de madeira e forro de palha

27


Plano de obras 2017

ADENDO 5 Reforma da antiga sauna, para salas de Fitness

28


Plano de obras 2017

29


Plano de obras 2017

ADENDO 6 Locação das novas quadras de Beach Tennis

30


Plano de obras 2017

31


Plano de obras 2017

ADENDO 7 Memorial descritivo das novas quadras de Beach Tennis

32


Plano de obras 2017

Memorial descritivo das quadras de Beachtenis 1. Terraplanagem – aterro e corte de terreno, compactação com nivelamento a laser; 2. Drenagem – drenos em brita, envolvidos com manta bidim, em formato de espinha de peixe, com caimento mínimo de 3%. 3. Perímetro em alvenaria de blocos de concreto, abaixo do nível do solo, formando uma “caixa” para contenção do piso a ser executado; 4. Camada de 10cm de areia grossa, 5. Camada de 25cm de areia branca de mineração quartzosa Jundu; 6. Linhas demarcatórias em PVC com 5cm de largura, presas com pregos localizados nos cantos das quadras, redes de jogos, postes de fixação galvanizados; 7. Alambrado com tubos galvanizados, fixados na mureta de blocos, em todo o perímetro, com fundação em brocas manuais de concreto; 8. Tela galvanizada, 2”x2”, fio 14, revestida em PVC, cor verde. Laterais com parapeitos tubulares com altura de 1,00 e trapézios com 6,00mts e altura de 4,00mts nas extremidades. Fundos com altura de 4,00mts. 9. Iluminação com 2 postes galvanizados em cada lateral, pintados na cor verde, com 4 projetores em cada poste de 400w.

33


Plano de obras 2017

ADENDO 8 Ă rea coberta no Parquinho infantil

34


Plano de obras 2017

35


Plano de obras 2017

ADENDO 9 Memorial descritivo da รกrea coberta no Parquinho infantil

36


Plano de obras 2017

Área coberta do parquinho infantil 1. Cobertura com estrutura de madeira aparente, com telhas cerâmicas modelo portuguesa, com inclinação aproximada de 32%, substituindo os telhados dos banheiros do parquinho e quiosque do Vovô, por uma única cobertura, criando uma área coberta entre os prédios existentes, conectando-os. Tabeira em muiracatiara, pintada com esmalte sintético, seguindo o mesmo padrão da SHC. 2. Pilares de concreto, 20x20 na área entre o banheiro e o quiosque do Vovô. 3. Contrapiso em concreto armado; 4. Piso porcelanato, retificado, antiderrapante, para área externa, dimensões de 80x80, rejuntado; 5. Entorno em mosaico português, vermelho, interligando o calçamento existente com a nova área, guias em concreto de acabamento nas laterais; 6. Iluminação com luminárias em alumínio, para áreas externas, fixadas na estrutura de madeira;

37

Planode obras 2017 versao 4c  

Plano de obras 2017

Advertisement