Page 1


SUMÁRIO Introdução As Etapas da Transfiguração Os Diferentes Tipos de Transfiguração Transfiguração e a Rima Os Animagos e seu Método de Transfiguração Transfiguração (Feitiços)

2


INTRODUÇÃO A Transfiguração sempre foi uma matéria ensinada em escolas de magia por todo o mundo. É essencial que um bruxo tenha conhecimentos sobre tal arte. Este livro foi escrito com este propósito: levar ao aluno todo o conhecimento necessário para se preparar para praticar transfigurações com níveis cada vez mais elevados de transfiguração, uma vez que esta não é uma matéria muito fácil, pois exige concentração e habilidade de quem a exerce. Neste livro serão apresentados apenas alguns conceitos e feitiços simples, conforme os anos se passam aprende-se teorias mais complexas. O autor

3


AS ESTAPAS DA TRANSFIGURAÇÃO A Transfiguração tem três etapas: 1º: O bruxo lança o feitiço; 2º: Transformação parcial; 3º: Transformação total do Bruxo É de suma importância que os alunos visualizem e memorizem essas Três etapas para um ensino completo e eficaz no que diz respeito a matéria de Transfiguração.

4


OS DIFERENTES TIPOS DE TRANSFIGURAÇÃO Transformação objetiva É a transformação que altera os objetos, podendo transformá-los em outros objetos de massa igual ou semelhante. A transformação animalesca é parecida com a objetiva, a diferença é que, além de ser mais complicada, funciona com animais, sempre transformando em outro animal de massa igual ou semelhante. Que possui dos diversos graus dependendo da complexibilidade do animal em questão, o feitiço fica mais difícil ou mais fácil. Forma cabalística: Objeto ou animal primordial em italiano+sufixo “ado”+objeto ou animal resultante em italiano. Transmutação É uma arte muito complicada, que consiste em transformar um ser humano em um objeto ou animal. Lembrando que seria impossível transformar uma pessoa de porte médio em um elefante, o máximo de massa ou peso que se pode acrescentar seria de 10 quilos, uma criança, que pesa 20 quilos, poderia, por um bom transfigurador, ser transmutada em uma ovelha que pesa 30 quilos, ou em um sofá de 30 quilos também. Forma cabalística: Prefixo Lêd+animal ou objeto resultante em espanhol-consoante “L”+sufixo “Del” Auto-transmutação Para quem sabe transmutação fica mais fácil, consiste em transformar si próprio em um animal ou objeto (sem o raciocínio humano, claro, apenas para disfarce em casos extremos e combinados) Com as mesmas regras da transmutação, não é possível se auto-transmutar em algo com mais de 10 quilos do próprio peso. Forma cabalística: Sufixo “mim” +objeto ou animal resultante em inglês+prefixo “ield”

5


Transfiguração animalesca em objetiva; Transfiguração objetiva em animalesca É o ato de transformar um objeto em um animal de mesma massa e muito semelhante, o contrário (animal em objeto) é mais fácil, pois não se precisa dar a vida para o objeto. Há duas formas cabalísticas, com variações, consultar professor. Formas cabalísticas: Tirando os feitiços prontos, como: feraverto, vípera evanesca (que é transfiguratório sim) e cabeça de tubarão, são elas: Animal em objetos: animal primordial em italiano+ letras L ou S + sufixo Crê+ objeto resultante em inglês. (R ou S, R consoantes que o permitem e S vogais antecedentes). Objeto em animal: sufixo Vi+ objeto primordial em inglês + sufixo da + animal resultante em italiano Conjuração É a arte de criar, lembrando que nada se cria tudo se transforma, o melhor seria, alterar uma grande quantidade de moléculas gasosa em moléculas sólidas de um objeto (apenas possível “criar” matéria bruta, sem vida) muito difícil e requer muita concentração. Não há uma forma cabalística definida, cada objeto à ser criado é uma expressão ou palavra, variando as línguas: latim, italiano, inglês ou francês. Evaporização Também conhecida por desmaterialização, é mais fácil que a conjuração, pois consiste em reverter o processo, transformar as moléculas sólidas em moléculas gasosas. Forma cabalística: Evanesco, Liperamba e Flamarbo

6


Translucidação Também conhecida como ilusionismo, é a magia que consiste alterar as luzes, modificando as cores disfarçando, aumentando ou até mesmo ocultando (invisibilidade) objetos, seres, animais e outros. O feitiço desilusório é um exemplo. Mas a translucidação também pode criar imagens e visões. É mais fácil que os outros tipos de transfiguração. Não possui forma cabalística definida. Transubstancial É a alternação de moléculas líquidas em outro tipo de moléculas líquidas, está ao nível da translucidação. É comum em festas e serve também para purificar lagoas e mares. Forma cabalística: Substância primordial em português + palavra mágica Guarnizí + 5 primeiras letras da substância resultante em francês.

TRANSFIGURAÇÃO E A RIMA No mundo mágico da transfiguração é preciso muitas vezes saber rimar frases, para poder alcançar um certo objetivo ou seja executar o feitiço pretendido. Para da água pro vinho mudar, magia e poesia tem de rimar! Transfiguração, das artes mágicas a mais antiga, Dentre tantas conhecidas, Fascinante, ela é, Digo eu ao ensinar, Mas para um bom feitiço, É muito útil rimar. Fósforos em Agulhas, Montanhas em castelos, Nuvens de algodão, Casas de caramelo. Não há limites para os sonhos, Nem o céu, nem o infinito, Solte sua imaginação, Faça o cantico mais bonito. Para a Transfiguração, Use sempre o coração, Nos feitiços alegóricos, Nas magias de bordão, Com a Transfiguração, Podes ser grande, tens noção? Muito estudo é preciso, Pratica, dedicação, Mas a cima de tudo, feiticeiro, 7


Solte sua fantasia, Viva sempre a magia, Sinta a alegria, De aprender a transformar O mundo em diversão!

OS ANIMAGOS E SEU MÉTODO DE TRANSFIGURAÇÃO Estágios da transfiguração em Animago Vejamos um pequeno esquema da transfiguração de um bruxo em um animago...

1 - Bruxo realizando o feitiço; 2 - Transfiguração animaga parcial (Neste caso, em borboleta); 3 - Animago completo. Como podemos ver, há duas possibilidades aos bruxos com capacidade de virarem animais: Uma transfiguração parcial, onde ele adquire apenas partes do corpo do animal em questão, e uma transfiguração completa, em que se torna um animal completo, conservando, porém, o raciocínio humano. Lembramos que são raríssimos os bruxos com essa capacidade, e os poucos existentes necessitam de registro no Ministério da Magia.

8


TRANSFIGURAÇÃO (FEITIÇOS) Aleccto Colorun - Contra-feitiço do "Armis Colorus". Serve para fazer aquilo que foi mudado (a cor) pelo feitiço, voltar a cor natural. Deve-se executar um movimento em riste (linha para cima) sobre o objeto que se quer transformar a cor de volta. Armis Colorus - Feitiço de transfiguração, serve para mudar a cor de alguma coisa. Basta pensar na cor que você quer apontar a varinha para o objeto, animal, qualquer coisa, e dizer o encantamento. Faça um movimento de ziguezague, enquanto pronuncia o feitiço e decide a cor que quer que o objeto tome. Avis - Conjura um bando de pássaros. Faça Vários floreios com a varinha, como ondulações. A cada ondulação, um pássaro. Orchideus - Faz aparecerem flores na ponta da varinha. Faça um movimento parecido com uma reverência de varinhas. De preferência, faça a curvatura pra conjurar o buquê. Spongify - Transfigura algo sólido em trampolim. Aponte a varinha delimitando o espaço onde se quer que haja um trampolim. O movimento pode ser circular, na forma de um quadrado, um triângulo... Desde que se delimite o espaço. Vera Verto - Transforma animais em cálices de água. Faça uma linha vertical, saindo da base do animal até sua cabeça. Enquanto a varinha sobe, o animal vai se transformando.

9


A Arte da Transfiguração Para Principiantes - 1º ano  

Livro contendo todas as lições sobre Transfiguração referentes ao 1º ano da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts (The Marauder's RPG - fb....

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you