Issuu on Google+

Informativo bimestral interno | Ano IV - Número 11 | Agosto-Setembro 2013

SESI Parangaba tem nova gerente

SENAI AUA amplia instalações em 2014

GRH apresenta pesquisa de clima para gestores

em foco

Diretoria Executiva da FIEC aposta no sucesso do ERP

“Sim, nós podemos!” A partir de 2 de setembro, o Sistema ERP Protheus passa a fazer parte do dia a dia do SFIEC

O

engajamento e o esforço de 39 colaboradores envolvidos diretamente na implantação do ERP no SFIEC resultou na consolidação da data de 2 de setembro como início do funcionamento, em caráter experimental, do Sistema Protheus ERP (Enterprise Resource Planning). A decisão, tomada pela Diretoria Executiva da FIEC, foi em resposta ao esforço concentrado nos colaboradores do Sistema envolvidos no projeto, que atenderam

efetivamente ao chamado da coordenação de implantação, dedicando-se a cumprir prazos e metas estabelecidos e tendo alcançado esse objetivo. A entrada em cena do Sistema Protheus no cotidiano do SFIEC significa mais que a utilização de uma nova ferramenta. O sistema prevê um novo modelo de gestão que promete integrar os processos das áreas de planejamento, orçamento, suprimentos, financeira, patrimônio e fiscal/contábil.

Parte da equipe já treinada para operar com o novo sistema

Agosto-Setembro de 2013

1


editorial Sim, nós acreditamos A implantação do ERP Protheus no SFIEC, já em sua fase final, a divulgação dos resultados da Pesquisa de Clima Organizacional realizada em 2012 e a estória de vida do colega destacado na seção “Personagem” deste jornal nos dão um claro sinal de que, quando existe a vontade, a clareza de objetivos e a determinação em fazer, nós podemos quase tudo. Nesse sentido, as áreas de suprimentos, financeiro, contábil/fiscal, orçamento/planejamento e patrimônio nos deram um exemplo de esforço pessoal, flexibilidade e profissionalismo. Afinal, não é todo dia que se implanta um novo processo de trabalho em paralelo à realização de atividades tão complexas e importantes para o dia a dia de uma organização, como as que citamos acima. O resultado da pesquisa de clima revela que o investimento no colaborador, em sua capacitação e seu bem estar e qualidade de vida sempre apresenta resultados positivos, como os que foram registrados na pesquisa. Ainda temos muito a fazer é verdade, mas a largada já foi dada. Agora é hora de arregaçar as mangas e trabalharmos juntos, numa força tarefa destinada a criar soluções e dar respostas às demandas reveladas na pesquisa. O SFIEC em Foco também revelou a trajetória profissional de José Teofanes, um colaborador que traçou metas em sua vida, foi atrás delas e, hoje, também é um exemplo de determinação para todos nós.

NR Saúde inaugura Pronto-Atendimento de Saúde Ocupacional A previsão é de fazer 1.408 atendimentos/mês

U

m conceito novo, que incorpora as ideias de agilidade e qualidade no atendimento de saúde e segurança do trabalho (SST): é assim o Pronto-Atendimento de Saúde Ocupacional, a ser inaugurado no Núcleo de Referência em Saúde (NR Saúde) até o final de agosto de 2013. O novo local tem 149.20 m2 de área, funcionará no prédio de dois pavimentos – na Rua Pedro I, 1751, no Centro de Fortaleza (CE) – e passará por uma reforma no valor estimado de R$ 90 mil. Antes, o prédio era ocupado pela Federação dos Trabalhadores. Segundo a gerente do Núcleo, Walquíria Falcão, a previsão é de que sejam realizados 1.408 atendimentos por mês apenas no novo centro, com oferta de consulta ocupacional e medições de saúde de enfermagem para os funcionários da indústria. “As empresas necessitam que o atendimento seja mais ágil, para que o trabalhador, principalmente da construção civil, seja liberado rapidamente. Para isso, vamos contar com o trabalho de seis colaboradores do Núcleo”, informa Walquíria. Garantir a elevada qualidade da marca SESI é um dos diferenciais a ser oferecido nos serviços do Pronto-Atendimento. De acordo com o médico Lindomagno Pessoa Leite, assessor técnico do Núcleo de Assessoria Técnica (NAT) em Saúde, há concorrentes no mercado que oferecem serviços de SST com muita agilidade, mas sem a qualidade que o SESI con-

quistou durante 65 anos. “O Pronto-Atendimento realizará exames ocupacionais de maneira rápida, garantindo alta resolutividade. O Núcleo priorizará os ramos com mais demandas, como o da construção civil, mas pretende estender o serviço a todos os setores”, diz. No local, haverá dois consultórios para atendimento dos clientes no pavimento térreo e, no 1o andar, uma área de convivência destinada apenas aos colaboradores do NR Saúde, com mini-biblioteca, sinuca, ping-pong, sofás e TV. Segundo a gestora Walquíria Falcão, a solicitação de um local de lazer na unidade é um pleito antigo dos colaboradores. “No projeto, a área é destinada apenas aos funcionários. No futuro, veremos se será possível compartilhar com a clientela”, informa.

No local serão instalados dois consultórios e uma área de convivência para os colaboradores

Atendimento Iniciado em 2012, o NR Saúde descentralizou uma série de serviços para agilizar, ainda mais, o atendimento em saúde e segurança do trabalho. Hoje, atendimentos em ortondontia, prótese, periodontia, endondontia, pediatria, ginecologia, dermatologia, urologia e raiox são realizados nas unidades SESI em Maracanaú, Barra do Ceará e Horizonte. “A demanda pelos atendimentos de saúde ocupacional é grande e o Núcleo dispõe de pouco espaço físico. Dessa forma, as consultas aqui estão direcionadas para saúde e segurança do trabalho, embora existam alguns serviços em odontologia”, explica Walquíria Falcão.

SFIEC EM FOCO - Informativo bimestral interno do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará - SFIEC Produção Editorial Assessoria de Comunicação Interna do SFIEC | Jornalista Responsável Marise Pontes (MTE JP00722CE) | Redação Marise Pontes, Ana Paula Dantas e Thiago Marinho Concepção Gráfica e Edição de Arte Glaymerson Moises / GMS Studio | Fotos Giovanni Santos e José Rodrigues Sobrinho | Tiragem 2.500 exemplares Fale conosco: Assessoria de Comunicação Interna - ACI Av. Barão de Studart, 1980 - 4º andar - Aldeota - Fortaleza-CE - Fone: (85) 3421 5464 - E-mail: aci@sfiec.org.br

2

SFIEC EM FOCO


capa

Proteus inicia testes integrados Capacitação dos usuários finais da plataforma acontece em agosto

A

ntes do início efetivo do Sistema Protheus, os usuários finais do sistema serão treinados nas áreas em que atuam. A capacitação será realizada logo após o segundo ciclo de testes integrados (onde as áreas testam em conjunto seus processos) e já está acontecendo. Em termos gerais, o ERP é uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diferentes setores de uma empresa ou organização, possibilitando a automação e armazenamento de todas as informações de negócios. O principal benefício é a confiabilidade das informações e a integração entre as áreas. Promove também a redução do retrabalho, pois toda a informação digitada está disponível em tempo real, seja para outros módulos, seja para relatórios gerenciais ou para integração com outros sistemas ou equipamentos. O sistema cria padrões de procedimento de acordo com os processos estabelecidos. Torna mais fácil, por exemplo, extrair relatórios, cumprir prazos, reduzir custos, melhorar a eficiência, gerenciar indicadores e

O treinamento para todos os envolvidos como Protheus vai até 31 de agosto

interagir com colaboradores, clientes ou parceiros. Segundo o superintendente geral do SFIEC, Paulo Studart, “com a entrada do Sistema Protheus em atividade, imprevistos são passíveis de ocorrer, mas com o uso da ferramenta os usuários vão adquirir maior

familiaridade com o sistema e encontrarão os benefícios da implantação (especialmente a integração entre os processos e módulos), podendo, inclusive, avaliar e detectar, com uma visão mais criteriosa, eventuais melhorias desejáveis para o sistema”.

SESI Parangaba tem nova gerente

A

psicóloga Dianne Soares de Morais é a nova gerente do Núcleo de Negócios (NN) SESI Parangaba. Desde o dia 16 de julho na função, Dianne é também professora e tem formação em psicologia organizacional, além de especialização em gestão de pessoas e psicodrama (em conclusão). Para assumir o SESI Parangaba, Dianne participou de uma rigorosa seleção. “Foi um processo seletivo muito exigente, com avaliação de potencial, conhecimento e entrevistas. Tenho conhecimentos tanto na área de saúde, como em educação e responsabilidade social devido aos empregos anteriores. Acredito que posso agregar valor à unidade e propiciar integração e desenvolvimento às pessoas que estiverem trabalhando comigo”, avalia. Durante o treinamento para a gerência em julho, a psicóloga conheceu as áreas corporativas ligadas ao SESI, além dos Núcleos da Barra do Ceará e do

NR Saúde. No SESI Parangaba, Dianne coordenará cerca de 300 colaboradores. Nascida em Itapipoca (CE), mãe de uma filha de 12 anos, Dianne Soares se considera “apaixonadíssima” pelo seu trabalho e pelas pessoas. Prestou serviços ao HapVida durante 12 anos – de onde partiu como gerente de gente e qualidade da holding. Em 2009, fez parte da área de recursos humanos do Instituto Nordeste de Cidadania – considerada a melhor empresa de serviços pela Revista Você SA e Exame em 2012. “A gestão de pessoas é um desafio, por que, por meio delas, é que a gente consegue atingir todos os objetivos da organização. Quem abraça recursos humanos abraça pessoas pelo resto da vida. Como psicóloga, acredito na mudança das pessoas; acredito que é possível as pessoas reverterem resultados. São elas a força motriz da organização”, opina.

Dianne Soares, nova gerente do NN Sesi Parangaba

Agosto-Setembro de 2013

3


sindicatos Sinduscon reúne 606 empresas da construção civil Criado em outubro de 1942 em Fortaleza, o Sindicato da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE) é a entidade mais forte da indústria da construção civil no Estado e atua na defesa dos construtores cearenses nos âmbitos federal, estadual e municipal. Possui 606 filiados com sedes fixas também em Sobral e Juazeiro do Norte (CE). Entre os benefícios para os associados, estão a redução de ICMS (filiados têm carga tributária líquida de 3% nas entradas de mercadorias e bens procedentes de outros estados); defesa jurídica; convênio com o Programa Brasileiro Roberto Sérgio, de Qualidade e Produtividade da Habipresidente do Sinduscon tação (PBQP-H), que permite a profissionalização do setor; convênio SENAI/SESI; convênio com corretora A&M Seguros, além de manuais e cartilhas de boas práticas para colaboradores da construção civil e outros serviços. Para o presidente Roberto Sérgio, o Sinduscon cresceu muito nos últimos 71 anos devido ao trabalho que o sindicato presta em forma de serviço para os associados. “Aqui, o associado se sente seguro. Além de representar o setor e defender seus interesses junto ao Governo e à sociedade, o Sinduscon incentiva a capacitação dos profissionais da construção civil cearense, com a criação da Universidade Corporativa em 2010, oferecendo cursos de atualização profissional. Temos também o “Programa de Qualidade de Vida na Construção”, que desde 2003 desenvolve oficinas de inclusão digital, matemática, leitura, cultura e educação, além de proporcionar qualidade de vida e segurança nos canteiros de obra”, relata. ENIC – De 2 a 4 de outubro de 2013, o Sinduscon realiza o 85º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), reunião anual da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). É considerado o maior evento de construção da América Latina, que promete reunir 1.500 participantes, entre empresários, técnicos e agentes financeiros. No evento, será lançado o livro comemorativo aos 70 anos da indústria da construção cearense. A escolha de Fortaleza para o evento reflete os números do setor da construção civil cearense, que movimenta 14% do PIB do Estado: o crescimento do setor deve chegar aos 5% até o fim de 2013 em comparação ao ano passado, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV). No Estado, são 1200 empresas no mercado de construção civil, com cerca de 60 mil operários na região metropolitana de Fortaleza e mais 20 mil trabalhadores no Interior.

4

SFIEC EM FOCO

SENAI AUA amplia instalações Ampliação atende meta da unidade que, até 2016, deverá realizar 18.958 matrículas

A

primeira unidade de ensino do SENAI instalada no Ceará será ampliada em 2014: o Centro de Formação Profissional Antônio Urbano de Almeida (CFP AUA) ganhará mais 2.600,00 m2 de área, com novo bloco de salas de aula (32 salas), auditório/coordenação pedagógica, além de refeitório e área de convivência. O investimento avaliado para construção é de R$ 5.014.159,00, segundo a Gerência de Engenharia, Contratos e Logística (GECL). A ampliação visa, prioritariamente, atender ao cumprimento das metas da unidade – que, até 2016, deverá realizar 18.958 matrículas/ ano. “Isso provoca um aumento em torno de

33% em relação a 2013, cuja meta é de 12.718 matrículas até dezembro”, explica o gestor da unidade, Sebastião Feitosa. Atuando também na oferta de serviços técnicos e tecnológicos (STT) para indústrias e certificado pela Norma ISO 9001, o SENAI AUA oferece educação profissional nas áreas metalmecânica, automação industrial, refrigeração, gráfica, construção civil, gestão, segurança do trabalho e meio ambiente – nas modalidades de aprendizagem, qualificação, aperfeiçoamento e habilitação técnica. Segundo o gerente Sebastião Feitosa, o crescimento das metas para os próximos anos certamente “criará demanda para contratação de novos colaboradores na área de Educação. Atualmente temos 228 colaboradores, entre docentes mensalistas e horistas”, diz. Unidade oferece diversos cursos de educação profissional


giro pelo sistema Inovação

Certificados

Couro "Avaliação de métodos de extração de características para classificação da qualidade de peles de caprinos" é o título do artigo científico que o consultor em automação Edmilson Queiroz dos Santos Filho (SENAI/CETAFR) apresenta no 11° Congresso Brasileiro de Inteligência Computacional, que acontece de 8 a 11 de setembro, em Porto de Galinhas (PE). O artigo faz parte dos resultados iniciais do projeto da empresa cearense CV Couros, apresentado para o Edital de Inovação da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) 2011 – que reduz o descarte de couro e retrabalho, através da visão computacional. O projeto faz parte da pesquisa de mestrado em Engenharia de Teleinformática, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), que Edmilson também está cursando.

Oito colaboradores do setor de Limpeza e Conservação, do Centro de Educação e Tecnologia Alexandre Figueira Rodrigues (SENAI CETAFR), participaram da turma de Informática Básica entre os dias 1o e 19 de julho. Ministrado pelo professor Eugênio Márcio e promovido pelo Recursos Humanos da unidade, os alunos tiveram acesso no curso, pela primeira vez, aos recursos e facilidades da informática. Os certificados de aprovação foram entregues no dia 31 de julho.

O engenheiro civil, com doutorado pela Colorado State University (EUA), exdiretor do campus da UFC no Cariri, exsub-secretário de recursos hídricos do Estado e também empresário, Antônio Miranda , foi o escolhido pela Diretoria Executiva da FIEC para gerenciar o Instituto Senai de Inovação (ISI). O Instituto, que será instalado até março de 2014, em local ainda a ser definido, faz parte de uma rede de 23 unidades a serem implantadas em todo o Brasil e destina-se, inicialmente, a trabalhar com construção civil e energias renováveis.

Contabilidade No último dia 7 de agosto, na Casa da Indústria, o gerente de Contabilidade e Orçamento (GECOP) do Sistema FIEC, Vanderley Coelho Viana, falou sobre “Legisla-

ção do Ministério do Trabalho: A Segregação da Contribuição Sindical”, durante encontro com os contadores de sindicatos filiados. A palestra teve por objetivo mostrar as atualizações na legislação para repassá-las para os setores responsáveis, a fim de funcionar como um fórum de discussão de questões contábeis e troca de experiências entre os profissionais. Um novo encontro deve ser realizado em breve.

Inauguração Oferecer serviços de saúde mais complexos para empresas de base nacional: esse é o objetivo do Setor de Saúde e Segurança do Trabalho (SST), inaugurado no último dia 12/08 no SESI Barra. A unidade vai atender por meio de uma equipe de médicos e técnicos. Entre as empresas que já estão com contrato fechado destaque para a Oi, BR Foods e Sadia. Na foto a equipe do SST: Leonor, Ana, Michele, Socorro, Mirlene e Dayanne.

CAT Controles Os colaboradores do Núcleo de Referência à Saúde (NR Saúde) têm acesso, desde julho, ao CAT Controles – um diretório na rede interna sobre o desempenho e controle interno do Núcleo. Nele, são disponibilizados, pela Célula Administrativa do Núcleo, os indicadores sobre atendimentos e gastos em materiais, água, energia, manutenção etc. A criação do Diretório teve o apoio da Tecnologia da Informação (TI) e visa proporcionar, além da gestão do conhecimento de forma compartilhada, a gestão integrada de ações para o cumprimento de metas. Agosto-Setembro de 2013

5


boas práticas

Comitês da sustentabilidade Núcleo de Responsabilidade Social e Empresarial (NRSE) do SESI coordena as ações

C

riar consciência ambiental, formar multiplicadores e estimular ações como o plantio de árvores em volta da Lagoa de Parangaba e cultivar uma horta medicinal nas dependências do SESI Maracanaú, são apenas algumas das ações iniciais dos Comitês de Sustentabilidade, criados em 2012, com o objetivo de construir, através de uma rede interna, ações que promovam um ambiente saudável e a preservação do meio ambiente. Atualmente, existem comitês nas 16 unidades do SFIEC, coordenados pelo Núcleo de Responsabilidade Social e Empresarial (NRSE) do SESI, que acompanha as ações internas de meio ambiente, responsabilidade social e faz a governança, para que as informações estejam alinhadas e adequadas ao foco das unidade. Cada comitê é composto por 5 representantes e um líder, com a missão de implantar ações na área de responsabilidade social e ambiental, dentro da própria

unidade e também no seu entorno. Eles atuam nos temas: água, energia, resíduos, social e poluição sonora. Segundo Aline Mota, consultora em Responsabilidade Socioambiental e Empresarial do NRSE, a atuação do setor nos comitês é fazer um diagnóstico social e ambiental interno e externo, “analisando e catalogando práticas já existentes e situações que demandem intervenção, com projetos e estudos mais aprofundados”. Atualmente, o Comitê acompanha as ações do Modelo de Excelência da Gestão (MEG), referente ao critério 4 - sociedade, dando suporte as ações dos comitês das unidades SESI/SENAI, e atua como um canal de interlocução entre a sociedade e a instituição. Entre os projetos internos, destaque para a parceria com o Reciclocidades, uma ação de responsabili-

Aline Mota, consultora do NRSE

dade socioambiental da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), que apoia e promove a formação de grupos produtivos por meio da reciclagem e sua comercialização. O programa atua por meio de oficinas que estimulam a coleta seletiva de reciclagem, na formação de parcerias e na organização de cooperativas. Uma das ações do Reciclocidades, no Sistema FIEC, foi a realização de uma oficina de confecção de flores, em maio deste ano, com material reciclado.

GRH apresenta pesquisa de clima para gestores

N

o mês de setembro, na Casa da Indústria, a equipe da gerência de Recursos Humanos do SFIEC vai reunir gestores e representantes de RH de todo o Sistema para apresentar os resultados da Pesquisa de Clima 2012/2013. O encontro fará o detalhamento dos resultados de acordo com cada órgão do Sistema FIEC.

Valesca Paiva, gerente de RH do SFIEC, e Claudia Blaia, da CMGB Consultoria e Treinamento

6

SFIEC EM FOCO

A pesquisa, feita em parceria com a consultora Claudia Blaia, da CMGB - Consultoria e Treinamento, foi disponibilizada em rede e respondida por 1357 colaboradores de todas as unidades do SFIEC. O objetivo foi fazer um levantamento das necessidades e mapear o momento motivacional, levantando pontos fortes, deficiências e expectativas e aspirações dos pesquisados. Após o encontro, a GRH dará início ao trabalho do Grupo de Ação, formado juntamente com os gestores, com o objetivo de responder às demandas dos colaboradores, a exemplo do que foi feito após o resultado da primeira pesquisa realizada em 2010. “Na oportunidade, vamos discutir o que evoluiu e o que não evoluiu. Vamos analisar os fatores desmotivadores detectados e como pro-

mover melhorias, em programas como o de benefícios e o de reconhecimento e incentivo de resultados, informou Nádia Valesca Paiva, gerente de RH do SFIEC. Em março de 2010, a área de RH do SFIEC realizou a primeira Pesquisa de Clima. Com os resultados obtidos, foi construído um plano de ação que implantou, entre outras, a melhoria do PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários), a troca de fornecedor da alimentação, o agendamento da Unidade Móvel Odontológica do SESI para atendimentos nas Unidades do Sistema, e a criação do Projeto Qualidade de Vida. Comparativo dos índices de 2010 e 2012/2013 ÍNDICES GERAIS Satisfação Realização profissional Qualidade de vida Imagem da empresa

2010 2012/2013 41,8% 66,19% 46,10% 67,99% 28,4% 47,90% 62,4% 79,75%


radar Parabéns!

Vitória

Ivan Carlos Vasconcelos da Silva – colaborador do SENAI CETAFR, casouse com Janiele da Silva Alves no dia 27 de junho, no Cartório Alencar Furtado, em Pacatuba (CE). O namoro durou 4 anos e 7 meses. Antes auxiliar operacional em 2010, Ivan realiza serviços de mecânica há cerca de um ano, no Núcleo de Serviços Técnicos e Tecnológicos (NSTT). Ele inicia o curso de Técnico em Mecânica em agosto/2013, com término em 2015. Ivan é índio da tribo Pitaguary, em Maracanaú (CE).

De estagiária a técnica de Segurança do Trabalho (SST): essa é a trajetória vitoriosa da agora colaboradora Samira Facundo Calheiros, do NN SESI Juazeiro do Norte. Em maio de 2011, Samira iniciou o estágio em SST no Núcleo, onde permaneceu durante um ano. Em 2013 , Samira enfrentou uma nova seleção para o cargo de Técnico em SST, quando foi aprovada. À nova colaboradora do NN SESI Juazeiro, as boas vindas ao SFIEC.

Homenagem Os 38 motoristas do Sistema FIEC foram homenageados no dia 25 de julho – Dia do Motorista – e ganharam brindes pela data. Já no dia 26, os profissionais que atendem à Casa da Indústria participaram de um happy hour – onde também ganharam brindes, participaram de coquetel e assistiram a um vídeo de homenagem com depoimentos dos colaboradores de outras unidades, que utilizam os serviços da área de transportes.

Pedalis O Núcleo Integrado SESI SENAI Sobral realizou, no dia 27 de julho, a I Pedalada da Indústria Sobralense (I Pedalis), em comemoração ao primeiro aniversário do Núcleo e para divulgar os serviços que SESI e SENAI ofertam. Com 500 inscritos, a pedalada saiu às 7h30, ao lado do Centro Integrado, e seguiu em direção aos principais pontos turísticos de Sobral, com sorteio de brindes. A I Pedalis teve o apoio da Autarquia Municipal de Trânsito; Guarda Municipal de Sobral; Unimed Preventiva; Colégio Luciano Feijão e Associação Sobralense de Ciclismo (Associcli).

Benchmarking A analista da Diretoria de Comunicação (DIRCOM) da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Camila Castro (foto), recebeu o jornalista da Assessoria de Comunicação Interna (ACI) do SFIEC, Thiago Marinho, no último dia 18 de julho em Brasília (DF), numa visita de benchmarking para a troca de experiências na área de comunicação corporativa. A Comunicação Interna da CNI oferece diversos produtos, entre eles o jornal “Indústria de Notícias – Em Casa”, que é entregue na residência dos colaboradores mensalmente e a intranet que contém as principais informações corporativas diárias; além das televisões em cada andar, com divulgação das notícias internas, e ações de marketing desenvolvidas pela área.

Saúde Os colaboradores do SENAI Urbano de Almeira, Simone Barbosa, Helane Soares, Cristina Yolanda e Marcos Mathusalem, estão juntos na busca por mais saúde e qualidade de vida: eles estão praticando a atividade de corrida no final do expediente. No último dia 4 de agosto, os quatro participaram da Corrida de Rua do Circuito da Caixa, na Praia de Iracema. Agosto-Setembro de 2013

7


personagem

E agora, José? De auxiliar operacional da área de limpeza a coordenador de atendimento ao cliente, José Teofanes de Vasconcelos é exemplo de determinação

A

o contrário do José do poema de Carlos Drumond de Andrade, o José do Núcleo de Referência em Saúde, sabe muito bem de onde veio e para onde vai. Vindo da localidade de Parazinho, em Granja (CE), distante 300 km de Fortaleza, José Teofanes de Vasconcelos, 36 anos, é uma prova viva que força de vontade faz toda a diferença na vida profissional. No começo de sua adolescência, José foi agricultor, junto com sua família e aos 13 anos veio morar na Capital, para tentar novas oportunidades profissionais. A partir daí não parou mais. “Aqui já fiz de tudo. Trabalhei como sapateiro, vendia picolé nas ruas do Planalto das Goiabeiras, onde morava, fui faxineiro e diarista em residências. Em todas essas funções não consegui sucesso, pois ainda estava com dúvidas sobre a minha vocação, mas sentia que a minha hora estava chegando”, afirmou. Com a doença do pai, José o substituiu na função de leiteiro em uma padaria do bairro. “Quando entrei, meu pai tinha 11 clientes e deixei a função com 65 compradores fiéis. Descobri nesse trabalho que ter esse contato com as pessoas seria meu foco”. Já como cliente do SESI/Barra do Ceará, no setor de saúde, José sempre admirava o trabalho da instituição e profetizou em uma de suas idas ao local: “Ainda vou trabalhar no SESI. Olhava os funcionários e me via neles”. Ao saber de uma vaga para auxiliar de cozinha no local, fez a seleção e não passou. “Fiquei sabendo pelos colegas que não tinha passado pelo meu porte físico franzino, pois o trabalho era noturno e bem puxado, mas eu estava disposto a desempenhar”, complementou. Após saber que não foi aprovado, José participou de outra seleção, para auxiliar operacional, na área de limpeza, no Núcleo de Referência em Saúde (Centro de Fortaleza). Ele passou e começou a sua história de dedicação ao SESI. Durante três

8

SFIEC EM FOCO

“Vendi picolé, fui sapateiro, faxineiro e diarista em residências.” José Teofanes de Vasconcelos

anos, atuou como funcionário e depois foi terceirizado na mesma função. Em meio as oportunidades profissionais que foram surgindo em sua vida, José voltou a estudar, que era outro sonho. “Por ter que trabalhar desde cedo, não tive tempo de continuar meus estudos. Com um trabalho com horário fixo e carteira assinada, voltei a estudar para também conseguir melhores cargos em novos processos seletivos. Vi a minha vida mudar e as oportunidades batendo em minha porta”, declarou. No NR Saúde, José já atuou como agente e assistente administrativo, onde desenvolveu um trabalho na tesouraria. Hoje, ele trabalha como analista e coordena o trabalho de 16 colaboradores no atendimento ao cliente no local. “O que antes era dúvida, hoje tenho a certeza: trabalhar com pessoas realmente é o que gosto de fazer. Tento fazer o melhor possível, me vendo como cliente que já fui do SESI”, disse. Teofanes hoje é formado em Recursos Humanos pela Universidade Paulista – Faculdade de Ensino e Cultura do Ceará – UNIP/FAECE e pós-graduado em Psicologia Organizacional de Trabalho pela Faculdade Darcy Ribeiro. “Já estou analisando qual o novo curso que vou fazer, provavelmente serviço social”, informou. Sua participação no NR Saúde não se resume somente as funções de trabalho: Teofane é auditor interno de qualidade, líder do Comitê de Sustentabilidade no tema energia e membro da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Em todas as funções atua de forma voluntária. Fora dos muros do SESI, José ainda arruma tempo para trabalhar, também como voluntário, no Liceu do Ceará, na secretaria e no grêmio, e ainda está iniciando um negócio próprio: um salão de beleza instalado em sua própria residência. Segundo ele, a microempresa “ainda está em fase de estruturação”.


INFORMATIVO SFIEC EM FOCO - ANO IV - Número 11 - AGO-SET-2013