Page 1

Viajando na alta sem entrar no vermelho

#36

Alta temporada no turismo é definida pelo aumento da demanda, quando um maior número de pessoas tem a possibilidade de viajar como em férias escolares e recessos de final de ano. No Brasil, a alta temporada compreende os meses de dezembro, janeiro e julho. Feriados e festas locais já consagradas também constituem alta temporada, principalmente para determinados destinos (ex.: Carnaval no Rio de Janeiro e Oktoberfest em Blumenau). Para a maioria das pessoas viajar na alta temporada é sinônimo de cilada, já que os preços sobem. Mas, como pra muita gente não há outra opção, vamos te ensinar a viajar Alugar casa é na alta sem entrar no vermelho.

AR DE FIC

ON • Explore destinos dos estados vizinhos. • Não siga o fluxo. Nem todas as as cidades estão cheias na alta temporada. Mas se você não abre mão de curtir a cidade da moda, outra alternativa é optar por se hospedar em cidades vizinhas e que R I ONDE possuem fácil acesso às atrações.

O Sul é mais

um dos melhores jeitos de economizar viajando pelo Brasil. Outra opção é escolher o destino baseado na hospedagem garantida, como casa de parentes e amigos.

A procurado pelo tempo O CLIM O D frio no inverno, enquanto N E INVERT o Nordeste é o preferido no

Seja lá onde for, E procure com antecedência AME-S R G O R de 60 a 90 dias. Programe os P passeios e já verifique a média de preços para saber negociar. Já que mais pessoas estão disponíveis para viajar nestes períodos, procure formar um grupo. O rateio na hospedagem e até na contratação de passeios trará grande economia para todos.

verão. Visitar o Sul no verão (janeiro) e o Nordeste no Opte pelo ônibus inverno (julho), por exem• Enquanto outros modais ficam plo, são fatores de extremamente caros neste período, a economia. passagem de ônibus tem pouca variação. Hoje há • Muitas empresas firmam convênios ou muita informação e parcerias de hospedagem para certos facilidades digitais para destinos. Vale a pena se informar. organizar sua viagem. • Se você decidir viajar em cima da Contar com um agente hora ainda terá facilidade de enconde viagem encarece o trar passagem, já que as empresas pacote em cerca estão preparadas para atender grandes de 25%. demandas. Comprando antecipadamente, você consegue escolher melhor o tipo de serviço (leito, executivo ou convencional) e o horário. • O conforto e a segurança também contam, já que a viagem pode ser aproveitada sem ansiedade e cansaço.

MO Ê MES C O V FAÇA


Aulinha básica: marés As marés são movimentos de subida e descida das águas dos oceanos, que ocorrem periodicamente, em virtude da atração gravitacional exercida pela lua e pelo sol sobre o mar. Nas luas cheia e nova o movimento das marés é mais radical. Já nas luas crescente e minguante a diferença entre as marés é pouca.

A importância das marés na sua viagem

Na hora de programar uma viagem para áreas litorâneas, um ponto a se levar em conta é a variação das marés. Quanto mais seca a maré, mais cristalina fica a água das piscinas naturais, além de facilitar boa parte dos passeios.

do ação de maré A maior vari e no Maranhão, c Brasil aconte te na Baía de n e lm a ip c prin a s, chegando o rc a M o Sã s a cert 8 metros em ano. o d s época

Praias que mudam muito de acordo com as marés

Todas as praias sofrem a influência das marés, mas algumas são mais impactadas: Matinhos (PR), Taipu de Fora (BA), Camurupim (RN), Barra de São Miguel e Praia do Francês (AL), Porto de Galinhas (PE) e Arraial do Cabo (RJ).

Atenção

Maré baixa não é a mesma coisa que mar seguro. Tome cuidado e não avance muito para o fundo, já que os bancos de areia expostos também escondem valas.

r o h l e O mo maisem e rato lho ba nho, ju to ju e agos

Estamos nos meses mais frios do ano, época de aproveitar baixas temperaturas no Sul e Sudeste. Nestes meses os melhores destinos são: Campos do Jordão (SP), Gramado (RS), Domingos Martins (ES), Visconde de Mauá (RJ), São Joaquim (SC) e Gonçalves (MG). Se quiser algo mais selvagem, aproveite a alta temporada do Pantanal. Já para quem quer ir a um destino estrelado pagando menos, aposte na região central do Brasil, que vai do sul da Bahia passando pelas cidadezinhas da Chapada dos Veadeiros. Mas, se seu sonho é o Nordeste, lembre que os estados a leste - Pernambuco, Paraíba, Rio Grande de Norte, Sergipe e Alagoas - estão no período chuvoso. Mire no Ceará, Piauí e Maranhão que, a partir do finalzinho de julho e por todo mês de agosto, oferecem ótimas oportunidades de preço.

Hum, tô desejando! Você tem uma vontade louca de comer determinado alimento? Quando essa sensação é esporádica, tudo bem, pode ser apenas gula ou vontade emocional. Mas, se ela é constante, pode indicar que seu organismo está necessitando de algum tipo de nutriente. Se liga em alguns exemplos: • Carne vermelha: Sinal de que o corpo precisa de proteína. Pode ser também falta de ferro e de vitamina B12. • Chocolate: Pode indicar carência em magnésio – um mineral vital para a pele e cabelo. • Café: Muita vontade de tomar está ligada à diminuição dos níveis de potássio. Esta carência gera fraqueza e hipoglicemia. • Laticínios, como leite e queijo: Pode ser carência de cálcio. Este nutriente, além de ajudar a formar e manter dentes e ossos, tem papel essencial para o sistema nervoso central. • Pães e massas: É principalmente nos carboidratos que achamos o aminoácido que sintetiza a serotonina, responsável pela sensação de bem-estar. Por isso, ficamos tão felizes após um pratão de macarrão. Para saber identificar se você realmente tem uma carência nutricional é importante procurar um médico e fazer alguns exames. Tomar suplementos sem indicação pode causar intoxicação e efeitos colaterais.


Eleições 2018 Neste ano, vamos ter a oportunidade de eleger presidente da república, governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais. Desde a Constituição de 1988, todos os cidadãos com mais de 16 anos, homens ou mulheres, alfabetizados ou analfabetos podem escolher seu re­presentante através do voto. No Brasil, o voto é obrigatório, mas é importante olharmos para ele principalmente como um direito conquistado com muitas lutas. Quando votamos em alguém praticamente assinamos uma procuração em branco em relação aos nossos interes­ses, por isso, é tão importante conhecer as propostas do seu candidato. Lembre-se que os cargos legislativos (deputado estadual/distrital, federal e senadores) são responsáveis por criar as leis que

regem o Estado ou o País. Já os cargos executivos (go­vernador e presidente), administram, gerenciam o Estado/País aplicando as leis. Se quiser saber mais sobre cada cargo, o que fazem e como influenciam sua vida na prática, assista à matéria especial que fizemos sobre o assunto para o Juntos TV edição 36 (youtube/tvdebordo). Então, já anote na agenda: no dia 7 de outubro tem 1o turno e no dia 28 do mesmo mês, 2o turno. Caso não vote em sua cidade de domicílio, programe-se com antecedência e conte com o ônibus!

Você sabia?Câmara

ntre a A diferença e é s e o Senado dos Deputado as su o (além de que este últim íficas) revisa funções espec ncaminha so, e e, se for o ca projetos no mudanças s os. de leis propost

Por um planeta menos chato

Uma historinha real

Parece mentira, mas vivemos em um planeta onde pensar diferente segue gerando críticas e fazendo inimizades. Estamos em um novo milênio, tivemos avanços de conhecimento, já passamos por muitos perrengues históricos e nada do ser humano ser mais toleran­te. Talvez a gente precise ver como pensar diferente pode ser interessante. Vamos tentar com dois mestres:

• Em tempos de meta e relógios de ponto, um pensador italiano teve a coragem de dizer que fazer nada pode ser muito produtivo. O Ócio Criativo de Domenico de Masi mostrou que quando enchemos a vida de atividades não temos tempo para criar e viver o que importa.

EXPEDIENTE COM A GENTE, O BRASIL CHEGA LÁ!

• Enquanto todos estavam quebrando a cabeça para inventar algo totalmente novo, o criador da Apple, Steve Jobs, confessou: “Nós nunca tivemos vergonha de roubar ótimas ideias. Use a inovação para melhorar algo que você já achou genial”. Muita gente torceu o nariz, mas depois foi correndo comprar seus novos tocadores de mp3.

Em 1995, em uma conversa via rádio na costa do Canadá os canadenses entraram em contato pedindo a um navio americano que mudasse a rota para o sul; este, por sua vez, respondeu que os canadenses virassem para o norte. Os canaden­ses insistiram e o comandante americano declarou que aquele era um navio de guerra altamente carregado e dispondo de reforço, que não pretendia sair do curso e que o navio canadense desviasse. O canadense finalmente diz: “Senhor, nós somos um farol”. É preciso coragem para se desviar e relativizar suas crenças. Você nem precisa concordar, mas escute e ao menos respeite. Afinal, vivemos em um planeta redondo, não vamos deixar que ele fique chato.

Publicação da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros - ABRATI | SAUS - Quadra 01 - Bloco J Edifício CNT - 8o andar - CEP: 70.070-944 - Brasília-DF - Fone: (61) 3322 2004 | Diretora de Criação: Maria Fernanda Mota Edição de Arte / Design Editorial: Glaymerson Moises - GMS Studio | Acesse nossas redes sociais! Mande sugestões, críticas e dúvidas para mariafernanda@abrati.org.br ou escreva para nós. | Proibida a reprodução integral ou parcial deste material sem prévia autorização. www.juntosabordo.com.br

www.facebook.com/JuntosaBordo

@oficialjuntosabordo


ALMANAQUE JUNTOS A BORDO ABRATI - NÚMERO 36 - MAI-2018  

Publicação de Entretenimento da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros - ABRATI - Número 36 - Maio de 201...

ALMANAQUE JUNTOS A BORDO ABRATI - NÚMERO 36 - MAI-2018  

Publicação de Entretenimento da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros - ABRATI - Número 36 - Maio de 201...

Advertisement