Page 1

1

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

Terça-Feira

Edição 929

Fevereiro / 2014

18

Encontro do PV reúne lideranças de todo Norte Pioneiro em Siqueira Campos O representando do partido em Siqueira Campos, o vereador João Egídio, fez a recepção de deputados do PV e discursou sobre a evolução do partido no NP. Página 3

PM prende jovens que roubaram dinheiro e celular em Cambará

Detran vai levar educação para o trânsito a escolas do Paraná

Na última sexta-feira (14), por volta das 16h20, a Polícia Militar de Cambará recebeu a denúncia de que dois indivíduos armados com faca adentraram em uma loja de roupas localizada no centro da cidade, na Rua Major Barbosa. Página 6

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) inicia nesta semana uma série de encontros com 1,5 mil professores da rede municipal de ensino de 134 cidades paranaenses. Até o final de março, os profissionais vão participar de palestras para trabalhar temas ligados à educação no trânsito com mais de 42 mil alunos do 5º ano do ensino fundamental. Página 4

Equipe da Saúde de Santo Antônio da Platina realiza dia “D” Durante o evento foram realizadas palestras nas escolas, mutirão de limpeza e panfletagem. Página 8


2

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

OPINIÃO

Eleições 2014 Por Sergio Fausto

Não faltam desafios para o próximo mandato presidencial. São vários os sintomas de que o "novo modelo de desenvolvimento", o "novo paradigma de política econômica", ou que nome pomposo se queira dar às políticas do atual governo, não têm produzido os resultados esperados. Há uma sensação generalizada aqui e lá fora de que estamos improvisando e empurrando decisões com a barriga. Até quando? Diante desse quadro, segue-se a pergunta: apresentarão os candidatos à Presidência programas de governo que permitam ao eleitor compreender a visão que cada qual tem a respeito desses desafios e conhecer as escolhas políticas que cada um pretende fazer para enfrentá-los? Ou assistiremos novamente, como tem sido a regra nas últimas disputas, a uma campanha desprovida de conteúdo programático, reduzida a apelos publicitários relativos a reais ou supostos atributos pessoais dos candidatos e a vagas proposições de mais bondades a serem oferecidas (fantasiosa-

mente sem custos e sem sacrifício de nenhum outro objetivo desejável) pelo futuro governo? É certo que programas de governo devem ser traduzidos em linguagem mais acessível ao eleitor comum e que uma campanha para ser bemsucedida deve mobilizar sentimentos em torno de uma simplificada ideiaforça. Pelo menos assim reza a sabedoria política convencional no Brasil. Ela, porém, não apenas dificulta tornar mais informado o voto do eleitor, como também enfraquece o mandato recebido das urnas pelo eleito. Quando o marketing substitui o programa, o mandato que sai das urnas sinaliza mal o caminho a seguir. Se, de um lado, o mandatário recebe um cheque meio em branco, de outro, ele se vê desprovido da legitimidade política que só um mandato mais programático lhe pode conferir. Esvaziado do confronto de ideias, o processo eleitoral perde assim, em grande medida, a dupla função de engajar o eleitor no debate sobre os rumos da gestão governamental (parte da educação

para o exercício da cidadania) e de responsabilizar o eleito pela realização do programa apresentado, conferindo maior densidade política ao mandato recebido das urnas. Fosse maior a responsabilidade gerada pelo processo eleitoral, mais transparentes teriam de ser as negociações do presidente eleito na composição de sua maioria parlamentar, hoje feitas com base na troca de apoio congressual por cargos no Executivo. Sem nenhuma vinculação programática, essas negociações comprometem ainda mais a inteligibilidade do mandato recebido das urnas. Em resumo, o confronto de programas nas eleições não é a panaceia para todas as imperfeições na nossa democracia, mas é uma condição essencial para fortalecer o nexo entre as preferências do eleitorado e as escolhas políticas do presidente eleito. Se ocorresse, ele reforçaria o mandato presidencial, como instrumento de delegação de poder, de um lado, e de ação política, de outro, dentro dos limites da legalidade e sem prejuízo do sistema de

pesos e contrapesos que limita a vontade presidencial. Recorro a um exemplo próximo para fazer o contraste. Recente eleição no Chile levou novamente à Presidência Michelle Bachelet. Ela apresentou ao eleitorado um bem articulado programa de governo. Comprometeuse a expandir o ensino superior público e a pôr fim ao sistema eleitoral que restringe a representação de partidos menores e virtualmente força um empate entre direita e esquerda no Congresso chileno. Para financiar o ensino superior gratuito propôs um aumento de tributos, sobre as empresas, equivalentes a 3% do PIB. Disse o que ia fazer, explicou de onde tiraria os recursos para fazê-lo e conseguiu o apoio da maioria dos eleitores para realizar a sua proposta. A coalizão de partidos que a apoia conquistou também número suficiente de cadeiras no Parlamento. O governo de Bachelet está comprometido com a reforma do ensino superior e será cobrado por ela. Idem em relação à reforma eleitoral.

Causa mortis Por Demétrio Magnoli

Santiago Ilídio Andrade era nossos olhos e nossos ouvidos. Sem o trabalho dele, e de tantos colegas seus, cinegrafistas, jornalistas, funcionários de apoio, não teríamos notícias – ou só teríamos versões das partes interessadas. O assassino de Santiago e seus cúmplices diretos, que compraram, transportaram e acenderam o rojão de vara, provavelmente não miravam o cinegrafista, mas os policiais. Contudo, sabemos pela palavra deles que devotam um mesmo ódio a jornalistas e policiais. Faz sentido: eles odeiam a democracia – e, deploravelmente, não estão sozinhos. Santiago não é uma vítima “acidental”. Santiago é um cadáver circunstancial, mas anunciado desde as jornadas de junho. O que faziam, na periferia e na fímbria das manifestações, os vândalos, os depredadores, os mascarados? Eles abriam picadas no rumo de seu El Dorado: o sangue de alguém, qualquer um, policial, transeunte, jornalista, cinegrafista ou manifestante. “Abaixo a ditadura 2.0”, leio numa página de Facebook consagrada à propagação do vandalismo. Os covardes, rosto escondido, precisavam provar a tese que justificaria sua própria existência: a democracia é uma farsa, a máscara da ditadura. Santiago teve seu crânio destroçado por um foguete ideológico. Os autores da tese não acenderam o rojão de vara, não o transportaram e não o compraram. Esses intelectuais de araque, que são as fontes de inspiração do assassinato, talvez nunca tenham se misturado a uma manifestação de rua.

Eles circulam em esferas sanitizadas: universidades, ONGs, movimentos sociais, partidos políticos. Mas, enquanto a investigação policial desvenda os nomes de quem pode ser indiciado, cabe a nós decifrar as ideias que os mobilizam. O perigo está nelas: os pavios imateriais de foguetes ainda não lançados. Santiago morreu porque, atrás dos assassinos, renasce uma velha teoria sobre a política e a democracia. As páginas eletrônicas dos black blocs definem a nossa democracia como um “Estado policial”. Um professor da FGV-SP, Rafael Alcadipani da Silveira, atribuiu a “estratégia da violência” aos “jovens das periferias”, “vítimas da violência cotidiana por parte do Estado”. A expressão “contraviolência” foi difundida por intelectuais radicais nas décadas de 1970 e 1980 para celebrar o método de “ação direta” empregado por organizações extremistas que, cindidas, dariam origem a agrupamentos terroristas como o Baader-Meinhof, na Alemanha, e as Brigadas Vermelhas, na Itália. As fórmulas incendiárias daqueles intelectuais ressurgem entre nós, como frutos podres de uma crise política e moral. Santiago está morto porque a fronteira entre a violência “simbólica” e a violência “real” só existe no pensamento depravado dos cultores da violência “simbólica”. Bruno Torturra, o chefão da Mídia Ninja, um “instituto” informal financiado com recursos públicos, definiu o Black Bloc como “uma estética” e fez a defesa da violência nas manifestações, “desde que dirigida

aos bancos”. O filósofo -ativista Pablo Ortellado, um herdeiro ideológico dos arautos europeus da “contraviolência”, declarou sua paixão pela “ação simbólica” de depredação de uma agência bancária, um simulacro da “ruína do capitalismo” situado “na interface da política com a arte”. Mas por que eles nutrem uma obsessão exclusivista pelos bancos? O linchamento de um policial não poderia ser descrito como símbolo da “ruína da repressão de Estado”? O assassinato de um jornalista não anunciaria o almejado “controle social da mídia”? Santiago morreu de excesso de violência “simbólica”, mas não apenas disso. “Não vamos parar, o poder é nosso!”, escreveu o Black Bloc RJ na hora da notícia do falecimento do cinegrafista. A causa mortis tem ramificações complexas, que deitam raízes na condescendência nacional com a violência “justa”. A imprensa apressouse, com razão e cumprindo seu dever, a denunciar as truculências policiais contra manifestantes pacíficos nos primeiros protestos de junho – mas custou a usar a palavra “vândalos” para qualificar os idiotas mascarados que se movem em busca de sangue. Um certo número de sindicalistas, alguns deles ligados ao PSol, firmaram um pacto de aliança com os black blocs na greve dos professores do Rio de Janeiro. Numa nota asquerosa, mas típica, o Sindicato dos Jornalistas do Rio omitiu a origem do projétil que vitimou Santiago. Fora algumas honrosas exceções, não se ouviu uma palavra

jornalística correio do norte s/c ltda - cnpj: 07.117.234/0001-62 Site: www.correionoticias.com.br - E-mail: editais@correionoticias.com.br escritório siqueira campos diagramacao@correionoticias.com.br Rua Dos Expedicionários,1525 - centro Siqueira Campos - Paraná REPRESENTAÇÃO (43) 3571-3646 | 9604-4882 MERCONET Representação de Veículos de ComuniOs artigos publicados não expressam necessariamente a opinião do Jornal e são de total responsabilidade dos autores.

cação LTDA Rua Dep. Atilio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 | Fax: 41-3079-3633

de condenação ao vandalismo sair da boca dos célebres “intelectuais de esquerda”. Santiago é uma vítima, entre tantas outras não ligadas a manifestações, da inclinação do governo a produzir rimas entre “pobreza” e “violência”. Três meses atrás, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, anunciou que buscava “interlocutores” entre os black blocs para “compreender este fenômeno social” e entender “até que ponto a cultura da violência vivida na periferia já emigrou para esse tipo de ação”. O poderoso ministro, representação onipresente de Lula no governo Dilma, fala uma linguagem paralela à dos intelectuais engajados na justificação dos black blocs. “Cultura da violência”? “Fenômeno social”? Não, de jeito nenhum: o rojão que matou Santiago é um projétil político dirigido contra o alvo da democracia. Santiago morreu porque damos ouvidos a Gilberto Carvalho, não a Reynaldo Simões Rossi, o coronel da PM espancado por uma chusma de covardes durante uma manifestação em São Paulo. Rossi disse que seu dever era respeitar os manifestantes e isolar a “minoria de criminosos e vândalos” que “se apropriam de manifestações legítimas”. Há algo de profundamente errado com um país incapaz de enxergar a face do mal, quando ela se esconde atrás da máscara de uma ideologia. A memória de Santiago exige que, finalmente, separemos os manifestantes dos vândalos – tanto nas palavras quanto nas ações.

Direção / editora chefe

Elizabete Gois redação

Camila Consulin, Isaele Machado, Regiane Romão DIAGRAMAÇÃO

Bruno Rafael, Marcos Vinícius administrativo

Isamara Machado, Claudenice Machado COLUNISTA

Gênesis Machado

Siqueira Campos Cornélio Procópio Curitiba Ibaiti Japira Jaboti Salto do Itararé Carlópolis Joaquim Távora Guapirama Quatiguá Jacarezinho Conselheiro Mairinck Pinhalão

Tomazina Curiúva Figueira Ventania Sapopema São Sebastião da Amoreira Nova América da Colina Nova Santa Bárbara Santa Cecília do Pavão Santo Antônio do Paraíso Congoinhas Itambaracá Santa Mariana Leópolis

Sertaneja Abatiá Rancho Alegre Cambará Primeiro de Maio Ribeirão do Pinhal Florestópolis Nova Fátima São Gerônimo da Serra Barra do Jacaré Santo Antônio da Platina Santa Amélia Arapoti Sertanópolis Jaguariaíva Bela Vista do Paraíso Sengés Ribeirão Claro São José da Boa Vista Wenceslau Braz Santana do Itararé Circulação Jundiaí do Sul Andirá

FILIADO A Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná


3

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

POLÍTICA

Encontro do PV reúne lideranças de todo Norte Pioneiro em Siqueira Campos O representando do partido em Siqueira Campos, o vereador João Egídio, fez a recepção de deputados do PV e discursou sobre a evolução do partido no NP. Isaele Machado

De Siqueira Campos Isaele Machado Na última sexta-feira (15) a deputada federal Rosane Ferreira e o deputado estadual Rasca Rodrigues, estiveram em Siqueira Campos no encontro realizado pelo Partido Verde na Câmara Municipal de Vereadores. O encontro foi realizado com objetivo de fortalecer o PV no Norte Pioneiro. A presidente do partido, Rosane, foi a primeira deputada eleita pelo PV do Paraná, com 18.844 votos em 2006 Enquanto Deputada Estadual, foi Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e da Criança, vice -presidente da Comissão de Ecologia e Meio Ambiente e membro das comissões de Saúde Pública e de Assuntos Metropolitanos, da Assembleia Legislativa. Foi autora ainda de várias emendas e indicações legislativas, tendo como objetivos principais a conservação do meio ambiente, o desenvolvimento sustentável, e a ética, a transparência e o poder político como ferramentas indispensáveis na construção da cidadania. Na última eleição, demonstrando a força, luta e capacidade da mulher, Rosane foi a primeira Deputada Federal do Partido Verde do Paraná e primeira mulher da bancada do partido em Brasília. Em 2011, tornou-se presidente do

Deputada Federal Rosane Ferreira, discursa sobre o avanço do partido no país

Partido Verde do Paraná, por decisão da Executiva Nacional. Na ocasião diversas lideranças do partido discursaram sobre a trajetória do PV, expressando entusiasmo para a próxima eleição. Rosane ainda anunciou que não pretende concorrer à reeleição, os demais companheiros presentes sugeriram que a deputada se candidate a governadora. Durante pronunciamento a deputada falou sobre a importância da lei da transparência, leis referentes à saúde e sobre o voto aberto. Dando ênfase à saúde, Rosane disse que o aos poucos o país está evoluindo, pois hoje o início para

tratamento do câncer pelo Sistema Único de Saúde, é de sessenta dias, o que não acontecia anteriormente. “ Em alguns Estados do nosso país, demorava até oito meses para o início do tratamento, após o diagnóstico. Hoje com essas leis que lutamos e que entraram em vigor, já melhorou consideravelmente a vida do povo, parece pouco, mas para quem está doente ou tem parentes nessa situação sabe o quanto é importante”, destacou a deputada. O prefeito Fabiano Lopes Bueno, Bi, aproveitou o ensejo e agradeceu a deputada que interviu para aquisição de equipamentos para UBS (Unidades Básicas de

Saúde) em Siqueira Campos e viabilizou R$250 mil para área da saúde. “Esse esforço para auxiliar esta importante área, mostra o interesse e respeito que a deputada tem pelos siqueirenses, esse investimento irá facilitar consideravelmente a vida do nosso povo”, destacou Bi. O vereador representante do partido em Siqueira Campos, João Egídio, agradeceu a visita da deputada e citou a mesma é um exemplo para outros deputados. Para finalizar o vereador também agradeceu o deputado estadual Rasca Rodrigues pela viabilização de um veículo para o transporte de idosos para o Asilo São Vicente de Paulo.

Concurso Público Edital 001-2011

EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Excelentíssimo Senhor Prefeito do Município de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legalmente previstas, e tendo em vista o resultado do concurso Público, aberto pelo Edital nº 01/2011, nos termos do edital do resultado publicado em 01/07/2011, FAZ SABER, em cumprimento ao disposto no item 14.8 que os candidatos abaixo relacionados para os respectivos cargos ficam CONVOCADOS para comparecerem ao Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura do Município de São José da Boa Vista, sito à Rua Reinaldo Martins Gonçalves 85, centro, no horário das 09 às 11:30hs e das 13 às 16:30hs do dia 18 ao dia 21 de Fevereiro de 2.014, para apresentar documentação exigida nos termos do item 2.3 do Edital nº 01/2011, bem como serem submetidos a avaliação médica nos termos do item 14.8.1 do mesmo edital.

O não comparecimento implicará na eliminação do candidato do Concurso Público.

Cargo: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

23º

Prisão domiciliar A defesa do ex-deputado federal José Genoino pediu ontem(17) ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, prisão domiciliar definitiva. Genoino foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, mas, devido ao seu estado de saúde, cumpre domiciliar temporária até quarta-feira (19). Maioridade Penal A discussão sobre a redução da maioridade penal está prevista na pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado da próxima quarta-feira (19). Ao todo seis propostas de emenda constitucional que tratam o mesmo assunto (PECs 20/1999, 90/2003, 74 e 83/2011, 21/2013 e PEC 33/2012), todas relatadas pelo senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), tramitam no colegiado. Entre os que defendem a necessidade de alteração na Constituição, a proposta considerada mais possível é a PEC 33/ 2012, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).

prefeitura de são josé da boa vista estado do paraná

Classificação

Salva-me, ó Deus, pelo teu nome, e faze-me justiça pelo teu poder. Salmos 54:1

CANDIDATO DIONY CARLA GODOI CORREA

Comunique-se, publique-se e cumpra-se.

São José da Boa Vista-Pr, em 17 de Fevereiro de 2.014. PEDRO SERGIO KRONEIS Prefeito Municipal

Feriados na Copa As obras para a Copa do Mundo em Curitiba ainda não estão prontas, mas uma medida de grande ajuda para a organização do evento está garantida: as instituições de ensino fecharão as portas nos dias de jogos. Aproximadamente 700 mil estudantes não terão aulas, o que vai proporcionar um grande alívio ao trânsito e ao transporte público da capital: durante as férias escolares, o número de passageiros cai em torno de 8%, enquanto o congestionamento nos horários de pico tem redução de 15% a 28%. Mesmo assim, o poder público ainda discute a necessidade de haver feriado nos dias de jogos em Curitiba – previstos para ocorrerem nos dias 16, 20, 23 e 26 de junho. Crimes A Comissão de Investigação da ONU para a Coreia do Norte publicou nesta segunda-feira (17) um extenso informe no qual denuncia a existência de sistemáticas violações dos direitos humanos no país, que atingem o grau de crimes contra a humanidade, como execução sumárias, tortura, desaparecimentos e privação de alimentação. O documento, baseado em depoimentos de mais de 240 pessoas, prova que o país se estrutura em um sistema de castas conhecido como "songbun", que nivela os cidadãos com base em razões ideológicas e políticas. Ciclovias em rodovias Todas as novas obras de duplicação ou construção de rodovias no Paraná deverão incluir, obrigatoriamente, ciclovias. Até 2015, serão construídos mais de 90 quilômetros de novas ciclovias em diversas regiões do estado. A informação, anunciada pelo secretário do Meio Ambiente e Recursos Hidricos, Luiz Eduardo Cheida, na abertura do 3.º Fórum Mundial da Bicicleta, em Curitiba, foi aplaudida por cerca de 1.200 participantes do evento. Investimento em Ibaiti O presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Mounir Chaowiche, e o prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzeo, assinaram ontem (17), com famílias do município, os contratos para a construção de 127 moradias populares. O Residencial Mãe Rainha receberá investimentos de R$ 5,2 milhões do programa Minha Casa Minha Vida, numa parceria do Governo do Estado com a Caixa Econômica Federal e a prefeitura do município. Educação no trânsito O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) inicia nesta semana uma série de encontros com 1,5 mil professores da rede municipal de ensino de 134 cidades paranaenses. Até o final de março, os profissionais vão participar de palestras para trabalhar temas ligados à educação no trânsito com mais de 42 mil alunos do 5º ano do ensino fundamental. O objetivo é incorporar o conteúdo no aprendizado das disciplinas de Matemática, Geografia e Português, entre outras.


4

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

REGIONAL

Prefeitura entrega uniformes para servidores públicos De acordo com o prefeito Fabiano Lopes Bueno, mais conhecido como Bi, foram entregues cerca de 100 uniformes para o departamento de Obras e para coleta de lixo De Siqueira Campos Camila Consulin Os funcionários públicos municipais da prefeitura de Siqueira Campos receberam neste mês uniformes de trabalho. O investimento foi feito com recursos próprios. No ano passado, somente, os funcionários do administrativo da prefeitura e do departamento de Agricultura tinham recebido. Agora, funcionários que trabalham no setor de Obras e na coleta de lixo também estão uniformizados. De acordo com o prefeito Fabiano Lopes Bueno, mais conhecido como Bi, foram entregues cerca de 100 uniformes. “Foram entregues uniformes para os motoristas de ônibus da saúde, dos

estudantes e também para aqueles que trabalham nas circulares da cidade”, informou. Segundo o prefeito, as vestimentas para o trabalho dos garis estão completas. Os funcionários receberam luvas, botas e jalecos. Os novos uniformes, caracterizados na cor laranja, visam à segurança e o bem estar destes trabalhadores que ficam expostos a diversos riscos em seu dia a dia. Os próximos departamentos que receberão os uniformes serão o de Cultura e Meio Ambiente. “Queremos deixar o nosso pessoal todo organizado, assim as pessoas que procuram os serviços da prefeitura poderão identificar um servidor”, ressaltou.

Assessoria

A entrega dos uniformes foi realizada no pátio do departamento de Obras e contou com a presença de diversas autoridades

Detran vai levar educação para o trânsito a escolas do Paraná Paraná AEN O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) inicia nesta semana uma série de encontros com 1,5 mil professores da rede municipal de ensino de 134 cidades paranaenses. Até o final de março, os profissionais vão participar de palestras para trabalhar temas ligados à educação no trânsito com mais de 42 mil alunos do 5º ano do ensino fundamental. O objetivo é incorporar o conteúdo no aprendizado das disciplinas de Matemática, Geografia e Português, entre outras. “Trabalhar o trânsito de forma transversal e interdisciplinar, conversando com as demais matérias da grade curricular, é importante para formar condutores mais responsáveis”, explica o dire-

tor-geral do Detran, Marcos Traad. Nos encontros, o Departamento vai disponibilizar material didático especifico, com sugestões de atividades para serem trabalhadas dentro e fora da sala de aula, de acordo com o projeto pedagógico desenvolvido em cada escola. “A ideia é trabalhar os conteúdos de forma que possamos envolver toda a família. Por isso, entregaremos para cada escola participante kits compostos por livros destinados aos professores, alunos e seus pais”, disse o coordenador de Educação para o Trânsito do Detran, Juan Ramon Sotto Franco. ALCANCE - Em 2014 o projeto atenderá 42.640 alunos e 1,5 mil professores, em 134 municípios paranaenses. Em 2015, as ativi-

dades devem chegar a 250 cidades e, em 2016, serão 350 municípios participantes. “É um projeto grandioso. Como professora, eu sei que a criança nesta idade absorve bem as informações e tem a capacidade de levar o conteúdo e transmiti-lo aos outros”, conta Adriana Andrea Siqueira Souza, professora e secretária de Educação de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. “Com as aulas será possível abordar as questões de trânsito e formar cidadãos mais conscientes, logo, futuros motoristas mais responsáveis”, disse a professora Maria Braga, de Antonina. “E ainda teremos filhos orientando os pais que forem imprudentes ao dirigir”, completou a colega, Meyriane Delfino de Souza.

Paulo Rosa/Detran

O objetivo é incorporar o conteúdo no aprendizado das disciplinas de Matemática, Geografia e Português, entre outras


5

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

REGIONAL

Prefeitura pede agilidade à Sanepar para resolver problemas de infraestrutura A empresa tem realizado projetos de expansão da rede, mas população reclama da demora na realização da operação tapa buracos De Cornélio Procópio Assessorias Em conversa informal com o diretor regional da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), Bráulio Lozano, o secretário de administração da prefeitura, Carlos Eduardo de Carvalho, acompanhado do procurador do município, Jamison Donizete, e do diretor de serviços urbanos, Luiz Rosa, esteve na sede da Companhia de Cornélio Procópio para pedir agilidade na realização de trabalhos públicos que a empresa realiza principalmente quando executa projetos de expansão ou conserto na rede que abastece a cidade. Além destes reparos que são necessários devido ao acesso as tubulações subterrâneas e

na coleta seletiva, que tem deixado resíduos nas ruas quando não ensacados no recolhimento, a demora na execução destes serviços está provocando criticas por parte da população. Os secretários municipais atenderam a uma determinação do prefeito Fred Alves (PSC), que também está preocupado com as criticas que a cidade vem recebendo. O secretário Carlos Carvalho afirmou ao diretor da Sanepar que as danificações causadas pela empresa à malha viária da cidade estão ficando por um período maior que o determinado para serem reparadas. “O trabalho de conserto no asfalto, quando quebrado pela Sanepar para acesso as tubulações, é feito por uma empresa terceirizada contratada pela Companhia. A pre-

feitura apenas está pedindo para que as soluções sejam mais ágeis para evitar transtornos para a nossa população”, explicou Carlos. Na oportunidade, foi solicitado ao diretor regional Bráulio Lozano que os coletores de lixo contratatos pela empresa, que melhore este serviço. A população tem reclamado que ao recolherem o lixo, deixam resíduos nas ruas e calçadas. “Muitos desses resíduos são expostos por que animais rasgam os sacos de lixo em busca de alimentos. Precisamos estudar e aplicar uma solução para esta questão” garantiu Lozano. Ele confirmou que nos próximos dias buscará uma solução para as reivindicações feitas pela Prefeitura junto as empresas terceirizadas. (Comunicação / Prefeitura)

O diretor regional da Sanepar, Bráulio Lozano com o secretário Carlos Carvalho, o procurador Jurídico, Jamison Donizete e o diretor de serviços urbanos, Luiz Rosa

Beto Richa autoriza pagamento de promoções a policiais civis O governador Beto Richa autorizou o pagamento das promoções, a partir de março deste ano, para integrantes das carreiras de Delegado de Polícia, Papiloscopista e Agente em Operações Policiais, beneficiados pelo Decreto 7.260, de fevereiro de 2013 Do Paraná AEN Notícias Um cronograma para o pagamento dos valores atrasados ainda será estudado pelo governo e sindicatos representantes das carreiras. Com a efetivação das promoções, abrem-se vagas para a nomeação de aprovados no concurso realizado em 2009, cujo prazo encerra-se em julho de 2014. “Esse ato reforça o apreço do governador Beto Richa pelas carreiras policiais e assegura que continue sendo uma das melhores do Brasil”, afirmou a secretária estadual da Administração e da Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara. O anúncio foi feito em

reunião com representantes do Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol), Sindicato dos Policiais Civis de Londrina e Região (Sindipol), Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná (Sidepol) e União da Polícia Civil do Paraná. Também participaram o delegado-geral da Polícia Civil, Riad Braga Farhat, e representantes da Secretaria da Segurança Pública, Secretaria da Fazenda e Procuradoria Geral do Estado. FERIDOS - Foi acordado, na reunião, que os repasses destinados ao tratamento de policiais feridos no efetivo exercício das funções serão feitos assim que houver a abertura do orçamento de

2014. Também ficou definida a realização, nos próximos dias, de reunião com as Secretarias da Segurança Pública e Justiça, Cidadania e Direitos Humanos para discutir as condições carcerárias no Estado. “A prioridade do governo está na segurança pública e isso precisa ser reconhecido”, disse o delegado-geral. Os representantes dos sindicatos saíram satisfeitos da reunião, particularmente com o anúncio da implementação das promoções e a possibilidade de abertura de vagas. “É um grande passo”, acentuou o advogado dos três sindicatos presentes, Milton Miró Vernalha Filho. “A classe policial tem confiança neste governo.”

Arnaldo Alves / ANPr.

Sindicatos da Polícia Civil reuniram-se com a secretária de Administração e Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara

Grupo de trabalho dá continuidade na criação do Plano Estadual da Cultura Técnicos da Secretaria de Estado da Cultura e membros do Conselho Estadual da Cultura (Consec) reuniram-se em Curitiba nesta semana para mais debates sobre a criação do Plano Estadual da Cultura De Curitiba AEN Notícias O trabalho vem sendo desenvolvido desde 2013 com consultoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e é construído com foco nas diretrizes estipuladas pelo Plano Nacional de Cultura. O documento que será criado irá estabelecer metas para a cultura do Paraná para os próximos 10 anos. Os assuntos abordados foram os levantados na 3ª Conferência Estadual da

Cultura, em setembro do ano passado. Depois de concluído, o texto será disponibilizado para consulta pública no site da Secretaria e também serão realizados encontros regionais e setoriais para a coleta de opiniões do público. A previsão é de que isso ocorra ainda no primeiro semestre de 2014. Com o plano, o Paraná dá mais um passo para a implementação do Sistema Estadual da Cultura. METODOLOGIA - O pri-

meiro passo para a criação do Plano Estadual foi a realização de oficinas com professores da UFSC, que teve o propósito de alinhar a metodologia de criação do Plano, com as orientações do Ministério da Cultura (MinC). Os representantes da UFSC são os consultores do Ministério para a construção do Plano em todo o Brasil. Em seguida, foi realizado o diagnóstico e a captação de propostas por meio do formulário disponível no site da Secretaria da Cultura.

Também foram recolhidas sugestões nas conferências de cultura que ocorreram em

todas as regiões do Estado e no Sistema de Informações Culturais.

A próxima reunião do grupo de trabalho será no dia 19 de fevereiro.


6

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

Regional

CENOPAR abre matrícula para Pós Graduação Semi Presencial 11 cursos para a área educacional

Wendy Comunicações Jacarezinho O Centro Educacional do Norte do Paraná (CENOPAR) está com 11 Pós Graduação abertas na área educacional. Com certificação da Faculdade de Pinhais (FAPI) o estudante pode terminar a pós semi presencial em 6 meses ou um ano.

As Pós abertas: Arte e Musicalidade (480h), Docência no Ensino Superior (390h), Educação de Jovens e Adultos (480h), Educação do Campo (450h), Educação Especial e Inclusão (480h), Formação de Tutores para EAD (390h), Gestão Escolar (480h), Metodologia do Ensino de Filosofia e Sociologia (480h), Neuropedagogia (480h) e Psicopedagogia

Institucional (480h). Os interessados podem telefone para o número (43) 3525-6176 ou procurar a unidade da CENOPAR na Rua Padre Mello, 155, centro de Jacarezinho com documentos (original acompanhado de cópias simples): Carteira de Identidade, CPF, Histórico, Diploma, Certidão de nascimento/casamento e Comprovante de residência.

Os horários de atendimentos são das 8 às 12 horas e das 18h30 às 22h30. Para Marcelo Mendonça, responsável pela representação em Jacarezinho, é uma grande oportunidade para os graduados. “São cursos realizados em pouco tempo e com excelente qualidade”, enfatiza. O investimento é de 1 + 11 de R$ 119.

Presidente do CISNORPI solicita Centro de Imagem para a região Wendy Comunicações Cambará O Presidente do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (CISNORPI) e Prefeito de Cambará, João Mattar, solicitou recentemente ao Secretario Estadual de Saúde, Michelle Caputo, um Centro de Imagem para a região.

No local poderia ser feito exames de tomografia, ressonância, entre outros exames. “Seria importante que o Norte Pioneiro fosse beneficiado com esta situação. Diariamente centenas de pessoas precisam ir aos grandes centros em busca de exames especializados”, enfatiza João Mattar.

O deputado estadual Pedro Lupion ressaltou que o governador Beto Richa vem descentralizando as ações por todo o Estado do Paraná na área da Saúde Pública. “É preciso aumentar ainda mais o numero de vagas. Mas nos últimos três anos a espera de cirurgias eletivas diminuiu drasticamente”, finaliza Pedro Lupion.

Polícial

PM prende jovens que roubaram dinheiro e celular em Cambará Os indivíduos foram encontrados debaixo da cama da residência do menor de idade.

De Cambará Isaele Machado Na última sexta-feira (14), por volta das 16h20, a Polícia Militar de Cambará recebeu a denúncia de que dois indivíduos armados com faca adentraram em uma loja de roupas localizada no centro da cidade, na Rua Major Barbosa. De acordo com informações do 2º BPM, os bandidos anunciaram o assalto e roubaram aproximadamente R$700,00 e o celular de uma das funcionárias da loja. Em diligencias, os policiais levantaram a infor-

mação que os indivíduos estavam escondidos na casa do menor envolvido no crime. Os policiais foram até o “esconderijo” e encontraram os criminosos, Douglas Fernando monteiro (19) e o menor de idade que estavam escondidos debaixo da cama. Com eles estavam o dinheiro e o celular roubado. As facas utilizadas no crime também foram apreendidas no local que os dois foram presos. Os dois indivíduos foram encaminhados à Delegacia de Polícia local, bem como o dinheiro e celular apreendidos para restituição aos proprietários.

Dinheiro e celular recuperados

Autores do roubo

Cedida pela PM


7

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

EDITAIS

prefeitura de são josé da boa vista estado do paraná

CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS prefeitura de siqueira campos

PORTARIA nº 023/2014

DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 005/2014

TERMO DE RATIFICAÇÃO

Ratifico a Dispensa de Licitação nº 005/2014, nos seguintes termos:

atribuições legais e regulamentares, nos termos da Lei Orgânica do Município, pela presente;

CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS.

Considerando o ofício 012/2014 de 17/02/2014, da Secretaria Municipal de Educação, o qual solicita a designação das servidoras

CONTRATADA: ALMIRO A. DA SILVA & CIA LTDA ME

abaixo relacionadas para assumir Regencia na Educação Especial no Ensino Fundamental no ano letivo de 2014;

OBJETO: AQUISIÇÃO DE 90 GALÕES DE ÁGUA MINERAL – 20 LITROS; E 90 FARDOS CONTENDO 12 GARRAFAS DE ÁGUA

RESOLVE:

MINERAL – 500 ML SEM GÁS, CONFORME A NECESSIDADE.

Artigo 1º- DESIGNAR as professoras abaixo relacionadas para assumir regência na Educação Especial no Ensino Fundamental, no

VALOR: R$ 6,00 O GALÃO DE 20 L, TOTAL R$ 540,00 (QUINHENTOS E QUARENTA REAIS); R$ 8,00 O FARDO COM 12 GARRA-

ano letivo de 2014.

FAS, TOTAL R$ 720,00 (SETECENTOS E VINTE REAIS), TOTALIZANDO R$ 1.260,00 (UM MIL, DUZENTOS E SESSENTA REAIS). FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Art. 24, Inciso II, da Lei Federal n.º 8.666/93. Siqueira Campos, 13 de fevereiro de 2014 MARCOS ADRIANO DOS REIS PRESIDENTE

PEDRO SERGIO KRONEIS, Prefeito Municipal de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, no uso de suas

Matrícula

Nome

Escola

257-1 058-1 157-1 401-1

Edina Aparecida de Oliveira Janete Aparecida de Carvalho Sueli Aparecida dos Santos Valdelice Marli dos Santos

Esc. Mun. Francisco Abilio Lopes Esc. Mun. Francisco Abilio Lopes Esc. Rural Mun. José de Alencar Esc. Mun. Francisco Abilio Lopes

Artigo 2º- Pelo exercício da função, conforme Artigo 37, Inciso III, Parágrafo 3º da Lei Municipal 756/2012, fica assegurado as referidas servidoras a gratificação correspondente a 50% (cinquenta por cento) do valor do vencimento básico do professor nos termos do

CÂMARA MUNICIPAL

artigo 35 §7º.

CÂMARASiqueira MUNICIPAL DE SIQUEIRA Campos - Estado do Paraná CAMPOS prefeitura de siqueira campos PORTARIA N° 001/2014

Artigo 3º- A gratificação será interrompida no término do ano letivo ou no momento em que o Professor deixar a regência na Educação Especial. Artigo 4º- A presente portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Comunique-se, publique-se, cumpra-se.

Edifício da Prefeitura Municipal de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, em 17 de Fevereiro de 2014; 54º ano da

Emancipação Política do Município. PEDRO SERGIO KRONÉIS

Ementa: Estabelece a programação Financeira e o Cronograma de execução mensal de desembolso para o exercício de 2014, da Câmara Municipal de Siqueira Campos.

Prefeito Municipal

prefeitura de são josé da boa vista estado do paraná

o

VEREADOR MARCOS ADRIANO DOS REIS, Presidente da Câmara Municipal de Siqueira Campos, PR, nos usos das atribuições legais e em conformidade com o disposto no art. 8°, parágrafo único, da Lei Complementar 101/2000, resolve: Art. 1° - Fica estabelecida a programação financeira e o cronograma de execução mensal de desembolso para o Exercício Financeiro de 2014, da Câmara Municipal de Siqueira Campos, conforme disposto no artigo 8°, parágrafo único, da Lei complementar nO101, de 04 de maio de 2000. Parágrafo único - O anexo I estabelece a programação financeira e o cronograma de execução mensal de desembolso para o exercício financeiro de 2014, da Câmara Municipal de Siqueira Campos. Art. 2° - A verificação do cumprimento da Programação Financeira e do Cronograma de execução mensal de desembolso se dará mensalmente e se verificado o desequilíbrio fiscal, o mesmo deverá ser reconduzido, no mês seguinte, aos limites estabelecidos por esta portaria. Parágrafo Único - A não recondução no bimestre seguinte aos limites estabelecidos por esta portaria acarretará ao Órgão que lhe der causa a limitação de empenhos e movimentação financeira, conforme previsto no artigo go, da Lei complementar n.o 101, de 04 de maio de 2000. Art. 3° - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, seus efeitos a 02 de janeiro de 2014.

retroagindo os

EDITAL nº 022, de 14 de fevereiro de 2014.

(PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO – EDITAL nº 21/2014) O Prefeito do Município de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, e a Comissão Organizadora designada nos termos da Portaria nº 22/2014, RESOLVEM retificar o edital nº 21/2014, nos seguintes termos: No item II.5, onde se lê: “2.5. Jornada de trabalho: 20 (vinte) horas semanais.” Leia-se: “2.5. Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais.” São José da Boa Vista-PR; 14 de fevereiro de 2014. PEDRO SERGIO KRONÉIS Prefeito do Município LUCIANO DIAS Membro da Comissão Organizadora SAULO DE OLIVEIRA Membro da Comissão Organizadora DIRCINEI DE PAULO DIAS Membro da Comissão Organizadora

Siqueira Campos - P ANO DOS REIS esidente Praça Brasil, nO 84, CEP 84940-000 - Siqueira www.camarasiqueiracampos.pr.gov.br

Campos (PR)

CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS prefeitura de siqueira campos EXTRATO DE CONTRATO Nº 003/2014

PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 004/2014

prefeitura de siqueira campos estado do paraná DECRETO 1.104/ 2014

CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS CONTRATADA: MONTANHA DE ANDRANDE & FERREIRA LTDA OBJETO: AQUISIÇÃO DE 2000 LITROS DE COMBUSTÍVEL GASOLINA VALOR: R$ 2,999 POR LITRO, TOTALIZANDO R$ 5.998,00 (CINCO MIL, NOVECENTOS E NOVENTA E OITO REAIS) VIGÊNCIA: ATÉ 31/12/2014

Ementa: Abre Crédito Suplementar e dá outras providências. FABIANO LOPES BUENO, Prefeito Municipal de Siqueira Campos, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e ainda amparado na Lei Orçamentária Anual n.º 924/2013, em seu artigo 4º, inciso I e a Lei de Diretrizes Orçamentárias nº. 859/2013 em seu artigo 36º § Único. Decreta: Art. 1º - Fica aberto no corrente Exercício o Crédito Adicional Suplementar, no Orçamento Geral do Município, no valor de R$ 15.400,00 (Quinze mil e quatrocentos reais) destinado ao reforço das seguintes Dotações Orçamentárias. Suplementação 08.001.20.601.0014-2.047.000 Aquisição de Resfriadores de Leite

4.4.90.52.00.00.00

3768

Equipamentos e Material Permanente

R$ 15.400,00

Art. 2º - Os recursos serão suplementados através de superávit apurado no exercício enterior na fonte 768 Convênio Aquisição de Resfriadores de Leite. Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições contrárias. Siqueira Campos, 10 de Fevereiro de 2014. Fabiano Lopes Bueno Prefeito Municipal

prefeitura de são josé da boa vista estado do paraná


8

Terça-Feira / 18 de Fevereiro de 2014

Edição 929

PARANÁ

Equipe da Saúde de SAP realiza dia “D” Durante o evento foram realizadas palestras nas escolas, mutirão de limpeza e panfletagem

De SAP Regiane Romão A equipe de Saúde de Santo Antônio da Platina realizou no último dia 10 de fevereiro, o “Dia D”. Essa operação é realizada no município e visa combater a proliferação dos casos de dengue.

O evento reuniu várias pessoas, que fizeram palestras nas escolas, para mostrar a importância da limpeza dos quintais e dos locais públicos. Após as palestras, foi realizado um mutirão de limpeza no bairro Aparecidinho e também uma panfletagem no centro da cidade.

Regiane Romão

De acordo com o secretário de Saúde, Alexandre Levatti, em 2014 foi registrado apenas um caso de dengue em Santo Antônio da Platina. “Apenas um caso foi registrado, mas o doente tinha feito uma viagem para Goiás e provavelmente contraiu a doença lá”.

Sintomas da dengue: Dengue Clássica Febre alta com início súbito. Forte dor de cabeça. Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos. Perda do paladar e apetite Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores. Náuseas e vômitos Tonturas. Extremo cansaço Moleza e dor no corpo Muitas dores nos ossos e articulações. Dengue hemorrágica Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta: Dores abdominais fortes e contínuas. Vômitos persistentes. Pele pálida, fria e úmida. Sangramento pelo nariz, boca e gengivas. Manchas vermelhas na pele. Sonolência, agitação e confusão mental. Sede excessiva e boca seca. Pulso rápido e fraco. Dificuldade respiratória. Perda de consciência. Na dengue hemorrágica, o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória e choque, podendo levar a pessoa à morte em até 24 horas. De acordo com estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 5% das pessoas com dengue hemorrágica morrem. O doente pode apresentar sintomas como febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, náuseas ou até mesmo não apresentar qualquer sintoma. O aparecimento de manchas vermelhas na pele, sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes podem indicar a evolução para dengue hemorrágica. Esse é um quadro grave que necessita de imediata atenção médica, pois pode ser fatal.

Os profissionais realizaram palestras nas escolas

No bairro Aparecidinho, foi feito um mutirão de limpeza. Uma grande quantidade de lixo foi retirada do local

Seminário debate proximidade de empresas francesas A possibilidade de abrir novos campos de cooperação e parceria com empresas da França, além de estreitar as relações sócio-econômicas e culturais entre as partes, foi enfatizada no Seminário CAP Brasil, com participação do CAP (Club Appui Pays), um grupo francês formado dentro da CCI (Chambre de Commerce D' industrie) Do Paraná AEN Notícias O evento foi realizado quinta-feira (13), no Auditório do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), contando com a participação de uma comitiva francesa, constituída de representantes de polos de indústrias, com foco principal na identificação de oportunidades para instalação de futuras empresas no Paraná. O seminário contou com a presença da cônsul da França no Paraná, Emilie Dely; do presidente da CCFB -PR (Câmara de Comér-

cio França Brasil), Joaquim Ferraz Martins Filho; do secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes; do secretário estadual de Planejamento e Coordenação Geral, Cassio Taniguchi; da diretoria de biotecnologia industrial do Tecpar e de representantes de empresas instaladas no Paraná. Para o diretor de Biotecnologia Industrial do Tecpar, Júlio Salomão, é uma tradição de longa data essa parceria entre a França e o Tecpar. “A parceria foi iniciada nos anos 70. O primeiro contato foi com o Instituto Pasteur,

quando foi iniciada a transferência de tecnologia para a produção da vacina antirrábica”, lembrou Salomão. O secretário João Carlos Gomes também enfatizou a parceria de muitos anos com a França. “O Paraná tem na área de ciência e tecnologia uma parceria antiga com a França e em pesquisa e inovação seremos grandes parceiros”, salientou. Segundo o secretário Cassio Taniguchi, o Paraná tem as melhores condições de estímulo às pequenas e médias empresas do Brasil. “O estado investe maciçamente na atração de indús-

trias, temos condições de incentivo. Com o programa Paraná Competitivo as empresas têm tranquilidade de investir no Estado”, afirmou. A cônsul Emilie Dely destacou que a França importa do Paraná produtos como soja, fios de seda, açúcar a café e busca estreitar as relações de mercado, aumentando o número de produtos exportados. “Os franceses valorizam produtos com a marca Brasil. É preciso ser objetivo para fazer os negócios e entender que os franceses são mais reservados. A confiança se ganha com

tempo”. O objetivo do evento foi conhecer melhor os pontos fortes e as oportunidades de produtos/mercados no Brasil. As empresas francesas puderam aprofundar os aspectos jurídicos, fiscais, logísticos, econômicos e financeiros no âmbito comercial brasileiro. Durante o seminário, foram apresentados testemunhos de dificuldades e sucessos de empresas francesas que vieram se estabelecer na região. Para todas as empresas francesas que participaram do seminário, apresentando suas experiências no mer-

cado brasileiro, o que se destaca é o potencial e a qualidade de vida, principalmente no Paraná. Um exemplo é o grupo francês Limagrain, que tem como principal atividade o desenvolvimento e fornecimento de milho geneticamente modificado para o Brasil e América do Sul. Outro investimento francês é de 2012, quando foi instalada na cidade de Guarapuava a primeira unidade da fábrica francesa de pães e bolos prontos Jacquet, fora da Europa.


Correio Notícias - Edição 929  

Correio Notícias - Edição 929

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you