Page 1

VOL. GALERIA DE ARTE URBANA

08|

2017

ESPECIAL FESTIVAL MURO LX_2016 “STREET ART LISBON, VOL II” COLETIVO LICUADO EM MARVILA

facebook.com/galeriadearteurbana • Insta - @galeria_de_arte_urbana • issuu.com/galeriadearteurbana • youtube.com/user/galeriadearteurbana • Google Art Project - goo.gl/UU8qf4


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NAS PAREDES ... INTI O artista chileno INTI esteve em Lisboa no passado mês de julho de 2016, a convite da plataforma Underdogs, para a realização de uma intervenção artística junto à rotunda das Olaias que contou com o apoio da GAU. A peça versa a temática e a paleta a que o autor já nos habitou, e é a última de uma série de 3 trabalhos intitulada “La Madre Secular”, que integra um conjunto de paredes pintadas em Marselha, Paris e por fim Lisboa. Nas palavras de INTI: “Estas três peças são uma representação leiga da Madonna, onde a imagem sagrada da mulher permanece fora do contexto religioso.” A Underdogs é a plataforma cultural de Alexandre Farto aka Vhils e Pauline Foessel, sedeada em Lisboa, que visa a promoção de artistas ligados às novas linguagens da cultura gráfica e visual de inspiração urbana. Criado em 2010 e consolidado na sua forma actual desde 2013, o projecto assenta em três áreas complementares: uma galeria de arte, um programa de arte pública e a produção de edições de artistas.

©BC

LÓIOS Por iniciativa da Junta de Freguesia de Marvila, o artista Hibashira com o apoio da GAU, deu cor e movimento às paredes do Pavilhão Desportivo dos Lóios em Marvila. Nas palavras do artista, nada melhor que representar os desportos que ali se praticam, desenhando atletas sem expressão, para que todos se possam imaginar naquelas posições, em plena acção desportiva.

©JV

CALÇADA DE SANTO ANDRÉ Para assinalar o Dia Internacional do Preservativo, o artista nacional Hibashira realizou uma intervenção artística na fachada do edifício municipal, nº 81 e 83 da Calçada de Santo André, onde funciona o GAT – Grupo de Atendimento Permanente. A inauguração ocorreu dia 13 de fevereiro de 2016, em conjunto com uma acção de sensibilização, com vista à promoção do uso do preservativo como meio de prevenção da infeção pelo VIH e outras infeções sexualmente transmissíveis. A iniciativa resulta de uma parceria entre o GAT e a AHF – AIDS Healthcare Foundation e contou ainda com o apoio da Galeria de Arte Urbana do Departamento de Património Cultural, do Departamento para os Direitos Sociais, da Direção Municipal de Habitação e Desenvolvimento Local e de diversos serviços da Câmara Municipal de Lisboa.

©BC

08|

VOL.

2017


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

RAM

As colaborações internacionais do writter português RAM foram uma constante na sua produção do ano de 2016, que fica assinalado pelo início do projeto “Ram Lx Portals” que contou com o apoio da Galeria de Arte Urbana. Um conjunto de portais realizados a 4 ou até 8 mãos, foi surgindo na cidade, ligando países e continentes. Em julho contou com Mario Martinez Mars-1, artista plástico baseado em São Francisco (E.U.A), para realizar uma peça localizada na Rua Inácio Pardelhas Sanchez no Bairro da Liberdade. Em setembro, foi a vez de trabalhar com dois artistas italianos, ETNIK e Corn79, com uma intervenção de arte urbana na empena localizada na Rua Dom Luís de Noronha 41, junto à Fundação Calouste Gulbenkian. O nosso agradecimento aos artistas envolvidos pela oferta destas obras de arte urbana à cidade.

©BC

3| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NAS PAREDES ... FESTIVAL TODOS 2016

©JV

Na sua 8ª edição, o Festival Todos -Caminhada de Culturas regressou à Colina de Santana e ao Campo dos Mártires da Pátria, entre os dias 8 e 11 de setembro. Iniciativa da C.M.Lisboa em parceria com a Academia de Produtores Culturais, com o apoio da Junta de Freguesia de Arroios, da Junta de Freguesia de Santo António e de múltiplas instituições, o TODOS promove o encontro e diálogo entre culturas através das artes contemporâneas, incluindo a arte urbana. Com o apoio da Galeria de Arte Urbana e das mãos da street artista Tamara Alves, nasceu o mural que a artista intitulou “Escape Into Life” e

descreve como : “uma convocação corporal que mergulha num misterioso quotidiano imbuído de maravilhas. “Esfomeados histéricos nus” (Allen Ginsberg). A história que corre nas veias dos bairros de Lisboa e o sangue que percorre os nossos corpos funciona como dispositivo de passagem no tempo e como comunicante de instintos. Hoje somos multi-culturais, loucos, de beleza misturada, grotescos, falamos 5 línguas, temos todas as religiões e ainda assim nenhuma. Temos vontade de nos reconhecermos uns nos outros, de vivermos uns com os outros e como o fazemos TODOS juntos.”

SKRAN O artista português SKRAN realizou durante o mês de julho uma intervenção artística nos contentores balneários do campo de jogos da Avenida dos Estados Unidos da América.

©BC

08|

VOL.

2017

Um projecto da Junta de Freguesia de Alvalade que contou com o apoio da Galeria de Arte Urbanda do Departamento de Património Cultural e que pretendeu trazer nova vida ao local e à cidade.


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

MURO DO HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA

©BC

Num projecto da Junta de Freguesia de Aroios em parceria com o Hospital Pediátrico D. Estefânia e que contou com o apoio da GAU, os artistas nacionais Miguel Brum e Nuno Barbedo aka The Caver, realizaram

em junho de 2016, uma intervenção artística no muro de contenção do Hospital Pediátrico D. Estefânia na Rua José Estêvão, alusiva e dedicada aos utentes daquela instituição: o publico infanto-juvenil.

NOMEN A Câmara Municipal de Lisboa inaugurou dia 11 de outubro de 2016 um novo mural de arte urbana, da autoria do artista Nomen, em homenagem ao Professor Moniz Pereira.

Aqui deixamos o convite a todos os interessados para vir conhecer esta nova peça de arte urbana e porque não, praticar também uma atividade desportiva na Pista Moniz Pereira.

©JV

5| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NAS PAREDES ... EDIS ONE – 2 PEÇAS O artista lisboeta Edis One iniciou em 2016, um novo projecto, intitulado “Edis One & Cork & Tile X They Exist Refugees”, executado com materiais tipicamente portugueses - azulejos e cortiça. Para além dos trabalhos que tem desenvolvido no atelier, realizou ainda duas peças no espaço urbano da cidade, localizadas no muro no topo da Avenida das Forças Armadas e num edifício devoluto do Bairro Padre Cruz, sito na Rua do Rio Caia.

© EDIS ONE 2016

©BC

©BC

(MAIS) ARTE URBANA NO Parque José Gomes Ferreira Por iniciativa da Junta de Freguesia de Alvalade, o criador nacional Hugo Lucas, volta ao Parque José Gomes Ferreira, com novas intervenções de arte urbana, desta feita na entrada deste parque municipal. Convidamos todos os interessados a uma visita pela natureza e pela arte. Em 2014 Hugo Lucas foi o artista vencedor do concurso lançado pela Direção Municipal de Ambiente Urbano em parceria com a GAU, para intervenção artística nas 4 estruturas pré-fabricadas que constituem o centro de acolhimento e apoio aos utentes do então inaugurado Parque Aventura - uma zona verde de recreio que tem como uso principal a prática de atividades desportivas e aventura. Sob o tema “A Mata de Alvalade reinventada em 4 atos”, o artista recorreu a um imaginário inspirado no reino vegetal e no vasto leque de elementos botânicos que caraterizam as espécies herbáceas, arbustivas e arbóreas, com o objetivo de promover a integração visual destas estruturas na envolvente do Parque.

©HC

08|

VOL.

2017


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

LICUADO

©BC

Em outubro 2016, o Bairro Quinta Marquês de Abrantes em Marvila recebeu uma intervenção artística da autoria do coletivo LICUADO, dupla de artistas do Uruguai, localizada em Marvila, na Rua Alberto José

Pessoa. Tratou-se de uma iniciativa de sensibilização para a arte urbana, junto da comunidade local deste Bairro, que vai receber a próxima edição do MURO Lx_2017 – Festival de Arte Urbana de Lisboa.

ARTE URBANA NO Parque Urbano/Parque Hortícola do Vale de Chelas Por iniciativa da Direção Municipal da Estrutura Verde, Ambiente e Energia da C.M.Lisboa e com o apoio da GAU, a artista MOAMI, realizou uma intervenção de arte urbana nos 2 equipamentos - Bar/Cafetaria e Sanitários - recentemente inaugurados no Parque Urbano/Parque Hortícola do Vale de Chelas, localizado entre a Av. Santo Condestável e a Av. Avelino Teixeira da Mota, em Marvila. Aqui partilhamos imagens das obras de arte urbana já finalizadas e convidamos todos os interessados em visitar estas novas peças bem como o Parque que conta 16 hectares, uma grande vertente agrícola, Parque Infantil e Skate Parque. ©HC

7| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NAS PAREDES ... VHILS EM MADRID Alexandre Farto aka Vhils realizou mais uma das suas emblemáticas peças, desta feita na fachada da Universidade Carlos III de Madrid, da capital espanhola. Executada no mês de novembro, no âmbito da 14ª Mostra Cultura Portugal, organizada pela embaixada de Portugal em Madrid, a intervenção artística ilustra o rosto do Nobel português da literatura, homenageando José Saramago.

© Embaixada de Portugal em Madrid 2016

VHILS EM LISBOA É a primeira intervenção edificada não destrutiva, concretizada na fachada da GS1 - empresa localizada no Lumiar, apresentando uma reflexão sobre o caos da vida contemporânea e a valorização daquilo que importa reter no meio deste processo - a identidade e a vida humana.

© Fernando Guerra FG+SG | Architectural Photography 2017

08|

VOL.

2017

A obra composta por 49 painéis em alto-relevo que revelam uma imagem inspirada nos QR Code - àrea de ação desta empresa - nos rostos e na exploração “quase arqueológica” da parede, característicos das peças de Vhils.


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

DIAS DO DESASSOSSEGO

©JV

É com muita satisfação que a GAU se associou uma vez mais à EGEAC na 3ª edição dos “Dias do Desassossego”, promovida pela Casa Fernando Pessoa e Fundação José Saramago, entre os dias 16 e 30 de Novembro 2016. A componente de arte urbana da iniciativa esteve a cargo do ilustrador Andre da Loba que realizou uma intervenção artística na Rua de São Bento, 640. O criador nacional desenvolveu um trabalho dedicado à memória da cidade e aos dois vultos da literatura,

Fernando Pessoa e José Saramago. Nas suas palavras: “O Desassossego é, em Pessoa, a deslocação do Eu, o frenesim da mente. Em Saramago é antes a deslocação do Tu, a provocação moral e política. Nesta parede representa-se uma tempestade emocional, em que os dois agentes podem ser a mesma pessoa, ao espelho, ou o Outro, em interacção. Está prestes a chover...” .

9| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NAS PAREDES ... POSTER

MAMBO JAMBO JAMESON

© Paulo S. Coelho 2016

©JV

O Departamento, plataforma amplificadora e dinimizadora de cultura de livre acesso, organizou em Xabregas de 16 a 19 de junho a primeira edição do “POSTER”, que contou com a parceria da GAU. O POSTER é uma mostra pública de arte e palavra que tem como ambiente nativo a rua. Palavras, fotografia, desenho, ilustração e mix media, assumem o formato poster como meio. Uma galeria pública a céu aberto que integrou a colagem e exposição de posters, concebidos por artistas, designers, fotógrafos, escritores e arquitetos portugueses e internacionais depois impressos e colados nas paredes de uma das novas zonas criativas de Lisboa.

Desde setembro do ano passado que a intervenção artística Mamba-de-Jameson ocupa as fachadas da Pensão Amor. Da autoria do Atelier Contencioso, esta peça pretende criar uma presença dinâmica no exterior deste emblemático edifício da Rua Cor de Rosa, envolvendo-o em formas orgânicas que se baseiam nos revestimentos naturais de vários animais, desde as aves às escamosas serpentes que tão fortemente se relacionam com o fruto proibido.

SWEET N’ EIGHT – NOVA PEÇA EM BENFICA

© Pariz One 2016

Aqui mostramos as novas intervenções artísticas de ParizOne e diversos artistas convidados (Edis One, Morta, entre outros), realizadas ao longo

08|

VOL.

2017

do ano de 2016 no muro de gestão partilhada com a GAU, localizado na Estrada do Calhariz de Benfica designado


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

Organizado em parceria com a Junta de Freguesia de Carnide, EGEAC e GEBALIS, o MURO | Festival de Arte Urbana Lx_2016 envolveu um vasto leque de actividades com epicentro no Bairro Padre Cruz, em Carnide. Para além da intervenção artística, o grande evento de arte urbana de 2016 integrou: Exposições de fotografia da GAU e da agência Calipo; Mostra de Cinema organizada em conjunto com a Videoteca Municipal; Conferência Internacional com representantes de festivais e programas dedicados à arte urbana designadamente o Mural Arts Program de Filadélfia (EUA), o Nuart de Stavanger (Noruega), o Asalto de Saragoça (Espanha), o Upfest de Bristol (Reino Unido), e a Inward sediada em Nápoles (Itália). Pensado “de” e “para” todos, o MURO promoveu nas ruas do Bairro Padre Cruz mais de 60 peças realizadas por autores nacionais e internacionais, convidados por Ana Vilar Bravo, Lara Seixo Rodrigues, Miguel Negretti, Pariz One, Pedro Soares Neves, Vhils|Pauline Foessel, grupo de curadores do Festival, a par da Galeria de Arte Urbana. A estes se juntaram durante o Festival vários outros artistas que por iniciativa própria se quiseram associar ao evento, o que acabou por se traduzir num movimento de participação espontâneo, que em muito enriqueceu o Festival.

Destaca-se o projeto “Incursões pela Arte”, organizado em colaboração com o Departamento de Educação da Câmara Municipal de Lisboa nas escolas de Carnide, a promoção de workshops para crianças e seniores, como o “Lata 65”, criado por Lara Seixo Rodrigues e ainda visitas guiadas ao bairro. O MURO incluiu igualmente um conjunto de espetáculos apresentados pelas instituições e associações locais, no âmbito do trabalho de intervenção comunitária, como sessões de teatro de rua, performance, marionetas, leitura e capoeira. O Festival também saiu para “fora do Bairro” e aconteceu noutras zonas da cidade como na Calçada da Glória através da exposição “Muros da Glória”, no Aeroporto de Lisboa com um conjunto de peças executadas no seu interior e em tapumes exteriores, em Entrecampos no muro da Rua Adriano Correia de Oliveira, e um pouco por toda cidade, através de uma nova fase do projeto “Reciclar o Olhar”, com intervenções artísticas espalhadas por toda a cidade de Lisboa.

Fotografia: © CML | DMC | DPC | José Vicente 2016, excepto onde indicado: © CML | DMC | DPC | Bruno Cunha 2016 e Agência Calipo: © Manuel Falcção Malzbender 2016, © João José Bica 2016, © Mário Tavares 2016, © José Eduardo Real 2016, © Filipe Canário 2016

11| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | ANA VILAR BRAVO

JHON DOUGLAS

VIOLANT

RAF

VANESSA ROSA

DRAW & CONTRA

SLAP

©MFM

©JJB

VANESSA TEODORO

08|

VOL.

2017

©MT

ALEXRANDRE ALONSO

©JER

©MFM


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | LARA SEIXO RODRIGUES

©FC

BORDALO II

MÁRIO BELÉM

ADD FUEL

THE EMPTY BELLY

©JJB

©JER

BORONDO

©MT

©JER

BORONDO

13| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | MIGUEL NEGRETTI

LOW BROS

LOW BROS

SPOK

©MFM

CHURE, MOSAIK E BRAY

08|

VOL.

2017

©JER

©JJB

©


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | PARIZ ONE

PARIZ ONE & TELMO E MIEL

©MT

©MT

MR. DHEO

©JER

©FC

©MFM

EDIS ONE

15| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | PEDRO SOARES NEVES

UBER

RAM

MATHIEU TREMBLIN

ROBERT PANDA

©MFM

MAR

©MT

©JER

RAM

08|

VOL.

2017

©JJB


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | VHILS & PAULINE FOESSEL

FELIPE PANTONE

©JER

©MT

©JER

AKA CORDEONE

©MT

©MFM

ANDRÉ DA LOBA

17| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

CURADORIA | GAU

DANIEL EIME

OZE ARV

LEONOR BRILHA

©JER

NOMEN

©MT

©FC

TAMARA ALVES

08|

VOL.

TINTA CRUA

2017

©JER


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

OUTROS

QUÊ? & CREIZ

LBP

ISA SILVA

ADRES

©JER

©JER

MAIS MENOS

SAN SPIGA

©MT

ANNA KHOMENKO

©JER

©MT

ROTE & MITO

VITÓ JULIÃO

MOCS LOIS

THE CAVER

REGG

J.ARACÊ

19| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

EXPOSIÇÕES EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA AGÊNCIA CALIPO

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA GAU

08|

VOL.

2017


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

FORA DO BAIRRO

LUÍS PEDRO DA COSTA | ©BC

MÁRCIO BAHIA, NOMEN & UTOPIA

ANA FONSECA | ©BC

KLIT & SKRAN ©BC

ROTE | ©BC

FRANCISCO CAMILO | ©BC

SMILE

MURTA & UIVO

PEDRO PAZ | ©BC

MIGUEL BRUM

RICARDO XAVIER ANTUNES | ©BC

ISA CABRITA | ©BC

ANDREA TARLI | ©BC

VERA MARTINS | ©BC

MARCELO GOMES | ©BC

21| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NADA

BIGOD

2 CARRY ON

PROJETO BIP ZIP “CRIAR MUDANÇA ATRAVÉS DA ARTE URBANA | Associação Boutique da Cultura e Crescer a Cores Em junho de 2015 a Boutique da Cultura idealizou um projecto de intervenção na área de arte urbana. Desafiou a Crescer a Cores para se juntar a este projecto e ambas as associações candidataram-se ao programa BIP-ZIP da Câmara Municipal de Lisboa. O projecto foi um dos mais votados e foi aprovado tendo iniciado as actividades a 15 de outubros de 2015. De 24 de junho a 31 de julho de 2016, tiveram lugar cerca de 30 intervenções no espaço público do Bairro Padre Cruz resultantes deste projecto. Cada uma das intervenções foi sempre precedida de um forte envolvimento dos moradores, numa interacção muito interessante com os artistas convidados. Após a Ação de Sensibilização “Formação de Pares em Arte Urbana – Parceiros locais do Bairro Padre Cruz” promovida pela GAU, a Boutique da Cultura disponibiliza desde janeiro 2017 um serviço de visitas guiadas (em português e em inglês) regulares pelo núcleo de obras de street art patentes no Bairro. Mais informações e reservas: boutiquedacultura@gmail.com Fotografia: © José Amaral 2016

SKRAN

FRANCISCO CAMILO

DIOGO CAMILO

08|

VOL.

GRÉC & HYTE

2017

SMILE

MARIANA, IVÂNIA, CATARINA, JOÃO E RICARDO

MANOEL JACK

MÁRCIO BAHIA


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

MAIS NAS PAREDES… KOCTEL

25 ANOS DA APAV No âmbito das comemorações dos 25 anos de existência, a APAV promoveu a realização de um mural de arte urbana intitulado “Introspecção” com o apoio da Galeria de Arte Urbana. Este mural é da autoria dos artistas Frederico Draw e Rodrigo Alma, do Colectivo RUA, que colaboraram de forma voluntária. O mural “Introspeção” foi criado com o objetivo não só de assinalar os 25 anos da APAV, mas também de expressar a missão da associação à comunidade onde se insere. Esta obra pode ser vista na Rua Dona Estefânia (cruzamento com a Travessa da Escola Araújo), próximo da Sede da APAV.

©JV

Um cocktail de cores pode agora ser saboreado com o olhar nas paredes junto ao parque infantil do Jardim Maria de Lurdes Pintassilgo, em Lisboa. A obra é do street artist espanhol Koctel, e a analogia é do próprio artista enquanto nos fala sobre o seu universo estético, a inspiração para a produção artística, os contornos e caminhos que tem seguido na carreira como artista urbano. Apesar da proximidade geográfica, Portugal não é um destino frequente nas viagens deste criador, que quis estrear-se na visita a Lisboa através da realização de uma das suas vibrantes peças. O desejo tornou-se realidade através da Junta de Freguesia de Arroios e do Restaurante PSI, que viabilizaram a sua concretização, contando também com a colaboração da Galeria de Arte Urbana. Deixamos o convite a miúdos e graúdos para a degustarem. ©JV

CENTRO DE INOVAÇÃO DA MOURARIA O muro das instalações do Centro de Inovação da Mouraria / Mouraria Creative Hub, inaugurado em maio do ano passado, como incubadora vocacionada para as Indústrias Culturais e Criativas, exibe atualmente um eclético núcleo de intervenções artísticas.

Contando com a pré-existência de um conjunto de imagens da autoria de Camilla Watson, foi lançado um desafio à APAURB – Associação Portuguesa de Arte Urbana que, conjuntamente com writers locais, integrou duas faixas policromadas, com um padrão numa grega geometrizada, traçado a partir de manchas compostas por tags. Posteriormente, o CIM em parceria com a Galeria de Arte Urbana lançaram uma Convocatória que visou a execução de uma outra obra, mais vasta e evocativa de temáticas associadas àquele território. Godmess foi o autor eleito pelo júri e o seu trabalho constrói uma síntese quase cubista, com paleta vibrante e em vários planos, retratando a arquitetura, a azulejaria, a população e as vivências próprias da Mouraria. Este será um espaço de apoio ao lançamento de negócios nas áreas do design, media, moda, música, joalharia, azulejaria, entre outras, integrado na rede de Incubadoras de Lisboa.

©JV

23| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

...ALÉM PAREDES LARGO DA OLIVEIRINHA E CALÇADA DA GLÓRIA Lisboa tornou-se um destino apelativo no universo da arte urbana e diversos criadores nacionais e internacionais deslocam-se frequentemente à nossa cidade e decidem deixar-nos as suas obras nos painéis da Calçada da Glória e do Largo da Oliverinha da GAU.

©BC

©GAU

©BC

©BC

©GAU

08|

VOL.

2017


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

©BC

©BC

©BC

©BC

P28 – PAINÉL DE BELÉM BILLBOARD é um projecto de arte pública contemporânea, criado e desenvolvido pela P28 em parceria com a Sonnabend Collection e Travessa da Ermida, que tem como objectivo manipular os suportes de publicidade para serem alvos de manifestações de arte contemporânea. Este conceito surge da necessidade de reabilitar e reavivar estes suportes que na sua génese foram concebidos para vários propósitos - a publicidade e a propaganda política - reorientando/subvertendo a sua intenção original pelo aproveitamento das suas enormes potencialidades enquanto suporte para a comunicação para as massas. Aqui em destaque a última intervenção patente, localizada na Av. da India e da autoria do criador britânico Jason Martin (1970) que vive e trabalha entre Londres e Portugal. ©JV

25| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

ANIMAÇÃO E PEDAGOGIA VISITAS As visitas guiadas à arte urbana de Lisboa conquistaram definitivamente o interesse do público. É com satisfação que recebemos os pedidos de visita por parte de jornalistas, autores, profissionais de turismo e da animação e pedagogia nacionais e internacionais, bem como das escolas básicas, secundárias, universidades, associações recreativas e de tempos livres, associações culturais e sociais, enfim de uma diversidade de entidades e de públicos. Dar a conhecer e informar sobre a arte urbana da cidade foi em 2016, um dos grandes objectivos da Galeria de Arte Urbana e esperamos que assim continue por muitos e muitos anos.

©GAU

VIDRÕES Com o objectivo de promover a arte junto dos seus “pequenos” alunos, o Externato São Cristóvão contactou a GAU para dar a oportunidade aos seus petizes de pintarem 2 vidrões. Partilhamos nesta edição imagens dos vidrões pintados pelas crianças do Externato São Cristóvão, num animado dia, dedicado à arte urbana e a criatividade.

©GAU

08|

VOL.

2017


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

WORKSHOPS 25 DE ABRIL | Por convite do Gabinete do Primeiro Ministro, a GAU participou nas comemorações do 25 de Abril, através da realização de um workshop de arte urbana que decorreu nos jardins da Residência Oficial do Primeiro Ministro, com o apoio da street artist Catarina Monteiro aka Glam. FESTIVAL IDADE | A Galeria de Arte Urbana esteve presente no Festival Lisboa Idade que aconteceu entre 1 e 3 de outubro no Jardim da Estrela. Em parceria com o GLUM l Grupo Limpeza Urbana Musical, decorreu um workshop de arte urbana pela mão do artista Filipe Gusmão, onde se pintaram diversos caixotes do lixo que foram depois utilizados nas apresentações musicais. O Projecto GLUM pressupõe a criação de diferentes grupos de Limpeza Urbana Musical em diferentes bairros da cidade. Em palco, utensílios de trabalho transformaram-se em instrumentos musicais e revelaram-se os mais improváveis artistas. Uma iniciativa que promove não só a educação ambiental, como também a coesão social. STUDY IN LISBON - ERASMUS | A GAU foi mais uma vez e com muito entusiasmo parceira do “Study in Lisbon”, na semana dos estudantes internacionais que decorreu de 10 a 14 de outubro, através da realização de duas atividades: visita guiada e workshop de arte urbana. A visita guiada de arte urbana passou pelo mais recente conjunto de peças do Bairro Padre Cruz, executadas no contexto do MURO Lx_2016 - Festival de Arte Urbana de Lisboa. No workshop meteram as “mãos na massa” ou neste caso nas latas, experimentando a técnica do aerossol pelas mãos do artista Ozearv, num workshop de arte urbana realizado nos painéis de pintura livre no Largo da Oliveirinha. Os Estudantes Internacionais em Lisboa foram oficialmente recebidos pela cidade e pelo seu Presidente da Câmara, Fernando Medina.

© Pedro Sadio 2016

LATA’65 | No decorrer de 2016, realizámos vários workshops Lata’65 em pareceria com Juntas de Freguesia de Lisboa. Uma iniciativa dirigida ao público sénior, da autoria de Lara Seixo Rodrigues, financiada pelo Orçamento Participativo de Lisboa (2013/14), que visa sensibilizar esta faixa etária para a crescente importância deste tipo de expressões artísticas. Após uma tarde de trabalho em sala, que contou também com o apoio do artista Adres, para além de um enquadramento histórico, foi ministrada a técnica do stencil, registo de intervenção de rua de mais fácil apreensão. Cada participante foi estimulado a criar o seu TAG (assinatura) para posteriormente participar na execução de um mural.

FORMAÇÃO

©GAU

Realizou-se a Ação de Sensibilização em Arte Urbana no Bairro Padre Cruz: “Formação de Pares- Parceiros Locais” em novembro 2016, integrando sessões teóricas, práticas e visitas guiadas, num total de 13h30m de duração. A iniciativa da GAU e do Departamento de Desenvolvimento e Formação da C.M.Lisboa, contou com a parceria da Assembleia de Freguesia de Carnide, Associação de Moradores do Bairro Padre Cruz, Junta de Freguesia de Carnide e do projeto BIP ZIP “Criar Mudança através da Arte Urbana” das Associações Boutique da Cultura e Crescer A Cores - Associação de Solidariedade Social. No final da acção

de sensibilização os participantes ficaram capacitados para realizar uma visita guiada às peças de arte urbana localizadas no Bairro Padre Cruz, realizadas no contexto do “MURO Lx_2016” - Festival de Arte Urbana” e do projecto BIP ZIP “Criar Mudança através da Arte Urbana”. A partir desta acção, a Associação Boutique da Cultura iniciou em janeiro de 2017, um programa de visitas regulares ao conjunto de peças do Bairro Padre Cruz, com um custo acessível e que permite a sustentabilidade do projecto. A adesão do público tem sido significativa, encontrando-se as visitas guiadas até agora realizadas, sempre esgotadas.

27| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

MEGAFONE LANÇAMENTOS Lançamento da primeira edição da “CONVOCARTE”, Revista Digital de Ciências da Arte da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, no dia 15/01/2016, dedicada ao tema da arte pública que integrou o artigo “Alguns Factores Determinantes para o Impacto da Arte Urbana em Lisboa” da autoria da Silvia Câmara da GAU. Fotografia da capa da revista por © CML | DPC | José Vicente 2013, entre outras inseridas na publicação.

CONFERÊNCIAS, CURSOS E COLÓQUIOS Participação nas Jornadas “Processos Participativos em Arte e em Ciência - A Arte Urbana Participativa. Diversos Olhares”, decorridas na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, no dia 25 de fevereiro. Participação no Curso de Verão da Universidad Complutense de Madrid, intitulado “Comisariados alternativos. Nuevas narrativas en museos”, por convite do Museu Thyssen-Bornemisza, realizado nos dias 04 e 05 de julho, onde a GAU apresentou a estratégia municipal de Lisboa para o graffiti e a street art. Participação no Colóquio “As Cores de Lisboa”, decorrido nos dias 17 e 18 de novembro na Sala do Arquivo dos Paços do Concelho, organizado pelo Grupo Amigos de Lisboa - instituição de referência na defesa, investigação e valorização do património da nossa cidade. Através da comunicação “Graffiti e street art: as novas cores da cidade” a GAU partilhou a estratégia municipal para a arte urbana, com projeção de algumas das peças de arte urbana mais emblemáticas.

©GAU

JÚRIS Apoio e participação da GAU no Júri da Mostra de Graffiti de Almada 2016, organizada pela Câmara Municipal de Almada, com pinturas ao vivo que decorreram nos dias 10 e 11 de setembro na Rua Tenente Valadim (Cova da Piedade – Romeira). Apoio à organização e participação no Júri do Concurso de Arte Urbana da Câmara Municipal do Montijo, realizado em junho. A Câmara Municipal do Montijo, pretendeu dinamizar o centro histórico da cidade e reforçar a ligação das artes e das expressões plásticas através de projectos criativos a implementar em espaço público, despertando o interesse da comunidade pela cultura de arte contemporânea, e simultaneamente combater a utilização desordenada e indiscriminada do graffiti na cidade.

REDES SOCIAIS Criação da conta de Instagram da GAU em maio: encontrem-nos em @galeria_de_arte_urbana

©GAU

08|

VOL.

2017


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

PUBLICAÇÕES STREET ART LISBON, VOL 2 Apoio à edição do livro “Street Art Lisbon, vol 2”, em parceria com a Editora Zest que reúne obras de artistas nacionais e internacionais que coloriram a cidade de Lisboa entre 2014 e 2016, num formato semelhante ao 1º volume (com as coordenadas GPS das obras e mapa da obras na cidade incluído), este é um álbum totalmente ilustrado que presta homenagem aos que continuam a tornar Lisboa num centro de arte urbana de referência mundial. O evento de lançamento decorreu no espaço MUWorkspace, com pinturas ao vivo, presença de artistas e animação musical.

DA RUA PARA O MUNDO

STREET ART PORTUGAL

Apoio à publicação do livro “Da Rua para o Mundo: Etnografia Urbana Comparada do Graffiti e do Parkour”, de Lígia Ferro, professora auxiliar convidada do Departamento de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Trata-se de uma edição da Imprensa de Ciências Sociais do Instituto de Ciências Sociais.

Apoio à edição do livro “Street Art Portugal”, em parceria com a Editora Zest. Contempla um conjunto de obrigas realizadas por todo o país nos últimos anos por artistas de nacionalidades diversas que actuam no universo da arte urbana.

29| 


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

OBSERVATÓRIO Fotografia: © Bruno Cunha 2017

Mast Cora | Rua da Quintinha

HELLO THE MUSHROOM | Rua da Boavista

J.M.YES | Rua Vieira da Silva

08|

VOL.

2017

HATORY PABLLO | Avenida Brasília

AUTOR DESCONHECIDO | Largo da Oliveirinha

AUTOR DESCONHECIDO | Travessa do Torrinha


GAU|GALERIA DE ARTE URBANA

NON LISBONNE | Bairro Alto

ALBER | Rua Nova do Carvalho

GUATÉ MAU | Rua de São Pedro de Alcântara

GLAM | Avenida Marechal Gomes da Costa

AUTOR DESCONHECIDO | Calçada do Combro

ALICE PASQUINI | Travessa da Boa Hora

PANG LONDON | Avenida Brasília

31| 


08|

VOL.

2017

EDITORIAL

CONTINUA ...

2016 foi o ano da realização do primeiro grande evento que agregou as diversas vertentes da estratégia municipal para a arte urbana. Por isso, nesta edição as nossas atenções estão naturalmente voltadas para o “MURO - Festival de Arte Urbana Lx_2016”, que decorreu entre 30 de abril e 15 de maio, e que encerrou um ciclo de oito anos de trabalho desenvolvido pela Galeria de Arte Urbana, o projeto do Departamento de Património Cultural da CML dedicado ao graffiti e à street art de Lisboa. E não havia melhor forma de assinalar essa data que com a publicação do VIII volume da Revista da GAU. Após a realização do festival e dos projetos-pilotos que temos vindo a desenvolver nos últimos anos junto dos Bairros Municipais, confirma-se que a aproximação e ligação entre a Arte e a Comunidade é um caminho profícuo para a arte urbana em Lisboa, através do qual as periferias se podem tornar novos centros de atuação, contribuindo para uma revitalização da vivência no espaço público, para a criação de novos traços identitários e laços de pertença dos residentes à cidade. A estratégia que a GAU tem vindo a seguir nos últimos anos, considera que a arte urbana para além da valorização artística, é uma ferramenta de democratização do acesso à cultura, de inclusão social e criativa, e de promoção do diálogo intergeracional. Lisboa, é atualmente considerada uma das mais relevantes cidades mundiais no âmbito da produção na área do graffiti e da street art, mas não foi só o “MURO” que reforçou essa posição de relevo. Muitas outras iniciativas, nas diversas vertentes de trabalho da Galeria aconteceram ao longo de 2016, designadamente intervenção artística de criadores nacionais e internacionais, atividades de animação e pedagogia, projetos de apoio à investigação e à reflexão, apoio a edições, participação no debate sobre arte urbana, promoção da sensibilização, inventariação das peças de street art da cidade, e promoção das relações internacionais e da partilha de experiências e boas práticas neste domínio com outros países.

O MURO | Festival de Arte Urbana de Lisboa vai prosseguir o seu caminho, noutra Freguesia da Cidade. Desta vez o território escolhido situa-se em Marvila e vai acontecer de 25 a 28 de maio. Insere-se no âmbito da Capital Ibero-Americana de Cultura, que em 2017 se celebra em Lisboa e que proporcionará o encontro e partilha entre artistas de arte urbana provenientes de alguns países que integram a comunidade ibero-americana. Na área da produção artística prevê-se a realização de um conjunto de 15 obras de grande escala, em empenas de edifícios situados nos bairros da Quinta dos Alfinetes e Quinta Marquês de Abrantes, entre outras intervenções. A programação do Festival integra ainda visitas guiadas e workshops de arte urbana, concertos e espetáculos, conversas e debates, exposições fotografia e outras actividades de animação de rua, em 4 dias de festa e celebração entre a comunidade de arte urbana, a população de Marvila e da Cidade, e os seus visitantes. Já sabem, entre 25 e 28 de maio, estão todos convidados a visitar o MURO | Festival de Arte Urbana LX_2017. O ponto de encontro é na Biblioteca Municipal de Marvila. Esperamos vê-los por lá!

Jorge Ramos de Carvalho Diretor do Departamento de Património Cultural

FICHA TÉCNICA

GAU VOL 08 – ABRIL DE 2017 PUBLICAÇÃO DA GALERIA DE ARTE URBANA EDIÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA PELOURO DA CULTURA | DIREÇÃO MUNICIPAL DA CULTURA | DEPARTAMENTO DE PATRIMÓNIO CULTURAL Diretor | Jorge Ramos de Carvalho Coordenadora | Inês Machado Redação | Ana Margarida Cruz, Cláudia Silva, Hugo Cardoso, Inês Machado, José Vicente, Miguel Carrelo, Miguel Rato Projeto Gráfico | GAU Design | Ana Filipa Leite Revisão | Sara Simões/Divisão de Promoção e Comunicação Cultural

Secretariado | Gracinda Ribeiro Fotografia da capa | © CML | DMC | DPC | Bruno Cunha 2016 Fotografias | © CML | DMC | DPC | José Vicente 2016/17; © CML | DMC | DPC | Brunho Cunha 2016/17; © CML | DMC | DPC | Hugo Cardoso 2016; © CML | DMC | DPC | GAU 2016/17 Impressão | MX3 Tiragem | 2000 exemplares Fontes | Helvética Neue | Avenir ISSN | 2182 – 777X Depósito Legal | 351671/12 Distribuição | Gratuita Contactos | Rua do Machadinho, nº 20, 1249|150 Lisboa| telef. 218 171 945 gau@cm|lisboa.pt

Profile for GAU galeria de arte urbana

GAU Vol 08  

Publicação semestral da Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal de Lisboa - Especial Festival MURO 2016 - "Street Art Lisbon Vol 2" - Co...

GAU Vol 08  

Publicação semestral da Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal de Lisboa - Especial Festival MURO 2016 - "Street Art Lisbon Vol 2" - Co...

Advertisement