__MAIN_TEXT__

Page 1

Relatório Anual 2018

(ERP)

Transformando desperdícios e resíduos em benefício social

economia circular


‘‘A economia circular na indústria’’


Sumário 04 06 07 08 09 10 11 12 14

Mensagem do Presidente A Fundação dos Bancos Sociais Estrutura Conselheiros Presidentes Órgãos de Administração Objetivos do Conselho de Cidadania Mantenedor Parceiros Estratégicos Instituições beneficentes apoiadas

Relatório de Atividades da FGBS 17 19 25 26 27 29

Distinções e Reconhecimentos Visitantes Assembleias da Fundação Logística Social Cursos e Capacitações Bancos Sociais em Pauta

Resultado anual por Banco Social 35 56 57 58 65 66 67 69 70 71 73 75 76

Banco de Alimentos Banco de Computadores Banco de Gestão e Sustentabilidade Banco de Livros Banco de Materiais de Construção Banco de Mobiliários Banco de Órgãos e Transplantes Banco de Projetos Comunitários Banco de Refeições Coletivas Banco de Resíduos Banco de Tecido Humano-Pele Banco de Vestuários Banco de Voluntários

Transparência 79 87 88 89 93 94 95 96

Demonstrações Financeiras Parecer do Conselho Fiscal Parecer dos Auditores Externos Certidões Negativas Aprovação de Contas do MP/RS Orçamento 2019 Plano de Ação 2019 Serviços prestados em valores financeiros


Mensagem do Presidente 04


FGBS

Relatório Anual 2018

Com 15 ANOS de atividades, o Projeto dos BANCOS SOCIAIS da FIERGS, alicerçado no slogan "Transformar desperdícios em benefício Social", já consagrado nacionalmente como uma inovadora metodologia de mercado para o aproveitamento de resíduos, antecipou ao empresariado do País, uma forma simples e muito prática para implantação dos conceitos de ECONOMIA CIRCULAR. Desenvolvido no Conselho de Cidadania da FIERGS, os BANCOS SOCIAIS contaram desde o inicio, com adesão e participação de inúmeros setores da economia, tais como, a indústria têxtil, indústria da alimentação, indústria moveleira, indústria de medicamentos, indústria de eletrônicos, indústria de materiais de construção, indústria de livros, entre outros. De outra parte, o projeto buscou também a parceria de instituições do terceiro setor como creches, asilos, lares de excepcionais, APAEs, centros comunitários, clubes de mães, etc., para se transformarem em beneficiárias dos resíduos descartados pelas empresas. Com isso, os BANCOS SOCIAIS tornaram-se catalizadores de resíduos industriais de toda ordem, para posterior seleção e aproveitamento destas entidades carentes do Estado, buscando assim não só evitar o passivo ambiental, mas também, transformá-los em produtos de uso, reuso ou de geração de renda e melhor qualidade de vida aos beneficiários. A partir da transformação e o aproveitamento do LIXO DESCARTADO em MATÉRIA PRIMA, o Projeto dos BANCOS SOCIAIS vem promovendo uma ação social de grande relevância e amplitude, preconizando com isso uma verdadeira revolução socioambiental e cultural para o futuro. Com este propósito de mudança de paradigma e tendo a ECONOMIA CIRCULAR como alternativa, os BANCOS SOCIAIS multiplicaram suas ações neste exercício de 2018, e contribuíram para uma economia industrial restauradora e regenerativa, além de proporcionar benefícios altamente significativos para as comunidades carentes do Estado, conforme consta no RELATÓRIO DE ATIVIDADES que submetemos à apreciação de todos, desejando que façam uma boa leitura.

Jorge Luiz Buneder

Coordenador do Conselho de Cidadania da FIERGS Diretor do CIERGS-Centro de Industrias do Rio Grande do Sul Presidente do Conselho de Administração do Banco de Alimentos Presidente da Stemac S/A Grupos Geradores

05


Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais Transformando o desperdício e resíduo em benefício social

Os Bancos Sociais atendem escolas de educação infantil, asilos, lares de excepcionais, entre outras entidades, que possuem função social e idoneidade comprovada.

Nossa História A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais – Indústria da Solidariedade, foi idealizada pelo Conselho de Cidadania da FIERGS e implementada pelo CIERGS em 6 de dezembro de 2003. A iniciativa é pioneira no País e possui envolvimento direto das indústrias do Estado, buscando inserir com mais efetividade o empresariado gaúcho na área de responsabilidade social, além de oferecer natureza jurídica e facilitar a operacionalização do Projeto dos Bancos Sociais.

Em 15 anos os Bancos Sociais beneficiaram milhares de pessoas, levando alimentos, bens, e principalmente a esperança para aqueles que pouco tem.

Bancos mantidos e administrados pela FGBS:

Beneficiários

-Banco de Alimentos -Banco de Computadores -Banco de Gestão e Sustentabilidade -Banco de Livros -Banco de Órgãos e Transplantes -Banco de Materiais de Construção -Banco de Medicamentos -Banco de Mobiliários -Banco de Projetos Comunitários -Banco de Refeições Coletivas -Banco de Resíduos -Banco de Tecido Humano-Pele -Banco de Vestuários -Banco de Voluntários

Os Bancos Sociais da FIERGS atenderam 331 instituições do 3º Setor no exercício de 2018, levando todos os tipos de benefícios necessários para uma melhor qualidade de vida dos beneficiados.

Inspirado no sucesso dos Bancos Sociais, foi criada, em 2007, a Rede de Bancos de Alimentos RS, que abriga 23 Bancos de Alimentos e 48 Núcleos Bancos de Alimentos no Rio Grande do Sul.

O Projeto O projeto dos Bancos Sociais teve como principal estímulo o êxito do Banco de Alimentos. O papel fundamental da Fundação é de “transformar o desperdício em benefício social”. Além de repassar produtos perfeitamente utilizáveis para as instituições cadastradas, são ofertados cursos de iniciação e qualificação profissional e de técnicas de gestão empresarial. O objetivo é criar uma cultura na sociedade sobre resíduos e seu reaproveitamento.

06


FGBS

Relatório Anual 2018

ESTRUTURA DOS BANCOS SOCIAIS - DIAGRAMA

Instalado em um complexo condominial de 10.000m², o Projeto integra hoje 14 Bancos Sociais.

(ERP)

ORGANOGRAMA

Estrutura simples do Projeto dos Bancos Sociais permite sua replicabilidade em quaisquer Federações de Indústrias e congêneres do País.

Presidente Parceiros Estratégicos (Sociedade)

Diretores Conselheiros (Empresários)

Coordenação Executiva Banco de Gestão e Sustentabilidade(ERP)

Assessoria de Marketing*

Assessoria de Serviço Social*

Assessoria Executiva*

Assessoria de Imprensa*

Assessoria Jurídica*

Obs.: A composição dos Conselhos de Curadores e de Administração são totalmente integrados por Diretores do Sistema FIERGS. 07


CONSELHEIROS PRESIDENTES DOS BANCOS SOCIAIS

Gilberto Porcello Petry Presidente do Conselho de Curadores da FGBS Presidente do Sistema FIERGS

Presidente do Conselho de Administração da FGBS Coordenador do Conselho de Cidadania da FIERGS

Eduardo Mainieri Chem

Frederico Gerdau Johannpeter

Aquiles Dal Molin Júnior

Presidente

08


FGBS

ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO DA FGBS

Conselho de Curadores Eduardo Silva Logemann Jorge Gerdau Johannpeter Julio Ricardo Andrigheto Mottin Oscar Alberto Raabe Ricardo Menna Barreto Felizzola Walter Lídio Nunes

Gilberto Porcello Petry - Presidente Ademar de Gasperi André Meyer da Silva Bolivar Baldisserotto Moura Dagoberto Lima Godoy Doris Spohr

Conselho de Administração Francisco Oderich Francisco Renan Oronoz Proença Frederico Gerdau Johannpeter Humberto César Busnello Marcos Odorico Oderich

Jorge Luiz Buneder - Presidente Alexandre Bittencourt de Carli Angelo Garbarski Arildo Bennech Oliveira Claudio Affonso Amoretti Bier Daniela Aesse Kraemer

Conselho Fiscal José Alfredo Laborda Knorr Loivo Hoff André Vanoni de Godoy Gilberto Ribeiro Marco Aurélio Vieira Paradeda Joni Alberto Matte

Auditores Externos Carlos Osvaldo Pereira Hoff (Müller, Prei & Hoff)

Diretor Superintendente Paulo Renê Bernhard

09

Relatório Anual 2018


OBJETIVOS DO CONSELHO DE CIDADANIA

MISSÃO

Para o desenvolvimento do Projeto dos Bancos Sociais, o Conselho de Cidadania persegue os objetivos estabelecidos pelo Sistema FIERGS.

Desenvolver projetos de mobilização e incrementar ações empresariais nas comunidades gaúchas em situação de vulnerabilidade, visando a inserção social e a melhoria da qualidade de vida.

VISÃO

REPRESENTATIVIDADE Ao estabelecer a necessária SINERGIA entre as mais diversas lideranças da Capital e Estado, ficou destacado o reconhecimento da sociedade, a importância e a representatividade do Conselho de Cidadania do Sistema FIERGS, como elemento representativo, fomentador e facilitador, para a obtenção de resultados positivos das ações sociais no ambiente empresarial, que lhe proporcionaram doações e reconhecimentos nacionais e internacionais, que vieram somarse a outras importantes distinções.

Fazer a diferença na Área de Responsabilidade Social, buscando a construção de um mundo melhor. “Transformar o Desperdício em Benefício Social”.

LIDERANÇA Capitalizando a representatividade e a capacidade de arregimentação do Sistema FIERGS. O Conselho de Cidadania conseguiu, a partir da sinergia estabelecida entre as Entidades empresariais, exercer sua liderança com implementação do Projeto dos Bancos Sociais junto às forças vivas da sociedade, tais como Sindicatos, ACIS, Universidades e Clubes de Serviços.

ESTRATÉGIA Mobilizar e compartilhar as iniciativas sociais, primeiramente no Sistema FIERGS, e posteriormente, junto a empresas e sociedade, promovendo ações descentralizadas e contínuas.

INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO O Conselho foi ainda protagonista do desenvolvimento gerado nas mais diversas localidades do Rio Grande do Sul, onde vem sendo implantados os Bancos Sociais, já que a partir desta metodologia, promove o aproveitamento de excedentes, desperdícios, sobras e resíduos nos mais diversos setores da economia, transformando-os em benefício social, e com isso, proporcionando melhores condições de vida e bemestar às comunidades carentes.

Já na sua criação, em 2003, a Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS mostrou-se como uma inovadora metodologia, seguindo o conceito de economia circular, ou seja, uma nova forma de pensar o futuro e como nos relacionamos com o planeta, dissociando o crescimento econômico e o bem-estar humano do consumo crescente de novos recursos.


FGBS

Relatório Anual 2018

Mantenedor A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais tem como Instituidor e Mantenedor o Centro das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul-CIERGS.

‘‘Os Bancos Sociais da FIERGS’’ Uma experiência de economia circular na área de responsabilidade social e sustentabilidade na indústria Gaúcha O conceito de Economia Circular foi implementado na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS) a partir do Projeto dos Bancos Sociais, no ano de 2003, após ter sido idealizado no Conselho de Cidadania, com o slogan “transformar os desperdícios e resíduos em benefício social”. Instalado em um complexo de 10.000m², funciona como catalizador e gerenciador de todo o processo em vários setores da economia. Neste período, os Bancos Sociais não só produziram benefícios à sociedade em geral e instituições carentes, mas também geraram uma grande evolução junto às indústrias dos mais variados setores, já que ao repassar seus descartes aos Bancos Sociais, as indústrias, empresas e redes de supermercados, além de diminuírem custos, evitam o passivo ambiental, e tem um ganho de imagem junto aos seus clientes devidos as ações de responsabilidade social. Utilizando-se desta metodologia, os Bancos da indústria da construção civil, da indústria têxtil, da indústria moveleira, entre tantas outras, tiveram expressivos resultados, seguindo o caminho da logística reversa.

Vista aérea da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul 11


Parceiros Estratégicos Os Parceiros Estratégicos apoiam a iniciativa dos Bancos Sociais com doações de serviços, produtos diversos e voluntariado.

12


FGBS

Relatório Anual 2018

Parceiros Estratégicos REFINARIA DE PETRÓLEO

RIOGRANDENSE

Apoiadores Os Apoiadores auxiliam os Bancos Sociais com doações de produtos e serviços sistemáticos e eventuais. Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

ABRH-RS ADCE ADOSUL Aduana Akol Arroz Dom Carlito Ass. Leopoldina Juvenil Atacadão Bettanin Blue Tree Towers Braskem CEA Cerealista Oliveira CIEE-RS CONAB COOPERGESA COSANS CRA-RS

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

CRBIO-03 CRC-RS CRN-2 CREA-RS Datamex Divulg Engenho Coradini Engenho Viamonense Exército Brasileiro FARSUL Federasul FIATECI Francis Swim Fritz e Frida Goldsztein Grupo Bioseta HEXPO Hotéis DeVille

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ 13

INMETRO Joape Levi Auditores Lilichic Lojas Lebes Maçonaria Marcopolo Marinha do Brasil Ministério Público MAXI TEX MTG Naturovos Nordeste Alimentos OAB-RS Oderich Ouro Verde Panfácil Pedal da Inclusão

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

PERSOL Petrobras PIÁ Plaza Hotéis Prefeitura de Porto Alegre Randon Ritter SEBRAE SINDHA SINDIPAN-RS SINPASUL SERGS Solutintas Superpan Talent Scout Tampinha Legal Unilever


INSTITUIÇÕES BENEFICENTES APOIADAS

Os Bancos Sociais atenderam 331 instituições no exercício de 2018, dentre elas escolas infantis, asilos, lares de excepcionais, associações, e muitas outras. As entidades são previamente cadastradas no Banco de Gestão e Sustentabilidade. Para avaliar as atividades desenvolvidas no decorrer do ano, centenas de presidentes e diretores das entidades beneficentes atendidas participaram de reuniões de qualidade (apuração do índice de satisfação) realizadas no auditório dos Bancos Sociais.

Relação das Instituições beneficiadas Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Abrigo João Paulo II Ação Comunitária Paroquial Ação Social Aliança do RGS Ação Social de Fé Ação Social Paroquial Nsa. Sra. da Conceição ACI Santa Cruz ACM da Vila Cruzeiro - POA ADRA - Associação Comunitária Jardim Protásio Alves Aldeias Infantis SOS - Brasil AMORB - Associação Comunitária dos Mor. do Conj. Rubem Berta AMOVIL - Associação de Moradores e Amigos da Vila Laranjeiras Amparo Santa Cruz - Orionópolis APAE-Ass. de Pais e Amigos dos Excepcionais - Gravataí APAE-Ass.de Pais e Amigos dos Excepcionais - Pinheiro Machado Asilo Amparo à Velhice Família Gustavo Nordlund Asilo Nsa. Sra. Aparecida Asilo Qual Vida Associação Amigos da Restinga Associação Beneficente Cristã de Apoio Proj. Aspirante de Cristo Associação Beneficente Amurt Amurtel Associação Beneficente Sta. Zita de Lucca Associação Bras. de Assist. Social, Cult. Educ. Rest. - Abrasce Associação Brasileira Cultural Beneficente Associação Brasileira de Profilaxia Associação Comunitária Campo Da Tuca

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

14

Associação Comunitária dos Amigos do Lar Creche Vó Maria Associação Comunitária dos Moradores da Ilha das Flores Associação Comunitária dos Mor. do Bairro Jardim Camaquã Associação Comunitária dos Mor. do Conj. Resid. Rubem Berta Associação Comunitária Nova Santa Rita Associação Comunitária Santa Rita de Cássia Associação Comunitária Belém Velho Associação Comunitária Construindo o Amanhã Associação Comunitária dos Moradores da Ilha das Flores Associação Comunitária Jardim Protásio Alves Associação Comunitária Murialdo Associação Comunitária Núcleo Esperança Associação Comunitária Recreio Divisa Associação Comunitária Vila Panorama Associação Corpo de Bombeiros Voluntários de Eldorado do Sul Associação Cultural e Beneficente Ilê Mulher Associação das Creches Beneficentes do RS Associação de Cegos Louis Braille Associação de Moradores da Vila Esperança Cordeiro Associação de Moradores da Vila Mato Grosso Associação de Moradores da Vila Tijuca Associação de Moradores Vila Nossa Senhora da Esperança Associação de Mulheres Boas Amigas Associação de Mulheres Nsa. Sra. Aparecida Associação de Pais e Amigos da Creche Com. Mãezinha do Céu


FGBS

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Associação de Pais e Mães da Vila Nova Brasília Associação de Pais, Amigos, Jovens e Adultos Especiais Associação de Travestis e Transexuais do RS - Igualdade RS Associação dos Amigos Artesões e Pescadores da Ilha Associação dos Caminhadores do Rio Grande do Sul Associação dos Ilhéus Ecológicos Associação dos Moradores da Antiga Vila Divinéia Associação dos Moradores da Vila 14 de Novembro Associação dos Moradores da Vila Nova São Carlos Associação dos Moradores da Vila Parque Santa Anita Associação dos Moradores da Vila Rio Branco Associação dos Moradores da Vila Tijuca Associação dos Moradores Jardim Ipiranga Associação Educacional Santo Agostinho Associação Evangélica Luterana de Caridade - Aelca Associação Famílias em Solidariedade Associação Integração dos Anjos Associação Jardim Wenceslau Fontoura Associação Lar Sagrada Família Associação Lar Santa Rita Associação Liga de Amparo aos Necessitados Associação Madre Tereza de Jesus Associação Missionárias de Beneficência - Centro São José Associação Moradores da Vila Orfanotrófio II Associação Moradores da Vila Pinhal Associação Moradores da Vila São Francisco- Amofram Associação Moradores da Vila Tecnológica Associação Moradores do Jardim das Paineiras Associação Moradores do Jardim São João Associação Moradores do Loteamento Timbauva Associação Moradores do Vale dos Canudos Associação Moradores Vila São Pedro Associação Murialdinas de São José Associação Nsa. Sra. do Perpétuo Socorro Associação Parceiros do Amanhã Associação Portuguesa de Beneficência Associação Servos da Caridade - Lar Don Guanella Associação Viva e Deixe Viver de Erechim Banco de Alimentos de Canoas Banco de Alimentos de Alvorada Banco de Alimentos de Cachoeirinha Banco de Alimentos de Camaquã Banco de Alimentos de Cruz Alta Banco de Alimentos de Gravataí Banco de Alimentos de Guaíba Banco de Alimentos de Pelotas Banco de Alimentos de Rio Grande Banco de Alimentos de Santa Maria Banco de Alimentos de Venâncio Aires Banco de Alimentos Região do Calçado Biblioteca Amaury dos Santos de Rio Grande Biblioteca Comunitária Santana Biblioteca de Campo Bom Biblioteca de Capão do Leão Biblioteca Erico Verissimo de Rio Grande Biblioteca Monteiro Lobato de Rio Grande Biblioteca Pública de Cacequi Biblioteca Pública de Ivoti Biblioteca Pública de São Lourenço Biblioteca Pública de São Sepé Biblioteca Simões Lopes Neto de Pelotas Câmara Rio-Grandense do Livro Casa Aberta de Esteio Casa Comunitária Estrela Mágica Casa da Criança Algodão Doce Casa da Praça de Novo Hamburgo Casa de Apoio Madre Ana Casa de Assist. à Criança da Igreja Metodista Casa de Nazaré - Centro de Apoio ao Menor Casa de Passagem Viva com Esperança Casa do Artista Rio-grandense Casa do Excepcional Sta. Rita de Cássia

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

15

Relatório Anual 2018

Casa do Menino Jesus de Praga Casa dos Cata-ventos de Esteio Catamarã POA/Guaíba Centro Assistencial Paz Centro Com. da Vila Alto Erexim Centro Com. da Vila Orfanotrófio Centro Comunitário de Educação Infantil Favo de Mel Centro Cultural James Kulisz Centro de Atendimento Integrado Morro da Cruz Centro de Educação Ambiental Centro de Educação Infantil Santa Catarina Centro de Educação Infantil Ursinho Pool Centro de Esporte e Lazer Mathias Velho Centro de Reabilitação São João Batista Centro de Recuperação Novos Horizontes Centro Diaconal Evangélico Luterano Centro Educacional e Sócio Cultural Primeiros Passos Centro Infantil Eugênia Conte Centro Infantil Ipezinho de Guaíba Centro Infantil Renascer da Esperança Cerepal-Centro de Reabilitação de Porto Alegre Círculo da Amizade das Mães da V. V. Antunes Círculo Operário Porto Alegrense - Creche Elsinha Círculo Operário Porto Alegrense - Creche Navegantes Clinica Esperança de Amparo à Criança Clube de Mães Amizade Clube de Mães Corrente Infinita Clube de Mães Crecheiras de Origem da Vila Nsa Sra. de Fátima Clube de Mães da Vila União Clube de Mães e Pais Construindo Amanhã Clube de Mães Legionárias do Trabalho Clube de Mães Margarida Alves Clube de Mães Nsa. Sra. Aparecida Clube de Mães Rubem Berta II Clube de Mães Santa Rosa Clubinho da Vovó Colégio Guianuba de Sapucaia Colégio Imaculada de Canoas Comunidade Evang. de Confissão Lut. São Mateus em Porto Alegre Comunidade Terapêutica Acolher Congregação das Irmãs Servas da Imac. Coração da Virgem Maria Conselho Comunitário do Bairro Rio Branco - CONSECOM Conselho de Pais e Moradores da Creche Sagrada Família Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul CPM - Comando de Policiamento Metropolitano da Brigada Militar CRAS Nordeste Creche Balão Mágico Creche Comunitária Nsa. Sra. da Glória Creche Comunitária Vó Ana Creche Estrelinha do Céu Creche Jardim Ingá Creche Recanto da Criança Feliz Creche Renascer Vila América Creche Santo Expedito Delegacia de Eldorado do Sul Diaconia Santo Antônio Escola de Educação Infantil da Vila Santa Rosa Escola de Educação Infantil Divina Infância Escola de Educação Infantil Dom Orione Escola de Educação Infantil Nossa Senhora de Nazaré Escola Egídio Picoli Escola Estadual Brasília Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom José Baréa Escola Estadual de Ensino Fundamental Nehyta Martins Ramos Escola Infantil de Cachoeirinha Escola infantil de Morro Reuther Escola Infantil Jardim Ingá Escola Infantil Jardim Renascença Escola Infantil Vila Elisabeth Escola Ivete Serafim de Erechim Escola Municipal de Educação Infantil Luiz de Oliveira Escola Municipal de Educação Infantil Maria Marques Fernandes


Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Escola Municipal de Ensino Fundamental Marechal Bitencourt Escola Municipal de Rolante Escola Municipal Felipe Becker Escola Olegário Mariano Escola Olinto de Porto Alegre Escola Porto Novo de Lajeado Escola Santos Reis Escola Souza Lobo Escola Técnica Estadual Portão Escola Tiradentes Escola Vila Olímpica de Esteio Escola Vitus André de Lajeado Conselho Regional de Biblioteconomia Farmácia Distrital Sarandi Fase - Caxias do Sul Fase CSE – POA Fase POA 1 - Porto Alegre Fase POA 2 - Porto Alegre Fraternidade Cristã Espírita GAIA. Grupo de Apoio a Infância e Adolescência Gelateca Jardim Itú Gelateca Jardim Planalto Grupo de Idosos Vale a Pena Viver Guerreiros do Bem Hospital de Igrejinha Hospital de Parobé Hospital Espírita de Porto Alegre Hospital Fêmina Hospital São Camilo de Esteio Centro Comunitário Jardim Renascença Instituto de Educação Infantil Colorindo Meu Dia IBCM - Instituto Beneficente Coronel Massot Igreja Evangélica Assembleia de Deus Igreja Evangélica Pentecostal do Brasil Igreja O Brasil Para Cristo Igreja Santa Terezinha Instituição de Amigos Unidos pela Educação Instituição de Educação Cultura e Esporte Maria de Nazaré Instituição de Educação Infantil Brincando de Ciranda Instituição de Educação Infantil Santa Terezinha Instituto Cultural Kizomba Instituto Cultural São Francisco de Assis Instituto das Filhas de Mª Imaculada Creche Mª Brígida Portorino Instituto das Filhas de Mª Imaculada Creche Mª Dolabella Portela Instituto de Amparo ao Excepcional- Inamex Instituto de Assistência e Proteção a Infância Instituto de Pesquisa e Intervenção Sobre Relações Raciais Instituto Educ. Inf. Nsa. Sra. de Fatima Instituto Espírita Dias da Cruz Instituto Maria Imaculada Instituto Maria Imaculada - Medianeira Instituto Psiquiátrico Forense Instituto Social Pertence Institutos Pobres Servos da Divina Providência KINDER - Centro de Integração da Criança Especial Lar da Amizade Lar da Criança de Erechim Lar de Santo Antônio dos Excepcionais Lar Esperança de Porto Alegre Movimento de União, Solidariedade, Paz e Justiça Social Movimento Escola da Vida Município de Vera Cruz Museu e Biblioteca Ilha da Pintada O Pão dos Pobres de Santo Antônio Obra Social Imaculado Coração de Maria Observatório Social de Porto Alegre Pacto/Poa - Pastoral de Auxílio ao Toxicômano de Porto Alegre Paroquia Menino Deus Paroquia N. Sra. Aparecida da Restinga Paroquia São Lourenço Patronato Lima Drummond Patronato Santa Maria

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

16

Penitenciária de Arroio dos Ratos Penitenciária de Canela Penitenciária de Canoas I Penitenciária de Canoas II Penitenciaria de Canoas PECAN Penitenciária de Charqueadas – PASC Penitenciária de Santa Maria Penitenciária Feminina Madre Peletier Penitenciária Industrial de Caxias do Sul Penitenciária Modulada de Montenegro Penitenciária Regional de Caxias Pequena Casa da Criança PIA - União das Irmãs da Copiosa Redenção Ponto de Cultura Projeto Boneca Africana Rana -Ong Águas do Sul Ponto de Leitura Santa Rosa Posto de Saúde Assis Brasil Posto de Saúde Cordeiro Posto de Saúde Navegantes Posto de Saúde Passo das Pedras Posto de Saúde São Borja Presídio de Agudo Presidio de Guaporé Presidio de Lajeado Presídio de Nova Prata Presidio de Osório Presidio de São Francisco de Paula Presidio de Venâncio Aires Presidio Feminino de Lajeado Presidio Militar de POA Projeto Aquarelas Projeto Cisne Branco Projeto Conceito e Arte – Sarandi Projeto de Leitura – Sesi Rio Grande Projeto de Leitura da FACAT Taquara Projeto de Leitura da SUSEP Projeto de Leitura de Erechim Projeto de Leitura TV Sul21 Projeto Historiando - Trensurb Projeto Livraço de Porto Alegre Projeto Livros Livres – Trensurb Projeto Tesouros de Papel Projeto Vida para as nações - Gravataí Quilombo da Paz de Nova Santa Rita Rodoviária de Pelotas Rotary Club de Porto Alegre São João Rotary Club Lindóia-Passo D'Areia Rotary Clube Glória SAPEFO-Sociedade Amigos Pesquisadores do Folclore Secretaria da Educação do Estado do RGS Sociedade Associação Casa da Criança São Vicente de Paulo Sociedade Beneficente Associação Social Prog. Igreja São José Sociedade Beneficente Filhas de Jesus Sociedade Educação e Caridade Instituto Providência Sociedade Espirita Francisco de Assis Sociedade Espírita Maria de Nazaré Sociedade Espirita Simão Pedro Sociedade Esportiva Recreativa Cultural Beneficente Flamengo Sociedade Legião Espirita Sociedade Lit. Car. Santo Agostinho Sociedade Metodista de Amparo a Infância Sociedade Moradores da Vila São Pedro Sociedade Pousada de Luz - Lar do Idoso SUSEPE - Presidio Central de Porto Alegre Vepma - Vara de Penas e Medidas Alternativas Via Vida - Pró Doações e Transplantes


FGBS

Relatório Anual 2018

DISTINÇÕES E RECONHECIMENTOS Distinções recebidas pelos Bancos Sociais

Bancos Sociais da FIERGS são vencedores do Prêmio TOP CIDADANIA ABRH A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS e o Banco de Alimentos de Porto Alegre receberam o Prêmio “Top Cidadania” 2018, da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS). A cerimônia de entrega dos Troféus aconteceu na noite de 03 de outubro, no Grêmio Náutico União, contando com a presença de importantes empresas gaúchas e nacionais. O Prêmio Top Cidadania é um dos mais importantes reconhecimentos às ações sociais realizadas pelas organizações na comunidade, contribuindo para o incentivo dos investimentos sociais nas empresas. O Prêmio Top Cidadania ABRH-RS é uma das maiores referências da América Latina, e reafirma o propósito da n o s s a i n d ú s t r i a ga ú c h a n o a p o i o à s á re a s d e responsabilidade social, sustentabilidade e biodiversidade.

Banco de Alimentos de Porto Alegre recebeu o Troféu Top Cidadania da ABRH-RS

O Banco de Alimentos de Porto Alegre, o primeiro criado no Brasil, foi agraciado com o Prêmio Top Cidadania - Edição 2018 - Categoria Organização, com o case “Passos da Longevidade-Qualidade de Vida”. Desenvolvido pelo Banco de Alimentos, em parceria com a UNISINOS e estagiários de Nutrição, o Projeto têm como objetivo promover melhorias na qualidade de vida de idosos participantes de grupos de convivência das instituições conveniadas ao Banco de Alimentos. Os resultados obtidos com a implantação do Projeto demonstram que práticas educativas em saúde são efetivas, na medida em que incrementam o conhecimento dos idosos, levando em conta seu autocuidado e a melhoria da sua qualidade de vida.

A Fundação dos Bancos Sociais da FIERGS recebeu o Prêmio Top Cidadania ABRH-RS - Edição 2018 - Categoria Organização, com o case “Banco de Materiais de Construção”. O Banco promove a sustentabilidade através do aproveitamento de excedentes, sobras, resíduos, pontas de estoque e tudo o que perdeu valor comercial na área da Construção Civil, transformando-os em benefício social para a população carente, oferecendo o suprimento de necessidades específicas e diminuindo os gastos públicos nas comunidades. Desde a sua criação, o Banco de Materiais de Construção já doou mais de 100.000 itens e capacitou 688 pessoas nos cursos gratuitos. 17


Fundação ABRINQ premia Banco de Alimentos

Rede de Bancos de Alimentos RS recebe homenagem da Defesa Civil

O Projeto Primeiros Passos: Saúde e Nutrição em Berçários, do Banco de Alimentos de Porto Alegre foi vencedor do Prêmio Criança 2018, da Fundação ABRINQ. O evento de premiação aconteceu no Teatro Renaissance, em São Paulo, no dia 13 de dezembro. A Nutricionista do Banco de Alimentos, Evelyn Lima representou o Banco de Alimentos na ocasião.

A Rede de Bancos de Alimentos RS (RBARS) foi homenageada com as medalhas Defesa Civil e Ernesto Dornelles, honrarias que reconhecem o trabalho eficiente na prestação de serviços públicos para a sociedade em nome do Estado.

Em sua 22° edição, o Prêmio Criança reconheceu iniciativas inovadoras direcionadas à Primeira Infância (da gestação até os 6 anos de idade), com foco no direito à educação, proteção e saúde. Criado em 1989, a cada dois anos, o Prêmio reconhece boas práticas realizadas por organizações da sociedade civil e empresas. Em 29 anos de história, já premiou 81 iniciativas implementadas em todo o Brasil.

Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul recebe homenagem da Defesa Civil Nutricionista Evelyn Lima (dir.) recebe premiação da Fundação ABRINQ, em São Paulo

Troféu Símbolo Internacional 2018 A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul recebeu, na noite de 28 de maio, o Troféu Símbolo 2018, durante evento que celebrou os 40 anos da Símbolo Eventos Internacionais. Em nome da Rede de Bancos de Alimentos RS, o Diretor, Renê Mesquita, recebeu a premiação na cerimônia ocorrida no Salão Vip da ASSGAPA/CSSGAPA.

Banco de Resíduos é certificado pelo Instituto Lixo Zero A primeira edição do Prêmio Lixo Zero do Brasil - uma realização do Instituto Lixo Zero Brasil em conjunto ao Menos 1 Lixo - certificou o Banco de Resíduos da FIERGS na categoria ‘‘Redução e Reuso’’, reconhecendo ideias que visam a redução do lixo, seja com atitudes ou produtos de reutilização e não de descarte.

Diretor Renê Mesquita recebe Troféu Símbolo 2018

Banco de Resíduos recebe certificação do Instituto Lixo Zero 18


FGBS

Relatório Anual 2018

VISITANTES Conhecendo de perto os trabalhos dos Bancos Sociais Foto: Visita do Ministério Público-RS

A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS tem recebido frequentemente visitantes do Brasil e do exterior, que vem conferir ‘‘in loco’’ o trabalho desenvolvido e a metodologia dos Bancos Sociais. No último exercício, 19.802 pessoas visitaram a Fundação, o que representa 1.650 visitantes por mês.

19.802 visitantes em 2018

1.650 visitantes ao mês

6.977 veículos em 2018

581 veículos ao mês

Diretor Presidente Ilton Roberto Brum de Oliveira e Diretoria do GBOEX

Ana Luiza Sauerbronn representando a United Nations Food and Agriculture Organization-FAO

General de Brigada Luiz Carlos Padilha e integrantes do Exercito e Marinha do Brasil 19


Ten Cel Roberto do Canto Wilkoszynski e autoridades da Divisão da Assistência às Comunidades Atingidas da Defesa Civil.

Visitantes Rotarianos dos Estados Unidos são recebidos pelo Diretor Francisco Oderich

Andréia Schmitz, Primeira Dama de Carazinho e Diretoria da Rede de Bancos de Alimentos

Comissão do Festival do Japão e Representante da Vigilância Sanitária

Presidente da Fundação Leonística, Guilherme Reinhardt, Esposa Vera e Diretoria do BARGS

Martha Beltrame, Presidente da Associação do Ministério Público

Diretoria do Instituto Cyrela

Grão Mestre e integrantes da Maçonaria 20


FGBS

Relatório Anual 2018

Reunião do Rotary no Banco de Alimentos

Visita de Andréia Dutra, Presidente da Sodexo On-site e Alessandra Bonano, Gerente Sodexo On-Site

Secretário do Meio Ambiente, Maurício Fernandes

Diretoria do Walmart

Prefeito Clenio Boeira da Silva e Comitiva de Dom Feliciano

Ricardo Guagliardo, da 1ª Região Tradicionalista/MTG

Alunos de Administração da UERGS

Câmara de Defesa da Sociedade - FORUM RS 21


Banco de Alimentos de Encruzilhada do Sul

Marcella Miranda, Executiva da Fundação Roberto Marinho

Rafael Alves, do Instituto Cyrela

Embaixadores da SAGE Foundation durante planejamento de ações para os Bancos Sociais

Executivos da SODEXO

Diretoria das Empresas Sodexo e Diet Box

Patrícia Alba, Primeira Dama de Gravataí e Assessoria

Presidente Antonio Rapach e Diretoria do Banco de Alimentos de Canoas 22


FGBS

Relatório Anual 2018

Integrantes da Defesa Civil do Rio Grande do Sul

Elena Soccol, da Yara Fertilizantes visita o Banco de Alimentos

Diretor-Presidente do Grupo Cortel, Rafael Azevedo e colaboradores comemoram sucesso de Campanha em prol do Banco de Alimentos

Rafael Ribeiro, Presidente do Sindividros é homenageado pelo Banco de Alimentos

Dr. Germano Bonow e Diretoria do Hospital Beneficência Portuguesa

Visita do Grão Mestre Tadeu Drago

Tenente-coronel Oto Eduardo Amorim, Comandante da CPM

Prefeito de Santa Rosa Alcides Vicini, Primeira Dama Elenir Vicini e a Assessora Ivete Felcker 23


Reunião com Integrantes da CDS - Forum-RS, CRMV-RS, CRA-RS e CRBIO-03

ONG Parceiros Voluntários

Professores da ULBRA

Colaboradores do SENAI-RS

Dariane Louis e Sérgio Flor, do SENAI-RS

Colaboradores do Sistema FIERGS

Nossa apoiadora Redlar realizou um grande encontro no dia 2 de julho, comemorando o 13º aniversário e o 4º Encontro Start, reunindo no Auditório dos Bancos Sociais colaboradores das cidades onde atua. 24


FGBS

Relatório Anual 2018

ASSEMBLEIAS Fundação dos Bancos Sociais e Banco de Alimentos

Conselhos da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais aprovam Relatório de Atividades e Contas 2017

Banco de Alimentos aprova Contas e Relatório 2017

Os Conselhos de Curadores e de Administração da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS, presididos respectivamente pelos senhores Gilberto Porcello Petry e Jorge Luiz Buneder, aprovaram por unanimidade, no dia 17 de julho de 2018, o Relatório de Atividades e Balanço de 2017, e Plano de Ação e Orçamento de 2018 da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais.

A Assembleia Geral do Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul, realizada em 26 de junho e presidida pelo industrial Francisco Oderich, reuniu Conselheiros, Conselheiros Fiscais, Auditores Externos e Diretores do Banco de Alimentos para avaliação do Relatório Anual e Prestação de Contas do exercício de 2017, e Previsão Orçamentária e Plano de Ação de 2018, os quais foram aprovados por todos os presentes.

Assembleia da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais

Assembleia do Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul 25


LOGÍSTICA SOCIAL Transportando alimento, levando esperança

O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul-SETCERGS, é responsável pelo gerenciamento logístico do Banco de Alimentos e parceiro dos Bancos Sociais em diversos projetos. Com a colaboração do SETCERGS e de suas Empresas Associadas, o Banco de Alimentos está ajudando a combater a fome e a miséria no Rio Grande do Sul.

Transportadoras parceiras do Sábado Solidário em 2018

O SETCERGS é presidido pelo Empresário João Jorge Couto da Silva, também Vice-Presidente do Banco de Alimentos. As Empresas Transportadoras Associadas ao SETCERGS rodam cerca de 100.000 km por ano, em benefício dos Bancos Sociais e contribuem ainda com a manutenção dos caminhões do Banco de Alimentos de Porto Alegre, permitindo que rodem com segurança por 19 rotas, abrangendo todos os bairros da capital gaúcha.

26


FGBS

Relatório Anual 2018

CURSOS E CAPACITAÇÕES Estimulando o crescimento profissional

Em 2018, os Bancos Sociais da FIERGS formaram 398 alunos nos cursos de qualificação e iniciação profissional oferecidos gratuitamente à população. Foram 35 turmas, com 8 cursos dos Bancos de Computadores, Mobiliários e Vestuários. As aulas foram ministradas por instrutores do SENAI-RS, entidade que também confere a certificação aos alunos, promovendo uma verdadeira "inclusão social" de jovens, adultos e idosos.

Cursos dos Bancos Sociais - 2018 Cursos Banco de Mobiliários: Básico de Marcenaria = 5 turmas Ÿ Técnicas de Montagem de Móveis =5 turmas Total de concluintes= 113 alunos Ÿ

Ÿ

Tendo formado 4,5 mil pessoas através dessa parceria, a Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais e SENAI-RS estabeleceram uma verdadeira integração entre as comunidades carentes e as Indústrias, gerando com isto, uma nova visão e melhor compreensão da sociedade como um todo, no que refere ao compromisso e atuação das Indústrias na área de Responsabilidade Social.

Cursos Banco de Computadores Manutenção Equipamentos de Informática =4 turmas Ÿ Básico de Informática =4 turmas Total de concluintes= 89 alunos

Cursos Banco de Vestuários (Iniciação Profissional) Ÿ Transformação de Retalhos = 5 turmas Ÿ Costura e Acabamento = 5 turmas Ÿ Reaproveitamento/Customização = 5 turmas Total de concluintes= 170 alunos

Os cursos oferecidos pela Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais são de segmentos diferenciados, cada um presidido por uma autoridade da respectiva área: Banco de Vestuários, Presidido por Lucila Osório; Banco de Mobiliários, Presidido por Arlene Lubianca; e Banco de Computadores, Presidido por Gilberto Soares Machado.

Curso Banco de Vestuários (Qualificação Profissional) Ÿ Costureiro Industrial = 2 turmas Total de concluintes= 26 alunos

Após a realização dos cursos, a Fundação busca acompanhar o desenvolvimento dos alunos. Também doa matéria prima aos formandos dos Bancos de Vestuários e Mobiliários, para que possam dar continuidade aos seus trabalhos e gerar renda em suas comunidades. Os Bancos Sociais contam ainda com a parceria do SIVERGS e do Instituto Cyrela, os quais possibilitam que os alunos, após formados, se insiram no mercado de trabalho.

Ÿ 398 alunos formados Ÿ 35 turmas Ÿ 8 cursos oferecidos 27


Formaturas No último exercício, os Bancos Sociais da FIERGS formaram 398 alunos, os quais receberam a certificação do SENAI-RS nas cerimônias realizadas no Auditório dos Bancos Sociais. As Formaturas reuniram alunos, familiares, presidentes dos Bancos Sociais, diretores do SENAI-RS e convidados, gerando momentos de conquista, união, aprendizado e alegria aos formandos.

Cursos

Banco de Computadores

Banco de Mobiliários 28

Banco de Vestuários


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCOS SOCIAIS EM PAUTA Retorno de imagem e destaques na mídia

Diversos veículos disseminaram as iniciativas da Fundação no ano de 2018, ressaltando a união da sociedade e a transformação social e cultural que os Bancos Sociais estão realizando no Estado. A Campanha Natal do Bem, em parceria com o Grupo RBS, foi o maior destaque do ano, ganhando repercussão no País através do Jornal Nacional, da Rede Globo, e exposição diária no Jornal do Almoço e programas da RBS TV, durante 78 dias consecutivos.

Jornais, Revistas e Newsletters

HOME

Lançada obra produzida por adolescentes da Fase na 64ª Feira do Livro de Porto Alegre Postado em

O lançamento do livro “Dobras, Pincéis e Vozes”, uma coletânea de materiais textuais e grá?cos produzidos na 1ª edição do Concurso Literário da Fundação de Atendimento SócioEducativo (Fase), ocorreu o?cialmente na 64ª Feira do Livro de Porto Alegre, nesta segundafeira (12), no Espaço do Conhecimento da Petrobrás. A produção de 102 páginas e 50 obras, é uma parceria da Fase com o Programa Estadual de Defesa dos Consumidores (Procon/RS), com o Banco de Livros – Fundação Gaúcha de Bancos Sociais e a Sage Foundation.

29


Notícias 08/11/2018

Grupo RBS e Rede de Bancos de Alimentos lançam Campanha “Natal do Bem 2018” O Grupo RBS lançou, no dia 20 de outubro, no Jornal do Almoço, a campanha

“Natal do Bem”, cujo objetivo é

arrecadar doações para a Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul. A iniciativa

da RBS TV, Jornal do

Almoço, Fundação Maurício

Sirotsky Sobrinho (FMSS) e

Rede de Bancos de Alimentos

RS mobilizará dezenas de

cidades gaúchas e incentivará a doação de alimentos Bancos de Alimentos e Núcleos Bancos de Alimentos locais. Desde o início da Campanha, o Natal do Bem arrecadou 500 toneladas de alimentos. Essa expressiva doação representou 1.250.000 refeições na mesa dos gaúchos que sequer tinham realizada em 2017, foram doadas 267 toneladas

o que comer. Somente na última edição no Natal do Bem,

de alimentos no Estado. No decorrer do Natal do Bem, haverá ações

30

aos


FGBS

RelatĂłrio Anual 2018

TelevisĂŁo

Campanha Cavalgada do Bem no Jornal Nacional - Rede Globo - 15 de dezembro

Os Bancos Sociais foram divulgados nos principais programas do Rio Grande do Sul

31


Sites Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais Clique Alimentos

A Fundação dos Bancos Sociais possui o portal www.bancossociais.org.br que agrega os 14 sites dos Bancos Sociais. Somente em 2018, o site teve 38.868 visitas e 158.232 visualizações de páginas. Um dos maiores interesses dos internautas é a página de ‘‘cursos’’ de iniciação e qualificação profissional oferecidos gratuitamente pelos Bancos Sociais da FIERGS.

Internautas de 153 países e 7.562 cidades já acessaram o site www.cliquealimentos.com.br e realizaram doações de alimentos gratuitamente para a Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul. Em 2018, os internautas clicaram 766.975 vezes no Clique Alimentos. Esse ato representa 766 toneladas de alimentos doados. Através do site Clique Alimentos foram doados mais de 6 milhões de quilos de alimentos para entidades beneficentes. Para comemorar os 6 milhões de cliques, foi desenvolvida uma nova campanha pela Agência Me Gusta, divulgada no Jornal Zero Hora, sites, rádios e redes sociais.

Rede de Bancos de Alimentos RS O site da Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul www.redebancodealimentos.org.br funciona como um portal, abrigando os sites dos Bancos de Alimentos associados. No último exercício, o site teve 22.200 visitas e 74.490 visualizações de páginas.

Bolsa de Recicláveis A Bolsa de Recicláveis www.bolsadereciclaveis-rs.com.br, é uma ferramenta de âmbito nacional que já possui mais de 10 mil empresas cadastradas. Através da Bolsa de Recicláveis, é possível doar, trocar, comprar e vender resíduos gratuitamente. O portal busca fortalecer e criar novas oportunidades para o setor de reciclagem, em todo o País. Plásticos, resíduos orgânicos, metais, borrachas, resíduos de construção e demolição, mineração, vidros, lâmpadas, têxteis, entre outros, são negociados, sem que a empresa precise ter custos para obter este serviço, estimulando o reaproveitamento.

Banco de Alimentos de Porto Alegre O Banco de Alimentos de Porto Alegre possui o www.bancodealimentosrs.org.br, site que em 2018 teve 26.229 visitas e 71.076 visualizações de páginas.

32


FGBS

Relatório Anual 2018

Revista Fazer Bem A 9ª Edição da Fazer Bem, uma publicação da Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul, teve como assunto de capa a ‘‘Cavalgada do Bem’’, matéria que retrata uma das ações mais existosas da Rede, em parceria com a RBS TV, Jornal do Almoço e FMSS. Com 64 páginas e distribuição gratuita, a publicação trata de assuntos atuais relacionados à alimentação saudável, segurança alimentar e solidariedade. A Fazer Bem é direcionada à comunidade atuante e ao meio empresarial, com o objetivo principal de mobilizar para o engajamento no combate à fome e em prol do desenvolvimento social. A Revista Fazer Bem é idealizada pelo Diretor do Banco de Alimentos e Empresário Adir Fração, um dos maiores motivadores da publicação.

A Revista Fazer Bem pode ser acessadas em:

www.redebancodealimentos.org.br/Revistas

Copa Solidária FRONT LIGHT da Rede de Bancos de Alimentos

O Banco de Alimentos lançou a campanha Copa solidária com o objetivo de angariar doações durante a 21ª Copa do Mundo FIFA.

O Front Light cedido pela Triunfo Concepa, foi exposto na Free Way, km 87,9 por dois anos (julho de 2016 a julho de 2018). O Front Light gerou grande impacto visual, valorizou a marca da Rede de Bancos de Alimentos e levou a mensagem de combate à fome para milhares de pessoas diariamente.

Front Light da Rede de Bancos de Alimentos

33


BANCOS SOCIAIS RESULTADOS 2018


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE ALIMENTOS Investindo contra a fome

Criado há 18 anos, o Banco de Alimentos de Porto Alegre já distribuiu 48 milhões de quilos de alimentos para entidades beneficentes e deu origem à Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul. Atualmente a Rede possui 23 Bancos interligados e que seguem a mesma sistemática de trabalho levando alimento, saúde e conhecimento para as comunidades carentes.

A sistemática de trabalho do Banco de Alimentos é muito simples. Os alimentos doados são coletados nos locais e dias indicados pelos doadores. Em seguida, são armazenados na central de arrecadações, onde nutricionistas analisam e determinam quais os tipos de alimentos necessários para as instituições, conforme quantidade e valores nutricionais ideais para suprir os beneficiados. Posteriormente ocorre a distribuição qualificada dos alimentos, entregues para as instituições através do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande-SETCERGS, entidade responsável pelo gerenciamento logístico.

Em 2018, foram arrecadados e distribuídos 769.637 quilos de alimentos em Porto Alegre, beneficiando uma população de 193 instituições, ou o equivalente a 130.000 mil pessoas atendidas por mês.

As entidades beneficentes (entidades assistenciais como creches, escolas, asilos, lares de excepcionais, associações de bairros, entre outras) também recebem treinamento sobre segurança alimentar, higiene e aproveitamento adequado dos alimentos.

O Banco de Alimentos trabalha diariamente para levar àqueles que mais precisam a mínima condição de uma vida digna, que é o alimento. Partindo de um bem estruturado plano de ação, com a criação de um Banco de Dados que lhe permite identificar a real situação das comunidades carentes e, por via de consequência, de suas principais demandas, o projeto tem como finalidade minimizá-las, oferecendo excedentes alimentares e industriais dos mais diversos segmentos, proporcionando cursos de capacitação e introduzindo técnicas de gestão "empresarial" no terceiro setor.

O Banco de Alimentos em 2018

O Banco de Alimentos se orgulha em poder contar com a participação de toda a sociedade, a partir de uma sinergia estabelecida com empresas, sindicatos, bancos comerciais, universidades, clubes de serviços, associações, federações, entidades religiosas, poder público, e muitos outros.

769.637 quilos

2,5 milhões

de alimentos doados

de refeições por ano

130.00 pessoas

193 instituições

atendidas por mês

beneficiadas

35


Projetos de Segurança Alimentar e Nutricional Tendo como propósito transformar a cultura de segurança alimentar e nutricional no nosso Estado, a Equipe de Nutrição do Banco de Alimentos desenvolve CINCO projetos em parceria com as principais universidades gaúchas (Unisinos, IPA, UFRGS, FADERGS, Unilasalle, PUC-RS, Ulbra e UFCSPA). Os Projetos de Segurança Alimentar e Nutricional contam com o dedicado e integral apoio da Família Gerdau Johannpeter, que tem repassado os recursos necessários para a sua efetivação nas dezenas de instituições cadastradas no Banco. Para o desenvolvimento dos Projetos, o Banco de Alimentos conta com uma equipe de três nutricionistas, Psicóloga, Fisioterapeuta e Voluntários. No último ano, 101 estagiários de diversas faculdades participaram dos Projetos. Através dos Programas desenvolvidos, foram atendidas 3.666 pessoas diretamente, de 94 instituições de Porto Alegre. Dezenas de cozinheiros e funcionários das instituições também foram capacitados e participaram dos programas.

Projeto Passos da Longevidade O projeto Passos da Longevidade objetiva a promoção e manutenção da qualidade de vida e saúde da população idosa. Através da participação da equipe interdisciplinar do projeto em grupos de idosos, realizando múltiplas avaliações e ações de educação em saúde, sendo estas, educação alimentar e psicoeducação. Ÿ Ÿ

13 instituições beneficiadas 297 idosos atendidos

Projeto Cozinha Nota Dez O projeto incentiva a promoção da qualidade, segurança alimentar e boas práticas na produção de alimentos nas instituições conveniadas. Ÿ Ÿ Ÿ

12 instituições beneficiadas 1.991 pessoas beneficiadas 6 instituições que evoluíram de categoria

36


FGBS

Relatório Anual 2018

Projeto Primeiros Passos O Projeto visa a promoção da saúde de crianças de 0 a 24 meses, fase de especial importância devido a imaturidade fisiológica, elevada taxa de crescimento e desenvolvimento apresentados pela criança. As ações do Projeto incentivam uma alimentação saudável através do estímulo ao aleitamento materno, introdução adequada dos alimentos complementares, bem como condições satisfatórias de higiene. Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

55 instituições beneficiadas 938 crianças atendidas 571 avaliações antropométricas 490 avaliações de dosagem de hemoglobina

Projeto Oficina do Sabor O projeto tem como objetivo principal incentivar as escolhas alimentares saudáveis tendo a culinárias como eixo estruturante, bem como, proporcionar aos participantes o contato com diversos alimentos e ingredientes, e prevenir o agravo de doenças relacionadas a má alimentação. As oficinas são realizadas na cozinha experimental do Banco de Alimentos e divididas em parte prática e teórica. Além disso, o projeto incentiva o fortalecimento de relações sociais, afetivas e familiares através da replicação de receitas. 13 instituições beneficiadas 337 idosos participantes dos módulos de culinária saudável Ÿ 111 receitas executadas nas oficinas Ÿ 333 idosos avaliados por pesquisa de aceitação das receitas Ÿ Ÿ

37


Projeto Nutrindo o Amanhã O projeto visa contribuir para a promoção e a manutenção da saúde de crianças e adolescentes de instituições conveniadas ao Banco de Alimentos. Estas são acompanhadas semanalmente pela equipe de nutrição que realiza avaliações, ações de educação alimentar e em saúde, palestras, oficinas e capacitações. Ÿ Ÿ

1 instituição beneficiada 107 atendimentos

Segurança Alimentar - Ações realizadas em 2018 Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

94 Instituições tiveram os projetos implementados no exercício; 383 visitas realizadas; 11 profissionais atuantes no Banco de Alimentos; 101 estagiários de nutrição e gastronomia do Banco de Alimentos participaram das atividades; 3.666 atendimentos às entidades; 1.158 avaliações nutricionais e de saúde; 24 participações em palestras sobre saúde nas instituições; 109 palestras e capacitações sobre saúde na sede do Banco de Alimentos; 159 atividades desenvolvidas (nutrição, fisioterapia, psicologia, multidisciplinar); 197 dinâmicas (nutrição, psicologia, fisioterapia, multidisciplinar); 25 atividades do Cozinha Nota Dez (listas de verificações e relatórios); 77 profissionais capacitados em berçários (educadores e manipuladores); 91 oficinas culinárias; 337 idosos participantes de oficinas culinárias; 273 receitas preparadas nas oficinas.

38


FGBS

Extensão Universitária de Nutrição e Gastronomia A extensão universitária é entendida como uma prática acadêmica que interliga a universidade nas suas atividades de ensino e pesquisa com as demandas da maioria da população; possibilita a formação do profissional cidadão e se credencia cada vez mais junto à sociedade como espaço privilegiado de produção de conhecimento, significativo para a superação das desigualdades sociais existentes. No Banco de Alimentos de Porto Alegre, a extensão universitária teve início no ano de 2003 e até o exercício, mais de 400 acadêmicos dos cursos de nutrição das Universidades UNISINOS, UFRGS, PUCRS, UFCSPA, IPA, Fadergs, Unilasalle, ULBRA e UFSM já participaram das ações. As atividades ocorrem por meio de cinco projetos (Nutrindo o Amanhã, Primeiros Passos, Oficina do Sabor, Passos da Longevidade e Cozinha Nota Dez), com diferentes enfoques, nas instituições conveniadas ao Banco de Alimentos, e, no seu laboratório. Em 2018, 101 estagiários de Nutrição participaram dos diversos programas, beneficiando 94 instituições e realizando 3.366 atendimentos a crianças, jovens, adultos e idosos.

Valoroso time de Nutrição e Gastronomia do Banco de Alimentos de Porto Alegre 39

Relatório Anual 2018


Semana da Alimentação Banco de Alimentos Em comemoração a Semana da Alimentação, Nutricionistas e Estagiários do Banco de Alimentos realizaram diversas atividades ligadas à alimentação, em entidades beneficentes e na Praça de Segurança Alimentar e Nutricional. Na Escola Municipal de Educação infantil (EMEI) Humaitá, em Porto Alegre, foi realizada uma oficina de contação de histórias para crianças, em que a personagem "Dona Saladinha" mostrou que os alimentos frescos, in natura, estão entre os mais saudáveis para as crianças crescerem fortes e saudáveis. Já no laboratório de análise sensorial do Banco de Alimentos foi realizada uma oficina culinária com a instituição Alegria de Viver, em que foi ressaltada a importância de uma alimentação saudável, balanceada e o consumo de alimentos in natura, através de preparações práticas, conversas, vídeo e a entrega de materiais explicativos. A Praça de Segurança Alimentar e Nutricional, que acontece todos os anos na Semana Mundial da Alimentação, foi realizada no dia 21 de outubro, no Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre. A equipe de Nutrição do Banco de Alimentos participou do evento com um jogo sobre a classificação dos alimentos de acordo com o processamento.

Praça de Segurança Alimentar e Nutricional, no Parque Farroupilha

Oficina de contação de histórias na Escola Municipal de Educação infantil (EMEI) Humaitá, em Porto Alegre 40


FGBS

Relatório Anual 2018

Banco de Alimentos e SIMERS socorrem Hospital Beneficência Portuguesa

Eventos

O Banco de Alimentos de Porto Alegre e o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) realizaram a entrega de 5 toneladas de alimentos ao Hospital Beneficência Portuguesa. A primeira doação foi realizada no mês de fevereiro, e contou com a presença do presidente do Banco de Alimentos, Paulo Renê Bernhard e do presidente do SIMERS, Paulo de Argollo Mendes que realizaram a entrega a Augusto Veit Junior, presidente do Hospital.

Inter, Instituto Stop Hunger Brasil e Banco de Alimentos  fazem parceria para combater a fome e má nutrição O Instituto STOP Hunger Brasil, organização sem fins lucrativos que tem o objetivo de combater a fome e a má nutrição, realizou em parceria com o Sport Club Internacional um jogo beneficente, no dia 13 de junho, arrecadando 11.792 quilos de alimentos não perecíveis, destinados ao Banco de Alimentos de Porto Alegre.

Grande parte dos alimentos doados foram arrecadados por calouros e veteranos de Medicina durante o Trote Solidário SIMERS em diversos supermercados da capital gaúcha. As doações aconteceram de fevereiro a agosto de 2018.

Durante a iniciativa, realizada no jogo entre o time gaúcho e o Vasco da Gama no Estádio Beira-Rio (Porto Alegre), a torcida foi convidada a doar 1kg de alimento não perecível aos voluntários, que estavam vestidos com a camiseta vermelha do STOP HUNGER na entrada do estádio. As doações também puderam ser feitas nas máquinas de cartão de débito/crédito ao custo de R$3,00 o quilo do alimento.

Entrega de alimentos ao Hospital Beneficência Portuguesa

Banco de alimentos da FIERGS apoia iniciativa da Defesa Civil Uma parceria entre o Banco de Alimentos da FIERGS com a Defesa Civil do Estado movimentou 90 toneladas de alimentos para atendimento aos municípios afetados pela estiagem no Rio Grande do Sul no primeiro semestre de 2018. Os alimentos vindos do Ministério da Integração Nacional beneficiaram 16 municípios. A operação nas instalações do Banco de Alimentos da FIERGS foi comandada pelo Tenente-Coronel Roberto do Canto Wilkoszynski, Chefe da Divisão de Assistência às Comunidades Atingidas (DACA), da Defesa Civil.

Instituto Stop Hunger em prol do Banco de Alimentos

Gurias Coloradas arrecadam doações para o Banco de Alimentos

Desde o final de 2017, municípios da Região Sul do estado e parte da Campanha passavam por problemas decorrentes da estiagem.

As jogadoras coloradas enfrentaram o Vitória, no dia 30 de junho, pela Série A-2 do Brasileirão feminino. O ingresso para o jogo no Beira-Rio foi a doação de um quilo de alimento não-perecível, destinado ao Banco de Alimentos de Porto Alegre.

Iniciativa movimentou 90 toneladas de alimentos em prol dos municípios afetados pela estiagem no Rio Grande do Sul 41


Recorde de doações na Expoagas 2018

Programas do Banco de Alimentos se transformam em Projeto de Doutorado

Os Expositores da Expoagas 2018 demonstraram grande espírito de solidariedade por ocasião da realização da Feira, no dia 23 de agosto. Esta tradicional parceria com a Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS) permitiu aos mais de 50 voluntários do Banco de Alimentos arrecadarem 4,8 toneladas de alimentos e ainda centenas de outros itens. Foram, ao todo, 44 empresas doadoras, o que representou um recorde de participação.

A nutricionista responsável pelos Programas de Qualidade e Capacitação do Banco de Alimentos, Adriana Lockmann, está realizando um doutorado com a sua experiência nos projetos do Banco. No mês de outubro de 2018, foi submetido ao comitê de ética da Universidade Federal das Ciências e Saúde de Porto Alegre o seu projeto de doutorado, que integra a experiência do programa Passos da Longevidade e Oficina do Sabor e tem o objetivo de avaliar a efetividade desses programas de educação alimentar e seus conhecimentos no estado nutricional e na mudança do hábito alimentar dos idosos.

Voluntários do Sistema FIERGS, Escotismo, Diretores do Banco de Alimentos e Estagiários de Nutrição arrecadaram toneladas de frutas, verduras, produtos de mercearia, carnes, iogurtes, massas, doces, bebidas, alimentos não perecíveis diversos, e produtos de higiene e limpeza junto aos estandes. Foram necessários dois caminhões e um veículo utilitário para realizar a logística das doações para as instalações do Banco de Alimentos, onde os alimentos são avaliados, classificados, armazenados e enviados às entidades beneficiadas. Os alimentos arrecadados na Expoagas 2018 foram doados pelas Empresas: Barão Erva Mate, Blue Ville, Boavistense, Bom Princípio Alimentos, Bretzke, Café do Mercado, Canoinhas, Claramax, Cooperativa Piá, Conservas Oderich, Dália, Di Paolo, Doces Forno Velho, Donato Melancias, DRT, Finopel, Florestal, Fruki, Girandosol, IPEL, Isabela, Italac, KFG Distribuidora, Languiru, M. Dias Branco, Marquespan, Mili, Moinho Estrela, Mosmann, Neugebauer, Nordeste, Orquídea, Pamplona, Parati, Pirahy, Porto Fino Alimentos, Punta Ballena, Roseflor, Santa Clara, SEPAC, Superpan, Tirol, Uniagro e Vassoler.

Nutricionista Adriana Lockmann

A AGAS é uma das fundadoras do Banco de Alimentos de Porto Alegre e também apoia as principais campanhas de arrecadação (Sábado Solidário, Super Natal, Trote Solidário-SIMERS), que acontecem em cerca de 100 supermercados do Estado, com arrecadações expressivas.

Doadores de alimentos e Voluntários na Expoagas 2018

42


FGBS

Relatório Anual 2018

7º Festival do Japão arrecada 14 toneladas para o Banco de Alimentos O maior evento da cultura japonesa do Rio Grande do Sul, o 7º Festival do Japão RS, comemorou os 110 anos da imigração japonesa no Brasil com muita solidariedade! Foram arrecadados 14.126 kg de alimentos, doados ao Banco de Alimentos da FIERGS. O evento aconteceu nos dias 18 e 19 de agosto, na Academia da Polícia Militar, reunindo milhares de pessoas. Estiveram presentes na Festividade o Embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada; o Consul Geral do Japão no Sul, Hajime Kimura; o Consul de Porto Alegre, Takashi Kondo; o Presidente da Comissão do Festival do Japão, Milton Hiwatashi; o Prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr; e o Comandante-Geral da Brigada Militar, Cel QOEM Mário Yukio Ikeda. O Banco de Alimentos contou com a participação de dezenas de voluntários do Escotismo, Rotary, Lions e Festival do Japão, que não mediram esforços para captar alimentos nos dois dias de evento. No terceiro ano da parceria, as arrecadações superaram a meta estabelecida. Foram mais de 14 toneladas arrecadadas, o que representa cerca de 35.000 refeições que beneficiarão bebês, crianças, adultos e idosos das entidades atendidas. O Festival do Japão RS foi produzido por uma Comissão composta por voluntários da Associação do Festival do Japão RS, além da participação de cerca de 80 voluntários nos dias do evento que trabalharam em conjunto para a sua realização. A entrega oficial das doações no Banco de Alimentos aconteceu no dia 22 de agosto, com a presença do Presidente Milton Hiwatashi e organizadores da Comissão do Festival do Japão, e Anime Buzz.

Arrecadação de alimentos no Festival do Japão

Tezuma - Arte do Ilusionismo Tradicional Japonês arrecada 500kg ao Banco de Alimentos

O evento destacou a experiência da cultura japonesa ao público com atrações típicas de danças, canto, tambores, taikô, artes marciais, karaokê, exposições e oficinas, além de salas temáticas com bonsai, shodô, origami e jogos. O Festival contou com praça de alimentação que proporcionou a experiência do paladar japonês aos frequentadores, com a variedade da culinária japonesa.

A apresentação “Tezuma - Arte do Ilusionismo Tradicional Japonês” arrecadou 500kg de alimentos destinados ao Banco de Alimentos de Porto Alegre. O evento aconteceu no Teatro Dante Barone, e teve a contribuição espontânea de alimentos dos participantes. A apresentação contou com o apoio da Associação do Festival do Japão RS, uma forma de homenagear a comunidade japonesa do estado do Rio Grande do Sul em menção ao ano comemorativo dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil.

O Anime Buzz, maior evento de anime do Sul do Brasil foi realizado simultaneamente com o Festival do Japão de 2018. Foram dois dias de muita diversão com concursos de cosplay, campeonatos de videogame, shows de dança, exposições, e muita música.

apresentação “Tezuma - Arte do Ilusionismo Tradicional Japonês” arrecadou 500kg de alimentos

A entrega oficial das doações teve a presença do Presidente e organizadores da Comissão do Festival do Japão, e Anime Buzz. 43


GBOEX é homenageado pelo Banco de Alimentos

Sindividros-RS promove parceria com o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos recebeu, no dia 6 de abril, a visita da Diretoria do GBOEX. Na oportunidade, a Entidade foi homenageada com uma placa descerrada na Galeria de Honra do Banco de Alimentos de Porto Alegre, como demonstração de reconhecimento, gratidão e carinho pelo espírito de solidariedade de seus administradores e colaboradores. Com mais de um século de existência, o GBOEX é Mantenedor do Banco de Alimentos, desde sua fundação, no ano 2000.

Uma noite inédita, de capacitação, de motivação e de solidariedade no setor vidreiro no Rio Grande do Sul. Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Sindividros-RS, por meio do Qualividros, reuniu, na FIERGS, 130 mulheres gestoras e funcionárias das indústrias representadas pelo Sindicato, vidraçarias, arquitetas e designers de interiores no Vidro Delas – 1º Encontro Feminino do Setor Vidreiro do RS. O Vidro Delas, teve como inscrição a doação de alimentos não perecíveis, que juntos somaram 100kg repassados ao Banco de Alimentos de Porto Alegre.

O Banco de Alimentos recebeu o presidente da Diretoria Executiva do GBOEX, Ilton Roberto Brum de Oliveira; o diretor Técnico-Comercial, Gustavo Luiz Sodré de Almeida; a Assessora de Marketing e Comunicação, Ana Maria Rabello pinto; e a Analista de Marketing, Eliane Freitas da Silva.

Homenagem O Banco de Alimentos de Porto Alegre recebeu a visita do Presidente do Sindividros - RS, Rafael Ribeiro, no dia 30 de novembro, o qual realizou a entrega simbólica dos alimentos arrecadados no 3º Simpósio Vidro Certo Sul. Na oportunidade, lhe foi entregue a Comenda do Banco de Alimentos e realizado o descerramento da placa do Sindicato nas instalações dos Bancos Sociais da FIERGS. O Sindividros-RS é parceiro do Banco de Alimentos, e grande apoiador da iniciativa, incentivando a doação de alimentos em seus eventos. Somente no 3º Simpósio Vidro Certo Sul, um evento especial para arquitetos, designers de interiores, engenheiros, construtoras, incorporadoras e empresas de esquadrias de médio e grande porte, ocorrido no dia 8 de novembro, o Sindicato arrecadou meia tonelada de alimentos, destinados ao Banco de Alimentos.

Presidente Ilton Roberto Brum de Oliveira e integrantes do GBOEX são homenageados pelo Banco de Alimentos

Presidente do Sindividros - RS, Rafael Ribeiro recebe

GBOEX patrocina sacolas do Banco de Alimentos de Porto Alegre

homenagem do Banco de Alimentos

As novas sacolas do Banco de Alimentos de Porto Alegre, utilizadas para acomodar e transportar os alimentos doados às entidades beneficentes no ano de 2018, foram integralmente patrocinadas pelo GBOEX.

1º Encontro feminino Vidro Delas recebe alimentos das participantes

44


FGBS

Relatório Anual 2018

8ª edição do Tattoo Show RS arrecada 1 tonelada de alimentos

Rede de Bancos de Alimentos RS participa de audiência pública no Senado Federal

O Tattoo Show RS 2018 - O RETORNO trouxe ao Centro de Eventos da PUCRS o tema Menos é Mais, lembrando que Porto Alegre precisa de arte e respeito às diversidades. Foram três de dias de evento: 26, 27 e 28 de outubro, com muitas tatuagens, piercing, food truck, Miss Tattoo, shows, concursos e muito mais. Os expositores e o público puderam desfrutar, também, de uma visita ao museu da PUCRS.

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) promoveu audiência pública no Senado Federal, no dia 5 de junho, para debater o programa de aquisição de alimentos do governo federal. A audiência foi uma sugestão da senadora Ana Amélia Lemos (PP/RS), relatora da avaliação da política pública Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que está em análise na comissão. O presidente da Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul (RBARS), Paulo Renê Bernhard, foi convidado para falar da iniciativa gaúcha.

A 8ª edição em Porto Alegre deu um show de solidariedade! Foi arrecadada no evento uma tonelada de alimentos. As doações representam 3.000 pratos de comida na mesa dos gaúchos que mais precisam. O Tattoo Show RS 2018 é uma realização de Neto Tattoo Body Piercing.

Também foram palestrantes representantes do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Tribunal de Contas da União (TCU), Subsecretaria de Agricultura Familiar da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD), e da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag).

Tattoo Show arrecada 1 tonelada de doações

Paulo Renê Bernhard e senadora Ana Amélia Lemos em Audiência Pública no Senado Federal

Comitiva de Santa Rosa conhece o Banco de Alimentos O Banco de Alimentos recebeu nos dias 11 e 12 de abril, a visita do Prefeito do Município de Santa Rosa, Alcides Vicini; da 1ª Dama de Santa Rosa, Elenir Vicini; e da Assessora de Gabinete, Ivete Felcker. Os visitantes conheceram as instalações dos Bancos Sociais da FIERGS, a metodologia aplicada pela Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul, e os projetos de nutrição e segurança alimentar desenvolvidos pelos Bancos de Alimentos, com o objetivo de implantar a iniciativa do Banco de Alimentos no município.

Bixos de Nutrição da UFRGS fazem arrecadação para o Banco de Alimentos De 6 a 9 de março, ocorreu a arrecadação de alimentos promovida pelo Centro de Empreendimentos em Alimentação e Nutrição – CEANUT, em parceria com Centro Acadêmico de Nutrição Pedro Escudero – CANPE, e os Bixos de Nutrição 2018/1, da UFRGS. Em quatro dias, os Bixos de Nutrição arrecadaram 118 kg de alimentos, em prol do Banco de Alimentos de Porto Alegre.

Bixos de Nutrição da UFRGS arrecadam 118 kg de alimentos

Comitiva de Santa Rosa conhece o Banco de Alimentos 45


CRN-2 promove ações com o Banco de Alimentos

Grupo Cortel realiza ação inédita com a Rede de Bancos de Alimentos RS

Parceiro do Banco de Alimentos desde 2012, o Conselho Regional de Nutricionistas da 2ª Região (CRN-2) realizou diversas ações no ano de 2018, adotando o ingresso solidário como entrada nos seus eventos. Nos seis eventos realizados, foram arrecadados 413 quilos de alimentos não perecíveis, destinados à Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul. A Conselheira Efetiva do CRN-2 e Diretora do Banco de Alimentos de Porto Alegre, Rejane da Fontoura, é a embaixadora da causa no Conselho.

No Dia de Finados, o Grupo Cortel realizou uma ação inédita com a Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul para arrecadar alimentos durante as visitações tradicionais da data. Ao final da ação, a quantidade de alimentos arrecadada foi de 500 kg. A Cortel dobrou essa arrecadação, chegando em 1.000 kg entregues às organizações carentes.

Destaques do CRN-2 em 2018: O CRN-2 levou seu projeto "O Conselho Mais Perto de Você” à cidade de Pelotas. A ação social realizada em 26 de setembro arrecadou mais de 60 quilos de produtos não perecíveis, doados pelos Projeto "O Conselho Mais participantes.

Grupo Cortel doou 1 tonelada à Rede de Bancos de Alimentos RS

Perto de Você” realizado na cidade de Pelotas.

O VI Seminário Temático do CRN-2: Educação alimentar e nutricional para a saúde e qualidade de vida da população, evento que integrou a Semana da Alimentação RS 2018, em outubro, arrecadou 65 VI Seminário Temático do CRN-2, integrou a Semana quilos de alimentos.

Fórum de Nutrição arrecada doações ao Banco de Alimentos Com o objetivo de promover a discussão sobre os alimentos e sua relação com a saúde e segurança do trabalhador da indústria do Rio Grande do Sul, o Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) realizou o Fórum de Nutrição, no dia 4 de abril, na sede da FIERGS. O evento teve quatro painéis com tendências e cases, destinado a nutricionistas e empresas. O ingresso do Fórum foi um quilo de alimento por participante, doados ao Banco de Alimentos de Porto Alegre. Diretoras, Nutricionistas, e Estagiários do Banco de Alimentos acompanharam o Fórum, divulgando a iniciativa para os presentes.

da Alimentação RS 2018.

O "I Encontro de Nutrição do CRN-2” e o "II Me formei, e agora?, que ocorreu em dezembro, direcionados para nutricionistas e acadêmicos de n u t r i ç ã o, c o m o o b j e t i v o o p o r t u n i z a r a t u a l i z a ç ã o Doações do "I Encontro de Nutrição do CRN-2” e "II profissional, angariou 83 quilos Me formei, e agora? de doações.

Ingresso do Fórum de Nutrição (um quilo de alimento) foi destinado ao Banco de Alimentos de Porto Alegre 46


FGBS

Relatório Anual 2018

Lions propaga o Banco de Alimentos no Sul do País A Diretora da Rede de Bancos de Alimentos do RS e Assessora do Banco de Alimentos do Distrito Múltiplo LD e Distrito LD-3, de Lions Internacional Companheira Leão Cloé Duarte Fernandes apresentou o case do Banco de Alimentos em diversas reuniões do Lions em 2018, visando levar a mensagem de combate à fome para todo o País.

Banco de Alimentos é apresentado em eventos do Lions Reunião do Distrito Múltiplo LD 2ª Reunião do Distrito Múltiplo LD, (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) no dia 17 de fevereiro em Ponta Grossa, Paraná, cerca de 300 Leões conheceram os projetos do Banco de Alimentos, entre eles, o Projeto Formiguinha, liderado por Cloé e José Manoel Fernandes.

Reuniões do Distrito LD-3, Ano Leonístico 2017/2018 3ª Reunião do Conselho Distrital (RCD) realizada no dia 17 de março de 2018 em Canoas, para cerca de 200 Companheiros (as), Domadores e LEOs. Ÿ

Ÿ 56ª Convenção Distrital e 4ª Reunião do Conselho Distrital (RCD) realizada no dia 27 de Abril de 2018 em Capão da Canoa, para cerca de 200 Companheiros (as), Domadores e LEOs.

2ª Reunião do Distrito Múltiplo LD

56ª C. Distrital e 4ª RCD em Capão da Canoa

Reuniões do Distrito LD-3, Ano Leonístico 2018/2019 1ª Reunião do Conselho Distrital, com Posse do Gabinete do 2ª Reunião do Conselho Distrital, realizada no dia 24 de Distrito LD-3, 2018/1019, realizada no dia 28 de julho, no novembro de 2018, em Santo Antônio da Patrulha para Círculo Militar de Porto Alegre, para cerca de 250 cerca de 200 Leões Companheiros (as), Domadores e LEOs. Companheiros (as), Domadores e LEOs.

A1ª RCD no Círculo Militar POA

2ª RCD em Santo Antônio da Patrulha

2ª Reunião do Distrito Múltiplo LD, em Ponta Grossa, reuniu cerca de 300 Leões, os quais conheceram o Projeto do Banco de Alimentos 47


Campanhas

O Clique Alimentos (www.cliquealimentos.com.br) recebeu, somente no último ano 766.975 cliques, doando o equivalente em quilos de Alimentos à Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul. Lançado em 2008, o site já foi acessado em 153 países e 7.562 cidades no mundo, contando com 318 empresas parceiras. Em 2018, o site Clique Alimentos atingiu os 6,8 milhões de cliques! Isso significa que 6,8 milhões de quilos de alimentos foram doados gratuitamente para centenas de entidades carentes, de 23 cidades do Rio Grande do Sul. Representa que a solidariedade não tem limite, e que a população está cada vez mais unida para combater a fome. A identidade visual do Clique Alimentos é desenvolvida pela Agência de Publicidade Me Gusta, que desenvolveu para a Campanha peças utilizadas em redes sociais, sites e e-mail, além de anúncio de página inteira publicados no Jornal Zero Hora, em 2018.

Anúncio do Clique Alimentos, desenvolvido pela Agência Me Gusta foi publicado no Jornal Zero Hora

Cidades mais clicadas

Países que mais clicaram

Cidades que mais clicaram

48


FGBS

Relatório Anual 2018

Campanha Receita para Matar a Fome A Chef Bela Gil é a estrela da campanha “Receita Para Matar a Fome” desenvolvida pela Agência Conjunto para o Banco de Alimentos de Porto Alegre, através do apoio da CMPC Celulose Riograndense. Tendo como objetivo desmistificar um assunto sério de forma leve e positiva, a “Receita Para Matar a Fome” busca estimular a participação de empresas e pessoas a fazerem a diferença mostrando a todos como é fácil e necessário ajudar neste tema tão importante. A campanha, gravada no Banco de Alimentos de Porto Alegre, contou com o apoio da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho-FMSS e Grupo RBS, em TV, jornal, rádio e internet. Todas as peças foram produzidas gratuitamente, e contaram com a parceria da M2 Multimídia e Audiobox.

Anúncios publicados no Jornal Zero Hora

Bela Gil no vídeo da Campanha ‘‘Receita para Matar a Fome’’

Campanha Natal do Bem A agência Conjunto colaborou com a Campanha Natal do Bem e a Cavalgada do Bem, desenvolvendo anúncios de página inteira, meia página e rodapé, os quais foram veiculados no Jornal Zero Hora; spots que foram transmitidos nas principais rádios do Grupo RBS; cards para redes sociais, e uma landing page espetacular, utilizada para o cadastro de CTGs e Grupos de Cavalgadas durante a Cavalgada do Bem.

Cards para redes sociais

Anúncio Natal do Bem - Jornal Zero Hora 49

Landing page Cavalgada do Bem


Natal do Bem Uma parceria que mobilizou o Rio Grande do Sul

A Rede de Bancos de Alimentos RS, a RBS TV, o Jornal do Almoço e a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho deram as mãos e realizaram de 20 de outubro de 2018 a 5 de janeiro de 2019 a Campanha ‘‘Natal do Bem’’, uma corrente de solidariedade entre pessoas que tem um pouquinho a oferecer para aqueles que nada têm.

No primeiro ano do Natal do Bem, 60 toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadados. Em 2016, 111 toneladas. Para superar a meta, em 2017, outros veículos do Grupo RBS passaram a integrar o projeto, e foram arrecadadas 266.801kg. Em quatro anos de campanha, já foram arrecadados 892.302 kg de doações.

Em 2018, a Campanha Natal do Bem alcançou a expressiva quan a de 454.501 quilos de alimentos arrecadados! A doação representa 1.500.000 pratos de comida na mesa dos gaúchos que mais necessitam. A inicia va mobilizou 73 cidades gaúchas e incen vou a doação de alimentos aos Bancos de Alimentos e Núcleos Bancos de Alimentos locais. A união dos Bancos de Alimentos, Núcleos Bancos de Alimentos, jornalistas, repórteres, equipe da RBS TV e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho mobilizou a sociedade e pra camente dobrou a quan a arrecadada no ano anterior, em 78 dias de campanha.

O Natal do Bem arrecadou

892.302 kg em quatro anos de Campanha

O Natal do Bem mobilizou milhares de pessoas, que além de doar alimentos, deixaram recadinhos de Natal, mensagens de carinho e reflexão, que foram lidas durante todos os dias da Campanha no Jornal do Almoço. Diversos eventos do Natal do Bem foram realizados no Rio Grande do Sul, com especial destaque para a parceria firmada com o Natal Luz, que encantou Gramado em diversas ocasiões.

Eventos de arrecadação de alimentos do Natal do Bem tiveram transmissão ao vivo no Jornal do Almoço 50


FGBS

Relatório Anual 2018

Todos unidos para um Natal do Bem Empresas e organizações participaram do Natal do Bem O Natal do Bem contou com pontos de arrecadação nas Emissoras da RBS TV, Bancos de Alimentos e Núcleos Bancos de Alimentos do Estado. Diversas empresas, movimentos, condomínios e organizações também abraçaram o Natal do Bem, tornando-se ‘‘pontos de coleta’’ de doações! Veja quem abraçou o Natal do Bem: Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Marinha do Brasil; Comando Militar do Sul; Santa Casa de Misericórdia; Sistema FIERGS; Brigada Militar RS;

Sistema FIERGS

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Marinha do Brasil

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

SETCERGS; FEMSA; INBETTA; Lions; Redlar;

Rotary; Movimento Escoteiro; Associações de Moradores; Condomínios; Shows e espetáculos.

Roda de Samba ‘‘Natal do Lú’’

Amobela

Natal do Bem nas Redes Sociais Músicos, jornalistas e grupos de cavalgadas gravaram vídeos incentivando o Natal do Bem, multiplicando essa ideia em suas redes sociais, uma união de forças que resultou no maior evento de arrecadações de alimentos dos gaúchos.

Mano Lima

Thomas Machado

Elton Saldanha

Fernando Espídola

Manoel Soares

Joca Martins

Shana Muller, Lincon Ramos e Neto Fagundes

Jader Leal

Cristiano Quevedo

Jorge Freitas

Programa Natal do Bem A cidade de Gramado, na serra gaúcha, foi cenário do programa Natal do Bem, exibido pela RBS TV no dia 8 de dezembro, e apresentado por Shana Müller. Inspirado na magia e no espírito de solidariedade do Natal, a atração exibiu uma série de reportagens especiais. O programa retratou o trabalho do Banco de Alimentos e visitou ainda uma das instituições beneficiadas pela campanha de arrecadação de alimentos Natal do Bem. 51


Cavalgadas do Bem

Para celebrar essa ação social foi composta uma música e gravado videoclipe inspirados no Natal do Bem e Cavalgadas do Bem, com ilustres músicos tradicionalistas. A letra é de Rodrigo Bauer e a melodia é de Cristiano Quevedo e Érlon Péricles. O vídeo foi produzido e dirigido por Gustavo Brodinho.

Em 2018, além das doações de empresas, supermercados e universidades, com muita cria vidade foi promovida a primeira edição da “Cavalgada do Bem”, no dia 15 de dezembro. Nesse dia, o povo gaúcho pode orgulhar-se do trabalho de cavalarianos de CTGs e Piquetes, que percorreram mais de 70 municípios, recolhendo 90 toneladas de alimentos, os quais foram para a mesa de milhares de famílias, fazendo com que crianças, jovens, adultos e idosos pudessem ter uma ceia de Natal mais digna. Integrante da campanha Natal do Bem, a Cavalgada do Bem contou com o apoio de grupos e cavaleiros ligados ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), que recolheram, de casa em casa, doações para as en dades atendidas pelo Banco de Alimentos e para diversas en dades e ONGs locais.

confira o videoclipe do Natal do Bem utilizando o QR CODE ao lado, ou acesse o link: http://goo.gl/L6ESDS no seu navegador.

As Cavalgadas do Bem percorreram o Estado do Rio Grande do Sul levando a mensagem da solidariedade ao povo Gaúcho. 52


FGBS

Relatório Anual 2018

Sábado Solidário A gente não dá descanso pra fome A Campanha de arrecadação de alimentos “Sábado Solidário”, realizada pelos Bancos associados à Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul, recebeu a doação de 481.795 quilos de janeiro a dezembro de 2018. O objetivo do Sábado Solidário é arrecadar alimentos para ajudar a minimizar a fome de centenas de entidades gaúchas. A Campanha conta com a parceria dos supermercados locais e da Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS). Todo o trabalho é voluntário e realizado por Clubes de Serviços (Lions e Rotary), Escoteiros, Parceiros Voluntários, Maçonaria, Universitários, Diaconias, Empresas parceiras, entre outros grupos. Em diversas cidades, a logística dos alimentos arrecadados é realizada com presteza pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS).

Trote Solidário Um trote na fome Estudantes de 17 universidades e de 11 cidades gaúchas realizaram o Trote Solidário SIMERS, em duas edições no ano de 2018, arrecadando 56.888.89 quilos de alimentos em prol das entidades beneficiadas pela Rede de Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul. Os alimentos arrecadados representam cerca de 200.000 pratos de comida. O Trote Solidário, realizado pelo Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (NAS-SIMERS), possibilita que calouros e veteranos de Medicina interajam em um ambiente solidário, onde a missão é unir forças para arrecadar alimentos para cerca de 850 entidades carentes atendidas pelos Bancos de Alimentos, e assim, minimizar a fome daqueles que mais precisam. Esse é um exemplo de como a recepção aos calouros pode se transformar em um verdadeiro gesto de solidariedade nas universidades. Centenas de calouros e veteranos de Medicina das universidades FEEVALE, FURG, IMED, PUCRS, UCPEL, UCS, UFCSPA, UFFS, UFPEL, UFRGS, UFSM, ULBRA, UNIFRA, UNIPAMPA, UNISINOS, UNIVATES, UPF participaram da Campanha. Para realização da ação, a Rede conta com a parceria da Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS) e de mais de 100 supermercados no Rio Grande do Sul.

53


Projeto Formiguinha O Projeto Formiguinha, realizado por Cloé Fernandes e José Fernandes, Diretores do Banco de Alimentos de Porto Alegre, vem ganhando destaque e superando as expecta vas. Somente em 2018, foram arrecadados e doados ao Banco de Alimentos 7.526 kg de alimentos. O Projeto é um exemplo de boa vontade e persistência que pode ser replicado na sociedade. Com um pouquinho de cada um, em três anos, foram doados 12.600kg de alimentos. E não faltam ideias para o casal. Integrante do Lions, implantaram o projeto até nas reuniões do Clube, subs tuindo as decorações das mesas por arranjos de alimentos, os quais, após o término das reuniões, são doados. Arrecadação de alimentos para o Projeto Formiguinha em evento do Lions Club

O Projeto Formiguinha está semeando a ideia do Banco de Alimentos na sociedade. Amigos, colegas, vizinhos e empresas já conhecem o Banco através do casal e fazem doações regularmente. Os alimentos arrecadados representam 37.800 refeições na mesa de crianças, adultos e idosos atendidos nas en dades beneficiadas.

Super Natal & Natal do Bem Carrefour Rede de Bancos de Alimentos recebe doações do Natal do Bem Carrefour

Super Natal Banco de Alimentos arrecada 49 toneladas

A Rede de Banco de Alimentos RS participou da Campanha de arrecadação de alimentos ‘‘Natal do Bem Carrefour’’, realizada dia 15 de dezembro, nos supermercados da Rede Carrefour no país. No Rio Grande do Sul, foram arrecadados 1.010 kg de alimentos, coletados nas lojas de Porto Alegre e Caxias do Sul.

A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul arrecadou 49.475 quilos de alimentos na Campanha “Super Natal Banco de Alimentos”, realizada dia 08 de dezembro, em 23 cidades gaúchas. Com as doações, os Bancos de Alimentos proporcionaram um Natal mais digno para milhares de pessoas atendidas em centenas de entidades beneficentes do Estado.

A ação fez parte da sexta edição da Coleta de Alimentos, promovida pela Fundação Carrefour. As lojas da rede foram preparadas com pontos de coleta para receber doações posteriormente destinadas às entidades parceiras das instituições. A mobilização social tem como objetivo contribuir com a redução da fome no país e tornar o Natal uma data ainda mais solidária.

Aproximadamente 1.000 voluntários integrantes de Clubes de Rotary e Lions, diaconias, universidades, funcionários de empresas e grupos escoteiros participaram dessa grande campanha de arrecadação. As doações beneficiaram creches, asilos, lares de excepcionais, escolas, e instituições que atendem pessoas carentes ou com necessidades especiais.

54


FGBS

Relatório Anual 2018

Rede de Bancos de Alimentos A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul (RBARS) foi criada em 2007, com o objetivo de ampliar as atividades do Banco de Alimentos de Porto Alegre, o primeiro Banco de Alimentos criado no Brasil. A Rede visa estabelecer uma padronização de serviços e alinhamento da metodologia, levando os benefícios do Banco de Alimentos para todo o Estado. Atualmente são 23 Bancos de Alimentos associados no Rio Grande do Sul, abrangendo 29 municípios e seguindo a mesma sistemática de trabalho, levando alimento, saúde e segurança alimentar para as comunidades carentes. Em 2018, os Bancos de Alimentos associados à Rede receberam 2.290.581 kg de gêneros alimentícios, os quais foram distribuídos para 773 entidades, contribuindo para a alimentação 868.082 pessoas.

Bancos de Alimentos Associados Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Alvorada Cachoeirinha Camaquã Canoas Capão da Canoa Caxias do Sul

Canoas

Cruz Alta

Pelotas

Cruz Alta Encruzilhada do Sul Gravataí Guaíba Litoral Norte Pelotas

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Camaquã

Uruguaiana

Caxias do Sul

Gravataí

Guaíba

Rio de Janeiro

Santana do Livramento

Porto Alegre Região do Calçado Rio Grande Santa Cruz do Sul Santa Maria Santana do Livramento

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Viamão

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Tramandaí Uruguaiana Vale do Sinos Venâncio Aires Viamão

Santa Maria

Porto Alegre

Capão da Canoa

Vale do Sinos

Venâncio Aires

Região do Calçado

Rio Grande

Núcleos Banco de Alimentos Hortifrutigranjeiros que perderam o valor comercial, mas que apresentam perfeitas condições de consumo humano, são descartados pelos supermercados e doados aos Núcleos Banco de Alimentos, entidades certificadas pela Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul, aptas a recolher, higienizar e utilizar frutas, hortaliças, e produtos de mercearias de supermercados. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul conta com 48 Núcleos distribuídos em 24 cidades Gaúchas.

Cidades que já possuem Núcleos Bancos de Alimentos Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Alvorada Bagé Barra do Ribeiro Bento Gonçalves Erechim Esteio

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Gravataí Guaíba Ijuí Montenegro Novo Hambrugo Pelotas

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

55

Porto Alegre Rio Grande Rosário do Sul Santa Cruz do Sul Santa Maria Santa Rosa

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

São Borja São Gabriel São Leopoldo Sapucaia do Sul Taquara Torres


BANCO DE COMPUTADORES Um futuro melhor para todos

Empresas, universidades e entidades que estejam substituindo seus equipamentos, podem doá-los ao Banco de Computadores, que por sua vez, providencia a devida recuperação dos equipamentos antes de enviá-los às entidades beneficentes. Instituições e comunidades em áreas de risco social, que já mantêm espaços para realização de cursos, ou possuem bibliotecas são a prioridade desse Banco. Somente no último exercício, o Banco de Computadores doou 966 computadores, monitores, periféricos, notebooks e equipamentos de informática para 40 entidades.

89 pessoas foram capacitadas nos cursos gratuitos, oferecidos pelo Banco de Computadores em parceria com o SENAI-RS

O Banco de Computadores capacitou 89 jovens e adultos nos cursos básicos de Manutenção de Equipamentos de Informática, e Básico de Informática. Os cursos são totalmente gratuitos e contam com a capacitação e certificação do SENAI-RS.

Cursos oferecidos pelo Banco de Computadores 89 pessoas capacitadas 8 turmas formadas Curso Básico Manutenção Equip. Informática

Ÿ 43 alunos concluintes Curso Básico de Informática

Ÿ 46 alunos concluintes Alunos no curso Manutenção de Equipamentos de Informática 56


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Mostrando o caminho

O Banco de Gestão e Sustentabilidade, presidido pelo Engenheiro João Antônio Porto Costa é responsável pelo desenvolvimento do software de uso interno da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais e Banco de Alimentos, trabalhando com a operacionalidade e interação de todas as atividades dos Bancos. O Banco de Gestão e Sustentabilidade contou com o apoio da Empresa SAGE, a qual desenvolveu um software para operacionalização e administração da FGBS e dos 23 Bancos de Alimentos existentes no Rio Grande do Sul. Com isso, os Bancos estarão atualizados e oferecendo maior segurança às atividades desenvolvidas no seu dia a dia. O Projeto piloto foi implementado com sucesso em 2018, no Banco de Alimentos de Porto Alegre. Em 2019, os outros 22 Bancos de Alimentos associados à Rede iniciarão a implantação do software. Além do trabalho realizado para o Banco de Gestão e Sustentabilidade, a SAGE e a SAGE Foundation se destacam através do trabalho voluntário e engajamento dos colaboradores que adotaram a bandeira dos Bancos Sociais e Bancos de Alimentos.

Software desenvolvido pela SAGE já está em funcionamento no Banco de Alimentos de Porto Alegre 57


BANCO DE LIVROS Um livro fechado é uma história que ninguem conhece Voluntários da SAGE Foundation

Em 2018, o Banco de Livros doou 71.602 livros para 253 instituições, tais como: escolas, creches, asilos, presídios, associações de moradores, entre outras. Além de doar exemplares, montou bibliotecas e salas de leitura, disponibiliando estantes, mesas, cadeiras computadores, almofadas e outros itens fornecidos gratuitamente pelos Bancos Sociais.

Banco de Livros recebe 182 mil exemplares na Bienal Internacional do Livro Rio O Presidente do Banco de Livros, Waldir da Silveira, participou da 19ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, apresentando o trabalho do Banco de Livros e incentivando as doações. A partir dessa visita foram angariados 182.697 exemplares. Somente a Editora Vozes doou 148.000 livros; outras sete editoras doaram mais 33.897 exemplares, os quais serão enviados para Porto Alegre no decorrer do ano de 2019, por transportadoras parceiras.

O Banco de Livros em 2018 71.602 livros doados

Doações recebidas na 19ª Bienal do Livro:

253 instituições beneficiadas 4.670 doadores de livros 8 Projetos desenvolvidos

58

Ÿ

Editora Vozes - 148.800 livros

Ÿ

Federação Espírita - 12.100 livros

Ÿ

Distribuidora Loyola - 11.418 livros

Ÿ

DCL - 3.916 livros

Ÿ

LPM - 2.280 livros

Ÿ

Melhoramentos - 1.612 livros

Ÿ

Companhia das Letras - 1.452 livros

Ÿ

Global - 1.119 livros


FGBS

Relatório Anual 2018

Banco de Livros recebe doações na Feira do Livro de Porto Alegre

Jovens internos da FASE lançam o Livro Dobras, Pincéis e Vozes

O Banco de Livros participou de 1º a 18 de novembro, da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre, recebendo mais de 5 mil exemplares novos e usados da população gaúcha. O Banco de Livros ganhou um espaço privilegiado, com estande na Praça da Alfândega, próximo à Praça de Autógrafos.

Os textos vencedores do primeiro concurso literário para j o ve n s i nte r n o s d a F u n d a çã o d e Ate n d i m e nto Socioeducativo (Fase) foram reunidos no livro Vozes, pincéis e dobras ilustrado por adolescentes da instituição e lançado no Espaço do Conhecimento da Petrobras, na Feira do Livro. Fruto de uma parceria da Fase com o Banco de Livros da FIERGS, a Sage Foundation e o Procon-RS, a iniciativa deve se tornar bianual, na sequência de cada edição do concurso.

No estande do Banco de Livros, uma equipe formada por colaboradores e voluntários recepcionaram o público e receberam as doações. Escritores, livreiros, e a população em geral não só doaram, como também puderam conhecer melhor o trabalho realizado pelo Banco de Livros.

As bibliotecas nas unidades da Fase em parceria com o Banco de Livros começaram as ser criadas em 2012, e a iniciativa foi muito bem recebida pelos adolescentes, que, desde então, passaram a se envolver em projetos de leitura, desenhos e escrita. O projeto também contempla as famílias dos adolescentes que durante as visitas podem fazer a leitura ou levar o material emprestado para casa.

O evento é considerado referência no país por seu caráter democrático e pela consistência do trabalho que desenvolve na área da formação de leitores e de mediadores da leitura, além de programação cultural 100% gratuita. Realizada desde sua primeira edição na Praça da Alfândega, Centro Histórico da capital gaúcha, a Feira é dividida em Área Geral, Área Internacional e Área Infantil e Juvenil. Centenas de escritores, ilustradores, contadores de histórias e outros profissionais participam do evento, que contou com sessões de autógrafos, mesas-redondas, oficinas, palestras e programações artísticas, entre outras atividades.

Lançamento da Obra Livro Vozes, pincéis e dobras, na Feira do Livro de Porto Alegre.

Waldir da Silveira, presidente do Banco de Livros (dir); Robson Zinn, presidente da FASE(centro); e Jane Silveira, da SAGE (esq).

Doações ao Banco de Livros na 64ª Feira do Livro

Esquerda: Livro Vozes, pincéis e dobras 59


Trensurb firma termo de cooperação com os Bancos Sociais

Campanha da Agência Escala dá voz a apenados

A Trensurb firmou termos de cooperação com a Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais e o Sesi-RS a fim de formalizar a parceria com esses órgãos na realização de atividades de incentivo à leitura.

“Prefácios de Histórias” traz textos de abertura de seis obras clássicas (de escritores de diversas nacionalidades) que foram escritos por internos de quatro penitenciárias gaúchas. “E se o começo de um livro contasse o recomeço de uma vida?” Essa é a provocação que a Escala traz para a campanha de divulgação do projeto “Passaporte para o Futuro”, do Banco de Livros. Para mostrar a importância da doação de livros e o incentivo à leitura nos presídios, nada melhor do que dar voz aos próprios apenados. A ação foi integralmente planejada e executada pela agência Escala.

O projeto Historiando oferece contações de histórias nas estações do metrô para alunos da rede pública. Desde o início do projeto, em junho de 2017, o Banco de Livros fornece publicações para doação às escolas participantes. O termo assinado tem vigência de doze meses – e pode ser prorrogado automaticamente, garantindo, dessa forma, a continuidade do projeto Historiando.

“Romeu e Julieta”, “Rei Lear”, “Dom Quixote”, “Dom Casmurro”, “Triste Fim de Policarpo Quaresma” e “Poemas de Fernando Pessoa” ganharam novas capas criadas pela equipe da agência Escala, que doou a impressão de 140 livros. Além disso, em parceria com a produtora Libre, também foram gravados depoimentos com os apenados sobre como o acesso aos livros faz diferença em suas vidas.

Outro termo firmado formaliza a parceria para a continuidade do projeto Livros Livres. Lançada originalmente em 2015 e retomada no início de 2018, a iniciativa disponibiliza livros para trocas em caixas customizadas nas estações Mathias Velho, Esteio, Sapucaia, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

O projeto “Prefácios de Histórias” teve início em novembro de 2017, durante a 63ª Feira do Livro de Porto Alegre. Para reunir todo material produzido pela Escala foi desenvolvido um hotsite que pode ser acessado em: prefaciosdehistorias.com. Nesse espaço, o público poderá baixar os livros, assistir aos vídeos com os apenados e conhecer um pouco mais sobre este e outros projetos do Banco de Livros.

Termo é firmado entre Trensurb, Banco de Livros e Sesi

O livro é o veículo da comunicação, responsável por passar adiante experiências e histórias e através do oferecimento do livro, estamos incentivando as pessoas a descobrirem o tesouro que existe na literatura. Sendo assim, essa parceria com o Banco de Livros está sendo muito produtiva e estamos todos de parabéns por difundir isso e que nosso compromisso firmado evolua e permita um alcance cada vez maior das atividades de incentivo à leitura.

Agência Escala apresentou o Projeto ‘‘Prefácios de Histórias’’ em página inteira, no Jornal Zero Hora.

Acesse:

David Borille Diretor-presidente do Trensurb

prefaciosdehistorias.com

Site do Projeto “Prefácios de História” 60


FGBS

Safe Park arrecada 2.956 livros

Relatório Anual 2018

Projeto BIKEOTECA é lançado em Porto Alegre

A Empresa de Estacionamentos Safe Park, parceira do Banco de Livros desde 2010, já arrecadou mais de 58 mil livros ao Banco. Somente no último exercício, foram arrecadados 2.956 exemplares. A Safe Park recebe doações em 54 unidades de estacionamento, em sete cidades gaúchas.

O Banco de Livros e o Pedal da Inclusão lançaram, em Porto Alegre, em 2018, o projeto BIKEOTECA. O Projeto conta com seis bicicletas personalizadas, que rodam nos finais de semana pelos parques de Porto Alegre oportunizando a troca de livros entre a população e fazendo o conhecimento circular. No lançamento do projeto foram apresentadas seis Bikeotecas doadas pela Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS e personalizadas pelo Pedal da Inclusão com os temas: o universo, autores de livros, palavras positivas, materiais recicláveis, gibis e capas de livros. O Banco de Livros realizou a doação dos 720 exemplares, que circularão nas Bikeotecas.

Presidente do Banco de Livros, Waldir da Silveira na Sede da Safe Park

As Bikeotecas pedaladas pelos Voluntários do Pedal da Inclusão disponibilizaram dezenas de livros para a população que circulava no espaço da Praça do Aeromóvel. O evento de inauguração também contou com um Contador de Histórias do Sesi, que animou e surpreendeu o público infantil.

Redlar doa 2.930 exemplares ao Banco de Livros A Redlar, parceira do Banco de Livros, desde 2016, já arrecadou 6.347 exemplares. Em 2018, foram doados nas lojas 2.930 livros. Alimentos não perecíveis e livros podem ser doados nas 48 lojas da Redlar, distribuídas em 24 cidades gaúchas.

Durante os dias de semana, as Bikeotecas ficam estacionadas em pontos fixos de parceiros em Porto Alegre, onde é possível realizar doações ao Projeto: Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Campanha de arrecadação de livros, alimentos e tampinhas da Redlar em parceria com os Bancos Sociais

Safe Park Touring: Av. João Pessoa, 623 Safe Park Touring: Av. Independência, 44 Boutique Adoratta: Av. Getúlio Vargas, 752 Costi Bebidas: Rua Comendador Rheingantz, 752 Costi Bebidas: Rua Doutor Barcelos, 910 Costi Bebidas: Rua Santos Dumont, 752 Bichos e Companhia - Dr. José Faibes Lubianca, 1 - L 25

Banco de Livros recebe doações durante apresentação da Esquadrilha da Fumaça Para comemorar os 246 anos de Porto Alegre, a Força Aérea Brasileira (FAB) promoveu uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça na Orla do Guaíba, no dia 25 de março, véspera do aniversário da capital Gaúcha. No local, o público contribuiu doando 152 exemplares para o Banco de Livros.

Bibliotecária Neli Miotto explica o trabalho do Banco de Livros.

Projeto Bikeoteca conta com voluntariado do Pedal da Inclusão 61


Passaporte para o Futuro

Principais Projetos

O Projeto tem como obje vo assegurar aos indivíduos em situação de privação de liberdade o acesso à informação e a literatura, visando o desenvolvimento da pessoa e o preparo para o exercício da cidadania e subsidiando com materiais literários o preparo para o ENEM.

Atendimento às Instituições O Banco de Livros oferta às comunidades mais periféricas o acesso à leitura e a literatura, beneficiando crianças, jovens, adultos e idosos atendidos em creches, asilos, hospitais, associações de bairro, entre outras ins tuições que realizam projetos comunitários ou de turno inverso à escola.

O Banco de Livros oferta espaços de leitura nas unidades prisionais do Rio Grande do Sul e capacita os servidores destas, que farão o atendimento junto aos apenados e familiares. Das 104 casas prisionais já foram entregues 98 espaços de leitura e 164.720 livros. Este trabalho tem sido muito gra ficante pois os apenados tem respondido posi vamente com o aumento nos índices de leitura, aprovações no ENEM Carcerário e produções de textos. Já foram lançados, através desse Projeto, três volumes do livro “Vozes de um Tempo”, escrito somente por apenados do Estado.

Entrega também nos espaços de leitura computadores, estantes, mesas, cadeiras e demais mobiliários, através dos Bancos Sociais.

36.355 livros doados para instituições em 2018

98 casas prisionais beneficiadas 21.905 livros doados somente em 2018

Cultura na Veia O Banco de Livros disponibiliza espaços de leitura dentro dos Postos de Saúde de Porto Alegre buscando assegurar que as comunidades mais periféricas tenham acesso à literatura, em um período delicado para o indivíduo, que busca o atendimento médico no Sistema Único de Saúde (SUS). Já foram entregues 16 espaços de leitura em Postos de Saúde com projetos diferenciados e exclusivos para cada um dos espaços, com todo o mobiliário e livros necessários.

Historiando O Historiando foi desenvolvido pelo Banco de Livros em parceria com o SESI e a Trensurb. Escolas são convidadas a passar um turno na estação, desenvolvendo a vidades de roda literária, trajeto de deslocamento no trem, lanche e uma retrospec va do nascimento dos trens em Porto Alegre e seu funcionamento. As escolas par cipantes recebem um kit contendo 30 livros como forma de incen var a leitura dentro da sala de aula.

16 Postos de Saúde beneficiados 5.919 livros doados somente em 2018

682 livros distribuídos em 2018

O Posto de Saúde Coqueiros, do Passo das Pedras foi beneficiado pelo Cultura na Veia. O Projeto foi elaborado por acadêmicos e professores da ULBRA e executado pelos Bancos Sociais. 62


FGBS

Relatório Anual 2018

o usuário pode colocar a obra novamente na caixa ou compar lhar diretamente para outro leitor.

Tesouro Literário O Projeto tem como obje vo incen var e desenvolver o hábito da leitura, ofertando obras aos adolescentes que estão afastados do lar, nas Unidades da Fundação de Atendimento Sócio-Educa vo (FASE). O Banco de Livros já entregou 17 espaços de leitura, contemplando além dos livros, o mobiliário composto por estantes, computadores, mesas e cadeiras, e capacitou os monitores que atuam no atendimento aos menores.

1.219 livros doados em 2018

17 casas da FASE beneficiadas 1.648 livros doados somente em 2018

Biblioteca do Cais O projeto disponibiliza à população livros para leitura durante a travessia entre Porto Alegre e Guaíba. Os passageiros do Catamarã podem levar os livros para leitura e devolver na próxima viagem.

1.825 livros doados somente em 2018

Embarque na Leitura O projeto Embarque na Leitura é uma parceria entre a Eterpel, o Banco de Livros e o SESI. A sala de leitura na rodoviária de Pelotas disponibiliza emprés mo de obras aos usuários. A inicia va tem como obje vo principal fomentar o hábito da leitura na comunidade local e regional, bem como aumentar o fluxo de estadia de passageiros e visitantes na sede da rodoviária.

358 livros doados em 2018

GelaTecas Geladeiras customizadas com acervo literário em seu interior são entregues às comunidades em espaços públicos de Porto Alegre e região metropolitana. São praças e parques que recebem o projeto incen vando a população a gerar novas leituras e trocas.

641 livros doados somente em 2018

Livros Livres O projeto consiste em caixas customizadas contendo diversos tulos de livros disponíveis gratuitamente aos usuários do Trensurb, podendo ser re rados sem a necessidade de um cadastro. As caixas do projeto estão localizadas nas estações Mathias Velho, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Finalizando a leitura, 63


Projeto 99 Taxi

Espaço Sesi-Conviver

Visa disponibilizar livros nos veículos da 99 Taxi, de Porto Alegre. Cada veículo recebe uma bolsa do projeto a ser colocada no encosto do Banco do carona, onde estão disponíveis títulos de diferentes gêneros. A população pode levar os livros para leitura e devolver na próxima corrida.

Destinado aos colaboradores do Sistema FIERGS, é um espaço multiuso para descanso, lazer e leitura. Os livros são disponibilizados para troca e empréstimo.

2.910 livros doados em 2018

2.170 livros doados em 2018

Navegando na Leitura O projeto Navegando na leitura é uma parceria da Biblioteca SESI Porto Alegre com o Cisne Branco e o Banco de Livros. Esse projeto visa fomentar a leitura através da leitura de poemas, contos, histórias ou narrativas, aos que estão realizando o passeio nas águas calmas do Guaíba. Após a atividade, os passageiros são presenteados com um livro.

964 livros doados em 2018

Colaboradores da Empresa Deloitte durante atividade de voluntariado no Banco de Livros 64


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO Solidariedade que constrói

As sobras, rejeitos da construção civil, materiais oriundos de demolições e pontas de estoque, tais como telhas, portas, janelas, vasos sanitários, tintas, solventes, peças ou pontas de pisos e azulejos, canos, material elétrico, etc, são matéria-prima do Banco de Materiais de Construção, que mantém uma perfeita estrutura de armazenamento e logística para receber doações, classificá-las e distribuí-las para as instituições do terceiro setor, que necessitem de reformas.

A Fundação dos Bancos Sociais da FIERGS recebeu o Prêmio Top Cidadania ABRH-RS - Edição 2018 - Categoria Organização, com o case “Banco de Materiais de Construção”. O case retratou o trabalho desse Banco, que promove a sustentabilidade através do aproveitamento de materiais de construção, transformando-os em benefício social para a população carente, oferecendo o suprimento de necessidades específicas e diminuindo os gastos públicos nas comunidades. Desde a sua criação, o Banco de Materiais de Construção já doou mais de 100.000 itens para as entidades carentes.

Somente no exercício de 2018, o Banco de Materiais de Construção, presidido por Aquiles Dal Molin Júnior, doou 7.300 itens, beneficiando 35 instituições.

Case Banco de Materiais de Construção é vencedor do Prêmio Top Cidadania ABRH 2018 - Categoria Organização 65


BANCO DE MOBILIÁRIOS Mobilizando para mobiliar

Todos os tipos de móveis em boas condições de utilização podem ser doados por pessoas físicas e jurídicas ao Banco de Mobiliários, o qual os restaura e destina às instituições assistenciais, escolas, ou entidades previamente cadastradas. O Banco de Mobiliários, presidido por Arlene Lubianca, doou, no último exercício, 642 itens de mobiliários para 29 instituições. Através de parceria com o SENAI-RS, esse Banco também formou 113 alunos nos cursos de iniciação profissional.

Cursos oferecidos pelo Banco de Mobiliários 113 pessoas capacitadas 10 turmas formadas

O Banco de Mobiliários, em parceria com o Banco de Vestuários, participou da Ação Global 2018, em Lajeado. Foram realizados 484 atendimentos através das oficinas dos Bancos Sociais. Os participantes aprenderam a confeccionar com a ajuda de professores seus próprios abajures, chaveiros, flores têxteis e móbiles, os quais levaram gratuitamente para casa. A Ação Global 2018 foi promovida pelo Sistema FIERGS, por meio do Serviço Social da Indústria (SESI) juntamente com a Rede Globo.

Curso Básico em Marcenaria

Ÿ 56 alunos concluintes Curso Básico de Informática

Ÿ 57 alunos concluintes

Instalações do Banco de Mobiliários 66


FGBS

Relatório Anual 2018

Cristine comemora 25 anos do transplante de rim e pâncreas na Santa Casa de Porto Alegre, com ambos órgãos funcionando. É a mais antiga transplantada de rim e pâncreas do país.

BANCO DE ÓRGÃOS E TRANSPLANTES O Banco da Vida

O Banco de Órgãos e Transplantes da FIERGS desenvolveu, através do Presidente Dr. Valter Duro Garcia, diversas atividades no exercício de 2018:

-Jornada de Encerramento da tutoria em Transplante Renal. Porto Velho 10 -11 de maio. -Fórum sobre a situação da doação e transplante na Região Sul. Hospital Dom Vicente Scherer, 15 de junho.

Projetos de tutoria em transplante renal -Porto Velho (RO): 76 transplantes renais no período, sendo 12 em 2018. Ÿ

-I Congresso de Transplante de Órgãos e Tecidos do Hospital de Basa de São José do Rio Preto. 24 - 25 agosto.

-Santarém (PA): 34 transplantes, sendo 16 em 2018. -ISODP Seminar 2018. International Society for Organ Donation and Procurement. Rio de Janeiro,10 de setembro.

-Manaus (AM): realizadas três visitas em 2018 para o preparo de tutoria. Ÿ Publicação de livro A vida no pós-transplante renal. Valter Garcia e Elizete Keitel. EMS, São Paulo. Manual para pacientes transplantados. Ÿ

Três Publicação de capítulos de livros

Ÿ

Sete publicações em Periódicos

Ÿ

Seis Artigos publicados no Jornal Mente e Corpo

Ÿ Organização de eventos I Congresso Brasileiro das Ligas de Transplantes. Porto Alegre. 1 - 3 de novembro de 2018.

Palestras proferidas em eventos -Fórum sobre a situação da doação e transplante no RS. Hospital Dom Vicente Scherer, 8 de maio.

Divulgação de Palestra com o Presidente do Banco de Órgãos e Transplantes na I Jornada de Nefrologia do Oeste do Pará 67


-Semana Nacional da Doação de Órgãos.Hospital São Francisco – Rio de Janeiro,26 de setembro.

-Curso de Capacitação de Médicos para a determinação de Morte Encefálica. Santa Casa de Porto Alegre. Porto Alegre, 20 de abril.

-XVII Congresso Luso-Brasileiro de Transplantação. Coimbra, 11 - 13 de outubro.

-Disciplina optativa Doação e Transplante UFCSPA. Porto Alegre, 5 de junho.

-Encontro Inter-Religioso de Doação de Órgãos. Hospital Dom Vicente Scherer. Porto Alegre, 24 de outubro.

-2a Roda de Conversa. Liga Acadêmica de Nefrologia e Transplante do Oeste do Pará. UEPA. Santarém, 3 de setembro.

-I Congresso Brasileiro das Ligas de Transplantes. Porto Alegre. 1 - 3 de novembro.

-Disciplina de Doação e Transplante. UFCSPA. Porto Alegre, 4 de setembro.

-Reunião Científica Hospital Angelina Caron. Curitiba, 19 de novembro.

-‘‘Tudo que você precisa saber sobre transplantes’’. Liga de Transplante Hospital Dom Vicente Scherer. Porto Alegre, 2 de outubro.

-X Fórum de Discussão do Processo de Doação e Transplante de Órgãos. ADOTE. Pelotas, 22 - 23 de novembro.

Ÿ Participações em Jornadas e Congressos -I Fórum de Morte Encefálica do Conselho Federal de Medicina. Brasília, 2 de março.

-The Declaration of Istanbul on Organ Trafficking and Transplant Tourism - 10 year Anniversary. The Transplantation Society. Madri, 1 de julho de 2018. Convidado por ter sido um dos signatários da Declaração de istambul em 2008. -XVII Congresso Luso-Brasileiro de Transplantação. Coimbra, 11 a 13 de outubro 2018.

Encontro InterReligioso de Doação de Órgãos

-Meeting of the International Society for Organ Donation and Procurement (ISODP). Rio de Janeiro, 18 - 21 setembro.

Ÿ Ÿ Palestras em Cursos -Curso de Formação de Coordenadores Hospitalares de Transplante no RS. Central de Transplantes do RS. Santa Cruz do Sul, 15 - 16 março.

Seis Participações em Bancas de Tese

Premiação Homenagem Especial da Central de Transplantes do Estado de Rondônia pela Competência e Dedicação Dispensadas a Implantação e Consolidação do Serviço de Doação e Transplante no Estado de Rondônia. Porto Velho, 11 de maio. Ÿ

-II Curso de Formação de Coordenadores Hospitalares de Transplante do Amapá. Macapá, 20 - 22 de março.

Curso de formação de coordenadores hospitalares de transplante, em Macapá 68


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE PROJETOS COMUNITÁRIOS Mostrando o caminho

O Banco de Projetos Comunitários, presidido por Frederico Gerdau Johannpeter difundiu no meio empresarial a cultura de aproveitamento de recursos incentivados disponíveis para projetos sociais de interesse das comunidades.

projetos implementados nas entidades carentes beneficiadas. Os próprios projetos desenvolvidos pelo Banco de Alimentos e Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais junto às instituições beneficentes buscaram recursos incentivados no valor de R$:1.872.931 para sua implantação.

O Conselho de Cidadania da FIERGS prestou atendimento a organizações e empresas, e através do aproveitamento de re c u rs o s i n c e nt i va d o s , d i ve rs a s o rga n i za çõ e s desenvolveram seus projetos no Estado.

Empresas Doadoras Bancos Sociais e Banco de Alimentos

Pessoas físicas e empresas que declaram pelo Lucro Real, estimuladas pelo Banco de Projetos Comunitários da Fundação da FIERGS, geraram recursos direcionados aos

Projetos beneficiados Bancos Sociais e Banco de Alimentos

69


BANCO DE REFEIÇÕES COLETIVAS Transformando o desperdício em benefício social

O Banco de Refeições Coletivas, sob a presidência do Industrial Hermes Gazzola, estimula a participação de empresas que servem refeições coletivas a participarem dessa iniciativa. No exercício, 80 Empresas participaram do programa, doando 864 mil refeições.

Projeto de Lei para aproveitamento de excedentes alimentares das cozinhas de refeições coletivas Comissão do Senado aprovou o Projeto de Lei que normatiza o aproveitamento de alimento elaborado e não consumido nas empresas para doação a instituições do terceiro setor.

O Banco de Refeições Coletivas recebeu forte apoio da Empresa Sodexo, parceira do Banco desde a sua criação. Foram realizadas reuniões com a Diretoria, a fim de levar os benefícios do Banco de Refeições Coletivas para todo o Rio Grande do Sul e outros estados.

A proposição do Banco de Alimentos de Porto Alegre e Ministério Público do Rio Grande do Sul conta com a participação, acompanhamento e apoio da Ex-senadora e agora secretária Extraordinária de Relações Federativas e Internacionais do Rio Grande do Sul, Sra Ana Amélia Lemos.

Com o apoio da Agência Conjunto e CMPC Celulose Riograndense foi produzido um vídeo com o passo a passo dos processos da operação, desde o alimento intocado no refeitório de refeições coletivas, até seu aproveitamento na entidade beneficente; além de folders e outros materiais gráficos. Os materiais foram produzidos para a difusão dessa prática pioneira no Estado.

Próximo passo deverá ser a “normatização” de Lei para que a prática possa ser implementada em todo o País.

Cenas do Vídeo do Banco de Refeições Coletivas apresentam a metodologia empregada por esse Banco. 70


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE RESÍDUOS Transformando o desperdício e resíduos em riqueza

No ano de 2018 o Conselho do Banco de Resíduos, sob a presidência do Dr. Eng. Tito Lívio Goron, prosseguiu seu trabalho, trazendo novas tecnologias e esclarecendo dúvidas que possam surgir aos participantes, empresários, docentes, executivos e formadores de opinião.

conceitos inspirados nomeadamente em noções de economia de uso ou da economia de funcionalidade, da economia desempenho e da ecologia industrial, e que emerge como alternativa à economia linear. O que se propõe é que os resíduos de uma indústria sirvam para matéria-prima reciclada de outra indústria ou para a própria. Não só isso, como pretende desenvolver produtos tendo em mente um reaproveitamento que mantenha os materiais no ciclo produtivo. Mostrou que isso é comum na natureza, onde plantas e animais formam sistemas integrados. Eng. Joseane esclareceu que os recursos utilizados pela indústria se mantêm dentro do ciclo de produção, evitando desperdícios. Programas já desenvolvidos pelo Banco de Resíduos, tais como a Bolsa de Recicláveis, o estímulo a projetos industriais que utilizem resíduos do pré e pós consumo, estão integrados no conceito, assim como as práticas de produção mais limpa, análise do ciclo de vida e simbiose industrial que o SENAI/CNTL desenvolve. O objetivo desta estratégia passa também por reduzir produção de energia, aumentando assim a eficiência energética.

Assim, em março, o convidado do primeiro encontro anual, foi o empresário Jaime Lorandi, Presidente do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho e diretor da ABIPLAST, que apresentou concorrida palestra sobre ‘‘O Grande Problema do Plástico’’, reconhecendo que o problema da poluição pelo material começou a existir muito recentemente, ligado ao incorreto descarte dos diferentes produtos manufaturados. Disse que a legislação brasileira, embora seja bastante avançada, não reconhece a responsabilidade do usuário dos materiais. Mostrou que hoje, produtos como tubos para água e saneamento, embalagens de alimentos, escovas para dentes e até órgãos artificiais não prescindem esse material. A evolução da manufatura e emprego dos diferentes tipos de plásticos os tornam insubstituíveis à vida moderna, ainda que o grande problema seja a educação dos usuários, principalmente em vista de seu correto descarte. A grande vantagem dos plásticos para tubos, indústria automobilística, construção civil é justamente sua durabilidade. Concluiu mostrando que atualmente é impossível substituir a matéria prima plástico em toda sua utilidade.

Ainda nessa linha da economia circular, a Conselheira Quim. Suliany Marcelino Ordakowki, foi convidada a apresentar o tema reciclagem de resíduos sólidos provenientes da indústria calçadista para a confecção de solados. A palestrante disse que o objetivo é apresentar soluções técnicas, ambientalmente e economicamente viáveis para resíduos sólidos industriais classe II da indústria calçadista, usualmente considerados como rejeitos, para que estes possam ser reciclados e voltem para o processo produtivo na forma de solados. Mostrou aos presentes retalhos dos produtos citados, destacando a

O tema que mais impacto tem causado à sociedade é a Economia Circular. A Eng. Quim. Joseane Machado de Oliveira, convidada a apresentar esses conceitos básicos, disse que a economia circular é um conceito econômico que faz parte do desenvolvimento sustentável e de 71


diferença de materiais e de textura. A maioria destes, está sendo considerada como rejeitos e dispostos em aterros ou coprocessadores, com custos altíssimos para a indústria, impactando diretamente na economia. Segundo dados da Abicalçados (2016), foram produzidos 944 milhões de pares de calçados e consequente geração de resíduos. No processo em estudo, os resíduos passaram por um processo de moagem e micronização, para uma melhor homogeneização. O composto assim desenvolvido apresentou uma ótima fluidez e corpos de prova uniformes, sendo injetado em uma matriz para solado, como a peça que trouxe para exame dos Conselheiros. A Conselheira Suliany disse que apesar do estímulo que nos proporciona a Lei nº 12.305/2010 em relação à destinação dos resíduos, para a reciclagem dos resíduos da indústria calçadista existe pouco incentivo.

Encerrando as atividades do ano, o Banco de Resíduos foi distinguido com a premiação do Instituto Lixo Zero Brasil por sua contribuição ao conceito, no ano de 2018 no país, sendo um dos três finalistas na categoria REDUÇÃO E REUSO. Participaram da premiação entidades de diversos estados, apresentando os melhores trabalhos realizados para a redução do descarte de dejetos.

Complementando o ciclo de palestras, o Conselheiro Eng. Quím. Mário Rogério Kolberg Soares apresentou seu colega Jorge Augusto Belwanger Filho, da FEPAM, que se propôs a esclarecer o Sistema MTR on line. Trata-se de um aprimoramento no sistema de gestão e do gerenciamento das informações sobre resíduos sólidos gerados no estado. A partir das informações e dados obtidos pelo Sistema, é possível direcionar e auxiliar as políticas públicas ambientais no RS. O registro é um instrumento de fiscalização, mas, e sobretudo, é um documento que traz a segurança jurídica para o gerador, o qual é detentor da responsabilidade sobre os mesmos. Lembrou, a seguir, que o gerador é responsável pelas etapas do gerenciamento, independente da contratação de terceiros, mostrando a legislação que regulamenta o fato. O transporte é apenas uma etapa do gerenciamento de resíduos, regrado por portarias e normativas da FEPAM. A vantagem do Sistema é que toda a cadeia disporá de cópias eletrônicas em tempo real, dos registros efetuados, fatos que por vezes em sua demora, inviabilizava o transporte e tratamento dos resíduos. Gerador, o transportador e o destinatário atestam, sucessivamente, todas as etapas da operação.

Eng. Quim. Joseane de Oliveira palestra sobre economia circular

Para o próximo ano, está na pauta do Banco de Resíduos, a retomada do projeto do Centro Empresarial de Referência em Resíduos, cuja finalidade é disponibilizar para o Setor Industrial uma entidade de referência na questão dos resíduos sólidos, com sustentabilidade e eficácia. O Centro é uma entidade a ser constituída para desenvolver ações relacionadas à orientação técnica e gestão integrada de resíduos, dando apoio, orientação técnica e disseminação de tecnologias avançadas no setor. Como uma iniciativa pioneira, o Centro é uma resposta do Setor Industrial e entidades apoiadoras à sociedade gaúcha. Atuará no encaminhamento de soluções eficientes e sustentáveis dos resíduos industriais e do pós-consumo, assim como núcleo irradiador de projetos do terceiro setor na promoção do consumo consciente, na reutilização e na reciclagem de materiais, estimulando a articulação entre os setores público e privado. Sua missão será apoiar a sociedade e o poder público na gestão integrada de resíduos por meio de ações de disseminação de informações e de capacitação, visando à geração de trabalho e renda, e à melhoria da qualidade de vida.

Destaca-se ainda a participação do Banco de Resíduos no 9º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos, promoção do Instituto Venturi dirigido pela Conselheira Biol. Arlinda Cezar Matos, como tem acontecido anualmente no mês de junho. Esse importante evento do setor tem-se firmado como um marco na difusão de tecnologias, estudos e aplicações, instalando-se em diferentes estados da União, procurando assim contemplar diferentes segmentos, com estudos regionalizados.

O Centro Empresarial de Referência em Resíduos visa reconhecer o valor econômico e social do resíduo sólido reutilizável e reciclável como possibilidade de geração de renda e promotor de cidadania, mediante a inclusão de segmentos hoje excluídos da sociedade.

O empresário Jaime Lorandi apresentou a palestra ‘‘O Grande Problema do Plástico’’. 72


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE TECIDO HUMANO-PELE Solidariedade à flor da pele.

O Banco de Tecido Humano e Pele Dr. Roberto Corrêa Chem tem a função de captar, processar e disponibilizar lâminas de pele alógena com finalidade de transplante. Nas situações de queimaduras graves, o enxerto de pele é indispensável no tratamento e manutenção da vida dos pacientes. O Banco é presidido pelo Dr. Eduardo Mainieri Chem e está localizado na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, disponibilizando pele para todos os Centros de Tratamento de Queimados do Brasil.

Cuiabá/MT (01 transplante de pele); Santa Casa de Limeira/SP (01 transplante de pele); Hospital João XXIII Belo Horizonte/MG (02 transplantes de pele); Hospital Geral Vila Penteado - SP/SP (02 transplantes de pele); Hospital Infantil Joana de Gusmão-Florianópolis/SC (03 transplantes de pele). O Banco de Pele de Porto Alegre vem apresentando crescimento significativo na sua produção ao longo dos anos (gráfico abaixo). Esse aumento progressivo das doações e do uso clínico da pele alógena deve-se a um esforço contínuo do Banco de Pele juntos aos órgãos reguladores, para divulgar a importância da doação de pele, bem como os benefícios do seu uso na prática clínica. Produtividade Banco de Pele

Equipe do Banco de Pele em 2018

O Banco de Pele teve no período 36 doadores de pele, e 37.683 cm² de pele disponibilizada para transplante. Foram realizados 34 envios de pele para transplantes, totalizando 37.683 cm² de pele destinada para: HPS - Porto Alegre (16 transplantes de pele); HC - Ribeirão Preto/SP (06 transplantes de pele); Hospital de Base Ary Pinheiro - Porto Velho/RO (02 transplantes de pele); HPS Municipal de

Gráfico: Dados de produção (captações e envios de pele) do Banco de Pele no período de 2008 a 2018. 73


Os Bancos de Pele têm tido influência direta na desburocratização do sistema de saúde no que diz respeito à logística dos transplantes de pele. Atualmente, para solicitar pele alógena aos Bancos, tanto o médico transplantador, como o hospital onde será realizado o transplante de pele devem estar devidamente credenciados junto ao Sistema Nacional de Transplantes. Este credenciamento é bastante demorado e envolve uma série de documentos. Esta burocracia, por muitas vezes, leva as equipes a desistirem do cadastro no meio do processo. Diante desta situação, o Sistema Nacional de Transplantes, frente à solicitação dos Bancos pela facilitação dos envios de pele, está estudando a viabilidade de realizar o cadastro automático dos hospitais referência em transplante SUS de todo o país no seu Sistema. Dessa maneira, estaremos facilitando o acesso e o uso da pele alógena por todas as equipes médicas capacitadas do país, atendendo e beneficiando mais pacientes que necessitam deste tratamento para sua completa recuperação.

Equipe do Banco de Pele e equipe da cirurgia cardíaca pediátrica da ISCMPA

Dr. Eduardo Chem e Dr. Pablo Pase, médico transplantador de pele em queimados

Envio de pele para três hospitais brasileiros, no mesmo dia. Pele alógena: processamento e liberação para transplante

Outro importante substituto cutâneo para o tratamento de lesões é a membrana amniótica. Apesar de a doação de membrana amniótica ser legalmente permitida à luz da Lei dos Transplantes n° 9.434 de 1997, se faz necessário a publicação de uma regulamentação técnica específica para que o tecido seja fornecido dentro dos critérios de qualidade estabelecidos, assegurando assim a sua eficácia t e ra p ê u t i c a c o m o s u b s t i t u t o c u t â n e o q u a n d o transplantado. Atualmente, encontra-se em andamento a convocação pelo Sistema Nacional de Transplantes da câmara técnica composta por profissionais médicos da área que definirão as questões pertinentes a todo o processo e então será elaborada e publicada a Regulamentação Técnica específica para os Bancos de Tecidos. Além disso, é necessário estabelecer, junto ao Sistema Único de Saúde, a política de financiamento dos procedimentos de captação, processamento e distribuição de membrana amniótica realizados pelos Bancos de Tecidos.

Processamento de pele em ambiente controlado 74


FGBS

Relatório Anual 2018

BANCO DE VESTUÁRIOS Transformando desperdício em beneficio social

O Banco de Vestuários, presidido por Lucila Osório, foi criado com a missão de identificar e recolher os excedentes das indústrias têxteis, tais como retalhos, malhas e resíduos em geral, e então doá-los à clubes de mães, grupos de terceira idade, associações de bairros, centros comunitários, entre outros, que realizam serviços de artesanato e corte e costura. As empresas doadoras, além de evitarem um passivo ambiental, contribuem para uma melhor condição das comunidades carentes.

Cursos oferecidos pelo Banco de Vestuários 196 pessoas capacitadas 17 turmas formadas Curso de Qualificação Profissional Costureiro Industrial (384h)

Em 2018, o Banco de Vestuários doou 8.040 peças de produção dos cursos, roupas, roupas de cama; além de 23.890kg de tecidos e aparas, para 256 instituições beneficentes e grupos de artesãs de Porto Alegre e Região Metropolitana.

Ÿ 26 concluintes Cursos de Iniciação Profissional (40h- 60h)

Ÿ 170 concluintes O Banco de Vestuários formou ainda 196 alunos nos cursos de qualificação e iniciação profissional gratuitos, oferecidos pela Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais em parceria com o SENAI-RS. O B a n c o d e Ve s t u á r i o s ta m b é m e s t i m u l a o desenvolvimento de grupos de trabalho de artesãs, como o “Reciclando com Arte”. Realizou reuniões periódicas e oportunizou a exposição e venda de produtos confeccionados com resíduos têxteis em feiras e eventos, com renda integral para as artesãs. Em 2018, o Projeto Reciclando com Arte, do Banco de Vestuários, realizou a Feira de Natal na FIERGS e outras exposições, onde as artesãs tiveram a oportunidade demonstrar e vender seus produtos confeccionados com resíduos têxteis, gerando renda exclusiva para elas.

Feira de Natal ocorrida em 10 de dezembro, na FIERGS

Feira de Artesanato de Natal realizada em 17 e 18 de dezembro, Na FEMSA Coca-Cola 75


BANCO DE VOLUNTÁRIOS Mãos dadas contra a desigualdade

O principal sucesso da iniciativa dos Bancos Sociais se deve aos diversos setores da sociedade que se unem em prol do combate à fome e à miséria. Os voluntários dos Bancos Sociais são fundamentais para a realização e funcionamento dessa importante iniciativa de solidariedade.

Agradeço a oportunidade de ter participado do Sábado Solidário, para arrecadação de alimentos, o que me emocionou muito, porque aos 86 anos, usei pela primeira vez o avental do Banco de Alimentos, com muito orgulho. Não havia pensado que pedir um quilo de alimentos aos que chegavam para fazer suas compras fosse tão compensador, e ao mesmo tempo tão fácil, porque estava credenciada através do Banco de Alimentos...Confesso que foi um dia de muitas emoções, sorri, chorei, ensinei, aprendi e me senti honrada pelo trabalho executado com amor e dedicação...

As Campanhas de arrecadação e os diversos serviços prestados através do BANCO DE VOLUNTÁRIOS envolveram milhares de pessoas, em todo o Rio Grande do Sul, arregimentando Rotarianos, Leões, Escoteiros, Universitários, Profissionais Liberais, Parceiros Voluntários, Voluntários da Sage Foundation, Voluntários da Deloitte, e muitos outras pessoas que não mediram esforços para doar um pouco de seu tempo em prol do próximo.

Só tenho a agradecer a todos vocês pelo carinho que sempre tiveram com os voluntários, é essa alegria que tento transmitir em todas arrecadações que participo. Sem o Banco de Alimentos muitas entidades carentes não teriam a alimentação que hoje têm. Muito obrigado pela existência e por fazerem parte das minhas alegrias sempre quando estou arrecadando alimentos.

Ervandil Schiavon Consultor Suprimentos STEMAC S/A

Maria Irene Abrantes Presidente - Casa do Exc. Santa Rita de Cássia 76


FGBS

Banco de Voluntários ‘’Mãos dadas contra a desigualdade’’

77

Relatório Anual 2018


TRANSPARÊNCIA


FGBS

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

79

Relatório Anual 2018


DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

80


FGBS

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

81

Relatório Anual 2018


DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

82


FGBS

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

83

Relatório Anual 2018


DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

84


FGBS

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

85

Relatório Anual 2018


DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS GECON - FIERGS

86


FGBS

PARECER DO CONSELHO FISCAL

87

Relatรณrio Anual 2018


88

PARECER DOS AUDITORES EXTERNOS


CERTIDร•ES NEGATIVAS

FGBS

89

Relatรณrio Anual 2018


90

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO

INFORMAÇÃO IMPORTANTE Do Banco Nacional de Devedores Trabalhistas constam os dados necessários à identificação das pessoas naturais e jurídicas inadimplentes perante a Justiça do Trabalho quanto às obrigações estabelecidas em sentença condenatória transitada em julgado ou em acordos judiciais trabalhistas, inclusive no concernente aos re co l h i me n to s p r e vi d e n ci á r i o s, a h o n o rá r i o s, a cu sta s, a emolumentos ou a recolhimentos determinados em lei; ou decorrentes de execução de acordos firmados perante o Ministério Público do Trabalho ou Comissão de Conciliação Prévia.

inscrito(a) no CNPJ sob o nº 07.018.374/0001-83, NÃO CONSTA do Banco Nacional de Devedores Trabalhistas. Certidão emitida com base no art. 642-A da Consolidação das Leis do Trabalho, acrescentado pela Lei nº 12.440, de 7 de julho de 2011, e na Resolução Administrativa nº 1470/2011 do Tribunal Superior do Trabalho, de 24 de agosto de 2011. Os dados constantes desta Certidão são de responsabilidade dos Tribunais do Trabalho e estão atualizados até 2 (dois) dias anteriores à data da sua expedição. No caso de pessoa jurídica, a Certidão atesta a empresa em relação a todos os seus estabelecimentos, agências ou filiais. A aceitação desta certidão condiciona-se à verificação de sua autenticidade no portal do Tribunal Superior do Trabalho na Internet (http://www.tst.jus.br). Certidão emitida gratuitamente.

Nome: FUNDACAO GAUCHA DOS BANCOS SOCIAIS (MATRIZ E FILIAIS) CNPJ: 07.018.374/0001-83 Certidão nº: 170751683/2019 Expedição: 10/04/2019, às 15:37:00 Validade: 06/10/2019 - 180 (cento e oitenta) dias, contados da data de sua expedição.

CERTIDÕES NEGATIVAS


91

Certidão emitida gratuitamente com base na Portaria Conjunta RFB/PGFN nº 1.751, de 2/10/2014. Emitida às 09:52:12 do dia 08/04/2019 <hora e data de Brasília>. Válida até 05/10/2019. Código de controle da certidão: 1C25.7DD9.B0DB.E9F6 Qualquer rasura ou emenda invalidará este documento.

A aceitação desta certidão está condicionada à verificação de sua autenticidade na Internet, nos endereços <http://rfb.gov.br> ou <http://www.pgfn.gov.br>.

Esta certidão é válida para o estabelecimento matriz e suas filiais e, no caso de ente federativo, para todos os órgãos e fundos públicos da administração direta a ele vinculados. Refere-se à situação do sujeito passivo no âmbito da RFB e da PGFN e abrange inclusive as contribuições sociais previstas nas alíneas 'a' a 'd' do parágrafo único do art. 11 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991.

Ressalvado o direito de a Fazenda Nacional cobrar e inscrever quaisquer dívidas de responsabilidade do sujeito passivo acima identificado que vierem a ser apuradas, é certificado que não constam pendências em seu nome, relativas a créditos tributários administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e a inscrições em Dívida Ativa da União (DAU) junto à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Nome: FUNDACAO GAUCHA DOS BANCOS SOCIAIS CNPJ: 07.018.374/0001-83

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional

PREFEITURA DE PORTO ALEGRE

Esta certidão é válida até: 10/05/2019

CERTIDÃO GERAL POSITIVA DE DÉBITOS DE TRIBUTOS MUNICIPAIS, COM EFEITO DE NEGATIVA

SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA

A autenticidade desta certidão deverá ser verificada no sítio da Secretaria Municipal da Fazenda (http://www.portoalegre.rs.gov.br/smf), informando CNPJ: 07.018.374/0001-83 e o código de autenticidade 0435DA63E9AB

Certidão emitida em 10/04/2019 às 15:31:52, conforme Decreto 14.560 e Instrução Normativa SMF 01/2019.

Conforme disposto nos arts. 205 e 206 do CTN, este documento tem os mesmos efeitos da certidão negativa.

Ressalvado o direito de a Fazenda Pública Municipal cobrar quaisquer créditos tributários que vierem a ser apurados, é certificado que, para o contribuinte acima especificado, somente constam débitos não vencidos, vencidos com exigibilidade suspensa nos termos do art. 151 da Lei 5.172, de 25 de outubro de 1966 (CTN) ou com garantia por penhora em processos de execução fiscal, lançados até 4 de abril de 2019.

CNPJ: 07.018.374/0001-83

Nome: FUNDAÇAO GAUCHA DOS BANCOS SOCIAIS

CERTIDÕES NEGATIVAS

FGBS Relatório Anual 2018


92

0013226379

AV ASSIS BRASIL, 8787 SARANDI, PORTO ALEGRE - RS

07.018.374/0001-83

Endereço:

CNPJ:

Autenticação: 0022855079 A autenticidade deste documento deverá ser confirmada em https://www.sefaz.rs.gov.br .

Certidão expedida gratuitamente e com base na IN/DRP n° 45/98,Título IV, Capítulo V.

Esta certidão é válida até 8/6/2019.

A presente certidão não elide o direito de a Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul proceder a posteriores verificações e vir a cobrar, a qualquer tempo, crédito que seja assim apurado.

Esta certidão constitui-se em meio de prova de existência ou não, em nome do interessado, de débitos ou pendências relacionados na Instrução Normativa n° 45/98, Título IV, Capítulo V, 1.1.

Esta certidão NÃO É VÁLIDA para comprovar; a) a quitação de tributos devidos mensalmente e declarados na Declaração Anual de Simples Nacional (DASN) e no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (PGDAS-D) pelos contribuintes optantes pelo Simples Nacional; b) em procedimento judicial e extrajudicial de inventário,de arrolamento, de separação, de divórcio e de dissolução de união estável, a quitação de ITCD, Taxa Judiciária e ITBI, nas hipóteses em que este imposto seja de competência estadual (Lei n° 7.608/81). No caso de doação, a Certidão de Quitação do ITCD deve acompanhar a Certidão de Situação Fiscal.

Descrição dos Débitos/Pendências:

Certificamos que, aos 10 dias do mês de ABRIL do ano de 2019, revendo os bancos de dados da Secretaria da Fazenda, o titular acima enquadra-se na seguinte situação: CERTIDAO NEGATIVA

FUND GAUCHA DOS BANCOS SOCIAIS

Nome:

Identificação do titular da certidão:

Certidão de Situação Fiscal nº

RECEITA ESTADUAL

SECRETARIA DA FAZENDA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

FUND GAUCHA DOS BANCOS SOCIAIS AVENIDA ASSIS BRASIL 8787 / SARANDI / PORTO ALEGRE / RS / 91140-001

07018374/0001-83

A utilização deste Certificado para os fins previstos em Lei está condicionada à verificação de autenticidade no site da Caixa: www.caixa.gov.br

Informação obtida em 10/04/2019, às 15:35:02.

Certificação Número: 2019040603203156195589

Validade: 06/04/2019 a 05/05/2019

O presente Certificado não servirá de prova contra cobrança de quaisquer débitos referentes a contribuições e/ou encargos devidos, decorrentes das obrigações com o FGTS.

A Caixa Econômica Federal, no uso da atribuição que lhe confere o Art. 7, da Lei 8.036, de 11 de maio de 1990, certifica que, nesta data, a empresa acima identificada encontra-se em situação regular perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS.

Inscrição: Razão Social: Endereço:

Certificado de Regularidade do FGTS - CRF

CERTIDÕES NEGATIVAS


FGBS

APROVAÇÃO DE CONTAS MINISTÉRIO PÚBLICO

93

Relatório Anual 2018


ORÃ&#x2021;AMENTO DE RECEITAS E DESPESAS FGBS - 2019

94


FGBS

Relatório Anual 2018

PLANO DE AÇÃO 2019

Com vistas à manutenção e desenvolvimento do projeto dos Bancos Sociais destacamos como metas e objetivos para o exercício, as seguintes atividades: Tendo como missão especial para o exercício de 2019 o cumprimento do PLANO DE CONTINGENCIAMENTO, a FGBS estará perseguindo com total prioridade a diminuição de custos e maximização de resultados. Para tanto, e em vista da significativa diminuição de aportes financeiros determinados por sua Mantenedora, a Fundação vem desde exercícios anteriores, replanejando sua atuação com vistas a diminuição de custos, quer pela diminuição de seu quadro de pessoal, quer pela redução de área locada, ou pela diminuição de CURSOS que realizava, dentre outras rubricas. Deverá rever também no exercício de 2019, importante alteração no DIAGRAMA do Projeto dos Bancos Sociais, que prevê a extinção de pelo menos cinco Bancos, mantendo entretanto, aqueles que mais identificam o trabalho pioneiro de ECONOMIA CIRCULAR, praticado já há mais de 15 anos na FIERGS. Pretende mesmo assim, manter o "Programa de Difusão e Implementação da Metodologia dos BANCOS SOCIAIS” no Estado e Federações de Indústrias do País. Notadamente, a Fundação dos Bancos Sociais da FIERGS, deverá dar ênfase à busca de novos MANTENEDORES, que se proponham a destinar recursos para a execução dos Projetos, de forma direta ou por meio de recursos incentivados. Propõe-se, entre outras, às seguintes atividades: Desenvolver campanhas de captação de recursos incentivados; MANUALIZAR o Projeto dos BANCOS SOCIAIS para implantação em Empresas; Propor a retomada dos CURSOS gratuitos de formação de mão de obra, em parceria com o SENAI-RS; Realizar Campanhas de Captação de Mantenedores, Parceiros Estratégicos e Doadores; Prestar Contas via SICAP até JUNHO, ao Ministério Público e Ministério da Justiça; Implantação do Projeto Food Truck – Com parceria do Setcergs, SESI, Lebes, REDLAR e Orquídea; Instalação do Projeto container (Cabine de Pintura) parceria do Setcergs, Darcy Pacheco e Cranston Woodhead; Edição e impressão dos Relatórios e Balanços ANUAIS 2018 – parceria do SINDIGRAF; Prospectar Parceiros na área de Publicidade para realização de Campanhas; Implantar do novo projeto de BRANDING em parceria com os Bolsistas da ULBRA; Renovar Registro de Marcas e Patentes no INPI – Com parceria de PAULO AFONSO PEREIRA Marcas e Patentes; Apoiar implantação do Projeto dos Bancos Sociais nas Federações do País; Cumprir calendário anual de Palestras, Fóruns, Seminários no Estado e no País; Projetar e implantar Centro de Resíduos Sólidos junto à sede da FIERGS; Manter as doações dos Produtos recebidos e restaurados nos Bancos Sociais; Realizar Feiras e Exposições de ARTESÃS do Banco de Vestuários na FIERGS; Desenvolver VÍDEOS para o Banco de Refeições Coletivas; Realizar Assembleia Geral dos Conselheiros dos Conselhos Superiores da FGBS (Curador e Administrativo); Realizar e coordenar reuniões semestrais dos Presidentes e Conselheiros; Realizar e coordenar reuniões semanais dos Diretores Voluntários; Realizar e coordenar Reuniões mensais com os Gestores dos Bancos Sociais; Reuniões de Prestações de Contas Mensais ao Presidente do Conselho de Administração e Coordenador do Conselho de Cidadania da FIERGS; Ÿ Confecção do novo Mapa Social Virtual - Cadastro das entidades beneficiadas; Ÿ Edição do Livro de Segurança Alimentar pela Extensão Universitária do Banco de Alimentos; Ÿ Implantação do novo Sistema de Controles de Produção – Software Sage Foundation; Ÿ Implantação software operacional (Replicabilidade do Projeto FGBS) - DELOITTE; Ÿ Implementar o Projeto "Acolhimento de Visitantes"; Ÿ Confecção e instalação dos painéis visuais nos pavilhões dos Bancos Sociais; Ÿ Inscrição para Prêmios Regionais, Nacionais e Internacionais - Projeto dos BANCOS SOCIAIS DA FIERGS. Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

95


SERVIÇOS PRESTADOS EM VALORES FINANCEIROS Buscando traduzir as doações, serviços e esforços dispendidos pela Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais em benefício de comunidades carentes do nosso Estado em valores financeiros, quantificamos a seguir os valores referente a implantação de projetos e ações realizadas pelos Bancos Sociais, os quais promoveram resultados e alto impacto social empresarial, conforme registramos os valores a seguir: 1 - Cursos de iniciação e qualificação profissional formaram 398 pessoas nos cursos dos Bancos de Vestuários, Materiais de Construção, Computadores, Mobiliários. Fornecimento de passagens, uniformes, lanches, materiais didáticos. Valor estimado do benefício ....................................................R$ 398.000,00 2 - Implantação de Projetos de inclusão digital na instituições, cursos realizados e doação de 966 Equipamentos de Informática, pelo Banco de Computadores. Valor estimado do benefício......................................................R$ 193.200,00 3 - Desenvolvimento e implantação de Projetos e doação 7.300 itens, pelo Banco de Materiais de Construção, tais como: portas, janelas, pias, vasos, latas de tintas, telhas, pisos, azulejos, vidros, britas, grades, forrações, lâmpadas destinados a Instituições no Estado e cursos realizados. Valor estimado do benefício.......................................................R$ 365.000,00 4 - Montagem e doação de 642 itens do Banco Mobiliários, tais como camas para hospitais, mesas, cadeiras, prateleiras, fogões, refrigeradores, TVs, DVDs, ar condicionados e cursos realizados. Valor estimado do beneficio .......................................................R$ 64.200,00 5 - Capacitação do Ensino de futuros médicos através de disciplina universitária optativa e criação de livro sobre Transplantes de órgãos, estímulo à doação de órgãos com palestras e divulgações. Valor estimado do benefício................................................Valor imensurável 6 - Captação e distribuição de 2.290.581 quilos de alimentos pela Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul para 773 Instituições no ano de 2018. *Valores de referência: Quilo de alimento= R$:3,00 / Operação=R$:1,00

Valor estimado do benefício...................................................R$ 9.162.324,00* 7 - Treinamento e apoio ás Entidades, Reuniões de Qualidade, formação de monitores e lideranças nas áreas de Serviço Social, Nutrição, Gastronomia, Jurídica, Contábil, Administração, Reuniões semanais, gestão e implantação de projetos nas instituições cadastradas. Valor estimado do benefício......................................................R$ 882.000,00 96


FGBS

Relatório Anual 2018

SERVIÇOS PRESTADOS EM VALORES FINANCEIROS

8 - Doação de 31.930 peças do Banco de Vestuários, uniformes, resíduos da Industria Têxtil e Indústria do Vestuário. Comercialização de milhares de peças pelas Artesãs em Feiras realizadas na FIERGS e outras feiras, e cursos realizados. Valor estimado do benefício.......................................................R$ 127.720,00 9 - O Banco de Tecido Humano-Pele enviou 37.683cm2 de pele para transplante às diversas cidades brasileiras e ajudou a criar Bancos de Pele em outros Estados. Valor estimado do benefício ......................................................R$ 414.513 10 - Capital intelectual, Cultural e Assessoramento permanente para “Difusão da Metodologia” para cidades do Rio Grande do Sul e Brasil. Desenvolvimento de lideranças, treinadas e estimuladas para a implantação de iniciativas da sociedade em beneficio da própria sociedade ( consultores, profissionais liberais voluntários). Valor estimado do benefício ....................................................R$ 2.300.000,00 11 - Capacitação e qualificação de 101 Estagiários das Faculdades de Nutrição, Gastronomia da Grande Porto Alegre e formação de lideranças comunitárias. Valor estimado do benefício......................................................R$ 910.000,00 12 - Capital Humano/Voluntariado - Trabalho de Arregimentação, sensibilização e articulação de milhares de VOLUNTÁRIOS de todos os setores da sociedade (Rotary, Lions, Escotismo, Parceiros Voluntários, Maçonaria,Voluntários de Empresas, Sindicatos, Estudantes, Integrantes de CTGs e Piquetes, Exército, Marinha e Defesa Civil), os quais ajudaram com mão de obra e área administrativa. Dezenas de milhares de horas trabalhadas em Sábados Solidários, Super Natal, Trote Solidário, Inverno sem fome, feiras, exposições, jogos esportivos, shows artísticos, participação em reuniões e eventos. Valor estimado do benefício...................................................R$ 2.675.000,00 13 - Capital Financeiro - Captação de Recursos Aposta na ideia estimulou a destinação de recursos de Mantenedores e Parceiros Estratégicos oriundos do ambiente empresarial e sociedade em geral - Aplicado em projetos, pessoal e investimentos. Valor dos recursos destinados .................................................R$ 2.190.000,00 14 - Difusão - Mídia Espontânea - Promoção da ideia, sensibilização e divulgação nos meios de comunicação, proporcionaram a doação de “calhal”, entrevistas e matérias nos principais jornais, TVs, Rádios, Revistas e Sites de todo o Estado Gráficas, agências de publicidade, redes sociais. Valor estimado do benefício................................................... R$ 8.000.000,00 97


SERVIÇOS PRESTADOS EM VALORES FINANCEIROS

15 - Orientação e criação de softwares para Pessoa Física e Jurídica, manuais, treinamento, vídeo e palestras para financiamento de projetos de Entidades, utilizando recursos originários de Leis Estaduais e Federais, promovidos pelo Banco de Projetos Comunitários, permitindo a captação de recursos. Valor estimado do benefício..................................................R$ 1.872.931,00 16 - Implantação de bibliotecas em presídios, postos de saúde, creches, associações comunitárias e outras entidades. Doações de bibliotecas pelo Banco de Livros, tendo distribuído 71.602 exemplares em 2018. Valor estimado do benefício.......................................................R$ 358.010,00 17 - O Banco de Refeições Coletivas, por intermédio de mais de 80 empresas proporcionou a doação de 864.000 refeições. *Custo estimado: R$1,00 por refeição

Valor estimado do beneficio.......................................................R$ 864.000,00* 18 - Valor de DOAÇÕES expressivas destinadas ao Projeto dos Bancos Sociais, tais como: Veículos, prateleiras de aço, container, móveis, adesivagem de veículos, aparelho de ar condicionado, equipamentos, entre outros. Valor estimado do benefício......................................................R$ 224.230,00

Valor estimado de benefícios prestados em 2018

Sub Total ........ R$31.001.128,00

Comparativo de Recursos aplicados X Benefícios Prestados Recursos efetivamente aplicados = R$ 1.713.370,78

Benefícios gerados = R$ 31.001.128,00

Recursos aplicados, significaram 5% dos benefícios gerados ou Recursos aplicados foram multiplicados em 18X 98


Expediente Coordenação: Paulo Renê Bernhard Fotografias: Arquivo FGBS, Dudu Leal e Internet


www.bancossociais.org.br Av. Assis Brasil, 8787 Porto Alegre - RS - Brasil - CEP: 91140-001 Telefone: (55) (51) 3347.8621 E-mail: bancossociais@bancossociais.org.br

Profile for Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais

Relatório Anual da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS 2018  

O Relatório Anual apresenta os principais resultados alcançados pelos 14 Bancos Sociais da FIERGS no exercício de 2018.

Relatório Anual da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS 2018  

O Relatório Anual apresenta os principais resultados alcançados pelos 14 Bancos Sociais da FIERGS no exercício de 2018.

Advertisement