Issuu on Google+

Folha da Mulher

O espaço feito para você.

SAÚDE - MODA - BELEZA - ESTÉTICA - ATIVIDADE FÍSICA - CASA - FAMÍLIA - TRABALHO - DIREITOS - CULINÁRIA www.folhadamulher.com.br

www.facebook.com/folhadamulher

ATIVIDADE FÍSICA

www.twitter.com/folhadamulher

Ano 1 – Edição 4 – Campo Largo - Junho 2011

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Com o frio é comum não querer praticar exercícios. Saiba como driblar a preguiça e os benefícios que isso traz a você. página 5

BELEZA

Depilação no clima frio para manter a pele hidratada, sem manchas e proporcionar uma maior higiene corporal. página 7

SAÚDE

A importância de uma alimentação balanceada no inverno para sua imunidade e para a balança. página 13

TURISMO

Na estação mais charmosa do ano você tem várias opções de viagens para aproveitar com a família ou a dois. Confira algumas delas. página 16

Inverno X Sua pele Cuidados redobrados com a pele na estação mais gelada do ano. página 3


Folha da Mulher

2

EDITORIAL Impossível entrar no mês de junho sem falar do inverno, com seus dias mais curtos, noites mais geladas e manhãs mais preguiçosas, onde a proximidade de nossos amigos e familiares é a principal arma para combater o frio. Friozinho que mexe tanto com nosso corpo, rotina e sentimentos. A quarta edição da Folha da Mulher é dedicada a essa estação que vai nos acompanhar do dia 21 de junho até setembro. E com muita disposição, dando um chega pra lá na preguiça e no mau humor a Folha traz informações, dicas e sugestões para você aproveitar ao máximo essa época. Com uma excelente equipe de colaboradores, colaboradoras, profissionais e especialistas você vai encontrar aqui matérias de como se alimentar bem, cuidar do seu corpo, da sua aparência e das suas emoções. Pedimos sua atenção para a página 4, que traz a campanha de doação de roupas realizada pelo Provopar de Campo Largo. Uma ótima oportunidade de ajudar quem tanto precisa nesse inverno e mostrar o quanto é importante este simples ato de solidariedade. Deixamos também o convite a você para participar da promoção da Folha da Mulher “Você mais linda neste inverno” que sorteará um lindo kit de beleza e cuidados da marca O Boticário. Mais informações nas páginas 9 e 10. A cada edição procuramos deixar o jornal mais diversificado, afinal o universo feminino é infinito. Para tanto, todo mês

CRÔNICA uma novidade surge. A desse mês são duas novas colunas, a de “Pets” que abordará tudo sobre os animais de estimação e a de “Turismo” que sempre trará dicas e roteiros para suas melhores viagens. O mês de junho também é o mês dos casais apaixonados. É claro que qualquer dia e todos os dias são apropriados para manifestar o amor, mas dia 12 de junho é uma data especial para declarar com gestos e palavras à pessoa amada o quanto ela é importante para nossa vida. Pensando nisso, cabe aqui a nossa homenagem às mulheres das nossas vidas, Isabel e Debora, esposa e namorada, que nos ajudam, apoiam e são a razão da existência desse jornal.

Isabel e Johni

Debora e Felipe

CAPA DO MÊS Dando continuidade ao trabalho iniciado na última edição de maio, todos os meses a Folha da Mulher estampará na capa e em suas páginas mulheres que se destacam no cenário campolarguense com a colaboração especial das queridas fotógrafas Marillê e Ana Vanin, da Vanin Fotografias. Na edição desse mês, especial de inverno, a capa é ilustrada por Karielly Cássia de Almeida, ganhadora do concurso “Garota Estudante Macedo Soares 2010”. A foto faz parte de um ensaio fotográfico realizado em uma fazenda na região de Campo Largo. A fotografia representa a beleza e a alegria da mulher campolarguense, e claro, essa estação que deixa as pessoas tão charmosas. Mês que vem pode ser você a próxima capa da Folha. Participe. Mande um email para contato@folhadamulher. com.br.

EXPEDIENTE

Folha da Mulher O Jornal Folha da Mulher é uma publicação da JF Comunicação Editorial Ltda, CNPJ 13.479.089/0001-62. Fundado em 11 de março de 2011. Diretores Johni Pablo johni@folhadamulher.com.br Felipe Giacomin felipe@folhadamulher.com.br Jornalista Responsável Regina Kracik Teixeira MRT nº. 1414 - FENARJ Jornalismo e Edição Felipe Giacomin Projeto Gráfico e Diagramação Johni Pablo

Campo Largo - Junho 2011

Departamento Comercial / Anúncios comercial@folhadamulher.com.br (41) 9833-1034 (Felipe Giacomin) (41) 9208-6879 (Johni Pablo) Jornalismo, matérias e releases redacao@folhadamulher.com.br Fale com a Folha da Mulher contato@folhadamulher.com.br Web www.folhadamulher.com.br www.twitter.com/folhadamulher www.facebook.com/folhadamulher Impressão Editora O Estado do Paraná - Curitiba Tiragem 6.000 exemplares

Periodicidade Mensal Distribuição Gratuita e dirigida Pontos de Distribuição Salões de beleza e estética, lojas de moda e confecção, comércio em geral, clínicas, academias, óticas, Prefeitura, Vila Olímpica de Campo Largo e todos os anunciantes da edição. Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião da Direção do jornal Folha da Mulher.

Sofia Ricciardi Jorge Estudante de jornalismo

www.sofisticadablog.com.br sofia.ricciardi@yahoo.com.br

Domingo de namoro Um amor de verdade é o apressar da nossa vida para encontrar outra. É o tempo que passa muito rápido quando estamos juntos. São essas nossas borboletas na barriga em esperas muito longas. Assim, creio que um namoro seja uma reunião disso tudo, com muitos complementos e jamais substituições. São diferenças que nos incentivam a sermos mais inteiros. Não para agradar o outro, mas para descansar da loucura que somos nós mesmos. Segue um retrato. Para fazer suspirar amores que vivem, recordar os amores que foram e inspirar amores que virão: Não sei como podem não gostar dos domingos. Eu adoro os domingos. Adoro quando eu chego à sua casa e já me jogo no sofá. Aí enquanto você prepara o almoço na copa, eu fico esparramada ali falando, falando, falando. E sabe o quê mais? Você me ouve e ri quando eu falo que quero me casar logo para poder usar poulovers e salto alto todo dia, ter dois filhos meninos e ir ao supermercado sem comprar comida congelada. Você, rindo aquele riso lindo seu, me fala que eu não preciso de comida congelada porque eu posso ir à sua casa

qualquer hora, me fala que eu fico ótima de camiseta e pareço uma pata andando de salto alto. É nessa hora que eu fico brava, mas fico só de mentirinha. Só para fazer você largar as batatas na copa e vir me dar um beijo pedindo desculpas. E são desculpas de mentirinha também, porque você sabe que eu não estou brava de verdade. Então você volta para a copa no maior estilo. O cozinheiro mais lindo que conheço! Mas eu não resisto e volto a tagarelar. Conto do estágio, conto da faculdade, pergunto por que você insiste em deixar a televisão ligada mesmo que esteja a quilômetros de distância dela. Você responde na maior paciência e depois pergunta o porquê eu nunca termino de vez com um shampoo, deixando três embalagens no Box, o porquê eu quebro o biscoito na mão ao invés de morder e o porquê eu sempre mexo no brinco quando estou mentindo. Pronto! Eu fico me sentindo mais esquisita que você e sua televisão imbecil. Mas eu adoro. Eu adoro quando os dias de domingo são assim, eu adoro sentir o cheiro da sua casa. Eu adoro tanto que nenhum casamento com dois filhos, poulovers e supermercados me fariam tão feliz como eu sou com você.


Folha da Mulher

Campo Largo - Junho 2011

Caroline Bosi Beatriz

Jornalista

3

CAPA

carolbosi@gmail.com

Estação mais fria do ano requer cuidados extras com a pele Uso de hidratantes dermatológicos, protetor solar e banhos mais rápidos e frios ajudam a manter a pele saudável

É

só a temperatura começar a cair para que a pele do rosto e do corpo comece a sentir os efeitos do frio. Para que você possa aproveitar a estação mais charmosa do ano com uma pele bonita e saudável, a Folha da Mulher traz uma série de dicas para seu dia a dia. Por conta de frio, vento e baixa umidade a pele tende a se tornar mais ressecada, podendo até mesmo sofrer irritações ou descamações. As partes do corpo que mais sofrem com o ressecamento são as áreas expostas, como o rosto, pescoço, colo, braços, mãos e pés. De acordo com Gustavo Braz Thá, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o principal erro que as mulheres cometem na hora de hidratar a pele é usar produtos inadequados. “É

preciso conhecer o seu tipo de pele para investir em um produto de qualidade. Se sua pele é oleosa, por exemplo, o ideal é usar hidratantes em gel que espalham melhor”, diz. Pessoas com acne também precisam de um cuidado extra, já que os cremes secativos tendem a ressecar ainda mais a pele. Para quem tem pele sensível, a principal dica é procurar hidratantes sem perfume. “A melhor opção são os produtos livres de parabeno, substância que pode causar alergia em pessoas com peles mais sensíveis”,

afirma Thá, ressaltando que os melhores hidratantes são os dermatológicos. Outro produto que deve ser

utilizado diariamente é o protetor solar. “Mesmo no inverno, ele deve ser utilizado. Para as mulheres que

trabalham em ambiente fechado, um protetor com fator de proteção 15 é suficiente. Já quem se expõe ao sol deve usar fator de proteção 30 ou mais”, observa o dermatologista. Uma dúvida frequente das mulheres é sobre o uso do protetor solar e a maquiagem. Gustavo Thá explica que hoje a maioria dos protetores já possui hidratante e são próprios para usar junto com a maquiagem. “Só é importante limpar bem a pele à noite, para não obstruir os poros”. Uma situação muito comum

no inverno são os banhos quentes e demorados. O dermatologista alerta que esses hábitos podem ressecar ainda mais a pele, a ponto de fazer escamações. “O ideal é tomar um banho mais curto e usar sabonetes com ph fisiológico, que não agridem a pele e conservam um pouco da gordura natural. Os sabonetes anti-sépticos, bastante usados, não são recomendados para o corpo porque ressecam muito”, diz. Além desses cuidados externos, uma pele bonita também é resultado de uma alimentação saudável, pobre em gorduras e rica em vegetais, e da ingestão de bastante água. Qualquer problema ou alteração na pele deve ser informada a seu dermatologista. Jamais utilize medicamentos dermatológicos sem recomendação médica.


Folha da Mulher

4

Campo Largo - Junho 2011

BEM-ESTAR Silmara Pawluzyk Publicitária

silx2011@gmail.com

www.mulherzinhanet.blogspot.com

Inverno em nossas vidas O reflexo da natureza em nossas emoções

V

ivemos em uma região do país onde sabemos exatamente quando ele se aproxima: primeiro devagar, com seus ventos frios de outono, fazendo as árvores trocarem suas cores para depois deixarem suas folhas delicadamente seguir seu destino. É a natureza nos avisando que está chegando o tempo do recolhimento, de cuidar de nós mesmas a fim de estarmos prontas e mais fortes para quando a primavera chegar. Até lá temos um período onde os dias são mais curtos, onde a incidência da luz e do calor solar são menores. É comprovado que isto altera o estado de ânimo e a saúde das pessoas. Então, o que fazer para não deixar que este baixo-astral tome conta de seus dias? As medicinas, ocidental e oriental, são unânimes: ventos são inimigos da saúde nesta época, assim como

a umidade e a friagem. Os primeiros porque invadem nosso corpo e podem provocar infecções nas vias respiratórias; a umidade por provocar dores nas articulações e músculos; e por último a friagem que ataca as defesas do nosso organismo fazendo-nos ficar mais debilitadas. Para estes casos os conselhos da vovó são mais que válidos: usar e abusar dos cachecóis, casacos para manter o calor do corpo, ingerir bebidas mais quentes (na temperatura e também nos ingredientes), manter o corpo seco (isso inclui os pés), e se possível preferir alimentos cozidos ou refogados aos

crus (que são frios). Na medicina oriental o frio abaixa nossa energia yang, o que para os ocidentais traduz-se em queda do sistema imunológico. Também por ficarmos com o corpo mais coberto é comum deixar para lá aqueles cuidados que temos no verão, o que acarreta aquele indesejável aumento de peso. Para que isto não aconteça, é recomendável que continuemos com atividades físicas, pois estaremos ingerindo mais calorias, o que é normal e aconselhável no inverno. E o creme após o banho? Esquecido porque está muito frio? Nada disso! É quando mais precisamos dele. O vento frio e a água quente são inimigos da pele e fazem com que

ela fique com aquele aspecto ressecado e sem vida. Viva o inverno com todas as suas delícias e desafios. É da natureza. E nós fazemos parte deste ciclo. Mas, se para o ‘inverno físico’ nós temos as soluções, o que fazer quando o inverno se abate sobre nossas almas? E isso pode acontecer independente das estações janela afora. Um acontecimento, uma desilusão e lá estão as folhas secas em nossa mente. Existem pessoas que vivem em constante inverno interior. Não deixe isso acontecer com você. Nestes casos, observe e imite as árvores: deixe os ventos baterem, deixe as folhas caírem; com a certeza de que não demora muito e novas folhas nascerão. Tenha sempre em mente que, por mais rigoroso e demorado que ele seja, a primavera sempre chega. Por isso, tire proveito desta época para fortalecer suas raízes.


Folha da Mulher

Campo Largo - Junho 2011

5

ATIVIDADE FÍSICA

Gerson Luiz Portela Coordenador, personal trainer e instrutor na academia MC Sports Club

gerson@mcsportsclub.com.br

mcsportsclub.com.br

Av. Pe.Natal Pigato, 1435

(41) 3292-1819

Dispense a preguiça Exercícios físicos durante o inverno deixam você saudável e mais bonita para o próximo verão

J

á é fato que nos tornamos menos ativos fisicamente nessa época do ano. Quem não prefere o calor de seu edredon, de sua lareira, a ter que sair desse aconchego e

enfrentar uma caminhada ou academia? Piscina, então, nem se fala. É notável a baixa freqüência dos adeptos aos exercícios em parques, academias e por ai vai. Podemos dizer que pequena parte deste público realmente “hiberna” no inverno, porém, a maioria não pára com sua prática, apenas diminui a freqüência ou muda para um horário mais conveniente. Quando for praticar exercícios no inverno, nunca se esqueça que um bom aquecimento e alongamento são primordiais, isso diminui o risco de lesões e potencializa seus rendimentos. Para evitar a perda de calor corporal em temperaturas baixas, nossos vasos sanguíneos se contraem fazendo a famosa “vasoconstrição”. Por conta desse evento, a espessura dos vasos diminui e a pressão arterial tende a aumentar. Se nossa quantidade de lipídeos

sanguíneos (colesterol e triglicerídeos) estiver muito alta e estiver associada ao aumento da pressão arterial, podemos ser sérios candidatos a ter um infarto. Isso explica porque esse acontecimento é mais comum no inverno. Quando praticamos exercício físico, nossa temperatura corporal aumenta fazendo o efeito inverso, dilatando os vasos e facilitando assim a circulação. Como consequência disso, temos a prevenção da hipertensão e a oxigenação dessa musculatura periférica, tornando-a mais eficiente. Durante o exercício físico nosso corpo sua, e é necessário deixar esse suor evaporar. Por isso, a utilização de vestimenta adequada será fator determinante na qualidade e nos benefícios do exercício praticado. Evitar excesso de roupas para driblar o frio é fundamental, pois em baixas temperaturas nosso organismo gastará mais energia para se aquecer e, se fizermos esse aque-

cimento com roupas, acabamos tirando esse beneficio que temos quando praticamos exercícios nesses dias. Procure uma atividade prazerosa, de preferência que possa ser feita em qualquer hora do dia, podendo assim escolher o horário mais conveniente para exercitar-se. Não esqueça que os benefícios de uma atividade física estão intimamente ligados à sua prática, por

isso, respeite seus limites e orientações profissionais. Os excessos alimentares do inverno e a falta de atividade física aparecerão arrebatadores. Quando o calor chegar, seu corpo precisa estar bonito e em forma, e sua saúde melhor ainda. Por isso, cuide dele no inverno também para que, com a chegada do verão, você possa abrir seu guarda-roupa sem peso na consciência e na balança.


Folha da Mulher

6

PETS Elizabeth Heiss Adestradora

contato@vonheiss.com.br

www.vonheiss.com.br

(41) 9919-0769

Qual o melhor cão para você? Diferentes fatores que devem ser levados em consideração na hora de comprar ou adotar seu novo amigo

O

lá, querida leitora, meu nome é Elizabeth e moro em Campo Largo há nove anos, numa chácara na Estrada da Colônia Cristina, onde também desenvolvo meu trabalho. Temos um Canil – Escola, onde adestro cães há 10 anos e estudo as diferentes raças há 25. A partir de agora, vamos nos encontrar mensalmente para conversar sobre nossos animais de estimação, espero poder ajudar e, é claro, sempre receber novas sugestões. Hoje, em nosso primeiro encontro, vamos falar de uma questão extremamente importante: a hora de comprar ou adotar um cão. Muitas vezes, esta ação é realizada sem ser pensado nas consequências. Um cachorro, independente da raça, tem um custo mensal, que aumenta e diminui, basicamente, conforme o tamanho ou tipo de pelagem. As pessoas possuem ritmos de

vida diferentes e vivem em espaços diferenciados, por isso, é importante que seja realizada uma pesquisa minuciosa antes de adquirir o animal de estimação. Gosto de comparar com a compra de um carro. Não conheço ninguém que simplesmente passe por um lugar, veja o carro, ache bonitinho e compre. As pessoas olham, pesquisam, namoram, conversam com todos os membros da família e consultam outras pessoas que possuem o mesmo modelo. Pensando nisso, posso numerar alguns itens para serem levados em consideração na hora de adotar ou comprar um novo bichinho: 1. Qual a será sua função? Guardar a casa ou apenas companhia? 2. Qual é o espaço e o tempo que vou dispor para esse novo membro da família? 3. Qual é o

nível de atividade que esse cão terá quando filhote e quando adulto? 4. Quanto ele irá me custar mensalmente? 5. Filhote ou adulto? 6. Por fim, onde irei buscar esse novo companheiro? Quando já estiver determinada a “função” que o cão terá, muitas raças serão eliminadas da sua escolha, pois existem muitas opções distintas, que se adaptaram conforme as necessidades de diferentes regiões do mundo. É preciso determinar quais locais ele terá acesso e se terá ou não permissão para entrar em casa, além é claro, de levar em

Campo Largo - Junho 2011

consideração o tamanho do terreno da sua casa. Isso também não impede que mesmo sendo um espaço pequeno, você não possa ter um animal de grande porte. O mais importante é que seja sempre dedicado a ele um tempo durante o dia, seja em uma caminhada, brincadeira ou treinamento. Ração, vacinas, visitas ao veterinário e gastos com “salão”, são itens que deveram ser considerados, pois essas novas despesas serão um custo fixo no orçamento. Procure sempre conhecer o local onde os cães moram antes de serem comprados ou adotados, desta forma, se evita a compra por impulso. Observe se o ambiente é limpo e se os animais estão bem cuidados e nutridos. Agindo dessa forma, tenho certeza que você fará a escolha certa e poderá curtir ainda mais o seu novo amigo.

Doação de cães e gatos em Campo Largo De um ano pra cá, todos os sábados, a partir das 10 horas da manhã, a Sociedade Protetora dos Animais de Campo Largo promove uma feira de adoção de cães e gatos na Praça Getúlio Vargas, no centro da cidade. Uma oportunidade para todos aqueles que querem encontrar um amigo fiel e companheiro para todos os dias. Para saber mais sobre os demais serviços oferecidos pela Sociedade Protetora dos animais, ligue para (41) 3032-5205.

A dica é... Independente da raça, filhote é sempre filhote. Eles aprontam mesmo, ainda mais se não estiverem sendo supervisionados. Eles não conseguem distinguir o que pode e o que não pode ser brinquedo. Uma vassoura, por exemplo, pode ser um passatempo muito bom para ele brincar. Cães de raça de grande porte demoram mais para entrar na fase adulta do que os de raças pequenas. Geralmente quando entram na fase adulta os cães diminuem o nível de atividade, essa entrada na fase adulta pode demorar de 1 ano até 2 anos. O cão pode chegar a fase adulta e manter seu nível de atividade bem alto. Acontece com muitas raças e com cães sem raça definida.


Folha da Mulher

Campo Largo - Junho 2011

Juliana Lima

Jornalista

julianaaslima@hotmail.com

7

BELEZA

twitter.com/julianalima__

Depilação no inverno ajuda a manter a pele macia, lisa e hidratada Clima mais frio evita o aparecimento de manchas e proporciona  maior higiene corporal

I

ndependente da estação do ano, a depilação é algo que faz parte da vida feminina desde a adolescência. Até nos dias mais frios é preciso eliminar os pêlos indesejáveis nas axilas, pernas e virilha, deixando estas regiões sempre lisinhas. Hoje é possível contar com técnicas variadas que, mesmo no inverno, prometem resultados satisfatórios e com menor frequência, diminuindo assim a agressão à pele. Atualmente os métodos mais utilizados são depilação com lâmina, cera quente, cera fria, rollon e cremes depilatórios. De acordo com a depiladora do Salão Marly de Campo Largo, Francine Lima, a técnica mais indicada no inverno é a cera quente. “Isso porque o calor da cera ajuda a abrir os poros da pele que ficam ainda mais fechados com o frio. Desta forma, a pele fica lisinha sem sentir tanta dor”, explica a especialista ao

ressaltar que “apesar de a procura pela depilação diminuir no inverno, a estação é boa para evitar o aparecimento de manchas e proporcionar maior higiene corporal, pois, sem pêlos, a pele fica livre de odores, já que transpiramos menos nesta época”. Além de manter a higiene, existem outros benefícios para quem não dá pausa na depilação. Francine comenta que a depilação com cera quente tem duração média de 15 a 30 dias e que mantendo a periodicidade é possível ter uma pele sempre macia, lisa e hidratada. “A depilação também remove células mortas, retirando o aspecto ressecado, característico do inverno, e facilitando a absorção do hidratante”, destaca. No frio, para obter um resultado ainda melhor da depilação, a esfoliação é essencial e a hidratação precisa ser redobrada, para que não haja

descamação nas partes mais ressecadas. A especialista recomenda o uso de esfoliante em dias alternados e a preferência aos cremes e loções que contém em sua formulação lanolina, para peles sensíveis, e manteiga de cacau, para peles secas. A esfoliação também minimiza a aparição de sinais que surgem na epiderme com aparência de espinhas e que na verdade são foliculites, inflamações na saída do pêlo (folículo). Francine conta que a foliculite, além da depilação com cera ou lâmina, pode ter origem devido ao atrito das roupas com a pele ou por uma incidência de bactérias e fungos sobre a cútis. “Para prevenir a foliculite deve-se fazer esfoliação regularmente antes da

depilação. Pode-se utilizar um produto específico ou uma luva áspera para remover pequenas impurezas da pele, desobstruir os poros e evitar que os pêlos encravem”, assegura. Outros cuidados em relação à higiene também devem ser tomados após a depilação. “É necessário evitar o uso de cremes, loções, talcos e perfumes

na região íntima. Eles podem irritar a pele e não foram feitos para auxiliar na higiene vaginal. Ainda deve ser evitado o uso de calcinhas sintéticas, roupas muito apertadas e protetores diários de calcinhas”, afirma Francine.


Charme Folha da Mulher

8

Gladis Chemin Miró Federada a FEBRACOS

charme@folhadamulher.com.br

Campo Largo - Junho 2011

A coluna da mulher moderna.

COM A PALAVRA GLADIS CHEMIN MIRÓ

Olá, tudo bem minhas queridas leitoras? Um beijo todo especial à vocês que sempre elogiam a coluna Charme. Ela foi criada para vocês mulheres maravilhosas. Sempre com o objetivo de evidenciar as mulheres que se destacam em Campo Largo, este mês conversei com as proprietárias da Reggin’s Noivas e Decorações, Regina e Milena, onde elas contam tudo sobre o seu empreendimento. Espero que curtam a coluna, assim como eu curti em fazer. Beijos!

COM A PALAVRA ESPECIALMENTE PARA A COLUNA CHARME

REGINA VIESSER E SUA FILHA MILENA SPRÉA Transformar ocasiões especiais em momentos inesquecíveis faz parte do dia a dia da Reggin’s Noivas e Decorações. Fundada há 23 anos por Regina Viesser, a Reggin´s Noivas e Decorações se destacou rapidamente no mercado campolarguense oferecendo as melhores opções em trajes, decorações, fantasias, salão de beleza entre outros diversos serviços. A intenção original da loja foi sempre de atender todos os requisitos necessários para um evento, desde os convites e lembrancinhas, passando pelos trajes, decoração, acessórios, produção estética, salão de beleza com “dia da noiva” entre

outros. Visando o aprimoramento desses serviços, surgiu a necessidade de alguém com formação acadêmica na área de moda e foi ai que Milena Spréa, filha de Regina começou seus estudos na área, fato que agregou mais valor ainda ao atendimento e na prestação de serviços realizados pela loja. Hoje em dia a loja tem a disposição para seus clientes mais de mil trajes, centenas de opções para decorações personalizadas, os melhores profissionais na área de beleza da cidade e o principal: muito bom gosto! Para a melhor comodidade de seus clientes a Reggin´s

atende em dois endereços, ambos no Centro de Campo Largo. Atualmente foi inaugurado o Reggin´s Club, um centro de eventos de alto padrão com capacidade para cerca de 180 pessoas. Com experiência de quem já vestiu mais de 3 mil noivas, artistas e noivas de outros estados brasileiros e do exterior, realizou decorações para a Rede Globo de televisão e outros eventos de grande proporção, a garantia de satisfação é certa. Faça-nos uma visita, confira os melhores trajes da cidade e aproveite nossas promoções no Studio de Beleza Reggin´s.


Charme

Folha da Mulher

Campo Largo - Junho 2011

A coluna da mulher moderna. Juliana e Marcelo

9

Gladis Chemin Miró Federada a FEBRACOS

charme@folhadamulher.com.br

JUNHO – O MÊS DOS NAMORADOS

A Coluna Charme deste mês vem prestigiar alguns casais de namorados da nossa cidade, afinal dia 12 de junho é o Dia dos Namorados, mas para aqueles que amam, todos os dias são especiais, não é mesmo?

Milena e Beto

Franciane e Ademir

Vivian e Thiago Cristina e Fernando Há certas horas, em que não precisamos de um Amor... Não precisamos da paixão desmedida... Não queremos beijo na boca... E nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama... Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado... Sem nada dizer... Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer

sorrir... Alguém que ria de nossas piadas sem graça... Que ache nossas tristezas as maiores do mundo... Que nos teça elogios sem fim... E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável... Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado... Alguém que nos possa dizer: Acho que você está errado, mas estou do seu lado... Ou alguém que apenas diga: Sou seu amor! E estou Aqui! William Shakespeare

Luciana e Eron

Ana Carolina e Ivan

Angela e Fábio

Mayara e Vinicius

Kharinna e André

Juliana e Tiago


Folha da Mulher

10

Campo Largo - Junho 2011

COZINHA & CIA

por Carminha Paes

cozinhaecia@folhadamulher.com.br

Olá querida leitora, o inverno está chegando forte esse ano. Nessa época é comum dar aquela fome quase o dia todo. Mas cuidado! Coma bem, só que de maneira saudável, não exagere nos lanches rápidos, nos pães e nas massas, porque além de fazer mal a sua saúde você vai ficar aborrecida com aqueles quilinhos a mais na balança! A pedidos de algumas leitoras nessa edição vou ensinar a vocês uma deliciosa sopa de pinhão, que é ótima para esquentar nesse friozinho. O famoso pinhão, tão apreciado no sul do país, principalmente aqui no Paraná.

INGREDIENTES • 1 kg de pinhão cozido • 1 kilo de músculo cortado em cubos • 2 colheres de óleo • 2 cebolas • 5 dentes de alho • 1 colher de sopa de sal • 1 colher de sobremesa de orégano • 1 xícara de farinha de trigo • 3 litros de água

Sopa de PINHÃO Quando sobrarem gemas, tempere-as com sal se for usar depois em receitas salgadas, ou tempere-as com açúcar se for usar em receitas doces e congele-as. Elas duram até 6 meses quando estão congeladas.

MODO DE FAZER Corte a cebola e o alho bem pica-

Dicas de Cozinha

dinhos e frite-os no óleo até dourar. Junte a carne e adicione os temperos. Cubra com dois litros de água e deixe cozinhar por 40 minutos, ou até que a carne fique bem macia. Enquanto a carne cozinha, descasque os pinhões. Metade dos pinhões cozidos vai para o liquidificador junto com 1 litro de água, uma xícara de farinha de trigo e uma pitada de sal. Despeje essa mistura no caldo com a carne. Mexa devagar até começar a ferver novamente. Pique a metade restante dos pinhões e acrescente à sopa. Mantenha a sopa em fogo baixo até servir. Espero que você goste. Para essa época além das sopas e cremes, outro prato muito bom é o fondue, que pode reunir toda a família e amigos ao redor da mesa, ou ainda para aquele jantarzinho romântico a dois. Fica aí a dica! Mande suas sugestões e opiniões para cozinhaecia@folhadamulher. com.br. Quero sempre trazer para vocês o melhor da gastronomia. A ajuda e opinião das minhas queridas leitoras é fundamental para o sucesso dessa coluna. Mês que vem tem mais! Até logo!

Para dar um toque especial ao café, ponha uma colher de chocolate em pó no coador antes de passá-lo. O sabor ficará refinado e diferente!


Campo Largo - Junho 2011

Folha da Mulher

Belisa Guelmann Arquiteta Crea: 111906/D

arqbelisaguelmann@gmail.com

7 pecados da decoração Na terceira matéria da série: Hibernar ou não hibernar?

O

lá queridas leitoras! Nosso bate papo deste mês dará continuidade a série 7 pecados da decoração, onde a cada edição relacionamos os pecados capitais aos nossos vícios na arquitetura e decoração. O primeiro vício abordado foi a gula fazendo alusão ao impulso de comprar móveis em excesso. Na segunda matéria relacionamos a luxúria àqueles que possuem mas não sabem amar nem usufruir aquilo que adquiriram. E hoje, na terceira matéria, vamos abordar um pecado que está sempre em alta no frio: a preguiça.

Preguiça

Ainda nem entramos no inverno, mas o friozinho já está dando suas caras. Os casacos saíram do armário e as botas (ah, minhas queridas botas!) já são itens quase que obrigatórios. Há quem adore o clima gelado e seus programas básicos: um filminho embaixo das

11

SUA CASA

Uma coisa é aproveitar um pouco a preguiça gostosa que vem como bônus com o clima, outra é aproveitar o inverno como desculpa, vestir a fantasia de urso e hibernar até a primavera. Existem casos mais graves: quando a preguiça se torna uma constante, independente do clima. Não podemos esquecer que o tempo não pára e que a conservação de tudo que está ao nosso redor, física e psicologicamente, depende apenas de nós mesmos. O maior pecado é não valorizar o que se tem. Podemos ver todos os dias exemplos de casas lindas e charmosas castigadas pelo tempo, sem manutenção, sem cuidado com o jardim. O ideal é não deixar acontecer o fenômeno “bola de neve”. Uma grande infiltração começa com pequenas gotas. O segredo esta em agir quando o problema aparece. Será mais fácil e mais barato de resolver, e não trará novos problemas em consequência. O livro Comer, Rezar, Amar cita a certa frase: “Você nunca de-

Que tal uma cor quente para aquecer o inverno? cobertas, uma jantinha, uma esticada na hora de acordar no final de semana... Por mais que eu não seja uma pessoa apaixonada pelo inverno, bem longe disso aliás, confesso que adoro curtir um final de semana frio para exercer o famoso “dolce far niente” dos italianos, ou, em tradução livre, o ócio prazeroso. E por mais que tenha sido nascida e criada em Curitiba, jamais me adaptei

ao frio, então esse ato de não fazer nada vem sempre na companhia de cobertores, aquecedores, edredons e muitas, muitas peças de roupas. Praticamente soterrada. E vocês sabem quem se alimenta deste climinha gostoso? A preguiça! Perceba, quanto mais você fica embaixo das cobertas, mais você quer ficar. E é aí que o nosso pecadinho pode virar um pecadão.

GUIA DA MULHER

veria dar a si mesmo a oportunidade de se entregar porque, quando o faz, isso se torna uma tendência, e nunca mais para de acontecer. Em vez disso, você precisa treinar ficar forte”. Eu entendo o treino como desafios à nossa mente e ao nosso corpo. Fazer algo bom para nós, mesmo que sem muita vontade de início. Sair da rotina e dar novo começo ao que não nos agrada. Vejo inúmeras vezes pessoas reclamando de suas casas, vidas, trabalho. Mas de que adianta apenas reclamar? Veja como você pode mudar a situação. Está insatisfeita com a casa? Pinte. Reforme os móveis. Compre novas peças. Cuide do jardim. Faça a manutenção necessária. Deixar a casa como você quer depende de você. O maior passo será o primeiro. Depois é só conservar. Lembre sempre que “Um palmo de preguiça acrescenta dez de danos”. Se deixar para depois, pode ter certeza, o trabalho, a dor de cabeça e a despesa serão bem maiores. Que tal não deixar para o verão o que você pode fazer no inverno?


Folha da Mulher

12

SAÚDE

Campo Largo - Junho 2011

Fabiana Küster

Farmacêutica e Bioquímica, especialista em Farmacologia, Homeopatia e Farmácia Magistral – CRF PR 13976

kuster.fabiana@gmail.com

(41) 3292.5388

A gordura que emagrece Óleo de coco ajuda a eliminar gorduras indesejadas e chegar ao corpo tão desejado

M

uitas pessoas nunca ouviram falar sobre o óleo de coco, outras conhecem superficialmente, sem saber o quanto ele é benéfico para a saúde. E aquelas que o consomem regularmente, afirmam estar satisfeitas. O coco pode ser considerado um alimento funcional, pois promove benefícios à saúde além da função nutritiva. O óleo de coco é um alimento complementar, derivado da massa de coco, que tem o poder de acelerar a queima de calorias e regular o intestino. Mesmo tratando-se de uma gordura, pesquisas recentes constataram que uma dieta rica em óleo de coco não aumenta o colesterol e nem os riscos de se desenvolver uma doença coronariana, caracterizada pelo estreitamento dos vasos que suprem o coração. Ele também protege o fígado dos efeitos do álcool, aumenta a imunidade contra diversos microorganismos, e possui propriedade be-

néfica no combate aos fatores de riscos para doenças cardiovasculares.

Além de ser bom para a saúde, o óleo de coco também pode ser usado para a beleza estética. Pesquisas comprovam que o óleo ajuda na perda de peso, pois a rá-

pida digestão da gordura do coco estimula o metabolismo, diminuindo o acúmulo de gordura no corpo e “queimando” calorias extras. O óleo também mantém a pele macia e, através de sua ação antioxidante, retarda os processos de envelhecimento. Atualmente o óleo de coco está sendo muito utilizado como um suplemento, na sua forma natural e em cápsulas. E o mais interessante é que trata-se de um produto de origem totalmente natural, com estudos de comprovação científica de ação. É importante salientar que ao adquirir o óleo de coco ele deve ser do tipo extra virgem, pelo fato de possuir um índice de acidez inferior a 0,5%, podendo ser encontrado em alguns supermercados, farmácias, estabelecimentos de manipulação e em casas que vendem produtos naturais. E nunca esqueça de buscar sempre a orientação de um nutricionista ou um médico de sua confiança.

Benefícios do óleo de coco para a saúde • Capacidade antiinflamatória; • Reduz o risco de câncer; • Ajuda a controlar a diabetes; • Melhora a digestão e absorção de nutrientes; • Ajuda prevenir a osteoporose; • Aumenta energia;

os

níveis

de

• Aumenta a fração do colesterol bom (HDL); • Protege o fígado dos efeitos do álcool; • Aumenta imunidade contra microorganismos; • Combate os fatores de risco para doenças cardiovasculares.

UTILIDADE PÚBLICA

F

Programa Mãe Campo-larguense

oi lançado em Campo Largo, no dia 16 de maio de 2011, o programa “Mãe Campo-larguense”, que tem por objetivo reduzir os índices de mortalidade infantil no município e proporcionar qualidade de atendimento às gestantes. O “Mãe Campo-larguense” irá acompanhar a futura mamãe

desde o início da gestação até o pós-parto, oferecendo atendimento integral. A mulher com suspeita de gravidez, geralmente devido ao atraso menstrual, deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa (posto de saúde de origem) para agendar a consulta de pré-natal. Assim,

a gestante inscrita no programa, deverá realizar, entre outros procedimentos, pelo menos 7 consultas de pré-natal, exames laboratoriais, receber as vacinas e adquirir o kit “mãe campo-larguense” como incentivo as gestantes que concluíram as ações pactuadas pelo programa. Um dos diferenciais do pro-

grama é a priorização pelo nascimento por parto natural, além do acompanhamento do futuro pai em todo o processo de pré-natal. O programa “Pai Companheiro”, que acontece em paralelo, ofertará duas consultas médicas e duas consultas odontológicas ao pai do bebê que está para nascer.


Folha da Mulher

Campo Largo - Junho 2011

Cintia Monteiro

Jornalista

comunicacao@hospitalpilar.com.br

(41) 3072.7227

13

SAÚDE www.hospitalpilar.com.br

Alimentação saudável no inverno Refeições balanceadas são ainda mais importantes no inverno, matam a fome e melhoram a imunidade

E

xatamente ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, no inverno gastamos muito mais energia do que nas estações quentes. A baixa temperatura do ambiente obriga o nosso organismo a se esforçar mais para manter a graduação adequada para o bom funcionamento do corpo. Para repor toda essa energia gasta com o aquecimento, o cérebro nos envia uma constante mensagem de “fome” e normalmente acabamos atendendo o “pedido” sem prestar muita atenção na qualidade do que estamos comendo. Com o tempo um pouco mais frio é normal sentirmos vontade de comer massas, pães e doces. É que esse tipo de alimento, mais calórico, repõe rapidamente a energia gasta

pelo corpo para aquecer. Mas é neste exato momento que devemos nos lembrar da temida balança. Não somente por vaidade, mas principalmente para o bem da saúde. O Dr. Gustavo Gomes de Castro Soares, nutrólogo e cirurgião do aparelho digestivo do Hospital Pilar, afirma que o ideal mesmo é maneirar na quantidade e sempre que possível optar por alimentação saudável. Os caldos quentes são uma ótima opção, principalmente os com grande variedade de cores e com verduras e legumes cozidos por pouco tempo, para conservar as propriedades

naturais. Não só os caldos, mas também os cremes vegetais acrescidos de carne, que são uma bela combinação nutricional e ainda saciam, como o de creme de milho com cubos de frango. Ainda é importante, sobretudo na estação fria, o consumo

de alimentos que reforçam a imunidade, pois eles ajudam a escapar dos vilões da estação como gripes, resfriados e amigdalites. O consumo de vitamina C, encontrada em tomates, brócolis e frutas cítricas como laranja, maracujá e acerola é um excelente recurso. Essa vitamina é necessária para fortalecer o sistema imunológico, combater infecções, melhorar a absorção de ferro e reduzir o nível de colesterol ruim. Além disso, é um poderoso antiox i d ante. Completam o time das vitami-

nas a A e a E, também de extrema importância para o bom funcionamento imunológico. A vitamina A, estritamente necessária para a manutenção da qualidade do sistema de defesa do corpo, aparece em abacates, cenoura e fígados, enquanto a E existe, por exemplo, em cereais integrais, milho e amendoim e é capaz de proteger as paredes das artérias. Para formar o conjunto ideal, devemos incluir as proteínas neste cardápio. Elas podem ser encontradas em carnes, ovos, gergelim e leite. Para continuar de bem com a fita métrica, mas também com o check-up é imprescindível ingerir bastante líquido. Se no frio sentimos menos sede, o Dr. Gustavo Soares dá dica perfeita “chá, esquenta o corpo e hidrata”.


14

ESTÉTICA Maria Claudia Polesello

Fisioterapeuta CREFITO 4565-F

Folha da Mulher

lipocentercampolargo@hotmail.com

Campo Largo - Junho 2011

41 3292.3933

Reparar e proteger o DNA da pele Tratamentos auxiliam no combate contra os sinais do tempo

A

reparação celular é o grande pilar para o rejuvenescimento facial. As estruturas da pele sofrem com a ação dos fatores internos e externos que levam a desordens celulares, evidenciando os sinais do tempo. Uma das formas de proteger nossa pele do envelhecimento é por meio da proteção do DNA, evitando assim que se desencadeie um processo de desordem

funcional celular. A proteção de DNA celular age diretamente na manutenção do metabolismo celular e no aumento da capacidade de produzir colágeno íntegro, que tem a função de manter as células unidas e é o principal componente protéico de órgãos como a pele, cartilagens e ossos. Atualmente, com a evolução da estética, especialistas oferecem diversos tratamentos para todos

os tipos de pele, tais como hidratação, limpeza, peelings mecânicos e químicos, radiofrequência e drenagem linfática. Esses tratamentos limpam, esfoliam, tonificam e hidratam a pele. Eles estimulam a renovação celular, protegem contra a degradação do DNA, diminuem o nível de células velhas e estimulam o consumo de oxigênio da derme, resultando numa pele mais viço-

sa e brilhante, atenuando assim, os sinais do envelhecimento, que tanto incomodam as mulheres. As peles com acne também são beneficiadas com os peelings, pois eles diminuem a oleosidade e os cravos, deixando-as com aspecto mais uniforme e reduzindo as lesões. A estação do ano em qual esta-

mos vivendo, com as quedas bruscas de temperatura, ar mais frio e seco, faz com que a hidratação da pele diminua, tornando-a descamada e opaca. Mais um bom motivo para redobrar os cuidados e, é claro, utilizar os diversos recursos que a tecnologia oferece para manter sua pele suave, brilhante e linda.


Folha da Mulher

Campo Largo - Junho 2011

Suliane Vieira

Estudante de Design e Moda

suliane@folhadamulher.com.br

15

MODA

www.biscoitofashion.com

Peles para te aquecer no frio Peles falsas são tendência para você passar o inverno em alto estilo

O

lá querida leitora, espero que tenha gostado e que utilize bem as dicas da edição anterior, mas agora que passou o mês das noivas e que o inverno está praticamente entre nós, é hora de falar sobre as tendências para esta estação. Então, pensando no friozinho, encontrei uma super tendência para apresentar a você, as peles. Há alguns anos, usar casacos de pele era sinônimo de status e luxo, o tempo passou e a consciência ecológica surgiu, fazendo com que as pessoas deixassem de usá-los. Porém no último inverno Europeu elas ressurgiram com força total, tanto em pequenos detalhes, como punhos e golas, como em peças inteiras. Protestos em eventos de moda e nas redes sociais fizeram com que as peles falsas conquistassem espaço, e que o consumo das verdadeiras diminuísse. Depois das grandes grifes, como Marc Jacobs, Louis Vuitton, Chanel e outras apresentarem cole-

ções com muita pele, elas finalmente chegaram as lojas multimarcas e as de departamento, tornando-as acessível a todos. Levando em consideração que as peles serão nossas grandes amigas neste inverno, montei um look dia a dia e um mais arrumadinho para você se inspirar. Se continua achando que peças de pele são demais para você, então que tal usar elas apenas nos detalhes? Pois é, botas, luvas e roupas com pequenas aplicações, poderão ser uma opção. ______________ Ver a moda através de modelos e celebridades é fácil, mas usá-las é bem mais difícil, então, pensando nisto a partir das próximas edições, teremos sempre pessoas da nossa cidade, mostrando como usá-las. Você quer estar na próxima edição, ou dar dica de tema? Então envie um e-mail para suliane@folhadamulher.com.br, ou entre em contato com a redação da Folha da Mulher.

Para o dia a dia use e abuse dos coletes, eles são mais discretos e por isso são ótimas opções. Além do colete, a calça jeans, camisa e sapatilha foram as minhas escolhidas para compor este look.

Se quer um look mais poderoso, não tenha duvidas, um belo casaco deve ser sua escolha. Como usei um casaco estampado, apaguei todo o resto, e nada melhor do que o preto no inverno.


Folha da Mulher

16

Campo Largo - Junho 2011

TURISMO Ana Carolina Braga Stallbaum Turismóloga

anacarolina@evidenciaturismo.com.br

(41) 3393-4549 / 8425-9921

www.evidenciaturismo.com.br

O charme do inverno Para os amantes do frio, escolher o destino certo da viagem deixa o seu inverno ainda melhor

O

inverno é uma estação muito charmosa. As pessoas geralmente capricham no visual, tiram do armário os elegantes casacos e cachecóis e se aproximam mais uma das outras, para se deliciarem com os pratos quentes do frio. Sopas, fondue , chocolate quente e um excelente vinho são alguns dos pedidos obrigatórios para quem quer entrar no clima e se sentir

em qualquer um dos glamurosos destinos europeus. Para quem gosta de viajar com a família toda reunida, essa é uma ótima época. As férias escolares estão aí, a temperatura baixa estimula as conversas demoradas entre pais e filhos, além de ser possível fazer passeios matinais sob o céu quase branco, com o sol bem ameno que ilumina ao mesmo tempo em que esquenta. Um

Avenida 9 de Julho Buenos Aires - ARG Uma das capitais mais charmosas do mundo com diversas atrações culturais. Ideal para os casais apaixonados.

programa familiar irresistível. Já para quem procura aquecer seu romance, o frio das montanhas, junto ao abrigo de um chalé, uma pousada ou até mesmo um hotel aconchegante, é a receita de sucesso para uma viagem a dois. Em família, a dois ou sozinho, o que interessa mesmo é aproveitar o inverno. Assim, selecionei alguns dos mais surpreendentes

e refinados destinos que combinam com toucas, blusões, cachecóis e luvas, além do frio, muito frio. É na estação mais fria do ano, quando os termômetros chegam a marcar temperaturas negativas, que cidades como Gramado e Canela no Rio Grande do Sul, Campos do Jordão em São Paulo, Petrópolis no Rio de Janeiro e Buenos Aires na Argentina ex-

ploram sua face peculiar. Mas não pense que essas cidades só têm temperaturas baixas para oferecer, em cada uma delas, atrações são o que não faltam. Lembrando ainda para aqueles que querem fugir do friozinho uma ótima opção bem em conta, são os destinos nordestinos com suas belas praias e paisagens, onde o sol brilha praticamente o ano todo.

Boulevard Geneve Campos do Jordão - SP

Lago Negro Gramado - RS

Estação de Ski Bariloche - ARG

Paisagens divinas, arquitetura magnífica e restaurantes badalados. Sem dúvidas, uma viagem inesquecível!

Hotéis confortáveis, chocolate de primeira e uma natureza exuberante. Gramado tem tudo isso e muito mais.

Esquiar, andar de trenó, brincar na neve. Bariloche é um destino para curtir o inverno em grande estilo.


Folha da Mulher 4ª Edição