Page 1

Folha da Mulher

O espaço feito para você.

SAÚDE - MODA - BELEZA - ESTÉTICA - ATIVIDADE FÍSICA - CASA - FAMÍLIA - EDUCAÇÃO - BEM-ESTAR - CULINÁRIA - PETS - ARTE E CULTURA - TURISMO www.folhadamulher.com.br

www.facebook.com/folhadamulher

Ano 2 – Edição 19 – São José dos Pinhais - Setembro 2013

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

#Mulheres

Cada vez mais online, elas buscam na internet informação, lazer e interação social página 3


Folha da Mulher

2

São José dos Pinhais | Setembro 2013

EDITORIAL Acompanhada com o perfume e multicolorido das flores da primavera, que se inicia esse mês, a Folha da Mulher São José dos Pinhais chega a mais uma edição repleta de novidades, dicas, utilidade e informação para você que gosta de ser uma pessoa sempre antenada no mundo da moda, beleza e saúde. Esse é o objetivo da Folha da Mulher: levar até você um conteúdo agradável, interessante e útil para o dia a dia de toda a família. Ficamos felizes e super satisfeitos que a Folha esteja sendo tão bem aceita na cidade, com leitores e leitoras fiéis, que

não perdem nenhuma edição e não poupam elogios para o conteúdo oferecido pelos nossos colaboradores e parceiros. Nosso muito obrigado pela confiança. Aprecie ao máximo cada página e continue mandando suas sugestões para ajudar a construir um jornal cada vez melhor, pois a Folha da Mulher é um espaço feito para você. Tenham todos um mês repleto de alegrias e de boas notícias. Boa leitura. Johni Pablo e Felipe Giacomin - Diretores - Folha da Mulher

CAPA DO MÊS Em tempos de internet, estar conectado o tempo todo é praticamente indispensável para muitas pessoas. Muito mais que entretenimento, as novas mídias são, hoje, uma poderosa ferramenta de comunicação, através da qual é possível fazer pesquisas e estudar, ficar por dentro das notícias locais, nacionais e internacionais, manter contato com amigos e familiares, fazer compras e, principalmente, expressar opiniões. Há 15 anos a empreendedora e colunista social Vera Rosa, capa desta edição, viu na internet, uma forma de expandir seus negócios e levar informação para a população. “Lançamos o primeiro site de notícias sociais da cidade e ao longo deste período nos adaptamos às mudanças de novas tecnologias”, explica. Recentemente, ela lançou seu novo portal todo reformulado. “Resolvi investir neste seguimento, pois acompanhei esta evolução e senti a necessidade de levar mais conteúdo e informação de qualidade ao leitor que se tornou tão exigente.” Confira a matéria na íntegra na página 3. Fotografia: Rosane Gondro Fotografias Cabelo, maquiagem e unhas: Gustavo Giugno Art Hair Beauty Figurino: Zadalah Boutique

EXPEDIENTE O Jornal Folha da Mulher é uma publicação da JF Comunicação Editorial Ltda, CNPJ 13.479.089/0001-62. Fundado em 11 de março de 2011. Sócio-Diretores: Johni Pablo johni@folhadamulher.com.br Felipe Giacomin felipe@folhadamulher.com.br Jornalista Responsável: Caroline Bosi Beatriz - DRT 6357 Jornalismo, matérias e releases:

redacaosjp@folhadamulher.com.br Fale com a Folha da Mulher: contato@folhadamulher.com.br Web e Redes Sociais: www.folhadamulher.com.br www.twitter.com/folhadamulher www.facebook.com/folhadamulher Periodicidade: Mensal Distribuição: Gratuita e dirigida Pontos de Distribuição: Salões de beleza e estética, lojas de moda e confecção, comércio em geral,

clínicas, academias, além de todos os anunciantes dessa edição. Os artigos e matérias assinadas contidas nessa edição são de responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião da Direção do jornal Folha da Mulher. PARA ANUNCIAR: comercialsjp@folhadamulher.com.br (41) 9208.6879 (41) 9833-1034

PARCEIROS 41 3382.6015

São José dos Pinhais

São José dos Pinhais

www.academiaforfit.com.br

41 3383.8003

E

Cheiro(s) de primavera

ra uma tarde quente e eu cheirava (com o nariz bem pertinho) uma bandeja de manjericão na cozinha da minha amiga. Eita cheiro bom, né? Deu vontade de pôr em tudo, de temperar a vida. É como aquela sensação que o cheiro de jasmim dá na gente. É um cheiro doce e fresco ao mesmo tempo. Que nem as férias, que nem o deck daquela pastelaria e a cadeira de madeira molhada da chuva rápida que passou. É bom, né? É um cheiro que confunde a vontade da gente. Você está ali, no caminho do ponto de ônibus, mas o jasmim te faz ter vontade de ir a pé para casa porque a tarde ainda é longa e sempre dá para comprar um sorvete no caminho. Continuei segurando perto do rosto a bandeja com as duas mãos. Aquele cheiro de manjericão fez a gente pensar nos cheiros da nossa vida. Aquele protetor solar da infância, o molho de macarrão inventado na pressa, o perfume daquele namorado, o nosso cheiro, aquele que jamais vamos saber como é. Só os outros nos sentem. Sentem no corredor, na roupa, na fronha do travesseiro. Um cheiro singular, de tão bom. Tem também o cheiro da minha mãe, do abraço dela. O abraço dela

tem um cheiro diferente do cabelo. Tem a mesma leveza da casa. A casa da minha mãe me abraça. Quem me abraça também são todas as tangerinas que me fazem não querer ir trabalhar. A janela atrás do escritório exala cheiro cítrico das árvores do quintal. Eu quero passar a tarde comendo tangerina na calçada, eu quero pensar que não é preciso fazer nada mais, além disso, para se sentir completo. O menino que senta do meu lado diz que eu cheiro a algodão e, às vezes, ele sente um cheiro diferente de camomila quando mexo o cabelo. Ele fala que eu cheiro a banho, mesmo nos dias que aparento ter vindo direto da balada. Acho gostoso ouvir isso, tento sentir o cheiro dele também. Cheirar os outros faz bem, pensei. Cheirar a rua também. Na minha casa tem um ipê amarelo lindo que floresce na primavera. Só é um pouco adiantado, então eu sei que logo a estação chega, mais um mês acaba, mais chuva vem, mais pressa a gente tem. Tem pressa de acabar o que tem para fazer. É que lá fora tem cheiro bom, tem flor, tem cor e amor. Quem é o louco que vai querer ficar em casa cheirando o manjericão na bandeja de isopor? por Sofia Ricciardi Jorge


São José dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

3

CAPA Caroline Bosi Beatriz

carolbosi@gmail.com

Jornalista

#Mulheres

Cada vez mais online, elas buscam na internet informação, lazer e interação social

A

s mídias sociais vieram para ficar. Muito mais que entretenimento, as novas mídias são, hoje, uma poderosa ferramenta de comunicação, através da qual é possível fazer pesquisas e estudar, ficar por dentro das notícias locais, nacionais e internacionais, manter contato com amigos e familiares, fazer compras e, principalmente, expressar opiniões. Um estudo realizado pela eCGlobal Solutions mostra que, quando estão conectados, 82% dos internautas brasileiros gostam de conversar com amigos, 65% atualizam redes sociais e 59% publicam fotos nelas. Porém, a proporção de mulheres que costumam realizar essas três ações é superior. Outra pesquisa, realizada pelo Instituto de Pesquisa de Inteligência Sophia Mind, mostra que, das mulheres que acessam a internet, 93% delas utilizam pelo menos uma rede social. O principal motivo que as leva às redes sociais é poder se comunicar com os amigos e familiares. No entanto, nem só de diversão vive uma mulher que participa de redes sociais. Elas também as utilizam

para atualização de notícias, uso acadêmico e network. As mulheres utilizam a internet especialmente para procurarem informação relativa à saúde, espiritualidade e temas religiosos. Também participam de forma ativa em grupos de apoio, comunidades em rede e dão assistência a fóruns. Enquanto que os homens, em regra geral, utilizam a internet especialmente para lerem notícias, estarem informados sobre política, negócios, desporto, encontrar novos negócios, comprar viagens e fazer downloads. A empreendedora e colunista social Vera Rosa acompanhou a evolução da internet em São José dos Pinhais. Há 15 anos, ela lançou na cidade o primeiro site de notícias sociais. “Ao longo deste período, nos adaptamos às mudanças de novas tecnologias. O perfil do internauta também mudou com as novas ferramentas de acessos. Hoje, as pessoas acessam a internet dos tablets e celulares”, diz. A evolução das mídias sociais também influenciou as mudanças na forma como as pessoas acessam as notícias. “Resolvemos investir neste segmento, pois acompanhamos a evolução e sentimos a necessidade de levar mais conteúdo, mais informação de qualidade ao leitor, que se tornou tão exigente. Nosso público é formado por homens e mulheres que buscam esta qualidade”, explica. Na avaliação de Vera Rosa, quando estão nas mídias sociais, as mulheres querem sempre estar por dentro de vários assuntos e adquirirem conhecimentos. “Elas buscam conteúdos pertinentes à moda, economia, culinária, cuida-

dos com o carro, e outros assuntos que possam tirar suas dúvidas”, diz. A internet e as redes sociais são, hoje, um espaço a mais para as pessoas se comunicarem e expressarem seus sentimentos. “Entretanto, algumas pessoas extrapolam na rede social. Certas opiniões e sentimentos devem ser apenas divididos apenas no real e não no virtual”, alerta Vera Rosa.

VRnews Em uma época que a internet ainda era uma criança, São José dos Pinhais já possuía um portal de notícias estruturado. O site www. verarosa.com.br começou focando em notícias sociais, mas o trabalho cresceu e foi necessário expandir as editorias para falar sobre política, esportes, cultura, lazer e entretenimento, moda, beleza e bem-estar. Este ano, o portal passou por uma reformulação e agora se chama VRnews. “Com um novo formato de informação focada na rede web, mais ágil e com tecnologia de ponta que permite uma experiência mais agradável ao usuário, damos maior prioridade às noticias locais e da Região Metropolitana de Curitiba”, afirma a empresária Vera Rosa, que é parceira da Folha da Mulher. Para todas as mulheres, Vera Rosa dá uma dica. “Como empreendedora, busquei neste caminho de 15 anos de carreira, pensar sempre na frente, planejando cada passo na direção de um novo produto ou ideia. Acreditei em cada projeto e nunca deixei de sonhar. Em cada obstáculo havia uma busca em aprendizado. Em cada dificuldade vencida uma vitória.”


Folha da Mulher

4

São José dos Pinhais | Setembro 2013

BELEZA

Grandes Eventos

Sue Helen Chyczy

Gustavo Giugno Cabelereiro

Cerimonialista

gustavogiugno@hotmail.com

41 3081.3771

41 9925.2643 | contato@emporiodoevento.com.br

Casando na Primavera! Hora de homenagear as flores

É

Cuidados e hábitos que deixam os cabelos sempre saudáveis

C

abelos longos, sedosos e saudáveis. Esse é o sonho dourado de muitas mulheres, mas o corre-corre diário e os efeitos de agentes nocivos aos fios (como poluição e radiação solar), muitas vezes minam o crescimento saudável das madeixas. É possível adotar atitudes diárias para agilizar o crescimento capilar? Como isso ocorre? Confiraa seguir.

Dilvulgação.

inevitável brotar uma contagiante alegria após meses de frio... É chegada a primavera, considerada uma das melhores épocas para casar, haja vista que até as borboletas saem para a vida depois do recolhimento do inverno. A regra básica para esta época é manter longe as cores escuras e tecidos muito pesados.

É possível estimular o crescimento capilar?

É uma época muito propícia para casamentos no campo, porém é possível imprimir também em ambientes fechados o clima da primavera, através da decoração, buffet, trajes e convites. Um assessor de eventos poderá certamente lhe ajudar, para que este momento se torne cada vez mais mágico e inesquecível.

• existe algum produto que possa estimular o crescimento dos fios? Sim. Hoje, existem diversos produtos que estimulam o crescimento dos fios, aumentando a oxigenação e hidratação do couro cabeludo. Células vegetais estão sendo utilizadas em produtos cosméticos para estimular o crescimento. Dermatologistas também manipulam diversas fórmulas com vitaminas e ativos que ajudam no crescimento capilar. • Quais hábitos contribuem para que os fios cresçam mais rapidamente? A higienização deve ser feita com produtos indicados para ajudar no tratamento e na limpeza correta do couro cabeludo. As higienizações devem ser executadas no máximo a cada 2 dias para

preservar a pele do couro cabeludo limpa, equilibrada, hidratada e oxigenada. Nesta hora, movimentos circulares ajudam a oxigenar a pele ajudando no resultado. O uso de chapéu, bonés e demais acessórios que cubram a cabeça podem interferir nos resultados. • Quais hábitos interferem negativamente no processo de crescimento? A má higienização capilar, atos de tração excessiva dos fios, o uso de produtos não indicados para a pessoa, estresse, alimentação incorreta e uso excessivo de chapéus, bonés e acessórios que cubram a cabeça. • Quais os nutrientes necessários para que os cabelos cresçam de forma rápida e saudável? O cabelo é composto basicamente de proteínas, gerando células queratinizadas, com isso, uma dieta saudável ajuda os cabelos a crescerem mais saudáveis. • existe algum tipo de cabelo que pode demorar mais para crescer? Cada organismo responde de uma forma aos tratamentos e estímulos. Geralmente, as pesso-

as apresentam entre 90 e 150 mil fios de cabelos no couro cabeludo. Dez por cento a mais nos loiros e dez por cento a menos nos ruivos. Em média, estes fios crescem 1 cm por mês e a perda normal está entre 50 e 100 fios diários. Dessa forma, com certeza existe variação de crescimento entre indivíduos, que pode ser por alimentação e outros fatores citados nas respostas anteriores. • Cortar o cabelo a cada dois meses ajuda a deixar os fios mais fortes e assim, crescer com mais rapidez? Sim. Cortar o cabelo ajuda a retirar as pontas sensibilizadas que quando abertas expõem a parte interna no fio prejudicando sua hidratação natural. As cutículas dos fios são responsáveis pela proteção interna da fibra capilar e, quando estão danificadas ou com pontas abertas, o risco de sensibilização é maior. Dessa forma, quanto mais demorar para cortar, maior será a área que deverá ser cortada diminuindo a sensação de crescimento. Ou seja: cortar a cada dois meses ajuda a mantê-lo sempre protegido e com pontas mais fortes, ajudando indiretamente no crescimento.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

5


Folha da Mulher

6

EDUCAÇÃO

Imagens divulgação: alunos da Escola Evolutiva.

Patricia Teixeira Alberti Diretora Geral | Pedagoga Pós-graduada em Interdisciplinaridade na Educação Básica

São José dos Pinhais | Setembro 2013

41 3035.7227 patricia@escolaevolutiva.com

Tablets e netbooks na educação A mudança na aprendizagem com o apoio da tecnologia

H

á uma pressão enorme para incluir as tecnologias móveis na educação. Alguns colégios e instituições superiores entregam tablets ou netbooks para os alunos como parte do material escolar. Há uma tendência à substituição dos livros de texto por conteúdos digitais dentro de tecnologias móveis. Uma justifica é diminuir de peso das mochilas dos alunos; outra, baratear do acesso ao conteúdo não impresso (além de ser ecologicamente mais correto). Também é visto como importante, oferecer recursos de pesquisa, de leitura e de comunicação próximos dos alunos, dos ambientes digitais que frequentam, para motivá-los mais a aprender. Este é um campo minado de discussões, decisões, interesses. Qualquer análise ainda é parcial, provisória, precária. As tecnologias móveis trazem enormes desafios, porque descentralizam os processos de gestão do conhecimento: podemos aprender em qualquer lugar, a qualquer hora e de muitas formas diferentes. Pode-

mos aprender sozinhos e em grupo, estando juntos fisicamente ou conectados. Na medida que entram na sala de aula o seu uso não pode ser só complementar. Podemos repensar a forma de ensinar e de aprender, colocando o professor como mediador, como organizador de processos mais abertos e colaborativos. No Brasil, os smartphones e os tablets ainda estão numa fase de experimentação dentro das escolas. Trazem desafios complexos. São cada vez mais fáceis de usar, permitem a colaboração entre pessoas próximas e distantes, ampliam a noção de espaço escolar, integrando os alunos e professores de países, línguas e culturas diferentes. E todos, além da aprendizagem formal, têm a oportunidade de se engajar, aprender e desenvolver relações duradouras para suas vidas. Ensinar e aprender podem ser feitos de forma muito mais flexível, ativa e focada no ritmo de cada um. A tela sensível ao toque permite uma navegação muito mais intuitiva e fácil do que com o mouse.

Crianças pequenas encontram os jogos e aplicativos muito mais rapidamente. Com o barateamento progressivo a partir de agora, estarão muito mais presentes dentro e fora da sala de aula. Permitem experimentar muitas formas de pesquisa e desenvolvimento de projetos, jogos, atividades dentro e fora da sala de aula, individual e grupalmente. O professor não precisa focar sua energia em transmitir informações, mas em disponibilizá-las, gerenciar atividades significativas desenvolvidas pelos alunos, saber mediar cada etapa das atividades didáticas. Poderemos ensinar e aprender a qualquer hora, em qualquer lugar e da forma mais conveniente para cada situação. Os próximos passos na educação estarão cada vez mais interligados à mobilidade, flexibilidade e facilidade de uso que os tablets oferecem a um custo mais reduzido e com soluções mais interessantes, motivadoras e encantadoras. Não podemos esquecer que há usos dispersivos. É cada vez mais difícil

concentrar-se em um único assunto ou texto, pela quantidade de solicitações que encontramos nas tecnologias móveis. Tudo está na tela, para ajudar e para complicar, ao mesmo tempo. As tecnologias móveis desafiam as instituições a sair do ensino tradicional em que os professores são o centro, para uma aprendizagem mais participativa e integrada, com momentos presenciais e outros a distância, mantendo vínculos pessoais e afetivos, estando juntos virtualmente. As inovações mais promissoras encontram-se em escolas que têm tecnologias móveis na sala de aula, utilizadas por professores e alunos. Os programas de um computador ou tablet por aluno, ainda em fase experimental em centenas de escolas municipais, estaduais e particulares, sinalizam mudanças muito importantes na forma de ensinar e

de aprender. As aulas são mais focadas em projetos colaborativos, os alunos aprendem juntos, realizam atividades diversificadas em ritmos e tempos diferentes. O professor muda sua postura. Ele sai do centro, da lousa para circular orientando os alunos individualmente e em pequenos grupos.

Fonte: José Manuel Moran (Diretor de Educação a Distância da Universidade Anhanguera-Uniderp –www.eca.usp.br/ moran/tablets.pdf)

evolutiva

Durante toda a história da educação Evolutiva o desafio é recriar buscando a excelência do aprender e ensinar. A Escola Evolutiva é a primeira escola de São José dos Pinhais a substituir livros físicos por livros digitais. A cada etapa, novas experiências são conquistadas com o uso do tablet pelos alunos do 5º ao 9º ano.


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Setembro 2013

7

EDUCAÇÃO espaço

USA

por Armin Hanemann Junior

INFORME PUBLICITÁRIO

Interação internacional Jovens texanos visitam USA São José e promovem cultura

N

o ultimo mês de agosto, recebemos nas dependências de nossa escola um grupo de jovens americanos vindos do Texas. Eles nos visitaram através de uma instituição sem fins lucrativos chamada PROJETO VIDA. Esta instituição tem como propósitos desenvolver projetos nas áreas sociais e culturais como prevenção as drogas, inclusão social, pintura, dança e esportes. Em nossa escola, eles vieram com o objetivo simplesmente de falar inglês com os nossos alunos. Os alunos adoraram a experiência porque foi além do que simplesmente praticar o idioma. Eles puderam perceber como a diferença e o choque de culturas podem agregar e contribuir na

aprendizagem. Podemos ilustrar brevemente este choque em uns dos assuntos discutidos entre os jovens. Em uma das perguntas na mesa redonda uma de nossas alunas questionou se eles tiveram alguma dificuldade com a nossa comida local. Uma das americanas achou a comida boa, entretanto, estranhou e não conseguiu entender o porquê de tanta variedade de pizzas no cardápio para entrega em domicílio e ficou chocada ao ver que alguns brasileiros gostam de comer pizza acompanhado de maionese ou catchup. Algo que, pra ela, está além de sua compreensão. Perguntamos, então, como é que ela comia pizza em seu país. Para nossa surpresa, ela

disse que apreciava comer pizza de “macarrão”. Perguntamos para confirmar: - pizza “de macarrão” ou pizza “com macarrão”? Ela disse que era de macarrão mesmo. Espalha-se o macarrão sobre a pizza e come. Fica a pergunta no ar: Quem é realmente estranho? Este exemplo consegue traduzir de maneira prática como a cultura atua na aprendizagem de uma segunda língua. É o tipo de experiência que metodologia ou livro algum consegue proporcionar. É por isso que nós da equipe USA São José estamos sempre procurando oferecer aos nossos alunos algo diferenciado que contribua em seu processo de aquisição da língua. Então... vai uma pizza de macarrão, aí?!

espaço do aluno

“The deadline for Income Tax Returns is April 30.“ (O prazo final para a Declaração do IR é 30 de Abril)

Esta expressão tem origem no campo de prisioneiros da Confederação em Andersonville, durante a Guerra Civil Americana. Uma linha foi demarcada perto da cerca do campo e qualquer prisioneiro que ultrapassasse essa linha, era fuzilado na hora. A

palavra com o sentido atual foi usada primeiro pelos repórteres e editores de jornais. Se a matéria não chegasse até o prazo final, efetivamente morria aquela edição. Fonte: Inglês para curiosos: origem, o significado e o uso de palavras e expressões do inglês cotidiano/ Jack Scholes - SP


Folha da Mulher

8

São José dos Pinhais | Setembro 2013

ATIVIDADE FÍSICA Corpo & Arte

Johnny Ramos

Evelyne Correia

Personal Trainer. CREF 014673-G/PR Professor de Bike Indoor da Academia For Fit

41 3283.4441

Professora de Dança. Graduada em Educação Física. Especialista em Dança e Fisiologia do Exercício.

Bike Indoor

Aula de ritmos Se prepare para o verão dançando

Dilvulgação.

D

ançar está definitivamente na moda. Seja nos programas de televisão ou nas academias, é possível encontrar cada vez mais espetáculos de dança e opções para mexer o corpo bailando. Mas se você não faz questão de aprender um estilo específico de dança, o ideal é buscar aulas que misturem vários ritmos. Desse modo, a variação da intensidade durante o período acelera o gasto calórico. O objetivo é gastar energia, melhorar a coordenação motora, diminuir e controlar o peso e abrandar o estresse de uma maneira alegre a prazerosa. É possível tonificar coxas, panturrilhas, tronco e braços. Uma outra vantagem das aulas que misturam estilos, em

relação à dança de salão, é que não é preciso ter um par, já que as coreografias são executadas individualmente. A aula de dança com coreografias motivantes e simples, misturando vários ritmos atuais, como Dance, Axé, Música Latina, Hip Hop, Funk e Salsa. A aula é indicada para todos que gostam de dançar e querem perder algumas calorias de maneira bem divertida. Em cada aula é possível queimar de 300 a 500 calorias. Venha fazer uma aula experimental na Corpo e Arte! Turmas: 3ª e 5ª das 18h às 19h; 6ª das 19h às 20h Sábado das 13h30 às 14h30

41 3283.2379

Conheça mais sobre essa divertida e saudável aula

J

ohnathan Goldberg, mais conhecido como Johnny G., ciclista e fisiculturista, foi primeiro atleta a concluir em oito dias a maratona ciclística que cruza os Estados Unidos de ponta a ponta, o Race Across America. Durante seu treinamento ele criou a bicicleta de spinning, uma bicicleta estacionária que reproduzia seu esquema de treinamento, que consistia em pedalar entre 1.100 km e 1.300 km por semana. Com esta criação além de treinar ele poderia também permanecer próximo da sua família, e a partir desta obra caseira, o spinning virou negócio em 1989, quando ele abriu sua primeira academia de ginástica. Atualmente outras aulas utilizam bicicletas estacionárias com metodologias diferentes, como o Indoor Cycle, RPM (aula pré-coreografada pela Body Systems) e o Bike Indoor, mas os objetivos são sempre os mesmos: a melhoria no condicionamento cardiovascular, pois utiliza como fonte principal de energia o metabolismo aeróbio. Portanto ao questionar qual a musculatura trabalhada nesta aula, é importante ter em mente, que o músculo desenvolvido é o cardíaco, então, ao buscar tal atividade evite pensar em definição ou força muscular localizadas nos membros inferiores, visto que estes podem até acontecer devido à diminuição do percentual de gordura, mas não ocorrem como foco principal.

Dilvulgação.

A duração de uma aula de Bike Indoor varia de 45 a 60 minutos. É uma aula das mais intensas oferecida dentro das academias, chegando a oferecer um gasto calórico de 400 a 600 Kcal/hora, dependendo, é claro, do metabolismo e desempenho de cada indivíduo. Qualquer pessoa pode praticar esta aula desde que não tenha restrição médica, mesmo assim no início é natural encontrar alguma dificuldade para acompanhar a aula toda, considerando que ela exige um bom condicionamento físico, tanto cardiorrespiratório quanto muscular. Mas a maneira mais eficaz de melhorar este condicionamento é praticando a atividade em si, - realizando a aula completa levando em consideração os limites individuais, tentando acompanhar o professor e seguindo um ritmo mais lento. Algumas condutas preventivas podem contribuir para um melhor rendimento de sua aula e elas estão diretamente relacionadas ao posi-

cionamento do aluno em relação à bicicleta e também a utilização de alguns equipamentos, tais como sapatilhas para bike, bermudas de ciclismo e monitor cardíaco (ou frequencÍmetro). Além disso, a utilização de uma toalha e a reposição hídrica por meio de ingestão de água ou líquidos isotônicos são condutas de suma importância que devem ser praticadas durante a realização das aulas. Ao iniciar esta atividade é interessante sinalizar ao professor que você é iniciante para que o mesmo te ensine e auxilie nos ajustes de sua bicicleta, – fora da bike deixe a altura do selim na direção de sua crista ilíaca, mantenha uma distância do antebraço com o punho fechado entre o selim e o guidão e deixe o mesmo em uma altura confortável (procurando mantê-lo um pouco acima do selim) – pois, para que seu objetivo seja alcançando é necessário que sua aula seja feita com total segurança.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

9


Folha da Mulher

10

São José dos Pinhais | Setembro 2013

ESTÉTICA Lilian Antonietto Franco Rocco

Fisioterapeuta

41 3035.7431 / 3035.1211

www.clinicaesthetique.com.br

afetadas durante uma exposição. O bronzeamento é uma defesa contra as radiações solares, que estimulam o organismo a produzir melanina, um pigmento natural da pele, reduzindo, com isso, a penetração das radiações UV-A e UV-B. Nos primeiros dias de exposição ao sol a produção de melanina começa a ser ativada. Neste período, devem ser utilizados protetores solares com fatores de proteção mais elevados, filtrando os raios prejudicias à pele. Queimaduras, sensações de ardência e inchaços são comuns quando ocorre exposição indevida ao sol. A escolha adequada do FPS, para cada tipo de pele, é muito importante. Peles de fototipo mais claras necessitam de um fator de proteção maior. Um produto com FPS 10, por exemplo, permite a exposição da pele ao sol por um período 10 vezes maior do que seria permitido sem a sua utilização. Isto não significa dizer que a pessoa estará livre de queimaduras pois, passado esse tempo, a pele sofrerá danos, como se nenhum produto tivesse

sido aplicado. Nunca esqueça da face, que requer produto específico e FPS maior.

lilian@clinicaesthetique.com.br

CREFITO 106124 - F

Filtro solar

A importância da proteção solar para a pele outros danos à pele, como o risco de câncer de pele. Já a loção, spray ou creme de bronzeamento é usada para atrair raios ultravioleta visando atingir um melhor bronzeado. Geralmente é indicado para o uso em mar ou piscina. Os melhores filtros solares protegem tanto para radiações UVB (provocam vermelhidão, ardor, queimadura e câncer de pele) quanto UVA (provocam envelhecimento precoce e câncer, principalmente em pessoas com pele clara).

A

primavera está chegando e logo o sol do verão, durante todo o ano é importante o uso de proteção solar, mas nessa nova estação os cuidados devem ser maiores, conheça melhor a função e o benefício de uma proteção solar adequada. O filtro solar passou por um longo caminho desde sua criação. Os mais modernos apresentam maior proteção e também podem

Fator de proteção Solar

ser resistentes contra água e suor. Para o público infantil, que requer algumas particularidades quanto o Ph da pele, em algumas versões o produto apresenta coloração para que facilite a aplicação nos pequenos. Filtro solar ou protetor solar em forma de loção, spray ou creme de uso tópico, ajuda a proteger a pele da radiação ultravioleta do sol, o que reduz as queimaduras solares e

O Fator de Proteção Solar (FPS) está diretamente relacionado à quantidade e propriedade dos componentes utilizados na elaboração dos filtros solares. Quanto maior o valor do FPS, maior será o nível de proteção. Para escolher o FPS compatível a um determinado tipo de pele, não se deve levar em consideração as partes do corpo mais expostas ao sol, como braços, e sim as regiões que nunca ficam expostas, pois estas regiões serão as mais

orientações

Para criar o hábito de se proteger, tenha sempre o filtro solar na bolsa, no trabalho ou no carro. Você pode usar o protetor antes de se maquiar. Em vez de passar hidratante para preparar a pele, use o protetor. Aplique em todo o corpo, inclusive nas áreas que ficam cobertas pela roupa (ou biquíni). Não se esqueça daquelas áreas que em geral você só se lembra quando já estão ardendo: mãos, pés, orelhas, pescoço. Reaplique a cada duas horas ou sempre que suar muito ou mergulhar, se estiver na praia ou piscina. Na hora de comprar o filtro, atenção ao rótulo. Ele deve indicar que bloqueia os raios UVB e também UVA. Como as nuvens não conseguem barrar a radiação solar, use o filtro mesmo em dias nublados.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

11


12

Folha da Mulher

SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Setembro 2013


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

13


Folha da Mulher

14

São José dos Pinhais | Setembro 2013

PAIS E FILHOS Andreia Moessa de Souza Coelho

Psicóloga e Psicanalista. CRP 08/08896. Especialista em Educação Especial.

andreiamoessa@yahoo.com.br

Daniela Stainle

Profissional da

Pedagoga e Psicopedagoga

41 9119.3606

Profissional da

danistainle@yahoo.com.br

Que criança queremos? Inclusão social e preconceito

G

Crianças com vontade de viver

ostaria de dialogar com aqueles que escolheram educar crianças, sejam pais ou profissionais, sobre a patologização ou medicalização da infância. Comportamentos infantis comuns estão sendo tratados como transtornos, sofrimentos estão sendo calados e crianças estão sendo rotuladas e medicadas. Por que estamos transformando crianças inteligentes, criativas, interessantes e questionadoras em pacientes psiquiátricos? A infância, todos sabemos, é marcante em nossa história de vida, conhecemos a importância tanto da construção de vínculos afetivos, como da aprendizagem das regras

sobre os laços sociais. Por que estamos encerarando nossos pequenos em rótulos de doenças ao invés de educá-los a lidar com as próprias diferenças, a se conhecerem e a se aceitarem? Assisto pais e professores descrevendo os ‘defeitinhos’ de seus pupilos, no momento em que deveriam estar dispostos a educar, a estar presentes como adulto que transmite aquilo que aprendeu. O processo que começa com um desencontro entre o adulto e a criança culmina com um estigma. Por quê? Não queremos crianças que perturbam, que questionam, que fazem barulho ou que correm? Não seria esta uma imagem de uma criança saudável?

Que criança queremos? Se nos permitirmos questionar, vamos nos deparar com uma anulação das crianças, como se não pudessemos nos ocupar delas, mas nós escolhemos! E podemos nos autorizar ao encontro com o nosso infantil e construir resistência a todo este movimento que patologiza a infância, processo em que todos saem perdendo, crianças, pais e educadores. Como nos diria Freud (1910) “A tarefa daqueles que lidam com as crianças é fazê-las ter vontade de viver, de despertá-las para o mundo, não as deixando ao sabor do destino mas, sim, responsabilizando-as pela invenção de suas próprias vidas e de sua sociedade”.

Roberta G. M. Flausino

Profissional da

Terapeuta Relacional Sistêmica. CRP 08/10194. equilibrio_centro@hotmail.com

41 3081.3400

As mudanças...

C

asamento requer que duas pessoas negociem juntas uma série de questões que para si são importantes enquanto indivíduos e também valores que trazem da sua família de origem. O casal precisa estabelecer um bom contrato inicial, onde vão se definir os mais diversos assuntos: utilização de espaço, tempo, dinheiro, tarefas em conjuntos, tarefas individuais (que serão mantidas). Muitas foram às mudanças que aconteceram dentro da relação de casal nos últimos anos. Hoje em dia a divisão de tarefas domésticas são melhores negociadas. Elas deixaram de ser exclusivas da mulher.

Na relação de casal

O que define as divisões é o tempo disponível de cada um. Os valores sociais e individuais são outros aspectos que vem mudando bastante no decorrer dos anos. O que antes eram visto como certo e errado, hoje dá lugar a questionamentos e novas reavaliações do casal. Em casais mais funcionais é possível flexibilizar essas regras e adaptá-la às etapas de vida em conjunto, como a chegada dos filhos e questões familiares. As questões de dinheiro e trabalho também sofrem mudanças dentro da relação de casal. O dinheiro ainda tem muito poder dentro dessa relação. Estabelecer algumas

regras sobre como vai funcionar as finanças e o tempo de trabalho de cada um é a maneira mais funcional de lidar com essas questões, para que nenhum dos dois se sinta prejudicado. As pessoas estão criando menos expectativas, em relação ao outro, desta forma fica mais fácil contribuir e dizer o que esperam da relação e do outro. Além de todas as mudanças citadas acima, temos também as mudanças sociais e morais, onde sai do tradicional e abrange outros tipos de casamentos (casamentos homossexuais, recasamentos, entre outros).

A falta de informação gera atitudes preconceituosas na vida social e escolar das crianças Dilvulgação.

U

ma das maiores preocupações dos pais que tem filhos com dificuldades de aprendizagem ou mesmo em processo de inclusão hoje em dia é a falta de informação, de modo geral, de como lidar com essas crianças de maneira correta e eficaz. Esta preocupação vem de casa em relação à sociedade, à escola e qualquer outra atividade realizada no ambiente externo. O que vemos atualmente é um despreparo da população no que diz respeito a essas crianças, seja no manejo, nas atitudes, nos olhares ou mesmo na falta de paciência. Vemos famílias que sofrem porque seus filhos não são convidados para festas de aniversário, vemos professores despreparados para entender que determinada criança necessita de um auxílio especial, pois esta mesma não consegue realizar as atividades, vemos pais e professores acreditando que seus filhos e alunos são “preguiçosos”, quando na verdade eles de fato não conseguem mesmo realizar suas tarefas. Não vamos entrar aqui em questões emocionais e psicológicas, vamos nos prender apenas à aprendizagem e às dificuldades que essas crianças apresentam, sejam elas por transtornos, síndromes ou deficiências. Um bom começo para mudarmos essa realidade é que tenhamos

consciência que esta criança apresenta um problema real e que necessita de apoio. Uma dose cavalar de paciência dos pais e responsáveis dentro de casa, um olhar clínico e acolhedor na escola por parte dos professores, saber encaminhar essas crianças para uma avaliação psicoeducacional e para os profissionais competentes. Uma vez feito um diagnóstico, família e escola devem se inteirar do assunto, ler a respeito, pedir auxílio quando necessário para o profissional que está atendendo essa criança. O que muitas vezes atrapalha todo esse processo de inclusão social é que ainda somos seres cheios de preconceitos e fazemos julgamentos antecipados e errôneos. Nominamos de imediato e não nos permitimos olhar o fato com mais critério, sem barreiras, com mais amor. Sabemos que existe uma longa jornada ainda a se percorrer para o fim de todo preconceito e para que haja uma Inclusão com responsabilidade, mas podemos, um a um e passo a passo, fazer nossa parte. Não deixemos mais aquele aluninho fora das atividades e brincadeiras, não deixemos mais de convidar determinada criança por ser “problemática” para as festas de aniversário. Sejamos amáveis, esclarecidos e juntos poderemos fazer uma grande mudança.


São José dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

15

EVENTOS Salão Casamento & Eventos

INFORME PUBLICITÁRIO

Além de dezenas de fornecedores para festas, sexta edição do evento terá novidades que incluem a realização de palestras Novidades

Imagem dilvulgação: Full Eventos.

E

scolher os fornecedores para a organização de festas de casamento, formatura ou debutante será uma tarefa fácil, divertida e interativa para o público que visitar a 6º edição do Salão Casamento & Eventos. A feira será realizada nos dias 20, 21 e 22 setembro, no Shopping São José, em São José dos Pinhais. O evento é o maior do setor na Região Metropolitana e reúne

os principais prestadores de serviço do segmento, que vão expor as tendências do mercado de festas. No local, será possível encontrar diversas empresas de decoração, som e iluminação, doces e bolos, DJs, trajes, sapatos, cerimonial, fotografia, filmagem, gastronomia, maquiagem, entre outras. A expectativa é de que 10 mil pessoas participem do Salão, que é realizado pela Savannah Ações

em Comunicação em parceria com a Vintage Eventos. Idealizador da feira, Michel Rodrigues, afirma que a organização deste ano vai surpreender pela inovação. “O evento já é tradição na cidade e posso dizer que nós nos superamos no quesito criatividade. Os visitantes realmente vão se encantar com as novidades”, adianta Michel, diretor da Savannah.

O Salão, que será realizado no piso G1 do Shopping São José, terá mais de 560 m² e uma área exclusiva para a realização das palestras, que não terão custo adicional para os visitantes. Uma das palestrantes confirmadas é a educadora sexual Andréia Berté, que vai trazer o tema “Noiva supersexy e poderosa”. A diretora da Vintage Eventos, Fernanda Ferraz, destaca que as palestras serão uma oportunidade para os visitantes se atualizarem sobre temas relacionados a casamento e festas em geral. “Além do contato com os fornecedores, também vamos trazer esse diferencial. Procuramos profissionais considerados referência na área, que poderão repassar sua experiência ao público”, ressalta Fernanda. Outra novidade desta edição é que quem ainda não formalizou o pedido de casamento, poderá surpreender seu par durante a feira. “Vamos montar uma estrutura com telão, som e palco. O espaço será para quem decidiu casar, mas não passou por aquele processo do pedido tradicional, com romantismo, na frente de várias

pessoas. Muitos casais modernos deixam de lado esse detalhe e queremos dar a oportunidade de resgatar esse costume”, explica Fernanda.

Divulgação

Para garantir que o público deste ano supere o das edições anteriores, foi preciso muita criatividade para pensar nas ações de divulgação. Além da publicidade convencional em outdoors, jornais, revistas, rádios e internet, foi programada uma ação de marketing de guerrilha – técnica publicitária que causa resultados de grande impacto, por meios inesperados. “No dia 15 de setembro, um final de semana antes do início da feira, levaremos modelos vestidas de noivas para dentro do Shopping. Elas carregarão sacolas com informações sobre o Salão e farão atividades comuns, como comer sushi ou comprar sapatos. As pessoas poderão tirar fotos com as meninas, que com certeza chamarão atenção pelo look inusitado”, detalha Michel. Para saber mais informações sobre a 6º edição do Salão Casamento & Eventos estão no site www. salaocasamentoeventos.com.br.


Folha da Mulher

16

São José dos Pinhais | Setembro 2013

SUA CASA Daniela Maistrovicz Ampessan Arquiteta

www.danielamaistrovicz.com.br

41 3032.2924 | 9929.0339

Espaço Kids

Um cantinho especial da casa para a criançada

O

inverno está acabando e a primavera vem aí trazendo novo ânimo. É o momento de pensar na manutenção, e porque não, na renovação das nossas casas. Pintura nova nas paredes, limpeza e revisão de coberturas e calçadas, revitalização dos jardins. E dentro de casa? Por que não ousar fugindo do tradicional e criar um espaço único para a criançada? Os espaços kids ou brinquedotecas vem ganhando força nos últimos anos. Nos condomínios verticais e horizontais já são itens comuns. Hoje, muitas pessoas já

solicitam um “espaço kids” no desenvolvimento do projeto arquitetônico, pois cada vez mais percebe-se a importância de deixar o quarto como um local mais privativo, exclusivo para o descanso. Muita informação no quarto, como brinquedos, tv, vídeo-game e mesmo fazer deste o local de estudo, pode confundir a criança e deixá-la mais agitada na hora de dormir. Separar essas atividades em outro ambiente, ainda tem como vantagem o acesso e controle dos pais nas atividades diárias dos filhos e manter os dois ambientes mais limpos e organizados. Se tiver um ambiente que possa ser exclusivo para essa finalidade, melhor. Também é possível adaptá-lo juntamente com outros ambientes: salas de tv e churrasqueiras podem ser facilmente transformados em espaços multiuso, permitindo um cantinho projetado para as crian-

ças. O importante é fazer com que percebam que é o espaço delas, através do uso das cores e formas, móveis adequados ao seu tamanho, etc. Os móveis e acessórios devem ter cantos arredondados e fácil limpeza. Organizar tudo de forma que as crianças tenham acesso aos brinquedos e possam elas mesmas guardá-los é um incentivo a manter o local sempre em ordem. Uma parede com quadro negro e uma mesinha com puffs ou cadeirinhas é essencial. A inserção de brinquedos educativos num ambiente assim vai instigar a criança ao aprendizado.


São José dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

17

MODA INFORME PUBLICITÁRIO

Sapatos: uma paixão feminina

Confira as tendências para a próxima estação com as dicas da My Comfort – sua nova opção em calçados em São José dos Pinhais

A

paixão feminina por sapatos ultrapassa o consumismo, é uma relação de afeto comprovada por dados históricos e comportamentais. A My Comfort, empresa curitibana, com lojas em 3 shoppings centers e 1 loja no Centro de Curitiba, há mais de dois anos se destaca proporcionando moda, beleza e conforto em suas coleções. Com esse novo conceito em calçados, traz a partir desse mês para São José dos Pinhais sua nova loja localizada no Shopping São José. “A marca prova que é possível aliar conforto, design atualizado e moderno com

Imagem dilvulgação: linhas My Comfort.

salto alto”, conta Sandhya Cembrani, proprietária da marca. A My Comfort oferece sapatos, bolsas e acessórios exclusivos, para mulheres autênticas, que exigem muito mais que elegância e bom gosto. A empresa prioriza qualidade e inovação no segmento, porque unir beleza e conforto deixou de ser um desafio. As pessoas buscam o bem-estar e a linha comfort ganha um espaço cada vez maior no mercado. Os produtos My Comfort são produzidos com couro macio e solado desenvolvido para proporcionar um caminhar saudável e seguro.

Modelos com design especial para quem tem joanete, além de lindos, favorecem o cuidado com os pés, sem agravar o problema. A Summer Collection 2014 conta com tendências que serão hits na próxima estação, desde o minimalismo ao mix de materiais: preto e branco (uma das fortes tendências), étnico (aposta nos solados), furtacor, transparência, metais (cravo, hotfix, spikes), animal print (onça, píton e zebra), quadriculados. Nos modelos a aposta é em sandálias em diversas construções (desde flats às altas), sapati-

lha bico fino, scarpin, sandal boot, gladiador, mocassim, slipper; e nos materiais: couro liso, verniz, metalizados, enfeites (pedrarias, strass, pérolas), composições diversas. Nas cores, predomina: branco, prata, cores neutras (off white, rosé, areia, pele, nude, tons pastel), azul (tons abertos e fechados). Destaque para o salto médio e anabela. Couro vazado, com detalhe em laser, estará em alta nos sapatos. Ah, e as tornozeleiras! Também chamadas de ankle cuff, finas, grossas, estarão presentes em diversos modelos de calçados, com

propostas lindíssimas! Peep toe, bico fino e arredondado marcam presença. As listras virão com força total, aliada ao estilo navy, pra você arrasar! Na linha esportiva, sapatênis com variados modelos e texturas, para um look casual. E como não só de sapatos vivem as mulheres, que tal bolsas? Em shape médio, estruturadas, quadradas, transversais, carteira, para todas as ocasiões. Aprecie de perto My Comfort, ela é feita pra você! Visite a nova loja no Shopping São José e surpreenda-se.


Folha da Mulher

18

São José dos Pinhais | Setembro 2013

SAÚDE Cristiane Taborda Farmacêutica

41 3035.6676

Fibromialgia Dor crônica em muitas áreas do corpo

V

Fisioterapeuta - CREFITO 81813-F

músculos aos ossos) e ligamentos (conectam osso ao osso). Muitos pacientes também apresentam cansaço intenso, distúrbios do sono, dor de cabeça e alterações do humor, como depressão e ansiedade. É considerada a causa mais comum de dor músculo-esquelética generalizada em mulheres entre 20 a 55 anos. A causa da fibromialgia é desconhecida. Vários fatores físicos e emocionais influenciam os sintomas. Apesar de atingir músculos e tendões, nenhuma anormalidade é encontrada nesses locais. Não existem testes de laboratório ou exames de imagem específicos para o diagnóstico de fibromialgia. Este é baseado na história do paciente, no exame físico completo e em exames de sangue, os quais são usados para excluir doenças com sintomas semelhantes. O médico deve fazer um exame músculo-esquelético e neurológico para afastar outras doenças, como artrite e condições neurológicas. Testes la-

boratoriais são recomendados para excluir artrite inflamatória, doenças musculares ou da tireóide. Esses exames são normais na maioria dos pacientes com fibromialgia. Frequentemente, os pacientes com fibromialgia apresentam sintomas como: fadiga persistente, distúrbios do humor e do sono. Sendo assim, a avaliação inclui a investigação de depressão e ansiedade, síndrome das pernas inquietas e apnéia do sono. Identificou algum desses sintomas? Procure imediatamente um médico reumatologista! O tratamento da dor crônica e da fadiga é desafiador e não existe cura imediata. Medicações podem aliviar a dor, melhorando o humor e a qualidade do sono. Exercícios físicos são recomendados e não causam prejuízos, já que os sintomas da fibromialgia não estão relacionados a nenhum processo destrutivo. Os sintomas aumentam e diminuem ao longo do tempo, apesar de algum grau de dor muscular e fadiga geralmente persistir. Entretanto, muitos pacientes melhoram e tem uma vida ativa.

Corpo&Saúde

PRE-PA-RA

cristiane@aformulaonline.com

CRF/PR 17704

ocê sente dor muscular difusa com duração igual ou superior a 3 meses? Dor excessiva e generalizada pelo corpo? Você pode ter fibromialgia! A fibromialgia é uma doença crônica, caracterizada por dor muscular difusa, “mialgia”, e dor excessiva em muitas áreas do corpo. Afeta músculos, tendões (liga os

por Dra Fabiane Gonsales

O

Agora é hora!

verão se aproxima e para você que ainda não se preparou, sofre ao olhar-se no espelho, ver uma imagem que nem sempre te agrada e quer acabar de vez com esse pesadelo, conheça agora um tratamento estético com qualidade e eficácia comprovada. É a associação Heccus + Lipocavitação + Massagem Modeladora = uma fórmula fantástica! Essa associação de tratamentos acaba de vez com os terríveis “buraquinhos” nas coxas e glúteo, elimina aquela gordurinha que insiste em aparecer nas horas mais inconvenientes e de quebra trata a flacidez. O Heccus é um moderno equipamento computadorizado que combina terapia por ultrassom com terapia por média frequência (corrente Aussie) que proporcionam estímulos elétricos tripolares para ativação do sistema linfático e que aumenta o metabolismo local promovendo a quebra das células de gordura. É utilizado também para fortalecimento muscular. Possui resultados mais satisfatórios que a Corrente Russa e com muito mais conforto. A Lipocavitação, mais conhecida como lipo sem cortes, é uma tecnologia de ultrassons convergentes com efeito cavitacional

que destrói a gordura através do rompimento das membranas dos adipócitos com a implosão dos mesmos e libertação na corrente sanguínea que vão ser eliminados pelo organismo através das vias normais de excreção (urina e fezes) e parte é metabolizada pelo organismo. Temos ainda consequentemente, com o aquecimento destas células, a fluidificação dos líquidos, os quais através da massagem modeladora e redutora corporal consegue-se sua reorganização, reduzindo as medidas, melhorando o contorno corporal e ainda facilitando a eliminação desta gordura. Portanto, podemos ressaltar como resultados desta associação de tratamentos a ativação do sistema linfático (melhor drenagem linfática), a melhora da flacidez, da textura da pele, da definição da musculatura e da celulite e a redução da gordura localizada. Já na a primeira sessão os resultados são geralmente muito notórios na perda de volume, redução do perímetro até cerca de 5 cm, melhoria da textura da pele e efeito modelador. Para resultados mais visíveis são necessárias 10 sessões, pois como em todos os tratamentos cada caso é um caso. Agende sua avaliação gratuita e fique linda para o verão!


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Setembro 2013

19

SAÚDE Silvana Evaristo Echer Fonoaudióloga. CRF.ª 6649/T silvanafono11@yahoo.com.br

41 3035.1395 | 3382.1474

Aquisição de linguagem

A

As causas e efeitos do seu atraso

aquisição de linguagem é o processo pelo qual a criança apreende a língua materna, tendo como pré-requisitos básicos a boa condição orgânica, assim como a interação social e a troca comunicativa com o outro. Um primeiro tipo de atraso de linguagem é aquele em que há ausência de linguagem verbal, sendo ultrapassado o limite da idade cronológica. Um segundo tipo

pode ser observado em crianças que, embora já estejam usando palavras para se comunicar, tem uma linguagem que não se desenvolve com a mesma velocidade e complexidade constatada na evolução das demais crianças. Nestes casos, é comum que a criança de 2 ou 3 anos ainda não se utilize da fala como meio de comunicação, priorizando a linguagem gestual intencional, acompanhado em ge-

ral de sons que algumas vezes assemelham-se com a fala ou ainda de pequenos gritos ou ruídos. Percebe-se também, que a dificuldade em se fazer compreender transforma-se numa perturbação crescente, tornando a criança irritada e agressiva. Outra característica que pode estar presente nestes casos são os distúrbios articulatórios, como trocas, distorções e omissões de

Dra Luciane Dallavale Grebogi Médica. CRM 20988. Especialista em Nutrologia Membro da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN)

lugrebogi@uol.com.br

41 3035.1395 | 3382.1474

O que é a NUTROLOGIA?

N

Conheça um pouco sobre essa importante especialidade médica

utrologia é a especialidade médica que estuda, pesquisa e avalia os benefícios e malefícios causados pela ingestão dos nutrientes, aplicando estes conhecimentos para a avaliação das necessidades orgânicas, visando a manutenção da saúde e a redução dos riscos de doenças. O acompanhamento do estado

nutricional do paciente e a compreensão do mecanismo de desenvolvimento das doenças relacionadas à ingestão nutricional permitem ao médico nutrólogo atuar no diagnóstico, prevenção e tratamento destas patologias, contribuindo na promoção de uma longevidade saudável, com melhor qualidade de vida em diversos aspectos.

Assim, o papel do médico nutrólogo engloba: • Diagnosticar e tratar as doenças nutricionais, inclusive doenças nutroneurometabólicas de alta prevalência, como a obesidade, hipertensão arterial e o diabetes mellitus, utilizando-se de diversos métodos diagnósticos, para atuar com precisão e de maneira particular para

Dra Karen Harumi Uchimura Otorrinolaringologista. CRM 15289 uchimura.karen@gmail.com

41 3035.1395 | 3382.1474

Rinite alérgica

A

rinite alérgica é um mal que atinge a humanidade há milênios. Afeta pessoas de todas as idades, de todos os países e de todas as etnias, causando vários sintomas que comprometem significantemente a qualidade de vida, o sono, o trabalho, a aprendizagem e a vida social das pessoas acometidas. Os principais sintomas são a

Como enfrentá-la

coriza, obstrução nasal, espirros, coceira no nariz, olhos, garganta e ouvidos, mas também pode causar lacrimejamento e vermelhidão ocular. De acordo com a frequência dos sintomas a rinite se classifica em intermitente e persistente; e em leve, moderada e grave de acordo com a gravidade. A intermitente apresenta sintomas por menos de 4 dias por

semana ou menor que 4 semanas por ano. A persistente por mais ou igual a 4 dias por semana ou maior ou igual a 4 semanas por ano. Na rinite leve nenhum dos seguintes sintomas está presente: distúrbios do sono, impacto em atividades diárias, lazer ou esporte, impacto na escola ou no trabalho. Na rinite moderada/ grave um ou mais desses sintomas estão presentes.

fonemas/sons, não mais esperados para a idade, além da falta de habilidade para construir frases completas. A compreensão da linguagem nos casos onde não há perda auditiva, distúrbios neurológicos, nem deficiências intelectuais, geralmente é normal. A aprendizagem escolar pode estar comprometida pela incapacidade da criança em ordenar a linguagem escrita, devido a dificuldades de discriminação fonêmica e de organização verbal. Quanto às causas do atraso de aquisição de linguagem, podemos dizer que a deficiência auditiva impede a recepção dos estímulos auditivos, indispensáveis ao desenvolvimento da linguagem. Problemas emocionais podem levar à falta de necessidade de desenvolver uma adequada comunicação

oral. Atitudes inadequadas dos pais, como rejeição, superproteção ou superexigência criam um ambiente familiar prejudicial a um desenvolvimento adequado. Deficiências intelectuais certamente repercutem no desenvolvimento da linguagem. Lesões ou imaturidade neurológica, anormalidades estruturais nos órgãos da fala, afasias, deficiências mentais, paralisias cerebrais e psicoses também podem ter relação ao atraso de desenvolvimento. Diante do quadro, faz-se necessário que a criança seja submetida a uma avalição multidisciplinar, personalizada caso a caso, mas que pode ter como referência inicial a Fonoaudiologia, uma vez que o desenvolvimento e os distúrbios da comunicação humana são objeto de estudo deste profissional.

cada paciente. • Identificar possíveis “erros” alimentares, hábitos de vida ou estados orgânicos que estejam contribuindo para o quadro nutricional de cada paciente. • Esclarecer ao indivíduo: - Que o cuidado nutrológico abrange todas as etapas da vida; - Que doenças nutricionais envolvem desde condições mais simples e comuns como a anemia por deficiência de ferro, a carência ou falta de vitamina A, até condições mais complexas, como obesidade, hipertensão arterial, diabetes mellitus, vários tipos de câncer, anorexia nervosa, osteoporose, entre muitas outras; - Quais são as substâncias benéficas e maléficas presentes nos alimentos, de modo que o próprio paciente saiba fazer as suas esco-

lhas alimentares para viver mais e melhor; - Que muitas vezes a ingestão de um nutriente não assegura o seu aproveitamento pelo organismo; - Que a informação nutricional dos alimentos se torna uma ferramenta fundamental para a diminuição de riscos de doenças e a promoção da saúde e bem-estar. • Propor ao paciente, mudanças nos hábitos de vida, particularmente os relacionados à alimentação e oportunizar o check-up nutrológico, pois muitas vezes, o paciente nem suspeita de alterações orgânicas que possui decorrentes de uma alimentação inadequada ao longo dos anos. Diante disto, é possível ter-se a real noção da importância da NUTROLOGIA para todas as pessoas.

A história familiar de alergia está fortemente associada ao desenvolvimento da rinite alérgica. Se os dois pais apresentarem a doença, a possibilidade do filho de também ter rinite aumenta em 80%. A presença de rinite alérgica em pacientes asmáticos pode chegar a 100%. Ambas as doenças têm os mesmos fatores desencadeantes e a mesma fisiopatologia de inflamação mucosa. Existe também a associação com alguns tipos de eczemas, urticárias e alergias do sistema digestivo. O tratamento da rinite alérgica baseia-se em: prevenção, tratamento medicamentoso e em casos selecionados a imunoterapia. A prevenção é o primeiro passo no tratamento, pois não existindo

contato entre o alérgeno e o paciente, os sintomas reduzem causando redução ou suspensão do uso de medicamentos. Dentre os alérgenos domésticos devem ser evitados ácaros, fungos, baratas e animais domésticos. Outro aspecto importante é a retirada de agentes irritantes como fumaça e agentes poluidores do ambiente. Cuidar também com pólen. O tratamento medicamentoso inclui o uso de anti-histamínicos, descongestionantes, corticosteróides, antileucotrienos e outros. A imunoterapia específica com alérgenos tem como finalidade reduzir o grau de sensibilização e a reatividade aos antígenos, diminuindo a dose ou até mesmo retirando a medicação utilizada. Conhecendo melhor a doença, fica mais fácil enfrentá-la!


Folha da Mulher

20

São José dos Pinhais | Setembro 2013

COZINHA & CIA 41 3398.5739

Mirckles Costa

Chef de Cozinha

»Palavra da Chef

O

primavera

palavra primavera vem do latim e significa primeira (prima) verdade (vera). Diz a lenda que quando foi dita a primeira verdade na terra, os Deuses, para marcar a data, premiaram os homens com o nascimento das flores que antes não

mircklesbarbosa@bol.com.br existiam. A primavera está chegando e com ela o frescor, o multicolorido e todo o bem-estar e graciosidade que fazem desta data a estação mais comentada do ano. E no tocante à gastronomia não poderia ser diferente. Muitos pratos que levam primavera no nome são conhecidos não só por sua gostosura, mas também, como acontece com a primavera, por sua beleza e multicolorido.

»Receita da Chef || TRUTA pRIMAVeRA • Rendimento: 4 porções • Ingredientes: – 500 ml de água – 1/2 unidade(s) de cebola – 100 g de salsinha – 200 ml de cerveja – 2 unidade(s) de truta – 2 colheres (sopa) de manteiga – 50 ml de vinho branco – 3 gotas de suco de limão – 50 g de uva Itália – Tempero pronto a gosto • Modo de preparo Em uma panela adicione a água, a cebola, a salsinha e a cerveja. Deixe ferver e adicione a truta. Deixe cozinhar por quinze minutos. Depois de cozida, limpe a truta retirando a pele e espinhos.

• Molho Coloque a manteiga em uma frigideira, adicione o vinho branco, o limão, o tempero pron-

to e as uvas Itália. Deixe ferver por 3 minutos. Em seguida adicione o molho à truta e sirva acompanhada de

batatas soutê (batatas cozidas, fatiadas e douradas na manteiga com salsinha e sal) e decoradas com uvas Itália cortadas ao meio.


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Setembro 2013

21

BEM-ESTAR Silmara Pawluzyk Publicitária

silx10@gmail.com

Você tem certeza? Pare. Pense. Repense.

“E

xistiu um lenhador que acordava antes do sol raiar, trabalhava o dia inteiro cortando lenha, e só parava tarde da noite. Ele havia perdido sua esposa há pouco, que não suportando as grandes tempestades do inverno, veio a falecer. Sua família desde então era um filho, lindo, de poucos meses e uma raposa, sua amiga, tratada como animal de estimação e de sua total confiança. Mesmo com essa situação, a vida não pára, ela continua... Então todos os dias o lenhador ia trabalhar e deixava a raposa cuidando de seu filho na cabana. Toda noite ao retornar do trabalho, encontrava a raposa feliz com sua chegada. Os vizinhos do lenhador alertavam que

a raposa era um bicho, um animal selvagem; e portanto, não era confiável. Quando ela sentisse fome comeria a criança. O lenhador sempre retrucando com os vizinhos falava que isso era uma grande bobagem, pois a raposa era sua grande amiga e de algum modo entendia que era tratada como se fosse da família. Ela jamais faria isso. Os vizinhos insistiam: ‘lenhador abra os olhos! A raposa vai comer seu filho’. ‘Quando sentir fome comerá seu filho!’. Um dia o lenhador muito exausto do trabalho, ao chegar em casa viu a raposa sorrindo como sempre e sua boca totalmente ensanguentada... O lenhador, sem pensar duas

vezes, sem sequer parar para raciocinar, apenas lembrou-se do que os vizinhos o estavam sempre alertando e imediatamente acertou o machado na cabeça da raposa... Desesperado lembrou-se do seu filhinho, entrou rapidamente no quarto, mas surpreso, encontrou seu filho no berço dormindo tranquilamente e ao lado do berço uma grande cobra morta.” Encontrei esta fábula para ilustrar um tema tão delicado: o julgamento precipitado. Quantas vezes formamos uma opinião baseada apenas em fragmentos de informações a respeito de fatos ou pessoas? Ou deixamos nos influenciar por opiniões dos outros? Julgar não compete a nós, então porquê essa necessidade de sempre apontar o dedo como a dizer “isso é certo” ou “isso é errado”? Quando vamos passar a ver o outro como a nós mesmos? Uma outra frase cabe bem aqui: “Não me deixe julgar um homem sem que eu tenha andado durante duas luas com suas sandálias” (prece de índios navajos), o que significa simplesmente colocar-se no lugar do outro. Não dê ouvidos a fofocas. Até a imprensa já errou várias vezes ao julgar e dessa forma acabaram prejudicando vidas. Fique na sua. Em paz com sua consciência. Pense nisso antes de, diante de qualquer situação, julgar atos ou atitudes alheias. E verá como a vida fica mais leve.


Folha da Mulher

22

São José dos Pinhais | Setembro 2013

VERA ROSA S

Lançamento do portal VRNews

ucesso. Essa é a palavra que define o resultado do evento de lançamento do portal VRNews, que aconteceu no dia 06 de agosto de 2013, no Shopping São José. Políticos, empresários, patrocinadores do novo portal, amigos e familiares da empresária Vera Rosa prestigiaram o evento, que contou com momentos especiais, surpresas e muita emoção. A chegada no novo portal de notícias em São José dos Pinhais foi apresentada aos convidados e a cantora Amanda Lyra abriu a noite, tocando um repertório de bom gosto, que agradou o público. Vera Rosa assumiu o microfone para agradecer a presença de todos e destacar a importância do momento para a Vera Rosa Comunicação. Um vídeo mostrou passo a passo como foi a construção do VRNews: desde as primei-

ras reuniões com Bruno Silva, da Squarebits, que desenvolveu todo o layout do portal, a criação da identidade da marca com a equipe da Skopos Comunicação e as reuniões com a equipe Vera Rosa Comunicação. Várias personalidades deram seu depoimento no vídeo, como o jornalista Marcos Rosa, o secretário de Cultura de São José dos Pinhais Amarildo Rosa e a própria empresária, que destacou o objetivo do VRNews: ser um canal de comunicação eficiente, rápido, completo e voltado para São José dos Pinhais. “Eu tinha um sonho. E eles [em referência aos colunistas e a equipe da empresária] acreditaram no meu sonho”, finalizou a empresária no final de seu discurso no evento, que contou ainda uma apresentação surpresa do Sérgio Queiroz, o Elvis Cover.

Liana Soifer e Talita Dallmann, do Shopping São José, o colunista social Ruy Barroso, Vera Rosa e Maximilian Santos.

Fotos: Rosane Gondro e Cristhyan Romankiu

Fernanda Rosa, Silvana Fiametti (Clínica Secrets), Tati Grazola e Laura Fiametti Rosa.

O casal Marcos Bombardelli e Miriam Ferreira.

O casal Sinthia e Gustavo Giugno.

O lançamento do Portal VRNews contou com o apoio das empresas: Squarebits, Skopos Comunicação, Shopping São José, Cristina Dal Negro Decoração, Doce Pão, Doce Papel, Casa Porto Delicatessem, RJ Eventos, Guilherme Artigas Captação e Edição de Imagem, Zadalah Boutique, Charm Calçados, Gustavo Giugno Art Hair, Secrets Clínica de Estética, Explorer Informática e Rosane Gondro Fotografias.

Bruna Kazeker, Alabluna Silveira (Zadalah Boutique), Vera Rosa, Micheli Mocelin (Charm Shoes) e Alessandra Oleskowicz.


São José dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher

23 www.verarosa.com.br

verarosa@verarosa.com.br

Joelma Kazeker, Silvia Bonk, o casal Sônia e Assil Curi, com Sinthia e Gustavo Giugno e Kelmy Oliveira.

Magda e Norberto Raderer, Bruno Silva e Marcia Furtado.

Dione Ortega, Suzan Lucio e Simone Werner.

José Carlos Alves da Silva (Casa Porto Delicatessen), Vera Rosa e Marcio Mainardes.

Dione Ortega, Suzan Lucio e Simone Werner.

João Leopold, vereador Professor Marcelo e o prefeito Luiz Carlos Setim.

Kleber Foggiatto, Vera Rosa e Claudinei Alves.

Orlandina de Jesus e Sérgio Queiroz, durante o show.


24

Folha da Mulher

Sonho realizado N

o dia 17 de agosto de 2013, Acir Mauricio Possobon Massaneiro e Patricia Cararo, filhos de Acir Pires Massaneiro e Odete Regina Possobon Massaneiro e Wilson Cararo e Maria Oleni Moro Cararo (in memorian), juntos há 4 anos, realizaram o sonho de suas vidas, trocando alianças em uma linda cerimônia realizada na Chácara Vale Silvestre, para 380 convidados. “Não existe momento mais marcante do que chegar na cerimônia e receber olhares de todas as pessoas que convidamos com muito carinho... Não existe comemoração sem convidados e com certeza não teria sido tudo tão especial sem a presença deles.”, declarou Patricia. A festa foi organizada pela Cristina Dal Negro Eventos. “A decoração nos surpreendeu em todos os aspectos; estava tudo muito lindo e bem organizado, UM SONHO. Já conhecíamos o maravilhoso trabalho da Cris. Tudo que é feito com amor e dedicação agrada os olhos e o coração, ainda mais quando se trata da sua festa , do seu evento . Nos sentimos muito prestigiados e satisfeitos com o carinho e dedicação do trabalho dela e da sua equipe.”, conta o casal. Esta nova fase na vida de Patricia e Mauricio representa o começo de uma nova família. “Nosso plano é ser feliz sempre, conquistar outros sonhos e viver cada dia intensamente.”, finaliza o apaixonado casal.

Cerimonial: Flavia Cetnarski | Cenegrafistas: Cláudio e Liliane | Decoração: Cristina Dal Negro Eventos | Doces: Cristiane Radin | Fotos: João Castanho | Local: Chácara Vale Silvestre | Produção da noiva: Monica Radin | Trajes dos noivos: Gislaine Noivas.

São José dos Pinhais | Setembro 2013

Folha da Mulher - São José dos Pinhais - 19ª edição - setembro 2013  

Acompanhada com o perfume e multicolorido das flores da primavera, que se inicia esse mês, a Folha da Mulher São José dos Pinhais chega a ma...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you