Issuu on Google+

Folha da Mulher

O espaço feito para você.

SAÚDE - MODA - BELEZA - ESTÉTICA - ATIVIDADE FÍSICA - CASA - FAMÍLIA - EDUCAÇÃO - BEM-ESTAR - CULINÁRIA - PETS - ARTE E CULTURA - TURISMO www.folhadamulher.com.br

www.facebook.com/folhadamulher

Ano 2 – Edição 18 – São José dos Pinhais - Agosto 2013

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

O desafio de ser Pãe Ser pai e mãe ao mesmo tempo

página 3


Folha da Mulher

2

São José dos Pinhais | Agosto 2013

EDITORIAL Pai é exemplo de vida. Mantém a família, a casa e a ordem, impõe limites e quebra barreiras. O papel do pai, sem dúvidas, não é fácil. Ele tem a responsabilidade de ser o herói todos os dias dos seus filhos, sem descanso ou desatenção. Diante disso, a Folha da Mulher dedica uma atenção especial para eles nessa edição. Na página 3, você pode acompanhar uma linda história, que representa o desafio de muitos pais hoje em dia, que é de ser “pãe”, pai e mãe ao mesmo tempo. Narciso Krasnhak conta como conseguiu conciliar sua profissão, estar presente e educar sua filha sem a presença da mãe. Acompanhe também, na coluna Grandes Eventos, a importância do pai para o casamento da filha. Nas editorias Pais e Filhos e Saúde, veja, respectivamente, o papel fundamental dele na educação e no

“Gilberto

desenvolvimento dos filhos. E aproveite o dia dos pais preparando uma deliciosa receita acompanhada de um bom vinho; sugestões que você encontra em Cozinha e Cia. A Folha da Mulher desta edição traz ainda diversas dicas para o cuidado com a saúde e muita informação sobre moda, educação, beleza, decoração, estética e outros assuntos pertinentes ao seu dia a dia. Desejamos a você leitora um agosto repleto de alegrias e conquistas. Cabe aqui também, nossas felicitações a todos os Pais pelo seu dia, em especial os nossos pais e o grande Pai, que nos protege e ilumina lá do céu. Mande suas dicas, críticas e sugestões. A Folha da Mulher é feita para você e por você. Boa leitura! Johni Pablo e Felipe Giacomin - Diretores - Folha da Mulher

CAPA DO MÊS Agosto é o mês dos pais. É uma época para homenagearmos uma figura muito importante em nossas vidas. Nessa edição, a Folha da Mulher traz uma reportagem especial sobre um pai que teve que assumir a criação e educação da filha após a esposa falecer no parto. “Foi um grande desafio, não somente pela perda da esposa, mas também pela Franciele, que nasceu prematura e durante seu primeiro mês de vida, permaneceu em uma UTI Neonatal”, afirma o empresário Narciso Krasnhak, personagem de capa desta edição. Narciso e Franciele, hoje com 16 anos, são muito unidos. “O amor é tão grande que me desdobro e conto com a colaboração da minha filha, que me acompanha em muitas de minhas atividades profissionais”, afirma o pai coruja. Confira a matéria na íntegra na página 3. Fotografia: Rosane Gondro Fotografias Cabelo, maquiagem e unhas: Gustavo Giugno Art Hair Beauty

EXPEDIENTE O Jornal Folha da Mulher é uma publicação da JF Comunicação Editorial Ltda, CNPJ 13.479.089/0001-62. Fundado em 11 de março de 2011. Sócio-Diretores: Johni Pablo johni@folhadamulher.com.br Felipe Giacomin felipe@folhadamulher.com.br Jornalista Responsável: Caroline Bosi Beatriz - DRT 6357 Jornalismo, matérias e releases:

redacaosjp@folhadamulher.com.br Fale com a Folha da Mulher: contato@folhadamulher.com.br Web e Redes Sociais: www.folhadamulher.com.br www.twitter.com/folhadamulher www.facebook.com/folhadamulher Periodicidade: Mensal Distribuição: Gratuita e dirigida Pontos de Distribuição: Salões de beleza e estética, lojas de moda e confecção, comércio em geral,

clínicas, academias, além de todos os anunciantes dessa edição. Os artigos e matérias assinadas contidas nessa edição são de responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião da Direção do jornal Folha da Mulher. PARA ANUNCIAR: comercialsjp@folhadamulher.com.br (41) 9208.6879 (41) 9833-1034

PARCEIROS 41 3382.6015

São José dos Pinhais

São José dos Pinhais

www.academiaforfit.com.br

41 3383.8003

A. Pereira, meu pai, minha vida e meu eterno herói”. IN MEMORIAN

leilane S. Pereira

CRÔNICA Sofia Ricciardi Jorge Estudante de jornalismo

sofia.ricciardi@yahoo.com.br

O cara mais ou menos sério que me ensinou a sair do lugar

E

xpliquei para o meu namorado que teríamos que cancelar o cinema, pois meu pai deixou escapar que gostaria de assistir o tal filme e achei uma ótima oportunidade de convidá-lo para um programa entre pai e filha, coisa que eu pouco me lembrava de fazer. Ele ficou meio aborrecido, mas acabou se convencendo do quanto isso significava para mim. Engraçado, moramos debaixo do mesmo teto, dividimos torradas no café da manhã e vemos televisão no mesmo sofá, mas nos sentimos um bocado esquisitos quando estamos sozinhos. Tentei me lembrar dos últimos programas que fizemos juntos e automaticamente me vieram imagens de um parque próximo a nossa casa, onde aprendi a andar de bicicleta. Ele me ensinou, pois de alguma forma essa tarefa se encaixa perfeitamente no perfil dos pais. Bom, eu cresci, mas nem por causa disso ele parou de me ensinar a sair do lugar. Atualmente, a Caloi vermelha se transformou em um Corsa vermelho e meu pai continua ao lado, me ensinando a dirigir, melhor, gralhando reclamações no meu ouvido enquanto es-

tou na direção. Tudo bem, eu não ligo. Sei que o seu papel é equilibrar os mimos da minha mãe, para que eu não vire uma adulta imatura e pouco disciplinada. Mas, naquele dia, no cinema, eu tive vontade de dizer para ele relaxar e aproveitar a filha caçula dele que estava contente demais com o simples programa. O homem é difícil de lidar, pensa demais, calcula demais, mas deixa escapar piadas bobas e risos frouxos em momentos surpreendentes, o que claramente deixou nossa ida ao cinema mais light. No fim, nos divertimos muito e ele contou que gostou do filme, deixou escapar pequenos comentários e até participou mais da conversa da família na hora do jantar. Com o sucesso do nosso programa de pai e filha, achei por alguns instantes que somente eu poderia arrancar aquele homem da seriedade e temi o momento de sair de casa. O que seria desse cara sem mim? O que vai ser do meu pai sem a pequena caçula dele? Quer saber? Pouco importa. Afinal de contas, não foi ele que me ensinou a andar de bicicleta, dirigir meu Corsa e sair do lugar?


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Agosto 2013

3

CAPA Caroline Bosi Beatriz

Jornalista

carolbosi@gmail.com

Pai e mãe ao mesmo tempo

Nesse mês dos pais, a Folha da Mulher traz a história do empresário Narciso Krasnhak, que assumiu a responsabilidade de criar a filha sozinho

S

er pai não é tarefa fácil. É preciso ser presente e apoiar os filhos em todas as horas, corrigi-los e ensiná-los. O pai do século XXI é bem diferente daquele que se preocupava apenas em tra-

balhar o dia todo para garantir uma estabilidade financeira dentro de casa. A figura clássica do pai, que chegava em casa cansado e não dava atenção aos filhos, está fora de moda. Hoje, cada vez mais os pais deixam de ser figuras distantes, para participar ativamente da vida dos filhos. Quando a mãe não está presente, as responsabilidades aumentam. É o caso do empresário Narciso Krasnhak, capa desta edição, que assumiu o desafio de ser pai e mãe ao mesmo tempo da filha Franciele Schapieski Krasnhak, de 16 anos, quando sua esposa faleceu, logo após o parto. “Foi um grande desafio, não somente pela perda da esposa, mas também pela Franciele, que nasceu prematura e durante seu primeiro

mês de vida, permaneceu em uma UTI Neonatal”, afirma Narciso. Ele conta que o apoio da família foi fundamental para superar a situação e seguir em frente. “Não assumi a responsabilidade sozinho. Desde o início contei com o auxílio de minha família, que até hoje é fortemente ligada à Franciele. Dessa forma, diria que ela tem várias mães: as avós, as madrinhas e as tias”, diz. Narciso faz parte de um grupo de brasileiros cada vez mais comum no Brasil: homens que acumulam as duas funções e se transformando em verdadeiros “pães” (pais + mães). O número de pais solteiros aumentou 28% em pouco mais de uma década, segundo estudo sobre a desigualdade de gênero e raça divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Em 1993, a proporção de famílias formadas por pai e filhos era de 2,1%. Em 2006, pulou para 2,7%. O crescimento é pequeno, mas sinaliza uma transformação importante: os homens têm assumido a responsabilidade pela criação das crianças

e brigado na Justiça pelo direito ao trabalho e ao prazer da convivência diária. “É uma experiência imensurável, somos muito parceiros. Às vezes é difícil conciliar os cuidados e atenção que ela precisa e merece devido à correria de meu trabalho, mas o amor é tão grande que me desdobro e conto com a colaboração da minha filha, que me acompanha em muitas de minhas atividades profissionais”, afirma o pai coruja, que também adapta a rotina para acompanhar as atividades da filha. Para os homens que passam pela mesma situação, Narciso dá uma dica. “É preciso ser forte, acreditar em Deus e aceitar a perda. E, principalmente, entender que o filho que ficou é uma razão e uma missão de vida”.

Mais tempo juntos

Educar os filhos sem um dos parceiros é uma grande responsabilidade. Não apenas pelo fato de estar sozinho, mas também pela falta que a figura materna ou paterna faz para a criança. Passar mais tempos juntos e encontrar pontos de interesse podem aproximar pais e filhos e melhorar o relacionamento. “Hoje somos participativos em todos os pontos do nosso dia a dia. O diálogo é muito importante”, diz Narciso, citando uma das atividades que ele a filha gostam de fazer juntos: cozinhar. “É uma afinidade, talvez herdada das avós, muito competentes nesse quesito. Sempre que podemos cozinhamos juntos, Nossa ‘especialidade’ é o yakissoba”, afirma.


Folha da Mulher

4

São José dos Pinhais | Agosto 2013

BELEZA

Grandes Eventos

Sue Helen Chyczy

Gustavo Giugno Cabelereiro

Cerimonialista

gustavogiugno@hotmail.com

41 3081.3771

41 9925.2643 | contato@emporiodoevento.com.br

Estica e puxa

O pai da noiva

Ele também é a estrela no casamento

A

s imagens da troca de olhares entre o pai e a noiva, são umas das cenas mais emocionantes em uma cerimônia. Imagino que deve haver um misto de felicidade, “despedida” e nostalgia neste momento. Meio a este turbilhão de sentimentos identificamos na noiva a segurança de estar ao lado do seu pai neste momento único.

Ele representa amor, carinho, luz, proteção e entrega. É o seu guia para o novo rumo da vida que agora é formar uma nova família. Fica aqui a homenagem da Empório do Evento, a todos os Pais. Sabemos que esse amor, com a filha que se casou ou ainda vai casar, é eterno e nada poderá quebrar este laço que mantém unido vossos corações.

Saiba um pouco sobre elasticidade capilar e como ela influencia na vida das suas madeixas Dilvulgação.

O

s nossos cabelos, apresentam proteínas que dão aos fios uma certa elasticidade natural, que permitem que os fios sejam esticados quando são penteados. Esta elasticidade é necessária para que os fios não se rompam quando a força de pentear é aplicada. Quando esta elasticidade está prejudicada por agressões químicas ou por agressões climáticas, dependendo o grau de agressão a elasticidade aumenta ou diminui, deixando os fios mais frágeis e quebradiços ou mais resistentes. Ao mesmo tempo em que alguns produtos são indicados para

melhorar a elasticidade dos cabelos, outros vêm com a prescrição de evitar o efeito elástico. É comum confundir-se diante dessa dualidade. A elasticidade nada mais é do que a propriedade capilar de se alongar e de voltar ao comprimento original. O fio seco possui cerca 30% de elasticidade, já o fio molhado está no seu limite máximo de alongamento. É preciso ter atenção por exemplo, ao desembaraçar as madeixas molhadas, pois elas ficam mais suscetíveis a quebras. Isso explica porque os cabelos fracos caem em maior quantidade quando estão úmidos.

O potencial elástico não varia naturalmente, ele só pode ser alterado quando o fio é submetido a alguma intervenção química. As consequências vão depender do tipo e da quantidade de produto aplicada. As substâncias redutoras presentes nas fórmulas para alisamentos, permanentes e relaxamentos, e os agentes descolorantes, abalam a resistência das madeixas. O excesso de exposição solar, vento e poluição do ar também podem acelerar esse processo. O prejuízo de tudo isso reflete na elasticidade do cabelo. Ela fica acima do limite normal, em um processo chamado distrofia, o qual provoca a quebra dos fios. E para piorora ainda mais, as madeixas ficam opacas e sem brilho. Para evitar tais problemas, é fundamental fazer um diagnóstico preciso antes de qualquer transformação. Se o cabelo estiver danificado, é necessário fortalecê-lo antes de mais nada, para preencher a massa perdida. A solução é fazer periodicamente procedimentos de nutrição e hidratação capilar. Produtos à base de queratina são ótimos para recompor a massa e fortalecer os fios. Cuidados em casa com produtos suaves, protetores, silicones e produtos sem enxágüe devem ser sempre usados quando possível.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

5


Folha da Mulher

6

São José dos Pinhais | Agosto 2013

EDUCAÇÃO Patricia Teixeira Alberti

Diretora Geral | Pedagoga Pós-graduada em Interdisciplinaridade na Educação Básica

patricia@escolaevolutiva.com

41 3035.7227

A autoestima e a aprendizagem A importância da autoestima na infância e na escola

Divulgação.

A

autoestima é a apreciação que uma pessoa faz de si mesma em relação à sua autoconfiança e seu autorrespeito. Através dela, podemos enfrentar desafios e defender nossos interesses. Ela é formada ainda na infância, utilizando o tratamento que se dá à criança como peça chave,

ou seja, se a criança for sempre oprimida em relação a suas atitudes terá baixa autoestima. Se a criança for sempre apoiada em relação a suas atitudes, terá autoestima elevada. Para SEBER (1997), dentro da teoria de Piaget, o afeto se desenvolve no mesmo sentido que a cognição ou inteligência e, é res-

ponsável pela ativação intelectual. Com suas capacidades afetivas e cognitivas expandidas através da contínua construção, as crianças tornam-se capazes de investir afeto e ter sentimentos validados nelas mesmas. Neste aspecto a autoestima mantém uma estreita relação com a motivação ou interesse da criança para aprender.

A elevada autoestima estimula a aprendizagem oportunizando os desafios a serem enfrentados com segurança e entusiasmo. No espaço educacional, o professor torna-se o referencial para construção da personalidade da criança e da autoimagem, no sentido de oferecer atenção devida ao seu interesse escolar, fazendo com que o amor próprio seja solidificado como parte do processo de aprendizagem para a vida. O educador se encontra diante das dificuldades de relacionamento com os alunos, tornando necessária a busca pela afetividade e confiança como um desafio para que a aprendizagem seja significativa. Dessa forma, a afetividade moral e a educação estão intrinsecamente ligadas de maneira que os seres humanos resolvam os conflitos de natureza moral. Falar em afetividade é acreditar em uma educação com relevância social. Assim conclui-se que uma escola construída a partir de respeito, compreensão e autonomia de ideias, gera cidadãos honestos e responsáveis. A autoestima é o fundamento para a cons-

trução de um mundo melhor. A Escola Evolutiva está, a todo o momento, buscando mudanças para que possa melhorar a qualidade do ensino, e o professor, em sua formação continuada, tem contato com novas metodologias que sugerem o respeito pela produção do aluno, valorizando o que consegue fazer e incentivando o que pode vir a fazer. Nesse relacionamento educador-educando, o vínculo afetivo é o grande facilitador no processo de ensino aprendizagem a criança não se sente sozinha, com acolhimento, alegria e companheirismo ao seu redor. Desta forma, prazerosamente, o conteúdo é apresentado, as dificuldades são percebidas, acolhidas como parte do processo e facilmente superadas.

“A autoestima é o essencial alicerce para a vitória, o sucesso e a felicidade.” Içami Tiba.


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Agosto 2013

7

EDUCAÇÃO ESPAÇO

USA

por USA International - Idiomas e Intercâmbio

INFORME PUBLICITÁRIO

Corpo & Arte

Seu segundo idioma

Evelyne Correia

Torne-se um cidadão global com a USA International

A

partir deste mês vamos começar a construir uma ponte de comunicação com você caro leitor e leitora. Nosso ofício é capacitar todos aqueles que depositam sua confiança em nosso trabalho de lecionar língua inglesa. Poderíamos, nestas linhas, expor toda a experiência que tivemos ao longo de nossa carreira em sala de aula para explicar um pouco da visão sobre esse segmento. Entretanto, deixamos isso para aqueles que nos prestigiam com sua visita em nossa unidade em busca de uma orientação para o ensino de línguas.

A grande maioria das pessoas que passa por nossa unidade em busca de informação, se atém basicamente ao custo do investimento. Nada mais coerente, uma vez que todas as famílias dispõem de um orçamento pessoal familiar e toda a economia é bem vinda. Todos ouvem nossa proposta. Geralmente se encantam e acreditam na realização pessoal de se tornar cidadão global nem que seja através do idioma. Porém aprender inglês é uma parceria, uma via de duas mãos e procuramos cumprir muito bem o nosso papel nesta relação. É um projeto de vida também. Requer planejamento e execução. Se

não houver isso nada se constrói e o esforço é em vão. Talvez, este fato também explica a razão de muitos iniciarem cursos de idiomas várias vezes e nunca conseguirem concluir. Lançamos, portanto, um convite a você, seus filhos e toda a família: venham conhecer nossa escola e nossa proposta metodológica. E caso você esteja pensando em estudar um segundo idioma não esqueça: adquirir uma nova língua é uma via de mão dupla, e nós, da USA International, estamos sempre nos atualizando para estarmos preparados para esta jornada.

Depoimentos de alunos da USA International em homenagem aos Pais “Father you are the only man in the whole world that can make me feel like a special person. You give me life, you give me love, sometimes you scold me, you helped me become who I am today. You are one of the reasons that makes me want to live my life. I love you.” Liz Zanluca Hanemann (turma Speak More)

“My Daddy is the best in the world!” Giovanna Camargo Teixeira (turma Kids)

“My father is sometimes moody but very dedicated with his job and our family. Happy Father´s Day!” ”

Nadine Gabrielle Atanázio Santos (turma Speak Now)

GLOSSÁRIO: overprotective parents – pais superprotetores; animal kingdom – reino animal.

41 3283.4441

Professora de Dança. Graduada em Educação Física. Especialista em Dança e Fisiologia do Exercício.

Volta às aulas... Com muita dança!

Dilvulgação.

C

om o retorno das aulas escolares no segundo semestre muitos pais aproveitam esta época do ano para colocar seus filhos em atividades extras, sejam elas esportivas ou culturais. As atividades físicas, culturais, entre outras, estão cada vez mais presentes no dia a dia de crianças e adolescentes. As aulas extracurriculares, são importantes para o

desenvolvimento humano, trazem novas possibilidades de aprendizado, contribuem para aperfeiçoar a capacidade de armazenamento das novas informações e auxiliam no aumento da segurança pessoal melhorando a adaptação ao ambiente em que vivem. A Dança é uma ótima opção de aula extracurricular pois trabalha tanto os aspectos físicos quanto os culturais.

Na Corpo & Arte você encontra diversas opções de aulas para o seu filho! Confira alguns horários: Jazz Infantil ( 7 a 10 anos) - terças e quintas das 18h às 19h; Sapateado Infantil ( 5 a 7 anos) - terças e quintas das 18h às 19h; Sapateado Infantil II (8 a 12 anos) - segundas e quartas das 18h às 19h; Balé Infantil (6 a 8 anos) - terças e quintas das 9h30 às 10h30 / segundas e quartas das 18h às 19h / sábados das 10h às 11h; Balé Infantil II (9 a 11 anos) - segundas

e quartas das 19h às 20h; Baby Class (3 anos) - sábados das 10h às 10h45; Baby Class (4 e 5 anos) - sábados das 11h às 11h45; Jazz Juvenil (acima de 12 anos) terças e quintas das 15h às 16h / sábados das 14h30 às 15h30; Balé Juvenil (acima de 12 anos) - terças e quintas das 14h às 15h / sábados das 13h30 às 14h30; Sapateado Juvenil (acima de 12 anos) segundas e quartas das 19h às 20h / sábados das 14h30 às 15h30. Informações sobre outros horários entre em contato.


Folha da Mulher

8

São José dos Pinhais | Agosto 2013

SUA CASA de DECORAÇÃO

Daniela Maistrovicz Ampessan

Arquiteta

por Tok da Casa - Presentes e Decoração

41 3032.2924 | 9929.0339

Quadros e espelhos

www.facebook.com/danielaMaistroviczArquitetura

O charme da decoração da sua casa

Investindo em imóveis

Planejamento e consultoria do arquiteto são essenciais

Q

uadros e espelhos são uma boa opção quando o assunto é decoração. Os espelhos enfeitam a casa, ampliam os espaços e valorizam a iluminação dos lugares. Ao escolher a parede em que deseja colocar um espelho, repare também na parede oposta. Busque sempre colocar na direção do espelho todas essas peças que você pretende destacar e chamar a atenção. O espelho vai dobrar o tamanho do espaço e dar bastante destaque para a peça, por isso é de grande importância que o que esteja a sua frente seja tão charmoso quanto ele. Para não brigar com a decoração do resto da casa, o ideal é optar por peças sem molduras. Se elas forem imprescindíveis, é importante que sigam o estilo do resto do ambiente. Vale também ousar e criar contrastes entre a decoração do espaço e a moldura escolhida. Espelhos venezianos, por exemplo, estão sempre em alta e caem bem com qualquer tipo de decoração.

A Tok da Casa possui uma grande variedade de tamanhos e modelos de espelhos. Entre eles, destacam-se os espelhos venezianos que são uma super tendência e ficam bem tanto para o lavabo, hall de entrada e quartos. Outra forma de decorar, com muito charme as paredes é através dos quadros. Pendurar quadros não é uma tarefa muito simples, sempre surgem dúvidas na hora de escolher a melhor composição, de escolher quais ou quantos quadros vão para a parede, se ficam juntos ou separados, simétricos ou assimétricos e outra infinidade de questionamentos. Não há uma regra específica. Tudo vai depender do estilo do ambiente. Uma tendência na decoração é deixar os quadros encostados na parede, apoiados sobre um móvel ou até mesmo no chão. Esse tipo de arranjo confere personalidade ao ambiente e o deixa com um ar mais despojado. Outra tendência é misturar pin-

turas, fotografias e até mesmo alguns objetos favoritos. Dessa maneira o ambiente fica exclusivo e reflete bem o perfil dos moradores. A Tok da Casa possui uma grande variedade de quadros com um catálogo de mais de 2.000 modelos. Faça uma visita em nossa loja que fica ao lado do Shopping São José, confira os modelos expostos e escolha o que mais combinam com seu estilo. E se ficar na dúvida em que modelo de espelho ou quadro usar, fique tranquila, a Tok da Casa, possui uma consultoria especializada em decoração, onde profissionais antenados com o mundo da decoração vão até a sua residência, fotografam os ambientes, depois fazem um estudo de cores, formas e materiais adequados para o local e montam projetos que mais se encaixam aos ambientes da sua casa e ao seu estilo de vida. Tudo isso sem nenhum custo adicional.

Q

ue o mercado imobiliário traz investimentos sólidos e seguros, todo mundo sabe. Construir para vender ou alugar pode ser um excelente negócio. Porém, quando se tem a intenção de partir para esse ramo, deve-se ter amplo conhecimento e um planejamento preciso se não o lucro “imaginado” pode ir pelo ralo. O primeiro passo é a análise do terreno em que se pretende construir antes mesmo da sua compra. Com a consulta amarela, retirada na Prefeitura, pode-se saber o zoneamento onde se encontra o imóvel e parâmetros como: taxa de ocupação, recuos obrigatórios, taxa de permeabilidade, entre outros. Com esse documento é possível saber também que tipo de construções são permitidas nesse zoneamento em questão. A partir daí, é indispensável o trabalho do arquiteto que irá fazer um estudo do potencial e das possibilidades construtivas para o terreno em questão. Assim o investidor terá segurança no que está prestes a empreender. Por exemplo, se a intenção é construir um condomínio horizontal, com esse estudo, é possível saber quantas unidades, qual a área máxima de cada unidade, quantos pavimentos, que área terá que ser destinada para lazer, qual a largura e área da rua interna (se existir), etc. Se for edifício de apartamentos, além do que já foi citado, ainda é importante saber qual área terá que

ser destinada para estacionamento, se será necessário fazer subsolo e se é viável fazer área comercial no térreo. Tudo isso de acordo com a legislação. Ainda através da consultoria com o arquiteto, é possível saber que padrão de construção é mais adequado para a região onde se encontra o imóvel. Outro fator importante é confirmar se imóveis nessa região são passíveis de financiamento, já que hoje a grande maioria das compras de casas e apartamentos são por meio de financiamento. Com esse estudo em mãos, pode-se ter uma ideia bem aproximada da lucratividade que se alcançará, e assim saber se vale a pena investir nesse terreno ou buscar outras opções. Depois de escolhido o terreno é importante ter um bom projeto, assim como os investidores, os compradores estão cada vez mais bem informados e como há muita oferta, os diferenciais nos imóveis passam a ser fatores decisivos. Uma fachada bem elaborada, quartos ensolarados, acabamentos internos simples mas elegantes, suítes e churrasqueira são alguns dos elementos que podem cativar os compradores e servir como fator determinante. Após tudo definido e aprovado, é essencial o uso da comunicação visual para a venda ainda na planta, com fotos 3D das fachadas e do layout interno por meio de maquete eletrônica.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

9


Folha da Mulher

10

São José dos Pinhais | Agosto 2013

ESTÉTICA Lilian Antonietto Franco Rocco

Fisioterapeuta

lilian@clinicaesthetique.com.br

CREFITO 106124 - F

41 3035.7431 / 3035.1211

www.clinicaesthetique.com.br

Cirurgias plásticas e pós-operatório A drenagem linfática manual é uma grande aliada para quem realizou procedimentos cirúrgicos estéticos

A

cirurgia plástica tem como objetivo duas vertentes: a reparadora e a estética. A reparadora é indicada quando o indivíduo apresenta anomalias, defeitos congênitos ou adquiridos. Tem a função de correção e é tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica. Já a cirurgia plástica estética é procurada com o objetivo de melhorar a aparência do paciente. O indivíduo que se submete a tal in-

tervenção é para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada. Atualmente, as cirurgias plásticas estéticas mais realizadas no Brasil, são a lipoaspiração e o implante de prótese de silicone nos seios. O mercado da plástica já deixou de ser apenas do mundo feminino, hoje muitos homens são adeptos a cirurgias plásticas no Brasil. Para uma intervenção cirúrgica é necessário que o paciente pesquise muito sobre o profissional que

realizará o procedimento, de forma que os riscos sejam mínimos e os resultados satisfatórios. Após a realização da cirurgia plástica, os cuidados do pós-operatório são fundamentais. Todas as recomendações médicas devem ser seguidas à risca afim de evitar complicações nas cicatrizes, inflamações e edemas. Alguns cuidados são muito importantes para a recuperação do paciente como repousar, seguir as

instruções do médico para movimentos na área operada e disciplina no uso dos medicamentos para dor indicados no receituário médico. Depois de feita a cirurgia, em alguns casos, recomenda-se a realização da drenagem linfática manual. Esta técnica é uma grande aliada no pós-operatório cirúrgico e pode ser efetuada em diversos tipos de cirurgias. Ela acelera a recuperação do(a) paciente. Esta técnica exerce uma função importante em todo organismo, estimulando o sistema linfático. É uma massagem muito leve e não

causa dor alguma, seu principal efeito é drenante. A drenagem linfática manual favorece a cicatrização, acelerando a recuperação da pessoa operada, facilitando o seu retorno às atividades da vida diária. Suas principais indicações são na lipoaspiração, abdominoplastia, prótese mamária, mamoplastia redutora, blefaro plastia, lifting facial e cirurgia bariátrica. As sessões devem ser realizada semanalmente. No início do tratamento é sempre feita uma avaliação para determinar quantas sessões serão necessárias.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

11


12

Folha da Mulher

SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

13


Folha da Mulher

14

São José dos Pinhais | Agosto 2013

PAIS E FILHOS Franciele Martins de Souza Psicóloga. CRP 08/172220

41 8821.6466

41 3081.3400

Daniela Stainle

psi_franciele@yahoo.com.br

Pedagoga e Psicopedagoga

danistainle@yahoo.com.br

Dia dos pais

O processo do luto e perda

A importância dos pais na vida de seus filhos Dilvulgação.

Inevitável e doloroso, ele pode ser amenizado com a ajuda do psicólogo

T

odas as pessoas já sofreram ou irão sofrer com algum tipo de perda na sua vida, seja a morte de um ente querido, uma separação, a perda de um emprego ou mudança de cidade. Precisamos compreender que luto é um processo natural O luto é composto por 5 fases: • Negação: a pessoa nega a existência do problema ou situação. Pode não acreditar na informação que está recebendo ou ainda buscar provas ou argumentos de que ela não é a realidade. • Raiva: aparecem os sentimentos de revolta, ressentimento, e acha que os outros ou Deus, são os causadores de seu sofrimento. A pessoa se vê em uma situação de injustiça.

• Negociação: Busca-se fazer algum tipo de acordo de maneira que as coisas possam voltar a ser como antes. Essa negociação geralmente é voltada para a religiosidade. • Depressão: Ocorre um sofrimento profundo, tristeza, culpa, desesperança e medo. É um momento de isolamento. • Aceitação: Nessa fase percebe-se e vivencia-se uma aceitação do rumo das coisas. A pessoa se prontifica a enfrentar a situação com consciência das suas possibilidades e limitações. As pessoas não passam por essas fases de maneira linear, ou seja, elas podem superar uma fase, mas depois retornar a ela e também não há um tempo exato, pois

Andreia Moessa de Souza Coelho Psicóloga e Psicanalista. CRP 08/08896

alguns indivíduos passam meses ou anos para chegar à aceitação, e outros que em poucas horas ou dias fazem todo o processo. Falando metaforicamente, a morte é como uma ferida, que no início sangra, arde e dói de maneira quase insuportável, mas com o tempo ela vai cicatrizando. Se você está ou conhece alguém que esta passando por este processo, procure ajude de um psicólogo, pois a psicoterapia ajuda quem sofre essa perda a buscar dentro de si o que ainda dá sentido à sua vida, para reconstruí-la. Nesse tratamento procura-se enfatizar que o sofrimento é único e cada pessoa manifesta sua dor de um jeito, e encontra suas próprias ferramentas para aliviar essa dor.

41 9119.3606 andreiamoessa@yahoo.com.br

Existe Uma receita para educar? resposta em nossa própria história

F

requentemente somos bombardeados pela pressão de fazermos nossos filhos felizes, dificultando que os ensinemos a viver suas dores e sustentar suas diferenças. Existe, em diversos âmbitos sociais, a tentativa de padronizar a infância quando se propaga a ideia de um comportamento ideal. Entretanto, que bom que elas são crianças e teimam em ser diferentes! E os pais, como podem fazer força diante de tão intensas pressões? Assim, convido-os a fazer um retorno as nossas infâncias e aos ensinamentos de nossos pais, por-

que foram estas experiências que nos trouxeram até aqui, na posição de pais. Quando iniciamos nossa caminhada pela humanização, através do desejo de nossos pais que nos tinham como filhos, nasceu, também, a possibilidade de sermos pais. Com a mesma coragem com que fomos recebidos podemos nos encontrar novamente com o infantil e com a oportunidade de educar. Articulo nossas infâncias, com o vivido na atualidade, no intuito de fortalecer a potência de vida que portamos, tanto pais como filhos. Nós sabemos educar nossos fi-

lhos porque ofertamos a eles uma pertença no mundo e na família. Nossa história produziu em nós o desejo de sermos pais e esta dimensão nos autoriza a educar. Como pais, educamos não por um conjunto de atitudes descritas em manuais, mas, sim, pelo desejo de fazer de uma criança nosso filho. Com isso, respondo a questão inicial: não precisamos de receitas para educar, sejam elas médicas ou de conselheiros. É a resposta que podemos dar às nossas crianças, inclusive para aqueles que tanto nos pressionam no caminho da padronização.

P

ara esse Dia dos Pais preparei aqui algumas coisinhas para que possamos discutir a respeito da importância do papel do pai na vida escolar, afetiva e social de seus filhos. O papel do pai é tão importante quanto o da mãe, aliás, os dois, pai e mãe, estando juntos ou não, devem dividir a responsabilidade da educação, afeto, acolhimento, rotinas e limites e estar sempre em mútuo acordo em relação a tudo o que diz respeito à criança. Fazer com que o filho se sinta seguro depende desse acordo entre os pais, dessa harmonia. Ambos precisam transmitir que o SIM é sim e o NÃO é não. Isso torna o ambiente seguro e reflete imediatamente no comportamento da criança, seja afetivo, social ou escolar. O pai deve ter plena consciência desse papel na vida do seu filho. Quanto ao tempo que o pai dispõe para o filho, isso é uma questão geral nos dias de hoje, não só com os pais, mas também com as mães, pelo fato de passarem grande parte do dia no trabalho. O mais importante a se pensar não é na quantidade, e sim na qualidade desse tempo. O pai, quando possível, deve sentar com seu filho e ajudá-lo

nos deveres da escola, brincar, jogar, ler com ele, nem que seja meia hora, mas que esse tempo seja tão intenso que tenha um valor efetivo maior do que horas juntos sem nada de produtivo. Além de dividir essas tarefas com a mãe, o pai estará cada vez mais próximo de seu filho. Em relação a modelos de pais, não existe um apenas. Pais que se envolvem com os filhos de maneira amorosa, também sabem colocar regras e limites. Pais que saibam trabalhar os direitos e deveres de suas crianças, são pais com maior propensão a ter êxito na educação e formação do caráter de seus filhos. Acredito que a mistura desses pais seria a escolha mais correta. Um pai deve ter momentos em que precisa ser mais enérgico e também momentos em que deve abrir a guarda, ouvir o que o filho tem a dizer e transmitir, não apenas em palavras, mas também em sentimentos. Reiterando o que disse acima, um pai que saiba a hora de acolher e que também saiba o momento de colocar limites, através de direitos e deveres; não usando de força, nem de violência, mas sim, de sabedoria e amor. Feliz Dia dos Pais!


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

15


Folha da Mulher

16

São José dos Pinhais | Agosto 2013

SAÚDE Cristiane Taborda Farmacêutica

41 3035.6676 cristiane@aformulaonline.com

CRF/PR 17704

por Fabiane Gonsales

Fisioterapeuta - CREFITO 81813-F

Corpo&Saúde

Pele masculina Os cuidados que ela precisa

Colágeno tipo II

Conforto, mobilidade e flexibilidade das articulações

N

esse mês de agosto a farmácia A Fórmula trouxe algumas novidades diretamente do maior congresso farmacêutico do país. Na constante busca pelo aperfeiçoamento nossa equipe foi estudar e se atualizar para melhorar ainda mais o que já fazemos com muito cuidado que é cuidar da saúde de nossos clientes. Diversos produtos foram apresentados e outros reforçados a qualidade. Entre os produtos de suplementação o destaque foi para o UC II®, um colágeno tipo II. A principal proteína estrutural responsável pela tração e firmeza do tecido cartilaginoso é o colágeno tipo II. Esse tipo de colágeno é sintetizado pelo organismo, mas em casos de doenças como na osteoartrite, o próprio organismo acaba por não reconhecer essa proteína, levando à produção de enzimas colagenase, que provocam a quebra da cartilagem, que tem por consequência os efeitos deletérios da doença e os seus respectivos sintomas como dor e inflamação. Cabe aí uma suplementação e

o produto UC-II® é capaz de realizar a reposição do colágeno tipo II perdido, prevenindo o processo inflamatório das articulações através do bloqueio da quebra do colágeno das cartilagens. Outras formas de colágeno vendidos como suplementos alimentares são desnaturados ou hidrolisados, e nesses casos as suas configurações moleculares foram alteradas e não tem comprovação da eficácia na dor e inflamação. Já o UC-II® é o colágeno tipo dois que é fabricado através de um processo de produção patenteado, não enzimático a baixas temperaturas, o que garante a obtenção de um colágeno puro, sem alteração molecular, com atividade biológica inalterada que assegura a eficácia. É o único ingrediente desse tipo disponível em doses convenientes de 40 mg, a serem tomados uma vez ao dia. Muito mais fácil que tomar um sachê diluído ou cápsulas enormes. Estudo conduzido na América do Norte mostrou que UC-II® é duas vezes mais eficaz do que o

combinado Glucosamina + Condroitina na promoção conjunta de conforto, mobilidade e flexibilidade das articulações. Podemos afirmar que UC-II® melhora a qualidade de vida do paciente para atividades diárias, diminuiu significativamente a dor durante as atividades diárias, incluindo caminhadas em superfície plana, tarefas domésticas pesadas, subida e descida de escadas. Outros benefícios do colágeno tipo II: • Ajuda o organismo a reconstruir a cartilagem articular; • Auxilia a manutenção da saúde das articulações; • Promove maior conforto das articulações inflamadas; • Melhora a mobilidade e a flexibilidade das articulações. Esse produto já é prescrito pelos médicos mais renomados e manipulado na farmácia A Fórmula. O sucesso desse produto no congresso farmacêutico que participamos só veio afirmar os benefícios que muitos pacientes já relatavam no balcão da farmácia ou nos consultórios médicos.

O

homem tem a pele mais oleosa do que a da mulher – o que a torna naturalmente mais hidratada. No entanto, a maioria não se preocupa ou não dá importânicia para cuidados diários e tratamentos estéticos especiais, que são fundamentais para uma pele saudável. Para manter a pele com aparência saudável, é necessário a limpeza diária para remover as células mortas, gordura e impurezas. Usar apenas água não é o suficiente, é necessário desengordurá-la com um sabonete específico para o rosto, elaborado com substâncias que não irritem e nem ressequem a pele. A pele deve ser limpa duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. Homens com a pele oleosa devem usar produtos que regulem a produção sebácea. Podem ser utilizados géis, leites ou loções de limpeza sem óleo. Uma das grandes preocupações dos homens é a barba.

Fazê-la de forma incorreta pode resultar em irritação, pelos encravados e pele machucada. Para evitar esses probleminhas, utilize cremes prébarba. Para evitar a foliculite (aquelas bolinhas vermelhas, parecidas com espinhas), existem duas saídas: - Barbear apenas no sentido em que os pelos crescem; - Se o problema for mais grave, investir na depilação a laser. O cuidado diário com a pele passa pela limpeza, hidratação e fotoproteção. Hoje o homem pode procurar cuidados especiais como: peelings, preenchimento, toxina botulínica, entre outros. O peeling provoca descamações variadas, renovando a pele. O preenchimento é interessante para suavizar sulcos e rugas profundas. Já a toxina botulínica é excelente para melhorar e prevenir as rugas de expressão. Todos estes recursos combinados melhoram a aparência da pele masculina.


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Agosto 2013

17

SAÚDE Dra. Adriana Desiree Batisti Otorrinolaringologista CRM 15905 - PR adrianabatisti@clinicasintegradassaojose.com.br

Zumbido

O

O que você deve saber

zumbido é a percepção de sons não gerados no meio ambiente. É uma queixa bastante frequente nos consultórios médicos, sobre-

tudo na prática do otorrinolaringologista, estimando-se que 20% da população apresente este incômodo, que pode estar associado a outros sintomas, como perda au-

Dr. Paulo Eduardo Carneiro da Silva Neurocirurgião. CRM 11009 – PR

pa.ed@terra.com.br

Hidrocefalia Novos avanços no tratamento

H

idrocefalia é o acúmulo de líquido cefalorraquidiano, também conhecido como líquor, no interior da

cavidade craniana (nos ventrículos ou no espaço subaracnóideo), causando um aumento na pressão intracraniana sobre o cérebro, po-

ditiva, tontura e intolerância a sons, prejudicando substancialmente a qualidade de vida do indivíduo. Em alguns casos, o zumbido representa um sinal de alerta que sugere um problema em qualquer parte da via auditiva. Porém, além das causas auditivas, existe a correlação do sintoma com causas metabólicas (abuso de cafeína, colesterol alto, alterações no funcionamento da tireóide, deficiência de vitaminas), causas cardiovasculares (hipertensão, arritmias, insuficiência cardíaca, anemia), causas neurológicas (traumatismos cranioencefálicos, meningite, escle-

rose múltipla), causas farmacológicas (uso de alguns medicamentos), causas odontológicas (disfunção da articulação temporomandibular ATM, bruxismo) ou ainda causas emocionais (ansiedade, estresse, depressão, síndrome do pânico). Diante disso, é importante que o indivíduo acometido pelo zumbido seja submetido a uma avaliação médica completa, a fim de diagnosticar a causa ou as causas que estão relacionadas ao sintoma. A identificação destes fatores é o ponto chave para o sucesso do tratamento. Infelizmente, não existem “fór-

mulas mágicas” que tratem todos os pacientes, mas diferentes modalidades terapêuticas podem ser adotadas considerando as particularidades de cada caso, desde o tratamento medicamentoso, encaminhamento para terapia de “habituação” ao zumbido, indicação para o uso de aparelho específico, encaminhamento para suporte psicológico ou intervenção de equipe multidisciplinar. O que não é aceitável é a ideia de que não há nada que possa ser feito ou de que o indivíduo terá que aprender a conviver com o zumbido.

dendo ocasionar lesões no tecido cerebral e aumento do crânio. As principais causas são hereditariedade, espinha bífida e prematuridade para os casos de hidrocefalia congênita. Infecções, hemorragia intraventricular, meningite, traumatismos, tumores e cistos intracranianos para os casos de hidrocefalia adquirida. As principais queixas são dor de cabeça, mal estar, náuseas e vômitos, tontura, confusão mental, desorientação, dificuldade de marcha, dificuldade de coordenação, alteração visual e perda do

controle do esfíncter vesical. Em crianças, pode se tornar visível o aumento do perímetro encefálico. O tratamento é cirúrgico, sendo que na atualidade podem ser utilizados dois métodos distintos: o primeiro, já bastante difundido, se baseia na colocação de válvulas de derivação, para drenagem do excesso de líquido ventricular. O segundo, mais recente, é denominado terceiroventriculostomia endoscópica. Com este método, é possível tratar diversas formas de hidrocefalia, realizar a abertura e retirada de cistos cere-

brais, biopsias ou mesmo retirar tumores ventriculares pequenos com mínima manipulação cerebral. Todos os pacientes que apresentam hidrocefalia são candidatos ao procedimento, especialmente aqueles que foram previamente tratados com válvulas. Graças à técnica de neuroendoscopia, cerca de 80% dos pacientes que tem hidrocefalia, podem se tornar livres das válvulas, fato que traz um ganho satisfatório na qualidade de vida destes indivíduos.

no que se refere ao desenvolvimento motor, social, emocional, como também no comunicativo. Em se tratando do desenvolvimento da linguagem infantil, um dos objetos de estudo da Fonoaudiologia, muitos são os benefícios do brincar. É no contexto lúdico que surge a necessidade do diálogo, a circulação de significados, a ressignificação do que é dito, o enriquecimento do vocabulário, propiciando possibilidades de desenvolvimento. Neste contexto, abre-se mais um momento importante para a presença do PAPAI, que ao encarar o papel de príncipe em um teatro de fantoches, incorporar o narrador da história preferida de seu filho, colocar-se no lugar da plateia que assiste a apresentação de

dança de sua pequena ou no lugar de aluno da professorinha que tem em casa, colabora e muito para este desenvolvimento. Diante disso, neste mês dos pais, não poderíamos nos abster de aconselhar os papais, aqueles que já estão neste lugar, aqueles que estão vivenciando um segundo momento, como VOVÔS, e aqueles que ainda planejam em um dia assumir este papel: brinquem muito com seus filhos, cantem e dancem com eles, sorriam muito, contem muitas histórias, entrem de corpo e alma na brincadeira infantil e aproveitem para matar as saudades dos tempos de infância. Suas crianças, filhos, netos ou aquela criança escondida dentro de você só tem a ganhar. E tenham todos, um FELIZ e DIVERTIDO DIA DOS PAIS!

Gisele Cristina Saqueto

Fonoaudióloga CRF.ª 7764 – PR Especialista em AudiologiaAprimoramento em Avaliação Otoneurológica gisele.saqueto@clinicasintegradassaojose.com.br

O desenvolvimento da linguagem infantil

U

Um lugar especial para o papai

ma das atividades mais prazerosas para os PAPAIS, sem dúvida, é poder dedicar uma parte de seu tempo para brincar com seus pequenos. Nós, mulheres e/ou MAMÃES, certamente já nos comovemos em presenciar algumas cenas da rela-

ção PAI/FILHO, como por exemplo, os momentos de brincadeiras, nos quais eles, os PAPAIS, geralmente tão sérios e preocupados com a vida adulta e com todas as reponsabilidades de um “pai de família”, voltam a serem crianças, manifestando atitudes e emoções que

há muito não manifestavam. Realmente, não há como não se enternecer presenciando esta relação tão mágica, pois a maioria de nós reconhece que é no brincar e no estabelecimento de vínculos que as potencialidades do desenvolvimento infantil vão se manifestando, seja


Folha da Mulher

18

São José dos Pinhais | Agosto 2013

SAÚDE Dra. Maria Claudia Polesello Fisioterapeuta CREFITO 4565-F

41 3292.3933

35 dicas ter o peso ideal É possível reduzir medidas com hábitos saudáveis

U

ma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde mostra que quase metade dos brasileiros está acima do peso. A proporção de pessoas acima do peso no Brasil avançou de 42,7%, em 2008, para 48,5%, em 2013. No mesmo período, o percentual de pessoas com obesidade subiu de 11,4% para 15,8%. Para fugir dessa armadilha perigosa à sua saúde, selecionei alguns truques e dicas para fazer o ponteiro da balança voltar ao normal sem que você passe fome. 1) Nada de se desesperar: esqueça as dietas muito restritivas ou que prometem um grande emagrecimento em pequeno de tempo. 2) Comece fazendo um diário com os alimentos que você ingere todos os dias. 3) Estabeleça uma rotina alimentar. 4) Estipule cinco refeições por dia, com horários para que elas aconteçam. E cumpra. 5) Analise os rótulos dos alimentos. Muitas vezes, os alimentos light contêm uma pequena diferença na quantidade calórica, que nem compensa a troca. 6) Prefira os alimentos integrais. Eles contêm mais nutrientes e fibras que trazem muitos benefícios para o seu organismo. 7) Opte por leites e derivados desnatados. A menor quantidade de gordura significa menos colesterol e calorias na sua alimentação. 8) Cuidado com os embutidos (mortadela, salame, presunto). Eles carregam uma quantidade considerável de gordura, colesterol e sódio. 9) Não fique mais do que 3 horas

sem se alimentar. 10) Faça lanchinhos entre as refeições, hábito essencial para uma alimentação saudável. 11) Prefira as carnes menos calóricas, como peixe, frango e cortes magros de carne bovina. 12) Coma pelo menos duas frutas por dia. 13) Consuma as frutas (maçã, pêra, uva) com casca. 14) Saladas e legumes devem fazer parte da sua alimentação diária. 15) Evite preparações altamente calóricas como gratinadas, fritas, à parmegiana, à milanesa e quatro queijos. 16) Tempere as saladas com suco de limão e vinagre. 17) O azeite tem gorduras boas para o coração. Mas isso não quer dizer que ele não seja calórico. Se a intenção é emagrecer, use com muita moderação. 18) Doces devem ser evitados, principalmente bolos recheados, tortas e bombas de chocolate. 19) Prefira os sanduíches naturais aos oferecidos pelos fast-foods. 20) Atum e sardinha em conserva são ótimos para uma salada ou um sanduíche. Mas lembre-se: utilize a versão light, conservada em água, não em óleo. 21) Prefira as carnes menos calóricas, como peixe, frango e cortes magros de carne bovina. 22) Retire a pele do frango. 23) Cuidado com os molhos à base de maionese para temperar saladas. 24) Prefiras os picolés ao sorvete de massa. 25) Sucos naturais são uma ótima pedida para se refrescar.

Dilvulgação.

26) Evite bebidas gaseificadas, mesmo as que não contêm calorias, como água e refrigerantes light. 27) Durante a refeição, beba somente um copo pequeno (200 ml) de líquidos. Assim a digestão não ficará prejudicada. 28) Não vá ao supermercado com fome. Isso somente fará com que não resista quando passar pela gôndola de doces e salgadinhos. 29) Um grama de álcool tem 9 calorias. Já um grama de carboidratos ou proteínas contém apenas 4 calorias: ou seja, aquele copinho de cerveja engorda bem mais do que um pedaço de pão. Portanto, evite as bebidas alcoólicas se o objetivo é emagrecer. 30) Beba muita água, pelo menos, 2 litros por dia.

31) Cuidado com o café. Beba, no máximo, 4 xícaras por dia. 32) Inicie a refeição com um prato grande de saladas (folhas e legumes cozidos). 33) Se exagerar em algum dia, não desista. Recomece novamente no dia seguinte. 34) Evite fazer a última refeição do dia perto da hora de se deitar. Para não prejudicar a digestão dos alimentos e o sono, faça o jantar, pelo menos, uma hora e meia antes de ir para a cama. 35) Não encare a dieta como punição. Afinal, a reestruturação alimentar garante um corpo mais bonito e saudável. A dieta nada mais é que um presente que você dá a si mesmo. Mantenha as atitudes positivas ao longo do emagrecimento.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

19


Folha da Mulher

20

São José dos Pinhais | Agosto 2013

COZINHA & CIA 41 3398.5739

Mirckles Costa

Chef de Cozinha

»Palavra da Chef Sugestão para o dia dos Pais

O

Dia dos Pais está chegando e, com ele, a dúvida na escolha do presente perfeito. Cada pai tem seu jeitinho especial, seu perfil e suas preferências. Tanto para o acompanhamento de pratos quanto para datas especiais, os vinhos sempre tornam os momentos mais saborosos. E para esse dia dos Pais não podia ser diferente. Como presente ou para acompanhar o almoço do domingo o

»Receita da Chef || FILÉ MIGNON RECHEADO AO MOLHO MADEIRA • Rendimento: 6 porções • Tempo de Preparo: 60 minutos • Ingredientes: – 1,5 kg de medalhões de mignon – 200 g de queijo tipo mussarela cortado em fatias – 1 xícara (chá) de tomate seco – 2 colheres (sopa) de molho inglês – 2 dentes de alho picados – Sal a gosto

mircklesbarbosa@bol.com.br Empório Casal Costa sugere para uma pessoa tão especial, como seu pai, o vinho chileno Misiones de Rengo - Varietal Carmenère, que além de muito saboroso, possui um custo benefício excelente. • Notas de degustação Cor: vermelho intenso com tonalidades violáceas; aroma: intenso aroma de frutas vermelhas, violetas e café; paladar: taninos delicados e bom volume; notas de frutas vermelhas combinadas com notas de chocolate e canela. • Chile É um país que possui solo excelente, clima mediterrâneo constante, beneficiado por seus acidentes naturais, como a Cordilheira dos

Andes, em virtude disso produz rótulos de ótima qualidade. Cabernet Sauvignon, Carmenère, Merlot e Chardonnay, entre tantas outras uvas, entram na composição dos excelentes vinhos chilenos, produzidos em regiões como Colchágua, Casablanca, Maipo e Maule. O vinho é sempre perfeito para ocasiões que merecem ser memoráveis. Momentos e sensações inesquecíveis para você e toda a família. Um bom vinho precisa ser servido com um bom prato... Pensando nisso separei logo abaixo uma deliciosa receita de mignon para você, filho(a), preparar nesse domingo tão especial. E

nada de deixar para a mãe fazer hein! Feliz Dia dos Pais.

– 3 colheres (sopa) de azeite de oliva – 2 colheres (sopa) de manteiga • Ingredientes molho: – 1 colher (sopa) de manteiga – 1 cebola ralada – 2 colheres (sopa) de farinha de trigo – 1 xícara (chá) do vinho madeira – 1 xícara (chá) de água – 2 tabletes de caldo de carne • Modo de preparo Com o auxílio de uma faca, corte os medalhões ao meio no sentido horizontal, mas sem cortar até o final. Abra a carne e recheie com uma fatia de queijo mussarela e o tomate seco. Feche utilizando no máximo 2 palitos. Tempere com o molho inglês,

o alho e o sal. Numa frigideira, aqueça o azeite e a manteiga e sele a carne dos dois lados. Reserve. Prepare o molho. Aqueça a manteiga em uma frigideira e refogue a cebola. Junte a farinha de trigo e doure-a. Acrescente o vinho madeira, a água, os tabletes de caldo carne e, mexendo

sempre, deixe apurar até que engrosse. Junte a carne reservada e deixe cozinhar por mais 5 minutos. • Dica Sirva a mesa com o Vinho Misiones de Rengo Cabernet Sauvignon ou Carmenère.


SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013

Folha da Mulher

21


Folha da Mulher

22

São José dos Pinhais | Agosto 2013

VERA ROSA O Rotary Clube Afonso Pena, em uma sessão solene, empossou o novo presidente Henrique Ricardo dos Santos. A então presidente Beatriz Zétola passou o cargo para Henrique. Na foto, Henrique com sua esposa Luciana Finardi e a pequena Louise.

O Rotary Clube Iguaçu também trocou de presidente. Sérgio Bortolotti passou o cargo para Ronaldo de Paula. Na foto, presidente Ronaldo de Paula e esposa Denise. Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O novo presidente do Rotary Clube São José é Jair Francisco Barbosa. O então presidente Everson Luiz Breda Carlin passou o cargo para Jair. Na foto, o novo presidente do Rotary São José com sua esposa Karla e o deputado federal Leopoldo Meyer.

Claudio Soccoloski é o novo presidente do Rotary Clube Murici. Ele recebeu o cargo das mãos de Fabiano da Rosa em uma solenidade na Casa da Amizade.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A empresária Alabluna Silveira, proprietária da Zadalah Boutique, em São José dos Pinhais, promoveu um coquetel para comemorar o aniversário das amigas e clientes Alessandra Oleskowicz (fisioterapeuta) e Gisely Rattmann Fragoso Laurino (massoterapeuta). Foto: Vera Rosa/Vera Rosa Comunicação

Estive recentemente na boutique de moda infantil All For Kids, da empresária Bruna Souza. A loja é maravilhosa e registramos esse momento para o Programa Vera Rosa. Na foto, esta colunista com Duda Franco (modelo mirim da boutique), Bruna Souza e seu marido, Claudio Setim. Foto: Fran Lima/Vera Rosa Comunicação


Folha da Mulher

São José dos Pinhais | Agosto 2013

23 www.verarosa.com.br

verarosa@verarosa.com.br

Entre os dias 9 e 11, o Caminho do Vinho recebe mais uma edição da tradicional Festa do Vinho. Estive recentemente no Vinhos Dom Roberto, para saber como andam os preparativos da festa. Na foto, esta colunista com o secretário de Turismo de São José dos Pinhais Valdir Furlan, e o casal Diva e Roberto Perbiche. Foto: Fran Lima/Vera Rosa Comunicação

O retorno da Festa do Pinhão em São José dos Pinhais foi um sucesso. Os três dias de festa reuniram mais de 40 mil pessoas e toda a arrecadação da festa foi destinada à APAE/SJP. O Prefeito Setim e sua esposa, Neide, com a dupla Zezé Di Camargo e Luciano, uma das atrações da festa. Foto: PMSJP

O Programa Vera Rosa, nas próximas semanas, vai mostrar um pouco mais sobre os produtos cosméticos Triox. Estive na fábrica da marca, conhecendo mais sobre as linhas dos produtos Triox. Na foto, esta colunista com Michel Mazzoni, Débora Volpato e Thais Lima. Foto: Fran Lima/Vera Rosa Comunicação

Rosilete dos Santos se despediu do boxe com vitória em uma bela luta em São José dos Pinhais. Foto: Evinha Britto

O casal Claudinei e Carla Ribeiro, proprietários da Corteze Imóveis, com a dupla Chitãozinho e Xororó, que esteve recentemente em Curitiba para um show, patrocinado pela Corteze. Foto: Eu Vou Produções

Quem completa mais um ano de vida é Miriam Ferreira, esposa do presidente da ABO/SJP Dr. Marcos Bombardelli. Nossos votos de muitas felicidades e sucesso! Foto: Arquivo Pessoal


24

Folha da Mulher

SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais | Agosto 2013


Folha da Mulher - São José dos Pinhais - edição 18 - Agosto/13