Issuu on Google+

Ano 01 - n째 03 - Agosto 2013

Revista Passos Online

Fepasa


A Herbalife acredita no estilo de vida saudรกvel para toda a vida e para todos.

Rua Doutor Carvalho, 268 - Centro Passos / MG Tel.: (35) 3521.3510 Cel.: (35) 8434.0853


4

Índice História Pag. 5 Editorial Pag. 8 Estratégias Empresariais Pag. 9 Autismo Pag. 18 10 dicas para abrir uma loja virtual Pag. 24 Receita de Bolo de Milho Pag. 27 Comunicação Empresarial Pag. 30

Revista Passos Online


5

Um pouco de historia... H I S TO R I C O D A LINHA: O ramal de P a s s o s f o i inaugurado em seu primeiro trecho de 15 quilômetros ligando Guaxupé a Guaranésia, em 1912. Foi sendo prolongado aos poucos, chegando a Passos, onde t e r m i n a v a , somente em 1921. Em 1976, o tráfego de passageiros foi eliminado, sobrando os cargueiros, que, com o tempo, passaram a atender somente ao carregamento de cimento da fábrica de Itaú de Minas, e vindo não por Guaxupé, mas por São Sebastião do Paraíso, ali chegando pela antiga linha da São Paulo-Minas. Com isso, o trecho entre Guaxupé e S. S. Paraíso foi abandonado, e teve os trilhos retirados por volta de 1990. O trecho entre Paraíso e Itaú de Minas ainda tem seus trilhos, mas as cargas de cimento deixaram de circular já há anos e o abandono da linha é total. O trecho nal até Passos teve também os trilhos retirados.

Fonte: Wikipédia


Conheça Ethernity Importados e conheça as atuais novidades do mercado.

Em Ethernity Importados v mais conceituadas marcas Eletro Eletrôn Rua dos Brandões, 232

Tel.: (35) 35261477 -


E-Mail: ethernityimportados@hotmail.com

vocĂŞ encontra as melhores e s em Bebidas, Perfumes e nicos em geral. - Centro - Passos / MG

Cel.: (35) 91332000


8

Revista Passos Ano 01 - n° 03 - Agosto 2013

Online

Fepasa

Contate-nos através do e-mail sac@revistapassos.com.br

Bem vindo à 3ª Edição da Revista Passos Online. A Revista Passos Online terá suas edições mensais. A Revista Passos foi criada para fortalecer os anunciantes do Grupo PROFBRAS, os quais contam com inúmeras vantagens virtuais obtendo nosso pacote básico: 60.000 e-mails marke ng/ano = 5.00Emailks marke ng/mês 1 2 . 0 0 0 t o r p e d o s S M S /a n o = 1 . 0 0 0 torpedos SMS/mês podendo ser direcionado para a cidade e ou região que este anunciante desejar. 02 edições na Revista Passos e um mini site*.

Estaremos presenteando os assinantes virtuais que se cadastrarem gratuitamente com a par cipação em cada edição, fornecendo um numero para que venham a concorrer pelo resultado da Loteria Federal no úl mo sábado de cada mês a um aparelho, que neste mês de julho será um Vídeo Automo vo LCD 3" Flamingo. Esperamos estar melhorando este canal de comunicação a cada mês e para isto solicitamos que par cipem enviando sugestões e ou ar gos através do nosso contato online. Outras informações, acessem nosso contato pelo site que teremos o maior prazer em estar respondendo. (*)www.guiapeo.com.br


9

ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS O assunto é muito vasto, e muitas vezes pode gerar uma falsa idéia de simplicidade. Tão complexo é o tema, que não temos na produção cientíca atual um consenso sobre o conceito de estratégia. Assim vamos começar a falar deste tema, exatamente no seu ponto mais profundo, o conceito. Sem termos é claro, o objetivo de propor um conceito denitivo, mas demonstrar as inúmeras possibilidades. Assim destaquei para vocês partes do capítulo: estratégias, de minha autoria na dissertação de mestrado, que trata de forma objetiva das estratégias empresarias. Assim temos: O termo estratégia é conhecido desde os tempos mais remotos, pelos militares. Entretanto, os conceitos fundamentais de estratégia ganharam destaque a partir de alguns militares estadistas como Tzu, Von Clausewitz e Mao Tse-Tung que a utilizavam em batalhas para superar as forças inimigas (QUINN, 2001). Sob o prisma administrativo a estratégia é “como um processo contínuo e interativo que visa manter uma organização como um conjunto apropriadamente integrado ao seu ambiente” (CERTO, e PETER 1993, p. 6). De acordo com Lobato (2003) o fundamento estratégico nasce no âmbito das necessidades institiucionais de uma organização. Segundo Kaplan e Norton (2000, p. 84) sua ecácia deve ser garantida pelo complexo gerencial da empresa, pois conforme lembra Porter (2002, p. 13), “a estratégia é um contínuo lógico dos processos gerenciais que movimentam a empresa a partir da construção da missão de alto nível e se completa com o trabalho realizado pelos colaboradores que atuam na linha de frente e com apoio da retaguarda gerencial”. Porém, tem a obrigação de ser traduzida para que as condutas individuais e com ela se ajustarem e assim lhe proporcionem colaboração. Entretanto, armam Hambrick (1983); Chaffee (1985); Buzzell; Gale, (1991); Meirelles et al., (2000); Clegg et \al.(2004); Wipp (2004) que o conceito de estratégia é comumente utilizado indiscriminada e até mesmo colocado como um aspecto que possue vários focos ou dimensões, o que ocasiona algumas interpretações imprecisa ou descuidada, por parte de alguns autores e estrategistas. Considerando-se as lições de Porter (1999) a estratégia tem ligação direta com o alcance dos resultados esperados por uma instituição e representa o seu propósito central, não restam dúvidas que é importante determinar as estratégias a serem adotadas. Mas o que vem a ser estratégia? E qual o caminho para um estudo aprofundado em estratégia? Como vimos, diante de uma pesquisa bibliográca não há um consenso quanto ao seu campo ou a um conceito especíco. Enm, o caminho conceitual de estratégia é longo, e segundo Bulgalov e Souza 2007 não está totalmente consolidado, restando campo para uma denição mais precisa do termo.


10 Baseando-se na diversidade de denições e orientações acerca do que venha a ser estratégia, e independente da denição que lhe é atribuída, vericam-se aspectos condicionantes que podem ser estudados como um marco para se iniciar tais estudos, neste sentido destacamos: a capacidade da organização de visualizar o futuro ideal, comparar com o presente, de dentro das diferenças encontradas entre o atual e o ideal futuro, estabeler o caminho a ser percorrido, para alcançar o futuro promissor. O que se busca com a determinação e construção de uma estratégia empresarial, ou seja, a elaboraçao de um caminho para o sucesso, é possibilitar que a empresa possa alcançar a VANTAGEM COMPETITIVA SUSTENTÁVEL. Ah, e vantagem competitiva sustentável, o que signica? Fica para o próximo artigo. Grande abraço, nos vemos em setembro. Adrieni Yassine Referências Bibliográcas: BARNEY, J.B; HESTERLY, W.S.Administração estratégica e vantagem competitiva. São Paulo:Pearson Prentice, 2007. LOBATO, David Menezes; MOYSÉS, Jamil Filho; TORRES, Maria Cândida Sotelino; RODRIGUES, Murilo Ramos Alambert. Estratégia de empresas. Rio de Janeiro.FGV editora. 2003. PORTER, Michael E. Competição – Estratégias competitivas Essenciais. 16 ed. Rio de Janeiro: Campus, 1999. ______.Competição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009. SANTOS, Manoela Silveira dos; SACHUK, Maria Iolanda. Formulação de estratégias nas micro e pequenas empresas de confecção na cidade de Maringá In: EGEPE – ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS. 4. 2005, Curitiba, Anais... Curitiba, 2005, p. 759-770. OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento Estratégico – Conceitos,Metodologia e Práticas. São Paulo: Atlas, 2001.OLIVEIRA. Sobre a autora: Formação: Comunicadora Social ( UEL ),Advogada ( UNIFOZ), Especialista em: Gestão de Negócios ( FCV) , Marketing ( UNIOESTE); Direito do Trabalho (UNINTER), Mestre em Administração Estratégica (UFPR). Atuação:Consultora empresarial em gestão de negócios e planejamento estratégico; palestrante; conferencista; escritora romancista; professora na graduação para o curso de Direito, com as disciplinas: Direito do Trabalho e Direito Administrativo; para o curso de Administração de Empresas com as disciplinas: Marketing, Estratégia, Planejamento Estratégico; professora na pós graduação com as disciplinas: Didática e Docência do Ensino Superior, Estratégia, Planejamento Estratégico, Comunicação Empresarial, Gestão Estratégica de Pessoas, Comunicação Empresarial Estratégica.


Pacote anual de 60.000 Email Marketing /Ano 12.000 Torpedos /Ano 1 Mini Site 2 Edições Online na Revista

Deseja anunciar conosco? Contatos através do sac@revistapassos.com.br


r b . m o c . r a d i p a l o t u t i t s n i www. Formarpessoasparaomercado detrabalhoeparaavida. Umdosmaiorescentrosde Desenvolvimento HumanoeOrganizacionaldo InteriordeMinasGerais. Umaequipedeprofissionaisde altaperformance茅omaior patrim么niodeumaempresa. Avenida Arouca, 920 - Centro Passos / MG Tel.: (35) 3521.7977


Conheรงa o Poder de sua Mente e eleve seu Poder Pessoal


Produtos:

Avenida JosĂŠ Caetano de Andrade, 135 (35) 3521.9894 - Passos / MG


www.vuniforme.com.br


Rua dos Carij贸s, 575 Novo Horizonte Passos / MG Tel.: (35) 3521.5506 Fax: (35) 3521.5402


Pegue a estrada conosco!

u t v w . www

r b . m o c . o rism


18

Autismo Autismo é um transtorno global do desenvolvimento marcado por três características fundamentais: * Inabilidade para interagir socialmente; * Diculdade no domínio da linguagem para comunicar-se ou lidar com jogos simbólicos; * Padrão de comportamento restritivo e repetitivo. O grau de comprometimento é de intensidade variável: vai desde quadros mais leves, como a síndrome de Asperger (na qual não há comprometimento da fala e da inteligência), até formas graves em que o paciente se mostra incapaz de manter qualquer tipo de contato interpessoal e é portador de

comportamento agressivo e retardo mental. Os estudos iniciais consideravam o transtorno resultado de dinâmica familiar problemática e de condições de ordem psicológica alteradas, hipótese que se mostrou improcedente. A tendência atual é admitir a existência de múltiplas causas para o autismo, entre eles, fatores genéticos e biológicos. Sintomas O autismo acomete pessoas de todas as classes sociais e etnias, mais os meninos do que as meninas. Os sintomas podem aparecer nos primeiros meses de vida, mas dicilmente são identicados precocemente. O mais comum é os sinais carem evidentes antes de a criança completar três anos. De acordo com o quadro clínico, eles podem ser divididos em 3 grupos:

1) ausência completa de qualquer contato 2) o portador é voltado para si mesmo, não estabelece 3) domínio da interpessoal, contato visual com as linguagem, inteligência incapacidade de pessoas nem com o normal ou até superior, aprender a falar, ambiente; consegue falar, menor diculdade de incidência de mas não usa a fala como interação social que movimentos ferramenta de comunicação permite aos portadores estereotipados e (chega a repetir frases repetitivos, deciência inteiras fora do contexto) e levar vida próxima do normal. tem comprometimento da mental; compreensão;

Na adolescência e vida adulta, as manifestações do autismo dependem de como as pessoas conseguiram aprender as regras sociais e desenvolver comportamentos que favoreceram sua adaptação e auto-suciência.


19

Diagnóstico

Tratamento

O diagnóstico é essencialmente clínico. Leva em conta o comprometimento e o histórico do paciente e norteia-se pelos critérios estabelecidos por DSM–IV (Manual de Diagnóstico e Estatística da Sociedade NorteAmericana de Psiquiatria) e pelo CID-10 (Classicação Internacional de Doenças da OMS).

Até o momento, autismo é um distúrbio crônico, mas que conta com esquemas de tratamento que devem ser introduzidos tão logo seja feito o diagnóstico e aplicados por equipe multi disciplinar. Não existe tratamento padrão que possa ser utilizado. Cada paciente exige acompanhamento individual, de acordo com suas necessidades e deciências. Alguns podem beneciarse com o uso de medicamentos, especialmente quando existem comorbidades associadas. Recomendações

* Ter em casa uma pessoa com formas graves de autismo pode representar um fator de desequilíbrio para toda a família. Por isso, todos os envolvidos precisam de atendimento e orientação especializados; * É fundamental descobrir um meio ou técnica, não importam quais, que possibilitem estabelecer algum tipo de comunicação com o autista; * Autistas têm diculdade de lidar com mudanças, por menores que sejam; por isso é importante manter o seu mundo organizado e dentro da rotina; * Apesar de a tendência atual ser a inclusão de alunos com deciência em escolas regulares, as limitações que o distúrbio provoca devem ser respeitadas. Há casos em que o melhor é procurar uma instituição que ofereça atendimento mais individualizado; * Autistas de bom rendimento podem apresentar desempenho em determinadas áreas do conhecimento com características de genialidade.

Fonte: drauziovarella.com.br


Habilitaテァテオes: - Moto - Carro - Caminhテ」o - テ馬ibus - Carreta


O maior índice de aprovação da cidade! Rua Cel. João de Barros, 205 - Centro 37900-010 - Passos / MG

(35) 3521-9902 / 3521-9911 www.autoescolavencer.com.br

Facilitamos seu Pagamento!


Trocas e reparos de escapamentos em geral, Pn e Balanceamento, Suspensão, Rodas, Freios, T Mecânica em geral.

Higienização de ar condicionado veic

Agora, você também encontra em Ricardo A Escapamentos.

Conheça Ricardo Auto Center e Escapamento urpreendendo seus clientes com novos

Avenida Liquinha da Silveira, 1331 - Ja Passos / MG Tel.: (35) 35224702 (35) 35220983


neus, Alinhamento Troca de Óleo e

cular?

Auto Center e

os, a cada dia serviços.

ardim Califórnia


24

10 dicas para abrir uma loja virtual Muitas pessoas me perguntam quais são os primeiros passos para abrir uma loja virtual de sucesso. Não é uma resposta assim tão fácil, tendo em vista que qualquer decisão errada no início, poderá afetar a estrutura de operação ou crescimento do e-commerce no futuro. Por outro lado, resolvi escrever 10 dicas para abrir uma loja virtual de sucesso, como uma espécie de roteiro simples para quem deseja entrar no mercado de vendas pela internet

1 – Planeje de verdade! Muitas pessoas acham que vender pela internet se resume em comprar uma loja virtual, expor os produtos e esperar que ela venda sozinha. Não é bem assim, uma loja virtual é tão complexa quanto uma loja física. Requer cuidado e muito planejamento. Comece denindo quem é o seu público-alvo, onde ele está, como se comporta, o que ele consome, como consume, do que ele gosta e o que você pode fazer como diferencial para que ele deixe de comprar do seu concorrente para passar a comprar de você. Isso é muito importante.

2 – Produtos ou serviços Mais do que vender é preciso conhecer os produtos ou serviços que você pretende comercializar. Dê preferência para produtos com mercados de nicho. Dessa forma você irá fugir da competição acirrada das grandes redes de e-commerce. Escolha os produtos de acordo com o conhecimento técnico de vendas e mercado que você possui sobre eles. Se não conhece bem, aprenda! Consumidores on-line são muito curiosos, muito provavelmente iram lhe perguntar sobre assuntos técnicos que você deverá saber de cór. Cuidado com os modismos, muitos produtos requerem altos investimentos no início e saem de moda muito rapidamente.

3 – Escolha da plataforma Hoje em dia existem muitas opções de plataformas para vendas on-line no mercado. Algumas pagas outras gratuitas. Não existe a melhor plataforma do mercado. Existe sim a melhor plataforma para o seu negócio, independente de ser paga ou não. A plataforma mais cara, não necessariamente é a melhor para você, da mesma forma que a mais barata poderá não ser a melhor escolha. Procure aquela que atenderá bem ao seu tipo de negócio. Fique atento sobre as possibilidades de expansão e customizações futuras, através da troca por planos mais complestos ou criação de ferramentas personalizadas. Muitos empresários se vêem num caminho sem volta, quando descobrem que contrataram uma plataforma que não lhes permitem crescimento.

4 – Meios de pagamento Na hora de escolher as formas de pagamentos disponíveis no seu site, avalie primeiro a estrutura de sua empresa. Você terá condição de administrar os contratos de 15 tipos diferentes de cartões de crédito? Se tiver, então opte por isso. Quanto mais formas de pagamentos disponíveis no seu site, maiores serão as chances de converter venda.


25 Mas lembre-se que essa opção também irá suplementar as tentativas de fraude contra o seu site. Uma forma segura para você e para o seu cliente é a contratação de serviços especializados em pagamentos pela internet, como o MoiP, PagSeguro ou um gateway de pagamentos. Além de práticos e seguros, esses serviços disponibilizam todas as formas de pagamento para o seu site, e você terá que administrar apenas um contrato.

5 – Logística A logística é praticamente o Calcanhar de Aquiles de todos os comércios eletrônicos. É ela quem dene a eciência do seu serviço perante o cliente. Pense em uma única coisa: quem compra pela internet quer receber o produto o mais rápido possível. E se não receber na data combinada, irá reclamar, pode apostar! Dena um parceiro logístico que te atenderá com perfeição, entregando na data determinada com qualidade, agilidade e zelo pelo seu produto. Hoje em dia, os Correios são o maior fornecedor logístico para pequenas e médias empresas de comércio eletrônico. Se acontecer algum imprevisto, comunique imediatamente ao seu cliente. Ele não irá car muito satisfeito, mas pelo menos não sairá reclamando internet afora, dizendo que não recebeu o produto e também não foi avisado sobre o atraso.

6 – Mantenha seu cliente tranquilo Comprei pela internet… e agora, será que vou receber? Pode ter certeza, quase 100% dos novos consumidores on-line fazem essa pergunta. Muitos ligam para a empresa ao qual compraram logo após terem efetuado o pedido. E não é difícil de entender essa desconança. Anal, você escolheu, passou o cartão de crédito e não levou o produto pra casa. Novos consumidores são extremamentes carentes de informação quando o assunto é “onde está o meu produto?”. Dê atenção ao seu cliente. Enche-os de informações sobre sua compra. Dados como prazo de entrega, localização do produto e telefones e e-mails de contato deixam os clientes mais tranquilos, gerando muito mais credibilidade e conança para sua empresa. Mantenha um sistema de e-mails automáticos sempre que o produto cumprir uma nova etapa de entrega. Fazendo isso, pode ter certeza, seu telefone irá tocar bem menos.

7 – Marketing on-line Você está com o site pronto e agora precisa vender. Desenvolva um planejamento de marketing em vendas para a sua loja virtual. SEO, SEM, Adwords, comparadores de preços… Termos novos e muito usados no mercado de Marketing On-line. Você não precisa ser nenhum expert nestes assuntos, mas precisará saber pelo menos um pouco de cada um. Leia bastante, busque fontes, estude e faça cursos. Procure ajuda de um bom prossional de marketing on-line para desenvolver o seu plano de vendas. Marketing on-line é muito diferente dos planos de comunicação tradicionais. Se você já possui uma loja física e faz propaganda, não se engane, propaganda on-line é bem diferente dos panetos e anúncios de tv.contrataram uma plataforma que não lhes permitem crescimento.


26

8 – Redes Sociais SMO – Social media optimization ou simplesmente Redes Sociais. É a grande coqueluche do momento entre as empresas, que estão como loucas atrás de cursos para que seus funcionários possam conversar com os clientes através do Twitter. Minha sugestão é simples: que próximo ao seu cliente. Mas siga algumas dicas importantes: - Não tente abraçar o mundo de uma só vez. De que adianta inscrever sua empresa em mais de vinte comunidades virtuais, se na prática, você só dá conta de acompanhar duas delas? Seus clientes provavelmente irão car falando sozinhos. - Evite sair seguindo todo mundo. Você pode ser o rei do Twitter, mas de que adianta milhares de seguidores, se na verdade, a maioria deles não possuem qualquer anidade com o seu produto. Em redes sociais, qualidade de seguidores é a chave de seu sucesso. - Promoções para seguir seu Twitter ou sua empresa no Facebook são bem-vindas, mas aja com cautela. Muitas empresas conseguiram milhares de seguidores, fazendo sorteios diários de produtos. Mas depois, sem dar manutenção, perdem a maioria dos seguidores, porque na verdade, eles só queriam concorrer aos prêmios e mais nada.

10 – A opinião dos consumidores Na loja física é fácil. Você liga a TV, ou o DVD player e ca testando. E na internet? Como ganhar a conança de um consumidor que não pode sequer tocar o produto? Simples: depoimentos. Consumidores on-line gostam de dar seu depoimento em cima de experiências de compras boas ou mal sucedidas. Use isso como um diferencial para o produto. Muitas vendas são realizadas porque o consumidor leu o depoimento de um consumidor satisfeito sobre a experiência de compra e pela qualidade do produto. Use isso como um termômetro de qualidade.

9 – Política de Privacidade e Devolução e Troca de Produtos A política de privacidade é fundamental para o seu e-commerce. É muito importante informar aos seus clientes que você não irá vender ou comercializar os dados usados no cadastro do site. Anal, ninguém gosta de ser incomodado por spams ou ligações de empresas que você nunca ouviu falar. A política de trocas e devoluções é importantíssima para que não haja desentendimentos entre você e seu cliente. Lembre-se que alguns produtos poderão ser danicados no transporte e muito provavelmente você terá que troca-los. Informe seus clientes de todos os seus direitos e também dos seus deveres enquanto comerciante. Um site claro e coeso, só faz aumentar a conança entre os consumidores.

Fonte:

www.mercadoecommerce.com.br


Receita de Bolo Cremoso de Milho Verde

Ingredientes da Receita de Bolo Cremoso de Milho Verde 02 xícaras (chá) de milho verde 02 xícaras (chá) de açúcar 01 xícara (chá) de leite 01 xícara (chá) de leite de coco 03 colheres (sopa) de manteiga 04 colheres (sopa) de queijo ralado 03 ovos inteiros 05 colheres (sopa) de farinha de trigo Como Fazer Bolo Cremoso de Milho Verde Modo de Preparo: Bater todos os ingredientes no liquidicador. Misturar levemente 1 colher de fermento em pó. Levar ao forno para assar em forma untada.

Tempo de preparo: 50 min Rendimento: 15 porções Diculdade: moderada Minas Gerais

Fonte: www.receitastipicas.com

27


MOTO TAXI Sテグ BENTO

Rua dos Brandテオes, 166 - Centro Tel.: (35) 3522.5358 | (35) 9961. 0800 285 5358 | Fax: (35) 9161.


Moto Taxi SĂŁo Bento, aberto todos os dias das 05:00 Ă s 23:00 horas Fazemos entregas e buscamos encomendas em Passos e RegiĂŁo Contate-nos pelos Telefones e ou Celulares

facebook.com/mototaxi.bento

o - Passos / MG .0901 .0666

leandrosaobento@hotmail.com


30

Comunicação Empresarial "Se achas que sou incapaz, pode retirar o lhote de eqüino da perturbação pluviométrica, por que eu vou derrubar uma das unidades de acampamento com a extremidade do membro inferior, e tu irás romper a face". Talvez, com um esforço parecido com aquele que os arqueólogos fazem para decifrar hieroglifos ou idiomas perdidos, você tenha decodicado a mensagem em vermelho no parágrafo acima. Palavras que não estão no nosso dia-a-dia, ou termos compostos substituindo palavras simples, e você terá que se esforçar para entender. A tradução? "Se você acha que não posso conseguir, pode tirar o cavalinho da chuva, porque vou chutar o pau da barraca e você vai quebrar a cara". Aí estão dois dos erros mais comuns na comunicação prossional: alguns utilizam uma linguagem tão complexa e rebuscada que não se fazem entender, objetivo básico de qualquer comunicação. Por outro lado, outros utilizam termos tão populares e chulos, que sua credibilidade chega próximo ao "zero", passando a imagem de desleixo, falta de conhecimento e amadorismo. Encontrar a linha tênue que divide esses dois caminhos é, sem dúvida, um dos segredos do sucesso na comunicação corporativa. Algumas dicas importantes para encontrar esse caminho são as seguintes:

2 - Sincronize a velocidade do pensamento e verbalização A uência na nossa comunicação oral está intimamente ligada à forma como construímos nosso pensamento e como o transformamos em "fala". Portanto, procure criar uma sequência lógica dos assuntos a serem falados, e mantenha sempre seu pensamento um passo à frente da verbalização. Assim você terá mais uência e será mais facilmente compreendido. 3 - Concentre-se no seu ‘‘receptor’’

1 - Amplie seu vocabulário Quanto mais amplo foi o seu vocabulário, mais você estará preparado a falar de maneira objetivo e simples. Ao contrário do que parece, pessoas com vocabulário rico não falam de maneira complexa, pois têm à sua disposição uma ampla gama de palavras para se dirigirem a qualquer público. Ampliar o vocabulário requer muita leitura. Você tem feito isso ultimamente?

Quando nos dirigimos a uma criança temos uma forma de falar, totalmente diferente daquela que usamos para falar com um colega de faculdade, por exemplo. Assim também é a comunicação empresarial. Temos que estar focados no nosso receptor, para utilizar uma linguagem adequada ao seu nível de compreensão. É comum líderes delegarem tarefas utilizando termos complexos que são liderados não compreendem, e depois culparem os mesmos liderados pela execução inecaz da tarefa.


31 4 - Cuidado na comunicação escrita

5 - Comunique-se sem medo

Muito além de escrever um português correto (o que é essencial), os cuidados com a comunicação escrita devem estar na ética e cordialidade que a mesma requer. A palavra escrita não conduz a intenção que é percebida na verbalização. Assim, muitas vezes uma palavra pode ser mal interpretada pelo leitor. Portanto, sempre que utilizar este tipo de comunicação, use termos cordiais como "por favor", "agradeço", etc. Eles darão ao leitor a intenção de respeito, minimizando a possibilidade de um erro interpretativo.

A prática da comunicação leva ao seu contínuo aprimoramento. Não tenha medo de se comunicar. Quando tiver a oportunidade de falar em público, encare seus medos e desaos. Você perceberá que um monstro dominado é bem menos assustador do que parece. Ao desenvolver sua habilidade de comunicação, você estará se preparando para o futuro. Uma boa comunicação é uma condição essencial para o desenvolvimento prossional. Pessoas de sucesso, dentre outras habilidades, se comunicam bem. Anal, é muito mais fácil liderar, expor suas idéias e realizar suas metas, se a comunicação está trabalhando a seu favor.

"Se você quiser construir um navio, não convoque homens para juntar madeira, dar ordens e dividir o trabalho. Antes, ensine-os a se apaixonar e desejar o eterno e distante mar» Antoine Saint-Exupéry

www.mauriciolouzada.com.br Maurício Louzada ministra palestras desde 1998 , foi professor do SENAC – SP por 15 anos, formado em “Professional coach” pela Bridgestone AC (Londres), diretor da AmericanSat do Brasil, ministra cursos, palestras e treinamentos em empresas e universidades em todo o território nacional. Entre seus clientes guram empresas como: Metrô, Ambev, 3M, Citroen-Peugeot, Santander, Eaton, Gerdau, Sebrae, Samsung e mais de 200 outros clientes. Recebeu o título “Palestrante do Ano” em 2006, 2008 e 2009 pelo instituto Pró-Treinare, cuja avaliação se baseia no índice de satisfação das empresas contratantes. Em 2010 recebeu o título "Top of Business" na categoria Palestrante. Por duas vezes foi premiado com o maior reconhecimento da América Latina na área de treinamentos: o "Latin American Quality Awards" (2010 - Santa Marta na Colômbia e 2012 Lima no Peru).


Revista Passos Online


Revista Passos - Agosto