Page 1

O APOIO DO FIDA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL BRASIL 2017

livreto_final.indd 1

29/11/16 20:40


“E o ser tão é um vale fér til. É um pomar vastíssimo, sem dono.” Euclides da Cunha em Os Sertões (1902)

livreto_final.indd 2

29/11/16 20:40


SUMÁRIO HISTÓRIAS DO CAMPO ..................................................................

5

ATUAÇÃO NO PAÍS ....................................................................................

6

DESAFIOS A SEREM SUPERADOS .................................................................................

7

POR QUE BUSCAR O APOIO DO FIDA? ...............................................................................

8

8 PRINCÍPIOS DE AÇÃO ............................................................................................................ 9 COMO O FIDA TRABALHA? ................................................................................................. 10 POR QUE NO BRASIL? ............................................................................................................

PROJETOS EM ANDAMENTO Viva o Semiárido .........................................................................................

12

14 Pró-Semiárido .................................................................................. 16 Paulo freire ............................................................................ 18 Dom Távora ............................................................................... 20 Dom Helder Câmara II ............................................................. 22 PROCASE ...........................................................................................

PROJETOS CONCLUÍDOS

24 Gente de Valor ................................................................... 26

Dom Helder Câmara I ............................................................

PROGRAMAS DE DOAÇÃO

28 Semear ..................................................................... 30 FATORES DE SUCESSO DAS ATIVIDADES DO FIDA ....... 32 APOIANDO O BRASIL DO FUTURO .......................... 33 O FIDA NO MUNDO .................... 35 MKTPlace .......................................................................

livreto_final.indd 3

29/11/16 20:40


4 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 4

29/11/16 20:40


O APOIO DO FIDA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL HISTÓRIAS DO CAMPO Desde 1980, o FIDA investe no desenvolvimento rural do Brasil por meio de projetos em parceria com os governos federal e estaduais, concentrando seus esforços na população rural de baixa renda e obtendo resultados expressivos:

Maior portfólio da América Latina

Capacitação de agricultores em:

+ de 1.000.000 de pessoas beneficiadas + de 300 municípios beneficiados em 8 estados atualmente 300

11

24

Empréstimos e Doações

PROJETOS COM GOVERNOS ESTADUAIS E FEDERAL Pró-Semiárido 45 Paulo Freire

9 4 ,9

40 PROCASE 25

4 9 ,7

Viva o Semiárido 3 9 ,1 20 Dom Távora 37,8 16

livreto_final.indd 5

1 0 5 ,8

Dom Helder Câmara II 18

125,3

Balaiada Maranhão Sustentável 40 20 Transformação Produtiva de Pernambuco 40 20 Valor total (milhões de US$) Contribuição FIDA (milhões de US$)

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

5

29/11/16 20:40


Antes, pensávamos que a região semiárida era um lugar quase impossível de sobreviver. Hoje nós mudamos essa ideia e vemos nossa terra cheia de potencial. Estamos felizes em ver que vale a pena investir e ficar aqui. Não precisamos mais migrar.” Naelson Medeiros, presidente da associação de agricultores de Sombras Grandes atendido pelo projeto Dom Helder Câmara II.

ATUAÇÃO NO PAÍS Apoiar e promover o aumento da produção e da renda da agricultura familiar, facilitando o acesso a serviços básicos, conectando-os aos mercados e fortalecendo suas organizações.

66 | | OOApoio Apoiodo doFIDA FIDAao aoDesenvolvimento Desenvolvimentodo doBrasil Brasil

livreto_final.indd 6

29/11/16 20:40


DESAFIOS A SEREM SUPERADOS Público-alvo e áreas prioritárias de ação • •

Pobreza extrema e má-nutrição; Escassez de água para consumo humano e uso produtivo; Baixa renda agropecuária; Mudanças climáticas e riscos ambientais; Dificuldades de acesso a mercados;

• • •

• • •

Políticas e programas públicos com problemas de coordenação; Poucas atividades não agrícolas para famílias rurais; e Falta de acesso às políticas e programas agrícolas e de bem-estar social.

• • •

Parcerias com governo Estratégias específicas nos projetos Regularização fundiária

• •

Parcerias com governo Estratégias específicas nos projetos

Estratégias específicas nos projetos

Estratégias específicas nos projetos

• • •

Acesso às políticas públicas, sociais e de infraestrutura Empregos e renda Fortalecimento de organizações sociais e econômicas

• • • • • •

Acesso às políticas públicas, sociais e de infraestrutura Empregos e renda Fortalecimento de organizações sociais e econômicas Crédito e assistência técnica Acesso aos mercados Fortalecimento de não O atividades Apoio do FIDA aoagrícolas Desenvolvimento do Brasil | 7

QUILOMBOLAS E AFRODESCENDENTES

COMUNIDADES INDÍGENAS

JOVENS DE COMUNIDADES RURAIS

MULHERES DE COMUNIDADES RURAIS

ASSENTADOS E TRABALHADORES RURAIS

PEQUENOS AGRICULTORES FAMILIARES

livreto_final.indd 7

29/11/16 20:41


POR QUE BUSCAR O APOIO DO FIDA? Com mais de 30 anos de experiência no Brasil, o FIDA possui características e estratégias diferenciadas para alavancar as metas de redução da pobreza, fome e desnutrição no país:

PORTFÓLIO EM EXPANSÃO

PROJETOS EM ÁREAS ESTRATÉGICAS DO PAÍS

PROJETOS INOVADORES QUE INCENTIVAM BOAS PRÁTICAS

APOIO AO ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO NA AGRICULTURA FAMILIAR

FORTALECIMENTO DOS DIÁLOGOS POLÍTICOS ENTRE O BRASIL E OUTROS PAÍSES

FORTALECIMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA, ACESSO AO CRÉDITO RURAL E AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS

ESTREITAMENTO DE LAÇOS ENTRE GOVERNO, SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES DE BASE

FOMENTO AO AUMENTO DA RENDA POR MEIO DE ATIVIDADES AGRÍCOLAS E NÃO AGRÍCOLAS

$

POR QUE NO BRASIL? Nas últimas décadas, o Brasil vem reduzindo significativamente a pobreza por meio da implementação de programas e políticas públicas. No entanto, mais de 18 milhões de pessoas continuam vivendo abaixo da linha da pobreza, realidade que se mostra ainda mais acentuada no Semiárido nordestino, região altamente dependente da agricultura familiar. Embora a participação da agricultura no PIB seja relativamente baixa, o país ocupa o sexto lugar em termos de produção agrícola global. Além disso, a agricultura é importante em termos de exportações (36% do total) e emprega 15% da força de trabalho do país, dos quais 10% são trabalhadores ligados a agricultura familiar, que é responsável por cerca de 70% do volume de alimentos consumidos no Brasil, o que torna os investimentos nessa área ainda mais importantes.

8 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 8

29/11/16 20:41


PRINCÍPIOS DE AÇÃO FOCALIZAÇÃO E EQUIDADE DE GÊNERO Os grupos mais vulneráveis de áreas rurais, incluindo comunidades tradicionais e assentamentos da reforma agrária, particularmente mulheres e jovens possuem destaque nas ações do FIDA, de modo que em suas diversas atividades busca que estes públicos sejam diretamente beneficiados. EMPODERAMENTO O acesso das famílias rurais pobres a programas e políticas públicas de desenvolvimento territorial, assistência técnica, extensão, crédito e apoio à comercialização e reforma agrária é um dos pilares das atividades do FIDA no Brasil. Por meio dessas ações, o FIDA busca o fortalecimento capacidades individuais e coletivas das famílias bem como o aumento de seu protagonismo. INOVAR, APRENDER E ESCALAR As práticas inovadoras no campo das tecnologias sociais e boas práticas favorecem a convivência com o Semiárido e promovem o desenvolvimento rural. Estes são identificados no campo e disseminados por meio de atividades, estudos temáticos, seminários e intercâmbios. Assim, o FIDA busca contribuir em processos de aprendizagem social para o desenvolvimento sustentável. PARCERIAS A rede de parceiros do FIDA permite que sejam enfrentados os atuais desafios do Semiárido, e sua atuação no país ocorre por meio da colaboração com governos, organizações e a sociedade, empresas e agências, em especial os governos locais em busca de oportunidades para coordenação e cofinanciamento em populações rurais. Para a construção dos atuais seis projetos do FIDA, mais de 60 parceiros colaboraram ativamente.

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 9

9

29/11/16 20:41


COMO O FIDA TRABALHA? As operações apoiadas no Brasil têm como foco a busca por inovações técnicas e melhores práticas agrícolas, aumentando a resiliência das populações alvo e atingindo resultados sustentáveis. Entre 2016 a 2021, o FIDA propõe para:

PROJETOS DE INVESTIMENTO COM GOVERNOS FEDERAL E ESTADUAIS CONSOLIDAÇÃO dos programas existentes e a sua expansão gradual para além das zonas semiáridas. MELHORIAS na produção agrícola, segurança alimentar e nutricional, além do acesso aos mercados. PROMOÇÃO do desenvolvimento rural e aperfeiçoamento das políticas e programas de redução da pobreza. REFORÇO das capacidades de instituições governamentais e das organizações rurais para a implementação de políticas e programas.

PROGRAMAS DE DOAÇÃO PROMOÇÃO da gestão do conhecimento, diálogos políticos e monitoramento e avaliação. PROMOÇÃO de oficinas, debates e treinamento para o desenvolvimento das capacidades de execução dos projetos de combate à pobreza. DIFUSÃO do conhecimento científico entre Brasil, África, América Latina e Caribe.

10 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 10

29/11/16 20:41


O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 11

11

29/11/16 20:41


PROJETOS EM ANDAMENTO

VIVA O SEMIÁRIDO Promovendo a educação e a difusão de tecnologias sustentáveis. É implementado pelo Estado do Piauí e visa atingir 88 municípios cuja subsistência depende de atividades agrícolas e não agrícolas, como produção de mel, caju, ovinos e caprinos, turismo rural, artesanato, entre outros. Contribui para a redução dos níveis de pobreza da população rural piauiense por meio do incremento das atividades produtivas predominantes e do fortalecimento organizacional dos produtores rurais.

OBJETIVO Melhorar a renda e aumentar as oportunidades de emprego por meio do fortalecimento de capacidades individuais e coletivas.

COMPONENTES

Educação contextualizada no Semiárido Formação técnica para jovens

METAS

22.000

3.300

famílias pobres beneficiárias diretas.

mulheres beneficiadas por pequenas empresas.

100

7.100

funcionários públicos treinados em metodologias de identificação, formulação e acompanhamento produtivos associativos.

empregos criados pelas atividades econômicas apoiadas pelo projeto.

12 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 12

29/11/16 20:41


IDHM - Municipal UGP – Secretaria de Desenvolvimento IDHM - Municipal Rural (SDR) – Teresina/PI 0.480 - 0.590 - 0.590 URGP0.480 – Picos/PI > 0.590

UGRP - Unidades Regionais de Gestão do Projeto UGRP - Unidades Regionais de Gestão do Projeto UGP - Unidade Gestora do Projeto UGP - Unidade Gestora do Projeto UGRP - Unidades de Coordenação Territorial UGRP - Unidades de Coordenação Territorial

URGP>–0.590 Oeiras/PI URGP – São Raimundo Nonato/PI URGP – Valença/PI URGP – Paulistana/PI

TERESINA TERESINA

PIAUÍ

IDHM - Municipal

PIAUÍ

UGRP - Unidades Regionais de Gestão do Projeto

0.480 - 0.590

UGP - Unidade Gestora do Projeto

> 0.590

UGRP - Unidades de Coordenação Territorial

FONTE: PNUD 2010

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 13

13

29/11/16 20:41


PROJETOS EM ANDAMENTO

PROCASE Cariri e Seridó pelo desenvolvimento sustentável É implementado pelo governo da Paraíba em 56 municípios e tem como prioridade a melhoria da infraestrutura social e a redução dos problemas ambientais relacionados à desertificação, a partir da ótica de um desenvolvimento sustentável e da convivência com o Semiárido. O projeto valoriza e fortalece as capacidades das comunidades quilombolas, das juventudes e das mulheres agricultoras na organização do trabalho da agricultura familiar, contribuindo também para o combate das desigualdades no campo.

OBJETIVO Melhorar os meios de subsistência e desenvolver a economia rural da população carente.

COMPONENTES

Gestão de recursos naturais Formação técnica para jovens

METAS

1.200

jovens capacitados para o desenvolvimento de planos de negócios.

1.000

sistemas de captação de água construídos ou melhorados.

450

pessoas capacitadas na gestão de recursos naturais.

74.000 pessoas beneficiadas sendo 4.000 jovens 37.000 mulheres 11.200

pequenos produtores beneficiados com planos de investimentos produtivos ligados a caprinocultura, fruticultura, horticultura, apicultura, mineração, entre outros.

14 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 14

29/11/16 20:41


Unidades Gestoras do Projeto Unidades Gestoras do Projeto População Municipal População Municipal UGP - Secretaria de Estado do

- Unidades Regionais de Gestão do Projeto URGP - UnidadesURGP Regionais de Gestão do Projeto

Desenvolvimento 1500 - 8500da Agropecuária e 1500 - 8500 da Pesca (SEDAP) – João Pessoa/PB 8500 > 8500 URGP > – Campina Grande/PB

UGP - Unidade Gestora do Projeto UGP - Unidade Gestora do Projeto UCT - Unidade de Coordenação Territorial UCT - Unidade de Coordenação Territorial

URGP – Juazerinho/PB URGP – São Mamede/PB URGP – Barra de Santa Rosa/PB URGP – Sumé/PB

Unidades Gestoras do P População Municipal

URGP - Unidades Regio

1500 - 8500 > 8500

População Municipal 1500 - 8500 > 8500

UGP - Unidade Gestora

UCT - Unidade de Coord Unidades Gestoras do Projetoe uma Para nós é uma felicidade honra participar desse momento. Nossa comunidade é muito URGP - Unidades Regionais de Gestão do Projeto carente e precisa desse tipo de apoio para melhorar a produção UGP - UnidadeaGestora do Projetodo e aumentar comercialização nosso artesanato.” UCT - Unidade deSilva, Coordenação Territorial Gileide Ferreira da artesã e representante

do Quilombo do Talhado, de Santa Luzia

FONTE: PNUD 2010

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 15

15

29/11/16 20:41


PROJETOS EM ANDAMENTO

PRÓ-SEMIÁRIDO Fortalecendo a capacidade da população baiana O Pró-Semiárido consolida as atividades econômicas fomentadas pelo Projeto Gente de Valor, especialmente as cadeias produtivas do mel, mandioca, umbu, caju, caprino e ovinocultura. É implementado pelo governo da Bahia e visa beneficiar 30 municípios. O projeto possui importância estratégica uma vez que a Bahia é o maior estado do Nordeste com uma população de mais de 14 milhões de habitantes. Além disso, tem a maior população afro-descente do país, que é caracterizada por um elevado grau de pobreza e vulnerabilidade.

OBJETIVO Reduzir a pobreza rural por meio do aumento da produção e da criação de empregos e renda, bem como do fortalecimento da capacidade de indivíduos e organizações, conectando-os aos mercados.

COMPONENTES

Acesso a programas e políticas públicas Organizações comunitárias e econômicas

METAS

70.000

35.803

38.000

16.366

famílias beneficiárias diretas do projeto entre as quais a totalidade recebe capacitação em acesso às políticas públicas.

famílias receberão assistência técnica contínua e/ou especializada.

famílias beneficiadas com investimentos produtivos por meio de Planos de Trabalho e Negócios.

famílias beneficiárias de investimento em organizações econômicas e 17.437 em organizações comunitárias.

16 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 16

29/11/16 20:41


UGP – Companhia IDHM - Municipalde Desenvolvimento e Ação Regional (CAR)/Secretaria de 0.510 - 0.590Rural (SDR) – Desenvolvimento IDHM - Municipal Salvador/BA 0.510 - 0.590 > 0.590 Escritorio Regional e o Escritorio Local – > 0.590 Juazeiro/BA

EL - Escritório Local EL - EscritórioER-EL Local - Escritório Regional/Local UGP -Regional/Local Unidade Gestora do Projeto ER-EL - Escritório UGP - Unidade Gestora do Projeto

Escritorio Local - Senhor do Bonfim/BA Escritorio Local – Jacobina/BA

BAHIA SALVADOR

BAHIA SALVADOR

IDHM - Municipal

EL - Escritório Local

0.510 - 0.590

ER-EL - Escritório Regional/Local

> 0.590

UGP - Unidade Gestora do Projeto

FONTE: PNUD 2010

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 17

17

29/11/16 20:41


PROJETOS EM ANDAMENTO

PAULO FREIRE Ceará mais capacitado e produtivo Beneficia 31 municípios e busca desenvolver o capital social e humano da população rural local. É implementado pelo governo do Ceará, estado com uma das maiores populações e PIB do Nordeste. O projeto baseia-se na capacitação dos agentes públicos e privados que fornecem suporte técnico e de gestão para as famílias rurais participantes.

OBJETIVO Reduzir a pobreza e elevar o padrão de vida dos agricultores familiares por meio da formulação e implementação de modelos de negócios viáveis para empreendimentos agrícolas e não-agrícolas, incluindo iniciativas de regeneração do solo e adoção de práticas agroecológicas com foco prioritário nos jovens e mulheres.

COMPONENTES

Acesso a programas e políticas públicas Acesso a recursos hídricos relativamente disponíveis

METAS

60.000

famílias receberão capacitação para acessar às políticas públicas.

30.000

famílias beneficiadas por assistência técnica.

1.200

jovens rurais receberão capacitação para iniciar ou fortalecer atividades econômicas.

18 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 18

29/11/16 20:41


Unidades Gestoras do Projeto

População Municipal

UGP -6000 Secretaria - 50000de Desenvolvimento Agrário (SDA) – Fortaleza/CE População Municipal > 50000 Escritorio Local – Campos Sales/CE 6000 - 50000 Escritorio Local – Tauá/CE > 50000

Escritorio Local – Sobral/CE

UGP - Unidade Gestora do Projeto Unidades Gestoras do Projeto EL - Escritório Local UGP - Unidade Gestora do Projeto EL - Escritório Local

FORTALEZA

FORTALEZA

CEARÁ CEARÁ

“ População Municipal 6000 - 50000

Aqui é uma comunidade forte e precisamos apenas de parcerias. Como isso, está começando vamos priorizar a conclusão da casa farinha e montar uma fábrica de biscoito. Depois vamos para os quintais Gestoras produtivos, Unidades doartesanato Projeto e a criação de ovinos e caprinos.” Roberto José Nascimento, UGP - Unidade Gestora do Projeto beneficiário do projeto

> 50000

EL - Escritório Local

FONTE: PNUD 2010

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 19

19

29/11/16 20:41

FORTALEZA


PROJETOS EM ANDAMENTO

DOM TÁVORA Geração de trabalho e renda para Sergipe Beneficia 15 municípios e busca fortalecer as capacidades locais de gestão produtiva e comercial, articular cadeias de valor e promover acesso a mercados. É implementado pelo governo de Sergipe, estado caracterizado por ter 45% do território na região Semiárida. Embora a disponibilidade de água seja limitada em muitas áreas, outros fatores têm impedido um maior desenvolvimento da agricultura familiar em Sergipe, como a falta de conhecimento de tecnologias para aumentar a produtividade e dificuldades para acessar recursos financeiros.

OBJETIVO Contribuir para a geração de renda e emprego e reforçar a capacidade das entidades públicas e privadas que prestam serviços técnicos e administrativos visando o fortalecimento dos negócios e do empreendedorismo.

COMPONENTES

Negócios rurais para pequenos produtores Formação de fornecedores de assistência técnica em desenvolvimento de negócios

METAS

1.800

produtores capacitados em gestão de negócios rurais.

1.200

produtores capacitados em fortalecimento organizacional. Adoção de práticas agroecológicas e técnicas de produção sustentáveis por agricultores familiares.

12.000

famílias apoiadas com Planos de Negócios/Investimentos Produtivos e com melhorias no índice de propriedades de ativos.

12.000

famílias rurais pobres beneficiadas diretamente.

20.000

famílias beneficiadas indiretamente.

20 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 20

29/11/16 20:41


0.540 - 0.550

UEGP - Unidade Estadual Gestora do Projeto

> 0.550

ULGP - Unidades Locais de Gestão do Projeto UGP - Unidade Gestora do Projeto

IDHM - Municipal 0.540 -UEGP 0.550– Secretaria da Agricultura,

UEGP - Unidade Estadual Gestora do Projeto

Desenvolvimento e da Pesca (SEAGRI) – > 0.550Aracaju/SE

ULGP - Unidades Locais de Gestão do Projeto

ULGP – Aquidabã/SE ULGP - Carira/SE ULGP - Neópolis/SE ULGP - Poço Verde/SE

SERGIPE

SERGIPE

ARACAJU

ARACAJU

IDHM - Municipal 0.540 - 0.550

Com o projeto Dom Távora, vamos produzir e comercializar em pontos que não sejam só na localidade. Poderemos distribuir os produtos para outros estados, inclusive a UGP - Unidade Gestora do aqui.” Projeto Bahia, que faz fronteira Luiz Alberto Souza, funcionário da Emdagro que

acompanha a atuação do grupo de produtores UEGP - Unidade Estadual Gestora dodeProjeto caprinos apoiado pelo projeto

> 0.550

ULGP - Unidades Locais de Gestão do Projeto

FONTE: PNUD 2010

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 21

21

29/11/16 20:41


PROJETOS EM ANDAMENTO

DOM HELDER CÂMARA II Investindo no Ser Humano e Transformando o Semiárido É implementado pelo Governo Federal nos estados AL, CE, PB, PE, PI, RN e SE e visa beneficiar 129 municípios. Durante a 1ª fase, o projeto articulou políticas públicas no plano local e construiu capital social e humano, fortalecendo organizações ligadas a processos de desenvolvimento mais participativos, sustentáveis e com impacto real na redução da pobreza.

OBJETIVO Reduzir a pobreza e a desigualdade no Semiárido do Nordeste. Para isso, trabalha para melhorar o diálogo sobre políticas, planejamento territorial e coordenação de políticas e programas públicos.

COMPONENTES

Incentivo à participação direta da comunidade rural em decisões importantes na construção de políticas públicas Incentivo à agroecologia como meio para melhorar as condições de vida e aumentar a renda das famílias Redução de desigualdade de gênero, de idade e de raça

METAS

500

organizações comunitárias.

1.100

jovens rurais com oportunidades de estudo e formação, sendo 50% para mulheres.

27

organizações econômicas fortalecidas.

250

técnicos capacitados para fornecer assistência técnica de qualidade.

Desenvolvimento de novas atividades produtivas e de geração de renda para

4.500 mulheres 1.100 jovens 280 famílias quilombolas 260 famílias indígenas

22 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 22

29/11/16 20:41


Unidades Gestoras do Projeto

População Municipal 1500– -Secretaria 50000 UGP Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário > 50000 do Desenvolvimento Agrário Ministério (MDA) - Recife/PE

População Municipal

UCT - Afogados da Ingazeira/PE 1500 - 50000

UCT – Ouricuri/PE > 50000

UGP - Unidade Gestora do Projeto UCT - Unidade de Coordenação Territorial Unidades Gestoras do Projeto UGP - Unidade Gestora do Projeto UCT - Unidade de Coordenação Territorial

UCT – Monteiro/ PB UCT - São João do Piauí/PI UCT – Apodi/RN UCT –Nossa Senhora da Glória/SE UCT – Crateús/CE UCT – Quixeramobim/CE UCT – Piranhas/AL

PARAÍBA

PIAUÍ

PARAÍBA

PIAUÍ

RECIPE

PERNAMBUCO RECIPE

PERNAMBUCO

ALAGOAS ALAGOAS

SERGIPE SERGIPE

População Municipal 1500 - 50000 > 50000 FONTE: PNUD 2010

Unidades Gestoras do Projeto O projeto foi uma grande oportunidade para nósGestora do Semiárido, que UGP - Unidade do Projeto temos poucas chances de emprego e renda. Para as mulheres que não tem oportunidade de terem sua renda própria. Agora, a gente tem nosso UCT também - Unidade Coordenação Territorial próprio dinheiro. Teve uma melhoria nadenossa autoestima, você sente que está fazendo algo de importante.” Produtora de polpas congeladas e de frutas nativas do Rio Grande do Norte, beneficiária do projeto

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 23

23

29/11/16 20:41


PROJETOS CONCLUÍDOS

DOM HELDER CÂMARA I Ações orientadas para o desenvolvimento territorial O projeto foi concebido para dar resposta às carências do Semiárido em termos de assistência técnica e de oportunidades de desenvolvimento social e geração de rendimentos com que se confrontavam os agricultores e as comunidades ao abrigo do processo de reforma agrária. Nesta fase, o projeto foi implementado pelo Governo Federal nos estados CE, PB, PE, PI, RN e SE e concebido para facilitar a aplicação de várias políticas públicas centradas nas famílias de agricultores pobres.

OBJETIVO Desenvolver ações de combate à pobreza e apoio ao desenvolvimento rural sustentável embasado no conceito de convivência com o Semiárido, articulando às dimensões sócio-políticas, ambientais, culturais, econômicas e tecnológicas por meio de processos participativos de planejamento, gestão e controle social.

COMPONENTES

Organização para desenvolvimento social Desenvolvimento da produção e comercialização Desenvolvimento de serviços financeiros

METAS

15.000

famílias beneficiadas com assistência técnica, crédito, ações de manejo, conservação de águas e investimentos de infraestrutura social.

6.000

famílias beneficiadas com investimentos produtivos, em especial em manejo e conservação de águas.

24 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 24

29/11/16 20:41


– Secretaria de Desenvolvimento IDHM -UGP Municipal Territorial (SDT)/ Ministério do 0.510 - 0.615 Desenvolvimento Agrário (MDA) - Recife/PE

UCT - Unidade de Coordenação Territorial UGP - Unidade Gestora do Projeto

UCT - Afogados da Ingazeira/PE

> 0.615 IDHM - Municipal

UCT - Unidade de Coordenação Territorial

UCT – Ouricuri/PE

0.510 - 0.615

UGP - Unidade Gestora do Projeto

UCT – Monteiro/ PB > 0.615 UCT - São João do Piauí/PI UCT – Apodi/RN UCT –Nossa Senhora da Glória/SE UCT – Crateús/CE UCT – Quixeramobim/CE

RIO GRANDE DO NORTE RIO GRANDE DO NORTE

PARAÍBA

PIAUÍ

PARAÍBA

PIAUÍ

RECIFE

PERNAMBUCO RECIFE

PERNAMBUCO

ALAGOAS ALAGOAS

SERGIPE SERGIPE UCT - Unidade de Coordenação Territorial

IDHM - Municipal 0.510 - 0.615 > 0.615 FONTE: PNUD 2010

UGP - Unidade Gestora do Projeto Ver um projeto de reuso de água muda a vida da gente. Saber que podemos ter condições de irrigação mesmo quando nos falta a chuva.” Antônia, beneficiária do projeto

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 25

25

29/11/16 20:41


PROJETOS CONCLUÍDOS

GENTE DE VALOR O saber e a cultura local para produzir novos conhecimentos O PGV promoveu ações emergenciais e estruturais para enfrentar a pobreza no Semiárido baiano. O projeto priorizou a população mais pobre do sertão e contribuiu para a transformação de atividades de subsistência em negócios lucrativos; para a organização das comunidades rurais, por meio de associações, conselhos e comitês. Consolidou-se também como referência na assistência a essas comunidades, incluindo cooperativas da Rede Gavião.

OBJETIVO Melhorar as condições econômicas e sociais das populações rurais por meio da transformação das atividades de subsistência em negócios lucrativos para indivíduos e organização das comunidades.

COMPONENTES

Desenvolvimento produtivo e de mercado Capital humano e social

METAS

35.000

1.500

6.600

4.000

beneficiários.

domicílios com melhor segurança alimentar.

jovens inseridos no mercado de trabalho.

domicílios com acesso a água potável.

CURIOSIDADE Em cada subterritório um jovem foi eleito para atuar como agente de desenvolvimento subterritorial.

26 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 26

29/11/16 20:41


UGP - Unidade Gestora do Projeto

IDHM - Municipal 0.480 - 0.50

ER-EL - Escritório Regional/Local

UGP IDHM – Companhia de Desenvolvimento e Ação - Municipal > 0.550 Regional (CAR)/Secretaria de Desenvolvimento 0.480 - 0.50 Rural (SDR) - Salvador/BA

UGP - Unidade Gestora do Projeto

EL - Escritório Local

ER-EL - Escritório Regional/Local

Escritorio Regional e o Escritorio Local – > 0.550 Vitória da Conquista/BA

EL - Escritório Local

Escritorio Regional e o Escritorio Local – Ribeira do Pombal/BA Escritorio Local – Cícero Dantas/BA Escritorio Local – Euclides da Cunha/BA Escritorio Local – Abaré/BA Escritorio Local –Jeremoabo/BA Escritorio Local – Mirante/BA

BAHIA

SALVADOR

BAHIA

SALVADOR VITÓRIA DA CONQUISTA

VITÓRIA DA CONQUISTA

IDHM - Municipal 0.480 - 0.50 > 0.550

UGP - Unidade Gestora do Projeto Participar do projeto foi uma experiência que me mostrou como buscar meus sonhos, como valorizar o campo e as ER-EL Escritório Regional/Local culturas. Vou levar esse-ensinamento para toda minha vida, pois descobrimos que é possível ter uma vida mais EL -seEscritório digna sem precisar deslocarLocal do Semiárido.” Eziane Cardoso, jovem rural participante do projeto

FONTE: PNUD 2010 O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 27

27

29/11/16 20:41


PROGRAMAS DE DOAÇÃO

MKTPLACE Cooperação agrícola sob demandas A Plataforma de Inovação Agropecuária - MKTPlace é uma iniciativa internacional de cooperação Sul-Sul coordenada pela Embrapa e apoiada por diversos parceiros. Ela surgiu no âmbito das discussões sobre maneiras para se aperfeiçoar e tornar mais efetiva a cooperação entre países do hemisfério sul em um esforço conjunto na busca por soluções para problemas que atingem a agricultura dessas regiões.

OBJETIVO Conectar especialistas e instituições brasileiras, africanas, latino-americanas e caribenhas para desenvolver, conjuntamente, projetos de pesquisa para o desenvolvimento com intuito de beneficiar pequenos produtores.

RESULTADOS DE DESTAQUE Financiamento de 82 projetos em 13 países da África e 10 da América Latina e Caribe.

40 projetos finalizados e que apresentaram resultados expressivos, como: 1.116 trocas de genótipos adaptados à agricultura tropical. 2.191 pessoas capacitadas. Desenvolvimento de mais de 170 tecnologias, produtos e serviços. 96 produtos de conhecimento gerados. 129 publicações técnicas.

CURIOSIDADE Em 2016 o MKTPlace foi selecionado pela ONU como uma das 15 iniciativas de maior destaque e potencial de impacto em Cooperação Sul-Sul.

28 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 28

29/11/16 20:41


O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 29

29

29/11/16 20:41


PROGRAMAS DE DOAÇÃO

SEMEAR Aprendendo uns com os outros O programa dedica-se à gestão do conhecimento na zona Semiárida e abrange todos os estados da região semiárida do Nordeste em que há investimentos cofinanciados pelo FIDA. A iniciativa visa facilitar o acesso a saberes, inovações e boas práticas contextualizadas para a convivência com o Semiárido, que possam ser adotados e replicados pela população rural para a melhoria das condições de vida e promoção do desenvolvimento sustentável e equitativo da região.

OBJETIVO Promover a identificação, registro e disseminação de conhecimentos, inovações e boas práticas de desenvolvimento entre famílias rurais. Além disso, fortalece redes de colaboração e diálogos entre associações, cooperativas, ONGs, governos, instituições de pesquisa, ensino e assistência técnica rural.

ÁREAS TEMÁTICAS • Inovações produtivas e tecnológicas apropriadas para o Semiárido; • Disseminação de experiências exitosas de negócios rurais agrícolas e não agrícolas; • Experiências de manejo de recursos naturais e adaptação às mudanças climáticas; e • Foco em monitoramento e avaliação dos projetos FIDA.

RESULTADOS DE DESTAQUE • 17.285 pessoas diretamente beneficiadas das quais 6.776 mulheres, 4.735 jovens, 1.093 quilombolas ou participantes de comunidades tradicionais, 11.379 agricultores, 789 artesãos, 220 indígenas, 1.381 atores sociais, 771 organizações e 6.576 famílias; • Promoveu 91 visitas de intercâmbio, 4 rotas de aprendizagem, 6 rodas de diálogo, 30 encontros e 13 feiras de conhecimento, que possibilitaram a participação do público e o acesso e compartilhamento de saberes e boas práticas; e • Apoiou o fortalecimento do Fórum dos Gestores da Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, incluindo a representação de gestores públicos e representantes da sociedade civil.

CURIOSIDADE Fomento de práticas inovadoras de destaque como o Projeto Piloto de Monitoramento Participativo feito por jovens rurais.

30 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 30

29/11/16 20:41


O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 31

31

29/11/16 20:41


FATORES DE SUCESSO DAS ATIVIDADES DO FIDA •

Alocação financeira baseada em desempenho;

Monitoramento e avaliação periódicos;

Foco em gestão do conhecimento;

Fortalecimento de parcerias com os governos estaduais, federal e agências internacionais;

Interlocução com agências da ONU para a agricultura;

Parcerias com iniciativas de Cooperação Triangular e Sul-Sul, incluindo Instituições Financeiras Internacionais;

Expertise na agricultura familiar do Semiárido do Brasil; e

Abordagem direcionada ao país e não aos projetos individualmente.

32 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 32

29/11/16 20:41


APOIANDO O BRASIL DO FUTURO Expansão do portfólio O FIDA planeja expandir suas operações por meio de dois projetos de desenvolvimento rural, um na região de transição para a Floresta Amazônica no Maranhão, e outro na região de Mata Atlântica e agreste do Pernambuco. Esses dois novos projetos estão atualmente em fase de elaboração. O projeto no Maranhão deve ser aprovado até o final de 2016, enquanto o de Pernambuco será em 2017.

Estratégia e oportunidades: •

Foco regional e por gênero;

Trabalho com comunidades tradicionais (indígenas e quilombolas) e extrativistas;

Replicação de práticas inovadoras;

Diversificação produtiva e acesso a mercados;

Fortalecimento de diálogos sobre políticas públicas;

Suporte a gestão de recursos naturais e adaptação à mudança climática;

Suporte a segurança alimentar e nutricional; e

Suporte ao fortalecimento organizacional e associativismo.

Transformação produtiva dos territórios da Zona da Mata e Agreste do Pernambuco O projeto visa beneficiar as áreas da Mata Sul, Mata Norte, Agreste Central e Agreste Setentrional do estado de Pernambuco, incluindo 88 municípios beneficiários. Pernambuco é o segundo maior estado do Nordeste em termos de PIB e PIB per capita e um dos mais industrializados possuindo uma agricultura irrigada dinâmica. O estado possui três regiões claramente definidas - Zona da Mata, Agreste e Sertão.

OBJETIVO O projeto visa contribuir para a redução da pobreza, promoção da sustentabilidade e desenvolvimento inclusivo. A população-alvo inclui cerca de 100.000 pessoas rurais que vivem em condições de pobreza e extrema pobreza.

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 33

33

29/11/16 20:41


METAS •

Redução de 15% da população em situação de pobreza e extrema pobreza nos municípios de intervenção;

Até 35.000 famílias beneficiadas por informações sobre programas e políticas públicas; e

Financiamento de até 500 projetos produtivos que propiciem o uso e a gestão sustentável dos recursos naturais e diminuam a vulnerabilidade dos sistemas produtivos frente a variações climáticas.

Balaiada Maranhão Sustentável O projeto visa beneficiar 6 territórios do estado do Maranhão - Baixo Parnaíba, Cocais, Campo e Lagos, Lençóis Maranhenses/Munin, Médio Mearim e Vale do Itapecuru, incluindo 43 municípios prioritários, que concentram alta proporção de comunidades tradicionais e abrangem 4 municípios de áreas indígenas. Mulheres e jovens são uma importante parcela dos beneficiários e a população-alvo inclui 100.000 famílias que vivem em condições pobreza e de extrema pobreza.

OBJETIVO Contribuir para a redução da pobreza no estado, promoção de sustentabilidade e o desenvolvimento inclusivo.

METAS •

Redução de 70% da pobreza nos municípios beneficiados;

29.700 famílias rurais serão beneficiadas das por meio de informações sobre políticas e programas públicos, sendo que 22.500 participarão de atividades de organização e mobilização; e

15.000 famílias receberão serviços de assessoria técnica de qualidade.

34 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 34

29/11/16 20:41


O FIDA NO MUNDO Ações em 98 países e financiamento de 226 projetos e programas (em andamento). Resultados alcançados em 2015: •

459 milhões de pessoas beneficiadas;

114 milhões de pessoas diretamente impactadas, das quais quase 50% são mulheres;

Capacitação de 2,5 milhões de pessoas em práticas e tecnologias de produção agrícola;

Melhores práticas agropecuárias em 2,3 milhões hectares;

Fortalecimento de mais de 23 mil grupos em comercialização; e

Construção e/ou reparo de 17 mil km de rodovias.

Carteira global de projetos (incluindo cofinanciamento): •

Mundo: US$ 13 bilhões (em execução);

América Latina: US$ 1,5 bilhão; e

Brasil: US$ 450 milhões.

O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 35

35

29/11/16 20:42


36 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 36

29/11/16 20:42


O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 37

37

29/11/16 20:42


FICHA TÉCNICA Coordenação editorial e revisão técnica: Rodrigo Montalvão Ferraz Geoprocessamento e elaboração dos mapas: Uander Gonçalves dos Anjos Projeto gráfico e diagramação: Gabriella Santos Malta Assistente de diagramação: Layanne da Silva Costa

38 | O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil

livreto_final.indd 38

29/11/16 20:42


O Apoio do FIDA ao Desenvolvimento do Brasil |

livreto_final.indd 39

39

29/11/16 20:42


O APOIO DO FIDA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL

www.fida.org.br +5571 3183-5715 e +5571 3183-5700 Escritório Compartilhado das Nações Unidas Praça Municipal Thomé de Souza, Elevador Lacerda - Salvador, Bahia (BA)

livreto_final.indd 40

29/11/16 20:42

O APOIO DO FIDA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL