Issuu on Google+

Revista Edição 3 - Ano 2 jan. / mar. 2013

Sustentabilidade em Eventos Desafios do setor de Eventos Gerenciamento Integrado de Eventos


Expediente A Revista EBS é uma revista digital, de periodicidade bimestral, publicada pela EBS Feiras & Editora Ltda, que se destina à divulgação do setor de eventos. Rua: Elpídio José de Oliveira, 400 06763-160 – Taboão da Serra – SP Tel.: (11) 4786-2230 www.eventofacil.com.br Periodicidade: Trimestral Título: Revista EBS Ano: II Edição: III Diretor Marcello Baranowsky marcello@eventofacil.com.br Editora Michelle Neves imprensa@eventofacil.com.br redacao@feiraebs.com.br Diagramação Anderson Luiz criacao@eventofacil.com.br Administrativo Regiane Prado adm@eventofacil.com.br Comercial Katia Bertoldo comercial1@eventofacil.com.br comercial2@eventofacil.com.br Renata de Paiva comercial3@eventofacil.com.br Relacionamento Albanes Gonçalves relacionamento@eventofacil.com.br

E os Eventos não param, não param, não param Começamos 2013 a todo o vapor pegando carona com os grandes eventos que já estão movimentando o mercado em diversos segmentos, com destaque para o de Turismo de Negócios, Corporativos, Esportivos, dentre outros tantos que ainda estão por vir. A 3ª edição da Revista EBS - Evento Business Show, trará na seção sustentabilidade, uma matéria especial com André Dornelles sobre sustentabilidade em Eventos. Anita Pires, presidente da ABEOC - Associação Brasileira de Empresas de Eventos preparou um artigo sobre os desafios do mercado de Eventos. Nesta edição, você irá conferir também, uma matéria com Rafael Grosso, gerente de Eventos da Tour House sobre o Facility, sistema de gerenciamento de Eventos, a reforma do centro de eventos do Hotel Carimã, a cobertura do VIII ESFE e LACTE8 - Latin American Corporate Travel Experience e como foi o CEO's Family Workshop, evento realizado pelo Lide - Grupo de líderes empresariais, sob o comando de João Dória Jr. Lembramos que nos dias 22 e 23 de maio será realizada a 11ª edição da Feira EBS - Feira de Destinos, Espaços e Fornecedores para Eventos Corporativos, Esportivos, Shows e Gastronomia, que acontecerá no 5º pavimento do Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, SP. Não percam!

Marketing Daiana Moura daiana@eventofacil.com.br Todos os direitos reservados.

Boa leitura a todos!

A Revista EBS é marca registrada junto ao INPI, em nome da EBS Feiras & Editora Ltda. Os produtos e anúncios apresentados são de responsabilidade integral dos anunciantes.

Michelle Neves Editora


Ă?ndice

Agenda de Eventos principais Eventos Corporativos

Destaques do Mercado .

06 12

Sustentabilidade

16

Desafios do setor de Eventos

20

LACTE 8

Sistema de gerenciamento de Eventos

21 22


Agenda de Eventos

r. Jan./Ma

2013

Agenda de Eventos JANEIRO

Revista EBS jan. / mar. 2013

12 a 15 - TM FASHION HEBRAICA INVERNO 2013 A Hebraica São Paulo São Paulo - SP www.tmfashion.com.br Luca Eventos 12 a 16 - SHOWROOM DA MODA SELECT Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo - SP www.showroomdamoda.com.br Claire Eventos

14 a 17 - COUROMODA Palácios das Convenções do Anhembi São Paulo - SP www.couromoda.com Couromoda Feiras Comerciais 16 a 17 - Inspiramais Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo - SP www.inspiramais.com.br Assintecal e Footwear Components by Brasil FEVEREIRO 1 a 3 - CONTROVÉRSIAS EM CIRURGIA VASCULAR E ENDOVASCULAR Bourbon Convention & Spa Resort São Paulo - SP www.meetingeventos.com.br/sitev3/contriii/ valores.asp SBACV-SP - Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular

13 - CONGRESSO BRASILEIRO DO CALÇADO Holiday Inn Parque Anhembi São Paulo - SP www.couromoda.com São Paulo Feiras Comerciais

2 - SEMINÁRIO NACIONAL COMO VENDER MAIS POR TELEFONE E E-MAIL Pestana São Paulo São Paulo - SP www.klatreinamentos.com.br/frazaosp/ Grupo K.L.A.

13 - 500 MILHAS BRASIL - MOTOVELOCIDADE ENDURANCE Autódromo de Interlagos São Paulo - SP www.500milhasbrasil.com.br 500 Milhas Brasil

4 - SEMINÁRIO DE EXCELÊNCIA EM COMPRAS Milenium Centro de Convenções São Paulo - SP www.congressodecompras.com.br IBC - International Business Communications

13 a 16 - FÓRUM DE MODA SÃO PAULO PRÊT-ÀPORTER Expo Center Norte São Paulo - SP www.saopaulopretaporter.com Couromoda Feiras Comerciais 13 a 16 - Fenatec Expo Center Norte São Paulo - SP www.fenatec.com.br Reed Exhibitions Alcantara Machado

6

4 a 6 - CONGRESSO DE COMPRAS E SUPRIMENTOS 2013 Milenium Centro de Convenções São Paulo - SP www.congressodecompras.com.br IBC - International Business Communications 4 a 7 - COSMOLOGY, LARGE SCALE STRUCTURE AND FIRST CLASS OBJECTS Auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP São Paulo - SP uspconference.if.usp.br Instituto de Física (IF) - USP


Agenda de Eventos

6 e 7 - WORKSHOP DE TECNOLOGIA ADAPTATIVA POLI - Escola Politécnica da USP São Paulo - SP lta.poli.usp.br/lta/wta/wta-2013 Laboratório de Linguagens e Técnicas Adaptativas (LTA) - USP 16 a 19 - ABUP SHOW - LABIRINTO DE SENSAÇÕES Transamerica Expo Center São Paulo - SP www.abup.com.br/eventos/26abupshow/ ABUP - Associação Brasileira da Empresas de Utilidades e Presentes 19 - ENCONTRO DO SETOR DE FEIRAS E EVENTOS / 2º FÓRUM DE FEIRAS E EVENTOS WTC Golden Hall Convention Center São Paulo - SP gruporadar.com.br Grupo Radar 19 e 20 - VIRADA ESTRATÉGICA 2013 / FÓRUM TOP DE PLANEJAMENTO Sheraton São Paulo WTC Hotel São Paulo - SP www2.espm.br/virada PS Carneiro Produções 19 e 20 - WORKSHOP FERRAMENTAS DE OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS FISCAIS Sede do Confeb São Paulo - SP www.confeb.org.br/ferramentas/escopo Febracorp - Federação Brasileria de Desenolvimento corporativo 19 a 21 - CONGRESSO PAULISTA DE FITOPATOLOGIA Instituto Biológico São Paulo - SP www.infobibos.com/cpfito/ Associação Paulista de Fitopatologia

19 a 22 - FEIRA BRASILEIRA DE MÓVEIS E ACESSÓRIOS DE ALTA DECORAÇÃO Centro de Exposições Imigrantes São Paulo - SP www.abimad.com.br Associação Brasileira de Móveis de Alta Decoração - ABIMAD 20 e 21 - WORKSHOP & TRADE SHOW CVC 2013 Expo Center Norte São Paulo - SP www.cvc.com.br/workshop CVC Turismo 21 e 22 - LATIN MOOT CORP COMPETITION FGV - Fundação Getúlio Vargas São Paulo - SP latinmootcorp.com FGV São Paulo - Fundação Getúlio Vargas 23 - ENCONTRO PAULISTA SOBRE NEUROEDUCAÇÃO Espaço Ítalo - Sala Magnum São Paulo - SP www.creativeideias.com.br/creative/ Creative Ideias 23 e 24 - FEIRA DE JÓIAS FOLHEADAS, PRATA, AÇO, BIJUTERIAS E ACESSÓRIOS DE MODA WTC Convention Center São Paulo - SP www.srfa.com.br Folheados e Associados - FA 24 a 26 - LATIN AMERICAN CORPORATE TRAVEL EXPERIENCE Grand Hyatt São Paulo São Paulo - SP www.abgev.org.br ALAGEV - Assoc. Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas 25 a 27 - FIELD SERVICE LATIN AMERICA 2013 Milenium Centro de Convenções São Paulo - SP www.fieldservicelatinamerica.com WBR - Worldwide Business Research

7

Revista EBS jan. / mar. 2013

5 a 7 - CONFERÊNCIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA SAÚDE CORPORATIVA Golden Tulip Paulista Plaza São Paulo - SP www.iqpc.com.br IQPC-International Quality & Productivity Center


Agenda de Eventos

25 a 27 - FEIRA BIJOIAS Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo - SP www.b8-bijoias.com.br B8 Eventos 25 a 28 - SALÃO DOS VEÍCULOS COMERCIAIS LEVES Pavilhão de Exposições do Anhembi São Paulo - SP www.vucfair.com.br G-LINDER Marketing Estratégico Ltda

Revista EBS jan. / mar. 2013

26 - GRANDE ENCONTRO FEIRAS & NEGÓCIOS Expo Center Norte São Paulo - SP www.feirasenegocios.com.br Feiras e Negócios 26 e 27 - SIMPÓSIO DE PEDAGOGIA UNIVERSITÁRIA EACH-USP Escola de Artes Ciências e Humanidades - EACH USP São Paulo - SP each.uspnet.usp.br/site/eventos-info.php Grupo de Apoio Pedagógico - GAP-EACH

28 a 01 - CONGRESSO DO DESC DEPARTAMENTO E SERVIÇOS CREDENCIADOS Maksoud Plaza Hotel São Paulo - SP www.cirurgiaplastica.org.br SBCP - Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

MARÇO 12 - Workshop Mundo Agaxtur Centro de Conv.Frei Caneca São Paulo - SP www.agaxtur.com.br/workshop/ Agaxtur Turismo 12 a 16 - Feicon Batimat Pavilhão de Exposições Anhembi São Paulo - SP www.feicon.com.br Reed Exhibitions Alcantara Machado 13 a 16 - Expoprint Expo Center Norte São Paulo - SP www.apsfeiras.com.br/eventos/index/expoprint-digital

26 a 28 - FÓRUM NACIONAL PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA Estanplaza International São Paulo - SP www.windforumbrazil.com International Quality and Productivity Center - IQPC 27 - SENAC MODA INFORMAÇÃO Teatro Bradesco São Paulo - SP www.sp.senac.br Senac 27 a 02 - FEIRA DA INDÚSTRIA DE JÓIAS, RELÓGIOS E AFINS Hotel Transamérica São Paulo - SP www.feninjer.com.br Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM)

28 - COACHING E LIDERANÇA Câmara Brasil - Alemanha São Paulo - SP www.vdibrasil.com.br/site/eventos Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha - VDI-Brasil 8

APS Feiras e Eventos 15 a 18 - Têxtil House Fair Expo Center Norte São Paulo - SP www.grafitefeiras.com.br Grafite Feiras 16 a 17 - Salão do Estudante Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo - SP www.salaodoestudante.com.br Rojas Comunicação 18 - Prêmio VIHP Terraço Itália Restaurante São Paulo - SP www.qiprofissional.com.br Hôtelier News / QI Profissional 18 a 22 - SPFW Pavilhão da Bienal do Ibirapuera São Paulo - SP ffw.com.br/spfw/ Luminosidade Marketing e Produções


Agenda de Eventos

19 a 20 - Fórum Panrotas Centro Fecomércio de Eventos São Paulo - SP www.panrotas.com.br/forum/ Imaginadora 19 a 21 - SAP Fórum Brasil Transamérica Expo Center São Paulo - SP www.sap.com/brazil/events/sapbrazil_forum/ SAP Brasil 19 a 21 - Brazil Road Expo Transamérica Expo Center São Paulo - SP brazilroadexpo.com.br/novo/summit.php Quartier Feiras e Eventos

Revista EBS jan. / mar. 2013

19 a 22 - MDA South America Centro de Exposições Imigrantes São Paulo - SP mda-southamerica.com.br Hannover Fair Sulamérica 21 a 24 - Feipesca Expo Center Norte São Paulo - SP www.feipesca2013.com.br Boat Show Eventos 25 a 27 - Tecsono 2013 Transamérica Expo Center São Paulo - SP www.salaotecsono.com.br Grupo CIPA - Fiera Milano 25 a 27 - Food Hospitality World Transamérica Expo Center São Paulo - SP www.fhwbrasil.com.br Grup CIPA / Fiera Milano

25 a 27 - Conotel Transamérica Expo Center São Paulo - SP www.abeoc.org.br/tag/conotel/ ABIH

9


Destaques do Mercado

Destaques do Mercado

SPTuris começa 2013 com mudanças

Santa Catarina tem novo secretário estadual de turismo O tucano Beto Martins assumiu no dia 08 de janeiro de 2013 a titularidade da Secretaria Estadual de Turismo de Santa Catarina. Ele irá ocupar o cargo anteriormente exercido por Cesar Souza Júnior (PSD). Ex-prefeito de Imbituba, SC, Martins foi convidado a ocupar a cadeira pelo governador Raimundo Colombo. “O turismo é uma ferramenta importante para o desenvolvimento do Estado”, observa o governador.

Revista EBS jan. / mar. 2013

Recente estudo da Universidade de Oxford (Inglaterra) aponta a presença do setor turístico na economia catarinense em torno de 12,5% do PIB (Produto Interno Bruto), sendo responsável por aproximadamente 600 mil postos de trabalho. Entre os planos na secretaria, o peessedebista destaca que uma das metas é trabalhar o aumento de qualidade em infraestrutura. Santa Catarina foi eleito pela sexta vez o melhor destino turístico nacional pela revista Viagem e Turismo. (Santur)

Hotel Dona Carolina investe em eventos

Embora o prefeito Fernando Haddad tenha confirmado a permanência de Marcelo Rehder na presidência da São Paulo Turismo (SPTuris), a equipe do órgão sofre algumas mudanças. Após a saída de Luiz Sales, que assumiu a secretaria adjunta de Esportes, Recração e Lazer, Marcos Sinval - ex-secretário adjunto de Comunicação da Prefeitura assume a diretoria de ações estratégicas e de comunicação. Outra mudança é a chegada de João Francisco Aprá, exchefe de gabinete de Gilberto Kassab, para a diretoria de marketing e vendas, função antes exercida por James Rubio. Luciane Leite continua à frente da Diretoria de Turismo, que têm sob a sua responsabilidade as gerências de promoção e de planejamento e estruturação, comandadas por Marisa Marrocos e Fernanda Ascar, respectivamente. (SPTuris)

R1 Soluções Audiovisuais cresce 57% em 2012

Após uma mudança de gestão, o Hotel Dona Carolina, localizado no interior de São Paulo, vem passando por um processo de reestruturação. Segundo Arlindo Vaz, gerente comercial do hotel, há diversas mudanças a serem feitas e o foco agora é no público de eventos. “Nossa proposta é aliar a questão da fazenda, do rústico, com uma hospedagem mais sofisticada, com conforto e tecnologia”, explica ele. Para 2013, há um projeto de construção de um centro de convenções. A ideia é que as obras comecem em abril e estendam-se por um ano, até 2014. Atualmente, segundo Vaz, o hotel recebe cerca, de 15 eventos por mês, principalmente de grandes companhias e empresas multinacionais. A expectativa, uma vez estando pronto o centro de convenções, é obter um aumento de 50% neste número. (Redação)

12

A R1 Soluções Audiovisuais obteve bons resultados em 2012. A empresa cresceu 57%, na comparação com o ano anterior. “Isso se deve aos novos clientes e postos de atendimento que abrimos em importantes redes hoteleiras que passamos a atender”, explica o sócio-diretor da R1, Raffaele Cecere. Para 2013, a meta é de 48% de crescimento e mais 15 postos de atendimentos em diferentes capitais brasileiros. A empresa possui parcerias com hotéis em Curitiba e em São Paulo. “Nestes primeiros meses de 2013, nossa intenção é expandir o atendimento para Salvador e Porto Alegre”, conclui Cecere. (Meio & Mensagem)


Destaques do Mercado

Iberostar tem elevação do faturamento em 2012

Fohb anuncia nova diretora executiva

O Fohb - Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil comunicou no dia 04 de fevereiro que, a partir do próximo dia 01 de março, terá uma nova diretora executiva. A escolhida para o cargo é Flávia Matos, que substitui Ana Maria Biselli, responsável pelo posto desde 2009.

A melhora tem respaldo principalmente na diversificação de mercado feita pela companhia, que tem focado suas ações em regiões emergentes. A maior cartada da empresa em 2012 foi a incorporação da histórica agência britânica Thomas Cook, composta por cinco hotéis e um clube de golfe em solo espanhol. A Iberostar assumiu as ações pagando a cifra de 94 milhões de euros. (Iberostar)

Setur-DF define estratégias para 2013 A Secretaria de Turismo do Distrito Federal definiu no dia 25 de fevereiro suas metas e diretrizes referentes a este ano. A proximidade das competições da Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014 motivam o órgão a estruturar novas ações. Entre as prioridades para este semestre estão a estruturação de novos roteiros e a potencialização de convênios e parcerias com outras instituições. A subsecretária de Fomento e Eventos Estratégicos, Flávia Malkine, citou pesquisas que apontam o posicionamento de Brasília perante as demais cidades-sedes e diante dos torcedores que acompanham os jogos. “Estamos entre as três cidades mais conhecidas como sede da Copa do Mundo de 2014 e temos a oportunidade de receber a abertura da Copa das Confederações”. Outro ponto foi o procedimento de implantação do Observatório do Turismo Federal, que foi revisado, junto à capacitação de profissionais que atuarão durante o próximo mundial de futebol. (Setur-DF)

Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas) e em relações internacionais pela UnB (Universidade de Brasília). Atualmente cursa mestrado em hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi. Há 15 anos a executiva atua no mercado turístico, onde trabalhou em redes hoteleiras e na promoção de destinos. Soma experiências adquiridas em trabalhos junto a instituições como o Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e WTTC (Global Travel & Tourism Summit do World Travel & Tourism Council). (Redação)

Governo de SP destina R$ 5 mi para turismo de Atibaia No início desta semana o governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Turismo, anunciou o repasse de R$ 5,6 milhões para investimentos no setor turístico da cidade de Atibaia. A importância será destinada para a prefeitura da cidade pelo Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), que também ficará responsável por conferir o desenvolvimento das obras e fiscalizar a utilização da verba. Segundo Cláudio Valverde, secretário estadual de turismo, o município tem sido alvo de muitos investimentos no setor turístico e está em expansão na recepção de viajantes. De acordo com ele, nos últimos dois anos o governo estadual destinou cerca de R$ 10 milhões em recursos para o turismo da cidade. (Redação)

13

Revista EBS jan. / mar. 2013

Encabeçando um projeto que prevê investimentos de € 83 milhões neste ano para a ampliação de seu portfólio, a Iberostar Hotels & Resorts apresentou na última semana os números obtidos pela companhia em 2012. Segundo o material, o faturamento chegou a € 1.047 bilhão, cerca de 10% a mais do que o registrado em 2011.

Flávia é graduada em Hotelaria pelo Senac-SP e especialista em administração de turismo e hotelaria pela EAESP/FGV (Escola de


Destaques do Mercado

Curitiba inicia curso de produtor de eventos

A Choice Academia de Profissões, escola localizada em Curitiba, está com as matrículas abertas para o curso de aprimoramento profissional na área de Produtor de Eventos.

Revista EBS jan. / mar. 2013

A instituição decidiu lançar esta oportunidade devido ao amplo mercado de eventos da capital paranaense.

Turismo de Balneário Camboriú tem novo secretário

Tomou posse no dia 27 de fevereiro o novo secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú, município turístico de Santa Catarina. O escolhido para o cargo foi Ademar Schneider. A cerimônia de posse ocorreu no Hotel Vieiras e foi conduzida pelo prefeito Edson Renato Dias, também responsável pela nomeação do novo representante da pasta.

O objetivo é qualificar o profissional no planejamento e organização de diversas áreas, em segmentos sociais e corporativos. O curso se propõe a preparar os interessados para grandes encontros culturais, shows artísticos, e também produtos menores, atendendo uma demanda específica. (Redação)

Em seu discurso, Schneider – que já foi diretor de turismo do município nos anos de 2009, 2011 e 2012 – alegou ter como objetivo dar sequência ao trabalho que vem sendo feito na Sectur (Secretaria de Turismo de Balneário Camboriú), principalmente na realização dos grandes eventos municipais e nas divulgações pelo Brasil e no exterior. (Sectur BC)

Allia Hotels confirma novos empreendimentos no Espírito Santo

Club Med Rio das Pedras reforma Centro de Convenções

A Allia Hotels, rede hoteleira com 28 hotéis em operação em diversos Estados do país, confirmou nesta terça-feira, 15 de março, o contrato de construção de dois novos empreendimentos no Espírito Santo: o Bristol Easy Hotel Jardim Limoeiro, no município de Serra, e o Bristol Easy Hotel Colatina, na cidade de Colatina. Segundo o Diretor de Desenvolvimento da Allia Hotels, Marcello Medeiros, os novos hotéis estão localizados em importantes polos de crescimento do Espírito Santo e irão suprir uma grande demanda em suas regiões. Com investimento de aproximadamente R$ 11,5 milhões, o Bristol Easy Hotel Jardim Limoeiro será da categoria Supereconômica e contará com 110 apartamentos, restaurante, área para eventos entre outras facilidades. Já o Bristol Easy Hotel Colatina, também construído na categoria Supereconômica, terá investimento de R$ 14, 8 milhões. Seu projeto prevê 140 apartamentos, restaurante e sala de eventos para até 80 pessoas. A previsão de inauguração dos hotéis é para o início de 2016. (Redação) 14

Representando 40% das vendas totais do Club Med Brasil, os grupos corporativos terão mais um motivo realizar seus eventos no Village Rio das Pedras: em março, o Village reabre seu Centro de Convenções totalmente reformado. O novo Centro, que recebeu um investimento de R$ 5 milhões, terá capacidade para até 1mil pessoas e uma sala principal de 945 m² que pode ser divida em seis, assim diferentes eventos podem acontecer ao mesmo tempo. Em 2012, as vendas dos grupos business cresceram em 12% e os três Villages Club Med do Brasil (Rio das Pedras, Itaparica e Trancoso) receberam mais de 35 mil clientes business corporativos distribuídos em 144 grupos. Em 2013, os grupos business para os três Villages da rede já acumulam um crescimento corrente de 8% em relação a 2012. (Redação)


Sustentabilidade

Sustentabilidade em eventos

A empresa do futuro, modelo e referência em sustentabilidade, fornece serviços ou produtos que agregam valor à sociedade, ao meio ambiente e que proporcionam sustentação econômica. O setor de eventos representa importante mercado com significativo movimento econômico no país. No mundo movimenta cerca de US$ 4 trilhões por ano. No Brasil, envolve cerca de 80 milhões de participantes, gera 2,9 milhões de empregos diretos e indiretos. Impacta em 54 importantes setores da economia, crescendo em média 7% ao ano. Anualmente acontecem cerca de 330 mil eventos e 160 grandes feiras.

Revista EBS jan. / mar. 2013

André Dornelles, diretor de planejamento da Apó Soluções

No princípio era o verbo. E do verbo fez-se luz. E da luz o homem ganhou a era industrial, a era das máquinas e da produção em massa. E o verbo em voga é consumir. Consumir sem mutação, consumir sem restrição? Não ... hoje em dia os tempos são outros ... O mundo está produzindo e consumindo de forma errada. Segundo o WWF, World Wide Fund for nature, o mundo consome 20% além da capacidade de produção1. Por outro lado, são 50 milhões de famintos numa única nação que desperdiça quase metade dos alimentos que produz. Há também uma perda da ordem de 40% em água tratada e de 1/3 da energia elétrica produzida, e, somados todos os desperdícios ocasionados, este país joga 150% do PIB no lixo. Este país fala português. E não levou a Copa do mundo em 2010. No consumo2, a Copa também não é nossa. Indicadores de mercado apontam tendências: 35% dos consumidores ressaltam que o preço é fator determinante na aquisição de um produto, 19% remetem às características funcionais do produto, 16% buscam confiança na marca, e 10% avaliam o comportamento socioambiental da empresa na hora da compra3. É necessário rever os valores institucionais, corporativos e pessoais afim de reverter o quadro de devastações geradas pela atuação de mercado e contribuir para a mudança no que tange também a deterioração social, combatendo ativamente a desigualdade e buscando meios justos e inclusivos para apoiar a erradicação da pobreza. 16

A importância da indústria de eventos tem se acentuado nos últimos anos, cujo papel significativo é comprovado pela 7ª posição no ranking da ICCA, International Congress and Conference Association, como o país que mais recebe eventos internacionais no mundo. A realização de eventos tem grande impacto no meio ambiente, na medida em que reúne em um só local produtores, compradores, prestadores de serviços, entre outros. De modo urgente, eventos devem ser repensados e é questão prioritária tornálos “responsáveis”. Um evento poderá ser considerado sustentável se organizado, gerido e realizado alinhado aos princípios do desenvolvimento sustentável, focando, em particular, os aspectos ambientais e sociais, tais como: a redução do consumo de recursos naturais; a prevenção de danos ao meio ambiente local e global; a proteção da biodiversidade e da saúde humana; a redução da produção de resíduos; a redução e prevenção de impactos negativos para as cidades e seus habitantes, integrando o planejamento de desenvolvimento aos aspectos econômicos, ambientais e sociais locais; processo continuado, distante de ações isoladas e não perenes, de ação interdependente. A sustentabilidade não é o pão do futuro, é antes, a terra arada para o plantio do mundo novo, novo mundo. Presente. 1 - Relatório Planeta Vivo 2006, realizado pela rede internacional WWF. 2 - Brasil – o país dos desperdícios, Professor José Abrantes, da Faculdade de Engenharia da UERJ


Sustentabilidade

Quais os pilares de um evento sustentável? “O desenvolvimento sustentável foi concebido como um conjunto de ações voltadas à solução ou, no mínimo, redução de grandes problemas de ordem econômica, ambiental e social, tais como esgotamento de recursos naturais, desigualdade social ascendente e crescimento econômico ilimitado. Problemas que ameaçam a nossa sobrevivência e demandam ação conjunta de governos, empresas e sociedade para serem superados. Integrar de forma equilibrada os aspectos ambientais, sociais e econômicos, respeitando a sua interdependência, é o que o desenvolvimento sustentável propõe. Sustentabilidade se define como um princípio de uma sociedade que mantém as características necessárias para um sistema social justo, ambientalmente equilibrado e economicamente próspero por um período de

olho na onda de sustentabilidade que se iniciava com forte atuação da mídia. Na visão do organizador, em geral, realizar um evento consciente ainda é caro e complexo. Não existem serviços disponíveis, é tudo muito novo, é necessário pesquisar, se informar e iniciar pelo planejamento do evento. Em resumo, dá muito trabalho e os organizadores muitas vezes não sabem por onde começar. Com o objetivo de atender a essa demanda, a sustentabilidade na produção dos eventos precisa sofrer estruturação visando contribuir para o desenvolvimento de competências necessárias aos profissionais da área, a fim de buscar soluções mais sustentáveis para os eventos.

EVENTOS SUSTENTÁVEIS, portanto - e por conceito, passam a ser aqueles que, necessariamente e de modo continuado e sistêmico, aplicam - em sua vasta gama de processos, ações, atividades - os princípios definidos pela SUSTENTABILIDADE, permeando: -Sua CONCEPÇÃO; -Sua PREPARAÇÃO; -Sua REALIZAÇÃO, Organização e PÓS-execução. Atendendo aos quesitos: sociais, ambientais e econômicos.

A visão e missão estratégicas apontam para: Grandes eventos e os impactos no meio ambiente

tempo longo e indefinido.” Eventos Sustentáveis são aqueles harmonizados com o meio ambiente e com a comunidade de sua influência, que proporcionam o melhor retorno para seus investidores e promotores e, ao mesmo tempo, conforto, saúde, segurança e produtividade para seus participantes, durante o seu período de realização. Nos últimos 3 ou 4 anos os organizadores de eventos começaram a dar sinais de preocupação com a realização de eventos mais sustentáveis, de

• • • • • •

Reduzir o consumo de recursos naturais; Prevenir danos ao meio ambiente; Proteger a biodiversidade e saúde humana; Minimizar a produção de resíduos e poluentes; Erradicar impactos negativos às comunidades locais; Ofertar desenvolvimento sustentável à população local;

Um evento poderá ser considerado um Sustentável quando organizado, gerido e realizado em alinhamento com os princípios do Desenvolvimento Sustentável - cuja linha de ação tenha particular atenção quanto aos aspectos ambientais e sociais, indissociados, e tendo em conta atendimento aos pressupostos econômicos, por objetivo maior de 17

Revista EBS jan. / mar. 2013

3 - Pesquisa Monitor de Responsabilidade Social Corporativa 2010, realizada pela Market Analysis.


Sustentabilidade

realização. Tornar um evento Sustentável é processo simples, mas necessariamente sistematizado e cíclico, não sendo baseado apenas em ações isoladas ou de pouca relevância.

Revista EBS jan. / mar. 2013

Toda ação é dependente do contexto do próprio evento, de seu local de realização, de suas necessidades e particularidades. No entanto, todos os eventos, sejam eles grandes ou pequenos, regionais ou internacionais, de qualquer natureza, necessitam contemplar a comunidade local e seu potencial de serviços e produtos, bem gerir seus os impactos ambientais, sociais e econômicos. Com todos os bons exemplos e preocupações ao redor do mundo, o movimento para realizar eventos com maior responsabilidade e sustentabilidade, ganhou expressão e passou a ser realidade e preocupação em todos os mercados do segmento no planeta.

OS DEZ FUNDAMENTOS DA SUSTENTABILIDADE EM PRODUÇÃO DE EVENTOS: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.

COMPRA consciente - sustentável; MINIMIZAÇÃO dos resíduos; ECONOMIA de água; EFICIÊNCIA energética; PREVENÇÃO à poluição atmosférica; CONSERVAÇÃO da biodiversidade; COMBATE à pobreza e inclusão social; PARTICIPAÇÃO e comunicação; MONITORAMENTO e acompanhamento; GARANTIA do legado positivo de SUSTENTABILIDADE.

De modo simples, sustentável e com sucesso praticamente qualquer evento pode ser realizado. OS DEZ CAMPOS DE DESEMPENHO PARA SUSTENTABILIDADE NA PRODUÇÃO DE EVENTOS São eles:

Primeiros passos: • Compreender os conceitos de sustentabilidade em empresas, negócios e produtos;

• Refletir sobre o significado do desenvolvimento sustentável e os princípios éticos, sociais, ambientais que existem inseridos nos produtos e empresas, quanto às responsabilidades; • Pensar em soluções criativas para superar os desafios que a sustentabilidade impõe aos negócios e ao desenvolvimento socioambiental. • Identificar as oportunidades de empregar a sustentabilidade em eventos – com a ciência de que cada evento tem seus desafios e peculiaridades. • Planejar e executar eventos com processos menos impactantes ao meio ambiente, realizando ainda práticas de inclusão social. • Conceber, desenvolver e aplicar escopo de soluções disponíveis para a produção de um evento com mais responsabilidade, buscando processos e atitudes mais sustentáveis. 18

1. Materiais e resíduos – ecológicos, biodegradáveis, ecoeficientes, atóxicos, úteis 2. Água – redução do uso, economia e reaproveitamento 3. Energia – redução do uso, economia e fontes limpas 4. Aquisições de bens e serviços – (bens) duráveis e (serviços) inclusão social 5. Transportes e viagens – compensação das emissões de poluentes 6. Catering – A&B – saudabilidade, aproveitamento total do alimento, não desperdício 7. Local do Evento e Hospedagem – espaços sustentáveis e ao entorno/ próximos 8. Marketing e Publicidade – ética, transparência e conteúdo de conscientização 9. Brindes e merchandising durabilidade e ecoeficiência

utilidade,

10. Eventos paralelos – campanhas educativas e contemplando o desenvolvimento local.


Artigo ABEOC

Desafios do setor de Eventos Por isso a ABEOC BRASIL está investindo R$ 2,4 milhões até 2014 através de convênio com o SEBRAE para desenvolvimento do Programa de Qualidade ABEOC BRASIL - Qualificação em Gestão e Certificação de Micro e Pequenas Empresas de Eventos, com uma série de atividades de capacitação em 12 Estados. As empresas participantes do programa também podem ser auditadas a fim de obter a certificação através do Selo de Qualidade ABEOC. Acreditamos que a certificação é o caminho para a excelência na prestação de serviços, e o Selo de Qualidade ABEOC BRASIL visa diferenciar as empresas que adotam um sistema de gestão eficiente, focado na qualidade.

Revista EBS jan. / mar. 2013

Anita Pires, presidente da ABEOC Brasil

O setor de eventos movimenta o equivalente a 3% do PIB no Brasil e cresce 7% ao ano. Tem ainda um enorme potencial de expansão, mas precisa se profissionalizar para usufruir das oportunidades potencializadas com os megaeventos . A Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, além de outros grandes eventos programados para o país, estão nos proporcionando visibilidade mundial. Já percebemos que eventos internacionais mesmo de outros setores técnicos, científicos, comerciais chegam ao Brasil atraídos pela divulgação do país. Os promotores pensam que, se somos destino dos dois maiores eventos do mundo, estamos preparados para receber qualquer outro evento e de qualquer porte. Para termos uma ideia do impacto destes eventos na economia, o estudo “Copa do Mundo FIFA 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede”, realizado pela SEBRAE, cita 19 atividades da área de eventos com boas oportunidades de negócios antes, durante e depois da Copa. Como no Brasil o nível de empreendedorismo é muito alto, acreditamos que na cadeia produtiva de Turismo e Eventos não faltarão oportunidades para aquelas empresas que estiverem imbuídas da profissionalização, da gestão inteligente. A qualificação é fundamental para o setor de turismo e eventos aproveitar esta grande visibilidade que o Brasil está conseguindo no mundo. 20

Muitos empresários ainda não estão conscientizados de que, se não fizerem o dever de casa, não vão sobreviver. É preciso qualificação na gestão, uso de novas práticas empresariais e de ferramentas informatizadas de apoio à busca de maior eficiência e qualidade nos serviços. Não adianta o Brasil estar na vitrine do mundo, captar muitos eventos, mas no final das contas prestar um serviço ruim.

Além do desafio da qualificação, o mercado de eventos precisa de autorregulamentação. A ABEOC BRASIL está desenvolvendo junto com uma consultoria jurídica especializada uma primeira versão de normas padrão para regulação das relações de mercado entre os organizadores de eventos, seus prestadores de serviços e seus clientes. Inicialmente será apresentado um contrato padrão de prestação de serviços, um referencial de valores e um manual de melhores práticas. Esta iniciativa visa incentivar a organização do mercado. Para o empresário, recomendo ainda que busquem uma associação representativa para fortalecer o setor, pois sozinhos não vamos conseguir enfrentar estes desafios. Anita Pires, presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos - ABEOC BRASIL


Turismo de Negócios

LACTE 8 encerrou com recorde de público não para, o crescimento corre em paralelo porque a transação de negócios continua no mundo todo”, diz.

Viviânne Martins, presidente da ALAGEV

A Revista EBS esteve presente no evento e acompanhou o debate sobre os temas atuais e as tendências do mercado de viagens de negócios Durante dois dias de evento (25 e 26 de fevereiro) , mais de mil profissionais do setor de viagens corporativas das principais companhias do Brasil e do exterior se reuniram no Grand Hyatt São Paulo, SP. No dia 25 de fevereiro, 1.051 profissionais do setor, de oito países diferentes, 12 estados e 48 cidades brasileiras se reuniram para discutir os temas mais atuais e tendências do mercado de viagens de negócios.

O evento também foi palco de lançamento de serviços e produtos na área de gestão de meios de pagamento, prestação de contas, tecnologia e outros. Além disso, mais de dez palestras foram apresentadas e 14 temas avaliados em mesas de discussão. Entre os palestrantes convidados, o evento contou ainda com a participação do técnico da seleção masculina de voleibol, Bernardinho, e do apresentador, Zeca Camargo, em palestras especiais no primeiro e no segundo dia, respectivamente. Viviânne frisa: “O LACTE deste ano superou as nossas expectativas. O ponto alto desta edição foi a mudança do formato das sessões educacionais, que passaram a ser mais interativas e dinâmicas. A adesão e a percepção dos participantes em relação a todos os temas apresentados foi bastante positiva e isso nos anima”.

Revista EBS jan. / mar. 2013

Crédito: Rodrigo Jacob

De acordo com o IEVC - Indicadores Econômicos de Viagens Corporativas, apresentado durante o LACTE 8, em 2012, o setor de viagens de negócios movimentou R$ 32,31 bilhões, 12,88% a mais que em 2011. Para 2013, a expectativa é que haja crescimento de 10,73%.

Crédito: Rodrigo Jacob

Alguns assuntos já começaram a ser considerados para serem abordados no LACTE 2014. O objetivo para os próximos anos é atrair parcerias governamentais e expandir a representação do profissional de eventos e viagens corporativas por toda a América Latina.

Segundo a organizadora do evento, a ALAGEV - Associação Latino-Americana de Gestão de Eventos e Viagens Corporativas, este ano, o evento bateu recorde de público. Em 2012, foram 800 profissionais. Para Viviânne Martins, presidente da associação, os números refletem o fortalecimento do setor corporativo. “Independente de crises econômicas, o mercado de viagens corporativas

Crédito: Rodrigo Jacob

Recorde de público

Tendências do mercado de viagens e negócios

21


Novidade

Sistema de gerenciamento integrado de Eventos harmonia com qualquer sistema operacional. - Fluxo de aprovação totalmente eletrônico, promovendo agilidade no processo de solicitação e menor tempo de resposta; - Detalhamento completo do evento com histórico de todas as alterações realizadas; - Relatórios gerenciais eletrônicos possibilitando o acompanhamento de todas as etapas do evento com exportação dos dados para Excel; - Sistema integrado ao RVSP facilitando o processo de cadastro do convidado / passageiro; - Extração de dados para o BI do cliente;

Revista EBS jan. / mar. 2013

- Adoção de processos tecnológicos mais ágeis e transparentes, contribuindo para uma política de gestão de eventos eficazes.

Como o sistema é implementado? Interface do Aplicativo

Com vasto repertório de soluções para o segmento empresarial, a Tour House figura entre uma das maiores Travel Management Companies do país Especializada na área empresarial, a agência nasceu em 1990 com a missão de ser a melhor prestadora de serviços do Brasil. A empresa promove consultoria e gestão de viagens corporativas, eventos e incentivo e, ao longo de sua história, vem desenvolvendo ferramentas que revolucionam o mercado. Recentemente, a Tour House desenvolveu o Facility Eventos, um sistema de gerenciamento integrado de eventos. Com ele, o cliente pode acompanhar o seu evento em uma plataforma 100% online, desde a solicitação, aprovação, posição do RSVP até o fechamento e seus resultados. Desenvolvida com tecnologia de ponta e com diversas funcionalidades, a ferramenta facilita no controle orçamentário da ação do evento, campanha ou projeto, trazendo um comparativo entre os fornecedores certificados e o melhor preço oferecido.

Características do sistema O sistema é compatível com todas as soluções SAP para as diferentes empresas, operando em perfeita 22

O sistema é totalmente “friedly user” e muito intuitivo, principalmente para o solicitante. Todas as empresas que são atendidas pela Tour House passarão por um treinamento com a equipe especializada para o solicitante e desse momento em diante a empresa já pode passar a usar o sistema para suas solicitações. O Sistema é modular e em seu módulo standard conta com 5 módulos (briefing, triagem, orçamento, relatórios e financeiro) e será oferecido gratuitamente para todos os clientes da Tour House. “Temos metas ambiciosas para este sistema que certamente trará muitos benefícios para a Tour House e para os nossos clientes. É um sistema inovador que traz muita informação detalhada e em tempo real para as empresas, com isto a rastreabilidade do processo gerará ainda mais confiança em nosso trabalho e, por outro lado, a otimização de processos internos irá gerar uma melhor negociação e uma redução de custos para o cliente. Este será um diferencial que somente nossos clientes terão, e está de acordo com as necessidades que as empresas buscam hoje no mercado”, ressaltou Rafael Grosso, gerente de eventos da Tour House. “Acreditamos em um grande aumento da base de clientes atendidos pela Tour House e o fortalecimento do sistema em um curto espaço de tempo” finalizou Rafael.


Espaço para Eventos

Hotel Carimã, PR, moderniza toda sua área de eventos

Revista EBS jan. / mar. 2013

O Hotel Carimã está localizado na rodovia das Cataratas, a apenas 10 minutos do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e a 6 km do centro da cidade. Situado em uma área de 720.000 m², este refúgio romântico faz um sonho realidade, dispõem de 420 apartamentos, cercados por bosques, jardins, trilhas ecológicas para uma boa caminhada matinal, 02 belíssimos lagos, além de uma área de 10.000 m² para eventos e congressos.

crescimento do turismo de eventos na cidade de Foz do Iguaçu foi a principal motivação em fazer todas as reformas nas salas de eventos. O Carimã foi o primeiro hotel em Foz do Iguaçu a possuir um centro de convenções e com isso, tem também a responsabilidade de se modernizar e acompanhar o desenvolvimento da cidade. Hoje, há um anfiteatro com capacidade para atender 350 pessoas, foram reformadas 15 salas, além da pintura e climatização, projeto paisagístico

O Hotel Carimã também conta com uma cozinha internacional, anfiteatro, business center, restaurante, bar, lounge, sala de ginástica, sala de jogos, loja de souvenires, internet Wi-Fi, sala de recreação, tirolesa, paredão de escalada, quadra de tênis, campo de futebol, piscina externa, sauna e estacionamento privado para automóveis e ônibus.

Categoria Master

e a criação de 10 novos apartamentos de categoria Master, com varanda e vista para a piscina.

No final do ano passado, toda a área de eventos do empreendimento foi modernizada e a administração do iguaçuense Carimã Resort Hotel & Convention já prevê elevação nos índices.

“A expectativa é de angariar mais eventos para o hotel. Tínhamos uma estrutura muito boa e agora com esta transformação nossas possibilidades aumentam ainda mais, pois somos o único hotel que possui um teatro para palestras, shows, apresentações, colações de grau e diversos outros segmentos, finalizou Viviani”. A reestruturação é parte de um plano que engloba investimentos de R$ 1 milhão.

De acordo com Viviani Sarmieri, coordenadora de Eventos do meio de hospedagem, o constante

Serviço www.hotelcarima.com.br

Área para eventos

24


VIII ESFE

Novos rumos para o setor de feiras Para Repsold, como as feiras são realizadas num intervalo mínimo de um ano, é essencial que os organizadores mantenham um canal de relacionamento com o seu público ao longo desse período. Esta iniciativa pode ser realizada por meio das plataformas digitais, entre outras ferramentas.

Revista EBS jan. / mar. 2013

Realizado no dia 19 de fevereiro, no Golden Hall do WTC Convention Center, o evento reuniu as mais importantes lideranças do setor de Turismo de Negócios e formadores de opinião Em sua 8ª edição, o Encontro do Setor de Feiras e Eventos cresce e se reinventa com cada vez mais conteúdo e espaço para discussão de temas relevantes com a realização de quatro Painéis no 2º Fórum do Setor de Feiras e Eventos O primeiro painel do VIII ESFE foi ministrado por Arthur Repsold, presidente da GL Events do Brasil. Sob o tema “Os rumos para o setor de feiras”, no qual aborda as tendências e novidades do setor, tanto para quem expõe quanto para quem organiza. Durante o painel o executivo apontou fatores que agregam valor na participação do visitante em uma feira, como, por exemplo: realizar uma estratégia para conhecer o público, desenvolver um canal de comunicação que atinja diferentes perfis, traçar estratégias para reter o visitante por mais tempo na feira, de forma que o mesmo adquira maior produtividade. “Atualmente é fundamental que o organizador das feiras mantenha relacionamento com o público. É necessário atender as necessidades do visitante, e, sobretudo, valorizar o que ele quer”, destaca Repsold.

Com mediação de Armando Arruda Pereira, presidente executivo da UBRAFE, o Painel contou com a presença de 6 importantes debatedores, são eles: Dárcio Bertocco, presidente do SINDIPROM, Jorge Alves de Souza, diretor administrativo do Grupo Couromoda, Malu Sevieri representando José Roberto Sevieri, diretor de operações do Grupo Cipa Fiera Milano, Sérgio Pasqualin, diretor superintendente do EXPO Center Norte, Wanira Salles, gerente de negócios da Francal Feiras e Murilo Reggiani, diretor da Vult Cosmética. Os gargalos e adequações no panorama brasileiro O presidente do Grupo Águia, Paulo Castelo Branco, abriu o 3º Painel do VIII Encontro do Setor de Feiras e Eventos. Com o tema: “Serviços – Gargalos e adequações para o hoje”, a apresentação debateu os rumos que devem ser tomados com relação a questões de infraestrutura que atualmente são necessárias no país, ou seja, os “gargalos”, que o palestrante definiu como um conjunto de coisas numa somatória que faz com que estejamos atrasados em relação a outros países. O Painel também contou com a presença de grandes nomes do setor, como o presidente da ABIH/SP, Mauricio Bernardino, que mediou a discussão. Francelino da Silva Paes, gerente executivo de produto da BR Aviation, Lucio Yamashitafuji, diretor geral da Aeromexico para América do Sul, Patrick Mendes, diretor de operações da Mercure, Pullman, Adagio e MGallery na América Latina (Accor), Rui Manuel Oliveira, vice-presidente da Meliá Hotels International, João Márcio Jordão, diretor de operações da Infraero e Ralf Aasmann, diretor-geral da Emirates no Brasil participaram dos debates. Levando em consideração o atual cenário brasileiro, no qual o setor de feiras e eventos passa por um momento histórico, sendo ainda impulsionado pelo crescimento econômico nos últimos anos e também pela visibilidade proporcionada pelos megaeventos esportivos dos quais o Brasil será sede, a palestra trouxe a tona diversos temas relevantes, abordando, por exemplo, as possibilidades de adequações e expansões para atender a crescente demanda de público em eventos no país.

Arthur Repsold, presidente da GL EVENTS BRASIL

26

“Se discute muito em saber se os estádios vão sair.


eventofacil

Meeting

Encontro de Destinos, Espaços Eventos Corporativos, Esportivos,

e Fornecedores para Shows e Gastronomia

80

1.000

palestras p

e expositores

visitantes

gratuitas

19º

CAMPINAS 31 de JULHO - 2013 31 de JULHO - 2013

Royal Palm Plaza Resort Paço dos Nobres - Campinas - SP

20º

SÃO PAULO 03 de OUTUBRO - 2013 03 de OUTUBRO - 2013

Club Transatlântico

Chácara Sto. Antônio - São Paulo - SP

14h às 19h

14h às 19h

www.eventofacilmeeting.com.br Promoção e Realização Feira EBS | Meeting | Guia News | Portal | Café


Revista EBS jan. / mar. 2013

VIII ESFE

Não falta planejamento no Brasil, mas sim, falta de vontade política em executar aquilo que deve ser executado. Temos uma oportunidade única de mostrar ao mundo nosso legado, pois cerca de 4,2 bilhões de pessoas ao redor do mundo assistirão aos jogos da Copa do Mundo de 2014”, destacou Castelo Branco.

presidente do conselho de administração da CVC, encerrou o ciclo de painéis do VIII ESFE. Durante o encontro foram apresentados ao público opções de destinos pouco explorados, mas que possuem um potencial turístico incrível, além de infraestrutura para a realização de eventos marcantes.

O palestrante salientou a necessidade do apoio da iniciativa privada para a realização de eventos de grande porte, como a Copa do Mundo e Olimpíadas. “Mesmos com tantos problemas, tenho uma visão otimista que mesmo os governantes começando a agir tarde, teremos a infraestrutura necessária para atender a demanda”, complementa.

Durante sua apresentação, Sando separou os eventos em categorias, como os surpreendentes, os de conteúdo, os de experiência e aqueles que geram encantamento. Para o palestrante, quando as pessoas participam de eventos surpreendentes, por exemplo, elas querem fazer parte da história. “O público se desloca para onde quer que seja, afinal, a coisa mais importante é o evento e não o destino”, afirma. “Independente de qual seja o evento, o que é necessário hoje em dia é fazê-lo sob medida com gestão inteligente de processos e recursos e todo evento é necessário estar em harmonia com o destino”, complementa.

Com relação à capacidade aeroportuária brasileira, o diretor de operações da Infraero, João Márcio Jordão destacou o investimento de RS 1,8 bilhão em 2013 para a modernização dos aeroportos. “Isto assegura que os aeroportos estarão preparados para atender a demanda de passageiros”, afirma. Em contraponto, o diretor geral da Aeromexico para América do Sul, Lucio Yamashitafuji destacou que os aeroportos brasileiros ainda não possuem a infraestrutura necessária para atender aeronaves de vôos de longa distância, como os que são realizados pela Aeromexico. Para o presidente da Emirates no Brasil, Ralph Aissemann, as mudanças realizadas no aeroporto de Guarulhos são um alento de que as coisas vão melhorar, mas criticou a demora em fazer os investimentos necessários no setor. Destinos para Eventos surpreendentes Com o tema“Destinos para eventos surpreendentes”, o presidente executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau, Toni Sando, em conjunto com empresário Guilherme Paulus, fundador e

Na palestra, Guilherme Paulus retomou uma questão bastante debatida durante o 3º Painel do ESFE, os gargalos. “Os grandes eventos que o Brasil deve sediar nos próximos anos devem refletir uma mudança radical no panorama brasileiro, eles atuarão como um grande divisor de fluxo do país”, afirma. Mesmo assim, para Paulus é essencial que questões como segurança, qualidade no atendimento e serviços inovadores sejam uma realidade. Com mediação do antropólogo e professor Luiz Marins, e a participação de Frederico Guidoni, Prefeito de Campos do Jordão, como debatedor, o painel contou também com a presença de Ana Maria Ostrower, diretora da Aruba Tourism Authority (ATA), no Brasil, Maurício Vianna, diretor do escritório do Ministério de Turismo da República Dominicana no Brasil, Valdir Rubens Walendowisky, presidente da Santur (Santa Catarina Turismo) e João Nagy, Asset Manager do Sheraton WTC Hotel. O evento é organizado pelo Grupo Radar de Comunicação, sob o comando do empresário e publicitário Octavio Neto.

Toni Sando, Guilherme Paullus e Luiz Marins

28


Evento

O LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, sob o comando de João Doria Jr., realizou de 01 a 3 de março a 9ª edição do CEO’s Family Workshop, no hotel Sofitel Jequitimar, no Guarujá, SP. O encontro proporcionou troca de experiências e interação entre famílias, além do estímulo a novos negócios. Cerca de 200 líderes empresariais, formadores de opinião e celebridades participaram do evento ao lado de seus familiares.

Palestras O 9º CEO’s Family Workshop integrou momentos de debates a atividades de entretenimento. No dia 02 de março, Luiz Marins, antropólogo e empresário, abriu a tarde de palestras falando sobre o tema “Como criar filhos sucessores e não herdeiros”. Revista EBS jan. / mar. 2013

O evento foi uma oportunidade de conciliar família e negócios

Luiz Marins, antropólogo e empresário

João Dória Jr. , presidente do LIDE

Empresário de sucesso nas áreas de agronegócio, educação, comunicação e marketing, Marins defende que o primeiro passo para formar filhos sucessores, e não herdeiros, é ensiná-los a dar valor ao trabalho e mostrar que é possível realizarse profissionalmente, basta acreditar em seus pontos fortes e investir neles. Além do tema sucessão, ele abordou questões sobre liderança, empreendedorismo, carreira, inovação, valores pessoais e profissionais, entre outros.

João Doria Jr., presidente do LIDE, define o CEO’s Family Workshop como uma oportunidade de conciliar família e negócios. Os convidados puderam ouvir e falar sobre relações familiares, comportamento, carreira e liderança, além de aproveitarem momentos de lazer e entretenimento. “Essa integração proporciona que pais, esposas e filhos entendam a importância dos valores da relação familiar conciliada com a atividade A psicóloga social e sexóloga Laura Muller, do empresarial”, destaca. 29


Evento

Programa Altas Horas, da TV Globo, participou de um descontraído bate-papo com pais e filhos sobre “Sexualidade no mundo jovem: o que pais e filhos precisam saber”. A especialista respondeu a dezenas de perguntas de convidados de todas as idades sobre doenças sexualmente transmissíveis, sexo na adolescência, gravidez precoce, entre outras questões.

ele falou sobre o tema “Como transformar um sonho em realidade”. Romero contou como trilhou uma trajetória de sucesso e tornou-se um artista plástico conhecido no mundo inteiro pelo estilo único de traços fortes e cores vivas. Além disso, mostrou algumas de suas obras e respondeu aos questionamentos feitos pela plateia.

Revista EBS jan. / mar. 2013

Sobre o Lide Fundado em junho de 2003, o LIDE - Grupo de Líderes Empresariais é uma organização de caráter privado, que reúne empresários em nove países e quatro continentes.

Laura Muller, psicóloga social e sexóloga

Já o badalado artista plástico Romero Britto dividiu experiências com os empresários e as crianças que estiveram no evento. O mais bem sucedido e renomado artista plástico brasileiro ensinou sua arte às crianças durante um workshop. Ele ensinou técnicas de desenho e pintura a elas, que puderam criar seus próprios quadros e levá-los para casa. Pouco depois, durante a tarde de palestras,

Romero Britto, artista plástico

30

Atualmente tem 1.300 empresas filiadas (com as unidades nacionais e internacionais), que representam 49% do PIB privado brasileiro. O objetivo do Grupo é difundir e fortalecer os princípios éticos de governança corporativa no Brasil e no exterior, promover e incentivar as relações empresariais e sensibilizar o apoio privado para educação, sustentabilidade e programas comunitários. Para isso, são realizados inúmeros eventos ao longo do ano, promovendo a integração entre empresas, organizações, entidades privadas e representantes do poder público, por meio de debates, seminários e fóruns de negócios.


11ª Feira de Destinos, Espaços e Fornecedores para Eventos Corporativos, Esportivos, Shows e Gastronomia

Centro de Convenções Frei Caneca 5º Pavimento - São Paulo - SP

13h30 às 20h 170

4.000

palestras

expositores

visitantes

gratuitas

www.feiraebs.com.br Promoção e Realização Feira EBS | Meeting | Guia News | Portal | Café


Revista EBS - Evento Business Show