Page 1


F

oram 412 espetáculos inscritos, recorde no Festivale, um dos mais antigos e tradicionais festivais de teatro do Brasil, cujo tema norteador deste ano relaciona-se ao teatro de grupo e ao teatro popular. Nesta edição, com a proposta de uma comissão curatorial mais ampla, a empreitada foi realizada por cinco profissionais, que se dedicaram à organização desse festival tão importante para São José dos Campos, a região do Vale do Paraíba e o Brasil como um todo. Pensando não apenas na mostra composta pelos espetáculos, o Festivale destina-se tanto à formação de artistas como, também, à ampliação do olhar estético do público joseense. Além da afinidade temática e da qualidade artística, critérios fundamentais na seleção dos espetáculos, a regionalidade e os diversos modos do fazer teatral, em termos dramatúrgicos e cênicos, traçaram um possível caminho às reflexões que originaram o 34° Festivale. O que, afinal, define um grupo de teatro? Se, por um lado, existem trupes cujo núcleo se compõe apenas de uma ou duas pessoas, realizando seus trabalhos por meio da requisição de artistas convidados, também existem aqueles coletivos nos quais se percebe uma continuidade de trabalhos executados pelos mesmos artistas. Em todo caso, tanto os primeiros quanto os últimos,

normalmente se reconhecem como realizadores de um teatro de grupo. O eixo temático escolhido para o Festivale de 2019 levanta pontos importantes a respeito de uma discussão sobre o panorama atual das artes cênicas no país, como as mudanças dos meios e modos de produção, a sustentabilidade das pesquisas desenvolvidas atualmente, as mudanças referenciais do teatro de grupo e a hibridez de linguagens, muitas vezes intercaladas entre referências populares e eruditas. Com efeito, o que seria teatro popular? A acepção mais comum compreende como sendo aquele teatro feito pelo povo ou, se não, voltado para ele, tratando de seus problemas e valores mais caros. Já a cultura considerada erudita, embora possa conter origens populares, costuma provir de uma matriz social mais elitizada e, ademais, referendar-se por intermédio de um certo universo acadêmico e institucional. Foram escolhidos seis espetáculos locais, cinco da capital, cinco do interior de São Paulo, e, tendo em vista a amplitude nacional do festival, quatro de outras regiões do Brasil (RJ, BA, RS e DF). Que todos participem, divirtam-se e colaborem na amplitude da reflexão teatral em São José dos Campos, no estado de São Paulo e no Brasil com mais este Festivale que se inicia. Evoé!!! CURADORIA - FESTIVALE 2019


28 e 29/8 quarta e quinta-feira 20h | Teatro Municipal GRANDE SERTÃO: VEREDAS Bia Lessa Rio de Janeiro/RJ Drama / 140 min / 18 anos

Bia Lessa propõe a um só tempo uma peça de teatro e uma instalação em sua adaptação do livro Grande Sertão: Veredas – matriz do moderno romance brasileiro e obra-prima de João Guimarães Rosa. A peça traz para o pal-

co a saga do jagunço Riobaldo, que atravessa o sertão para combater seu maior inimigo, Hermógenes. Ele faz um pacto com o diabo e vive seu amor por Diadorim.

Victor Otsuka

Concepção, Direção Geral, Desenho de Luz, Adaptação: Bia Lessa Elenco: Caio Blat, Luiza Lemmertz, Fabio Lago, Luisa Arraes, Balbino de Paula, Daniel Passi, Elias de Castro, José Maria Rodrigues, Lucas Oranmian e Clara Lessa Música: Egberto Gismonti | Trilha Sonora: Dany Roland | Figurino: Sylvie Leblanc | Adereços: Fernando Mello da Costa | Arquitetura: Camila Toledo | Colaboração: Paulo Mendes da Rocha | Diretor Assistente: Bruno Siniscalchi | Assistente de Direção: Amália Lima | Desenho de Luz: Binho Schaefer | Paisagem Sonora: Fernando Henna e Daniel Turini | Desenho de Som: Marcio Pilot / Loudness | Identidade Visual: Cubículo | Assessoria de Imprensa: Approach | Registro Visual (Processo Criativo): Roberto Pontes | Direção de Produção: Maria Duarte | Produção Executiva: Fabiana Comparato | Administração: Eduardo Correia | Realização: 2+3 Produções Artísticas Ltda

4 | Festivale 2019


30/8

19h | Centro de Estudos Teatrais

Thais Rossi

Osvaldo Gabrieli

sexta-feira

21h | Cine Santana

OROBORO

BIG BANG

XPTO

Cia Truks

Embu das Artes/SP Teatro de Animação / 45 min / Livre

São Paulo/SP Teatro de Animação / 60 min / 12 anos

Na iminência de sua morte, um náufrago à deriva vê-se diante do dilema de se deixar devorar por urubus ou atirar-se ao mar. Confrontando a fatalidade a ele reservada pelo destino, optará pelo caminho do desconhecido, mergulhando nas águas profundas do oceano.

A peça recria a história desde o seu provável momento inicial, o ‘Big Bang’, para terminar em nosso constante questionamento e espanto, acerca dos desconhecidos destinos que nos são, talvez, reservados.

Direção, cenografia, bonecos e iluminação: Osvaldo Gabrieli Dramaturgia: Grupo XPTO Elenco: Bruno Caetano, João Bernardes, Ozamir Araújo e Tay Lopez Produção Geral: GRUPO XPTO

18h | Cine Teatro Benedito Alves ME SA O TEATRO DE GRUPO E A BUSCA DE UM TEATRO POPULAR

Direção: Henrique Sitchin Direção musical, trilha original e músico: Beto Firmino Dramaturgia: Henrique Sitchin e Verônica Gerchman Elenco: Agnaldo Rodrigues, Driely Palácio, Guilherme Conradi, Thaís Rossi, Bianca Muniz e Stefany Araújo

Alexandre Mate, Luís Alberto de Abreu e Ednaldo Freire Um debate em torno do sujeito histórico teatro de grupo e suas vertentes de caráter popular, reunindo profissionais ligados às duas frontes que compõem o tema deste Festivale. Festivale 2019 | 5


31/8

11h | Praça Cônego Lima QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA Tropa do Vale São José dos Campos/SP Poético Popular / 50 min / Livre

O espetáculo é uma releitura de histórias e cantigas do imaginário da cultura literária brasileira, adaptado por Meire Pedroso. Tem como fio condutor o texto ‘O teatro de Seu Bertoldo e o Círculo de Salomão’, de Ilo Krugli, que aborda temas referentes ao contexto histórico-político do mundo globalizado, como por exemplo, a justiça. Direção: Kelcei Aquino Texto: Meire Pedroso – Livre adaptação do Círculo de Salomão de Ilo Krugli, Opera do Malandro de Chico Buarque e Manifesto Antropofágico de Oswald de Andrade. Elenco: Meire Pedroso, Bete Bino, Léo Mandi, Priscila Leite, Rosana Rosa e Débora Madara

6 | Festivale 2019

Jorge Etecheber

Divulgação

sábado

19h | Centro Cultural Clemente Gomes NUVEM Agrupamento Núcleo 2 São José do Rio Preto/SP Espetáculo Binaural / 60 min / 16 anos

A obra investiga o fluxo da comunicação atual entre a psique contemporânea e os servidores de dados virtuais. Teriam as nossas palavras e ações um destino sombrio? Jef Telles caiu nessa armadilha sem volta, desse labirinto infinito. Passado e futuro se confundem numa senzala de vaidades e atrocidades naturais. O caminho é solitário, onde você faz as suas próprias escolhas. Concepção, direção e audiovisual: Jef Telles Elenco: Cassio Henrique e Marcelo Matos Produção: Daniela Honório


Lilian Margareti

Dimas Cardoso

21h | Teatro Municipal

23h59 | Centro de Estudos Teatrais - CET

MAIS QUE PENA!

PONTO GATILHO

Teatro do Rinoceronte

Cia das Máculas

São José dos Campos/SP Comédia / 60 min / 14 anos

São José dos Campos/SP Drama / 60 min / 16 anos

Criado em parceria com a diretora Imara Reis e o dramaturgo Calixto de Inhamuns, o espetáculo constrói um colorido mural satírico da sociedade brasileira de outrora e atual. Ao som de composições próprias do grupo, interpretadas ao vivo, o Teatro do Rinoceronte pretende fazer uma reflexão bem-humorada sobre o nosso país.

Utilizando as relações contemporâneas como base dramatúrgica, dois performers te convidam a adentrar suas intimidades para explorar as memórias presas neste ponto de tensão: a homofobia. As várias relações e mecanismos de opressão - preconceito, abuso, violência, medo. O experimento é uma provocação à resistência e à autonomia de nossos corpos, de nossa sexualidade e ao exercício do nosso amor.

Direção Geral: Imara Reis Dramaturgia: Calixto de Inhamuns Dramaturgistas: Imara Reis e Carlos Rosa Elenco: Ana Rizada, Carlos Rosa, Jean Fábio, Lucilene Dias, Paty Beguetto, Rafael Chamusca e Rosa Guimarães

Direção: Rafa Soares Texto: Rafa Soares – Livre adaptação da obre de Caio Fernando Abreu Elenco: Antônio Antunes e Rafa Soares

Festivale 2019 | 7


31/8 sábado

14h | Centro Cultural Clemente Gomes OFI CI NA RISO/CÔMICO/HUMOR – LINGUAGEM DO BUFÃO

Divulgação

Joice Aglae Brondani

16h | Praça Cônego Manzi – SFX RODAS E BRINCADEIRAS CANTADAS Cia Cultural Bola de Meia São José dos Campos/SP Musical Infantil / 50min / Livre

No palco, músicos e atores permeiam cantigas da cultura da criança brasileira e de própria autoria com advinhas, trava-línguas e histórias cantadas, bonecos e situações cênicas. A plateia é convidada a participar de diferentes maneiras, cantando, dançando e até recitando versos. Direção Geral: Jacqueline Baumgratz Direção Musical: Celso Pan Elenco: Celso Pam, Almir Luz, Lucy Ferreira, Moacyr Baumgratz Neto, Denis Miranda, Elaine Mathias e Jacqueline Baumgratz

8 | Festivale 2019

31/08 e 01/09 18 anos

A busca da carnavalização, da alegoria, da chacota, do escárnio, da ironia, da festa e do humor será conduzida através de experiências físicas. Tudo será transposto para o corpo e voz da atriz/ator/performer. Toda a força do riso que habita a/o bufona/bufão será investigada em suas nuances por meio da experiência de um corpo em transformação e potência.


1/9

Divulgação

Divulgação

domingo

10h | Feira do Colonial

10h | Praça 1° de Maio

ANDANÇAS PASSARINHEIRAS

TEATRO DE BRINQUEDOS E HISTÓRIAS DE PAPEL

Passarinheiros

GTI - Grupo Teatro do Imprevisto

São José dos Campos/SP Musical Infantil / 45 min / Livre

Duas atrizes e contadoras de histórias, acompanhadas por músicos, contam, cantam e interpretam de forma lúdica e através de versos, canções e histórias que um passarinho trouxe de suas andanças pelos campos e cidades, utilizando diversos adereços cênicos e instrumentos musicais. Direção: Marcela Puppio e Gabriel Salve Elenco: Marcela Puppio, Izildinha Costa, Gabriel Salve e Diego Prado

São José dos Campos/SP Teatro de Papel / 45 min / Livre

Um espetáculo composto por histórias de assombração, fábulas e contos populares feitos com bonecos em miniatura. A encenação se passa com uma trupe formada por atores que chegam em cortejo para contar três histórias, que desempenham um papel fundamental, tratando de forma lúdica e bem humorada temas como a importância da generosidade, humildade e lealdade. Direção: Ricardo Verissimo Texto: Contos populares de domínio público Elenco: Carolina Marques, Cibele Tomaz, Ricardo Verissimo

Festivale 2019 | 9


1/9

10h | Parque Vicentina Aranha 15h | Parque da Cidade

Divulgação

Morris Picciotto

domingo

17h | Cine Teatro Benedito Alves

NÓS

TRICOTANDO PALAVRAS & CANÇÕES

Barracão Cultural

Tricotando Palavras

São Paulo/SP Comédia Musical / 60 min / Livre

São Bernardo do Campo/SP Musical / 60 min / Livre

Mel nasceu em um repolho mofado e, um dia, de tanto segurar as mágoas e o choro, acabou com o corpo cheio de nós, cada um mais apertado que o outro. Diante disso, ela convenceu seus pés de ir embora para um lugar distante. À medida que se permitiu vivenciar cada coisa diferente na jornada, seus nós foram se desfazendo e ela encontrou alguém que ganhou sua confiança.

Utilizando-se da técnica de manipulação de bonecos e de um velho baú mágico, que guarda as histórias da vovó Maricota, a narradora convida o público a tricotar palavras junto com a personagem Vó Maricota, abrindo o espetáculo num tom lúdico e animado, que mescla diálogos e canções na voz da velhinha contadora de histórias.

Direção: Cris Lozano Dramaturgia: Sergio Pires (adaptação da obra Nós, de Eva Furnari) Elenco: Eloisa Elena, Leandro Goulart, Lucas Nuti e William Simplício

Direção: Ana Paula Gonçalves Texto: Contos de domínio público Elenco: Ana Paula de Souza, Antônio Meira, Charles Pinheiro Guichabeira e Diego Mazzutti

10 | Festivale 2019


Zayra Lisboa

Elenor Junior

19h | Centro de Estudos Teatrais – CET

21h | Teatro Municipal

FESTA DE INAUGURAÇÃO

ARIANO – O CAVALEIRO SERTANEJO

Teatro Concreto

Os Ciclomáticos

Brasília/DF Drama / 75 min / 16 anos

Rio de Janeiro/RJ Comédia Musical Brasileira / 60 min / 12 anos

Quatro atores recolhem os cacos que sobraram do choque entre placas tectônicas, das inundações, das bibliotecas em chamas, das estátuas que perderam a cabeça e dos nossos próprios corpos, palavras e desejos. Ao vasculhar ruínas, descobrem discursos que nunca foram inaugurados, fósseis sem palavras.

Seis cavaleiros à procura do lendário autor Ariano Suassuna invadem com música e poesia a cidade nordestina de Armorial. Eles contam e cantam sobre a lenda do cavaleiro nordestino, aquele que nasceu, amou, viveu e lutou usando as armas mais potentes: a pena e a tinta. O cavaleiro andante, de mistérios e mitos, deixou seu legado e perpetuou suas histórias e foi intitulado: Ariano – O Cavaleiro Sertanejo.

Direção: Francis Wilker Dramaturgia e codireção: João Turchi Voz em off: Murilo Grossi Elenco: Gleide Firmino, Micheli Santini, Adilson Diaz, Diego Borges

Texto e Direção: Ribamar Ribeiro Elenco: Carla Meirelles, Fabiola Rodrigues, Getulio Nascimento, Julio Cesar Ferreira, Nivea Nascimento e Renato Neves Fotografias: Zayra Lisboa

Festivale 2019 | 11


2/9

10h e 14h | Centro da Juventude CADA UM É UM No Mundo da Lua Campinas/SP Infantil / 50min / Livre

A encenação propõe um espaço imaginário destacado do cotidiano, de onde saem histórias, brincadeiras, músicas, bonecos e desafios. De fácil comunicação e linguagem simples, o espetáculo apresenta-se ao público adulto e infantil como se fosse uma caixa de surpresas, concretizada no cenário feito com cortinas de teatro, janelas, objetos antigos, entradas e saídas. Direção: Ana Caldas Lewinsohn Elenco: Renata Mucci, Valdo Matos e Rudah Silva

12 | Festivale 2019

Divulgação

Divulgação

segunda-feira

10h e 14h | Casa de Cultura Tim Lopes A FABULOSA CARAVANA DE SEU MALAQUIAS Boneco Vivo São José dos Campos/SP Teatro de Rua / 50min / 12 anos

Seu Malaquias chega com sua trupe, que apresenta mágicas, encantamentos, desafios, etc. No final do espetáculo os atores convidam o público para uma grande brincadeira, onde encerram a peça. Texto e Direção: Vivian Rau Elenco: Carlos Cesare, Claudio Luiz , Maíra Rau Pereira, Vivian Rau e Moringa


Divulgação

Divulgação

10h e 14h | Escola Vera Lúcia Carnevalli Barreto

10h e 14h | Casa de Cultura Eugênia da Silva

HISTÓRIA DO BOI ENCANTADO

PRECISA-SE DE UM MANÉ

Cia Griot

La Cascata Cia Cômica

São José dos Campos/SP Infantil / 45min / Livre

São José dos Campos/SP Comédia / 50 min / Livre

Na história, todos os anos o povo faz uma festa onde um boi encantado dança em homenagem a São João. Num dado momento, aparece mãe Catirina, uma mulher grávida com desejo de comer justo a língua daquele boi, que é a alegria da festa. Ela corre o risco de perder a criança se o desejo não for satisfeito.

Mané Pereira é um palhaço à procura de emprego, que consegue colocação para trabalhar num restaurante. Sua meta é fazer com que o cliente seja sempre bem atendido. Para isso, ele se torna garçom e cozinheiro, mas acaba provocando uma confusão atrás da outra.

Criação e direção: Silvia Nery Elenco: Silvia Nery, Denilson de Paula e Léo Castro

Criação e atuação: Marcio Douglas

Festivale 2019 | 13


2/9

Cacá Diniz

Odarah Fotografia

segunda-feira

10h e 14h | Casa de Cultura Chico Triste

10h e 15h | Cine Santana

O SUMIÇO DO MÁGICO ABRACADABRUS

Cia La Leche

Cia Homens de Palha São José dos Campos/SP Teatro de Rua / 50 min / Livre

Ninguém sabe onde ele foi parar, só nos resta desmontar o seu camarim e torcer para que um dia ele volte a abrilhantar o picadeiro do circo “Carambas & Carambolas”. O que poucos sabem é que talvez o mágico Abracadabrus esteja mais próximo do que podemos imaginar. Direção: Rodolpho Pinotti Elenco: Rodolpho Pinotti, Johnny Gouvêa

14 | Festivale 2019

EXISTO São Paulo/SP Comédia dramática / 50min / Livre

Luan observa o mundo pela janela da torre onde mora e recebe visitas de bichos. Não frequenta a escola e aprende tudo com sua mãe. Em meio a esses encontros, espera o momento em que as jabuticabas crescerão e estará pronto para sair de casa. Diante do mundo real e de seu imaginário, Luan coloca em questão as normas que definem diferenças entre ser menina e ser menino. Direção: Cris Lozano Dramaturgia: Alessandro Hernandez Elenco: Alessandro Hernandez e Ana Paula Lopez


Divulgação

Renato David

19h | Casa de Cultura Júlio Neme

19h | Teatro Dailor Varela

OLÍVIA

MILONGAS SENTIMENTAIS

Cia Casa de Palhaça São José dos Campos/SP Comédia / 45min / Livre

A luta contra a balança e o espelho sempre fizeram parte da vida de Olívia. Porém, a palhaça promete encarar, com muita coragem, seus medos e angústias para realizar seu grande sonho. Direção: Márcio Douglas Elenco: Dani Majzoub

Milongas Sentimentais São José dos Campos/SP Comédia / 50min / 12 anos

Para se referir à Argentina, um personagem clownesco veste quatro personagens: ‘O gaúcho argentino’, ‘O Compadrito’, ‘A madre da Praça’ e ‘O desempregado’. Falando dos seus habitantes de forma bem humorada, ele faz um paralelo com a história e a cultura do Brasil, no contexto dos países da América Latina. Texto: Carlos Javkin Direção: Eduardo Coutinho Elenco: Carlos Javkin e Diogo Oliveira

Festivale 2019 | 15


Divulgação

segunda-feira

21h | Cine Teatro Benedito Alves SERTANIA NORDESTINA - AS LÉGUAS TIRANAS DE LUIZ ‘LUA’ GONZAGA Claudio do Vale São José dos Campos/SP Biografia Musical / 60min / Livre

O espetáculo, que está completando 20 anos, é uma espécie de ‘repente’ da vida e obra do grande sanfoneiro, cantador e compositor Luiz Gonzaga. Imagina-se na feira de Caruaru assistindo as improvisações musicais e ‘piadísticas’ (neologismo criado por Gonzagão) de um grupo regional nordestino. Os tocadores de sanfona, zabumba e triângulo animam o ‘arrasta-pé’ com as canções mais populares do ‘Lua’ (como foi apelidado). Texto e direção: Cláudio do Vale Elenco: Cláudio do Vale, Denilson de Paula, Eliomar Landim, Gileno Borges

16 | Festivale 2019

3/9

terça-feira

Jefferson Palladino

2/9

10h e 14h | Casa de Cultura Júlio Neme OM CO TÔ? QUEM CO SÔ? PROM CO VÔ? Circo Navegador São Sebastião/SP Circo / 60 min / Livre

Num encontro inusitado, o palhaço Surubim encanta a plateia com sua ingenuidade em situações de tensão, emoção, técnica e muita graça. De maneira bastante irreverente, este personagem provoca o público para uma vivência divertida e ‘descompromissada’, por meio das rotinas de um show circense, misturando cenas clássicas e criações próprias. Concepção, Roteiro e Direção – Luciano Draetta Elenco: Luciano Draetta e Alejo Linares


Danilo Ferrara/FCCR

Paulo Amaral/FCCR

10h e 14h | Casa de Cultura Rancho do Tropeiro

10h e 14h | Teatro Dailor Varela

NA BEIRADA DO RIO

A CASA DE DENTRO DA GENTE

Cia Las Cênicas

Caixa de Histórias

São José dos Campos/SP Infantil / 45 min / Livre

São José dos Campos/SP Poético Musical / 40min / Livre

Fauna e Flora são seres fantásticos que andam mundo afora. Quando chegam na beirada do rio, armam acampamento e põem-se a contar, cantar e encantar com o que há no imaginário popular. O espetáculo mergulha no folclore do Vale do Paraíba.

A partir de poemas, canções e jogos de cena, o espetáculo, que completa 10 anos, dá forma às memórias que reverberam no imaginário de nossas próprias casas e lembranças como uma colcha de retalhos.

Orientação cênica: Adriana Marques Elenco: Dani Majzoub e Jessica Lane

Direção: Luís Carlos Laranjeiras Criação e texto: Eva Sielawa, Glauce Carvalho, Karina Müller e Luís Carlos Elenco: Eva Sielawa, Izildinha Costa e Karina Müller

Festivale 2019 | 17


3/9

10h e 14h | Cine Teatro Benedito Alves

Renato Oliveira

Renato David

terça-feira

19h | Casa de Cultura Tim Lopes

THE BICHOS

BIRITA PROCURA-SE

Teatro D’Aldeia

A Casa das Lagartixas Teatro Clube

São José dos Campos/SP Comédia / 58min / Livre

São José dos Campos/SP Comédia / 60 min / 12 anos

Em tempos difíceis, o único caminho para quatro animais abandonados foi pegar a estrada rumo ao desconhecido. Mas, o que eles não imaginavam era que, juntos, iriam mudar a história de suas vidas para sempre e criar a lendária banda The Bichos. O espetáculo fala da alegria dos recomeços, embalado por clássicas melodias dos Beatles.

Birita é uma palhaça (d)eficiente que, para (sobre)viver e pagar as contas, parte em busca de um emprego e desafia (seus) limites para exercer alguma função importante em sociedade. Assim como qualquer mortal, tem uma sonhada meta, mas será que ela está preparada para lidar com as frustrações que encontrará em seu caminho? Birita tem limitações reais ou impostas pela sociedade?

Direção: Eduardo Moreira Texto: Karina Muller Elenco: Adriana Marques, Ana Cristina Freitas, Vander Palma e Wallace Puosso

18 | Festivale 2019

Direção: Ésio Magalhães Texto: Ariadne Antico Palhaça: Ariadne Antico Operador de som e Narração off: Diogo Cábuli


19h | Cine Santana MAIS QUE PENA! Teatro do Rinoceronte

Erivan Lopes

São José dos Campos/SP Comédia / 60 min / 14 anos

19h | Casa de Cultura Chico Triste MILONGAS SENTIMENTAIS Milongas Sentimentais

19h | Centro de Estudos Teatrais - CET

São José dos Campos/SP Comédia / 50min / 12 anos

CONFABULAÇÕES Cia Bufa de Teatro Salvador/BA Tragicomédia / 60min / 14 anos

Em algum lugar/tempo, quatro bufonas confabulam e trazem as três parcas a fabular com a mulher sobre mitos e deusas para provocar reflexões acerca das violências sofridas por esta ao longo da história e dos fios do destino que compõem a humanidade.

Encenação e Dramaturgia: Joice Aglae Elenco: Andréa Rabelo, Diana Ramos, Leila Kissia e Milena Pitombo

Centro Cultural Clemente Gomes OFICINA DE CRIAÇÃO CÊNICA: ATORALIDADE E DRAMATURGIAS Simone Carleto 3 a 7/9

Nessa oficina, os participantes vivenciarão processo de criação de células-intervenções cênicas, a partir dos conceitos de dramaturgias (atuação, texto, cena e encenação) e atoralidade. Serão experimentados recursos cênicos narrativos do teatro épico, partituras corporais e construção dramatúrgica. Festivale 2019 | 19


3/9

terça-feira 21h | Teatro Municipal AUTO DA COMPADECIDA Grupo Maria Cutia de Teatro

Texto de Ariano Suassuna Concepção e Direção Geral de Gabriel Villela Belo Horizonte Comédia / 80min / Livre

As aventuras picarescas de João Grilo e Chicó, que começam com o enterro e o testamento do cachorro do Padeiro e de sua mulher, e acabam em uma epopeia milagrosa no sertão envolvendo o clero, o cangaço, Jesus, Maria e o Diabo.

Tati Motta

Texto: Ariano Suassuna | Concepção e direção geral: Gabriel Villela Assistente de Direção: Lydia Del Picchia | Elenco: Leonardo Rocha, Hugo da Silva, Mariana Arruda, Dê Jota Torres, Malu Grossi, Marcelo Veronez e Polyana Horta | Preparação Vocal: Babaya | Direção Musical: Babaya, Fernando Muzzi e Hugo da Silva | Cenário e Figurino: Gabriel Villela | Assistente de Figurino: José Rosa | Coordenação do Ateliê Gabriel Villela: José Rosa | Pintura de Arte: Rai Bento | Iluminação: Richard Zaira e Pedro Paulino (CiaTecno) | Consultoria de sonorização: Vinícius Alves | Técnico de som: Alexandre Galvã | Fotografia: Tati Motta | Produção: Luisa Monteiro - Grupo Maria Cutia de Teatro

20 | Festivale 2019


4/9

14h e 19h | Cine Santana

Miguel Ramos

Jorge Etecheber

quarta-feira

19h | Centro de Estudos Teatrais – CET

OI LÁ INEZITA Cia Cênica São José do Rio Preto/SP Musical / 60min / Livre

A peça conta a história de uma corajosa violeira que não acredita em um lugar definitivo para as coisas. Subvertendo a lógica do mundo machista e patriarcal, se aventura por um Brasil repleto de riquezas e reinvenções. Em uma atmosfera envolvida pela música, dança e poesia, o espetáculo passeia por elementos da cultura popular brasileira e presta uma homenagem à grande Inezita Barroso. Direção e organização dramatúrgica: Fagner Rodrigues Elenco: Diego Guirado, Fabiano Amigucci, Glauco Garcia, Jaqueline Cardoso, Márcia Morelli e Simone Moerdaui Produção: Cia. Cênica

LEÕES, VODKA E UM SAPATO 23 Cia de 2 São José dos Campos/SP Comédia / 55min / 16 anos

Um show musical, um resto de banda, um resto de circo, um pedaço de lona e uma sobra de vodka em meio a murmúrios russos e rugidos felinos. Uma autopsia atemporal de quatro leões bufos que nos convocam ao testemunho de sua própria morte, de sua miséria e dos dias de fome na jaula de um circo. Direção: Daniela Biancardi Orientação Dramatúrgica: Suzana Aragão  Elenco: Adriano Laureano, Jean de Oliveira, Jonas di Paula e Guilherme Padilha

Festivale 2019 | 21


4/9

10h e 19h | Casa de Cultura Lili Figureira HISTÓRIAS PARA PIÁS DE PEQUENO PORTE Cia Titerritório São José dos Campos/SP Teatro de Bonecos / 50min / Livre

A peça de bonecos é a adaptação de três contos indígenas. ‘Carcará: Força e Delicadeza’, ‘A Preguiça de Tataíça’ e ‘Jacaúna e Vitória Régia’. São histórias feitas para piás, jeito que os antigos índios do sul do Brasil chamavam suas crianças. Direção: Charles Kray Elenco: Charles Kray e Carlos Javkin

Adriana Marchiori

Divulgação

quarta-feira

21h | Teatro Municipal CHAPEUZINHO VERMELHO Projeto Gompa Porto Alegre/RS Contemporâneo / 50min / 10 anos

O texto, inédito no Brasil, é de Joël Pommerat, um dos mais importantes dramaturgos franceses da contemporaneidade que, nesta obra, traz à tona uma espécie de ‘iniciação ao medo’, como o autor mesmo define, em que a criança se depara com os riscos e, ao mesmo tempo, o fascínio pelo desconhecido representado pela estrada – ou, metaforicamente, a própria passagem da vida infantil à adulta. Direção: Camila Bauer Texto: Joël Pommerat Tradução: Giovana Soar Elenco: Fabiane Severo, Guilherme Ferrêra, Henrique Gonçalves e Laura Hickmann Realização: Projeto GOMPA

22 | Festivale 2019


5/9

Renato David

Divulgação

quinta-feira

10h e 15h | Pq. Santos Dumont

19h | Cine Teatro Benedito Alves

MÚSICA À MANIVELA

SONHOS ROUBADOS, UM MELODRAMA DELL’ARTE

Prana Teatro São Paulo/SP Teatro de Animação / 50min / Livre

Celebrando a simplicidade da vida cotidiana, com suas alegrias e tristezas, a encenação leva ao público o espírito atemporal dos artistas de rua e as canções sugerem uma nostalgia de algo não vivido, mas que mora em cada um de nós.

Cia Teatro da Cidade São José dos Campos/SP Melodrama / 60min / 12 anos

O espetáculo apresenta três histórias com situações melodramáticas que ocorreram na cidade, duas diretamente ligadas à fase sanatorial de São José dos Campos, quando o antigo Sanatório Vicentina Aranha (hoje, patrimônio histórico do município) era considerado um dos mais importantes do país para o tratamento da tuberculose. Direção: Neyde Veneziano Texto: Calixto De Inhamuns Elenco: Andréia Barros, Jéssica Lane, Jean de Oliveira e Josivan Costa

Direção Cênica: Vanessa Valente Roteiro: Vanessa Valente Elenco: Vanessa Valente e Marcel de Oliveira Bonecos e adereços: Prana Teatro

Festivale 2019 | 23


5/9

leonardo Gonçalves

Renato David

quinta-feira

19h | Casa de Cultura Eugênia da Silva

21h | Teatro Municipal

A CARAVANA DOS PÁSSAROS ERRANTES

UM SOLDADO BEIJAVA A BOCA DE FOUCAULT NA ESCADA DA ESCOLA

VIGIAR E PUNIR:

Grupo Nômade

Caravan Maschera

São José dos Campos/SP Épico Narrativo Popular / 60min / 12 anos

Atibaia/SP Tragicomédia / 75min / 16 anos

A peça reconta a história real de uma caravana cigana de passagem pelo Piauí em 1913. Depois de um desentendimento com um poderoso comerciante, uma volante policial é chamada para persegui-los. Agora, os ciganos terão que fugir do ódio e do preconceito se quiserem manter sua liberdade. Pelo meio do caminho, encontram uma antiga lenda guardada por séculos.

O espetáculo mostra a evolução dos conceitos de punição e vigilância dentro da sociedade contemporânea. A peça evidencia, com humor sarcástico do bufão, como a sociedade de controle e vigilância de hoje manipula os desejos e impulsos naturais do indivíduo contemporâneo na busca de uma “normalização” silenciosa.

Direção: Atul Trivedi Texto: Jonas di Paula Orientação Dramatúrgica: Luís Alberto de Abreu Elenco: Ana Cristina Freitas e Jonas di Paula

24 | Festivale 2019

Direção: Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia Dramaturgia: Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia (adaptação da obra de Michel Foucault) Elenco: Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia


5/9

quinta-feira 19h | Dailor Varela MAIS QUE PENA! Teatro do Rinoceronte São José dos Campos/SP Comédia / 60 min / 14 anos

20h | Teatro do SESI

NAC São José dos Campos São José dos Campos/SP Tragicomédia / 60min / 14 anos Direção: Roberval Rodolfo | Texto: Augusto Boal Elenco: Ana Clara Soares, Ana Machado, Dyna Mary, Daniel Adamis, Gabriela Santos, Gleice Alves, Giovana Pereira, Luis Filipe Maia, Lusiane Veloso, Jefferson Junior, Rosa Tatuada, Sâmmyr Muradi, Soledad Ramirez, Thaís Queiroz, Victor D’Angelo, Wellington David, Solaine Silva, Fernando Justolin, Rafael Henrique, Keila Sango.

José da Silva, um trabalhador que fica desempregado, sai numa jornada em busca de comida. No seu longo trajeto, passa por diversos lugares como a cadeia, o hospital, o Congresso Nacional, etc. No espetáculo, esse evento se transforma em um grande desfile irônico que retrata as mazelas e as fragilidades da sociedade brasileira, por meio de caricaturas e alegorias.

Espetáculo do Núcleo de Artes Cênicas do SESI São José dos Campos oferecido na forma de parceria para compor o Festivale

Danilo Favaro

REVOLUÇÃO NA AMÉRICA DO SUL

Festivale 2019 | 25


6/9

Otávio Seraphim

Lucas Baumgratz

sexta-feira

10h e 14h | Cine Santana

20h | Teatro do SESI

CANOA MINHA CANOA

CIRCO DA CUESTA

Cia Cultural Bola de Meia

Cia Beira Serra de Circo e Teatro

São José dos Campos/SP Espetáculo Musical Infantil / 50min / Livre

Botucatu/SP Comédia Circense / 60min / Livre

Uma peça singela onde dois peixinhos, Peixita e Peixoto, narram a história de amor entre Ritinha e Pedro, o pescador. Eles alertam sobre os cuidados com o meio ambiente e a preservação das águas do planeta.

A tradicional quermesse do vilarejo de Nossa Senhora das Dores de Cima da Serra vai receber um grande circo. Quando a festa começa e os artistas não chegam, os trabalhadores e organizadores do evento se desdobram para entreter o público até a chegada do grande circo.

Direção Cênica: Jacqueline Baumgratz Direção Musical: Celso Pan Elenco: Almir Luz, Lucy Ferreira, Moacyr Baumgratz, Roberval Rodolfo, Celso Pam e Jacqueline Baumgratz

Espetáculo inédito e desenvolvido com apoio e subvenção financeira do SESI-SP - Edital Viagem Teatral - Produções Inéditas, oferecido na forma de parceria para compor o Festivale. Direção: Ronaldo Aguiar | Dramaturgia: Fernando Vasques e MiMi Tortorella | Elenco: Dael Vasques, Fernando Augusto, Fernando Vasques, Guilherme Gasperine, Marina Lino, MiMi Tortorella e Willian Novak

26 | Festivale 2019


7/9 sábado

22h | Centro de Estudos Teatrais - CET

10h30 | Praça Afonso Pena

BIRITA PROCURA-SE

QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA

A Casa das Lagartixas Teatro Clube

Tropa do Vale

São José dos Campos/SP Comédia / 60 min / 12 anos

São José dos Campos/SP Poético Popular / 50 min / Livre

23h59 | Centro Cultural Clemente Gomes A CARAVANA DOS PÁSSAROS ERRANTES Grupo Nômade São José dos Campos/SP Épico Narrativo Popular / 60min / 12 anos

20h | Teatro do SESI CIRCO DA CUESTA Cia Beira Serra de Circo e Teatro Botucatu/SP Comédia Circense / 60min / Livre

Espetáculo inédito e desenvolvido com apoio e subvenção financeira do SESI-SP - Edital Viagem Teatral - Produções Inéditas, oferecido na forma de parceria para compor o Festivale.

19h | Teatro Dailor Varela SONHOS ROUBADOS, UM MELODRAMA DELL’ARTE

19h | Cine Santana

Cia Teatro da Cidade

OLÍVIA

São José dos Campos/SP Melodrama / 60min / 12 anos

Cia Casa de Palhaça São José dos Campos/SP Comédia / 45min / Livre

Festivale 2019 | 27


7/9

David Guimarães

Divulgação

sábado

15h | Parque da Cidade

21h | Teatro Municipal

ROMEU E JULIETA

(IN)JUSTIÇA

Minishakespeare

Companhia de Teatro Heliópolis

Jacareí/SP Infanto Juvenil / 45min / Livre

São Paulo/SP Experimental / 105min / 12 anos

Verona é o palco do conflito histórico entre duas famílias tradicionais: os Montecchio e os Capuleto. Por um infortúnio do destino, Romeu, filho único da família Montecchio, e Julieta, filha única da família Capuleto, conhecem-se durante um baile de máscaras e apaixonam-se perdidamente.

A peça é um ensaio cênico, guiado pela indagação ‘o que os veredictos não revelam?’, que reflete sobre aspectos do sistema jurídico brasileiro. Para tanto, conta a história do jovem Cerol que, involuntariamente, pratica um crime. A partir daí, surgem diversas concepções sobre o que é justiça, seja a praticada pelo judiciário ou aquela sentenciada pela sociedade.

Direção Cênica: Claudio Koca Texto: William Shakespeare Atores/Manipuladores: Rosemara Santos, Elaine Chió, Nelson Gazolla, Carol Brasil, Mário Netto, Vivian Rau, Ricardo Salen, Artur Candido. Músicos: Nilton Blau, Kardec Gonzaga e Gilson Moraes.

28 | Festivale 2019

Direção: Miguel Rocha Texto: Evill Rebouças (criação em processo colaborativo com a Cia de Teatro Heliópolis) Elenco: Alex Mendes, Cícero Junior, Dalma Régia, Danyel Freitas, David Guimarães, Gustavo Rocha, Maggie Abreu e Walmir Bess Musicistas: Amanda Abá (violoncelo e violino), Bel Borges (violão, piano e percussão) e Fernanda Broggi (percussão) Direção musical: Meno Del Picchia


9h | SESI OFIC I N A ACROBACIA E A CENA Cia Beira Serra de Circo e Teatro – Fernando Vasques e MiMi Tortorella A oficina propõe dinâmicas de integração e desafios físicos e criativos Acrobacias, saltos e rolamentos, oferecendo uma vivência com técnicas acrobáticas de solo usando equilíbrios, apoios e deslocamentos. A atividade busca aprofundar a utilização da acrobacia em cena e despertar o interesse pela área.

9h às 17h | Centro Cultural Clemente Gomes OFI CI NA TEATRO E EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE CRISE Maria Tendlau Uma reflexão acerca das práticas pedagógicas no ensino do teatro, abrindo espaço para o debate das potencialidades, desafios e pertinência em tempos de perplexidade. Com o avanço da violência e a percepção de uma crise no ensino se renova a necessidade de entendermos a importância do ensino da arte.

Oficina de Produção oferecida pelo SESI na forma de parceria para compor as ações formativas do Festivale.

16h | Cine Teatro Benedito Alves 22h | Centro Cultural Clemente Gomes

M ESA O LUGAR DA CRÍTICA EM FESTIVAIS E MOSTRAS DE TEATRO

FESTAVALE

Com Rodrigo Morais Leite, Júlia Guimarães, Valmir Santos e Daniele Ávila Small

Com a participação das bandas Abacaxepa e Cabelo de Milho, e dos DJ’s do Projeto Nagulha, o público está convidado a participar da festa para brindar o encerramento do 34° Festivale.

Mesa redonda na qual serão debatidas questões ligadas à crítica de arte de uma maneira geral e, mais especificamente, à crítica teatral, analisando algumas qualidades peculiares dessa prática discursiva e sua inserção em festivais e mostras de teatro.

Abacaxepa e Cabelo de Milho

Festivale 2019 | 29


8/9

10h | Praça Matriz de Santana DOIS BRINCANTES E O PRÍNCIPE FELIZ Cia Milongas Sentimentais Teatro Popular São José dos Campos/SP Teatro Popular / 50min / Livre

João e Maria, um casal de artistas itinerantes chegam “na rua” para apresentar sua nova história para o público. Maria, que está decidida a arranjar um emprego que torne sua vida mais segura, é persuadida por João, que a convence a narrar a história do Príncipe Feliz por essa única vez, com a esperança de que a partir de agora tudo vai mudar. Direção: Adriana Marques Dramaturgia: Carlos Javkin Elenco: Silvia Nery e Carlos Javkin

Paul Constantinides

Paulo Amaral/FCCR

domingo

10h | Parque Santos Dumont 15h | Parque da Cidade ROMIETA E JULIMEU Humanidhas Trupe Jacareí/SP Comédia Dramática / 60min / Livre

A peça conta a mais antiga tragédia de amor e ódio, que envolveu duas famílias de circo que se odiavam, mas se uniram por conta de um patrocínio. Entretanto, eles não contavam com amor de seus filhos Romieta e Julimeu, a bailarina e o palhaço de suas casas, levando a um desfecho de brigas e tristeza para as famílias. Direção: Guarahna Ramos Dramaturgia: Gutho Peloggia e Grupo Elenco: Anna Paula de Oliveira, Guarahna Ramos, Gutho Peloggia, Andressa DeCarla, Alana Chá, Evon Piffer e Paulo Timbé

17h | Cine Teatro Benedito Alves ROMEU E JULIETA Minishakespeare Jacareí/SP Infanto Juvenil / 45min / Livre 30 | Festivale 2019


Paula Poltronix

Jonatas Marques

13h | Centro Cultural Clemente Gomes

20h | Teatro Municipal

HYSTERIA

ZABOBRIM, O REI VAGABUNDO

XIX de Teatro

Barracão

São Paulo/SP Drama / 70min / 14 anos

Campinas/SP Comédia / 100min / 14 anos

No final do século XIX, nas dependências de um hospício feminino carioca, cinco personagens internadas como histéricas revelam seus desvios e contradições - reflexos direto de uma sociedade em transição, na qual os valores burgueses buscavam adequar a mulher a um novo pacto social.

Zabobrim, o palhaço vagabundo, remexendo no lixo, encontra uma lâmpada mágica e o gênio lhe concede três pedidos. Palhaço que é, depois de perder os dois primeiros, pede para se tornar rei. Seu desejo é realizado e Zabobrim retorna ao passado, quando o fim da monarquia se anuncia e os reis estão perdendo suas cabeças.

Direção: Luiz Fernando Marques Pesquisa, Criação, Dramaturgia e Figurinos: Gisela Milás, Janaina Leite, Juliana Sanches, Luiz Fernando Marques, Raissa Gregori e Sara Antunes Elenco: Evelyn Klein, Janaina Leite, Juliana Sanches, Mara Helenno e Tatiana Caltabiano

Direção: Tiche Vianna Dramaturgia: Esio Magalhães e Tiche Vianna Elenco: Cintia Birocchi,Esio Magalhães, Tiche Vianna, Cadu Ramos, Fernando Fubá e Ulisses Junior. Atriz Convidada: Kara Ariza Produção Executiva: Cau Vianna

17h | Museu Municipal

Com Wangy Alves, Fabiana Monsalú, Calixto de Inhamuns, André Ravasco, Fernando Rodrigues e Rodrigo Morais Leite.

ME SA CURADORIA COLETIVA: UMA NOVA PERSPECTIVA ORGANIZACIONAL PARA O FESTIVALE 2019

Debate envolvendo a coordenação e toda a equipe curatorial a respeito da programação e da organização do 34º Festivale. Festivale 2019 | 31


COMISSÃO ORGANIZADORA E CURADORIA WANGY ALVES Coordenador

FABIANA MONSALÚ Curadora

É diretor, historiador e agente cultural. Fundador da Cia Cultural Velhus Novatus. Formado em história pela UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba), com especialização em Cultura Popular Brasileira na mesma universidade. Coordena o Centro de Estudos Teatrais - CET, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

É doutoranda em Estudos Teatrais e Performativos (Universidade de Coimbra) e mestre em Artes Cênicas (USP). Atriz e diretora na CompanhiaDaNãoFicção e criadora do método TCH no Brasil. Autora do livro “O Corpo Híbrido do Ator: do treinamento à organicidade para outras possibilidades da cena” (Ed. Giostri).

CARLOS ROSA Produtor Executivo

CALIXTO DE INHAMUNS Curador

Participou de mais de 20 espetáculos como ator, diretor, dramaturgo e produtor, entre eles “A Noite das Mal Dormidas”, de Neils Petersen, eleito o melhor espetáculo do 20º Festivale pelo júri popular. Dirigiu o espetáculo “Cabaret Del Rinoceronte” e “Maroscas” (baseado na obra de Anton Tchekhov), com o grupo Teatro do Rinoceronte. Atualmente integra o elenco do espetáculo “Mais Que Pena!”, do grupo Teatro do Rinoceronte, dirigido por Imara Reis.

Dramaturgo, roteirista, diretor, ator e professor de dramaturgia que sempre teve o seu trabalho em teatro ligado aos grupos e coletivos de trabalho. Nas décadas de 70 e 80 foi uns dos fundadores do Grupo de Teatro Mambembe e do Grupo Arte Viva. Na TV trabalhou com Valter Avancini, escreveu os últimos 120 capítulos de Mandacaru, e foi coordenador de textos no SBT (2005/2006).

CURADORIA - OLHARES CRÍTICOS RODRIGO MORAIS LEITE É doutor e pós-doutorando em Artes Cênicas pela Unesp, com pesquisas desenvolvidas nas áreas de crítica teatral e história do teatro brasileiro. Lecionou Teoria Teatral na Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT) e na Escola Viva de Artes Cênicas de Guarulhos. Atuando como curador, crítico ou mediador, participou de diversos festivais e mostras de teatro.

32 | Festivale 2019


CURADORIA - AÇÕES PEDAGÓGICAS ANDRÉ RAVASCO

FERNANDO RODRIGUES

É artista cênico. Ator, diretor teatral, produtor cultural, pesquisador e curador. É integrante da Cia do Trailler - Teatro em Movimento e do Estranho Coletivo, além de ser um dos diretores artísticos do “Teatro da Rua Eliza”, espaço dedicado à pesquisa, formação e difusão teatral em São José dos Campos.

É ator, diretor e professor de teatro. Bacharel e mestre em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo. Orientador artístico em diversos projetos de formação teatral. Criador e diretor do grupo Laboratório Teatro Químico e membro fundador do Teatro da Rua Eliza. Participou como mediador teatral de debates em festivais e mostras de teatro.

CRÍTICOS DANIELE AVILA SMALL É crítica e curadora de teatro. Doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO, é autora do livro “O crítico ignorante – uma negociação teórica meio complicada” (Editora 7Letras, 2015). É idealizadora e editora da revista Questão de Crítica, presidente da seção brasileira da Associação Internacional de Críticos de Teatro (IACT-AICT) e editora da seção brasileira do jornal internacional de notícias The Theatre Times. É curadora dos Olhares Críticos, eixo reflexivo da MITsp.

JULIA GUIMARÃES É pesquisadora, professora, crítica teatral e jornalista. Realizou pós-doutorado e foi professora colaboradora na Escola de Belas Artes da UFMG. Concluiu o doutorado na ECA-USP, onde atuou como professora convidada. É coorganizadora do livro “O teatro como experiência pública” (ed. Hucitec, 2019). Foi coeditora da Revista Aspas (SP) e integrou a equipe de colaboradores dos sites de crítica Horizonte da Cena (BH) e Teatrojornal (SP), além de ter trabalhado como jornalista cultural e crítica de teatro nos jornais O Tempo e Pampulha (BH).

VALMIR SANTOS Jornalista, crítico e pesquisador de teatro. Idealizador e editor do site Teatrojornal – Leituras de Cena (2010). Colaborador em curadorias ou consultorias de mostras, festivais ou enciclopédias. Mestre em artes cênicas pela USP.

Festivale 2019 | 33


ENDEREÇOS CENTRO CULTURAL CLEMENTE GOMES CENTRO DE ESTUDOS TEATRAIS (CET) Av. Olivo Gomes, 100 - Parque da Cidade – Santana | (12) 3924-7300/7341 CASA DE CULTURA CHICO TRISTE Rua Milton Cruz, s/n° - Vila Tesouro (12) 3929-7559 CASA DE CULTURA EUGÊNIA DA SILVA Rua dos Carteiros, 110 - Novo Horizonte (12) 3907-8024 CASA DE CULTURA JÚLIO NEME Praça Cônego Manzi, s/nºSão Francisco Xavier CASA DE CULTURA LILI FIGUREIRA Rua Roberto Cruz, 40 - Jardim Santo Onofre | (12) 99740-4383 CASA DE CULTURA FLÁVIO CRAVEIRO TEATRO DAILOR VARELA Av. Lênin, 200 - Dom Pedro I (12) 3903-2298 CASA DE CULTURA RANCHO DO TROPEIRO ERNESTO VILLELA Rua Ambrósio Molina, 184 - Eugênio de Melo | (12) 3905-1855 CASA DE CULTURA TIM LOPES Av. Ouro Fino, 2520 - Bosque dos Eucaliptos | (12) 3917-1612 NÚCLEO DE AÇÃO CULTURAL DESCENTRALIZADA (NACD) CENTRO DA JUVENTUDE Rua Aurora Pinto da Cunha, 131 - Jd. América | (12) 3932-8709 CINE SANTANA Av. Rui Barbosa, 2005 – Santana (12) 3942-1226 34 | Festivale 2019

CINE TEATRO BENEDITO ALVES Av. São José, 935 - Centro MUSEU MUNICIPAL Praça Afonso Pena, 29 - Centro (12) 3921-7587 PARQUE DA CIDADE Av. Olivo Gomes, 100 – Santana PARQUE VICENTINA ARANHA Rua Engº Prudente Meirelles de Morais, 302 Vila Adyana PARQUE SANTOS DUMONT Rua Engº Prudente Meireles de Morais, 1000 Vila Adyana TEATRO MUNICIPAL Rua Rubião Júnior, 84 - 3º andar (12) 3942-1144 TEATRO DO SESI Av. Cidade Jardim, 4389 - Bosque dos Eucaliptos | (12) 3936-2611 ESCOLA VERA LÚCIA CARNEVALLI Av. Olivo Gomes, 520 - Santana FEIRA DO COLONIAL Av. José Ribeiro Bastos - Jd. Colonial PRAÇA AFONSO PENA PRAÇA CÔNEGO LIMA Centro - São José dos Campos PRAÇA CÔNEGO MANZI São Francisco Xavier PRAÇA MATRIZ DE SANTANA Praça Mons. Luiz G. Alves Cavalheiro - Santana PRAÇA 1º DE MAIO Parque Novo Horizonte


INGRESSOS Os ingressos são solidários, trocados no local por óleo. Todas as doações serão enviadas para o Fundo Social de Solidariedade de São José dos Campos. TEATRO MUNICIPAL As reservas poderão ser feitas a partir de 48h antes do espetáculo pelo site da Fundação Cultural ou 2h antes na bilheteria no Teatro. Os ingressos online deverão ser trocados até 15 minutos antes de cada apresentação. Após esse horário, os ingressos que não foram trocados serão disponibilizados para o público do local. TEATRO DO SESI As reservas poderão ser feitas pelo site sesisp.org.br/meu-sesi ou retirados com 1h de antecedência no local.

INSCRIÇÕES PARA OFICINAS

CET, CINE SANTANA, CINE TEATRO BENEDITO ALVES E TEATRO DAILOR VARELA Os ingressos serão disponibilizados com 1 hora de antecedência, na bilheteria do local.

As inscrições para as oficinas serão feitas pelo aplicativo São José Viva, da Prefeitura de São José, a partir do dia 23 de agosto.

CASAS DE CULTURA Entrada livre, sem necessidade de reservar ingressos.

A oficina realizada no SESI terá inscrição pelo sistema online ‘Meu SESI’ (www.sesisp.org.br/meu-sesi), a partir das 8h do dia 02 de setembro. Festivale 2019 | 35


/ fccrsjc www.fccr.sp.gov.br entrada gratuita

Fotos de Capa: Espetรกculo Auto da Compadecida, do Grupo Maria Cutia de Teatro e espetรกculo Grande Sertรฃo - Veredas, de Bia Lessa.

de 28.agosto a 8.setembro.2019

espetรกculos teatrais // mesas de debate e oficinas //

Profile for Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR)

34º Festivale  

Programação completa do Festivale - Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba, realizado pela Prefeitura de São José dos Campos e Fund...

34º Festivale  

Programação completa do Festivale - Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba, realizado pela Prefeitura de São José dos Campos e Fund...

Profile for fccrsjc
Advertisement