Page 1

O TEATRO

E A

CIDADE



O TEATRO

E A

C

CIDADE

riado em 1984, o FESTIVALE, desde seu início, preocupou-se em estabelecer um recorte da produção teatral de cada período, oferecendo à cidade um rico panorama com as mais significativas produções do cenário nacional.

hoje, suas formas de produção e organização, as relações que estabelece com a cidade e sua evolução nas últimas três décadas, com o objetivo de promover uma ação continuada para além do seu período de realização, com consequentes ganhos artísticos, culturais e sociais.

No decorrer destes 30 anos, o Festivale teve como objetivo contemplar as mais diversas vertentes teatrais: popular, contemporâneo, de rua, de bonecos, infantil, performance e circo. Recebendo importantes grupos do país como Lume Teatro, Cia do Feijão, Grupo Galpão e importantes artistas como Luís Melo, Cacá Carvalho, Paulo Autran, Paulo José, entre muitos outros.

Para tanto, propusemos nesta edição algumas ações como o fórum “O Teatro e a Cidade”, que abordará aspectos da memória, formação e espaços independentes dedicados às artes cênicas. Ações continuadas do grupo Hiato, com o objetivo de discutir o teatro de grupo, seus processos de criação e produção, com quatro apresentações, uma palestra e uma oficina. A parceria com os espaços dos grupos teatrais da cidade e, por fim, uma programação focada na produção local.

Todas as edições foram pensadas sempre com a ideia de proporcionar não só uma programação de qualidade para o público em geral, mas também contribuir para a formação dos artistas da cidade. No ano em que o Festivale chega a sua 30ª edição, partimos do tema “O Teatro e a Cidade” com o desejo de pensar e refletir o teatro que fazemos

Que a 30ª edição seja uma experiência artística valorosa para todos! Viva o Teatro e a Cidade! Comissão de Curadoria/Organização do 30º FESTIVALE

Wangy Alves, João Fernandes, Roberval Rodolfo e André Ravasco


02.set

ABERTURA 1 GAIVOTA - É IMPOSSÍVEL VIVER SEM TEATRO AntiKatártiKa Teatral (AKK) São Paulo/SP 20h • Teatro do SESI Comédia / 110 min / 16 anos

4 | O Teatro e a Cidade

A “comédia em quatro atos” transporta a ação para uma fazenda em Campos do Jordão, um local sufocante onde os personagens confinados chocam-se, literalmente, em dificuldades financeiras, divertem-se, amam-se, bebem e machucam-se. No palco, ora personagens, ora atores, lançam a pergunta: ‘É impossível viver sem teatro?’. FICHA TÉCNICA: Texto: Anton Tchekhov • Adaptação e direção: Nelson Baskerville • Elenco: Renato Borghi, Noemi Marinho, Pascoal da Conceição, Élcio Nogueira, Julia Ianina, Rafael Primot, Thaís Medeiros e Érika Puga • Assistente de direção: Felipe Schermann • Figurino: Marichilene Artisevskis • Cenário: Amanda Vieira e Nelson Baskerville • Desenho de luz: Wagner Freire • Música original: Daniel Maia • Vídeo: Raimo Benedetti • Acompanhantes de processo: Jonathan Capobianco, Flávia Mian, Yorran Furtado e Thiago Audrá Vesecky • Fotos: Ligia Jardim • Design gráfico: Amanda Vieira • Idealização: AntiKatártiKa Teatral (AKK)


03.set

LURDES E MÉRCIA EM: AS ESTRELAS DO ORIENTE (LIF)

MAZZAROPI, UM CERTO SONHADOR

Caixa de Histórias São José dos Campos / SP 10h e 14h | Teatro Dailor Varela

Cia Arte das Águas • Ibirá / SP 19h | Teatro do SESI

No espetáculo, livremente inspirado nas histórias do Pedro Malasartes, duas simpáticas moças do interior, encorajadas pelos poderes milagrosos do elixir das estrelas, resolvem sair pelo mundo apresentando um cômico show de variedades até realizarem o sonho de serem artistas de TV.

SÁBIAS DO SERTÃO

TEATRO MUSICAL BRASILEIRO EM UM ATO UMA CHEGANÇA E UMA ANDANÇA

Cia Cênica • São José do Rio Preto / SP 10h | Praça Afonso Pena 14h | Casa de Cultura Tim Lopes Espetáculo de Rua / 70 min / Livre

O circo e o rádio, presentes na trajetória da dupla Cascatinha & Inhana, são trazidos à cena por uma companhia ambulante de teatro, com artistas que tocam, dançam e cantam um pouco da vida e muito do rico repertório da dupla.

Musical Brasileiro / 70 min / Livre

Amácio Mazzaropi tem sua vida e obra cantada e encenada na história que gira em torno de uma trupe ambulante. Do menino tímido e sem graça do interior ao bem-sucedido ator, diretor e empresário do ramo cinematográfico, Mazzaropi foi dono das maiores bilheterias do país e um mito da comédia rural, que levou para as telonas a cultura do Vale do Paraíba.

Meu Tio Não Se Opõe São José dos Campos / SP 21h | CET – Centro de Estudos Teatrais Drama alternativo / 40min / 16 anos

Na casa de prostituição, seres solitários e desiludidos se encontram, se confrontam e se destroem numa busca insaciável e desesperada pelo desejo de amar. Um ambiente de fragmentos de diferentes textos de Nelson Rodrigues, que se reorganizam em uma nova narrativa de encontros e desencontros amorosos.

SEGURA, MAMÃE! Cia da Sorte Brasília / DF 19h | Casa de Cultura Chico Triste Comédia / 45min / Livre

Espetáculo interativo em que Dona Lelê, a dona do circo, tenta pôr o palhaço Trevolino para trabalhar, gerando muitas trapalhadas. Uma mescla entre palhaçaria, técnicas de equilibrismo, malabarismo e mágica, sempre com a participação da plateia.

5 | Festivale

Infantil / 55 min / Livre

POUCO AMOR NÃO É AMOR


04.set

CONVIDADO

CONVIDADO

HUGO, OS IMAGINÁRIOS E A CIDADE DO MEDO (SESI)

PÉS DESCALÇOS (MOSAICO NA ESTRADA) Morpheus Teatro • São Paulo / SP 15h | Cine Santana

Companhia de Copas • São Paulo / SP 9h30 | Teatro do SESI

Teatro Infantil de Bonecos / 50min / Livre

Comédia infantil / 60min / Livre

A peça conta a relação entre a infância e a velhice. Um garoto de 10 anos, Hugo, e sua avó, Dona Julinha, ficam juntos no dia em que a mãe do menino vai ao hospital para ter outro filho. A chuva forte, que causa a falta de energia, une os dois e os leva para debaixo da cama. Nesse momento, o medo aparece. Hugo tem de enfrentá-lo para salvar a sua avó de um vilão que rouba a memória das pessoas. FICHA TÉCNICA: Texto e direção: Celso Correia Lopes | Trilha sonora original: Rodrigo Régis | Figurino: Luciana Castellano |Adereços e Cenário: Victor Merseguel

A história narra o encontro de Florência, uma menina intrépida e falante, com Rodolfo, um menino tímido e contemplativo. Da criação de um mundo construído por eles dentro de um tanque de areia surge um mundo sem muros e com os pés descalços. FICHA TÉCNICA: Direção, autoria e roteiro: Verônica Gerchman | Operação técnica O PRÓPRIO ELENCO | Ideia original: Verônica Gerchman, Luana de Lucca, Daniela Boni e Camila de Oliveira | Cenário, adereços e criação de bonecos: João Araujo | Trilha sonora original: Yuri de Franco, Daniela Boni, Mateus Pires e Mavutsinin | Figurino: Luana de Lucca

LURDES E MÉRCIA EM: AS ESTRELAS DO ORIENTE (LIF) Caixa de Histórias São José dos Campos / SP 10h e 14h | Teatro Dailor Varela Infantil / 55 min / Livre

SEGURA, MAMÃE! Cia da Sorte Brasília / DF 11h | Praça Afonso Pena Comédia / 45min / Livre

CABARET DEL RINOCERONTE Teatro do Rinoceronte • São José dos Campos/SP 19h | Teatro da Univap

6 | O Teatro e a Cidade

Comédia / 80min / 16 anos

O burlesco, o nonsense e um toque kitsch marcam o espetáculo em que personagens histriônicos surgem em quadros cômicos e inusitados, amarrados por um mestre de cerimônias. Também há a presença da Banda Larga do Rinoceronte, que com suas intervenções musicais, dá ritmo ao espetáculo.

MÁ PELE 4 na Rua é 8 • Jacareí / SP 21h | CET – Centro de Estudos Teatrais Drama alternativo / 75min / 12 anos

O espetáculo mostra o anseio de crianças apartadas de seus familiares, que procuram entender e conhecer suas histórias e identidades a partir do encontro da trajetória de quatro crianças internas do Preventório.


05.set

O PONTO ALTO DA FESTA Barracão Teatro • Campinas / SP 10h | Pça. Afonso Pena 16h | SESC Espetáculo de Rua / 70min / Livre

Duas festas vão acontecer no mesmo dia no bairro Jardim Ponto Alto: a tradicional ‘Festa de Todos os Cantos’, comemorada há anos por Tienô, e a festa de inauguração da praça da excêntrica milionária Adelaide do Rego Penteado. Dois malandros da vizinhança criam confusões com os moradores para evitar que Tienô festeje, para que possa aproximar dos ricos convidados de Adelaide.

BEM DO SEU TAMANHO (SESI) Núcleo Caboclinhas • São Paulo / SP 16h | Teatro do SESI Infantil / 50 min / Livre

Pequena demais para escutar a conversa de adultos ou bem grandinha para chegar em casa com a roupa toda suja? Afinal, qual seria o verdadeiro tamanho de Helena? A partir dessas situações, a menina começa a questionar a sua estatura e a grandeza das coisas. Para tirar a dúvida, ela sai pelo mundo com Bolão, seu boi feito do mamoeiro de sua casa e encontra amigos que ora vão ajudá-la, ora irão confundi-la mais ainda. FICHA TÉCNICA Autor: Evill Rebouças em adaptação da obra de Ana Maria Machado | Diretor: Edu Silva | Elenco: Aline Anfilo, Geni Cavalcante, Giuliana Cerchiari e Luciana Silveira

MÃOS À OBRA

A IGREJA DO DIABO (PROAC)

La Cascata Cia Cômica São José dos Campos / SP 15h | Arena do Parque da Cidade

Cia Teatral Boccaccione Ribeirão Preto / SP 22h | Cine Santana

Espetáculo de Rua / 60min / Livre

Comédia musical / 60min / 18 anos

Os palhaços Mané e Zacarias são dois pedreiros que, em meio a confusões, disputas e trapalhadas, construirão o mais novo condomínio: O Garden Golden Towers Boulevard Shopping Business & Residence.

Baseado no conto de Machado de Assis, a peça conta a história do Diabo que, cansado de ficar com a sobra das diferentes manifestações de fé, ele tem a ideia de fundar uma igreja e organizar seu rebanho, que idolatra os defeitos humanos. Aos poucos, o tiro sai pela culatra, pois para cada maldade realizada, havia uma bondade praticada.

CONVIDADO

A MERDA (LA MERDA)

Cristian Ceresoli • São Paulo / SP 20h | SESC Drama / 60 min / 18 anos

Sentada em um pedestal circense, nua, sob os holofotes, arrebatada por seu fluxo de consciência, uma mulher, luta com obstinação, coragem e resistência, se manifestando com sua voz amplificada por um microfone, em sua bulímica e revoltada confidência pública, para abrir seu próprio espaço como celebridade. FICHA TÉCNICA Dirigido e interpretado por Christiane Tricerri. Baseado em criação original de Silvia Gallerano e Cristian Ceresoli. Apresentado em acordo com Frida Kahlo Productions, Richard Jordan Productions e Produzioni Fuorivia em Associação com Summerhall.

Sessão Maldita

ATTIKOTTI (PROAC) Núcleo Hana • São Paulo / SP 23h59 • Centro de Estudos Teatrais (CET) Dança-Teatro / 50min / 16 anos

Espetáculo construído a partir do estudo de três solos do repertório “Anzuology – Atlas Anzu de Animais (The Crocodile Time, The Insect e o The Bird)”, da bailarina japonesa Anzu Furukawa. Neste processo criativo, estas obras constituem fontes de estudo e investigação sobre tempo, ritmo e estados no corpo.

7 | Festivale

CONVIDADO


06.set

DOM CHICOTE MULA MANCA E SEU FIEL ESCUDEIRO ZÉ CHUPANÇA Cia A Dita Cuja • Ribeirão Preto /SP 10h | Feira Livre do Jardim Colonial 16h | Arena do Parque da Cidade Espetáculo de Rua / 60min / Livre

A peça conta a história do recém-nomeado cavaleiro Dom Chicote que, por ordem do rei, parte em busca das ovelhas roubadas de seu amigo Zé Chupança em uma jornada repleta de perigos imaginários e conspirações reais. Da dualidade entre o antigo e o moderno, nasce o espetáculo que encontra-se com o movimento steampunk e propõe na sua estética a criação de um outro tempo e um outro lugar.

EU TE AMO, MEU BRASIL (PROAC / O. C. ALTINO BONDENSAN)

Grupo Teatralha & Cia São Paulo / SP 14h | Teatro da UNIVAP Musical Infantojuvenil / 65 minutos / Livre

O espetáculo conta a história de uma família de classe média durante as transformações do país a partir da década de 1960. Tuco relembra como foi a sua adolescência em meio aos fatos históricos que afetaram todos ao seu redor. Passando pela inauguração de Brasília, o golpe militar de 1964, a anistia, o movimento pelas Diretas Já, a eleição de Tancredo Neves, a Era Collor e por outros acontecimentos que mostram como chegamos até aqui.

HOJE TEM ESPETÁCULO! Rosa dos Ventos • Presidente Prudente/SP 16h30 | SESC Circo / 50min / Livre

“Hoje tem Espetáculo!” é um trabalho criado a partir dos clássicos de palhaço, números, entradas e piadas que são vistas no circo há pelo menos uns 200 anos. A peça tem palhaços verborrágicos, verdadeiros nas relações, improvisadores e convocadores da participação popular, impressa nesta montagem dando cara própria ao clássico.

CONVIDADOS

BEM DO SEU TAMANHO (SESI)

A MERDA (LA MERDA)

Núcleo Caboclinhas • São Paulo / SP 16h | Teatro do SESI

Cristian Ceresoli • São Paulo / SP 19h | SESC

Infantil / 50 min / Livre

Drama / 60 min / 18 anos

CONVIDADO

CLAKE (MOSAICO NA ESTRADA)

Circo Amarillo • São Paulo / SP 20h | Pça Matriz de Santana (Praça Monsenhor Luiz Gonzaga Alves Cavalheiro) Clown / 60 min / Livre

8 | O Teatro e a Cidade

Espetáculo cômico da dupla Marcelo Lujan e Pablo Nordio como palhaços musicais, com sequências de piadas clássicas são combinadas com a linguagem contemporânea da dupla e resultam em um espetáculo de palhaçaria física e musical.


07.set

JUQUERY: MEMÓRIAS DE QUASE VIDAS Teatro Girandolá • Francisco Morato/SP 21h | CET (Centro de Estudos Teatrais) Épico dramático / 90 min / 16 anos

Histórias esquecidas atrás dos muros do Hospital Psiquiátrico do Juquery, que há mais de 100 anos separa a loucura considerada doentia, da loucura cotidiana e aceitável pela sociedade. Elas se contrapõem a tantas outras historias, que estão todos os dias diante dos nossos olhos e que já nos passam despercebidas.

ACONTECEU NO BRASIL ENQUANTO O ÔNIBUS NÃO VEM Arte da Comédia • Curitiba / PR 11h | Pça. Afonso Pena 15h | Arena do Parque da Cidade Comédia / 55 min / 12 anos

Em um lugar perdido deste país moram Dona Josefina e as duas filhas que lhe restaram. Um grupo de forasteiros chega nesse lugar perdido e fica aos cuidados das duas filhas até que passe o próximo ônibus.

SABE QUEM DANÇOU? Troupe Independente de Teatro • São José dos Campos / SP 21h | CET (Centro de Estudos Teatrais) Drama / 70 min / 16 anos

Um homem ampara em sua casa meninos que vivem na marginalidade, trabalham roubando e passando objetos, para que assim, possam receber e sobreviver. Seco, direto e ágil, o texto discute temas sensíveis e humanos.

VELHUS CAUSUS Círculo de TREs • São José dos Campos/SP 23h | Teatro da Rua Eliza Teatro Lírico / 60min / 12 anos

A peça inspirada no “Livro do Desassossego” e em outras obras de Fernando Pessoa mostra personagens atormentadas pela impossibilidade do amor e as crises do grupo que apresenta essas histórias, combinando elementos narrativos e poéticos para expressar a piada de humor negro que é a vida.

MÁQUINA DE DAR CERTO Companhia Bruta de Arte São Paulo / SP 19h | Cine Santana Drama / 70 min / 10 anos

Pessoas trancadas em um cômodo são submetidas a uma serie de estímulos sonoros e visuais para a espetacularização do condicionamento humano. Como nos experimentos de Frederic Skinner, elas são constantemente testadas e tem que executar as tarefas e coreografias determinadas por um comando cuja identidade é desconhecida.

Cia. Cultural Velhus Novatus São José dos Campos / SP 20h30 | Ponto de Cultura Velhus Novatus Drama / 70 min / 10 anos

Enquanto aguarda o retorno de Dona Lurdinha, que esteve muito doente no hospital, Sabino reúne os amigos e prepara uma festa para recebê-la. Durante o tempo que antecede a chegada de sua mulher, Sabino e os amigos vão relembrando velhas histórias assombradas e velhos causos caipiras.

HOJE TEM ESPETÁCULO! Rosa dos Ventos • Presidente Prudente/SP 16h | Pça. Cônego Manzi – SFXavier Circo / 50min / Livre

9 | Festivale

PESSOALIDADES


08.set

O MISTERIOSO RAPTO DE MAROQUINHAS FRU-FRU

FILHOTE DE CRUZ CREDO (PROAC)

Teatro Iluminado São José dos Campos/ SP 09h e 14h | Biblioteca Pública Cassiano Ricardo

Cia. O Grito São Paulo / SP 10h e 14h | Cine Santana

Infantil / 40 min / Livre

Fabrito é chamado por muitos de “o menino mais feio do mundo”. Ele é filho de uma mulher gigante que vive presa dentro de sua casa. A história se passa em um local imaginário, numa cidade cercada por um rio que esconde mistérios. Lá, nenhuma criança tem coragem de chegar perto por causa das histórias inventadas.

“O Misterioso Rapto de Maroquinhas Fru-Fru” é uma adaptação da obra de Maria Clara Machado para o Teatro de Bonecos. A história se passa na praça de uma cidadezinha em uma casa com janela e balcão florido, onde mora a bela donzela Maroquinhas Fru-Fru, que é surpreendida por um terrível ladrão.

Infantil / 60 min / Livre

NA BEIRADA DO RIO Cia Teatral Las Cênicas São José dos Campos / SP 14h | Casa de Cultura Tim Lopes Infantil / 40min / Livre

O espetáculo permeia o Rio Paraíba do Sul, grande fonte do Vale e nascente abundante de histórias populares. Fauna e Flora são duas itinerantes que chegam na beirada do rio carregando na bagagem muitos contos e cantos. Elas se apresentam num anseio de contar casos e causos, despertando um diálogo com o publico infantil partindo do folclore popular do Vale do Paraíba e usando do imaginário comum caipira.

MÃOS À OBRA La Cascata Cia Cômica • São José dos Campos / SP 10h | CC Eugênia da Silva Espetáculo de Rua / 60min / Livre

FLAUTISTA DE HAMELIN Cia Culturallis • São José dos Campos/SP 14h | Teatro Dailor Varela

10 | O Teatro e a Cidade

Comédia / 45 min / Livre

Um livro gigante ganha vida e se torna o cenário desta peça, adaptada a partir do conto dos irmãos Grimm. Por meio de suas páginas, são apresentados os habitantes e governantes de Hamelin, uma cidade invadida por ratos de todas as espécies. Com muito humor, a peça leva as pessoas a refletirem sobre as conseqüências de suas ações.

O INCRÍVEL HOMEM PELO AVESSO Contadores de Mentira Suzano / SP 21h | CET (Centro de Estudos Teatrais) Drama / 150 min / 12 anos

O espetáculo traz a história do massacre de Canudos, em que mais de 25 mil pessoas foram mortas, na tentativa de construção de uma nova realidade sertaneja conduzida por Antonio Conselheiro.


09.set

ÉDIPO REI

MENINO DEUS DIONÍSIO

Grupo LaminiCAC São José dos Campos / SP 08.09 - 19h | Teatro Univap 09.09 - 10h | Casa de Cultura Tim Lopes

Cia. O Grito • São Paulo / SP 10h e 14h | Cine Santana

Tragédia / 60 min / 12 anos

Édipo é condenado, antes mesmo de nascer, a ser parricida e incestuoso, crimes que aterrorizam os gregos na Antiguidade. Com essa sina e sem conhecer sua verdadeira origem, Édipo abandona seus pais adotivos e tenta se afastar do que é profetizado.

(PROAC)

Infantil / 60 min / Livre

O menino Toninho está há pouco tempo na cidade grande. Ele vem de uma pequena cidade no interior do Maranhão e chega trazendo muitas histórias e tradições do seu povo. Seus costumes, que a principio parecem tão estranhos, revelam-se bem próximos da realidade urbana. Aos poucos, Toninho consegue com que todos se aproximem dele e de sua saga.

AS ARTES E MALASARTES OU A VIAGEM FINAL DE PEDRO MALASARTES Núcleo Janela Mágica São José dos Campos / SP 19h | Praça 1º de Maio (Novo Horizonte) Comédia / 60min / Livre

Pedro Malasartes resolve conhecer o outro lado da vida e parte para uma viagem ao além. Chega numa encruzilhada onde Deus e o Diabo tentam empurrá-lo um ao outro, pois nenhum dos dois quer ficar com ele de tanto que Pedro já aprontou com as entidades.

CONVIDADO

Sessão Maldita

Cia do Trailler - Teatro em Movimento/ Núcleo da Cooperativa Paulista de Teatro • São José dos Campos / SP 08 e 09.09 - 23h59 | Ponto de Encontro: Oficinas Culturais Altino Bondesan Áudio-tour / 120min / 16 anos • Limite de 30 pessoas

É um rito cênico que investiga o deslocamento e novas sensações no público: mixando performance, dança, filosofia, teatro, arquitetura e cinema. Uma aventura sensorial realizada através de gravações audíveis por fones de ouvido. Uma experiência que visa criar uma reflexão sobre a potência de existir a partir do pensamento de F. Nietzsche

POESIA SOB O SOL

Coletivo Poesia sob o Sol • São José dos Campos / SP 12h | Pça. João Mendes (Pça do Sapo)

Intervenção urbana/ 60min / Livre

Intervenção poética itinerante no qual atores e poetas caminham pelas ruas da cidade com guarda-sóis coloridos oferecendo poemas de diferentes temas e autorias.

NA BEIRADA DO RIO Cia Teatral Las Cênicas • São José dos Campos / SP 14h | Teatro Dailor Varela Infantil / 40min / Livre

EU, CÃO, EU (O. C. ALTINO BONDENSAN) Com Hugo Possolo • São Paulo / SP 21h | Oficina Cultural Altino Bondesan Drama / 60min / 14 anos

A história relata um dia qualquer do cotidiano de um homem, até então, comum, que está insatisfeito com sua vida e passa a admirar um vira-lata e sua liberdade de andar tranquilamente pelas ruas da cidade. FICHA TÉCNICA Texto e atuação: Hugo Possolo | Direção: Rodolfo García Vázquez | Cenografia, trilha sonora e iluminação: Rodolfo García Vázquez | Programação visual: Werner Schulz | Fotos, vídeos e comunicação: Zeca Rodrigues | Produção Executiva: Erika Horn | Coordenação de Produção: Hugo Possolo e Raul Barretto |Uma parceria Satyros e Parlapatões Produção: Parlapatões / Agentemesmo Produções Artísticas

11 | Festivale

DELIRIUM AUDIO-TOUR: UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES (PROAC)


10.set CONVIDADO

ASSOMBRAÇÕES

RETALHOS POPULARES

Montanha Encantada/Roberval Rodolfo São José dos Campos / SP 10h • Escola do Taquari

Palhaça Carmela • Ilhabela / SP 19h | Casa de Cultura Chico Triste

Teatro Narrativo / 45 min / Livre

Inspirado na gestualidade de manifestações folclóricas sergipanas, o espetáculo é um mergulho sensível e delicado em um mundo mágico, povoado de cortinas de arco-íris de fitas de cetim, chuvas de bolhas de sabão e nuances douradas de uma palhaça atrapalhada.

A peça é resultado do encontro de possibilidades e potências cênicas de duas pesquisas de importantes elementos do patrimônio imaterial da cultura popular caipira: A História de Assombração e a figura mítica do Marombo.

Comédia Lîrica/ 50 min / Livre

FICÇÕES (SESC) Cia. Hiato • São Paulo / SP 21h | Centro de Estudos Teatrais Drama / 120 min / 16 anos

“Ficção” é um evento teatral composto por cinco espetáculos independentes (porém complementares e ressonantes) que mostram-se como resultado parcial das investigações da Cia. Hiato e primeira etapa do processo de criação de um espetáculo futuro: “Duas Ficções”. Todos os solos têm direção e dramaturgia de Leonardo Moreira, a partir dos relatos e projetos autorais dos atores da Cia. Hiato. O 30º Festivale recebe dois monólogos dessa série:

FICÇÃO # THIAGO [CAMPOS] AMARAL PÁGINA 469

MISANTHROFREAK

Grupo Teatral Engasga Gato Ribeirão Preto / SP 11h | Praça Afonso Pena

Tragicomédia / 57 min / 12 anos

Espetáculo de Rua / 45min / Livre

Getúlio é funcionário público. Um dia, cansado de copiar letra por letra e vírgula por vírgula, sentado numa salinha fria com ar condicionado, rompe com a realidade que o cerca e vai morar na rua.

12 | O Teatro e a Cidade

Sessão Maldita

DELIRIUM AUDIO-TOUR: UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES (PROAC)

Grupo Desvio • Brasília / DF 19h | Teatro do SESI Misanthrofreak é um espetáculo teatral do grupo Desvio, que aborda o fracasso, o erro e a dificuldade de tomar decisões de forma poética e lúdica. Um solo “performático-popclown-multimídia”, que transita entre os espaços cênico e o cinematográfico, por meio da interação com tecnologias que permitem a manipulação da cena pelo próprio ator.

Cia do Trailler - Teatro em Movimento/ Núcleo da Cooperativa Paulista de Teatro • São José dos Campos / SP 23h59 | Ponto de Encontro: Oficinas Culturais Altino Bondesan Áudio-tour / 120min / 16 anos • Limite de 30 peassoas

Thiago Amaral propõe a criação de uma ficção como pré texto para reatar laços com seu pai, após alguns anos sem qualquer contato. Ao executar o projeto criativo de seu pai – “A Extinção dos Coelhos Selvagens” – Thiago expõe as motivações de uma criação artística e compartilha com a plateia um momento de extrema relevância pessoal mediado pela ficção Com Thiago Amaral Colaboração de Dílson do Amaral

FICÇÃO #MARIA AMÉLIA [BETHOVEM] FARAH Maria Amélia Farah relata a transição de filha para mãe, fundindo a experiência da maternidade com a experiência criativa. Ao relatar sua biografia e o contexto cultural que a formou (sua ascendência árabe) e suas tentativas de matar a própria mãe, a atriz retoma uma vida abandonada. Com Maria Amélia Farah


11.set

CONVIDADO

MARESIAS (SESI)

VIGÍLIA (PROAC)

Cia. Fios de Sombra • Campinas / SP 9h30 | Teatro do SESI

Tetembua Dandara/Cássio Pires São Paulo / SP 18h | Centro de Estudos Teatrais (CET)

Infantil / 40 min / Livre

Toda criança que vai à praia cria mil formas na areia. Adultos viram crianças quando deixam a imaginação fluir juntando terra e água numa massa que permite imagens das mais variadas. “Maresias” é um pouco dessa brincadeira. Uma fantástica história de amor entre criaturas que sonham entre si. FICHA TÉCNICA: Dramaturgia e direção: Rafael Curci • Ator manipulador: Lucas Rodrigues • Assistente de direção: Paloma Barreto • Cenografia e construção dos objetos: Rafael Curci

OS SAPATOS QUE DEIXEI PELO CAMINHO Teatro do Kaos • Cubatão / SP 21h | Cine Santana

Performance / 12h / Livre

Drama / 60 min / 16 anos

Com 12 horas de duração, a peça conta a história de um insone que não dorme há anos por um instante sequer. Ansioso por voltar a dormir, ora observando a cidade da janela de seu apartamento, ora perdendo-se por suas ruas e avenidas, ele se entrega a todas tentativas que lhe ocorrem: toma remédios, procura por médicos e psicólogos, aborda estranhos e arrisca-se a experiências de extenuação a fim de voltar a dormir. É esse o ponto de partida da peça, encenada por André Capuano, Carlos Canhameiro e Daniel Gonzalez.

As aventuras e desventuras de Poim, personagem nascido no povoado de Sabiá, município de Oeiras, no Piauí. A dramaturgia criada em processo colaborativo, pontua a trajetória do menino em seus laços de família afrouxados pela morte do pai, seguido da migração da mãe do nordeste para o sudeste.

ASSOMBRAÇÕES Montanha Encantada • SJCampos / SP 10h • Casa de Cultura Johann Gutlich Teatro Narrativo / 45 min / Livre

RETALHOS POPULARES Palhaça Carmela • Ilhabela / SP 11h | Pça. Afonso Pena Comédia / 50 min / Livre

FLAUTISTA DE HAMELIN

Cia Culturallis • São José dos Campos/SP 14h • Casa de Cultura Eugênia da Silva Comédia / 45 min / Livre

PESSOALIDADES

Círculo de TREs • São José dos Campos/SP 19h | Teatro Dailor Varela

Grupo Quatroloscinco – Teatro do Comum • Belo Horizonte / MG 19h | Teatro do SESI Drama Cômico / 45 min. / 12 anos

Um homem não consegue embarcar por causa do medo do seu avião cair e para provar que esse medo tem fundamento, ele encena diversas situações e historias. “Get Out!” é uma critica as imagens comuns que ditam nossos pensamentos em sociedade. Com um jogo aberto e uma atuação que aproxima público, Assis Benevenuto cria um arco dramático que vai da comédia ao drama.

A NAU DOS DESTERRADOS Cia de 2 • São José dos Campos / SP 23h | Centro Cultural Clemente Gomes Comédia / 60 min / 16 anos

Três piratas desterrados à deriva em alto mar, um espanhol, um mouro e um hindu. Após muito tempo perdidos e lançados à própria sorte, eis que chegam ao novo mundo: “A Terra do Cabral”. A partir deste momento recordam suas histórias e desventuras vividas durante a invasão pirata do Rio de Janeiro em 1711.

Teatro Lírico / 60min / 12 anos

Sessão Maldita:

DELIRIUM AUDIO-TOUR: UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES (PROAC)

Cia do Trailler - Teatro em Movimento/ Núcleo da Cooperativa Paulista de Teatro 23h59 | Ponto de Encontro: Oficinas Culturais Altino Bondesan Performance / 120min / 16 anos • Limite de 30 pessoas

13 | Festivale

GET OUT!


12.set CONVIDADO

APORIA 23ºS 46ºO”

BORANDÁ (SESI)

Escola Livre de Teatro - Formação 16 • Santo André / SP 18h | Teatro Dailor Varela

Fraternal Cia. de Arte e Malas-Artes São Paulo / SP 20h | Teatro do SESI

Ópera Rock / 75 min / 14 anos

14 | O Teatro e a Cidade

CONVIDADO

Comédia Épica Narrativa / 100 min / 12 anos

O espetáculo trata de figuras que vivem em um teatro em reforma. Elas desenvolveram seus próprios rituais de trabalho, diversão e burocracia. Em meio a uma organização absurda, eles recebem a visita do encarregado de vistoria de reforma. É através do seu olhar que o espectador é convidado a conhecer melhor o modo peculiar em que vivem estes personagens.

O espetáculo celebra e reflete o grande movimento de massas humanas que tomou o Brasil na última metade do século XX. No palco, quatro saltimbancos se revezam para contar a saga de três migrantes que vivem na capital de São Paulo: Tião, Galatéa e Maria Déia. Construída a partir de elementos do teatro narrativo, Borandá compõe um painel épico do retirante em três diferentes histórias.

FICHA TÉCNICA: Direção geral: Vinicius Torres Machado • Direção cênica: Thiago Antunes e Vinicius Torres Machado • Direção musical: Gregory Slivar •Dramaturgia: Marina Tranjan, Thiago Antunes e Vinicius Torres Machado • Direção de arte e cenografia: Eliseu Weide • Assistência de direção: Pedro Stempniewski • Elenco: Adriano Milan, Ailton Barros, André Cantuário, Andressa Ferreira, Antonio Salles, Ayiosha Avellar, Filipe Santos, Giuliana Lavorato, Julio Lorosh, Kako Arancibia, Karen Lenz, Laís Loesch, Linn Santos, Michael Souza, Renata Santos, Thiago Felix, Vinícius Vilas Boas, Wesley Salatiel • Assistência de produção: Vanessa Lemes

FICHA TÉCNICA: Autoria: Luís Alberto de Abreu Direção: Ednaldo Freire Elenco: Mirtes Nogueira, Aiman Hammoud, Carlos Mira e Fábio Takeo Preparação corporal: Julião Figurino: Luiz Augusto dos Santos Trilha sonora: Kalau Operação de som: Gabriel Kavanji Operação de luz: Marco Vasconcellos Assistência de cenotecnia: Edson Freire


HAMLET FUTEBOL CLUBE

MEMÓRIAS DE SANT’ANNA

CABEÇA DE PAPELÃO

Teatro do Kaos • Cubatão / SP 11h e 15h | Praça Afonso Pena

Cia Cultural Velhus Novatus São José dos Campos / SP 19h | Capela São Judas Tadeu (Av. Ubiratã Mendes, 111, Buquirinha II)

Cia da Revista São Paulo / SP 22h | Centro de Estudos Teatrais

Comédia Dramática / 70 min / Livre

Teatro de Revista / 60 min / 16 anos

Cinco elementos: o rio, a religiosidade, a festividade, a fábrica e o ofício, norteiam a trama que, configurada no espaço do encontro revela no tradicional bairro de Santana a singularidade desse lugar. O espetáculo apresenta canções e histórias de moradores locais pautadas pela memória desse lugar e pela pesquisa do grupo, que celebra seus 20 anos nessa ação.

O espetáculo narra, por meio de quadros revisteiros, a história de Antenor que, por dizer a verdade verdadeira – não a verdade útil – não é aceito em nenhum dos circuitos sociais do País do Sol, local onde vive. Cansado de não se adequar, Antenor decide deixar sua cabeça para conserto no relojoeiro. A peça foi inspirada no conto “O Homem da Cabeça de Papelão” do escritor João do Rio.

MUITO MAIS VIDA SEVERINA

DECAMERON

Cia Quase Cinema • Taubaté / SP 20h | Praça Matriz de Santana (Praça Monsenhor Luiz Gonzaga Alves Cavalheiro)

Filhos da Imundície Campinas / SP 23h | Centro Cultural Clemente Gomes

BRINCA BRASIL

Teatro de Sombras de Rua / 40 min / Livre

Comédia / 55 min / 14 anos

Cia. Cultural Bola de Meia São José dos Campos 20h | Ponto de Cultura Bola de Meia

Inspirada na obra “Morte e Vida Severina”, de João Cabral de Melo Neto, cuja narrativa versa sobre o homem do campo, que parte em busca de uma vida melhor na cidade e se transforma ao habitar o espaço urbano. Aqui, as sombras remetem ao primitivo, às memórias da infância e fazem emergir lembranças de momentos bucólicos.

Inspirado na obra medieval de Boccacio, criaturas imundas tentam inutilmente fugir da morte, narrando histórias de personagens que seguem seus impulsos e desejos mais imediatos, sem calcular qualquer tipo de consequência. A partir da subversão e do grotesco, bufões moribundos colocam em xeque o ridículo e os tabus do ser humano, provocando a reflexão pelo risco.

Drama / 70 min / Livre

Inspirado no clássico de William Shakespeare, Hamlet tenta descobrir a verdadeira história sobre a morte de seu pai no meio de um jogo de futebol. O espetáculo lança mão da personagem Ofélia e da encenação futebolística para colocar em discussão as diversas formas de machismo inerentes na sociedade contemporânea. Os conflitos são muitos, mas o futebol não pode parar nunca!

POESIA SOB O SOL

(PROAC / O. C. Altino Bondesan)

Coletivo Poesia sob o Sol • São José dos Campos / SP 11h | Feira Livre do Galo Branco

Infantil / 50 min / Livre

Uma verdadeira viagem pela diversidade cultural brasileira, tradições, estilos musicais e a memória de um povo brincante.

15 | Festivale

Intervenção Urbana / 60min / Livre


13.set

FICHA TÉCNICA: Atuação: Antonio Salvador e Eduardo Okamoto (ator convidado) Encenação: Maria Thaís Dramaturgia: Luis Alberto de Abreu Cenografia e figurino: Márcio Medina Iluminação: Davi de Brito Direção musical: Marlui Miranda Preparação de Butoh: Ana Chiesa Yokoyama Direção de produção: Daniele Sampaio

ENCERRAMENTO • ESPETÁCULO CONVIDADO RECUSA

Cia Teatro Balagan • São Paulo / SP 21h | Cine Santana Drama / 90 min / 12 anos

16 | O Teatro e a Cidade

O espetáculo é narrado e cantado por dois olhares e seus múltiplos: dois índios Piripkura; dois heróis ameríndios, Pud e Pudleré, criadores dos seres; um padre que foi engolido por uma onça que resolveu morar dentro de um lugar inesperado; um fazendeiro que matou um índio e o mesmo índio que o matou, por uma cantora que se perde na mata, por Macunaíma e seu irmão, os heróis dos Taurepang e outros tantos. “Recusa” mergulha na cosmovisão ameríndia, nas relações de encontro, estranhamento, trocas e negociações estabelecidas entre esses diversos seres, mundos e a cultura branca.

AS ARTES E MALASARTES OU A VIAGEM FINAL DE PEDRO MALASARTES

Núcleo Janela Mágica • São José dos Campos/SP 15h | Arena do Parque da Cidade Comédia / 60min / Livre

BORANDÁ Fraternal Cia. de Arte e Malas-Artes São Paulo/SP 19h | Teatro do SESI Comédia / 100 min / 12 anos


INTERPRETAÇÃO COM A CIA. HIATO

05/09 - 18h às 22h | 06/09 - 11h às 15h SESC São José dos Campos

A oficina ligada aos questionamentos dos atores em seus processos criativos é direcionada a atores e estudantes de teatro interessados no trabalho criativo do grupo. Ela abordará alguns procedimentos criativos utilizados pela Cia Hiato, em seus espetáculos (Cachorro Morto, Escuro, O Jardim, Ficção e 2 ficções), fornecendo instrumentos para que os participantes desenvolvam criações autorais.

TEATRO PARA PROFESSORES Centro Cultural Clemente Gomes 09/09 - 9h às 12h (1ª turma) e 15h às 18h (2ª turma)

Entre os objetivos deste trabalho está orientar o professor sobre as atividades que podem ser desenvolvidas a partir do enredo da peça, incentivando a criação e desenvolvimento de atividades, pesquisas, reflexões, debates. A atividade também amplia a visão dos professores em relação ao potencial das crianças.

EDUCADOR BRINCANTE, FELIZ ESTUDANTE (PROAC) 12/09 - 8h às 18h | Cia. Bola de Meia Voltado para educadores, artistas e demais interessados, este projeto premiado no Edital Proac SP 26/2014 Território das Artes – Secretaria da Cultura de São Paulo cumpre um papel fundamental de democratização do acesso aos bens culturais, com e para crianças, adolescentes, famílias, artistas e educadores. 8h | Introdução e Roda de acolhimento 8h30 | Cultura da Infância, Brinquedos e Brincadeiras 10h | Música e Saúde Vocal - “Eu canto, tu cantas” 11h30 | Almoço 13h | Jogos teatrais para Expressão e Comunicação 14h30 | Incentivo à Leitura, Narrativas e Contação de Histórias 16h15 | Corpo e Movimento 19h | Encerramento com Show Brinca Brasil, para os participantes, aberto às famílias e demais interessados.

fórum COMPARTILHAMENTO DE PROCESSO COM A CIA. DA REVISTA Centro Cultural Clemente Gomes 12/09 - 14h às 16h Para o público interessado na área, com idade mínima de 14 anos. A oficina se pauta a partir de uma pesquisa sobre a contemporaneidade do gênero Teatro de Revista, tema estudado pela companhia há 17 anos. A proposta da oficina é compartilhar esse processo de criação.

palestras DRAMATURGIA DE PAISAGEM Com Leonardo Moreira, diretor e dramaturgo da Cia. Hiato 06/09 - 14h | Auditório Elmano Ferreira Veloso (Sede FCCR)

O TEATRO E A CIDADE Sede da FCCR/Auditório Elmano Veloso O evento tem como objetivo pensar e debater o teatro de São José dos Campos, suas formas de produção, organização, fomento, fruição, formação e questões como memória, estéticas, além da relação que o Teatro estabelece com a cidade. O Fórum “O Teatro e a Cidade” tem caráter permanente, tendo início nesta 30ª edição do Festivale.

PROGRAMAÇÃO | MESAS Memória: como surge o Festivale nos anos 80? Dia 05/09 - 15h Provocadores: Claudio Mendel, André Freire, Diógenes Chiaradia Feliciano e Vitorio Faria. Mediadora: Jacqueline Baumgratz.

A Formação Teatral e os Festivais no Brasil 07/09 - 15h Provocadores: Alexandre Mate, Luiz Fernando Ramos, Kil Abreu, Cris Lozano. Mediador: Vinicius Torres Machado.

S​erão compartilhadas as metodologias de criação dos espetáculos da Companhia Hiato (Cachorro Morto / Escuro / O Jardim / Ficção / 2 Ficções)​, passando por textos teóricos, dramaturgias contemporâneas e roteiros audiovisuais que serviram de suporte dramático para o desenvolvimento da ideia de uma “dramaturgia de paisagem”.

Projetos de Formação nos anos 90: grupo Teatro da Cidade, Projeto Teatro na Comunidade, Reconstrução Teatral, Convivência Teatral e Ação Cultural Descentralizada (Projeto Arte nos Bairros)

festa

O Teatro Hoje: A Cena Independente

FESTAVALE - VISTA O SEU PERSONAGEM 12/09 - 22h | Centro Cultural Clemente Gomes Com a participação das bandas Homens de Melo, Taquara Rachada, Fuá Rabecado e do DJ Marcelo Denny, o público está convidado a participar da festa, vestindo um personagem, para brindar o encerramento do 30º Festivale. O projeto Artemóvel participará da Festavale com intervenções e exibição de curtas-metragens sobre teatro.

12/09 - 15h Provocadores: Atul Trivedi, Alcemir Palma, Carlos Rosa, Emanuel Araujo e Márcio Douglas. Mediador: Fernando Rodrigues.

Dia: 13/09 - 15h Provocadores: representantes dos espaços independentes CAC Walmor Chagas, Bola de Meia, Teatro da Rua Eliza, Teatro Dell’Arte, Teatro D’Aldeia e Velhus Novatus. Mediador: Cláudio Koca.

17 | Festivale

oficinas


história MEMÓRIA DO TEATRO JOSEENSE 03 a 13/09 | Centro Cultural Clemente Gomes Mostra de fotos, cartazes, troféus, matérias de jornais e documentos que sintetizam parte da trajetória de pessoas, grupos e companhias que pautam a história do teatro joseense.

FESTIVALE 30 ANOS 03 a 13/09 | Centro Cultural Clemente Gomes Exposição de banners e cartazes trazendo ao público a memória dos 30 anos do Festivale.

intervenção MÍMICO ANDARILHO Com Carlos Javkin São José dos Campos

No período do Festivale, o “Mímico Andarilho” percorre São José dos Campos com sua bicicleta, numa ação brincante junto ao público espontâneo nas ruas, praças, parque, feiras e teatros.

60 SEGUNDOS DE FESTIVALE

Cia. do Farol

a cena teatral independente No período do 30º Festivale, os espaços teatrais independentes de São José dos Campos marcam presença no Festivale, oferecendo diversas ações culturais e teatrais.

TEATRO D´ALDEIA Compartilhamento de pesquisa e abertura de processo com a Cia Contadores de Mentira (Suzano) 09/09 - 15h às 17h Aberto ao público. 30 vagas. Recorte de cenas e abertura de processo da nova montagem do Teatro d’Aldeia 10/09 - 18h às 20h. Aberto ao público. 50 vagas.

TEATRO DELL´ARTE Vivência com a Comédia dell’Arte Com o diretor Allex Cardozo e a atriz Larissa Sá 11/09 – 19h às 22h No encontro será exibido um documentário sobre a máscara no mundo e o seu uso. Também haverá uma exposição do processo da confecção da máscara em carta pesta e uma série de exercícios com a máscara neutra com os participantes. Aberto ao público. 20 vagas.

VELHUS NOVATUS Ponto de Cultura Velhus Novatus Bar Cultural (Ponto de Encontro) Sexta a domingo (exceto 12/09), a partir das 19h Sarau Velhus Novatus em Prosa e Cantoria 05/09, a partir das 19h

CENTRO DE ARTES CÊNICAS WALMOR CHAGAS Aula Aberta de Teatro 09/09 - 17h às 18h30

TEATRO DA RUA ELIZA Noite do Improviso 07/09 - 20h | Livre A noite do improviso é um dos eventos de maior sucesso do Teatro da Rua Eliza, uma noite em que a platéia que faz o espetáculo. Um apresentador propõe jogos teatrais variados e o palco é livre para quem quiser participar. Uma noite de interação, surpresas e diversão.

18 | O Teatro e a Cidade

BOLA DE MEIA Oficina para Educadores Educador Brincante, Feliz Estudante (Proac) 12/09 - 8h às 18h | Livre

endereços SEDE FUNDAÇÃO CULTURAL CASSIANO RICARDO (FCCR)

Anfiteatro do Parque da Cidade • Centro Cultural Clemente Gomes • Centro de Estudos Teatrais (CET) Av. Olivo Gomes, 100 - Parque da Cidade Roberto Burle Marx - Santana

CASAS DE CULTURA

Cine Santana Av. Rui Barbosa, 2005 - Santana Chico Triste Rua Milton Cruz, s/n° - Vila Tesouro Eugênia da Silva Rua dos Carteiros, 110 - Novo Horizonte Flávio Craveiro (Teatro Dailor Varela) Av. Lênin, 200 - Dom Pedro I Júlio Neme Pça Conêgo Manzi, s/nº - São Francisco Xavier Johann Gütlich Rua Elíseo Galdino Sobrinho, 10 - Jd. Morumbi Tim Lopes Av. Ouro Fino, 2520 - Bosque dos Eucaliptos Rancho do Tropeiro Ernesto Villela Rua Ambrósio Molina, 184 - Eugenio de Melo

OUTROS ESPAÇOS

Biblioteca Pública Cassiano Ricardo Rua Quinze de Novembro, 99 - Centro Oficina Cultural Altino Bondesan Av. Olivo Gomes, 100 - Pq. da Cidade - Santana SESC Av. Dr. Ademar de Barros, 999 - Vila Adyana Teatro do SESI Av. Cidade Jardim, 4389 - Bosque dos Eucaliptos Teatro da Univap Praça Cândido Dias Castejón, 116 - Centro Teatro D´Aldeia Av. Lisboa, 85 - Jd. Portugal Teatro Dell´Arte Rua Estônia 317 - Vila Letônia Velhus Novatus Rua Olivo Gomes, 320 - Santana Centro de Artes Cênicas Walmor Chagas Rua Netuno, 41 - Jd. da Granja Teatro da Rua Eliza Rua Elisa Costa Santos, 154 - Jd. São Dimas Bola de Meia Rua Porto Príncipe, 40 - Vila Rubi


DE

TE A CI AT DA RO E

O

CURADORIA / COMISSÃO ORGANIZADORA

Wangy Alves (coordenador) André Ravasco João Fernandes Roberval Rodolfo

JÚRI DE SELEÇÃO

Calixto de Inhamuns Marcelo Denny Roberto Rosa

CRÍTICOS

Alexandre Mate Luiz Fernando Ramos Kil Abreu

MEDIADORES

Fernando Rodrigues Vinicius Torres Machado


02 a13 set.2015

informações (12) 3924.7357 • www.fccr.sp.gov.br

entrada franca

Universidade do Vale do Paraíba

Parcerias:

Realização:


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.