Issuu on Google+

NATURAL DA TERRA | ANO III - Nº 9

É massa! Receitas fáceis e com molhos saborosos

Viagem NATURAL DA TERRA

As belezas do Rio de Janeiro

| ANO III - Nº 9

Veja por que nossa peixaria é nota 10


Para o Natural da Terra, requinte mesmo ĂŠ oferecer a vocĂŞ a estrutura, o conforto, a qualidade e naturalidade de suas frutas e alimentos que sĂł um grande hortifruti pode oferecer.


é uma publicação do Natural da Terra Diretor Administrativo - Florisvaldo Ruiz Gerente de Marketing - Fabiana Marin Assistente de Marketing - Adriana Naomi Takeuti

Natural da Terra – Alto da Boa Vista Avenida Santo Amaro, 6618, tel. 5188-8108

Natural da Terra – Brooklin Avenida Santo Amaro, 3493, tel. 5531-0166

Natural da Terra - Moema Al. dos Nhambiquaras, 1856, tel. 5042-3005

Natural da Terra – Higienópolis Rua Rosa e Silva, 211, tel. 3824-0596

Natural da Terra – Itaim Rua João Cachoeira, 1351, tel. 3845-7747

www.naturaldaterra.com.br

Diretora Responsável - Mariella Lazaretti Diretor Executivo - Georges Schnyder Rua Andrade Fernandes, 283 - CEP 05421-010 - São Paulo-SP Tel/Fax.: (11) 3023-5509 - E-mail: 4capas@4capas.com.br Projeto Editorial - 4 Capas Editora R E D A Ç Ã O Diretor de Redação - Ricardo Castilho Projeto Gráfico - Fábio Santos Arte - Eduardo Galdieri, Lara Habib Editora - Letícia Rocha Reporter - Horst Kissmann Colaboraram nesta edição: Texto - Ana Claudia Marigliani, Iva Oliveira e Reginaldo Melo Paulo Roberto Pompêo (revisão) Foto - António Rodrigues, Guilherme Andrade, Paulo Mercadante, Rogério Voltan e Tadeu Brunelli PRODUÇÃO Cristina Esquilante PUBLICIDADE marketing@naturaldaterra.com.br Jornalista Responsável - Ricardo Castilho PRODUÇÃO GRÁFICA Doron Central e Compras Gráficas IMPRESSÃO PLURAL EDITORA GRÁFICA Av. Marco Penteado Ulhôa Rodrigues, 700 - CEP 06500-000 Tamboré - Santana do Paraíba - SP / Tel.: (11) 4152-9446 As pessoas não listadas no expediente não estão autorizadas a falar em nome da revista ou a retirar qualquer tipo de material sem prévia autorização emitida pela redação ou pelo departamento de marketing do Natural da Terra.

carta ao leitor |

!ÚFESTAÚDAÚ

0•3#/! O almoço de Páscoa cristão é uma das datas mais celebradas do ano. As famílias reunidas celebram a ressurreição de Jesus e renovam-se os votos de paz e amizade. Para tornar essa festa ainda mais completa as lojas do Natural da Terra estão recheadas com produtos da mais alta qualidade e que são presença obrigatória nessa mesa. Peixes, de mar ou de rio, sempre frescos, aliás, muito frescos, esperam por você em nossas peixarias. Os pescados chegam diariamente às nossas lojas e com variedade para agradar a todos os gostos. Destaques também para as reportagens de aspargo — fomos até o Chile ver de perto como é plantada e colhida essa maravilha —, da pêra Williams e da maçã Gala, frutas deliciosas que não podem faltar no seu dia-a-dia. E se você gosta de água-de-coco, corra para ver os drinques leves e refrescantes feitos com essa maravilhosa bebida da natureza. Este ano também marca a arrancada do Natural da Terra em ações de sustentabilidade. Em um momento em que as preocupações com o planeta são observadas em cada detalhe, nossas lojas mais uma vez vão adotar ações de vanguarda e assim contribuir de alguma maneira para a transformação da sociedade ao promover saúde, qualidade de vida e estimular boas práticas ambientais. Na próxima edição vamos detalhar todas as ações que estaremos adotando. Um abraço Fabiana Marin marketing@naturaldaterra.com.br


sumário

NATURAL DA TERRA

|

ANO III - Nº 9

10 | 6)$!Ú3!5$•6%, Pílulas de bem-estar

14 | (/24)&2®4)

O plantio de folhas verdes no interior paulista

20 | 02/$54/3Ú$!Ú%34!›—/

14

Aproveite a temporada de... 20 Pêra Williams ~ 24 Aspargo ~ 30 Maçã Gala

50

34 | 4%.4!›©%3

Novidades para equipar casa e cozinha

38 | 3%4/2

Os produtos frescos da nossa peixaria

48 | &!›!Ú35!Ú0!24% I Ações do mundo Natural da Terra

50 | #/:).(!Ú&•#), Receitas para dar água na boca

56 | 6)!'%-

O eterno brilho do Rio de Janeiro

62 | 0%2&),

A bela Bruna Lombardi está de volta ao Brasil

56 62


sumário 66

66 | %30/24%

88

O bê-á-bá para a prática do hipismo

72 | 3!®$%

O caminho para uma vida longa e feliz

78 | "%,%:!

As novidades contra a calvície

84 | $%3&254%Ú3—/Ú0!5,/ Cantinhos especiais da cidade

88 | $)#!3Ú$/Ú&2%'5ž3 O cliente conta sua 96história 90 | "%")$!3

Refresque-se com drinques com água-de-coco

96 | 02/$54/3

90

72

Para abastecer seu carrinho de compras

98 | #!24!3 A palavra do leitor

84

96


.542)›—/

vida saudĂĄvel

6/#žÚ3!")!Ú15% Para dar uma força na dieta, invista na pimenta. As vermelhinhas são consideradas termogênicos, ou seja, aceleram o metabolismo e promovem o aumento do gasto calórico de forma saudåvel. Para quem não gosta das ardidas, a dica Ê consumir produtos como linhaça, soja, vinagre de maçã e mostarda.

2!):Ú3!"/2/3! Para quem estå de dieta e precisa controlar a ingestão dos carboidratos, a mandioquinha Ê boa alternativa. É que a raiz, ao contrårio da batata e mandioca, não Ê tão calórica, alÊm de ser fonte de vitaminas do complexo B e minerais, como potåssio e ferro.

10


"%,%:!Ú 15%Ú6%-Ú $!Ú-%3! Não dá para deixar de lado os cosméticos, mas combiná-los com alguns alimentos “amigos da beleza” pode ser uma boa arma em busca do bem-estar. A castanha, rica em vitamina E, é indicada para quem sofre de varizes e vasinhos. Já as sementes de abóbora e girassol, ricas em cálcio, zinco e magnésio, são boas para unhas quebradiças. A rúcula é cheia de vitamina B12, ideal para lábios rachados. Os frutos do mar, que carregam generosas doses de zinco (encontrado em frutos do mar e carne vermelha) ou das vitaminas C e E, são perfeitos para a pele.

11

=0CDA0;30C4AA0 ~D E Z E M B R O

2 0 0 7

&254!Ú!2/-•4)#!

Para aliviar as tensões do dia-a-dia de forma natural, abuse das frutas e vegetais, ricos em vitaminas e minerais, têm ação tranqüilizante sobre o sistema nervoso. Os campeões quando se trata de diminuir a tensão são a acerola, rica em vitaminas C, que combate o estresse; a alface, que reduz a ansiedade; a banana, rica em potássio, que regula os impulsos nervosos e até o feijão Azuki, em forma de chá, tem efeito tranqüilizante.

Tangerina, mexerica, bergamota. Independentemente do nome, associado às várias regiões do país, a fruta é rica em vitamina A e C, quase todas do complexo B e fósforo. Além das propriedades e do sabor, sua cor e aroma inconfundíveis, são perfeitos para o toque final de um prato, seja doce ou salgado.

"%- %34!2

8¨Ú%342%33%


3!®$%

vida saudável

$50,!Ú $/Ú"%Você já ouviu falar em suchá? Pois essa união de suco de frutas e chá de ervas é dupla ideal para quem busca uma dieta de desintoxicação. As combinações são capazes de varrer as toxinas que sobram da digestão demorada – conseqüência da mistura excessiva de carboidratos, proteínas e gorduras. Abacaxi e cavalinha, maracujá e melissa são receitas infalíveis.

#/-)$).(!Ú $%Ú-%.).! Mulheres, hormônios e TPM. O trio, quase sempre explosivo, pode ser combatido com alimentação adequada. Além de soja e linhaça, já associados à saúde feminina, o jiló surge como grande aliado da mulherada. Amado ou odiado, o legume é rico em potássio, cálcio e vitaminas do complexo B, o que evita o cansaço, fortalece ossos e dentes e tem propriedades energéticas.

12


A cada refeição, um novo e surpreendente sabor.

Trazer para o seu dia-a-dia a parte mais gostosa da vida: esse é o nosso princípio. Na Rebela você encontra produtos selecionados, de alto padrão e qualidade superior. Azeitonas, uvas-passas, damasco, nozes, avelãs, amêndoas, especiarias, pescados, bacalhau e vinhos, entre muitos outros alimentos frescos e variados para estimular os sentidos e tornar sua vida muito mais gostosa.

Rebela. A melhor escolha para uma das melhores coisas da vida: comer bem.

Tel.: 11.3362.1380 rebela.vendas@terra.com.br www.rebela.com.br

REB002-08 anuncio institucional 205x275.indd 1

2/18/08 9:08:56 PM


Hortifruti Hortifrúti

6EGETAIS FRESQUINHOS Ú SABOROSOSÚEÚ CROCANTES

SAIBA O QUE ACONTECE ATÉ QUE OS VEGETAIS CHEGUEM ÀS PRATELEIRAS POR HORST KISSMANN, DE JACAREÍ (SP) FOTOS TADEU BRUNELLI

14


”

s vezes não nos damos conta de quanto é trabalhoso oferecer produtos sempre fresquinhos, recém-colhidos, que vão da horta para as prateleiras. Por incrível que pareça essa não é uma frase feita, como parece, mas é a realidade do dia-a-dia que acompanha Ricardo Lopes. “Aqui só colhemos as verduras depois que temos um pedido em mãos; normalmente logo cedo para serem entregues no mesmo dia na parte da tarde”, diz o diretor da Jacareí Agricultura, em Jundiaí (SP). Essa história de plantar vida para colher saúde já se estende por mais de 35 anos na família de Lopes, que conta atualmente com cinco propriedades no estado de São Paulo (Aracília, Igaratá, Jacareí, Jarinu e Santa Isabel); além de uma na cidade de Andradas, em Minas Gerais. Sete em cada dez caixas de hortaliças são de alface do tipo lisa e crespa, mas também saem de lá outras variedades de vegetais, tais como: acelga, agrião, alho-poró, almeirão, brócolis, cebolinha, chicória, coentro, couve-flor, couve-manteiga, erva-doce, espinafre, hortelã, manjericão, repolho, rúcula, salsa e salsão. Todos os produtos são colhidos manualmente e passam por um moderno centro de triagem e higienização que tem constantemente sua umidade e temperatura controlada.

15

NATURAL DA TERRA


Hortifruti A empresa inspeciona um a um, tendo suas folhas danificadas retiradas e, embora ao serem colhidos tenham suas raízes retiradas para evitar com que venham com terra, todos passam por um banho de água corrente filtrada e ionizada – mais saudável se comparada com a água tratada com cloro. Depois são acondicionados em uma embalagem especial e rastreável, que permite com que o ar circule e a água não se acumule. A proximidade das plantações com a capital (menos de 100 quilômetros) mantém suas características preservadas. “Depois de tantos cuidados durante o processo, podemos ter a certeza de que as folhas estarão crocantes, suculentas e saborosas na mesa de cada cliente”, complementa Lopes. Alguns produtos como a rúcula, o almeirão e o espinafre são sazonais, ou seja, se dão melhor em determinada época do ano. Para que não faltem nas prateleiras, a empresa conta com mais de 3 alqueires de estufas, o que garante a produção durante todas as épocas do ano, faça chuva ou faça sol. O cultivo dos alimentos hidropônicos também tem seu espaço garantido, já que além de serem mais uma solução à sazonalidade, contam com os benefícios de serem “plantados” diretamente na água, sem a presença de solo. O controle de qualidade e a confiança conquistada ao longo dos anos são hoje responsáveis pela incrível marca diária de cerca de 120 mil pés de alface, muitos destes entregues diariamente em cada uma das lojas do Natural da Terra, sempre frescas, crocantes e saborosas. J ACAREÍ A GRICULTURA

E

C OMÉRCIO L TDA .

Estrada Francisco Carvalho, 5, tel. (11) 4656-2799, Santa Isabel, SP; www.jacareiagricultura.com.br 16


Da esquerda para a direita: sistema de cultivo hidropônico, packing House garante a qualidade, estufas garantem a produção em qualquer época do ano e Ricardo Lopes, diretor da Jacareí Agricultura

17

NATURAL DA TERRA


Hortifrรบti SALADA DE FOLHAS VERDES COM SALMรƒO DEFUMADO 6PORร‡ร•ES

G UILHERME A NDRADE

\PรŽ^STaรกRd[P _รSTP[UPRTRaTb_Pa^gP \PรŽ^STT]Sร”eXPbUaXbรTb 250 g STbP[\รŠ^STUd\PS^ 6^\^bST [X\รŠ^bT\RPbRPTbT\ P_T[TQaP]RP $\[STPiTXcT BdR^ST [X\รŠ^ "R^[WTaTbb^_PSTeX]PVaTSTeX]W^ QaP]R^^dST\PรŽรŠ ?X\T]cPa^bPTbP[PV^bc^

Modo de preparo

<^[W^ST[PaP]YP 1.4\d\P_P]T[PUTaeP^bdR^ST [PaP]YPRaPe^2.4\bTVdXSPPSXRX^]T ^\T[T^P\XS^ST\X[W^\XbcdaTQT\ TSTXgTUTaeTa\PXbd\_^dR^*aTbTaeT TSTXgTTbUaXPa <^[W^STaรกRd[P 1.1PcPPaรกRd[PR^\^PiTXcT]^ [X`dXSXUXRPS^aATbTaeT <^]cPVT\ 1. 5^aaT^_aPc^R^\PbU^[WPbST P[UPRTTb_P[WTPRT]^daP]^RT]ca^ TR^[^`dTPaXR^cP_^aRX\P2.0^ aTS^aS^_aPc^T]caTPbU^[WPbST P[UPRTR^[^`dTP[Vd]bRP\PaรœTb T]caT[PรŽPS^bTT\RX\PSP aXR^cPR^[^`dT\PXb!RP\PaรœTb T]caT[PรŽPS^b3.4b_P[WT^bRdQ^bST PQPRPgXTST\P]VP\XbcdaPS^bT]caT PbU^[WPbSTP[UPRT4.3Xb_^]WP^ \^[W^ST[PaP]YPT]caTPbU^[WPbST P[UPRT^bRP\PaรœTbTd\_^dR^ST \^[W^_^aRX\PSPaXR^cP5.2dQaP^b RP\PaรœTbR^\^\^[W^STaรกRd[P6. 3TR^aTR^\^\P]YTaXRรŠ^a^g^R^acPS^ T\cXaX]WPb.

2P\PaรŠ^ 1.4\d\aTRX_XT]cTcT\_TaT^ RP\PaรŠ^R^\PiTXcTbP[T_X\T]cP

RECEITA DO CHEF GEORGES THEVOZ, S^2WTi6T^aVTbcT[' ""!% '&(

4 PORร‡ร•ES 400 g~STRP\PaรœTbR^iXS^bT STbRPbRPS^b $\[~STPiTXcTST^[XeP !U^[WPb_T`dT]Pb~STP[UPRT 100 g~STRT]^daPRadPT\Yd[XT]]T 400 g~STaXR^cPUaTbRPaTR^acPSPST U^a\PaTS^]SP 100 g~STPQPRPgXT\RdQX]W^b 100 g~ST\P]VPT\RdQX]W^b BP[T_X\T]cPS^aTX]^PV^bc^ <^[W^ST[PaP]YPRaPe^ !\[~STbdR^ST[PaP]YPRaPe^ $\[~ST\T[STT]VT]W^ 5 g~STP\XS^ST\X[W^ <^[W^STaรกRd[P 100 gSTaรกRd[P $\[~STPiTXcTST^[XeP 3TR^aPรŽรŠ^ 20 g~ST\P]YTaXRรŠ^a^g^

1.4\d\PbP[PSTXaPVaP]ST^dT\ _aPc^bX]SXeXSdPXb\XbcdaTPbU^[WPb [PePSPbT_^aRX\PSXbcaXQdPPbUPcXPb STbP[\รŠ^T^bV^\^bST[X\รŠ^2. 4\ d\PcXVT[P_T`dT]P\XbcdaT^PiTXcT R^\^bdR^ST[X\รŠ^^eX]PVaTT^bP[ 3. =^\^\T]c^STbTaeXacT\_TaT PbP[PSPTY^VdTd\_d]WPS^ST _X\T]cPa^bP RECEITA DA FOODSTYLIST FABIANA BADRA EID

A NTร“NIO R ODRIGUES

SALADA DE CAMARรƒO COM RICOTA FRESCA E MANJERICรƒO ROXO

Modo de preparo

18


Produtos da Estação

!ÚFRUTAÚDAÚ ARISTOCRACIAÚ 20


PAULO MERCADANTE

A DELICIOSA PĂ&#x160;RA Ă&#x2030; UMA DAS MAIS APRECIADAS FRUTAS NA MESA BRASILEIRA POR REGINALDO MELO

OriginĂĄria da Europa e da Ă sia, a pĂŞra ĂŠ uma fruta que conquista pelo sabor e pelo visual, graças a suas curvas carnudas e suculentas. No Brasil, os tipos mais plantados sĂŁo o Williams â&#x20AC;&#x201C; a mais saborosa e versĂĄtil â&#x20AC;&#x201C; e a Schmidt. Foi na Inglaterra no sĂŠculo 17 que surgiu a variedade Williams, mais precisamente Aldermaston, cidade localizada em Berkshire (noroeste de Londres). O nome Williams se deve a Williams Bartlett, que era o distribuidor da fruta no mercado americano. Variedade utilizada para a elaboração do poire, um dos mais famosos destilados da França. AliĂĄs, sua entrada na França se deve a SĂŁo Francisco de Paula. Pressionado por LuĂ­s XV, que achava que seria curado por suas oraçþes, SĂŁo Francisco foi para a França, mas fez questĂŁo de levar junto mudas de pĂŞra, a fruta que tanto adorava e que cultivava na CalĂĄbria, sua terra natal. As oraçþes nĂŁo foram suficientes para salvar LuĂ­s XV, que morreu nos braços do santo, mas que aprendeu que a vida dos reis tambĂŠm tinha seus limites. A pĂŞra Williams tem textura leve e delicada. Perfumada, ĂŠ muito apreciada pelas suas propriedades nutritivas. Por ter baixa caloria, por exemplo, ĂŠ recomendada para regimes. Rica em vitaminas â&#x20AC;&#x201C; contĂŠm B1, B2, e complexo B, entre outras, ajuda a regular o sistema nervoso, o aparelho digestivo e, com o chĂĄ de suas folhas, ĂŠ possĂ­vel combater os temĂ­veis cĂĄlculos renais. Mas ĂŠ na culinĂĄria que ela se transforma em sobremesas fantĂĄsticas como a pĂŞra ao vinho tinto, em tortas e em uma versĂŁo especial de strudel. TambĂŠm ĂŠ excelente acompanhamento para queijos de sabor picante ou forte como gruyĂŠre e emmental. A pĂŞra de boa qualidade tem casca firme sem ser dura. Como ĂŠ uma fruta muito delicada, que se estraga com muita facilidade, deve ser conservada em lugar fresco, seco e arejado. Recomenda-se nĂŁo guardĂĄ-la na geladeira, porque as baixas temperaturas diminuem seu aroma e sabor. 21

NATURAL DA TERRA

PAIN PERDU COM COMPOTA DE PĂ&#x160;RA 4PORĂ&#x2021;Ă&#x2022;ES 2~^e^b 120 g~STPĂ&#x17D;ĂĄRPa 250 ml~ST[TXcT R^[WTab^_P~STTbbĂ&#x2018;]RXP STQPd]X[WP 30 g~ST\P]cTXVPbT\bP[ #_TSPĂ&#x17D;^b~ST_Ă&#x160;^STRP\_P]WP^dQaX^RWT T\UPcXPbST $R\ 2^\_^cPST_Ă&#x2018;aP 50 ml~ST[XR^aST_Ă&#x2018;aP "_TaPb~bT\RPbRPR^acPSPbT\_TSPĂ&#x17D;^bVaP]STb !R^[WTaTbb^_P~ST\P]cTXVPbT\bP[ "R^[WTaTbb^_P~STPĂ&#x17D;ĂĄRPa

Modo de preparo APQP]PSP 1.<XbcdaT^b^e^bT^PĂ&#x17D;ĂĄRPa1PcPPcĂ?SXbb^[eTaQT\ ^PĂ&#x17D;ĂĄRPaT\XbcdaT^[TXcTTPQPd]X[WP2.2^[^`dTPb UPcXPbST_Ă&#x160;^ST]ca^S^[TXcTTSTXgT_^a"bTVd]S^bST RPSP[PS^3.4\d\PUaXVXSTXaPP]cXPSTaT]cTSTaaTcPP \P]cTXVPTR^[^`dTPbUPcXPbST_Ă&#x160;^STXgTS^daPaS^b S^Xb[PS^b?^[eX[WTPĂ&#x17D;ĂĄRPaRaXbcP[TbXaePR^\PR^\_^cP 2^\_^cPST_Ă&#x2018;aP 1.3TaaTcPP\P]cTXVPTYd]cT^PĂ&#x17D;ĂĄRPa2.2^iX]WTT\ U^V^QPXg^PcĂ?^QcTad\RPaP\T[^R[Pa^3.2^[^`dT Pb_TaPbT\RdQ^bTR^iX]WT_^a$\X]dc^b2dQaP R^\_P_T[\P]cTXVPTSTXgTR^iX]WPa_^a\PXb \X]dc^b^dPcĂ?`dTPb_TaPbUX`dT\\PRXPb 4.ATcXaTS^U^V^TR^\PYdSPSTd\\XgTaST\Ă&#x160;^ QPcP[TeT\T]cTR^\^[XR^a3TXgTTbUaXPa

RECEITA DO CHEF BENNY NOVAK, do Ici BistrĂ´, tel. (11) 3257-4064


BOLINHO DE PÊRA 8PORÇÕES

A NTÓNIO

RODRIGUES

Massa 5 ovos~bT_PaPS^b "R^[WTaTbb^_P~STPS^ÎP]cT_aÚ_aX^ _PaPXaP^U^V^ "R^[WTaTbb^_P~STUPaX]WPSTcaXV^ "R^[WTaTbb^_P~STUPaT[^STcaXV^ R^[WTab^_P~STUTa\T]c^T\_Ú ?ÑaPT\RP[SP 3~_TaPb gÔRPaPRWÈ~STÈVdP gÔRPaP RWÈ~STbdR^ST[PaP]YP 1~P]XbTbcaT[PS^ !R^[WTaTbb^_P~STPS^ÎP]cT_aÚ_aX^ _PaPXaP^U^V^

Modo de preparo Massa 1.1PcPPbR[PaPbT\]TeT_^a!\X]dc^bT PRaTbRT]cT^PS^ÎP]cT2.1PcP_^a\PXb !\X]dc^bYd]cTPbVT\PbTQPcP_^a\PXb !\X]dc^b3.ATcXaTSPQPcTSTXaPTPRaTbRT]cT ST[XRPSP\T]cTPUPaX]WP^UPaT[^T^UTa\T]c^ 4.3Tb_TYTP\PbbPT\d\PUÛa\PaTS^]SP d]cPSPR^\\P]cTXVPT_^[eX[WPSPR^\UPaX]WP T[TeT_PaPPbbPaT\U^a]^\^STaPS^ '—2 _aTP`dTRXS^_^a $\X]dc^b^dPcÐR^\TÎPaP S^daPa5.ATcXaTS^U^a]^TSTXgTP\^a]Pa ?TaPb 1.4\d\P_P]T[P\XbcdaTPÈVdPR^\^ bdR^ST[PaP]YP^P]XbT^PS^ÎP]cT2^iX]WT _^a \X]dc^b2.2^acTPbUadcPbP^\TX^T \TaVd[WTPb]PRP[SP3.2^iX]WT_^a\PXb \X]dc^b^dPcÐUXRPaT\\PRXPb\Pb UXa\Tb4.3TXgTTbUaXPaTR^acTPb_TaPbT\ UPcXPbUX]Pb_PaP\^]cPa^Q^[^ATbTaeT <^]cPVT\ 1. 2^acT^Q^[^R^\d\R^acPS^aST%R\ STSXÉ\Tca^TR^acT^bQ^[^bP^\TX^_PaP aTRWTPa2.ATVdTR^\PRP[SPSPUadcPT aTRWTXTR^\_TSPÎ^bST_ÑaPUPcXPSP3.2dQaP R^\\PXbP[Vd\PbT[TeT_PaPVT[Pa_^a !W^aPb4.BXaePR^\d\PR^[WTaPSPSTRaT\T cX_^RWP]cX[[h[XVWc^db^aeTcTSTRaT\T[XVWc

RECEITA DA FOODSTYLIST FABIANA BADRA EID

23

NATURAL DA TERRA


)'5!2)!

$%,)#!$!Ú

Produtos da Estação

CONHEÇA MAIS SOBRE O VERSÁTIL ASPARGO: CURIOSIDADES, PROPRIEDADES E CULTIVO POR LETICIA ROCHA, DO VALE DO CURICÓ (CHILE) FOTOS TADEU BRUNELLI

24


CAMPO DE CULTIVO, COLHEITA MANUAL, SELEÇÃO E EMBALAGEM

aspargo por muito tempo foi considerado uma iguaria medicinal. Na Antiguidade, os gregos e romanos acreditavam que o consumo desse tipo de lírio comestível era bom para tudo, de dor de dentes à reumatismo. Pouco a pouco, o vegetal de sabor delicado ganhou fãs pelo mundo e invadiu a cozinha dos grandes chefs. É um dos ingredientes preferidos dos gourmets graças à sua versatilidade, pois compõe bem saladas, sopas e pratos principais, além de ser acompanhamento de carnes e peixes dos mais refinados. Na hora da compra, prefira os talos de cor uniforme, que não estejam machucados e sem flores. Para conservá-lo fresco por dois ou três dias, coloque os talos num saco plástico e guarde na gaveta da geladeira. Ele também pode ser congelado depois de um tratamento especial. Basta lavar, limpar e escaldar por 2 minutos (talos finos) ou 4 minutos (talos grossos), processo que conserva por cerca de 8 meses. No quesito saúde, é fonte de ácido fólico, vitaminas A e C, rico em fibras, é diurético e tem pouquíssimas calorias, alternativa cheia de sabor para quem está de dieta.

curiosidade de saber como “nasce um aspargo”. Para desvendar esse mistério, a equipe da revista Natural da Terra embarcou para o Chile, país referência na produção e exportação do produto. Rumo ao Vale do Curicó, a principal região agrícola do país, encontra-se Valle Suave, uma das mais tradicionais exportadoras de aspargos chilenos para o mundo. Marco Espinosa, diretor da empresa, explica que a parte comestível, usada na culinária, é o rebento – que pode ser o aspargo verde, branco ou rosado. Se desenvolve a partir da raiz e deve ser cortado, à altura do chão, logo que sai da superfície. O processo é todo manual, com uma ferramenta especial. A colheita começa logo cedo e na alta temporada exige nova colheita no fim da tarde no mesmo talo cortado cedo, pois nesse intervalo chega a crescer 5, 6 centímetros. “Se deixar para a manhã seguinte, ele cresce demais, passa do ponto e fica fibroso, não agradável ao paladar”, explica Marco, que faz questão de supervisionar todo esse processo em seus 140 hectares, que produz 1,2 tonelada por ano para abastecer mercados dos Estados Unidos – maior consumidor mundial, Espanha, Itália, França, Japão, México e Brasil.

Pé de aspargos? Como no Brasil não há cultivo de aspargos, muita gente tem a

25

NATURAL DA TERRA

VALLE SUAVE www.vallesuave.cl


RISOTO DE ASPARGOS 4PORร‡ร•ES Caldo 5 xรญcaras (chรก)~STRP[S^STRPa]T ^dSTUaP]V^ 1/2 xรญcara (chรก)~STeX]W^ QaP]R^bTR^ ATU^VPS^ "R^[WTaTbb^_P~ST\P]cTXVP R^[WTab^_P~STรš[T^ 1/2 xรญcara (chรก)~STRTQ^[P_XRPSP Arroz 2 xรญcaras (chรก)~STPaa^i0aQ^aX^ ^d2Pa]Pa^[X 2^]SX\T]c^b #V~STPb_PaV^beTaSTb UaTbR^b[PePS^bTR^acPS^bT\ _TSPรŽ^bST"R\*STbRPacPaP_PacT SdaPX]UTaX^aTbT_PaPaPb_^]cPb

R^[WTab^_P~ST\P]cTXVPbT\bP[ 2 xรญcaras (chรก)~ST_Pa\TbรŠ^aP[PS^

Modo de preparo Caldo <P]cTa^RP[S^STRPa]TUaP]V^ UTaeT]S^T\U^V^QPXg^ ATU^VPS^ 0`dTรŽPP\P]cTXVPT^รš[T^ ]d\P_P]T[PQT\Va^bbPT\U^V^ \^STaPS^!2^[^`dTPRTQ^[PT aTU^VdTST P!\X]dc^bPcรT[P P\^[TRTaRdXSP]S^_PaP]รŠ^`dTX\Pa Arroz 2^[^`dT^Paa^ibTR^TbT\[PePa ]^aTU^VPS^\XbcdaP]S^QT\DbT d\PR^[WTaST_Pd!0SXRX^]T^ eX]W^TSTXgT]^U^V^Pcร`dTbTYP c^cP[\T]cTPQb^aeXS^

A LEXANDER L ANDAU

Produtos da Estaรงรฃo

2^]SX\T]c^ 2^[^`dT^bPb_PaV^bbT_PaP]S^ Pb_^]cPb!EรˆR^[^RP]S^^RP[S^ !gร”RPaPSTRPSPeTi\TgT]S^ bT\_aTPcร`dT^RP[S^bTYP c^cP[\T]cTPQb^aeXS^_T[^Paa^i* aTbTaeT !STgร”RPaPS^RP[S^ "3T_^XbST P !\X]dc^bST R^iX\T]c^bT\_aT\TgT]S^ R^[^`dTPb_^]cPbS^bPb_PaV^b bT_PaPS^b#0_รšbP_a^gX\PSP\T]cT '\X]dc^b`dP]S^^Paa^iTbcXeTa \PRX^\PbPX]SPUXa\TR^[^`dT^ RP[S^aTbTaePS^P]cTb$0_PVdT ^U^V^TX\TSXPcP\T]cTR^[^`dT P\P]cTXVPT^_Pa\TbรŠ^<TgP eXV^a^bP\T]cTP\P]cTXVPT^`dTXY^ _PaP\XbcdaPaQT\R^\^Paa^i*bXaeP X\TSXPcP\T]cT RECEITA DA CHEF ANA CECรLIA GROS, do Cooking Buffet, tel. (21) 2527-1502

26


A NTÓNIO

RODRIGUES

Produtos da Estação

PEIXE GRELHADO COM MOLHO DE PIMENTA E ERVA-CIDREIRA 4PORÇÕES 4 medalhões~STa^QP[^ #R^[WTaTbb^_P~STPiTXcT !gÔRPaPRWÈ~STRTQ^[X]WPb_Ða^[P T\R^]bTaeP 2 ~\X]XPQ^QaX]WPbR^acPSPbT\`dPca^ !gÔRPaPRWÈ~STc^\PcTbRTaTYP R^acPS^bP^\TX^ \PÎ^~STPb_PaV^bR^iXS^bP^eP_^a

Modo de preparo

RTQ^[X]WPTPPQ^QaX]WP9d]cT^c^\PcT T^bPb_PaV^bTR^iX]WT_^a\PXbP[Vd]b \X]dc^bCT\_TaTTaTbTaeT]P_aÚ_aXP UaXVXSTXaP2.?aT_PaT^\^[W^)\XbcdaT c^S^b^bX]VaTSXT]cTb0`dTÎPd\P VaT[WPT_X]RT[T^b\TSP[WÜTbR^\P \TcPSTS^PiTXcT6aT[WT^_TXgT_^a $P \X]dc^bSTRPSP[PS^PcÐUXRPa R^iXS^T`dP]S^Tb_TcPS^R^\d\ VPaU^bTb^[cPaT\[PbRPbBXaeP^b \TSP[WÜTbPR^\_P]WPS^bS^b[TVd\Tb TR^\^\^[W^_^aRX\P

1.0`dTÎPd\PUaXVXSTXaPR^\P\TcPST S^PiTXcTTaTU^VdTaP_XSP\T]cTP

RECEITA DA FOOD STYLIST FABIANA BADRA EID

<^[W^ !gÔRPaPRWÈ~ST\^[W^STb^YP bW^hd[XVWc BdR^ST1 [X\Ê^ R^[WTab^_P~STVT]VXQaTaP[PS^ 1~_X\T]cPSTS^ST\^ÎP_XRPSP #STgÔRPaPRWÈ~STcP[^bP_PacT QaP]RPSTRP_X\RXSaTXaPR^acPS^bT\ UX]Pba^ST[Pb R^[WTaRWÈ~STÚ[T^STVTaVT[X\

28


wtpublicidade.com.br

A Fazenda Palmares, em Porto Seguro, Sul da Bahia, é palco desde 1987 de uma revolução no plantio de mamão. É lá que a Gonsalez Comércio de Frutas implantou o projeto do Mamão Haway Sunrise, variedade que se destaca pelo sabor, qualidade, visual e durabilidade. É por este motivo que a Gonsalez é a número 1, quando o assunto for mamão.

Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946  Vila Leopoldina Pav: HFD  Box: 86  CEAGESP São Paulo - SP  05316-900 Tel: (11) 3643-7426 / Fax: 3834-1276 egonsalez@uol.com.br  www.frutasgonsalez.com.br


Produtos da Estação

0ARAÚSANTOSÚÚ EÚPECADORES CULPADA PELO PECADO ORIGINAL, A MAÇÃ JÁ FOI INOCENTADA PELO TEMPO, GRAÇAS, CLARO, A SEU DELICIOSO SABOR POR REGINALDO MELO

Vermelha, saborosa e provocante. Não havia jeito de Adão e Eva resistirem a uma boa maçã. Conhecida como fruto proibido, a maçã é realmente uma fruta irresistível, que nos deixa salivando após a primeira mordida e que entra perfeita em uma grande variedade de sobremesas. São vários os tipos de maçã existentes, especialistas garantem que chega a 3 mil espécies. Mas aqui vamos nos restringir a Royal Gala, variedade nobre, que apresenta como característica uma coloração vermelho rajada intensa e atraente, polpa de cor creme, sabor doce e média acidez. A maçã Gala é geralmente de tamanho médio e de forma arredondada. A colheita se dá nos meses de fevereiro, março e abril. Para que o mercado seja abastecido ao longo do ano, os principais produtores utilizam armazenagem em câmaras de atmosfera com controle de temperatura, umidade, oxigênio e gás carbônico. Essa variedade também é rica em ferro, mineral essencial para a formação dos glóbulos vermelhos. Na hora da compra, tente comprar maçãs que não estejam completamente maduras. O ideal é que continuem amadurecendo em casa nos próximos dois dias. A geladeira é mesmo o melhor lugar para guardar a fruta. Agora você já sabe um pouco mais sobre a fruta, mas para descobrir se é santo ou pecador, só mordendo uma delas e se deliciar com sua doçura única. 30


TARTE TATIN 4PORร‡ร•ES 100 g~STPรŽรกRPa 50 g~ST\P]cTXVP 2~\PรŽรŠb 30 g~ST\PbbPU^[WPSP

Modo de preparo 1. =d\P_P]T[PT\U^V^ \^STaPS^STaaTcP^PรŽรกRPaR^\ P\P]cTXVPPcรPcX]VXa^_^]c^ST RPaP\T[^]รŠ^STXgTTbRdaTRTa \dXc^2.3TbRPb`dTTR^acTPb \PรŽรŠbT\UPcXPb3.2^acTP\PbbP U^[WPSPRadPT\SXbR^bST $R\STSXร‰\Tca^4\Uร›a\Pb aTUaPcรˆaXPbX]SXeXSdPXbST !R\ STSXร‰\Tca^R^[^`dT^RPaP\T[^ PbUPcXPbST\PรŽรŠT_^aRX\PP \PbbPU^[WPSP4.;TeT P^U^a]^_aTP`dTRXS^`dT]cT !!ยก2_^aRTaRPST!$\X]dc^b ATcXaTS^U^a]^STbT]U^a\T T\_aPc^bX]SXeXSdPXbTbXaeP X\TSXPcP\T]cTPR^\_P]WPSPST b^aeTcTSTRaT\T

R OGร‰RIO V OLTAN

RECEITA DO CHEF ERIC BERLAND, do Parigi, tel. (11) 3167-1575

31

NATURAL DA TERRA


8PORร‡ร•ES 1 peรงa~#ZVP_a^gX\PSP\T]cT ST[^\Q^bdร”]^[X\_^TPQTac^ STU^a\P`dTST_^Xb_^bbPbTa T]a^[PS^R^\^d\a^RP\Q^[T 6~\PรŽรŠb R^[WTab^_P~ST_รˆ_aร”RP_XRP]cT R^[WTab^_P~STRP]T[PT\_รš R^[WTab^_P~STbP[ "V~STdeP_PbbPQaP]RP bT\RPa^รŽ^ 3~aP\X]W^bSTP[TRaX\ R^_^~STeX]W^cX]c^bTR^ R^_^~STbdR^ST[PaP]YP !$V~ST\P]cTXVP

Modo de preparo 1.3T_^XbSTPQTacPPRPa]Tbdร”]P TbcX`dTPQT\R^\d\\PacT[X]W^ STR^iX]WP\PbcT]WPRdXSPS^_PaP ]รŠ^aPbVPaP_TรŽPSTRPa]T2.?PbbT _aX\TXa^^bP[P_รˆ_aXRPT_X`dT^ P[TRaX\cXaP]S^PbU^[WPbS^VP[W^ 4b_P[WTQT\4\bTVdXSPR^[^`dT Pb\PรŽรŠbR^acPSPbT\[PbRPbP RP]T[PTPb_PbbPbATVdTR^\d\ _^dR^S^eX]W^T^bdR^ST[PaP]YP TR^\TRTPT]a^[PaP_TรŽPSTRPa]T R^\^aTRWTX^3.0\PaaTR^\d\P [X]WP_aรš_aXP_PaPR^iX]WPTST_^Xb QTcd\TQT\R^\\P]cTXVPbP[ T\PXbeX]W^T^bdR^ST[PaP]YP 4]a^[TT\_P_T[P[d\ร”]X^T[TeTP^ U^a]^P '^2_^a"\X]dc^b #0^PQaXa^PbbPS^aTcXaT_PacT S^_P_T[P[d\ร”]X^R^[^`dT\PXb \P]cTXVPeX]W^TbdR^ST[PaP]YP 3TXgTT\U^V^QaP]S^_^a\PXb" \X]dc^b5.3T_^XbST_a^]c^STXgT TbUaXPaTR^acT^T\a^ST[Pb]รŠ^ \dXc^Va^bbPbBXaePPR^\_P]WPS^ ST\^[W^aร›cXTSP\PbbPSTbdP _aTUTaร‘]RXP RECEITA DO CHEF CARLOS RIBEIRO, do Bucatini, tel. (11) 3887-5769

33

NATURAL DA TERRA

P AULO M ERCADANTE

ENVOLTINE DE CARNE SUรNA


tentações

POR CRISTINA ESQUILANTE

dicas de casa e cozinha

1

2

2

Objetos de vários países para decorar a casa e utensílios especiais para a cozinha 3

FOTOS TADEU BRUNELLI

4

34


6 5

7

8

35

NATURAL DA TERRA

1. Pássaro Blue Magpie (175 x 250 mm). Do artesão finlandês Oiva Toikka, premiado no mundo inteiro, que a mais de 20 anos surpreende por recriar com extrema perfeição os pássaros nórdicos. Feito em cristal soprado. Exclusividade Iitala. R$ 1.269. Glosh. 2. Castiçais em vidro e metal Flor Lilly (20 cm de altura). R$ 45. Na Roberto Simões. 3. Garrafa em cristal egípcio (265 mm de altura). R$ 297. Le Paquet. 4. Porta-retratos em strass (11 x 16 cm). Feito à mão por designers italianos da IVV. R$ 180. Le Paquet. 5. Saladeira em acrílico modelo Gemme da italiana Guzzini. Vem com um par de pegadores. R$ 107. Na Roberto Simões. 6. Saleiro e pimenteiro em acrílico (mesa posta) na Dynasty. Várias cores. R$ 25. Biagallo. 7. Apoio para corte (25 x 30 cm) em vidro. Importados da China. R$ 22. Biagallo. 8. Jarra em vidro com capacidade para 1,5 litro. R$ 56. Roberto Simões.


9

11

Onde encontrar: Atelier Hideko Honma, tel. 5042-4450, www.hidekohonma.com.br ~Le Paquet, tel. 3062-1510, lepaquet@uol.com. br ~Biagallo, tel. 6222-2955, www. biagallo.com.br ~Glosh, tel. 3081-2847, www.glosh.com.br ~M. Dragonetti, tel. 3846-8782, www.dragonetti.com.br ~ Roberto Simões, tel. 3031-1877, www. robertosimoescasa.com.br

13

10

12

9. Jogo de facas para sushi. Com cabo de madeira. R$ 39. Biagallo. 10. Panela Wok (36 cm de diâmetro) em ferro. Dochef. Cada peça é produzida com base em um único molde pelo processo Shell Molding, resultando em um produto exclusivo. Pode ir ao forno com tampa. Transfere para os alimentos o teor certo de ferro. Ideal para cozinha oriental. R$ 198. M. Dragonetti. 11. Sushizara em cerâmica R$ 1.000. Cumbuca para shoyu R$ 30. As peças queimam durante 18 horas à 1.300o C, são atóxicas. É interessante observar a fusão do espírito da artesã (Hideko Honma) com o barro e o fogo eternizado em cada peça. Ela se utiliza de elementos naturais como bananeiras, grama e palha de arroz, para transformar as cinzas em esmaltes cerâmicos. Atelier Hideko Honma. 12. Garfo e faca modelo Country da italiana Bugatti. As peças são vendidas separadamente. R$ 45 cada uma. Glosh. 13. Espátula para peixe da linha Elypto, com cabo ergonômico, emborrachado com design exclusivo da Bugatti. R$ 116. Glosh.

36


WT PUBLICIDADE

A Jacareí Agricultura e Comercio é uma empresa conceituada no meio agrícola por sua alta eficiência no cultivo de hortaliças. Em 35 anos, a família Lopes construiu uma estrutura respeitável, com 6 propriedades localizada em São Paulo (Aracilia, Igaratá, Jacareí, Jarinú, Santa Isabel) e Andradas em Minas Gerais, responsáveis hoje pela produção diária de mais de 120.000 unidades de alface.

Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 Vila Leopoldina – Pav: MLP Box: 201 à 204 – CEAGESP São Paulo - SP – 05314-000 Tel: (11) 4656-2799 / 3643-9077 vendas@jacareiagricultura.com.br www.jacareiagricultura.com.br


setor

%STA禄路O

38


CONHEÇA POR QUE A PEIXARIA NATURAL DA TERRA OFERECE, TODO DIA, ENORME VARIEDADE E OS MELHORES PRODUTOS DA CIDADE POR LETICIA ROCHA FOTOS TADEU BRUNELLI

39

NATURAL DA TERRA

eixe fresco a toda hora. Esse é o lema da Peixaria Natural da Terra, o setor em destaque da edição. Disponível em todas as lojas da rede, é uma seção que tem o objetivo de levar ao cliente todos os dias, a maior variedade de peixes e frutos do mar, sempre com qualidade máxima. Na lista de produtos oferecidos há 150 tipos, entre peixes e frutos do mar. “Diariamente temos cerca de 60 variedades frescas, oferecidas inteiras, postas ou filés. Algumas espécies só estão disponíveis em determinadas épocas do ano”, explica Osvaldo Yoshio Oikawa, gerente do setor. Na área há 30 anos – 6 destes dedicados para levar o melhor produto do mercado para o Natural da Terra. Para tanto, sua rotina inclui vistoriar a peixaria de cada loja, todos os dias, dos produtos até uniformes dos funcionários, facas, utensílios, gelo e armazenamento. “É um produto muito delicado e tem de estar sempre fresco, por isso requer cuidado máximo.” Chega a noite e seu trabalho só começou. “Lá pelas 11 da noite vou para o aeroporto de Guarulhos ou Congonhas, receber os peixes que comprei pela manhã, direto com meu fornecedor no Maranhão, que possui águas privilegiadas para variedades como vermelho, badejo, garoupa e robalo”, conta o especialista, que de lá recebe cerca de 200 kg/dia. “Mas em determinadas épocas, como no verão, chegamos a comprar 800 kg/dia”, completa. Tanto frescor tem explicação: a pesca em São Luís acontece pela manhã e no barco mesmo começam a ser embalados em caixas de isopor especiais e com muito gelo. À tarde a encomenda deixa a capital maranhense de avião para as 23 horas desembarcar em São Paulo. Rapidamente seguem para a Ceasa, onde há um boxe da equipe do Natural da Terra, em plena madrugada, coordenada por Osvaldo, que faz uma análise do produto nos quesitos frescor e qualidade. Lá pelas 5 da manhã começam a tomar o destino das lojas. Já as variedades como namorado, cação, truta, pescada, linguado, atum,


setor

bacalhau fresco e cherne são compradas também na madrugada da Ceasa, com fornecedores cadastrados, que trazem os produtos de todo o país. No capítulo frutos do mar – ostras, mexilhões, mariscos, vôngole e siri chegam por avião, duas vezes por semana, de Santa Catarina, estado que é referência por oferecer os melhores produtos dessa área. O camarão é comprado no Guarujá (SP), direto com os barcos pesqueiros. “É lindo ver aquela oferta de camarão saindo do mar”, brinca Osvaldo, que seleciona para a rede as variedades cinza, rosa, legítimo branco, setebarbas e cristalino. Já polvo e lula vêm do litoral do Rio de Janeiro, especialmente de Paraty e Angra dos Reis. “Todo esse trabalho e dedicação é para realmente oferecer o melhor em peixes e frutos do mar frescos”, finaliza Osvaldo, que, além de gerente do setor, também é especialista em dar dicas. “Temos um contato próximo com o cliente, então já sei o que cada um gosta e posso sugerir o melhor produto do dia para cada um”, conta. Para quem tem dúvidas do que comprar, ele dá a dica. “Quem prefere peixes mais suaves opte por robalo e namorado, para assar inteiro; pescada amarela e badejo, para ensopados; salmão e St. Peter para grelhar, em postas”, diz o especialista, que finaliza com a lista dos produtos mais procurados: salmão, atum, robalo, pescada, linguado e camarãorosa, produtos que estrelam suculentas receitas nas próximas páginas.

OSVALDO É QUEM GERENCIA O SETOR, QUE VISA QUALIDADE MÁXIMA

40


Robalo Mesa saudável

Vermelho

Carapau

41

NATURAL DA TERRA

Peixes e frutos do mar são alimentos dos mais nutritivos e segundo nutricionistas deveriam estar no cardápio pelo menos duas vezes por semana. Mas apesar da riqueza do extenso litoral do país, o brasileiro ainda come pouco peixe e precisa criar esse hábito. A época de Páscoa, que preserva a tradição da Quaresma nos países católicos, do ato do jejum de carne vermelha, é uma boa desculpa para começar a consumi-los. Motivos não faltam... São ricos em aminoácidos essenciais, substâncias não produzidas pelo nosso organismo. Possuem proteínas com valor nutritivo ligeiramente superior às das carnes vermelhas – como as de boi e porco. Além disso, as proteínas dos peixes são de alta digestibilidade, favorecendo o processo de digestão. O tipo de gordura predominante nos peixes é a poliinsaturada, diferentemente das carnes vermelhas, as quais contêm uma alta proporção de gordura saturada. A do tipo saturada, quando consumida em grande quantidade, pode ser prejudicial para o coração. Dentre as "famílias" de gordura poliinsaturada, destaca-se o ômega 3, que traz grandes benefícios à saúde: diminuição dos riscos de doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral (derrame), redução da pressão arterial, ação antiinflamatória, diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total no sangue. O ômega 3 está presente, em maior quantidade, nos peixes de águas salgadas e frias como atum, arenque, bacalhau, sardinha e salmão. Os de águas doces, também apresentam ômega 3, mas em quantidade menor quando comparados aos primeiros. Os peixes são boas fontes de vitaminas e minerais. Apresentam boas concentrações de vitaminas lipossolúveis (solúveis em gorduras), como A, E e, principalmente, D. Também são ricos em vitaminas hidrossolúveis (solúveis em água) como niacina – presente nas reações químicas de liberação de energia em nosso corpo – e ácido pantotênico – essencial no metabolismo de proteínas, carboidratos e gorduras. Contém minerais importantes como sódio, potássio, magnésio, cálcio, ferro, fósforo, iodo, flúor, selênio, manganês e cobalto.

Truta

Pescada branca

Tilápia


setor

PEIXE FAMIGLIA DULCETTI A LEXANDER L ANDAU

1PORร‡รƒO 150 g~STUX[รST_TbRPSPP\PaT[P 5PaX]WPSTcaXV^_PaPT\_P]Pa ;X\รŠ^P[W^bP[_X\T]cPQaP]RP PiTXcTST^[XePPV^bc^ Molho gร”RPaPRWรˆ~ST_^[_PSTPRTa^[P R^[WTab^_P~STPรŽรกRPa !UPcXPbUX]Pb~STVT]VXQaT R^[WTab^QaT\TbP~ST[X\รŠ^ <^[W^ST_X\T]cPPV^bc^

TARTARE DE ATUM COM Pร‰ROLAS DE TAPIOCA

Decoraรงรฃo 5^[WPbSTP[UPRTP\TaXRP]P 3~PRTa^[Pb

3PORร‡ร•ES 150 g~STPcd\UaTbR^ 20 g~STbPVdSTcP_X^RP 5 g~STVT]VXQaT APb_PbST[X\รŠ^[PaP]YP[X\PT [X\รŠ^bXRX[XP]^ 10 g~STaPXiSTRP_X\bP]c^aP[PSP ?X\T]cPSTS^ST\^รŽPPV^bc^ "\[~ST_X]VP

Modo de preparo Filรฉ 1. CT\_TaT^UX[รST_TXgTR^\ [X\รŠ^P[W^bP[T_X\T]cPQaP]RPT T\_P]TT\UPaX]WPSTcaXV^2. ;TeT _PaPVaT[WPaT\RWP_PR^\PiTXcT ST^[XePร‡cT\_TaPcdaP\รSXP

Modo de preparo 1.2^acT^Pcd\T\`dPSaPSX]W^b XVdPXbYd]cT^bPVdR^iXS^R^\ bdR^ST[PaP]YPbP[T_X\T]cP S^aTX]^UaX^TcT\_TaTR^\^b ST\PXbX]VaTSXT]cTbBXaePT\ _T`dT]Pb_^aรŽรœTb RECEITA DA CHEF MORENA LEITE, S^ATbcPdaP]cT2P_X\BP]c^ cT[ "%''#'%

Montagem 1.2^[^`dT^UX[รST_TXgTVaT[WPS^ b^QaTd\R^[RWรŠ^STP[UPRT P\TaXRP]PTaTVdT^R^\^\^[W^ STPRTa^[P2.2^[^`dT"PRTa^[Pb \PSdaPbTUaTbRPbT\e^[cP 3.BTSTbTYPabXaePR^\_daร‘ST QPcPcPTTb_X]PUaT RECEITAS DO CHEF FรBIO SICILIA, S^aTbcPdaP]cT3^\6XdbT__T cT[( #'

P AULO M ERCADANTE

Molho de acerola 1. 4\d\P_P]T[P\XbcdaTP_^[_P STPRTa^[PR^\^PรŽรกRPa9d]cT^ VT]VXQaTT^[X\รŠ^2.4\U^V^ QaP]S^\TgPPcรT]Va^bbPaT^QcTa d\\^[W^eTa\T[W^QaX[WP]cT 0_PVdT^U^V^TPRaTbRT]cTP _X\T]cP

42


setor

CAMARÕES FLAMBADOS AO UÍSQUE, PURÊ DE MANDIOQUINHA E CENOURA E VINAGRETE DE UMBU 8PESSOAS 1,2 kg~STRP\PaÜTbE6 cP\P]W^ %P!d]XSPSTb_^aZV $V~ST\P]SX^`dX]WP 1~RT]^daP '\[~ST_^[_PSTd\Qd !$\[~STPiTXcTST^[XeP 1~[X\Ê^ V~STP[W^_^aÚUPcXPS^UX]^ R^[WTaRWÈ~STP[TRaX\Tc^\X[W^_XRPS^bYd]c^b !R^[WTaRPUÐ~ST]^i\^bRPSPaP[PSP &V~ST\P]cTXVPbT\bP[ !$\[~STdÔb`dT BP[_X\T]cPQaP]RP\^ÔSP]PW^aP 4aePbUaTbRPbbP[bP\P]YTaXRÊ^W^acT[Ê_XRPSPbPV^bc^

Modo de preparo 1. 3TbRPb`dT^bRP\PaÜTbbT_PaT#d]XSPSTbR^\ RPQTÎPTaTbTaeT]PVT[PSTXaP2.3TbRPb`dT[PeTTR^acT P\P]SX^`dX]WPTPRT]^daP3XRP)R^acTPRT]^daP\T]^a S^`dTP\P]SX^`dX]WP2^iX]WTT\d\e^[d\T \ÐSX^STÈVdPR^\d\_^dR^STbP[3.5PÎPd\P T\d[bÊ^]^[X`dXSXUXRPS^aR^\P_^[_PSTd\QdaTSdiXSP _T[P\TcPSTPiTXcTST^[XeP%\[T^bdR^ST ![X\Ê^ #?X`dTPbTaePbUaTbRPbbT\STXgPaTbRdaTRTaT \XbcdaTP^PiTXcTST^[XeP"\[5.CTa\X]T^_daÑST \P]SX^`dX]WPTPRT]^daP]^_a^RTbbPS^a0SXRX^]T \P]cTXVP"VTP]^i\^bRPSPETaXUX`dT^bP[TP _X\T]cP%CT\_TaT^bRP\PaÜTbR^\bP[T_X\T]cP P[TRaX\Tc^\X[W^_XRPS^b7.BT[T]PUaXVXSTXaPQT\ `dT]cTR^\PiTXcTST^[XePeXaTd\PeTiTPRaTbRT]cT^ P[W^_^aÚR^acPS^UX]^8.?dgT\PXb \X]dc^TU[P\QT R^\dÔb`dT9.5X]P[XiTR^\d\_^dR^ST\P]cTXVPT P[Vd\PbaPb_PbST[X\Ê^ <^]cPVT\ 1. =^RT]ca^S^_aPc^\^]cT^_daÑ]^Pa^^bRP\PaÜTbT ^eX]PVaTcTd\_^dR^_^aRX\PTT\e^[cP 2.0RaTbRT]cT^PiTXcTSTTaePb3.3TR^aTR^\d\_^dR^ STPiTXcTR^\\P]YTaXRÊ^^d\^[W^_Tbc^QT\eTaST RECEITA DE MARC LE DANTEC, S^<PaR;T3P]cTRcT[& """ "'$#

44


A NTÓNIO R ODRIGUES

LINGUADO AO MOLHO DE MANJERICÃO COM RISOTO DE MORANGO 4 PORÇÕES #UX[Ðb~ST[X]VdPS^ "\[~ST\^[W^QaP]R^ #U^[WPb VaP]STb~ST\P]YTaXRÊ^ "V~STPaa^i0aQ^aX^ 1/2 ~RTQ^[P_XRPSP*eX]W^QaP]R^ &$\[~STRP[S^STUaP]V^ V~ST\P]cTXVP V~ST`dTXY^aP[PS^ !$V~ST\^aP]V^b_XRPS^b BP[T_X\T]cPPV^bc^ <P]YTaXRÊ^eTaST

Modo de preparo 1.1PcP^\^[W^QaP]R^R^\QPb cP]cT\P]YTaXRÊ^T_PbbT_^ad\P _T]TXaPUX]PCT\_TaTTSTXgTaTSd iXad\_^dR^ATbTaeT2.ATU^VdT^ Paa^iR^\PRTQ^[PT^eX]W^QaP]R^

45

NATURAL DA TERRA

@dP]S^^eX]W^bTRPaPSXRX^]T^ RP[S^STUaP]V^TSTXgTR^iX]WPa^ Paa^i@dP]S^TbcXeTa`dPbTR^iXS^ Yd]cTP\P]cTXVP^`dTXY^aP[PS^T ^b\^aP]V^b1PcPeXV^a^bP\T]cT R^\d\PR^[WTaPcÐUXRPaRaT\^b^ CT\_TaTPV^bc^R^\bP[T_X\T]cP 3.CT\_TaT^bUX[ÐbST_TXgTR^[^`dT ]^\TX^d\PU^[WPST\P]YTaXRÊ^ T\RPSPd\TS^QaT^bP^\TX^ 6aT[WT^bS^QaPS^bT\UaXVXSTXaP `dT]cTR^\PiTXcTBT]TRTbbÈaX^ R^\_[TcT^R^iX\T]c^T\U^a]^P[c^ _^aP[Vd]b\X]dc^b#<^]cT^_aP c^R^\^aXb^c^^_TXgTP^[PS^ST[T T^\^[W^_^aRX\PS^_TXgTSTXgP] S^TbR^aaTa_PaP^_aPc^3TR^aT^ aXb^c^R^\\PXb\^aP]V^bUaTbR^bT ^_TXgTR^\d\PRTQ^[X]WP RECEITA DO CHEF YVAN DIDELOT, S^aTbcPdaP]cT2P]ePb1Pa6aX[[ cT[ %'($$$


setor FILร‰ DE SALMรƒO GRELHADO COM AZEITE DE TRUFAS 4PORร‡ร•ES 4 filรฉs~STbP[\รŠ^!VRPSPd\ ST_aTUTaร‘]RXPbT\P_T[T !R^[WTaTbb^_P~ST\P]cTXVP BP[_X\T]cPS^aTX]^P[W^T PiTXcTST^[XePTgcaPeXaVT\PV^bc^ !V~ST[T]cX[WPb R^[WTaRWรˆ~STbP[Va^bb^ !U^[WPb~ST[^da^ 1~RTQ^[PX]cTXaPTb_TcPSP R^\#RaPe^b V~STbP[bรŠ^TRT]^daPb _XRPS^bYd]c^b !~QPcPcPbR^acPSPbT\RdQX]W^b ?X\T]cP_aTcPTQPR^]T\RdQX]W^b 0b_PaV^bUaTbR^bT\P]cTXVP PV^bc^

Modo de preparo Salmรฃo 1.CT\_TaT^bUX[รbSTbP[\รŠ^R^\ _X\T]cPS^aTX]^PiTXcTST^[XeP TgcaPeXaVT\Td\ST]cTSTP[W^ P\PbbPS^!0`dTรŽPd\PUaXVXSTXaP P]cXPSTaT]cTSTaaTcPP\P]cTXVPT S^daT[XVTXaP\T]cT^bUX[รbSTbP[\รŠ^ 3.0`dTรŽP^U^a]^P!$ยก2@dP]S^ TbcXeTaQT\`dT]cTR^[^`dT^bUX[รb SX\X]dPPcT\_TaPcdaP_PaP 'ยก2 STXgT"\X]dc^bTSTb[XVdT4.>bP[\รŠ^ STeTaรˆUXRPa]^U^a]^`dT]cTTSTb[XVPS^ _^a P $\X]dc^b_PaPcTa\X]Pa^ R^iX\T]c^ Lentilhas 1.3TXgTPb[T]cX[WPbST\^[W^]PรˆVdP _^a W^aP!2^iX]WTPb[T]cX[WPb R^\bP[Va^bb^[^da^RTQ^[PX]cTXaP _X\T]cP_aTcPRaPe^bbP[bรŠ^T

RT]^daP3.ATcXaT^b[TVd\TbTP _X\T]cP4.0`dTรŽPd\PUaXVXSTXaP S^daT^bRdQX]W^bSTQPR^]Yd]cTPb QPcPcPbT\RdQX]W^bPb[T]cX[WPbT STXgTR^iX]WPa_^aP[Vd]b\X]dc^b Aspargos 1.9^VdT^bPb_PaV^b]PรˆVdP`dT]cT_^a $\X]dc^bTX\TSXPcP\T]cTT\รˆVdP VT[PSP!ATbTaeTPb_^]cPbTbP[cTXT Pb]P\P]cTXVPATbTaeT Montagem 1.=d\_aPc^Ud]S^R^[^`dT^R^iXS^ST [T]cX[WPb]^Ud]S^S^_aPc^Tb^QaTT[T ^UX[รSTbP[\รŠ^!ATVdTR^\PiTXcTST cadUPbQaP]RPb3.3Xb_^]WP^bPb_PaV^b b^QaT^bP[\รŠ^BXaePX\TSXPcP\T]cT RECEITA DE GIANCARLO MARCHEGGIANI, S^CTaaPรŽ^8cรˆ[XPcT[ ! '(!(!(

46


F OTOS : A NTĂ&#x201C;NIO R ODRIGUES

ROBALO NO CARTOCCIO COM LEGUMES 6PORĂ&#x2021;Ă&#x2022;ES 6 postas altas de robalo~ (4 cm de altura) ou de outro peixe de carne firme Sal e pimenta-do-reino moĂ­da na hora a gosto Suco de 1~[X\Ă&#x160;^ 6 colheres (sopa)~STPiTXcT 250 g~STePVT\\PRPaaĂ&#x160;^R^acPSP ao meio 250 g~ST\X]X\X[W^R^acPS^ em pedaços 2~RTQ^[Pba^gPb_T`dT]PbR^acPSPb em gomos finos

47

NATURAL DA TERRA

1/4 ~STgĂ&#x201D;RPaPRWĂ&#x2C6;STbP[bX]WP_XRPSP Papel-manteiga para o cartoccio 3~RT]^daPbR^acPSPbĂ&#x2021;Yd[XT]]T Ă&#x201C;leo para fritar

Modo de preparo 1. Tempere o peixe com sal, pimenta TbdR^ST[X\Ă&#x160;^ATR^acT!_TSPĂ&#x17D;^b grandes de papel-manteiga para cada posta e acomode um pedaço de peixe sobre a dupla de papel. 2. Regue com R^[WTab^_PSTPiTXcTSXbcaXQdP PePVT\^\X]X\X[W^TPRTQ^[PTUTRWT o papel, formando um pacote, sem STXgPa]T]Wd\PPQTacdaP2^[^`dTT\ d\PPbbPSTXaPVaP]STT[TeTP^U^a]^

`dT]cT!Â&#x2014;2_aTP`dTRXS^_^a 20 minutos, ou atĂŠ o peixe e os legumes TbcPaT\R^iXS^b3.4]`dP]c^Xbb^ P`dTĂ&#x17D;P^Ă&#x161;[T^T\d\P_P]T[P_T`dT]P e frite rapidamente as tirinhas de cenoura. 4. Escorra-as em papel-toalha TaTbTaeT0QaPR^\RdXSPS^^b_PR^cTb ST_TXgTTeTaXUX`dT^R^iX\T]c^CTbcT espetando um garfo no peixe; as lascas STeT\bT_PaPabTR^\UPRX[XSPSTBXaeP RPSP_PR^cX]W^PQTac^]d\_aPc^Yd]cT d\_d]WPS^STRT]^daPUaXcPT_^[eX[WT bP[bX]WPBTSTbTYPaaTVdTd\_^dR^ \PXbSTPiTXcT RECEITA DA FOODSTYLIST FABIANA BADRA EID


faça sua parte

Tempo de

comemorar F

FOTOS TADEU BRUNELLI

im de ano com sabor de festa dupla no Natural da Terra. Para celebrar seis anos de sucesso da rede e as conquistas de 2007, a confraternização reuniu todos os colaboradores da rede, no espaço de eventos Expo Barra Funda. O encontro, que durou sete horas, teve programação recheada de atrações. De palestra motivacional com Alfredo Rocha, sorteio de moto zero-quilômetro a show da Banda Villa Country, tudo regado com as delícias de um coquetel e jantar especial. Para homenagear alguns colaboradores, um presente pra lá de especial: uma viagem para um resort de luxo, em bela praia do Estado de Pernambuco, no sistema All Incluse. O encerramento foi mais do que animado, com a presença da Escola de Samba Rosas de Ouro.

COMEMORAÇÃO DUPLA: SETE HORAS DE ANIMAÇÃO PARA BRINDAR ANIVERSÁRIO E CONQUISTAS DE 2007


EM GRANDE ESTILO, A BATERIA DA ROSAS DE OURO ENCERRA A FESTA

Agradecimentos

49

NATURAL DA TERRA


A NTร“NIO R ODRIGUES

cozinha fรกcil

50


ÚTEMPOÚDE MASSA PREPARAR ESPAGUETE, NHOQUE E RAVIÓLI É RÁPIDO, DIVERTIDO E SABOROSO POR HORST KISSMANN

ompanheiras de todas as horas, as massas, ou melhor, as pastas italianas, podem ser longas (espaguete, fettuccine), curtas (farfalle, nhoque), recheadas (canelone, capelete), ou mesmo feitas para incrementar sopas. De grano duro, sêmola ou até mesmo integrais. Não importa o tipo ou o formato, o fato é que o macarrão é mais apreciado e consumido a cada dia. Vai ver que é por causa da facilidade com que é feito, ou, então, a culpa é dos deliciosos molhos e suas variações. Aliás, vale lembrar que molhos que levam tomate como base são bem menos calóricos se comparados com molhos brancos. Para coroar, nada melhor que o hábito italiano de polvilhar o prato de massa com queijo ralado. Então seja rápido. Leia as dicas e depois experimente preparar estas deliciosas receitas a seguir.

Dicas: Quando preparar um molho que contenha “pedacinhos” de carne, peixe, mariscos, ou mesmo vegetais, procure uma massa que não seja lisa, como um penne, um fusilli ou um farfalle. Assim fica mais fácil para o molho se agregar ao macarrão. Para cozinhar uma massa em menos tempo, primeiro ferva a água. Depois que estiver borbulhando, coloque um pouco de sal (assim leva menos tempo para a água ferver). Óleo na panela? Nem pensar! Quando se coloca o “fio” de óleo ou de azeite, este cria uma capa na massa fazendo com que leve mais tempo para ser cozida e dificulta com que o molho seja incorporado. Para que não grude, basta ficar atento e mexê-la de vez em quando. Para cada pessoa, calcule de 80 a 100 gramas de massa crua. Como o seu volume triplica depois de cozido, essa quantidade passará para 250 gramas. Para cada 100 gramas de massa, o ideal é utilizar 1 litro de água para cozinhar, portanto, para 500 gramas o correto é que se utilize 5 litros de água. 51

NATURAL DA TERRA

VOCÊ SABE O QUE É AL DENTE? Essa é uma expressão italiana que significa que o macarrão está no ponto certo para ser servido. Firme e consistente.


FETTUCCINE AL MOSCATO COM MOLHO DE SARDINHAS FRESCAS

PENNE COM BACALHAU E BRÓCOLIS 4PORÇÕES

4 PESSOAS 150 g~STU[^aSTQaÚR^[Xb*bP[PV^bc^ !T\QP[PVT\~ST\PbbPSTbÑ\^[P STVaP]^Sda^?TchQ^]_T]]T 100 g~STRTQ^[PSTRPQTÎPR^acPSP QT\\XdSX]WP !ST]cTb~STP[W^^_RX^]P[ 1/4~STgÔRPaPRWÈSTPiTXcTST^[XeP cP[^\ÐSX^~STP[W^_^aÚR^acPS^T\ \TXP[dP V !R^_^~STeX]W^QaP]R^STQ^P `dP[XSPST^dTb_d\P]cT 200 g~STQPRP[WPdSTbbP[VPS^T STbUXPS^ 100 g~STc^\PcTbRTaTYP 50 g ~STPiTXc^]Pb_aTcPbUPcXPSPb ?X\T]cPS^aTX]^PV^bc^

Massa 300 g ~STUPaX]WPSTVaÊ^Sda^ 4~VT\Pb 5 g ~STbP[ R^_^~STeX]W^\^bRPc^ <^[W^STbPaSX]WPb !UX[Ðb~STbPaSX]WPbbT\Tb_X]WPb $\[~STPiTXcTST^[XePTgcaPeXaVT\ 100 g~STPiTXc^]Pb_XRPSPb 40 g STP[RP_PaaPb~R^]bTaePSPT\ bP[T]Ê^T\eX]PVaT 15 g ~STTaePS^RT c^\PcT~R^acPS^T\RdQ^bbT\_T[T TbT\bT\T]cTb 2~_X\T]cPbRP[PQaTbPbUaTbRPb 40 g ~STbP[bP_XRPSP

Massa 1.=d\P_P]T[PP]cXPSTaT]cTaTU^VdT c^S^b^bX]VaTSXT]cTbcT]S^^RdXSPS^ _PaPYd]cPaPTaePS^RTP_T]Pb ]^UX]P[2.0RaTbRT]cT^bUX[ÐbST bPaSX]WPP_X\T]cPRP[PQaTbPT^b RdQ^bSTc^\PcT

53

NATURAL DA TERRA

G UILHERME A NDRADE

<^[W^STbPaSX]WPb 1.?aT_PaTP\PbbP\XbcdaP]S^QT\ c^S^b^bX]VaTSXT]cTbTSTXgTaT_^dbPa SdaP]cT"\X]dc^bbTSTbTYPa_^ST bTa\PbbPYÈ_a^]cP2.4bcX`dTTR^acT P\PbbP2^iX]WTPPcÐUXRPaP[ST]cT ATbTaeT

RECEITA DO CHEF DANIO BRAGA, S^ATbcPdaP]cT;^RP]SP3T[[P <X\^bPcT[!#!!""$#$ ?TcaÚ_^[XbA9

1.?PbbTaP_XSP\T]cT^bQaÚR^[XbT\ ÈVdPUTaeT]cTR^\bP[TR^[^`dTT\ d\Q^f[R^\ÈVdPTVT[^ATbTaeT2. ?aT_PaTP\PbbPSTbÑ\^[PSTVaP]^ Sda^?TchQ^]_T]]TR^]U^a\TPb X]bcadÎÜTbSPT\QP[PVT\3.4]`dP]c^ Xbb^T\d\P^dcaP_P]T[PaTU^VdTP RTQ^[PT^P[W^]^PiTXcT4.0RaTbRT]cT ^P[W^_^aÚTR^iX]WT_^aP[Vd]b \X]dc^b5.9d]cT^eX]W^TSTXgTaTSdiXa Ç\TcPST 6.2^[^`dT ^QPRP[WPdTSTXgTR^iX]WPa_PaP PVaTVPabPQ^a7.9d]cTP^aTU^VPS^P \PbbPR^iXSPR^\d\PR^]RWPSTÈVdP S^R^iX\T]c^8.0SXRX^]T^bc^\PcTb RTaTYP^bQaÚR^[XbTbR^aaXS^bTPb PiTXc^]Pb9.0RTacT^bP[TP_X\T]cP S^aTX]^10.BXaePT\bTVdXSP RECEITA DE ZECA D’ACAMPORA, S^1XbcaÛ3{0RP\_^aP cT[#'"!"$ &"5[^aXP]Ú_^[XbB2

Modo de preparo

5X]P[XiPÎÊ^ 1. BP[cTXTc^S^b^bX]VaTSXT]cTbR^\ P\PbbPR^\d\_^dR^STPiTXcTST ^[XePTbP[bP_XRPSP2.3TR^aT^_aPc^ R^\c^S^b^bX]VaTSXT]cTbRadb

Modo de preparo


RAVIร“LI COM RICOTA E LIMรƒO (menu da Sardenha) 4 PESSOAS 200 g~STaXR^cPST^eT[WP 100 g~ST_Pa\TbรŠ^ 20 g~STPรŽรกRPa 200 g~STc^\PcT_T[PS^ 50 g ~STRTQ^[P_XRPSP 20 g~ST\P]YTaXRรŠ^ 200 g~ST`dTXY^ST^eT[WPUaTbR^ \[~STPiTXcTTgcaPeXaVT\ST^[XeP APb_PST2[X\รœTbbXRX[XP]^b <PbbP 350 g~STUPaX]WPSTcaXV^ + 150 g _PaPcaPQP[WPaP\PbbP 4~^e^bX]cTXa^b 1~_XcPSPSTbP[

Modo de preparo <PbbP 1.2^[^`dTPUPaX]WPSTcaXV^T\d\P cXVT[PPRaTbRT]cT^b^e^bT^bP[ <XbcdaTQT\3TXgTSTbRP]bPaP\PbbP T]a^[PSPT\_[รˆbcXR^_^aP_a^gX\PSP \T]cT $\X]dc^b

 TRWTX^ A 1.<XbcdaTQT\PaXR^cP^b VST `dTXY^_Pa\TbรŠ^bP[PรŽรกRPaTPaPb_P ST[X\รŠ^ATbTaeT2.2^[^`dTT\d\P _P]T[P_aTP`dTRXSP^PiTXcTPRTQ^[P T^\P]YTaXRรŠ^4\bTVdXSPYd]cT^b c^\PcTb_T[PS^bbT\PรˆVdPcT\_TaT R^\bP[T_X\T]cPPV^bc^R^iX]WT_^a $\X]dc^b3.?PbbT]^_a^RTbbPS^a ATbTaeT4.0QaPP\PbbPR^\!\\ STTb_TbbdaP3XeXSP^aTRWTX^T\Q^[X ]WPbTR^[^`dTb^QaTP\PbbPSTXgP] S^d\PSXbcร‰]RXPST"R\T]caTT[Pb 2dQaPR^\P\PbbP_aTbbX^]TR^\^b STS^b_PaP`dTUX`dT\QT\UTRWPSPb TbT\PaST]ca^2^acTT\`dPSaPS^bT R^[^`dTd\_^dR^STUPaX]WP_PaP]รŠ^ grudar. 5.2^iX]WTT\รˆVdPTbP[_^a" ^d#\X]dc^bTbR^aaPQT\TbXaePR^\ ^\^[W^_^[eX[WTR^\^_Pa\TbรŠ^T STR^aTR^\^\P]YTaXRรŠ^ RECEITA DO CHEF SALVATORE LOI, S^ATbcPdaP]cT5PbP]^ cT[ "'(%#BรŠ^?Pd[^B?

A NTร“NIO R ODRIGUES

cozinha fรกcil

TAGLIATELLE COM 1020;70D1Aยบ2>;8B TOMATE SECO E AZEITONAS PRETAS 4 PORร‡ร•ES #'V~ST\PbbPcX_^cPV[XPcT[[T 250 g~STQPRP[WPdT\[PbRPb STbbP[VPS^ 200 g~STc^\PcT_T[PS^ ' g ~STc^\PcTbTR^ 150 g~STQaรšR^[Xb #R^[WTaTbb^_P~STPiTXcT !ST]cTb~STP[W^ !gร”RPaPb^_P~STPiTXc^]Pb _aTcPbbT\RPa^รŽ^

R OGERIO V OLTAN

Modo de preparo 1.2^iX]WT^QaรšR^[XbTaTbTaeT 2.=d\P_P]T[PR^\PQd]SP]cT รˆVdPUTaeT]cTR^iX]WTP\PbbPPcร UXRPaP[ST]cTATcXaTTTbR^aaP 3.=d\PUaXVXSTXaPS^daT^P[W^]^ PiTXcTTYd]cTc^S^b^bX]VaTSXT]cTb X]R[dbXeT^QaรšR^[XbR^iXS^ATU^VdT _^aP[Vd]b\X]dc^bSXb_^]WPP \PbbPTbXaePT\bTVdXSP RECEITA DO CHEF SERGIO ARNO, S^ATbcPdaP]cT;PETRRWXP 2dRX]PcT[ "&(& $ BรŠ^?Pd[^B?

54


A NTÓNIO R ODRIGUES

ESPAGUETE FRITO COM CARNE-DE-SOL 4PORÇÕES 100 g~STRPa]TSTb^[ ST]cT~STP[W^QPcXS^ R^[WTa~STb^_PSTÚ[T^ BdR^ST1/2[PaP]YP !T\QP[PVT\~ST\PbbPST bÑ\^[PSTVaP]^Sda^?TchQ^] Tb_PVdTcT ¨VdP`dT]cTT\`dP]cXSPST bdUXRXT]cT 2WTXa^eTaST_XRPS^

Modo de preparo 1.?X`dTPRPa]TSTb^[T[PeTP T\ÈVdPPQd]SP]cT2.ATU^VdT ^P[W^]^Ú[T^`dT]cTYd]cTP RPa]TSTb^[TUaXcT3.2^[^`dT^ bdR^ST[PaP]YPT`dP]S^TbcXeTa S^daPSPPRaTbRT]cTP\PbbPST bÑ\^[PSTVaP]^Sda^ ?TchQ^]`dTQaPSPP^\TX^ <XbcdaTQT\4.5aXcTbT\STXgPa `dTX\Pa5.2^[^`dTPÈVdPP^b _^dR^bbT\\TgTaPcÐP\PbbP UXRPaP[ST]cT6.ATcXaTS^U^V^T STXgTSTbRP]bPa_^a $\X]dc^b7.BXaePVdPa]TRXSP R^\^RWTXa^eTaST_XRPS^ RECEITA DE MAGDA ORTIZ, S^ATbcPdaP]cT5^V^2PX_XaPcT[ %&"!# %# 2P\_^6aP]ST<B

55

NATURAL DA TERRA


viagem

FOTOS TADEU BRUNELLI

56


$EÚBRA»OS

ABERTOS RIO DE JANEIRO, A QUERIDINHA DO MUNDO POR LETICIA ROCHA

Rio de Janeiro continua lindo, o Rio de Janeiro continua sendo... pode parecer clichê, mas os versos de Gilberto Gil, escritos nos idos de 1969, estão mais do que atuais. A Cidade Maravilhosa é a queridinha dos brasileiros e vitrine do nosso país no exterior. É campeã absoluta de pesquisas de órgãos internacionais quanto à preferência de destino do turista estrangeiro que vem para o Brasil. Desembarcam para avistar Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Arcos da Lapa, Forte de Copacabana, Baía de Guanabara, Jardim Botânico, Sambódromo... São os ícones que encabeçam a lista do indispensável roteiro turístico de quem visita a cidade. Mas existe um outro lado do Rio de Janeiro, bem particular, que traduz bem o espírito de viver e aproveitar a vida do “carioca da gema ou do coração”. Nas próximas páginas traçamos um guia, elaborado com ajuda de quem vive o Rio e desfruta de prazeres muitas vezes simples, mas que ganham charme ao redor de suas belezas naturais, culturais e gastronômicas...

57

NATURAL DA TERRA


viagem

OS CAMPEÕES Café-da-manhã fora de casa Para começar o dia, tomar café na padaria, com pão na chapa ou pão de queijo em pé. Nas versões mais arrumadinhas, no Cafeína (www.cafeinabistro.com.br) ou Escola do Pão (www.escoladopao.com.br). Se a pedida é saudável e rápida, as clássicas casas de suco pelas esquinas da cidade. As combinações vão do clássico suco de laranja com acerola até suco de figo com água-de-coco, que podem ser acompanhadas de sanduíche natural.

Ah, a praia Rumo à praia, o destino é a zona sul, que se traduz Leblon–Ipanema–Copacabana. Ao longo da orla, há os pontos de encontro de cada tribo: o Posto 7 é dos surfistas, o 9, dos jovens, intelectuais e artistas, e os 10 e 11, são mais família. Entre um mergulho e outro, chá-mate, biscoito Globo (um biscoito de polvilho) e queijo coalho assado na brasa. Para quem quer fugir da rota da zona sul, cheio de agito, a dica é cruzar a cidade, passar pela Barra da Tijuca e chegar até os confins do Recreio ou Prainha. Praia com sossego e palmas (é hábito carioca) para o pôr-do-sol.

Puro refresco Sorveterias artesanais são a cara da cidade. Para enfrentar o Rio 40º, a qualquer hora do dia, basta

A orla da zona sul é a preferida dos cariocas. Cada ponto é freqüentado por tribos diferentes

tomar um gelado. E a oferta de sabores nessas casas são de dar água na boca. Coco verde, marmelada, pêssego com champanhe são da Mil Frutas (www.milfrutas.com.br) e melão, vanilla com manga e frutas silvestres da Sorveteria Itália (www.sorveteriaitalia.com.br).

Botecos Quando o sol baixar, é a hora de rumar para os famosos botecos cariocas, como o Bracarense (www.bracarense.com.br) pra comer a colinha de camarão da Alaíde. No Jobi (www.feriasbrasil. com.br/rj/riodejaneiro/jobi), o caldinho de feijão servido em uma caneca com carne-seca desfiada com cebola e farofa. Já consagrado, a inusitada Cobal (um tipo de Ceasa arrumadinho) é um lugar democrático, que reúne bares em meio a boxes de frutas e legumes.

Café com revista Antes de voltar para casa, uma passada nas livrarias chiques da cidade como a Letras e Expressões (www.letraseexpressoes.com.br) ou a Livraria da Travessa (www.travessa.com.br), ideais para tomar um café e folhear revistas e livros importados e encontrar com antenados, músicos e artistas. 58


Da esquerda para a direita: o tradicional boteco Jobi, a sorveteria Mil Frutas e a Livraria da Travessa

59

NATURAL DA TERRA


viagem

GIRO PELOS BAIRROS Lapa É o bairro (www.lanalapa.com.br) para curtir a noite. O Teatro Odisséia é uma casa de shows de rock e música brasileira. Depois dos shows um DJ continua a festa. Tem sempre uma boa programação quase todos os dias da semana. A dica é sentar antes do show no Bar da Ladeira ou na Taberna do Juca. A lista de opções agrada todos os estilos, mas a lista dos clássicos inclui o Carioca da Gema, Democráticos, Fundição Progresso, Circo Voador e Rio Scenarium. Para terminar a noitada, na hora daquela fome, um pit stop no Cervantes (www.restaurantecervantes.com.br), fundado em 1955, para comer o sanduíche de pernil com abacaxi, estrela da casa.

Santa Teresa Bater perna em Santa Teresa é puro prazer. Deixe o carro em casa, vá de táxi até os Arcos da Lapa e curta chegar ao bairro de bondinho. Entre as ruazinhas de pedra, galerias de arte, ateliê de estilistas moderninhos, construções históricas e botecos para tomar uma cerveja de garrafa. Fechar o dia com almoço, daquele que leva horas, em um gazebo particular no Aprazível (www.aprazivel.com.br) não tem preço. Uma das vistas mais lindas da cidade, comida gostosa e cachaças artesanais feitas no local. A carta de vinhos só tem rótulos brasileiros. O Espírito Santa

(www.espiritosanta.com.br) é outro recanto de prazer. O restaurante é especializado na comida do Norte do Brasil e a chef Natasha Fink é especialista em peixes de água de rio e os belisquetes com ingredientes paraenses são ótimos. Tem uma varanda agradável pra ficar bebendo e comendo ao entardecer.

Laranjeiras Instalado numa região cheia de charme, a Casa Rosa (www.casarosa.com.br) é bom lugar para ir aos sábados dançar ao som da música brasileira do DJ Janot. Tem mesa de sinuca e área ao ar livre. Aos domingos, o lugar tem roda de samba com feijoada.

Lagoa Rodrigo de Freitas Um dos lugares mais bonitos do Rio para se passear ao ar livre e ponto de encontro para os adeptos da caminhada. Para quem só quer um passeio, a dica é ir no fim de tarde e sentar no quiosque Palaphita Kitch, na altura do Corte do Cantagalo. Tem um ambiente superagradável e várias comidinhas típicas brasileiras.

60


Centro

Arcos da Lapa, Jardim Botânico e sanduíche de pernil com abacaxi, do Cervantes

Invista em um passeio pela região central da cidade, que guarda boas opções gourmets. O Mangue Seco (www. manguesecocachacaria.com.br) é casarão com ambiente rústico na rua do Lavradio. Tem caranguejos deliciosos e muitas marcas de cachaça. Destaque também para o bobó de camarão e para a moqueca de peixe! No segundo andar, a programação musical de quinta a sábado tem samba, choro e jazz. Já o Sentai (www.sentai.com.br) é um daqueles lugares das antigas, é referência em pratos com lagosta. Mas como carioca adora os aperitivos, dizem que ali servem o melhor croquete de camarão com catupiry do mundo! Para adoçar o passeio, a tradicional Confeitaria Colombo (www.confeitariacolombo.com. br) se faz necessário. Aberta em 1894, é um patrimônio cultural da cidade com sua arquitetura que preserva os estilos da art nouveau e da belle epoque carioca.

Botafogo Lugar para os descolados da cidade. Na Casa da Matriz (http://matrizonline.oi.com.br/casadamatriz/) casa noturna com muita música brasileira pra dançar! Para um jantar animado, o Miam Miam (www.miammiam. com.br/): é um restaurante com decoração retrô, muito freqüentado pelos "moderninhos" da cidade. A comida caseira e simples com apresentação contemporânea muito gostosa, bem no estilo comfort food.

Jardim Botânico No fim de semana pede um passeio pelo Jardim Botânico. Cheio de verde, tranqüilidade e história, é ideal para recarregar as energias. Depois do passeio, uma ótima pedida para um almoço no parque Jardim Botânico (www.jbrj.gov.br/institu.htm) ou no Da Graça (www.cidadedorio.com.br), lugar moderninho com decoração kitsch e comida brasileira.

Gávea A dica por ali é um passeio cultural. O Instituto Moreira Salles (ims.uol.com.br/ims/) é uma belíssima casa que pertence à família Moreira Salles e que hoje abriga um cinema e café com exposições de fotografias do Rio Antigo. Já a Feira de Antiguidades (veja.abril.com.br/ vejarj/310805/galerias.html) é um bom programa ao ar livre para os domingos. Na praça mesmo há algumas opções para comer e beber um chope gelado. O Braseiro da Gávea tem uma picanha perfeita e um galeto com farofa de banana, ícones da casa que tem mesas disputadíssimas (www.braseirodagavea.com.br/).

INFORMAÇÕES Riotur — www.riodejaneiro-turismo.com.br (21) 2271-7000 61

NATURAL DA TERRA


perfil

FOTOS DIVULGAÇÃO

62


A BELA ATRIZ AGORA FIGURA TAMBÉM COMO ROTEIRISTA

*56%.45$%

ETERNA ELA DIZ QUE NÃO MALHA, NÃO FAZ REGIME E MAL TEM TEMPO PARA CUIDAR DOS CABELOS E DA PELE. ALGUÉM ACREDITA?

POR IVA OLIVEIRA

63

NATURAL DA TERRA

izem que o tempo é o pior inimigo das mulheres. Não de Bruna Lombardi. Aos 55 anos, sua beleza salta da tela do cinema e deixa embasbacado o público de todo Brasil que tem conferido o filme O Signo da Cidade. Os grandes olhos verdes, o corpo escultural e uma sensibilidade que transcende chamam a atenção logo de cara. “Acredito que sem espiritualidade a gente não sobrevive. Principalmente nos grandes centros, como é o caso de São Paulo”, filosofa Bruna, explicando um pouco sobre suas crenças e a respeito do tema central do longa. “Acho que uma das razões do sucesso de O Signo da Cidade é justamente esse: trazer para as pessoas um sentimento que elas estão querendo muito”, acrescenta. Casada há 27 anos com o não menos bonito Carlos Alberto Riccelli que, pasmem, está com 61 anos, a atriz só vê benefícios nessa relação. Na produção cinematográfica atual, aliás, ela assina como roteirista e ele diretor. E no elenco está o filho do casal, Kim Riccelli, de 27 anos. “Trabalhar com o Ri (jeito carinhoso como ela chama o companheiro) é fácil porque nos entendemos muito.


perfil

Temos gostos parecidos, porém, ao mesmo tempo, há uma independência de pensamentos, que soma e traz equilíbrio. Para mim, a intimidade agiliza o trabalho”, acredita. Agir em família, para ela, “foi uma experiência ótima. Kim deu uma dimensão ao personagem Gabriel que neste momento não consigo imaginar outro ator em seu lugar. Nem no lugar de ninguém do filme. O Juca de Oliveira e o Luis Miranda, por exemplo, já ganharam prêmios por suas atuações”.

Onipresente Mesmo vivendo há 18 anos nos Estados Unidos, o público brasileiro não se esquece de Bruna e a atriz não descarta a possibilidade de fazer outros trabalhos por aqui, até mesmo na televisão. “Adoro o Brasil, mas para estar em alguma novela é preciso que tenha agenda disponível e nem sempre isso acontece”, explica Bruna, que parece já ter solidificado sua vida na América. No entanto, engana-se quem pensa que a atriz leva uma vida de luxo fora daqui. Simplicidade é a palavra de ordem para a família Riccelli e não raramente a bela vai para a cozinha preparar pratos triviais ou mais sofisticados. “Sou inventiva. Gosto do exótico, tipo comida tailandesa. Mas sei fazer uma FOTOS DIVULGAÇÃO

CENAS DO FILME O SIGNO DA CIDADE, ONDE BRUNA FAZ O PAPEL DE UMA CARTOMANTE

massinha ótima. Ri diz que eu sou até criativa demais (risos). Mas quem cozinha de verdade é ele, que faz entradas ótimas, massas, molhos”, conta. E como ela faz para manter a forma? “Nunca fui de esportes. O Ri é muito mais que eu. Sempre fui voltada para a expressão e faço ioga há mais de 10 anos.” Regime também não entra no seu vocabulário. “Só me controlo quando percebo que exagerei e às vezes cometo alguns pecados: vinho, mandioca frita, pizza (risos). E não me peso! Sou uma pessoa de não-números. Não sei há quanto tempo me casei, por exemplo, o Ri é que conta.” Mas com relação à alimentação existe um segredo sim: “Frutas, legumes, verduras e grãos são a base de tudo e no dia-a-dia prefiro comida mais simples”, entrega. Cuidados com os cabelos e pele entram na sua agenda quando a rotina de trabalho permite. “No momento não sou um bom exemplo disso porque a vida anda muito corrida, mal consigo dormir. Quando posso, gosto de fazer hidratação e corto uma vez por mês. Gosto de me cuidar, como toda mulher, o problema é tempo.” 64


FOTOS TADEU BRUNELLI POR ANA CLAUDIA MARIGLIANI BOGNER

ESTILO

#AVALGARÚCOM

esportes

PARA SE DAR BEM NO ESPORTE É PRECISO TER MUITA DISCIPLINA E AFINIDADE COM CAVALOS 66


67

NATURAL DA TERRA


esportes

!

parceria entre homem e cavalo ocorre desde o início da civilização, quando o animal era sinônimo de meio de locomoção, levava soldados para a guerra e os europeus às caçadas. Mas, com o tempo, a elegância da montaria, transformou-se em esporte nobre, e hoje atrai homens, mulheres e crianças. Segundo dados da Federação Eqüestre Internacional (FEI), nos últimos anos o número de praticantes de hipismo e a popularização do esporte no Brasil cresceram devido aos resultados expressivos dos competidores brasileiros em Olimpíadas e Jogos Panamericanos. Mas saiba que para a prática do hipismo, seja por lazer ou

competição, é necessário gostar muito de cavalos e se matricular em um curso básico de equitação clássica. “O aprendizado foca a linguagem universal eqüestre, ou seja, quem realiza esse curso se adapta com facilidade às outras modalidades, como o salto, cross country e hipismo rural”, explica Marivaldo Rodrigues, 37 anos, instrutor e cavaleiro da Sociedade Hípica Paulista, que desde os 18 anos realiza montaria na equitação clássica. “O aluno aprende os princípios básicos, como segurar o animal, desenvolve o controle sobre o cavalo, entre outras habilidades”, descreve. Infelizmente muita gente acredita que basta subir no cavalo para praticar o hipismo. Muito cuidado,

montar instintivamente, sem ter noções dos movimentos e do manejo com o animal, pode trazer graves conseqüências. “A maioria dos acidentes ocorre com as pessoas que sobem no cavalo, sem nenhuma técnica. Quando o cavalo se assusta, por exemplo, é preciso ter equilíbrio físico e principalmente mental para driblar a situação. E isso é ensinado nas aulas”, comenta o instrutor. Para se inscrever em um curso de hipismo, é necessário ter no mínimo seis anos. O valor da matrícula gira em torno de R$ 450. Já a mensalidade para um curso básico, com duas horas por semana e duração de seis meses, não sai por menos de R$ 500 (incluindo o cavalo). E ainda é necessário providenciar as botas de montaria, o culote (calça), camiseta, capacete e chicote. As aulas podem ser teóricas e práticas, e isso vai depender da escola de hipismo. E para quem não tem certeza se vai adaptar-se ao esporte, pode optar por uma aula teste. “O iniciante vai ter uma noção do que vai enfrentar nas aulas e das habilidades que serão desenvolvidas, ou seja, ele vai descobrir se deseja mesmo praticar hipismo”, explica Marivaldo. 68


O brilho dos cavalos Eles são bonitos, grandes, inteligentes. E quem pratica equitação deseja ter seu próprio cavalo. Mas é preciso uma série de cuidados. Na hora de escolher o animal deve-se levar em conta a raça, idade e a filiação, caso tenha um pai ou mãe premiados, será muito mais valorizado. Além disso, é necessário saber qual o treinamento que recebeu e para qual modalidade eqüestre está indicado. Se forem bem treinados, certamente serão bons animais. É indispensável ainda encontrar um lugar para o cavalo ficar. Pode ser em um sítio da família, mas o mais comum é o aluguel das baias nas hípicas. Além de receber alimentação adequada, deve ser examinado por um veterinário. “Para quem gosta de cavalos, o custo é relativo. Afinal, estamos falando de uma vida”, pondera Joana Tinelli, 23 anos, estudante de direito e amazonas amadora, proprietária há cerca de dois anos de um cavalo da raça puro-sangue inglês. A estudante começou a praticar equitação clássica há três anos. “Sempre gostei de cavalos, mas tinha medo de cavalgar. E hoje monto por lazer, porque realmente gosto”, finaliza. A AMAZONA SARAH DINA ARROXO AMORIM

69

NATURAL DA TERRA

Tipos de competição O hipismo é o único esporte olímpico em que cavaleiros e amazonas, denominação para homens e mulheres, competem em uma mesma prova. E as regras variam de acordo com a modalidade escolhida como o adestramento, o salto e o concurso completo de equitação (CCE).

No adestramento, o cavalo apresenta coreografias em um picadeiro, sob o comando de seu treinador – que não pode falar com o animal, nem fazer barulho durante a realização da prova. Cinco juízes, no total, avaliam as três etapas: nas duas primeiras, os movimentos são obrigatórios e, na última, é livre. O principal objetivo é observar o controle do cavaleiro sobre o cavalo. Já para a competição de salto, vence o conjunto (montador e cavalo) que completar em menos tempo o percurso estabelecido. O competidor é punido por pontos se cometer faltas como ultrapassar o tempo limite, recuar antes de dar um salto, derrubar ou desviar de um obstáculo, errar o percurso e ainda cair do cavalo. O conjunto que acumular o menor número de pontos é o vencedor. Nessa prova, a altura dos obstáculos isolados sobe gradualmente, ultrapassando a barreira dos 2 metros. “O máximo que saltei até hoje foi de 1,10 metro”, conta Sarah Dina Arroyo Amorim, 15 anos, estudante e amazonas profissional. Ela começou a praticar equitação aos 7 anos. “Eu era muito distraída em sala de aula. Minha mãe viu uma matéria dizendo que o hipismo ajudava na concentração e me matriculou”, diz a estudante, que tem muitas conquistas em seu currículo, a mais recente em 2007, como vice-campeã brasileira por equipe. E por fim, o concurso completo de equitação (CCE). A prova dura três dias e combina o salto e o adestramento ao cross country, uma corrida com barreiras naturais. Cada especialidade é realizada em um dia. A origem do CCE é da França, pois era uma prática militar para testar a resistência, velocidade e obediência do cavalo, além da capacidade do cavaleiro. Existem ainda, dentro da equitação, outras modalidades que


MARIVALDO RODRIGUES, INSTRUTOR E CAVALEIRO DA SOCIEDADE HÍPICA PAULISTA

merecem destaque. Na corrida, os animais percorrem na areia ou na grama, uma distância que varia de acordo com o tipo de prova. A competição é realizada em hipódromos e os cavalos atingem a velocidade de 60 km/h. Curiosidade: os proprietários dos animais não montam, quem ocupa esse lugar é o jóquei, um profissional treinado e habilitado. Já no enduro eqüestre, os cavalos e cavaleiros seguem por uma trilha, com ou sem obstáculos. Nessa competição não importa quem chega primeiro, mas sim que os trechos sejam realizados com regularidade, ou seja, sempre com o mesmo tempo, se possível. O hipismo rural atrai cada vez mais fãs. As pistas, no meio de um campo e ao ar livre, são repletas de obstáculos. O objetivo é superá-los e em menor tempo, sem derrubá-los e o cavalo não pode deixar de saltar. E por fim o pólo. São necessários dois times, uma bola e tacos compridos. A finalidade do jogo é levar a bola à baliza do time adversário.

O hipismo e a história Os nobres europeus, especialmente os ingleses, praticavam a caça à raposa. Esse costume deu origem ao esporte, pois os cavalos precisavam saltar troncos, barrancos e outros obstáculos que encontravam pelas florestas. A equitação também era dirigida aos militares, que adestravam os cavalos e os cavaleiros para combater as guerras.

A atividade só começou a se desenvolver no século 20, com a criação das primeiras pistas com as barreiras exclusivas para a prática de saltos. O hipismo participou da primeira Olimpíada da Era Moderna, em 1896, em Atenas, como esporte de demonstração. E foi incorporado aos Jogos Olímpicos em 1912. No Brasil, foi introduzido em 1863, pelo capitão do exército Luiz Jacomé, que fundou a escola de equitação São Cristóvão, no Rio de Janeiro. O país começou a destacar-se no hipismo nas Olimpíadas de Helsinki, em 1952. Em 1967, nos Jogos Panamericanos, o cavaleiro Nelson Pessoa Filho, conquistou a prata individual e o ouro no salto por equipes com Antonio Alegria e José Reynoso. Nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996 e na Sydney, em 2000, a equipe formada por André Johannpeter, Luiz Felipe Azevedo, Álvaro Affonso de Miranda Neto (Doda) e Rodrigo Pessoa conquistou o bronze no concurso de saltos por equipe. Mas a consagração do esporte no Brasil, veio nos Jogos Olímpicos de Atenas, de 2004. A medalha conquistada, na modalidade individual, pelo cavaleiro Rodrigo Pessoa, foi a prata, mas o primeiro colocado, o irlandês Cian O’Connor, foi desclassificado, pois o exame antidoping acusou positivo para o cavalo. Com isso, Rodrigo Pessoa ficou com o primeiro lugar e com a disputadíssima medalha de ouro.

Brasil, na rota do hipismo Em agosto de 2007 o Brasil sediou um evento inédito de hipismo, o Athina Onassis International Horse Show. O evento reuniu 71 competidores, entre eles os cavaleiros de maior expressão mundial e cerca de 13 mil pessoas na Sociedade Hípica Paulista. O cavaleiro Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, foi o melhor colocado do torneio, considerando todas as provas internacionais disputadas. A competição contou pontos no ranking da FEI. A segunda edição do evento será realizada de 8 a 12 de outubro. Porém, para 2008, a organização foi mais além e também vai sediar a final do Global Champions Tour, nos dias 9 e 11 de outubro. O valor dos prêmios distribuídos para os 25 melhores classificados ao longo de sete etapas, disputadas nos Estados Unidos e na Europa, chega a 1 milhão de euros.

Acesse Sites com mais informações sobre os principais campeonatos de hipismo no Brasil. www.fhp.com.br – Federação Hípica Paulista www.sociedadehipicapaulista.com.br – Sociedade Hípica Paulista www.csisaopaulo.com.br – Athina Onassis International Horse Show www.cbh-hipismo.com.br – Federação Brasileira de Hipismo

70


saúde

(ORAÚDO

72


CHECK UP DIAGNÓSTICO PRECOCE AUMENTA AS CHANCES DE CURA POR ANA CLÁUDIA MARIGLIANI BOGNER

Será que existe uma fórmula para viver até os 100 anos? Segundo a medicina, é perfeitamente possível e os brasileiros vem vivendo cada vez mais. Mas para tentar chegar lá é necessário mudar e adotar um estilo vida saudável. E no topo da lista de atitudes estão alimentação balanceada, prática de atividade física regular e para os fumantes, o abandono definitivo do cigarro. Tão importante quanto esses fatores é realizar constantemente uma avaliação preventiva e exames de rotina. Essa área da medicina tem como objetivo vasculhar o corpo do indivíduo atrás de enfermidades antes da sua manifestação. “As pessoas já tomaram conhecimento que é importante realizar um check-up, pois é melhor prevenir do que tratar uma doença”, comenta Wanda Gomes Carneiro, diretora clínica do Hospital São Luiz, Unidade Itaim. Mesmo assim, grande parte da população não realiza a avaliação preventiva com freqüência por algum motivo: medo de encontrar doenças, por falta de informação ou interesse, por falta de dinheiro, mas principalmente porque não sente dor ou mal-estar. E é aí que mora o perigo. “Várias doenças se iniciam de forma sem sintomas e são diagnosticadas de modo tardio, com conseqüências, por vezes, irreversíveis. Exemplo clássico é o diabetes tipo 2, que é diagnosticado, em média, cinco anos após o início da elevação da glicose no sangue e já

73

NATURAL DA TERRA

pode, nessa época, ter provocado distúrbios nos rins ou olhos. Outro exemplo é o câncer. Alguns tipos podem ser diagnosticados numa fase inicial e de possível cura por meio de um check-up regular”, explica Frederico Guimarães Marchisotti, endocrinologista do Delboni Diagnóstico das Américas.

Qual a melhor idade? Não existe um consenso nem definições claras sobre quando iniciar esses exames de rastreamento, muito menos sua periodicidade. “Na sala de parto, quando o teste do pezinho é realizado em um recém-nascido, já estamos fazendo um check-up”, conta Nelson Carvalhaes, geriatra e médico líder pelo check-up do Fleury Medicina e Saúde. “Mas é ideal que a pessoa passe pelo menos uma vez ao ano por uma avaliação clínica. O médico da família, um clínico geral ou até mesmo um especialista, como o cardiologista, são bem informados e podem realizar essa tarefa.” Após essa avaliação os pacientes são incluídos em alguns perfis como indivíduos sadios (não fumam, se alimentam corretamente e praticam atividades físicas) e sem antecedentes; indivíduos sadios, mas com antecedentes, indica que eles não apresentam qualquer sintoma de doença, porém pode ser ex-fumante, sedentário; e por fim indivíduos doentes, portadores de algum tipo de doença, como a diabetes e hipertensão.


saúde

Dessa forma, o médico vai pedir os exames mais adequados e de acordo com os resultados vai orientar o paciente a procurar um especialista na área que necessita de cuidados.

Tipos de check-up

T ADEU B RUNELLI

Além das avaliações regulares, as específicas ganham cada vez mais espaço. O check-up esportivo, por exemplo, como o próprio nome diz é indicado para quem vai iniciar ou recomeçar atividade física ou até um esporte profissional. Já no check-up odontológico, as consultas devem ser realizadas no mínimo uma vez por ano, para o dentista avaliar a necessidade de uma limpeza, clareamento e até troca de restaurações. Sem contar que certas cefaléias são originadas por problemas dentários. E à medida que a idade vai passando, os dentes podem mudar de posição e a pessoa corre o risco de mastigar errado, levando a arcada dentária a sofrer outras enfermidades prejudiciais a longo prazo. O grupo da terceira idade, pessoas acima de 65 anos, conta com o check-up geriátrico. Os exames visam doenças que se manifestam nos idosos e suas particularidades em relação a uma avaliação realizada em uma idade mais jovem. “Como as principais causas de morte e morbidade do ser humano são as doenças cardiovasculares, como o infarto e o acidente vascular cerebral (AVC) e o câncer, as avaliações são voltadas a essas patologias. Além disso, deve-se lembrar que os órgãos e funções do corpo tendem a se deteriorar com o tempo e por isso o check-up geriátrico geralmente é mais completo”, conta o endocrinologista Marchisotti. O mais inusitado e inovador, no entanto, é o checkup do viajante. Quando um paciente vai viajar para algum lugar exótico o especialista informa sobre todas as doenças e como está a situação do local, no caso de um país com epidemias e até conflitos. “Ele vai indicar as vacinas, o que a pessoa deve comer ou evitar quando chegar no destino e até quais remédios levar”, esclarece a diretora clínica, Wanda. DOUTORA WANDA GOMES CARNEIRO, DIRETORA DO HOSPITAL SÃO LUIZ, UNIDADE ITAIM

Análise genética Com o avanço da medicina é possível saber se uma pessoa possui predisposição para desenvolver certas doenças. A análise genética já é realizada no Brasil em hospitais e centros de diagnóstico e auxilia na prevenção e a eliminar ao máximo os fatores de risco responsáveis pelo desenvolvimento da enfermidade.

74


      &!% % % % '% % %% %%% %%&%"%%  %%%% '%  % % % %% %(%)%%%% 

% %%% %%

Bateria de testes

%%%%% %

Conheça alguns dos exames que são importantes para uma avaliação mÊdica preventiva.

%!'%% %%

*Densitometria óssea O que Ê: utilizado para detectar o grau de osteoporose, doença degenerativa dos ossos, que afeta mais da metade da população feminina acima dos 65 anos. Indicado para: como prevenção, realizado após os 40 anos. Deve ser repetido anualmente, acima dos 50 anos.

*Dosagem de PSA e toque retal O que Ê: alÊm do toque retal, realizado por um urologista, a dosagem de PSA Ê um exame de sangue utilizado para detectar, entre outros, a presença de um câncer de próstata. Indicado para: homens a partir dos 40 anos, se tiver história de câncer de próstata na família. E acima dos 50 anos, o exame precisa ser feito anualmente.

*Eletrocardiograma de esforço O que Ê: indicado para prevenir e detectar doenças coronårias. Indicado para: homens e mulheres que vão iniciar a pråtica da atividade física ou possuem histórico de fatores de risco cardiovascular na família.

*Exame de sangue oculto nas fezes O que Ê: exame de fezes que pode diagnosticar doenças como o câncer de cólon e reto. Indicado para: homens e mulheres. Acima de 40 anos, o exame deve ser realizado se houver histórico familiar da doença. E acima de 50 anos, anualmente.

*Exame das pintas O que Ê: o dermatologista vasculha todo o corpo em busca de pintas que podem se tornar um câncer de pele. Indicado para: homens e mulheres, a partir dos 18 anos. 75

NATURAL DA TERRA






PREVENIR DESDE CEDO É O MELHOR CAMINHO

*Exame de TSH O que é: TSH é o hormônio que regula a tiróide. Seus níveis podem indicar o funcionamento lento ou acelerado da glândula. Indicado para: homens e mulheres, a partir dos 30 anos.

Indicado para: homens e mulheres. Aos 20 anos devese realizar o primeiro teste. Os considerados normais são repetidos a cada cinco anos, já os anormais, com maior freqüência, a critério do especialista. E a partir dos 40, recomendado anualmente.

*Mamografia

*Teste de diabetes

O que é: exame para detectar a presença de nódulos, principalmente malignos causadores do câncer de mama. Indicado para: mulheres. É recomendado como medida preventiva a partir dos 35 anos, após os 40 anos, deve ser realizado a cada dois anos e acima dos 50 anos, anualmente.

O que é: uma doença silenciosa que não apresenta sintomas provoca a má circulação sanguínea e em estados avançados leva à cegueira, alterações renais e neurológicas. Indicado para: homens e mulheres. A partir dos 30 anos o exame deve ser coletado a cada três anos. A partir dos 50, anualmente.

*Papanicolau

*Teste de pressão arterial

O que é: usado para diagnosticar doenças sexualmente transmissíveis e o câncer de colo de útero. Indicado para: mulheres a partir do primeiro contato sexual ou após os 18 anos. Deve ser realizado todo ano.

O que é: serve para diagnosticar a hipertensão. Indicado para: homens e mulheres, a partir dos 28 anos. Realizado toda vez que alguém vai ao médico.

*Tomografia de tórax *Teste de colesterol e triglicérides O que é: revela problemas nas artérias coronárias. Ataque cardíaco e o acidente vascular cerebral podem ser causados por altos níveis de colesterol e triglicérides.

77

NATURAL DA TERRA

O que é: exame realizado para detectar doenças como câncer de pulmão. Indicado para: homens e mulheres, tabagistas a partir dos 50 anos.


beleza

#ARECAÚ NUNCAÚMAISÚ POR ANA CLAUDIA MARIGLIANI BOGNER

cabelo tratado e com um bom corte realiza um verdadeiro milagre na imagem de uma pessoa. Eleva a auto-estima, o poder de sedução e a confiança. Mas bastam alguns fios a mais na escova ou na roupa para começar a preocupação, principalmente para os homens. Será que o cabelo está caindo ou é a tal da calvície? Primeiro saiba que a queda é diferente de calvície e que hoje, quanto mais cedo procurar um especialista, maiores são as chances de tratamento. E a boa notícia é que esses tratamentos para a calvície vão de remédios, tônicos e implantes, e dependendo do grau é possível retardar, frear e até mesmo reverter o processo.

Queda x calvície A queda de cabelo considerada normal não é visível. E é de 60 a 100 fios por dia. Perder um pouco de cabelo todo dia é considerado renovação capilar. “Esse número varia de acordo com a densidade que a pessoa tem. E o mais importante não é o número absoluto da perda, e sim a relação entre o que se perde e o que se ganha”, diz Valcenir Bedin, dermatologista, presidente da Sociedade Brasileira para Estudos do Cabelo (SBEC) e diretor do Instituto de Pesquisa e Tratamentos do Cabelo e da Pele (IPTCP).

E para quem anda perdendo além da conta, vale prestar atenção ao tipo de queda, que, apesar de assustador, não costuma ser grave. Pode ser disparado por um fator como o estresse, cirurgias e até o parto. Já a calvície, conhecida como alopecia androgenética (ou androgênica), é um acometimento que está relacionado à origem hormonal e a herança genética herdadas do pai ou da mãe. Alguns fios têm a predisposição genética para a calvície e outros não, mas ambos caem. Os fios que não estão predispostos caem grossos quando completam seu ciclo de vida e nesse caso estão sendo repostos por outros da mesma espessura. Já os fios que carregam o gene da calvície possuem em suas raízes receptores para um hormônio chamado diidrotestosterona (DHT), substâncias que fazem os fios sofrerem um processo de atrofiamento gradativo, o que dá a sensação de cabelos ralos. Quando enfraquecem transformam-se em uma penugem invisível a olho nu e que quando caí não é reposta. No Brasil, a calvície, considerada doença pela Organização Mundial de Saúde (OMS), atinge cerca de 40 milhões de homens. “Ela afeta aproximadamente 50% da ala masculina. E ataca na região frontal e no vértice (coroa) do couro cabeludo”, conta Fábia Oppido Schalch, dermatologista, especialista em cabelos. 78


Segundo estudos realizados, 15% dos homens que vão ficar calvos começam a apresentar os sintomas antes dos 18 anos. Cerca de 70 a 80%, entre os 22 e 26 anos. O restante até os 40 anos – idade considerada limite para o início da calvície. Ou seja, quem não ficou calvo até os 40 anos, dificilmente desenvolverá a doença.

A CALVÍCIE AFETA 50% DOS HOMENS, MAS É POSSÍVEL DIMINUIR E ATÉ REVERTER A DOENÇA COM TRATAMENTOS QUE VÃO DE LOÇÕES A CIRURGIAS

79

=0CDA0;30C4AA0 ~D E Z E M B R O

Mulher fica careca? Ao contrário do que se pensa a calvície não é um problema só dos homens. A queda acentuada entre as mulheres é muito mais comum do que se imagina. Manifesta-se de forma diferente, precocemente, em torno dos 16 a 18 anos, e também provoca a rarefação dos cabelos, principalmente na região da coroa. “A calvície também aparece quando as mulheres chegam a menopausa”, esclarece a dermatologista Fábia. Estima-se que 5% das mulheres adultas apresentam algum grau da doença. A professora Izaura T., 55 anos, conta que há 15 anos seu cabelo começou a afinar. “O problema é genético e existe na minha família, com avó, tias e sobrinha”, explica. A professora procurou um derma-

2 0 0 7


beleza tologista para se tratar. “Ele disse que meu cabelo não ia cair, que não ia ficar careca, mas me indicou um implante”, conta. “Sinto como se tivesse mais cabelo hoje, apesar de eles estarem ficando branquinhos”, brinca. “Podemos dizer que uma mulher que se trata nunca fica calva”, comenta o dermatologista Bedin.

Tratamentos Diante de uma queixa de queda, é necessário procurar um dermatologista que vai vasculhar a vida e a saúde de seu paciente. Se ele tem disfunção de glândulas, doenças, como estão as taxas de hormônios e a alimentação. “O mais importante é ter um diagnóstico correto. Uma vez feito isso existe uma ordem para os tratamentos. Primeiro os tópicos, depois os orais, os injetáveis e, por último, os transplantes”, afirma Bedin. Para os tratamentos tópicos existem os xampus especiais que visam melhorar a condição do couro cabeludo. Já as loções podem conter elementos ativos com a função de parar a queda e estimular o crescimento dos cabelos. “Em tratamento de medicamentos orais, além dos complexos vitamínicos, a novidade do mercado é o Exsyutriment. É um silício orgânico, de origem marítima, que pode ser usado por homens e mulheres, ao contrário da Finasterida, um bloqueador enzimático, autorizado pelo Ministério da Saúde para tratar a calvície, que só pode ser usada por homens”, comenta o dermatologista. A substância foi a mesma utilizada pelo jogador de futebol Romário, e que conferiu resultado positivo no exame antidoping. “Não é tóxica, mas mascara a ingestão de outras substâncias tóxicas, por isso é proibido para atletas”, esclarece Valcenir Bedin. Hoje, já existe no mercado um substituto para a Finasterida e com a mesma função, o Serenoa Repesn. Para as mulheres, e só para elas, há outra opção: a Flutamida, uma pílula que bloqueia a ação do hormônio masculino.

DOUTOR VALCENIR BEDIN, DERMATOLOGISTA E PRESIDENTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA PARA ESTUDOS DO CABELO

FOTOS TADEU BRUNELLI

80


81

Cuidados associados

É dos carecas que elas gostam mais!!!

Existem alguns tratamentos que são associados às substâncias orais, pois se aplicados isoladamente não apresentam um bom resultado. No caso da mesoterapia capilar, os princípios ativos são injetados diretamente na pele do paciente. Há ainda o laser, com a função de melhorar a irrigação do couro cabeludo, e aparelhos similares que são usados como auxiliares antiinflamatórios. No caso do transplante capilar, é indicado quando os outros tratamentos não deram certo. O especialista retira uma quantidade de cabelos de um local e planta, um por um, na área que necessita de fios. Em cerca de dois meses os cabelos começam a crescer. A técnica é cirúrgica e custa em torno de R$ 5 mil. Para o técnico judiciário, Luiz Henrique de Paiva Lacerca, 40 anos, o transplante capilar associado à substância Finasterida tem dado bons resultados. “Tomo há cinco anos e não tenho mais queda de cabelos. E a sessão de transplante ajudou a diminuir o tamanho da minha testa, que terminava praticamente no meio da cabeça. Fiquei bastante satisfeito com o resultado", relata Luiz, que se incomoda por aparentar mais idade do que tem. “Aos 40 anos já me perguntaram se era aposentado, respondi que, infelizmente, não.” Histórias à parte, o método mais moderno, no entanto, é o microtransplante folicular. Segundo especialistas, a técnica é bem mais eficiente que a fio a fio e utiliza enxertos de três a quatro fios retirados das áreas laterais e de cima da nuca. É realizado em cerca de quatro horas, e o curativo, retirado no dia seguinte. Ao longo do primeiro mês, os cabelos caem, mas depois de um trimestre começam a crescer normalmente. O valor do tratamento é de aproximadamente R$ 6 mil. Cientistas e pesquisadores não param de buscar outras novidades em tratamentos para a calvície. Além dos estudos com células-tronco, no Brasil, o grupo da Sociedade Brasileira para Estudos do Cabelo desenvolve um trabalho de clonagem, para cultivar células da área doadora e plantá-las na área receptora.

Infelizmente a maioria de homens e mulheres ainda sente muito preconceito ao falar do assunto ou assumir a nova condição. Mas existe uma parcela dos homens que aderiu ao visual careca, deixando para trás a cabeleira. Um dos sócio-fundadores do site Clube dos Carecas (www.clubedoscarecas.com.br – site com informações, dicas e até piadas sobre a calvície), o engenheiro Marcus Vinícius Brito, 38 anos, resolveu assumir a aparência depois de um encontro. “Marquei de sair com uma garota e penteava meu cabelo de todas as formas, pois não queria ir de boné, que usava para esconder as entradas. Fiquei com raiva, raspei todo o cabelo e fui ao encontro. E não é que a garota ficou surpresa? Ela disse: que bonitinho você careca! E eu decidi ficar assim”, conta. “No meu caso, ser careca, aumentou minha auto-estima”, afirma. O auxiliar administrativo Wemison S., 18 anos, não gostava de seu cabelo e adotou o visual careca aos 10 anos. “Quando era pequeno tinha cabelo no estilo black power e as pessoas costumavam dizer que eu parecia um dos integrantes do Jackson Five (grupo que revelou o cantor Michael Jackson)”, relata. “Depois de adotar esse visual, as brincadeiras acabaram. Acho que, sem cabelo, fiquei melhor.”

NATURAL DA TERRA

LUIZ HENRIQUE DE PAIVA, QUE OPTOU PELO TRANSPLANTE CAPILAR


6ERDADESÚEÚMITOSÚSOBREÚAÚCALVÁCIE

beleza Lavar o cabelo todos os dias piora o quadro? Mito. Lavar não piora, ao contrário, fios sujos ou malcuidados abrem caminho para outros problemas, como a dermatite, que podem detonar a queda. É verdade que o uso de bonés causa calvície? Mito. Usar boné não faz ninguém ficar calvo. A queda está relacionada a questões internas. Se a pessoa tem a predisposição genética para a calvície, pode sofrer uma aceleração no processo e ficar calvo mais cedo. Os fumantes têm mais chances de serem calvos? Verdade. Um estudo realizado pelo Far Eastern Memorial Hospital, em Taipei, Taiwan, sugere que homens fumantes correm mais risco. Segundo os cientistas, fumar danifica a estrutura genética dos folículos capilares, responsável pelo crescimento do fio. E pode afetar ainda as raízes das células necessárias para a circulação do sangue e hormônios. Quem fuma 20 ou mais cigarros por dia, tem duas vezes mais chances de ter queda de cabelos moderada ou severa em comparação aos que nunca fumaram. Secador e chapinha estragam o cabelo? Mito. Ele podem ressecar os fios, mas não leva a maiores danos. Água quente estraga os fios? Verdade. A água quente tira dos cabelos a proteção natural e os deixa mais fracos. Dietas podem causar quedas de cabelo? Verdade. “Cabelo é proteína e precisa de vitaminas, sais minerais e aminoácidos para nascer e crescer. Se a dieta é muito rigorosa pode afetar o crescimento e causar queda”, informa o dermatologista Valcenir Bedin. Os xampus antiqueda combatem a calvície? Mito. “Os xampus apenas melhoram o aspecto do cabelo e algumas patologias que podem exacerbar a queda, como a dermatite seborréica”, explica a dermatologista Fábia Oppido Schalch. Massagear o cabelo pode provocar calvície? Mito. As massagens capilares auxiliam na ativação e estimulação da circulação sanguínea do couro cabeludo, contribuindo para um retardo na evolução da calvície.

82


desfrute São Paulo

APROVEITE MAIS AS OPÇÕES DE LAZER QUE A CIDADE TEM A OFERECER. VAMOS LÁ, TIRE O CARRO DA GARAGEM E VIVA MOMENTOS AGRADÁVEIS DE MANHÃ, À TARDE OU À NOITE

Boa visita!

FOTOS DIVULGAÇÃO

84


Starbucks

A

maior cafeteria do mundo (presente em mais de 40 países com 15 mil lojas) desembarcou no Brasil com força total. Em seu primeiro ano já soma mais de 1 milhão de clientes atendidos em suas oito lojas. Tanto sucesso se deve as suas bebidas à base de café espresso (escrito como na Itália), feitas uma de cada vez e personalizadas com o nome do cliente. Dessa forma têmse a certeza de que a bebida será servida da mesma maneira com que foi pedida. Para acompanhar, a rede oferece diversos muffins doces e salgados, como o de blueberry e o de limão com sementes de papoula. As lojas oferecem serviço wi-fi de acesso à internet e música ambiente. Confira o endereço mais perto no site: www.starbucks.com.br

BEBA UM DRINQUE NO BAR ANTES DA SEÇÃO COMEÇAR

Reserva Cultural ma boa opção para um programa em família. O Reserva Cultural é um centro de lazer mais conhecido por suas quatro salas de cinema que projetam filmes do cinema alternativo e do grande circuito. No lobby do edifício são exibidos trailers e bastidores de filmagens (making of) em monitores de plasma. O restaurante ganhou visibilidade com um recorte feito na base da tradicional fachada do prédio da Fundação Cásper Líbero. De lá, tem-se visão privilegiada da avenida Paulista. Se o tempo é curto para uma refeição, o espaço oferece drinques em um bar, ou mesmo, um lanche mais completo na Boulangerie Pain de France. Para os que perderam a hora do início da sessão, o jeito é passar algumas horas na livraria ou então visitar uma das exposições itinerantes. Avenida Paulista, 900, Cerqueira César, tel. 3287-3529; www.reservacultural.com.br

85

NATURAL DA TERRA

CAFÉS GELADOS E QUENTES, CHÁS E CHOCOLATE QUENTE

Pedaço da Pizza

O

clima é na casa é informal. Logo na entrada pode-se fazer o pedido diretamente ao pizzaiolo. Enquanto sua fatia vai ao forno, fique à vontade para abrir a geladeira e escolher sua cerveja ou refrigerante. Garanta um espaço no balcão e já se prepare para incrementar a pizza com azeite, alho torrado ou mesmo pimenta. Garfo e faca não são necessários, lá os pedaços podem ser comidos com a mão. Aberto durante o dia e a noite, o Pedaço da Pizza faz sucesso entre seus habitués e conforme o horário é necessário esperar até meia hora – isso porque em uma mesma rua a casa conta com duas unidades. Por lá, são servidas as tradicionais de mussarela e calabresa, mas a pedida fica por conta do pedaço de shimeji com couve crocante. Rua Augusta, 2931, Jardim Paulista, 3891-2431; Rua Augusta, 1463, Centro, 3285-2117

P ABLO D UARTE

U


desfrute São Paulo

Pomodori Wine' Jazz Bar C

NOITES AO SOM DE JAZZ DE TERÇAFEIRA A SÁBADO

omandado pela dupla de chefs Rodrigo Martins e Jefferson Rueda, o bar anexo ao restaurante que leva o mesmo nome é o lugar perfeito para os apreciadores de tintos, brancos e espumantes. Às segundasfeiras, a casa tem compromisso com confrarias e degustações de vinhos, a marca registrada do bar que acaba de ganhar uma cozinha própria, ficando com o charme de um bistrô. Por lá você não vai encontrar uísque ou caipirinhas; cerveja também não tem vez, com exceção à belga Deus. Vale a pena conhecer. Rua Professor Tamandaré Toledo, 25, Itaim Bibi, tel. 3071-1312; www.pomodori.com.br

Café Otávio M

uito mais que uma cafeteria, este elegante espaço já entrou para o circuito gastronômico da cidade. Com investimentos da ordem de R$ 9 milhões, sua intenção é tornar-se uma referência à cultura cafeeira nacional – a começar pelo formato do prédio na forma de um grão de café. Aromas, cores e formas estimulam os sentidos do consumidor em todos os cantos da casa. São ambientes criados para um cafezinho rápido, ou, se preferir relaxar, procure aproveitar a lareira no lounge externo ou uma área com mesas no deque. No cardápio, cafés de alta qualidade incentivam criações como o Espresso Macchiato, o Doce de Espresso, o Espresso Gratinado e o tradicional Mocha. Av. Brigadeiro Faria Lima, 2996, Jd. Paulista, tel. 3079-4478; www.octaviocafe.com 86


L um a C om uni cação

O

NOBRE

SABOR

DA

NATUREZA


FOTOS TADEU BRUNELLI

dicas do freguês

88


4EMÚDEÚTUDO O QUE O COMENTARISTA RENATO LOMBARDI PROCURA, ENCONTRA NO NATURAL DA TERRA POR ANA CLAUDIA MARIGLIANI BOGNER

COM DIA-A-DIA AGITADO, O JORNALISTA RESERVA OS SÁBADOS PARA AS COMPRAS

89

NATURAL DA TERRA

Há quatro anos, Renato Lombardi, 60 anos, comentarista do Jornal da Cultura , foi apresentado ao Natural da Terra por sua esposa. “Ela chegou em casa dizendo que tinha ido a um lugar superbacana com peixaria, barraquinha de pastel e caldo de cana. Era a unidade de Moema, do Natural da Terra”, conta. “Freqüentei essa loja por um ano até descobrir que no bairro que morava, o Itaim, havia sido inaugurada uma unidade. Já faz três anos que realizo minhas compras na loja do Itaim. Nesse tempo percebi que o número de clientes lá aumentou.” Como um bom descendente de italianos, Renato Lombardi compra frutas, verduras e legumes. “Tudo o que procuro encontro lá. Faço minhas compras aos sábados pela manhã e os produtos sempre estão frescos.” E enumera algumas qualidades do Natural da Terra. “Você pode pegar a quantidade que deseja e montar suas compras, eu sempre fui bem atendido, consigo estacionar, é claro que quando é preciso conto com ajuda do manobrista.” O comentarista gosta ainda da forma que os produtos são dispostos. Renato Lombardi confessa que já tentou fazer as compras em outros supermercados. “Já fui, mas você vê que as frutas, verduras e legumes não têm a mesma qualidade. Nada se compara ao Natural da Terra.”


bebidas

$RINQUESĂ&#x161;COMĂ&#x161; ÂľGUA DE COCO CONVIDAMOS O MAGO DA COQUETELARIA PARA PREPARAR A BEBIDA COM A CARA DO VERĂ&#x192;O POR HORST KISSMANN FOTOS TADEU BRUNELLI

ĂĄgua-de-coco verde ĂŠ saĂşde! Rica em sais minerais (sĂłdio e potĂĄssio) e de alto valor nutritivo, seu sabor suave e levemente adocicado ĂŠ uma Ăłtima pedida para incrementar drinques nos dias mais quentes. â&#x20AC;&#x153;Para deixar uma bebida alcoĂłlica mais leve, em vez de utilizar pedras de gelo, experimente fazer os cubos com ĂĄgua-decoco. Ela agrega sabor e personalidade Ă  bebidaâ&#x20AC;?, diz o mestre Derivan de Souza, que preparou estas seis bebidas. No Natural da Terra os clientes encontram o coco verde fresco e a ĂĄgua-de-coco jĂĄ engarrafada. Outra dica do mestre, ĂŠ de reservar os copos de long drink para as bebidas sem ĂĄlcool ou menos alcoĂłlicas. â&#x20AC;&#x153;Assim seus convidados acabam com a sede e sempre pedem mais umâ&#x20AC;?, complementa. Siga os conselhos do barman e veja a seguir como preparar facilmente estas bebidas saborosas.

Derivan de Souza

PALM BAY 1 DOSE 60 ml ~STĂ&#x2C6;VdPSTR^R^ U^[WPb~STW^acT[Ă&#x160; R^[WTab^_P~STgPa^_T ST\PĂ&#x17D;Ă&#x160; 30 ml~STe^SRP

Modo de preparo 1.<PRTaTPW^acT[Ă&#x160;R^\^ gPa^_T^VT[^Pe^SRPT R^\_[TcTR^\Ă&#x2C6;VdPSTR^R^ \XbcdaTQT\2.2^[^`dTT\d\ R^_^ST[^]VSaX]Z3.3TR^aT R^\U^[WPbSTW^acT[Ă&#x160;T\PĂ&#x17D;Ă&#x160;

90


91

NATURAL DA TERRA


bebidas

FRESH FRUIT COCKTAIL 1 DOSE 60 ml ~STĂ&#x2C6;VdPSTR^R^ 10 ml ~STVa^bT[WP 20 ml ~STbdR^STPQPRPgX 20 ml ~STbdR^ST\T[Ă&#x160;^ 40 ml ~STbdR^ST\^aP]V^

Modo de preparo 1. 2^[^`dTPVa^bT[WPT\d\R^_^^[S UPbWX^]TS2.0RaTbRT]cT^b^dca^b X]VaTSXT]cTbT^VT[^R^\RdXSPS^_PaP]Ă&#x160;^ \XbcdaPa^bX]VaTSXT]cTb3. 3TR^aTR^\ UPcXPbST[PaP]YPPQPRPgXTRTaTYPb

PEACH FIZZ COCONUT 1 DOSE 80 ml ~STĂ&#x2C6;VdPSTR^R^ 30 ml ~STbdR^ST_Ă&#x2018;bbTV^ 30 ml~ST[TXcTR^]ST]bPS^ 10 ml ~STbdR^ST[PaP]YP 10 ml ~STbdR^ST\PaPRdYĂ&#x2C6; \TSXSP~STVaT]PSX]T

Modo de preparo 1. <XbcdaT^bX]VaTSXT]cTb]P R^`dTcT[TXaPPVXcTTbXaePT\d\R^_^ST [^]VSaX]Z2.3TR^aTR^\[PaP]YPTRTaTYP

92


bebidas ESCH BEACH 1 DOSE 60 ml ~STรˆVdPSTR^R^ 30 ml ~STbdR^STdeP 30 ml~STbdR^STPQPRPgX Q^[P~STb^aeTcTST\^aP]V^ UPcXP~STR^R^

Modo de preparo 1. 1PcP^bX]VaTSXT]cTb]P R^`dTcT[TXaPTbXaePT\d\R^_^ST bW^acSaX]Z2.3TR^aTR^\dePbT d\PUPcXPSTR^R^]PQ^aSPS^R^_^

BUCANERO 1 DOSE 60 ml~STรˆVdPSTR^R^ 40 ml ~STad\QaP]R^ 20 ml~STbdR^STPQPRPgX R^\W^acT[รŠ 10 ml ~STgPa^_TSTR^R^

Modo de preparo ?aT_PaT]PR^`dTcT[TXaPbXaePT\ R^_^[^]VSaX]ZR^\VT[^3TR^aT R^\PQPRPgXTW^acT[รŠ

ENGLAND SEA 1 DOSE 60 ml ~STรˆVdPSTR^R^ 30 ml~STVX] 20 ml ~STbdR^ST[X\รŠ^ R^[WTab^_P~STPรŽรกRPa

Modo de preparo 1. <XbcdaT^bX]VaTSXT]cTb]PR^`dTcT[TXaP TgRTc^PรˆVdPSTR^R^2.BXaePT\d\R^_^ [^]V^R^\VT[^TR^\_[TcTR^\PรˆVdPST R^R^3. 3TR^aTR^\UPcXPbST[X\รŠ^TRTaTYP RECEITAS DO BARMAN DERIVAN DE SOUZA, do restaurante Esch Cafรฉ. Alameda Lorena, 1899, Jardim Paulista, tel. (11) 3062-2285, Sรฃo Paulo, SP

94


95

NATURAL DA TERRA


produtos

5MÚPEQUENOÚ TOQUEÚDEÚCHEF SURPREENDA SEUS CONVIDADOS COM DICAS SIMPLES, MAS QUE FAZEM TODA A DIFERENÇA NA HORA DE RECEBER

Cafezinho requintado Faça um agrado aos seus amigos dando um toque a mais ao cafezinho servido. Coloque uma bolachinha de Amaretto para petiscar e para mexer o café experimente substituir a colher por um pauzinho de canela.

Aromatize seu azeite Para incrementar seu azeite, misture-o com dentes de alho

Um dos ingredientes mais

e aqueça lentamente em uma

caros do mundo é venerado há

panela. Quando começar a

anos por conta de seu aroma

soltar aroma, e bem antes

e sabor. As sementes podem

do ponto de fritura, desligue

ser usadas para aromatizar o

o fogo e espere que esfrie.

leite que servirá de base para

Retorne o azeite e os dentes de

cremes, bolos, pudins e bebi-

alho de volta à garrafa, tampe

das. Basta fervê-las com leite,

e guarde em local escuro e fresco. Procure utilizar dentro de um mês.

FOTOS TADEU BRUNELLI

Favas de baunilha

deixar repousar por 2 horas na geladeira, reaquecer, coar e utilizar.

96


Abóbora ou jerimum? Não importa como você a chame, estas miniabóboras são um charme à parte em qualquer refeição, principalmente porque podem ser servidas de modo individual. Asse-as, após retirar as sementes e colocar um pouco de sal. Para o recheio, utilize queijo do tipo Catupiry, acompanhado por carneseca e cogumelos passados na manteiga.

Folhas de uva Retire os talos e coloque-as em uma panela com água fervente até que fiquem maleáveis. Utilize-as para enrolar os mais diversos recheios, como queijo, arroz temperado ou ainda com carne moída temperada.

Curry Este tempero asiático, um dos mais antigos do mundo, é feito com a mistura de diversos condimentos (pode-se chegar a mais de 70) como a cúrcuma e o cardamomo. É muito aromatizado e saboroso – uma ótima companhia para carnes.

97

NATURAL DA TERRA

Fruta multiuso Rica em vitamina A e fonte de vitamina C, a pitaya tem gosto adocicado e baixo teor calórico. E uma ótima pedida para pudins, sucos e, lógico, a caipirinha. Linda, saborosa e uma delícia!

Redução de Vinho do Porto Além de ser um ótimo vinho para a sobremesa, podemos usá-lo como ingrediente. Numa panela pequena, em fogo médio, coloque cerca de 300 ml de vinho do Porto, 4 colheres (sopa) de açúcar e vá mexendo até que fique consistente – algo em torno de 20 minutos. Depois de pronta, você pode utilizá-la para colocar no fundo do prato, ou para glaciar uma carne, por exemplo.


cartas

#!.!,Ú!"%24/Ú#/-Ú6/#ž As conquistas obtidas pelo Natural da Terra e pela revista merecidamente premiada pela Câmara Municipal revelam a dedicação de todos os funcionários, uma perfeita sintonia com a filosofia da sua empresa. Mario Passos Queria parabenizar a todos pelo segundo aniversário da revista e pelo merecido prêmio recebido da Câmara Municipal. Esse sucesso é fruto de um trabalho sério e competente. Foi só uma questão de mérito! Continuem assim, pois, nós, clientes-fãs do Natural da Terra, sempre estaremos ganhando junto. Aldo A.G. Dallago Parabéns por mais essa conquista do Natural da Terra, a revista premiada é maravilhosa. Um trabalho caprichado e que dá para perceber que é feito com amor e preocupação em satisfazer os clientes. Não foca apenas pelo lado “consumi-

dor”, mas traz informação gastronômica, curiosidades, informações diversificadas que com certeza fazem a diferença. Sem falar nas lojas, que são aconchegantes e com uma “vitrine” maravilhosa, onde consumimos as coisas já com os olhos! Essa atenção com cada detalhe é fundamental para que vocês continuem cada vez mais sendo os melhores. Carolina Sanches

Sou compradora assídua da loja de Higienópolis, na rua Rosa e Silva. Vera Esteves Waendendries Quero elogiar a qualidade, conteúdo e diagramação. Apreciei deveras a revista e gostaria muito de continuar recebendo. Luiz Eduardo Alvarez

Recebi a última revista (a edição de Natal) e não precisa dizer que adorei. As fotos das frutas dão até água na boca... Desejo muito sucesso a todos vocês que são como uma família para mim, freqüentadora desde a inauguração do hortifrúti. Maria Lucia Pastor

Recebi há uns meses a revista Natural da Terra no 5. Fiquei encantado com a maravilhosa impressão, apresentação e receitas. Estou deslumbrado com o capricho, profissionalismo e competência com que essa revista é elaborada. Sou um gourmet amador, mas adoro cozinhar e meus pratos são apreciados e elogiados. Antônio César Amora Aliandro

Tive o prazer de receber em minha casa a revista Natural da Terra. Quero cumprimentar pela iniciativa, pela apresentação gráfica, qualidade do papel e, sobretudo, o conteúdo da revista.

Gostaria de destacar a qualidade da revista, um projeto editorial caprichado, no mesmo estilo da loja de vocês. Adorei receber a revista em minha casa. Ana Paula Pó

Para receber a revista Natural da Terra, basta cadastrar-se nas lojas ou enviar e-mail para marketing@naturaldaterra.com.br.

98



Natural da Terra #09