Page 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO SEGURANÇA DO TRABALHO EDIFICAÇÕES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES


EDIFICAÇÕES SEGURANÇA DO TRABALHO

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Módulo | 1 Capítulo| Desenho técnico e arquitetônico Autora | Fabiana Zorzeti MiniCV | Graduada em administração de empresas pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Técnica em administração de empresas pela Escola Técnica Estadual Polivalente de Americana – ETEPA e em informática pelo colégio Comercial D. Pedro II. Atuou como assistente administrativa na Zorzeti & Anjos restaurante e na IPJ Serviços Fiscais, instrutora na UNIESP – Piracicaba e assistente de vendas na Dhor Rio Confecções.


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

_____________________________________________________________________________________________

SUMÁRIO 1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES .................................................1 1.1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 01...................................1 1.2 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 02 ..................................1 1.3 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 03...................................1 1.4 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 04...................................1 1.5 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 05...................................1

2

APÊNDICE ................................................................................2 2.1 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 01 ............2 2.2 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 02 ............4 2.3 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 03 ............7 2.4 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 04 .......... 10 2.5 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 05..........13


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

1.1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 01 Realize estas atividades complementares e teste seu conhecimento: 01) Quando o desenho arquitetônico teve destaque? O que ocorreu com a revolução industrial? 02) Por que os desenhos arquitetônicos são considerados um documento? 03)

Quando

começaram

a

surgir

as

normas

para

os

desenhos

arquitetônicos? 04) Quem iniciou as representações técnicas dos projetos arquitetônicos? 05) Quem foi Gaspar Monge? 06) Qual é a denominação para o termo Desenho Arquitetônico? 07) Qual a importância das normas técnicas? 08) Por que hoje, apesar de existir o AUTOCAD, ainda é necessário o conhecimento do desenho à mão?

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES _______________________________________________________________________

09) Defina os instrumentos abaixo. a.

b.

c.

d.

Página 2


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES _______________________________________________________________________

e.

10) Defina, de acordo com a NBR 10647, desenhos projetivos e desenhos não projetivos.

Página 3


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

1.2 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 02 Realize estas atividades complementares e teste seu conhecimento: 11) Baseado nas figuras, identifique desenho projetivo e desenho não projetivo.

a.

b.

c.

d.

12) Faça o esboço de uma casa térrea com três quartos, sendo uma suíte, mencionando cada cômodo, a área interna, a área externa e a área total do projeto em um terreno de 125m2. 13) Faça um esboço dos quadros com as margens no formato A4, nos modelos da folha na vertical (use uma escala baixa para caber na folha sulfite), baseando-se nos padrões determinados pela NBR 13142.

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES _______________________________________________________________________

14) Quais as informações que devem conter na legenda, segundo a NBR 10582? 15) Você foi contratado para fazer a reforma em uma casa e a cliente informou que deseja ampliar alguns cômodos e diminuir outros. O que você deve fazer inicialmente, antes de informar se pode ou não realizar as mudanças desejadas? 16) Qual o próximo passo do arquiteto após concluir uma obra? 17) Para que serve a escala? 18) Existem as duas denominações: “Projeto Arquitetônico” e “Desenho Arquitetônico”. Pesquise a diferença entre elas e quais seus elementos. 19) Você é um torneiro mecânico. Um cliente chegou com uma peça e pediu para que fizesse outra igual. Qual o procedimento para fazer a nova peça e atender à necessidade do cliente? 20) Verifique as informações que constam abaixo e calcule-as no desenho. Área externa. Área interna. Área total construída.

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES _______________________________________________________________________

Página 2


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

1.3 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 03 Realize estas atividades complementares e teste seu conhecimento: 21) Qual a essência da linha? 22) Especifique qual o seu tipo e o uso de linhas, diante dos tipos de linhas existentes. 23) Quais as normas para a padronização dos projetos arquitetônicos como um todo? 24) Quais as deformações existentes na perspectiva? 25) O que é Épura? 26) Quais os tipos de linhas existentes? 27) Faça uma pesquisa sobre uma escala, contendo a definição, as recomendações e os tipos existentes. 28) Faça uma pesquisa sobre os princípios gerais das cotas. 29) Identifique do que se trata cada uma das NBRs abaixo: 10647: 10068: 13142: 10582: 8402:

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES _______________________________________________________________________

8403: 10067: 8196: 12298: 10126: 8404: 30) Trace a planta baixa de um mezanino.

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

1.4

ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 04 Realize estas atividades complementares e teste seu conhecimento:

31) Quais as principais vistas ortográficas no 1º diedro? 32) Faça a projeção completa com o nome e a posição das vistas de um dado. 33) Quais as regras de cotagem? 34) Quais os tipos de cortes existentes? 35) Pesquise qual o roteiro sequencial na elaboração de um desenho. 36) Você é contratado para fazer uma peça de reposição para uma máquina; porém o cliente não tem o projeto para a execução do serviço, ou seja, possui apenas a peça que está com problemas. Qual sua atitude diante disso? 37) Pesquise o que é uma planta baixa. 38) Pesquise sobre a composição do desenho e o defina. 39) Pesquise sobre a história da letra de mão. 40) Qual a diferença entre Arquitetura e Engenharia Civil? Pesquise e identifique essa diferença.

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

1.5 ATIVIDADES COMPLEMENTARES | AULA 05 Realize estas atividades complementares e teste seu conhecimento: 41) Qual o instrumental aplicado para o desenho técnico? 42) Para que são usados os gabaritos? 43) O são os elementos não visíveis? 44) Faça uma projeção em qualquer plano do 1º diedro. 45) Quais as principais vistas de uma projeção e o seu significado. 46) Faça uma projeção ortográfica do prisma visto de frente no plano vertical, ou vista frontal. 47) Qual a função das letras e como elas devem ser? 48) Usando a formula para o cálculo de escala, calcule um objeto de 60 metros que é representado em um desenho com medida de 1.600 mm. 49) Usando a fórmula para calcular escala, calcule um objeto de 120 metros que é representado em um desenho com medida de 1.200 mm. 50) Usando a fórmula para o cálculo de escala, calcule um objeto de 140 metros que é representado em um desenho com medida de 1 000 mm.

Página 1


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

2

APÊNDICE

2.1 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 01 1.

No período renascentista. A necessidade de que os projetos tivessem maior rigor e precisão, para que não cometessem erros na hora da execução.

2.

Porque contém informações técnicas relativas a determinada obra.

3.

No século XIX.

4.

Brunelleschi e Leonardo Da Vinci

5.

Responsável

pelos

grandes

avanços

técnicos

com

a

geometria

descritiva, que apresentou método de representação tridimensional dos objetos sobre a superfície bidimensional do papel. 6.

Uma especialização do desenho técnico normatizado, voltado para a execução e a representação de projetos de arquitetura.

7.

É necessário que outros profissionais envolvidos possam compreender perfeitamente o que está representado em seus projetos. Também para que o arquiteto consiga ler qualquer outro projeto complementar ao arquitetônico, para possibilitar a compatibilização entre eles.

8.

Porque a base e o fundamento pertencem aos recursos do desenho à mão.

9. a. Esquadro

traço

perfeito

e

com

precisão Página 2


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

b. Transferidor – medição de ângulos com precisão c.

Escalimetro – efetuar leituras ou representar objetos preservando as devidas proporções

d. Régua T – traçar segmentos paralelos e. Compasso

verificar

alguns

procedimentos

para

o

bom

desempenho, qualidade e apresentação. 10.

Desenho projetivo: resultante de projeções do objeto sobre um ou mais

planos

que

fazem

coincidir

com

o

próprio

desenho,

compreendendo vistas ortográficas e perspectivas. Desenho não projetivo: desenho não subordinado à correspondência, por meio de projeção, entre as figuras que o constituem e o que é representado por ele.

Página 3


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

2.2 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 02 11.

A. desenho projetivo B. desenho não projetivo C. desenho não projetivo D. desenho projetivo

12.

Sugestão

Página 4


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

13. A3

297

420

25

7

178

0,5

14. Designação da firma; designação do projetista desenhista ou outro responsável pelo conteúdo do desenho; local, data e assinatura; nome e localização do projeto; conteúdo do desenho; escala; número do desenho; designação da revisão; indicação do método de projeto e unidade utilizada no desenho. 15.

Solicitar o último projeto arquitetônico

16.

Elaborar o projeto arquitetônico final.

17.

É a relação que indica a proporção entre cada medida de desenho e a sua dimensão.

18.

Pesquisa.

19.

Solicitando

o

desenho

arquitetônico.

Página 5


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

20.

Interna: 106,41 m²; externa: 43,50 m@ e total: 149,91 m².

Página 6


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

2.3 GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 03 21. A continuidade. 22. TRAÇO

GRAFITE

TIPO DE LINHA

2.1.1.1.1.1 H B

USO Cortes

/

Principais/ secundárias corte

perfis/

através

de

espaços

FH

Elevações / arestas/ HB

FH

Secundárias

intersecções

de

planos

FH

lay-out/ Construções / linhas de lay-out linhas em representação planos / texturas Grades

2H 4H

/

23. NBR 10067, NBR 8196, NBR 12298, NBR 10126 e NBR 8404. 24. SPVP – semiplano horizontal posterior, SPVS - semiplano vertical superior, SPHA - semiplano horizontal anterior e SPVI – semiplano vertical inferior. 25. Representação dos planos após o rebatimento do plano vertical e no sentido anti-horario, sobre o plano horizontal. 26. Linhas de contorno, linha internas, linhas situadas além do plano do desenho, linhas de projeção, linhas de eixo ou coordenadas, linhas de cota,

linhas

auxiliares

e

linhas

de

indicação

e

chamadas.

Página 7


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

27.

Pesquisa.

28.

Pesquisa.

29. NBR 10647 – Técnico – Norma geral; NBR 10068 – Folha de desenho layout e dimensões; NBR 13142 – Desenho técnico – desdobramento de cópias; NBR 10582 – Desenho técnico – legenda; NBR 8402 – Execução de caracteres para escrita em desenhos técnicos; NBR 8403 – Tipo, largura e aplicação de linhas em desenhos; NBR 10067 – Princípios gerais de representação em desenho técnico; NBR 8196 – Emprego de escalas em desenho técnico; NBR 12298 – Representação de área de corte por meio de hachuras em desenho técnico; NBR 10126 – Cotagem em desenho técnico; NBR 8404 – Indicação do estado de superfície em desenhos técnicos. 30. Sugestão a seguir.

Página 8


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

Página 9


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

2.4

GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 04

31. vista frontal: desenha-se o objeto visto de frente, ou seja, a sua face frontal; vista superior: desenha-se o objeto visto de cima; vista lateral esquerda: desenha-se a face lateral esquerda do objeto. 32.

33.

Página 10


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

34. Transversal e longitudinal 35. Pesquisa 1ª ETAPA (com traço bem fino – traço de construção): 1. Marcar o contorno externo do projeto; 2. Desenhar a espessura das paredes externas; 3. Desenhar as principais divisões internas; 2ª ETAPA (com traços médios): 1. Desenhar as aberturas – portas e janelas; 2. Desenhar os equipamentos sanitários e equipamentos elétricos de porte; 3. Desenhar a projeção da cobertura em linha fina contínua; 4. Apagar o excesso dos traços. 3ª ETAPA (com traços médios e fortes): 1. Desenhar as linhas tracejadas ou traço dois pontos – projeção da cobertura, reservatórios, iluminação zenital (traço médio); 2. Denominar os ambientes (traço médio); 3. Indicar a área de cada ambiente e a especificação do tipo de piso (traço médio); 4. Cotar aberturas, códigos e quadro de esquadrias – portas, janelas, portões (traço médio); 5. Colocar a indicação de níveis (traço médio); 6. Cotar o projeto (linhas finas); 7. Desenhar hachura no piso das “áreas molhadas” – com equipamentos hidráulicos (traço fino); 8. Indicar a posição dos cortes; a entrada principal; o norte (traço médio/grosso); 9. Acentuar a espessura dos traços da parede (traço grosso); 10. Denominar o tipo de desenho (planta baixa, planta de cobertura, implantação...), bem como colocar a escala (1/50; Página 11


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

1/100...). 36. Existem 2 possibilidades de resposta esperada para o aluno: - Ele faz a peça, porém informa ao cliente que não há garantias que a peça terá o mesmo desempenho da original. - Ele se nega a fazer pois o mau funcionamento da máquina pode causa danos graves. 37. Pesquisa. 38. Pesquisa. 39. Pesquisa. 40.

Pesquisa.

Página 12


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO

2.5

GABARITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES – AULA 05

41.

Lápis

ou

lapiseiras,

borracha,

esquadros,

gabaritos,

compasso,

escalímetro, prancheta, escalímetro, régua paralela. 42.

O gabarito de círculos é útil para o traçado de pequenos círculos de raios

pré-disponíveis.

Outros

gabaritos

úteis:

equipamentos

sanitários/hidráulicos, formas geométricas e mobiliário. 43.

O gabarito de círculos é útil para o traçado de pequenos círculos de raios

pré-disponíveis.

Outros

gabaritos

úteis:

equipamentos

sanitários/hidráulicos, formas geométricas e mobiliário. 44.

45. VF: vista frontal; VS: vista superior; VLE: vista lateral esquerda; VLD: vista

lateral

direita;

VP:

vista

posterior;

VI:

vista

inferior.

Página 13


DESENHO TÉCNICO E ARQUITETÔNICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES ________________________________________________________________________________

46.

47. As letras devem comunicar e não distrair ou prejudicar o desenho em si. Dessa forma, algumas dicas: 1. As letras devem ser sempre maiúsculas e não inclinadas – letras inclinadas geralmente são direcionais, distraindo a visão em um desenho retilíneo. 2. Para manter as letras verticais, um pequeno esquadro ajuda a manter os traços verticais das letras. 3. Mantenha a proporção de áreas iguais para cada letra, para que seu texto seja mais estável. 48. 1:50 49. 1:100 50. 1:140

Página 14


[e-Book] Desenho Técnico e Arquitetônico - SEGURANÇA DO TRABALHO  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you