Issuu on Google+


10.000 exemplares auditados pela BLB Auditores

Editorial

A força do interior Ao completar 77 anos, o Clube de Regatas alcança um nível de qualidade que enche seus associados de orgulho e prazer. Uma estrutura digna de todos os reconhecimentos. A sua diretoria, comandada por Waldo Da Col e Antonio Cese, trabalha com transparência, oferecendo as mais diferentes opções de lazer, entretenimento e esportes. Um clube onde praticamente não existe inadimplência. Tudo isto é fruto de trabalho e união. Esta edição traz a cobertura completa do Grande Prêmio Ribeirão Preto de Solidariedade, que aconteceu no Theatro Pedro II, prestigiado por cerca de 900 convidados. Uma noite verdadeiramente memorável. José Carlos Carvalho, presidente da ACIRP, nos tem dado um apoio da mais alta importância. Este espaço ficaria pequeno para agradecermos o nosso presidente. O Fundo Social, através de Mara Pereira Alvim e o Theatro Pedro II, com o presidente Josué Peixoto colaboraram de forma direta para o sucesso do evento. Para 2011, ganhamos o reforço da Secretaria de Assistência Social, com a secretária Maria Sodré. Novas entidades e tradicionais benemerentes estarão conosco neste evento, que tem por objetivo reconhecer o árduo trabalho destes batalhadores. O dia 12 de setembro de 2011 já está agendado. Não faltaram motivos para brindarmos o mês de outubro. Mês da nossa Mãe, padroeira e rainha do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Mês das crianças, dos professores e das comemorações dos 80 anos do templo da cultura em nossa região: Theatro Pedro II. Com o coração tomado pela alegria, na expectativa de ser pai mais uma vez, planejando e sonhando tudo o que temos direito, com a transparência de sempre, finalizamos esta edição. Que a legitimidade do voto faça com que nossos representantes tenham um mínimo de dignidade e postura, para discutir o que realmente interessa ao nosso País. Que Deus nos abençoe. Uma ótima leitura a todos.

Expediente Diretor: Rodrigo Simões

Jornalista Responsável e Revisão Mariana Nakane – MTB 42.692

Diagramação Fernanda M. Paschoalin

Capa Rafael Cautella

Fotógrafo Rafael Cautella

Gerente Comercial Poliana S. Spadaro Profeta

Tiragem: 10.000 exemplares

CtP e Impressão São Francisco Gráfica e Editora Revista Evidência é uma publicação mensal da Editora R2S Ribeirão Ltda, não tendo responsabilidade editorial pelos conceitos emitidos nos artigos assinados e informes publicitários.

Rodrigo Simões

R: Professor Mariano Siqueira, 48/Jd. América/ Ribeirão Preto-SP CEP 14020-188 - Fone: (16) 2102-7900 www.programaevidencia.com.br Siga-nos no twitter: @rodrigosimoes_

Auditada por: BLB Auditores Independentes CNPJ - 06.096.033/0001-63 Rua Professor João Fiúsa, 1901 salas 507/508 - Jd. Canadá Ribeirão Preto – SP Erramos Na edição passada, mês setembro, na matéria de capa, página 13, quem aparece na foto junto da esposa Maria Rita Faleiros e filhos é o Dr. Francisco Fernandes Moreira Neto, e não Francisco Ignácio da Silva Neto como foi publicado. Já na página 60, o endereço da Escola de Educação Infantil Maria de Nazaré está errado. A escola fica à rua Roberto de Souza Prado 215. O telefone é o 16.3638-0908.


08

14 08 Capa

Clube de Regatas: Administração de sucesso coroa seus 77 anos

14 Perfil

Marcio Pallandri: À frente do Empório Brasília

32

32 Cultura

Theatro Pedro II: 80 anos de muitas histórias

34 Moda

Fitness: Cada malha para cada tipo de corpo

34

49

49 Dicas Culturais

Ivete Sangalo: A rainha do axé estará no Ribeirão Skol Folia

54 Solidariedade

54

Grande Prêmio Ribeirão Preto de Solidariedade: O Theatro Pedro II foi palco da homenagem de mais de 50 entidades


Fotos: Divulgação

Capa

O Clube de Regatas localiza-se em uma área de cerca de 403.319,14 m²

Regatas

O melhor Clube do interior paulista Com 33 mil sócios, em uma estrutura invejável, que emprega cerca de 420 profissionais aos finais de semana, o Clube de Regatas de Ribeirão Preto, cada vez mais, consolida-se como um dos melhores clubes de todo o Estado de São Paulo

pelo presidente Waldo da Col e vice Antônio Cese, empreendedores de sucesso, que com o apoio de uma diretoria de peso, estão sempre promovendo ações inteligentes que visam a melhoria constante nos mais variados

aspectos como obras de manutenção, ampliação e reforma, além da informatização de sistemas. Com isso, aos 77 anos, o Clube de Regatas é um dos mais modernos clubes do Brasil. Em sua estrutura impecavelmente

O Clube de Regatas de Ribeirão Preto é a área de lazer e lugar para a prática de esportes de milhares de famílias. O leque de opções encontradas no clube, dentro de uma estrutura que passa por constantes aprimoramentos e que proporciona conforto e segurança aos frequentadores, culmina em sócios satisfeitos e nomeia o Regatas como um dos melhores clubes do estado. Todo esse reconhecimento se deve à forma como o clube é administrado 8 | Revista Evidência

Vice-presidente Antônio Cese e o presidente Waldo Da Col: Administração moderna , eficiente e transparente


organizada oferece aos associados ampla e moderna academia de ginástica, yoga, sala de jogos, aulas de dança de salão, ambulatório médico devidamente equipado, área para churrasco, berçário, biblioteca, sala de troféus, campos de futebol, bocha, basquete, tênis, vôlei de quadra e areia, parques infantis, boutique, capela, lago, lanchonetes, restaurantes para todos os gostos, salão social, parque aquático, sauna e pista de atletismo. Na área de esportes, o clube organiza vários torneios e competições ao longo do ano, nas diversas modalidades disponíveis. Tradicionais bailes e jantares também ocorrem durante todo o ano, assim como os eventos que focam a responsabilidade social. A Feijoada da Fraternidade é um exemplo. Além disso, a preocupação com o meio ambiente também se faz presente. O Regatas tem 60% de sua área arborizada. Obras As obras dentro do Clube de Regatas nunca param. Tudo, para dar cada vez mais qualidade ao que é oferecido ao sócio. Dessa forma, recentemente o berçário e o fraldário foram ampliados, inclusive com a aquisição de novos mobiliários, com o objetivo de proporcionar todo o conforto necessário para mamães e bebês. Uma das lanchonetes também foi reformada e um novo almoxarifado inaugurado. Informatização Desde 2008, o clube é 100% informatizado. Todos os terminais de caixas contam com fibra óptica para a emissão de cupom fiscal. Além disso, o sistema de cobrança é on-line, em tempo real móvel, o que significa mais agilidade para o associado, já que a quitação e a liberação da catraca na portaria do Regatas ocorrem on-line, no mesmo instante. Dessa forma, no ato do pagamento, o associado já está liberado e o clube com o seu sistema atualizado, inclusive com o depósito já efetuado na conta do Regatas.

Diretoria do Clube de Regatas

“O sistema de cobrança é online, em tempo real móvel, o que significa mais agilidade para o associado” Essa tecnologia foi desenvolvida e patenteada pela equipe da SICACobranças, dirigida pelo economista José Carlos Golfetto Sica Calixto. A Cobrança desempenhada é ativa, o que garante o monitoramento e um alto grau de relacionamento com os associados. O arrecadador da SICA age como um representante do clube entregando informativos dos acontecimentos sociais e esportivos. Tudo isso permite ao Regatas maior liquidez no cumprimento de suas obrigações, com quase 0% de inadimplência, a menor do Brasil.

Reposição de Títulos “série D” Tamanho é o sucesso do Clube de Regatas junto ao ribeirãopretano e à população da região, que hoje, mesmo desfrutando de um clube de campo fincado em 403.319,14 m², não existem mais títulos a serem comercializados. Para a diretoria do Regatas, mesmo com muitas famílias querendo se associar, não adianta congestionar o clube, o que diminuiria áreas e consequentemente o conforto dos sócios. Contudo, aquelas pessoas que têm o desejo de proporcionar aos amigos e à família, momentos de lazer, com conforto e segurança nas dependências do Regatas, não precisam desanimar. O clube acaba de iniciar a reposição de títulos, da “série D”. Porém, quem quiser entrar para a família regateira precisa correr. São apenas 50 títulos, que farão 50 felizardos.

Revista Evidência | 9


Fotos: Rafael Cautella

Pinghera & Associados Francisco e Virginia Pinghera

Uma vida 35 anos, desde aquele 1º de outubro de 1975, mesa, máquina de escrever, calculadora ainda manual, a pequena sala à rua General Osório, no edifício Vallada, muita vontade, com vigor dos 24 anos de idade, um único objetivo, criar uma empresa vencedora, transmitir ao cliente a tranquilidade e confiança nos serviços contábeis-fiscais. Os primeiros clientes, aumentando com o passar dos anos. Chegam os primeiros colaboradores, momento em que iniciamos a construir nosso principal, capital, o capital humano, composto pelos colaboradores diretos, indiretos e clientes.

Temos certeza de que sem esta valorização humana que damos a este relacionamento, este negócio não teria prosperado tanto quanto prosperou nestes 35 anos, portanto, só tenho a agradecer a Deus em primeiro lugar pela saúde, ao longo destes anos; ao sócio Mauricio Coró, com quem juntos alavancamos o escritório, hoje também com seu próprio negócio; minha mulher Virginia, sócia de hoje e sempre, e aqueles que agora representam os associados, Andréia, Ricardo, Daniel, Antônio Homero e Elaine. Muito obrigado a você cliente pela confiança depositada ao longo destes anos.

35 anos

Francisco Pinghera

Andréia, Ricardo, Daniel, Antônio Homero e Elaine

Pessoal: Cibele e Talita


A Pinghera & Associados é uma empresa com compromisso, seriedade e idoneidade, tendo o diferencial de fazer com que seus colaboradores se sintam em casa, proporcionando a todos um ambiente familiar com bem-estar e ale-

gria. De forma que todos trabalhem em prol de um só objetivo, a prestação de serviços com qualidade e crescimento contínuo. Parabéns pelos 35 anos! São os votos de todos os seus colaboradores.

Contábil: Sergio, Marcela, Bruna e Regiane

Fiscal: Alessandra, Noelle, Fernanda, Isabel e Cecília

Expedição: Leonardo, Ana, Cinira e Sidmar


Por trás do Empório Brasília

Conhecido como um dos bares mais tradicionais de Ribeirão Preto, é difícil encontrar alguém que nunca tenha se reunido com os amigos para tomar uma cervejinha gelada, acompanhado pelo melhor torresmo da cidade, no Empório Brasília. Fundado em 1977, o Empório que levou o nome de Bar Brasília até 1995, foi o primeiro bar no centro de Ribeirão, a colocar mesas e cadeiras nas calçadas, criando um ambiente descontraído para seus frequentadores. Assim, se hoje a cidade é recheada de bares com mesas na calçada, favoráveis ao clima mais do que quente, temos muito que agradecer ao Empório. O grande responsável pela inovação, ocorrida na década de 90, foi o proprietário Marcio Pallandri, que na época comprou o estabelecimento do sogro e ali começou a promover pequenos investimentos. “Naquele tempo, o bar já era tradicional, mas frequentado por um público mais velho. Aos poucos, jovens também foram chegando e hoje, com um vasto leque de opções, o empório atrai todas as idades”, revela orgulhoso Marcio, que passou por vários altos e baixos antes de dirigir o bar. Nascido e criado em Ribeirão,

Marcio cresceu em uma família humilde e quando criança já trabalhava, vendendo doces e salgados de porta em porta. Como todo bom brasileiro, na adolescência cultivou o sonho de ser jogador de futebol, chegando a jogar nos clubes da cidade, Comercial e Botafogo. Ainda jogador, conheceu Eliane com quem se casou e logo teve o primeiro filho. Como a vida de jogador não punha comida na mesa, Marcio abandonou a carreira e foi trabalhar em duas empresas. Em uma delas, era vendedor de eletrodomésticos, isso lá no começo dos anos 80. De vendedor, Marcio passou a gerente, um dos momentos que mais o orgulha. “Eu tinha apenas 22 anos quando fui gerenciar uma loja na cidade de Lins. Ela estava com sérios problemas de gestão, dava mais despesa que lucro, e eu tive a missão de reerguê-la. E o fiz. Em sete meses ela passou do 108º lugar em vendas entre todas as lojas da rede, para o 2º. Depois de sete anos, a procura de novos desafios, Marcio partiu para o mercado imobiliário e passou a trabalhar como corretor de imóveis. Nesse período, ele conta ter tido momentos de alegria e tristeza. Um deles foi o

acidente grave de carro que a família sofreu. “Foi um período difícil e de recuperação física e mental”. Superado o trauma, Marcio se deu bem na carreira, comprou um apartamento e estava com a vida tranquila, até o mercado sofrer uma reviravolta e tudo ir por água abaixo. “O ápice foi quando o Plano Collor entrou em ação e quebrou o setor da construção”, revela ele, que perdeu o apartamento e passou por dificuldades. Foi nesse meio tempo que o sogro, então dono do Bar Brasília, comentou que gostaria de vender o estabelecimento, mas para uma pessoa conhecida. “Sem um real no bolso, meu sogro me propôs que eu assumisse o bar e o pagasse aos poucos. E assim aceitei o desafio. Isso em 1993”. Hoje, com toda a família reunida – Marcio e Eliane têm três filhos, Junior, Felipe e Mariana – em torno dos negócios, além do Empório Brasília ter triplicado o público frequentador, existe ainda o Empório Brasília II, comandado por Júnior; a Boutique Empório que vende produtos personalizados e bebidas artesanais, dirigida por Mariana; e o estacionamento Empório Brasília, administrado por Felipe. Fotos: Rafael Cautella

Perfil


grafica


Educação

Assédio Moral a distância Nilva Mariani* Fala-se tanto em assédios, hoje em dia, que resolvi também falar de um tipo que existe claramente, mas não sei se alguém já pensou a respeito. Caracteriza o assédio moral, entre outras coisas, um chefe abusivo, com algum tipo de violência, pode ser psicológica, que discrimina, humilha, constrange, pondo em risco até a saúde da vítima. Chefes abusivos fazem ouvidos de mercador, há anos, aos professores e às escolas públicas; discriminam professores da ativa e aposentados que trabalharam a vida toda para que tivessem os cargos que têm e para ajudar o Estado a ser o melhor do país. Humilhados, esquecidos, precisam recorrer à Justiça para conseguirem seus direitos, só que muitos morrem antes de receber o que lhes é devido. Os da ativa também não escapam da humilhação, do descaso, do sofrimento; em péssimas condições de trabalho, sofrem agressões de alunos, de pais, da sociedade, coisas que, “quando a escola era risonha e franca “, há vinte, trinta anos, isso era inconcebível até em pensamento. Hoje, culpam os professores de tudo, sem analisar nada, as famílias, os ambientes, as faculdades abertas a torto e a direito, algumas sem a mínima condição de formar quem quer que seja, mudanças que se operaram nas gerações, na política educacional, na vida toda, enfim. Então, o que comemoramos neste 15 de outubro, que continua sendo o dia do professor? Nossa imensa coragem de termos chegado até aqui, com tantas marés contra. E o orgulho de termos formado muita gente maravilhosa. 16 | Revista Evidência

Gabriela Mistral, num lindo poema, pede perdão a Jesus, por levar o nome de mestre, que a Ele pertence, como Mestre dos mestres; exatamente por Ele, entretanto, é que nos orgulhamos desse nome e Lhe agradecemos por nos permitir tentar imitá-lo, ensinando, formando, encaminhando todos que nos procuram, sabendo que, de braços abertos Ele nos abençoa e espera por nós,

enquanto os tais chefes que não gostam do nosso trabalho e até têm medo do que possamos ensinar, de nossa parte recebem a prece que emprestamos de Jesus: “Pai, perdoai, porque eles não sabem o que fazem”. O abraço amigo da APAMPESP a todos os professores e que Deus lhes dê a alegria e a paz do dever cumprido. *Patrono da Cadeira no. 34


grafica


Fotos: Rafael Cautella

Terceiro Setor

Cano e Ricardo, da APAE

Prieto (Missão Brasil Ribeirão Preto), José Alberto Borges e Norberto de Jesus Cano

A Abraccia, através da presidente Amália Balbo di Sicco, foi uma das entidades beneficiadas com esta ação do Projeto Mãos que Ajudam

Fábio Allegretti Cooper (Juiz Títular da 6ª. Vara Trabalhista) e Walney Quadros Costa (Juiz Títular da 2ª. Vara Trabalhista)

Mãos que Ajudam doa 60 cadeiras de rodas O Projeto Mãos que Ajudam, formado por membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias, acaba de doar 60 cadeiras de rodas para 18 entidades assistenciais. A convite do presidente da Estaca Ribeirão Preto / Brasil Oeste / Sr. Norberto de Jesus Cano, o jornalista Rodrigo Simões foi quem indicou as instituições beneficiadas, todas devidamente cadastradas junto ao Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão. A solenidade de entrega aconteceu em uma das sedes da Igreja em Ribeirão Preto, localizada à Rua Paraná, 1315 no último dia 23 de setembro de 2010. O Projeto Mãos que Ajudam realiza um programa permanente de ajuda humanitária e de serviço comunitário, mobilizando milhares de voluntários de todas as idades e prestando apoio a quem precisa. Entre as inúmeras ações que desenvolve estão o plantio de árvores, a reforma de creches e escolas, campanha do agasalho, levando sempre esperança e dignidade aos menos favorecidos. Também participa ativamente de campanhas comunitárias e projetos que visam conservar o bem coletivo. As entidades beneficiadas nesta importante ação do Projeto Mãos que Ajudam (www.maosqueajudam.org.br) foram: Corassol, Lar Vicentino, Casa do Vovô, Lar Padre Euclides, Lar Santa Rita, Lar dos Velhos, Lar do Vovô Albano, Hosp. Retaguarda Francisco de Assis, CRECEI, GACC, Abraccia, Sanatório Espírita Vicente de Paulo, APAE, AMA, Ann Sullivan do Brasil, Assoc. Amigos Portadores de Distrofia Muscular, Cantinho do Céu e Adevirp.


Baleia destina R$ 35 mil para Sociedade Beneficente 25 de Dezembro Por meio de Emenda Parlamentar, o deputado estadual Baleia Rossi destinou R$ 35 mil para mais uma entidade filantrópica de Ribeirão Preto. A verba desta vez foi para a Sociedade Beneficente 25 de Dezembro Lar Escola da Criança. Segundo Ademar Bodini, presidente da entidade, o recurso será utilizado para a compra de equipamentos de cozinha industrial e refeitório, como geladeira, freezer, fogão, coifa, armários de aço. “Em nome dessas crianças e de suas famílias, agradecemos muito ao Baleia pela iniciativa”, destacou Bodini. A entidade, que fica no bairro Ipiranga, atende 160 crianças, que ao lado de diretores e funcionários, receberam a visita de Baleia Rossi. O deputado esteve acompanhado da secretária municipal da Educação, Débora Vendramini.

Além do agradecimento da diretoria e de algumas mães e pais presentes, as crianças também apresentaram um número musical, como forma de homenagear o deputado. “É muito bom ver o

ACI RP e Pedro II - 21,6x14.pdf 1 13/10/2010 11:35:48

Desde a época em que o café era o principal elemento da economia de Ribeirão Preto, a ACIRP faz questão de enaltecer a história e a qualidade técnica desse que é considerado um dos melhores teatros do Brasil. Com 106 de existência, a Acirp entra em cena mais uma vez para parabenizar esse espetacular monumento à cultura.

sorriso dessa criançada e saber que de alguma forma estamos ajudando”, afirmou Baleia. Em todo o Estado de São Paulo, as emendas de Baleia Rossi já beneficiaram mais de 300 entidades filantrópicas.


Crônica

Oswaldo Montenegro: Um Menestrel no Pedro II

“ A música é minha mãe, mas sempre me dediquei ao teatro” Oswaldo Montenegro

Por Antonio Carlos Tortoro# Cantarolei e assoviei o dia todo: ingresso na mão e o coração esperando chegar as vinte e uma horas. “Eu vou pensar que é festa, vou dançar, cantar, é minha garantia...” O jogo entre São Paulo e Internacional, pela Copa Libertadores, e o primeiro debate entre os candidatos à presidência da República dividiam minhas expectativas no dia cinco de agosto, o dia mais especial do meu dois mil e dez. “Se não fosse um tempo em que já fosse impróprio se dançar assim...” No banho, lavei a alma cantando imerso no vapor: “Quando voa o condor com o céu por detrás, traz na asa um sonho com o céu por detrás. Voa, condor, que a gente voa atrás, voa atrás do sonho, com o céu por detrás...” Voei o dia todo como o condor traçando a linha de uma paixão de muitos anos pela música de Oswaldo Montenegro. Vinte horas e trinta minutos, e busco por um estacionamento nas redondezas do tradicional Quarteirão Paulista, já mentalmente rodopiando ao som de bandolins. No saguão, ansioso, busco informação sobre o local denominado balcão nobre número nove, e subo com minha esposa pelo luxuoso elevador até o primeiro andar. O espaço é exíguo, com poltronas para quatro pessoas: sinto-me um verdadeiro coronel do café observando os demais espectadores na plateia do segundo maior teatro de ópera do país. Vinte e uma horas, e britanicamente pontual, tem início o espetáculo.

Apesar dos pedidos para que não sejam utilizadas máquinas fotográficas, a entrada de Montenegro e da encantadora musicista Madalena Sales é saudada efusivamente por aplausos e fleches. Os versos e a música se fizeram carne — no mesmo palco em que, um dia, se apresentaram interpretes mundialmente reconhecidos —, e teve início a apresentação ao público de “Canções de Amor ”, num clima absolutamente intimista. A partir desse momento, debrucei-me sobre o beiral do balcão e me deixei levar pela magia inigualável de mais de uma dezena de canções que compõem o repertório de um artista que vai muito além dos bandolins, envolvido pela arquitetura de linhas marcantes do Pedro II — linhas ecléticas como o menestrel dessa noite —, rica em elementos art noveau, art dèco, além de traços neoclássicos. Extasiado sob o teto criado pela artista plástica Tomie Ohtake, eu, um adolescente sexagenário, do signo de Leão, recebia um presente de aniversário. Enquanto isso, no mundo real, nas telas da Globo, meu São Paulo Futebol Clube era eliminado da Libertadores, e a dupla Dilma e Serra ofereciam, ao povo brasileiro, na Band, um pseudo debate. E n f i m , n a d a é p e r fe i t o , m a s , mesmo assim, terminei minha noite como uma criança que entra na roda, valsando só na madrugada, julgandose amada ao som dos bandolins...

*ancartor@yahoo.com www.tortoro.com.br


Ser professor: vocação, arte e desafio! Por Pe. Gilberto Kasper Quem não se lembra de sua primeira ou de seu primeiro professor? Sobretudo os menos jovens do que eu guardam as marcas positivas de seus primeiros mestres, que em suas vidas desempenharam não por obrigação e nem por dinheiro, mas por vocação e amor imensuráveis, as figuras de mãe, pai, amigo, irmão mais velho, alguém a ser, um dia, imitado. Como é nobre a missão de ensinar, e mais sublime ainda a missão de educar! Quem ensina, forma pessoas capacitadas e cheias de condições de êxito em suas vidas. Quem educa forma pessoas sábias que são o tesouro para enriquecer uma sociedade desafiadora de valores essenciais à felicidade plena. A Padroeira dos Professores, Santa Teresa de Ávila, Virgem e Doutora da Igreja, celebrada no dia 15 de Outubro, inclina-nos a celebrar no coração desse mês, O Dia do Professor! Mestra

de místicos e diretora espiritual, manteve influência sobre os mais ilustres personagens de sua época. Como, no entanto, era mulher prática, ocupava-se das mínimas coisas do convento e não descuidava da parte econômica, pois dizia sabiamente: ‘Teresa sem a graça de Deus é uma pobre mulher, com a graça de Deus, uma força; com a graça de Deus e muito dinheiro, uma potência’. Desde a meninice manifestou um temperamento exuberante e tendências antagônicas à vida mística e à atividade prática, organizadora. Morreu em Alba de Tormes na noite de 15 de outubro de 1582, aos 67 anos de idade, e em 1622 foi proclamada santa. Pela primeira vez, como Assistente Eclesiástico do Professorado Católico da Arquidiocese de Ribeirão Preto, tive o privilégio de celebrar com os amados Professores e Professoras, o dia que se nos é de-

dicado. O Professorado Católico, fundado em 11 de abril de 1948, dia do aniversário natalício de seu Assistente Eclesiástico ao longo das últimas décadas, Côn. Arnaldo Álvaro Padovani, a quem sucedo com humildade e alegria por confiança de nosso querido Arcebispo Metropolitano, Dom Joviano de Lima Júnior. Nossa ação de graças foi na meiga e carinhosa Igreja Santo Antoninho, que acolhe com alegria incalculável todos os Professores de nossa Arquidiocese de Ribeirão Preto, no seu Espaço Cultural de Espiritualidade. Nossa celebração de Ação de Graças, além de partilhar a simplicidade e pobreza do Espaço da Santo Antoninho, foi agraciada com o Coral do Professorado Católico da Arquidiocese de Ribeirão Preto. Com ternura, gratidão e sensibilizado pela amável acolhida por parte de todos, meu abraço e minha benção!

Pilates: Saúde e Bem Estar A prática de pilates traz muitos benefícios, principalmente quando realizada em um ambiente amplo, iluminado e relaxante, ou seja, super agradável. Ela estimula a circulação, flexibilidade, amplitude muscular e o alinhamento postural, melhora a coordenação motora e o condicionamento físico, previne e reduz os riscos de lesões, além, é claro, de aliviar o stress do dia a dia e dar mais disposição à você.

Rua Canesin, 181 - Jardim Irajá - (16) 3623.1855 - 7813.5566

Religião


Economia

Capitalismo de estado e Capitalismo de Mercado

Por Vicente Golfeto A história do Brasil mostra que buscamos construir o regime capitalista, alternando o processo na direção ora do capitalismo de estado, ora rumo ao capitalismo de mercado. Na verdade, o ponto de partida se deu logo após o término da Guerra do Paraguai. Ganhando força inclusive junto à nação, o exército passou a peitar o próprio imperador. Após testar o leão, cutucando-o com vara curta, os militares derrubaram a monarquia e instauraram a república, muito mais contra os verdadeiros republicanos e muito menos contra os monarquistas. De lá para cá, na sequência do movimento que o general Golbery do Couto e Silva denominou de sístole e de diástole – de abertura e de fecha-

mento – buscamos construir o capitalismo de estado. O outro extremo do pêndulo – um extremo era o que se fixava no capitalismo de mercado e tinha base física no estado de São Paulo – era o representado pelo espírito das entradas. Em outros termos: a história do Brasil oscila entre dois polos. Em um polo, situam-se as ideias do capitalismo de mercado, representadas pelas bandeiras e pelo espírito dos bandeirantes, idealizadores e executores da grandeza econômica do Estado de São Paulo. Em outro, as ideias do capitalismo de estado, representadas pelas entradas e pelo espírito burocrático do exército e do setor estatal inteiro. Vamos a alguns exemplos: os bre-

ves governos de Jânio Quadros e de Fernando Collor – juntos com o do presidente Juscelino Kubitschek – puseram o país rumo ao capitalismo de mercado. Os demais, sobretudo o de Ernesto Geisel – mas começando com o de Floriano Peixoto – tiveram o sinete do capitalismo de estado.


Tiro no pé... Por Jarbas Cunha Ribeirão Preto poderia estar comemorando, hoje, uma expressiva bancada na Câmara Federal se 56,5% dos 280.522 votos válidos no último pleito tivessem sido atribuídos a candidatos locais: 158.425 desses eleitores votaram em candidatos como o Tiririca (20432 votos). Gabriel Chalita (7644), Newton Lima Neto (3427), Missionário José Olímpio (3427); Valdemar Costa Neto (3146); José Onério (3133) Marco Feliciano (3052); Jorge Tadeu (3044); Otoniel Lima (3003); Vaz de Lima (2900); William Woo (2241); Delegado Protogenes (2049); Vicente Cândido (2012); Ivan Valente (1984), Carlos Henrique (1949) e outros menos votados. Tiririca, por exemplo, deixou para trás nomes da expressão de Gilberto Abreu (11797); Corauci (10573) e Marcelo Palinkas (explicitamente apoiado pela prefeita Dárcy Vera) com 8405 votos que poderiam, perfeitamente, constituir uma sólida bancada ribeirãopretana em Brasília. O resultado dessa dispersão de votos é a eleição de apenas um federal (Duarte Nogueira, que teve 43851 votos em Ribeirão Preto) e deixando na primeira suplência (apesar dos seus 28847 votos locais) o atual vereador Leo Oliveira. Para deputado estadual, pelo menos a dispersão de votos foi menor, em torno de 35% contra 56,5% para deputado federal, consolidando-se as lideranças de Baleia Rossi (50777) – congregando em seu favor todo o PMDB municipal – e de Welson Gasparini (43194), ainda assim abandonado pela maioria dos vereadores do PSDB, exceto Bertinho Scandiuzzi, cada qual apoiando um candidato de fora. Também foi bem votado, com quase 20 mil votos, o atual deputado estadual Rafael Silva. Votar em candidato de fora é valorizar e dar prestígio a quem não possui o menor compromisso com nossa cidade e nem com as reivindicações da nossa gente; é um verdadeiro tiro no pé... Há, verdadeiramente, uma falta de consciência no eleitor que desperdiça a oportunidade de dar força à “prata” da casa, ao candidato com o qual poderia contar em qualquer eventualidade para defender interesses do município.


Deus não criou o mal! Artigo

Por Regis Vianna

-Senhor, o mal existe? O professor respondeu:- Claro que sim! Lógico que existe. Deus criou tudo, logo, Deus fez o mal. O mal existe então Deus é mau. Com um sorriso no rosto o estudante Albert Einstein, no início do século XX respondeu: -O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus. Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz. O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seu coração. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz. Aprendi com Einstein. Deus não joga dados com o universo. Procurei ser uma pessoa de valor, em vez de ser uma pessoa

de sucesso. Em meus momentos de crise, vi que só a imaginação é mais importante que o conhecimento e que a pessoa esclarecida resolve um problema e o sábio o evita. Sempre podemos lutar pelo que amamos e sempre há tempo para recomeçar, renovando. Iniciei um novo projeto de viver. Onde queria chegar? Olhei para o alto, sonhei, desejei o melhor! Pensando pequeno, o pequeno virá. Se pensamos o melhor, o melhor virá! Sofri muito neste período? Foi aprendizagem. Chorei muito? Foi limpeza da alma. Se, amaldiçoei? Foi para saber perdoar. Ódio é a ausência total do amor! Senti solidão em alguns momentos porque fechei a porta. Pensei que tudo estava perdido. Foi simplesmente o início da melhora. Cheguei ao dia da grande limpeza mental. Tirei tudo que me prendia ao passado e que me machucava. A impureza se foi, lim-

pei o coração, preparei-me para a nova vida, para o novo amor. Determinei caminhos que não prevêem volta. Gosto muito do provérbio bíblico: “O mal não é o que entra, mas o que sai da boca do homem”. Na sua doutrina, a Física Quântica, confere às palavras o poder de ratificar ou transformar a realidade como partículas de energia construindo o comportamento humano. O amor é lei da vida. Sem amor, a inteligência nos faz perversos; a justiça, insensíveis e vingativos; a diplomacia, hipócritas e o êxito, arrogantes. A riqueza sem amor nos faz avaros, a beleza nos faz ridículos e a autoridade, tiranos. Trabalho sem amor nos faz escravos, a oração nos faz calculistas e a simplicidade nos deprecia. A lei sem amor nos escraviza, a política nos faz egoístas. A fé sem amor nos torna fanáticos. A vida sem amor... bem, sem amor a vida não tem sentido...


Concreto

LEÃO ENGENHARIA. Modernizando para continuar oferecendo qualidade, agilidade e pleno atendimento. Pedra

Stock Car

PCH

Av. Castelo Branco

Obras de Arte

CONCRETO | PEDRA BRITADA | MICROCONCRETO | GALERIA CELULAR | TERRAPLENAGEM | PAVIMENTAÇÃO OBRAS DE ARTE EM CONCRETO | CONSERVA DE ROTINA | TUBOS DE CONCRETO | ASFALTO USINADO

www.leaoengenharia.com

0800 703 3013


Evento

Associação das Mulheres Amigas de Ribeirão Preto é lançada pela ACIRP

Cidinha Carvalho e Vera Naves

Cidinha Carvalho e Mara Pereira Alvim

Zilda Mansano

Clélia Veloni

Edinéya Maçonetto

Mariana Jábali

Maria Sodré

Zélia Golfetto Calixto

Fotos: Rafael Cautella

A Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto realizou no último dia 15 de Outubro, no Salão Nobre, a solenidade de lançamento da Amarp – Associação das Mulheres Amigas de Ribeirão Preto, entidade sem fins lucrativos, idealizada e composta por esposas dos diretores da ACIRP. A AMARP terá como presidente Cidinha Carvalho e como presidente do Conselho Mara Pereira Alvim. Durante o lançamento foi anunciada a primeira campanha: arrecadação de fraldas geriátricas.


Evento

AJURP comemora a Semana Nacional da Juventude A Semana Nacional da Juventude é comemorada em todo Brasil sempre no final de Setembro. Em Ribeirão Preto, a AJURP (Associação Educacional da Juventude), que tem como presidente Paulo de Tarso Carvalho, reuniu cerca de 150 jovens no último dia 25 de Setembro, e proporcionou a eles momentos de lazer e diversão. “Hoje, estamos realizando ações culturais, gincanas e teremos muitas premiações”,

explicou Dr. Paulo de Tarso, que há duas décadas vem se dedicando com determinação aos trabalhos da entidade. A quadra de esportes da AJURP foi o palco das comemorações. “Nosso compromisso de colocar os jovens no mercado de trabalho, oferecendo as melhores condições, contribui para a inclusão social. Estamos formando os profissionais do futuro”, finalizou o presidente.

Rodrigo Simões, dr. Paulo de Tarso, Flávia de Andrade Carvalho, Fernanda Cristina Betinardi e Gabriela Meier Aguilar

Rodrigo Simões, dr. Paulo de Tarso, Flávia de Andrade Carvalho, Jeyferson Renato Galves e Gabriela Meier Aguilar

28 | Revista Evidência

Dr. Paulo de Tarso Carvalho, presidente da AJURP

Professora Daniela Junqueira Spegiorin com os participantes da gincana


Rafael Campos Vitalino foi o felizardo ganhador da bicicleta sorteada no evento em comemoração à Semana Nacional da Juventude. Rafael recebeu do presidente Paulo de Tarso Carvalho uma linda bicicleta.

Fotos: Rafael Cautella

AJURP entrega bicicleta sorteada

Dr. Paulo de Tarso Carvalho e Rafael Vitalino


VALEU! Não posso deixar de tratar nesta edição sobre minha saída da Secretaria Municipal de Esportes. Foram 21 meses de bastante trabalho, a quem dedico em primeiro lugar a Deus, que me livrou de muitas armadilhas, em segundo a Maristela, Matheus e Bia, que conviveram todos esses dias com minhas frustrações, e em terceiro aos colegas de trabalho, que me aturaram e tanto se esforçaram pelo sucesso do Esporte em nossa Cidade! PRA QUEM GOSTA DE NÚMERO... Fui exonerado no dia 21, depois de 21 meses de trabalho. Às 21 horas daquele dia cheguei a conclusão de que com R$ 21 milhões no orçamento para o esporte poderíamos ter atendido as centenas de solicitações de nossos munícipes. Em 2010, o Esporte foi agraciado com 0.73% do orçamento da Cidade, 1/3 do sonhado. AINDA OS NÚMEROS... Desses R$ 7 mi, se considerarmos as despesas fixas, o “investimento no esporte” ficou inferior a 1/3 do total. O que conseguimos foi “dinamizar” o

atendimento, recuperar o espaço esportivo já existente, elaborar projetos e atrair as parcerias. PARCERIAS... Sem recurso, a saída foi buscar no Ministério dos Esportes, o Programa 2º tempo (início imediato) e novos cadastros no SICONV, solicitando a “Praça da Juventude” e o prometido “Centro de Ginástica”. Através de emenda parlamentar toda a reforma da Cava do Bosque, inclusive piso do ginásio (imediato). Trazer a Conexão Esportiva através do Governo do Estado – SELT, com a construção de uma área de lazer (Academia ao Ar Livre) doada a Ribeirão Preto.

nais, ótimo, mas a periferia clama por atenção, e sem orçamento o esporte agoniza junto! CERTEZA... Tenho convicção de que fiz o meu melhor, tenho convicção também que muitos que militaram comigo nesta causa também o fizeram. Aprendi, odiei, amei! O esporte faz tudo isso! Atender uma criança que busca no esporte o aprendizado é uma benção! Se relacionar com as diferenças nos ensina muito! Assistir um ser com saúde encostado na mesmice, relaxado na preguiça que aprisiona todo ser sem sonhos é deprimente! Pior ainda é ver o poder exercer sua função sem a menor autoridade!

CONVÊNIOS e APOIOS... Com a assinatura dos convênios e os apoios do Carrefour, Pazzoti, Churrascaria Ribeirão, Olé Brasil FC, Trisul, Barão de Mauá, Unaerp, Unip, COC, SESI, Gold Meat e São Francisco Saúde entre outros, conseguimos abrir novas frentes nas periferias de nossa cidade. Na verdade, o abandono é tão grande que tudo isso ainda é pouco! Fomos Bi-Campeões dos Jogos Regio-

O QUE FICOU... Além do já citado, o gostinho de quero mais. Quero mais trabalho, quero mais desafios e quero mais poder contribuir com o esporte da cidade que escolhi para viver. Mas ficou também o gostinho do nunca mais, nunca mais o preguiçoso, nunca mais o falso amigo, nunca mais o fogo amigo, e nunca mais o nunca mais! Valeu - palmiery@ig.com.br


Foto: Rafael Cautella

Cultura

Os 80 anos do Theatro Pedro II Desde sua criação, no apogeu da produção do café, passando por tempos de crise que abriram as portas do fogo e fecharam as suas, na década de 80, até a reabertura majestosa, em 1996, o Theatro Pedro II comemora 80 anos. Oito décadas de efervecência cultural, através da dança, do teatro, da música, enfim, de tudo o que preenche e ilumina a alma de quem sabe apreciar a arte.

O Theatro Pedro II ilumina o centro de Ribeirão Preto, encanta quem por ele passa e ainda é palco dos melhores eventos culturais que acontecem na cidade. Sua arquitetura majestosa aliada ao conteúdo que disponibiliza para o público, faz com que ele seja o protagonista das mais variadas expressõess artísticas. Companhias de teatro, dança e ópera, músicos, enfim,

32 | Revista Evidência

artistas do mundo todo já passaram pelos seus camarins, cruzaram seus corredores e deliciaram a plateia com ótimos e belos espetáculos. É assim, de forma explendida que o Theatro comemora 80 anos de existência, ancorados em uma história que poderia ser projetada nos cinemas. Afinal de contas, desde sua fundação em 1930, já protagonizou muitos acontecimentos. Em uma de suas fases se transformou em cinema, em outra seu subsolo foi sala de jogos, depois seu fim esteve próximo no incendio que quase o destruiu. Por fim, veio a restauração e então sua reabertura. Da inauguração ao incendio Foi em outubro de 1930, com a apresentação do filme “Alvorada do Amor”, que o majestoso Theatro Pedro II, de arquitetura inspirada nas grandes casas de show europeias, abriu suas portas à elite cafeeira ribeirãopretana, mostrando sua

força e poder econômico. A partir de então, o Pedro II, cujo projeto foi idealizado pelo engenheiro Meira Júnior, tornou-se o centro de acontecimentos políticos e sociais de Ribeirão Preto, sendo palco de espetáculos de grandes companhias teatrais e operísticas internacionais e corpos de baile de todo o país. Até viver tempos decadentes na década de 60. Nessa época, a Companhia Cervejaria Antartica adquiriu a Companhia Cervejaria Paulista que era proprietária do teatro, que sob nova direção foi reformado e transformado em cinema. O que o descaracterizou por completo, pois elementos decorativos foram destruídos, a plateia foi reduzida e placas de madeira encobriram camarotes, frisas e galerias laterais. Além disso, entre as décadas de 50 e 70, o subsolo do teatro transformou-se em salão de bailes carnavalescos e sala de jogos, o que lhe rendeu o nome de “Caverna do Diabo”. Denominação esta condizente


Do tombamento à reabertura O incendido, ocorrido durante a exibição do filme “Os Três Mosqueteiros Trapalhões”, destruiu a cobertura, o forro do palco e grande parte do interior do teatro, comprometendo toda sua estrutura. Naquele momento, a referência cultural e social da cidade estava sob escombros. Dois anos se passaram até que diversas pessoas da sociedade ribeirãopretana, entre artistas, intelectuais, cidadãos e políticos organizaram uma campanha para resgatar o Theatro Pedro II. Com isso, em maio de 1982, o prédio foi tombado. Porém, só em 1991 as obras de resgate e restauração, que duraram cinco anos, foram iniciadas. Assim, sob a administração municipal, depois de um trabalho primoroso de inúmeros profissionais, o Pedro II reabriu as portas para artistas e seu público, em 1996. A reinauguração foi marcada pelo concerto da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto e o coral do Teatro Colón, de Buenos Aires. As obras de reforma, restauro e modernização transformaram o Pedro II no cenário ideal para concertos sinfônicos, shows de música, peças teatrais, performances, óperas e apresentações de dança. Por sua excelência acústica, o Pedro II é considerado um dos melhores teatros da América Latina. Além disso, as cúpulas de autoria da artista plástica Tomie Ohtake no teto do teatro, não passam despercebidas aos olhos de quem senta-se na plateia, frisas, balcões e galeria. São duas cúpulas de gesso estrutural, uma delas recortada e entre elas, lâmpadas especiais, que fazem varar luz por entre os recortes, criando um efeito escultural. Um lustre de cristal de 1.400

quilos, com 2,70 metros de altura por 2,2 metros de largura completa a obra. Além da sala principal, o Pedro II abriga no subsolo a sala Meira Junior, um Teatro de Câmara com capacidade para 200 pessoas, utilizada para espetáculos de porte menor e palestras. Conta também com sala de balé, diversos camarins e a Sala de Espelhos. Um espaço belíssimo, composto por três lustres de cristal em estilo art déco, que abriga apresentações de música de câmara, solos instrumentais e recitais de canto lírico. O Pedro II de hoje Hoje, o Theatro Pedro II é administrado pela Fundação Dom Pedro II, que tem com presidente Josué de Lima Peixoto. Apresenta uma vasta programação cultural que abrange movimentos artísticos regionais, brasileiros e internacionais, preenchendo a agenda de todos os meses do ano. Como forma de incentivar, não apenas grandes companhias e artistas já renomados, o Theatro está à frente do projeto “Amigos da Casa”, abrindo seu espaço para grupos de música, teatro e dança de Ribeirão Preto. “Toda a renda obtida com a venda de ingressos fica para o grupo que se apresentou. É uma forma de ajudarmos os novos bons talentos que surgem em nossa cidade”, diz o presidente da Fundação, Josué Peixoto. O selo dos 80 anos No dia 17 de setembro, foi lançado um carimbo e um selo postal personalizados em comemoração aos 80 anos do Theatro Pedro II. A prefeita Dárcy Vera agradeceu a homenagem feita pelos Correios e disse ser este um momento muito especial porque, além da oportunidade de homenagear o Pedro II, a homenagem se estendeu ao grupo de fotógrafos de Ribeirão Preto, os Amigos da Casa, porque é deles a foto que ilustra o postal.

Selos comemorativos aos 80 anos

Foto: Rafael Cautella

ao incendio que tomou conta do Pedro II em 1980, transformado-o literalmente sob suas chamas, na ‘casa do diabo’.

Josué de Lima Peixoto


Moda Fitness

Macacão: Peça chave na hora da malhação.

As fibras sintéticas são conhecidas como tecidos inteligentes, pois absorvem o suor e secam rapidamente, perfeitos para quem faz exercícios físicos. O suplex é com certeza o tecido eleito pela maioria das mulheres na hora de malhar, pois absorve o suor e é bem flexível. Existem dois tipos de suplex: - Denso, que adere ao corpo. É utilizado na fabricação de tops e sutiãs; - Liso, também chamado de suplex “light”. É utilizado na confecção de calças. Mulheres fiquem atentas aos quilinhos a mais, pois os tecidos usados na moda fitness são elásticos, ficando coladinhos no corpo, valorizando as curvas e acentuando as imperfeições. Se você está fora de forma, com a barriguinha saliente, nem pense em usar

Fotos: Rafael Cautella Peças: Timboré - Novo Shopping

É primavera! Em breve chega o verão e com ele, clube, praia, sol e curtição. O verão é a estação dos biquínis, saias e vestidos curtinhos, blusas decotadas, mas para usar tudo isso é preciso estar com tudo em cima. Uma alimentação saudável, cuidados estéticos e principalmente exercícios físicos garantem um corpo bonito. Toda mulher gosta de estar bem vestida, inclusive na hora de fazer atividades físicas. Então, nada melhor que unir praticidade, funcionalidade, bem-estar e beleza. Estar com a roupa ideal é fundamental, pois a roupa inadequada pode prejudicar muito seu desempenho. A roupa adequada para a malhação é aquela que é confortável e que pode ajudá-la a melhorar sua performance.


Calças escuras disfarçam os quadris largos!

calça colada e top. Neste caso é indicado colocar o top com uma camiseta cavada nas laterais. Quem tem os seios grandes deve usar tops com alças bem largas para poder sustentá-los. Se você tem o quadril largo escolha calças ou bermudas escuras como o preto, marrom e azul. Já você que está com tudo em cima, pode fugir de cores neutras. Aproveitando que estamos na estação das flores e Inês Junqueira prestes a entrar no verão, abuse das peças Personal Stylist coloridas. ines_junqueira@hotmail.com Uma peça chave na hora da malhação é www.twitter.com/inesjunqueira o macacão. Ele é uma peça única, flexível e sendo de suplex, por exemplo, tem uma funcionalidade espetacular. Quanto ao tênis, cuidado na hora de escolher, pois ele deve ser escolhido de acordo com a atividade física que você pratica. Outra coisa muito importante é escolher sempre um número maior que o seu, já que durante a atividade física os pés incham um pouco. Se você está acima do peso ainda dá tempo de ficar em forma para o verão. O que está esperando?

Tops com alças largas para quem tem seios grandes.

Cuidado na hora de escolher o tênis para não machucar seus pés.

Bermudas com estampas de flores e cores neutras são peças fundamentais para a malhação.


Fotos: Rafael Cautella

Social

Fachada

Vinicius Simones e Tatiane San Martino

No dia 14 de Setembro, o empresário Gustavo Murilo abriu as portas do Casarão Boulevard através da 1ª Mostra Casarão Boulevard Italínea. O espaço reune em um mesmo local, mais de 40 ambientes e mais de 130 lojas de arquitetura, construção, acabamento, decoração, entre outros.

Josimara Lopes e Elineia Pelissari

Mariana Costantin e Livia Oliveira

Maria Julia e Leticia Riul

Juliana Campara

Lorena Zampar e Tatiane San Martino

Joana Mortari e Lorrane Hamid


Naiara Singaretti e Thais Baratella

Mary Prado e Nathalia Gil

Erika Martins e Roberta Avelar

Fara Cury, Queila Rodriguez e Mariana Oliveira

Mariana Mendonça e Fernando Bonfim

Rebeca Ribeiro e Flavia Camargo

Cristiano Castro, CĂŠsar Rodrigues, Ivanor Ferro e Gustavo Murilo


Personalidades

P

Fotos: Salani

ara o 19º Congresso da Febracos, até o inverno de zero graus deu trégua para uma semana de clima magnífico onde os colunistas sociais da Febracos - Federação Brasileira dos Colunistas Sociais reinaram absolutos na magnética e misteriosa Foz do Iguaçu. Com a moldura mundialmente reconhecida e sempre impactante das cataratas, o Iguassu Convention & Visitors Bureau local (leia-se Camilo Rorato) mostrou sua hotelaria mais competente (Bourbon, Cataratas, Mabú , Bella Itália, Rafain e outros treze se esmeraram) para receber de coração aberto os participantes).

Anna Dennz (Taubaté) e Cléo Furquim ( Jaú)

Lilian Grellmann, Foz do Iguaçu, e Moacir Benvenutti, presidente da Febracos

Diretoria eleita

A Colcci reinaugurou sua loja no RibeirãoShopping, com coquetel pilotado pelo Restaurante Mirai.

Jackeline Balieiro

Hugo Maia Arruda Pereira com Eduardo e Roberta de Almeida Prado Schuraccio

Barbara Cavalari

Foi uma festa repleta de detalhes e inesquecível. Renata Foresti comemorou seus bem vividos 50 anos com uma festa animadíssima no Buffet Renato Aguiar.

As irmãs Rosa, Regina e Rosangela Foresti

Semíramis e Nélinha Paterno com a aniversariante Renata Foresti

A matriarca Zilda com os filhos Camilo e Caio Cesar


Amir Calil amir@amircalil.com.br

Fotos: PC Falseti

C

ardápio variado com diversos tipos de entradas, mais de 40 sabores de pizzas, massas, vinhos e sobremesas, a Bella Capri se consolida como uma das melhores pizzarias de Ribeirão.

Luiza Helena e José Marcos Cardassi

Aldo e Sueli Biagini com Aguinaldo Castaldelli

Erick Machado e Andrea Berzotti

Em coquetel chiquetéssimo decorado pela Bom Tom, VVR Valet e Buffet Palatto, a Virazom Viagens inaugurou sua nova sede no Edifício Metropolitan.

Francine Campos e Ludmila Puntel

Lelis Caldeira

Paula e Silvio Mari


Social

O primeiro aniversário de Murilo Profeta

No mês de Setembro, Murilo Profeta comemorou seu primeiro aninho, com uma linda festa de Safari no Buffet Happy Birthday ao lado de toda sua família e amigos.

Vandré, Valdeci, Vera, Murilo, Jaqueline Profeta, Liacir e Eduardo

Murilo com seus pais Jaqueline e Vandré Profeta

Murilo e sua família comemoram seu primeiro aninho

Diretores da Só Química: Vandré Profeta, Gilmar Galão, Carlos Henrique Braga e Vinícius Profeta


Chá da tarde de Eliná Mazzetto Eliná Mazzetto comemorou aniversário com suas amigas e familiares na Sociedade Recreativa.

Simone, Monica, Eliná e Gleire

Carol, Eliná e M. Eduarda Mazzetto

João Sarti e Eliná Mazzetto

Regina, Mercedes Bazan, Eliná e Ana Maria

Hélia, Eliná e Marilene

Vera, Tereza Corbo e Eliná

Maria Rita, Paula, Eliná, M. Paula e Iolete

Eliná com a neta Beatriz

Eliná com Sueli e Sila Calil Dib

Revista Evidência | 43


ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4540 - BRASIL por Rodrigo Simões

Dr. Octávio Verri Filho recebe Título de Cidadão Ribeirãopretano Em sessão solene no último dia 21 de Setembro, a Câmara de Ribeirão Preto homenageou o ex-promotor público da Cidadania e do Meio Ambiente e professor universitário Octávio Verri Filho. Ele recebeu o Título de Cidadão Ribeirãopretano. A homenagem foi de autoria da ex-vereadora e hoje prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, que apresentou o projeto em 2000, sendo votado e aprovado por unanimidade em 2010. Familiares, membros do Ministério Público, do Poder Judiciário, da Sociedade Civil, do Rotary Club de Ribeirão Preto, bem como a direção e colegas da Unaerp e do grupo de caminhantes “peregrinosrp”, prestigiaram o companheiro Verri. O plenário da Câmara recebeu lotação máxima, sinal do prestígio do homenageado.

“No seu aniversário a cidade lhe presenteia com sua certidão de nascimento. Parabéns Dr. Octávio, orgulho de Ribeirão Preto”, Dárcy Vera

Dr. Verri, sua esposa e os filhos Marina, Alexandre e Octávio

Prefeita Dárcy Vera entrega flores a Teresinha Verri

Dr. Octávio Verri Filho


Gastronomia

Sistema a La Carte, pratos diferenciados com carnes nobres: CARNEIRO, PEIXE, PICANHA, TIBONE, FEITOS NA BRASA. Delivery 3618-5269 - R: Ermelinda Conrado, 11 Ref: Av. 13 de Maio, esquina com a rua Batatais

Trio Brasília: Carne Seca, Torresmo e Mandioca frita ou cozida! Um prato especial a cada dia da semana Rua Florêncio de Abreu, 1059 - Centro - Ribeirão Preto-SP

Fonte: http://pitacosculinarios.blogspot.com / foto: guiadaculinaria.com.br

Telefone: (16) 3636-7412

Tábua de Frios decoradas para festas e reuniões com pessoas especiais, encomende a sua!!! Av. Portugal, 1760 - Jd. São Luis Tel.: 3623-9403/3916-4131 www.emporiobellacitta.com.br

Receita Fácil e Rápida Abacaxi ao Creme Ingredientes

Rendimento: 4 porções Tempo de preparo: 20 minutos

1 abacaxi batido no liquidificador 2 xícaras (chá) de açúcar 2 xícaras (chá) de coco ralado 8 a 10 cravinhos 18 g de gelatina em pó sem sabor ½ xícara (chá) de água

Modo de Preparo Coloque em uma panela o abacaxi, o açúcar, o coco e os Cravinhos. Leve ao fogo, mexendo de vez em quando, até cozinhar. Desligue o fogo, retire os cravinhos e acrescente a gelatina hidratada na água. Mexa e sirva frio.


Cultura

Dicas

Culturais

Música: Quarternaglia Guitar Quartet O Movimento Violão apresenta mais um concerto de sua série, no próximo dia 26 de Outubro, e traz ao Teatro Minaz o Quaternaglia Guitar Quartet. Com dezoito anos de atuação, o grupo é aclamado como um dos mais importantes quartetos de violões da atualidade, tanto pelo alto nível de seu trabalho camerístico quanto por sua importante contribuição para a ampliação do repertório. Formado pelos violonistas Chrystian Dozza, Fabio Ramazzina, Paola Picherzky e Sidney Molina - vem estabelecendo um cânone de obras originais e arranjos audaciosos, o que inclui a colaboração com compositores brasileiros de diversas gerações, tais como Egberto Gismonti, Almeida Prado, Paulo Bellinati, Sérgio Molina, e Paulo Tiné. A apresentação será às 20h30. Os ingressos para a apresentação são gratuitos e podem ser retirados na Cia Minaz, que fica na rua Carlos Chagas, 259 – Jardim Paulista. Exposição: Arte e política No MARP, até o dia 11 de novembro, o público pode conferir a exposição “Arte e política: outros olhares”. Com curadoria

Livros

de Regina Teixeira de Barros, da equipe de curadores da Pinacoteca do Estado de São Paulo, a mostra é composta por obras provenientes de três coleções de Ribeirão Preto – duas coleções particulares e o acervo do MARP, estabelecendo um diálogo com a 29ª edição da Bienal Internacional de São Paulo. Informações no MARP (16) 3635 2421. Dança: Momix A Companhia de Teatro e Dança Momix apresenta no Theatro Pedro II, nos dias 30 e 31 de outubro, o espetáculo “Botanica”. O MOMIX se mantém no caminho constante da inovação criativa com suas técnicas ilusionistas, celebrando formas, imagens, emoções e informações em todos os seus espetáculos. Composta por bailarinos, acrobatas e ilusionistas, apresenta no palco um mundo de imagens surrealistas através do corpo humano e de uma grande e encantadora composição de luzes, sombras, cenários, projeções, adereços e humor. Teatro: Mulher-Peixe Todas as sextas-feiras de outubro, o Grupo Engasga Gato apresenta o solo MulherPeixe no Telhado Cultural Engasga Gato. O solo Mulher-Peixe trata de uma mulher a beira de um ataque de nervos por causa de uma enchente iminente, uma goteira intermitente. Ela, enquanto decide entre ligar para um encanador ou se deixar levar pela enxurrada, mantem-se obediente embaixo

Um jovem brasileiro chega a Nova York para estudar. Conhece então Fernanda: linda, inteligente, complexa. Davi cai de paixão por ela. Fernanda diz que é modelo. Mas atrás de suas histórias, esconde-se um segredo. A história dessa relação tumultuada e de final imprevisível é narrada com talento inacreditável. Como afirma Caio Túlio Costa, “não abra este livro se não tiver tempo. Porque, seja lá onde você estiver, não vai largá-lo até Victoria Blue se desnudar.”

da goteira. Mulher-Peixe é um monólogo a flor da pele com a interpretação impecável de Monalisa Machado e direção de Fausto Ribeiro. O Telhado Cultural fica na rua Alvares Cabral, 469, 6º andar (último andar do Edifício Diederichsen).

Shows: Ribeirão Skol Folia Nos dias 19, 20 e 21 de novembro, acontece o Ribeirão Skol Folia, no Estádio Palma Travassos. No dia 19 o show será da dupla do momento Fernando & Sorocaba - no trio. No dia 20, o show no palco será da banda Eva, uma das mais requisitadas dos carnavais fora de época do Brasil. Já a banda Jammil “puxa” a galera do alto do trio elétrico. O encerramento fica por conta Mul da dupla sertaneja João Lucas he & Matheus, também no trio elétrico. No domingo, dia 21, a folia tem Ivete Sangalo, que pela primeira vez apresenta em Ribeirão seu show de palco – nas outras ocasiões na cidade a musa do axé music se apresentou em trios elétricos -, Peixe, uma das maiores revelações do carnaval de Salvador e Michel Teló com a balada sertaneja que vem embalando todo país. Os convites para o Ribeirão Skol Folia já estão sendo vendidos no Armazém da Cerveja em Ribeirão Preto (Rotatória da Av. João Fiúsa com Av. Independência), na Qu Botique do Leão (no estádio do Comercial) e pelo site do Comercial FC.

Depois que se conhece Sira Quiroga, a encantadora costureira que protagoniza esta aventura, é impossível esquecê-la. O cuidado da autora María Dueñas com as palavras faz o leitor ouvir a respiração daquela frágil e pobre trabalhadora que um dia se apaixona loucamente, parte de Madri para o romântico Marrocos, meses antes da Guerra Civil Espanhola (1936- 1939), para ter sua inocência triturada pelos caminhos da vida.


ix

m Mo

er-P eixe

uarte

rnagl ia

Ivete

Nascimento enfrenta um novo inimigo: as milícias. Ao bater de frente com o sistema que domina o Rio de Janeiro, ele descobre que o problema é muito maior do que imaginava. E não é só. Ele precisa equilibrar o desafio de pacificar uma cidade ocupada pelo crime com as constantes preocupações com o filho adolescente. Quando o universo pessoal e o profissional de Nascimento se encontram, o resultado é explosivo. Tropa de Elite 2, o inimigo agora é outro. http://www.tropa2.com.br

Cinema

Behmen é um cavaleiro que, depois de lutar nas Cruzadas, perdeu algumas batalhas, muitos amigos e até a fé. De volta à sua terra natal, ele encontra uma Europa devastada pela fome e a peste negra. Neste cenário de destruição ele se une a um grupo de guerreiros encarregados de levar uma garota, suspeita de ser bruxa, para um monastério distante. Não leva muito tempo até o grupo perceber que a jovem possui forças sobrenaturais. Com: Nicolas Cage, Ron Pearlman, Stephen Campbell Moore, Robert Sheeha.


Saúde

Implante s d e n t á ri os a o alcance de todos

No dia 25 de outubro comemora-se no Brasil, o Dia do Dentista. Para homenagear este profissional que nos ajuda a manter o sorriso no rosto, ou então, a resgatá-lo, a Revista Evidência mostra que, num país de mais de 30 milhões de desdentados, há profissionais que se preocupam com a população carente, facilitando seu acesso aos procedimentos odontológicos Dificuldade para falar e comer. Isolamento social devido à mutilação. Tudo, causado por um câncer facial. Foi assim que viveu Fernando, um senhor de 80 anos de idade, por longos oito anos. Sua vida mudou, depois que gratuitamente uma equipe de dentistas especializados fez a instalação de implantes na região da face afim de suportar e sustentar próteses faciais e dentárias, reabilitando a fisionomia e as funções afetadas pela perda de parte de seu rosto. “Assim que terminamos a intervenção, o senhor Fernando nos disse que havia nascido de novo. Um relato desses vindo de um homem de 80 anos de vida, é a maior recompensa que podemos ter da profissão que escolhemos”, revela Dr. Paulo Saad, coordenador de cursos da AORP Associação Odontológica de Ribeirão Preto, que comandou o trabalho. O Brasil é um país com mais de 30 milhões de desdentados. Dessa 50 | Revista Evidência

maneira, como Fernando, existem muitas outras pessoas carentes, sem condições para pagar tratamentos d e ntá r i o s . A fa l ta d e d e nte n ã o interfere apenas na estética, mas também em problemas funcionais e sociais, que influenciam na qualidade de vida. Pensando nesse problema social, algumas instituições,

associações e profissionais oferecem tratamentos gratuitos ou com preços acessíveis. É o caso da AORP que possui um programa de atendimento gratuito a pacientes na área de pediatria e ainda atende com valores subsidiados nos materiais e taxas simbólicas de tratamentos nas áreas de Ortodon-


“A falta de dente não interfere apenas na estética, mas também em problemas funcionais e sociais, que influenciam na qualidade de vida” tia, Periodontia, Prótese, Implantodontia, Dentística, Reabilitação Oral, Endodontia e Cirurgia Oral. “Atendemos cerca de 300 pacientes por mês, os quais passam por uma triagem realizada por dentistas e assistentes sociais”, explica Walter Martins Junior, odontólogo e presidente da AORP. De acordo com ele, cáries e doenças periodontais estão entre os problemas mais recorrentes na população. “A procura por implantes nos

diversos casos de perdas dos dentes por doenças ou acidentes também é grande”, afirma o odontólogo. “Porém, com o aumento de campanhas enfatizando a necessidade de uma boa saúde oral, esperamos conseguir reverter esse quadro”, salienta. Além da Associação, há também profissionais que abrem as portas de seus consultórios particulares para ações no campo da responsabilidade social. O dentista especialista em prótese dentária e Reabilitação Oral, Ronaldo Silva é um exemplo. Ciente de que nem todas as pessoas conseguem custear um tratamento com implantes orais, ele criou o programa “Implante seu sorriso”. “Através desse programa, oferecemos a oportunidade de um sorriso saudável a pacientes que podem realizar o implante oral com valores subsidiados, no qual precisam ape-

nas se preocupar com o pagamento de alguns materiais, já que a mãode-obra é inteiramente gratuita”, explica Ronaldo.


grafica


Evento

3º Grande Prêmio Ribeirão Preto de Solidariedade premiou mais de 50 entidades que prestam assistência a crianças, idosos, adolescentes, portadores de deficiências e pessoas em situação de vulnerabilidade social. Também homenageou pessoas dedicadas ao trabalho voluntário e empresas preocupadas com a responsabilidade social Graças às mais de 150 entidades assistenciais existentes em nossa cidade, é que centenas de pessoas que vivem às margens da sociedade conseguem ser inseridas no meio social como verdadeiros cidadãos. Dessa forma, a importância que essas entidades têm na sustentação e desenvolvimento de Ribeirão Preto é incomensurável. É por isso que pelo terceiro ano consecutivo, o Grupo Evidência, com apoio do Fundo Social de Solidariedade, Fundação Dom Pedro II e ACIRP, realizou o Grande Prêmio Ribeirão Preto de Solidariedade. O evento que aconteceu no dia 13 de Setembro, no Theatro Pedro II, premiou mais de 50 entidades e homenageou pessoas engajadas em trabalhos sociais como Adir do Carmo Leonel, Josmara Bianco Molina, Maria Magdalena Bardon dos Santos e José Carlos Sica Calixto. Também reconheceu o esforço de empresas e instituições em suas ações sociais. Entre elas: UNAERP, Rodonaves, In54 | Revista Evidência

dústria de Bebidas Dom, Grupo SL, Ipanema Clube, Associação dos Advogados e Casa do Contabilista. A prefeita Dárcy Vera abriu oficialmente a cerimônia ao lado do diretor do Grupo Evidência, Rodrigo Simões. Em seu discurso, Dárcy falou da importância do terceiro setor no atendimento de muitas das necessidades da população. “Especialmente entidades como aquelas ora homenageadas, formadas por pessoas que se doam, que têm os olhos voltados para aqueles que mais necessitam de amparo”, destacou a prefeita. A Cerimônia ainda contou com a presença do vice-prefeito Marinho Sampaio e do Juiz de Direito João Donizetti Gandini, coordenador do programa “Moradia Legal”, que destacaram a oportunidade do encontro de entidades que fazem um trabalho tão importante quanto necessário. Ambos foram homenageados pela atuação social. A entrega dos certificados ocorreu

Fotos: Rafael Cautella

A noite da solidariedade


A prefeita Darcy Vera abriu oficialmente o 3º Grande Prêmio Ribeirão Preto de Solidariedade

em blocos. No primeiro, 20 homenageados receberam a láurea das mãos da prefeita Dárcy Vera e do Juiz Gandini. Entre eles: Neide Risso, Guarda Civil Municipal, Lions Clube do Centro, Rotary Club Norte, Lar Espírita e Centro de Caridade Padre Cícero, Loja Maçônica Hervê Cordovil, Julieta Taranto, Cefic (Centro de Formação Integral da Criança), Creche Espírita Benedito Rosa de Jesus, Corassol, SOS (Ser viços de Obras Sociais), Ajurp, OCA, Associação São Francisco de Assis, Paróquia Santo Antonio Maria Claret e Frei Galvão, ONG Grande Cidadão e Lar Santana. No segundo bloco a entrega das homenagens foi feita pela presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mara Regina Canheo Pereira e pela secretária da Assistência Social Maria Sodré. Já a última parte das entregas ficou por conta do vice-prefeito Marinho Sampaio. Nos intervalos que ocorreram entre os blocos, os convidados tiveram momentos de muita descontração com o show do humorista Roberto Edson. No final do evento, foi sorteada uma joia entre os presentes, da Brunelli Design.

O vice-prefeito Marinho Sampaio foi um dos homenageados

O Juiz João Gandini responsável pelo programa ‘Moradia Legal’ falou da importância do evento


Confira quais foram as entidades, empresas e pessoas homenageadas no 3º Grande Prêmio Ribeirão Preto de Solidariedade.

Evento

Sra. Neide Risso

André Luiz Tavares, da Guarda Civil Municipal

Comandante Renato Catita, da Policia Militar

Antonio Paulo Caliento e Deisy Andreoli Caliento, do Lions Club Ribeirão Preto – Centro

Sandra e Sander Uzuelle, do Rotary Club de Ribeirão Preto – Norte

Sra. Maria Magdalena Bardon dos Santos


Luiz Venâncio Monteneri, da Loja Maçônica Hervê Cordovil

Amir Calil, representou a Sra. Julieta Taranto

Patricia Rachel Pisani Manzoli, Nanci Pereira da Silva dos Santos e Doralice Ramos Campos, do CEFIC

Teresa Cristina Coimbra Biazzo, presidente da Creche Espírita Benedito Rosa de Jesus

Marta Irides de Oliveira, do Corassol

Claudete Lioti, do SOS – Serviços de Obras Sociais


Evento

Paulo de Tarso Carvalho, da AJURP

Antonio Carlos Tórtoro, representou a OCA

Irmã Neusa Aparecida Bernardo, da Associação São Francisco de Assis Gewo-Haus

Frei Mauro e Frei José Ricardo Terêncio Paróquia Santo Antonio Maria Claret e Frei Galvão

Carlos Henrique de Araújo Garcia e Samuel Zanferdini, da ONG Grande Cidadão

Amir Cali, representou o Lar Sant´Ana


Padre Claudio, da FRASOL

O vice-prefeito Marinho Sampaio

Dr. Ernesto Antonio Quintela, do Cantinho do Céu

O presidente do Instituto Plural de Educação e Cidadania, José Marcos Francisco

O diretor Daniel Venâncio Martins, do Lar da Criança e Creche “Vinde Meninos”

Silvia Helena Araujo Portugal, representante do IBDC


Evento

Luiz Fernando Azevedo Beloni, da Nave da Saudade

Cleonice de Fátima Silva Ravagnoli, da Escola de Educação Infantil Maria de Nazaré

Silvia Pelegrino, do Lar dos Velhos

Rui Francoi, da Casa de Emmanuel

Inez Sonia Garcia Bestetti e Amália Teresinha Balbo Di Sicco, da ABRACCIA

Marília Lucia de Mello e Castelo Branco, da Associação Síndrome do Amor


Leandro de Abreu, do Banco de Alimentos

Antonio Domingos Andrione, do Lar Irm達o Izolina

Tatiana Fuhrmann, representou Josmara Bianco Molina

Maria Aparecida Rezende Figueira e Nei Castro, do CAEERP

Eliana Aparecida Camolese Borges da Cooperativa M達os Dadas

Ademar Bodini, da Sociedade Beneficente 25 de Dezembro


Evento

Luiz Antonio Caiche, do Sanatório Espírita Vicente de Paulo

Antonio Cese

Paulo Sérgio Walter de Assis, do Centro Ann Sullivan

Roberto Santos Nascimento, da Escola Sathya Sai

Leila Brito Ursulino, do GAPA

Norberto de Jesus Cano e José Alberto Borges, do Projeto Mãos que Ajudam


João Batista de Campos, representando a Creche Bom Jesus

Padre Clésio, presidente do Fraterno Auxílio Cristão

Sr. Adir do Carmo Leonel

Wilson Lins Junior, do CIAF

Carmen Lúcia, presidente da Associação de Apoio ao Psicótico.

José Carlos Sica Calixto, recebe homenagem de Marinho e Pedro Leão


Evento

Silvio Gonçalves, do projeto Criança Feliz

Plauto Garcia Leal Filho, Paulo Zerbinatti, Geralda Rodrigues, Amir Calil Dib, da ACM

Nato Campos, do Alerta Ribeirão

Priscila Santos , do Lar do Jovem Idoso Tio João

Pastor Diego

Sander Uzuelle recebe o certificado pela Gráfica São Francisco


José Augusto Picão e José Pires Roberto recebem o certificado pela Casa do Contabilista

Ademozar de Carvalho e Carlos Alberto Fonseca recebem a láurea pelo Ipanema Clube

Reily Okada receber a láurea em nome da Indústria de Bebidas Don

Dr. Paulo Cavalcanti recebe o certificado em nome da Associação dos Advogados

As professoras Neide Lefeldi e Sonia Maria Camargo dos Santos recebem o certificado pela UNAERP

Vera Naves e João Naves recebem a láurea pela RTE Rodonaves


Fotos: Andre Paterlini

Solidariedade

Dia de Fazer a Diferença: atendimentos realizados em parques e praças

Programas da UNAERP modificam a paisagem social A Rede Unaerp de Serviços realiza cerca de 500 mil atendimentos anuais à população A Unaerp realiza investimentos permanentes para viabilizar sua política social e manter um sólido relacionamento com a comunidade, tanto no Campus Ribeirão quanto no Campus Guarujá. As ações de responsabilidade social da Universidade estão organizadas em 22 grandes eixos que incluem desde programas voltados à saúde e à qualidade de vida até projetos de preservação ambiental e disponibilização de bolsas de estudo para alunos. Todos esses projetos são norteados pelo objetivo de contribuir para o desenvolvimento regional e promover a qualidade de vida da comunidade. A concretização desse ideário é executada através de múltiplos programas, entre eles a Rede Unaerp de Serviços à Comunidade no Campus Ribeirão e o Núcleo de Projetos Sociais no Campus Guarujá, que realizam aproximadamente 500 mil atendimentos anuais à população da região de Ribeirão Preto e da região da Baixada Santista. Universidade aberta aos cidadãos 66 | Revista Evidência

A Unaerp entende a educação não apenas circunscrita aos bancos escolares, mas comprometida com a comunidade e integrada ao desenvolvimento social. Para isso, a Universidade investe de forma especial em sua Rede de Serviços nas áreas de saúde, assistência jurídica, educação, assistência social, além de projetos em ciências exatas, meio ambiente, comunicação, cultura e esporte. Uma das áreas que mais presta serviços à comunidade é a de saúde, cujos atendimentos são realizados em cidades da região e nas Clínicas, Laboratórios e no Hospital Electro Bonini, instalados no

campus da Universidade. No Campus Guarujá, esse vínculo com a comunidade não é diferente. Desde que se instalou no município, a Unaerp mantém o Núcleo de Projetos Sociais com programas de assistência nas áreas de Cidadania, Saúde e Ação Educativa, Arte, Expressão e Comunicação, Letramento e Inclusão Digital. O Núcleo vem beneficiando a população de Guarujá promovendo o contato dos estudantes com as ações de responsabilidade social, consolidando a Universidade como um centro de referência em programas sociais no Município.

Santa Casa de Serrana: medicina humanizada em toda a região


Hospital Electro Bonini realiza mais de 45 mil consultas em 2009 Instalado no campus Ribeirão desde 2003, o Hospital Electro Bonini é uma das maiores e mais importantes realizações da Universidade de Ribeirão Preto no setor de saúde e um centro de referência no atendimento da população regional. Como campo de estágio para alunos de graduação e pós-graduação, o hospital também cumpre a função de estender o aprendizado para a área prática. Os serviços são disponibilizados para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), além de pacientes particulares e de convênios. Com sete anos de atuação, já realizou mais de 120 mil consultas e 2.500 cirurgias em diversas especialidades. Só no ano passado foram 45.514 consultas e 1.150 cirurgias. Na Enfermaria de Pediatria, mais de 2.300 internações foram realizadas entre os anos de 2003 e 2009. O trabalho desenvolvido neste setor motivou a criação do Grupo de Humanização do Hospital que promove atividades lúdicas e de integração com os pacientes e acompanhantes. Outro resultado alcançado é a classificação na avaliação de qualidade realizada pela Secretaria de Estado de Saúde. Na pesquisa, que revela o ranking dos melhores hospitais e maternidades públicos do Estado de São Paulo, o Electro Bonini ficou classificado em 2º lugar entre os hospitais de Ribeirão Preto e 12º lugar entre todos os hospitais conveniados ao SUS no Estado. O levantamento ouviu 60,2 mil pacientes que passaram por internações e exames em mais de 500 estabelecimentos de saúde conveniados à rede pública paulista.

Assistência Jurídica: orientações e apoio gratuitos

Programas sociais para a comunidade O Balanço Social de 2009, publicado no primeiro semestre deste ano, traz dados e informações completas sobre as ações sócioambientais e a política de sustentabilidade da Unaerp. Foram 22 programas de ação social e ambiental que incluem projetos permanentes e sazonais. Somados, esses programas realizam aproximadamente 500 mil atendimentos anuais à população. Veja alguns exemplos de programas sociais mantidos pela Universidade. Saúde para a Comunidade •Projeto de Interação em Saúde na Comunidade (PISC): atendimentos à comunidade do Distrito Leste de Ribeirão Preto (Castelo Branco) •Programa de Medicina Comunitária •Projeto Bem Estar no Shopping •Projeto Saúde na Estrada •Clínica de Odontologia •Clínica de Nutrição (Centro Interdisciplinar de Apoio Nutricional – CIAN) •Laboratório de Análises Clínicas •Clínica de Fisioterapia

•Clínica de Psicologia •Farmácia Universitária Esporte, Arte, Cultura e Patrimônio Histórico •TV Unaerp •Jornal do Ônibus •Série Documentários e Série Profissões (vídeodocumentários históricos e educativos distribuídos a escolas e bibliotecas). •Coral Unaerp •Escola de Ginástica Rítmica e Ginástica Olímpica •Programas de Apoio a Atletas e Equipe de Natação Direitos Humanos, Capacitação, Orientação e Apoio •Escritório de Assistência Jurídica •Setor de Conciliação e Mediação •RG Propaganda •Grupo Renascer (para Terceira Idade) •Programa de Informação Profissional a estudantes de ensino médio

Campus Ribeirão 0800.771.8388 ou (16) 3603-6900 Campus Guarujá 0800.773.7760 ou (13) 3398-1000

Revista Evidência | 67


Country

Moda Sertaneja Universitária A moda sertaneja universitária está com tudo. Cintos importados de strass e pedras, fivelas grandes com cristais swarovisk e em couro com detalhes que fazem a diferença, podem ser usados em qualquer evento com uma calça jeans ou junto com uma blusa. As polos de cores alegres e feitas em algodão macio deixam qualquer um bem a vontade. Aproveite a dica e monte seu look!


A vida a cavalo é bela e passa mais devagar

por Tarcísio Corrêa de Melo Nos dias de hoje, o ser humano valoriza, cada vez mais, a frenética busca pelo instantâneo, pelo rápido e pelo imediato, buscando abreviar os dias para se fazer em horas o que daqui a pouco fará em minutos. Tudo impulsionado pela velocidade dos acontecimentos, atrelados à internet, celulares e todas as parafernálias tecnológicas atuais que daqui a um minuto já não serão tão atuais assim. Nós, simples mortais, nos vemos absorvidos por este frenesi e vivemos a ponto de explodir a qualquer momento sem ter chegado a nada ou a lugar algum. A ponto de ter passado pela vida tão rápido que nem tivemos tempo de observar o que realmente importava. Há quanto tempo você não observa uma flor e contempla a beleza dos seus detalhes? Ou vê uma formiga trabalhando e repara quão grande é seu esforço para transportar aquela folhinha que, para nós,

parece tão insignificante? Andando a cavalo e passeando pela natureza tudo isso nos será possível de ver e reparar, pois como diria o grande criador de cavalos e amigo, Beto Meirelles: “Só o cavalo nos dá a liberdade necessária, a altura exata e a contemplação justa e perfeita da natureza...” e conclui “... o horizonte do

homem que caminha a pé é pequeno diante da paisagem vista de cima de um cavalo...” Cavalgar é um esporte sadio, um lazer que pode ser de toda a família, integrando e confraternizando amigos e familiares, fazendo os momentos da vida mais lindos, agradáveis e melhores de serem vividos.


Panorama

Gabriel Locher

Reconhecimento

Lançamento

O barítono Gabriel Locher, aluno da es-

Julieta Taranto foi uma das home-

Os néctares Del Valle Mais agora po-

cola de canto da Cia Minaz, foi selecionado

nageadas do Grande Prêmio Ribeirão

dem atender famílias ainda maiores com

para o Prelúdio, programa da TV Cultura,

Preto de Solidariedade, ocorrido no dia

a embalagem de 1,5 L, que está disponível

que une a música clássica ao tradicional

13 de Setembro, no Theatro Pedro II.

nos sabores manga, pêssego e uva. Os

formato de show de calouros. No progra-

Na ocasião, o colunista social Amir Calil

néctares Del Valle Mais trazem uma quan-

ma, jovens músicos de até 25 anos, prati-

recebeu a láurea em nome de Julieta

tidade significativa de suco das frutas. Em

cantes de qualquer instrumento, cantores

que não pôde estar presente. Dias de-

cada caixa de 1,5 L de um destes sabores

e regentes de até 30 anos, têm a oportu-

pois, em encontro com a idealizadora

estão presentes os sucos de frutas de cerca

nidade de se apresentar como solista. O

da Creche Modelo de Vila Virgínia, Amir

de cinco mangas, nove pêssegos e sete

programa teve início em três de Outubro.

lhe entregou o certificado.

cachos de uva, respectivamente.

Ação solidária

Expansão

Exposição

O Home Care Cene Hospitalar realizará

Ampliando sua atuação no mercado

Até o dia 31 de Outubro, no Espaço Cul-

no dia cinco de Novembro, na explanada

sucroenergético, a Hyundai abriu uma uni-

tural Jorge Luiz, no Cartório de Registro Ci-

do Theatro Pedro II, a aferição de pressão

dade em Ribeirão, por meio da KGC Má-

vil, Rua Paraíba, 513, Lu Degobbi, do Grupo

arterial e testes glicêmicos gratuitos. Além

quinas e Equipamentos Pesados. Além de

Amigos da Fotografia, apresenta fotos de

disso, dará orientações à população sobre

representação comercial, a unidade conta

bebês regateiros. A exposição “BBBs REGA-

Hipertensão Arterial e Diabetes. A ação

com consultores técnicos locados disponí-

TEIROS” é composta por 10 fotografias em

acontece das 9 às 17 horas.

veis para atendimento de manutenções.

homenagem ao Dia da Criança.

Tratamentos Especializados Obesidade Gorduras Localizadas Celulites Estrias Flacidez Rugas – Acne Impotência Sexual Infertilidade Dor em geral

Conheça também as novidades: Ofurô – Cromoterapia Aromaterapia Talassoterapia Laserterapia Argiloterapia Hanna – Espaço de Terapias Alternativas - mariaoba@hotmail.com

Rua: Roque Pippa, 416 – Bonfim Paulista - Fones: (16) 3234-3862 / 9196-5217


Luvitel, há 20 anos apresentando Pólo AD

Irene Coimbra

soluções em

No dia 28 de outubro, o Pólo AD

A escritora Irene Coimbra realizou

telecomunicações

realizará um jantar beneficente, no

manhã de autógrafos de seus livros

Country Club, com o objetivo de

Entre Poemas, Denúncias Poéticas e

arrecadar fundos para terminar a

Meu Diário na Biblioteca do Clube de

reforma e ampliação da Frasol - Fra-

Regatas, no dia 12 de Setembro. Irene

ternidade Solidária São Francisco de

Coimbra de Oliveira Cláudio nasceu em

Assis. O Pólo AD está mobilizando

Patrocínio Paulista/SP. Passou a infância

profissionais da área de construção,

e a adolescência na tranquila cidade de

arquitetura, decoração e também

Itirapuã. Aos dezoito anos mudou-se

a população em geral, por meio do

para Franca e aos vinte para Ribeirão

projeto Ação Concreta, para ajudar a

Preto, onde reside até hoje. Atualmente

terminar a reforma e ampliação da

é professora de Idiomas. Em suas horas

Frasol. Mais informações pelo telefo-

vagas dedica-se à Literatura e ao estudo

ne (16)36355658.

de Línguas.

Venda, instalação e manutenção de equipamentos para telefonia e informática Revenda Autorizada 3 Intelbras 3 Siemens 3 Panasonic 3 Embratel 3 Telefônica 3 Sumus

A assistente social da RTE Rodonaves, Roselaine da Silva e as assistentes do Fundo Social de Solidariedade, Fabiana Carvalho e a Rose Martins Imor

3 MCM

Rodonaves

Tendências

A RTE Rodonaves doou 900 quilos de

Fábio Guimarães, franqueado da

farinha de trigo, 655 de açúcar e 360

MR.Closet em Ribeirão Preto, traz as úl-

quilos de farinha de milho (fubá) ao

timas novidades da CasaCor Rio. A linha

Fundo Social de Solidariedade de Ribei-

“Ilumina”, com sistemas de iluminação

rão Preto. Ao todo, foram 1915 quilos

para armários, gavetas, prateleiras e

de alimentos que serão enviados a

afins, apontada como principal tendên-

instituições carentes da cidade. A inicia-

cia no segmento utiliza uma fita de LED

tiva faz parte da Gincana Semeando o

de alta densidade, sendo ideal para ro-

Bem, da RTE Rodonaves, que tem como

dapés e fundo de closets, estantes e até

objetivo mobilizar os colaboradores e a

armários do banheiro, criando um am-

comunidade em prol da solidariedade.

biente aconchegante e diferenciado.

Rua Padre Euclides, 286 & 3931 1800 / 9223 0999 www.luvitel.com.br


Grafica


a bro Jair e Outu d m 5 u 1 u mais No dia mpleto o c n o abéns! Delb ida. Par v e d o an

Luciana Evangeli s com Mar kus Herrm t a a n c a b e le ir e ir o d a We n , ll a e q u e m in is t ro u c u rs o de aperfeiçoa mento de ti ntura em Berlim , na Alem a nha, do qual ela participou

onaves RTE Rod tivo a r o d a t or cu A transp gundo ano conse sas e s lo empre está pe elhores m 0 5 1 o guia entre as segundo bril. r, a lh a b a A r para se t xame da editora osa E R – s A a / r S o Você laborad o c éns s a a , r o s. Pa b a d N a fo t a n io emoc es! e Dilma Rodonav

Rede Social

por Monalisa Lima

o Maria Dia 15 de Setembr Pauletti Fernanda da Silva has e n a p a go u a s ve l i hos de comemorou 2 anin vida. Parabéns!

Os alunos do C olégio Terra Cir andinha, na Vila Virgín ia, foram surp reendidos co m u m a a p re se n ta çã o d o g ru p o Pal av ra C anta d a. O sh ow fo i um dos p rê m io s q u e o e st u d a n te E d u a rd o Selani Guimarãe s (7 anos), rece beu por ser um dos cin co finalistas no Concurso “D e sc o b ri n d o o m u n d o a tr a vé s d a água” de Natu ra Naturé.

Em 1º de O u t u b ro , K a re n B o r to l o t i c o m e m o ro u s e u aniversário ao lado do n a m o ra d o H e n d ri go B ia n ch i. Parabéns Kare n!

ia tubro fo u O e d 8 o Já no dia a n k li n M a c h a d r F io r e á u vez q publicit a Filho, n n ideo A ´ t n Sa a MultV u d io r á t e proprie comemorar se ra , Produto iversário. an


Toque de Mago * Betho Junior é Terapeuta Holístico a mais de 20 anos bethojunior@gmail.com - www.bethojunio.com Tel: 3637-6250 e 3911-9052

ÁRIES (De 21/03 a 20/04) Momento de trabalhar para construir sua vida material. Um novo e importante passo pode estar sendo dado no trabalho. Na relação com os amigos, é preciso que você seja mais cooperativo.

AQUÁRIO

SAGITÁRIO

LEÃO

(De 22/11 a 21/12)

(De 22/07 a 22/08)

Você se mostra especialmente amoroso e desejoso de satisfação íntima. Momento para se dedicar às artes e a tudo aquilo que lhe agrada de modo pessoal.

O impulso para conquistas na profissão continua presente e vigoroso. Mas de pouco adiantam, de agora em diante, os impulsos isolados. Eles precisam compor uma rede abrangente de ações bem planejadas.

LIBRA

GÊMEOS

(De 21/01 a 19/02)

(De 23/09 a 22/10)

(De 21/05 a 20/06)

Apesar de ter a plena sensação de que não vai conseguir controlar tudo que está por fazer é preciso estabelecer uma ordem na realização das tarefas. Siga em frente e terá sucesso.

É preciso se equilibrar entre impor seus interesses e aceitar passivamente o que lhe apresentam. Você começa a ser mais amoroso e desejoso de troca de carinho e afeição com a pessoa amada.

Maior tendência ao recolhimento e à busca, em seu interior mais profundo do que lhe dá segurança. Momento de refletir sobre questões da carreira e das responsabilidades sociais.

ESCORPIÃO

PEIXES

CÂNCER

(De 23/10 a 21/11) Momento de criar mais ritmo em suas atividades, apesar da tendência a oscilar e reagir caprichosamente às rotinas. Mesmo que o dia o chame para assuntos mais excitantes, talvez seja melhor cuidar de si mesmo.

(De 20/02 a 20/03) Sua disposição é devotar-se ao trabalho, mas outras obrigações forçam você a se desviar de suas atividades. Os conflitos diminuem até o final do período.

(De 21/06 a 21/07) Os novos valores, afinidades e paixões estão por surgir com relação aos amigos e ao ambiente social. Você se sentirá motivada pelo convívio com pessoas com quem nutra afinidades pessoais ou de estilo de vida.

VIRGEM

CAPRICÓRNIO

TOURO

(De 23/08 a 22/09)

(De 22/12 a 20/01)

(De 21/04 a 20/05)

Momento oportuno para dar início a estudos superiores e a atividades que venham a satisfazer suas aspirações mais nobres. Aproveite a fase, planeje e corra atrás!

As obrigações precisam de sua presença de modo a cumprir as mesmas com sucesso até o final. Um período muito positivo para cuidar da casa e do conforto material.

A sensação de crise e finalização ainda não passou completamente. Momento também para refletir melhor para, adiante, avançar de outra maneira.



Revista Evidência Edição Outubro 2010