Page 1

Esta revista faz parte integrante da edição de hoje do Diário de Coimbra não podendo ser vendida separadamente


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 03

Gastronomia é um dos maiores legados da Cultura portuguesa Hoje, por todo o país, florescem instituições e associações para promover e proteger os mais variados produtos agrícolas, receitas tradicionais, doçaria, etc. A Região Centro não foge a este fenómeno e por cá existem dezenas de confrarias e associações que procuram promover o que de melhor se faz a nível gastronómico. O Diário de Coimbra edita este ano, no mês em que se comemora o Dia Mundial da Alimentação, um guia mais completo e num novo formato, apresentando-lhe um vasto conjunto de restaurantes onde poderá degustar as melhores especialidades gastronómicas que o nosso distrito tem para lhe oferecer. Neste guia de 68 páginas, procuramos dar pistas para que possa encontrar mais do que um simples espaço para comer. Além das características e especialidades de cada restaurante, inovamos este ano com novas rubricas: vinhos, receitas e cocktails, conselhos práticos de cozinha e artigos sobre alimentação biológica entre outros. Contamos, assim, com a preciosa colaboração de três Chefes de Cozinha de renome nacional e internacional: Henrique Sá Pessoa, Luís Lavrador e Albano Lourenço. Esperamos que este seja um bom ponto de partida para a descoberta das riquezas gastronómicas que a nossa região tem para lhe oferecer!


04 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

ÍNDICE 05 - A Adega - Quinta dos Três Pinheiros 06 - A Cantarinha 07 - A Portuguesa 08 - A Taberna 09 - A Viscondessa 10 - Adega do Leite 11 - Alfredo 12 - Aqua 13 - Aquário 14 - Brasil ao Peso 15 - Caçarola II 16 - Cantinho dos Reis 17 - Cova Funda 18 - D.Sesnando 19 - Dom Duarte II 20 - Dom Espeto 21 - Dona Xêpa 22 - Escola de Hotelaria 23 - Garfadas 24 - Gauchão 25 - Giuseppe & Joaquim 26 - Jardim da Manga 27 - Molho de Bróculos 28 - O Grazina 29 - O Observatório 30 - O Telheiro

31 - Piscinas do Mondego 32 - Praça do Marisco 33 - Praxis 34 - Quinta da Salmanha 35 - Quinta de S.Luiz 36 - Virabrasa 37 - Vox Populli 38 - Xica Pitanga 39 - Zé Carioca 40 - Dieta Mediterrânica candidata à Unesco 42 - Nova Roda dos Alimentos é composta por sete grupos 43 - Dicas e conselhos práticos sobre Bacalhau 44 - Receita de Bacalhau 47 - Sugestão do Chefe: Henrique Sá Pessoa 48 - Sugestão do Chefe: Albano Lourenço 49 - Sugestão do Chefe: Luís Lavrador 51 - Dicas de Vinho 54 - Como escolher um vinho adequado a uma refeição? 55 - Sugestão de Bar 56 - Receitas com Licor Beirão 57 - Congelamento aumenta vida útil dos alimentos 58 - Confrarias Gastronómicas 60 - Porquê Biológico/Orgânico? 64 - Regras de Alimentação 66 - As nossas sugestões

FICHA TÉCNICA DIRECTOR: Adriano Lucas

DIRECÇÃO COMERCIAL: Mário Rasteiro

DIRECTORES ADJUNTOS: Adriano Callé Lucas, Miguel Callé

VENDAS: Ana Lopes, Helena Gaudêncio, José Pereira, Luís

Lucas, J.C.Galiano Pinheiro, Arménio Travassos e João Luís

Cristóvão, Marta Santos, Pedro Santos e Rita Miranda

Campos

DESIGN GRÁFICO: Emanuela Soares

EDITORA-EXECUTIVA: Manuela Ventura

PUBLICIDADE: Armando Sá, Carla Borges e Emanuela Soares

CHEFE DE REDACÇÃO: Manuel de Sousa

IMPRESSÃO: FIG - Indústrias Gráficas, S.A.

TEXTOS: Joana Martins

Tiragem : 12 500 exemplares


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 05

a Adega Quinta Três Pinheiros

MORADA: Estrada Nacional nº 1 - Sernadelo 3050-382 Mealhada TELEFONE: 231 202 391 FAX: 231 203 417 E-MAIL: geral@trespinheiros.com

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Regional Portuguesa ESPECIALIDADES: Salada de Marisco c/ Frutas Tropicais. Paelha de Marisco. Bacalhau à Três Pinheiros. Arroz de Tamboril. Leitão Assado à Bairrada. Chanfana à Bairrada. Cabrito no Forno à Transmontana. Arroz de Pato à Antiga. Bife c/ Pimenta.

www.trespinheiros.com HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h30 - 22h00

EVENTOS Empresariais ; Reuniões; Palestras; Eventos Sociais; Cerimónias Nupciais; Baptizados; Exposições; Apresentação de Colecções. LUGARES SENTADOS: 120 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento


06 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

A Cantarinha

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Tibornada de Polvo. Feijoada de Búzios. Bacalhau à Casa Gratinado. Robalo Escalado. Bife de Espadarte Grelhado. Bife de Atum Grelhado. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 15 euros LUGARES SENTADOS: 80 lugares PAGAMENTO: Multibanco

MORADA: Travessa das Tamargueiras, Bloco C Cave Buarcos, 3080-279 Figueira da Foz TELEFONE: 233 432 801 HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 14h30 Jantar: 19h00 - 22h30 DESCANSO SEMANAL: Segunda-feira


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 07

A Portuguesa

TIPO DE GASTRONOMIA: Mariscos Frescos. Grelhados (Carne e Peixe). Cozinha Tradicional Portuguesa.

MORADA: Av. da Lousã - Parque Verde do Mondego (Docas) 3030 - 476 Coimbra TELEFONE: 239 842 140 FAX: 239 842 138 E-MAIL: info@aportuguesa.pt www.aportuguesa.pt HORÁRIO: Sábado a 3ª feira - 12h00-24h00 4ª a 6ª feira - 12h00 - 02h00 MÚSICA AO FIM DE SEMANA SEXTA -FEIRA - Fado de Coimbra ou Musica tradicional Portuguesa

ESPECIALIDADES: Peixes e Mariscos Frescos: Robalo ao Sal. Cataplanas (Peixe e Marisco). Bacalhau Assado com Batata a Murro. Carnes: Cabrito na Grelha. Espetadas de Carne. Bife do Lombo à Portuguesa. Posta e Costeleta Barrosã. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 15 euros LUGARES SENTADOS: Interior - Sala1 (N/Fumadores)- 80 lugares, Sala 2 (Fumadores)- 30 lugares. Exterior- Esplanada superior 40 lugares, esplanada sobre o Rio Mondego 120 lugares. PAGAMENTO: Dinheiro. Multibanco, Visa


08 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

A Taberna

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional, a Lenha ESPECIALIDADES: Entradas Tradicionais. Bacalhau com Batata a Murro. Polvo Assado. Cabrito Assado. Chanfana. Vitela à Lafões. Posta Mirandesa. Doces Conventuais. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 25 euros LUGARES SENTADOS: 38 lugares + 15 lugares HORÁRIO: Almoço: 12h30 - 15h00 / Jantar: 19h30 - 22h30 DESCANSO SEMANAL: Domingo (jantar) e Segunda-feira (almoço) PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento

MORADA: Rua dos Combatentes da Grande Guerra, nº 86, 3030 - 181 Coimbra TELEFONE: 239 716 265 FAX: 239 780 034 E-MAIL: ataberna25anos@gmail.com www.restauranteataberna.com ENCERRAMENTO FÉRIAS: 1 a 15 de Agosto


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 09

A Viscondessa

MORADA: Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel Largo Viscondessa do Espinhal 3200-257 Lousã TELEFONE: 239 990 800 FAX: 239 990 801 E-MAIL: info@palaciodalousa.com www.palaciodalousa.com HORÁRIO: Sexta-Feira: 20h00 - 22h30 Sábado: 20h00 - 22h30 Restantes Dias - sob reserva

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Portuguesa sofisticada c/ raízes Portuguesas ESPECIALIDADES: Carnes: Chanfana de Porco Preto, Duo de Veado c/ Castanhas, Carré de Borrego c/ Risotto de Cogumelos Peixes: Bacalhau Confitado, Tamboril c/ Espargos Verdes, Robalo Assado em Alho e Tomilho. Vinhos: Quinta do Cachão - Tinto, Quinta do Valdoeiro - Tinto, Quinta de Foz de Arouce - Tinto O melhor da Gastronomia beirã em ambiente harmoniosamente requintado. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 20 a 25 euros LUGARES SENTADOS: 60 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento


10 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Adega do Leite

TIPO DE GASTRONOMIA: Portuguesa ESPECIALIDADES: Naco na Pedra. Espeto de Polvo. Lombinho no Espeto c/ Ananás. Arroz de Cabidela. Chanfana à Sra. Da Serra. Bife à Casa, Polvo à Lagareiro. Espetada de Lulas c/ Gambas. Bacalhau à Lagareiro. Bacalhau à Casa.

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 12,5 a 15 euros LUGARES SENTADOS: 80 lugares

MORADA: Rua da Liberdade, nº 142 - Adémia 3025-006 Coimbra TELEFONE: 239 431 517 E-MAIL: agedadoleite@gmail.com HORÁRIO: 10h00 - 24h00

PAGAMENTO: Multibanco / Dinheiro

DESCANSO SEMANAL: Domingo


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 11

Alfredo

TIPO DE GASTRONOMIA: Regional Portuguesa

MORADA: Av.João das Regras,32 3040-256 Coimbra TELEFONE: 239 441 522

ESPECIALIDADES: Arroz de Marisco. Cataplana Rica do Mar. Petisco na Cataplana. Polvo na Brasa com Batatas a Murro. Espetadas de Tamboril com Gambas. Cabrito Assado. Pato Assado com Arroz à Antiga. Chateaubriand. Naco no Espeto. Chanfana. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: Preço especial para grupos

FAX: 239 441 500 E-MAIL: restalfredo@gmail.com restaurantealfredo.blogspot.com DESCANSO SEMANAL: 2.ªfeira (Jantar)

LUGARES SENTADOS: 150 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento


12 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Aqua

TIPO DE GASTRONOMIA: Italiana ESPECIALIDADES: PASTE e RISOTTO: Risotto de Cogumelos Porcini; Fettuccine c/ Molho de Mascarpone, Ervilhas e Presunto; PESCE: Lasanha de Bacalhau c/ Grelos e Azeite de Alho; Peixe do Dia Grelhado c/ Legumes, Batata Cozida e Manjericão; CARNE: Picatta c/ Limão c/ Fettuccine e Grelos; Saltimbocca c/ Feijão Branco; DOLCI: Pannacotta c/ Frutos Vermelhos; Pudim de Baunilha c/ Molho Armaretto. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 15 euros

MORADA: Hotel Quinta das Lágrimas - Rua António Augusto Gonçalves - 3041-901 Coimbra TELEFONE: 239 802 380 FAX: 239 441 695 E-MAIL: reservas@quintadaslagrimas.pt

LUGARES SENTADOS: 60 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento

www.quintadaslagrimas.pt HORÁRIO: 12h30 - 15h00 À sexta-feira e sábado: Almoço: 12h30 - 15h00 Jantar: 19h00 - 22h00


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 13

Aquário

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa

MORADA: Rua Rancho das Cantarinhas, nº 82 3080-250 Buarcos - Figueira da Foz TELEFONE: 233 413 344 E-MAIL: barbara_neves@hotmail.com HORÁRIO: Almoço: 11h00 - 15h30 Jantar: 19h00 - 23h00 DESCANSO SEMANAL: Segunda-feira

ESPECIALIDADES: Esparguete c/ Camarão. Parrelhada de Marisco. Camarão à Aquário. Peixe Frito com Açorda de Alho. Açorda e Arroz de Gambas Descascadas. Bife à Aquário (do Lombo). Caçarola de Lombinhos c/ Camarão. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 17,50 euros Diárias: 10 euros LUGARES SENTADOS: 75 lugares PAGAMENTO: Todas os formas de pagamento


14 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Brasil ao Peso / Sopas&Sopas / Grelhados & Cª.

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa e Brasileira ESPECIALIDADES: Carnes e Comida Típica do Brasil. Sopas Caseiras e Grelhados. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 5 euros HORÁRIO: 10h00 - 23h00 PAGAMENTO: Dinheiro, multibanco ou cheque

MORADA: Forum Coimbra/Parque Mondego/CC Sierra Shopping Covilhã TELEFONE: 968 686 144 FAX: 239 945 097 E-MAIL: paulosantos@mouraesantos.com


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 15

Caçarola Dois

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa

MORADA: Rua Bernardo Lopes, 85-87 3080 Figueira da Foz TELEFONE: 233 425 347 / 233 426 930 FAX: 233 425 278 E-MAIL: cacaroladois@clix.pt

ESPECIALIDADES: Mariscada Especial. Caldeirada de Peixe à Pescador. Cataplana de Peixes e Gambas. Traineira de Peixes. Naco de Novilho na Pedra. Espetada de Lombinhos c/ Gambas. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 15 euros LUGARES SENTADOS: 150 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento HORÁRIO: 09h30 às 01h00 Sextas e Sábados: 09h30 às 02h00

www.cacaroladois.com FÉRIAS: 15 dias em Maio e 15 dias em Novembro


16 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Cantinho dos Reis

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Bacalhau à Lagareiro. Cozido à Portuguesa. Arroz de Tamboril. Naco na Pedra com Arroz de Feijão. Porco Preto na Brasa. Chanfana à Moda de Miranda do Corvo. Lombinhos de Porco na Telha.

MORADA: Terreiro da Erva, nº 16-17 3000 Coimbra

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: Diária: 7 euros (inclui bebida, café e sobremesa) À Lista: entre 10 a 12,5 euros (inclui bebida, café e sobremesa)

TELEFONE: 239 824 116

LUGARES SENTADOS: 120 lugares + 60 lugares na esplanada

HORÁRIO: 9h00 - 24h00

PAGAMENTO: Multibanco/Visa, dinheiro

DESCANSO SEMANAL: Domingo e Feriados

TELEMÓVEL: 969 083 192


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 17

Cova Funda -"Español"

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Churrascão. Mariscos. Bacalhau. Todo o tipo de Grelhados. Lampreia na época. MORADA: Rua da Sofia, nº 117 3000 Coimbra

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 10 - 12,50 euros

TELEFONE: 239 825 195

LUGARES SENTADOS: 100 lugares

HORÁRIO: 07h00 - 24h00

PAGAMENTO: Multibanco

DESCANSO SEMANAL: Domingos e Feriados


18 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

D. Sesnando

Situado mesmo no coração da Vila de Penela, o Restaurante Dom Sesnando é o local ideal para passar momentos únicos. Num cenário inigualável, é o espaço onde poderá desfrutar da excelência das mais variadas especialidades gastronómicas da tradicional cozinha portuguesa, numa clara valorização dos produtos regionais das Serras do Sicó ou das Aldeias do Xisto. TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Entradas: Queijo Rabaçal, Queijo Rabaçal Gratinado com Mel, Ovos Mexidos com Farinheira Pratos de Peixe: Bacalhau à "Dona Minda", Polvo à Lagareiro, Espetadas de Peixe Pratos de Carne: Cabrito Assado no Forno, Bife à sua Majestade, Bife à D. Sesnando, Chanfana, Lombinho de Vitela no Espeto Sobremesas: Doces: Leite Creme Queimado, Doce de Menta, Tarte de Requeijão, Pudim de Ovos, Requeijão com Mel ou Doce de Abóbora, … Fruta: Abacaxi com Mel e Canela, … Petiscos: Camarão à Moçambicana, Caracóis, Moelas, Chouriço Assado, Morcela Assada, Pica-Pau CARTA DE VINHOS: com mais de 100 referências

MORADA: Escadas da Praça da República 3230-262 Penela TELEFONE: 239 561 207 E-MAIL: mcatering.e@hotmail.com

Esplêndida esplanada que se pode desfrutar com uma refeição. LUGARES SENTADOS: 50 lugares no Restaurante + 18 lugares no Bar + 60 lugares na Esplanada

HORÁRIO: 12h00 - 15h00 19h00 - 22h00

PAGAMENTO: Multibanco ou Dinheiro GERÊNCIA: Carlos Zuzarte COZINHA: Delminda (D. Minda)

BAR: 10h00 - 02h00


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 19

Dom Duarte II

UM RESTAURANTE, DOIS AMBIENTES DIFERENTES TIPO DE GASTRONOMIA: Regional Portuguesa

MORADA: Rua de Moçambique, nº 34 3030 - 062 Coimbra TELEFONE: 239 701 461 FAX: 239 701 461

ESPECIALIDADES: Marisco Vivo, Peixe Fresco, Sapateira Recheada, Amêijoa à Bolhão Pato, Paelha de Marisco, Arroz de Marisco, Polvo à Lagareiro, Parrilha Criola com Mandioca, Posta de Carne à Mirandesa, Lombinho de Porco no Espeto, Chateaubriand, Tornedó à Americana, Costeleta de Novilho no Churrasco, Arroz de Pato à Moda Antiga. Salas Climatizadas. Aceitam-se reservas para Grupos. Serviço de Esplanada na época.

HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 23h00

LUGARES SENTADOS: 130 lugares

DESCANSO SEMANAL: Segunda-feira

PAGAMENTO: Multibanco


20 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Dom Espeto

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Espetos Variados para 2 pessoas: Dom Espeto (Tamboril, Gambas, Novilho, Porco, Enchidos, Milho), Espeto Picanha c/ Ananás, Espeto Porco Preto c/ Maçã Assada, Espeto Camarão Grande c/ Molho Alho, Espeto de Lulas c/ Gambas, entre outros. Todos os espetos têm 6 acompanhamentos diferentes: Batata a Murro, Migas, Arroz de Feijão, Legumes, Salada e Arroz c/ Passas. Bifes do Lombinho c/ Diferentes Molhos (Dom Espeto c/ Molho Iogurte, Bife c/ Molho Pimenta, Bife c/ Molho Mostarda e Cogumelos, Bife c/ Molho Vinho Porto).

MORADA: Rua da Sota, nº 35/37 3000-392 Coimbra TELEFONE: 239 840 002 FAX: 239 840 002

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 12 a 15 euros LUGARES SENTADOS: 38 lugares PAGAMENTO: Todos os tipos de pagamento

E-MAIL: dom.espeto@gmail.com HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 23h00 DESCANSO SEMANAL: Domingo


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 21

Dona Xêpa

TIPO DE GASTRONOMIA: Culinária Tradicional Brasileira

MORADA: Rua António Pinho Brojo, Lote 56-A - Quinta da Romeira 3030-784 Coimbra

ESPECIALIDADES: Moquecas. Costela Gaucheira. Rabo de Boi à Mineira. Camarão na Moranga. Picanha. Bobó de Camarão. Escondidinho. CaipirinhasFeijoada à Brasileira. Organizamos almoços e jantares para grupos

TELEFONE: 918 819 403 966 149 282 965 881 712 E-MAIL: donaxepa.geral@gmail.com HORÁRIO: Almoço: 12h30 - 15h00 Jantar: 19h30 - 24h00

Espaço Climatizado PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 13 a 15 euros LUGARES SENTADOS: 70 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento (excepto American Express)


22 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

ESCOLA DE HOTELARIA E TURISMO DE COIMBRA (EHTC)

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Tradicional Portuguesa, Cozinha Internacional, Cozinha de Fusão, Cozinha Gourmet ESPECIALIDADES: Funcionando em contexto pedagógico, isto é, no âmbito do desenvolvimento das aulas práticas de cozinha, pastelaria, restaurante e bar dos vários cursos leccionados na EHTC, este espaço de restauração, com vista para o rio Mondego e cidade de Coimbra, apresenta um variado conjunto de propostas gastronómicas e de serviço, com origem, precisamente, nos conteúdos programáticos que os formadores trabalham com os seus alunos. Destacam-se como principais características deste restaurante, para além do ambiente tranquilo e da luz natural da sala, o respeito pela tradição e classicismo destas profissões, sempre com importantes notas de inovação, modernidade e acompanhamento da evolução dos mercados em que se inserem. Aqui, o cliente tem ainda a oportunidade de ser parte activa no processo de formação dos futuros profissionais do turismo do nosso país, pois enquanto almoça ou janta, assiste ao desenvolvimento de uma aula prática de serviço de restaurante, degustando o produto da outra componente lectiva, a cozinha e pastelaria, realizando também o seu próprio juízo e avaliação sobre o trabalho e desempenho dos alunos.

MORADA: Rua Teófilo Braga (Quinta da Boavista, ao Pólo II) 3030-076 Coimbra TELEFONE: 239 007 000 (geral EHTC); 239 007 034 (directo restaurante) E-MAIL: ehtc.restaurante@turismodeportugal.pt

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: Sob consulta

HORÁRIO: 2ª a 6ª feira - 13h00 - 15h00 2ª a 5ª feira - 20h00 - 22h30 Funcionamento exclusivamente por marcação

LUGARES SENTADOS: 80 lugares

DESCANSO SEMANAL: Sábado e Domingo


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 23

GARFADAS

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Frango de Churrasco, Bacalhau Espiritual, Bacalhau à Garfadas, Chanfana, Vitela Assada, Leitão à Bairrada, Arroz de Pato, Cozido à Portuguesa, Bacalhau c/ Natas, Saladas Frias, Grelhada Mista, Rojões à Minhota, Peixe Fresco Grelhado. Oferecemos um leque variado de pratos quentes e de saladas frias. Servimos refeições completas (pão, sopa, copo de vinho/sumo ou água, prato de carne ou peixe, sobremesa e café) a partir de 4,80 euros.

MORADA: Lugar do Freixial - Freixial Shopping Cantanhede 3060-228 Cantanhede TELEFONE: 231 410 747 HORÁRIO: 09h00 - 21h00

Servimos refeições a qualquer hora do dia assim como comida para fora. Conte ainda com frango de churrasco a 3.99 euros por unidade a qualquer hora e também por encomenda. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 4,80 euros LUGARES: 100 Lugares - 120 Lugares


24 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Gauchão

TIPO DE GASTRONOMIA: Brasileira ESPECIALIDADES: Rodízio com 20 Variedades de Carnes Almoço ao peso PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 20 euros LUGARES SENTADOS: 180 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento

MORADA: Av. Elísio de Moura, nº 86 3030 Coimbra TELEFONE: 239 796 600 FAX: 239 835 450 E-MAIL: geral@gauchao.com www.gauchao.com HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 23h00 DESCANSO SEMANAL: Domingos e Feriados


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 25

Giuseppe & Joaquim

TIPO DE GASTRONOMIA: Portuguesa e Italiana

MORADA: Rua da Sota 3000- 010 Coimbra

ESPECIALIDADES: Bacalhau no Pão. Carnes Grelhadas a Carvão. Açordas (Pargo, Bacalhau, Gambas). Pizzas Forno de Lenha. Pastas Italianas. Arroz de Cabidela. Peixe Fresco Diário e Gelados.

TELEFONE: 239 098 990

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 15 a 17 euros

E-MAIL: reservas@giuseppe-joaquim.com

LUGARES SENTADOS: 350 lugares

www.giuseppe-joaquim.com

PAGAMENTO: Todos (excepto American Express)

HORÁRIO: 12h00 - 24h00


26 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Jardim da Manga

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Peixes: Bacalhau c/ Natas. Bacalhau à Moda da Casa. Arroz de Polvo. Arroz de Marisco. Peixes Grelhados Variados. Carnes: Frango na Púcara. Chanfana à Portuguesa. Cozido à Portuguesa. Feijoada à Brasileira e à Transmontana. Leitão à Bairrada. entre outras... Sobremesas variadas caseiras.

MORADA: Rua Olímpio Nicolau Rui Fernandes 3000-303 Coimbra TELEFONE: 239 829 156 913 223 928 962 814 541 E-MAIL: restaurante@jardimdamanga.net

LUGARES SENTADOS: 108 lugares

www.jardimdamanga.net

PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento

DESCANSO SEMANAL: Sábado


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 27

Molho de Brócolos

TIPO DE GASTRONOMIA: Alimentação Biológica ESPECIALIDADES: Coentrada de Seitan, Hambúrger de Bovino, Feijoada Azuki, Salada de Tofu Fumado, Bolo de Bolacha, Mousse de Moka, Banana do Céu, Salada de Fruta. (Todas as sobremesas Vegan e s/ açúcar) MORADA: Av. Sá da Bandeira, Galerias Avenida 2º piso, loja 230 3004-544 Coimbra TELEFONE: 239 091 309 / 966 645 913 E-MAIL: molhodebrocolos@gmail.com molho de brócolos.facebook.com HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 14h00 Jantar: Sexta e Sábado: 20h00 - 22h00 5ª ao Molho - Palestras, Colóquios, Tertúlias (consultar agenda no Facebook) DESCANSO SEMANAL: Domingos e Feriados

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 10 euros Menu Almoço de Segunda a Sexta - 7 euros LUGARES SENTADOS: 36/38 lugares PAGAMENTO: Dinheiro (brevemente todo o tipo de Pagamento) Take Away no Restaurante e Parcerias com Estamos Aí (www.estamosai.com) e Comer em Casa (www.comeremcasa.com) CHEFE DE COZINHA: Isabel Barreira


28 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

O Grazina

TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Enguias Fritas c/ Batata Frita. Caldeirada de Enguias c/ Ensopado. Polvo à Lagareiro. Lulas à Casa. Bife à Palhaço, Costeleta de Novilho. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 15 euros LUGARES SENTADOS: 60 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento

MORADA: Largo dos Armazéns de Lavos nº 1 3090-451 Lavos TELEFONE: 233 946 423 www.casadasenguias.com HORÁRIO: 10h00 - 24h00 DESCANSO SEMANAL: Segunda-feira


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 29

O Observatório

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Tradicional Portuguesa e de Autor

MORADA: Rua do Observatório - Santa Clara (em frente ao Observatório) 3040 - 004 Coimbra

ESPECIALIDADES: Açorda de Gambas Servida no Pão. Cataplana Rica do Mar. Espeto de Novilho c/ Ananás. Cabrito no Churrasco c/ Migas. Medalhas de Lombinho c/ Gambas no Espeto. Arroz de Supremos ao Atlântico c/ Coentros. Leque de Peixes Frescos Grelhados. Espaço Climatizado

TELEFONE: 239 444 986 FAX: 239 443 986 TELEMÓVEL: 962 868 220 E-MAIL: artigalaeventos@sapo.pt HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 22h00 DESCANSO SEMANAL: Domingo (jantar) e Segunda-feira (todo o dia)

LUGARES SENTADOS: 70 lugares PAGAMENTO: Todos os tipos de pagamento CHEFE DE COZINHA: Fátima Amado


30 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

O Telheiro

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Cabrito Recheado. Costeletas de Novilho Grelhado. Cabrito de Churrasco. Espetada à Telheiro. Picanha. Naco de Novilho Peixes Frescos Grelhados. Robalo Assado no Forno Bacalhau à Lagareiro. Sobremesas Caseiras. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 12,50 a 15 euros LUGARES SENTADOS: 90 lugares PAGAMENTO: Multibanco / Visa

MORADA: Rua do Padrão, nº 292 3020 - 312 Coimbra TELEFONE: 239 492 345/919 026 017/918 832 615 HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 23h00 DESCANSO SEMANAL: Domingo


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 31

Piscinas do Mondego

TIPO DE GASTRONOMIA: Cozinha Tradicional Portuguesa MORADA: Rotunda das Lajes - Santa Clara, Parque Verde do Mondego, junto ao Rio Mondego - Margem Esquerda 3041-901 Coimbra TELEFONE: 239 441 591 E-MAIL: reservaspiscinasdomondego@gmail.com www.piscinasdomondego.com HORÁRIO: Cafetaria/Esplanadas: 11h30 - 02h00 Refeições/Cozinha:Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 22h30 DESCANSO SEMANAL: Domingo à noite PAGAMENTO: Multibanco e Visa

ESPECIALIDADES: À la carte podemos encontrar pratos como o Lombo de Veado, os Lombinhos de Porco Preto, o Tornedó com molho de pimenta, o Bacalhau com broa, a Cataplana à Pescador e a Perca do Nilo, para além do Presunto Pata Negra 5J e as Sobremesas, todas elas de confecção caseira. Um espaço de requinte, acolhedor e de bom gosto. Situado à beirario, com um espelho de água e um espaço envolvente de grande tranquilidade, tem a silhueta da cidade como pano de fundo. Preocupa-se em oferecer alternativas variadas como: menu infantil, ementa vegetariana, selecção de cataplanas (onde figura por exemplo a cataplana verde do Mondego) e uma carta de vinhos nacionais alargada e de qualidade inquestionável. Desde as carnes tenras e de qualidade superior, ao peixe fresco, às sobremesas caseiras e entradas variadas, confeccionadas com produtos gourmet, o Restaurante Piscinas do Mondego oferece um vasto conjunto de alternativas para uma refeição inesquecível. Ao almoço de 2ª a 6ª, para além da carta, apresenta uma ementa de opções rápidas e económicas.

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: Almoço (2ª a 6ª): 9 euros Almoço (Sáb./Dom.) e Jantares (Seg. a Sáb.): 14 euros LUGARES SENTADOS: 65 lugares + 10 lugares em sala reservada


32 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Praça do Marisco

TIPO DE GASTRONOMIA: Marisqueira / Tradicional Portuguesa ESPECIALIDADES: Praça do Marisco (Rodízio de Marisco). Açorda de Gambas no Pão, da Terra e Mar. Polvo à Lagareiro, Peixes Frescos Grelhados. Bife à Praça, Ensopado de Pregado c/ Amêijoa. Secretos de Porco Preto c/ Puré de Maçã. PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 20 euros a 25 euros LUGARES SENTADOS: 100 lugares + 50 lugares (sala privada para eventos) PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento

MORADA: Rua João de Deus Ramos, 145 3030 Coimbra TELEFONE: 239 403 384 912 007 746 E-MAIL: pracadomarisco@hotmail.com www.pracadomarisco.com HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 18h00 - 24h00


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 33

Praxis

MORADA: Urbanização Quinta da Várzea, lote 29 3040-000 Coimbra TELEFONE: 239 440 207 FAX: 239 989 891 E-MAIL: cervejaria@praxis.pt www.praxis.pt

TIPO DE GASTRONOMIA: Cervejaria / Brasserie ESPECIALIDADES: Cerveja Artesanal c/ Água de Coimbra. Bifes da Vazia ou Lombo de Rezes de Pasto Açoriano e Nacional. Eisbein (Pernil Fumado Assado no Forno). Marisco. Peixe Fresco. Arroz, Cataplanas. Paelhas de Marisco. Arroz Tamboril c/ Gambas.

HORÁRIO: 10h30 - 02h00 c/ Cozinha sempre Aberta

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 12 a 15 euros

PAGAMENTO: Todos os tipos de pagamento

LUGARES SENTADOS: 80 lugares Não Fumadores + 150 lugares Fumadores


36 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Virabrasa I / Virabrasa II

TIRE TEMPO PARA SI E PARA A SUA FAMÍLIA. DEIXE-NOS COZINHAR! TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa com serviço Take-Away e entrega ao domicílio (também c/ Multibanco) ESPECIALIDADES: Pato c/ Arroz, Pataniscas de Bacalhau, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Bacalhau c/ Natas, entre outros Venha provar as nossas sobremesas. Bolos de Aniversário por encomenda e outras. Broinhas de Natal, Molotof e Bolo de Chocolate

MORADA: I - Rua Dr. Alberto Castro, nº 9 - Chãs Alto S. João II - Rua Flávio Rodrigues, loja 2 (Nó dos Olivais) - Coimbra

PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 10 euros

TELEFONE: I - 239 780 666 / II - 239 780 665

LUGARES SENTADOS: Virabrasa I - 260 lugares | Virabrasa II - 70 lugares

E-MAIL: contactos@virabrasa.com www.virabrasa.com

PAGAMENTO: Multibanco DESCANSO SEMANAL: Virabrasa II - Domingo ao jantar

HORÁRIO: Almoço: 11h30 - 15h00 Jantar: 18h30 - 23h00


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 37

VOX POPULLI Restaurante Bar Lounge (Light Design & Sound Lda)

O Vox Restaurante já é uma referência incontornável na rota dos Restaurantes de Coimbra e uma feliz combinação de elegância, modernidade e prestígio. O estilo adoptado na recriação e utilização dos espaços é sua maior inovação (sempre com grande qualidade dos serviços prestados), pois o edifício que é repartido em dois andares faz com que, nas noites se verifique uma fusão integrada entre o serviço de Restaurante e o Bar Lounge, com transformação de ambientes. O Restaurante abre todos os dias, excepto ao domingo e é de comida Tradicional Portuguesa. A simples leitura do cardápio já provoca aprazimento, pois acenta no Património Culinário Tradicional Português. A cozinha é coerente e sólida. Temos assim que nesta casa se come com termos. Mais ainda: Com real deleite gastronómico. O ambiente requintado e acolhedor que lhe propomos, deriva da busca pela perfeita fusão do tradicional e o moderno, pelo que fica o convite para, no local, e ao vivo, vir ter a percepção exacta do motivo que faz do Vox Populli uma referência obrigatória. A única dificuldade que deixamos ao seu cuidado é a escolha do próximo prato... Temos a certeza que uma vez vivida esta experiência compreenderá plenamente a razão das nossas opções.

MORADA: Av. Sá da Bandeira nº 105 3030 - 351 COIMBRA TELEFONE: 239 828 013 FAX: 239 828 013 E-MAIL: geral@vox-pop.info ou Pedro@vox-pop.info www.vox-pop.info (em construção) HORÁRIO: Almoço - 12h00 às 15h30 Jantar 19h00 às 22h30

DESCANSO SEMANAL: Domingo e 2ª feira ao almoço TIPO DE GASTRONOMIA: Tradicional Portuguesa (Mediterrânica) ESPECIALIDADES: Entradas (Delícias do Bosque, Rojõezinhos à Beira, Favinhas Estaladiças) Pratos de Peixe (Lagarada, Bacalhau com Broa, Bacalhau à Clarinha, Filetes de Polvo com Migas) Pratos de Carne (Vitela de Lafões Assada, Arroz de Vinha d'alhos, Arroz de Carqueija, Cabrito no Churrasco, Vários pratos de Caça, Churrasco à VOX) Sobremesas (Creme Queimado da Gralheira, Pudim Abade de Priscos, Migalhas de Pobre, Manjar de Deus, Delícia de Noviça) PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 20 euros LUGARES SENTADOS: 30 lugares PAGAMENTO: Multibanco, Visa, Mastercard, Amex


38 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Xica Pitanga

TIPO DE GASTRONOMIA: Afro-Nativo-Brasileira ESPECIALIDADES: Caviar da Roca, Caldinhos da Vóvó, Mokekas, Caril de Goa, Rabada, Feijoada Completa, Entrecosto da Amazónia, Bife Nativo, Escondidinho, Caipibar, Vinhos/Espumantes a copo PAGAMENTO: Todos os tipos de Pagamento EQUIPA: Cozinheira - Adriana Machado Cozinheiro - Walter Junior Barman - Fabiano Pantarotto Mestre de Cerimónias - Vanessa Kneip

MORADA: Estrada da Beira, nº 292/294 R/C Esq. 3030-426 Coimbra TELEFONE: 912 390 358 / 918 170 051 E-MAIL: geral@xicapitanga.com www.xicapitanga.com HORÁRIO: Segunda a Sábado: 19h30 às 24h00 Sábado ao almoço: 12h00 às 15h00 DESCANSO SEMANAL: Domingo


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 39

Zé Carioca

TIPO DE GASTRONOMIA: Brasileira ESPECIALIDADES: Rodízio de Carnes. Picanha. Moquecas. Feijoada à Brasileira. Almoço ao peso. MORADA: Av. Sá da Bandeira, nº 89 3000 Coimbra TELEFONE: 239 835 450 FAX: 239 835 450 E-MAIL: geral@restaurantezecarioca.com www.restaurantezecarioca.com HORÁRIO: Almoço: 12h00 - 15h00 Jantar: 19h00 - 23h00

Sala animada com música ao vivo PREÇO MÉDIO POR PESSOA: 20 euros LUGARES SENTADOS: 70 lugares PAGAMENTO: Todas as formas de pagamento


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:57

Page 40

40 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Dieta Mediterrânica candidata à UNESCO

A Fundação Portuguesa de Cardiologia lançou recentemente uma campanha de candidatura da dieta mediterrânica à UNESCO, por ser uma alimentação que reduz o risco de acidentes cardíacos e, simultaneamente, promove internacionalmente o país. Manuel Carrageta, presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC), destaca que Portugal tem uma população de origem mediterrânica e tem um clima mediterrânico, que condiciona a agricultura. "Temos o azeite, temos o vinho, muita hortaliça, muita fruta mediterrânica, muito peixe da costa

portuguesa, que é de água fria. Temos uma alimentação considerada por muitos países como a mais saudável, mas que em Portugal está em retracção devido à invasão da fast food", alertou. Por isso, o presidente da FPC considera importante que a dieta mediterrânica seja reconhecida pela UNESCO, para lhe dar maior visibilidade. "Como somos produtores de alimentos mediterrânicos, isso vai valorizar os nossos produtos, os nossos restaurantes, o turismo, e podemos ser melhores vendedores da alimentação mediterrânica", disse, acrescentando


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 41

que actualmente há uma "receptividade muito grande a esta dieta nos Estados Unidos da América e no norte da Europa, de que iríamos beneficiar". Para a campanha de candidatura, a FPC contou com o apoio de um grupo de "Mulheres de Vermelho" apoiantes da dieta mediterrânica na prevenção de doenças cardiovasculares. Trata-se de uma série de figuras públicas que decidiram dar a cara por esta causa, chamando a atenção para o coração das mulheres, mais vulnerável do que se julga. "Há uma ideia errada de que as mulheres sofrem do coração mas não morrem do coração e de que os homens não sofrem do coração mas morrem dele. É mentira. A doença cardíaca é a principal causa de morte das mulheres em Portugal e no mundo. Mata mais do que o cancro e é mais fácil de evitar do que o cancro da mama", sublinhou Manuel Carrageta. Maria Barroso, a ministra da Saúde, as deputadas Teresa Caeiro e Maria José Nogueira Pinto e a cantora Teresa Salgueiro são algumas destas "mulheres de vermelho". O objectivo é apelar ao Governo para que este adopte medidas com vista à inscrição da Dieta Mediterrânica na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. No arranque da campanha de candidatura foi lançada também uma petição online (http://www.peticaopublica.com/?pi=P2010N3248), cujo objectivo é precisamente reunir assinaturas para a FPC apresentar. A candidatura da dieta mediterrânica apresentada conjuntamente pela Grécia, Itália, Espanha e Marrocos, será votada na próxima Sessão do Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que decorrerá de 15 a 19 de Novembro de 2010, em Nairobi, Quénia. Manuel Carrageta lembrou que em Portugal, 35 por cento da população morre de doença cardíaca.

10:57

Page 41


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:57

Page 42

42 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Nova Roda dos Alimentos é composta por sete grupos A Roda dos Alimentos é um instrumento de educação alimentar destinado à população em geral. Esta representação gráfica foi concebida para orientar as escolhas e combinações alimentares que devem fazer parte de um dia alimentar saudável. Utilizada desde 1977, como parte da Campanha de Educação Alimentar "Saber comer é saber viver", a Roda dos Alimentos sofreu recentemente uma reestruturação, motivada pela evolução dos conhecimentos científicos e pelas alterações nos hábitos alimentares portugueses. Mantendo o formato circular original, associado ao prato vulgarmente utilizado às refeições, a nova versão subdivide alguns dos anteriores grupos e estabelece porções diárias equivalentes, além de incluir a água no centro desta nova representação gráfica. A nova Roda dos Alimentos é composta por sete grupos, com funções e características nutricionais específicas. Dentro de cada divisão estão reunidos alimentos nutricionalmente semelhantes entre si, para que possam ser regularmente substituídos, assegurando a variedade nutricional e alimentar. CEREAIS E DERIVADOS, TUBÉRCULOS - 28% HORTÍCOLAS - 23% FRUTA - 20% LACTICÍNIOS - 18% CARNE, PESCADO E OVOS - 5% LEGUMINOSAS - 4% GORDURAS E ÓLEOS - 2%


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:57

Page 43


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:57

Page 44

44 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Dicas e conselhos práticos sobre bacalhau 1 - CONSERVAR O BACALHAU O bacalhau salgado e seco deve ser guardado dentro do frigorífico, nunca à temperatura ambiente. O bacalhau salgado e seco tem por norma um ano de validade quando mantido à temperatura máxima de 7ºC e humidade relativa de 65ºC. O bacalhau demolhado deve ser guardado no congelador, consulte a data de validade do produto e verifique a temperatura do seu congelador. 2 - VANTAGENS DE COMPRAR BACALHAU CONGELADO OU SALGADO A vantagem na compra do demolhado congelado prende-se com a facilidade de utilização. O bacalhau seco tem a vantagem de poder ser verificada a sua qualidade visualmente quanto a todas as suas características. Tem a vantagem da rentabilidade, sendo sempre um produto mais económico e com garantia de ter sofrido um processo de secagem. 3 - DEMOLHAR O BACALHAU EM CASA Coloque o bacalhau em postas ou desfiado dentro de um vasilhame com água suficiente para o tapar. O ponto mais importante na demolha prende-se com a temperatura da agua, ou seja, é de extrema importância fazê-lo dentro do armário frigorífico ou em máquina de demolha refrigerada. A separação das postas por altura e tamanho é necessária por forma a conseguir uma demolha homogénea. Não é aconselhável a demolha em água corrente. A muda da água deve ser feita uma ou duas

vezes por dia. Os dias de demolha dependem da grossura das postas e do grau de salga e secagem, logo nunca existirá um período aconselhável, bastando para isso fazer uma prova antes da retirada da água. É necessário um cuidado extra para dois produtos: - o desfiado ou migas, em que motivado pelo pequeno tamanho das peças a sua demolha é relativamente rápida. - o bacalhau de cura amarela, em que na sua demolha deve ser adicionado sal nos dois primeiros dias. Este produto possui uma percentagem de sal e humidade baixa, necessitando de um tempo de demolha nunca inferior a cinco dias (para conseguir abrir convenientemente), no entanto não deve ser esquecida a adição de sal nos dois primeiros dias. 4 - COMPRA DE BACALHAU SALGADO: CARACTERÍSTICAS A TER EM CONTA Pontos importantes a verificar: origem, espécie, tamanho, grau de secagem e defeitos. 5 - CONSIDERAÇÕES GERAIS O bacalhau salgado é um produto de excelência, tanto por ser feito exclusivamente de peixes selvagens como por sofrer uma transformação que lhe proporciona um sabor especial e único, permitindo ter um cunho bem português que nos deixa a todos orgulhosos. Formas de o utilizar? São mais de mil…. CONSELHOS DE LUGRADE


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 45

Receita de bacalhau (www.lugrade.com) BACALHAU CREMOSO (5 PESSOAS) INGREDIENTES  1 kg de bacalhau  1 kg de batatas  250 gr. De miolo de camarão  1 l de molho bechamel  3 cebolas  200 gramas de espinafres já cozidos  200 gramas de cenoura ralada  2 dl de leite  1 l de óleo  Sal pimenta e noz moscada MOLHO BECHAMEL 1l de leite  90 gr de margarina vaqueiro  100 gr de farinha  Sal pimenta e noz moscada 

PREPARAÇÃO Prepara-se o molho bechamel e depois coze-se o bacalhau. Descasca-se as batatas, corta-se em quadrados pequenos e rala-se a cenoura. Fritar as batatas e lascar o bacalhau. Saltear o camarão. Refogar um pouco a cebola com azeita, sal e pimenta, cortada em rodelas finas. Numa caçarola juntar a cebola refogada ao bacalhau, as batatas, a cenoura, camarão, os espinafres. Rega-se com um pouco de molho bechamel temperado com sal. Envolver o preparado anterior e colocar tudo num pirex com o restante molho bechamel até ficar tudo coberto. Levar ao forno a 250 graus até alourar. MOLHO BECHAMEL: Derreter a margarina em lume brando. Polvilhe com farinha e deixe cozer. Quando começar a aparecer à superfície uma espuma esbranquiçada adicione o leite misturado com a água do bacalhau ou gambas. Mexendo sempre deixe engrossar o preparado. Retire do lume. Tempere com sal, pimenta e noz moscada.

10:57

Page 45


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:58

Page 46


GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 47

Sugestão de Henrique Sá Pessoa ENTRADA VIEIRAS SALTEADAS SOBRE PURÉ DE COUVE-FLOR INGREDIENTES:  10 vieiras  2 cabeças de Couve-flor cortada em fleurettes  1 l de leite  2 chalotas picadas  3 colheres de sopa de azeite  1 fatia de terrina de foie gras de pato  1 colher de sopa de vinagre balsâmico  1 molho de cebolinho  1 colher de chá de azeite de trufa  q.b. sal e pimenta PREPARAÇÃO: 1- Num tacho refogar a chalota num pouco de azeite. Juntar a couveflor e refogar cerca de 5 a 6 minutos em lume brando. Adicionar leite e ferver em lume brando cerca de 10 a 12 minutos; 2- Triturar a couve-flor de forma a obter um puré bem cremoso. Reservar; 3- Numa taça juntar 3 colheres de sopa de azeite, 1 colher de sopa de vinagre balsâmico e temperar com sal e pimenta. Mexer bem. Cortar a terrina em 10 cubos iguais; 4- Numa sauteuse antiaderente bem quente saltear as vieiras num pouco de azeite cerca de 10 segundos em cada lado. Temperar com sal e pimenta; 5- Servir as vieiras sobre o puré com os cubos de foie gras , o vinagrete de vinagre balsâmico e decorar com cebolinho ou cerefólio.

PRATO PRINCIPAL LOMBO DE BACALHAU COM CAVIAR DE BERINGELAS, BATATINHA E MOLHO DE AZEITONAS INGREDIENTES PARA A SOPA:  4 Lombos de bacalhau pré-demolhados com cerca de 175 gr  2 beringelas sem pele cortadas aos cubos  2 dentes de alho esmagados  20 azeitonas descaroçadas e picadas  300 gr de batatinhas Primor cozidas com pele  ½ embalagem de espinafres  75 ml de azeite  q.b. sal e pimenta  q.b. tomilho, coentros, louro PREPARAÇÃO: 1 - Refogar as beringelas cerca de 10 minutos em lume brando, num tacho com um pouco de azeite, alho, sal e pimenta; 2 - Retirar e triturar num copo misturador ou com varinha mágica; 3 - Cozer as batatinhas, cortar e esmagar com um garfo. Misturar com o puré de beringela e rectificar o tempero. 4 - Triturar as azeitonas descaroçadas em 50 ml do azeite do azeite. Temperar com um pouco de sal e pimenta; 5 - Corar o bacalhau no restante azeite, em ambos os lados, e adici-

onar por cima um pouco de alho, tomilho, coentros e louro; 6 - Assar o bacalhau no forno a 175 graus, durante cerca de 10 minutos; 7 - Misturar os espinafres com a mistura de beringela, batatinha previamente aquecida (os espinafres irão cozer lentamente na mistura); 8 - Empratar a mistura de batata no centro do prato (o caviar de beringela), pôr o bacalhau por cima, e regar com o molho de azeitonas. Servir. Nota: Se o puré de beringelas estiver muito ácido, junte um pouco de natas para atenuar essa acidez.

SOBREMESA SOPA DE PÊSSEGO E ESPUMANTE COM SORBET DE FROMAGE FRAIS E FRAMBOESAS INGREDIENTES PARA A SOPA:  6 pêssegos  400 ml de água  200 g de açúcar  200 ml de espumante  1 pau de canela  2 cravinhos  2 ramos de hortelã  3 colheres de sopa de natas frescas  125 g de framboesas PREPARAÇÃO: 1- Fazer a calda de açúcar fervendo, durante 5 minutos, a água e o açúcar. Em seguida arrefecer; 2- Descascar os pêssegos e cortá-los aos pedaços. Juntar a calda, o espumante, a canela e o cravinho; 3- Ferver em lume brando durante cerca de 10 a 15 minutos até o pêssego ficar bem cozido. Tirar do lume, juntar a hortelã e deixar em infusão durante 30 minutos; 4- Tirar as especiarias e a hortelã e triturar com a varinha mágica. Arrefecer bem no frio; 5- Juntar as natas e passar com a varinha mais uma vez; 6- Servir com as framboesas e o sorbet. INGREDIENTES PARA O SORBET:  350 ml de água  225 g de açúcar  3 colheres de sopa de glucose  2 colheres de sopa de sumo de limão  250 de fromage frais  3 colheres de sopa de creme fraîche  3 colheres de sopa de iogurte  3 colheres de sopa de natas frescas PREPARAÇÃO: 1- Fazer uma calda com a água e o açúcar, ferver 3 minutos , arrefecer e juntar sumo de limão; 2- Bater o fromage frais, o iogurte, o creme fraîche e as natas com umas varas; 3- Adicionar a calda e bater na máquina de gelados, seguindo as instruções da máquina. Nota: Se os pêssegos não estiverem em época, pode opcionalmente utilizar pêssego em calda (lata). Nesse caso omita a calda e utilize apenas o espumante.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:58

Page 48

48 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Sugestão



de Albano Lourenço

Molho de Rosmaninho - 1 chalota; 100 ml de demi-glace (molho base, de carne, ossos e legumes aromáticos, desengordurado e reduzido); sal, manteiga e rosmaninho q.b.

QUANTIDADE: 4 pessoas

PREPARAÇÃO: Bifes - Amanhar o lombo de vitela e cortar em quatro bifes. Saltear em azeite e temperar com um pouco de sal.  Dueto de Feijão - Colocar os feijões de molho, na véspera, em recipientes separados. Cozê-los bem e passar pelo peneiro aproveitando a água da cozedura. Reservar alguns inteiros para decoração.  Açorda de Espargos - Descascar os espargos e cozê-los em água a ferver. Arrefecer em água gelada. De seguida, com o rolo da massa, espalmar o pão de forma e cortá-lo ao meio. Enrolar os espargos no pão pincelando com um pouco de gema de ovo para segurar. Saltear as açordas em azeite, temperar de sal e deixar até ficarem douradas.  Molho de Rosmaninho - Suar a chalota em manteiga, juntar o rosmaninho e o demi-glace, reduzir um pouco. Temperar de sal. Ligar com manteiga na hora de servir.

INGREDIENTES:  Bifes - 800 gramas de lombo de vitela; azeite e sal q.b.  Dueto de Feijão - 150 gramas de feijão branco; 150 gramas de feijão vermelho; sal q.b.  Açorda de Espargos - 4 fatias de pão de forma; 8 espargos; 1 gema; azeite e sal q.b.

APRESENTAÇÃO: Dispor o bife no centro do prato, colocar os dois purés em volta em forma de lágrima e o molho em seu redor. Temperar o bife com flor de sal e colocar as açordas em cima do bife. Decorar com gomos de maçã e feijões salteados, uma erva a gosto e um fio de azeite extra virgem.



RECEITA LOMBO DE NOVILHO COM DUETO DE FEIJÃO E AÇORDA DE ESPARGOS E MOLHO DE ROSMANINHO

Cozinha de fusão com produtos da época ALBANO LOURENÇO- Chefe de Cozinha

"Numa época tão conturbado este parece-me ser o melhor contributo por parte de um chefe". Quem o diz é Albano Lourenço, justificando assim a escolha desta receita. Para o chefe do restaurante da Quinta das Lágrimas, "o papel social, cultural, económico e

sobretudo regional [de um chefe de cozinha] passa por falar do que é nosso e utilizá-lo". "Assim pretendo com estes produtos chamar a atenção para aquilo a que se chama cozinha de fusão. Nesse sentido a opção deste prato vai no sentido da conjugação de maçãs, um produto de estação, com a grande qualidade das nossas carnes", reitera o profissional.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:58

Page 49

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 49

Sugestão de Luís Lavrador FILETE DE ROBALO SUADO SOBRE FAVADA, AMÊIJOAS AROMATIZADAS COM COENTROS E ADORNO DE PALMIER DE ERVAS AROMÁTICAS MODO DE CONFECÇÃO 1º - Estufar as favas em refogado de alho, cebola e azeite. 2º - Moldar os palmiers a partir de massa folhada polvilhada com ervas aromáticas picadas (ex. salsa, coentros, tomilho) e levá-los ao forno a cozer.

3º - Cozinhar os filetes, em caçarolaechada, com azeite, tomate maduro, louro, hortelã, coentros e pimentos. 4º - Abrir as amêijoas em azeite quente e alho. 5º - Empratamento: colocar as favas na base do prato, sobrepor os filetes e as amêijoas, regar com o molho das amêijoas, adornar com os palmiers e polvilhar com coentros picados.

Tradição do peixe com sabor, aroma, cor e forma LUÍS LAVRADOR - Chefe de Cozinha

Ao sugerir este prato tivemos em conta a tradição culinária de Coimbra, a sua ligação ao rio e ao mar, e as preocupações com a dietética - a saúde. Estas razões, a partir das quais construímos o conceito de fusão culinária, têm a finalidade de promover a modernidade, vector de extrema importância, quer no seu aspecto estritamente alimentar, quer como um atractivo e um produto turístico. Julgamos que o recurso a várias técnicas de confecção na execução de uma mesma iguaria e a ingredientes menos vulgares no acompanhamento de pratos de peixe nos conduzem a um imaginário alimentar de acordo com as tendências do mundo actual, que se baseiam no realce e satisfação dos diversos sentidos. À real tradição do peixe na mesa coimbrã quisemos

ligar formas de o cozinhar que lhe emprestassem profundo valor alimentar, tal como sabor, aroma, cor, forma e riqueza nutricional. Com isto pretendemos viajar ao passado e recriar costumes gastronómicos nos quais o pescado deliciava ou, simplesmente, provia o simples sustento. Estufar, suar e guisar constituem os métodos de confecção usados na iguaria que apresentamos por serem os que mais garantem a qualidade final e mais preservam os ingredientes utilizados. Em nossa opinião, ao contrário da carne, o peixe proporciona uma dieta mais equilibrada, mais leve e menos tóxica o que permite um dia a dia mais fluído do ponto de vista físico e psicológico.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:58

Page 50


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:58

Page 51

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 51

Dicas de vinho 1) ALGUNS NOMES A RETER NAS REGIÕES DEMARCADAS GEOGRÁFICAMENTE MAIS PRÓXIMAS. Na região centro há a destacar alguns produtores do Dão e Bairrada que, com um esforço notável, se têm modernizado e apresentado vinhos de grande categoria e com evidente preocupação de serem competitivos também na relação qualidade/preço. Para enumerar apenas alguns, da região Demarcada do Dão, Quinta da Falorca, Dão Sul, Vinha Paz e Álvaro de Castro; da Região Demarcada da Bairrada é justo que destaquemos Carlos Campolargo, Quinta do Encontro, Luis Pato e Quinta de Baixo. 2) A OPÇÃO PELO VINHO ESTRANGEIRO. Num país com tradições tão antigas e tão ricas de produção e consumo de vinho como é Portugal, o consumo de vinho estrangeiro tem uma importância pouco mais do que residual. O consumidor de vinho estrangeiro é, quase sempre, alguém que já conhece muito do que se faz no nosso país e que pretende alargar os seus horizontes para outras realidades. Se é certo que temos dentro de fronteiras uma cada vez maior variedade de soluções dentro dos diversos tipos de vinho (brancos, tintos, espumantes e generosos) e de todos os segmentos de qualidade, dos mais modestos aos mais notáveis, também será justo dizer que ninguém se pode afirmar como entendido em vinho sem ter um razoável conhecimento das diferentes realidades que nos chegam do Velho e do Novo Mundo. 3) QUE VINHO ESCOLHER? A escolha do vinho adequado para uma refeição varia

com a ocasião e com a gastronomia que o acompanhará. Um branco ligeiro, um espumante ou um tinto despretensioso para uma reunião social. Um tinto mais competente para um jantar de amigos terminando com um Vinho do Porto ou um Moscatel de Setúbal. Havendo muitas harmonias clássicas de vinho e gastronomia e alguma literatura escrita sobre esta matéria, aconselhamos a que, em última análise, seja o gosto de cada um a determinar as suas escolhas. 4) A GUARDA. No caso de pretender guardar o vinho em sua casa durante alguns anos, deverá certificar-se que tem condições para isso. O compartimento para guarda de vinho deverá obedecer a algumas regras de temperatura, humidade e ausência de luz, vibrações e odores estranhos. A temperatura não deve baixar dos 10ºC no Inverno nem subir acima dos 17ºC no Verão e a humidade deve situar-se entre os 60% e os 80%.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:58

Page 52

52 GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Todas as garrafas devem ser guardadas deitadas, com excepção de alguns vinhos generosos. 5) O SERVIÇO. Se quer desfrutar de um vinho na sua plenitude vale a pena ter alguns cuidados antes de o servir. O aspecto mais crítico e normalmente mais descuidado é a temperatura de serviço. A temperatura adequada para servir um tinto varia entre 16ºC e 18ºC. (Não! Não é a temperatura ambiente!). Se não tem muita prática, use um termómetro. Outra questão a não descuidar são os copos; devemos escolher um copo que nos "mostre" o vinho, à vista, ao olfacto e ao sabor. Aconselhe-se numa loja especializada. Por fim, um aspecto que levanta alguma polémica, a decantação. Nem todos os vinhos beneficiam com a decantação mas muito poucos são os que ficam prejudicados com ela e muitos ganham "outra dimensão" ao fim de

algumas horas (às vezes dias!) passados no decanter. Como regra geral, decante os seus vinhos, sobretudo os tintos. 6) COMPRAR BEM. Não existe uma relação directa entre o preço e a qualidade do vinho. O valor razoável a pagar por uma garrafa de vinho varia com a bolsa e a sensibilidade de cada um. Perante a diversidade de referências que estão presentes no mercado, o consumidor terá alguma dificuldade em escolher onde gastar melhor o seu dinheiro. Procure ajuda numa loja especializada da sua confiança, beneficie dos conhecimentos e da experiência de pessoal qualificado e verá que é fácil desfrutar de vinhos bons sem gastar muito dinheiro. Valdemar Simões Loja Dom Vinho e Outros Parentes Nobres


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:59

Page 53


guia gastronomico 40 a 68.qxp

54

25-10-2010

10:59

Page 54

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Como escolher o vinho adequado a uma refeição? PAULO PECHORRO - Chefe de Restaurante Formador da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra

Comece por identificar o momento ou ocasião para o qual pretende escolher um vinho e, ao mesmo tempo, "avalie" os seus convivas, tendo em conta os seus gostos e experiências. De seguida, adeqúe o vinho, ou vinhos à refeição que pensa apresentar. Da ligação/casamento entre iguarias e vinhos pretende-se retirar o máximo de proveito dos dois produtos, conseguindo que ambos beneficiem com a associação e juntos sai-

bam melhor do que separados. Vinho e comida devem ter, na maioria dos casos, uma relação de concordância ou proximidade, ou seja, quanto mais sabor e estrutura tiver a comida mais intensidade deve ter o vinho e vice-versa. Pratos leves e delicados pedem vinhos leves e perfumados, enquanto pratos mais estruturados preferem vinhos mais encorpados e gulosos. Escolha também vinhos diferentes, regiões menos conhecidas ou pequenos produtores, provocando o gosto pela descoberta de novos vinhos nos seus convidados. Deixo também uma sugestão: experimente, arrisque e ouse na escolha de um vinho! O nosso país tem vinhos fantásticos e com grande diversidade. Opte também por Moscatéis, Portos, Madeiras, Espumantes ou Colheitas Tardias, entre outros, de modo a melhor apreciar a sua refeição e ao mesmo tempo partilhar esse prazer com os seus convidados! "O vinho é o melhor lugar para se encontrar com os amigos", segundo Carlos Arruda (Enólogo).


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:59

Page 55

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 55

Sugestão de Bar: EDUARDO VICENTE - Chefe de Bar e Formador da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra

O MORANGÃO COMPOSIÇÃO:  3 Morangos médios  2 gomos de lima  1 folha de hortelã  5 cls Licor Beirão  Cubos de gelo PREPARAÇÃO: Corta-se os morangos em pedaços, coloca-se no shaker e esmagam-se com um pilão. De seguida, coloca-se 5 cls de licor beirão, os dois gomos de lima espremidos e a folha de hortelã, preenche-se com cubos de gelo e agita-se fortemente. No final verte-se tudo para um copo longo e coloca-se duas palhinhas.

Mescla harmoniosa em bebida fresca Com o propósito de enaltecer os produtos nacionais e regionais, concebemos há já algum tempo uma composição que prontamente se tornou um êxito a nível nacional, o Caipirão. Após este sucesso e perante um esforço em corresponder às exigências dos consumidores, sentimos necessidade de desenvolver uma nova composição, o Morangão.

Esta mescla harmoniosa concilia o que de melhor tem o licor Beirão (sabor com aromas únicos), com o frutado dos morangos, o ácido da lima e a frescura da hortelã, tornando-se numa bebida muito fresca, mas admiravelmente saborosa. Para os curiosos e para os já vastos apreciadores esperamos que apreciem a receita.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

56

25-10-2010

10:59

Page 56

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Sangria Beirão A sangria é uma bebida clássica do Verão. O Licor Beirão dá-lhe um toque aromático e muito agradável na sua composição. 1 maçã, 1 laranja, 1 pêra, 1 limão, 20 cl de Licor Beirão, 5 cl de vodka, 5 cl de Vermute tinto, 25 cl de sumo de pêsse-

go, 50 cl de gasosa lima-limão, 50 cl de vinho tinto, açúcar q.b, gelo q.b, 1 colher de chá de canela em pó, folhinhas de hortelã. Num recipiente juntar o açúcar e as bebidas espirituosas. Cortar a fruta em cubos, com casca, e adicionar aos ingredientes anteriores. Adicionar o gelo, o sumo de pêssego e a gasosa, misturando bem para extrair o gás. Juntar o vinho, a canela e a hortelã. Servir bem fresco.

Mousse de Chocolate com “Licor Beirão” 

2 cl de água 300g de chocolate para culinária  6 dl de natas  2 ovos  1 cálice de Licor Beirão 

Bata as natas até ficarem bem firmes e leve-as ao rigorífico. Derreta o chocolate em banho-maria (não muito quente) e bata os ovos com a água fria, até aumentar de volume. Junte o Licor Beirão. Junte o chocolate às natas previamente batidas e misture cuidadosamente. Distribua por taças e leve ao frigorífico durante 5 a 6 horas. Enfeite com uma rosa de natas.

Maçãs Assadas Abafadas com “Licor Beirão”  4 maçãs (reinetas de preferência)  4 colheres de açúcar  2 cálices de Licor Beirão  4 rectangulos de papel de alumínio com 40x40cm aproximadamente Descaroce as maçãs. Dê-lhes

um golpe superficial na pele a meia altura, em toda a volta. Coloque cada maçã numa folha de alumínio e dê um jeito às folhas para não entornarem líquido. Deite na cavidade de cada maçã 1 colher de açúcar e 5cl de Licor Beirão. Feche o papel de alumínio na parte superior das maçãs e coloque-as num tabuleiro. Leve ao forno quente durante 8 minutos. Sirva quentes ou frias. Ficam deliciosas!


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

10:59

Page 57


guia gastronomico 40 a 68.qxp

58

25-10-2010

10:59

Page 58

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Congelamento aumenta vida útil dos alimentos

A Dalifal, consciente dos desejos dos seus clientes em obter alimentos de maior durabilidade, maior valor

nutritivo e mais saudáveis, desenvolveu a marca Neutura, que assenta sob o slogan " eu tu e a natureza". Esta marca apresenta um vasto conjunto de produtos congelados com uma gama de pré - cozinhados e um leque variado de peixe e marisco. O congelamento de alimentos afirma-se como o melhor método de conservação, tal como explicam os responsáveis pela empresa, pois aumenta o seu tempo de armazenamento (vida útil) e apresenta menores possibilidades de provocar perda do valor nutricional nos alimentos e suas características como sabor, textura e odor. Assim, a Neutura concilia o compromisso de qualidade na selecção dos melhores parceiros, garantindo uma perfeita harmonia com os valores da marca: qualidade, inovação, criatividade e compromisso na satisfação do cliente. "Acreditamos que a Neutura poderá ser diferenciadora neste mercado, com a oferta de produtos de qualidade a preços acessíveis", referem.

Conselhos úteis na hora de comprar produtos congelados:  Verifique sempre a data de fabrico e o prazo de validade.

 A embalagem não deve estar amolecida, pode significar descongelamento.

 A embalagem não deve ter vestígios de gelo no seu interior, poderá significar alterações de temperatura no processo de congelação.

 Verificar se existe acumulação de água nos balcões frigoríficos onde o produto está exposto, a existir poderá colocar em causa a qualidade do mesmo.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

11:00

Page 59


guia gastronomico 40 a 68.qxp

60

25-10-2010

11:00

Page 60

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Coimbra é território com maior

MADALENA CARRITO Presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas

As confrarias gastronómicas assumem hoje um papel inquestionável na defesa, promoção e valorização das artes culinárias, da cozinha portuguesa e dos produtos endógenos de grande qualidade e excelência. A assunção das suas responsabilidades no domínio

cultural, pois são entidades que verdadeiramente incorporam valores, memórias e tradições, há muito que é reconhecida pelos mais atentos a estas matérias. A relevância que é reconhecida às confrarias no plano local e regional tem o seu fundamento no trabalho sistemático e consistente que exercem, contribuindo para o desenvolvimento económico e social das regiões onde estão inseridas. O distrito de Coimbra pode orgulhar-se de contar, entre as 15 confrarias federadas que pertencem a este território, de ter muitas que efectivamente desenvolvem um trabalho assinalável, digno de registo e que poderia constituir-se como exemplo de boas práticas a nível nacional, para além de ser o território com maior número de inscritos, seguido pelo distrito de Aveiro. Utilizando uma seriação temporal de constituição e adesão à Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, o panorama confrádico do distrito é composto pelas seguintes associações: Confraria da Chanfana, Confraria do Queijo Serra da Estrela, Confraria Nabos e Companhia, Real Confraria do Maranho, Confraria da Lampreia de Penacova, Real Confraria da Cabra Velha, Confraria das Peraltas, Confraria Gastronómica da Gândara, Confraria do Queijo Rabaçal, Confraria Gastronómica do Bucho de Arganil, Confraria Gastronómica do Arroz e do Mar, Confraria do Bolo de Ançã, Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal, Confraria do Medronho, Real Confraria da Matança do Porco.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

11:00

Page 61

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 61

r número de confrades

Ao assinalarmos este ano de 2010 a passagem de uma década sobre a atribuição do estatuto de Património Cultural à Gastronomia Portuguesa, são importantes todos os contributos que permitam evidenciar a genuinidade e singularidade dos nossos produtos e do nosso receituário, ao mesmo tempo que se deve exigir o contributo de cada um dos nossos cidadãos, para a defesa daquilo que é nosso, que

tem qualidade e que pode ajudar os nossos pequenos produtores e comerciantes. Às confrarias pede-se tudo, pede-se sempre muito, confunde-se por vezes o espectáculo com a essência e os valores dos trajes que envergam, mas é com profunda satisfação que dou nota de que estas têm sabido ocupar o lugar de baluarte fundamental da Gastronomia Portuguesa.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

62

25-10-2010

11:00

Page 62

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Porquê Biológico / Orgânico?

No abrir deste novo milénio temos como pano de fundo o Ser Humano enquanto habitante do planeta Terra. Qualquer que seja a área onde o Ser se inscreve; científica, ideológica, credo religioso, tipo de cuidados de saúde, vegetarianos, vegans ou adeptos da saborosa comida tradicional, as preocupações ecológicas e o respeito pela biodiversidade estão na ordem do dia do Homem do século XXI e são transversais a qualquer área de pesquisa. Vivemos na Terra e Somos Terra. Comer alimentos e usar produtos que não usam para o seu cultivo ou produção qualquer tipo de substância que seja prejudicial ao planeta não é apenas fundamental para o reequilíbrio do nosso corpo. Além de nos tornar cada

vez mais saudáveis, ao optar por este tipo de alimentação estamos também a cuidar do planeta em que vivemos, para podermos continuar a nele viver. Hoje, a agricultura biológica é um exemplo desse esforço concertado, tornando-se numa área de estudo de relevo na moderna ciência agrícola. Já bem distante da simplicidade da tradicional horta, ela preconiza técnicas altamente sofisticadas em conjugação com técnicas milenares, de modo a garantir a qualidade dos produtos e a tornar-se rentável e acessível ao crescente incremento do mercado de procura. O mesmo se observa na área da pecuária e dos têxteis. Hoje em dia, já é possível encontrar um vastíssimo leque de produtos, que oferecem garantia de qualidade com o Selo Biológico ou orgânico dependendo da denominação do país de origem. Deste modo, torna-se viável conceber um restaurante baseado neste conceito de inter-ajuda Homem Planeta Terra, onde, desde o sal, aos vinhos, passando pelos sumos, chás e todos os pratos confeccionados, seja o objectivo proporcionar uma alimentação saudável. Cuidar do Planeta é, em última análise, cuidar de podermos continuar a habitar a Terra, garantir a nossa casa, garantir o por e o nascer do Sol com Qualidade de Vida.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

11:00

Page 63


guia gastronomico 40 a 68.qxp

64

25-10-2010

11:00

Page 64

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

Regras de alimentação

Porque uma das principais preocupações da população na hora da refeição é o excesso de calorias, não podíamos esquecer a componente educacional quando o objectivo é emagrecer. São precisamente conselhos desse tipo que a nutricionista Ana Carvalhas disponibiliza no seu blogue todas as quartas-feiras. Uma das regras de alimentação que deve ser adoptada diariamente é iniciar o almoço e o jantar com um prato de sopa. Segundo a profissional de saúde, "qualquer sopa, confeccionada exclusivamente com ingredientes de origem vegetal, é um caldo riquíssimo de nutrientes que tem a grande vantagem de ter baixo

valor calórico". "Perdemos peso, de forma consistente, quando inauguramos as duas principais refeições com um prato de sopa, porque ficamos "meio cheios" com um alimento baixo em calorias. Desta forma, já não conseguimos comer grande quantidade do segundo prato que tem, normalmente, maior densidade energética", acrescenta. Outro dos conselhos de Ana Carvalhas vai no sentido de evitar alimentos doces e gordos. "Costumo dizer a quem vem às minhas consultas para emagrecer que há duas coisas que o interessado terá de reduzir drasticamente: o açúcar e a gordura", refere, recomendando comportamentos como a redução gradual da quantidade de açúcar que se junta às bebidas, no caso de pessoas que não consigam eliminá-lo de uma só vez. "E nada de o substituir por adoçante. Os adoçantes mais utilizados são artificiais e sabemos que enganam o cérebro", alerta. A nutricionista acrescenta ainda que devem também ser eliminados todos os alimentos feitos com farinhas muito refinadas, como é o caso do pão de forma, pão branco, pão de hambúrguer ou de cachorro, bolachas de qualquer tipo, cereais de pequeno-almoço com


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

11:00

Page 65

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011 65

ajudam a emagrecer açúcar, bolos, biscoitos, "croissants" ou "bolicaos", "porque são alimentos que têm um índice glicémico muito elevado". Outra das regras enunciadas pela profissional de saúde é tomar o pequeno-almoço todos os dias na primeira hora após levantar. "O pequeno-almoço ideal deve incluir alimentos de três grupos: frutas, lacticínios e cereais, que podem ser pão escuro de mistura ou cereais de pequeno-almoço que não tenham açúcar adicionado", afirma. Na perspectiva do emagrecimento é ainda importante escolher a água como bebida que acompanha a refeição, deixando assim de lado os sumos açucarados. A nutricionista salienta ainda que "a disciplina alimentar é muito importante para o controlo da ingestão calórica" e, portanto, recomenda cinco refeições por dia a horas certas. "O objectivo deve ser tomar cinco refeições por dia de modo a não estar mais do que três horas e meia sem comer. Evita-se assim ganhar muita fome para a refeição seguinte o que, invariavelmente, leva a que se coma demais", aponta. "Desfrutar a fruta" é outro dos hábitos que deve ser adquirido, uma vez que, para Ana Carvalhas, "todos nós deveríamos comer, pelo menos, três peças de

fruta por dia. A fruta é muito importante para todas as pessoas que desejam emagrecer porque tem, de um modo geral, um valor calórico baixo". Cozinhar peixe e carne sem adicionar gordura, abolir os fritos da alimentação, cozinhar com pouco sal, e acompanhar peixe ou carne só com salada ou legumes são também comportamentos essenciais para emagrecer, a par, claramente, de uma actividade física de intensidade moderada, mas prolongada no tempo. Estes e outros conselhos úteis podem ser consultados no blogue: http://comerbemateaos100.blogspot.com.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

66

25-10-2010

11:00

Page 66

GUIA GASTRONÓMICO 2010/2011

As nossas sugestões

PERDIZ À MODA DE COIMBRA Ingredientes:  4 perdizes  2 cebolas  1 copo de azeite  1 copo de vinho branco  1/2 copo de vinagre  3 cravinhos  pimenta em grão  pimenta em pó  sal PREPARAÇÃO: Preparam-se as perdizes, atam-se e colocam-se num tacho com todos os ingredientes. Tapa-se o tacho o mais hermeticamente possível e deixa-se cozer sobre lume brando até cebola ficar muito macia. Estas perdizes servem-se frias acompanhadas com batata-palha ou batatas cozidas.

BOLO DE MAÇÃ Ingredientes:  4 ovos  150 g de manteiga  1 cálice de Vinho do Porto  o peso dos ovos em açucar  o peso dos ovos em farinha  1 colher (chá) fermento  1 pitada de sal PREPARAÇÃO: Misturam-se todos os ingredientes incluindo 2 maçãs cortadas em cubinhos. Depois de untada e enfarinhada uma forma redonda, colocam-se no fundo fatias finas das restantes maçãs. Deita-se por cima o preparado anterior e leva-se ao forno a 180º C. Depois de desenformar polvilha-se o bolo com a canela. N.B.: Se preferir, pode untar o fundo da forma com caramelo liquido e só depois colocar as fatias de maçã.


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

11:01

Page 67


guia gastronomico 40 a 68.qxp

25-10-2010

11:01

Page 68

Guia Gastronómico  

Guia Gastronómico - Diário de Coimbra