Page 1

Vem

o ontr c n E P X CD-J ação APa – Harmoniz ção” tic Fun “Esté eza com a r. l d e o B ã ç a a : ato d orden v Co edo edes V Euríp

1


2


EDITORIAL

Momentos realizadores Presidente Nelson Sabino de Freitas 1º Vice-presidente Gilberto Cortese 2º Vice-presidente Mário Luis Zuolo Secretário Geral Sérgio José Martins Tesoureiro Geral Clarindo Mitiyoshi Yao Assessor da Presidência Euripedes Vedovato Diretor Depto. Científico Alexandre A. M. Cortese Assessores Depto. Científico Carlos Veloso Salgado Marcos Koiti Itinoche Alexandre Tanganelli Ricci Fábio de Santana Lima Diretor da EAP José Eduardo de Mello Júnior Diretor da Revista Daniel Kherlakian Diretor Depto. Informática Rodrigo Restaino Sarzedo Diretor Depto. Patrimônio Ricardo Thomé Diretora Depto. Social Simone Soares Petrone Assessoras Depto. Social Juliana Melo Cortese Maria Ap. Melo Cortese

A finalização de um ano nem sempre é coroada de pleno sucesso ou de grandes resoluções. Quando um grupo é composto de pessoas inteligentes e capazes de argumentar, nem sempre as soluções são concluídas nos primeiros encontros. Mas essas dificuldades fizeram com que nossa diretoria trabalhasse cada vez mais unida e coesa para apresentar soluções que nem sempre são de fácil conclusão. Portanto, meus agradecimentos a todos os colegas que prestigiaram e compareceram às reuniões, fazendo valer o direito de decisão que muito significou para nossa Regional. Agradeço também aos nossos patrocinadores, que, acreditando nos nossos anseios, estiveram sempre presentes, contribuindo assim para o engrandecimento de nossa revista, realização de eventos, cobertura significativa na condução de nossa Escola de Aperfeiçoamento Profissional (EAP). Às nossas secretárias e colaboradores, que durante todo o ano deram o seu apoio e dedicaram o seu trabalho para um conteúdo de resultados bastante significativos. Aos professores, assistentes e auxiliares, que obtiveram o respaldo de nossos alunos com notas altas de avaliação, o que nos permite, como consequência, manter nossos cursos sempre com lotação máxima, mostrando em poucas palavras que o se planta, colhe. Faço aqui meu pedido para que muita luz nos ilumine nesta nova trajetória de 2012, esbanjando competência e assiduidade para que, em grupo, possamos ser bafejados por momentos ainda mais felizes e realizadores.

Produção Editorial ICL Comunicação Editor Executivo Israel Correia de Lima Editor de Arte / Diagramação Guilherme Gonçalves Revisão Maristela Santana Santos Carrasco Jornalista Responsável Israel Correia de Lima (Mtb 14.204) Depto. Comercial ICL Comunicação (11) 3477-4156 / Cel. (11) 9263-1935 israel.c.lima@ig.com.br israellima@ajato.com.br Impressão Input Comunicação Visual Ltda. Periodicidade Trimestral Tiragem: 6.000 exemplares

Capa: Ilustração - Camilo Saraiva

Regional Jardim Paulista Sede: Rua Guararapes, 720 - Brooklin São Paulo - SP - CEP 04561-000 (11) 5535-9532, 5096-0588 e 5049-3250 apcd@apcdjardimpaulista.com.br www.apcdjp.com.br Atenção: as opiniões expressas nas matérias publicadas na revista Essencial são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, as opiniões da diretoria da APCD Jardim Paulista. É proibida a reprodução ou cópia, sem prévia autorização. Capa: Maurício Pereira Idéia: Dr. Euripedes Vedovato

Dr. Nelson Sabino de Freitas Presidente da Regional Jardim Paulista

s u m á rio

4 Ciência e Tecnologia Surge uma nova questão com relação ao uso dos biomateriais:

6 8 10 12 14 16 20 21 21 22 24

eles alteram a atividade celular nos tecidos adjacentes?

Novidades Bradesco, Nordin Destaque Cursos de Espec. do Instituto P. I. Brånemark/ Uningá – 2012 Variedades IV turma do curso de Especialização em Prótese Dentária Calendário Científico EAP Jardim Paulista: cursos teórico, laboratorial e clínico Personalidades Destaques das reuniões da APCD-JP Especial Balanço de um ano de gestão da Diretoria Executiva da APCD-JP Evento VI Encontro de Cirurgia Ortognática da APCD Jardim Paulista Evento APCD-JP participa do encontro “Bioestética e Marketing” Notas Reunião de Diretoria no restaurante Ráscal Notas Confraternização reúne diretores e familiares Em Tempo Oral-B firma parceria com a TdB

APCD-JP agradece a doação

26 Indicador Profissional Guia de especialidades odontológicas 3


c i ê n c ia e te c n olo g ia

Dr. Francisco José Correa Braga

Dr. Thiago Pires Vedovato

Surge uma nova questão com relação ao uso dos biomateriais: eles alteram a atividade celular nos tecidos adjacentes?

O conceito de biocompatibilidade utilizado nos materiais vem sendo cada vez mais determinístico em função da exigência mais elevada quanto ao conhecimento de sua influência no organismo humano. A ISO 10993 representa hoje o conjunto mais aceito internacionalmente, tanto pelo meio científico quanto pelas agências reguladoras da saúde, de normas para avaliar a biocompatibilidade de um dispositivo médico antes de um estudo clínico. Essas normas abrangem procedimentos e métodos biológicos, físicos e químicos para determinar o tipo de interação entre o material e o tecido vivo em contato (reação localizada), bem como o grau de agressão sistêmica no organismo hospedeiro. Para os materiais implantáveis ou permanentes, espera-se que suas propriedades físico-químicas, como composição química, pH, resistência à corrosão, resistência mecânica, energia de superfície, condutividades térmica e elétrica, estejam dentro de um grau adequado de aceitabilidade pelo organismo quanto ao desempenho das funções previstas. Entretanto, pela Lei de Wien, qualquer corpo em temperatura acima do zero absoluto (-273 °C) emite ou absorve radiação eletromagnética. Para a temperatura do corpo humano, essa radiação possui comprimento de onda na faixa do infravermelho (figura 1). Focando nessa lei, um simples experimento foi realizado posicionando materiais utilizados rotineiramente em clínica odontológica, como materiais de regeneração tecidual, cimentação, restaurador e terapêutico, em contato com a gengiva marginal e inserida e esmalte da coroa

Fig. 1 - Distribuição dos comprimentos de onda da radiação eletromagnética

Fig. 4 - Duplicação do modelo com alívios

4

dos incisivos superiores por meio de uma placa acrílica (sequência de preparo apresentado nas figuras de 2 a 5). Após a retirada da placa, por meio da técnica de termografia, variações de temperatura na cavidade oral foram obtidas (figuras 6 a 8). Os gradientes de temperatura entre antes do contato dos materiais e depois do contato podem ser vistos na tabela I. Observa-se facilmente que alguns materiais interagem diferentemente, dependendo do tipo do tecido em contato. Isso pode estar correlacionado com a forma do espectro do infravermelho que cada um emite (figuras de 9 a 12). Porém, todos alteram a temperatura local, o que na condição permanente pode levar a alteração da atividade celular na região do tecido, uma hipótese plausível em função da comprovada elevação da síntese de ATP, DNA e RNA pela radiação luminosa (figura 13). Em síntese, o conceito de bio-inerte para materiais deve ser revisto, pois o fato de irradiarem energia é suficiente para classificá-los como ativos. (Trabalho realizado conjuntamente pelo Ipen, Consulmat, Contemp e Vedovato Odontologia). Referências 1. Wien W. Proceedings of the Imperial Academy of Science. Berlin. 1893:55. 2. Crockford GW, Hellon RF. Vascular Responses of Human Skin to Infra-Red Radiation. J. Physiol. 1959(149):424. 3. Enwemeka CS, Therapeutic Light. The Interdisciplinary Journal of Rehabilitation. 2004.

Fig. 2 - Modelo dos dentes da paciente

Fig. 5 - Placa de acrílico contendo as cavidades dos corpos de prova

Fig. 3 - Modelo com alívios para posicionamento dos corpos de prova

Fig. 6 - Placa com os diferentes corpos de prova, posicionada na boca em contato com esmalte e gengiva marginal e inserida


Fig. 7 - Termografia da cavidade oral antes da colocação da placa

Fig. 8 - Termografia após retirada da placa com os corpos de prova

Tabela 1 - Gradientes da temperatura no tecido entre antes e após contato dos materiais

Fig. 9 - FTIR da Hidroxiapatita

Fig. 10 - FTIR do cimento de Fosfato de Zinco

Fig. 11 - FTIR do Ionômero de Vidro

Fig. 12 - FTIR do Hidróxido de Cálcio

Fig. 13 - Sequência de ação da luz na reparação tecidual

Francisco José Correa Braga - Engenheiro de Materiais e doutor em Biomateriais; Pesquisador no Centro de Ciência e Tecnologia de Materiais do Ipen; Responsável técnico-científico das empresas Consulmat e Criteria - E-mail: fjcbraga@uol.com.br Thiago Pires Vedovato - Acadêmico do 5º ano da FOUSP; Funcionário responsável pelas áreas técnicas e administrativas da Vedovato Odontologia - E-mail: vedovatodont@uol.com.br 5


NOVIDADES

Pé Quente Bradesco

Você concorre a prêmios e ainda contribui com a prevenção e tratamento do câncer no Brasil. O Pé Quente Bradesco O Câncer de Mama no Alvo da Moda - PM é fruto da parceria entre a Bradesco Capitalização e o IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer). Com ele, você paga apenas R$ 40 por mês e concorre a R$ 100 mil* toda semana. Além disso, parte do valor arrecadado é revertido para projetos de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer no Brasil. Ao final do plano, você recebe todo o seu dinheiro de volta atualizado pela TR. Faça já o seu e ajude a cuidar da saúde de muita gente. Acesse: bradescocapitalizacao.com.br Para obter mais informações sobre o IBCC ou sobre a campanha “O Câncer de Mama no Alvo da Moda” acesse: www.ibcc.com.br “O Câncer de Mama no Alvo da Moda® é marca licenciada do Conselho de Moda da América - Fundação CFDA Inc, EUA.”

6

Glassix+plus Nordin Swiss Dental Products of Distinction Nova geração de pinos de fibra, indicados para reforçar dentes com estrutura coronária, e para, em combinação com um núcleo de resina, substituir a estrutura dental ausente. Os pinos GLASSIX+plus possuem formato anatômico, desenho helicoidal e com ranhuras, propiciando retenção mecânica sem a presença de pontos de ruptura. As ranhuras na superfície facilitam ainda o escoamento do cimento composto. Apresentam radiopacidade ideal (350% - 400% Al) e alta qualidade de condução da luz (>5mW) até a área apical do pino, evitando polimerização incompleta ou insuficiente em decorrência da perda de luz por dispersão. Outras características são alta resistência à ruptura (1600 Mpa), ótimo efeito estético devido à matriz translúcida, biocompatibilidade e matriz da resina isenta de epóxi. Estojo com 5 pinos de cada de 4 diâmetros, 4 brocas alargadoras em aço inox nos diâmetros correspondentes aos pinos e uma broca alargadora piloto. Reposição em embalagens com 10 pinos. Informações Labordental - (11) 5542-5855 - www. labordental.com.br


7


V ariedade s

Cursos de Especialização do Instituto P. I. Brånemark/ Uningá – 2012 Neste ano de 2012 o Instituto Branemark terá quatro novos cursos de especialização Implantodontia Coordenador da cirurgia: Prof. Dr. Hugo Nary Filho Corpo docente: Prof. Dr. José Gilmar Batista e profs. convidados Duração: 24 meses Natureza: teórico, clínico e demonstrativo

Prótese Coordenadores: Profs. Drs. Eduardo Ayub e Hiron Andreaza Corpo docente: Professores convidados Duração: 24 meses Natureza: teórico, clínico

Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Coordenador: Prof. Dr. Hugo Nary Filho Corpo docente: Profs. Drs. Luis Eduardo Marques Padovan e Paulo Domingos Ribeiro Junior Duração: 36 módulos Natureza: teórico, laboratorial, clínico, hospitalar e demonstrativo

Ortodontia Coordenador: Prof. Dr. Mauricio de Almeida Cardoso Equipe: Profs. Drs. Leopoldino Capelozza Filho, An Tien Li e José Antonio Zuega Capelozza Corpo docente: Professores convidados

Para maiores informações entre em contato com dra. Ingrida ou dra. Raquel pelo telefone (14) 2106-0006 ou pelo email: branemark@branemark.org.br

8


9


cursos

IV turma do curso de Especialização em Prótese Dentária

Professores do curso, de pé: Sergio Yasuda, Sergio Nogata, Carlos Kenji, Eurípedes Vedovato, Marco Meloncini e Juvenal Motta. Sentados: Angélica Campos (TPD responsável pelo Laboratório de Prótese A2), Gabriela Traversa Caputo, Eduardo Myiashita e Marta Riesco

Iniciou no dia 23 de novembro de 2011 o curso de Especialização em Prótese Dentária, sendo esta a IV turma de alunos que irão formar-se especialistas em 2013. O curso, coordenado pelo professor Eurípedes Ve-

Alunos e professores da IV turma de Especialização em Prótese Dentária

10

dovato, teve grande procura. Após uma prova escrita e entrevista pessoal, foram selecionados 12 alunos para cursar a pós-graduação em Prótese Dentária da APCD-JP, de acordo com as normas do Conselho Federal de Odontologia (CFO).


11


c ale n d á rio Cie n t í f i c o

Dr. Alexandre Melo Cortese Diretor Depto. Científico

Informações e inscrições pelos telefones: (11) 5535-9532 / 5049-3250 / 5096-0588 ou pelo e-mail: secretaria@apcdjardimpaulista.com.br

EAP Jardim Paulista sede - guararapes - Rua Guararapes, 720 - Brooklin (Estacionamento conveniado na Rua Califórnia, 590).

Cursos teóricos-demonstrativos (coffee-break incluso)

Cursos Regulares de Especialização

Curso de Especialização em Implantodontia - 3ª turma Teórico/Prático/Cirúrgico/Clínico n Ministradores Prof. Clarindo Mitiyoshi

Yao e equipe

Especialização em Radiologia e Imaginologia Odontológica

n Coordenador Prof. Dr. Israel Chilvarquer n Ministradores Jorge Elie Hayek, Michel Eli

Lipiec Ximenez e Alessandra Coutinho.

n Diferenciais do curso Utilização de aparelhos de última geração: aparelho panorâmico digital, Tomógrafo Computadorizado Volumétrico; softwares para manipulação de imagens, traçados cefalométricos; simulação de instalação de implantes (RadioCef, Slice Guide e Dental Slice) e interpretação de radiografias e tomografias.

Especialização em Prótese Dentária - 4ª Turma

n Ministrador Dr. Euripedes Vedovato e equipe n Duração 24 meses n Periodicidade 4ª feiras e sábados n Vagas 12 n Objetivo habilitar o aluno a realizar reabilitações

utilizando dentes, implantes, aparelhos parciais e próteses totais

Especialização em Endodontia - 4ª Turma

n Coordenador Dr. Mário Zuolo n Ministradores Equipe Endogroup n Duração 24 meses n Periodicidade Semanal (quinta-feira) n Vagas 12 n Investimento R$ 1.200,00 (mensal) n Objetivo Habilitar o aluno para resolução dos casos

clínicos de tratamento endodôntico convencional, retratamento e cirurgia apical comumentemente encontrados na rotina diária em endodontia

Curso de Especialização em Ortopedia Funcional dos Maxilares n Ministrador Prof. dr. Eduardo Sakai e equipe n Equipe Murilo Bovi Corsi, Luciano Wagner Ribeiro e

Sergio Polizio Terçarolli

n Periodicidade Quinzenal n Duração 36 meses, sendo que os últimos meses serão de

exclusivo atendimento clínico

12

n Objetivo Especialização em Ortopedia

Funcional dos Maxilares segundo os ditames do Conselho Federal de Odontologia (CFO) n Investimento Inscrições R$ 700,00 - sendo que R$ 500,00 serão abatidos da primeira mensalidade. Pagamento: 36x de R$ 1.300,00; ou 12x de R$ 1.100,00 + 12x de R$ 1.300,00 + 12x de R$ 1.500,00; ou 30x de R$ 1.560,00. Os alunos não sócios da APCD e/ou não quites com a anuidade pagarão valores maiores.

Cursos iniciantes

Curso de Especialização em Ortodontia Teórico / Prático / Clínico

n Ministrador Prof. Gilberto Cortese Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial n Coordenador José Martelli Filho - Mestre e Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial e Especialista em Radiologia n Professores Alexandre Cortese (mestre e especialista em Ortodontia), Juliana Cortese (especialista em Ortodontia) e professores convidados n Início Março de 2012 n Duração 30 meses n Periodicidade 2ª, 3ª e 4ª feiras (manhã) n Vagas 12 n Investimento R$ 1.200,00 (mensal)

Curso de Atualização em Cirurgia Exodontia de Siso Teórico/Demonstrativo/Prático

n Ministrador Dr. Carlos Veloso Salgado e Equipe n Início 2 de fevereiro de 2012 n Duração 4 meses n Periodicidade 5as feiras n Vagas 24 n Investimento R$ 400,00 (mensal) n Objetivo Possibilitar ao aluno realizar exodontia de siso, de forma segura, desde o planejamento até o acompanhamento pós-operatório.

Curso de Atualização em Implantodontia Teórico/Prático/Clínico/Cirúrgico

n Coordenador Prof. Ms. Clarindo Mitiyoshi Yao e equipe n Início 5 de março de 2012 n HOrário 18h às 22h n Periodicidade Semestral n Vagas 12 n Seleção 5 de março de 2012 às 18h n Objetivo O curso visa habilitar o cirurgião-dentista a

realizar procedimentos cirúrgicos para instalação de implantes osseointegrados (unitários e múltiplos) e reabilitá-los com próteses. O curso é composto por atividades demonstrativas, teóricas, clínicas e cirúrgicas. O equipamento cirúrgico a ser utilizado no curso (motor, contra-ângulo e kit cirúrgico dos sistemas de implante) será fornecido pelo curso


Em outubro e novembro do ano passado, aconteceram as reuniões mensais da Diretoria Executiva da APCD-JP. Várias questões foram postas em discussão democraticamente. No encontro de outubro, os presentes degustaram culinária árabe e, no de novembro, como já é praxe, o dr. Sérgio Martins pilotou a churrasqueira. Como sempre, só elogio.

PERSONALIDADES

14

Dr. Nelson Sabino comanda a pauta de trabalho

Drs. Daniel Kherlakian, José Eduardo e Rodrigo Sarzedo

Drs. Marcos Koiti, Sérgio Martins, Nelson Sabino, Alexandre Cortese, Gilberto Cortese, Ricardo Thomé e Carlos Veloso

Diretores na reunião de novembro

Drs. Marcos Koiti, Sergio Martins, Clarindo Mitiyoshi e Nelson Sabino

Airton Gottardo, Simone Petrone, Ricardo Thome e Euripedes Vedovato

Drs. Airton Gottardo, Eurípedes Vedovato e Simone Petrone

Drs. Sergio Martins, Clarindo Mitiyoshi, Ricardo Thomé e Marcos Koiti


E SP E C I A L

Balanço de um ano de gestão da Diretoria Executiva da APCD-JP

Por Israel Correia de Lima

Há exatamente um ano foi empossada a Diretoria Executiva da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas da Regional Jardim Paulista para o triênio 2010/2013. Para fazer o balanço de um ano de gestão, a Essencial entrevistou os diretores responsáveis pelos departamentos sob a batuta do atual presidente dr. Nelson Sabino de Freitas. O próprio presidente da Regional faz um balanço positivo. “Alcançamos nossos objetivos com bastante propriedade e competência. Desenvolvemos melhorias significativas nas áreas científico-tecnológica. Fizemos uma melhor distribuição das funções de nossa diretoria, melhor direcionamento e apoio para nossas secretárias e conseguiDr. Nelson Sabino de Freitas mos um crescimento atuante e demonstrativo no setor social.” Os obstáculos encontrados foram superados, “já que não há facilidade em meio a tantos colegas competentes e com reconhecimento profissional nacional e internacional. Mas nada do que o bom arbítrio e diálogos constantes para se resolver situações adversas”, exulta Nelson Sabino. Segundo o presidente, o relacionamento com a Diretoria Executiva deverá ser mais amplo. “Como um bom comandante quero sugar o máximo para galgar melhores resultados diante de tantos desafios e crescimento grandioso graças a um grande alicerce construído.” A sinergia dos parceiros e das empresas com a Regional vem de uma total confiança testada e repassada ao longo dos anos, ou seja, de ambos os lados, com atualizações constantes. “A harmonia de entendimento é realçada positivamente toda vez que é posta à prova”, diz Nelson Sabino. Nesse primeiro ano de gestão ocorreram mudanças substanciais na sede da Regional, como aquisição de novos equipamentos para a clínica, reforma etc. Para o presidente, praticamente foi atingido um nível de primeiro mundo. “Procuramos nos cercar no que de melhor existe tecnologicamente, estabelecendo critérios de segurança altamente seguros para o desempenho da Odontologia. Gerador de energia, equipamentos de última geração, informatização para integração total dos departamentos, desfibrilador com treinamento dos funcionários para seu uso criterioso.” 16

Muitas dificuldades foram encontradas pela Regional APCD-JP para conseguir sua independência da APCD Central, principalmente por ser a precursora. “Tudo era novidade, e uma equação a se resolver, já que de etapas em etapas durante quatro anos acabamos por conseguir resultado satisfatório. Para isso contamos com um corpo advocatício de primeiro escalão e uma contadoria muito entrosada nos tramites judicial e cartorial. E uma diretoria executiva prontamente decidida a, quando questionada em reuniões, decidir os melhores caminhos. Foram anos de muitas idas e vindas, mas felizmente contamos sempre com uma boa assessoria e uma boa dose de colaboração”, explica dr. Nelson. Vale salientar a importância da gestão anterior presidida pelo dr. Clarindo Mitiyoshi Yao, atual tesoureiro da Regional, para quem hoje as situações são distintas. “Como presidente você tem que ter uma visão e compreensão mais ampla da vida associativa, estrutura para enfrentar situações diversas como: pessoal, funcionários, operacional e a parte executiva. Nessa nova função (tesoureiro), desde que a APCD esteja em pleno funcionamento de forma planejada e em conjunto com a diretoria, é mais fácil de controlar.” Como tesoureiro, dr. Mitiyoshi explica que, como a APCD-JP tem um grupo de trabalho de longa data, nesse primeiro ano foi só adequar a tesouraria nessa nova administração após a desfiliação. Segundo ele, no início encontrou alguns obstáculos. “Tem coisas que não dependiam somente da nossa associação, foi necessária uma empresa de consultoria para viabilizar essa nova administração.” Ainda, segundo ele, a desvinculação da APCD Central não influenciou nas áreas administrativa Dr. Clarindo Mitiyoshi Yao e financeira da Regional, isto porque a Regional já tinha em andamento alguns cursos, principalmente de especialização, que manteve a saúde administrativa e financeira em ordem. “Os cursos são a maior fonte de recursos da Regional. Neste momento contamos com seis cursos e com o caixa positivo.” Sobre os cursos, o diretor do departamento Científico, dr. Alexandre Cortese, salienta que é sempre uma responsabilidade dar continuidade aos antecessores. “No caso, os doutores


Mário Zuolo e Daniel Kherlakian realizaram um excelente trabalho. Diante de uma diretoria atuante, composta de colegas experientes mesclados com a nova geração trazendo novas idéias, conseguimos concretizar a maioria dos nossos objetivos.” Cortese aponta para o fato de que os cursos de especialização são altamente qualificados. “Temos como exemplo um questionário realizado no término do curso pelos alunos. Os resultados mostram um conceito bom/ótimo em 90% de todos os cursos avaliados (Implante, Prótese, Endodontia e Ortodontia.” (N da R.: Os cursos de Radiologia e Ortopedia não foram avaliados pois não se encontram no seu término). A divulgação dos cursos oferecidos pela Regional colabora também para o seu incremento. “Por meio de uma união da ‘velha guarda’ trazendo as suas experiências de sucesso clínico e acadêmico com recursos tecnológicos da ‘nova geração’ chegaremos a uma fórmula de sucesso para divulgação e excelência dos nossos cursos”, diz Cortese. Maior espaço para as palestras gratuitas na sede da Regional está sendo oferecida aos associados e interessados. Como exemplo pode ser citada a palestra sobre “O Uso da Toxina Botulínica pela Odontologia”, proferida pelo professor Flávio Luposeli, que contou com a participação de mais de 60 profissionais. “Além do interesse, a palestra fez enorme sucesso, tanto que será reapresentada Dr. Daniel Kherlakian no próximo dia dois de março. Tantas outras estão por vir”, esclarece Cortese. Para o diretor de Patrimônio, dr. Ricardo Thomé, o primeiro ano de gestão foi atípico, com o desmembramento da Regional. “O fato de sermos a primeira Regional a se desvincular da Central exigiu atitudes totalmente novas, e o principal obstáculo foi com referência à parte jurídica”. Ricardo Thomé teve muito trabalho, pois ocorreram mudanças substanciais, com reforma, aquisição de novos equipamentos para a clínica e setor de informática. “A grande reforma, a adequação da sede para Escola de Aperfeiçoamento Profissional (EAP) e a compra dos equipamentos foram feitos com CNPJ da Regional ainda filiada à Central, consequentemente, ficou tudo anexado ao contrato de comodato. Agora, com CNPJ novo foram adquiridos projetores, notebooks, desfibrilador e outros equipamentos que estão por vir. Vários equipamentos e material de escritórios antigos foram doados a entidades carentes; inclusive, alguns computadores foram doados a funcionários”, diz ele. Quando o diretor de Informática, dr. Rodrigo Sarzedo, recebeu o convite do presidente da Regional para fazer parte da Diretoria Executiva, disse que ficou empolgado com a ideia de

contribuir com a Escola de Aperfeiçoamento Profissional e de trabalhar com pessoas experientes, tendo a chance de aprender um pouco sobre como funciona a gestão de uma instituição tão importante. “Sabia que haveria muito trabalho pela frente, pois cada vez mais existe necessidade de aprimoramento utilizando as ferramentas que a informática pode proporcionar, seja fisicamente ou com ferramentas virtuais.” Sarzedo frisa que Dr. Alexandre Cortese teve total apoio do presidente e dos demais membros da diretoria, que lhe deram nas horas necessárias e contribuíram para que ele pudesse realizar os trabalhos. “Tivemos muita ajuda também do sr. Israel Correia de Lima, no levantamento do conteúdo para o novo site da Regional (www.apcdjp.com.br)”. Não foram poucas as ações promovidas pelo Departamento de Informática nessa primeira gestão. “Nesse ano, juntamente com os demais membros da diretoria, promovemos a reformulação da web site da Regional, introduzindo conteúdo sobre os cursos e ações promovidas”, explica Sarzedo. Agora, além de informações detalhadas sobre os cursos, há integração com as redes sociais e e-mails marketing para divulgação. Assim, o associado pode interagir e conhecer melhor a Regional e seus parceiros. Equipamentos para a melhora das aulas teóricas e funcionamento da Secretaria também foram adquiridos, como novo sistema de projeção e computadores. “Também estamos em um processo de mudanças nos métodos e ferramentas de ensino atuais, e traremos novidades em breve a esse respeito”, diz Sarzedo. Segundo o diretor da Escola de Aperfeiçoamento Profissional, dr. José Eduardo de Mello Júnior, que há alguns anos participa das reuniões que ocorrem mensalmente na EAP e, por esse motivo, conhece o processo de evolução que vem sendo realizado desde gestões anteriores. “Nesse primeiro ano, participando ativamente da reunião de diretoria, foi dado continuidade a um trabalho sério, com o objetivo de sempre melhorar as condiDr. Ricardo Thomé ções da sede e assim oferecer melhor qualidade aos seus associados que estejam interessados em evoluir profissionalmente nos próximos anos. A realização desses objetivos segue alguns planos de ação que já 17


estão em andamento e outros que serão realizados”. Para Eduardo Mello, os cursos realizados na APCD-JP, são fáceis de ser administrados, uma vez que seus ministradores são os responsáveis pelo andamento de seus cursos. “Por serem conhecidos, nacional e internacionalmente, a associação sempre trabalha com a casa cheia de profissionais que buscam aperfeiçoamento e especialização. Este processo se repete há alguns anos, o que permite à sede investir em recursos gerados na melhora Dr. Rodrigo Sarzedo da infra-estrutura. Quando os ministradores necessitam de auxílio, os funcionários estão treinados para atendê-los, de forma profissional, sem deixarem de ser gentis e cordiais.” Neste ano após algumas reformas, a clínica apresenta-se em excelentes condições de trabalho, com equipamentos novos, microscópio clínico operatório, novo compressor mais potente e silencioso. A sala de aula conta com três projetores de multimídia, de modo que a aula não precisa ser interrompida por falha no equipamento. “Com essas questões iniciais resolvidas, a diretoria trabalha para a instalação de gerador de energia, para que nem mesmo a falta de energia interrompa o bom andamento dos cursos. Equipamentos de suporte de vida em casos de emergência foram adquiridos, e o treinamento de pessoal está previsto para janeiro de 2012, dando assim ao paciente atendido na Associação mais segurança durante o tratamento”, esclarece Eduardo Mello. Além de ser responsável pela elaboração das atas das reuniões, o secretário-geral, dr. Sérgio José Martins, acumula diversas atribuições no que tange à representatividade da Associação. “Este primeiºro ano foi interessante, com muita novidade e responsabilidade. A diretoria tem uma sinergia que impede que dificuldades maiores se instalem. De resto, só a correria de sempre.” No ano passado, Sérgio Martins teve que administrar a função de secretário-geral e coordenador do IX Encontro Científico da APCD Jardim Paulista. “Foi uma honra coordenar um evento já consagrado no calendário da Regional. Tive o prazer de estreitar contatos e vivenciar os bastidores da organização de eventos.” Além dessas atribuições, nas reuniões mensais, Sérgio Martins costuma, em certas ocasiões, ser o “churrasqueiro-mor”, e o pessoal tem elogiado a qualidade da carne preparada. “Meu interesse pelo assado vem de longa data. Acho que mereceria uma matéria à parte, na qual poderemos dividir com os colegas churrasqueiros algumas dicas de preparo e de aquisição de carnes e equipamentos.” Por falar em comida, a diretora social da Regional, dra. Simone Petrone, oferece verdadeiros banquetes após as reuniões 18

mensais da diretoria, além de eventos em ocasiões especiais da Regional. São servidos pratos da gastronomia brasileira, japonesa, árabe, portuguesa, espanhola, entre outras. “Após as reuniões, tem sempre um clima de confraternização entre nós, pelo próprio carinho com que são pensados e preparados os jantares, sempre há motivo para brindarmos, e isso é prazeroso. Na verdade, procuro sempre fazer algo que os agrade, para isso peço algumas sugestões, o que gostariam de comer na próxima reunião etc., apesar de que, por muitas vezes, eu mesma escolhi e fiz surpresa, o que também é legal, pois cria uma expectativa do que vai ser servido após a reunião”. Nesse primeiro ano aconteceram vários eventos, como a posse da diretoria, no Buffet Giardini, no bairro do Itaim Bibi, o qual contou com a presença de 150 convidados. Também ocorreu a inauguração das salas das Regionais e homenagens aos ex-presidentes da Regional, realizado na própria sede. “O serviço de bufê foi maravilhoso, esse evento foi um sucesso, muito elogiado pelos presentes. Recebemos um agradecimento especial dos familiares de dois dos diretores que foram homenageados in memorian, que ficaram muito emocionados. Essas expressões de carinho e agradecimento são muito recompensadoras para nós”, diz, emocionada, Simone. Ela esclarece que o primeiro ano à frente do Departamento Social foi tranquilo, pois a diretoria confiou em seu trabalho e teve liberdade para criar e inovar o que estava estagnado. É relativamente sossegado, conto com o auxílio da nossa funcionária Rosana, que ajuda muito o departamento. Tenho muitos amigos na APCD, o que faz diferença também, Dr. José Eduardo de Mello Junior pois, em nossos eventos, à medida que são abertos para outras Regionais e entidades de classe, contamos com a presença de seus representantes, sempre com satisfação e carinho, o que é muito bacana e cria um clima de grande família. Além de gostar de realizar e organizar os eventos, Simone gosta de registrá-los fotograficamente. Por isso criou na sede da Regional uma Galeria de Fotos. “Temos que guardar lembranças boas desses momentos que passamos juntos, das pessoas com quem convivemos e que de alguma forma fazem parte de nossas vidas. Então, aproveitei que tínhamos muitas fotos, dos mais diferentes eventos, de anos atrás, de eventos atuais e apenas de simples reuniões. Juntei tudo em um painel bem grande e bonito e deixei em um local onde todos que entram na Regional possam parar diante dele e compartilhar um pouco dessas diferentes ocasiões. Há fotos desde nossa diretoria atual, como de outros que já fizeram parte dela”, explica Simone. Logo após as eleições ocorridas em maio de 2010, a nova diretoria, de maneira consensual, optou pela permanência do


dr. Daniel Kherlakian no comando editorial da revista Essencial, órgão oficial da Regional, com o intuito de dar continuidade ao trabalho sério e informativo realizado em parceria com o dr. Eurípedes Vedovato. “Em relação à revista, nesse primeiro ano de gestão do dr. Nelson Sabino, ele soube com muita sabedoria apoiar todas as iniciativas e dar total autonomia para o desenvolvimento das matérias propostas.” Para o diretor do periódico, estruturalmente, a revista manteve e desenvolveu seu caráter investigativo e esclarecedor, sempre com reportagens que antecipam e explicam questões relevantes não só relacionadas à Odontologia como à área da saúde em geral. “A diversidade dos temas abordados de modo simples, claro e ilustrativo tem por objetivo deixar o leitor informado e sempre atualizado”, define Kherlakian. O corpo editorial da revista procura de maneira geral abordar temas atuais e algumas vezes polêmicos, porém sempre imbuídos com a Dr. Sérgio Martins realidade dos fatos e acontecimentos. Uma característica que dá credibilidade às matérias discutidas é a liberdade que a revista concede aos que estão explicando ou defendendo determinado assunto; ressaltando que nesses casos as opiniões publicadas são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a opinião da diretoria da APCD Jardim Paulista. “Atualmente a Essencial, por ser uma publicação de interesse da área odontológica, tem atraído de modo crescente inúmeros parceiros comerciais que são fundamentais para a manutenção do elevado nível da publicação, além de serem de enorme relevância para o sucesso dos encontros anuais realizados pela Regional”, diz Kherlakian. Segundo Kherlakian, as sugestões do corpo editorial, bem como as de membros da diretoria, ficam sob responsabilidade do dr. Vedovato e são avaliadas e discutidas para se chegar a um consenso sobre qual será a matéria de pauta. “Assuntos de interesse no momento para a área odontológica ou que de alguma forma estão gerando algum tipo de dúvida ou que são interpretados de maneira geral são priorizados, uma vez que a revista tem como objetivo principal elucidar e informar os cirurgiões-dentistas sobre os mais diversos assuntos de interesse para sua vida pessoal e profissional.” Na opinião do diretor da Essencial, as pessoas que participam da elaboração da revista desenvolvem um trabalho sempre comprometido com a seriedade e imparcialidade das matérias discutidas. “Os assuntos apresentados são elaborados de maneira especial, inteligente e são atualizados, deixando a leitura suave e gostosa, atraindo mais de 6.000 leitores. Vale ressaltar que o sucesso da revista não seria possível se não fosse o trabalho realizado com afinco pelo jornalista responsável

Israel Correia de Lima e o total apoio recebido pela diretoria.” A seguir, sendo este o início de mais um ano, o presidente da Regional e alguns membros da diretoria fazem observações para o futuro da Regional. “Deixei os diretores e professores de cursos da nossa EAP à vontade, e quando precisarem de ajuda ou sugestões referentes ao social estarei sempre à disposição”, diz Simone. Em seguida, ela deixa uma sugestão: “que tal fazermos um encontro das Regionais com um jantar típico, ou simplesmente um crepe ou uma noite francesa, com risotos, ou italiana, com pizzas... O que importa é reunir os amigos para um bate-papo. Tenho certeza de que será muito divertido! Isso aproxima as Regionais umas das outras e cria vínculos de amizades”, finaliza. “Novas idéias surgem a cada reunião, sempre com o objetivo de manter a qualidade dos nossos cursos, melhorias nas instalações e equipamentos para benefícios dos alunos”, apregoa Cortese. Segundo o dr. Clarindo Mitiyoshi, “temos ainda alguns investimentos em andamento na área administrativa, no ensino, no pessoal e na estrutura da APCD”. “Para os próximos anos, vamos procurar consolidar a aceitação e o sucesso da revista buscando novos parceiros e anunciantes. O corpo editorial tem por objetivo continuar a discutir temas inovadores e reveladores sempre com muito dinamismo e desenvoltura, constituindo-se uma ferramenta básica para o desenvolvimento da carreira profissional de inúmeros profissionais da área odontológica”, profetiza Kherlakian. Na opinião do presidente, a sistemática é de ir para um futuro profícuo, mas com os pés no chão; dando passos firmes, mas tudo dentro das possibilidades. “O lema é ir aos poucos, mas abrangendo conquistas sólidas que representarão boa continuidade para outras gestões”. Para as futuras gestões, O dr. Nelson Sabino acrescenta que o que poderia estimular a chegada de novos colegas seria um trabalho de conscientização da importância de ser um representante classista. “Dê sua contribuição sem revanchismo, deixanDra. Simone Petrone do de lado fatores pessoais sempre prejudiciais a uma boa conduta. E mais, faço algo para gerações futuras dando um pouco de seu precioso tempo. Com mais união, penso que poderemos ter mais representatividade até nos meios políticos e, assim, mais poder de decisão em outras esferas. Com isso, por meio de exemplos talvez possamos ter mais colegas nas gerações futuras fazendo com que nosso quadro associativo cresça, e logicamente com a renovação grandiosa de nossos representantes. Esses são os meus votos para uma mudança de rumo favorável à Odontologia”, finaliza Nelson Sabino. 19


E ve n to

VI Encontro de Cirurgia Ortognática da APCD Jardim Paulista

Equipe participante da VI Jornada

No dia 23 de novembro, aconteceu o VI Encontro de Cirurgia Ortognática da APCD-JP, no flat The Capital, no bairro paulistano do Itaim Bibi. Participaram do encontro professores, alunos dos cursos de Especialização em Ortodontia e em Ortopedia Facial da Regional APCD-JP e convidados. A abertura do evento ficou por conta do professor dr. Gilberto Cortese e a coordenação a cargo dos professores drs. José Alberto Martelli Filho (Ortodontia) e José Flávio Torezan (Cirurgia). O encontro foi patrocinado pela empresa Biocare.

Drs. José Flávio Torezan (Cirurgia) e José Alberto Martelli Filho (Ortodontia)

Os palestrantes convidados foram os doutores Mauricio da Costa (Novas tecnologias para o diagnóstico ortodôntico); Rolf Faltin (Planejamento virtual na cirurgia ortognática – Sistema Dolphin); Elisa Altmann (Considerações fonoaudiológicas no paciente com deformidade dentofacial); dra. Ana Paula Zanchenko Fonseca (Planejamento virtual e cirurgia de modelos em cirurgia ortognática); Ricardo Luiz Barbosa (Preparo ortodôntico na deformidade dentofacial: do aparelho fixo ao Invisalign). Após o encerramento do evento foi oferecido, nas dependências do flat, um delicioso jantar com música ao vivo.

Público atento à explanação

No encerramento, jantar com música ao vivo

20


E ve n to

APCD-JP participa do encontro “Bioestética e Marketing” No dia 28 de outubro de 2011, na Churrascaria Golden Bovinus, aconteceu o Curso de “Marketing e Bioestética – os Pilares da Odontologia Moderna”, tendo como ministradores os doutores professores Eurípedes Vedovato e Mário Sérgio Limberte. O evento foi promovido pela APCD Regional Pirituba/ Perus e contou com a participação de mais 60 profissionais e empresas expositoras. Na abertura dos trabalhos o presidente da Regional APCD Pirituba/Perus, Dr. Airton Gottardo, agradeceu aos presentes e ao trabalho de organização realizado pela Diretora Social da APCD Jardim Paulista, Dra. Simone Petrone e pelo Dr. Ronei Lopes Campos.

Doutores Airton Gottardo, Mário Sérgio Limberte e Simone Petrone

Doutores Eurípedes Vedovato, Verônica P. Pimentel e Ronei Lopes Campos

O diretor de Patrimônio da APCD-JP, dr. Ricardo Thomé foi o premiado com a cesta de produtos da Labordental

NOTAS

Reunião de Diretoria no restaurante Ráscal Em pé, Dr. Nelson Sabino agradece aos presentes e iniciam-se os trabalhos

Encerramento dos trabalhos

A última reunião do ano de 2011 da Diretoria Executiva da APCD Regional Jardim Paulista aconteceu no dia 15/12/2011, no restaurante Ráscal, no Itaim Bibi. Na ocasião, os diretores aproveitaram para se confraternizar, desejando um 2012 repleto de prosperidade!

Doutores Mário Zuolo, Daniel Kherlakian e Eurípedes Vedovato

21


NOTAS

Confraternização reúne diretores e familiares A confraternização de final de ano da APCD-JP aconteceu na noite de 9 de dezembro, na sede da Regional. A diretora social dra. Simone Petrone providenciou uma de-

liciosa paella, servida com muito capricho aos diretores e familiares para comemorar a passagem de mais um ano e o nascimento de 2012. Entre as congratulações, desejos de muita saúde e prosperidade!

Antes da paella, bate-papo informal Drs. Nobonu, Gilberto Cortese, Simone Petrone e Airton Gottardo

Drs. Airton Gottardo e Nelson Sabino verificam o preparo da paella Dra. Renata e Sérgio Yasuda, dra. Angélica e Eurípedes Vedovato, dra. Marta Riesco e Paulo de Ávila

Maria Angélica e Sergio Yasuda

Drs. Sergio Martins e Rodrigo Sarzedo

22


Maria Zarvos Varellis (CROSP), Simone Petrone e Ricardo ThomĂŠ Os filhos dos diretores tambĂŠm estiveram presentes

Momento para rever os amigos Pronta para ser servida


E M T E MP O

Dr. Fábio Bibancos

Oral-B firma parceria com a TdB

Peço licença a todos para fazer um anúncio: a Oral-B, marca de cuidados orais da P&G, acaba de firmar parceria com a TdB! Há 10 anos estou nessa guerra na área de saúde e na da Odontologia. Mobilizamos um exército de 10 mil dentistas voluntários. Atendemos mais de 22 mil jovens carentes de 11 a 17 anos no Brasil, em outros dez países da America Latina e em Portugal. Muitas batalhas foram ganhas, é verdade, mas muitas, muitas foram perdidas. Oferecer tratamento odontológico gratuito é apenas uma ponta do iceberg. O que nós queremos, de fato, é mudar a realidade da saúde bucal nesse país e no mundo. E com o apoio da Oral-B estamos cada vez mais perto disso. Porque são as grandes empresas da área odontológica, junto com o governo, que podem transformar rapidamente essa realidade, impactando a vida de milhões e milhões de pessoas. Como disse Felipe Melo, gerente de marketing de Oral-B: “Com essa parceria, acreditamos que podemos contribuir para mudar o destino de muitos jovens que so-

frem com problemas graves de saúde oral, mas não têm os recursos necessários a seu alcance”. Além disso, a TdB vai premiar mais 15 dentistas (além dos 5 atuais) participantes do evento Sorriso do Bem, no qual os profissionais voluntários que mais se destacaram durante o ano são reconhecidos. Todos eles serão levados a Portugal para realizar cursos, trocar experiências e atender jovens daquele país. A divulgação do projeto, patrocinado por Oral-B, contará com a participação do amigo e apresentador Luciano Huck, que gravou comigo e com nossos Dentistas do Bem um comercial que vai ar no final de Janeiro. Isso significa muito mais do que apenas um novo patrocinador. Agora, juntos, TdB e Oral-B, podemos dar passos largos em direção a um mundo em que todos possam sorrir. Obrigado Oral-B. Obrigado P&G. Obrigado por acreditarem no nosso trabalho. Agora, com Trident, Vale, EDP e Oral-B, muita coisa boa vem por aí. Aguardem...

Turma do Bem - Dentista do bem - Rua Sousa Ramos, 311 - Vila Mariana - São Paulo - SP CEP 04120-080 - www.turmadobem.org.br - faleconosco@turmadobem.org.br

APCD-JP agradece a doação

A APCD Regional Jardim Paulista agradece à Gás Investimentos, na pessoa de seu diretor, sr. Sérgio Carettoni, a doação de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) ao curso de Especialização em Ortodontia. Esse valor será revertido ao tratamento ortodôntico gratuito de crianças carentes e também à compra de novos equipamentos para melhor atendimento.

24


i n di c ador ATENDIMENTO DOMICILIAR Marcelo Lopes Costella Clínica Geral - CRO 83.647 Av. Doutor Arnaldo, 1504 Sumaré (SP) (11) 3862-7945 e 3872-1164 costella@uol.com.br CIRURGIA Antenor Araújo Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Ortognática - CRO 5.428 Av. Jandira, 295 - Cjs. 1003 / 1004 Moema (SP) (11) 5054-1223 / 1501 R. Marcondes Salgado, 64 São José dos Campos (SP) (12) 3921-5354 e 3922-4678 bucomaxilo@drantenor.com.br Carlos Veloso Salgado Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Implantodontia - CRO 35.742 R. Maestro Cardim, 560 - Cj. 111 Paraíso (SP) (11) 3266-2493 Ricardo Thomé Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial e Clínica Geral - CRO 16.546 R. Tabapuã, 821 - Cj. 28 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-4484 e 3079-9157 (res.)

DIAGNÓSTICO BUCAL

Mário Luis Zuolo Endodontia - CRO 23.690 R. Canário, 784 - Moema (SP) (11) 5055-0908 / 7420 mlzuolo@uol.com.br Nelson Sabino de Freitas Endodontia e Prótese CRO 11.480 R. Frei Caneca, 1212 - Cj. 11 Cerqueira César (SP) (11) 3289-8016 nelsonsabinof@hotmail.com www.clinicadrnelsonsabino.com.br Paula Zingg Endodontia - CRO 45.377 Av. Nove de Julho, 5483 Cj. 123 - Jardins (SP) (11) 3079-0775 pzingg@hotmail.com Sérgio Martins Endodontia - CRO 51.857 Al. Joaquim Eugênio de Lima, 881 Cj. 408 - Jardins (SP) (11) 3266-4293 e 3284-3598 www.endoexcellence.odo.br ESTÉTICA Maria Angélica P. Vedovato Dentística Restauradora e Estética - CRO 25.738 R. Gironda, 186 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4433 / 8482

Sérgio Kignel Diagnóstico Bucal - CRO 26.239 R. Oscar Freire, 465 - Cj. 11 Jardim América (SP) (11) 3062-37­­77

Mario Sergio Limberte Estética - CRO 3268 Ed. Trade Tower R. Helena, 218 - Cj. 709 Vila Olímpia (SP) (11) 3044-1816 mlimberte@uol.com.br

ENDODONTIA

IMPLANTE

Daniel Kherlakian Endodontia - CRO 37.535 R. Augusta, 2763 - Sobreloja Cerqueira César (SP) (11) 3082-2171 / 9454 dankher@uol.com.br

Rodrigo Sarzedo Implantodontia - CRO 71.395 Rua Pedroso Alvarenga, 1255 - Sala 64 - Itaim Bibi (SP) (11) 3079- 5938 rsarzedo@ig.com.br

26

p ro f i s s io n al Rodrigo Tadashi Martines Implantodontia e Cirurgia Oral CRO 60.052 Rua Vergueiro, 1.353 - Cj. 306 Paraíso (SP) (11) 3253-4723 tadashi@liesetadashi.com

Marta T. Kuczynski Ortodontia e Odontopediatria CRO 29.592 R. Pedroso Alvarenga, 1255 Cj. 54 - Itaim Bibi (SP) (11) 3168-8905

Ronei Faizibaioff Implantes, Prótese sobre Implante e Estética - CRO 33.652 Al. Lorena, 1304 - Cjs. 2F / 3F Jardim América (SP) (11) 3062-9226 e 3086-3369 faizibaioff@gmail.com

Clarindo Mitiyoshi Yao Periodontia e Implantodontia CRO 25.555 R. Gironda, 189 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4010

Odontopediatria Leda De Ranieri Amaral Mello Odontopediatria - CRO 22.842 Rua Bento de Andrade, 165 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-7296 leda_mello@terra.com.br ORTODONTIA Alexandre A. Melo Cortese Ortodontia - CRO 47.345 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-3554 / 6873 cl.cortese@uol.com.br Juliana Melo Cortese Ortodontia - CRO 67.337 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-6873 e 3168-3554 cl.cortese@uol.com.br Gilberto Cortese Ortodontia e A.T.M. CRO 2.884 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-3554 / 6873 cl.cortese@uol.com.br José A. Marques Jr. Ortodontia (RNO-Planas) e ATM CRO 24.256 R. Augusta, 2709 - 12º andar Cerqueira César (SP) (11) 3083-0422 odontologiamarques@terra.com.br

PERIODONTIA

Glécio Vaz de Campos Microcirurgia Plástica Periodontal e Periimplantar - CRO 26.359 Av. Dr. Cardoso de Melo, 1470 Cj. 809 / 810 Vila Olímpia (SP) (11) 3044-6025 glecio@terra.com.br Mônica Reggi Reis Silva Periodontia, Plástica Periodontal, Estética, Implantes - CRO 29.607 R. Turiassú, 127 - Cj. 143 Perdizes (SP) (11) 3666-9202 / 5772 e 7207-1497 monicareggiodontologia@hotmail.com PRÓTESE DENTÁRIA Antonio Fagá Júnior Prótese - CRO 25.528 R. Cubatão, 929 - Cj. 33 Vila Mariana (SP) (11) 5572-8886 Eurípedes Vedovato Prótese e Estética CRO 25.739 R. Gironda, 186 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4433 / 8482 www.vedovatoodontologia.com.br Flávio Luiz Iacobucci Prótese e Dentística CRO 24.192 Av. Nove de Julho, 5483 - Cj. 23 Jardim Paulista (SP) (11) 3079-3036 Sérgio Hideki Yasuda Prótese e Estética CRO 48.584 Av. Angélica, 2100 - Cj. 91 Higienópolis (SP) (11) 3257-9575 e 3258-2015 shyasuda@uol.com.br


Essencial 45  

Revista da APCD Regional Jardim Paulista