Issuu on Google+







EDITORIAL

Presidente Clarindo Mitiyoshi Yao 1º Vice-presidente Antonio Ankerkrone 2º Vice-presidente Gilberto Cortese Secretário Geral Nelson Sabino de Freitas Tesoureiro Geral José Roberto Cicarelli Costa Assessores da Presidência Antônio Ankerkrone Elias Aziz Aidar Eurípedes Vedovato Sylvio de Oliveira Neves DIRETORIA Diretor da EAP Alexandre A. Melo Cortese Científico Mário Luis Zuolo Assessores Antônio Fagá Júnior, Carlos Veloso Salgado, Hideki Fabrício Miasiro, Luciano Mauro Del Santo, Marta T. Kuczynski, Mauro Ferreira Martins Tosta e Paulo Sérgio Pedrosa Ferraz Cultura e Turismo Juliana Melo Cortese Esportes Alexandre A. Marelli Tavares Informática Sérgio José Martins Nova Geração Gustavo Feresin Fenerich Patrimônio Ricardo Thomé Social Rosemari Dario Assessora Juliana Melo Cortese Implantação da Biblioteca Ronei Faizibaioff Implantação da EAP Luis Roberto C. Capella Comissão de Obras Nova Sede Eurípedes Vedovato, Gilberto Cortese, Mário Luís Zuolo, Ricardo Petrone e Simone Petrone ESSENCIAL EM REVISTA Diretor da Revista Daniel Kherlakian Produção Editorial ICL Comunicação Editor Executivo Israel Correia de Lima Editor de Arte Guilherme Gonçalves Revisão Maristela Santana Santos Carrasco Jornalista Responsável Israel Correia de Lima (Mtb 14.204) Impressão Input Comunicação Visual Ltda. Periodicidade Trimestral Tiragem: 6.000 exemplares

Capa: Ilustração - Paulo Correa

Regional Jardim Paulista Sede: Rua Guararapes, 720 - Brooklin São Paulo - SP - CEP 04561-000 (11) 5535-9532, 5096-0588 e 5049-3250 Unidade Fiandeiras: Rua Fiandeiras, 366 Vila Olímpia - São Paulo - SP - CEP 04545-002 - (11) 3849-8030 e 3045-1614 revista@apcdjardimpaulista.com.br www.apcdjardimpaulista.com.br Atenção: as opiniões expressas nas matérias publicadas na revista Essencial são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, as opiniões da diretoria da APCD Jardim Paulista. É proibida a reprodução ou cópia, sem prévia autorização.

Temos que ser otimistas Em tempo de crise econômica, a melhor forma de enfrentá-la é com trabalho, planejamento, dedicação e otimismo. É o que se pode comprovar pelos depoimentos de alguns empresários do setor odontológico em nossa matéria de capa. Este ano temos muitas novidades na nossa EAP/APCD Jardim Paulista, iniciando já no mês de março, com os seguintes cursos: Especialização em Prótese Dentária - 3ª turma, com coordenação do dr. Euripedes Vedovato; Curso de Especialização em Radiologia e Imaginologia Odontológica - 2ª turma, sob a coordenação do dr. Israel Chilvarquer; Curso Básico em Implantodontia - módulo cirúrgico - Sistema Biomet 3i, coordenado pelo dr. Odair Borghi; Curso de Capacitação para ACD com registro no CFO/CRO, ministrado pela professora Lusiane Borges; e uma palestra gratuita intitulada: “Uma Nova Era na Escolha da Cor com o Auxílio do Espectrofotômetro SpectroShade”, com o ministrador Hugo Roberto Lewgoy. Um capítulo à parte é dedicado aos preparativos para o nosso tradicional Encontro APCD Jardim Paulista, já em sua sétima edição e que acontecerá nos dias 19 e 20 de junho, no IEP do Hospital Sírio Libanês. O tema do encontro será “Prótese: Longevidade e os Novos Materiais”, sob a coordenação geral do dr. Euripedes Vedovato. O evento irá mudar o conceito de apresentação científica no Brasil, pois serão apresentados em forma de debate, a ser realizado entre os ministradores, que formarão duplas e trios. Você não pode perder essa oportunidade histórica. Antecipe sua adesão!

Clarindo Mitiyoshi Yao

s u m á rio

4 6 8 10

Ciência e Tecnologia Prótese total mucossuportada Novidades Spectro Shade, Elite Double 16 Fast Atualidades NobelReplaceTM - O sistema de implantes mais utilizado do mundo Destaque Equipe de Implantodontia apresenta trabalho em Varsóvia Vedovato Odontologia Promove Saúde 12 Personalidades Centenário da Imigração Japonesa, Turma de Implantodontia e Confraternização de Natal 14 Especial Como sair da crise? Siga o exemplo dos otimistas! 18 Calendário Científico EAP Jardim Paulista: Cursos teórico, laboratorial e clínico 20 Cursos Alunos finalizam Cursos de Especialização 21 Opinião Dr. Sidney Tadeu C. Lima Manoel 22 Ponto de Vista Odontologia Estética, a “Bela” Adormecida 23 Notas Curso de Atualização nos Estados Unidos Associado da Regional JP recebe o Prêmio Jabuti 24 Em Tempo Feliz 2009! 26 Indicador Profissional Guia de especialidades odontológicas

Capa: Guilherme Gonçalves Idéia: Dr. Euripedes Vedovato




c i ê n c ia e te c n olo g ia

Dr. Juvenal Motta Neto

Dr. Edmir Colonello

Prótese total mucossuportada

Dr. Abel Augusto Batista

Por trás deste antigo procedimento odontológico, residem estigmas que atravessam décadas a fio preservando os mitos das dificuldades na conciliação entre a estética e a função. O grande desafio é resgatar, com os melhores resultados possíveis, o paciente que chega, tristemente, a necessitar de uma solução reabilitadora desse porte. Um desafio ainda maior é quando os aspectos clínicos e sistêmicos são desfavoráveis, circunstância acentuada em pacientes da terceira idade, dada sua prevalência. Os recursos implantares, grande tábua de salvação nesse oceano tempestuoso, quando tem sua indicação impossibilitada, seja por circunstâncias socioeconômicas, estado geral de saúde ou outras situações, deixa-nos com restritos recursos para alcançar resultados satisfatórios. Consideramos a oclusão um dos fatores fundamentais, pois dele depende, diretamente, a estabilidade das próteses. Nesse item, destacam-se principalmente: 1º – a importância dos planos de orientação em cera (conhecidos mais comumente como “roletes de cera”) e sua harmonia funcional com o conjunto anatômico individual do paciente (curvas oclusais anteroposterior e laterolateral); e 2º – montagem dos dentes artificiais, devidamente selecionados e propiciando equilíbrio funcional. No primeiro tópico, o profissional reabilitador possui todos os recursos e poderes para gerir resultados segundo os mais adequados critérios, aplicando os fundamentos do relacionamento maxilomandibular que toda reabilitação completa exige. Diferentemente, o segundo tópico oferece entraves significativos, dada a dependência à limitação de disponibilidade de dentes artificiais e da eventualidade de despreparo técnico qualificado para

Prótese finalizada antes da instalação. Visualmente, ao leigo, sua apresentação não é atrativa (semelhante ao dente de um ruminante), mas seu desempenho funcional auxilia decisivamente na estabilidade.

Observa-se deslize harmônico dos elementos posteriores no movimento de lateralidade, o que ocorre tanto no lado de trabalho quanto de balanceio



Detalhe do mínimo desgaste de ajuste de cúspide do canino, para assimilar equilíbrio no lado direito de trabalho. O comprometimento estético é ínfimo, e não há danos estruturais, pois não existe camadas estratificadas de prensagem nesse tipo de dente

Em uma vista frontal, o trespasse vertical inexiste (embora seja necessário para esse tipo de dente), mas permite um trespasse horizontal amplo, recurso sugestivo para esse caso (recuperação de perfil do lábio superior)

Lateralidade esquerda com visualização no lado de balanceio para conferência de contato


Visão frontal da paciente, que sugere necessidade de recuperação da DV e de sustentação labial superior, com provável necessidade de trespasse horizontal, além do tradicional em PT

Visão em perfil, ratificando o prognóstico

Imediatamente após instalação, a paciente acompanhou com entusiasmo as provas dos dentes em cera e promoveu, por iniciativa própria, maquiagem e vestimenta para a sessão de instalação

montagem de dentes com adequado equilíbrio. No que se refere aos dentes artificiais, objeto direto dessa breve assertiva, se compararmos a nossa atualidade com países de primeiro mundo (que, sem falsa modéstia, estamos em nível muito próximo em qualidade técnica), ainda muito nos falta em sortimento, embora não devamos nos queixar, pois se relembrarmos nossa história recente, hoje vivemos em um paraíso. No final dos anos 70 e início dos 90, eram poucas as opções, principalmente no que dizia respeito a materiais e tipo de superfícies oclusais. Analisando sob essa ótica, era previsível a falta de estímulo do corpo técnico em explorar refino na dinâmica das montagens; sendo essa uma das razões para o número atual restrito de técnicos em excelência nessa área. Grande parcela de profissionais limitase à escolha de cor e da marca e delega aos técnicos a seleção dos dentes artificiais, confiando-os a pontos deveras vitais ao sucesso da Prótese Total (PT): estética e funcionalidade. Se a intenção é a de personalizar, de fato, nosso trabalho, devemos assumir responsabilidades no âmbito seletivo dos dentes artificiais, buscando conhecimentos associados à disponibilidade de nosso mercado, que, se é limitada em termos mundiais, ainda assim é bem sortida de fornecedores e fabricantes muito sérios e que oferecem uma gama significativa de recursos. Não basta solicitar ao técnico um dente “alemão” ou “italiano”, ou achar que “qualquer nacional serve!”. Temos que fazer a indicação levando em conta critérios como composição, antagonismo, angulação de superfície oclusal, dinâmica de movimentos mandibulares etc. Uma boa PT depende de um rosário de passos dedicados e fortuitos, e a seleção apropriada de dentes artificiais ainda é uma senda pouco explorada pela imensa maioria de profissionais: Pense nisto! Segue, a título ilustrativo, a solução de um caso clínico da aluna Márcia Ayres, do curso de especialização em Prótese do JP, com rebordo mandibular residual altamente reabsorvido e comprometimento de Dimensão Vertical, com dentes artificiais de abrasividade relativa, que permite a adequação fisiológica (tecnologia InComp, fabricado pela Heraeus-Kulzer), e inclinação cuspídica zero. Drs. Juvenal Motta Neto, Abel Augusto Batista e Edmir Colonello - professores do módulo de PT do Curso de Especialização em Prótese da APCD Jardim Paulista. 


NOVIDADES



Novidade na DOC Digital

Elite Double 16 Fast

A partir de agora, os dentes dos seus pacientes terão a cor perfeita. Com um simples clique, o novo Sistema Spectro Shade faz um mapeamento preciso da cor, transparência e da translucidez de toda a parede vestibular dos dentes para o dentista. Única tecnologia fiel para tomada de cor atualmente, o sistema permite comparar a cor antes e após o clareamento e fornece formulação de cor em todas as escalas existentes no mercado, de modo que o protético pode obter a tonalidade exata da coroa protética. Além disso, o sistema também é um excelente guia na confecção de resinas compostas. Para saber mais sobre o Sistema Spectro Shade, a DOC Digital promove workshop aos interessados. Ligue para o 0800 0155777 ou escreva para contato@docdigital. com.br.

Lançado recentemente para integrar a família dos silicones Zhermack para duplicação, o Elite Double 16 presa rápida é indicado para a duplicação de munhões em revestimentos refratários e de modelos de gesso e resina em geral. Devido a sua consistência, o Elite Double 16 é adequado também para duplicação de modelos com zonas críticas e de modelos com revestimento de expansão controlada. O Elite Double 16 possui excelente recuperação elástica (99,95%), elevada resistência à laceração mesmo em espessuras mínimas, garantindo uma reprodução fiel dos mínimos detalhes, com precisão de até 2µm; é dimensionalmente estável e compatível com os gessos, revestimentos e resinas habitualmente encontrados no mercado. O Elite Double 16 mantém fluidez elevada e constante durante todo o tempo de trabalho, garantindo presa homogênea e completa sem bolhas, melhorando assim a capacidade de reprodução de detalhes. O tempo de presa é de 10 minutos. O produto é fornecido em conjuntos, contendo base e catalisador, com 500 ml ou 2 kg. Informações adicionais podem ser adquiridas na Labordental Ltda., distribuidora da Zhermack no Brasil. Tel.: (11) 5542-5855 – labordental@labordental.com.br - www. labordental.com.br


ATUALIDADES

NobelReplaceTM - O sistema de implantes mais utilizado do mundo Versatilidade, fácil utilização e previsibilidade fizeram do NobelReplace™ Tapered o sistema de implante mais utilizado do mundo. O NobelReplace™ Tapered é um de duas peças, que pode ser utilizado em osso de baixa e de alta densidade, em procedimentos de um ou dois estágios, além de oferecer excelente estabilidade inicial de forma consistente. O NobelReplace™ Tapered é um sistema que se desenvolve de acordo com as necessidades cirúrgicas e restauradoras dos clínicos e de seus pacientes, desde a restauração de um único dente até soluções múltiplas avançadas. Tanto os cirurgiões-dentistas iniciantes quanto os mais experientes irão se beneficiar com um sistema flexível, de ampla aplicação e com características e benefícios únicos, entre eles: • Formato semelhante à raiz do dente natural e um protocolo de Tanto os perfuração padronizado passo a passo, o que torna o procedimento cirurgiões-dentistas cirúrgico mais simples e previsível - especialmente para instalação iniciantes quanto imediata após exodontia; os mais experientes • Codificação por cores dos implantes, pilares, brocas, kits e ferirão se beneficiar ramentas, proporcionando uma rápida e fácil identificação com o com um sistema objetivo de simplificar os procedimentos e minimizar os erros; flexível, de ampla • Conexão interna com o formato de triplo-canal, facilitando o aplicação e com posicionamento dos componentes protéticos, permitindo uma adapcaracterísticas e tação segura; benefícios únicos • Superfície TiUnite® de óxido de titânio enriquecida com fosfato e altamente cristalina, única da Nobel Biocare, promovendo função imediata e aumentando a previsibilidade dos tratamentos com implantes; • Os GroovesTM, que proporcionam uma estabilidade inicial 30% superior, em razão da maior formação óssea dentro dos sulcos retentivos. A Nobel Biocare é líder mundial em soluções baseadas em evidências e possui uma gama completa de implantes para função imediata e para utilização em restaurações unitárias, parciais e totais, na mandíbula e na maxila.

Renata Leão F. Bueno, gerente de marketing da Nobel Biocare 





DESTAQUE

Equipe de Implantodontia apresenta trabalho em Varsóvia O Departamento de Implantodontia da APCD Regional Jardim Paulista apresentou, na Academia Européia de Osseointegração, durante a realização do 17Th Annual Scientific Meeting, em Varsóvia, Polônia, que aconteceu de 18 a 20 de setembro de 2008, o trabalho intitulado Immediate Load for Edentulous Mandibles and Maxillae, dos autores Clarindo Mitiyoshi Yao, Márcia Vieira Marcondes Guimarães, Antonio Fagá Junior, Márcio Miyazaki, Rodrigo Tadashi Martines, Rodrigo Sarzedo, Abel Augusto Batista, José Lies Saas Cândido e Sérgio Nogata.

Da esq. p/ dir. Dr. Antonio Fagá Jr., Dra. Márcia Vieira Marcondes Guimarães e Dr. Clarindo Mityoshi Yao

E ve n to

Vedovato Odontologia promove saúde

A Vedovato Odontologia, engajada no conceito de saúde integral, participou da Corrida de Natal Chester Corpore, realizada no dia 13 de dezembro, evento que fechou o calendário de corridas Corpore com chave de ouro. Na ocasião, mais de 250 “atletas” participaram da equipe Vedovato Odontologia e receberam, gratuitamente, ficha de inscrição, uma camiseta e um boné personalizados e exclusivos, com o slogan: “Sorria para a Saúde”. Foi o caso do cirurgião-dentista Nelson Sabino de Freitas, que trouxe sua família para acompanhar o evento e correr a última prova do ano. Para a jovem Rayane de Sousa Lima e sua irmã Raquel, a experiência foi inesquecível. “Fiz o circuito todo. Foi muito bom, porque eu retornei à atividade física, estava muito tempo parada e gostei bastante. A camiseta e o boné Sorria para a Saúde, da Vedovato, pra mim, é uma das mais bonitas entre todas que vi no percurso”. “É a 15ª edição dessa prova. É a única prova que realizamos aqui no parque Ibirapuera, o local onde nasceu todo esse movimento de corrida de rua. Nós temos muita vontade de continuar realizando essa corrida aqui dentro do parque, porque é uma forma de lembrar um pouco da história da Corpore”, disse o diretor executivo da Corpore, Armando Santos. Às 18 horas, foi dada a largada para a prova, que contou com um percurso de 5,5 km. Durante o percurso, o clima de confraternização era notado com atletas correndo juntos Drs. Jorge Hayek, Euripedes Vedovato e comemorando mais um ano de corridas. “Essa prova não pode faltar. As pessoas correm (promotor da corrida) e Fernanda Hayek juntas, vestidas de papai Noel, agradecendo pelo ano que passou, pelas corridas super bacanas que fizemos”, comemorou a dentista-corredora Paula Caetano, da Clínica Limberte. “Gostaria também de comunicar aos amigos que não estiveram presentes ao evento, que as camisetas oficiais da corrida foram doadas para os desabrigados das enchentes que castigaram o estado de Santa Catarina. Espero vocês no Sorria para a Saúde em 2009”, finalizou o doutor Eurípedes Vedovato.

10


11


PERSONALIDADES

Noriaki Itikawa foi o homenageado da APCD Jardim Paulista, no CROSP e APCD Central, pelo 1ª Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

1ª turma do Curso de Especialização em Implantodontia da APCD Regional Jardim Paulista

Confraternização de Natal na Regional Jardim Paulista reuniu dirigentes de várias Regionais

Vários associados da APCD JP participaram junto com a Vedovato Odontologia da corrida no Parque do Ibirapuera

12


13


ESPECIAL

Como sair da crise? Siga o exemplo dos otimistas! Não se fala em outra coisa. É crise pra lá, crise pra cá. O mundo anda pessimista. No entanto, recente pesquisa realizada pela PricewaterhouseCoopers, divulgada todos os anos antes do Fórum Econômico Mundial, que aconteceu em Davos, Suíça, no mês de janeiro, ao qual compareceram mais de 2.500 pessoas, de 96 países, revelou que, entre os executivos brasileiros, por exemplo, encontra-se o segundo menor índice de pessimismo: 33% dos pesquisados acreditam em crescimento dos ganhos em 2009, 50% mais que a média global. No quesito otimismo, perdemos apenas para os indianos. Esse otimismo se reflete na esfera odontológica do mercado brasileiro. Para Elias Rosa de Oliveira, do Laboratório Ero Prótese, na verdade, o que gerou a crise foi a falta de compromisso com o trabalho, com a ética, com o meio ambiente e, principalmente, com o ser humano. “A completa falta dessas primariedades, aliada a altos juros praticados pelos bancos, aos especuladores da Bolsa de Valo-

res, à má gestão empresarial, às empresas com seus balanços maquiados e ao déficit orçamentário dos governos, contribuiu para esta situação atual.” Entretanto, Elias deixa bem claro que, com certeza absoluta, temos que ser otimistas, porém cautelosos nas atitudes com relação ao cliente, ao fornecedor e aos demais envolvidos. “É um momento de negociar melhor; repensar alguns projetos e fazer da suposta crise um estágio criativo de como administrar em época de ‘vacas magras’, ou seja, trabalhar mais e melhor.” Para fazer uma análise da retração do mercado, o proprietário do Laboratório Ero Prótese salienta que ainda não conseguiu avaliar com precisão, pois, até o final de 2008, o mercado foi aquecido. “Finalizamos trabalhos que, no momento da ‘catástrofe econômica’, já estavam em andamento.” Em sua opinião, a crise afeta primeiro seus clientes, os cirurgiões-dentistas, e depois, como efeito cascata, chega aos laboratórios de prótese. “Como a queda de produção no início do ano já é esperada, pois os dentistas retornam das férias em sua grande maioria na segunda quinzena de

Flávio Rosa de Oliveira, Elias Rosa de Oliveira e Fernando de Oliveira Correa Novas instalações do Laboratório Ero Prótese

14


Na crista da onda, Basile recarrega a bateria para enfrentar a crise econômica

Eliseu Tanaka com sua equipe no dia-a-dia da Dental

janeiro, somente após esse período poderemos avaliar o tamanho do impacto da crise em nosso negócio.” Os investimentos para o ano de 2009 continuam em pauta para Elias. O objetivo traçado é realizar os investimentos planejados, porém, devido ao contexto geral da economia mundial, de uma forma mais ponderada e cautelosa. Recentemente instalado em sede própria, localizada no bairro nobre dos Jardins, na Rua Oscar Freire, Elias diz que essa mudança começou a ser planejada há pelo menos cinco anos, objetivando criar melhores condições de trabalho, espaço interno ergonômico para os funcionários, que ele gosta de chamar de colaboradores, além da consequente otimização da produção, “aliado à nossa tradicional qualidade. Tudo isso, pensando sempre em nosso maior patrimônio, que é o cliente, cirurgião-dentista”, diz Elias, otimista. Ele também enumera as novidades: “1) estarão à disposição dos nossos clientes dois consultórios para procedimentos protéticos, que ainda poderá contar com a assessoria dos nossos sócios, o CD/TPD Flavio Rosa de Oliveira e o TPD Fernando de Oliveira Correa, que terão como apoio toda nossa equipe técnica para resolver casos mais complexos ou pequenos reparos e ajustes; 2) colocaremos à disposição do cliente um sistema que produz copings de zircônia de alta precisão, o sistema Cercom – CAD/CAM da Dentsply; executaremos cem por cento da peça em nosso próprio laboratório, oferecendo, dessa forma, altíssima tecnologia em tempo recorde; 3) outra novidade é a

Keiji Nishikwa, Eliany Barbaresco, Fábio Gimenez, Roberto Basile e Sérgio Maeda

sala de conferência para 60 pessoas, que estará à disposição dos nossos clientes e fornecedores, para discutirmos conjuntamente as melhores técnicas e produtos da área de prótese, seja de um simples modelo de gesso ao mais complexo caso de implante dentário.” Para Elias, todo empreendimento, inicial ou de melhoria, exige uma nova postura por parte das pessoas responsáveis pelo negócio. É preciso paciência, muita dedicação, trabalho árduo, para analisar prós e contras, ser flexível para negociar e ser determinado para cumprir o que foi estabelecido. “Gostaria de aproveitar a oportunidade e dizer que todas as pessoas, amigos, clientes, colaboradores, fornecedores, todos, sem exceção, foram muito importantes em nossas conquistas, desde 1974 até o projeto atual, e esperamos continuar contando com todos nessa nossa nova etapa.” Eliseu Tanaka, sócio da Dental Tanaka, empresa fundada em 1960, dá a receita para o sucesso: “trabalhar e gostar do que fazer”. Em todos esses anos, a empresa enfrentou várias crises econômicas. Para ele, com muito trabalho e perseverança e muita criatividade a nova crise será superada. Para sair da crise, ele diz que as pessoas precisam se adaptar rapidamente às novas situações e 15


Alex Cerqueira, da Endovita, atendendo ao público no CIOSP

Cassiano Duarte, gerente comercial da Biomet 3i

que, até o momento, a Dental Tanaka não sentiu alguma retração no mercado. “Está regular. Estou otimista, porém cauteloso. Digo o seguinte: se os americanos podem mudar, porque não acreditamos em nós mesmos e mudamos, procuramos um caminho novo, se for preciso. Yes we can change too!” Atuando há 12 anos na área de endodontia, a empresa Quest Import Export também já enfrentou situações adversas e soube superá-las, principalmente com o aumento do dólar. “Nessas horas, você tem que ter muito sangue frio e um custo operacional baixo, pois, quanto maior, pior poderá ser o seu ‘tombo’. Assim como já vi nesses anos, grandes dentais e empresas na odontologia quebrarem, literalmente. Procuramos sempre ter nosso estoque pago. Pagamos sempre adiantado nossas compras, pois, às vezes, com a variação cambial, você pode ter surpresas desagradáveis”, ensina Roberto Basile Neto, diretor da empresa. Para Basile, a crise mundial afetou o mercado de importação e exportação de materiais odontológicos, pois, como as moedas dos principais fabricantes mundiais se desvalorizaram ante o dólar, em sua opinião, houve um ajuste de preços, e esses ajustes sempre são para cima. “Sentimos um pouco o impacto da crise, mas acredito 16

que, com o passar do tempo e muita paciência, o mercado irá se adaptar naturalmente. Ainda tenho algumas dúvidas sobre o que pode acontecer, pois esta crise atual parece ser bem pior que as anteriores que cheguei a pegar. Mas tenho que ser otimista, pois, em minha opinião, o pessimismo só atrai coisas ruins...” A empresa Biomet 3i do Brasil manteve o planejamento previsto para 2009, sem alteração. “Não tivemos nenhuma dificuldade com a crise mundial, mesmo porque nossa fabricação de produtos é local. Não projetamos nenhum prejuízo para o decorrer deste ano, ao contrário, participamos do 27º Congresso Internacional de Odontologia, além dos nossos produtos tradicionais, com dois lançamentos: o kit de cirurgia guiada, que é o Navigator™; um sistema que, por meio de captura de imagem em 3D, transfere para um software os dados para a realização precisa da cirurgia do paciente. Apresentamos também o Osseoguard™ – uma membrana de colágeno bovino que tem uma reabsorção óssea de 6 a 8 meses, uma novidade no mercado, porque, quanto mais prazo você dá para uma barreira de membrana, mais se ganha na parte de enxertia óssea”, explica Cassiano Duarte, gerente comercial. A empresa Endovita também participou do CIOSP com inúmeras novidades. Para Alex Cerqueira, diretor da empresa, o resultado foi muito bom. “Com muito trabalho, dedicação e criatividade superaremos essa fase adversa da economia mundial.” Por Israel Correia de Lima


17


c ale n d á rio Cie n t í f i c o

Dr. Mário Luis Zuolo

Informações e inscrições pelos telefones: (11) 5535-9532 / 5049-3250 / 5096-0588 ou pelo e-mail: secretaria@apcdjardimpaulista.com.br

EAP Jardim Paulista s ede – g u ararape s R u a Gu a r a r a p e s , 7 2 0 – B r o o k l i n ( E s t a c ionamento conveniado, localizado na Rua C alifórnia, 590)

Obs.: trazer 1 kg de alimento não perecível que será doado à creche Santa Teresa de Jesus. Cursos teóricos-demonstrativos (coffee-break incluso)

Curso Básico de Implantodontia - Módulo Cirúrgico - Sistema Biomet 3i

Curso Teórico/Laboratorial/Clínico n Coordenador Odair Borghi - CRO 27013 (Mestre em Implantodontia; especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial; especialista em Implantodontia). n Equipe Claudia Barreiros Pera - CRO 55251 (Especialista em Implantodontia), Paulo Hitoshi Ueda - CRO 48276 (Especialista em Implantodontia), Paulo Yataro Kawakami - CRO 43505 (Doutorando em Periodontia; Mestre e Especialista em Implantodontia; Especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial), Ricardo Saito - CRO 71392 (Especialista em Prótese Dental), Wander Célio Kobayashi - CRO 53015 (Mestre em Implantodontia; Especialista em Implantodontia. n Objetivo Fornecer ao cirurgião-dentista embasamento teórico, laboratorial e clínico para a realização de técnicas cirúrgicas para instalação de implantes osseointegrados Biomet 3i. n Programa Histórico da implantodontia, bases biológicas em implantodontia, anatomia relacionada à implantodontia, imageologia, planejamento cirúrgico e protético em implantodontia, enceramento diagnóstico e guia cirúrgico, exames complementares, terapêutica medicamentosa, indicações e contraindicações em implantodontia, falhas e complicações na implantodontia, técnica cirúrgica, apresentação do sistema Biomet 3i, laserterapia, paramentação, hands on de implantes. n DATA 06/03/2009 (duração de 4 meses) n HORÁRIO das 8h às 12h (sexta-feira / semanal) n VALOR 4 parcelas de R$ 400,00 (o curso fornecerá os kits cirúrgicos e os motores de implantes)

Especialização em Prótese Dentária - 3ª Turma

n Ministrador Euripedes Vedovato n DATA abril/2009 à abril/2011 n HORÁRIO das 14h às 22h (quarta-feira / semanal)

n Carga horária 872 horas n Prova de Seleção e análise de currículo 11/03/2009 às 14h (prova escrita) n Taxa de prova R$ 20,00 n Local Rua Guararapes, 720 - Brooklin 18

Especialização em Radiologia e Imaginologia Odontológica n Coordenador Prof. Dr. Israel Chilvarquer

n Equipe Jorge Elie Hayek, Michel Eli Lipiec Ximenez e Alessandra Coutinho.

n Diferenciais do curso Utilização de aparelhos

de última geração: aparelho panorâmico digital, Tomógrafo Computadorizado Volumétrico; softwares para manipulação de imagens, traçados cefalométricos; simulação de instalação de implantes (RadioCef, Slice Guide e Dental Slice) e interpretação de radiografias e tomografias. n Data 23/06/2009 à 11/11/2010 n Duração 18 meses (terça, quarta e quinta-feira / mensal)

n Prova de Seleção e análise de currículo 19/05/2009 às 16h00 (prova escrita) n Taxa de prova R$ 20,00 n Local Rua Guararapes, 720 - Brooklin

Curso de Capacitação para ACD com Registro no CFO/CRO

Teórico-prático-laboratorial. Estágio intra-muro (EAP/APCD)/extra-muro (consultórios) n MINISTRADORA Lusiane Borges (Biomédica, Esp. em Microbiologia, Cirurgiãdentista, Especialista em Controle de Infecção Hospitalar e Pós-graduada - UNIFESP/ EPM) n Equipe Marina Montenegro, Claudia Cotrim, Geison Schoder, Shirlei Devesa, Ana Carolina Ferreira, Júlio Bassi, Vanessa Camilo e professores convidados (todos integrantes da equipe com especialização) n DATA abril/2009 (duração de 6 meses) n HORÁRIO das 19h00 às 22h00 (segunda-feira) n VALOR 7 parcelas de R$ 150,00 (material e apostilas R$ 50,00) n VAGAS 40

Uma Nova Era na Escolha da Cor com o Auxílio do Espectrofotômetro Spectroshade - Palestra Gratuita n Ministrador Dr. Hugo Roberto Lewgoy

(Especialista, Mestre e Doutor em Dentística pela FOUSP; Professor Doutor da Disciplina de Biomateriais e Dentística da Uniban; Membro do GEO - Grupo de Estudos em Odontologia da Uniban) n Data 17/03/2009 n HORÁRIO 20h


19


cursos

Prof. Vedovato

Prof. Chilvarquer

Alunos finalizam Cursos de Especialização

Professores e alunos do Curso de Especialização em Prótese Dentária

Foram concluídos dois cursos de Especialização da nossa Regional EAP/APCD Jardim Paulista: a segunda turma de Prótese Dentária, coordenado pelo doutor Eurípedes Vedovato e a primeira turma de Especialização em Radiologia e Imaginologia Odontológica, com coordenação do doutor Israel Chilvarquer. Veja no Calendário Científico o início das novas turmas.

Professores e alunos do Curso de Especialização em Radiologia e Imaginologia Odontológica

20


O pi n i ã o D r . Sid n e y T ade u C . L i m a Ma n oel

Cada um tem que fazer sua parte Acredito piamente que ninguém consegue ser feliz no meio de um coletivo infeliz. Se pleiteamos um mundo melhor, temos que ter, no mínimo, a corresponsabilidade, para que cada um faça a sua parte. Cansei de ouvir que precisávamos de representantes cirurgiões-dentistas em todas as esferas políticas: a municipal, a estadual e a federal; que a nossa categoria precisava ter colegas legitimados com os nossos problemas e justas reivindicações para fomentar políticas públicas de saúde. Nesse contexto, e por uma simples coerência com aquilo que sempre acreditei e declarei sobre a falta de representatividade política da nossa categoria, aceitei ser candidato a vereador (14.006 PTB) pelo município de São Paulo. O desafio de ser candidato foi grande, mas não menos gratificante pela experiência vivenciada. Obtive quase 1.700 votos. Em números absolutos, são quase 1.700 pessoas que acreditaram na minha idoneidade, no meu passado e nas minhas propostas. Tenho uma grande responsabilidade perante essas pessoas, que foram leais à minha candidatura, às quais declaro minha eterna gratidão. Não me arrependo dessa experiência política que obtive na minha primeira candidatura. Foi uma campanha ética, lícita, com poucos recursos, mas muito gratificante. Acreditei que, por todo o meu passado de lutas em defesa da classe e pela valorização profissional, a nossa categoria daria uma demonstração clara e inequívoca de amadurecimento e união apoiando-me. Infelizmente, pelos votos apresentados, esse fato, na prática, não ocorreu. Às vésperas da eleição municipal, constatou-se que vários candidatos, que não eram cirurgiões-dentistas, adotaram a nossa categoria apenas para somar votos. Essa situação seria verdadeira utopia para um cirurgiãodentista, obter apoio em outras entidades, como o Conselho Regional de Medicina ou a OAB. Mas estou feliz, pois estou com a minha consciência tranquila e sensação de dever cumprido. Tenho como norte de vida que as ações sempre devem ter consonância com as palavras. Dos 55 vereadores eleitos na cidade de São Paulo, constatamos representantes dos mais variados segmentos, mais uma vez, nenhum cirurgião-dentista. “Que os nossos esforços desafiem a impossibilidade. Lembrai-vos de que as grandes proezas da história foram conquistadas do que parecia impossível.” (Charles Chaplin) Que nas próximas eleições a nossa categoria levante um voto de apoio e confiança aos candidatos colegas comprometidos e com um passado de lutas em favor da Odontologia. Precisamos voltar a ser os protagonistas da nossa história, e não mais meros atores coadjuvantes. Valeu pelo aprendizado, amadurecimento e desafio. Quando você melhora como ser humano, melhora um pouquinho o mundo.

Dr. Sidney Tadeu Castro Lima Manoel - CRO-SP 33.231 sidneymanoel@uol.com.br

21


PONTO DE VISTA

Odontologia Estética, a “Bela” Adormecida Aprendi na faculdade que restaurações em dentes posteriores deveriam ser feitas com materiais metálicos: amálgama, ouro e ligas não preciosas mais baratas, e, em anteriores, com o “pobre” silicato, com aparência estética a desejar. As coroas Veneer deveriam terminar com uma “cinta” em ouro na face vestibular. Os clientes ficavam insatisfeitos com os metais brilhantes nos dentes posteriores, fosse amálgama ou ouro. Já nós dentistas, nos preocupávamos com a longevidade dos trabalhos, sem levar em conta a aparência. Esqueceram de nos ensinar que somos “dentistas de seres humanos”, e não somente “dentista de dentes”, e, como tal, é nossa obrigação nos preocuparmos com o bem-estar de nossos pacientes e sua felicidade ao sorrir. A boa aparência do sorriso deveria caminhar ao lado da durabilidade. Nós somos vendedores de felicidade e satisfação, e não de porcelanas ou resinas, ou mesmo aparelhos ortodônticos. Havia algo de errado, pois a palavra “sorriso” não era mencionada em nenhuma aula na faculdade. Os cabeleireiros, os costureiros, os cirurgiões-plásticos, os endocrinologistas e os dermatologistas faziam o que as pessoas mais queriam: melhorar a aparência, ficar mais bonitas. Como demoramos a fazer parte desse time, nossa profissão foi se desvalorizando. As clientes desmarcam uma consulta no dentista para não perder a hora no cabeleireiro ou a manicure. Nas faculdades de Odontologia, os professores ensinavam aos alunos que estética não passava de modismo e que logo cairia no esquecimento. Nos últimos 15 anos, a classe odontológica, enfim, despertou para a realidade, e, a partir de então, facetas laminadas e onlays em porcelana e resina, clareamento dental, técnicas ortodônticas com materiais estéticos e prevenção passaram a integrar o “âmbito” dos tratamentos oferecidos. Com o despertar, infelizmente, começaram a aparecer as aberrações: - marketing enganoso, oferecendo clareamento dental a laser em apenas uma sessão; - restauração de dentes posteriores com resina composta utilizando a mesma técnica do amálgama, mesmo sabendo que esses materiais têm comportamento distinto e exigem técnicas diferentes; - dentistas telefonando para as dentais para perguntar qual a resina mais vendida; - consultas e aparelhos ortodônticos grátis; - falta de critérios e indicação correta para executar facetas laminadas. Como eu vejo, pessoalmente, o hoje e o futuro da odontologia estética? Vejo uma maior conscientização, dentistas mais responsáveis e mais preparados; os clientes estão tomando consciência de que foram enganados pelas megaclínicas e convênios e estão voltando aos consultórios particulares. A Odontologia Estética brasileira é considerada uma das melhores do mundo e ainda tem espaço na clínica particular. Recomendo que orientemos às pessoas a não se deixarem iludir pelo marketing dos fabricantes de materiais, pelas aulas-“show” de dentistas pagos pelas empresas e pelas fotografias manipuladas por “photoshop” apresentadas nos congressos, orientemos ainda a que não comprem tudo o que aparece de novo no mercado só por ser novidade ou tecnologia de ponta. A Edontologia Estética praticada pelo dentista atualizado deve ser valorizada. O presente e o futuro da estética são promissores. Ensinar uma pessoa a acreditar em si mesma já será o bastante. Dr. Mario Sergio Limberte - cirurgião-dentista graduado pela FOUSP e especialista em Prótese Dental.

22


NOTAS

Prof. Moretti

Prof. Vedovato

III Semana de Atualização em Odontologia Restauradora para Protesistas e Clínicos Gerais Brasileiros III Week of Continuing Education in Operative Dentistry for Brazilian Prosthodontists and General Dentists

Curso de Atualização nos Estados Unidos

Campus da Universidade da Carolina do Norte

A III Semana de Atualização em Odontologia Restauradora destinada a protesistas e clínicos gerais, que se realizará na semana de 18 a 23 de maio de 2009, na Universidade da Carolina do Norte, já está com as inscrições esgotadas. Os participantes terão a oportunidade de frequentar cursos ministrados por renomados professores da UNC, escola odontológica que mais promove cursos de educação continuada nos Estados Unidos, aproximadamente 65 por ano. A universidade, situada na cidade de Chapel Hill, é uma das instituições pioneiras em pesquisa nos Estados Unidos, sendo que, em 2005, publicou o maior número de artigos científicos do mundo, representando 12,5% da publicação odontológica mundial. Nos três rankings nacionais realizados sobre faculdades odontológicas, a UNC obteve dois primeiros lugares e um segundo, e é a única a oferecer o título de master of science em todas as especialidades. Parabenizamos desde já os alunos inscritos e desejamos um excelente curso.

HOMENAGEM

Associado da Regional JP recebe o Prêmio Jabuti No dia 31 de outubro, na cerimônia de entrega do 50º Prêmio Jabuti, edição 2008, realizada na Sala São Paulo, na categoria “Ciências Naturais e Ciências da Saúde”, o grande vencedor foi o cirurgião-dentista Dr. Sergio Kignel, com a obra Estomatologia Base do Diagnóstico para o Clínico Geral, livro lançado pela livraria Santos Editora.

23


EM TEMPO

Dr. Fábio Bibancos

Feliz 2009!

Começo de ano é uma boa época para renovar esperanças, mudar paradigmas e buscar algo novo para nossas vidas. A Turma do Bem é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que tem como missão mudar a percepção da sociedade quanto à questão da saúde bucal e da classe odontológica com relação ao impacto socioambiental de sua atividade. Foi fundada em 2002 e, desde então, tivemos a oportunidade de fazer com que mais de 7.500 crianças fossem atendidas por nosso exército de mais de 4.000 dentistas voluntários. Isso é incrível, mas ainda é pouco, quando comparado ao número de jovens que precisam de atendimento e ao número de dentistas que temos no país. O ano veio novo, cheio de energia, mas algumas coisas vão continuar como antes: nossa insistência em conseguir que mais dentistas se cadastrem no projeto Dentista do Bem e atendam a mais crianças. No último Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP), a Turma do Bem, com o apoio da Trident (uma de nossas mantenedoras), esteve presente com o Cine Trident. O stand era lindo: um cinema foi especialmente criado para apresentarmos o documentário Bocadamata, filmado em Macapá, o qual mostra a situação das crianças do Norte do país com relação à saúde bucal. Agradeço a todos os que passaram por nosso stand para conferirem o filme e, claro, àqueles que se cadastraram no projeto. Espero também que tenham gostado do nosso mascote! Durante todo este ano, a Turma do Bem deseja que mais e mais colegas se cadastrem ao projeto para devolver sorrisos às crianças que mais precisam. Para isso, basta visitar o nosso site www.turmadobem.org.br. Que 2009 seja um ano repleto de sorrisos! PS: Esse texto foi escrito antes do CIOSP 2009, portanto, espero que o número de voluntários tenha, pelo menos, duplicado. Turma do Bem: Rua Sousa Ramos, 311 Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP 04120-080 www.turmadobem.org.br - faleconosco@turmadobem.org.br 24


i n di c ador ATENDIMENTO DOMICILIAR Marcelo Lopes Costella Clínica Geral - CRO 83.647 Av. Doutor Arnaldo, 1504 Sumaré (SP) (11) 3862-7945 / 3872-1164 costella@uol.com.br CIRURGIA Antenor Araújo Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Ortognática - CRO 5.428 Av. Jandira, 295 - Cjs. 1003 / 1004 Moema (SP) (11) 5054-1223 / 1501 R. Marcondes Salgado, 64 São José dos Campos (SP) (12) 3921-5354 e 3922-4678 bucomaxilo@drantenor.com.br Carlos Veloso Salgado Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Implantodontia - CRO 35.742 R. Maestro Cardim, 560 - Cj. 111 Paraíso (SP) (11) 3266-2493 Ricardo Thomé Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial e Clínica Geral - CRO 16.546 R. Tabapuã, 821 - Cj. 28 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-4484 / 3079-9157 (res.) DIAGNÓSTICO BUCAL Sérgio Kignel Diagnóstico Bucal - CRO 26.239 R. Oscar Freire, 465 - Cj. 11 Jardim América (SP) (11) 3062-37­­77 ENDODONTIA Daniel Kherlakian Endodontia - CRO 37.535 R. Augusta, 2763 - Sobreloja Cerqueira César (SP) (11) 3082-2171 / 9454 dankher@uol.com.br Elaine Hage Endodontia e Prótese Rua Guarará, 529 - Sala 37 Jardim Paulista (SP) (11) 3926-0137

26

Mário Luis Zuolo Endodontia - CRO 23.690 R. Canário, 784 - Moema (SP) (11) 5055-0908 / 7420 mlzuolo@uol.com.br Nelson Sabino de Freitas Endodontia e Prótese CRO 11.480 R. Frei Caneca, 1212 - Cj. 73 Cerqueira César (SP) (11) 3289-8016 nelson-sabino@hotmail.com Paula Zingg Endodontia - CRO 45.377 Av. Nove de Julho, 5483 Cj. 123 - Jardins (SP) (11) 3079-0775 pzingg@apcd.org.br Sérgio Martins Endodontia - CRO 51.857 Al. Joaquim Eugênio de Lima, 881 Cj. 408 - Jardins (SP) (11) 3266-4293 / 3284-3598 www.endoexcellence.odo.br ESTÉTICA Maria Angélica P. Vedovato Dentística Restauradora e Estética - CRO 25.738 R. Gironda, 186 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4433 / 8482 Mario Sergio Limberte Estética - CRO 3268 Ed. Trade Tower R. Helena, 218 - Cj. 709 Vila Olimpia - São Paulo - SP (11) 3044-1816 mlimberte@uol.com.br IMPLANTE Rodrigo Tadashi Martines Implantodontia - CRO 60.052 Av. Brig. Luiz Antônio, 2504 Cj. 102 ­- Jardim Paulista (SP) (11) 3253-4723 tadashi@liesetadashi.com Ronei Faizibaioff Implantes, Prótese sobre Implante e Estética - CRO 33.652 Al. Lorena, 1304 - Cjs. 2F / 3F Jardim América (SP) (11) 3062-9226 / 3086-3369 faizibaioff@gmail.com

pro f i s s io n al ODONTOPEDIATRIA Lúcia Coutinho Odontopediatria e Odontologia para Bebês - CRO 23.626 Av. Chibarás, 848 Moema (SP) (11) 5052-4346 www.luciacoutinho.com.br ORTODONTIA Alexandre A. Melo Cortese Ortodontia - CRO 47.345 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-3554 / 6873 cl.cortese@uol.com.br Juliana Melo Cortese Ortodontia - CRO 67.337 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-6873 / 3168-3554 cl.cortese@uol.com.br Gilberto Cortese Ortodontia e A.T.M. CRO 2.884 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-3554 / 6873 cl.cortese@uol.com.br

Glécio Vaz de Campos Microcirurgia Plástica Periodontal e Periimplantar - CRO 26.359 Av. Dr. Cardoso de Melo, 1470 - Cj. 809 / 810 Vila Olímpia (SP) (11) 3044-6025 glecio@terra.com.br Mônica Reggi Reis Silva Periodontia, Plástica Periodontal, Estética e Prótese sobre Implante CRO 29.607 R. Traipu, 509 Perdizes (SP) (11) 7207-1497 e 3666-9202 / 5772 monicareggi@uol.com.br PRÓTESE DENTÁRIA Adriana Ferreira Quintas Prótese - CRO 29.662 R. Viradouro, 63 - Cj. 71 Itaim Bibi (SP) (11) 3842-4166 Antonio Fagá Júnior Prótese - CRO 25.528 R. Cubatão, 929 - Cj. 33 Vila Mariana (SP) (11) 5572-8886

José A. Marques Jr. Ortodontia (RNO-Planas) e ATM CRO 24.256 R. Augusta, 2709 - 12º andar Cerqueira César (SP) (11) 3083-0422 odontologiamarques@terra.com.br

Eurípedes Vedovato Prótese e Estética CRO 25.739 R. Gironda, 186 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4433 / 8482 vedovatopin@uol.com.br

Marta T. Kuczynski Ortodontia e Odontopediatria CRO 29.592 R. Pedroso Alvarenga, 1255 Cj. 54 - Itaim Bibi (SP) (11) 3168-8905

Flávio Luiz Iacobucci Prótese e Dentística CRO 24.192 Av. Nove de Julho, 5483 - Cj. 23 Jardim Paulista (SP) (11) 3079-3036

PERIODONTIA Clarindo Mitiyoshi Yao Periodontia e Implantodontia CRO 25.555 R. Gironda, 189 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4010

Sérgio Hideki Yasuda Prótese e Estética CRO 48.584 Av. Angélica, 2100 - Cj. 91 Higienópolis (SP) (11) 3257-9575 / 3258-2015 shyasuda@uol.com.br



Essencial 33