Page 1













EDITORIAL

Presidente Clarindo Mitiyoshi Yao 1º Vice-presidente Gilberto Cortese 2º Vice-presidente Mário Luis Zuolo Secretário Geral Nelson Sabino de Freitas Tesoureiro Geral José Roberto Cicarelli Costa Assessores da Presidência Antônio Ankerkrone Elias Aziz Aidar Eurípedes Vedovato Sylvio de Oliveira Neves DIRETORIA Diretor da EAP Alexandre A. Melo Cortese Científico Daniel Kherlakian Assessores Antônio Fagá Júnior, Carlos Veloso Salgado, Hideki Fabrício Miasiro, Luciano Mauro Del Santo, Marta T. Kuczynski, Mauro Ferreira Martins Tosta e Paulo Sérgio Pedrosa Ferraz Cultura e Turismo Juliana Melo Cortese Esportes Alexandre A. Marelli Tavares Informática Sérgio José Martins Nova Geração Gustavo Feresin Fenerich Patrimônio Ricardo Thomé Social Rosemari Dario Assessora Juliana Melo Cortese Implantação da Biblioteca Ronei Faizibaioff Implantação da EAP Luis Roberto C. Capella Comissão de Obras Nova Sede Eurípedes Vedovato, Gilberto Cortese, Mário Luís Zuolo, Ricardo Petrone e Simone Petrone ESSENCIAL EM REVISTA Diretor da Revista Mário Luis Zuolo Produção Editorial ICL Comunicação Editor Executivo Israel Correia de Lima Editor de Arte Guilherme Gonçalves Revisão Maristela Santana Santos Carrasco Jornalista Responsável Israel Correia de Lima (MTb 14.204) Impressão Input Comunicação Visual Ltda. Periodicidade Trimestral Tiragem: 7.000 exemplares Regional Jardim Paulista Sede: Rua Guararapes, 720 - Brooklin São Paulo - SP - CEP 04561-000 (11) 5535-9532, 5096-0588 e 5049-3250 Unidade Fiandeiras: Rua Fiandeiras, 366 Vila Olímpia - São Paulo - SP - CEP 04545-002 - (11) 3849-8030 e 3045-1614 revista@apcdjardimpaulista.com.br www.apcdjardimpaulista.com.br Atenção: as opiniões expressas nas matérias publicadas na revista Essencial são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, as opiniões da diretoria da APCD Jardim Paulista. É proibida a reprodução ou cópia, sem prévia autorização. Capa: Guilherme Gonçalves Idéia: Dr. Euripedes Vedovato

Eleições e o VI Encontro APCD-JP No dia 28 de maio foram realizadas eleições para presidente tanto da APCD Central quanto das Regionais. Na ocasião elegemos os nossos representantes para o biênio 2008/2010. Os eleitos serão os últimos com gestão de dois anos, porque, a partir de 2010, os mandatos passarão a ser de três anos. Lutamos muito para conseguir o voto livre, direto e secreto – uma conquista do associado –, como manda a Democracia, por isso, para o crescimento e fortalecimento da entidade, foi de fundamental importância o comparecimento maciço de todos no dia da votação, escolhendo os nossos legítimos representantes, demonstrando nossa confiança e respeito aos eleitos. Vale lembrar que vem aí o nosso VI Encontro APCD Jardim Paulista. A expectativa é grande, pois estamos com uma grade digna de um grandioso evento. Serão dois dias de atividades, com o tema: Ortodontia e suas Interrelações. O encontro será realizado no Hospital Sírio Libanês, um espaço preparado para eventos na área da saúde, com infra-estrutura de ponta e acomodações inquestionáveis. Gostaria ainda de compartilhar com vocês que tudo que diz respeito à área comercial foi totalmente negociado com as empresas parceiras, o que demonstra a credibilidade que o evento alcançou. Venha participar desse evento, não fique de fora!

Clarindo Mitiyoshi Yao

s u m á rio

6 Ciência e Tecnologia Carga Imediata em Maxila e Mandíbula:

Caso Clínico

Implantes e Estética

da APCD-JP

e especialização Entrevista Fabio Giannini - presidente da Exopro Curiosidades Tênis, que esporte benéfico é esse? Notas 1º Meeting Internacional de Osseointegração da Titanium Fix Ponto de Vista A Importância de um Brasileiro na Presidência da FDI Variedades A Reabilitação Extra-oral no Instituto Brånemark Em Tempo Sorriso do Bem Indicador Profissional Guia de especialidades odontológicas

8 Novidades Procera Forte, Ortoform e Alghamix 10 Atualidades Oportunidade Única para se Aprimorar em 12 Destaque Por dentro do curso de Especialização em Implantodontia 14 Personalidades Reunião da Diretoria da APCD Jardim Paulista 16 Especial A União é Necessária para o Futuro da Regional JP 18 Calendário Científico EAP Jardim Paulista: curso de capacitação 19 20 21 22 24 25 26




c i ê n c ia e te c n olo g ia

Carga Imediata em Maxila e Mandíbula: Caso Clínico Dr. Rodrigo Tadashi

1. Condição inicial da paciente. Próteses totais, superior e inferior.

A implantodontia moderna tem-se deparado com procedimentos que visam à diminuição do tempo de tratamento e dos enxertos ósseos, focando em opções simplificadas nas técnicas de reabilitações bucais com implantes osseointegrados. Está comprovado cientificamente a eficiência das próteses implanto-suportadas em maxilas e mandíbulas edêntulas, com índices de sucesso superiores a 95% após dez anos de acompanhamento clínico (Albrektsson et al, 1988). Quando há necessidade de levantamento de seio maxilar, este índice é reduzido a aproximadamente 90%, o que mostra ser esta uma técnica segura quando bem indicada. Entretanto, a morbidade das cirurgias de enxertos e o longo tempo de tratamento com implantes osseointegrados pelas técnicas convencionais serviram de estímulo para que novos estudos se concentrassem nas avaliações das modernas técnicas de carga imediata. A técnica All-on-4, por exemplo, tem como principais características a utilização de quatro implantes para carga imediata, tanto na maxila quanto na mandíbula, sendo que os implantes distais devem ser instalados com uma inclinação aproximada de 30o a 45o e utilização de pilares angulados, além de se obter a estabilidade primária dos implantes superior a 40N. Os resultados observados na literatura mostram que esta técnica apresenta índices de sucesso semelhantes às técnicas convencionais e não compromete a preservação do osso periimplantar (Aparício et al, 2001; Malo et al, 2003 e 2005). Desta forma, este trabalho tem como objetivo apresentar um caso clínico de reabilitação de maxila e mandíbula edêntulas com próteses implanto-suportadas de carga imediata por meio da técnica “All-on-4”. Paciente do sexo feminino, 46 anos, queixava-se da estabilidade das próteses totais e da estética destas (foto 1). Após sugestões e esclarecimentos das opções de tratamentos, a paciente optou pelo “All-on-4” com carga imediata. O planejamento protético iniciou-se com a obtenção dos modelos de estudos montados em articulador semi-ajustável. Após isso, seguiu-se a determinação de novo plano oclusal, dimensão vertical e prova estética dos dentes. Estando a paciente a par da previsibilidade do resultado final, foi solicitada a confecção da guia cirúrgica funcional, que é responsável pela orientação do posicionamento dos implantes e pela moldagem final. Após anestesia local infiltrativa e incisão, seguiu-se o deslocamento dos retalhos, cuidando para visualizar clinicamente o forame mentoal (foto 2) e as regiões das paredes anteriores dos seios maxilares, que devem ser perfuradas com uma broca esférica

1

2

3

4

5

2. Visualização do forame mentoal. 3. Perfurações da parede anterior do seio maxilar. 4. Perfurações para implantes orientadas pela guia cirúrgica funcional. 5. Implantes posicionados na mandíbula.




para se determinar a real inclinação desta estrutura (foto 3). Na seqüência, foram realizadas as perfurações para o leito receptor dos implantes, orientadas pela guia cirúrgica funcional (foto 4). Quanto aos implantes, optou-se pelos cilíndricos (MKIII®, Nobel Biocare) na mandíbula, por ser um osso de maior densidade (foto 5), e pelo cônico na maxila (Replace®, Nobel Biocare) para proporcionar melhor estabilidade primária (foto 6). Depois da instalação dos implantes e dos pilares protéticos foram realizadas as moldagens e a transferência dos implantes unindo os cilindros de titânio à guia funcional (foto 7). Os materiais foram enviados ao laboratório de prótese para confecção dos modelos de trabalho, das barras metálicas e montagem de dentes, que foram provadas na paciente no mesmo dia da cirurgia (foto 8). Aprovada esta fase, seguiu-se a acrilização, instalação das próteses (foto 9) e radiografia panorâmica para controle e preservação (foto 10). Um fator de preocupação nas próteses implanto-suportadas é a presença do extremo livre, que, por sua vez, nas técnicas onde são empregados implantes inclinados distais, observa-se uma diminuição ou eliminação desta extensão proporcionando maior estabilidade biomecânica de longo prazo. As técnicas de carga imediata mostram-se seguras quando bem indicadas, com elevado índice de sucesso e conforto para os pacientes. Bibliografia:

1. Albrektsson, T. et al. Osseointegrated oral implants. A Swedish multicenter study of 8139 consecutively inserted Nobelpharma implants. J Periodontol. 1988 May;59(5):287-96. 2. Aparicio, C. et al. Tilted Implants as an Alternative to Maxillary Sinus Grafting: A Clinical, Radiologic, and Periotest Study. Cli Implant Dent Relat Res 2001; v. 3; pp. 39-49. 3. Malo, P. et al. “All-on-Four” immediate-function concept with Brånemark System implants for completely edentulous mandibles: a retrospective clinical study. Clin Implant Dent Relat Res. 2003;5 Suppl 1:2-9 4. Malo, P. et al. All-on-4 immediate-function concept with Brånemark System implants for completely edentulous maxillae: a 1-year retrospective clinical study. Clin Implant Dent Relat Res. 2005;7 Suppl 1:S88-94. Clarindo Mitiyoshi Yao*, Rodrigo Tadashi Martines*, Antônio Fagá Jr.*, Márcio Miyasaki*, Abel Batista*, Rodrigo R. Sarzedo*, Márcia M.M. Guimarães** * Professor do Curso de Especialização em Implantodontia da APCD Jardim Paulista. ** Aluna do Curso de Especialização em Implantodontia da APCD Jardim Paulista.

6

7

6. Implantes posicionados na maxila. 7. Implantes posicionados na mandíbula. 8. Barra metálica e dentes pré-montados. 8

9

10

9. Próteses instaladas. 10. Radiografia panorâmica.




NOVIDADES

Procera Forte: forte até no nome

Próteses de até 14 elementos sem solda, com mais de 1000 MPa de resistência flexural, produzidas com material cerâmico biocompatível de última geração, excelente adaptação. E mais: podem ser modeladas livremente mediante o uso de um computador equipado com software CAD/CAM para uma personalização total. Assim é o sistema Procera Forte, a última novidade da conhecida linha de produtos da sueca Nobel Biocare, já disponível na ERO Prótese Odontológica. Além das características já mencionadas, o sistema Procera Forte possui outros destaques, por exemplo, o processo de fabricação em monobloco, sem pontos de união – eliminando eventuais distorções, que são freqüentes quando há pontos de solda - e a garantia de 5 anos contra defeitos de fabricação. “O processo é totalmente robotizado e possui controle de qualidade com microscópios, garantindo um altíssimo nível de confiabilidade”, diz o TPD Flavio Rosa de Oliveira, da ERO Prótese. As próteses fabricadas com Procera Forte são indicadas tanto para a região anterior quanto para a região posterior da boca. Para mais informações, ligue para a ERO Prótese Odontológica, telefone (11) 3896-2200, ou envie um e-mail para ero@eroprótese.com.br.

Ortoform® Gel Profissional Gel para Limpeza de Próteses e Aparelhos Ortodônticos

Acúmulo de tártaro no aparelho ortodôntico removível

Após a escovação com Ortoform® Gel

Limpa profundamente e desodoriza aparelhos ortodônticos móveis e próteses, removendo com facilidade os acúmulos de placa bacteriana, tártaro e a pigmentação, higienizando e clareando as peças. O produto não afeta a estrutura das peças. Fórmula&Ação (11) 5579-5885 - www.formulaeacao.com.br



Alghamix O Alghamix é um misturador mecânico da Zhermack. O aparelho possui design compacto e duas velocidades que auxiliam na manipulação de alginatos e silicones. O tempo de mistura do material de moldagem é reduzido em 30% quando realizada com o Alghamix. A posição ergonômica da cuba permite operar em condições ideais e, graças a sua velocidade constante, a mistura pode ser controlada. O Alghamix tem garantia de três anos, o que permite uma utilização prolongada e segura. Para mais informações, consulte o site da Labordental, www.labordental.com.br, ou ligue para o telefone (11) 5542-5855, ou envie um e-mail: labordental@labordental.com.br.





ATUALIDADES

Oportunidade Única para se Aprimorar em Implantes e Estética Inovações em implantes e em odontologia estética, comprovadas por evidências científicas e apresentadas por renomados especialistas nacionais e internacionais. Esta é a tônica do Nobel Biocare World Tour 2008, evento científico que vai percorrer várias cidades do mundo. A etapa brasileira acontece em São Paulo, de 7 a 9 de agosto, no Centro de Convenções do WTC. A programação é de altíssimo nível, e terá nove procedimentos transmitidos ao vivo, além de palestras, treinamentos práticos com hands-on, workshops e até sessões individuais com especialista, escolhido pelo próprio congressista, as quais são chamadas de one-on-one. O World Tour, sem dúvida, é uma ótima oportunidade para o profissional Em agosto, a brasileiro se atualizar e ter contato com grandes experts mundiais Nobel Biocare e com soluções cientificamente comprovadas. trará a São Paulo Alguns dos ministradores já confirmados são: o belga Eric o World Tour, e Van Dooren, membro da Academia Européia de Odontologia com ele as mais Estética; Avishai Sadan, diretor do Departamento de Medimodernas soluções cina Abrangente da Faculdade de Medicina Odontológica da Universidade Case Western Reserve (EUA); o cirurgiãoem implantes dentista e ceramista brasileiro Dario Adolfi, autor do livro A e odontologia Estética Natural e ministrador de cursos em todo o mundo; estética, que serão Peter Wohrle, formado nos programas de Educação Avançaapresentadas da em Prótese Dentária e Educação Avançada em Implantes por grandes Odontológicos de Harvard (EUA); o português Paulo Maló, ministradores de presidente do grupo de Implantodontia Malo Clinics; e Ed todo o mundo. Bedrossian, diretor do treinamento de cirurgia em ImplantoAs inscrições já dontia da Universidade do Pacífico (EUA). Esses e outros especialistas de renome vão falar sobre temas estão abertas! como o da porcelana Nobel Rondo; os protocolos cirúrgicos Allon-4 e Nobel Guide; o uso do implante NobelActive; a linha completa de soluções estéticas do Sistema Procera; Soft Tissue Integration; Immediate Function; e Teeth in an Hour, entre outros. As inscrições para o Nobel Biocare World Tour 2008 já estão abertas e devem ser feitas quanto antes. O pagamento pode ser dividido em até cinco parcelas, sem juros, nos cartões Visa, Mastercard ou Amex. Basta ligar para o telefone 0800 169997. Renata Leão F. Bueno, gerente de marketing da Nobel Biocare 10


11


DESTAQUE

Por dentro do curso de Especialização em Implantodontia da APCD-JP O início da segunda turma do Curso de Especialização em Implantodontia, sob a coordenação do professor Clarindo Mitiyoshi Yao (Dr. Miti), a ser realizado na APCD Regional Jardim Paulista, está previsto para agosto de 2008. Cientes das dificuldades e das responsabilidades de se ministrar um curso de Especialização em Implantodontia e sempre com o objetivo de criar um dos melhores cursos do Brasil, o Dr. Miti e sua equipe não mediram esforços para oferecer aos alunos acesso às modernas técnicas relacionadas à implantodontia. Obviamente, apenas a dedicação do corpo docente não seria suficiente para alcançar este ideal, sendo de fundamental importância a confiança, a dedicação, o apoio e o companheirismo de todos os alunos. Durante o curso, algumas metas foram estabelecidas. Nas aulas teóricas, eram imprescindíveis as discussões de trabalhos científicos e apresentação de seminários, para dar suporte às práticas clínicas e manter todos atualizados no tocante às modernas técnicas utilizadas na implantodontia. Na parte laboratorial, todos os casos a serem tratados, sem exceção, deveriam ter o planejamento cirúrgico e protético determinado previamente ao início dos tratamentos, com obtenção de imagens radiográficas, tomográficas, fotográficas e modelos montados em articuladores. Quanto à clínica, pode-se dizer que é o local pelo qual os alunos mais se interessam, pois é onde eles praticam todas as técnicas que serão utilizadas em suas clínicas. Sendo assim, o Dr. Miti deixou bem claro o seguinte: “na clínica do nosso curso, todos os alunos irão praticar as modernas técnicas que realmente estejam descritas e comprovadas na literatura. A associação dos novos conhecimentos científicos e a experiência clínica do corpo docente é o que irá determinar o sucesso dos tratamentos, ou seja, num curso de especialização, devemos passar aos alunos a nossa experiência de sucesso, é o que eles vieram buscar. Realizar trabalhos de ‘tentativas’ ou experiência, apesar de importantes, fogem do objetivo do curso de especialização”. Com esta idéia definida, os alunos tiveram a oportunidade de tratar de pacientes que necessitavam de restaurações unitárias com implantes, Alunos da primeira turma do Curso de Especialização em enxertos gengivais, aumento em espessura de rebordos alveolares, levanImplantodontia da APCD Jardim Paulista: Maria Estela de C. tamento de seio maxilar, implantes convencionais – curtos e imediatos Aranha, Silmara O. Garcia, Fabiana Miadaira, Anilza F. Ferreira, –, reabilitações unitárias, parciais e totais com implantes e carga imeMárcia V. M. Guimarães, Gustavo F. de A. Fenerich, diata e até mesmo casos complexos como reabilitações com implantes Juliana M. Garone, Marcel H. Ferreira, Rogério P. Prataroti, Maria Luisa G. Bertoncini e Raphael N. Augusto zigomáticos. Para o professor Antonio Fagá, coordenador da Disciplina de Prótese Sobre Implantes do curso, os alunos tiveram a oportunidade de obter um amplo conhecimento sobre os princípios da prótese dentária. Segundo o Dr. Fagá, “é impossível que um especialista em implantodontia não tenha conhecimento protético para os planejamentos dos casos. Tivemos o cuidado de mostrarmos aos alunos que reabilitação bucal na implantodontia não é apenas instalar implantes e próteses sobre os mesmos. Durante o curso tivemos a oportunidade de discutirmos sobre a importância de um bom e correto planejamento dos casos, do uso de articuladores semi-ajustáveis, da determinação de novos planos oclusais e dos princípios dos componentes das próteses sobre implantes. Também conseguimos sedimentar que sucesso na implantodontia não é apenas obter a osseointegração, além disso, é preciso que se consiga restabelecer novas referências mastigatórias, próteses passivas e uma estética que satisfaça os anseios dos pacientes. Este objetivo só foi atingido após termos recebido inúmeros casos para reabilitações protéticas complexas, como cargas imediatas para desdentados totais, parciais e unitárias, próteses convencionais e sobre implantes. Temos a certeza que nossos alunos sairão do curso com um excelente embasamento e uma nova visão para planejarem e executarem reabilitações bucais”. Com todos esses detalhes, pode-se observar que a Implantodontia é uma especialidade multidisciplinar, em que os profissionais que nela atuam precisam de noções sobre periodontia, cirurgia, prótese e estética. Os alunos foram incentivados a realizar publicações em revistas odontológicas, divulgando os trabalhos que realizaram no curso, e a participarem de eventos/congressos nacionais e internacionais. Nos anos de 2006 e 2007, alunos e professores participaram do World Tour (Nobel Biocare), em São Paulo e em Las Vegas, respectivamente, e do Congresso da Academia Européia de Osseointegração (EAO), Barcelona, ocasião em que o Dr. Rodrigo Tadashi, professor assistente do curso, teve a oportunidade de apresentar o trabalho Clinical reactions to experimentally induced peri-implantitis in Beagle dogs, que ficou classificado entre os 20 melhores trabalhos científicos do evento. O aluno Raphael N. Augusto contou como foi sua experiência no curso: “O curso superou as expectativas. Nós tivemos uma ótima carga teórica com excelentes professores convidados, mas o que mais impressionou foi a excelente qualidade do conhecimento dos professores e assistentes, tanto da equipe de cirurgia quanto da equipe de prótese, que por serem muito entrosadas nos trouxeram uma completa formação que compreende desde o planejamento cirúrgico-protético até a completa reabilitação do paciente. Com certeza, o grande número e variedade de casos, muitos com grau de dificuldade elevado, nos tornou ótimos especialistas, com um bom nível de Continua na pág. 14...

12


13


...continuação da pág. 12

Parte da equipe de professores e colaboradores do Curso de Especialização em Implantodontia. Na foto, da esq. p/ dir., José Lies, Rodrigo Tadashi, Miti Yao, Antônio Fagá, Abel Batista, Flávio e Érico. E, completando, Sérgio Yasuda, Sérgio Nogata, Márcio Miyasaki e Rodrigo Sarzedo

experiência. Já é possível levarmos este conhecimento e experiência para nossos consultórios, permitindo-nos resoluções rápidas e simples para os casos usuais, bem como o planejamento e execução de casos mais complexos. Tenho certeza de que saímos deste curso com a melhor formação que poderíamos querer e também com a certeza de que freqüentamos o melhor curso de implantodontia do Brasil”. O curso conta com o apoio do Laboratório de Prótese ERO, que mantém um de seus técnicos disponível na APCD nos dias de clínica e dá suporte para a confecção de todas as próteses, e da Nobel Biocare, que fornece implantes, motores, contra-ângulo e kits cirúrgicos, não tendo os alunos que se preocuparem com a aquisição desses equipamentos durante o curso. Toda a equipe de professores sob a coordenação do professor Clarindo Mitiyoshi Yao agradece a confiança e parabeniza a todos os alunos (foto) da primeira turma do Curso de Especialização em Implantodontia da APCD Jardim Paulista por mais esta conquista.

Ao término das reuniões da Diretoria da APCD Jardim Paulista, que acontece mensalmente, a confraternização entre os participantes é regada a cerveja, refrigerante e pizza. Veja as fotos.

PERSONALIDADES

14

Dr. Elias Aziz Aidar foi o premiado com um lindo relógio em um dos encontros na sede da Regional

O congraçamento já é uma marca registrada nas reuniões

Dr. Sérgio José Martins (centro) conversa com os colegas

Em meio aos troféus, os colegas discutem futebol, saborendo uma deliciosa pizza


15


ESPECIAL

A União é Necessária para o Futuro da Regional JP Toda associação teve seu passado, tem o seu presente e terá seu futuro

Profissionais que lutam pela continuidade dos ideais da Regional JP

Na APCD Jardim Paulista prevalece a máxima: “siga os conselhos dos mais experientes”. A reciprocidade entre os diretores mais antigos e a nova geração é pautada pela sinergia e respeito em todos os sentidos, o que é transformado em resultados positivos. Nas reuniões que acontecem na sede da Regional, é comum a participação de profissionais que fundaram a Regional, de colegas que atuam há 20, 10 ou 5 anos juntamente com os recém-formados. “O sucesso dessas seqüências está ligado à interação dessas lideranças, culminando em realizações de sonhos antigos, como a futura nova sede”, explica com entusiasmo o presidente da entidade Dr. Clarindo Mitiyoshi Yao. “Evidentemente que a mescla dos mais experientes com os mais jovens tem um resultado excelente. É com muita satisfação que tenho uma filha e um filho participando ativamente da Regional”, acrescenta o 2º vice-presidente, Dr. Gilberto Cortese. 16

Inúmeras são as realizações da Regional nestes 31 anos de existência. Para se ter uma idéia, na época de sua fundação, eram 70 associados, hoje são aproximadamente 1.200. No rol deste crescimento, a compra de sua sede própria e a quitação desta foram realizações importantes. Também poderiam ser citadas a criação da Escola de Aperfeiçoamento Profissional (EAP), para realização de cursos de especialização de alto nível, e a criação da revista Essencial (pioneira entre as Regionais da capital), entre outras conquistas. O 1º vice-presidente, Dr. Antonio Ankerkrone, concorda e acrescenta: “a aquisição da nova sede foi a grande realização da Regional (gestão Elias Aidar). A implantação da EAP e dos cursos de especialização foi a segunda (gestão Gilberto Cortese). A terceira meta é a reforma da sede própria, com a implantação dos consultórios ne-

Departamento Científico O departamento científico da APCD Jardim Paulista, com o intuito de promover uma integração maior entre seus associados e colaborar com a educação continuada dos profissionais em suas mais diversas áreas, vem promovendo palestras e cursos do tipo hands-on sobre assuntos de grande interesse no dia-a-dia do cirurgião-dentista. Essas atividades, realizadas na unidade Guararapes, gratuitamente, e com o apoio de alguns colaboradores, vem recebendo de forma gradativa um maior número de adesões, o que serve de estímulo a todos os membros do departamento. Além disso, os cursos de especialização em Ortodontia, Implantodontia, Prótese e Endodontia, coordenados por renomados profissionais em suas respectivas especialidades, continuam promovendo uma formação científica e técnica de alto nível para seus respectivos alunos, preparandoos para enfrentar com segurança a realidade da atividade profissional diária.


Departamento de Informática • Renovação completa do site da regional, dinamizando não só os conteúdos, mas também tornando possível a inscrição online para nossos eventos; • Transformação dos espaços das Regionais em ambientes com conexão Wi-Fi (Hot Spots); • Treinamento gratuito em informática para os associados e futuramente para seus assistentes; • Instalação de sistemas de segurança com monitoramento em tempo real de nossas instalações; • Modernização de nossos hardwares, com aquisição de desktops, notebooks, softwares e melhoria das condições de projeção de aulas em nossa EAP.

cessários para a nova Clínica. Além disso, teremos salas para aulas teóricas e reuniões da Diretoria e do Departamento Social”. Com a concretização do sonho da nova sede e a implantação da EAP, o grande objetivo é que ela seja uma referência de formação profissional, aberta a todos os profissionais da área odontológica que quiserem se aperfeiçoar. Atualmente, a EAP conta com cinco cursos de especialização: Prótese, Implante, Endodontia, Radiologia e Ortodontia. “A continuidade do trabalho, desde 2002, serviu de apoio ao surgimento da nova distrital da sede do Jardim Paulista, que, com a participação de novos colegas, proporcionou a criação de mais instrumentos para a formação e crescimento dos profissionais da EAP”, diz o tesoureiro geral, Dr. José Roberto Cicarelli Costa. Os membros da diretoria afirmam categoricamente que sem as futuras gerações não haveria razão para a construção da nova sede. Para o secretário geral da Regional, Dr. Nelson Sabino de Freitas, o favorecimento da integração das novas gerações é que saberão aproveitá-la da melhor maneira possível. “A Odontologia nos dias de hoje esta mais comunicativa, com mais parcerias, com mais divulgação, e com isto muitas coisas estão mudando e se modernizando, então, essas novas gerações terão nas Regionais a oportunidade de se reciclarem e de se reunirem, traçando assim novos planos para um futuro que se aproxima ávido por profissionais mais unidos e realizadores”. Por isso: “toda associação teve seu passado, tem o seu presente e terá seu futuro. Os jovens que estarão à sua frente não poderão esquecer o esforço dos antigos e deverão dar continuidade às atividades inerentes à Entidade” finaliza Dr. Cortese.

Desvinculação da APCD Central – Os membros da diretoria opinam sobre uma nova questão em pauta e que é de extrema importância para os associados. Trata-se da desvinculação da Regional APCD Jardim Paulista da APCD Central: “Essa desvinculação é importante no sentido de a EAP Distrital Jardim Paulista permanecer economicamente viável para manter seus cursos”, diz o Dr. Clarindo Mitiyoshi Yao. “O Estatuto Social, no seu Capítulo I, Seção I, artigo 2º, § 1º, permite esta desvinculação da APCD Central, mantendo as mesmas prerrogativas, direitos e deveres das demais Regionais, em harmonia com sua macro-região. Em vista disso e por várias razões, eu acredito que será benéfica esta separação”, acrescenta o Dr. Antonio Ankerkrone. “É um assunto que merece muito debate de nossa Diretoria, creio que no futuro ela deverá acontecer, mas o nosso bom relacionamento com a APCD

Sempre promovendo encontros científicos do mais alto nível

A APCD Jardim Paulista é campeã em várias modalidades

Central deverá continuar”, diz o Dr. Gilberto Cortese. “Hoje é eminente esta desvinculação, mas acho que a partir daí a responsabilidade aumentará, mas com a união do grupo muito se poderá fazer para crescermos de uma forma equilibrada e a mais racional possível”, finaliza o Dr. Nelson Sabino. Na próxima edição publicaremos mais detalhes. Por Israel Correia de Lima

17


c ale n d á rio Cie n t í f i c o

Dr. Daniel Kherlakian

Informações e inscrições pelos telefones (11) 5535-9532 / 5049-3250 / 5096-0588 ou pelo e-mail secretaria@apcdjardimpaulista.com.br

EAP Jardim Paulista s ede – g u ararape s R u a Gu a r a r a p e s , 7 2 0 – B r o o k l i n ( E s t a c ionamento conveniado, localizado na Rua C alifórnia, 590)

Obs.: trazer 1 kg de alimento não perecível que será doado à creche Santa Teresa de Jesus. Cursos teóricos-demonstrativos (coffee-break incluso)

Curso de capacitação para ACD Teórico-prático-laboratorial. Estágio intra-muro (EAP /APCD) / extra-muro (consultórios)

n MINISTRADORA Lusiane Borges (Biomédica, Esp. em Microbiologia, Cirurgiã-dentista, Especialista em Controle de Infecção Hospitalar e Pós-graduanda - UNIFESP/ EPM)

n Equipe Marina Montenegro, Claudia Cotrim, Geison Schoder, Shirlei Devesa, Ana Carolina Ferreira, Júlio Bassi, Vanessa Camilo e professores convidados (todos integrantes da equipe com especialização)

n DATA 11/08/2008 (duração de 6 meses) n HORÁRIO das 19h00 às 22h00 (segunda-feira) n VALOR 6 parcelas de R$ 140,00 (material e apostilas R$ 50,00)

Curso de Especialização em Implantodontia - 2ª Turma n Coordenador Clarindo Mitiyoshi Yao n Professores Antônio Fagá Jr., Márcio Miyasaki, Rodrigo Tadashi, Rodrigo Sarzedo, Abel Batista, Sérgio Yasuda, Sérgio Nogata

n DATA 11/08/2008 (duração de 24 meses) n HORÁRIO das 8h00 às 18h00 (segunda e terça-feira - quinzenal)

n VAGAS 40

18

n Seleção 14/07/2008


E N T R E V I S T A Fabio Gia n n i n i – pre s ide n te da E x opro

Brasil é eleito país sede de projeto internacional da Exopro A empresa foi o centro de constantes desenvolvimentos e aperfeiçoamentos de produtos do médico ortopedista, cientista e descobridor do princípio da osseointegração, o professor Per-Ingvar Brånemark Essencial: Gostaríamos que o senhor falasse um pouco sobre a história e filosofia de trabalho da empresa Exopro. Fabio Giannini: A Exopro está inserida na indústria da saúde, no segmento de reconstrução com integração de próteses através do princípio da osseointegração. A empresa foi fundada em 1988, e está localizada no Instituto de Tecnologia Aplicada, na Universidade de Gotemburgo (Suécia). Entre outras atividades relacionadas à concepção e fabricação de dispositivos e produtos médicos, a Exopro foi o centro de constantes desenvolvimentos e aperfeiçoamentos de produtos do médico ortopedista, cientista e descobridor do princípio da osseointegração, o professor Per-Ingvar Brånemark e seu grupo multidisciplinar. Os produtos fabricados pela empresa, para cirurgia e prótese – de aplicação intra e extra-oral –, foram utilizados no tratamento de pacientes em diversos centros clínicos avançados ao redor do mundo. A Exopro elegeu o Brasil para sediar sua principal operação, incorporando o conhecimento, tecnologia e simplificação, presentes nos produtos e procedimentos com a marca P-I Brånemark Philosophy™. Essencial: Por que a parceria com um grupo de investimentos? Fabio Giannini: Para produção em escala e introdução dos produtos no mercado, obtivemos suporte econômico e estratégico por meio de investidores profissionais. Hoje temos como principais investidores, através de um fundo que tem como foco a biotecnologia, o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), Petros (fundo de pensão da Petrobras), FINEP, FAPES (fundo de pensão do BNDES), Swiss Re (seguradora Suíça), Rio Bravo e Eastman (spin-off da Kodak). Com este perfil de acionistas, nossa governança corporativa e visão estratégica é um diferencial. Essencial: Inicialmente, quanto está sendo investido na Exopro? Fabio Giannini: Em seu planejamento estratégico, a empresa tem três fases de introdução mercadológica e aplicações que devem ser implementadas na seguinte ordem: intra-oral, maxilofacial e outras reconstruções. A fábrica localizada em Bauru (SP) possui instalações, infra-estrutura e equipamentos personalizados de última geração e opera com sistemas de gestão de qualidade que levaram à aprovação ”zero de não-conformidade” pelo governo brasileiro. . Até o momento, foram investidos aproximadamente R$ 20 milhões em ativos, sistemas de gestão e capital humano. Essencial: Por que a opção em instalar e iniciar a comercialização dos produtos no Brasil? Fabio Giannini: Os fatores determinantes foram a competitividade e o potencial do mercado brasileiro. A presença de experientes profissionais da saúde e recursos humanos qualificados no País também influenciou a decisão. No Brasil, temos parcerias de aplicação tecnológica com a Unicamp e de pesquisa e utilização clínica com a USC e FOB/USP, além do Instituto P-I Brånemark, também localizado em Bauru. Essencial: Quais serão os produtos comercializados? Fabio Giannini: A linha de produtos P-I Brånemark Philosophy™ é composta por implantes, componentes de prótese, componentes laboratoriais e instrumentos de instalação e preparação cirúrgica, em diversas plataformas de assentamento, diâmetros, alturas e materiais apresentando características específicas. Atualmente, durante a fase de pré-lançamento, parte da linha de produtos já está disponível para compra com condições comerciais especiais. Os profissionais interessados em participar do pré-lançamento podem entrar em contato com nossa central de atendimento 0800 777 5577, ou visitar nosso site www.pibranemark.com. Essencial: O que é o pré-lançamento? Fabio Giannini: O modelo de pré-lançamento é a fórmula adotada pela empresa em todos os países para introduzir os produtos ao mercado consumidor de maneira coordenada e consistente. Através de nossa Central de Atendimento cadastramos e organizamos as informações dos profissionais interessados e acompanhamos a utilização dos produtos. Nesta fase, os clientes têm acesso aos produtos com preços ainda mais competitivos. Essencial: Quais os valores unitários de comercialização dos produtos para a área odontológica? Fabio Giannini: Durante a fase de pré-lançamento, por exemplo, um implante pode custar entre R$ 140 e R$ 125 (seu preço de referência é R$ 200-180) e um pilar cônico, para prótese múltipla parafusada, pode chegar a custar R$ 77 (reto) e R$ 140 (angulado). Para obter essas vantagens, o profissional deve ingressar nesta fase. Essencial: O que são os implantes funcionais desenvolvidos e patenteados pelo professor Brånemark? Quais os diferenciais da linha de produtos? Fabio Giannini: Acreditamos que nossos produtos têm uma relação ímpar, que une performance, qualidade e preços acessíveis. Desta forma, nossa engenharia, materiais e procedimentos clínicos incorporam todas as melhores hipóteses. São únicos. O novo implante desenvolvido pelo professor P-I Brånemark foi concebido a partir do conhecimento sobre o comportamento e cicatrização de tecidos em diversos estudos e metodologias de preparação cirúrgica, incluindo cirurgia plástica. Através de sua atuação funcional, o novo implante gerencia o tecido ósseo e pode ser aplicado em tecidos ósseos de diferentes características e densidades (macios, normais ou densos). Desenvolvido durante os últimos 20 anos e nunca comercializado em escala em qualquer país, o implante finaliza o alvéolo cirúrgico durante a inserção em baixa velocidade, estimula a microcirculação, evita microfraturas, expõe tecido ósseo em condições ideais, maximiza a qualidade do contato interfacial e apresenta estabilidade inicial muito alta. É também indicado para instalação em áreas reconstruídas com enxertos ósseos e é aplicável em tratamentos intra ou extra-orais. Essencial: Qual a relação da empresa com o Instituto Brånemark? Fabio Giannini: Somos uma organização distinta do Instituto. O Instituto é uma entidade independente que atua no terceiro setor (filantropia), atendendo pacientes carentes e casos de alta complexidade. Nossa relação é o suporte às atividades através da doação de produtos utilizados nesses tratamentos. O Instituto também recebe doações de outras organizações.

19


CU R I O S I D A D E S

Tênis, que esporte benéfico é esse? Esta modalidade esportiva nasceu no século XIX, na Grã-Bretanha, e sempre primou pela educação e elegância, além da técnica, de seus participantes. Com isto, seus adeptos atravessaram oceanos e continentes até sua completa propagação por todo o mundo. Como tudo o que os ingleses fazem, a tradição é sempre mantida, e somente as raquetes, pisos, bolas e vestimentas sofreram alterações com o passar dos anos. Mas um fato me chama a atenção e me questiono todos os dias, até que idade um tenista pode praticar o esporte e quais as suas vantagens? Na minha vivência, vejo tenistas da terceira idade jogando em duplas, chegando a limites razoáveis de intensidade e regularidade nos seus desempenhos. Em comparação a outros esportes, a prova máxima do atletismo mundial dos 100 metros rasos é concluída em menos de 10 segundos, e o jogo mais longo de tênis teve duração de 6h22, e aconteceu em Roland Garros, em 1982, entre John Mcroe 3x2 Mats Villander. Esses são apenas dois exemplos curiosos e extremos de jornadas que aguçam nossa imaginação, por mais paradoxal que sejam. Neste esporte, a alimentação tem de ser equilibrada, porque ele exige disciplina, tática, rapidez nos pés, explosão muscular e uma coordenação entre todos esses fatores. Com a prática do tênis, obteremos melhora na capacidade cardiovasGuga cular e respiratória, coordenação motora, reflexos e um gasto calórico de desenhou um 500 kcal/hora. Na área científica, o Dr. Ralph Patffenger estudou mais de 10.000 coração no pessoas em 20 anos e concluiu que quem pratica tênis três vezes por saibro de Roland semana moderadamente diminui em 50% o risco de morte prematura. Garros e deixou Estudos realizados na Southern Connecticut University dos EUA afirtransparecer mam que ao praticar esse esporte teremos mais vitalidade, auto-estima e menos depressão. em seus olhos Na questão social, através do tênis vem o conforto de ter amigos, colacrimejantes memorações, competições, prêmios, troféus, festas e o reconhecimento por o fruto de um estar participando e se integrando, e assim fortificando o lado amistoso e trabalho árduo. saudável do entra e sai das situações que este convívio oferece. Na questão emocional, quantas vezes chorei internamente, ou externei este sentimento observando momentos desse esporte. Por exemplo, quando Guga desenhou um coração no saibro de Roland Garros e deixou transparecer em seus olhos lacrimejantes o fruto de um trabalho árduo, constante, que, além do talento, o levou a alcançar a glória que poucos no mundo conseguiram. Haja coração! Concluindo, posso dizer que é gratificante sim, porque vejo tenistas de idade avançada sem os reclamos da vida, agradecendo por terem chegado nesta idade sem se lamentar, mas sim vivendo. Sim, batamos palmas, porque o segredo está traçado nesses caminhos. Portanto, larguemos o ócio e pratiquemos esportes, seja ele qual for, e vamos em frente, porque nós todos, em minha opinião, precisamos de uma válvula de escape para vivermos melhor.

Dr. Nelson Sabino de Freitas: especialista em endodontia e secretário-geral da APCD Jardim Paulista

20


NOTAS

1º Meeting Internacional de Osseointegração da Titanium Fix Evento superou as expectativas De 14 a 16 de maio foi realizado, no Auditório Elis Regina, Anhembi, São Paulo, o OsseoFix – 1º Meeting Internacional de Osseointegração da Titanium Fix –, que teve como tema central: “A Integração Perfeita”. O evento contou com a participação de inúmeros profissionais, que puderam assistir palestras sobre temas voltados para a atualização técnico-científica, com grandes mestres da odontologia multidisciplinar, entre eles o professor Henry Salama, membro do grupo americano Goldstein, Garber, Salama and Gribble, experts na Implantodontia atual.

Anúncio Input Comunicação Visual

21


PONTO DE VISTA

A Importância de um Brasileiro na Presidência da FDI Passada a euforia de vencer a maior eleição internacional da Odontologia mundial, é importante para os profissionais da Odontologia Brasileira analisarem por que o parlamento mundial da Federação Dentária Internacional (FDI) escolheu um brasileiro para ser seu presidente e qual é, de fato, a importância de um cirurgião-dentista brasileiro na presidência da FDI. Fatores que influenciaram a eleição de um brasileiro para a Presidência da FDI - A diversidade da experiência profissional de Roberto Vianna resultou num perfil multifacetado:cirurgião-dentista/professor/voluntário/cientista/administrador universitário/diplomata e político (veja http://lattes.cnpq.br/9661506311889924). O perfil eclético, o conhecimento profundo da estrutura de funcionamento da FDI, acumulado ao longo de 30 anos de participação, além de propostas sustentáveis de renovação, viabilizaram sua candidatura ao cargo de presidente. É importante considerar, no entanto, que alguns fatores foram fundamentais no desenvolvimento do momento político favorável à eleição de um brasileiro à presidência da FDI. Entre eles pode-se destacar o avanço da produção científica nacional, o foco em promoção de saúde, a evolução da indústria odontológica e a atuação de entidades associativas no País. No Brasil, a produção científica em geral vem aumentando de forma sustentável. Em 2006 alcançamos a marca de 15.000 artigos publicados no ano em periódicos de alto grau de impacto. O aumento da qualidade nos programas de pós-graduação, promovido pelo sistema de avaliação da Capes, teve impacto positivo no aumento da formação de doutores, sendo apontado como o principal fator para o crescimento científico nacional. Diferente de alguns países já desenvolvidos, ainda há muito espaço para crescer. A taxa atual de doutores por 100 mil habitantes no Brasil, por exemplo, é equivalente à da Coréia em 1985. O número de doutores titulados anualmente na Odontologia aumentou de 110 em 1997 para 290 em 2006, tendendo a aumentar ainda mais nos próximos dez anos. A interação internacional com universidades e instituições de pesquisa, por meio de parceria, visando a formação de doutores mediante o oferecimento de bolsas de estudo também aumenta a exposição do cirurgião-dentista brasileiro e contribui fortemente para consolidar nossa imagem nessa área. O trabalho das universidades e associações, como o da SBPqO, para o aumento da produção nacional ganhou credibilidade e prestígio internacional, fato que contribuiu para a eleição da cirurgiãdentista brasileira Maria Fidella Navarro ao posto de presidente do IADR, a maior associação odontológica no fórum científico mundial. O foco no desenvolvimento em promoção de saúde do sistema público também merece referência, pois diversos programas de saúde no Brasil alcançaram reputação internacional e são hoje imitados em diversos países, por exemplo, o sistema nacional de vacinação, o programa DST/AIDS, a fabricação de medicamentos genéricos, o programa saúde família e outros. A política nacional de saúde bucal do Governo Federal, com investimentos de R$ 5 bilhões entre 2002 e 2010 em atividades de prevenção de doenças bucais e atendimento odontológico, já começa a ganhar espaço na mídia internacional, o que pode contribuir para a consolidação da imagem da Odontologia Brasileira. Os números demonstrados pela Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo) também merecem destaque, pois mostram, por exemplo, que o mercado de Odontologia Brasileiro já alcança a casa dos R$ 5 bilhões, com forte crescimento do segmento de exportações. A demanda internacional por produtos brasileiros é fator relevante, que contribui para formar uma consciência sobre a força da Odontologia Brasileira nos países de origem. A perspectiva de oportunidade de novos negócios atrai investidores e o foco de analistas no desenvolvimento da Odontologia Nacional, aumentando nossa credibilidade e gerando uma atitude positiva em relação ao País. O contínuo crescimento dos congressos brasileiros de Odontologia, particularmente o CIOSP, que já é um dos maiores do mundo, mostra o interesse do cirurgião-dentista brasileiro pela educação continuada, assim como mostra a força do mercado odontológico brasileiro. A educação continuada é um dos principais temas de influência internacional no sistema FDI. A Rede ABO, mantida pelo sistema ABO Nacional, reúne no País 27 Seções e 293 Regionais. O fato já mereceu até mesmo a denominação de “a maior rede de capacitação profissional do mundo”, segundo o presidente da FDI, H.R. Yoon, quando de sua visita ao Brasil, em 2004. São 83 Escolas de Aperfeiçoamento Profissional, com oferta de mais de 1.000 cursos por ano para 3.000 professores e mais de 10.000 cirurgiões-dentistas brasileiros, além do atendimento odontológico de qualidade e acessível à população. A Rede ABO é sem dúvida fator de grande importância política para consolidar a atuação da ABO Nacional na FDI. A idéia de inserir a ABO no contexto internacional, no entanto, já vem de muitos anos. Contudo, só recentemente, numa decisão estratégica de importante cunho político, a ABO conquistou a maior representação mundial na FDI, hoje à frente dos Estados Unidos, da Alemanha e do Japão em termos de representação. Ao contribuir por todos os 200 mil cirurgiões-dentistas brasileiros, e não apenas pelos associados – decisão aprovada na Assembléia-Geral do Conselho Deliberativo Nacional da ABO –, a entidade passou a beneficiar e oferecer vantagens também aos profissionais brasileiros. Assim, a única entidade nacional brasileira reconhecida como Membro Regular da FDI ocupa, atualmente, 12 assentos, com delegados que têm voz e direito a voto, bem como a serem votados, nas assembléias gerais da Federação. O conjunto desses fatores somado à conjuntura desenvolvimentista que o País vive é responsável pelo momento favorável para que profissionais brasileiros venham a desempenhar, cada vez com maior freqüência, um papel de destaque no cenário internacional. Faltava então mostrar essa realidade aos delegados votantes do parlamento mundial da FDI. A candidatura de Roberto Vianna foi fortalecida pelas alianças formadas pela ABO, que, em visitas a diversos países, mostrou as bases da candidatura brasileira e garantiu o apoio da América Latina e de vários outros países ao redor do mundo. Apoios individuais importantes, como o do professor PI Brånemark, também foram relevantes para o sucesso do pleito. A importância de um cirurgião-dentista brasileiro na presidência da FDI pode ser vista de duas formas: Importância para a Odontologia do Brasil e Importância para a FDI. A exposição internacional que a Odontologia do Brasil enfrentará nos próximos 4 anos (2 anos como presidente eleito e 2 anos como presidente efetivo) é sem precedentes. Considerando que sua gestão presidencial será tão bem-sucedida quanto a campanha, o presidente eleito tem muito para contribuir com o desenvolvimento da Odontologia Brasileira.

22


Por necessidades de ofício, o presidente da FDI visitará mais de 60 países durante sua gestão. O natural interesse da mídia especializada internacional a respeito do presidente da FDI e das características da profissão em seu país serão uma das conseqüências dessa exposição. Ser enxergado através de lentes de aumento pode representar boas oportunidades para aumentar o espaço que ocupamos, e certamente trará oportunidades de debate para enfrentarmos os grandes desafios que temos na promoção de saúde bucal e na valorização profissional. O fator exposição é particularmente importante, pois há que se considerar a realização do Congresso Mundial Anual da FDI, a ser realizado em 2010, na cidade de Salvador, Bahia. Espera-se a presença de 15.000 participantes e a maior delegação internacional já vista no Brasil. O sucesso no sufrágio é fato relevante para todos os profissionais da Odontologia Brasileira. A imagem bem trabalhada nos diversos setores da sociedade Brasileira será precursora de atitudes positivas para a classe odontológica e contribuirá para aumentar a valorização do profissional perante a população. O cargo imputa credibilidade e visibilidade externa ao presidente, assim como pode favorecer a visibilidade interna dos problemas da profissão no Brasil. A política Nacional de Saúde Bucal deverá receber atenção especial e divulgação internacional por parte do novo presidente e deve aumentar o espaço ocupado pela Odontologia em debates de interesse nacional. Portanto, pode-se prever maior oportunidade para interlocução política, tanto localmente, nas câmaras de vereadores e assembléias legislativas, quanto no congresso nacional. O aumento de exposição deve gerar também o aumento de oportunidades de negócios, bem como dinamizar ainda mais a indústria odontológica Brasileira. Há grandes possibilidades de desenvolvimento interno, mas muito mais pela exposição do assunto e aumento pontual de credibilidade do que propriamente pelas ações que a FDI possa realizar no Brasil, excetuando o congresso em Salvador, que será um importante marco no desenvolvimento da região. Vale ressaltar que, ao se concretizar a janela de visibilidade e vontade política despertada pelo aumento de exposição, será necessário ocupar os espaços com projetos e lideranças nos setores industrial, acadêmico, de serviço e associativo que sejam capazes de interagir e costurar um pano de fundo de desenvolvimento para beneficiar o avanço da Odontologia Brasileira. A Federação Dentária Internacional é um organismo multinacional fundado há 107 anos, presente em 180 países e com 990.180 membros associados. A FDI publica regularmente três revistas, entre as quais está o International Dental Journal, revista científica com fator de impacto registrado no Journal Citation Records. A FDI é a voz autorizada a representar os interesses da Odontologia em todo o planeta, assim como mantém projetos de educação continuada próprios e junto com associações nacionais, além de parcerias científicas e projetos de promoção de saúde, como o IADR e a Organização Mundial de Saúde. Esta é a primeira vez que o cargo de presidente será ocupado por um cirurgião-dentista da América Latina. A cultura institucional da FDI é fortemente influenciada por gestões de predominância anglo-saxônica. Aparentemente, existe um desejo por parte dos países-membros de renovar essas influências. Analisando, por exemplo, a situação final das eleições para os quadros da FDI, podemos perceber que já houve importante renovação na participação de membros de regiões como América Latina, Ásia, Europa do Leste e até mesmo da África. Prova disso é que o Conselho Consultivo da FDI, o órgão mais importante da entidade, tem 13 membros, sendo 2 brasileiros, isto é, o presidente eleito, Roberto Vianna, e Norberto Lubiana, eleito em 2006, e 6 outros membros de áreas que deram forte apoio à candidatura brasileira. Outro fator que indica essa tendência de renovação pode ser extraído dos resultados eletivos para as comissões de Educação, Ciência, Prática Odontológica, Desenvolvimento e Promoção de Saúde. A maioria das vagas preenchidas no pleito de Dubai, em outubro de 2007, foi ocupada por membros de regiões simpatizantes da proposta latino-americana. A campanha da candidatura de Roberto Vianna parece ter motivado minorias a trabalhar e a querer melhorar. Espera-se, agora, que a gestão seja efetivamente dinâmica e capaz de trazer a tão sonhada renovação de idéias. Há algumas atitudes que são esperadas, como a melhora do sistema administrativo, com maior transparência e redução da burocratização, privilegiando a implantação de indicadores de qualidade. Avanços na área de educação a distância também deverão fazer parte da lista de prioridades da nova gestão, para potencializar a democratização do acesso à informação. Espera-se também maior diálogo entre os membros regulares e ampliação de projetos sustentáveis de promoção de saúde e educação continuada em países menos privilegiados. O foco na promoção de saúde deverá ser uma prioridade para a gestão brasileira, aumentando as áreas de integração com a Medicina. Agora, é hora de trabalhar, pois o novo presidente só assume em 2009, e temos muito trabalho a fazer para aproveitar as oportunidades que estão a caminho. Currículo do autor: Cláudio Pinheiro Fernandes é cirurgião-dentista, formado em 1987 pela Faculdade de Odontologia da UFRJ e mestre e doutor em Prótese Dentária, títulos conferidos pela Malmö University, Suécia. Publicou 52 obras científicas no Brasil e internacionalmente, ministrou conferências em 11 países, participou do planejamento e implantação de dois cursos de graduação em Odontologia, Técnica de Prótese Dentária, Mestrado Profissional em Odontologia na área de Reabilitação Oral. Recebeu a medalha Tiradentes da Academia de Odontologia do Estado do Rio de Janeiro e a Moção de Honra da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro em reconhecimento pelos serviços prestados à Ciência e à Odontologia. Conselheiro da Sociedade Brasileira de Higiene, a mais antiga ONG da Saúde do Brasil, é fundador do projeto social de educação para saúde “Aprendendo a Sorrir”. Atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense, atua nas linhas de pesquisa de “Biomecânica da Prótese Dentária” e no PRONEX Cerâmicas Dentais, da COPPE/UFRJ. Para contato acesse www.biotechconsult.com.br ou escreva para o email claudiofernandes@vm.uff.br. Mais informações: lattes.cnpq.br/2457176018750423. Fontes de consulta: • Nota Técnica Nacional CEO, setembro; ESB, setembro 2007; Coordenação Nacional de Saúde Bucal - MS • Plataforma Lattes / CNPq • Data Capes 2007 • www.abimo.org.br • www.abonac.org.br/rede.php • www.fdiworldental.org e http://www.fdiworldental.org/federation/1_1about.html

23


VARIEDADES

A Reabilitação Extra-oral no Instituto Brånemark

Prótese de orelha

Com pouco mais de dois anos de funcionamento, na prática, a área de reabilitação extra-oral do P-I Brånemark Institute, localizado em Bauru (SP), muito se desenvolveu. Já foi feita a triagem de cerca de 2.600 pacientes e quase 300 já foram reabilitados, totalizando mais de mil implantes bucomaxilofaciais realizados. Entre os diversos pacientes atendidos, 21 deles receberam próteses extra-orais (olho, orelha e nariz), ficando totalmente reabilitados. O número parece pequeno, se comparado aos anteriormente citados, mas ante a complexidade dos casos e do tratamento, a significância é muito grande. Com o constante desenvolvimento das técnicas de trabalho e da estrutura do Instituto e, conseqüentemente, com o apoio de patrocinadores e de equipes voluntárias, hoje é possível traçarmos como meta o atendimento de um número maior de casos por ano, começando já em 2008. Por meio dos implantes osseointegrados e da técnica da anaplastologia (restauração de estruturas corporais ausentes ou mal formadas mediante a utilização de meios artificiais), os pacientes fisicamente reabilitados passam a ter também a possibilidade de se reintegrarem à vida em sociedade. Para estimular o interesse pela área, o Instituto Brånemark oferece com periodicidade cursos de reabilitação bucomaxilofacial com implantes osseointegrados, um exemplo disso é o curso que se encerrará no fim de maio. Médicos e cirurgiões-dentistas, no papel de provedores de tratamento de saúde, formam um casamento perfeito, o qual, como conseqüência do trabalho realizado, beneficia a quem realmente interessa: o paciente. Dr. Marcelo Ferraz de Oliveira - cirurgião-dentista e coordenador da Reabilitação Protética Craniofacial do P-I Brånemark Institute branemark@branemark.org.br clinica@anaplastologia.com.br

24


EM TEMPO

Sorriso do Bem O Sorriso do Bem é o prêmio mais aguardado do ano pelos amigos da Turma do Bem. É um grande evento que homenageia quem mais se destacou no projeto Dentista do Bem durante o ano. A premiação é distribuída entre voluntários, empresas, instituições parceiras, escolas e imprensa. O evento é realizado todos os anos pela Turma do Bem durante um fim de semana especial, que conta com cursos de capacitação e integração para valorizar e aprimorar o trabalho dos nossos Coordenadores Regionais, bem como dos Coordenadores de todo o Brasil. Durante todo o ano é feito um acompanhamento das ações dos participantes através de relatos, documentos e resultados, que são enviados a nós e avaliados por meio de uma série de critérios objetivos e subjetivos que definem os vencedores nas seguintes categorias: Melhores Coordenadores Regionais, Coordenador do Ano, Melhores Dentistas Voluntários, Dentista Voluntário do Ano, Voluntários do Ano, Melhores Empresas Parceiras, Melhores Empresas Parceiras do Setor Odontológico e Imprensa do Bem. O primeiro Sorriso do Bem, realizado em 2006, deu início à tradição com muita alegria: o evento aconteceu no circo Roda Brasil, em São Paulo. Em 2007, o Sorriso do Bem foi realizado no Teatro Raul Cortez, com a participação da apresentadora Eliana, dos atores Jonathan Haagansen, Bárbara Paz, Iara Jamra, entre outros. A tradutora voluntária oficial da Turma do Bem, Patrícia Csapo, foi premiada em 2007. “Conheci a Turma do Bem através do Dr. Fábio. Esse ano, fiz a versã o para o inglês do site e de um novo projeto de financiamento odontológico; tive um choque de realidade ao ler as cartas de pessoas pedindo ajuda. Este trabalho me fez conhecer melhor meu País e as dificuldades enfrentadas por grande parte da população.” A mineira Viviani Guimarães de Assis Barbosa foi premiada por dois anos consecutivos (2006 e 2007) como uma das melhores coordenadoras regionais. Uma das coisas mais importantes da premiação é a valorização do profissional: “Ser reconhecida como melhor coordenadora regional foi uma das maiores emoções que já senti. Pense bem, uma dentista de um município de nove mil habitantes chegar a São Paulo e ganhar por duas vezes um prêmio, é emocionante ou não? Me senti a dentista mais importante do mundo nessa ocasião, e também muito mais animada para trabalhar”, disse Viviani. O terceiro Sorriso do Bem já está sendo preparado, e será, mais uma vez, grandioso e inesquecível. Aguardem as novidades! Turma do Bem - Dentista do Bem www.turmadobem.org.br - faleconosco@turmadobem.org.br Rua Sousa Ramos, 311 - CEP 04120-080 - São Paulo - SP - Fone (11) 5084-7276

25


i n di c ador ATENDIMENTO DOMICILIAR Marcelo Lopes Costella Clínica Geral - CRO 83.647 Av. Doutor Arnaldo, 1504 Sumaré (SP) (11) 3862-7945 / 3872-1164 costella@uol.com.br CIRURGIA Antenor Araújo Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Ortognática - CRO 5.428 Av. Jandira, 295 - Cjs. 1003/1004 Moema (SP) (11) 5054-1223 / 1501 R. Marcondes Salgado, 64 São José dos Campos (SP) (12) 3921-5354 e 3922-4678 bucomaxilo@drantenor.com.br Carlos Veloso Salgado Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Implantodontia - CRO 35.742 R. Maestro Cardim, 560 - Cj. 111 Paraíso (SP) (11) 3266-2493 Janaína Badin Carvas Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Implantodontia - CRO 58.351 R. Clodomiro Amazonas, 1422 Cj. 53 - Vila Olímpia (SP) (11) 3846-1710 Ricardo Thomé Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial e Clínica Geral - CRO 16.546 R. Tabapuã, 821 - Cj. 28 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-4484 / 3079-9157 (res.) DIAGNÓSTICO BUCAL Sérgio Kignel Diagnóstico Bucal - CRO 26.239 R. Oscar Freire, 465 - Cj. 11 Jardim América (SP) (11) 3062-37­­77 ENDODONTIA Daniel Kherlakian Endodontia - CRO 37.535 R. Augusta, 2763 - Sobreloja Cerqueira César (SP) (11) 3082-2171 / 9454 dankher@uol.com.br Elaine Hage Endodontia e Prótese Rua Guarará, 529 - Sala 37 Jardim Paulista (SP) (11) 3926-0137

26

Mário Luis Zuolo Endodontia - CRO 23.690 R. Canário, 784 - Moema (SP) (11) 5055-0908 / 7420 mlzuolo@uol.com.br Nelson Sabino de Freitas Endodontia e Prótese CRO 11.480 R. Frei Caneca, 1212 - Cj. 73 Cerqueira César (SP) (11) 3289-8016 nelsonsabino@uol.com.br Paula Zingg Endodontia - CRO 45.377 Av. Nove de Julho, 5483 Cj. 123 - Jardins (SP) (11) 3079-0775 pzingg@apcd.org.br Sérgio Martins Endodontia - CRO 51.857 Al. Joaquim Eugênio de Lima, 881 Cj. 408 - Jardins (SP) (11) 3266-4293 / 3284-3598 www.endoexcellence.odo.br ESTÉTICA Juliana Melo Cortese Dentística Restauradora CRO 67.337 R. Edward Joseph, 47 - Cj. 8 Portal do Morumbi (SP) (11) 3771-5618 cl.cortese@uol.com.br Maria Angélica P. Vedovato Dentística Restauradora e Estética - CRO 25.738 R. Gironda, 186 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4433 / 8482 IMPLANTE Mauro Tosta Cirurgia Oral e Implantodontia CRO 47.869 Praça Sílvio Romero, 55 Cj. 72 - Tatuapé (SP) (11) 6194-5997 e 6605-0150 R. Joaquim Antunes, 490 Cj. 101 - Pinheiros (SP) (11) 3063-2555 / 0458 maurotosta@uol.com.br Rodrigo Tadashi Martines Implantodontia - CRO 60.052 Av. Brig. Luiz Antônio, 2504 Cj. 102 ­- Jardim Paulista (SP) (11) 3253-4723 tadashi@liesetadashi.com

pro f i s s io n al Ronei Faizibaioff Implantes, Prótese sobre Implante e Estética - CRO 33.652 Al. Lorena, 1304 - Cjs. 2F e 3F Jardim América (SP) (11) 3062-9226 / 3086-3369 faizibaioff@gmail.com ODONTOLOGIA LEGAL Vera Dina Flora Rosenthal Kahn Perícias, Laudos e Pareceres CRO 15.714 Rua Fidalga, 35 Vila Madalena (SP) (11) 3815-0099 verarokahn1@hotmail.com ODONTOPEDIATRIA Lúcia Coutinho Odontopediatria e Odontologia para Bebês - CRO 23.626 Av. Chibarás, 848 Moema (SP) (11) 5052-4346 www.luciacoutinho.com.br ORTODONTIA Alexandre A. Melo Cortese Ortodontia - CRO 47.345 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-3554 / 6873 cl.cortese@uol.com.br Gilberto Cortese Ortodontia e A.T.M. CRO 2.884 R. Virgílio Várzea, 58 Itaim Bibi (SP) (11) 3168-3554 / 6873 cl.cortese@uol.com.br José A. Marques Jr. Ortodontia (RNO-Planas) e ATM CRO 24.256 R. Augusta, 2709 - 12º andar Cerqueira César (SP) (11) 3083-0422 odontologiamarques@terra.com.br

PERIODONTIA Clarindo Mitiyoshi Yao Periodontia e Implantodontia CRO 25.555 R. Gironda, 189 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4010 Glécio Vaz de Campos Microcirurgia Plástica Periodontal e Periimplantar - CRO 26.359 R. Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 247 - Cj. 44 Vl. Nova Conceição (SP) Av. São João, 596 - Jundiaí (SP) (11) 4587-1161 / 1914 glecio@terra.com.br Mônica Reggi Reis Silva Periodontia, Plástica Periodontal, Estética e Prótese sobre Implante CRO 29.607 R. Traipu, 509 Perdizes (SP) (11) 7207-1497 e 3666-9202 / 5772 monicareggi@uol.com.br PRÓTESE DENTÁRIA Adriana Ferreira Quintas Prótese - CRO 29.662 R. Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 247 - Cj. 101 Vila Nova Conceição (SP) (11) 3842-4166 Antonio Fagá Júnior Prótese - CRO 25.528 R. Cubatão, 929 - Cj. 33 Vila Mariana (SP) (11) 5572-8886 Eurípedes Vedovato Prótese e Estética CRO 25.739 R. Gironda, 186 Jardim Paulista (SP) (11) 3887-4433 / 8482 vedovatopin@uol.com.br Flávio Luiz Iacobucci Prótese e Dentística CRO 24.192 Av. Nove de Julho, 5483 - Cj. 23 Jardim Paulista (SP) (11) 3079-3036

Marta T. Kuczynski Ortodontia e Odontopediatria CRO 29.592 R. Pedroso Alvarenga, 1255 Cj. 54 - Itaim Bibi (SP) (11) 3168-8905

Paulo Sérgio P. Ferraz Prótese - CRO 40.865 R. Joaquim Antunes, 490 Cjs. 101/102 - Pinheiros (SP) (11) 3063-2555 pferraz@apcd.org.br

Vera Dina Flora Rosenthal Kahn Ortodontia - CRO 15.714 R. Fidalga, 35 Vila Madalena (SP) (11) 3815-0099 verarokahn1@hotmail.com

Sérgio Hideki Yasuda Prótese e Estética CRO 48.584 Av. Angélica, 2100 - Cj. 91 Higienópolis (SP) (11) 3257-9575 / 3258-2015 shyasuda@uol.com.br


28


Essencial 30  

Revista da APCD Regional Jardim Paulista

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you