Page 1

Edição nº 91 - Ano VIII

ABR/2015

Fundado em 12 de outubro de 2007 - www.jornalfalandodedanca.com.br

Agradecemos aos colaboradores que nos ajudaram com patrocínio, conteúdo ou trabalho para a formatação desta edição, especialmente: Antonio Aragão, David Theodor, Denise Acquarone, Elaine Reis, João Batista, Leonor Costa, Marco Antonio Perna, Milton Saldanha, Maristela Zamoner e Rachel Mesquita. Na foto ao lado, abertura do Festival de Dança do CBDD, uma das matérias desta edição, com o secretário municipal de Cultura e Turismo de Duque de Caxias, Jesus Chediak, dando boas-vinda à Flávia Burlini, delegada do CBDD no Rio de Janeiro.

Sintonize nas frequências 98.1FM ou 1220 AM e ouça o programa de JORGE LUIZ, aos domingos, das 7 às 10h. No último domingo do mês, presença do Jornal Falando de Dança divulgando a dança de salão. Agradecemos a Jorge Luiz pela oportunidade!

ZA C E SOU D I C E VALD

A ONVID

| H 6 1 | I A M º 1 | SEX

A solenidade de posse da nova diretoria da APDS/RJ (foto ao lado), para o biênio 2015/2016, será dia 13 de abril, 18h30, segunda-feira, no Plenário Teotônio Villela, Palácio Pedro Ernesto, na Cinelândia (Câmara Municipal do Rio de Janeiro), por iniciativa do Vereador Reimont. A APDS convida a comunidade da dança de salão a se fazer presente neste momento de grande significado para essa linguagem da dança

DIÇÃO . C . NESSA E S A O D A E O G HOMENA HELÊNIC

DO E L I A OR B D A H L TRABA VOS TEMPOOSS) O RA E INTERVAL N A D N A B EGRÃO (ABERTU

RODRIGO MARQUES

ZEZINHO DE PETRÓPOLIS

ANNA MOURA SANDRA LOPES

DJ W. N omprido C io R 5 u 130 Rua Itapir

S O C I T Á R C O M E D

elo, 91 - Ce Rua Riachu

ntro

S O D E B U L C | H 1 2 | N U J SÁB | 13 VERSÁRIO DE TINA RAMOS

IS NI R A C E E D A E BAIL CI DE SOUZ VALDE L A R T S A LTO A A D N A B

75 2574-90

CLUBE DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DO EXÉRCITO RUA HENRIQUE DIAS, 95 - ROCHA

ões e Informaç

5 / 9 8 1 79 -

s Reserva

75 0 1 1 4 1 8 o 710 / 9 ntecipad

desconto

pa

ea ra convit

Baile de Aniversário do Dançarino

APOIO

arte / copatrocínio

Inf. 3822-7210 / 9.6423-7917

GRANDE BAILE DE DANÇA DE SALÃO

11 ABR

COMEMORANDO O NIVER DA PROFª CRIS CASTILHO

BANDA PARATODOS J.SANTANA Dançarinos Sistema de fichas opcional ras 19 ho

APOIO CULTURAL:

Participação do conjunto

Os Devaneios

SÁB | 30 MAIO

De 22h às 4h | Salão Nobre | Casa de España

Ingresso antecipado: R$ 20,00

Dr

E OUTROS ADVOGADOS

>>Toda 2ª sexta-feira do mês: Encontrão Social >>Flash back dia 21/03 às 20h

Apoio

99974-3721 wkiko@oi.com.br

foto: Marco Antonio Perna

Administração: Pres. José Carlos / Vice: Ranulfo SALÃO COM AR REFRIGERADO

TRAJE ESPORTE FINO

Edição 91 ABR / 2015

00091

ISSN 2237-468X

9 772237 468007

Dança Falando de


HUMAITÁ ATLÉTICO CLUBE RUA GUIMARÃES JUNIOR 20 - BARRETO - NITERÓI - t. 9-8787-0068 Administração Roberto Maurício Miranda - traje esporte fino

DOMINGUEIRAS ÀS 19H 05/04 - Copa 7 12/04 - Karibe 19/04 - Aeroporto 26/04 - Os Devaneios

TODA QUARTA | 20h | BAILE DA MARLÚ DO MONTE com Tony Silva (teclado e voz)

COMEMORE CONOSCO SEU ANIVERSÁRIO!

TODA SEXTA | 20h | “SARAU DANCING SHOW”

SERESTA DANÇANTE TODA SEXTA A PARTIR DAS 18H NÃO SÓCIO = R$ 10,00

DOM | 12 ABR | 17 h | DancecomElas.com

COM MÚSICA AO VIVO E DANÇARINOS PROFISSIONAIS INGR R$ 8 - MESAS GRÁTIS

TRAJE ESPORTE FINO (CALÇA SOCIAL E SAPATO*) * permitido sapatênis a partir de março

O melhor do samba de raiz | Realização Mingo e Diego (permitida bermuda)

IMPERDÍVEL, EM MAIO! BANDA ALTO ASTRAL

BAILE EM HOMENAGEM AO DIA DAS MÃES, SÁB, 9 MAIO, 21H Realização Cleide e Índio

CARLINHOS MACIEL convida

Baile de aniversário

Carlinhos MÚSICA AO VIVO & DJ MURILO OLYMPICO CLUB - COPACABANA R. POMPEU LOUREIRO 116 - 3º ANDAR SALÃO REFRIGERADO ESTACIONAMENTO ROTATIVO NO LOCAL

& Helô abr 15 20:00h Quarta

RESERVAS

2295-6892 / 98212-2969

ASPOM E AMIGA ANGELA distr. interna | mantenha a cidade limpa

CONVIDAM

BAILE EM

HOMENAGEM ÀS

08 MAI

MÃES

SORTEIO DA MÃE DO ANO BANDA

ALTO ASTRAL

19h30

apoio:

Traje Esporte fino ingressos antecipados c/ desconto

R. Dom Hélder Câmara 8484 - Piedade Inf.: 3017-0953 / 9-9973-1408 / 9-7679-4093

ASPOM

E AMIGA ANGELA

CONVIDAM

distr. interna | mantenha a cidade limpa

Traje Esporte fino

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

17 JUL

sexta 19h30 BANDA NOVOS TEMPOS

apoio:

ingressos antecipados c/ desconto

Inf.:

3017-0953 / 9-9973-1408 / 9-7679-4093

APOIO:

QUI | 16 ABR | 20h | Proj. CELEIRO SAMBA CLUBE

ADMINISTRAÇÃO RODNEY MELO - TRIÊNIO 2014 / 2016 APOIO

sua marca AQUI

Tarde dançante do grupo DancecomElas.com com CLÁUDIO FONTELLA (teclado e voz)

A DIRETORIA DO CANTO DO RIO PARABENIZA OS FREQUENTADORES DE SEUS BAILES PELO DIA INTERNACIONAL DA DANÇA DIA 29 DE ABRIL!

ASSOCIADOS: ENTRADA FRANCA

Realização Angela Abreu

SEJA UM DE NOSSOS PATROCINADORES

AGRADECIMENTOS:

VANIA CORTES

CASSINO DA DANÇA

Baile do Nelson e Delfina INGR: R$ 15 C/DIREITO A UMA CARTELA DE BINGO MESA GRÁTIS - ESTACIONAMENTO R. D. HELDER CÂMARA 8484

M P|O ABRIL H AS M 8 1 E M DO

ARTE / APOIO

05-BRASILSHOW 12-ALTOASTRAL 19-NOVOSTEMPOS 26-PARATODOS

Contatos:

(21) 3274-2380 | 9-9623-8985 (Delfina) - 9-9174-9240 (Nelson)

Helênico Atlético Clube

Rua Itapiru 1305 - Rio Comprido - tel. 2502-1694 Administração: Gilka Campos email helenicoeventos@gmail.com Realização: Geraldo Lima Produções

TODO SÁBADO ALMOÇO C/DJ ELCIO A PARTIR DAS 13H E TARDE DANÇANTE DAS 16 ÀS 20H COM BANDA AO VIVO

SÁB 04 ABR - PARATODOS SÁB 11 ABR - ALTO ASTRAL SÁB 18 ABR - STATUS SÁB 25 ABR - NOVOS TEMPOS COMEMORE AQUI SEU ANIVERSÁRIO

2º Baile da Louça Fina Ingressos antecipados:

R$ 20,00 no dia: R$ 25,00

à venda no clube ou com

Geraldo Lima (21) 2527-2300 9-8874-0012

SÁB

11 ANBDAR

BA ALTO L ASTRA

IO APO

:

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 2 - ed. 91 - ABRIL / 2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

arte:Jornal Falando de Dança

- 2717-5023 (Secretaria)


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 8 - Nº 91 ABRIL / 2015

3

Destaque de capa

Valdeci de Souza

Contagem regressiva para seus dois famosos bailes anuais um ano de conquistas e saúde”, explicou-nos. Outro baile que já é sua marca registrada e pelo qual tem apreço especial é o Baile do Trabalhador, comemorado sempre no feriado do dia 1º de maio. “É um baile que organizo com muito carinho, idealizado para prestar o merecido reconhecimento a profissionais da dança que contribuem com ações e atitudes para o engrandecimento da dança de salão”, explica Valdeci. O evento foi inaugurado tendo como homenageado especial da primeira edição a falecida mestra Maria Antonietta. Nas edições seguintes foram homenageados Severino Araújo, Orquestra Tabajara, a coreoógrafa da Globo Sandra Regina, mestre Oswaldo, Solange Dantas, Marquinhos Copacabana. “Comecei homenageando duas personalidades por edição, depois passei para três e, nesta edição, serão quatro. Mas garanto que vou parar nesse número. Afinal o centro das atenções são os homenageados, então, quero que

sejam poucos, para ficarem bem destacados”, continua Valdeci, que nesta edição homenageará Sandra Lopes, Anna Moura, Rodrigo Marques e Zezinho de Petrópolis. _________ Leonor Costa

Serviço: Baile do Trabalhador Dia 1º de maio, sexta, 16h Helênico Atlético Clube R. Itapiru, 1305 - Rio Comprido Com banda Novos Tempos e DJW Negrão na abertura e nos intervalos

André Lima

Assim como os municípios dispõem de calendário cultural para datas e ocasiões marcantes (as chamadas efemérides), na dança de salão carioca há eventos que não precisam de decreto para serem considerados parte integrante do “calendário oficial” desse segmento cultural. Os dois bailes que Valdeci de Souza promove anualmente são exemplos disso. “Pelo que sei, meu baile de aniversário foi o primeiro baile desse tipo no Rio, pois até então os aniversários de professores de dança eram comemorados em eventos menores ou inseridos em bailes sociais de clubes ou de outros promoters. Depois de mim, outros entraram na onda”, comenta Valdeci, que há anos passou a festejar a data conjuntamente com sua partner, a profª Cristina Ramos. “Decidi fazer o baile específico de aniversário porque tenho muitos familiares e amigos com quem gostaria de compartilhar esse momento tão especial na vida da gente, que é celebrar mais

Baile de Aniversário de Valdeci de Souza e Cristina Ramos Dia 13 de junho, sábado, 21h Clube dos Democráticos Rua Riachuelo, 91 - Lapa Com banda Alto Astral Informações e vendas (desconto para convite antecipado): 2574-9075 / 9-8179-5710 / 9-8141-1750.

Está em Belo Horizonte - MG? Então venha nos conhecer! Aulas - shows - eventos Bailes às sextas R. Prudente de Morais, 901 s/1 - Cidade Jardim - t. (31) 3296-6734 R. Itanhomi, 172 - Carlos Prates - t. (31) 3462-9907 www.academiapédevalsa.com.br

Dr Wagner Tavares Médico veterinário CRMV 6599

NOVO TEL Atendimento domiciliar: 7899-4699 RECOLOCAÇÃO PROFISSIONAL Formanda em Farmácia com experiência comprovada em secretariado procura colocação na Baixada Fluminense, para estágio remunerado na área farmacêutica ou atividades de secretariado (recepção, secretaria, auxiliar de administração). Contato: mirieli.maltha@hotmail.com

O Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Vereador Jorge Fellipe, por iniciativa do Exmo. Sr. Vereador Reimont, convida para a Comemoração do Dia Internacional da Dança, data instituída pelo Comitê Internacional da Dança da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), e posse da Diretoria da Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do Rio de Janeiro (APDS), a realizar-se no dia 13 de abril de 2015, segunda-feira, no Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, das 18h30 às 21h30. Plenário Teotônio Villela Palácio Pedro Ernesto Praça Floriano, s/n Tel.: 3814-2113 Cinelândia – RJ


ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

4

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Mensagem ao leitor

Expediente

Pergunte-se a uma pessoa bem sucedida o segredo do seu sucesso e invariavelmente a resposta será Leonor Costa “dedicação e amor”. Não digo que só isso seja necessário. Tampouco que os dois itens devam estar equilibrados (há quem diga que, pelo contrário, o sucesso é 10% amor e 90% dedicação). Mas não importando o percentual, amor e dedicação estão sempre associados ao bem estar que se sente ao executar uma tarefa. Digo isso porque desde que passei a fazer parte da diretoria da Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do RJ (APDS) tenho me empenhado tanto à construção coletiva de projetos que tem sido difícil deixar de divulgar neste periódico cada detalhe das conquistas obtidas. A ponto de ironicamente me perguntarem se mudamos a linha editorial do jornal. Não, não mudamos a linha editorial. Este informativo continua tendo como missão ser reconhecido como uma referência para pesquisa e para registro histórico dos acontecimentos do segmento cultural para o qual é direcionado: a dança, especialmente a de salão. E é justamente por isso que periodicamente abraçamos uma causa e direcionamos a ela nossas energias. Foi assim com o I Congresso de Dança Esportiva do Rio (2008), com a campanha pela regulamentação da Lei 3440/2000 (Semana da Dança de Salão), com a apro-

vação da Lei 5828/2010 (Dança de Salão Patrimônio Imaterial), com as comemorações dos 200 anos do anúncio de Luís Lacombe, com a campanha por uma estátua para Maria Antonietta, com exposições, publicação de livros e tantos outros projetos aos quais empenhamos tempo, investimento e divulgação. Este ano abraçamos a proposta de termos uma entidade associativa forte e representativa e estamos dando todo o apoio, infraestrutura e investimento que podemos viabilizar com esse objetivo. Porque acreditamos que precisamos nos mobilizar, organizar, atuar em conjunto para que a dança de salão volte a ser cultuada em todos os estratos sociais como já foi no passado, qualificar os interessados em viver dessa arte, trazer novos praticantes, enfim, encher os bailes, que é a essência dessa cultura. Mas esse engajamento não impediu que trouxéssemos nesta edição conteúdos diferenciados para os leitores que se interessam em aprofundar seus conhecimentos. Trazemos textos diversificados sobre comportamento, política, história, festivais, competições, roteiro de bailes e, claro, nossa mais popular seção: a coluninha social com fotos, muitas fotos de eventos cobertos por nós. Boa leitura a todos. _____________ Leonor Costa é editora do JFD contato@jornalfalandodedanca. com.br

NESTA EDIÇÃO 8 Destaque de capa, pág. 3: Valdeci de Souza (Contagem regressiva para seus dois famosos bailes anuais) 8 Mensagem ao leitor, pág. 4 8 Cartas, pág. 4 8 Expediente, pág. 4 8 M. A. Perna: Você sabe quem foi Adriana Van Lima? (Personagens da nossa história), pág. 5 8 Maristela Zamoner: Irmãos Lacombe e a Dança de Salão na primeira metade do século 19 (Um Pouco de História), pág. 6 8 Milton Saldanha: Saudades do salão que rodava (Comportamento), pág. 7 8 Rachel Mesquita: Ética e moral na dança de salão (Opinião), pág. 7 8 Sindicato: Semana da Dança e Provas para obtenção do registro profissional, pág. 7 8 Leonor Costa: Gafieira Brasil (Competição), pág. 8 8 Elaine Reis: Indignação, pág. 8 8 Em foco: Dançarinos Alberto e Dulce comemoraram 40 anos de casados, pág. 12 8 Política: Projeto de Lei torna a dança disciplina obrigatória do ensino básico, pág. 13 8 Denise Acquarone: considerações sobre o Projeto de Lei 7032 de 2010, pág. 13 8 Conselho Municipal de Cultura: esboço de novo regulamento interno é apresentado para análise e debate, pág. 13 8 Festival de Dança: Festival do CBDD agita Duque de Caxias, pág. 14 8 Competição internacional: Rio de Janeiro depende dos profissionais da dança para que a cidade se torne sede permanente de etapa eliminatória do Mundial de Tango de Buenos Aires, pág. 14 8 Fique por dentro e nota de pesar, pág. 14 8 Associação: agenda da APDS e resumo do 2º encontro associativo, pág. 15 8 Social: Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores, pág. 16 8 Circulando especial: Mudart, Ginga Tropical e APDS, pág. 17 8 Roteiro de bailes e eventos, pág. 18

Mensagens dos leitores Obrigada pelas fotos, ficaram lindas. Jeanne Martins, sobre a cobertura fotográfica do JFD no evento do seu marido, Edson Braz *** Repercussão do artigo de Marco Antonio Perna, na ed. 90 (Por que eu não tiro você pra dançar), nas redes sociais: Raphael Justino: Já vi demais isso acontecer. Rodrigo Soares: Importante, porque dança não é só técnica, é o social também. Denise Dornela de Oliveira: vale a pena a leitura. Peter Marinho: ótimo texto. Fernanda Cardoso Gil: ótimo artigo.

LUED

Mychelle Alves: Teus artigos são sempre bem embasados em experiências e vivências, além de escritos de maneira que aproxima e coloca o leitor inserido no assunto, gosto muito. Tiago Souza: que algumas damas que frequentam o CIB leiam o seu artigo e mudem de atitude. Lilian Victor: concordo plenamente, e acrescento... se você sabe dançar, não empine o nariz para o novo, pois ele foi você ontem. __________________ Cartas para esta seção: Encaminhe sua mensagem por fax (2535-2377), email (contato@jornalfalandodedanca.com.br), mensagem no livro de visitas do

ESTACIONE SEU CARRO COM CONFORTO E SEGURANÇA NO

ESTACIONAMENTO LTDA ME

OLYMPICO CLUB

INF. 9954-4048

ESTACIONAMENTO ROTATIVO 24H COM MANOBREIRO R. POMPEU LOUREIRO 116 - COPACABANA

SA

PA T

I AR

MA O R A

C ONSERTOS

EXECUTA-SE QUALQUER CONSERTO QUE FAZ PARTE DA ARTE COM A MÁXIMA PERFEIÇÃO RUA JOAQUIM SILVA, 15 - LAPA TEL. 2510-2121

site (www.jornalfalandodedanca.com.br) ou, ainda, para o endereço do escritório do jornal (v. expediente). O Jornal Falando de Dança acolhe opiniões sobre todos os temas da dança. Porém reserva-se o direito de rejeitar insultos, acusações e denúncias desacompanhadas de documentação e sem identificação correta do remetente (nome completo, CPF, identidade, endereço e telefone de contato). Devido à limitação de espaço, será feita uma seleção das cartas e, quando não forem suficientemente concisas, serão publicados os trechos mais relevantes. Importante: não serão publicadas mensagens de conteúdo publicitário. Para isso indicamos nosso espaço publicitário, com o qual mantemos a impressão deste periódico.

Diretores-fundadores: Anderson G. de Aragão, Antônio Aragão e Leonor Costa Editores: Antônio Aragão e Leonor Costa Editoração: Leonor Costa Conselho Editorial: Antônio Aragão, Angela Abreu e Leonor Costa Jornalista Responsável: Antônio Martins de Aragão Registro nº 031.433 / MTPS/RJ Jurídico: Edil Murilo (OAB-RJ 52.925) Fotografia: André Lima, Angela Abreu, Antônio Aragão e Leonor Costa Fax/gravação de recados: (21) 2535-2377 Atendimento pessoal: (21) 2551-3334 / (21) 9-9492-9462 (Claro) / 9-9202-6073 (Claro) / 9-95196565 (Vivo) / 9-9965-1748 (Vivo) / 9-8631-6394 (Oi) Email: contato@jornalfalandodedanca.com.br Página na Internet: www.jornalfalandodedanca.com.br Facebook: www.facebook.com/ jornalfalandodedanca Escritório: Rua Joaquim Silva 11 sala 408 - Lapa - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20241-110 Fechamento da edição: dia 18 de cada mês Distribuição: a partir do dia 1º do mês seguinte Pontos de distribuição: Eventos dançantes da cidade (v. roteiro de bailes), escolas de dança e equipamentos culturais diversos Outros pontos de distribuição do Jornal Falando de Dança (telefone antes para certificar-se de que a edição não se esgotou): 8Capézio - Centro de Nova Iguaçu tel. (21) 2767-0055 8Capézio, Copacabana, RJ tel. (21) 2235-5503 8Capézio, Flamengo, RJ tel. (21) 2554-8554 8Impulsão Lingerie, Laranjeiras, RJ tel.(21) 2205-3975 8Sapataria Roma, Lapa, RJ tel. 2510-2121 - Rua Joaquim Silva, 15 8Amazonas Dance, Centro de Niterói tel.2613-3276 - R. Visconde de Itaboraí 365, Centro 8Parcifal, São Gonçalo tel. 7838-1582 8Maricá, região litorânea do ERJ Moreira Studio de Dança, tel. 9-87446884 Assinatura: R$ 60,00 - 12 exemplares/ano (1/mês) Edições atrasadas: R$ 5,00 por exemplar, a ser retirado no escritório do JFD, na Lapa, RJ

Cupom de assinatura

As matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores, colaboradores deste informativo. As informações divulgadas nos anúncios publicitários são de responsabilidade dos anunciantes.

( ) R$ 30,00 pelo período de 6 meses (6 edições) ( ) R$ 60,00 pelo período de 12 meses (12 edições) ( ) R$ 120,00 pelo período de 24 meses (24 edições)

Proibida reprodução de artes e matérias sem autorização expressa deste informativo, sob penas da lei.

Nome .............................................................................................................................. CPF ........................................................... tel. ( ) ..................................................... Endereço para remessa: ........................................................................................................................................ Bairro .......................... Cidade: ................................. Estado: .................................. CEP ( )( )( )( )( )-( )( )( )

Amaragão Edições de Periódicos CNPJ 12.071.075/0001-42 Jornal Falando de Dança Fundação Biblioteca Nacional Reg.nº 487.274, Liv. 920, Folha 270 ISSN 2237-468X

Remeter para: Amaragão Edições de Periódicos - R. Joaquim Silva 11 sala 409 Lapa - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20241-110 Informações: contato@jornalfalandodedanca.com.br | (21) 2535-2377 ou 9202-6073

Distribuição interna, gratuita e dirigida. Tiragem: 10 mil exemplares Impressão: Gráfica Aretê editorial S/A CNPJ 00.355.188/0001-90

Assine nosso jornal!

Quero receber o JFD


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

5

Personagens da nossa história

Você sabe quem foi Adriana Van Lima? Muitas vezes pessoas importantes se vão e não sabemos quem são, mas com certeza a maioria dos profissionais e praticantes de dança de salão já ouviu falar da Cia Dom, não? Adriana foi a muMarco Antonio Perna* lher por trás de Patrick Carvalho (criador, junto com ela, da Cia) e que o incentivou, apoiou, ajudou nas coreografias e ensaios da Cia, desde sua criação em 2006. Se não fosse o encontro deles talvez a Cia Dom não existisse, afirma Rodrigo Marques, profissional de dança e amigo do casal. Mas com ela e Patrick se tornou um sucesso.

Nascida em Manaus em 1976, Adriana de Lima iniciou-se no mundo da dança na época da explosão da Lambada, aos 13 anos. Logo seu irmão Reinaldo (Rei Lima) a chamou para treinar com ele várias danças. Chegou a ser dançarina do grupo Carrapicho, antes da fama do grupo. Em 1993 foi dançar com seu irmão, acompanhando uma banda de forró, em festival em Belém. Lá, viram a apresentação da Cia de Dança Carlinhos de Jesus no mesmo festival e, maravilhados com a dança carioca, foram falar com Carlinhos (Reinaldo falou, porque Adriana sempre foi mais quieta). No início do ano seguinte já estavam batendo na porta da Casa de Dança Carlinhos de Jesus, onde Stelinha Cardoso e Carlinhos os receberam calorosamente e os puseram logo para participar de todas as aulas. Reinaldo e Adriana trouxeram na bagagem, para o Rio, passos aéreos e circences, além de uma explo-

são diferente na dança. Logo Adriana foi mãe de Thalita, sua única filha, e saiu momentaneamente da dança. Mas o retorno não tardou e ela e seu irmão ingressaram na Cia de Dança Carlinhos de Jesus. Vários anos se passaram com ela brilhando no palco, onde participou dos espetáculos “Isto é Brasil” e “Pé na Estrada” (e até ganhou um Estandarte de Ouro, pela Comissão de frente da Mangueira). Por volta de 2002 Patrick viu uma apresentação sua. Maravilhado, logo procurou aquela que seria sua futura esposa em 2005. Adriana no início achou Patrick muito jovem e não acreditou que seria seu parceiro de vida. Não que a diferença fosse grande, mas Patrick tinha apenas uns 17-18 anos. Saindo da Cia de Dança Carlinhos de Jesus e fundando a Cia Dom, logo começou também sua carreira internacional. Em 2009 integrou o espetáculo “Brasil Brasileiro”, com turnê pela Europa e Emirados Árabes. Em 2010 ministrou workshop de samba de gafieira e samba no pé para mulheres, na Alemanha e em Boston-EUA. Participou de diversos shows de artistas, como o da cantora Alcione, e na TV. Em 2008 participou como mulata do carnaval para vinheta da Rede Globo. Essa foi uma pequena amostra do extenso currículo de dança de Adriana, que só por essas poucas linhas podemos ver que ela não estava apenas procurando holofotes, mas estava realizando um belo trabalho na dança, que muita dançarina famosa de rede social está longe de atingir. Essa foi Adriana Van Lima. Em 2012 o inesperado ocorre. Adriana teve câncer de mama diagnosticado e logo deu início ao tratamento. No mesmo ano ela criou turmas de dança para mulheres com câncer de mama, para elevar a autoestima delas, projeto que lhe valeu uma moção da Alerj. Essa foi Adriana Van Lima. Segundo seu irmão, provavelmente na retirada do nódulo da mama o câncer já tinha se espalhado, mas ninguém ficou sabendo. Começava uma batalha dramática, cuja real gravidade ela não demonstrava para as pessoas em volta. Basta ver a foto de Adriana que ilustra este artigo, tirada em 13 de novembro de 2014, com ela se apresentando com a Cia Dom no teatro Cacilda Becker. Linda, poderosa, nada indicava, para quem não estivesse realmente perto dela, a sua situação. Eu só a conhecia de fotografar e cumprimentar em bailes e só fiquei sabendo da internação e gravidade do seu estado algumas semanas antes do seu falecimento, quando o dançarino Kiko começou a postar nas redes sociais que a estava visitando no hospital. Adriana morreu em 11 de março de 2015, aos 38 anos, no Rio de Janeiro, de complicações causadas por metástese surgida após o câncer de mama. _________________ Marco Antonio Perna é analista de sistemas, pesquisador, coordenador do portal dancadesalao.com, organizador de congressos de dança e autor de livros sobre dança de salão (dentre os quais Samba de Gafieira, a História da Dança de Salão Brasileira) e organizador da coletânea “200 anos da dança de salão no Brasil”, publicada pela AMAragão Edições. Site: www.marcoantonioperna.com.br Blog: www.dancadesalao.com/agenda

ESTACIONAMENTO NA RUA MÉXICO 21


6

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Um pouco de história

Irmãos Lacombe e a Dança de Salão na primeira metade do século XIX Quatro irmãos de sobrenome Lacombe atuaram como professores de dança no Brasil, havendo registro de suas atividades Maristela entre os anos de 1811 e Zamoner 1840. Suas trajetórias marcaram a História da Dança de Salão ocorrida no Brasil na primeira metade do século XIX. Seus pais foram Luis Lacombe, nascido em Besançon, na França, em 1756, e Maria Jodes, uma espanhola sobre quem pouco se sabe. Na sequência trazemos alguns fragmentos das vidas destes irmãos, obtidos pela pesquisa em algumas centenas de periódicos do século XIX. Joseph Louis Antoine Lacombe Nascido em Madri no ano de 1786, foi um jovem que, mesmo desconhecido no meio artístico europeu, casou-se com Mariana Scaramelli, uma destacada cantora lírica italiana. Sua esposa iniciou a vida artística aos 17 anos de idade, logo consagrando-se em importantes teatros de cidades como Mantova, Parma, Trieste, Florença, Lisboa e Porto. As últimas atuações de Mariana na Europa foram como protagonista dos trabalhos de Marcos Portugal, compositor brilhante, que servia à Família Real portuguesa desde a juventude. Ocorreu que Marcos Portugal foi convocado individualmente, e em caráter de urgência, pelo Príncipe Regente em 7 de janeiro de 1811, para vir ao Brasil. Na restrita comitiva da viagem de Marcos Portugal ao Brasil teria vindo, além de sua esposa e uma cunhada, a protagonista de suas recentes atuações, Mariana Scaramelli que, por sua vez, estaria acompanhada de seu marido, Joseph Louis Antoine Lacombe. Assim, Joseph, aos 25 anos de idade, chega ao Brasil e, buscando trabalho como professor de dança, anuncia aulas na Gazeta do Rio de Janeiro do dia 13 de julho de 1811, sob o nome “Luiz Lacombe”, fornecendo como endereço a Rua do Ouvidor, n º 82, 3º andar. Suas primeiras atuações cênicas no Brasil teriam sido em entremezes (intervalos) dos trabalhos de Marcos Portugal em que protagonizavam Mariana Scaramelli. Luiz Lacombe ficaria viúvo em 1822, perdendo uma mulher fascinante de apenas 37 anos, que havia mudado sua vida. Há constatação de contratação efetiva de Luiz Lacombe pela Família Real no ano de 1825. Sua vida parece ter seguido de forma tranquila, chegando a ter um sí-

reprodução

tio com escravos, enquanto se manteve discreto em publicações nos jornais, nas últimas das quais colocava-se disponível no “Pateo da Ucharia”, no Largo do Paço. Joseph faleceu em 1833, aos 46 anos e há indícios de que seu trabalho de mestre de dança do imperador foi assumido, neste mesmo ano, por seu irmão Lourenço Lacombe. Lourenço Lacombe “Laurent Lacombe” (17871839) que teria chegado ao Brasil em 1819, aparece mais salientemente nos jornais do que todos os outros irmãos Lacombe. Publica muitos anúncios de aulas em diferentes endereços e consta como primeiro bailarino do Teatro São João, atuando em vários espetáculos como dançarino e compositor de danças. Seu nome também é lido nos jornais envolvido em discórdias com outros profissionais, vendendo bens, imóveis e escravos, oferecendo para locação salas de dança, promovendo rifas de joias, ofertando escravos para aluguel e pedindo aumento à Coroa. Em 1835, identificando-se como “antigo mestre de dança nesta Corte”, registra que “suas contradanças” foram impressas com “notáveis erros” e por isto teria resolvido imprimir uma coleção de 67 delas para vender. Neste mesmo ano o General Oleré (Doutor Cupidinho) acusa publicamente Lourenço Lacombe de ter se apropriado das figuras de duas “galopadas” suas nesta coleção. Em 1839 os jornais fazem referência ao falecimento de Lourenço Lacombe, aos 52 anos. Luiz Lacombe Junior Outro irmão mais novo de Joseph, também de nome “Louis”, nascera em Marselha no ano de 1794. Consta ter atuado dançando no Teatro São João entre 1822 e 1824, havendo registro de ter sido 2º. Bailarino em 1823. Seus anúncios de aulas ocorreram entre 1832 e 1840. Sabe-se que tinha uma sala de dança e também trabalhava em colégios de educação formal. Ocasionalmente foi confundido com seu irmão Luiz Lacombe (Joseph), precisando publicar esclarecimentos e, talvez por isto, acrescentando eventualmente “Cadet” ao seu nome, que significa “mais novo” em francês. “Luiz Lacombe”, concorreu em 1835,

sem sucesso, à uma vaga de professor para o ensino de Francês na Corte. Sua última publicação foi em 1840, anunciando que embora tivesse ficado seriamente doente por 14 meses, voltaria a dar aulas de dança, fornecendo como endereço o “Pateo da Ucharia”. José Manoel Lacombe Dos quatro irmãos Lacombe, José Manoel Lacombe é o menos conhecido e aparece com menor frequência nos jornais. É citado textualmente como irmão de “Luiz Lacombe Junior” e de “Lourenço Lacombe”. Anuncia aulas no Brasil entre 1829 e 1837. Toda a trajetória dos quatro irmãos Lacombe foi constatada entre os anos de 1811 e 1840. Estudos futuros podem revelar novas informações que permitam melhorar ainda mais a compreensão das trajetórias dos irmãos Lacombe na História da Dança de Salão no Brasil. ____________ Maristela é professora de dança, pesquisadora e autora de vários títulos, dentre os quais quatro livros publicados sobre dança de salão Saiba mais: Zamoner, Maristela. História da Dança de Salão no Brasil do século XIX e os irmãos Lacombe. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires), v. 186. Novembro, 2013. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd186/historia-da-danca-de-salao-irmaos-lacombe.htm

Nos primórdios da dança de salão, as contradanças não tinham a natureza de ser improvisadas. Por regra, elas resultavam do trabalho inventivo de mestres de dança que se empenhavam nesta tarefa, chegando a registrar suas criações - afinal, não raro viviam desta e de outras atividades semelhantes. Em anúncio de 1835, o General Oleré (Doutor Cupidinho) tornava público que ajuizara Lourenço Lacombe por ter publicado como suas duas “galopadas” criadas por Oleré. Hoje, a Dança de Salão acontece por improviso e criações fazem parte de sua execução, reproduzindo-se e modificando-se rapidamente a partir de observações não só nos salões, mas até por filmes compartilhados em redes sociais e similares, tornando inviável o pleno registro dos “autores” de cada movimento. Diferentemente do que ocorria na época dos Irmãos Lacombe, a dança que acontece nos salões da atualidade é produto de criação coletiva, contínua e permanente. M.Z.


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Comportamento

Milton Saldanha

7

Opinião

Saudades do salão que rodava

Muito antes de lançar o jornal Dance, em São Paulo, o que aconteceu em junho de 1994, eu já era velho frequentador das gafieiras e bailões da cidade. Posso dizer, sem exagero, que conheci todos, sendo que em alguns, os preferidos, voltava sempre. Isso lá por 1969, até criar o jornal, quando começou outra fase. Ainda naquele primeiro período, costumava, de vez em quando, vir ao Rio de Janeiro para passear e dançar. Isso me permitia um comparativo entre os estilos de dançar nas duas cidades. E não tive dúvida, até escrevi isso no Dance, para provocar o brio dos paulistas: no Rio se dançava melhor. Além da habilidade da turma, me chamava atenção como o baile carioca rodava bonito, principalmente na pista da Estudantina, que eu amava. Já o nosso baile paulistano era entravado, rodava pouco, em alguns lugares a ponto de se tornar irritante. “Dança é deslocamento, não se dança no mesmo lugar”. Perdi a conta das edições em que repeti essa frase, querendo conscientizar nossos amigos. Tive um belo aliado: foi Andrei Udiloff, professor e dono de uma academia de sucesso, que leva o seu nome, uma das melhores de São Paulo. Ele promovia uma gafieira, às quartas, no saudoso Avenida Clube, ao som de uma banda excelente, a Cometa Gafi, único grupo musical que mereceu uma capa do jornal. Pois bem, nesse baile, com a música em andamento e o pessoal se esbaldando na pista, o

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

Andrei passava a mão no microfone e convocava: “Gente, vamos rodar o salão!” Era rápido, não atrapalhava em nada, e assim tentava melhorar a qualidade do baile. Hoje, passados tantos anos, minha lamentável constatação é que piorou. Os bailes paulistanos estão mais travados ainda, praticamente não rodam. Não posso atribuir isso só às academias, que ensinam passos no mesmo lugar, sem deslocamento. Pela simples razão de que encontro nesses bailes a velha guarda, sempre ela presente, e que nunca fez academia. Sem querer ser muito crítico, e já sendo, assumo a coragem de dizer que alguns desaprenderam. Ou, no mínimo, deixaram de evoluir. Há muito tempo não danço no Rio, exceto tango. Não saberia dizer se os bailes ainda rodam como antes. Deixo a tarefa para o “Falando de Dança”. No caso do tango, a ronda, como chamamos, flui bem no Rio, e melhor do que em São Paulo, para manter a tradição e não me desmentir. Carioca tem fama de ser folgado e paulista trabalhador. No baile, esse mito, uma brincadeira, claro, é ao contrário: os tangueiros cariocas se mexem mais. Talvez porque paulista já chegue cansado ao baile. __________________ Milton Saldanha é fundador e editor do jornal Dance, de São Paulo.

Rachel Mesquita

Ética e moral na dança de salão

Há tempos tenho insistido que a dança de salão precisaria ir além de ensinar passos. As questões técnicas não poderiam (e não poderão) jamais serem desprezadas. Ainda em 1995 evidenciava que teríamos que investir urgentemente nos aspectos políticos e pedagógicos (hoje também andragógicos). Fui extremamente criticada a ponto de dizerem que eu era muito cabeça e a dança precisaria de mais pernas no salão. Os empenhos supracitados dariam à dança de salão a condição de ser ampliada na dimensão educacional, do lazer, do espetáculo de forma bem mais estruturada. Não há como negar que obtivemos grandes avanços, no entanto, há ainda que nos preocuparmos com a ética. “No contexto filosófico, ética e moral possuem diferentes significados. A ética está associada ao estudo fundamentado dos valores morais que orientam o comportamento humano em sociedade, enquanto a moral são os costumes, regras, tabus e convenções estabelecidas por cada sociedade. Os termos possuem origem etimológica distinta. A palavra “ética” vem do Grego “ethos”, que significa “modo de ser” ou “caráter”. Já a palavra “moral” tem origem no termo latino “morales”, que significa “relativo aos costumes”. Ética é um conjunto de conhecimentos extraídos da investigação do comportamento humano ao tentar explicar as regras morais de forma racional, fundamentada, científica e teórica. É uma reflexão sobre a moral. Moral é o conjunto de regras aplicadas

no cotidiano e usadas continuamente por cada cidadão. Essas regras orientam cada indivíduo, norteando as suas ações e os seus julgamentos sobre o que é moral ou imoral, certo ou errado, bom ou mau. No sentido prático, a finalidade da ética e da moral é muito semelhante. São ambas responsáveis por construir as bases que vão guiar a conduta do homem, determinando o seu caráter, altruísmo e virtudes, e por ensinar a melhor forma de agir e de se comportar em sociedade”. Sabemos que existe uma dinamicidade na evolução dos valores e ela tanto sofre a influência da sociedade, também em evolução, como determina nesta sociedade novos caminhos. No entanto precisamos estar atentos a esta questão. Muitos de nós professores temos estado indignados com os desrespeitos que transitam em nossa classe. E como um deles me disse esta semana: “Dinheiro na mão, calcinhas e cuecas no chão”. Será que a tendência será esta direção? Sou então retrógrada, não aceito. __________________ Rachel Mesquita é mestre em pedagogia do movimento humano, codiretora do projeto social Alvinhos Dance e responsável pela cia intantojuvenil “Pés Cariocas”.

Sindicato

Semana da Dança No Dia Internacional da Dança, 29 de abril, o Sindicato dos Profissionais de Dança do Rio de Janeiro (SPDRJ) dará início a mais uma edição da Semana da Dança, que se encerrará dia 3 de maio. A Semana da Dança é um evento produzido pelo SPDRJ e tem como objetivo fomentar a Dança no estado do Rio de Janeiro, com convidados nacionais e internacionais. Durante cinco dias a entidade promoverá, no Centro Coreográfico do RJ, na Tijuca, atividades diversas como palestras, mostra de dança, master classes e exposições, envolvendo renomados profissionais nas diferentes linguagens da dança, como jazz, sapateado, ballet, dança do ventre, danças urbanas e, claro, danças de salão. No ano passado o destaque na programação da dança de salão foi a palestra proferida por Carlinhos de Jesus (foto ao lado, com participantes do evento). Em breve a programação deta-

lhada será disponibilidade no site www. spdrj.com.br e no facebook do sindicato. Como na edição anterior, Jaime José, presidente da APDS/RJ e comissário de arte do SPDRJ, coordenará as atividades de dança de salão. fonte: Michelle Azeredo, assessoria de imprensa do SPDRJ, site do SPDRJ e APDS/RJ

Leonor Costa

Provas para obtenção do registro profissional Esta é para quem pega o Jornal Falando de Dança na última semana de março: até dia 30/03 os interessados em fazer a 1º prova de 2015 para obtenção de registro profissional podem se inscrever pelo site www.spdrj.com.br. As provas serão ministradas no Centro Coreográfico, no dia 4 de abril.

Em 2014 a APDS/RJ participou das atividades de dança de salão na Semana da Dança do SPDRJ, promovendo uma edição do forum sobre syllabus do bolero. O Jornal Falando de Dança fez a cobertura do evento e cedeu o material da exposição “200 anos de dança de salão no Brasil”. Houve master class com Jaime Arôxa e uma palestra de encerramento com Carlinhos de Jeus (ao centro da foto acima). Foto: Leonor Costa


ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

8

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Competição

Gafieira Brasil

Renomados coreógrafos da dança de salão se unem para produzir o primeiro campeonato brasileiro de samba de gafieira entre equipes Eles são profissionais da dança de salão de extenso currículo: direção de espetáculos, produção de eventos, coreografia de shows, atuação no Carnaval como coreógrafos e destaque, vencedores de campeonatos de duplas, trabalhos no teatro e na televisão. Têm, sobretudo, o espírito do empreendedorismo – e a possibilidade de fazer algo inédito mexeu com a imaginação dos amigos Rodrigo Marques, Patrick Carvalho e Vinicius Villiger. “Foi Adriana Lima, recentemente falecida, que nos lançou esse desafio, de produzirmos um campeonato de samba de maior complexidade, com disputa entre equipes”, nos conta Rodrigo Marques. Mas a concretização do projeto levou quase dois anos. “Conversávamos a respeito, planejávamos, ano passado quase saiu do papel, mas simplesmente não acontecia”, continuou Patrick, explicando que o projeto começou a decolar quando formaram a parceria com Kilve Costa, que assumiu a produção. Kilve, recuperado de grave enfermidade, estava com todo o gás para encarar desafios

e estimulou o grupo a concretizar esse sonho. “Buscamos parcerias, promovemos bailes de arrecadação de fundos com o apoio de Carlinhos de Jesus e Carlos Bolacha, enfim, suamos a camisa, mas conseguimos levar adiante o projeto”, completou Rodrigo. Percebendo a necessidade de reforçarem a equipe com mais um técnico, convidaram Kadu Vieira a se juntar ao grupo. O projeto Durante meses Kilve, Patrick, Rodrigo e Vinicius percorreram os bailes procurando por casais que se encaixassem no perfil técnico desejado e chegando a uma relação final de 50 dançarinos. Desses, 24 foram chamados para ouvir a proposta: seriam divididos, por sorteio, em 4 equipes, cada uma sob os cuidados de um técnico, que desenvolveria com seu grupo coreografias para a competição. Durante os dois meses de preparação das equipes a produção realizou “bailes relâmpagos” para arrecadação de fundos e exposição da proposta e dos profissionais participantes, já

criando o clima de expectativa para a grande competição, que acontecerá de 2 a 5 de abril, no CIB (Copacabana) e na Casa d’Espanha (Humaitá). “O diferencial desta competição é que ela não será entre casais, mas entre equipes. Os sorteios das músicas serão feitos na hora e cada técnico terá segundos para avaliar a música e escolher na sua equipe o casal que se sairá melhor no ‘combate’, mantendo, a cada música, a tensão e a emoção de um grande final”, explica Kilve. Depois de eleita a melhor equipe por “pontos corridos”, o casal que mais pontuar para sua equipe ganha o direito de disputar o prêmio MELHOR DA NOITE. As atrações Em sendo um projeto desenvolvido para um público majoritariamente praticante da dança de salão, os produtores tiveram a preocupação de inserir a competição em bailes por si só atraentes. Explica Rodrigo: “Tudo está sendo minuciosamente ensaiado para favorecer o público e evitar que o tempo de baile fique preju-

Gafieiras “relâmpago” para arrecadar fundos para o projeto e formar plateia para a competição. Na foto, da esquerda para a direita, os diretores do projeto: Kilve Costa, encarregado da produção, e os técnicos das equipes Vinicius Villinger, Patrick Carvalho e Rodrigo Marques (faltando no grupo Kadu Vieira, convidado para ser o quarto técnico do projeto).

dicado. As atrações de cada noite acontecerão no intervalo de uma hora. Contratamos duas grandes bandas (Alto Astral e Novos Tempos) que vão abrilhantar as noites de sexta e sábado no imponente salão da Casa D’Espanha. O evento começa na quinta-feira, véspera de feriado, no Clube Israelita (CIB) e ali termina no domingo. Na quinta, a atração, no intervalo do baile, será um lindo show com todos os envolvidos na competição, mostrando a alma da proposta. Sexta e sábado, teremos a competição, propriamente. E, no domingo, no intervalo do baile de encerramento, abriremos espaço para uma competição entre casais interessados em concorrer ao troféu Gafeira Brasil. O casal vencedor integrará uma das equipes da edição 2016 do projeto. As inscrições para esta etapa podem

ser feitas pelo email gafieirabra@ gmail.com”. Para os produtores do Gafieira Brasil, a competição inserida no baile atende ao perfil do público desse segmento cultural e, também, oportuniza o público não praticante, curiosos, turistas e dançarinos de outros estados a conhecer, no palco e nas pistas, as novas gerações de dançarinos de salão que elevam essa arte a patamares nunca antes alcançados. E para aqueles que quiserem sentir o clima da direção técnica e tiverem nível intermediário de dança de salão, mais uma dica: dentro da programação há ainda um workshop com os quatro técnicos do evento, dia 04/04, no Lapa 40 Graus. (detalhes da programação na página ao lado). ______________ Por Leonor Costa

Pé de valsa Google Images

Indignação Não sei como funciona em outros estados, mas existe uma situação aqui em BH que me incomoda há anos e, devido a uma tragédia recente, resolvi expor minha insatisfação. Como muitos já sabem, a Academia Pé de Valsa este ano completa 24 anos de existência. Neste período, tivemos a sorte (ou seria competência?) de termos matéria em muitos meios de comunicação televisiva, inclusive na maior de todas. Nesses momentos sempre coloco a dança de salão com o seu devido valor, como uma atividade de interesse público e de extrema importância para a qualidade de vida. Também vejo meus concorrentes fazerem o mesmo, o que é muito certo! Quem vive de arte e é empresário neste país sabe muito bem a dificuldade de manter uma empresa ativa, com seus encargos e impostos. Na maioria das vezes este negócio é de micro empreendedor ou empresa individual. Quando temos oportunidade Por Elaine Reis

de uma propaganda como esta citada acima a felicidade só não é completa porque o canal de televisão não mostra o nome da empresa envolvida na matéria, não deixa que os profissionais envolvidos usem seus uniformes, enfim, o que poderia ser uma oportunidade para atrair novos alunos se torna apenas uma oportunidade para massagear o ego do profissional entrevistado, o que é uma grande besteira. Por outro lado... Quando ocorre uma tragédia como a que aconteceu neste mês em BH, quando um adolescente morreu em uma academia de fitness, não tenha dúvida: o nome da empresa será posto por segundos intermináveis em todas as chamadas dos canais de televisão, sem ao menos esclarecerem se a

empresa teve culpa ou não no ocorrido. Por que a pressa em mostrar a empresa apenas na fatalidade? Por que focar sempre o negativo? Será pela convicção de que tragédias “vendem” mais? Deveria haver uma lei que obrigasse todo meio de comunicação a mostrar a imagem da empresa em todas as matérias positivas e negativas. É certo que toda empresa, conforme a

sua finalidade, tem de estar legalizada em vários aspectos, mas não há fiscalização. E assim a concorrência se torna desleal! Mas isto é assunto para um próximo texto. _______ Elaine Reis é professora de danças de salão e proprietária da Academia Pé de Valsa, em Belo Horizonte, MG (visite o site www. academiapedevalsa.com.br)


Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 9 - ed. 91 - ABRIL/2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

APOIO:

QUI 23ABR

A PARTIR

13H

BAILES SOCIAIS DESDE 1867 apresenta com

NOVOS TEMPOS CONEXÃO RIO

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: LUIZ CAMILO

convite: R$ 20,00, com direito à refeição Clube dos Democráticos - Rua do Riachuelo 91 - Lapa - Tel: 2252-4611 Informações: 2269-2269 / 9-9645-5187 (Maria Rita)

Quinta

30

ABR

Véspera de feriado!

18H À 0H

ASPOM

AV. DOM HELDER CÂMARA 8484 - PIEDADE - TEL: 2586-3974

PING PONG DO TRABALHADOR

NOVOS TEMPOS OS DEVANEIOS 6 HORAS DE BAILE SEM INTERVALO Realização: Bernardo Garçon (7739-1137) | Amigo Robsom (9.8276-3300) Jorge Devaneios 9-9399-0646


CASA DE DANÇA SÉRGIO CASTRO

DIREÇÃO: PROF. SÉRGIO CASTRO

José Magela Dança de Salão

ATIVIDADES EM GRUPO: Pilates | Hatha Yoga | Ashtanga Yoga | Qi Gong | Jiu Jitsu | Dança do Ventre | Dança Cigana | Dança de Salão | Tango (prof. argentino) ATENDIMENTO INDIVIDUAL: Acupuntura | Massagem | Shiatsu | Estética AULA EXPERIMENTAL GRÁTIS

Marcelo Pareja Tango Professor argentino

BOTAFOGO: R. Voluntários da Pátria, 258 sobrado (entrada pela rua das Palmeiras) FLAMENGO: R. Machado de Assis, 71 sl 202 e 203 Inf. (21) 2286-2020 / 2537-2200 / 9.8685-7675

DANÇAS DE SALÃO: BOLERO, SAMBA, SOLTINHO, FORRÓ, SAMBA, TANGO E RODA DE CASSINO CURSO AVANÇADO: SAMBA COM MOVIMENTO AÉREO OFICINA DE CONDUÇÃO P/ CAVALHEIROS(AOS SÁBADOS) OFICINA DE DANÇA (AOS SÁBADOS) CONVÊNIO COM APPAI E ASSIST RUA QUIRIRIM, 1523 CASA 5 - VILA VALQUEIRE

Inf. 3390-9650 / 9.6403-3077 / 9.8626-5044 / casadedancasergiocastro@yahoo.com.br Beatriz Rosental Dança do Ventre

AULAS GRÁTIS EM SÃO GONÇALO

INSCRIÇÕES ABERTAS - INÍCIO FEVEREIRO 2015 arte

Ambiente refrigerado Aluguel de espaço para eventos

Às terças e quintas, aulas grátis de dança de salão, das 16 às 18h Coord. prof. Genilton Muniz

Centro Cultural Joaquim Lavoura (ao lado do Sesc de S. Gonçalo) Av. Presidente Kennedy, 721 - Centro - Inf. 3246-4655 / 9-8557-5821 Realização: Ponto de Cultura Ver se Vendo - Projeto Amo Salgueiro Apoio cultural: Prefeitura de São Gonçalo - Secretaria Municipal de Cultura e Turismo Fundação de Arte e Cultura de São Gonçalo

Alvaro’s Dance Conforto, credibilidade, profissionalismo e bom atendimento DANÇAS DE SALÃO bolero-fox(soltinho)-forró-tango-salsa zouk-samba de gafieira-samba no pé NOVIDADE: ballet clássico e flamenco

Dir.: Álvaro Reys

Informações:

2547-0861

R. Barata Ribeiro 271, sobrado - Copacabana - RJ

Studio de Dança Marquinhos Copacabana Av. N. Sa. Copacabana 427 - gr. 302/303 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21)2256-1956 e 2548-7755

Aulas em grupo ou particular com os melhores professores do mercado

Sábados: baile de ficha, início 19:00h

www.marquinhoscopacabana.com.br email: marquinhoscopacabana@globo.com

Dança de Salão Bolero Samba Forró

CQ I D

Academia de Dança Conceição da Bahia É, A NO P SAMB , SAMBA, FORRÓ , SOLTINHO O BOLER

!! BASIICLAEASO VIVO MÚ

S PASSEIO VIAGENS

ECER S CONH RIMENTAL O N A H VEN AULA EXPE FAÇA 1

Tijuca - R. Barão de Mesquita 402A (próx. à P.E.)

Inf.: (21) 2288-2087 / 9-9679-3628

DANÇA DE SALÃO COM PROFª MARISE SANTOS E EQUIPE

CLUBE ASPOM - 2ª / 4ª F. - 19H Av. D. Hêlder Câmara 8484 - Piedade CLUBE DOS BOMBEIROS - 3ª / 5ª F. - 20H Travessa Carlos Xavier, 96 - Madureira

TURMAS REGULARES

BOLERO SAMBA FORRÓ FOX

inf. 3 2 7 2 - 2 6 7 8 / 9 - 9 6 3 2 - 3 7 1 8 / 9 -8 5 6 8 - 8 5 8 2 VEM AÍ “A TARDE DO SAMBA”

Escola de Dança Reinaldo Gonçalves DANÇA DE SALÃO | RITMOS QUENTES (SALSA E ZOUK) | CURSO DE FORRÓ Escola de Dança Reinaldo Gonçalves

reinaldo.goncalves2004@ig.com.br - www.escola-danca-reinaldo-goncalves.webnode.com

Aulas práticas, individuais ou grupo, de segunda a sábado

BAILINHO DE PRÁTICA: LIGUE PARA INFORMAÇÃO

Com este: uma aula grátis e isenção de matrícula

Niterói & São Gonçalo

Soltinho Tango Salsa Zouk

Praça Demétrio Ribeiro, 17 sala 302 - Copacabana (entre Princesa Isabel e Prado Jr)

Rua dos Inválidos 129 - sobrado Centro - RJ 2221-1011 / 9-9879-1502 9-8882-8950 / 9-9265-5035 www.renatapecanha.com.br

DANÇA DE SALÃO FORRÓ - SALSA ZOUK - TANGO

Inf. Ivan Sanna 9-8442-2178

Curso de Qualificação Para Instrutores de Dança de Salão Baixada Fluminense e Região dos Lagos | Em ABRIL

Inf. (21) 3186-3151 / 9-9741-8373 (Vivo) / 9-8473-4868 (Oi) Em Niterói: Avenida Amaral Peixoto 36 s/415 - Galeria Paz - Centro Em São Gonçalo: Rua Nilo Peçanha 320 - Centro

David Theodor

Certificado pelo Sindicato dos Profissionais de Dança do Rio de Janeiro - DRT 46.947

MANHÃ | TARDE | NOITE AULAS INDIVIDUAIS OU EM GRUPO

COREOGRAFIAS PARA CASAMENTOS E 15 ANOS INSCRIÇÕES ABERTAS PARA MÓDULO 1 no site www.cqid.com.br (21) 2210-2133 (IBAC) Informações sobre grade de aulas, professores e datas no tel. (21) 9-9299-4078 (APDS / dir. comunicação) Certificação: Prefeitura de Rio das Ostras, Prefeitura de Duque de Caxias, IBAC, CQID, APDS (coord. pedagógica para dança de salão)

Freguesia - Segunda - 18h | 19h30 Recreio - Quarta - às 20h Rio Centro - Sexta - das 20h às 22h Barra - Sábado - às 16h Centro - Terça e quinta - 17h30 | 18h30 | 19h30

Associe-se à A P D S ! Formulário de adesão com David Theodor Diretor de Comunicação 9-9299-4078 (Claro) | 9- 9816-5813 (Vivo) | 9-9311-5735 contato@davidtheodor.com | www.davidtheodor.com

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 10 - ed. 91 - ABRIL/2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Wlavira DançaCigana

REGISTROS CONFEF, CREFRJ (Nº 4558) E APDSRJ (Nº 047) HABILITADO PARA MINISTRAR CURSOS LIVRES NOVA PARCERIA COM O PROF. ANDERSON ALMEIDA


O local perfeito para festejar: CHURRASCO, MAIS DE 120 PRATOS QUENTES E FRIOS

E A MELHOR PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 11 - ed. 91 - ABRIL/2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Rua das Laranjeiras 114 - Laranjeiras - Rio Reservas: 2558-2558

Terça

Dançante

Bailes:

1º 2º 3º 4º

sábado sábado sábado sábado

| | | |

Quarta e Domingo

Forrómania

Quinta

Baile da Gaúcha

Sexta

Carioca

Espaço de Dança Adriana Gronow & Paulinha Leal R. Arnaldo Quintela 22 - tel. 2542-2040

Sábado Especial

Duas Bandas S C

Escola de Dança

Rastapé & Batucada Tum & Tum Zouk+ Milonga Carioca

Botafogo

Elymar Santos 10 abr

ARTE: JORNAL FALANDO DE DANÇA

Rua Dias da Cruz, 561 - Méier

e homenagem ao

Dia das Mães Banda

facebook.com/dancanice

Traje Esporte Fino

Informações: 21-2229-1023 21-99152-9468 21-99457-7027

INGRESSO ANTECIPADO R$ 13,00 Mesa Grátis

10

TODAS AS QUINTAS

Esporte Clube Comercial

SUPER NOITES DANÇANTES COM MÚSICA AO VIVO

ÀS 19H30 TEL. 2635-2333 Itaboraí

facebook / eccomercialitaborai

5 ABRIL /201

3 10 17 24

O MELHOR BAILE DA REGIÃO DOS LAGOS Bandas locais e do Rio de Janeiro

EIRA SANTA) NÃO HAVERÁ BAILE (SEXTA-F

TODA 4ª FEIRA

CONJUNTO AEROPORTO

RIO DAS

OSTRAS

BANDA REENCONTRO / LUAN / ROGÉRIA EMMER

Baile em Alcântara - SG

COMEMORE SEU ANIVERSÁRIO CONOSCO!

R$ 8

antecipado

R$ 12 no dia

Restaurante e Chopperia Pratos e Talheres (restaurante do Paixão) Rua Doutor Alfredo Backer, 536 - Inf. 3246-4655 / 9.8557-5821 O MELHOR DA DANÇA DE SALÃO COM DJ GENILTON MUNIZ

TODAS AS QUARTAS DE ABRIL 6 N. IGUAÇU - t. 2627-46

Rua Renascer da Terceira Idade, 145 Jd. Campomar - Rio das Ostras (próximo ao Fórum) tel. (22) 2764-6700

gruporenanscerdaterceiraidade@gmail.com - Facebook: Grtiro

LUAN E BANDA REENCONTRO

177 ROD. PRES. DUTRA KM

FAIXA ETÁRIA 18 ANOS traje esporte fino

2

Dançarinos de Apoio - 18 às 22h

Organização: Prof. Genilton Muniz, sua equipe e amigos da dança Apoio Cultural: Restaurante do Paixão

RÁDIO COMUNITÁRIA

98.7 Fm

www.bicuda.org.br Projeto Bicuda Ecológica


Leonor Costa e acervo pessoal

2

3 4

5

(1) Alberto e Dulce com Marquinhos Copacabana e Karla Bogo, em baile no clube militar; (2) com Larissa Lima e Valdeci de Souza, em baile no CIB; (3) com Bob Cunha, em baile no Olympico; (4) com amigas e a promoter Graça Reis (Gaúcha, no baile de aniversário de Dulce, dia 12/03); (5) com a irmã de Dulce, na Gaúcha; (6) posando em frente ao bolo do Baile da Graça do dia 26/02.

6

ASPOM

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Cultura apresentam

AGO 7 S O D E L I A

E AMIGA ANGELA

3ºencontro

CONVIDAM

mensal

distr. interna | mantenha a cidade limpa

dos associados

e amigos

da APDS/RJ Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro R. José Higino, 115 Tijuca Estação de Metrô: Uruguai

B

PAIS

sexta 19h30 CONJUNTO

OS DEVANEIOS Traje Esporte fino

apoio:

ingressos antecipados c/ desconto

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

Inf.: 3017-0953 / 9-9973-1408 / 9-7679-4093

Programação gratuita

10h00 - Recepção com café da manhã 10h30 - Cerimônia de entrega de carteirinhas e inscrições de novos associados 11h00 - Colóquio diretoria e associados 12h00 - 13h00 - intervalo 13h00 - PALESTRA: EMPREENDEDORISMO E GESTÃO NA DANÇA DE SALÃO Coordenação: João Batista ·A capacidade individual de empreender ·Despertando o próprio talento criativo ·O processo de iniciar e gerir empreendimentos ·O movimento social de desenvolvimento do espírito empreendedor ·Elementos básicos da capacidade empreendedora ·Exemplo de análise de oportunidade de negócios Realização

Divulgação

Parceria

19/04

domingo entrada

franca

Confirme sua presença (21) 9-9299-4078

2 DEZ

QUARTA 19h30 ingressos antecipados c/ desconto Traje esporte fino

Apoio

Realização Angela Abreu apoio:

ASPOM

E AMIGA ANGELA

CONVIDAM

aniversário da

AMIGA ANGELA

NOVOS TEMPOS

BANDA

Inf.: 3017-0953 / 9-9973-1408 / 9-7679-4093

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

distr. interna | mantenha a cidade limpa

1

Alberto Almeida e sua esposa Dulce comemoraram dia 26/02, no Baile da Graça, na Gaúcha, seus quarenta anos de união. E praticando uma das maiores paixões do casal: a dança de salão. “Eles adoram dançar, praticam sempre no terraço da casa deles”, atestam as irmãs de Dulce, Marli e Inácia, que faziam companhia ao casal na ocasião. “Já fizemos aulas com os professores Marquinhos Copacabana, mestre Oswaldo, Valdeci de Souza e estamos nos aperfeiçoando no tango, com o prof. Fernando Barbosa, da academia do prof. Bob Cunha”, contou-nos Alberto, que fez questão de registrar para a posteridade alguns momentos de sua vida feliz ao lado de sua esposa Dulcinéia, carinhosamente chamada de Dulce. “Ela é o grande amor da minha vida”, derrete-se o eterno noivo.

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 12 - ed. 91 - ABRIL/2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Dançarinos Alberto e Dulce comemoraram 40 anos de casados


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

13

Política

Você sabia? Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou PL 7032/10 que torna a dança e o teatro disciplinas obrigatórias do ensino básico A proposta estabelece como disciplinas obrigatórias da educação básica as artes visuais, a dança, a música e o teatro. O texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB –9.394/96), que, atualmente, entre os conteúdos relacionados à área artística, prevê a obrigatoriedade somente do ensino da música. Google Images

Muito caminho pela frente Em relação à matéria sobre o PL 7032/10, o assunto é Denise Acquarone de grande interesse para a classe da dança e que vem sendo debatido por todo o Brasil há tempos, com muito caminho pela frente. O ensino de dança nas escolas tem sido uma bandeira do Colegiado Setorial de Dança e de vários fóruns e coletivos da dança há anos. Em todos os Planos Setorias de Dança estão colocadas essas demandas, em relação ao ensino da dança nas escolas e sua definitiva integração ao conteúdo escolar. Apresento aqui, para conhecimento de todos, essa reivindicação apresentada no esboço do Plano Municipal de Dança do Rio de Janeiro, elaborado em reuniões setoriais com a categoria.

ção de docentes com licenciatura na área da dança, através de concurso público ou habilitação equivalente, para ministrar disciplina Dança; (3) criação do cargo de Professor 1 de Dança na Rede do Ensino Público Municipal e criação de concurso para efetivação dos professores; (4) promover a contratação modular (curto e médio prazo) de profissionais de dança para desenvolver projetos específicos em instituições públicas e privadas utilizando a dança como tecnologia de gestão social; (5) promover um amplo processo de capacitação e formação de educadores de dança, visando ao aumento do número de professores licenciados ou especialistas nas escolas, até atingir a meta de 100% dos docentes da disciplina em 10 anos.

Cultura, educação e criatividade

Importante destacar o tempo dispendido em reuniões e debates por parte dos representantes da dança que se voluntariaram para colaborar no processo de elaboração do Plano Municipal de Dança. Ao mesmo tempo, também é prioritário termos o PL 7032/10 aprovado, para que a dança esteja, de fato, incluída na educação formal. _________________ Denise Acquarone é diretora-secretária do SPDRJ, membro do Conselho Municipal de Cultura e representante regional do Colegiado Setorial de Dança do MinC (macrorregião sudeste).

Diretriz: Promoção do acesso ao ensino da dança como linguagem artística desde o ensino fundamental até o ensino superior. Objetivo: Inserir o ensino da dança nas escolas, do ensino fundamental ao superior. Ações: (1) Garantir a obrigatoriedade da inclusão do ensino da dança nos currículos de ensino básico de todas as escolas públicas e privadas; (2) promover a contrata-

O texto original, do Senado, determinava a inclusão da música, das artes plásticas e das artes cênicas no currículo das escolas do ensino fundamental. No entanto, o relator do projeto na Câmara, deputado Raul Henry (PMDB-PE), lembrou que a Lei de Diretrizes do Ensino Básico já previa o ensino das artes nos currículos da educação básica, mas não especificava quais eram essas “artes”. “Era preciso regulamentar isso”, apontou. O deputado optou por deixar explícita na lei as linguagens em que há cursos de formação em licenciatura nas universidades brasileiras. “Essa era uma demanda das faculdades de dança, teatro e artes visuais [artes plásticas, fotografia e cinema, entre outras]”, comentou. O relator acrescentou que, no momento em que ganha força a ideia da educação em tempo integral, a valorização curricular das diferentes linguagens artísticas contribuirá para a efetivação desse novo modelo de escola. Para o professor de música Luciano Mendes, o ensino de variadas artes vai facilitar a assimilação de outros conteúdos, além de manter vivo o lado criativo dos alunos. Ele acredita que a inclusão dessas disciplinas não vai tornar o currículo mais pesado. “O estudo da música e de outras artes na escola não precisa ter o mesmo peso das outras matérias. É

possível trabalhar o conteúdo de artes de uma maneira que não seja cansativa para o estudante”, declarou. Para Denise Acquarone, membro do Conselho Municipal de Cultura do Rio, se a lei fosse sancionada hoje talvez não tivéssemos número suficiente de profissionais da dança com licenciatura para ministrar as aulas (a lei determina que para dar aulas no ensino regular é necessário ter licenciatura). No entanto, o texto legal dá um prazo de cinco anos após sua entrada em vigor para que as instituições de ensino se adaptem ao novo currículo, tempo suficiente para que os interessados procurem os cursos superiores de licenciatura em Dança. No Rio, temos esses cursos de licenciatura em dança oferecidos pela Faculdade Angel Vianna, pela Universidade Cândido Mendes e pela UFRJ, sendo que esta última oferece o bacharelado em Teoria da dança, cuja proposta é formar pesquisadores e críticos dessa arte. Os cursos duram em média quatro anos. Para quem sonha em dar aulas no ensino básico, fica a dica, pois há tempo: o projeto de lei ainda precisa ser analisado, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). fonte: Agência Câmara Notícias e pesquisa de campo

acervo gabinete do vereador Reimont

Regimento interno do Conselho Municipal de Cultura é finalizado Conforme adiantado na edição passadoa deste periódico, um grupo de trabalho havia sido formado para elaborar uma proposta de novo regimento do Conselho Municipal de Cultura do Rio, para adequá-lo às demandas e necessidades da população. Na última reunião do Conselho, realizada dia 10/03, esse grupo de trabalho apresentou aos demais membros do Conselho a proposta do novo Regimento Interno e o esboço do decreto que

irá efetivá-lo. A minuta será agora analisada pelo secretário de Cultura e passará pelo crivo de várias assessorias jurídicas antes de ser apresentada à plenária, para votação e aprovação. No registro da reunião, acima, vemos, ao centro da foto, o vereador Reimont ladeado por Denise Acquarone e a assessora parlamentar Suelyemma Franco, e demais membros do CMC.


14

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Festival de dança

Competição internacional

Festival do Conselho Brasileiro da Dança agita Duque de Caxias O 2º Festival do Conselho Brasileiro da Dança/Regional Rio de Janeiro aconteceu de 20 a 22/03, no teatro Raul Cortez, no centro de Duque de Caxias. Reunindo companhias de dança de diversas regiões do país, o primeiro dia teve apresentações de Balé, Jazz, Dança de Rua e Sapateado na categoria profissional. O secretário municipal de Cultura e Turismo, Jesus Chediak; e a presidente do CBDD/RJ, Flávia Burlini, abriram o evento. “Fico muito feliz que Caxias esteja recebendo esse grande evento. Esta é uma cidade profundamente envolvida com a dança. Temos aqui aproximadamente 32 academias. Nosso sonho, que já converacervo Denise Acquarone Cinco dos dez jurados do festival: Wanda Garcia, Gisela Vaz, Denise Acquarone, Jacy Holmes e Darling Quadros.

sei com a Denise Acquarone – membro do Conselho Municipal de Cultura do Rio de Janeiro –, é criar uma Companhia Permanente de Dança na cidade, apoiada pela iniciativa privada tal como foi o caso do grupo Corpo em Belo Horizonte. A realização desse festival vem fortalecer esse nosso projeto”, afirmou Chediak. A presidente nacional do CBDD, Gisela Vaz, também foi convidada para participar da cerimônia de abertura e destacou o apoio dado pela secretaria de Cultura e Turismo ao evento. “Hoje em dia a cultura ser apoiada por alguém da política é algo muito difícil de se ver no Brasil. Por isso quero agradecer ao secretário Jesus Chediak. É um prazer estar aqui com o

CBDD, fazendo um trabalho de resgate do prestígio da nossa instituição”. Durante muitos anos, sob o comando de Mariza Estrella, o Festival do Conselho Brasileiro da Dança foi referência no país. Ao assumir a presidência do CBDD/ RJ, Flavia Burlini, ao lado da presidente nacional Gisela Vaz, resolveu trazer de volta a tradição de um dos principais eventos de dança do país. E se depender do sucesso no período de inscrições, o novo formato veio para ficar. “Quando assumi a posição de delegada do CBDD do Rio de Janeiro senti a necessidade de resgatar esse festival no Estado. Então realizei a primeira edição regional em Resende, em 2013, e agora trouxemos para Caxias. O sucesso durante as inscrições foi tão grande que acredito que para o próximo ano teremos que aumentar o número de dias, porque apenas três será pouco tempo”, afirmou Flávia, que foi uma das vencedoras do festival quando tinha 12 anos. Apesar de ter como objetivo principal a divulgação da dança, a confraternização e o intercâmbio de experiências, o Festival do CBDD/RJ também possui um caráter competitivo. A novidade desse ano é a premiação da categoria infantil até o quinto lugar. Segundo Flávia Burlini, uma forma de estimular ainda mais as crianças. Além do apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, o festival contou com o apoio das secretarias municipais de Defesa Civil e Políticas de Segurança; Serviços Públicos; e Ações Institucionais e Comunicação. (fonte: portal da prefeitura)

Fique por dentro PERDEMOS PRA BELÔ O Rio perde para Belo Horizonte uma das mais importantes dama do nosso cenário: Sheila Aquino é agora a coordenadora de samba na Escola de Dança Doble. *** ADIAMENTO A APDS/RJ informa que atendendo a pedidos transferiu para abril o início do Curso de Qualificação Profissional para Instrutores de Dança de Salão que coordenará nas secretarias de cultura de Rio das Ostras e Duque de Caxias. *** CAFÉ COM BATE PAPO Falando em APDS, o terceiro encontro dos associados está agendado para dia

19/04, no Centro Coreográfico, dias após a posse da nova diretoria, na Câmara dos Vereadores. No encontro anterior, quarenta e reprodução facebook oito pessoas fizeram-se presentes. *** NOTA DE PESAR Adriana Lima, da Cia Dom, dia 11/03. Veja artigo de Marco Antonio Perna nesta edição. _____________ editado por Leonor Costa contato@ jornalfalandodedanca.com.br

Rio de Janeiro depende da participação e apoio dos profissionais da dança, para que a cidade se torne sede permanente de etapa eliminatória do Mundial de Tango de Buenos Aires A Preliminar Oficial Rio de Janeiro, do Campeonato Mundial de Tango de Buenos Aires, vai acontecer em Julho 2015 no Rio de Janeiro e poderão participar competidores do Brasil, Paraguai e Bolívia. Os campeões nas categorias tango salão e tango cenário receberão como prêmio viagem e estadia para participar do campeonato mundial na Argentina, em agosto de 2015. Tornar esse evento permanente no calendário dançante do Rio depende, porém, do apoio e participação das escolas de dança de todo o país. Segue texto recebido dos organizadores da etapa Rio. Pela primeira vez, no ano 2015, o Brasil terá a oportunidade de se integrar às filiais que o Campeonato Mundial de Tango tem ao redor do Mundo. Desta vez com sede na cidade do Rio de Janeiro. Esta possibilidade representa um pulo tanto quantitativo como qualitativo no desenvolvimento do Tango-Dança em todo Brasil. Quem resulte campeão no Brasil, estará representando o país no Campeonato Mundial na cidade de Buenos Aires. Poder formar parte da elite mundial, posiciona e representa, além dos dançarinos, os professores, as escolas onde foram formados e todos os envolvidos no desenvolvimento do produto final sobre o cenário. Acreditamos que a colaboração entre as diferentes escolas do Brasil é fundamental para poder reunir, fomentar, patrocinar e alentar o desenvolvimento de novas atividades e ações que colaborem ao crescimento individual e coletivo do trabalho que todos vimos realizando durante o ano. Nosso objetivo é que cada escola de dança do Brasil possa preparar e apadrinhar seus casais na filial Brasil, lhes outorgando a possibilidade de mostrar seu trabalho, conhecer diferentes estilos, se capacitar e ao mesmo tempo se medir com outros casais locais frente a um júri de experiência internacional, ávidos de conhecer novas formas de expressão com respeito ao Tango. Através de seus representantes, as escolas podem mostrar o trabalho realizado, o estilo que procuram, e assim o público poder escolher a escola onde possa começar ou aprofundar sua dança. Aumentando, desta forma, a quantidade de alunos e a incidência dentro do âmbito regional. Para obter este objetivo, o I CHAMPIONSHIP oferece descontos e benefícios às escolas de dança que façam parte da iniciativa e preparem casais para competir. Nossa ideia é poder contar com casais de todas e cada uma das escolas do Brasil durante a competição e, assim, ter realmente um leque de todos os estilos e professores da região.

Os casais participantes contarão com material na mídia e difusão, tanto deles como da escola que os apadrinha. Este material audiovisual é solicitado pela Organização Mundial do Tango em Buenos Aires. Desta forma, a exposição da escola e seus alunos transcenderá o Brasil, ganhe ou não o casal apadrinhado. Os casais campeões que viajem para Buenos Aires no mês de agosto, além de representar o melhor do Brasil, representarão sua cidade, sua escola de dança e seus professores, na maior vitrine do Tango no Mundo. O negócio do Tango no Mundo movimenta cifras milionárias, tanto em capacitação e workshop com exponentes do Tango em Buenos Aires, quanto em atividades que fomentam: milongas, recitais, apresentações com orquestra ao vivo, práticas, etc. Todas estas atividades são possíveis graças ao apoio de produtores e patrocinadores que permitem capacitar aos locais e equilibrar a dança num nível mais competitivo. Muitas marcas portenhas conseguiram transcender o Rio de La Plata e muitas marcas estrangeiras têm desembarcado em Buenos Aires. O intercâmbio de bens é inesgotável. Sapatos, roupa, casacos, roupa para ensaiar, bijuteria, acessórios, revistas, profissionais do cabelo e maquiagem, escolas de dança, salas de ensaio, salões de luxo, teatros, entre outros que participam ativamente no crescimento do Tango durante o Mundial e o restante do ano. Além de todos os motivos acima expostos para solicitar o apoio ao nosso projeto, gostaríamos de oferecer a garantia de que as pessoas que lideram o mesmo possuem, além da capacidade, a trajetória e o respaldo necessários para garantir a continuidade e o êxito deste empreendimento. Maximiliano Cristiani e Alice Vasques colocam à disposição seus nomes e experiências na área, para proporcionar ao Brasil a possibilidade de contar com uma filial oficial do Mundial del Tango, o que será um pulo quantitativo e qualitativo para o TangoDança no país, tanto econômica como artisticamente. Temos a certeza que com seu apoio podemos fazer um grande pré campeonato no Brasil, onde os benefícios serão divididos e os alcances altamente proveitosos. A difusão do trabalho realizado em cada escola de dança será o motor para impulsionar este primeiro campeonato. Desejamos contar com os melhores casais da sua escola para ajudar a difundir sua arte. O crescimento e a popularização do tango no Brasil dependem da união dos que trabalham o ano todo para mantê-lo vivo. Maximiliano Cristiani e Alice Vasques


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

15

Associação Leonor Costa

Saiba como foi a agenda de março da APDS 1

2 7

4

5

6

8

Muito trabalho em março. (1) Reunião da diretoria executiva, em 01/03, na sede da APDS, em Bangu, tendo em pauta assuntos gerais. (2) Diretoria executiva reunida na sede do JFD,dia 06/03, para tratar da cerimônia de posse. (3) Entrega de carteirinha aos novos associados (na foto, diretor financeiro Aragão e Jessé). (4) Repassando o cerimonial do 2º encontro associativo, dia 15/03, no Centro Coreográfico. (5) Banca de diretores tiram dúvidas dos associados presentes ao encontro do dia 15/03. (6) Inscrições de novos associados. (7) Aragão recebendo as anuidades. (8) Com a assessora cultural do vereador Reimont, Suelyemma Franco, no salão nobre da Câmara Municipal, em reunião sobre a cerimônia de posse da diretoria da APDS. (9) João Batista conversando com o secretário municipal de Cultura e Turismo de Duque de Caxias, dia 20/03, no Festival de Dança do Conselho Brasileiro da Dança (CBDD).

Leonor Costa

9

Alceri Luiz Schiavini

Durante o mês de março a diretoria da APDS concentrou seu esforços na elaboração da grade curricular do Curso de Qualificação Profissional para Instrutores de Dança de Salão (CQID), previsto para abril, na Baixada Fluminense (Duque de Caxias) e Região dos Lagos (Rio das Ostras); na realização, dia 15/03, do 2º encontro associativo no Centro Coreográfico; na organização da cerimônia de posse da diretoria, que será na Câmara Municipal do Rio, dia 13/04; na campanha por novos associados; no planejamento do 3º encontro associativo, que será dia 19/04, no CCo; e em contatos políticos relevantes para a dança de salão, como o encontro do diretor João Batista com o secretário de Cultura e Turismo de Duque de Caxias, Jesus Chediack, durante o Festival de Dança do CBDD, realizado no Teatro Raul Cortez, dia 20/03.

3

2º Encontro Mensal dos Associados oportuniza o debate e esclarece dúvidas Com o apoio da direção artística do Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, na pessoa de Paula Mori, foi realizado, dia 15 de março, na sala de audiovisual daquele equipamento público, o encontro sociocultural de março da APDS. Após a recepção com café da manhã no hall do terceiro piso, a primeira parte dos trabalhos foi marcada pela homenagem póstuma a duas destacadas profissionais da dança de nosso segmento que faleceram recentemente: a profª Mara Moreira, diretora da Escola Caxiense de Danças, e a coreógrafa e dançarina Adriana Lima, fundadora, diretora e coreógrafa da Cia Dom. Em seguida foram feitas as entregas das carteirinhas aos novos associados e cada diretor presente fez um relato dos últimos acontecimentos relativos a suas respectivas áreas. Nessa oportunidade o microfone foi passado entre os presentes, para perguntas aos membros diretores. Foram esclarecidas dúvidas sobre qualificação profissional, habilitação profissional, cadastramento das academias de dança de salão, fiscalização do exercício ilegal da atividade de ensino de dança (sem DRT), licenciatura em dança e sobre o projeto de lei em tramitação no Congresso tornando obrigatório o ensino de dança no ensino básico. Concluise que esta parte do Encontro foi muito proveitosa para os participantes, que tomaram conhecimento de leis e procedimentos que muitos desconheciam. Na segunda parte dos trabalhos, o presidente da APDS, Jaime José, proferiu palestra com projeção de imagens relatando o histórico da Lei 3440/2000 que inseriu a Semana da Dança de Salão no calendário cultural do Estado do Rio de Janeiro, no mês de novem-

bro, e a missão que a APDS tomou para si, de lutar por sua regulamentação. Em seguida o microfone foi aberto à plateia, para ouvir sugestões sobre atividades socioculturais que poderiam ser desenvolvidas diretamente pela APDS nesse período, tendo sido aprovadas as seguintes indicações: (1) Cerimônia de Abertura da Semana da Dança de Salão, dia 22/11, no Loft do Centro Coreográfico, tendo sido a APDS contemplada com o local pela Convocatória de Ocupação aberta pelo CCo; (2) I Fórum dos pós-graduados em dança com ênfase em dança de salão; (3) I Encontro de diretores de cursos livres de dança de salão; (4) III Seminário sobre o Syllabus do Bolero; (5) 4ª Mostra Coreográfica da Semana da Dança de Salão, no Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana (local já confirmado). Aprovadas estas atividades sob coordenação direta da APDS, foi lançado o Edital de Chancela para produtores interessados em ter seus eventos chancelados pela APDS. Dentre os presentes, três profissionais da dança confirmaram interesse em inscrever seus eventos, quais sejam: Dançando no Horto do Fonseca (Fonseca, Niterói), I Congresso de Dança de Salão de Bangu (Bangu, Rio de Janeiro) e o workshop Bolero In Foco (Teatro Odysseia, Centro do Rio). Ao final, sete convidados presentes assinaram sua ficha de inscrição. Após o encerramento das atividades na sala de audiovisual, o diretor Gustavo Loivos convidou a todos para um bailinho relâmpago no hall do Teatro Angel Vianna. Afinal, se não terminasse em baile não seria evento de dança de salão. ______ Leonor Costa


ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

16

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores 1

2

4

5

3

6

(1) Em foto de Angela Abreu, dançarinas Elizabeth e Angela comemorando seus aniversários em baile na Casa Elandre,dia 07/03. (2) Em foto de Antonio Aragão, fãs do Jornal Falando de Dança presentes no Baile da Graça da RioMusic,dia 23/02. (4) Iniciando as coberturras de Leonor Costa, Graça Reis e convidadas no Baile da Graça do dia 26/02, na Churrascaria Gaúcha. (4) Graça e uma das aniversariantes da noite, no mesmo baile. (5) Aragão e amiga aniversariante, no Baile da Graça do dia 26/02. (6) Alguns dos dançarinos da equipe RV Produções, posando para o JFD (Baile da Graça na Churrascaria Gaúcha, dia 26/02).

3

2

4

5

1 (1) Carlinhos Maciel, Aparecida Paraíso, Glorinha Telles, Kadu Pedreira, Myriam Martinez e o filho de Kadu, no Baile do Havaí, organizado por Carlinhos e Glorinha para comemoração dos aniversário de Kadu e Paraíso, dia 25/02 (2) Viviane Chan radiante com o sucesso do baile do seu aniversário, dia 27/02, na Casa das Beiras, com duelo dos djs Beto Oliveira, Robert Mendonça e Rei Adna (3), e presença de muitos convidados, como prof. Reinaldo Gonçalves e Ana Paula, de São Gonçalo (4) e Ilka, Fabiano Brasil, uma amiga e Michel (5). Mais fotos em www.facebook.com/JornalFalandoDeDança (clique no atalho fotos e escolha “albuns”).

2

6

1

3

5

4

Dia 04/03 Michele Furtado comemorou seu aniversário no baile de Carlinhos Maciel, no Olympico Club, Copacabana, em ambiente decorado pela promoter Glorinha Telles e animado pela banda Novos Tempos. (1) Michele e Glorinha. (2) Michele e Alvaro Reys. (3) A aniversariante com o namorado e Aragão. (4) Michele com Vera Muniz (esq.) e amiga. (5) A aniversariante no momento dos parabéns, abraçada à mãe e cercada por amigos. (6) Michele e amigos que compareceram ao baile para prestigiá-la.

2

3

1

5

4

Dia 07/03 fizemos nosso usual circuito de distribuição de jornais e deixamos para passar por último no baile do Helênico, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Mas chegamos a tempo de registrar alguns momentos do aniversário de dona Regina, que ali comemorava seus 85 anos com grande grupo de amigos e familiares e excelente serviço de buffet (fotos 1 e 2). Em outra ala, Xavier oferecia petiscos e bobó de camarão a outro grande grupo de convidados, para comemorar o aniversário de sua esposa Vera (fotos 3 e 4). Na foto 5, visita de N. Sa. de Fátima Itinerante ao almoço dançante da Casa da Vila da Feira, dia 08/03, no Dia Internacional da Mulher.

1

2

3

(1) Baile em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, promovido pelo prof. Reinaldo Gonçalves (no canto esquerdo da foto) no Abrigo Cristo Redentor, em S. Gonçalo, dia 03/03. O baile acontece ali toda primeira terça-feira do mês. (2) Grupo de alunos do prof. Reinaldo. (4) Aragão distribuindo exemplares do Jornal Falando de Dança no Baile da Graça na RioMusic, Cinelândia, dia 16/03, no aniversário da promoter. Nesta sequência de fotos, nosso registro do Baile da Graça, na RioMusic, dia 16/03, quando a promoter comemorou seu aniversário, com muito bolo e champagne.


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

17

Editado por Leonor Costa | fotos: Leonor Costa e Antonio Aragão, exceto quando mencionado em contrário

1

2

3

4

A Mudart, escola de música e dança de Duque de Caxias, inscreveu cinco coreografias no Festival de Dança do CBDD, realizado dias 20, 21 e 22/03 no Teatro Raul Cortez, tendo obtido premiação para quatro delas. “Acho que representamos muito bem Duque de Caxias, concorrendo com tantas escolas de dança renomadas”, declarou Geísa Pinto Pereira, diretora da instituição. Nas fotos do acervo Mudart vemos as bailarinas premiadas Graciele Santos (2º lugar jazz solo feminino adulto), Natalia da Costa Moreira Gonçalves (coreógrafa de duas das coreografias premiadas) e Stephanie Freires (3ºlugar clássico livre solo feminino adulto e 3ºlugar Livre solo feminino adulto) com Denise Acquarone (SPDRJ) e Geísa (1) e com Wanda Garcia (jurada, foto 2). Na foto 3, também do acervo Mudart, temos Thiago Varella e Kesly Melo (3º lugar clássico livre, duo, juvenil). E em foto de Alceri Luiz Schiavini, o momento das homenagens no festival, com Mariza Estrella, Angela Ferreira, Bete Spinelli e Flavia Burlini (ao microfone).

1

2

3

4

5

Dia 14/03, sábado, fomos à Estudantina Musical assistir ao show Ginga Tropical, que acontece de quinta a domingo no local. O convite fora feito por Pablo Ferreira, que integra o corpo de baile do evento, e pela produtora do espetáculo, Rose Oliveira, da Access Rio Produtora Cultural e Entretenimento, empresa especializada em shows culturais. O Ginga Tropical foi para ali transferido a convite do proprietário da gafieira, Isidro Page, que firmou uma parceria que possibilitou melhorias na casa há muito pleiteadas por seus frequentadores: pintura da fachada, nova iluminação, melhorias nos banheiros, climatização do ambiente, toalhas de crochê nas mesas, mudanças no cardápio e na equipe de atendentes. O show inicia às 21h30 e é direcionado sobretudo a turistas, que têm oportunidade de assistir a uma sequência de danças regionais, executadas por dançarinos profissionais, grande parte do meio da dança de salão (que está presente em números como forró, lambada e samba). Os figurinos são caprichados e a música ao vivo de excelente qualidade. “Emprego aqui mais de quarenta pessoas, todas com carteira assinada, e os dançarinos têm DRT”, informou-nos Rose, um pouco magoada pela repercussão negativa que teve uma reportagem sobre a realização desse tipo de show no “templo da dança de salão”. “Nosso show permitiu melhorias na casa e o equilíbrio das contas. Aos sábados, terminamos mais cedo para que o baile de dança de salão comece às 22h30”,completa, informando, ainda, que o valor do ingresso para quem vem exclusivamente para o baile é, claro, diferenciado. Nas fotos, Aragão com Rose Oliveira e Daniela Wergles(1), sequência de apresentações de dança de salão (2 e 3), apresentação dos malandros (4) e a banda Ginga Tropical. Fotos do espetáculo podem ser vistas no perfil Ginga Tropical do facebook.

Terminamos esta seção com uma montagem de fotos de nossa cobertura do 2º encontro de associados e amigos da APDS/RJ, matéria desta edição. Nas primeiras linhas temos uma sequência da cerimônia de entrega de carteirinhas aos novos associados. Em seguida, fotos dos grupos de amigos que se dispuseram a comparecer ao evento em uma manhã ensolarada de domingo. À direita, a recepção com café da manhã. À esquerda, sala de espera e momento de leitura. Abaixo, à esquerda, colóquio com a diretoria. E enquanto o povo já se reunia no hall do teatro para um bailinho relâmpago de fim de evento, tiramos a tradicional foto de grupo com alguns participantes. Para o mês de abril, a agenda é: (1) 13/04, segunda, de 18h às 21h30 - Câmara dos Deputados - homenagem ao Dia Internacional da Dança e posse da diretoria da APDS eleita para o biênio 2015/2016 (uma iniciativa do vereador Reimont). Entrada franca, pela escadaria principal, a partir das 18h (traje esporte fino de preferência). (2) 19/04, domingo, de 10h às 15h - Centro Coreográfico - atividades socioculturais para associados e amigos (veja a programação no anúncio da página 12). Entrada franca. Acesse o perfil da APDS no facebook e saiba mais.


18

ANO 8 - Nº 91 ABRIL/2015

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Roteiro dos eventos de nossos patrocinadores e apoiadores SEGUNDAS Baile da Graça Todas as segundas-feiras, a partir das 18h, no Rio Music, Centro do Rio. V. anúncio na pág. 5. Inf. 2549-9472 / 9-9135-9019 / 9-9674-1414. Segundas dançantes no Olympico Todas as segundas, 20h, com dj Murilo. Org. Fátima e Maria Luiza. Inf. 2541-8205 / 9-91946748. Baile da Melhor Idade do Club Municipal Todas as segundas. Inf.: 2569-4822. Baile da Val Última segunda-feira do mês, 18h, com conjunto Aeroporto e dançarinos de ficha (opcional). Comemoração dos aniversários do mês com bolo e sorteio de brindes. Inf. 2280-2356. Baile da Val Especial Dia 30/03, 18h, com conj. Aeroporto, no Mackenzie, comemorando o aniversário da promoter Valéria Barbosa. V. anúncio nesta edição. TERÇAS Baile em S.Gonçalo Organizado pela Ac. de Dança Reinaldo Gonçalves, toda primeira terça-feira do mês, bailinho no Abrigo Cristo Redentor, Centro de São Gonçalo (em frente ao Sesc), de 19 às 22h. Inf. 9-97418373. Baile Encontro dos Amigos na Churrascaria Marlene Às terças. Inf. 9-9749-8137, Rosangela. Baile da Conceição da Bahia Baile mensal (última terça) dos aniversariantes do mês, na Ac. de Dança Conceição da Bahia, na Tijuca, a partir das 18h. Inf. 2288-2087 / 99679-3628. Tijuca Tênis Clube Toda terça. Inf. (21) 3294-9300. Bailes na Maison Sully Em Vila Valqueire, geralmente na segunda terçafeira do mês, 18h. Inf. 7841-1509 / 2453-0957. Dia 31/03: banda Alto Astral. Baile Romântico da Churrascaria Gaúcha Todas as terças, a partir das 20h, música ao vivo. V. anúncio desta edição. Inf. 2558-2558. Baile do Studio de Dança Flávio Marques Todas as terças, no Centro do Rio, das 12 às 15h. Inf. 2223-0530 / 9.9745-2305. Baile de tango no Studio de Dança Valdeci de Souza Todas as terças, a partir das 19h. Inf. 78977969. Aula-baile de zouk no Humaitá Toda última terça-feira do mês, na Ac. HM4, das 21h às 22h30. Inf. 9-9675-6924, Elis de Jesus. Forró da Lapa Todas as terças, na gafieira Estudantina. Inf. 2232-1149. QUARTAS Baile do Carlinhos Maciel Todas as quartas, no Olympico Clube, em Copacabana, a partir das 19h30, com dj Murilo. Inf.: 2295-6892 / 9-8212-2969. Forró sertanejo e universitário na Churrascaria Gaúcha Todas as quartas, a partir das 20h. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Dançando na quarta Casa dos Poveiros, Tijuca. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Bailes do Humaitá A. C., Barreto, Niterói Toda quarta, Baile da Marlú do Monte, com música ao vivo. V. anúncio nesta edição. Inf. 98787-0068. Quartas Democráticas Toda quarta, no Democráticos, forró ao vivo. Inf. 2252-4611. Dança de salão no Barril 8000 Todas as quartas, 19h, no Recreio dos Bandeirantes, com Peixinho & Cia. Bailes em Alcântara Todas as quartas de abril, 18h, no Restaurante do Paixão. Dançarinos de apoio. Org. prof. Genilton Muniz e equipe. V. anúncio nesta edição. Inf. 98557-5821. Baile de aniversário da amiga Angela Dia 02/12, 19h30, na Aspom, Piedade, com banda Novos Tempos. Org. Angela Abreu. Inf. 30170953 / 9-9973-1408. V. anúncio nesta edição. Baile de aniversário de Carlinhos Maciel e da dançarina Helô Dia 15/04, 20h, no Olympico Club, com música ao vivo e dj Murilo. Inf. 2295-6892. V. anúncio nesta edição. QUINTAS Tango Gala Toda última quinta do mês, na Academia Alvaro’s Dance, em Copacabana, a partir das 22h. Inf. 2547-0861. Baile da Graça Todas as quintas, a partir das 20h, na Churrascaria Gaúcha, com opção de dançarinos de ficha. Inf. 2549-9472 / 9-9135-9019 / 9-9674-1414 Baile do Almoço Toda quinta, 12h, no Espaço X de Stelinha Car-

doso. Inf. 9-8166-0404 / 2223-4066 / 9-87784066. Casa Elandre Em Madureira. Inf. 3390-3900 / 3390-1051. Bailinho do Clube do Rocha Toda primeira quinta-feira do mês, com equipe de dançarinos (sist. ficha). Inf. 3822-7210. Baile do Peixinho Toda quinta, 18h, no Kasarão da R. Marina. Gafieira Brasil Dia 02/04, 22h, no CIB, com duelo de dj’s. V. matéria e anúncio nesta edição. Inf. 9-82938324. Feijoada de São Jorge Dia 23/04, 13h, no Clube dos Democráticos, com Novos Tempos e Conexão Rio. V. anúncio nesta edição. Inf. 9-9645-5187 (Mª Rita). PingPong do trabalhador Dia 30/04, 18h, na Aspom. com bandas Novos Tempos e Devaneios. Inf. 7739-1137 (Bernardo Garçon) ou 9-8276-3300 (amigo Robson). SEXTAS Baile do Núcleo de Dança Amantes da Arte Sempre na segunda e na última sexta do mês. Vagas limitadas, ligar antes. Inf. 2595-8053 / 98142-5371 (Cláudio Almeida). Forró na Chinela Na Escola Carioca, Tijuca. Inf. 2288-1173. Baile de dança de salão na casa de shows RioSampa, em Nova Iguaçu Todas as sextas, das 17h30 às 21h45 (veja programação das bandas no anúncio nesta edição). Inf. 2667-4662. Baile da C. D. Carlinhos de Jesus Toda sexta, em Botafogo. Inf. 2541-6186. Bailes de tango na Escola Carioca de Dança Conectango. Inf.: 2288-1173. Baile da Cachanga do Malandro (Carlos Bolacha) Toda sexta-feira, na Lapa. Inf. 7862-7012 / 97916-0141 tim Baile da Ac. Cristiano Pereira Todas as sextas, em Bonsucesso. Inf. 38684522. Casa dos Poveiros Toda sexta, na Tijuca. Inf. 2578-4361 / 78303009. Sexta Carioca na Churrascaria Gaúcha Todas as sextas, com música ao vivo. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Milonga Xangô Toda sexta, na Lapa. Inf. 3970-2457. Baile da ac. Caio Monatte Todas as sextas, de 18 às 22h, no Estácio. Inf.2273-4346. Baile Grande Sexta Toda última sexta do mês, 18h, baile com a dj Márcia Cardoso, no Espaço X de Stelinha Cardoso, no Centro do Rio, comemorando os aniversários do mês. Inf. 2223-4066. Happy Hour do CASS Baile mensal no Clube do Servidor Municipal. Inf. email nodadanca@gmail.com. Casa de Viseu Inf. tel.3391-6730. Bailes do Humaitá A. C., Barreto, Niterói Toda sexta, Projeto Sexta Nobre, com conj. Céu de Estrelas. V. anúncio nesta edição. Inf. 9-87870068. Pagode do Sargento Toda sexta, 20h, no Clube do Rocha,com entrada franca. Inf. 3822-7210. Almoço dançante no Rocha Toda segunda sexta-feira do mês, grande encontrão social com música ao vivo, das 12 às 16h, no Clube do Rocha. Inf. 3822-7210. Gafieira Brasil Dia 03/04, 22h, na Casa D’Espanha, com banda Alto Astral. V. matéria e anúncio nesta edição. Inf. 9-8293-8324. Baile do Trabalhador Dia 01/05, 16h, no Helênico A. Cl, com banda Novos Tempos. Inf. 9-8179-5710 (Valdeci de Souva). Veja destaque de capa desta edição. Pic-Nic do trabalhador Dia 01/05, 14h, na Casa Elandre, com bandas Alto Astral e Os Devanios. Inf. 9-9537-8191 (Luiz Batalha). V. anúncio nesta edição. Baile das Mães Dia 08/05, 19h30, na Aspom, Piedade, com banda Alto Astral. Org. Angela Abreu. Inf. 30170953 / 9-9973-1408. V. anúncio nesta edição. Baile de aniversário do Kiko Dia 30/05, 22h, com conj. Os Devaneios, na Casa d’Espanha. Inf. 9-9974-3721 (Kiko). Ver destaque de capa desta edição. Baile de aniversário de Valdeci de Souza e Cristina Ramos Dia 13/06, 21h, Clube dos Democráticos, com banda Alto Astral. Inf. 9-8179-5710 (Valdeci). Veja destaque de capa desta edição. Baile do Amigo Dia 17/07, 19h30, na Aspom, Piedade, com banda Novos Tempos. Org. Angela Abreu. Inf. 30170953 / 9-9973-1408. V. anúncio nesta edição. Baile dos Pais

Dia 07/08 19h30, na Aspom, Piedade, com conj. Os Devaneios. Org. Angela Abreu. Inf. 30170953 / 9-9973-1408. V. anúncio nesta edição. SÁBADOS Baile-Ficha em Copacabana Todo sábado, a partir das 19h, no Studio de Dança Marquinhos Copacabana (veja anúncio da academia nesta edição). Inf. 2256-1956 e 2548-7755. Baile na Escola Jaime Arôxa Botafogo Todos os sábados: 1º sábado: Rastapé & Batucada; 2º sábado: Tum & Tum; 3º sábado: zouk; 4º sábado: Milonga Carioca. Inf. 2542-2040. V. anúncio nesta edição. Tarde Dançante no clube Helênico Todo sábado, almoço dançante das 13 às 16h, seguido de tarde dançante com banda ao vivo. Inf. 2502-1694. V. anúncio nesta edição, com a programação das bandas. Gafieira Estudantina Bailes todos os sábados, 22h30, com banda ao vivo a partir das 22h30. Inf. 983-638-840 Baile da Associação Atlética Vila Isabel Todo sábado. Inf. 2204-1640 / 7719-1554. Sábado Especial na Gaúcha Todos os sábados, a partir das 20h, na Churrascaria Gaúcha. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Bailinho do Estúdio de Dança Ivan Sanna, em Copacabana No 2º sábado do mês (ligar para confirmar antes), das 18 às 22h. Inf. 9-8442-2178. Bailes do Núcleo de Dança Renata Peçanha No Centro do Rio, a cada sábado uma programação diferente. Inf. 2221-1011 / 9-9879-1502. Zouk Explosion na academia Lídio Freitas Baile mensal. Inf. 2565-6253. Clube Recreativo Português Todo sábado, 18h, Baile dos Sonhos Dourados, com conjunto Som e Vozes. Inf. 2423-3585 / 3251-3585. Orquestra Imperial no Democráticos Inf. 2252-4611 Bailes no Espaço F (Freguesia) Inf.: 9-8702-0078. Baile da Melhor Idade, em Mesquita Todo segundo sábado do mês, no Espaço de Dança R & A, do prof. Reginaldo. Inf. 9-76502746 / 9-8809-3888. Sábado dançante no sobrado Todo sábado, no Studio de Dança Henrique Nascimento, em Pilares. Inf. 3899-7767 / 77060217. Bailes do Lê Baile com data móvel, no Clube Mix, no Cond. Novo Leblon. Org. Leandro Aragão. Inf. 9-97267589 / 3228-8439. Gafieira Brasil Dia 04/04, 22h, na Casa D’Espanha, com banda Novos Tempos. V. matéria e anúncio nesta edição. Inf. 9-8293-8324. Baile no Clube do Rocha Dia 11/04, 19h, com banda Paratodos e dançarinos de ficha, comemorando o aniv. da profª Cris Castilho. Inf. 9-6423-7917. V. anúncio nesta edição. Baile da Louça Fina Dia 11/04, 16h, com banda Alto Astral, no Helênico, org. Geraldo Lima. Inf. 2527-2300. Veja anúncio nesta edição. Baile de Aniversário de Nelson Veloso Dia 06/06, 20h, na Casa da Vila da Feira, com banda Novos Tempos. Inf. 9-6421-8699. DOMINGOS Domingueira do Canto do rio Todos os domingos, em Niterói, às 19h, com banda ao vivo. Inf. 2717-5023. Domingueira Democrática Todos os domingos, a partir das 20h, no Clube dos Democráticos, no Centro do Rio, com banda ao vivo. Inf. 2252-4611. Domingueiras do Club Municipal Na Tijuca. Inf.: 2569-4822. Domingueiras Casa da Vila da Feira Almoço dançante do clube, na Tijuca, com o grupo Som e Vozes, dias 05/04 e 26/04. Inf.: 2293-1542. Domingueira na Aspom (Baile do Nelson e Delfina) Todos os domingos, a partir das 18h. V. anúncio nesta edição. Inf. 9-9623-8985. FORRÓMANIA na Gaúcha Todos os domingos, a partir das 20h, o forró mais quente da cidade com duas bandas. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Domingueira Jaime Arôxa Tijuca Inf. 7856-5288 / 2565-6253. Gafieira Elite Domingueira da Paulinha, todo primeiro e terceiro domingo do mês com dj Paulinha Leal. Inf. 2232-3217. Baile de tango na Ac Jimmy de Oliveira Todo 3º domingo org. Márcio Carreiro. Inf. 2264-6044. Domingueira na Ac Jimmy de Oliveira

Todo último domingo do mês. Inf. 2285-6920 / 9-9476-8130. Baile do Lécio e da Carminha no Museu Militar Em São Cristóvão. Inf. 9-9998-0677. Baile no Cl. Mandala / Barra Org. Rodriguinho Barcelos. Inf. 7892-2845 id 8*27392. Baile no Horto do Fonseca, Niterói Baile mensal gratuito da Amazonas Dance, geralmente no último domingo do mês, na Alameda S. Boa Ventura s/nº, de 11 às 14h. Confirme antes por telefone. Inf. 9-9307-2736. V. anúncio nesta edição. O Incrível Zouk Inf. www.miguelitoproducoes.com.br. Gafieira Brasil Dia 05/04, 22h, no CIB, com duelo de dj’s. V. matéria e anúncio nesta edição. Inf. 9-82938324. Feijoada do Leão Dia 12/04, 12h, a quadra do GRES Estácio de Sá, com muito pagode e convidados especiais. Inf. Geraldo Lima 2527-2300 / 9-8874-9912. Baile da Ac. Nice (Aniv. prof. Machado) Dia 10/05, 18h, no clube Mackenzie, com banda Paratodos. V. anúncio nesta edição. Inf. 22291023 / 9-9152-9468. SHOWS, PASSEIOS, MOSTRAS, FESTIVAIS, COMPETIÇÕES, TEATRO, WORKSHOPS, CURSOS e outros: Gafieira Brasil Dias 02 a 04/04, 22h, bailes, competição e workshop V. matéria e anúncio nesta edição. Inf. 9-8293-8324. Show de Elymar Santos Dia 10/04, na Churrascaria Gaúcha. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Passeio de Saveiro em Angra dos Reis Dia 11/04, sábado, org. Cristina Estelino, Roberto Florêncio e Fabiano Brasil. Inf. 9-8837-4971 / 9-9445-5131. 37ª Excursão e Pic Nic Show Dia 12/04, domingueira na Fazenda Sonho Meu, em Xerém, com banda Alto Astral e conj. Os Devaneios dentre outras atrações. V. anúncio nesta edição. Inf. 99537-8191 (Luiz Batalha). Posse da diretoria da APDS na CMRJ Dia 13/04, segunda, 18h30, no Plenário Teotônio Villela (Câmara dos Vereadores), Cinelândia, cerimônia promovida pela vereador Reimont, marcando o Dia Internacional da Dança e a posse da diretoria da APDS eleita para o biênio 2015/2016. Inf. 9-9299-4078. Colóquios APDS Dia 19/04, 3º encontro mensal dos associados e amigos da Associação dos Profissionais e Dançarinos de salão do RJ, entrada franca. Com café da manhã às 10h e palestra com prof. João Batista (Empreendedorismo e gestão na dança de salão). Confirme sua presença: 9-9299-4078. 32º Workshop da Pousada A Marca do Faraó, Cachoeiras de Macacu De 24 a 26/04, toda a infraestrutura da pousada + aulas e bailes. Inf. 2711-8297 / 9-9399-6284. V. anúncio nesta edição. Campeonato de samba Swing do Black Dias 11 e 12/09, com R$ 10 mil reais em prêmios. Inf. Henrique Nascimento: 99752-2207. “Vá de Van” Passeios diversos e saídas para bailes, da Nery Tour (www.nerytour.com.br). Inf. 2697-4340 / 9-8632-9425. Shows de Márcio Thadeu Inf. 9-9149-9819. Curso de Aperfeiçoamento Profissional - CAP Org. Sindicato dos Profissionais da Dança do RJ. Informações: (21) 2224-5913 / 2531-7541. Curso de Qualificação Profissional para Instrutores de Dança - CQID Várias linguagens. Dança de salão em Rio das Ostras e em Duque de Caxias. Coord. geral CQID: Denise Acquarone. Coord. DS: APDS/ RJ. Certificação DS: IBAC, APDS e SMC dos respectivos municípios. Inf. (21) 2110-2130. EVENTOS EM OUTRAS CIDADES E ESTADOS (consulte também a programação das bandas e djs) CAMPOS DOS GOYTACAZES / RJ Bailes da Casa de Dança Beatriz Petrucci. Inf. 9-8744-688. NITERÓI / SÃO GONÇALO / ALCÂNTARA Ver programação por dia da semana. MARICÁ / RJ Bailes Moreira Studio de Dança. Inf. 9-87446884. ITABORAÍ / RJ Noites dançantes com música ao vivo no Esporte Clube Comercial de Itaboraí, todas as quintas, 19h30. Inf. 2635-2333 RIO DAS OSTRAS / RJ Toda quarta, bandas locais e do Rio tocando na rua Renascer da Terceira Idade, Jd. Campomar. Org. Grupo Renascer. Inf. (22) 2764-6700. V. anúncio nesta edição.

BACAXÁ Toda quarta, baile prática às 18h, org. prof. Genilson. Inf. (21) 9-9157-4658. NOVA IGUAÇU Toda sexta, baile na RioSampa (v. anúncio nesta edição). Inf.2667-4662 DUQUE DE CAXIAS Bailes da academia de dança ESCADAS. Inf. 99968-7622 (João Batista). BELO HORIZONTE / MG Bailes às sextas, da Academia Pé de Valsa, na rua Teixeira de Freitas 478 s/01. Inf.: veja anúncio da academia, nesta edição. PROGRAMAÇÃO DAS BANDAS E DJ’S PATROCINADORES/APOIADORES: Banda Alto Astral Inf. (21) 3762-2669 / 96458-7280. Já agendado para abril: (01) Cl. Recreativo Português; (03) Casa de Espanha (Gafieira Brasil); (04) Estudandina Musical; (05) CBSM; (06) Castelo da Pavuna; (09) Elandre; (10) CEPE/Macaé; (11) Helênico + Pizzaria Mageense; (12) Fazenda Sonho Meu/Xerém + Aspom; (13) Castelo da Pavuna; (14) Maison Sully; (17) West Show; (18) Castelo da Pavuna; (19) Ginásio do CEPRAC; (20) Castelo da Pavuna; (21) Castelo da Pavuna; (23) Cl. Caiçaras (a confirmar); (24) Casa dos Poveiros;(25) Aspom; (26) Democráticos; (27) Castelo da Pavuna; (28) Sesc/Madureira. Acompanhe a atualização da agenda pelo facebook. Banda Novos Tempos Inf. (21) 3624-9446 / 9-9727-2195 / 9-8276-3300. Já agendado para abril: (01) Poveiros; (04) Casa d’Espanha; (12) Democráticos; (19) Aspom; (23) Democráticos + Aspom; (25) Helênico; (30) Aspom. Banda Paratodos Inf. Toninho Moreira, tels. (21) 3477-4308 / 7862-0558 id:83* 67257. Já agendado para abril:. (04) Helênico; (06) Municipal; (10) West Show; (11) Clube do Rocha; (19) Estudantina; (24) Casa de Viseu; 26) Aspom; (28) Tijuca T. C. Banda Status Show do Rio Inf. Zeca Teixeira 3793-4415 / 98130-9552; 7837-2144 (Janete); (21) 3762-6535 / 7853-2613 (Ilsa). Já programado para abril: (03) West Show; (05) Democráticos; (08) Grupo Renascer/Rio das Ostras; (09) Portuguesa da Ilha; (10) Particular/Irajá; (11) Chur. Gaúcha; (16) AFBB; (17) Chur. Gaúcha; (18) Helênico + Assoc. Pau Grande/Magé; (22) Poveiros; (24) West Show; (25) particular/N. Iguaçu. Banda Estação Rio Inf. (21) 2143-8891 / 9.7447-2795 / 9.6434-2581 / 9.6411-0121 (Paulinho). Já agendado para abril: v. facebook. Banda Resumo Inf. (21) 2462-5080 / 9-82899287 / 9-7363-9927 (Emerson Ribeiro). Já agendado para abril:.v. facebook. Grupo Som e Vozes Inf. (21) 2757-2564 / 9.6434-3243. Já agendado para janeiro: todos os sábados, Clube Português da Taquara, 18h; todos os domingos, clube Casa da Vila da Feira, na Tijuca (almoço dançante a partir das 12h). Conjunto Aeroporto Inf. 2280-2356 / 99994-5580, Sr. José ou www.conjuntoaeroporto. mus.br. (*) Banda Brasil 10 Inf. (21) 2570-0336 / 9-94455131 (Fabiano Brasil)(*) Banda Brasil Show Inf.: (21) 2691-7294 / 99667-1814 (*) Banda Caribe Inf. (21) 2508-1315 (Antonio Carlos).(*) Banda Cassino Brasil Inf. 2427-0861/78193214 (Zanoni) (*) Banda Copa 7 Inf. 7894-6319* Banda Holiday Inf. (21) 3371-4239 / 9-96641080 (Paulo)(*) Banda Lua Nova Rio Inf. (21) 9-8666-1864 / 9-7649-9548 (Daniel)(*) Conjunto Os Devaneios Inf. (21) 9-93654362 (Jorge) / 2762-0069 (Luiz) (*) Banda Pérolas Inf. (21) 3178-3369 / 9-99567278 (Aldair).(*) Banda Phenix Inf. (21) 9-9390-3475 / 24824911 / 7731-2474 (Ruan Carlos)(*) Banda Rio Balanço Inf. (21) 3181-7212 / 99464-0953 (Washington)(*) Banda Shock Casual Inf (21) 3406-9367 / 9-8611-3154(*) Banda Sol & Mar Inf. (21) 2225-6925 / 98769-9980 (Fernando).(*) Grupo Trinidance Inf: (21) 9-9854-9827.(*) (*)Atenção: agenda não disponível até a data desta edição. Telefonar para informações ou acompanhar a atualização pelo perfil das bandas no Facebook. DJ Fabiano Silva Inf. (21) 7723-0745 id 645*15492 (Itaguaí). DJ Fábio Marques Inf. (21) 7804-5051 / 9.9304-6717. Dj Guisner Inf. (21) 2260-1332 / 9-97323594. Dj Pedrada Inf. (21) 9-9775-2102 DJ Renato Ritmus Inf. (21) 9-9692-1752. DJ Viviane Chan Inf. tel (21) 9-9462-9322. DJ Renatinho Inf. (21) 7866-2721 / 9-96826671 / 9-9236-6513. ________


Dj

Personal Dancer Som e Iluminação

repertório atualizado

tel. 7804-5051 9.9510-0224 whatsap

BANDA

BANDA

ESTAÇÃO RIO

BANDA

ESTAÇÃO

RIO

ALTO ASTRAL

2143-8891 / 9.7447-2795 9.6434-2581 / 9.6411-0121 vicente.roberto@oi.com.br

21-3762-2669 21-9.6458-7280

Banda Status Show Rio

Sacudindo as baladas cariocas Eventos Casamentos Barmitzva Formaturas, etc.

t. (21) 2462-5080 (21) 9-8289-9287 (TIM) (21) 9-7363-9927 (CLARO)

Contatos:

ILZA: 3762-6535 / 3063-0077 7853-2613

Produção: Emerson Ribeiro

JANETE: 2791-1231 / 7837-2144

emersonbandaresumo@hotmail.com

SOM E VOZES (21) 2757-2564

Banda

Novos Tempos

(21) 9.6434-3243

(21) 3624-9446 9-9727-2195 9-8276-3300

ANDRÉ LIMA TUDO EM HDV - AUDIO FOTO - FILMAGEM

studiodigital.al@gmail.com studiodigital.em@gmail.com 3038-5567 (estúdio) 9.8534-2127 (Oi)

JMCOM

www.capezio.com.br

CONTATO: CHIQUINHO

$& ¸$! &z”

A

ANJO R R &

S

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 19 - ed. 91 - ABRIL / 2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

E-mail: fabionaval22@hotmail.com

CIA

CONHEÇA A LINHA COMPLETA NO SITE

TAMBÉM À VENDA NAS LOJAS CAPÉZIO DE TODO O BRASIL

PRONTA ENTREGA PELO SITE www.arranjosecia.com/loja

Elaboramos peças exclusivas, consulte-nos: (11) 2331-6633 / 9.9529-0273

%FVTÏåFM


D A NÇ A S

Studio de Danças e Artes Bangu

Bangu A. C. - Av. Cônego Vasconcelos, 549- S/3 estacionamento (terceirizado) pela R. Silva Cardoso

A

IO

E

E

D

S TU D

RT

S

E

BANGU

DANÇA DE SALÃO 3.ª (18 às19h) Sáb (13 às19h)

tel. (21) 2 4 0 1 - 0 4 1 8 email: jaime-jose@ig.com.br

ZOUK

6.ª (17 às 18h)

3.ª (19:30 às 21h, com 30 minutos de prática)

5ª e 6ª (20 às 21h)

TEATRO E INTERPRETAÇÃO

Rua São Clemente 155. (21-2286-4171) (21-98632-1307) No meio da Mata Atlântica, tranquilidade para quem quiser descansar e programa dançante para quem quiser agitar, com animadores e dançarinos Aulas com: Carlinhos (Jaime Arôxa Niterói), Valdeci de Souza, Eduardo Ribeiro e, como convidado desta edição, prof.

32º WORSHOP DE DANÇA

CRISTIANO PEREIRA

De 24 a 26 de abril de 2015

Atenção: vagas limitadas, faça logo sua reserva! mittelbach@pronet.com.br (Margarida) www.amarcadofarao.com.br

Inf.: (21) 2711-8297 2714-9048 9-9399-6284 9-9350-7105

5ª e 6.ª (17 às 18h)

TANGO ARGENTINO

DANÇAS URBANAS

Metro Botafogo

DANÇA DO VENTRE

Sábado (9:00 às 12h)

JAZZ

BALLET

2ª e 4ª 14:00 às 21:00 3ª e 5ª 14:00 às 21:00

COREOGRAFIAS APRESENTAÇÕES

NTETE BI E AM AMEN DO L A P DU RIGER REF

TODOS OS CURSOS GRÁTIS para menores da Rede Pública Estadual e Municipal

DOM

FAZENDA SONHO MEU

12

ABR

Estr. Rio de Areia, 1894 - Xerém - t. 2661-3259 www.fazendadediversoessonhomeu.com.br

37ª Excursão e Pic Nic Show Um dia inteiro curtindo toda a infra estrutura da fazenda* e dançando muito em 3 ambientes!

BANDA ALTO ASTRAL CONJ. OS DEVANEIOS

das 9h às 17h

Ônibus saindo de vários bairros do Rio, Baixada e Niterói às 6hs da manhã LUIZ

9.9537- 8191 9.8769- 7387

CLEVE

Pagodão com o GRUPO SARUE DJ JAMILSON tocando todos os ritmos Participação especial da BANDA GOSPEL MOVER

* piscina natural, viodeokê, passeios ecológicos, charrete, pônei para as crianças, brinquedos, cavalos para montaria, campo de futebol e outros

9.9778-0512 3477-5822

JAIR

ROBERTINHO

BIRA

PINTA

9-8651-1931 9.9468-8047 9-9603-6772 2201-9986

Realização: Grupo de excursões e eventos

DANÇAS DE SALÃO AULAS | COREOGRAFIAS CONTRATOS PARA BAILES

TURMAS DE DANÇA MATRÍCULAS ABERTAS

MENSALIDADE

R$ 50*

26 ABR

11 ÀS 14H

GRÁTIS

BAILE no Horto

DOMINGO

DE VOLTA ÀS AULAS! ESCOLHA UM MODELOCONFORTÁVEL E ESTILOSO E VENHA SE DIVERTIR!

Al. S. Boaventura s/nº Fonseca - Niterói

Direção: Gustavo Loivos

* R$ 50/MÊS = 1 VEZ NA SEMANA (1H) R$ 80/MÊS = 2 VEZES NA SEMANA

RUA VISCONDE DE ITABORAÍ 365 (21) 2613-3276 Centro - Niterói - RJ (esquina com R. Marechal Deodoro) 9-9307-2736 Amazonas Dance

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 20 - ed. 91 - ABRIL / 2015 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

www.sapatosadrianagronow.com.br

JFD 091  

Jornal Falando de Dança, edição 091, abril 2015

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you