Page 1

Edição nº 108 - Ano IX

SET/2016

Fundado em 12 de outubro de 2007 - www.jornalfalandodedanca.com.br

Quando parar de aprender a dançar? Milton Saldanha comenta a respeito Seriados com temática na dança, como o Dance Academy (foto ao lado), ainda são raros. Marco Antonio Perna discorre a respeito

Inf. www.fernandodecampos.com.br - tel 9.9995-9876 / 9.6980-9434

Forum de dança em Florianópolis discutirá criação de sindicato local Historicidade da dança de salão: artigos de Maristela Zamoner (sobre Pedro Colonna) e de Leonardo Pereira (Club dançante Anjos da Meia Noite)

Cartilhas online da Secretaria de Cultura da Bahia ajudam a entender conceitos da área da cultura. Veja os links para download nesta edição Diretoria da Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão (APDS) se reune para planejar a Semana da Dança de Salão do RJ (foto ao lado). O edital para inscrições de eventos sob sua chancela já está online. E na AGE marcada para dia 04/09, no Centro Coreográfico, será iniciado o processo eleitoral para escolha da nova diretoria, biênio 2017-2018, com eleições previstas para dezembro.

CLUBE DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DO EXÉRCITO R. HENRIQUE DIAS, 95 - ROCHA Adm.: Pres. José Jorge / Vice: Bittencourt

ALTO ASTRAL

Banda

Edição 108 SET / 2016

00108

ISSN 2237-468X

9 772237 468007

Dança Falando de

Antes de se inscrever, acesse a página E leia o regulamento

ta apresen

Grande baile de dança de salão!  ESTACIONAMENTO  AR REFRIGERADO  DANÇARINOS (FICHA, OPCIONAL)

 DJ W. NEGRÃO NOS INTERVALOS  MESA ANTECIPADA: R$ 20,00

QUINTA BANDA

29 ALTO ASTRAL SETEMBRO

INÍCIO 19H

ENTRADA GRÁTIS!

COMEMORE SEU ANIVERSÁRIO CONOSCO!

Inf. 3256-5833 / 9.6423-7917

J.SANTANA

apoio Dr cultural: E OUTROS ADVOGADOS


SALÃO SOCIAL

DOMINGUEIRAS - 19H

arte:Jornal Falando de Dança

04/09 - ALTO ASTRAL 11/09 - AEROPORTO 18/09 - WP SHOW

25/09 - OS DEVANEIOS BAILE TEMÁTICO DA PRIMAVERA

Entre no clima: use roupas coloridas

ÁREA DA PISCINA

FESTA DAS FLORES

ALMOÇO DANÇANTE COM MÚSICA AO VIVO

TRAJE ESPORTE FINO (CALÇA SOCIAL E SAPATO*)

Bailes com equipe de dançarinos de ficha (opcional com preço promocional)

DOM 18 SET 15H

Baile do Prof. Fidelis de Lima DJ FÁBIO BONFIM

DOM | 25 SET | 13 ÀS 17H

ASSOCIADOS: ENTRADA FRANCA * permitido sapatênis | Faixa etária: 18 anos

Administração Roberto Maurício Miranda

VENHA COMEMORAR SEU ANIVERSÁRIO CONOSCO

ADMINISTRAÇÃO RODNEY MELO - TRIÊNIO 2014 / 2016

SÁB 15 OUT 20H

Encontro das Academias Baile com os djs REINALDO SILVA & SANDRA LOPES

ADVOCACIA EM GERAL

Dr Paulo Dercy

OAB/RJ 3959 Av. Amaral Peixoto 467 s/1212 - Centro - Niterói

2717-7450

Ingr. R$ 20 - Mesa grátis 99256-7920 Antec. R$ 10 - Na hora R$ 15 Traje: esporte fino Mesa grátis - Traje: esporte fino Inf. 2611-7105 (Rei/Adna) ou Inf. 9-9913-0734 (Cely) AGRADECIMENTOS: 3989-3949 (Studio S) traga o bolo e venha com os amigos comemorar seu aniv conosco

TODA SEXTA 20H

SERESTA DANÇANTE

DO BOTEQUIM DO HUMAITA COM O CONJUNTO

CÉU DE ESTRELAS

E EXCELENTES SERESTEIROS

Convite R$ 8,00 Com direito a uma cartela de bingo Sorteio de brindes Mesas grátis Traje: esporte fino

14 OUT

2 EVENTOS EM UM = GRANDE BAILE!

SÁBADO

BAILE DA AMIZADE

10

SEX

VERMELHO E BRANCO BANDA NOVOS TEMPOS DJ SANDRA LOPES

DEZ

das 20 à 1h

20H

INGR. ANTEC. R$ 20,00

SORTEIOS | DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES | BOLO | RABANADAS REALIZAÇÃO: PARCIFAL E VÂNIA CORTES INF.: 2704-6915 / 9.9733-4111 Mesas antecipadas DANÇARINOS: CASSINO DA DANÇA c/4 convites APOIO: JORNAL FALANDO DE DANÇA | ROTARY CLUBE SG-PARAÍSO Até 15 NOV: R$ 100,00 BIRA NITERÓI | HERBALIFE | CRISTIANO PRAXEDES Após: R$ 120,00

4 + 1 = 5h baile

98789-9888 99589-0522

TRAJE: VERMELHO / BRANCO

SÁBADO

28 JAN

E anote na sua agenda 2017:

Aniversário do Parcifal Grande baile à fantasia

TAMOIO F. C. - AV. PRES. KENNEDY 101 - SG

Banda Alto Astral Dj Viviane Chan Dj Lucas Vidal Associação dos Empregados no Comércio

Av. Rio Branco 120 (Salão Nobre) Centro | Rio de Janeiro | RJ

R$ 35,00 até 1º Out R$ 40,00 após Inf. e vendas: Multiritmos/Copacabana: 98812-3188 / 4105-7908

Caravanas: Barra (Leandro Aragão); Niterói (Gustavo Loivos); Região dos Lagos (Allan Lobato); Regina Vasconcellos Fabiano Brasi Traje: esporte finol

2 DEZ SEXTA 19h30

ingressos antecipados c/ desconto Traje esporte fino

Realização Angela Abreu apoio:

ASPOM

E AMIGA ANGELA

CONVIDAM

aniversário da

AMIGA ANGELA

BANDA

NOVOS TEMPOS

Inf.: 3017-0953

9-9973-1408 / 9-7679-4093

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

Casa de

Festa Elandre

R. Alcina nº 107 - Madureira (próx. ponto ônibus 779)

Administração: Sr Celso e Srª Aparecida

TODA QUINTA 18h

BAILE DA INTEGRAÇÃO 01/09 - ALTO ASTRAL 08/09 - NOVOS TEMPOS 15/09 - ALTO ASTRAL

22/09 - OS DEVANEIOS 29/09 - ESTAÇÃO RIO

Realização: Sidnei Amorim 9.7109-1666 APOIO e Célia Mendes 9.7599-3321

Ingr. R$ 10 - Mesa R$ 10

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 02 - ed. 108 - SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

- 2717-5023 (Secretaria)

HUMAITÁ ATLÉTICO CLUBE RUA GUIMARÃES JUNIOR 20 - BARRETO - NITERÓI - t. 9-8787-0068


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

Mensagem ao leitor

Expediente

As Olimpíadas passaram, felizmente sem o apocalipse que anunciavam. E a vida segue, com as pessoas tentando normalizar suas atividades antes de mais contratempos por conta das eleições que já se avizinham. Para o segmento Leonor Costa da dança de salão, não tem sido fácil manter os cursos de dança e o movimento nos bailes, com tantos feriadões e transtornos no trânsito. Mas o Rio de Janeiro continua firme como o Estado de maior programação de dança de salão do país, especialmente na área do Grande Rio. Não fosse isso, provavelmente o Jornal Falando de Dança não resistiria na sua versão impressa, pois são os anunciantes de bailes os maiores mantenedores deste periódico. E assim é que esta edição oferece aos leitores uma grande variedade de opções para aprender ou praticar a arte da dança a dois. Não são certamente as únicas opções, mas temos aqui um leque bem abrangente de programação. Na parte textual, trazemos o ensaio de Milton Saldanha, sobre a necessidade de o dançarino se manter atualizado frequentando cursos e workshops. Já Marco Antonio Perna segue analisando a participação da dança em séries de tv. Uma página inteira de pequenas notas colocam o leitor a par de assuntos de variados interesses, como editais abertos, resultados de en-

quetes, cursos, fóruns, campeonatos e entidades associativas, dentre outros. Com destaque para o Congresso Brasileiro de Tango, cuja terceira edição será realizada no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, e com a presença de renomados professores, nacionais e estrangeiros. Para os fãs de história da dança de salão, esta edição traz duas matérias especiais. Maristela Zamoner publica mais um resultado de suas pesquisas em periódicos do século 19, trazendo à luz detalhes sobre uma personalidade importante para a historicidade da dança de salão carioca. Em outro artigo, em reprodução autorizada pela Revista Tempo, e que publicaremos em capítulos, Leonardo Affonso de Miranda Pereira, do Departamento de História da PUC-Rio, demonstra como as sociedades dançantes contribuíram como meio de inclusão social para camadas menos abonadas da população, com base na análise de um caso jurídico do início do século 20. Publicar tais conteúdos é um meio de valorizar a cultura da dança de salão e nos orgulhamos de poder contribuir para enriquecer o material de pesquisa desse segmento. Boa leitura. _____________ Leonor Costa, editora

Congresso de dança

Centro Coreográfico transforma-se em “cidade do tango” durante o III CBT Para os amantes do tango e especialmente para aqueles que não têm como ir à Argentina se especializar com os mestres locais, fica a dica: em setembro, o Centro Coreográfico receberá as principais atividades do III Congresso Brasileiro de Tango, organizado por Fernando Decampos. “Se o Rock in Rio pode ter a sua cidade, o tango também pode”, afirma Decampos, que teve seu projeto de ocupação aprovado pela Secretaria Municipal de Cultura. “Esse Centro nos foi cedido pela Prefeitura do Rio para que possamos reunir, em um só lugar, aulas, seminários, mesa redonda, mostras coreográficas, shows, práticas de tango e uma feira de produtos de dança. O espaço possui uma super infraestrutura de salas, teatro e espaço de convivência”. O organizador, claro, não se esqueceu das milongas: “Teremos seis milongas, ocupando todas as noites do CBT, sendo as cinco primeiras realizadas no salão nobre do Clube Militar da Lagoa. A milonga de encerramento será de frente para o mar, na Praia de Copacabana, com uma estrutura preparada no calçadão. Serão cinco dias e seis noites convivendo com alguns dos melhores profissionais do tango argentino e brasileiro”. Fernando Decampos nasceu em Florianópolis e é uma referência no tango mundial. Primeiro bailarino de uma das mais conceituadas casas de tango da cidade de Buenos

3

Aires, a “Sabor a Tango”, integrou também a Companhia “Tango Lovers”. De volta ao Brasil, idealizou o Congresso Brasileiro de Tango, que teve sua primeira edição em São Paulo. Ano passado, transferiu o evento para o Rio, tendo alcançado grande sucesso. Sempre procurando oferecer um diferencial a cada edição, este ano Decampos traz um novo formato de seminário, como ele explica: “são os chamados ‘seminários especiais’, compostos por duas aulas sobre temáticas correlatas, ministradas em seguida. A ideia é possibilitar o trabalho minucioso sobre determinados temas. Mas o aluno também tem a opção de escolher aulas avulsas de acordo com o tema de sua preferências ou seu nível de baile”. Seja usufruindo do pacote integral do evento ou somente de algumas de suas atrações, uma coisa é certa: o investimento em aulas com professores do nível apresentado pelo CBT seria infinitamente maior fora do contexto de um congresso. O Jornal Falando de Dança apoia este evento e estará lá para conferir. Serviços: III Congresso Brasileiro de Tango De 6 a 11 de setembro de 2016 (1) Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Rua José Higino, 115, Tijuca (https://centrocoreografico.wordpress.

com/): >>Aulas de 7 a 11/09, das 11 às 17h. >>Mostra Coreográfica dias 8, 9 e 10, no Teatro Angel Vianna, no local, a partir das 17h30. >>Espetáculo Piazzolla (Cia Nuevos Aires), dias 7 e 11/09, no Teatro Angel Vianna, às 17h30. >>Feira de produtos de tango de 7 a 11/09, no espaço de convivência do Centro Coreográfico, de 11 às 19h30. >>Palestras: “A história das orquestras de tango”, “A arte da discotecagem para bailes de tango”, “Autonomia da dama e uso do chão” e “História do tango no cinema argentino”. (2) Clube Militar da Lagoa (http://clubemilitar.com.br/nossas-sedes/sede-lagoa/), R. Jardim Botânico 391: milongas todas as noites, do dia 6 ao dia 10/09, a partir das 22h. (3) Atividades gratuitas, abertas ao público em geral: feira de produtos de dança e prática de tango, no espaço de convivência do Centro Coreográfico; e milonga de encerramento, na Praia de Copacabana. (4) Compra online de pacotes de aulas e/ou milongas: www.fernandodecampos.com.br. Informações: (21) 96980-9434 (Fernando Decampos). Apoio: SMC-Rio, Jornal Falando de Dança e site Momentos de Tango.

Diretores-fundadores: Anderson G. de Aragão, Antônio Aragão e Leonor Costa Editores: Antônio Aragão e Leonor Costa Editoração: Leonor Costa Conselho Editorial: Antônio Aragão, Angela Abreu e Leonor Costa Jornalista Responsável: Antônio Martins de Aragão Registro nº 031.433 / MTPS/RJ Jurídico: Edil Murilo (OAB-RJ 52.925) Fotografia: André Lima, Angela Abreu, Antônio Aragão e Leonor Costa Fax/gravação de recados: (21) 2535-2377 Atendimento pessoal: (21) 2551-3334 / (21) 9-9492-9462 (Claro) / 9-9202-6073 (Claro) / 9-95196565 (Vivo) / 9-9965-1748 (Vivo) / 9-8631-6394 (Oi) Email: contato@jornalfalandodedanca.com.br Página na Internet: www.jornalfalandodedanca.com.br Facebook: www.facebook.com/ jornalfalandodedanca Escritório: Rua Joaquim Silva 11 sala 408 - Lapa - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20241-110 Fechamento da edição: dia 18 de cada mês Distribuição: a partir do dia 1º do mês seguinte Pontos de distribuição: Eventos dançantes da cidade (v. roteiro de bailes), escolas de dança e equipamentos culturais diversos Outros pontos de distribuição do Jornal Falando de Dança (telefone antes para certificar-se de que a edição não se esgotou): 8Capézio - Centro de Nova Iguaçu tel. (21) 2767-0055 8Capézio, Copacabana, RJ tel. (21) 2235-5503 8Capézio, Flamengo, RJ tel. (21) 2554-8554 8Sapataria Roma, Lapa, RJ tel. 2510-2121 - Rua Joaquim Silva, 15 8Amazonas Dance, Centro de Niterói tel.2613-3276 - Rua Visconde de Itaboraí nº 365, sobrado 8Parcifal, São Gonçalo tel. 9-6437-7505 8Maricá, região litorânea do ERJ Moreira Studio de Dança, tel. 9-87446884 Assinatura: R$ 60,00 - 12 exemplares/ano (1/mês) Edições atrasadas: R$ 5,00 por exemplar, a ser retirado no escritório do JFD, na Lapa, RJ As matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores, colaboradores deste informativo. As informações divulgadas nos anúncios publicitários são de responsabilidade dos anunciantes. Proibida reprodução de artes e matérias sem autorização expressa deste informativo, sob penas da lei. Amaragão Edições de Periódicos CNPJ 12.071.075/0001-42 Jornal Falando de Dança Fundação Biblioteca Nacional Reg.nº 487.274, Liv. 920, Folha 270 ISSN 2237-468X Distribuição interna, gratuita e dirigida. Tiragem: 10 mil exemplares Impressão: Gráfica Aretê editorial S/A CNPJ 00.355.188/0001-90


4

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Um pouco de história

Os Anjos da Meia-Noite: trabalhadores, lazer e direitos no Rio de Janeiro da 1ª República Em julho de 1913, os sócios do Club Dançante Familiar Anjos da Meia Noite requeriam ao Supremo Tribunal Federal um habeas corpus que lhes garantisse o direito de realizar bailes dançantes na região portuária do Rio de Janeiro. Era o fim de uma longa batalha jurídica por meio da qual os trabalhadores de baixa renda que compunham o clube, em sua maioria negros e mestiços, tentavam asse-

gurar seus direitos recreativos. O faziam, porém, a partir de um tipo de associação cujos objetivos estavam distantes da lógica própria ao movimento operário do período. Acompanhar o caso, dando a ver seus antecedentes e lógicas, é, por isso, um meio de refletir sobre a imagem passiva projetada sobre os trabalhadores do Rio de Janeiro na Primeira República por parte da historiografia.

No dia 5 de julho de 1913, o Supremo Tribunal Federal brasileiro recebeu um processo diferente daqueles que costumavam alcançar a mais alta Corte do país. Os sócios do Club Dançante Familiar Anjos da Meia Noite requeriam, por meio de seu advogado, um habeas corpus que lhes garantisse o direito de continuar a realizar bailes e outras atividades recreativas na Saúde, região portuária do Rio de Janeiro. Frente a uma situação na qual o clube estaria “constrangido, violentamente, pelo Sr. Dr. Chefe de Polícia a não funcionar” desde que ele mandara fechar sua sede e cassar sua licença de funcionamento, alegavam que, com a proibição, o clube deixaria “de existir”, sendo “extinto e dissolvido”. Respaldados pelas determinações da Lei promulgada em 1893 para regular “a organização das associações que se fundarem para fins religiosos, morais, científicos, artísticos, políticos ou de simples recreio”, na qual se reconhecia a possibilidade de personalidade jurídica de associações como aquela, apresentavam-se ao tribunal para defender a sobrevivência e liberdade do clube. Tratava-se, para os próprios contemporâneos, de uma ação inusitada, definido pelo jornal A Noite como “um pedido original”. O primeiro motivo do estranhamento ligava-se ao fato de que o requerente do habeas corpusera não uma pessoa física, cuja liberdade ou vida estivesse ameaçada, como de costume, mas uma sociedade civil. Não era apenas esse, no entanto, o motivo do estranhamento. Junto a questões ligadas às normas processuais, o caso mostrava-se também singular frente ao perfil do solicitante, um simples clube recreativo. Fundado em 1º de julho de 1906, ele tinha, segundo seus estatutos, a finalidade de “dar bailes, pelo menos uma vez por mês aos seus sócios, convidados e famílias destes”; “ensinar os seus sócios a dançar”, mantendo “ uma aula de dança para o ensino de seus sócios”; e de “divertir por todos os meios morais e lícitos” seus componentes. Ligado à simples busca do prazer e da diversão de seus membros, o clube mostrava-se distante de qualquer objetivo de representação social ou luta política, afastando-se, com isso, das questões usualmente analisadas pela Corte suprema do país. Uma terceira questão, por fim, explicaria a surpresa dos contemporâneos ante o

política. Cristalizada pela historiografia das décadas posteriores sob a designação de “República Velha”, tal leitura foi rechaçada por trabalhos mais recentes que apontam para seu caráter teleológico. Ainda assim, permanece por vezes em algumas análises a crença na completa impossibilidade de participação política dos trabalhadores no período. Em artigo que retoma argumentos já esboçados em trabalhos anteriores, José Murilo de Carvalho defende que, no início do século XX, “as oligarquias conseguiram inventar e consolidar um sistema de poder capaz de gerenciar seus conflitos internos que deixava o povo de fora”. A partir da engenharia política formulada por Campos Salles e sua política dos governadores, teria assim se firmado um sistema de poder que garantia a estabilidade da República, excluindo qualquer possibilidade de cidadania para os trabalhadores. Como resultado, as únicas possibilidades de manifestação efetiva do povo ao longo da Primeira República se dariam “à margem dos mecanismos formais de participação, quando não contra o próprio sistema político”. Era o que ocorria em greves operárias capitaneadas por trabalhadores imigrantes, cujo efeito sobre o sistema político “foi limitado” pela dificuldade de que tais movimentos pudessem “influenciar a política via participação eleitoral”; ou em revoltas de “caráter defensivo” promovidas por um universo mais amplo de trabalhadores pobres: o “povo da rua”, que reagia em motins, como a Revolta da Vacina ou a Revolta da Chibata, à “ingerência do Estado, considerada ilegítima, em suas vidas”. Configurava-se, assim, a “incapacidade do regime de incorporar o povo da rua, o povo politicamente ativo”. Verdadeira para todos os trabalhadores, tal exclusão seria ainda mais marcante no caso dos negros e pardos — cujos costumes e tradições, alvos preferenciais da vigilância republicana, teriam sido de todo marginalizados no período. A partir dos ditames da lógica cientificista, que passava a justificar as ações dos governos republicanos, esses sujeitos teriam se transformado em vítimas preferenciais do novo regime, que tentava apagar suas marcas da imagem projetada para a nação. Nesse quadro, só restaria a eles tentar reagir defensivamen-

pedido levado ao Supremo Tribunal pelos sócios do Anjos da Noite: o perfil social e étnico de seus componentes. Este evidencia-se nas profissões de seus diretores, informadas ao Chefe de Polícia em 1912 no momento em que o clube requeria a licença anual de funcionamento. Apresentavam-se um ladrilheiro, um operário do Arsenal da Marinha, um trabalhador da Light e um estivador do cais do porto, que era o presidente do clube. Semelhante era o tipo de atividade de seus fundadores, dentre os quais foi possível identificar trabalhadores braçais como Cesar Neves de Carvalho, um cocheiro, e David Francisco Carvalho, foguista. Atento a essa composição socialmente definida, um redator do Jornal do Brasil, em uma de suas notícias sobre os Anjos da Meia Noite, os definia como uma sociedade “onde se reúne a fina flor da gente que se diverte com pouco dinheiro”. Em uma sociedade recém-egressa da escravidão, na qual negros e pardos constituíam ainda a maior parte da força de trabalho, não é de se admirar que fossem em sua maior parte de ascendência africana os componentes do grupo. Longe de ser um detalhe, essa marca étnica estava na própria base da identidade construída pelos sócios do clube. Não por acaso, naquele mesmo ano de 1913, no dia em que se comemoravam os 25 anos da abolição da escravidão, a sua diretoria publicou um anúncio nos jornais divulgando “um grande baile de kermesse” em “regozijo à festa de 13 de maio”, feita a “pedido dos nossos frequentadores deste club (sic)”. Se tais fatores explicam por que os próprios contemporâneos estranharam o pedido apresentado pelos sócios do clube ao Supremo Tribunal Federal, mais incompreensível ainda parece tal solicitação à luz de parte da historiografia sobre o período. A partir da década de 1930, intelectuais ligados ao projeto político do chamado Estado Novo trataram de definir, para as primeiras décadas da República, uma marca oligárquica e excludente, na qual inexistiria qualquer espaço de ação ou participação para os trabalhadores. A partir da suposição da incapacidade de ação coletiva da massa de trabalhadores nacionais, em grande parte decorrente de sua recente condição escrava, formulou-se para o período a imagem de uma completa ausência de participação

te a essa tentativa de apagamento, em uma atitude de simples resistência por meio da qual evidenciariam sua aversão à nova ordem política. Da soma entre uma ordem institucional oligárquica e excludente e os ditames de uma ideologia cientificista que justificava tal exclusão, definia-se, em tais análises, a imagem de uma belle époque republicana branca e cosmopolita, que teria esmagado de todo a crescente aspiração de ex-escravos e seus descendentes por novos direitos. Corretas, se pensadas de uma perspectiva puramente eleitoral, tais leituras iluminam o modo pelo qual se estruturou a ordem republicana do ponto de vista daqueles que comandavam seus mecanismos. Ainda assim, elas acabam por desconsiderar a possibilidade de existência de outras formas de participação política que se estruturavam por dentro dessa ordem republicana. É o caso, em especial, das que adotavam lógicas e formas de ação diversas daquelas das lideranças letradas ou dos trabalhadores de origem europeia. Ao analisar o caso dos muitos trabalhadores escravizados durante o Império, estudos desenvolvidos a partir da década de 1980 mostraram a parcialidade das análises que pensavam os cativos como simples objetos passivos da vontade e da ação senhorial. Voltados para a experiência de tais sujeitos, análises como as de Sidney Chalhoub, João José Reis e Maria Helena Machado iluminavam a lógica própria que alimentava cotidianamente sua atuação. Em conjunto, indicavam que, ainda que por caminhos diferentes daqueles forjados no mesmo período pelos trabalhadores europeus, escravos e homens livres de cor afirmavam sua própria forma de luta, por vezes construída por dentro das redes do paternalismo. Sem atentar para as lógicas próprias que alimentavam essas formas de luta e articulação, só restava aos autores que tentaram entendê-los nos primeiros tempos da República atribuir a eles uma postura defensiva, simples negação da nova ordem. Como resultado, definiu-se uma lacuna profunda na compreensão sobre as experiências dos trabalhadores negros e pardos entre o final do Império, momento no qual os escravos e homens livres de cor lutaram de formas diversas contra a dominação à qual estavam submetidos, e os anos 1930


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

do século XX, quando seus costumes e práticas seriam finalmente incorporados, pelo menos formalmente, a uma nova configuração da nacionalidade. Ao ignorar qualquer possibilidade de agência dos trabalhadores em meio ao tal processo, muitos daqueles que analisaram a formulação de um novo perfil para a cultura brasileira a partir do final da década de 1920 trataram de tomá-lo como simples fruto da dádiva do Estado Novo ou da “descoberta” dos intelectuais, que passaram a valorizar essa marca popular e mestiça da nação — em interpretação que novamente relegava os trabalhadores negros e pardos ao papel de simples coadjuvantes. Na tentativa de fugir de tal armadilha, alguns estudos trataram de apontar para a neces-

para excluir os sujeitos que as promoviam. Ao apelarem ao Supremo Tribunal Federal na tentativa de resguardar seus direitos recreativos e associativos, os sócios do Anjos da Meia Noite nos dão, assim, a chance de analisar, sob nova perspectiva, o sentido assumido naquele momento por costumes recreativos fundamentais na experiência de homens e mulheres aos quais se costuma negar qualquer possibilidade de ação. Estudos como o de Maria Cecília Velasco Cruz já se encarregaram de mostrar como esses trabalhadores marcados pela ascendência africana gestaram, nos primeiros tempos da República, formas próprias de articulação política, expressas nas disputas sindicais entre os estivadores cariocas.21 Seguin-

Recorte da Revista da Semana, edição de 25-02-1911, mostrando a diretoria da “Lyra Dois Diamantes”, clube dançante localizado na Cidade Nova, Rio de Janeiro, similar ao “Anjos da Meia-Noite” (acervo Heroteca Digital da Fundação Biblioteca Nacional)

sidade de levar em conta a importância que tiveram, em meio a esse processo, os costumes e práticas compartilhados por homens e mulheres negros e pardos nas décadas anteriores. Ao percebê-las como objetos de interesse do mundo letrado desde o final do século XIX, mostravam que o estudo das práticas culturais desses trabalhadores afrodescendentes configurava-se como um meio de vê-los como sujeitos ativos dessa história. Em geral, entretanto, esses estudos têm por foco questões distantes da reflexão sobre a cidadania e a política formal, voltando-se preferencialmente para eventos recreativos como festas, músicas e bailes. Se nessas configuravam-se a força e a vitalidade de costumes e experiências que viriam a servir de base para a nova imagem da nacionalidade forjada nas décadas seguintes, resta ainda tentar entender o papel que tais práticas culturais desempenharam frente a uma estrutura política forjada

do essa trilha, resta acompanhar o caso dos Anjos da Noite, em seus antecedentes e lógicas, de forma a tentar entender como esses sujeitos se pensavam no período como cidadãos — ou seja, o modo pelo qual, a partir de suas práticas recreativas cotidianas, interagiam com uma nova ordem institucional por eles experimentada, em uma relação a partir da qual tentavam definir seu lugar na nação republicana que se gestava. (continua na próxima edição) ____________________ Por Leonardo Affonso de Miranda Pereira | Departamento de História da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Reprodução autorizada pelo autor e pela Revista Tempo, do depto. de História da PUC-Rio. Publicado originalmente em “Tempo vol.19 no.35 Niterói July/Dec. 2013”. URL: http://www.scielo.br/scielo. php?pid=S1413-770420130002 00007&script=sci_arttext

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

5

Pedro Maria Colonna, as súplicas do mestre de dança da família real Encontramos em várias fontes, inclusive bibliográficas, que Dom João teria ordenado a vinda do mestre de dança Pedro Colonna por ocasião da chegada da família real ao Brasil. ConMaristela Zamoner forme a consulta que fazemos, chegamos a ler que Pedro Colonna veio junto com a família real. Pois é momento de aprimorar um pouquinho este conhecimento, já que novas fontes documentais tornam-se públicas na atualidade, permitindo ajustes no que pensávamos saber. A Biblioteca Digital Luso Brasileira disponibilizou, agora em 2016, documentos que merecem atenção. Parte deles é sobre o pedido feito pelo mestre de dança Pedro Maria Colonna ao príncipe regente Dom João, para receber seus ordenados de 1808 e passar com sua família ao Rio de Janeiro, na fragata Andorinha. Este pedido de Colonna foi feito em 12 de maio de 1809. Em outra parte dos documentos há mais uma solicitação deste mestre de dança, datada de 27 de novembro de 1810, desta vez dirigida ao governador do reino D. Miguel Pereira Forjaz Coutinho, para que conceda licença a fim de passar à Corte do Rio de Janeiro com sua família, esposa e duas filhas, na fragata Carlota. As cópias digitais dos manuscritos são de difícil leitura. Mas é possível perceber que, por mais de uma vez, Colonna suplicou de próprio punho por sua vinda, e de sua família, ao Brasil. O que se sabe é que a Fragata Princesa Carlota chegou ao Rio de Janeiro em junho de 1811, trazendo, sim, pessoas como um funcionário da Real Biblioteca e o notável compositor Marcos Portugal, após ser convocado individualmente por Dom João VI, em 7 de janeiro de 1811. O compositor trouxe nesta viagem sua esposa, uma cunhada e o destaque de seus últimos trabalhos na Europa, a brilhante cantora Marianna Scaramelli. A eminente protagonista, que desde muito jovem se destacou em diversos teatros europeus, chegou ao Brasil acompanhada de seu esposo, Luiz Lacombe, sobre quem não se encontram indícios de atuação profissional anterior. Sabese apenas que, ao chegar ao Rio de Janeiro, procurou trabalho anunciando-se pelo jornal como Luiz Lacomba, Professor de Dança. Mesmo que ainda não seja possível saber em que data Colonna aportou em nosso país, seu nome foi constatado no jornal brasileiro “O Patriota”, de dezembro do ano de 1813, em uma lista de Subscritores á segunda Assignatura de Patriota. Segundo o autor Cleofe Person de Mattos, em um livro biográfico de 1996, Colonna de fato estava no Brasil em 1813 e atuando como mestre de dança do Real Serviço: “Caso típico é o de Pedro Colonna, professor de balé, vindo de Lisboa com D. João. Em 1813

reclamava lhe fossem também concedidas as ‘50 moedas’ pagas pelo ‘real bolsinho’ a Marcos Portugal, em vez das 13 que ele recebia. O barão do Rio Seco, que informava o pedido, confirma o fato mas acrescenta: ‘Hé verdade que hum e outro são Mestres do Real Serviço, mas que diferença vay de hum a outro’”. O aumento não foi concedido ao mestre de dança do Paço, mesmo tendo ele alegado que seus vencimentos eram insuficientes para suas despesas, especialmente para o aluguel de casas. A família Colonna é antiga, tradicional de Roma, na Itália, e foi muito poderosa na Idade Média e no Renascimento. Pedro Colonna consta como professor de dança no Real Colégio em Lisboa e o nome Pietro Colonna (175?-181?) está registrado em fontes portuguesas com atuação para a corte como dançarino em 1767 e como mestre de dança em 1775. No ano de 1780 passou a coreógrafo da corte em substituição à Andrea Alberti, que havia assumido em 1775 as funções do recém falecido François Sauveterre, este último, vindo de Gênova em 1767, com seu pupilo Pietro Colonna. Nesta época era muito comum os filhos terem o nome dos pais, de modo que fica difícil ter certeza se estes nomes são ou não do mesmo mestre de dança. Gradativamente mais fontes documentais vêm sendo disponibilizadas, permitindo a ampliação dos conhecimentos sobre a história da dança de salão no Brasil! Esperemos que novos capítulos não tardem a aparecer, tirando dúvidas, corrigindo distorções e abrindo novas janelas para este passado fascinante. Fontes: 8Brito, Manuel Carlos de (2007). Opera in Portugal in the Eighteenth Century. Cambridge University Press. 8Mattos, Cleofe Person de (1996). José Maurício Nunes Garcia: biografia. Fundação Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro. 8Melo, Victor Andrade (2016). Experiências de ensino da dança em cenários não escolares no Rio de Janeiro do século XIX (décadas de 1810-1850). Movimento, Porto Alegre, v. 22, n. 2, 497-508, abr/jun. 8 http://bdlb.bn.br/acervo/handle/123456789/409914 8 http://bdlb.bn.br/acervo/handle/123456789/414627 Saiba mais: 8Zamoner, Maristela. História da Dança de Salão no Brasil do século XIX e os irmãos Lacombe. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires), v. 186. Novembro, 2013. _______________

Maristela é professora de dança, pesquisadora e autora de vários títulos, dentre os quais quatro livros publicados sobre dança de salão


6

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Opinião

Dança na telinha

Quando parar de aprender a dançar

Seriados com dança

Ana Botafogo já era uma bailarina clássica consagrada e... continuava fazendo aulas. Essa é uma das boas lições que a gente colhe na Milton Saldanha leitura do seu livro de memórias. Ela conta isso com naturalidade, no meio do texto, sem intenções de ministrar regras de comportamento aos leitores. A transformação disso em “lição” é por minha conta. Porque é assim que se deve ler uma biografia: tirando dela as melhores experiências, pegando carona na vida do biografado, sobretudo quando se trata de alguém que lutou e venceu. Com a leitura atenta, percebendo os mais valiosos detalhes, como neste caso, tomamos de empréstimo a experiência alheia, enriquecendo nossa vida, e com a vantagem de ganhar isso sem o esforço que o outro precisou investir. Contudo, Ana Botafogo não me surpreendeu. Eu já sabia que os maiores artistas são aqueles que nunca param de estudar, pesquisar, trabalhar. Certa vez, fazendo um workshop de tango, em Buenos Aires, me surpreendi quando vi um casal campeão mundial no meio da turma. Com tremenda humildade, Jonathan Spitel e Betsabet Flores faziam a aula como qualquer mortal, inclusive chamando o casal de professores para elucidar dúvidas. Isso ajuda a explicar, além do óbvio talento, porque se tornaram campeões mundiais. Como ajuda a explicar porque Ana Botafogo construiu uma formidável e merecida reputação internacional como bailarina. Agora vamos virar o compasso e chegar aos nossos amigos da dança de salão brasileira. Pergunta: quantos, entre aqueles que mais se destacam, continuam estudando? Não fiz pesquisa para apurar a resposta, mas baseado na observação posso assegurar que são poucos. A maioria já se considera “pronta”, não tem mais nada a aprender. E não se trata de um fenômeno novo, sempre foi assim. São raros os veteranos e consagrados que baixam a crista e percebem que nenhum aprendizado, em nenhuma área do conhecimento humano, tem um final. Pela simples razão de que tudo no mundo é dinâmico, se transforma e evolui. E mais: tudo vai muito mais além do que possamos imaginar, mesmo quando a presunção, essa armadilha perigosa, nos dá os falsos sinais de que já sabemos tudo e podemos parar. Estudo tango há 14 anos e nem me passa pela cabeça parar de aprender. A única diferença é que passei a eleger a técnica como prioridade. Mesmo assim acho gostoso aprender algum passinho novo, para enriquecer o repertório e variar a diversão no baile. O detalhe é que sou amador, já tenho 71 anos, e não faço disso um

Com o lançamento da série “Ela Dança, Eu Danço”, em 2017, relembrei de vários filmes de dança, mas esqueci completamente das séries com Marco Antonio Perna* dança. Bem, na verdade o problema é justamente lembrar de alguma série específica de dança. Filmes de dança temos com certeza uma grande quantidade, e temos uma quantidade ainda maior de filmes onde a dança não é o principal, mas que possuem cenas da trama onde a dança pode ser vista como parte importante do filme (como a cena de tango de “Perfume de Mulher”). Claro que não podemos incluir filmes que tenham gente dançando socialmente em bailes ou casas noturnas, pois nesse caso a dança não está sendo realmente algo importante no filme. Já séries com dança temos poucas, como “Fame” e, recentemente, “Glee”. Porém Glee foi uma série focada no canto, e não na dança, apesar de ter inúmeras apresentações de dança com os atores cantando. Já Fame retratava uma faculdade de artes com canto, dança e música, e apesar de apresentar episódios de dança o foco era bem dividido durante todas as cinco temporadas da série. Especificamente de dança, a única série a que assisti foi a série australiana “Dance Academy”, de 2013, no Netflix, e até o momento as suas três temporadas são as únicas de dança que conheço. Dance Academy é uma série sobre garota que sai do interior da Austrália para entrar na academia nacional de dança (australiana), em Sidney. Retrata as competições internas das bailarinas em busca do estrelato no ballet. Por outro lado, inúmeras séries têm episódios dedicados à dança. Por exemplo, no episódio 10 da oitava temporada de “Bones”, os protagonistas precisam participar de uma competição de dança de salão para dar continuidade a uma investigação. Já no episódio 7 da quinta temporada de “Cold Case”, um caso é reaberto onde uma dona de casa saía à noite para ser “taxi girl” em um “dancing”. No episódio 4 da quarta temporada de “Friends”, Joey é obrigado a dar aulas de dança de salão ao zelador do prédio. Nas séries nacionais “Doce de Mãe” (episódio 6) e “A Grande Família”

meio de vida, nem de melhoria do meu orçamento. Então fico pasmo com profissionais de dança, inclusive jovens, que abandonaram a busca de desenvolvimento e aprendizado. Sem compromisso consigo próprio, como pode, por exemplo, um professor ter compromisso com seus alunos? E se for um dançarino de shows, o que se poderá esperar desse profissional, além daquilo que já mostrou? Caros, a decadência de uma carreira começa quando deixamos de suar e de sonhar. Parece-me um bom trocadilho, para lembrar disso. Inclusive porque depois do abandono do aprendizado vem o abandono do corpo. E o corpo é a ferramenta de trabalho do bailarino, ou dançarino. Recentemente São Paulo recebeu a visita do argentino Sebastián Giménez, casado com a brasileira Joana Gomes. Ele estava só a passeio, mas a grande tangueira Juliana Maggiolli teve a idéia de promover um workshop, no Tango B`Aires. Sebastián foi campeão mundial de tango salão em 2010. Seu nome estaria em qualquer lista dos dez maiores tangueiros mundiais da atualidade. Vejam que chance de aprender com um dos gênios do ramo. Na véspera, uma sexta-feira, o baile lotou porque foi anunciado que eles fariam uma apresentação, precedendo o worshop, marcado para o sábado. O público, como esperado, aplaudiu freneticamente. No dia seguinte fui para as aulas, imaginando as dificuldades naturais de um salão lotado. Que triste engano, e decepção: havia poucos alunos, e na maioria pessoas que já dançam bem. Detalhe: os preços, de 150 reais (individual), ou 280 reais (casal), eram os normais de mercado. Barato, eu diria, considerando a qualidade do mestre. Algumas senhoras gastam isso num baile, com seu personal dancer. Onde estava o público da noite anterior? Onde estavam os demais tangueiros paulistas, profissionais e amadores? Não me compete responder, inclusive por respeito às dificuldades orçamentárias de uma parcela do público. Mas, convenhamos, havia também pessoas que costumam freqüentar Buenos Aires. Certamente elas já sabem tudo de tango. Se o nosso público dispensa a contribuição de um campeão mundial, o que esperar então de um professor de menor envergadura? Muita gente não frequenta mais aulas de dança porque se acha igual, ou mesmo superior, a determinados professores. É outro engano. Pelo menos no meu entendimento, porque valorizo o detalhe. Sempre há um novo. É da soma deles que nasce a grande dança. _________________________ Milton Saldanha é editor do Jornal Dance (São Paulo)

também tivemos a dança de salão presente em alguns episódios, com episódios de aulas ou campeonatos de dança em baile. Em “My Wife and Kids”, no episódio 4 da terceira temporada, a trama gira em torno do sensual professor de dança de salão que é contratado pela esposa e a crise conjugal gerada. No episódio 11 da quarta temporada de “Star Trek TNG - A Nova Geração”, o andróide Data tem aulas de dança. Umas das cenas mais marcantes de “Twin Peaks” é a de um anão dançando no início da primeira temporada (não me pergunte por quê). Já no episódio 4 da primeira temporada de “The O.C.” um baile de debutantes irá ocorrer no final do episódio e os personagens tomam aulas de dança de salão antes, para nada sair errado. Inúmeros episódios de diversas séries, como esses que citei, provavelmente têm a dança como elemento importante da trama, e não apenas com pessoas dançando socialmente em algum lugar. Caso você conheça alguma série com algum episódio onde a dança seja elemento importante, ou mesmo alguma série dedicada à dança, entre em contato com o jornal, para publicarmos na seção cartas. ________________ Marco Antonio Perna é pesquisador, editor de site de dança e autor de livros de dança. Esta crônica faz parte de sua coletânea “Causos da Dansa”, ainda inédita. Site: www.marcoantonioperna.com.br/ Blog: www.dancadesalao.com/agenda.


Troféu Casal 20 39 anos

GRUPO

TODO SÁBADO

vozes

CLUBE RECREATIVO

som &

PORTUGUÊS JACAREPAGUÁ

R. Ariapó 50 - Taquara

2757-2564 964.343.243

Grande Baile

18h

BAILE DOS SONHOS DOURADOS

Conjunto Aeroporto Coquetel completo Traje esporte fino

Jessé Sarmento Junior

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 7 - ed 108 - SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

SÁB | 24 SET | 21h

Coord. e direção: Annibal e Elza

Associação dos Empregados no Comércio / RJ

Av. Rio Branco 120 - 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ

apoio

Consultoria Imobiliária CRECI 68321

Lançamentos e Prontos em todo Rio de Janeiro As melhores propostas, vem comigo

(21) 98142-0992 | j.sarmentojunior74@gmail.com | Norte Shopping Loja H 109 e 110

Baile da Primavera na Mansão Praça Seca

das Águas

DOM

Baile de ficha temático Org.: equipe da C. D. Sérgio Castro

25 SET 16H

Informações: CASA DE DANÇA SÉRGIO CASTRO t. 3390-9650 / 9.8626-5044 / 9.8626-5340 R. QUIRIRIM 1523 CASA 5 VILA VALQUEIRE

2223-4066 Stelinha Cardoso - REG.MTB: 15.414

Av. Marechal Floriano, 42 - sobr. Centro - Rio de Janeiro - RJ

Temos vários convênios - faça uma aula experimental BAILE DO ALMOÇO - TODAS AS QUINTAS, 12H BAILE MENSAL - PRIMEIRA SEXTA DO MÊS, 18H

Alvaro’s Dance Conforto, credibilidade, profissionalismo e bom atendimento DANÇAS DE SALÃO bolero-fox(soltinho)-forró-tango-salsa zouk-samba de gafieira-samba no pé NOVIDADE: ballet clássico e flamenco

Dir.: Álvaro Reys

Informações:

2547-0861

R. Barata Ribeiro 271, sobrado - Copacabana - RJ

Rua Riachuelo 109 - 2º andar Centro - RJ 2221-1011 / 9-9265-5035 www.renatapecanha.com.br

apoio

ATENÇÃO: ESTAMOS EM NOVO ENDEREÇO! VENHAM NOS VISITAR Com este: uma aula grátis e isenção de matrícula

José Magela

DANÇAS DE SALÃO E CONSCIÊNCIA CORPORAL SESSÕES PARTICULARES

Studio de Dança Marquinhos Copacabana Av. N. Sa. Copacabana 427 - gr. 302/303 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21)2256-1956 e 2548-7755

Aulas em grupo ou particular com os melhores professores do mercado

Sábados: baile de ficha, início 19:00h

www.marquinhoscopacabana.com.br email: marquinhoscopacabana@globo.com

CASA DE DANÇA SÉRGIO CASTRO BOLERO, SAMBA, FORRÓ, SOLTINHO, TANGO E OFICINA DE SAMBA TURMA DE SAMBA INICIANTE E INTERMEDIÁRIO - TODA 5ª DE 20 ÀS 21H

RUA QUIRIRIM, 1523 - CASA 5 - VILA VALQUEIRE casadedancasergiocastro@yahoo.com.br

DANÇA DO VENTRE

Convênios APPAI / ASSIST

Inf. 3390-9650 9.8626-5044 9.8626-5340

Dança de Salão Bolero Samba Forró

PROFS.SÉRGIO CASTRO ANA CASTRO

Soltinho Tango Salsa Zouk

Aulas práticas, individuais ou grupo, de segunda a sábado

Praça Demétrio Ribeiro, 17 sala 302 - Copacabana (entre Princesa Isabel e Prado Jr)

BAILINHO DE PRÁTICA: LIGUE PARA INFORMAÇÃO

Inf. Ivan Sanna 9-8442-2178

Niterói & São Gonçalo

Escola de Dança Reinaldo Gonçalves DANÇA DE SALÃO | RITMOS QUENTES (SALSA E ZOUK) | CURSO DE FORRÓ Escola de Dança Reinaldo Gonçalves

reinaldo.goncalves2004@ig.com.br - www.escola-danca-reinaldo-goncalves.webnode.com

DO BOLERO AO SAMBA || DO FORRÓ AO TANGO COREOGRAFIAS PARA EVENTOS || PREPARAÇÃO CORPORAL PARA CENAS

Inf. (21) 3186-3151 / 9-9741-8373 (Vivo) / 9-8473-4868 (Oi)

tel. 99162-1845 || email: josemagelabr@gmail.com

Em Niterói: Avenida Amaral Peixoto 36 s/415 - Galeria Paz - Centro Em São Gonçalo: Rua Nilo Peçanha 320 - Centro


DOMINGUEIRAS DA ASPOM NOVOS TEMPOS

04 SETEMBRO

2º DOM

3º DOM

11 SETEMBRO

18 SETEMBRO

Das 18 às 22h DANÇARINOS DE FICHA (OPCIONAL) Presidente Levi Meireles

Orquestra Tabajara

4º DOM

25 SETEMBRO

Apoio: Diretores das bandas Amiga Angela Abreu Jornal Falando de Dança Karla Falcão

ASPOM

Comemorando os 82 anos da internacional

MILÊNIO

Até aqui o Senhor me ajudou

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade - Inf.: 2596-3974

REALIZAÇÃO:

R. Haddock Lobo 359, Tijuca - t. 2569-4822 r. 206 / 3528-8966

Helênico Atlético Clube R. Itapiru 1305 - Rio Comprido - tel. 2502-1694 / 2164-7329

BAILE DE ANIVERSÁRIO DA PROFª

email: helenicoeventos@gmail.com Administração: Gilka Campos e Dr. Miguel Estima

MARISE SANTOS CAROL

Almoço a partir das 13h com música ambiente

COM A BANDA

NOVOS TEMPOS intervalos: DJW NEGRÃO

SÁB 03/09 - SOL E MAR SÁB 10/09 - ALTO ASTRAL SÁB 17/09 - RIO POSTAL SÁB24/09- BAILECOMDJS

Serão oferecidos: equipe de dançarinos, frutas, doces e bolo LIBRIANOS: COMEMOREM CONOSCO!

Até 31/08 = R$ 15,00  De 01 a 30/09 = R$ 20,00  Mesa antecipada = R$ 15,00

Inf. 3272-2678 / 9.9632-3718 / 9.8568-8582

sábado sábado sábado sábado

| | | |

Rastapé & Batucada Tum & Tum Zouk+ Milonga Carioca

Aulas na Aspom Danças de salão: Marise Santos e equipe 2ª / 4ª a partir das 19h

Vem aí FLASH BACK DO HELÊNICO Anos 70, 80 e 90

Administração: Waldir Marques

BANDA ALTO ASTRAL

Botafogo

ALMOÇO DANÇANTE

Aos domingos, a partir das 12h, no salão nobre Cardápio variado | doces portuguesas | música ao vivo

SEXTA - 09 DE SET - 19H

CONVITE ANTECIPADO R$10, NA HORA R$15 - MESA R$10 INFORMAÇÕES:

2527-2300 E 9.8874-0012

R. Haddock Lobo, 195 - Tijuca - reservas: 2293-1542

DANÇAS TEATRO arte

Apoio

Helênico A. C.

Adm.: Gilka Campos e Dr. Miguel Estima

Bail da s e god aia ê

Venha fazer uma aula experimental

Aulas personalizadas e pequenos grupos coreografia para casamentos e debutantes Excursões dançantes | Equipe de dançarinos Aluguel do espaço | som e iluminação

22

OUT

16 ÀS 20H BANDA

ALTO ASTRAL

FILIE-SE!

APOIO:

Certificado pelo Sindicato dos Profissionais de Dança do Rio de Janeiro (CQID | 2010) Registro Profissional (DRT) nº 46.947 FORMULÁRIO DE ADESÃO COM DAVID THEODOR DIRETOR DE COMUNICAÇÃO

Prof. Reginaldo Alexandre

Rua Itapiru 1305 - Rio Comprido tel. 2502-1694 / 2164-7329

Danças de salão | Artesanato | Ballet | Teatro Jazz | Sapateado | Tango | Samba no pé | Zumba

2426-4816 | 9-9299-4078 (Claro / Zap) | 9- 9816-5813 (Vivo) contato@davidtheodor.com | www.davidtheodor.com

Ingresso R$ 15,00 mesa grátis

tocando o que há de melhor na DANÇA DE SALÃO

Rua Comendador Guerra, 84 - Pavuna

Casa da Vila da Feira convida

Direção: David Theodor

Baile com os DJs ELCIO E NELSINHO

BAILE EM COMEMORAÇÃO DA SEMANA DA INDEPENDÊNCIA

Espaço de Dança Adriana Gronow & Paulinha Leal R. Arnaldo Quintela 22 - tel. 2542-2040

Estr. Marechal Miguel Salazar Mendes de Morais, 192 Jacarepaguá - próx. BRT Merck / Sta. Efigênia

SÁB - 24 SET - 16H

PARATODOS DA PAVUNA

Escola de Dança

Espaço Cultural Taquara

apoio:

Realização: Geraldo Lima Produções

E DA SUA FILHA

1º 2º 3º 4º

7 SET

INGRESSOS ANTECIPADOS NO CLUBE (5º ANDAR) OU COM GERALDO LIMA: 2527-2300 OU 9.8874-0012

SÁB 8 OUT 19H30

Bailes:

QUARTA 16 HORAS

Aspom - Av. D. Hélder Câmara 8484 - t. 2596-3974

Realização: Marise Santos - Apoio cultural: Valdeci Melo, advocacia em geral (9.6410-5020 / 3186-0037) Jornal Falando de Dança

APOIO:

PREMIAÇÃO PARA SAIA MAIS ORIGINAL Ingr. antecipado: R$ 25 / no dia: R$ 30 (mesa grátis) Inf. / vendas: 98179-5710 / 98141-1750 / 99982-3212

Parceria: Helênico, Valdeci de Souza e Geraldo Lima

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 08 - ed. 108 - SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

ALTO ASTRAL

Baile da Independência

Banda

SÁBADO

BRASIL SHOW 1º DOM

Banda

Banda

APRESENTA

Realização

Banda

Associação dos Servidores Públicos - Club Municipal Adm. Luís Cosme Paredes Dias - Dir. social: Bela Bádua


CLUBE MUNICIPAL

R. Haddock Lobo 359, Tijuca (a 100 metros do metrô Afonso Penna)

Flash Back

S Á B - 24 SETEMBRO - 2 0 H ANTECIPADO DAMAS 15 E CAV. 25 AL

GER

S

APOIO

LIMA PROD

ÕE

Inf. 2569-4822 ramal 206 / 3528-8966

DO

Helênico Atlético Clube Administração: Gilka Campos e Dr. Miguel Estima

email: helenicoeventos@gmail.com

SUCESSO E D S O ! N A

APOIO:

Rua Itapiru 1305 - Rio Comprido - tel. 2502-1694 / 2164-7329

20

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 09 - ed. 108 - SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

O MELHOR DO PLANETA

SÁB | 15 OUT | 16H B A I L E C O M E M O R AT I V O C O M B A N D A

BANDA NOVOS TEMPOS

Djs Jorginho e Leo Pers nos intervalos

Ingr. antecipado: R$ 20,00 (mesa grátis) No clube ou com o realizador

Realização Geraldo Lima: 2527-2300 e 988.740.012


10

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Fique por dentro

Edital de patrocínio do Banco do Brasil

Estão abertas as inscrições para o Programa Banco do Brasil de Patrocínios 2017/2018, por meio de dois editais: “Edital de Patrocínio - Banco do Brasil” e o “Edital de Patrocínios - Centro Cultural Banco do Brasil”. Na modalidade Patrocínio - Banco do Brasil, as propostas selecionadas têm o objetivo de definir parte da programação de projetos que serão apoiados pelo Banco do Brasil ao longo do ano de 2017 e 2018. Já na modalidade Patrocínios - Centro Cultural Banco do Brasil, o objetivo é selecionar projetos a serem patrocinados pela instituição, para compor a programação das unidades do Centro Cultural Banco do Brasil em Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), também nos anos de 2017 e 2018. Inscrições até dia 26/09. Mais informações em goo.gl/ Nt7PGS. ***

Edital de Fomento às Artes 2016/2017

O edital, cujas inscrições se encerraram dia 23/08, alcançou a marca de 2.653 propostas culturais cadastradas nas 13 linhas de ação oferecidas, totalizando R$ 25 milhões em investimento da Secretaria Municipal do Rio na produção artística da cidade. A linha “teatro” foi a que mais recebeu inscrições, com um total de 922 projetos concorrendo aos R$ 11 milhões destinados à linguagem. Na terça-feira, dia 06/09, será publicada a lista dos projetos culturais inscritos e habilitados no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro e no site da SMC-Rio. Interessados também poderão acessar o link pelo perfil da SMC no Facebook. ***

Resultado de enquete da SMC-Rio

No início do ano, a Secretaria Municipal de Cultura enviou enquete aos emails de produtores e fazedores de cultura, visando a entender as demandas e oportunidades da agenda cultural. Segundo carta enviada ao Jornal Falando de Dança, agradecendo nossa participação, os resultados mostraram que uma vasta programação cultural é oferecida por toda a cidade, em todas as áreas culturais, e que há um grande interesse em produzir ainda mais. Abaixo, uma breve conclusão dos dados fornecidos pelas cerca de 500 respostas recebidas (se é que 500 respostas representam o universo bem mais numeroso de integrantes da cena cultural carioca): >>> Os produtores cariocas atuam em 21 áreas artísticas e culturais diferentes, onde 73% se apresentam em mais de um local na cidade, sendo com maior frequência Copacabana e Centro do Rio. >>> Todos estão online: equipamentos e produtores são muito ativos nas mídias sociais, sendo as mais populares o Facebook, o YouTube, o Instagram, o Whatsapp e o Twitter. >>> Apenas 7% dos equipamentos e 8%

dos produtores relataram ter experiência com redes de networking, uma ferramenta importante para se conectar com seus pares, a fim de trocar ideias e compartilhar recursos. >>> Os equipamentos culturais demonstraram interesse em melhorar a comunicação na imprensa e em mídias sociais (74%), em acessibilidade (63%) e em marketing (58%). De forma similar, os produtores culturais apontaram um maior interesse em arrecadação de fundos (70%), comunicação na imprensa ou em mídias sociais (63%), em marketing (56%) e em assessoria de gestão do seu empreendimento (53%). >>> Colaboração: 86% dos produtores demonstraram interesse em um programa ou festival cultural integrando toda a cidade do Rio, com o fim de aumentar a participação cultural local. >>> Promover: equipamentos culturais recebem menor quantidade de público nas terças e quartas-feiras, uma oportunidade para divulgação em conjunto com outros equipamentos, para atrair mais público nestes dias. O questionário é complementar à recentemente lançada pesquisa sobre hábitos culturais dos cariocas, organizada pelo pesquisador João Leiva, em parceria com a Datafolha. ***

Cartilhas online sobre produção cultural

Lançada em 2013 pela Secretaria de Cultura da Bahia, a coleção de 10 apostilas virtuais foi elaborada por professores, pesquisadores, estudiosos e gestores da cultura, objetivando permitir o acesso a informações e conceitos fundamentais ao campo da cultura. Pode ser lida online ou baixada para arquivo. Digite a url http:// conferenciadecultura.files.wordpress. com/2013/11/cartilhas_secult_set13, seguida do endereço da cartilha desejada, que informamos abaixo: 1- Cartilha sobre Território e Identidade _territc3b3rio-e-identidade.pdf 2- Cartilha sobre Fomento à Cultura _fomento-c3a0-cultura_final.pdf 3- Cartilha sobre Gestão Cultural _gestc3a3o_cultural_final.pdf 4- Cartilha sobre Legislações Culturais _legislac3a7c3b5es-culturais-final.pdf 5- Cartilha sobre Conselhos de Cultura _conselhos-de-cultura_final.pdf 6- Cartilha sobre Sistemas de Cultura _sistema-nacional-de-cultura_final. pdf 7- Cartilha sobre Política Cultural _polc3adtica-cultural_final.pdf 8- Cartilha sobre Planos de Cultura _planos-de-cultura_final.pdf 9- Cartilha sobre Participação, Consulta e Controle Social _participac3a7c3a3oconsulta_e_controle_ana_aragc3a3o.pdf 10- Cartilha sobre Redes e Consórcios _redes-e-consc3b3rcios_final.pdf (fonte: https://www.facebook.com/ CentraldeEditaisetceta) ***

Prêmio Conexão Circulação Artes Visuais - Funarte/MinC

O Edital do Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais objetiva a seleção de projetos de exposições de pequeno porte, na área das artes visuais, a serem realizadas nos espaços da Funarte, e promover o intercâmbio das mesmas em outros Estados da Federação, com a finalidade de estimular a multiplicidade e a diversidade de linguagens e tendências da arte contemporânea brasileira. Inscrições até 15/09/16. Fonte: http://www. funarte.gov.br/wp-content/uploads/ 2016/08/Edital-Prêmio-Funarte-Conexão -e-Circulação-Artes-Visuais.pdf ***

Processos criativos na dança

O Centro Coreográfico iniciou, no sábado dia 27/08, uma série de debates sobre a dança e seus processos criativos. O primeiro encontro do projeto, “Corpo em ConTexto”, reuniu a diretora e coreógrafa da Pulsar Cia de Dança, Teresa Taquechel, e as diretoras da Cia Livre Acesso, Leila Abrahão e Helena Tojal. Ambas as companhias desenvolvem trabalhos e pesquisas na área da dança para pessoas com deficiência. O projeto promoverá discussões entre público e artistas residentes do Centro Corográfico ao longo de quatro encontros, sempre no último sábado de cada mês, às 17h30. A entrada é franca. ***

Espetáculos e oficinas gratuitas de dança no Teatro Ziembinski

O Teatro Ziembinski, localizado na Tijuca, tem aberto seu espaço para uma série de espetáculos de dança. Em setembro, estarão em cartaz os espetáculos “Chama - A Origem do Fogo” , do Grupo Dança Despertar (dia 07/09); “O Descompasso de uma Valsa”, com criação/encenação/ coreografia de Rita Pavão (dia 14/09); “Borboleta Amarela”, com Fabiana Eramo (dia 21/09); e “Dança em 4 atos” (dia 28/09). Completando a programação, haverá classes gratuitas permanentes de dança para crianças e adolescentes, até dezembro, com a prof. de dança Jenniffer Mercedes, graduada em Dança de Salão e Coreografia pela faculdade Estácio de Sá e bailarina clássica profissional. As aulas serão de ballet infantil (7 a 12 anos) e jazz adolescente (13 a 17 anos), com lotação de 25 lugares em cada turma. Informações e inscrições pelo email pauta.tmz. culturapresente@gmail.com. ***

Fórum de dança em Santa Catarina debate a criação de sindicato regional da classe

O Fórum gratuito, programado para dia 30/08, integra a programação do Prêmio Desterro - 7º Festival de Dança de Flo-

rianópolis, e tem como temas principais a profissionalização da categoria, a eleição da nova diretoria da Associação Profissional de Dança do Estado de Santa Catarina (Aprodança) e os encaminhamentos para a criação do sindicato regional da classe. O Fórum tem como convidadas Denise Acquarone, como representante da Frente Nacional de Dança, e Bete Spinelli, representante do Fórum de Dança do RJ. Ambas integraram a atual diretoria do Sindicato dos Profissionais da Dança do Rio de Janeiro (SPDRJ). ***

Mundial de tango de Buenos Aires

Até o fechamento desta edição, não havia definição quanto aos resultados do famoso campeonato internacional de tango, realizado de 18 a a 31/08. Dia 27/08 seria a semifinal de salão, com a participação dos brasileiros Diogo Carvalho e Estelitta (RJ), Juliano e Paula (Brasília), André e Andressa (SP), Rafael e Carol (SP) e João Carlos e Mirela (representando a Holanda). Dia 28/08 seria a semifinal da categoria tango cenário, com a participação dos brasileiros Diogo e Bruna , Juliano e Paula, João Carlos e Mirela e Alam Blascovich e Camila Delphim (estes últimos, campeões na preliminar Rio do campeonato). As finais estavam marcadas para dias 30 (salão) e 31/08 (cenário). ***

Baile Troféu Casal 20

Ao contrário do que foi dito nesta coluna na edição passada, Annibal e Elza realizarão, sim, a 39ª edição de seu baile. Apenas mudaram a data para setembro, após as Olimpíadas. V. anúncio nesta edição. ***

Baile Diva dos Bailes

Ero Sampaio e Paulinho da Fusão trazem para a Tijuca o evento Diva dos Bailes, um baile temático em homenagem às mulheres, durante o qual é feita a escolha da Diva dos Bailes. Os produtores frisam que, embora as candidatas devam saber dançar, o que pesará na avaliação dos jurados serão quesitos como charme, graça e elegância das candidatas. Interessadas em participar do concurso deverão ler o regulamento e se inscrever pela página do baile no Facebook (“Diva dos Bailes 2016”). O evento, a ser realizado dia 14/10, na Casa da Vila da Feira, com banda Alto Astral, distribuirá R$ 3 mil em prêmios às vencedoras. ***

APDS

A Associação dos Profissionais e Dançarinos do RJ realiza, dia 04/09, 10h, no Centro Coreográfico, Assembleia Geral para aprovação das contas do primeiro semestre e abertura do processo eleitoral, para eleição do corpo diretor para o biênio 2017-2018. Entrada franqueada a todos os interessados. Voto, só de adimplentes. ____________ editado por Leonor Costa sugestões de pauta para: contato@jornalfalandodedanca.com.br


Associação dos Servidores Públicos

CLUB MUNICIPAL Fundado em 17 de novembro de 1932 DOMINGO - ALMOÇO DANÇANTE Das 13 às 19h - Traje Esporte Fino

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 11 - ed 108 - SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

04/09 - Conj. Aeroporto 11/09 - Banda Holiday 18/09 - Banda Phenix

SEGUNDA - BAILE DA MELHOR IDADE Das 16 às 20h - Traje Esporte Fino

05/09 - Banda Paratodos 12/09 - Orquestra Tupy BAILE DA PRIMAVERA 19/09 - Banda Status 26/09 - Conj. Os Devaneios

SEXTA - 23 DE SETEMBRO - A PARTIR DAS 20H

ALMOÇO DOS APOSENTADOS Quinta, 1º setembro, a partir das 12h COM ENIO BARONNE

FEIJOADA

DOMINGO 25 SET

DO MUNICIPAL

Abertura às 13h com o grupo

Baile da Independência Comemorando os 82 anos da internacional Orquestra Tabajara

Batuque na Cozinha

QUARTA-FEIRA - 7 DE SETEMBRO - 16 H INGRESSOS ANTECIPADOS NO CLUBE (5º ANDAR) OU COM GERALDO LIMA: 2527-2300 OU 9.8874-0012

MARQUINHO SATHAN Administração:

Luiz Paredes Dias

“Sempre ao lado do sócio” Diretora Social: Bella Bádua

CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA DATA: DOMINGO, DIA 4 DE SETEMBRO DE 2016, 10H30 LOCAL: CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RJ A Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do Rio de Janeiro, com sede nesta cidade, na R. Cônego Vasconcelos 549, sala 1, Bangu, através de sua Diretoria Executiva, devidamente representada por sua presidente em exercício, Ana Romano, CONVOCA, através do presente edital, todos os seus associados para a Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, sito à R. José Higino, 115 (3º andar), domingo, dia 4 de setembro de 2016, às 10h30, em primeira convocação, com 1/3 dos associados efetivos em pleno gozo de seus direitos, ou às 11h00, em segunda convocação, com dez por cento dos associados, a fim de deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 1. Aprovação das contas do 1º semestre 2016; 2. Recebimento de inscrições de chapas concorrentes aos cargos de diretoria, executiva e fiscal, para o biênio 2017-2018; 3. Formação da comissão eleitoral para as eleições que serão realizadas em dezembro.

FLASH BACK

sáb | 24 SET | 20h

Rua Haddock Lobo 359 - Tijuca Curta nossa fan page no Facebook

Tel. 2569-4822 r. 206 3528-8966 CIE-SE O S S A www.clubmunicipal.com.br

Dr Wagner Tavares Médico veterinário CRMV 6599

Atendimento domiciliar: 9.9938-3920

Rio de Janeiro, 25 de julho de 2016.

Está em Belo Horizonte - MG? Então venha nos conhecer!

ANA ROMANO Presidente em exercício

Aulas - shows - eventos Bailes às sextas

Obs: (1) Conforme Estatuto, o presente edital vai publicado na url www.apds-rj.blogspot.com.br, afixado na sede da APDS, enviado aos associados por correio eletrônico e publicado em mídia especializada em dança. (2) Só terão direito a voto os associados adimplentes. (3) As regras para os itens da pauta estão no Estatuto Social, disponibilizado na já mencionada url.

R. Prudente de Morais, 901 s/1 - Cidade Jardim - t. (31) 3296-6734 R. Itanhomi, 172 - Carlos Prates - t. (31) 3462-9907 www.academiapédevalsa.com.br


ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

12

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores 1

2

3

4

5

6

8

7 Iniciamos a seção com as coberturas fotográficas da amiga Angela Abreu, representante do JFD nas zonas norte e oeste. (1) Aniversário da dançarina Marília, comemorado no Baile dos Pais, na Aspom, dia 12/08. (2) Aniversário da dançarina Juçara Saddock, comemorado no Baile dos Pais, Aspom, dia 12/08. (3) Aniversário da promoter Célia Mendes, comemorado em seu baile, dia 11/08, na Elandre. (4) Aniversário da Fátima Junqueiro, comemorado dia 10/08, no baile do C. R. Português de Jacarepaguá. (5) Aniversário da dançarina Mozinho Gadelha, comemorado no Baile do Menezes, dia 06/08. (6) Aniversário de Ana Pantaleão, comemorado com baile na Aspom, dia 05/08. (7) Aniversário do dançarino Fernando, comemorado dia 07/08, no Pagode do Alvinho. (8) Angela Abreu com o presidente da Aspom, Levi Meireles, e a esposa, Cristina.

2

3

4

5

6

7

1 Ainda do acervo de Angela Abreu, (1) aniversário do dançarino Roberto, comemorado no Baile do Amigo, na Aspom, dia 22/07; (2) Angela com Neucimar e Edson Naval, sorteados no Baile dos Pais, dia 12/08, na Aspom; e, na sequência, a promoter com alguns presentes ao seu Baile dos Pais: (3) promoter Indio, (4) cantora Denise Abrantes; (5) André e Magno Mathias; (6) Paulinho Estação Rio; (7) cantor Edu Casé.

1

2

3

4

5

Em clicks de Leonor Costa, registro da festa julina do Clube Guanabara, realizada dia 16/07. (1) Aragão e Geraldo Lima com o presidente do clube, Paes Leme Junior. (2) Geraldo e Aragão com a vice-presidente do clube. (3) Promoter Hela Castro com amigas. (4) Geraldo Lima com amiga. (5) Flagrante de Aragão apreciando os quitutes das barraquinhas da festa.

4

1

2

5

6

3

Nosso registro do baile comemorativo dos dez anos de fundação do site Dance a Dois, realizado dia 16/07, no CIB. (1) O editor do site, Leandro Andrade, com esposa e filha. (2) Leandro com a filha. (3) Leandro com Bruno, cofundador do site. (4) Leandro e esposa com Aragão, do JFD, um dos copatrocinadores do evento. (5) Leandro com a dj Viviane Chan e Paschoal Villardo, que colaborou na cobertura do evento. (6) Edson Santos, um dos copatrocinadores do evento, com uma das contempladas no sorteio de sua excursão.

2

3

4

1

5

6

Ainda no registro do baile comemorativo dos dez anos de fundação do site Dance a Dois. (1) Jeanne e Edson Braz, copatrocinadores do evento, com dj Viviane Chan e os contemplados no sorteio da TecnoBraz, Iris Neiva e Mário Jorge. (2) Os djs Evando Santos e Márcia Cardoso (sentada), com a profª Stelinha Cardoso. (3) Gabriel Castro e Viviane Macedo, que se apresentaram no evento. (4) Parcifal e dj Viviane Chan. Na sequência, registro do Baile do Amigo realizado por Geraldo Lima no Club Municipal, dia 22/07: (5) Geraldo e amigos; (6) amigos presentes ao baile.

1

8

2

3

4

5

9

10

11

6

7

No Baile do Amigo realizado na Aspom por Angela Abreu, dia 22/07, alguns registros de patrocinadores e apoiadores do Jornal Falando de Dança, presentes ao evento. Na sequência temos a anfitriã com (1) Leo Bumba; (2) Paulinho da Fusão; (3) Célia Mendes; (4) Luiz Batalha; (5) Robson Crispim; (6) Ana Pantaleão e Toinho; (7) Angela e o marido; (8) Sérgio Castro, Cida Rosalin e Marlene Damasceno; (9) Selma Salsa e Tati; (10) Cristina, Ana Pantaleão, Levi Meireles e Marise Santos; e (11) casal de amigos. Mais fotos no perfil da amiga Angela.


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

13

Editado por Leonor Costa | fotos: Leonor Costa e Antonio Aragão, exceto quando mencionado em contrário

2

1 2

1

7

8

1

3

4

Dia 23/07 o Clube Guanabara reinaugurou os bailes de dança de salão no local. O espaço foi oferecido pelo presidente do clube, Paes Leme Junior, ao produtor cultural Geraldo Lima, para que este reativasse os bailes sociais de outrora. Para inaugurar a pista de dança, Geraldo convidou Valdeci e Aparecida Belotti, que realizaram elegante milonga com entrega de troféus a alguns destaques do tango carioca. No intervalo, Alam Blascovich e Camila Delphin apresentaram à plateia a coreografia com a qual foram classificados na Preliminar de Tango Rio, categoria cenário, do Mundial de Tango de Buenos Aires. (1) Os homenageados da noite. (2) Aragão com Aparecida Belotti. (3) Valdeci e Aparecida com Paes Leme Junior, presidente do clube, e esposa. (4) Valdeci e esposa, Geraldo Lima e amiga, e Aparecida Belotti.

3

9

4

5

6

Dia 31/07/16, último domingo do mês, aconteceu mais uma edição do baile móvel da Amazonas Dance realizado no Horto do Fonseca, em Niterói. Desta vez, porém, havia algo muito especial a comemorar: os dez anos de realização do baile no horto, ou seja, a 120ª edição do evento. Para tanto, o organizador do evento, Gustavo Loivos, reuniu toda a sua equipe para tornar esta edição especial, com centenas de pessoas ocupando a quadra poliesportiva daquele equipamento público, e bailando alegremente ao som da banda Alto Astral. Destaque para a presença de profissionais da dança de relevância na história da dança de salão de Niterói. (1) Gustavo, Andressa e Aragão. (2) Três “gerações” de professores: Gustavo iniciou o aprendizado com a profª Milena, que, por sua vez, aprendeu a dançar com Edson Santos. (3) Aragão com Moreira, do estúdio de dança de mesmo nome, de Maricá. (4) Cely com a promoter Elza (Casal 20). (5) Profª Sandra Lopes e o marido Ademir. (6) Gustavo e Andressa com os dois alunos que frequentam o Baile no Horto desde sua primeira edição. (7) Edu Casé e Denise Abrantes mantiveram a pista cheia. (8) Apresentação de Gustavo e Andressa. (9) Apresentação da professora de dança do ventre da academia Amazonas Dance.

2

4

5

3

6

Do acervo de Rodriguinho Barcelos, registro da primeira festa temática caipira de seu recém reformado espaço de dança, em Rio das Pedras, zona oeste do Rio. (1) O anfitrião. (2) Dj W Negrão e esposa. (3) Marcia Barcelos com convidadas. (4) Registro da área das mesas, com a pista ao fundo. (5) Rodriguinho com convidada. Na sequência (6), do acervo de Cris Castilho, pista cheia no baile do clube do Rocha, em comemoração aos 5 anos ininterruptos de bailes de dança de salão. O evento foi dia 10/08, com animação da banda Alto Astral e entrada franca. A Alto Astral estará de volta no próximo baile grátis do Rocha, dia 29/09, com dj Negrão nos intervalos.

1

2

3

4

5

Do acervo de Jean Pierre e Cris Castilho, mais registros do baile no clube do Rocha, dia 10/08. (1) Jean Pierre e Cris Castilho com amigas. (2) Jean Pierre, Karla Falcão e amigas. (3) Myriam Linhares e Nelson Veloso, com amigos. (4) Diogo Ribas e amiga. Na sequência, Carlinhos Maciel (5) e convidados, em seu baile dia 10/08. Após 14 anos de bailes ininterruptos no Olympico Club, às quartas, Carlinhos Maciel divulgou que seu último baile regular das quartas, no local, será dia 31/08, com banda Alto Astral. Fica a dica aos que receberem esta edição na última semana de agosto.

1

2

3

7

4

6

5

Encerramos esta seção com o registro da 19ª edição do Baile dos Leoninos, com o qual a promoter Celia Mendes comemora seu aniversário. Este ano o baile, realizado dia 11/08, na Casa Elandre, teve como tema os jogos olímpicos, com direito a decoração temática com painéis, bolo e doces decorados. Nas fotos, do acervo de Sidelio Carioca, temos a promoter com convidados (2 a 5) e, na foto (1), alguns dos aniversariantes do mês. Lembrando que as fotos das coberturas do Jornal Falando de Dança podem ser acessadas pelo link “fotos” do seu perfil no Facebook. As demais fotos, de acervo de terceiros, podem ser vistas no perfil de seus autores.


14

ANO 9 - Nº 108 SETEMBRO / 2016

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Roteiro dos eventos de nossos patrocinadores e apoiadores SEGUNDAS Baile da Graça Agora na última segunda-feira do mês, comemorando os aniversários do mês, a partir das 18h, no restaurante Pistache, Botafogo. Inf. 2549-9472 / 9-9135-9019 / 9-9674-1414. Baile da Fátima e Maria Luiza Inf. 2541-8205 / 9-9194-6748. Baile da Melhor Idade do Club Municipal Todas as segundas, das 16 às 20h. Inf.: 2569-4822. V. página de divulgação do clube nesta edição, com a programação das bandas. Aula Baile no C. C. Valqueire Todas as segundas, das 19 às 21h, grátis, com prof. Sérgio Castro. Inf. 3390-9650 / 9-8626-5044. Baile das Seis Todas as segundas, das 18 às 22h, na Estudantina Musical, com banda Brasil Show. Inf. 964433175. Baile da Primavera com Orquestra Tupy Dia 12/09, 16h, no Club Municipal. V. nesta edição a página do clube com a programação completa. Inf. 2569-4822 ramal 211. TERÇAS Baile em S.Gonçalo Organizado pela Ac. de Dança Reinaldo Gonçalves, toda primeira terça-feira do mês, bailinho no Abrigo Cristo Redentor, Centro de São Gonçalo (em frente ao Sesc), de 19 às 22h. Inf. 9-97418373. Baile da Conceição da Bahia Baile mensal (última terça) dos aniversariantes do mês, na Ac. de Dança Conceição da Bahia, na Tijuca, a partir das 18h. Inf. 2288-2087 / 9-96793628. Tijuca Tênis Clube Inf. (21) 3294-9300. Baile Romântico da Churrascaria Gaúcha Todas as terças, a partir das 20h, música ao vivo. Inf. 2558-2558. Baile do Studio de Dança Flávio Marques Todas as terças, no Centro do Rio, das 12 às 15h. Inf. 2223-0530 / 9.9745-2305. Baile de tango no Studio de Dança Valdeci de Souza Todas as terças, a partir das 19h. Inf. 7897-7969. Baile Maison Sully Inf. 9.6445-5111 (Júlio) ou 7806-2645 (Pessanha). QUARTAS Baile do Carlinhos Maciel Inf.: 2295-6892 / 9-8212-2969. Forró sertanejo e universitário na Churrascaria Gaúcha Todas as quartas, a partir das 20h. Inf. 25582558. Dançando na quarta Casa dos Poveiros, Tijuca. Inf. 2578-4361 / 78303009. Quartas Democráticas Toda quarta, no Democráticos, forró ao vivo. Inf. 2252-4611. Baile dos Amigos da Dança, na Taquara Todas as quartas, no G. R. Português de Jacarepaguá, a partir das 18h. Inf. 2423-3585. Baile da Marlu no Clube Tamoi, SG Toda quarta, 20h, com o cantor Toni Silva. Inf. 3183-5350 / 996-656-977. V. anúncio nesta edição. Baile da Independência na Aspom Dia 07/09, 16h, com as bandas Novos Tempos, Milênio e Alto Astral. Inf. Ana Pantaleão: 9.86410306/9.9828-9064. Orquestra Commander no Clube Central Baile dos Anos Dourados, dia 21/09, 20h, em Icaraí, Niterói. V. anúncio nesta edição. Inf. com Edson Santos, 3681-4760 / 99496-8448 / 975298270. QUINTAS Tango Gala Baile mensal, na Academia Alvaro’s Dance, em Copacabana., ligar para confirmar. Inf. 25470861. Baile da Graça Todas as quintas, a partir das 20h, na Churrascaria Gaúcha, com opção de dançarinos de ficha. Inf. 2549-9472 / 9-9135-9019 / 9-9674-1414. Baile do Almoço Toda quinta, 12h, no Espaço X de Stelinha Cardoso. Inf. 2223-4066 / 9-8780-2223. Bailinho do Clube do Rocha Toda primeira quinta-feira do mês, com equipe de dançarinos (sist. ficha). Inf. 3256-5833 / 9.64237917. Bailes da Integração, na Casa Elandre Um grande banda a cada quinta-feira. Realização Sidnei Amorim (97109-166) e Célia Mendes (97599-3321). V. anúncio nesta edição. Almoço dos Aposentados do Club Municipal Dia 01/09, 12h, evento dançante com almoço selfservice opcional. V. programação completa na página do clube, nesta edição. Inf. 2569-4822. Orquestra Tupy no Cl. Português de Niterói Dia 22/09, jantar dançante com bebidas, 20h, no Ingá, Niterói. V. anúncio nesta edição. Inf. com Edson Santos, 3681-4760 / 99496-8448 / 97529-8270.

Grande Baile no Clube do Rocha Dia 29/09, 19h, com banda Alto Astral e entrada grátis. Inf. 3256-5833 / 9.6423-7917. V. anúncio na capa desta edição. SEXTAS Baile do Núcleo de Dança Amantes da Arte Sempre na segunda e na última sexta do mês. Vagas limitadas, ligar antes. Inf. 2595-8053 / 98142-5371 (Cláudio Almeida). Forró na Chinela Na Escola Carioca, Tijuca. Inf. 2288-1173. Baile de dança de salão na casa de shows RioSampa, em Nova Iguaçu Inf. 3343-2000. Baile da C. D. Carlinhos de Jesus Inf. 2541-6186 (Botafogo). Bailes de tango na Escola Carioca de Dança Inf.: 2288-1173 (Tijuca). Baile da Cachanga do Malandro (Carlos Bolacha) Na Lapa. Inf. 7862-7012 / 97916-0141 (Tim) Baile da Ac. Cristiano Pereira Em Bonsucesso. Inf. 3868-4522. Casa dos Poveiros Na Tijuca. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Sexta Carioca na Churrascaria Gaúcha Em Laranjeiras. Inf. 2558-2558. Milonga Xangô Na Lapa. Inf. 3970-2457. Espaço Dança Comigo Toda sexta, no Estácio (antiga ac. Caio Monatte). Inf.2273-4346. V. anúncio nesta edição. Baile Grande Sexta Toda primeira sexta do mês, 18h, no Espaço X de Stelinha Cardoso. Inf. 2223-4066 (Centro do Rio). V. anúncio nesta edição. Noite de Seresta no cl. Humaitá (Niterói) Toda sexta às 20h, com o conjunto Céu de Estrelas. V. programação completa do clube no anúncio desta edição. Inf. 9-8787-0068. Happy Hour do CASS Baile mensal no Clube do Servidor Municipal, Estácio, geralmente na primeira sexta-feira do mês. Inf. pelo email nodadanca@gmail.com. Casa de Viseu Inf. tel.3391-6730. Seresta no Canto do Rio (Niterói) Todas sextas, das 18 às 22h, no Centro de Niterói. V. anúncio com a programação do clube. Inf. 2717-5023. Renato e seus Blue Caps no Cl. Municipal Show dançante dia 23/09, a partir das 20h. Inf. 2569-4822 ramal 206 / 3528-8966. V. programação completa do clube na pág. 11. Diva dos Bailes 2016 Dia 14/10, a partir das 18h, na Casa da Vila da Feira, Tijuca, baile com banda Alto Astral, dj W Negrão e dançarinos (ficha), com desfile e escolha da dançarina “Diva dos Bailes” (não é concurso de dança). V. anúncio de capa. Inf. 97238-0497. Baile do Zé no clube Tampoio - SG Dia 14/10, 20h, com banda Novos Tempos, marcando a inauguração do C. D. Ramon Oliveira. Inf. 98789-9888 / 99589-0522. V. anúncio nesta edição. Baile Aniv. da amiga Angela, na Aspom Dia 02/12 (aniversário amiga Angela, bd Novos Tempos). V. anúncios nesta edição. SÁBADOS Baile-Ficha em Copacabana Todo sábado, a partir das 19h, no Studio de Dança Marquinhos Copacabana (veja anúncio da academia nesta edição). Inf. 2256-1956 e 2548-7755. Baile na Escola Jaime Arôxa Botafogo Todos os sábados: 1º sábado: Rastapé & Batucada; 2º sábado: Tum & Tum; 3º sábado: zouk; 4º sábado: Milonga Carioca. Inf. 2542-2040. V. anúncio nesta edição. Tarde Dançante no clube Helênico Todo sábado, almoço dançante das 13 às 16h, seguido de tarde dançante com banda ao vivo. Inf. 2502-1694. V. anúncio nesta edição. Gafieira Estudantina Bailes todos os sábados, a partir das 20h. Inf. 983638-840 Sábado Especial na Gaúcha Todos os sábados, a partir das 20h, na Churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. Bailinho do Estúdio de Dança Ivan Sanna, No 2º sábado do mês, em Copacabana (ligar para confirmar antes), das 18 às 22h. V. anúncio da academia nesta edição. Inf. 9-8442-2178. Zouk Explosion na academia Lídio Freitas Baile mensal. Inf. 2565-6253. Baile dos Sonhos Dourados Todo sábado, 18h, no G. R. Português de Jacarepaguá, com grupo Som e Vozes. Dançarinos grátis. Inf. 2423-3585. V. anúncio nesta edição. Bailes no Espaço F (Freguesia) Inf.: 9-8702-0078. Baile da Melhor Idade, em Mesquita Todo segundo sábado do mês, no Espaço de Dança R & A, do prof. Reginaldo. Inf. 9-7650-2746 / 9-8809-3888. Sábado dançante no sobrado Todo sábado, no Studio de Dança Henrique Nascimento, em Pilares. Inf. 3899-7767 / 7706-0217.

Flash Back do Clube Municipal Todo último sábado do mês, 20h. Inf. 3528-8966. V. anúncio nesta edição. Bailes do Clube das CelebrIdades. Inf. 2257-3898 / 99777-1338 / 98567-7874. Baile Troféu Casal 20 Dia 24/09, 21h, na Associação dos Empregados no Comércio, Centro do Rio, com conj. Aeroporto. V. anúncio nesta edição. Baile djs Elcio e Nelsinho Dia 24/09, 16h, no Helênico A. C. (v. anúncio com a programação do clube, nesta edição). Inf. 2164-7329. Baile 20 anos Dança CCC Dia 01/10, 16h, no Helênico A. C., ao som da banda Novos Tempos e dj Gerson. Inf. 2527-2300 / 988-740-012 (Geraldo Lima). V. anúncio nesta edição. Baile Aniv. Marise Santos e Carol Dia 08/10, 19h30, na Aspom, com banda Novos Tempos. V. anúncio nesta edição. Inf. 3272-2678 / 99632-3718 / 98568-8582. Baile da Saia Godê Dia 22/10, 16h, no Helênico A. C., com banda Alto Astral. Inf. com Valdeci de Souza: 981795710 / 98141-1750 / 99982-3212. V. anúncio nesta edição. Baile de aniv. de Evando e Teresa Santos Dia 29/10, 20h, no salão nobre da Associação dos Empregados no Comércio, Centro do Rio, com banda Alto Astral e djs Viviane Chan e Lucas Vidal. Inf. 98812-3188 / 4105-7908. V. anúncio nesta edição. Baile da Amizade, vermelho e branco Dia 10/12, 20h, no clube Canto do Rio, Niterói, com banda Novos Tempos e dj Sandra Lopes. Inf. com Parcifal ou Vânia Cortes, tel 2704-6915 / 997-334-111. V. anúncio nesta edição. Baile à fantasia no Canto do Rio Dia 28/01/2017, tradicional baile à fantasia com premiação. Lançamento do concurso virtual de fantasia do Jornal Falando de Dança e comemoração do aniversário do Parcifal. V. anúncio nesta edição. DOMINGOS Domingueira do Canto do rio Todos os domingos, em Niterói, às 19h, com banda ao vivo. Inf. 2717-5023. Domingueira Democrática Todos os domingos, a partir das 20h, no Clube dos Democráticos, no Centro do Rio, com banda ao vivo. Inf. 2252-4611. Domingueiras do Club Municipal Na Tijuca, almoço dançante, das 13 às 19h. V. página de divulgação do clube. Inf.: 2569-4822. Domingueiras Casa da Vila da Feira Almoço dançante do clube, na Tijuca, com o grupo Som e Vozes. V. anúncio. Inf.: 2293-1542. Domingueira da Aspom Todos os domingos, 18h, com grandes bandas. Inf. 2596-3974. V. anúncio nesta edição. FORRÓMANIA na Gaúcha Todos os domingos, a partir das 20h, o forró mais quente da cidade com duas bandas. Inf. 25582558. Forró é na Ariapó Todo domingo, 18h, grupos de forró ao vivo no G. R. Português de Jacarepaguá. Inf. 2423-3585. Domingueira Jaime Arôxa Tijuca Inf. 7856-5288 / 2565-6253. Gafieira Elite Domingueira da Paulinha, todo primeiro e terceiro domingo do mês com dj Paulinha Leal. Inf. 22323217. Baile de tango na Ac Jimmy de Oliveira Todo 3º domingo org. Márcio Carreiro. Inf. 22646044. Ligue para confirmar. Domingueira na Ac Jimmy de Oliveira Todo último domingo do mês. Inf. 2285-6920 / 99476-8130. Ligue para confirmar. Baile do Lécio e da Carminha no Museu Militar Baile mensal em São Cristóvão, geralmente no último domingo do mês. Inf. 9-9998-0677. Encontro dos Sanfoneiros Todo 1º domingo do mês, com entrada franca, das 15 às 20h, na AFTAE(Clube da Cedae), no bairro de S. Lourenço, Niterói. Inf. 2621-0071 / 27756819 / 9-9338-9553. Ligue para confirmar. Baile no Horto, Niterói Baile mensal gratuito da Amazonas Dance, geralmente no último domingo do mês, de 11 às 14h. EXCEPCIONALMENTE EM SETEMBRO: dia 11/09, integrando as comemorações dos 110 anos do Horto do Fonseca. Confirme antes por telefone. Inf. 9-9307-2736. V. anúncio nesta edição. Feijoada do Helinho do Salgueiro Todo 1º domingo do mês, 14h, no Esp. Cultural Sangue Bom (Inhaúma). Inf. 3822-5297. Pic Nic Dançante no sítio da Ata Dia 18/09, baile com as bandas Os Devaneios e Alto Astral e outras atrações dançantes, das 9 às 18h. V. anúncio nesta edição. Inf. Luiz Batalha 97029-3103 / 98769-7387. Baile da Primavera na Mansão das Águas Dia 25/09, 16h, baile de ficha temático organizado pela equipe da C. D. Sérgio Castro, na Praça Seca. Inf. 3390-9650 / 9-8626-5044. Almoço dançante no Canto do Rio/Niterói Dia 25/09, 13 às 17h, Festa das Flores na área de piscina, com almoço dançante. V. programação

completa do clube no anúncio desta edição. Inf. 2717-5023. Feijoada do Municipal Show dançante dia 25/09, com Marquinho Sathan. Abertura às 13h com grupo Batuque na Cozinha. Inf. 2569-4822 ramal 206 / 3528-8966. V. programação completa do clube na pág. 11. Bailes na Fazenda São José Dia13/11, das 9 às 18h, bailes de dança de salão (Lua Nova e Alto Astral), pagode, mpb e forró. V. anúncio na pág. 16 desta edição. Inf. Luiz Batalha 97029-3103 / 98769-7387. AVISOS, SHOWS, PASSEIOS, MOSTRAS, FESTIVAIS, COMPETIÇÕES, TEATRO, WORKSHOPS, CURSOS e outros: Excursão dançante para Alto do Caparaó De 2 a 4/09, curta toda a infraestrutura do Caparaó Parque Hotel e mais baile com dj Chan, jantar dançante e passeio às cachoeiras. Mais detalhes no anúncio desta edição. Org. SemearTur. Inf. 9.9496-8448 (WhatsApp), com Edson Santos. Workshop de tangos e boleros na Pousada A Marca do Faraó (Cachoeiras de Macacu) Dias 2-3-4/09, com os profs. convidados Luciano Bastos, Solange Dantas e Mestre Osvaldo. Inf. 98179-5710 / 98141-1750 / 98919-5742. V. anúncio nesta edição. Assembleia Geral Extraordinária da APDS Dia 04/09, domingo, 10h30, no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro. V. anúncio nesta edição. III Congresso Brasileiro de Tango (CBT) De 6 a 11/09, com aulas (Centro Coreográfico),Shows e bailes, dentre outras atividades culturais. Inscrições/informações: 9-99959876/9-6980-9437 ou www.fernandodecampos. com.br. Pousada Faraó, Cachoeiras de Macacu Dias 16 a 18/09: festa da primavera com baile de máscaras e longo (opcional), com dançarinos. Org. Margarida: 2711-8297 / 99399-6284 / 979194269 (v. anúncio nesta edição). 42º Excursão e Pic Nic Show no sítio da Ata Dia 18/09, baile com as bandas Os Devaneios e Alto Astral e outras atrações dançantes, das 9 às 18h. V. anúncio nesta edição. Inf. Luiz Batalha 97029-3103 / 98769-7387. Diva dos Bailes 2016 Dia 14/10, a partir das 18h, na Casa da Vila da Feira, Tijuca, desfile e escolha da dançarina “Diva dos Bailes” (não é concurso de dança). Baile com banda Alto Astral. V. anúncio de capa. Inf. 972380497. 43º Excursão e Pic Nic Show na Fazenda São José Dia 13/11, baile com as bandas Lua Nova e Alto Astral e outras atrações dançantes, das 9 às 18h. Inf. Luiz Batalha 97029-3103 / 98769-7387. Pousada Faraó, Cachoeiras de Macacu Dias 18 a 20/11: 37º workshop de dança de salão da pousada, conv. esp. Jaime Arôxa. Org. Margarida: 2711-8297 / 99399-6284 / 97919-4269 (v. anúncio nesta edição). Pousada Faraó, Cachoeiras de Macacu Dias 30/12 a 01/01/2017: Pacote de Reveillon, com ceia e queima de fogos. Org. Margarida: 2711-8297 / 99399-6284 / 97919-4269 (v. anúncio nesta edição). Concurso virtual de fantasias do Jornal Falando de Dança Lançamento dia 28/01/2017, no Baile à Fantasia do Parcifal, no Canto do Rio, Niterói. A votação será online, no perfil do JFD no Facebook, e o resultado será divulgado na Quarta-feira de Cinzas. Excursão dançante a Porto Seguro (Bahia) De 15 a 19/03/2017, com Edson Santos e equipe de dançarinos, baile com banda Alto Astral e outras programações. V. anúncio nesta edição. Inf. 99496-8448 (Zap). EVENTOS EM OUTRAS CIDADES E ESTADOS (consulte também a programação das bandas e djs) CAMPOS DOS GOYTACAZES / RJ Bailes da Casa de Dança Beatriz Petrucci. Inf. 98744-688. Ligue para confirmar. NITERÓI / SÃO GONÇALO / ALCÂNTARA Ver programação por dia da semana. MARICÁ / RJ Bailes Moreira Studio de Dança. Inf. 9-87446884. Ligue para confirmar. ITABORAÍ / RJ Noites dançantes com música ao vivo no Esporte Clube Comercial de Itaboraí, todas as quintas, 19h30. Inf. 2635-2333. Ligue para confirmar. RIO DAS OSTRAS / RJ Toda quarta, bandas locais e do Rio tocando na rua Renascer da Terceira Idade, Jd. Campomar. Org. Grupo Renascer. Inf. (22) 2764-6700. Ligue para confirmar. NOVA IGUAÇU Toda sexta, baile na RioSampa. Inf.2667-4662 DUQUE DE CAXIAS Bailes da academia de dança ESCADAS. Inf. 99968-7622 (João Batista). Ligue para confirmar. BELO HORIZONTE / MG Bailes às sextas, da Academia Pé de Valsa, na rua

Teixeira de Freitas 478 s/01. Inf.: veja anúncio da academia, nesta edição. PROGRAMAÇÃO DAS BANDAS E DJ’S PATROCINADORES/APOIADORES: Banda Alto Astral Inf. (21) 3762-2669 / 96458-7280. V. anúncio nesta edição. Acompanhe a atualização da agenda pelo facebook. Já agendado para setembro: (01) Elandre; (03) Castelo da Pavuna; (04) Canto do Rio; (06) Castelo da Pavuna; (07) Recreativo Caxiense + Aspom; (09) Municipal; (10) Helênico + Lapa 40 Gruas; (11) Aspom; (12) Castelo da Pavuna (a confirmar); (14) Recreativo Português; (15) Elandre; (16) Baile do Edinho em Campo Grande; (17) Sítio Mazzaropi + tijuca; (18) Sítio Ata + Marinha; (22) Lapa 40 Graus (particular); (23) Cl. Ônix no Fonseca; (24) Lespan + Lapa 40 Graus; (25) Casa das Beiras + Democráticos; (27) Aspom; (28) AABBTijuca; (29) Sargentos do Rocha; (30) Poveiros + Olympico. Banda Estação Rio Inf. (21) 2143-8891 / 97447-2795 / 9.6434-2581 / 9.6411-0121. V. anúncio nesta edição. Já agendado para setembro: (06) Pousada Estrado do Ouro (Angra); (09) Sítio do Cezar (Campo Grande); (13) baile particular no Centro do Rio; (22) Portuguesa da Ilha; (23) Casa dos Poveiros; (30) Sítio do Cezar. Banda Novos Tempos Inf. (21) 3624-9446 / 9-9727-2195 / 9-8276-3300 (Robson). V. anúncio nesta edição. Já agendado para setembro: (03) Lapa 40 graus; (07) Aspom + G. R. Caxiense; (08) Elandre; (09) Casa dos Poveiros; (17) Itacuruçá; (18) Aspom; (24) particular. Grupo Som e Vozes Inf. (21) 2757-2564 / 9.6434-3243. Todas as quartas na AABB-Tijuca. Todos os sábados no Clube Português da Taquara, 18h. Todos os domingos no clube Casa da Vila da Feira, na Tijuca (almoço dançante a partir das 12h). V. anúncio nesta edição. Banda Status Rio Inf. Zeca Teixeira 37934415 / 98130-9552; 7837-2144 (Janete); (21) 3762-6535 (Ilsa). Já agendado para agosto: (04) Portuguesa da Ilha; (10) Poveiros; (12) Iate Clube Muriqui; (13) Sesc/NI; (19) Sítio do César/Campo Grande; (20) Gaúcha; (26) Sesc/Três Rios; (27) Abanerj. Conjunto Aeroporto Inf. 2280-2356 / 9-99945580, Sr. José (*) Banda Brasil 10 Inf. (21) 2570-0336 / 9-94455131 (Fabiano Brasil)(*) Banda Brasil Show Inf.: (21) 2691-7294 / 99667-1814 (*) Banda Caribe Inf. (21) 2508-1315 (Antonio Carlos).(*) Banda Cassino Brasil Inf. 2427-0861/78193214* Banda Copa 7 Inf. 7894-6319(*) Banda Holiday Inf. (21) 3371-4239 / 9-96641080 (Paulo)(*) Banda Lua Nova Rio Inf. (21) 9-8666-1864 / 9-7649-9548 / 986.589.867 (Daniel). Banda Milênio Inf. Ana Pantaleão: 9.86410306 e 9.9828-9064; Larissa Pimenta: 9.69909789 e 9.7646-4857. Conjunto Os Devaneios Inf. (21) 9-93654362 (Jorge) / 2762-0069 (Luiz) (*) Banda Paratodos Inf. Toninho Moreira, tels. (21) 3477-4308 / 7862-0558 id:83* 67257. V. anúncio nesta edição.(*) Banda Pérolas Inf. (21) 3178-3369 / 9-99567278 (Aldair).(*) Banda Phenix Inf. (21) 9-9390-3475 / 24824911 / 7731-2474 (Ruan Carlos)(*) Banda Resumo Inf. (21) 2462-5080 / 9-82899287 / 9-7363-9927 (Emerson Ribeiro). (*) Banda Rio Balanço Inf. (21) 3181-7212 / 99464-0953 (Washington)(*) Banda Rio Postal. Inf. (21) 3018-3087 / 970226025 (Cosme); 97026-9367 (Rogério). * Banda Shock Casual Inf (21) 3406-9367 / 98611-3154(*) Banda Sol & Mar Inf. (21) 2225-6925 / 9-87699980 (Fernando).(*) Grupo Trinidance Inf: (21) 9-9854-9827.(*) W. P. Show Inf: (21) 2596-4786 / 97122-5528 (Sidnei Fala Sério).(*) (*)Agenda não disponível até a data de fechamento desta edição. Telefonar para informações ou acompanhar a atualização pelo perfil das bandas no Facebook. DJ Evando Santos Inf. (21) 98812-3188 DJ Fabiano Silva Inf. (21) 7723-0745 id 645*15492 (Itaguaí). DJ Fábio Marques Inf. (21) 7804-5051 / 9.9304-6717. Dj Guisner Inf. (21) 2260-1332 / 9-9732-3594. Dj Pedrada Inf. (21) 9-9775-2102 DJ Renato Ritmus Inf. (21) 9-9692-1752. DJ Renatinho Inf. (21) 7866-2721 / 9-96826671 / 9-9236-6513. DJ Tom Silva Inf. (21) 98390-9550 DJ Viviane Chan Inf. tel (21) 9-9462-9322. _____LIGUE PARA CONFIRMAR____ Programação sujeita a alterações. Ligue para confirmar. Ao fazê-lo, informe ao promotor onde viu a dica, ajudando-nos a comprovar a utilidade desta seção. Seja um de nossos patrocinadores e tenha seu roteiro inserido aqui. Inf. (21) 2551-3334 / 99202-6073 (Claro) / 991.228.077 (Whatsapp)


Banda

ALTO ASTRAL Denise Abrantes

(21) 3762-2669 | 9.6458-7280 Contatos:

(21) 2143-8891 | 97447-2795 96434-2581 | 96411-0121 vicente.roberto@oi.com.br estacaoriobanda@gmail.com Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 15 - ed. 108- SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

VISITE NOSSO SITE! www.estacaoriobanda.wix.com/estacaorio

Banda

Status Rio

Contatos: Ilza - 3762-6535 3063-0077 9.6550-7118 Janete - 2791-1231 7837-2144

CONTATOS

ROBSON CRISPIM

(21) 3624-9446 9-9727-2195 / 9-8276-3300

banda

Mil3nio Ana Pantaleão: 9.8641-0306 e 9.9828-9064 Larissa Pimenta: 9.6990-9789 e 9.7646-4857

Banda RioPostal

JMCOM

www.capezio.com.br

facebook.com/BANDARIOPOSTAL

$& ¸$! &z” A

S

ANJO R R &

CIA

CONHEÇA A LINHA COMPLETA NO SITE

TAMBÉM À VENDA NAS LOJAS CAPÉZIO DE TODO O BRASIL

PRONTA ENTREGA PELO SITE www.arranjosecia.com/loja

Elaboramos peças exclusivas, consulte-nos: (11) 2331-6633 / 9.9529-0273

Contatos para show: Panda Produções (21) 3018-3087 97022-6025 (Cosme) 97026-9367 (Rogério)

%FVTÏåFM


R$120

Quinta-feira

Jantar Bebidas Lugar à mesa

22 SET 20h

Com lugar à mesa

Plantando Sonhos e Colhendo Amigos

www.semeartur.com.br

Rio

melhor idade !

99496.8448 / 97529.8270 98284.7170 99994.4589 3681.4760

A B C MI Rio

Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade

FAZENDA SÃO JOSÉ

13 NOV

Estr. Bento Barbosa, 2600 - Marambaia - tel. 9.7916-2863 / 3767-8335

DOM 43ª Excursão & Pic Nic Show O MAIS TRADICIONAL DO RIO - EDIÇÃO 2016

das 9h às 18h

Ônibus saindo de vários bairros do Rio, Baixada e Niterói às 6h da manhã, Império Serrano às 7h

Entrada liberada de alimentos

Levar grelha p/ churrasco

ATENÇÃO! Bebidas não entram

BAILAÇO C/AS BANDAS

LUA NOVA ALTO ASTRAL

3477-5822 96494-5600

NENEM JAÍLTON BY NIGHT DJ FERNANDO TOCANDO TODOS OS RITMOS

PAGODÃO / O GRUPO

COM TRADIÇÃO TUDO ISSO EM 2 AMBIENTES

LUIZ

CLEVE

BAILE DE MPB E FORRÓ COM

97029-3103 98769-7387

Lazer total: parque aquático, com 8 piscinas, toboágua, churrasqueiras, passeio a cavalo e de charrete, enfermaria, salão de jogos, chalés, almoço no local, campo de futebol, quiosques, 2 salões de baile

Realização: Grupo Excursões e Eventos

JANE

96413-5177

Apoio Cultural

JANTAR DANÇANTE

Clube Português de Niterói R. Prof. Lara Viléla, 176 - Ingá

99496.8448 / 97529.8270 98284.7170 99994.4589 3681.4760

FARAÓ E LA SÍTIO D

ZER E PO

R$ 160,00

as de M Cachoeir

Rio

ac a c u

ã a manh Café dço, janta almo da a e to trutura infraesusada. o da p O CA NOSS NÃO PER O REVEILLON IC FANTÁST

16 a 18 SET | Atrações: Festa da Primavera com baile de máscaras e longo (opcional) | com dançarinos | R$ 320/pessoa* 18 a 20 NOV | Atrações: 37º Workshop de dança de salão da pousada | 4 professores (prof. convidado: Jaime Arôxa | 1 dançarino para cada 2 damas | aulas e bailes | R$ 600/pessoa* 30 DEZ a 1º JAN 17 | Atrações: Reveillon com ceia e queima de fogos | R$ 400/pessoa*

Apoio

*valores sem transporte | transporte: R$ 120,00/pessoa

INF.(21) 2711-8297 / 2714-9048 / 99399-6284 / 97919-4269

Org. Margarida Mitterlbach - mittelback@pronet.com.br - www.amarcadofarao.com.br

PONTO DE ADESÃO EM NITERÓI: ASSOCIE-SE AQUI CONOSCO!

Amazonas Dance

Direção: Gustavo Loivos Diretor Comercial da APDS DANÇAS DE SALÃO AULAS | COREOGRAFIAS CONTRATOS PARA BAILES

Sapato salto 5 cm R$ 165,00

Sapato salto 4 cm R$ 160,00

BAILE no Horto

STILETTO

DO FONSECA

NOVA TURMA PROF. JHONATAN CORREA

Tênis, cores variadas, R$ 146,00

Tênis R$ 182,00

SÁBADOS ÀS 9H

Sapatilha R$ 105,00 Sapato R$ 150,00

Tênis cores variadas R$ 218,00

TEMOS MOTOBOY Entrega em até 48 horas Consulte o valor do frete

USADA

www.semeartur.com.br melhor idade !

DO A MARCA

Dica: Neste inverno, escolha um modelo confortável e fechado e venha se divertir!

Botinha R$ 186,00

Plantando Sonhos e Colhendo Amigos

A B C MI Rio

Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade

Sapato R$ 172,00

DESCONTOS DE ATÉ 20% PARA ASSOCIADOS:

Inf.2613-3276 / 9-9307-2736

DANÇAS DE SALÃO NOVA TURMA SEG & QUA ÀS 17H

Integrando as comemorações dos 110 anos do Horto DOM

11

SET

Diretora ELZA COELHO

Apoio

Realização

COORDENAÇÃO

11 ÀS 14H

GRÁTIS

RUA VISCONDE DE ITABORAÍ 365 Centro - Niterói - RJ

(esquina com R. Marechal Deodoro)

site: www.amazonasdance.wix.com/escoladedanca

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 16 - ed. 108 - SETEMBRO / 2016 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

ClubeCentral | Av. Jorn. Alberto Francisco Torres, 335 - Icaraí, Niterói

ao

Commander

21 SET

R$40

arcadofar m/sitio.m o c . k o o b e f ac

Orquestra

QUA | 20h

JFD 108  

Jornal Falando de Dança, edição 108, setembro/2016

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you