Issuu on Google+

ESPECIAL

Brasil

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

VERÃO

2013


Editorial o jovem Telmo Alcobia realizou uma exposição memorável na Galeria António Prates, razão das suas novas serigrafias, críticas pictográficas a um modelo bélico e espetacularmente mediatizado.

João Prates Director

Estimado/a Sócio/a, A dimensão internacional do CPS ou, melhor ainda, a grandeza universal da Arte, justifica o ênfase especial dado ao Brasil que conta com uma sábia introdução do fundador do CPS, António Prates. Ao conjunto de figuras de referência da cena artística paulista, Tozzi, Nitsche, Magano, Rossi, Ficko ou Granato juntam-se outros artistas brasileiros reconhecidos em Portugal como Jayr Peny e Josafá Silva ou o carioca Júlio Castro, numa serigrafia que reflete sobre a calçada portuguesa.

O CPS não se responsabiliza por qualquer erro tipográfico nos preços ou referências que constem neste catálogo. As Condições de Inscrição de novos Sócios substituem e revogam as publicadas em edições anteriores.

Gabriel Garcia realizou uma exposição instalação in situ de notável alcance, afirmando o valor da pintura. As serigrafias apresentadas, de tiragem muito reduzida, partem dos esboços da exposição para se autonomizarem e revelarem o essencial do seu fantástico universo. Também

Na sua residência artística no CPS o francês Michel Pelloille, que expõe regularmente em conceituadas galerias parisinas, cruzou técnicas, o que levou a um justo reconhecimento com a atribuição de um Grande Prémio Papies 2013. Com o mesmo ímpeto, de expandir o conceito de obra gráfica, Alexandra Mesquita apresenta-nos uma cuidada obra serigráfica sobre um suporte espelhado. Para tranquilizar os nossos sentidos, toda a exigência técnica nas novas obras do luminoso Marçal, do mediterrânico Rodrigo Ferreira e da contemplativa Saskia Moro. Explosão de energia: assim são as obras de Sofia Areal, aqui valorizadas pelo gesto pictórico da artista em cada prova. Quem não tem uma música preferida ou um instrumento eleito? A italiana Laura Cesana diz-me dessa paixão que também é expressão em Murillo e concentração em Milheirão. O espanhol Sanmiquel reafirma o virtuosismo do desenho litográfico com o seu erotismo subtil enquanto Camuñas, denuncia as suas influências mexicanas e

da cultura underground. Em parceria com a Fundação António Prates apresentamos aos Sócios uma escultura do poeta maior do surrealismo Mário Cesariny e em parceria com a Fundação Amália Rodrigues a pessoal interpretação de Carlos Barroco sobre a diva do Fado. São novidades ainda as obras de pequeno formato de Maria das Neves, dedicadas ao amor e as serigrafias da espanhola Esther Villalobos, da série Memoria Percibida. Quanto mais nos aproximamos de Pessoa mais se amplia a sua grandeza. A celebrar o seu 125º aniversário concebi uma serigrafia que é também um elogio ao múltiplo e uma forma de gratidão à confiança dos nossos Sócios. Partilhe com um amigo, ou amiga, o privilégio de ser Sócio e terei todo o gosto em dedicar uma a cada, de oferta. Para a sua fruição. Se há Arte, há futuro. Bem haja! João Prates

EDIÇÕES DE SUBSCRIÇÃO

EDIÇÕES EXTRA-SUBSCRIÇÃO

As Edições de Subscrição são exclusivas para os Sócios CPS e beneficiam da gentileza e condições especiais por parte dos artistas. São sempre válidas por um determinado e indicado número de quotas mensais (4M, 6M, 8M, …) de acordo com o valor de mercado. Assim, como exemplo, as Obras de Subscrição 4M, 4 meses de quotas, têm o valor comercial entre €220 e € 295; as 6M entre €320 e €395 e as 8M entre €430 e €510.

Na sua maioria são obras não editadas pelo CPS, consignações ou edições sem condições especiais por parte dos artistas. Nas obras que assim o indicarem, o Sócio CPS poderá descontar o valor acumulado em quotas.

SOBRE AS VARIANTES Cada edição realizada pelo CPS resulta de um processo criativo desenvolvido pelo artista, em estreita colaboração e envolvimento com o cada vez mais experiente Atelier CPS. Neste diálogo, alguns artistas têm privilegiado a multiplicidade de uma mesma edição, enriquecendo-a com várias variantes de cor ou forma. Estas variantes são efectuadas em tiragem de menor número (não ultrapassando, no seu total, os limites estabelecidos para a edição), o que lhes confere um valor acrescido.

LEGENDA DAS OBRAS Técnica Referência Dimensão da obra Preço de Venda ao Público - PVP

Preço de Sócio Validade para sócio (Quotas necessárias para adquirir a Obra - Ex. 4M = 4 Meses de Quotas)

% Percentagem de dedução em quotas sobre o preço de sócio

Todos os valores apresentados incluem Iva (s/ margem, ao abrigo do DL - Nº 199/96 de 18 de Outubro, Regime Obras de Arte).

Edições de Fotografia com o apoio de Epson Portugal

FICHA TÉCNICA: Edição e Coordenação - João Prates, Ana Pacheco, Alexandra Silvano; Design e Paginação - Rua do Loreto Design / Ana Pacheco, Alexandra Silvano; Fotografia - Francisco Palma; Revisão Fátima Ramos. Crítica de Arte - Maria João Fernandes – membro da AICA (Associação Internacional de Críticos de Arte) e professora universitária. Organizou e prefaciou numerosas exposições. Escreve para diversas revistas de arte e é colaboradora regular do JL – Jornal de Letras, Artes e Ideias. Tiragem - 7.000 exemplares Impressão - Ocyan EQUIPA CPS Administração: António Prates; Direcção Geral e Editorial: João Prates; Adjunta de Direcção e Eventos: Paula Borges; Direcção de Galerias e Edições: Alexandra Silvano; Marketing e Comunicação: Ana Pacheco; Gestão de Sócios e Clientes: Ana Soares, Mariana Pinto; Stocks e transportes: Abel Félix, Francisco Palma; Assistência a Sócios e Clientes: Sede CPS – Elisabete Nogueira, Fátima Ramos, Catarina Restani; Galeria CPS no CCB – João Matias, Cátia Guimarães, Mafalda Vassalo; Edições de Serigrafia: Rui Alves, Rosária Graça, Leandro Santos, Sara Rodrigues, Rui Silva; Edições de Fotografia e Digital Print: Luís Azevedo, Edições de Gravura e Litografia: Humberto Marçal, Rui Marçal, Pedro Marçal; Crítica de Arte: Maria João Fernandes; Consultadoria: João Torres Pereira.

www.cps.pt facebook.com/CentroPortuguesdeSerigrafia www.artcps.blogspot.com


ESPECIAL

Brasil

António Prates, fundador do CPS

ARTE BRASILEIRA DO SÉCULO XXI

António Prates

Claudio Tozzi ‘ESCADA’

UM ESPAÇO PLÁSTICO E POÉTICO Claudio Tozzi, nascido em 1944 faz parte de uma geração de artistas brasileiros de vanguarda com uma expressão internacional e que reivindicam o vínculo à tradição. A sua formação interdisciplinar traduz-se, no seu caso, nos estudos de Filosofia, Ciências e Letras na Universidade de S. Paulo (1956-1962) aos quais se seguiu o curso de Arquitetura e Urbanismo na mesma universidade. Como outros artistas internacionais ligados à Pop Arte e ao Novo Realismo, Tozzi criou o seu próprio vocabulário de signos inspirados pelo quotidiano, mas aos quais conferiu um sentido novo, num plano metafórico e simbólico. No presente trabalho reflete-se a tensão espaço-tempo emblemática da sua criação, um conceito abstrato e geométrico do espaço aliado a uma subtil combinação de tons frios e quentes, criando uma perspectiva imaginária resultante de movimentos tão racionais como intuitivos.

SERIGRAFIA Ref. S1090 I 76 x 56 cm I PVP 490 € I Sócio 343 € I 8M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

Verão 2013

Nos últimos anos tenho pensado em expandir o conceito de democratização da arte, que presidiu à criação do CPS em 1985, para fora da Europa. O Brasil pareceu-me uma escolha evidente para começar. É um país que tem mostrado valor artístico e cultural elevado nas últimas décadas e está sem dúvida no mapa cultural internacional, pela sua riqueza de iniciativas e pelo seu público que acolhe calorosamente cada novo evento. Do nosso diálogo, há que esperar um incremento da criação artística que favorecerá novas formas de expressão e um efectivo intercâmbio cultural. Dos contactos que tive com diversas figuras ilustres do meio artístico no Brasil, desde curadores, coleccionadores e directores de grandes museus, resultou o convite a um conjunto de notáveis artistas de reconhecido mérito, que justifica este «Especial Brasil». Estou confiante que este projeto irá contribuir para uma partilha dos valores artísticos entre Portugal e Brasil e que facilitará o acesso à Arte Contemporânea. O meu profundo agradecimento a todos os artistas e aos Sócios do CPS: juntos, continuamos a acreditar no valor universal da Arte.

3

/ OS DESAFIOS DO OLHAR


ESPECIAL

Brasil

A LIÇÃO DOS OBJETOS pintura, pincéis dentro de um copo, aparentemente prisioneiros, mas aos quais a cor azul do recipiente confere uma inesperada liberdade. Entre a contenção e a abertura ao imaginário, entre o gesto sugerido pela água (origem da vida) que se liberta de um copo partido e o esboço de uma nova linguagem, uma vez mais azul, resume-se assim para o artista, através da lição dos objetos, a aventura criativa de que é protagonista.

Marcello Nitsche (1942), pintor, escultor, gravador, professor, licenciou-se em desenho na Escola de Belas Artes de S. Paulo (1969). Começando pela gravura, o artista acabaria por se dedicar posteriormente à pintura e também à instalação. O seu interesse pelo gestualismo levou-o a conceber uma escultura com o título “Pincelada Tridimensional” (Parque da Luz, S. Paulo, 2000). Nos presentes trabalhos, os objetos são uma metáfora dos gestos e das ações a que se associam. Objetos da

‘ATELIER II’

Ref. S1092

‘ATELIER I’

Ref. S1091

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Marcello Nitsche

SERIGRAFIA Cada: 70 x 50 cm I PVP 475 € I Sócio 333 € I 8M EDIÇÃO 200 EXEMPLARES


ESPECIAL

Brasil

Patrícia Magano ‘YELLOW BRICK ROAD’

A DANÇA DOS SÁTIROS

Verão 2013

5

Patrícia Magano (n. 1954) que estudou na Escola Panamericana de Arte e na Universidade de Cleveland (E.U.A.), pintora, ceramista, cenógrafa e produtora de televisão, notabilizou-se como retratista e na pintura de murais. Na sua pintura encontramos humor e sátira temperados por alguma crítica social ambiguamente disfarçada em deleite pelo falso luxo e a sensualidade gratuita. Com um piscar de olhos para a evasão na selvagem e bela natureza, onde subsistem as forças primordiais, as energias fundadoras do mito, evocadas no movimento e no mistério a branco, negro e ocre, da sua dança dos sátiros. SERIGRAFIA Ref. S1095 I 58 x 80 cm I PVP 395 € I Sócio 277 € I 6M

‘CHAMPAGNE’

Flávio Rossi

EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

SENSUALIDADE E HUMOR

SERIGRAFIA Ref. S1096 I 56 x 76 cm I PVP 295 € I Sócio 207 € I 4M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

A arte de Flávio Rossi (n. 1979) decorre da irreverência e do humor do olhar de humorista e caricaturista que presidiu ao seu percurso criativo. Licenciado em artes plásticas em 2000, colaborador incansável de diversos jornais, o artista recebeu numerosos prémios no âmbito da actividade como ilustrador, que abandonou, para se dedicar exclusivamente à pintura após o sucesso da sua primeira mostra individual em 2006 (Galeria Renot). A solidão e o individualismo contemporâneos são o tema da sua obra, marcada por uma figuração de cariz narrativo e expressionista de formas avantajadas em movimentos ousados e caprichosos.


ESPECIAL

Brasil

Márcio Ficko EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

AS METÁFORAS DA NATUREZA Márcio Ficko integra-se numa cultura urbana e pós-moderna que lhe inspirou a sua experiência da Street Art e neste contexto, da pintura de murais com enfase para as letras e para formas estilizadas, posteriormente escolhendo outros suportes, como tela, madeira, objetos e papel. A abstracção geométrica e a opart identificam o seu estilo e estas suas composições para serigrafia subtilmente evocadoras das formas e dos elementos da natureza e onde se evidenciam as cores lisas e os ritmos ascensionais. Azuis de água, vermelhos sangue em cores de terra outonal, círculos, pequenos sóis, árvores, pássaros, montanhas em miniatura e os raios de uma luz a irradiar de um centro onde se reúnem as metáforas de um poético olhar ligando o Cosmos e a alma.

SERIGRAFIA Ref. S1093 I 70 x 50 cm I PVP 265 € I Sócio 186 € I 4M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

SERIGRAFIA Ref. S1094 I 70 x 50 cm I PVP 265 € I Sócio 186 € I 4M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES


ESPECIAL

Brasil

Ivald Granato ‘SILENCIOSAS’

Verão 2013

Ivald Granato (n. 1949), versátil e polivalente, considerado o maior artista performer do Brasil, estudou na Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro, pintor, escultor, editor, autor de diversos livros, cenógrafo, produtor de televisão, foi autor de manifestos como “Plural” ou “Artista em Busca da Profissão”. A criação de Granato tem um parentesco com a Arte Bruta de Jean Dubuffet (1901-1985), com a expressão dos alienados e das crianças, e com os graffiti, no assumir da espontaneidade e da pulsão instintiva e irruptiva do gesto. É aliás com o criador da Arte Bruta, precursor do expressionismo abstrato e do informalismo e com a sua linguagem de grande liberdade e de uma certa ingenuidade e ironia, que as atuais composições de Granato revelam assumida proximidade, nomeadamente com a famosa série “L’Hourloupe”, de 1962 (que seria prolongada na escultura), na relação entre o movimento e a cor, com predomínio para os azuis e os vermelhos.

7

PULSÃO CRIATIVA

SERIGRAFIA Ref. S1098 I 50 x 70 cm I PVP 395 € I Sócio 277 € I 6M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

‘PAPO - 00X’

SERIGRAFIA Ref. S1097 I 100 x 70 cm PVP 475 € I Sócio 333 € I 8M

EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES


ESPECIAL

Brasil

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Josafá Silva A INSPIRAÇÃO SURREALISTA De clara inspiração surrealista, com a melancolia dos manequins de De Chirico o já clássico criador da pintura metafísica, o pintor brasileiro Josafá Silva confere aos seus espaços claustrofóbicos e nocturnos, a marca do jogo evocado pelo tabuleiro de xadrez a que se acrescenta a sugestão do feminino numa espécie de anti-paraíso. A maçã já colhida evoca não o pecado original mas a quotidiana culpa de uma condição humana separada da harmonia e da fusão com uma natureza onde se espelha o gesto divino.

‘TENTAÇÃO’

‘LUZ INTERIOR’

DIGITAL PRINT S/ TELA

DIGITAL PRINT S/ TELA

Ref. ED28 I 40 x 26 cm I PVP 295 € I Sócio 207 € I 4M

Ref. ED27 I 40 x 26 cm I PVP 295 € I Sócio 207 € I 4M

EDIÇÃO DE APENAS 75 EXEMPLARES

EDIÇÃO DE APENAS 75 EXEMPLARES


ESPECIAL

Brasil

Jayr Peny O artista brasileiro e internacional Jayr Peny, numa linguagem de grande modernidade, na depuração das suas formas, sob o impulso da linha, e na síntese das suas cores que apostam em contrastes e visam ao mesmo tempo a harmonia, recriou o bem conhecido filão das ninfas com uma linguagem sem preconceitos que prefere a robustez e uma certa androginia à tradicional e por vezes insípida delicadeza dessas figuras, verdadeiro enxame, nos infinitos corredores da história de arte. SERIGRAFIA Ref. S1049 I 50 x 70 cm I 335 € I Sócio 235 € I 6M

Júlio Castro

EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

‘ASAS - ESPAÇOS DE TRÂNSITO’

ESPAÇOS DE TRÂNSITO Formado em Artes Plásticas pelo Instituto das Artes UFRGS - Porto Alegre, Brasil, Júlio Castro é director e fundador da Chave Mestra - Associação de Artistas Visuais de Santa Teresa, Rio de Janeiro. Em 2007, por ocasião da sua exposição no CPS, recolheu impressões de calçada portuguesa, entre o Atelier e a Galeria do CPS, produzindo transferências de imagens a partir do relevo de algumas superfícies desse percurso. O presente trabalho resulta do mapeamento desse espaço intermediário.

SERIGRAFIA Ref. S763 I 45 x 76 cm I PVP 235 € I Sócio 165 € I 4M EDIÇÃO DE APENAS 75 EXEMPLARES

Verão 2013

RITUAIS DO QUOTIDIANO

9

‘CORPOS EM MOVIMENTO’


Ref. S1099

Gabriel Garcia

A arte de Gabriel Garcia (n. 1977) aqui representada por oito estudos para a exposição recente da Galeria António Prates mereceu à crítica de arte Maria João Fernandes as seguintes palavras: “Figuras que emergem da história mais arcaica ou mais recente, do universo das fábulas e dos mitos, outras do cenário citadino, numa espécie de deambulação grotesca e sem rumo. Uma mistura do humano e do animal, dos vários reinos, com mecanismos inventados que permitem o seu domínio, na travessia do espelho imaginário da arte, ao encontro de Alice, perdida nos meandros das fantasias, como Pinóquio. Fantasias de toda uma civilização de que o artista é intérprete, sem rumo e sem sentido, a não ser a perplexidade de um movimento que ignora um centro, a fonte de toda a energia, o núcleo solar da Vida.”

Ref. S1100

FANTASIAS DA CIVILIZAÇÃO


© Cortesia: Galeria António Prates

Exposição na Galeria António Prates para a qual o artista criou um mural panorâmico com 2,80 x 50 metros. Gabriel Garcia, «Walktrough a Story»

Serigrafias originais efectuadas pelo artista a partir dos estudos para o mural (reproduzidas 4 do total de 8 editadas).

Ref. S1102

Ref. S1101

Fev-Abr 2013

Gabriel Garcia com António Prates, durante a sua exposição, Fevereiro 2013

LEVE A SÉRIE COMPLETA DE

8 SERIGRAFIAS POR APENAS

12M

SERIGRAFIA I Cada: 33,3 x 70 cm I 165 € I Sócio 116 € CONJUNTO DE 2: 4M CONJUNTO DE 4: 8M CONJUNTO DE 8: 12M EDIÇÃO DE APENAS 30 EXEMPLARES


© Cortesia: Galeria António Prates

Exposição na Galeria António Prates Telmo Alcobia, «Intervenção» Mai-Jun 2013

Telmo Alcobia INTERVENÇÃO

Telmo Alcobia com António Prates durante a inauguração da exposição “Intervenção” na Galeria António Prates, Maio 2013

O ADMIRÁVEL MUNDO NOVO DE TELMO ALCOBIA O Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley e O Ano de 1984 de Georges Orwell vêm à lembrança diante da jovem criação de Telmo Alcobia. No entanto, a obra plástica deste pintor perfeccionista e de sólida formação (licenciado em pintura, com mestrado em desenho e formação em desenho científico e workshop de desenho pré-colombiano), se por um lado parece quase uma ilustração destas utopias de uma melancolia colectiva, por outro, afirma num estilo próximo da banda desenhada e das artes gráficas, um universo muito pessoal. Este universo é simultaneamente a expressão de fantasmas colectivos e a fábula de uma vivência urbana feita de todos os nossos descontentamentos.

SERIGRAFIA Ref. S867B I 44,5 x 64 cm I PVP 235 € I Sócio 165 € I 4M EDIÇÃO DE APENAS 50 EXEMPLARES

SERIGRAFIA S/ CARTÃO Ref. S866 I 35 x 45 cm I PVP 235 € I Sócio 165 € I 4M EDIÇÃO DE APENAS 100 EXEMPLARES


‘MAGNÓLIA’

Michel Pelloille

GRAVURA Ref. G289 I 76 x 56 cm I PVP 430 € I Sócio 301 € I 8M EDIÇÃO DE APENAS 46 EXEMPLARES

Alexandra Mesquita

‘A VOZ REFLETIDA’

SERIGRAFIA S/ SUPORTE ESPELHADO Ref. S1079 I 32 x 50 cm I PVP 395 € I Sócio 277 € I 6M EDIÇÃO DE APENAS 50 EXEMPLARES

ESCRITA IRREQUIETA Alexandra Mesquita é autora de uma vertiginosa aventura que se organiza à volta de uma grande interrogação sobre a escrita, representada numa exposição sua em 2002, significativamente intitulada “Escrita Irrequieta”. Em 1997 produziu uma instalação tendo como motivo central o cérebro, metáfora (retomada numa outra exposição de 2005) conotando a particular discursividade onírica que é a sua, uma forma muito própria de questionar a racionalidade a Ocidente. Na actual serigrafia sobre um espelho onde nos podemos ver, a cabeça e o cérebro sugerem a importância ontológica da voz, do fio de um discurso capaz de enfrentar os obstáculos a um pensamento libertador, numa civilização castradora e vinculada à tirania das aparências.

Verão 2013

O CPS foi novamente distinguido com o Grande Prémio Fine Papers, na edição de 2013 dos Prémios Papies promovidos pela Revista Do Papel. A obra galardoada foi a presente gravura de Michel Pelloille, com matrizes realizadas em acrílico. As edições CPS somam já 8 Prémios e 5 Menções Honrosas Papies, prémios que distiguem os melhores trabalhos gráficos do ano. A categoria Fine Papers é patrocinada pela Antalis.

13

GRANDE PRÉMIO FINE PAPERS 2013


Exposição de homenagem na Galeria Municipal Artur Bual

Eduardo Nascimento, director da Galeria Artur Bual, João Prates, Mestre Marçal e José Mourão, presidente da Associação de Gravadores da Amadora

Humberto Marçal «Vibrações Mágicas» Março 2013

‘ENCANTAMENTO E MISTÉRIO’

O ESPLENDOR TERRESTRE Mestre gravador Humberto Marçal oferece-nos com este trabalho um exercício de virtuosismo plástico e poético. Uma paisagem de sentido cósmico e onírico, em tons marítimos, banhada pela luz de um sol submarino, quinta-essência de um real que ascende à sua condição alquímica. A cor evoca sugestões abertas a múltiplas leituras, reencantando os grandes enigmas da alma e do mundo. Vibração do instante, abrindo em luz o esplendor terrestre, o sol simbolizando a energia de crescimento e de transformação que preside aos destinos do Cosmos, uma poética imagem da natureza capaz de envolver na sua esfera o humano. GRAVURA I Ref. G304 I 59,3 x 57 cm PVP 450 € I Sócio 50 € + 8M ou 100 € + 6M

EDIÇÃO DE 80 EXEMPLARES

Rodrigo Ferreira

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Marçal

UMA PAISAGEM MARÍTIMA

SERIGRAFIA Ref. S1084 I 56 x 76 cm I PVP 460 € I Sócio 322 € I 8M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

Rodrigo Ferreira radicado em Paris que nos habituou há muito ao exotismo das suas paisagens poéticas de cidades em ruínas perdidas na vastidão de espaços desérticos, surpreende-nos hoje com a frescura de uma paisagem marítima que o transporta certamente às suas origens portuguesas. A respiração azul da vastidão do espaço contrasta singularmente com as minúsculas anotações de brancas arquitecturas, numa espécie de partitura plástica de esplêndido efeito visual.


Saskia Moro

SOB O SIGNO DO TEMPO, DO ESPAÇO E DO SILÊNCIO

Ref. G308

Ref. G307

As actuais serigrafias e gravuras de Saskia Moro preservam a frescura de um original, explorando de um modo muito livre, a poética do espaço que tem vindo a tornar-se a marca do seu estilo. A suave e fresca gama dos azuis em contrastes suaves, desperta as ressonâncias do mar, elemento privilegiado nesta série. Paisagismo anímico, onírico e cósmico que plenamente revela a paixão da artista pela cor e a mestria no seu domínio. Domínio da cor, da sua luz, dos seus fluidos em palpitantes jorros de luz emaranhada no subtil novelo dos azuis esmeralda, dos verdes submarinos, dos ocres e dos lilases que parecem brotar directamente da intimidade de uma natureza encantada.

SERIGRAFIA E GRAVURA (Técnicas aditivas) Cada: 50 x 50 cm I PVP 460 € I Sócio 322 € I 8M EDIÇÃO DE APENAS 50 EXEMPLARES

15

Verão 2013

João Prates, director do CPS, com Saskia Moro durante a inauguração da exposição “De Arena Y Sal”. CPS no CCB, Maio de 2013.

Ref. G309

SÉRIE ÁGUA Y SAL


UM GESTUALISMO SOLAR E MÁGICO

SÉRIE EM TRÊS Ref. S1076

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Sofia Areal Sofia Areal vem há muito desenvolvendo um particular estilo entre a abstracção e a figuração, um gestualismo solar e mágico onde aos ritmos e às formas da natureza são devolvidos a alegria e o ímpeto originais do paraíso. Na sua paleta mesmo os negros irradiam com o fulgor de astros amanhecidos nos braços de uma noite cheia de perfumes e acordada pela música intemporal da criação. O fogo de uma flora prodigiosa arde, como os sorrisos e as ondas de puras delícias, oceano das formas da vida devolvida a si mesma. O presente tríptico, no qual cada uma das partes pode ser considerada individualmente, é intervencionado directamente pela artista.

SERIGRAFIAS PINTADAS PELA ARTISTA Cada: 100 x 70 cm I PVP 720 € I Sócio 504 € I 12M EDIÇÃO DE APENAS 50 EXEMPLARES


17

VerĂŁo 2013

Ref. S1077

Ref. S1078

Sofia Areal intervencionando cada serigrafia individualmente, tornando cada exemplar, original e Ăşnico.

serigrafias pintadas


Laura Cesana dá expressão com estas imagens para serigrafia, ao seu muito particular universo poético, à sua visão de uma realidade “pautada” pela poesia, no sentido literal deste verbo. Reminiscências da infância e da juventude, as partituras musicais de uma avó são o passaporte para um tempo que pertence a todos. Música de guitarra, acordeão ou cornetim, pouco importa, até nós chegam os sons e o perfume, as cores de uma Primavera eterna que é a da alma e a do coração.

Ref. S1082

‘MUSICALMENTE I, II, III’

Ref. S1107

Ref. S1083

Laura Cesana

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

MUSICALMENTE

SERIGRAFIA C/ COLAGEM Cada: 35 X 50 cm PVP 220 € I Sócio 154 € I 4M

EDIÇÃO DE 70 EXEMPLARES


GESTOS COMO SIGNOS Nesta sua composição para serigrafia, João Murillo utiliza a pincelada larga e sincopada para criar figuras de um vocabulário de signos gestuais onde o humano é a referência privilegiada. A paleta de vermelhos sangue e negros acordados por um toque de ouro associando-se ao dinamismo da forma, cria a atmosfera de uma intensidade que o todo comunica e o casal vagamente sugerido parece justificar. SERIGRAFIA Ref. S1080 I 70 x 50 cm I PVP 280 € I Sócio 196 € I 4M EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

‘PANOPLIA’

Vitor Milheirão AO MODO DE GLEIZES No que poderia ser uma homenagem ao grande artista francês Albert Gleizes (1981- 1953), teórico e fundador do cubismo, Victor Milheirão cria uma composição depurada ao modo desse emblemático movimento da arte do século XX. Um cenário puramente plástico num espaço sem profundidade e algo claustrofóbico, onde o círculo, emblema de harmonia e sinal cósmico parece abrir um limiar possível para uma outra dimensão do real.

GRAVURA Ref. G310 I 50 x 35 cm I PVP 220 € I Sócio 154 € I 4M EDIÇÃO DE 50 EXEMPLARES

Verão 2013

19

João Murillo


EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Rámon Sanmiquel

LITOGRAFIA Ref. L029 I 50 x 61 cm I PVP 365 € I Sócio 256 € I 6M EDIÇÃO 75 EXEMPLARES

ARTE E EROTISMO O nu, de tão grande tradição na arte, acha no pintor espanhol Rámon Sanmiquel um jovem e talentoso escultor, que tal como o famoso artista francês Balthus (1908-2001), se especializou na representação do “charme” de adolescentes belezas femininas. Poses provocantes tornam-se o pretexto para exercícios da mestria da linha, capazes de dar vida a verdadeiras criaturas do lápis ou do pincel, na vibração nervosa do traço e na respiração contida dos negros. O erotismo evidente das figuras passa para segundo plano, diante da mestria plástica que revelam.

LITOGRAFIA AGUARELADA PELO ARTISTA Ref. L030 I 38,5 x 56 cm I PVP 380 € I Sócio 266 € I 6M EDIÇÃO 33 EXEMPLARES

litografia PINTADA


Toño Camuñas

GRAVURA PINTADA PELO ARTISTA

LITOGRAFIA PINTADA PELO ARTISTA

Ref. G312 I 56 x 38 cm I PVP 295 € I Sócio 207 € I 4M

Ref. L032 I 76 x 56 cm I PVP 395 € I Sócio 277 € I 6M

EDIÇÃO 50 EXEMPLARES

EDIÇÃO 45 EXEMPLARES

GRAVURA pintada

litografia pintada

Verão 2013

O artista espanhol Toño Comuñas, radicado no México, não podia deixar de reflectir a cultura deste país, berço de uma das maiores pintoras do século XX, Frida Khalo. Amor e morte, erotismo e crueldade unem-se tal como na criação da artista, numa atmosfera surreal que mistura arquétipos e símbolos do inconsciente. A abelha, imagem de uma perfeita organização social, da inteligência superior e da sabedoria divina (pela perfeição do seu trabalho), do princípio vital e da alma liga-se aqui ao sofrimento e às lágrimas, espécie de monstro como a legenda esclarece.

21

SURREALISMO EM VERSÃO MEXICANA


“ASAS SEM VÔO”

Domingos Oliveira EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

SEDUÇÃO E POESIA DA MULHER ANJO Anjo e mulher unem-se na escultura de Domingos Oliveira criando uma forma imaginária que sintetiza o simbolismo e a sedução de ambos. A sensualidade da mulher, a pureza e harmonia das suas linhas imitando os ritmos do Cosmos a que a sugestão das asas empresta o mistério e a poesia de uma criatura dos céus. Pássaro desconhecido feito para habitar o país dos sonhos.

MÚLTIPLO DE ESCULTURA Ref. ME102 I 56 X 36 x 7 cm PVP 550 € I Sócio 440 € I 75% Ded. em quotas

EDIÇÃO 11 EXEMPLARES

David de Almeida Ref. AV47B

COLECÇÃO “ARTE E O VINHO” VINHO DO PORTO RECCUA 10 ANOS CAVES VALE DO RODO

GARRAFA DE VINHO + SERIGRAFIA SERIGRAFIA: 35 x 25 cm PVP 150 € I Sócio 120 €

EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

Ref. AV47A


Verão 2013

23

Mário Cesariny

EDIÇÃO:

MÚLTIPLO DE ESCULTURA EM BRONZE*

MÚLTIPLO DE ESCULTURA EM CERÂMICA*

Ref. ME100 I 35 x 11 cm

Ref. ME101 I 30 x 14 x 9 cm

PVP 750 € I Sócio 590 € I 50% Ded. em quotas

PVP 250 € I Sócio 190 € I 50% Ded. em quotas

(*) Acompanhados de Certificado de Autenticidade da Fundação António Prates

UMA FIGURA INOCENTE E MÁGICA A arte de Mário Cesariny (19232006), considerado justamente um dos expoentes do Surrealismo português quer pela sua poesia, quer pela sua pintura, está bem patente, com um toque de humor, neste diálogo entre a sua escultura (representada por múltiplos em duas variantes de cor) e a imagem que criou para serigrafia. Uma figura ao mesmo tempo inocente e mágica que junta os simbolismos do sol, como fonte de luz, conhecimento e vida e do triângulo, emblema da divindade da harmonia e da proporção.

SERIGRAFIA Ref. S0843 I 70 x 50 cm I PVP 850 € I Sócio 595 € EDIÇÃO 75 EXEMPLARES


Ref. S1064 Ref. S1066

Ref. S1065

Gracinda Candeias

SERIGRAFIA I Cada: 40 x 30 cm I PVP 165 € I Sócio 116 € I 3M

Ref. S1068

EDIÇÃO 200 EXEMPLARES

Ref. S1067

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Ref. S1063

Série ‘Herbário’

SERIGRAFIA Cada: 28 x 25 cm PVP 75 € I Sócio 55 € ou 1M + 10 €


Parceria:

Carlos Barroco UM SONHO PARA AMÁLIA

OFERTA

AMÁLIA “COM QUE VOZ”* VALOR: €23,90

SERIGRAFIA Cada: 28 x 25 cm I PVP 95 € I Sócio 70 € ou 1M + 30 € EDIÇÃO 100 EXEMPLARES

(*) Oferta válida apenas até 31 de Agosto/2013 e limitada ao stock existente

Rodrigo Germano ‘BAILARINA’

Ref. S1054

A DANÇA DAS LINHAS

Ref. S1055

‘HOMEM’

Rodrigo Germano compõe nestas suas serigrafias, puros registos de ritmos e de movimentos que a dança torna mais expressivos. Registos sincopados, fragmentários, evocando as “antropometrias” do pintor francês Yves Klein (1928-1962), pioneiro das “impressões” feitas com o próprio corpo e que o azul destes trabalhos igualmente traz à lembrança. Figurinhas de um museu imaginário que nos agrada visitar na companhia dos grandes Mestres e dos seus discípulos mais jovens. SERIGRAFIA 50 x 35 cm I PVP 125 € I Sócio 88 € I 2M

EDIÇÃO DE 100 EXEMPLARES

25

DE CD DUPLO

Verão 2013

Ref. S1089B

Ref. S1089A

A grande diva do fado, ícone da cultura portuguesa do século XX que já inspirou outros artistas como o português Leonel Moura ou o francês Arman, acha nestas criações de Carlos Barroco que o CPS edita em parceria com a Fundação Amália Rodrigues, uma representação plástica e poética de requinte e beleza raros.


Maria das Neves Entre a arte ingénua e uma tradição popular, esta série é dedicada ao amor e retoma alguns dos seus estereótipos.Os amores do marinheiro e da corista ou do elegante e da flausina numa expressão retro, surgem representados na proximidade de símbolos tão universais como a rosa ou o coração. Um modo de conferir a uma mitologia intemporal, um toque de sofisticação urbana.

DE

Ref. S173

O PEQUEN O T A M R FO

“MEU AMOR” Ref. S1075

“MEU ANJO” Ref.S1074

NOVIDA

“MEU PORTO SEGURO”

SERIGRAFIA I Cada: 25 x 23,5 cm PVP 29.90 € I Sócio 19.90 €

Ref. S1061

EDIÇÃO 100 EXEMPLARES

Ref. S1060

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Ref. S1072

“MEU DOCE”

SERIGRAFIA I Cada:17 x 24,5 cm I PVP 29,90 € I Sócio 19,90 € EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

As obras são assinadas pelo serígrafo Rui Alves representando o Colectivo CPS.


O HALO DO INVISÍVEL Verão 2013

27

O artista cujo mérito foi plenamente reconhecido pelos seus contemporâneos (em 1993 foi-lhe atribuído o Prémio Europeu de Cultura pelo Parlamento Europeu e em 2003, o Prémio da A.I.C.A.) prossegue incansavelmente o seu labor de grande questionador do real e dos seus enigmas, neste caso representados pelo gato, espécie de esfinge, desfocada ao modo que lhe é habitual, como se o olhar tivesse dificuldade em enfrentar o halo do invisível que o visível irradia. DIGITAL PRINT S/ TELA Ref. ED24 I 90 x 70 cm I PVP 2.250 € I Sócio 1.750 € I 75% Ded. em quotas EDIÇÃO DE APENAS 50 EXEMPLARES OBRA FORNECIDA ENGRADADA

O ETERNO FEMININO Francisco Simões tem vindo a criar um impressionante friso de intemporais figuras do eterno feminino, continuando a sugerir, na sua pintura e na sua escultura, uma poesia viva, plástica e anímica, as formas de uma beleza a que o seu talento devolve um secreto esplendor. Os anjos no feminino da sua obra gráfica são corporizações dessa impalpável beleza, quase transcendente, nascendo da subtileza do traço e da magia encantatória da cor.

SERIGRAFIA S/ TELA Ref. S1062 I 82,5 x 65,5 cm I PVP 1.750 € 1.650 € I 75% Ded. em quotas EDIÇÃO DE APENAS 120 EXEMPLARES OBRA FORNECIDA ENGRADADA


Esther Villalobos

Sérgio Portugal

Ref. S827

A artista espanhola Esther Villalobos cria nestas suas criações para serigrafia, a sugestão de um espaço vegetal que é simultaneamente um espaço anímico. Labirintos submersos realçando sobre a transparência de uma claridade lunar que nos devolvem a magia do visível e também a perturbadora imagem de um psiquismo em busca de um centro, fonte de uma harmonia perdida que parece anunciar-se no fundo luminoso das imagens.

GRAVURA Ref. G285 I 38 x 39,5 cm I PVP 250 € I Sócio 175 € I 4M EDIÇÃO DE APENAS 45 EXEMPLARES

Mafalda d’Eça Ref. S828

EDIÇÕES DE ARTE CONTEMPORÂNEA

A MAGIA DO VISÍVEL

SERIGRAFIA Cada: 56 x 76 cm I PVP 250 € I Sócio 175 € I 4M EDIÇÃO DE 75 EXEMPLARES

SERIGRAFIA Ref. S1053 I 70 x 50 cm I PVP 250 € I Sócio 175 € I 4M


g eração futu ro_

A CRESCER COM ARTE

Crie uma colecção de Arte para as gerações futuras, tornando os seus filhos, netos, sobrinhos ou mesmo afilhados, Sócios do CPS em condições exclusivas que lhes são dedicadas:

“A Arte é um legado

para as gerações vindouras”

1. Inscrição grátis Enquanto Sócio CPS, ao inscrever o seu familiar (filho, neto, sobrinho ou afilhado), o mesmo ficará isento do pagamento da inscrição de €57.

2. Mesmo valor da sua quota

OFERTA A NOVOS SÓCIOS

O Novo Membro beneficia da sua antiguidade no CPS. O valor da quota do jovem Sócio será idêntico à sua.

3. Serigrafia de oferta Na inscrição, o novo Sócio recebe como oferta de boas-vindas, uma serigrafia do artista João Grijó no valor de €365! Caso prefira, poderá optar por seleccionar uma obra de validade até 6M entre as Edições de Subscrição do CPS.

JOÃO GRIJÓ

g eração futu ro_

O Sócio Familiar Proponente deverá ter as quotas em dia.

INSCRIÇÃO DE SÓCIO CPS

DADOS PESSOAIS DO NOVO SÓCIO

Filho

Ref. S335

Neto

Outro: ______________

Localidade___________________________________________Cód. Postal__________________

INSCRIÇÃO: €57 Grátis

Entidade

1 0 1 8 9 3

Ç

Morada__________________________________________________________________________

Tel. 21 3933260 Fax 213933269

AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO - DÉBITO DIRECTO* / CARTÃO DE CRÉDITO

Ç

Nome___________________________________________________________________________

SÓCIO FAMILIAR PROPONENTE Nº ___________ NOME ___________________________________

QUOTA MENSAL: €____,____

(A preencher pelos serviços do CPS)

Referência

(A preencher pelos serviços do CPS)

Telefone________________Telemóvel __________________Data Nascimento_____________

TITULAR DO PAGAMENTO:

Contribuinte______________ Profissão_____________________Empresa__________________

Por débito da minha/nossa conta abaixo indicada, autorizo que procedam ao pagamento das importâncias que lhes forem apresentadas pelo CPS - Centro Português de Serigrafia, Lda (NIB: 0033 0000 00013282587 41), de acordo como contrato entre nós celebrado:

E-mail___________________________________________________________________________

RECEBEREI A SERIGRAFIA DE JOÃO GRIJÓ COMO OFERTA NA MINHA INSCRIÇÃO. ASSINALO A MINHA PREFERÊNCIA: João Grijó Ref. S335

Outra opção: ________________________________________

ENTREGA DA OBRA DE OFERTA

CPS Sede

CPS no CCB

CPS Arrábida

Banco _____________________Agência______________________Outro Titular _____________________________

Cartão de Crédito Nº

3 últimos dígitos do verso do cartão

CVV

(Veja os contactos na última página)

Solicito que me enviem por correio, para a morada indicada, a obra referida, ficando os portes a meu cargo. Solicito que me reservem a obra referida. Irei levantar em:

Conta Bancária / NIB

Mês Ano

Validade

Data ___ /___/___________ Ass. _____________________________________________________________________ *Em cumprimento do aviso 10/2005 do Banco de Portugal, informa-se que é dever do devedor, conferir, através de procedimentos electrónicos, nomeadamente no multibanco, os elementos que compõem as autorizações de débito em conta concedidas. Permanência mínima obrigatória como Sócio: 12 meses.

Recorte e envie para:

CPS - Centro Português de Serigrafia Rua dos Industriais, 6 1249-023 Lisboa


Silva Palmeira ‘LISBOA, UM PORTO PARA A PAZ’

ARTE PARA ERRADICAR A POLIO! Criada para a comemoração da 104ª Convenção Rotary International, surge “Lisboa, Um Porto para a Paz”, da autoria de Silva Palmeira, onde ganham vida os elementos que representam a cidade de Lisboa e cujas vendas durante o evento contribuiram para uma nobre e urgente causa: a erradicação da Poliomielite, a grande bandeira dos Rotários. O CPS deu o seu contributo com uma acção solidária neste evento, que se traduziu em 1.200 vacinas!

Parceria:

SERIGRAFIA Ref. S1087 I 50 x 70 cm I PVP 430 € I Sócio 295 € I 6M EDIÇÃO 200 EXEMPLARES

Serrão de Faria

José Pádua Ref. G280

Ref. G279

“ROSSIO”

GRAVURAS PINTADAS A AGUARELA PELO ARTISTA

GRAVURA PINTADA A ÓLEO PELO ARTISTA

Cada: 35 x 28 cm I PVP 300 € I Sócio 50 € + 4M EDIÇÃO DE 100 EXEMPLARES

Ref. G275 I 70 x 50 cm

GRAVURA pintada

PVP 600 € I Sócio 450 € ou 150 € + 6M EDIÇÃO DE APENAS 25 EXEMPLARES

GRAVURA pintada


CPS NOTÍCIAS

CPS na 104ª Convenção Rotary International A participação do CPS na 104ª Convenção Rotary International que ocorreu entre 22 e 26 de Junho no Parque das Nações, contemplou a edição de quatro serigrafias que contribuíram para a Iniciativa Global de Erradicação da Poliomielite, uma pequena ajuda para uma grande causa, em parceria com o Rotary Clube Lisboa-Olivais. Esta acção solidária traduziuse em 1.200 vacinas! Cinco dias inesquecíveis em que, com base na FIL, o CPS partilhou arte e esperança pelos quatro cantos do mundo! EM CIMA: Oferta das serigrafias especialmente editadas para a convenção a Sakuji Tanaka, presidente de Rotary International. Luis Miguel Duarte, governador e chairman da convenção, Sakuji Tanaka, João Prates, director do CPS e Mário Gomes do Clube do Rotary Clube Lisboa-Olivais.

Leonel Moura apresenta esculturas realizadas por impressora 3D no CPS no CCB Em Abril e Junho de 2013, esteve patente no Palácio do Egipto, em Oeiras, a exposição “Provas Dadas” de edições do CPS. Mais de 60 obras estiveram em exposição, incluíndo os artistas Cruzeiro Seixas, Sofia Areal, Cristina Ataíde, Malangatana, Pedro Calapez, para citar alguns. Tratou-se de uma exposição que desvendou os segredos por trás das edições do CPS. Quatro núcleos didáticos abordaram as várias metodologias desenvolvidas no Atelier, desde a serigrafia, à gravura, passando pela litografia, fotografia e digital print. EM CIMA: Vista da exposição no CPS - CCB.

«Provas Dadas» CPS em exposição no Palácio do Egipto, em Oeiras Esteve patente no Palácio do Egipto, em Oeiras, a exposição “Provas Dadas” de edições do CPS, que decorreu em Abril e Junho de 2013. Mais de 60 obras estiveram em exposição, incluíndo os artistas Cruzeiro Seixas, Sofia Areal, Cristina Ataíde, Malangatana, Pedro Calapez, entre outros. Esta mostra apresentou um núcleo de obras de destaque pelo arrojo na exploração das técnicas de obra gráfica, mas também desvendou os segredos por trás das edições do CPS. Quatro núcleos didáticos abordaram as várias metodologias desenvolvidas no Atelier, desde a serigrafia, à gravura, passando pela litografia, fotografia e digital print.

Vista do núcleo dedicado à Serigrafia. Animação Musical pela Orquestra de Câmara Portuguesa.


CENTRO PORTUGUÊS DE SERIGRAFIA 28 ANOS A PARTILHAR ARTE

“ Mais de 2.000 obras de arte de cerca

Dos grandes mestres portugueses do século XX, aos jovens artistas emergentes, o CPS segue um modelo editorial eclético e formativo e dispõe de uma colecção ímpar de mais de 2.000 obras de cerca de 500 artistas portugueses e estrangeiros, um verdadeiro documento da arte e da cultura dos nossos dias. Tem partilhado com os seus Sócios exposições individuais de obra gráfica de artistas fundamentais como Picasso, Dalí, Miró, Tàpies, Joseph Beuys, Le Corbusier ou Mimmo Rotella.

de 500 artistas. ”

“ Ser Sócio CPS? É ter vantagens exclusivas e acesso privilegiado a centenas de obras de arte!

“ Cada prova é numerada

e assinada pelo artista garantindo o seu carácter restrito e irrepetível.

“ Uma experiência de amor e paixão destinada a transformar cada prova numa obra de arte.

O CPS é a instituição portuguesa com a mais vasta actividade editorial no campo da Obra Gráfica Original. Pautado pela máxima exigência e qualidade, desenvolve edições de Serigrafia, Gravura, Litografia, Fotografia e Arte digital em ateliers próprios, dirigidas em especial aos seus Sócios que têm assim vantagens exclusivas e acesso privilegiado a centenas de obras de arte!

Representando hoje um selo de garantia de qualidade e autenticidade, fruto da sua experiência de 28 anos, orgulha-se de já ter contribuído para o enriquecimento das colecções de mais de 12.000 Sócios e da promoção da arte portuguesa no exterior, com destaque para a edição “Estampa 2005” onde foi distinguido, entre 95 galerias de 14 países, como a Melhor Galeria do certame. ATELIER CPS

O CPS tem estimulado e proporcionado aos artistas as condições necessárias à conceção, desenvolvimento e impressão das suas criações visuais no seu Atelier. Este espaço dispõe das técnicas tradicionais - Serigrafia, Gravura e Litografia - às mais recentes, Fotografia e Impressão Digital. A realização das edições implica a intervenção direta do artista e o controlo qualitativo dos exemplares que as constituem. Desde a definição do projeto até à sua conclusão, há todo um processo criativo partilhado, moroso e exigente. O diálogo com cada artista constitui uma experiência inolvidável de labor e paixão, destinada a transformar cada prova impressa numa obra de arte.

(AO LADO:) Exposições no CPS: Dalí, 2008; Le Corbusier, 2008; Sócios CPS escolhem as suas obras durante a inauguração da exposição de Joanna Latka e Jorge de Sousa, 2012; António Prates com os artistas David de Almeida e Jorge Pinheiro; Jan Voss com Rui Alves no Atelier CPS; Humberto Marçal imprimindo uma gravura no Atelier CPS; Vista do Atelier CPS.


Inicie a sua Colecção de Arte

Sócios

Torne-se Sócio CPS hoje mesmo!

CONDIÇÕES DE ADMISSÃO:

» Inscrição: €57 » Quota mensal: €37

OFERTA DE BOAS-VINDAS:

1 OBRA À HA SUA ESCOL ATÉ 6M )* (PVP ATÉ €395

(*) Seleccione a sua OBRA DE OFERTA nesta revista ou em www.cps.pt e coloque o Nome do artista e a Ref. da obra no cupão da badana da revista.

PRINCIPAIS VANTAGENS: UMA QUOTA QUE SE CONVERTE EM OBRAS DE ARTE A SEU FAVOR

DESCONTO EXCLUSIVO PARA SÓCIOS EM TODAS AS OBRAS

A quota mensal no valor de apenas €37 permite-lhe, sem obrigatoriedade e sem mais custos, escolher e receber as suas Obras de Arte preferidas, entre as dezenas edições de Subscrição, de acordo com o número de quotas pagas acumuladas. Como exemplo, as Obras 4M, de valor comercial até €295, correspondem para Sócios, a 4 meses de quotas (4 x €37), ou seja, cerca de 50% do seu valor!

Usufrui ainda de importantes descontos nas Obras Extra-Subscrição (na sua maioria obras externas e consignações) e, sempre que mencionado, da possibilidade de dedução do valor das suas quotas.

VASTA OFERTA ESTÉTICA DE ARTISTAS CONSAGRADOS E EMERGENTES Ser Sócio do CPS é ter acesso fácil e vantajoso a um vasto leque de Obras de Arte – Serigrafias, Gravuras, Litografias, Fotografias e Digital Prints Originais – de artistas contemporâneos portugueses e estrangeiros, de reconhecido mérito e representatividade. Todas as edições são limitadas a não mais de 200 exemplares, assinadas e numeradas pelos artistas. São ainda autenticadas com o selo branco do CPS. Com mais de 1.500 edições efectuadas de cerca de 400 artistas, o CPS é hoje um selo de garantia de qualidade e autenticidade, resultado da sua longa experiência que tem merecido várias distinções.

REVISTA-CATÁLOGO “ARTE” GRATUITA O Sócio CPS recebe gratuitamente a revistacatálogo do CPS “arte”, onde são apresentadas as mais recentes Obras. De edição semestral, orienta e ajuda a decidir nas suas escolhas e preferências. Todas as obras disponíveis e novidades podem ainda ser consultadas em www.cps.pt.

DESCONTOS EM MOLDURAS E MUITO MAIS NA REDE DE PARCEIROS DO CPS Descontos e vantagens adicionais nos diversos Parceiros do CPS, incluindo a Galeria de São Bento, Galeria António Prates, ‘A Moldura’, sita junto à sede do CPS e rede de lojas aderentes Moldura Minuto. Período mínimo de permanência como Sócio CPS: 12 meses. Todos os valores citados incluem Iva.


NOVAS PARCERIAS Mais valor para os Sócios CPS SEDE Rua dos Industriais, 6 1249-023 Lisboa (transversal da D. Carlos I, junto à Assembleia da República)

Tel: 213 933 260 E-mail: contacto@cps.pt Horário: Seg-Sex das 9h30 às 19h30. Sáb. das 13h00 às 19h00. Encerra Domingos e Feriados. Horário de Verão (Jul-Set): Seg-Sex das 9h30 às 18h30.

CULTURA ENSINO SAÚDE E BEM-ESTAR VIAGENS E LAZER ENTRETENIMENTO

CCB Centro Cultural de Belém, Loja 7 Praça do Império, 1449-003 Lisboa Tel: 213 162 175 E-mail: cpsccb@cps.pt Horário: Todos os dias das 10h00 às 21h00

Agora o seu cartão de Sócio CPS traz-lhe ainda mais vantagens! Da saúde e bem-estar, às viagens e lazer, passando, claro está, pelo ensino e cultura, conte com excelentes descontos oferecidos pelos novos Parceiros aos Sócios CPS. Clínicas Malo, Club L, Delta Q, Europcar, Grupo Pestana, Cinemas City, Pó dos Livros e Smile Up são alguns dos novos Parceiros que acrescentam valor ao seu cartão de Sócio.

ATELIER CPS Rua dos Industriais, 15 1249-023 Lisboa (transversal da D. Carlos I, junto à Assembleia da República) Tel: 213 930 032 E-mail: ruialves@cps.pt

Consulte todos os Parceiros e vantagens em

www.cps.pt

www.cps.pt /centroportuguesdeserigrafia

PARCEIROS MOLDURAS

15% DE DESCONTO A Moldura 1

Rua das Francesinhas 23C Tel. 213 976 301

A Moldura 2

Av. Sacadura Cabral, 19 - A/B Lisboa (à Av. de Roma) Tel. 217 957 021 962 417 249 - Seg. a Sab. 10h-14h; 15h-19h

CPS Arrábida

Rui Alberto, Espaço de Arte, Arrábida Shopping piso 1, Loja 164. 4400-992 Vila Nova de Gaia Tel. Fax: 223 707 318

...e muitos mais!


FERNANDOPESSOA

OFERTA A SÓCIOS PROPONENTES OFERTA-EXTRA A NOVOS SÓCIOS

““«Lisboa Pessoas» Autor: João Prates I

Técnica: Serigrafia I Dimensão: 50 x 35 cm I

PVP 235 €

EDIÇÃO DE 200 EXEMPLARES

Convide um amigo a tornar-se Sócio CPS e recebam ambos de oferta esta serigrafia emblemática, com uma dedicatória do autor! CONDIÇÕES DE ADMISSÃO DO NOVO SÓCIO: JÓIA DE INSCRIÇÃO: €57 OFERTA DE BOAS-VINDAS: 1 Obra de valor até €395 PVP e validade até 6M, à escolha entre todas as edições de subscrição disponíveis. OFERTA-EXTRA DE INSCRIÇÃO E OFERTA A SÓCIOS PROPONENTES: Serigrafia “Lisboa Pessoas” comemorativa do aniversário do poeta, da autoria de João Prates Ref. S1088

Campanha válida até 31 de Outubro de 2013

Uma Obra dedicada... fica para a vida! em dedicar uma serigrafia a cada, de oferta. João Prates, director do CPS

com um amigo, ou amiga, “ Partilhe o privilégio de ser Sócio e terei todo o gosto

Mínimo de permanência como Sócio CPS: 12 meses. Oferta não acumulável com outras ofertas / promoções / vouchers / campanhas em vigor

Obra comemorativa do 125º Aniversário do poeta


ARTE CONTEMPORÂNEA DEDICADA À SUA EMPRESA CRIE A sua ediçAo exclusiva!

Para assinalar o aniversário da sua empresa, pelo Natal, para fidelizar clientes ou motivar colaboradores, crie a sua própria edição de Arte exclusiva. Usufrua do premiado Atelier CPS, da nossa privilegiada rede de artistas e vasta experiência. Com valores que o irão surpreender!

Preços especiais a Sócios

EMBALAGEns de oferta PERSONALIZADAS

VASTO LEQUE de ARTISTAS CONSAGRADOS

OBRAS ASSINADAS COM POSSIBILIDADE DE DEDICATÓRIA

ORÇAMENTOS À MEDIDA

OFERECER ARTE É OFERECER CULTURA .

INFORMAÇÕES A EMPRESAS E INSTITUIÇÕES: TEL: 213 933 260 E-MAIL: cpscorporate@cps.pt

C ORP ORATE


CPS arte Verão 2013