Issuu on Google+

PUB

ÇA STE S A B O A REÇ A P AIS M XOS BAI

POSTO DE ABASTECIMENTO AGORA COM GPL

30 LOJAS E CINEMA AO SEU DISPÔR

AZAMBUJA / POMBAL / GOLEGÃ/ ALMEIRIM e em FOROS DE SALVATERRA

OURO HOTEL EM AZAMBUJA Hotel . Restaurante . Salão de Eventos. Combustíveis reservas em www.ourohotel.net ou 263 406 530

Rua Eng. Moniz da Maia - AZAMBUJA

Correio de Azambuja

A sua rádio está melhor que nunca! www.ribatejofm.pt :: jornal mensal do concelho de Azambuja::

28 de JUNHO de 2013 EDIÇÃO ESPECIAL JUNHO :: director Paulo Ferreira de Melo :: :: número 131 :: preço 10 cêntimos

Este jornal tem a colaboração do comércio local do concelho de Azambuja

ACIDENTE SUSPENDE CAMPANHA SOCIALISTA Luís de Sousa, sofreu no passado sábado um acidente doméstico que lhe provocou um traumatismo craniano. O Partido Socialista que já tinha apresentação marcada para este fim de semana, vê-se assim obrigado a aguardar pelos desenvolvimentos do candidato que deverá ficar ainda mais algum tempo no Hospital de S. José. Entretanto Joaquim Ramos permanece também hospitalizado mas no hospital de Santa Maria . Pag .3 ATLETAS GDA BRILHAM

AVEIRAS SPORT CLUB REGRESSA

O GDA está ao mais alto nível na ginástica desportiva. Joana Santos e Beatriz Boligo têm tido excelentes resultados.

O Aveiras Sport Club atravessou um periodo muito complicado, mas agora uma nova equipa está a dinamizar o clube

UNIVERSIDADE SÉNIOR

Azambuja poderá vir a ter uma universidade sénior. Será uma parceria câmara e Santa Casa.

LOPES QUER EMPREGO

António Jorge Lopes quer o regresso do investimento e do emprego ao concelho e já manteve encontros de alto nível. PUB

AZAMBUJA

SUPERMERCADO

O INTERMARCHÉ RENOVOU-SE MAS MANTÉM OS PREÇOS MAIS BAIXOS. Ouça as promoções diárias na Rádio Ribatejo

c o n t a c t PARA POUPAR ATÉ NO CARRO VENHA AO INTERMARCHÉ Aveiras de Cima O preço mais baixo até nos combustiveis. Aveiras de Cima


Correio de Azambuja - Junho de 2013

2

Correio de Azambuja

RECORDAR É VIVER

sintese

Nesta edição do Correio de Azambuja a não perder: Há uma espécie de azar que persegue o PS de Azambuja conforme poderá constatar este mês. Com Ramos ainda hospitalizado e sem formalmente ter entregue o poder a Luís de Sousa, este que se encontrava em funções e a preparar ativamente a sua candidatura, é vítima de um acidente inesperado e que também o atirou para a cama de um hospital. Embora por pouco tempo, não deixa de ser um contratempo. Entretanto Jorge Lopes atento ao estado do município, está a tentar atraír atenção , investimento e emprego para Azambuja Na CDU mais um adiamento também na apresentação dos candidatos às autárquicas de 2013. A escolha não está a ser consensual. E felizmente que o mês de Junho pode encerrar com boas notícias: Finalmente a AUGI da Quinta do Mor em Aveiras de Cima pode ser legalizada e a perspectiva de Azambuja vir a ter uma Universidade sénior pode ser uma realidade. Pena é que chegue mesmo em cima da hora, pondo em risco o próximo ano lectivo. (recorde-se que em Vila Franca de Xira as inscrições já estão abertas ) Melhor ainda, o GDA na ginástica e no futebol e por falar em futebol, também o Aveiras Sport Clube está de regresso. E há mais no jornal de todas as freguesias do concelho de Azambuja

Signos .Crónicas -Opinião .Reportagem . Informações úteis . WWW - o maravilhoso Mundo da Internet

Sorte Suprema O que é a sorte suprema? É a finalização de uma atuação brilhante, onde o toiro, depois de ser lidado tanto a pé como a cavalo, se não caír na arena com a primeira estocada ou ao primeiro rojão, diz-se logo falta de sorte. É aqui que os toureiros portugueses, tanto a pé como a cavalo não se preparam devidamente para evitar esta situação de sorte suprema. Lá diziam Belmonte e Domeq, “depois de uma faena, esta tem de ser rematada com uma boa estocada, para vir o triunfo.” Igualmente na lide a cavalo, no final tem de haver um rojão certeiro para que o triunfo apareça. Só se cortam orelhas aos toiros com muito trabalho dos toureiros e depois destes morrerem à primeira estocada ou rojão. É a glória para o toureiro e para o toiro, porque morreu no sítio certo e não no matadouro, lugar para bois mansos .Por isso se chama Sorte suprema ou a hora da verdade. E agora caro leitor um desafio: a foto à direita contém um erro na lide de Paulo Jorge Ferreira naquele que deve ter sido o seu melhor ferro na temporada 2013 , na Califórnia onde se encontra radicado Não que o erro seja do cavaleiro, que

Correio dos leitores

“No passado domingo dia 2 de Junho fui convidado para um passeio de bicicletas

pasteleiras que se realizou nos Casais Novos pela colectividade local, Eram cerca de 80 ciclistas que iniciaram um percurso de 23 quilómetros apenas com paragens para “abastecimento”. Foi a 1ª vez que paricipei e e gostei. E depois chegada a hora do almoço (porco no espeto), melhor. Um dia diferente para mim ficando aqui os parabéns à organização para que o faça outra vez. Manuel Rosa

mesmo com os cornos do toiro debaixo da casaca, conseguiu passar à justa e colocar um grande ferro. (O erro do fotógrafo foi não o fazer de frente conforme mandam as regras, embora tendo colhido um bom instantâneo)

Poesia

O Ti Zé Moleiro

Passeio de bicicletas pasteleiras envolveu Azambuja A União Desportuva e Recreativa dos Casais Novos de Alenquer levou a efeito o seu 2º passeio de “pasteleiras” e Azambuja esteve prersente com o nosso leitor e colaborador Manuel Rosa. Eis o relato:

A COLUNA de António Salema EL Salamanca

A velha candeia do azeite

Mal rompia a madrugada, lá ia o Ti Zé montado no seu burrinho para dar o exemplo de como é pôr a trabalhar o seu moinho

Nos serões de antigamente à luz fraca da candeia afamília estava contente e as mulheres fazim meia.

Sempre madrugador tinha de ser de todos o primeiro era bom trabalhador o Ti Zó moleiro.

Nas noites frias de inverno a candeia pouco alumiava por vezes era um inferno e depois da ceia tudo se deitava

Lá na aldeia, por todos respeitado grande chefe de família, homem bom e honrado companheiro da Ti Emilia

Apareceu o petróleo e o candeeiro e a candeia foi posta a um canto começou a haver mais dinheiro e o serão tinha mais encanto.

Seus filhos eram educados dos pais veio a educação foram sempre bons aliados estes aldeões de bom coração.

Veio a luz electrica, a grande maravilha, e também o candeeiro a gás apareceu a lanterna de pilha e o petróleo ficou para trás

Continuaram o bom trabalho no moinho os filhos de Ti Zé moleiro ajudados pelo burrinho carregado o trigo do celeiro

A velha candeia de azeite que aluniou os nossos avós no museu devia ser aceite e recordada por todos nós

Leonel Simões da Silva Poeta popular Casais da Lagoa Aveiras de Baixo

Leonel Simões da Silva Poeta popular Casais da Lagoa Aveiras de Baixo

FICHA TÉCNICA Propriedade INPI : V. Paulo F Melo -Edição-V. Paulo Ferreira de Melo -pauloefemelo@gmail.com. - Publicação :Director Paulo Ferreira de Melo- Jornalista Carteira Profissional 6236 - colaboradores (C) : Cátia Carmo, Maria Helena (astrologia José Leirião e Inês Louro e Rúben Mateus fotografia Jorge Piriquito e Jorge Blanco, Arquivo Correio de Azambuja - grafismo: design inicial - António Dias - Concessionário de publicidade PFM Radiodifusão. Lda. NIF 504618458 -Contato Comercial- Mónica Sofia Timóteo contacto - 93 55 644 21 Secretariado Ana Carrilho.

Internet : www.correioazambuja.web.pt

sede : CC Atrium Azambuja loja 4 2050-356 AZAMBUJA telefone: 263 401 922 - fax: 263 401 920 -telemóvel: 931 643 643 email: correiodeazambuja@gmail.com - telefone: 263

401 919 fax: 263 401 920 Depósito Legal Nº 13210/86 . Registo ICS 124228 - impressão FIG - Indústrias Gráficas, SA--Rua Adriano Lucas 3020-265 COIMBRA Telf. 239 499 922 - tiragem desta edição 3.500 exemplares.


3

Correio de Azambuja - Junho de 2013

ACIDENTE “TRAVA” CANDIDATO Um acidente doméstico ocorrido no passado domingo obrigou Luis de Sousa atual presidente em exercício e candidato principal do PS a sus pender toda a atividade oficial e par tidária. Depois de Joaquim Ramos também ele ter protagonizado um incidente cardíaco grave, foi a vez de Luís de Sousa sofrer uma aparatosa queda numa casa quando uma escada de sotão se partiu no momento em que o presidente em exercício ajudava a transportar uma cama, caindo desamparado, o que lhe viria a provocar um traumatismo craniano. Tendo sido de imediato transportado para o novo hospital de Vila Franca de Xira e após exames complementares foi por precaução decidido o seu urgente internamento no hospital de S. José em Lisboa. Dessa queda adveio uma indisposição que traz a necessidade de acompanhamento constante e por iss, embora consciente e colaborante com o pessoal médico, o candidato terá de estar no mais completo repouso para que a equipa que o assiste possa decidir qual o melhor tratamento e avaliar o tipo de intervenção a efectuar. (ver Caixa ao lado) Há já quem lhe chame a “pouca sorte”, mas na realidade nada previa que o próprio Joaquim Ramos que deveria ser o candidato à Assembleia municipal de Azambuja viesse a ter o incidente cardíaco como revelámos na última edição do Correio de Azambuja e que permanece com elevado grau de atenção médica, no hospital de Santa Maria. Chega agora este acidente de Luís de Sousa que segundo as últimas notícias deverá ter o seu regresso garantido para breve, mas que obrigou toda a “máquina socialista” a adiar a apresentação dos seus candidatos e das próprias listas quer à assembleia, quer às freguesias. Para já e conforme damos conta na página 5, Ramos está completamente afastado da corrida às eleições e será substituí-

do por António José Matos. Luís de Sousa deverá se tudo correr bem, contar com Silvino Lúcio em 2º lugar, seguido de António Amaral e Ana Maria Ferreira. Fontes contactadas pelo Correio de Azambuja, lamentam este acidente e manifestam a intenção de que Luís de Sousa entre num já previsto pequeno período de férias pelo que a campanha virá a ser retomada ou no último fim de semana da Julho ou no 1º fim de semana de Setembro. Há quem defenda que essa segunda data poderia ser (mais) uma desvantagem para a candidatura socialista às eleições de 29 de Setembro de 2013.´ Texto e foto : Paulo Ferreira de Melo

TRAUMATISMO CRANIANO - O QUE É O traumatismo craniano é um tipo de contusão ou ainda lesão na cabeça, pode ocorrer imediatamente ou desenvolverse lentamente no decorrer de várias horas, podendo ainda constituir-se num traumatismo cranioencefálico. A maior parte das lesões cranianas são de menor importância pois o crânio propicia uma considerável proteção ao cérebro contra lesões. A maioria das lesões na cabeça é considerada leve, mas pode ser um problema grave. As causas mais comuns das lesões na cabeça incluem os acidentes de trânsito, acidentes de trabalho, quedas, violência física e acidentes em casa. Mesmo que o crânio não esteja fraturado, o cérebro pode bater contra a parte interna do crânio e ser danificado. Se houver sangramento dentro do crânio, poderão surgir complicações posteriores. As consequências podem variar, desde uma recuperação completa até morte. O traumatismo cranioencefálico é uma constante no mundo de hoje, mundo esse cada vez mais industrializado e motorizado. Os números estatísticos dessa doença são no mínimo desanimadores: 10 milhões de casos somente nos EUA anualmente dos quais 20% são sérios o bastante para causar lesão cerebral As principais maneiras de diminuição da morbidade e mortalidade dessa doença têm sido conseguidas através de programas nacionais de prevenção aos acidentes de trânsito e pela maior capacitação de pessoal especializado no resgate de acidentados, visando diminuir ao máximo as lesões devidas ao transporte inapropriado o que muitas vezes é o responsável por transformar uma lesão reversível em irreversível.

Foi uma escada deste tipo que esteve na origem da queda de Luís de Sousa.

PRESIDENTE POR UM DIA

UNIVERSIDADE SÉNIOR

Devido ao acidente que Luís de Sousa sofreu esta semana, coube a Marco Leal presidir à sessão de câmara do passado dia 25 de Junho. Aquele que foi durante muito tempo apontado como o “delfim” de Joaquim Ramos, viria esta semana a substituir não só

Começaram os trabalhos para que em Azambuja possa nascer uma Universidade Sénior. A questão “ainda muito na sua fase inicial, resulta de uma proposta de entendimento e parceria entre a santa casa da misericórdia de Azambuja e do município” afirma a

Joaquim Ramos, como o próprio presidente em exercício (suspenso) Luís de Sousa. E pode dizer-se que a estreia correu bem porque todos pontos da agenda foram aprovados por unanimidade, sem gerar grandes discussões. Assim, Marco Leal foi presidente por um dia.

vereadora Ana Maria Ferreira. “Esta parceria ainda numa fase muito inicial poderá vir a ser uma realidade e trazer este estabelecimento de ensino para o concelho.” Para o ano escolar que vai começar poderá ser difícil mas a ideia está lançada.


4

Correio de Azambuja - Junho de 2013

QUINTA DO MOR: QUEM ESPERA, DESESPERA Um lindo ditado popular. E português, ao que parece. E que bem pode ser usado na segunda maior freguesia do concelho de Azambuja. Exactamente, em Aveiras de Cima. Quinta do Mor, diz-lhe algo? Talvez sim, talvez não. Para os aveiricenses diz muito. Tudo isto porque na denominada Quinta do Mor estão vários terrenos, pedaços de terra esses pertencentes a vários moradores da vila. O 25 de Abril trouxe a liberdade, mas trouxe também muita confusão numa vila que pretendia viver de forma pacata, mas em que a Quinta do Mor teima em deixar os nervos à flor da pele. Existiram avanços, recuos, mais avanços e mais recuos em todo este dossier. Sim, é preciso perceber que todo este processo pode encaixar na definição da palavra moroso. Ou seja, algo que demora tempo. Neste caso, muitíssimo tempo. Tentaram-se mil e uma soluções, mil e umas ideias, por vezes nada se fez e deixou-se tudo como estava. Mas a Quinta do Mor lá continua e o processo de que toda a gente se quer ver livre, parecia conhecer a luz do desfecho em 2012. Até agora, nada de mais errado. A tensão aumentou ainda mais e há quem diga em Aveiras, à boca pequena, que existem trocas e baldrocas ( a chamada trafulhice ) por parte de quem gere este processo. Mas ao que parece, e ao que tudo indica, não é bem assim. Vamos então por partes. Para colocar fim a todo este imbróglio foi criada uma comissão de forma a agregar todos os proprietários de terras na famosa quinta. De todos esses proprietários foram escolhidos alguns " líderes " de forma a criar as condições para as negociações com a Câmara Municipal de Azambuja e demais entidades para se desbloquear de uma vez por todas a legalização dos terrenos. Entre os ditos líderes encontra-se por exemplo o Presidente da Assembleia Municipal de Azambuja, António Pratas Cardoso. Por aqui se percebe a importância decisiva e final desta comissão. Mais uma vez o processo foi recuando e avançado durante os meses até que a verdadeira luz ao fundo do túnel estava mais perto do que nunca. Em 2013 seriam finalmente " oficiais " todos os terrenos envolventes. Para o desbloquear da situação foram solicitados 500 euros a cada um dos proprietários de forma a pagar custas adja-

centes ao processo. Até este último passo, tudo perfeito, o sentimento de que tudo estaria prestes a terminar era grande. Mas verificou-se exactamente o contrário. Mais um travão em todo este dossier e assunto estagnado nos primeiros cinco meses deste ano. E aqui voltamos à vila de Aveiras de Cima e ao que se diz de porta em porta. Começa a crescer o boato de que os dirigentes da comissão ficaram com todo o dinheiro angariado. E o Correio de Azambuja está em condições de afirmar que esse boato, não passa disso mesmo, de um rumor sem qualquer tipo de fundamento. O dinheiro pedido aos proprietários foi empregue na resolução do problema estando agora o problema estagnado nos labirintos da Câmara Municipal de Azambuja que tem tido sucessivas falhas de comunicação e entendimento com os responsáveis notariais. O Correio de Azambuja, em busca de mais informação do que aquela que já possuía, colocou-se na estrada e dirigiu-se até à Câmara Municipal de Azambuja. Aí encontrou o presidente em exercício, Luís de Sousa, que voltou a ligar a luz da esperança. Isto porque, a fazer fé nas palavras do mesmo, a situação encontra-se praticamente resolvida existindo mesmo alvará para se proceder por fim a legalização de todos os terrenos. A crer nestes palavras o final de todo este enredo burocrático pode estar para breve, e os proprietários podem dizer a alto e bom que tudo o que têm na Quinta do Mor encontra-se conforme a lei. Luís de Sousa garantiu também que o dinheiro dos proprietários de terrenos estava garantido. Mas ainda não satisfeitos, fomos em busca da comissão de proprietários dos terrenos

desta Quinta. E assim foi. À conversa com um dos responsáveis deste orgão percebemos que esta comissão tem feito um enorme esforço em busca do precioso alvará. Segundo a comissão, e apesar de toda ajuda que têm tido, a Câmara Municipal de Azambuja é a principal visada quando se fala na palavra culpa. Mais adiante na conversa falamos do bate boca que cresce em Aveiras de Cima, de que os responsáveis da comissão se tinham apropriado do dinheiro. E o Correio de Azambuja pode confirmar que todo o dinheiro até hoje obtido serviu para pagar despesas associadas a este processo, faltando ainda pagar o registo de alvará, e outras despesas relacionados com o advogado, impostos e projectos. Aliás, o Correio de Azambuja pode mesmo adiantar de que todos os lotes, um total de 118, existe muita gente em falta no pagamento dos 500 euros. Uns pagaram a pronto, outros a prestações e outros ainda nem sequer pagaram. Voltando agora ao assunto alvará, a palavra que bloqueia todo este processo, só a partir do registo oficial desse documento se pode proceder às escrituras dos terrenos e respectiva legalização. E ao longo da conversa e de vários telefonemas, o Correio de Azambuja percebeu que se o Alvará não for registado nos próximos dias, com o aproximar do verão, todo o processo pode ficar novamente parado até Novembro. Isto causaria novamente um ataque de nervos a todos os proprietários de lotes. E mais telefonemas ao longo da tarde/noite surgiram, até que apareceu uma boa nova inesperada. Ao que tudo indica, uma versão de rascunho do alvará já está nas mãos da conservadora, isto de forma a ser avaliado

para eventuais mudanças. Tudo isto visa uma registo de alvará sem retrocessos e rápido. Pode ser finalmente a luz ao final do túnel a chegar cada vez mais perto. Este é aliás, considerado um passo verdadeiramente decisivo na concretização do processo. Para finalizar toda esta conversa a comissão recorda, tendo em vista os rumores na vila de Aveiras de Cima, que dos gestores da comissão ( cinco cidadãos com lotes na dita Quinta ) , as assinaturas de três deles têm de ir para o banco, sendo uma delas obrigatoriamente do tesoureiro. E essas assinaturas são solicitadas no levantamento de cheques, pagamentos e afins. Assim, atesta-se toda a legalidade e boa fé desta comissão. E em jeito de desabafo, depois de uma conversa longa, a comissão só deseja que todo este imbróglio desapareça de uma vez por todas. Mas em busca de ouvir todas as partes, o Correio de Azambuja foi até Aveiras de Cima num dia de alguma chuva e algum frio para falar com o presidente, em exercício, da Junta de Freguesia da vila. Depois de uma troca informal de palavras, o assunto da Quinta do Mor veio finalmente à baila. E António Torrão afirmou que não tem estado muito perto de todo este processo, pois ele está a ser gerido por inteiro pela comissão designada e pela Câmara Municipal de Azambuja. Apesar disso, foi-nos dito pelo próprio que o prazo legal para registo do alvará terminar no final de 2013. Para António Torrão, este processo poderia já estar resolvido faz 20 anos ao invés do arrastar ao longo dos anos de todo este dossier. O actual presidente da junta de freguesia de Aveiras de Cima diz que muitas da vezes é abordado pelas pessoas que já pagaram os 500 euros, cidadãos que procuram respostas. Porém, não lhes consegue dar nenhuma resposta, pois a junta apenas cedeu o seu espaço para a apresentação do projecto e para receber o dinheiro que é remetido para a comissão que gere todo este processo. A partir de agora tudo pode acontecer ! Podemos estar a falar num importante avanço neste doloroso processo, como podemos assistir a mais um recuo e levar a que a Quinta do Mor seja elevado ao grau de maior dor de cabeça da vila de Aveiras de Cima. Aguardemos ! Rúben Mateus (colaborador) Samuel Clemente - Foto.

AVEIRAS SPORT CLUBE DE REGRESSO Está de volta o Aveiras de Cima Sport Clube. Uma instituição desportiva por onde já passaram as mais diversas gerações. Os nossos avós, os nossos pais ( e alguns deles que bem jogavam), e até mesmo os nossos filhos neste século que dá pelo número de 21. Depois de um interregno demasiado longo, o Aveiras de Cima Sport Clube regressa das cinzas neste ano de 2013. Com uma nova Comissão de Gestão, o Aveiras de Cima Sport Clube poderá contar na próxima época com iniciados, juvenis e juniores. Uma estratégia clara de formação, para no futuro termos mais uma equipa de futebol sénior no concelho. Para já, as captações no campo sintético da vila foram um verdadeiro sucesso, chamando aliás dezenas de jovens que têm como sonho uma carreira neste desporto que move milhões. O Projecto foi apresentado oficialmente no dia 5 de Junho e teve a presença da glória viva do futebol nacional, Carlos Manuel( internacional pela Selecção Nacional Portuguesa, ex jogador do Sport Lisboa e Benfica e também com uma passagem, como treinador, pelo Sporting Clube de Portugal) . O lema para este reinício é : " De volta para vencer " .

E foi na busca dos protagonistas que falámos com o agora presidente da Comissão Administrativa do Aveiras de Cima Sport Clube, Edgar Pratas em diversas conversas informais, o tema do Aveiras de Cima Sport Club vinha ao cima da mesa, o que levou Edgar Pratas em busca de companheiros para esta nova comissão administrativa da instituição. Uma comissão de gente com vontade, motivação, e muita capacidade de trabalho para reerguer o Aveiras de Cima Sport Clube.Comissão instalada, processo de recuperação do clube iniciado, e o pontapé de saída nos treinos de captação para os iniciados, juvenis e juniores começaram. Edgar Pratas confessa-se bastante surpreso com a moldura humana que se formou durante os primeiros treinos desta nova era. Mais de meia centenas de crianças e jovens responderam ao apelo para a composição de novas equipas. Equipas essas de formação que irão jogar na terceira divisão distrital de Lisboa, iniciando uma longa caminhada pelas várias divisões que o futebol português está habituado a ter. Não é escondido também, a fazer fé nas palavras de Edgar Pratas, o desejo de uma equipa de futebol feminino a iniciar-se na época de 2014/2015. E como colectividade é preciso

perceber de que forma as entidades políticas apoiam este novo projecto. Foi nesse sentido que nos dirigimos a Aveiras de Cima para conversar com António Torrão, o actual presidente da Junta de Freguesia da Vila, e que viemos a descobrir ser um dos mentores desta ideia. Pegando nessa informação que foi dada ao Correio de Azambuja, confrontámos António Torrão com a importância deste renascimento do Aveiras de Cima Sport Club. O actual presidente da Junta de Freguesia de Aveiras de Cima define este regresso como uma verdadeira necessidade para a vila. António Torrão diz mesmo que : " O Desporto faz falta. " . Ouvindo palavras tão elogiosas sobre o projecto e este regresso, o Correio de Azambuja perguntou pelos apoios que a Junta de Freguesia está

disposta a dar à nova Comissão Administrativa e António Torrão garante todo o apoio necessário, na medida do possível, quer a nível financeiro, quer a nível de apoios no âmbito de infraestruturas. Para já a Junta de Freguesia, através dos seus empregados procedeu à limpeza de ervas daninhas e irá dar, dentro em breve, ao início de trabalhos químicos para limpeza da área. Por fim, o presidente da Junta de Aveiras de Cima saúda as novas caras do Aveiras de Cima Sport Clube, que são definidas : " como pessoas motivas e que acreditam no projecto desde o primeiro minuto." . António Torrão saúda também o envolvimento da população da vila, que se sente entusiasmada com o projecto, e com os pais dos mais jovens de Aveiras de Cima que incentivam os filhos a ir aos treinos de captação ao longo da semana. António Torrão afirma-se mesmo: " surpreendido " . Isto quando se fala dos primeiros treinos de captação realizados. Por fim o presidente em exercício da Junta de Freguesia de Aveiras de Cima alerta para que este projecto não serve para criar Ronaldos ou Messis, mas sim homens e mulheres de valor para a vila e para o concelho de Azambuja. Rúben Mateus (c)


5

Correio de Azambuja - Junho de 2013

JORGE LOPES QUER TRAZER MAIS EMPREGO António Jorge Lopes quer trazer mais empregos e investimento para o concelho. O lider da coligação pelo Fututro da nossa Terra aproveitou a recente visita de Dilma Rousseff, a presidente do Brasil, ao nosso país e António Jorge Lopes reuniu-se com um dos mais altos quadros da embaixada brasileira em Lisboa. Com os temas da Agro-indústria e do sector automóvel em carteira, o candidato a presidente da Câmara Municipal de Azambuja encontrou-se com a Conselheira Económica Daniella Xavier, ( na foto) responsável pela área do investimento brasileiro em Portugal. António Jorge Lopes repetiu o que tem dito em diversos lugares públicos, dando o concelho de Azambuja como exemplo nacional na agro-indústria, realçando também o seu grande historial no sector automóvel com as antigas fábricas da Ford e da Opel. “Uma localização vantajosa, proximidade a grandes centros urbanos, solos férteis, excelente rede de transportes e umas gentes extraordinárias é o que se pode encontrar nesta terra”. Recorde-se que as indústrias ligadas ao sector automóvel têm tido um grande crescimento no Brasil e que este país considera Portugal como a "porta de entrada na União Europeia". Jorge Lopes, que tem criticado a incapacidade da atual Câmara Municipal em trazer investimento para Azambuja, garante ser possível quebrar o marasmo, competindo com Cartaxo, Rio Maior e Alenquer.

“Fazem falta criatividade, empenho e músculo. Um Presidente de Câmara dos novos tempos não é aquele que inaugura mas sim aquele que deixa futuro. Nesse aspecto, o nosso concelho nunca conseguiu criar um modelo de desenvolvimento!”, afirma o líder da coligação, lembrando a importância destes contactos: “não nos podemos esquecer que o desemprego só se combate criando postos de trabalho e isso não se consegue ficando sentado nos Paços do Concelho! Temos de nos saber mexer bem nos centros de decisão para captar investimento.” António Jorge Lopes tem na sua agenda várias reuniões de promoção do concelho junto de representantes de países emergentes.

SOCIALISTAS ESCOLHEM NOMES

Mas o agora candidato câmara de Azambuja não pretende ficar por aqui e pretende continuar a investir num estreitamento dos laços com parceiros que possam vir a ser importantes no aproveitamento das infraestruturas do município e também o próprio know how que muitos dos habitantes têm em diversas áreas como logística, indústria automóvel e turística. António Jorge Lopes prefere para já estabelecer alguns contatos que venham muito brevemente a gerar mais postos de trabalho já que essa é uma preocupação da Coligação. O desemprego que atinge agora níveis muito altos em Portugal e no concelho são preocupação constante do candidato.

Festa dos anos 80 Antigos alunos da Secundária Sábado há festa dos anos 80 para os alunos, funcionários e professores que estudaram desde 1980 a 1989 na Escola Secundária de azambuja. Trata-se de uma festa em que se pretende o reencontro de muitos e muitos alunos que passaram por aquele estabelecimento de ensino. Este encontro vai andar à volta das amizades e está a ser espalhado pelas redes sociais numa tentmativa de que antigos alunos e professores se reencontrem numa tarde que vai ser animada à volta de um porco no espeto e com música da época. A organização espera que o evento possa aproximar esta década de alunos e que desta experiência possam vir a surgir outras como por exemplo outros encontros de antigos alunos que mais tarde a própria vida se encarregou de afastar.

Espera-se então que este (re)encontro seja um sucesso já amanhã. A partir das 16 horas na Secundária de Azambuja com o apoio do Correio de Azambuja e da Rádio Ribatejo.

AOS DOMINGOS DE MANHÃ HÁ“MÚSICA NO MERCADO”

José Manuel Pratas acabou por ser o nome escolhido pelos socialistas à fregue sia de Aveiras de Cima, tendo de “ultra passar” alguns “concorrentes” locais. Poderemos definir assim uma campanha eleitoral. Ou o período antes dela. Escolhem-se nomes, perfis e posturas a adquirir. E neste jogo de nomes, convites, existem sempre algumas surpresas. E a maior delas, veio da lista do Partido Socialista. Com Joaquim Ramos afastado, a agitação chegou às hostes socialistas. O processo de composição de listas, quer de câmara, quer das freguesias, não foi fácil e na assembleia municipal acumulava-se mais um problema., mas a verdade é que dos 18 elementos presentes na escolha para candidato a presidente da assembleia municipal , 15 votaram favoravelmente em António José Matos que assim se torna como o independente mais conhecido da lista. Em Aveiras de Cima onde a oferta era muita ( Angélica Conceição, Marcelo Oliveira e José Manuel Pratas, acabou por ser este último a obter 70% dos votos para candidato à 2ª maior freguesia do concelho de Azambuja. (na foto) Em relação a Aveiras de Baixo manteve--

se o nome de Maria de Lurdes Periquito e António Marques em Vila Nova da Raínha. Já em Vale do Paraíso, Armando Calisto será o escolhido pelos socialistas conforme o Correio de Azambuja avançou na última edição. Esperada também acaba por ser a nomeação de Lúcio Costa, atual presidente da junta de V. N. de São Pedro e que se candidata à associação de freguesias de Manique, Maçussa e V. N. S. Pedro. Luis de Sousa em declarações ao Correio de Azambuja fez questão de relembrar que : “ foi João Benavente que me convidou para o PS já que eu fui do PSD, o próprio Joaquim Ramos tinha sido do PSD e além de Ana Maria Ferreira e de outros elementos das listas não vejo qualquer problema em que as pessoas se juntem a nós independentemente da cor política.” António José Matos, ex-vereador do PSD, foi uma surpresa para muitos, e um “coelho tirado literalmente da cartola”. O Partido Socialista continua assim na senda de "arrastar” nomes do Partido Social Democrata. Rúben Mateus com Paulo Ferreira de Melo

ouça a sua rádio em directo em 92.2 FM ou na internet em: www.ribatejofm.pt com Luís Açucena na 1ª Rádio “low cost” em Portugal


6

Correio de Azambuja - Junho de 2013

O MARAVILHOSO MUND (As notícias da Rádio Ribatejo de manhã antes das 8 e antes das 9)

Aqui está o maravilhoso Mundo da internet Uma viagem mensal aqui no Correio de Azambuja mas que pode swer acompanhdo na Rádio Ribatejo todos os dias entre as 8 e as 10 da manhã. Tyler Schaefer, um grande fan dos “Piratas das Caraíbas” andava sempre entretido em busca de tesouros… O pai ficou de boca aberta quando o miúdo de 10 anos lhe trouxe um verdadeiro tesouro! Encontrou-o no quarto do hotel em que estavam hospedados em Kansas City! Pai e filho levaram o dinheiro à polícia que, se dentro do tempo legal, não for reclamado, vai pertencer ao Tyler!!! Mais de 10 mil euros em dólares! O pai diz que o garoto é m u i t o o b s e r vador e consegue encontrar dinheiro na rua e em lugares estranhos…Neste caso o dinheiro estava num canto do armário e quase não se via… Pelas leis locais o proprietário do dinheiro tem 19 meses para apresentar o pedido de devolução e comprovar que é o proprietário do dinheiro… Com sorte ainda fica com um bom maço de notas de dólar. 2- Uma aplicação de telemóvel exclusiva para senhoras! Esta aplicação, passa informação sobre a qualificação na cama dos namorados ou melhor do homem com quem dormiram! Lulu o nome desta aplicação dá pontos entre os 0 e os 10. Nos últimos 3 meses já teve mais de 80

mil visitantes e as senhoras que deixam a informação sobre os ditos "amantes" não dão a cara, o que é injusto! E o pior é que cria uma página do Facebook com informações sobre os homens que vai desta a simpatia até ao tamanho do órgão sexual! Portanto são postadas as boas e más qualidades do homem até as manias. Há homens que mesmo que se utilizam das suas qualificações na aplicação para e n g a t e . . . Possivelmente, segundo especialistas no assunto, mais de 50% das mulheres até 2014 irão utilizar-se deste site ou sites deste tipo. 3- Ser estrela de cinema já não é o que era! Antes era quase impensável cruzarmonos com eles, mas agora eles são mais que as mães e todos os dias lá vemos um aqui ou ali... Mas Robert Dowley que fez o papel do "IronMan" “Homem de ferro”, foi surpreso quando Jaxon Denno de ano e meio desatou a chorar porque Robert estava na rua sem a roupa de Homem de Ferro! O


Correio de Azambuja - Junho de 2013 PUB

O DA INTERNET

Programa:“Tudo é Possível” das 7 às 10 com José Maria Corte Real

actor bem tentou alegrar o petiz que ficou de beicinho e só ao final de dez minutos é que lá resolveu sorrir...Afinal o seu herói não era de ferro era apenas de carne e osso! Que decepção! 4- Em Xalapa no México o próximo Mayor da Cidade poderá ser um gato! Um Miau!? Morris o gato vai ser o primeiro felino naquele posto! O seu proprietário Sérgio Camacho, acredita que sim e que ele poderá melhora a imagem dos políticos locais! A campanha foi criada por um grupo d e cidadãos cansados e desapontados com os políticos locais! Ele promete que vai dormir, comer e oferecer os seus dejectos para a adubar os jardins. O slogan é fenomenal! "Está cansado em votar em ratos? Vote num gato!" E o certo é que número de apoiantes já ultrapassa mais de 10 mil e há um grande apoio da imprensa. Mas naquele país parece que já é moda este tipo de candidatos... Temos Chon, o Burro em Juarez...Tina, a Galinha em Tepic... Maya, outro gato, em Puebla e Titan, o cão, em Oaxaca... Bom se a moda pega por cá, aqui na zona do Ribatejo podemos ter "Trovão" o Touro… 5- Já tudo corria mal no serviço nacional de saúde britânico com cortes de mais de 100 milhões de Euros para este ano, mas a bronca aumentou quando um Chefe de Yorkshire resolveu fazer uma graça filmada... A Dançar vestido de superhomem nos correcdores dum hospital! Isso mesmo a dançar de collans azuis e capa vermelha. Phill Morne o chefe executivo do hospital de Yorkshire, filmou um vídeo promocional para um dia especial de ginástica no trabalho... Uma iniciativa para diminuir o stress no emprego. Apesar do filme ter sido feito para apresentar aos 8.000 trabalhadores do hospital, alguém, simpaticamente,

7

postou-o no Facebook. Apesar da sua intenção humorística, o vídeo causou transtorno à administração que enfrenta sérios problemas económicos e encontra-se à beira de despedimentos em massa. Apesar do vídeo ser caseiro e não ter custado um penny (cêntimo inglês) houve logo os críticos que puseram em causa a boa vontade de Phill, o ordenado e naturalmente a utilização do dinheiro dos impostos! Impossível agradar a gregos e troianos. Entretanto o dia especial de ginástica no trabalho foi um sucesso! 6- Vamos agora até à China onde uma possível nova moda poderá correr o

mundo... Collans peludos para afastar tarados!!! Como? Isso mesmo Collans com pelo! Apareceram no Sina Webo, o Facebook chinês e são agora a loucura das chinesas. Apesar de ainda mal se saber onde se vendem. Elas poderão não só evitar ataques de predadores como até de D. Juans tipo cola...

7- No passado 10 de Junho enquanto por cá celebrava-se o dia de Portugal e na Alemanha, mulheres futebolistas de

vários países juntavam-se num campo de fussebal em Berlim para dar uns chutos em Topless, no primeiro campeonato do género! O jogo começou em Topless e não sabemos se a razão foi o calor mas elas acabaram totalmente descalças até ao pescoço! Esta nova modalidade poderá ganhar muitos adeptos e fãs principalmente na praia do Meco este verão!

ATRIUM CAFÉ Crepes Gelados Refeições ligeiras

Centro Comercial Atrium Azambuja


8

Correio de Azambuja- Junho de 2013

ATLETAS GDA EM GRANDE FORMA

É preciso moralizar a gestão da coisa pública José Leirião

Decorreu este mês o Campeonato Nacional de Ginástica Artística da Divisão Base inserido no Festival Nacional de Ginástica. Pela 1ª vez o GDA foi representado por duas atletas Beatriz Boligo (escalão juvenil) e Joana Santos (escalão Junior) que tiveram de se qualificar numa prova anterior. Beatriz estava qualificada para 3 finais:

paralelas assimétricas 13,350 (8,750 de execução) alcançando as melhores notas da época nestes aparelhos.Na trave e no solo as coisas não correram tão bem a Joana com dois grandes desequilíbrios que levaram a queda do aparelho e no solo foi penalizada nos saltos gímnicos. A Joana tinha sido apurada para duas finais: Geral e Paralelas Assimétricas Na geral terminou em 16º lugar com

Geral, Paralelas Assimétricas e Solo.... na Geral classificou-se em 12º lugar com 50,850 pontos Sendo que na final por aparelho não foi muito feliz:- nas Paralelas teve uma queda terminado em 10º e no Solo a dificuldade não contou na totalidade terminando em 17º lugar Destaque para a boa nota obtida no salto de cavalo com 14,950 (8,900) de execução batendo anterior nota alcançada no apuramento para o nacional No Escalão Júnior a Joana Santos teve duas excelentes prestações no salto de cavalo 15.500 (9.100 de execução) e nas

52.150 e nas paralelas assimétricas terminou em 6º lugar . O Grupo Desportivo de Azambuja felicitou estas duas atletas por terem sido as primeiras a representar o clube a nível nacional e pela sua prestação! Inês Grazina, treinadora do GDA mostrou-se muito orgulhosa das suas atletas e espera que este seja apenas o início de grandes feitos. As famílias de Beatriz Boligo e Joana Santos também se podem considerar como muito importantes no apoio que dão às sua “meninas”.

É do conhecimento de todos os resultados desastrosos para o herário público, das negociatas que envolveram as PPP (Parcerias Públicas Privadas) e os Swaps levadas a cabo por membros de vários governos envolvendo grandes empresas portuguesas e bancos portugueses e estrangeiros, respectivamente. O que são as PPP (envolvimento de empresas privadas em projectos de investimento de interesse público) de notar que este tipo de contratos é encorajado pela União Europeia. Normalmente envolvem obras de elevados custos para os quais o Estado não dispôe dos capitais necessários e acorda com a empresa privada a realização da obra sendo garantido pelo Estado um certo rendimento ao longo da vida do contrato), isto é, se da exploração da obra (auto-estradas, caminhos de ferro, barragens, etc) não resultarem lucros para a empresa, o Estado através do dinheiro dos contribuintes garante esses lucros às empresas, isto é, as empresas não estão expostas a qualquer risco porque este, se existir, será o Estado a cobrir e não as empresas. Algo está aqui errado pois a iniciativa privada está sempre exposta ao risco. Desde o final dos anos 90 foram celebradas algumas centenas de PPP, mas foram durante o governo de Socrates que alguns contratos de elevados valores foram renegociados tendo sido ainda mais penalizado o Estado e favorecidas as grandes empresas. Estima-se que o prejuizo para o Estado envolva mais de 9 mil milhões de euros em resultado das derrapagens no sector rodoviário das estimativas iniciais (conforme o relatório da comissão parlamentar de inquérito) O que são Swaps (imagine que tem um crédito à habitação indexado à Euribor a 6 meses à taxa de juro de 2% e quer protegerse para que não tenha de suportar custos adicionais caso a taxa seja superior aos 2%. Para isso, contrata um instrumento financeiro junto de um banco que lhe paga a si a diferença sempre que a Euribor seja superior aos 2%, mas, se a Euribor se situar abaixo dos 2% é você que tem de pagar ao banco essa diferença. Na prática esta operação consegue transformar uma taxa variável que é a Euribor numa taxa fixa) Este instrumento não está disponível aos investidores particulares mas sim às empresas que recorrem a este tipo de instrumento para fazerem uma cobertura do risco se os seus custos de financiamento disparem com a subida das taxas de juro. Tomando num exemplo, uma empresa faz um contrato de taxa de juro de 100 milhões para uma taxa Euribor de 2%. Se a taxa estiver a 1% a

empresa tem de pagar ao banco 1 milhão. Além do risco da taxa de juro muitas empresas recorrem a contratos de cobertura cambial (moeda), o modo de funcionamento é igual, em que há pagamentos e recebimentos conforme a evolução cambial da moeda. O prejuizo potencial para Estado dos contractos ‘swaps’ realizados pelas empresas publicas já vai em cerca de mil milhões de euros que já pagos pela Estado para evitar males maiores existindo potencial de perdas na ordem dos 2,5 milhões de Euros com o Santander. É de realçar que o governo já renegociou com vários bancos para evitar perdas maiores. Endereço daqui os meus parabéns ao governo. Criticar sim, mas elogiar também quando é merecido. À primeira vista podemos dizer que se trata de operações normais, que pode acontecer um azar. Mas, o que nos surpreende com estes milhões de prejuizos potenciais para o Estado, é isto: será que os negociadores do Estado foram enganados pelos bancos e foram negligentes ao assumirem riscos demasiado elevados ? ou foram ingénuos nos seus cálculos, se é que os fizeram e atiraram-se de ‘cabeça’ ? Uma situação parece certa este tipo de operações requer um elevado conjunto de informações de elevada qualidade e exactidão e conhecimento avançado de como calcular a evolução das taxas de juro ou cambiais e deve ser sempre acompanhado de uma enorme dose de ‘prudência’. Não há notícia de grandes prejuízos nas empresas privadas, porque será que estas coisas acontecem no Estado ? Uma coisa é certa os governantes que negociaram tanto os contratos PPP que garantiram às empresas elevadas taxas de rentabilidade e passaram todos os riscos para o Estado, como os que negociaram as Swaps não defenderam os interesses do Estado e foram alegadamente cúmplices de crimes lesa Estado. Estes ‘buracos’ tem sido levantados durante o tempo de crise, parece que a crise é benvinda para se descobrir estes casos, mas não basta serem apenas investigados e alguns gestores despedidos, pois, tudo pode ficar como dantes. É preciso julgar e condenar os culpados, é preciso mais acção da Procuradora Geral da República, onde pára a Senhora que não se vê ? É preciso mais e melhor Justiça. É preciso varrer e afastar dos cargos públicos quem não sabe gerir a coisa pública. A Justiça tem falhado demasiado neste campo. Não basta ser político para ser gestor público é preciso muito mais do que apenas pertencer ao partido, seja ele qual for. José Leirião

“Tudo é possível” todas as manhãs na Rádio Ribatejo Não perca nada sobre o tempo, o trânsito e a actualidade do país e do mundo. Em 92.2 e na Internet

em www.ribatejofm.pt


Correio de Azambuja - Junho de 2013

9

AVEIRAS DE CIMA FAZ FESTA NAS MALHADINHAS As Malhadinhas estiveram em festa Situada em Aveiras de Cima, o Parque das Malhadinhas cumpriu mais uma vez a sua tradição anual. Numa tarde de domingo, com muito sol e algum calor, o parque de Merendas da Vila de Aveiras de Cima começou o dia dedicado a si bem cedo. Eram 10h00 e já a festa se fazia sentir naquela zona. Com Música Popular, Porco no Espeto, e jogos tradicionais, com o tempo a ajudar, só poderia dar numa festa que define a palavra convívio. E lá para o final do dia, todos os participantes e visitantes deste evento foram brindados com as actuações da Banda Filármónica de Aveiras de Cima e por fim do Rancho Folclórico de Aveiras de Cima e do Rancho Folclórico de Vale do Brejo. Estiveram mais 750 pessoas no Parque das Malhadinhas a viver com imensa alegria um diferente do habitual. Um dia sem a rotina diária, em que grupos se juntam, bebem, comem e convivam por esse dia fora. Porém, este ano fica marcado por um

acontecimento mais triste. Pela primeira vez em oito edições desta festa houve lugar a desacatos entre habitantes de Aveiras de Cima e outros cidadãos de localidade desconhecida. Os desacatos levaram a que fosse chamada a Guarda Nacional Republicana e que fosse chamada também a Cruz Vermelha. Apesar disto poucas pessoas notaram o aparato,

AZAMBUJA RECICLA MANUAIS ESCOLARES Correu bem o chamado ano “zero” da recolha de manuais usados por parte da câmara de Azambuja. Mas conforme a vereadora Ana Maria Ferreira quis salientar “ este projeto é uma realização das associações de Pais e Encarregados de Educação que, com a colaboração da câmara tem, nos 3 agrupamentos de escolas contado com a divulgação e receção dos manuais em relação ao balanço do ano que agora termina, e muito embora recebendo um número ainda reduzido de manuais usados, cerca de 500, podem parecer muitos mas não, atendendo à experiência que temos de outros locais. Mas julgamos que estes números se devam talvez a uma insuficiente divulgação deste serviço. por isso já combinámos com as associações de Pais que vamos reforçar a informação e depois deste ano zero, avançaremos o nosso regulamento que é uma parceria em que a partir de agora só aceitaremos os manuais que estejam em vigor no agrupamentos em questão. Assim, continua a vereadora, “evitaremos algumas situações como ocorreram nesta experiência e que foi de algumas pessoas entregaram manuais já muitas vezes fora de uso e também aproveitando a operação para se “livrarem” de alguns manuais antigos que possuíam em suas casas.

O que pretendemos no próximo ano letivo é conseguir manuais que se encontrem atualizados e em bom estado de conservação e por isso vamos avançar para o esclarecimento e divulgação dos manuais que serão necessário, porque dos 500 que recebemos no ano anterior, alguns encontravam- se já desatualizados e outros em estado de conservação deficiente. A autarquia e as associações de pais das escolas do concelho de Azambuja esperam assim já no próximo ano dar seguimento a alunos que apresentem maior dificuldades em adquirir livros.

concentrado-se nos festejos dia e de comemoração daquele parque. Palavras recolhidas junto a António Torrão, demonstram bem o orgulho da freguesia naquele parque. A promessa é de que em 2014 a festa é par continuar, num local único no concelho de Azambuja. É com um sorriso nos lábios que o actual presidente da Junta de

Freguesia de Aveiras de Cima fala na transformação daquela zona. De uma lixeira a céu aberto, para um parque de convívio e que é solicitado pelas mais variadas instituições da zona, a missão é de dever cumprido. O Parque das Malhadinhas cumpre assim a sua função essencial e prometem celebrar muitos anos de vida durante os meses de Junho que estão para vir. colaboração: Rúben Mateus Fotos:


10

Correio de Azambuja - Junho de 2013

Nota da Redacção: Os artigos de opinião publicados no Correio de Azambuja, apenas vinculam os seus signatários, podendo não ser coincidentes com a a linha editorial do jornal

Carneiro Carta do Mês: O 6 de Copas, que significa Nostalgia. Amor: Sentir-se-á muito nostálgico durante este mês. Seja mais otimista! Pratique o pensamento positivo e as ações construtivas agora! Saúde: lembre-se que o desânimo se reflete negativamente na saúde. Tenha pensamentos positivos e verá que se sentirá melhor. Dinheiro: Evite precipitar-se, dê um passo de cada vez. Números da Sorte: 14, 23, 11, 13, 28, 7 Pensamento positivo: Vivo o presente com confian��a! Touro Carta do Mês: 4 de Espadas, que significa Inquietação, agitação. Amor: Pense bem antes de se envolver numa nova relação. Desenvolva a sua clareza mental, emocional e espiritual. Saúde: Mês estável e cheio de energia positiva. Dinheiro: É um bom momento para negócios, propício à venda de imóveis. Números da Sorte: 5, 41, 36, 33, 11, 12 Pensamento positivo: Eu tenho pensamentos positivos e a Luz invade a minha vida! Gémeos Carta do Mês: 9 de Ouros, que significa Prudência. Amor: Deixe o seu orgulho de lado e opte por conversar calmamente com a sua cara-metade. Abra o seu coração e seja fiel ao que ele lhe transmite. Saúde: Possíveis problemas respiratórios. Dinheiro: Avance com a abertura de um negócio próprio, mas informe-se bem antes de o fazer. Números da Sorte: 8, 7, 41, 45, 49, 6 Pensamento positivo: procuro ser compreensivo com todas as pessoas que me rodeiam.

ERÃO OU O V

CHEG

Caranguejo

Balança

Capricórnio

Carta do Mês: O Diabo, que significa Energias Negativas. Amor: Evite pensamentos negativos. Adote uma postura mais descontraída perante a vida. Descubra a força imensa que traz dentro de si! Saúde: Tendência para apanhar uma pequena constipação. Dinheiro: Acontecimentos inesperados farão com que seja promovido mais cedo do que julga. Números da Sorte: 8, 9, 4, 11, 13, 5 Pensamento positivo: O Amor invade o meu coração.

Carta do Mês: 3 de Ouros, que significa Poder. Amor: Aposte no diálogo e na compreensão. Que a luz da sua alma ilumine todos os que você ama! Saúde: Estão previstos alguns problemas digestivos. Dinheiro: Excelente oportunidade para equilibrar as suas contas. Números da Sorte: 5, 8, 7, 4, 1, 10 Pensamento positivo: Eu tenho força mesmo nos momentos mais difíceis!

Carta do Mês: 6 de Espadas, que significa Viagem Inesperada. Amor: Uma data muito importante aproxima-se, não se esqueça dela. Exercitar a arte de ser feliz é muito divertido! Saúde: Proteja-se, não ingira nada que seja nocivo para o seu organismo. Dinheiro: Uma viagem de trabalho irá obrigá-lo a ausentar-se durante mais tempo do que o previsto. Números da Sorte: 3, 6, 9, 19, 28, 4 Pensamento positivo: Vivo de acordo com a minha consciência.

Leão Carta do Mês: Rainha de Ouros, que significa Ambição, Poder. Amor: Poderá viver uma aventura de grande importância para si. Mostre toda a sua força, determinação e criatividade, e ponha em prática os seus projetos com paixão. Saúde: Dê mais atenção às dores de cabeça. Dinheiro: Não seja tão materialista, pois só tem a perder com isso. Números da Sorte: 8, 8, 14, 21, 22, 28 Pensamento positivo: Eu sei que posso mudar a minha vida. Virgem Carta do Mês: Ás de Paus, que significa Energia, Iniciativa. Amor: Tenha uma atitude de confiança para com a pessoa amada. Abra o seu coração, e isso trará um novo sentido ao seu relacionamento. Saúde: Possíveis dores de ouvidos. Dinheiro: Cuidado com as finanças. Vigie melhor as suas despesas. Números da Sorte: 1, 7, 4, 29, 3, 17 Pensamento positivo: Sou otimista, espero que me aconteça o melhor!

A MELHOR MODA FEMININA e MASCULINA

A PREÇOS + BAIXOS!

A Ribaveste dá-lhe a melhor MODA a preços ainda mais baixos! R. Eng. Moniz da Maia, 64 A AZAMBUJA - Tel: 263 402 087

Escorpião Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 38 Carta do Mês: 4 de Copas, que significa Desgosto. Amor: O companheirismo é a base de qualquer relação. Fale sobre o que é necessário e seja carinhoso. Saúde: Combata a tendência para se isolar e refletir demasiado. Dinheiro: Algo inesperado poderá acontecer e colocar em causa a sua competência. Mostre o que vale com determinação e coragem! Pensamento positivo: Eu acredito que todos os desgostos são passageiros, e todos os problemas têm solução. (colocar a imagem da carta n. 40 Sagitário Carta do Mês: 6 de Ouros, que significa Generosidade. Amor: Procure ser mais compreensivo com quem o rodeia. Procure dizer coisas boas, a palavra tem muita força! Saúde: Ao longo deste mês poderá ser incomodado por alguns problemas de coluna. Dinheiro: Acredite nas suas capacidades profissionais. Números da Sorte: 6, 5, 41, 2, 5, 22 Pensamento positivo: O Amor enche de alegria o meu coração!

FLORISTA ORKIDEA Aveiras de Cima na Rua Almeida Grandella

Aquário Carta do Mês: A Justiça, que significa Justiça. Amor: Deixe o orgulho de lado e peça desculpa sempre que errar. Se quer ser verdadeiramente vitorioso, vença-se a si próprio! Saúde: Proteja-se do frio, ou pode ser surpreendido por uma constipação. Dinheiro: Cuidado com os gastos supérfluos. Números da Sorte: 45, 44, 40, 2, 26, 3 Pensamento positivo: O meu único Juiz é Deus Peixes Carta do Mês: 10 de Copas, que significa Felicidade. Amor: Surgirá um novo interesse romântico na sua vida. Procure intensamente sentimentos sólidos e duradouros, espalhando em seu redor alegria e bem-estar! Saúde: Regular. Sem nada de grave a assinalar. Dinheiro: Prosperidade para a vida financeira. Números da Sorte: 8, 5, 2, 10, 20, 3 Pensamento positivo: Esforço-me por dar o meu melhor todos os dias. No próximo mês estaremos de volta


11

Correio de Azambuja - Junho de 2013

NECROLOGIA

Agência Funerária Aveiras de Cima e Azambuja Telefones 917566430 263 401 319 Alcoentre

Aveiras de Baixo

Casais de Baixo

Azambuja

Manuel Casimiro Pinheiro 92 anos

Maria José Pinheiro 82 anos

Manuel Dias 81 anos

Maria do Rosário Marcos Silva Oliveira 64 anos

Falec 19 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todos os que, com estima e amizade, nos acompanharam neste momento doloroso.Obrigado.

Falec 25 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada.

Falec.27 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada.

Falec.27 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada.

___________________

___________________

___________________

___________________

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Azambuja

Azambuja

CARTÓRIO NOTARIAL EM AZAMBUJA Rua Teodoro José da Silva, nº 45, Edifício Atríum Azambuja, AZAMBUJA Tel. 263.401.508 * Fax 263.401.529 * notariopedroramalho@sapo.pt

Azambuja

Correio de Azambuja nº 131 de 28 de Junho de 2013 ------------- Pedro Jorge Ramalho Gonçalves Pires, Notário com Cartório na moradaacima indicada, certifico narrativamente para efeito de publicação, que foi lavrada neste Cartório no dia quinze de Maio de dois mil e treze, uma escritura de justificação, na qual Maria de Fátima dos Santos Cartaxo Teodósio e marido Rui Manuel doNascimento Costa Teodósio, residentes nos Casais do Farol, em Azambuja, Mariade Assunção dos Santos Cartaxo, residente na Rua Alves Redol, número 3, rés do chão direito, na freguesia de Castanheira do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira e Natércia da Conceição dos Santos Cartaxo Dias, residente na Rua da Água Férrea, numero 14, em Azambuja, declararam ser donos e legítimos proprietários, com exclusão de outrem, em comum e sem determinação de parte ou direito, do prédio rústico com a área de cinco mil trezentos e sessenta metros quadrados, composto por parcelas de mato, oliveiras e cultura arvense, sito nos “Casais do Farol”, freguesia e concelho de Azambuja, descrito na Conservatória do Registo Predial de Azambuja sob o número mil duzentos e oitenta e seis, daquela freguesia, inscrito na respectiva matriz cadastral sob o artigo 37 da secção X ----------------------Que o prédio que agora justificam, foi adquirido por volta do ano de mil novecentos e oitenta e sete, por Benjamim de Almeida Cartaxo, através de “partilha meramente verbal” feita com seu pai Ernesto António Cartaxo e seus irmãos Manuel de Almeida Cartaxo, José de Almeida Cartaxo, António José de Almeida Cartaxo (actualmente falecidos), e Clotilde Maria de Almeida Cartaxo, Maria Sofia de Almeida Cartaxo, Alzira Maria de Almeida Cartaxo, Angélica Maria de Almeida Cartaxo Gonçalves e Luís Ernesto de Almeida Cartaxo, ocorrida por óbito de sua mãe Florentina Ventura de Almeida, falecida em dezasseis de Setembro de mil novecentos e oitenta e seis.------------------------------------------------------------- Que desde a data da referida “partilha” que o mencionado Benjamim de Almeida Cartaxo e mulher Felismina Varino dos Santos, entraram logo na posse e fruição do mencionado prédio, comportando-se como únicos e legítimos proprietários do mesmo, praticando todos os actos próprios de quem detém essa qualidade, tudo na convicção de exercerem um direito próprio e na convicção de que assim era, de forma continua, pacifica, pública e de boa fé, sem oposição de ninguém, com a consciência de nunca estarem a prejudicar direitos alheios, à vista e com conhecimento de toda a gente sem a menor interrupção ou oposição de quem quer que fosse, usufruindo directamente do prédio, considerando-o como coisa sua------------- ------------ Que por morte dos referidos Benjamim de Almeida Cartaxo e Felismina Varino dos Santos, sucederam-lhes como únicas herdeiras, suas três filhas, Maria de Fátima dos Santos Cartaxo Teodósio, Maria de Assunção dos Santos Cartaxo, e Natércia da Conceição dos Santos Cartaxo Dias, as ora justificantes. ------------------- ------------ Que, por isso, a posse que o dissolvido casal Benjamim de Almeida Cartaxo e Felismina Varino dos Santos detinha no prédio, continuou sendo exercida pelas suas três herdeiras. ----------------------------------------------------------- ------------- Que, são por isso donas e legítimas possuidores, em comum e sem determinação de parte ou direito, com exclusão de outrem, do identificado prédio, já que, por tudo o que foi referido e porque a posse que vêm exercendo, com referência à titularidade do prédio como pertencendo à herança de Benjamim de Almeida Cartaxo e Felismina Varino dos Santos, juntamente com a posse destes, já dura há cerca de vinte e cinco anos, as outorgantes invocam a usucapião, como forma de aquisição originária do direito de propriedade de que se arrogam. Está conforme o original, na parte a que me reporto.----------------------------Azambuja, Cartório Notarial, a 29 de Maio de 2013. ----------------------------Registo n.º 1031/2013 O Notário, Pedro Jorge Ramalho Gonçalves Pires

José Martins de Jesus 77 anos Falec 26 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada. ___________________ Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Luis Augusto Ferreira Isidro 45 anos

Azambuja

Casais da Lagoa

Acácio Roberto de Sousa 87 anos

___________________

Lucinda Moreira Patrício 51 anos Falec 31 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada. ___________________

___________________

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Falec 27 Maio 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada.

Casais dos Britos

Falec 3 Junho 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada.

Valada

F L O R I S T A J O A N I N H A NOVAS INSTALAÇÕES na R. Victor Cordon em Azambuja

Luís Augusto Ferreira Isidro Agradecimento Nascido em 10 Outubro de 1967 Falecido a 25 de Maio de 2013

Sua Mãe e restante familia agradecem todo o apoio demonstrado nesta hora dolorosa e não podendo fazê-lo pessoalmente agradecem a todos quantos acompanharam o seu ente querido à sua última morada Dia 25 de Julho será realizada missa por sua alma na Igreja Matriz

Benfica- Lisboa

Maria Irene Simões Marques 86 anos Falec 9 Junho 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada. __________________

Maria da Assunção Honório 83 anos Falec 17 Junho 2013 Agradecimento A Família agradece a todas as pessoas que se dignaram acompanhar o seu ente querido à sua última morada. __________________

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

Nova Ag. Funerária Aveiras de Cima e Azambuja

NOVA Agência Funerária de Aveiras de Cima e Azambuja Lda. FUNERAL “LOW COST” 980 euros

Aurora Mariana Leitão

URNA + serviço +Agência +Capela e Padre

3 anos de eterna saudade Falecida a 16 de Junho de 2010 Seus Filhos, Irmã, Nora, Netos, Sobrinhos e restante Família agradecem a todas as pessoas as orações e preces em sua memória

COM NOVO VEÍCULO AO SERVIÇO

FUNERAIS Serviço permanente

www.funerariaazambuja.com.pt

917 263

Telefones 566 430 401 319


12

Correio de Azambuja - Junho de 2013

A BOLA...JÁ ROLA NO GDA Já começaram as admissões para os futuros jogadores de futebol em Azambuja. E nesta altura já é possível não só lançar a próxima época, como também avaliar tudo o que aconteceu na época passada. O Correio de Azambuja esteve à conversa com um dos treinadores das jovens promessas do Grupo Desportivo de Azambuja, Carlos Cruz.

compreendidas entre os 3 e os 15 anos de idade. E “é da formação que falamos, eles já estiveram presentes nalgumas competições e desde que queiram aprender, alguns poderão vir a ter um bom futuro. “Para os pais, fica menos dispendioso estarem aqui mais perto acompanhando a formação dos seus filhos” adianta o treinador.

“ Podemos considerar como excelente a quantidade de miúdos que apareceram na época passada, ainda para mais quando o concelho este durante tanto tempo sem condições para a prática do desporto. Assim está a ser possível ter cononsco miúdos que no passado iriam provalvelmente para o Cartaxo, Castanheira, Vila Franca de Xira ou mesmo até Lisboa” diz Carlos Cruz que a par do responsável pela secção de futebol e coordenador da escola Professor José Noel, faz equipa de treinadores com Selma Cruz (3-5 anos) ainda Daniel Teófilo, João Alberto Alves (benjamins) e o professor João (infantis) que tratam dos restantes escalões etários que fazem parte do leque desportivo da “escolinha do GDA” Eles são os responsáveis pela formação do GDA que abrange miudos com idades

Dos 3 aos 9 todos estão ainda na fase de formação, mas neste momento com os benjamins e os infantis em competição já se pode vislumbrar uma época muito interessante para o desporto-rei em Azambuja. A experiência passada vai-nos dizendo que a escola está a funcionar bem porque o número de alunos tem vindo a crescer. e os miúdos vão aparecendoem maioe quantidade , os pais esses, estão contentes com o trabalho desenvolvido. E para inscrever o seu filho no futebol é fácil, basta aparecer às captações que decorrem até ao final deste mês às 2ªs, 3ªs e 5ªs feiras no campo de jogos entre as 18:45 e as 20:00”- É só aparecer com vontade de vencer. E Carlos Cruz espera que este seja mais um ano de sucesso. PUB

ER ESP

SI OR P S AMO

MARISCO SEMPRE VIVO VENDEMOS PARA FORA

encerra às 2ªs feiras


Correio de Azambuja