Page 1

Manual de Identidade Visual COLÉGIO FARROUPILHA

1


2


Manual de Identidade Visual COLÉGIO FARROUPILHA


Sumário 7

8

20

Apresentação

Construção de uma história

26

Versões da marca

26

Versão negativa

9

O que é marca

28

Versões 2D

10

Nossa história

30

Versão monocromática positiva e negativa

12

A marca Farroupilha

32

Versões verticais

14

Missão

34

Cores

14

Visão

36

Tipografia

15

Valores

38

Aplicação em fundos coloridos

16

Pilares da marca

40

Redução máxima

18

Nosso público

42

Usos indevidos e tarjas

Guia de uso

44

Área de reserva

22

46

Assinatura Conjunta

48

Aplicações

Assinatura visual preferencial

24 Elementos da marca 24 Lettering

38

Sistema aplicativo

24 Símbolo

5


6


Apresentação O manual de identidade visual do Colégio Farroupilha foi elaborado para que todos tenham conhecimento sobre a representatividade de nossa imagem através dos elementos que compõem nossa identidade visual. Além de apresentar nosso posicionamento, o documento procura demonstrar a importância da marca para que ela continue sendo referência no mercado educacional.

Sustentabilidade Farroupilha Por favor! Use as diretrizes contidas neste documento digitalmente. Caso seja necessário imprimir, escolha somente as seções relavantes.

7


A construção de uma história

8


O que é marca? “A CONSTRUÇÃO DE UMA MARCA FORTE REQUER CUIDADOSO PLANEJAMENTO E INVESTIMENTOS DE LONGO PRAZO. NA ESSÊNCIA DE UMA MARCA BEM-SUCEDIDA EXISTE UM EXCELENTE PRODUTO OU SERVIÇO, SUSTENTADO POR UM MARKETING DESENVOLVIDO E EXECUTADO COM CRIATIVIDADE.”

A American Marketing Association (AMA) define marca como “um nome, termo, sinal, símbolo ou design, ou uma combinação de tudo isso, destinado a identificar os produtos ou serviços de um fornecedor ou grupo de fornecedores para diferenciá-los de outros concorrentes”. Um marca é portanto um produto ou serviço que agrega dimensões que, de alguma forma, o diferenciam de outros produtos ou serviços desenvolvidos para satisfazer a mesma necessidade. Essas diferenças podem ser funcionais, racionas ou tangíveis – relacionadas ao desempenho do produto/ serviço e podem ser também simbólicas, emocionais ou intangíveis – relacionadas ao que a marca representa. Kotler, p. 269 – Administração de Marketing

9


Nossa história O Colégio Farroupilha surgiu a partir da fundação da Associação Beneficente Alemã, em 1858, uma entidade criada para auxiliar os imigrantes alemães e seus descendentes. A Associação prestava assistência e orientação aos imigrantes, tanto em relação ao mercado de trabalho quanto no auxílio financeiro e orientações sobre legislação, moradia e alimentação. A atual Associação Beneficente e Educacional de 1858 (ABE 1858) também atuava na área de saúde e esportiva e foi relevante para a fundação do Hospital Moinhos de Vento e da Sociedade Ginástica de Porto Alegre (SOGIPA). O Colégio Farroupilha foi fundado em 1886 com o nome de Knabenschule des Deutschen Hilfsverein (Escola de Meninos da Associação Beneficente Alemã). Foi Wilhelm Ter Brüggen quem propôs em 1876 a criação da escola que deveria receber crianças de seis anos e deixá-las “prontas aos 14 anos para estabelecer seu comércio”, com fluência nas Línguas Alemã e Portuguesa. Na época, não existiam colégios organizados como temos hoje. Em 1904, começou a funcionar uma Escola de Meninas, pioneira na Educação Infantil por oferecer o primeiro Jardim de Infância do Rio Grande do Sul e o terceiro do Brasil. Em 1929, mais uma vez o Colégio inovou ao unir definitivamente a Escola de Meninos e a Escola de Meninas, sendo a primeira escola do Brasil a tomar essa decisão. O prédio inicial onde funcionavam as atividades do Colégio estava localizado na Avenida Alberto Bins, onde hoje está o Hotel Plaza São Rafael. Atualmente o Colégio Farroupilha mantém duas unidades – a sede principal localizada no bairro Três Figueiras e a Unidade Correia Lima, nas dependências do CPOR-PA, que atende alunos bolsistas com ensino qualificado e gratuito. 11


A marca Farroupilha Ao longo de décadas, a identidade visual do Colégio Farroupilha foi passando por algumas alterações. Essas mudanças, contudo, mantiveram sempre como base alguns elementos tradicionais: O símbolo da pena, antiga representação de escrita, literatura e cultura; • As iniciais C e F, entrelaçadas entre si e ligadas ao símbolo “pena”; • Cores de fundo institucionais: Azul Royal e Branco. Com o uso predominante do fundo branco, símbolo e logotipo adotaram a grafia de fios e letras em preto.

12


Variações do logotipo do Colégio Farroupilha através dos tempos

Variações do logotipo do Colégio Farroupilha através dos tempos

VARIAÇÕES DA ASSINATURA VISUAL ATRAVÉS DOS TEMPOS

Variações do logotipo do Colégio Farroupil através dos tempos

13


Missão EDUCAR PARA FORMAR CIDADÃOS COMPETENTES. Educamos para formar cidadãos que sejam indivíduos que convivem bem em sociedade, respeitando o próximo, cumprindo com suas obrigações e gozando de seus direitos. Ele é competente quando alia seu conhecimento à prática, sendo capaz de bem decidir sobre um assunto que tem profundo conhecimento.

Visão SER REFERÊNCIA NA EDUCAÇÃO. Buscamos ser reconhecidos pelas práticas pedagógicas mais modernas, pelos resultados efetivos, pela formação humana e pela diversidade e amplitude da formação. Entendemos a formação humana como a integralidade do ser e pensar de cada indivíduo no mundo. Essa formação prepara os estudantes para construir o seu modo de vida livremente, tendo autonomia para organizar os modos de existência e sendo responsável pelas suas ações, tornando-se um ser humano ético.

14


Valores BOM RELACIONAMENTO. O bom relacionamento é o resultado da interação entre as pessoas, com respeito, equilíbrio, confiança e empatia. BUSCA PELA EXCELÊNCIA. Trabalhamos pela melhoria contínua dos nossos processos, dos resultados e da satisfação das necessidades presentes e futuras da comunidade escolar, superando suas expectativas de quem confia no nosso trabalho educativo. DISCIPLINA E ORGANIZAÇÃO. Entendemos que é fundamental aprendermos a seguir normas e processos estabelecidos que orientem para a boa convivência em sociedade. EFICIÊNCIA E EMPREENDEDORISMO. Entendemos que é preciso ter competência no desenvolvimento das ações fazendo a diferença com alto grau de motivação, assumindo riscos calculados para atingir os objetivos. É planejar, buscar recursos e colocar em prática o idealizado. COMPROMISSO COM A SUSTENTABILIDADE. Estamos

comprometidos

com

a

preservação

dos

recur-

sos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade em que vivemos.

15


Pilares da marca Entendemos que as causas comportamentais são as bandeiras levantadas pelos segmentos de interesse da marca. São motivações que geram o movimento e o agrupamento das pessoas para algo maior. Afinal, esses relevantes anseios são fundamentais para pensarmos de maneira eficaz os atributos a serem trabalhados e as estratégias de posicionamento do Colégio Farroupilha. Primeiramente, destacamos os pilares que sustentam a marca da Instituição ao longo da sua história.

16


INOVAÇÃO Pioneiro em muitos momentos da história educacional do Estado, o Colégio Farroupilha inova

TRADIÇÃO

em diferentes âmbitos sempre em busca da excelência.

Pioneiro em muitos momentos da história educacional do Estado, o Colégio Farroupilha inova em diferentes âmbitos sempre em busca da excelência.

Pilares da marca

DISCIPLINA Instituição fundada por alemães, o Colégio tem na disciplina um dos seus valores mais nobres. Seguir normas e processos estabelecidos que orientem a boa convivência em sociedade também sustenta nossa marca no mercado.

17


Nosso público O esquema ao lado resume as causas comportamentais do nosso público, a partir da pesquisa de mercado realizada em 2012.

EU QUERO TRADIÇÃO A valorização de marcas e empresas que tenham uma história sólida é uma das características dos nossos públicos. Mais do que a passagem de anos na vida dos estudantes, as famílias esperam que o Colégio deixe um legado para sempre. EU QUERO O QUE TEM DE MELHOR Todos têm acesso a tecnologias, conteúdos, marcas e tendências do mundo todo. O nível de exigência é acima da média. A pesquisa realizada em 2011 concluiu que é preciso superação constante. EU QUERO UM FUTURO DE SUCESSO O sucesso faz parte da história dessas famílias e precisa ocorrer na escola também. Para que o público esteja satisfeito, o Colégio Farroupilha precisa estar e se mostrar preparado para acompanhar as novidades do mercado (inclusive em termos de comunicação). EU QUERO DISCIPLINA Ordem e senso de responsabilidade coletiva são valorizados. EU QUERO ALGO A MAIS As famílias e os estudantes gostam de ser surpreendidos. Um posicionamento exclusivo chama atenção positivamente.

18


Eu quero tradição

Eu quero disciplina

Eu quero algo a mais Eu quero educação para todos os momentos

Eu quero o que tem de melhor

Eu quero estar a frente

Eu quero um futuro de sucesso

EU QUERO ESTAR À FRENTE Nosso nicho busca a liderança. O senso de guiar os outros faz parte do seu instinto. EU QUERO EDUCAÇÃO PARA TODOS OS MOMENTOS A conclusão geral é de que nosso público questiona muito o papel da educação, acredita que a educação tem de impactar em todos os momentos da vida dos estudantes. Afinal, busca o que agregue enquanto cidadãos, para a vida toda, independente de estar, ou não, na Escola.

19


Guia de uso

20


Sumário de aplicações 22 Assinatura visual preferencial

34 Cores

24 Elementos da marca

36 Tipografia

24 Lettering

38 Aplicação em fundos coloridos

24 Símbolo

40 Redução máxima

26 Versões da marca

42 Usos indevidos e tarjas

26 Versão negativa

44 Área de reserva

28 Versões 2D

46 Assinatura Conjunta

30 Versão monocromática positiva e negativa

48 Aplicações

32 Versões verticais

21


Assinatura Visual Preferencial Assinatura visual é a forma particular e diferenciada com a qual é representado o nome da instituição, ou seja, é a representação visual ou gráfica que identifica a marca com a sua visão, missão e valores de forma única, distintiva, relevante e memorável. A assinatura visual foi reformulada em 2011, pela Bozzetti Design*, em comemoração ao aniversário de 125 anos do Colégio e de 153 anos da ABE de 1858. Viu-se a necessidade de uma nova proposta visual, alinhada aos novos tempos, que promovesse maior legibilidade, reconhecimento rápido, passível de reprodução gráfica e de aplicações marcantes em diversas mídias. Assim, evoluiu-se para uma síntese dos elementos tradicionais do símbolo, gerando uma identidade visual adequada ao mundo contemporâneo e ainda totalmente representativa da tradição da instituição.

* Estúdio de design especializado em criação de identidades visuais

22


Assinatura Visual 3D em fundo claro.

23


Elementos da marca: Lettering e símbolo A assinatura visual do Colégio Farroupilha é composta por dois elementos: o símbolo tradicional da “pena” (que tornou-se, sutilmente, a configuração da letra F e mais a composição com a letra C representando um elemento gráfico de presença marcante) e o lettering “Colégio Farroupilha” (que foi evoluído para um padrão personalizado, de mais clara legibilidade, dinamismo e movimento).

24


SĂ­mbolo

Lettering

25


Versão Negativa A versão negativa é necessária para aplicações em fundos com tons escuros. O seu uso é restrito às situações na quais a aplicação da marca preferencial não é possível de ser feita de uma forma satisfatória. Em tons claros, deve-se utilizar as versões da Assinatura Visual na sua configuração preferencial (indicada na página 23 - Assinatura Visual Preferencial). É muito importante o bom senso na criação das peças gráficas para a manutenção da Identidade Visual nos materiais institucionais e promocionais, tendo em vista a melhor visualização da marca.

26


Assinatura Visual 3D em fundo claro.

27


Versões 2D As versões 2D são recomendadas em aplicações na quais é necessário maior contraste e não é possível utilizar as versões 3D de forma satisfatória. Além disso, podem ser utilizadas em materiais promocionais diversos com boa reprodução gráfica e digital. Quando houver necessidade de aplicação em fundo claro a assinatura visual é composta pelas cores azul, vermelho e cinza. Em fundo escuro, a composição é feita com as cores azul, vermelho e branco (a “pena” muda de cor para dar maior contraste, conforme indicação na página XX). É muito importante o bom senso na criação das peças gráficas para a manutenção da Identidade Visual nos materiais institucionais e promocionais tendo em vista a melhor visualização da marca.

28


29


Versão Monocromática Positiva e Negativa As versões positiva (preto) e negativa (branca) deverão ser utilizadas quando houver limitações referentes ao número de cores disponíveis em um determinado processo de impressão ou gravação ou ainda para a diminuição dos custos de reprodução. Recomenda-se também o uso das versões monocromáticas quando for necessário aplicações com maior contraste em fundos coloridos ou imagens e ainda em peças promocionais diversas em que é necessária uma linguagem mais leve, descontraída e próxima para as ações de relacionamento e divulgação da marca com seus públicos.

30


31


Versões Verticais As versões verticais têm o uso restrito a aplicações em que não é possível a utilização das versões preferenciais. Sendo assim, as versões verticais são úteis em situações em que a área de aplicação é muito limitada e a composição preferencial ficaria prejudicada e, também em materiais nos quais é necessária a promoção de maior visibilidade da assinatura visual. A regulamentação para reproduções é a mesma das versões horizontais, em que é importante observar o contraste em fundos claros e escuros e utilizar a versão mais indicada considerando os processos de impressão ou gravação.

32


33


Cores A utilização das cores padrão garante a visualização correta da identidade visual do Colégio. O azul, o branco, o cinza e o vermelho são as cores preferenciais, utilizadas na assinatura visual. Além dessas, temos mais 3 tons de azul, 1 de vermelho e 1 de amarelo, que são as cores complementares que não são utilizadas na assinatura visual, mas que auxiliam para dar consistência visual à imagem da instituição. Essas cores preferenciais e complementares, juntas, compõem a identidade visual da instituição. Siga rigorosamente as cores indicadas em cada versão da assinatura visual e nos diversos materiais institucionais. Dependendo do tipo de aplicação ou do processo de reprodução (físico ou virtual), serão usadas como referência as escalas de cores RGB (para canais digitais) e CMYK ou Pantone (para impressão ou gravação). Caso não seja possível seguir exatamente as cores indicadas por conta de alguma especificação de material como confecções, por exemplo, a conversão deve ser feita por aproximação, tomando-se a escala Pantone como base para comparação. Compete ao setor de comunicação dar a aprovação final.

34


CORES PRIMÁRIAS

C 100 M 80 Y0

C0 Pantone 286C

M0 Y0

K 40

K 50

C0

C0

M 100 Y 100

Pantone 1797C

K0

M0 Y0

Pantone Cool Gray 9C

Pantone 0

K0

CORES SECUNDÁRIAS

C 100 M 95 Y 25

C0 Pantone 669C

M 95 Y 90

K 15

K0

C 90

C5

M 60 Y0 K0

Pantone 660C

M 25 Y 100 K0

Pantone 485C

C 60 Pantone 130C

M0

Pantone 2985C

Y0 K0

35


Tipografia É importante normatizar o uso de uma fonte ou mais nos materiais institucionais para que, junto com os demais elementos gráficos, componham a identidade visual da marca. As tipografias institucionais do Colégio são a Ocean Sans, que é a fonte preferencial, escolhida por sua personalidade, dinamismo e movimento, e a Frutiger, que é a fonte secundária, complementar, escolhida por sua visibilidade, leitura e simplicidade. Ambas as fontes deverão ser utilizadas em materiais institucionais de comunicação interna e externa (materiais virtuais, correspondência, comunicados, etc). OBS.: Para materiais promocionais de relacionamento e divulgação, como campanhas e projetos específicos, é possível a utilização da outras famílias de tipografias que deverão ser aprovadas junto ao setor de comunicação do Colégio

36


Ocean Sans Light

Ocean Sans Light Italic

Ocean Sans Book

Ocean Sans Italic

Ocean Sans Bold

Ocean Sans Bold Italic Tipografia Preferencial

Frutiger LT Std 45 Light Italic

Frutiger LT Std 45 Light

Frutiger LT Std 55 Roman

Frutiger LT Std 56 Italic

Frutiger LT Std Black Italic

Tipografia Secundรกria

37


Aplicação em fundo colorido Quando necessária a aplicação da assinatura visual do Colégio Farroupilha sobre fundos coloridos, deve-se dar preferência às cores padrões (preferenciais e complementares) já especificadas e indicadas na página xx. Sempre que possível, deve-se utilizar a assinatura visual preferencial com fundos claros e escuros, conforme regulamentações. Para casos em que não é possível a aplicação preferencial é indicado o uso da versão monocromática positiva (preta) em fundos claros e sem grande contraste e versão monocromática negativa (branca) em fundos escuros. OBS: É possível a aplicação em fundos de outras cores para materiais promocionais em que é necessária uma linguagem mais leve, descontraída e próxima para as ações de relacionamento e divulgação da marca com os públicos do Colégio, nas quais a escolha da versão da assinatura visual deverá ser feita por aproximação e levando em consideração a leitura e o contraste.

38


Fundos coloridos possíveis para utilização da versão preferencial do logotipo

39


Redução máxima Para garantir a legibilidade da assinatura visual é importante seguir as restrições de redução máxima conforme ilustração ao lado. Estas dimensões limites são determinadas levando em consideração os meios e métodos de impressão, observando-se a integridade da marca, a fácil identificação e leitura na peça em que ela será aplicada. Recomenda-se 30 mm como limite de redução da largura da assinatura horizontal e 30 mm para as versões verticais para impressões em offset. Para os processos de serigrafia e bordado o limite de redução da largura para as assinaturas horizontais é de 70mm enquanto para as versões verticais é de 50mm.

40


30mm

70mm

50mm

30mm

41


Usos indevidos Não é permitida a utilização de qualquer versão que não as previstas neste manual. Portanto, não altere nenhum elemento da identidade visual. Obs: Nas aplicações em que não for possível contraste, com fundos texturizados ou imagens, deverão ser utilizadas tarjas branca ou nas cores institucionais, que delimitam claramente a assinatura visual. As regulamentações para reproduções são as mesmas já citadas. É importante observar o contraste, as dimensões, a legibilidade e o arejamento.

42


não rotacionar

não reduzir mais que 40mm

não sobrepor

não aplicar gradiente

não alterar a forma

não distorcer

43


Área de Reserva A área de reserva é o espaço resguardado ao redor da assinatura visual que estabelece proteção e resistência visual. Qualquer outro elemento gráfico deverá respeitar o espaço mínimo indicado no diagrama ao lado, onde recomenda-se o arejamento mínimo igual ou maior à altura da letra “F”. É importante não interferir na área de reserva com desenhos, fotos, textos, etc, preservando a sua integridade, legibilidade e harmonia do conjunto.

44


x

x=

x

45


Assinatura Conjunta Em algumas situações a assinatura visual do Colégio poderá necessitar ser acompanhada por outras marcas ou projetos. Quando isto acontecer, o esquema ao lado deve ser seguido, respeitando as regulamentações de alinhamentos, proporções e distância. Quando a assinatura da ABE 1858* estiver acompanhando, deverá ficar sempre mais à direita. Quando for a Escola de Professores Inquietos** ou outra instituição, a ordem dependerá do tipo de ‘apoio’ do Colégio em determinado evento e/ou projeto. E, para assinatura junto com projetos internos a assinatura do Colégio sempre fica à direita. Para aplicações com acompanhamento de outras assinaturas visuais recomenda-se o arejamento mínimo igual ou maior à 2X a altura da letra “F”.

*A Associação Beneficente e Educacional de 1858 é a mantenedora do Colégio. Criada no ano de 1858 com o nome de Associação Beneficente Alemã com o objetivo de auxiliar os imigrantes alemães e seus descendentes a superar as dificuldades da época, cedendo-lhes orientação profissional e religiosa. Hoje, a ABE de 1858 tem participado de projetos educacionais essenciais para o desenvolvimento do povo gaúcho, sendo reconhecida como uma admirável e sólida instituição beneficente do Estado. ** A Escola de Professores Inquietos é uma iniciativa que busca transformar a prática dos professores proporcionando novas experiências educativas na educação básica, estimulando a reflexão e preparação dos educadores para a nova realidade da educação. São oferecidos eventos, cursos e workshops para professores das redes pública e privada.

46


x=

2 x

x

x

x

47


Aplicações A consolidação da identidade visual do Colégio Farroupilha se dá pelo uso correto de todos os seus elementos (símbolo, lettering, cores e família tipográfica). Portanto, é muito importante que todas as aplicações da assinatura visual sejam respeitadas mantendo a força, o posicionamento e a representatividade da marca. Apresentam-se no presente manual alguns materiais institucionais (cartões, pastas, folhas timbradas, etc), com uma proposta visual alinhada aos novos tempos, elaborada em sintonia com as regulamentações institucionais.

48


Cart達o de visitas

49


Modelo apresentação Folha timbrada

50


Envelope

51


Crachรก Pasta

52


Todos os logos nesse manual se encontram disponĂ­veis para download no site do colĂŠgio.

53


54

Manual de Identidade Visual do Colégio Farroupilha  

O manual de identidade visual do Colégio Farroupilha foi elaborado para que todos tenham conhecimento sobre a representatividade de nossa im...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you