Page 1

APRESENTA

F E S T I VA L

2016


www.cenacumplicidades.com

Natal Buenos Aires Recife Olinda JoĂŁo Pessoa


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016 • Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

dança

música artes visuais 3


d

Natal

26 SET a 01 NOV

Buenos Aires

12 a 26 OUT

Recife

27 OUT a 06 NOV

Olinda

29 OUT a 04 NOV

João Pessoa

01 a 06 NOV


dança música artes visuais CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Apresentação Presentación / presentation

O

Cena CumpliCidades é um festival de recorte

CumpliCidades/Palco Gira Dança, em Natal. Da mesma maneira,

internacional cada vez mais reconhecido por ter

realiza no Recife, residência de criação com artistas uruguaias

lugar paralelamente em várias cidades, fomentando

para a transmissão e apresentação do trabalho FUA na

a circulação artística de trabalhos não pertencentes a uma dinâmica comercial e sim a um circuito artístico conceitual, alternativo e experimental. Com uma formação totalmente horizontal e interativa, põe em evidência e conexão as cenas das cidades de diversos países, promovendo a circulação e oportunizando ao espectador e também ao artista uma visão de maior amplitude do que se produz artisticamente dentro e fora do seu país. Este ano, o festival está sendo realizado em cinco cidades - Recife (PE), Olinda (PE), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Buenos Aires (ARG), tendo uma experiência piloto também, muito bem-sucedida, no Rio de Janeiro (RJ), durante a ocasião das Olimpíadas.

programação do evento. Além da programação de dança apresentada em teatros das várias cidades (a preços populares de R$ 5,00 e R$ 10,00), o festival promove gratuitamente no Sítio Histórico da cidade de Olinda (Alto da Sé e Biblioteca Pública) uma programação especial de música, performance, dança e artes visuais (este último com o Circuito CumpliCidades, ateliers portas abertas). Ao programar tais atividades em Olinda (hospedando, inclusive, todos os artistas lá), o festival reconhece nelas um potencial estético que oportuniza ao público vê-las para além da espetacularidade, com potencial de gerar poéticas e outras percepções na paisagem urbana através da ação artística.

A edição 2016 do Cena CumpliCidades tem uma característica

O Festival Cena CumpliCidades tem apresentação da

clara na programação: um evento que prioriza os trabalhos

PETROBRAS e integra o Circuito Internacional de Festivais

de dança e aprofunda as cooperações com os países com os

Brasileiros de Dança, juntamente com a Bienal de Dança do

quais tem trabalhado. Assim, investe no intercâmbio com

Ceará, o Fórum Internacional de Dança-FID (Belo Horizonte)

cidades ibero-americanas, acolhe sete apresentações do

e o Festival Panorama (Rio de Janeiro). Ao longo de mais de

projeto nacional FranceDanse Brasil 2016 (mostra da dança

uma década de existência, o Circuito estabeleceu importantes

francesa) e desenvolve projeto de residência que levará

parcerias com várias iniciativas e instituições internacionais

artistas regionais a Genebra (Suíça), em dezembro de 2016,

de apoio à criação e à difusão em dança, entre as quais o

com o trabalho História/Container, desenvolvido juntamente

Institut Français, que este ano viabilizou a participação nesses

com o Overseas Culture Interchange-SUI e Funarte, no

festivais de vários artistas franceses selecionados para o

5


www.cenacumplicidades.com

FranceDanse Brasil (de 18 de agosto a 15 de novembro de 2016). A essa parceria, somam-se apoios culturais essenciais como o IBERESCENA e a FUNARTE, além de cooperações com a Embaixada da Espanha e AIE, e importantes parcerias locais (Prodanza, Centro Cultural Paco Urondo, Embaixada do Brasil na Argentina, CCBA, Pé no Chão, Museu de Artes Afro Brasil Rolando Toro, Cia Paralelo, Palco Giradança, Paço Alfândega, UFRN, Teatro de Cultura Popular-TCP, UFPB, Puckllay, Alianças Francesas, entre outros). Isso para não citar artistas, performers e produtores (novos cúmplices) interessados em participar do festival. Agradecemos, pois, a todos pela preciosa colaboração. Arnaldo Siqueira.

C

ena CumpliCidades es un festival internacional cada vez más reconocido por se presentar en paralelo en varias ciudades, fomentando la circulación artística de obras que no pertenecen a una dinámica comercial, pero a un circuito de arte conceptual, alternativa y experimental. Con una formación totalmente horizontal e interactiva, destaca y conecta las escenas en las ciudades de varios países, favoreciendo la circulación y proporcionando para el espectador y el artista una visión de mayor magnitud de la producción artística que sucede dentro y fuera de su país. Este año el festival ocurre en cinco ciudades - Recife (PE), Olinda (PE), Joao Pessoa (PB), Natal (RN) y Buenos Aires (ARG), y un experimento piloto también muy exitoso, en Rio de Janeiro (RJ), durante los Juegos Olímpicos. La edición 2016 del Cena CumpliCidades tiene una característica clara en la programación: un evento prioriza obras de danza y profundiza la cooperación con los países con los que ha trabajado. Por lo tanto, invierte en intercambio con las ciudades ibero-americanas, acoge

siete presentaciones del proyecto nacional FranceDanse Brasil 2016 (espectáculos de danza francesa) y desarrolla proyectos de residencia que llevará artistas a la región de Ginebra (Suiza) en diciembre de 2016, con el trabajo História/Container, desarrollado en conjunto con Overseas Culture Interchange-SUI y Funarte, em CumpliCidades/Palco Gira Dança, en Natal. Del mismo modo, promove en Recife, residencia de creación con artistas uruguayas para la transmisión y presentación del trabajo FUA en el programa del evento. Además de la programaciónde danza presentada en teatros de varias ciudades (con precio popular de R$ 5,00 y R$ 10.00), el festival promueve, de forma gratuita en el sitio histórico de Olinda (Alto da Sé y Biblioteca Pública) un calendario especial con música, performances, danza y las artes visuales (este último con el Circuito Circuito CumpliCidades, ateliers puertas abiertas). Con estas actividades en Olinda (acogendo, incluso, todos los artistas en la ciudad), el festival las reconoce como un potencial estético que da oportunidad al público de ver más allá del espectáculo, con el potencial de generar poéticas y otras percepciones en el paisaje urbano através de la acción artística. El festival Cena CumpliCidades tiene presentación de PETROBRAS y se integra el Circuito Internacional de Festivais Brasileiros de Dança, junto con la Bienal de Dança do Ceará, el Fórum Internacional de Dança-FID (Belo Horizonte) e el Festival Panorama (Rio de Janeiro). Durante más de una década de existencia, el circuito ha establecido alianzas importantes con varias iniciativas e instituciones internacionales para apoyar la creación y difusión de la danza, incluyendo el Instituto Francés, que este año permitió la participación en estos festivales de varios artistas franceses selecionadas parael FranceDanse Brasil (de 18 agosto a 15 noviembre, 2016). A esta alianza, se añade el apoyo cultural esencial como IBERESCENA y FUNARTE, y la cooperación con la Embajada de España y la AIE, y importantes asociaciones locales (Prodanza, Centro Cultural Paco Urondo, Embaixada do Brasil na Argentina, CCBA, Pé no Chão, Museu de Artes Afro Brasil Rolando Toro, Cia Paralelo, Palco Giradança, Paço Alfândega, UFRN, Teatro de Cultura Popular-TCP, UFPB, Puckllay, Alianças Francesas, entre outros). Incluyendo también artistas, actores y productores (nuevos cómplices) interesados ​​en participar en el festival. Gracias a todos por toda la colaboración preciosa. Arnaldo Siqueira.

6

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

C

ena Cumplicidades is a festival with an international guidance, increasingly recognized by taking place in parallel in several cities, promoting artistic circulation of non-commercial, but conceptual, alternative and experimental pieces. With a fully horizontal and interactive structure, highlights and connects the production of cities and their countries, promoting circulation and giving to audiences and to artists a greater view of what is produced artistically inside and outside their countries. This year it takes place in five cities - Recife (PE), Olinda (PE), Joao Pessoa (PB), Natal (RN) and Buenos Aires (ARG), and also very successful experiment, in Rio de Janeiro (RJ), during the Olympics Games. Cena Cumplicidades 2016 has a clear characteristic in its program: it is an event that prioritizes dance pieces and deepens cooperation with countries which it has worked.Thus, investing in an interchange with Latin American cities, welcomes seven pieces of the national project FranceDanse Brazil 2016 (dance works of French) and develops a residency project that will take regional artists to Geneva (Switzerland) in December 2016, with the piece História/Container, developed together with the Overseas Culture Interchange-SUI and Funarte, during Cena Cumplicidades/Palco Gira Dança, in Rio Grande do Norte. Likewise, an artistic residency with Uruguayan creators takes place in Recife for the transmission and presentation of their piece called FUA during the event. In addition to the dance program presented in theaters of several cities (with affordable prices, R$ 5.00 and R$ 10.00), the festival promotes free activities in Olinda (Alto da Sé and Public Library), a special

dança

música

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

schedule of music, performance, dance and visual arts (the last one during Cumplicidades Circuit, ateliers open doors). Once scheduling such activities in Olinda (and hosting all the artists there), the festival recognizes in this city an aesthetic potential that gives opportunity to the public to see them beyond the spectacle, with the huge potential to generate other perceptions in the urban landscape through artistic actions. Cena Cumplicidades is presented by PETROBRAS and integrates the Brazilian Circuit of International Dance Festivals, along with Bienal de Dança do Ceará, Fórum Internacional de Dança-FID (Belo Horizonte) and Festival Panorama (Rio de Janeiro). Over more than a decade of existence, the Circuit has established important partnerships with several international initiatives and institutions to support the creation and dissemination of dance, including the Institut Français, which this year allowed the participation in these festivals of various French artists selected for FranceDanse Brazil (August 18 to November 15, 2016). To this partnership, we also add the essential cultural support of IBERESCENA and FUNARTE, and cooperation with the Embassy of Spain and the AIE, and important local partnerships (Prodanza, Centro Cultural Paco Urondo, Embaixada do Brasil na Argentina, CCBA, Pé no Chão, Museu de Artes Afro Brasil Rolando Toro, Cia Paralelo, Palco Giradança, Paço Alfândega, UFRN, Teatro de Cultura Popular-TCP, UFPB, Puckllay, Alianças Francesas, entre outros). We cannot forget to mention artists, performers and producers (new accomplices) interested in taking part in the festival. Thank you, for all the precious collaboration.

dança Arnaldo Siqueira.

dança música

música dançamúsica

7


Além das apresentações artísticas e as atividades formativas, o evento promove a difusão virtual e impressa dos ateliês do

Sítio Histórico de Olinda por meio do

Circuito CumpliCidades de Ateliês com um roteiro que percorre um conjunto de mais de 20 ateliês olindenses, acompanhado da distribuição gratuita de folders bilíngues com informações técnicas, estéticas e de serviço dos artistas.

d


dança música artes visuais CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

SUMÁRIO / SUMARY Programação Resumida.................................................................11

Esquartejada.............................................................................36 Show da cantora Aninha Martins (Recife - Brasil)

Catálogo dos Trabalhos................................................................. 15

CariCat’s.....................................................................................38 Entre Nós Coletivo de Criação (Natal-Brasil)

Moeraki....................................................................................... 16 Soares-Castronovo-Di Grazia (Buenos Aires - Argentina)

Jambology................................................................................ 40 Show da banda Los Mambo Jambo (Barcelona - Espanha)

Para todas as Marias................................................................. 18 Cris Oliveira (Belo Horizonte - Brasil)

Hyperterrestres........................................................................42

MoralAmoralInmoral............................................................... 20

Benoît Lachambre & Fabrice Ramalingom (Montreal - Canada | Montpellier - França)

Agustina Fitzsimons, Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi (Buenos Aires - Argentina)

Encanta o meu jardim.............................................................. 44 Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

Twisted Pair...............................................................................22 Cia Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça)

Intérpretes em crise................................................................ 46 Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

Accidens.....................................................................................24 Groupe Entorse (Caen - França)

One one one...............................................................................26 Cia Ioannis Mandafounis (Genebra-Suíça)

Otra Frecuencia - Audioperformance para dois....................28 BiNeural-MonoKultur (Córdoba-Argentina | Alemanha)

Como manter-se vivo?.............................................................30 Flávia Pinheiro (Recife - Brasil )

Adorno da realidade..................................................................32 Cia Lamira Artes Cênicas (Palmas - Brasil)

AUDIOVISUAL

Hedonês...................................................................... 48

Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Juiz de Fora-Rio de Janeiro | Brasil)

Homem torto.............................................................................50 Eduardo Fukushima (São Paulo - Brasil)

Nije..............................................................................................52 Federica Folco (Montevidéu - Uruguai)

Fua..............................................................................................54 com Federica Folco e assistência de Sofia Lans (Montevidéu - Uruguai)

Plongée......................................................................................56

Contacto sonoro.......................................................................34

Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil)

Colectivo Mazdita com Leandro Olivan e Flávia Pinheiro (Buenos Aires - Argentina | Recife - Brasil)

Turbio.........................................................................................58 Carla Di Grazia (Buenos Aires - Argentina)

9


www.cenacumplicidades.com

De cómo estar con otros......................................................... 60 Celia Argüello (Buenos Aires - Argentina)

Caminos......................................................................................62 Cia PUCKLLAY (Lima - Peru)

Atividades de formação............................................................... 64 Residência Artística e Técnica do Overseas Culture Interchange | Dança Sem Fronteiras........65 com Cia Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça)

Residência de criação “Fua / la lengua de nuestras posibilidades”.......................... 66 com Federica Folco e assistência de Sofia Lans (Montevidéu - Uruguai)

Oficina “O Corpo Fora – criação através do movimento”.....67 com Sebastião Soares (Recife - Brasil)

Oficina “Educar Para uma Dança Sustentável”.....................67 com Darlyson de Albuquerque (Recife - Brasil)

Oficina “Pesquisa Corporal com Rosa Primo”....................... 68 Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

La Conférence Dansée “Uma história singular da dança” .......................................... 69 contada e dançada por Fabrice Ramalingom (Montpellier - França)

Oficina “Dançar Dói”.................................................................70

L

LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS

com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

Oficina “Contato Sonoro: Construção de Drawdio”............. 71 com Flávia Pinheiro e Leandro Olivan (Recife - Brasil | Buenos Aires - Argentina)

10 INADEQUADO PARA MENORES DE 10 ANOS 12 INADEQUADO PARA MENORES DE 12 ANOS

Oficina Hedonês........................................................................ 72 com Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Juiz de Fora | Rio de Janeiro – Brasil)

Oficina “Plongée – Dança nas Bibliotecas do Brasil”............ 73 Com Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil)

14 INADEQUADO PARA MENORES DE 14 ANOS 16 INADEQUADO PARA MENORES DE 16 ANOS

Endereços.......................................................................................74

18 INADEQUADO PARA MENORES DE 18 ANOS Cena Cumplicidades 2016 : : expediente..................................... 75

10

www.facebook.com/CenaCumplicidades

d


dança música artes visuais CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

PROGRAME-SE / SCHEDULE IS NATAL - Palco Gira Dança 26 SET : : segunda-feira ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA E UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE (DEART)

Residência Artística e Técnica do Overseas Culture Interchange Dança Sem Fronteiras com Cia Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça) *Iniciando dia 26 de setembro e finalizando no dia 24 de outubro (checar turmas e horários na sessão Atividades de Formação, pág. 64)

25 OUT : : terça-feira 20h | TEATRO CASA DA RIBEIRA

Twisted Pair Cia Ioannis Mandafounis (Genebra-Suíça)

26 OUT : : quarta-feira 16h | RUA JOÃO PESSOA - CIDADE ALTA

One one one Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça)

28 OUT : : sexta-feira 14h às 17h | ESCOLA DE DANÇA DO TEATRO ALBERTO MARANHÃO

Oficina “Pesquisa Corporal com Rosa Primo” Rosa Primo (Fortaleza - Brasil) 18h | ALIANÇA FRANCESA

La Conférence Dansée Fabrice Ramalingom (Montpellier - França)

29 OUT : : sábado 9h30 às 13h30 | ESCOLA DE DANÇA DO TEATRO ALBERTO MARANHÃO

Oficina “Dançar Dói” com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil) 20h | TEATRO MUNICIPAL DE PARNAMIRIM

20h | ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA

Encanta o meu jardim Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

30 OUT : : domingo 18h | ESPAÇO A3

Adorno da realidade Cia Lamira Artes Cênicas (Palmas - Brasil) 19h | ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA

Encanta o meu jardim Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

+ Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

31 OUT : : segunda-feira 9h30 às 13h30 | ESCOLA DE DANÇA DO TEATRO ALBERTO MARANHÃO

Oficina “Dançar Dói” com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil) 20h | ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA

Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

01 NOV : : terça-feira 20h | ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA

Homem torto Eduardo Fukushima (São Paulo - Brasil) 22h | ATELIÊ BAR

Show de Los Mambo Jambo (Barcelona - Espanha)

Hyperterrestres Benoît Lachambre & Fabrice Ramalingom (Montreal - Canada | Montpellier - França)

11


www.cenacumplicidades.com

BUENOS AIRES 12 OUT : : quarta-feira 21h | CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA MUIÑO)

Moeraki Soares-Castronovo-Di Grazia (Buenos Aires - Argentina)

13 OUT : : quinta-feira 21h | CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA MUIÑO)

Moeraki Soares-Castronovo-Di Grazia (Buenos Aires - Argentina)

14 OUT : : sexta-feira

27 OUT : : quinta-feira 8h30 às 11h30 | ESCOLA MARÍZIA

Oficina “Educar Para uma Dança Sustentável” com Darlyson de Albuquerque (Recife-Brasil) Iniciando no dia 27 de outubro e finalizando no dia 10 de novembro 9h às 12h e 13h às 16h | MUSEU DE ARTES AFRO-BRASIL ROLANDO TORO

Oficina “O Corpo Fora – criação através do movimento” com Sebastião Soares (Recife - Brasil) Iniciando no dia 27de outubro e finalizando no dia 01 de novembro 11h | PAÇO ALFÂNDEGA

Otra Frecuencia | Audioperformance para dois BiNeural-MonoKultur (Córdoba - Argentina | Alemanha)

16h | CENTRO CULTURAL PACO URONDO

Para todas as Marias Cris Oliveira (Belo Horizonte - Brasil)

20h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

Como manter-se vivo? Flávia Pinheiro (Recife - Brasil)

21h | CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA ALBERDI)

MoralAmoralInmoral Agustina Fitzsimons, Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi (Buenos Aires - Argentina)

15 OUT : : sábado

28 OUT : : sexta-feira 19h | TEATRO APOLO

Adorno da realidade Cia Lamira Artes Cênicas (Palmas - Brasil)

21h | CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA ALBERDI)

20h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

MoralAmoralInmoral

Como manter-se vivo?

Agustina Fitzsimons, Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi (Buenos Aires - Argentina)

Flávia Pinheiro (Recife - Brasil)

31 OUT : : segunda-feira 26 OUT : : quarta-feira

19h às 22h | ESPAÇO ENDANÇA

21h | CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA ALBERDI)

Oficina “Pesquisa Corporal com Rosa Primo”

Accidens

Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

Groupe Entorse (Caen - França) 19h30 | ALIANÇA FRANCESA

La Conférence Dansée

RECIFE 25 OUT : : terça-feira

Fabrice Ramalingom (Montpellier - França)

01 NOV : : terça-feira 19h | TEATRO APOLO

14h às 18h | MUSEU DE ARTES AFRO-BRASIL ROLANDO TORO

Hyperterrestres

Residência de criação “Fua / la lengua de nuestras posibilidades”

Benoît Lachambre & Fabrice Ramalingom (Montreal - Canada | Montpellier - França)

com Federica Folco e assistência de Sofia Lans (Montevidéu - Uruguai) iniciando dia 25 de outubro e finalizando no dia 31 de outubro.

20h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

Nije Federica Folco (Montevidéu - Uruguai)

12

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016 • Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

02 NOV : : quarta-feira 10h às 14h | ESPAÇO ENDANÇA

Oficina “Dançar Dói”

05 NOV : : sábado 19h | TEATRO APOLO

MoralAmoralInmoral

com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

Agustina Fitzsimons, Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi (Buenos Aires - Argentina)

19h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

20h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

Fua com Federica Folco e assistência de Sofia Lans (Montevidéu Uruguai)

+ Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

+ Encanta o meu jardim Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

De cómo estar con otros Celia Argüello (Buenos Aires - Argentina)

06 NOV : : domingo 16h | TEATRO APOLO

Caminos Cia Puckllay (Lima - Peru) 17h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

Moeraki 03 NOV : : quinta-feira

Cia Soares-Castronovo-Di Grazia (Buenos Aires - Argentina)

9h às 13h | EDIFÍCIO TEXAS (Espaço do grupo Magiluth)

Oficina “Plongée – Dança nas Bibliotecas do Brasil” Com Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil) 19h | TEATRO APOLO

Accidens Groupe Entorse (Caen - França) 20h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

+ Encanta o meu jardim Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

04 NOV : : sexta-feira

OLINDA 29 OUT : : sábado 8h30 e 15h | TERMINAL XAMBÁ

Contacto sonoro Colectivo Mazdita com Leandro Olivan e Flávia Pinheiro (Buenos Aires – Argentina | Recife - Brasil) 10h às 14h | CENTRO CULTURAL DO XAMBÁ

Oficina “Contato Sonoro: Construção de Drawdio” com Flávia Pinheiro e Leandro Olivan (Recife - Brasil | Buenos Aires - Argentina)

9h às 13h | EDIFÍCIO TEXAS (Espaço do grupo Magiluth)

ALTO DA SÉ

Oficina “Plongée – Dança nas Bibliotecas do Brasil”

15h30 | One one one

com Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil)

Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça)

19h | TEATRO APOLO

17h30 | Show de Aninha Martins

Turbio

(Recife - Brasil)

Carla Di Grazia (Buenos Aires - Argentina) 20h | TEATRO HERMILO BORBA FILHO

Homem torto Eduardo Fukushima (São Paulo - Brasil)

18h30 | CariCat’s Entre Nós Coletivo de Criação (Natal - Brasil)

19h | Show de Los Mambo Jambo (Barcelona - Espanha)

13


www.cenacumplicidades.com

30 OUT : : domingo ALTO DA SÉ

15h30 | Contacto sonoro Colectivo Mazdita | com Leandro Olivan e Flávia Pinheiro (Buenos Aires - Argentina | Recife - Brasil)

16h | One one one Ioannis Mandafounis (Genebra-Suíça)

03 NOV : : quinta-feira 15h | BIBLIOTECA PÚBLICA DE OLINDA

JOÃO PESSOA 01 NOV : : terça-feira 11h, 11h30, 12h, 12h30, 14h, 14h30, 15h, 15h30, 16h, 16h30 GALERIA DE ARTE LAVANDEIRA (CCTA - UFPB)

Hedonês – videoperformance Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Juiz de Fora | Rio de Janeiro - Brasil) *08 espectadores por sessão

17h | Hedonês - conversa aberta ao público

Plongée Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil)

04 NOV : : sexta-feira 15h e 17h | BIBLIOTECA PÚBLICA DE OLINDA

02 NOV : : terça-feira 19h | USINA CULTURAL ENERGISA (SALA VLADIMIR CARVALHO)

La Conférence Dansée Fabrice Ramalingom (Montpellier - França)

Plongée Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil)

03 NOV : : quinta-feira 9h às 13h | CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES DA UFPB - Bloco C – Sala 15

Oficina Hedonês com Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Juiz de Fora | Rio de Janeiro - Brasil) iniciando dia 03 de novembro e finalizando no dia 05 de novembro.

04 NOV : : sexta-feira 18h às 22h | ESPAÇO PARALELO

Oficina “Dançar Dói” com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

05 NOV : : sábado 10h às 14h | ESPAÇO PARALELO

Oficina “Dançar Dói” com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil) 20h | ESPAÇO PARALELO

Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

06 NOV : : domingo 20h | ESPAÇO PARALELO

Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil)

14

www.facebook.com/CenaCumplicidades

d


dança música artes visuais CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

15


dança música

www.cenacumplicidades.com

16

Fotos: carolina Naranjo

Foto: German Castronovo

artes visuais

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Moeraki Soares-Castronovo-Di Grazia (Buenos Aires - Argentina) MOERAKI questiona a existência de corpos pré-programados que respondem a estímulos das seguranças garantidas, propondo-lhes um lugar entre. Os criadores repensam a condição do ser humano como algo dual definido pelos gêneros, e suas características e performances culturais/ sociais. O espetáculo parte do princípio que formamos um universo de imagens e afetividades a partir dos nossos hábitos culturais e, na maioria das vezes, a partir da nossa condição biológica

40 min

18

MOERAKI are our questions about the existence of pre-programmed bodies that respond to some safe stimuli, offering them a place in between. The artists try to rethink the human condition as something dual defined by gender, their characteristics and cultural/social performances. We form a universe of images and affectivities from our cultural habits and, most often, from our biological condition or gender, being male or female. Being gay, gay and black makes us think and propose a way to intervene poetically in our reality. As artists, they urgently desire to instigate thoughts against sobriety and shaping behavior linked to heteronormativity and the image of man as synonym of power.

ou de gênero, ser homem ou mulher. Ser mulher, gay e negro, o espetáculo faz pensar e propõe uma forma de intervir poeticamente sobre a realidade imposta. Como artistas, urgem neles o desejo de traçar e instigar o pensamento contra a sobriedade e conformação do modelo de comportamento ligado à heteronormatividade e à figura do homem como sinônimo de poder.

MOERAKI son nuestras cuestiones sobre la existencia de cuerpos preprogramados que responden a estímulos seguros, proponiéndoles un lugar entre. Los creadores repiensan la condición del ser humano como algo dual definido por los géneros, y sus características y performances culturales/sociales.Formamos un universo de imágenes y afectividades a partir de nuestros hábitos culturales y, en la mayoría de las veces, a partir de nuestra condición biológica o de género, popularmente ser hombre o mujer. Ser gay, gay y negro nos hace pensar y proponer una forma de intervenir poéticamente sobre la realidad impuesta. Como artistas, nos urge el deseo de instigar el pensamiento contra la sobriedad y conformación del comportamiento ligado a la heteronormatividad y a la imagen del hombre como sinónimo de poder.

FICHA TÉCNICA Ideia e criação: Pablo Castronovo, Carla Di Grazia, Sebastião Soares. Intérpretes: Pablo Castronovo, Carla Di Grazia. Luzes: Eduardo Maggiolo. Direção musical e trilha original: Mauro Panzillo (Mauro AP). Direção: Sebastião Soares. Este espetáculo é uma coprodução com o Festival Buenos Aires Danza Contemporânea 2012. Espetáculo selecionado pela Bienal Arte Joven de Buenos Aires 2013-2014. Ganhador do prêmio de melhor intérprete em dança, durante a Bienal de Arte Joven, pelo trabalho de Carla Di Grazia.

Buenos Aires

Recife

12 e 13 OUT : : 21h

06 NOV : : 17h

CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA MUIÑO)

TEATRO HERMILO BORBA FILHO

17


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: Paulo Lacerda

artes visuais

18

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Para todas as Marias Cris Oliveira (Belo Horizonte - Brasil)

50 min

18

A performance-instalação evoca o Eros, exalta e sacraliza a sexualidade e o corpo feminino como recipiente que gera e abriga a vida a partir da provocação da percepção sensorial. A composição de flores e frutos típicos do país, bem como o perfume dessa mistura, são exalados pelo ambiente, além de produzir uma imagem delicada que propõe uma visão harmônica da relação do ser humano que integra e se reconhece na natureza. FICHA TÉCNICA La performance-instalación evoca Eros, enaltece y sacraliza la sexualidad y el cuerpo femenino como recipiente que genera y alberga la vida, a partir de la provocación de la percepción sensorial. La composición de flores y frutas típicas del país, bien como el perfume de esa mezcla, son exhalados por el ambiente, además de producir una imagen delicada, que propone una visión harmónica de la relación del ser humano, que integra y se reconoce en la naturaleza.

Concepção e performer: Cris Oliveira.

Foto: Ruy Barbosa Jr.

This performance-installation evokes Eros and through sensorial perception ennobles and sanctifies women’s sexuality and body as a place where life is generated and sheltered. The composition with flowers and fruits, in addition to the perfume of this mix, produces a delicate image which proposes a harmonious vision about human beings that integrate and recognize themselves in nature.

Buenos Aires 14 OUT : : 16h CENTRO CULTURAL PACO URONDO

19


dança música

www.cenacumplicidades.com

20

www.facebook.com/CenaCumplicidades

Fotos: Estúdio Nicolás Colledani

artes visuais


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

MoralAmoralInmoral Agustina Fitzsimons, Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi (Buenos Aires - Argentina)

50 min

18

MoralAmoralInmoral propõe um ensaio de prova e erro na busca de respostas a inquietudes sobre a moral e as formas contemporâneas de composição cênica. A obra se constrói até chegar a uma inevitável destruição de suas cenas na tentativa de esvaziar e ressignificar a moral. Entre balões e “grinaldas” começa, termina e ainda não sabemos se assistimos a uma festa ou a um funeral.

MoralAmoralInmoral propone un ensayo de prueba y error en la búsqueda de respuestas a inquietudes sobre la moral y las formas contemporáneas de composición escénica. La obra se construye hasta llegar a la inevitable destrucción de sus escenas en el intento de vaciar y resignificar la moral. Entre globos y guirnaldas empieza, termina y aún no sabemos si asistimos a una fiesta o a un funeral.

MoralAmoralInmoral proposes a test, trying to find answers about morality and contemporary forms of scenic composition. The work is constructed until the inevitable destruction of its scenes, like an attempt to empty and re-signify what morality is. The piece begins among balloons and garlands. And when it is almost over, you still won’t know if it was a party or a funeral.

FICHA TÉCNICA Intérpretes: Abril Lis Varela (substituindo Agustina Fitzsimons), Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi. Cenografia e figurino: Mariana Tirantte. Desenho de luz: Matías Sendón. Assistência de iluminação: Sebastián Francia. Design gráfico e fotos: Pablo Viacava. Criação e direção: Agustina Fitzsimons, Brenda Lucía Carlini, Marta Salinas y Milva Leonardi. Projeto ganhador da Bienal Arte Joven de Buenos Aires, rubro Artes Escénicas 2013-2014. Suas diretoras foram ganhadoras do Premio “S” 2014. Participou dos seguintes festivais: Buenos Aires Danza Contemporánea 2014; Argentino de Artes Escénicas en la ciudad de Santa Fe- Argentina- 2014; FIBA 2015; e Ciclo “El Vuelco-Nuevos creadores de la escena contemporánea”- UBA- 2014.

Buenos Aires

Recife

14 e 15 OUT : : 21h

05 NOV : : 19h

CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA ALBERDI)

TEATRO APOLO

21


dança música

www.cenacumplicidades.com

artes visuais

22

www.facebook.com/CenaCumplicidades

Fotos: Dorothée Thébert

Soutien


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Twisted Pair Cia Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça)

45 min

L

A realidade coreográfica não-sincrônica representada nesta peça permite a coexistência de passado e presente em uma composição multi-camadas. A sobreposição contínua de cenas constitui um terreno irregular. Marca um espaço entre diferentes pontos no palco e sobre o próprio corpo, determinando simultaneamente um temporal envolvente bem como a concreta exploração do corpo. Cada movimento reflete a ideia que toda ação provoca uma cadeia de reações, daqui movendo um passo adiante, para afirmar que todos os movimentos compartilham um início comum . A memória do corpo conduz os movimentos , unificando a ação apresentada e a presente ação.

La Realidad coreográfica no-sincrónica representada en esta pieza permite la coexistencia de pasado y presente en una composición multi-capas. La superposición continua de escenas constituye un terreno irregular. Marca un espacio entre diferentes puntos en el escenario y sobre el cuerpo, determinando simultáneamente una atractiva tormenta, así como la concreta investigación del cuerpo. Cada movimiento refleja la idea que toda acción provoca una cadena de reacciones, una vez que se mueve un paso adelante, para afirmar que todos los movimientos comparten un principio común. La memoria del cuerpo conduce a los movimientos, unificando la acción presentada y la acción presente.

The non-synchronous choreographic reality represented in this piece allows the co-existence of past and present in a multi-layered composition. The continuous layering of scenes constitutes an uneven ground. It marks a space between different points on stage and on the body itself, simultaneously determining a temporal surrounding as well as concrete body exploration. Each movement reflects the idea that every action provokes a chain of reactions, hence moving a step further, to affirm that all movements share a common start. Body memory conducts the movements, unifying the presented action and the present action.

FICHA TÉCNICA Concepção: Ioannis Mandafounis. Coreografia e dançarinos permormers: Ioannis Mandafounis, Nikos Dragonas, Katerina Skiada, Olivia Ortega. Produção: Mélanie Fréguin. Iluminação: David Kretonic. Som: POL. . Produzido por: Cie Projet 11. Coproduzido por: Prairie-Migros Cultural Percentage, Théâtre de l’Usine. Apoiado por: Cidade de Genebra, Estado de Genebra, Swiss Arts Council Pro Helvetia, Corodis, Lottery romande, Nestlé for Art foundation, SSA, Ernst Göhner.

Natal 25 OUT : : 20h TEATRO CASA DA RIBEIRA

23


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: Virginie Meigne

artes visuais

office de diffusion et d'information artistique

24

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Accidens Groupe Entorse (Caen - França) INTEGRANTE DA PROGRAMAÇÃO DO FRANCEDANSE BRASIL2016

A simplicidade do conjunto enfatiza os dois elementos fundamentais desta peça: a música, magneticamente onipresente, emergindo ao vivo a partir das plataformas sonoras de Raphaëlle Latini e o atormentado corpo contorcido de Samuel Lefeuvre. Industriais, metálicos, repetitivos sons perfuram um espaço banhado em luz minguante ou em momentos de escuridão total. O olho distingue um corpo vestido de branco cujos membros tentam se afastar do chão. A dançarina se endireita - imperceptivelmente, desajeitadamente - como se bombardeada por ondas elétricas como um robô em

45 min

L

La Simplicidad de la puesta refuerza los dos elementos principales de la obra: la música, magnéticamente omnipresente, que emerge en vivo del tocadiscos de Raphaëlle Latini, y el cuerpo atormentado y contorsionado de Samuel Lefeuvre. Sonidos industriales, metálicos y repetitivos atraviesan el espacio bañado por una luz menguante o conducen momentos de oscuridad plena. El ojo distingue un cuerpo vestido de blanco cuyas extremidades intentan apartarse del piso: el bailarín se potencia - imperceptiblemente - como si fuese bombardeado por ondas magnéticas, como si fuese robot. La frágil verticalidad que logra se transforma en el símbolo de la resiliencia, imagen encarnada de la urgencia vital que conduce a los seres humanos y los hace levantar otra vez, hasta el final.

disfuncionamento. Com a vitalidade fragilizada, ele consegue se transformar no símbolo da resiliência, imagem encarnada desse impulso vital que move os seres humanos e os faz levantar de novo, até o fim.

The simplicity of the set emphasizes the two fundamental elements of this piece: the music, magnetically omnipresent, emerging live from Raphaëlle Latini’s turntables, and the tormented, contorted body of Samuel Lefeuvre. Industrial, metallic, repetitive sounds pierce a space bathed in waning light or drive moments of total darkness. The eye distinguishes a white-clad body whose limbs try to pull away from the ground. The dancer straightens up - imperceptibly, awkwardly - as though bombarded by electric waves like a “disfunctioning” robot. The frail verticality he achieves becomes the symbol of resilience, incarnate image of that vital urge which drives humans and makes them stand up again, until the end..

FICHA TÉCNICA Coreografia e dança: Samuel Lefeuvre. Música ao vivo e plataformas sonoras: Raphaëlle Latini. Desenho de luz: Nicolas Olivier.

Buenos Aires

Recife

26 OUT : : 21h

03 NOV : : 19h

CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN (SALA ALBERDI)

TEATRO APOLO

25


dança música

www.cenacumplicidades.com

FOTO: Raymond-Gruaz

artes visuais

26

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

One one one Cia Ioannis Mandafounis (Genebra - Suíça)

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

ATÉ

120 min

L

Os artistas traduzem emoções do público, transformamnas para enviá-las de volta em forma de dança. One One One sugere uma relação específica para o público, diferente de uma performance de teatro. Os bailarinos assumem o espaço do público como um campo para experimentação e não representação. Os artistas se envolvem fisicamente e mentalmente desestabilizando uma ideia de realidade, dando-os uma oportunidade de explorar seus limites ou suas relações para transgressão. Los artistas traducen las emociones del público, las transforman para enviarlas de vuelta en forma de danza. One One One sugiere una relación específica para el público, diferente de una performance hecha para el teatro. Los intérpretes asumen el espacio público como un campo de experimentación y no representación. Los intérpretes se envuelven físicamente y mentalmente desestabilizando una cierta idea de realidad, dándoles la oportunidad de explorar sus límites o su relación con la transgresión. FICHA TÉCNICA The artists translate emotions from the audience, transform them to send them back in a dancing envelope. One One One suggests a specific relation to the audience, different from theater performances. The performers take over the audience space as a field for experimentation and non-representation. The performers engage physically and mentally destabilizing an idea of reality, giving them an opportunity to explore their limits or their relationship to transgression.

Natal

Coreografia: Ioannis Mandafounis e Aoife McAtamney. Dançarinos: Ioannis Mandafounis e Emilia Giudiceli. Produção: Mélanie Fréguin. Produzido pela: Cia Ioannis Mandafounis. Coproduzido por: PrairieMigros Cultural Percentage, Tanzfest 2015. Apoiado pela: Cidade de Genebra, Estado de Genebra, Swiss Arts Council Pro Helvetia, Corodis, Lottery Romande.

Olinda

26 OUT : : 16h

29 OUT

30 OUT

RUA JOÃO PESSOA-CIDADE ALTA

ALTO DA SÉ 15h30 : : One One One 17h30 : : Aninha Martins 18h30 : : CariCat’s 19h : : Los Mambo Jambo

ALTO DA SÉ 15h30 : : Contacto sonoro 16h : : One one one

27


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: Jorge Echeteber

artes visuais

28

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Otra Frecuencia Audioperformance para dois BiNeural-MonoKultur (Córdoba - Argentina | Alemanha)

45 min

12

Uma obra interativa para duas pessoas. Cada par / dupla escuta nos fones de ouvido instruções de quatro personagens de ficção. A obra combina suspense, intriga e ficção científica. Os atores são os próprios espectadores que, em duplas, empreendem viagens bem diferentes, ousando alterar sua percepção do mundo a cada momento. Para entrar, basta colocar os fones e apertar o “play” no mp3. A partir daí, cada um dos espectadores / participantes começa a transitar Foto: Jorge Echeteber

pelas vivências de um personagem virtual, cada um com uma missão a cumprir que envolve o outro.

Una obra interactiva para dos personas. Cada pareja / dupla escuchará con auriculares instrucciones de cuatro personajes de ficción. La obra combina suspenso, intriga y ciencia ficción. Los actores son los propios espectadores que en duplas emprenden viajes bien diferentes osando a cambiar su percepción del mundo a cada rato. Para entrar, basta con colocarse los auriculares y poner “play” en el mp3. A partir de ahora, cada uno de los espectadores / participantes empieza a transitar por las vivencias de un personaje virtual, cada uno con una misión a cumplir que implica al otro.

An interactive work for two people. Each couple / pair listen with headphones to the instructions of four fictional characters. The piece combines suspense, intrigue and science fiction. The spectators themselves are the actors, each of which, although in pairs, take very different trips, with their perception of the world constantly being put in doubt. To enter, just put the headphones on and press “play” on the mp3 player. From then on, each spectator / participant enters the world of a virtual character, both of whom have a mission that involves the other.

FICHA TÉCNICA Conceito, roteiro e direção: Christina Ruf e Ariel Dávila (BiNeuralMonoKultur). Vozes: Carlos Morelli, Manuela Afonso, Ieltxu Martínez Ortueta, Vanessa Bruno. Design sonoro e música: Guillermo Ceballos. Tradução para o português: Daniel Gonzalez Xavier.

Recife 27 OUT : : 11h às 14h PAÇO ALFÂNDEGA “A cada 10 minutos, uma dupla inicia a sua participação. Nas três horas, podem circular 36 pessoas.”

29


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: ERIC GOMES

artes visuais

30

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Como manter-se vivo? Flávia Pinheiro (Recife - Brasil)

50 min

16

“Como manter-se vivo?” investiga a relação do corpo com a tecnologia e a urgência de permanecer em movimento como um procedimento de sobrevivência. Um questionamento de como nos relacionamos com a imaterialidade das relações propostas pelos dispositivos e a certeza da nossa impermanência. Como continuar em movimento? Como resistir ao desequilíbrio e à instabilidade da existência? Como persistir no tempo? Uma prática circular que, por não desistir, sucumbe à falha eterna e

“Como manter-se vivo?” investiga la relación del cuerpo con la tecnología y la urgencia de permanecer en movimiento como un procedimiento de supervivencia. Un cuestionamiento de cómo nos relacionamos con la inmaterialidad de las relaciones propuestas por los dispositivos y la certeza de nuestra impermanencia. ¿Cómo seguir en movimiento? ¿Cómo resistir al desequilibrio y a la instabilidad de la existencia? ¿Cómo persistir en el tiempo? Una práctica circular que, por no desistir, sucumbe la eterna e inherente falla de la materia.

“Como manter-se vivo?” investigates the relationship between body and technology. Also, the urge of keep on moving as a method of survival. A question of how we relate to the immateriality of relations proposed by devices and the certainty of our impermanence. How to keep on moving? How to resist the imbalance and instability of existence? How to persist over time? A circular practice that, for not giving up, succumbs to the eternal and inherent flaws of the matter.

Foto: lEANDRO oLIVAN

inerente da matéria.

FICHA TÉCNICA Concepção: Flávia Pinheiro e Leandro Olivan. Direção, coreografia e interpretação: Flávia Pinheiro. Programação: Leandro Olivan. Coaching: Peter Michael Dietz. Desenho sonoro: Leandro Olivan. Desenho de luz: Pedro Vilela. Designer gráfico: Guilherme Luigi. Produção: Flávia Pinheiro e Pedro Vilela. Realização: Coletivo Mazdita.

Recife 27 e 28 OUT : : 20h TEATRO HERMILO BORBA FILHO

31


dança música

www.cenacumplicidades.com

artes visuais

fotoS: FLAVIANA OX

REALIZAÇÃO:

32

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Adorno da realidade Cia Lamira Artes Cênicas (Palmas - Brasil) Inspirado nas ideias expressas pelo filósofo alemão Theodor Adorno, Adorno da Realidade é um espetáculo solo que transpassa pelo universo da dança, do teatro e da performance. A partir da utilização de jogos, recursos corporais e visuais, instiga-se a crítica à nossa realidade pós-guerra. O espetáculo busca evidenciar nossa imagem

35 min

14

Inspired by the ideas expressed by German philosopher Theodor Adorno, Adorno da Realidade is a solo that transcends the universes of dance, theater and performance. The piece offers a critique of our post-war reality. It tries to highlight our image of human beings as goods and not as autonomous individuals. Adorno da Realidade makes an allusion to World War II Concentration Camps and to nowadays manipulated society.

enquanto seres humanos como meios de mercadoria e não como indivíduos autônomos. Na cena, Adorno da Realidade faz alusão aos campos de concentração da II Guerra Mundial e à manipulação sofrida do ser, passível, da atualidade. O espetáculo propõe jogos de manipulação da cena

The piece proposes scene manipulation games by the audience, removing the role of spectator from them and, instead, giving them the possibility of really modifying the reality presented by the dancer, the actor, the scenery, the lighting and the costume. This situation makes each show different and unique.

pela plateia, retirando-a do seu papel de espectador e possibilitando-a ser modificadora “REAL” da realidade apresentada tanto pelo bailarino, quanto pelo ator/ manipulador, cenário, iluminação e figurino. Essa situação faz com que cada apresentação do espetáculo seja única e diferenciada.

Inspirado en las ideas del filósofo alemán Theodor Adorno, Adorno da realidade es un solo que traspasa el universo de la danza, del teatro y de la performance. A partir de la utilización de juegos, recursos corporales y visuales, propone una crítica a nuestra realidad post-guerra. El espectáculo busca evidenciar nuestra imagen de seres humanos como medio de mercadería y no como individuos autónomos. En la escena, Adorno da Realidade hace una alusión a los campos de concentración de la Segunda Guerra Mundial y a la manipulación del ser, pasible, de la actualidad. La obra propone un juego de manipulación de la escena por el público, sacándole del rol de espectador y dándole la posibilidad modificadora “REAL” de la realidad presentada tanto por el bailarín, cuanto por el actor/manipulador, escenografía, iluminación y vestuario. Esta situación hace que cada función sea única y diferenciada.

FICHA TÉCNICA Coreografia: João Vicente. Figurino: Silma Dornas. Iluminação: Lúcio de Miranda. Cenário: Cláudio Montanari. Música (especialmente composta): Heitor Oliveira.

Recife

Natal

28 OUT : : 19h

30 OUT : : 18h

TEATRO APOLO

ESPAÇO A3

33


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: lEANDRO oLIVAN

artes visuais

34

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Contacto sonoro Colectivo Mazdita com Leandro Olivan e Flávia Pinheiro (Buenos Aires - Argentina | Recife - Brasil) Contacto sonoro é uma intervenção urbana com um dispositivo sonoro. Ao ser gerado um contato, um grande circuito analógico entre os corpos é construído, propondo uma possibilidade de lidar com a tecnologia que resgata o humano e amplia as sensações e a percepção. O circuito fecha quando duas ou mais pessoas entram em contato com as mãos ou qualquer outra parte do corpo produzindo um ruído. A intervenção utiliza ações que estão inseridas no cotidiano e tem um caráter íntimo, utilizando em geral

50 min

L

“Contacto Sonoro” is an urban intervention with a sound device. When contact takes place, a large analog circuit is built between the bodies, suggesting a possibility of dealing with technology which takes back humanness and expand feelings and perception. The circuit is closed when two or more people come into contact with the hand or any other body part generating noise. The performance is built around daily actions which are therefore intimate, using basic actions that prioritizes touch and micro-movements. In some cases, the performer could go unnoticed if not for the noise caused by the touch of these bodies in motion and in transit.

ações básicas que priorizam o toque e os micromovimentos. Em alguns casos, a performer poderia passar desapercebida se não fosse o ruído gerado pelo toque destes corpos em movimento e em trânsito.

“Contacto Sonoro” es una intervención urbana con un dispositivo sonoro. Al ser generado un contacto, un gran circuito analógico es construido entre los cuerpos, proponiendo una posibilidad de lidiar con la tecnología que rescata el humano y amplía las sensaciones y la percepción. El circuito se cierra cuando dos o más personas entran en contacto con la mano y alguna otra parte del cuerpo produciendo un ruido. El trabajo utiliza acciones que están insertadas en la cotidianidad y tiene un carácter íntimo, utilizando acciones básicas que priorizan el toque y los micro-movimientos. En algunos casos, la performer podría pasar desapercibida si no fuera el ruido generado por el toque de estos cuerpos en movimiento y en tránsito.

FICHAT TÉCNICA Criação e performance: Flávia Pinheiro. Dispositivo: Leandro Olivan. Produção: Colectivo Mazdita.

Olinda 29 OUT : : 8h30 e 15h TERMINAL XAMBÁ Contacto sonoro

30 OUT ALTO DA SÉ 15h30 : : Contacto sonoro 16h : : One one one

35


dança música

www.cenacumplicidades.com

36

www.facebook.com/CenaCumplicidades

Fotos: Renata Pires

artes visuais


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Esquartejada Show da cantora Aninha Martins (Recife - Brasil) Com sua voz marcante e interpretação visceral, Aninha Martins vem conquistando cada vez mais o público pernambucano e se destacando na cena cultural do Recife. Para a cantora (que também é atriz), subir ao palco é transcender. No show “Esquartejada”, o público pode conferir uma proposta bem delineada de show-espetáculo e se nutrir de um momento síntese, de transformação e entrega. Em seu repertório, músicas próprias, parcerias e canções de amigos compositores como German Ra, Anaíra Mahin, Hugo Coutinho, Karla Linck. Na jornada musical desde 2007, Aninha estudou canto popular e música brasileira no Conservatório Pernambucano de Música e, em sua trajetória, fez parte das bandas Sabiá Sensível,

45 min

L

With her special voice and visceral interpretation, Aninha Martins has been winning hearts among the cultural scene of Recife. For the singer (who is also an actress) being on stage is to transcend. In “Esquartejada”, the audience can see an well defined idea of showperformance and feed of a unique moment of transformation and surrender. In her repertoire are her own music, collaborations and songs by composers friends such as German Ra, Anaíra Mahin, Hugo Coutinho, Karla Linck. Being in musical journey since 2007, Aninha studied singing and Brazilian traditional music in the Pernambuco Conservatory of Music and was part of the bands Sabiá Sensível, Malvados Azuis, D’Mingus e a Fantástica Kazoo Orquestra e Matheus Mota e Grupo Varal. In 2013, she debuted as an actress in the musical “Caxuxa”, by João Falcão, with the group Duas Companhias (PE), with the actresses Lívia Falcão e Fabiana Pirro.

Malvados Azuis, D’Mingus e a Fantástica Kazoo Orquestra e Matheus Mota e Grupo Varal. Em 2013, também estreou como atriz no musical “Caxuxa”, de João Falcão, pelo grupo Duas Companhias (PE), das atrizes Lívia Falcão e Fabiana Pirro.

Con su voz característica e interpretación visceral, Aninha Martins se resalta en la escena cultural de Recife. Para el cantante (que también es actriz), presentar el concierto es trascender. En su concierto “Esquartejada”, el público puede mirar una propuesta de showespectáculo y se nutrir de un momento especial, de transformación y entrega. En su repertorio, músicas propias, conjuntas y canciones de compositores amigos como German Ra, Anaíra Mahin, Hugo Coutinho, Karla Linck. En trabajo musical desde 2007, Aninha estudió canto y música popular brasileña en Conservatório Pernambucano de Música, y, en su carrera, participó de las bandas Sabiá Sensível, Malvados Azuis, D’Mingus e a Fantástica Kazoo Orquestra e Matheus Mota e Grupo Varal. En 2013, también debutó como actriz en el musical “Caxuxa”, de João Falcão, con el grupo Duas Companhias (PE), de las actrizes Lívia Falcão e Fabiana Pirro.

Voz principal: Aninha Martins. Vocais: Hugo Coutinho e Aline Borba. Guitarra: Rodrigo Padrão. Baixo: Victor Giovanni. Teclado: Hugo Coutinho. Flauta: Aline Borba. Bateria: Iezu Kaeru. Produção: Iezu Kaeru.

Olinda 29 OUT ALTO DA SÉ 15h30 : : One one one 17h30 : : Aninha Martins 18h30 : : CariCat’s 19h : : Los Mambo Jambo

37


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: Brunno Martins

artes visuais

38

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Caricat’s Entre Nós Coletivo de Criação (Natal-Brasil)

15

min

L

“Nada mais é do que a possibilidade de brincar com situações indecifráveis, incoerentes e híbridas na sua forma contextual”. Essa obra foi criada para buscar soluções para o que possa vir a acontecer. Nada é definitivo. Tudo parece inacabado e burlesco. Uma obra clownesca.

“Nada más que la posibilidad de jugar con las situaciones indescifrables, incoherentes e híbridos de una manera contextual”. Este trabajo fue creado para encontrar soluciones a lo que se puede suceder. Nada es definitivo. Todo parece inacabado y burlesco. Una obra de clown.

“It’s nothing more than the possibility of playing with indecipherable, incoherent and hybrid situations in a contextual way”. This work was created to find solutions to what might happen. Nothing is definitive. Everything seems unfinished and burlesque. A clownish work.

FICHA TÉCNICA Direção: Diana Fontes. Coreografia: Marcelo Moacyr. Iluminação: Rocha Iluminações. Sonoplastia: De Oliveira Produções Musicais. Fotografia e Design Gráfico: Brunno Martins. Elenco: Andreia Melo, Ana Carolina ou Bianca Dore, Francisco Junior, João Alexandre Lima, Meyrielle Gonçalves e Tházio Menezes. Projeto contemplado pela Prefeitura do Natal através do Programa Djalma Maranhão e Unimed Natal. 

Olinda 29 OUT ALTO DA SÉ 15h30 : : One one one 17h30 : : Aninha Martins 18h30 : : CariCat’s 19h : : Los Mambo Jambo

39


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: David Ruano

artes visuais

40

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Jambology Show da banda Los Mambo Jambo (Barcelona - Espanha) Jambology é o título do terceiro trabalho da banda Los Mambo Jambo, que continua explorando as possibilidades do rock and roll instrumental, trazendo os êxitos colhidos em seus inflamados concertos. A banda passeia por cenários nacionais da Espanha e também internacionais. Em Jambology, Los Mambo Jambo atacam com temas originais com sumerjiendose no rock instrumental, o surf e o Rhythm and blues. O resultado é uma mescla sugestiva e única que constitui o som “jambofônico”. Neste novo disco, Los Mambo Jambo

75 min

L

Los Mambo Jambo continues exploring the possibilities of instrumental rock & roll after the success of their amazing concerts. Now they drop their third album “Jambology”. After crossing national and international stages with their two previous albums, Los Mambo Jambo attacks with their third album with original songs that continue immersing into instrumental rock, surf and rhythm & blues. The result is a suggestive and unique blend that constitutes the “jambofónico sound.” With the new album, los Mambo Jambo draw with rude but witty strokes these pocket symphonies that do not need words to explain extraordinary stories. The group carries out one of the best live shows that can be seen nowadays in Spain, full of attitude, precision and commitment.

desenham com traços rudes, mas engenhosos, estas sinfonias de bolso que não necessitam de palavras para explicar histórias extraordinárias. O grupo protagoniza um dos melhores shows que se pode ver atualmente na Espanha, destilando atitude, precisão e compromisso.

Los Mambo Jambo continuan explotando las posibilidades del rock & roll instrumental. Tras los exitos recogidos en sus inflamados directos. Ahora llega su tercer disco, “Jambology”. Tras pasearse por

FICHA TÉCNICA Sax: Dani Nel·lo. Guitarra: Hector Martin. Contrabaixo: Ivan Kovacevic. Bateria: Anton Jarl.

escenarios nacionales e internacionales con sus dos discos anteriores, Los Mambo Jambo atacan en esta tercera entrega con temas originales que continuan sumerjiendose en el rock instrumental, el surf y el rythm & blues. El resultado es una mezcla sugerente y única que constituye el “sonido jambofónico”. En el nuevo LP, Los Mambo Jambo dibujan con trazos rudos pero ingeniosos estas sinfonias de bolsillo que no necesitan palabras para explicar historias extraordinarias. El grupo protagoniza uno de los mejores directos que se puede ver actualmente en España, destilando actitud, precisión y

Olinda 29 OUT

Natal 01 NOV : : 22h

ALTO DA SÉ 15h30 : : One one one 17h30 : : Aninha Martins 18h30 : : CariCat’s 19h : : Los Mambo Jambo

ATELIÊ BAR

compromiso.

41


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: Frank Boulanger

artes visuais

42

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Hyperterrestres Benoît Lachambre & Fabrice Ramalingom (Montreal - Canada | Montpellier - França) INTEGRANTE DA PROGRAMAÇÃO DO FRANCEDANSE BRASIL2016

60 min

L

Ramalingom e Lachambre procuram o que está contido nos fundos terrestres. O processo espetacular é um movimento que oscila entre a resistência e a fusão. O relaxamento acalma o corpo que parece querer se entregar ao esgotamento do transe. Fabrice a « metamorfose », Benoît a « irradiação», o encontro dual se torna incontornável. Ruídos de corpos cheios de tensões terrestres.

Ramalingom y Lachambre buscan lo que está contenido en el fondo terrestre. El proceso espectacular es un movimiento que oscila entre la resistencia y la fusión. La relajación calma el cuerpo que parece querer entregarse al agotamiento del trance. Fabrice la “metamorfose”, Benoît la “irradiación”, el encuentro dual se vuelve inevitable.

Lachambre and Ramalingom look for what is contained in the deep earth. The spectacular process is a movement that oscillates between resistance and fusion. Relaxation calms the body that seems to surrender to the exhaustion of trance. Fabrice the “metamorphose” and Benoît the “irradiation”, the dual encounter becomes inevitable.

FICHA TÉCNICA Coreografia, interpretação: Benoît Lachambre e Fabrice Ramalingom. Composição e performance música ao vivo: Hahn Rowe. Assistente e dramaturgo: Matthieu Doze. Cenografia: Emmanuelle Debeusscher. Luz: Maryse Gautier. Figurinos: Alexandra Bertaut. Coach vocal: Su-Feh Lee. Direção técnica: Romain de Lagarde. Técnico de palco: Franck Bataillé. Patrocínios / Apoios: Festival Montpellier Danse (France), Festival TransAmériques à Montréal (Canada), CDC Uzès Danse (dans le cadre de la résidence R.A.M.a 2012-2015, France), Musée de la Danse – Centre chorégraphique national de Rennes et de Bretagne (France), Centre chorégraphique national de Franche Comté à Belfort (France), Ménagerie de Verre (France), CALQ subsidido de ajuda à coprodução international (Canada). Com o apoio da l’Usine C dans le cadre de son programme d’artistes en résidence de création. Com o apoio do l’Institut Français.

Natal

Recife

29 OUT : : 20h

01 NOV : : 19h

TEATRO MUNICIPAL DE PARNAMIRIM

TEATRO APOLO

43


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: EDEN BARBOSA

artes visuais

REALIZAÇÃO:

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

44

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Encanta o meu jardim Rosa Primo (Fortaleza - Brasil) Este espetáculo é fruto do projeto de pesquisa da bailarina e professora Rosa Primo, denominado “Dance, uma conversa”. A pesquisa, premiada pela Secretaria de Cultura de Fortaleza, teve como centralidade o encontro, durante quatro dias, com três jovens coreógrafos do Ceará: Andréia Pires, Luiz Otávio e Marcio Medeiros. A partir desses encontros, Rosa Primo teria em sua corporeidade dançante elementos possíveis para pensar e propor um corpo em potência, possível de existir em termos de diferenças e de singularidades. O “Encanta o meu jardim” partiu não somente do desejo de encontros a fim de responder a demandas variadas, mas do desafio de tentar apresentar um recorte preciso de um conjunto disperso. Entender no corpo esse processo é vivenciar a busca de uma singularidade só possível porque é diferente em si mesma. Partes, pedaços, restos compõem uma vida, um tempo, um jardim que se reinventa continuamente e mantém o encanto e o estranhamento.

40 min

L

El trabajo “Encanta o meu jardim” surge no sólo del deseo de encuentros con la finalidad de responder a necesidades variadas, pero del desafío de intentar presentar un recorte preciso de un conjunto disperso. Entender el cuerpo en este proceso es experimentar la búsqueda de una singularidad que es posible solamente porque es diferente en sí misma. Partes, pedazos, restos componen una vida, un jardín que se reinventa continuamente y mantiene el encanto y el extrañamiento.

This work was born from dancer Rosa Primo’s research called “Dança, uma conversa”. This research was awarded by the Ministry of Culture of Fortaleza and its focal point is a meeting of four days, with three young choreographers from Ceará: Andreia Pires, Luiz Otavio and Marcos Medeiros. From these meetings, Rosa Primo would have in her corporeality possible elements to think and propose a potential body, possible to exist in terms of differences and singularities. The work “Encanta meu jardim” arises not only from the desire of meeting in order to answer lots of questions, but from the challenge of trying to present a precise cut of a loose collection. Understanding the body experience in this process is to find a uniqueness that is possible only because it is different in itself. Parts, pieces, detritus make up life, a garden that continually reinvents and maintains charm and estrangement. FICHA TÉCNICA

Esta obra nació del proyecto de investigación de la bailarina Rosa Primo, llamado “Dance, uma conversa”. La investigación, premiada por la Secretaría de Cultura de Fortaleza, tiene como punto central el encuentro, durante cuatro días, con tres jóvenes coreógrafos de Ceará: Andréia Pires, Luiz Otávio y Marcos Medeiros. A partir de estos encuentros, Rosa Primo tendría en su corporalidad elementos posibles para pensar y proponer un cuerpo en potencia, posible de existir en términos de diferencias y de singularidades.

Concepção e performance: Rosa Primo. Direção artística: Rosa Primo, Andréia Pires. Direção de palco: Ernesto Gadelha. Luz: Walter Façanha. Operação: Nelson Albuquerque. Fotografia: Alex Hermese Eden Barbosa. Música: Roberto Carlos. Texto e fala: Arthur Primo Gadelha. Figurino: Andréia Pires, Aldeiza Moura. Colaboradores na pesquisa: Andréia Pires, Márcio Medeiros, Luiz Otávio. Produção: Pavilhão da Magnólia. Produtor Executivo: Jota Júnior Santos. Assessoria de Imprensa: Aline Conde. Projeto Gráfico: Quintal Estúdio de Criação.

Natal 29 OUT : : 20h

Recife 02 NOV : : 19h

ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA Encanta o meu jardim

TEATRO HERMILO BORBA FILHO Fua, Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

30 OUT : : 19h

03 NOV : : 20h

ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

TEATRO HERMILO BORBA FILHO Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

45


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: pATRÍCIA aRAÚJO

artes visuais

REALIZAÇÃO:

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

46

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Intérpretes em crise Clarice Lima e Aline Bonamin 40 min

(Fortaleza | São Paulo - Brasil) Intérpretes em Crise questiona o lugar do intérprete na contemporaneidade, problematiza a formação do “Intérprete Incrível” e chora as condições dadas para a criação e difusão de um espetáculo de dança contemporânea. O trabalho passeia pela memória de dança das bailarinas, resgatando e projetando tempos que viveram ou que gostariam de ter vivido para falar da crise do fazer da dança,

L

“Intérpretes em crise” questions the place of the interpreter in contemporaneity. It also discusses the ‘incredible performer’ training and is saddened by the conditions for the creation and dissemination of contemporary dance pieces. The work goes through the memory of the dancers’ dance, rescuing and projecting past times they lived or they would like to have lived to talk about the crisis in the dance scene, the mad desire to dance, their love for the dance and other clichés. Dancing hurts.

da vontade louca de dançar, do amor à dança e também de outros clichês. Dançar dói. FICHA TÉCNICA “Intérpretes em Crise” cuestiona el lugar del intérprete en la contemporaneidad, problematiza la formación del ‘intérprete increíble’ y llora las condiciones dadas para la creación y la difusión de obras de danza contemporánea. El trabajo pasea por la memoria de la danza de las bailarinas, rescatando y proyectando tiempos que vivieron o que les gustarían haber vivido para hablar de la crisis del quehacer de la danza, la voluntad loca de bailar, el amor por la danza y también otros clisés. Bailar duele.

Direção e Concepção: Clarice Lima. Criação, Coreografia e Performance: Clarice Lima e Aline Bonamin. Figurino: Clarice Lima e Aline Bonamin. Criação de Luz: Clara Rubim e Clarice Lima. Operação de Luz: Clara Rubim. Colaboração: Cristian Duarte, Tarina Quelho e Carolina Mendonça. Produção e Realização: Clarice Lima & Gente Fina, Elegante e Sincera. Co-produção: Lote. Apoio: Casa do Povo. Apoio Figurino: Onitsuka Tiger e Agência Lema. Agradecimentos: Renan Costa Lima, Cristian Duarte e Lote, Benjamin Seroussi e Casa do Povo, Carol Mendonça, Tarina Quelho, Júlia Rocha, Leandro Berton, Patrícia Araujo, Rosana Mara e MTD 2007.

Natal

Recife

João Pessoa

30 OUT : : 19h

02 NOV : : 19h

ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

TEATRO HERMILO BORBA FILHO Fua, Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

05 NOV : : 20h 06 NOV : : 19h

31 OUT : : 20h

03 NOV : : 20h

Intérpretes em crise

Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

ESPAÇO PARALELO

47


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: Letícia Nabuco

artes visuais

REALIZAÇÃO:

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015

48

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

AUDIOVISUAL

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Hedonês

Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Juiz de Fora | Rio de Janeiro - Brasil)

14 min

16

Um convite à intimidade, uma dança, um ensaio sobre o erotismo. Qual é atualmente o espaço de prazer desejado pela mulher com mais de 50 anos? O que lhes é permitido pela sociedade? Hedonês é um projeto artístico que explora o universo do erotismo feminino na maturidade, em tempos em que a ditadura da juventude e do photoshop se mostra cada vez mais severa. Videoperformance para oito espectadores por sessão.

Una invitación a la intimidad, una danza, un ensayo sobre el erotismo. ¿Cuál es actualmente el espacio de placer deseado por la mujer con más de 50 años? ¿Qué les está permitido en la sociedad? Hedonês es un proyecto artístico que explora el universo del erotismo femenino de la madurez, en tiempos en que la dictadura de la juventud y del Photoshop se muestra cada vez más severa. Video-performance para ocho espectadores por sesión.

This is an invitation to intimacy, a dance, an essay about eroticism. What is the space dedicated to pleasure for a 50-year-old woman? What is permitted for her? Hedonês is an artistic project that explores the universe of mature women eroticism, mainly nowadays with Photoshop and youth dictatorship. This work is a video-performance for eight people each session..

FICHA TÉCNICA Direção: Leticia Nabuco. Concepção cênica: Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile. Intérpretes: Angela Nabuco, Bia Berredo, Dasi Prem, Jacqueline Lopes, Maria das Dores de Souza, Marieta Bernardino, Marisa Maria Nunes, Nratyo Prem, Raquel Novelino. Vídeos, gravação e concepção: Leticia Nabuco e Raíssa Ralola. Edição: Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile. Finalização de imagem e som: Bruno dos Santos. Coordenação de oficina: Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile. Fotos: Bruno dos Santos, Leticia Nabuco. Realização: Diversão & Arte Espaço Cultural.

João Pessoa 01 NOV : : 11h, 11h30, 12h, 12h30, 14h, 14h30, 15h, 15h30, 16h e 16h30 GALERIA DE ARTE LAVANDEIRA (CCTA – UFPB - Campus I Castelo Branco III Bloco B) Hedonês – videoperformance (para 08 espectadores)

01 NOV : : 17h GALERIA DE ARTE LAVANDEIRA (CCTA – UFPB - Campus I Castelo Branco III Bloco B) Hedonês – Conversa aberta ao público

49


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: Inês Correa

artes visuais

REALIZAÇÃO:

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

50

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Homem torto Eduardo Fukushima (São Paulo - Brasil) “Homem Torto” é uma dança não simétrica que sugere um corpo frágil, mas com o vigor dos fortes. É uma dança que une opostos como a dureza e a leveza, a fragilidade e a força, o estar perto e longe do público, o equilíbrio e o desequilíbrio, movimentos fluidos e cortados, o dentro e o fora do corpo. É uma dança que passa aos olhos do público. É passagem, é

40 min

10

“Homem torto” is a non-symmetrical dance that suggests a fragile body, but with the vitality of the strong. It is a dance that unites opposites such as hardness and lightness, fragility and strength, being close to and away from the audience, balance and imbalance, fluid and cut movements inside and outside the body. It is a dance that takes place in front of the audience eye. It’s a landscape, it’s a walk, it’s a trip, it’s insistence, it is naked and raw movement.

caminhada, é ir, é insistência, é movimento nu e cru. “Homem Torto” é a mais recente criação em dança contemporânea de Eduardo Fukushima com música composta por Tom Monteiro. Esta dança foi criada, em 2013, especificamente para uma sala de jantar de um antigo monastério renascentista, na Fondazione Giorgio Cini, localizada em Veneza (Itália). Foi recriada em 2014 para ser apresentada em espaços alternativos.

“Homem torto” is the latest creation in contemporary dance by Eduardo Fukushima with music composed by Tom Monteiro. This dance number was created in 2013 specifically for the dining room of a former Renaissance monastery, in the Fondazione Giorgio Cini, located in Venice (Italy). It was rebuilt in 2014 to be presented in alternative spaces. The show was developed during a year of residence in Taiwan, under the guidance of the director of the Cloud Gate Dance Theatre, Lin Hwai Min, through the Rolex Mentor & Protégé Arts Initiative award.

O espetáculo foi desenvolvido durante um ano de residência do autor em Taiwan, sob a orientação do diretor do Cloud Gate Dance Theatre, Lin Hwai Min, por meio do prêmio Rolex Mentor & Protégé Arts Initiative. “Homem Torto” es una danza no-simetrica que suciere un cuerpo fragil, pero con el vigor de los fuertes. Es una danza que une opuestos como la dureza y la levedad, la fragilidad y la fuerza, estar cerca y lejos del público, el equilibrio y el desequilibrio, movimientos fluidos y cortados, dentro y fuera del cuerpo. Es una danza que pasa a los ojos del público. Es pasaje, es caminada, es ir, es insistencia, es movimiento desnudo y crudo. “Homem Torto” es la obra de danza contemporánea más reciente de Eduardo Fukushima con música compuesta por Tom Monteiro. Esta danza fue creada, en 2013, específicamente para un comedor de un antiguo monasterio renacentista, en la Fondazione Giorgio Cini, en Venecia (Italia). Fue recreada en 2014 para ser presentada en espacios alternativos. La obra fue desarrollada durante un año de residencia del autor en Taiwán, bajo la orientación del director del Cloud Gate Dance Theatre, Lin Hwai Min, por medio del premio Rolex & Protégé Arts Initiative.

FICHA TÉCNICA Direção Artística, Criação e Dança: Eduardo Fukushima. Orientação: Lin Hwai Min. Composição musical: Tom Monteiro. Criação de Luz: Hideki Matsuka. Artistas colaboradores: Beatriz Sano, Julia Rocha e Hideki Matsuka. Operação de luz e som e montagem: Calu Zabel. Figurino: Eduardo Fukushima. Fotos: Inês Correa. Criação material gráfico: Ana Elisa Carramaschi. Apoiadores: Rolex Mentor& Protégé Arts Initiative, lote #3 e Casa do Povo. Agradecimentos: A toda equipe da Cloud Gate Dance Theatre of Taiwan, a comunidade de Tai chi Dao Yin em Taiwan.

Natal 01 NOV : : 20h

Recife 04 NOV : : 20h

ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA

TEATRO HERMILO BORBA FILHO

51


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: Eva Fariñas

artes visuais

52

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Nije Federica Folco (Montevidéu - Uruguai)

40 min

10

Tudo está aí em cada instante, órgãos, pensamentos, medos, sangue, por que não espíritos e deuses. Federica Folco convida o público para ver uma coreografia do pensamento, que também é corpo. Desorganiza limites e juízos, porque necessita que sejamos outros. Empurra-se e move-se à borda de mil possibilidades corporais para modificar o estado e a percepção, e que isso a permita viver outra experiência. Para existir, a bailarina tem que abandonar-se a ser, mas para viver tem que ser alguém, para ser alguém tem que ter um osso, não ter medo de mostrá-lo e de passo perder a carne. Para viver tem que respirar, para rir tem que abrir a boca e de passo mostrar a língua.

Todo está ahí en cada instante, órganos, pensamientos, miedos, sangre, porque no espíritus y dioses. Te invito a ver una coreografía del pensamiento, que también es cuerpo. Desorganizo límites y juicios porque necesito que seamos otros. Me empujo a moverme al borde de mis posibilidades corporales para modificar el estado y la percepción, y que esto me permita vivir desde otra experiencia. Para existir tengo que abandonarme a ser, pero para vivir tengo que ser alguien, para ser alguien tengo que tener un hueso, no tener miedo de enseñarlo y de paso perder la carne. Para vivir tengo que respirar, para reírme tengo que abrir la boca y de paso mostrar la lengua. FICHA TÉCNICA Everything is there at every moment, organs, thoughts, fears, blood, why not spirits and gods. I invite you to watch a choreography of thought, which is also body. I disorganize limits and judgments, because I need us to be others. I push myself and move my body to the edge of thousands of possibilities in order to change the status and perception. I hope it allows me to live another experience. To exist I have to let me be, but I live, I’ve got to be someone, to be someone I’ve got to have bones and not to be afraid to show them and incidentally lose the flesh. To live I have to breathe, to laugh I have to open my mouth and, while at it, show my tongue.

Direção: Federica Folco. Dança: Sofia Lans. Trabalho sonoro: Fernando Goicoechea e Federica Folco. Desenho de luz: Ivana Dominguez e Federica Folco. Federica Folco é artista residente em Casarrodante.

Recife 01 NOV : : 20h TEATRO HERMILO BORBA FILHO

53


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: Eva Fariñas

artes visuais

54

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Fua Federica Folco (Montevidéu - Uruguai)

60 min

14

Somos bilhões de células, reações químicas, fluidos, gases, matéria fecal, tecidos, transitando por um caminho de insistências. Buscamos chegar a estados que distorcem nossos sistemas perceptivos habituais. Agora a ação é a atenção, o afeto se esparrama e a língua é língua. O tempo, o ser e a necessidade de nomear se diluem. O sensível do coletivo reivindica visceralmente possibilidades. Encarnamos a carne e incitamos nossos desejos e pulsações para que nos empurrem, sem medo, a viver outra experiência. Nós que estamos aqui somos a matéria onde se dispersa esta insurreição. Sinta-se convidado.

Somos billones de células, reacciones químicas, flluidos, gases, bacterias, materia fecal, tejidos transitando un camino de insistencias. Buscamos llegar a estados que distorsionen nuestros sistemas perceptivos habituales. Ahora la acción es la atención, el afecto se desparrama y la lengua es lengua. El tiempo, el ser y la necedad de nombrar se diluyen. Lo sensible del colectivo reivindica visceralmente posibilidades, encarnamos la carnes e incitamos nuestros deseos y pulsiones para que nos empujen sin miedo a vivir desde otra experiencia. Los que estamos aquí somos la materia donde se despliega esta insurrección, estas invitado.

We are billions of cells, chemical reactions, liquids, gases, bacteria, faeces, tissues going through a path of insistences. We seek to reach states that distort our usual perceptual systems. Now action is attention, affection spreads and tongue is language. The time, the being and the necessity of naming dilute. The sensible collective claims viscerally possibilities, embody the meat and we encourage our desires and impulses that push us to live another experience without fear. Those who are here are the matter where this uprising unfolds. Be my guest.

FICHA TÉCNICA Direção: Federica Folco. Assistência: Sofia Lans. Fotografia: Eva Fariñas. Processo de criação realizado no marco do Programa de Residencias de Casarrodante 2015.

Recife 02 NOV : : 19h TEATRO HERMILO BORBA FILHO Fua, Intérpretes em crise e Encanta o meu jardim

55


dança música

www.cenacumplicidades.com

Fotos: Juliana Gennari

artes visuais

REALIZAÇÃO:

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

56

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Plongée Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo - Brasil)

35 min

L

Plongée é uma dança “site-specific” que toma a biblioteca como contexto para ser investigado e subvertido em suas relações, arquitetura, objetos e sons. Atravessando de forma poética o cotidiano deste espaço, as performers tecem um espaço onírico, um rasgo no tempo.

Plongée es una danza “site-specific” que toma la biblioteca como contexto para ser investigado y subvertido en sus relaciones, arquitectura, objetos y sonidos. Atravesando de forma poética la cotidianeidad de estos espacios, las performers tejen un espacio onírico, una rotura en el tiempo.

Plongée is a site-specific dance that takes the space of a library as context to be investigated and subverted in its relations, architecture, objects and sounds. Crossing the place’s everyday situations with poetic forms, the performers weave an oneiric space, a break in time.

FICHA TÉCNICA Intérpretes|criadoras: Ilana Elkis e Joana Ferraz. Trilha Sonora ao Vivo: Ricardo Vincenzo. Produção: Viviane Bezerra. Artistas convidadas do encontro/conversa: Clarissa Sacchelli e Carmen Morais. Preparação corporal: Juliana Moraes e Ricardo Iazzetta. Fotografias: Juliana Gennari. Realização: Fundação Nacional das Artes – FUNARTE.

Olinda 03 NOV : : 15h 04 NOV : : 15h e 17h BIBLIOTECA PÚBLICA DE OLINDA

57


dança música

www.cenacumplicidades.com

Foto: valeria Fiorini

artes visuais

58

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Turbio Carla Di Grazia (Buenos Aires - Argentina) TURBIO nasce dentro de um processo de trabalho de Carla Di Grazia que derivou em um ciclo de solos chamado “Manifesto”, na cidade de Buenos Aires, Argentina, junto aos seus colegas de dança Sebastião Soares, Pablo Castronovo e Alina Folini. Para a realização dos solos, os artistas se perguntaram: Como manifestar o que está latente? Que forças movem-se sós? Carla se perguntou: O que quero mostrar? O que quero que se manifeste? Potência – Resistência – Limites – Entrega – Medos – Tempo - Morte. Depois de tantas perguntas, esta frase de Merce Cunningham serviu como um guia: “A paixão

20 min

L

“TURBIO nace dentro de un proceso de trabajo que derivó en un ciclo de solos llamado “Manifiesto”, en la ciudad de Buenos Aires, Argentina, junto a mis colegas Sebastiao Soares, Pablo Castronovo y Alina Folini. Para la realización de nuestros “solos” nos preguntábamos: ¿Cómo manifestar lo que esta latente?¿Qué fuerzas mueven al solo? Yo me pregunté: ¿Qué quiero mostrar? ¿Qué quiero que se manifieste? Potencia-ResistenciaLimites-Entrega-Miedos-Tiempos-Muerte. Después de tantas preguntas esta frase me sirvió como guía: “La pasión de mostrar todos los aspectos de una cosa al mismo tiempo”, de Merce Cunningham. La danza se me manifiesta de este modo. El movimiento tiene tantas facetas y caretas que depende de cada cuerpo expuesto, depende de cada experiencia concibiendo las ideas... esta es la mia”. Por Carla Di Grazia.

de mostrar todos os aspectos de uma coisa ao mesmo tempo”. A dança se manifesta para Carla deste modo... O movimento tem tantas facetas e máscaras que depende de cada corpo exposto, depende de cada experiência concebendo as ideias.

TURBIO was born during a work process, leading to a solo cycle called “Manifesto” in Buenos Aires, Argentina, with my colleagues Sebastiao Soares, Pablo Castronovo and Alina Folini. During the development of our pieces we wondered: How to manifest what is latent? Which forces move a dance solo? And I wondered: What do I want to show? What do I want to manifest? Power-Resistance-Limits-Delivery-Fears-Time-Death. After so many questions this phrase guided me: “The passion to show all aspects of one thing at the same time”, Merce Cunningham. The dance manifested itself to me like that. Movement has many facets and masks that depend on each exposed body, each experience conceiving ideas ... this is mine. By Carla Di Grazia.

FICHA TÉCNICA Ideia e interpretação: Carla Di Grazia. Desenho original de luz: Alfonsina Stivelman. Desenho sonoro: Kchi Homeless. Foto: Valeria Fiorini.

Recife 04 NOV : : 19h TEATRO APOLO

59


dança música

www.cenacumplicidades.com

FotoS: PILAR BOYLE

artes visuais

60

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

De cómo estar con otros Celia Argüello (Buenos Aires - Argentina) Ao estar frente ao outro tivemos que nos deter. Pensamos que era possível nos desligar do contexto, abstrair-nos. Acontece então de novo, o corpo como experiência finita nos esbarra com o hábito, o social, os laços, o gesto. Um interrogante sobre a relação com o outro, um plano de

48 min

L

Al estar frente al otro tuvimos que detenernos. Pensamos que era posible desentendernos del contexto, abstraernos. Acontece entonces de nuevo, el cuerpo como experiencia finita nos topa con el hábito, lo social, los lazos, el gesto. Un interrogante sobre la relación con el/lo otro, un plan de ejecución, un devenir de acciones o una miscelánea de significantes. Estar con otros, es en definitiva un intento de no estar solos.

execução, um transformar de ações ou uma miscelânea de significantes. Estar com outros é, definitivamente, uma tentativa de não estar só.

When we had to face each other, we had to stop. We thought it was possible not to be aware about the context, to abstract. Then it happens again, body as finite experience crush against us with the habit, the social, ties, gesture. A question about the relationship with/the other, an implementation plan, a becoming of shares or a miscellany of signifiers. Being with others, it is definitively an attempt to not be alone.

FICHA TÉCNICA Interpretação e criação: Andrés Molina, Celia Argüello Rena, Pablo Castronovo. Assistência de direção e criação: Romina Padoan. Assistência geral: Juan Pablo Gomez. Assistência de produção: Sofia Etcheverry. Iluminação espaço: Matías Sendón. Figurino: Estefanía Bonessa. Realização de figurino: Patricio Delgado. Música e preparação vocal: Mauricio Mayer. Ideia e direção: Celia Argüello Rena. Esta obra foi realizada mediante subsídio do Instituto para el Fomento de la Actividad de la Danza no Oficial del Ministerio de Cultura del Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires 2014.

Recife 05 NOV : : 20h TEATRO HERMILO BORBA FILHO

61


dança música

www.cenacumplicidades.com

FotoS: Ana Rosa Benavides | Josué Arispe Tejada

artes visuais

62

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Caminos Cia PUCKLLAY (Lima - Peru) Proposta cênica multidisciplinar e testemunhal de criação coletiva. Inspirada nas histórias reais das famílias de “Lomas de Carabayllo”, um enorme assentamento humano, habitado por gente emergente e trabalhadora, localizado na periferia de Lima em situação de risco devido a múltiplos fatores. “Caminos” explora o tema da migração desde as províncias à cidade de Lima. O argumento conta a história, sonhos, ilusões e dificuldades de oito migrantes que, impulsionados por diversas necessidades, decidem deixar suas terras e partir para a capital, com o objetivo de buscar um futuro melhor. Todos eles, com rumos diferentes e sem se conhecer, compartilham

50 min

12

Multidisciplinary performance and testimonial of a collective creation. Inspired by true stories of families from Lomas de Carabayllo, a huge human settlement, inhabited by emerging and hardworking people, located in Lima’s periphery at risk due to multiple factors. “Caminos” explores the theme of migration from the countryside to the city of Lima. The plot tells the story, dreams, hopes and difficulties of eight migrants that driven by different needs decide to leave their land and go to the capital city, aiming for a better future. Each one of them with different experiences and without knowing each other, share a common goal. Traveling these roads, they will find a reality they did not projected. And only through struggle will they overcome these barriers and achieve their goals.

o mesmo propósito. Transitando por estes caminhos, eles se deparam com uma realidade diferente da que eles haviam projetado. Mas só a luta constante permitirá que eles vençam essas barreiras e alcancem o objetivo desejado. Propuesta escénica multidisciplinaria y testimonial de creación colectiva. Inspirada en las historias reales de las familias de Lomas de Carabayllo, un enorme asentamiento humano, habitado por gente emergente y trabajadora, ubicado en la periferia limeña en situación de riesgo debido a múltiples factores. Caminos, explora el tema de la migración desde las provincias a la ciudad de Lima. El argumento cuenta la historia, sueños, ilusiones y dificultades de ocho migrantes que impulsados por diversas necesidades deciden dejar sus tierras y partir hacia la capital, con el objetivo de buscar un mejor futuro. Todos ellos com rutas diferentes y sin conocerse, comparten un mismo objetivo. Transitando estos caminos se encuentran con una realidad distinta a la que se habían proyectado. Pero solo la lucha constante permitirá que logren vencer esas barreras y alcanzar el objetivo deseado.

FICHA TÉCNICA Direção artística e pedagógica: Anabelí Pajuelo Valdez. Direção e composição musical: Omar Ponce Valdivia. Assessoria em coreografia e movimento: Cori Cruz. Assessoria musical de atores: Omar Ponce, Hernán Felipa y Guillermo Vásquez. Assessoria de sapateado: Luis Antonio Vílchez. Assessoria de danças peruanas: Melvin Quijada. Intérpretes: Rosa Mallma Velásquez, Joselyn Ortiz Huamán, Juan Anyosa Cueva, Miguel Ángel Figueroa Malca, Henrry Gutiérrez Toribio, Luis Velásquez Velásquez, Nicole Carrión Castillo, Alexandra Vilca Chipana. Registro fotográfico: Ana Rosa Benavides / Josué Arispe Tejada. Produção executiva: Ximena Gutiérrez. Produção geral: PUCKLLAY.

Recife 06 NOV : : 16h TEATRO APOLO

63


dança música

www.cenacumplicidades.com

artes visuais

atividades de formação 64

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Residência Artística E TÉCNICA DO

Overseas Culture Interchange Dança Sem Fronteiras projeto de Mélanie Fréguin e Arnaldo Siqueira (Suíça-Brasil) Duas residências destinadas a bailarinos de dança contemporânea e luminotécnicos. A primeira é dividida em duas fases: uma com dois Workshops (cada um com 5 dias de duração) e a outra com a Criação Artística (com 17 dias de duração). Nesta última fase, três participantes são selecionados para o trabalho História/Contêiner. A segunda residência acontecerá no Teatro de Cultura Popular

Two residencies were designed for contemporary dancers and lighting technicians. The first one is divided in two phases: Workshop (four-day) and Artistic Creation (19 days). This last phase will be carried out through the selection of workshop participants. This residency will be divided in two groups: one at the Federal University of Rio Grande do Norte and the other in Sala Gira Dança. Each group can have up to 15 participants. The second residency will take place in the Popular Culture Theatre Chico Daniel (TCP), cultural place of the State Government, José Augusto Foundation, from 17 to 21 October, also for 15 participants.

Chico Daniel (TCP), equipamento cultural do Governo do Estado, Fundação José Augusto, em outubro.

Número de vagas (vacancy): 30 Inscrição obrigatória com CV (uma pag.): até 20 de setembro pelo e-mail inscricoescenacumplicidades@gmail.com (colocar no assunto: Residência Artística e Técnica do Overseas Culture Interchange)

Natal - Residência Artística FASE 1 WORKSHOP

26 a 30 SET : : 10h às 13h30 ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA Turma 1 (15 vagas)

26 a 30 SET : : 14h30 às 18h UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Departamento de Artes Turma 2 (15 vagas) FASE 2 CRIAÇÃO ARTÍSTICA APRESENTAÇÃO DO RESULTADO História/Contêiner

Mandatory inscription with CV (one page.): until Sepetember 20th, by sending an e-mail to inscricoescenacumplicidades@gmail.com (subject: Residência Artística e Técnica do Overseas Culture Interchange)

Produção: Overseas Culture Interchange e CumpliCidadesAssociação de Artistas Integrados Parceiro: Festival Cena CumpliCidades, UFRN-DEART-PPGArC, Palco Gira Dança, Teatro de Cultura Popular-TCP, Fondation Fluxum, Flux Laboratory

03 a 21 OUT : : 10h às 18h

Patrocínio: Pro Helvetia, Fundação Suíça para a Cultura-Estado

ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA Obs: intervalo de 1h para almoço

de Genebra, Artlink. Realização

24 de outubro : : 20h ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

65


www.cenacumplicidades.com Residência de criação

“Fua / la lengua de nuestras posibilidades” com Federica Folco e assistência de Sofia Lans (Montevidéu - Uruguai) Esta residência tem como objetivo realizar a montagem da

Conteúdo: Em Fua, será utilizada a experiência cinética que

obra “FUA / la lengua de nuestras posibilidades”, com artistas

cada um tem para buscar um resultado coletivo complexo,

locais. No processo, questões concretas tais como: mente-

com diversidade de propostas e conhecimentos. Por meio

corpo, a dicotomia herdada e a linguagem como eterna

da improvisação serão criadas lógicas que permitem acionar

mediadora. Cartografia da mente, movimento e afetos. O afeto

um coletivo e a ideia do corpo como um todo - linguagem,

como ferramenta de subversão para uma política somática.

signo, voz, respiração, presença, peso, sentidos. Cada ação

Coreografar o movimento da mente, da voz e da linguagem.

estará habitada por sensações, emoções, pensamentos e

This residence aims to perform the number “FUA / la lengua de nuestras posibilidades” with local artists. In the process, specific issues such as: mind-body dichotomy and the inherited language as eternal mediator. Mind cartography, movement and affections. Affection as an instrument of subversion for somatic policy. To choreograph the movement of mind, voice and language.

Público de interesse: Artistas ligados à dança e ao trabalho corporal. Target audience: Artists related to dance and body work.

Número de vagas (vacancies): 30. Inscrições: pelo e-mail inscricoescenacumplicidades@gmail. com (colocar no assunto: Residência de criação Fua) To apply: send an e-mail to inscricoescenacumplicidades@gmail.com (subject: Residência de criação Fua)

espiritualidades particulares. Além do fluxo contínuo entre a linguagem e a ação. Os estados corporais serão complexados do coletivo para poder transitar em um território onde os impulsos, desejos e necessidades emerjam e se apropriem do presente. A insurreição do sensível, por uma política do somático. Content: In Fua, the kinetic experience that each person has will be used to seek a complex collective result with diverse proposals and knowledge. Through improvisation, arguments will be created that allow to put in action a collective and the idea of the body as a whole language, sign, voice, breathing, presence, weight, sense. Each action will be inhabited by feelings, emotions, thoughts and private spiritualities. In addition to the continuous flow between language and action. The bodily states will be part of the collective to be able to transit in a territory where the impulses, desires and needs emerge and live the present. A sensitive insurrection by a somatic policy.

Recife 25, 26, 27, 28, 29 e 31 OUT : : 14h às 18h MUSEU DE ARTES AFRO-BRASIL ROLANDO TORO

02 NOV : : 19h TEATRO HERMILO BORBA FILHO Vivência

66

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

OFICINA

“O Corpo Fora – criação através do movimento” com Sebastião Soares (Recife-Brasil) O objetivo do trabalho é proporcionar ferramentas básicas para a composição da cena e de uma dramaturgia através do movimento. Partindo do trabalho diário prático (e da apreciação de outros como os de Fabrice Ramalingom, Samuel Lefrève e Raphaelle Latini, estes do Groupe Entorse), o principal foco será pensar no movimento físico, e suas diversas relações com o espaço e os outros corpos, estimulando a pesquisa

Oficina

“Educar Para uma Dança Sustentável” com Darlyson de Albuquerque (Recife-Brasil)

individual de uma corporalidade própria para a cena na

Abordagem teórica de conteúdos gerais e essenciais da dança

construção do trabalho performático e sua apreciação.

apresentando-a como área de conhecimento artístico a jovens

Público de interesse: bailarinos, performers, atores, atrizes, diretores de teatro e coreógrafos. Nº de vagas: 15 E-mail para inscrição: inscricaocenacumplicidades@gmail.com

Recife 27 OUT a 01 NOV : : 9h às 12h e 13h às 16h MUSEU DE ARTES AFRO-BRASIL ROLANDO TORO

adolescentes de escolas públicas, à luz, principalmente, do projeto France Dance Brasil 2016, notadamente contemplando os trabalhos Conférence Dansée (sobre História da Dança), Accidens e Hyperterrestres e motivando os jovens a assisti-los. Consiste em um trabalho informativo de mediação cultural e formação de plateia. Público de interesse: jovens estudantes da rede pública Nº de vagas: 15 E-mail para inscrição: inscricaocenacumplicidades@gmail.com

Recife 27 OUT a 10 NOV : : 8h30 às 11h3 ESCOLA MARÍZIA

Realização

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

67


www.cenacumplicidades.com Oficina

“Pesquisa Corporal com Rosa Primo” Rosa Primo (Fortaleza - Brasil)

16

Rosa Primo é bailarina e professora dos Cursos de Dança da Universidade Federal do Ceará. Doutora, com estágio de um ano (2008) no Curso de Dança da Universidade Paris 8 (França), tendo como foco em suas pesquisas as questões que envolvem a corporeidade dançante. Também é graduada em jornalismo pela PUC de Campinas – São Paulo. Rosa Primo é líder do Grupo de Pesquisa concepções Filosóficas do Corpo em Cena (CNPq), membro da Association des Chercheurs en Danse e coordenadora do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – Pibid.Dança (CAPES). Foi coordenadora de dança da Secretaria de Cultura de Fortaleza (SECULTFOR) e autora do livro “A dança possível: as ligações do corpo numa cena”. Rosa Primo is a dancer and professor at the Federal University of Ceará. She has a Phd and spent an one-year internship (2008) in the University of Paris 8 (France), focusing her research on the issues surrounding the dance corporeality. She also holds a degree in journalism from the Catholic University of Campinas - Sao Paulo. Rosa Primo is the leader of the research group on the philosophical conceptions of the body in scene (CNPq), a member of the Association des Chercheurs en Danse and coordinator of the Institutional Program Grant on Teaching - Pibid (CAPES). She was the coordinator of Secretaria de Cultura de Fortaleza (SECULTFOR) and author of “ A dança possível: as ligações do corpo numa cena”.

Conteúdo: Estudo e experimentação das possibilidades expressivas do gesto na construção cênica e do ato de improvisação, a forma e sua dinâmica no espaço; o estudo da força da gravidade e suas conexões com os apoios internos e externos; a exploração das qualidades expressivas do movimento em função da combinação dos elementos relacionados ao espaço, ao ritmo, à força e à fluência, bem como suas interferências nos gestos cotidianos; o estudo dos impulsos e dinâmicas da dança. Content: Study and experimentation of expressive possibilities of gesture in the scenic construction and improvisation, the shape and its dynamics in space; study of gravity and its connections with internal and external support; the exploration of the expressive qualities of movement depending on the combination of elements related to space, rhythm, strength and fluency, as well as their interference in daily gestures; the study of impulse and dance dynamics.

​Público de interesse: artistas e estudantes das artes, professores, arte educadores, comunidade em geral, com idade a partir dos 16 anos. Target audience: artists and students of the arts, professors, educators, community groups, aged from 16 years.

Número de vagas (vacancy): 15. Inscrições (applitacion): pelo e-mail (send an e-mail to) inscricoescenacumplicidades@gmail.com. Colocar no assunto (subject): Oficina Pesquisa Corporal Rosa Primo

Natal 28 OUT : : 14h às 17h

Recife 31 OUT : : 19h às 22h

ESCOLA DE DANÇA DO TEATRO ESPAÇO ENDANÇA ALBERTO MARANHÃO

68

REALIZAÇÃO:

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

La Conférence Dansée “Uma história singular da dança” contada e dançada por Fabrice Ramalingom (Montpellier - França)

45 + min

L

INTEGRANTE DA PROGRAMAÇÃO DO FRANCEDANSE BRASIL2016

O objetivo desta “história singular da dança” é oferecer ao público conhecimentos históricos e convidá-lo a apreciar a dança contemporânea. Fabrice Ramalingom evocará momentos da arte coreográfica, passando por Louis XIV e indo até os dias atuais. Ele exibirá vídeos de coreógrafos e de coreografias célebres que fundaram o pensamento da dança, dos modernos aos contemporâneos. Fabrice Ramalingom falará de seu percurso singular e se colocará em cena evocando as figuras emblemáticas que o inspiraram, de John Travolta a Trisha Brown, de Claude François (o Roberto Carlos francês) ao coreógrafo dos anos 80 Dominique Bagouet, e assim transmitir os fundamentos que constituem o que é a dança contemporânea hoje. Fabrice terminará a sua fala com uma improvisação. Fabrice Ramalingom é bailarino, coreógrafo, pedagogo, conselheiro artístico, formado pelo Centro Nacional de Dança Contemporânea de Angers/França.

The goal of this “singular history of dance” is to provide historical information and invite the public to appreciate contemporary dance. Fabrice Ramalingom evokes some moments of choreographic art from Louis XIV until today. He will show videos of famous choreographers and choreographies that founded the thought of dance, from Modern to Contemporary Dance. Fabrice Ramalingom discusses his unique path and will be on the stage evoking emblematic figures who have inspired him, from John Travolta to Trisha Brown, from Claude François to the 80s choreographer Dominique Bagouet, in order to give basic information on what contemporary dance is. Fabrice ends his talk with an improvisation. Fabrice Ramalingom is a dancer, choreographer, teacher, artistic adviser, and got his degree from the National Center of Contemporary Dance in Angers/France.

El objetivo de esta “historia singular de la danza” es ofrecer al público información histórica e invitarlos a apreciar la danza contemporánea. Fabrice Ramalingom evocará momentos del arte coreográfico, pasando por Luis XIV hasta los días actuales. Él exhibirá videos de coreógrafos y de coreografías celebres que fundaron el pensamiento de la danza, de los modernos hasta los contemporáneos. Fabrice Ramalingom hablará de su trayecto singular y estará en la escena evocando las figuras emblemáticas que le han inspirado, de John Travolta a Trisha Brown, de Claude François al coreógrafo de los años 80 Dominique Bagouet, para así trasmitir los fundamentos fundamentales que constituyen lo que es la danza contemporánea hoy. Fabrice terminará su charla con una improvisación. Fabrice Ramalingom es bailarín, coreógrafo, pedagogo, consejero artístico, recibido por el Centro Nacional de Danza Contemporánea de Angers/Francia.

simultânea: Astrid Toledo. Vídeo e técnica: Christophe Goutes.

Indicado para interessados na história e na arte da dança FICHA TÉCNICA Criação e interpretação: Fabrice Ramalingom. Tradução

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

Natal 28 OUT : : 18h

Recife 31 OUT : : 19h30

João Pessoa 02 NOV : : 19h

ALIANÇA FRANCESA

ALIANÇA FRANCESA

USINA CULTURAL ENERGISA (sala Vladimir Carvalho)

69


www.cenacumplicidades.com Oficina

“Dançar Dói” com Clarice Lima e Aline Bonamin (Fortaleza | São Paulo - Brasil) A Residência Artística Dançar Dói é um ambiente de troca

Conteúdo: Como base de treinamento, serão utilizadas as

e prática reflexiva que convida profissionais e estudantes

técnicas de dança contemporânea Flying Low e Passing

de dança a mergulharem no universo do espetáculo

Through criadas por David Zambrano (Venezuela/ Amsterdam).

“Intérpretes em Crise”, com o desejo de pensar formação, criação e difusão em dança. Durante este período, Clarice Lima e Aline Bonamin irão compartilhar ferramentas, procedimentos e referências que dialogam com essa crise do dançar para juntos refletir, discutir e problematizar o quê e como jovens criadores estão produzindo dança hoje

Content: moviment training with contemporary dance technique Flying Low and Passing Through (created by David Zambrano Venezuela|Netherlands)

Público de interesse (target audience): profissionais ou estudantes de dança (dance professional or students). Número de vagas (vacancy): 15.

em diferentes contextos.

Inscrições: pelo e-mail inscricoescenacumplicidades@gmail. The Art Residency “Dancing Hurts” is a trading environment and reflective practice that invites professionals and dance students to immerse themselves in the universe of the play “Interprétes em Crise” and to think about dance training, creation and dissemination. During this period, Clarice Lima and Aline Bonamin will share tools, procedures and references that dialogue with the dancing crisis so that together the participants can reflect and discuss what and how young creators are producing dance today in different contexts.

com (colocar no assunto: Oficina Dançar Dói) Applications: send an e-mail to inscricoescenacumplicidades@gmail.com (Subject: Oficina Dançar Dói)

REALIZAÇÃO

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

Natal

Recife

João Pessoa

29 OUT : : 9h30 às 13h30 31 OUT : : 9h30 às 13h30

02 NOV : : 10h às 14h

04 NOV : : 18h às 22h 05 NOV : : 10h às 14h

ESCOLA DE DANÇA DO TEATRO ALBERTO MARANHÃO

70

ESPAÇO ENDANÇA

ESPAÇO PARALELO

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Oficina

“Contato Sonoro: Construção de Drawdio” com Flávia Pinheiro e Leandro Olivan (Recife - Brasil | Buenos Aires – Argentina) O drawdio é um circuito eletrônico fácil de fazer que

Objetivo: Gerar um dispositivo sonoro eletrônico com baixo

permite converter objetos como pincéis, pessoas, plantas,

pressuposto. Introduzir elementos de eletrônica básica

água e desenhos em instrumentos sonoros eletrônicos

necessários para a construção do dispositivo. Possibilitar

que se podem tocar com as mãos ou qualquer outra parte

relações entre música desenho e movimento. Aproximar o

do corpo. Conectados a um lápis, podemos fazer música

toque e a experimentação através do som das práticas de

tocando os desenhos. É um sintetizador que gera oscilações

cada um.

sonoras com qualquer meio condutor de eletricidade. A

Objective: Create a low cost device. Introduce basic electronic elements mandatory for making the device. Make relations between music and design movement possible. Approach touch and experimentation through everyone’s sound practices.

oficina, ministrada por Flávia Pinheiro e Leandro Olivan, ensina a construir o circuito e explica o seu funcionamento. O circuito será montado sobre uma placa de madeira sem soldar, em um lápis e outros objetos. A oficina se dá com uma explicação teórica e a construção prática do dispositivo pelos participantes. Reservamos um momento ao final para a experimentação.

Conteúdo: Fundamentos básicos de eletrônica (o que é um elétron e como se comportam); Unidades de medidas práticas (Ohm, Ampere, Watt, Volt); Resistências, carga, potência; Lei de Ohm; Funcionamento do Integrado 555, das resistências, dos capacitores, da bateria, sensores entre outros.

The drawdio is an easy electronic circuit that allows the conversion of objects such as brushes, people, plants, water and drawings into electronic sound instruments that you can touch with your hands or any other body part. Connected to a pencil, we can make music playing the drawings. It is a synthesizer that generates sound vibrations with any electrically conductive medium. The workshop, with Flavia Pinheiro and Leandro Oliván, teaches how to build the circuit and explains its operation. The circuit will be assembled on a wooden board without soldering, in a pencil and other objects. The workshop is followed by a theoretical explanation and practical assembly of the device. We will dedicate a time at the end of the workshop for experimentation.

Content: basic electronics (what are electrons and how they behave); Units of practical measures (Ohm, Ampere, Watt, Volt); Resistance, load, power; Ohm’s law; the workings of 555 IC, resistors, capacitors, battery, sensors and others.

Público de interesse: Jovens com idade entre 12 e 17 anos. Não é necessário ter conhecimento prévio em música e eletrônica. Target audience: young people aged between 12 and 17 years. You do not need prior knowledge in music and electronics.

Número de vagas (vacancies): 15.

Olinda 29 OUT : : 10h às 14h CENTRO CULTURAL DO XAMBÁ

71


www.cenacumplicidades.com

dança música

Oficina

Hedonês Com Leticia Nabuco e Tatiana Devos Gentile (Juiz de Fora | Rio de Janeiro - Brasil)

artes visuais

Um convite a mulheres com mais de 50 anos que queiram explorar sua relação com o universo do erotismo. A oficina trabalha com momentos de prática corporal, leitura de textos, exibição de vídeos e troca de experiências pessoais.

dança música

Ao longo dos encontros são abordadas a possibilidade de

transformar-se a partir de um ato de criação, a descoberta

e invenção de éticas e estéticas alternativas às trazidas pela mídia massificada, a criação de um ambiente de autonomia, respeito, escuta e prazer.

artes visuais

An invitation to women over 50 who want to explore their relationship with eroticism. The workshop works with moments of body practice, reading texts, videos and exchange of personal experiences. Over the meetings will be discussed the relation between the creation act and changing oneself because of it; discovery and invention of alternative ethical and aesthetic against the mainstream ones, creating an environment of autonomy, respect, listening and enjoyment.

Público de interesse (target audience): Mulheres a partir dos 50 anos (women over 50 years old). Número de vagas (vacancies): 15.

dança

música

artes visuais

João Pessoa 03, 04 e 05 NOV : : 9h às 13h UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (Centro de Comunicação, Turismo e Artes - Bl. C – Sala 15) REALIZAÇÃO

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015

72

dança música artes visuais

www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

Oficina

“Plongée – Dança nas Bibliotecas do Brasil” Com Ilana Elkis e Joana Ferraz (São Paulo-Brasil)

16

Esta oficina tem como objetivo abordar o conceito de

Público de interesse (public interest): artistas, estudantes e

site specific sob a perspectiva da dança. Por meio de

interessados, a partir de 16 anos de idade (artists, students and

três encontros, as artistas vão fazer alguns exercícios

stakeholders from 16 years old).

práticos e teóricos que abordem aspectos vinculados especificamente ao trabalho Plongée, mas que também

Número de vagas (vacancies): 20.

convide o participante a uma reflexão crítica e ampla com relação ao conceito de dança site specific. As artistas farão práticas que despertem o corpo e seus sentidos e que agucem um olhar para o espaço da biblioteca, levando em consideração sua arquitetura, seus objetos, frequentadores e etc. Com isso, o participante será estimulado a construir relações com o espaço e construir motes de pesquisa que venham a lhe interessar.

dança

TThis workshop aims to study site-specific concept through the perspective of dance. Through three games, the artists will do some practical and theoretical exercises that address aspects related specifically to Plogée work, but also invite the participant to a critical and broad reflection about the concept of site-specific dance. The artists will be training in order to awaken their body, its senses, and their vision about the library space, considering its architecture, its objects, patrons, etc. Thus, the participant will be encouraged to establish relationships with the space and to create researches subjects they find interesting..

Recife 03 e 04 NOV : : 9h às 13h EDIFÍCIO TEXAS (Espaço do grupo Magiluth)

música

artes visuais

REALIZAÇÃO

Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014

dança música artes visuais

73


www.cenacumplicidades.com

ENDEREÇOS Apresentações : : Atividades de Formação NATAL ESPAÇO CULTURAL GIRA DANÇA Rua Frei Miguelinho, 100 – Ribeira Tel: +55 (84) 3322-4900 ESCOLA DE DANÇA DO TEATRO ALBERTO MARANHÃO Rua Chile, 106 - Ribeira Tel: + 55 (84) 3232-9726 ALIANÇA FRANCESA Rua Potengi, 459 - Petrópolis Tel: + 55 (84) 3222-1558 ESPAÇO A3 Rua Frei Miguelinho, 90C - Ribeira TEATRO MUNICIPAL DE PARNAMIRIM Av. Castor Vieira Régis, 268 - Bairro da Cohabinal UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Departamento de Artes Av. Sen. Salgado Filho, 3000 - Lagoa Nova Tel: +55 (84) 3215-3131 RUA JOÃO PESSOA-CIDADE ALTA

BUENOS AIRES CENTRO CULTURAL SAN MARTÍN Sarmiento 1551, Capital Federal - Buenos Aires - Argentina Tel: +54 (11) 4374-1251 CENTRO CULTURAL PACO URONDO 25 de mayo, 201 - Buenos Aires Tel: +54 (11) 4342-5922

RECIFE TEATRO APOLO Rua do Apolo, 121, Bairro do Recife. Tel: +55 (81) 3355-3320/3321

74

TEATRO HERMILO BORBA FILHO Cais do Apolo, s/n, Bairro do Recife Tel: +55 (81) 3355-3320/3321 PAÇO ALFÂNDEGA Rua da Alfândega, 35, Bairro do Recife Tel: +55 (81) 3194-2100 MUSEU DE ARTES AFRO-BRASIL ROLANDO TORO Rua Mariz e Barros, 328, Bairro do Recife ESPAÇO ENDANÇA Rua Jerônimo de Albuquerque, 187 - Casa Forte +55 (81) 3267-5025

OLINDA ALTO DA SÉ Rua Bispo Coutinho (nas proximidades da Igreja da Sé, da Caixa D’Água e do Mercado de Artesanato) BIBLIOTECA PÚBLICA DE OLINDA Av. Liberdade, 100, Carmo Tel: (81) 3305-1157 CENTRO CULTURAL GRUPO BONGAR – NAÇÃO XAMBÁ Rua Severina Paraíso da Silva, 5330, Comunidade Xambá (por trás do TI Xambá)

JOÃO PESSOA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES (CTTA) DA UFPB Universidade Federal da Paraíba - Bloco C – Sala 15 GALERIA DE ARTE LAVANDEIRA (CCTA – UFPB) Cidade Universitária - Campus I - Castelo Branco III - Bloco B ESPAÇO PARALELO Rua Maciel Pinheiro, 38 - 1º andar, João Pessoa USINA CULTURAL ENERGISA - Sala Vladimir Carvalho Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 – Tambiá Tel: +55 (83) 3221-6343 www.facebook.com/CenaCumplicidades


CENA CUMPLICIDADES • FESTIVAL 2016

Natal • Buenos Aires • Recife • Olinda • João Pessoa

EXPEDIENTE REALIZAÇÃO Associação Cultural de Artistas Integrados CumpliCidades

EQUIPE CURADORIA | PRODUÇÃO | TÉCNICA | PROGRAMAÇÕES Arnado Siqueira Brunna Martins Dado Albuquerque Eron Villar Karlilian Magalhães Sebastião Soares

PRODUÇÃO Celso Filho (Natal) Giovanna Gondim (João Pessoa) ADMINISTRAÇÃO | FINANCEIRO | CONTÁBIL Elisângela Nascimento Sandra Souza ASSISTENTES PRODUÇÃO | ADMINISTRAÇÃO Brenda Carlini Carla Mariz Carol Caldeira Juliana Teles Marília Letícia Santiago Melissa Baraúna (pré-produção) Neize de Oliveira APOIO Valdir Júnior Victor Fellipe TRANSPORTES ERC - Locação e Turismo - Roberto Cavalcanti Elite Consultoria e Viagens - Martha Coelho DESIGN GRÁFICO Clara Negreiros Guthemberg Felipe SITE Arcos Comunicação ASSESSORIA DE IMPRENSA Agência Pavio Hernán Martinez MÍDIAS SOCIAIS | PRODUÇÕES AUDIOVISUAIS Luana Cruz Morgana Narjara CIRCUITO DE ATELIÊS Ede Alves Simone Simonek PARCEIROS Umbü | Gira Dança | Cia Paralelo ENTRE EM CONTATO COM O CENA CUMPLICIDADES cenacumplicidades@gmail.com www.facebook.com/CenaCumplicidades

75


Patrocínio

APOIO CULTURAL

APOIO INSTITUCIONAL

PARCEIROS

REALIZAÇÃO

NATAL

Cena CumpliCidades catalogo 2016  

O Cena CumpliCidades é um festival de recorte internacional cada vez mais reconhecido por ter lugar paralelamente em várias cidades, fomenta...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you