Page 1

Informativo mensal da Caixa beneficente da Policia Militar do Rio de Janeiro

CBPMERJ Ano 0- nº 05 - Presidente: Cel. Pedro Chavarry - www.cbpmrj.com.br

Beneficios em dia

Meta da direção da CBPMERJ é alcançar um total de R$ 2 milhões pagos em benefícios até o final do ano. Veja a listagem do mês de Setembro. Pág 4

Obras no Alferes

Outubro / 2010

Nova direção recorre à justiça para impedir repasse à UNASP

Instituição desconta do associado mas recusa realizar sepultamento CBPM firmou contrato com funerária e assumiu prestação do serviço

Parcerias firmadas e reordenamento orçamentário possibilitaram uma reformulação na sede da instituição em Madureira e no condomínio Alferes. Pág 15

Troca de Comando

Mudança foi determinada pelo Comandante Geral da PM, Cel. Mário Sérgio Duarte, e principal meta é reduzir a ocorrência de assalto à veículos. Pág 12

Assinap e CBPMERJ

Em visita à CBPMERJ, o presidente da ASSINAP propôs ações conjuntas entre as duas instituições para garantir serviços aos seus associados. Pág 7

ATOS OFICIAIS Acompanhe todas as informações da CBPM. Pág 14

O Presidente Pedro Chavarry comunica aos funcionários sobre ação contra UNASP e fala da dívida da instituição com processos judiciais

Demanda judicial prejudica pagamento de benefícios Caixa Familia tem recorde de atendimento

Dentista na sede de Madureira

Mais de 600 associados atenderam na primeira semana convocação para recadastramento e adesão ao novo plano de assistência da CBPMERJ. Pág 8

Parcerias que foram firmadas com instituições ligadas ao corpo de bombeiros estão viablizando a construção de um consultório dentário na sede da Caixa Beneficente em Madureira. Pág 15


O Jornal CBPMERJ é impresso em papel certificado, garantia de manejo florestal responsável, tinta ecológica elaborada com matérias-primas bioderivadas e renováveis

Outubro de 2010

ORIENTAÇÃO JURÍDICA

Página 2

Ao abrir as portas a Caixa Beneficente da Polícia Militar vai disponibilizar aos associados um serviço de orientação jurídica gratuita. Os advogados vão atender os associados com hora marcada

Palavra do Presidente

“Mil cairão ao teu lado e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido”. Salmo 91

A

usteridade, transparência, determinação e coragem para enfrentar desafios tem sido o caminho que tenho percorrido à frente da presidência da Caixa Beneficente da Polícia Militar. Enfrento neste momento uma luta árdua e desigual contra forças que insistem em continuar sugando os recursos provenientes das contribuições de nossos associados que denigrem a imagem de nossa instituição. Muitas pessoas envolvidos em irregularidades em gestões passadas aparecem neste momento transvertidas de moralizadores e tentam jogar em nossa direção maledicências que na verdade tem objetivo de criar situações com vistas a obtenção da vantagens e oportunidades futuras, uma prática que se tornava comum na CBPMERJ. Mas não compactuamos com esta prática e não aceitamos qualquer tentativa de intimidação ou de extorsão. Nossa postura nesse caso será sempre inflexível, pois nossa história de luta e comprometimento não abre brecha para outra prática que não seja esta.

Dentre as grandes batalhas que tenho enfrentado, quero destacar aquela que travo contra da malfadada UNASP ( União Nacional dos Servidores Públicos) e todos os interesses que estão por trás daquela instituição. Desde que assumi tenho empreendido esforços para livrar a Caixa Beneficente das garras desta empresa que vem sugando o dinheiro de contribuição de nossos associados. Primeiro através daquele escandaloso contrato de terceirização de benefícios, já denunciado pela imprensa e investigado pela polícia e atualmente com o funesto e maligno contrato de assistência funeral, que já denunciei e ingressei na justiça para colocar fim a esta exploração. Além disso, tenho aumentado a cada mês o pagamento dos benefícios através da adoção de uma política austera com corte de gastos desnecessários, redução da máquina administrativa e fim das mordomias. Aplicando corretamente os recursos conseguimos retomar o recolhimento regular dos encargos sociais, o que não era feito desde dezembro

de 2006 e iniciamos um plano de férias para funcionários que estavam atrasadas na maioria dos casos por quatro períodos Através de parcerias estou revitali-

zando a sede de Madureira, e a novidade deste momento é a construção de um gabinete odontológico. O condomínio Alferes Tiradentes também esta recebendo melhorias

DIA DAS CRIANÇAS

Cbpmerj presenteia filhos de funcionários no dia das crianças “Mais vale sermos expulsos do convívio dos homens que detestados pelas crianças.” (Richard Dana)

Jornal

CBPMINFORMA Edição Ano 0 Nº 04. O Jornal CBPM INFORMA é uma Publicação da Panorama comunicação da Baixada CNPJ 08219620/0001-28 Tiragem desta edição: 50.000 exemplares Distribuição gratuíta e dirigida Editora Executiva: Jania Bizarelli Editor: Leandro Gaseta Marketing: Viviane Duque Estrada Projeto Gráfico - Diagramação: Genaro Braga - 7833-3640

Contatos: PABX: (21) 2117-2000 (21) 2696-8522

www.cbpmrj.com.br e-mail: cbpmrj@cbpmrj.com.br

O Jornal CBPM INFORMA, é um produto de circulação mensal, com caráter informativo ao público em geral. Não nos responsabilizamos por opiniões e conceitos emitidos em artigos assinados. O material publicado só poderá ser reproduzido com autorização expressa da direção ou dos respectivos autores.

A

diretoria da Caixa Beneficente distribuiu presentes para os filhos dos funcionários na véspera do dia das crianças. Mais de 150 brinquedos foram comprados, de acordo com a idade de cada criança presenteada. Tinha brinquedo para todos os gostos infantis, desde bonecas e carrinhos até jogos de estratégia e raquetes de ping-pong. “É uma data muito especial, não dá para deixar passar em branco”, afirmou o presidente Chavarry Duarte. Pegos de surpresa, os funcionários agradeceram por seus filhos e demonstraram alegria ao saber que a direção da CBPM se preocupa com o bem estar da família dos funcionários. Para a coordenadora de Marketing Viviane Duque, ações como esta, envolvendo a família do funcionário, ajuda a manter a harmonia no ambiente de trabalho. “Nós passamos a maior parte do nosso tempo no trabalho, nosso ambiente aqui tem que ser harmonioso. Qual pai ou mãe não se alegra em receber presentes para os seus filhos? Isso eleva o astral de qualquer pessoa”, afirmou.

Tenho a certeza que estamos trilhando o caminho correto e que não seremos atingidos por aqueles que insistem em remeter para praticas do passado .


CBPM INFORMA - Página 03 - outubro/2010

www.cbpmrj.com.br

Ações judiciais dificultam pagamento de benefícios Nova diretoria esta evidando esforços para evitar a inviabilização financeira da Caixa Beneficente

R$

4.500.000,00 ( Quatro milhões e quinhentos mil reais) é o montante aproximado da dívida judicial em fase de execução em processos movidos por associados da Caixa Beneficente em ações de perdas e danos pelo não pagamento de benefícios e peculios. O alto valor da dívida é resultante do descumprimento das sentenças ou acordos firmados que acumularam juros e multas diárias impostas pela justiça. O levantamento minucioso deste quadro está sendo feito pelo escritório Villemor Amaral, contratado pela nova diretoria para defender a Caixa Beneficente e promover um esforço a fim de por fim as demandas judiciais. Segundo o advogado André Pimentel, coordenador da equipe juridica, as ações em fase de execução comprometem o orçamento da Caixa beneficente, pois delas se originam os bloqueios, penhora de bens e de verbas depositadas em conta corrente. O relatório revela a forma desleixada em que a situação estava sendo conduzida. Existia dividas cuja a condenação era de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para pagamento parcelado em até vinte vezes e que, em razão do descumprimento do acordo e a consequente aplicação de multas pelo juízo, o valor chegou a ser reajustado

em até 10 vezes mais, ou seja, R$ 50.000,00 (Cinquenta mil reais). O Presidente Pedro Chavarry disse que os processos em fase de execução podem inviabilizar o funcionamento da Caixa Beneficente. Segundo Chavarry, o relatório aponta ações com mandados de penhora online no valor de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) “Podemos ficar a qualquer momento sem a receita de um mês inteiro, o que tornaria a situação insustentável. A diretoria da Caixa Beneficente esteve reunida para analisar o relatório e discutir um plano de ação. Uma das decisões foi de estabalecer um plano de venda dos imóveis do condominio Alferes Tiradentes a fim de realizar um plano de acordos judiciais para acabar com os processos em execução. Diretor de Patrimonio, Mauro Silva Mendes foi encarregado de realizar um levantamento patrimonial a fim de disponibilizar bens que não estejam penhorados e que possam ser comercializados. O Diretor também iniciou entendimento com imobiliárias e financeiras para viablizar propostas de venda. “A diretoria me encarregou de tomar as primeiras providencias para apresentar um plano completo a ser submetido à aprovação do Conselho Deliberativo”, comentou Mendes.

Dados do Relatório

Débito de processos administrativos ultrapassa R$ 5 milhões Os relatórios preliminares da comissão constituída para realizar uma auditagem nos processos administrativos apontam para uma dívida de cerca de R$ 5 milhoes em Benefícios. Os valores representam o montante de processos com inadimplência de pagamento nos últimos dez anos. O Presidente Pedro Chavarry disse que este valor ainda pode crescer, mas que considera esta situação exequível. “Na esfera administrativa é mais fácil estabelecer os acordos de pagamento. Temos contado com a boa vontade dos nossos associados que entendem a situação e oferecem alternativas para o pagamento dos beneficios em atraso”. A regularização dos benefícios tem sido uma meta trabalhada de forma incansável pela nova administração. No último dia 15 de outubro quando se completou seis meses de administração, o Presidente Chavarry contabilizou o pagamento de R$ 1.680,000, 00 ( Hum milhão seiscentos e oitenta mil reais) de pagamento de beneficios. “Pagamos todos os processos de auxilio inatividade de 2010, e agora começamos em es-

cala pagar os anos anteriores. Sem falar na regularização e quitação de diversos processos de peculio e caixa de peculio”, comentou o presidente. O Diretor de beneficios Luiz Duarte tem conversado diariamente com os associados na busca de acordos para solução dos processos admistrativos, e o resultado principal destes esforços tem sido a redução significativa de novas ações contra a Caixa Beneficente.

O Presidente Pedro Chavarry e o diretor de Beneficios Luiz Duate estão empenhados na resolução dos problemas


CBPM INFORMA - Página 04 - outubro /2010

www.cbpmrj.com.br

PRESTAÇÃO DE CONTAS

500 processos administrativos de benefícios pagos em setembro

Diretoria de benefícios divulga lista de processos e planeja atingir meta de R$ 2.000.000,00 até final de dezembro O Presidente da Caixa Beneficente da Policia Militar, Pedro Chavarry Duarte anunciou que pretende alcançar até o final do ano a meta de R$ 2.000.000,00 (Dois milhões de reais) pagos em benefícios. O objetivo será Auxilio Invalidez NOMES PROC. Abraão B. dos Santos 1420/01 Adauri Furtado 1580/98 Adinei Hilario de Souza 0540/03 Aldo Barreto 0938/98 Alfeu da C. Santiago 0719/99 Aloisio Francisco da Silva 0896/95 Altamir Marinho da Silva 0079/87 Aluisio Bernardino da Silva 0280/01 Alvaro dos S. Gonçalves 1737/94 Ana Paula Lima do Nascimento 1993/99 Antonildes J. Santana 0263/98 Antonio Correia 0193/02 Antonio da Rosa Loureiro 0545/06 Antonio Horta de Carvalho 0222/06 Antonio Martins Santos 0397/01 Arakem de A. Campos 0077/01 Ariosvaldo Pereira Medeiros 1254/00 Aldinei D. Francisco 1406/02 Carlos A. Martins Santos 0751/00 Carlos Alexandre J. da Silva 1903/99 Cláudio Catalão Vidal 0416/09 Cláudio de A. Souza 0953/99 Cláudio Gonçalves da Silva 1174/01 Cleber Felix Duarte 0292/96 Daniel O. Cunha 0902/05 Djalma Domingos da Silva 0804/08 Edvaldo Montarroyos 1567/00 Edson Miguel Cortes da Silva 0981/98 Edilson da C. Nobrega 1093/01 Elisio Marra Neto 0931/99 Eduardo Pereira Fernandes 1476/95 Eugenio dos Santos 0585/07 Fabio F. Campelo 1802/00 Francisco de S. Franco 0660/06 Geraldo de Almeida 1142/87 Gilda da S. Pinheiro 0164/96 Homero Dias 1447/05 Honorio Ferreira de Mello 1536/97 Ivonild Daniel dos Santos 1485/99 Jair Gonçalves Mendes Filho 0610/93 Jair Vieira Lima 0420/02 Joaquim Cesar de Souza 0923/04 Jorge Alves Novaes 0754/01 Jorge do Nascimento Pereira 1116/99 Jorge Gonçalves de Oliveira 1653/99 Jorge Luiz da Silva 0793/04 Jorge Massa de Oliveira 0439/03 Jorge Vieira de Andrade 0445/00 José Antonio Giraldelli Gallo 0229/00 José Canuto da Silva 1045/97 José Carlos Sanches Aguiar 0186/97 José Carlos Xavier de Pina 0862/01 José da Cruz 0893/91 José de Souza Lopes 1208/01 Jose Luiz da Silva 0198/00 Jose Ricardo Fartura 1022/91 José Rodrigues Filho 0249/03 Jupiray de Carvalho 1067/99 Julio C. dos Santos 1052/97 Lauro Souza 0929/99 Leonardo Borges Brum 0712/91 Luiz Alberto de Souza 0700/08 Luiz Carlos Cherem 0626/04 Luiz Claudio Rodrigues 0336/07 Luiz Henrique Andrade Portela 1119/03 Luiz Paulo S. Duarte 0899/00 Luiz Roberto Oliveira 0145/97 Mario A. de Almeida 1757/99 Mateus Barcelos Dias 1441/96 Marcilio Lima de Freitas 1640/98 Marcus V. Ferreira Costa 0509/07 Martinho Moraes da Conceição 1411/00

alcançado com a regularização dos processos de Auxílio Inatividade do ano de 2009. “Todos os processos já foram auditados e já colocamos na programação de pagamento”, disse Chavarry. Até o momento foram pagos

Mauro de Azevedo Coutinho 1536/99 Mauro dos Santos 0382/06 Nero Ethino Sobrinho 1327/97 Nicio Maia 0147/06 Nilton Alves dos Santos 1352/94 Othon A. Costa 0605/08 Osvaldo dos Passos Mourão 0729/92 Osvaldo Vieira de Melo Filho 0812/04 Paulo Batista de Oliveira 0770/03 Paulo Cesar de Souza Marins 0889/01 Paulo Roberto de Andrade 0295/94 Paulo Roberto dos Santos 0831/90 Paulo Roberto Maciel de Souza 1318/98 Pedro Borges Pereira 1449/99 Pitágoras Pereira 1383/02 Raimundo Nonato 0690/00 Roberto de Souza Monteiro 1222/02 Roberto Sebastião F. Gomes 1034/05 Robson Jilton Alves de Amorim 0293/02 Ronaul da L. Santoro 0839/01 Sandro Gomes Crespo 0411/96 Sebastião Cossich 0157/04 Sebastião Alves da Silva 1732/98 Sebastião da C. Pena 0363/07 Sebastião F. de Souza 1811/94 Sergio da Silva Castro 1357/98 Sergio Murilo de Carvalho 0135/91 Ubirajara Gomes Batista 0978/97 Ubirajara M. dos S. Barreto 0155/04 Valdir Dias de Araujo 1825/95 Valtair de Oliveira Penna 1205/01 Valtair F. do Nascimento 0141/03 Vandelson de Andrade 0997/02 Vanderlei Marins de Azevedo 0714/94 Vilamor dos Santos Conceição 0272/03 Wagner da Costa Abelha 1233/98 Walter dos Santos 0591/96 Walter Souza 1054/02 temporários beneficiario processo Ellen Vitória N. Nogueira 0329/04 Iago Luiz Maia Ferreira 0365/06 Iolanda M.Peçanha 1698/96 Jorge Luiz Alves de Sales 0387/04 Julieta Nascimento 1531/96 Mateus M. M.de Souza 0636/08 Otto Lopes Ferreira 1013/05 Pedro Emanoel Salim 0976/06 Phernada M. F Guidorne 1168/04 Sara Matielo M.de Souza 0636/08 Teresa Cristina R. de Souza 0928/06 Ubiratan Catro Bolquet 0334/07 resíduo pecúlio processo 02852009ac 01082007ac 10082004ac 05762003ac 05762003ac

beneficiario Ana Karoliny Vicente Ivonete S. de Andrade Jane de F. dos Santos Jorge E. de Souza Rosemary E. dos Santos

aux. morte do conjuje processo beneficiario 03602009ac Anicodemus Fiuza 06502008ac Ariosvaldo Pereira de Medeiros 02012008ac Dimas da Silveira Morais 06842009ac Helio de Almeida Manhaes 05582007ac Ivan Jose da Rosa 03932008ac Jorge Antunes Ferreira 05682006ac Jose Canuto da Silva 04252009ac Jose Carlos de Gouvea 00332008ac Jose Paulo de Oliveira 05182008ac Luiz Carlos Sampaio Silva Mendes 05582008ac Mauro Figueiredo da Rosa 02532009ac Ricardo Mendes 00742009ac Roberto Boareto Bastos

inatividade processo beneficiario 04102009ac Adalberto De Souza Rabelo 00422010ac Ademar Faria Da Costa 00612009ac Aindarlem Pacheco Gomes 08572007ac Almirante Barroso 00822009ac Aloizio Lourenco 05342009ac Antonio Dos Reis 01742008ac Antonio Fernando Da Costa Silva 06372009ac Antonio Jose Pereira 07082006ac Armando Luiz Leite De Lemos 05782008ac Carlos Alberto Silva Lopes 05762008ac Celso Clarindo Da Silva 03892009ac Cesar Augusto Pereira 03802008ac Claudio Conceicao De Mattos 12932004ac Dalmir Rodrigues Dias 00552009ac Decio Dos Santos Da Silva 03432008ac Delson Jeronimo Da Silva 02342009ac Dilson Jose Andre 00272009ac Edson Jose Ribeiro 01492010ac Ery Alves De Lira 04062008ac Fernando Carlos Dos Santos 06382007ac Francisco Carlos Pantoja Tortora 00692009ac Gilmar Soares De Oliveira 00322009ac Giovanni Caroprese Neto 00542009ac Helio Soares De Assuncao 05672007ac Itapoan Teixeira 06662009ac Ivan Augusto De Oliveira 05082007ac Jair Nepomuceno De Camargo 01622010ac Joao Alves Da Silva 00492009ac Joaquim Dos Santos Coelho Lobo 03442009ac Jorge Alves Ribeiro 00432009ac Jorge De Souza Campos 05162009ac Jorge Gomes Machado 01012010ac Jorge Luiz Carvalho De Castro 01122008ac Jose Adolfo Nunes De Oliveira 00212009ac Jose Fernandes 06632008ac Juarez Da Fonseca Quartarola 06292009ac Luciano Sanches Francisco 00972009ac Luiz Antonio Ribeiro Pinto

cerca de R$ 1.500.000,00 (Hum milhão e quinhentos mil reais). Confira abaixo a relação dos processos pagos no mês de setembro de todos os benefícios da Caixa Beneficente da PM.

01012009ac Luiz Carlos Goncalves Gomes 06512009ac Luiz Henrique Mariano Da Silva 00042009ac Marco Antonio Marinho Braga 00842010ac Marcos Antonio De Freitas Soares 05862009ac Mario De Oliveira Rocha 04422009ac Mario Jorge Rodrigues Goncalves 04422009ac Mario Jorge Rodrigues Goncalves 00732009ac Norval Patrocinio Dos Santos 01692008ac Paulo Bernardo 05392009ac Paulo Cesar Pereira Da Silva 00812010ac Paulo Coelho Dos Santos 01082010ac Paulo de Tarso Diniz Azevedo 05902009ac Paulo Roberto Guarino 03872008ac Reinaldo Domingues Dos Santos 02022008ac Renato Pereira Mendes 00802009ac Robson Correia De Lima 05652009ac Ronaldo Santiago De Miranda 00232009ac Sarah Goncalves 02672007ac Sebastiao Da Conceicao Penna 00652009ac Sergio Francisco Ciranda 03292009ac Solemar De Azevedo Neves 03362009ac Valcinei Herminio Pereira 06261997ac Walter Antonio Benvenuti 09232006ac Wanderley Moraes Da Silva 00172009ac Wilson Mendes Da Silva Peculio e cx de pecúlio Processo Beneficiario 02772008ac Maria Jandira Crispim 02032009ac Adiles Rodrigues Da Silva 12212005ac Adriana Da Silva 12212005ac Alice Da Silva 01682009ac Almir Machado Cerdeira 07322003ac Anderson Da Silva De Carvalho 01462007ac Andre Luiz Borges Amorim 12212005ac Angelo Da Silva 08442007ac Antonio Carlos De Joss Da Silva 06542008ac Audicea De Souza Ferreiar Mendes 02852009ac Carla Sobreira Vicente 01462007ac Carlos Eduardo Borges Amorim 03812006ac Carlos Pacheco Da Silva

12562005ac Carmem Maciel Ribeiro Duarte 07252008ac Clemilda De Paiva Nuro 10622006ac Daniel Bernardes Da Costa 10622006ac Daniele Bernardes Da Costa 06312004ac Dea Ramos Moncorvo 03812006ac Delma Pacheco Da Silva 07812008ac Douglas Trindade De Carvalho 02702006ac Eguinair Batista Da Silva 02702006ac Eguinaldo Batista Da Silva Junior 13362002ac Eliane Manhães R. Silva 02852009ac Eliane Sobreira Vicente 08002008ac Elida Rodrigues De Araujo 07252008ac Elisabete Nuro Da Motta Cabral 08352004ac Eloir Dos Santos Ramos Junior 01352007ac Elza De Souza Caldeira 01152008ac Emerson Rabelo Dos Santos 06202005ac Erli Do Sacramento Vassar 08002008ac Fabio Rodrigues De Araujo 00242007ac Fatima Cristina Artacho Da Silva 04662008ac Fernando Carlos Abel Reis Lessa 02852009ac Floristea Sobreira Vicente 10622006ac Guilherme Da Costa 04022006ac Iara Da Silva Serra Grenha 07322003ac Inês Da Silva De Carvalho 01442008ac Izabel Conceição De Assis 09062007ac Jackeline Oliveira Da Silva Alves 10392005ac Jeferson Calixto Dos Santos 01462007ac Jesselia Borges Amorim 06542008ac Joao Carlos Ferreira Mendes 04662008ac Joao Vicente Reis Lessa 08792007ac Jorge Luiz Da Silva Machado 03712008ac Josina De Oliveira Santos 03762009ac Josina Ávila Hilário Silva 10622006ac Josue Messias Da Costa 05542009ac Jozinete De Albuquerque Contreiras 14442003ac Julio Cesar Nogueira Tavares 06402007ac Jurema Vieira Da Silva 08442007ac Lilian Dejoss Da Silva 03712008ac Luiza Tavares De Oliveira 06542008ac Maria Cecilia F. M. Agapito 06112004ac Maria Celeste Fernandes 14442003ac Maria Cristina De O. Tavares 03022005ac Maria Da G. Do Nascimento 05582004ac Maria Da Gloria P. De Goes 00672009ac Maria Emidia S. Campista


CBPM INFORMA - Página 05 - outubro /2010 00322006ac Maria Lucia M. C. Machado 02762008ac Maria Manoela F. Albino 08002008ac Maria S. Da C. Rodrigues 07582006ac Marlene F. S. De Souza 07582006ac Marlene F. S. De Souza 10622006ac Marli B. Da Conceicao 09892004ac Marly Bocater El Amme 01282006ac Marly Cezar De Oliveira 07892006ac Marta Maria P.De Oliveira 08772007ac Moises Luiz Da França 02702006ac Nair Augusta Da Silva 07252008ac Nanci De Paiva Nuro 01352009ac Noemia De Araujo Gomes 08592007ac Norma Vilma Martins 04702008ac Olga Campos Da Silva 04702008ac Paulo Roberto C. Da Silva 04702008ac Regina Lucia C. Da Silva 02172006ac Roberto Vieira Lima

02852009ac Rodrigo Sobreira Vicente 07812008ac Rosane Shsne Azuma 08792007ac Rosemary Da Silva Machado 08792007ac Rosicleia Da Silva Machado 00242007ac Ruth Dos Santos Artacho 10622006ac Sandra Lucia Da Costa 10622006ac Selma Regina Da Costa 04222004ac Sonia Ferreira Mendonça 00092008ac Tania Maria Dos S. Cunha 09822005ac Ubirajara F. Do Nascimento 01152008ac Vera Lucia R. Dos Santos 03712003ac Verilane Moreira Campos 08282005ac Veronica Sani Gomes Leão 02762008ac Yuri Fonseca Albino 12602005ac Zaide Penha De Freitas Processo Beneficiario 11042003ac Adir Pereira Dos Santos

www.cbpmrj.com.br 07322008ac Adriana C. C. Da Fonseca 05582004ac Adriana Cristina P. De Goes 06152007ac Adylce Vieira Rodrigues 00712006ac Alessandra De O. Guimaraes 09762006ac Alzira Macedo Dos Santos 01352007ac Ana Maria De Souza Caldeira 07232007ac Anderson Gonçalves Costa 01852007ac Andre De Oliveira Alves 03812006ac Andre Pacheco Da Silva 09532004ac Andrea Medina Affonso 03812006ac Andrea Pacheco Da Silva 02892009ac Anna Maria Sergio Ferreira 06542008ac Audicea De S. F. Mendes 00592009ac Augusto Cesar De Brito 00892009ac Bianca Souza Silva Victor 01082007ac Catia A.Da Rosa Andrade 06112004ac Celeste Benevides Teixeira 03712003ac Cinira Moreira Campos

04592008ac Dalton Augusto Simas 00202006ac Deuzuite Dos Santos Pellito 06922008ac Dora Marinho Basilio 07812008ac Douglas T. De Carvalho 07782007ac Durvalina Fraia De Souza 07622008ac Ednéa Pinheiro De Araújo 00892009ac Elenice Alves Perfeito 07892006ac Eliane De Oliveira Pinto 01352007ac Elisabete De Souza Caldeira 07182007ac Elizabeth De Melo Milonia 07182007ac Elizabeth De Melo Milonia 01152008ac Emerson Rabelo Dos Santos 02172006ac Emilia Pinto Vieira 08442007ac Eneida Val Da Silva 06202005ac Erli Do Sacramento Vassar 07892006ac Eva De Araujo Pinto 00892009ac Fabiane Perfeito Victo 08002008ac Fabio Rodrigues De Araujo

00072005ac 04592008ac 06182007ac 01682009ac 06312007ac

Fidelina De Oliveira Ferreira Francisca Dalva Borges Simas Gabriela Dos Santos Carneiro Genilda P. Costa De Carvalho Geraldina Maria Da Silva

cx morte conjuge processo 03652009ac 05582007ac 02532009ac 11072006ac

beneficiario Adalberto Lopes da Silva Ivan Jose da Rosa Ricardo Mendes Vandelson de Andrade

restituição processo 05582004ac 06542008ac

beneficiario Adriana C.Pinto de Goes Ana Maria F.Mendes

Após ter cúpula afastada, PRF do Rio apresenta novo superintendente Inspetor Antônio Vidal veio de Pernambuco para assumir o cargo. PRF promete qualificar o Rio para receber grandes eventos Após ter toda a sua cúpula do Rio de Janeiro afastada pela Justiça a Polícia Rodoviária Federal apresentou o seu novo superintendente no estado, o inspetor Antônio Vital. Ele afirmou que a intenção da PRF é qualificar o Rio para receber grandes eventos, como a Olimpíada de 2016. “Vamos qualificar o Rio para receber os eventos que virão. Queremos que o estado seja referência”, afirmou ele, que veio de Pernambuco para assumir o cargo. Sobre os escândalos que atingiram a instituição na última semana, Vidal afirmou que vai combater de forma incisiva a corrupção. “A sociedade prima pelo que é certo. Temos um combate efetivo contra a corrupção. Pedimos que a sociedade denuncie e vamos apurar todos os casos”, disse. De acordo com Vidal, é dever da PRF conscientizar os policiais. “Formamos o policial, mas não constituímos um caráter. A meta é conscientizar os policiais do Rio e de todo o Brasil”, completou. Sobre a entrada de armas e drogas no estado, o coordenador geral de operações da PRF, inspetor Alvarez afirmou que as fronteiras serão fiscalizadas. “O cerco tem que ser feito nas fronteiras, para evitar que armas

e entorpecentes entrem no Rio. Isso já está sendo realizado”, afirmou. Suspeita de corrupção No dia 17 de outubro, sete policiais da cúpula da PRF no Rio de Janeiro foram afastados dos seus cargos, por determinação judicial, durante operação realizada pela Polícia Federal. Eles são suspeitos de uso de cargo público para fins eleitorais, corrupção, prevaricação e formação de quadrilha, além de falsidade ideológica. Todos tiveram armas e carteiras funcionais recolhidas. A polícia fez buscas para encontrar o chefe substituto de policiamento e fiscalização da PRF de Nova Iguaçu, que se licenciou do cargo para concorrer às eleições a deputado federal. Em troca de vantagens econômicas, as empresas de ônibus não sofriam autuações ou fiscalizações, assim como veículos em condições irregulares também não eram autuados. No mesmo dia, a 1ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro determinou o afastamento dos agentes da PF que prenderam a cúpula da PRF. Segundo a decisão, a partir de agora, o cumprimento de ordens de prisão ficará a cargo de policiais estaduais do Rio.

Novo Superintendente da Polícia Federal no Estado do Rio de

Família e sociedade podem facilitar dia a dia do idoso A

população idosa já tem alguns direitos garantidos pela legislação, mas existem várias atitudes simples que podem ser adotadas para facilitar sua rotina em casa e nas ruas. O lugar onde eles têm mais dificuldades e se sentem desrespeitados é na hora pegar o transporte coletivo. Segundo a secretária nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Lena Peres, uma pesquisa recente feita no Rio de Janeiro mostrou que o porteiro é o melhor amigo do idoso e que o motorista de ônibus é considerado seu grande inimigo. Os conselhos estaduais de Direitos do Idoso têm feito campanhas edu-

cativas para diminuir essa falta de compreensão dos condutores, mas a situação persiste. Os passageiros podem começar a mudar esse quadro de discriminação, chamando o ônibus para o idoso, respeitando os assentos preferenciais e oferecendo lugar quando o veículo estiver lotado. Em casa, a família pode estimular o idoso fazendo com que ele seja o mais independente possível, mesmo se tiver dificuldades em algumas tarefas. É importante também sempre conversar sobre o passado e reforçar noções de tempo. “Isso reforça a memória, o pensamento e a habilidade motora e faz com que o idoso

se sinta ativo e melhor fisicamente”, explicou a terapeuta ocupacional Maísa Cardoso. A nutricionista Thaís Muniz também recomenda que durante as refeições se mantenha a independência do idoso. “Quando o idoso tem alguma síndrome demencial, as pessoas pensam que ele não tem vontades e desejos, mas ele pode escolher os alimentos que quiser e comer sozinho. Isso o valoriza”, disse. Segundo a nutricionista mesmo aqueles que já não possuem todos os dentes, podem comer todos os tipos de alimento, desde que triturados ou preparados para ficarem com consistência pastosa.


CBPM INFORMA - Página 06 - outubro/2010

www.cbpmrj.com.br

social

Caixa Beneficente recorre à justiça para bloquear repasse de verba para UNASP

Nova direção firmou contrato de “Emergência “ com a Funerária São Lazaro para assegurar a realização dos sepultamentos

D

iante da morosidade da Secretaria de Estado de Planejamento de cumprir a solicitação da Caixa Beneficente em cancelar o código de desconto da UNASP do plano funeral e das recusas da prestadora em realizar os serviços, o que obrigou a CBPMERJ a firmar um contrato de emergência com uma funerária para atender aos associados, a Justiça determinou ao Estado o bloqueio do repasse da verba descontada pela UNASP e a disponibilização destes recursos em conta do juízo afim de que possa ser repassada à Caixa Beneficente. Segundo o secretário executivo da instituição Rogério Sant´Ana, somente no mês de setembro foram realizados 23 funerais pela nova prestadora de serviço, contratada pela Caixa Beneficente, a Funerária São Lazaro, o que representou um custo de mais de R$ 48 mil, pagos com receita da instituição pertencentes a outras rubricas. “A situação é de extrema gravidade. A Caixa Beneficente e seus associados estão sendo lesados pela UNASP, que

desconta e não realiza o serviço, e pelo Estado através da SEPLAG, que mesmo ciente desta situação e da inexistência de contrato legal ou autorização emitida pelo associado para que seja realizado este desconto, continua ignorando os pedidos da Caixa Beneficente”, diz Sant´Ana. O Secretário Executivo esclarece que não restou alternativa diante deste quadro, que recorrer à justiça para impedir que este dinheiro continue sendo destinado a UNASP e que a Caixa Beneficente possa ser ressarcida das despesas que vem assumindo com o pagamento dos funerais ou a indenização daqueles que utilizaram os seus próprios recursos e depois requereram a devolução do dinheiro. A Juíza da 15ª Vara da Fazenda Pública Alessandra Cristina Tufvesson Peixoto acatou petição encaminhada pelo departamento jurídico da Caixa Beneficente e proferiu despacho com efeito liminar onde, entre outros pontos, destaca que de acordo com o que lhe foi apresentado não existe controle ou certeza de que a UNASP esteja real-

mente prestando o serviço, principalmente em razão das 119 notificações feitas por associados contra a CBPMERJ em conseqüência do

Contrato funesto, ilegal e maligno

O Secretário Executivo da Caixa Beneficente disse ainda que, mesmo com a decisão judicial, a direção da Caixa tem insistido na resolução final do problema na esfera administrativa, através do cancelamento do código da UNASP e a retomada do código original, o que tem sido dificultado pela morosidade e burocracia imposta pela SEPLAG. “São cerca de R$ 115 mil mensais que ainda estão sendo destinados a UNASP.

Leia a íntegra da decisão:

Isto é uma vergonha. Costumo afirmar que é uma situação nociva para os associados da Caixa, com todos os significados da palavra nociva, ou seja: danoso, fatal, funesto, grave, infesto, lesivo, maligno, maléfico, mau, nefasto, nocente, perigoso, pernicioso, peçonhento, prejudicial. E a solução definitiva só virá no momento que as autoridades da SEPLAG tiverem consciência e resolverem dar um basta”, Concluiu Santana.

Processo nº: 2010.001.263669-4 Tipo do Movimento: Decisão Descrição: Trata-se de pedido de reconsideração apresentado pela parte autora, para alteração da decisão de fls. 148. Assiste razão à peticionária, as premissas em que fundei a decisão anterior são equivocadas, a 1ª ré deu causa à rescisão do contrato (há 119 processos ajuizados pelos associados da Autora com causa no descumprimento do contrato pela 1ª ré) e já foram realizadas notificações para cancelamento dos descontos dirigidos àquela empresa, como se infere da leitura dos documentos de fls. 134/145. Ocorre que me faltam elementos para determinar, em juízo de cognição sumária, a revalidação dos descontos efetivados sob a rubrica ´CB Convênio 530-6´, o código é hermético, não há sequer a certeza de que os valores descontados a este título serão dirigidos à empresa autora, ela não pode ser considerada conveniada. A reconsideração da decisão anterior e conseqüente determinação de suspensão da realização dos descontos efetivados sob a rubrica ´UNASP-Convênio´, sobre os benefícios pagos aos associados da Autora não pode ser realizada sem que seja transmitida a obrigação em comento, relativa à assistência funeral dos associados da Autora. Desta forma, e porque efetivamente não parece haver o controle do valor repassado pelo 2º réu a 1ª ré, tanto que esta não tem cumprido pontualmente suas obrigações, como demonstram aquelas ações iniciadas pelos associados da parte autora, que a levaram à realização daquelas notificações todas, que consubstancia o perigo na demora da concessão do provimento, entendo que os valores descontados pelo 2º réu sob a rubrica ´UNASP-Convênio´ devem ser depositados em Juízo, e entregues à parte autora para realização da assistência devida, até decisão final deste Juízo. Intimem-se.

não atendimento e dos serviços que passarão a ser prestados pela Caixa Beneficente em razão das recusas. A magistrada entendeu neste

despacho, cujo teor segue abaixo na íntegra, que o perigo na concessão do provimento pode agravar ainda mais a situação.


CBPM INFORMA - Página 07 - outubro /2010

www.cbpmrj.com.br

parceria

CBPMERJ e ASSINAP: União para o fortalecimento das instituições

Presidente Miguel Cordeiro visita nova diretoria e propõe trabalho em parceria

O

presidente da Associação dos Ativos, Inativos e Pensionistas da Policia (Assinap), Miguel Cordeiro, visitou a renovada sede da Caixa Beneficente (CBPMERJ), na Av. Min. Edgar Romero, 71, em Vaz Lobo, para manifestar o seu apoio à administração do presidente Chavarry Duarte e se colocar à disposição para efetivar parcerias. Na pauta de debates do encontro temas relacionados à luta por melhorias salariais para a categoria, o movimento nacional em defesa da PEC 300 e a recuperação política, administrativa e financeira da Caixa Beneficente. O Presidente Chavarry fez um breve relato das condições da instituição e dos avanços alcançados em seus primeiros meses de gestão, enfatizando a retomada e o permanente crescimento do pagamento dos benefícios em atraso

Miguel Cordeiro revelou sua preocupação com a quantidade de ações movidas por associados da Assinap contra a CBPMERJ e se colocou a disposição de liderar um esforço no sentido de ajudar no estabelecimento de acordos que possam pôr fim as demandas judiciais. Cordeiro lembrou ainda que na administração anterior, muitos acordos chegaram a ser firmados mas, em razão do descumprimento por parte da CBPMERJ, a situação acabou se agravando. Ainda na linha da parceria proposta entre as instituições, o presidente Miguel Cordeiro colocou à disposição da Caixa Beneficente o ônibus da Assinap, para que possa ser oferecido aos associados pacotes de viagens e excursões já com o transporte incluído. A diretoria já está formatando estes passeios, que serão divulgados em breve. Miguel Cordeiro colocou o ônibus da Assinap à disposição da Caixa Beneficente

CBPM NOTÍCIAS Rogerio Sant’anna rsantanadasilva@gmail.com

Juiz oficia Caixa Econômica para acabar com banca de gerente O Juiz Ricardo Cyfer, titular da 10ª Vara Cível da Capital, em atendimento a solicitação da direção da Caixa Beneficente determinou expedição de oficio à Caixa Econômica de Madureira para colocar fim nas atitudes arbitrárias do gerente Gilberto Silva, informando que o legitimo e reconhecido oficialmente como presidente da instituição é o Coronel Pedro Chavarry Duarte, eleito pelo Conselho Deliberativo em fevereiro deste ano. Em sua decisão, o magistrado acolhe os fundamentos da decisão de fls. 1139/1140 do processo, onde a Juíza Patrícia Gogliati de Carvalho reconheceu o atual presidente como representante legal da instituição até o final dos processos que tramitam naquela vara e resolveu assim estender os efeitos da mesma à Caixa Econômica Federal. No final do despacho, que a integra pode ser lida na pagina de atos deste informativo, determina que se oficie a Caixa Econômica nos mesmos termos anteriormente oficiados ao Banco Itaú. Tudo isto eu já havia informado ao intransigente gerente da Caixa Econômica, que preferiu ficar com suas convicções ou atendendo a interesses que até agora não consegui identificar . Vamos ver qual será seu comportamento agora. O fato é que a nova direção da CBPMERJ jamais vai se curvar diante de interesses que não sejam o atendimento ao associado e a realização de uma administração austera.

Mas uma de gerente de banco

O gerente do Itaú Marcos Boechat, aquele que bloqueou indevidamente as contas da Caixa Beneficente baseado em uma petição de uma advogada que se dizia representante legal de um suposto presidente da CBPMERJ e que depois de provocar sérios prejuízos a instituição teve que recuar, também por ordem judicial, agora diz que o banco ITAU não tem interesse de ter a nossa entidade como correntista. Ele alega que a instabilidade política oferece risco ao banco. O tal gerente esquece que todo o dinheiro referentes aos desconto dos associados é creditado nas contas do ITAU, independente da direção que esteja a frente da Caixa Beneficente. Inclusive que foi justamente por isso que foi possível ele agir arbitrariamente bloqueado as contas como fez naquela ocasião. Mas não tem problema, pois na verdade quem não tem interesse de continuar trabalhando com bancos que tenham gerente que adotem postura tão parcial em detrimento do cliente é a nova direção da Caixa Beneficente.

Corte de gastos e ajustes na máquina

Projeto “Começar de novo “

O Tribunal de Justiça do Rio iniciou o “Projeto Começar de Novo”, que tem como objetivo inserir seus participantes no mercado formal de trabalho, garantindo todos os direitos trabalhistas. O projeto pretende também reduzir o preconceito em relação aos ex-presidiários. No TJ do Rio, 14 ex-apenados irão trabalhar na Diretoria Geral de Engenharia. “O programa começará com 14 egressos, mas, nós pretendemos aumentar este número, que será somado aos cerca de 300 integrantes dos demais projetos já existentes, como “Jovens Mensageiros”, “Pais Trabalhando” e “Justiça pelos Jovens”, afirmou a diretora do Departamento de Avaliação e Acompanhamento de Projetos Especiais do Tribunal de Justiça (Deape), Rosiléa Di Masi Palheiro. Os egressos vão trabalhar das 9h às 18h, de segunda a sexta, durante um ano, podendo o contrato ser renovado por mais um ano. “Os novos integrantes irão receber um salário mínimo regional, auxílio alimentação e vale-transporte. Serão alocados nas áreas administrativa, de manutenção predial e de operações e equipamentos do Tribunal”, completou a diretora.

Decisão Corajosa O Presidente Pedro Chavarry teve uma atitude corajosa na defesa dos interesses dos associados ao ingressar na justiça para bloquear o repasse a UNASP. Chega de brincadeira com o dinheiro dos contribuintes e de achincalhe com a Caixa Beneficente. Os associados estão apoiando as iniciativas e acreditam nesta novo momento. Estas atitudes comprovam que realmente vivemos novos tempos e que nossa instituição caminha para novos rumos.

Parceria com Assinap Mesmo com os avanços obtidos pela nova gestão da Caixa Beneficente a reforma administrativa tem que continuar. O enxugamento da máquina é o principal objetivo do momento. Não existe a possibilidade de manter um grande numero de

funcionários, muitos sem função e com altos salários. A política é reduzir, remunerar melhor, manter encargos em dia e aplicar mais dinheiro na principal meta da nova diretoria que é a regularização dos BENEFÍCIOS.

A visita do presidente da Assinap Miguel Cordeiro a nova diretoria sinaliza o inicio de um vigoroso trabalho de parceria que se avizinha. A Assinap é uma entidade forte, combativa, representativa e respeitada e Miguel Cordeiro uma liderança com bastante credibilidade. Mas um golaço para a administração do Coronel Chavarry.


CBPM INFORMA - Página 08 - OuTUBRO/2010

www.cbpmrj.com.br

AçÃO SOCIAL

O novo Programa “Caixa Familia” recebeu adesão de 600 sócios na primeira semana Mais de 600 associados atenderam, na primeira semana, a convocação feita pela direção da Caixa Beneficente para se recadastrarem e aderirem ao novo plano de Assistência Família, o Caixa Família, que substitui e amplia os serviços prestados pelo antigo Plano Funeral. Para garantir sua participação no novo Plano de Assistência à Família, o Caixa Família, o associado passa por um processo simples.

No mesmo dia, ele efetua seu recadastramento na Caixa Beneficente, inclui novos beneficiários no plano e retira do seu contra-cheque o desconto UNASP/CB, que está cancelado por solicitação da direção da instituição e por decisão judicial. Um motorista fica à disposição para levá-lo até o escritório da SEPLAG – Secretaria de Planejamento e Gestão, em Madureira, para efetuar o descredenciamento do antigo plano.

Associados do Plano Funeral serão os primeiros a utilizarem os novos serviços

Presidente da Caixa Beneficente, Pedro Chavarry declarou que o “Caixa Familia” é o primeiro novo plano lançado pela nova diretoria da Caixa Beneficente. A intenção é fazer com que os benefícios sejam extensivos a todos associados. Uma pesquisa feita com os sócios vai indicar a demanda por novos planos e serviços, sendo certo que a Assistência Jurídica e abertura de linhas de crédito. Tudo está sendo preparado pela equipe técnica e na diretoria social . O atendimento, conforto e segurança é prioritário. “A Caixa Benficente não pode apenas ser a instituição para pagar peculios e benefícios e sim para ter serviços funcionando“, disse Chavarry.

A procura por serviços da Caixa, registrada por nosso site, cresce a cada dia. Os índices de visitas nos meses de agosto, setembro e outubro comprovam esta tendência de crescimento.

ADESÃO PELA INTERNET O associado da CBPMERJ tem acesso a todas as informações sobre o novo plano de assistência à família da CBPM, o “Caixa Familia”, no site da instituição, no endereço www.cbpmrj.com.

br. Através da internet você pode se cadastrar no novo plano e desfrutar de todas as vantagens que ele oferece. Basta clicar no link que está disponível no topo da página e seguir as orientações

de “Como aderir ao Plano”. A lista com toda a rede conveniada também está disponível. Acesse o site, se mantenha informado sobre tudo o que acontece na instituição e participe.


CBPM INFORMA - Página 09 - outubro /2010

www.cbpmrj.com.br

Caixa Familia

Segurança para o associado e toda a família

O

“Caixa Família” foi criado para proporcionar aos associados e seus dependentes uma série de serviços, como assistência profissional, tratamento médico e lazer. Um projeto pioneiro que oferece serviços médicos, oftalmológico, plano funeral, orientação jurídica, diárias nas pousadas da CBPMERJ e uma ampla rede de descontos em universidades, agências de viagens, cursos, clínicas de estéticas, escolas, creches, casas de repouso, táxis, auto-escola, restaurantes, entre outros. O associado que comparece para efetuar seu recadastramento e inclusão de novos beneficiários no novo plano já volta para casa

com um cartão de cliente especial da rede de clínicas oftalmológica Albert Sabin, com direito a consultas grátis, e um “Vale Pousada” que dá uma diária para o titular e um acompanhante e mais 10% de desconto na diária dos demais acompanhantes. O titular do plano Caixa Família também terá direito a um plano médico ambulatorial gratuito, em uma rede credenciada com 12 clínicas que oferecerá consultas em diversas especialidades, inclusive obstétrica para realização de pré natal. Exames básicos (sangue, fezes, urina, preventivo do câncer e outros), também estão garantidos pelo plano. A equipe de advogados da Caixa

Beneficente está à disposição dos associados recadastrados para orientação nos procedimentos a serem adotados em todas as áreas do direito (civil, criminal, trabalhista, família e outros). Basta efetuar o agendamento da consulta através do telefone 2117-2013. Com a carteira do plano “Caixa Família”, uma rede credenciada de descontos estará à disposição do associado e seus dependentes. Basta apresentar nos estabelecimentos conveniados e desfrutar dos serviços. No site da Caixa Beneficente (www.cbpmrj. com.br) você encontra uma lista com todos os estabelecimentos conveniados.

O Coordenador da equipe de atendimento do progama, Jorge Breves, procura escalarecer diretamente aos associados e beneficiários as vantagens e serviços disponíveis no novo plano

Segundo o Sr. Orlando Alves de Oliveira, associado CBPMERJ desde 1962, “Não doeu nada. Fui atendido por uma menina muito bem educada. Não fiquei com nehuma dúvida. Está tudo bem diferente, melhoraram bastante as coisas por aqui (na CBPM)”, elogiou. Ele disse ainda que o procedimento para retirar o des-

conto “UNASP/CB) do seu contra-cheque para depois incluir o “Caixa Família” foi mais simples do que pensava. “Muito rápido e fácil. Fui passando as informações para a atendente enquanto ela preenchia um formulário, depois me levaram na Seplag, onde eu retirei o antigo desconto, e pronto. Já estava tudo resolvido”.

O atendimento prestado pele equipe da Caixa Beneficente tem sido o grande di- Os associados são levados com conforto e segurança a SEPLAG para cancelar o ferencial . A diferença é comentada pelos associados e comemorada pela direção desconto da UNASP. O fluxo de transporte diário tem sido de mais de 50 pessoas


CBPM INFORMA - Página 10 - outubro /2010

www.cbpmrj.com.br

fronteira

UPP do morro da providência e o resgate da cidadania roubada 113 Anos depois, a primeira favela do Brasil começa a ser pacificada

O

primeiro presidente civil da República Federativa do Brasil, Prudente de Moraes (1894 – 1898), foi o responsável pelo surgimento da primeira “favela” no Brasil. O morro da Providência, no Centro do Rio de Janeiro, foi ocupado pelos soldados que retornaram de Canudos, no sertão baiano, em dezembro de 1897, após exterminarem mais de 25 mil sertanejos, entre eles mulheres, idosos e crianças, e incendiarem mais de 5.200 casas do “Arraial Sagrado”, construído sob o comando do beato Antonio Conselheiro. Prudente de Moraes prometera doar casas aos militares como recompensa pelos esforços na guerra de Canudos. Mas, quando chegaram de volta ao Rio de Janeiro, se encontraram desamparados pelo Governo, com seus pagamentos cancelados e desabrigados. Os combatentes escolheram, então, o morro da Providência, pelo belo visual que se podia ter do Rio de Ja-

neiro daquela época, onde ergueram barracos de madeira para recomeçar suas vidas. Desde então, diversos outros fatores resultaram no crescimento desordenado de ocupações em “favelas” ao redor da cidade, como a grande reforma urbana realizada pelo prefeito Pereira Passos no início do século XX, que devastou os cortiços e as habitações populares que ocupavam as principais ruas da cidade, obrigando a população pobre a se transferir para os morros nas adjacências do Centro do Rio de Janeiro. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública – ISP, aproximadamente 10 mil moradores ocupam o morro da providência. A comunidade era dominada por facções de traficantes até 23 de Março, quando aconteceu a ocupação do morro pelo Bope, restaurando a paz através da instauração da sétima UPP, que devolveu aos moradores a segurança e a esperança de uma vida melhor, com novas perspectivas.

A UPP

O morro está localizado atrás da Central do Brasil, por onde passam mais de 600 mil pessoas diariamente. A UPP engloba as comunidades do morro da Providência, Pedra Lisa e Moreira Pinto. A unidade terá impacto direto em toda a região portuária – Caju, São Cristóvão, Praça da Bandeira, Santo Cristo, Gamboa, entre outros – cujo projeto de revitalização, que prevê a restauração de galpões culturais na área da Gamboa e a recuperação do entorno da Praça Mauá, está em andamento.

Com a presença ainda tímida de alguns moradores, a solenidade de inauguração da UPP do morro da Providência, que inicialmente irá contar com um efetivo de 200 policiais, foi realizada na quadra de futebol da comunidade. O secretário de segurança José Mariano Beltrame conheceu os cinco andares do prédio que abriga a unidade pacificadora, com cerca de 600m² cada. Ele ainda andou por alguns lugares do morro e conversou com o comandante, capitão Glauco Schorcht, sobre a relação atual com moradores.

OS PROJETOS SOCIAIS A UPP levou cerca de 60 jovens – alunos de Karatê da comunidade – para o 1º torneio Zona Sul-Sudeste da Confederação Esportiva e Educacional Brasileira de Karatê, em Cubatão, interior de São Paulo. Resultado: os atletas do morro levaram o segundo lugar geral do torneio com mais de 50 medalhas conquistadas. O professor e policial militar Hernani Lopes vem desenvolvendo as aulas junto à comunidade desde o final de 2009. Com a chegada da UPP, que hoje abriga o projeto, o número de alunos dobrou. “A UPP acabou consolidando essa iniciativa. Ganhamos as inscrições

Banco do Brasil nas comunidades

Duas comunidades carentes do Rio receberão agências do Banco do Brasil nos próximos meses. A Cidade de Deus, na zona oeste da cidade, e a Rocinha, na zona sul, serão as primeiras beneficiadas pelo projeto de expansão do banco para favelas e áreas carentes do estado. Segundo o superintendente do Banco do Brasil no Rio, Tarcísio Hubner, a ideia é ampliar o mercado para a instituição e oferecer serviços aos moradores dessas regiões. “Nós somos um banco que atua em todos os mercados, com todas as classes sociais. Nosso objetivo é expandir a rede, para atender a todas as oportunidades que vislumbrarmos e para atender mais pessoas, dando a elas oportunidade de crédito e de utilização dos serviços”, disse. Depois de implantar as agências da Cidade de Deus e da Rocinha, o Banco do Brasil planeja se instalar em outras comunidades carentes. Outro projeto é chegar a todos os 92 municípios do estado no prazo de quatro anos. Para isso, estão previstas 100 novas agências completas, que se somarão às 262 já existentes.

Gastos com saúde no Brasil

e uniformes novos, já contamos com mais alunos e, agora, começamos a ver os resultados: trouxemos mais de 50 medalhas para a comunidade”, conta o orgulhoso professor. A parceria – feita com o Pólo da Nova Rua Larga, Light, Legião da Boa Vontade e Super Rádio Brasil – rendeu ao projeto 70 kimonos, 55 protetores bucais e 25 luvas de competição. Os moradores também ganharam as inscrições, o transporte e a alimentação para o final de semana. “As iniciativas pública e privada já ligam para saber do que estamos precisando. Naquele momento aproveitei o entusiasmo das crianças e dos pais da comunidade com o torneio para organizar a ida deles a São Paulo. É com esse tipo de contato que nos aproximamos e ganhamos a confiança dos moradores. Com isso, aproveitamos para envolver a iniciativa em ações na comunidade para que vejam de perto os resultados”, conta o capitão Glauco Schorcht, comandante da unidade.

A próxima etapa é formar uma turma de Karatê com os pais dos pequenos campeões, para atender um pedido deles. Os outros projetos que estão promovendo a cidadania na UPP da Providência são aulas de Informática, ensino médio e fundamental, curso de inglês, educação orçamentária e o Instituto de Música, que deverá formar em breve uma orquestra na comunidade.

O Ministério Público do Distrito Federal entrou com uma ação civil pública para que o governo federal gaste em saúde o mínimo exigido pela Constituição. Além disso, pede que o governo aplique imediatamente o déficit de R$ 2,6 bilhões estimado desde 2000. De acordo com a ação, manobras contábeis estão camuflando a aplicação correta da quantidade mínima exigida na área de saúde desde a aprovação da Emenda Constitucional 29/2000. O governo federal estaria incluindo no seu cálculo gastos inicialmente previstos no orçamento, mas posteriormente retirados ou não efetivados. Em maio de 2009, o Ministério Público Federal já havia recomendado à União que deixasse de incluir os restos a pagar cancelados nos seus cálculos relativos ao setor de saúde.


CBPM INFORMA - Página 11 - outubro /2010

www.cbpmrj.com.br

solenidade

imb comemora a proclamação da independência

Evento acontece desde 1996 e está na sua décima quarta edição . Direçao da CBPMERJ prestigia

N

a noite do dia 30 de setembro a diretoria da CBPM, representada pelo presidente Pedro Chavarry Duarte, pelo vice-presidente Cel. Robson de Almeida Paulo, pelo secretário-executivo Rogério Sant’anna e pelo secretário de planejamento Francisco Lopes Ribeiro, foram recebidos pelo presidente do Instituto dos Magistrados do Brasil (IMB), Desembargador Jorge Uchoa de Mendonça e pelo 1º vice presidente Desembargador Bernardino Machado Leituga, para um coquetel realizado no restaurante do Jockey Club do Rio de Janeiro, na Av. Presidente Antonio Carlos, 501. A festa, que acontece desde 1996 e está na sua décima quarta edição, comemora o 188º aniversário da Proclamação da Independência do Brasil. Em cerimônia cívico-militar, celebraram-se a união do Poder Judiciário com as Forças Armadas e Auxiliares para enaltecer este marco da história do País, a Independência do Brasil. Durante o evento, o presidente do IMB, desembargador Jorge Uchoa de Mendonça condecorou com a Medalha do Mérito Cultural da Magistratura cinco personalidades escolhidas por sua significativa contribuição para a formação da cultura brasileira, dentro e fora do judiciário. Os agraciados este ano foram o Des. Siro Darlan de Oliveira – Desembargador do TJRJ; Gen. De Exército Adriano Pereira Júnior – Comandante Militar do Leste; Vice-Alte. Carlos Augusto de Sousa – Comandante do 1º Distrito Naval; e o Prof. Dr. Hermínio da Silveira – Chanceler do IBMR. O encerramento do cerimonial foi um presente para os convidados. Alex Cohen, um ícone da música brasileira, apresentou com sua banda completa um show de mais de uma hora de duração, com o que há de melhor na MPB.


CBPM INFORMA - Página 12 - OUTUBRO / 2010

tROCA

www.cbpmrj.com.br

17 unidades da PM de comandante novo

A

Polícia Militar fez um comunicado à imprensa informando a alteração no comando de 17 unidades da corporação. A mudança foi uma determinação do Comandante Geral da PM, coronel Mário Sérgio Duarte. A principal orientação aos novos comandantes, segundo informou o relações públicas da PM, coronel Henrique Lima Castro, foi para combater o roubo de carros nas ruas da cidade do Rio de Janeiro. “O comandante geral se reuniu com os novos comandantes para passar a orientação sobre quais tipos de trabalho ele quer”, disse o coronel Henrique Lima Castro. “Entre as prioridades, está o roubo de veículos”, acrescentou. Segundo a assessoria da PM, as mudanças nos comandos já estavam programadas desde agosto. Veja como ficou: No 1º BPM assume o tenente-coronel Ranulfo Souza Brandão Filho, que era subcomandante do 22ºBPM (Maré), no lugar do coronel Cezar Augusto Tanner de Lima Alves; No 2º BPM (Botafogo), sai o tenente-coronel Antonio Carlos Carballo Blanco, entra o tenente-coro-

nel Antonio Henrique da Silva Oliveira, que era o comandante do 26ºBPM (Petrópolis); No 4º BPM (São Cristovão), sai o coronel Weber Guttemberg Collyer e assume o tenente-coronel Rogério Luiz Teixeira Leitão, que era comandante do 23ºBPM (Leblon); No 5º BPM (Praça da Harmonia), sai a tenente-coronel Sayonara do Valle e assume o coronel José Luis Castro Menezes, que estava à frente da Coordenadoria de Análise Criminal (CAC); No 7º BPM (Alcântara), sai o tenentecoronel Roberto Gil da Conceição Silva e entra o tenente-coronel Claudio Luiz Silva de Oliveira, que servia no Hospital da Corporação em Niterói; No 14º BPM (Bangu), sai o coronel José da Silva Macedo Júnior e assume o tenentecoronel Djalma José Beltrami Teixeira, que era o comandante do 18ºBPM (Jacarepaguá); No 16º BPM (Olaria), sai o coronel Antonio Jorge Gonçalves Moreira e assume o coronel José da Silva Macedo Júnior, que era o comandante do 14º BPM (Bangu); No 18º BPM (Jacarepaguá), sai o tenente-coronel Djalma José Beltrami Teixeira e assume o

Determinação do Comandante Geral da PM foi motivada pelo alto número de ocorrência de assaltos à veículos nas ruas do Rio.

tenente-coronel Carlos de Souza Alves, que era o chefe do EMG/PM-1 (setor de pessoal do Estado Maior Geral); No 19º BPM (Copacabana), sai o coronel Rogério Seabra Martins e assume a tenente-coronel Cláudia de Melo Louvain, que era subcomandante do RPMont/Cecs (Regimento de Polícia Montada); No 23º BPM (Leblon), sai o tenente-coronel Rogério Luiz Teixeira Leitão e assume o tenentecoronel Carlos Roberto Garcia de Oliveira, que era subcomandante do 16º BPM (Olaria); No 26º BPM (Petrópolis), sai o tenente-coronel Antonio Henrique da Silva Oliveira e assume o tenentecoronel Ibis Silva Pereira, que era o comandante da ESPM (Escola Superior de Polícia Militar); No 28º BPM (Volta Redonda), sai o coronel Licínio Marcos Gonçalves Froes e assume o coronel Antonio Jorge Gonçalves Moreira, que era o comandante do 16º BPM (Olaria); No Cfap (Centro de Formação de Aperfeiçoamento de Praças), sai o coronel Josiel Havani dos Santos e assume a coronel Edite dos Reis Nani Bonfadini, que era subcomandante

do 2º CPA (Zona Oeste); Na CAC (Coordenadoria de Análise Criminal), sai o coronel José Luis Castro Menezes e assume o major Fábio da Rocha Bastos Cajueiro, que era o chefe do CCI (Centro de Comunicação e Informática); Na DOF (Diretoria de Operações Finanças), sai o coronel Marco Aurélio de Moura e assume o coronel Rogério Seabra Martins, que era comandante do 19ºBPM

(Copacabana); Na ESPM (Escola Superior de Polícia Militar), sai o tenentecoronel Ibis Silva Pereira e assume o tenente-coronel Antonio Carlos Carballo Blanco, que era comandante do 2º BPM (Botafogo); No CCI (Centro de Comunicação e Informática), sai o major Fábio da Rocha Bastos Cajueiro e entra o tenente-coronel Sayonara do Valle, que era comandante do 5º BPM (Praça da Harmonia).


CBPM INFORMA - Página 13 - Setembro /2010

www.cbpmrj.com.br

CREDIBILIDADE

Confiança no presidente leva pensionista a retirar ação da justiça e celebrar acordo com a CBPM Carta enviada a instituição relata situação vivida pela dona Martina da Conceição, de 72 anos

“D

ecidi comunicar o fato a Vossa Senhoria após ler o jornal da CB, dos meses de julho e agosto, cujo conteúdo deu-me a certeza de que o atual presidente é um homem probo e austero, e que não está exercendo a função para se locupletar, mas sim para resgatar a credibilidade da instituição e cumprimento do estatuto que a rege.” O texto acima foi destacado da carta enviada ao presidente Chavarry Duarte pela Sra. Martina da Conceição Ferreira, 75 anos, no último dia 2 de agosto. Viúva desde novembro de 2007, seu falecido marido contribuía para a CBPM há mais de 30 anos. Depois de aguardar por quase dois anos a liberação do seu pecúlio, decidiu acionar a instituição na justiça para conseguir receber o que era seu por direito. Em audiência no juizado especial

cível da Leopoldina, em maio de 2009, a antiga direção da CBPM propôs efetuar o pagamento em 12 parcelas. O acordo firmado não foi integralmente cumprido, tendo sido efetuado o pagamento de apenas sete parcelas do pecúlio. Dona Martina espera há 14 meses receber as cinco últimas parcelas do acordo. Entendendo o novo momento que está vivendo a Caixa Beneficente e demonstrando interesse em ajudar a nova administração no sentido de reerguer a instituição, a viúva decidiu enviar a carta ao presidente Chavarry. Em outro texto da carta, fica explicita a sua intenção: “Por enquanto não pretendo comunicar o fato ao Juizado Especial Civel, haja visto que se eu o fizer acarretará em multas, fato que irá onerar ainda mais a receita da CBPM, já bastante comprometida devido a má gestão do antigo presidente.”

Cel. Robson, vice-presidente da CBPM, apresenta à Dona Martina e a seu genro o processo reaberto por determinação do presidente Chavarry

Vice-presidente vai à casa da pensionista efetuar pagamento Mesmo com as atividades da CBPM comprometidas devido a realização de auditoria interna, o presidente Chavarry determinou a reabertura do processo administrativo nr. 0868/07, processo judicial nº 2009.210.001943-7, e decidiu reiniciar o pagamento das parcelas. Em agradecimento à confiança e ao apoio da Dona Martina, o Cel. Robson, vice-presidente da CBPM, foi até a sua casa para efetuar o pagamento da oitava parcela em mãos e garantir que suas palavras na carta estão corretas. Na presença do genro, o Sub-tenente reformado Paulo César dos Santos Bastos, foi entregue a ela o cheque do banco Itaú no valor de R$ 490,86. Bastos disse que o novo presidente, Cel. Chavarry Duarte, é seu conhecido de longa data, e que sabe o caráter que ele tem. “Quando li os jornais e soube que o novo presidente era o Cel.

Chavarry, eu tive certeza de que o problema seria resolvido. Sei que ele é bom caráter e que merece não só o respeito, mas ajuda também”. Antes de se despedir, Dona Martina fez questão de agradecer a atenção que recebeu e afirmou que se sente agora segura de que sua causa está em boas mãos. Sai a indignação pelo descaso, entra o conforto pelo direito atendido.

“Sei que ele é bom caráter e que merece não só o respeito, mas ajuda também”, Sub-ten Paulo César Bastos O Sub-ten Paulo César Bastos e sua sogra, Dona Martina, garantiram ao vice-presidente Cel. Robson seu apoio à nova direção da CBPM


CBPM INFORMA - Página 14 - Setembro /2010

www.cbpmrj.com.br

Caixa Beneficente da Polícia Militar do Estado do Rio de Janiero GABINETE DO PRESIDENTE Relatório Financeiro - Período 01/08/2010 a 31/08/2010 1. Receitas (Recebimentos) Saldo Anterior R$ 84.111,22 1.1 Repasse SIAFEM em 13/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.2 Repasse SIAFEM em 13/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.3 Repasse SIAFEM em 13/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.4 Repasse SIAFEM em 13/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.5 Repasse SIAFEM em 18/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.6 Repasse SIAFEM em 18/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.7 Repasse SIAFEM em 18/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.8 Repasse SIAFEM em 18/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.9 Repasse SIAFEM em 18/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.10 Repasse SIAFEM em 25/08/2010 - Banco Itau - ag.6011 c/c 01775-0 1.11 Repasse SIAFEM em 11/08/2010 - Banco Itau - ag.6157 c/c 01458-7 1.12 Repasse SIAFEM em 11/08/2010 - Banco Itau - ag.6157 c/c 01458-7 1.13 Repasse SIAFEM em 11/08/2010 - Banco Itau - ag.6157 c/c 01458-7 1.14 Repasse SIAFEM em 11/08/2010 - Banco Itau - ag.6157 c/c 01458-7 1.15 Repasse SIAFEM em 18/08/2010 - Banco Itau - ag.6157 c/c 01458-7 1.16 Receitas Financeiras Total 2. Despesas (Pagamentos) 2.1 Folha de Pagamento 2.2 Benefícios em Geral 2.3 Encargos Sociais 2.4 Serviços Públicos 2.5 Manutenção 2.6 Prestação de Serviços 2.7 Gerais e Administrativas 2.8 Telefonia 2.9 Veículos 2.10 Emolumentos 2.11 Transporte 2.12 Câmara dos Dirigente Lojistas 2.13 Acordo Trabalhista 2.14 Custas Judiciais 2.15 Proderj 2.16 Seguro 2.17 Verba para Auxílio dos Setores 2.18 IPTU 2.19 Sindicato 2.20 Restituição de Despesas 2.21 Baixa de Títulos 2.22 Rescisão de Contrato 2.23 Depósito para Pousadas 2.24 Despachante 2.25 Férias e Adiantamentos 2.26 Depósitos Judiciais 2.27 Contribuição Institucional Sub-Total 3. Despesas Financeiras (Juros Bancários, Despesas Bancárias, IOF, etc) 3.1 Tarifas Bancárias 3.2 Juros Bancários Sub-Total 3. Saldo Contábil (1 - 2 - 3) 4. Saldos Bancários em 31/07/2010 4.1 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 01775-0 4.2 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6157 c/c: 01458-7 4.3 Conta Corrente - Banco Itau ag: 0402 c/c: 12263-4 4.4 Conta Corrente - Banco Itau ag: 0313 c/c: 31853-7 4.5 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 11425-0 4.6 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 29302-1 4.7 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 25520-2 4.8 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 15621-0 4.9 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 29302-1 4.10 Conta Corrente - Banco Itau ag: 6011 c/c: 15584-0

R$ 23,28 R$ 130.995,43 R$ 293.520,95 R$ 130.356,80 R$ 230,00 R$ 2.670,25 R$ 28,74 R$ 4.000,00 R$ 4.000,00 R$ 206,61 R$ 58.645,51 R$ 3.300,00 R$ 53.513,71 R$ 130.015,87 R$ 8.022,00 R$ 3,89 R$ 903.644,26 R$ 268.023,62 R$ 148.373,18 R$ 52.198,51 R$ 28.587,43 R$ 37.770,27 R$ 32.651,70 R$ 235.526,70 R$ 12.139,42 R$ 16.182,38 R$ 155,28 R$ 5.169,00 R$ 1.500,00 R$ 1.500,00 R$ 2.969,69 R$ 22.972,06 R$ 2.069,85 R$ 3.400,00 R$ 1.691,65 R$ 318,00 R$ 4.966,40 R$ 10.000,00 R$ 1.500,00 R$ 1.000,00 R$ 1.570,00 R$ 5.907,37 R$ 640,00 R$ 327,24 R$ 899.109,75 R$ 1.619,25 R$ 109,87 R$ 1.729,12

4.11 Conta Corrente - Banco HSBC ag: 1324 c/c: 00338-19 (766,82) 4.12 Conta Poupança - Banco Itau ag: 0313 c/p: 47094-0 675,21 4.13 Conta Corrente - Banco CEF ag: 4145 c/p: 13964-7 Total R$ 9,80  5. Saldo Financeiro (4 - 3 ) R$ 2.815,19

ATO Nº 033 /2010

O Presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – CBPMERJ, Pedro Chavarry Duarte com base e instrumentado pela decisão judicial proferida pela M.M.Juíza de Direito PATRICIA COGLIATTI DE CARVALHO da 10ª. Vara Cível, em 09.06.2010, e no uso das atribuições que lhe conferem o Artigo 17, Inciso III do Estatuto Social,

Considerando o princípio da transparência que deve nortear administ ração da Caixa Beneficente do Policia Militar ; Considerando a postura de probidade que deve ter dirigentes e ocupantes de cargos de confiança na gestão de instituições de interesse coletivo como a CBPMERJ. Considerando a decisão judicial exarada nos autos do processo 2009.001.325543-1 que determina a prestação de contas mensal desta presidência de todos os atos praticados na administração, o que sob prática faz com que ações , condutas e condições legais de dirigentes e ocupantes de cargo de confiança recaiam diretamente na responsabilidade do presidente

RESOLVE: Art. 1º - DETERMINAR , que todos os diretores e ocupantes de cargos do confiança na administração abaixo relacionados ( ANEXO I) , apresentem no PRAZO MÁXIMNO DE 07 (SETE) DIAS , cópia da declaração de imposto de renda do último exercício e Declaração atualizada de bens Art. 2º - Os ocupantes de cargos de confiança e dirigentes deverão informar ainda se exercem funções em outras empresas, associações ou órgãos públicos que estejam compatíveis com sua profissão, dentro do horário disponível e com o valor de remuneração Art. 3º - Todos deverão informar também se integram quadro societário de empresas. Em caso afirmativo esclarecer se a referida firma tem relação contratual ou comercial com a CBPMERJ Art. 4º - A documentação deve ser encaminhada a esta presidência através da Secretaria Executiva em envelope fechado, com assinatura no lacre. Art. 5º As cópias da documentação será encaminhado juntamente com relatório de prestação de contas ao juízo de 10ª Vara Cível da Capital

R$ 2.805,39

Art. 6º - Os documentos originais ficarão sob guarda da auditoria e disponíveis para órgãos de fiscalização (receita federal) ou de investigação ( Ministério Público)

(1.060,74) (9,90) 1,55

Art. 7º - Este ato entra em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrário

1.141,00 29,50

Rio de Janeiro, 22 de Outubro de 2010.

Pedro Chavarry Duarte Presidente


CBPM INFORMA - Página 15 - setembro /2010

www.cbpmrj.com.br

Trabalhando

estão sendo viabilizadas através Sede de Madureira terá Obras de parcerias com instituições ligada consultório odontológico ao Corpo de Bombeiros

A

s parcerias firmadas pela nova administração da Caixa beneficente e o reordenamento orçamentário determinado pelo presidente Pedro Chavarry estão proporcionando a reformulação da sede da instituição em Madureira, com adequação das instalações para o melhor atendimento ao associado e para ofercer condições dignas de trabalho aos funcionários. Depois da nova área administrativa, da recepção e das salas para atendimento dos novos programas, a sede ganhará banheiros para atendimento ao público. Atualmente só existe banheiro interno e os associados precisam se deslocar da área de atendimento para ir ao banheiro. Assessora da presidência responsável pela execução do plano de remodelagem da sede, Jania Bizarelli explica que estão sendo construidos dois banheiros (masculino e feminino ) e um banheiro para portadores de necessidades especiais com fraldário. “A acessibilidade tem que estar assegurada afirma. Além do banheiro na área externa

da loja de madureira, também esta sendo construido um gabinete dentário. Uma parceria com instituições ligadas ao corpo de bombeiros está viablizando o projeto. Segundo Jânia Bizarelli as instituições parceiras estão contribuindo com a doação do material e a Caixa Beneficente oferecendo a mão de obra, executada pelos funcionários da manutenção “A Caixa Beneficente tem excelentes profissionais lotados no setor de manutenção que estão trabalhando com muita vontade nestes projetos de obras”, comentou Jânia. O trabalho de Orientação e assistência jurídica também contará com dois gabinetes para atender aos associados. Estas salas estarão disponíveis para o trabalho a partir da primeira semana de novembro. O Presidente Pedro Chavarry Duarte disse que o gabinete dentário será disponibilizado aos associados através de um plano específico e que sua previsão é que o serviço entre em funcionamento no mês de janeiro. Quanto a assistência jurídica, ela estará disponivel até o final do mês de novembro.

As obras estão a pleno vapor e estarão concluídas até o final do mês de novembro

Condominio Alferes Tiradentes também recebe melhorias Reforma completa dos elevadores que estavam completamente sucateados e colocando em risco a integridade fisica dos moradres; instalação de sistema de câmeras para contribuir com a segurança; porteiro eletronico para restringir o acesso e a reforma completa das portarias são as primeiras ações implementadas pela direção da Caixa Beneficente no Condominio Alferes Tiradentes. O trabalho está sendo realizado após a criação e implantação com sucesso da comissão gestora do condominio, que através de um trabalho dedicado tem conseguido estabelecer um bom trabalho junto aos condominos e com isso reduzir a inadimplência de pagamentos. Segundo o assessor técnico da comissão Roberto Dias, o trabalho tem sido incansável, mas os resultados começam a aparecer. Dias disse que a prioridade determinada pelo Presidente Pedro Chavarry neste momento é a melhoria das chamadas áreas comuns (portaria, garagens, play e

corredores), mas um outro projeto que também está em curso é a susbtituição dos vasos sanitários de todos apartamentos. “Substituiremos tudo por vaso acoplado que representará uma economia de água para todo condominio”, disse Dias. A assessora da presidencia Jania Bizarelli disse que o cronograma das obras determinadas pelo presidente prevê a conclusão das portarias até a primeira quinzena do mês de novembro, em seguida será a vez do Play do bloco I e das garagens. O Diretor de Patrimônio Mauro Silva Mendes disse que está planejada a reforma dos apartamentos vazios para que seja disponibilizado para o plano de vendas e que a pintura dos corredores deve começar imediatamente. Mendes também comemora um outro grande resultado: A redução da inadimplência de pagamento de aluguel. “Estamos com 90% dos imóveis alugados em dia com seus pagamentos”.

A equipe de manutenção da CBPMERJ trabalha duro e com dedicação. Elevadores do Condominio ja estão reformados , enquanto obra da portaria encontra-se em fase final


cbpmerj_out2010  

journal,news