A luz e a visão - sessão 9

Page 1

A Luz e a Visão

Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


Vejo mal... ... que tipo de lentes devo usar nos óculos?

A Luz e a Visão

No olho humano normal as imagens dos objectos que vemos são focadas sobre a retina, como já sabemos. Olho normal - focagem das imagens na retina.

Porém, por vezes surgem alterações ao funcionamento do olho que fazem com que as imagens não sejam correctamente focadas e, em consequência, impedem que a visão seja nítida (impedem que a pessoa veja bem).

O olho humano tem frequentemente alguns defeitos de visão que podem ser corrigidos com a utilização de óculos ou de lentes de contacto.

Vamos conhecer um pouco melhor esses defeitos de visão e procurar descobrir qual o tipo de lentes adequado (certo) para os corrigir.

Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


A Luz e a Visão

Ver mal - a miopia

Miopia - um olho míope tem problemas de focagem das imagens porque estas imagens se focam à frente da retina, impedindo uma visão nítida de objectos que estão afastados da pessoa. Quem tem miopia tem uma visão nítida em zonas muito próximas e não vê bem ao longe. Olho míope - focagem das imagens à frente da retina.

A correcção deste problema consegue-se recorrendo à utilização de lentes divergentes que colocam a focagem das imagens na retina, permitindo obter uma visão nítida.

Olho míope com lente divergente - a focagem das imagens é feita na retina, devido à refracção da luz provocada pela lente. Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


A Luz e a Visão

Ver mal - a hipermetropia

Hipermetropia - um olho hipermetrope tem problemas de focagem das imagens porque estas imagens se focam atrás da retina, impedindo uma visão nítida de objectos que estão próximos da pessoa. Quem tem hipermetropia não vê bem ao perto.

Olho hipermetrope - focagem das imagens atrás da retina.

A correcção deste problema de visão consegue-se recorrendo à utilização de lentes convergentes que colocam a focagem das imagens na retina, permitindo obter uma visão nítida.

Olho hipermetrope com lente convergente - a focagem das imagens é feita na retina, devido à refracção da luz provocada pela lente.

Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


Ver mal - o astigmatismo

A Luz e a Visão

Astigmatismo - um olho astigmático tem problemas de focagem das imagens porque estas imagens se focam a distâncias diferentes da retina, impedindo uma visão nítida Este problema de visão resulta de uma alteração da forma da córnea. Quem tem astigmatismo não vê bem ao perto nem ao longe e vê imagens distorcidas. A correcção deste problema consegue-se recorrendo à utilização de lentes cuja espessura não é igual em toda a sua superfície, compensando desta maneira as alterações da forma da córnea; estas lentes colocam a focagem das imagens na retina, permitindo obter uma visão nítida.

Olho astigmata - a focagem das imagens na retina é conseguida através de óculos com lentes de diferente espessura. Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


A Luz e a Visão

Ver mal - a presbiopia

Presbiopia (ou “vista cansada”) - A partir de uma determinada idade (>40 anos) a capacidade de acomodação do cristalino vai diminuindo progressivamente (diminui a pouco e pouco). Quando isto acontece, a pessoa começa a ter dificuldade em ver ao perto, porque as imagens desses objectos mais próximos são focadas atrás da retina.

Cristalino

A correcção deste problema f az-se utilizando lentes convergentes, que focam as imagens na retina.

Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


Vejo mal... actividades de aplicação

A Luz e a Visão

Como funciona o cristalino? Como vê quem não vê bem? Vamos utilizar um simulador de problemas de visão, para ter uma percepção (para perceber) como é a visão de um olho não normal.

À descoberta: “Observar” a acomodação do cristalino

para visitares a pá

Clica na imagem,

http://www.vision simulations.com/ind ex.htm

gina!

Como vê quem vê mal?

Clica na imagem,

para visitares a pá

À descoberta:

http://micro.magn et.fsu.edu/primer/jav a/humanvision/acco mmodation/index.ht ml

gina!

Fazer exercícios interactivos e actividades: Exercícios de aplicação

Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


A Luz e a Visão

Para melhorar a visão

Olho com lente de contacto colocada.

Universidade Católica Portuguesa/Mestrado em Ciências da Educação - Informática Educacional Investigação de Ana Paula Paiva - 2005/2006

Sessão 9


Materiais para o ensino de Física com suporte das TIC

Licença de utilização Os materiais divulgados no Portal Casa das Ciências foram desenvolvidos no âmbito da investigação de mestrado realizada pela autora e estão abrangidos por uma licença Common Creatives: "A Luz e a Visão" - Materiais para o ensino de Física com suporte das TIC by Ana Paula Paiva is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Partilha nos termos da mesma Licença 2.5 Portugal License.

Atribuição de créditos No desenvolvimento destes materiais pedagógicos foram utilizados alguns recursos desenvolvidos por outros autores, a quem se agradece. Estes recursos estão identificados, com atribuição de créditos no documento “Licença e Atribuição de créditos” que é parte integrante do conjunto de materiais publicados.

Aprovação dos materiais para publicação Aceite para publicação em 15 de Março de 2010.