__MAIN_TEXT__

Page 1


Desenhar é transcender Nas mãos dos designers, linhas, cores, formas e materiais nunca são obras do acaso. Comunicam algo, constroem significados, proporcionam experiências. O processo criativo não se esgota no móvel finalizado, e sim na atividade interativa e diária com cada usuário. Assim como na arte e na arquitetura, é possível, sim, transcender por intermédio do design. Desenhar é tornar possível Por meio do contínuo exercício do projeto, os designers abrem as portas do desconhecido e descobrem inesgotáveis maneiras de se expressar, de viver e de morar. Desenhar é questionar Designers são seres movidos pela vontade de questionar e expandir olhares e lugares. Não se conformam com o convencional e estão sempre em busca do novo, arriscando-se assim, a viver cada experiência como uma obra de arte. Eles se permitem. Marcelo Lima Jornalista e crítico de Design


CONCEITO


banco Canivete, banco Cilindros e buffet Componente, por Murilo Weitz – sofá Rei, por Reinaldo Lourenço – mesa lateral Mandacaru, por Estevão Toledo


Na página ao lado: cadeira e poltrona Set, por Estevão Toledo – mesa lateral Laguna e mesa de centro Laguna, por Ronald Sasson – banco Beo, por Brunno Jahara


Na página ao lado: mesas laterais Denver, por Paulo Sartori – buffet Brisset, por Ronald Sasson – poltrona e puff Hound, por Felipe Protti – luminária Catavento, por Em2 Design


Na página ao lado: poltrona (esquerda) Modern Nona, por Mula Preta – poltrona (direita) Lucca, por Cristian Cimiotto – bar Jobim, por Diogo Giácomo Tomazzi – mesa lateral (esquerda) Denver, por Paulo Sartori – mesa lateral (direita) Gold


Na página ao lado: sofá Nagoia, por Bruno Faucz – mesa de centro Planos, por Carla Medina – cadeira Doma, por Walter Cuco – mesa lateral Catedral e banco lateral Catedral, por Paulo Niemeyer


Na página ao lado: poltrona (esquerda) Duna, por Estúdio Rain – bar Martini, por Zanocchi & Starke – poltrona (direita) Mama, por Mula Preta – mesa lateral (esquerda) Tóquio, por Paulo Sartori – mesa lateral (direita) Equilíbrio, por Bruno Simões


Na página ao lado: sofá Joffrey, por Roberto Mannes Jr. – mesa lateral Mandacaru, por Estevão Toledo – mesa de centro Vértice, por Carol Gay


Na página ao lado: mesa de jantar Lonia, por Estúdio Dat – cadeiras Palitos, por Danilo Lopes – espelho Gávea, por Diogo Giácomo Tomazzi


aparador e mesa lateral Vértice, por Carol Gay – chaise Parquet e luminária Pelicano, por Bianca Barbato


Na página ao lado: sofá Perriand, por Paulo Alves – poltrona (esquerda) Melissa e poltrona (direita) Beatriz, por Aristeu Pires – mesa de centro Contemporânea e banco Catedral, por Paulo Niemeyer – suporte Círculos, por Murilo Weitz


Na página ao lado: mesa de jantar Cris, por Paulo Niemeyer – poltrona Argola e suporte Círculo, por Murilo Weitz – cadeiras Hermes, por Danilo Lopes


COLEÇÃO ESPECIAL

PA U L O N I E M E Y E R Arquiteto e urbanista, o bisneto de Oscar Niemeyer encara o design como um grande hobby, algo que lhe dá muito prazer. Suas criações costumam remeter à arquitetura, com conceito estrutural mais elaborado, em um perfeito mimetismo entre construção e design. niemeyerarquitetura.com @paulosergioniemeyermakhohl

Esquerda à direita: mesa de jantar Cris – banco Catedral (madeira) – mesa lateral Catedral (branca) – mesa lateral Alvorada – poltrona Jacy – mesa de jantar Alvorada (ao fundo) – mesas de centro Contemporânea – banco Alvorada – mesa de centro Oscar – cadeira Jacy 2


banco Alvorada – mesa lateral Alvorada Na página ao lado: poltrona Jacy – cadeira Jacy C O L E Ç Ã O E S P E C I A L | PAU LO N I E M E Y E R


4


mesas de centro Contemporânea C O L E Ç Ã O E S P E C I A L | PAU LO N I E M E Y E R


mesa de jantar Cris


COLEÇÃO ESPECIAL

RONA LD SASSON O designer e artista plástico que vive em Gramado (RS) coleciona prêmios dentro e fora do Brasil, como o Good Design Award 2018, de Chicago, pelas poltronas Emme e Corpo, e participações em importantes exposições como Biennale di Venezia 2017, na Itália, e Art Basel 2017, na Suíça. studioronaldsasson.com.br @ronald_sasson_

mesa de jantar Clap – cadeira Belt, com braço – cadeira Belt, sem braço


2


COLEÇÃO ESPECIAL | RONALD SASSON

poltrona Carioca – mesa de centro Matress – mesa de centro Detur


COLEÇÃO ESPECIAL | RONALD SASSON

poltrona Inglesa – bar Inn – poltronas Bless giratórias 4


COLEÇÃO ESPECIAL

ARISTEU PIR ES Reconhecido como um dos grandes nomes do design brasileiro, Aristeu Pires se destaca pelo uso da madeira maciça, de manejo florestal, como principal matéria-prima e pela produção extremamente artesanal. aristeupires.com.br @aristeupiresdesign

Esquerda à direita: sofá Beatriz – cadeira Nara – poltrona Melissa – cadeira Aurora (ao fundo) – poltrona Beatriz (ao centro) – cadeira Yoko, banqueta Yoko – banqueta Marcia – banco Vivi (ao fundo) – banco Doris 2


COLEÇÃO ESPECIAL | ARISTEU PIRES

sofá Beatriz – poltrona Beatriz Na página ao lado: banco Vivi (atrás) – banco Doris


COLEÇÃO ESPECIAL | ARISTEU PIRES

4


BOSSA NOSSA 11 D E S I G N E R S A P R E S E N T A M A L G U M A S D E S UA S C R I AÇ Õ E S PA R A A B R E T O N

Bianca Barbato / Bruno Simões / Carol Gay / Daniel Simonini / Danilo Lopes / Diogo Giácomo Tomazzi / Estevão Toledo / Mula Preta / Estúdio Rain / Murilo Weitz / Paulo Alves


BOSSA NOSSA

– “Busco fazer peças com elegância e economia de linha e de matéria-prima por respeito à natureza” –

PA U L O A LV E S A arte da marcenaria, a brasilidade e a sustentabilidade pautam o trabalho e a trajetória profissional deste arquiteto de formação com mais de 25 anos de experiência em design e passagem pelo escritório da italiana Lina Bo Bardi, uma importante referência. pauloalves.com.br @pauloalvesdesign

buffet Valentine 2


– “Tudo foi pensado com muito cuidado, desde a escolha do veludo, às folhas naturais das madeiras nobres, como o pau-ferro da marchetaria” –

BI A NC A BA R BAT O A designer autodidata tem como foco o desenho autoral de móveis e luminárias, em peças elaboradas e minuciosas que vão desde edições limitadas até linhas industriais. Os materiais e as técnicas geralmente são os protagonistas e seu ponto de partida, do artesanal ao industrial. biancabarbato.com @bianca_barbato

poltrona Parquet


BOSSA NOSSA

– “A coleção Vértice foi inspirada na cidade de São Paulo e suas barreiras visuais, seus gradis e sua geometria” –

C A ROL G AY Arquiteta e designer, Carol Gay aprimorou seus conhecimentos trabalhando em grandes empresas de design e participando de diversos workshops pelo mundo. Há quase 20 anos integra exposições no Brasil, nos EUA, na Europa e na Ásia. Atualmente, trabalha como designer em seu ateliê em São Paulo. carolgay.com.br @carolgay

mesa de centro, mesa lateral e aparador Vértice 4


– “A mistura de materiais, principalmente metal e madeira, traz emoção e também um toque retrô modernizado” –

DA N I E L S I M O N I N I O designer paulistano assina peças de outdoor, lighting e mobiliário que se destacam pelo estudo de proporções, pela ergonomia e pela atenção aos mínimos detalhes, além de materiais de qualidade premium.

adolinisimonini.com @dansimonini

sofá Wave


BOSSA NOSSA

– “Muita madeira, palhinha e metal, numa composição superleve, remetem à história do móvel moderno brasileiro, dos anos 1950” –

DIO G O G I ÁC OMO TOMAZZI O arquiteto e designer abriu, em 2011, seu próprio estúdio de criação de móveis, iluminação e objetos, mesclando produção artesanal e industrial, além de projetos autorais para a indústria moveleira ou de tiragem limitada. giacomotomazzi.com @giacomotomazzi_

escrivaninha Cosme 6


– “A coleção explora o equilíbrio entre o latão e a madeira, no qual o robusto e o delicado se intercalam” –

BRU NO SI MÕE S O contato direto com designers e artistas motivaram o fotógrafo e arquiteto a exercer a criação e fundar o próprio ateliê, experimentando também o universo do design de produto. Bruno se dedica à investigação da relação entre objeto e matéria, comportamento e espacialidade. ateliebrunosimoes.com @brunosimoes.atelie

mesa de centro e mesa lateral Equilíbrio


BOSSA NOSSA

– “Peças com poucos elementos, em que as almofadas estruturam o próprio corpo do sofá, trouxeram conforto e aconchego” –

ESTÚDIO R AIN A designer de produto Mariana Ramos e o arquiteto Ricardo Innecco estão à frente do Rain, estúdio focado no desenvolvimento de mobiliário, iluminação e objetos utilitários. Madeira e metal estão entre as principais matérias-primas utilizadas pela dupla, que busca explorar caminhos novos e improváveis em suas criações. estudiorain.com @estudiorain

sofá Duna 8


– “Gosto de trazer elementos brasileiros, como o mandacaru, e o Brasil com uma linguagem nova e sofisticada para dentro de casa” –

E S T E VÃ O T O L E D O O paulistano desenvolve mobiliário com design contemporâneo e pegada modernista, em que a madeira é a matéria-prima principal. Em sua agência de design, além da criação de produtos, ele presta consultoria para lojas e indústrias na área de desenho e gestão de produto.

estevaotoledo.com.br @estevaotoledo

cadeira e poltrona Set – mesa lateral Mandacaru


BOSSA NOSSA

– “O formato clássico cria uma relação íntima com o objeto, e a valorização da geometria traz identidade ao banco” –

MURILO WEITZ Foi quando morou em Londres, cursando design de criação e moda, que o arquiteto Murilo Weitz descobriu sua paixão pela criação de produtos em diferentes escalas. Em 2015, lançou sua marca homônima e hoje é presença certa nas feiras e mostras mais importantes. muriloweitz.com @muriloweitz

banco Cilindros 10


– “Fomos mais a fundo no conforto e na ergonomia, com destaque para o alto acabamento em costura e o foco no estofado” –

M U L A PR E TA O designer André Gurgel (à dir.) e o arquiteto Felipe Bezerra se uniram para fundar o estúdio de design de produtos, cujo nome foi inspirado na música homônima de Luiz Gonzaga e representa a cultura nordestina, traço marcado pela irreverência do desenho criativo do estúdio.

mulapreta.com @mulapreta

poltrona Mama – poltrona Modern Nona (direita)


BOSSA NOSSA

– “A inspiração em estilos atemporais se fundem em uma combinação equilibrada entre o clássico e o contemporâneo” –

DA N I L O L O P E S Toda expertise em estética, ergonomia e acabamentos, que identificamos nos estofados e mobiliários que Danilo assina, veio de sua atuação no segmento de moda, área em que trabalhou durante 20 anos, criando e desenvolvendo acessórios femininos e masculinos. @danilolopesofficial

cadeira Palitos (esquerda) – cadeira Hermes (direita) 12


RO B E R T O R I S C A L A

ResponsĂĄvel por grandes e importantes parcerias com a Breton, como o paisagismo das lojas da Gabriel Monteiro da Silva e do Shopping D&D, Riscala coleciona mais de 3000 jardins projetados e executados em todo Brasil, alĂŠm de trabalhos no Uruguai, Argentina e em Gana, na Ă frica. robertoriscala.com.br @robertoriscala_paisagismo


N AC IO N A L I DA DE

“Fiz o projeto das lojas Breton, pensando em dar uma identidade brasileira, já que a marca prioriza muito o design nacional. Utilizei plantas tropicais nativas do Brasil, com muitas folhagens, formatos diferentes e texturas, assim como são os móveis brasileiríssimos da Breton.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


SUZ A NA SCHER M A N N

O que era um hobby virou uma nova profissão na vida da decoradora, que trocou a carreira na área da comunicação pelo design de interiores. Suzana coleciona projetos residenciais e comerciais em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, e é autora do livro “Como Decorei Minha Vida”.

@suzanaschermann


L Á D O A LT O

“Poucos e bons móveis, com muita qualidade e conforto, muito cinza, preto e um pouco de madeira imprimiram o clima clean e contemporâneo ao apartamento, no alto do 22o andar.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


FA B I A N O H AYA S A K I E TA N I A H AYA S A K I

Além de casados, o arquiteto Fabiano Hayasaki e a designer de interiores Tania Hayasaki são sócios. Eles estão à frente do escritório, em São José do Rio Preto, que tem 15 anos de história e projetos assinados no Brasil, nos EUA e na Europa. fabianohayasaki.com.br @fabianohayasakiarquiteto


RELEITURA

“Os móveis Breton levaram aconchego a esse apartamento de 750 m2 que, por fora é neoclássico, e, por dentro é contemporâneo, mas com alguns toques neoclássicos.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


BETO A M A R A L

O arquiteto Beto Amaral e a equipe de seu escritório, BA+, buscam imprimir uma identidade contemporânea e exclusiva a cada projeto, sempre respeitando o estilo pessoal do cliente e os objetivos de cada proposta.

betoamaral.com.br @betoamaral.arquitetura.design


F O R M A E E S T É T IC A

“O resultado final do projeto do restaurante Geppetto Cucina surgiu do desejo do cliente aliado aos conceitos do escritório, sempre preocupado com conforto – muito presente no mobiliário Breton – funcionalidade, estilo e criatividade, integrando as mais atuais tecnologias e tendências.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


F E R N A N DA C A RVA L H O E B I A B O RG E S

Sócias da Arquitetura Essencial, no Rio, Fernanda e Bia desenvolvem projetos com soluções criativas e contemporâneas, tendo como foco principal quatro pilares essenciais: design, conceito, criatividade e inovação.

arquiteturaessencial.com @arquiteturaessencial


CASA CHEIA

“Pé-direito duplo, madeira, móveis incríveis e muito verde. A proposta deste projeto foi criar um ambiente confortável e aconchegante para uma família que adora receber os amigos.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


FILIPI OLI V EIR A E M A R I A N A G A RC I A O L I V E I R A

O casal de arquitetos, donos do escritório mf+arquitetos, em Franca (SP), destaca-se pela busca da integração do interior com o exterior e pelo uso de elementos como ventilação natural, luminosidade e leveza estrutural aliados a materiais naturais. mfmaisarquitetos.com @mfmaisarquitetos


I N N AT U R A

“O uso do verde no espaço é algo que utilizamos sempre, para dar vida ao ambiente. Materiais naturais como madeira, concreto e pedra foram elementos que caracterizaram o projeto da Tartuferia San Paolo. Além do mobiliário Breton, empresa parceira e presente também na área corporativa.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


A N A G AT T I E A N D R É A G AT T I

Mãe e filha estão, há 25 anos, à frente do primeiro escritório de arquitetura de interiores de Taubaté, interior de São Paulo. Juntas, Ana e Andréa assinam projetos que se destacam pela arquitetura de linhas puras e limpas, com atenção especial à parte luminotécnica.

gatti.arquitetura@hotmail.com 12 3621 3630


G R A N DIO S I DA DE

“Para valorizar o pé-direito de 6 metros de altura, utilizamos elementos de madeira na vertical, entremeados por faixas de espelho, que multiplicam tudo e levantam o olhar de quem entra no ambiente.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


F E R N A N DA M A RC H E T T E

A arquiteta é especializada em projetos residenciais, corporativos e de design de interiores. “Para mim o importante é entender o que o cliente está buscando e transpor para o projeto, que pode ter um estilo clássico, contemporâneo, rústico...”, conta.

fernandamarchette.com.br @fernandamarchettearquitetura


TUDO AZUL

“Nessa casa de veraneio, a minha proposta foi deixá-la o mais integrada possível, fazendo com que o infinito fosse o limite. E assim foi! Então, logo que abrimos a porta de entrada temos o living, o espaço gourmet, a sala de jantar, a varanda, a piscina e a represa, como o infinito.”

ARQUITETURA E INTERIORES | 2


A P R E S E N TA

C O L E Ç ÃO

DE SEJOS DE FA M Í L I A


mesa de jantar Cora, por Estúdio Dat – buffet Pampulha, por Estúdio Breton – cadeiras Yoko, por Aristeu Pires


sofá Beatriz e banco Doris, por Aristeu Pires – mesas de centro Itau, por Estúdio Breton – poltrona Jaci, por Paulo Niemeyer Na página direita: mesa lateral Cone, por Estúdio Breton – poltronas Beatriz, por Aristeu Pires


sofá Lucca, por Cristian Comiotto Na página esquerda: poltronas giratórias Bless, por Ronald Sasson – mesa de centro Leaf (direita), por Terinn Design – mesa lateral Bart Na página direita: luminária Pelicano, por Bianca Barbato – mesa de jantar Cris e banco Catedral, por Paulo Niemeyer – poltrona Galeto – mesa de centro Lonia (esquerda)


mesa de jantar Flintt, por Ronald Sasson – cadeiras Pixi, por Henrique Schreiber


cama Joá e banco Leme, por Diogo Giácomo Tomazzi – poltrona giratória Bless, por Ronald Sasson – luminária Pelicano, por Bianca Barbato


sofá Perriand, por Paulo Alves – mesa de centro Contemporânea, por Paulo Niemeyer Na página esquerda: poltrona Abraço, por Rejane Carvalho Leite – suporte Círculos, por Murilo Weitz Na página direita: mesa e banco lateral Alvorada, por Paulo Niemeyer – poltrona Taco, Rejane Carvalho Leite


sofá Lucca – mesa de centro Caetano, por Diogo Giácomo Tomazzi Na página esquerda: mesa lateral Pastilha, por Carla Medina poltronas Lucca – mesa lateral Malt Na página direita: mesa lateral Vértice, por Carol Gay – poltrona Lua


mesa de jantar Elisava, por Luisa Moysés para Estúdio Breton – cadeiras Palitos, por Danilo Lopes – aparador Círculos, por Murilo Weitz


sofá Carico, por Paulo Alves – mesa de centro Planos, por Carla Medina Na página esquerda: poltrona Melissa (com braço), por Aristeu Pires – mesa lateral Gole – mesa lateral Bart Na página direita: poltrona Canguru


cadeiras Hermes , por Danilo Lopes – mesa de jantar Angel, por Ronald Sasson


sofá Parquet, poltrona Parquet, chaise Parquet e mesa de centro Parquet, por Bianca Barbato – mesa lateral Vértice, por Carol Gay


sofá Nagoia, por Bruno Faucz – mesa de centro Vértice, por Carol Gay Na página esquerda: poltrona Modern Nona, por Mula Preta – mesa lateral Denver, por Paulo Sartori – mesa de vidro esquerda Tori Na página direita: banco Cilindros, por Murilo Weitz – mesa lateral (direita) Equilíbrio, por Bruno Simões – escrivaninha Cosme, por Diogo Giácomo Tomazzi – poltrona Barroca, por Ronald Sasson


sofá Platô – mesas de centro Matress, por Ronald Sasson Na página esquerda: luminária Catavento, por Em2 Design – poltrona e puff Hound, por Felipe Protti Na página direita: mesa lateral Hatt, por Ronald Sasson – poltronas Minke, por Mula Preta


sofá Zurich – mesa de centro Equilíbrio, por Bruno Simões Na página esquerda: mesa lateral Equilíbrio, por Bruno Simões – mesa lateral Tóquio, por Paulo Sartori – puff Luzitano, por Roberto Mannes Jr – bar Inn, por Ronald Sasson Na página direita: luminária Catavento, por Em2 Design – poltrona Melissa, por Aristeu Pires


sofá Duna, por Estúdio Rain – mesa de centro Detur, por Ronald Sasson Na página esquerda: poltrona Mama, por Mula Preta – mesa lateral Fabiana, por Estúdio Breton Na página direita: poltrona Koala – mesa lateral Caetano – buffet Valentine, por Paulo Alves


sofá Lahore, por Estúdio Breton – poltronas Romã, por Estúdio Breton – mesa lateral Bali – mesa de centro Leaf Pétala, por Terinn Design – aparador Vértice, por Carol Gay – mesa lateral (direita) Gole, por Estúdio Breton


sofá Yumi, por Roberta Banqueri – mesa de centro Laguna, por Ronald Sasson Na página esquerda: cadeira (esquerda) Harpia, por Carla Medina – mesa lateral (esquerda) Calman, por Ronald Sasson Na página direita: poltrona Lucca, por Cristian Comiotto para Estúdio Breton – mesa lateral Laguna, por Ronald Sasson – luminária Catavento, por Em2 Design


CASA

lustre Jane Preto Ellen Degeneres

U M A S E L E Ç Ã O D E L U M I N Á R I A S VA R I A D A S - E I N D I S P E N S ÁV E I S - PA R A U M A M B I E N T E SOFISTICADO, ACONCHEGANTE E COM E STILO


lustre Jax Prata Ellen Degeneres

luminária de mesa grande Jatirana

luminária de piso Bacuri luminária de piso Araruta

luminária de mesa Ericacea

luminária de mesa Ninféia 2


S U S T E N T A B I L I DA D E

C

onsciente da necessidade da preservação do planeta e do cuidado com o meio ambiente, a Breton lançou o movimento Ecobreton, uma ferramenta para promover, fomentar e praticar a sustentabilidade, conectando questões sociais e ambientais em seus processos e produtos. Por meio de iniciativas práticas e projetos especiais, que envolvem uma série de ações de impacto positivo que vêm sendo criadas desde a DW! Design Weekend 2018, que aconteceu em agosto, a Breton tem se notabilizado pela seriedade com que lida com a questão da sustentabilidade, tão urgente e importante no contexto mundial. O objetivo é promover, a partir de uma consultoria especializada do Movimento ECOERA e parcerias com empresas e ONGs de respeito e experiência na área, uma transformação radical não só nos processos internos, como na própria cultura da empresa, incentivando toda a cadeia de valores, colaboradores, produtores, parceiros e consumidores finais a adquirir hábitos sustentáveis e ecologicamente corretos. Dessa forma, ciente de seu papel como empresa, a Breton os convida a conhecer um pouco mais de suas iniciativas e a ajudar a construir esse novo capítulo tão importante da sua história.


C A M PA N H A M E U M 2 B R E T O N

A cada pedido fechado na Breton, nossos clientes contribuem para recuperar 1 m² devastado da Mata Atlântica. A realização, que tem o apoio do portal Ecoera (www.portalecoera.com.br) e da ONG Iniciativa Verde (www.iniciativaverde.org.br), que atua na conservação das florestas brasileiras, prevê a recuperação do solo e o plantio de mudas nativas da Mata Atlântica. Desde o início da campanha, a Breton já recuperou o equivalente a mais de 6 mil m2 desse bioma, reconstruindo o ecossistema local e melhorando a qualidade de vida dos cidadãos.

2


SELO CA R BON FR EE

Como parte do compromisso com a sustentabilidade, a Breton selou parceria com o Portal ECOERA para tornar a impressão de suas publicações CARBON FREE. Nesse programa, as emissões de gases de efeito estufa (GEE) – que podem agravar o aquecimento global – são compensadas por meio da recomposição da Mata Atlântica e do plantio de árvores nativas de um dos biomas mais ricos em biodiversidade do mundo em áreas de preservação.


Nas fotos, a equipe Lobo Guará e seus produtos, que levaram o primeiro lugar no Desafio Mobiliza de 2018

DE S A F IO M O B I L I Z A B R E T O N

Com o propósito de apoiar o empreendedorismo social e unir conscientização ambiental e ideias inovadoras, a Breton criou o Desafio Mobiliza Breton, que selecionou um time de jovens talentos para dar novo destino às sobras de matérias-primas. Como prêmio, R$ 30 mil e incentivo jurídico para iniciar o próprio negócio. A equipe vencedora foi a do Studio Lobo Guará, que hoje tem sete produtos no mercado, como pufes de papelão, mantas decorativas, almofadas, ecobags e embalagens, e tem a Breton entre seus clientes, utilizando seus produtos como brindes. Todos os detalhes dos produtos são feitos manualmente, desde separação dos resíduos, design e criação, até execução, embalagem e entrega. 4


– br e t on , um a m a r c a de fa míl i a pa r a fa míl i a


HISTÓR IA

T

udo começou na década de 1960, mais precisamente no ano 1967, quando Judel Rivkind, nascido na Letônia e emigrado para o Brasil para fugir do horror do holocausto, concretizava aquele que era o seu grande sonho: a abertura de uma loja de móveis criados por ele. Nascia assim, em Santana, bairro da zona norte paulistana, a Breton Decorações Ltda. Com o passar dos anos, a loja comandada pelo seu Julio – como se tornou conhecido no Brasil – foi ganhando relevância, respeito e clientela cativa até que Marcel, filho e engenheiro de formação, resolveu dar um passo além, ao abraçar uma oportunidade e comprar – sem o consentimento do pai – um espaço no Shopping Lar Center, que seria inaugurado, em São Paulo. Desde então, a atuação de Marcel se tornou decisiva para o crescimento do projeto, que transformava a Breton em uma potência comercial, mercadológica e criativa. Não por acaso, seis meses

depois da abertura da primeira loja no Lar Center, a empresa já comemorava a inauguração da segunda loja no mesmo shopping. A partir daí, a Breton começou a crescer em ritmo ainda mais acelerado, expandindo, com o tempo, sua área de atuação ao lançar, por exemplo, a Breton Planejamento de Interiores, marco importante na história da empresa. Nessa trajetória, a Breton se tornou conhecida também por ter sido pioneira na customização de móveis, tecidos e venda sob encomenda, com a criação de uma logística própria antes mesmo da chegada dos computadores. Hoje, com mais de cinco décadas de sucesso e reconhecimento e a terceira geração unida no comando da empresa, a Breton vive um momento de franco crescimento e solidez, com oito lojas no Brasil, uma prestes a inaugurar em Brasília e outras duas operações no exterior.

2


Confira aqui o vídeo completo do novo Centro de Distribuição Breton


C E N T RO DE DI S T R I BU IÇ ÃO

A

solidez da empresa, a expertise no desenvolvimento de mobiliário de alto nível e o reconhecimento pelos melhores profissionais do mercado fizeram com que, nesses mais de 50 anos de tradição, a Breton alcançasse outro patamar de qualidade não só dos produtos, como também nos processos por trás deles, que envolvem produção e logística. Todo esse comprometimento com qualidade, profissionais parceiros, clientes e funcionários culminou na inauguração do novo Centro de Distribuição, em Diadema, na Grande São Paulo. O espaço, de 14 mil m2, e inaugurado em outubro de 2018, unificou as fábricas, o

escritório principal e a central de distribuição, tornando-se um importante marco para a empresa, pois, além otimizar as operações, ao unificar as etapas em um mesmo local, o novo espaço, muito mais moderno, tecnológico, eficiente e bonito, levou mais motivação aos funcionários. “Eu acredito que a eficiência do novo Centro de Distribuição vai aumentar 50%”, afirma Marcel Rivkind, presidente da Breton, que completa: “A Breton não é uma simples loja de móveis, ela traz um conceito diferente. Investimos muito em qualidade e design, além de novos materiais e detalhes que o consumidor não percebe, mas a gente, sim. Somos muito rígidos. A perfeição é a nossa meta”, afirma.

2


E X PA N S Ã O

A

lém do novo Centro de Distribuição, que vai potencializar e otimizar processos de produção, atendimento e logística, a empresa tem muitas novidades e planos de ainda mais expansão para este ano, com a inauguração de novas lojas no Brasil e também no exterior. Atualmente, só em território nacional, já são oito lojas Breton em cidades como São Paulo – quatro endereços espalhados pela metrópole –, São José dos Campos, Campinas, Rio de Janeiro e a mais recente, inaugurada no fim do ano passado, em Salvador. No segundo semestre de 2019, será a vez

de Brasília receber sua primeira loja, localizada no Shopping de decoração CasaPark. E os planos de expansão não param por aí. Este ano, será inaugurada também uma nova operação fora do Brasil. Além da Cidade do Panamá, no Panamá, que recebeu, em fevereiro, uma galeria (um espaço exclusivo) Breton dentro da loja Oskal Signature Store, nos próximos meses será a vez da cidade de Santo Domingo, na República Dominicana, estrear uma operação Breton no país latino americano. Um caminho certo e firme para alcançar a grande meta da empresa: chegar a 20 lojas no Brasil e no mundo, até 2020.


BR ASÍLIA

N

o segundo semestre deste ano, a capital do país vai ganhar a primeira loja Breton. O espaço, de 960m 2 , vai ocupar uma localização privilegiada do badalado CasaPark, na área central do primeiro andar do principal shopping de decoração de Brasília. No novo endereço, os clientes vão poder encontrar, espalhados pelo enorme vão livre de pilares, divididos em ambientes de áreas interna e externa, os itens da última coleção: Desejos de Família. Além das peças assinadas pela equipe de criação Breton, lá estarão à venda também todo o mobiliário assinado pelos onze designers convidados da linha Bossa Nossa, e também as criações desenvolvidas com exclusividade pelos três designers convidados especiais dessa

coleção: Ronald Sasson, Aristeu Pires e Paulo Sérgio Niemeyer – o sobrenome entrega a linhagem: ele é bisneto de Oscar Niemeyer, um dos grandes nomes da arquitetura e responsável por algumas das maiores construções da capital federal. Em sintonia com a inauguração da nova loja, Paulo Sérgio Niemeyer preparou uma coleção especial, também influenciado pela arquitetura de seu bisavô e pela cidade que seu ascendente ajudou a idealizar. Todas essas criações, entre tantas outras novidades do melhor do mobiliário nacional, vão estar disponíveis no novo espaço da Breton, que promete se tornar referência na cidade para quem busca inovação, design exclusivo, bom gosto e qualidade.

2


Fotos produzidas Ambientes Breton Ruy Teixeira Fotos seção Arquitetura e Interiores Projeto Roberto Riscala Rafael Renzo | Projeto Suzana Schermann Eduardo Pozella Projeto Fabiano Hayasaki Xavier Neto | Projeto Beto Amaral Manu Oristanio Projeto Arquitetura Essencial MCA Estúdio | Projeto mf+arquitetos Felipe Araujo Projeto Fernanda Marchette Favaro Jr. | Projeto Gatti Arquitetura Ronaldo Rizzutti Edição de texto Anita Pompeu


são paulo

rio de janeiro

brasília

GABRIEL Al. Gabriel Monteiro da Silva, 820 Jardim Paulista - São Paulo, SP T. 11 3089 6770 gabriel@breton.com.br seg a sex 10h às 19h | sáb 10h às 18h

CASA SHOPPING Av. Ayrton Senna, 2.150, 1º piso, bloco I Barra da Tijuca - Rio de Janeiro, RJ T. 21 2108 8244 casashopping@breton.com.br seg a sex 10h às 21h | sáb 15h às 21h

SHOPPING CASA PARK

SHOPPING D&D Av. Nações Unidas, 12.555, piso superior Chácara Itaim - São Paulo, SP T. 11 5103 5100 dd@breton.com.br seg a sex 10h às 21h | sáb 10h às 20h dom e feriados 14h às 19h SHOPPING LAR CENTER Av. Otto Baumgart, 500, piso térreo Vila Guilherme - São Paulo, SP T. 11 2902 0300 larcenter@breton.com.br seg a sex 10h às 22h | sáb 14h às 20h dom e feriados 14h às 19h CAMPINAS Av. Iguatemi, 524 Vila Brandina - Campinas, SP T. 19 3253 1206 contato@bretoncampinas.com.br seg a sex 9h às 19h | sáb 10h às 18h SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Av. Anchieta, 409 Jd. Esplanada - São José dos Campos, SP T. 12 3921 8304 breton@bretonsjc.com.br seg a sex 9h às 19h | sáb 10h às 16h

(EM BREVE)

bahia SALVADOR R. do Jacaratia, 428 Caminho Das Árvores - Salvador, BA T. 71 2136 9461 breton@bretonsalvador.com.br seg a sex 9h às 19h | sáb 9h às 14h

outlet

baixe o app da breton

R. Joaquim Antunes, 747 Pinheiros - São Paulo, SP T. 11 3065 1800 outlet@breton.com.br seg a sex 10h às 19h | sáb 13h às 18h

corporativo

@ bretonoficial

corporativo@breton.com.br breton.com.br T. 11 3087 0340 1


DESDE 1967

BRETON.COM.BR

@BRETONOFICIAL

BAIXE O APP DA BRETON

Profile for Breton Oficial

Pocket Book - Maio 2019  

Advertisement