Issuu on Google+

Revista Degrau ANO 1—NÚMERO 1– 2014/1— ESTRELA (RS)


Ir. Marcos Corbellini — Diretor Geral Andréa Gerhardt — Diretora Acadêmica Claudia Argiles da Costa — Diretora Administrativa Fernanda Mallmann — Jornalista

Ligia Margarete Mallmann — Coordenadora do Curso Bacharelado em Administração e Gestão Financeira André Kohl—Coordenador do Curso de Processos Gerenciais Equipe de Produção deste número Coordenador Breno Lacerda, Professor da Disciplina Leitura, Interpretação, Produção e Revisão de Textos Redatores Alunos dos cursos de Bacharelado em Administração, Processos Gerenciais e Gestão financeira 2014/1 Revisão Breno Lacerda, Revisão, Capa, Arte e Diagramação Cláudia Franciele de Castro Aluna do curso de Administração

Faculdade de Tecnologia La Salle – Estrela Credenciada pela Portaria Nº 983 de 15 de outubro de 2009 Rua Tiradentes, 401 – Estrela – RS – Brasil


Prezados Leitores:

A

Revista Acadêmica Degrau é resultado de um trabalho de sala de aula dos acadêmicos da Faculdade La Salle - Estrela, juntamente com o professor Breno Lacerda que ministra a disciplina de Leitura, Interpretação, Produção e Revisão de Textos.

Motivados pelo professor, o grupo começou a dedicar um período por sema-

na para a organização e elaboração dos textos, o resultado está aqui. A revista esta dividida em três seções: Administração, Gestão Financeira e Gestão de Processos, ou seja, de acordo com os cursos dos autores. Esperamos que a leitura desta primeira edição traga a todos o mesmo prazer que tivemos ao realizá-la. Parabéns a todos os participantes e, principalmente, àquela que perdeu algumas noites na diagramação, Cláudia Castro.

Breno Lacerda

Graduado em Letras, pós-graduado em Ensino de Língua e Literatura - Abordagem textual, em Educação Infantil e Séries Iniciais. Mestrando em Memória Social e Bens Culturais (UNILASALLE)

Cláudia Franciele de Castro,

22 anos. Graduanda do Curso Bacharel em Administração 4º Semestre. Atualmente faz parte do Setor Administrativo da Petter EPI’s - Uniformes.


06

ADMINISTRAÇÃO não é para quem não sabe o que quer

08

Entrevista Marketing Pessoal com Glauco Pedro Rieth.

10

Turistas Franceses na Regiao

11 13

Empreendedorismo Vale do Taquari e Rio Pardo

22 25 28 31 35

Entrevista com André Kohl, Corrdenador do Curso de Processos

O curso de Processos Gerenciais

Como surgiu a Gestão Financeira?

Definindo

Gestão Financeira

O perfil do Gestor Financeiro

PGQP é total

36

Simples Naci onal, Lucro Presumido o Lucro Real?


3

P

16

O que é o Curso de Processos Gerenciais?

6 37

i-

ou

As diferenças entre Contabilista, Economista, Administrador e Tecnólogo em Gestão Financeira.

18

Repensando

Processos Gerenciais

39

A importância dos Custos de Produção

19

Evento do curso de Processos Gerenciais

Novas ideias gerando grandes oportunidades!

41

Sustentabilidade

em FOCO

20/21

Palestras com Nelson Eggers, diretor-presidente das bebidas Fruki e Eliseu Kopp, diretor proprietário da Kopp Tecnologia

42 49

Tendências e Métodos

Você sabe a história da

La Salle Estrela?


ADMINISTRAÇÃO não é para quem não sabe o que quer!

M

esmo fazendo parte dos

“slogan” por ser - dentre os cursos da área de

primórdios da natureza hu-

gestão - o único que dá uma visão geral das

mana e estando presente

mais diversas oportunidades que temos dentro

no dia-a-dia de quase to-

de uma empresa. Alguns fazem como experiên-

das as pessoas, a Administração ainda é vista

cia, outros se dedicam de verdade, alguns real-

como um meio para chegar ao fim, ou seja,

mente não sabem o que querem, outros se des-

quem

frase:

cobrem, há aqueles que se identificam com uma

“Administração é para quem não sabe o que

área especifica e vão em busca do sonho, ou-

quer”? Este conceito, segue cada vez mais pre-

tros preferem abraçar tudo junto; mas todos sa-

sente na vida das pessoas, e tornou-se um cha-

bem que o mundo hoje em dia, clama por profis-

vão entre os jovens e adultos que buscam uma

sionais bem qualificados, que saibam o que es-

profissionalização.

tão fazendo, mas que principalmente, sintam-se

nunca

ouviu

a

celebre

Sendo o curso com maior procura em praticamente todas as universidades públicas e particulares do Brasil, talvez tenha ganhodo este

apaixonados pela sua profissão.


Dentre aqueles que associam Admi-

nhecimento sobre tudo o que se passa dentro e

nistração à indecisão ou a comodismo, en-

fora da empresa, tendo consciência de que o

contramos muitas Administradoras de lar,

todo organizacional é muito maior que a simples

Administradores das despesas da família,

somas das partes que integram a empresa.

Administradores do tempo de brincar. Pou-

Pois bem, talvez a Administração não seja

cos percebem que a Administração está

exatamente para quem não sabe o quer. Talvez

presente nos detalhes mais comuns do

ela seja para pessoas que querem muito ao

dia-a-dia, mas muitos sabem que, se esta

mesmo tempo, pessoas que sonham alto, que

administração falhar, as coisas podem não

trabalham em busca de suas metas. Planejar,

acontecer como esperado.

organizar, coordenar, controlar, contabilizar,

Ter uma carreira bem sucedida, ou

vender, comprar... são ossos do oficio de um

ter seu próprio negócio é, na maioria das

administrador, e neste caso, não basta apenas

vezes o sonho de quem ingressa no ensi-

saber fazer, tem que ter o dom de fazer aconte-

no superior. E olha a Administração ai de

cer. Portanto, pra você que sonha em cursar ad-

novo! Para se ter uma carreira de sucesso,

ministração, e escutar este tipo de critica, saiba

é necessário saber administrá-la, saber

que Administração é sim para quem sabe o

em quais caminhos seguir, saber onde se

quer, para quem sabe onde quer chegar.

quer chegar. E para ter um negócio próprio então, nem se fala. Estudar e conhecer a administração traz uma visão geral de uma organização para que um bom profissional tenha co-

Fernanda da Silva Zart, 19 anos. Graduanda do Curso de Administração, 3° semestre. Auxiliar de Faturamento – Hospital Estrela.

Fernanda Cristina Brenner, 21 anos Graduanda do Curso de Administração, 3° semestre. AuxuIiar de Custos – Iccila LTDA


Entrevista Marketing Pessoal Marketing pessoal é uma ferramenta usada para promoção pessoal de modo alcançar o sucesso. É uma estratégia usada para "vender" a imagem. O marketing pessoal é muito procurado por pessoas que procuram entrar no mercado de trabalho, e é uma forma de diferenciação de todos os outros. Assim, em entrevistas de emprego, o marketing pessoal assume uma importância vital, porque o candidato ao emprego tem que saber como se expressar.

1 – Como você definiria Marketing Pessoal? Uma forma de vender a si mesmo, como profissional da área que trabalha. 2 – Quais são os principais aspectos de atenção que o profissional deve ter para promover seu Marketing Pessoal?

E

m entrevista com Glauco Pedro Rieth, Formado em Economia, e cursando Administração de empresas – o Gerente de Negócios da empresa RSData nos trouxe algumas dicas de como promover o marketing pessoal. Se você está interessado em melhorar sua imagem profissional ou está a procura de um emprego, aproveita as dicas .

Um bom vocabulário, etiqueta, vestimentas, aparência em conformidade com o seu ser, ou seja, gordo ou magro, tem de estar bem vestido e manter sua higiene corporal de maneira a trazer confiança. P.S.: Barba feita, cabelo arrumado, etc... 3 – Como um profissional pode criar uma marca pessoal que seja valorizada pelo mercado? Trabalhando, a única maneira que existe de criar uma marca é com resultados, o profissional pode ser lembrado pelo bom atendimento, bom relacionamento intragrupo ou extra grupo, mas quando seus resultados são exaltados com relação aos demais sempre será o primeiro a ser lembrado.


3 – Como um profissional pode cri-

lhando, work shop de programação neu-

ar uma marca pessoal que seja va-

rolinguística, eu pessoalmente gosto de

lorizada pelo mercado?

trabalhar com amigos e parentes uma forma de me aperfeiçoar e melhorar a

Trabalhando, a única maneira

dicção em público e a vergonha de falar,

que existe de criar uma marca é com

uma maneira bem simples é contando

resultados, o profissional pode ser

piadas para grupos de amigos, assim

lembrado pelo bom atendimento, bom

aprende a falar olhando nos olhos e tra-

relacionamento intragrupo ou extra

zendo a tranquilidade de falar sem sentir

grupo, mas quando seus resultados

vergonha.

são exaltados com relação aos demais sempre será o primeiro a ser

6 – Quando se trata de Marketing Pes-

lembrado.

soal, você concorda que a primeira impressão é a que fica”?

4 – As empresas possuem planos de Marketing... os profissionais também devem planejar seu Marketing Pesso-

Nos negócios sim, nas amizades e cotidiano em si, não.

al? 7 - Como a mulher pode fazer para Claro, por isso o profissional sempre trata a parte de aparência em conjun-

que o marketing pessoal não seja confundido com sedução?

to com aquilo que ele quer passar, um homem com um bom terno sob medida,

Primeiramente a vestimenta, a cor

tende a ter prioridade no atendimento de

do esmalte demonstra um pouco da per-

vendas, a dicção e oratória do profissio-

sonalidade e quais intenções a pessoa

nal trás em conjunto com o que ele está

tem, arrumar constantemente os cabelos

apresentando a conquista da confiança,

pode ser confundido com uma demons-

a forma de gesticular e portar seu corpo

tração de exibição para o outro, a manei-

tanto em apresentação privada como pu-

ra de sentar-se, a tonalidade da voz,

blica vai trazer a formulação de quem

muitas mulheres quando querem atrair a

esta assistindo, criando uma expectativa

atenção do outro tendem a baixar o tom

sobre o que você é, e aquilo que esta

e falar como se estivesse sussurrando,

apresentando.

pois isso atrai homens.

5 – Quais ferramentas o profissional deve usar para desenvolver e promover sua marca pessoal? Estudo, pois através de leitura pode melhorar o idioma em que está traba-

SE VOCÊ ESTÁ INTERES INTERESSADO SADO EM MELHORAR SUA IMAGEM PROFISSIONAL OU ESTÁ A PROCURA DE UM EMPREGO, APROVEITA AS DICAS .


8 – Tem alguma sugestão adicional para que nossos leitores desenvolvam seu Marketing Pessoal positivamente? Um bom sorriso, seja cordial com todos, de bom dia para a faxineira até o diretor da empresa, educação e bons modos, você sempre será lembrado com bons olhos, não existe Marketing melhor que, por favor, obrigado, licença, bom dia, boa tarde, boa noite!

Tiago Augusto Lehnen 22 Anos , RS, cursando o 5º Semestre de Administração.

Celi Ana Lopes, reside em Estrela e é acadêmica do curso de Secretariado— Faculdade La Salle— Estrela.

Turistas Franceses na Região

E

strela – O único hotel credenciado pela Match Services, a agência oficial da Copa do Mundo da Fifa vai receber turistas da França. De acordo com a direção do Estrela Palace Hotel, estão confirmadas 20 reservas para a semana do dia 15, data em que a Seleção Francesa joga pela primeira fase da Copa em Porto Alegre.

O diretor do hotel Carlos Bohmer explica que um grupo de franceses entrou em contato

com o Palace. “Uma empresa de metalurgia de Estrela tem executivos da França. São eles que estão trazendo amigos para a Copa”, explica. A França enfrenta a Holanda no domingo, 15, a partir das 16h no Beira-Rio. “Temos reserva desses turistas para uma semana”, diz o diretor. O Estrela Palace está no catálogo da Fifa. Assim, se torna referência internacional para quem vem ao Brasil acompanhar o mundial. "Leonardo Kreutz, 26 anos, natural de Estrela, trabalha no Hospital Bruno Born de Lajeado e desempenho a função de Auxiliar de Almoxarifado"


o m s ori do

d io Par e d en i e R

e aquar r p Em o T d Vale

. com a caneta na mão enquanto seus funcionários trabalhavam e tocavam a empresa. Foram se os tempos em que os patrões

C

conseguiam sustentar vários funcionários denriatividade, força de vontade

tro da empresa para várias funções diferentes;

e persistência; talvez sejam

atualmente o funcionário precisa ser proativo,

estas as melhores qualida-

assim como o empreendedor, pois tendo a re-

des para se definir um em-

dução dos funcionários que antes pensavam

preendedor de sucesso. O empreende-

por ele, o empreendedor moderno deve ser cri-

dor é a pessoa que está pronta para en-

ativo para sair de imprevistos que antes tendo

frentar desafios e não tem tempo para

funcionários responsáveis por cada área dentro

reclamar de tempo ruim, enquanto a con-

da empresa resolviam todos os problemas que

corrência reclama o empreendedor já es-

apareciam.

tá buscando formas de resolver o problema aproveitando o tempo e com isso, ganhando dinheiro. Já se foram os tempos em que o empreendedor era a pessoa que era do-

Hoje a base do desenvolvimento econômico e da mão-de-obra ocupada concentra-se em micro e pequenas empresas, tanto no âmbito nacional como no âmbito regional, e até mesmo mundial.


De acordo com dados do IBGE,

Tem registro no Cadastro Nacional

98% das empresas brasileiras são mi-

de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que facilita

croempresas e empresas de pequeno

a abertura de conta bancária, o pedido de

porte. No Vale do Taquari a situação dos

empréstimos e a emissão de notas fis-

microempreendedores não é muito dife-

cais.Além disso, o MEI será enquadrado

rente: 99% das empresas são microem-

no Simples Nacional e ficará isento dos

presas ou empresas de pequeno porte.

tributos federais (Imposto de Renda, PIS,

Instituições como o Sebrae, são

Cofins, IPI e CSLL). Assim, pagará ape-

responsáveis por alavancar a carreira e

nas o valor fixo mensal de R$ 37,20

dar apoio para os empreendedores das

(comércio

micro e pequenas empresas do Vale do

(prestação de serviços) ou R$ 42,20

Taquari, através de cursos, consultorias e

(comércio e serviços), que será destinado

toda a assistência necessária para o al-

à Previdência Social e ao ICMS ou ao

cance do sucesso do negócio.

ISS. Essas quantias serão atualizadas

Um exemplo de um programa de sucesso do SEBRAE é o Micro Empreendedor Individual(MEI), que tem por objetivo alavancar e trazer sucesso para a empresa. Pode faturar no máximo até R$ 60.000,00 por ano, também pode ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

ou

indústria),

R$

41,20

anualmente, de acordo com o salário mínimo. Nos dias atuais, está cada vez mais fácil empreender em um negócio próprio através de benefícios previstos em lei como Isenção de taxas para a formalização e Redução da carga tributária com imposto fixo mensal, programas de incentivo à formalização oferecidas pelo governo. Além de gerar empregos e fazer a economia local crescer.

Luana Lerner- 19 anos. Graduanda do Curso de Administração - 3º semestre.

Adriano Mallmann, 19 anos, Auxiliar Administrativo, Estudante de Administração - Faculdade La Salle Estrela.


PGQP é Total

S

egundo o autor americano o Stuart Diamond que escreveu o best -seller “Consiga

o

que

você

quer“, existem duas característi-

cas que diferenciam um homem fracassado de um bem sucedido que são a persistência e a eficiência. Jorge Gerdau sempre teve Stuart Diamond como um de seus autores preferidos tanto que segue na prática o que aprendeu em teoria. No ano de mil novecentos noventa e dois, com o apoio do então governador do estado do Rio Grande do Sul Alceu Colares, criou PGQP (programa gaúcho de qualidade

a premiação, cada empresa por uma avaliação anual que é conhecida como SAG (sistema de avaliação de gestão) para empresas participantes do PGQP existe inúmeras vantagens como qualificação, treinamento, melhorias em gestão e consequentemente lucro. O PGQP tem uma área de atuação dentro do estado do Rio Grande do Sul porem os exemplos de sucesso que o seu trabalho gerou fez com que ele fosse seguido mundo afora sendo um exemplo de resultados positivos com uma carreira de sucesso paralelo com o programa Jorge Gerdau é um referencial afastado da compa-

e produtividade), que após du-

nhia homônima desde de

as décadas de criação virou

janeiro de dois mil e sete,

um exemplo de eficiência não

Gerdau tem se dedicado

apenas no Brasil mais no mun-

de forma mais intensiva

do inteiro. Quando criado o PGQP teve uma adesão duzentos e sete empresas e duzentos e dez mil pessoas inscritas no ultimo ano este numero teve um salto para 9672 empresas e mais de 1,2 milhão de pessoas participantes, para se ter ideia de eficiência o PGQP gerou um lucro de sete bilhões para sessenta milhões investidos. O programa que é constituído de uma parceria pública-privada visa otimizar a qualidade dos produtos e serviços oferecidos a população.

em causas que buscam o desenvolvimento

socioe-

conômico brasileiro intimo da política brasileira Gerdau é uma das raras unanimidades entre os partidos políticos sendo inclusive cotado a ministérios, na realidade o sucesso de Gerdau se deve ao PGQP que o governo federal vem buscando afim de diminuir custo e elevar receitas.


O projeto teve tanto sucesso que o atual candidato a presidência pelo PSDB já o utilizou durante o seu governo no estado de Minas Gerais e tem gerado uma economia de mais de um bilhão de reais ao ano um valor muito semelhante ao do estado do Rio da Janeiro. Exemplos como o do PGQP mostram o quanto uma boa estratégia aliada há um bom nível de gestão fazem a diferença dentro de uma organização, cada vez mais as organizações tanto publicas quanto privadas estão aderindo a estes projetos aumentando o nível de conhecimento de sua equipe e alargando a sua margem de lucro.

Cristiano Gregory, 28 anos, trabalha há alguns anos numa concessionária de veículos pesados, estuda administração na faculdade La Salle e busca enxergar a vida de forma positiva.

Joelmir Lerner, 28 anos, trabalha como auxiliar administrativo na BRF. Cursando 2 º semestre de Administração;


FICA A DICA Para você se atualizar com o cenário administrativo, ai vão algumas dicas de livros:

01 - Sonho grande - Cristiana Oliveira 02 - O monge e o executivo uma história sobre a essência da liderança"de James C. Hunter 03 - Como fazer amigos e influenciar pessoas - Dalle Carnegie 04 - Quem pensa enriquece Napoleon Hile 05 - Vantagem competitiva das nações" de Michael Porter

Jenifer Krieger - Formada: técnico em secretariado pela EEEPE, é graduanda do 2º semestre no curso de Administração da Faculdade La Salle Estrela.


O que é o Curso de Processos Gerenciais?

P

rocessos Gerenciais também é conhecido como Gestão de Negócios ou Gestão de Pequenas e Médias Empresas é um campo de estudos multidisciplinares que mesclam ciências humanas e exatas. É a graduação que prepara o aluno para ser um empreendedor. Assim, ele

aprende a lidar com orçamentos, investimentos, recursos materiais, administração de pessoal, estratégias de marketing, plano de negócios e gestão de processos. Algumas escolas exigem trabalho de conclusão de curso, que costuma ser a apresentação de um plano de negócios. A Duração do curso é em média de dois anos, a profissional ainda pode ter Pósgraduação e Mestrado. Aplica conhecimentos administrativos para organizar e gerenciar com eficiência e lucratividade qualquer tipo de empresa ou negócio. Esse tecnólogo analisa e avalia o mercado e define as estratégias de gerenciamento e a administração dos recursos materiais e financeiros de micro, pequenas e médias empresas. Gerencia o patrimônio empresarial e os funcionários, lida com orçamentos e investimentos e cuida do estoque de matérias-primas ou produtos finais. No setor financeiro, analisa os demonstrativos contábeis, avalia a manutenção de estoques, acompanha faturamentos e fluxos de caixa, além de cuidar dos investimentos. Com formação generalista, atua em todos os setores administrativos de empresas de qualquer segmento. Sua formação lhe permite, ainda, trabalhar como empreendedor, abrir e administrar o próprio negócio. Tiago Goettert, natural de Santa Cruz do Sul, empresário, cursando 1º semestre de Processos Gerenciais.


Diferenças entre Processos Gerenciais & Administração

Os dois cursos abordam administração, relações públicas, propaganda, contabilidade, comunicação social, indústria do entretenimento, marketing e sistemas de informação. Porém Processos Gerenciais é mais focado para as práticas administrativas, deixando um pouco a teoria de lado. Mercado de trabalho do profissional formado em Processos Gerenciais? Quanto mais as empresas se profissionalizam, mais cresce a economia. E, quanto mais cresce a economia, mais as empresas têm de se profissionalizar para acompanhar a concorrência. É daí que as empresas buscam profissionais com visão de gestão e conhecimento dos processos administrativos, produtivos e comerciais. Com formação generalista, este tecnólogo é habilitado para atuar em funções gerenciais em qualquer departamento, como recursos humanos, marketing e comercial. A maior oferta de vagas está no Sudeste. Salário inicial: R$ 2.000,00 Curiosidades Os diplomados no Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais têm direito a registro no Conselho Regional de Administração – CRA –, de acordo com a Resolução Normativa CFA nº 374, de 2009. O Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais foi eleito o melhor curso do Brasil, por três anos consecutivos (2009, 2010 e 2011), na avaliação dos próprios alunos, em pesquisa realizada pela Associação Brasileira dos Estudantes de Educação a Distância – ABEEAD Tayná Brendalise Garcia é natural de Bom Retiro do Sul Aluna da Faculdade La Salle- Estrela, cursando 1º semestre de Processos Gerencias.


Repensando Processos Gerenciais No Brasil, o tecnólogo é uma gradua-

Administração, possibilitando a atuação nas

ção que visa formar profissionais para aten-

mais variadas áreas administrativas dentro

der campos específicos do mercado de tra-

de uma organização.

balho. O curso de tecnologia é de mesmo nível dos demais cursos superiores, mas com foco acadêmico específico. Seu formato, portanto, pode ser mais compacto, com duração

menor

que

a

dos

cursos

de graduação tradicionais. Além disso, as primeiras experiências práticas de cursos superiores de tecnologia surgiram, no âmbito do Sistema Federal de Ensino e do setor privado e público, em São Paulo, no final dos anos 60 e início dos anos 70. O primeiro curso superior de tecnologia a funcionar no Brasil foi o de Construção Civil, em 1969. Com base nos dados acima sobre o que é tecnólogo, me veio inúmeras indagações sobre o tema, devido estar cursando o primeiro semestre de Processos Gerenciais na Faculdade La Salle. Por ser uma gradua-

Todos os alunos escolheram o curso por sua curta duração, tendo como perspectiva o aperfeiçoamento e o reconhecimento dentro da empresa onde trabalha, além disso, buscam novos conhecimentos administrativos, uma melhor visão tática e estratégica do mercado de trabalho. Os entrevistados estão satisfeito com o curso oferecido pela instituição, porém existem muitas dúvidas em relação ao curso, à profissão, por ser muito recente tanto a nível regional como nacional, por isso seria interessante a disponibilidade de mais livros na biblioteca referente ao curso, como também uma cadeira introdutória de processos gerencias, assim os acadêmicos teriam mais orientações.

ção muito recente na instituição, não se tem muitas informações referentes ao curso, então percebi que essas dúvidas não era apenas eu que as tinha, mas sim muitas pessoas da faculdade, inclusive os próprios alunos do

Luiza da Silva Lacerda

curso, então realizei uma pesquisa com os

mora em Teutônia. Ven-

mesmos. Na pesquisa, constatei que a maio-

dedora nas Lojas Casa-

ria dos entrevistados entende por Processos

rão Verde. Cursando 1º

Gerenciais um curso tecnólogo a nível supe-

semestre de Processos

rior, porém mais rápido do que o curso de

Gerenciais.


EVENTO DO CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS Novas ideias gerando grandes oportunidades!


marcando presença...

O

diretor-presidente da Bebidas Fruki, Nelson Eggers, e o diretor proprietário da Kopp Tecnologia, Eliseu Kopp, foram os palestrantes do evento “Novas Ideias – Gerando Grandes Oportunidades” realizado no dia 9 de junho, na Faculdade La Salle. No evento, organizado pelo curso de Processos Gerenciais da Insti-

tuição, os dois empresários contaram um pouco de sua trajetória profissional. Eggers relembrou um pouco da história da Fruki que, em 2014, está completando 90 anos. A indústria, instalada em Lajeado, fabrica, atualmente, 380 milhões de litros de bebida por ano. Entre os seus produtos, a Fruki Guaraná é líder de venda entre os refrigerantes de guaraná, na região metropolitana e no Vale do Taquari. Já a água mineral da Fruki, a Água da Pedra, é líder em venda em todo o Rio Grande do Sul. Um dos marcos na história da empresa, de acordo com o diretor-presidente, foi a implantação do Programa de Qualidade, em 2002. Ele destaca que houve, a partir daí, uma nova forma de pensar a gestão da empresa, o que trouxe crescimento e desenvolvimento. Atualmente, a Fruki tem 905 funcionários e possui centros de distribuição em Canoas, Santo Ângelo, Farroupilha e Pelotas.

Alunos e Coordenador do Curso de Processos Gerencias da Faculdade La Salle Estrela 1º semestre 2014.


EVENTO DO CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS Eliseu Kopp contou aos acadêmicos um pouco da sua trajetória profissional. “Quando pequeno, meus pais não tinham dinheiro para comprar brinquedos. Então, eu tive a alegria e o gosto por construir os meus. Hoje, poucas crianças se aventuram a abrir um brinquedo e ver como ele funciona”, lembrou. A curiosidade foi a base para a formação de Kopp como empresário. Há 40 anos, ele fundou a empresa, que hoje se dedica a projetar e produzir equipamentos eletrônicos de última geração. Mas nem sempre foi assim. Em 1974, a produção de chaveiros marcou o início dos negócios. Já em 1977, a empresa passou a produzir lu-

À frente da Kopp Tecnologia, no município de Vera Cruz, Eliseu Kopp,

minosos, um produto então inédito para a época, e em 1980, a Kopp iniciava a fabricação de placares eletrônicos esportivos. Hoje, a empresa possui um complexo industrial de 43.000 metros quadrados, filiais e escritórios em diversos estados do país.

Andreia Adriana Mattes é natural de Bom Retiro do Sul (RS). Empresaria. Atua na empresa Mattes e Mattes Serviços Ltda. Cursando 1º semestre de Processos Gerencias na Faculdade La Salle.


Entrevista com André Kohl Coordenador do Curso de Processos

Entrevistador: Qual o perfil do profissional de Processos Gerenciais? Coordenador André: “Então, quando se fala em Processos gerenciais é um curso extremamente novo, é um curso que tem aproximadamente dez (10) anos de vida é um curso de gestão, é um curso de gestão parecidíssimo como Administração, porém com perfil mais prático. Analisando a grade do curso de Processos Gerenciais, verá que é muito parecido com o curso de Administração, onde se tem as disciplinas introdutórias, mais táticas em termos de Logística, Administração de Materiais, em termo de Comercio Exterior, Economia e as de final de curso que são mais voltadas a plano de negócios. O Curso de Processos Gerencias forma profissional gestores, habilitando-os a trabalhar nas varias áreas dentro do corporação. O profissional de Processos Gerenciais é aquele que pode trabalhar área de Recursos Humanos, Finanças, Logística, Marketing, porque é um curso de Gestão bem amplo, bem eclético.

Mestre em Desenvolvimento Regional, pela UNISC - Universidade de Santa Cruz do Sul, Bacharel em Administração, pós-graduado em Gestão empresarial, tem experiência como docente em cursos de pós-graduação, graduação, cursos técnicos e cursos de extensão. Atualmente é coordenador do curso de Administração da AMF - Antonio Meneghetti Faculdade (ENADE Administração - Conceito CINCO), onde é professor das disciplinas de TGA - Teoria Geral da Administração, Administração Mercadológica, Logística empresarial, Administração de Materiais, Negociação e Desenvolvimento Sustentável. É coordenador do Curso de Tecnologia em Processos Gerenciais e da Escola de Negócios da Faculdade Tecnológica La Salle Estrela, onde exerce a função de docente .


O perfil deste profissional é um gestor

superior. Porque se fizer uma analise rápida

que conforme sua formação pode traba-

vai perceber inúmeras possibilidades com o

lhar dentro das mais variadas áreas na

mercado bastante aquecido para esse tipo

corporação com foco bem pratico, porque

de profissional, além disso, destacar a ques-

o profissional Tecnólogo tem essa carac-

tão de concursos públicos, que cada vez

terística diferente do Bacharelado. Uma

mais estão requerendo profissionais gabari-

comparação entre o Curso Tecnólogo e

tados, com curso superior para atuar, isso

Bacharelado é uma piscina extremamen-

nas mais variadas áreas, seja ela Policia Ro-

te grande e rasa, já o tecnólogo é uma

doviária Federal, Estadual, SINE, Bancos,

piscina menor e mais profunda, pode-se

etc... onde o Profissional de Gerencias se

afirmar que o profissional tecnólogo é

habilita. Sendo que é um dos melhores cur-

aquele que se aprofunda mais nos conte-

sos Tecnólogos pelas multiplicidades de in-

údos e que tem essa vivencia pratica, o

formações que ele propõe ao mercado de

Bacharel já um pouco mais amplo só que

trabalho, mas ainda se tem uma pequena

mais raso, não querendo desmerecer,

barreira pela vida que o curso tem por ainda

tanto que minha formação é Bacharelado

não ser tão conhecido no mercado em rela-

em

Administração, hoje coordeno um

ção ao curso de Administração que tem 50

curso de Tecnólogo em Processos Ge-

anos, mas logo, logo o Curso de processos

rencias que vem ao encontro desta ques-

gerenciais será reconhecido pela comunida-

tão de Gestão. “

de.”

Entrevistador: Mercado de Trabalho para o Profissional de Processos Gerenciais. Coordenador André: “Se você hoje fizer uma análise em termo de mercado vai observar que existem várias oportunidades dentro desta área de gestão em qualquer perfil ou porte de companhia, porque o profissional de Processos Gerenciais é aquele que pode trabalhar tanto em empresa de pequeno porte ou de grande porte, mas eu sempre incentivo meus alunos a ser empreendedor, ser donos de seu próprio negócio, a ter essa visão a enxergar isso como uma possibilidade, então se for pensar em mercado de trabalho, a questão tempo de formação é rápida de 2 a 3 anos, a nível superior. Porque se fizer uma analise rápida vai perceber inúmeras possibilidades com o mercado bastante aquecido para esse tipo de profissional, além disso,

Entrevistador: Oportunidades e desafios do Profissional de Processos Gerenciais. Coordenador André: “Gosto de desafiar os alunos ao empreendedorismo, hoje com esta visão de mercado, de quantificar coisas, trabalhar dados, transformar informações que ajudam a tomar decisões, o grande desafio é que o profissional da área de Processos Gerenciais seja um empreendedor, que seja um gestor do seu próprio negocio, que procure crescer e melhorar naquilo que ele faz. Falando com meus alunos na disciplina Sistema de Informações Gerenciais sobre a inovação e tecnologia, hoje o profissional das mais variadas área e o profissional de processos merecem um destaque de capacidade de inovar, de criar algo diferente este é o desafio de hoje. Trabalhar em equipe, fazer o máximo por um salário justo , ultrapassado barreiras para se destacar no mercado trabalho.”


algo diferente este é o desafio de hoje. Tra-

extremamente jovem, formaram algumas

balhar em equipe, fazer o máximo por um

turmas de Secretariado, Agronegócios. Sa-

salário justo , ultrapassado barreiras para

be-se que para a sociedade reconhecer pre-

se destacar no mercado trabalho.”

cisa ver primeiro o resultado que se tem para depois apostar. A expectativa para os

Entrevistador: Os alunos de Processos

próximos vestibulares é positiva, sendo que

Gerenciais da Faculdade La Salle.

o perfil do aluno é de maturidade, determi-

Coordenador André “O Curso de proces-

nado.”

sos Gerenciais está no segundo ano na faculdade La Salle, percebe-se uma mudança no nível dos alunos de quando eles entram aqui e como estão hoje conversando com cada um deles vejo o brilho no olhar, o interesse o entusiasmo, pessoas bastante motivadas com o curso, perspectiva de mercado de trabalho em relação ao profissional. É uma faculdade com pouco tempo mas que já esta rendendo bons frutos, pessoas do curso sabem se comunicar, expressar , idôneas, que se interessam, facilitando na coordenação, porque quando você é contrato para gerir e coordenar um curso isso é um desafio, fazendo uma gestão participativa reunindo os alunos para que possam se expressar, sendo que isso é uma característica minha, porque quem faz o curso são os alunos e o coordenador é apenas um facilitador. “ Entrevistador: Vestibular da Faculdade La Salle de Processos Gerenciais. Coordenador André “As inscrições estão abertas, e a questão do vestibular é um desafio para Faculdade, porque a Faculdade La Salle em Estrela é nascente, extremamente jovem, formaram algumas turmas de Secretariado, Agronegócios. Sabe-se que para a sociedade reconhecer precisa ver primeiro o resultado que se tem para de-

Andreia Adriana Mattes é natural de Bom Retiro do Sul (RS). Empresaria. Atua na empresa Mattes e Mattes Serviços Ltda. Cursando 1º semestre de Processos Gerencias na Faculdade La Salle.


O curso de

Processos Gerenciais

N

o Ceará, o Curso Tecnológico de Processos Gerenciais iniciou significativamente seu papel no início da década de 2000 quando o Nordeste

e, em especial o Ceará, apresentou um crescimento de estudantes em faculdades e universidades entre 2001 e 2010, saltando de 15,2% para 19,3%, segundo Censo da Educação Superior

Portanto, é nesse contexto de demanda

2010 (MEC). Esse aumento se deu pela evolução

da realidade sócio regional que foi criado e

econômica do Estado, visto que dados estatísticos

atualizado

(IBGE-2010) apontavam Fortaleza com o 10º mai-

co em Processos Gerenciais e então, inseri-

or PIB municipal da nação e o segundo do Nor-

do no Ceará, visto que esse tipo de curso tem

deste, com 31,7 bilhões de reais, sendo assim, um

como foco o desenvolvimento de competên-

importante centro industrial e comercial do Brasil.

cias relacionadas à gestão, por meio de ferra-

o

Curso

Superior

Tecnológi-

Com o sétimo poder maior de compra do pa-

mentas e técnicas direcionadas à operação

ís, vale destacar que em 2010, no que diz respeito

das atividades das organizações, de modo a

ao turismo, o município de Fortaleza foi à cidade

estabelecer novas práticas do processo pro-

mais procurada na região Nordeste, assim como

dutivo, com respeito aos indivíduos e à socie-

no âmbito nacional quando alcançou o 4º lugar co-

dade em que elas se inserem.

mo destino mais procurado por turistas no Brasil.

O curso trata de um processo de forma-

Além disso, ainda tem a indústria de vestuário que

ção

nos últimos anos se encontra em pleno aqueci-

do reconheça e interfira desde a sua gênese

mento na economia de Fortaleza e no Estado do

formativa na realidade em que se insere, tanto

Ceará, impulsionando consequentemente, todo o

no aspecto humano quanto no seu contexto

seu setor comerciário.

profissional. Assim, o curso objetiva a forma-

Todos esses setores citados estão entre os princi-

ção de gestores em processos gerenciais com

pais consumidores de recursos de gerenciamento

a perfeita possibilidade de promover e partici-

e administração financeira, orçamentária e organi-

par da melhoria do processo de gestão e de-

zacional, bem como da integração do conheci-

senvolvimento das organizações públicas e

mento e dos processos utilizados em suas organi-

privadas de qualquer porte, na busca do au-

zações.

mento da produtividade e competitividade.

profissional

para

que

o

educan-


Dessa forma o curso de Tecnologia em

ment Development – EFMD –, com o selo

Processos Gerenciais vem se consolidando, tan-

CEL, que avalia e certifica a qualidade

to no âmbito regional quanto nacional, como um

dos programas das escolas de negócios.

dos grandes fornecedores de mão de obra quali-

É o primeiro curso de graduação no mun-

ficada na área gerencial às empresas dos mais

do a ser certificado pela EFMD com esse

variados

selo.

ramos

de

atividade,

inserindo

no mercado de trabalho profissionais condizentes com a realidade socioeconômica de cada

O Curso Superior de Tecnologia em Pro-

região e, principalmente, conscientes do seu pa-

cessos Gerenciais foi eleito o melhor cur-

pel como profissional e cidadão responsáveis

so do Brasil, por três anos consecutivos

pelo processo de crescimento e de ajuste social

(2009, 2010 e 2011), na avaliação dos

da sua própria realidade.

próprios alunos, em pesquisa realizada pela Associação Brasileira dos Estudan-

Em nível nacional, no que concerne às ex-

tes de Educação a Distância – ABE-EAD

pectativas acerca da profissão, o curso leva em consideração o fato de que há no Brasil Micro,

Garante inserção qualificada no Mercado de trabalho.

Pequenas, Médias e Empresas de grande porte, com as mesmas necessidades e perspectivas de crescimento por que passam as empresas

Forma profissionais qualificados, capazes

nordestinas. Porém as Micro e Pequenas Em-

de gerir o seu próprio negócio e exercer

presas dominam o cenário nacional, formando

funções de gestão, tais como: gerente,

importante segmento de inclusão econômica e

chefe, supervisor, coordenador ou encar-

social e, consequentemente, de possibilidade de

regado, bem como atuar de forma crítica

inserção de profissionais formados em nossa

e reflexiva em atividades de planejamen-

realidade para atender tais demandas.

to, análise, projeção e implementação de empreendimentos e produtos nos mais

Para quem pretende entrar no ramo em-

variados segmentos organizacionais.

presarial ou conhecer novas possibilidades no mercado de trabalho, são inúmeras as vanta-

Por fim, vale lembrar que esse tipo de cur-

gens de se ingressar nesse tipo de curso e, vale

so deve atender não apenas as demandas ins-

ressaltar algumas.

tituídas pelo contexto de mercado em que se insere, mas, e principalmente, dada a sua reali-

Os diplomas no curso têm direito a registro

dade de uma maioria de ingressantes de esco-

no Concelho Regional de Administração –

las públicas bem como de trabalhadores já in-

CRA – de acordo com a resolução Norma-

seridos no mercado de trabalho que procuram

tiva CFA nº 374, de 2009.

o Ensino Superior como meio de galgar melhores condições de vida e, ainda, deve ser um

O Curso Superior de Tecnologia em Pro-

meio pelo qual se é possível mudar as desi-

cessos

gualdades sociais e interferir positivamente na

la

Gerenciais

European

é

certificado

Foundation

for

pe-

Manage-

sociedade.


escolas públicas bem como de trabalhadores já inseridos no mercado de trabalho que procuram o Ensino Superior como meio de galgar melhores condições de vida e, ainda, deve ser um meio pelo qual se é possível mudar as desigualdades sociais e interferir positivamente na sociedade.

Arianne Graff - 27 anos, Cearense, casada . Reside atualmente em Estrela e está cursando Processos Gerenciais na La Salle—Estrela


Como surgiu a Gestão Financeira?

A

Administração Financeira, até o Século XX, não era considerada como um campo distinto de estudo, mas sim parte integrante da Ciência Econômica. Foi somente no início do Século XX que este campo recebeu uma atenção especial

por estar associado aos grandes movimentos de consolidação e fusão de empresas nos Estados Unidos, refletindo seus desdobramentos no campo da gestão financeira. Na década de 1920, surgiu

o estudo da liquidez que as orga-

legislação

que

nizações disponham. Esta liqui-

obrigou as empresas a divulga-

dez demonstra os recursos finan-

rem seus dados financeiros ao

ceiros de curto prazo, centrada

público, desta forma, iniciou -se

no capital de giro, no planejamen-

um estudo de como seria a estru-

to financeiro e na averiguação de

tura ideal para demonstrar estas

financiamentos para novos inves-

informações. Esta legislação sur-

timentos.

uma

americana,

giu, devido a necessidade de se

Nas décadas de 1950 e 1960,

obter estas informações para a

tem se uma rápida expansão eco-

obtenção de fundos para os in-

nômica, com o acelerado cresci-

vestimentos

mento

de

grandes

indús-

das

empresas,

onde

se

trias. DDurante a década de 1930

avaliou os métodos de avaliação

e 1940, a ênfase foi em viabilizar

de investimentos e as políticas de dividendos.


e a história continua... investimentos e as políticas de

Conselho Monetário Nacio-

dividendos. São aperfeiçoados os

nal, Banco Central do Brasil, Co-

trabalhos sobre custo de capital e

missão

as técnicas de planejamento e

Sistema Financeiro Nacional, Pro-

controle de custos, onde surge, a

grama do Fundo de Garantia por

figura do Controller – responsável

Tempo de Serviço (FGTS) e Pro-

pelas atividades contábeis da em-

grama do PIS/PASEP, entre outros.

presa para harmonizar os patama-

de

Nas

Valores

décadas

Mobiliários,

de

1970

e

res de lucratividade nas organiza-

1980, com a constante evolu-

ções. Além disso, as empresas

ç ã o d a Administração Financeira,

iniciam nestas décadas, a utiliza-

surgiram diferentes tipos de abor-

ção de planilhas de cálculos para

dagens: a Tradicional, a Adminis-

a tomada de decisão e algumas

trativa e uma terceira Mista, fun-

empresas até contam com siste-

damentada na Teoria Econômica:

mas sofisticados de gerenciamen-

-

Abordagem

Tradicional:

estuda as características finan-

to eletrônico. Nessa década, foram trazidos

ceiras,

principalmente

das

para o Brasil os conhecimentos

grandes empresas, fundamen-

de

através

tada nas técnicas de financiamen-

das multinacionais aqui esta-

to externo e na reorganização das

belecidas.

implantados,

sociedades anônimas para as fu-

pelo território nacional, os cursos

sões e incorpor a ç õ e s e m p r e s a -

de Administração. Com a evolu-

riais.

gestão

financeira Foram

ção do mercado financeiro e de

- Ab o r d a g e m Ad m i n i s t r a -

pelo

tiva: está direcionada para as

Governo Federal os seguintes

operações de rotina, ou seja, para

órgãos:

o controle orçamentário, a previ-

capitais,

foram

criados

são de vendas, a determinação de preços de produtos e serviços, o planejamento do fluxo de caixa, a análise de custo de despesas e seu respectivo controle.


- Abordagem Mista: a fusão

Financiamento, Operações.

nistrativa deu origem a essa tercei-

sendo t r a b a l h a d a s , c o n j u n t a m e n -

ra, sustentada pela Teoria Econômi-

te, na moderna gestão financei-

ca que privilegia e procura otimizar

r a c o m o s seguintes elementos:

a criação de valor econômico para

valorização da participação dos pro-

os

inst r u -

prietários na vida das empresas;

mento mais adequado de pla-

emergência ambiental; e ética com

n e j a m e n t o f i n a n c e i r o e , ainda,

responsabilidade social.

como

o

decisões

e

das Abordagens Tradicional e Admi-

proprietários

Tais

Investimento

estão

prega a centralização das estratégias e esforços financeiros em uma única área da empresa. Uma ferramenta importante e moderna que vem sendo utilizada na área financeira é o gerenciamento holístico do risco. Trata-se de uma abordagem sistemática segundo a qual os fatores de risco são considerados em relação ao negócio da firma e suas implicações com o consumidor e o mercado como um todo. Atualmente, a Administração Financeira vem desenvolvendo seus estudos e atividades focados nas suas três clássicas decisões:

Lenice Beutler: estudante do Curso de Gestão Financeira La Salle - Estrela. Técnica em Contabilidade e Recursos Humanos.


Definindo Gestão Financeira

A gestão financeira é um conjunto de atividades administrativas que envolvem todas as bases da administração. O planejamento, a análise e controle, são exemplos que tem como objetivo principal a maximização dos resultados financeiros, o que significa gerenciar e administrar uma empresa para adquirir um bom resultado. Entre as suas principais funções podemos destacar operação e controle de recursos financeiros, planejamento e utilização dos mesmos, captação de recursos externos, avaliação de custos, prazos e instalações; e aplicações de equilíbrio nas perspectivas de eficiência e retorno. A gestão financeira tem como objetivo principal melhorar resultados e aumentar o valor do patrimônio, e por meio deste, obter lucros provenientes das atividades operacionais da empresa. A partir de uma boa gestão, registros e análises de planejamento, é possível visualizar a real situação da empresa.


Para o gestor exercer um bom trabalho necessita de certas características, tais como: 

Transparência: Ter clareza na sua área de atuação;

Ética: Ser justo e correto com os demais e ter disciplina;

Comprometimento Efetivo: Comprometer-se e realmente estar disposto a ajudar;

Orientação para resultados: Orientar-se diante dos desafios para atingir os resultados esperados;

Disponibilidade: Estar disponível para com colaboradores e equipe de trabalho;

Formação de time: Ter um bom elenco e boa equipe de trabalho;

Motivação: Motivar e inspirar os demais;

Assertividade: Estabelecer metas e objetivos alinhados a empresa;

Gerenciamento de tempo: Saber gerenciar o tempo conforme as necessidades;

Pró-atividade: Ao identificar um problema, realmente o resolver:

Inteligência Emocional: Controlar a si mesmo e interagir com o ambiente:

Inteligência Interpessoal: Se relacionar bem com todos; Além destas características pessoais, são necessárias as Características

profissionais, estas provenientes de conhecimentos mínimos, treinamento orientado e efetivo. Dentre as principais podemos citar: 

Conhecimentos Técnicos: Ter domínio das disciplinas relacionadas a finanças (Contabilidade, controladoria);

Conhecimento de Informática: Ter conhecimento para trabalhar com as ferramentas de Tecnologia de Informação (TI);

Idiomas: Conhecimento de vários idiomas para as negociações regionais;

CRM: Gerenciamento de clientes internos e externos;

Políticas Corporativas: conhecer sua empresa e as políticas globais;

Visão de negócios: Estar familiarizado com os negócios e planos da empresa, para aí então poder gerar receitas e lucros;

Envolvimento com o mercado: Estar ligado ao segmento em que atua, para utilizar as práticas de mercados mais adequadas a cada situação.


Porém, mais importante que qualquer característica pessoal ou profissional, para um bom desempenho de resultados, é necessária a vocação para trabalhar com Finanças. Saber seguir as normas, ser objetivo e assertivo, cumprir metas, trazer bons resultados para a empresa e além de tudo gostar do que faz.

Aline Maria Schaurich Brasileira, Solteira, 21 anos—Paverama – RS Primeiro Semestre de Gestão Financeira faculdade La Salle Estrela. Secretária em Consultório Médico.

Leilaini Rodrigues Brasileira, Solteira, 21 anos—Teutônia– RS Primeiro Semestre de Gestão Financeira faculdade La Salle Estrela. Vendedora- Wallérius Corretora de Seguros.


O que esperar...

dos gestores financeiros?


O perfil do Gestor Financeiro Os profissionais que escolhem

Ao decidir por um caminho profis-

atuar na área financeira, devem ser

sional, é importante analisar as caracte-

exemplos de eficiência, pois essa área

rísticas pessoais e profissionais exigidas

não permite falhas. Não dá para gerenci-

nessa área de atuação. É importante que

ar as finanças da empresa se o profissio-

o gestor consiga contemplar as duas

nal sequer faz isso em casa. Então, é

áreas para que se obtenha sucesso em

necessário que o profissional seja relati-

sua profissão.

vo e busque ser exemplo, o profissional

Procurou-se aqui contribuir com

poderá gerenciar as finanças da empre-

essa análise, discutindo acerca das ca-

sa de forma não só equilibrada, mas que

racterísticas de um bom gestor financei-

gere os resultados esperados. Constan-

ro, mas sempre lembrando que tais ca-

temente há mudanças e evoluções no

racterísticas podem aparecer em diferen-

mercado de trabalho, economia e socie-

tes combinações e intensidades, pois so-

dade e, devido a isso, as atribuições e

mos indivíduos que vivemos e atuamos

focos do Gestor Financeiro precisam es-

em ambientes e realidades diferentes.

tar corretas a essa realidade. Toda e qualquer atividade empresarial envolve de forma abrangente as finanças, que visam lucro, o gestor de finanças precisa ter vocação para seguir normas e procedimentos, trabalhar sob pressão, ser objetivo, assertivo e cumprir metas para poder trazer os resultados

Tainá Suélen Wahlbrink. Brasileira, solteira, 18 anos Estrela – RS. Primeiro Semestre de Gestão Financeira—Faculdade La Salle Estrela.

esperados para a empresa. Por tudo isso, faz-se necessário desenvolver um bom time de trabalho e exercer a liderança pelo exemplo.

Claudete Lagemann Brasileira, solteira, 34 anos Teutônia –RS Quinto semestre de Gestão Financeira - Faculdade La Salle Estrela


Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real?

Qual é a melhor opção para sua empresa? Para te ajudar nessa decisão, algumas informações básicas para você escolher entre uma opção ou outra. O primeiro ponto é entendermos que Lucro Presumido e Lucro Real são opções tributárias, que nada mais são do que formas de se pagar impostos sobre notas fiscais. Há também uma terceira opção, que é o Simples Nacional. O Simples Nacional traz duas vantagens: as alíquotas normalmente são me-

Folha salarial baixa;

nores e a administração da agenda tribu-

Margens de lucro reduzidas;

tária é mais simples e ideal para micro e

Custos operacionais baixos (prédio próprio, compras sem frete, etc.).

pequenos empreendedores, o imposto é apurado com base na receita bruta. A alí-

E as demais empresas que não estão no

quota de imposto varia em função do seg-

perfil do Lucro Presumido ou Simples Nacional

mento e o valor médio do recolhimento

são empresas tributadas no Lucro Real. O lucro

varia 4% e 17,42%.

real é recomendado para empresas com lucro

Já o Lucro Presumido é uma opção pa-

inferior a 32% da receita bruta. É calculado no

ra empresas cujo lucro é superior a 32%

resultado da receita, menos as despesas dedutí-

do faturado bruto. Isso porque, para maio-

veis. Os perfis das empresas que optam por es-

ria das empresas a base de cálculo dos

te tributo são:

impostos é 32% sobre o faturamento bru-

Folha salarial baixa;

to. As empresas que optam por este tribu-

Margem de lucro baixa;

to possuem:

Custos operacionais altos (aluguéis, fretes, energia elétrica e etc.).


Agora que você já entendeu quais são as modalidades de tributação que podem incidir sobre a sua empresa, é preciso analisar cuidadosamente antes de fazer a sua opção. Isto porque, a legislação não permite mudança de sistemática no mesmo exercício e a opção por uma dessas modalidades será definitiva. Assim, decorrido o prazo de opção, mesmo que a decisão não seja a melhor, ela terá validade e efeito para todo ano.

Dalíria Maria Fell Trabalha no Escritório Contábil CNC na cidade de Estrela/RS. Graduando do curso Tecnólogo em Gestão Financeira, pela Faculade LaSalle de Estrela/RS.

As diferenças entre Contabilista, Economista, Administrador e Tecnólogo em Gestão Financeira. Muitos jovens têm dúvidas quando vão escolher um curso de nível superior. Conforme pesquisa realizada pelo jornal Zero Hora, dentre os 3,5 mil jovens ouvidos, 93% sabem apenas o nome do curso escolhido, sem possuir qualquer informação a respeito do currículo, da faculdade e das características da profissão (Zero Hora, Caderno de Vestibular, 25/03/1998, p.4). Nas áreas de contabilidade, administração e economia, que trabalham com a formação e organização de pessoas jurídicas, ainda hoje a situação não é muito diferente, muitos jovens acabam escolhendo o curso pelo status social que ele oferece, sem saberem especificamente suas obrigações profissionais. Ambos os cursos citados anteriormente complementam uns aos outros, mas cada profissão possui leis, funções e responsabilidades próprias. O objetivo deste artigo é esclarecer as funções de cada área profissional.


E

Contabilista

m sua função técnica, é responsável pela transformação dos acontecimentos monetários em informações contábeis, registrando-os e dando conhecimento da situação patrimonial, econômica e financeira da empresa. Já em sua função acadêmica, o Bacharel em Ciências Contábeis, é responsável pela revisão de elementos monetários que

formam as pessoas jurídicas, ou seja, o contador estuda o patrimônio que compõem a empresa, constata problemas e recomenda soluções.

Economista

R

esponsável por estudar e aplicar formas de aumentar, ou manter, o rendimento econômico e o bem estar da sociedade, suprindo as necessidades atuais e futuras..

Administrador

A

função do Administrador é estudar uma maneira de melhor aproveitamento dos recursos da pessoa jurídica, que são: capital, natureza e trabalho, para aproveitá-los de melhor maneira, solucionando os problemas e atingindo os objetivos necessários.

Tecnólogo em Gestão Financeira

É

uma graduação tecnológica de nível superior e de curta duração. O aluno egresso desse curso está apto a aplicar métodos, técnicas e conceitos econômico-financeiros no planejamento de captação e investimento dos recursos empresariais, trabalhando em diferentes cenários e ambientes organizacionais de uma empresa. É um profissional

atento às mudanças econômicas e tecnológicas.


Caroline da Silva está cursando o segundo semestre de Gestão Financeira na Faculdade La Salle - Estrela. Trabalha como auxiliar de escritório na Samaq Com. De Máquinas Ltda

Fabiane Grave. Cursando o quinto Semestre de Gestão Financeira Faculdade La Salle - Estrela.

Cristiano Rafael Pinto cursa o quarto semestre de Gestão Financeira na Faculdade La Salle—Estrela. Atua como Auxiliar administrativo na Benoit Eletrodomésticos Ltda.

A importância dos Custos de Produção

A

redução nos custos de produção é uma preocupação cada vez maior entre as empresas, pois quanto maior o custo para produzir, menor tem sido a margem de lucro para poder continuar competitivo no mercado. No Brasil esta atenção com os custos, é algo relativamente muito re-

cente, pois foram muitos anos de alta inflação e mercado externo fechado. Isto fez muitas empresas dispensarem pouca atenção a esta questão, e mesmo após tomar consciência desta necessidade, surgiu um novo desafio aos gestores, “como reduzir?”.


Não basta apenas comprar matéria prima com valores baixos, fazer re-

prestação de serviços esse processo é de mais fácil aplicação.

dução de horas extras e reduzir contas de

A implantação de sistemas de

consumo, como energia elétrica, água e

custos é considerada como uma situação

telefone. O que deve ser feito é um me-

complexa,

lhor gerenciamento da mão de obra, de

resultante não é palpável ou visível e,

forma a torná-la mais eficiente e com índi-

além disso, grande parte dos custos

ces de retrabalho e perdas o mais próxi-

envolvidos é de natureza indireta, sendo

mos de zero.

que sua alocação acaba exigindo um

As questões relativas a custos, que

passaram

importância

na

a

ser

extrema

que

o

produto

estudo mais aprofundado. Dessa forma é necessário que se faça um estudo acerca do método que melhor se aplique para um

estrutural das empresas, pois o ambiente

caso, até a elaboração de um sistema de

competitivo em que elas se encontram

tal forma que se possa chegar aos custos

tem

envolvidos em cada mercadoria vendida.

buscarem

os

por

econômica

vez

e

levado

gestão

de

uma

administradores

novos

Com esse sistema de custeio,

recursos que possam auxilia-los nas

as informações terão a finalidade de

tarefas de Controle e Decisão, facilitando

auxiliar

assim o processo de melhor gestão do

comerciais para melhorar o desempenho

negócio. Essa preocupação não poderia

das

ser diferente, necessitando, portanto, de

administrativa baseada em indicadores de

um

desempenho precisos e confiáveis.

estudo

uma

mais

série

de

a

acurado

para

a

os suas

gestores atividades

das

empresas

de

gestão

elaboração de um sistema de custos de forma

que

permita

uma

melhor

visualização da maneira como os custos estão sendo alocados nas empresas comerciais, tendo em vista que nas empresas industriais e nas empresas de

Charlie Neves trabalha na empresa Digifoco, na cidade de Encantado/RS. Graduando do curso Tecnólogo em Gestão Financeira, pela Faculade LaSalle de Estrela/RS.

C


Sustentabilidade em FOCO

A

Empresa Bebidas Fruki S.A. trabalha com uma Metodologia de produção mais limpa, ou seja, trabalha com ações para reduzir na fonte e evitar a

Segundo o site http://www. suapesqui-

geração de resíduos. Trata-se de reciclar e reutili-

sa.com, Sustentabilidade é um termo utili-

zar.

zado para definir ações e atividades huEm 2011, a Bebidas Fruki S.A. implantou

manas que visam suprir as necessidades

um programa chamado Tecnologias Limpas. O

das gerações atuais sem comprometer o

objetivo deste era identificar os principais causa-

futuro das próximas gerações. Ela esta

dores de resíduos e implantar ações que diminu-

relacionada com o desenvolvimento eco-

íssem os custos da empresa e o impacto ambien-

nômico e material sem agredir o meio am-

tal.

biente utilizando recursos naturais de forCom a realização de estudo de caso nas

ma inteligente.

áreas com maior índice de geração de resíduos e

Trabalhar a Sustentabilidade dentro de

custos, a empresa verificou que o valor gasto

uma organização não é somente o fato de

com a matéria prima era cinco vezes maior que o

mexer nos produtos de maior impacto

valor que retornava com a venda dos resíduos.

econômico, mas também poder retirar

Para melhorar estes indicadores a mesma reali-

aqueles que causam maior impacto ambi-

zou algumas ações; treinamento com os profissi-

ental, considerando também o impacto

onais para reutilizar materiais, avaliação para ter

social.

pontos estratégicos de coleta e avaliação da possibilidade de reutilizar materiais em outras áreas da empresa. Realizando estas ações, a empresa constatou (após seis meses de estudos) em um dos três setores analisados, 18% na redução de custos e até 53% na redução no que diz respeito a impacto ambiental. A Bebidas Fruki S.A. busca com este programa a continuidade das melhorias já conquistadas e poder obter o Certificado de Desempenho Ambiental. (Dados de estudos realizados no período de Nov/12, fornecidos pela empresa).

Esther Manuela Imbriaco Silveira. Graduando em Gestão Financeira – La Salle. Atualmente ocupa o cargo de Auxiliar Financeiro na Empresa Bebidas Fruki S.A.


é revendida ao cliente e a financeira de crédito repassa este valor da compra a prazo do cliente para a empresa no próximo dia útil ao da venda. Isto tudo, propicia al-

Tendências e Métodos

guns benefícios à empresa contratante: - Fluxo de caixa, devido à entrada de dinheiro da compra a prazo do cliente entrar no próximo dia em que ocorreu a venda; - Liquidez nas vendas, pois se considera como uma venda a vista ao invés de venda a prazo; - Sem risco com índice de inadim-

Com a expansão do mercado, surgem várias inovações e tecnologias para desafiarem as instituições empresariais. Desta forma, muitas empresas buscas por alternativas mais prudentes e que viabilizem algum benefício a elas. Normalmente, estes novos desafios sobram para a área administrativa e financeira, que decidirão quais os passos a serem tomados, isto, devido ao seu amplo conhecimento da instituição e por estarem envolvidos no contexto em que a empresa se encontra financeiramente e as tendências do mercado. Em nosso meio, existem muitas alternativas para as empresas buscarem recursos financeiros. Estes recursos podem intervir de um financiamento, de uma parceria com outra instituição, venda de algum imobilizado, assim como, uma parceria para financiamento das vendas a prazo de clientes no caso de uma empresa varejista. As empresas financeiras de crédito fazem parcerias com demais empresas para disponibilizarem um fluxo de caixa para a empresa contratante do serviço, ou seja, a empresa contratante entra com a mercadoria que

plência, pois a responsável pela cobrança ao cliente inadimplente é a financeira de crédito; - Cadastro simplificado do cliente na hora da venda; - Não há a exigência de entrada para o cliente, mesmo sendo a primeira compra do mesmo; - Vendas parceladas em até 24 vezes e sem entrada. Dependendo da situação da empresa e dos objetivos que ela deseja alcançar, é necessária a busca de meios alternativos para se chegar ao ponto desejado. Para isto, são relevantes os conhecimentos e estudos destas novas técnicas, das tendências e possibilidades disponibilizadas no mercado.


Normalmente, as empresas buscam por profissionais que se aperfeiçoaram na área de finanças e economia, onde se torna essencial o papel de um bom gestor financeiro para elevar os níveis das instituições.

Lenice Beutler: estudante do Curso de Gestão Financeira – Instituição La Salle, técnica em Contabilidade – Instituição Martin Luther, técnica em Recursos Humanos – Instituição Martin Luther. Residente em Teutônia – RS.

Tire suas principais DÚVIDAS sobre o curso de Gestão Financeira.


M

uitos estudantes saem do ensino médio sem saber em qual curso de graduação querem se formar, e com muitas dúvidas em relação ao que querem exercer profissionalmente. São muitos que se perguntam: mas o que se aprende naquele curso? Será que vou me identificar com ele? Este curso é

reconhecido no mercado de trabalho? Terei algum retorno neste investimento? Para tentar atender esta série de dúvidas frequentes, e passar um esclarecimento melhor em relação ao curso de gestão financeira, seguem alguns questionamentos frequentes com suas devidas respostas. Estes esclarecimentos lhe auxiliarão estudante, a conhecer, entender e de repente se apaixonar pelo mundo financeiro e econômico que vivemos atualmente.

1. Quais são as principais funções da gestão financeira?

Qual é o objetivo básico do gestor financeiro?

Análise e Planejamento Financeiro: analisar os resultados financeiros e planejar

ações necessárias para obter melhorias.

O objetivo do gestor financeiro é au-

Captação e Aplicação de Recursos Finan-

mentar o valor do patrimônio líquido da

ceiros: analisar e negociar a captação dos

empresa, por meio da geração de lucro

recursos financeiros necessários, bem co-

líquido, decorrente das atividades opera-

mo a aplicação dos recursos financeiros

cionais da empresa. Para realizar essa

disponíveis.

tarefa, o gestor financeiro precisa ter um

Crédito e Cobrança: analisar a concessão

sistema de informações gerenciais que

de crédito aos clientes e administrar o rece-

lhe permita conhecer a situação finan-

bimento dos créditos concedidos.

ceira da empresa e tomar as decisões

Caixa: efetuar os recebimentos e os paga-

mais adequadas, maximizando seus re-

mentos, controlando o saldo de caixa.

sultados.

Contas a Receber: controlar as contas a receber relativas às vendas a prazo.

Contas a Pagar: controlar as contas a pagar relativas às compras a prazo, impostos, despesas operacionais, e outras.

Contabilidade: registrar as operações realizadas pela empresa e emitir os relatórios contábeis.


dos recebimentos das vendas e dos

3 — Quais são os principais Instru-

pagamentos dos custos e das despe-

mentos de controle utilizados na

sas é feito no Fluxo de Caixa.

gestão financeira? 

4- O que o gestor financeiro precisa sa

Fluxo de Caixa: o objetivo do fluxo

ber

sobre

legislação

tributária?

de caixa é apurar o saldo disponível para se tomar a decisão de captar os recursos necessários, ou aplicar os recursos disponíveis. O saldo de caixa não indica, necessariamente, que a empresa está tendo lucro ou prejuízo em suas atividades operacionais. No fluxo de caixa deverão ser registrados todos os recebimentos (vendas à vista, recebimento de duplicatas e outros recebimentos) e todos os paga-

Para elaborar o adequado planejamento tributário, o gestor financeiro precisa conhecer bem a legislação tributária referente aos impostos, taxas, contribuições que incidem sobre as atividades operacionais da sua empresa, como por exemplo, base de cálculo, lucro real ou presumido, prazo de recolhimento, isenções, incentivos, benefícios fiscais, etc.

mentos (compras à vista, pagamentos de duplicatas, pagamento de despesas, outros pagamentos) previstos para o dia. 

5. O que o gestor financeiro precisa saber sobre o mercado?

Demonstrativo de Resultados: o objetivo é mostrar o resultado financeiro (lucro ou prejuízo) das vendas realizadas no período. No demonstrativo de resultados deverá constar o valor total das vendas realizadas no período, independentemente do seu recebimento, o custo das mercadorias vendidas, independentemente de seu pagamento, e as despesas decorrentes de suas atividades operacionais. O registro

O gestor financeiro precisa conhecer as principais características financeiras dos participantes do mercado no qual atua a sua empresa, envolvendo clientes, fornece-


dores e concorrentes, entre as quais,

sócios.

pode-se citar:

Clientes: 

quantidade de clientes, por re-

às instituições financeiras. 

dorias obtido junto aos for-

volume médio de vendas por

necedores.

cliente, por tipo de produto e

As alternativas para aplicar

geral;

os recursos financeiros dis-

prazo médio e forma de paga-

poníveis da empresa, são: 

Fornecedores: quantidade de fornecedores,

volume médio de compras por

Aquisição de mercadorias para serem vendidas.

Financiamento aos clientes

fornecedor;

decorrentes das vendas a

prazo médio de pagamento das

prazo.

compras; Concorrentes: 

Aplicações junto às instituições financeiras.

por tipo de produto; 

Financiamento das merca-

gião e geral;

mento das vendas; 

Empréstimos obtidos junto

Aquisição

do

ativo

fixo

(móveis e utensílios, equi-

quantidade de concorrentes,

pamentos, veículos e ou-

por região e por tipo de produ-

tros) para uso da empresa.

to; 

preço médio por tipo de produ-

7—Quais os erros mais co-

to;

muns na gestão financeira?

prazo médio e forma de pagamento das vendas. 6—Quais são as alternativas para captar e aplicar os recursos financeiros?

A inexistência de uma adequada gestão financeira pelas empresas provoca uma série proble-

As alternativas para captar recursos financeiros necessários para a empresa são: 

Capital inicial e aumento de capital. Aplicação dos lucros acumulados obtidos junto aos sócios.

- Empréstimos obtidos junto às insti-

mas de análise, planejamento e controle financeiro das suas atividades operacionais, entre os quais se destacam:


Não ter as informações cor-

sa, porque não fazem separa-

retas sobre saldo do caixa,

ção das despesas pessoais

valor dos estoques das mer-

dos sócios em relação às des-

cadorias, valor das contas a

pesas da empresa.

receber, valor das contas a

Não saber administrar correta-

pagar, volume das despesas

mente o capital de giro da em-

fixas ou financeiras, etc. Isso

presa, porque não conhecem o

ocorre porque não fazem o

ciclo financeiro de suas opera-

registro adequado das tran-

ções.

sações

realizadas.

Não fazer análise e planeja-

- Não saber se a empresa

mento financeiro da empresa,

está tendo lucro, ou não, em

porque não tem um sistema de

suas atividades operacionais,

informações gerenciais (fluxo

porque não elaboram o de-

de caixa, demonstrativo de re-

monstrativo de resultados.

sultados e balanço patrimoni-

Não calcular corretamente o

al).

preço de venda de seus produtos, porque não conhecem os 

Com tantos esclarecimentos e

seus custos e despesas.

atividades atreladas a um gestor finan-

Não conhecer corretamente o

ceiro e pelo conhecimento que se tem

volume e a origem dos recebi-

do mercado de trabalho, percebe-se a

mentos, e o volume e o destino

importância deste papel dentro das or-

dos pagamentos, porque não

ganizações. Constantemente, a organi-

elaboram o fluxo de caixa.

zação terá que ter um controle melhor

Não saber o valor patrimonial

sobre tudo o que a engloba, devido à

da empresa, porque não elabo-

agilidade e inovação tecnológica, assim

ram o balanço patrimonial.

como a concorrência em alta, é neces-

Não saber quanto os sócios

sária a atualização e o aperfeiçoamento

retiram de pró-labore, porque

dos processos e de uma gestão eficaz,

não estabelecem um valor fixo

para elevar os índices de liquidez das

para a remuneração dos só-

instituições, assim como, estarem pre-

cios.

paradas para acontecimentos inespera-

Não conhecer corretamente o

dos e a garantia da sobrevivência da

custo das mercadorias vendi-

organização perante a sociedade.

das, porque não fazem um re-

Desta forma estudante, pense

gistro adequado do estoque de

bem antes de escolher o curso que pre-

mercadorias.

tende estudar e levar para sua vida pro-

Não saber corretamente o valor

fissional. Lembre-se, que muitos empre-

das despesas fixas da empre-

sários contarão com sua formação para


o alcance de grandes desafios e para garantir a segurança e tranquilidade da instituição perante o mercado.

Lenice Beutler: estudante do Curso de Gestão Financeira – Instituição La Salle, técnica em Contabilidade – Instituição Martin Luther, técnica em Recursos Humanos – Instituição Martin Luther. Residente emTeutônia – RS. Atuação profissional: área contábil, empresa Certel - RS.


VOCÊ SABE A HISTÓRIA DA LA SALLE ESTRELA?

Dr. Ir. Marcos Corbellini No começo de 2007, o Prefeito de Estrela, Celso Bronrstup, através do senhor Milton Radaelli procurou o Irmão Marcos Corbellini, Provincial, solicitando a abertura de uma faculdade neste município. Tendo presente uma das proposições do XI Capítulo Provincial que determinava “estar atentos a novas oportunidades no ensino superior”, o Irmão Provincial encaminhou a proposta ao Conselho Provincial onde teve boa acolhida. Em 11 de junho de 2007, a Província firmou protocolo de intenções com a Prefeitura Municipal visando à implantação da Faculdade. A partir disso, depois de muitas negociações que envolveram o poder executivo, o poder legislativo, a associação de pais mantenedora do Colégio Santo Antonio (APASA) e a Congregação das Irmãs da Penitência e Caridade Cristãs, encaminhou-se o projeto junto ao MEC. A comissão de avaliação do ministério deu parecer favorável que resultou na publicação da portaria de credenciamento da nova instituição, em 15 de outubro de 2009, com o nome de FACULDADE DE TECNOLOGIA LA SALLE-ESTRELA. No ato de credenciamento foram autorizados os três primeiros cursos: Secretariado, Gestão do Turismo e Agronegócio. As atividades dos cursos iniciaram em fevereiro de 2010, já tendo sido nomeada a Direção Geral da Faculdade, nas pessoas de Irmão Marcos Corbellini, Claudia Argiles da Costa e Rogério Ferraz Andrade. Nos anos subsequentes, a Faculdade prosseguiu na execução de seu Plano de Desenvolvimento Institucional. Na graduação, com a autorização de funcionamento de novos cursos: Administração, Gestão Ambiental e Gestão Financeira (2011); Processos Gerenciais (2012); Gestão de Recursos Humanos (2013), bem como com as portarias de reconhecimento de todos os cursos. Na pós-graduação com oferta de cursos de especialização e MBAs, com destaque para o de Gestão Financeira, em sua terceira edição. Na extensão com a oferta de dezenas de cursos de qualificação, bom como de consultorias e assessorias na área de gestão e negócios. Na pesquisa na realização de dois projetos anuais de pesquisa com alunos bolsistas de iniciação científica.


A Faculdade La Salle - Estrela


Revista degrau