FV - Julho - 2022

Page 52

FV + eletromobilidade

52

FotoVolt - Julho - 2022

Dimensionamento de carport solar com estações de recarga de veículos elétricos João Vitor Fernandes Nascimento, Murillo Henrique de Campos Lima, John Edward Neira Villena e Fernando Nunes Belchior, da UFG - Universidade Federal de Goiás

P

Cálculo das horas de sol pleno (HSP) no local determinado Com a informação das coordenadas geográficas do local e suas dimensões, para se encontrar a quantidade de irradiação

de HSP no plano horizontal apresentados na tabela I.

Determinação da taxa de desempenho (TD) Roschetzky Photograph/Shutterstock

ara o projeto, primeiramente realizou-se a determinação do local e o levantamento de suas dimensões. O local escolhido é o estacionamento em frente ao Centro de Aulas E (CAE) na Universidade Federal de Goiás (figura 1), na cidade de Goiânia. Foram utilizadas as dimensões reais do local e suas coordenadas geográficas. Porém desconsiderou-se o possível sombreamento (nulo, para este estudo) e a inclinação do terreno. Conforme mostra a figura 2, o estacionamento é composto por duas fileiras de vagas, de 52,5 e 50 metros, com 40 vagas no total, cada uma com 2,5 metros de largura e 5 metros de comprimento. As coordenadas geográficas, de acordo com o Google Maps, são latitude 16°40’40.13”S e longitude 49°14’30.75”O.

Este artigo descreve o planejamento e projeto de um sistema fotovoltaico (SFV) on-grid do tipo carport, com a finalidade de gerar energia elétrica em quantidade suficiente para compensar o consumo de estações de recarga de veículos elétricos que serão abrigados no local.

solar diária média mensal disponível no estacionamento em questão, foi utilizado o programa SunData do Cresesb Centro de Referência para as Energias Solar e Eólica Sergio de S. Brito [1]. O programa fornece informações de irradiação considerando plano horizontal ou plano inclinado, sendo a primeira opção mais conservadora do que a segunda para o estudo de caso. Foram adotados neste estudo os dados

Tab. I – Irradiação solar no plano horizontal no local dos estudos – Horas de sol pleno (HSP) Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Média

HSP 5,45 5,52 5,12 5,02 4,75 4,56 4,78 5,68 5,57 5,61 5,39 5,51 5,25 Latitude: 16,677823° S; Longitude: 49,241911° O; Município: Goiânia, GO; Distância: 2,7 km Fonte: Cresesb [1] – Adaptado

A eficiência do SFV é determinada pela análise antecipada dos fatores, naturais e intrínsecos, que podem implicar uma perda de desempenho durante o seu funcionamento e o quanto estes influenciarão numericamente no dimensionamento. Dessa forma, foi Tab. II – Impacto das perdas na eficiência do sistema fotovoltaico do estudo de caso Valor Natureza Faixa adotado Perdas de irradiação Inclinação e orientação 3 a 7% 4% Sombreamento 0 a 3% 0%* Sujidade 1 a 4% 4% Perdas no SFV Reflexão 1 a 3% 1% Temperatura 7 a 18% 11% Incompatibilidade elétrica 1 a 3% 1% Cabos c.c. e c.a. (ohmicas) 0,5 a 1% 1% Inversor 2 a 7,5% 3% Total: 25% * Perdas não consideradas nesta análise.